Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SUB-16 CRAV REALIZAM MAIS UM TESTE POSITIVO

Os Sub-16 do CRAV, deslocaram-se no passado dia 16 a Coimbra para realizar mais um jogo teste frente à AAC com vista à preparação da Fase Final do Campeonato.

S16 (1).jpg

Num jogo muito equilibrado, entrou melhor a equipa do CRAV realizando várias jogadas dentro do meio campo da equipa da casa, no entanto e depois de equilibrar o jogo foi a equipa da casa que se adiantou no marcador aos 10 minutos através de um ensaio não convertido, ao que responderam de imediato os jovens Arcuenses com a obtenção de um ensaio convertido, passando o resultado para 5-7, o que se viu no que restava da 1.ª parte eram duas equipas muito equilibradas e a alternar o domínio do jogo,  já no final da 1.ª parte foi ainda a equipa da Académica que consegui marcar mais um ensaio desta vez convertido fixando o resultado em 7-12.

S16 (2).jpg

Com o reatar do jogo, na 2.ª parte assistiu-se a uma entrada muito forte no jogo por parte da equipa do CRAV e nos primeiros 15 minutos obteve dois ensaios através do seu n.º 8 Gonçalo Cordeiro, um deles convertido, passando o resultado a favor dos Arcuenses por 19-12, o que se assistiu depois foi uma Académica a tentar virar o resultado e uma equipa do CRAV muito organizado e tentando dificultar a tarefa , no entanto não conseguiu evitar a marcação de um ensaio e de um pontapé de pontapé de penalidade passando o resultado para 19-20, já quando o CRAV tentava retomar o jogo e inverter o resultado a ACC consegui marcar mais um ensaio fixando o resultado final em 19-25.

Este foi um teste muito importante para os jovens do CRAV frente a uma equipa do TOP 10, com vista à Fase Final que de avizinha.   

Fotos: José António Fernandes - ztphoto

S16 (3).jpg

TOUCH RUGBY – TAÇA DE PORTUGAL

O Clube de Rugby Os Garranos em parceria com o CRAV deslocou-se no passado sábado à Moita para disputar a 1ª Etapa da Taça Regional Touch Norte/Centro.

Na fase de grupos, ficamos colocados no Grupo B conjuntamente com Agrária Crédito Agrícola, Associação Académica de Coimbra e o Rugby Clube da Lousã.

No primeiro jogo os CR Garranos entrou a ganhar frente à equipa da Agrária por 4-2. No segundo jogo do grupo medimos forças contra a Académica e voltamos a vencer, desta vez por 3-1. No último jogo do grupo defrontamos a equipa da Lousã e vencemos por 4-3.

Terminando a Fase de Grupos em 1º Lugar disputamos a meia-final contra a equipa de Tábua Touch/Viseu 2001, onde após um jogo muito disputado, o adversário apenas marcou o ensaio da vitória muito perto do final, terminando o jogo 2-3 em ensaios.

No jogo para a disputa do terceiro e quarto lugar, voltamos a enfrentar a equipa da Agrária de Coimbra e voltamos a vencer por 4-3, terminando assim esta 1ª fase no Terceiro posto com 20.

CHEFE DO ESTADO-MAIOR-GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS VISITA PONTE DA BARCA

O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA),  Almirante António Silva Ribeiro deslocou-se em visita a Ponte da Barca no passado fim de semana, tendo sido recebido pelo Presidente da Câmara, Augusto Marinho. Foi nos Paços do Concelho de Ponte da Barca que, ao final da manhã do passado Sábado, foi recebido tendo procedido o CEMGFA  à assinatura do Livro de Honra do Município.

Capturarpbbbarcc.PNG

Durante a deslocação a Ponte da Barca, o  CEMGFA teve oportunidade de visitar alguns pontos do concelho, nomeadamente o Mosteiro de Bravães, o Centro Interpretativo Fernão de Magalhães e o Castelo de Lindoso, tendo feito ainda uma intervenção sob o tema: “A missão das Forças Armadas: o caso particular do empenhamento das Forças Nacionais Destacadas". 

Perante uma vasta plateia, a mais alta patente militar portuguesa falou sobre o papel e as missões de mais de 2000 militares nos diversos contextos do contributo das Forças Armadas para a paz, a segurança e a estabilidade internacional, seja no âmbito da NATO, União Europeia, ONU ou missões bilaterais, destacando e realçando o reconhecimento Internacional dado aos militares Portugueses pela competência e eficácia no cumprimento das suas missões. No período de intervenção do público foi o CEMGFA desafiado a pronunciar-se sobre temas tão diversos como o caso de Tancos, as Messes e a Situação na Venezuela entre outros.

