Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MOLEDO É DESTINO COCA-COLA NA NOVA CAMPANHA DE VERÃO

A Coca-Cola acaba de lançar uma nova campanha de Verão através da qual promovem 30 destinos de eleição em Portugal e no estrangeiro. Entre eles encontra-se a praia de Modelo, no concelho de Caminha, que desse modo passa a beneficiar da promoção nas imagens das suas latas e garrafas.

A campanha, designada por “Partilha uma Coca-Cola bem Gelada em”, de corre até ao próximo mês de Agosto e vai oferecer férias de verão nestes destinos, além de ingressos em festivais de música e muitos outros prémios.

Campanha-d-Coca-Cola

18519907_1334757723227401_1331582444821428844_n 

GERÊS JÁ TEM LOGOMARCA

A associação Gerês Viver Turismo - Associação de Defesa e Promoção do Gerês, vai levar a efeito uma acção de apresentação da logomarca Gerês, no dia 25 de Maio de 2017 às 15:00. O local escolhido para o efeito foi o Porto Welcome Center, junto à estação de S. Bento, pertença da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte.

Trilhos Pedestres

A logomarca Gerês é uma representação gráfica, simbólica, da paixão pela montanha e pela natureza, criada com o objectivo de ser facilitadora na comunicação de tão conhecido destino turístico, parte constituinte do Parque Nacional da Peneda-Gerês. A logomarca Gerês destina-se ainda a identificar as actividades desenvolvidas pela associação Gerês Viver Turismo. Uma logomarca que pretende ser relevante a nível, local, regional, nacional e internacional.

ALTO MINHO DESENCAMINHA VISITANTES DA NATUREZA

Alto Minho desencaminha visitantes para descobrir arte e natureza, de 1 a 4 de Junho

Desencaminharte é o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural com escala intermunicipal

desencaminharte

10 municípios, 10 lugares únicos, 10 intervenções de arte pública e mais de meia centena de experiências e tentações prometem desencaminhar, já este mês de Junho, visitantes e turistas para redescobrir valores e paisagens do Alto Minho natural e rural.

Do nascer-do-sol de 1 de junho ao pôr-do-sol do dia 4, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) organiza o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural, entre serras, rios e mar.

Fazendo justiça à região mais verde de Portugal, morada do único parque nacional do país, o Desencaminharte propõe experiências artísticas, culturais, turísticas e lúdicas de mãos dadas com a natureza e tradições seculares, em lugares de características únicas dos concelhos do Alto Minho.

Sistelo (Arcos de Valdevez), Lugar dos Poços (Caminha), Lamas de Mouro(Melgaço), Penha da Rainha (Monção), Praia de Taboão (Paredes de Coura),Espigueiros do Lindoso (Ponte da Barca), Quinta de Pentieiros (Ponte de Lima), Mosteiro de Sanfins (Valença), Monte de Santo António (Viana do Castelo) e a Casa do Artista Jaime Isidoro (Vila Nova de Cerveira) são os locais do festival, nesta primeira edição, para onde se desencaminharam, respetivamente, os artistas ou coletivos Pascal FerreiraCarlos Pinheiro, Dário CannatáSofia LeitãoJoão Pais FilipeMariana BarroteMeroficina, Oficina AraraIva Viana Ana Torrie.

Sobre as intervenções e os artistas, toda a informação está disponível aqui.

Situados fora das sedes dos concelhos e de áreas urbanas, estes lugares propõem um roteiro alternativo aos lugares comuns da região, contribuindo para a diversificação dos tópicos de interesse num destino que vê crescer os seus indicadores turísticos acima da média nacional, mas também para a educação para o património ambiental e cultural.

No Desencaminharte, que elege a serpente por signo e o serpentear por prática, haverá muito mais para fazer nos locais de intervenção do que acompanhar e visitar as criações artísticas.

Constituída por oficinasconcertos performancesatividades de ar livre, desporto e turismo ativo, concursosmercados jogos tradicionais, parte substancial da programação está já acessível em www.desencaminharte.altominho.pt .

A iniciativa lança ainda um concurso dirigido aos artesãos do Alto Minho que os desafia a criarem propostas de uma mascote do Desencaminharte, entre cobras e lagartos, com recurso a ofícios de cerâmica, madeira, têxtil, couro, estuque ou cestaria, entre outros.

A 1 de junho, Dia Mundial da Criança, o festival promove ainda oficinas educativas, em diversas expressões artísticas, que porão alunos de escolas da região em contacto com os artistas convidados e as suas intervenções.

O Desencaminharte aposta ainda na organização de uma exposição coletiva dos 10 artistas convidados, na Casa do Artista Jaime Isidoro, em Vila Nova de Cerveira, dedicada aos “ovos de serpente”. A exposição dará origem a uma experiência de geocaching, sendo as peças criadas escondidas em cada um dos 10 locais de intervenção.

O contacto com a natureza e as tradições ganha destaque nas propostas de desencaminhar. Estão disponíveis caminhadas por trilhos diversos que desencaminham ao encontro dos artistas, passeios de bicicleta e de barco, uma oficina de pão castrejo ou o espreitar da tradição do estuque em Afife.

O Alto Minho é a única sub-região de Portugal integralmente certificada com a Carta Europeia de Turismo Sustentável, marca que pretende consolidar através deste festival.

Todas as iniciativas integradas na programação, com as respetivas condições de realização e subscrição, serão publicadas no site www.desencaminharte.altominho.pt.

O Desencaminharte está também presente no Facebook e no Instagram.

A iniciativa conta com o cofinanciamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, ao abrigo do NORTE 2020/Portugal 2020.

AMARES PROMOVE-SE NO PORTO WELCOME CENTER

Porto Welcome Center serviu de montra ao concelho de Amares

O Município de Amares deu a conhecer o que de melhor o seu território tem para oferecer num ação promocional realizada pela CIM Cávado, entre os dias 12 e 14 de maio, no Porto Welcome Center, a convite da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal .

IMG_9527 (1).JPG

Nesta ação promocional, os visitantes deste espaço privilegiado de divulgação do potencial turístico natural, patrimonial, cultural e gastronómico, puderam apreciar algumas das riquezas e produtos emblemáticos do concelho de Amares, como a laranja e seus derivados, o vinho verde e o artesanato.

Esta iniciativa contou com a presença de produtores dos seis municípios do Cávado que tiveram oportunidade de expor e comercializar os seus produtos. Para alavancar esta presença a CIM Cávado ofereceu um programa de animação muito completo, que contemplou a realização de workshops temáticos, provas de vinho e gastronomia, apresentação dos vídeos promocionais do território da NUT III Cávado e momentos musicais que incluíram, no caso de Amares, a participação de um músico da AECA – Associação Educação Cultura e Artes.

Note-se que o Porto Welcome Center trata-se da maior loja interativa de turismo do país, localizada na baixa, junto à Estação de S. Bento e pertença da Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

IMG_9527 (3).JPG

IMG_9529 (3).JPG

IMG_9530 (3).JPG

IMG_9532 (2).JPG

IMG_9536 (2).JPG

IMG_9543 (2).JPG

MELGAÇO É O PRIMEIRO MUNÍCIPIO A VER APROVADA A CANDIDATURADE DISPONIBILIZAÇÃO DE REDES WI-FI

Aprovação da candidatura Smart Melgaço: investimento total previsto de 58.000 euros

Revelado durante a 2ª edição do ‘Pegada Zero – II Jornadas de Turismo de Natureza – PNPG – Melgaço 2017’

Em breve, vai ser possível ficar conectado ao digital em vários locais do Município Mais a Norte de Portugal. ‘Melgaço é o primeiro Município a ver aprovada a candidatura de disponibilização de Redes Wi-fi’, disse a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, aquando do colóquio ‘Turismo de Natureza, Aventura e Segurança’, integrado na 2ª edição do ‘Pegada Zero – II Jornadas de Turismo de Natureza – PNPG – Melgaço 2017’, evento que decorreu até domingo, 14 de maio. O projeto consiste na disponibilização de internet gratuita aos turistas e visitantes do Município Mais a Norte de Portugal, intervindo em três pontos nevrálgicos da oferta turística do concelho, garantindo desta forma uma grande abrangência territorial do projeto: Centro Histórico, Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG) – Porta do PNPG de Lamas de Mouro e Vila de Castro Laboreiro. A candidatura, no âmbito do Programa Valorizar, representa um investimento total previsto de 58.000 euros (sendo o Incentivo aprovado pelo Turismo de Portugal no valor de 50.000,00 euros).

melgaaa1.PNG

Melgaço é uma terra que celebra a vida e tudo o que ela tem de bom para o corpo e para o espírito, possuindo um conjunto de características que valorizam esta candidatura: oferta de alojamento, de restauração, de serviços públicos de apoio à visitação, oferta de animação turística e ofertas culturais que constituem motivos de atração. Melgaço disponibiliza também a quem o visita mapas e trilhos em ‘novos’ formatos (como gpx). ‘Ao proporcionar cobertura wi-fi, o Município está a contribuir para o aumento da qualidade da experiência por parte dos visitantes. Não podemos olvidar que o recurso às novas tecnologias permite fazer uso de ferramentas muito poderosas em termos de despertar emoções no turista/visitante e apelar ao consumo mais fácil do território.’, considera o autarca de Melgaço, Manoel Batista.

melgaaa2.PNG

O racional da escolha subjacente às zonas a intervencionar prende-se com a sua maior concentração de turistas/visitantes. A beleza natural, o clima, o património histórico e a gastronomia, são alguns dos motivos pelos quais muitos escolhem Melgaço para descansar, mas, de acordo com os dados do Observatório Turístico de Melgaço, o Solar do Alvarinho (16561 visitantes) e a Torre de Menagem (8301) são os espaços mais visitados situados em pleno Centro Histórico. O Museu de Cinema Jean Loup Passek também se situa no centro histórico e atrai muitos curiosos (2647). Estes espaços em conjunto, juntamente com a Loja Interativa de Turismo representaram em 2016, 27.509 visitas. Dados da Loja Interativa de Turismo de Melgaço demonstram que Melgaço é eleito por turistas nacionais e estrangeiros: em 2016, 3314 visitantes passaram pelo espaço. Foram turistas de diversos pontos do País e do Mundo: 1708 nacionais e 1606 internacionais. Estes números são o resultado de uma aposta clara da autarquia na qualidade dos espaços e do seu acervo. Em Melgaço é possível descobrir histórias únicas, contadas com o rigor histórico, mas com as novas tecnologias apelativas e sem dúvida cativantes para o visitante.

melgaaa3.PNG

A zona de montanha, ligada ao PNPG, constitui outra zona de intervenção. A Porta do PNPG de Lamas de Mouro representou cerca de 10.000 visitas no ano de 2016. Castro Laboreiro, por seu turno, é uma das mais emblemáticas aldeias do Parque Nacional e, também por isso, uma das mais procuradas. Não é por acaso que é uma das aldeias pré-finalistas das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias, na categoria de Aldeias Remotas, juntamente com a Branda da Aveleira, as únicas candidatas no Norte de Portugal nesta categoria.

melgaaa4.PNG

Loja Interativa de Turismo de Melgaço: primeiro investimento em interatividade do concelho

Há já algum tempo que Melgaço se tem vindo a integrar no conceito de Smart Cities, (cidades inteligentes), proposto pela Comissão Europeia. Melgaço tem vindo a fazer um esforço por estruturar a sua oferta e promovê-la com a maior abrangência possível, para tal, o Município tem apostado nas TIC como fator de competitividade e atratividade para empresas e cidadãos. A recente Loja Interativa de Turismo de Melgaço – parte da rede da PNP, ERT (Turismo Porto e Norte de Portugal) – constitui-se como o primeiro investimento em interatividade do concelho (inaugurada em maio de 2015). Já recentemente, o Município, no âmbito do Portugal 2020, propôs a financiamento do Programa Operacional Regional uma operação para valorizar os recursos naturais do concelho: o PNPG e o SIC (Sítio de Importância Comunitária) Rio Minho que constituem dois dos principais ativos (Património natural) do território em termos de turismo de natureza. Além de ser o único Parque Nacional de Portugal é território classificado como Reserva Mundial da Biosfera, por parte da UNESCO. ‘Os conteúdos que nos propomos a divulgar são fruto de um esforço de anos no que respeita à sua produção e, por outro lado, fruto de novos desenvolvimentos a breve prazo. Pretendemos que Melgaço se adeque aos estilos de consumo do turista do século XXI’, refere Manoel Batista, sublinhando que ‘É inegável a crescente importância do turismo, pelo que a competitividade no turismo é fundamental para a competitividade dos territórios. Queremos investir no relacionamento com os turistas, tornando a informação mais acessível, atualizada e dinâmica. Queremos passar de um conceito tradicional de receber o turista para um modelo mais holístico, onde o fator humano continua presente e é parte do processo (fator diferenciador, inclusive), para um conceito onde o turista, onde quer que esteja, possa aceder a informação que melhore a sua experiência de visita.’

melgaaa5.PNG

‘PEGADA ZERO – II JORNADAS DE TURISMO DE NATUREZA – PNPG – MELGAÇO 2017’

Até domingo, 14 de maio, no Município Mais a Norte de Portugal, aventura, adrenalina, natureza e segurança, foram as palavras que estiveram na ordem do dia, com muitas atividades e para todos os gostos.

Esta foi a segunda edição do evento que tem por finalidade mostrar que ‘Melgaço é um excelente destino de Natureza, onde é possível praticar atividades de natureza e aventura, em segurança. A comprovar, o colóquio ‘Turismo de Natureza, Aventura e Segurança’ contou com a participação de especialistas de renome que analisaram a segurança nas atividades de natureza e aventura, como António Marques Vidal - Associação Portuguesa das Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, com o tema ‘Segurança nas atividades de Ar Livre, (Cliente, Empresas, Estado), a implicação no ordenamento e na operação das empresas de Animação Turística’; António Brandão – Escola Superior de Desporto e Lazer (Instituto Politécnico De Viana do Castelo - IPVC), com ‘Risco e Segurança em Desporto de Natureza e Aventura’; Daniel Gil Afonso - Clube de Canoagem de Águas Bravas de Portugal, com ‘A Segurança na Prática de Desportos em Águas Bravas’; Laura Ventura – Parque Natural de la Sierra y Cañones de Guara (Espanha), com a palestra ‘Importância do Turismo de Natureza e das Atividades Associadas como Dinamizador e Diferenciador na Criação de um Destino Turístico’; Carlos Sá – Carlos Sá Nature Events, com o tema ‘Organização de Eventos Desportivos de Âmbito Mundial – Importância para os Municípios e Problemáticas Logísticas’, tendo como exemplo o Peneda-Gerês Trail Adventure; e Sandro Araújo – vice presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, com a ‘Importância do BTT num Contexto de Desenvolvimento Local’.

APRESENTAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE MARKETING PARA O TURISMO DE MELGAÇO

O Vice- Presidente Porto e Norte, Jorge Magalhães, esteve na abertura da ação, durante a qual foi apresentado o Plano Estratégico de Marketing para o Turismo de Melgaço, por Mónica Montenegro, do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT): neste âmbito está já a ser desenvolvida, para a sua implementação, ainda este ano, uma campanha de marketing digital para promoção dos valores naturais de Melgaço; uma plataforma digital para registo e disponibilização de informação sobre os recursos e atrativos turísticos de Melgaço, que permitirão uma gestão mais eficiente dos recursos; vão ser produzidos três pórticos de divulgação do património natural, para colocação em locais estratégicos do concelho; está a ser implementada uma experiência interativa sobre os valores naturais na Porta de Lamas de Mouro; e serão ainda desenvolvidas ações de sensibilização para envolvimento da comunidade local na gestão sustentável do turismo de natureza em Melgaço. Foram ainda desenvolvidos uma série de projetos de execução para a qualificação e estruturação do território nesta área, nomeadamente: requalificação do Parque de Campismo de Lamas de Mouro; requalificação da Zona Ribeirinha de Castro Laboreiro; rede Municipal de Percursos Pedestres e Cicláveis; Ecovia ‘Onde Começa Portugal’, junto ao rio Minho (Sítio de Importância Comunitária no âmbito da Rede Natura 2000), e que pretende ligar a entrada do concelho na freguesia de Penso até ao marco de fronteira nº 1 no lugar de Cevide (O Ponto Mais a Norte de Portugal). Melgaço prepara ainda um conjunto de outras iniciativas ligadas à conservação da natureza e da biodiversidade:a submissão de uma candidatura para o desenvolvimento de conteúdos e ações de sensibilização, para a conservação da natureza junto da comunidade jovem e escolar, ligada à Reserva Mundial da Biosfera (Reserva Transfronteiriça Gerês-Xurês) e que contempla também uma exposição itinerante sobre a fauna e a flora emblemáticas do concelho de Melgaço, na área do PNPG, e que estará patente na Porta de Lamas; uma experiência interativa no Núcleo Museológico de Castro Laboreiro e uma série de outras ações ainda a definir. A outro nível, as empresas de animação turística desenvolveram novas atividades, como a observação de fauna, batismos de  mergulho, paddle, passeios ecoturísticos em tuk tuk elétrico. ‘Um conjunto de atividades que queremos continuar a desenvolver e a consolidar na oferta ligada ao turismo de natureza.’, salienta o autarca melgacense.

Melgaço tem todas as condições para atividades de Turismo de natureza, não fosse este concelho estar situado na Área Protegida mais importante de Portugal, o PNPG e o Pegada Zero aproveitou-as, proporcionando um programa para a Fam Trip e um outro geral - Festa do Desporto de Natureza – com atividades para todas as idades. Foram quatro dias de aventura e natureza com o Rio Minho (Rede Natura) e com o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) como pano de fundo para diversas atividades que encantaram pequenos e crescidos, ao mesmo tempo que permitiram dar a conhecer a região, as suas gentes e costumes e a gastronomia.

Uma Exposição Temática na Porta de Lamas de Mouro, ‘O Regresso da Cabra-montês ao PNPG’Observação da Cabra-montês, compasseio pedestre de cerca de duas horas (uma espécie rara em Portugal, existindo apenas na Serra do Gerês e na Serra Amarela); atividades para os mais pequenos (6 a 12 anos), com Jogos Tradicionais / Passeios pedestres ‘À Descoberta da Natureza’ / Oficinas de Reutilização; conhecer o néctar da região, o alvarinho, com visita à Quinta de Soalheiro, e o fumeiro, com visita à Quinta de folga; O Garrano e o Lobo, uma atividade com cavalos onde se abordou o habitat do lobo ibérico e a sua relação com o meio; visita à Queijaria Prados de Melgaço; o Workshop ‘Fotografia de Natureza’Rafting no Rio Minho; Canyoning no Rio Laboreiro; Paddle;Batismo de MergulhoSalto PendularArborismoSlideEscaladaRappelPrimitive RaceEcotuc TourPercurso de BTT ‘Sabores de Melgaço’; Tiro Desportivo; Kayaks; Orientação; Jogos TradicionaisParapente; e uma Caminhada, foram as atividades propostas e que fizeram as delícias de quem participou no Pegada Zero, mesmo contra as condições meteorológicas, mas sempre em segurança. As noites também foram de animação, com a Warm Up Festa do Desporto de Natureza, no Rios Bar. A par de todas as atividades, os participantes tinham à sua disposição uma grande variedade gastronómica.

O evento envolveu os agentes que atuam na região - empresas de Animação (Melgaço Radical, Melgaço White Water, Ecotura, Montes de Laboreiro e Melsport), Restauração (Restaurante Vidoeiro, Quinta de Folga, Quinta de Soalheiro, o Restaurante Chafarix, os Restaurantes dos hotéis Monte Prado Hotel & SPA e Miradouro do Castelo), Alojamento (Hotel Castrum Villae, Monte Prado Hotel & SPA e Hotel MiraCastro), Comunidade local, entre outras, e pretendeu também sensibilizar sobre a conservação da natureza, junto das comunidades intervenientes, assim como criar ou reforçar a relação das mesmas com o serviço.

MELGAÇO, O MUNICÍPIO MAIS A NORTE DE PORTUGAL!

O município de Melgaço é limitado a norte e leste pela região da Galiza, confronta com o Rio Minho e está inserido numa importante região montanhosa, cujos valores patrimoniais e ambientais são referência reconhecida internacionalmente. Região verdejante, tipicamente Minhota, de forte e fértil vegetação, onde se fabrica uma das mais sublimes castas de vinho verde, o famoso Alvarinho, Melgaço orgulha-se do seu bonito património histórico, cultural e arquitetónico, inserido no maravilhoso Parque Nacional da Peneda-Gerês. É uma terra rica em tradições, histórias, lendas e testemunhos de vivências passadas e detentor de uma rica e saborosa gastronomia.

melgaaa6.PNG

TERRAS DE BOURO PARTICIPA NA “PORTO WELCOME CENTER”

O Município de Terras de Bouro esteve representado ao mais alto nível na ação de promoção territorial levada a cabo pela Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), a convite da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

tbbbeou (3).jpg

Entre os dias 12 e 14 de maio e com a presença de produtores dos seis municípios, existiu assim a oportunidade de expor e comercializar variados produtos. Para alavancar esta presença a CIM Cávado ofereceu um programa de animação muito completo, que contou com a realização de workshops temáticos, provas de vinho e gastronomia, música e apresentação dos vídeos promocionais do território da NUT III Cávado.

A Porto Welcome Center trata-se da maior loja interativa de turismo do país, localizada na baixa, junto à Estação de S. Bento e pertença da Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP). A Porto Welcome Center faz parte de uma rede de 64 lojas interativas nos municípios da região Norte de Portugal.

 

tbbbeou (1).jpg

tbbbeou (2).jpg

MUNICÍPIOS DO CÁVADO PROMOVEM-SE NA “PORTO WELCOME CENTER”

A convite da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado) vai realizar, entre os dias 12 e 14 de maio, uma ação de promoção territorial na Porto Welcome Center.

Porto Welcome Center.jpg

Esta ação contará com a presença de produtores dos seis municípios, entre os quais Terras de Bouro e na qual terão oportunidade de expor e comercializar os seus produtos. Para alavancar esta presença a CIM Cávado oferecerá um programa de animação muito completo, que contará com a realização de workshops temáticos, provas de vinho e gastronomia, música e apresentação dos vídeos promocionais do território da NUT III Cávado.

A Porto Welcome Center trata-se da maior loja interativa de turismo do país, localizada na baixa, junto à Estação de S. Bento e pertença da Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP). A Porto Welcome Center faz parte de uma rede de 64 lojas interativa nos municípios da região Norte de Portugal. Está inserida na reabilitação urbana do palácio das Cardosas e faz parte do projeto global de recuperação da baixa portuense e da valorização do seu centro histórico.

TERRAS DE BOURO APOSTA NO SECTOR EMPRESARIAL DO SECTOR TURÍSTICO

3.º Intercâmbio Empresarial do Sector Turístico do Concelho de Terras de Bouro

No próximo dia 18 de Maio a Associação Gerês Viver Turismo em colaboração com a Câmara Municipal de Terras de Bouro, vai levar a efeito a 3ª edição do Intercâmbio Empresarial do Concelho de Terras de Bouro.

3º_Intercambio_Empresarial_Terras_de_Bouro_2017.jpg

Tal como em edições anteriores esta ação pretende fomentar o associativismo, realçar a importância do trabalho em rede, bem como dar a conhecer alguns pontos de interesse turístico do concelho de Terras de Bouro, potenciando a discussão sobre a dinâmica turística do território.

No âmbito desta ação, a associação vai levar a efeito uma promoção, isentando de jóia (50,00€) as empresas com sede e/ou atividade no concelho de Terras de Bouro que pretendam associar-se à Gerês Viver Turismo, sendo que mais informações podem ser obtidas através do email vivergeres@gmail.com.

As inscrições no intercâmbio são gratuitas para um representante por empresa, mas obrigatórias, devendo ser efetuadas para o email: vivergeres@gmail.com.

PROGRAMA DO EVENTO

Local | Museu da Geira (Campo do Gerês)

10:00 | Sessão de acolhimento e workshop sobre a necessidade e importância das parcerias e do trabalho em rede

11:00 | Visita a locais de interesse turístico (Mata de Albergaria; paragem em locais específicos)

12:30 | Almoço na Vila do Gerês (oferecido pela Câmara Municipal de Terras de Bouro)

14:00 | Visita a locais de interesse turístico (Aldeia de Santa Isabel do Monte)

16:30 | Final das atividades (Museu da Geira, Campo do Gerês)

Nota: o transporte durante o intercâmbio será fornecido gratuitamente aos participantes

CELORICO DE BASTO PROMOVE-SE NA FEIRA DE TURISMO TERRAS DE BASTO

Celorico de Basto na III Feira de Turismo Terras de Basto

O Município de Celorico de Basto aproveitou a organização da III Feira de Turismo Terras de Basto para continuar a campanha de promoção do concelho, baseando-se na divulgação do património e do turismo de habitação, hotelaria e turismo rural. A ação foi promovida pela THAMUSE e decorreu de 5 a 7 de maio.

_DSC7756 (1).jpg

“A nossa participação nesta feiras procura dar a conhecer aquilo que nos diferencia dos outros concelhos, motivando os visitantes da feira a uma possível visita ao concelho. Ao mesmo tempo, este certame é uma forma de divulgar todo o território, Terras de Basto, no seu conjunto, um território com características muito próprias, que tem vindo a apostar, fortemente, no setor do turismo” disse o vereador do Turismo do Município de Celorico de Basto, Fernando Peixoto.

A iniciativa decorreu, nesta edição, em Ribeira de Pena, e no ano transato foi acolhida em Celorico de Basto. Note-se que a organização procura levar o evento aos quatro municípios que integram as Terras de Basto.

Para além dos stands promocionais, esta feira contou com várias iniciativas culturais, nomeadamente colóquios e apresentações musicais. Foi mais um fim-de-semana dedicado ao turismo que procurou promover o melhor que as Terras de Basto têm para oferecer.

BRAGA PROMOVE-SE NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO

Cativar as Beiras e as regiões espanholas da Extremadura e Castilla-Lyon no foco desta acção

Acedendo ao convite do Município da Guarda, o Município de Braga levou a cabo mais uma acção de promoção turística na Feira Ibérica de Turismo que decorreu de 28 de Abril a 1 de Maio, tendo sido inaugurada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho e pelo edil da Guarda, Álvaro Amaro.

bRAGTUR.jpg

A Feira Ibérica de Turismo tem sido um evento chave da cooperação ibérica e teve em 2017 a sua quarta edição. Desde a sua primeira, em 2014, a FIT cresceu e consolidou-se, afirmando se agora como o mais importante evento dedicado ao turismo numa perspectiva ibérica.

“Como plataforma transfronteiriça no panorama nacional e ibérico dos eventos ligados ao Turismo, a FIT é uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos endógenos desta vasta e riquíssima região transfronteiriça, sendo os seus principais objectivos fomentar o intercâmbio transfronteiriço, estimular o relacionamento comercial e o progresso dos vários sectores e segmentos da nossa economia e, consequentemente, o desenvolvimento das regiões” afirmou Álvaro Amaro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda.

Em representação do Município de Braga, António Barroso, referiu que “esta é mais uma acção que desenvolvemos para reforçar a atractividade e promoção de Braga e da Região. O turismo interno ainda tem um enorme potencial de crescimento e esta aposta em nos expormos nas beiras é importante para esse reforço, por outro lado este é um importante certame que atrai muitos visitantes da raia espanhola, nomeadamente das regiões da Extremadura e de Castilla-Lyon que queremos também convidar a visitar Braga e o Minho e a encantar-se com tudo o que temos de único para oferecer”.

Com um espaço próprio de 18 m2, Braga colocou em destaque toda a riqueza atractiva e turística do Concelho, com especial ênfase nos grandes eventos como a Rampa da Falperra, Super Especial do Rally de Portugal, Braga Romana, S. João, Mimarte, Noite Branca, Braga Barroca e Braga é Natal com destaque para o inigualável Presépio Vivo de Priscos. Também a reconhecida gastronomia, o rico património, o distinto comércio, e as várias iniciativas desportivas e culturais, nomeadamente a programação do Theatro Circo e do GNRation, sem esquecer os múltiplos equipamentos para acolher quem visita a Capital Minhota.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apontou “a promoção do turismo como ´um desafio nacional´. O turismo é uma maneira de chegar ao mundo. Há comunidades que falam português por todo o mundo, mas o turismo é uma forma de aproximar culturas, civilizações, povos e experiências. E Portugal está a viver um momento único em termos de turismo”, afirmou.

