Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ASSOCIAÇÃO MELGACENSE APOIA DOENTE ONCOLÓGICO

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico vai marcar presença na 17ª edição da Termatalia, que apresentam como a "maior feira internacional de turismo termal", de 20 a 23 de Setembro em Ourense, na Galiza.

O CADO está a organizar, com saída de Melgaço, no dia 21 de Setembro,  uma visita a Termatalia com o preço de 2 euros. A visita inclui, além da visita a maior feira internacional de turismos termal, uma visita pela cidade de Ourense. 

"A diversidade e a qualidade das estâncias termais são magníficas. Fazer termalismo é bom para qualquer pessoa, mas para um doente oncológico este tratamento ajuda muito ao corpo e mente", afirma Catarina Malheiro, coordenadora do CADO.

Para todas as informações sobre esta visita deixamos abaixo algumas imagens relativas ao evento. Para se inscrever, basta fazer junto do CADO.

Termalia 21

Termalia 2017

MELGAÇO ACOLHE CAMPEONATO NACIONAL DE CICLOCROSSE 2018

Os rasgados elogios na organização da etapa de 2017 foram motivos para a escolha

Melgaço recebe a 14 de janeiro de 2018 o Campeonato Nacional de Ciclocrosse. Os rasgados elogios na organização da última e decisiva etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que decorreu em janeiro, levaram as entidades organizadoras a escolherem Melgaço como sede para o Campeonato de 2018.

prova_1214_46

A prova irá decorrer num circuito criado para o efeito da área circundante do Centro de Estágios de Melgaço, organizada pela Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M. em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e a Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o apoio do Município de Melgaço.

O ciclocrosse é uma vertente mista, entre o asfalto e o BTT, praticada com bicicletas semelhantes às de estrada, mas em pisos de terra e com pneus apropriados. É uma modalidade de inverno, onde a lama e a chuva são habituais nos percursos.

O evento promete divertimento, emoções fortes e respeito pela mãe natureza: à semelhança de outros, pretende assumir-se como um evento de referência que contribua para a promoção da prática desportiva e que corresponda ao crescente interesse por atividades desportivas de natureza, visando igualmente potenciar a marca Melgaço e tudo o que a referida aporta a vários níveis, como a gastronomia, cultura, história, costumes, desporto de Natureza entre outros.

A organização do evento por parte de Melgaço enquadra-se no Plano Estratégico de Marketing para o Turismo de Melgaço desenvolvido pela autarquia.

prova_1214_62

MELGAÇO RECUPERA ANTIGO HOTEL DAS TERMAS

Antigo Hotel das Termas de Melgaço vai ser recuperado pelo Grupo Pinto da Costa & Carriço. O investimento na recuperação do hotel está na ordem dos 2,5 milhões de euros

Em Melgaço, vai ‘nascer’ uma nova unidade hoteleira: o Grupo Pinto da Costa & Carriço vai recuperar o emblemático Hotel das Termas de Melgaço. Localizado num dos mais belos recantos do Norte de Portugal, a unidade hoteleira complementará a oferta da estância termal e será uma mais-valia para a região. O processo desenvolver-se-á na propriedade onde se localizava o ‘Grande Hotel do Pezo’, conjunto edificado hoje em ruínas, construído na segunda metade do séc. XIX, e circunjacente ao Parque Termal de Melgaço. O investimento na recuperação do hotel está na ordem dos 2,5 milhões de euros.

Hotel do Pezo_foto antiga

«Aquele hotel, que um dia foi um estabelecimento de referência na região, vai voltar a ser.», afirma a CEO do Grupo, Carina Pinto da Costa. Como noticia o blog Entre o Minho e a Serra, o hotel «(…) era tido como um hotel de elevada qualidade onde os clientes saiam muito satisfeitos.» Sob o conceito de Hotel-Boutique, será uma unidade hoteleira de 4 estrelas, com cerca de 44 quartos. ‘Um alojamento de características diferenciadoras, numa filosofia de sustentabilidade ambiental.’, conta o arquiteto responsável pelo projeto, José António Lopes, do gabinete de arquitetura Ad quadratum Arquitectos.

O projeto tem assinatura do gabinete de arquitetura ad quadratum arquitectos

Considerando uma área da propriedade aproximada de 11.900 m2 e uma área de construção estimada em 4.500 m2 de ampliação e 1.800 m2de reabilitação de estruturas existentes, o processo prevê a estruturação de uma unidade hoteleira orientada para a classificação de 4 estrelas, que assenta essencialmente na reconstrução do conjunto edificado existente (hoje votado à ruína) e agora vocacionado para o acolhimentos das funções de receção, acolhimento e outras valências sociais, e ainda na ampliação com construção nova, esta acolhendo essencialmente as unidades de alojamento, dispostas ao longos de diversas alas de quartos (44 unidades).