Augusto Marinho estava visivelmente satisfeito com a presença do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante António Silva Ribeiro e com a adesão do público à iniciativa realçou, no discurso de receção “motivo extra de alegria e orgulho em receber o CEMGFA em Ponte da Barca, sendo ele um Almirante da Marinha de Guerra, na terra onde nasceu Fernão Magalhães".

CPBB6773.jpg

CPBB6819.jpg

CPBB6829.jpg

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO LEVA À CENA A PEÇA DE JACINTO LUCAS PIRES "ESCREVER, FALAR"

"Escrever, Falar" de Jacinto Lucas Pires revela-se à Comunicação Social

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão realiza amanhã, dia 19 de fevereiro, a um ensaio para a imprensa da mais recente coprodução deste teatro municipal: "Escrever, Falar" de Jacinto Lucas Pires. A estreia está marcada para 21, 22, 23,24 de fevereiro| quinta a sábado: 21h30| Domingo: 16h00 | Grande Auditório.

Trata-se de uma coprodução Momento - Artistas Independentes e Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.

No final, o elenco estará disponível para prestar todas as declarações que as/os jornalistas quiserem colocar.

SINOPSE

Em lugar nenhum. Dois homens encontram-se (ou simplesmente estão) e permitem-se partilhar as suas histórias como quem constrói um guião. Viajam repetidamente numa história (que são várias) que eles próprios vão moldando tal como o tempo os molda a eles e os faz crescer e ganhar corpo à medida que falam e escrevem um destino partilhado.

É um trabalho sintético de Jacinto Lucas Pires que, em cerca de uma hora, condensa as suas melhores qualidades como dramaturgo, trazendo-nos os seus personagens que crescem no arco de tempo dos próprios espetáculos e se encontram, se reescrevem quase como se pudéssemos assistir ao vivo e a cores ao fenómeno impalpável do aparecimento de uma pessoa em cena.

É uma breve viagem que dá sempre um passo atrás para rever o seu rumo e, sem o auxílio de qualquer sistema de navegação assistida, se vira novamente para dentro com o objetivo de se enriquecer nas palavras dos dois personagens.

Encenação Simão Do Vale Africano

Assistência de Encenação e Produção Inês Simões Pereira

Interpretação Daniel Silva e Diogo Freitas

Desenho de Luz Pedro Correia

Sonoplastia Daniel Martinho

Figurinos Joana Africano

Fotografia Simão Do Vale Africano

Apoio à residência Teatro Viriato

Apoio Teatro Nacional São João

Entrada: 4 euros. Estudantes e Cartão Quadrilátero Cultural: 2 Euros

M/12 | Duração: 60 min

INDO EU, INDO EU, A CAMINHO DO CARNAVAL DE FAMALICÃO

Autarquia garante transporte rodoviário gratuito e viagens de comboio a dois euros

Na noite de 4 para 5 de março, todos os caminhos vão dar ao Carnaval de Vila Nova de Famalicão. Para que toda a gente entre na brincadeira e participe naquela que já é conhecida como a noite mais divertida do ano na região norte do país, a autarquia famalicense vai mais uma vez assegurar transporte rodoviário gratuito e viagens de comboio a dois euros.

AFS_1057.jpg

No total estarão disponíveis 9 linhas de autocarros que sairão das diversas freguesias do concelho às 21h15, 22h15 e 23h00, em direção ao centro da cidade.

As viagens de regresso estão agendadas para as 02h00, 03h45 e 05h00, com saída do Parque 1.º de Maio, em frente à Escola Secundária D. Sancho I. As viagens são gratuitas e para viajar basta aparecer nos locais de paragem, disponíveis para consulta em www.vilanovadefamalicao.org/_carnaval.

Os autocarros saem das freguesias de Joane (2 autocarros em cada horário), Pedome, Riba de Ave (3 autocarros em cada horário), Bairro, Ribeirão, Fradelos, Gondifelos, Arnoso Santa Eulália e Portela.

Para além dos autocarros há também viagens de comboio por apenas dois euros ida e volta para quem vem de fora do concelho, através de uma parceria entre a autarquia e a CP – Comboios de Portugal.

