Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIANA DO CASTELO: CANOÍSTAS DO DARQUE KAYAK CLUBE PREPARAM-SE PARA OS JOGOS OLÍMPICOS

DKC: A 35 dias dos Jogos Olímpicos Antoine Launay disputou a Taça do Mundo em Praga. Recorde de número de maratonistas da DKC a pontuar no campeonato nacional, em Prado. Adriana Passos foi 7ª.

Adriana Passos camp nac maratonas.JPG

A contagem decrescente já iniciou. Faltam 35 dias para que pela primeira vez um  atleta de canoagem de um clube vianense represente Portugal nos Jogos Olímpicos, a maior competição planetária.

Para isso Antoine Launay continua a sua preparação nos grandes  palcos mundiais, para que consiga estar na plenitude da sua forma em Tóquio. É o caso da Taça do Mundo que decorreu em Tóquio com a presença de praticamente todos os atletas apurados para os Jogos Olímpicos.

Antoine apurou-se para a semifinal, na segunda manga eliminatória em 3º lugar. Na semifinal não conseguiu alcançar a final tendo ficado a 1,02 segundos do desejado 10.º lugar. Classificando-se assim em 14º lugar por países e 20º individual. O atleta da DKC ao serviço da selecção nacional cumpriu o percurso sem qualquer penalização.

Com os Jogos Olímpicos 2020+1 a 35 dias de distância, esta Taça do Mundo contou com a presença dos atuais campeões olímpicos e mundiais, sendo tida como a competição de slalom mais forte desde 2019.

A segunda Taça do Mundo de Slalom deste ano vai realizar-se na Alemanha, em Markkleeberg, de 18 e 20 de junho.

Noutra especialidade, a maratona, a DKC de Viana apresentou a sua renovada e muito jovem equipa de maratonistas no campeonato nacional de maratonas, em Prado com ganhos de experiência, tendo conseguido bater o seu recorde em número de atletas a pontuar em kayak, nas categorias de juniores e seniores.

Apesar da especialidade da maratona estar a atravessar algum definhamento, face à sua perca de popularidade e pelo facto de não ser especialidade olímpica, apresentando-se com poucos atletas em competição, não deixa de ser uma prova digna, e de servir de experiencia para a formação integral dos canoístas.

Para isso valeu o empenho de uma dezena de canoístas que a DKC inscreveu nesta prova, sobretudo em kayak.  Os resultados foram promissores face à tenra idade dos competidores desta nova equipa de maratonistas, com estreantes, pois a sua maioria logrou pontuar, o que cumpriu os objetivos definidos para esta competição.

Resultados:

Adriana Passos – 7º k1 júnior feminino

Mário Vieira / Pedro Meira Marques – 10º k2 sénior

Gabriel Almeida / Gabriel Rego – 12º k2 júnior

Gabriel Rego – 17º k1 júnior

Bruno Caldas - 28º k1 júnior

O Presidente da DKC de Viana,

Dr. Américo Castro

Antoine Launay.jpg

Bruno Caldas camp nac maratonas.JPG

Gabriel Rego camp nac maratonas.JPG

Gabriel Rego e Gabriel Almeida camp nac maratonas.

Mario e Gil camp nac maratonas.JPG

Antoine e Peri Guerrero.JPG

Antoine Launay Praga.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES APROVA RELATÓRIO DE CONTAS DO ANO 2020 COM VALORES DE EXECUÇÃO GLOBAIS SUPERIORES A 16 MILHÕES E TAXAS DE EXECUÇÃO A RONDAR OS 98%

Foi hoje aprovado o Relatório de Contas do Município de Amares referente ao ano 2020 com valores de execução globais superiores a 16 milhões e taxas de execução a rondar os 98%. A dívida global baixou para 3 milhões e 800 mil euros, sendo a dívida mais baixa dos últimos 10 anos.

Para o Presidente Manuel Moreira estes resultados revelam muita determinação e trabalho na persecução dos objetivos propostos e rigor nos recursos públicos: “Ao longo do ano, demos continuidade a medidas de apoio às famílias, e à execução de novos projetos que vão de encontro às linhas estratégicas definidas pelo município com o objetivo de continuar a capacitar o nosso território para a competitividade hoje exigida. Executamos a requalificação da praça do comércio, o Centro de Recolha Oficia de Animais, obra de saneamento, intervimos na rede viária, colaboramos com os agentes do território, solidificamos dinâmicas culturais, nomeadamente através da divulgação e estudo de Sá de Miranda e nas potencialidades do mundo rural. Com tudo isto, e apesar de todas as circunstâncias, ao longo do ano 2020 o Município de Amares apresenta resultados económicos extremamente favoráveis”.

