Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA REALIZA EXPO SAÚDE SOCIAL

IV Expo Saúde Social em Ponte de Lima realiza-se de 24 e 25 de Fevereiro 2018

Considerando a importância de promover um estilo de vida saudável, dirigido a toda a comunidade, o Município de Ponte de Lima realiza no próximo fim-de-semana a IV Expo Saúde Social.

Capturar1

A dinâmica do programa centra-se na divulgação de serviços e dispositivos médicos, bem-estar e atividades desportivas, catalisadas por associações e instituições destas áreas.

Rastreios de audiologia, podologia e visão, medições de tensão arterial, glicemia, colesterol e ainda avaliação de parâmetros nutricionais: peso e índice de massa corporal, integram um conjunto de ações que fomentem os benefícios de um comportamento salutar.

Assim, estarão presentes temas das mais diversas vertentes, desde a culinária, medicinais, alternativos e complementares e produtos relacionados com a saúde, bem-estar e beleza para todas as idades.

O programa inclui, ainda, palestras sobre temas emergentes da atualidade assim como atividades de promoção de vida ativa.

De destacar ainda a celebração de um protocolo de Cooperação entre o Município de Ponte de Lima e a Associação Humanitário dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, no stand desta Corporação na Expo Saúde Social, às 16h30.

Confira alguns dos momentos da Expo Saúde / Social:

SÁBADO

10:00 – Envelhecimento ativo (Clube Náutico de Ponte de Lima)

10:30 - Envelhecimento ativo (Axis Wellness Ponte de Lima)

11:00 - Palestra “Outro Olhar Sobre Diabetes”, Dr. Sérgio Azevedo

(Diretor do Serviço de Oftalmologia da ULSAM)

15:00 - Envelhecimento ativo (MOV.T)

15:30 – Pratos com História (workshop infantil, mediante inscrição)

17:00 – Visita Oficial à IV Expo Saúde/Social

DOMINGO

10:30 – Envelhecimento ativo (Ginásio XLS)

16:00 – Américo Nunes, vencedor do Masterchef Junior de Portugal (Showcooking)

17:30 – “O Tempo do Paleolítico. Alimentação Saudável”, com o Chef Daniel Pinheiro do Restaurante Casa do Provedor (Showcooking)

OUTRAS ATIVIDADES (ambos os dias)

Sistemas da Vida: Uma Viagem pelo Corpo Humano

Sessões de Fotografia - AMO-TE FOTOGRAFIA (10h30 . 13h00 / 15H00 . 18h00)

Rastreios: Audiologia; Podologia; Visão (Clínica de Coluna e Cirurgia / Opticália)

Avaliação de Parâmetros Nutricionais: peso corporal, índice de massa corporal,… (Clínica de Coluna e Cirurgia / Bombeiros)

Workshop de Maquilhagem – Oriflame

Medições: Tensão arterial, Glicemia, Colesterol (Clínica de Coluna e Cirurgia / Bombeiros)

Formação e Terapias Reiki (CMT - Núcleo de Braga da Associação Portuguesa de Reiki)

360 Dome Cinema – Experiências Imersivas

24 de fevereiro

NANOCAM: Uma viagem à biodiversidade (10h00|14h00|17h00)

Alterações Climáticas: Qual o futuro que enfrentamos (16h00|19h00)

Lourinhanossaurus: E depois? (12h00|16h00|19h00)

25 de fevereiro

NANOCAM: Uma viagem à biodiversidade (10h00|14h00|17h00)

Alterações Climáticas: Qual o futuro que enfrentamos (11h00|15h00)

Lourinhanossaurus: E depois? (12h00|16h00)

Capturar2

Capturar3

Capturar4

ESPOSENDE PROMOVE A SAÚDE

Município de Esposende e ISAVE unem esforços na promoção da saúde

A Câmara Municipal de Esposende e o ISAVE - Instituto Superior de Saúde assinaram um protocolo de colaboração no plano da promoção da saúde, em cerimónia pública, que decorreu, esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

_DSC1149

Esta parceria tem em vista a colaboração com o Município no desenvolvimento de algumas atividades no âmbito do Programa Municipal de Promoção da Saúde e concretiza-se, no imediato, no apoio ao evento gastronómico “Março com Sabores do Mar”, no projeto de acompanhamento na elaboração das ementas das cantinas escolares e, ainda, no plano da promoção da literacia em saúde.

Salientando que o ISAVE é a única instituição do ensino superior diretamente ligada à área da saúde integrada na Comunidade Intermunicipal do Cávado, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, referiu que este protocolo irá permitir o desenvolvimento de um conjunto de atividades ao nível da promoção da saúde e do bem-estar dos cidadãos. O Autarca assinalou que, dada a localização estratégica do concelho, o Município tem vindo a estabelecer parcerias com entidades de Ensino Superior, numa ótica também de proporcionar oferta formativa de nível superior em Esposende. Considerou, por isso, que não está colocada de parte uma eventual parceria como o ISAVE para a instituição de cursos técnicos superiores profissionais em Esposende. Benjamim Pereira respondia, deste modo, à disponibilidade manifestada pelo Presidente da Entidade Instituidora do ISAVE “Amar Terra Verde” para a criação desta oferta formativa no concelho. “Só temos a ganhar em ter parceiros e procuramos os melhores”, afirmou.

_DSC1173

Benjamim Pereira notou que o Município possui já um trabalho de base no âmbito do Programa Municipal de Promoção da Saúde, que contempla um conjunto de atividades e projetos que visam a promoção da saúde, da qualidade de vida e do bem-estar da população. Apontou, a título de exemplo, a parceria com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, o trabalho desenvolvido no âmbito do projeto “Crescer Saudável”, as iniciativas do Março com Sabores do Mar para incentivo de consumo de peixe juntos dos mais novos e a Semana da Saúde que o Município organiza anualmente, e deu, ainda, nota do trabalho desenvolvido ao nível das cantinas escolares.

Esta parceria com esta instituição de ensino superior ligada à saúde, representa, assim, mais um passo neste percurso que o Município tem vindo a trilhar. “Numa perspetiva de valorização recíproca, irá sem dúvida permitir uma visão partilhada no âmbito do trabalho desenvolvido quer pelo ISAVE, quer pelo Município, mas também uma intervenção local colaborativa, capaz de produzir mudanças estruturais sustentáveis”, afirmou Benjamim Pereira.

