Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA E VIANA DO CASTELO PREVINEM O FOGO FLORESTAL

‘TrEx Alto Minho’ em Ponte de Lima e Viana do Castelo

Prosseguem no terreno as ações piloto de treino com recurso ao fogo controlado, no âmbito do ‘Alto Minho TrEx’. Ao longo desta terça-feira, os concelhos de Ponte de Lima e de Viana do Castelo foram alvo de queimas efetuadas por especialistas mundiais, em estreita colaboração com técnicos distritais, num total de 15ha.

Trex 21 nov 3

Tendo em consideração a gestão de combustível em pontos estratégicos e a criação de parcelas com vista à melhoria da gestão cinegética e ao tratamento de zonas de interface urbano-florestal, o segundo dia do projeto ‘Alto Minho TrEx’ no terreno abrangeu as localidades de Carvoeiro, em Viana do Castelo, e Airão-Poiares, em Ponte de Lima.

Estas queimas são executadas por técnicos credenciados em fogo controlado, com apoio das equipas de supressão e respetivos meios, para além do envolvimento da comunidade local que, no caso concreto destes dois concelhos, contou com a participação de caçadores. No total, foram tratados 15 ha de parcelas previamente preparadas pelas equipas de prevenção municipais.

Estas ações estão previstas nos planos de fogo controlado desenvolvidos pelos gabinetes técnicos florestais dos municípios e inserem-se no “Plano Regional de Fogo Controlado do Alto Minho”. Tendo uma visão de escala de potenciais incêndios florestais que podem afetar a região num futuro próximo, a CIM Alto Minho, em estreita colaboração com os Municípios do Alto Minho, procedeu à elaboração de um plano de fogo controlado para o período entre 2017 e 2021. O documento deverá integrar, em conjunto com os planos municipais, uma candidatura para execução no âmbito do Programa Nacional de Fogo Controlado promovido pelo Governo, na vertente da Reforma Florestal. Neste momento, o plano encontra-se em fase de aprovação junto das 10 autarquias.

Para além do uso do fogo, os técnicos afetos ao ‘Alto Minho TrEx’, oriundos de Portugal, Espanha, Brasil, EUA e Canadá, estão a partilhar conhecimentos e experiências em conceitos como a ecologia do fogo, organização e gestão de incidentes (ICS/IMT) e gestão do fumo e seus impactos.

De sublinhar que a execução das queimas previstas no projeto está a ser realizada em contexto de capacitação e de investigação definido, ao abrigo do exposto no n.º 4 do Artigo 26.º da Lei nº 76/2017 de 17 de agosto.

Trex 21 nov 5

MINHO DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EM 1640

Terras de Bouro e Barroselas (Viana do Castelo) representam o Minho nas comemorações do 1º de Dezembro

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios. É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro. Agradecemos também o apoio facultado pelo Recheio e pelo Amanhecer.

Banda Nova de Barroselas - 2015

O Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas "1º de Dezembro" foi um êxito em 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016. Será êxito maior em 2017.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.900 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 6ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:

Tocá Rufar (Seixal)

BANDA NACIONAL:

Banda da Armada

BANDAS FILARMÓNICAS:

Banda Musical e Artística da Charneca (Lisboa)

Banda Musical de Figueiredo (Arouca)

Sociedade Recreativa e Filarmónica 1º de Janeiro de Castro Verde (Castro Verde)

Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense "Os Amarelos" (Moura)

Banda de Música da Carvalheira (Terras de Bouro)

Associação Filarmónica Retaxense (Castelo Branco)

Associação Recreativa Musical Covilhanense | Banda da Covilhã (Covilhã)

Sociedade Filarmónica Oleirense (Oleiros)

Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical) (Penamacor)

Sociedade Filarmónica Aurora Pedroguense (Sertã)

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense (Vila Velha de Ródão)

Sociedade Musical Recreativa de Alqueidão / Filarmónica do Alqueidão (Figueira da Foz)

Filarmónica Instrução e Recreio de Abrunheira (Montemor-o-Velho)

