Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VALENÇA VAI RECEBER MARCAS DE TODO O PAÍS NAS JORNADAS DE MARKETING

No próximo dia 27 de Abril Valença recebe a III edição das Jornadas de Marketing, na Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (Centro de Inovação e Logística de Valença).

valenmark.PNG

A 3.ª edição das Jornadas de Marketing tem como tema "#Portugal - Since 1143", com o propósito de reconhecer o que em Portugal se faz de melhor. Mostrar de que forma as marcas nacionais se afirmam e estrategicamente se posicionam nos mercados globais, assim como, o processo de internacionalização das marcas em Portugal.

Nesta edição vão estar presentes várias marcas, como por exemplo a Cerveja Letra, uma bebida artesanal minhota de Filipe Macieira e Francisco Pereira, dois jovens empreendedores, que apresentam diferentes tipos de cerveja, cada uma com uma letra. Também nesta edição vão marcar presença a Impetus, que desenvolve roupa interior masculina e a Gradirripas - Artigos em Madeira, produtores das famosas tábuas utilizadas pelo cozinheiro Jamie Oliver.

Larus Design e Chik Piu são outras marcas que estarão em Valença para dar a conhecer os seus trabalhos na área do marketing e da comunicação. Para acompanhar a divulgação de oradores e outras notícias basta acompanhar a sua página do facebook: Jornadas de Marketing - Valença

COMUNICADO CONJUNTO CEVAL, CÂMARA MUNICIPAL DE CERVEIRA E CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA

Acessibilidades no Alto Minho – Conclusão da A 28 até Valença e conexão às áreas empresariais

Em recente Assembleia de CECOTRAN – Centro de Cooperação Empresarial Transfronteiriça, que agrega Estruturas Empresariais do Norte de Portugal e da Galiza, as acessibilidades na região e a internacionalização das nossas empresas mereceram, mais uma vez, o destaque no conjunto dos temas abordados. Referimos–nos muito concretamente às ligações rodoviárias e ferroviárias no Noroeste Peninsular, onde se destaca a ligação ferroviária para passageiros e mercadorias Porto – Viana do Castelo – Vigo, com seguimento para Ourense e Madrid, e a A28, Porto – Viana do Castelo – Valença.

Quanto à primeira, a CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho, a Câmara Municipal de Valença e a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira congratulam–se com o lançamento do concurso para a modernização da linha do Minho, no troço Viana do Castelo – Valença, que agora se realiza, complementado com outros procedimentos já executados, que evidenciam a sua prioridade e respondem às reivindicações, cumprindo-se a calendarização prevista, de Empresários e Autarcas.

Quanto à A 28, mantêm–se integralmente os motivos de insatisfação, protesto e reivindicação de toda uma região. Está também em causa, com fortíssima incidência para Valença e Vila Nova de Cerveira, a não conclusão da ligação até Valença com a imprescindível conexão às áreas empresariais dos dois concelhos. O trabalho e esforço quotidiano de Empresários e Autarcas na diplomacia económica, na negociação e instalação de novos projetos, na criação de emprego, cada vez mais qualificado, e na criação de riqueza para a região terá de ser acompanhado pela criação de infraestruturas que facilitem mobilidade, a coesão territorial e a cooperação intermunicipal.

COMUNICADO CONJUNTO CEVAL, CÂMARA MUNICIPAL DE CERVEIRA E CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA

Acessibilidades no Alto Minho – Conclusão da A 28 até Valença e conexão às áreas empresariais

Em recente Assembleia de CECOTRAN – Centro de Cooperação Empresarial Transfronteiriça, que agrega Estruturas Empresariais do Norte de Portugal e da Galiza, as acessibilidades na região e a internacionalização das nossas empresas mereceram, mais uma vez, o destaque no conjunto dos temas abordados. Referimos–nos muito concretamente às ligações rodoviárias e ferroviárias no Noroeste Peninsular, onde se destaca a ligação ferroviária para passageiros e mercadorias Porto – Viana do Castelo – Vigo, com seguimento para Ourense e Madrid, e a A28, Porto – Viana do Castelo – Valença.

Quanto à primeira, a CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho, a Câmara Municipal de Valença e a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira congratulam–se com o lançamento do concurso para a modernização da linha do Minho, no troço Viana do Castelo – Valença, que agora se realiza, complementado com outros procedimentos já executados, que evidenciam a sua prioridade e respondem às reivindicações, cumprindo-se a calendarização prevista, de Empresários e Autarcas.

Quanto à A 28, mantêm–se integralmente os motivos de insatisfação, protesto e reivindicação de toda uma região. Está também em causa, com fortíssima incidência para Valença e Vila Nova de Cerveira, a não conclusão da ligação até Valença com a imprescindível conexão às áreas empresariais dos dois concelhos. O trabalho e esforço quotidiano de Empresários e Autarcas na diplomacia económica, na negociação e instalação de novos projetos, na criação de emprego, cada vez mais qualificado, e na criação de riqueza para a região terá de ser acompanhado pela criação de infraestruturas que facilitem mobilidade, a coesão territorial e a cooperação intermunicipal.

VALENCIANOS CAMINHAM PELA RAIA JUNTO À GALIZA

Gostas de Caminhar? Vem Descobrir Trilhos Entre Portugal e Espanha!

O bom tempo convida a mergulhar na natureza da Eurocidade por trilhos carregados de histórias e segredos preparados para serem descobertos.

unnamedvalentril.jpg

No próximo fim de semana arranca a primeira das oito caminhadas guiadas da Eurocidade.

A primeira caminhada decorrerá no Trilho da Veiga da Mira, em Valença, domingo, 19 de março. Uma visita ao Biótipo da Veiga da Mira, à Ecopista e às margens ribeirinhas do rio Minho, uma oportunidade para descobrir um dos principais espaços naturais do rio Minho. Uma caminhada com degustação de lampreia incluída no Festival Gastronómico Sabores da Lampreia que decorre este fim, de semana na comunidade valenciana de pescadores de São Pedro da Torre. Este trilho tem inscrição obrigatória.

O calendário anual de trilhos da Eurocidade prolonga-se até 24 de setembro.

Os percursos da Rede de Trilhos da Eurocidade são sempre circulares e centram-se na descoberta dos valores patrimoniais, culturais e naturais. Ano após ano, um numero crescentes de amantes da natureza e do turismo ativo, tem tornada esta rede da Eurocidade uma referência no Noroeste Peninsular.

Os interessados poderão obter mais informações ou inscrever-se pelo e-mail:caminhadas.andainas@gmail.com ou através dos telefones 00351 934 440 770 ou 0034 607 785 601

VALENÇA DÁ A PROVAR A MELHOR LAMPREIA DO MUNDO

Cinco Sabores da Lampreia em Valença. Três Dias no Maior Festival Gastronómico do Mundo

A lampreia vai ser rainha à mesa, apresentada em cinco pratos e outras tantas inovações. A comunidade de pescadores de São Pedro da Torre, em Valença, é o destino, no fim de semana de 17 a 19 de março.

unnamedvallle.jpg

Cinco Variedades de Lampreia

O conceituado e já catalogado maior festival gastronómico dedicado à lampreia, no mundo, reúne as cinco variedades tradicionais de apresentar a lampreia à mesa. Lampreia à Bordalesa, Arroz de Lampreia, Fumada/Grelhada, Assada no Forno, Recheada ou o prato dos cinco sabores, são os tipos de lampreia que a tradição convida a saborear.

Este está considerado o melhor festival do mundo não só pela quantidade de lampreias saboreadas, mas também pela variedade, riqueza e originalidade dos pratos.

Preparada por Quem Sabe

A lampreia passa pelas mãos de quem sabe, cozinheiros especializados, verdadeiros guardiões de saberes seculares. As comunidades de pescadores conservaram e apuraram receitas de que resultam estas cinco variedades apresentadas no festival.

Novas Tendências Gastronómicas da Lampreia

Quer descobrir lampreia em Sushi, Empanada, Gressinos e Escabeche de lampreia com framboesas? Então tem mesmo que vir aos Sabores da Lampreia! As novas tendências estarão cargo do curso de hotelaria da EPRAMI com degustação ao almoço dos três dias do festival.

Esta é a oportunidade para comer uma boa lampreia em Valença. Séculos de tradição a apurar receitas resultam em 5 pratos que são um convite a deliciar-se com estes manjares. Saboreá-la é uma experiência gustativa que proporciona uma viajem pelos sabores mais genuínos da região raiana.

A Melhor Lampreia do Mundo

A melhor lampreia do mundo, pescada artesanalmente no Minho e confecionada por cozinheiros especializados vai-se apresentar, no Festival Gastronómico, genuína, revelando todos os segredos ancestrais dos seus sabores.

Valença tem duas comunidades de pescadores secularmente ligadas ao rio Minho e à pesca da lampreia, São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, onde as redadas, proporcionam as divinas lampreias que marcam esta temporada gastronómica.

Pescadas nas últimas semanas tem estado a ser apuradas em tanques da Associação Sabores do Rio Minho, em água corrente. A técnica é antiquíssima e conhecida por “bater a lampreia”, um modo que enrije-se a sua carne, o que permitirá, aquando da sua confeção, pratos de excelência.

Sabores da Lampreia é uma genuína festa gastronómica valenciana que, ano após ano, se tem afirmado como o maior evento gastronómico da região dedicado à lampreia.

ESPECIALIDADE GASTRONÓMICA DO BACALHAU REINA EM VALENÇA

Onde Comer o Melhor Bacalhau da Península? Em Valença Bacalhau é Rei!

Gosta de bacalhau? Então Valença é o seu destino, em 18 e 19 de fevereiro. Bacalhau à São Teotónio é o convite para um fim de semana gastronómico a saborear um prato de bacalhau que em Valença é rei.

bacalhauvalenç.jpg

Bacalhau come-se de mil maneiras em muitos lugares, mas em Valença sabe reconhecidamente como em mais nenhum lugar.

O bacalhau, o produto mais celebre da gastronomia valenciana, está sempre presente, a diário, em todos os restaurantes locais, confecionado e apresentado em prato ou em tapas das mais diversas e ousadas formas.

Bacalhau à São Teotónio

O bacalhau à São Teotónio é o protagonista deste fim de semana gastronómico. Um prato de sabor inigualável digno do prazer dos deuses, com nome de santo, em homenagem ao primeiro santo português, natural de Valença.

Há séculos que por Valença se apuram os sabores e a arte de apresentar as receitas de bacalhau. O bacalhau é um produto, há muito presente na gastronomia valenciana e que atrai, até nós, visitantes de toda a Península Ibérica para saborear as múltiplas formas de o confecionar.

Caldo Verde de Valença – Melhor Sopa de Portugal

O Caldo Verde, eleito em 2011 como a melhor sopa de Portugal, é a sopa da tradição valenciana a marcar, também, presença nesta jornada.

Valença é Doce!

Acompanham os Borrachinhos de Valença, uma sobremesa tradicional de Valença. Uma iguaria da doçaria conventual valenciana à base de pão, canela, açúcar e raspa de limão, bem encharcado numa calda digna dos deuses à base de mel, vinho tinto, canela, entre outros ingredientes.

Em 24 restaurantes aderentes, no fim de semana de 18 e 19 de fevereiro, Valença é o destino dos bons garfos.

A iniciativa é da Câmara Municipal e do Turismo Porto Norte de Portugal.

VALENÇA ENTREGA CHAVE DA CIDADE A MARCELO REBELO DE SOUSA

O Município de Valença vai atribuir a Chave de Honra da Cidade ao Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no próximo 18 de fevereiro.

unnamedVALEN (1).jpg

O Presidente da República visita a cidade a 18 de fevereiro, Feriado Municipal, data em que se evoca o primeiro santo português São Teotónio, nascido na freguesia valenciana de Ganfei.

A Chave de Honra de Valença é o reconhecimento dos valencianos ao Presidente da República. Um gesto de uma cidade que se identifica com o espírito e os desígnios do Presidente da República, na abertura, na tolerância e na multiculturalidade que dá as boas-vindas a todos, na construção de uma sociedade de olhos postos num futuro que se quer melhor para todos.

A Chave de Honra da Cidade é o mais elevado galardão municipal que Valença vai atribuir ao mais alto dignitário de Portugal. A cerimónia decorrerá no ato solene da inauguração do Centro de Inovação e Logística de Valença a 18 de fevereiro de 2017, às 11h30.

DESEMPREGO EM VALENÇA BAIXA 42% EM 5 ANOS

O concelho de Valença conseguiu reduzir o desemprego em 42% nos últimos 5 anos. Captação de investimento estrangeiro e iniciativas empresariais de valencianos empreendedores tem contribuído para uma crescente dinâmica económica e a criação de emprego.

unnamedvalen.jpg

Os últimos números publicados pelo I.E.F.P. – Instituto do Emprego e Formação Profissional apontam para 522 desempregados em Valença, em dezembro de 2016, quando em dezembro de 2012 eram 903. Valores que tem vindo a cair, no balanço do último mês do ano, todos os anos, desde 2012.

Criar condições propicias à geração de emprego tem sido uma das grandes prioridades da Câmara Municipal, com o incentivo ao empreendedorismo e a captação de investimento estrangeiro para as áreas industriais de Valença.

Dos 522 desempregados atuais que Valença tem, 256 são homens e 266 são mulheres. Deste número 292 estão desempregados à menos de 1 ano e 230 estão nesta situação há mais de um ano. Deste número registe-se que 48 procuram o primeiro emprego e 474 procuram uma nova oportunidade de trabalho.

A Câmara Municipal de Valença considera positivo ter baixado 42% o desemprego, nos últimos anos, mas continua a trabalhar para consolidar os investimentos no concelho. Medidas necessárias para proporcionar as melhores condições geradoras de novas dinâmicas de emprego capazes de proporcionar oportunidades de emprego para todos.

VALENÇA INAUGURA EQUIPAMENTO INOVADOR

Centro de Inovação e Logística em Valença

Valença inaugura o C.I.L.V. – Centro de Inovação e Logística de Valença, no próximo 18 de fevereiro, às 11h30. Campus universitário da E.S.C.E.- Escola Superior de Ciências Empresariais e estruturas de apoio ao meio empresarial pretendem ser alavancas do desenvolvimento do território.

unnamedvalença.jpg

Campus Académico da E.S.C.E.

O C.I.L.V. acolhe o novo campus académico da E.S.C.E. do I.P.V.C., o Centro de Divulgação de Ciência, o Centro de Formação Autárquico, um Ninho de Empresas e o Centro de Apoio às Atividades Empresariais da Região e a Zona de Lazer.

A E.S.C.E. a estrutura aglutinadora e dinamizadora das valências em funcionamento no C.I.L.V. numa estreita interligação com o tecido empresarial e com as instituições da região. A E.S.C.E. é já uma referência na região, com uma ampla oferta formativa da qual se destacam os C.T.E.S.P. – Cursos Técnico Superiores Profissionais, as licenciaturas, as pós-graduações e os mestrados.

Paralelamente a estas atividades formativas, E.S.C.E. tem-se, ainda, destacado na organização regular de conferências, seminários, exposições e outros eventos e atividades de disseminação de conhecimento.

C.I.L.V. Potencia Desenvolvimento do Território

As estruturas localizadas no C.I.L.V. pretendem ser uma alavanca ao desenvolvimento de Valença e de todo este território transfronteiriço, dando um forte contributo à inovação, à tecnologia, ao apoio à criação de empresas e emprego e à dinamização económica.

O C.I.L.V. implicou um investimento de mais de 6 milhões de euros e foi o maior investimento municipal de Valença de sempre. A obra foi financiada, em 85%, pelo Eixo Prioritário III, do Programa Operacional Regional, O.N.2..

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara “O C.I.L.V. é uma âncora fundamental para a qualificação e projeção deste território e uma alavanca estratégica para a competitividade e atratividade da cidade e desta região transfronteiriça”.

VALENÇA APOSTA NOS CARROS ELÉCTRICOS

Valença com Posto de Carregamento de Carros Elétricos. Valença Mais Sustentável e Amiga do Ambiente

Valença já tem um Posto de Carregamento de Carros Elétricos na avenida do Colégio Português. Valença está na linha da frente das cidades inovadoras a avançar neste projeto piloto que cria 14 postos de carregamento rápido, no máximo até 30 minutos, em Portugal.

unnamedvalenç.jpg

O posto de Valença será gerido pela EDP e entrará em funcionamento nos próximos dias. A EDP já anunciou que apenas em 2018 irá cobrar o uso do seu novo posto de carregamento rápido.

Carregamento muito rápido

O posto de Valença está inserido na rede pública nacional e vem abrir janelas de oportunidade à implantação dos carros elétricos no mercado.

Este posto permite abastecer o seu carro num máximo de 30 minutos, podendo vir a ser especialmente adequados para situações imprevistas e para viagens de maior distância.

O Futuro da Mobilidade Sustentável

Com carros 100% elétricos, cada vez com mais autonomia, experiência de condução inovadora, zero emissões e zero poluição são cada vez mais os cidadãos a enveredar por estas viaturas. Carros muito mais económicos, com cada 100 Km no seu carro elétrico a custarem apenas 1,5€.

A Câmara de Valença dá o exemplo, possuindo na sua frota dois veículos elétricos.

Valença Mais Sustentável

Valença continua a apostar na eficiência energética e em reforçar a qualidade ambiental. A aposta em carros elétricos, junta-se às medidas de eficiência energética já implementadas na Piscina e Pavilhões Municipais, à requalificação das redes públicas de iluminação com sistema leeds, à implementação das redes de gás cidade, ao reforço dos Parques Eólicos e à aposta nas ecovias. Medidas amigas do ambiente, menos poluidoras e menos onerosas para os cidadãos.

LAMPREIA DO RIO MINHO É UM PRATO DE EXCELENCIA

Iniciativa, promovida pela ADRIMINHO e os seis municípios da região (Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença e Vila Nova de Cerveira), iniciou-se no dia 15 de janeiro, prolongando-se até 15 de abril. Monção participa com 17 restaurantes e um programa complementar que engloba visitas a locais de interesse cultural, percursos por lugares naturais e patrimoniais e atividades de desporto e lazer.

0001lampreiamonç (1).jpg

Ao longo de três meses, entre 15 de janeiro e 15 de abril, uma centena de restaurantes do Vale do Minho (Melgaço, Monção, Valença, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira e Caminha) apresentam, com tradição, requinte e inovação, a Lampreia do Rio Minho aos visitantes e apaixonados pela boa gastronomia.

Monção participa nesta iniciativa, que entra na sua oitava edição, com a presença de 17 restaurantes localizados no centro histórico e em várias freguesias do concelho, bem como com um programa complementar apelativo e atrativo para diferentes públicos

Para Augusto de Oliveira Domingues, a iniciativa “Lampreia do Rio Minho – Um Prato de Excelência” constitui um valioso cartão-de-visita da região num período de época baixa que contribui para a vinda de muita gente de Portugal e da Espanha, garantindo-se, desta forma, dinamização hoteleira e a valorização das nossas paisagens e monumentos.

Deixou um convite ao público: “A nossa lampreia tem sabor único e o saber de grandes cozinheiras que guardam segredos passados de geração em geração. Venha provar este prato tradicional, que também pode ser apreciado em tendências mais inovadoras, e deixar-se envolver pelo muito que o nosso território tem para oferecer”.

Nestes três meses, quem visitar o concelho de Monção poderá deliciar-se com arroz de lampreia ou à bordalesa mas também com opções mais contemporâneas: sushi, escabeche ou empanada. Para acompanhar, uma garrafa de Alvarinho, um dos melhores vinhos brancos do mundo com selo de garantia da Sub-Região de Monção e Melgaço.

Neste período, o município de Monção disponibiliza um programa complementar que engloba visitas a locais de interesse cultural, percursos por lugares naturais e patrimoniais e atividades de desporto e lazer. O ponto alto acontece no dia 26 de fevereiro, domingo, com a realização do XL Rali à Lampreia.

0001lampreiamonç (2).jpg

0001lampreiamonç (3).jpg

0001lampreiamonç (4).jpg

VALENÇA SERVE A MELHOR LAMPREIA DO MUNDO

Lampreia é em Valença: A Melhor Lampreia do Mundo à sua Espera em 26 Restaurantes

A lampreia do rio Minho saboreia-se já em 26 restaurantes de Valença. A considerada melhor lampreia do mundo, apresenta-se à mesa até abril, como um prato de excelência.

lamprevalen.jpg

26 restaurantes de Valença apresentam, sobretudo, ao fim de semana, menus em que a lampreia é rainha, à mesa, nestes meses.

Lampreia do Rio Minho

Pescada pelas comunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo no rio Minho e é entre janeiro e abril que a lampreia se apresenta divina.

Tradição da Lampreia em Valença

Há séculos que nas cozinhas valencianas se apuram receitas e modos de preparar a lampreia. Os segredos e o apurar das tradições da preparação, confeção e apresentação tem passado de geração para geração. As unidades de restauração locais apresentam estes pratos seculares.

Lampreia de Tantas Formas

Em Valença saboreia-se lampreia de muitas formas. Esta temporada é a oportunidade para se deliciar com a lampreia, sobretudo, à bordalesa, a recheada, em arroz de lampreia, fumada/grelhada ou assada no forno.

