Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE FAFE PROMOVE NOVA FORMAÇÃO DE EMPREENDEDORISMO

Abertas as inscrições para quem quer criar a sua própria empresa

A Câmara Municipal de Fafe, em parceria com a Betweien, spinoff da Universidade do Minho, está a promover uma nova formação de empreendedorismo.

Cartaz Form. Empreend._3abril2017.jpg

Esta parceria surge da necessidade de prestar apoio a novos empresários na criação de empresas na região, simplificando um processo que, muitas vezes, é complexo e demorado.

A formação vai dividir-se em onze módulos e terá, no total, 51horas. Centrada no empreendedorismo, a formação vai apoiar diversas áreas desde as questões financeiras e contabilísticas, o marketing, o Direito no trabalho e a elaboração de um plano de negócios coeso e atractivo.

Durante as várias sessões, os participantes vão receber convidados que representam casos de sucesso e, com eles, esclarecer dúvidas e ouvir os seus exemplos. Na recta final, vão passar por um desafio final de preparação para, depois, apresentaram o seu projecto final.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, estas formações revestem-se de um carácter fundamental, sobretudo para fazer face aos tempos de crise.

“A Câmara Municipal quer apoiar a criação de novos negócios no concelho, dinamizando a economia ecriando mais emprego. Devemos prestar toda ajuda àqueles que queiram dar os primeiros passos no mundo empresarial e criar os seus próprios negócios.

Nestes tempos difíceis de crise, é importante estarmos atentos às oportunidade de negócio que vão surgindo e perceber até que ponto poderão ser exequíveis.”

Os interessados devem inscrever-se na Câmara Municipal de Fafe ou através do número de telefone 253 700 400 ou através do email relacoes.publicas@cm-fafe.pt

Recorde-se que esta formação é gratuita e terá início a 3 de Maio, no Auditório da Biblioteca Municipal.

CRIANÇAS DE BARCELOS DEBATEM MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

120 Crianças discutem maus tratos na infância

Iniciativa é da Comissão de Proteção de Menores de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, que se realizará quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, no Auditório dos Paços do Concelho

O que devem os adultos saber e fazer para prevenir os maus tratos na infância? Quais são os sinais a que devem estar atentos? Estas e muitas outras questões serão respondidas por 120 crianças, número representativo de crianças e jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos, que na próxima quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, se juntam no Auditório dos Paços do Concelho para debater o que é melhor para elas. Esta iniciativa realiza-se no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho são ouvidas em duas assembleias, numa iniciativa da CPCJ de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o objetivo das assembleias que decorrerão quarta-feira, dia 26 de abril, e dia 2 de maio, no Auditório dos Paços do Concelho.

“Tecer a Prevenção”

A realização destas duas Assembleias de Crianças e Jovens têm como objetivo debater o estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho.

Pretende-se, ainda, a auscultação formal dos intervenientes-chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva.

AMADEU BAPTISTA VENCE PRÉMIO MARIA ONDINA BRAGA

O escritor Amadeu Baptista foi o vencedor da sétima edição do Prémio Literário Maria Ondina Braga. O autor de Vila Nova de Gaia, concorreu com a obra poética ‘Ondina’ sob o pseudónimo António Rios.

Cartazondinbra.jpg

O júri, presidido pela vereadora da Cultura do Município de Braga, Lídia Dias, foi constituído por Maria do Carmo Pinheiro Silva Cardoso, Orlando Alfredo Arnold Grossegesse, João Paulo Braga. Esta sétima edição contou com 59 trabalhos a concurso, e destinava-se a cidadãos de nacionalidade portuguesa.

O Prémio Literário Maria Ondina Braga, instituído pelo Município de Braga, tem como objectivo desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita e, deste modo, honrar a memória desta insigne escritora bracarense, cuja obra representa um património da mais elevada importância. O valor do prémio atribuído é de 2.500 euros e será entregue em sessão pública posteriormente a anunciar.

CERVEIRA REGISTA MARCAS QUE A DIFERENCIARÃO COMO DESTINO ARTÍSTICO E CULTURAL

Registadas marcas que diferenciam Cerveira

“Vi(m)ver Cerveira”, “O Crochet Sai à Rua”, “Cerveira Acústica”, “BIA – Artes e Ofícios Tradicionais”, “Na’tal Cerveira” e “Trovador”. Estas são as seis novas marcas que o Município de Vila Nova de Cerveira registou no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Objetivo é salvaguardar dinâmicas que consolidem Cerveira como destino artístico-cultural.

CARTAZ.01cervjpg.jpg

Sendo Cerveira reconhecida, nacional e internacionalmente, como a ‘Vila das Artes’, muito pela realização das bienais de arte, há eventos e iniciativas que também têm contribuído para a dinamização cultural do concelho e que fortalecem a sua identidade. Neste sentido, o Município cerveirense apostou, recentemente, no registo de um slogan, quatro eventos e um produto gastronómico, entretanto aprovados pela entidade responsável, o INPI.

De acordo com o autarca cerveirense, Fernando Nogueira, o objetivo é “salvaguardar e preservar aquela que tem sido uma imagem de marca e que, ao longo dos anos, afirma o concelho cerveirense como a capital da descentralização artístico-cultural, pela continuidade de eventos de sucesso e pela aposta em iniciativas e projetos novos que visam a valorização deste património cultural que nos enobrece e que nos identifica”.

Está assim criada a marca “Vi(m)ver Cerveira”, um novo conceito de programação cultural implementado em 2014, baseado numa relação intimista e de maior envolvimento das pessoas, proporcionando uma experiência sensorial única a várias faixas etárias e impulsionando o convite de Cerveira como destino de excelência para visitar e viver.

Não obstante, a concretização deste slogan surge associada à realização de eventos de qualidade, cujo sucesso alavancaram o registo de quatro deles, nomeadamente: “O Crochet sai à Rua”, criado em 2014, como projeto comunitário de ornamentação de ruas e edifícios públicos com elementos em crochet tornou-se viral e um dos cartões de visita; o “Cerveira Acústica” que assenta num ciclo de concertos intimistas, trazendo ao palco do Auditório Municipal grandes nomes da música portuguesa; a “BIA – Artes e Ofícios Tradicionais”, um evento que procura recuperar uma tradição cerveirense que remonta aos anos 80, quando se realizava de forma intercalada com as primeiras Bienais de Arte, com o objetivo de valorizar o artesanato num contexto alargado; e o “Na’tal Cerveira” que se assume como uma programação natalícia para miúdos e graúdos, com o presépio vivo, o mercado natalício, o Concerto de Natal  e a Chegada dos Reis Magos.

Na vertente gastronómica, o “Trovador” foi registado como uma marca cerveirense. Trata-se de um doce de castanha muito delicado, não só ao toque quebradiço da massa filo como no sabor requintado a doce de ovo com castanha.

Estas seis marcas juntam-se, assim, à logomarca ‘Cerveira, Vila das Artes’.

JOSÉ DIAS E DANIELA PEREIRA VENCEM III BTT XCO VILA DE MELGAÇO

Nova pista de XCO foi bastante elogiada pelos participantes

José Dias, Campeão Nacional de Cross Country Olímpico, e Daniela Pereira venceram em elites o III BTT XCO Vila de Melgaço, terceira etapa do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros. O III BTT XCO Vila de Melgaço decorreu ontem no Monte de Prado (Melgaço) e contou com a participação de mais de uma centena de atletas, provenientes de todo o norte do País e da Galiza. O evento foi disputado numa nova pista de XCO bastante elogiada pelos participantes, tendo-se saldado num êxito desportivo e organizativo.

III BTT XCO Vila de Melgaço (44).jpg

O evento era pontuável para o Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros, para o Campeonato Inter-Regional Minho e para o Porto de Cross Country Olímpico e foi promovido em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço), com o apoio do Município de Melgaço.

Daniela Pereira veneu em elite o III BTT XCO Vila de Melgaço.jpg

Resultados

José Dias (Seissa / KTM - Bikeseven / Matias e Araújo  / Frulact), campeão Nacional de BTT XCO 2016 na categoria de Sub23 e atleta da seleção nacional de BTT, venceu em elites o 3º BTT XCO Vila de Melgaço, terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros, deixando Fábio Ribeiro (PRoRebordosa / Oforsep / RJ Group) na segunda posição e Francisco Azevedo (individual) na terceira. Em elites femininas, Daniela Pereira (Saertex Portugal / Edaetech) somou a primeira vitória no Campeonato do Minho de 2017, enquanto Daniela Araújo (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo) terminou no segundo posto e Ana Ramalho (BTT Matosinhos) no terceiro.

Em juniores os vencedores foram André Terroso (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e Ana Moreira (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo), enquanto nas categorias de masters os triunfos foram do Campeão Nacional Ruben Nunes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 30, de Monserrat Alonso (SAERTEX Portugal / Edaetech) em masters femininos, de José Magalhães (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 40 e de Rodolfo Lopes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) em master 50. Gonçalo Magalhães (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e a Joana Santos (Tomatubikers/Toyota - Macedo & Macedo) foram os melhores na categoria de cadetes. Navertente de promoção venceu Marco Santos (Mouquim / Afacycles / Eugénios / Bargauto ). A vitória coletiva no 3º BTT XCO Vila de Melgaço foi da ASC/Focus Team/Vila do Conde (competição).

O 3º BTT XCO Vila de Melgaço teve o apoio do Município de Melgaço, da Federação Portuguesa de Ciclismo, MAPFRE | Seguros, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, Arrecadações da Quintã, POPP Design, Salvaggio, Controlsafe, AFAcycles, Bike Magazine (revista oficial), Anselmo Mendes, Quintas de Melgaço - Paixão e Tradição, Quinta do Regueiro - Alvarinho, Dom Ponciano - Alvarinho, Dona Paterna - Alvarinho, Melgaço - Água Mineral Natural, Melgaço Alvarinho Houses, Monte Prado - Minho, Inês Megra - Alojamento Local, MonçãoBike, Polisport, João Pires - Internacional Transportes, EuroPierre, Iluza, CFAM, Melpellets, Centro Óptico Ibérico, Mini Preço - Melgaço, Farmácias Vale do Mouro, Narom e Vitalis.

O Campeonato do Minho de BTT XCO - MAPFRE | Seguros prossegue no próximo dia 30 de abril com a realização do  6º BTT XCO Paredes de Coura, seguindo-se o 20º BTT XCO C.N.E / Gondar Jovem – Taça Manuel Abreu (7 de maio), 11º BTT XCO de Felgueiras (16 de julho), 7º BTT XCO Os Braguinhas – Troféu Manuel Ferreira (3 de setembro), 14º BTT de Creixomil - Barcelos (10 de setembro),19º BTT XCO - ACRAP (24 de setembro) e o 3º BTT XCO - Souto Santa Maria (15 de outubro).

III BTT XCO Vila de Melgaço (6).jpg

O Centro de Estágios de Melgaço

O Melgaço Sports Center (Complexo Desportivo e de Lazer / Centro de Estágios de Melgaço) - que este ano já acolheu a Taça de Portugal de Ciclocrosse e Campeonato do Minho de Ciclocrosse - Herdmar, é um espaço idealizado e construído de forma a oferecer um serviço de elevada qualidade, com equipamentos adjacentes que visam a atividade desportiva, tanto na vertente lúdica, como na vertente competitiva ao mais alto nível.

III BTT XCO Vila de Melgaço (19).jpg

O Melgaço Sports Center, centro de treinos oficializado pela UEFA, é um espaço idealizado e construído de forma a oferecer um serviço de elevada qualidade, com equipamentos adjacentes que visam a atividade desportiva, tanto na vertente lúdica como na vertente competitiva ao mais alto nível. O complexo constitui-se como um pólo dinamizador do desenvolvimento do desporto, lazer e turismo na região e posiciona-se como um dos mais modernos, melhor equipados e mais completos complexos desportivos.

Divide-se em duas grandes áreas: a área de lazer, com diversos equipamentos que permitem a prática do desporto de manutenção e equipamentos destinados a atividades lúdicas e culturais; e a área destinada ao desporto de alta competição, servida por infraestruturas capazes de acolher diversas modalidades, tanto para competição como para treino. É nesta última área que se situa o Centro de Estágios, dotado de um conjunto de equipamentos próprios, disponibilizados em exclusivo aos clubes em estágio. É composto por estádio de futebol, pista de atletismo, campo de treinos, balneários, clube saúde, ginásio de manutenção, salas de tratamentos e massagem, entre outros.

Estes equipamentos encontram-se vedados ao exterior, mas interligados entre si, visando oferecer as condições necessárias a um melhor estágio, em segurança, tranquilidade e com privacidade.

III BTT XCO Vila de Melgaço (59).jpg

III BTT XCO Vila de Melgaço (95) (1).jpg

III BTT XCO Vila de Melgaço (95).jpg

III BTT XCO Vila de Melgaço (156).jpg

José Dias venceu em elite o III BTT XCO Vila de Melgaço (153).jpg

MINHOTOS CAMINHAM PELA GEIRA ROMANA

Ultra Trail da Geira  Romana a 30 de abril

Com o apoio dos Municipios de Terras de Bouro e Amares, a Confraria Trotamontes e o Clube Orientação do Minho vão realizar no dia 30 de abril, pelas 8 horas, a 10ª Ultra Trail Geira Romana.

O evento será composto por duas provas competitivas que integram o Campeonato Nacional de Ultra Trail, Serie 150 com a distância de 50 km / 1540m D+ e outra na distância de 18 km / 700m D+ que integra o Campeonato Nacional de Trail, Serie 100. Haverá também uma caminhada com 10 km de extensão.

A prova principal Ultra Geira Romana 50km terá partida no Museu da Geira, no concelho de Terras de Bouro e meta em Caldelas, no concelho de Amares. O percurso de 50 km decorrerá na via romana que ligava Bracara Augusta e a Astúrica Augusta. O Trail da Geira Romana 18 km terá partida em S. Sebastião da Geira e chegada em Caldelas. A caminhada terá princípio e fim em Caldelas junto ao Posto de Turismo.

Ultra Geira Romana - 30 de abril.jpg

FAMALICÃO SENSIBILIZA CONTRA MAUS TRATOS INFANTIS

Mega-aula de Zumba contra os maus tratos infantis

No próximo domingo, dia 30 de abril, o Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, vai ser palco de uma mega-aula de Zumba destinada às famílias famalicenses.

A iniciativa, inserida no âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, decorrerá a partir das 10h00 e desafia todos os participantes a vestirem uma t-shirt azul em defesa desta causa.

Recorde-se que a campanha do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância foi lançada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, com o objetivo de consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física.

FAMALICÃO: CRIANÇAS DE BAIRRO GANHAM NOVO ESPAÇO PARA BRINCAR

Foi num ambiente de festa e muita diversão que mais de uma centena de crianças estrearam o novo Parque Infantil das Camélias, na freguesia de Bairro.

AFS_7805.jpg

O equipamento, localizado junto à sede de Junta de Freguesia, foi inaugurado na passada sexta-feira, 21 de abril, pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e contou com um investimento municipal de 14 mil euros.

O edil realçou a importância da criação deste tipo de espaços, considerando-os fundamentais para o processo de formação das crianças do concelho. "A aprendizagem não se limita à escola. Temos de criar condições para que as crianças possam também crescer a brincar", disse.

Visivelmente satisfeito com a concretização da obra estava também o presidente da Junta de Freguesia, Rui Pacheco Alves, para quem este novo equipamento “vem melhorar a qualidade de vida das famílias de Bairro”.

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA EDUCAÇÃO JUNTA ESPECIALISTAS EM BARCELOS

"Sala de Aula do Futuro" junta especialistas da área da educação em Seminário Nacional

Uma iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova, dia 28 de abril, às 15h, que traz à Biblioteca Municipal o debate sobre a “Sala de aula do futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”

Repensar a escola, o papel do aluno e dos professores. A aposta em novas tecnologias e em novas metodologias de trabalho. Refletir sobre o atual modelo de educação que tem vindo a dar sinais claros de que atingiu o ponto de saturação são alguns dos objetivos do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, que se realiza no próximo dia 28 de abril, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos.

Cartazcbarc.png

O auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos será palco do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, no próximo dia 28 de abril de 2017, numa iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova.

O evento conta com o apoio da Direção-Geral da Educação (ERTE), do IE da Universidade do Minho, da Rede de Bibliotecas Escolares, do Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende e da Câmara Municipal de Barcelos.

Esta iniciativa tem como objetivo proporcionar um espaço de reflexão e debate sobre a dinâmica de criação de ambientes educativos inovadores e as suas potencialidades, bem como oferecer uma oportunidade de partilha de boas práticas, quer em termos de visão estratégica quer em termos de aplicação de metodologias centradas no aluno.

Para este seminário convidaram-se especialistas de áreas multidisciplinares para debater e aprofundar ideias sobre o que significa a modernização do processo de ensino e aprendizagem. A decisão de promover, numa escola ou agrupamento escolar, a constituição de um espaço de aprendizagem com as características das conhecidas “salas de aula do futuro” implica equacionar e ter em consideração uma variedade de fatores críticos. É justamente este o centro da temática.

A participação neste encontro é gratuita, mas sujeita a inscrição, dado o número limite de lugares disponíveis. O evento encontra-se certificado no âmbito das ações de curta duração de acordo com o despacho 5741/2015 de 29 de maio.

Do programa deste evento fazem parte representantes oficiais e um painel com membros especializados nesta temática.

Mais informações em https://www.facebook.com/salaleiturasfuturo/?fref=ts ou http://salaleiturasfuturo.wixsite.com/inovacao.

MONÇÃO INAUGURA SEDE PAROQUIAL DE TRUTE

A inauguração da Sede Paroquial de Trute teve lugar este domingo, 23 de abril, pelas 11h00, após a celebração da missa dominical. Com a bênção do padre Nélson Barros, pároco da freguesia, a cerimónia contou com a presença de muitos populares de Trute e freguesias vizinhas. 

DSC_0169 (Large).JPG

Além da sala mortuária, aquela estrutura social e cívica, situada junto à igreja e cemitério da freguesia, disponibiliza sala de apoio à atividade regular da paróquia e serviços sanitários. Servirá ainda como espaço de ensaio do grupo coral da freguesia.

Lembrando que a construção da sede paroquial é uma ideia antiga que ganhou forma nos últimos anos, o presidente da junta, Agostinho Fernandes, focou a importância desta estrutura para a comissão fabriqueira da igreja e para o grupo coral da freguesia, referindo que o trabalho efetuado até agora terá continuidade num local com melhores condições.

DSC_0204 (Large).JPG

Agostinho Fernandes traçou as vicissitudes do processo de construção, com alguns contratempos devidamente ultrapassados, e agradeceu a Maximino Ferreira pelo pontapé de saída e a José Emílio Moreira e Augusto de Oliveira Domingues por terem dado continuidade ao projeto através da imprescindível comparticipação financeira.

Após enaltecer o papel de Maximino Ferreira e Agostinho Fernandes no desenvolvimento deste projeto, Augusto de Oliveira Domingues referiu que o apoio presente do atual executivo municipal para a recuperação do património religioso é algo que vai continuar no futuro.

“Há quem pense e diga que não devemos investir no património religioso. Eu não penso assim. A requalificação desses espaços é importante porque, apesar de serem propriedade da igreja, são utilizados por muitas pessoas” afirmou Augusto de Oliveira Domingues, prometendo “continuar a investir em adros, altares e telhados para que estes espaços de fé e devoção tenham as melhores condições”.

DSC_0163 (Large).JPG

O autarca monçanense, que recentemente visitou a freguesia no âmbito do périplo pelo concelho, elogiou o trabalho de Agostinho Fernandes que, nestes anos, tem conseguido aliar a requalificação e limpeza da rede viária com a construção de estruturas importantes para a freguesia e a criação de postos de trabalho.

Por isso, Augusto de Oliveira Domingues pediu-lhe que continue a fazer de Trute uma terra em desenvolvimento: “ Não me quero ver livre de si. Desafio-o a ficar mais tempo para prosseguir o trabalho extraordinário que tem feito com a sua equipa. Penso que a freguesia tem muito a ganhar com a sua experiência e capacidade”.

Com acesso direto ao exterior da Igreja, a Sede Paroquial de Trute reveste-se de grande importância para a população da freguesia, contribuindo para a criação de uma área de vocação religiosa constituída por igreja, cemitério e sala mortuária. A oliveira à entrada e os acessos em calçada à portuguesa conferem-lhe uma imagem de sobriedade e elegância. 

DSC_0153 (Large) (2).JPG

ARCIPRESTADO DE CELORICO DE BASTO CELEBRA CENTENÁRIO

“Todos nos empenhamos dando e recebendo o melhor que sabemos”

O Arciprestado de Celorico de Basto em parceria com o Município de Celorico de Basto promoveu uma cerimónia de homenagem aos sacerdotes que exercem a sua missão no arciprestado de Celorico de Basto desde o dia 25 de abril de 1916 até aos dias de hoje. A ação teve lugar no centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 21 de abril.

_DSC5659.jpg

A evocação do centenário, aberta à comunidade, foi presidida pelo arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, e centrou-se no lançamento de um livro designado “Arciprestado de Celorico de Basto” da autoria do historiador António Franklim Sampaio Neiva Soares, do padre Armandino Pires Lopes, e do arcipreste de Celorico de Basto, o padre Albano Costa. Ao mesmo tempo, foi reconhecida a vida e obra do ilustre Celoricense, o padre Joaquim José Alvares de Moura, numa homenagem póstuma a alguém que “soube servir a sociedade e a igreja”.