_DSC1195

A Presidente do ISAVE, Mafalda Duarte, notou que, a par da oferta formativa, o Instituto Superior de Saúde possui também um Centro de Investigação Interdisciplinar de Ciências da Saúde, dispondo, por isso, de “ferramentas imprescindíveis para a avaliação e monotorização de projetos de investigação”. Sublinhou, assim, a pertinência e importância desta parceria com o Município de Esposende numa perspetiva de ligação à comunidade e de evolução da própria instituição de ensino, bem como de descentralização do ISAVE.

Na mesma linha, o Presidente da Entidade Instituidora do ISAVE “Amar Terra Verde” saudou este protocolo com a Autarquia de Esposende e manifestou total disponibilidade para alargar o âmbito de cooperação, nomeadamente na disponibilização de oferta formativa no concelho. João Nogueira enalteceu o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município no âmbito da promoção da saúde, nomeadamente ao nível da educação e segurança alimentar nas cantinas escolares, considerando que “é uma medida altruísta e de grande alcance social”.

protocolo ISAVE

protocolo ISAVE1

PORTUGAL ASSINALA DIA NACIONAL DO DOENTE CORONÁRIO

Dia Nacional do Doente Coronário. Enfarte do Miocárdio: novo estudo revela que portugueses estão mais conscientes sobre a doença

A maioria dos portugueses está familiarizada com os fatores de risco, sintomas e tratamento de Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM), no entanto, ainda há muitas pessoas a desvalorizar a Diabetes como fator de riscoassociado a esta doença. Estas são as principais conclusões de um estudo realizado pela Pitagórica, uma empresa de investigação eestudos de mercado, em parceria com a iniciativa globalStent Save a Life, que marcao fim da Stent For Life.

image001

Para assinalar o Dia Nacional do Doente Coronário, que se comemora hoje, dia 14 de fevereiro, a iniciativaStent Save a Lifeacaba de divulgar as principais conclusões do maior estudo elaborado em Portugal sobre o Enfarte Agudo do Miocárdio.

De acordo com os últimos dados, recolhidos em 2012, mais de dois terços da população não conhecia os sintomas de EAM e apenas um terço dos doentes utilizava o 112 para ser encaminhado para um hospital e receber a assistência médica mais adequada.

Atualmente, pode dizer-se que aumentou o conhecimento das pessoas em relação a este tipo de Enfarte e que, dos 1044 indivíduos inquiridos neste novo estudo, 95% associaram a “dor no peito” a esta doença, contrariando os 85% obtidos em 2012.

Além disto, verificou-se que cerca de 2 em cada 3 inquiridos, face aos sintomas típicos de EAM, os identificava com esta patologia. E que a grande maioria - 96% - tem consciência de que esta é uma doença extremamente grave, que necessita de tratamento imediato.

Quando questionados sobre o que fariam na presença de um sinal ou sintoma de Enfarte Agudo do Miocárdio, mais de metade dos inquiridos (57%) afirmou que ligar para o 112 seria a primeira opção, apesar de que, quando questionados sobre o que fariam perante os sintomas de dor no peito, com suores, náuseas e vómitos, apenas 38% referiu que ligava para o 112. Perante os sintomas apresentados, ir para uma urgência hospitalar seria a prática comum para 27% dos inquiridos deste estudo, o que, de acordo com o cardiologista Hélder Pereira, coordenador da Stent Save a Life na Europa, “está alinhado com aquilo que na prática os portugueses efetuam”.

Ainda de acordo com este novo estudo, que teve como objetivo avaliar o nível de conhecimento da população portuguesa em relação ao Enfarte Agudo do Miocárdio, pode concluir-se que uma esmagadora maioria dos inquiridos (92%) considera que os fatores de risco associados a esta doença podem ser evitáveis, dando primazia ao excesso de peso como fator de risco principal. A propósito, importasublinhar uma conclusão relevante deste estudo, que é a desvalorização da Diabetes Mellitus como fator de risco para a doença coronária.

Importa ainda mencionar o facto de que 68% dos inquiridos deste estudo respondeu que um Enfarte Agudo do Miocárdio se diagnostica através de um Eletrocardiograma, o que demonstra que estes já estão familiarizados com a doença.

Para concluir, pode dizer-se que a maioria dos inquiridos demonstrou ter um bom conhecimento sobre a fisiopatologia deste tipo de Enfarte. Prova disso é que 42%, em pergunta fechada, afirmou que esta doença resulta da oclusão de uma artéria coronária.

“O conceito de Enfarte do Miocárdio já é do conhecimento generalizado dos portugueses, que relacionam a doença a problemas das artérias do coração”, afirmou Hélder Pereira após analisar os resultados deste novo estudo, salientando depois o facto de que apesar dos bons resultados, ainda há coisas a melhorar.Segundo o médico, a valorização da Diabetes como um dos fatores de risco associado a esta doença é uma delas. A sensibilização da população para a necessidade de se ligar para o 112 na presença de sintomas de EAM, em vez de recorrer a uma unidade hospitalar pelos próprios meios, ou em vez de esperar que a dor alivie, é outra.

De recordar que o Enfarte Agudo do Miocárdio continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal e na Europa. E que, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, em 2015, no país, morreram cerca de 4342 pessoas por EAM, o que representa uma ligeira diminuição face a anos anteriores.

Stent Save a Life inicia novo ciclo e o balanço é positivo

A iniciativa Stent For Life (SFL) esteve em vigor em Portugal durante 5 anos (entre 2012 e 2017). Durante a sua vigência, e no âmbito da campanha “Não perca tempo. Salve uma vida”, foram levadas a cabo diversas ações e iniciativas (como, por exemplo, a formação pós graduada de mais de 500 profissionais de saúde nas ambulâncias do INEM e nas urgências hospitalares – STEMINEM e STEMICARE; ou o debate da questão organizacional das redes de tratamento do Enfarte a nível hospitalar – STENT NETWORK MEETING) para informar e sensibilizar a população para os principais sintomas de EAM e para a necessidade de se ligar rapidamente o 112 perante os primeiros sinais de alerta desta doença, de forma a diminuir a taxa de mortalidade que lhe está associada. Durante este tempo, foram divulgadas, nos órgãos de comunicação nacionais, pelo menos 3563 notícias relacionadas com Enfarte do Miocárdio, a Stent For Life ou a Stent Save a Life. Foram ainda passados dois spots publicitários relacionados com a campanha “Não Perca Tempo. Salve uma Vida” durante seis semanas, em 211 ecrãs de cinema NOS Lusomundo, distribuídos por 30 complexos, espalhados por todo o país.

