Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CERVEIRA RECUPERA O CASTELO

Castelo de Cerveira: passo a passo…

Ao fim de nove anos de abandono pelo Estado, enquanto proprietário (Direção Geral do Tesouro e Finanças), de terem passado três governos constitucionais e três executivos municipais, de várias petições e tomadas de posição por parte da Câmara e Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira e da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe, e de inúmeras reuniões entre os executivos e as entidades gestoras do imóvel, vai finalmente ser assinado um Memorando de Entendimento entre a Câmara Municipal e as entidades governamentais incumbidas da missão de encontrar uma efetiva resolução para o impasse que envolve a utilização do Castelo de Cerveira, ao abrigo do Programa Revive.

CASTELO.jpg

É graças ao empenho e à fundamental intermediação da Sra. Secretária de Estado de Turismo, Dr.ªAna Mendes Godinho que – sob intenção anunciada, a 8 de junho, durante uma reunião na qual participou o Presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, e o Presidente da Assembleia Municipal, Vitor Nelson Torres, - está agendada, para a próxima terça-feira, 25 de julho, em Vila Nova de Cerveira, a cerimónia de assinatura de um Memorando de Entendimento, com vista à requalificação e aproveitamento turístico do Castelo de Vila Nova de Cerveira.

O presente ato vai contar com a presença da Diretora-Geral do Património Cultural, da Dr.ª Paula Araújo da Silva, do Diretor Regional de Cultura do Norte, Dr. António Manuel Torres da Ponte, do Presidente do Conselho Diretivo do Turismo de Portugal, Dr. Luís Inácio Garcia Pestana Araújo, e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, de Fernando Nogueira.

“Não é a solução definitiva dos problemas subjacentes ao Castelo, mas é seguramente um passo muito importante para que se concretize o propósito de devolver este imóvel ao serviço dos cerveirenses, da economia local e dos inúmeros turistas que elegem o Castelo como um dos ex-libris do concelho. Em boa hora, o Governo lançou o programa Revive”, afirma o edil cerveirense, Fernando Nogueira.

De sublinhar que o Castelo de Cerveira integra o conjunto de 30 imóveis públicos degradados que o Governo quer recuperar para concessionar a privados, conferindo-lhes uma utilização de âmbito turístico, através do Programa Revive, anunciado nos finais de 2016. No lote dos primeiros 12 edifícios, o Governo integrou o Castelo de Cerveira como uma das prioridades, e cujo processo se prevê que vá agora avançar.

CERVEIRENSES VESTEM CROCHET COM ARTE

“Crochet Veste com Arte” em Vila Nova de Cerveira. Desfile único a nível nacional com 60 peças de vestuário em crochet. 12 trajes alto-minhotos e 1 vestido de noiva. Dia 22 de julho, 21h30, Auditório Municipal

Vila Nova de Cerveira vai ser palco de um desfile único a nível nacional, integrado no projeto de sucesso “O Crochet Sai à Rua”, iniciado em 2014.

IMG_5810.JPG

Centenas de cerveirenses dedicaram centenas de horas a tricotar uma coleção de vestuário exclusivamente em crochet e que vai ser apresentada publicamente num desfile denominado ‘O Crochet Veste com Arte em Cerveira’.

A exclusividade do evento afirma-se pela criação de 12 trajes regionais alto-minhotos e na apresentação de um ‘romântico’ vestido de noiva, trabalhos minuciosamente idealizados e concretizados em crochet pelas juntas de freguesias e IPSS’s do concelho. A coleção fica completa com vestidos, casacos, artigos de praia e acessórios diversos, da autoria de cerveirenses que se juntaram ao projeto.

Não há palavras que consigam expressar fielmente a autenticidade e a beleza das peças criadas, com os detalhes a serem verdadeiramente valorizados quando apreciados ao vivo.

Em complementaridade à ‘passerelle’, onde 30 jovens modelos vão desfilar, o evento demarca-se por momentos de dança, música, animação, e muitas surpresas.

Desde 2014, Vila Nova de Cerveira afirma-se na arte secular do crochet, com o lançamento d’ ‘O Crochet Sai à Rua’, um projeto comunitário de ornamentação das ruas e edifícios públicos durante o período de Verão.

Pela forte adesão da comunidade e pelo feedback de milhares de turistas que visitaram o concelho, o evento regressou em 2016, num formato idêntico na sua essência, mas mais abrangente na envolvência da comunidade e das associações locais, com sucesso garantido.

Chega 2017, e como forma de brindar seja os turistas já fidelizados pelo evento seja cativar novos públicos, o Município de Vila Nova de Cerveira aceitou a proposta da comunidade e assim surge ‘O Crochet Veste com Arte em Cerveira’, agendado para o próximo dia 22 de julho, às 21h30, no Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Por se tratar de um evento sem antecedentes a nível nacional, vimos pelo presente auferir o interesse do vosso programa neste evento.

IMG_5814.JPG

AQUAMUSEU DO RIO MINHO SERVE DE INSPIRAÇÃO AOS ALUNOS DE PINTURA DA UNISÉNIOR

Unisénior expõe tela artística na fachada principal do Aquamuseu

Os alunos de pintura da Universidade Sénior de Vila Nova de Cerveira elaboraram uma tela de pintura em acrílico, com o Aquamuseu do Rio Minho a servir de inspiração. Após concluído, o trabalho artístico encontra-se exposto na fachada principal daquele equipamento público para ser apreciado pelos visitantes.

DSC08155.JPG

De grandes dimensões (4 metros) e bastante colorido, o painel carateriza-se pela criatividade ao recriar muito do que é possível admirar no próprio Aquamuseu, isto é, os vários peixes, utensílios e objetos relacionados com a pesca artesanal.

Desta forma, o Aquamuseu em estreita colaboração com a Unisénior integram-se na promoção do conceito de ‘Cerveira, Vila das Artes’, sobretudo num ano marcado pela XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, agendada entre 15 de julho e 16 de setembro.

CERVEIRENSES PRESTAM TRIBUTO AOS BEATLES

“Tributo aos Beatles” sobe ao placo da ‘Vila das Artes’

Esta sexta-feira, cerca de 30 crianças e jovens do Coro Infantojuvenil de Vila Nova de Cerveira vão protagonizar um espetáculo musical contagiante de “Tributo aos Beatles”. Concerto tem início às 21h30, no Auditório Municipal, com entrada livre.

Cartaz Tributo aos Beatles.jpg

 ‘Yesterday’, ‘Hey Jude’ ou ‘Let It Be’ são algumas das músicas da emblemática banda de Liverpool da década de 60 – os Beatles -, que vão ser interpretadas pelas doces vozes do Coro Infantojuvenil, sob direção musical de Cíntia Pereira. No total, o repertório conta com nove músicas, ao som de piano, saxofone, guitarra, baixo e bateria.

Criado em março de 2013, o Coro Infantojuvenil de Vila Nova de Cerveira tem dinamizado várias apresentações em público, das quais se destacam o “Tributo a Carlos Paião”, em julho de 2013, o “Tributo aos ABBA” em junho de 2015, o “Disney em Concerto”, em junho de 2014, o “25 de Abril a Cantar”, em abril de 2016 e “Portugal no Festival Eurovisão da Canção”, em julho de 2016.

Tendo como intuito fomentar o gosto pela música, sobretudo, pela música coral/vocal em crianças e jovens da comunidade escolar cerveirense, este grupo iniciou o seu percurso com meses de trabalho ao nível das técnicas de respiração, de ressonância e de projeção vocal, para depois ter um repertório diversificado que, anualmente, é partilhado com o público.

Com organização da Associação Musical de Vila Nova de Cerveira – Pauta de Caprichos, e apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, o “Tributo aos Beatles” decorre já esta sexta-feira, pelas 21h30, no Auditório Municipal, com entrada livre.

ESTUDANTES DE MEDICINA VISITAM IDOSOS EM CERVEIRA

“Aldeia Feliz” chega a nove freguesias de Cerveira

O Núcleo de Estudantes de Medicina da Universidade do Minho (NEMUM) está a promover a quarta edição do projeto “Aldeia Feliz”, tendo como público-alvo cerca de 250 idosos de nove freguesias do concelho de Vila Nova de Cerveira. Até sexta-feira estão agendadas visitas a IPSS’s e ao domicílio para avaliação de múltiplos fatores de risco e determinantes da qualidade de vida desta faixa etária.

IMG_5875.JPG

Para assinalar o arranque da iniciativa no concelho, os 25 estudantes de Medicina foram recebidos, esta manhã, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, pelo autarca Fernando Nogueira e pela Vereadora de Ação Social, Aurora Viães, acompanhados de representantes das seis IPSS’s do concelho envolvidas e dos Presidentes das Juntas de Freguesia abrangidas: Gondar, Candemil, Mentrestido, Sapardos, Covas, Sopo, Gondarém, Nogueira e Cornes.

O projeto “Aldeia Feliz” consiste num programa de intervenção dirigido a idosos institucionalizados e/ou isolados, através de visitas ao domicílio para a realização de rastreios cardiovasculares, identificação de problemas de saúde e mobilidade, bem como a avaliação das condições de habitabilidade e o grau de dependência, através do preenchimento de um formulário que visa a caraterização completa dos pacientes.

A ação pretende, ainda, explicar aos idosos como proceder em situações de emergência, deixar dicas para não confundir a medicação e informar devidamente quanto ao tipo de apoio social existente na região.

CERVEIRA DÁ A PROVAR VEADO À D. DINIS

Veado à D. Dinis nos restaurantes de Cerveira durante os fins-de-semana

De julho a setembro, oito restaurantes de Vila Nova de Cerveira proporcionam a degustação de um prato “arrojado e delicioso”. Trata-se do Veado à D. Dinis servido aos fins-de-semana.

Cartaz Veado A D Dinis 2017.jpg

Apresentado como ‘obra de arte gastronómica’, em 2015, no âmbito da iniciativa ‘Prove Cerveira’, o prato do Veado à D. Dinis conjuga a nobre carne e a ruralidade minhota. A suculenta carne surge acompanhada por grelos frescos salteados, pela broa de milho disposta em forma de escultura, por uma coroa de batatas envolvidas em anéis de cebola translúcidos e caramelizados. Nele promove-se os recursos endógenos e a vertente cultural do concelho cerveirense.

Assim, durante os fins-de-semana dos meses de julho, agosto e setembro, o Veado à D. Dinis é um dos protagonistas à mesa dos restaurantes aderentes do concelho: Boega Hotel – o Peregrino 251 700 500 | Braseirão do Minho 251 700 240 | Cantinho dos Amigos 251 795 725 | Casa Lau 251 795 162 | Costa Verde 251 795 430 | Glutão 251 795 654 | Lavrador 251 796 604 | Piazza 251 826 255.

Não restam dúvidas de que a gastronomia proporciona uma experiência sensorial completa. E em Cerveira, o momento será único pois, ao prato sugerido, alia-se uma programação de verão de excelência, diferenciada e transversal.

CERVEIRA É MUNICÍPIO DO ANO PORTUGAL 2017

Cerveira nomeado para ser um dos “Municípios do Ano Portugal 2017”

É com o projeto “Agenda de Cooperação Transfronteiriça | Amizade Cerveira-Tomiño” que Vila Nova de Cerveira se apresentou no concurso “Municípios do Ano Portugal 2017”, tendo sido nomeado na categoria “Norte – Menos de 20 mil habitantes”.

Dinamizado pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades, o concurso “Municípios do Ano Portugal 2017” visa reconhecer as boas práticas dos municípios portugueses, através de um projeto que tenha produzido impacto positivo ao nível do território e/ou da economia e/ou da sociedade, com implementação após 1 de Janeiro de 2015.

Pela forte relação transfronteiriça existente e, consequente, impactona melhoria da qualidade de vida e da coesão social das populações, o Município de Vila Nova de Cerveira candidatou-se com o projeto Cerveira-Tomiño, dando a conhecer uma dinâmica de desenvolvimento sustentável do território sem fronteiras, baseado na colaboração das potencialidades do recurso comum rio Minho, na preservação e promoção dos seus valores naturais, culturais e etnográficos e na partilha e otimização dos equipamentos e serviços públicos de utilização coletiva, dos recursos humanos e económicos num programa de cooperação virado ao futuro.

Na fase de seleção, o presente projeto foi bem acolhido, tendo sido nomeado um dos quatro municípios da categoria ‘Norte - Menos de 20.000 habitantes’. Os resultados finais do concurso “Municípios do Ano Portugal 2017”serão apresentados no próximo dia 27 de julho, no Fundão.

QUATRO MUNICÍPIOS DO ALTO MINHO CANDIDATAM ECOPISTA DO RIO MINHO A "MELHOR VIA VERDE DA EUROPA"

Ecopista do rio Minho candidata a ‘Melhor Via Verde da Europa’

Através de um projeto conjunto dos municípios de Vila Nova de Cerveira, Valença, Monção e Caminha, a Ecopista do Rio Minho é candidata ao prémio de ‘Melhor Via Verde da Europa’, no VIII EuropeanGreenwaysAward. Vencedores são revelados a 28 de setembro, na cidade de Limerick.

_D6C5529.png

Promovido pela Associação Europeia Greenways (E.G.W.A.) e pela União Europeia, este prémio bienal tem como objetivo promover exemplos de melhores práticas e apoiar sua replicação em outras vias verdes em toda a Europa.

Em Vila Nova de Cerveira, a Ecovia ‘Caminho do Rio’ perfaz cerca de 13,5kms de pleno contacto com o rio Minho e a natureza envolvente. Os utilizadores são envolvidos numa paisagem mista entre uma área terrestre, cujo legado resulta da atividade agrícola, e uma área fluvial, onde domina a vegetação ao longo das margens, assim como elementos paisagísticos comuns em todo o estuário do rio. Nela, vive-se umcontraste da paisagem que mostra uma realidade diversa e conduz pela memória dos tempos à relação do Homem com o rio Minho.

Neste momento, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira tem projetado concretizar, a curto prazo, os últimos 900 metros, de forma a permitir que este corredor verde fique totalmente ligado de Monção ao concelho de Caminha.

As Vias Verdes do Rio Minho consistem numa rede de infraestruturas de "Ecovias" e "Ecopistas" existentes na margem esquerda do rio Minho, entre Monção e a foz do Rio Minho em Caminha. Totalizam cerca de 50 km de rotas para pedestres e ciclismo, essencialmente inseridas na Rede Natura 2000.

O VIII EuropeanGreenwaysAward decorre a 28 de setembro, na cidade irlandesa de Limerick.

AQUAMUSEU APRESENTA "RIO MINHO - PESCA NO FEMININO"

O papel fundamental das mulheres a nível familiar aliado à atividade pesqueira é o mote da exposição intitulada “Rio Minho – Pesca no Feminino” e que está patente no Aquamuseu, até 30 de setembro.

capa (1).jpg

O objetivo desta iniciativa é dar a conhecer alguns dados estatísticos relativos aos registos de mulheres na Capitania de Caminha, nos séculos XX e XXI, e que lhes permitindo desenvolver a atividade da pesca no rio Minho.

Apesar da informação relativa à temática ser algo escassa, a exposição tona-se interessante pelos registos já existentes e, acima de tudo, porque poderá servir como incentivo ao registo voluntário de memórias vivas.

De salientar que a pesca artesanal no rio Minho teve e continua a ter particular importância entre Caminha/A Guarda e Melgaço/Arbo, porção do rio sem barragens, ao longo destes 75 kms.

CROCHET ESTÁ NA MODA EM CERVEIRA

Desfile inédito ‘Crochet Veste com Arte’ promete surpreender o público

O crochet continua na moda em Vila Nova de Cerveira e é na ‘passerelle’ que este ano se apresenta ao público. No dia 22 de julho, às 21h30, o Auditório Municipal vai ser palco de um espetáculo que vai reunir dança, música, animação e um desfile, onde o crochet vai assumir o papel de protagonista.

Cartaz crochet veste com arte.jpg

O objetivo consiste em promover a arte do crochet, reinventando este saber tradicional com um toque de inovação. “O desfile procura fazer a ligação entre esta arte secular, os trajes tradicionais minhotos e a contemporaneidade de algumas peças de vestuário”, explica o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira.

No total serão apresentadas mais de 60 peças que vão desde vestidos, casacos e vestuário de praia, até aos acessórios criados em exclusivo para os 30 jovens modelos que cruzarão a‘passerelle’. Os materiais utilizados são os algodões exóticos e a lã que, combinados com o espírito de união, o envolvimento da comunidade e muita criatividade, proporcionarão um momento único.

Da responsabilidade das juntas de freguesia do concelho está a recriação, integralmente em crochet, das coloridas vestes tradicionais minhotas, como o traje dos noivos, de meia-senhora, de lavradeira (verde, vermelho e azul), de domingar, do campo e de dó. Já as IPSS’sde Vila Nova de Cerveira vão apresentarvestidos de cerimónia.

Para além das surpresas reservadas, de referir que o desfile encerrará com um vestido de noiva, totalmente recriado em algodão fino.“Está a ser preparado um evento inédito que vai apresentar na ‘vila das artes’ autênticas obras de arte feitas inteiramente em crochet, onde nem os pormenores e os assessórios serão descurados”, adianta Fernando Nogueira.

O ‘Crochet Veste com Arte’ surge no âmbito do sucesso de 2014 e 2016 do evento ‘O Crochet Sai à Rua’, que ornamentou as ruas e edifícios públicos do centro histórico da vila com crochet. Este projeto comunitário, que tem regresso marcado em 2018, é já considerado uma referência nacional com destaque além-fronteiras.

O evento ‘Crochet Veste com Arte’ tem entrada livre.

GALA ALTO MINHO BUSINESS WARDS DISTINGUE EMPRESAS CERVEIRENSES

Empresas cerveirenses distinguidas na gala Alto Minho Business Awards 2017

As empresas cerveirenses Fundilusa e Tintex foram premiadas na gala Alto Minho Business Awards 2017, que decorreu no passado dia 30 de junho, no Centro Cultural de Viana do Castelo, no âmbito das Jornadas Empresariais do Alto Minho. O evento visou premiar as melhores práticas em matéria de inovação, gestão e empreendedorismo na área empresarial da sub-região do Noroeste português.

Gala Alto Minho Business Awards 2017.JPG

Dentro das seis categorias apresentadas na gala Alto Minho Business Awards 2017, duas foram atribuídas a empresas de Vila Nova de Cerveira: o Prémio Inovação e Empreendedorismo à Tintex, Tinturaria Têxtil de Cerveira, S.A, e o Prémio Internacionalização à Fundilusa, Lda..

Segundo a Vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Aurora Viães, que marcou presença no evento “estas distinções são a prova de que o tecido empresarial do concelho vive um ambiente de inovação e empreendedorismo, fruto também da política de dinamização industrial adotada, que procura atrair novas empresas e empresários, e consolidar o tecido industrial local existente, proporcionando melhores condições de vida à população”.

O Centro Cultural de Viana do Castelo reuniunesta gala empresários, quadros, familiares, personalidades públicas da região e representantes oficiais das instituições.“Este evento reforça, ainda, a importância e o valor das empresas/empresários como motores de desenvolvimento e do crescimento sustentando do Alto Minho”, acrescentou Aurora Viães.

Promovidas pela CEVAL (Confederação Empresarial do Alto Minho) e pela CIM –Alto Minho, as Jornadas Empresariais do Alto Minho foram, assim, compostas pelo Seminário "Valorização do Potencial Industrial do Alto Minho: Balanço & Perspetivas 2020” e pela Gala Alto Minho Business Awards.

 

AQUAMUSEU DO RIO MINHO DÁ A CONHECER A SOLHA

E o ‘Peixe do Trimestre’ é a Solha

Mais um peixe em destaque no Aquamuseu do rio Minho. A partir desta terça-feira, 4 de julho, vai estar patente a exposição ‘O Peixe do Trimestre – A Solha’. Mostra informativa e fotográfica pode ser visitada até 30 de setembro.

Exposição A solha.jpg

Com o apoio do Município, esta iniciativa visa dar a conhecer as caraterísticas gerais, o ciclo de vida, as tradições, períodos e artes de pesca da solha.

De sublinhar que as solhas estão presentes em todos os ambientes aquáticos e têm uma larga distribuição geográfica. A maioria das espécies, no entanto, prefere zonas costeiras, até aos 200m de profundidade. São predadoras que se alimentam de peixes e invertebrados que caçam de emboscada, com o auxílio de camuflagem. 

A exposição pode ser visitadade terça-feira a domingo, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

AQUAMUSEU DO RIO MINHO CELEBRA 12 ANOS DE ACTIVIDADE

Aquamuseu celebra 12ª aniversário com programa interativo

Durante o fim-de-semana de 15 e 16 de julho, o Aquamuseu do rio Minho está de parabéns, mas são os visitantes que recebem os presentes.  Para assinalar o 12º aniversário, há um vasto conjunto de atividades gratuitas para crianças e jovens, como também para as famílias.

12º Aniversário Aquamuseu.jpg

Para além de visitas guiadas, dos ateliers “Pintar a Natureza” ede muita animação infantil, mantém-se a atividade “Dormir com os Peixes”que, ano após ano, é um sucesso. Pernoitar num espaço totalmente diferente, a ouvir histórias, conhecer e contactar com as espécies tem-se revelado uma experiência única. Dirigida a crianças entre os 7 e 13 anos, com um limite de 25 participantes, os interessados em fazer parte deste grupo devem inscrever-se previamente junto do Aquamuseu, seja presencialmente, via telefone (251708026) ou por email aquamuseu@cm-vncerveira.pt

Inaugurado em 2005, o Aquamuseu do rio Minho regista cerca de 200 milvisitantes. Para o 12º aniversário, a sugestão é uma festa de dois dias, com um programa de atividades gratuitas e que envolve a comunidade residente e visitante.

EXECUTADA PROPOSTA VENCEDORA DO OP JOVEM 2017 EM CERVEIRA

Já foi totalmente substituído o piso tartan no Centro Municipal de Atletismo, após ter sido o projeto mais votado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem 2017, numa proposta apresentada pelo jovem Rafael Venade.