Este certame ibérico decorreu em mais de 9.000 m2, contou com dezenas de milhares de visitantes e com mais de 130 expositores de diversas regiões de Portugal e Espanha e dos mais variados campos de actuação do sector turístico, entre públicos e privados. Desde Jornalistas, Operadores Turísticos, Hoteleiros a Comunidades Intermunicipais, Comissões Vitivinícolas, Regiões de Turismo, empresas de Turismo activo, passando por Agências de Viagens, Câmaras Municipais e Associações, todos encontraram neste evento uma plataforma de excelência para a promoção dos seus produtos e serviços.

PELA (INADIÁVEL) QUALIFICAÇÃO DO SECTOR TURÍSTICO DO MINHO

O já existente mas ainda não organizado e estruturado cluster do Turismo no MINHO, começa finalmente a tornar-se numa realidade coordenada em torno da ATURMINHO- Associação de Turismo do Minho/Agência Regional para a Promoção do Turismo do Minho, entidade constituída e fundada para cumprir esse importante objectivo.

As diferentes entidades empresariais que enformam esta associação empresarial dedicada à economia do Turismo desejam potenciar, desenvolver e decisivamente contribuir para a sua qualificação e notoriedade, com enfoque especial na criação de valor e um maior desenvolvimento das suas actividades, que se realizam num dado espaço geográfico concreto: Minho, uma região com uma identidade, personalidade e atributos muito próprios e que dão escopo a uma marca turística com marca com forte identidade, notoriedade e elevado potencial de crescimento.

É pois em exclusiva defesa do Turismo do MINHO, sua qualificação, desenvolvimento e promoção, que em Junho de 2014 é fundada a ATURMINHO. Esta associação empresarial tem como principal objectivo ser uma voz pró-activa e interveniente do Turismo da região, dentro e fora de Portugal, promovendo e internacionalizando uma oferta rica e diversa, distinta e diferente, apostando na qualificação do destino, sua competitividade e permanente inovação. O objectivo final da ATURMINHO não é outro que: agregar em sede de um permanente e construtivo diálogo as entidades privadas e públicas directamente relacionadas com o sector; potenciar e dar notoriedade à marca MINHO, enquanto marca de um destino turístico forte, distinto, diferente e com enorme potencial para se afirmar internacionalmente.

Mas afinal que benefícios competitivos pode oferecer o cluster do Turismo, unido em torno da ATURMINHO, ao sector terciário da economia regional?!

O cluster do Turismo no MINHO deverá ser entendido e compreendido enquanto ferramenta – alavanca – indispensável, capaz de transformar e modernizar a sociedade, a economia de serviços em geral de uma região, impulsionando o MINHO para um mercado globalizado e cada vez mais exigente; também como uma ferramenta – alavanca de unidade associativa – indispensável para a modernização, qualificação e competitividade do Turismo no Minho, por forma a que todo o sector seja capaz de se adaptar a uma “indústria” muito globalizada e assaz exigente, com mercados cada vez melhor formados e mais informados, o que exige uma atitude de permanente inovação e muito pró-activa.

Eis a resposta estruturada e estruturante para a definição de um racional posicionamento do destino turístico MINHO, integrado em dois eixos distintos e complementares: Galiza a norte e Porto/Douro Litoral a sul. Com um sector tão atomizado e de “quintais” de altos muros como o do Minho, que apresenta um modelo já esgotado e de indiscutível baixo valor acrescentado, a constituição/fundação desta Rede na ATURMINHO, que se traduz no Cluster do Turismo do Minho, permitirá ao sector encarar o futuro com maior optimismo, pois a fasquia da procura, por força da aceleração da oferta em destinos concorrentes e de igual estrutura, há muito que subiu a níveis muito consideráveis, mas agora impõe-se: garantir o seu crescimento sustentado e sustentável; e assegurar a sua inequívoca competitividade interna e externa. Nesse sentido, este “órgão”, que funcionará na inteira dependência da ATURMINHO – berço fundador – permitirá ao sector contar com uma entidade empresarial “privado-pública”, com capacidade para assegurar uma permanente relação com o todo o tecido económico e, simultaneamente, constituir-se como um interlocutor válido, credível e respeitado, junto de toda a Administração Pública – local e nacional – fomentando a permanente cooperação de parceria “privado-pública” e “público-privada” – ATURMINHO/Autarquias, Autarquias/ATURMINHO - de forma a colocar à disposição do sector “energias de alimentação” alternativas, pois é um facto incontornável que só essa pró-activa cooperação poderá colocar ao serviço do sector consideráveis fontes alternativas de financiamento, às quais as associações empresariais não têm acesso, pelo seu carácter local: com muito pouco, emprestado por cada Autarquia, será possível captar milhões de fundos comunitários, destinados a reverter exclusivamente para a qualificação, desenvolvimento e promoção turística. E entre elas estamos naturalmente a falar da taxa turística (1 euro/dia por dormida, até um máximo de 7 dormidas seguidas), o que seria um apoio muito positivo – inteiramente pago pelo consumidor-turista - à promoção turística e à captação de fundos comunitários, destinados a erguer consideráveis projectos/candidaturas, em favor do Turismo do Minho, visando a sua efectiva internacionalização.

A economia do Turismo, representada em torno da ATURMINHO-Associação de Turismo do Minho, deseja actuar como uma organização empresarial economicamente auto sustentável, que se constitui como ponto de encontro do sector fomentador do intercâmbio de informação e experiências, que poderão ser muito proveitosas para todos os “stakeholders” envolvidos, aglutinando os interesses das várias associações que integram as empresas, equipamentos e serviços turísticos, assim como os profissionais em uma única entidade.

Pontos fortes do cluster de Turismo do Minho:

  • Capacidade para inovar;
  • Melhorar a percepção interna e externa do MINHO, enquanto destino turístico;
  • Melhorar a competitividade, cooperação e inovação das diferentes empresas;
  • Identificação de novas oportunidades e propostas de associação para trabalho em rede;
  • Favorece a formação e qualificação conjunta de Recursos Humanos;
  • Facilita o acesso a fontes de financiamento público;
  • Permite definir actividades conjuntas de promoção, especialmente em promoção exterior, sob o chapéu da marca MINHO, a marca de uma região com uma cultura e uma identidade muito próprias e directamente associadas a essa maravilha que é o Vinho Verde.
  • Transmite uma imagem de elevado profissionalismo ao sector.

EM SÍNTESE, A ATURMINHO É UMA ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DEDICADA À ECONOMIA DO TURISMO; ASSOCIAÇÃO MODERNA E INTEIRAMENTE DEDICADA A UM SECTOR DA MAIOR RELEVÂNCIA PARA O FUTURO ECONÓMICO DO MINHO.

E é justamente nesse sentindo que a ATURMINHO tudo fará para:

Unir as empresas de turismo, os municípios, dando força às suas reivindicações e visibilidade aos seus legítimos interesses, em favor do desenvolvimento do sector do Turismo no MINHO.

Defender as empresas, os empresários, a região e as suas expectativas, criando condições para um ambiente que valorize a competitividade e o desenvolvimento do sector do Turismo no MINHO.

Pressionar e influenciar os órgãos de poder político local e administrativo, libertando os estrangulamentos e constrangimentos à atividade e ao desenvolvimento das empresas.

Promover o MINHO e toda a sua oferta turística nos diferentes mercados estratégicos.

Prestar serviços úteis e personalizados, informando, aconselhando e orientando decisões.

Garantir o futuro, afirmando-se como uma Associação em permanente mudança e atualização, acompanhando e estimulando a dinâmica de uma atividade, simultaneamente tradicional e moderna.

Apostar no Turismo como alavanca estratégica de atracção de Investimento Directo Estrangeiro para o Minho.

NOTA: Entre os projectos que a ATURMINHO está a dinamizar/operacionalizar encontram-se: um Projecto de Formação-Acção que irá envolver 24 empresas de turismo; um SIAC que tem como “produto âncora” de internacionalização da oferta o Turismo Religioso – Descobrir o Minho através do Sagrado e do Profano e vários projectos em parceria com os Municípios.

ANTERO FILGUEIRAS

Coordenador Geral da ATURMINHO

FAMALICÃO: AUDIOGUIA OFERECE VISITAS GUIADAS AO PARQUE DA DEVESA EM SEIS LÍNGUAS DIFERENTES

Novo instrumento digital pode ser descarregado para smartphones e tablets

Os visitantes do Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, têm ao seu dispor um novo instrumento digital que lhes permite fazer visitas guiadas ao parque, ao ritmo de cada um. O audioguia para smartphones e tablets dá a conhecer a história e a identidade de vários locais em seis línguas diferentes, ao longo de 15 postos promovendo o conhecimento e o interesse turístico-cultural.

DSC_3594.jpg

A colocação deste novo instrumento de promoção turística e cultural tem como principal objetivo “dar a conhecer esta área constituída por cerca de vinte e sete hectares e que era originalmente um terreno agrícola ocupado por grandes quintas e atravessado por um rio”, explica a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. E acrescenta: “Com a criação do parque da Devesa, inaugurado em 2012, muitos espaços mantiveram-se fieis à sua origem, outros foram reabilitados e adaptados a novas funções e outros foram criados, é esta conjugação de locais com uma forte componente histórica e identitária, que conservam ainda algumas marcas do passado, que apresentamos aos visitantes através deste novo instrumento digital”.

Os audioguias podem ser descarregados para o telemóvel através da aplicação Google Play. Os vários postos apresentam o Parque da Devesa de uma forma geral, o Rio Pelhe, a escultura “Verticalidade”, o restaurante e a cafetaria, os serviços educativos, o anfiteatro, a casa do território, a reconstituição dos banhos castrejos, o marco miliário, o moinho, a escultura “surge et ambula”, o lago, o pontão de Antas, o portal da quinta de vilar e as hortas urbanas.

Refira-se que a colocação do audioguia na Devesa surge na sequência da adesão do município de Vila Nova de Famalicão à plataforma nacional Audite (audioguias online) que possibilita a realização de visitas guiadas a vários locais de referência no país, como o Museu do Oriente, o Portugal dos Pequenitos, entre outros.

DSC_3597.jpg

“MONÇÃO NAS MÃOS - TURISMO CRIATIVO”

Este projeto, coordenado por Nélson Azevedo, pretende contribuir para que se recuperem alguns dos saberes ancestrais deste território através da experiência de vários parceiros envolvidos neste conceito abrangente e estruturante que visa valorizar o presente e futuro com os ensinamentos do passado.

Monção nas Mãos.jpg

O projeto reserva experiências em áreas da vida rural como a moagem de farinha, a confeção do pão, a tosquia de ovelhas ou a construção de instrumentos tradicionais. Focaliza-se também na recriação artística desses sabores e saberes com recurso à fotografia, desenho e escultura.

Dia 23, domingo, 15h00

“DAR A MÃO AO PÃO”

Neste dia, “Monção nas Mãos – Turismo Criativo” oferece a possibilidade de descobrir alguns dos segredos da confeção do pão com o Chefe Rui Ribeiro, parceiro do projeto. Os participantes, em número limitado, irão amassar o pão e provar o fruto da sua própria experiência. Informações/Inscrições: moncaonasmaos@gmail.com

Dar a Mão ao Pão.jpg

“CONHECER PARA MELHOR PROMOVER” LEVA AGENTES TURÍSTICOS AO MUSEU DOS BISCAÍNHOS EM BRAGA

Iniciativa promovida pelo Município de Braga

O Município de Braga realizou mais uma sessão do programa ‘Conhecer para melhor promover’, uma iniciativa dirigida aos profissionais e empresários de Turismo do Concelho com o objectivo de reforçar o conhecimento da Cidade, do seu património e demais activos de interesse turístico.

CMB04042017SERGIOFREITAS0000006094.jpg

Nesta sessão, o programa desafiou os profissionais e empresários de Turismo a conhecer melhor o Museu dos Biscainhos, instalado no Palácio dos Biscainhos o qual foi fundado no século XVII e definido arquitectonicamente na primeira metade do século XVIII. Durante cerca de três séculos foi habitação de uma família nobre (condes de Bertiandos), transformando-se em Museu público a 11 de Fevereiro de 1978. Em 1949 o edifício e os seus jardins foram classificados como Imóvel de Interesse Público.

O palácio, os jardins barrocos e as suas colecções revelam o quotidiano da nobreza setecentista assim como numerosas referências da vida dos outros habitantes do espaço: capelães, criados e escravos.

Segundo António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal, o programa ‘Conhecer para Melhor Promover” tem contribuído para “reforçar a notoriedade e a promoção da História e Cultura de Braga”. Além de “aprofundar o conhecimento sobre os múltiplos espaços de interesse de Braga, a visita proporcionar momentos importantes de networking entre os vários empresários e colaboradores, passando também por um estreitar do relacionamento com os responsáveis pelos espaços visitáveis no sentido de, posteriormente, articularem visitas e pacotes a oferecer a quem nos visita”.

O Museu dos Biscainhos pode ser visitado de Terça a Domingo, sendo a entrada gratuita no primeiro Domingo de cada mês. O espaço está encerrado ao público à 2.ª feira e nos feriados de 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio e 25 de Dezembro.

CMB04042017SERGIOFREITAS0000006098.jpg

CMB04042017SERGIOFREITAS0000006103.jpg

CMB04042017SERGIOFREITAS0000006106 (1).jpg

 

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS DE VIANA DO CASTELO ORGANIZA CONFERÊNCIA SOBRE TURISMO NO CONTEXTO RURAL

No próximo dia 6 de Abril (quinta-feira), na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, às 17.00 horas, Carlos Fernandes apresenta uma comunicação com o título “Repensar o turismo no contexto rural: desafios para a sustentabilidade”, no âmbito do Ciclo de Estudos “Floresta e Mundo Rural: Património, sustentabilidade e saúde”, organizado pelo Centro de Estudos Regionais.

17626609_1347018381987280_139896318930398758_n.jpg

Carlos Fernandes é doutorado em Turismo, pela Bournemouth University (Reino Unido), coordenador da Licenciatura em Turismo no Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e docente do Mestrado em Turismo, Inovação e Desenvolvimento, no mesmo Instituto. É investigador do CETRAD/UTAD e membro do UNWTO Panel of Experts for the World Tourism Barometer. Desenvolve atividade como perito do International Institute of Gastronomy, Culture, Arts and Tourism e para a avaliação de projetos para a CCDRN.

Esta é quinta conferência do VIII Ciclo de Estudos do Centro de Estudos Regionais, a decorrer até ao próximo mês de Junho, que tem tido a colaboração de diversos investigadores interessados nas questões relacionadas com a preservação do património e a sustentabilidade da floresta e do mundo rural.

A entrada na conferência é livre.

CLUBE ECOAR DE VIZELA CONVIDA A VISITAR SANTIAGO DE COMPOSTELA

Vizela tem uma novidade para si! O Clube Ecoar na sua Loja EDP de Vizela criou novas  experiências nacionais e internacionais a pensar em si e na sua família.

santiagovizela.png

Visite-nos em www.clube-ecoar.com ou na nossa Loja na Rua Dr. Abílio Torres, 710 4815-552

Vizela!

Como as vagas para cada evento são limitadas, não deixe para amanhã o que pode fazer já hoje!

Não se trata de viagens promocionais! É um evento criado a pensar em si e no tempo de

 qualidade que poderá passar com os seus amigos e com sua família!

Fale connosco! Estamos à sua disposição: 304 500 608 (custo de chamada local) ou gratuitamente no chat do nosso site!

PÓVOA DE LANHOSO LEVOU MARIA DA FONTE À BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Foi um sucesso a performance mimética alusiva à Maria da Fonte, que a Póvoa de Lanhoso apresentou na BTL, no dia 18 de março. 

Povoa de Lanhoso na BTL 1.jpg

Seis mulheres caraterizadas com terracota e auxiliadas por varapaus, rodeiam a Maria da Fonte, alternando quadros cénicos estáticos com dinâmicos, cuja estética teatral evidencia força, determinação, coragem e revolta.

Esta performance foi construída para criar impacto na Feira de Turismo e chamar a atenção de todas as pessoas para a figura da Maria da Fonte, que dá identidade ao município da Póvoa de Lanhoso. O objetivo foi conseguido, porque ninguém ficou indiferente a esta encenação e todos queriam saber mais sobre esta personagem da nossa história.

“Apostamos na presença de eventos como a BTL e que consideramos importantes no âmbito da nossa estratégia de divulgação e de promoção do concelho. Estamos satisfeitos com esta participação e certos de que iremos continuar a recolher frutos, ao nível do turismo e das áreas que lhe estão associadas”, refere o Vereador da Cultura e Turismo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues.

Pelo resultado atingido com esta estreia na BTL, perspetiva-se um impacto semelhante noutras feiras e eventos turísticos promocionais do nosso município. 

Há que fazer jus ao poeta e potenciar o valor patrimonial das 7 mulheres do Minho que já têm, na história desta belíssima terra, uma página doirada.  

De lembrar que no âmbito da estratégia do Consórcio Minho-In, de que faz parte a CIM do Ave, numa parceria concertada com a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), a Póvoa de Lanhoso apresentou-se na BTL como a Terra da Maria da Fonte. No final da performance teatral, as protagonistas ofereceram ao público presente as Rochas do Pilar escolhidas, desta vez, para representar a doçaria local, acompanhadas da divulgação dos fins-de-semana gastronómicos, em que as mesmas se encontram associadas ao Cabrito à S. José.

Dentro da parceria Minho-In / TPNP, é já desde 2010 que o Município, em parceria com a Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso, tem concretizado ações de promoção do concelho neste certame. Filigrana, Património, Identidade e Gastronomia têm sido os argumentos utilizados para atrair os públicos que ali afluem.

O Consórcio Minho IN – que integra as Comunidades Intermunicipais do Alto Minho, do Cávado e do Ave (de que faz parte a Póvoa de Lanhoso), associando os 24 municípios do Minho – esteve presente de 15 a 19 de março na BTL 2017 – Feira Internacional de Turismo, no Parque das Nações, em Lisboa, contando para o efeito com um stand próprio, no espaço da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

No âmbito da sua participação no mais importante certame turístico a nível nacional, o Minho IN dinamizou o seu espaço, através de um vasto programa de animação promovido em parceria com os 24 municípios do Minho, que integrou, no dia 18 de março, a representação teatral “Póvoa de Lanhoso – 7 Mulheres do Minho”.

Povoa de Lanhoso na BTL 2.jpg

PAREDES DE COURA LEVA MAGIA À BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Paredes de Coura e ‘O Mundo ao Contrário’ distribuíram magia na BTL com a performance do Tosta Mista

‘O Mundo ao Contrário’, encontro de espetáculos, animação de rua, instalações, oficinas e residências artísticas, que este ano decorre entre 24 e 30 de julho em Paredes de Coura, esteve no centro das atenções na Bolsa de Turismo de Lisboa contagiando de arte e magia todos quantos passaram pelo Parque das Nações, em Lisboa.

DSC05115.JPG

Tendo por palco o stand do Turismo Porto e Norte de Portugal, Paredes de Coura apostou no dia da abertura da BTL numa performance interativa do Tosta Mista, artista que promoveu o evento com a sua atuação e distribuiu material promocional.

A interação do Tosta Mista com quem passou junto ao stand do TPNP foi de tal forma entusiasmante, que rivalizou em número de assistência com a cerimónia protocolar da inauguração que contou com a presença do Ministro da Economia, Caldeira Cabral, que também não ficou indiferente ao espetáculo.

Para além deste momento performativo único promovido pelo Município, Paredes de Coura também integrou todos os dias a ‘Minho Happy Hour’ no âmbito das ações de animação do stand do ‘Minho IN’, com prova de produtos da Loja Rural, nomeadamente biscoitos, enchidos, licores, entre outros.

A edição deste ano de ‘O Mundo ao Contrário’ está agendada para o período entre 24 e 30 de julho, destina-se a toda a família e tem entrada livre, reunindo artistas nacionais e internacionais que transportam os participantes para um mundo onírico onde a imaginação, a criatividade, o riso e o absurdo tomam lugar.

_MG_2124.jpg

TERRAS DE BOURO DÁ A CONHECER A SUA GASTRONOMIA

“Fins de Semana Gastronómicos” em Terras de Bouro a 24, 25 e 26 de março

Os “Fins de Semana Gastronómicos’, iniciativa conjunta do Turismo do Porto e Norte de Portugal e dos municípios que promovem a região através da gastronomia, terão, mais uma vez, a participação de Terras de Bouro.

Aletria (1).JPG

A edição deste ano irá acontecer em Terras de Bouro nos dias 24, 25 e 26 de março e vem, novamente, realçar a importância deste acontecimento na promoção do concelho de Terras de Bouro e das suas potencialidades gastronómicas.

As características naturais, patrimoniais e culturais do nosso concelho, que são um fator decisivo para a forte procura turística que o concelho tem vindo a registar, representam, a par da rica oferta gastronómica, elementos fundamentais na afirmação do concelho enquanto destino de excelência na oferta do turismo de natureza, muito bem complementada com a diversidade e confeção das iguarias gastronómicas locais, nomeadamente, o excelente cozido à Terras de Bouro e a deliciosa aletria.

Cozido à Terras de Bouro (1).jpg

fsgtbouro1.PNG

fsgtbouro2.PNG

MINHOTOS ENCERRAM EM APOTEOSE BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

O Grupo Folclórico Verde Minho e o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez cantaram e dançaram no últmo dia da edição deste ano da Bolsa de Turismo de Lisboa, conferindo ao certame um colorido e uma alegria que são bem características das gentes e do folclore minhoto.

17457542_1377003129010019_3467803661891304244_n.jpg

Aos primeiros acordes das concertinas, eis que numeroso público se aproximou dos grupos folclóricos para os ver actuar. E, ao ritmo do vira e da chula, da rosinha e da cana-verde, aquela grandiosa feira de turismo terminou em ambiente de festa. E, para o ano, haverá mais!

Fotos: Manuel Santos

17264601_1375821652461500_4534845203047503179_n (1).jpg

17309159_1377003229010009_5653192904844353878_n.jpg

17361749_1375822185794780_327236506320546969_n.jpg

17362433_1375821569128175_7012395087315141591_n.jpg

17362829_1377003132343352_3273263211566710771_n.jpg

17425145_1377003222343343_4621400759799123660_n.jpg

17425155_1375820689128263_3223835701468118377_n.jpg

BRAGA PROMOVE-SE NA BTL, A MAIOR FEIRA NACIONAL DE TURISMO E UMA REFERÊNCIA A NÍVEL INTERNACIONAL

Património, eventos, comércio, gastronomia, cultura e desporto estiveram em evidência na BTL

De Quinta-feira até ontem, Braga promoveu-se na Bolsa de Turismo de Lisboa, a maior Feira Nacional de Turismo e uma referência a nível internacional. Com mais de 1.200 expositores entre agências de viagem, operadores turísticos, hotelaria, transportes, organismos oficiais nacionais e internacionais, jornalistas e bloggers, de mais de 42 países, distribuídos por 37.000 m2, esta foi uma acção repleta de sucesso em termos de divulgação e promoção turística do Concelho.

BTL0bRAGA (1).jpg

“Estamos satisfeitos com os resultados alcançados. Fizemos centenas de contactos com operadores, jornalistas e responsáveis internacionais, que permitirão nos próximos anos incrementar ainda mais o movimento turístico de Braga”, referiu António Barroso, em representação da Câmara Municipal de Braga, explicando que a presença de Braga na BTL resulta da articulação com o projecto Minho Inovação e a Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, e insere-se na estratégia de promoção do Concelho “fora de portas”.

O responsável aproveitou também para destacar “a diversidade de agentes bracarenses deste sector que proporcionaram a existência de pontos de divulgação do que Braga tem de melhor em todos os pavilhões da BTL”.

A agenda geral de eventos, o roteiro familiar, a campanha `Taste Braga` em parceria com a Associação Comercial de Braga (de promoção das iniciativas gastronómicas, com destaque para as Sugestões do Chef que decorrem até 9 de Abril), os grandes eventos como a «Semana Santa», «Braga Romana», «S. João», «Noite Branca», «Braga Barroca», «Braga é Natal», incluindo o «Presépio de Priscos» e iniciativas com realização já em Março e Abril, como a 50 edição da Agro e o «IDrone Experience» mereceram especial referência.

A distinta e rica oferta cultural do Theatro Circo e do GNRation, assim como eventos desportivos como a «Rampa da Falperra», a «Street Stage do Rally de Portugal» com a disponibilização de um concorrido simulador, mas também toda a agenda de eventos desportivos que enriquecem a Braga 2018 - Cidade Europeia do Desporto, estiveram em foco na BTL. O rico e distinto património, os espaços naturais, o comércio e a animação nocturna, aliados a uma grande e qualificada disponibilidade hoteleira e uma localização estratégica no contexto do noroeste peninsular foram também motivo de promoção. Este ano mereceu também destaque uma apresentação pública do novo Parque de Exposições de Braga que verá a luz do dia em 2018.

Para António Barroso, “revelarmos que estamos perto de tudo, com uma oferta hoteleira diversificada e com mais de três mil camas, com uma gastronomia cinco estrelas, um comércio vivo e atractivo e o fervilhar da juventude, faz de Braga um destino que surpreende quem não nos conhece e conquista quem vem a Braga. O contacto com profissionais do turismo e com o público lisboeta e do Sul do país permite-nos reforçar a nossa notoriedade e convidar a visitarem Braga”.

A BTL é cada vez mais uma feira que atrai não só profissionais como também cativa o público em geral. Trata-se da maior montra da oferta turística a falar português e constitui uma oportunidade para conhecer novos destinos e soluções de viagens, juntando num só espaço vários operadores, desde hotelaria, viagens, transportes, entre muitos outros.

Em 2016, a feira recebeu mais de 75 mil visitantes durante os cinco dias de certame, dos quais 35 mil foram profissionais do sector.

Pós Tour BTL em Braga

Durante o fim-de-semana, estiveram em Braga mais de 20 operadores turísticos de países como Noruega, Polónia, Itália, Estados Unidos, Rússia, Brasil e França, uma iniciativa da Câmara Municipal em parceria com a Associação de Turismo do Porto e Norte (ATP).

“Continuamos assim a prosseguir a nossa estratégia de promoção do território para incrementar o Turismo levando ao crescimento das nossas empresas, mas também ao surgimento de oportunidades para novos projectos poderem singrar e assim sustentarmos o nosso desenvolvimento”, concluiu António Barroso.

BTL0bRAGA (2).jpg

 

PRESIDENTE DA REPÚBLICA APRENDE RENDAS DE BILROS

O Presidente da República, Prof. Doutor Macelo Rebelo de Sousa, visitou ontem a Bolsa de Turismo de Lisboa, demorando-se particularmente nos pavilhões das Regiões de Turismo e prestando uma especial atenção ao artesanato tradicional.

A presença das rendilheiras de bilros de Vila do Conde mereceu-lhe bastante curiosidade que mais pareceu estar interessado em conhecer esta arte popular.

Fotos: Manuel Santos

17352347_1373910652652600_7087011298276333159_n (1).jpg

17264293_1373917809318551_8239628997081649344_n (1).jpg

17265280_1373910439319288_3410023504964843188_n (1).jpg

17343014_1373910549319277_1548120804569641400_n (1).jpg

17353300_1373911092652556_2472370858540352981_n (1).jpg

17361743_1373911865985812_6525006328026852946_n (1).jpg

17361975_1373911362652529_8622650659607792339_n (2).jpg

ENTIDADES BRACARENSES APRESENTAM NA BTL NOVO PARQUE DE EXPOSIÇÕES DE BRAGA

Novo Parque de Exposições de Braga apresentado na maior feira de turismo nacional. Maior e melhor espaço de congressos, exposições e eventos apresentado em Lisboa

A Câmara Municipal de Braga e a InvestBraga fizeram uma apresentação do novo Parque de Exposições de Braga (PEB) na Bolsa de Turismo de Lisboa, a maior feira nacional de turismo. Tratou-se de uma oportunidade para, junto de um conjunto de possíveis clientes, utilizadores e divulgadores, colocar na agenda este que será um espaço de referência no noroeste peninsular.

peb2.jpg

"A importância de divulgar este espaço, que será o maior a Norte do Douro, a operadores, agências de eventos, responsáveis de diversos organismos públicos e privados, bem como a jornalistas e bloggers, é um desiderato que tem vindo a ser cumprido para incrementar a futura actividade deste empreendimento que será único no contexto ibérico e decisivamente alavancará e consolidará Braga como local para a realização dos mais diversos eventos e iniciativas. O novo PEB será a verdadeira âncora que nos permitirá reforçar a actividade turística, nomeadamente no turismo de negócios, congressos e eventos" afirmou António Barroso do Gabinete de Apoio à Presidência da CMB.