Manuel Moreira destacou também a pandemia que marcou o ano 2020. “ Perante um desafio sem precedentes tivemos, naturalmente, de fazer opções e estabelecer prioridades em função dos recursos disponíveis. Contudo, e apesar dos recursos direcionados para a pandemia, prosseguimos ao longo do ano 2020 com os objetivos de desenvolvimento para Amares.”

A intervenção na praça do comércio, conseguida através do financiamento de fundos comunitários, marca o ano e, segundo o edil “abre horizontes ao nosso comércio local e serviços que esperamos possam encontrar novas oportunidades de expansão e crescimento. Em termos físicos estão criadas condições para um novo impulso nas atividades económicas desenvolvidas no coração do nosso comércio, assim como nas várias artérias em torno da malha urbana. Efetivamente, concretizamos uma obra importante para a modernização do nosso concelho e para o estímulo dos nossos empresários que são agentes essenciais na criação de emprego e riqueza”.

2020 fica também marcado pela execução do Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares que vem dar resposta ao desejo de criar condições próprias no que diz respeito às políticas de proteção da vida animal. “É um espaço que para além da higiene, saúde e bem-estar dos animais abandonados, contempla a vertente da promoção de ações de incentivo à adoção e combate ao abandono com dinâmicas em torno do bem-estar animal, educação ambiental e economia circular.  “

Na evolução do orçamento municipal verificou-se que em 2020 as taxas de execução da despesa se fixou nos 97% e a taxa de execução da receita nos 98%.

O Município de Amares mantém uma tendência de subida do valor da receita global que em 2020 atinge valores de 16 milhões e 400 mil euros – é mais 1,7 milhões do que o arrecadado no ano anterior.

Na despesa global regista 16 milhões e 370 mil euros, um valor superior aos 14 milhões e 700 mil euros do ano 2019. O valor é também o mais elevado, dando conta do volume de investimento crescente da autarquia.

A receita corrente, situou-se nos 12,5 milhões, registando um aumento superior a 130 mil euros relativamente ao ano anterior, seguido a tendência de crescimento já referida anteriormente. A despesa corrente fixou-se em valores superiores a 10 milhões e 100 mil euros, registando também um crescimento relativamente ao ano anterior.

Ao nível da receita de capital a taxa de execução é de 91,5%, com uma arrecadação de verbas para investimento na ordem dos 3 milhões de euros.

Ao nível da despesas corrente, o município de amares regista valores de 10 milhões e 100 mil euros, com uma taxa de execução de 96%, Deste bolo saíram transferências correntes, para dar cobertura aos acordos de execução com as juntas de freguesia, transferências para instituições e associações num montante de 697 mil euros; e, ainda, subsídios para componente de apoio às famílias, apoio às rendas, bolsas de estudo e apoio à medicação.

A Educação absorveu verbas avultadas ao nível das transferências correntes: Para as cerca de 700 refeições confecionadas todos os dias nas escolas destinou-se verbas anuais na ordem dos 130 mil euros; Para a medida “transportes escolares gratuitos” que abrange mais de 1000 alunos 406 mil euros;Para as medidas “Livros de ficha gratuitos para o 1ºciclo e material escolar gratuito para famílias sinalizadas” 27 mil. Foram ainda atribuídas Bolsas de estudo e bolsas de mérito escolar no valor de 31 mil euros.

Ao nível social na medida “acesso à medicação”, o município apoiou mensalmente cerca de 80 pessoas, num universo global de 1000 apoios por ano, num total de 300 beneficiários da medida.

No que concerne ao apoio à vacinação Infantil, vacina Bexsero, no ano de 2020 o apoio foi concedido até Outubro, altura em que a vacina entrou para o plano nacional de vacinação, tendo beneficiando 152 crianças num total de 229 vacinas.

Ao nível do apoio ao arrendamento foram apoiados mensalmente uma média de 75 agregados familiares com carência económica.

Estes apoios absorveram verbas na ordem dos 137 mil euros e, apesar de aumentarem o volume à rubrica despesas corrente foram apresentados como” opções de gestão que vão em linha com a forma de olhar o desenvolvimento local”.

As despesas de capital ascendem a 6 milhões e 260 mil euros, com uma taxa de execução de 99%. Este valor inclui 4 milhões e 400 mil de aquisição de bens de capital (equipamentos, obras e materiais);  transferências de capital para as juntas de freguesia com um valor absoluto superior a 685 mil euros e subsídios ao investimento a instituições num valor superior a 320 mil euros e amortizações na ordem dos 740 mil euros.

