Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE "CASA" NA PERFEIÇÃO MODERNIDADE E TRADIÇÃO

Vila Verde a fervilhar de vida: Workshops, oficina Arquimedes, concerto de gala e apresentação da linha ‘Amor Envolvente’ em mais um sábado de Romance

Vila Verde continua a fervilhar de vida com a intensa e apaixonante programação turístico-cultural ‘Fevereiro – Mês do Romance’. Durante 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março), mais de uma centena de iniciativas propagam a mensagem de amizade e amor dos Lenços Namorar Portugal. Eventos que acontecem um pouco por todo o país, mas com maior incidência em Vila Verde… Onde o amor acontece! O dia de ontem, 17 de fevereiro, foi um bom exemplo disso mesmo, com diversas atividades de celebração do amor, entre dois workshops, a oficina Arquimedes, o concerto de gala e a apresentação da linha ‘Amor Envolvente’.

1 (1)

Durante a manhã, talentosa artesã vilaverdense Juliana Gomes esteve no Espaço Namorar Portugal para dirigir o Workshop de Pintura. Uma oportunidade soberana para o público aprender diretamente com uma artista experiente na bela e delicada arte de pintar os mais diversos materiais e suportes com os encantadores motivos dos Lenços Namorar Portugal. Desta vez, as pinturas foram feitas no tecido, em peças que os participantes trouxeram e que, perto da hora do almoço, tinham já um brilho redobrado com os sentimentos e afetos da tradição minhota.

Em simultâneo, a Oficina Arquimedes montava o seu 'laboratório' na Biblioteca Professor Machado Vilela, em Vila Verde. 'Amor com Cheiro' foi o nome da atividade lúdico-pedagógica que fez as delícias da pequenada. "O cientista grego Arquimedes foi o ponto de partida para recuar à Grécia Antiga e descobrir a evolução dos cuidados de higiene ao longo dos tempos. As crianças aprenderam ainda conceitos básicos de Química na produção de óleos essenciais naturais e sabonetes artesanais". No final, cada participante levou para casa um sabonete alusivo ao Mês do Romance.

1 (2)

Um casamento perfeito entre tradição e modernidade

Ao início da tarde, tempo para conhecer a nova linha Namorar Portugal do multipremiado estilista vilaverdense Orlando Ventura, que recentemente recebeu mais um galardão, ao conquistar o Prémio Impacto Visual na Gala Namorar Portugal 2018. Um parceiro de longa data da marca territorial do Município de Vila Verde que, ano após ano, continua a surpreender o público propostas de moda contemporâneas. Peças que ganham um brilho acrescido com os motivos dos Lenços Namorar Portugal, num casamento perfeito entre tradição e modernidade. O criador reinventou os seus famosos cachecóis, que este ano são fabricados “com materiais mais leves” e com pequenos bolsos, dando corpo à linha Amor Envolvente.

Além dos cachecóis, Orlando Ventura voltou a brindar o público coordenados modernos e arrojados (saia, vestido...), abrilhantados com as escritas de amor da tradição minhota. Outra das surpresas da tarde foi a apresentação de uma boneca Bia Portuguesinha, também parceira da marca Namorar Portugal, vestida pelo estilista. Os produtos estão já disponíveis para venda no Espaço Namorar Portugal e podem ser personalizados de acordo com os gostos do cliente mediante encomenda prévia. Logo de seguida, o estilista dirigiu, no mesmo local, o Workshop Bolsos Com Amor, em que os participantes puderam aprender a fazer os bolsos, adorná-los com os afetos dos Lenços e aplicá-los na roupa do dia-a-dia.

2 (1)

“O Orlando tem um bordado perfeito”

Presente na sessão, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde não poupou elogios a “um parceiro que já está connosco há vários anos, mas que continua sempre a surpreender-nos pela qualidade dos seus trabalhos e bordados”. Júlia Fernandes prosseguiu vincando que Vila Verde leva a igualdade de género muito a sério. “Temos homens a bordar muito bem em Vila Verde, como é o caso. O Orlando tem um bordado perfeito, que se distingue e que adapta muito bem às suas peças”, referiu. A vereadora da Cultura manifestou ainda a sua satisfação pelo trabalho conjunto entre os parceiros da marca territorial vilaverdense, “que unem os seus saberes e criam sinergias que estão na origem de projetos muito interessantes”.

2 (2)

Música, amor e muito talento no Concerto de Gala da Academia de Música de Vila Verde

A Quinta da Aldeia, em Gême, vestiu as cores do romance para receber o Concerto de Gala da Academia de Música de Vila Verde. A moderna e elegante decoração alusiva ao amor ajudava a adensar o clima de romance que recebeu as centenas de pessoas para mais uma noite memorável.  A Big Band da Academia de Música de Vila Verde não deixou créditos por mãos alheias e protagonizou mais um eletrizante espetáculo de música ao vivo. De Rui Veloso a Elvis Presley, passando por Frank Sinatra, Abba, Salvador Sobral e um original do artista pradense Miguel Oliveira, entre outros, a academia vilaverdense brindou a plateia com um verdadeiro hino ao amor. O concerto contou com as participações do cantor Miguel Oliveira e da solista Raquel Fernandes, assim como do coro Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde e do coro Alma do Povo, dirigidos pelo maestro Idílio Nunes.

3 (1)

3 (2)

4 (1)

4 (2)

5 (1)

5 (2)

6 (1)

6 (2)

6 (3)

JÁ NAMORAS?... EM VILA VERDE!

‘Já namoras? 2018’ – Linha de utensílios inspirados nos motivos dos Lenços Namorar Portugal

Carlos Araújo associou-se em 2015 à marca territorial do Município de Vila Verde e, desde então, todos os anos brinda o público com uma nova linha inspirada nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Power Banks, Pen Drives, relógios de parede, canetas e porta-chaves são apenas alguns dos inúmeros produtos Namorar Portugal apresentados pela empresa vilaverdense ao longos dos últimos anos. Ontem, 16 de fevereiro, ficámos a conhecer a linha ‘Já namoras? 2018’, que se afasta um pouco dos utensílios tecnológicos e, com audácia e criatividade, reinventa os motivos dos Lenços do Amor. Artigos do quotidiano que ganham novo encanto com as escritas de amor da tradição minhota, reinterpretadas com um toque de contemporaneidade.

ACCA

As novidades deste ano são os lenços para limpeza de diversos suportes (óculos, lentes, telemóveis…), os porta-lápis e os vinil walls. “Optámos por sair da linha da eletrónica, porque já começava a ficar um pouco saturada. Resolvemos experimentar alternativas e também alargar o conceito”, referiu Carlos Araújo, revelando que os tradicionais motivos dos Lenços foram reinventados e adaptados a estilos artísticos modernos, mantendo sempre a temática das escritas de amor. “Os Lenços dão o mote, mas a marca já tem uma dimensão maior. É um conceito, são experiências, é o Mês do Romance. Não são apenas os produtos, mas todo o dinamismo que se cria. Mantendo o conceito, resolvemos inovar nos motivos e desenhos, adaptá-los a novos estilos artísticos”, disse o responsável pela ‘Já namoras?’.

Presente na sessão, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde não poupou elogios ao trabalho de criatividade e inovação desenvolvido pela empresa, vaticinando-lhe um futuro auspicioso. “Esta é já a quarta apresentação e todos os anos nos tem presenteado e surpreendido com belíssimos produtos. Esta linha também é lindíssima e será, com certeza, um sucesso”, referiu Júlia Fernandes, acrescentando que a mensagem de amor, paz e amizade da marca territorial do Município de Vila Verde continua a disseminar-se pelo país e pelo mundo. “Temos assistido a grandes demonstrações de talento, criatividade e inovação em torno dos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Em torno desta mensagem e desta filosofia. Já não há quem fique indiferente e temos recebido inúmeros contactos por parte de entidades turísticas para atividades nacionais e internacionais”, afirmou a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde.

A (2)

A (3)

A (4)

PALÁCIO DA BREJOEIRA NAMORA PORTUGAL

Amor (pela tradição) e sedução (do património) no Romance Palaciano Vila Verde e Monção!

Há já muito tempo que Vila Verde e Monção se conhecem, mas, recentemente, descobriram que têm mais pontos em comum que o que o olhar desatento deixaria antever. Entre o amor ardente pela tradição e a inebriante sedução do património começou a desenhar-se enredo de um apaixonante Romance Palaciano.

A (2)

O sumptuoso Palácio da Brejoeira (em Monção) também já está a Namorar Portugal, numa aliança harmoniosa entre duas jóias do património cultural e edificado da região do Minho. Um cenário idílico que recebeu, ontem, 16 de fevereiro, a apresentação de dois novos produtos Namorar Portugal, o Chá de Tília Palácio da Brejoeira, cultivado no próprio palácio (resultado de uma parceria entre a empresa vilaverdense Serras Brandas e o Palácio da Brejoeira), e o Pão de Ló Água na Boca, da Pastelaria da Vila. O ex-líbris de Monção recebeu ainda a inauguração de uma mostra de produtos Namorar Portugal, em exposição de 15 a 28 de fevereiro.

A iniciativa foi abrilhantada pela atuação de música ao vivo protagonizada por uma professora da Academia de Música de Vila Verde e por uma encenação de época, com personagens trajadas a rigor. O evento, apadrinhado pelo Eurodeputado José Manuel Fernandes, foi ainda enriquecido com a presença de duas bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal (entidade responsável pela salvaguarda dos Lenços Namorar Portugal) que estiveram a realizar ao vivo a antiga e delicada arte de bordar o amor. O 'Romance Palaciano' contou ainda com a presença do presidente e da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, António Vilela e Júlia Fernandes, do presidente do Município de Monção, António Barbosa, e do administrador do Palácio da Brejoeira, Emílio Magalhães.

A (1)

Uma tradição ancestral que transporta valores de paz, amor, amizade e solidariedade

O ‘padrinho’ da iniciativa começou por sublinhar que “é um prazer Namorar Portugal no Palácio e Quinta da Brejoeira, um local com um vinho único e produtos diferenciadores, baseados na nossa autenticidade e tradição”. O eurodeputado José Manuel Fernandes prosseguiu sublinhando o simbolismo associado ao evento, que acontece “em pleno Ano Europeu do Património Cultural”. “Aquilo que é único e que nos diferencia cria geralmente valor acrescentado. Os motivos dos Lenços impulsionaram o crescimento um empreendedorismo que permitiu entrelaçar tradição e modernidade. Tudo baseado numa tradição ancestral que transporta valores. Os mesmos valores de paz, amor, amizade e solidariedade que alicerçam a União Europeia e que devemos continuar a fortalecer”, referiu o eurodeputado, concluindo de forma categórica: “Sou minhoto, português e europeu. Nada disto é igual, mas também nada disto incompatível”.