Sociedade Filarmónica Sangianense (Oliveira do Hospital)

SUA - Sociedade União Alcaçovense (Viana do Alentejo)

Sociedade Filarmónica Portimonense (Portimão)

Sociedade Filarmónica Avelarense (Ansião)

Sociedade Artística Musical 20 de Julho de Santa Margarida do Arrabal (Leiria)

Sociedade Filarmónica Pedroguense (Pedrógão Grande)

Associação Musical e Artística Lourinhanense (Lourinhã)

Banda da Escola de Música da Juventude de Mafra (Mafra)

Banda Juvenil do Município de Gavião (Gavião)

Sociedade Musical Nisense (Nisa)

Sociedade Recreativa Musical Alegretense (Portalegre)

Banda Filarmónica de Crestuma (Vila Nova de Gaia)

Sociedade Filarmónica Gualdim Pais (Tomar)

Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba (Alcácer do Sal)

Banda Musical do Barreiro (Barreiro)

Banda Nova de Barroselas (Associação Banda Escuteiros de Barroselas) (Viana do Castelo)

Banda Marcial de Tarouquela e Municipal de Cinfães (Cinfães)

Banda de Música de São Cipriano “A Nova” (Resende)

Será um total de 32 entidades, integrando 1 grupo de persussão, 1 banda nacional militar e 30 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1900 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Capitão-Tenente Délio Gonçalves, da Banda da Armada.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

CapturarTBouro

GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DOS TRABALHADORES DOS ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO COMEMORA 50 ANOS DE EXISTÊNCIA

Espetáculo do Cinquentenário do GDCT ENVC sofre alterações.

Por motivos de doença, Pedro Caldeira Cabral, infelizmente, não vai poder estar presente neste espetáculo que o GDCTENVC quer que se apresente como emblemático e grandioso. No entanto, esta Coletividade não perdeu tempo e com a anuência da Câmara Municipal, que presta especial apoio a esta iniciativa, contratou Custódio Castelo, um artista do mesmo nível.

image004

Custódio Castelo foi distinguido com o prémio Amália Rodrigues para o melhor instrumentista de guitarra portuguesa em 2010. Para além de compositor e professor, este artista foi o mentor da 1ª Licenciatura e Mestrado na Guitarra Portuguesa. Como músico é considerado um indiscutível mestre da guitarra portuguesa na atualidade. Para o musicólogo Rui Vieira Nery, Custódio Castelo “é, sem dúvida, uma das referências indiscutíveis da renovação da guitarra portuguesa, nas últimas duas décadas”. Custódio Castelo estará também presente na tertúlia sobre a guitarra portuguesa, a realizar na sede do GDCTENVC, no dia 29, às 21,30 horas, para a qual também estava prevista a presença de PCC.

1ª Parte - Custódio Castelo

2ª Parte - Fado com a Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha

Maestro: Francisco Lima

Fadistas: Ana Ferreira e Jorge Nande

Francisco Vieira (Guitarra Portuguesa), João Martins (Guitarra Clássica) e Henrique Rabaçal (Baixo Acústico)

Os bilhetes para o concerto estão disponíveis para venda no:

  • Teatro Municipal Sá de Miranda:

Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.

Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00.

Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.

  • Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 18h00 e as 22h00, se a lotação não estiver esgotada.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

BILHETE: 5€ plateia | bancada

VIANENSES CAMINHAM PELO TRILHO DAS QUINTAS EM VILA DE PUNHE

PASSOS DE MEMÓRIA - Trilho das Quintas (PR26) - Vila de Punhe | 16 de dezembro 2017

Dia 16 de dezembro, realiza-se mais um percurso “Passos de Memória”, com a designação de Trilho das Quintas (PR26), integrado na Rede Municipal de Percursos Pedestres do Município. A Rede Municipal de Percursos Pedestres de Viana do Castelo é mais do que uma ementa de trilhos de mar, rio e de montanha. Pé ante pé, leva o caminhante ao encontro de si mesmo, através da relação com a natureza e com as idiossincrasias das comunidades locais.