José Coutinho, da InvestBraga, apresentou a panóplia de espaços e a modularidade da utilização deste espaço distinto e singular. "A InvestBraga está muito empenhada em oferecer uma dinâmica ao PEB como ele nunca teve. Vamos continuar com estas acções de divulgação a nível nacional e internacional, pois é importante captar novos eventos para que o PEB seja mais um elemento da afirmação internacional de Braga".

Já Melchior Moreira, Presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, referiu que Braga tem feito um ´excelente trabalho de dinamização e promoção turística´. “Neste caso particular, o investimento no novo PEB vem oferecer um espaço único para reforçar a atractividade da região e será sem dúvida um instrumento fundamental de combate à sazonalidade e incremento da estadia média", afirmou.

PEB com novas valências

O PEB terá três áreas distintas e polivalentes: grande nave; centro de congressos; espaços exteriores. Nos espaços exteriores está incluída a criação de uma nova praça, o arranjo de todo o espaço expositivo exterior, com a criação de uma nova portaria, a criação de novas áreas verdes e de lazer e com uma eficaz integração urbana.

O Centro de Congressos terá um conjunto de novas valências, novas acessibilidades, um novo auditório, uma nova sala de congressos modular, sala de exposições polivalente, salas de reuniões, novos bares e zonas de acolhimento e auditório principal renovado. Polivalência e modularidade vão marcar este novo centro de congressos que irá ganhar também todas as condições necessárias em termos de climatização e acústica.

Para a Grande Nave, o projecto prevê a criação de uma galeria, deambulatório superior, aumento da área de exposição, novas áreas de bar e instalações sanitárias, novas áreas de camarins para artistas, novas salas de reuniões para clientes e uma nova teia para suspensão de equipamentos. Além da climatização, tratamento luminotécnico e acústico, a Grande Nave será polivalente e modular, permitindo a utilização parcial do espaço.

O projecto de requalificação inclui, igualmente, espaços complementares como um restaurante/self-service, que passará a estar integrado no corpo do edifício, uma cafetaria, bares e espaços para aluguer.

peb1.jpg

GUIMARÃES PARTICIPA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Guimarães promove-se até domingo na maior feira dedicada ao lazer e viagens de Portugal

Depois dos primeiros dias destinados aos profissionais ligados ao setor do turismo, o evento é aberto ao público em geral a partir desta sexta-feira e até domingo, 19 de março. Montra da oferta turística destaca a cultura e o património de Guimarães.

BTL_Municipio_Guimaraes.jpg

Dar a conhecer as potencialidades do concelho enquanto destino turístico de referência na região norte e a nível nacional e internacional é o grande objetivo da participação de Guimarães na 29ª edição da BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, a maior feira dedicada ao setor de lazer e viagens de Portugal, que decorre até domingo, 19 de março, na FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

A forte ligação à origem da identidade e da nacionalidade portuguesa, associada ao Centro Histórico Património Mundial, estão no centro da estratégia de comunicação desenhada para o evento. A promoção do destino vimaranense inclui os principais equipamentos culturais e museológicos, assim como é igualmente visível através das empresas locais, mais precisamente de empreendimentos de hotelaria e restauração.

O stand do Município de Guimarães encontra-se inserido na Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. Para os profissionais ligados ao setor do turismo é uma oportunidade para analisar a tendência dos mercados e posicionar a sua oferta de uma forma inovadora e competitiva. Para o público, constitui a oportunidade de conhecer novos destinos e soluções de viagens, comparar propostas e fazer aquisições a preços altamente competitivos, juntando num só espaço vários operadores.

Na edição deste ano da BTL – Feira Internacional de Turismo, participam todas as entidades regionais de turismo nacional e ainda 30 municípios portugueses. A feira conta também com a presença de 42 destinos internacionais, dos quais sete são novidade no certame: Argentina, Zimbabwe, Colômbia, África do Sul, Peru, Pontevedra e Taipé. Esperam-se 75 mil visitantes numa área de exposição de 37.500 metros quadrados, onde estão mais de 1.200 entidades e empresas.

O MELHOR DE AMARES NA MAIOR FEIRA NACIONAL DE TURISMO

O Município de Amares voltou a estar representado na BTL 2017 – Feira Internacional de Turismo, que está a decorrer até ao dia 19 de março, no Parque das Nações, em Lisboa, dando a conhecer a oferta turística natural, patrimonial, cultural e religiosa

DSC03933.jpg

do concelho e, em particular, os seus produtos locais mais emblemáticos como forma de atrair as atenções de novos turistas, investidores e visitantes.

A enogastronomia do concelho foi, durante a tarde de ontem, presença marcante e motivo de atração para os visitantes daquele que é considerada a maior e mais importante mostra do setor turístico a nível nacional, numa happyhour realizada com uma prova de vinhos verdes, acompanhada por uma degustação de doces confecionados à base de laranja de Amares. O momento, que contou com a presença do vereador do Turismo e vice-presidente da Câmara de Amares, Isidro Araújo, serviu, também, para divulgar os grandes eventos desportivos de Amares, tudo numa lógica de afirmação das potencialidades do concelho como destino turístico diferenciador e de qualidade.

O Município de Amares apresentou-se na BTL integrando o espaço Consórcio Minho IN, no Stand do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

 

DSC03936.jpg

DSC03909.jpg

DSC03916.jpg

DSC03931.jpg

JARDIM ZOOLÓGICO DE LISBOA PARTICIPA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Barquense Bento de Sousa foi um dos principais mentores do Jardim Zoológico de Lisboa

O Jardim Zoológico e de Aclimatação de Lisboa está presente na Bolsa de Turismo de Lisboa para dar a conhecer as suas ofertas aos visitantes.

CX8A6703 (1).JPG

Actualmente localizado em Sete Rios, o Jardim Zoológico é desde sempre um dos espaços mais apreciados pelos portugueses, sobretudo pelos mais novos, constituindo simultaneamente um dos locais de grande atracção turística da capital.

Inaugurado em 28 de Maio de 1884, este foi o primeiro parque do género na Península Ibérica. Instalado inicialmente no Parque de São Sebastião da Pedreira, foi dez anos mais tarde transferido para os terrenos de Palhavã onde actualmente se situa a Fundação Calouste Gulbenkian e, em 1905, para a Quinta das Laranjeiras, propriedade do Conde de Burnay, junto a Sete Rios, onde ainda se mantém.

A ideia da criação do Jardim Zoológico surgira dois anos antes que formaram uma “sociedade zoológica”, contando-se entre os seus mentores o ilustre médico barquense Bento de Sousa, personalidade em relação à qual já aqui nos referimos em http://bloguedominho.blogs.sapo.pt/manuel-bento-de-sousa-um-minhoto-que-5363962

O Jardim Zoológico e de Aclimatação de Lisboa conta actualmente com cerca de 2 mil animais de 332 espécies diferentes, representativas das mais diferentes regiões do mundo.

Fotos: Manuel Santos

CX8A6704 (1).JPG

75534_1059203720789963_558298602575437542_n (1).jpg

996997_1059202840790051_519351471123156462_n (1).jpg

1917078_1059203530789982_6867058572744942496_n (1).jpg

10653327_1059202884123380_1548391931712925335_n (1).jpg

12118822_1059203667456635_8985619279270813216_n (1).jpg

12321173_1059214707455531_1480197634599144937_n (1).jpg

12829528_1059206890789646_2197015128274137428_o (1).jpg

17156073_1363972753646390_1045860670600676165_n (1).jpg

 

ARCOS DE VALDEVEZ APRESENTA 30 EMPRESAS NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

A BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa teve início ontem à tarde e foram 30 as empresas a aceitar o desafio lançado pela autarquia de Arcos de Valdevez para dar a conhecer o melhor da região neste grande certame dedicado ao turismo.

BTL2017.jpg

 A apresentação faz-se com base em três pilares de promoção do território: turismo de natureza e turismo cultural, gastronomia e enoturismo,. Acreditamos que estes três segmentos dão aos operadores presentes na BTL uma ideia bastante completa da nossa localização e oferta integrada que Arcos de Valdevez possui.

Durante o certame, irão ser promovidos dois packs promocionais: um para a Festa da Montanha, que se realiza nos dias 10 e 11 de Junho  e um outro para “o Recontro de Valdevez”, um evento histórico e cultural, com data marcada para o fim de semana de 7,8 e 9 de Julho.

Serão realizadas diversas ações de promoção do concelho como por exemplo provas de vinhos, promoção de fumeiro, do alojamento e hotelaria locais, do Festivinhão, da Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval, a exibição de filmes promocionais, as atuações do grupo de Cavaquinhos e do Rancho Folclorico da Casa dos Arcos de Lisboa, entre outras.

A Autarquia apoiou as empresas que quiseram participar nesta feira de turismo, facilitando a logística e organização de modo a se apresentarem perante os potenciais investidores e operadores turísticos nacionais e internacionais.

Esta é mais uma excelente oportunidade de aliciar compradores, conhecer a concorrência e analisar as tendências de mercado.

Esta é mais uma iniciativa de promoção do turismo realizada pela Câmara Municipal e os diversos parceiros de Arcos de Valdevez.

BTL2017_3.jpg

Programa Arcos Valdevez BTL

Dia 15 de Março (Quarta-feira)

10h00 às 19h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

10:00 prova de vinho espumante com produtos locais – AVVEZ

10:00h EXIBIÇÃO VIDEO PROMOCIONAL DA Associação Vinhos de Valdevez

10:00h -19:00h  Promoção FestiVinhão

18:00h prova de vinho espumante com produtos locais – AVVEZ

18h00» 18h15 | Promoção da Recriação Histórica do Recontro do Vez

Município de Arcos de Valdevez

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

Presença no stand associação do vinho

Dia 16 de Março (Quinta-feira)

10h00 às 19h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

Atividades Ardal – Porta do Mezio

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

Presença no stand quinta da lamosa, sobrenatura e nature 4

Dia 17 de Março (Sexta-feira)

10:00h – 1900h Promoção fumeiro Arcos de Valdevez

10:00h – 2300 Exibição de filme tipologias de Alojamento Arcos de Valdevez

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

Dia 18 de Março (Sábado)

12h00 às 23h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

12h00 às 23h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

21h00 | Promoção da Recriação Histórica do Recontro do Vez

Município de Arcos de Valdevez

21h30 | Grupo de Cavaquinhos da Casa dos Arcos de Lisboa

Município de Arcos de Valdevez

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

19h00 | Sorteio de Experiências

Uma noite no ArcosHotel | Um trilho no Parque Nacional da Peneda Gerês | Um Almoço ou Jantar (bebidas não incluídas)

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez | TPNP)

Dia 19 de Março (Domingo)

12h00 às 20h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

12h00 às 23h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16h30 | Rancho Folclórico da Casa dos Arcos de Lisboa

Município de Arcos de Valdevez

19:00h Sorteio experiencias

(espaço Municipio)

BTL2017_5.jpg

BTL2017_7.jpg

BTL2017_10.jpg

BTL2017_11.jpg

CELORICO DE BASTO LEVA FESTA DAS CAMÉLIAS À BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Celorico de Basto termina promoção às Camélias com “Ação de charme” no comércio local

O município de Celorico de Basto está a apostar na promoção da Festa Internacional das Camélias, um dos maiores certames a decorrer em Celorico de Basto, a última ação promocional decorreu ontem, 15de março, na BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa, e neste momento decorre a “ação de charme” pelo comércio local com entrega de camélias artesanais a todos os comerciantes.

_DSC8335.jpg

“Com este pequeno gesto procuramos agradecer aos nossos comerciantes a forma tão empenhada e disponível como abraçaram as propostas de atividade sugeridas pelo município. É muito gratificante verificar que toda a população tem procurado fazer o melhor possível para fazer parte desta festa tornando a Capital das Camélias ainda mais florida” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Uma comitiva do município percorre as ruas dos centros urbanos de Celorico de Basto e distribui as camélias artesanais aos comerciantes, que durante o fim-de-semana deverão usar na lapela dando ainda mais “brilho à Festa Internacional das Camélias”.

Ontem, Celorico de Basto fez-se representar na BTL tendo apresentado aos visitantes o programa da Festa Internacional das camélias reforçando o facto de a data estar fidelizada para o 3º fim-de-semana de março de cada ano, fazendo já o convite para a edição de 2018. Em simultâneo, apresentou uma degustação de produtos locais nomeadamente vinho verde, fumeiro, mel, broa e pão-de-ló.

_DSC7903.jpg

_DSC7935.jpg

_DSC8178.jpg

_DSC8296.jpg

RANCHO FOLCLÓRICO DA CASA DE PONTE DE LIMA ACTUA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Ponte de Lima apresenta-se na Bolsa de Turismo de Lisboa no dia 18 de março

Ponte de Lima irá marcar presença, mais uma vez, na Bolsa de Turismo de Lisboa que se realiza entre 15 e 19 de março, sendo que participação do nosso concelho destacar-se-á no dia 18.

BTL_Ponte de Lima.jpg

O concelho limiano tem conquistado cada vez mais turistas nos últimos tempos, que muito se deve ao grande empenho do Município na sua divulgação, pois esta terra tem muito para oferecer a quem a visita. Desde a gastronomia, aos vinhos, passando pelo património cultural e natural, costumes e tradições, tudo são motivos para Ponte de Lima visitar.

No stand da entidade Regional do Turismo Porto e Norte (TPNP), Ponte de Lima far-se-á representar pela sua imagem e produtos regionais, como enchidos, fumados e vinhos verdes, sendo elementos essenciais do nosso património eno-gastronómico para atrair turistas durante o ano inteiro. Durante esta mostra haverá uma prova de vinhos da casta Loureiro, para os verdadeiros apreciadores de um bom vinho verde.

Para representar a riqueza da etnografia e da cultura do concelho de Ponte de Lima na capital, irá desfilar e atuar na feira, o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Ponte de Lima, quer no palco principal às 16h, quer junto ao stand do Minho IN e TPNP.

BOLSA DE TURISMO DE LISBOA ABRE AS PORTAS E O MINHO DÁ AS BOAS-VINDAS AOS VISITANTES

A Bolsa de Turismo de Lisboa – BTL abriu hoje as suas portas para apresentar uma diversificada oferta turística, contando com uma elevada participação de expositores nacionais e estrangeiros ligados ao turismo, dando a conhecer as ofertas turísticas dos seus países e das diferentes regiões do nosso país. Em dia de inauguração, o certame contou com a presença entre outros do Presidente do Governo Regional da Madeira, Dr Miguel Albuquerque, que se demorou na visita aos diversos expositores, sempre acompanhado pelos dirigentes da Associação Industrial Portuguesa, incluindo o Engº Rocha de Matos, descendente de limianos.

DSCF2643.JPG

A Feira conta com a participação de muitas centenas de expositores das mais diversas regiões do país e também do estrangeiro, com especial destaque para o Brasil.

O certame decorre até ao próximo dia 19 de Março, nos pavilhões da Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações. Desde a paisagem e a gastronomia ao artesanato e ao património histórico, sem esquecer as festas e romarias tradicionais, procura-se promover as potencialidades da nossa região utilizando os mais diversos meios, das provas de sabores à realização de conferências, da distribuição de folhetos e a recriação de figuras históricas e outras demonstrações da cultura tradicional.

Para além dos expositores, o certame será animado por diversos grupos folclóricos e da cultura tradicional minhota, de entre os quais o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez e o Rancho Folclórico Verde Minho, sediado em Loures.

Destinada a “Potenciar novos contactos e promover os melhores negócios é uma das premissas da organização”, a Feira Internacional de Turismo de Lisboa constitui um espaço privilegiado de “negócio e networking de todos os profissionais do Turismo e também um palco aberto ao debate e discussão do sector” e, simultaneamente, um local de “de animação e promoção turística para o público”.

DSCF2625.JPG

DSCF2586.JPG

DSCF2587.JPG

DSCF2597.JPG

DSCF2598.JPG

DSCF2601.JPG

DSCF2605.JPG

DSCF2606.JPG

DSCF2609.JPG

DSCF2610.JPG

DSCF2651.JPG

DSCF2662.JPG

DSCF2663.JPG

CERVEIRA PROMOVE CONCEITO DE “VILA DAS ARTES” NA BTL 2017

O Município de Vila Nova de Cerveira ruma a Lisboa, no próximo fim-de-semana, para participarnamaior feira do setor em Portugal, a Bolsa de Turismo de Lisboa(BTL).A XIX Bienal Internacional de Arte, o XIII Dancerveira e o Desfile de Crochet são os eventos em grande destaque no sábado, 18 de março.

13886457_966424376810561_5636472746021775623_n.jpg

A 29.ª edição da BTL- Bolsa de Turismo de Lisboa arranca hoje na FIL – Parque das Nações, prolongando-se até ao próximo domingo. Vila Nova de Cerveira apresenta-seno espaço do Consórcio Minho IN, integrado no stand da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal (ETPN), comuma programação especial para dar a conhecer as potencialidades do concelho, em particular a vertente artística cultural que vai marcar o verão 2017.

Conhecida como Cerveira, Vila das Artes’, o sábado à tarde é dedicado à bienal de arte mais antiga do país através de uma ação promocional da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira (15 de julho a 16 de setembro de 2017) para as 16h00, no stand de Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal (ETPN).

Segue-se uma performance da ADEIXA para promover o XIII DANCERVEIRAque, este ano, decorre de 29 de junho a 02 de julho. Este será um espaço artisticamente animado e colorido, com as bailarinas a atuarem vestidas de crochet, chamando a atenção para o evento‘O Crochet veste com arte… em Cerveira’, que vai realizar-se no dia 22 de julho.

Entre as 14h00 e as 20h30, o Stand Minho In acolhe a elaboração de crachás personalizados, distribuição de flyers e de vouchers para a XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, assim comoum espaço de pintura ao vivo pelo convidado Ricardo de Campos. No final, será sorteada uma obra de arte.

A BTL 2017 promete muitas surpresas ao longo dos 1200 expositores, onde estarão presentes os representantes de turismo internacionais e regionais, agências de viagens e operadores turísticos, hotelaria, transportes, entre muitos outros.Na sua 29.ª edição a BTL, feira de turismo organizada pela FIL e Fundação AIP, espera superar os 75 mil visitantes do ano passado.

AMARES VOLTA A MARCAR PRESENÇA NA BTL

O Município de Amares vai estar presente na BTL 2017 – Feira Internacional de Turismo, que decorre de 15 a 19 de março, no Parque das Nações, em Lisboa, dando mais um marcante passo para promover o potencial turístico do concelho naquele que é o mais importante certame turístico a nível nacional.

Amares.JPG

Integrado no espaço Consórcio Minho IN, no Stand do Turismo do Porto e Norte de Portugal, o Município de Amares vai promover, no dia 16 de março (quinta-feira) a enogastronomia do concelho, numa happyhour marcada por prova de vinhos verdes, acompanhada por uma degustação de doces confecionados à base de laranja de Amares. O Município de Amares estará também a divulgar eventos desportivos emblemáticos do concelho, bem como, a impulsionar o potencial turístico natural, patrimonial, cultural e religioso numa lógica de afirmação da região como destino turístico de excelência e atração de novos turistas e visitantes, fundamentais para alavancar o desenvolvimento e o crescimento desta região.

Com 1.200 expositores, a BTL 2017 será a maior montra dos diferentes players do turismo, desde as agências de viagens e operadores turísticos, hotelaria, transportes, unidades de turismo rural, entidades regionais de turismo, entre muitos outros. Na BTL 2017 estarão representadas todas as entidades regionais de turismo nacionais e 30 municípios que se representam individualmente, 42 destinos internacionais, o que constitui, uma vez mais, uma excelente oportunidade para o Município de Amares mostrar aquilo que tem de melhor.

TERRAS DE BOURO PARTICIPA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

A Feira Internacional de Turismo (BTL 2017) irá ter lugar entre os dias 15 e 19 de Março, na FIL/Parque das Nações, em Lisboa e o Município de Terras de Bouro estará presente, mais uma vez, aproveitando este importante evento de divulgação de potencialidades turísticas para promover o concelho.

CAPAbtlbou.jpg

No dia 15 de março, pelas 15h45, o stand da Comunidade Intermunicipal do Cávado, englobado no espaço da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, contará com a presença do ultramaratonista Carlos Sá que irá proceder à apresentação das provas desportivas “Peneda-Gerês Trail Adventure”; “Trail World Championship” e “Gerês Marathon”. Além disso estarão disponíveis, durante o evento, informações sobre a capacidade de alojamento convencional e rural, as variadas atividades das empresas de animação turística e a atividade do concelho e do Parque Nacional da Peneda Gerês, nas suas diversas áreas: turismo ambiental, ativo, termal, religioso, cultural, gastronómico e rural.

Nesta que é a maior feira de turismo do país esperam-se mais de 75.000 visitas que percorrerão um amplo espaço de 37.500m2 e onde estarão, segundo a organização “ mais de mil empresas e entidades nacionais e estrangeiras”. Paralelamente ao evento os cerca de 1500 profissionais presentes, nacionais e estrangeiros, promoverão cerca de 3000 reuniões para abordagem dos mais variados destinos turísticos.

Sublinhe-se, por fim, que o evento consegue, há já algumas edições, “atrair sobre si os holofotes” da importante indústria turística internacional, com os evidentes benefícios daí inerentes, assumindo, sem dúvida, uma especial importância e uma excelente oportunidade para potencializar Terras de Bouro e o Gerês.

BTL 2017bou.JPG

GRUPO FOLCLÓRICO VERDE MINHO DANÇA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

O Grupo Folclórico Verde Minho vai no próximo dia 19 de Março, a partir das 16 horas, actuar na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), levando consigo a alegria das gentes do Minho.

Potenciar novos contactos e promover os melhores negócios é uma das premissas da organização do certame. Algo que tem sido alcançado com assinalável sucesso, muito por força da capacidade de inovação e de antecipação das necessidades do mercado.

13439117_1124779930899008_6986125725994747290_n (1).jpg

A BTL é um espaço de negocio e networking de todos os profissionais do Turismo e também um palco aberto ao debate e discussão do sector.

A BTL é também um espaço de animação e promoção turística para o público.

Entretanto, para além das iniciativas calendarizadas no âmbito do FolkLoures’17 e da Desfolhada do Milho em A-das-Lebres, o Grupo Folclórico Verde Minho tem agendadas as seguintes actuações:

- 6 de Junho, pelas 15h30, na Freguesia da Encosta do Sol, na Amadora, a convite do Rancho Folclórico Dançar é Viver;

- 4 de Junho, em Oliveira do Hospital;

- 10 de Junho, na Feira Antiga, em Oeiras;

- 17 de Junho, em Cuba, a convite do Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba;

- 5 de Agosto, em Ovar, a covite do Grupo Folclórico “Cancioneiro de Ovar”;

- 17 de Dezembro, em Loures, na Igreja Matriz, a realizar o Encontro de Cantares ao Menino.

BRAGA LEVA O MELHOR DO TURISMO RELIGIOSO A WORKSHOP INTERNACIONAL

O Município de Braga, em parceria com o Município de Ourém, e a ACISO (Associação Empresarial Ourém – Fátima), marcou presença no V Workshop Internacional de Turismo Religioso.

Fátima 2.jpg

Participaram neste Workshop, operadores turísticos nacionais e internacionais, agentes de viagem e hoteleiros, entre outros empresários do sector do turismo, especialmente vocacionados para o turismo religioso assim como jornalistas e bloggers.

O evento contou com mais de 700 participantes, com destaque para os mais de 130 operadores turísticos, provenientes de mercados como: Brasil, Espanha, França, Irlanda, Itália, Polónia, Alemanha, Indonésia, Israel, Filipinas, Colômbia, Canadá, Estados Unidos da América, Uruguai, Bolívia, Vietname, Argentina, Bélgica entre outros.

Em representação do Município de Braga, António Barroso afirmou que “temos vindo a desenvolver um trabalho de criação de redes e parcerias com territórios estratégicos para desenvolvermos um trabalho comum de promoção. Estamos focados em divulgar aos operadores e jornalistas internacionais toda a nossa oferta turística, mas sobretudo a nossa localização estratégica e acessibilidades competitivas. Estamos a cerca de duas horas de Fátima e Santiago de Compostela, os dois maiores centros religiosos da Península Ibérica e onde queremos reforçar a nossa presença”, explicou, acrescentando que “estamos convictos do grande contributo que este executivo municipal tem dado para abrir Braga e colocar o concelho no radar internacional aos mais variados níveis de atractividade.” 

Com uma oferta hoteleira em crescimento, uma restauração de qualidade e pujante, um comércio atractivo e dinâmico e todo um conjunto de recursos turísticos de excelência, Braga tem hoje excepcionais condições para reforçar a sua dinâmica turística.

Presente neste workshop, Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo reiterou “a importância do trabalho em conjunto, em cooperação, sem os tais preconceitos entre a religião, a espiritualidade, mas com o objectivo comum da dinamização económica com elevado retorno para todos. Estas são iniciativas fundamentais para a promoção de Portugal como destino de caminhos, de encontro de soluções, de diálogo e de paz.”

A Secretária de Estado ficou sensibilizada para a importância de apoiar eventos de dimensão relevante e distintos, como a Semana Santa de Braga, entre outros, sendo estes eventos que permitem combater a sazonalidade e reforçar a permanência dos turistas no território e contribuir decididamente para a afirmação internacional de Braga e do País.

Neste evento, o espaço promocional de Braga contou com várias acções de divulgação, com destaque à Semana Santa, à Sé Catedral, ao Caminho de Santiago, ao Bom Jesus, ao Mosteiro de Tibães, as várias festas e romarias com destaque para o S. João e também o singular presépio vivo de Priscos uma das maiores recriações. Grande destaque mereceu também o segundo maior santuário mariano nacional, o Santuário do Sameiro.

Operadores em visita reforçam o destino Braga

De domingo até segunda-feira, operadores internacionais inscritos no V Workshop Internacional de Turismo Religioso estão em Braga onde terão oportunidade de ver e sentir in loco as riquezas turísticas, a localização e acessibilidades, o comércio e o acolhimento que só os Bracarenses sabem proporcionar.

A organização deste `post tour`, em articulação com a Associação de Turismo do Porto e Norte (ATP), vem reforçar a notoriedade do destino Braga nos circuitos do turismo religioso. Estas acções inserem-se na estratégia do Município de estimular e desenvolver a economia do Concelho através do turismo, onde a afirmação internacional e o estabelecimento de parcerias com parceiros estratégicos são fundamentais para fortalecer a atractividade aos mais variados níveis.

Fátima 5.jpg

ARCUENSES DANÇAM NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

O Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez vai no próximo dia 19 de Março, a partir das 15 horas, actuar na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), levando consigo a alegria das gentes do Minho.

Potenciar novos contactos e promover os melhores negócios é uma das premissas da organização do certame. Algo que tem sido alcançado com assinalável sucesso, muito por força da capacidade de inovação e de antecipação das necessidades do mercado.

A BTL é um espaço de negocio e networking de todos os profissionais do Turismo e também um palco aberto ao debate e discussão do sector.

A BTL é também um espaço de animação e promoção turística para o público.

MINHO PARTICIPA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Viana do Castelo mostra bordados tradicionais

Potenciar novos contactos e promover os melhores negócios é uma das premissas da organização. Algo que tem sido alcançado com assinalável sucesso, muito por força da capacidade de inovação e de antecipação das necessidades do mercado.

A BTL é um espaço de negocio e networking de todos os profissionais do Turismo e também um palco aberto ao debate e discussão do sector.

A BTL é também um espaço de animação e promoção turística para o público.

13886457_966424376810561_5636472746021775623_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ PARTICIPA NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Arcos de Valdevez na BTL, o maior certame de turismo em Portugal

“Somos um destino de natureza com um património natural e cultural únicos em Portugal. Estamos no Parque Nacional Peneda-Gerês, na Reserva Mundial da Biosfera da UNESCO e ligado à fundação de Portugal Arcos de Valdevez onde Portugal se fez”.

025.JPG

Nesse sentido, os profissionais do setor do turismo de Arcos de Valdevez foram desafiados pela Câmara Municipal  a estarem presentes na Feira BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, entre os dias 15 e 19 de Março.

É através desta parceria que se vai tornar possível reforçar o posicionamento do concelho no panorama turístico nacional e até internacional. Assim, a Autarquia está a apoiar as empresas que queiram participar nesta feira de turismo, facilitando a logística e organização de modo a que se apresentem perante os potenciais investidores e operadores turísticos nacionais e internacionais. Esta é uma oportunidade única de aliciar compradores, conhecer a concorrência e analisar as tendências de mercado.

