Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FESTA DE S. BARTOLOMEU COMEÇA AMANHÃ EM PONTE DA BARCA

Ponte da Barca: Romaria de S. Bartolomeu arranca amanhã e prolonga-se até ao dia 24 de agosto

É já amanhã que se dá inicio á Romaria de São Bartolomeu, a mais genuína Romaria do Alto Minho.

Com apresentação, na Casa da Cultura, às 16h, do Livro Infantil 'Rusguinhas' e do Livro 'Ó Meu S. Bartolomeu – memórias', bem com da exibição do documentário sobre a Romaria, criados no âmbito do projeto "Ó meu S. Bartolomeu", iniciado o ano passado e que pretende ser o motor de preservação da memória coletiva das festas em honra de S. Bartolomeu, seguindo-se depois a abertura das Feira das Tasquinhas e do Artesanato, espaço de animação, refeições regionais e venda de artesanato.tasquinhas, feira dinamizada, na sua grande maioria, pelas associações do concelho e volta a ser ponto de encontro, de conversas e sabores gastronómicos e contará com animação constante por parte de vários grupos de folclore locais e de outros vindos de países. À noite decorre o já habitualFestival de Folclore Terras da Nóbrega, na praça com o mesmo nome, no qual participaram seis grupos folclóricos.

Evento Guiness: Ponte da Barca quer fazer do Vira Minhoto a Maior Dança de Folclore Portuguesa

No dia 20, e como grande novidade deste ano, Ponte da Barca leva a cabo em plena Romaria de S. Bartolomeu, a iniciativa do Record Guiness que Ponte da Barca vai registar para o Mundo, celebrando o Vira MinhotoContando com o envolvimento dos 15 grupos folclóricos e o empenho de todos quantos queiram participar nesta 'aventura', a Câmara Municipal de Ponte da Barca assumiu a pretensão de fazer desta a maior expressão de dança de folclore português em elementos. A iniciativa acontece na Praça da República, às 17h. São necessárias, pelo menos, 545 pessoas para bater a ilha açoriana do Pico, anterior detentora do recorde na categoria de folclore português.

"Nesta altura temos as 545 pessoas exigidas pelo Guinness mas a nossa expectativa é que, no dia da iniciativa, o número de participantes venha a disparar. É que basta saber dançar o Vira do Minho para participar", explicou o presidente da Câmara, Vassalo Abreu.

No domingo, dia 21, atuará Mickael Carreira na Praça Terras da Nóbrega, num espetáculo totalmente gratuito.

O programa conta, de resto, com atuações de todos os grupos folclóricos do concelho, cortejo etnográfico, majestosa procissão, concurso do melão casca de carvalho, jogo da malha, bandas de música, tasquinhas, alvorada com salva de morteiros, cantares ao desafio, espetáculos de música popular, desfile de linho, entre outros eventos que caraterizam, de há muitos anos a esta parte, esta romaria minhota e que fazem dela a mais típica de todas.

20525866_1089837554450560_8846243905768571029_n (5).jpg

FADO E FOLCLORE ANIMAM PONTE DA BARCA

Festival Internacional de Folclore 'O Mundo a Dançar' e Noite de Fado dinamizaram fim de semana em Ponte da Barca

IMG_0275.jpg

Foi com dois espetáculos, muito distintos entre si, mas de grande valor cultural que decorreu o último fim de semana em Ponte da Barca. Na sexta-feira, o Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar abrilhantou uma vez mais a Praça da República que encheu para ver e ouvir os costumes e tradições através das danças, músicas e trajes de grupos vindos do México, Quénia, Rússia e Tailândia.

No sábado, as atenções centraram-se no Jardim dos Poetas, o magnifico cenário que acolheu a Noite de Fado com Marla Amastor.

IMG_0370.jpg

RICARDO CARRIÇO APRESENTA ÁLBUM DE ESTREIA EM PONTE DA BARCA

Pela 1ª vez em Ponte da Barca, Ricardo Carriço apresenta o seu álbum de estreia "O meu Mundo" no dia 12, às 22h, na Praça da República, com entrada livre

Capturarricacarriç.PNG

Aos 50 anos e com 25 de carreira na área da moda e da representação, Ricardo Carriço aventura-se na música.

O projeto "O Meu Mundo", iniciado em 2014 com o lançamento do disco de estreia e a realização de diversos show cases, soma e segue nas lojas, nas plataformas digitais e ao vivo. No dia 12 de agosto, dará um concerto em Ponte da Barca, na Praça da República, às 22h00. A entrada é livre.