Trilho das Quintas situa-se em Vila de Punhe, concelho de Viana do Castelo e revela a riqueza paisagística, ecológica e cultural desta freguesia.

Pontos de interesse: Casa da Torre das Neves, Parque do Bonfim, Quinta Sª do Carmo, Calvário de Arques, Quinta do Bonfim, Fachada da Casa Espina Velasco, Quinta do Monte, Quinta da Bouça,  D’Arques, Quinta da Portela, Quinta do Pereira, Quinta do Cruzeiro, Rio do Lavadouro, Quinta do Sardão, Moinho do Inácio, Lavadouro Boucinhas, Quinta Matias Santos, Quinta de Santo António, Casa dos Arrães, Mesa dos 3 Abades e Cruzeiro do Senhor da Saúde.

Informações adicionais sobre o Trilho:

Caminhada “Passos de Memória” -  PR 26 - Trilho das Quintas

Localização: Vila de Punhe

Distância: 8.6 Km

Duração: 3 h

Grau de Dificuldade: Fácil

Âmbito do Percurso: paisagístico/ ecológico/ cultural

Ponto de Partida/ Chegada: Largo das Neves, Vila de Punhe (41º 39’ 09.43’’ N, 8º 43’ 11.09’’ W)

Hora: 9h00

Entidade Promotora: Câmara Municipal de Viana do Castelo / Junta de Freguesia de Vila de Punhe

Colaboração: Live Out Life, Lda.

Inscrições limitadas.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição através do preenchimento de um formulário disponível online através do link: http://www.cm-viana-castelo.pt/pt/passos-de-memoria-inscricao

O formulário de inscrição encontra-se disponível no referido link a partir do dia 7 de dezembro (quinta-feira)às 13h00.

Dados a indicar no formulário de inscrição:

Nome completo

Data de nascimento

Número de Identificação Fiscal (NIF)

Concelho de residência

Telemóvel

E-mail

Mais informações através do telefone: 258 809 350 ou do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt

Consultar aqui Plano de Percursos 2017

Os percursos, que são um excelente modo de conhecer o património cultural e natural do município, além de promover o exercício físico, permitirão conhecer locais com paisagens deslumbrantes. Use sempre equipamento de acordo com a estação do ano, como impermeável, chapéu, calçado e vestuário adequado. Privilegie a água e a fruta nos seus mantimentos.

CUSTÓDIO CASTELO ACTUA EM VIANA DO CASTELO

Espectáculo do Cinquentenário do GDCT ENVC sofre alterações

Por motivos de doença, Pedro Caldeira Cabral, infelizmente, não vai poder estar presente neste espectáculo que o GDCTENVC quer que se apresente como emblemático e grandioso. No entanto, esta Colectividade não perdeu tempo e com a anuência da Câmara Municipal, que presta especial apoio a esta iniciativa, contratou Custódio Castelo, um artista do mesmo nível.

custódio-castelo

Custódio Castelo foi distinguido com o prémio Amália Rodrigues para o melhor instrumentista de guitarra portuguesa em 2010. Para além de compositor e professor, este artista foi o mentor da 1ª Licenciatura e Mestrado na Guitarra Portuguesa. Como músico é considerado um indiscutível mestre da guitarra portuguesa na actualidade.

Para o musicólogo Rui Vieira Nery, Custódio Castelo é, sem dúvida, uma das referências indiscutíveis da renovação da guitarra portuguesa, nas últimas duas décadas”. Custódio Castelo estará também presente na tertúlia sobre a guitarra portuguesa, a realizar na sede do GDCTENVC, no dia 29, às 21,30 horas, para a qual também estava prevista a presença de PCC.

MINISTRO AZEREDO LOPES DIZ QUE "DESAPARECERAM MUITAS COISAS" DOS ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO

"Desapareceram muitas coisas" dos estaleiros de Viana, diz Azeredo

Ministro antecipa que muitos aspetos do processo de liquidação da empresa "acabem serenamente na Procuradoria-Geral da República".

image

Ministro Azeredo Lopes participou ontem no debate parlamentar sobre o orçamento da Defesa para 2018

O ministro da Defesa revelou ontem no Parlamento que "está a ser apurada a razão pela qual, nos ativos [dos estaleiros de Viana], desapareceram literalmente muitas coisas, até gruas".