O Bilhete Especial Carnaval é válido nos Comboios Urbanos do Porto (linhas de Aveiro, Braga, Marco de Canaveses e Guimarães) e para compras antecipadas entre 18 de fevereiro e 3 de março, com utilização a partir das 12h00 do dia 4 e regresso até às 12h00 do dia 5 de março.

“Queremos que todos possam viver a nossa noite carnavalesca e para isso voltamos a apostar neste plano de mobilidade direcionado para quem vive em Famalicão, mas também para quem vem de fora. Assim todos poderão experienciar esta grande festa e poderão fazê-lo de uma forma segura”, explica o autarca famalicense, Paulo Cunha.

Refira-se que a noite de segunda para terça-feira de Carnaval é o ponto alto da folia, mas a festa arranca três dias antes, na sexta-feira, 1 de março, com as crianças das escolas do concelho a desfilar pelas ruas da cidade, a partir das 14h30, num cortejo infantil, carregado de cor, criatividade e muita alegria.

Na segunda-feira de Carnaval a cidade agita-se a partir das 14h00, com os seniores a mostrarem o que valem no Pavilhão Municipal. Alegria, convívio, boa-disposição e muita brincadeira marcam habitualmente o Carnaval sénior.

À noite, o programa já é sobejamente conhecido. Sem hora, nem lugar marcado, mas com a garantia que a festa será de arromba. A animação fica a cargo dos milhares de foliões que serão acompanhados pela banda Famashow. Destaque ainda para o Desfile e Concurso de Mascarados, a partir das 22h30.

AFS_0675.jpg

FEIRA DO FUMEIRO DE VIEIRA DO MINHO FICOU MARCADA PELO SUCESSO

Encerrou no final da tarde de domingo a 13ª edição da Feira do Fumeiro de Vieira do Minho.

fumeiro2019.JPG

A iniciativa foi um verdadeiro sucesso, não só pelo volume de negócios gerados, mas também pela grande afluência de público à sede do concelho, com domingo a registar o ponto mais alto do certame.

As condições climatéricas que se fizeram sentir aliadas ao excelente programa de atividades e ao produto de qualidade que Vieira do Minho oferecia fizeram chegar à sede do concelho milhares de pessoas vindas um pouco de todo o país.

Foram três dias de festa inteiramente dedicados aos produtos de fumeiro com um  volume de negócios na ordem dos 400 mil euros, o que significa um grande reforço para a economia local.

Na hora do balanço, António Cardoso, presidente da Câmara Municipal não escondeu o sentimento de agrado pelo sucesso alcançado em mais uma edição da Feira do Fumeiro. Segundo o autarca só há uma palavra para definir o certame : Sucesso.

 Foram três dias de casa cheia onde foram cumpridas as mais altas expetativas. Tudo correu bem, desde as condições climatéricas, a excelente organização, as vendas efetuadas, a moldura humana, as chegas de bois e o programa de animação.

A iniciativa promoveu e divulgou os produtos locais e possibilitou a muitas famílias do meio rural um complemento financeiro significativo.

No final da Feira do Fumeiro, quer organização quer produtores todos foram unânimes em afirmar o sucesso deste evento, que muito orgulha o concelho.

VIZELENSES ADOTAM ANIMAIS

Câmara Municipal registou primeiro processo de adoção de animais

Os serviços veterinários municipais da Câmara Municipal de Vizela registaram hoje o seu primeiro processo de adoção de animais, devidamente regulado de acordo com as leis nacionais.

adoção Lassie.JPG

A “Lassie” foi adotada no abrigo temporário de que a Câmara dispõe, até à construção das futuras instalações do Centro Oficial de Recolha de Vizela, e voltará aos serviços municipais para ser esterilizada, gratuitamente, quando tiver idade para o procedimento. Ao seu novo dono foi entregue a documentação sanitária e uma “ficha de adoção”, onde constam todos os procedimentos sanitários obrigatórios a que a “Lassie”foi sujeita (identificação eletrónica e vacinação antirrábica) e algumas informações legais decorrentes da legislação de detenção de animais.

A adoção foi totalmente gratuita e assim serão todas as adoções realizadas pelos serviços veterinários municipais, que assumem o encargo com as medidas sanitárias obrigatórias.

A adoção gratuita, mas regulada, é apenas uma das medidas constantes de um plano integrado de ações, “Projeto Vizela Animal”, que este Executivo pretende desenvolver a curto e médio prazo, para estruturar, dinamizar e dignificar as políticas municipais relativas aos animais errantes, e que será, em breve, apresentado.