Um pão de ló de fazer crescer água na boca

Após uma visita pelo deslumbrante ex-líbris de Monção e da cultura nacional, tempo para aquecer a alma e aconchegar o estômago com um saboroso Chá das Serras Brandas e um pão de ló de fazer crescer água na boca. Depois das ‘Broinhas do Amor’ e os ‘Doces Desejos’, os sentimentos e afetos dos Lenços Namorar Portugal serviram de inspiração para a criação de mais uma deliciosa proposta de pastelaria da autoria da Pastelaria da Vila, de Vila Verde. O nome não deixa margem para dúvidas. O Pão de Ló Água na Boca promete fazer as delícias dos amantes da doçaria e não só, já que a conjugação de diferentes sabores é um dos grandes atrativos desta iguaria. “Temos uma massa mais salgada a envolver o bolo. O interior é composto por uma massa mais fofa e mais doce, queijo fresco e morango. No topo, leva duas pétalas de rosa comestíveis, para aumentar a simbologia do amor”, afirmou o responsável pela Pastelaria da Vila, Armando Sousa.

A (3)

“Um produto capaz de ‘acasalar’ com o prestígio deste património”

Para ‘empurrar’ o pão de ló e afastar o frio de uma cinzenta e chuvosa tarde de inverno, nada melhor que um quente e saboroso Chá das Serras Brandas. Natural do concelho de Monção, o empresário vilaverdense Filipe Temporão cortejou uma parceria com o Palácio da Brejoeira, que rapidamente se transformou em namoro, tal a afinidade entre as partes. O resultado não se fez esperar. Uma infusão única, que desperta os sentidos tanto pelo sabor, como pela arte incorporada nas próprias embalagens, pintadas com mestria pela talentosa artista pradense Fátima Mendes. As plantas utilizadas no Chá de Tília do Palácio da Brejoeira são colhidas da famosa Avenida de Tílias da Brejoeiras, com 200 metros de comprimento e 48 plantas, avançou o administrador. Emílio Magalhães confidenciou ainda que, finalmente, pode revelar um segredo palaciano, que guardou consigo durante alguns anos. Um dos desejos da antiga proprietária, Maria Hermínia Paes, seria criar um chá a partir das tílias da emblemática avenida. “Tal como iniciou o projeto do Alvarinho, a antiga proprietária também gostaria que extraíssemos da avenida o suficiente para criar um chá que fortalecesse o bom nome do palácio. Guardei sempre este segredo até aparecer um desafio à altura, que aceitamos de coração e braços abertos. Após a uma demonstração de qualidade, ao nível de todos os produtos do palácio, recebemos este produto capaz de ‘acasalar’ com o prestígio deste património”, frisou Emílio Magalhães.

“Valorizar a nossa história e com ela criar uma ponte para o progresso e o futuro, uma alavanca de crescimento e desenvolvimento”

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde agradeceu a postura acolhedora e a hospitalidade calorosa dos monçanenses, com a arte de bem receber tão característica das gentes minhotas. António Vilela prosseguiu frisando que o Palácio da Brejoeira é uma referência nacional, “um património ao qual não podemos ficar indiferentes e em torno do qual devemos desenvolver as nossas terras”. O edil referiu também que a Monção se associa agora a uma marca que começou em Vila Verde, mas que pela amplitude e crescimento já é uma marca nacional, com produtos à venda em todo o país e nos cinco continentes. “Tudo isto só é possível graças à visão, à criatividade e capacidade de inovação de uma rede de parceiros que conta já com 67 produtores e milhares de produtos no mercado”, referiu.

 António vilela sublinhou que os vários municípios por todos o país (Monção, Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Guimarães, Amares…) têm recebido a marca Namorar Portugal com amizade, sem um ponto e vista concorrencial, porque, apesar de defenderem as suas terras, os autarcas percebem que ao agregarmos forças podemos crescer em conjunto de forma sólida e consistente. “O cenário aqui apresentado fez-nos recuar e viver outros tempos. É importante valorizar o património material e imaterial que nos foi legado pelos antepassados, valorizar a nossa história e com ela criar uma ponte para o progresso e o futuro, uma alavanca de crescimento e desenvolvimento. Os produtos que apresentámos são feitos com muito amor. O amor que dedicamos à nossa terra, às nossas gentes e à valorização da nossa cultura”, concluiu o presidente do Município de Vila Verde.

“Deve-se olhar para este bom exemplo”

Por sua vez, o presidente do Município de Monção sublinhou que inicialmente este projeto parecia um desafio inalcançável, mas que foi possível graças a uma convergência de forças e vontades entre os envolvidos. Na mesma toada, António Barbosa lançou o repto aos empresários monçanenses para que aproveitem e valorizem este “património histórico inestimável, grande referência de Monção”. O autarca aproveitou também para vincar que vê com muito bons olhos esta união de esforços e saberes. “Agora enquanto autarca, mas também enquanto munícipe, defendo que isoladamente nossos territórios, infelizmente cada vez mais desertificados, não teremos futuro. Teremos futuro se tivermos a capacidade de estarmos abertos a ações como a que decorre hoje. Sem qualquer tipo de anticorpo a um projeto que é de Vila Verde. Muito pelo contrário. Estamos abertos a estes e outros projetos”, referiu.

“Não querendo copiar o que se faz em Vila Verde, deve-se olhar para este bom exemplo e perceber que temos um grande conjunto de mais-valias no nosso território, que devem ser dinamizadas. Representam oportunidades que devem ser aproveitadas. Estamos totalmente abertos a parcerias”, afirmou António Barbosa, acrescentando que está sempre “de portas abertas para a marca Namorar Portugal e desejo as maiores felicidades ao projeto”.

A (4)

PALÁCIO DA BREJOEIRA RECEBEU APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS PRODUTOS DO “NAMORAR PORTUGAL”

O Palácio da Brejoeira foi palco, ontem à tarde, da apresentação de dois novos produtos da coleção “Namorar Portugal”. Cerimónia que contou, entre outros, com as presenças do deputado europeu, José Manuel Fernandes, e dos autarcas de Monção, António Barbosa, e de Vila Verde, António Vilela.

DSC_0008 (Large)

Os produtos apresentados foram um Pão-de-Ló, denominado “Água na Boca” e confecionado pela Pastelaria da Vila, de Vila Verde, e o “Chã de Tília Palácio da Brejoeira”, fruto de uma parceria entre o Palácio da Brejoeira e Serras Brandas, empresa do monçanense Filipe Temporão que produz e comercializa chãs de diferentes sabores.

Encantado com “Namorar Portugal”, António Barbosa realçou as virtualidades do projeto nascido em Vila Verde, enaltecendo as suas especificidades e autenticidade, bem com a capacidade em conciliar os aspetos tradicionais com metodologias mais contemporâneas.

Acrescentou: “Este projeto é um exemplo daquilo que queremos fazer em Monção. Valorização das nossas tradições, abertura a novos conceitos e envolvimento do setor privado. A nossa ideia é enaltecer aquilo que nos distingue em termos culturais e sociais”.

Refira-se que a coleção “Namorar Portugal” compreende um conjunto de produtos desde o setor têxtil, à decoração, artesanato, merchandising, acessórios de moda e agro-alimentar. Estes produtos estarão patentes no Palácio da Brejoeira, até o dia 26 de fevereiro.

Além da abertura da coleção “Namorar Portugal” e da apresentação dos novos produtos, esta ação promocional englobou ainda visita ao Palácio da Brejoeira, atuação da Academia de Música de Vila Verde, declamação de poesia pela Filarmónica Milagrense, e degustação de produtos “Namorar Portugal”.

DSC_0046 (Large)

DSC_0053 (Large)

DSC_0060 (Large)

DSC_0067 (Large)

DSC_0087 (Large)

DSC_0096 (Large)

VILA VERDE APRESENTA AROMAS COM AMOR

EPATV respirou romance com o ‘S. Valentine Breakfast Day’ e a apresentação da linha de produtos ‘Aromas com Amor’

Se parece amor, sabe a amor e cheira a amor… O mais provável é que seja mesmo amor! A atmosfera de romance que envolve Vila Verde alastra a uma velocidade ciclónica pelo país e pelo mundo, disseminando os sentimentos e afetos das escritas de amor da tradição minhota. Ontem, 15 de fevereiro, foi um bom exemplo disso mesmo. Ao início da manhã, a Escola Profissional Amar Terra Verde preparou um pequeno-almoço romântico e nutritivo, como o amor deve ser, antes de apresentar ao público nova linha de produtos ‘Aromas com Amor’.

A (1)

Um amor que se sente, mas que também já se pode cheirar e ouvir, ver e saborear, através das sublimes criações inspiradas nesse sentimento mágico que “se rege por razões que a própria razão desconhece”. Um autêntico festim para os sentidos que começou com a degustação de um pequeno almoço romântico e sedutor, saudável e nutritivo, S. Valentine Breakfast Day. Logo de seguida, tempo para conhecer a nova linha de produtos Namorar Portugal da EPATV.

‘Aromas com Amor’ é o nome de uma coleção que abarca três produtos distintos. A Infusão do Amor (frutos vermelhos, pétalas de rosa, pimenta rosa e stevia), criada pelo Curso Técnico de Restauração – Restaurante/Bar; sal aromatizado com alecrim e sal aromatizado com tomilho, do Curso Técnico de Restauração – Cozinha/Pastelaria; bombons de chocolate, do Curso de Restauração – Padaria/Pastelaria. As embalagens dos produtos foram criadas pelos alunos do Curso Técnico de Design Gráfico, sob orientação da professora Fátima Pimenta.

Todos os produtos foram inspirados nos sentimentos e afetos dos Lenços Namorar Portugal, colocando os jovens em contacto direto com a genuína cultura do Minho. Em simultâneo, a iniciativa assume-se como uma oportunidade soberana para os alunos desenvolverem competências técnicas e pedagógicas, preparando-os para enfrentarem o mercado de trabalho.

A (2)

A (3)

A (4)

CÉU CUNHA VENCE CONCURSO INTERNACIONAL DE CRIADORES DE MODA

Amor, elegância e glamour na Gala Namorar Portugal 2018: Céu Cunha foi a grande vencedora do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda

A Noite de Namorados mais romântica do país foi em Vila Verde… Onde o amor acontece! Um serão de tributo ao amor preparado a preceito, em que nenhum pormenor foi deixado ao acaso. A gastronomia de excelência e a decoração de requinte, os espetáculos de música ao vivo e o desfile de moda.

