Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

JOVENS BRACARENSES FAZEM FÉRIAS EM OEIRAS

Crianças de Braga partem para Oeiras para umas férias ‘repletas de sorrisos’

Um grupo de 20 crianças e jovens de Braga partiu esta manhã, para Oeiras a fim de participar no programa de férias ‘Sol e Mar’. Esta é uma iniciativa promovida pelo Município de Braga, através do Pelouro da Acção Social com o apoio do Município de Oeiras, que durante sete dias proporciona actividades de carácter educativo, cultural, desportivo e recreativo a crianças e jovens sinalizados na Comissão de Crianças e Jovens em risco de Braga (CPCJ) e instituições de acolhimento do Concelho de Braga, nomeadamente das Oficinas de S. José, Instituto Monsenhor Airosa e Colégio de S. Caetano.

5 (3).jpg

Presente na partida esteve o vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Firmino Marques, que desejou aos participantes uma semana “repleta de sorrisos”, uma vez que para muitos esta é a primeira vez que saem da sua Cidade de origem em férias e a bordo de um comboio.

“Esta é uma forma das muitas iniciativas que temos vindo a realizar com o intuito único de proporcionar momentos inesquecíveis a estas crianças e que marcam a infância de cada um. Ao longo do mandato temos apostado numa política social activa e em consonância com as reais necessidades da população”, explicou o Autarca, agradecendo o empenho de todos os monitores que vão acompanhar os participantes durante os próximos sete dias.

8 (2).jpg

A par do campo de férias ‘Sol e Mar’, o Município de Braga promove ainda as ‘Férias Fantásticas’, iniciativas que abrangem um total de cerca de 200 crianças. As “Férias Fantásticas” visam atender às necessidades das famílias em situação de vulnerabilidade social e suas crianças, promovendo a ocupação saudável e feliz dos tempos livres. A iniciativa, constituída por um conjunto de actividades educativas, culturais e recreativas destinadas a jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 17 anos, possibilita a aquisição e aprofundamento de saberes, capacidades e competências, garantindo a ocupação de tempos livres durante as férias de Verão.

Com estes projectos, o Município de Braga pretende enriquecer os mais novos com experiências únicas de uma forma humanista e saudável. “É com muita satisfação que imprimimos estas dinâmicas e promovemos iniciativas lúdico-culturais destinadas aos jovens do nosso Concelho, contribuído para a protecção e melhoria da qualidade de vida e bem-estar da população mais vulnerável, promovendo a coesão e o desenvolvimento social”, concluiu Firmino Marques.

9 (2).jpg

10 (5).jpg

12.jpg

MINHOTOS LEVAM FOLCLORE À RIBEIRA DA LAGE EM OEIRAS

Ponte da Barca levou ao festival o Rancho Folclórico Paço Vedro Magalhães

Acabou há instantes na localidade da Lage, no concelho de Oeiras, o 39º Festival de Folclore organizado pelo Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage, um dos grupos folclóricos minhotos da região de Lisboa que se vem distinguindo pelo seu crescente dinamismo.

CapturarJoana-Lage.PNG

A pequena localidade, pertencente à Freguesia de Porto Salvo, despertou ao som das concertinas e do rufar dos bombos, à boa maneira das festas e romarias da nossa região.

Neste festival, cada vez mais concorrido de público, participaram o Grupo de Danças e Cantares de Cabeça Santa – Penafiel; o Grupo de Danças e Cantares da Chamusca e Ribatejo – Chamusca e o Rancho Folclórico Paço Vedro Magalhães – Ponte da Barca, além naturalmente do anfitrião Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage – Oeiras.

Capturar-barquense.PNG

A iniciativa que decorreu no Centro Cultural da Ribeira da Lage contou com a presença da Drª Eduarda Conceição em representação da Câmara Municipal de Oeiras e ainda do Presidente da Junta de Freguesia de Porto Salvo, Dr. Dias Antunes.

O festival iniciou-se com a realização de um pequeno desfile pelas ruas mais próximas do referido Centro Cultural, após o qual passaram pelo palco sob o aplauso entusiasmado do público. E, após uma breve cerimónia formal de entrega de lembranças aos grupos participantes, na qual também o BLOGUE DO MINHO foi distinguido, teve lugar a exibição em palco dos grupos folclóricos. E, como manda a tradição, este ano foi rifado um pato.