Relativamente ao investimento preconizado, verifica-se um aumento na ordem dos 47% relativamente a 2019. Nas Grandes Opções do Plano o destaque vai para as Funções sociais que absorveram 62% do valor total, nomeadamente com o ordenamento do território e saneamento.

É também de destacar que as operações da dívida autárquica e transferências entre administrações (nomeadamente subsídios ao investimento para associações concelhias e transferências para juntas de freguesia) representaram mais de 28% do investimento da autarquia em 2020.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE TEM NOVAS INFRAESTRUTURAS DE SANEAMENTO BÁSICO

A fim de dar resposta ao apelo das populações para a ampliação do sistema de saneamento no concelho de Esposende, a empresa Águas do Norte, SA, entidade responsável pela drenagem e tratamento das águas residuais “em alta”, está a construir ao longo do Ribeiro do Peralto, em Marinhas, numa extensão de 1.136 metros, o denominado “Intercetor de Vila Chã”.

IMG_20210618_113209.jpg

A primeira fase desta obra, cujo investimento ascende a 115.697,82 euros e com prazo de execução de três meses, permitirá servir cerca de 80 habitantes das ruas 5 de Agosto, Fonte da Telha e Ponte Nova, onde fará a interceção e recolha das águas residuais proveniente das redes de saneamento da Esposende Ambiente.

Numa segunda fase, este intercetor de águas residuais chegará à freguesia de Vila Chã, o que permitirá ao Município de Esposende e à Esposende Ambiente concretizar obras de infraestruturas de saneamento naquela freguesia.

Tendo subjacente o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, o Município de Esposende e a Esposende Ambiente mantêm, assim, a estratégia de realizar os trabalhos de infraestruturação de saneamento básico, que permitirão alcançar os melhores indicadores ambientais e de serviço público.

Refira-se que, ao longo da última década, e de acordo com as prioridades sentidas pelo Município, foram realizados investimentos significativos na área do saneamento básico, sempre perspetivando a proteção e a valorização do ambiente e a consequente salvaguarda das condições de vida das populações, infraestruturando as zonas dos aglomerados mais densos e colmatando as zonas mais críticas, sob o ponto de vista da salubridade.

Neste contexto, o Município, em parceria com a Esposende Ambiente, vai avançar com a instalação de rede de saneamento e a consequente requalificação urbanística em diversos arruamentos do concelho, nomeadamente em Apúlia, Belinho e Mar, num investimento estimado de 410 mil euros, sem qualquer financiamento comunitário.

Atualmente, o concelho de Esposende apresenta uma taxa de cobertura de 85% ao nível da rede de saneamento básico, posicionando-se claramente na linha da frente dos municípios do país, o mesmo sucedendo relativamente ao abastecimento de água, com uma cobertura na ordem dos 100%.

ESPOSENDE: COMUNIDADE ESCOLAR EM DEFESA DOS OCEANOS ALERTA "O MAR COMEÇA AQUI!"

No âmbito do projeto Eco-Escolas e dando corpo à campanha da Associação Bandeira Azul, a Escola Básica António Rodrigues Sampaio, de Marinhas, em parceria com a empresa municipal Esposende Ambiente, levou a cabo uma iniciativa denominada “O mar começa aqui!”.

IMG_20210608_110158.jpg

Esta atividade, iniciada a 8 de junho, Dia Mundial do Mar, consistiu na pintura de sarjetas/sumidouros da escola e área envolvente, com o objetivo de sensibilizar a comunidade em geral e escolar para o facto de os resíduos abandonados na via pública, poderem ter como destino o mar através das sarjetas. Estas estruturas, criadas para canalizar as águas da chuva e impedir o alagamento dos arruamentos nas zonas urbanas, estão ligadas a uma rede pluvial que drena diretamente para as ribeiras e daí para o mar. Quando os resíduos de reduzidas dimensões como beatas, papeis ou tampinhas são depositados na via pública, ou até mesmo quando águas contaminadas de lavagens são indevidamente descarregadas nos sumidouros, estão a contribuir para aumentar a poluição dos oceanos e a colocar em causa a manutenção da biodiversidade marinha.

Os desenhos dos alunos, agora eternizados, resultaram de um concurso interno promovido pela escola e pretendem dar visibilidade à preocupação dos mais jovens relativamente ao impacto do comportamento humano nos oceanos, contribuindo para uma maior consciencialização ambiental de toda a comunidade.

A campanha “O mar começa aqui”, promovida pela Associação Bandeira Azul com a colaboração dos municípios parceiros e participação das eco-escolas nacionais, visa educar para a importância da qualidade da água salgada e para a preservação dos ecossistemas aquáticos e da biodiversidade marinha.