O tapete vermelho palmilhado por centenas de casais enamorados e diversas celebridades do panorama nacional da moda, música e televisão (Rui Unas, Joana Freitas, Iva Lamarão, Isaac Alfaiate, Fernando Pereira e o DJ Valter Carvalho). Um sem número de predicados que tornaram deslumbrante e inesquecível a Gala Namorar Portugal 2018, organizada pelo Município de Vila Verde em colaboração com a Cooperativa Aliança Artesanal. O XV Concurso Internacional de Criadores de Moda foi conquistado por Céu Cunha, graças a um macacão branco, com corte moderno e arrojado, acompanhado por um chapéu como acessório de moda.

Uma inebriante atmosfera de amor e romance, que fez o coração do Minho palpitar de forma intensa. Um ambiente que se tornou ainda mais envolvente com a atuação da ‘banda residente’, da Academia de música de Vila Verde, com a participação especial dos pradenses Miguel Oliveira e Rogéria Braga. A prata da casa voltou a provar que tem muito valor e protagonizou um espetáculo eletrizante, que arrancou chuvas de aplausos à plateia. Logo de seguida, as luzes dos holofotes viram-se para a performance do Grupo Folclórico de Vila Verde ‘Vila Verde Com Amor… Desfile de Tradições’, que partilhou com os presentes a riqueza da tradição minhota e a história deste ícone do concelho de Vila Verde e de todo o país.

Propostas de todo o país e da Hungria

Com o prato principal do jantar romântico, foi servido também um dos momentos mais aguardados da noite, o XIV Concurso Internacional de Criadores de Moda. O Município de Vila Verde e a Cooperativa Aliança Artesanal voltam a desafiar designers e estilistas a conceberem peças contemporâneas de moda, subordinadas ao tema “Lenços Namorar Portugal: escritas de amor”, inspiradas nesta tradição genuína, que remonta ao séc. XVIII. Um palco privilegiado para os jovens criadores exporem o seu talento. Este ano, foram apurados 50 coordenados a concurso, vindos de diversos pontos do país, e um da Hungria. O evento foi conduzido pelo carismático e sobejamente conhecido apresentador/ator/humorista Rui Unas, que não deixou créditos por mãos alheias e desfilou charme e boa-disposição. Os manequins selecionados no Casting de Jovens Talentos tiveram a oportunidade de dividir as luzes da ribalta com personalidades reconhecidas no mundo da moda.

Um desfile de elegância, glamour e muito amor!

Isaac Alfaiate, Joana Freitas e Iva Lamarão foram as estrelas mais brilhantes de um desfile de elegância, beleza e muito amor (ou não fossem as propostas de moda inspiradas nos motivos dos Lenços Namorar Portugal), que incluiu também as propostas apresentadas pelos estilistas convidados, profissionais consagrados na sua área de especialidade: Anabela Baldaque, Katty Xiomara, Nuno Gama, Natália Mil-Homens Pereira, Rafael Freitas e StoryTailors. A passerelle recebeu ainda duas coleções inspiradas nos Lenços Namorar Portugal, a coleção Viktorius, de Vítor Carlos Macedo, e a linha ‘Bord’arte 2018’, de Vera Cancela, com a colaboração da ADAAVV (Associação para a Defesa do Ambiente e Animais de Vila Verde), que levou os nossos amigos de quatro patas a brilharem na passerelle. Além de desfilarem as propostas da Bord’arte, os patudos pretendem também sensibilizar a população em geral para a adoção com a iniciativa ‘Namore esta causa! Não compre, adote!”. A animação musical esteve a cargo do conhecido DJ Valter Carvalho, que irradiou simpatia e boa disposição. Enquanto o júri desempenhava a árdua tarefa de selecionar as propostas vencedoras, o multifacetado artista das mil e uma vozes, Fernando Pereira protagonizou uma performance de grande qualidade, que tornou o serão ainda mais divertido e animado.

Céu Cunha foi a grande vencedora da noite

Como já é habitual, o momento mais alto da noite ficou reservado para o final, com a consagração dos estilistas vencedores e A entrega de prémios.  Céu Cunha foi a grande vencedora do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda. A responsável pela empresa vilaverdense Teciborda voltou a confirmar o talento para a criação de moda, com dois prémios conquistados noutras tantas participações no concurso. Concorreu pela primeira vez em 2014 e arrebatou a plateia, o que lhe valeu o Prémio público.

Desta feita, após um breve interregno, regressou para conquistar o lugar mais alto do pódio, levando para casa o prestígio de vencer um concurso extremamente disputado e um cheque no valor de mil euros. Um macacão branco, com corte moderno e arrojado, acompanhado por um chapéu como acessório de moda valeram o galardão à artesã vilaverdense, que se dedica há mais de 20 anos criar autênticas obras de arte inspiradas nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. “Gosto muito daquilo que faço, mas não estava à espera de ganhar o primeiro prémio. Estou muito feliz! É uma peça versátil, que dá para utilizar em vários tipos de ocasiões”, afirmou Maria do Céu Cunha.

Joana Freitas: “Saio daqui com uma excelente impressão de Vila Verde”

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, sublinhou a intensidade e emotividade da programação ‘Fevereiro – Mês do Romance’ que, ao longo de 38 dias, se desdobra em mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor, num “casamento perfeito entre tradição e modernidade”. Júlia Fernandes sublinhou ainda a importância das causas sociais, que nos levou a uma das novidades deste ano. Os nossos amigos de quatro patas desfilaram na passerelle, numa ação realizada com o objetivo de sensibilizar a população para a adoção de animais abandonados e/ou vítimas de maus tratos. Antes de concluir, a vereadora da Cultura chamou ao palco as bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal, uma instituição que há 30 anos se dedica à preservação, recriação e reinterpretação dos Lenços do Amor. O momento resultou numa das maiores ovações da noite. Por sua vez, a modelo Joana Freitas, com inúmeras presenças em palcos nacionais e internacionais, participou pela primeira vez na Gala Namorar Portugal e saiu de Vila Verde com o coração cheio. “O evento extava muito bem organizado, foram-nos proporcionadas excelentes condições, acho o conceito muito giro e acho importante manter vivas estas tradições. Gosto muito dos bordados e saio daqui hoje com uma excelente impressão de Vila Verde”, referiu.

Uma mensagem de amor e amizade que sai de Vila Verde e se espalha pelo mundo!

Por seu turno, o presidente do Município de Vila Verde sublinhou o imenso talento que desfilou em palco, com propostas de excelente qualidade que dificultaram bastante a tarefa do júri. António Vilela prosseguiu sublinhando a importância da data e da ocasião. “Que saia de Vila Verde para o país e para o mundo uma mensagem de amor e amizade”, afirmou o edil, recordando que esse é um dos maiores propósitos da marca Namorar Portugal, que tem disseminado os sentimentos e afetos da tradição minhota pelos quatro cantos do planeta. O presidente do Município de Vila Verde deu ainda os parabéns aos atores locais. À Academia de Música de Vila Verde (pelo eletrizante espetáculo de música ao vivo), ao Grupo Folclórico de Vila Verde (pelo périplo palas tradições das diferentes freguesias vilaverdenses), à ADAAVV (pelo extraordinário trabalho de acompanhamento dos animais e gestão do canil) e à Cooperativa Aliança Artesanal (por valorizar e perpetuar estar bela e antiga forma de arte). “Valorizamos a cultura, promovemos a nossa identidade, dinamizamos a economia e levamos até às pessoas uma mensagem de amor e amizade”, concluiu António Vilela.

PREMIADOS NA GALA NAMORAR PORTUGAL 2018

1º Prémio: Maria do Céu Cunha – Teciborda

2º Prémio: Mi Ribeiro

3º Prémio: Cláudia Moreira / Joana Mendes

Prémio Delta: Fernanda Carpinteiro

Prémio Vestidos de Sonho Best Fit: Flávia Peixoto / Maria Eugénia

Impacto Visual: Orlando Ventura

Prémio BMCar: Leonídia Rodrigues

Prémio Público: Joana Rodrigues / Carla Costa / Rita Pereira

Prémio Nortempresa: Fernando Rei

Jovem Revelação: Magda Silva

VILA DE PRADO FESTEJA O CARNAVAL

Milhares de pessoas no Carnaval da Vila de Prado 2018!

O dia cinzento varrido a aguaceiros, entre algumas chuvadas mais fortes, não convidava ao passeio. Mas como era Carnaval… ninguém levou a mal. A chuva não foi suficiente para demover a vontade de centenas de foliões e milhares de espectadores que fizeram questão de manter viva a tradição do Entrudo e deram corpo ao Carnaval da Vila de Prado 2018. Na passada terça-feira, a meio da tarde, o céu escuro contrastava com uma onda de cor que ‘varria’ as principais artérias da freguesia.

P (2)

Apesar da intempérie, o número de participantes foi bastante expressivo, já o número de guarda-chuvas subiu significativamente face a edições anteriores. Do velho Oeste Americano até à era dos Piratas, soldados modernos e legiões romanas, princesas, palhaços, toureiros, bruxas e feiticeiros. E muito, muito mais. Uma oportunidade soberana de convívio, alegria e diversão em que não faltaram grupos temáticos e até coreografias a rigor.

As salmonelas do Cávado, que tanto deram que falar no verão passado, não foram esquecidas, entre vários momentos de sátira social. Uma onda de cor e folia que inundou as principais artérias pradenses, deixando um rasto de boa-disposição à sua passagem. Pouco passava das 15h30, quando os dois principais corsos carnavalescos chegaram à Avenida do Cávado vindos dos Carvalhinhos e da Ramalha, respetivamente, onde se juntaram aos mascarados individuais para uma tarde de grande diversão.

P (1)

P (3)

P (4)

P (5)

MINHO É AMOR - VILA VERDE NAMORA PORTUGAL!