MUNICÍPIO ARCUENSE DUPLICA APOIOS ÀS JUNTAS DE FREGUESIA

Arcos de Valdevez com rede viária e espaços públicos mais limpos

Este ano, o Município arcuense, em articulação com as Juntas de Freguesia, irá investir mais de 350 mil euros na limpeza da rede viária municipal e vicinal de todo o concelho.

limpezas-estradasarc.jpg

Este montante é o dobro do ano de 2018. A novidade vai para o apoio de mais 176 mil euros, efetivado mediante protocolo, no sentido das Juntas de Freguesia intensificarem as limpezas da rede viária vicinal.

Na reunião de Câmara de 1 de Fevereiro, foram aprovados os primeiros apoios para a limpeza de vias municipais e outros espaços públicos entre o Município e 7 Juntas de Freguesias do concelho, nomeadamente com a freguesia de Prozelo, no valor de 12 343,00€; Távora (Santa Maria e São Vicente), no valor de 15 501,00€; com a freguesia da Miranda, no valor de 11 400,00€; com Jolda (S. Paio) no valor de 5 148,00€; Padreiro (Salvador e Santa Cristina), no valor de 8 530,00€, com Cabana Maior no valor de 9 402,00€ e com a União de Freguesias de Arcos de Valdevez (S. Paio) e Giela no valor de 5 866,00€.

Através desta delegação de competências e protocolo de apoio, as Juntas de Freguesia irão colaborar na realização da limpeza de vias municipais e vicinais, consubstanciada através de duas limpezas anuais de bermas e valetas das vias, incluindo ceifa e limpeza dos respetivos aquedutos e sarjetas.

VINHOS DA ADEGA PONTE DE LIMA VALERAM OURO NA RÚSSIA

Um lote de vinhos da Adega Cooperativa de Ponte de Lima recebeu a semana passada, medalhas de ouro e prata em mais uma edição da PRODEXPO (Feira Internacional de Vinhos) a maior exposição do sector na Europa Oriental, realizada em Moscovo, Rússia.

18022019.jpg

Moscovo PRODEXPO 2019 Vinhos da Adega Ponte de Lima novamente distinguidos.

 

O principal produto da empresa limiana, o Loureiro Colheita Selecionada, voltou a receber medalha de ouro (tal como em 2018) no Concurso de Vinhos e Bebidas Espirituosas, realizado no âmbito daquele evento internacional. Mas desta vez, a Presidente da Direcção, Celeste Patrocínio, trouxe na bagagem mais prémios: outros dois galardões daquele metal precioso foram conquistados pelos vinhos Adamado e o Rosé, e ainda a prata para o Loureiro e Aguardente vínica Velha!

Para participar naquela Feira anual do sector vinícola, Portugal fez-se representar a convite da CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal) por 35 empresas, metade das quais cooperativas ou privadas, oriundas principalmente dos concelhos de: Almeirim, Favaios, Pegões, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Celorico de Basto, Vila Nova de Gaia e Torres Vedras.

A PRODEXPO nesta sua 26ª edição que decorreu de 11 a 15 de Fevereiro último, ocupou uma área de 100 mil metros quadrados, com 2300 expositores provenientes de 60 países. O número de visitantes ultrapassou os 50 mil, salientando-se o interesse por parte de muitos estrangeiros, proporcionando assim a abertura de novos mercados de exportação para os produtos apresentados.

Recorde-se, que a Adega Cooperativa de Ponte de Lima foi fundada há sessenta anos, produzindo actualmente 9 vinhos, 3 espumantes e 2 aguardentes.

Alguns dos vinhos ora medalhados integram a lista para a degustação enogastronómica que o eurodeputado da Segurança Alimentar, José Inácio Faria, do Movimento Partido da Terra / PPE, vai organizar na Primavera próxima em Bruxelas. O acontecimento, a realizar no Parlamento Europeu, designado de Semana de Portugal / Minho, regista já duas dúzias de produtos aderentes, como vinhos, doces, salgados e enchidos, para além de um menú tradicional dos portugueses.

Tito Morais / https://www.luso.eu/

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS DO ALTO MINHO PROMOVE CONFERÊNCIA SOBRE GASTRONOMIA

Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”: O bioquímico João Moura fala sobre comida 

No próximo dia 21de fevereiro, na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, às 17.00 horas, João Moura apresenta a comunicação “Saboreando a comida, molécula a molécula!”, no âmbito do Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura”, iniciativa do Centro de Estudos Regionais.