"Tenho sinais muito preocupantes quanto à forma como foi desenvolvido, ou não desenvolvido, o processo de liquidação" dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), uma empresa pública extinta pelo governo anterior, declarou Azeredo Lopes no debate parlamentar sobre o orçamento da Defesa para 2018.

West Sea começa a recrutar 400 trabalhadores em janeiro

"Prevejo que muitos destes aspetos acabem serenamente na Procuradoria-Geral da República", acrescentou Azeredo Lopes, depois de questionado pela deputada Emília Cerqueira (PSD) sobre um assunto polémico que se arrasta há anos e envolve queixas na PGR por parte da eurodeputada Ana Gomes (PS) ou processos judiciais e pedidos de levantamento da sua imunidade parlamentar interpostos pelo anterior ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

Um exemplo dado por Azeredo Lopes foi o do aço adquirido há anos para a construção de dois navios asfalteiros para a Venezuela (que não chegaram a ser construídos). "O processo do aço é um processo dos mais desagradáveis" na história da extinção dos ENVC, observou o ministro, dizendo que "esse aço foi adquirido à Macedónia sem cumprimento básico de regras quanto à qualidade do aço, quanto ao número de folhas de aço, quanto ao inventário disso". Mais, "vim a descobrir recentemente que quando falávamos de aço estávamos a falar de uma abstração muito preocupante", insistiu Azeredo Lopes.

Leilão de sucata de aço dos Estaleiros de Viana rende 200 mil euros

O ministro da Defesa revelou ainda que foi parado o processo de venda daquele aço como sucata, esperando-se que se consiga "pelo menos alienar" parte desse material "por um valor que não seja de sucata". Para isso é que "pela primeira vez está a ser feito o trabalho de desagregar as diferentes folhas de aço para ver qual é a sua qualidade e qual é o seu valor de mercado", explicou ainda Azeredo Lopes.

Fonte: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

BOLETIM ICOM PORTUGAL ENTREVISTA JOÃO ALPUIM BOTELHO

A edição de Outubro do “Boletim ICOM Portugal” editado pelo Comité Português da International Council of Museums (ICOM) publicou, na secção “Museus & Pessoas”, uma entrevista conduzida pela investigadora Ana Carvalho, através da qual segue o percurso do Dr. João Alpuim Botelho através do Museu do Traje, o Museu Bordallo Pinheiro e a sua passagem pelo Teatro Rivoli.

Conforme a própria entidade oficialmente se define, “O ICOM é a maior organização internacional de museus e profissionais de museus dedicada à preservação e divulgação da património natural e cultural mundial, do presente e do futuro, tangível e intangível.

Uma entrevista a não perder que o BLOGUE DO MIMNHO disponibiliza neste espaço.

Alpuim1

alpuim2

alpuim3

alpuim4

alpuim5

alpuim6

 

alpuim7

alpuim8

alpuim9

 

VIANA DO CASTELO OUVE ALMA DE COIMBRA

Informamos que os bilhetes para o espetáculo ALMA DE COIMBRA, a realizar no Teatro Municipal Sá de Miranda, no próximo dia 19 de novembro  às 17h00 –  Já se encontram  à venda.

LOCAL DE VENDA:

  • Teatro Municipal Sá de Miranda:

                Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00

                Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00

                Sábado e domingos em dias de espetáculos:  2 horas antes.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

CUSTO DO BILHETE: 5€

NOTA : Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, para o  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt.

                       Prazo de levantamento de 24 horas, caso contrário a reserva ficará sem efeito.

image005

VIANA DO CASTELO RECEBE FESTIVAL DE TUNAS FEMININAS

Informamos que os bilhetes para o VIII LUZIAS – Festival de Tunas Femininas, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia 11 de novembro,  já estão disponíveis para venda.