Amor, elegância e glamour na Gala Namorar Portugal 2018: Céu Cunha foi a grande vencedora do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda

A Noite de Namorados mais romântica do país foi em Vila Verde… Onde o amor acontece! Um serão de tributo ao amor preparado a preceito, em que nenhum pormenor foi deixado ao acaso. A gastronomia de excelência e a decoração de requinte, os espetáculos de música ao vivo e o desfile de moda. O tapete vermelho palmilhado por centenas de casais enamorados e diversas celebridades do panorama nacional da moda, música e televisão (Rui Unas, Joana Freitas, Iva Lamarão, Isaac Alfaiate, Fernando Pereira e o DJ Valter Carvalho). Um sem número de predicados que tornaram deslumbrante e inesquecível a Gala Namorar Portugal 2018, organizada pelo Município de Vila Verde em colaboração com a Cooperativa Aliança Artesanal. O XIV Concurso Internacional de Criadores de Moda foi conquistado

DSC_0713

Uma inebriante atmosfera de amor e romance, que fez o coração do Minho palpitar de forma intensa. Um ambiente que se tornou ainda mais envolvente com a atuação da ‘banda residente’, da Academia de música de Vila Verde, com a participação especial dos pradenses Miguel Oliveira e Rogéria Braga. A prata da casa voltou a provar que tem muito valor e protagonizou um espetáculo eletrizante, que arrancou chuvas de aplausos à plateia. Logo de seguida, as luzes dos holofotes viram-se para a performance do Grupo Folclórico de Vila Verde ‘Vila Verde Com Amor… Desfile de Tradições’, que partilhou com os presentes a riqueza da tradição minhota e a história deste ícone do concelho de Vila Verde e de todo o país.

DSC_0681

Propostas de todo o país e da Hungria

Com o prato principal do jantar romântico, foi servido também um dos momentos mais aguardados da noite, o XIV Concurso Internacional de Criadores de Moda. O Município de Vila Verde e a Cooperativa Aliança Artesanal voltam a desafiar designers e estilistas a conceberem peças contemporâneas de moda, subordinadas ao tema “Lenços Namorar Portugal: escritas de amor”, inspiradas nesta tradição genuína, que remonta ao séc. XVIII. Um palco privilegiado para os jovens criadores exporem o seu talento. Este ano, foram apurados 50 coordenados a concurso, vindos de diversos pontos do país, e um da Hungria. O evento foi conduzido pelo carismático e sobejamente conhecido apresentador/ator/humorista Rui Unas, que não deixou créditos por mãos alheias e desfilou charme e boa-disposição. Os manequins selecionados no Casting de Jovens Talentos tiveram a oportunidade de dividir as luzes da ribalta com personalidades reconhecidas no mundo da moda.

DSC_0367

Um desfile de elegância, glamour e muito amor!

Isaac Alfaiate, Joana Freitas e Iva Lamarão foram as estrelas mais brilhantes de um desfile de elegância, beleza e muito amor (ou não fossem as propostas de moda inspiradas nos motivos dos Lenços Namorar Portugal), que incluiu também as propostas apresentadas pelos estilistas convidados, profissionais consagrados na sua área de especialidade: Anabela Baldaque, Katty Xiomara, Nuno Gama, Natália Mil-Homens Pereira, Rafael Freitas e StoryTailors. A passerelle recebeu ainda duas coleções inspiradas nos Lenços Namorar Portugal, a coleção Viktorius, de Vítor Carlos Macedo, e a linha ‘Bord’arte 2018’, de Vera Cancela, com a colaboração da ADAAVV (Associação para a Defesa do Ambiente e Animais de Vila Verde), que levou os nossos amigos de quatro patas a brilharem na passerelle. Além de desfilarem as propostas da Bord’arte, os patudos pretendem também sensibilizar a população em geral para a adoção com a iniciativa ‘Namore esta causa! Não compre, adote!”. A animação musical esteve a cargo do conhecido DJ Valter Carvalho, que irradiou simpatia e boa disposição. Enquanto o júri desempenhava a árdua tarefa de selecionar as propostas vencedoras, o multifacetado artista das mil e uma vozes, Fernando Pereira protagonizou uma performance de grande qualidade, que tornou o serão ainda mais divertido e animado.

DSC_0304

Céu Cunha foi a grande vencedora da noite

Como já é habitual, o momento mais alto da noite ficou reservado para o final, com a consagração dos estilistas vencedores e A entrega de prémios.  Maria do Céu Cunha foi a grande vencedora do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda. A responsável pela empresa vilaverdense Teciborda voltou a confirmar o talento para a criação de moda, com dois prémios conquistados noutras tantas participações no concurso. Concorreu pela primeira vez em 2014 e arrebatou a plateia, o que lhe valeu o Prémio público.

Desta feita, após um breve interregno, regressou para conquistar o lugar mais alto do pódio, levando para casa o prestígio de vencer um concurso extremamente disputado e um cheque no valor de mil euros. Um macacão branco, com corte moderno e arrojado, acompanhado por um chapéu como acessório de moda valeram o galardão à artesã vilaverdense, que se dedica há mais de 20 anos criar autênticas obras de arte inspiradas nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. “Gosto muito daquilo que faço, mas não estava à espera de ganhar o primeiro prémio. Estou muito feliz! É uma peça versátil, que dá para utilizar em vários tipos de ocasiões”, afirmou Maria do Céu Cunha.

DSC_0026

Joana Freitas: “Saio daqui com uma excelente impressão de Vila Verde”

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, sublinhou a intensidade e emotividade da programação ‘Fevereiro – Mês do Romance’ que, ao longo de 38 dias, se desdobra em mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor, num “casamento perfeito entre tradição e modernidade”. Júlia Fernandes sublinhou ainda a importância das causas sociais, que nos levou a uma das novidades deste ano. Os nossos amigos de quatro patas desfilaram na passerelle, numa ação realizada com o objetivo de sensibilizar a população para a adoção de animais abandonados e/ou vítimas de maus tratos. Antes de concluir, a vereadora da Cultura chamou ao palco as bordadeiras da Cooperativa Aliança Artesanal, uma instituição que há 30 anos se dedica à preservação, recriação e reinterpretação dos Lenços do Amor. O momento resultou numa das maiores ovações da noite. Por sua vez, a modelo Joana Freitas, com inúmeras presenças em palcos nacionais e internacionais, participou pela primeira vez na Gala Namorar Portugal e saiu de Vila Verde com o coração cheio. “O evento extava muito bem organizado, foram-nos proporcionadas excelentes condições, acho o conceito muito giro e acho importante manter vivas estas tradições. Gosto muito dos bordados e saio daqui hoje com uma excelente impressão de Vila Verde”, referiu.

DSC_0236

Uma mensagem de amor e amizade que sai de Vila Verde e se espalha pelo mundo!

Por seu turno, o presidente do Município de Vila Verde sublinhou o imenso talento que desfilou em palco, com propostas de excelente qualidade que dificultaram bastante a tarefa do júri. António Vilela prosseguiu sublinhando a importância da data e da ocasião. “Que saia de Vila Verde para o país e para o mundo uma mensagem de amor e amizade”, afirmou o edil, recordando que esse é um dos maiores propósitos da marca Namorar Portugal, que tem disseminado os sentimentos e afetos da tradição minhota pelos quatro cantos do planeta. O presidente do Município de Vila Verde deu ainda os parabéns aos atores locais. À Academia de Música de Vila Verde (pelo eletrizante espetáculo de música ao vivo), ao Grupo Folclórico de Vila Verde (pelo périplo palas tradições das diferentes freguesias vilaverdenses), à ADAAVV (pelo extraordinário trabalho de acompanhamento dos animais e gestão do canil) e à Cooperativa Aliança Artesanal (por valorizar e perpetuar estar bela e antiga forma de arte). “Valorizamos a cultura, promovemos a nossa identidade, dinamizamos a economia e levamos até às pessoas uma mensagem de amor e amizade”, concluiu António Vilela.

PREMIADOS NA GALA NAMORAR PORTUGAL 2018

1º Prémio: Maria do Céu Cunha

2º Prémio: Mi Ribeiro

3º Prémio: Carla Moreira / Joana Mendes

Prémio Delta: Fernanda Carpinteiro

Prémio Vestidos de Sonho Best Fit: Flávia Peixoto / Maria Eugénia

Impacto Visual: Orlando Ventura

Prémio BMCar: Leonídia da Silva

Prémio Público: Joana Rodrigues / Carla Costa / Rita Pereira

Prémio Nortempresa: Fernando Rei

Jovem Revelação: Marta Silva

Prémio Delta: Jorge Sousa, Paulo Machado e Marlene Soares

DSC_0743

DSC_0815

DSC_0825

DSC_0995

VILA VERDE ABRE "SEMANA DO ROMANCE"

Miniaturas Namorar Portugal, Livro Infantil ‘Namoras Comigo?’ e Sarau de Poesia e Música a abrir fim de semana do Romance!

Arrancou a todo o vapor mais um fim de semana da intensa e emotiva programação turístico-cultural, do Município de Vila Verde. Ontem, 09 de fevereiro, o dia começou com a apresentação da ternurenta linha de Miniaturas Namorar Portugal.

1 (1)

Reproduções em ponto muito pequeno de inúmeros produtos da marca, num trabalho de grande minúcia e precisão da Home Sweet Miniatures, que faz este ano a sua estreia nas andanças do Mês do Romance. Ao final da tarde, tempo para transmitir aos mais jovens uma mensagem de amor e carinho inspirada na tradição da cultura popular, durante a apresentação do livro infantil ‘Namoras Comigo?’, escrito por Catarina Sáavedra e ilustrado pela designer Sílvia Abreu. Para encerra em beleza o fim de Semana do Romance, nada melhor que um espetáculo de música ao vivo. O público não se fez rogado e compareceu em massa para assistir ao Sarau de Poesia e Música, organização conjunta entre a Academia de Música e do Agrupamento de Escolas de Vila Verde, que incluiu também o Concurso de Quadras de S. Valentim da EJAH.

Ao meio da manhã, o Espaço Namorar Portugal recebia a apresentação de uma nova linha de produtos da marca territorial vilaverdense. E se os Homens não se medem aos palmos, as obras de arte também não, como vieram comprovar as ternurentas e encantadoras Miniaturas Namorar Portugal. Réplicas precisas e minuciosas de objetos do quotidiano, adornados com meticulosas pinturas à mão inspiradas nos motivos dos Lenços Namorar Portugal. Entre presenças em feiras de Barcelona, Lisboa e Paris, as irmãs Oliveira (Carla e Anabela), naturais da Vila de Prado, estiveram também em Vila Verde para aliar a sua arte a um dos maiores ícones culturais da região e do país. “Esta versão é mais vocacionada para colecionadores, que decoram as suas casas de bonecas ao pormenor. Fazemos muito reaproveitamento de materiais (madeira, cartão, metal…) para criar as miniaturas. É praticamente tudo pintado à mão, nos desenhos mais pequenos utiliza-se uma técnica parecida com a serigrafia”, referiu Carla Oliveira, revelando que a Home Sweet Miniatures foi recentemente convidada para participar em mais uma grande feira à escala planetária, em Chicago, nos Estados Unidos da América.