135.JPG

Cachena com Arroz de Feijão Tarrestre - Cópia.jpg

charutos_002 - Cópia.jpg

Doces tipicos - Doçaria Central.jpg

ecovia_1_2_fase (7) - Cópia.jpg

paço_giela.jpg

Sistelo.JPG

TERRA DO GALO LANÇA NOVA MARCA E ESTRATÉGIA TURÍSTICA

Barcelos Cidade Viva e Criativa marca presença forte na Bolsa de Turismo de Lisboa

Quem visitar a BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa 2017 será recebido pelo Galo de Barcelos, uma imponente peça de artesanato de três metros de altura e de cores vibrantes que fará as “honras da casa” e promete não passar despercebida. Lá dentro, no stande turístico, a aposta é a mesma – cor, imponência, diferença e singularidade para marcar a diferença. Durantes quatro dias, de 15 a 19 de março, a Terra do Galo está preparada para cativar os operadores turísticos e fazer de Barcelos Cidade Viva e Criativa um ponto de passagem obrigatória dos milhares de turistas que visitam o Norte de Portugal. 

barcellos.jpg

O concelho de Barcelos estará em destaque na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa 2017 com a presença de um stande  próprio. Um espaço onde serão divulgados unicamente os fazeres do concelho, da gastronomia, ao lazer e empresas, bem como os seus principais eventos como a Festa das Cruzes ou a Mostra de Artesanato.

Esta aposta, refere Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, tem um único objetivo: captar turistas para o nosso concelho. Fazer de Barcelos um local a não perder para os milhares de turistas que visitam o Norte de Portugal, atrair potenciais investidores e criar novas oportunidades de negócio, contribuindo para o desenvolvimento económico da região.

“São milhares e milhares os turistas que chegam aos aeroportos do Porto e Lisboa sem um roteiro de férias traçado. E a realidade do nosso concelho tem-nos mostrado que este é o caminho. Comprovamos todos os dias, pelos turistas que recebemos, que nos dias de hoje grande parte dos destinos são planeados na sala de desembarque”, explica Miguel Costa Gomes.

A confiança na Marca Barcelos estará, também, presente pelas “ofertas” e consagração do posicionamento local em termos de gastronomia e vinhos e a criação de dinâmicas turísticas, onde os empresários e  os operadores turísticos fizeram questão de apostar: os sorteios de estadias, almoços e jantares, entradas e convites para visitar a história do concelho.  Não faltarão também os sorteios do Galo de Barcelos, figura icónica que tem sido, ao longo dos últimos anos, um dos maiores embaixadores da imagem de Portugal no estrangeiro e encontra neste evento todo o reconhecimento da sua importância. A arte de modelar o barro e o figurado de Barcelos terá um destaque especial e um espaço próprio para aprender a pintar o famoso galo de Barcelos.

GUIMARÃES VAI TER ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO

“ESCOLA-HOTEL” APRESENTADA NA 2ª FEIRA

Aprovado: Guimarães vai ter Escola Superior de Hotelaria e Turismo!

Anúncio foi feito por Domingos Bragança em reunião do Executivo. Modelo inovador de criação de uma “Escola-Hotel” será apresentado em conferência de imprensa, que contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e do Presidente do IPCA.

Guimaraes_Casa_Costeado_Possivel_Escola_Hotel.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães e o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vão apresentar em conferência de imprensa, na próxima segunda-feira, 06 de março, às 11:30 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, os termos do projeto Escola-Hotel, que acaba de ser aprovado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Com esta decisão, Guimarães passará a ter uma Escola Superior de Hotelaria e Turismo, cujas instalações poderão ficar situadas na antiga Quinta do Costeado, na Cruz de Pedra. A possível escolha tem por objetivo a requalificação e a regeneração desta zona simbólica de Guimarães, bem como pelo valor histórico do edifício onde se insere. A Escola-Hotel responderá à necessidade de uma resposta qualificada e inovadora de formação para as áreas da restauração e hotelaria de toda a região.

Na sua oferta formativa, o IPCA disponibilizará ações de formação contínua no âmbito dos laboratórios de alimentação e restauração (Cozinha). O projeto “Escola-Hotel” resultou de um trabalho conjunto do Presidente do IPCA, do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e do Ministro da Ciência, que aprovou agora a implementação deste modelo de ensino em Portugal.

PORTA DO MEZIO ATRAI VISITANTES

Porta do Mezio com mais 15% de visitas em 2016

O passado ano de 2016 trouxe a continuação de boas notícias no que se refere ao número de visitantes da Porta do Mezio.

porta_mezio.JPG

Foram 45.356 os visitantes registados em 2016, o que significa um impulso de 15% relativamente ao ano de 2015, superando largamente as expectativas.

A Porta do Mezio proporciona aos visitantes uma agradável experiência, revelando especial dinâmica e crescente atratividade, pois nela são regularmente promovidas uma série de atividades de educação ambiental e de desporto de natureza, quer para escolas quer para o público em geral, tais como visitas guiadas, trilhos pedestres, oficinas temáticas, workshops, atividades recreativas, etc.

Disponibiliza também uma área de lazer e fruição com espaços como a aldeia dos pequeninos, piscina, torre de observação, espaço de piquenique, espaço de lazer para crianças, parque escultórico, parque aventura”, no qual é possível a toda a família praticar Arborismo, Slide e Escalada.

Para 2017, a Porta do Mezio vai avançar com novos projetos, dos quais se destacam o “Parque Biológico do Mezio”, o “Local Dark Sky no território do Parque Nacional da Peneda-Gerês” e o “Vozes das Pedras – Promoção e Valorização da Área Arqueológica do Mezio/Gião” e “GNOMON – Escolas na Biosfera”, os quais irão aumentar a atratividade desta infraestrutura de turismo e lazer.

A Porta do Mezio irá continuar a apostar na sua dinamização, bem como do Parque de Campismo que lhe está associado, na organização de eventos e actividades em colaboração com o Município.

BRAGA APRESENTA POTENCIALIDADE TURÍSTICAS AO MERCADO ESPANHOL

Feira Internacional de Turismo decorreu em Pamplona
A Cidade de Braga marcou presença na 12.ª Feira Internacional de Turismo de Navarra, que decorreu este fim-de-semana em Pamplona (Espanha). Mais de 150 expositores nacionais e internacionais fizeram desta edição da ‘Navatur’ uma das mais participadas de sempre e Braga, em parceria com a Entidade Regional de Turismo Porto e Norte, aproveitou a ocasião para promover os eventos da Cidade, com destaque para a Semana Santa.

CMB01032017SERGIOFREITAS0000005509.jpg

A degustação de produtos regionais, com a doçaria tradicional em evidência, foi um dos pontos altos da Feira, tendo sido distribuídos os já conhecidos ‘Rebuçados do Senhor’, numa alusão à Semana Santa de Braga.

Durante o certame foram distribuídos mapas, roteiros, programas e calendários de eventos Bracarenses aos milhares de visitantes que passaram pelo espaço, além de material informativo de vários serviços existentes na Cidade com relevância turística, nomeadamente listas de alojamento ou empresas de visitas guiadas.
Do trabalho efectuado pelos técnicos municipais de turismo, resulta uma grande satisfação na procura de informação sobre a Cidade, nomeadamente pelo programa da Semana Santa.
Segundo a organização, neste evento houve uma grande procura de novos destinos turísticos, sendo que Braga - uma das novidades do certame -, ocupou um lugar de destaque, provocando enorme curiosidade entre os visitantes.
A ‘Navatur’ é um certame onde existe uma variada oferta turística de novas experiências na gastronomia, tradição, cultura, natureza e história, permitindo o contacto directo entre destinos e viajantes, onde cerca de 60% dos visitantes asseguram que aproveitam esta Exposição para escolher o destino para as suas férias.

CMB01032017SERGIOFREITAS0000005511.jpg

CMB01032017SERGIOFREITAS0000005510.jpg

O CONCELHO DE CAMINHA É O SEGUNDO MAIOR DESTINO DO DISTRITO E O SEXTO EM TODO O MINHO

INE mostra que houve mais 35% de turistas, mais dormidas e maior impacto económico

É cada vez maior o número de turistas que procuram Caminha. O concelho foi o segundo,no contexto do Alto Minho, com mais turistas em 2015. Em todo a província do Minho, Caminha é agora o sexto destino mais visitado pelos turistas apenas ultrapassado por Braga, Guimarães, Viana do Castelo bem como por Terras do Bouro (Gerês) e Esposende. Os números são oficiais e estão publicados no Anuário Estatístico da Região Norte de 2015. De acordo com o documento, o aumento da procura de alojamentos turísticos, face a 2014, foi de 35 por cento, e o retorno para a economia local foi também significativo. Os proveitos da hotelaria no concelho de Caminha em 2015 superaram os2.2 milhões de euros.

artbeerfest.jpg

Segundo os números do Anuário Estatístico da Região Norte, um documento do Instituto Nacional de Estatística, 33.231 turistas pernoitaramno concelho de Caminha em 2015, o que nos coloca na segunda posição a nível distrital, com um crescimento extraordinário (35%) face ao ano anterior.

No“top 5” distrital (Viana, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Ponte de Lima e Valença), Caminha foi também o município que mais cresceu de 2014 para 2015.

Com o fantástico resultado de 2015, Caminha deixou de ser o terceiro município com mais turistas no Alto Minho para passar a ser o segundo. À nossa frente ficou apenas Viana do Castelo, a capital do distrito, com 85.895 turistas. Em todo o Minho, Caminha passa para o sexto lugar dos destinos mais procurados.

Relevantes são ainda os dados sobre o número de dormidas, que também subiu: em 2014 registaram-se 49.044, passando em 2015 para as 67.109, o que se traduz num crescimento de 26 por cento.

Dados relevantes ainda são o crescimento global do número de estrangeiros - em 2014, 27 por cento dos hóspedes eram estrangeiros, enquanto em 2015 essa percentagem subiu para os 31por cento – e a diminuição do fator sazonalidade em 2015, quando comparado com o ano anterior: em 2014 apurou-se que 54,5 por cento das dormidas foram concentradas entre julho e setembro; já em 2015, só 51,5 por cento das dormidas se concentraram no mesmo período.

Segundo Miguel Alves, o Presidente da Câmara de Caminha, “estes números tornam evidente o acerto da estratégia que vem sendo seguida. A aposta na Cultura, a qualificação dos eventos, o reforço da comunicação no país e no estrangeiro, a melhoria do espaço público, a recuperação do património e o diálogo permanente com os agentes económicos que contribuem com investimento e divulgação dos seus equipamentos, começam a dar frutos extraordinários. Está à vista de todos: o concelho de Caminha recupera turistas, dimensão e prestígio.”

O Anuário Estatístico da Região Norte aponta também o impacto económico, registando proveitos da hotelaria no concelho de Caminha, em 2015, como referimos, superiores a 2.2 milhões de euros o que representa uma subida de 600 mil euros relativamente ao ano anterior.

Refira-se que as estatísticas da procura agora tornadas públicas são números oficiais do INE e referem-se a indicadores de hóspedes, dormidas e proveitos dos estabelecimentos turísticos por Município em 2015.

LOJA INTERACTIVA DE TURISMO ABERTA DE SEGUNDA A DOMINGO

O Turismo é um eixo estratégico de desenvolvimento e Ponte de Lima um Destino Turístico de Excelência, o qual beneficia de uma localização privilegiada no epicentro da Euroregião Norte de Portugal - Galiza, onde a gastronomia, o enoturismo, o património histórico e paisagístico, os desportos de natureza e equestres, o alojamento de qualidade, complementam uma oferta muito apetecível, com identidade e qualidade.

loja_turismo (Small).jpg

Assim, a Loja Interativa de Turismo de Ponte de Lima, instalada na Antiga Cadeia Velha, em pleno Centro Histórico da Vila, é um ponto de passagem obrigatório de visitantes e turistas. Estes procuram a Loja de Turismo para obter diversas informações, nomeadamente os principais pontos de interesse turístico, alojamento, restauração, entre outros.

Neste contexto e atendendo ao elevado número de visitantes que se regista em especial ao fim de semana, a Loja de Turismo de Ponte de Lima vai estar aberta sete dias por semana, ou seja, passa a abrir aos domingos, a partir do mês de março. A medida vai prolongar – se até ao final de setembro.

A Loja Interativa de Turismo de Ponte de Lima está aberta das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30, de segunda a domingo. Consulte o website do turismo de Ponte de Lima em: www.visitepontedelima.pt.

CERVEIRA É DESTINO TURÍSTICO DE EXCELÊNCIA

Turistas continuam a preferir Cerveira como destino turístico

Vila Nova de Cerveira registou, em 2015, um crescimento de cerca de 20% no número de hóspedes e de dormidas, sendo o terceiro município alto-minhoto eleito pelos turistas para pernoitar. Os dados, que constam do Anuário Estatístico Região Norte 2015 do INE, corroboram que a aposta da autarquia no setor do turismo não só está a ter bons resultados, como é preciso continuar a potenciar.

IMG_8505.JPG

Fazendo uma análise comparativa, de 2014 para 2015, o número de hóspedes em Vila Nova de Cerveira aumentou de 26.310 para 31.357, e as dormidas passaram de 52.666 para 62.447. Os espanhóis continuam a ser o primeiro mercado estrangeiro em termos de fluxos turísticos, seguidos de franceses, alemães, ingleses e americanos também em crescimento.

Apesar das recentes estatísticas revelarem que a estratégia delineada para atrair visitantes ao concelho está a recolher frutos, o edil cerveirense acredita que este setor tem de ser encarado como fulcral no desenvolvimento futuro do concelho, pelas enormes potencialidades ainda por explorar e outras por afirmar. “Apesar de ser dos concelhos que tem maior procura, Vila Nova de Cerveira é daqueles que tem menor disponibilidade hoteleira, o que eventualmente pode constituir-se como um fator inibidor do crescimento turístico do concelho. Neste sentido, por um lado, precisamos de mais oferta hoteleira para dar resposta à crescente procura, pois a partir de maio já não dispomos de camas, e por outro lado temos de fomentar a oferta habitacional de forma a contribuir para a fixação de jovens casais que nos procuram”, diz Fernando Nogueira.

O Município de Vila Nova de Cerveira tem vindo a desenvolver um intensivo trabalho para fortalecer a sua notoriedade e capacidade de atrair visitantes, apostando na qualificação e na promoção do concelho, na afirmação de eventos referência e na organização de outros, para que cada vez mais turistas escolham o concelho como o seu destino de férias ou mini-férias.

À hospitalidade dos cerveirenses, junta-se a beleza do património natural e a riqueza do património histórico, acrescidas de inúmeras valências desportivas e de lazer e de uma oferta desportivo-cultural de excelência que têm contribuído para a maior atratividade deste território. Cerveira tem hoje turismo cultural, artístico, histórico, religioso, e de natureza, com perspetivas de crescimento. O convite deixado é o de Vi(m)ver Cerveira!

TABERNA MINHOTA SERVE KEBAB

Especialidades turcas e do Médio Oriente como o kebab, a pita falafel e o durum são algumas das especialidades da “Taberna Minhota”, sita no Bairro Alto, em Lisboa. Especialidades portuguesas só mesmo o bitoque e a costela de novilho!

16649430_10212616094820335_2464276237420015314_n.jpg

Quem diria, há algum tempo atrás, que viria a ter a oportunidade de vir um dia a deliciar-se com um kebab... à moda do Minho?

Sujeita repentinamente a uma grande pressão devida ao extraordinário fluxo de turismo, este constitui um caso paradigmático do que se está a passar em Lisboa e noutras regiões do país: a necessidade de corresponder à elevada procura, a oferta não está a acautelar a preservação do património e a identidade das cidades, a sua própria cultura e arrisca-se em breve a matar a galinha dos ovos de oiro.

Imagine-se a reação de um turista turco ou conhecedor da culinária daquela região, ao deparar com a apresentação de um kebab como se de uma especialidade minhota se tratasse!...

Foto: João Alpuim Botelho

FAMALICÃO INAUGURA NOVO EMPREENDIMENTO TURÍSTICO

Novo empreendimento turístico, em Vermoim, com quatro quartos e piscina exterior, abraça cultura e história. Requinte informal na Casa da Estalagem

O que outrora foi uma típica casa rural, com a corte dos animais e as alfaias agrícolas no piso inferior, para aquecer quem morava no piso de cima da habitação, é hoje um moderno e requintado empreendimento turístico de alojamento local. A Casa da Estalagem, em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, hoje inaugurada pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, no âmbito do roteiro Famalicão Made IN, é também peculiar. Pela localização geográfica, no coração do Vale do Ave, onde a indústria têxtil fervilha, e pela identidade com a história.

AFS_1765.jpg

Para lá chegar basta repetir o trajeto feito pelos vikings, em 1016, quando atacaram o Castelo de Vermoim, localizado ali mesmo, na encosta do Monte Caruito. Esta forma de dar a direção do novo projeto hoteleiro é contada pelos proprietários, o casal António e Agostinha Macedo, que assim aliam a história ao turismo.

Num ambiente sofisticado, a Casa da Estalagem dispõe de quatro quartos temáticos, decorados em estilo contemporâneo e evocativos de Artur Cupertino de Miranda, Narciso Ferreira, Bernardino Machado e Camilo Castelo Branco, todas personalidades famalicenses, cozinha equipada e outras áreas comuns para lazer e trabalho, para além de piscina exterior. Todos os quartos têm grandes janelas, por onde entra muito sol. As tarifas variam entre os 90 e os 110 euros.

“Pode dizer-se que esta é uma boa alternativa de alojamento para aproveitar o sossego fora da urbe, num ambiente confortável, mas simples e descomplicado, para quem está em trabalho ou lazer, sozinho ou em família”, descreveu António Macedo, sublinhando que a reabilitação conservou as qualidades arquitetónicas do edifício, como as paredes, os tetos altos de trave de madeira e o fogão a lenha.

Paulo Cunha, por seu lado, salientou o reforço da oferta hoteleira no concelho que este novo empreendimento traduz, lembrando que nos últimos três anos abriram quatro novas unidades hoteleiras – o Villa’s House, o Villa Prime Hotel, o Hi!Go e, agora, a Casa da Estalagem, que, juntas, contabilizam cerca de vinte quartos. “Sinal de confiança no território e da crescente afirmação do concelho famalicense no plano regional e nacional, sobretudo no domínio económico”, disse, argumentando: “Estes investimentos são feitos a partir de uma matriz de contexto de oportunidade e de avaliação de uma área económica onde existe mercado. E, portanto, estou certo que os investidores que criaram estes vinte quartos veem no concelho de Famalicão um potencial de dinamismo económico que se tem traduzido no crescimento da capacidade exportadora.”

O autarca enalteceu ainda a “vocação empreendedora” de António Macedo. “É um empresário daqueles que gostamos de ter connosco, arrojado e que acredita no território. Obrigado pelo seu empenho e dedicação.” 

AFS_1860.jpg

PÓVOA DE LANHOSO ACOLHE 800 GUIAS DE PORTUGAL

A Póvoa de Lanhoso prepara-se para acolher cerca de 800 Guias de Portugal, no âmbito da comemoração do Dia Mundial do Pensamento.

capa dmp.jpg

Este evento conta com o apoio logístico da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, em termos de cedência de espaços e de equipamentos, de entre outra colaboração.  Esta é mais uma oportunidade para dar a conhecer o nosso concelho junto de pessoas de toda a região. É também um contributo para a promoção de estilos de vida saudáveis junto dos jovens Povoenses, em particular, junto das raparigas.  

Esta atividade regional da Associação Guias de Portugal realiza-se no próximo dia 19 de fevereiro e tem como tema "Crescer". Este ano, as celebrações do Dia Mundial do Pensamento têm por objetivo divulgar o Guidismo junto de mais raparigas.

Estarão presentes todas as companhias de Guias da região de Braga, para celebrarem o Dia Mundial do Pensamento (22 de fevereiro, dia de aniversário dos fundadores das Guias, Lord Baden-Powell, em 1857, e Lady Baden-Powell, em1889).

Foi este o dia escolhido para que, anualmente, Guias de todo o mundo pensassem umas nas outras.

No dia 19, haverá um espaço aberto à população, onde quem "passa", poderá tirar fotografias e conhecer as Guias. A maior parte das atividades irá decorrer na própria Vila da Póvoa de Lanhoso.

Vila da Povoa de Lanhoso.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ DÁ-SE A CONHECER EM XANTAR TURÍSTICO NA GALIZA

Arcos de Valdevez promove o concelho e seus produtos em “Xantar" - 18º Salão Internacional de Turismo Gastronómico de Ourense

No passado dia 2 de Fevereiro Arcos de Valdevez, através do Serviço de Turismo da Câmara Municipal, fez-se representar no 18º Salão Internacional de Turismo Gastronómico de Ourense com a ARDAL, a Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez e a Epralima.

XANTAR_2017 (1).JPG

Durante todo o dia decorreram no espaço da Entidade de Turismo e Norte de Portugal, ações de promoção do Município e da ARDAL, para divulgar o concelho de Arcos de Valdevez, o Parque Nacional da Peneda-Gerês, a Reserva Mundial da Biosfera, os serviços e a oferta turística disponíveis no concelho.

Neste certame também se apostou na divulgação dos Vinhos e Produtos dos Associados da Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez, nomeadamente os vinhos verdes do concelho, queijo, doces, compotas, entre outros, e houve ainda espaço para a realização de um Showcooking Promoção da Carne Cachena, realizado pela Epralima - Escola Profissional do Alto Lima.

De referir que, no âmbito da animação, Arcos de Valdevez levou até Ourense a Rusga do Povo de Távora Santa Maria e S. Vicente, a qual animou vários momentos ao longo de todo o dia.

Esta iniciativas servem para levar o nome de Arcos de Valdevez mais longe e promover o concelho além fronteiras.

XANTAR_2017 (7).JPG

XANTAR_2017 (17).JPG

OPERADORES TURÍSTICOS E AGENTES DE VIAGEM DA GALIZA VISITAM CELORICO DE BASTO

Celorico de Basto recebeu comitiva de 8 operadores turísticos e agentes de viagem da Galiza

Uma viagem pelo território do Tâmega e Sousa proporcionada pela CIM-TS e pelo Turismo porto e Norte de Portugal a 8 operadores turísticos e agentes de viagem iniciou em Celorico de Basto, no dia 5 e 6 de março.

_DSC3220.jpg

 

A ação contou com a parceria da Câmara Municipal de Celorico de Basto na visita guiada por alguns dos espaços turísticos deste concelho.

Os agentes de viagem e operadores turísticos, durante o pouco tempo que estiveram por Celorico, tiveram a oportunidade de visitar o Centro Interpretativo do Castelo de Arnoia, que conta a história do Castelo de Arnoia e da Villa de Basto, património edificado único no concelho. De seguida, o grupo foi encaminhado para a Quinta Sta. Cristina onde lhes foi mostrado todo o processo da produção do vinho verde com uma visita pela adega. A estadia dos operadores turísticos e agentes de viagem culminou com uma visita à ecopista com especial atenção para o espaço da estação e a carruagem, espaços que deixaram os convidados particularmente interessados para visitas turísticas.

“É importante para o concelho e para a região que se desenvolvam ações deste género. Se a aposta deste território é o turismo é preciso trabalhar em conformidade, articulando todos os meios e formas de atrair turistas dando a conhecer o melhor que a região tem para oferecer” realçou o vereador do turismo, Fernando Peixoto.

Em Celorico de Basto, os 8 operadores turísticos e agentes de viagem acompanhados pelos técnicos da CIM-TS e do TPNP ficaram alojados no Celorico Palace Hotel and Spa, um hotel de 4 estrelas inaugurado em 2016.

_DSC3228.jpg

MUNICÍPIO DE BRAGA DÁ A CONHECER A CIDADE AOS AGENTES DE TURISMO

Iniciativa promovida pelo Município de Braga

‘Conhecer para melhor promover’ levou agentes turísticos à Capela da Árvore da Vida

O Município de Braga realizou mais uma sessão do programa ‘Conhecer para melhor promover’, uma iniciativa dirigida aos profissionais e empresários de Turismo do Concelho com o objectivo de reforçar o conhecimento da Cidade, do seu património e demais activos de interesse turístico.

CMB07022017SERGIOFREITAS0000005073.jpg

Nesta sessão, o programa desafiou os profissionais e empresários de Turismo a conhecer a Capela da Árvore da Vida, implantada no Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo. Trata-se de uma capela repleta de simbolismo, que convida ao recolhimento.

Construída com 20 toneladas de madeira, num processo de construção marcado pela simplicidade, sem utilização de pregos ou dobradiças, a Capela é fruto do trabalho conjunto de seminaristas, professores, arquitectos, artistas, escultores, ourives, pintores, carpinteiros e pedreiros.

Em 2011, a Capela Árvore da Vida venceu o Prémio ArchDaily para melhor edifício religioso, sendo actualmente uma obra de referência para a arquitectura, património e arte sacra contemporânea.

Segundo António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal, o programa ‘Conhecer para Melhor Promover” tem contribuído para “reforçar a notoriedade e a promoção da História e Cultura de Braga”. Além de “aprofundar o conhecimento sobre os múltiplos espaços de interesse de Braga, a visita proporcionar momentos importantes de networking entre os vários empresários e colaboradores, passando também por um estreitar do relacionamento com os responsáveis pelos espaços visitáveis no sentido de, posteriormente, articularem visitas e pacotes a oferecer a quem nos visita”.

De referir que a Capela da Árvore da Vida pode ser visitada apenas à Sexta-feira, das 17h00 às 18h00.

CMB07022017SERGIOFREITAS0000005076.jpg

CMB07022017SERGIOFREITAS0000005083.jpg

CMB07022017SERGIOFREITAS0000005086.jpg

PONTE DA BARCA FOI XANTAR À GALIZA

Ponte da Barca promoveu-se no Xantar-Salón Internacional de Turismo Gastronómico, em Ourense, Espanha

À semelhança de anos anteriores, o Município de Ponte da Barca marcou presença no Xantar - Salão Internacional de Turismo Gastronómico, que decorreu de 1 a 5 de fevereiro, em Ourense, na Galiza, Espanha. A participação nesta feirateve como intuito reforçar a visibilidade de Ponte da Barca como destino turístico, através da promoção de produtos gastronómicos e eventos culturais mais significativos.

pbxantar.jpg

No primeiro dia da feira, o Município fez-se representar pelo Presidente da Câmara, Vassalo Abreu, pela Vereadora do Cultura, Turismo e Desporto, Sílvia Torres, e pelo Adjunto do Presidente, Inocêncio Araújo, que acompanharam o dia inaugural daquela que é a única feira de cariz internacional espanhola onde os ícones gastronómicos e culturais de cada região se conjugam. Para o autarca de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, 'esta é mais uma oportunidade do concelho espelhar o que de melhor faz, numa montra fantástica com esta dimensão, e por um concelho como o nosso que é, por várias razões, cada vez mais procurado pelos turistas.'

'Dia de Ponte da Barca'

A sexta feira foi dedicada a Ponte da Barca, altura em que decorreu uma prova de vinhos, a cargo da Adega Cooperativa local, assim como a apresentação oficial do espumante vinhão. No mesmo houve oportunidade para demonstrar a confeção e degustação de um dos pratos da gastronomia barquense – o Naco à Terra da Nóbrega – através de um showcooking a cargo do restaurante do Tempus Hotel&Spa.

O Sábado esteve reservado à promoção do Festival Folk Celta, que acontece em terras barquenses no último fim de semana de julho, e contou com o grupo de música português Palankalama, a animar a feira.

IMG-20170206-WA0006.jpg

IMG-20170206-WA0008.jpg

IMG-20170206-WA0011.jpg

BRAGA MOSTRA POTENCIALIDADES AO MERCADO ESPANHOL

Eventos, património e infra-estruturas promovidas além-fronteiras

O Município de Braga, a InvestBraga e a Associação Comercial de Braga marcaram presença na 18.ª edição do Xantar – Salão Internacional de Turismo Gastronómico, que decorre até este Domingo, dia 5 de Fevereiro, em Ourense, Espanha.

CMB03022017SERGIOFREITAS0000004998.jpg

Esta acção teve como objectivo promover Braga e a Região no panorama internacional, dando especial atenção à gastronomia Bracarense, mas os eventos e iniciativas do Concelho, assim como o futuro Parque de Exposições de Braga (PEB).

“Temos um desiderato muito forte de ampliar a visibilidade e promoção do melhor que se faz em Braga”, referiu António Barroso do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal de Braga, acrescentando que esta presença no Xantar “já é incontornável, tratando-se de uma grande oportunidade de estabelecer contactos com os visitantes do salão, mas também dos profissionais de turismo e da comunicação social galega, que é um factor determinante para atrair mais turistas e operadores turísticos a Braga”.

Segundo o responsável, a gastronomia e os vinhos da Região “são verdadeiras âncoras de atractividade que devem ser potenciadas e é com esse intuito que marcamos presença em Xantar, uma das maiores feiras de turismo espanholas”, explicou António Barroso, sublinhando que esta acção ficou também marcada pela apresentação da nova agenda geral de eventos e da iniciativa ‘Taste Braga’, uma campanha focada na promoção dos eventos eno-gastronómicos que se realizam em Braga.