Recentemente, a iniciativa, que começou por abranger apenas países europeus, passou, no final do ano passado, a ser global, abrangendo outros países fora da Europa. Consequentemente, deixou de chamar-se Stent For Life e passou a denominar-se Stent Save a Life. Esta transição, ficou marcada pela nomeação do antigo coordenador da SFL em Portugal, Hélder Pereira, a coordenador da SSL a nível europeu, e do cardiologista Pedro Farto e Abreu, a coordenador da mesma iniciativa no país.

Este estudo, que teve como objetivo avaliar o nível de conhecimento da população relativamente ao Enfarte do Miocárdio, bem como a sua perceção da gravidade da doença e das práticas de risco que podem estar associadas a esta, é uma forma de assinalar esta transição. A amostra total obtida foi de 1044 indivíduos, o que traduz um grau de confiança de 95,5%, com uma margem de erro de ±3,09%. A amostra foi recolhida em novembro de 2017.

MELGACENSES REALIZAM CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE

Esta sexta-feira, dia 9 de Fevereiro. A partir das 09h30, na Unidade de Cuidados na Comunidade de Melgaço

O Serviço de Imunohemoterapia da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE (ULSAM), promove no dia 9 de fevereiro a primeira campanha de recolha de sangue de 2018 do plano previsto para Melgaço. A ação acontece na Unidade de Cuidados na Comunidade de Melgaço (UCC Melgaço), a partir das 09h30 e pretende garantir à ULSAM, e a todos os residentes no Distrito de Viana do Castelo, o apoio e a autossuficiência em transfusões.

doação de sangue

A campanha está prevista decorrer até às 12h30/13h00, mas se a essa hora não tiverem sido atendidas todas as pessoas o horário será alargado, até todos os presentes conseguirem realizar a doação. A ULSAM promove estas ações por todo o distrito ao longo do ano, o que tem permitido um stock de sangue suficiente para as necessidades dos utentes do distrito. Em Melgaço são sempre à sexta – feira e têm tido sempre uma boa adesão. O dador pode dar sangue regularmente sem que esse facto prejudique a sua saúde. Existem diversas necessidades de sangue, como por exemplo para vítimas de acidentes de trabalho e rodoviário, para todos os que aguardam disponibilidade de sangue para serem operados, entre outros casos.

Quem pode doar sangue?

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e 65 anos. Para uma primeira dádiva o limite de idade é aos 60 anos. A dádiva de sangue é benévola e não remunerada. A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

A saber…

Os tipos de sangue que existem são A, O, que são os mais comuns, AB e B, que são mais raros. As pessoas com sangue do tipo O podem doar sangue para qualquer pessoa mas só podem receber doações de pessoas com o mesmo tipo de sangue. Por outro lado, as pessoas do tipo AB podem receber sangue de qualquer pessoa, mas só podem doar para pessoas com o mesmo tipo sanguíneo. Já pessoas com sangue do tipo A podem doar apenas para outras do tipo A ou tipo AB, assim como as do tipo B só podem doar para B e AB.

Para além dos tipos de sangue, existe o fator RH, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo e influencia na compatibilidade sanguínea. Assim, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer RH, mas só podem doar para outras com sangue positivo. Enquanto, se o sangue tiver RH negativo, podem doar para pessoas com sangue positivo ou negativo, mas só podem receber negativo.

A Câmara Municipal de Melgaço apela à adesão da população, reconhecendo o momento como ‘um gesto simples que salva vidas’. Mais informações sobre as dádivas de sangue, aqui!

ESPOSENDE ASSINALA DIA MUNDIAL DO CANCRO

Município promove sessões de esclarecimento nas escolas sobre o cancro

Assinalando-se o Dia Mundial do Cancro a 4 de fevereiro, o Município de Esposende vai promover, ao longo deste mês, ações de esclarecimento/sensibilização sobre o cancro, dirigidas aos alunos do 2.º Ciclo do Ensino Básico das escolas do concelho.

cancro

A iniciativa enquadra-se no Programa Municipal de Promoção da Saúde e visa esclarecer as crianças sobre esta doença, desmitificando-a. As sessões são promovidas no âmbito do projeto HOPE, desenvolvido pelo LACLIS - Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde por via da parceria entre a Universidade do Porto, o Instituto Português de Oncologia do Porto e a empresa de comunicação em saúde BRIGHT. Este projeto conta com a participação do esposendense Hernâni Zão, que venceu recentemente o concurso internacional Astellas Oncology C3 Prize pela conceção do videojogo HOPE.

Todos os anos, cerca de oito milhões de pessoas morrem de cancro, estimando-se que o número de casos e mortes relacionadas com a doença a nível mundial venha a duplicar nos próximos 20-40 anos. E como cada um pode fazer a diferença, a campanha da Liga Portuguesa Contra o Cancro “Nós podemos, eu posso” pretende explorar como individual e coletivamente se pode agir na luta contra o cancro.

Neste propósito e no âmbito do protocolo que o Município tem estabelecido com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, é disponibilizado gratuitamente a doentes e familiares o Serviço de Psico-Oncologia, que funciona no Centro de Saúde de Esposende. Este serviço visa trabalhar as reações psicológicas dos doentes com cancro e seus familiares em todos os estádios da doença incluindo a fase de sobrevivência.

Trata-se de um serviço que está aberto a todos, independentemente da unidade de saúde onde está a realizar o tratamento médico, sendo que as marcações de consultas poderão ser solicitadas diretamente no Centro de Saúde de Esposende, através do Médico de Família ou pelo telefone 253 969 740, bem como através da Câmara Municipal, para o e-mail município.esposende@cm-esposende.pt ou telemóvel 930 425 431, ou, ainda, da Liga Portuguesa Contra o Cancro através do e-mail psico-oncologia@ligacontracancro.pt ou telefone 225 420 689.