1 (2)

Um livro de sobre “o amor no seu estado mais puro”

Ao final da tarde, pelas 17h30, o frio que se começava a instalar na Avenida da liberdade contrastava com o ambiente caloroso e acolhedor que se respirava no auditório da Loja Interativa de Turismo de Braga. Foi perante uma bonita moldura humana que a escritora Catarina Sáavedra e a designer Sílvia Abreu apresentaram um livro infantil que promete extravasar faixas etárias e fazer as delícias de miúdos e graúdos. ‘Namoras Comigo?’ é o nome da obra inspirada nas escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal que se assume como como um veículo de sentimentos e afetos, um a hino ao amor, e, em simultâneo, coloca a população mais jovem em contacto direto com a sua herança cultural minhota. “Sejam felizes e façam os outros felizes”, sublinhou Sílvia Abreu, responsável pela ilustração do livro. Por sua vez, Catarina Sáavedra, frisou que a obra, inspirada nos motivos dos Lenços “descreve o amor na sua essência mais pura”, e terminou com uma citação de Platão: “Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o amor toma conta dele”.

Duas apresentações de “grande qualidade”

Presente em ambas as sessões, o presidente do Município de Vila Verde fez questão de realçar o trabalho desenvolvido pelos parceiros Namorar Portugal. “Um trabalho de grande minúcia da Home Sweet Miniatures. Vai certamente fazer as delícias dos colecionadores, que procuram produtos diferenciados, são peças de grande beleza”, António Vilela, que também não poupou elogios ao livro apresentado durante o período vespertino. “É uma excelente obra, muito apelativa à vista pela qualidade das ilustrações, mas também com uma história que transmite muito bem esse sentimento maior que é o amor”, referiu. O edil sublinhou ainda a importância do trabalho desenvolvido pelos parceiros Namorar Portugal que ao reinterpretarem a tradição minhota dão nova vida à herança cultural, contribuindo em larga medida para a sua valorização. Em simultâneo, a tradição assume-se como uma âncora de desenvolvimento e dinamização do tecido económico a uma escala que começou por ser regional, mas que, cada vez mais, conquista corações pelo país e pelo mundo.

Por sua vez, o vereador do Turismo do Município de Braga frisou que (a cidade de Braga tem acolhido ao longo dos anos as iniciativas da marca Namorar Portugal e assim pretende continuar. “Braga é uma cidade de portas abertas, não só para os que nos visitam, mas também para os concelhos vizinhos, estamos sempre disponíveis para apoiar os parceiros amigos e vizinhos a divulgar o que de melhor fazem”, disse Altino Bessa.

1 (3)

Casa cheia no Sarau de Poesia e Música

Ao serão, mais um excelente espetáculo. O Centro de Artes e Cultura de Vila Verde pareceu pequeno para receber o mar de gente que se deslocou à sede de concelho para assistir ao Sarau de Poesia e Música, uma iniciativa que resulta de uma organização conjunta entre a Academia de Música e o Agrupamento de Escolas de Vila Verde. Um hino ao amor, que não deixou ninguém indiferente. Os jovens talentos, muito bem acompanhados pelos professores, subiram ao palco mostrar que as artes estão de boa saúde em Vila Verde e protagonizaram espetáculos de palmatória, que arrancaram chuvas de aplausos à plateia. Durante a sessão, tempo ainda para conhecermos os grandes vencedores do Concurso de Quadras de S. Valentim da EJAH, sob a forma de belos poemas, colocaram no papel o que lhes vai no coração.

2 (1)

2 (2)

3 (1)

3 (2)

3 (3)

3 (4)

MINHO É AMOR - VILA VERDE NAMORA PORTUGAL!

Da Loureira a Braga para conhecer duas novas linhas de artesanato Namorar Portugal!

As escritas de amor dos Lenços Namorar Portugal continuam a inspirar a criação de produtos encantadores e ternurentos, que se assumem como veículos de sentimentos e afetos.

1 (1)

O artesanato não é exceção e o leque de artistas e artesãos associados à marca territorial do Município de Vila Verde aumenta a cada ano. Ontem, 12 de fevereiro, ficámos a conhecer duas novas linhas de produtos artesanais. Durante a manhã, o Espaço Mi-linha, na Loureira (Vila Verde), recebeu a apresentação da coleção ‘A Arte, o coração e a Pomba’, da criadora Camila Silva. No período da tarde, a Loja Interativa de Turismo de Braga acolheu a apresentação da ‘Linha Cest’arte’, de Rosa Rodrigues (que se estreou este ano na marca Namorar Portugal), bem como uma exposição de produtos Namorar Portugal, patente na Cidade dos Arcebispos até ao dia 26 de fevereiro.

1 (2)

A flor e o coração. A pomba e a chave. As histórias e escritas de amor. Símbolos de emancipação da mulher minhota que, em pleno século XVIII, assumia a iniciativa de declarar o seu amor. O Espaço Mi-linha, na Loureira (Vila Verde), respira amor e romance, cultura e tradição, repleto com centenas de produtos inspirados na genuína tradição do Minho. Ontem, esta vasta coleção ficou ainda maior, durante a apresentação da nova coleção Namorar Portugal da artesã Camila Silva. ‘A Arte, o Coração e a Pomba’ inclui três coleções: toalhas de banho, t-shirts e molduras. Tudo com os motivos dos Lenços Namorar Portugal bordados no tecido (ou noutros materiais, como a cortiça) por mãos experientes, que dominam com mestria esta bela e antiga forma de arte. “Há alguma inovação, mas sempre com os motivos dos Lenços. Um tema apaixonante, que temos que continuar a amar”, referiu Camila Silva.

Braga foi inundada por uma onda de amor e romance

Ao início da tarde, o Romance prosseguiu na Loja Interativa de Turismo de Braga, um espaço localizado em pleno coração da capital do Minho onde está patente uma mostra de produtos Namorar Portugal, em exposição até ao dia 26 de fevereiro. Como já havia sucedido no passado e com bastante sucesso, a marca Namorar Portugal assume-se com um catalisador do tecido económico local, potenciando a criação de emprego e riqueza. É o caso de Rosa Rodrigues, artesã no setor da cestaria, que não se resignou perante uma situação de desemprego e conseguiu encontrar na adversidade uma oportunidade para a realização pessoal e a autonomia financeira. Se bem o pensou, melhor o fez e os resultados estão à vista. Uma deslumbrante coleção de cestos em vime, de diversas cores e feitios, que ganham ainda mais encanto com os motivos dos Lenços Namorar Portugal e que podem ser totalmente personalizados de acordo com os gostos do cliente.

1 (3)

Criar riqueza e valorizar a cultura

Presente na sessão, o vereador do Turismo do Município de Braga, Altino Bessa, teceu rasgados elogios ao trabalho desenvolvido em torno da marca territorial do Município de Vila Verde. “É sempre um gosto recebê-los e receber este projeto. Namorar Portugal é uma marca de Vila Verde, que já extravasou o concelho e o distrito. É uma marca nacional, que gostamos de ajudar a promover e à qual gostamos de estar associados. Hoje, há um sem fim de produtos na marca e há cada vez mais interessados em associarem-se a este conceito e em aproveitar o potencial de uma marca com produtos espalhados por todo o planeta”, referiu Altino Bessa, frisando a relevância do projeto. “Transporta para o exterior a nossa região e a nossa cultura. Em simultâneo, significa oportunidade de emprego e criação de riqueza na nossa região. Há um grande espírito empreendedor em torno da marca Namorar Portugal”, concluiu o vereador do Turismo do Município de Braga.

Desafios que criam oportunidades

Presente em ambas as sessões, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, deixou fortes elogios à capacidade de inovação de Camila Silva, que há vários anos desenvolve um “trabalho extraordinário” de reinterpretação e reinvenção da tradição minhota, e deu as boas-vindas a Rosa Rodrigues, que este ano se estreia nas andanças do Mês do Romance com uma linha em vime, inédita na marca Namorar Portugal. O edil prosseguiu sublinhando que se trata de um projeto vencedor, com presença em lojas físicas pelos quatro cantos do planeta, graças à criatividade, capacidade de inovação e determinação dos parceiros. “Uma marca de grande sucesso, mas que quer continuar a crescer e a evoluir. Um projeto muito bem aproveitado pelos nossos parceiros, que todos os anos nos continuam a brindar com novas e surpreendentes linhas de produtos”, referiu António Vilela, acrescentando que este projeto é “um desafio para todos”. “Desafio para pessoas e empresas criarem novos produtos. Desafio para jovens estilistas e modelos nos concursos de moda. Desafio para os artistas que sobem ao palco nos espetáculos culturais. Desafios que também são oportunidades e que têm sido muito bem ‘agarradas’ por todos, daí que a marca seja um sucesso”, afirmou o presidente do Município de Vila Verde.

2 (1)

2 (2)

2 (3)

VILA VERDE DÁ A PROVAR CHOCOLATE COM PIMENTA

Mês do Romance: Chocolate com Pimenta apresentou bombom coração para ser degustado a dois e Biblioteca Municipal recebeu o Casting de Jovens Talentos!

O dia de apresentação da Gala Namorar 2018, 06 de fevereiro, ficou ainda marcado por duas outras iniciativas inseridas na programação turístico-cultural ‘Mês do Romance’, do Município de Vila Verde. Ao início da manhã, o Espaço Namorar Portugal recebeu a apresentação da nova linha da Chocolate com Pimenta. Uma das grandes novidades deste ano é o bombom coração, de tamanho superior ao habitual para ser degustado a dois, a que se juntam o bombom e o licor de frutos silvestres, os ‘frutos do amor’. Ao final da tarde, a Biblioteca Professor Machado Vilela foi palco de um autêntico desfile de beleza e talento. A última fase do Casting de Jovens Modelos 2018 permitiu apurar os grandes vencedores que vão dividir a passerelle com celebridades nacionais da Gala Portugal 2018 e/ou desfilar no VIII Concurso Internacional de Acessórios de Moda.

1 (1)

O mestre chocolateiro Pedro Sousa esteve no espaço Namorar para apresentar a nova e absolutamente deliciosa linha Namorar Portugal da Chocolate com Pimenta. Com dimensões bastante superiores às dos bombons comuns e um enorme simbolismo associado, o bombom em forma de coração foi pensado para ser degustado a dois, ajudando a adensar e adoçar o clima de romance na relação. A esta iguaria juntam-se ainda o licor e o bombom de frutos silvestres, em que são utilizados os produtos locais, como é apanágio da Chocolate com Pimenta. Pedro Sousa prosseguiu sublinhando que esta tem sido uma parceria frutífera, “a associação à marca Namorar Portugal tem sido uma grande mais-valia para nós e penso que nós também somos uma mais-valia para a marca, tem sido uma relação de benefício mútuo”, referiu Pedro Sousa, acrescentando que os corações encarnam o espírito da Namorar Portugal e simbolizam “o carinho e o amor”.