52968561_2135053536517090_8381951986102173696_n.jpg

João Moura é um bioquímico, doutorado em ciências biomédicas que exerce atualmente funções de investigador do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (I3S).Exerceu de 2004 a 2016 funções docentes no Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC).Desde 2016 dedica-se à investigação na área da regeneração de tecidos, primeiro no Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra e, recentemente, no I3S.Publicou mais de 20 artigos científicos em revistas internacionais indexadas e recebeu mais de uma dezena de prémios nacionais e internacionais pelo seu trabalho de investigação.O seu maior interesse, para além da sua carreira científica, é a divulgação e desmistificação da ciência e sua discussão em todo o tipo de contextos.

O Ciclo de Estudos “Gastronomia e Cultura” é organizado pelo Centro de Estudos Regionais, no âmbito das atividades da sua Academia Sénior. A iniciativa está aberta à participação do público em geral e não carece de inscrição.        

A direção do Centro de Estudos Regionais

ESPOSENDE PROMOVE DIREITOS DOS JOVENS

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto em Esposende presente no lançamento de iniciativa. Associação de Cidadãos de Esposende lançou a campanha 70JÁ para promover os direitos dos jovens.

Com a presença do Secretário de Estado da Juventude e do Deporto, João Paulo Rebelo.

EVENTO 70JA.jpg

Foi no passado dia 14 de Fevereiro que Esposende conheceu o lançamento oficial da campanha 70JÁ, uma iniciativa que partiu da Associação Esposendense e conta com o apoio e colaboração do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude.

A sessão de lançamento teve lugar na Escola Profissional de Esposende EPE, onde centenas de alunos, entidades locais e regionais assistiram a um dos maiores eventos dos últimos tempos em Esposende.

Secretário de Estado apadrinha lançamento

A sessão iniciou com a responsável da EPE, Alexandra Vilar, que dirigiu umas palavras agradecendo a seleção da escola como local para o lançamento da campanha.

Rui Losa, vereador da Câmara Municipal de Esposende, destacou a importância do 70JÁ para os jovens do concelho. De seguida interveio o Secretário de Estado, que agradeceu o convite da Associação de Cidadãos de Esposende para apadrinhar o lançamento destacando a vontade e a determinação da associação Esposendense.

As intervenções iniciais terminaram com a presidente da Associação de Cidadãos de Esposende, Maria Araújo, que garantiu total empenho da Associação na divulgação da campanha 70JÁ, agradecendo a colaboração da Secretaria de Estado e do IPDJ que, desde o primeiro momento, mostraram total apoio à Associação.

Uma campanha para jovens

A segunda parte da sessão foi destinada à intervenção do Diretor Regional do Norte do IPDJ, Vítor Dias, que explicou a importância da campanha e como os jovens podem intervir.

Serão realizadas ações de formação aos voluntários, sendo posteriormente estes jovens os que levem a mensagem do 70JÁ a outros jovens num efeito multiplicador. As inscrições podem ser realizadas junto da Associação de Cidadãos de Esposende sendo a formação aos sábados, em Esposende.

A 70JÁ - A Entrada para os Teus Direitos tem como missão consciencializar para os direitos da juventude tal como inscritos no artigo 70º da Constituição Portuguesa, desde ensino a cultura, primeira habitação e desporto.

Durante o evento, alunos da EPE deliciaram todos os presentes com alguns momentos musicais e teatro.

O encerramento da sessão ficou a cargo do Diretor Regional do Norte do IPDJ Vítor Dias, que agradeceu a presença de todos, deixando uma mensagem final aos jovens que o IPDJ dispõe de várias medidas de apoio à juventude.

Esposende fica como uma referência nacional para a campanha 70JÁ, com os seus objetivos bem definidos, uma organização eficaz fruto do trabalho de todas as partes envolvidas e com um lançamento apadrinhado pelo Secretário de Estado do Desporto e da Juventude.

Lançamento campanha 70ja esposende.JPG

ESCOLA PROFISSIONAL AMAR TERRA VERDE ATINGE O 9º LUGAR NO RANKING NACIONAL

EPATV em 9º no ranking nacional

A Escola Profissional Amar Terra Verde atingiu, relativamente ao ano de 2018, o nono lugar no ranking nacional de classificação de escolas profissionais.

epatv.JPG

Esta informação, avançada pelo Jornal de Notícias, com dados do Ministério da Educação, revelou que 89% dos alunos da EPATV concluíram o ensino profissional em 3 anos.