19619712_1578662838853373_1548742882_o.jpg

A renovação do tartan docorredor de lançamento de dardo era uma necessidade, uma vez que o existente se encontrava num estado de degradação avançado, devido ao uso e à exposição ao tempo.

Com o novo piso, a realização de treinos e provas de campeonato regionais e nacionais, que ali se realizam ao longo do ano, fica com as condições totalmente adequadas para as modalidades.

O Centro Municipal de Atletismo, localizado numa área ribeirinha da localidade num espaço fronteiro ao INATEL e próximo da “Ponte da Amizade” e Praia da Lenta, é constituído exclusivamente por setores ligados ao lançamento (peso, disco, martelo e dardo), sendo um espaço requisitado regularmente para acolher estágios de vários grupos de atletas nacionais e internacionais.

Com uma dotação de 10 mil euros, o Orçamento Participativo Jovem de Vila Nova de Cerveira pretende incentivar a participação da juventude do concelho, solicitando ideias e contributos para a definição de políticas presentes com impacto no futuro.

CERVEIRA COMEMORA DIA DO MUNICÍPIO

Dia do Município 2017 será celebrado a 15 de outubro

Embora mantendo-se o Feriado Municipal a 1 de outubro, foi aprovado, na última reunião de câmara, que as habituais comemorações do Dia do Município de Vila Nova de Cerveira aconteçam, excecionalmente este ano,no dia 15 de outubro, devido à marcação das eleições Autárquicas 2017 para o dia 1 de outubro.

IMG_20161001_153313_1_980_2500.jpg

Anualmente, Vila Nova de Cerveira assinala, a 1 de outubro, a atribuição, em 1321, da Carta do Foral por D. Dinis, através de um conjunto de cerimónias comemorativas da efeméride.

Assim, e de forma a evitar qualquer perturbação ao normal funcionamento do ato eleitoral agendado, foi apresentada e aprovada proposta para que as comemorações do Dia do Município de Cerveira, excecionalmente, este ano, se realizem no dia 15 de outubro.

De sublinhar que, como forma de assinalar os 40 anos do Poder Local Democrático, o Município Cerveirense entendeu, mediante aprovação pela Assembleia Municipal, atribuir Medalhas de Honra aos três ex-autarcas eleitos democraticamente para a Câmara Municipal. Esta distinção e outros reconhecimentos a personalidades e entidades municipais fica reagendada para dia 15 de outubro.

GALIZA ESTÁ CADA VEZ MAIS PRÓXIMA DO MINHO

Cerveira-Tomiño implementam Provedoria de Cidadania e Orçamento Participativo Transfronteiriço 2018

A Amizade Cerveira-Tomiño deu mais um passo na consolidação da cooperação transfronteiriça existente, com a apresentação de dois mecanismos pioneiros na Euro-Região Norte Portugal-Galiza, que incitam à participação pública e uma cada vez maior proximidade das populações das duas margens do rio Minho. Trata-se da figura de Provedor Transfronteiriço e da edição 2018 do Orçamento Participativo Transfronteiriço. Executivos apresentaram as pessoas, os objetivos e as normas. Em representação do Governo Galego, Jesus Gamallo, enalteceu a vivência “de uma verdadeira cooperação transfronteiriça”.

_DSC6434.jpg

Perante a presença de várias entidades locais e regionais, os autarcas e vereadoras dos concelhos de Vila Nova de Cerveira e de Tomiño procederam, esta manhã, na Biblioteca Municipal de Cerveira, à apresentação pública de dois projetos inovadores de caráter transfronteiriço, integrados na Agenda Estratégica para a Cooperação Transfronteiriça Cerveira-Tomiño: a Provedoria da Cidadania Transfronteiriça e o Orçamento Participativo Transfronteiriço 2018.

O presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, sublinhou que “se a cooperação transfronteiriça é hoje um desígnio dos Governos de Portugal e Espanha, declarado na Cimeira Ibérica de Maio, Cerveira e Tomiño têm sido precursores nesta matéria e com muitos e bons resultados. Temos um historial de relações formais e informais, e um vasto trabalho desenvolvido que está a ser cada vez mais consolidado e reconhecido por entidades regionais, como seja a aprovação da candidatura ao Interreg V-A com cerca de 500 mil euros”. Para a alcaldesa de Tomiño, Sandra Gonzalez, não restam dúvidas: “Juntos somos mais fortes. Há muitas potencialidades comuns que devem e têm de ser valorizadas em conjunto. E o futuro é esse, estar e trabalhar frente a frente”.

Em representação do Governo Galego, Jesus Gamallo, salientou os antecedentes de cooperação entre as duas vilas minhotas, e elogiou “a verdadeira cooperação transfronteiriça existente entre Cerveira e Tomiño”. “Desde a Xunta da Galicia, estamos a valorizar o potencial das Eurocidades, já que estamos convencidos de que são fundamentais para impulsionar a cooperação e dinamizar a economia, ao aproveitar os recursos comuns”, assegurou Gamallo.

A Provedoria da Cidadania Transfronteiriça fica ao cargo de Maria de Lurdes Cunha (Vila Nova de Cerveira) e Zara Pousa Arbones (Tomiño), detentoras de um importante e rico currículo que lhes conferem as competências necessárias para desempenhar este cargo voluntário, e cujo objetivo é “garantir a defesa dos direitos e interesses das populações, como cidadãos europeus, perante os órgãos e serviços municipais dos dois concelhos”. Conscientes do desafio a enfrentar, mas com compromisso para o bem desempenhar, as provedoras vão promover, a partir de 1 de julho, um atendimento público conjunto, nas primeiras quartas-feiras de cada mês nos Paços do Concelho de Vila Nova de Cerveira e nas terceiras quartas-feiras, na Casa do Concello de Tomiño, mediante marcação prévia por telefone.

No que diz respeito ao Orçamento Participativo Transfronteiriço, a edição 2018 apresenta como novidade uma maior autonomia e interatividade, ou seja, ao contrário da primeira edição em que coube aos grupos de trabalho definir e apresentar duas propostas para cada área para ser colocada a votação, este ano o processo permite que as próprias entidades dos dois lados se reúnam e trabalhem para apresentar projetos comuns nas áreas de Educação e Cultura; Deporto e Lazer e Território e Ambiente. Num orçamento global disponível de 20 mil euros, o processo arranca já a 15 de julho, através da plataforma eletrónica http://participacerveiratomino.eu

Para mais informações, os interessados devem aceder ao portal da Amizade Cerveira-Tomiño.

_DSC6446.JPG

CAMINHO PORTUGUÊS DA COSTA JÁ ESTÁ TOTALMENTE SINALIZADO EM CERVEIRA

Está concluída a colocação de cerca de 150 placas sinaléticas ao longo dos 14,4 km do Caminho Português da Costa que atravessa o concelho de Vila Nova de Cerveira. Projeto integra candidatura intermunicipal, num acordo de beneficiação daquele itinerário religioso em prol de uma intenção posterior de classificação a património mundial da Unesco.

IMG_5550.JPG

Necessidade e reivindicação dos milhares de peregrinos, está em curso a sinalização do Caminho Português da Costa, desde o Porto até Valença, no âmbito de um projeto mais alargado de “Valorização dos Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa”, num investimento de 1,6 milhões de euros.

Dando cumprimento às linhas diretrizes da candidatura, o Município de Vila Nova de Cerveira acaba de executar o trabalho de reconhecimento e marcação deste trajeto ao longo dos 14,4km do concelho. São cerca de 150 placas sinaléticas bem identificáveis com setas e a respetiva denominação, nomeadamente postes em madeira e placas nas paredes/muros nas zonas rurais, e em aço colocadas no pavimento na zona mais urbana do concelho.

Para além desta uniformização da sinalética, o Município também já concretizou os objetivos específicos definidos, como a realização do concerto ‘Sons no Caminho’ com o Quinteto de Metais Ad Libitim, procedeu a intervenções de melhoria no Caminho de Loivo, na Rua de Carcavelos (Reboreda) e na Rua do Peso (Campos), bem como criou pontos de apoio ao peregrino.

Com financiamento de 85% de fundos do Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020 aos fundos do Norte 2020, a presente candidatura  “Valorização dos Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa” junta os municípios do Porto, Matosinhos, Maia, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, como também técnicos da Área Metropolitana do Porto e das Comunidades Intermunicipais (CIM) do Cávado e Ave e do Alto Minho que foi validado pela Direção Regional da Cultura do Norte.

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA: NO PRESENTE CONSTRUÍMOS O FUTURO

O BLOGUE DO MINHO agradece ao Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Dr. Fernando Nogueira, a colaboração que a autarquia cerveirense sempre tem dispensado, bem assim como a gentileza da oferta do artigo de opinião que publicamos, acedendo ao convite que lhe formulámos.

Fotografia Nogueira (1).png

“No presente construímos o futuro”

‘Cerveira, Vila das Artes’ é um concelho abençoado pelos deuses na sua criação, detentor de uma beleza natural única, de uma história profícua, de uma reconhecida marca artístico-cultural, de um valioso património, de uma população hospitaleira.

Acreditando que a valorização de um território tem de estar alicerçada nas pessoas, e partindo da premissa de que a atividade política só faz sentido como projeto coletivo ao serviço do bem comum, a atuação deste executivo cerveirense tem primado por uma política de humanismo alicerçada na proximidade, solidariedade, transparência e atratividade.

IMG_7732.jpg

Ao longo do presente mandato já empreendemos várias ações de grande, média e pequena dimensão, e todas com um denominador comum:melhorar a qualidade de vida dos cerveirenses. Como alguns exemplos temos a requalificação profunda da Piscina Municipal (2 milhões de euros); a colocação de relvado sintético no Estádio Municipal Rafael Pedreira (250 mil euros); a beneficiação do Estádio 1º de Janeiro (600 mil euros); a 2ª fase da Ecopista do Rio Minho com ligação ao concelho de Valença (600 mil euros); a adaptação de edifício para a sede da Unidade Local de Covas (80 mil euros); a melhoria do abastecimento de água em várias freguesias, com destaque para um grande esforço financeiro na freguesia de Covas com a construção de dois reservatórios de água (300 mil euros);modernização e beneficiação das redes de água e saneamento (500 mil euros);requalificação e manutenção dasredes viárias e acessibilidades de proximidade nas várias freguesias (750 mil euros anuais); transferências diretas para as freguesias com uma média superior anual de 400 mil euros em numerário.

No entanto, e não desvalorizando as grandes obras, há também muitas e pequenas ações de grande impacto no dia a dia dos cerveirenses. Desde logo a constituição de parcerias estratégicas para a dinamização empresarial do concelho, resultando em dois polos industriais lotados que absorvem constantemente muita mão-de-obra, proporcionando salários atrativos e acima da média; implementação do Serviço de Teleassistência materializado na rede móvel; conservação de património municipal e associativo de interesse público; incentivo a um maior envolvimento comunitário em eventos culturais como o Crochet Sai à Rua e a BIA – Artes e Ofícios Tradicionais; consolidamos eventos desportivos e atraímos novas modalidades e provas com imediata projeção nacional. E, porque somos um concelho que preservamos o bem-estar animal, implementamos um regulamento inovador que visa a esterilização gratuita de animais de companhia, de forma a minimizar os efeitos do abandono.

IMG_8585.JPG

As pessoas no centro das prioridades

A nossa gestão está centrada nas pessoas e a adoção de uma política de baixa fiscalidade foi uma opção imediata, de forma a incentivar uma maior equidade social e justiça fiscal. Temos os impostos nos limites mínimos exigidos por lei desde logo com a redução significativa do IMI para famílias com dois ou mais filhos; a devolução de 2,5% de IRS aos cerveirenses e o compromisso de investir parte do valor arrecadado no apoio social; e aplicamos benefícios para os investidores.

Introduzimos alterações afetas ao Cartão do Idoso ‘Idade+’, nomeadamente a redução de 50 por cento no pagamento do consumo da água, saneamento e tarifas de lixo; duplicou-se a comparticipação municipal na aquisição de medicamentos; e avançou-se com o serviço de bricolagem solidária ‘Casa Nova’, entre um vasto conjunto de políticas sociais.

Na área da Educação, aumentamos o número de estudantes do ensino superior a beneficiar de bolsas de estudo, bem como alargamos a gratuitidade dos transportes escolares até ao 12º ano de escolaridade.

A proximidade entre Município e Munícipe também foi amplamente trabalhada através do conceito de autarquia de ‘porta aberta’, da implementação de ferramentas de desburocratização e informatização, e de uma rede de wi-fi em todas as freguesias. Não obstante, e fomentando a cidadania ativa, também avançamos com o Orçamento Participativo 2015 e 2016, e a primeira edição do Orçamento Participativo Transfronteiriço.

Linhas de orientação futuras

Um autarca nunca se pode dar por satisfeito com a obra feita ou em curso, por isso temos diretrizesmuito claras e concretas para continuar a criar dinâmicas constantes em prol da afirmação nacional e internacional de Vila Nova de Cerveira.

Entre os vários projetos ambiciosos e de desenvolvimento sustentável previstos encontra-se o Parque Transfronteiriço Castelinho-Fortaleza, com cerca de 20ha, através de uma ponte pedonal/ciclável sobre o rio Minho, no âmbito da cooperação transfronteiriça Cerveira-Tomiño; o polígono industrial de Cerveira e Valença ao longo de 314ha junto à EN 13; a 3ª fase da Ecovia; a requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira; o ‘Mobilidade Urbana Sustentável’.

Precisamos ainda de trabalhar no alargamento da oferta hoteleira através da captação de potenciais investidores privados, por um lado; e fomentar a oferta habitacional no concelho, com maior incidência junto dos polos industrias de Cerveira, por outro lado. Continuar a investir na rede de água e saneamento; reforçar a requalificação dasprincipais vias de rede viária municipal; promover o alargamento da Tecnologia LED na iluminação pública de todas as freguesias. A aposta no turismo sustentável, e o de natureza em particular, é igualmente uma prioridade, possibilitando experiências nos rios Coura e Minho, e freguesias envolventes; assim como consolidar a marca ‘Cerveira, Vila das Artes’.

Ao nível de apoios diretos aos cerveirenses, prevêem-se alterações aos regulamentos municipais de taxas e tarifas, de forma a introduzir uma maior atenção e equidade social para famílias numerosas e famílias mais desprotegidas, bem como a criação do Espaço do Cidadão e de serviços de apoio descentralizados.

Continuamos empenhados em que a administração central permita resolver definitivamente a utilização do Castelo de Cerveira, através do programa Revive ou de outra iniciativa que sirva os vários interesses em equação.

Dr. Fernando Nogueira

Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira

Piscina Municipal 02.JPG

AQUAMUSEU DO RIO MINHO ACOLHE REUNIÃO DE TRABALHO DO PROJETO APROVADO PELO POCTEP

Aquamuseu acolheu reunião de trabalho de projeto aprovado pelo POCTEP

Os vários parceiros envolvidos noprojeto "Migramiño-Minho, Proteção e conservação dos peixes migradores no rio Minho internacional e seus afluentes" reuniram, pela primeira vez, nas instalações do Aquamuseu do rio Minho, para definir e articular o processo de execução, após aprovação pelo Programa INTERREG V A (POCTEP).

PROJETO INTERREG AQUAMUSEU.jpg

Liderado pela DirecciónXeral de Conservación da Natureza, Consellería de Medio Ambiente, Territorio e Infraestructuras, o projeto conta com uma dotação financeira de 2.131.550 €, cujo objectivo principal visa a melhoriada proteção e conservação do habitat fluvial da bacia do rio Minho, compreendendo o troço internacional e afluentes, assim como das espécies de peixes migradores presentes, nomeadamente lampreia, salmão, sável, savelha, truta marisca e enguia.

"Migramiño-Minho, Proteção e conservação dos peixes migradores no rio Minho internacional e seus afluentes" tem ainda como parceiros: Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Confederación Hidrográfica delMiño - Sil, Administração da Região Hidrográfica do Norte ARH Norte (APA), Estación de Hidrobiloxía «Encoro do Cón» da Universidade de Santiago de Compostela, Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira (Aquamuseu do Rio Minho).

“QUE FESTA É ESTA?” ESTREIA EM CERVEIRA

As Comédias do Minho apresentam, nos cinco municípios do Vale do Minho, “QUE FESTA É ESTA?”. Trata-se de um espetáculo de teatro, com criação de Ricardo Alves, cuja estreia está agendada para Vila Nova de Cerveira, entre esta quinta-feira e domingo.

comédias_que festa é esta_img.jpg

De acordo com a sinopse: “Um petisco? Um copinho? Cerveja ou vinho? Bebem-se os risos, engolem-se as mágoas. Hoje há festa lá no largo, no descampado. Hoje há teatro e música e pezinho de quem dança. Hoje é dia de sair à rua para dar de beber aos olhos, para dar de comer aos ouvidos e cantar os dias quentes. Sai de casa, vem para a rua, junta as mesas e agarra-me na mão antes que, perdido de amor, caia no chão. Sai de casa, areja a graça, vem rasgado e de rosto aberto, vem connosco que o dia é certo e a noite acossa. “Que festa é esta?!” – É a nossa!”

Assim, entre esta quinta-feira e domingo, quatro freguesias do concelho de Vila nova de Cerveira acolhem mais um espetáculo de teatro marcado animação e boa disposição. Segundo a programação, no dia 22, o espetáculo está presente no Largo de S. João, em Campos; no dia 23, no Terreiro, em Vila Nova de Cerveira; no dia 24, acontece na Junta de Freguesia de Covas; e no último dia, 25, a festa teatral promete animar o Largo da Sede da Junta de Loivo. Todos os espetáculos têm início às 21h30.

Ricardo Alves afirma: “Temos a responsabilidade de vos dar um tempo, útil ou inútil mas bom. Um tempo que dedicais a ouvir o que temos a dizer. Que seja bom o ato de sair de casa e estar com os vizinhos, em sítio público, a ocupar a praça ou a rua para função que não só passar mas nela permanecer, comer, beber, conversar e ouvir o que os doidos em cima do triângulo têm para partilhar.”

E assim, o convite é para perceber e viver “QUE FESTA É ESTA?”

CERVEIRENSES FAZEM MINUTO DE SILÊNCIO PELAS VÍTIMAS DE PEDRÓGÃO GRANDE

Minuto de silêncio pelas vítimas de Pedrogão Grande

A Câmara Municipal de Vila Nova deCerveira associa-se ao movimento nacional de homenagem às vítimas dos incêndios de Pedrogão Grande,cumprindo um minuto de silêncio, pelas 14h00, desta quarta-feira.

O Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, apelou ontem à consagração de um minuto de silêncio nacional a realizar hoje, em memória das vítimas dos incêndios de Pedrogão Grande.

Em despacho remetido a todos os funcionários municipais, o edil cerveirense solicitou o cumprimento desta manifestação de pesar. “Perante um momento de grande consternação, não podemos deixar de manifestar o nosso pesar pelas vitimas dos incêndios e a nossa solidariedade pelas famílias das vítimas e por todas aquelas que perderam os seus bens para os quais lutaram uma vida inteira”, assegura Fernando Nogueira.

Cada serviço municipal irá organizar-se de forma acumprir um minuto de silêncio, às 14h00, pelas 64 pessoas que perderam a vida no trágico incêndio de Pedrógão Grande.

Esta iniciativa pode ser igualmente realizada por todos os cerveirenses.

CERVEIRENSES FESTEJAM A HISTÓRIA

Abertas candidaturas para a Festa da História 2017

Já está a decorrer, até 30 de junho, o período de candidaturas para participação na Festa da História de Vila Nova de Cerveira. As artes medievais vão estar em destaque na edição deste ano, agendada para 17 a 20 de agosto, no centro histórico. Associações, artesãos e mercadores devem consultar as Normas de Participação.

IMG_4877.JPG

Anualmente, em agosto, a Festa da História reporta-nos ao encontro da Idade Média, através da recriação do ambiente de vivência das feiras medievais, centrada nas artes e ofícios tradicionais.

Este ano, o evento propõe uma viagem até ao mundo das artes medievais. Durante quatro dias repletos de cor e música, mercadores e artesãos enchem as ruas, demonstrando hábitos e ofícios da época. Encenações teatrais e animação de rua, com homens de armas, nobres, clérigos, homens e mulheres do povo, revelam histórias do quotidiano, e a completar o cenário não podia faltar o acampamento, os jogos tradicionais, os passeios a cavalo, o tiro com arco para os mais novos e as iguarias da época para os mais famintos.

O período para apresentação de candidatura de artesãos, mercadores, associações, comerciantes e esplanadas locais, já está a decorrer até ao dia 30 de junho, sendo a sua aceitação comunicada até 7 de julho.

Os interessados devem apresentar a sua candidatura nos Serviços Culturais da Câmara Municipal, através do email: cultura.tecnicos@cm-vncerveira.pt ou do telefone 251 708 020. Para a validação da candidatura é obrigatória a apresentação dos documentos que constam das Normas de Participação, disponíveis no site do Município de Vila Nova de Cerveira.

CERVEIRA APOIA UNIVERSIDADE JUNIOR

Autarquia apoia participação de jovens na 13ª Universidade Júnior

Pelo terceiro ano consecutivo, o Município de Vila Nova de Cerveira apoia jovens cerveirenses (entre o 5º e 11º ano de escolaridade)que estejam interessados em participar no programa da Universidade Júnior, no Porto, entre 03 e 28 de julho. Autarquia suporta taxa de inscrição e oferece transporte.

Desde 2015 que o Município de Vila Nova de Cerveira aderiu a esta iniciativa, procurando incentivar e apoiar os jovens cerveirenses a usufruir das atividades dinamizadas, num contexto de valorização de conhecimentos e competências, mas também de proporcionar um primeiro contacto com o ambiente universitário.

Vila Nova de Cerveira participa há já 3 anos neste programa e a Câmara Municipal apoia todos os jovens que queiram participar, suportando a taxa de inscrição e transporte.

Neste verão, a Universidade do Porto volta a abrir as suas portas, a cerca de 6000 estudantes para participar no programa Universidade Júnior. Trata-se do maior programa nacional de iniciação ao ambiente universitário para os estudantes do ensino básico (2.º e 3.º ciclos) e secundário (do 5º ao 11º ano de escolaridade). Neste programa, os jovens de todo o país têm a oportunidade de conviver com milhares de jovens e de conhecer as 14 faculdades da Universidade do Porto, bem como as várias unidades de investigação.