TVI TRANSMITE FESTA DOS REIS EM VALENÇA

Festa dos Reis em Valença com Somos Portugal da TVI. Passeio de Domingo é até Valença

Domingo 8 de Janeiro, Valença tem tudo preparado para receber a Festa dos Reis, entre as 12h24 e as 20h00, com transmissão do programa Somos Portugal da TVI. Um dia solarengo promete uma festa fantástica em Valença, com muita animação, tradição e a magia dos Reis Magos.

reisvale.jpg

Somos Portugal da TVI em Valença

A Festa dos Reis de Valença completa-se com o programa especial Somos Portugal da TVI, emitido em direto de Valença, entre as 12h24 e as 20h00. Artistas de renome nacional vão passar pelo palco da Festa dos Reis de Valença, assim como um conjunto de reportagens promocionais da cidade que mostrarão as riquezas patrimoniais, paisagísticas e gastronómicas da cidade.

Os Reis Magos na Fortaleza

A cavalgata, com os três Reis Magos, percorrerá a Fortaleza, acompanhados de mais de 50 figurantes de época, com saída das Portas da Coroada, terminando na Capela do Bom Jesus com um presépio vivo. Os reis magos, a cavalo, a charrete com a Natividade e os soldados romanos percorrerão as principais ruas da Fortaleza.

Uma Aldeia da Palestina será recriada no Largo do Bom Jesus, com as artes e os ofícios da época.

Mostra de Produtos Valencianos

Na Coroada, no Jardim das Amoreiras e na Praça da República, na Fortaleza decorrerá a Mostra de Produtos Valencianos com os vinhos, os licores, os gins, os emblemáticos pratos de lampreia e o artesanato de Valença.

Valença Cidade Presépio

A Festa dos Reis encerrará a programação da Valença Cidade Presépio que durante mais de um mês animou a cidade.

Valença Cidade Presépio proporcionou, durante mais de um mês, uma mostra coletiva de presépios, com destaque para o presépio de madeira com 5 toneladas, sons e luzes natalícias, concertos, a Fortaleza de Chocolate, a Duendelândia, a pista de gelo, muita animação de rua e a promoção do comércio tradicional com a iniciativa Compras de Natal com Prémios.

VALENÇA RECEBE CAVALGATA DOS REIS MAGOS

Noite Mágica dos Reis na Eurocidade Tui Valença. 150 Figurantes e 1 Tonelada de Caramelos

A magia dos Reis Magos chega à Eurocidade Valença Tui, a 5 de janeiro, numa Cavalgata Internacional que entusiasmará pequenos e graúdos. 1 Tonelada de caramelos adoçará os assistentes, num percurso de 5 Kms onde a cor, os sons e a magia dos três Reis Magos proporcionará uma grande festa.

reismagvalenca.jpg

1000 Kgs de Caramelos Adoçam os Pequenotes

Os caramelos, sem gluten, 1 tonelada, lançados pelos Reis Magos e seus pajens, farão a alegria, sobretudo, dos mais jovens, num fim de tarde e inicio de noite que promete ser único no ano.

Cavalgata com Carros Alegóricos

As três carroças alegóricas, magnificamente adornadas, dignas de levar suas majestades os Reis Magos vão sobressair numa cavalgata que contará, ainda, com carros alegóricos de várias instituições de Tui e Valença.  Como manda a tradição a Cavalgata abrirá com a Rondalla do Centro Cultural O Mosteiro de Pexegueiro. No total serão 150 os figurantes que darão corpo à oitava Cavalgata Internacional de Reis da Eurocidade Tui Valença, quinta-feira, 5 de janeiro, a partir das 16h.

5 Kms da Cavalgata

Pelo oitavo ano consecutivo o ponto de partida será o Albergue de Peregrinos de Valença. Daqui parte a Cavalgata num percurso de 5 Kms que se desenvolve pelas avenidas dos Bombeiros Voluntários e da Espanha e atravessa a Ponte Internacional. Já em Tui o percurso prosseguirá pela avenida de Portugal, rua Martínez Padín, Augusto González e Passeio da Corredoira.

A cavalgata terminará em frente ao Seminário Menor, onde pelo segundo ano, estará localizado o Presépio Vivo, onde os Reis Magos vão fazer a sua oferta e  ler a mensagem real. Depois Melchior, Gaspar e Baltasar vão receber todas as crianças.

VALENÇA ACERTA O PASSO COM O PROGRESSO

Valença com mais Serviços Básicos para População. Melhorar a Qualidade de Vida é objetivo das obras em curso

Valença está a reforçar as infraestruturas básicas de apoio à comunidade, nomeadamente a implementação das redes de Gás Natural, Rede de Fibra Ótica e ampliação do saneamento básico, a que se associa a requalificação da pista do Aeródromo.

Rede da Fibra Ótica Chega a Valença

A Rede de Fibra Ótica está a começar chegar a Valença. A empresa DST Telecom está a implementar uma rede de fibra ótica, de norte a sul do concelho, ao Parque Empresarial de Gandra e à Zona Industrial de São Pedro da Torre. A implementação desta rede permitirá às empresas e aos cidadãos acederem à internet de última geração.

Gás Natural nas Casas Valencianas

A rede de Gás natural avança em Valença com a extensão deste serviço já a partes significativas das freguesias de Ganfei, Gandra, Valença, Arão, Cristelo Côvo e Cerdal. Um novo serviço que continua a crescer de modo a chegar ao maior número de residências valencianas possível.

Requalificação da Pista do Aeródromo de Cerval

O Aeródromo de Cerval está a receber uma intervenção de fundo, com a infra-estruturação do equipamento, nomeadamente a pavimentação da pista. Esta obra dotará o Aeródromo das condições de segurança e operacionalidade necessárias às aeronaves que já o frequentam, bem como de novos aparelhos. Intervenções que colocam, ainda, esta estrutura com as condições necessárias ao serviço da Proteção Civil, bem como à dinamização do desporto aeronáutico e do turismo. Este aeródromo é já o maior de Portugal em número de aeronaves estacionadas nos seus hangares.

Ampliação da Rede de Saneamento Básico

A rede de saneamento básico continua a crescer no concelho. A rua da Telheira, em São Pedro da Torre, recebeu a última intervenção. Uma obra que para além da rede de saneamento básico recebeu novas condutas de abastecimento de água, aguas pluviais bem como um novo pavimento em betuminoso. Nesta freguesia, em breve, avançará a requalificação da Rua das Pitas, em Chamosinhos, que receberá também saneamento básico, bem como um novo piso em betuminoso.

Este conjunto de infra-estruturas, juntamente com as anteriormente realizadas, proporcionam aos cidadãos mais e melhores valências que permitam uma melhor qualidade de vida e um melhor ambiente no concelho.

CERVEIRA E VALENÇA REQUALIFICAM AERÓDROMO DE CERDAL

Já arrancaram as obras de beneficiação do Aeródromo de Cerdal

As Câmaras Municipais de Vila Nova de Cerveira e de Valença acabam de assinar o auto da consignação da obra de requalificação do Aeródromo de Cerdal. Com um prazo de execução de 60 dias, a beneficiação daquela infraestrutura representa uma mais-valia económica e turística, não só para ambos os concelhos como para toda a região alto-minhota.

IMG_0158.JPG

A intervenção no Aeródromo de Cervalsurge na sequência do protocolo de cooperação assinadono passado dia 9 de julho, em que os dois municípios vizinhos acordaram a necessidade de dotar aquela infraestrutura de melhores condições de segurança e de acesso, dado o seu papel estratégicoao nível económico, pela proximidade às zonas industriais, e turístico pela forte ligação à vizinha Galiza.

As obras já iniciadasvisam a terraplanagem, a pavimentação, marcação e aumento da pista, para os 750 metros. O prazo de execução previsto é de 60 dias, sendo que cada município comporta 50% dos custos.

O objetivo é contribuir para uma maior funcionalidade e comodidade do Aeródromo, bem como reforçar a sua capacidade no contexto da Península Ibérica. As intervenções em curso vão ainda abrir novas janelas de oportunidade à criação de condições para a realização de voos turísticos, reforçar o apoio à proteção das florestas da região, bem como acolher aviões ligeiros.

O Aeroclube de Cerval é a estrutura associativa a quem compete a gestão da utilização do espaço, tendo sido formada por pilotos, portugueses e espanhóis, a 16 de setembro de 1992. Inicialmente contava com seis aviões, hoje, são já mais de 60 as aeronaves aqui estacionadas nos vários hangares, com uma área de cinco mil metros quadrados.

VALENÇA ENSINA A SABOREAR CHOCOLATE

50 Formas de Saborear o Chocolate em Valença. Aproveita esta Oportunidade

Gosta de Chocolate? Valença é o seu destino este Natal! A cidade proporciona mais de 50 formas de saborear e sentir os aromas do chocolate, na Fortaleza de Chocolate, entre 6 e 11 de dezembro. Esta é uma feira mostra dedicada, em exclusivo, à degustação e compra de produtos à base de chocolate.

chocoval.jpg

Comer e Chorar por Mais

Cascatas, os fondues, os crepes, os waffles, os brigadeiros, as trufas, os bombons, os torrões, as espetadas de fruta, as bombocas, a ginja e tantos outros produtos em que o chocolate é a marca dominante, em Valença.

Durante seis dias Valença será chocolate, um mundo de tentações que promete deliciar e proporcionar momentos de grande felicidade a todos quantos visitarem a cidade.

A feira contará com a presença de doceiros, pasteleiros, produtores de chocolate e chocolatiers portugueses e espanhóis.

Cozinhar com Chocolate

Nestes dias pode apreender a cozinhar com chocolate, nas sessões de showcooking de chocolate, em especial cake pops e muffins. Uma experiência para pequenos e graúdos. A animação do certame contará,ainda, com animações especiais para os mais pequenos em especial pinturas faciais e de balões.

Chocolate em Valença - Programa

A Fortaleza de Chocolate abre terça-feira, 6 de dezembro e prolonga-se até domingo, 11 de dezembro e funcionará entre as 10h e as 20h00, à exceção de terça-feira que abre às 14h. O acesso à Fortaleza de Chocolate é gratuito.

10 de Dezembro

10h00 - 12h00 Animação Pintura Faciais e Balões

15h00 - Ateliê de Cozinha Cake Pops

16h00 - 19h00 Animação Pintaface e Balões

11 de Dezembro

10h00 - 12h00 Animação Pintura Faciais y Balões

15h00 - Ateliê de Cozinha Domingo Muffins

16h00 - 19h00 Animação Pintaface e Balões

Duendelândia, Pista de Gelo, mostra coletiva de presépios, compras de Natal com prémios, comboio de Natal e iluminação artística completam a oferta destes dias.

VALENCIANOS PATINAM NO GELO

Pista de Gelo em Valença: Vem Patinar

Uma pista de gelo, este Natal, em Valença, vai apaixonar os entusiastas da patinagem no gelo, para as primeiras patinadelas ou desfrute desta atividade.

valengelo.jpg

Pela primeira vez, em Valença, a pista de gelo terá recinto coberto, no Jardim Municipal, abre a 1 de dezembro e prolonga-se até 8 de janeiro.

Esta é uma oportunidade para os entusiastas da patinagem, de todas as gerações, de Valença e região, praticarem uma modalidade apaixonante numa pista de gelo.

Gosta ou Quer Experimentar Patinar no Gelo?

               Vem aprender a patinar e cumprir o teu sonho de infância.

               Os pinguins vão ajudar a dar as primeiras patinadelas, a pequenos e graúdos, com a toda a segurança. À disposição dos praticantes existirão patins do número 26 ao 48.

               A pista estará aberta a praticantes com ou sem experiência, de todas as idades.

Ambiente Natalício

               A época convida a umas patinadelas, numa pista com 300 m2, animada com os sons natalícios. A pista permitirá a permanência de dezenas de patinadores em simultâneo.

A pista de gelo é uma das grandes atrações que Valença vai proporcionar nesta quadra e insere-se nas atividades da Valença Cidade Presépio que se desenrola entre 1 de dezembro e 8 de janeiro.

A utilização da Pista de Gelo, tem um preço, por hora, de 4 euros para as escolas, 5 euros para as crianças até 13 anos, no pack família (2 adultos + 1 criança) cada adulto pagará 6 euros e os adultos sozinhos pagarão 7,5 euros.

Horários:

1 a 17 de dezembro

segunda a sexta-feira: 15h às 21h30

sábado e domingo: 10h às 22h

18 de dezembro a 8 de janeiro

segunda a sexta-feira: 10h às 13h e 15h às 21h30

Sábado e domingo: 10h às 22h

24 de dezembro: 10h às 18h

25 de dezembro 15h às 22h

31 de dezembro 10h às 18h

1 de janeiro 15h às 22h

VALENÇA É MARKETING!

III Jornadas de Marketing realizam-se a 27 de Abril

As III Jornadas de Marketing de Valença, que contam com o apoio da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), irão realizar-se no dia 27 de Abril de 2017.

15170963_973738546103615_7033930755570316586_n.png

Após duas edições de enorme sucesso, as Jornadas de Marketing de Valença, onde profissionais das mais diversas áreas marcam presença, partilhando experiências e testemunhos diferenciados, com contributo de elevado valor qualitativo, estão já a ser preparadas. As III Jornadas de Marketing é um evento organizado por alunos da licenciatura e mestrado do curso de Marketing da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), contando com o importante apoio de docentes e outros profissionais na ESCE-IPVC.

As anteriores edições contaram com diversos nomes, como Vasco Marques ou Ferrão Filipe, e marcas, Vicri e Remax, presentes no mercado nacional e internacional. Nesta próxima edição a organização pretende que a mesma seja mais um passo rumo ao sucesso. 

11102963_10204162225716570_1572345709915251390_o (1).jpg

13268271_859087284235409_4724804865756163049_o (1).jpg

VALENÇA OFERECE MOTIVOS DE VISITA

8 Motivos para Visitar Valença Este Natal. Pista de Gelo, Chocolate e Duendelândia Esperam por ti!

Valença oferece um programa mágico este Natal recheado de atividades para pequenos e graúdos entre 1 de dezembro e 8 de janeiro. Valença transforma-se na Cidade Presépio, marcada pelos tons, sons e sabores natalícios durante 39 dias.

valeee.jpg

Fortaleza de Chocolate – 6 a 11 de dezembro

A Fortaleza de Chocolate adoçará o Natal. Uma oportunidade para deliciar-se com as cascatas, os fondues, os crepes doces e salgados, os waffles, os brigadeiros, as trufas, os bombons, os torrões, as espetadas de fruta, as bombocas, a ginja e tantas outros produtos em que o chocolate é a marca dominante.

Duendelândia – 3 a 11 de dezembro

A Duendelândia é a oportunidade para os mais pequenos desfrutarem de um mundo mágico, com a Casa do Pai Natal, o percurso Duendaventura com arborismo suspenso, o Bosque Encantado, as pinturas faciais, a modelagem de balões, os atelier's de manualidades, a carta ao Pai Natal e a oferta de rebuçados.

Pista de Gelo – 1 de dezembro a 8 de janeiro

Pela primeira vez Valença vai proporcionar uma pista de gelo artificial, no Jardim Municipal, entre 1 de dezembro e 9 de janeiro. A pista permitirá a permanência de dezenas de patinadores em simultâneo.

Valença Cidade Presépio – 1 de dezembro a 8 de janeiro

A maior exposição de presépios do país desenvolve-se por toda a cidade com instalações originais e pelas montras dos comércios, envolvendo toda a comunidade.

Compras de Natal– 3 de dezembro a 6 de janeiro

As Compras de Natal com Prémios são um convite a conhecer a oferta do comércio tradicional de Valença, habilitando a cheques compra nos comércios aderentes.

Comboio de Natal – 3 de dezembro a 6 de janeiro

O comboio turístico percorrerá os centros históricos de Valença e Tui dando a conhecer os principais encantos patrimoniais da Eurocidade e toda animação programa para esta quadra.

Concertos de Natal – 17 e 18 de dezembro

Três concertos marcam o fim de semana de 17 e 18 de dezembro com música alusiva à época.

Festa dos Reis – 5 e 8 de janeiro

A programação encerrará com a Festa dos Reis, com transmissão do “Somos Portugal” da TVI, em 8 de janeiro. Em 5 de janeiro decorrerá a tradicional Cavalgata Internacional de Reis da Eurocidade Valença Tui, com saída dos Bombeiros de Valença, às 16h00.

VALENÇA ELIMINA LISTA DE ESPERA NO APOIO AOS CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL

Apoio Municipal Elimina Lista de Espera em Valença. APPACDM Aumenta Vagas para Cidadãos com Deficiência Mental

Apoio Municipal permite a Valença aumentar a capacidade do C.A.O. - Centro de Atividades Ocupacionais e dar 100% de resposta às necessidades dos cidadãos com deficiência mental do concelho.

unnamedvalenç.jpg

A obra de requalificação do C.A.O. Valença vem reforçar a capacidade do centro e proporcionar novas valências e estruturas de apoio aos utentes. Valença passa a poder acolher 30 utentes, possibilitando o regresso de cidadãos que, por falta de espaço, estavam deslocalizados da sua área de residência em Melgaço.

C.A.O. de Valença Reequipado

A intervenção incidiu na readaptação completa do edifício com a criação de novas áreas, nomeadamente ginásio, balneários, sala sensorial, gabinete médico. Todas as demais áreas foram readaptadas dando novas funcionalidades ao centro.

A obra contou com uma verba de 40 mil euros, concedida pela Câmara Municipal. A par deste apoio a autarquia valenciana ajudou, ainda, com diversos materiais necessários para complementar a obra.

Respostas aos Cidadãos com Deficiência Mental

O C.A.O. Valença é uma estrutura de apoio ao cidadão com deficiência mental que tem um conjunto de valências. A estrutura funciona num edifício municipal, na avenida 25 de abril, gerido pela A.P.P.A.C.D.M. - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental.

Os utentes do C.A.O. de Valença dispõem de ateliers de artesanato, A.V.D., reciclagem de papel, reciclagem de madeira, plásticos entre outros e sala de acompanhamento individualizado. A par destas atividades o centro proporciona atividades complementares de que se destacam atividades aquáticas, equitação terapêutica, expressão dramática, snoezelen, canoagem, tiro com arco, teatro, programa de saúde e de promoção da diferenciação emocional "Eu e o Outro".

O C.A.O. Valença tem, ainda, valências de Intervenção técnico/terapêutica nas áreas da psicologia, serviço social e serviço de saúde.

Os utentes do C.A.O. Valença dispõem, também, de uma área residencial, com um lar de apoio que proporciona aos residentes um ambiente familiar e de bem-estar.

VALENÇA APOIA NATALIDADE

Presidente da Câmara entregou 27 apoios à natalidade. Os Novos Desafios das Famílias em Debate

Os novos desafios para as famílias estarão em debate, sexta-feira, 18 de novembro, no auditório do C.I.L.V.- Centro de Inovação e Logística de Valença.

unnamedval.jpg

A Parentalidade positiva - Educar da cabeça para o coração, o impacto da separação nas dinâmicas familiares e o papel e a intervenção da escola em situações de conflito parental serão os temas em debate neste seminário.

Três dos principais investigadores portugueses destas temáticas estarão em Valença para debater os novos desafios que se deparam às famílias e que respostas sociais devem ser dados pelas famílias, instituições e sociedade em geral.

Magda Gomes Dias é formadora parental, coach e escritora. A sua intervenção promete entusiasmar os profissionais da área e pais para estas temáticas. Magda Dias é defensora de que é possível educar com base no respeito mútuo, desenvolvendo relações felizes e com profundo significado. Educar da cabeça para o coração, e portanto para a felicidade, é o que a move.

Bárbara Figueiredo é doutorada e agregada em Psicologia Clínica. A sua intervenção será focada na investigação e intervenção no domínio da família, nomeadamente da parentalidade e relações pais-filhos.

António José Barrocal Fialho é Juiz da 3.ª Secção de Família e Menores do Barreiro – Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa e Membro da Rede Internacional de Juízes da Conferência da Haia de Direito Internacional Privado. A sua intervenção será focada no papel que a escola deve desempenhar em situações de conflito parental.

A organização é da C.P.C.J. – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Valença e conta com o apoio de diversas entidades locais e regionais.

Os interessados podem-se inscrever em:

http://seminariofamilianovosdesafios2016.blogspot.pt

JOVENS DE VALENÇA CUIDAM DA HIGIENE ORAL

Jovens com Dentes Mais Saudáveis - Mais Saúde em Valença

Saúde Oral para Todos é a iniciativa que está a consciencializar os jovens alunos valencianos para os cuidados a ter com os dentes.

valendent.jpg

A ação, promovida pela Câmara Municipal de Valença, decorre até 11 de novembro e está destinada  a todos os alunos das escolas básicas do 1ª ciclo e jardins-de-infância do concelho.

Este programa ensina os jovens a reforçarem os cuidados com a saúde oral e a ganharem hábitos de vida saudáveis que no futuro serão essenciais para uma sociedade mais saudável e consciente.

A iniciativa consta de uma exposição interativa onde os alunos estão a tomar conhecimento de um conjunto de ações diárias a ter em conta na saúde oral. A ação consta ainda de uma didática teatralização partir do livro “Cário e bactério” de Thorbjorn Egner.

Esta parceria com o Centro de Saúde de Valença  pretende contribuir para a alteração dos comportamentos ligados à saúde oral através de atividades de leitura atrativas e estratégias de aprendizagem divertidas

A iniciativa conta com a participação da Equipa de saúde oral do Centro de Saúde de Valença e a colaboração do Agrupamento de Escolas “Muralhas do Minho”.

VALENÇA APROVA ORÇAMENTO MUNICIPAL A PENSAR NA EDUCAÇÃO, REQUALIFICAÇÃO URBANA E TURISMO

Orçamento de 19,6 milhões de euros: Que se Vai Fazer em Valença em 2017?