Jorge Ortiga congratulou-se com o sarau e “com a oportunidade de saborear realidades distintas mas ao mesmo tempo, idênticas. Tivemos a oportunidade de conhecer ainda melhor um ilustre desconhecido celoricense recordando pessoas que deram o melhor de si à igreja, com dedicação e empenho e, ao mesmo tempo, celebramos o centenário deste arciprestado. São 100 anos de um arciprestado que tem uma existência muito mais remota e passou por uma evolução muito grande, tendo, em tempos, uma importância mais administrativa e jurídica. Agora, o arciprestado tem uma importância diferente, procura a unidade entre as paróquias mantendo a sua identidade e com a arquidiocese. De facto, a dinâmica do arciprestado é diferente mas os objetivos são os mesmos servir, servir a comunidade. O arciprestado deve estar ao serviço dos irmãos que têm noção da sua fé” realçou o Arcebispo. Continuando que “não podemos ter medo da mudança, o arciprestado de 1916 é hoje uma organização diferente, a missão que Deus nos confiou reserva sempre muitas novidades”. D. Jorge Ortiga pediu aos presentes que lessem o livro, com noções novas e datas explicativas, com calma, “depois de ler vão reconhecer-se mais igreja”.

_DSC5691.jpg

Também o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto deu os parabéns ao arciprestado pelos “100 anos ao serviço da comunidade, uma causa que não é só espiritual e religiosa mas também social, de muito acompanhamento e de muito apoio. Um trabalho feito por tantas pessoas que deram sempre o melhor de si” ressalvou o autarca. Joaquim Mota e Silva descreveu o livro apresentado como “um livro bem feito, uma memória da nossa história, do nosso passado, do trabalho desenvolvido pelos nossos párocos” e, reforçando a necessidade deste empenho quotidiano na vivência em comunidade, “continuem com o entusiasmo e a dedicação em nome de todos os valores referidos”. O autarca mostrou-se agradado pela justa homenagem feita ao ilustre Celoricense José Alvares de Moura, que “conhecemos e reconhecemos como alguém que fez muito pela nossa terra, um ser humano que fez um trabalho fantástico e difícil e que deu bons frutos à comunidade”.

A cerimónia da evocação do centenário foi dirigida pelo arcipreste de Celorico de Basto, padre Albano Costa, que agradeceu a toda a comunidade, em nome dos 7 párocos que integram o arciprestado de Celorico de Basto, porque “todos nos empenhamos dando e recebendo o melhor que sabemos, e agradecemos todo o apoio para o desenvolvimento desta obra, sem este apoio dificilmente teríamos concluído este trabalho”.

A obra foi apresentada pelo historiador Franklim Neiva Soares de forma concisa e breve despertando o gosto pela leitura da mesma.

Já a vida e obra do padre Joaquim José Alvares de Moura foi amplamente reavivada pelo padre José Maria Gomes Pereira, apresentado anteriormente pelo padre Provincial, José Alves, que disse a todos os presentes quem era este homem, que tão bem soube servir a sociedade e a igreja. Gomes Pereira afirmou convictamente que “era um missionário incansável que percorreu o norte do país, em mais de 250 missões, construiu dois colégios, fundou a confraria do Imaculado Coração de Maria de Sta. Quitéria, sabia falar aos corações recolhendo fundos pela sua forma de acolher boas vontades à volta de grandes causas. A arquidiocese de Braga sempre beneficiou do esplendor deste seu filho ilustre”.

A evocação do centenário contou com a presença da comunidade local, entidades políticas e religiosas, que se quiseram associar à celebração dos 100 anos do arciprestado de Celorico de Basto. A cerimónia foi abrilhantada pelo Coro Vicentino de Chaves.

_DSC5710.jpg

_DSC5860.jpg

_DSC5882.jpg

CABECEIRAS DE BASTO EVOCA MÁRIO SOARES COM PALESTRA PROFERIDA POR JOÃO SOARES

Cabeceiras de Basto celebrou Abril e recordou ‘Mário Soares: Uma Vida ao Serviço da Democracia e da Liberdade’

João Soares foi ontem à tarde, dia 23 de abril, o orador convidado da conferência ‘Mário Soares: Uma Vida ao Serviço da Democracia e da Liberdade’, uma iniciativa promovida pelo Município de Cabeceiras de Basto, inserida no âmbito do programa comemorativo do 25 de Abril, que vive amanhã, dia 25, o seu ponto alto.

DSC_0186.JPG

O evento que juntou dezenas de pessoas na Casa do Tempo conjugou quatro momentos distintos: a abertura de uma exposição, o visionamento de um filme, a conferência alusiva à vida de Mário Soares e ainda a homenagem ao antigo Presidente da República na Alameda Dr. Mário Soares com deposição de um arranjo de flores.

Participaram neste evento o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, o presidente da Assembleia Municipal e deputado da Assembleia da República, Eng. Joaquim Barreto, o vereador Alfredo Magalhães, presidentes das Juntas de Freguesia, membros da Assembleia Municipal e outros autarcas, outras individualidades concelhias, convidados e público em geral.

Durante a iniciativa, os participantes recordaram a vida do Dr. Mário Soares, antigo Presidente da República, antigo primeiro-ministro, antigo ministro, fundador e secretário-geral do Partido Socialista, figura maior da Democracia Portuguesa que iniciou muito jovem a sua atividade política.

Na abertura da conferência ‘Mário Soares: Uma Vida ao Serviço da Democracia e da Liberdade’, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, deixou palavras de “agradecimento e reconhecimento” ao Dr. João Soares por se associar a este evento, lembrando as vigorosas lutas pela liberdade encetadas pelo Socialista Mário Soares que marcaram o panorama político português.

O orador, filho de Mário Soares, partilhou com a plateia muitos momentos da vida privada e da vida política do antigo Presidente da República e respondeu a várias perguntas colocadas pela plateia, que deixou também palavras de sentido reconhecimento à obra deixada por Mário Soares, falecido a 7 de janeiro de 2017.

Na sua intervenção, que encerrou a conferência, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, agradeceu a disponibilidade de João Soares em deslocar-se a Cabeceiras de Basto para partilhar com os Cabeceirenses os momentos mais marcantes da vida do seu pai, enaltecendo também todo o empenho e trabalho de todos aqueles que organizaram este evento.

DSC_0256.JPG

GUIMARÃES REQUALIFICA CENTRO

Consulta do projeto da nova centralidade das Taipas na Junta de Freguesia a partir desta quarta-feira

Uma das autoras do projeto de arquitetura elaborado pela Universidade do Minho estará na sede de Junta para eventuais esclarecimentos.

A consulta do projeto da centralidade das Taipas vai estar disponível na sede de Junta de Freguesia a partir desta quarta-feira, 26 de abril, das 10 às 12:30 horas e das 14 às 17:30 horas, com o acompanhamento de uma das arquitetas que elaborou o projeto.

Outro horário mais alargado, incluindo em período noturno, poderá ser acordado entre a autora do projeto, Marta Labastida, e o Presidente de Junta de Freguesia de Caldelas, Constantino Veiga.

O projeto, com o respetivo acompanhamento técnico de uma das arquitetas da Universidade do Minho, estará disponível para consulta até ao fim da próxima semana.

BARCELOS COMEMORA 25 DE ABRIL

Câmara Municipal e IPCA comemoram o 25 de Abril

O Auditório António Tavares, no IPCA, recebe a cerimónia oficial das Comemorações do 25 de Abril, às 10h30

Barcelos volta a comemorar o 25 de Abril com uma iniciativa pública, desta vez em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e Ave. Na passagem do 43.º aniversário da Revolução, o Município de Barcelos decidiu ampliar o âmbito das comemorações, convidando o IPCA, uma das grandes instituições de ensino superior da região e do país, a associar-se a este importante evento.

barc25abri.PNG

O ponto alto do programa consiste na cerimónia oficial a realizar no Auditório António Tavares, nas instalações do IPCA, estando previstas as intervenções do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

EXPO SAÚDE E BEM-ESTAR FOI UM SUCESSO EM PONTE DA BARCA

Iniciativa que contou com 18 expositores, trouxe a Ponte da Barca um fim de semana dinâmico com muitos momentos de lazer e convívio

exposaubarc (4).jpg

Terminou ontem a Expo Saúde e Bem Estar, iniciativa da autarquia de Ponte da Barca que teve como objetivo promover um espaço de reflexão, debate, conhecimento e contacto com equipamentos ou serviços no âmbito da saúde e bem estar. O certame decorreu na Praça da República desde o dia 21 e contou com Exposições, Workshops, Debates, Fitness, Mindfulness, Reiki e Yoga, Cozinha Saudável, entre outros, para além dos dezoito stands com uma grande variedade de mostras de diferentes áreas, num espaço onde foram divulgadas iniciativas de diversas especialidades e promovidas campanhas de prevenção como rastreios e atividades na área das medicinas convencionais, das medicinas alternativas e da alimentação saudável.

Momentos de lazer e convívio proporcionados por jogos didáticos, sessão de aprendizagem de Suporte Básico de Vida, caminhada, passeio de BTT, debates sobre nutrição e desporto, teatro, Fitness, Mindfulness, Reiki e Yoga, Cozinha Saudável, Beleza, Stand Up Comedy, concerto de musica foram algumas das muitas atividades que os visitantes tiveram à disposição durante todo o fim de semana. No último dia, procedeu-se, ainda, à inauguração do Centro Municipal de Marcha e Corrida de Ponte da Barca. Este projeto, inserido no Programa Nacional de Marcha e Corrida, é promovido pelo Instituto do Desporto e Juventude de Portugal e pela Federação Portuguesa de Atletismo, e pretende promover e incentivar a prática regular da marcha e corrida, dinamizando a prática desportiva da população barquense que, entre outros convidados, contou com a presença da atleta portuguesa mais medalhada de sempre, Fernanda Ribeiro.

exposaubarc (1).jpg

exposaubarc (2).jpg

exposaubarc (3).jpg

FAMALICÃO COMEMORA O 25 DE ABRIL

Famalicão celebra 43.º aniversário do 25 de Abril Comemorações decorrem esta terça-feira, a partir das 10h00, nos Paços do Concelho

Os presidentes da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Nuno Melo e Paulo Cunha, respetivamente, convidam os órgãos de comunicação social a participar nas comemorações do 43.º aniversário do 25 de abril, que decorrem amanhã, terça-feira, a partir das 10h00, nos Paços do Concelho, com um conjunto de iniciativas de grande simbologia, que pretendem, acima de tudo, evocar os valores de Abril, tais como a liberdade, a igualdade e a democracia.

DSC_8052.jpg

Das atividades, destaque para a sessão solene da Assembleia Municipal, que vai ter transmissão em direto no site oficial do município em www.vilanovadefamalicao.org. A sessão acontece pelas 10h15, nos Paços do Concelho, com a tradicional intervenção dos vários partidos políticos. Antes disso, assiste-se ao hastear da bandeira ao som do Hino Nacional interpretado pela Banda de Música de Famalicão.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “o dia 25 de Abril de 1974 é um marco na história de Portugal, no entanto, as suas comemorações, não se devem limitar a evocar o passado, mas sim a preparar o futuro. É por isso, fundamental envolver as novas gerações neste programa comemorativo, transmitindo-lhes o verdadeiro significado de celebrar Abril, fazendo deles cidadãos ativos e interessados”.

AMARES: ESPETÁCULO ASSOCIATIVO MUSICAL "SABOREAR AMARES" MARCOU EM GRANDE ARRANQUE DA II SEMANA DO ASSOCIATIVISMO

“Saborear Amares”, foi esta a proposta do Município para a noite do passado sábado, que brindou a população com o "Espetáculo Associativo Musical" a marcar em grande o início da II Semana do Associativismo de Amares, que decorre até ao dia 1 de maio.

DSC05294.jpg

“Este é um sinal de que o associativismo em Amares está em grande, tem muita vitalidade e muita dinâmica. Somos um concelho com grande força e dinamismo”, destacou o presidente da Câmara, Manuel Moreira, na abertura do espetáculo.

A iniciativa, que teve lugar no Mosteiro de Rendufe, contou com a colaboração da Paróquia de Rendufe e envolveu mais de 200 participantes de diversas associações concelhias, num momento único pensado para reviver e reavivar as memórias da cultura do povo amarense, da cultura do vinho, um dos símbolos mais marcantes do concelho, as suas raízes e identidade, através da apresentação de diversas vertentes artísticas dinamizadas por terras de António Variações, Dom Gualdim Pais e Sá de Miranda.

DSC05305.jpg

Associações participantes: Associações participantes:Grupo de Teatro de Bouro; Animares-CRDC Amarense; Associação de Fomento Amarense; ARCCairense ; Escuteiros de Lago; Escuteiros de Rendufe; AECA; Grupo Folclórico “AS Lavradeiras da casa do Povo de Amares”; Grupo Coral APEA,Grupo Teatro Fantoches Humanos Torre e Amigos do Mosteiro de Rendufe

Motivos não vão faltar para se deixar seduzir por Amares e pelas dinâmicas associativas do concelho, sendo que a programação prossegue no dia 24 de abril com o já tradicional teatro alusivo ao 25 Abril (CDRCAmarense), a decorrer às 21h30, em Amares. No mesmo dia, terá lugar a "Noite Arte e Cultura": ON BECK, na Sede da Banda de Amares, em Ferreiros (22h).

DSC05332.jpg

O dia da Revolução dos Cravos, 25 de abril, fica reservado às comemorações oficiais da efeméride que terão lugar a partir das 10h00, no Largo do Município. À noite há "Jantar Convívio Associativo", organizado pela Associação Movimenta Besteiros.

Já de 29 abril a 1 de maio a cor e a alegria vão invadir a freguesia de Lago, com o evento “Lago em Flor”, organizado pela ALAREC, com o apoio da Junta de Freguesia de Lago. Na mesma altura o Centro Interpretativo da Geira – Lago recebe a exposição “Raízes e tradições: O traje e o folclore”, numa iniciativa promovida pelo CDDS Valor Humano 3G.

O dia 30 de abril e 1 de maio ficam reservados ao desporto com UltraTrail da Geira – Caldelas que, este ano, compete para o campeonato nacional de modalidade e para o Raid 4x4 – Amares.

Recorde-se que a  II Semana do Associativismo de Amares é organizada pela  Câmara Municipal de Amares em parceria com diversas associações do concelho.

DSC05383.jpg

DSC05392.jpg

BRAGA APRESENTA PROJECTO “BSMARTMOB

Quarta-feira, dia 26 de Abril, pelas 15h00, no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, em Braga

O Município de Braga apresenta o projecto ‘BSmartMob’, na próxima Quarta-feira, dia 26 de Abril, pelas 15h00, no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga.

A iniciativa contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, do vereador Miguel Bandeira, do director do INL, Lars Montelius, e dos parceiros do Município neste projecto.

O ‘BSmartMob’ é um projecto de cerca de cinco milhões de euros que foi submetido à ‘Urban Innovative Actions’, uma linha de financiamento directa da União Europeia, e que prevê a criação de pisos inteligentes. A par do Município de Braga, o projecto conta com a participação do INL, da Universidade do Minho, do Centro de Computação Gráfica e das empresas NOS, SIEMENS, SERNIS e UOU.

No final da apresentação será assinado um protocolo de I&D de soluções para a Mobilidade Sustentável entre as entidades que integram o projecto.

CERVEIRA REALIZA ULTRA TRAIL

 

A cerca de duas semanas da sua realização, a 6 de maio, a III Taça Ibérica de Trail de Cerveira conta já com cerca de 700 inscritos, entre atletas federados e amadores. Com o slogan ‘Montanha Mágica’, este evento desportivo tem despertado um enorme interesse, quer pelas condições técnicas quer pela beleza natural. É constituído por um Ultra-Trail com 50 km de distância e 3100m D+ e um Trail com 22 km e 1400m D+, provas a que integram o campeonato nacional de trail. Há ainda um Mini Trail / Caminhada com 10 km de extensão.

Trata-se de uma organização da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, EDV – Viana Trail e a XLIFE .

 

Cartaz trail (1).png

PONTE DA BARCA COMEMORA 25 DE ABRIL

Concerto de André Sardet, Sessão Solene da Assembleia Municipal, atividades artísticas e desportivas marcam a efeméride

No âmbito das Comemorações do 43º aniversário da revolução de 25 de Abril de 1974, o município de Ponte da Barca vai assinalar a data com uma série de iniciativas que arrancam já no dia 24 de Abril com o concerto de André Sardet, pelas 21h30, no auditório da Epralima.

18118716_1012385812195735_8955717871832189561_n.jpg

No dia 25 de Abril, a partir das 11h00, nos Paços do Concelho, decorre a habitual Sessão Solene da Assembleia Municipal, numa cerimónia que junta o executivo municipal, os representantes dos partidos políticos com assento na Assembleia Municipal, Presidentes de Junta de Freguesia, entre outras entidades militares e civis do concelho.

Ainda durante o dia 25 de Abril, o Grupo Liber'Arte promove a partir das 15h00, no Choupal, um conjunto de atividades artísticas que vão da música à pintura. A partir das 18h00 no Estádio Municipal, tem lugar o jogo de futebol 'Abrilmente'.

BRAGA INAUGURA AMANHÃ EQUIPAMENTOS EM VÁRIAS FREGUESIAS DO CONCELHO

Inaugurações na União de Freguesias de Merelim (São Paio), Panoias e Parada de Tibães. Amanhã, Terça-feira, dia 25 de Abril, pelas 16h00, em Panoias, Braga

O Município de Braga inaugura várias estruturas da União de Freguesias de Merelim (São Paio), Panoias e Parada de Tibães, amanhã, Terça-feira, 25 de Abril, com início às 16h00, no Cemitério da Freguesia de Panoias.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

O programa inicia-se às 16h00, em Panoias, com a inauguração dos Gavetões do Cemitério daquela Freguesia. Em seguida, será inaugurado o Pavilhão Gimnodesportivo de Merelim S. Paio e, por fim, terá lugar a inauguração do Auditório da sede da Junta da mesma Freguesia.

BARCELOS COMBATE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E DE GÉNERO

Assinado Protocolo para combater a violência doméstica e de género

Projeto SER conta com a participação de diversas instituições do concelho

Foi assinado, na passada sexta-feira, dia 21 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração entre várias instituições concelhias com o mesmo objetivo: combater a violência doméstica e de género.

Protocolobarccc.JPG

O Projeto SER – Serviço Especializado em Rede de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego - POISE, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu – FSE, é promovido pelo Grupo de Acção Social Cristã (GASC), tendo como organismo intermédio a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, e conta com a parceria do Município de Barcelos, ACES Cávado, GNR, Hospital Santa Maria Maior, Centro de Emprego e Formação Profissional, Segurança Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, SOPRO, entre outros, e tem a duração de 24 meses e atuação no território de Barcelos.

O fenómeno da violência doméstica e de género é multidimensional e complexo, pelo que em conjunto será mais fácil intervir. Este Núcleo Local, constituído pelas diversas instituições, pretende a obtenção de formas de complementaridade e entrosamento interinstitucional, a construção e a implementação de ações intersetoriais, criando um maior caminho de diálogo entre os diferentes campos, e dessa forma, cada entidade-integrante pode contribuir com o seu saber, fortalecendo as ações comuns, permitindo assim enfrentar este flagelo social em várias frentes.

MUNICÍPIO DE BRAGA INTERNACIONALIZA SOCIEDADE GESTORA DE EQUIPAMENTOS DE BRAGA

Internalização da SGEB representa inversão no modelo de gestão autárquico. Medida põe fim a “período negro” do interesse público

O Executivo Municipal aprovou hoje, 24 de Abril, a internalização da SGEB – Sociedade Gestora de Equipamentos de Braga, através da sua liquidação por transmissão global do respectivo património para o Município de Braga, dando um passo significativo para a extinção desta Sociedade que representou um “período negro com nefastas implicações para o futuro dos Bracarenses”.

CMB02042016SERGIOFREITAS0000001613.jpg

Com este processo, a Autarquia Bracarense vai conseguir uma poupança na ordem dos 90 milhões de euros aos cofres municipais, seja pela cessação do pagamento de rendas à SGEB, pela utilização dos equipamentos decorrente da internalização, quer ainda pela reestruturação dos passivos bancários.

Recorde-se que, actualmente, a Câmara Municipal despende uma verba superior a 6 milhões de euros anuais para o pagamento de rendas dos equipamentos à SGEB. “Nestes moldes, a SGEB custaria, no final dos 25 anos de duração previstos e só contabilizando as obras já executadas, cerca de 150 milhões de euros aos cofres Municipais. Atendendo a esta situação, a nossa prioridade, desde o primeiro momento, foi encontrar forma de extinguir a sociedade e estudar outras soluções para os equipamentos previstos e não realizados”, refere o Edil.

O Município irá contrair um empréstimo bancário de 50 milhões de euros para proceder ao processo de internalização e liquidar todos os passivos da sociedade referentes a fornecedores, suprimentos e divida à banca, “o equivalente a um valor mensal de 3 milhões de euros, metade do que actualmente está a ser pago em rendas para a SGEB”, como explica Ricardo Rio, salientando que os equipamentos continuarão ao serviço da população.

O presidente do Executivo Municipal recorda que a SGEB foi constituída em 2009 “por motivos puramente eleitoralistas, sem qualquer tipo de planeamento prévio ou análise das necessidades do território, representando um período negro para o interesso público do ponto de vista financeiro, do rigor e da transparência”.

O processo de internalização da SGEB representa, por isso, uma ´inversão completa´ do modelo de gestão da Autarquia. “Durante este tempo, andou-se a deitar dinheiro pela janela. Esse tempo de despesismo e irresponsabilidade terminou. Enquanto uns gastaram para outros pagarem, nós estamos a pagar para que outros não tenham de gastar”, frisou o Autarca.

CABECEIRAS DE BASTO: ASSEMBLEIA MUNICIPAL APROVA RELATÓRIO E CONSTAS DO EXECUTIVO AUTÁRQUICO

Assembleia Municipal aprovou Relatório de Gestão e Contas da Câmara Municipal

Sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, reuniu na sexta-feira, dia 21 de abril, a Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto.

Dos assuntos tratados naquela que foi a 2.ª reunião ordinária do ano 2017, destaque para a aprovação, por maioria, do Relatório de Gestão e Contas da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

O Presidente da Autarquia Cabeceirense, Francisco Alves apresentou o documento, salientando os principais resultados da execução física e orçamental que confirmam a gestão praticada pelo executivo em 2016, demonstrando que foram atingidos os objetivos e confirmando a consolidação do equilíbrio financeiro dos últimos anos.

O edil cabeceirense elencou ainda as principais obras e iniciativas realizadas nos diferentes setores de atividade municipal.