Esta iniciativa da Universidade do Porto disponibiliza diversos programas específicos para cada área, sendo que os jovens interessados podem inscrever-se naquela que mais lhe despertou interesse. O “Experimenta no Verão”, a “Oficina de Verão” e o “Andaime Vocacional” são três bons exemplos, repletos de atividades para todos os gostos e englobando diferentes áreas como as Ciências, a Economia e o Desporto.

Para mais informações e inscrições, consultar o site universidadejunior.up.pt ou para esclarecimento de dúvidas e da obtenção de apoio da autarquia cerveirense, é necessário dirigir-se aos SMIS – Serviços Municipais de Intervenção Social.

A Universidade Júnior 2017 decorre de 03 a 28 de julho, de segunda a sexta-feira, entre as 09h00 e as 18h00.

CERVEIRA SORTEIA LUGARES NA FEIRA SEMANAL

 

Sorteio de cinco lugares na Feira Semanal

Está agendado para dia 26 de julho, pelas 14h30, o sorteio de cinco lugares da Feira Semanal de Vila Nova de Cerveira, realizado pela Câmara Municipal. Interessados devem preencher o respetivo requerimento até ao próximo dia 30 junho.

IMG_8179.JPG

Os cinco lugares disponíveis destinam-se a bancas de vestuário; calçado; têxteis-lar; cortinados e tapeçarias; malas, cintos e carteiras; bijuteria e brinquedos; retrosaria; candeeiros; pão e derivados de pastelaria; cutelarias e/ou ferragens; móveis; loiças e musicais e plantas ornamentais.

De acordo com o artigo 4º do Edital, que se encontra publicado no site do Município de Vila Nova de Cerveira, por cada lugar serão sorteados três candidatos, sendo o primeiro o candidato efetivo e os dois seguintes os candidatos suplentes, que só poderão exercer o seu direito se o primeiro não cumprir as condições do presente sorteio, e também no caso de abandonar o lugar, independentemente do motivo.

A entrega dos lugares, mediante sorteio em ato público, decorrerá a 26 de julho, pelas 14h30, no Auditório da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira. Os feirantes interessados têm de preencher o respetivo requerimento até ao próximo dia 30 junho.

O Regulamento de Feiras do Município Cerveirense pode ser consultado em www.cm-vncerveira.pt e o formulário está disponível nesta plataforma digital ou no Serviço de Atendimento ao Utente, nos Paços do Concelho.

CERVEIRA INTEGRA JOVENS NO MERCADO DE TRABALHO

Autarquia lança Programa ‘Preparar o Futuro’

Procurando contribuir para a integração dos jovens no mercado de trabalho através do enriquecimento curricular, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai avançar, este ano, com um programa de ocupação municipal temporário. A partir deste mês, os jovens interessados são desafiados a colocar à prova as competências adquiridas em contexto escolar e, simultaneamente, reforçar a sua experiência profissional sem prejuízo da procura ativa de emprego/formação.

programa preparar o futuro.jpg

Dirigido a jovens naturais e/ou residentes do concelho de Vila Nova de Cerveira, com idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos, como habilitação mínima a frequência do 12º ano de escolaridade e/ou curso profissional, o Programa de Ocupação Jovem ‘Preparar o Futuro’ visa o desenvolvimento de atitudes ativas face ao mundo do trabalho, nomeadamente o saber-fazer e o saber-estar subjacentes às atividades a desempenhar.

O presente projeto integra, de acordo com a Vereadora da Educação, Aurora Viães, a aposta do executivo nas políticas de juventude, tornando-se um parceiro privilegiado na valorização da formação e qualificação dos jovens. “Este programa constitui-se como mais um estímulo para, como o próprio nome indica, preparar o futuro das novas gerações, disponibilizando ferramentas que ajudem na transição escola/trabalho, de forma a que possamos aplicar esta mão de obra qualificada em prol do desenvolvimento do nosso concelho”, explica.

De acordo com as Normas de Participação, esta primeira edição do programa disponibiliza 11 vagas, para três projetos: ‘Aquamuseu mais ativo no verão’, ‘Biblioteca Dinâmica e Interativa’ e XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira. A duração prevista é de 14 de julho até 16 de setembro, compreendendo a realização de 35 horas semanais e 7 horas diárias.

A candidatura ao programa obedece a alguns requisitos, entre eles ter 17 anos à data de inscrição e não ultrapassar os 30 anos de idade; ser natural/residente no concelho de Vila nova de Cerveira; tera habilitação mínima do 12º ano de escolaridade ou a equivalência de um curso profissional; nunca ter efetuado um contrato de trabalho, prestação de serviços ou estágio profissional; bem como a aceitação do candidato para horário de 35 horas semanais, conforme o projeto. O processo de seleção será efetuado em duas fases através de avaliação curricular e de entrevista presencial. Após aprovação, a autarquia atribui a cada jovemuma verba mensal para despesas de alimentação, transporte e outros custos.No final, aos jovens participantes será atribuído um certificado emitido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

As primeiras candidaturas já podem ser apresentadas até ao dia 30 de junho, no Balcão Único da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, mediante o preenchimento de formulário próprio disponível no portal municipal e/ou no Balcão Único da Câmara Municipal.

As normas de participação e a ficha de candidatura estão disponíveis no Portal do Município, em Destaques.

VERÃO EM CERVEIRA É SÓ MÚSICA!

Vi(m)ver Cerveira: Concertos de verão com grandes nomes da música portuguesa

Mariza, Carminho, The Gift e April Ivy. Estes são os quatro artistas que vão pisar o palco da ‘Vila das Artes’, em julho e agosto, para mais uma edição das ‘Noites de Fado’ e do ‘Cerveira Acústica’. Habituados a uma oferta cultural permanente, diversificada e, acima de tudo, de excelência, os próximos meses em Vila Nova de Cerveira prometem ser agitados, com um vasto conjunto de propostas para todos os gostos e idades.

CERVEIRA ACUSTICA.jpg

Continuando a aposta em artistas de renome nacional e com carreira internacional consolidada, a edição de 2017 das ‘Noites de Fado’ e do ‘Cerveira Acústica’ volta a surpreender pela diversidade e qualidade dos nomes confirmados.

Senhoras e Senhores, silêncio que em Cerveira vai cantar-se o fado. Dispensando apresentações, Mariza, uma das mais reconhecidas fadistas, vai deliciar os presentes com a sua voz e interpretação num palco muito sui generis: os Jardins da Piscina Municipal, promovendo um encontro único entre o fado e a beleza natural do rio Minho. O concerto está marcado para dia 15 de julho, no âmbito da inauguração da 19ª Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira. Já o segundo concerto das ‘Noites de Fado’ acontece a 29 de julho, também no feminino e com uma das mais internacionais artistas portuguesas: Carminho. O “suave milagre” nas palavras de Caetano Veloso tem levado a sua voz aos quatro cantos do mundo e, em julho, Carminho promete cantar e encantar o público de Cerveira com alma e coração.

Para o ‘Cerveira Acústica’, o serão de 12 de agosto, Dia Internacional da Juventude, convida os jovens em idade, mas também de espírito, para o concerto de April Ivy, cantora e compositora portuguesa, que ficou conhecida com o tema “Unstoppable” e com o single “Be Ok”. A 14 de agosto, sobem ao palco os The Gift, banda portuguesa de grande sucesso, tanto a nível nacional como internacional, e que, com 22 anos de carreira, continuam a surpreender com canções intensas e acentuadas quando apresentadas em palco.

O cartaz cultural minuciosamente preparado para os meses que se avizinham reforça a aposta iniciada em 2014 com o ‘Vi(m)ver Cerveira’, um conceito de promoção e divulgação que prima pela relação mais estreita artista/público, proporcionando uma experiência sensorial única num ambiente natural que se quer inesquecível.

Os bilhetes para os quatro concertos estarão brevemente disponíveis.

NOITE DE FADOS.jpg

CRIANÇAS DE CERVEIRA FAZEM FÉRIAS DE VERÃO NO AQUAMUSEU DO RIO MINHO

‘Férias de Verão’ com o Aquamuseu do rio Minho

Crianças e jovens voltam a ter a oportunidade de passar quatro dias preenchidos de atividades e animação no Aquamuseu do rio Minho. De 4 a 7 de julho, a sugestão é para aprender e brincar em torno do tema “Os Peixes Migradores”. Inscrições abertas.

Cartaz férias de verão aquamuseu 2017.jpg

Seja na Páscoa, seja no Verão, o Aquamuseu do rio Minho promove, anualmente, um programa específico de atividades pedagógicas dirigidas para crianças e jovens, cujo denominador comum é a sensibilização ambiental, de forma a suscitar o espírito crítico e criativo dos participantes.

Neste sentido, de 4 a 7 de julho, o Aquamuseu do rio Minho dinamiza as ‘Férias de Verão’ sob o tema “Os Peixes Migradores”. Ao longo destes quatro dias, os participantes com idades entre os 7 e os 13 anos vão aprender as caraterísticas gerais, as artes e períodos de pesca e a importância para as pessoas da nossa zona raiana de cada peixe migrador que se pode encontrar e pescar no rio Minho. Lampreia, truta marisca, sável e salmão e a enguia são os peixes selecionados para esta aprendizagem.

A participação nestas atividades requer a inscrição prévia com um preço de 15€ e, para tal, deve-se contactar o Aquamuseu do Rio Minho, entre as 14h00 e as 17h00.

CERVEIRA HOMENAGEIA PINTOR JAIME ISIDORO

Pintor Jaime Isidoro dá nome a futura praça

Por proposta do Presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, a praça a criar na confluência da Rua Queirós Ribeiro com a Rua do Arrabalde vai chamar-se Praça Jaime Isidoro. Projeto integra o Plano de Ação de Regeneração Urbana, alicerçado no conceito de funcionalidade e organização estética daquele espaço.

IMG_0936.JPG

É mais um reconhecimento a um dos artistas responsável pela criação da reconhecida Bienal Internacional de Arte de Cerveira. A atribuição do topónimo Jaime Isidoro à futura praça a nascer na rua onde teve casa durante vários anos foi aprovada na última reunião de câmara. A presente proposta de urbanização está a ser trabalhada com base num dos quadros de Jaime Isidoro, cabendo à Escola Superior Gallaecia a execução da ideia num projeto que promete surpreender pela estética e, acima de tudo, dar funcionalidade a um espaço que atualmente se encontra inutilizado.

A futura Praça Jaime Isidoro integra o Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) do concelho de Vila Nova de Cerveira que tem como objetivo promover a fixação de pessoas e criar condições para que população e turistas demandem com regularidade na área delimitada. Das cinco ações prioritárias do PARU, neste momento já estão em curso as empreitadas de requalificação da envolvente da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira e da Praça D. Dinis e Envolvente. Está ainda prevista avançar com a reabilitação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários, a beneficiação do Auditório Municipal e a criação da Praça Jaime Isidoro

De sublinhar que Jaime Isidoro, artista plástico, promoveu os Encontros Internacionais de Arte e criou as Bienais Internacionais de Arte de Cerveira. Foi distinguido com a Medalha de Mérito Cultural da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira (1982), com a Medalha (Grau Ouro) da Câmara Municipal do Porto (1988) e com a Medalha (Grau Ouro) da Câmara Municipal de Gaia (2002). Foi ainda condecorado com a “Ordem de Mérito, Grande Oficial” pelo Presidente das República, Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva (2006). Em outubro de 2012 é-lhe atribuído, a título póstumo, a “Medalha de Honra” do Município de Vila Nova de Cerveira. Há dias foi inaugurado um mural de homenagem a Jaime Isidoro na fachada principal da Casa do Artista, numa intervenção artística da autoria de Ana Torrie e, futuramente, dará nome à rua onde teve uma habitação.

CERVEIRA VAI SER PALCO DE CONCERTO DE METAIS

Concerto do Quinteto de Metais Ad Libitum este sábado

O Castelo de Cerveira volta a ser palco de um concerto memorável. Este sábado, pelas 21h30, o Quinteto de Metais Ad Libitum protagoniza uma viagem musical no tempo, desde a antiguidade à contemporaneidade, num espaço absorvido pela identidade e história cerveirense. Entrada livre.

Sons_Caminho_Cerveira_Cartaz.jpg

O Concerto do Quinteto de Metais Ad Libitum insere-se no programa “Sons no Caminho”, no âmbito da candidatura “Valorização dos Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa”, promovida pelos Municípios do Porto, Maia, Matosinhos, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença.

Porque os Caminhos de Santiago representam, em termos musicais e históricos, uma tradição de 12 séculos, o repertório proposto pelo quinteto para o concerto desde sábado, no interior da Castelo de Vila Nova de Cerveira, é uma viagem no tempo, entre ambientes sonoros de várias épocas – da música antiga à música contemporânea.

O Quinteto de Metais Ad Libitum é um grupo de metais com créditos firmados. Fundado na década de 90, tem uma vasta experiência em atuações em locais históricos, tendo protagonizado vários concertos em programas de grande prestígio como foi o caso dos Sons da História.

O concerto em Vila Nova de Cerveira está agendado para este sábado, 17 de junho, às 21h30, no interior do Castelo, com entrada livre.

BOMBEIROS DE CERVEIRA ESPECIALIZAM-SE EM SOCORRO AQUÁTICO

Bombeiros Voluntários dotados com barco e equipa especializada em socorro aquático

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira apresentou, este sábado, o novo barco e a equipa de 10 mergulhadores especializada em socorro aquático. Com suporte financeiro da Câmara Municipal, ‘Socorro Eficaz - Rio Seguro’ foi o projeto mais votado na edição 2016 do Orçamento Participativo Geral (OPG). Autarca Fernando Nogueira participou na viagem inaugural da embarcação.

OP Barco 01.jpg

Banhado pelos rios Minho e Coura, o concelho de Vila Nova de Cerveira é frequentemente procurado quer por cerveirenses, quer por visitantes, para a realização de atividades de caráter lúdico e profissional, mas também desportivo.

Devido à possibilidade de ocorrência de sinistros em meio aquático e a necessidade de prestar socorro de forma mais eficiente e segura, uma das três propostas vencedoras do OPG visou dotar os bombeiros voluntários de Cerveira de conhecimentos técnicos, mas também de instrumentos e de ferramentas nesta especificidade. De sublinhar que os ‘soldados da paz’ cerveirenses tinham um barco que se encontrava em fim de vida, completamente obsoleto e nada funcional, não respondendo às reais necessidades afetas a uma operação de socorro.

Tendo sido a proposta mais votada do OPG com 1348 votos, o projeto tornou-se realidade após a aquisição de equipamento de mergulho/socorro e de um novo barco apropriado, bem como a criação de uma equipa composta por 10 mergulhadores que concluíram o primeiro passo de formação com o nível I da CMAS, estando prevista a realização de cursos de especialização para os próximos meses. A apresentação pública desta nova valência decorreu, no passado sábado, numa cerimónia simbólica que contou com a presença da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, Comandante e do Corpo Ativo, bem como do presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, e de outras entidades locais. Na margem do rio Minho, o padre Jorge Esteves procedeu à bênção da nova embarcação que, posteriormente, fez a sua viagem inaugural. No quartel, foram entregues os cartões de certificação de mergulhadores.

Em 2016, o Orçamento Participativo Geral de Vila Nova de Cerveira registou uma enorme participação, tendo sido eleitos três projetos vencedores que já estão a ser implementados, num investimento de 30 mil euros cada suportado pela Câmara Municipal. Depois da entrega da carrinha ao Clube Desportivo de Cerveira e do barco/constituição de equipa de mergulhadores dos Bombeiros Voluntários, resta o projeto de Valorização do Couço do Monte Furado que já se encontra em pedido de licenciamento ao IPPAR.

Op barco 02.jpg

CERVEIRA SERVE PATANISCAS

Patanisca à mesa dos restaurantes de Cerveira

Em Vila Nova de Cerveira, os fins-de-semana de junho são gastronomicamente dedicados à patanisca. No total, 14 restaurantes do concelho aderem à iniciativa “Gastronomia Tradicional: A Patanisca”.

PATANISCA 2017.jpg

De uma simplicidade passível de reinvenção. Há várias formas de confecionar a patanisca, umas mais antigas, outras já adaptadas aos tempos modernos, mas a verdade é que continua a ser uma boa sugestão para um almoço ou jantar, ou simplesmente para um momento relaxante a petiscar com um grupo de amigos.

Promover a gastronomia típica do concelho, contribuindo para uma maior dinâmica dos estabelecimentos de restauração é o objetivo desta iniciativa promovida pela Câmara Municipal.

Fica o convite e bom apetite!

PARQUE AQUÁTICO DE CERVEIRA REABRE AO PÚBLICO

Parque Aquático de Cerveira de portas abertas

Muito procurado por famílias dos dois lados da fronteira, o Parque Aquático de Vila Nova de Cerveira está, a partir de hoje, de portas abertas para proporcionar um verão com muita diversão. Jogos de água e contacto com envolvente natural abraçada pelo rio Minho são caraterísticas de atratividade de portugueses e espanhóis.

QK6G7721

Entre junho e setembro, é constante ver famílias oriundas um pouco de todo o Norte do país e da vizinha Galiza a eleger este espaço como perfeito para um dia harmoniosamente bem passado.

Vizinho do Aquamuseu e a confrontar com o rio Minho, este parque temático incorpora uma componente lúdico-pedagógica única, em que as brincadeiras surgem num ambiente de réplica do troço internacional de água, com os seus canais, comportas, barragens, jatos e repuxos de água.

O Parque Aquático está associado a um espaço de excelência ambiental, o Parque de Lazer do Castelinho que disponibiliza ainda um parque geriátrico, uma zona radical com parede de escalada e circuito de bouldering, campos de jogos para a prática de modalidades desportivas (futebol, voleibol, andebol e basquetebol), e parques infantil e de lazer que podem ser usufruídos livremente. O Aquamuseu do Rio Minho é outro espaço de paragem obrigatória por todo o património natural e histórico que alberga e que permite uma ‘viagem’ pedagógica pelas margens do rio Minho.

Até ao final do verão, este espaço funciona de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 12h30 e as 14h00 e 19h30. O encerramento acontece às segundas-feiras para manutenção.

COOPERAÇÃO ENTRE CERVEIRA E TOMIÑO VALORIZAM A REGIÃO

Cerveira-Tomiño apresentados como exemplo de mobilidade sustentável em cooperação transfronteiriça

A Coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI), Helena Freitas, reiterou, em Vila Nova de Cerveira, “a exemplar estratégia encetada por dois concelhos de dois países” e que, com os novos projetos em perspetiva, “só acrescentarão maior dinâmica e valorização a este território comum”. As declarações foram feitas, esta manhã, durante o hastear da Bandeira “Vila de Excelência – Nível II” a Cerveira-Tomiño.

IMG_4499

Numa cerimónia simples, mas carregada de simbolismo, o Município cerveirense viu reconhecido publicamente, pela Rede de Cidades e Vilas de Excelência, o meritório trabalho desenvolvido pelas práticas inovadoras nos eixos da mobilidade e da regeneração de âmbito transfronteiriço.

Afirmando a importância do rio Minho e da implementação de políticas ambientais, o edil cerveirense afirmou que a cooperação transfronteiriça entre Cerveira e Tomiño tem crescido sustentadamente, mas com a ambição focada no passo seguinte. “Recentemente foram aprovadas duas candidaturas no Interreg V A, uma da Agenda Estratégica da Amizade Cerveira-Tomiño, e outra para o projeto de ampliação do Parque Transfronteiriço Castelinho-Fortaleza com cerca de 20ha que inclui o projeto da travessia pedonal e ciclável sobre o rio Minho e que fará a ligação deste espaço. É sob esta mobilidade sustentável em cooperação transfronteiriça que estamos e vamos continuar a debater-nos”, disse Fernando Nogueira, acrescentando: “Esta bandeira é o reconhecimento dos nossos projetos”.

Presente na cerimónia, a alcaldesa de Tomiño sublinhou a intensificação da cooperação transfronteiriça “conseguida nos últimos anos, com vários mecanismos para desfronteirizar cada vez mais os territórios”. Sandra Gonzalez reiterou a implementação do conceito de mobilidade sustentável “através do comboio, a Ponte da Amizade, a futura travessia pedonal, e a partilha de recursos e equipamentos”.

Por sua vez a Paula Teles, da Rede de Cidades e Vilas de Excelência, elogiou o trabalho desenvolvido por Vila Nova de Cerveira que permitiu esta reavaliação e alcançar mais um nível. “Ter dois territórios de dois países diferentes a trabalhar em prol do mesmo objetivo é inovador na nossa Rede. É preciso mudar mentalidades em prol destes conceitos e este é um bom exemplo”, assegurou.

A presidir esta cerimónia esteve a Coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI) que elogiou o “excelente exemplo de cooperação, sintonia e de desenvolvimento integrado de Cerveira e Tomiño e, nesta perspetiva, do que deve ser feito em territórios transfronteiriços”. Helena Freitas afirmou que tem invocado esta cooperação, “como uma exemplar estratégia encetada por dois concelhos de dois países” e que, com os novos projetos em perspetiva, “só acrescentarão maior dinâmica e valorização a este território comum”.

Vila Nova de Cerveira, em parceria com Tomiño, é assim considerada uma “Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável” e uma “Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana”.

IMG_4518

CERVEIRA REQUALIFICA ANTIGO QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Autarquia e ESG estabelecem bases para reabilitação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários

A reutilização das instalações do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, protocolada entre a Câmara Municipal e a Escola Superior Gallaecia em 2010, foi um dos assuntos debatidos no período antes da ordem do dia, da última reunião de câmara. Direção daquela escola universitária reafirma interesse e vontade em continuar no concelho, e Município em dar cumprimento ao protocolo de comodato. Garantido o financiamento, obras no edifício só depois da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

IMG_3076

Com 22 anos de atividade em Vila Nova de Cerveira, a Escola Superior Gallaecia – única no distrito com estatuto de escola universitária -, antevê um aumento previsional significativo de estudantes e, consequentemente, a necessidade de ampliação do seu espaço. É sob este cenário que a direção e a autarquia já estão, há alguns meses, a trabalhar numa solução viável, no sentido de avançar com a recuperação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários para acolher a ampliação daquela escola.