Uma simbiose entre os produtores e marca

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, saudou a tenacidade e criatividade do mestre chocolateiro, que há seis anos consecutivos (desde que associou à marca territorial vilaverdense) cria novas linhas Namorar Portugal, e pela escolha dos produtos locais nas suas criações. “Mais uma vez o Pedro utiliza os produtos locais para confecionar os seus deliciosos chocolates, como já vem sendo habitual na linha de atuação da Chocolate com Pimenta. É uma marca que está a ser comercializada em todo o país e que marca presença em todas as grandes feiras nacionais da especialidade. Ainda no passado fim de semana [02 a 04 de fevereiro] estiveram em Lisboa, no Campo Pequeno, e voltaram a ter tempo de antena na televisão”, afirmou o edil. António Vilela não escondeu a satisfação de ver a marca territorial do Município de Vila Verde contribuir para o crescimento do volume de negócios dos parceiros, mas frisou que esta é uma relação de simbiose, já que o oposto também sucede. “Os nossos parceiros, pela qualidade e determinação que evidenciam, prestigiam e valorizam muito a marca Namorar Portugal”, concluiu.

1 (2)

Novos talentos brilham no mundo da moda

Ao final da tarde, pelas 19h00, as lentes e objetivas estavam todas apontadas para Biblioteca Professor Machado Vilela, em Vila Verde. Meia centena de jovens participaram no Casting Namorar Portugal ‘Jovens Talentos’, um concurso extremamente disputado, com talento em abundância, em que o júri não teve tarefa fácil. Os modelos selecionados terão a oportunidade de dividir o camarim com estrelas do panorama nacional da moda, música e televisão na Gala Portugal 2018 e/ou desfilar no VIII Concurso Internacional de Acessórios de Moda. A iniciativa é organizada, anualmente, pelo Município de Vila Verde, com o objetivo de identificar e promover talentos em potência no mundo da moda, garantindo aos jovens um palco privilegiado para exporem o seu potencial.

1 (3)

2 (1)

2 (2)

2 (3)

VILA VERDE FERVILHA A NAMORAR PORTUGAL

Vila Verde a fervilhar de vida em mais um domingo com sabor a Romance!

A fragrância do amor continua a arrebatar corações pelo país e pelo mundo, com particular destaque em Vila Verde… Onde o amor acontece! O coração do Minho é o epicentro da programação turístico-cultural mais emotiva e apaixonante do país, ‘Fevereiro – Mês do Romance’, que se desdobra em mais de uma centena de iniciativas de celebração desse sentimento maior que “se rege por razões que a própria razão desconhece”.

1 (1)

Um amor que se vê e que se sente. Que se ouve e que se cheira. Que se saboreia com volúpia. Que tolda a razão e inebria os sentidos. Que ganha forma ao inspirar a criação de inúmeras e diversificadas linhas de produtos Namorar Portugal e de vários espetáculos de índole cultural. Ontem, 12 de fevereiro, não foi exceção, com dois workshops (Decor-Verde e Mirtiflor), um espetáculo de música ao vivo (Banda Musical de Vila Verde) e a apresentação de uma nova linha de produtos (Mirtilada, da Mirtiflor), que ajudaram a adensar a atmosfera de romance que por esta altura paira sobre o concelho de Vila Verde.

A manhã começou deliciosamente. Um autêntico festim para o palato com o sabor a carinho e romance dos frutos do amor durante o Workshop Mirtiflor. Florbela Teixeira esteve no Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde, para partilhar com o público a receita de uma deliciosa sobremesa em que os românticos e sedutores frutos vermelhos se assumem como figuras de proa. Um sabor intenso e delicado, sóbrio e inebriante. Um paradoxo apaixonante e arrebatador, como o amor deve ser. Ao início da tarde, regalo para os ouvidos e conforto para o espírito. O romance tomou a forma de belas melodias, durante o eletrizante e emotivo concerto da Banda Musical de Vila Verde. Perante um Centro de Artes e Cultura muito bem composto, os artistas não deixaram créditos por mãos alheias, tocaram nos corações da plateia e colocaram sentimentos à flor da pele com a magia dos espetáculos de música ao vivo.

Sem mirtilos não se faz Mirtilada

Um pouco mais tarde, pelas 16h30, a Mirtiflor ampliou a sua já diversificada linha de produtos agroalimentares inseridos na marca Namorar Portugal. Depois de ter criado licores, compotas e até vinagre de mirtilo, a empresa vilaverdense continua a demonstrar uma criatividade e capacidade de inovação notáveis ao apresentar, este ano, a Mirtilada. O nome é invulgar, mas a lógica é muito simples. Se com marmelos se faz marmelada, a Mirtiflor pegou nos seus mirtilos e, naturalmente, fez Mirtilada. Um sabor apaixonante, que casa bem com diversos acompanhamentos, como o queijo e o Mirtilito (licor de mirtilo da Mirtiflor), mas que também é apetecível a solo, como referiu um dos responsáveis pela marca, Fernando Azevedo. “É um produto muito procurado e bastante saborosa. É muito saudável, porque além das vitaminas e agentes antioxidantes do mirtilo, também tem um baixo teor de açúcar e não leva qualquer tipo de aditivo, é produzido de forma totalmente natural”, acrescentou Fernando Azevedo.

1 (2)

Mirtilos impõem-se na balança comercial vilaverdense

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde congratulou o espírito criativo empreendedor da Mirtiflor, que continua a inovar e a apresentar novos, deliciosos e diversificados produtos agroalimentares inseridos na marca territorial vilaverdense. António Vilela não escondeu a satisfação por ouvir o responsável pela Mirtiflor anunciar que o produto está a ser muito procurado, desejando-lhe “votos do maior sucesso, tal como a todos os outros produtores Namorar Portugal”. O edil sublinhou ainda a importância das plantações de pequenos frutos na balança económica do concelho de Vila Verde, avançando que o volume de negócios associado apenas aos mirtilos ultrapassa já os 3,5 milhões de euros, sem contar com os produtos derivados (geleias, compotas, licores, vinagre…).

Workshop de Desenho e Bordado

Durante o período vespertino, decorreu também o Workshop de Desenho e Bordado da Decor-Verde. A responsável pela empresa vilavedense, Adelaide Marques, partilhou com o público a bela e delicada arte de bordar no tecido sentimentos e afetos, desenhos e escritas de amor. Os participantes puderam beber do conhecimento da responsável pela Decor-Verde e aprender com mãos muito experimentadas nesta antiga e encantadora forma de arte. Estão construídos os alicerces para que os participantes possam criar os seus próprios Lenços Namorar Portugal e com eles continuar a disseminar o amor e a valorizar a cultura local.

2 (1)

2 (2)

3 (1)

3 (2)

4 (1)

4 (2)

VILA VERDE COMEMORA MÊS DO ROMANCE

O Romance continua com dois workshops e um espetáculo de música ao vivo!

Os fins de semana da intensa e emotiva programação cultural do Município de Vila Verde são recheados de atividade e este (09 a 11 de fevereiro) não é exceção. Depois de um arranque a todo o gás, com três atividades distintas logo na sexta-feira (apresentação de nova linha de produtos, apresentação de livro e espetáculo de música ao vivo), o ritmo manteve-se durante o dia de ontem (10 de fevereiro), com atividades para vários gostos e feitios.

1 (1)

O Espaço Namorar Portugal recebeu mais dois Workshops dirigidos por parceiros da marca territorial vilaverdense, que, de forma totalmente gratuita, partilham com o público as técnicas e segredos das suas criações. Da parte da manhã, decorreu o Workshop de Ourivesaria, de ‘Os Luízes’, e durante o período vespertino teve lugar o Workshop ‘Folha de Estanho – Gravação’, de Elisabete Dias. Ao serão, um espetáculo de música ao vivo que valeu por três. O Centro de Artes e Cultura de Vila Verde estava a abarrotar para receber as atuações dos Trovar D’Alma, Sérgio Mirra e Academia de Música de Vila Verde.

Os criadores das famosas jóias Namorar Portugal, a Ourivesaria Os Luízes, estiveram no quartel general da marca territorial do Município de Vila Verde para partilhar com o público os segredos da sua arte. O Workshop de Ourivesaria foi dirigido por Luiz Macedo (filho), que ensinou a delicada e milenar arte da ourivesaria, que ganha ainda mais encanto com os motivos dos Lenços Namorar Portugal. De mangas arregaças e munidos com os diversos utensílios de ourives (maçarico, torno, cinzel, alicate), os participantes puderam fazer e levar para casa as suas próprias criações, que, assim sendo, já podem ser consideradas jóias de autor, nascidas da sua inspiração e criatividade.

1 (2)

Durante a tarde, novo momento de aprendizagem no Espaço Namorar Portugal. Desta feita, tempo para aprender fazer gravações na macia e maleável folha de estanho, com as técnicas e segredos da mestre Elisabete Dias, criadora da deslumbrante linha de Jóias em Estanho Namorar Portugal. Uma vez mais, além de beberem do conhecimento dos parceiros Namorar Portugal, os participantes puderam ‘colocar as mãos na massa’, fazer e levar para casa as suas criações. Acessórios de moda simples e elegantes, que ganharam ainda mais brilho com os sentimentos e afetos da genuína tradição do Minho.

Três espetáculos de música ao serão

Ao início do serão, vilaverdenses e visitantes foram brindados com um espetáculo de música ao vivo de grande qualidade protagonizado por diferentes artistas locais, uma prova inequívoca de que a prata da casa tem muito valor que não deixo o público indiferente. Foi um Centro de Artes e Cultura completamente a abarrotar que Vila Verde recebeu com chuvas de aplausos e ovações os artistas da terra, Trovar D’Alma, Sérgio Mirra e a um grupo de alunos da Academia de Música de Vila Verde (Bruno, Lara e Gonçalo). Os grupos não deixaram créditos por mãos alheias e desfilaram em palco ternura e carinho, romance e amor, sentimentos que ganham uma aura ainda maior com as sublimes melodias que inspiram.