Nesta reunião foram também aprovados por unanimidade: o Inventário Municipal de Bens Móveis e Imóveis; o Regulamento Municipal de Uso do Fogo; a Proposta de Taxas Municipais; as Condições de venda do Lote 15, na Ranha; três pedidos de Certidão de Reconhecimento do Interesse Público Municipal na Regularização da Atividade Pecuária; e a Modificação Orçamental – revisão n.º 1.

CABECEIRAS DE BASTO COMEMORA 25 DE ABRIL

Cabeceiras de Basto transmite sessão evocativa do 25 de Abril   

A sessão solene evocativa do 25 de Abril, que anualmente a Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto organizada, vai este ano ser transmitida em direto através do link https://youtu.be/3BOyJHJpJdg, a partir da sala de sessões deste órgão deliberativo do Município.

Assim, a partir das 10h45m, os cabeceirenses em particular e o público em geral pode acompanhar via internet esta cerimónia presidida pelo Presidente da Mesa, Eng.º Joaquim Barreto e que será antecedida pelo Hastear da Bandeira Nacional, com Guarda de Honra efetuada pelos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses a ter lugar pelas 10h30m, em frente aos Paços do Concelho.

Esta sessão solene comemorativa do 43.º aniversário do 25 de Abril conta com a presença do edil cabeceirense, Francisco Alves e com a participação dos líderes das bancadas municipais com assento na Assembleia Municipal, nomeadamente Dr.ª Laura Magalhães em representação do PSD-CDS/PP, Dr. Paulo Pinto em representação do IPC - Movimento Independentes por Cabeceiras e Dr. Domingos Machado em representação do PS.

É o momento alto destas comemorações municipais da ‘Revolução dos Cravos’ que decorrem neste concelho desde 21 de Abril, num verdadeiro exercício de cidadania essencial na construção de uma democracia cada vez mais efetiva e participada, que deve ser partilhado.

Ainda que esta seja a primeira vez que a sessão evocativa do 25 de Abril seja transmitida em direto, este é um serviço de comunicação que a Assembleia Municipal disponibiliza aos seus concidadãos deste 2014, com a transmissão on line de todas as reuniões ordinárias e extraordinárias, para que todos os interessados possam testemunhar e inteirar-se da atividade deste órgão deliberativo.

De referir que o programa comemorativo do 25 de Abril, termina amanhã, pelas 17h00m, com a apresentação da peça de teatro ‘Muro’ pelo CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto a ter lugar no auditório da Casa da Juventude. 

MONÇÃO: MERUFE DISPONIBILIZA MAIS DE 170 SERVIÇOS NUM ÚNICO ESPAÇO

O Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nunes Santos, presidiu, no passado sábado, à inauguração do Espaço do Cidadão de Merufe. Um dia de grande alegria e orgulho para a população local. Pela abertura daquele espaço com mais de 170 serviços num único balcão. Mas também pela celebração do 43º aniversário do Grupo Folclórico das Lavradeiras de S. Pedro de Merufe. 

DSC_0040 (Large) (1).JPG

Cumpridas as formalidades do descerramento da lápide e da visita às instalações, seguiram-se os discursos oficiais. Muitas pessoas sentadas e de pé num salão nobre com uma panorâmica fantástica sobre vários lugares da freguesia e as ventoinhas que se vislumbram no horizonte. Ali ao lado, o imponente mosteiro.

O autarca local, Márcio Alves, considerou o espaço do cidadão como um ganho importante para a freguesia e uma mais-valia para a população que, em tempo célere e sem necessidade de deslocações, terá a oportunidade de resolver diversos assuntos da administração pública.

Lembrou os contornos do processo e sublinhou a ajuda preciosa do deputado na Assembleia da República, José Manuel Carpinteira, e do vereador da autarquia monçanense, Paulo Esteves. Sublinhou: “Foram duas pessoas que estiveram comigo nesta conquista para a freguesia. Estou-lhes grato pelo esforço. Peço-vos uma salva de palmas”.

Focando-se na necessidade em fixar as pessoas na freguesia, Márcio Alves abordou aquilo que tem sido feito para a concretização daquele objetivo, referindo a Cooperativa de Volantes do Mosteiro, que emprega duas dezenas de pessoas, o loteamento para sete habitações a baixo custo e um projeto turístico, em fase embrionária, que será objeto de candidatura a verbas do fundo de turismo.

Mencionou também a medida de incentivo à natalidade, com 50,00 € mês a cada criança até aos 2 anos, e o apoio aos alunos do ensino básico, através da entrega gratuita de livros escolares até ao 5º ano. “E se o governo, como parece, garantir esse apoio, nós vamos mais longe, continuando até ao 9º ano” acrescentou.

Conhecedor da importância que representa a floresta e a agricultura para a freguesia, o autarca alertou o governante presente para a necessidade de valorização do sector agrícola com disponibilização de instrumentos financeiros para abertura de acessos aos campos, complementando os apoios existentes para os regadios.

Fixação de pessoas e autonomia às juntas

O desafio de fixação das pessoas no mundo rural também esteve evidenciado no discurso do autarca monçanense. Socorrendo-se das estatísticas, Augusto de Oliveira Domingues, confirmou que a população no concelho está a diminuir, lembrando, no entanto, que a curva descendente é menos acentuada que em outros concelhos da região.

Deu nota da importância em manter as pessoas nas freguesias, referindo que o actual executivo desenvolve uma política descentralizadora que tem permitido a instalação de empresas e serviços nas freguesias, incrementando a empregabilidade no meio rural e, por acréscimo, a permanência da população no local de origem.

A par disso, acrescentou, garante autonomia aos presidentes de junta para escolherem a melhor estratégia de desenvolvimento: “todos os meses, transferimos uma verba para cada junta, segundo critérios de igualdade, população e território, para que os responsáveis locais possam investir. Penso que é a melhor opção porque tem está no terreno decide com maior conhecimento e eficácia”.

Abordando o novo espaço localizado na sede da junta de freguesia, Augusto de Oliveira Domingues realçou o facto de ficar localizado no meio rural e enalteceu as virtualidades deste “balcão único” para a população local que encontra aqui uma gama variada de serviços da administração pública.

“São quase duzentos serviços num espaço único. As vantagens são enormes e reflectem uma aposta muito clara deste governo, desta câmara e desta junta de freguesia nas pessoas que residem longe dos centros urbanos” sustentou Augusto de Oliveira Domingues, ciente da “valiosa importância desta estrutura no quotidiano das pessoas”.

“Tudo o que o governo faz tem em conta o respeito pelas pessoas”

O Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nunes Santos, denotava um semblante de satisfação. Talvez pelo acolhimento de quem sabe receber. Ou dos rostos radiantes de quem estava na plateia. E quando chegou a sua vez de discursar, as palavras saíram-lhe com a naturalidade de quem está entre amigos.

Falou do espaço do cidadão como algo precioso e fundamental para as populações que residem em locais distantes das sedes do concelho ou dos grandes centros urbanos. Revelou que outros serviços virão para engrossar a lista já existente. Esclareceu que não está ali para traçar cenários cor-de-rosa mas para assegurar melhor qualidade às pessoas.

À semelhança de outras medidas promovidas pelo governo, Pedro Nunes Santos referiu que a criação dos espaços do cidadão visa “uma maior aproximação das comunidades locais aos serviços públicos”, cuja génese assenta “no respeito e apreço que todos os portugueses merecem”. Sintetizou: “O que o governo faz, à velocidade que pode, tem sempre em conta o respeito pelas pessoas”.

O espaço do cidadão é um ponto de atendimento que reúne mais de 170 serviços de diferentes entidades num único balcão. Entre outras questões, as pessoas podem tratar da carta de condução, caderneta predial, assuntos relacionados com emprego e formação profissional, e solicitação do cartão europeu de seguro de doença.

Antes da cerimónia oficial, Pedro Nunes Santos visitou a cooperativa de volantes do Mosteiro, onde teve a oportunidade de tomar contacto com as diferentes etapas de produção de um volante. Depois do ato solene, não deixou de dar um pé de baile no “bira” geral do Grupo Folclórico das Lavradeiras de S. Pedro de Merufe. Passou com distinção. 

DSC_0049 (Large) (1).JPG

DSC_0069 (Large) (1).JPG

DSC_0075 (Large).JPG

DSC_0090 (Large).JPG

DSC_0115 (Large) (1).JPG

DSC_0122 (Large) (1).JPG

EXPOSIÇÃO "AMARES NA 1ª GUERRA" PATENTE NA GALERIA DE ARTES E OFÍCIOS DE AMARES

O vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo, e o autor do livro “Amarenses na 1.ª Grande Guerra (1914-1918)", publicado pelo Município de Amares no âmbito das Comemorações do Centenário da Primeira Guerra Mundial, Manuel Penteado Neiva, inauguraram, no passado sábado, a exposição "AMARES NA 1.ª GRANDE GUERRA". A data de abertura (22 de abril) coincidiu, simbolicamente, com o dia de embarque dos combatentes de Amares rumo a Flandres, frente europeia, na época. 

DSC05168.JPG

Patente até ao dia 8 de maio na Galeria de Artes e Ofícios de Amares, na Praça do Comércio, em Ferreiros, a exposição retrata, através de 14 painéis, a história desses amarenses que combateram defendendo as cores da bandeira portuguesa e do concelho,o ambiente social, económico e político à época, individualizando alguns filhos da terra que tiveram mais destaque. 

Materiais de uso corrente, como máscaras e cantis, correspondência particular e condecorações são alguns dos elementos que podem ser vistos também nesta exposição e que pode ser visitada no horário de funcionamento da Galeria de Artes e Ofícios: às segundas, entre as 14h00 e as 18h00; às terças, quartas, quintas e sextas, entre as 9h00 e as 12h00, da parte da manhã, e as 14h00 e as 18h00, da parte da tarde e aos sábados entre as 10h00 e as 13h00.

DSC05193.JPG

DSC05204.JPG

PONTE DE LIMA INVESTE NA REQUALIFICAÇÃO DO CAMPO DO CRUZEIRO

Assinatura do Auto de Consignação da Empreitada de Beneficiação e Ampliação do Edifício da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro. O Município de Ponte de Lima investe quase 400 mil euros na Ampliação e Requalificação do espaço

A política de beneficiação e reparação dos equipamentos desportivos municipais tem vindo a distinguir-se de entre um leque de múltiplas outras atribuições e iniciativas, resultantes do espírito empreendedor do sistema político vigente.

Capturararcus1.PNG

Foi neste contexto que o Executivo Municipal adjudicou a empreitada de “Beneficiação e Ampliação do Edifício da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro”.

Num investimento que ronda os 400 mil euros, a intervenção visa a maximização efetiva do caráter funcional do espaço, assim como numa identidade visual mais atual.

A remodelação deste equipamento foi motivada basilarmente pela renovação de balneários, que se revelam agora providos de um compartimento comum de dez duches, e de um núcleo de instalações sanitárias completamente adaptadas às necessidades dos atletas, com capacidade superior a 24 pessoas. Esta remodelação abrange os três blocos de balneários de atletas, e os dois blocos de balneários de árbitros/treinadores, que contam agora com valências similares.

A intervenção incluirá ainda a demolição e reconstrução dos edifícios das bilheteiras e arrecadação de material desportivo, ambos situados na entrada principal deste equipamento desportivo. O espaço contará com outras valências, tais como sala de massagens, gabinete médico, lavandaria, bar de apoio e secretaria.

Com isolamento térmico em poliestireno, alvenaria de tijolo cerâmico vazado, revestimentos cerâmicos nas áreas suscetíveis a humidades, e cobertura isolada termicamente com placas de poliestireno extrudido assentes sobre um complexo impermeabilizante, nenhum detalhe foi deixado ao acaso, na área que foi ampliada em 133m2, perfazendo agora no seu total, mais de 400m2.

A assinatura do Auto de Consignação da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro realizou-se no dia 20 de abril, ao final da tarde, no Campo do Cruzeiro, à qual compareceram os Vereadores Vasco Ferraz, Paulo Sousa, o Vice-Presidente, Gaspar Martins e o Presidente da Câmara Municipal, Eng.º Victor Mendes, que reforçou a importância deste tipo de diligências, considerando que “estas instalações já não estão de acordo com as necessidades atuais. Com esta obra pretendemos melhorar as infraestruturas desportivas do concelho, como forma de dinamizar a pratica desportiva “disse.

Por sua vez, o Presidente da Direção da Comissão Administrativa da Associação Desportiva Os Limianos, Domingos de Almeida Mourão do Vale, agradeceu à Câmara Municipal todo o apoio, em especial esta obra “essencial para o Grupo Desportivo Os Limianos”.

Capturararcus2.PNG

Capturararcus3.PNG

Cruzeiro _ Auto de Consignação.JPG

 

PONTE DE LIMA INVESTE NA REQUALIFICAÇÃO DO CAMPO DO CRUZEIRO

Assinatura do Auto de Consignação da Empreitada de Beneficiação e Ampliação do Edifício da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro. O Município de Ponte de Lima investe quase 400 mil euros na Ampliação e Requalificação do espaço

A política de beneficiação e reparação dos equipamentos desportivos municipais tem vindo a distinguir-se de entre um leque de múltiplas outras atribuições e iniciativas, resultantes do espírito empreendedor do sistema político vigente.

Capturararcus1.PNG

Foi neste contexto que o Executivo Municipal adjudicou a empreitada de “Beneficiação e Ampliação do Edifício da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro”.

Num investimento que ronda os 400 mil euros, a intervenção visa a maximização efetiva do caráter funcional do espaço, assim como numa identidade visual mais atual.

A remodelação deste equipamento foi motivada basilarmente pela renovação de balneários, que se revelam agora providos de um compartimento comum de dez duches, e de um núcleo de instalações sanitárias completamente adaptadas às necessidades dos atletas, com capacidade superior a 24 pessoas. Esta remodelação abrange os três blocos de balneários de atletas, e os dois blocos de balneários de árbitros/treinadores, que contam agora com valências similares.

A intervenção incluirá ainda a demolição e reconstrução dos edifícios das bilheteiras e arrecadação de material desportivo, ambos situados na entrada principal deste equipamento desportivo. O espaço contará com outras valências, tais como sala de massagens, gabinete médico, lavandaria, bar de apoio e secretaria.

Com isolamento térmico em poliestireno, alvenaria de tijolo cerâmico vazado, revestimentos cerâmicos nas áreas suscetíveis a humidades, e cobertura isolada termicamente com placas de poliestireno extrudido assentes sobre um complexo impermeabilizante, nenhum detalhe foi deixado ao acaso, na área que foi ampliada em 133m2, perfazendo agora no seu total, mais de 400m2.

A assinatura do Auto de Consignação da Bancada do Campo Municipal do Cruzeiro realizou-se no dia 20 de abril, ao final da tarde, no Campo do Cruzeiro, à qual compareceram os Vereadores Vasco Ferraz, Paulo Sousa, o Vice-Presidente, Gaspar Martins e o Presidente da Câmara Municipal, Eng.º Victor Mendes, que reforçou a importância deste tipo de diligências, considerando que “estas instalações já não estão de acordo com as necessidades atuais. Com esta obra pretendemos melhorar as infraestruturas desportivas do concelho, como forma de dinamizar a pratica desportiva “disse.

Por sua vez, o Presidente da Direção da Comissão Administrativa da Associação Desportiva Os Limianos, Domingos de Almeida Mourão do Vale, agradeceu à Câmara Municipal todo o apoio, em especial esta obra “essencial para o Grupo Desportivo Os Limianos”.

Capturararcus2.PNG

Capturararcus3.PNG

Cruzeiro _ Auto de Consignação.JPG

 

PONTE DA BARCA INAUGURA CENTRO DE MARCHA E CORRIDA

Ponte da Barca já dispõe de um Centro de Marcha e Corrida. A nova valência, que foi ontem inaugurada durante a realização da Expo Saúde e Bem Estar, está inserida no Programa Nacional de Marcha e Corrida e resulta de uma ação conjunta do Instituto do Desporto e Juventude de Portugal e Federação Portuguesa de Atletismo, que visa a prática da marcha e corrida, com enquadramento técnico. Vai disponibilizar, em dias a combinar de acordo com os munícipes que venham a inscrever-se, duas sessões semanais com apoio técnico e opções por quatro percursos, todos com partida nas piscinas municipais, onde funciona o gabinete de atendimento.

P1500124.JPG

O percurso 1 é pela zona ribeirinha da vila, na distância de 2,5km. O percurso 2 inclui a zona ribeirinha e a ciclovia, na distância de 5 km. O percurso 3 inclui a zona ribeirinha e a ecovia, com 7 km. O percurso 4 tem uma extensão de 12, 5 km.

Vassalo Abreu, autarca de Ponte da Barca inseriu esta estrutura na política de promoção da atividade física do município, lembrando as apostas em polidesportivos, campos de de futebol e de ténis e ciclovias. 'Em fim de mandato, confesso orgulho em ter contribuído para o sucesso do desenvolvimento desportivo de Ponte da Barca', afirmou na sessão solene que teve lugar na Praça da República, destacando ainda 'o concelho de Ponte da Barca com excelentes condições para a prática desportiva em contacto com os recursos naturais, designadamente a zona ribeirinha da vila e as áreas integradas no Parque Nacional da Peneda-Gerês'.

Também a Vereadora da Cultura, Turismo e Desporto, Sílvia Torres, salientou que a mais valia deste Centro Municipal é 'proporcionar aos seus utilizadores um enquadramento técnico constituído por técnicos com elevada experiência desportiva e com formação técnica específica, garantindo uma intervenção qualificada, como forma de incentivar um estilo de vida ativo'.

Na sessão participaram ainda Vítor Dias, do Instituto Português de Desporto e Juventude e Serafim Gadelho, da Federação Portuguesa de Atletismo, que realçaram os benefícios da prática desportiva com enquadramento técnico adequado, com controlo da condição física e evitando excessos.

Na caminhada que se seguiu, a par de um passeio de BTT, além do presidente da câmara e de Fernanda Ribeiro, a atleta portuguesa mais medalhada de sempre, participaram outros autarcas e dezenas de munícipes.

P1500125.JPG

LIMIANOS RECUPERAM BRINCADEIRAS ANTIGAS

Ponte de Lima - Projeto BiblioSénior recupera brincadeiras de antigamente

O BiblioSénior – projeto de dinamização de ações vocacionadas para a população idosa do concelho de Ponte de Lima – dedicou a edição deste ano às “Brincadeiras de Antigamente”, levando às instituições prestadoras de cuidados de saúde e lazer um conjunto de divertimentos e de jogos praticados em tempos passados. Durante os meses de fevereiro e março, a iniciativa dinamizada pela Biblioteca Municipal de Ponte de Lima recuperou diversas atividades lúdicas tradicionais que marcaram a infância de muitos idosos, com particular destaque para o pião, o rapa, o botão, as pedrinhas, a bilharda, a cabra-cega, entre outras brincadeiras infantis caídas em desuso.

DSC06914 (Medium) (2).JPG

 O exercício descontraído de evocação de memórias pessoais e coletivas, que permitiu ainda a reabilitação de alguns elementos do universo feminino - designadamente as populares bonecas de trapos - incluiu também a leitura de pequenos textos de Trindade Coelho e a interpretação de músicas tradicionais.

As instituições abrangidas pelas sessões do BiblioSénior foram a Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, o Centro Paroquial e Social (CPS) de Santa Cruz do Lima, o CPS de S. Martinho, o CPS de Calheiros, o CPS de Fornelos, o CPS de Arcozelo, o Centro Comunitário de Refoios, o Centro de Dia de Vitorino dos Piães, o Lar Casa de Magalhães de Freixo, entre outras associações do concelho com valências de apoio a idosos.

BRAGA REVELA TÚMULO DE S. MARCOS

‘Braga à Lupa’ revela túmulo de São Marcos. Quarta-feira, 26 de Abril, Igreja do Hospital de S. Marcos

O túmulo de São Marcos vai estar em destaque na próxima sessão do ‘Braga à Lupa’, que se realiza esta Quarta-feira, 26 de Abril, às 21h15, na Igreja de S. Marcos. Organizada pelo Município de Braga, o ‘Braga à Lupa’ é uma iniciativa integrada no programa ‘À Descoberta de Braga’ e desafia os Bracarenses a descobrir e a reflectir sobre um aspecto desconhecido e aliciante da Cidade.

túmulo s. marcos.jpg

A sessão terá como convidados Eduardo Alves Duarte (Universidade de Lisboa) e Manuela Machado (Santa Casa da Misericórdia de Braga). As inscrições são limitadas, devendo ser feitas através do e-mail cultura@cm-braga.pt.

Há quem diga que é S. Marcos o evangelista. Há quem defenda ser S. João Marcos, discípulo de Cristo e evangelizador com S. Paulo e S. Barnabé, o mesmo que era proprietário da casa onde Cristo celebrou a Última Ceia e onde ocorreu o Pentecostes. Também se diz que os dois são a mesma pessoa. O certo é que existe em Braga, mais propriamente na igreja do Hospital, um túmulo cujos restos mortais são designados como sendo os de S. Marcos.

O túmulo terá sido lugar de grande veneração ao longo da Idade Média, tendo contribuído para o surgimento do topónimo ainda hoje subsistente naquele lugar. A última versão do túmulo é uma preciosa obra de arte, mandada fazer pelo Arcebispo D. Rodrigo de Moura Teles em 1718, e sobre o qual subsistem uma série de questões.

JOVENS ARCUENSES ABRAÇAM A FLORESTA

2000 alunos de Arcos de Valdevez vão abraçar a Floresta

No próximo dia 28 de Abril a Câmara Municipal irá levar a cabo a iniciativa “Abraço à Floresta”, a qual se desenvolve no âmbito do plano de atividades com as escolas para o ano letivo 2016/2017.

A iniciativa irá realizar-se na Porta do Mezio e contará com a participação de todas as crianças e jovens inseridos nos diversos equipamentos educativos do concelho, cujo total previsto ascende os 2000 alunos.

Durante o evento, está prevista a realização de um conjunto de atividades, em torno da temática da educação ambiental, tais como, ateliers, sessões de sensibilização efetuadas pelas entidades ligadas à preservação da floresta; plantação de árvores, entre outras.