A “intenção sólida de permanência” em Vila Nova de Cerveira foi manifestada pela direção da ESG em carta dirigida ao presidente da Câmara Municipal, que a remeteu para conhecimento da vereação, reunida a 31 de maio. Fernando Nogueira revelou que estão estabelecidas as bases para a reabilitação do edifício em causa, respeitando e dando cumprimento às decisões tomadas pelo executivo anterior, plasmadas no protocolo de comodato celebrado em 2010 e em vigor por um período de 20 anos.

Até ao momento, a Escola Superior Gallaecia já investiu cerca de 200 mil euros na melhoria das instalações e na construção da Magic Box. O projeto entretanto desenvolvido para o futuro integra uma das cinco ações prioritárias do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) do Município de Vila Nova de Cerveira, no qual cabe à autarquia a intervenção exterior (cobertura e fachada) e à ESG os trabalhos no interior. As obras só ainda não avançaram, porque o espaço em causa é imprescindível para acolher a XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, agendada para de 15 de julho a 16 de setembro.

CERVEIRENSES RECOLHEM ALIMENTOS POR SOLIDARIEDADE

Campanha de Recolha de Alimentos nas Escolas até dia 9 de junho

Os alunos dos estabelecimentos de ensino de Vila Nova de Cerveira são desafiados, uma vez mais, a partilhar com quem mais precisa. Promovida pela Rede Social Local, a Campanha de Recolha de Alimentos nas Escolas arrancou no dia 1 e prolonga-se até esta sexta-feira, 9 de junho.

0001 (93)

Todos os anos, a Rede Social Local de Vila Nova de Cerveira dinamiza pelo menos uma recolha de produtos alimentares nas escolas. Esta campanha, integrada no Plano de Ação Social de 2017, tem como objetivo a angariação de alimentos para fazer face aos pedidos de famílias mais carenciadas, para além de ser um mecanismo de sensibilização e de alerta aos mais jovens para as problemáticas sociais existentes.

A Campanha de Recolha de Alimentos nas Escolas envolve como parceiros diretos o Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira, o Colégio de Campos, a Escola Superior Gallaecia, a Creche de Campos, a ETAP – Escola Profissional de Vila Nova de Cerveira e a Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira.

Abraça esta causa... Partilha... Não fiques Indiferente!

CERVEIRA RECEBE BANDEIRA DE EXCELÊNCIA

Município reconhecido com a Bandeira “Vila de Excelência – Nível II”

A Rede de Cidades e Vilas de Excelência atribui, esta terça-feira, 6 de junho, a II Bandeira Cidades de Excelência – nível II ao Município de Vila Nova de Cerveira, como reconhecimento público do meritório trabalho desenvolvido pelas práticas inovadoras nos eixos da mobilidade e da regeneração. Cerimónia decorre às 10h30, no Parque de lazer do Castelinho, e é presidida pela Dr.ª Helena Freitas, Coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI).

IMG_4898

Os fundamentos para esta atribuição prendem-se com o grau de evolução da implementação do Plano de Ação Local proposto pelo Município de Vila Nova de Cerveira aquando da adesão à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, incidindo nos eixos “Cidade e Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável” e “Cidade e Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana”.

No que diz respeito ao eixo da mobilidade assume destaque a elaboração de Plano de Ação para a Mobilidade Sustentável Urbana Sustentável da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (PAMUS Alto Minho 2020). São objetivos estratégicos deste documento, incrementar eficácia e eficiência no transporte das pessoas e bens, promover a mobilidade através de meios de transporte mais eficientes e menos poluentes, assegurar um sistema de transportes e acessos mais inclusivos, reduzir a carga negativa dos transportes sobre a segurança e saúde dos cidadãos bem como reduzir a poluição sonora e atmosférica.

Ainda em contexto da mobilidade amigável, a Rede de Cidades e Vilas de Excelência realça a Ecopista – Caminho do Rio. Com uma extensão total de 13 quilómetros, esta infraestrutura percorre a margem ribeirinha do concelho cerveirense, fazendo uma sinergia entre os modos suaves de deslocação e o ambiente natural, proporcionando aos utilizadores a prática de um estilo de vida saudável e atividades relacionadas com o ecoturismo.

Já respeitante ao eixo da regeneração urbana, o destaque vai para o Plano de Ação para a Regeneração Urbana de Vila Nova de Cerveira (PARU). No contexto da Área de Reabilitação Urbana definida pelo Município, e em sede do programa operacional Norte 2020, foram candidatadas 10 ações, tendo em vista potencializar a qualidade ambiental, urbanística e paisagística.

Adicionalmente, há ainda o projeto que foi eleito no Orçamento Participativo Transfronteiriço Vila Nova de Cerveira - Tomiño 2017, denominado “Acessibilidade sem fronteiras” projeto do qual a Rede de Cidades e Vilas de Excelência será inclusive parceira.

É por este importante conjunto de ações descritas que o Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade, ICVM, em contexto da Rede de Cidades e Vilas de Excelência, vai atribuir o galardão da Bandeira de Cidades de Excelência - Nível II a Vila Nova de Cerveira, por se constituir um Município de Excelência nas áreas da mobilidade e da regeneração urbana.

A cerimónia está agendada para esta terça-feira, às 10h30, no Parque de Lazer do Castelinho e conta com a presença da Dr.ª Helena Freitas, Coordenadora da Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI).

MODA DESFILA EM CERVEIRA

Aluna da ETAP organiza um desfile de moda “Geração Ativa” em Vila Nova de Cerveira

No dia 8 de junho de 2017, pelas 14:30h, o Cineteatro de Vila Nova de Cerveira vai acolher o desfile solidário denominado de “Geração Ativa”. Organizado como tema da Prova de Aptidão Profissional da aluna Filipa Gachineiro, finalista do curso de Comunicação/Marketing, Relações Públicas e Publicidade da ETAP - Escola Profissional, este evento sociocultural pretende proporcionar aos utentes idosos um dia direcionado apenas para eles.

O objetivo deste evento é sensibilizar a comunidade local para a importância que os idosos têm na sociedade e demonstrar o quão úteis as roupas das lojas sociais podem ser. O evento consiste num desfile de moda, onde os idosos, utentes das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), serão os modelos que irão desfilar com a roupa da Loja Social de Vila Nova de Cerveira.

Este evento conta a colaboração das IPSS de Vila Nova de Cerveira, a Unisénior, a Loja Social e é apoiado pela Câmara Municipal.

ALUNA DA ETAP ORGANIZA CICLO DE CONFERÊNCIAS “EMPREENDEDORISMO NAS REDES SOCIAIS”

No próximo dia 7 de junho de 2017, a aluna Ana Pacheco, finalista do curso de Técnico de Comunicação/ Marketing, Relações Públicas e Publicidade organiza, como tema da prova de Aptidão Profissional, um ciclo de conferências que decorrerá, pelas 10:00 horas, no Auditório da Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira denominado de “O Empreendedorismo nas Redes Sociais”.

Esta atividade é apoiada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, pela ETAP- Escola Profissional de Vila Nova de Cerveira e pela Biblioteca Municipal.

O evento consistirá em conferencias sobre o marketing e o empreendedorismo nas redes sociais. Na área do marketing irá estar presente a empresa NQDA & Happy Fact, Innov Digital, Loading e a escola ESCE- Escola Superior de Ciências Empresariais. Na área do empreendedorismo estará a empresa Sioslife e Marco Novo na área das redes sociais.

Fica convidada toda a população Cerveira a assistir a este ciclo de conferências.

CERVEIRENSES FAZEM CAMINHADA CANINA PELA SOLIDARIEDADE

Cães de um Deus Menor – Caminhada Canina Solidária em Vila Nova de Cerveira

No próximo dia 11 de junho de 2017, realizar-se-á, em Vila Nova de Cerveira, uma caminhada canina solidária - “Cães de um Deus Menor”. Este evento tem um cariz solidário, pois os participantes serão sensibilizados a levar ração que irá reverter a favor da Associação de Defesa dos Animais de Cerveira - Patas e Patas.

a3 cartaz caes de um deus menor jpg

Esta iniciativa tem como objetivo principal desmistificar o tema de Raças Potencialmente Perigosas em Portugal e surge no âmbito da Prova de Aptidão Profissional, do aluno João Sousa, finalista do curso de Comunicação/Marketing, Relações Públicas e Publicidade da ETAP- Escola Profissional. Esta atividade conta com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

O evento consta numa caminhada canina com início na “Casa do Artesão” junto às instalações da ETAP – Escola Profissional, Vila Nova de Cerveira, com passagem pelo parque do Castelinho, pelo largo do Terreiro, terminando o circuito no mesmo local. Seguem-se demonstrações caninas e palestras sobre a desmistificação do tema em estudo, que contarão com a presença de elementos do Partido PAN, do Rotweiller Clube de Portugal, entre outros palestrantes ainda a divulgar.  

Convida-se o público em geral a fazer parte deste dia que nos transporta ao conhecimento e à primeira caminhada canina solidária a decorrer no concelho de Vila Nova de Cerveira.

CERVEIRA EXPÕE FOTOGRAFIA DE ARTE

“Cerveira em Arte!” – uma exposição fotográfica

No próximo dia 3 de junho de 2017, a ETAP- Escola Profissional juntamente com a Câmara de Vila Nova de Cerveira inauguram a exposição fotográfica “Cerveira em Arte!”, às 15:00h, no Fórum Cultural de Cerveira.

cartaz

Este evento, atividade prática da Prova de Aptidão Profissional do aluno Mário Pacheco do Curso Comunicação/Marketing, Relações Públicas e Publicidade, da ETAP- Escola Profissional, tem como principal objetivo estimular a capacidade de observação do meio que nos rodeia, incentivar, desenvolver e valorizar competências técnicas e de criatividade no âmbito da fotografia.

A exposição estará patente ao público até ao dia 17 de junho de 2017, no Fórum Cultural de Cerveira.

CERVEIRENSES DANÇAM EM SOLIDARIEDADE

Aluna da ETAP organiza espetáculo de dança solidário em Vila Nova de Cerveira

No dia 9 de junho de 2017, pelas 20h30, o Cineteatro de Vila Nova de Cerveira vai acolher o Espetáculo de Dança Solidário denominado de “Cultura em Movimento”.

FINAL - CARTAZ PAP 22

Organizado como tema da Prova de Aptidão Profissional da aluna Marta Pedrosa, finalista do curso de Comunicação/Marketing, Relações Públicas e Publicidade da ETAP - Escola Profissional, este evento sociocultural pretende dar a conhecer vários estilos de dança, e conta com a colaboração de quatro escolas de dança: Adeixa (Vila Nova de Cerveira, Dança & Cia (Viana do Castelo), Open Dance School (Viana do Castelo), Associação Cultural e Artística MINHODANÇA (Caminha) e o grupo de folclore “Os Camponeses Minhotos” (Cerdal).

Esta atividade é apoiada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, e os bens angariados irão reverter a favor do Lar de Santa Teresa e da Loja Social de Cerveira.

O custo de entrada será apenas um bem alimentar/brinquedo/roupa/produto de higiene ou então donativos monetários.

Venha fazer parte desta iniciativa connosco e seja solidário…

FEIRA DE SAÚDE E BEM-ESTAR EM VILA NOVA DE CERVEIRA

No próximo dia 3 de junho de 2017, a ETAP- Escola Profissional e a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, juntamente com as parcerias envolvidas: Centro de Saúde, Cruz Vermelha, Farmácia Cerqueira, LabMed Saude+, Citius Fit, Centro de Estética - Carmo Preto, Dr. Jorge Guimarães - nutricionista, Optiminho e Óptica Coimbra I e Dr. Nelson Fernandes - saúde oral organizam uma “ Feira de saúde e bem-estar” que se realizar ao ar livre no Terreiro, Praça da Liberdade de Vila Nova de Cerveira, das 9:00h às 16:00h.

MAGALI PAP

Este evento tem os objetivos de incutir hábitos saudáveis, promover a socialização e o lazer, sensibilizar a população cerveirense para os cuidados a ter com a saúde e bem-estar, realizar rastreios de saúde à comunidade em geral, valorizar/promover a atividade física regular.

A partir do ponto de receção que funcionará no Terreiro – Praça da liberdade, os interessados são convidados a completar um percurso por vários espaços onde podem receber aconselhamento e efetuar diversos rastreios, nomeadamente, glicémia, hipertensão, teste de memória.

Convida-se a comunidade cerveirense a participar de forma ativa na Feira de Saúde e Bem-estar.

CERVEIRA HOMENAGEIA PINTOR JAIME ISIDORO

Inaugurado mural de homenagem ao pintor Jaime Isidoro

A fachada principal da Casa do Artista apresenta-se, desde esta quinta-feira, como mais um atrativo de visita à ‘Vila das Artes’. Integrada no evento ‘Desencaminharte’, a intervenção artística da autoria de Ana Torrie resulta num mural de homenagem ao pintor Jaime Isidoro, cuja inauguração contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, do presidente da CCDR-N, Prof. Dr. Fernando Freire de Sousa, e do primeiro Secretário Executivo da CIM Alto Minho, Eng.º Júlio Pereira.

IMG_4402

Promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, o ‘Desencaminharte’ – Festival de Arte Pública em meio rural e natural -, decorre, entre 1 e 4 de junho, nos 10 municípios alto-minhotos em 10 locais distintos, nos quais acontecem 10 intervenções de 10 artistas convidados.

Cerveira, ‘Vila das Artes’ recebeu, esta quinta-feira, o arranque oficial deste evento com a inauguração da primeira intervenção artística. Trata-se de um mural em homenagem a um dos fundadores das bienais de Cerveira, Jaime Isidoro, que nasceu na parede principal da Casa do Artista e cujo perfil do pinto, acompanhado do seu gato de estimação, é perfeitamente reconhecido. “Motivada a criar uma imagem que representasse Jaime Isidoro, o pai da Bienal de Cerveira, e mantendo um tema recorrente no meu trabalho, desenhos de retratos de família, decidi inaugurar uma nova fase do meu trabalho. O desafio de retratar este “pai”, Jaime Isidoro e as suas histórias de família, foi concretizado em apenas dois dias, e o trabalho está à vista de todos”, disse a artista Ana Torrie.

Louvando a realização de uma iniciava desta natureza, o presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, realçou “um mural muito bem conseguido e que dignifica o homem que quebrou a utopia”. “Jaime Isidoro é um dos responsáveis por trazer cultura desta grandiosidade para Vila Nova de Cerveira, uma pequena vila gravada no território do Vale do Minho e que era quase que desconhecida no final da década de 70. A utopia foi quebrada, vencida e, hoje, todos nós atestamos essa realidade, com as bienais de Cerveira a comemorarem em 2018 o seu 40º aniversário, e a colocarem no mapa Cerveira”.

Por sua vez, o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), Prof. Dr. Fernando Freire de Sousa, enunciou dez razões para aceitar o convite para a inauguração. “É na cultura que vamos encontrar a raiz da sociedade; é um evento de arte pública; tem subjacente o cruzamento de vários tipos de intervenção em espaço rural; o cruzamento entre cultura e economia, e a consequente projeção que o turismo está a ter em Portugal, nomeadamente no Norte; o prazer de testemunhar a realização de um grande evento que conta com o apoio de uma CIM; a homenagem à descentralização cultural;  por ser a casa de Jaime Isidoro; a referência da bienal no contexto de afirmação desta localidade; o incentivo a novos artistas e novos trabalhos; e o desencaminhar os turistas a conhecer outras localidades”, afirmou.

Entre os vários artistas e entidades locais e distritais presentes nesta inauguração destacou-se o filho do artista, Daniel Isidoro, acompanhado pela esposa, que se manifestou muito satisfeito com o resultado final da intervenção artística de Ana Torrie.

A primeira edição do ‘Desencaminharte’ acontece desde o nascer do sol de dia 1 até ao pôr-do-sol de dia 4 de junho. Valorizar o Alto Minho como destino cultural e turístico, passa por desencaminhar a comunidade para este evento de reforço da região na qualidade de plataforma do Alto Minho. A programação do festival apoia-se na atividade diária de (a)gentes locais que promovem o meio rural e propõe a mobilização de visitantes para o seu trabalho, para a natureza, a paisagem, a arte, as múltiplas atividades ao ar livre, um pretexto para dormir sob as estrelas e descansar da cidade. Mais informação em: http://www.desencaminharte.altominho.pt

DIA DA CRIANÇA EM CERVEIRA É FIXE!

Dia Mundial da Criança “foi mesmo muito fixe, obrigado”!

Com sorrisos estampados nos rostos e energia contagiante, as cerca de 500 crianças do pré-escolar e 1º ciclo do concelho de Vila Nova de Cerveira celebraram o Dia Mundial da Criança num ambiente de festa e surpresa. Sob a temática da ‘Feira Popular’, a Câmara Municipal ofereceu vários jogos, artes plásticas, insufláveis, música, prendas e ainda umas doces e crocantes pipocas. No final, um carinhoso e espontâneo obrigado, mas quem agradece é a autarquia pelas crianças fantásticas que são.

Capturarvnccrianç

O Centro Municipal de Atletismo transformado num parque de diversões, os monitores da Citius Fit vestidos a rigor e uma programação lúdica intensa, apresentou-se como o cenário ideal para a edição 2017 do Dia Mundial da Criança em Vila Nova de Cerveira. Do ‘wow’ à chegada ao ‘obrigado’ à partida, este dia 01 de junho vai ficar na memória da pequenada, pelas manifestações deixadas: "dia mesmo fixe; um espetáculo; adorei tudo..."

A Vereadora da Educação, Aurora Viães, esteve a acompanhar as atividades agendadas para todo o dia, partilhando as experiências com as crianças. “A alegria que transmitem é contagiante e confirma que estão a gostar do conceito proposto. No fundo, o objetivo foi alcançado: criar um dia mágico e de brincadeira num ambiente natural como é o Centro Municipal de Atletismo localizado junto à Praia da Lenta, e ao mesmo tempo incutir alguma aprendizagem associada à identidade da ‘Vila das Artes’, como os ateliers e a participação da Bienal de Cerveira e do ‘Desencaminharte’”, assegura.

Assim, a ‘Feira Popular’ de Cerveira tinha oito estações, pelas quais eram distribuídas as turmas. O som da campainha anunciava a troca de estação para absorver outras experiências. Havia para todos os gostos: Tiro ao Alvo, Rabo de Raposa, Insufláveis, AndaSanDando, Mundo Encantado/PintaComPinta e Desencaminharte, Jogo do Paraquedas, PhotoBoot e MalabarismoMirabolante.

E porque doces e crianças são quase que uma simbiose perfeita, ‘a cereja no topo do bolo’ foi o momento da distribuição de umas deliciosas pipocas e, no final, a oferta de um saquinho de artista a cada criança para levar para casa e pintar com os papás.

CERVEIRENSES CAMINHAM PELA RIBEIRA DE COVAS

Edição de junho ‘Cerveira Saudável’ inicia com caminhada e degustação

Este domingo, 04 de junho, aceite a seguinte sugestão: fazer o “Trilho Interativo da Ribeira de Covas” e vivenciar uma degustação. Esta é a primeira de quatro atividades da edição de junho do ‘Cerveira Saudável’. Inscrição tem um valor de 2,50 euros no site da Câmara Municipal/Destaques.

cartaz cerveira saudável junho

O Município de Vila Nova de Cerveira, em parceria com associações do concelho, está a promover, durante os fins-de-semana, um programa de exercício físico diversificado, monitorizado e gratuito (apenas uma atividade tem um custo simbólico).

Para este mês de junho, a primeira atividade é o “Trilho Interativo da Ribeira de Covas”, promovido pelos Celtas do Minho, com direito a uma degustação. É já este domingo, 4 de junho, com ponto de encontro na Igreja Paroquial de Covas, às 09h00. Apenas esta atividade tem um cisto de 2,50 euros.

No dia 11, pelas 09h00, está agendado o “Trilho de Sopo”, promovido pelo Cerveira Team Running. A 18 de junho, pelas 09h00, é dinamizada a atividade “Pé de Dança”, no Parque de Lazer do Castelinho. E, no dia 25, pelas 09h00, decorrerá o “Passeio de Bicicleta – Trilho da Amizade”, com ponto de encontro no Parque de Lazer do Castelinho. Todas estas ações são de participação gratuita.

Por uma questão de logística, solicita-se ainscriçãodos interessados através do site da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, na secção de destaques “Cerveira Saudável”, ou através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSehVSUMHtruVAeBMhlpb89iQGmBo3EHvf2EoHbkZ2fbDaTPpw/viewform

CERVEIRA REQUALIFICA EDIFÍCIO ESCOLAR

Apresentado Estudo Prévio da requalificação global do edifício da EB2,3/S à comunidade educativa

O Município de Vila Nova de Cerveira promoveu, na passada quinta-feira, 25 de maio, uma apresentação pública do estudo prévio da requalificação global do edifício da Escola Básica e Secundária do concelho junto da comunidade educativa. Presidida pelo autarca Fernando Nogueira,e com a presença do arquiteto autor do projeto, António Calvão, esta ação visou auscultar contributos de quem usufruidiariamente do estabelecimento de ensino, antes de se avançar com aformalização do projetoàs entidades competentes, conforme acordado entre o edil e a Secretária de Estado-Adjunta da Educação.

Projeto Escola 01

A apresentação deste documento técnico decorreu em duas sessões muito participadas, uma para os alunos e outra para professores e pessoal não docente. O edil cerveirense começou por fazer o ponto de situação do processo, demonstrando “total abertura por parte da autarquia para receber sugestões complementares ou mesmo de alteração da parte de quem mais utiliza o espaço em causa, e que são os alunos, professores e auxiliares”.Fernando Nogueira reiterou a necessidade premente e real de obras de requalificação e modernização da Escola Básica e Secundária, consubstanciadas numa proposta que garanta “a efetiva beneficiação do edifício permitindo a total utilização do espaço escolar em condições de segurança e conforto”.