PONTE DA BARCA MOSTRA CARTAZES DA ROMARIA DE S. BARTOLOMEU

Arquivo Municipal disponibiliza “on line” coleção de cartazes da Romaria de São Bartolomeu. A coleção compreende cartazes desde 1985 até 2017

A Romaria de São Bartolomeu está a chegar e nada melhor que poder recordar alguns dos cartazes que fazem parte da memória coletiva dos barquenses. Deste modo, o Arquivo Municipal de Ponte da Barca quis associar-se às festividades, divulgando a coleção que faz parte do seu espólio e que compreende cartazes desde 1985 até 2017.

cantares_romaria.JPG

Apesar do arquivo já ser considerável, a Câmara Municipal apela à população em geral, no sentido de quem tiver algum cartaz que não esteja nesta coleção, o mesmo possa ser facultado ao Arquivo Municipal que o digitalizará e entregará na hora, podendo desta forma enriquecer o acervo documental.

A visualização dos cartazes pode ser feita através do seguinte link: http://arquivo.cmpb.pt/details?id=125&ht=cartazes

VIRA DO MINHO CONCORRE AO LIVRO DE RECORDES

Evento Guiness: Ponte da Barca quer fazer do Vira Minhoto a Maior Dança de Folclore Portuguesa. Iniciativa da autarquia barquense acontece a 20 de agosto, em plena Romaria de S. Bartolomeu

Ponte da Barca leva a cabo, este ano, em plena Romaria de S. Bartolomeu, a iniciativa do Record Guiness que Ponte da Barca vai registar para o Mundo, celebrando o Vira Minhoto, no dia 20 de Agosto, às 17h, na Praça da República. 'Queremos fazer do vira minhoto - elemento genuíno da nossa identidade e tradições - a maior dança de folclore português, juntando o maior número de pessoas a dançar este género. E porque acreditamos que vamos triunfar e até superar expetativas, queremos que o momento seja registado naquele que é o maior compilador de recordes: o Guinness World Records, pretensão que está já registada', salienta a Vereadora.

viraminhoto_cartaz-01.jpg

Contando com o envolvimento dos 15 grupos folclóricos e o empenho de todos quantos queiram participar nesta 'aventura', a Câmara Municipal de Ponte da Barca assumiu a pretensão de fazer desta a maior expressão de dança de folclore português em elementos. A iniciativa acontece a 20 de agosto, em plena Romaria de São Bartolomeu, mais um ex-libris imaterial da vila minhota, pelas 17h, na Praça da República. Para superar o recorde são necessárias, pelo menos, 545 pessoas, número que a Vereadora Sílvia Torres acredita 'ser possível de ultrapassar, até porque as gentes do Minho têm muito orgulho nas suas tradições e uma grande paixão pelo folclore, o que me leva a crer que vão, certamente, querer fazer parte deste projeto e ajudar a conquistá-lo'.

Para 19 de agosto, dia que antecede ao Evento Guiness, no decorrer do Festival de Folclore Terras da Nóbrega que, habitualmente, dá o arranque à maior Romaria do Minho – o São Bartolomeu – está previsto um momento dedicado ao ensaio geral do vira minhoto, que se vai repetir no próprio dia antes do ato oficial de contagem e registo do número de elementos participantes.

RICARDO CARRIÇO VAI A PONTE DA BARCA APRESENTAR O SEU ÁLBUM DE ESTREIA "O MEU MUNDO"

Pela 1ª vez em Ponte da Barca, Ricardo Carriço apresenta o seu álbum de estreia "O meu Mundo" no dia 12, às 22h, na Praça da República, com entrada livre

Aos 50 anos e com 25 de carreira na área da moda e da representação, Ricardo Carriço aventura-se na música. O projeto "O Meu Mundo", iniciado em 2014 com o lançamento do disco de estreia e a realização de diversos show cases, soma e segue nas lojas, nas plataformas digitais e ao vivo. No dia 12 de agosto, dará um concerto em Ponte da Barca, na Praça da República, às 22h00. A entrada é livre.

Uma organização da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

ROMARIA DE S. BARTOLOMEU VOLTA A PONTE DA BARCA ENTRE SO DIAS 19 E 24 DE AGOSTO

Capital das Rusgas Populares concorre este ano ao Guiness fazendo do Vira Minhoto a Maior Dança de Folclore Portuguesa em elementos Mickael Carreira é o artista convidado

A apresentação do Livro Infantil 'Rusguinhas' e do Livro 'Ó Meu S. Bartolomeu – memórias', criados no âmbito do projeto "Ó meu S. Bartolomeu", iniciado o ano passado e que pretende ser o motor de preservação da memória coletiva das festas em honra de S. Bartolomeu, são apenas algumas das novidades deste ano,que foram apresentados hoje em conferência de imprensa.Mantendo o enfoque na tradicionalidade e nos fatores distintivos da Romaria, há mais novidades para a edição 2017 da Romaria de S. Bartolomeu que acontece na vila barquense de 19 a 24 de agosto.