O objetivo desta ação é sensibilizar as crianças e jovens para a preservação do meio ambiente, tornando-os participantes mais ativos na proteção dos valores naturais, nomeadamente, os valores naturais do Parque Peneda Gerês, bem como, para a reflexão em torno de um modelo de sociedade mais sustentável, indispensável para se exercer uma cidadania plena.

Programação do evento:

09,00h - Receção dos participantes e entrega do roteiro de atividades

09,30h - Inicio das atividades previstas no roteiro

11,00h - Inicio da cerimónia (atividades de animação promovidas pelos alunos e dedicadas à floresta e preservação do ambiente

12,00h - Momento simbólico do Abraço à Floresta

12,30h - Almoço

13,30h - Continuação das atividades previstas no roteiro

15,00h -16,00h – Regresso

PONTE DE LIMA REQUALIFICA INSTALAÇÕES DA SECÇÃO DO FREIXO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Requalificação das Instalações da Secção de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima. Inauguração – 25 de abril – 11 horas com a presença do Secretário de Estado da Administração Interna

bombeifreix1.PNG

O Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, inaugura amanhã, terça-feira, 25 de abril, às 11 horas a “Requalificação das Instalações da Secção de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima”.

O Município de Ponte de Lima e a junta de freguesia de Ardegão, Freixo e Mato, ao abrigo do leque de empreendimentos transversais ao plano da requalificação e da beneficiação de infraestruturas, apoiaram a obra da responsabilidade dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima.

Depois de analisada a configuração e a morfologia do terreno, a empreitada foi viabilizada, tendo em vista a agilização da resposta do quartel, e consequente eficácia de cobertura do território.

Neste contexto, “funcionalidade” foi a palavra de ordem, durante o processo de modernização e de melhoria dos serviços de proteção civil e socorro. Estabeleceu-se simultaneamente como propósito, a valorização e a dignificação dos bombeiros, através da criação de melhores condições de trabalho.

Sendo um investimento no valor de 318.211,59€+Iva, a obra foi cofinanciada pelo POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos - Portugal 2020 e pelo Fundo de Coesão da União Europeia.

bombeifreix2.PNG

CORTEJO DOS GUIÕES DOS PASSOS REALIZA-SE HOJE EM BRAGA

"V Cortejo de Guiões dos Passos do concelho de Braga"

"Este imponente cortejo, realizado pela primeira vez em 2013, sai da igreja de S. Vicente, percorrendo as ruas de S. Vicente, ..., recolhendo à Sé Catedral, onde ficarão expostos...", (recém falecido, Cónego Jorge Coutinho, Presidente da Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga)

isv0417_cortejo_guiões0009 (1).jpg

Amanhã, dia 24 de abril, pelas 18:30h, na Sé Catedral de Braga, a exemplo dos anos anteriores, proceder-se-á à entrega dos 'Diplomas de Participação' às Confrarias, Irmandades e Comissões de Passos, Agrupamentos de Escuteiros, Entidades/Instituições e, outras Associações da 'comunidade Vicentina', que participaram na 5ª edição do "Cortejo de Guiões dos Passos do Concelho de Braga". 

Consolidado que está este cortejo processional - através de uma resposta cada vez mais representativa, significativa e qualitativa, por parte das comunidades paroquiais aderentes -, foi nosso propósito que a edição deste ano (V Cortejo), ficasse marcada por uma viragem na sua 'marca'. Assim, tentamos recuperar e/ou repor a designação, muito enraizada na religiosidade popular bracarense, a sentida e mui respeita - "SEMANA MAIOR", a cair vertiginosamente em desuso.

A cerimónia de entrega dos 'Diplomas de Participação', contará com a presença do Deão da Sé Catedral de Braga, Cónego José Paulo Abreu, e de representantes dos Corpos Gerentes da Irmandade do Mártir São Vicente de Braga, enquanto instituição organizadora. O objectivo desta cerimónia é, agradecer uma vez mais, a participação e empenho de todos os que participaram e colaboraram na organização do 'Cortejo de Guiões de Passos do concelho de Braga', levado a efeito no passado dia 8, do mês em curso.  

Relembra-se que os Guiões poderão ser vistos até amanhã, dia 24, no Claustro da Sé Catedral de Braga, onde se encontram expostos.

Convirá recordar que, no âmbito do programa cultural/religioso paralelo desta 'Semana Maior', foram levadas a efeito uma 'Reflexão Quaresmal', que teve por convidado o padre Jesuíta, Manuel Morujão, da Companhia de Jesuítas, sediada na freguesia, para refletir de forma partilhada sobre o tema: "FÁTIMA: 100 anos de Graças - confirmadas pela vinda do Papa Francisco", que contou com a sentida animação, do CAB - Centro Académico de Braga, e a "Puxada do Guião" - uma tradição/ritual, que se perde no tempo -, da responsabilidade dos pegadores da procissão dos Passos da freguesia de Cabreiros, do nosso concelho. 

Este ano, pela primeira vez, tivemos uma significativa adesão, ao repto lançado aos atletas dos Ginásios sediados no nosso concelho. 

Para o ano, prometem aderir com um maior número de atletas. Esta sensibilização junto dos ginásios tinha um duplo objetivo; por um lado, dar a conhecer uma tradição herdada que visa testar as capacidades de força física e destreza, no manejo dos Guiões/bandeiras, e, por outro, recrutar possíveis novos pegadores, por forma a podermos garantir que a tradição não se perca.

isv0417_cortejo_guiões0011 (1).jpg

RANCHOS FOLCLÓRICOS DO MINHO PEREGRINAM AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Centenas de ranchos folclóricos rumaram hoje em peregrinação ao Santuário de Fátima. No recinto, milhares de pessoas, provenientes de todo o território português e das comunidades radicadas no estrangeiro, desfilaram com os trajes domingueiros característicos das suas regiões, numa clara demonstração de fé e tradição. Tratou-se da XV Peregrinação Nacional, organizada pela Federação do Folclore Português e da Associação Folclórica da Região de Leiria - Alta Estremadura, todos os anos se realiza por esta altura.

18056805_1410096465700685_409232286633570706_n.jpg

Agrupados por regiões, os ranchos folclóricos desfilaram a partir do Parque nº 8 até ao Recinto de Oração onde teve lugar a recitação no rosário junto à Capelinha das aparições e, após a procissão para o altar, a celebração da eucaristia, no Recinto de Oração do Santuário de Fátima.

Qualquer que seja a crença religiosa seguida por muitos componentes de grupos folclóricos, a religiosidade cristã de confissão católica é unanimemente reconhecida como constituindo a matriz cultural do nosso povo e, como tal, deve ser perservada também no domínio etnográfico, à semelhança dos vestígios de culturas e religiosidades mais ancestrais.

Fotos: Manuel Santos17952900_1410090292367969_3269689100432736439_n.jpg

17990896_1410089679034697_5101542100045513279_n.jpg

17990965_1410096799033985_4808823757637772198_n.jpg

17990975_1410089395701392_7446451800420141458_n.jpg

17991018_1410090002367998_5703007152418637839_n.jpg

17991073_1410096545700677_5899909401689233663_n.jpg

17991791_1410089645701367_6108312965073940852_n.jpg

17991930_1410090132367985_2555637626133136045_n.jpg

17991997_1410096269034038_1099896207081537610_n.jpg

 

18056829_1410089759034689_8877990249079292254_n.jpg

18056846_1410088779034787_4900676313500422634_n.jpg

18057065_1410088609034804_3300482273170864830_n.jpg

18057091_1410088082368190_2695647073554032102_n.jpg

18057093_1410097619033903_7515586937624390879_n.jpg

18057672_1410089345701397_849021367451481413_n.jpg

18058010_1410088802368118_6478807031649801821_n.jpg

18118636_1410096619034003_5259987540900140135_n.jpg

18118724_1410096382367360_4677518077489426946_n.jpg

18118764_1410096085700723_4308926687593095889_n.jpg

18119013_1410088229034842_2151070136579346028_n.jpg

18119200_1410089262368072_654520266464809876_n.jpg

18119219_1410089389034726_5940757440378823797_n.jpg

18119270_1410088509034814_6678566824981200285_n.jpg

BRAGA REALIZA CORTEJO DE GUIÕES DOS PASSOS

"Vº Cortejo de Guiões dos Passos do concelho de Braga"

"Este imponente cortejo, realizado pela primeira vez em 2013, sai da igreja de S. Vicente, percorrendo as ruas de S. Vicente, ..., recolhendo à Sé Catedral, onde ficarão expostos...", (recém falecido, Cónego Jorge Coutinho, Presidente da Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga).

Cortejo de Guiões de Passos-BRG(3) (2).jpg

Amanhã, dia 24 de abril, pelas 18:30h, na Sé Catedral de Braga, a exemplo dos anos anteriores, proceder-se-á à entrega dos 'Diplomas de Participação' às Confrarias, Irmandades e Comissões de Passos, Agrupamentos de Escuteiros, Entidades/Instituições e, outras Associações da 'comunidade Vicentina', que participaram na 5ª edição do Cortejo de Guiões dos Passos do Concelho de Braga". 

Consolidado que está este cortejo processional - através de uma resposta cada vez mais representativa, significativa e qualitativa, por parte das comunidades paroquiais aderentes -, foi nosso propósito que a edição deste ano (V Cortejo), ficasse marcada por uma viragem na sua 'marca'. Assim, tentamos recuperar e/ou repor a designação, muito enraizada na religiosidade popular bracarense, a sentida e mui respeita - "SEMANA MAIOR", a cair vertiginosamente em desuso.

A cerimónia de entrega dos 'Diplomas de Participação', contará com a presença do Deão da Sé Catedral de Braga, Cónego José Paulo Abreu, e de representantes dos Corpos Gerentes da Irmandade do Mártir São Vicente de Braga, enquanto instituição organizadora. O objectivo desta cerimónia é, agradecer uma vez mais, a participação e empenho de todos os que participaram e colaboraram na organização do 'Cortejo de Guiões de Passos do concelho de Braga', levado a efeito no passado dia 8, do mês em curso.

Relembra-se que os Guiões poderão ser vistos até amanhã, dia 24, no Claustro da Sé Catedral de Braga, onde se encontram expostos.

Convirá recordar que, no âmbito do programa cultural/religioso paralelo desta 'Semana Maior', foram levadas a efeito uma 'Reflexão Quaresmal', que teve por convidado o padre Jesuíta, Manuel Morujão, da Companhia de Jesuítas, sediada na freguesia, para refletir de forma partilhada sobre o tema: "FÁTIMA: 100 anos de Graças - confirmadas pela vinda do Papa Francisco", que contou com a sentida animação, do CAB - Centro Académico de Braga, e a "Puxada do Guião" - uma tradição/ritual, que se perde no tempo -, da responsabilidade dos pegadores da procissão dos Passos da freguesia de Cabreiros, do nosso concelho.

Este ano, pela primeira vez, tivemos uma significativa adesão, ao repto lançado aos atletas dos Ginásios sediados no nosso concelho. 

Para o ano, prometem aderir com um maior número de atletas. Esta sensibilização junto dos ginásios tinha um duplo objetivo; por um lado, dar a conhecer uma tradição herdada que visa testar as capacidades de força física e destreza, no manejo dos Guiões/bandeiras, e, por outro, recrutar possíveis novos pegadores, por forma a podermos garantir que a tradição não se perca.

Cortejo de Guiões de Passos-BRG (2) (2).jpg

isv0417_cortejo_guiões0009.jpg

isv0417_cortejo_guiões0011.jpg

isv0417_cortejo_guiões0013.jpg

isv0417_cortejo_guiões0019.jpg

isv0417_cortejo_guiões0021.jpg

isv0417_cortejo_guiões0022.jpg

NUNO SÁ PROMETE UNIR PELOUROS DA CULTURA E DO TURISMO EM FAMALICÃO

Candidato do PS à Presidência da Câmara de Famalicão aponta falhas e soluções

Nuno Sá, candidato do PS à presidência da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, assume o compromisso de fundir os pelouros da Cultura e do Turismo, em nome de “uma poupança de recursos” e de “uma maior eficácia nas decisões” em dois setores que o candidato socialista considera serem “alavancas do desenvolvimento das cidades”.

Nuno Sá _ Candidato Presidência CM Famalicão.jpg

Neste momento, em Vila Nova de Famalicão, a Cultura é tutelada pelo presidente da Câmara, Paulo Cunha, da coligação de direita PSD-CDS, enquanto o turismo está entregue ao vereador Pedro Sena. “Isto não faz sentido”, considera Nuno Sá, que falava este sábado num encontro com agentes culturais, no âmbito das comemorações dos 43 anos da Revolução de 25 de Abril, organizadas pelo PS de Vila Nova de Famalicão, com a presença do ex-ministro da Cultura, João Soares.

O candidato socialista, que também contou com as presenças do líder da Federação Distrital de Braga do PS, Joaquim Barreto, do presidente do PS-Famalicão, Luís Moniz, da presidente da Juventude Socialista, Márcia Nunes, não poupou nas palavras para criticar o que considera ser a “queda livre” da cultura em Vila Nova de Famalicão.

João Soares e Nuno Sá na Fundação Cupertino de Miranda.jpg

Segundo Nuno Sá, “num concelho como Famalicão, a Cultura tem subsetores eminentemente turísticos e o Turismo tem aspetos eminentemente culturais”. Exemplificando: “A gastronomia é cultural e turística ao mesmo tempo. O mesmo sucede com a Casa de Camilo ou o Museu Ferroviário.”

Com alguma ironia, Nuno Sá, que é deputado municipal, deixou escapar uma farpa política: “O pelouro da Cultura está com o PSD e o pelouro do Turismo é assim uma espécie de doce conventual para os vereadores do CDS adoçarem a boca.”

CULTURA PERDEU DEPARTAMENTO MUNICIPAL

A enumeração de falhas na gestão cultural e turística do Executivo de Paulo Cunha não parou: “Há ainda outra situação bizarra: a cidade de Famalicão tem dois postos de Turismo no centro da cidade, ambos na Praça Dona Maria II. Deve ser um do PSD e outro do CDS. O problema é que não funcionam quando deveriam funcionar. Ao sábado, ao domingo e nos feriados os postos de turismo de Famalicão estão fechados”, lamentou Nuno Sá.

Mas foi no setor cultural, que a região e o país se habituaram a ver como exemplares, que recaíram as críticas mais duras e, curiosamente, baseadas em factos. Assim, Nuno Sá surpreendeu os presentes lembrando “o estado de degradação do edifício da Casa da Cultura” e o facto de o Departamento de Cultura “ter desaparecido” da organização municipal.

Sobre o fim do Departamento de Cultura, Nuno Sá afirmou: “A Câmara Municipal de Famalicão teve um diretor de departamento da Cultura, aliás, escolhido pelo PS, que esteve em funções até ir para a reforma, há poucos anos. E não foi substituído. Aliás, esta Câmara de maioria de direita, pura e simplesmente, acabou com o Departamento de Cultura em Famalicão! Hoje temos uma salgalhada! Temos a Cultura o e Turismo reduzidos a uma Divisão que está inserida num Departamento que chamam de Desenvolvimento Social.”

E quanto à degradação da Casa da Cultura, o candidato socialista disse: “Hoje, a Casa da Cultura é uma casa abandonada.  Poderíamos ter ali a Casa do Associativismo, prestando apoio logístico a todas as associações culturais do concelho de Famalicão. É uma ideia que lanço. Mas temos um edifício a cair, que ainda mostra numa das suas paredes exteriores, como símbolo do abandono, um painel, já comido pelo sol, que sobrou de uma exposição sobre Famalicão Antigo que a Câmara então de maioria do PS realizou no ano 2000!”

A OBRA DO PS NA CULTURA

Nuno Sá afirmou que “o PS está perfeitamente à vontade para falar de cultura”. E lembrou ter sido com o PS na liderança Câmara Municipal, na presidência de Agostinho Fernandes, que Famalicão viu nascer equipamentos e projetos como “a Biblioteca Municipal, a Casa das Artes, o Museu da Indústria Têxtil, a Feira de Artesanato e Gastronomia, o Centro Cultura de Joane e o Museu Ferroviário de Lousado”.

Nuno Sá disse ainda ter sido “a Câmara do PS que projetou o Centro Cultura de Camilo, convidando o arquiteto Siza Vieira para o fazer, que levou a Biblioteca itinerante a todas as freguesias e que transformou Famalicão num exemplo em matéria de políticas culturais para toda a população”. Ora, “é esse legado que queremos retomar depois das eleições de outubro”, adiantou o candidato do PS.

Lembrando que “o PS está perfeitamente à vontade para falar de cultura em Famalicão”, Nuno Sá assumiu propostas de mudança, caso seja eleito presidente da Câmara, em outubro próximo: “Famalicão não sabe acompanhar a pedalada de outras cidades à nossa volta em matéria turística. Comigo na Presidência da Câmara, teremos em Famalicão uma fusão de pelouros municipais entre a Cultura e o Turismo. Não faz sentido esta separação. A Cultura e o Turismo trabalhando em conjunto é uma necessidade absoluta. E temos que ter bons quadros. Comigo na Presidência da Câmara vamos prestigiar a Cultura e o Turismo, porque estamos a falar de duas alavancas essenciais do nosso desenvolvimento, que se cruzam com o tecido económico.”

João Soares com Nuno Sá em Famalicão1.jpg

BRAGA REQUALIFICA CENTRO HISTÓRICO

Recuperação de edifícios no Centro Histórico quase que duplicou em 2016. Números evidenciam forte reanimação na Reabilitação Urbana

Nos últimos anos, Braga tem registado um aumento significativo no investimento para a recuperação de edifícios degradados no Centro Histórico. Com a localização de novos estabelecimentos comerciais, a Cidade tem assistido a uma forte dinâmica imobiliária que registou um forte crescimento em 2016. Nesse ano, e segundos dados apurados pelo Município, o número de intervenções no Centro Histórico quase que duplicou, registando 66 novos pedidos, face aos 34 do ano anterior.

8237.jpg

Só nos últimos três anos, foram licenciadas intervenções em 154 edifícios, o que evidencia uma forte reanimação na reabilitação urbana do Centro Histórico. Ao serem somadas as intervenções sujeitas a licença com as obras isentas de controlo prévio (obras de conservação), que só em 2016 representaram 115 imóveis, é possível constatar que o número de edifícios que começaram a ser intervencionados nesse ano afectaram, ou irão afectar nos próximos tempos, cerca de 9% de todo o edificado do Centro Histórico que é composto aproximadamente por 2.500 edifícios.

Ao serem também analisadas todas as operações urbanistas sujeitas a licença e as obras sem controlo prévio dos últimos três anos, estas atingiram 506 edifícios, ou seja, mais de 20% de todo o edificado. De destacar que cerca que metade destas intervenções foram efectuadas em 2016.

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, mostra-se “muito satisfeito” com estes números, pois “comprovam claramente que a cidade está a viver um período de dinamismo como há muito não se via e o Centro Histórico não é excepção”.

“A estratégia de reabilitação urbana que estamos a implementar está a apresentar resultados, numa política sustentada de valorização do nosso Centro Histórico. Esta regeneração é também importante porque melhora a qualidade de vida dos Bracarenses e torna esta zona da Cidade um local ainda mais aprazível para todos, sejam residentes em Braga ou os muitos turistas que nos visitam”, refere Ricardo Rio.

Por seu turno, Miguel Bandeira, vereador do Pelouro da Regeneração, acrescenta que é “reconhecido que a reabilitação deixou de ser protagonizada pelo Estado e pelas Autarquias, cabendo agora sobretudo à iniciativa privada o desafio da regeneração urbana.”

Segundo o vereador, “estes resultados são claros quando se analisa a evolução recente dos procedimentos de licenciamento, das licenças de ocupação e da informação que é prestada ao nível da gestão urbanística”. Miguel Bandeira regista também que o Município “tem a convicção que o exemplo da política de reabilitação e regeneração urbana que tem vindo a ser desenvolvida no Centro Histórico, irá brevemente contagiar-se nas novas áreas de Reabilitação Urbana mais recentes que envolvem o Centro Histórico”.

Evolução muito positiva do mercado imobiliário em Braga em 2016

Interessa também registar que o ano de 2016 foi o momento de anúncio de grandes investimentos económicos em Braga como a expansão da Bosch, orçada em cerca de 38 milhões de euros, implicando a criação de mil novos postos de trabalho; ou o investimento do grupo português Vila Galé num hotel de quatro estrelas, com 127 quartos e que deverá abrir em 2018 e que vai, simultaneamente, promover a reabilitação do complexo do antigo hospital de São Marcos, desocupado desde 2011.

Relativamente à tramitação processual da gestão urbanística durante o ano de 2016 foram emitidas 801 licenças de construção de edificações e admitidas 100 Comunicações Prévias. Dados demonstrativos que, relativamente ao ano anterior, 2016 teve um aumento de cerca de 33,5% dos títulos de construção emitidos. Note-se que procedimento urbanístico é aproximado do início das obras, facto que só por si demonstra uma significativa evolução do sector imobiliário e da construção em Braga. De referir, também, que a maior parte destes processos está relacionada com a habitação, sendo que a actividade económica representou 28% em 2016, um crescimento de 7,6% face a 2015.

No que se refere ao número de autorizações de utilização, foi só a partir do ano de 2015 que se inverteu a tendência gerada pelo impacto da crise. Nesse ano, foram emitidas 423 autorizações de utilização, sendo que em 2016 esse número subiu para 538. Este indicador está relacionado com a conclusão das obras e com a respectiva ocupação ou transacção imobiliária e reflecte também um claro aumento das licenças de construção emitidas em 2015 face ao ano anterior.