A Câmara Municipal de Valença aprovou o orçamento de 19,6 milhões de euros para 2017, tendo como grandes eixos a educação, a requalificação urbana da cidade, do centro histórico e da rede viária municipal, bem como a promoção turística.

muravalen.jpg

Este é um orçamento focado nas pessoas, na melhoria da qualidade de vida em Valença, na dinamização e atratividade do concelho.

Valença vai ter um  Complexo Escolar da EB 2 e 3 / S renova com as melhores condições para os nossos jovens alunos. O Gabinete de Apoio ao Empreendedorismo e o Ninho de Empresas, no Centro de Inovação e Logística, avança, será inovador e dará apoio às iniciativas dos nossos jovens.

Investir em Valença é cada vez mais atrativo quer na área industrial, comercial, turística e agrícola.

O Gabinete do Apoio ao Munícipe avança e o Balcão do Munícipe será reforçado, tudo para modernizar a administração e simplificar a vida aos cidadãos e às empresas.

Impostos baixos, medidas de apoio social na educação, na habitação, na busca de emprego e na resposta às carências imediatas pretendem ajudar as famílias valencianas, sobretudo os mais desfavorecidos.

O Gabinete Eurocidade avança reforçando este projeto emblemático de Tui e Valença, um exemplo de cooperação para a Europa e o mundo.

A 4ª fase da requalificação da Fortaleza vai avançar, a par da regeneração urbana, na área  central da cidade, requalificando e humanizando. A requalificação da rede viária municipal das freguesias e a ampliação da rede de saneamento básico é para aprofundar levando melhores infra-estruturas e serviços aos habitantes do concelho.

A luta pela classificação da Fortaleza como Património Mundial, a aposta no turismo gastronómico, de natureza e no Caminho Português para Santiago, a dinamização cultural e  o reforço da promoção turística pretendem posicionar Valença como o grande polo turístico da região.

Aproximar Valença do rio, um recurso cheio de potencialidades, é uma prioridade. A dinamização da Ecopista do Rio Minho, com maior interligação ao rio, a valorização do Biótipo da Veiga da Mira, a criação dos cais de amarração pretendem aproximar os valencianos e os turistas ao rio e alavancar o turismo de natureza.

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara de Valença “Este é um orçamento que lança desafios, maximiza e potencializa o posicionamento geo-estratégico de Valença, envolve a sociedade e pretende uma Valença de todos para todos, onde os valencianos tenham mais qualidade de vida”.

VALENCIANOS REVIVEM FEIRA DOS SANTOS

Feira dos Santos em Valença. Festa e Romaria

A freguesia valenciana de Cerdal revive a emblemática Feira dos Santos em 1 e 2 de novembro. A tradição mantém-se há séculos atraindo portugueses e galegos a uma feira onde se vende de tudo.

feiradossantos.jpg

Mais de 400 tendas de vestuário, louças e calçado, as tasquinhas, a vende de gado, de produtos do campo e maquinarias agrícolas, os parques de diversões e uma infinidade de outros atrativos dão corpo a este evento.

A Feira dos Perícos dos Santos

Os Santos dão nome a um fruto de época e único no mundo, os Perícos dos Santos, possível de encontrar apenas em Valença.

Os espaços envolventes à Capela de São Bento reúnem as lavradeiras da região que nesta época vendem, sobretudo, os perícos dos santos (peras pequenas típicas desta região), as castanhas cruas ou cozidas, as nozes, os dióspiros e muitos outros produtos do campo.

Feira das Trocas

Há séculos que a tradição manda que no dia 2 de novembro a Feira dos Santos se transforme na Feira dos Trocas.. Uma tradição antiga de trocar os produtos adquiridos na véspera que por alguma razão não serviam.

Feira Secular

A Feira dos Santos é uma feira / romaria secular e um verdadeiro ponto de encontro galaico-minhoto que cativa, ano após ano, milhares de visitantes. A feira já aparece documentada em 1758 e é um ponto de confluência de povos e onde, por excelência, se sente a alma galaico-minhota.

Feira de Gado e Corridas de Cavalos

Os emblemáticos cavalos garranos, típicos do Noroeste Peninsular, são um dos grandes atrativos desta feira com a mostra dos animais, vindos de toda a região norte de Portugal e do sul da Galiza, a animarem as manhas do dia 1 de novembro. Para além do gado cavalar este setor contará, ainda, com gado bovino e caprino.

As tradicionais corridas de cavalos, em passo travado, decorrerão no dia 1, a partir das 14h00, na Pista das Corridas. Uma oportunidade para os ginetes mostrarem a destreza dos seus cavalos.

As Tasquinhas e as Desgarradas

Nas tasquinhas dos Santos provam-se os vinhos verdes novos da região, assim manda a tradição. Provas acompanhados, por uma infinidade de petiscos, com destaque para os rojões, o caldo verde e as castanhas assadas. As Noites dos Santos são sempre muitos animadas, de 31 de outubro e 1 de novembro, com os cantares ao desafio e as desgarradas a cargo dos tocadores de concertina.

Local: https://www.google.pt/maps/@41.9715739,-8.6360354,100m/data=!3m1!1e3

MODERNIZAÇÃO DA LINHA DO MINHO É VITAL PARA VALENÇA

Alfa Pendular Pode Chegar à Cidade

Comboio rápido e moderno vai chegar a Valença cumprindo luta antiga do Presidente da Câmara, Jorge Mendes. Modernização da linha do Minho, entre Viana do Castelo e Valença avança.

valençlinhaminh.jpg

O avanço da modernização da linha do Minho, entre Viana do Castelo e Valença, em 48 quilómetros, anunciado hoje é uma excelente notícia para Valença.

Uma linha do caminho-de-ferro moderna e rápida, até Valença, é um fator estratégico vital para a atratividade de novos investimentos, dinamização da economia e reforço da qualidade de vida das populações de Valença e de toda esta região transfronteiriça.

O inicio das obras está anunciado para o segundo semestre de 2017 de modo a ficar operacional no início de 2019.  Uma modernização que poderá permitir a chegada dos comboios rápidos Alfa Pendular até à cidade.

Com a modernização da linha Valença ficará ligada ao Porto e a Vigo com uma via mais segura e rápida agilizando a comunicação com os dois grandes núcleos urbanos e económicos da euro-região.

O Ministério do Fomento de Espanha anunciou, hoje, também, que ajustará o calendário de intervenções na linha do caminho-de-ferro até à fronteira de Tui às intervenções a realizar até Valença. Da parte espanhola faltam modernizar apenas 8 Kms até à fronteira. Espera-se assim que no início de 2019 seja possível a Valença ter uma ligação rápida para norte e sul.

Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes, “Valença foi dos primeiros a lutar pela eletrificação e modernização da linha do Minho, uma obra fundamental para o reforço do posicionamento geoestratégico desta cidade e da euro-região. Após conquistarmos a paragem do Celta esta é mais uma excelente notícia”.

ALUNOS DE VALENÇA APRENDEM REGRAS RODOVIÁRIAS

Um parque de jogos e um circuito de karts com 1.000 m2, está a ensinar as boas práticas rodoviárias, aos alunos de Valença, até 21 de outubro, na Zona Escolar e Desportiva da cidade.

valenregrrodv.jpg

Aprofundar os conhecimentos sobre o respeito pela sinalização rodoviária é o objetivo desta iniciativa destinada aos jovens alunos, com idades entre os 8 e os 10 anos.

A Caravana da Educação Rodoviária, da Fundação Mapfre, integra um camião, que funciona como sala de aula, onde se explicam conceitos básicos de circulação. Um parque de jogos e um circuito de karts com 1.000 m2, composto por insufláveis, rotundas e sinalização onde as crianças poderão praticar os conhecimentos adquiridos completa o circuito.

O roadshow conta com o apoio da GNR/Escola Segura de Oliveira de Azeméis, não só durante a ação de sensibilização sobre as regras e sinais de trânsito, bem como no circuito de karts onde as crianças são igualmente acompanhadas por monitores de educação rodoviária.

No final de cada sessão, os jovens recebem um diploma de participação e outras ofertas especiais da FUNDAÇÃO MAPFRE.

Valença encerra a iniciativa da Fundação Mapfre, em Portugal, após 25 dias na estrada, junto das escolas e público em geral a promover as regras de segurança rodoviária junto de crianças entre os 8 e os 10 anos.

Esta iniciativa anual está integrada nas comemorações da Semana Europeia da Mobilidade, arrancou em Portugal em 2009, tendo, desde então, visitado 26 cidades de todo o país e chegado a mais de 24 mil crianças, bem como pais, professores e outros agentes educativos.

A Caravana da Educação Rodoviária é uma iniciativa integrada no programa anual para a prevenção e segurança rodoviária da Fundação MAPFRE.

MICROSOFT PORTUGAL PREMEIA PORTAL DE VALENÇA

O Portal de Valença www.cm-valenca.pt foi premiado pela Microsoft Portugal e pela Universidade do Minho, como um dos bons exemplos a nível nacional.

VALLL (2).jpg

Valença marca pontos na presença na internet, a nível nacional, sendo apontada como um bom exemplo, entre o conjunto das 308 autarquias de Portugal avaliadas.

Valença obteve dois segundos prémios, a nível nacional, nas categorias Participação na internet e Acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização do Portal.

Valença destacou-se nos critérios de Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Utilização, medidos por treze indicadores, presentes no portal, nomeadamente o posicionamento nos motores de busca, o tempo de carregamento da página, o acesso através de diferentes sistemas operativos e navegadores e dispositivos móveis.

A Participação na Internet mereceu, também, o reconhecimento de Valença, nomeadamente no que toca aos mecanismos de participação que a câmara municipal disponibiliza ao cidadão, tendo sido avaliados seis indicadores presentes no portal.

A avaliação foi realizada pela GÁVEA – Laboratório de Estudos e Desenvolvimento da Sociedade da Informação, da Universidade do Minho em parceria com a Microsoft Portugal.

Esta foi a 8ª edição do ranking que avalia e regista o Índice da Presença na Internet das Câmaras Municipais.

Este prémio é o reconhecimento ao trabalho e esforço que o Município de Valença tem vindo a desenvolver no sentido de aproximar a administração aos cidadãos, tornando a administração municipal mais transparente, moderna e acessível a todos. Um trabalho que é para continuar a aprofundar mantendo Valença na linha da frente.

VALENCIANOS REALIZAM DESFOLHADA DO MILHO

Valença convida para desfolhada com vinhos e petiscos em Cerdal

Valença convida a reviver uma desfolhada tradicional, com prova de vinhos novos, petiscos e pratos da gastronomia local, no fim de semana de 15 e 16 de outubro, em Cerdal.

desfvalen.jpg

Pelo quinto ano consecutivo Cerdal convida, os mais velhos a recordar e os mais novos a descobrir uma das atividades agrícolas mais emblemáticas da nossa região, as desfolhadas.

As desfolhadas, para além do trabalho árduo de fechar parte do ciclo de cultivar o milho eram, também, motivo para encontro de amigos, vizinhos e familiares, numa autentica e grande festa valenciana. Esse ambiente único e genuíno será recriado em Cerdal. Os típicos carros de bois carregados de milho, a eira, a desfolhada, os sons das concertinas e as desgarradas prometem uma festa animada onde todos são convidados a descobrir a espiga rainha. Manda a tradição que quem a encontrar tem de roubar um beijo a uma donzela e se aparecer uma espiga com “filhos” acender uma vela e colocar a espiga numas alminhas, que se encontrem num cruzamento de caminhos, para espantar os maus espíritos.

Na desfolhada não faltarão os bardeiros e até uma meda para compor o cenário e o espigueiro para guardar as espigas e fechar o ritual da desfolhada.

Uma festa que contará com produtos da gastronomia local onde se destacarão os afamados vinhos verdes novos e os petiscos como o presunto, a broa, o chouriço, o bolo do tacho e os rojões.

Do programa de sábado, destaca-se a prova de vinhos novos, às 18h30, o Desfile da Desfolhada, às 19h30, a Desfolhada Tradicional, às 20h00, seguida de encontro de concertinas. A noite encerrará com um espetáculo de concertinas e desgarradas a cargo de Pi d'Areosa e Jorge Salgueiro.

Do programa de domingo destaca-se a exposição de alfaiais agrícolas, a partir das 10h, o encontro de bombos, às 11h e o almoço convívio do “Arroz de Sarrabulho e Rojões”, às 12h30. O dia encerrará com uma animação musical a cargo do grupo Os Teimosos, a partir das 15h.

A iniciativa é da Câmara de Valença e do Grupo Cultural e Recreativo “Os Camponeses Minhotos” de Cerdal e conta, ainda, com a colaboração da Junta de Freguesia de Cerdal e de várias associações e juntas de freguesia do concelho.

VALENCIANOS VIAJAM À ÉPOCA DE OURO DA RÁDIO

Rádios Antigos em Valença

O Núcleo Museológico de Valença, recuou 80 anos no tempo, à descoberta da “Radiofonia – A Paixão do Valenciano Sansão Vaz” que reúne 41 rádios antigos, até 26 de novembro.

valençaradios.jpg

Uma exposição que mergulha o visitante no imaginário da rádio antiga, das válvulas, dos botões cromados, do som da radiofonia, de design´s retro, das velhas grafonolas. Um convite irresistível para os nostálgicos da rádio descobrirem aparelhos tipo cofre, capela e portáteis, das décadas de 20 a 60, do século passado.

Da Holanda à Alemanha, do Canadá aos Estados Unidos da América, do Japão ao Brasil e tantos outros, é possível encontrar aparelhos que colocaram o mundo a comunicar em tantas línguas e lugares.

Uma exposição evocativa de uma das maiores coleções nacionais, hoje, pertença dos descendentes do valenciano Sansão Vaz que, no seu conjunto, reúne mais 500 aparelhos entre telefonias, recetores / emissores de guerra e aparelhos de gravação.

A coleção de Sansão Vaz tem aparelhos que vão de 1928 até à década de 60, com marcas como a Phillips, RCA, His Master's Voice, Marconi, Telefunken, Siemens, Roberts Radio, Ultra, Viking, entre outras.

Pela curiosidade, até não faltam três exemplares alemães, do tempo do nazismo, chamados rádios "Mordaça" por só emitirem em áreas restritas deste país.

Sansão Vaz foi uma figura valenciana emblemática que todos associavam ao mundo da rádio e das antigas cabines de som das festas e romarias. Do passatempo nasceu uma paixão, de alguns chegou a mais de 500 aparelhos. Até aos últimos dias de vida Sansão Vaz zelava por estas preciosidades com toda a paixão, fazendo questão de os manter todos a funcionar.

VALENÇA REALIZA JORNADAS DE MARKETING

As III Jornadas de Marketing de Valença, que contam com o apoio da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), irão realizar-se no dia 27 de Abril de 2017.

Após duas edições de enorme sucesso, as Jornadas de Marketing de Valença, onde profissionais das mais diversas áreas marcam presença, partilhando experiências e testemunhos diferenciados, com contributo de elevado valor qualitativo, estão já a ser preparadas. As III Jornadas de Marketing é um evento organizado por alunos da licenciatura e mestrado do curso de Marketing da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), contando com o importante apoio de docentes e outros profissionais na ESCE-IPVC.

As anteriores edições contaram com diversos nomes, como Vasco Marques ou Ferrão Filipe, e marcas, Vicri e Remax, presentes no mercado nacional e internacional. Nesta próxima edição a organização pretende que a mesma seja mais um passo rumo ao sucesso.

FAMÍLIAS DE VALENÇA PAGAM MENOS IMPOSTOS

Valença Continua a Baixar Impostos e Melhorar Qualidade de Vida - Famílias Pagam Menos Impostos

Os impostos em Valença voltam a descer em 2017. Com taxas das mais reduzidas praticadas em Portugal, Valença baixa ainda mais, o I.R.S., afirmando-se como um dos concelhos mais atrativos para viver no país.

valllen.jpg

A Câmara Municipal devolve às famílias valencianas 3% do I.R.S. em 2017. A redução das taxas de I.R.S., para os valores mais baixos de sempre é uma opção da Câmara Municipal para ajudar as famílias.

    As famílias com 1, 2, 3 ou mais filhos beneficiam, ainda, em Valença do I.M.I. Familiar, que passará a ter uma percentagem fixa (20€, 40€ e 70€). Os agregados familiares, residentes no concelho serão os grandes beneficiários da medida.

    Valença continua a cumprir o programado, reforçando a aposta na atração de investimentos, mantendo o I.M.I. e a Derrama nos valores legais mais baixos. O incentivo à requalificação dos prédios urbanos, do Centro Histórico e da Área Central da Cidade é para manter, com a implementação da redução do I.M.I., até um valor de 50%. Aos benefícios fiscais associam-se medidas de incentivos à reabilitação urbana, nestas áreas, definidos nos planos das respetivas A.R.U.'S - Áreas de Recuperação Urbanas.

O equilíbrio e as boas contas municipais estão a permitir a implementação de políticas de apoio às famílias, à atratividade do concelho e à dinâmica económica, captando investimento. A devolução da percentagem no I.R.S. e a manutenção dos demais impostos municipais, nos valores mais baixos de sempre, só é possível graças a uma gestão financeira sustentável que o Município tem vindo a implementar nos últimos anos.

Valença reafirma-se, cada vez mais, como um concelho de impostos baixos reforçando-se como terra atrativa para viver, investir e visitar.

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara, “Apoiar as famílias,  atrair novos residentes, captando novos investimentos e estimulando a requalificação do património urbano da cidade é essencial para termos um concelho, atrativo, dinâmico e empreendedor”.

VALENÇA REALIZA JORNADAS DE MARKETING

III Jornadas de Marketing realizam-se a 27 de Abril

As III Jornadas de Marketing de Valença, que contam com o apoio da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), irão realizar-se no dia 27 de Abril de 2017.

Após duas edições de enorme sucesso, as Jornadas de Marketing de Valença, onde profissionais das mais diversas áreas marcam presença, partilhando experiências e testemunhos diferenciados, com contributo de elevado valor qualitativo, estão já a ser preparadas. As III Jornadas de Marketing é um evento organizado por alunos da licenciatura e mestrado do curso de Marketing da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), contando com o importante apoio de docentes e outros profissionais na ESCE-IPVC.

As anteriores edições contaram com diversos nomes, como Vasco Marques ou Ferrão Filipe, e marcas, Vicri e Remax, presentes no mercado nacional e internacional. Nesta próxima edição a organização pretende que a mesma seja mais um passo rumo ao sucesso. 

VALENCIANOS RECRIAM GUERRA DA RESTAURAÇÃO

47 figurantes recriam guerra da restauração na Fortaleza de Valença, sexta 23 setembro

Valença vai recriar o período da recuperação da independência de 1640 e o fim da Monarquia Dual, sexta-feira, 23 de setembro, a partir das 21h. Sexta-feira a Fortaleza de Valença recua 376 anos e vai proporcionar um momento único de assistir, ao vivo, aos históricos combates entre portugueses e castelhanos que marcaram o fim da dinastia dos Filipes em Portugal e a recuperação da independência nacional.

valen.jpg

47 figurantes vão recriar 5 dos momentos mais marcantes vividos em Valença na época das Guerras da Restauração.

Os combates, em São Pedro da Torre, em 1658, entre o exercito português e castelhano, comandado pelo general Luís Gonzaga, serão recriados no largo das Portas do Sol.

No interior da Fortaleza, o Largo dos Inválidos, receberá a recriação da assistência médica aos militares feridos em combate.

A defesa da Fortaleza de Valença será recriada na parte superior das Portas do Meio e do Baluarte da Esperança, nos caminhos de ronda, com a participação de figurantes de militares castelhanos e portugueses.

O Jardim das Amoreiras, recriará o emblemático comércio e contrabando do sal em que Valença, durante séculos, foi o principal interposto entre o norte de Portugal e a Galiza.

As tabernas, a Roda dos Expostos, o ambiente festeiro dos militares e da população da fortificação será recriado no Revelim da Coroada.

Entre as cinco recriações históricas os momentos musicais estarão a cargo do grupo “Fados & Tal”.

Esta atividade insere-se na programação das Jornadas Europeias do Património.

VALENÇA CONTROLA QUALIDADE DAS REFEIÇÕES ESCOLARES

Refeições Escolares de Valença: Saiba o Que Comem e Como são Controladas

A Câmara Municipal garante condições de segurança nas refeições escolares servidas aos alunos de Valença e disponibiliza aos pais a oportunidade de conhecer as refeições, mensalmente em www.cm-valenca.pt/cantinas-escolares.

valenrefe.jpg

A autarquia assegura os serviços das refeições escolares nos Jardins de Infância e escolas básicas do 1º ciclo do concelho, com um serviço garantido por 9 cantinas escolares. Na época escolar 2015 / 2016 foram servidas 105 680 refeições.

A elaboração e a execução das ementas é controlada por nutricionistas que realizam ementas seguindo os princípios de uma alimentação equilibrada e adequada às necessidades dos alunos destas idades. Um controlo rigoroso dos alimentos é realizados por todos os intervenientes desde a aquisição, congelamento, confeção e apresentação das refeições aos alunos.

Para além da preocupação com a definição e controle de ementas saudáveis são ministradas, regularmente, formações aos funcionários adstritos a este setor, de modo a garantir um serviço com qualidade e eficiência.

A segurança alimentar em Valença é feita com todo o rigor. A título de curiosidade são guardados, durante três dias, mostras de todas as refeições, de modo a avaliar a sua qualidade em casa de se verificar alguma anomalia.

Os encarregados de educação podem acompanhar os menus estabelecidos, para cada dia, no site da Câmara Municipal em www.cm-valenca.pt/cantinas-escolares.