Capturarcour.PNG

Evento Guiness: Ponte da Barca quer fazer do Vira Minhoto a Maior Dança de Folclore Portuguesa

Também como novidade deste ano, Ponte da Barca leva a cabo em plena Romaria de S. Bartolomeu, a iniciativa do Record Guiness que Ponte da Barca vai registar para o Mundo, celebrando o Vira Minhoto. Contando com o envolvimento dos 15 grupos folclóricos e o empenho de todos quantos queiram participar nesta 'aventura', a Câmara Municipal de Ponte da Barca assumiu a pretensão de fazer desta a maior expressão de dança de folclore português em elementos. A iniciativa acontece a 20 de agosto, na Praça da República. Para superar o recorde são necessárias, pelo menos, 545 pessoas.

A simbologia do cartaz remete para alguns elementos distintivos desta romaria e da vila barquense, como a Ponte sobre o rio Lima e o fogo de artificio, e, trajadas a preceito, todas as Rainhas das Vindimas que figuraram ao longo dos anos nos vários cartazes da Romaria de S. Bartolomeu. Uma romaria que nas palavras do autarca Barquense, Vassalo Abreu, 'é de todos e para todos, vindos de todo o concelho, a que se juntam os muitos conterrâneos espalhados pelo mundo e de milhares de forasteiros, da região e de outros locais do país, que visitam o concelho nesta semana festiva. Vêm pela gastronomia, pelo divertimento, mas sobretudo pelo ambiente caraterístico e acolhedor, quase familiar, da Romaria'.

O primeiro dia das festas, dia 19, tem então início com apresentação dos Livrol 'Rusguinhas' e 'Ó Meu S. Bartolomeu – memórias' e exibição do documentário sobre a Romaria, pelas 16h, na Casa da Cultura, a que se segue a abertura da Feira das Tasquinhas dinamizadas na sua grande maioria pelas associações do concelho, e que volta a ser ponto de encontro, de conversas e sabores gastronómicos. Esta feira será aliás alvo de animação constante por parte de vários grupos de folclore locais e de outros vindos de países. O folclore terá, contudo, a sua expressão máxima com o Festival Terras da Nóbrega, na praça com o mesmo nome, e com a atuação de oito grupos do concelho.

O domingo está então reservado para o evento guiness, a partir das 16h00, na Praça da República, e à noite o 30º aniversário da Rádio Barca com vários espetáculos musicais programados. Também ao longo deste dia comemora-se o o 82º aniversário dos Bombeiros Voluntários e por isso há lugar a uma programação especial.

As crianças têm, a partir das 10h de segunda-feira a gincana de bicicletas, na praça da república, e durante a tarde (15h), na Praia Fluvial, a já habitual festa da criança. Ao mesmo tempo decorre no Campo do Libório o Torneio de Jogo da Malha. À noite os focos viram-se para a Praça Terras da Nóbrega com a atuação do famoso cantor Mickael Carreira, com entrada gratuita, a prometer muita animação.

A terça feira começa bem cedo com a salva de morteiros, seguida da missa em honra a S. Bartolomeu. A noite promete encher a Praça da República para escutar os dez “cantadores” e “cantadeiras” que vão preencher o palco com os cantares ao desafio. Segue-se o espetáculo musical de Maria Celeste e a sua Banda

Na quarta-feira o destaque vai para a Feira do linho e para o desfile do mesmo pelas ruas da vila, que culminará com a entrega de prémios no Centro de Exposição e Venda de Produtos Regionais. O dia 23 reserva um dos pontos altos da Romarias com a saída do Cortejo Etnográfico e com as freguesias a exibir, com orgulho, aquilo que de melhor têm para mostrar. Espetáculos musicais na Praça da República e na Praça Terras da Nóbrega a par do desfile de centenas de rusgas, não fosse Ponte da Barca a Capital das Rusgas Populares, tornam esta noite na mais longa da festa.

O último dia da Romaria é aquele que encerra um cariz mais religioso, tal como referiram o Presidente da Associação Concelhia das Festas de S. Bartolomeu, Adolfo Ferreira, e a Vereadora da Cultura, Sílvia Torres, 'a Romaria de S. Bartolomeu conjuga de forma harmoniosa o sagrado e o profano e é isso que faz com que ela seja uma romaria intergeracional'. Começa com salva de morteiros, grupos de Zés Pereiras e segue com as bandas de música. Pelas 17h tem lugar a missa solene em honra de S. Bartolomeu, seguida da majestosa e imponente procissão em honra do Santo Apóstolo.

Nada falta para que o S. Bartolomeu 2017 volte a afirmar-se como uma das grandes Romarias do Minho e do país.