Esta iniciativa insere-se no cumprimento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, mais concretamente ao nível do ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis, ODS 14 – Proteger a vida marinha e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

IMG_20210609_113142.jpg

DJI_0928.jpg

IMG_20210608_102830.jpg

"GALO DE BARCELOS" PASSA A MARCA NACIONAL REGISTADA

Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa da razão ao Município de Barcelos

O “Galo de Barcelos” é agora uma marca nacional registada. Aquele que é um dos maiores e mais significativos símbolos do país e da portugalidade passa a estar protegido. O Município de Barcelos é a entidade detentora da marca.

Imagemgallo.jpg

Trata-se de um acontecimento de extrema importância para a preservação e defesa da propriedade criativa e intelectual dos artesãos ligados ao território de Barcelos.

Hoje, no período antes da ordem do dia da reunião do executivo, o Presidente da Câmara Municipal deu conta aos vereadores desta decisão que classificou como “uma boa notícia para Barcelos e para os artesãos”. Miguel Costa Gomes explicou que a “persistência” e a determinação do Município neste processo deram frutos, com a consolidação da imagem do Galo como ícone maior da cidade e do concelho de Barcelos. “O Galo é nosso, mas queremos partilhá-lo com o mundo”, disse ainda o Presidente da Câmara Municipal.

Depois de um longo processo, o Município vê agora reconhecida a marca “Galo de Barcelos” pelo Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa.

Há praticamente um ano, em julho de 2020, a Câmara Municipal apresentou ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) um pedido para o registo nacional da marca “Galo de Barcelos” a ser incluído em “estátuas, estatuetas, placas e obras de arte, feitas de materiais tais como porcelana, terracota ou vidro”, na classe 21ª, da classificação internacional de Nice.

Em Novembro, o diretor do Departamento de Marcas, Desenhos e Modelos do INPI recusou o pedido do Município, alegando que o “Galo de Barcelos” configurava “elementos verbais e figurativos extremamente vulgares no comércio para identificar os mais variados produtos e corresponder ao desenho do típico ‘Galo de Barcelos’, conhecido símbolo da cultura popular portuguesa”.

Agora, e após recurso, o Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa veio dar razão ao Município, tornando o “Galo de Barcelos”, uma marca registada e protegida, com o número de registo 646856. Trata-se da figura de “um galo preto, de bico amarelo e crista vermelha, com o corpo pintado com elementos florais de diversas cores vivas, com predomínio de vermelho, com a compleição e aspetos decorativos típicos das peças cerâmicas de artesanato barcelense”.

Este registo confere à Câmara de Barcelos, enquanto entidade titular, o direito de impedir terceiros de usar qualquer sinal igual ou semelhante em produtos ou serviços idênticos à marca agora registada, passíveis de causarem confusão junto do consumidor.

A defesa da origem intelectual, criativa e empresarial do “Galo de Barcelos” é, de há longa data, uma preocupação do Município. O processo de defesa da olaria e do figurado de Barcelos, umbilicalmente associados ao “Galo de Barcelos”, iniciou-se em 2005, com o registo da titularidade da denominação de origem/indicação geográfica destes dois elementos. Desde 2008, o Município conseguiu também a certificação das produções de olaria e figurado. O bordado de crivo de São Miguel da Carreira seguiu o mesmo processo, com o registo da titularidade da denominação de origem/indicação geográfica e a produção certificada, ambos em 2019.

Mais recentemente, em fevereiro deste ano, a olaria e o figurado de Barcelos passaram também a utilizar o registo de marca da União Europeia, uma certificação obtida através da candidatura ao EUIPO- Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia.

Estes foram parâmetros considerados fundamentais pelo Tribunal da Propriedade Intelectual de Lisboa para dar razão à Câmara de Barcelos.

O Município fez o pedido destas marcas com o propósito de continuar a afirmar nacional e internacionalmente o valor do artesanato de Barcelos, reforçando a proteção das suas marcas, rentabilizando a propriedade intelectual dos artesãos e do território e protegendo os investimentos que são realizados, ao mesmo tempo que cria mais uma ferramenta de internacionalização.

A decisão foi tornada pública dia 14 de junho e publicada no Boletim da Propriedade Industrial nº 2021/06/14, podendo ser consultada em https://inpi.justica.gov.pt/LinkClick.aspx?fileticket=WMI-w_nJdVM%3d&portalid=6

MONÇÃO: RAMAIS DE LIGAÇÃO DE SANEAMENTO ÀS HABITAÇÕES EM MILAGRES (CAMBESES) JÁ PODEM SER PEDIDOS

Os interessados devem apresentar o respetivo requerimento no Balcão Único de Atendimento, Edifício do Loresto, cujo modelo pode ser descrregado do portal municipal.