O Estudo Prévio apresentado propõe a requalificação e a ampliação do conjunto de edifícios existentes que formam a Escola Básica e Secundária, como objetivo de conferir melhores condições gerais de funcionamento, conforto, articulação e acessibilidade, bem como a melhoria das condições energéticas e estéticas, respeitando a construção existente e a sua memória, tirando partido da topografia do terreno.

Pretende-se que o novo Centro de Recursos, composto por biblioteca/auditório com capacidade para 119 lugares sentados, a implantar no talude entre o campo de jogos e o edifício existente, seja assumido como o “coração” da escola, um espaço visualmente acessível à comunidade escolar a partir da nova entrada. Está igualmente prevista a existência de corredores de circulação que permitam a ligação coberta ao núcleo de espaços sociais. De uma forma geral, a intervenção visa uma escola com espaços seguros, acessíveis e inclusivos, permitindo a utilização alargada a pessoas com mobilidade condicionada e necessidades educativas especiais, através de soluções duradouras em termos físicos, ambientais e funcionais, e garantindo baixos custos de gestão e de manutenção.

Com cerca de 23 anos de existência, a Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveiranunca recebeu qualquer intervenção. Implantada num lote de 16700 m2, aquele estabelecimento de ensinoé formado por um edifício com dois pisos e três alas, dispõe ainda de um pequeno pavilhão gimnodesportivo, com balneários e de um campo de jogos exterior.Atualmente, é frequentado por cerca de 400 alunos.

AQUAMUSEU PARTICIPA NA SESSÃO DA COMISSÃO PERMANENTE INTERNACIONAL DO RIO MINHO

Aquamuseu na XXXVII Sessão da Comissão Permanente Internacional do Rio Minho

A Comissão Permanente Internacional do Rio Minho reuniu, no passado dia 25 de maio, em Monção, para assinalar aXXXVII Sessão Plenária da Comissão. Aquamuseu foi um dos convidados presentes.

aquamuseu

Durante a XXXVII Sessão Plenária da CPIRM, o Aquamuseu do Rio Minho analisou e debateu propostas para melhorar as condições biopesqueirasdo Rio Minho, assim como pararetificar as decisões acordadas nas Comissões Mistas de Caça e Pesca.

Entre os objetivos aprovados, destacam-se a fixação dos períodos estabelecidos para a pesca profissional e desportiva durante a época de 2017/2018, a prolongação da pesca da enguia e do salmão, as medidas encaminhadas para estimular a especialização no ramo da atividade pesqueira e as modificações de modo a facilitar as formalidades burocráticas da comunidade de pescadores.

Estiveram presentes representantes de várias entidades portuguesas, nomeadamente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Direção-Geral de Recursos Naturais, da Segurança e Serviços Marítimos, e do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Neste evento, estiveram presentes, também, entidades espanholas, tais como, a Subdelegação do Governo de Pontevedra, a Capitania Marítima de Vigo e o Serviço de Conservação da Natureza da Junta de Galícia.

A Comissão Permanente Internacional do Rio Minho (CPIRM) é constituída por representantes de diversos setores de Administração de Portugal e Espanha que se reúnem, pelo menos, uma vez por ano.

CERVEIRA TEM A "MELHOR FÁBRICA DO ANO"

Gestamp Cerveira distinguida internacionalmente pelo Grupo PSA

A Gestamp Cerveira integra o restrito lote de 11 unidades industriais premiadas com o troféu “Melhor Fábrica do Ano”, uma recompensa às instalações dos fornecedores do Grupo PSA pelo seu desempenho. Autarquia congratula-se com o reconhecimento nacional e internacional atribuído ao percurso de sucesso do tecido empresarial do concelho.

De um total de 11 fábricas distinguidas com este prémio, apenas duas são portuguesas, a Gestamp Cerveira e a Sacia de Águeda, sendo as restantes oriundas de Espanha, França, Eslováquia, Roménia e Tunísia.Enquadrados no plano estratégico de crescimento sustentável "Push to Pass", estes troféus atribuídos pelo Grupo PSA reafirmam a importância da relação com os fornecedores.

Reconhecendo a importância do setor empresarial como motor estratégico e estruturante para o desenvolvimento do concelho, o Município de Vila Nova de Cerveira reconhece e valoriza o papel e ação da empresa Gestamp Cerveira, pelo contributo na geração de riqueza e criação de postos de trabalho, potenciando a economia local.

Há 20 anos instalada em Vila Nova de Cerveira, a Gestamp Cerveira tem registado um sucessivo aumento de produtividade e que resulta, atualmente, num total de 420 postos de trabalho. A dedicação e desempenho da empresa como um todo tem sido reconhecida com a conquista de prémios internacionais, que confirmam a qualidade dos produtos fabricados.

Integrada na CorporacionGestamp, multinacional da União Europeia, esta empresa dedica-se ao desenho, desenvolvimento e fabrico de componentes e conjuntos metálicos para o setor automóvel, com forte presença mundial.

XIII DANCERVEIRA COM PRESENÇAS DE PORTUGAL, ESPANHA, BRASIL E CUBA

A um mês de subir ao palco da ‘Vila das Artes’, o XIII DANCERVEIRA vê reforçado o conceito de internacionalização e promete um intercâmbio artístico-cultural ainda mais alargado. Já estão confirmadas as presenças de escolas e de professores oriundos de Portugal, Espanha, Brasil e Cuba. ‘Dance Party’ é a novidade na programação deste ano.

DANCERVEIRA 2017

Agendado para de 29 de junho a 02 de julho, o DANCERVEIRA é um Festival Internacional de Dança não competitivo e que promove a interação entrepúblico, escolas, grupos e companhias de dança através de apresentações ao ar livre para celebrar a dança como arte.

Organizado pela ADEIXA – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, este evento reúne, anualmente,mais de 1000 bailarinos, na sua maioria provenientes da Península Ibérica, mas também de outros cantos do mundo.

Este ano, já estão confirmadas as presenças de duas escolas brasileiras– Companhia de Arte Jefferson Brandão da cidade de Taquari, no sul do Brasil, e a Devant Espaço de Dança, de Niterói no Rio de Janeiro. Não obstante, também são vários e reconhecidos os professores de dança que se juntam ao DANCERVEIRA para partilhar conhecimentos e experiências, nomeadamente de Portugal, Espanha, Brasil e, este ano, de Cuba.

Ao longo dos quatro dias, o DANCERVEIRAdinamizaatividades formativas e lúdicas voltadas para o aperfeiçoamento dos bailarinos e para momentos deconvívio.Durante as manhãse inícios de tarde decorrem diversos workshops com professores convidados e, à tarde/noite, realizam-se aulas de dança e espetáculos ao ar livre como o ‘Dançando na Água’, no Parque do Castelinho, e os espetáculos de dança, no Auditório Municipal. Esta XIII edição conta ainda com uma novidade que procura potenciar uma maior interação entre público e bailarinos, com o ‘Dance Party’ a decorrer no sábado 01 de julho, no Auditório Municipal, com a presença do DjIzan.

Está tudo a postos para, no último fim-de-semana de junho, Cerveira transformar-se na Vila da Dança. As inscrições para o XIII DANCERVEIRA terminam a 11 de junho.

SOLIDARIEDADE MOBILIZA CERVEIRENSES

Campanha ‘Saco’ regressa este fim-de-semana às superfícies comerciais

“Fazer deste dia, um dia especial está em cada um de nós". Este é o mote da nova campanha de recolha de alimentos dos Bancos Alimentares que se realiza, este fim-de-semana, nos supermercados espalhados por todo o país, envolvendo mais de 40 mil voluntários. Vila Nova de Cerveira associa-se, uma vez mais, com um grande envolvimento e solidariedade dos cerveirenses.

O último fim-de-semana de maio é dedicado à partilha com quem mais precisa, como assim é reforçado no vídeo promocional desta nova campanha: “Há quem precise da sua ajuda para ter alimento à mesa. É preciso mais para que falte ainda menos”.

Neste sentido, o Banco de Voluntariado de Vila Nova Cerveira volta a associar-se ao Banco Alimentar Contra a Fome na campanha de recolha de alimentos (campanha saco) que se realiza nos próximos dias 27 e 28 de maio (sábado e domingo), nas duas superfícies comerciais sediadas no concelho (Pingo Doce e Minipreço).

Todo o tipo de alimentos são bem-vindos, mas a prioridade são os produtos básicos como leite, massas, arroz, azeite, cereais e enlatados como feijão, atum, salsichas, entre outros, que permitam uma distribuição mais alargada no tempo.

Para além da campanha de recolha de alimentos com voluntários, decorre entre 27 de maio e 4 de junho também a campanha Ajuda Vale em supermercados e nos postos da GALP e BP. No mesmo período, decorre ainda a campanha online, no site www.alimentestaideia.pt, que permite a qualquer pessoa apoiar esta causa a partir de casa ou mesmo estando fora do país.

“Não são todos os dias que fazemos a diferença… dias 27 e 28 de maio podemos dizer que são dias especiais! Partilhar Sabe Bem!”

ARTE E NATUREZA DIALOGAM EM CERVEIRA

‘Vila das Artes’ integra‘Percurso Lusitano’ de Robert Schad

É sob o conceito de perfeito diálogo arte/natureza e, em particular, com o rio Minho, que o reconhecido escultor alemão Robert Schadescolheu três espaços simbólicos de Vila Nova de Cerveira para expor três esculturas da sua autoria. A iniciativa integra a exposição nacional ‘Percurso Lusitano’ apresentada em 15 concelhos do Norte a Sul do país, e que vai estar patente na ‘Vila das Artes’ até abril de 2018.

20170522_115702

Robert Schad regressa ao país, onde no início da década de 1980, iniciou a sua carreira artística, para apresentar uma vasta exposição de esculturas.‘Percurso Lusitano’ revela-se como um momento único, tanto no número de esculturas expostas, como também na própria distribuição espacial, já que estão espalhadas em zonas de cariz histórico e ambiental de Portugal. As linhas que determinam as suas esculturas constituem um fio condutor que atravessa o país, permitindo novos pontos de vista sobre os locais em que as esculturas se encontram.

Aproveitando a especificidade de cada concelho, em Vila Nova de Cerveira, o escultor expõe, a partir de hoje, três esculturas em ferro em três locais distintos, mas com a natureza e o rio Minho como o elemento consensual. Assim, no Parque de Lazer do Castelinho foi colocada a escultura “HAN”,no Parque de Merendas de Montorrosé possível apreciar a escultura “Enfime” e no Monte do Espirito Santo a escultura intitulada “Volok”.

Segundo Robert Schad, “o ferro vem da natureza e o objetivo desta exposição é reintegrar este material no seu local de origem, através de formas que se prendem com a natureza, transmitindo a energia interior existente nas árvores e plantas”. Trabalhadas em ferro maciço e partilhando o mesmo diâmetro, as esculturas de Robert Schad caraterizam-se por uma contradição muito interessante, isto é, uma leveza visual que não pressupõe o peso físico de 1,5 tonelada. “É o sonho da leveza, em que sobressai o jogo da construção e do crescimento da escultura conjugado com a natureza”, explica o escultor alemão.

A exposição ‘Percurso Lusitano’ em Vila Nova de Cerveira decorre entre esta quarta-feira, prolongando-se até abril de 2018. A inauguração formalestá agendada para o dia 25 de agosto, pelas 18h00, no Fórum Cultural de Cerveira, integrando o programa da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

Com uma carreira artística amplamente reconhecida, Robert Schad tem vários prémios nacionais e internacionais, entre os quais, em 1982, o Prémio de Desenho da IIIBienal de Arte Contemporânea de Vila Nova de Cerveira.No ano de 2007, Robert Schad realizou no novo complexo da Santíssima Trindade, do Santuário de Fátima, a Cruz Alta, peça com 34 metros, e que ocupa um lugar central na obra de Robert Schad,

Robert Schad reside e trabalha em Larians (França) e em Chamosinhos (Portugal), onde desde 1988 tem a sua segunda residência.

20170522_161142

20170523_182831

ESTUDANTES CERVEIRENSES COMBATEM POLUIÇÃO DO RIO MINHO

Estudantes do 8º ano avaliaram qualidade da água e do lixo das margens

É mais um projeto escolar que contou com uma colaboração muito próxima do Aquamuseu do rio Minho. No passado dia 18 de maio, os alunos do 8ºano do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira procederam a uma avaliação da qualidade da água, complementada com uma recolha de lixo das margens do rio Minho.

20170518_162311

Esta ação integra o trabalho que estão a desenvolver no âmbito do Projeto Rios, no qual o Ribeiro de São Gonçalo é o principal objeto de estudo. Desta forma, e em estreita colaboração com os técnicos do Aquamuseu, foi efetuada uma qualidade da água em diferentes pontos do ribeiro analisando os macroinvertebrados, bem como se procedeu a um registo do perfil das margens, nomeadamente tipo de vegetação, caudal, construções e problemas que possam ter relevância para o estado do ribeiro.

Aproveitando esse estudo foi ainda dinamizada uma recolha de lixo encontrado nas margens do ribeiro junto das zonas em estudo. Desta intervenção, foi retirado um total de 24 kgs de lixo entre plásticos, metal e um pneu.

Com este estudo, e consequentes resultados, consegue-se demonstrar que ainda existem comportamentos que podem ser melhorados por parte das pessoas, de forma a não destruir/contaminar o meio ambiente.

CERVEIRA ACOLHE ENCONTRO EMPRESARIAL DO VALE DO MINHO

Autarcas, empresários, formadores, técnicos, entidades e associações reúnem, esta sexta-feira, no Centro de Apoio às Empresas de Vila Nova de Cerveira, numa jornada de trabalho que visa analisar o desenvolvimento empresarial do Vale do Minho, aprofundar parcerias estratégicas futuras e definir um plano de ações concertado para o território.

Este Encontro Empresarial do Vale do Minho apresenta-se como um espaço de debate entre os diversos intervenientes com responsabilidades diretas na dinamização empresarial. O objetivo é auscultar a visão política, institucional e associativa sobre oestado atual do setor, procurando projetar e alavancar o futuro da região do Vale do Minho.

“Além de dispormos das condições ideais para receber uma iniciativa desta natureza, o Município de Vila Nova de Cerveira tem dado uma especial atenção ao setor empresarial, motor do recente desenvolvimento concelhio, procurando consolidar a posição de Cerveira nas principais rotas de projetos e redes internacionais, sem descurar a hipótese de colaboração com os concelhos vizinhos”, explica o autarca cerveirense, Fernando Nogueira. E assegura: “Estão a ser dados passos muito incisivos em prol de uma atuação mais integrada, eficiente e eficaz, numa lógica de proximidade com os empreendedores e empresários, para a qual a aliança estratégica protocolada em fevereiro já está a dar resultados”.

Do programa consta a sessão de abertura a cargo dos presidentes das Câmaras municipais de Vila Nova de Cerveira, Arcos deValdevez, Paredes de Coura, Valença e de Monção. Segue-se um conjunto de painéis mais técnico e associativo, nomeadamente “Caraterização da região, em ternos de indústria metalúrgica e metalomecânica, condições para o investimento” pela CIM Alto Minho; “Apoio ao Empreendedorismo e ao desenvolvimento empresarial no Alto Minho“ pela ACIBTM/In.Cubo, “A importância do associativismo no desenvolvimento económico e o apoio associativo ao tecido empresarial” pela AIMMAP, “Oferta formativa para a região, visando cobrir as necessidades das empresas” pelo CENFIM e “Apoio Tecnológico disponível” pelo CATIM. A sessão de trabalhos é encerrada com um espaço de debate e o estabelecimento de um plano de ações.

Numa organização do Município de Vila Nova de Cerveira, em parceria com a CIM Alto Minho, a In.Cubo, o CENFIM, a AIMMAP e o CATIM, o Encontro Empresarial do Vale do Minho decorre esta sexta-feira, 26 de maio, entre as 09h00 e as 13h00, no Centro de apoio às Empresas de Vila Nova de Cerveira.

CERVEIRA REALIZA EXPO CASA, JARDINS E LAZER

II Expo Casa, Jardins e Lazer apresenta últimas tendências num ambiente animado

O Pavilhão Multiusos de Cerveira volta a ser palco de um evento que conjuga a vertente empresarial ao cariz familiar. Depois do sucesso do ano passado, a AncorEventos com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, reforça a aposta na II Expo Casa, Jardins e Lazer para este fim-de-semana. Com entrada e estacionamento livre, a Exposição Internacional de Orquídeas e o Mercadito Encantado são dois atrativos que convidam a uma visita conciliada de pais e filhos.

0001 (88)cervvv

Cerca de 50 expositores afetos à construção/renovação de casas, decoração de interiores e jardins vão apresentar, ao longo de três dias, as últimas tendências, através de um ambiente interativo e de contato direto com os fabricantes e representantes de empresas fornecedoras de produtos, além de receber orientações de consultores em diversas áreas para montar ambientes com beleza, conforto e modernidade.

Para quem pensa em comprar ou remodelar a sua casa, ao longo de uma área de 1.350m2, este evento expõe uma ampla oferta de materiais de construção e acabamentos, complementada com um conjunto diversificado de serviços e produtos na área de jardins.

Este ano, a entidade organizadora - AncorEventos- conferiu uma maior aposta na vertente lúdica, de forma a criar um ambiente ainda mais familiar, com o alargamento da Exposição Internacional de Orquídeas que atrai centenas de visitantes e a diversidade das atividades propostas pelo Mercadito Encantado, nomeadamente workshops para grávidas e pais com filhos pequenos, e animação desde a chegada do Panda, insufláveis gratuitos, música e dança.

A II Expo Casa, Jardins e Lazer arranca esta sexta-feira, 26 de maio, entre as 18h00 e as 23h00, no sábado das 10h00 às 23h00 e no domingo das 10h00 às 18h00.A entrada e estacionamento é gratuito.

MINHOTOS PARTICIPAM NA FESTA DAS CASAS REGIONAIS

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa que se realiza na Alameda D. Afonso Henriques está prestes a terminar, encontrando-se neste momento prestes a subir ao palco o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez. O Minho fez-se representar através da actuação de grupos folclóricos e ainda de stands das casas regionais de Arcos de Valdevez, Valença e Vila Nova de Cerveira.

DSCF3192

A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa, única entidade do género que congrega dezenas de associações de carácter regionalista sem distinção da área geográfica de abrangência: concelhia, comarcã e provincial.

DSCF3197

DSCF3193

DSCF3182

DSCF3183

DSCF3198

DSCF3199

DSCF3200

DSCF3201

A GALIZA AQUI TÃO PERTO!

Aprovada candidatura de meio milhão de euros para potenciar cooperação transfronteiriça Cerveira-Tomiño

A“Agenda Estratégica de Cooperação Transfronteiriça Amizade Cerveira-Tomiño- Coop _ ACT” integra a lista dos 132 projetos aprovados na primeira convocatória Interreg V–A.Candidatura recebe meio milhão de euros para reforçaruma visão compartilhada dos dois concelhos, através de estratégias de desenvolvimento e projetos que materializem a sua integração num único espaço físico e social.

Cerveira - Tomiño pretendem ser símbolo de cooperação europeia.JPG

O Comité de Gestão do Programa de Cooperação Transfronteiriça Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020 divulgou recentemente a lista de projetos aprovados para, em breve, se proceder à assinaturados acordos entre a Autoridade de Gestão e os Beneficiários Principais.

Com um investimento aprovado de cerca de 500 mil euros, financiado a 75% pelo Feder, o principal desafio deste projeto é caminhar para uma efetiva ‘desfronteirização’. Por um lado, pretende-se aprofundar e consolidar as relações institucionais através de uma programação e gestão conjunta e compartilhada dos distintos serviços públicos, de forma a eliminar riscos de duplicação de equipamentos e, por outro lado, promover o conceito de ‘eurocidadania’, ou seja, estimular a participação cívica ativa na formulação de propostas e escolhas exercida de forma democrática e inovadora ao nível transfronteiriço, implicando os cidadãos de Cerveira e Tomiño na formulação de soluções para necessidades comuns.

O projeto desenvolve-se em quatro atividades e cuja implementação das ações específicas alarga-se até 31 de dezembro de 2019. A atividade I visa a dinamização da Agenda Estratégica Cerveira-Tomiño com o intuito de manter o processo vivo e promover a participação pública, com destaque para a criação da figura de provedor da cidadania transfronteiriça e a implementação do projeto piloto de orçamento participativo transfronteiriço, cuja edição 2017 já está em fase de execução com três projetos vencedores; a atividade II incide sobre um programa de gestão partilhada de serviços locais, com destaque para o “Gotas de Água por Notas de Música”, isto é, uma experiência-piloto de oferta de dois serviços, a Piscina Municipal de Vila Nova de Cerveira e a Escola de Música de Tomiño, mas podendo ainda ser alargada a outros serviços públicos locais; a atividade III versa sobre a dinamização da economia local transfronteiriça potenciando iniciativas empresariais no setor do turismo e das plantas ornamentais; e, por último, a atividade IV que sustenta a capacitação e participação em redes de cooperação, ou seja, o intercâmbio de experiências e boas práticas com outras dinâmicas transfronteiriças e a realização das Jornadas Amizade Cerveira Tomiño.

De recordar que Vila Nova de Cerveira e Tomiño formalizaram a sua cooperação, em junho de 2014, com a subscrição da Carta da Amizade, de forma a consolidar um crescimento sustentável, inovador e inclusivo baseado na cooperação transfronteiriça.

CERVEIRA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS

‘Museus Fora de Portas’ reflete sobre papel do património como fator de atratividade

Entre esta quinta-feira e domingo, os museus de Vila Nova de Cerveira vão ao encontro da comunidade. Trata-se da 4ª edição da iniciativa ‘Museus Fora de Portas’ que, este ano, através de um conjunto diversificado de atividades, propõe uma reflexão sobre ‘Partir ou Ficar’. Objetivo é debater o papel do património como fator de atratividade e fixação de população.

CARTAZ MUSEUS FORA DE PORTAS.JPG

O tema desenvolvido por Vila Nova de Cerveira nasce do desafio proposto pelo ICOM para a Comemoração do Dia Internacional dos Museus: “Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus”. Desta forma, o Aquamuseu do Rio Minho, o Museu da Bienal de Cerveira e o Convento de S. Paio, em conjunto com o Município de Vila Nova de Cerveira, optaram por abordar o fenómeno da desertificação do território.