De modo a facilitar a vida aos encarregados de educação a Câmara Municipal, no último ano, implementou a possibilidade de pagamento das refeições escolares através da rede multibanco, on-line, ou na Tesouraria da Câmara Municipal.

RESTOS MORTAIS DO 1º MARQUÊS DE VALENÇA REPOUSAM EM OURÉM

No burgo medieval de Ourém situa-se a Igreja da Colegiada de Nossa Senhora das Misericórdias, fundada por D. Afonso Henriques e, em 1445, mandada ampliar por D. Afonso de Bragança, 1º Marquês de Valença e 4º Conde de Ourém.

Na cripta daquele templo, situada sob o coro, jaz sepultado em magnífico mausoléu para onde foram trasladados em 1487, os restos mortais do Marquês de Valença. Nele estão gravados os seguintes dizeres:

“Aqui jaz o Ilustre Príncipe D. Afonso, Marquês de Valença, conde de Ourém, primogénito de D. Afonso, Duque de Bragança, e conde de Barcelos, e neto d’El Rei D. João de gloriosa memória, e do virtuoso, e de grandes virtudes D. Nuno Alvares Pereira, Condestável de Portugal. Faleceu em vida de seu pai, antes de lhe dar a dita herança, de que era herdeiro, o qual foi fundador desta Igreja, em que jaz, cuja fama e feitos este dia florescem. Finou-se a 29 de agosto do ano do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1460 anos.”

Era D. Afonso de Bragança filho primogénito de Afonso I de Bragança e de sua esposa, Beatriz Pereira de Alvim, Condessa de Ourém, neto primogénito de D. Nuno Álvares Pereira e de D. Leonor Alvim que, entre outros títulos nobiliárquicos, foi Condessa de Barcelos.

Por ocasião das invasões francesas, a vila medieval de Ourém foi mandada incendiar e o seu túmulo foi profanado e vandalizado pela soldadesca comandada pelo general Massena, na ânsia de ali encontrarem ouro e jóias escondidas no seu interior.

VALENCIANOS RECUPERAM LIVROS USADOS

Livros Usados Poupam 2000 Euros às Famílias Valencianas

Durante os meses de Julho e Agosto a Câmara Municipal de Valença dinamizou a iniciativa "Dar de Volta: empréstimo de manuais escolares", na Biblioteca Municipal. 184 manuais voltaram a ganhar vida e utilidade permitindo às famílias valencianas poupar um valor superior a 2 mil euros.

vallivusad.jpg

O projeto “Dar de Volta” complementa a atribuição de verbas de apoio à aquisição de manuais escolares concedidos pela autarquia valenciana aos alunos do 1º e 2º ciclo.

A concessão dos Manuais Escolares é uma das muitas medidas de apoio social que a Câmara Municipal de Valença tomou, no início deste ano letivo, no sentido de universalizar um ensino com qualidade e igualdade de oportunidade para todos.

O Dar de Volta tem-se afirmado, ano após ano, como um projeto altruísta, com grande envolvimento e consciência dos valencianos, sintomático de uma sociedade evoluída e solidária.

FORTALEZA DE VALENÇA TEM VIDEOVIGILÂNCIA

A Câmara Municipal de Valença implementou um sistema de videovigilância na Fortaleza, de modo a reforçar as condições de segurança de pessoas e bens.

fortavigil.jpg

As bolsas de estacionamento das Portas do Sol, Cortinas de São Francisco, Portas da Gaviarra, Campo de Ténis, Portas do Meio e o topo da avenida de Cristelo, na Fortaleza, contam já com um sistema de videovigilância, com gravação 24 horas por dia. As principais áreas de estacionamento extra-muros da Fortaleza, bem como a principal porta de acesso ao centro histórico reforçam, assim as condições de segurança para as pessoas, veículos e mobiliário urbano.

A videovigilância implementado em Valença é um sistema moderno e eficaz que permite um registo continuo de imagens, 24 horas por dia, em vários ângulos garantindo uma melhor segurança de pessoas e bens.

Com este sistema de monitorização é possível reforçar as condições de segurança. Medidas necessárias, sobretudo, nos principais picos de afluência de visitantes à cidade. Recorde-se que entre 1 de janeiro e 30 de agosto, o Centro Histórico de Valença já superou 1 milhão e 400 mil visitantes.

VALENÇA REFORÇA INVESTIMENTO NA EDUCAÇÃO

Valença arranca o ano escolar com um reforço do investimento no setor da educação. A requalificação do complexo da EB 2 e 3 / S, no valor de 2 milhões de euros, destaca-se no conjunto dos investimentos.

VALENDUCA.jpg

Bolsas de estudo, manuais, passes, transportes, cantinas, prolongamento de horários, extra-curriculares e natação são algumas das medidas de apoio que a autarquia valenciana vai proporcionar aos alunos das escolas do concelho.

Proporcionar espaços condignos ao ensino tem sido uma das prioridades da autarquia. A Câmara, em colaboração com as juntas de freguesia, procedeu à manutenção de todos os edifícios das escolas básicas e jardins de infância do concelho. Em concurso está uma grande intervenção no complexo da EB 2 e 3 / S, orçada em 2 milhões de euros e que requalificará todo o espaço e edifícios deste estabelecimento de ensino. Em breve a autarquia vai avançar com a requalificação de todos os parques infantis dos jardins de infância e escolas básicas, do 1º ciclo do concelho.

O ano letivo 2016/17 contará com as Atividades de Enriquecimento Curricular, a cargo da Câmara Municipal, nomeadamente as disciplinas de inglês, expressão musical, dramática e plástica e atividades físicas e desportivas, para os alunos do 1º ciclo.

O prolongamento de horário nos Jardins-de-Infância, com atividades de animação e apoio à família, decorrerá entre as 15h30 e as 17h30, a cargo das animadoras sócio-culturais. O pré-escolar contará, também, com aulas de natação, para todos alunos dos estabelecimentos públicos e da Santa Casa da Misericórdia.

Os serviços de refeições e transportes escolares serão assegurados, também, pela Câmara Municipal.

Medidas complementadas com a oferta ou comparticipação dos manuais escolares, aos alunos do primeiro e segundo ciclo, desafogando a pressão financeira sobre as famílias. Na Biblioteca Municipal decorreu, ainda, o programa Dar de Volta de troca de manuais escolares usados, numa estreita colaboração com o Agrupamento de Escolas. As famílias com mais dificuldades financeiras terão, ainda, apoio no material escolar para os seus filhos.

As Bolsas de Estudo, de apoio aos estudantes valencianos que frequentam o ensino superior, voltarão a ser uma realidade, estando previsto a abertura do concurso até finais do mês de setembro.

VALENÇA QUER IDOSOS A MELHOR ENVELHECER

A Câmara Municipal de Valença e a Unidade de Cuidados Continuados, do Centro de Saúde de Valença, implementaram o projeto “Dinamizar para Melhor Envelhecer ”, junto da população do concelho, com mais de 75 anos.

valll.jpg

Esta nova resposta social começou a 1 de Setembro e vai realizar um levantamento e diagnóstico das condições de saúde e sociais de todas as pessoas com mais de 75 anos..O projeto arrancou na freguesia de Boivão, percorrendo ao longo dos próximos meses todas as freguesias do Concelho.

A Unidade Móvel de Saúde é o suporte desta iniciativa, mantendo o mesmo modelo de funcionamento durante as manhãs, realizando serviços preventivos e de promoção da saúde a idosos com mais de 75 anos. Durante o período da tarde estará ao serviço da implementação do projeto “Dinamizar para Melhor Envelhecer”, efetuando o diagnóstico de situação através da aplicação de questionários as pessoas com mais de 75 anos e seus cuidadores.

Numa segunda fase deste projeto está prevista a realização de ações de formação para os Cuidadores Formais e Informais, de modo a proporcionar aos seniores um envelhecimento saudável, ativo e com qualidade e sempre que possível mantê-los em contexto familiar e comunitário. Estas ações decorrerão nas juntas de freguesia.

Este projeto resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal e a Unidade de Cuidados Continuados, do Centro de Saúde de Valença e pretende dar uma nova dinâmica à Unidade Móvel de Saúde e apostar em medidas.

ANHO NO FORNO E ARROZ PINGADO ATRAEM VISITANTES DO MINHO E GALIZA A VALENÇA ESTE FIM-DE-SEMANA

Valença Tem Anho no Forno e Arroz Pingado este Fim-de-semana

O Festival Gastronómico “Sabores do Anho” decorre entre 3 e 4 de setembro, na freguesia valenciana de Gondomil. Uma oportunidade para saborear o Anho Assado no forno a lenha, com arroz pingado, feito por quem mais sabe desta tradição secular.

14064086_1101826989898675_4642495404205248542_n (1).jpg

O Largo de Santa Rita, em Gondomil, é o espaço de acolhimento deste festival gastronómico dedicado a um dos pratos mais emblemáticos da gastronomia valenciana, o Anho no Forno, a 12,5 euros a dose.

Sabores do Anho é uma oportunidade única para saborear um prato genuíno da região elaborado de forma tradicional assado, como há séculos, nos tradicionais fornos a lenha por mãos sábias; um prato rei gastronómico das festas grandes. Como alternativa os comensais podem saborear os rojões e deliciar-se, na sobremesa, com as celebres Sopas Secas.

O anho assado nos fornos de Valença é criado, em rebanhos, sobretudo, nas serranias do Faro, da Furna e de São Lourenço, nas mais puras pastagens da carqueja, do rosmaninho e do tojo bravo que dotam esta carne de um sabor inigualável.

O festival abre sábado, às 12h com e do programa de animação consta o Trilho da Corredoura do Manco, às 16h e para as 22h está programada a atuação do Grupo de Sopro e Cordas de Outeiro. Domingo o festival abre às 12h, estando programado um espetáculo da Ginasticart para as 16h30 e concertinas e cantares ao desafio, a cargo de Ricardo Jorge e Zé Barbosa, a partir das 17h.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Valença, Junta da União de Freguesias de Sanfins e Gondomil e da Associação Cultural de Gondomil.

Os Sabores do Anho encerram o ciclo anual de eventos gastronómicos que a Câmara Municipal de Valença dinamizou ao longo deste ano e de que destacaram, ainda, os Sabores da Lampreia, Os Sabores Serranos, Os Sabores da Aldeia, os Domingos Gastronómicos e Fevereiro Mês da Lampreia.

VALENÇA TEM ÁGUA DE EXCELÊNCIA

A Câmara Municipal de Valença garante água de excelência aos munícipes. Qualidade de 99,6% na água da Rede Pública, para consumo, segundo os dados do relatório anual da ERSAR - Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos. Um nível de excelência de praticamente 100%, que oferece todas as garantias a quem a consome diariamente.

valenagu.jpg

Nos últimos cinco anos a qualidade da água aumentou três pontos percentuais, passando de 96,51% para 99,6%. Este ganho deve-se à melhoria dos meios disponíveis para o controle da sua qualidade, aos melhoramentos das captações e à aquisição de produtos (novos no mercado) para o seu tratamento, tecnologicamente mais avançados e de maior qualidade.

Para Jorge Mendes, presidente da Câmara, “garantir a qualidade da água para consumo em Valença é uma grande responsabilidade. Fico satisfeito por ver que o esforço realizado nos últimos anos melhorou a água em Valença e agora podemos todos usufruir de uma água ainda melhor.”

QUAIS AS CAUSAS DA DECADÊNCIA DO REGIONALISMO MINHOTO EM LISBOA?

Passam precisamente 30 anos desde que o autor destas linhas, após uma passagem meteórica pela Direção da Casa do Minho onde pugnou pela criação de “comissões concelhias” com vista à dinamização daquela associação e após ver rejeitadas as suas propostas, iniciou o processo com vista à constituição em Lisboa da Casa do Concelho de Ponte de Lima, o qual se registou num ambiente de uma inevitável polémica.

578087_442609552486230_1187675705_n

Essa iniciativa teve no Almoço Limiano então realizado o primeiro passo de arranque, depois de contar com o apoio indefetível do então Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Dr. Francisco Maia de Abreu de Lima. Escassos dois meses decorridos, mais precisamente em 2 de fevereiro de 1987, era legalmente constituída em Lisboa aquela associação regionalista. Três décadas decorridas, importa fazer o balanço e, sobretudo, procurar compreender as causas da decadência do regionalismo minhoto em Lisboa.

Até meados da década de oitenta do século passado, existiam em Lisboa apenas a Casa do Minho, a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez e, com constituição recente, a Liga dos Amigos do Concelho de Valença. Além destas associações regionalistas, contava-se ainda a existência do Grupo Excursionista e Recreativo Os Amigos do Minho fundado em 8 de maio de 1950 e com sede na rua do Bemformoso, e ainda o Grupo Folclórico do Centro Cultural dos Trabalhadores do Circulo de Leitores que consiste no atual Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho, considerado um dos mais representativos agrupamentos de folclore da nossa região.

EncontroTadiçoesMinhotasLisboa 016

A Casa do Minho que já vinha atravessando uma existência difícil desde o falecimento do jornalista Artur Maciel, viveu a partir de meados da década de 80 uma vida particularmente atribulada que por pouco não ditou a sua extinção. E, quando tudo fazia prever o seu desaparecimento, eis que o súbito envolvimento de novos associados, desprovidos da arrogância e atitudes preconceituosas de antigos dirigentes, permitiu travar a queda e até estabelecer um relacionamento saudável com as demais associações regionalistas. Apesar disso, a sua atividade não vai além da atuação do seu rancho folclórico e da realização de alguns almoços regionalistas, concretamente os almoços da lampreia e a couvada à minhota.

aniversario_casa_dos_arcos_2015_6

Por seu turno, a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, graças ao empenhamento de um arcuense que ainda atualmente se mantém à frente dos destinos daquela associação, começava a recuperar de uma letargia de várias décadas e é atualmente a mais dinâmica associação regionalista minhota sediada na capital lisboeta. A sua atividade desdobra-se entre as atuações do seu rancho folclórico e algumas iniciativas culturais e gastronómicas, sendo contudo de realçar o seu empenho e liderança no âmbito do associativismo regionalista, concretamente através da Associação das Casas Regionais em Lisboa (ACRL).

ACRL-1DEZ2012 (28)

Desde a sua criação em 6 de junho de 1982, a Liga dos Amigos do Concelho de Valença concentrou a sua atividade quase exclusivamente na realização anual de um Almoço de Confraternização, para além dos esforços desenvolvidos com vista à aquisição de sede própria, na área de Campolide.

MegaPicNic Continente 059

Sem nunca ter tido existência legal, existiu também durante vários anos a Casa Cerveirense cuja atividade se resumiu à realização anual do chamado Almoço Cerveirense. Mais recentemente, um grupo de cerveirenses veio a tomar em mãos a sua constituição legal, não se adivinhando porém que venham a ter sede própria e outra atividade para além do almoço regionalista e da participação em iniciativas no âmbito da ACRL.

img464

Na sequência do II Almoço Limiano realizado em novembro de 1986, foi em 2 de fevereiro de 1987 constituída legalmente em Lisboa a Casa do Concelho de Ponte de Lima. O seu aparecimento marcou um período de forte dinamização cultural e regionalista que influenciou inclusivamente o aparecimento de outras associações regionalistas minhotas de âmbito concelhio como se verificou com a Casa Courense em Lisboa, a Casa do Concelho de Ponte da Barca e, outras que por vicissitudes várias não chegaram a constituir-se como a Casa do Concelho de Caminha e a Casa do Concelho de Terras de Bouro, apesar da extraordinária adesão que sobretudo esta última registou. De notar que a sua influência estendeu-se ainda aos concelhos de Montalegre e Alijó que vieram então a criar as suas próprias associações regionalistas.

img293

Constituída em 8 de maio de 1990, a Casa Courense em Lisboa debateu-se ao longo de muitos anos pela obtenção de instalações próprias, o que veio a conseguir na zona de Campolide. Porém, a sua atividade resume-se no essencial à realização de almoços regionalistas e ao apoio a algumas iniciativas de entidades courenses como a colheita benévola de sangue promovida pela ADAPASCO.

197922_213025165377937_100000113641432_953788_7012

Quatro anos decorridos, mais concretamente em 12 de março de 1994, um punhado de barquenses fundou em Lisboa a Casa do Concelho de Ponte de Barca. Ao longo da sua curta existência, levou a efeito algumas iniciativas que alcançaram então alguma notoriedade como se verificou com os espetáculos de folclore que realizou nos teatros do Parque Mayer, contando para o efeito com o apoio da atriz barquense Rosa do Canto e outros empresários e artistas sobretudo ligados ao teatro de revista à portuguesa. Porém, a orientação tomada pelos seus responsáveis ditou o seu rápido desaparecimento. Pelo caminho ficaram também a Casa do Concelho de Caminha a que não foram alheias declarações públicas desmotivadoras então proferidas através da Imprensa regional pelo então presidente do município de Caminha e a Casa do Concelho de Terras de Bouro, em consequência do falecimento do seu principal impulsionador.

img305

Recuando um pouco no tempo, a Casa do Concelho de Ponte de Lima marcou uma época que se caracterizou pelo aparecimento de numerosas associações regionalistas de âmbito concelhio. Durante uma década, a sua atuação traduziu-se na realização de grandes eventos dos quais a chamada “Festa de Portugal” foi o mais relevante. Seguiu critérios rigorosos na divulgação da gastronomia tradicional da sua região, promoveu eventos culturais de cariz marcadamente regionalista incluindo a realização de conferências e a sua publicação em livro. Deu a conhecer em Lisboa tradições limianas como a Queima do Judas e a Vaca das Cordas. E, tudo isso sem jamais perder de vista o seu objetivo de promover Ponte de Lima e o de garantir que os destinos da associação jamais deixassem de permanecer nas mãos de gente ligada ao concelho de Ponte de Lima, se não por razão de nascimento ao menos pelos laços de descendência ou afinidade.

529056_488141941200695_814373545_n

Porém, esta associação deixou de discriminar nos seus estatutos os sócios em função da sua ligação ao concelho, possibilitando dessa forma que a mesma venha um dia a ser gerida por estranhos, aliás à semelhança do que sucedeu com o Grupo Excursionista e Recreativo Amigos do Minho que há vários anos desapareceu enquanto tal. Os almoços ditos regionalistas incorporam iguarias estranhas à nossa culinária como sucedeu com queijos franceses e outros acepipes servidos no Almoço Limiano e a atividade associativa passou a girar sobretudo em torno de figuras públicas do meio televisivo de momento menos ocupadas. Os eventos mais recentes registam uma autêntica deserção por parte dos seus associados, dos limianos e minhotos em geral, o que aliás ficou bem patente no piquenique realizado na mata de Monsanto há pouco mais de um mês.

FPortugal-Pavilhao.jpg

Tendo abandonado o projeto delineado pelos seus fundadores, a Casa do Concelho de Ponte de Lima arrisca-se inclusivamente em breve a perder a sua sede social, uma vez que as demolições há muito tempo previstas já chegaram à sua porta…

Reflexo da incapacidade de inclusão revelada pela maior parte das casas regionais, registe-se a existência de 13 ranchos folclóricos minhotos na região de Lisboa, de entre os quais apenas 3 integram associações regionalistas: a Casa do Minho, a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez e a Casa do Concelho de Ponte de Lima.

img092.jpg

O regionalismo não pode nem deve restringir-se à realização de almoços ou à atuação de grupos folclóricos. Antes pelo contrário, a sua atuação deverá pautar-se pelos interesses regionais os quais têm a ver com todos os aspetos respeitantes à vida das respetivas regiões, sejam eles do plano económico, social ou cultural. Por conseguinte, as chamadas “casas regionais” não podem – ou não devem! – cingir-se a meras coletividades de cultura e recreio.

A condução dos seus destinos jamais deve ser entregue às mãos de pessoas inteiramente estranhas às respetivas regiões por mais honestas e empenhadas que sejam. E, muito menos, deverão ser utilizadas como passerelles para desfile de vaidades!

O regionalismo minhoto em Lisboa está a atravessar uma grave crise. As autarquias locais continuam a investir em projetos que não constituem uma mais-valia para os seus concelhos como se esperava. A Casa do Concelho de Arcos de Valdevez representa atualmente um baluarte do nosso regionalismo. E, ironicamente, a Casa do Minho uma esperança de sobrevivência do associativismo minhoto em Lisboa.

Carlos Gomes

img295

CCPBarca (2).jpg 

 

VALENCIANOS DESCEM DE BÓIA O RIO MINHO

Descida do Rio Minho em Boia: Aventura, Adrenalina e Muita Emoção

Valença vai reviver a singular iniciativa da Descida do Rio Minho em Boias, domingo, 31 de julho, com a participação de cerca de duas centenas de aventureiros. A criatividade e o engenho são a nota dominante desta prova, celebrada de dois em dois anos, no Rio Minho e que tem como requisito base que todas as embarcações utilizem boias como flutuantes.

boias com hora.jpg

A nona edição da Descida do Rio Minho em Boias tem como ponto de partida a Área de Lazer de Friestas (Valença), junto ao Rio Minho e a Área de Lazer de Caldelas (Tui), às 14h30. Segue-se a descida do Rio Minho até à Insua do Conguedo, em Verdoejo. Os melhores pontos para observação desta prova são a área de Lazer de Friestas e Caldelas, a pesqueira da Gingleta e o Paredão de Verdoejo, o lago do Rio Novo na Insua do Conguedo , a passagem para a Insua do Conguedo e o Parque de Merendas de Verdoejo.