RALI CASINO DE ESPINHO ALGO COMPLICADO PARA OS ALTO MINHOTOS

A quarta prova do Campeonato Nacional de Ralis, organizada pelo Targa Clube e disputada nos troços de asfalto de Sta Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, contou com a participação de 5 representantes do Alto Minho: ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo IX, Pedro Sá continuou a sua campanha no Grupo N  (Categoria RC2N); Marco Reis, em Skoda Fabia R2 e navegado pelo também vianense Nuno Carvalhosa, esteve em luta pela Categoria RC4; do lado da navegação, Paulo Leones acompanhou Pedro Antunes no habitual Peugeot 208 R2 e Hugo Magalhães, natural de Fafe mas a residir em Viana do Castelo, esteve desta vez ao lado de Ruben Moura, a bordo de um Renault Clio R3.

Hugo Magalhaes.jpg

Com uma Super Especial noturna a abrir as hostilidades em Santa Maria da Feira, o Rali Casino de Espinho era composto por 10 classificativas, das quais acabou por ser anulada a dupla passagem pela Gaia Street Stage, a meio da segunda etapa.

Paulo Leones, a navegar o jovem prodígio Pedro Antunes, começou em destaque ao liderar as 2 rodas motrizes, mas este rali viria a terminar mais cedo que o previsto com uma ligeira saída de estrada a deixar o navegador de Lanheses e o piloto de Torres Vedras fora de prova.

Marco Reis Nuno Carvalhosa.jpg

Na mesma competição dos carros de 2 Rodas Motrizes, os vianenses Marco Reis e Nuno Carvalhosa responderam da melhor forma ao tremendo azar sofrido na prova anterior levando o seu Skoda Fabia R2 com as cores do Team Q8 Portugal ao final do rali com o 17º posto da classificação geral, oitavos das 2 rodas motrizes e 5º melhores na Categoria RC4 alcançando o objectivo principal que é acumular quilómetros e experiência nesta exigente competição.

Por seu lado, Hugo Magalhães ajudou Ruben Moura na sua missão de concluir o rali ao levarem o Clio R3 ao 14º lugar da classificação geral, sendo os quintos melhores das 2 rodas motrizes. O navegador mostrava-se satisfeito no final afirmando ter sido uma prova difícil, mas que permitiu encontrar bons indicadores para um futuro com melhores resultados.

Paulo Leones (1).jpg

Mais difícil foi a prova de Pedro Sá. Navegado por Jorge Antunes, o piloto de Viana do Castelo sentiu imensas dificuldades ao longo de toda a prova depois de ver o diferencial central do seu Mitsubishi ceder logo no início. Para o piloto, apesar da sua complicada prova, na qual não foi além do 21º lugar da classificação geral, o resultado na Categoria RC2N acabou por ser positivo com novo pódio e 17 preciosos pontos para o campeonato.

O Campeonato Nacional de Ralis regressa agora aos pisos de terra para integrar a caravana do Campeonato do Mundo de Ralis no Vodafone Rali de Portugal, de 18 a 21 de Maio.

Pedro Sa.jpg

BRAGA REQUALIFICA RUA COSTA GOMES EM REAL

Município de Braga avança com intervenção na Rua Costa Gomes em Real. Anúncio feito hoje em reunião com os moradores

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, reuniu este Sábado, 22 de Abril, com os moradores da Rua Costa Gomes, na freguesia de Real, e anunciou que, embora a via seja da responsabilidade das Infraestruturas de Portugal, o Município irá avançar com um projecto de requalificação de forma a resolver definitivamente todos os problemas de quem reside e circula naquela rua da Cidade.

bragarealgomescost (1).jpg

“Perante a falta de resposta e de capacidade das Infraestruturas de Portugal em assumir a sua responsabilidade, o Município de Braga vai avançar com a resolução definitiva deste problema que já se arrasta há vários anos”, garantiu Ricardo Rio, explicando que esta decisão surge “após vários contactos com a entidade que alegou não ter verbas disponíveis para avançar no imediato com a intervenção”. 

A reunião, que teve lugar na sede da Junta de Real, registou grande adesão da população e contou com a presença do presidente da União de Freguesias Real, Dume e Semelhe, Francisco Silva. Na ocasião, Ricardo Rio manifestou a “disponibilidade do Município em assumir a responsabilidade da Rua para efectuar um projecto de intervenção que resolva de uma vez por todas os problemas que já se arrastam há vários anos”.

bragarealgomescost (2).jpg

Segundo Ricardo Rio, esta intervenção não pode ser “meramente paliativa, mas sim definitiva”, mas antes, existem etapas a cumprir. “Além das questões formais com as Infraestruturas de Portugal que já estão a ser tratadas, terá que ser elaborado um projecto de intervenção que reúna as diversas entidades prestadoras de serviços, como as telecomunicações, gás natural, entre outras, para que depois não haja lugar a novas perfurações na rua”.

Também o ordenamento de trânsito poderá sofrer alterações, podendo o trânsito vir a mover-se apenas num sentido, exceptuando os transportes públicos. “Esta é uma alteração que poderá ser efectuada a breve prazo e por si só, já será um factor acrescido em termos de segurança para as pessoas que utilizam esta rua diariamente”, defendeu Ricardo Rio.

bragarealgomescost (3).jpg

Como explicou o Autarca, após a cedência da responsabilidade e da elaboração do projecto que reúna todas as entidades, a obra avança para concurso público e, dependendo do orçamento da intervenção, poderá ser necessário o visto do Tribunal de Contas. “Todas estas etapas fazem com que não seja possível avançar com a obra no imediato. No entanto, espero que antes do próximo Inverno a intervenção já esteja a ser efectuada”, garantiu Ricardo Rio.

Outra das medidas avançadas nesta reunião prende-se com a inclusão da Rua Costa Gomes na Área de Reabilitação Urbana (ARU). “Este dado reveste-se como uma enormíssima mais-valia, uma vez que, a partir deste momento, toda e qualquer intervenção particular feita, tem automaticamente benefícios fiscais associados”, explicou o Edil.

Este tipo de problemas nas estradas do Concelho não é algo novo para Ricardo Rio que manifestou o seu descontentamento perante a inactividade das Infraestruturas de Portugal em garantir a manutenção das vias, colocando em causa a segurança dos cidadãos. “Praticamente desde o início do mandato tenho recebido muitas queixas por parte dos cidadãos sobre o mau estado de conservação das estradas e do excesso de vegetação nas zonas adjacentes. Posso garantir que em cerca de 80% desses casos a responsabilidade não é da Câmara Municipal, mas sim das Infraestruturas de Portugal que continuamente tem vindo a desinvestir na manutenção das estradas e espaços da sua responsabilidade e quem paga essa factura são os cidadãos”, concluiu o Autarca.

bragarealgomescost (4).jpg

BRAGA REQUALIFICA RUA COSTA GOMES EM REAL

Município de Braga avança com intervenção na Rua Costa Gomes em Real. Anúncio feito hoje em reunião com os moradores

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, reuniu este Sábado, 22 de Abril, com os moradores da Rua Costa Gomes, na freguesia de Real, e anunciou que, embora a via seja da responsabilidade das Infraestruturas de Portugal, o Município irá avançar com um projecto de requalificação de forma a resolver definitivamente todos os problemas de quem reside e circula naquela rua da Cidade.

bragarealgomescost (1).jpg

“Perante a falta de resposta e de capacidade das Infraestruturas de Portugal em assumir a sua responsabilidade, o Município de Braga vai avançar com a resolução definitiva deste problema que já se arrasta há vários anos”, garantiu Ricardo Rio, explicando que esta decisão surge “após vários contactos com a entidade que alegou não ter verbas disponíveis para avançar no imediato com a intervenção”. 

A reunião, que teve lugar na sede da Junta de Real, registou grande adesão da população e contou com a presença do presidente da União de Freguesias Real, Dume e Semelhe, Francisco Silva. Na ocasião, Ricardo Rio manifestou a “disponibilidade do Município em assumir a responsabilidade da Rua para efectuar um projecto de intervenção que resolva de uma vez por todas os problemas que já se arrastam há vários anos”.

bragarealgomescost (2).jpg

Segundo Ricardo Rio, esta intervenção não pode ser “meramente paliativa, mas sim definitiva”, mas antes, existem etapas a cumprir. “Além das questões formais com as Infraestruturas de Portugal que já estão a ser tratadas, terá que ser elaborado um projecto de intervenção que reúna as diversas entidades prestadoras de serviços, como as telecomunicações, gás natural, entre outras, para que depois não haja lugar a novas perfurações na rua”.

Também o ordenamento de trânsito poderá sofrer alterações, podendo o trânsito vir a mover-se apenas num sentido, exceptuando os transportes públicos. “Esta é uma alteração que poderá ser efectuada a breve prazo e por si só, já será um factor acrescido em termos de segurança para as pessoas que utilizam esta rua diariamente”, defendeu Ricardo Rio.

bragarealgomescost (3).jpg

Como explicou o Autarca, após a cedência da responsabilidade e da elaboração do projecto que reúna todas as entidades, a obra avança para concurso público e, dependendo do orçamento da intervenção, poderá ser necessário o visto do Tribunal de Contas. “Todas estas etapas fazem com que não seja possível avançar com a obra no imediato. No entanto, espero que antes do próximo Inverno a intervenção já esteja a ser efectuada”, garantiu Ricardo Rio.

Outra das medidas avançadas nesta reunião prende-se com a inclusão da Rua Costa Gomes na Área de Reabilitação Urbana (ARU). “Este dado reveste-se como uma enormíssima mais-valia, uma vez que, a partir deste momento, toda e qualquer intervenção particular feita, tem automaticamente benefícios fiscais associados”, explicou o Edil.

Este tipo de problemas nas estradas do Concelho não é algo novo para Ricardo Rio que manifestou o seu descontentamento perante a inactividade das Infraestruturas de Portugal em garantir a manutenção das vias, colocando em causa a segurança dos cidadãos. “Praticamente desde o início do mandato tenho recebido muitas queixas por parte dos cidadãos sobre o mau estado de conservação das estradas e do excesso de vegetação nas zonas adjacentes. Posso garantir que em cerca de 80% desses casos a responsabilidade não é da Câmara Municipal, mas sim das Infraestruturas de Portugal que continuamente tem vindo a desinvestir na manutenção das estradas e espaços da sua responsabilidade e quem paga essa factura são os cidadãos”, concluiu o Autarca.

bragarealgomescost (4).jpg

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA NA CASA DO TEMPO LIVRO DE ATAS DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apresentou Livro de Atas do II Seminário Internacional na Casa do Tempo

Programa do III Seminário em torno do tema ‘Ora et Labora em Refojos de Basto: Espacialidades, Materialidades e Espiritualidades’  foi anunciado para 8 e 9 de junho

Câmara Municipal apresentou Livro de Atas do II Seminário Internacional.JPG

Foi apresentado esta manhã, dia 22 de abril, na Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto, o Livro de Atas do II Seminário Internacional que a Câmara Municipal organizou sob o tema ‘Religião, Letras e Armas: da Europa Renascentista para Basto’, evento que se realizou em junho de 2016 e cujo resultado é agora publicado em livro.

No auditório, com lotação esgotada, estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, os vereadores, presidentes de Junta de Freguesia e membros da Assembleia Municipal, a deputada Dra. Laura Magalhães e outros eleitos, o presidente da Assembleia Municipal de Guimarães, Dr. António Magalhães, o pároco de Refojos Manuel Baptista, académicos, historiadores e investigadores do CITCEM /FLUP da Universidade do Porto entre muitos outros interessados e estudiosos das questões ligadas à valorização e defesa do Património Cultural, individualidades e representantes de várias instituições concelhias e público em geral.

Na nota de abertura desta sessão de apresentação do Livro de Atas do II Seminário Internacional, o presidente da Câmara Municipal afirmou que “o Mosteiro de S. Miguel de Refojos é o principal ícone patrimonial e histórico do nosso concelho e das Terras de Basto. Para nós, Cabeceirenses, este monumento é uma referência desde a sua fundação. É por isso uma responsabilidade coletiva, de todos nós portanto, a sua guarda, a sua defesa, a sua valorização, para que possamos deixar aos vindouros tão importante legado que nos foi confiado pelos nossos antepassados”.

A organização anual de Seminários Internacionais que a Câmara Municipal tem promovido, insere-se na política de defesa e valorização do NOSSO MOSTEIRO.

“Para além das intervenções físicas que nele temos levado a efeito, seja com recurso unicamente ao orçamento municipal, seja com recurso a apoios comunitários da União Europeia e outros, e para as quais temos contado sempre com o apoio da Direção Regional a Cultura do Norte, da Paróquia e de outras Instituições, justifica o aprofundamento do seu conhecimento, através de ações de investigação, recolha e tratamento de informação”, sublinhou o autarca, realçando que “o II Seminário foi mais um passo marcante na investigação sobre a história e a importância do Mosteiro, designadamente no que diz respeito a Frei Diogo de Murça, um verdadeiro intelectual de dimensão europeia”.

De acordo com Francisco Alves, “o sucesso da iniciativa ficou a dever-se à qualidade extraordinária dos oradores convidados e das suas comunicações que não podiam ficar apenas na nossa memória, mas sim num registo escrito que fique gravado no tempo e que sirva para muitos outros interessados tomarem contacto com aquilo que aqui se disse, com aquilo que aqui se passou”.

O edil aproveitou, ainda, a oportunidade para informar que “continuamos a trabalhar com a mesma determinação na candidatura do Mosteiro de S. Miguel de Refojos a Património Cultural da Humanidade, porque acreditamos no valor Universal deste Bem que consideramos único. Depois de, no ano passado, não termos visto o Mosteiro incluído na Lista Indicativa de Portugal do Património Cultural da UNESCO, reunimos a Comissão Científica e, sob a égide do Sr. Diretor Regional da Cultura do Norte, estamos a seguir agora um novo caminho, trabalhando com outros Mosteiros Beneditinos para que possamos atingir o mesmo objetivo. A possibilidade de apresentação de uma candidatura conjunta à Lista Indicativa apresenta-se assim como uma nova e boa oportunidade”, confirmou.

Por fim, o presidente da Câmara desejou que “esta obra agora editada possa ser útil a todos os que, não se conformando com o pouco ou o muito que já sabem, continuam permanentemente a trabalhar para a aprendizagem e para o aumento do conhecimento da nossa história”.

Coube ao Professor Doutor Luís Amaral do CITCEM /FLUP – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória da Faculdade de Letras da Universidade do Porto fazer a apresentação do Livro de Atas do II Seminário Internacional dedicado ao tema ‘Religião, Letras e Armas: da Europa Renascentista para Basto’, obra que “reúne o essencial do seminário e que ficará como memória para o futuro”, disse o investigador, louvando o “importante trabalho dos muitos historiadores” que se associaram ao evento e que “motivaram importantes reflexões”.

Luís Amaral fez um resumo dos “diversificados textos e dos grandes temas” apresentados no II Seminário e que levaram ao “aprofundamento dos conhecimentos” de todos os que puderam testemunhar a realização de tão relevante iniciativa.

A finalizar a sua intervenção, o professor doutor deu os parabéns à Câmara Municipal e ao CITCEM /FLUP pelo trabalho desenvolvido em prol da Cultura e do Património.

Hoje foi também apresentado o programa do III Seminário Internacional que irá ter lugar a 8 e 9 de junho próximo, em Cabeceiras de Basto. Pedro Vilas-Boas Tavares, professor universitário e investigador do CITCEM/FLUP, um cidadão de Basto, apresentou o programa, anunciando as diferentes temáticas e o nome dos responsáveis pelas comunicações a realizar.

Sob o tema ‘Ora et Labora’  este III Seminário organizado pelo Município de Cabeceiras de Basto e pelo CITCEM /FLUP – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vem de novo colocar em evidência a importância e significado patrimonial e cultural do Mosteiro Beneditino de Refojos de Basto às escalas regional e nacional, mas também europeia.

O Professor Doutor Pedro Vilas Boas Tavares enalteceu a aposta do Município na Cultura, assegurando que os seminários internacionais “têm sido realizações cientificamente sólidas que nos enriquecem humanamente”.

Note-se que o III Seminário decorrerá, assim, em junho, nos mesmos moldes da primeira e segunda edições, na Casa do Tempo, com comunicações de reputados académicos, investigadores e historiadores e com um programa cultural que contará com a participação do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

VACA DAS CORDAS CORRE EM PONTE DE LIMA NO PRÓXIMO DIA 14 DE JUNHO

A tradicional corrida da Vaca das Cordas em Ponte de Lima tem este ano lugar no próximo dia 14 de Junho, esperando-se uma extraordinária afluência de público a superar mesmo a registada em anos anteriores.

Vaca das Cordas

Existe desde tempos remotos na vila de Ponte de Lima o peculiar costume de, anualmente na véspera do dia de Corpo de Deus, correr uma vaca preta presa e conduzida pelos ministros da função que assim procedem com o auxílio de três longas cordas. Esse divertimento cuja verdadeira origem se desconhece mas que ainda se mantém e parece ganhar ainda mais popularidade, atraindo à terra numerosos forasteiros, era outrora executada por dois moleiros que a isso eram obrigados sob pena de prisão, conforme determinavam as posturas municipais. Muitos desses moleiros eram oriundos da Freguesia de Rebordões-Santa Maria, localidade que possuía numerosos moinhos e que, com a sua decadência, os moleiros da terra emigraram para o Brasil, fixando-se muitos em Goiás.

Ao começo da tarde, uma vaca preta é presa ao gradeamento da igreja Matriz, aí permanecendo exposta à mercê do povo que outrora, num hábito que com o decorrer do tempo se foi perdendo, por entre aguilhoadas e gritaria procurava embravecer o animal a fim de que ele pudesse proporcionar melhor espectáculo. Invariavelmente, às dezoito horas, lá aparecem os executantes da corrida que, após enlaçarem as cordas nos chifres da vaca, desprendem-na das grades e dão com ela três voltas em pesado trote em redor da igreja após o que a conduzem para a Praça de Camões e finalmente para o extenso areal junto ao rio Lima. E, por entre enorme correria e apupos do povo, alguns recebem a investida do animal aguilhoado e embravecido ou são enredados nas cordas, enquanto as janelas apinham-se de gente entusiasmada com o espectáculo a que assiste.

Quando soam as trindades, o espectáculo termina e dá lugar aos preparativos dos festejos que vão ocorrer no dia seguinte. As gentes limianas decoram as ruas com um tapete florido feito de pétalas e serrinha por onde a procissão do Corpo de Deus irá passar.

Com atrás se disse, desconhecem-se as verdadeiras origens deste costume antiquíssimo. Contudo, uma tela de Goya que se encontra exposta no Museu do Prado, em Madrid, leva-nos a acreditar que o mesmo era mantido noutras regiões da Península Ibérica. De igual modo, a tradicional corrida à corda que se realiza nos Açores sugere-nos ter este costume sido levado para aquelas ilhas pelos colonos que as povoaram a partir do continente.

Em meados do século dezanove, o cronista pontelimense Miguel dos Reys Lemos arriscou uma opinião baseada na mitologia, a qual publicou nos "Anais Municipais de Ponte de Lima" e que pelo seu interesse a seguir reproduzimos:

"Segundo a mitologia, Io, filha do Rei Inaco e de Ismene - por Formosa e meiga - veio a ser requestada por Júpiter. Juno, irmã e mulher deste apaixonado pai dos deuses, que lia no coração e pensamentos do sublime adúltero e velava de contínuo sobre tudo quanto ele meditava e fazia, resolvera perseguir e desfazer-se da comborça que lhe trazia a cabeça numa dobadoura.

Ele, para salvar da vigilância uxória a sua apaixonada, metamorfoseou-a em vaca: - mas Juno, sabendo-o, mandou do céu à terra um moscardo ou tavão, incumbido de aferroar incessantemente a infeliz Io, feita vaca e de forçá-la a não ter quietação e vaguear por toda a parte.

Io, assim perseguida e em tão desesperada situação, atravessou o Mediterrâneo e penetrou no Egito: aí, restituída por Júpiter à forma natural e primitiva, houve deste um filho, que se chamou Epafo e, seguidamente, o privilégio da imortalidade e Osiris por marido, que veio ter adoração sob o nome de Ápis.

Os egípcios levantaram altares a Io com o nome de Isis e sacrificavam-lhe um pato por intermédio de seus sacerdotes e sacerdotizas: e parece natural que, não desprezando o facto da metamorfose, exibissem nas solenidades da sua predilecta divindade, como seu símbolo, uma vaca aguilhoada e errante, corrida enfim.

Afigura-se-nos que sim e, portanto, que a corrida da vaca, a vaca das cordas, especialmente quanto à primeira parte, as três voltas à roda da Igreja Matriz, seria uma relíquia dos usos da religião egípcia, como o boi bento, na procissão de Corpus-Christi, é representativo do deus Osiris ou Ápis, da mesma religião. E esta foi introduzida com todos os seus símbolos na península hispânica pelos fenícios, aceite pelos romanos que a dominaram, seguida pelos suevos e tolerada pelos cristãos em alguns usos, para não irem de encontro, em absoluto, às enraizadas crenças e costumes populares.

É que essa Ísis, a vaca de Júpiter, a deusa da fecundidade, teve culto especial precisamente na região calaico-bracarense, na área de Entro Douro e Minho; no Convento Bracaraugustano, ou Relação Jurídica dos Bracaraugustanos (povos particulares de Braga), de que era uma pequeníssima dependência administrativo-judicial o distrito dos límicos, prova-o o cipo encravado na face externa dos fundos da vetusta e venerada Sé Arquiepiscopal, - cipo que a seguir transcrevemos inteirado, conforme a interpretação que em parte, nos ensinou e em parte nos aceitou o eruditíssimo professor do Liceu, Dr. Pereira Caldas:

ISID · AVG · SACRVM LVCRETIAFIDASACERD · PERP · P ROM · ET · AVG

CONVENTVVSBRACARAVG · D ·

INTERPRETAÇÃO

ISIDI AUGUSTAE SACRUM; LUCRETIA FIDA SACERDOS PERPETUA POPULI ROMANI ET AUGUSTI, CONVENTUUS BRACARAUGUSTANORUM DICAT

TRADUÇÃO

"SENDO LUCRÉCIA FIDA SACERDOTISA PERPÉTUA DO POVO ROMANO E DE AUGUSTO, O CONVENTO DOS BRACARAUGUSTIANOS DEDICA A ISIS AUGUSTA (OU: À DEUSA ISIS) ESTE MONUMENTO SAGRADO"

Acredita-se porém que, no local onde se ergue a igreja matriz de Ponte de Lima existiu outrora um templo pagão onde se prestava culto a uma divindade sob a forma de uma vaca representada num retábulo, o qual era trazido para o exterior e efectuava as referidas voltas ao templo. Em todo o caso e atendendo à elevada importância deste animal na economia doméstica de uma região tão propícia à sua criação em virtude dos seus pastos verdejantes, é perfeitamente natural que a vaca tenha aqui sido venerada como símbolo de fertilidade e de abundância e, desse modo, prestando-lhe o devido culto. Não é completamente injustificada a frequente representação deste animal nomeadamente no artesanato da região minhota, ao qual a barrista barcelense lhe deu cores e vivacidade que o ajudaram a tornar-se famoso em todo o mundo.

imagem_vaca_das_cordas_1_1280_720.jpg

RANCHOS FOLCLÓRICOS PEREGRINAM AMANHÃ AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

17342884_1581126011905390_1193707317377658574_n (1).png

A Federação do Folclore Português e a Associação Folclórica da Região de Leiria - Alta Estremadura estão a organizar a XV Peregrinação Nacional a Fátima.