Porque o envelhecimento da população e, consequentemente, a desertificação, apresenta-se como um problema transversal aos dez concelhos do Alto Minho, esta 4ª edição dos ‘Museus Fora de Portas’ lança o repto, a residentes e visitantes,para partilhar a sua opinião relativamente ao papel que o património - do cultural ao natural - pode ter como fator de atratividade e fixação de população.

Neste sentido, entre esta sexta-feira e domingo, o Terreiro acolhe uma exposição de registo fotográfico e de experiências intitulada ‘Partir ou Ficar: Rostos e Testemunhos’. Cerca de 30 relatos de cerveirenses e turistas vão estar explanados num mural, existindo um espaço em branco para recolher novos contributos.

Ainda durante o dia de sábado, quatro artistas convidados vão desenvolver uma intervenção artísticaao ar livre, subordinada ao tema ‘Partir ou Ficar’. Estão confirmadas as presenças de Henrique do Vale, Maria Melo, Ricardo de Campos e Alfonso Vicente Rey. Para encerrar esta programação, a Biblioteca Municipal é palco de uma tertúlia centrada no tema principal desta ediçãoonde,através de testemunhos de pessoas que se fixaram em Cerveira e outras que, por vicissitudes da vida tiveram departir, contam as suas experiências e preveem os desafios e perspetivas. A entrada é livre.

O programa das atividades dos ‘Museus Fora de Portas’ proporciona ainda visitas guiadas gratuitas aos três museus envolvidos na iniciativa, ao longo desta quinta-feira, 18 de maio, Dia Internacional dos Museus.

CERVEIRA COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA

Dia Internacional da Família celebrado com piquenique e atividades partilhadas

No próximo sábado, dia 20 de maio, o Parque de Lazer do Castelinho torna-se o cenário ideal para pais e filhos, avós e netos, tios e sobrinhos participarem em diversas atividades lúdicas e partilhar um piquenique com outras famílias. A comemoração do Dia Internacional da Família em Vila Nova de Cerveira é gratuita, mas sujeita a inscrição até à próxima quinta-feira.

cartaz dia da Familia (1).jpg

Promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal, esta iniciativa tem como objetivo valorizar a família e fomentar e/ou reforçar sentimentos de (re)aproximação entre familiares, através de um dia diferente marcado pela partilha.

O programa comemorativo arranca às 10h00 do sábado, 20 de maio, com abertura do espaço, formação de equipas familiares e personalização de t-shirts e pinturas faciais. O período da manhã é ainda preenchido com a realização de um peddy-paper e a demonstração de uma aula de zumba que entre todas as famílias presentes. As famílias devem trazer o seu farnel a juntar às senhas oferecidas pela organização, em que cada uma dá direito a uma sandes, uma peça de fruta, uma sobremesa e uma bebida.

Durante a tarde, prosseguirá a boa-disposição e animação musical, complementada com a realização de jogos tradicionais como bilha, corda, petanca e corridas.

Todas as atividades são gratuitas e abertas a toda a população, mas sujeitas a inscrição até à próxima quinta-feira, 18 de maio, na Loja Interativa de Turismo, na CPCJ e nos Serviços Municipais de Intervenção Social.

Recorde-se que a celebração do Dia Internacional da Família, que acontece desde 1994, pretende sensibilizar a população para a importância da família na base da educação infantil, reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família, e chamar a atenção para a importância da família como núcleo vital da sociedade.

DANÇA COM DANIEL CARDOSO NAS “IMPROBABILIDADES CRIATIVAS”

A dança vai chegar às “Improbabilidades Criativas”. Depois da música, da fotografia, da ilustração, da pintura e do cinema, esta iniciativa cultural do Gabinete das Indústrias Criativas da Câmara Municipal de Famalicão aposta agora na dança com o bailarino e coreógrafo Daniel Cardoso.

Daniel Cardoso.jpg

A sessão está agendada para 27 de maio, sábado, entre as 10h00 e as 17h00, e tem a Casa do Território, no Parque da Devesa, como palco.

Inscrições para industriascriativas@vilanovadefamalicão.org.

CERVEIRA APOSTA NO DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL

Reunião de trabalho entre autarquia e União de Exportadores da CPLP

O presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, reuniu, esta segunda-feira, com responsáveis pela União de Exportadores Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) para abordar eventuais protocolos de colaboração nas áreas do desenvolvimento de promoção empresarial, agroalimentar, formação e turismo.

IMG_3767.JPG

Na reunião de trabalho com o presidente da União de Exportadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (UE-CPLP), Dr. Mário Costa, e o responsável pelo Núcleo do Minho da UE-CPLP, Dr. Orlando Carvalho, esteve ainda presente o Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, e responsáveis pela Incubo.

O objetivo deste encontro foi dar a conhecer a dinâmica do concelho de Vila Nova de Cerveira nas mais diversas áreas de intervenção, de modo a encontrar interesses comuns com a UE-CPLP, com vista a eventuais investimentos quer em Portugal quer nos nove países que integram a CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste). Desenvolvimento empresarial, agroalimentar, formação e turismo são pontos comuns para a celebração de eventuais protocolos de colaboração.

Satisfeito com este primeiro contacto e com a expetativa de definição de ações futuras, o autarca cerveirense sublinha que o intercâmbio com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa tem de ser uma realidade, pelas inúmeras vantagens associadas. “O primeiro passo está dado com a integração da VIII Bienal de Jovens Criadores da CPLP na XIX da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, pelo que agora temos de alargar a partilha de conhecimentos e de experiências a outras áreas”, assegura Fernando Nogueira.

 

 

VILA NOVA DE CERVEIRA: CENTRO PAROQUIAL DE REBOREDA MELHORA SERVIÇO DE APOIO AOS UTENTES

Centro Paroquial de Reboreda com cozinha renovada para melhor servir os utentes

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira concedeu um apoio financeiro de 10 mil euros ao Centro Paroquial de Reboreda para a aquisição de novo equipamento para dotar a cozinha de maior funcionalidade e, por consequência, melhorar o serviço prestado aos utentes daquela instituição.

IMG_20170412_134951.jpg

A substituição do fogão e do forno foi apresentada pela direção da IPSS como uma das prioridades, justificada pelo estado obsoleto dos equipamentos, não tendo sido substituídos “há largos anos”, com consumos de energia exagerados e nada funcionais. Após análise, a autarquia cerveirense avançou com a aprovação deste apoio financeiro no valor de 10 mil euros.

Para a Vereadora da Ação Social, Aurora Viães, “é importante auscultar as necessidades das IPSS’s e, dentro das possibilidades, conceder apoios. Estas instituiçõessão o garante da atuação em termos da resolução de problemas sociais de vária ordem, na primeira linha”.

O Centro Paroquial de Reboreda serve os cerveirenses há 22 anos,através das valências de serviço ao domicílio, centro de dia e lar de idosos, perfazendo cerca de 100 utentes com a colaboração atual de 37 funcionários.

CERVEIRA TEM AMBIENTE SAUDÁVEL

‘Cerveira Saudável’ 2017 com calendário diferenciado e inscrições abertas

Durante os próximos meses, os fins-de-semana em Vila Nova de Cerveira prometem ser dinâmicos e saudáveis, através da promoção de sessões gratuitas e monitorizadas de exercício físico para todas as idades. A essência do ‘Cerveira Saudável’ mantém-se, apenas se altera a forma de participação que está sujeita a inscrição on-line.

Cartaz cerveira saudavel maio curto.jpg

Já está a decorrer mais uma edição do projeto ‘Cerveira Saudável’, proporcionando um conjunto de atividades diferenciadas que aliam desporto, bem-estar, convívio e natureza. Caminhadas, trilhos, passeios de bicicleta, dança e remo são as sugestões para os fins-de-semana.

As atividades são, na sua maioria, gratuitas e realizam-se aos sábados e/ou domingos, pelas 09h00, em vários espaços públicos do concelho. Este ano, é solicitado que cada participante faça a inscrição através do site da Câmara Municipal na secção Destaques/Cerveira Saudável.

De sublinhar que, uma vez por mês, há uma atividade com um custo de 2,5 euros associado, por proporcionar uma caminhada complementada com uma degustação.

Para o presente mês de maio ainda estão abertas inscrições para o “Trilho de Cerveira” de 15 kms agendado para o próximo domingo, dia 14, promovido pelo Cerveira Team Running e, no dia 28, poderá ter a oportunidade de dar um “Pé de Dança” no Terreiro.

Esteja atento à programação mensal e inscreva-se para garantir a sua presença.

CERVEIRA REALIZA DUATLO

1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira agendado para 21 de maio

É mais um evento desportivo a “plantar a semente” em Vila Nova de Cerveira! Dia 21 de maio, o centro histórico cerveirense é palco do 1º Duatlocom classificação para o Circuito Regional de Duatlo na variante Sprint de Duatlo de Estrada, onde serão definidos os Campeões Regionais por Grupos de Idade. Inscrições estão a decorrer até dia 15 de maio.

IMG_3737.JPG

Organizado pela Pedal’arte - Associação de Cicloturismo de Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal e da Federação Portuguesa de Triatlo, o 1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira conta com três provas, nomeadamente os escalões de Benjamins e Infantis, os escalões Iniciados e Juvenis,e a prova anfitriã na distância Sprint de Duatlo de Estrada.

“Conjugando as condições naturais únicas de Vila Nova de Cerveira, à crescente expansão da modalidade no nosso país e à mensagem de incentivo e de divulgação da modalidade que se pretende transmitir, acredito que estamos a plantar a semente da modalidade no concelho”, disse Paulo Bouça, da Pedal’arte durante a conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu esta manhã, na Câmara Municipal.

Agendado para dia 21 de maio, o 1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira vai percorrer várias artérias do centro histórico, entre as 09h00 e as 14h00, prevendo-se a participação de 150 atletas do Norte de Portugal e da Galiza.

Com as inscrições a decorrer até dia 15 de maio, no site www.triatlonorte.pt , em disputavam estar três provas: os escalões de Benjamins e Infantis com distâncias de 800m de corrida, 1000m de Ciclismo e 250m de corrida; os escalões Iniciados e Juvenis com distâncias de 1000m de corrida, de 1400m de Ciclismo e 600m de corrida; e a prova anfitriã na distância Sprint de Duatlo de Estrada para os atletas federados, amadores e equipas estafetas, com distâncias de 5Km de corrida num percurso de 2 voltas, de 17Km de Ciclismo em 4 voltas e 2,5Km de corrida no final.

Cerveira tem afirmado o enorme potencial desportivo, cativando o interesse de entidades oficiais das mais diversas modalidades para provas de competição. Depois da consolidação de eventos como o Slalom, Remo, Trail e Triatlo, surge o Duatlo em Vila Nova de Cerveira.

Cartaz Duatlo.jpg

CERVEIRA COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA

Dia Internacional da Família celebrado com piquenique e atividades partilhadas

Dia 20 de maio, o Parque de Lazer do Castelinho torna-se o cenárioideal para pais e filhos, avós e netos, tios e sobrinhosparticiparem em diversas atividades lúdicas e partilhar um piquenique com outras famílias.A comemoração do Dia Internacional da Família em Vila Nova de Cerveira é gratuita, mas sujeita a inscrição até dia 11 de maio.

cartaz dia da Familia.jpg

Promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal, esta iniciativa tem como objetivo valorizara família e fomentar e/ou reforçar sentimentos de (re)aproximação entre familiares, através de um dia diferente marcado pela partilha.

O programa comemorativo arranca às 10h00 do sábado, 20 de maio, com abertura do espaço, formação de equipas familiares e personalização de t-shirts e pinturas faciais. O período da manhã é ainda preenchido com a realização de umpeddy-paper e a demonstração de uma aula de zumbaque entre todas as famílias presentes.Asfamíliasdevem trazer o seu farnel a juntar às senhas oferecidas pela organização, em que cada uma dá direito a uma sandes de porco no espeto, uma peça de fruta, uma sobremesa e uma bebida.

Durante a tarde,prosseguirá a boa-disposição e animação musical, complementada coma realização de jogos tradicionais como bilha, corda, petancae corridas.

Todas as atividades são gratuitas e abertas a toda a população, mas sujeitas a inscrição até 11 de maio, na Loja Interativa de Turismo, na CPCJ e nos Serviços Municipais de Intervenção Social.

Recorde-se que a celebração do Dia Internacional da Família, que acontece desde 1994, pretende sensibilizar a população para a importância da família na base da educação infantil, reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família, e chamar a atenção para a importância da família como núcleo vital da sociedade.

CERVEIRENSES CONQUISTAM "MONTANHA MÁGICA"

Contagem decrescente para a conquista da ‘Montanha Mágica’

Este sábado, cerca de 700 runners vão ‘invadir’ Vila Nova de Cerveira para alinhar na aventura da III Taça Ibérica de Trail. Está tudo a postos para mais um grande evento desportivo de competição aliado ao turismo de natureza da ‘Montanha Mágica’.

Trail 2017.jpg

Com organização da Viana Cycles, Viana Trail, Xlife Events e Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, a III Taça Ibérica de Trail conta com três provas: o Ultra Trail de 53 kms, o Trail de 22 kms, e o Mini-Trail/Caminhada de 10kms, sendo que as duas primeiras são pontuáveis para o Campeonato Nacional e Taça de Portugal de Trail Lacatoni Portugal organizada pela Associação de Trail Running de Portugal.

Nesta terceira edição, a conquista da ‘Montanha Mágica’ fica marcada pela consolidação dos conceitos de qualidade, exigência e participação. Há muitas novidades, entre elas: mais pontos de apoio; a presença do Grupo Operacional de Buscas e Salvamento (GOB’s); a confirmação das melhores equipas e atletas a nível nacional, entre eles o Carlos Sá, exponente máximo do trail nacional; entre outras.

O secretariado decorre junto da Câmara Municipal (Antigo Quartel dos Bombeiros), e os horários das partidas são os seguintes: Ultra Trail às 08h00, o Trail às 09h30 e o Mini Trail/Caminhada sai às 10h30.

Cerca de 700 atletas atrevem-se a partir à conquista da ‘Montanha Magica’ de Vila Nova de Cerveira, e centenas de pessoas marcarão presença para apoiar!

PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME CHEGA ESTE FIM-DE-SEMANA

Vila Nova de Cerveira celebra a Primavera com um evento que convida todas as faixas etárias para um conjunto de experiências sensoriais. O PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME sugere gastronomia, arte floral e artesanal e animação musical e dança.

PROVA CARTAZ PRIMAVERA (1).jpg

Cerca de 30 mercadores de áreas como doçaria, arte floral, decoração e artesanato vão expor e vender, durante dois dias, no centro histórico, os seus produtos, num ambiente de cor e alegria. 

O programa do PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME é complementado com momentos de dança protagonizados pela ADEIXA e Citius Fit (sábado, 10h30 e 12h00, respetivamente), e concertos com atuação da Banda de Música de Fornos (sábado às 15h00), Pauta de Caprichos e Academia de Música Fernandes Fão (domingo, 15h00 e 16h00, respetivamente).

Promovido pela Câmara Municipal, o evento primaveril decorre entre as 10h00 e as 22h00 de sábado, e as 10h00 e as 19h00 de domingo, com entrada livre.

CERVEIRENSES DESTACAM-SE NAS OLIMPÍADAS SÉNIORES

Utentes do CSP Campos conquistam 2º lugar nas V Olimpíadas Seniores 2017

Os 15 utentes do Centro Social e Paroquial (CSP) de Campos, Vila Nova de Cerveira, participaram, esta quinta-feira, em Albergaria-a-Velha, nas V Olimpíadas Seniores 2017, tendo alcançado o 2.º lugar nas provas de percurso de obstáculos e de curling adaptado. Atividade contou com a presença de cerca de 1100 seniores de 50 instituições de vários distritos do país.

IMG_0914.JPG

Promovida pela CEDIARA - Associação de Solidariedade Social de Ribeira de Fráguas, esta iniciativa de âmbito nacional, direcionada a seniores a frequentar respostas sociais na área da terceira idade, visa a promoção do envelhecimento ativo e do convívio, estimulando a mobilidade, o exercício físico e as capacidades cognitivas.

Quinze utentes do CSP de Campos participaram em seis modalidades das sete em competição, tendo revelado um bom desempenho, com o 2º lugar nas provas de percurso de obstáculos e de curling adaptado. No entanto, no final do dia, foram unanimes ao referir que a competição foi a parte menos importante, pois o que diferenciou o dia foi a participação, a motivação e o convívio.

Os vencedores tiveram a honra de receber as distinções das mãos dos Atletas Olímpicos, Armando Aldegalega e Rosa Mota.

CERVEIRENSES VÃO PASSEAR AO DOURO

Cruzeiro e visita panorâmica ao Porto marcam Passeio/Convívio Sénior 2017

Estão a decorrer, até 31 de maio, as inscrições para a edição 2017 do tradicional Passeio/Convívio Sénior do concelho. O Município de Vila Nova de Cerveira promove mais um encontro sociocultural para os seniores com destino ao Porto, para desfrutar da experiência do Cruzeiro das 6 Pontes e de um circuito panorâmico pela cidade.

A iniciativa, que conta com o apoio das Juntas de Freguesia, realiza-se em dois grupos, nos dias 14 e 15 de junho, destinando-se exclusivamente a pessoas a partir dos 60 anos, ou reformados, e que se encontrem recenseados no concelho.

Do programa consta, no período da manhã, e em grupos intercalados, a realização do Cruzeiro das 6 Pontes com inúmeros pontos de interesse turístico, e o autocarro panorâmico com uma visita aos edifícios, monumentos e atrações da cidade do Porto. Como habitual, está agendado um recheado e sempre animado almoço, com a presença de música (fado e rusgas de S. João), e muita dança sugerida pelos sons tradicionais.

A autarquia cerveirense acredita que esta atividade promove o conceito da ‘Vila das Artes’, pois com as visitas, os cerveirenses seniores podem conhecer locais, culturas, riqueza patrimonial e adquirir experiências únicas, e muitas vezes irrepetíveis, em espaços que, até aqui, desconheciam ou faziam parte apenas do seu imaginário. É um momento de reencontros que resulta em convívio e partilha entre os participantes, fortalecendo os laços de amizade e afirmando a identidade cerveirense.

Os interessados devem inscrever-se na respetiva Junta de Freguesia, até ao dia 31 de maio.

CERVEIRENSES DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Novo Regulamento do OP em consulta pública

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira elaborou um novo Regulamento do Orçamento Participativo (OP) que acaba de ser colocado em consulta pública, durante um período de 30 dias, aguardando sugestões/contributos da população. Documento consolida critérios no processo de apresentação de propostas e execução dos projetos, bem como reforça o papel das Normas de Participação Anuais.

Implementado em 2015, o Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira tem suscitado um crescente interesse dos cidadãos, quer na apresentação de propostas quer na votação dos projetos.

Sendo um processo de aprendizagem contínua e conjunta, e volvidas duas edições, a autarquia cerveirense decidiu introduzir algumas alterações de melhoria que visam consolidar os conceitos de transparência e acessibilidade a todos, nomeadamente no que diz respeito à elegibilidade das propostas, às áreas de intervenção, à execução dos projetos e à importância das Normas de Participação Anuais.

Após aprovação em Reunião de Câmara do passado dia 26 de abril, a proposta de regulamento foi colocada em consulta pública, podendo ser consultada na Plataforma On Line do OP, como também no Portal do Município em Destaques.

Os interessados devem formular, por escrito, as suas sugestões dirigidas ao Presidente da Câmara Municipal. No final, e após análise dos contributos, a versão final do documento será apreciada e votada pela Assembleia Municipal.

CONTEÚDOS RELACIONADOS COM SEGURANÇA, DEFESA E PAZ CHEGAM AOS MANUAIS ESCOLARES NO ALTO MINHO

Assinado protocolo para aulas de segurança, defesa e paz nas escolas do concelho

Os 10 municípios do distrito de Viana do Castelo e os ministérios da Educação e da Defesa Nacional formalizaram, esta quarta-feira, em Paredes de Coura, a implementação de conteúdos relacionados com a segurança, defesa e paz nos planos curriculares das escolas do distrito. Autarca Fernando Nogueira representou Vila Nova de Cerveira na cerimónia de assinatura do “Protocolo para a Promoção do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz”.

Com a presença do Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, os representantes dos 10 concelhos do Alto Minho formalizaram a adesão a uma ferramenta que contribuirá para elevar o nível de conhecimentos, promovendo atitudes/valores e comportamentos na área da segurança, defesa e paz das crianças e dos jovens.

O Município de Vila Nova de Cerveira compromete-se, desta forma, a colaborar com os Ministérios da Defesa Nacional e da Educação, na elaboração e execução do plano de implementação do «Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz» a nível concelhio, procurando, na medida das suas atribuições, incentivar, apoiar e integrar no projeto educativo concelhio, iniciativas relevantes da sociedade civil, relacionadas com a promoção da segurança, da defesa e da paz.

Após a formalização ao programa perspetiva-se que a sua implementação aconteça já no ano letivo 2017/2018, no âmbito da educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário.

FERNANDO NOGUEIRA É UM DOS "ROSTOS DO NOVO NORTE"

"Bienal de Cerveira | 35 anos de valores culturais e arte contemporânea" (2015) é um dos 50 projetos da Região Norte que integra a publicação "O Norte Somos Nós - Rostos de Um Novo Norte", lançada esta terça-feira pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

IMG_3349.JPG

O prefácio do livro refere: “O ON.2 - O Novo Norte não é feito só de números nem de prioridades. Os protagonistas deste programa financeiro são sobretudo os responsáveis pelos investimentos efetuados e os beneficiários dos projetos que deverão conduzir a região a um patamar mais competitivo, mais próximo das demais regiões europeias. Para um Novo Norte”.

Neste sentido, a CCDR-N, enquanto Autoridade de Gestão do ON.2, desafiou três fotógrafos - António Sá, Claude Medale e Egídio Santos - a retratarem os protagonistas enquanto embaixadores genuínos do programa. O livro “O Norte Somos Nós – Rostos de um Novo Norte” é o resultado desta recolha e “serve para reconhecer que uma região só se afirma como dinâmica e competitiva se apostar nos seus cidadãos”.