BARCELENSES CUIDAM DA SAÚDE ORAL

Câmara Municipal reforça projeto Barcelos a Sorrir. Cerca de uma centena de próteses e 50 tratamentos dentários já realizados

A Câmara Municipal de Barcelos assinou protocolos de colaboração do projeto Barcelos a Sorrir com mais três clínicas dentárias, aumentando para 12 o número de parceiros nesta ação de apoio social.

O Centro de Saúde Oral Bom Sucesso, a  Clínica da Fervença e a  Clínica Médica Dentária Srª da Abadia são os novos parceiros deste projeto, cujo objetivo é promover a saúde oral, na área das próteses dentárias, junto da população carenciada.

Trata-se de promover a igualdade de oportunidades na área da saúde oral, disponibilizando gratuitamente próteses dentárias e tratamentos dentários.

Desde o início deste projeto, em 2011, já foram feitas 94 próteses e realizados 50 tratamentos dentários. A seleção desta população é feita pela Divisão de Ação Social da Câmara Municipal. A prestação dos serviços por parte das clínicas e médicos é completamente gratuita e implica a realização de tratamentos dentários mensais e colocação de próteses dentárias.

Os parceiros do projeto Barcelos a Sorrir são a Clínica Dentária Dr. João Pimenta, a Clínica Dentária Dr. Walter Júnior, a Clínica Dentária New Dente, a Clínica Dentária Matriz, a Clínica Dentária AngelSmile, a Clínica Médico-Dentária de Manhente, a Clínica Médica Isabel Carvalho, a Clínica Dentária Bmedical, a Clínica Dentária Smile Up, a Clínica Médica Dentária Srª da Abadia, a Clínica da Fervença Ldª e o Centro de Saúde Oral Bom Sucesso. 

FAFE ELOGIA PARCERIA COM A CRUZ VERMELHA

Equipa UNIR “um projecto de sucesso”. Presidente da Câmara de Fafe faz balaço positivo

O Presidente da Câmara, Raul Cunha, participou, na tarde de ontem, numa reunião com a Delegação de Fafe da Cruz Vermelha, onde foi feito o balanço de todo o trabalho desenvolvido pela Equipa UNIR, em 2017, pelos vários centros de convívio espalhados pelo concelho, tendo também sido apresentadas novas propostas para projectos futuros.

DSA_8089A

Recorde-se que esta parceria entre o Município e a Cruz Vermelha permitiu a criação e manutenção de actividades nos centros de convívio, garantindo um trabalho concertado e eficiente na promoção da cidadania e envelhecimento activo dos residentes nas diversas freguesias.

A equipa responsável pela respectiva dinamização, UNIR (Unidade de Intervenção e Recursos), tem vindo a desenvolver diversas actividades junto dos seniores, de forma a promover o envelhecimento activo e participativo.

A UNIR tem o apoio constante da Câmara Municipal, mas também da ação de um conjunto de voluntários, de agentes locais e entidades parceiras, sempre que se considere pertinente.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, esta é uma aposta ganha e um projecto que se justifica pela necessidade de acompanhar a comunidade sénior e promover a sua participação em actividades sócio-recreativas e culturais.

“Este projecto, desenvolvido em parceria com a Delegação de Fafe da Cruz Vermelha Portuguesa, assenta na vontade constante e sempre presente do Município em dar a oportunidade aos nossos seniores de envelhecerem de uma forma saudável e activa.

Desde a primeira hora, que este é um projecto em que acredito, não só pelo excelente trabalho que as equipas têm promovido, mas também pelo feedback positivo que temos recebido dos utentes destes centros de convívio e das próprias juntas de freguesia.

A UNIR conseguiu desenvolver um conjunto de acções importantes junto dos nosso seniores, sem nunca ter interferido na forma de gestão dos Centros de Convívio. Houve um respeito pela autonomia de cada um e, isso, é fundamental.

Os meus parabéns a todos os que trabalham connosco neste projecto. A equipa UNIR é um projecto de sucesso e para continuar.

Recorde-se que a Equipa UNIR dinamiza, neste momento, 11 Centros de Convívio no concelho de Fafe, que acolhem, no total, 214 utentes.

ND5_9380A

ND5_9445A

BRAGA APOIA DOENTE ONCOLÓGICO

Em 2014 surgia pela primeira vez a ROSA VIDA. Uma iniciativa de duas empresas de Braga com intervenção em áreas distintas, mas que prestam um serviço comum e complementar ao nível da recuperação do cancro da mama, particularmente ao nível do período pós-mastectomia.

O sucesso cada vez maior dos eventos Rosa Vida acabou por ditar a necessidade de transformar a iniciativa numa Associação. Criada em 2016, a Associação Rosa Vida apoia os utentes com carência económica através da comparticipação total ou parcial das despesas com os tratamentos complementares, reabilitação física, aquisição de material e medicação.

O projecto de um Gabinete de Apoio ao Doente Oncológico existe desde 2015, altura em que a Junta de Freguesia de S. Victor se prontificou a apoiar  a iniciativa, encontrando um local físico para atender os pacientes com cancro. Até à data, e mesmo já como Associação, tal atendimento é feito em condições que estão longe de ser as ideais. Sensível às reais necessidades da Associação Rosa Vida, e ao sonho da Junta de Freguesia de S. Victor em criar o primeiro Gabinete de Apoio ao Doente Oncológico, a empresa NORTEMED prontificou-se a oferecer a tão desejada sede física e um gabinete de atendimento ao Gabinete de Apoio ao Doente Oncológico – Rosa Vida.

Porque no próximo dia 04 de Fevereiro se celebra o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro, a Associação Rosa Vida e a Junta de Freguesia de S. Victor procedem à apresentação pública deste Gabinete de Apoio ao Doente Oncológico.

CABECEIRAS DE BASTO VAI TER CUIDADOS CONTINUADOS

Basto Vida assina contrato-programa para abertura da Unidade de Cuidados Continuados

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhou ontem, dia 29 de janeiro, os diretores da Basto Vida, Fátima Oliveira e Leandro Campos, na assinatura do contrato-programa com a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) e a Segurança Social de Braga para a integração na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), acordo este que permitirá a entrada em funcionamento da Unidade de Cuidados Continuados Integrados a Pessoas Dependentes de Média Duração e Reabilitação que contempla 30 camas.