2 (1)

Parcerias fundamentais para criar “um cartaz tão denso, rico e diversificado”

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde acompanha a par e passo as mais de 100 iniciativas que, durante 38 dias consecutivos (26 de janeiro a 04 de março), compõem um programa turístico-cultural intenso e emotivo. Júlia Fernandes tem deixado reiterados elogios aos parceiros Namorar Portugal por disponibilizarem o seu tempo e partilharem com o público os seus conhecimentos e saberes de forma totalmente gratuita. A vereadora da Cultura congratulou ainda os artistas que, ao serão de ontem, protagonizaram mais um excelente espetáculo de música ao vivo no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde e agradeceu “aos parceiros, entre os quais a Academia de Música de Vila Verde, “sem os quais não seria possível criar um cartaz tão denso, rico e diversificado”.

2 (2)

3 (1)

3 (2)

3 (3)

3 (4)

NAMORAR PORTUGAL É UMA JÓIA DE VILA VERDE

As jóias Namorar Portugal derreteram corações na Invicta!

A cidade do Porto está cada vez mais apaixonada pela genuína tradição do Minho. Durante a edição de 2018 da programação turístico-cultural Mês do Romance a Invicta recebe duas exposições e dois lançamentos de novas linhas de produtos Namorar Portugal.

TPN (1)

A primeira mostra de produtos esteve patente no Aeroporto do Porto, uma montra privilegiada para o mercado nacional e internacional. Ontem, 08 de fevereiro, foi a vez de a Loja Interativa de Turismo ‘Porto Welcome Center’ ser inundada por uma ondar de amor e carinho, ternura e romance. O espaço da Turismo Porto e Norte de Portugal, localizado nas imediações da emblemática Estação de S. Bento, acolheu a apresentação das linhas ‘Jóias em Estanhos de Elisabete Dias 2018’ e ‘Jóias dos Namorados 2018’, de Os Luízes Ourivesaria, bem como uma mostra de produtos Namorar Portugal, que estará em exposição até ao dia 16 de fevereiro. A sessão foi abrilhantada pelas atuações de música ao vivo protagonizada por duas alunas da Academia de Música de Vila Verde.

A ourivesaria Os Luízes voltou a criar uma aliança sublime entre duas nobres e antigas artes lusitanas, as famosas criações artesanais inspiradas nos Lenços Namorar Portugal, e apresenta este ano várias novidades na coleção de Jóias dos Namorados 2018. Luiz Macedo (filho) foi o porta-voz da empresa e, depois de agradecer à marca Namorar Portugal por ter recebido Os Luízes de braços abertos, apresentou as novas propostas. “A primeira novidade é o Coração dos Beijinhos, um pendente inspirado na simbologia do Mês do Romance. A segunda é um medalhão trabalhado em filigrana, com inserção de pedras semi-preciosas e os motivos dos Lenços. Por fim, temos também o Coração Minhoto, que apela à tradição da nossa região”, afirmou, acrescentando que “são produtos em Prata de Lei, criados de forma artesanal e podem ser totalmente personalizados de acordo com os gostos do cliente”.

TPN (2)

Logo de seguida, tempo para conhecer mais uma deslumbrante linha de acessórios de moda. Elisabete Dias apresentou um conjunto de colares e presépios criados a partir da folha de estanho. “Um produto macio e maleável, que facilmente se transforma e permite fazer estes desenhos tão minuciosos”, revelou, antes de apresentar a nova linha de produtos Namorar Portugal. “Temos dois tipos de colares, mas cada peça será única, porque os desenhos e as cores são diferentes. O objetivo é que cada peça desta linha seja ímpar, feita à medida de cada cliente e totalmente personalizável”, referiu Elisabete Dias, acrescentando que o mesmo sucede com os presépios, que terão em comum a forma, mas serão únicos nas cores, desenhos, dizeres…

É de louvar a dinâmica do Município de Vila Verde neste projeto único e inovador

O representante da Turismo Porto e Norte de Portugal na sessão, Marco Sousa, frisou que é “uma honra receber Vila Verde e este projeto de referência que é o Mês do Romance”, deixando fortes elogios ao trabalho desenvolvido em torno da marca territorial vilaverdense. “Este projeto é um exemplo a seguir, com cada vez mais empresários e iniciativas associados. É de louvar a dinâmica do Município de Vila Verde neste projeto único e inovador, transversal aos mais diversos setores de atividade e que potencia e valoriza aquilo que é nosso, as nossas raízes e as nossas tradições. Estamos sempre disponíveis para apoiar e colaborar”, afirmou Marco Sousa.

TPN (3)

As parcerias são um dos segredos do sucesso

Por sua vez, o presidente do Município deixou uma palavra de forte apreço aos 67 parceiros inseridos na marca Namorar Portugal e de forma particular aos que ontem deram a conhecer a suas novas linhas de produtos, desejando-lhes (tal como a todos os outros) votos de grande sucesso. António Vilela recordou que estes produtores já “estão com a marca há alguns anos e continuam a criar e a inovar, a apresentar novas linhas de produtos que engrandecem a Namorar Portugal e, espero, possam ajudar a aumentar o vosso volume de negócios”. “Este é um dos grandes objetivos da marca. Além da promoção e divulgação da cultura, procura também dinamizar a economia e aumentar o potencial turístico da região”, referiu o edil, aproveitando também para vincar a importância das parcerias estabelecidas pelo Município de Vila Verde no êxito que tem sido o Mês do Romance, como é o caso da Turismo do Porto e Norte de Portugal e também de instituições locais, que dão um forte contributo para a criação de um programa turístico-cultural dinâmico e atrativo. Recorde-se que, pela sua natureza suis-generis e a qualidade da organização, mereceu, em 2010, a declaração de ‘Evento de Interesse para o Turismo’, atribuído pelo Turismo de Portugal IP.

TPN (4)

NAMORAR PORTUGAL FOI ATÉ BRAGA

INATEL de Braga acolheu apresentação da nova linha da Bia Portuguesinha e exposição de produtos Namorar Portugal

A delegação de Braga da Fundação INATEL abriu as portas ao amor e ao romance. Ao carinho e ao afeto. Aos motivos dos Lenços Namorar Portugal e aos sentimentos que eles transportam. Ontem, 07 de fevereiro, pelas 16h00, a criadora Maria Eugénia Calçada apresentou ao país e ao mundo a ‘Bia Fidalga e os Noivos Namorar Portugal’, uma linha de bonecas de coleção, fabricadas de forma artesanal, com vestidos confecionados no tear manual e acessórios criados à medida por ourives. A esta linha juntam-se também os Novos Namorar Portugal. Todos os produtos são adornados com os motivos dos Lenços Namorar Portugal, bordados manualmente no tecido.

B (1)

A iniciativa assinalou também a inauguração de uma exposição de produtos Namorar Portugal, patente numa das mais movimentadas avenidas da capital do Minho até ao dia 16 de fevereiro. Durante o mesmo período, a Fundação INATEL, reconhecida dinamizadora e impulsionadora de causas sociais e culturais, recebe também seis workshops Namorar Portugal (bordados, tecelagem, cake design, jóias, desenho e acessórios têxteis), em que os produtores vão partilhar com o público, de forma totalmente gratuita, as técnicas e segredo por trás das suas encantadoras criações.

B (2)

A estrela mais cintilante de uma grande constelação

A abertura da sessão ficou a cargo da vereadora da Cultura do Município de Vila Verde que não escondeu a satisfação por regressar a uma casa que tão bem tem recebido a tradição portuguesa e a marca Namorar Portugal, deixando também um agradecimento aos parceiros por partilharem as suas artes com o público em geral. Júlia Fernandes aproveitou para recordar que as iniciativas se inserem numa programação turístico-cultural intensa e emotiva, que, ao longo de 38 dias (26 de janeiro a 04 de março), se estende em mais de uma centena de iniciativas de celebração do amor. A estrela mais cintilante da constelação do Mês do Romance é a Gala Namorar Portugal, a 14 de fevereiro, em pleno dia de S. Valentim, com jantar romântico, programa cultural associado, concurso de criadores de moda, desfile de moda, celebridades nacionais e centenas de casais enamorados.

Jóias de autor e vestidos confecionados no tear manual

De seguida, tempo para conhecermos de forma mais pormenorizada as coloridas e ternurentas bonecas artesanais da nova coleção da Bia Portuguesinha. A talentosa criadora Maria Eugénia Calçada não deixou créditos por mãos alheias e chegou carregada de novidades na bagagem. Os pendentes das Bias são jóias de autor, inspiradas na joalharia lusitana para dar ainda mais brilho a uma boneca de coleção que respira arte e tradição. Por outro lado, assumem-se também como elegantes acessórios de moda para senhora, pelo que podem ser partilhados entre a dona e a boneca. Os vestidos, “únicos e totalmente personalizáveis”, resultam de outra das mais acarinhadas tradições nacionais. São confecionados no tear manual pelo mestre da Tearte, Fenando Rei, numa interessante sinergia entre dois parceiros Namorar Portugal.

Era uma vez os ‘Noivos Namorar Portugal’

A criadora da Bia Portuguesinha é uma apaixonada pela tradição portuguesa e encarregou-se de bordar à mão os motivos dos Lenços na indumentária dos ‘Noivos Namorar Portugal’. Um noivo elegante, com apontamentos mais discretos dos motivos dos Lenços Namorar Portugal, e uma noiva que exala amor e carinho, ternura e afeto. “No bordado do vestido podemos ver os nomes dos noivos, símbolos do amor, elementos da história do casal e a pretensão da noiva, o que ela deseja para o casamento. Os três pontinhos simbolizam os três filhos que ela pretende”, afirmou Maria Eugénia Calçada, que terminou com um agradecimento ao Município de Vila Verde pela oportunidade de se juntar à marca Namorar Portugal e à INATEL por receber o lançamento oficial da nova linha da Bia Portuguesinha.

B (3)

Grande criatividade e capacidade de inovação

Presente na sessão, o presidente do Município de Vila Verde reiterou os agradecimentos à INATEL e saudou os parceiros Namorar Portugal pela criatividade e capacidade de inovação, com uma palavra especial para “a Maria Eugénia Calçada, pela coleção que nos apresenta”. “No fundo temos aqui dois produtos diferentes, as bonecas artesanais e os acessórios, que, pelas suas características, também podem ser utilizados pelas senhoras como acessório de moda. Também partilham uma característica que é comum a diversos produtos Namorar Portugal, o facto de serem personalizáveis, podendo ser adaptados ao simbolismo dos momentos que as pessoas pretendem celebrar. Parabéns por esta apresentação”, afirmou António Vilela, sem esconder a satisfação com o êxito da marca territorial vilaverdense, resultado de uma sinergia de esforços entre o Município e dezenas de parceiros, com o intuito de promover a cultura, divulgar o território e dinamizar a economia.