CMB03022017SERGIOFREITAS0000005005.jpg

Directora de Turismo da Galiza visita espaço de Braga

Braga esteve presente no Xantar 2017 num espaço próprio de divulgação onde recebeu a visita da directora de Turismo da Galiza, Nava Castro, do director da Expourense, Alejandro Rubin, do presidente da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, entre outras entidades portuguesas e espanholas.

Nesta edição, Braga apresentou também um showcooking pela chef Maria José Machado do restaurante ‘Brac’, que brindou os visitantes com os tradicionais ‘rojões à minhota’, o já conhecido ‘mil folhas de bacalhau’, finalizando com o singular Pudim Abade de Priscos.

Este certame foi, também, ‘uma boa oportunidade’ para promover os grandes eventos que Braga realiza como a Semana Santa, a Rampa da Falperra, a Braga Romana, as festas de S. João, a Noite Branca, a Braga Barroca ou as iniciativas da Braga é Natal, incluindo o Presépio Vivo de Priscos, assim como todo o Património local, as actividades culturais e desportivas, sem esquecer o distinto e competitivo comércio do Concelho.

Este ano a novidade da realização da super especial do Rally de Portugal nas ruas do Centro Histórico de Braga, teve direito a um espaço distinto com a disponibilização de um simulador de corridas automóveis.

CMB03022017SERGIOFREITAS0000005009.jpg

Futuro Parque de Exposições e Agro 2017 apresentados à imprensa galega

A presença no Xantar 2017 foi ainda uma oportunidade para se apresentar à comunicação social galega o futuro Parque de Exposições de Braga e a próxima edição da Agro, que se realizará de 23 a 26 de Março. A 50.ª edição da AGRO - Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação, incluirá também um Salão dedicado ao Agro-tech, assim como concursos pecuários e uma grande gala que se realizará na noite de 24 de Março.

Esta edição de Xantar que se realiza entre 1 e 5 de Fevereiro, conta com 232 expositores de 11 países (Espanha, Portugal, Panamá, Costa Rica, México, Equador, Paraguai, França, Perú, Cuba e Argentina), sendo a mais internacional de sempre. Esta que é a maior feira de turismo da Galiza e uma das maiores de Espanha realiza-se na Expourense que, com os seus 12.000 m2, espera a visita de mais de 25 mil pessoas.

O Xantar tem relevado ser um evento com forte componente de negócios cheio de oportunidades para os vários parceiros.

“É necessário intensificar a promoção em mercados mais alargados mas de proximidade, como a Galiza, principalmente para reforçar a nossa atractividade na época baixa, combatendo a sazonalidade turística e aproximando as empresas dos dois lados da fronteira”, concluiu António Barroso, lembrando que actualmente Braga “apresenta um grande dinamismo turístico que muito se deve ao sector privado, o que faz de Braga um Concelho atractivo, distinto e cativante para quem o visita.

CMB03022017SERGIOFREITAS0000005017.jpg

CMB03022017SERGIOFREITAS0000005031.jpg

PONTE DE LIMA PROMOVE TURISMO EM ESPANHA

Ponte de Lima participa no XANTAR 2017 – Salão Internacional de Gastronomia e Turismo de Ourense

Sendo o turismo gastronómico uma das principais atrações turísticas de Ponte de Lima, o Município de Ponte de Lima vai marcar presença na maior feira de turismo gastronómico de Espanha, o XANTAR no Salón Internacional de Gastronomia e Turismo de Ourense, que se realiza de 1 a 5 de fevereiro, em Ourense, Espanha.

16443002_10211833962634172_1075915006_o.jpg

O XANTAR é uma referência na promoção da Gastronomia e dos produtos locais, destacando a sua vertente turística e nutricional, defendendo os benefícios para a saúde da dieta atlântica.

Ponte de Lima marca presença nesta 18ª edição, com um stand e um restaurante próprio, sendo que o restaurante irá funcionar em parceria com a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, mormente com os docentes e alunos do Curso de Cozinha e Pastelaria, que são os responsáveis pela confeção dos principais pratos gastronómicos da cozinha limiana a servir durante o evento, em concreto do Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima, do Naco da Minhota e do Bacalhau, além de outras iguarias limianas e dos vinhos das castas Loureiro e Vinhão de Ponte de Lima.

No stand do Município de Ponte de Lima serão divulgadas as potencialidades turísticas do concelho limiano, com evidência para a gastronomia, a excelência do Vinho Verde, em concreto das castas Loureiro e Vinhão, os produtos endógenos, como os enchidos e fumados, a sidra, o mel, o artesanato e as tradições folclóricas estarão em destaque neste Salão Internacional de Gastronomia e Turismo.

Durante este evento que é dedicado ao turismo gastronómico, celebra-se no dia 3 de fevereiro, o Dia de Ponte de Lima. Marcarão presença o Grupo Etno-Folclórico de Refoios do Lima e uma Comitiva do Executivo Municipal.

16466007_10211834502087658_961418118_o.jpg

PONTE DA BARCA PROMOVE TURISMO NA GALIZA

Ponte da Barca promove-se no Xantar-Salón Internacional de Turismo Gastronómico, em Ourense, na Galiza

Reforçar a visibilidade de Ponte da Barca como destino turístico, aravés da promoção de produtos gastronómicos e eventos culturais mais significativos, é o objetivo

xantar2.jpg

À semelhança de anos anteriores, o Município de Ponte da Barca marca presença no Xantar - Salão Internacional de Turismo Gastronómico, que decorre de hoje até domingo, em Ourense, na Galiza, Espanha. A participação nesta feirapretende reforçar a visibilidade de Ponte da Barca como destino turístico, através da promoção de produtos gastronómicos e eventos culturais mais significativos.

Neste que foi o primeiro dia da feira, o Município fez-se representar pelo Presidente da Câmara, Vassalo Abreu, pelaVereadora do Cultura, Turismo e Desporto, Sílvia Torres, e pelo Adjunto do Presidente, Inocêncio Araújo, queacompanharam o dia inaugural daquela que é a única feira de cariz internacional espanhola onde os ícones gastronómicos e culturais de cada região se conjugam.

Para o autarca de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, 'esta é mais uma oportunidade do concelho espelhar o que de melhor faz, numa montra fantástica com esta dimensão, e por um concelho como o nosso que é, por várias razões, cada vez mais procurado pelos turistas.'

'Dia de Ponte da Barca'

Na sexta feira o dia será dedicado a Ponte da Barca, altura em que vai decorrer uma prova de vinhos, a cargo da Adega Cooperativa local, assim como a apresentação oficial do espumante vinhão. No mesmo dia haverá oportunidade para demonstrar a confeção e degustação de um dos pratos da gastronomia barquense – o Naco à Terra da Nóbrega – através de um showcooking a cardo do restaurante do Tempus Hotel&Spa.

O Sábado está reservado à promoção do Festival Folk Celta, que acontece em terras barquenses no último fim de semana de julho, e vai contar com um grupo de música deste género, a animar a feira.

CAMINHA PRESENTE NO 18º SALÃO INTERNACIONAL DE TURISMO GASTRONÓMICO

Expourense termina domingo

Até domingo, o Município de Caminha está presente no certame Xantar 2017 – 18º Salão Internacional de Turismo Gastronómico, na Expourense, em Ourense, Espanha, com o objetivo de dar a conhecer internacionalmente o concelho como destino turístico.

expourense 2017.jpg

Nesta edição do Salão Internacional de Turismo Gastronómico estão 232 expositores, provenientes de 11 países (Espanha, Portugal, Panamá, Costa Rica, México, Equador, Paraguai, Franca, Perú, Cuba e Argentina), entre os quais se encontra o do Município de Caminha.

Para este salão internacional, o Município levou o que de melhor se faz no concelho a nível do artesanato e da gastronomia e ainda a panóplia de atividades que temos para oferecer durante todo o ano a quem nos visita, como são os casos da Caminha Doce, do Desfile Noturno de Carnaval, da Festa do Mar e da Sardinha, etc. O que objetivo é promover o concelho como destino turístico, atrair novos públicos e dinamizar a economia local.

Para além dos produtos e dos eventos culturais que o concelho tem para oferecer, o Município ainda integra as atividades que marcam esta edição do Xantar 2017, com a organização dos showcookings de promoção da “Festa do Mar e da Sardinha – Vila Praia de Âncora” e do “Festival Gastronómico do Bife de Espadarte – Vila Praia de Âncora”, que decorrerão no dia 3 de fevereiro. Nesse dia, também o presidente da Câmara, Miguel Alves, visitará o certame.  O showcooking de promoção da “Festa do Mar e da Sardinha – Vila Praia de Âncora”conta ainda com a colaboração do Âncora Praia Futebol Clube  e o Turismo Porto e Norte de Portugal e o do “Festival Gastronómico do Bife de Espadarte – Vila Praia de Âncora”com a  Baleeira Pescase o Turismo Porto e Norte de Portugal.

A Expourense pode ser visitada das 11H00 às 00H00  até sábado e no domingo encerra 18H00 (hora portuguesa).Mais informações em www.xantar.org

TURISMO DE BRAGA APOSTA NO MERCADO ASIÁTICO

Braga reforça atractividade turística e prepara entrada no mercado asiático

Nos últimos três anos, a Cidade de Braga tem vindo a posicionar-se como um destino turístico de excelência. A tendência é comprovada pelos mais recentes dados sobre o Turismo divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que dão conta de uma subida de 34% no número de hóspedes no Concelho, de um acréscimo de 41% nas dormidas e de 25% de aumento no número de camas disponíveis.

CMB23012017SERGIOFREITAS0000004780.jpg

A Cidade registou, entre 2013 e 2015, mais de 400 mil dormidas, um número que, segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, reflecte um “crescimento turístico sustentado”, através da consolidação de mercados tradicionais, como o Europeu, mas também a abertura crescente à América e à Ásia.

“A capacidade média subiu cerca de 8% na hotelaria e registou-se um aumento de 2.700 euros por ano no valor dos proveitos por aposento, uma subida significativa que serve de estímulo aos agentes económicos locais, que são os que mais benefício têm tirado deste fenómeno turístico que Braga está a registar”, sustentou o Edil, no final da Reunião do Executivo que decorreu hoje, 23 de Janeiro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. A este nível Ricardo Rio destacou, igualmente, o contributo dado pelo Parque de Campismo de Braga que, em 2016, voltou a atingir números recordes, registando um aumento do número de campistas, de dormidas e, consequentemente, da receita.

Segundo o Autarca, a par da promoção turística enquadrada em iniciativas conjuntas de âmbito regional e nacional, Braga tem vindo a prosseguir com uma estratégia própria de que é exemplo o contacto com o corpo diplomático que tem permitido chegar a muitos operadores e a captar cada vez mais turistas.

“Na semana passada, tivemos a finalizar contactos com os responsáveis da cidade chinesa de Shenyang, no Norte da China, para formalizar um acordo de parceria e de geminação onde a dimensão turística terá um papel relevante no sentido de começarmos a receber cada vez mais turistas daquele país”, concluiu Ricardo Rio.

O CONCELHO DE CAMINHA CONTINUA A SER A ESCOLHA DOS TURISTAS PORTUGUESES E ESTRANGEIROS

Em 2016, o número de visitantes que procurou os postos de turismo do concelho aumentou 9% face a 2015 e 20% a 2014

O Concelho de Caminha continua em alta. Em 2016, confirma-se, uma vez mais, a preferência dos turistas portugueses e estrangeiros na escolha do concelho como destino turístico. 36.346 pessoas, mais 3.008 do que em 2015 e 7.256 do que em 2014, visitaram os postos de turismo de Caminha e de Vila Praia de Âncora. Este aumento de visitantes representa uma subida da procura de 9%, o que significa que o concelho está a recuperar o seu prestigio e que o município de Caminha está a conseguir projetar o concelho pelo mundo.

Caminha 2016 (1).jpg

Em 2016, verifica-se um crescimento do mercado interno e externo. Enquanto em 2016, os postos de turismo foram visitados por 14.202 turistas portugueses, em 2015 receberam 13.233 visitantes. No que respeita ao mercado externo, o número de estrangeiros subiu para 22.144 em 2016, enquanto que em 2015 não ultrapassou os 20.105 turistas.Face a 2015, o número de turistas portugueses aumentou 7%, os alemães 30%, os italianos 54%, os belgas 46% e osirlandeses 160%. O número de visitantes espanhóis e franceses também registou um aumento de 7% e 10%, respetivamente. Em resumo, os turistas portugueses continuam a ser os que mais procuram os postos de turismo do concelho, seguidos dos espanhóis, franceses, ingleses e alemães.

Caminha 2016 (2).jpg

Estes números traduzem a aposta do executivo em fazer da marca Caminha uma referência, capaz de colocar o concelho nos roteiros nacionais e internacionais, durante todo o ano. Prova disso, são os inúmeros eventos que promove ou apoia, como por exemplo: Feira Medieval de Caminha, Artbeerfest, Festival de Vilar de Mouros, Rally de Portugal, Caminha Doce, Passagem de Ano, Festa do Mar e da Sardinha, Grande Trail da Serra d’Arga, Triatlo Longo de Caminha, Vila Praia em Flor, entre muitos outos, e as obras que executa e outras que apoia para proporcionar maior qualidade de vida a quem cá vive, mas também a quem procura o concelho. Exemplos dessa aposta, são as ecovias de Santo Isidoro, Lanhelas e Seixas, a Bandeira Azul nas quatro praias do concelho, a requalificação do Mosteiro de São d’Arga, a criação da nova Loja do Turismo, a travessia do ferry boat Santa Rita de Cássia; a construção da Nova Biblioteca Municipal de Caminha, a beneficiação da rede viária, a valorização do Caminho de Santiago – Caminho Português da Costa.

Caminha 2016 (3).jpg

Sobre os Caminhos de Santiago uma das mais importantes rotas de Turismo Cultural e Religioso, é de referir que os postos de turismo do concelho receberam 3203 peregrinos. O maior número de peregrinos é nacional, seguindo-se os alemães, espanhóis, franceses e ingleses.

É de realçar, uma vez mais, que estes números referem apenas o movimento de turistas e de peregrinos que procura informações turísticas nos postos de turismo do concelho, isto é, não representam o número absoluto de turistas que procura o Concelho de Caminha.

Caminha 2016 (4).jpg

Caminha 2016 (5).jpg

PAÇO DA GIELA É UM DOS MONUMENTOS VAIS VISITADOS DE ARCOS DE VALDEVEZ

Paço de Giela supera todas as expectativas em 2016: mais de 30 mil pessoas passam por este Monumento Nacional.

Ao longo do ano de 2016 foram mais de 30 000 os visitantes que embarcaram numa viagem entre passado e presente no Paço de Giela, entre visitas guiadas ao monumento e presenças em múltiplos eventos aí ocorridos.

atividades_paco (1).JPG

Monumento com características únicas, atravessando o tempo desde o século XI, é atualmente um verdadeiro espaço de cultura, história, homenagem à memória coletiva e aos alvores da nacionalidade.

Neste sentido, e de forma a dar continuidade aos projetos iniciados no ano transato, em 2016 foram promovidas diversas atividades dirigidas a públicos de diferentes faixas etárias, com o principal objetivo de dinamização e valorização do património histórico. Desde apresentações de livros, exposições, workshops, desfiles de moda criativa, sessões fotográficas, aos programas educativos e programas para famílias, casos do “Paço em Família” e “Aventuras no Paço”, o Monumento revela uma capacidade contínua para cativar, educar e surpreender o público; no âmbito do plano de sensibilização para a preservação e conhecimento do Património Histórico concelhio e através do projeto “Conhece a tua terra”, por exemplo, mais de 800 alunos do Ensino Básico e Secundário do concelho visitaram o Monumento.

A zona envolvente do Paço de Giela foi também um dos pontos de passagem de várias provas desportivas, destacando-se o campeonato do mundo de Trail Running, organizado por Carlos Sá. Já no interior do monumento, centenas de pessoas assistiram aos espetáculos musicais apresentados e inseridos na programação das “Noites no Paço”; esta iniciativa pretendeu realçar os projetos numa envolvência única com o espaço que os acolheu, pelo que entre os meses de julho e setembro nomes como Old Jerusalem, Lasers, Nix Kaos, Elmo, Nicole Eitner e a conceituada Lufthansa Jazz Band passaram pelo Paço.

A Recriação Histórica do Recontro de Valdevez, ocorrida em Julho, levou até ao Monumento milhares de pessoas provenientes de diversas geografias nacionais e internacionais, que tiveram oportunidade de viajar no tempo até ao século XII e aos alvores da nacionalidade, numa encenação e produção que colheu os mais rasgados elogios, fazendo deste evento, indubitavelmente, uma referência nacional.

Também na noite mais terrífica do ano, 31 de Outubro, durante o evento “Paço Assombrado”, foram muito os milhares de arcuenses, e não só, que percorreram o espaço e sobretudo o interior do Paço, transformado assustadoramente para os receber, numa noite que ficou registada na memória das múltiplas gerações que usufruíram do programa produzido pela edilidade arcuense.

O Paço de Giela serviu também de cenário para programas e inúmeras reportagens televisivas, destacando, assim, a importância do monumento para o concelho e para o país.

Entramos em 2017 e a dinamização deste espaço continua. Fica a promessa de um novo ano cheio de muitas surpresas…

Visite o Paço de Giela!

atividades_paco (2).JPG

atividades_paco (3).JPG

atividades_paco (4).JPG

EDUARDO SILVA EXPÕE ARTESANATO EM VIZELA

10 de janeiro a 10 de fevereiro

Exposição de Eduardo Silva na Loja Interativa de Turismo

A Loja Interativa de Turismo de Vizela recebe a exposição de Eduardo Filipe da Costa e Silva, de 10 de janeiro a 10 de fevereiro.

Biografia:

Eduardo Filipe da Costa e Silva, é um vizelense, que assume com grande entusiasmo a sua paixão pelo artesanato.

Decidido a expandir as suas ideias, iniciou a sua atividade artística, enquanto autodidata, trabalhando com madeira, onde tem uma grande variedade de artigos.

Contacto do Artista:

Eduardo Filipe da Costa e Silva

Travessa do Largo das Teixugueiras

4815- 474 Vizela

914 100 280

cartaz eduardo silva.jpg

PONTE DE LIMA MARCA PRESENÇA NA FITUR EM MADRID

Município de Ponte de Lima marca presença na FITUR – Feira Internacional de Turismo

O Município de Ponte de Lima estará presente na Feira Internacional de Turismo - FITUR, em Madrid, nos dias 18 a 22 de janeiro de 2017.

Ponte de Lima_cc.jpg

A FITUR é o ponto de encontro global para os profissionais do turismo e a feira líder para os mercados recetivos e emissores Ibero-americanos.

Ponte de Lima vai integrar o stand da Entidade de Turismo, Porto e Norte de Portugal, numa ação de promoção e divulgação das potencialidades turísticas, património paisagístico, com destaque para alguns produtos de excelência do concelho, como a enogastronomia, o desporto equestre e os grandes eventos.

Nesta feira, os Municípios são desafiados a destacar os principais fatores que identificam e distinguem o seu território, e no caso de Ponte de Lima, são sem dúvida os seus vinhos e a sua gastronomia.

Um dos principais objetivos desta presença, através dos produtos estratégicos desta região, será a atração de novos turistas e visitantes à vila limiana.

ALOJAMENTO TURÍSTICO NA SERRA D'ARGA OFERECE EMOÇÕES INESQUECÍVEIS

Serra D’Arga - Emoções inesquecíveis

O turismo é um setor de atividade transversal, cria dinâmica e valorização económica do setor primário passando pelos serviços e exportação. É e tem que ser uma grande aposta de Portugal.

image001plim.png

Em Ponte de Lima estamos a desenvolver um projeto de turismo de montanha inserido na Serra D’Arga. Dos Quartéis de Santa Justa ao Cerquido Village & SPA proporcionamos a experiência de relaxar no silêncio da natureza. O nosso alojamento é uma autêntica varanda sobre o Vale do Lima.

A Serra D’Arga proporciona encontros com fauna e flora diversificada, possibilidade de desportos radicais, caminhadas, passeios de bicicleta ou a cavalo. É um projeto que se pretende tornar numa referência nacional, esperemos que seja o mote para que muitos outros projetos do género se desenvolvam, Portugal e as regiões de turismo precisam de muitos e bons projetos.

O Cerquido Village & SPA, com menos de 2 anos de existência, vem confirmar que a nossa estratégia estava correta, tem superado as melhores expectativas. Como já alguém dizia Cerquido Village – O único segredo que não é para guardar!

Faça-nos uma visita!

Facebook

Instagram

Site Cerquido Village

Email: turismo@centroequestrevaledolima.com

Paisagem Cerquido.jpg

QuartoCasaSerra.jpg

SantaJusta1.jpg

LogotipoCerquidoVillage (1).jpg

ESTADO COLOCA FORTE DA ÍNSUA A CONCURSO PARA FINS TURÍSTICOS

Estado lança programa Revive para dar nova vida a património sem utilização ou degradado 

O Forte da Ínsua, ao largo de Moledo, é um dos imóveis do Estado que vaiser colocado em concurso para ser convertido num projeto turístico, no âmbito do programa Revive. Esta é uma boa notícia para o concelho e o presidente da Câmara considera que “estão reunidas as condições para, dentro das regras definidas e com respeito pelo passado monumental do Forte da Ínsua, darmos a oportunidade aos investidores para resgatarmos um património que é um emblema do concelho de Caminha”.

Forte da Insua.jpg

Conforme foi anunciado, o Estado vai integrar no programa Revive um total de 30 edifícios, entre mosteiros, fortes, antigos quartéis ou conventos que, sem utilização, têm sido condenados ao abandono, encontrando-se alguns mesmo em estado de ruína.

“Desde há algum tempo que temos vindo a insistir para a necessidade de darmos projeção ao Forte da Ínsua através da sua conservação e, sobretudo, do seu aproveitamento. Infelizmente, nos últimos anos, aquele monumento tem sido votado a um certo esquecimento que só é combatido pela população e pelos turistas que, de vez em quando, se deslocam até lá para conhecer o forte, pescar ou descansar serenamente na ilha deserta”, refere Miguel Alves.

O presidente da Câmara de Caminha considera ainda que “hoje temos condições para aproveitar melhor aquela monumentalidade, sobretudo no quadro de um concelho apostado no turismo e na preservação do património e especialmente quando estamos a candidatar o estuário do rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO. O Ministério da Economia foi sensível a esta reivindicação e a Senhora Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, teve sempre o cuidado de falar comigo ao longo do percurso que nos trouxe até aqui”.

O projeto “Revive” é uma iniciativa conjunta dos Ministérios da Economia, da Cultura e das Finanças, que abre o património ao investimento privado para desenvolvimento de projetos turísticos.

Forte da Ínsua é um monumento nacional construído entre 1649 e 1652 e encontra-se numa pequena ilha rochosa, na foz do Rio Minho, perto da costa.

MUNICÍPIO DE BRAGA PROMOVE PRESÉPIO VIVO DE PRISCOS JUNTO DOS AGENTES TURÍSTICOS LOCAIS

O Município de Braga realizou mais uma sessão do programa ‘Conhecer para melhor promover", uma iniciativa dirigida aos profissionais e empresários de Turismo do Concelho com o objectivo de reforçar o conhecimento da Cidade, do seu património e demais activos de interesse turístico.

1bragnat (1).jpg

O programa desafiou os profissionais e empresários de Turismo a conhecer melhor o Presépio Vivo de Priscos, um dos maiores do mundo. “O Presépio Vivo de Priscos é uma importante âncora de atractividade a Braga, nesta época mais baixa de turismo e queremos que os nossos operadores conheçam não só o que ele apresenta como representação e animação, mas também o seu horário, espaços de estacionamento e formas de chegar e aceder ao presépio”, referiu António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal.

Esta iniciativa contou com a participação de cerca de três dezenas de interessados das mais variadas áreas de actuação, desde hotelaria, transportes, guias turísticos e restauração. A visita visou “aprofundar o conhecimento sobre espaços de interesse de Braga, mas também proporcionar networking entre os vários empresários e colaboradores, passando também por um estreitar do relacionamento com os responsáveis pelos espaços visitáveis no sentido de posteriormente articularem visitas e pacotes a oferecer a quem nos visita”, referiu António Barroso.

Até dia 22 de Janeiro o Presépio de Priscos estará aberto nos seguintes horários: 29 DEZ - das 15h00 às 18h00, 01 JAN - das 16h00 às 19h00, 07 JAN - das 20h00 às 23h00, 08 JAN - das 15h00 às 18h30, 14 JAN - das 20h00 às 23h00, 15 JAN - das 15h00 às 18h30, 21 JAN - das 20h00 às 23h00, 22 JAN - das 15h00 às 18h30

Entrada gratuita ou entrada solidária - 5,00 (sem tempos de espera. Crianças até aos 12 anos não pagam)

António Barroso enfatizou que a iniciativa “conhecer para melhor promover” vai continuar a ser dinamizada, considerando-a “muito importante para o reforço da notoriedade e promoção das riquezas que Braga oferece, mas sobretudo para que os vários agentes ligados ao turismo se conheçam, estabeleçam e reforcem ligações entre si, originando maior promoção do Concelho, poupança de recursos, incremento de turistas e de impacto económico em Braga e em toda a região envolvente”.

1bragnat (2).jpg

BRAGA VAI TER UMA DAS MELHORES POUSADAS DA JUVENTUDE DO PAÍS

Protocolo assinado com Movijovem e IPDJ viabiliza gestão municipal do equipamento

Dentro de um ano e meio, Braga terá uma das melhores Pousadas de Juventude do país e um equipamento à altura das suas ambições e da sua dinâmica associativa e juvenil. A ideia foi defendida hoje, 15 de Dezembro, pelo presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, durante a cerimónia de assinatura do protocolo de gestão e exploração da Pousada da Juventude.

CMB15122016SERGIOFREITAS0000004158.jpg

Na cerimónia, que contou com a presença do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, o Autarca Bracarense assegurou que o equipamento “continuará a ser um centro integrado de juventude”. Além da componente residencial e turística, o equipamento irá manter os serviços do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), da Agência Erasmus + e continuará a ser palco de inúmeras actividades dirigidas à população mais jovem.

Recorde-se que o protocolo com o IPDJ e a Movijovem prevê a atribuição da gestão da Pousada da Juventude ao Município de Braga pelo prazo de 30 anos, comprometendo-se a Autarquia com a realização das obras de reabilitação do imóvel que deverão implicar um investimento na ordem dos 900 mil euros. 

A exploração do equipamento, situado na Rua Santa Margarida e integrado na Rede Nacional de Pousadas da Juventude, será da responsabilidade da InvestBraga, empresa municipal vocacionada para a dinamização económica.

Segundo Ricardo Rio, o projecto de reabilitação da pousada está em fase de finalização, esperando-se que, “no início de 2017, se possa avançar para as últimas especialidades técnicas com vista ao lançamento do concurso público para a execução da obra”.

“Seria mais confortável e mais económico ficarmos de braços cruzados e optar por aquele discurso que tantos apelam de que o Governo tem de cumprir as suas obrigações e de investir nestes equipamentos. Mas também temos consciência da realidade do país. Por isso, só é possível levar adiante projectos desta natureza se existir uma lógica de complementaridade entre todas as instituições do Estado Central e as Autarquias Locais”, sustentou, enaltecendo o contributo e o empenho de todos os interlocutores no processo negocial.

O Edil reiterou o desejo de “firmar Braga como um destino natural para a Juventude”, referindo que o Concelho quer ser um “bom anfitrião e ter todas as condições necessárias para receber jovens de todo o mundo”.

Considerando a importância estratégica da existência de um equipamento como uma Pousada da Juventude em Braga e a degradação verificada nas actuais instalações, a recuperação das instalações permitirá disponibilizar aos jovens e associações juvenis um equipamento de elevada qualidade e conforto.

Desta forma, e no âmbito da aposta do Município no desenvolvimento turística, pretende-se rentabilizar um equipamento que actualmente não reúne as condições necessárias ao desempenho das funções para as quais se encontra vocacionado. A requalificação e dinamização do espaço permitirão que Braga tenha um grande alcance em termos de atractividade e acolhimento de jovens, fazendo assim face ao volume de actividades que se realizam no território.