Este estudo baseia-se numa amostragem de 143 alunos da EPATV, que indica que, em 6% de desistências, 5% dos alunos continuaram a estudar no ensino profissional ou noutra modalidade do secundário.

FAMALICÃO INTEGRA COORDENAÇÃO DAS CIDADES EDUCADORAS

Candidatura destacou-se e foi elogiada no Encontro Nacional da Rede

O Município de Vila Nova de Famalicão foi eleito para a Comissão de Coordenação da Rede Portuguesa das Cidades Educadoras para o biénio 2019/2020. De entre as 14 cidades que se apresentaram, a candidatura famalicense foi escolhida, acabando por integrar aquele grupo restrito de sete municípios (cinco eleitos e dois por inerência), durante o Encontro Nacional da Rede Territorial Portuguesa que se realizou, este mês, em São João da Madeira.

Famalicão acolheu Conferência das Cidades Educadoras.jpg

À comissão de coordenação, para os cinco lugares elegíveis, apresentaram candidaturas os municípios de: Almada, Amadora, Guarda, Loulé, Odemira, Odivelas, Paredes, Pombal, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Soure, Torres Vedras, Valongo e Vila Nova de Famalicão.

Foram eleitos os municípios de Vila Nova de Famalicão, Almada, Loulé, Odemira e Torres Vedras.

“Esta eleição deixa-nos, simultaneamente, orgulhosos e obrigados a uma maior responsabilidade de afirmar, cada vez mais, Vila Nova de Famalicão como uma Cidade Educadora”, afirma o vereador da Educação, Leonel Rocha, que liderou a comitiva municipal ao encontro nacional.

O autarca indica que “ser-se Cidade Educadora não se confina ao aspeto escolar”, mas que é um modelo de gestão e desenvolvimento “que atravessa toda a administração municipal e que envolve toda a comunidade e os seus agentes”.

Refira-se que o município de Vila Nova de Famalicão aderiu em 2010 à Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), passando a integrar também a Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras, organismos que promovem a troca e partilha de experiências, no âmbito da Educação em toda a sua abrangência, e que entendem a cidade como um espaço de oferta de importantes elementos para uma formação integral do indivíduo.

Neste âmbito, tem vindo a desenvolver um conjunto de iniciativas com destaque, por exemplo, para a Conferência das Cidades Educadoras promovida, no passado dia 30 de novembro, pelo Jornal de Notícias, intitulada “A Cidade Educa?”

ESCOLA DE EDUCAÇÃO RODOVIÁRIA DE BRAGA CELEBRA O 18º ANIVERSÁRIO COM PLANO DE ACÇÃO RENOVADO

Aquando da celebração do décimo oitavo aniversário da Escola de Educação Rodoviária de Braga (EERB), é estruturado um plano estratégico de acção renovado e adaptado ao conceito contemporâneo de educação rodoviária. O plano prevê, para além do funcionamento da escola nas linhas mestras mais tradicionais, potenciar a sua acção para temáticas como a interpretação da educação para o risco onde se inclui a educação rodoviária, a cibersegurança e a mobilidade sustentável.

CMB16022018SERGIOFREITAS00000011135.jpg

De acordo com a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, foi “encetado um programa abrangente de âmbito municipal que visa a promoção de uma cultura e educação para o risco. O programa visa sensibilizar a comunidade escolar para os riscos rodoviários, enquanto peões, passageiros e condutores, promovendo a adopção de atitudes e comportamentos de segurança e prevenindo sempre comportamentos de risco rodoviário”.

O projecto de reestruturação da EERB enquadra-se numa nova dinâmica de intervenção através do exercício de práticas de cidadania, de forma a sensibilizar as diferentes comunidades educativas. Neste prisma e recorrendo à Rede de Bibliotecas Escolares e ao Plano Nacional de Leitura (PNL), serão levadas a cabo actividades de carácter literário e criativo que remeterão para a prevenção rodoviária, mobilidade sustentável e educação para o risco.

CMB16022018SERGIOFREITAS00000011136.jpg

Com a reestruturação do plano de acção, o desígnio passa, fundamentalmente, pelo despertar nas crianças o gosto e sentido de responsabilidade pelas questões de segurança e educação rodoviária, tornando-as cidadãos mais conscientes e socialmente responsáveis; a promoção de um ambiente lúdico e criativo favorável à formação integral das crianças para os desafios de prevenção; a implementação de actividades pedagogicamente enriquecedoras e promotoras de comportamentos cívicos e preventivos enquanto utentes da via pública; a consciencialização de toda a comunidade educativa para a problemática da Segurança e Educação Rodoviária.