Fernando Nogueira, na qualidade de presidente do Conselho Diretivo da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, deu rosto a este projeto cerveirense que integra o restrito leque de rostos do Novo Norte. "Bienal de Cerveira | 35 anos de valores culturais e arte contemporânea” incidiu na inventariação, restauro e conservação do acervo da Fundação, composto por mais de 500 obras e avaliado em mais de um milhão de euros, bem como concretizou um plano de promoção e divulgação deste património, permitindo ao público o acesso e conhecimento deste legado.

A cerimónia de lançamento do livro e inauguração de exposição com o mesmo nome – “O Norte Somos Nós – Rostos de um Novo Norte” – decorreu, esta terça-feira, no Porto, num encontro que marcou o encerramento de um ciclo comunitário que permitiu a aplicação de um envelope financeiro muito significativo na Região do Norte, viabilizando um investimento de cerca de 3,2 mil milhões de euros.

CERVEIRA REQUALIFICA PRAÇA D. DINIS

Lançado concurso público para Requalificação da Praça D. Dinis e Envolvente

Já está a decorrer o concurso público para a empreitada de Requalificação da Praça D. Dinis e Envolvente, com abertura de propostas agendada para 12 de maio. A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira prevê um investimento de meio milhão de euros, submetido ao ‘Aviso NORTE-16-2016-16 da Reabilitação Urbana’, para intervirem quatro importantes artérias do centro histórico.

IMG_3064.JPG

Após auscultação pública da população, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira prevê arrancar, a curto prazo, com a intervenção nas ruas D. Manuel I, Belo Cais, Escola do Rei e Martins Vicente. O prazo previsto para execução será de aproximadamente cinco meses, distribuída por duas fases, com um interregno durante o mês de agosto, acordado entre autarquia e população.

Por forma a conseguir harmonia e equilíbrio na requalificação urbanística, a presente intervenção nas quatro artérias visa a regularização e regulação de espaços de estacionamento, a beneficiação de passeios, a repavimentação das ruas, o arranjo da praceta existente, a colocação de nova iluminação tendo como prioridade a utilização de equipamento energeticamente eficiente, a criação de espaços verdes, a substituição da recolha de resíduos domésticos por soluções subterrâneas (ecotainers), para além de uma remodelação total das infraestruturas ao nível de abastecimento de água, rede de drenagem de águas residuais domésticas e águas pluviais, e rede de segurança contra incêndios.

Ainda no âmbito da regeneração urbana, há ainda intençãodo presente executivo em avançarcom o projeto da criação de uma praça na confluência da Rua Queirós Ribeiro com a Rua do Arrabalde, bem como a da parte superior da Rua Queirós Ribeiro.

VILA NOVA DE CERVEIRA: COVAS VAI TER VIATURA DE COMBATE A INCÊNDIOS

Autarquia cerveirense apoia aquisição de viatura para Unidade Local de Covas

Justificada pela distância à sede do concelho e pela ação imediata em casos de incêndios, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai conceder um subsidio pontual à Associação de Defesa do Património Florestal – Unidade Local de Covas (ULC) para aquisição de uma viatura intermédia de combate a incêndios, com capacidade de 1500 litros de água.

unidade local de covas.jpg

Pioneira no distrito de Viana do Castelo desde 2010, a Unidade Local de Covas tem desempenhado um papel preponderante e de primeira instância na prevenção e combate a incêndios florestais, quer na freguesia de Covas quer nas freguesias limítrofes, para além da limpeza de aquedutos, corte de árvores, desobstrução de estradas e atendimentos urgentes em cheias.

Constituída por 15 voluntários, todos residentes na freguesia e com formação na área, esta equipa encontra-se equipada com uma viatura ligeira com Kit de primeira intervenção (500 litros de água) e viatura pesada de combate a incêndios (3000 litros de água).

Recentemente, e com o aproximar do verão, a associação manifestou a necessidade de alargar a frota, através da aquisição de uma viatura intermédia de combate a incêndios, com capacidade para 1500 litros de água. Como forma de complementar a atuação prestada, a autarquia cerveirense aprovou conceder um apoio financeiro, “em prol da segurança e capacidade de intervenção com benefícios para a população do concelho”.

A ULC foi criada pela Junta de Freguesia de Covas, tendo dado lugar a uma associação com personalidade jurídica.

CERVEIRENSE DANIEL CASTRO SOBE À I LIGA COM O DESPORTIVO DAS AVES

É mais um caso de um cerveirense a conquistar o sucesso desportivo a nível nacional. Trata-se de Carlos Daniel Barros de Castro que integra a equipa técnica do Desportivo das Aves, clube que acaba de subir à I Liga. Autarquia felicita trabalho e dedicação, fazendo votos de um futuro promissor.

Daniel Castro.JPG

A três jornadas do final desta época 2016/2017, o Desportivo das Aves juntou-se, este domingo, ao Portimonense na subida à I Liga de futebol. Na equipa técnica do clube está Daniel Castro, de 32 anos, preparador físico e natural de Vila Nova de Cerveira.

O Município de Vila Nova de Cerveira endereça os parabéns ao conterrâneo Daniel Castro por esta conquista, desejando que o percurso seja de sucesso e de consolidação de objetivos pessoais e profissionais.

CERVEIRA REALIZA TORNEIO MANUEL VIEGAS

VI Torneio Manuel Viegas: Desporto e reconhecimento no relvado

Está agendado para a próxima segunda-feira, dia 1 de maio, mais uma edição do Torneio Manuel Viegas no Estádio Municipal. Referência a nível regional, este evento reúne cerca de 150 crianças e dirigentes de clubes de futebol numa competição saudável em prol da prática desportiva e da homenagem a um defensor e promotor do futebol de formação.

Cartaz Torneio Manuel Viegas.jpg

Com organização do Clube Desportivo de Cerveira, e apoio da Câmara Municipal, o VI Torneio Manuel Viegas acolhe jogos de benjamins, Sub11 e Sub 10, sendo que este ano, e pela primeira vez, o torneio recebe uma equipa vinda da Galiza.

Assim, no período da manhã disputam-se os jogos dos Benjamins Sub-11 com a presença de duas equipas do Clube Desportivo de Cerveira, a União Desportiva de Mos (Galiza) e o Atlético de Caminha. Da parte da tarde, entram em campo os Benjamins Sub-10, com o Clube Desportivo de Cerveira, o Futebol Clube do Porto, o Sporting Clube de Braga, a União Desportiva de Mos e a Associação Desportiva de Campos.

A cerimónia de entrega de prémios está agendada para as 12h15 no caso dos Sub-11 e para as 18h45 para os Sub-10. Do programa do Torneio Manuel Viegas consta ainda uma cerimónia simbólica de deposição de uma coroa de flores no Cemitério Municipal, junto da sepultura de Manuel Viegas.

De sublinhar que este torneio surgiu para honrar a memória de um cerveirense que se tornou o expoente máximo do que significa o associativismo desportivo em prol da juventude e, em concreto, do futebol de formação. Manuel Viegas foi um dos promotores do futebol juvenil em Vila Nova de Cerveira e que hoje é uma das referências a nível distrital.

CERVEIRA SERVE GALO DE CABIDELA

Fim-de-Semana Gastronómico: Galo de Cabidela servido à mesa de 11 restaurantes

Entre esta sexta-feira e domingo, em Vila Nova de Cerveira serve-se o tradicional Galo de Cabidela. Trata-se da IX edição dos Fins-de-Semana Gastronómicos do Porto e Norte de Portugal que conjuga um prato típico de cada concelho à oferta cultural, riqueza patrimonial e beleza natural.

cartaz_FDGS16'17_restaurantes.jpg

Vila Nova de Cerveira volta a celebrar a gastronomia tradicional, convidando residentes e turistas para uma experiência que promete despertar os cinco sentidos, e propiciar um fim-de-semana diferente.

No total, 11 restaurantes aderentes à iniciativa apresentam, este fim-de-semana, o típico Galo de Cabidela acompanhado com bom vinho verde da região. Associada à iniciativa gastronómica está um conjunto de atividades programadas, nomeadamente a 12ª Regata Internacional Ponte da Amizade, o Campeonato Nacional de Slalom, o roteiro das Maias pelo centro histórico, para além de toda a envolvente natural entre o rio e a montanha e a oferta artística espalhada pelas ruas de Cerveira.

Considerado um evento âncora no âmbito da dinamização do produto estratégico ‘Gastronomia e Vinhos’, este projeto do Turismo do Porto e Norte de Portugal oferece, até 28 de maio, um roteiro de 26 fins de semana, em 75 municípios, dentro de 1000 restaurantes e 450 empreendimentos turísticos.

Lista de restaurantes de Vila Nova de Cerveira aderentes à iniciativa: Adega Real (251 795 366), Boega – O Peregrino (251 700 500), Braseirão do Minho (251 700 240), Casa Lau (251 795 162), Casa das Velhas (251 708 482), Central (251 794 898), Costa Verde (251 795 430), Glutão (251 795 654), Lavrador (251 796 604), Luso-Galaico (251 795 225), Sol Nascente (251 941 233).

ESPECTÁCULO DE ROCK E JAZZ REFORÇAM AMIZADE ENTRE O MINHO E A GALIZA

Jarojupe e The Pretty Shirts na Amizade Cerveira-Tomiño

“Rock e Jazz Com Amizade In Cerveira-Tomiño” é um novo evento musical, composto por duas sessões, que visa reforçar as relações culturais/pessoais entre as populações das duas margens do rio Minho. Primeiro concerto acontece já este sábado, 29 de abril, no Fórum Cultural de Cerveira, com a presença de Jarojupe e The Pretty Shirts. Segundo concerto está marcado para agosto, em Tomiño.

Rock Jazz Cerveira tomiño.jpg

Com organização da AR Eventos, e apoio do Município de Vila Nova de Cerveira e do Concello de Tomiño, “Rock e Jazz Com Amizade In Cerveira-Tomiño” apresenta-se como um evento de celebração da cooperação transfronteiriça, através do intercâmbio de bandas dos dois lados da fronteira, entre os palcos de Cerveira e Tomiño.

Para esta primeira edição, a organização escolheu duas bandas de rock, com uma carreira consolidada e conhecidos entre o público. Por um lado, os portugueses Jarojupe que são a banda minhota mais antiga de rock/metal. Com 35 anos de história, o grupo foi fundado por quatro irmãos, em 1981, tendo já atuado em diversos palcos nacionais e internacionais, nomeadamente em Liverpool.

Por outro lado, sobe ao palcoThe Pretty Shirt, uma banda de Rock n’Roll nascida em A Guarda (Pontevedra) em 2009, e que já venceu o concurso de bandas Morrissey Irish Pub, na Coruña, tendo sido ainda nomeados o melhor disco, em 2015, pelos seguidores do blog Rocksoulthings.

“Rock e Jazz Com Amizade In Cerveira-Tomiño” acontece este sábado, com início às 23h00, no Fórum Cultural de Cerveira. Bilhetes já à venda. Para agosto, com data por definir, está prevista a segunda sessão do evento, em Tomiño.

DESPORTOS NÁUTICOS MARCAM FIM-DE-SEMANA EM CERVEIRA

Vila Nova de Cerveira volta a ser palco de dois grandes eventos desportivos na vertente náutica. O rio Coura recebe oCampeonato Nacional de Slalome o rio Minho acolhe a 12ª Regata Internacional “Ponte da Amizade”. Autarquia mostra-se satisfeita com a conjugação de eventos desportivos de competição associados ao turismo de natureza.

0001 (79)cervdesprr.jpg

Pelo segundo ano consecutivo, a Federação Portuguesa de Canoagem escolheu as águas bravas do rio Coura, na freguesia de Covas, para uma prova a integrar o Campeonato Nacional de Slalom. Esta competição, agendada para este sábado e domingo, conta com a presença de mais de uma centena de atletas em representação de 11 clubes, entre eles alguns convidados da vizinha Galiza.

No domingo, o rio Minho prepara-se para a 12ª Regata Internacional “Ponte da Amizade”, organizada pela Associação Desportiva e Cultural da Juventude de Cerveira com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e da Federação Portuguesa de Remo. Conciliando o convívio e a competição entre jovens atletas, este eventointegra o Calendário Nacional da Federação Portuguesa de Remo com a realização de provas nos diversos escalões.

Para o autarca cerveirense, estes são dois bons exemplos do percurso de afirmação de Vila Nova de Cerveira no panorama nacional da prática desportiva, existindo ainda o trail, o triatlo e outras modalidades. “A atratividade desportiva de Vila Nova de Cerveira tem sido corroborada pelo crescente interesse de entidades regionais e nacionais que resulta num maior número de eventos, com destaque para aqueles que suscitam a paixão pelo desporto de aventura e radical, entre o rio e a montanha, consolidando o concelho cerveirense como um destino de turismo de natureza”, assegura Fernando Nogueira.

O Campeonato Nacional de Slalom decorre entre este sábado e domingo, no rio Coura, em Covas, com as eliminatórias e semifinais (10h00 e 15h00) agendadas para este sábado, e as finais e entrega de prémios (10h00 e 14h00) decorre no domingo. Por sua vez, a 12ª Regata Internacional “Ponte da Amizade” disputa-se ao longo de todo o dia de domingo, no rio Minho, com eliminatórias no período da manhã (10h00) e as finais agendadas para a tarde (15h00).

0001 (80)cervdesprr.jpg

CERVEIRA ACOLHE TAÇA IBÉRICA DE TRAIL

Qualidade, exigência e participação marcam III Taça Ibérica de Trail

Maior operacionalização, introdução de pequenas mas duras variações nos percursos e a presença das melhores equipas e atletas nacionais. Estas são as principais alterações apresentadas pela organização da III Taça Ibérica de Trail, esta quarta-feira, em conferência de imprensa, em Vila Nova de Cerveira. No total, já estão inscritos 700 atletas, com o Ultra Trail a atrair o maior número de participantes. Ultramaratonista Carlos Sá é presença confirmada, conferindo ainda maior visibilidade ao evento.

IMG_3276.JPG

A ‘Montanha Mágica’ de Vila Nova de Cerveira conquistou os ‘runners’ nacionais e também espanhóis. A III Taça Ibérica de Trail, agendada para o próximo dia 6 de maio, apresenta-se como um evento perfeitamente consolidado na modalidade, conjugando condições técnicas únicas e beleza natural singular. A prova rainha dos 50kms é já considerada uma das mais importantes provas que integram o Campeonato Nacional – Ultra Trail.

Durante a conferência de imprensa de apresentação do evento desportivo, José Carlos Alcobia, da Escola Desportiva de Viana (EDV), sublinhou que esta terceira edição fica marcada pela consolidação dos conceitos de qualidade, exigência e participação. “A criação de uma imagem renovada e apelativa das três provas teve um feedback viral entre os ‘runners’, com destaque para o embaixador José Gomes. Apostamos na presença do Grupo Operacional de Buscas e Salvamento (GOB’s) que dispõem de dois carros de apoio, 10 bombeiros sapadores especializados para este tipo de eventos e um comando operacional com sistema de rádio. Há ainda a registar a confirmação das melhores equipas e atletas a nível nacional, entre eles o Carlos Sá, exponente máximo do trail nacional”.

De acordo com o autarca cerveirense, “a promoção da prática desportiva aliada à beleza natural do concelho adequa-se perfeitamente aos objetivos do executivo. Com este evento, consolidamos a nossa equipa de trail que queremos que continue a crescer, divulgamos Vila Nova de Cerveira a nível nacional e também internacional, e ajudamos a preservar o meio ambiente, pois defendemos que os montes precisam de pessoas responsáveis que amem a natureza e ajudem na sua preservação”. E acrescenta: “A Taça Ibérica de Trail é um evento que já tem nome e que queremos que se consolide. A sorte dá muito trabalho”, realçou Fernando Nogueira.

Com organização da Viana Cycles, Viana Trail, Xlife Events e Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, a III Taça Ibérica de Trail conta assim com três provas, nomeadamente o ultra trail de 50kms e o Trail de 22 kms pontuáveis para o Campeonato Nacional, e que este ano apresentam ligeiras alterações de alargamento de trajeto em algumas freguesias; e ainda o mini trail/Caminhada de 10kms que mantém o percurso das edições anteriores.

As inscrições estão a decorrer, mas a organização assegura que, no limite, serão encerradas no domingo, de forma a manter a qualidade do evento.

CERVEIRA REGISTA MARCAS QUE A DIFERENCIARÃO COMO DESTINO ARTÍSTICO E CULTURAL

Registadas marcas que diferenciam Cerveira

“Vi(m)ver Cerveira”, “O Crochet Sai à Rua”, “Cerveira Acústica”, “BIA – Artes e Ofícios Tradicionais”, “Na’tal Cerveira” e “Trovador”. Estas são as seis novas marcas que o Município de Vila Nova de Cerveira registou no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Objetivo é salvaguardar dinâmicas que consolidem Cerveira como destino artístico-cultural.

CARTAZ.01cervjpg.jpg

Sendo Cerveira reconhecida, nacional e internacionalmente, como a ‘Vila das Artes’, muito pela realização das bienais de arte, há eventos e iniciativas que também têm contribuído para a dinamização cultural do concelho e que fortalecem a sua identidade. Neste sentido, o Município cerveirense apostou, recentemente, no registo de um slogan, quatro eventos e um produto gastronómico, entretanto aprovados pela entidade responsável, o INPI.

De acordo com o autarca cerveirense, Fernando Nogueira, o objetivo é “salvaguardar e preservar aquela que tem sido uma imagem de marca e que, ao longo dos anos, afirma o concelho cerveirense como a capital da descentralização artístico-cultural, pela continuidade de eventos de sucesso e pela aposta em iniciativas e projetos novos que visam a valorização deste património cultural que nos enobrece e que nos identifica”.

Está assim criada a marca “Vi(m)ver Cerveira”, um novo conceito de programação cultural implementado em 2014, baseado numa relação intimista e de maior envolvimento das pessoas, proporcionando uma experiência sensorial única a várias faixas etárias e impulsionando o convite de Cerveira como destino de excelência para visitar e viver.

Não obstante, a concretização deste slogan surge associada à realização de eventos de qualidade, cujo sucesso alavancaram o registo de quatro deles, nomeadamente: “O Crochet sai à Rua”, criado em 2014, como projeto comunitário de ornamentação de ruas e edifícios públicos com elementos em crochet tornou-se viral e um dos cartões de visita; o “Cerveira Acústica” que assenta num ciclo de concertos intimistas, trazendo ao palco do Auditório Municipal grandes nomes da música portuguesa; a “BIA – Artes e Ofícios Tradicionais”, um evento que procura recuperar uma tradição cerveirense que remonta aos anos 80, quando se realizava de forma intercalada com as primeiras Bienais de Arte, com o objetivo de valorizar o artesanato num contexto alargado; e o “Na’tal Cerveira” que se assume como uma programação natalícia para miúdos e graúdos, com o presépio vivo, o mercado natalício, o Concerto de Natal  e a Chegada dos Reis Magos.

Na vertente gastronómica, o “Trovador” foi registado como uma marca cerveirense. Trata-se de um doce de castanha muito delicado, não só ao toque quebradiço da massa filo como no sabor requintado a doce de ovo com castanha.

Estas seis marcas juntam-se, assim, à logomarca ‘Cerveira, Vila das Artes’.

CERVEIRA REALIZA ULTRA TRAIL

 

A cerca de duas semanas da sua realização, a 6 de maio, a III Taça Ibérica de Trail de Cerveira conta já com cerca de 700 inscritos, entre atletas federados e amadores. Com o slogan ‘Montanha Mágica’, este evento desportivo tem despertado um enorme interesse, quer pelas condições técnicas quer pela beleza natural. É constituído por um Ultra-Trail com 50 km de distância e 3100m D+ e um Trail com 22 km e 1400m D+, provas a que integram o campeonato nacional de trail. Há ainda um Mini Trail / Caminhada com 10 km de extensão.

Trata-se de uma organização da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, EDV – Viana Trail e a XLIFE .

 

Cartaz trail (1).png

JORNADAS TRANSFRONTEIRIÇAS UNEM PORTUGUESES E GALEGOS NA DEFESA DO VALE DO MINHO

Jornadas AECT Rio Minho: potenciar sinergias para o Vale do Minho Transfronteiriço

Em representação da CIM Alto Minho e na qualidade de presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, participou, esta manhã, em Tomiño, na sessão de abertura das Jornadas Transfronteiriças sob o tema ‘O Novo AECT Rio Minho numa visão comparada: a Raia e Europa’. Autarca reafirmou a “necessidade dos fundos europeus transfronteiriços serem investidos nos projetos e espaços para que foram criados, nos territórios verdadeiramente de fronteira” e abordou o exemplo de sucesso da Amizade Cerveira-Tomiño.

IMG_3147.JPG

Reunindo os mais prestigiados especialistas em Cooperação Transfronteiriça oriundos de toda Europa, a Deputación de Pontevedra e a CIM Alto Minho pretendem conhecer e partilhar oportunidades e dificuldades de outras experiências de êxito, de forma a potenciar a criação do novo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Rio Minho, nesta fase em processo de constituição e a aguardar aprovação.

Na cerimónia de abertura, e na qualidade de representante da CIM Alto Minho, Fernando Nogueira realçou que o AECT Rio Minho “não pretende fazer concorrência ou interferir na gestão de outras estruturas semelhantes, mas antes ser complementar e puxar para este território do Vale do Minho transfronteiriço os elementos de gestão que já existem, mas que podem ser potenciados e valorizados. O AECT Rio Minho está no bom caminho, embora do lado português o processo esteja a ser mais demorado”. E acrescentou ainda: “Volto a reclamar que os fundos europeus destinados às zonas de fronteira têm de ser investidos nos territórios realmente de fronteira. Neste âmbito, não está a ser dada a devida justiça a este território”.