CMB15122016SERGIOFREITAS0000004164.jpg

CMB15122016SERGIOFREITAS0000004167.jpg

 

ENTIDADE DE TURISMO DO NORTE DE PORTUGAL APRESENTA EM CABECEIRAS DE BASTO A BROCHURA “MONUMENTOS DO NORTE DE PORTUGAL”

Foi ontem, dia 13 de dezembro, apresentada na Casa do Tempo em Cabeceiras de Basto o Guia ‘Monumentos Norte de Portugal’, o mais recente trabalho de promoção turística levado a efeito pela Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP) que tem como objetivo dar a conhecer o território através dos seus aspetos diferenciadores.

DSC_0087 (1).JPG

Ser monumento nacional e ter asseguradas as condições necessárias à visitação pública foram os critérios básicos para integrar esta brochura. São 129 monumentos a descobrir em 74 municípios do Porto e Norte de Portugal.

A brochura que dá sugestões de visita através dos Monumentos do Norte foi desenvolvida em parceria com a Direção Regional da Cultura do Norte no que respeita à organização, seleção e estruturação de conteúdos.

Durante a apresentação do guia, que foi lançado em português mas brevemente terá versões em espanhol, inglês e francês, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto deu os “parabéns ao Turismo Porto e Norte de Portugal e à Direção Regional da Cultura do Norte pela concretização de uma brochura que há de servir para promover a nossa região e o país”.

De acordo com as palavras do autarca, “apesar do esforço que vem sendo realizado por inúmeros agentes económicos, sociais, culturais, políticos e outros, o conhecimento de grande parte dos monumentos é ainda incipiente para a grande maioria dos portugueses e ainda mais para os estrangeiros que nos visitam. Por isso, tudo o que puder continuar a ser feito para elevar esse conhecimento é bem-vindo”, considerou Francisco Alves.

O autarca lembrou a este propósito a intenção da Câmara Municipal continuar o processo de candidatura do Mosteiro de S. Miguel de Refojos a Património Cultural da Humanidade, trabalho que não mereceu, por agora, o parecer favorável da Comissão Nacional da UNESCO para integrar a Lista Indicativa de Portugal. Contudo, todo este trabalho “veio dar uma outra visibilidade ao NOSSO MOSTEIRO”, aumentando significativamente o número de visitantes, bem como o número de pessoas interessadas em aprofundar o conhecimento sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

“Fizemos já um excelente trabalho, aliás corroborado pela própria Comissão. Mas, o elevado número de Mosteiros e outros monumentos candidatos desta natureza foi, de certa forma, razão impeditiva da sua inclusão. Na verdade, consta da avaliação daquela Comissão que o Mosteiro de S. Miguel de Refojos não colmata lacuna na Lista Indicativa de Portugal e na Lista do Património Mundial. Sabemos que é um desafio muito grande. Assumimos, no entanto, esta intenção como um desígnio e, por isso mesmo, a Câmara Municipal e a Assembleia Municipal decidiram dar continuidade ao processo, prosseguindo os estudos sobre o Mosteiro, as suas origens e a sua importância no contexto nacional e internacional. Estamos agora focados na possibilidade de apresentar à UNESCO uma candidatura conjunta com outros Mosteiros Beneditinos de Portugal e da Europa”, afirmou.

Com o apoio da Direção Regional da Cultura, a Câmara Municipal viu recentemente aprovada uma candidatura a Fundos Comunitários de 2 milhões de euros para a reabilitação do Mosteiro (Igreja) e para a sua promoção e divulgação, através de um vasto programa cultural. Mas “muito mais há para fazer”, atestou Francisco Alves, recordando que “ a defesa e valorização do Património é uma responsabilidade coletiva”.

A propósito de monumentos classificados, de que esta brochura é uma ferramenta de divulgação tão importante, “Cabeceiras de Basto orgulha-se de ter classificados para além dos pelourinhos (das Pereiras e de Abadim), a Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos e o teto do Salão Nobre dos Paços do Concelho - imóveis de interesse público e ainda a Ponte de Cavez - monumento nacional. Na Direção Geral do Património temos atualmente o pedido de classificação de todo o Mosteiro, como património nacional, que esperamos possa ficar concluído brevemente”, concluiu Francisco Alves.

Na sua intervenção, o Diretor Regional de Cultura do Norte, Dr. António Ponte, falou da política e estratégia que tem vindo a ser desenvolvida da direção de Cultura, destacando que “o património é um legado valioso que nos traz a responsabilidade de o preservar para as gerações futuras”, referindo também a necessidade de se “continuar a criar património”, sob pena de não deixarmos testemunhos da nossa época.

No que à brochura ‘Monumentos Norte de Portugal’ diz respeito, António Ponte disse “esperar com este trabalho contribuir para a divulgação dos valores patrimoniais e culturais do Norte de Portugal e contribuir para a dinamização socioeconómica da região”.

Quanto ao Património da Unesco, o Diretor Regional de Cultura desafiou a Câmara Municipal a enveredar caminho pela criação de uma ‘Rede de Mosteiros Beneditinos de Portugal’, através de uma visão intercontinental.

Nas suas palavras, o presidente da TPNP, Dr. Melchior Moreira, explicou que o Guia ‘Monumentos Norte de Portugal’ é “mais um instrumento fundamental para dar visibilidade ao nosso património”, elogiando o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto neste setor do Turismo.

Destacando a importância do trabalho em rede para a captação de turistas, Melchior Moreira salientou a mais-valia de ‘vender’ o território de uma forma integrada através de um roteiro da região que contemple o património edificado, a gastronomia e vinhos, bem como o património paisagístico.

A Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal alberga, no conjunto dos seus municípios, “um rico e vasto espólio cultural, material e imaterial, permitindo com que a oferta disponível seja cada vez mais sólida e diversificada”, destacou Melchior Moreira.

Note-se que coube ao Dr. Paulo Amaral da Direção Regional de Cultura do Norte fazer a apresentação da brochura, momento que ficou marcado pela atuação do músico Cabeceirense Hélder Gonçalves.

DSC_0017.JPG

DSC_0022 (1).JPG

DSC_0039 (1).JPG

PONTE DE LIMA INAUGURA HOTEL RURAL NO PAÇO DE VITORINO DAS DONAS

Novo Hotel Rural **** em Ponte de Lima. Abertura Oficial – 26 de novembro – 15 horas

Ponte de Lima passa a dispor de uma nova oferta de alojamento, com abertura de um novo hotel Rural****.

O Hotel Paço de Vitorino é uma unidade hoteleira com 15 quartos situada na freguesia de Vitorino das Donas, na estrada que liga Ponte de Lima a Viana do Castelo, distando 8 km do Centro da Vila.

pacovitorino_jm_paco_de_vitorinoj1.jpg

A Casa, datada do Século XVI, é um edifício classificado que está na família dos atuais proprietários há mais de 500 anos, tendo sido recentemente alvo de uma inovadora intervenção arquitetónica, financiada com fundos nacionais e internacionais que possibilitou a sua reconversão em Hotel Rural ****. 

Os 15 quartos, equipadas com todas as comodidades da era atual, estão distribuídos por uma ala agrícola com vista sobre o Rio Lima, uma ala romântica com vista sobre os monumentais tanques e jardim barroco e ainda seis quartos instalados na casa senhorial. Está aberto todo o ano, oferecendo aos hóspedes dormida e pequeno almoço a la carte, bem como um serviço de restaurante com marcação.

O Paço de Vitorino conta com um Centro de Interpretação onde pode interagir com uma aplicação 3D que relata os episódios mais marcantes da história da casa, tema central que preside tanto à denominação como ao estilo e decoração dos quartos. 

O jardim barroco pode ser visitado com suporte numa aplicação para telemóvel com códigos QR ou então participar numa visita guiada.

O Executivo Municipal vai efetuar uma visita a este novo empreendimento turístico, no próximo sábado, 26 de novembro, às 15 horas. Neste contexto, convidamos o v/ órgão de comunicação a acompanhar a visita.

TURISMO PORTO E NORTE DE PORTUGAL PISCA O OLHO AOS ESPANHOIS

Presença na INTUR reforça combate à sazonalidade no destino. Piscar o olho aos espanhóis para a época baixa

Viagens em família e short breaks sãos as opções turísticas mais procuradas pelos espanhóis no Porto e Norte de Portugal. E é de Espanha que continua a chegar o maior número de visitantes ao destino Porto e Norte. É com estas referências, acrescidas dos feriados em Espanha nas primeiras semanas de dezembro, que a Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) aproveita o evento referência de turismo de interior - a INTUR, em Valladolid - para a reforçar as propostas turísticas ao mercado vizinho. De 24 a 27 de novembro, os mais de 45 mil visitantes esperados vão encontrar as melhores sugestões do destino Porto e Norte de Portugal.

IMG_5363_top.jpg

Os feriados de 6 e 8 de dezembro em Espanha, as férias de Natal e a passagem de ano ou os fins de semana prolongados que se aproximam são motivos para levar o Porto e Norte de Portugal a cativar os profissionais do turismo que procuram a INTUR, em Valladolid, Castela e Leão, para descobrir novas ofertas para os seus clientes.  “Viajar em Família” ou “Short Breaks” são as propostas sustentadas que a TPNP reforça nesta presença como resposta à reação que o mercado espanhol tem tido ao destino.

“Marcar presença em eventos desta natureza, em Espanha, é sempre uma mais valia para a nossa promoção turística. Temos dado grandes passos no esbater da sazonalidade e os últimos dados mostram-nos que aumentamos a estada média no território mas precisamos de manter o interesse dos nossos visitantes. Desafia-los a novas experiências, mostrar-lhes um destino em rede que permite uma diversidade de opções o ano inteiro”, adianta o presidente da TPNP, Melchior Moreira.

A INTUR é uma feira relevante no setor. Congrega um elevado e diversificado número de expositores que operam na área do turismo. Em 2015, os 15 000m2 de área de exposição contaram com 1 200 empresas expositoras e 44 500 profissionais do setor turístico e consumidores finais. Destaque para a INTUR NEGÓCIOS que se afirma como uma importante Bolsa de Contratação, conta com mais de 150 Operadores Turísticos internacionais provenientes da Alemanha, Itália, México, Polónia, Noruega, Reino Unido e Espanha, e cerca de 600 companhias prestadoras de serviços de diversos setores do Turismo.

O Porto e Norte de Portugal vai participar ativamente na Bolsa de Contratação |INTUR NEGÓCIOS com cerca de 30 Parceiros que vão promover e vender junto dos Operadores Turísticos mais de 80 Pacotes Turísticos.

O programa de dinamização do stand da Turismo Porto e Norte de Portugal proporciona aos seus visitantes conteúdos interativos apelativos, convidando-os a vivenciarem as múltiplas expressões do Património Turístico do Porto e Norte de Portugal, e ainda uma mostra diversificada da gastronomia, vinhos e outros produtos das diferentes regiões. Teremos no total mais de 50 ações de promoção que convidam os Operadores Turísticos e o Público em geral a degustar e a apreciar os produtos mais diferenciadores do Porto e Norte de Portugal.

O Porto e Norte de Portugal foi o destino continental que mais cresceu nas dormidas totais em setembro e nas dormidas acumuladas (janeiro a setembro). No mesmo mês, foi um dos destinos com maior crescimento na estada média.

Em números, o destino Porto e Norte tem, em setembro, 5.380 milhões de dormidas, 12,5% acima do período homólogo de 2015, com mais 572,4 mil dormidas. No mesmo mês, foi um dos destinos com crescimento na estada média, de 0,7%, subindo de 1,82 para 1,84 noites, com taxa de crescimento nacional negativa de -0,9% (média nacional está em 2,87 noites em setembro). Na taxa líquida de ocupação-cama: o Porto e Norte mantém a tendência de crescimento, tendo subido 2,2% em Setembro, estando acima dos 50% (55,2% de taxa de ocupação). Em setembro, o Porto e Norte mantém o seu crescimento constante nos proveitos, acima da média nacional, tendo um crescimento de 18,4% nos proveitos totais e de 20% nos proveitos de aposento.

Presença na INTUR reforça combate à sazonalidade no destino

Piscar o olho aos espanhóis para a época baixa

Viagens em família e short breaks sãos as opções turísticas mais procuradas pelos espanhóis no Porto e Norte de Portugal. E é de Espanha que continua a chegar o maior número de visitantes ao destino Porto e Norte. É com estas referências, acrescidas dos feriados em Espanha nas primeiras semanas de dezembro, que a Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) aproveita o evento referência de turismo de interior - a INTUR, em Valladolid - para a reforçar as propostas turísticas ao mercado vizinho. De 24 a 27 de novembro, os mais de 45 mil visitantes esperados vão encontrar as melhores sugestões do destino Porto e Norte de Portugal.

Os feriados de 6 e 8 de dezembro em Espanha, as férias de Natal e a passagem de ano ou os fins-de-semana prolongados que se aproximam são motivos para levar o Porto e Norte de Portugal a cativar os profissionais do turismo que procuram a INTUR, em Valladolid, Castela e Leão, para descobrir novas ofertas para os seus clientes.  “Viajar em Família” ou “Short Breaks” são as propostas sustentadas que a TPNP reforça nesta presença como resposta à reação que o mercado espanhol tem tido ao destino.

“Marcar presença em eventos desta natureza, em Espanha, é sempre uma mais valia para a nossa promoção turística. Temos dado grandes passos no esbater da sazonalidade e os últimos dados mostram-nos que aumentamos a estada média no território mas precisamos de manter o interesse dos nossos visitantes. Desafia-los a novas experiências, mostrar-lhes um destino em rede que permite uma diversidade de opções o ano inteiro”, adianta o presidente da TPNP, Melchior Moreira.

A INTUR é uma feira relevante no setor. Congrega um elevado e diversificado número de expositores que operam na área do turismo. Em 2015, os 15 000m2 de área de exposição contaram com 1 200 empresas expositoras e 44 500 profissionais do setor turístico e consumidores finais. Destaque para a INTUR NEGÓCIOS que se afirma como uma importante Bolsa de Contratação, conta com mais de 150 Operadores Turísticos internacionais provenientes da Alemanha, Itália, México, Polónia, Noruega, Reino Unido e Espanha, e cerca de 600 companhias prestadoras de serviços de diversos setores do Turismo.

O Porto e Norte de Portugal vai participar ativamente na Bolsa de Contratação |INTUR NEGÓCIOS com cerca de 30 Parceiros que vão promover e vender junto dos Operadores Turísticos mais de 80 Pacotes Turísticos.

O programa de dinamização do stand da Turismo Porto e Norte de Portugal proporciona aos seus visitantes conteúdos interativos apelativos, convidando-os a vivenciarem as múltiplas expressões do Património Turístico do Porto e Norte de Portugal, e ainda uma mostra diversificada da gastronomia, vinhos e outros produtos das diferentes regiões. Teremos no total mais de 50 ações de promoção que convidam os Operadores Turísticos e o Público em geral a degustar e a apreciar os produtos mais diferenciadores do Porto e Norte de Portugal.

O Porto e Norte de Portugal foi o destino continental que mais cresceu nas dormidas totais em setembro e nas dormidas acumuladas (janeiro a setembro). No mesmo mês, foi um dos destinos com maior crescimento na estada média.

Em números, o destino Porto e Norte tem, em setembro, 5.380 milhões de dormidas, 12,5% acima do período homólogo de 2015, com mais 572,4 mil dormidas. No mesmo mês, foi um dos destinos com crescimento na estada média, de 0,7%, subindo de 1,82 para 1,84 noites, com taxa de crescimento nacional negativa de -0,9% (média nacional está em 2,87 noites em setembro). Na taxa líquida de ocupação-cama: o Porto e Norte mantém a tendência de crescimento, tendo subido 2,2% em Setembro, estando acima dos 50% (55,2% de taxa de ocupação). Em setembro, o Porto e Norte mantém o seu crescimento constante nos proveitos, acima da média nacional, tendo um crescimento de 18,4% nos proveitos totais e de 20% nos proveitos de aposento.

PONTE DE LIMA RECEBE JORNALISTAS E AGENTES TURÍSTICOS DO BRASIL

Fam Trip - Agentes turísticos e jornalistas brasileiros de visita a Ponte de Lima

O Município de Ponte de Lima e a TURIHAB – Associação do Turismo de Habitação receberam na passada sexta-feira um grupo de 69 agentes turísticos brasileiros do Operador Schultz, no âmbito de uma campanha promocional coordenada pelo Turismo de Portugal.

IMG_8358 (Medium).JPG

Apresentando-se como a vila mais antiga de Portugal, sendo conhecida pelos seus magníficos e inúmeros solares, Ponte de Lima dispõe de excelentes condições para proporcionar um acolhimento de qualidade a todos os que a visitam.

Aumentar a divulgação da nossa oferta turística no Brasil, mostrando o potencial turístico e os locais mais emblemáticos da Vila foram os principais objetivos desta ação, que incluiu a visita ao Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde – CIPVV, ao Centro Histórico e, ainda, ao Paço de Calheiros. O programa da visita a Ponte de Lima incluiu um almoço servido pelos alunos do Curso de Cozinha da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima, confecionado à base de produtos endógenos, bem como uma prova de vinhos verdes, em concreto de vinhos da Casta Loureiro de Ponte de Lima.

Encantados com a beleza natural de Ponte de Lima, os operadores turísticos realçaram a preservação do património, a oferta museológica, e a qualidade da gastronomia limiana e do apreciado Vinho Verde da casta Loureiro, néctar típico desta região e produto único no mundo!

Assim, a Fam Trip do Operador Schultz, que é uma das empresas de turismo mais sólidas no Brasil, reuniu 69 profissionais de 34 cidades diferentes, distribuídas por 11 estados brasileiros. O principal target desta empresa em Portugal e Espanha são os Small Groups transportados em carrinhas de luxo. O roteiro escolhido foi 'Portugal Inesquecível' que passa por Ponte de Lima!

O grupo que integra jornalistas brasileiros, que vão relatando o dia-a-dia de toda a viagem, promovendo e divulgando as potencialidades turísticas nacionais, foi recebido pelo Vereador do Turismo da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Paulo Barreiro de Sousa, que destacou Ponte de Lima como um “Destino turístico de excelência em vários segmentos, que continua a atrair a atenção de agentes turísticos nacionais e internacionais”.

IMG_8364 (Medium).JPG

GUIMARÃES É DESTINO TURÍSTICO DE PRESTÍGIO MUNDIAL

LISTA DO CONHECIDO PORTAL “TRIVAGO”

Guimarães entre os destinos mais valiosos do mundo para 2017

Este ano, Portugal tem 5 destinos no “Top 100” e Guimarães encontra-se na 59ª posição a nível mundial, a segunda melhor posição a nível nacional, depois de Fátima, que em 2017 recebe a visita do Papa Francisco.

Guimarães ocupa o 59º lugar nos destinos mais valiosos do mundo para o próximo ano, de acordo com uma lista divulgada pelo portal “Trivago”, conhecido motor de busca consultado todos os meses por mais de 120 milhões de visitantes e que integra mais de 175 milhões de opiniões sobre hotéis e disponibiliza 15 milhões de fotos, operando em 55 plataformas internacionais. A lista, divulgada anualmente, apresenta os 100 melhores destinos mundiais com base no preço médio das cidades e na vertente “qualidade-preço” da sua hotelaria.

No ranking do “Best Value City Index 2017”, Portugal conta com uma performance invejável, arrecadando o título de quinto país mais representado (com 5 destinos), ao lado da Roménia e da Rússia. Itália é o país com mais destinos no ranking (com um total de 11 presenças), seguido de Espanha (com 8). A Hungria e a Polónia (ambas com 7 destinos no Best Value City Index 2017) conquistam, em ex-aequo, a terceira posição dos países com mais representações.

Fundado em 2005, o Trivago criou o “Best Value Index” que oferece uma lista única com os destinos mais valiosos do mundo, elaborada através de um algoritmo que combina o trivago Hotel Price Index (tHPI) com a reputação dos alojamentos. O tHPI mostra o preço médio por quarto duplo em redor do globo, enquanto a reputação dos alojamentos diz respeito aos mais de 175 milhões de opiniões presentes nos mais de 250 sites de reservas disponibilizados no Trivago. Numa escala de 0 a 100, o ranking apresenta uma pontuação que é resultado da reputação atribuída por viajantes de todo o mundo combinada com o preço médio dos destinos.

QUINTA DE SANTA CRISTINA EM CELORICO DE BASTO FOI DISTINGUIDA COM O PRÉMIO “BEST OF WINE TOURISM”

A Quinta de Santa Cristina foi distinguida pela associação internacional “Great Wine Capitals”, com o prémio “Best of Wine Tourism 2017”, a nível nacional, na categoria Experiências Inovadoras de Enoturismo.

Quinta de Santa Cristina_best of wine tourism 2017_ Experiências inovadoras de enoturismo_2.png

A Rede de Capitais de Grandes Vinhedos - “Great Wine Capitals”, associação que reúne atualmente dez das mais importantes regiões vitivinícolas do mundo, criou em 2003 os prémios Best Of Wine Tourism, que têm vindo a adquirir um grande reconhecimento internacional no sector dos vinhos e do enoturismo, pelo que o número e qualidade de candidaturas têm sofrido um aumento relevante.

A cerimónia de entrega destes prémios, que visam distinguir a excelência e as melhores práticas em enoturismo, em sete categorias diferentes, decorreu no Mosteiro São Bento da Vitória, no passado dia 10 de novembro, no encerramento da assembleia geral desta associação, que decorreu este ano no Porto, sob o tema Wine and Nature.

Situada em Celorico de Basto, a Quinta de Santa Cristina faz parte da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, usufruindo de uma envolvente única entre as serras do Marão e Alvão.

A adega alia a modernidade à tradição, com um design atual, integrado na paisagem, sem descurar elementos tradicionais como a pipa de vinho, que em formato estilizado serve de entrada para a adega, ou o lagar de pedra onde ainda se realiza a tradicional pisa a pé.

Na Quinta de Santa Cristina, os visitantes podem usufruir de experiências autênticas e únicas, que permitem o contacto direto com o mundo do vinho verde, a natureza e a gastronomia local. Atualmente, mediante marcação antecipada, é possível realizar visitas guiadas às vinhas e adega, provas de vinhos ou espumantes, piqueniques, percursos pedestres, plantar a sua própria videira, fazer um passeio de segway ou de veículo 4x4 pelas vinhas. Para os mais aventureiros, estão também disponíveis atividades como kayak ou outras atividades radicais resultantes de parcerias com empresas da região. 

Liliana Pereira, responsável de enoturismo da Quinta de Santa Cristina, afirma: ”É para nós uma honra receber esta distinção tão relevante para o enoturismo na Quinta de Santa Cristina. Este prémio contribuirá para aumentar a notoriedade e reforçar a posição da Região Demarcada do Vinho Verde no panorama do enoturismo Português, atraindo cada vez mais visitantes a esta região onde são produzidos vinhos únicos no Mundo.”

Sobre a Associação Great Wine Capitals e os prémios Best of Wine Tourism:

A Rede de Capitais de Grandes Vinhedos - “Great Wine Capitals” é uma associação que reúne atualmente dez das mais importantes regiões vitivinícolas do mundo, sendo a única que abarca os designados “Velho” e “Novo” mundo do vinho: Adelaide (Austrália), Bilbao (Espanha), Bordéus (França), Cidade do Cabo (África do Sul), Mainz (Alemanha), Mendoza (Argentina), Porto (Portugal), S. Francisco (EUA), Valparaíso (Chile) e Verona (Itália), o mais recente associado. Fundada em 1999, a Rede promove intercâmbios turísticos, de educação e de negócios entre as internacionalmente conhecidas regiões vinícolas, com o objetivo de alcançar a excelência no enoturismo.

O prémio Best Of Wine Tourism foi criado para distinguir os agentes promotores de enoturismo de cada cidade-membro que se distinguiram em termos de excelência das suas infraestruturas em diferentes categorias: Alojamento, Restauração/ Restaurantes Vínicos, Arquitetura e Paisagens, Arte & Cultura, Experiências Inovadoras de Enoturismo, Serviços de Enoturismo e Práticas Sustentáveis em Enoturismo, proporcionando ao visitante experiências de qualidade.

Vídeo do evento da entrega dos prémios:

https://youtu.be/hJ88jSfXSOg

Sobre a Quinta de Santa Cristina:

A Quinta de Santa Cristina, com cerca de 40 hectares, tem uma história secular, pertencendo à família há várias gerações. Situada em Veade, Celorico de Basto, faz parte da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, sub-região de Basto, uma das maiores e mais antigas regiões demarcadas do mundo.

Na adega, construída de raiz em 2014 e com uma capacidade instalada de 1 milhão de litros, são atualmente produzidos cerca de 500 mil litros entre vinhos e espumantes brancos, tintos e rosés, que contam já com vários prémios e distinções em concursos nacionais e internacionais. São produzidas 17 referências que são comercializadas em Portugal e países como Brasil, Alemanha ou Luxemburgo, entre outros.

BestOf-2017-stacked-tag.jpg

BRAGA REFORÇA LAÇOS PARA DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RELIGIOSO

VI Congresso Internacional das Cidades Santuário

Braga foi uma das Cidades presentes no VI Congresso Internacional de Cidades Santuário, que decorreu no passado fim-de-semana, em Fátima, e que contou com a presença de mais de 250 participantes, provenientes de 18 países de vários pontos do mundo.

cidadsant (2).jpg

Este evento internacional, organizado pelo Município de Ourém, em conjunto com a Junta de Freguesia da cidade de Fátima, a ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, e o Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria, debateu os desafios e experiências das cidades-santuário no que diz respeito à peregrinação e ao turismo religioso, assim como a necessidade de aprofundar a cooperação entre os diversos actores.

António Barroso, membro do Gabinete de Apoio à Presidência do Município de Braga, sublinhou a importância de reforçar a notoriedade de Braga e a cooperação com mais parceiros nacionais e internacionais no âmbito do turismo religioso. “É em momentos e iniciativas desta natureza que temos que apresentar o que somos, o que possuímos e onde estamos, para incrementar a nossa presença nestes circuitos. O projecto ‘Shrines da Europa’ tem 20 anos e congrega os municípios dos principais santuários marianos europeus. Braga tem no Santuário do Sameiro o segundo maior santuário mariano do País, depois de Fátima”, afirmou o responsável, que moderou o painel ‘Desafios e oportunidades para as comunidades de acolhimento’.

“Neste grande debate tivemos a oportunidade de apresentar os nossos principais atractivos no âmbito do turismo religioso, nomeadamente o Santuário do Sameiro, do Bom Jesus, o Mosteiro de Tibães, casa mãe dos beneditinos portugueses e brasileiros, a Sé Catedral, a mais antiga de Portugal, assim como as dezenas de igrejas e capelas da nossa Cidade”, referiu António Barroso, não esquecendo os eventos religiosos que ocorrem em Braga, como a Semana Santa, Presépio de Priscos, “entre outras riquezas e atractivos patrimoniais e religiosos”

Relativamente ao tema em moderação, António Barroso lembrou que “o aumento dos fluxos turísticos e a diversidade de objectivos dos visitantes impõem, por parte dos responsáveis dos locais de acolhimento, novas formas de gestão, de cooperação e de constante procura dos modos criativos para manter e incrementar uma actividade económica que surge como uma das poucas áreas em que a oferta de bens e serviços gera riqueza e cria empregos”, afirmou acrescentando que “o trabalho em parceria com a Igreja e com os empresários são a semente para proporcionarmos as melhores experiências a quem nos visita”.

Braga na primeira linha da futura rede de cidades santuário

Neste congresso ficou patente a possibilidade de ser criada uma rede alargada e de âmbito mundial de cidades santuário. Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém, apelou à união, lembrando um mundo global e digital onde os povos têm que se unir para conseguirem progredir em conjunto. “Nós temos entre mãos os condimentos para fazer um caso de sucesso”, frisou, num discurso que apelou ao trabalho colectivo, ao “derrubar muros, em prol de um objectivo comum que é a promoção do turismo religioso, integrado numa rede que possa trazer mais atractivos ao viajante.”

Uma ideia vista com bons olhos por Braga, uma vez que “é objectivo do Município acompanhar o trabalho desta futura rede que será muito importante na dinamização e desenvolvimento do turismo religioso a nível mundial, onde Braga quer estar desde a primeira hora”, referiu António Barroso.