A organização vai premiar as embarcações mais originais e animadas. A criatividade e originalidade das embarcações são uma das grandes marcas deste evento, assim como as muitas peripécias que estes afoitos “marinheiros” vão proporcionar nas águas do rio Minho.

A “prova” termina no Parque de Merendas de Verdoejo, onde se vão reunir todas as embarcações e participantes. A meio da tarde e no âmbito do Verdoejo Art Rock Fest está agendada a atuação dos Kussondulola, a mais emblemática banda portuguesa de reggae, do grupo cubano Quinteto Son Real e da banda brasileira Bloco do Caos.

Desde 1994 que a Descida do Rio Minho em Boias é um dos mais singulares cartazes dos eventos de verão, no Noroeste Peninsular que, ano após ano, tem atraído mais aventureiros e curiosos.

A iniciativa é da Eurocidade Valença Tui e conta com a especial colaboração da Associação de Eventos Faz Diferente e da Junta de Freguesia de Verdoejo.

Os interessados ainda se podem inscrever pelo e-mail: verdartrockfest@gmail.com ou pelo tlm. 962006376 até 29 de julho.

VALENÇA: PISCINA DE SANFINS REABRE AO PÚBLICO

Valença Tem Duas Piscinas Grátis no Verão

Este verão Valença tem duas piscinas públicas, de acesso grátis, durante os meses de julho e agosto, a de Boivão e a de Sanfins, com acesso livre e gratuito, com nadadores salvadores.

PiscinadeSanfinsValença.jpg

A mais recente reabertura é da Piscina de Sanfins, um equipamento que foi requalificada e preparada para colher os banhistas. As duas piscinas estão abertas ao público, até fins de agosto, todos os dias, entre as 14h00 e as 20h00.

Estes equipamentos oferecem todas as condições de segurança, sempre com acompanhamento de nadador salvador. Casas de banho e posto médico são outras das valências destas estruturas.

A requalificada Piscina de Sanfins, para além do tanque principal dispõem de um tanque infantil, para os mais pequenos. Em Sanfins os utilizadores dispõem, ainda, na área envolvente, de parque de merendas e parque infantil.

Para além destas duas piscinas Valença oferece o Parque Fluvial de Friestas, com um extenso areal, junto ao rio Minho com todas as condições para desfrutar de um excelente dia de verão. Estas áreas dispõem, ainda, de parque de merendas e serviços de bar.

O Município de Valença considera que estes equipamentos são importantes na estratégia de proporcionar qualidade de vida aos valencianos e viver bem em Valença.

MELGAÇO CELEBRA O VERÃO

Filmes do Homem, Luís Represas e Fogo-de-artifício destacam-se num programa que vai animar o Município mais a Norte de Portugal

A autarquia de Melgaço está a promover várias iniciativas para animar os meses mais quentes do ano, com destaque para o Festival Internacional de Documentário Filmes do Homem e para o evento Melgaço em Festa. O programa trimestral que já se iniciou contempla atividades para todos os gostos e idades, desde dança, teatro, palestras, folclore até ao artesanato entre outras artes e desporto. Em conferência de imprensa realizada ontem, dia 21 de julho, o Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, realçou a forte aposta do município na cultura, nomeadamente no Festival de Cinema que na sua III edição está, segundo o autarca, consolidado e encontrou o seu público. 

valennn.jpg

“Quando em 2014 decidimos avançar com a primeira edição, arriscámos e apostámos num evento que poderemos classificar de “irreverente”, na medida em que rompe com o tradicional, o comum das festividades que habitualmente se organizam nesta época do ano. Ousámos pensar um formato assente em duas realidades incontornáveis: Melgaço tem um Museu de Cinema Jean Loup Passek com um espólio incomensurável e a sua história está marcada pela emigração e pelo contrabando.

Em parceria com a associação AO NORTE, criámos um evento afirmativo da identidade da região. Um produto cultural modelado pelo nosso ADN, inovador no Alto Minho e em toda a região Norte. Em Melgaço, anualmente celebra-se a sétima arte, em harmonia com a vivência quotidiana de um concelho onde o cinema tem um lugar de destaque.  Era mais fácil optar por produtos imediatistas e populistas, mas a nossa opção foi a da criação de um evento diferenciador que tivesse a ver com a nossa realidade e que deixasse um legado para o município. Todos os anos, o Festival produz conteúdos que ficam no nosso Museu de Cinema e enriquecem o município”, afirmou Manoel Batista.

Filmes do Homem – Festival Internacional de Documentário de Melgaço é um evento de destaque na área do cinema. De 02 a 07 de agosto vão ser exibidos os 27 filmes a concurso, oriundos de 18 países, na Casa da Cultura, nas freguesias circundantes e em Arbo e Padrenda, na Galiza. Concorreram mais de 300 filmes, mas apenas foram selecionadas 13 longas-metragens e 14 médias e curtas-metragens. A edição de 2016 aborda os temas identidade, memória e fronteira e pretende ser um ‘tributo’ a Jean Loup Passek por permitir que, através da doação de património, o festival fosse uma realidade. No âmbito do Filmes do Homem realiza-se ainda a residência cinematográfica e fotográfica Plano Frontal, de 29 de julho a 07 de agosto, e o curso de verão Fora de Campo, de 03 a 07 de agosto. O festival internacional é organizado pela autarquia melgacense em parceria com a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual.

De 05 a 14 de agosto é a vez do Melgaço em Festa animar as ruas da vila. A iniciativa promove a cultura através de inúmeras atividades, entre livros, cinema, folclore, música, artesanato, exposições, animação, teatro, dança, tradições, gastronomia e vinhos. A festa inicia com o Dia do Brandeiro e com o Festival Internacional de Folclore, que inclui a participação da Bolívia, da Chechénia, da Colômbia e das Filipinas. Durante o evento vai ser apresentada a transcrição do “Cartulário do Mosteiro de Fiães” e reeditado o Boletim Cultural, obras de grande interesse para a construção da história de Melgaço. O Festival das Tapas e do Alvarinho e o Bife de Presunto à la Carte prometem deliciar os visitantes. A iniciativa termina com o concerto de Luís Represas e com um espetáculo pirotécnico e musical.

Para comemorar o Dia Mundial dos Avós, a autarquia planeou um convívio inter-geracional a realizar no dia 26 de julho, a partir das 10h00, nas Termas do Peso. A atividade destina-se a avós e netos de todo o concelho e conta com animação musical, desportiva e jogos tradicionais. O objetivo é promover o bem-estar social e a partilha de experiências de vida. O evento é promovido pela Câmara Municipal, com o apoio das juntas de freguesia, das instituições particulares de solidariedade social do concelho e da Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer, E.M..

Para os adeptos de desporto, estão previstas três horas de pura diversão. No dia 27 de julho irá haver uma aula de Step na Praça da República, no dia 03 de agosto está prevista uma sessão de Aeróbica na Alameda Inês Negra e no dia 17 de agosto o Jump vai ser o protagonista do Parque urbano do Rio do Porto. As aulas decorrem entre as 19h30 e as 20h30 e a participação é gratuita. A iniciativa é da responsabilidade da autarquia e da Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer, E.M..

Os amantes de livros vão poder apreciar vários estilos literários durante a época mais quente do ano. No dia 31 de julho, às 17h00, vai ser apresentado o livro “As Histórias do Matias”, na Casa da Cultura. Durante o mês de agosto será possível visitar asBibliotecas de Verão, através da Bibliopiscina – Mergulhos na leitura, nas piscinas do Centro de Estágios, e da Biblioteca de Jardim – Jardim de letras, na Alameda Inês Negra.

Os espetáculos Dança na Praça, no dia 19 de agosto na Praça da República, e Dança e Património, no dia 24 de setembro, vãoanimar os apreciadores da arte. Também vai haver Música na Praça, no dia 26 de agosto na Praça da República, e Música na Fonte, no dia 17 setembro nas Termas do Peso, para os amantes da área.

Ainda sobre a arte cinematográfica, a 3ª edição do Doc. Com – Cinema Documental e Comunitário decorre de 09 a 14 de setembro. Trata-se de um espaço de discussão de projetos comunitários e/ou em rede espalhados pelo país, organizado pelas Comédias do Minho.

A qualidade ambiental da água também preocupa a autarquia. Por isso, irá realizar-se o Seminário Raia Termal – Um destino em dois países, no dia 16 de setembro, às 09h00, nas Termas do Peso. O projeto está integrado no Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal.

Para finalizar o programa, no dia 23 de setembro, às 09h00, irá decorrer a Palestra de… Júlio Machado Vaz, na Casa da Cultura.

VALENÇA VAI TER MAIS FÁBRICAS

O Parque Empresarial de Valença e a Zona Industrial de São Pedro da Torre tem garantidos investimentos superiores a 30 milhões de euros, nos próximos dois anos, em novas fábricas e na ampliação de unidades industriais existentes.

valençaIndustria2.jpg

A captação de novos investimentos industriais, para o Parque Empresarial e Zona Industrial de São Pedro da Torre, tem sido uma das prioridades da Câmara Municipal de Valença, reforçando a dimensão de áreas que cada vez se afirmam mais como um dos grandes nichos industriais do Noroeste Peninsular. Os processos de expansão destas duas zonas de acolhimento industrial de Valença tem estado a ser preparados de modo a permitir o acolhimento de mais unidades industriais e de logística. Ampliações necessárias face à crescente procura de solo industrial.

O mais recente anúncio de investimento é da empresa Antolin que vai reforçar a capacidade instalada com a construção de nova unidade industrial com uma área de 15.000 m2. A par deste investimento surge a nova unidade da Marsan. Estas duas unidades serão complementares e permitirão a implementação de produção em cadeia, dos dois fabricantes, com a primeira experiência do sector no Norte de Portugal e Galiza.

Em bom ritmo de instalação estão, também, as novas unidades industriais da Trimar, em fase de testes e inicio de produção, da Informoldes, em fase final de construção da nave industrial, da Fernandes&Câmara, a iniciar a construção das instalações, a expansão da QLS , com a ampliação da unidade em mais 1500 m2. Em fase de instalação está, também, uma unidade polaca ligada à industria naval que ocupará 1500 m2. Os pavilhões industriais que receberam a Borgwarner, nos últimos anos, receberão, também, uma nova unidade.

No sentido de potenciar a atratividade do Parque Empresarial de Valença a autarquia pretende avançar, em breve, com a construção de uma via rápida de ligação entre os complexos industriais e a EN 13. Uma nova via que facultará o acesso aos transportes de mercadorias e colocará o parque a 3 minutos das ligações por auto-estrada a Braga / Porto e à Galiza.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Valença, Jorge Salgueiro Mendes, “Valença possui um posicionamento geoestratégico atrativo para a captação de investimentos industriais e comerciais que a Câmara Municipal tem vindo a acautelar, no sentido de dinamizar a economia local e regional e reforçar a capacidade de oferta de emprego local”.

VERDOEJO ART ROCK FEST: VALENÇA RECEBE FESTIVAL DE ARTE E MÚSICA

Doze bandas e quatro artistas de landart dão corpo à segunda edição do Verdoejo Art Rock Fest, entre 29 e 31 de julho, que decorrerá no Parque de Merendas de Verdoejo, nas margens do rio Minho, em Valença.

Verdoejoartrockest.jpg

 A música e a arte vão subir ao palco com bandas portuguesas, espanholas e cubanas, prometendo um festival top, com os emblemáticos Kussondulola como cabeça de cartaz!

A segunda edição do Art Rock Fest pretende consolidar o conceito de festival de música de verão, conciliando bandas revelação e emblemáticas com as mais diversas formas de expressão artística na paisagem.

Apostando em bandas revelação, representativas de vários estilos musicais desde o pop, passando pelo rock até ao metal, Verdoejo Art Rock Fest promete um fim de semana em cheio. Este festival pretende estimular a criação artística musical e proporcionar às jovens bandas um palco para se revelarem ao mundo.

O festival terá uma ampla vertente artística, com um landart, de arte na paisagem, com obras inéditas de interação com o espaço, o Parque de Merendas, o rio Minho e a ilha do Conguedo. Intervenções artísticas que pretendem despertar um mundo de novas sensações e descobrir locais únicos. Artistas nacionais e locais, focados no landart desenvolverão, ao longo deste fim de semana um conjunto de instalações e iniciativas promotoras desta expressão artística.

O espaço é um local paradisíaco, nas margens do rio Minho, marcado pela emblemática ilha do Conguedo e pelas numerosas pesqueiras.

O evento tem entrada e camping gratuitos.

Este festival é organizado da Associação Faz Diferente e conta com o apoio da Junta de Freguesia de Verdoejo, da Câmara Municipal de Valença e do meio empresarial local e regional.

VALENÇA LANÇA NOVO SITE MUNICIPAL

www.cm-valenca.pt

Valença torna a administração municipal mais acessível ao cidadão com a reformulado site www.cm-valenca.pt, um espaço inovador e atrativo onde os cidadãos podem encontrar um conjunto de informações sobre os serviços municipais de forma rápida e acessível.

valençasite1.jpg

Os cidadãos passam a contar com acesso mais rápido, de navegação fácil e intuitiva, a todo um conjunto de informações e serviços sem terem necessidade de se deslocar fisicamente aos serviços municipais.

Novo design, maior acessibilidade, funcionalidade e atratividade são algumas das características que marcam o reformulado Site Municipal de Valença. Um espaço que foi preparado para ser mais intuitivo e responsivo, proporcionando informação ao cidadão de forma mais rápida e eficaz.

 O Site Municipal pretende ser um espaço de aproximação da Câmara Municipal ao cidadão, facilitando o acesso a um conjunto de informações de interesse público e todo um conjunto de serviços on-line. Um processo de modernização administrativa dinâmico que pretende que pretende tirar o máximo proveito das novas tecnologias da comunicação em beneficio do cidadão, com a colocação de mais serviços on-line.

Esta nova estrutura enquadra-se no âmbito da política de modernização administrativa que o Município tem vindo a desenvolver nos últimos anos.

O novo site associa-se, também, ao site VISITVALENCA, um espaço dedicado exclusivamente ao visitante. Neste site quem vem até Valença encontra simplificada a informação e oferta turística da cidade.

www.cm-valenca.pt e www.visitvalenca.com associam-se a um conjunto de iniciativas inovadoras que a Câmara Municipal tem lançado, para a promoção turística da cidade, a afirmação do território e a democratização e aproximação da administração ao cidadão.

JOVENS DE VALENÇA GOZAM FÉRIAS DIVERTIDAS

Férias Divertidas em Valença. Jovens fazem férias no Museu, na praia e no rio

A Câmara Municipal de Valença está a proporcionar um verão repleto de diversão para as crianças e jovens do concelho. Funkids, Semana do Museu, Semana do Rio, Rio Minho Ativo, Férias na Biblioteca são algumas das atividades que prometem proporcionar um verão inesquecível.

valençaverão.jpg

Até 22 de julho decorre o programa de animação FunKids, com atividades para as crianças. Praia, piscina, equitação, cinema e muita aventura, um programa repleto, manhãs e tardes, distribuído por duas semanas.

Entre 25 e 29 de julho é a vez da Semana do Museu proporcionar atividades com história. Com esta iniciativa, a Câmara dá uma oportunidade às crianças, com idades entre os 6 e os 12 anos, de ocuparem as suas férias com diversas atividades lúdico-pedagógicas, orientadas para a sensibilização da reutilização de materiais e conhecimento do seu património.

Entre 25 e 30 de julho a iniciativa Rio Minho ativo vai oferecer atividades náuticas e de lazer, com canoas e kayaks, na Senhora da Cabeça, Pesqueira dos Frades em Ganfei e Área de Lazer de Friestas.

Na Biblioteca Municipal as “Férias de Verão”, que terminam a 8 de Agosto, proporcionam umas férias com ateliers de manualidades, filmes, horas de conto, sessões de leitura e jogos.

Entre 1 e 6 de Agosto Valença vai oferecer às criança e jovens a “Semana do Rio”, no parque da Srª da Cabeça, onde poderão desfrutar de trikes, canoas, paintball e insufláveis.

A par de todas estas atividades, a piscina de Boivão está aberta, com acesso grátis, até final de Agosto, entre as 15 e as 20h. Programa-se, também, a abertura ao público da piscina de Sanfins.

AERÓDROMO DE CERVAL GANHA NOVOS VOOS

As Câmaras Municipais de Vila Nova de Cerveira e Valença vão estabelecer um acordo de cooperação para a requalificação do Aeródromo de Cerval, este sábado, 9 de julho, às 12h30, nas instalações do equipamento. Esta parceria pretende requalificar e potenciar uma infraestrutura estratégica não só para Vila Nova de Cerveira e Valença, mas para todo o Alto Minho.

Aeródromo CERVAL.JPG

Localizado entre os concelhos de Vila Nova de Cerveira e Valença, este equipamento motiva o empenho das duas autarquias na sua potencialização. As obras de requalificação da estrutura, nomeadamente a pavimentação e aumento da pista, para os 750 metros, vão permitir melhorar as condições de segurança, funcionalidade e comodidade do Aeródromo, bem como reforçar a sua capacidade no contexto da Península Ibérica. As intervenções programadas vão abrir novas janelas de oportunidade à criação de condições para a realização de voos turísticos, reforçar o apoio à proteção das florestas da região, bem como acolher aviões ligeiros.

De salientar que o Aeródromo de Cerval possui, ainda, uma importante localização estratégica no contexto do Alto Minho e do sul da Galiza.

Com certificação para aviação de ultraleves, pelo Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC), a 11 de fevereiro de 2009, a infraestrutura permite realizar eventos e receber aviões e pilotos de vários pontos do país e da Europa.

O Aeroclube de CERVAL é a estrutura associativa a quem compete a gestão da utilização do espaço. Esta associação foi formada por pilotos, portugueses e espanhóis, a 16 de setembro de 1992. Inicialmente contava com seis aviões, hoje, são já mais de 60 as aeronaves aqui estacionadas nos vários hangares, com uma área de cinco mil metros quadrados.

De registar que o aeroclube de CERVAL tem orgulho de não registar qualquer tipo de acidente desde a sua formação, tendo nas estatísticas mais de 30 mil horas de voo, o que daria para dar mais de 130 voltas ao planeta Terra.

VALENÇA REQUALIFICA ÁREA CENTRAL DA CIDADE

Requalificação da Área Central de Valença: Uma Cidade Mais Moderna e Atrativa

A Área Central da Cidade de Valença está a ganhar mais atratividade e modernidade, com ruas mais funcionais e requalificadas, numa empreitada orçada em 525 mil euros.

ValençaÁreaCentral2.jpg

Centralidade, modernidade, atratividade e funcionalidade, proporcionando mais qualidade a quem habita na zona e mais potenciadora da dinâmica da atividade comercial são algumas das notas que se destacam nesta intervenção.

A obra está a incidir na área da Cidade Nova, na rua Manuel Temporão, Largo da Lua de Mel, Largo de São Sebastião, Rua Verde, avenida do Colégio Português e ruas adjacentes.

Ao nível das infra-estruturas estão a ser renovadas as redes de água pública, águas pluviais e rede de saneamento básico.

Ao nível do estacionamento estão a ser criadas bolsas de estacionamento ordenado.

O mobiliário urbano atrativo privilegiará a utilização de materiais nobres, como a pedra da região. As árvores e os espaços verdes embelezadores vão conquistar mais espaço. No que toca à iluminação a Câmara Municipal vai continuar a apostar nos novos sistemas de iluminação pública com leeds, mais funcionais, atrativos e económicos.

Com esta intervenção pretende-se requalificar e reordenador uma das áreas centrais com maior densidade comercial e habitacional de Valença que, ainda, não tinha sido objeto de obra.

Com esta obra fecha-se um importante anel de intervenções na área da Cidade Nova que nos últimos anos tem permitido requalificar uma área urbana descaracterizada e urbanisticamente desordenada, fruto de construções dos anos 80 do último século.

VERÃO EM VALENÇA TEM OUTRO CALOR!

Valença com Verão Ativo: Concertos, Romarias e Muitas Atividades Náuticas

Valença apresenta em julho e agosto um atrativo cartaz, com mais de 80 iniciativas, onde se destacam os concertos, as festas populares, atividades desportivas e recreativas e muita gastronomia tradicional.

valençaminho.jpg

As atividades no rio Minho, o Festival Aéreo da Eurocidade, o Festival Internacional de Folclore, o Festival Internacional de Piano da Eurocidade, o Verdoejo Art Rock Fest, o Fun Kids, a Descida de Boia do Rio Minho, as Festas do Faro do Concelho de Valença e tantas romarias, são algumas das atividades que se destacam em julho e agosto.

Em julho o rio Minho Ativo convida a descobrir e viver o nosso rio com atividades náuticas e de lazer, nomeadamente com canoas e kaiak's, na Senhora da Cabeça, Ganfei e Friestas, entre 25 e 30 de julho. O rio Minho e as suas margens serão o palco para o Verdoejo Art Rock Fest, entre 29 e 31 de julho, na rota dos festivais de verão e da original Descida de Boia do Rio Minho, em 31 de julho. Em julho o Rio Minho será, ainda, o protagonista da VIª Travessia a Nado da Eurocidade. Um mês que recebe, também, o Festival Aéreo da Eurocidade, no Aeródromo de Cerval, em 9 de julho. O teatro sobe ao palco, em Valença, em julho, com espetáculos teatrais, workshop's e performances artísticas, em colaboração com as Comédias do Minho. O Festival Internacional de Piano da Eurocidade convida a assistir a um conceituado evento que reúne grandes pianistas, de vários cantos do mundo, em Valença e Tui.