Do programa consta:

08:30 horas - Parque nº 8 - Concentração dos Grupos participantes;

- Organização dos Grupos por Regiões;

09:00 horas - Saudação de Boas Vindas;

09:15 horas - Cortejo dos Estandartes e dos Grupos, até ao Santuário, para participação nas Cerimónias Religiosas;

10:00 horas - Terço - Procissão;

11:00 horas - Missa Solene;

12:45 horas - Procissão do Adeus.

Este evento destina-se aos Grupos Associados da Federação do Folclore Português.

Pedimos a todos os elementos, que solicitem o regulamento enviado pela FFP aos seus diretores.

A Direção

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EMPRESAS DE APOIO ESPECIALIZADO QUE CRIANÇAS DO DISTRITO DE VIANA DO CASTELO COM DEFICIÊNCIA PERDEM APOIOS TERAPÊUTICOS

Crianças com deficiência em carência económica perdem apoios terapêuticos no Distrito de Viana do Castelo

No distrito de Viana do Castelo, segundo inquérito lançado pela ANEAE (Associação Nacional de Empresas de Apoio Especializado), apenas 9% das Crianças com deficiência e em carência económica tiveram deferidos os processos de Subsidio de Educação Especial neste ano lectivo, que está a terminar. Segundo o Governo, em declarações ao PÚBLICO, em 27 de Março,no país estarão deferidos 91% dos processos. A situação de Viana do Castelo, não é a única que contraria os dados deste Governo, mas será a mais grave 

https://www.publico.pt/2017/03/27/sociedade/noticia/ha-mais-criancas-que-vao-receber-subsidios-para-apoios-especializados-1766483

O Exmo. Senhor Ministro da Educação, alegadamente, estará amanhã numa sessão em Viana do Castelo. É do conhecimento do Ministro esta situação porque apesar de ser um subsidio pago pela Segurança Social, faz parte da Equipa Multidisciplinar um representante do Ministério da Educação e este subsidio é pago a crianças com deficiência em comprovada carência económica, que frequentam escolas que não dispõem de técnicos suficientes para assegurar estas terapias.

A situação vem descrita nesta noticia, de hoje:

http://www.minhodigital.com/news/criancas-com-deficiencia-e

Segue, em anexo, os resultados da amostra, obtida através de resposta ao Inquérito lançado pela ANEAE. Era bom que o senhor Ministro desse uma resposta a estas famílias, aproveitando esta visita ao distrito.  

Ana Maria Oliveira

Capturararti.PNG

JORNADAS TRANSFRONTEIRIÇAS UNEM PORTUGUESES E GALEGOS NA DEFESA DO VALE DO MINHO

Jornadas AECT Rio Minho: potenciar sinergias para o Vale do Minho Transfronteiriço

Em representação da CIM Alto Minho e na qualidade de presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, participou, esta manhã, em Tomiño, na sessão de abertura das Jornadas Transfronteiriças sob o tema ‘O Novo AECT Rio Minho numa visão comparada: a Raia e Europa’. Autarca reafirmou a “necessidade dos fundos europeus transfronteiriços serem investidos nos projetos e espaços para que foram criados, nos territórios verdadeiramente de fronteira” e abordou o exemplo de sucesso da Amizade Cerveira-Tomiño.

IMG_3147.JPG

Reunindo os mais prestigiados especialistas em Cooperação Transfronteiriça oriundos de toda Europa, a Deputación de Pontevedra e a CIM Alto Minho pretendem conhecer e partilhar oportunidades e dificuldades de outras experiências de êxito, de forma a potenciar a criação do novo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Rio Minho, nesta fase em processo de constituição e a aguardar aprovação.

Na cerimónia de abertura, e na qualidade de representante da CIM Alto Minho, Fernando Nogueira realçou que o AECT Rio Minho “não pretende fazer concorrência ou interferir na gestão de outras estruturas semelhantes, mas antes ser complementar e puxar para este território do Vale do Minho transfronteiriço os elementos de gestão que já existem, mas que podem ser potenciados e valorizados. O AECT Rio Minho está no bom caminho, embora do lado português o processo esteja a ser mais demorado”. E acrescentou ainda: “Volto a reclamar que os fundos europeus destinados às zonas de fronteira têm de ser investidos nos territórios realmente de fronteira. Neste âmbito, não está a ser dada a devida justiça a este território”.

O autarca cerveirense deu ainda a conhecer aos presentes o trabalho que, há uns anos, tem vindo a ser aprofundado entre os concelhos vizinhos de Vila Nova de Cerveira e de Tomiño, “um motivo de orgulho quer para as entidades políticas locais quer para as populações”. “Falo da criação de uma agenda estratégica comum, do primeiro Orçamento Participativo Transfronteiriço, de uma plataforma online conjunta, da figura de Provedor Transfronteiriço, do programa ‘Desporto para Todos’, do grande projeto do Parque Transfronteiriço e Ponte Pedonal e Ciclável, da realização das mais diversas atividades de âmbito cultural, desportivo e social. Temos trabalhado e queremos continuar a fazer efetivamente cooperação transfronteiriça”.

A sessão de abertura contou ainda com as intervenções da alcaldesa de Tomiño, Sandra Gonzalez, do deputado delegado de cooperación transfronteiriza, Uxío Bentiez, da presidente da Deputación de Pontevedra, María del Carmen Silva, do Secretário Territorial da Xunta da Galicia, Ramón Pereiro, e do Diretor da Fundação de Centro de Estudos Ibéricos Euroregionais Galiza-Norte de Portugal, Rubén Lois.

Os trabalhos prosseguiram com a apresentação de experiências ibéricas e de experiências europeias, e finalizaram com a apresentação do projeto do AECT Rio Minho e das conclusões das jornadas.

Para dia 5 de maio está agendada uma segunda edição das jornadas em Tui, com a mobilidade transfronteiriça como eixo central.

BIBLIOTECA DE VIZELA PROMOVE O CONTO INFANTIL

Sábados na biblioteca: ‘O príncipe sem princesa’, de Ester Llorens

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 6 de maio, às 15.30h, a atividade  ‘O príncipe sem princesa’, de Ester Llorens.

O príncipe sem princesa.jpg

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes está aberta todos os sábados, sendo que no primeiro sábado de cada mês realiza-se a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h00.

Sábados na biblioteca:

Conto + oficina de coroas

‘O príncipe sem princesa’, de Ester Llorens

6 de maio, 15h30

Há muito que nos habituámos às histórias de príncipes e princesas que terminam com "E foram felizes para sempre….". Mas às vezes não é bem assim, pois há príncipes a quem sai tudo ao contrário e princesas que em vez de dizerem "Sim" dizem "Não". Prepara-te para entrar nuns contos em que nada é o que parece!

Atividade gratuita para famílias.

Galeria Sábados na biblioteca:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.337648579591398.79509.256857874337136&type=3

MONÇÃO: BÊNÇÃO DA SEDE PAROQUIAL DE TRUTE REALIZA-SE NO PRÓXIMO DOMINGO

A bênção da Sede Paroquial de Trute realiza-se este domingo, 23 de abril, pelas 11h00. Além da casa mortuária, aquela estrutura social e cívica, situada junto à igreja e cemitério da freguesia, disponibiliza espaços de apoio à atividade regular da paróquia.

DSCF6685 (Large).JPG

Com acesso direto ao exterior da Igreja, a Sede Paroquial de Trute, equipamento apoiado pela autarquia monçanense, reveste-se de grande importância para a população da freguesia, contribuindo para a criação de uma área de vocação religiosa constituída por igreja, cemitério e casa mortuária.

No âmbito do périplo pelo concelho, o presidente da autarquia monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, visitou, em novembro, as obras da nova estrutura. Na ocasião, Agostinho Fernandes, autarca local, mostrou-se satisfeito com a valorização daquela zona. Disse: “Estes espaços, que dizem muito à população local, ficam juntos e com ótimas condições”.

- Registos fotográficos referem-se à visita de trabalho do Presidente da autarquia, Augusto de Oliveira Domingues, à freguesia de Tangil no mês de novembro do ano passado.

DSCF6690 (Large).JPG

DSCF6700 (Large).JPG

AMARES COMEMORA 25 DE ABRIL

No âmbito da II Semana do Associativismo de Amares, a Banda Filarmónica de Amares apresenta: "BFA - ARTE E CULTURA". Dias 22 e 24 de abril, com varias exposições de artesanato regional, fotografia, arquitetura e artes plásticas. As portas abrem as 21.00H e durante a noite haverá dj's locais que irão proporcionar um bom ambiente musica !

24 abril.jpg

CERVEIRA REQUALIFICA EDIFICIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

Fundo Rainha D. Leonor e Câmara Municipal DE Vila Nova de Cerveira garantem apoios

O Fundo Rainha D. Leonor, criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a UMP-União das Misericórdias Portuguesas, vai apoiar a requalificação do edifício do Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira.

33180273523_c2ef2e8080_o.jpg

Este fundo vai apoiar o projeto em € 134.929,51, num investimento de cerca de € 250.000,00, e cuja obra deverá iniciar em breve.

De forma a alcançar o investimento necessário para esta requalificação, vão ser procurados outros instrumentos de financiamento externos. Não obstante, o autarca cerveirense, Fernando Nogueira, comprometeu-se a propor à Câmara Municipal que conceda todo o apoio técnico e logístico indispensável à viabilidade do projeto, bem como complementar financeiramente as verbas não obtidas através de outras candidaturas apresentadas pela Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, a fim de garantir esta intervenção.

Por se tratar de um equipamento fundamental e de utilização pública, esta requalificação no edifício do Jardim de Infância a santa Casa da Misericórdia de Vila Noca de Cerveira vai permitir aumentar a capacidade para o ingresso de mais crianças na valência de creche (é o único equipamento em sede de concelho que acolhe crianças até aos 3 anos) e, simultaneamente, dar mais e melhores condições à capacidade instalada.

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITA VIZELA

Ministro da Educação em Vizela no dia 24 de abril

O Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, desloca-se a Vizela na próxima segunda-feira, dia 24 de abril, pelas 12.00h.

A visita terá lugar nas instalações da Escola Secundária de Vizela.

Do programa da visita consta a assinatura, entre o Ministério da Educação e Município de Vizela, do acordo de colaboração para a realização de investimento em infraestrutura desportiva na Escola Secundária de Caldas de Vizela e o lançamento de primeira pedra das obras de Requalificação e Modernização das Instalações da Escola Secundária de Vizela.

MINI AGENTES DE MONÇÃO SENSIBILIZAM AUTOMOBILISTAS PARA PREVENÇÃO DE MAUS TRATOS NA INFÂNCIA E JUVENTUDE

No âmbito da programação local do Mês da Prevenção de Maus Tratos na Infância e Juventude, realizou-se esta manhã uma operação stop, denominada “Brigada de Direitos”, onde dois grupos de crianças, seis em cada um, alertaram os automobilistas para a problemática.

DSC_0081 (Large).JPG

Devidamente fardados, as crianças do 4º ano do Centro Escolar José Pinheiro Gonçalves e do 5º ano da EB 2.3 de Monção entregaram aos automobilistas um flyer alusivo à temática e um laço azul, símbolo da campanha de prevenção, para colocarem na antena ou no interior da viatura.

Esta ação, promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Monção com a colaboração da GNR e do Agrupamento de Escolas de Monção, teve lugar nas Portas do Sol, à entrada do Campo da Feira, e na Estrada dos Arcos, à entrada do Centro de Saúde de Monção.

No primeiro momento, os automobilistas estranharam a presença dos mini-agentes e a indicação, dada pelos elementos da GNR presentes, para pararem a viatura. No segundo momento, entranharam a mensagem transmitida pelas crianças, mostrando-se recetivos e agradados com a iniciativa.   

Inserida na programação, realiza-se hoje à noite, pelas 21h00, a primeira sessão das “Conversas em Família”. Com a participação da pedopsiquiatra Rute Teiga, será abordada “A pressão para o sucesso escolar. Como lidar com a ansiedade dos filhos”. O encontro, com entrada livre, decorre na Biblioteca Municipal de Monção.

DSC_0063 (Large).JPG

DSC_0065 (Large) (1).JPG

DSC_0069 (Large).JPG

DSC_0070 (Large).JPG

GUIMARÃES QUER SER CAPITAL VERDE DA EUROPA

ESTE SÁBADO, 22 DE ABRIL (11H)

Juntas de Freguesia assinam Declaração de Consenso Político sobre Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020

Cerimónia decorrerá na manhã deste sábado, no Laboratório da Paisagem. Ato público reveste-se da maior importância para Guimarães.

As Juntas de Freguesia do concelho de Guimarães, tal como aconteceu com os partidos políticos, vão subscrever uma Declaração de Consenso Político que integrará a candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia em 2020.

A cerimónia de assinatura da Declaração, que decorrerá este sábado, 22 de abril, às 11 horas, no Laboratório da Paisagem, contará com a presença de todos os Presidentes de Junta e de Assembleia de Freguesia do território vimaranense.

Conscientes dos desafios que a problemática ambiental mundial encerra, em representação da população do seu território, os Presidentes das Juntas e das Assembleias de Freguesia assumem a responsabilidade de colaborar ativamente na procura de soluções e na resolução dos problemas ambientais de âmbito local.

VIZELENSES CAMINHAM PELO LAÇO AZUL

“Caminhada Laço Azul”

O mês de abril é dedicado à sensibilização contra os maus tratos nas crianças e pelo quarto ano consecutivo, os Escuteiros do Agrupamento 1043 de S. João, Vizela estão de braços dados com a Comissão da Proteção de Crianças e Jovens de Vizela.

caminhjada laço azul.jpg

Este ano, numa tentativa de maior proximidade com a população, o Agrupamento de Escuteiros decidiu realizar a “Caminhada Laço Azul”, em parceria com a CPCJ e a GNR de Vizela, contando ainda com o apoio de várias entidades e empresas que se associaram a esta causa.

Este evento terá lugar no próximo dia 23 de abril, domingo pelas 9h00, na entrada do Parque das Termas, e terá uma duração aproximada de 1h30.

Está marcada uma fantástica aula de zumba às 09h15, dinamizada pela Professora Sónia Brandão – Zumba Fitness. 

Para participar, poderá inscrever-se no sábado, diretamente na sede do Agrupamento de Escuteiros de S. João, entre as 15h00 e as 16h30min ou fazê-lo no próprio dia da caminhada. 

Parte do valor adquirido reverterá a favor da “Casa da Criança de Guimarães”.

O objetivo desta caminhada é consciencializar a comunidade para a importância da prevenção dos maus tratos, o fortalecimento das famílias, no sentido da parentalidade positiva e fortalecimento das próprias crianças, potenciando o direito a serem ouvidas.

Por favor não fique indiferente a esta iniciativa.

Juntos faremos, com certeza, a diferença.

Para mais informações, consulte na página de Facebook dos Escuteiros de S. João Vizelahttps://www.facebook.com/escuteirosjoao?fref=nf.

SWEATROFA ESCOLHE FAMALICÃO PARA CRESCER

Investimento de um milhão de euros em novas instalações em Ribeirão

A Sweatrofa é mais um bom exemplo da força económica de Vila Nova de Famalicão, que reflete por que razão o concelho está na dianteira da competitividade e da produtividade, é atrativo para o investimento empresarial e exporta cada vez mais.

DSC_8260.jpg

A empresa de Arnaldino Reis e Conceição Pinto, especializada em acabamentos têxteis, escolheu Vila Nova de Famalicão para concretizar um plano de expansão nacional e internacional – apesar de ter iniciado atividade no vizinho concelho da Trofa em 1999 – , construindo de raiz novas e imponentes instalações industriais, em Ribeirão, estrategicamente localizadas na proximidade do complexo logístico e da lavandaria da Salsa, seu principal cliente.

A nova unidade fabril, que corresponde a um investimento próximo de um milhão de euros, foi inaugurada por Paulo Cunha, Presidente da Câmara Municipal, esta sexta-feira, 21 de abril, em mais uma jornada do roteiro Famalicão Made IN. Até porque esta iniciativa empresarial foi reconhecida como de interesse municipal. A Sweatrofa foi contemplada com incentivos fiscais (ao nível do IMI, do IMT e das taxas de licenciamento de operações urbanísticas), no montante de 40 mil euros, ao abrigo do Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal – Made 2IN.

DSC_8270.jpg

Com um efetivo de 100 colaboradores, a empresa dedica-se à colocação de acessórios em vestuário, como botões e etiquetas. Sessenta por cento da produção é absorvida pela Salsa. Os restantes 40 por cento são divididos por outras insígnias de vestuário de referência nacional e internacional.

O volume de negócios no final de 2017 deverá cifrar-se em 1,5 milhões de euros, resultado do aumento da capacidade produtiva. “Temos em perspetiva novas parcerias em Portugal com clientes internacionais. Aumentar a produção e criar postos de trabalho são objetivos para este ano”, explicou Arnaldino Reis.

O administrador não ficou indiferente ao apoio dado pela Câmara Municipal, em particular pelo Famalicão Made IN, em todo este processo. “O acompanhamento e encorajamento manifestados desde a primeira hora foram muito importantes. Esperamos continuar a contar com a intervenção pronta e atenta desta autarquia”, enfatizou.

DSC_8357.jpg

Manifestamente satisfeito, Paulo Cunha sublinhou que este novo projeto empresarial resulta das políticas municipais de estímulo ao investimento privado. “É sempre gratificante para um presidente de câmara ver o seu território ser escolhido para receber projetos magníficos como este”, declarou, realçando: “A empregabilidade é o aspeto mais importante do apoio que damos às nossas empresas. Criar postos de trabalho, melhorar a massa salarial, dar mais estabilidade aos vínculos laborais são fatores centrais da nossa governação autárquica”.

O autarca salientou ainda que este investimento representa mais um contributo para que Vila Nova de Famalicão seja cada vez mais notado como o mais relevante eixo da indústria têxtil nacional.

image52112.jpeg

MONÇÃO INAUGURA ESPAÇO DO CIDADÃO EM MERUFE

Cerimónia conta com a presença do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nunes Santos.

Merufe vai ter um espaço do cidadão. Localizado na sede da junta de freguesia, será inaugurado este sábado, 22 de abril, pelas 16h00, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nunes Santos.

bannerespacocidadao.png

O espaço do cidadão funciona como um balcão único de atendimento, onde é possível resolver diversos assuntos relacionadas com a administração pública através da Internet. Em síntese, concentra num só espaço vários serviços relevantes para o dia-a-dia das pessoas.

Entre outras possibilidades, o espaço do cidadão vai permitir o requerimento de pensão de sobrevivência ou subsídio de funeral, renovação da carta de condução, certidões de nascimento e óbito e marcação de consultas no centro de saúde.

JUVENTUDE DEBATE EM BRAGA DESAFIOS DA EUROPA

Parlamento Europeu dos Jovens reúne cerca de 120 participantes

Até ao próximo Domingo mais de 120 jovens oriundos de vários países do continente europeu reúnem-se em Braga para debater os mais variados desafios que a juventude europeia e mundial enfrenta na actualidade. Ao longo destes dias, os participantes irão cumprir um intenso programa de actividades que propiciam o debate e uma constante troca de ideias com momentos de partilha e intercâmbio culturais.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006567.jpg

“Em Braga existe um fortíssimo compromisso com a condução das políticas de juventude e temo-lo feito em articulação com as mais diversas plataformas locais e internacionais. Queremos fazer de Braga um espaço de reflexão onde os jovens possam debater o futuro e, assim, reforçar a nossa marca internacional como uma Cidade intrinsecamente dinâmica e amiga da juventude”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a sessão de abertura que decorreu esta Sexta-feira, 21 de Abril, no Mosteiro de Tibães.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006571.jpg

A revitalização do Conselho Municipal da Juventude, passando pelas iniciativas dirigidas ao público escolar, como o orçamento ‘Tu Decides!’, ou diversas medidas desenvolvidas com o intuito de levar as políticas municipais até aos jovens, mereceram destaque por parte do Autarca e comprovam que “Braga tem estado na linha da frente com uma clara aposta no envolvimento dos jovens na gestão do Município e na capacitação das suas associações mais representativas”.

Ricardo Rio lembrou ainda a liderança que actualmente Braga assume nos destinos da rede europeia de capitais da Juventude e do projecto ‘100% Youth Friendly City’ que se traduz numa parceria estratégica entre várias cidades europeias para o desenvolvimento de um processo inovador de certificação em políticas amigas da juventude, e que terá o seu corolário a 10 de Maio, com a apresentação do relatório final, também em Braga.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006577.jpg

A dinamização cultural e a generalização do acesso à prática desportiva, a educação para a sustentabilidade ou a implementação de projectos inter-geracionais na área da inclusão social, foram outras das iniciativas elencadas por Ricardo Rio.

Nesta 36ª Sessão de Selecção Nacional, a quarta que se realiza em Braga, será seleccionado o grupo de trabalho, composto por seis estudantes do Ensino Secundário, que irá representar Portugal na Sessão Internacional a realizar-se em Tbilisi, na Geórgia, no próximo mês de Novembro.