Este congresso internacional contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que apelou à união entre sector público e privado, para que partilhem os seus conhecimentos no sentido de criar projectos mais amplos.

cidadsant.jpg

PORTA DO MEZIO QUER VALORIZAR PATRIMÓNIO ARQUEOLÓGICO

ARDAL/Porta do Mezio aprova candidatura para a promoção e valorização da Área Arqueológica Mezio-Gião

O projeto Vozes das Pedras - Promoção e Valorização da Área Arqueológica Mezio-Gião visa dar resposta a uma crescente procura do turista do Parque Nacional da Peneda-Gerês e da Porta do Mezio, em particular, por estes monumentos culturais, oferecendo-lhe novos suportes e experiências relativas a esta temática.

anta-do-mezio-2.jpg

Esta iniciativa irá remeter os turistas para a relação do Homem com os elementos culturais e naturais. Com pedras enquadradas numa paisagem delimitada, o Homem do Mezio-Gião criou arte rupestre e espaços de rituais de enterramento (mamoas), mas criou-os num profundo relacionamento com o espaço natural, lendo-o, interpretando-o e experienciando-se a si e à paisagem como um só. Com este projeto a ARDAL/Porta do Mezio vai valorizar e promover as 100 rochas identificadas num dos maiores santuários de arte rupestre do Noroeste Peninsular – o Gião, bem como nas 11 mamoas da Área Arqueológica do Mezio.

Pretende-se que o conhecimento que estes espaços encerram seja partilhado com o grande público, num trabalho coordenado pelo Arqueólogo Martinho Baptista, diretor Parque Arqueológico Vale do Côa.

Com um valor elegível de cerca de 350 mil euros, apoiado no âmbito do Programa Operacional da Região Norte – Património Cultural, pretende-se que este trabalho venha, também, reforçar a atratividade da Porta do Mezio, enquanto estrutura de promoção, receção, animação e interpretação do território do Parque Nacional da Peneda Gerês.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA APOIA SERVIÇO DE VALORIZAÇÃO DO SETOR TURÍSTICO

Vila Nova de Cerveira disponibiliza, a partir de hoje, um Gabinete Local de Apoio ao Associativismo no Turismo (GLAAT Municipal), numa parceria entre o Município e a APHORT - Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo. Este novo serviço, o primeiro a nível distrital, visa a promoção de uma relação de confiança estimulada pela proximidade entre empresário, movimento associativo e município.

IMG_9682.JPG

Considerando o Turismo um setor estratégico para o desenvolvimento do concelho, o Município de Vila Nova de Cerveira tem estabelecido uma colaboração permanente e dinâmica com a APHORT, no sentido de dotar os agentes turísticos locais de todas as condições necessárias para o melhor desempenho das suas funções e consequentemente na promoção do concelho.

A criação do Gabinete Local de Apoio ao Associativismo no Turismo – Vila Nova de Cerveira para empresários ou investidores dos setores da Restauração e Bebidas, dos Empreendimentos Turísticos e do Alojamento Local foi divulgada, esta terça-feira, pela gestora da APHORT e coordenadora do projeto, Drª. Daniela Carreiras, durante a sessão de trabalho dinamizada pela APHORT, na qual esteve presente a Vereadora Aurora Viães, e cerca de 30 empresários/gerentes dos setores referidos.

Sendo pioneiro a nível do distrito de Viana do Castelo, este é um novo serviço de apoio e de cooperação para a instalação e funcionamento dos estabelecimentos devidamente integrados no complexo quadro legal e regulamentar. Presta também informação relativa a sistemas públicos de apoio, de estímulo e de incentivo ao investimento, ao emprego e à atividade das empresas em geral; e promove a valorização e qualificação dos que trabalham no setor.

A atividade do GLAAT – Vila Nova de Cerveira distribui-se por quatro áreas de intervenção, materializadas num conjunto de iniciativas, nomeadamente: o ‘Programa Informar’ que visa melhorar os instrumentos de informação através de sessões de partilha de conhecimentos; o ‘Programa Qualificar/Valorizar’ que abrange a realização de ações de formação, seminários e workshops; o ‘Programa Encaminhar’ que atua na recolha de dúvidas e questões dos empresários e as encaminha para os respetivos serviços do Município; e o ‘Programa Aconselhar’ que disponibiliza um atendimento assente em informação personalizada, aconselhamento e encaminhamento.

O atendimento do GLAAT – Vila Nova de Cerveira decorrerá nas primeiras quartas-feiras de cada mês, ou sempre que existir necessidade expressa por empresários/gerentes, mediante concertação da APHORT e do Município.

De salientar que o constante interesse e disponibilidade dos empresários do setor da restauração e hotelaria instalados no concelho por estas sessões de informação tem resultado numa adesão muito positiva. A sessão desta terça-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal, não foi exceção, com cerca de 30 participantes que aceitaram o desafio para fazer uma reflexão em torno da Liderança Pessoal e Liderança Profissional, e o impacto no sucesso dos negócios, com a oradora convidada Ana Antunes.

PONTE DA BARCA ASSINALA DIA EUROPEU DO ENOTURISMO

Dia Europeu do Enoturismo. Município de Ponte da Barca assinala data com visita à Adega Cooperativa e prova de vinhos

A Câmara Municipal de Ponte da Barca e a Adega Cooperativa vão assinalar, no dia 13 de novembro, o Dia Europeu do Enoturismo. Para tal, a Adega Cooperativa vai estar de portas abertas, a partir das 10h00, permitindo aos interessados participar numa visita guiada à mesma, bastando, para isso, submeter a sua inscrição através de formulário próprio, disponível no disponível em www.cmpb.pt. Do programa consta, também, uma prova de vinhos comentada no Centro de Exposições e Venda de Produtos Regionais, às 11h00.

cartaz A3enot (1) (1).jpg

cartaz A3enot (2) (1).jpg

 

CERQUIDO VILLAGE: PONTE DE LIMA APRESENTA ALOJAMENTO TURÍSTICO NA ENCOSTA DA SERRA D'ARGA

Cerquido Village – O único segredo que não é para guardar!

Entre curvas e contracurvas, despedimo-nos do burburinho citadino e começamos a sentir a paz que se avizinha.

cerq (1).png

O Cerquido Village nasce há cerca de dois anos, um projeto cheio de pequenos sonhos que se transformam na preferência daqueles que por aqui passam. Com alojamento em diversos pontos da encosta da Serra D’Arga, dispõe de jacuzzi e uma piscina incrível, de interior com água aquecida, e afirma-se como uma varanda sobre o Vale do Lima.

cerq (2).png

São os lugares certos que nos preenchem a alma...

De decoração simples, colorida e acolhedora, estes alojamentos são a simbiose perfeita do conforto com a natureza e encontram-se a apenas a 15km de Ponte de Lima, a Vila mais Antiga de Portugal.

Localizada na Aldeia do Cerquido, em plena Serra D’Arga onde prevalece uma paisagem que inspira, característica do Entre Douro e Minho, e que lhe permitirá vivenciar um sem número de sensações e experiências.

cerq (3).png

Experiências

As casas do Cerquido Village servem vários propósitos. Entre a calma e a tranquilidade que lhes é característica poderá descobrir sensações e experiências únicas.

Entre uns dias românticos a dois, onde poderá disfrutar de uma tranquila caminhada, um passeio de bicicleta ou a cavalo e contemplar toda a beleza natural da Serra D’Arga. E uns dias divertidos com amigos, onde é possível conjugar a vivência rural e genuína de um pastor com a adrenalina dos desportos radicais através de atividades no Bike Park, desde o Down Hill, Cross Country, Enduro ou passeios turísticos.

E nada melhor para terminar estes dias como um copo de vinho verde gelado entre mergulhos na piscina e ficar noite dentro perdido em conversas e gargalhadas apaixonantes sem ter de olhar para o relógio.

Um espaço repleto de detalhes que fazem deste refúgio um local de onde não apetece sair.

Saiba mais através do nosso website e do nosso facebook.

cerq (4).png

CELORICO DE BASTO PROMOVE AS SUAS POTENCIALIDADES TURÍSTICAS

Celorico de Basto na apresentação do Xantar 18º Salão Internacional de Turismo Gastronómico

O município de Celorico de Basto fez-se representar, com a promoção de produtos locais, na apresentação oficial do Xantar 18º Salão Internacional de Turismo Gastronómico que teve lugar no Porto Welcome Center TPNP, no dia 27 de outubro.

_DSC8495.jpg

Como habitualmente, e numa lógica concertada de promoção do turismo, o município de Celorico de Basto, através da Loja Interativa de Turismo de Celorico de Basto, participa ativamente nas feiras, ações promocionais e eventos direcionados ao turismo.

Presente na Iniciativa, o Vereador do Turismo da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, sublinhou a necessidade de se fazer representar em todas estas ações. “É imprescindível marcarmos presença nestas “montras” dedicadas ao turismo promovidas pelo Turismo Porto e Norte de Portugal. Estamos a apostar no setor do turismo nos seus diferentes setores. Temos turismo de natureza, agroturismo, turismo de habitação, turismo rural, turismo cultural, de património, temos ofertas muitas e variadas que queremos consolidar e tornar cartão-de-visita para atrair possíveis turistas” disse.

Outras ações de promoção estão a ser marcadas pelo Município em parceria com a entidade TPNP. Destaque para a BTL em Lisboa de 15 a 19 de março de 2017.

_DSC8503.jpg

_DSC8527.jpg

_DSC8539.jpg

VIANA DO CASTELO COMEMORA DIA EUROPEU DO ENOTURISMO

No âmbito das Comemorações do Dia Europeu do Enoturismo (programa a divulgar brevemente), realizar-se-á no dia 12 de novembro 2016, mais um percurso “Passos de Memória”, desta vez com o Trilho do Castro de Roques (PR19), localizado nas freguesias de Mujães, Vila Franca, Vila de Punhe e Subportela (concelho de Viana do Castelo) e integrado na Rede Municipal de Percursos Pedestres do Município. No final do Percurso, haverá um almoço vínico (almoço volante), num solar que o trilho atravessa e durante o qual serão degustados os vinhos do nosso concelho (a localização do solar e preço do almoço será divulgado posteriormente aos inscritos).

Rede Municipal de Percursos Pedestres de Viana do Castelo é mais do que uma ementa de trilhos de mar, rio e de montanha. Pé ante pé, leva o caminhante ao encontro de si mesmo, através da relação com a natureza e com as idiossincrasias das comunidades locais.

Pontos de interesse: Igrejas e Capelas, Castro de Roques e Balneário Castrejo, Boca da Serpe, Quintas e Miradouros.

Informações adicionais sobre o Trilho:

Nome do Percurso: PR 19 – Trilho do Castro de Roques

Data de realização: 12 de novembro 2016

Ponto de partida:  Largo das Neves, Vila de Punhe

Coordenadas: 41º 39’ 09.43’’ N       8º 43’ 11.09’’ W

Hora de encontro: 9h00

Localização do Percurso: Mujães, Vila Franca, Vila de Punhe e Subportela

Tipo de Percurso: PR (Pequena Rota)

Distância a Percorrer:  13,4 Km

Âmbito do percurso: paisagístico/ ecológico/ cultural

Duração do Percurso: 4h00

Grau de Dificuldade: Moderado

Entidade Promotora: Juntas de Freguesia de Mujães, Vila Franca, Vila de Punhe e União de Freguesias de Subportela, Deocriste e Portela Susã, Câmara Municipal de Viana do Castelo e AFL – Associação Florestal do Lima e Live Out Life, Lda

Inscrição:

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição até ao dia 4 de novembro (caso não atinja o limite de inscrições antes do dia 4/11), através do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt, devendo indicar:

Nome do participante:

Data de nascimento: (formato: dd/mm/aaaa)

Concelho de residência:

Contacto:

E-mail:

Os Percursos realizam-se com um número mínimo de 10 inscrições e máximo de 40.

Mais informações através do telefone: 258 809 350 do e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt

Os percursos, que são um excelente modo de conhecer o património cultural e natural do município, além de promover o exercício físico, permitirão conhecer locais com paisagens deslumbrantes. Use sempre equipamento de acordo com a estação do ano, como impermeável, chapéu, calçado e vestuário adequado. Privilegie a água e a fruta nos seus mantimentos.

BRAGA ENCONTRA-SE ENTRE OS FILMES PREMIADOS NO FESTIVAL INTERNACIONAL ART&TUR

Campanha da ‘CIM Cávado’ vence o prémio de Melhor Filme da Região Porto e Norte de Portugal

A campanha audiovisual “CIM do Cávado” constituída por sete filmes (inclui filmes individuais sobre os seis municípios da NUT III Cávado: Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vida Verde) ganhou o prémio especial de Melhor Filme da Região Porto e Norte de Portugal no Festival Art&Tur, que decorreu entre os dias 19 a 22 Outubro. Este prémio é uma das mais importantes distinções da competição nacional do festival.

fotobrrraaag.jpg

Lançados no mês de Maio deste ano, o filme sobre Braga, tem tido mais que 500.000 visualizações e mais de 15.000 partilhas no Facebook.

Todos os filmes da Campanha Audiovisual tem tido grande sucesso nas redes sociais e os 7 filmes em conjunto tem tido um total de mais que 800.000 visualizações e mais de 25.000 partilhas no Facebook.

Num registo visual dinâmico, os filmes relevam o património material e imaterial dos 6 municípios, incluindo sítios emblemáticos em Braga, como os Santuários de Bom Jesus e Sameiro, o Mosteiro de Tibães e o Centro Histórico, e festividades como a Semana Santa, Braga Romana, a Noite Branca e o São João de Braga.

Outros sítios do Vale do Cávado retratados na Campanha Audiovisual incluem o Parque Nacional de Peneda Gerês, os Santuários, Basílicas, Mosteiros e Igrejas de cada Concelho, complementada por momentos festivos de grande relevo como a Festa das Cruzes, Festa das Colheitas, Festas de Santo António de Amares e Vila Verde e Feira Mostra de S. Martinho, entre outros.

Os comentários deixados nos posts dos vídeos online têm sido muito positivos, realçando a qualidade do trabalho e a sua capacidade de retratar o espirito e a alma de cada município.

A campanha audiovisual foi encomendada pela CIM do Cávado, no âmbito da sua Capacitação Institucional, e foi produzida e realizada por Martin Dale, gerente da produtora independente, Sombra Chinesa Lda, que é também docente de Audiovisual e Multimedia do Curso de Ciências de Comunicação, da Universidade do Minho.

A equipa técnica envolvida no projecto também incluiu João Braga e Os Fredericos - The Movie Makers. O filme promocional sobre Esposende também contou com o apoio de Fórum Esposendense para as imagens subaquáticas.

Com um recorde de 301 filmes inscritos e com a presença de 52 países, esta 9ª edição do ART&TUR recebeu os maiores talentos de cinema associado ao turismo.

Com a duração de cerca de três minutos, cada filme mostra a singularidade das paisagens, as gentes e suas tradições, bem como o melhor do património construído de cada concelho.

Os vídeos podem ser vistos através da página institucional do facebook, www.facebook.com/cimcavado ou através do canal youtube https://www.youtube.com/channel/UCcWUHxrGGCCUz4n835o-Blw.

WINNER_STAMP.PNG

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE TURISMO DISTINGUE FILME SOBRE GASTRONOMIA DE ESPOSENDE

O Filme promocional “Esposende, março com sabores do mar 2016” obteve o segundo prémio, na categoria temática de Gastronomia, do 9.º Festival Internacional de Cinema de Turismo “Art&Tur” que decorreu, entre 19 e 22 de outubro, em Vila Nova de Gaia.

Art&Tur.jpg

O júri internacional do “Art&Tur” selecionou o filme promocional de Esposende, num certame em que a Competição Internacional atraiu um total de 301 filmes de 52 países e a Competição Nacional teve um total de 109 filmes inscritos, classificados pelo júri como “de grande qualidade”. 

No final, o Grande Prémio da Competição Nacional foi atribuído ao filme “Turismo Centro de Portugal - Preferred Destination 2017”, inscrito pelo Turismo do Centro de Portugal. Na Competição Internacional, o Grande Prémio foi atribuído ao filme turco "Turkey: Home of Turquoise".

O “Art&Tur” é reconhecido a nível internacional como um veículo eficaz de Marketing Turístico, em particular na valorização e ativação das marcas das entidades participantes, através da divulgação de obras audiovisuais de promoção de destino.

“Março com Sabores do Mar” é um evento gastronómico promovido pela Câmara Municipal de Esposende, em parceria com as unidades de restauração locais que se enquadra na estratégia de promoção do concelho, constituindo um cartaz turístico da maior importância, na medida em que visa combater a sazonalidade e promover a gastronomia e os produtos locais. Elemento diferenciador deste evento é a aposta nos produtos endógenos para a confeção dos pratos.

Art&Tur1.jpg

Prémio_ar & tur.jpg

PONTE DE LIMA PROMOVE FORMAÇÃO JUNTO DOS PROFISSIONAIS DE HOTELARIA E TURISMO

Formação Certificada - Língua Inglesa. Informação turística da região. Clara Penha – Casa dos Sabores – Ponte de Lima. Dia 25 de outubro

O Município de Ponte de Lima vai promover uma ação de formação em Inglês, dirigida aos setores da hotelaria e restauração.

z-clarap1.jpg

Promover o turismo local, através da dinamização e valorização dos serviços prestados pelas empresas, bem como qualificar os recursos humanos e desta forma contribuir para a otimização e desempenho dos colaboradores são as linhas de orientação desta ação de formação, que se enquadra no Catalogo Nacional de Qualificações.

Interpretar e produzir textos de diferentes matrizes discursivas em inglês, a nível do utilizador elementar; adequando-as às diversas situações comunicativas do quotidiano; interagir e comunicar em inglês; caracterizar a oferta turística e gastronómica da região, a nível do utilizador elementar, são os principais conteúdos desta formação. Com a duração de 25 horas, a primeira sessão está agendada para o dia 25 de outubro, na Clara Penha – Casa dos Sabores, entre as 15h30 de as 18 horas, decorrendo as restantes sessões às terças e quintas-feiras, no mesmo horário.

As ações terão o acompanhamento de um coordenador responsável pelo processo formativo e respetiva organização dos dossiês técnico-pedagógicos. Todos os formandos terão direito ao certificado emitido pela plataforma SIGO – Sistema de Informação de Gestão da Oferta Educativa e Formativa.

Para mais informações contate através do seguinte endereço de e-mail: terra-formar@cm-pontedelima.pt.

z-clarap2.jpg

PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS É UM DOS DESTINOS TURÍSTICOS MAIS SUSTENTÁVEIS DO MUNDO

Parque Nacional da Peneda-Gerês distinguido como um dos 100 destinos turísticos mais sustentáveis do mundo

O Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) foi selecionado de entre as muitas candidaturas apresentadas para o Sustainable Destinations TOP 100 epassa a ser distinguido como um 100 destinos turísticos mais sustentáveis do mundo.

image1pnpger.JPG

'Depois de ter sido considerado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera, esta é mais uma excelente notícia e uma distinção mais do que merecida', refere Vassalo Abreu, autarca de Ponte da Barca, concelho que tem mais de 50% do seu território no PNPG, lembrando ainda que 'porque Ponte da Barca é o coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês, estas distinções deixam-nos muito orgulhosos, mas também com uma responsabilidade acrescida na preservação e dinamização deste espaço de características ímpares.'

Recorde-se que O Sustainable Destinations TOP 100 é mais um reconhecimento internacional atribuído a esta área protegida e ao trabalho desenvolvido em prol deste mesmo território.

VIANA DO CASTELO DÁ A CONHECER PATRIMÓNIO RELIGIOSO

Roteiro Turístico-Religioso: Percurso pelas principais igrejas da cidade de Viana do Castelo

No âmbito de um projeto de Roteiro Turístico-Religioso da cidade de Viana do Castelo, as entidades envolvidas realizam no próximo sábado, dia 22, com início às 14h30, um percurso guiado que inclui, além do Santuário de Nossa Senhora da Agonia, as igrejas de S. Domingos, Sé Catedral, Misericórdia, Congregação da Caridade e Ordem do Carmo.

O local de concentração é no adro de Nossa Senhora da Agonia, iniciando-se ás 14h30 a  visita às igrejas selecionadas para este percurso experimental, sob a orientação Dr. Fernando Lopes, professor de História da Arte.

O projeto de um Roteiro Turístico-Religioso resulta da consciência da riqueza história, artística e cultural que as igrejas de Viana encerram e das potencialidades de atracão que do ponto de vista turístico e cultural podem oferecer a naturais e forasteiros.

Da iniciativa da Santa Casa da Misericórdia, para a sua concretização o projeto envolve parcerias entre esta entidade a Câmara Municipal e as demais instituições responsáveis pelos vários templos da cidade: Confraria de Santa Luzia, Congregação de Nossa Senhora da Caridade, Real Confraria de Nossa Senhora da Agonia, Paróquias de Santa Maria Maior, Nossa Senhora de Fátima, Monserrate e a Ordem do Carmo.

Avaliar as caraterísticas de uma sugestão de roteiro de modo a melhorá-lo tornando-o mais rico e motivador para o visitante, tal é o objetivo deste percurso experimental.

Além da participação das entidades parceiras, o percurso é aberto ao público, pelo que se convidam os interessados a realizar a sua inscrição através do e-mail dos Serviços de Turismo da Câmara Municipal (e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt), até ao dia 20 de outubro (quinta-feira) deixando, para eventuais contactos, o seu endereço de email, nome e contacto telefónico. Inscrições limitadasPara mais informações por favor contactar através do tel.: 967 160 962 (Albino Ramalho – Santa Casa da Misericórdia).

Atenciosamente,

MINHOTOS CAMINHAM PELO TRILHO DAS BRUXAS NO GERÊS

A 29 de Outubro, organizado pela associação empresarial Gerês Viver turismo, vai realizar-se a terceira edição do evento “Trilho das Bruxas”.

TilhodasBruxas (3).jpg

Em 2016, novamente dedicado a alguns dos mistérios do Gerês, o programa volta a incluir uma apelativa e interessante caminhada nocturna com a recriação de lendas e uma queimada com esconjuro.

Para além disso, vai estar instalada a “Feirinha das Bruxas” com comes e bebes e outros produtos.

Aos participantes será oferecido um copo alusivo ao evento.

São ingredientes suficientes para que seja uma noite diferente, agradável e divertida no Gerês. Para os interessados, informação completa pode ser consultada na agenda do site www.geres.pt ou na página Facebook - www.facebook.com/geresviverturismo.

BRAGA APOSTA NO TURISMO

Iniciativa do Município dirigida a profissionais do Turismo

‘Conhecer para melhor Promover’ reforça conhecimento da Cidade

O Município de Braga realizou mais uma sessão do programa ‘Conhecer para melhor promover’, uma iniciativa dirigida aos profissionais e empresários de Turismo do Concelho com o objectivo de reforçar o conhecimento da Cidade, do seu património e demais activos de interesse turístico.

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003041.jpg

O programa desafiou os profissionais e empresários de Turismo a conhecer melhor o Tesouro-Museu da Sé um equipamento cada vez mais procurado por turistas estrangeiros.

António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal, lembrou que estas iniciativas têm contribuído para “reforçar a notoriedade e a promoção da História e Cultura de Braga”.

Como explicou o responsável, “apenas podemos promover aquilo que efectivamente conhecemos”, por isso, o Município de Braga vai dar continuidade a esta iniciativa com a realização de encontros mensais. “O objectivo é que os vários agentes ligados ao turismo se conheçam, estabeleçam e reforcem ligações entre si, originando maior promoção do Concelho, poupança de recursos, incremento de turistas e de impacto económico em Braga e em toda a região envolvente”, concluiu António Barroso.

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003043.jpg

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003044.jpg

CMB11102016SERGIOFREITAS0000003045.jpg

FAMALICÃO REALIZA ENCONTROS CAMILIANOS

Encontros Camilianos prosseguem no próximo fim-de-semana em Caçarelhos e Miranda do Douro. Evento termina dia 18, em Lisboa, com o lançamento de “A Queda dum Anjo” em Mirandês

Miguel de Seide foi nos últimos dias o ponto de encontro de cerca de duas centenas de “camilianos” nacionais e internacionais, que mais do que debater e refletir sobre o universo de Camilo Castelo Branco partilharam os cenários do escritor, provaram os sabores da época e vivenciaram o ambiente. Foram assim os primeiros dias da 3.ª edição dos Encontros Camilianos de São Miguel de Seide, que arrancaram na sexta-feira e prosseguem no próximo fim-de-semana em Caçarelhos e Miranda do Douro terminando no dia 18, em Lisboa, com a apresentação da obra “A Queda dum Anjo”, em mirandês, na Biblioteca da Assembleia da República. O romance está a comemorar 150 anos e tem sido o mote destes Encontros.

A Queda dum Anjo em mirandês.jpg

Dos vários eventos que decorreram no fim-de-semana, destaque para o lançamento do segundo volume das Obras de Camilo Castelo Branco, que junta “Coração, Cabeça e Estomago” e “Aventuras de Basílio Fernandes Enxertado”, numa publicação da editora Glaciar.

Prefaciado por Pedro Mexia, a publicação tem fixação de texto de Sérgio Guimarães de Sousa e João Paulo Braga. Na capa, reproduz-se Camilo pela mão do mestre Júlio Pomar.

Refira-se que até 2025, ano em que se celebrará o bicentenário do nascimento de Camilo, a Glaciar propõe-se publicar a totalidade das suas obras. Em volumes que se querem irrepreensíveis a todos os níveis – de fixação de texto, grafismo ou acabamento editorial – com um prefácio de uma personalidade de reconhecido mérito.

Para além das livrarias, também será possível adquirir as Obras de Camilo Castelo Branco, na Casa de Camilo, em S. Miguel de Seide ou através da Livraria Municipal.

Para o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, a autarquia e a Casa de Camilo “estão cada vez mais empenhadas em promover Camilo e o Património Camiliano, seja através do lançamento das obras, na criação de uma rota turístico-cultural camiliana, ou no desenvolvimento de projetos que valorizam a memória do escritor”.

Encontros Camilianos prosseguem no próximo fim de semana.jpg

FAMALICÃO REALIZA ENCONTROS CAMILIANOS DE S. MIGUEL DE SEIDE

Paulo Cunha abre 3.ª edição do Encontros Camilianos de S. Miguel de Seide. Evento arranca amanhã, sexta-feira, 7 de outubro, pelas 14h30, no Centro de Estudos Camilianos

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, convida os órgãos de comunicação social para a sessão de abertura da terceira edição dos Encontros Camilianos de S. Miguel de Seide, que vai realizar-se amanhã, sexta-feira, 7 de outubro, pelas 14h30, no Centro de Estudos Camilianos.

postalfamacami.jpg

O evento vai decorrer durante os dias 7, 8, 15 e 18 de outubro, em Vila Nova de Famalicão, em Caçarelhos, Vimioso, Miranda do Douro e Lisboa. Cento e cinquenta anos depois do lançamento da primeira edição de “A Queda dum Anjo” de Camilo Castelo Branco, a obra dá o mote para mais uma edição dos Encontros Camilianos.

A obra foi traduzida em língua mirandesa, por Alfredo Cameirão, e vai ser apresentada na Biblioteca da Assembleia da República. É esta a grande homenagem da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e da Casa de Camilo a “Calisto Elói de Silos e Benevides de Barbuda, morgado da Agra de Freimas, nascido em 1815, na aldeia de Caçarelhos, termo de Miranda”, o herói deste romance satírico de Camilo.

Considerada a mais atual e moderna obra de Camilo Castelo Branco, “A Queda dum Anjo” descreve de maneira caricatural a vida social e política portuguesa, através de uma parábola humorística na qual o protagonista, Calisto, um fidalgo austero e conservador, encarna de maneira satírica o povo português. Ao ser eleito deputado, Calisto vai para Lisboa, onde se deixa corromper pelo luxo e pelo prazer que imperam na capital.

“Do vasto e diversificado programa destaque ainda para a entrega do Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco à escritora Teresa Veiga (sábado, dia 8, pelas 16h45) e para a apresentação das obras “As Aventuras de Basílio Fernandes Enxertado e Coração, Cabeça e Estômago”, da editora Glaciar, por João Paulo Braga, Jorge Reis Sá e Sérgio Guimarães de Sousa.

A abertura dos encontros ficará também marcada pela apresentação do carimbo do dia dos CTT, evocativo dos 150 anos da primeira edição de “A Queda de um Anjo”.

Ao todo, a iniciativa conta com quatro painéis e cerca de dez temas a debate. No dia 15 de outubro, será realizada uma visita a Caçarelhos e Miranda do Douro, cenários do romance camiliano, onde será apresentada a obra em mirandês. No dia 18, os participantes dos Encontros Camilianos serão convidados para uma visita a Lisboa, onde para além de um roteiro camiliano, se realizará uma mesa redonda com Francisco José Viegas e Pedro Mexia sob o tema “A atualidade d’A Queda dum Anjo, de Camilo Castelo Branco”. Depois de uma visita ao Palácio de Belém, a versão da obra em mirandês será apresentada na Biblioteca da Assembleia da República.