Agosto será marcado pelas Festas do Faro do Concelho de Valença, com concertos na cidade, a celebre Peregrinação ao Monte do Faro e as tradicionais celebrações religiosas, entre 12 e 15 de agosto. Quatro dias de festa com atuação dos grupos locais e de bandas portuguesas e da Galiza. Neste mês destaca-se, ainda, a Semana do Rio, com atividades desportivas para jovens, na Área de Lazer da Senhora da Cabeça, entre 1 e 6 de agosto. A 6 de agosto, Valença será o palco para o Festival Internacional de Folclore “O Mundo a Dançar”.

Programações complementadas por muita animação de rua na cidade, nomeadamente no Centro Histórico, que nesta época de verão convida à descoberta dos seus segredos numa viagem no comboio turístico que liga a Fortaleza de Valença, a antiga ponte internacional e o centro histórico de Tui.

SENIORES DE VALENÇA MANTÊM VIDA ATIVA

Os seniores de Valença encontram no programa Vida Ativa uma oportunidade de ocupação dos tempos livres, de manutenção da qualidade de vida, de socialização e de envelhecer bem.

valençaça.jpg

Temporada de 2015 / 2016 encerra sexta-feira, 24 de junho, no Parque da Senhora da Cabeça, com um convívio entre os Seniores da Vida Ativa, com ginástica, danças e muita música ao ar livre.

Ginástica de manutenção e danças de salão animam os seniores valencianos, com 60 anos ou mais, através do programa “Vida Ativa”. Distribuídos por 13 grupos, por todo o concelho, as atividades atraem os seniores duas vezes por semana. Atividades que são enriquecidas, ao longo do ano, com convívios entre os diversos grupos do concelho.

O programa “Vida Ativa” tem como objetivo criar um espaço divertido, promotor de interações sociais e ao mesmo tempo, promover a saúde dos seus participantes. Na prática são atividades recreativas pensadas para ocupar os tempos livres, de uma forma divertida e saudável, com muito convívio à mistura. Atividades que pretendem melhorar a autonomia, a resistência a flexibilidade, a força, o equilíbrio e a coordenação motora, criando e reforçando hábitos de vida saudáveis e permitindo envelhecer bem.

O programa Vida Ativa é já uma marca para os seniores valencianos que, ano após ano, envolve um número crescente de seniores e é um dos muitos serviços que a Câmara Municipal proporciona aos seniores do concelho.

Entre os serviços disponibilizados, para esta faixa etária, encontra-se o Cartão Sénior, as aulas de informática e de inglês e o Passeio Sénior Anual, entre outras. No sentido de melhor dar resposta às problemáticas da população sénior a Câmara Municipal e os demais parceiros locais estão a criar a Comissão de Proteção ao Idoso.

VALENÇA CRIA NOVA MEDIDA DE APOIO SOCIAL À POPULAÇÃO

A Câmara Municipal de Valença criou o Fundo Social de Emergência, em parceria com a Caritas Diocesana, Núcleo Interparoquial de Valença, reforçando as medidas de apoio social.

unnamedValença.jpg

Esta é uma medida de inclusão e apoio social que pretende minimizar as situações de pobreza extrema e de exclusão social, atuando junto das famílias mais desfavorecidas ou em situação de elevada carência pontual, do concelho.

Estes apoios pretendem ajudar nas despesas do quotidiano nomeadamente na satisfação das necessidades básicas, tais como a alimentação, saúde, transportes e cuidados de higiene, para as famílias mais fragilizadas.

Podem aceder a este apoio excecional, os munícipes que se encontrem em situação de emergência social grave, junto dos Serviços da Ação Social da Câmara, na Rua da Trindade, na Fortaleza. O acesso a esta medida faz-se através dos próprios beneficiários ou por indicação das instituições sociais do concelho.

A avaliação das necessidades é feita, no terreno, por técnicos dos Serviços da Ação Social da Câmara em estreita colaboração com o Núcleo Interparoquial de Valença e demais parceiros sociais.

O Fundo Social de Emergência enquadra-se no reforço das medidas de apoio às famílias que a Câmara Municipal tem vindo a implementar e de que destacam a Loja Social, o Cartão Sénior (os beneficiários do complemento solidário para idosos tem comparticipação para a medicação), a recuperação de habitações degradadas, as Bolsas de Estudo, a Ação Social Escolar, entre outras.

VALENÇA TEM NOVAS AMBULÂNCIAS

Apoio à População é Prioridade para Valença. Novas Ambulâncias Melhoram Serviço de Emergência

A Câmara Municipal de Valença concedeu um apoio de 20 mil euros à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valença, para ajudar à aquisição de uma nova ambulância.

Valençaunnamed.jpg

A nova viatura melhorará a capacidade de resposta dos Bombeiros Valencianos junto da população, com um serviço mais rápido, apetrechado e renovado, com um conjunto de equipamentos de ultima geração, essenciais sobretudo no socorro nas emergências pré-hospitalares. Os valencianos ganham, assim, uma resposta mais pronta e eficaz às necessidades de emergência e transportes de doentes. A aquisição desta viatura enquadra-se na política de renovação da frota de ambulâncias de socorro e transporte dos bombeiros valencianos, cujas ambulâncias atuais encontravam-se já com mais de 20 anos de serviço.

Para além deste apoio, em 2016, a autarquia concedeu um subsidio de 30 mil euros a esta instituição, essencial para a proteção do património florestal e habitações dos valencianos.

Ao longo dos meses de verão, entre 15 de maio e 30 de setembro, a autarquia concede, também, as refeições à equipa permanente de prevenção de fogos florestais. No âmbito dos apoios aos Bombeiros Valencianos, a Câmara Municipal tem protocolado, ainda, a concessão do parque de estacionamento da avenida dos Combatentes da Grande Guerra, espaço a explorar por esta instituição em conjunto com o Sport Clube Valenciano.

A parceria diária desenvolvida entre os Bombeiros e a Câmara Municipal tem permitido dar uma resposta pronta e eficaz às necessidades da população e instituições valencianas.

RESTOS MORTAIS DO 1º MARQUÊS DE VALENÇA REPOUSAM NA VILA MEDIEVAL DE OURÉM

Os restos mortais de D. Afonso de Portugal que foi o 1º Marquês de Valença, título de juro e herdade criado pelo Rei D. Afonso V de Portugal, repousam na vila medieval de Ourém.

Afonso era filho primogénito de D. Afonso, 1º Duque de Bragança, e neto primogénito do Condestável D. Nuno Álvares Pereira que foi 3º Conde de Ourém. Criado por carta régia em 11 de outubro de 1451, o título de Marquês de Valença foi o primeiro título de marquês concedido em Portugal.

O título foi extinto por morte de D. Afonso de Portugal e em virtude de não ter deixado descendência. Veio posteriormente a ser restabelecido por D. João V, em 10 de março de 1716, tendo então sido concedido ao 8º Conde do Vimioso, descendente direto de D. Afonso de Portugal.

Ao Marquês de Valença, D. Afonso de Portugal, deve Ourém grande parte da sua grandeza. Em meados do século XV, edificou o Paço, magnífico exemplar de arquitetura militar de clara influência renascentista e italiana, ligado ao castelo por meio de passagens secretas.

O crescimento e importância da vila medieval de Ourém foram notórias até à destruição causada pelo terramoto de 1755 e, meio século depois, agravada pelas invasões francesas. Aliás, o próprio túmulo de D. Afonso IV – Marquês de Valença e Conde de Ourém – localizado na cripta da Igreja da Colegiada, encontra-se danificado em virtude da pilhagem praticada pelos invasores franceses chefiados por Massena.

No local, encontra-se gravado o seguinte epitáfio:

«Aqui jaz o Ilustre Príncipe D. Afonso, Marquês de Valença, conde de Ourém, primogênito de D. Afonso, Duque de Bragança, e conde de Barcelos, e neto del Rei D. João de gloriosa memória, e do virtuoso, e de grandes virtudes D. Nuno Alvares Pereira, Condestável de Portugal. Faleceu em vida de seu pai, antes de lhe dar a dita herança, de que era herdeiro, o qual foi fundador desta Igreja, em que jaz, cuja fama e feitos este dia florescem. Finou-se a 29 de agosto do ano do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1460 anos.»

VALENÇA RECUPERA MURALHAS DA FORTALEZA

8,5 Milhões Beneficiam a Fortaleza de Valença. Mais Acessibilidade, Comodidade e Valorização do Património

Valença avança com a 4ª fase de Requalificação da Fortaleza, uma obra que fecha o ciclo de intervenções no espaço público urbano do Centro Histórico. O concurso para a execução da obra, avaliada em 2 milhões de euros, já foi lançado.

unnamed (1).jpg

Com esta fase fecha-se o ciclo de requalificação do Centro Histórico que começou em 2004 e que, com esta fase, implicou um investimento superior a 8,5 milhões de euros.

Com esta empreitada o espaço público da Fortaleza, intra-muros, fica completamente remodelado, no que toca às infra-estrutura, desenho e funcionalidades das ruas e pracetas. Uma obra que eliminará definitivamente os cabos elétricos e de telefones suspensos e as antenas recuperando a zona histórica uma matriz mais original. As infraestruturas passam todas para as galerias técnicas, ganhando esta área da Fortaleza novos serviços como atvcabo e o gás.

Estacionamento ordenado, mais espaços verdes, circuitos pedonais nos topos da muralha, novo mobiliário urbano serão algumas das notas da obra, adaptando os os conceitos base já estabelecidos nas intervenções anteriores, no Centro Histórico e contam com o cunho do arquiteto Eduardo Souto Moura.

As obras no Centro Histórico de Valença tem proporcionado mais conforto e modernidade a quem a visita, sendo uma mais valia para a potencialização da atividade comercial, turística e cultural e preservadora deste importante legado patrimonial.

A obra vai incidir na parte norte da Fortaleza, na área compreendida entre a rua José Augusto Vieira, o largo Visconde de Guaratiba, a rua de São Francisco, a rua Maestro Sousa Morais e a zona envolvente à Igreja da Colegiada de Santo Estêvão.

Esta obra vai ser candidatada ao programa comunitário Norte 2020, através do Plano de Ação de Regeneração Urbana.

VALENÇA REALIZA FESTIVAL GASTRONÓMICO DE SABORES SERRANOS

Tasquinhas com Petiscos de Porco em São Julião - Valença

As tasquinhas, com os petiscos tradicionais à base de porco, regressam no fim-de-semana de 11 e 12 de junho, com o Festival Gastronómico “Sabores Serranos”, no Parque de São Sebastião, em São Julião.

unnamed.jpg

Os sabores genuínos do porco, como o presunto, o chouriço, os rojões, o leitão e a orelha de porco vão acompanhar com o bolo do tacho, os queijos e a broa de milho cozida nos tradicionais fornos a lenha, o caldo verde de Valença, uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal. A doçaria tradicional e os bons vinhos verdes locais marcam, também, presença neste certame. Dois dias em que será possível petiscar, comprar, apreciar e deliciar-se com vários pratos e petiscos serranos.

Do programa de animação do evento, no sábado, consta um encontro de concertinas e cantares ao desafio, um concerto de Tiago Neto & Paulo Fragoso e a sua Banda, rematando o dia com a celebre queimada serrana. Da programação de domingo destaca-se um passeio a cavalo, um encontro de folclore serrano e uma atividade participativa de zumba.

Os Sabores Serranos são uma iniciativa da Câmara Municipal de Valença, da Junta da União das Freguesias de São Julião e Silva e do Rancho Folclórico de São Julião.

VALENÇA POUPA COM RECICLAGEM DE RESÍDUOS

Valença Poupa 14 Mil Euros em 2015 com Reciclagem

Com a reciclagem de 545 toneladas de resíduos, Valença poupou 14 026 euros, ao longo de 2015 e evitou a ocupação de cerca de 1635 m3 de área no Aterro Sanitário do Vale do Minho. Menos lixo e mais reciclagem poupa dinheiro aos cofres públicos e protege o ambiente.

Reciclando mais Valença poupa no dinheiro que paga para depositar o lixo no Aterro Sanitário e assim consegue manter taxas de resíduos, para os cidadãos, mais acessíveis.

Os valores economizados com a reciclagem de resíduos são importantes para ajudar a dar resposta às necessidades dos munícipes, investindo na melhoria das infraestruturas locais.

Os valencianos estão, cada vez, mais sensibilizados para a importância da reciclagem. Em 2015 foram encaminhadas 545 toneladas de resíduos para a reciclagem, recolhidas por todo o concelho.

Os valencianos reconhecem, cada vez mais, que a sustentabilidade do ambiente está em casa e que é necessário encontrar formas de poupar recursos e de reutilizar aquilo que já possuímos, ou que os outros não querem.

Ao contrário do que acontecia no passado, hoje, uma parte importante do lixo doméstico produzido em Valença pode não ir para o aterro e ser antes encaminhada para tratamento e posterior reutilização.

Valença oferece, hoje, infra-estruturas de apoio à reciclagem de papel, vidro, cartão, roupa, óleos, materiais elétricos e velas

Hoje, Valença possui uma rede de oleões para recolha de óleos domésticos, um sistema de recolha de parafina (velas) em todos os cemitérios do concelho, pontos de recolha de materiais elétricos, contentores para reciclagem de roupa e uma rede de 54 ecopontos de superfície, distribuídos pelo concelho e 5 ecopontos subterrâneos na cidade para a recolha seletiva de vidro, papel e cartão.

VALENÇA CELEBRA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Valença junta pais e filhos, com muita animação, domingo, 5 de junho, no Parque de Merendas de Gondomil, celebrando o Dia Mundial da Criança.

Jogos tradicionais, piquenique, caça ao tesouro, demonstração de judo e tiro com arco são algumas das atividades em que as crianças poderão participar, com as famílias, a partir das 11h00. O piquenique será um dos pontos altos do dia , revivendo uma tradição das famílias da região, que encontra no Parque de Merendas de Gondomil, com todas as infra-estruturas necessárias, um espaço ideal. A participação é livre e gratuita e está aberta a todos os interessados.

Os divertimentos infantis contarão, ainda, com pinta-faces, insufláveis e passeios de pónei.

A par destas atividades a Câmara Municipal está a proporcionar a visualização do filme “Heidi” para os alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo do ensino básico.

Valença assinala o Dia Mundial da Criança relembrando a proclamação, pela ONU, da Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Valença, hoje, conta com um conjunto de valências e instituições de apoio à criança que promovem os seus direitos e reforçam a sua qualificação e capacitação. Congregadas na Rede Social de Valença estão um conjunto de instituições que prestam, hoje, os mais diversos apoios. Através da C.P.C.J. – Comissão de Proteção das Crianças e Jovens de Valença são desenvolvidas, ao longo do ano, atividades promotoras dos direitos das crianças e dos jovens.

As comemorações do Dia Mundial da Criança são uma iniciativa da Câmara Municipal e da Rede Social contando com a colaboração de diversas entidades e instituições locais.

VALENÇA RECICLOU 545 TONELADAS DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO ANO PASSADO

Papel salvou 4576 árvores e com o Vidro Poderia Fazer a Maior Garrafa do Mundo

Valença tem vindo a reforçar a seleção / triagem dos desperdícios domésticos apostando no reaproveitamento dos resíduos sólidos urbanos.

Em 2015 Valença reciclou 545 085 Kg de papel, vidro, cartão, roupa, óleos, materiais elétricos e velas reaproveitando e dando nova utilização a produtos que noutros tempos iam diretamente todos para o lixo. Valores que quase duplicam os 356 760 Kg reciclados em 2009.

A título de curiosidade, em 2015, só no papel, os valencianos evitaram o corte de 4576 árvores com o gesto de colocar o papel no papelão. Com o vidro reciclado, em Valença, em 2015, seria possível fazer a maior garrafa do mundo com aproximadamente 281 metros de cumprimento e 88 metros de largura.

Os números da reciclagem em Valença refletem um aumento considerável que repercute a consciencialização pública para a importância de reciclar e reutilizar. Este é o resultado das campanhas de informação junto da comunidade, sobretudo, dos centros escolares do concelho. A ampliação das redes de recolha de produtos recicláveis proporciona, aos cidadãos, hoje, múltiplas oportunidades de colaborarem num ambiente mais saudável e limpo.

Hoje, Valença possui uma rede de oleões para recolha de óleos domésticos, um sistema de recolha de parafina (velas) em todos os cemitérios do concelho, pontos de recolha de materiais elétricos, contentores para reciclagem de roupa e uma rede de 54 ecopontos de superfície, distribuídos pelo concelho e 5 ecopontos subterrâneos na cidade para a recolha seletiva de vidro, papel e cartão.

Os desperdícios que não se enquadram nos contentores de reciclagem vão para os contentores comuns de lixo que conta em Valença com uma rede de 881 contentores de superfície, distribuídos pelo concelho e 35 contentores subterrâneos, localizados na área urbana. Estas estruturas recolheram em 2015, 7 102 480 kg (em 2009 foram recolhidos 7 198 560 kg). Valores que refletem uma diminuição dos desperdícios e uma maior consciencialização pública para a reciclagem.

PORTUGAL QUER FORTALEZAS ABALUARTADAS DA RAIA CLASSIFICADAS PELA UNESCO COMO PATRIMÓNIO MUNDIAL

Fortalezas Abaluartadas da Raia na Lista Indicativa de Portugal da UNESCO

A candidatura das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola, promovida por Almeida, Elvas, Marvão e Valença, já está inscrita na Lista Indicativa de Portugal, da UNESCO, rumo à classificação como Património Mundial.

A candidatura foca-se no Sistema Defensivo das Fortalezas Abaluartadas da Raia Luso-Espanhola, na cultura raiana e na sua localização num espaço que confina uma das linhas de fronteira mais antigas do mundo. Com este argumento, os municípios proponentes alcançaram da Comissão Nacional da UNESCO (passo obrigatório para a obtenção da classificação), a inclusão das Fortalezas Abaluartadas da Raia na Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial da UNESCO.

As Fortalezas Abaluartadas foram estruturas defensivas de guerra que, nos últimos séculos, se transformaram em monumentos de paz e em espaços únicos de história, de cultura e de relação e vivência humanas. Os seus modelos arquitetónicos refletem, nos momentos das suas construções, inovação e soluções únicas, adaptadas a estruturas amuralhadas, construídas no decurso do tempo, sobretudo a partir do século XII, e à geomorfologia do terreno de cada sítio.

Único à escala mundial, este sistema defensivo apresenta-se com um carácter de excecionalidade, potenciador da conservação deste legado patrimonial e dinamizador da cultura e do turismo. A obtenção do galardão da UNESCO trará grandes vantagens para este território raiano e para Portugal, enriquecendo também a lista de bens já classificados como Património Mundial.

Os representantes dos quatro municípios declararam o "alto interesse cultural que representa, para o País e para a Humanidade, o futuro reconhecimento internacional de um património ímpar no contexto da civilização europeia", como "exemplares únicos da arquitetura militar dos séculos XVII e XVIII, a par do valor intangível da Paz e do relacionamento entre os Povos".

Os municípios proponentes estão a desenvolver um dossier conjunto de candidatura, tendo por base os trabalhos já realizados pelos municípios e com o suporte científico de várias entidades.

VALENÇA MOSTRA AZULEJOS DE PORTUGAL

Valença apresenta a exposição “A Arte do Azulejo em Portugal: Património Azulejar de Valença”, em exposição no Núcleo Museológico de Valença, até 20 de setembro.

22 painéis mostram a evolução do azulejo português e os principais testemunhos azulejares existentes nos edifícios do centro histórico e da área urbana da cidade. Em especial as paredes revestidas a azulejo da Casa Toga e da Casa Azul, bem perto da Praça da República, duas das grandes referências de Valença, do século XIX, bem como o painel do poema da Alice Garção, na Coroada.

A mostra conta, ainda, com mais de 150 azulejos individuais e diversos painéis oriundas das principais fábricas do pais, nomeadamente de Aveiro e do Carvalhinho do Porto.

A peça mais antiga, identificada nesta exposição, é um azulejo, a representar um galeão, do século XVI, da Fábrica do Carvalhinho, do Porto.

Esta exposição apresenta, pela primeira vez, um estudo sobre as marcas da riqueza e originalidade da arte do azulejo português representado em Valença.

Esta exposição conta com a especial colaboração do antiquário valenciano João Teixeira, do Museu Nacional do Azulejo e do Instituto Camões.

VALENÇA VAI REAQULIFICAR EB 2,3 / S

2 Milhões para melhorar salas de aula, refeitório, nova biblioteca e novo auditório.

Valença continua a apostar na educação como uma das áreas de intervenção prioritária da ação municipal. Depois da Escola Superior de Ciências Empresariais na Quinta da Mota, é a vez da Escola EB 2,3/S de Valença.

unnamed

A Câmara Municipal de Valença vai realizar obras no valor de dois milhões de euros, para melhorar as condições das salas de aulas, da cantina, dos espaços desportivos, criar uma nova biblioteca e um auditório. Tudo para que os jovens alunos e a comunidade valenciana tenham as melhores condições estudar e desenvolver as suas atividades.

A intervenção prevista pretende dar mais funcionalidade a esta estrutura de ensino, apostar na eficiência energética e tornar o espaço esteticamente mais atrativo.

O projeto em fase final de elaboração, contemplará a criação de um novo edifício charneira para o complexo que permita uma nova ligação entre os aatuaisdifícios do Polivalente e os blocos D, E e F. O novo edifício acolherá um auditório com capacidade para 120 lugares, uma nova biblioteca e mais salas de aula. A obra a realizar contemplará, também, a criação de uma nova ligação coberta entre o edifício charneira e a cantina, a requalificação de todos os edifícios existentes, bem como das infra-estruturas desportivas e espaços verdes envolventes.