A Rede de Saneamento dos Milagres, em Cambeses, está concluída, encontrando-se o respetivo sistema de drenagem em funcionamento. A partir de agora, já podem ser requeridos os ramais de ligação às habitações existentes na zona abrangida pela intervenção.

Servindo mais de 500 pessoas dos lugares de Milagres, Figueiras, Terra Nova, Veiga e parte de Sende, os trabalhos representaram um investimento total de 367.324,94 €. A empreitada englobou, também, o lugar de Agrelo, em Mazedo, beneficiando cerca de 70 pessoas.

Os interessados devem apresentar o requerimento no Balcão Único de Atendimento, Edifício do Loreto. Os custos de colocação de ramais, até 20 metros, são suportados pela Câmara Municipal de Monção, cabendo aos beneficiários a taxa de vistoria.

A empreitada consistiu na construção de infraestruturas de saneamento de águas residuais, nomeadamente, rede de drenagem, estação e condutas elevatórias, contribuindo para a preservação ambiental e valorização da qualidade de vida da população.

A Rede de Saneamento dos Milagres é constituída por 4 redes de drenagem distintas. A rede principal, que abrange a parte alta do Lugar dos Milagres, drena, de forma gravítica, para o poço de bombagem principal, localizado no Senhor da Boa Morte.

cambeses.jpg

MUNICÍPIO ARCUENSE APOIA ENSINO UNIVERSITÁRIO CELEBRANDO PROTOCOLO BUS IN ALTO MINHO

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e o Instituto Politécnico de Viana do castelo celebraram um protocolo de colaboração no âmbito do projeto BUS IN Alto Minho.

protocolo Bus In alto minho.jpg

Com a celebração deste protocolo pretende-se garantir aos alunos do concelho, que frequentam o IPVC – Instituto Politécnico de Viana do Castelo, um serviço de transportes gratuito que proporciona viagens diárias de ida e volta para as escolas do Instituto Politécnico.

Este protocolo prevê uma comparticipação do Município de Arcos de Valdevez, anual no valor de cerca de 5 mil euros.

Este serviço de transportes gratuito de alunos funciona desde o ano letivo 2015 até ao corrente. Como tal, o apoio global é de 29.962,80€.

O BUS IN Alto Minho é um projeto desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo, em conjunto com a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, e vai ajudar a colmatar as deficiências dos sistemas de transportes públicos existentes e contribuir para aumentar o acesso ao ensino superior de jovens, que de outra forma teriam maior dificuldade, reduzindo o abandono escolar e promovendo a coesão social.

O Município continua a investir em programas, parcerias e projetos potenciadores do sucesso educativo dos alunos, da prevenção do abandono escolar e da exclusão, estabelecendo redes educativas e de recursos adequados para responder aos desafios da sociedade.

protocolo Bus in alto minho2.JPG

BRAGA: PROGRAMA "DESCENTRAR" DESTACA PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CULTURAL DAS FREGUESIAS BRACARENSES

De 27 de Junho a 18 de Setembro

De 27 de Junho a 18 de Setembro, o Município de Braga promove um ciclo de programação cultural em rede ao longo de sete datas, em sete espaços patrimoniais classificados, localizados nas freguesias periurbanas Bracarenses. Designado por “Descentrar”, tem como objectivo primordial a divulgação e promoção efectiva do património cultural, através de novas criações artísticas e abordagens contemporâneas.

CMB18062021SERGIOFREITAS002151383159.jpg

Igreja de São Salvador (Figueiredo), Núcleo Museológico de São Martinho de Dume (Dume), Capela de S. Frutuoso (Real), Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra (Nogueira), Castro (e Capela) do Monte de Nossa Senhora da Consolação (Nogueiró), Mosteiro de Tibães (Mire de Tibães) e Ponte de Prado (Merelim S. Paio) são os locais seleccionados para o acolhimento de um programa cultural único, desenhado para cada espaço patrimonial através de um conjunto de espectáculos de Novo Circo, Concertos, visitas-guiadas aos espaços patrimoniais e Concertos Comentados de música clássica e erudita.

Enquanto projecto inovador de turismo cultural, prossegue o propósito de permitir um acesso à cultura em toda a sua variedade e extensão, através de práticas artísticas com um elevado potencial de transformação, quer dos territórios através e do reforço da notoriedade dos conjuntos patrimoniais seleccionados, quer físico e humano, através da transformação qualitativa da experiência dos visitantes ou da reinvenção das narrativas associadas a cada lugar e a cada elemento patrimonial.