Capturarbasto1

O acordo foi assinado na sede da ARS Norte, no Porto, na presença do presidente da ARS-N, Pimenta Marinho, e do diretor da Segurança Social de Braga, João Ferreira.

De salientar que, na reunião camarária do passado dia 12 de janeiro, o Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou uma tomada de posição de regozijo relativa ao aumento do número de camas na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) para o concelho.

Cabeceiras de Basto foi contemplada com a criação de 50 novas camas integradas na referida Rede. A criação destas respostas em Cabeceiras de Basto assume, assim, uma extrema relevância na área da saúde mas também um importante impacto no apoio social e dinamização económica do concelho.

Para além da Basto Vida, no concelho de Cabeceiras de Basto foram também contempladas com estes acordos a Santa Casa da Misericórdia de S. Miguel de Refojos e a Unidade de Internamento Pública de Cabeceiras de Basto, gerida pelo Hospital Senhora da Oliveira de Guimarães.

Esta decisão permitirá expandir e melhorar a Rede Nacional de Cuidados Continuados, disponibilizando em Cabeceiras de Basto respostas de qualidade na área dos cuidados continuados integrados a pessoas em situação de dependência, abrangendo internamentos de curta (até 30 dias), média (internamento de 30 dias a 90 dias) e longa duração (internamento superior a 90 dias).

Com a entrada em funcionamento da Unidade de Cuidados Continuados da Basto Vida, que se prevê, para breve, Cabeceiras de Basto passará a disponibilizar nas diferentes Unidades 72 camas na RNCCI.

ASSOCIAÇÃO MELGACENSE DÁ APOIO AO DOENTE ONCOLÓGICO

2 e 3 de Fevereiro realiza-se o II Encontro Ibérico de Oncologia em Oia, na Galiza

Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO) pretende dar resposta aos doentes oncológicos e seus cuidadores em todo o Alto Minho.

Neste novo ano, o Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO) realiza o segundo encontro ibérico de oncologia, que terá lugar nas instalações do Talaso Atlántico em Oiã, parceiro deste evento.

Esta segunda edição, que tem lugar em Espanha, tem uma co-organização importante para a divulgação e trabalho da associação. Além disso, fazem parte deste evento, algumas associações galegas que trabalham a nível oncológico, valorizando este seminário que pretende ser uma referência na parte Norte Litoral da Península Ibérica.

Sara Covas da Costa, Ana Simas, Maria José Dias, Salvador Ramos Rey e Lourdes Vasquez são alguns dos nomes presentes neste encontro que tem entrada gratuita e que além de uma parte expositiva, conta com alguns workshops, como por exemplo, exemplo, fazer uma refeição saudável e como a preparar.

A CADO encontra-se, atualmente, a funcionar nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e surge com o objetivo principal de dar apoio aos doentes oncológicos, aos seus cuidadores e familiares. Foi constituída em Abril de 2016, por um grupo de jovens, na sua maioria profissionais de saúde e da área social.

A associação pretende tornar-se numa referência na região do Alto Minho no apoio, promoção e proteção da saúde, da educação e do apoio social ao doente oncológico, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida. Ao longo destes meses de existência a CADO tem ajudado a alertar e informar a população sobre as causas e efeitos da doença, bem como ajudar na prevenção da mesma. Mas o trabalho não termina aqui já que a associação apoia o doente oncológico ao nível das questões socioeconómicas e jurídicas; presta cuidados a nível da reabilitação física e promover atividades de lazer/desportivas; Promove a integração social dos doentes oncológicos na sociedade; proporciona fácil acesso em artigos essenciais para o bem-estar físico e psicológico do doente; entre muitos outros.

A CADO disponibiliza também, de forma gratuita, serviços de saúde, contando com dois médicos, um enfermeiro, duas psicólogas clínicas, uma técnica social, duas farmacêuticas e uma médica dentária. Além disso realiza iniciativa que levem toda a comunidade a criar hábitos e rotinas saudáveis, evitando e reduzindo os efeitos colaterais de muitos dos tratamentos que a que o doente oncológico é sujeito e, ajudando a prevenir recaídas.

VIANA DO CASTELO DEBATE "DESIGUALDADES SOCIAIS E SAÚDE MENTAL"

FASE Viana organiza conferência: Em debate estão as “Desigualdades Sociais e Saúde Mental”

As desigualdades sociais afetam pessoas e famílias de todos os territórios e de todas classes sociais, reduzindo-lhes a saúde e incapacitando-as para o trabalho, com consequências graves na sua qualidade de vida em geral.

Conf-debate-cartaz

Porque, apesar dos progressos que lentamente se vão verificando, continuam as desigualdades sociais a constituir um problema grave das sociedades, um grupo de cidadãos agregados no FASE, Fórum Ambiental, Social e Económico, em parceria com ACEP, AJD, Metamorphys e a Ordem dos Médicos de Viana do Castelo, vai debater este tema, por entender ser de necessidade premente uma mobilização alargada a partir da sociedade civil organizada para ajudar a identificar as realidades e reivindicar respostas adequadas. O evento vai acontecer no próximo dia 1 de Fevereiro de 2018, às 21 Horas, na Ordem dos Médicos de Viana do Castelo, Rua da Bandeira, Nº 472, com entrada livre.

No seguimento deste debate, seguir-se-á o aprofundamento de tão candente questão, na convicção de que só com trabalho em parcerias e redes, agregando forças e assumindo utopias, será possível melhorar e humanizar o funcionamento das comunidades, com respostas mais evidentes às populações, particularmente aos estratos populacionais mais carecidos.  

Propõe-se o FASE, como movimento cívico de associações e de pessoas individuais, contribuir para um debate consciente e aberto em prol da diminuição das desigualdades, da pobreza e da doença, em direção ao desenvolvimento sustentável e participado. 