O conjunto de intervenções a realizar tem como principal objetivo adaptar a escola às novas exigências de ensino, quer ao nível do número de espaços, quer ao nível da qualidade dos mesmos. Valença continua a apostar na educação como uma das áreas de intervenção prioritária da ação municipal.

A obra vai ser candidatada ao programa de fundos comunitários Norte 2020, após aprovação do Plano de Desenvolvimento e Coesão Territorial da CIM Alto Minho, que contempla várias intervenções no parque escolar do Alto Minho. Prevê-se uma comparticipação comunitária da obra, assegurando, desde já, a Câmara Municipal a parte do Ministério da Educação, por forma a concretizar-se este investimento fulcral para os nossos jovens.

As intervenções previstas vem reforçar as obras realizadas nos últimos anos neste complexo, nomeadamente a erradicação das coberturas de amianto dos passadiços escolares.

Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes “Continuamos a querer dar as melhores condições para a formação das gerações valencianas e assim garantir um futuro melhor para todos”.

VALENÇA APRESENTA BIG RIDE EUROCIDADE 2016

Quinta-feira, 19 de maio, às 11h00 (hora portuguesa) na Pousada de Valença (Fortaleza) terá lugar a apresentação da segunda edição do Open de Espanha de Enduro Bigride.

O ato contará com a presença do Presidente da Câmara de Valença, Jorge Salgueiro Mendes, do Alcalde de Tui, Enrique Cabaleiro e dos vereadores do desporto.

Estará presente, também, o Diretor do Open de Espanha, Guti Martín e os corredores Jacobo Santana, da Team Mondraker, (atual Campeão do Open de Espanha) e o portugués Marco Fidalgo da Team Sport Zone Berg.

O BigRide Eurocidade é um evento desportivo de Mountain Bike, na modalidade enduro, organizada pela empresa tudense Sherpa Project, em colaboração com a Câmara Municipal de Valença e o Concello de Tui e patrocinado pela Cannondale e Rotor, que ocorrerá no Monte do Faro, em Valença e no Monte Aloia, em Tui, no sábado 21 e domingo 22 de maio.

Nesta edição está confirmada já a presença de Karim Amour, lenda do ciclismo francês, 3 vezes Campeão Europeu de Enduro, o português Zé Manuel Borges e o campeão de Enduro do Open de Espanha 2015, Jacobo Santana.

Mais Informações:

municipiodevalenca@gmail.com

prensa@bigrideenduroseries.com

facebook: big.ride.enduro.series

www.bigrideenduroseries.com

www.cm-valenca.pt

FORTALEZA DE VALENÇA TEM A MAIOR MAIA DO MUNDO

Valença veste-se de flores campestres, celebrando a entrada em Maio com a maior Mostra de Maias de Portugal e a maior maia do mundo, entre 29 de abril e 1 de Maio.

Uma maia gigante, com 9 metros de diâmetro, será colocada nas Cortinas das Portas do Sol. Uma estrutura em ferro, armada em malha de rede e decorada com materiais recicláveis e flores do campo marcará a principal entrada pedonal da Fortaleza e este evento.

Durante 3 dias Valença vai-se apresentar colorida, de flores campestres, revivendo uma tradição secular.

Nos comércios, edifícios públicos, rotundas, jardins e portas da Fortaleza as maias (coroas de flores) com os mais diversos tamanhos e arranjos artísticos vão dar um colorido especial à cidade.

As giestas, os verdes, as flores campestres e alguns materiais recicláveis vão dar uma cor primaveril às principais ruas de Valença. Por todo o concelho muitas outras Maias e raminhos de giesta vão enfeitar as varandas, os portões e as viaturas.

Valença revive há já alguns anos, assim, a mais antiga festa de celebração da Primavera e do novo ano agrícola, com as “Maias”. Uma expressão viva da tradição e cultura popular que Valença tem vindo a recuperar nos últimos anos.

Uma iniciativa da Câmara Municipal que envolve o comércio local e toda a comunidade.

Quem visitar Valença, entre 29 de abril e 1 de maio, para além da mostra coletiva de maias, nos espaços públicos, encontrará o Festival Gastronómico Sabores da Aldeia, recheado de pratos tradicionais e muita animação.

VALENÇA DÁ A PROVAR SABORES DA ALDEIA

Tasquinhas “Sabores da Aldeia”. Valença Convida a Comer com Tradição

Os sabores da gastronomia tradicional de Valença serão os protagonistas do Festival Gastronómico “Sabores da Aldeia”, no fim de semana de 29 de abril a 1 de maio.

Os petiscos, os pratos emblemáticos, a doçaria e os vinhos de Valença convidam a uma viagem pelos sabores da genuína tradição gastronómica valenciana, preparados como, há séculos, de forma caseira.

Em petisco ou em prato será possível descobrir os sabores dos fumeiros, das muitas variedades de bacalhau, do carneiro e cabrito no forno, da lampreia, da carne de porco em rojões ou no espeto, do Caldo Verde de Valença, uma das 7 maravilhas gastronómicas de Portugal e tantas outras iguarias.

Na doçaria tradicional o destaque vai para as sopas secas, o arroz doce, as rosquilhas e os papudos, as rabanadas, o arroz doce, as filhoses e tantos outros sabores doces.

Comer bem, descobrindo os segredos das cozinhas dos nossos avós, será no Festival Gastronómico Sabores da Aldeia, um autêntico mostruário da gastronomia das aldeias valencianas. Receitas antigas que surgiram nas cozinhas fartas dos lavradores, apuradas pela experiência dos tempos de que resultaram pratos e petiscos singulares, tendo por base produtos locais.

Sabores da Aldeia é uma genuína festa gastronómica minhota onde não faltará a animação que estará a cargo do grupo de cordas 6tàs9, os Lucky Duckies e de um festival etnográfico com grupos da Eurocidade. Um trilho pedestre pela Fortaleza, arruadas de bombos e jogos tradicionais completarão o programa de animação.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Valença em colaboração com as juntas de freguesia e associações do concelho.

VALENÇA VALORIZA PATRIMÓNIO DO CONVENTO DE SANFINS

A Câmara Municipal de Valença continua a intervir na recuperação e valorização do património da emblemática Quinta do Convento de Sanfins, prosseguindo o projeto Terra Sanfins.

conventodesanfins

Os extensos muros de vedação da quinta, em pedra granítica e em vários pontos danificados, estão a ser recuperados. Intervenção que se tem alargado ao velho moinho de água, à antiga casa de apoio à igreja e a outros pontos de interesse patrimonial.

A Câmara Municipal tem procedido, também, à recuperação dos acessos que permitam, num futuro próximo, o alargamento da revitalização dos vários espaços do conjunto patrimonial e natural. O principal caminho de acesso ao convento foi recuperado com calçada à portuguesa.

No interior da quinta procedeu-se, no último inverno, ao corte de árvores de espécies não autóctones como o eucalipto, permitindo recuperar espaço para a vegetação tradicional. Na primavera procedeu-se, também, à reflorestação com a reintrodução de várias espécies que já foram dominantes na área.

Um trabalho alargado que é para continuar no sentido de se conseguir recuperar o património e a quinta de um dos espaços naturais e monumentais mais emblemáticos da região.

Em parceria com a Universidade do Minho foi desenvolvido um intenso trabalho de investigação histórica e arquitetónica sobre o conjunto que proporcionou um amplo leque de ideias sobre a valorização deste importante legado patrimonial. Desta parceria resultaram um conjunto de reflexões que a Câmara Municipal pretende implementar no sentido de recuperar, potenciar e devolver, de novo, ao usufruto da comunidade um espaço único e emblemático

VALENÇA DÁ INCENTIVOS FISCAIS AOS SEUS HABITANTES

Valença Dá Desconto nos Impostos em 2016. Viver em Valença tem Vantagens para as Famílias

Viver em Valença proporciona vantagens às famílias com descontos diretos na fatura do I.R.S. e do I.M.I., aliviando a cargo fiscal.

Valença devolve 50% do I.R.S., do Município, aos valencianos, residentes no concelho, respeitante aos rendimentos coletados em 2015. A Câmara Municipal de Valença abdica de metade do valor correspondente ao Município (5%) a favor das famílias.

Quando receberem o reembolso do I.R.S., as famílias valencianas, contarão com este desconto, na coleta líquida, pelo segundo ano consecutivo. No I.R.S., do último ano, a Câmara Municipal abdicou, a favor das famílias, de 158 mil euros.

O concelho permite às famílias, também, descontos sobre a taxa do I.M.I., entre 10% e 20%, em função do número de filhos.

 Quando receberem a nota de liquidação do I.M.I., este ano, as famílias valencianas, abrangidas por este benefício, cerca de 1000, vão notar já o desconto proporcionado pelo Município.

Estes benefícios são automáticos, não requerendo qualquer intervenção do contribuinte, sendo calculados automaticamente pela Autoridade Tributária e Aduaneira. O valor dos descontos virá explicado nas notas de liquidação dos impostos.

Valença reafirma-se como um concelho de impostos baixos, reforçando-se como terra atrativa para viver e investir.

O objetivo destas medidas é aliviar a carga fiscal sobre as famílias, incentivando a sua fixação no concelho, tentando atrair novos moradores e promover a coesão social. A aplicação destas medidas só é possível graças ao trabalho desenvolvido pelo Executivo Municipal, nos últimos anos, de consolidação das finanças municipais. Uma gestão rigorosa e equilibrada tem permitido aliviar as contas municipais e transferir para as famílias valencianas esse benefício.

VALENÇA PROMOVE CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIOS

O projeto CLDS Valença 3G, está a promover a primeira edição do Concurso Ideias de Negócio, para os os estudantes do 12.º ano, do ensino regular e profissional.

Cartaz Empreendedorismo finalnet

O objetivo é despertar os jovens para o empreendedorismo, estimulando-os para o desenvolvimento de ideias criativas que possam traduzir-se em projetos inovadores no futuro.

Os alunos que pretendam concorrer devem organizar-se em grupos de dois ou três elementos para, em conjunto, definirem uma ideia de negócio criativa e original.

A candidatura tem de ser apresentada ao diretor de turma até 16 de maio.

O Iº Concurso de Ideias de Negócio foi lançado num workshop de empreendedorismo realizado no passado 16 de Março, no referido agrupamento de escolas.

Se és jovem e frequentas o 12.º ano no Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, não percas esta oportunidade! Os prémios são apelativos, 100€ para cada elemento do grupo vencedor, mas o maior benefício é a reflexão que podes fazer sobre as tuas competências e o teu futuro.

A iniciativa conta com a parceria com o Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho.

LAMPREIA EM VALENÇA É UM FESTIVAL

Sabores da Lampreia a Maior da Península Ibérica. 5 mil Degustaram Mais de 1000 Lampreias

A lampreia foi degustada por mais de 5 mil apreciadores, na sétima edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”, no último fim de semana, na comunidade de pescadores de São Pedro da Torre, posicionando este festival como o maior da Península Ibérica.

saboreslampreia

No total mais de 1000 lampreias, do rio Minho, foram degustadas em cinco variedades diferentes, Lampreia à Bordalesa, Arroz de Lampreia, Fumada/Grelhada, Assada no Forno, Recheada ou o prato dos cinco sabores. Sushi de Lampreia, em escabeche com framboesas, em empanada ou em gressinos foram outras das formas que foi possível apreciar neste festival.

Sabores da Lampreia reafirma-se como o maior evento gastronómico dedicado a este ciclóstomo na Península Ibérica e segundo o conceituado gastrónomo João Guterres, da Confraria da Lampreia, posiciona-se já ao nível do Festival de Bordeaux, em França, considerado o maior do mundo.

Este festival enquadra-se na estratégia de promoção do turismo gastronómico valenciano que, ao longo do ano, proporciona um conjunto de festivais e a dinamização da restauração valenciana com jornadas temáticas. O próximo festival será o “Sabores da Aldeia”, já no fim de semana de 29 de abril a 1 de maio.

Utilizando as técnicas tradicionais de pesca, no rio Minho, considerado um dos rios mais limpos da Europa e seguindo os métodos tradicionais de “bater a lampreia”, nos tanques de água a lampreia de Valença só pode ser de excelência. As técnicas seculares de confeção e arte dos cozinheiros especializados levaram, até à mesa, especialidades que encantaram os mais apurados paladares.

Uma festa gastronómica popular, acessível para todos, que se mantém genuína e tradicional no conceito de que quem vem gosto, repete e traz mais um amigo.

Sabores da Lampreia foi uma iniciativa da Câmara de Valença, Junta de São Pedro da Torre, da Associação Sabores do Rio Minho e da Comissão de Festas de São Pedro da Torre que contou com a colaboração do curso de Hotelaria da EPRAMI, bem como do meio empresarial local e regional.

Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes, “Este festival foi um sucesso organizativo que encantou todos quantos tiveram a oportunidade de vir até Valença. Uma aposta no turismo gastronómico que é para reforçar já na edição de 2017 com o objetivo de posicionar os Sabores da Lampreia, como o maior festival do género do mundo”.

GALIZA E PORTUGAL UNIDOS ATRAVÉS DOS CAMINHOS DE SANTIAGO, PELA EUROCIDADE TUI-VALENÇA

A Eurocidade Tui Valença, vai reforçar a dinamização e promoção dos Caminhos de Santiago, ao longo de 2016. Sábado, 12 de março, às 18h00 (PT) decorrerá na antiga ponte internacional, a colocação do marco identitário Portugal / Espanha, do Caminho Português para de Santiago.

CaminhosSantiagovalença

O novo marco identitário Portugal / Espanha vem de encontro à grande referência destas cidades, nos Caminhos de Santiago. Entre Valença e Tui os peregrinos tem a oportunidade de, ao atravessar a antiga Ponte Internacional, estar com um pé em Portugal e outro em Espanha. Este simbolismo passará a estar registado na ponte e a permitir a todos os peregrinos a oportunidade de, por imagem, registarem esta passagem histórica e simbólica entre os dois países.

Valença e Tui são cidades historicamente referência no Caminho Português para Santiago e com este ato reafirmarão ao valores patrimoniais, culturais e paisagisticos deste traçado secular.

Este ato evoca, também, os 130 anos da Ponte Internacional Valença Tui. No âmbito deste ato o Teatro Municipal de Tui acolhe um concerto da Orquestra do Norte, no mesmo dia, às 19h (PT). Uma iniciativa cultural organizada pela Eurocidade, pelo programa “Música nos Caminhos de Santiago” e Associação Amigos da Orquestra do Norte.

Valença é o ponto de confluência, em direção a Santiago de Compostela, dos percursos do Caminho Central e da Costa, percursos que integram o Caminho Português para Santiago de Compostela. Em Valença nasceu, também, o primeiro albergue oficial em território português, o Albergue de São Teotónio. Estrutura reforçada com o Posto de Atendimento aos Peregrinos de apoio diário, na época de verão, no acolhimento e encaminhamento dos peregrinos, na sua passagem por Valença.

A presença em feiras de turismo internacinais, o acolhimento aos peregrinos, a manutenção dos percursos e sinaléticas e o reforço da informação útil e turística serão outras iniciativas a desenvolver nos próximos tempos.

VALENÇA SERVE LAMPREIA COM TRADIÇÃO

Lampreia com Tradição é em Valença no Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”

Cinco variedades de lampreia, a 10 euros a dose, prometem deliciar os mais exigentes paladares na 7ª edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”. A comunidade de pescadores de São Pedro da Torre, em Valença, espera um número recorde de visitantes, no fim de semana de 11 a 13 de março.

A variedade é grande, Lampreia à Bordalesa, Arroz de Lampreia, Fumada/Grelhada, Assada no Forno, Recheada ou o prato dos cinco sabores, são os tipos de lampreia possíveis de saborear. Como prato alternativo os tradicionais Rojões. Acompanham o caldo verde, bem como os bons vinhos verdes da região e as sobremesas típicas.

Para quem procura novos sabores e tendências o curso de hotelaria da EPRAMI vai presentear os comensais com a degustação de lampreia em Sushi, Empanada, Gressinos e Escabeche de lampreia com framboesas.

A melhor lampreia do mundo, pescada artesanalmente no Minho e confecionada por cozinheiros especializados vai-se apresentar, no Festival Gastronómico, genuína, revelando todos os segredos ancestrais dos seus sabores.

Valença tem duas comunidades de pescadores secularmente ligadas ao rio Minho e à pesca da lampreia, São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, onde as redadas, proporcionam as divinas lampreias que marcam esta temporada gastronómica.

Pescadas nas últimas semanas tem estado a ser apuradas em tanques da Associação Sabores do Rio Minho, em água corrente. A técnica é antiquíssima e conhecida por “bater a lampreia”, um modo que enrije-se a sua carne, o que permitirá, aquando da sua confeção, pratos de excelência.

Sabores da Lampreia é uma genuína festa gastronómica valenciana que, ano após ano, se tem afirmado como o maior evento gastronómico da região dedicado à lampreia.

Uma área dedicada à doçaria regional, aos vinhos e licores e à exposição de instituições locais e regionais e a animação musical popular, completarão o certame.

A iniciativa é da Câmara de Valença, Junta de São Pedro da Torre e da Associação Sabores do Rio Minho e da Comissão de Festas de São Pedro da Torre.

Esta é uma oportunidade única para comer uma boa lampreia em Valença. Séculos de tradição a apurar receitas resultam em 5 pratos que são um convite a deliciar-se com estes manjares. Saboreá-la é uma experiência gustativa que proporciona uma viajem pelos sabores mais genuínos desta região raiana.

FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM LISBOA FOI PALCO PROMOCIONAL DA EUROCIDADE VALENÇA-TUI

Valença e a Eurocidade marcaram presença nas principais feiras ibéricas de turismo este ano. Promoção na B.T.L. - Bolsa de Turismo de Lisboa completou ciclo de divulgação turística para o mercado Ibérico em 2016.

eurocidadebtl

A Eurocidade Valença Tui apresentou a oferta turística das duas cidades na B.T.L., entre 2 e 6 de março. Uma aposta na atração de novos turistas junto dos grandes operadores nacionais e internacionais.

A B.T.L. foi o palco para estrear o novo stand institucional da Eurocidade onde a Fortaleza de Valença, a Catedral de Tui e o rio Minho são as imagens mais marcantes.

Material promocional da Eurocidade, nomeadamente da Fortaleza de Valença, da Ecopista do Rio Minho, dos Caminhos de Santiago, da Catedral de Tui, a oferta gastronómica e desportiva foi distribuido na B.T.L. junto dos vários operadores turísticos presentes neste certame.

A ação promocional da Eurocidade na B.T.L. completou um ciclo de promoção da oferta turística nas principais feiras ibéricas do setor. Este ano a Eurocidade já esteve presente na F.I.T.U.R. – Feira de Turismo de Madrid, uma das maiores feiras do mundo e no Xantar – 16º Salón Internacional de Turismo Gastronómico, a grande feira ibérica deste setor turístico.

A promoção conjunto de Valença e Tui, no âmbito da Eurocidade, tem-se focado, sobretudo, na afirmação dos valores patrimoniais, gastronómicos e do turismo de natureza.

A B.T.L. é a maior feira de turismo em Portugal com grande projeção internacional, nomeadamente nos mercados europeus e da América do Sul.

VALENÇA SERVE A MELHOR LAMPREIA DO MUNDO

Em Valença a Melhor Lampreia do Mundo no Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”

A 7ª edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia” prepara-se para acolher os apreciadores desta iguaria, em São Pedro da Torre, no fim de semana de 11 a 13 de março.

As iguarias da lampreia do rio Minho, considerada a melhor do mundo, tem neste festival a oportunidade para se dar a conhecer, a 10 euros a dose.

 Pescada, como há séculos, sobretudo, pelos pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, nas redadas, no rio Minho, é nesta época que ela se apresenta divina à mesa, com a plenitude dos seus sabores.

As lampreias apuram-se já, em tanques da Associação Sabores do Rio Minho, para ser confecionadas neste festival. A técnica de “apurar” a lampreia, em tanques de água corrente, é antiquíssima e conhecida por “bater a lampreia”. Uma técnica que faz a lampreia apurar a sua carne, enrijecendo-a, o que permitirá, aquando da sua confeção, pratos de excelência.

Os segredos da arte e da tradição de a confecionar, em Valença, são seculares e passaram de geração para geração,guardados pelas mãos sabias dos cozinheiros deste festival especializadas na confeção da lampreia.

Lampreia à Bordalesa, Arroz de Lampreia, Fumada/Grelhada, Assada no Forno, Recheada ou o prato dos cinco sabores, são os tipos de lampreia possíveis de saborear. Como prato alternativo os tradicionais Rojões. Acompanham o caldo verde, bem como os bons vinhos verdes da região e as sobremesas típicas.

Sabores da Lampreia é uma genuína festa gastronómica valenciana que, este ano, para além das cinco formas tradicionais de saborear a lampreia em Valença. vai apresentar uma área exclusiva destinada à degustação de novas formas de confecionar este produto. Esta área estará a cargo do curso de hotelaria da escola profissional EPRAMI.

Uma área dedicada à doçaria regional, aos vinhos e licores e à exposição de instituições locais e regionais completará o certame.

A iniciativa é da Câmara de Valença, Junta de São Pedro da Torre e da Associação Sabores do Rio Minho e da Comissão de Festas de São Pedro da Torre.

Esta é uma oportunidade única para comer uma boa lampreia em Valença. Séculos de tradição a apurar receitas resultam em 5 pratos que são um convite a deliciar-se com estes manjares. Saboreá-la é uma experiência gustativa que proporciona uma viajem pelos sabores mais genuínos desta região raiana.