O “Descentrar” decorrerá predominantemente ao ar livre, na área envolvente a cada espaço patrimonial sito nas sete freguesias seleccionadas, contemplando um total de 39 iniciativas culturais, entre as quais se destacam um total de 14 visitas guiadas, 4 concertos comentados de música clássica e erudita e de 12 concertos com artistas emergentes no panorama musical português e 9 espectáculos de Novo Circo com participação de artistas consagrados a nível nacional e internacional.

As iniciativas culturais abrangidas na programação do “Descentrar” são de entrada livre, limitada a inscrição prévia e condicionada à lotação do espaço em que decorrem, em total cumprimento com as regras de saúde pública aplicadas em cada momento.

Link de inscrição no DESCENTRAR: http://cmbcultura.eventbrite.com

O programa resulta de uma candidatura realizada em Agosto de 2020 ao AVISO NORTE-14-2020-25 Património Cultural - Programação Cultural em Rede – Imaterial, a Iniciativa «Descentrar» é co-financiada no âmbito do Programa Operacional Norte 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Programa:

27 Junho - Igreja de São Salvador (Figueiredo)

15h00 e 15h30 - Visitas guiadas ao espaço patrimonial da Igreja de São Salvador de Figueiredo

17h30 - Concerto Comentado “Classicismo e o Neoclassicismo” por Luís Ribeiro e Sinfonietta de Braga

19h00 - “La Madeja” de Irene Paz [ES]

25 Julho - Núcleo Museológico de São Martinho de Dume (Dume)

15h00  e 15h30  - Visitas Guiadas ao espaço patrimonial do Núcleo Museológico de São Martinho de Dume

18h00  - “E-nxada” de Erva Daninha [PT]

20h00  - Arianna Casellas

21h30 - The Partisan Seed

31 Julho - Capela de São Frutuoso (Real)

10h00 e 10h30 - Visitas Guiadas ao espaço patrimonial da Capela de São Frutuoso

17h00 - Concerto Comentado “Viola Apassionata” por Sofia Sousa e Sinfonietta de Braga

20h00  - André Júlio Turquesa

21h30  - Kimi Djabaté

07 Agosto - Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra (Nogueira)

10h00  e 10h30 - Visitas guiadas ao espaço patrimonial da Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra 

15h00  - “T0+1” de Thorsten Grütjen [DE/PT]

16h00  -  Concerto Comentado “Com vista para o mar” por Rita Morais e Sinfonietta de Braga

17h00  - “Crassh_duo_circus” de Crassh [PT]

20h00 - Coelho Radioactivo

21h30 - Tó Trips

21 Agosto - Castro (e Capela) do Monte da Consolação (Nogueiró)

10h00 - Visita Guiada ao espaço patrimonial do Castro do Monte da Consolação

10h30 - Visita Guiada ao espaço patrimonial da Capela do Monte da Consolação

17h00 -“Recantos”

18h00 - “Rizoma” Rita Martins & André Júlio Teixeira

20h00 -  Homem em Catarse

21h30 -  JP Simões

11 Setembro - Mosteiro de Tibães (Mire de Tibães)

10H00 – 12h30  - Visita Guiada ao Espaço Interior do Mosteiro de Tibães

15h00 – 17h00  - Visita Guiada ao Espaço Exterior do Mosteiro de Tibães

17h00 - “Otus Extracts” de Oliveira & Bachtler [PT/US]

19h00 - Concerto Comentado “Nacionalismo Checo” por Sofia Pinto e Sinfonietta de Braga

20h00 - Angélica Salvi

21h30 - Lavoisier

18 Setembro - Ponte do Prado (Merelim São Paio)

10h00 e 10h30 - Visitas Guiadas ao espaço patrimonial da Ponte de Prado e Zona Envolvente

15h00 - “Pequena CircOOnferencia” de Radar 360 [PT]

16h00 - Grutera

17h30 - “Por Um Fio” de Daniel Seabra [PT]

18h30 - Lula Pena

CMB18062021SERGIOFREITAS002151383165.jpg

CMB18062021SERGIOFREITAS002151383164.jpg

CMB18062021SERGIOFREITAS002151383162.jpg

BRAGA APRESENTA "BANQUETE DE DAVID"

Visita a ensaio do espectáculo de comunidade e à nova exposição na galeria INL do gnration, amanhã, dia 19 de Junho, pelas 11h15, no gnration

O Município de Braga e o Theatro Circo realiza o ensaio do espectáculo de comunidade ´Banquete de David´ e a nova exposição na galeria INL, amanhã, Sábado, dia 19 de Junho, pelas 10h15, no gnration.

A iniciativa contará, entre outros, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, e da administradora do Theatro Circo e Directora-Geral da Braga Media Arts, Cláudia Leite.