De destacar que esta iniciativa conta desde o seu surgimento com o apoio especial da Sub-região de Viana do Castelo da Ordem dos Médicos, que disponibiliza de forma graciosa as suas instalações.

fasevcastelo@gmail.com 

AXIS WELLNESS AJUDA AS PESSOAS A MELHORAR A SAÚDE ATRAVÉS DE EXERCÍCIO CLÍNICO

Axis Wellness vai mudar a vida de duas pessoas com recurso ao Exercício Clínico

A vida de duas pessoas vai mudar radicalmente graças ao Axis Wellness. A marca, com ginásios em Viana do Castelo e Ponte de Lima, celebra este ano uma década a contribuir para a saúde e bem-estar da população do Alto Minho. Para celebrar o aniversário, o ano de 2018 vai ser marcado por várias iniciativas, com destaque para o Axis New Life. Trata-se de um programa de Exercício Clínico que tem como objectivo apoiar duas pessoas cuja condição de saúde possa beneficiar da prática de atividade física prescrita por médicos e acompanhada por profissionais de exercício qualificados.

image010

O Axis New Life destina-se a pessoas cuja condição económica não permita adquirir este tipo de serviço personalizado e com benefícios comprovados pela ciência.

O Axis Wellness propõe-se apoiar duas pessoas previamente selecionadas durante um ano disponibilizando os serviços e profissionais de Exercício Clínico necessários para “proporcionar” duas “novas vidas”.

A selecção será feita com base em histórias de vida partilhadas pelas pessoas ou pelos amigos de quem gostariam de ver apoiado. As histórias candidatas deverão ser enviadas para geral@axiswellness.pt até 11 de Maio de 2018.

A selecção dos candidatos será realizada em Maio por um júri independente e segundo o regulamento que estará disponível no site e Facebook do Axis Wellness. O júri será constituído por representantes de diversas entidades públicas de Viana do Castelo.

A informação estará disponível em www.axiswellness.pt,  www.facebook.com/axiswellness  e também será divulgada pela Rádio Alto Minho.

Exercício Clínico: uma poderosa arma no combate e recuperação de doença

Os benefícios do Exercício no indivíduo com doença são cada vez mais reconhecidos pela comunidade cientifica e clínica. O Exercício Clínico é, sem dúvida um importante coadjuvante terapêutico que, para além de encurtar o período de recuperação, proporciona ao doente uma maior qualidade de vida durante o período de doença, pois melhora ou mantém activas todas as outras funcionalidades do corpo.

O Axis Wellness disponibiliza  desde 2015 Programas de Exercício Clínico com uma equipa composta por Médicos, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Osteopatas e Profissionais do Exercício com formação técnica e Pós-Graduada nas áreas da Medicina Desportiva, Osteopatia e Exercício Clínico.

As principais doenças de intervenção do Exercício Clínico são:

Diabetes;

Ajuda na regulação da glicémia e favorece a perda de peso, especialmente na Diabetes Tipo 2.

Osteoporose;

Ajuda a atenuar a perda de massa óssea

Patologia Cardiovascular;

Ajuda no controlo de fatores de risco e melhora a performance física.

Patologia Inflamatória e Traumática;

Diminui a inflamação, melhorando a capacidade funcional.

Patologias da Coluna Vertebral;

Excesso de Peso/ Obesidade;

Ajuda na perda de massa gorda e aumento de massa muscular.

Doença Oncológica;

Atenua a fadiga associada ao cancro, melhora a funcionalidade.

DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica)

Melhoria da qualidade de vida, com redução dos sintomas respiratórios, aumento da tolerância ao esforço, e consequente redução de internamentos.

Apneia do Sono

Aumento do tempo na fase de sono profundo, através da redução do peso corporal e redução da resposta inflamatória sistémica. Melhoria na eficiência do sono e do VO2max.

image011

CABECEIRAS DE BASTO REGOZIJA-SE PELO AUMENTO DE NÚMERO DE CAMAS NA REDE NACIONAL DE CUIDADOS DE SAÚDE

Câmara Municipal regozija-se com aumento do número de camas na Rede Nacional de Cuidados Continuados

Presidente da Câmara em visita recente à Unidade de Internamento Pública

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, esta manhã, dia 12 de janeiro, em reunião camarária, uma tomada de posição de regozijo relativa ao aumento do número de camas na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) para o concelho, com o seguinte teor:

“Foi publicado no passado dia 29 de dezembro, o despacho conjunto da Secretaria de Estado do Orçamento, da Secretaria de Estado da Segurança Social e da Secretaria de Estado Adjunta e da Saúde que prevê a celebração de contratos-programa com as entidades integradas ou a integrar a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados no âmbito do funcionamento e implementação desta Rede.

Cabeceiras de Basto foi, assim, contemplada com a criação de 50 novas camas integradas na referida Rede. Para a Régie Cooperativa Basto Vida o acordo contempla 30 camas na Unidade de Cuidados Continuados Integrados a Pessoas Dependentes de Média Duração e Reabilitação; a Santa Casa da Misericórdia de S. Miguel de Refojos vê esta resposta alargada a mais 9 camas na sua Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Longa Duração e Manutenção; e, por sua vez, a Unidade de Internamento Pública de Cabeceiras de Basto, gerida pelo Hospital Senhora da Oliveira de Guimarães, volta a ter inscritas na Rede 11 camas para internamentos de Curta Duração.

Esta decisão permitirá expandir e melhorar a Rede Nacional de Cuidados Continuados, disponibilizando em Cabeceiras de Basto respostas de qualidade na área dos cuidados continuados integrados a pessoas em situação de dependência, abrangendo internamentos de curta (até 30 dias), média (internamento de 30 dias a 90 dias) e longa duração (internamento superior a 90 dias).

A criação destas respostas em Cabeceiras de Basto assume, assim, uma extrema relevância na área da saúde mas também um importante impacto no apoio social e dinamização económica do concelho.

A Câmara Municipal, hoje reunida, congratula-se com a decisão do XXI Governo Constitucional que, desta forma, dá cumprimento ao seu programa para a Saúde que estabelece como prioridade expandir e melhorar a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI)”.

De referir que, com este despacho, Cabeceiras de Basto passará a disponibilizar nas diferentes Unidades de Internamento 72 camas na Rede.

GALIZA RECEBE SEMINÁRIO IBÉRICO DE ONCOLOGIA

2 e 3 de Fevereiro realiza-se o II Seminário Ibérico de Oncologia em Oiã

Neste novo ano, o Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO) realiza o segundo seminário ibérico de oncologia, que terá lugar nas instalações do Talaso Atlántico em Oiã, parceiro deste evento.