O autarca cerveirense deu ainda a conhecer aos presentes o trabalho que, há uns anos, tem vindo a ser aprofundado entre os concelhos vizinhos de Vila Nova de Cerveira e de Tomiño, “um motivo de orgulho quer para as entidades políticas locais quer para as populações”. “Falo da criação de uma agenda estratégica comum, do primeiro Orçamento Participativo Transfronteiriço, de uma plataforma online conjunta, da figura de Provedor Transfronteiriço, do programa ‘Desporto para Todos’, do grande projeto do Parque Transfronteiriço e Ponte Pedonal e Ciclável, da realização das mais diversas atividades de âmbito cultural, desportivo e social. Temos trabalhado e queremos continuar a fazer efetivamente cooperação transfronteiriça”.

A sessão de abertura contou ainda com as intervenções da alcaldesa de Tomiño, Sandra Gonzalez, do deputado delegado de cooperación transfronteiriza, Uxío Bentiez, da presidente da Deputación de Pontevedra, María del Carmen Silva, do Secretário Territorial da Xunta da Galicia, Ramón Pereiro, e do Diretor da Fundação de Centro de Estudos Ibéricos Euroregionais Galiza-Norte de Portugal, Rubén Lois.

Os trabalhos prosseguiram com a apresentação de experiências ibéricas e de experiências europeias, e finalizaram com a apresentação do projeto do AECT Rio Minho e das conclusões das jornadas.

Para dia 5 de maio está agendada uma segunda edição das jornadas em Tui, com a mobilidade transfronteiriça como eixo central.

CERVEIRA REQUALIFICA EDIFICIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

Fundo Rainha D. Leonor e Câmara Municipal DE Vila Nova de Cerveira garantem apoios

O Fundo Rainha D. Leonor, criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a UMP-União das Misericórdias Portuguesas, vai apoiar a requalificação do edifício do Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira.

33180273523_c2ef2e8080_o.jpg

Este fundo vai apoiar o projeto em € 134.929,51, num investimento de cerca de € 250.000,00, e cuja obra deverá iniciar em breve.

De forma a alcançar o investimento necessário para esta requalificação, vão ser procurados outros instrumentos de financiamento externos. Não obstante, o autarca cerveirense, Fernando Nogueira, comprometeu-se a propor à Câmara Municipal que conceda todo o apoio técnico e logístico indispensável à viabilidade do projeto, bem como complementar financeiramente as verbas não obtidas através de outras candidaturas apresentadas pela Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, a fim de garantir esta intervenção.

Por se tratar de um equipamento fundamental e de utilização pública, esta requalificação no edifício do Jardim de Infância a santa Casa da Misericórdia de Vila Noca de Cerveira vai permitir aumentar a capacidade para o ingresso de mais crianças na valência de creche (é o único equipamento em sede de concelho que acolhe crianças até aos 3 anos) e, simultaneamente, dar mais e melhores condições à capacidade instalada.

CERVEIRENSES CAMINHAM CONTRA O CANCRO

‘Cerveira Saudável’ 2017 arranca com Caminhada Solidária para a LPCC

É já no próximo domingo, 23 de abril, que o Município de Vila Nova de Cerveira dá início a um conjunto de atividades que integra maisuma edição do ‘Cerveira Saudável’. A primeira ação é uma Caminhada Solidária a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Caminhada solidaria 2017.jpg

Porque a prática desportiva regular contribuiu para o controlo de vários fatores de risco quer ao nível físico, quer para o bem-estar mental, o Município de Vila Nova de Cerveira já definiu as ações que integram o programa para 2017 do ‘Cerveira Saudável’.

Até dezembro,caminhadas, ginástica de manutenção, atletismo, cicloturismo, dança e piscina são as várias sugestões propostas, através de dinâmicas monitorizadas e gratuitas.

O arranque do ‘Cerveira Saudável’ 2017 acontece este domingo, pelas 09h00, no Parque de Lazer do Castelinho, para uma Caminhada Solidária a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. O preço de inscrição é de 3 euros, no próprio dia e no local de partida.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro é uma Organização não-governamental, sem fins lucrativos e declarada de Utilidade Pública.Não recebendo quaisquer subsídios estatais para o desenvolvimento das suas atividades e programas, os donativos concedidos à Liga são o garante financeiro para o desenvolvimento das atividades de prevenção primária e secundária do cancro, de apoio à formação e investigação em oncologia e de apoio social ao doente oncológico e familiares.

Os interessados em praticar desporto saudável aliado à beleza ímpar das paisagens e espaços públicos de Vila Nova de Cerveira só precisam de aparecer no dia e hora marcadas, levar roupa adequada e vontade de participar.

FUTEBOLISTA CERVEIRENSE RAUL COSTA É CAMPEÃO NO QATAR

O Município de Vila Nova de Cerveira felicita e congratula-se com a recente conquista de um cerveirense no futebol asiático. Raul Costa, treinador-adjunto que chegou ao Qatar em agosto de 2016, venceu a Supertaça e, há dias, tornou-se campeão pelo Lekhwiya Sports Club. A última Assembleia Municipal aprovou, por unanimidade, uma menção honrosa a este cerveirense por levar o nome do concelho pelo mundo fora.

IMG-20170418-WA0000.jpg

Natural de Vila Nova de Cerveira, Raul Costa começou a sua carreira no mundo do futebol na época 2000/2001 no FC Porto, percorrendo vários escalões da formação, desde os sub-12 até aos sub-18, como treinador adjunto e treinador principal e foi também coordenador e monitor da escolinha Artur Baeta e escolinha do Dragão.

Na equipa principal esteve durante sete anos como recuperador/preparador físico, começando na última temporada de Jesualdo Ferreira, seguindo depois com André Villas-Boas, Vítor Pereira, Paulo Fonseca, Luís Castro, Julen Lopetegui, Rui Barros, José Peseiro e Nuno Espírito Santo.

Depois de 16 anos no FC Porto, Raul Costa mudou-se esta época para o Qatar onde já venceu a Supertaça e o campeonato pelo Lekhwiya Sports Club ao lado de Bruno Oliveira que é também adjunto de Djamel Belmadi.

O Município de Vila Nova de Cerveira recebeu esta notícia com grande orgulho, felicitando publicamente o conterrâneo Raul Costa pelo grande feito além-fronteiras, revelador da coragem e determinação, e agradecendo o facto de dar a conhecer Cerveira, ‘Vila das Artes’. Às suas mãos já chegou a menção honrosa apresentada pelo Movimento Pensar Cerveira – PenCe, e à qual se associou o PS, na última Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Para conhecer mais ao pormenor a carreira e a experiência do cerveirense Raul Costa, fica o link do Mais Futebol: http://www.maisfutebol.iol.pt/estorias-made-in/lekhwiya/raul-costa-o-campeao-no-qatar-a-quem-atsu-quis-comer-o-gato

IMG-20170418-WA0001.jpg

CERVEIRA RECEBE TAÇA IBÉRICA DE TRAIL

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira apresenta na próxima semana à comunicação social a III Taça Ibérica de Trail, em conferência de imprensa a ter lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A cerca de duas semanas da sua realização, a 6 de maio, a III Taça Ibérica de Trail de Cerveira conta já com cerca de 700 inscritos, entre atletas federados e amadores. Com o slogan ‘Montanha Mágica’, este evento desportivo tem despertado um enorme interesse, quer pelas condições técnicas quer pela beleza natural. É constituído por um Ultra-Trail com 50 km de distância e 3100m D+ e um Trail com 22 km e 1400m D+, provas a que integram o campeonato nacional de trail. Há ainda um Mini Trail / Caminhada com 10 km de extensão.

Trata-se de uma organização da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, EDV – Viana Trail e a XLIFE .

Cartaz trail.png

CERVEIRA REQUALIFICA ZONA ENVOLVENTE DA ESCOLA BÁSICA

Intervenção na envolvente da Escola Básica e Secundária prestes a iniciar

Até ao final do mês de abril arrancam as obras de requalificação da envolvente da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira. A previsão foi avançada pelo autarca cerveirense, Fernando Nogueira, esta quarta-feira, em reunião camarária, após adjudicação dos trabalhos. A execução tem um prazo de 90 dias.

Requalificação EB2,3 (1).jpg

Submetida ao ‘Aviso NORTE-16-2016-16 da Reabilitação Urbana’ com um preço base de 230 mil euros, esta obra visa garantir condições de comodidade e segurança aos seus utilizadores, através da organização de todo aquele espaço, conferindo-lhe o máximo de funcionalidade, sem comprometer o seu enquadramento e equilíbrio entre a parte edificada e a envolvente natural e dotá-lo de todas as infraestruturas necessárias ao seu correto e eficiente funcionamento.

Atenta às várias condicionantes e realidades existentes, nomeadamente a proximidade da EN 13, a existência da EM 516 e da Escola EB 2,3/ S de Vila Nova de Cerveira, a área a intervencionar corresponde a uma zona de grande fluxo diário pela presença do principal estabelecimento de ensino do concelho, mas também dos edifícios de comércio e de um elevado número de habitações.

Esta operação integra uma candidatura mais abrangente de Regeneração Urbana da Entrada Sul da Vila dividida em três fases (duas já executadas), num investimento total de cerca de meio milhão de euros, com uma comparticipação do FEDER de 300 mil euros.

SAPARDOS ESTÁ EM OBRAS!

Obras em três espaços da freguesia de Sapardos

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira autorizou a transferência de verbas extraordinárias para a freguesia de Sapardos, para execução do alargamento do Caminho de S. Brás e beneficiação do Polidesportivo e do Caminho da Lameira A aprovação foi dada em reunião camarária desta quarta-feira.

IMG_0593.JPG

Após a celebração um protocolo entre a Câmara Municipal e a Junta de freguesia de Sapardos, a empreitada no Caminho de S. Brás vai avançar, tendo a autarquia elaborado o respetivo projeto e disponibilizado uma dotação orçamental de 35 mil euros. E ainda a beneficiação do Caminho da Lameira ao nível de pavimentação, numa verba até 5 mil euros.

Dando sequência à beneficiação da iluminação pública instalada pela Câmara Municipal no Polidesportivo da freguesia, aquele espaço vai ser complementado com algumas obras complementares na ordem dos 2 mil euros, uma vontade manifestada pela Junta de Freguesia.

Estas são três importantes obras de proximidade que visam a melhoria da qualidade de vida quotidiana das populações ao nível de acessibilidades viárias, bem como para a prática desportiva e lúdica.

PESCADORES DE CERVEIRA CAPTURAM SALMÃO DE 13 QUILOS

‘Pai Minho’ continua a ser generoso com a comunidade cerveirense

Um salmão com 13kgs foi capturado das águas do rio Minho por dois pescadores de Vila Nova de Cerveira. O exemplar, com um metro de comprimento é, nos dias de hoje, um caso raro pelo peso e dimensão. Adquirido por um restaurante local – Casa Lau -, esta captura revela que o rio Minho mantém-se pródigo em recompensar as populações ribeirinhas que muito se sustentam nas dádivas do rio.

IMG_2545.JPG

Foi na noite desta terça para quarta-feira que as redes de dois irmãos pescadores cerveirenses - Jorge e Ricardo Alves - ficaram bem mais pesadas, quando se encontravam no Porto Pesqueiro da Furna na União de Freguesias de Campos e Vila Meã: um salmão com 13kgs e um metro de comprimento foi a novidade.

Este exemplar vem na continuidade de outros que, embora de menor dimensão, nos últimos dias têm sido retirados das águas do rio Minho na área de Vila Nova de Cerveira e que são servidos à mesa dos restaurantes locais para deleite dos apreciadores deste requintado prato. Em Cerveira oferece-se a gastronomia com sabor do rio, reveladora dos usos e costumes e, sobretudo, da forte ligação que a população ribeirinha tem com este troço internacional.

O Município cerveirense agradece a gentileza da Casa Lau em proporcionar o conhecimento desta captura, através do registo fotográfico para documentação informativa, como também para conhecimento científico aportado ao Aquamuseu.

De acordo com os registos históricos da Consejería do Medio Ambiente, nas décadas de 60 e 70 era normal capturarem-se salmões do rio Minho com cerca de 20kgs. No entanto, e apesar dos poucos indicadores relativos aos últimos anos, estima-se que estes casos são muito raros, sendo a dimensão mais comum entre os 4 e 8 kgs.

CERVEIRA SENSIBILIZA PARA OS MAUS-TRATOS À INFÂNCIA

Mini-agentes da GNR alertam para os maus-tratos na infância em Operação STOP

“Bom Dia Senhor Condutor. Estamos aqui para o sensibilizar para o mês da prevenção dos maus tratos na infância”. Fardados a rigor e com uma mensagem a transmitir, um grupo de crianças do ATL da Associação de Desenvolvimento Social e local (ADSL) de Vila Nova de Cerveira, em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e a GNR, protagonizou, esta manhã, uma operação STOP informativa a que ninguém ficou indiferente.

IMG_2491.JPG

Esta iniciativa de âmbito distrital realizada pelas CPCJ’s e pela GNR, incluída na Campanha Nacional do Mês de Prevenção dos Maus Tratos, decorreu, hoje, em Vila Nova de Cerveira, na Praça do Município e na rotunda junto aos Bombeiros Voluntários. O ambiente entre os mini-agentes era de entusiamo pela experiência inédita de desempenharem uma função tão importante.

Devidamente fardados, e acompanhados por agentes da GNR, aos condutores mandados parar era entregue um folheto informativo e um laço azul, com uma mensagem enternecedora: “Coloquem este laço azul como símbolo de serem contra os maus tratos às crianças”. A adesão era imediata, com sorrisos, elogios e agradecimentos. No final, os votos de uma “boa viagem e em segurança”!

Esta campanha de sensibilização destina-se a alertar a comunidade cerveirense para o flagelo que representam os maus tratos na infância e consciencializar para o papel preponderante que cada um desempenha na sua prevenção.

CERVEIRENSES REALIZAM VISITA PASCAL

Convívio Pascal: IPSS’s com visita guiada a Viana do Castelo

Cerca de 120 utentes das seis Instituições Particulares de Solidariedade Social de Vila Nova de Cerveira viveram, esta terça-feira, um dia diferente. Integrado nas comemorações da Semana Santa, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira proporcionou uma visita à capital de distrito, na qual a boa disposição foi uma constante.

IMG_2428.JPG

Uma vez mais, a autarquia cerveirense optou por dinamizar o convívio pascal dos idosos no habitual convívio interinstitucional. O dia iniciou-se com a Eucaristia na Capela de Santa Luzia, celebrada pelo Senhor Padre Jorge Esteves. Imbuídos pelo espírito pascal, os utentes participaram ativamente na celebração religiosa dando-lhe um cariz mais acolhedor e familiar.

Aproveitando o bom tempo, e depois do almoço-convívio, o grupo fez uma visita guiada por técnicos do Viana Welcome Centre, nomeadamente à Igreja da Misericórdia, ao centro histórico e aos jardins da cidade, acompanhada por uma saborosa e doce Bola de Berlim da Pastelaria Natário.

A acompanhar a iniciativa esteve a vereadora da Ação Social que evidenciou o excelente trabalho desenvolvido pelas IPSS’s em prol dos munícipes, e que contribuiu para o sucesso desta atividade. “O convívio entre os idosos é extremamente saudável e fundamental para manter presente o contacto com os conterrâneos. Ao mesmo tempo, a autarquia consegue com estas dinâmicas oferecer experiências novas e visitas únicas para muitos dos utentes, o que nos deixa com um sentimento de dever cumprido”, refere Aurora Viães.

As instituições participantes foram a Associação de Desenvolvimento Social e Local de Vila Nova de Cerveira, o Centro Social e Paroquial de Campos, Centro Paroquial e Social de Covas, Centro Social e Paroquial de Gondarém, Centro Paroquial de Promoção Social e Cultural de Reboreda e o Lar Maria Luísa e Centro de Dia de Loivo da Santa Casa da Misericórdia.

CERVEIRA VALORIZA SECTOR EMPRESARIAL

Reunião de trabalho entre autarquia e CENFIM

O presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, reuniu, na semana passada, com os responsáveis do Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica (CENFIM), para agilizar um conjunto de ações concretas de apoio e valorização do setor empresarial, no âmbito do protocolo celebrado no final do mês de fevereiro.

IMG_7538.JPG

O encontro, que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Valença, Jorge Mendes, do Presidente da Direção da Incubo, João Manuel Esteves, e do Coordenador Geral da Incubo, Francisco Araújo, serviu para delinear os mecanismos necessários para avançar no terreno com esta ‘aliança estratégica’ entre municípios e entidades empresariais.

Esta é a primeira de um conjunto de reuniões que estão programadas entre os parceiros, com o objetivo de agilizar a estratégia de intervenção no território, que permita obter novas soluções e apoios para o setor empresarial do Vale do Minho.

Recorde-se que, no passado dia 27 de fevereiro, foi formalizado um protocolo entre o Município de Vila Nova de Cerveira com a Associação para Centro de Incubação de Base Tecnológica do Minho (ACIBTM), o Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica (CENFIM), a Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (AIMMAP), o Centro de Apoio Tecnológico Indústria Metalomecânica (CATIM) e a Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL).

CERVEIRA FESTEJA A PRIMAVERA COM LICORES E DOÇARIA

Abertura de inscrições para o PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME

Vila Nova de Cerveira volta a encher-se de cor e animação para celebrar a presente estação do ano. O PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME está agendado para o primeiro fim-de-semana de maio, e o período de apresentação de candidaturas decorre entre 12 e 18 de abril.

Durante dois dias, 6 e 7 de maio, Vila Nova de Cerveira enaltece a gastronomia associada ao ambiente primaveril. O centro histórico cerveirense transforma-se num mercado de doçaria tradicional, licores, flores e jardins atrativos, associando uma vasta animação de rua.

Os mercadores interessados deverão apresentar a sua candidatura de 12 a 18 de abril na Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, acompanhados dos documentos necessários: ficha de inscrição, carta de artesão, cópia do início de atividade, cópia do NIF, fotografias dos artigos e declaração de responsabilidade assinada.

Organizado pelo Município cerveirense, o PRIMAVERAEMCERVEIRA.COME decorre nos dias 6 e 7 de maio, entre as 10h00 e as 22h00 de sábado e as 10h00 e as 19h00 de domingo.

CERVEIRA COMEMORA 25 DE ABRIL

Música e homenagem assinalam comemorações do 25 de Abril

O Município de Vila Nova de Cerveira volta a celebrar a ‘Revolução dos Cravos’ com um programa evocativo desta data histórica, distribuído entre a noite do dia 24 e a manhã do 25. Concerto de Coros e homenagem ao 1º Presidente de Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira eleito democraticamente no pós 25 de abril são os dois momentos em destaque.

CARTAZ 25 ABRIL 2017.jpg

As comemorações do 43º aniversário da efeméride têm início no serão do dia 24, pelas 21h30, com o Cineteatro de Cerveira a receber as atuações do Coro Infantojuvenil de Cerveira - Pauta de Caprichos e do Contraponto – Coro de Câmara. Sob direção musical da maestrina Cíntia Pereira, as crianças e jovens cerveirenses vão deliciar os presentes com sonoridades que prometem reavivar memórias.

Segue-se a atuação dos Contraponto, um grupo de jovens cantores que, em setembro de 2012, se juntaram para formar um grupo a cappella, interpretando obras de variados estilos como música clássica, jazz e pop. Recentemente, participaram no programa da RTP1 "Got Talent Portugal" onde chegaram à final, levando-os a um maior reconhecimento nacional. Neste momento encontram-se na finalização do seu primeiro trabalho discográfico que contará apenas com arranjos originais de músicas portuguesas conhecidas do grande público e que atravessam de forma transversal todo o espólio musical nacional.

O dia 25 de abril arranca com o Hastear de Bandeiras na Praça do Município pelas autoridades locais ao som do Hino de Portugal interpretado pelo Coral Polifónico de Cerveira. Às 10h00 está agendado o descerramento da placa Rua Engº Lemos Costa, junto a Escola Básica e Secundária do concelho. Considerando o impacto das primeiras eleições autárquicas no país, a autarquia cerveirense decidiu reconhecer o facto de João Lemos Costa ter sido o primeiro presidente do município depois da ‘Revolução dos Cravos’, cargo que desempenhou entre 1976 e 1982. Localizada entre as ruas da Pedra Vedra e a Rua das Cortes, a nova rua destaca-se por ficar à entrada da vila e pelo movimento associado, nomeadamente das novas gerações.

O Município cerveirense convida a população para participar nas comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril em Vila Nova de Cerveira.

AQUAMUSEU DO RIO MINHO APRESENTA TRUTA MARISCA

Aquamuseu apresenta a truta marisca

Até 31 de maio está patente, à entrada do Aquamuseu do rio Minho, um conjunto de painéis temáticos dedicados à truta marisca.

Truta marisca.jpg

A mostra visa a divulgação de algumas caraterísticas morfológicas da espécie como a distribuição, o ciclo de vida e as ameaças.

Espécie indígena da Europa, a truta marisca, em Portugal, encontra-se nos rios do Norte e Centro, crescendo no mar e reproduzindo-se nos rios.

Esta truta tão apreciada pelos pescadores profissionais e pelos pescadores desportivos tem um sabor excecional mas, devido à poluição principalmente nas zonas de reprodução, a espécie tem vindo a desaparecer.

AQUAMUSEU DO RIO MINHO APRESENTA O SÁVEL

Mais um trimestre, mais um peixe: o Sável do rio Minho

De 4 de abril a 30 de junho, o Aquamuseu do rio Minho volta a presentear os visitantes com uma alargada exposição, de caráter informativo e fotográfico, para dar a conhecer mais uma espécie. Desta vez, o Sável é o destaque.

Sável.jpg

Muito importante a nível económico, sabia que o Sável é um peixe migrador que deixa o mar para subir os rios na época da reprodução e que a construção de barreiras migratória tem sido uma das causas para a diminuição do número de população do mesmo?

A exposição “O sável e a sua pesca ao longo dos tempos no rio Minho” responde a estas curiosidades, como também dá a conhecer as suas caraterísticas, a distribuição, a pesca, o período de pesca, os termos que o rio ensina e testemunhos.

Há ainda as histórias e testemunhos que, em Vila Nova de Cerveira, os homens pescavam o sável e as mulheres encarregavam-se de o vender de porta em porta. A cabeça, as ovas e o rabo eram as menos apetecíveis, daí ter surgido o famoso Debulho de Sável.