A par dos projectos em que a EERB está integrada, (Semana da Mobilidade, School Bus, Zonas 30 e “Ilustrar e Colorir a Mobilidade”) o novo plano de acção inclui programas como a “Hora do Conto”, que estará em consonância com o PNL e abrangerá obras literárias concernentes à educação e prevenção rodoviária; “Criar com Arte” e “Circuito Sobre Rodas”. As actividades elencadas serão desenvolvidas nos três principais espaços da escola: exterior (pista), ateliê de artes, espaço multimédia e biblioteca. Está no terreno um encadeamento entre a EERB e o programa de Actividades Extra Curriculares que permitirá uma participação activa dos alunos que frequentam as AEC’s através da realização de trabalhos de expressão plástica temáticos que, mais tarde, serão expostos na EERB.

Segundo Lídia Dias, a EERB “tem o seu objectivo bem traçado: prevenir comportamentos de risco rodoviário. Como tal, o novo plano de acção será implementado com o intento de sensibilização da comunidade educativa para a adopção de comportamentos responsáveis, capacitando a comunidade educativa com conhecimentos teóricos na área e testando os conteúdos adquiridos através da promoção de experiências práticas em contexto de circuito rodoviário”, refere a Vereadora, acrescentando que “somos uma Cidade Educadora que almeja cidadãos que saibam usar e respeitar o espaço público enquanto peões, passageiros ou condutores”. Para Lídia Dias, “a dimensão pedagógica é o foco deste projecto renovado e o Município assume a segurança rodoviária como um desafio e uma ambição para o futuro”

A Escola de Educação Rodoviária destina-se a crianças do 1.º e 2.º ciclos do Concelho de Braga e outros, sendo que as visitas devem ser efectuadas por marcação. As aulas têm uma componente teórica incidindo sobre as regras de sinalização rodoviária. A componente prática realiza-se por meio de veículos de pedal ou bicicletas. De ressalvar que o Município promove as deslocações dos alunos entre escola e EERB dentro do Concelho de Braga.

Escola Educação Rodoviária.jpg

MINHOTOS DANÇAM NA SIC NO PROGRAMA DE CRISTINA FERREIRA

É já na próxima sexta-feira, dia 22 de Fevereiro

O programa de Cristina Ferreira na SIC vai na próxima sexta-feira, dia 22 de Fevereiro, contar com a participação de um grupo folclórico minhoto sediado na região de Lisboa, representativo dos usos e costumes da região de Viana do Castelo e que já possui mais de três décadas de existência.

Vira_do_Minho_Mário_Costa.jpg

Uma das entrevistadas é uma jovem, simpática e bonita que, todos os anos, participa no desfile da mordomia da Romaria de Nossa senhora d’Agonia, prestigiando a representação da comunidade que vive na capital do país.

Os minhotos vão estar de olhos postos no programa da SIC e, sem perderem a sua chieira, vão seguramente desculpar a apresentadora – Cristina Ferreira – pelo deslize que teve em relação a um dos elementos que tão orgulhosamente fazem parte da sua identidade. Os minhotos são assim!...

Até lá, o BLOGUE DO MINHO não revela a identidade do grupo folclórico… espere para ver!

TERRAS DE BOURO REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Assembleia Municipal de Terras de Bouro reunirá a 22 de fevereiro

foto da Câmara Municipal de Terras de Bouro. (1).JPG

No próximo dia 22 de Fevereiro, sexta-feira, a Assembleia Municipal de Terras de Bouro irá realizar, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 20h30, a sua segunda sessão de 2019 e primeira de caráter ordinário, com a seguinte ordem de trabalhos:

1.Apreciação da atividade do Município, bem como da situação financeira do mesmo, nos termos definidos na alínea c) do n.º 2, do art.º 25, do Decreto - Lei nº75/2013 de 12 de Setembro.

  1. Análise do pedido de substituição da Srª Adriana Martins na CPCJ e consequente eleição do novo membro para integrar a Comissão de Proteção das Crianças e Jovens;
  2. Análise e deliberação de proposta sobre reconhecimento de prescrição de dívidas – Lei dos Serviços Públicos;

4 Análise e votação de Declaração de Interesse Municipal relativa aos imóveis da Quinta dos Carqueijais;

5.Voto de Pesar pelo falecimento do Senhor Dr. Francisco de Oliveira Dias.