Esta segunda edição, que tem lugar em Espanha, tem uma co-organização importante para a divulgação e trabalho da associação. Além disso, fazem parte deste evento, algumas associações galegas que trabalham a nível oncológico, valorizando este seminário que pretende ser uma referência na parte Norte Litoral da Península Ibérica.

Sara Covas da Costa, Ana Simas, Maria José Dias, Salvador Ramos Rey e Lourdes Vasquez são alguns dos nomes presentes neste encontro que tem entrada gratuita e que além de uma parte expositiva, conta com alguns workshops, como por exemplo, exemplo, fazer uma refeição saudável e como a preparar.

A CADO encontra-se, atualmente, a funcionar nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e surge com o objetivo principal de dar apoio aos doentes oncológicos, aos seus cuidadores e familiares. Foi constituída em Abril de 2016, por um grupo de jovens, na sua maioria profissionais de saúde e da área social.

A associação pretende tornar-se numa referência na região do Alto Minho no apoio, promoção e proteção da saúde, da educação e do apoio social ao doente oncológico, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida. Ao longo destes meses de existência a CADO tem ajudado a alertar e informar a população sobre as causas e efeitos da doença, bem como ajudar na prevenção da mesma. Mas o trabalho não termina aqui já que a associação apoia o doente oncológico ao nível das questões socioeconómicas e jurídicas; presta cuidados a nível da reabilitação física e promover atividades de lazer/desportivas; Promove a integração social dos doentes oncológicos na sociedade; proporciona fácil acesso em artigos essenciais para o bem-estar físico e psicológico do doente; entre muitos outros.

A CADO disponibiliza também, de forma gratuita serviços de saúde, contando com dois médicos, um enfermeiro, duas psicólogas clínicas, uma técnica social, duas farmacêuticas e uma médica dentária. Além disso realiza iniciativa que levem toda a comunidade a criar hábitos e rotinas saudáveis, evitando e reduzindo os efeitos colaterais de muitos dos tratamentos que a que o doente oncológico é sujeito e, ajudando a prevenir recaídas.

Inscrições Gratuitas em: https://goo.gl/forms/TT6w4deS5L04Q1T92

SAÚDE DENTÁRIA PÕE BRAGA A SORRIR

Projecto iniciado em Abril de 2015. ´Braga a Sorrir´ regista mais de 1.500 beneficiários e 545 reabilitações orais

O Município de Braga vai atribuir um apoio financeiro de 39 mil euros ao projecto “Braga a Sorrir”, desenvolvido pela ´O Mundo a Sorrir — Associação de Médicos Dentistas Solidários Portugueses´. A proposta será submetida na próxima Reunião do Executivo Municipal, que terá lugar Segunda-feira, dia 7 de Janeiro.

CMB22062015SERGIOFREITAS0000001921

Esta verba é inferior face aos apoios concedidos nos anos transactos devido à aprovação de uma candidatura apresentada ao Programa “Parcerias para o Impacto”, do Portugal Inovação Social, que representa um apoio de 70% das despesas do projecto para 2 anos, o que permite a redução do montante da comparticipação municipal.

O projecto “Braga a Sorrir” é desenvolvido em parceria com o Município de Braga e tem como principal objectivo disponibilizar e reforçar o acesso aos cuidados básicos de saúde oral dos munícipes de Braga em situação de vulnerabilidade socioeconómica. Desde Abril de 2015, data de início de actividade, o programa, através do seu C.A.S.O. (Centro de Apoio à saúde Oral), já realizou mais de 12.400 consultas e 545 reabilitações orais. No total já são mais de 1.500 os beneficiários, perfazendo um número superior a 16.000 tratamentos. O C.A.S.O. tem uma média de entrada mensal de 24 novos beneficiários. No que se refere a atendimentos psicossociais, o número ascende a 1.779 atendimentos.

Desde meados de 2017 que o projecto cessou as vertentes de prevenção, educação e promoção da saúde oral junto das crianças do 1º ciclo e a intervenção médico-dentária junto das pessoas idosas inseridas em diferentes respostas sociais e profissionais de apoio geriátrico. Actualmente, o ´Braga a Sorrir´ foca-se na assistência médico-dentária e no acompanhamento psicossocial, com um reforço bastante significativo na área da reabilitação oral. É, desta forma, que o C.A.S.O. Braga (Centro de Apoio à Saúde Oral) tem em vista a melhoria da saúde oral das pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconómica e a contribuição para a sua socialização, empregabilidade e reinserção social.

O processo de sinalização dos beneficiários do projecto desenvolve-se através das parcerias estabelecidas com instituições sociais (IPSS’s, Cooperativas, etc.) do Concelho de Braga e pela sinalização por parte do Gabinete de Acção Social do município.

VIZELA VACINA CONTRA A RAIVA

Vacinação antirrábica decorrerá no dia 9 de janeiro

A Câmara Municipal de Vizela informa que, em virtude da tolerância de ponto concedida para dia 02 de janeiro de 2018, excecionalmente, a vacinação antirrábica e a identificação eletrónica dos animais, fica adiada para dia 09 de janeiro, pelas 11h, nas instalações da Câmara Municipal de Vizela.

Nos meses seguintes, a vacinação antirrábica e a identificação eletrónica dos animais, decorrerá nas datas previstas, ou seja, na primeira terça-feira de cada mês, às 11h, nas instalações da Câmara municipal de Vizela (junto do portão da garagem).

TERRAS DE BOURO CUIDA DA SAÚDE OFTALMOLÓGICA DAS CRIANÇAS DO CONCELHO

Projeto Pimpolho proporcionou segunda avaliação oftalmológica a crianças de Terras de Bouro

No âmbito do Projeto Pimpolho, realizou-se no passado dia 13 de dezembro a segunda avaliação oftalmológica de despiste da Ambliopia às crianças nascidas durante o ano 2013. Nesta deslocação ao Hospital de Braga, participaram 14 crianças dos Jardins de Infância do Gerês, Rio Caldo e Moimenta. Na primeira consulta, que aconteceu no dia 22 de novembro, participaram 9 crianças dos Jardins de Infância de Chorense, Carvalheira, Moimenta, Souto e Valdosende.

capa

A Câmara Municipal considera esta iniciativa muito importante na prevenção da saúde das crianças e na melhoria da sua qualidade de vida, uma vez que, detetada atempadamente, a Ambliopia é tratável, sendo o tratamento menos eficaz depois desta faixa etária.