Uma peça de teatro, uma exposição e uma feira do livro camiliano encerram o programa.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha “esta 3.ª edição dos Encontros Camilianos apresentam um programa bastante atrativo e ambicioso, perseguindo o objetivo de promover o debate e a reflexão interdisciplinar em torno das temáticas camilianas, contribuindo, assim, para a melhor divulgação da vida e da obra de Camilo Castelo Branco e para sedimentar a sua política de intervenção cultural e científica a favor da Língua e da Cultura portuguesas.”

De referir ainda que parte científica do programa conta com a participação de especialistas nacionais e estrangeiros na temática camiliana, que se debruçarão sobre a obra do romancista, e particularmente sobre A Queda dum Anjo, numa variedade de perspetivas por ela suscitada.

FAMALICÃO APOSTA EM CAMILO CASTELO BRANCO COMO PRODUTO TURÍSTICO DE SUCESSO

Autarquia famalicense está a preparar um projeto de valorização do património do escritor em conjunto com diversas entidades

Certo dia, um turista japonês viajou até S. Miguel de Seide para visitar a Casa-Museu Camilo Castelo Branco, depois de ter assistido ao filme de Manoel de Oliveira, “O Dia do Desespero” – que descreve os últimos anos da vida do escritor – num ciclo de cinema em Tóquio. O japonês ficou de tal forma apaixonado pelo cenário do filme que quis visitar o espaço onde Camilo Castelo Branco viveu e onde cometeu suicídio a 1 de junho de 1890.

Debate decorreu no Centro de Estudos Camilianos.jpg

O episódio foi recordado, esta quinta-feira, pelo diretor da Casa de Camilo, José Manuel Oliveira que explicou “a diversidade de caminhos que nos levam até Camilo Castelo Branco. Na vida e na morte Camilo está em todo o lado”afirmou o responsável durante o debate “O Património Camiliano: Que requisitos para uma rota turística?”, que reuniu em S. Miguel de Seide uma vasto conjunto de convidados das áreas da cultura e do turismo e claro, com ligação ao escritor romântico.

A iniciativa enquadrou-se na intenção da autarquia famalicense liderar, em colaboração com os membros da Associação das Terras Camilianas e com representantes de outros municípios e entidades da região norte que estejam direta ou indiretamente relacionados com a vida e a obra do romancista, um projeto de valorização do património camiliano como produto de interesse turístico-cultural.

Moderado pelo consultor Carlos Martins da Opium, o debate contou com as presenças do Diretor Regional da Cultura do Norte, António Ponte, do representante da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Alexandre Guedes, da representante da direção da promoção cultural da comunidade de Madrid, Carmen Jiménez Sanz, do jornalista do “Público”, José Augusto Moreira, e de José Manuel Oliveira.

Foram mais de duas horas de conversa intensa, partilhada e repleta de substância aquela a que se assistiu no auditório camiliano, e mais horas teriam sido, caso as barrigas não começasse a ressentir-se pela hora tardia e o moderador não tivesse colocado um ponto final nas intervenções. É que para além dos oradores convidados, na plateia estavam, entre outros, os responsáveis pela Livraria Lello, no Porto, pela Biblioteca Pública do Porto, pela Venerável Irmandade da Lapa (Camilo Castelo Branco está sepultado no cemitério da Lapa); pelo Centro Português de Fotografia (antiga cadeia da Relação, onde Camilo esteve preso), pela Fundação Cupertino de Miranda, etc. que também entraram no debate.

O objetivo não era simples: procurava-se suscitar a reflexão e a discussão sobre os aspetos de sucesso a atender na estruturação e desenvolvimento de uma rota turística e cultural em torno Camilo Castelo Branco, e avaliar as potencialidades da valorização da biografia, da bibliografia e do património arquitetónico camilianos como recursos de interesse turístico.

Apesar disso, a diversidade do painel de convidados permitiu chegar a alguns pontos de convergência, sendo de destacar que há ainda um longo caminho a percorrer até se conseguir transformar os recursos turísticos de Camilo Castelo Branco em produto turístico.

“Camilo deixou-nos os recursos e a matéria-prima necessária, saibamos agora potenciá-lo e valorizá-lo”, salientou o diretor da Casa de Camilo, explicando que existem três camadas a explorar: “a sua vida; a sua obra; e os factos da época, as romarias, a gastronomia, a música, etc…”. Além disso, existe um conjunto de locais e personalidades que interagiram e continuam a interagir com Camilo e de que é exemplo Manoel de Oliveira, Siza Vieira, a Cadeia da Relação entre outros.

É nesta riqueza e nesta imensidão camiliana que é preciso encontrar “a porta de entrada para a criação de uma rota camiliana”, como defendeu o jornalista do Público, que disse sentir-se “completamente esmagado pela riqueza da vida e obra camiliana”. José Augusto Moreira que falou na perspetiva não só de jornalista, mas também de turista salientou que “é preciso simplificar Camilo, é preciso ter a capacidade de pegar em pequenas histórias e orientar os turistas”, porque hoje em dia, “mais do que uma atividade de lazer, o turismo é um estilo de vida”.

Por sua vez, António Ponte aproveitou para referir algum do trabalho já desenvolvido em prol da projeção turística dos escritores do Norte de Portugal, nomeadamente através dos roteiros “Viajar com…” e do projeto “Escritores a Norte”.

Alexandre Guedes falou das assimetrias turísticas entre o Porto e o interior norte do país, salientando a necessidade de fomentar o investimento privado no apoio ao turismo. O responsável da Turismo do Porto e Norte de Portugal foi ainda mais longe e afirmou que para tornar um território atrativo é necessário que “toda a região se organize em torno desse produto turístico”.

Por fim, Carmen Jiménez Sanz trouxe a experiência de Espanha, mais concretamente da região de Madrid, afirmando que “sem boas redes de comunicação, transportes e sem alojamentos de qualidade não há turismo”.

Completamente conquistada pela Casa-Museu de Camilo, a responsável disse que “é um espaço único, que transmite uma história humana, com uma carga emocional muito importante”. “O trabalho intelectual está feito, agora é preciso perceber como se vende turisticamente este património cultural?”.

Refira-se que a Casa-Museu de Camilo é a casa de escritor mais visitada em Portugal, destacando-se ainda pelo vasto conjunto de atividades pedagógicas proporcionadas aos visitantes. Camilo Castelo Branco publicou mais de 200 obras literárias e os seus livros estão traduzidos em 16 línguas.

FAMALICÃO APOSTA NA VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO CAMILIANO COM OS OLHOS POSTOS NO TURISMO

Debate realiza-se esta quinta-feira, 6 de outubro, pelas 10h00, em S. Miguel de Seide

O Diretor Regional da Cultura do Norte, António Ponte, o Presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, a representante da direção da promoção cultural da comunidade de Madrid, Carmen Jiménez Sanz, o jornalista do “Público”, José Augusto Moreira, e o diretor da Casa de Camilo, José Manuel Oliveira, vão reunir-se na próxima quinta-feira, em S. Miguel de Seide, para refletir sobre os requisitos que são necessários para fazer do património camiliano uma rota turística, num debate moderado por Carlos Martins da consultora Opium.

casa de camilo (1).jpg

A iniciativa enquadra-se na intenção da autarquia famalicense liderar, em colaboração com os membros da Associação das Terras Camilianas e com representantes de outros municípios e entidades da região norte que estejam direta ou indiretamente relacionados com a vida e a obra do romancista, um projeto de valorização do património camiliano como produto de interesse turístico-cultural.

Nesta fase prévia do projeto, procurar-se-á suscitar a reflexão e o debate sobre os aspetos de sucesso a atender na estruturação e desenvolvimento de uma rota turística e cultural em torno do escritor, e avaliar as potencialidades da valorização da biografia, da bibliografia e do património arquitetónico camilianos como recursos de interesse turístico.

Esta mesa redonda decorre pelas 10h00 no auditório do Centro de Estudos Camilianos e terá como tema “O Património Camiliano: Que requisitos para uma rota turística?”. A entrada é livre.

A organização é da Câmara Municipal de Famalicão, através da Casa de Camilo e do Gabinete de Assuntos Comunitários da autarquia.

TURISMO EM BRAGA REGISTA MELHORES INDICADORES DE SEMPRE

Desde Setembro do ano passado mais de 215 mil visitantes passaram pelo Posto de Turismo

Braga está na moda, facto que se pode comprovar pelo aumento do número de turistas que diariamente acedem ao Posto de Turismo. No período entre Setembro de 2015 até à presente data, 215.373 visitantes passaram pelo posto de informação municipal, o que representa um aumento de 28% em relação ao período homólogo anterior, que registou 168.342 turistas.

CMB29092016SERGIOFREITAS0000002747.jpg

Os números foram apresentados esta Quinta-feira, 29 de Setembro, por António Barroso, membro do gabinete de apoio à presidência da Câmara Municipal de Braga, que explicou que estes números são fruto de uma forte aposta na promoção da Cidade em diversos mercados. “Este crescimento deve-se ao trabalho de promoção da Cidade e da Região que, tem vindo a ser efectuado pelo Município de Braga ao longo de todo o ano, nomeadamente com a participação em grandes feiras internacionais e em locais estratégicos”, referiu, o responsável sublinhando o “trabalho de cooperação com a Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, a Associação de Turismo do Porto, e com diversos parceiros locais, com destaque para a Associação Comercial de Braga”.

“Também é de relevar sobretudo as ações desenvolvidas pelos empresários e empreendedores Bracarenses que diariamente trabalham na promoção dos seus espaços, produtos e serviços, mas também deste território ímpar e distinto que tantos turistas tem atraído”, enfatizou António Barroso.

Segundo António Barroso, “este ano a época alta foi a melhor de sempre, registando um grande movimento de turistas, sendo que Agosto ultrapassou todas as expectativas com 87.758 atendimentos”. Os números são elucidativos, uma vez que durante os meses de Junho, Julho e Agosto passaram pelo Posto de Turismo um total de 155.045 visitantes Comparativamente ao ano anterior, em que foram atendidos 123.211 turistas, registou-se um aumento de 25,8%, durante o mesmo período.

Como explicou António Barroso, à semelhança de anos anteriores, França e Espanha são os principais mercados emissores, tendo sido registados 70.515 atendimentos a indivíduos de nacionalidade espanhola, o que corresponde a 33%, do número total de visitantes. Segue-se o mercado português com 45.295 visitantes (21%) e o mercado francês com 42.404 visitantes (20%). A soma de visitantes provenientes destes três países corresponde a 70% da totalidade de visitantes. A nacionalidade com maior acréscimo no registo de visitas foi a espanhola (43,7%), seguida do Reino Unido com 43.53%, e da Itália com um aumento de 41,1%.

“Entre os turistas que têm procurado o posto de informação, além da predominância de franceses, espanhóis, italianos e holandeses, encontramos também marroquinos, japoneses, chineses, cambojanos, costa-riquenhos, egípcios, guatemaltecos entre outros oriundos dos mais variados países”, sublinhou António Barroso, acrescentando que as iniciativas de promoção da Cidade de forma segmentada a diferentes públicos estão a produzir efeitos positivos.

“A recepção a jornalistas e bloggers estrangeiros, muitos de revistas e sites da especialidade, é outro dos grandes trunfos utilizados, assim como a visita de operadores turísticos de todo o mundo, com enfoque no trade do turismo religioso. Merecem destaque iniciativas que incluem a degustação de produtos tradicionais e a produção e transmissão de filmes e artigos promocionais na imprensa nacional e internacional, gerando todo um universo informativo que está actualmente a gerar frutos”, explicou.

Os eventos da Cidade foram também destacados por António Barroso, como um dos factores de atracção de público a Braga. “A dinamização de um vasto programa cultural, desportivo e de animação com destaque para a programação do Theatro Circo e do GNRation, bem como os grandes eventos que se realizam no Concelho, são factores determinantes para o incremento da atractividade mas também para esbater a sazonalidade, onde também tem havido uma forte aposta no turismo de congressos e negócios”, concluiu o responsável.

CMB29092016SERGIOFREITAS0000002751.jpg

GOVERNO REABILITA EDIFÍCIOS PÚBLICOS PARA O TURISMO

Programa REVIVE reabilita 30 edifícios públicos para fins turísticos. Conhecidos os primeiros 11 edifícios da lista

O programa REVIVE vai permitir restaurar e reabilitar, com fins turísticos, 30 edifícios públicos, tornando-os acessíveis ao público. Os primeiros 11 imóveis da lista são já conhecidos e são os seguintes: Convento de São Paulo (Elvas), Pavilhão do Parque (Caldas da Rainha), Quinta do Paço de Valverde (Évora), Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (Coimbra), Castelo de Vila Nova de Cerveira, Fortaleza de Peniche, Mosteiro de São Salvador de Travanca (Amarante), Mosteiro de Arouca, Paço Real de Caxias (Oeiras), Forte do Guincho (Cascais), Castelo de Portalegre. A recuperação será feita por investidores privados a quem serão concessionados os imóveis.

O projeto REVIVE é uma iniciativa conjunta dos Ministérios da Economia, da Cultura e das Finanças. Na prática trata-se da criação de uma bolsa de edifícios históricos a serem concessionados a privados, nacionais e estrangeiros, para investimento através de concurso público. Muitos dos 30 edifícios estão em estado de degradação, classificado como ‘Mau’ pela Direcção-Geral do Património e Cultura (DGPC) e a necessitar de intervenção. Os 19 imóveis ainda não anunciados vão ser divulgados, de forma faseada, até ao final do ano.

A concessão a privados fica sujeita a compromisso de reabilitação, preservação e conservação, sendo que o património continua a pertencer ao Estado. Cada edifício terá o seu caderno de encargos, com o seu próprio calendário.

Pretende-se valorizar o património através da reabilitação e da sustentabilidade dos equipamentos em causa, dando vida a locais subaproveitados ou ao abandono e devolvendo os espaços à fruição pública. Os equipamentos estão em diversos pontos do país, o que ajuda à desconcentração e diferenciação da oferta turística, valorizando todo o território nacional.

O modelo de concessão adotado pelo programa REVIVE retira despesa ao estado e cria riqueza, pela atração de mais turistas e criação de postos de trabalho.

A sessão de apresentação oficial do REVIVE contou com a presença do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, do Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, do Secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, do Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo e do Presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado.

Para informação sobre o Programa:

revive.turismodeportugal.pt

Para mais informações sobre os 11 edifícios já anunciados:

1 – Convento de S. Paulo (também conhecido como antigo Quartel de S. Paulo ou edifício do Tribunal Militar de Elvas), Elvas - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/70353

2 - Castelo de Vila Nova de Cerveira - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/70700

 3 - Fortaleza de Peniche - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/71147

 4 – Mosteiro de S. Salvador de Travanca, Amarante  - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/69880 - fotografias em anexo

 5 - Mosteiro de Arouca - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/70519

 6 -  Mosteiro de Santa Clara-a-Nova - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/70695

 7 -  Pavilhões do Parque,  Caldas da Rainha - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/4032391

 8 - Paço Real de Caxias, Oeiras - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/74866

 9 – Forte do Guincho, Cascais - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/74121

 10 – Castelo de Portalegre - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/70706

 11 – Quinta do Paço de Valverde, Évora - http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/11152902  - concessão para exploração de hotel de aplicação

TURISMO CRESCE EM ARCOS DE VALDEVEZ

Turismo em Arcos de Valdevez continua em expansão. Câmara municipal aprovou novos investimentos que permitirão hospedar mais 68 pessoas

A oferta de alojamento em Arcos de Valdevez tem vindo a crescer. Hoje em dia o concelho já possui 2 Hotéis e diversas opções ao nível de alojamento local, Turismo em espaço Rural e Turismo de Habitação.

Casa Troncos e Nascente.jpg

Este investimento por parte de promotores locais e de fora do concelho tem contribuído para que seja possível realizar por parte do Municipio uma política ao nível da atração turística com mais sustentabilidade, pois com a variada oferta de alojamento é possível atrair até Arcos de Valdevez mais pessoas, abrindo-se, ao mesmo tempo, mais oportunidades de negócio para aqueles que fazem do turismo a sua fonte de rendimento, nomeadamente a restauração, produtos locais, artesanato, empresas de animação turística e hotelaria.

Atualmente existem em Arcos de Valdevez, entre Alojamento Local, Turismo no Espaço Rural, Turismo de Habitação e hotéis, um total de 74 empreendimentos turísticos, com uma oferta total de 781 camas (450 quartos), sem contar com o Parque de Campismo da Travanca que possui capacidade para alojar 400 pessoas.  

Só no último trimestre, a Câmara Municipal aprovou 17 projetos para a modalidade de Agroturismo e Turismo em Espaço Rural, aos quais correspondem 26 unidades de alojamento com capacidade para alojar mais 68 visitantes.  

Estes investimentos promovem a dinamização da economia e ainda têm a mais-valia de recuperar património edificado.

casa_do_sobreiro (3).JPG

casa_ribo (1).jpg

casa_s_jose.jpg

Casinha de Oucias.jpg

GERÊS COMEMORA DIA MUNDIAL DO TURISMO

Celebrou-se a 27 de Setembro o Dia Mundial do Turismo, este ano subordinado ao tema “Turismo para Todos - Promover a Acessibilidade Universal", definido pela Organização Mundial do Turismo.

SAM_4919.JPG

No Gerês a associação empresarial Gerês Viver Turismo assinalou a data com actividades direccionadas para pessoas com limitações cognitivas e motoras, tais como hipoterapia (contacto com cavalos), passeio de bicicleta e caminhada.

Utentes de três instituições do distrito de Braga, nomeadamente da delegação de Braga da ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, da CERCIGUI - Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Guimarães e da AIREV - Associação para a Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes de Vizela, puderam usufruir do contacto directo com a Natureza, a montanha, e alguma da fauna e flora existente no Gerês, tendo-se registado muitos momentos de alegria e satisfação.

A Câmara Municipal de Terras de Bouro associou-se à iniciativa com indispensável apoio logístico, tendo sido as actividades desenvolvidas em parceria com três empresas de animação turística (Equi Campo, Equi Desafios e Parque Cerdeira) sediadas naquele município.

Um importante esforço de cooperação que resultou na inequívoca demonstração de que o território de montanha, neste caso o Gerês, e o património que lhe está associado pode e deve ser para todos.

SAM_4920.JPG

SAM_4958.JPG

BRAGA ASSINALA DIA MUNDIAL DO TURISMO COM ROTEIRO PARA AS FAMÍLIAS

Explorar e conhecer os múltiplos encantos de Braga em família é o propósito do roteiro infanto-juvenil desenvolvido pelo Município de Braga e que contou com a colaboração da Universidade do Minho e das crianças do Colégio Teresiano de Braga.

9TURBRA (1).jpg

Os utilizadores podem recorrer às novas tecnologias para utilizar este roteiro, uma vez que disponibiliza o acesso à realidade aumentada na versão em Português e a possibilidade de utilização em formato mobile com ‘Street View’ na língua francesa e inglesa, através da utilização de ‘QR Codes’.

“Este guia é um instrumento muito interessante para quem quiser desfrutar em família dos recursos turísticos de Braga e com a possibilidade de o fazer através da interacção com meios tecnológicos”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação do roteiro que decorreu esta Terça-feira, 27 de Setembro, assinalando o Dia Mundial do Turismo.

Como explicou o Autarca, este projecto “que vem qualificar a oferta turística, teve a capacidade de juntar diversos parceiros” e, num ano em que a Organização Mundial do Turismo se debruça sobre as questões da acessibilidade, “este roteiro vem responder a esse desafio, uma vez que pode servir invisuais e potenciar o acesso às famílias para que, de uma forma pedagógica e lúdica, possam ter contacto com os diversos recursos turísticos da Cidade”, sublinhou Ricardo Rio, agradecendo a todos os que tornaram possível este projecto.

O roteiro apresenta cerca de 20 locais ou monumentos mais emblemáticos de Braga, disponibilizando toda a informação numa linguagem acessível ao público-alvo. Crianças do Colégio Teresiano desenvolveram a plataforma com a colaboração do Instituto de Letras e Ciências Humanas e do Instituto de Educação da Universidade do Minho, e dão voz às narrações dos vídeos disponibilizados através de ‘QR Codes’ com as descrições dos monumentos e outras referências da Cidade.

O roteiro juvenil pode ser obtido gratuitamente no Posto de Turismo de Braga ou online no site do Município. Em Braga as comemorações do Dia Mundial do Turismo prolongam-se até à próxima Quinta-feira, dia 29 de Setembro, com a degustação de produtos regionais no Posto de Turismo.

9TURBRA (2).jpg

9TURBRA (3).jpg

9TURBRA (4).jpg

FAFE COMEMORA DIA MUNDIAL DO TURISMO

Fafe vai assinalar, amanhã, o Dia Mundial do Turismo com diversas actividades direccionadas aos alunos de ERASMUS e do Curso Superior de Turismo do Instituto de Estudos Superiores de Fafe.

PRAÇA 25A 036.jpg

Durante a manhã, decorre a recepção no Teatro-Cinema de Fafe, seguindo-se um conjunto de visitas guiadas ao Teatro-Cinema, Arquivo Municipal, Museu das Migrações e das Comunidades, Jardim do Calvário, Parque da Cidade e à Loja interactiva de Turismo.

O almoço decorre no Parque de Campismo da Barragem da Queimadela e, durante a tarde, os jovens vão ter oportunidade de experimentar várias actividades de desporto natureza.

PRAÇA 25A 039.JPG

PRAÇA 25A 043.JPG

GERÊS COMEMORA DIA MUNDIAL DO TURISMO 2016

A 27 de Setembro celebra-se o Dia Mundial do Turismo, este ano subordinado ao tema “Turismo para Todos - Promover a Acessibilidade Universal", definido pela Organização Mundial do Turismo.

DIA MUNDIAL DO TURISMO 2016  -  GERÊS.gif

A associação empresarial Gerês Viver Turismo, em parceria com o Município de Terras de Bouro, assinalam a data com atividades direcionadas para pessoas com limitações cognitivas e motoras, tendo convidado instituições do distrito de Braga para participarem nas mesmas.

Deste modo, estarão presentes nesta iniciativa utentes da delegação de Braga da ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), da CERCIGUI (Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados) de Guimarães e da AIREV (Associação para a Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes) de Vizela, num total de cerca de trinta pessoas.

A Câmara Municipal de Terras de Bouro prestará apoio logístico e as atividades serão desenvolvidas em parceria com três empresas de animação turística (Equi Campo, Equi Desafios e Parque Cerdeira) sediadas naquele município. Sendo assim, os participantes serão acompanhados por profissionais qualificados, para além dos monitores das instituições.

Hipoterapia (contacto/terapia com cavalos), passeio de bicicleta e caminhada interpretativa serão as atividades a levar a efeito na área envolvente à aldeia de Campo do Gerês, Barragem de Vilarinho da Furna e Mata de Albergaria (área protegida), devidamente enquadradas com as capacidades de cada grupo de utentes/participantes.

Uma iniciativa que possibilitará o contacto direto com a Natureza, a montanha, e alguma da fauna e flora existente no Gerês, a pessoas que por várias e diferentes razões não o podem fazer autonomamente, demonstrando ao mesmo tempo que este tipo de território e património pode e deve ser para todos.

Direcionado ao público em geral, em parceria com as empresas Geresmont e Selvagem Aventura, vão decorrer em paralelo duas caminhadas guiadas, limitadas a 30 participantes em cada uma delas, cuja inscrição é gratuita. Sobre as mesmas, os possíveis interessados poderão obter informação completa em www.HYPERLINK "http://www.geres.pt/"geres.pt.

BARCELOS DEDICA DIA MUNDIAL DO TURISMO À ACESSIBILIDADE

Amanhã, 27 de setembro, visitas guiadas para pessoas com mobilidade reduzida entre as 10 e as 12h, e conferência, às 15h

"Barcelos para todos" é o mote para as comemorações do Dia Mundial do Turismo 2016, que acontece amanhã, dia 27 de setembro. Este ano a efeméride será dedicada à promoção da acessibilidade universal com a realização de várias atividades.

14462768_1364560036910065_2783954556709346282_n.jpg

Da parte da manhã, entre as 10h e as 12h, estão programadas visitas guiadas à cidade, com partida do Ponto de Turismo, dirigidas a pessoas de mobilidade reduzida. Às 15h, o auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos recebe três apresentações subjugadas ao mote “Barcelos para todos” que versarão sobre as relações entre acessibilidade, turismo e responsabilidade social, reunindo para isso profissionais e conhecedores desta realidade.

Luís Ferreira, do Gabinete de Turismo do município, falará sobre a importância da formação dos profissionais no contexto do turismo acessível. A comunicação de Joaquim Sousa, do Gabinete de Desporto, estará relacionada com a orientação adaptada e, por fim, Rafael Montes, da empresa PROASOLUTIONS, vai trazer a reflexão a importância da cadeia acessível e o impacto económico de uma política de turismo a pensar em todos.

Ao longo dos últimos anos, o Município de Barcelos tem investido em políticas de inclusão social que promovem a acessibilidade universal e que permitem uma maior equidade no usufruto das infraestruturas camarárias e da cidade. No mesmo sentido, a autarquia foi distinguida com dois prémios na área pelo trabalho desenvolvido na reabilitação da Torre Medieval.

A participação é gratuita, mas as inscrições devem ser submetidas através do e-mail turismo@cm-barcelos.ptou telefone 253 811 882.

PONTE DA BARCA ASSINALA DIA MUNDIAL DO TURISMO

Ponte da Barca assinala data com diversificado conjunto de atividades

O Município de Ponte da Barca vai promover no sábado, dia 24 de setembro, ao longo de todo o dia, algumas iniciativas relacionadas com o Património Monumental e Natural deste concelho, a realizar no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo.

nsmail-2.jpg

Programa detalhado

12 x Ponte da Barca - Trilho 'De Entre Ambos-os-Rios a Ermida'

Horário: 8h30

Local: Igreja de Entre Ambos-os-Rios

Este percurso permite conhecer a riqueza natural e humana da serra Amarela. De Entre Ambos-os-Rios a Ermida é possível verificar o aproveitamento agrícola das terras baixas da ribeira e observar a beleza das paisagens humanizadas (a cultura do milho e a agricultura em socalcos que marcaram de forma decisiva a paisagem) e os aspetos geomorfológicos.

Distância: 14km

Duração: 5h

Obs.: Custo por pessoa de 2,5€ (seguro). Inscrições obrigatórias até ao dia 19 de setembro, através da Porta do Lindoso pelos telefones 258 578 141 ou por correio eletrónico portalindoso@cmpb.pt

Descida do Rio Lima de Kayak

Horário: 14:30H

Local de encontro Junto às Piscinas Municipais

Lugares limitados – participação sujeita a inscrição obrigatória (ficha de inscrição disponível no site da autarquia emwww.cmpb.pt)

Visita guiada ao Centro Interpretativo Fernão de Magalhães

Horário: 15:00h

Local: Centro Interpretativo Fernão de Magalhães - Rua Conselheiro Rocha Peixoto

Visita guiada ao Castelo de Lindoso

Horário: 16:30h

Local: Porta do Lindoso do Parque Nacional da Peneda Gerês

NOTA: Atividades sujeitas a inscrição prévia (ficha de inscrição no site da autarquia em www.cmpb.pte Loja Interactiva de Turismo até ao dia 22 de Setembro

Desfolhada Tradicional Minhota

Horário: 21h00

Local: Lavradas

MUNICÍPIO DE AMARES VAI ASSINALAR DIA MUNDIAL DO TURISMO

“Amares, o Destino Inclusivo” é o tema eleito pelo Município para assinalar o Dia Mundial do Turismo este ano dedicado à temática “Turismo para TODOS – promover a acessibilidade universal”. A data comemora-se a 27 de setembro e vai abranger uma série de atividades dinamizadas junto dos utentes do Ser Igual – CAO (Centro de Atividades Ocupacionais da Valoriza), equipamento social que responde às necessidades especiais de pessoas portadoras de deficiência.

Turismoamar.JPG

O dia vai começar com duas visitas ao património histórico, cultural, religioso e arquitetónico do concelho: uma ao Mosteiro de Stª Maria de Bouro (10h30) e outra ao Santuário da N.ª S.ª da Abadia (11h30), seguidas de uma degustação (12h30). Da parte da tarde, pelas 14h30, os utentes do CAO vão ter oportunidade de visitar o Museu do Santuário da N.ª S.ª da Abadia e, para terminar o dia em beleza, vai realizar-se um “Quiz Histórico”, através do qual os participantes vão poder conhecer e partilhar um pouco mais sobre a história do concelho.

Assinalado anualmente, em todo o mundo, o Dia Mundial do Turismo deste ano apela à difusão da importância e dos imensos benefícios que a acessibilidade universal traz à sociedade em geral, pelo que o Município de Amares, reconhecendo o valor social e cultural desta premissa associa-se às comemorações.