Banquete de David é um espectáculo original e de criação colaborativa, que se propõe a unir o universo das media arts à tradição popular das Festas de São João de Braga. A apresentação pública do espectáculo decorrerá no Theatro Circo na Terça-feira, 22 de Junho às 19h00.

Já a nova exposição na galeria INL, intitulada Heart of sky centro do vento, de Nuno da Luz, resulta de encomenda artística pelo gnration para o programa Scale Travels, que relaciona arte e nanotecnologia.

CASA DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ EM LISBOA ORGANIZOU ESTAFETA EM ATLETISMO NON-STOP QUE PASSOU POR ARCOS DE VALDEVEZ

A vereadora do Desporto, Emília Cerdeira recebeu nos Paços do Concelho um grupo de 22 atletas e os organizadores da Estafeta em atletismo non-stop – Cevide-Lisboa, realizada no âmbito das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

0c661be5-74d5-4342-a8bb-e3a6d744b56d.jpg

Esta prova foi organizada pela Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa e várias associações desportivas, entre as quais o Clube Recreativo e Cultural Marvila Jovem, o Grupo Desportivo de Chelas, Marvila Freguesia do Desporto, o Grupo Recreativo Janz e Associados, o Futebol Clube Recreativo de Rossão e a Associação Jorge Pina – Desporto com Qualidade.

Foram 520km de companheirismo, realizados de 11 a 13 de junho, que contaram com o apoio da Junta de Freguesia de Marvila, da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, da Câmara Municipal de Lisboa e da Câmara Municipal de Melgaço.

A Vereadora fez questão de enaltecer a iniciativa e a atividade da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa, bem como o facto da organização ter escolhido a nossa vila para uma das suas paragens, fazendo votos para que voltem com mais tempo e possam desfrutar em pleno dos nossos equipamentos desportivos, das nossas paisagens e da boa oferta turística cultural e de natureza!

22af90a6-f3b6-4c9a-b516-0ea48f254c95.jpg

8878efad-f870-46fb-bebe-c16823aa47b1.jpg

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VAI AMANHÃ A PAREDES DE COURA PARTICIPAR NA INICIATIVA "TRANSIÇÃO DIGITAL DO ENSINO PROFISSIONAL"

sáb | 19 jun |a partir das 9h45

O presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vitor Paulo Pereira apresenta amanhã a iniciativa Transição Digital do Ensino Profissional, que contará com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Tiago_Brandão_Rodrigues.jpg

Nesta iniciativa promovida pela Escola Profissional Alto Minho Interior, com sede em Paredes de Coura, participarão também António Barbosa e Manoel Batista, presidentes das Câmaras de Monção e Melgaço, respetivamente, num evento que contará com vários oradores convidados como José Vítor Pedroso, da Direção-Geral da Educação, Filipa Henriques de Jesus, da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, Joaquim Bernardo,  do Programa Operacional Capital Humano, e Rui Grilo, da Microsoft.

A Transição Digital do Ensino Profissional abordará o percurso digital da EPRAMI, numa iniciativa em que participarão também representantes de várias empresas de referência da região, como a ZENDAL (biotecnologia), Doureca Automotive Solutions (sector automóvel) e a parceria transfronteiriça ISQ&CTAG Automotive Technologies.

Programa:

9h45 - Sessão de Abertura

10h15 - A Transição Digital do Ensino Profissional

11h00 - Mercado de Trabalho – a expectativa do digital

12h00 - Partilha Técnico-Pedagógica (online) | Visita à EPRAMI

13h00 – Encerramento

Rui Grilo | Diretor do Sector da Educação da Europa Ocidental na Microsoft

António Barbosa | Presidente da Câmara Municipal de Monção

Manoel Batista | Presidente da Câmara Municipal de Melgaço

Vitor Paulo Pereira | Presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura

Tiago Brandão Rodrigues | Ministro da Educação

ESCRITORA ELISA CELESTE SOARES APRESENTA EM VIEIRA DO MINHO O SEU LIVRO SOBRE ROSSAS

Apresentação pública do Livro “Rossas: Pelos Trilhos da Identidade, O Que As Memórias Têm para nos Contar”

O auditório Municipal de Vieira do Minho,vai acolher, amanhã, dia 19 de Junho, pelas 16h00 a sessão pública de apresentação do livro “Rossas: Pelos Trilhos da Identidade, O Que As Memórias Têm para nos Contar”, de autoria de Elisa Celeste Soares.