VALENÇA REFORÇA APOIO SOCIAL DE PROXIMIDADE

Valença inaugurou uma nova estrutura que melhora e aproxima o apoio social aos cidadãos e às instituições de solidariedade, para combater a pobreza e a exclusão social no concelho, o C.L.D.S. Valença 3G - Contrato Local de Desenvolvimento Social.

Entre os grandes objetivos do C.L.D.S. Valença 3 G encontra-se:

Proporcionar novas oportunidades de requalificação aos desempregados e criar oportunidades de emprego, em parceria com os empregadores locais, centralizando ofertas de emprego e formativas;

Estimular a produção, divulgação e comercialização de produtos locais.

Proporcionar oportunidade aos jovens de concretizarem um modelo de negócio;

Apoiar as famílias, as crianças, os jovens, os idosos e as pessoas portadoras de deficiência e / ou incapacidade, com programas de acompanhamento, sobretudo, para crianças e jovens em risco;

Apoiar as instituições de solidariedade social do concelho na promoção de serviços de utilidade pública de proximidade, nas freguesias, que reduzam o isolamento e a exclusão social.

Com estes objetivos pretende-se promover uma maior inclusão social dos cidadãos valencianos, através de ações a executar, em parceria, com as instituições do concelho na ótica de combater a pobreza persistente e a exclusão social.

Com sede na ADRIMINHO, na avenida Miguel Dantas, o C.L.D.S. Valença 3 G funciona de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 càs 17h00. Às quartas-feiras o atendimento está dedicado, sobretudo, aos desempregados. Poderá contactar o C.L.D.S. Valença 3 G pelo tlf. 251 825 811 / 962 128 683 ou pelo e-mail:geral@adriminho.pt

O C.L.D.S. Valença 3 G resulta de uma parceria da Câmara Municipal, Adriminho, Centro de Emprego, Segurança Social, instituições de solidariedade social e outras entidades do concelho e é financiado pelo P.O.I.S.E.-Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, designada por Operação 3.10. Este projeto será implementado no concelho de Valença, no triénio 2015-2018.

VALENÇA DÁ A PROVAR BACALHAU À SÃO TEOTÓNIO

Bacalhau em Valença no Fim-de-semana Gastronómico

O bacalhau em Valença é o protagonista do fim-de-semana gastronómico com o Bacalhau à São Teotónio, em 24 restaurantes, entre 19 e 21 de fevereiro, acompanhado pelo Caldo Verde e à sobremesa os Borrachinhos de Valença.

Em Valença o bacalhau sabe como em mais nenhum lugar. O bacalhau, o produto mais celebre da gastronomia valenciana, está sempre presente, a diário, em todos os restaurantes locais, confecionado e apresentado em prato ou em tapas das mais diversas e ousadas formas.

O bacalhau à São Teotónio é o protagonista deste fim-de-semana gastronómico. Um prato de sabor inigualável digno do prazer dos deuses, com nome de santo, em homenagem ao primeiro santo português, natural de Valença.

Há séculos que por Valença se apuram os sabores e a arte de apresentar as receitas de bacalhau. O bacalhau é um produto, há muito presente na gastronomia valenciana e que atrai, até nós, visitantes de toda a Península Ibérica para saborear as múltiplas formas de o confecionar.

O Caldo Verde, eleito em 2011 como a melhor sopa de Portugal, é a sopa da tradição valenciana a marcar, também, esta jornada.

Acompanham os Borrachinhos de Valença, uma sobremesa tradicional de Valença. Uma iguaria da doçaria conventual valenciana à base de pão, canela, açúcar e raspa de limão, bem encharcado numa calda digna dos deuses à base de mel, vinho tinto, canela, entre outros ingredientes.

A iniciativa é da Câmara Municipal e do Turismo Porto Norte de Portugal.

VALENÇA FESTEJA SÃO TEOTÓNIO, O PRIMEIRO SANTO PORTUGUÊS

Valença Celebra Feriado Municipal Reconhecendo Mérito à Escola de Ciências Empresariais

Valença celebra o Feriado Municipal, quinta-feira, 18 de Fevereiro, Dia de São Teotónio e dos Valencianos, atribuindo a Medalha de Mérito Municipal à Escola Superior de Ciências Empresariais de Valença.

O Feriado Municipal evoca São Teotónio, nascido em Valença e primeiro santo português, um dia dedicado aos valores e à identidade valenciana e ao reconhecimento meritório das instituições e personalidades dinamizadores e de projeção da cidade.

A Escola Superior de Ciências Empresariais vai receber a Medalha de Mérito Municipal pelos contributos que tem dado à cidade na formação das novas gerações valencianas. A E.S.C.E. Valença, do I.P.V.C., celebrou, em 2015, catorze anos de vida e de contributo valioso à qualificação e projeção do concelho e deste território transfronteiriço. A E.S.C.E. é um polo do I.P.V.C., uma instituição de ensino superior, sediada em Valença, que para além da sua vocação formadora interage com a comunidade dando aportes valiosos ao desenvolvimento social, cultural, desportivo e económico do concelho. Esta é uma instituição que, ano após ano, passo a passo, se tem consolidado e afirmado no panorama nacional do ensino superior, com um projeto formativo único, inovador e perfeitamente interligado com o mercado de trabalho.

As cerimónias oficiais começam às 9h00, de quinta-feira, 18 de fevereiro, com a colocação de uma coroa de flores na estátua de São Teotónio, na Fortaleza. Seguem-se as celebrações religiosas, às 9h30 e a sessão solene às 11h30 que contará com uma conferência do eurodeputado José Manuel Fernandes intitulada “Valença e a Europa 2020”.

As comemorações contam ainda com várias atividades culturais e desportivas.

São Teotónio – 1º Santo Português – O Inspirador e Protetor da Nacionalidade. Para Portugal o primeiro santo, para a Cristandade o padroeiro dos cristãos escravizados, para Valença a figura maior, para os tempos da nacionalidade o homem que deu força espiritual à fundação do país.

Nasceu em 1082 na freguesia valenciana de Ganfei e faleceu em Coimbra a 18 de Fevereiro de 1162. São Teotónio é o primeiro santo português, celebrado como o reformador da vida religiosa. Conhecido como padroeiro dos cristãos escravizados, por ter amparado 1000 moçárabes, capturados numa incursão à Andaluzia por D. Afonso Henriques.

VALENÇA TUI EUROCIDADE DO DESPORTO EM 2016

A Eurocidade Valença Tui apresentou, hoje, um ambicioso calendário de 30 eventos desportivos, para 2016, representativos de 17 modalidades. Uma aposta concertada de Valença e Tui e das suas associações desportivas na consolidação do projeto da Eurocidade.

Um calendário de eventos desportivos transfronteiriço, com uma dimensão sem paralelo na União Europeia e que é o reflexo de uma dinâmica desportiva crescente concretizada pelas várias coletividades das duas cidades, com o respaldo da Eurocidade.

Do calendário desportivo, para 2016, destacam-se:

* Taça de São Teotónio – 20 de fevereiro

* Circuito de Caminhadas Saudáveis (10 trilhos de março a novembro)

* Eurocidade BTT – 6 de março

* Torneio de Basquetebol da Eurocidade – 19 a 20 de março

* Taça San Telmo – 2 de abril

* Rali da Eurocidade – 13 a 15 de maio

* Big Ride Eurocidade – 22 de maio

* Eurocidade 10 – 12 de junho

* Torneio de Judo da Eurocidade – junho

* Campeonato de Kung – Fu da Eurocidade – 26 de junho

* Travessia a Nado da Eurocidade – julho

* Troféu de Andebol da Eurocidade – agosto

* Festival Aéreo e de Parapente da Eurocidade – agosto

* Descida de Boias da Eurocidade – agosto

* Torneio de Futebol de 7 da Eurocidade – setembro

* Troféu de Hóquei da Eurocidade – setembro

* Troféu de Ténis da Eurocidade – setembro e outubro

* Torneio de Baile Desportivo da Eurocidade – 20 de novembro

* Liga Futsal Saudável da Eurocidade (outubro de 2016 a maio de 2017)

* Iº Urban Trail Night Eurocidade – 26 de novembro

* Torneio de Xadrez da Eurocidade - dezembro

O calendário para 2016 consolida o projeto desportivo da Eurocidade que vai já na quinta edição consecutiva.

VALENÇA APOIA ATLETA INÊS FERNANDES RUMO AOS JOGOS PARAOLÍMPICOS DO RIO DE JANEIRO

A Câmara Municipal de Valença promoveu uma sessão pública de apoios à atleta valenciana Inês Fernandes, na sua campanha rumo aos Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro, hoje, 11 de fevereiro.

inesfernandes

As câmaras de Valença e Vila Nova de Cerveira, a Federação Portuguesa de Atletismo, o Comite Paraolímpico Português, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, juntas de freguesia e várias empresas de Valença reuniram-se para tornarem pública esta campanha de apoio.

Inês Fernandes é a grande especialista nacional no Lançamento do Martelo e no Lançamento do Disco e uma das grandes promessas à medalha da seleção nacional nos Jogos Paralímpicos de 2016 que se vão realizar entre 7 e 18 de setembro de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Inês Fernandes é a atleta valenciana mais medalhada de sempre e uma referência do atletismo paraolímpico nacional.

As excelentes prestações da Inês Fernandes são fruto de um longo trabalho, com treinos regulares, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Valença. A autarquia valenciana mantém um protocolo com a Associação Desportiva de Lovelhe, para a Inês Fernandes poder fazer a sua preparação nas vertentes técnica e física de forma a criar todas as condições para que possa participar e ter êxito nos Jogos Paraolímpicos do Rio em 2016.

VALENÇA DESAFIA NAMORADOS

Venha namorar em Valença este fim-de-semana

Menus especiais nos restaurantes e noites românticas nos hotéis, vão transformar Valença, na Fortaleza dos Namorados, no fim-de-semana de 13 e 14 de fevereiro.

 A restauração apresentará menus especiais, com pratos elaborados especificamente para evocar esta data. As unidades hoteleiras de Valença preparam-se para proporcionar, aos seus clientes, noites românticas, a preços convidativos, com todos os detalhes que a data o merece.

Em Valença será possível degustar menus especiais dos namorados nas seguintes 17 unidades locais que aderiram à iniciativa: Coroa Verde (251 825 759); Cozinheiro (918104871); Delicias do Minho (251818227); Fonte D'Ouro (251 839 393); Fortaleza I (251823146); Fortaleza II (251818461); Marytone (251826713); Merendola (251 822 201); Nossa Senhora da Cabeça (962673444); O Brasão (251 837237); Pousada S. Teotónio (251 800 260); Prata do Minho (251 837346); Eleven Lounge (963960123); Rocha e Grill (251 826 455); Solar do Bacalhau (251 822 161); TrattoriaCasa di Mamma (251818145); Zé Maria (251 825364).

Devido às condições atmosféricas as atividades programadas, para este evento, na rua, foram canceladas.

A Fortaleza de Valença é o cenário ideal para um fim-de-semana romântico, numa cidade histórica repleta de estórias, memórias e recantos onde a magia do lugar proporciona locais únicos para namorar.

Valença é um destino de eleição para celebrar e viver o Dia de São Valentim de uma forma especial este ano.

Surpreenda a sua cara-metade e deixe-se apaixonar por e em Valença!

ATLETA VALENCIANA INÊS FERNANDES VAI AOS JOGOS PARAOLÍMPICOS

Inês Fernandes Rumo aos Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro

Inês Fernandes Rumo ao Rio. Quinta-feira, 11 de fevereiro, às 11h30. Auditório da Câmara de Valença

A Câmara Municipal de Valença realiza a cerimónia de apresentação pública dos apoios à atleta valenciana paraolímpica Inês Fernandes que decorrerá na próxima quinta-feira, 11 de fevereiro, às 11h30, no Auditório dos Paços do Concelho de Valença.

VALENÇA PROMOVE-SE EM ESPANHA

Valença Promoveu-se na Galiza como Destino Gastronómico de Excelência

Valença promoveu-se como destino gastronómico de excelência no Xantar-Salão Internacional de Turismo Gastronómico de Espanha, em Orense, no último fim-de-semana.

Captar novos públicos de proximidade, para visitarem a cidade, a partir do turismo gastronómico foi o grande objetivo da ação promocional.

Os produtos gastronómicos, a restauração, os festivais gastronómicos, a doçaria e os vinhos estiveram em destaque no pacote promocional que Valença levou a este certame.

A 17ª edição deste festival contou com 166 expositores, distribuídos por 12.000 metros quadrados oriundos de 10 países.

O turismo gastronómico é, para Valença, um dos sectores que mais se tem projetado, nos últimos anos, em Valença e apresenta-se como fundamental para a captação de novos turistas e reforçar a atratividade da cidade.

Sessenta e quatro unidades de restauração, distribuídas pelo concelho, apresentam uma ampla oferta gastronómica, onde o bacalhau é o prato de eleição, reconhecido por toda a Península Ibérica.

Vinte unidades hoteleiras proporcionam estadias, para os mais diversos gostos, desde a Pousada de São Teotónio até às casas de turismo rural.

Uma calendário cultural de atividades, onde a cultura e o património se entrelaçam numa oferta singular e genuinamente local dão a Valença uma referência regional.

A presença no Xantar associa-se à recente presença na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid e em breve à Bolsa de Turismo de Lisboa.

VALENÇA JÁ SERVE LAMPREIA DO RIO MINHO

Lampreia em Valença em Fevereiro e Março

As iguarias da lampreia do rio Minho, considerada a melhor do mundo, saboreiam-se nos restaurantes de Valença, nos meses de fevereiro e março, na iniciativa "Lampreia do Rio Minho - Um Prato de Excelência" .

24 restaurantes aderiram à iniciativa e apresentam, sobretudo, ao fim de semana, menus degustativos em que a lampreia é rainha, à mesa, nestes dois meses.

Pescada, como há séculos, pelos pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, nas redadas, no rio Minho, é nestes dois meses que ela se apresenta divina.

Os segredos da arte e da tradição de a confecionar, em Valença, são seculares e passaram de geração para geração, hoje apurados nas unidades de restauração locais.

Visitar a restauração valenciana, esta temporada, é a oportunidade para saborear a lampreia, sobretudo, à bordalesa, mas, também descobrir outras formas de a apresentar como recheada, em arroz de lampreia, fumada/grelhada ou assada no forno.

Ponto alto destes dois meses da lampreia, em Valença, será o Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”, a maior mostra gastronómica da região dedicada à lampreia que decorrerá entre 11 e 13 de março, na comunidade piscatória valenciana de São Pedro da Torre.

A lampreia em Valença desperta os sentidos dos mais apurados bons garfos. Saboreá-la é uma experiência gustativa que proporciona uma viajem pelos sabores mais genuínos desta região raiana.

RENDAS VESTEM ESCULTURAS EM VALENÇA

Cavalos, Elefantes e Gatos Vestidos com Rendas em Valença

Esculturas de cavalos, elefantes, gatos, guarda-chuvas e manequins “vestidos” com rendas em croché, marcam exposição no Núcleo Museológico, até 23 de abril.

Uma exposição com instalações de bordados, com mais de 200 peças sui generis, onde a arte tradicional de bordar se apresenta em formas contemporâneas.

As artes tradicionais de bordar ganham novas contextualizações, nesta exposição, mostrando as possibilidades de utilização atual das rendas e bordados nas novas tendências da moda.

Os emblemáticos lenços dos namorados de Valença, onde os versos de rimas soltas são características únicas, a linho cru, os de noivar, com as cores garridas a vermelho e azul os de namorar destacam-se também nesta exposição. Na exposição encontram-se, ainda, bordados em ponto de cruz e rechilieu. O visitante pode viajar, ainda, pela arte de bordar, com amor, descobrindo uma infinidade de dedais, pontas de agulhas e muitos outros acessórios.

A exposição conta com trabalhos dos utentes da Associação de Reformados de Valença e peças de Anabela Pereira, Maria Estrela Costa, Augusta Santana, Maria Fernanda Sousa, Ana Maria Fontainhas e Casa das Fontes.

VALENÇA PARTICIPA NA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM MADRID

Valença Presente 5 Anos na Feira Líder de Turismo

Pelo quinto ano consecutivo, Valença marcou presença na F.I.T.U.R. - Feira Internacional de Turismo, aberta ao público até domingo, em Madrid, para apresentar as potencialidades turísticas da Eurocidade.

A promoção de 2016 segue o lema “Eurocidade Valença Tui: mil anos de historia”, projetando a Fortaleza de Valença, a Catedral de Tui, os Caminhos de Santiago, as memórias da fronteira, o rio Minho, a Ecopista e o Monte de Aloia, bem como a gastronomia onde reina o bacalhau.

Material promocional sobre a oferta turística da Eurocidade foi distribuido na F.I.T.U.R. junto dos vários operadores turísticos mundiais presentes neste certamel líder no mercado ibero americano de turismo.

No stand da Turgalicia decorreu uma apresentação conjunta de Valença e Tui para as entidades e operadores presentes no certame.

Para Valença esta foi uma grande oportunidade de contactar com os principais agentes turísticos mundiais, alguns já a trabalhar no Noroeste Peninsular e de colocar a oferta da nossa cidade nos pacotes turísticos que se vendem para a região.

A participação de Valença, no âmbito da Eurocidade, na FITUR, associa-se à presença noutros certames, em Portugal e Espanha, promovendo as principais atratividades e potencialidades da cidade. Estão programadas presenças já na Bolsa de Turismo de Lisboa e no Xantar, em Orense, entre outros.

VALENCIANOS TÊM NOVAS FORMAS DE PAGAR CONSUMO DE ÁGUA

No âmbito da modernização administrativa dos Serviços Municipal de Valença a água, o saneamento e o lixo da rede pública municipal são pagos, sobretudo, em modo eletrónico, desde 1 de janeiro.

Valença proporciona já mais segurança e facilidade nas transações para os cidadãos bem como para os cobradores municipais.

A fatura da água, respeitante ao mês de janeiro, terá que ser feita por uma das seguintes modalidades:

  • Multibanco;
  • Transferência Bancária (Podem obter o impresso junto dos Serviços de Água, ou na página web do Município, emcm-valenca.pt/portal/page/valenca/portal_municipal/servicos_municipais/aguas_Saneamento e remeter o mesmo já preenchido para o email: saguas@cm-valenca.pt);
  • Tesouraria da Câmara Municipal;
  • Pay-shop nos seguintes locais (a partir de fevereiro): VALENÇA (Intermarché, Electrogás e Papelaria Teresinha); ARÃO (Posto Repsol);
  • Postos de Cobrança CTT (a partir de fevereiro): VALENÇA (Loja CTT e Estabelecimento de Adolfo Sousa); SÃO PEDRO DA TORRE (Estabelecimento de António Joaquim Dias); FONTOURA (Areias e Fernandes); FRIESTAS (Café Max); GANDRA (Café Central).

A leitura dos contadores continua a ser feita pelos serviços municipais como até aqui.

Com a implementação da fatura eletrónica os cidadãos podem receber comodamente no seu e-mail as suas faturas basta solicitar nos serviços municipais ou para o e-mail: saguas@cm-valenca.pt. Com este serviço, passa a receber gratuitamente no seu e-mail as faturas podendo consultar os dados e arquivar as mesmas de uma forma simples e eficaz.

Estas medidas inserem-se num conjunto de iniciativas de modernização dos serviços municipais que a autarquia valenciana está a implementar, de modo a agilizar serviços e facilitar a vida ao cidadão.

VALENÇA MELHORA ESTRADAS DO CONCELHO

Valença Continua a Melhorar Estradas. 438 mil euros para melhorar segurança e qualidade

A Câmara Municipal de Valença vai avançar com mais 11 intervenções de repavimentação e saneamento, em oito freguesias do concelho, num investimento de 438 mil euros.

As intervenções, a avançar em breve, pretendem solucionar os problemas mais urgentes que, neste momento, afetam o sistema rodoviário de Valença. Estradas que se encontravam esburacadas e em mal estado de conservação, algumas já com mais de 20 anos de utilização, serão recuperadas e ganharão mais segurança.

As intervenções estão programadas para as freguesias da Silva, Arão, Cerdal, Verdoejo, Gandra, São Julião, São Pedro da Torre e Ganfei.

Na freguesia da Silva será intervencionada a estrada da Madorra ao Barreiro.

Em Arão serão alvo de intervenções a estrada do Arrequeixo ao Cemitério e a Travessa do Eido de Cima.

Em Cerdal está programada a requalificação da estrada municipal de Bogim a Tarouba.

Na freguesia de Verdoejo está programada uma intervenção na rua do Eido Novo.

Na freguesia de Gandra estão previstas intervenções na estrada do Tuido, na estrada do Alto Pinheiro e na estrada de ligação da EN 13 ao Largo dos Vianas.

Em São Julião programa-se uma intervenção no Caminho da Costa.

Na freguesia de São Pedro da Torre está programada a requalificação da estrada da Telheira, nas traseiras do campo de futebol.

Em Ganfei programa-se a requalificação da estrada da Tola Grande.

Para além das obras de repavimentação a Câmara Municipal vai aproveitar para ampliar a rede de saneamento, nomeadamente nas obras a realizar na estrada do Alto Pinheiro, em Gandra, na estrada da Telheira, nas traseiras do campo de futebol em São Pedro da Torre e na estrada da Tola Grande em Ganfei.

Este conjunto de intervenções enquadra-se no Plano Municipal de requalificação de estradas que nos últimos anos tem atuado, por todo o concelho, recuperando as vias que o tempo e o uso vão degradando.