A sessão de abertura contou, ainda, com a presença do eurodeputado José Manuel Fernandes, que manifestou a sua “confiança no contributo do Parlamento Europeu dos Jovens para sensibilizar os diferentes povos e as diferentes gerações, contra a violência e contra a discriminação”.

Para o eurodeputado, esta sessão do Parlamento Europeu dos Jovens constitui-se como “uma oportunidade para os jovens assumirem e manifestarem as suas ideias, convicções e projectos no seio de uma União Europeia, que tem no emprego jovem uma das grandes prioridades”.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006599.jpg

VIZELA EXECUTA OBRA DE COBERTURA DO RECINTO DESPORTIVO DA EB DE TAGILDE

Autarquia executa cobertura do recinto desportivo da EB Tagilde

A Câmara Municipal de Vizela encontra-se a executar a obra de cobertura do recinto desportivo da EB Tagilde, com o objetivo de colmatar a inexistência de qualquer espaço coberto de recreio ou para a prática de desporto naquele estabelecimento de ensino.

obra EB tagilde.JPG

Esta intervenção segue-se a outras já efetuadas de melhoramento dos estabelecimentos de ensino, no que às áreas exteriores diz respeito. Exemplo disso são as intervenções na EB Lagoas (Stº Adrião), EB S. Paio (S. Paio) e JI do Monte (Santa Eulália).

Ainda este ano letivo, a Autarquia pretende alargar a outras escolas a requalificação do parque escolar, nomeadamente EB do Monte e Centro Escolar de S. Miguel.

CHANFANA DE CABRA ATRAI FORASTEIROS AO GERÊS

V Feira da Chanfana de Cabra da Ermida da Serra do Gerês a 22 e 23 de abril

Neste fim de semana, de 22 e 2 de abril, terá lugar na Ermida, da Serra do Gerês – concelho de Terras de Bouro, a V Feira da Chanfana de Cabra da Aldeia Comunitária da Ermida.

V Feira da Chanfana - Ermida Serra do Geres.jpg

A ATACE, Associação Turística da Aldeia Comunitária da Ermida, com o apoio do Município de Terras de Bouro, organiza o evento gastronómico que, tendo por objetivo divulgar e promover a chanfana de cabra como prato gastronómico de eleição, procura também dar a conhecer os usos e costumes da aldeia comunitária da Ermida da Serra do Gerês, potenciando a aldeia do ponto de vista turístico.
O evento, que vai na sua quinta edição, procura atrair para a aldeia da Ermida, todos aqueles que apreciam produtos endógenos de grande qualidade, como é o caso da chanfana de cabra criada na aldeia, associando-lhes a possibilidade dos participantes poderem vivenciar as práticas comunitárias ancestrais que lhe são características.

VIZELA ORGANIZA TEMPOS LIVRES

Abertas as candidaturas ao programa OTL - ocupação tempos livres 2017

Já se encontram abertas as candidaturas para os promotores, ao programa OTL - ocupação tempos livres 2017.

O Programa OTL tem por objetivo proporcionar aos jovens uma forma inovadora de ocupar os seus tempos livres, contribuindo para a sua educação não formal, pela aquisição de novos saberes, normas e valores inerentes a uma cidadania responsável, bem como o acumular de experiências sociais e profissionais decisivas para a formação de cidadãos habilitados e responsáveis. Existe em duas modalidades: Curta duração e Longa duração.

Projetos de Curta Duração:

Nestes projetos desenvolvem-se atividades lúdico/formativas, com uma duração entre 5 e 10 dias, em períodos de férias escolares.

Apresentação dos projetos: até 28 de abril de 2017

Esta modalidade congrega duas vertentes:

  • Intervenção sociocultural e técnico-científica; • Formativa

Áreas de intervenção:

  1. a) Ambiente e/ou proteção civil;
  2. b) Apoio a idosos e/ou apoio à infância;
  3. c) Cultura e/ou património;
  4. d) Combate à exclusão social;
  5. e) Saúde;
  6. f) Associativismo;
  7. g) Desporto;
  8. h) Direitos Humanos;
  9. i) Direitos dos animais;
  10. j) Cidadania;
  11. l) Outras de reconhecido interesse.

São consideradas as seguintes áreas de intervenção prioritárias:

  • Direitos Humanos
  • Cultura
  • Desporto
  • Direitos dos Animais
  • Ambiente

Quem pode candidatar-se como Promotor:

Jovens monitores - entre 18 e 30 anos, formação na área do projeto que apresenta, e uma parceria para a execução do projeto com uma das entidades abaixo referidas;

Entidades - Associações Juvenis inscritas no RNAJ - Registo Nacional do Associativismo Jovem, Clubes Desportivos, Associações de Modalidades e Federações Desportivas, ONG - Organizações Não-Governamentais, IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades, Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia ou outras entidades privadas sem fins lucrativos.

Projetos de Longa Duração:

Nesta modalidade, os jovens podem, em parceria com uma entidade, apresentar, desenvolver e executar projetos próprios, ganhando experiência de trabalho, capacidades profissionais, competências profissionais, pessoais e relacionais, além de fomentarem o espírito empreendedor e desenvolverem um projeto experimental em área profissionais do seu interesse. Estes projetos têm uma duração entre 264 e 396 horas.

Apresentação dos projetos: até 30 de setembro de 2017, devendo os projetos ser apresentados 30 dias úteis antes do seu início.

Aprovação dos projetos: até 15 dias úteis do início dos projetos.

Realização dos Projetos: até 30 de novembro de 2017

Áreas de intervenção

  1. a) Empreendedorismo;
  2. b) Investigação;
  3. c) Associativismo;
  4. d) Sociocultural;
  5. e) Criativa;
  6. f) Desenvolvimento agrícola;
  7. g) Outra de reconhecido interesse.

Quem pode candidatar-se como Promotor:

Jovem Dinamizador -  entre 18 e 30 anos, que não esteja a receber qualquer prestação de proteção no desemprego, que queira criar um projeto e desenvolvê-lo em parceria com uma das entidades.

Entidades:

Associações inscritas no RNAJ - Registo Nacional do Associativismo Jovem; Clubes Desportivos, Associações de Modalidade e Federações Desportivas, ONG -Organizações Não-governamentais; IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades; Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, Outras entidades privadas com ou sem fins lucrativos.

Onde se candidatar:

As candidaturas podem ser feitas em formulário próprio através do Portal da Juventude ou nas Direções Regionais do IPDJ, I.P. da área de residência.

Para mais informação e legislação, p.f. consultar o Portal da Juventude: www.juventude.gov.pt

FAMALICÃO APRONTA ESCOLA BÁSICA DE TELHADO ATÉ AO COMEÇO DO PRÓXIMO ANO LETIVO

Paulo Cunha visitou as obras e deixou garantia à comunidade educativa: Escola Básica de Telhado fica pronta no início do próximo ano letivo

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, garantiu esta quinta-feira, que a Escola Básica de Louvares, em Telhado, irá abrir portas no início do próximo ano letivo 2017/2018 com condições educativas de excelência. A escola que está em obras desde o verão passado serve as crianças das freguesias de Telhado, Portela e algumas de Vale S. Cosme. Enquanto as obras decorrem as crianças estão a frequentar a Escola Básica 1, 2 e 3 de Arnoso Santa Maria.

AFS_7604.jpg

“Sabemos o quanto esta comunidade ambiciona por uma escola condigna e sabemos o quanto está ansiosa pelo regresso das crianças à sua escola”, salientou Paulo Cunha, assegurando que“no início do próximo ano letivo, esta escola estará pronta para receber as suas crianças”.

Paulo Cunha visitou a escola, esta quinta-feira, acompanhado do presidente da União de Freguesias de Vale São Cosme, Telhado e Portela, António Matos, de vereadores municipais e de vários representantes da comunidade educativa.

O autarca salientou a importância da intervenção realçando que se trata de “uma escola centenária. Estamos a preservar a memória e a identidade desta escola, criando condições de conforto e comodidade para que estas crianças beneficiem da escola que já foi dos seus pais e dos seus avós”.

AFS_7583.jpg

A obra com um investimento de cerca de 400 mil euros implica a remodelação total do edifício e espaços exteriores, com a construção de recreio coberto, campo desportivo e zona de lazer. Foi ainda construído um edifício de apoio das instalações com sala de professores, arrecadações, refeitório e copa.

O presidente da União de Freguesias de Vale São Cosme, Telhado e Portela, António Matos mostrou-se muito satisfeito com a notícia deixada por Paulo Cunha elogiando o autarca que “teve a coragem de pegar nesta escola centenária e recuperá-la”. E acrescentou: “Temos um centro escolar com um jardim-de-infância que nos orgulha, só faltava intervir na escola”.

Por sua vez, o presidente da Associação de Pais, Vergílio Gomes, salientou que “esta era uma intervenção que há muitos anos a comunidade educativa esperava. Os espaços exteriores estavam muito degradados”.

Refira-se que neste ano letivo beneficiaram de requalificação as escolas de Requião, Telhado, Meães e Louredo na freguesia de Calendário num total superior a 700 mil euros. Entretanto, a autarquia avança em breve com as intervenções nas seguintes escolas: EB de Ruivães, Conde S. Cosme, em Vila Nova de Famalicão, Esmeriz e em Riba de Ave.

AFS_7554.jpg

VIANA DO CASTELO LEVA "INSÓNIA" AO TEATRO SÁ DE MIRANDA

Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda –tmsm@cm-viana-castelo.pt

Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;

Em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;

Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo: INSÓNIA

Data: 24 de abril

Horário:21h30

Classificação Etária :  M/14 anos

Custo do Bilhete: 3€

image004insonia.jpg

VILA PRAIA EM FLOR DE 28 DE ABRIL A 01 DE MAIO

Sons do Minho atuam no sábado, à noite, na Praça da República

De 28 de abril a 01 de maio, Vila Praia de Âncora vai transformar-se num belo jardim de flores, onde reinam as flores, a cor e a animação. Exposições, mercados e artesanato da flor, Caminha Mostra + e um programa de animação atrativo com destaque para a atuação dos Sons do Minho, na noite de sábado, e da caminhada florida, são algumas das marcas desta edição.

Vila Praia em Flor17.JPG

Durante 4 dias, as flores são a atração em Vila Praia de Âncora, com a realização de mais uma edição do Vila Praia em Flor. A organização está a ultimar os preparativos para que esta edição ultrapasse as expectativas. Para além das ofertas habituais, o certame conta com algumas novidades, com destaque para a Caminha Mostra + e a atuação dos Sons do Minho, no sábado à noite.

Assim, ao longo dos quatro dias, são muitas as atividades que vão decorrer nos vários espaços da Vila. Na Praça da República vão estar patentes as exposições “O Nosso Espantalho Saiu à Rua”, dos Jardins de infância, escolas do ensino básico e IPSS’s do Concelho; e “As Mais”. A praça ainda vai ser decorada com o ‘Mercado da Flor’, onde serão vendidas plantas, flores e produtos associados. Na Sala de Apoio ao Parque Dr. Luís Ramos Pereira estará patente a exposição “Vestidos em Flores Naturais”, realizada por profissionais na área do comércio da flor. No Parque Dr. Luís Ramos Pereira será realizada o ‘Artesanato em Flor’, onde serão vendidos produtos artesanais e na Avenida Dr. Luís Ramos Pereira decorrerá a Caminha Mostra +.

A animação será também um dos polos de atração desta grande festa da flor.  No dia da abertura (28 de abril), destacam-se o Desfile Florido “O Jardim da Minha Escola”, a cargo dos Jardins de Infância, Escolas do Ensino Básico e IPSS do Concelho de Caminha e, o Festival de Folclore – “Vira Flor”, com a participação do Grupo de Danças e Cantares Regionais do Orfeão de Vila Praia de Âncora, Rancho Folclórico das Lavradeiras de Orbacém, Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga e Academia de Dança e Música Tradicional de Caminha e Vilarelho.

No dia 29, o destaque é a atuação dos Sons do Minho, pelas 21H30, na Praça da República.

No dia 30, o dia será preenchido com múltiplas atividades com evidência para a colocação e exposição das Maias – “Contra o mau olhado” e o "Concerto da Primavera”, com a participação do Grupo Coral do Orfeão de Vila Praia de Âncora, Coral San Pelayo de Navia, de Vigo e Agrupación Musical Mascarenhas (Acordeones Mascarenhas) – de A Guarda, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora.

No dia 01 de maio, salienta-se a “Caminhada Florida”. Os interessados em participar devem proceder à respetiva inscrição no Posto de Turismo e Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora.

O Vila Praia em Flor é organizado pela Câmara Municipal de Caminha, Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora e Grupo dos Amigos das Maias.

Caminha Mostra + conta com a participação de 14 instituições

Inserida no Vila Praia em Flor, a Caminha Mostra + vai dar visibilidade ao trabalho desenvolvido por 14 instituições/associações formativas, culturais, sociais e desportivas do concelho, através de exposições, oficinas, ciclo de debates, palestras e workshops sobre diversos temas, atividades lúdicas, recreativas e desportivas, dinamizadas pelas próprias instituições.

Na Avenida Dr. Luís Ramos Pereira vão estar distribuídos stands com as 14 instituições presentes, onde cada uma vai mostrar à comunidade a sua realidade. Para além das instituições presentes com espaço físico, o Orfeão de Vila Praia de Âncora e o Judo Clube de Caminha vão dinamizar uma das ações do programa do Vila Praia em Flor, Concerto da Primavera e exibições de judo e de danças latinas, respetivamente.

A Caminha Mostra + é organizada pela Câmara Municipal de Caminha, Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora, Centro de Bem Estar Social de Seixas, JUCAMINHA-Judo Clube de Caminha e Orfeão de Vila Praia de Ancora e conta com o apoio da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora e Grupo de Amigos das Maias

Programa:

EXPOSIÇÃO “O NOSSO ESPANTALHO SAIU À RUA”

Jardins de Infância, Escolas do Ensino Básico e IPSS do Concelho de Caminha

28 de abril a 01 de maio

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora

EXPOSIÇÃO “VESTIDOS EM FLORES NATURAIS”

Profissionais na área do comercio da flor

28 de abril a 01 de maio

Local:  Sala de Apoio ao Parque Dr. Luís Ramos Pereira

EXPOSIÇÃO “AS MAIAS”

30 de abril a 01 de maio

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora

MERCADO DA FLOR | Venda de flores, plantas e produtos associados

28 | Sexta | 15H00 - 22H00

29 | Sábado | 10H00 - 22H00

30 | Domingo | 10H00 - 22H00

01 | Segunda | 10H00 - 19H00

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora

CAMINHA MOSTRA +

Mostra das instituições/associações formativas, culturais, sociais e desportivas com área de atuação no concelho de Caminha

28 | Sexta | 15H00 - 22H00

29 | Sábado | 10H00 - 22H00

30 | Domingo | 10H00 - 22H00

01 | Segunda | 10H00 - 19H00

Local: Avenida Dr. Luís Ramos Pereira, Vila Praia de Âncora

ARTESANATO EM FLOR | Venda de produtos artesanais

29 | Sábado | 10H00 – 22H00

30 | Domingo | 10H00 – 22H00

01 | Segunda | 10H00 - 19H00

Local: Parque Dr. Luís Ramos Pereira, Vila Praia de Âncora

ANIMAÇÃO

SEX 28 de ABRIL

14H30 – Desfile Florido “O JARDIM DA MINHA ESCOLA”

Percurso: Largo da Estação, Rua 5 de Outubro e Praça da República

Pelos Jardins de Infância, Escolas do Ensino Básico e IPSS do Concelho de Caminha

18H00 – “Terceiro Setor” – Palestra

[Caminha Mostra +]

Local:  Sala de Apoio ao Parque Dr. Luís Ramos Pereira

Organização: Santa Casa da Misericórdia de Caminha

21h00 – Desfile Etnográfico

Local: Avenida Dr. Luís Ramos Pereira e Rua Cândido dos Reis

21H30 – Festival de Folclore – “Vira Flor”

Grupo de Danças e Cantares Regionais do Orfeão de Vila Praia de Âncora

Rancho Folclórico das Lavradeiras de Orbacém

Grupo de Danças e Cantares Genuínos da Serra d’Arga

Academia de Dança e Música Tradicional de Caminha e Vilarelho

Local: Praça da República

SÁB 29 de ABRIL

09H30 –Arruada de Bombos, pelo Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora

10H30 – “O pequeno elefante Memo” - Hora do Conto 

[Caminha Mostra +]

Local: Avenida Dr. Ramos Pereira (Meia Laranja)

Organização: Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora

15H00 -  “Kids Balance” – Aula de Dança

[Caminha Mostra +]

Local: Avenida Dr. Ramos Pereira (Meia Laranja)

Organização: Patronato de Nossa Senhora da Bonança

16H00 – Ateliês “Paint Face e construção de flores”

Local: Praça da República

LUDOTECA de Vila Praia de Âncora

21H30 – Concerto com SONS DO MINHO

Local: Praça da República

DOM 30 de ABRIL

09H00 – Arruada de Bombos, pelo Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora

11H00 – “Docemente” – Ateliê de pastelaria

[Caminha Mostra +]

Local:  Sala de Apoio ao Parque Dr. Luís Ramos Pereira

Organização: Unidade de Saúde da Gelfa

15H30 às 18H00 – Ateliê “Faz a tua Maia”

Traga flores e venha compor a sua própria Maia!

Local: Praça da República

16H00 – Ateliês “Paint Face e construção de flores”

Organização: LUDOTECA de Vila Praia de Âncora

Local: Praça da República

16H30 – Exibições de Judo

[Caminha Mostra +]

Local: Avenida Dr. Ramos Pereira (Meia Laranja)

Organização: Judo Clube de Caminha

18H00 – Colocação e exposição das Maias – “Contra o mau olhado”

Local: Praça da República

21H00 – Exibições de Danças Latinas com Workshop

[Caminha Mostra +]

Local: Avenida Dr. Ramos Pereira (Meia Laranja)

Organização: Judo Clube de Caminha

21H30 – "CONCERTO DA PRIMAVERA”

[Caminha Mostra +]

- Grupo Coral do Orfeão de Vila Praia de Âncora

- Coral San Pelayo de Navia, de Vigo - Espanha

- Agrupación Musical Mascarenhas (Acordeones Mascarenhas) - A Guarda – Espanha

Local: Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora

SEG 01 de MAIO

10H00 – “Caminhada Florida”

Vista-se a rigor e venha caminhar connosco… Oferta de “mimos floridos”

Inscrições gratuitas e obrigatórias - Posto de Turismo e Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora

9H00 - Secretariado | 9H30 - Concentração |10H00 - Partida

Local de concentração: Praça da República

Telef: 258 911 384 | 258 911 546

14H00 – Arruada de Bombos, pelo Grupo de Bombos de Vila Praia de Âncora

14H30 – “Após incêndio, causas e consequências, medidas a tomar para a nova floresta” - Colóquio

[Caminha Mostra +]

Local:  Sala de Apoio ao Parque Dr. Luís Ramos Pereira

Organização: Conselho Diretivo dos Baldios de Riba de Âncora

16H00 – “ZUMBA SURPRESA”

Inscrição gratuita e obrigatória no Posto de Turismo e Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora

BRAGA INTERROMPE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Interrupção no Abastecimento de Água

O Município de Braga e a AGERE – Empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga, EM informam que, devido a trabalhos de manutenção na rede, está previsto o corte de abastecimento de água em algumas zonas das freguesias de S. Vicente, Adaúfe, Crespos, Dume, Frossos, Navarra, Palmeira, Pousada e Santa Lucrécia no próximo dia 27 de Abril.

O corte ocorrerá a partir das 14h30, prolongando-se por um período previsto de quatro horas.

CABECEIRAS DE BASTO MOSTRA PROTECÇÃO CIVIL ÀS CRIANÇAS

Centenas de crianças visitaram Exposição da Proteção Civil em Cabeceiras de Basto

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto associou-se à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, à Guarda Nacional Republicana, à Autoridade Nacional de Proteção Civil, ao Exército através do RC6 de Braga, aos Sapadores Florestais, à Delegação do Arco de Baúlhe da Cruz Vermelha Portuguesa e ao INEM na organização da Exposição da Proteção Civil que juntou hoje, dia 21 de abril, largas centenas de crianças e jovens mas também população em geral no Campo do Seco, em Cabeceiras de Basto.

Exposição da Proteção Civil em Cabeceiras de Basto (1).JPG

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras Basto, Francisco Alves, marcou presença nesta iniciativa fazendo-se acompanhar dos vereadores, assim como do presidente da Junta da União de Freguesias de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos.

A iniciativa contou com uma exposição de meios e demonstração de atividades. Os Bombeiros Cabeceirenses estiveram presentes com todas as suas valências e realizaram um simulacro; a GNR esteve representada por militares e viaturas dos GIPS, Esquadra de Cavalaria, Pelotão de Intervenção Rápida (PIR), equipa de Inativação de Explosivos e equipa Cinotécnica, Posto Territorial, Brigada de Trânsito, e Secção de Programas Especiais da GNR de Guimarães; o Regimento de Cavalaria (RCC) Braga esteve representado por militares e um veículo de Guerra Pandur, tendo montado no recinto uma torre de escalada e um cabo de slide.

No Campo do Seco foi ainda instalado um Hospital de Campanha da Cruz Vermelha Portuguesa com ambulância e tripulação, onde marcaram também presença a Proteção Civil Municipal e a Polícia Municipal, os Sapadores Florestais, o Centro Distrital de Operações de Socorro - CDOS de Braga, a Autoridade Nacional de Proteção Civil – ANPC, o INEM, bem como uma embarcação do grupo de resgate e salvamento.

A exposição teve como principal objetivo sensibilizar a comunidade escolar e a população em geral para a importância da Proteção Civil enquanto estrutura vocacionada para responder com eficácia nas situações de emergência de uma forma articulada com todos os agentes de proteção e socorro.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto associou-se a esta iniciativa ciente da importância que a Proteção Civil tem, não só para os cidadãos como também para os territórios.