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMINHA CONFIRMA INVESTIMENTO DE 1.7 MILHÕES DE EUROS PARA NOVA ESCOLA BÁSICA DE VILA PRAIA DE ÂNCORAE PARA A SEDE DA ACADEMIA DE MÚSICA FERNANDES FÃO

É mais uma boa notícia para a Educação no concelho de Caminha: no âmbito da reprogramação do Programa Operacional Regional do Norte, o Município de Caminha garantiu junto do Ministério da Educação o financiamento de 1.5 milhões de euros que permitirá avançar com uma nova Escola Básica para acolher os alunos do 1º ciclo e a sede da Academia de Música Fernandes Fão.

Estes dois equipamentos, absolutamente necessários na freguesia mais populosa do concelho de Caminha, são um compromisso eleitoral de Miguel Alves que começam agora a ser concretizados. Para o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, “este financiamento constitui uma dupla vitória de Vila Praia de Âncora. Por um lado, permitirá avançar com uma nova escola Básica que vai receber os alunos do 1º ao 4º anos em condições de excelência, por outro lado permitirá fazer a tão sonhada sede da Academia de Música Fernandes Fão.

No Alto e Baixo Minho não há, nesta fase, um investimento tão avultado e queremos corresponder à confiança do Ministério da Educação com uma obra que orgulhe e sirva as pessoas do Vale do Âncora e do concelho de Caminha. Fizemos esta promessa há ano e meio e já estamos a começar a cumpri-la”.

A Câmara Municipal de Caminha pretende fazer o novo equipamento ao lado da atual EBS do Vale do Âncora e do Jardim de Infância, completando o Centro Escolar existente e potenciando o espaço que será libertado. O edifício a construir terá duas funções, servindo para o ensino do 1º ciclo, mas também como sede e centro de aprendizagem da Academia de Música Fernandes Fão. Miguel Alves diz que o trabalho de elaboração de projeto já começou – “temos vindo a reunir com a direção do Agrupamento e da Academia, o projeto está a ser elaborado internamente por um arquiteto da Câmara e, agora, temos a garantia do financiamento de 1.5 milhões que se juntará à comparticipação municipal para alavancar um investimento global de 1.764.705,88 euros”.

Depois da notícia da existência de 3 empresas concorrentes para a construção da Escola Secundária de Caminha, a confirmação do financiamento da nova Escola Básica e da sede da Academia de Música em Vila Praia garante, em apenas uma semana, um investimento global em Educação.

ALUNOS DE ESPOSENDE PARTICIPAM NO CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2019

A Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, recebeu, no passado dia 13 de fevereiro, a Fase Municipal do Concurso Nacional de Leitura 2019.

DSC_0017ccc.jpg

A iniciativa, integrada no Plano Nacional de Leitura 2027, conta com a colaboração da Rede das Bibliotecas Escolares, Direcção-Geral do Livro, Arquivos e das Bibliotecas, Camões IP, Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro e RTP.

Com o objetivo de estimular hábitos de leitura e pôr à prova competências de expressão escrita e oral junto da população escolar, nesta edição o concurso é alargado a todos os níveis de ensino básico e secundário.

Em colaboração com a Rede de Bibliotecas do Concelho de Esposende (RBCE), a Biblioteca Municipal organizou esta fase do concurso, destinada aos alunos do 3.º ciclo do concelho, previamente apurados na Fase Escolar, designadamente das Escolas Básicas de Apúlia, Forjães, António Rodrigues Sampaio, António Correia de Oliveira, e da Escola Secundária com 3.º ciclo Henrique Medina. Os alunos dos outros ciclos de ensino passaram diretamente à Fase Intermunicipal.

“O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway, foi a obra escolhida para a Fase Municipal em Esposende, sendo que a prestação dos alunos foi avaliada por um júri constituído pela Vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Esposende, Angélica Cruz, pela Coordenadora da Biblioteca Municipal (por inerência de funções), Luísa Leite, e por Fátima Pinto, professora aposentada e Voluntária da Leitura.

Nesta prova, foram apurados Lara Costa e Joana Carvalho, alunas do 9.º ano e do 8.º ano, respetivamente, da Escola Secundária Henrique Medina, e Marta Fidalgo e Diogo Páscoa, alunos do 8.º ano, das Escolas Básicas António Correia de Oliveira e Apúlia, respetivamente. Estes alunos vão disputar a Fase Intermunicipal.

DSC_0034.jpg