B (4)

CARNAVAL ANIMA VILA DE PRADO EM VILA VERDE

Carnaval 2018: Uma onda de cor e alegria vai inundar as ruas da Vila de Prado!

A Terça-feira de Carnaval, que este ano calha a 13 de fevereiro, é sinónimo de alegria e diversão na Vila de Prado e 2018 não será exceção. Às centenas de participantes no desfile, juntam-se todos os anos milhares de curiosos e entusiastas criando uma bela moldura humana, composta por largos milhares de pessoas. Uma onda de cor e folia que inunda as principais artérias pradenses, deixando um rasto de boa-disposição à sua passagem.

P (1)

Uma oportunidade soberana para fazer uma ‘pausa’ dos problemas e responsabilidades do dia-a-dia e de dar vida a novas fantasias e personagens diversas. Pelas 15h30, os dois principais corsos carnavalescos chegam à Avenida do Cávado vindos dos Carvalhinhos e da Ramalha, respetivamente, onde se juntam aos mascarados individuais para uma tarde de grande diversão.

Entre os momentos de pura alegria e diversão, tempo também para alguma sátira social à boa moda de Gil Vicente, ‘ridendo castigat mores’, em que se aborda e incita à reflexão social com umas boas gargalhadas à mistura. Mas como é Carnaval… ninguém leva a mal!

P (2)

P (3)

VILA VERDE: A NAMORAR É QUE A GENTE SE ENTENDE!

Rui Unas, Joana Freitas, Iva Lamarão e Isaac Alfaiate em Vila Verde para a Gala Namorar Portugal 2018

Começou a contagem decrescente para a Noite de Namorados mais romântica do país. O tapete vermelho e a decoração de requinte, a excelência da gastronomia e a elegância do desfile de moda, os eletrizantes espetáculos de música ao vivo… É uma noite de magia e amor, elegância e glamour.

A (1)

Um autêntico conto de fadas! As tradicionais mensagens de amor bordadas pelas mulheres minhotas em idade de namoro servem de inspiração para a criação de propostas de moda modernas e arrojadas, numa aliança harmoniosa entre modernidade e tradição.

A 14 de fevereiro, Dia de S. Valentim, figuras de renome nacional do mundo da moda, da música e da televisão (Rui Unas, Joana Freitas, Iva Lamarão, Isaac Alfaiate, Fernando Pereira e o DJ Valter Carvalho) chegam a Vila Verde para ajudar a dar ainda mais brilho a um evento que junta centenas de casais enamorados.

Os nossos amigos de quatro patas estão este ano em destaque e também vão subir à passerelle para desfilar uma linha têxtil para os patudos. A iniciativa, que marca o desenlace do XV Concurso Internacional de Criadores de Moda, vai decorrer no Parque Industrial de Gême, em Vila Verde.

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, apresentou de forma detalhada o programa do “evento âncora” do Mês do Romance e garantiu que está tudo a postos para receber as centenas de casais enamorados com uma noite mágica e inesquecível. Os espetáculos de música ao vivo ajudam a adensar a atmosfera de romance que paira sobre Vila Verde e a Academia de Música de Vila Verde sobe ao palco, com a participação especial do cantor vilaverdense Miguel Oliveira (natural da Vila de Prado), para mais uma atuação com a chancela de qualidade a que já habituou o público. Logo de seguida, as luzes dos holofotes viram-se para a performance do Grupo Folclórico de Vila Verde ‘Vila Verde Com Amor… Desfile de Tradições’, um hino às raízes da genuína tradição minhota.

A (2)

Figuras de renome nacional ajudam a abrilhantar o evento

O XV Concurso Internacional de Criadores de Moda é um dos grandes destaques do serão. O Município de Vila Verde e a Aliança Artesanal desafiaram jovens estilistas nacionais e internacionais a criarem coordenados inspirados nos Lenços Namorar Portugal.

A 14 de fevereiro, tempo de conhecer as propostas a concurso, que serão desfiladas pelos vencedores do Casting Namorar Portugal de Jovens Talentos, que terão a oportunidade soberana de dividir a passerelle com manequins de elite da moda nacional, como Joana Freitas, Iva Lamarão e Isaac Alfaiate.

A organização não deixa créditos por mãos alheias e apresentação ficará de um dos nomes maiores do panorama nacional, o carismático, talentoso e divertido Rui Unas. Este ano, vão a concurso 49 coordenados de todo o país e um da Hungria. Ao todo, serão distribuídos 10 prémios entre os participantes, que somam um valor total superior a três mil euros.

O desfile contará também com as propostas apresentadas por estilistas de renome nacional e internacional: Anabela Baldaque, Katty Xiomara, Nuno Gama, Natália Mil-Homens Pereira, Rafael Freitas e StoryTailors.

Os nossos amigos de quatro patas também sobem ao palco

O DJ Valter Carvalho é outras das personalidades de destaque e vai garantir animação musical durante todo o concurso de moda. A passerelle vai ainda receber duas coleções inspiradas nos Lenços Namorar Portugal, a coleção Viktorius, de Vítor Carlos Macedo, e a linha ‘Bord’arte 2018’, de Vera Cancela, com a colaboração da ADAAVV (Associação para a Defesa do Ambiente e Animais de Vila Verde), que vai levar os nossos amigos de quatro patas a brilharem na passerelle. Além de desfilarem as propostas da Bord’arte, os patudos pretendem também sensibilizar a população em geral para a adoção com a iniciativa ‘Namore esta causa! Não compre, adote!”. Depois, enquanto o júri delibera, as mil e uma vozes de Fernando Pereira vão encher o palco e o animar o recinto. “Está tudo preparado para uma grande noite em Vila Verde. Gostaria também de deixar uma forte palavra de apreço à Cooperativa Aliança Artesanal, que este ano celebra o 30º aniversário. Trinta anos a bordar o amor…”, concluiu Júlia Fernandes.

Gala Namorar Portugal coloca as luzes dos holofotes sobre Vila Verde

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, manteve a toada e deixou “uma palavra muito especial para as colaboradoras da Cooperativa Aliança Artesanal, as grandes responsáveis pelo nascimento do evento âncora do Mês do Romance, que este ano tem 38 dias [26 de janeiro a 04 de março] e mais de uma centena de iniciativas”. O edil prosseguiu sublinhado que estamos perante “um evento único”, já que, além das centenas de casais enamorados, também se deslocam a Vila Verde “personalidades de destaque nacional na área da moda (estilistas e modelos), da música e da televisão, com inúmeras presenças nos maiores palcos e passerelles do nosso país, que geram grande atratividade mediática”.

Evento com qualidade para qualquer palco nacional ou internacional

António Vilela reforçou que o evento evoluído e crescido todos os anos, afirmam-se como uma ocasião de excelência para “homenagear os nossos antepassados, que nos deixaram este rico legado cultural, e homenagear também as nossas bordadeiras e os parceiros que se juntaram ao Município de Vila Verde para dar corpo à programação do Mês do Romance”. O presidente do Município de Vila Verde não escondeu a satisfação pelo enorme sucesso da marca Namorar Portugal. “A marca cresceu e continua a afirmar-se de forma sólida nos mercados nacionais e internacionais. Fruto deste crescimento, todos os anos agrega novos parceiros e novas linhas de produtos”, afirmou, frisando a enorme “criatividade e capacidade de inovação dos parceiros”. António Vilela concluiu, vincando que a Gala Namorar Portugal é “um evento de grande qualidade, que poderia ser realizado em qualquer palco nacional ou internacional”.

A (3)

SANTOS POPULARES "APAIXONARAM-SE" PELOS LENÇOS DOS NAMORADOS

Santos Populares uniram-se aos Lenços Namorar Portugal numa aliança harmoniosa!

A artesã Maria de Jesus Martins resolveu, em 2017, unir duas das mais afamadas tradições lusitanas e inspirou as suas interpretações dos Santos Populares nos motivos dos Lenços de Namorados. Este ano, a criadora de Barcelos deu continuidade à linha de produtos apresentada no ano passado e acrescentou-lhe as ‘Santinhas’, diferentes representações de Nossa Senhora que se destacam numa coleção bastante variada e diversificada. O lançamento da nova linha Namorar Portugal decorreu ao início da tarde de hoje (05 fevereiro), pelas 15h00, no quartel-general da marca territorial, o Espaço Namorar Portugal, em Vila Verde.

A (1)

Responsável pela abertura da sessão, a vereadora da Cultura do Município de Vila Verde lembrou que a programação ‘Fevereiro – Mês do Romance’ está dividida em Semanas temáticas e entrou agora na Semana do Romance, depois de uma Semana da Tradição suis generis, com mais dias que o habitual. “A Semana da Tradição teve 10 dias, o Mês do Romance tem 38. Em Vila Verde é assim…”, gracejou Júlia Fernandes, com a simpatia e boa disposição que a caracterizam, antes de passar a palavra à artesã barcelense.

A (2)

Do Alívio até Lourdes com diferentes interpretações de Nossa Senhora

Nossa Senhora do Alívio, do Sameiro, de Fátima, de Lourdes, das Dores e das Doenças… Apesar de também haver espaço para os Santos, com novas e arrojadas criações, são as Santas que predominam na coleção ‘Santos Populares 2018’. “É uma continuação da linha anterior. Primeiro apresentei os ‘Santinhos’ e agora temos as ‘Santinhas’. Como gosto muito dos Lenços Namorar Portugal (das suas cores, desenhos, tecidos e mensagens), procurei reinterpretar esta tradição”, afirmou Maria de Jesus Martins, deixando também uma forte palavra de apreço para o Município de Vila Verde. “Estou muito contente e sinto-me muito realizada ao elaborar estes trabalhos. Isto também acontece graças a vocês [António Vilela e Júlia Fernandes], que me incentivam e estimulam a avançar e criar novos projetos”, concluiu.

Trabalhos de grande beleza e importância cultural

Por sua vez, o presidente do Município de Vila Verde começou por salientar que a criadora é “sempre muito bem-vinda a esta casa” e que os seus produtos “ajudam a engrandecer e enriquecer a marca Namorar Portugal”. António Vilela prosseguiu sublinhando a importância cultural de promover e divulgar os ícones maiores da tradição portuguesa, como os Santos Populares, acrescentando que Maria de Jesus Martins está “de parabéns pela forma como interpreta as imagens e lhes conseguiu dar ainda mais brilho com os dizeres e motivos dos Lenços Namorar Portugal”. O edil concluiu desejando votos de grande sucesso comercial para a nova linha e deixando o desafio à artesã para que continue a inspirar-se nos motivos dos Lenços de Namorados para as suas criações.

A (3)