LOCAIS DE VENDA:

  • Teatro Municipal Sá de Miranda:

                Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.

                Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00.    

                Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.

  • Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 18h00 e as 21h30, se a lotação não estiver esgotada.   

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

CUSTO DO BILHETE: 5€ plateia | 4€ plateia (estudantes)

NOTAS IMPORTANTES | reservas por e-mail:

  • Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, para o  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt, (indicando Nome, NIF e lugar pretendido - plateia ou  bancada);
  • As reservas serão consideradas por ordem da hora de chegada.
  • O levantamento dos bilhetes deverá ser efetuado, até 24h00, após confirmação da disponibilidade, caso contrário a reserva ficará sem efeito.

image003

CINQUENTENÁRIO DO GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DOS TRABALHADORES DOS ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO: TERCEIRA FASE DO PROGRAMA COMEMORATIVO

Espectáculos, tertúlias e exposições constam desta terceira fase comemorativa, a realizar nas duas últimas semanas deste mês de Novembro. As Bodas de Ouro só acontecem uma vez na vida de uma colectividade. E, quando tal ocorre, há uma história de meio século que deve ser bem comemorada, na perspectiva de que será ainda melhor a nova história a ser construída, havendo para tal empenho e suficiente disposição.

ESPECT_PCC

Este período de eventos inicia-se com a abertura da exposição “O sonho e a arte - trabalhadores dos ex-ENVC, com abertura no dia 17 – 18,00 horas – e funcionamento até 3 de Dezembro. Trata-se de uma mostra de trabalhos realizados por alguns dos muitos trabalhadores artistas que se revelaram nesta empresa como exímios na produção do mais diverso tipo de arte. Aqui se vão expor miniaturas de navios, instrumentos musicais, pintura, estatuária, trabalhos realizados a partir de escamas de peixes, figuras a partir de material desaproveitado, etc. Não sendo uma iniciativa nova, a mesma já não tinha realização desde há muito tempo. Surge agora substancialmente melhorada.

No dia 29, na sede desta Colectividade, 21,30 horas, haverá mais uma tertúlia, desta vez sobre a guitarra portuguesa, que terá como figura central Pedro Caldeira Cabral, distinguido recentemente com o Prémio Carlos Paredes 2014, um nome bem conhecido no contexto musical português, como músico, compositor e investigador e um grande defensor da guitarra portuguesa. Presentes estarão também outros cultores desta guitarra de cunho bem português. Será uma excelente oportunidade para conhecer o segredo deste instrumento musical, que produz tão harmoniosos sons.

No dia 30, a partir das 22,00 horas, o mesmo Pedro Caldeira Cabral, com uma carreira de mais de 50 anos e um percurso internacional de relevo, com o seu trio, deverá proporcionar um distinto espectáculo no Centro Cultural de Viana. Este evento conta ainda com diversos artistas ligados ao fado e com a Associação Musical de Vila Nova de Anha. Trata-se de uma aposta ousada, mas com o intuito de proporcionar aos vianenses uma noite que marque bem a diferença e assinale relevantemente as comemorações de uma das mais antigas e relevantes instituições vianenses, como é o GDC TENVC.

Gonçalo Fagundes Meira

VIANA DO CASTELO FESTEJA O CINEMA FRANCÊS

18ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS - 8 DE NOVEMBRO - 21h30 - TEATRO MUNICIPAL SÁ DE MIRANDA

Informamos que os bilhetes para  a sessão das 21h30 - JEUNE FEMME de Léonor Serraille - comédia dramática, integrada na 18ª. FESTA DO CINEMA FRANCÊS  a realizar no Teatro Municipal Sá de Miranda, no próximo dia 8 de novembro –  Já se encontram  à venda.

Local de Venda :

  • Teatro Municipal Sá de Miranda:

                Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00

                Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00

                Sábado e domingos em dias de espetáculos:  2 horas antes.

NOTA : Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, para o  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt.

                       Prazo de levantamento de 24 horas, caso contrário a reserva ficará sem efeito

Classificação etária : M/12 anos

Custo do bilhete: 5€

image002