Neste sentido, a Câmara Municipal está empenhada na continuidade do Projeto Pimpolho, encontrando-se já a colaborar com o Hospital de Braga na organização das consultas para o ano de 2018, em que serão destinatários as crianças nascidas no ano 2014.

A Câmara Municipal pretende expressar o seu agradecimento ao Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e aos Centros Sociais de Souto e de Valdosende pela adesão, compromisso e empenho na implementação do Projeto Pimpolho no concelho, pois, com o envolvimento de todas as entidades, foi possível concretizar uma iniciativa que contribui para a realização dos direitos das crianças na área da saúde.

BRAGA: VILAÇA INTERIORES ESPALHA SORRISOS E MAGIA NO IPO

O Projecto Vilaça Interiores desenvolvido por Rui e Tiago Vilaça nasceu com o objectivo de dar vida aos desejos e sonhos dos seus clientes. Com um gabinete próprio de Design e Arquitectura, a Vilaça Interiores leva a cabo projectos de larga e menor escala na esfera pública e privada. Com apoio de marcas internacionais de renome na industria mobiliária bem como criações próprias que exibem em showrooms localizados em Vilamoura, Cascais e Braga.

Este Natal, a Vilaça Interiores quer concretizar ainda sonhos maiores fora de quatro paredes! Para tal, aliou-se ao IPO e vai doar ao serviço de pediatria infantil um cheque no valor de 1000€. “Acreditamos que não há altura melhor que esta para ter impacto. Queremos trazer magia ao Natal destas crianças que lutam contra doença graves” explica Tiago Vilaça.

JUNTE-SE A ESTA INICIATIVA

Vilaça Interiores precisa de si para levar a cabo esta doação. O que necessita de si são…as suas palavras. Que mensagem daria à uma criança do IPO nesta quadra de Natal? A Vilaça Interiores, quer reunir o maior número de mensagens de Natal para oferecer a estas crianças uma palavra mágica de força e esperança.

Para participar basta aceder aqui, preencher os seus dados e deixar a sua mensagem de Natal. Isto vai criar um postal e depois poderá partilhar través de email ou redes sociais com quem mais gosta. “Sei que podemos criar uma energia positiva e realmente especial nesta iniciativa” diz ainda Rui Vilaça.

A campanha está no ar a partir do dia 4 de Dezembro e vai prolongar-se até dia 31. Vilaça Interiores vai imprimir as suas mensagens e partilhar cada uma dela com as crianças do IPO. Participe nesta campanha e torne esta época ainda mais especial.

HOSPITAL DE FAMALICÃO VAI CRIAR CLÍNICA DA MULHER, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Apresentação do projeto amanhã, sexta-feira, 15 de dezembro, pelas 10h30, no Hospital de Famalicão no âmbito do Roteiro pela Inovação de Famalicão

O Hospital de Vila Nova de Famalicão quer tornar-se uma referência da região na prestação de serviços de saúde da mulher e da criança e vai avançar para a criação da Clínica da Mulher, da Criança e do Adolescente. Para o conseguir, a direção do Centro Hospitalar do Médio Ave desafia a comunidade famalicense a associar-se ao projeto através de mecenato e o Município de Vila Nova de Famalicão já deu o primeiro passo nesse envolvimento.

Hopital de Vila Nova de Famalicão

O projeto, que vai nascer a partir da adaptação de atuais espaços hospitalares, vai proporcionar todas as condições para a afirmação pública da excelência dos serviços de saúde da mulher e da criança e será uma oportunidade para modernizar instalações que o tempo e o uso tornaram pouco adequadas.

A apresentação pública do projeto e o desafio à comunidade para o seu envolvimento vão ser feitos nesta sexta-feira, 15 de dezembro, pelas 10h30, em conferência de imprensa a realizar no salão nobre do Hospital de Vila Nova de Famalicão, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e do Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Ave, António Barbosa, entre outros responsáveis de saúde do Hospital.

O reconhecimento por parte da autarquia pela forma inovadora com que o projeto foi gerador e lançado merecem a inclusão da sua apresentação no Roteiro pela Inovação de Famalicão, que procura dar a conhecer aos famalicenses e ao país as ideias e projetos com caráter de novidade, de empreendedorismo e de diferenciação desenvolvidos no concelho pelas mais variadas instituições, empresas e cidadãos.

TERRAS DE BOURO REALIZA COLHEITA BENÉVOLA DE SANGUE

VIII Campanha de recolha de sangue organizada pelo Centro Municipal de Valências

Decorreu em novembro, na Sede do Centro Municipal de Valências em Moimenta e no Pólo do Gerês, a VIII companha de recolha de sangue, ação que alcançou ótimos resultados e que foi organizada em parceria com o Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

IMG_2740

Os valores registados foram obtidos com o contributo de muitos terrabourenses que se mobilizaram em prol de uma nobre causa - contribuir para o aumento das reservas de sangue nos hospitais portugueses.

Graças ao espírito solidário de todos os participantes conseguiu-se superar os objetivos propostos, criando assim uma motivação para se continuar a repetir esta iniciativa futuramente.

O Município de Terras de Bouro agradece a todos os que doaram sangue nestes dias, pois este seu nobre gesto poderá ajudar salvar vidas.

IMG_2741

IMG_2742

IMG_2743

IMG_2744

IMG_2746

IMG_2747

IMG_2748

IMG_2749

IMG_2750

IMG_2751

IMG_2752

IMG_2753

IMG_2755

IMG_2756

IMG_2757

IMG_2759

IMG_2760

IMG_2761

IMG_2762

IMG_2763

IMG_2765

IMG_2766

IMG_2767

IMG_2768

IMG_2769

IMG_2770

IMG_2771

IMG_2773

IMG_2774

IMG_2775

IMG_2777

IMG_2778

IMG_2779

IMG_2780

IMG_2781

IMG_2782

IMG_2784

IMG_2786

IMG_2787

IMG_2788

IMG_2789

IMG_2790

IMG_2791

IMG_2792

IMG_2795

IMG_2796