Exposição da Proteção Civil em Cabeceiras de Basto (2).JPG

Exposição da Proteção Civil em Cabeceiras de Basto (3).JPG

“SOU LÍDER” ENSINA CONCEITOS DE EMPREENDEDORISMO AOS PEQUENOS AMARENSES

Os alunos do 1.º ciclo dos centros escolares de Amares assistiram, recentemente, a uma peça de teatro alusiva ao livro infantil “Sou Líder!”, uma obra da autoria de Narciso Moreira, ilustrada por Ana Sofia e que aborda de forma simples e apelativa conceitos associados ao empreendedorismo.

Sem título5.bmp

A iniciativa resulta de uma série de ações implementadas pelo Gabinete de Empreendedorismo da Câmara Municipal de Amares, em parceria com a Betweien Challenge and Success, com o objetivo de incutir, desde tenra idade, uma atitude empreendedora.

Em “Sou Líder!” a narrativa recai sobre a competência empreendedora “Liderança”, com o intuito de explicar aos/às jovens leitores/as o que é e porque é tão importante ser um/a bom/boa líder. Com recurso a exemplos simples e práticos, facilmente identificáveis pelos/as alunos/as e que abrangem quer o contexto pessoal quer o contexto profissional, o enredo da história explora eventos de vida em que esta competência é essencial.

“Sou Líder!” integra a coleção “Histórias de Empreender” da Betweien, Lda. e é uma ferramenta pedagógica de Educação para o Empreendedorismo com um enorme potencial, o que propiciou o apoio do Secretário de Estado da Indústria, através do prefácio que redigiu e que apresenta o tema e a obra.

Sem título2.bmp

Sem título4.bmp

BRACARENSES JÁ PODEM CONTACTAR UM ASSISTENTE VIRTUAL DA AUTARQUIA LOCAL

Município de Braga disponibiliza assistente digital para ‘falar’ com cidadãos

O Município de Braga apresenta, a partir de hoje, 21 de Abril, um assistente virtual no Messenger do Facebook para interagir directamente com os munícipes. Através desta aplicação, que está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os Munícipes que “gostam” da página de Facebook do Município podem enviar questões para os serviços municipais, consultar a agenda cultural ou aceder a informações básicas, como quais são as farmácias de serviço ou números úteis. Apresenta também um menu onde se pode aceder às últimas notícias do Município.

brrraaag.jpg

Mas esta aplicação não serve apenas para dar informações. Através deste assistente virtual, os munícipes poderão também enviar alertas de problemas nas ruas, de lixo ou de sinais de trânsito, que serão reencaminhados para os respectivos serviços.

Uma outra opção que já está implementada é possibilidade dos munícipes poderem, a partir de agora, agendar uma reunião com o presidente da Câmara Municipal, serviço que até agora apenas podia ser agendado através de um contacto pessoal ou telefónico. Recorde-se que Ricardo Rio disponibiliza todas as manhãs de quinta-feira para atender os munícipes.

Além desta interacção digital, o Município de Braga poderá também enviar informações ou notícias para os seus seguidores, sendo que para o futuro estão também previstas novas funcionalidades e que estarão disponíveis neste serviço.

Este novo serviço de Messenger do Facebook estará disponível para os mais de 65 mil seguidores do perfil do Município de Braga, sendo mais uma forma cómoda e rápida de interagir com os munícipes.

Braga é o primeiro município português a disponibilizar um assistente digital no Facebook, isto depois da multinacional americana ter permitido a abertura de Chat Bots nesta rede digital. Esta nova aplicação pode ser acedida através de um dispositivo móvel, em iOS ou Android, através do Facebook Messenger e está disponível em http://m.me/municipiodebraga

JOVENS CONTRIBUEM PARA PROJECTAR FUTURO DE BRAGA

Terceira edição do “Parlamento Concelhio – Pequenos Grandes Políticos”

Pelo terceiro ano consecutivo, os jovens tornaram-se os protagonistas políticos ao apresentaram, perante vários membros do Executivo Municipal e a presidente da Assembleia Municipal, quatro propostas criativas para desenvolver a Cidade durante o “Parlamento Concelhio – Pequenos Grandes Políticos”, que se realizou hoje, dia 21 de Abril, no gnration.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006611.jpg

No evento participaram a Escola Básica 2/3 de Gualtar; o Externato Infante D. Henrique; a Escola Básica 2/3 Francisco Sanches e a Escola Básica 2/3 Frei Caetano Brandão. O projecto mais votado foi o ´Residuódromo´, desenvolvido por alunos do Externato Infante D. Henrique e que tem por objectivo a diminuição do lixo provocado pelo depósito de resíduos em matas.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006622.jpg

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, deixou uma palavra de reconhecimento pelo ´fantástico trabalho´ desenvolvido pelas Escolas participantes e professores, enfatizando a utilidade do projecto na formação dos jovens. “Ao longo deste mandato temos procurado, de diversas formas, colocar os jovens em contacto com a realidade municipal e incutir-lhes o espírito de cidadania e a importância de identificarem projectos e iniciativas que possam trazer melhorias à comunidade no seu todo”, afirmou, elogiando a qualidade das propostas apresentadas.

O Edil lembrou ainda que algumas das propostas apresentadas nas passadas edições deste evento foram já colocadas em prática ou serão brevemente. “Esta é a maior prova de que os contributos dados pelos jovens são para ser levados a sério e são extremamente pertinentes para a construção do futuro da Cidade”, referiu.

Todas as escolas participantes receberam um prémio de participação, sendo que o grupo vencedor recebeu prémios individuais e os seus elementos terão a oportunidade de assistir a uma Reunião do Executivo Municipal e passar um dia com o Presidente da Câmara e Vereadores, acompanhando de perto o trabalho de governação da Autarquia.

CMB21042017SERGIOFREITAS0000006624.jpg

CERVEIRENSES CAMINHAM CONTRA O CANCRO

‘Cerveira Saudável’ 2017 arranca com Caminhada Solidária para a LPCC

É já no próximo domingo, 23 de abril, que o Município de Vila Nova de Cerveira dá início a um conjunto de atividades que integra maisuma edição do ‘Cerveira Saudável’. A primeira ação é uma Caminhada Solidária a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Caminhada solidaria 2017.jpg

Porque a prática desportiva regular contribuiu para o controlo de vários fatores de risco quer ao nível físico, quer para o bem-estar mental, o Município de Vila Nova de Cerveira já definiu as ações que integram o programa para 2017 do ‘Cerveira Saudável’.

Até dezembro,caminhadas, ginástica de manutenção, atletismo, cicloturismo, dança e piscina são as várias sugestões propostas, através de dinâmicas monitorizadas e gratuitas.

O arranque do ‘Cerveira Saudável’ 2017 acontece este domingo, pelas 09h00, no Parque de Lazer do Castelinho, para uma Caminhada Solidária a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. O preço de inscrição é de 3 euros, no próprio dia e no local de partida.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro é uma Organização não-governamental, sem fins lucrativos e declarada de Utilidade Pública.Não recebendo quaisquer subsídios estatais para o desenvolvimento das suas atividades e programas, os donativos concedidos à Liga são o garante financeiro para o desenvolvimento das atividades de prevenção primária e secundária do cancro, de apoio à formação e investigação em oncologia e de apoio social ao doente oncológico e familiares.

Os interessados em praticar desporto saudável aliado à beleza ímpar das paisagens e espaços públicos de Vila Nova de Cerveira só precisam de aparecer no dia e hora marcadas, levar roupa adequada e vontade de participar.

PAREDES DE COURA SERVE SABORES DA PRIMAVERA

“A Primavera está servida”. 22 e 23 abril | Paredes de Coura

Bochechas de porco ibérico estufadas em cerveja preta com arroz de grelos e feijão vermelho, maminha grelhada acompanhada com leguminosas, arroz primaveril com panados ou filetes de pescada, arroz de ervilhas de quebrar com costeletão premium grelhado na pedra, favas guisadas, grão com bacalhau ou feijão branco com dobrada, mas também ervilhas com pato desfiado e ovos escalfados, favas com enchidos caseiros e presunto, arroz de feijão com panados ou pataniscas, feijoada de bísaro ou favas com chouriço são alguns dos pratos com que Paredes de Coura convida para a mesa neste fim de semana de 22 e 23 de abril com “A Primavera está servida”.

a primavera esta servida_Cartaz_130417 (1).png

Numa estação em que tudo renasce após um longo período de hibernação, venha redescobrir o doce palato das leguminosas preparadas das mais variadas maneiras. No fim de semana de 22 e 23 de abril estas ementas estarão ao seu dispor nos restaurantes do concelho. Iguarias quase esquecidas e novas abordagens gastronómicas em torno dos sabores da Primavera vão deliciar os sentidos e envolvê-lo num caloroso abraço.

Abrigo do Taboão, Albergaria, Barbaças, Forno do Minho, Furão, Lino, Miquelina, Pizzaria Romântica e Xisto são os 9 restaurantes que aderiram a mais este fim de semana gastronómico que tem as leguminosas por referência, num território que sempre nos habituou à arte de bem servir quantos o visitam.

Em todos estes restaurantes as alternativas com pratos vegetarianos também não foram esquecidas, bem como deliciosas sobremesas como tarde de feijão, tarte de maçã merenda, semifrio de frutos silvestres, mas também o leite creme caramelizado, arroz doce, filhós à moda antiga ou até o bolo de chocolate e feijão preto que fazem de “A Primavera está servida” um fim de semana a não perder.

Por estes dias, Paredes de Coura celebra o REALIZAR:poesia em todos os cantos e recantos da vila, mas também pode visitar a Caixa de Brinquedos -- espaço para crianças, jovens e adultos, inteiramente dedicado às construções Lego® --, passar pelo Museu Municipal onde está patente a exposição “Impressão Digital em Terras de Coura”, conhecer e adquirir alguns dos mais característicos produtos locais na Loja Rural ou participar no Percurso Pedestre.

TERRAS DE BOURO REALIZA COLHEITA BENÉVOLA DE SANGUE

VI Campanha de recolha de sangue organizada pelo Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro

Decorreu no passado dia 19 de abril, na sede do centro municipal de valências, em Moimenta, a sexta companha de recolha de sangue em parceria com o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, a qual alcançou ótimos resultados, já que a cada campanha se tem conseguido aumentar o número de dadores e de colheitas.

CAPAbousang.jpg

Os valores registados foram alcançados com o contributo de muitos terrabourenses que se mobilizaram em prol de uma nobre causa, contribuindo assim para o aumento das reservas de sangue nos hospitais portugueses.

Graças ao espírito solidário de todos os que aderiram à iniciativa foram superados os objetivos propostos, criando assim uma motivação para repetir esta iniciativa, estando já agendada a realização de uma nova colheita no dia 7 de junho no Pólo do Gerês do Centro Municipal de Valências.

IMG_9252.jpg

IMG_9263.jpg

IMG_9270.jpg

IMG_9276.jpg

IMG_9299.jpg

IMG_9301.jpg

PONTE DE LIMA DINAMIZA BIBLIOTECAS ESCOLARES

Município de Ponte de Lima dinamiza atividades nas Bibliotecas Escolares do concelho

Os estabelecimentos escolares do concelho de Ponte de Lima, desfrutaram de mais sessões de promoção do livro e da leitura, através do projeto Escutar, ler… imaginar e aprender, desenvolvido pela Biblioteca Municipal.

Bibliotecas Escolares _ Ponte de Lima (Medium).jpg

 “A viagem da sementinha”, da autoria de Maria Isabel Loureiro, foi a história escolhida para sensibilizar os mais novos e  apelar para a importância da preservação da natureza e da defesa do meio ambiente, enriquecida com momentos musicais.

Esta atividade foi dinamizada ao longo do mês de fevereiro e março, com um total de 30 sessões, nos estabelecimentos de ensino do 1.º ciclo de Ensino Básico da Ribeira, da Facha, de Refoios, da Feitosa, de Ponte de Lima, de Arcozelo, do Trovela, de Gandra, de Vitorino dos Piães, das Lagoas, de Freixo, de Poiares, de Rebordões de Souto, do Jardim-de-infância de Ponte de Lima, e ainda no Jardim-de-infância de Calheiros, no Jardim-de-infância de Brandara, no Jardim-de-infância de Cepões, no Jardim-de-infância de Arcozelo, no Jardim-de-infância Sandiães, no Jardim-de-infância Santa Casa da Misericórdia e no Jardim-de-infância Correlhã.

BRAGA INAUGURA EXPOSIÇÃO DE LAÇOS AZUIS

Inauguração da exposição de laços azuis – Mês da prevenção dos maus-tratos na Infância. Amanhã, Sábado, dia 22 de Abril, pelas 15h00, frente ao Posto de Turismo

O Município de Braga procede amanhã à cerimónia de inauguração da exposição de laços azuis, inserida no Mês da prevenção dos maus-tratos na infância, pelas 15h00, frente ao Posto de Turismo.

Este é um dos pontos altos do Mês da prevenção dos maus-tratos na infância e engloba trabalhos desenvolvidos pelos alunos das escolas do Concelho. Os três melhores trabalhos serão, posteriormente, instalados no edifício principal da Câmara Municipal de Braga, no edifício do Pópulo e no Posto de Turismo, em Braga.

PONTE DE LIMA CONTA HISTÓRIAS AOS BEBÉS

Bebéteca: projeto de promoção da leitura para bebés e crianças

No próximo dia 29 de abril de 2017 a Biblioteca Municipal de Ponte de Lima dinamiza mais uma sessão da Bebéteca para bebés, crianças e suas famílias.

Esta sessão terá início pelas 10h30, na sala infantojuvenil, com a animação da leitura “A Pequena Bailarina”.

Seguidamente dinamizar-se-á o momento musical intitulado “Passarinhos a bailar”.

Para finalizar a ação, desenvolver-se-á um atelier de expressão artística denominado “Bailarina”.

Para mais informações e inscrições (gratuitas e limitadas) contacte-nos através do número 258900411 ou do email biblioteca@cm-pontedelima.pt .

29 de abril. 2017_Bebétca.jpg

MINHOTOS E GALEGOS CAMINHAM PELO PERCURSO PEDESTRE “ALLARIZ – AUGAS SANTAS”

Iniciativa conjunta dos municípios de Caminha e A Guarda realizada no âmbito da candidatura do “Rio Minho a Paisagem cultural da UNESCO”

Os Municípios de Caminha e A Guarda estão a promover a iniciativa “Andainas”, que consiste na promoção de váriospercursos pedestres, a realizarentre março e outubro, tanto em território português como espanhol, no âmbito das iniciativas conjuntas da candidatura do Estuário do Rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO.O próximo, ‘Allariz – Augas Santas (Ourense)’, realiza-sedia 6 de maio.

Com esta iniciativa pretende-se dar a conhecer os territórios de ambas as margens do Rio Minho e promover a cooperação e o intercâmbio cultural entre os dois povos.

Sábado, 06 de maio, realiza-se o segundo dos percursos: ‘Allariz – Augas Santas (Ourense)’, numa distância de 15 Km. A saídade Caminha está prevista para as 07H00.Esta rota carateriza-se por um percurso em área rural, junto ao rio Arnoia, passando por pequenas aldeias até chegar à famosa Igreja de Santa Marinha de Augas Santas. Ainda vai ser possível visitar o centro histórico e a envolvente da vila de Allariz.

Em junho, ‘Andainas’ vai promover a ‘Rota da Ilha de Arousa’; em agosto, a ‘Romaria de S. João d’Arga’; em setembro, ‘Fortalezas do Baixo Minho’ e, em outubro, a ‘Rota das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d’Arcos’.

O custo de participação será de 12 euros por pessoa, para cada um dos percursos. Os dois municípios assegurarão o apoio logístico e o transporte dos participantes até aos pontos de partida e no regresso das etapas. As inscrições deverão ser realizadas para o mail ambiente@cm-caminha.pt ou para os telefones 258 721 708 ou 914 476 461.

MAFRA JÁ RECUPEROU O PALÁCIO DOS MARQUESES DE PONTE DE LIMA

Situado em Mafra, o Palácio dos Marqueses de Ponte de Lima é um edifício austero do século XVII, edificado pelo arquiteto régio Diogo Marques Lucas sobre as fundações do castelo gótico romano e o Paço Medieval outrora ali existente.

18033029_1407077099335955_4002415724844851549_n.jpg

O período de maior fulgor desta casa, onde avultava a biblioteca dos Marqueses, os salões de tetos apainelados e a capela, ornamentada por um retábulo realizado pelo escultor Machado de Castro foi a primeira metade do séc. XVIII.

Sempre que viajava para Mafra, nomeadamente para inspecionar as obras de construção do Palácio Nacional de Mafra, era no Palácio do Marquês de Ponte de Lima que o Rei D. João V. O escritor José Saramago faz referência ao local e a estas ocorrências no seu livro “Memorial do Convento”.

Ali ocorreram episódios importantes da nossa História como a “conspiração de Mafra” contra D. João VI; albergou o General Loison durante a ocupação francesa e serviu de hospital improvisado de prevenção contra a peste bubónica.

O Palácio do Marquês de Ponte de Lima inclui ainda a chamada “Cerca do Marquêz” que constitui actualmente o Parque Desportivo Ministro dos Santos e que possuia outrora uma área mais vasta que foi entretanto ocupada com a construção da ETAR e de vários estabelecimentos de ensino no local. A “Cerca do Marquêz” dispunha de uma extensa área de bosque que incluia ermitérios, estátuas, lagos, fontes e tanques, uma casa de fresco e duas capelas, cujo interior era ornamentado por retábulos saídos das mãos dos célebres escultores de Mafra.

A revista “O Anunciador das Feiras Novas” que se edita anualmente em Ponte de Lima, tem vindo a publicar uma série de artigos acerca dos marqueses de Ponte de Lima e do seu palácio em Mafra.

Fotos: Manuel Santos

 

18034305_1407077152669283_2141891069773155980_n.jpg

18056662_1407077259335939_540456849147299263_n.jpg

18057177_1407077096002622_1927282508479357398_n.jpg

17990860_1407077262669272_7385574993387555101_n.jpg

GUIMARÃES PARTICIPA NO PARLAMENTO JOVEM

KAISERSLAUTERN RECEBE FASE FINAL EM MAIO

Escola Francisco de Holanda representa Guimarães no Parlamento Jovem Europeu 2017

Fase final realiza-se em Kaiserslautern (Alemanha) com a cidade anfitriã, Igualada (Espanha), Compiègne (França), Neuchâtel (Suíça) e Saint-Quentin (França). Aniversário do Tratado de Roma é o tema da nona edição.

Guimaraes_Parlamento_Jovem_Europeu2017_1Fase.jpg

A Escola Secundária Francisco de Holanda vai representar o concelho de Guimarães na 9ª edição do Parlamento Jovem Europeu, cuja fase final decorrerá no próximo dia 06 de maio na cidade alemã de Kaiserslautern, subordinada ao tema do 60º aniversário do Tratado de Roma que assinala seis décadas de União Europeia.

O apuramento decorreu esta quinta-feira à tarde, 20 de abril, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor, durante a realização da 1ª fase em que participaram igualmente as escolas Profitecla e Cisave, em representação do ensino profissional, e as escolas secundárias das Taipas, EB2,3 Santos Simões e Martins Sarmento, que venceu a edição do ano passado.

Com base na estratégia de desenvolvimento e aprofundamento das relações multilaterais europeias, as escolas participantes no projeto apresentaram os trabalhos na língua inglesa, iniciando depois um debate plural sobre as diferentes perspetivas oferecidas. Findo este período, as escolas foram avaliadas por um júri externo e por um júri interno, composto pelos participantes da sessão parlamentar.

“DAR A MÃO AO PÃO” É A DIVISA DE MONÇÃO

No âmbito do projeto “Monção nas Mãos – Turismo Criativo”, decorre este domingo, 23 de abril, pelas 15h00, a oficina de trabalho “Dar a mão ao pão”, onde o Chef Rui Ribeiro oferece a possibilidade de descobrir alguns dos segredos da confeção do pão. Os participantes, em número limitado, irão amassar o pão e provar o fruto da sua própria experiência.

Dar a Mão ao Pão (1).jpg

O projeto “Monção nas Mãos – Turismo Criativo”, coordenado por Nélson Azevedo, pretende contribuir para que se recuperem alguns dos saberes ancestrais deste território através da experiência de vários parceiros envolvidos neste conceito abrangente e estruturante que visa valorizar o presente e futuro com os ensinamentos do passado.

O projeto reserva experiências em áreas da vida rural como a moagem de farinha, a confeção do pão, a tosquia de ovelhas ou a construção de instrumentos tradicionais. Focaliza-se também na recriação artística desses sabores e saberes com recurso à fotografia, desenho e escultura.

GUIMARÃES PROCURA NOVA CENTRALIDADE

REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO

Consulta pública do projeto da nova centralidade das Taipas alargada às instituições da vila

Câmara disponibiliza-se a colocar o projeto em diferentes locais para que se possa chegar a um consenso mais alargado possível.

TBOURO.jpg

A consulta pública do projeto da nova centralidade das Taipas será alargada às instituições da vila. A exemplo do que sucedeu em diversas ocasiões sobre o tema da requalificação do centro das Taipas, a Câmara Municipal de Guimarães está disponível, desde a primeira hora, a alcançar todos os cidadãos de Caldelas, no sentido de alargar o debate ao maior número de pessoas.

A Junta de Freguesia, como já sucedeu noutras sessões públicas de apresentação do projeto, onde teceu elogiosas considerações, é uma das entidades que, no dia de ontem (quarta-feira), manifestou disponibilidade de ter a exposição do projeto nas suas instalações, acompanhada tecnicamente por uma das arquitetas da Universidade do Minho que elaborou o projeto.

Outras entidades e forças vivas de Caldelas têm manifestado igualmente vontade de promover o conhecimento sobre o projeto da nova centralidade das Taipas, entusiasmo que a Câmara Municipal de Guimarães assinala e saúda, uma vez que é seu objetivo inicial envolver o maior número de pessoas e instituições.

20170419_115442.jpg

20170419_131014.jpg

20170419_155311.jpg

20170419_162902 (2).jpg

20170419_162902.jpg