Capturar-loureiro-Lage.PNG

Anos após ano, “Os Minhotos” da Ribeira da Lage vêm melhorando o seu desempenho no que respeita à forma como representam o nosso folclore e ainda à organização do seu próprio festival, registando cada vez uma maior afluência de público. E, para surpresa geral, apresenta-se de uma forma condigna que em nada desmerece muitos dos melhores grupos do Minho. Afinal de contas, “Os Minhotos” da Ribeira da Lage também são minhotos e, como tal, conhecem bem as suas próprias tradições e não deixam por mãos alheias os seus créditos na arte de bem cantar e dançar à moda do Minho!

Capturar-PonteBarca-noiva.PNG

CapturarLage-reco.PNG

Capturar-chamusca.PNG

Capturar-penafiel.PNG

DSCF4497.JPG

DSCF4501.JPG

DSCF4502.JPG

DSCF4503.JPG

DSCF4510.JPG

DSCF4520.JPG

DSCF4522.JPG

DSCF4523.JPG

DSCF4540.JPG

DSCF4541.JPG

DSCF4585.JPG

DSCF4590.JPG

DSCF4594.JPG

DSCF4598.JPG

DSCF4605.JPG

DSCF4624.JPG

DSCF4628.JPG

DSCF4632.JPG

DSCF4696.JPG

DSCF4734.JPG

DSCF4747.JPG

DSCF4754.JPG

DSCF4760.JPG

DSCF4767.JPG

DSCF4778.JPG

DSCF4809.JPG

DSCF4810.JPG

JUNTA DE FREGUESIA DE PORTO SALVO DISTINGUE DIRIGENTES DO RANCHO FOLCLÓRICO “OS MINHOTOS” DA RIBEIRA DA LAGE

A Junta de Freguesia de Porto Salvo acaba de atribuir a medalha de mérito a dois dirigentes do Rancho Folclórico “Os Minhotos” da Ribeira da Lage, no concelho de Oeiras. Trata-se naturalmente de um reconhecimento público da autarquia oeirense pelo trabalho desenvolvido por aqueles minhotos também em prol da dinamização cultural daquele concelho dos arredores de Lisboa.

Os agraciados foram Susana Teixeira e Agostinho Pintado que vemos na foto ladeando o Presidente daquela autarquia local, sr. Dinis Antunes.

19225763_1159720144174051_8031498707968457441_n.jpg

ARCUENSE DANIEL SOUSA FOI A VEDETA A CANTAR AO DESAFIO NA FEIRA RURAL DE OEIRAS À MODA ANTIGA

Lavadeiras da Ribeira da Lage recriam tradição da região

Termina hoje a primeira edição da recriação da feira rural e mercado à moda antiga que durante três dias consecutivos animou o centro histórico na vila de Oeiras.

danielsousa1.PNG

A tarde deste domingo ficou marcada pela animada actuação dos cantadores ao desafio e tocadores ao desafio e ainda uma recriação do costume local que dá o nome ao Grupo de Folclore As Lavadeiras da Ribeira da Lage ou seja, a lavagem manual da roupa nas outrora límpidas águas da ribeira que atravessa a localidade da Lage.

Como outrora sucedia quando procediam à entrega da roupa depois de lavada às senhoras da aristocracia e da burguesia local, a lavadeiras da Lage chegaram de charrete puxada a dois cavalos, com as suas enormes trouxas, ali recriando um quadro etnográfico que divertiu os presentes para além de recordar um costume de Oeiras.

Capturarcocheiro.PNG

Mas os cantares ao desafio dominaram a tarde e, como era de esperar, o exímio tocador de concertina e cantador arcuense Daniel Sousa foi a estrela da festa, mostrando como se toca e canta a sério à boa maneira do Alto Minho.

Por sua vez, o Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega trouxe para o centro histórico de Oeiras as danças de terreiro do Minho, com as suas chulas, “espanhol” e canas-verdes.

CapturarCarla.PNG

Esta edição da feira rural e mercado à moda antiga em Oeiras foi uma organização conjunta do Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega, do Rancho Folclórico "Flores da Beira" e do Grupo de Folclore "As Lavadeiras" da Ribeira da Lage e contou com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

DSCF3530.JPG

DSCF3529.JPG

DSCF3544.JPG

DSCF3553.JPG

DSCF3554.JPG

DSCF3560.JPG

DSCF3574.JPG

DSCF3575.JPG

DSCF3583.JPG

DSCF3562.JPG

DSCF3622.JPG

DSCF3623.JPG

DSCF3624.JPG