A cerimónia de apresentação da obra vai contar com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, António Cardoso e da autora Elisa Celeste Soares.

apresentação_livro.jpg

FAMALICÃO: RIBEIRÃO FUTEBOL CLUBE COM BALNEÁRIOS RENOVADOS

Paulo Cunha e Mário Passos inauguram intervenção no Campo de Treinos

O campo de treinos do Ribeirão Futebol Clube beneficiou de um conjunto de obras nos balneários, uma intervenção que trouxe “um salto muito qualitativo a esta infraestrutura e à prática desportiva destes atletas”, como referiu o presidente do Clube, Rui Oliveira.

AFS_2281.jpg

A obra que contou com um investimento municipal de 44.500 mil euros foi inaugurada na passada quarta-feira pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e pelo vereador do desporto do município, Mário Passos.

Paulo Cunha salientou a importância destas obras para o clube, os atletas e para a vila de Ribeirão. “Este complexo nasceu há bastantes anos e tem vindo a beneficiar de melhorias constantes o que permite que ele continue a corresponder às necessidades e às expetativas do clube e da vila”.

“É fruto de um trabalho que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver por todo o território numa colaboração permanente com a juntas de freguesia e com as coletividades em prol das comunidades”, explicou o autarca.

Refira-se que o Ribeirão 1968 Futebol Clube, foi originalmente fundando em 1968 como Grupo Desportivo de Ribeirão, tendo disputado durante vários anos os campeonatos nacionais da extinta III Divisão e da II Divisão e atual Campeonato Nacional de Seniores. Disputa atualmente a Divisão de honra da AF Braga, no Estádio do Passal.

AFS_2237.jpg

AFS_2150.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ NA REVISTA “ACTIVA”

Passeios de carro

“Faça as malas, pegue nas chaves e parta à (re)descoberta do nosso país (e mais além). Saia das vias rápidas e deixe-se levar por caminhos secundários, à procura de recantos, encantos, paisagens, monumentos, saberes e sabores.”

capa - Cópiaactiva.png

É este o mote da revista Activa de julho para dar a conhecer aos portugueses várias localidades do nosso país, que se destacam pela extrema beleza natural, cultural e qualidade da gastronomia.

De Norte a sul, a publicação destaca vários pontos de país de passagem obrigatória para bons momentos de férias em família, em grupo ou a dois.

Arcos de Valdevez integra este roteiro, onde é enaltecido o nosso património edificado, a arquitetura Barroca, o nosso Rio Vez, a nossa gastronomia e pontos de visitação de excelência como são o Soajo ou Sistelo.

Um guia perfeito para ficar a conhecer várias localidades de Portugal, sem pressas e para se aproveitar cada momento.

Esta é mais uma iniciativa que contribui para a promoção de Arcos de Valdevez como destino turístico de excelência, seguro e a desfrutar a dois, em grupo ou em família.

activa artigo - Cópia.png

201247832_4388131544579443_8821912469831310699_n.j

CERVEIRA: TRIBUNAL DE CONTAS DÁ LUZ VERDE PARA OBRA DO EDIFÍCIO DE CULTURA E INOVAÇÃO

O Tribunal de Contas emitiu visto favorável à empreitada de adaptação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários a Edifício de Cultura e Inovação de Vila Nova de Cerveira, num investimento de mais de 1ME. Os trabalhos no terreno arrancam já na próxima semana, após a formalização, esta quinta-feira, do Auto de Consignação entre a Câmara Municipal e a empresa adjudicatária.

IMG_3076.jpg

Para o Presidente da Câmara Municipal, esta obra insere-se na política encetada pelo atual executivo municipal “de privilegiar a recuperação do edificado ao invés de construir novos edifícios que, a maioria das vezes, se constituem como ‘pequenos ou grandes elefantes brancos’, com pouca utilidade prática e futura”. Fernando Nogueira sublinha que a empreitada em causa visa “uma reabilitação profunda de um edifício histórico, localizado à entrada da vila, conferindo-lhe uma dinâmica digna e ajustada ao espaço e ao ambiente envolvente”.

Assim, o rés-do-chão vai concentrar os Serviços Municipais de Ação Social e da Segurança Social, bem como a construção de uma nova e moderna Biblioteca Municipal, libertando o histórico imóvel do Solar dos Castros para preparar uma possível candidatura para acolher o Museu da Bienal de Cerveira, em plena ‘sala de visitas’ do concelho. Já o piso superior fica reservado para fins culturais, recreativos e de associativismo, mantendo-se o funcionamento independente ou integrado do Cineteatro de Cerveira – Marreca Gonçalves.

Integrada no Plano de Ação de Regeneração Urbana do concelho, e com um investimento de mais de 1ME, financiado pelo FEDER através do Programa Operacional Norte 2020, a empreitada avança para o terreno no imediato, prevendo-se que estejam totalmente concluídos no início de 2022.