«Toda a intervenção está orientada para a observância de princípios de sustentabilidade ambiental, num contexto de adjacência ao Parque e Complexo Termal das Termas de Melgaço. Neste enquadramento, o projeto assume propósitos de grande integração paisagística, propondo espaços de estadia em íntima proximidade e comunhão com os elementos naturais da envolvente.», refere José António Lopes, afirmando que, «Associado ao gesto de reabilitação do património arquitetónico e à valorização do património natural de enquadramento, o processo assume-se como uma oportunidade de resgatar à ruína um conjunto edificado de grande significado histórico para Melgaço, desde sempre em relação próxima e ‘cúmplice’ com o complexo/fonte termal, onde o elemento Água pontua como valor maior.»

O GRUPO PINTO DA COSTA & CARRIÇO

Com esta intervenção, o Grupo Pinto da Costa & Carriço fica uma vez mais associado à área hoteleira, desta vez com a recuperação de um edifício histórico que assume um papel de relevo na dinamização da atividade turística e hoteleira de Melgaço. Saiba-se que o Grupo assumiu, em julho, a gerência das Termas de Melgaço, apostando em mais e melhores serviços e deixando agora a estância aberta todo o ano.

O Grupo Pinto da Costa & Carriço atua em áreas de negócio diversificadas, tais como: Hotelaria, Restauração, Fitness, Saúde e Bem-estar, Imobiliária e Moda.

Impressão de fax de página completa

MELGAÇO ABRE CANDIDATURAS AO SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO (SI2E)

O SI2E apoia de forma simplificada pequenos investimentos empresariais de base local

A Câmara Municipal de Melgaço informa sobre as candidaturas ao programa SI2E - Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, que se encontram a decorrer até 29 de dezembro de 2017. O programa destina-se a micro e pequenas empresas, incluindo entidades que exerçam uma atividade artesanal ou outras atividades a título individual ou familiar, sociedades de pessoas ou associações que exerçam regularmente uma atividade económica (necessário apresentar Certificado de PME emitido pelo IAPMEI).

SI2E

Assente numa lógica de estimular pequenos negócios em territórios de baixa densidade ou em territórios com elevado índice de desemprego, o SI2E prevê a aplicação de fundos da União Europeia para a criação de micro e pequenas empresas ou a expansão ou modernização de micro e pequenas empresas, criadas há menos de cinco anos; e a expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos. Viável para investimentos até 100 mil euros.

Apoios

FUNDO PERDIDO: os apoios podem ir dos 30% aos 60%

  • A taxa base de apoio de 40%para os investimentos localizados em territórios de baixa densidade;
  • A estas percentagens (30% e 40%) podem ser acrescentadas majorações de até mais 20% do investimento elegível;
  • Para além do subsídio ao investimento existe também o apoio à criação de emprego por cada posto de trabalho;
  • Limite de 60% do investimento para obras.

O período de investimento tem uma duração máxima de 18 meses (contado a partir da data da primeira despesa ou da criação do primeiro posto de trabalho, podendo ser prorrogado por mais 6 meses).

O SI2E foi lançado no contexto dos apoios do Portugal 2020 com o propósito de promover a inovação no tecido empresarial, serviços e processos que suportem a sua progressão na cadeia de valor; estimular a criação líquida de postos de trabalho; e de estimular o empreendedorismo qualificado e o investimento estruturante em novas áreas com potencial crescimento. Na Região do Norte, é implementado com verbas do NORTE 2020, através do FEDER e do FSE, e gerido pelos GAL (Grupos de Ação Local) e Comunidades Intermunicipais. Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença e Vila Nova de Cerveira, são os municípios abrangidos pelo GAL Adriminho.

CASTRO LABOREIRO EM MELGAÇO É A ALDEIA MAIS BONITA DE PORTUGAL: 760 10 70 07 É O NÚMERO PARA VOTAR EM CASTRO LABOREIRO

7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias

Votações decorrem até domingo

Já estão a decorrer as votações para a fase final das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias: Castro Laboreiro está na final e disputa com Piódão o lugar na categoria de Aldeias Remotas. Os números foram revelados ontem, na gala transmitida pela RTP: até domingo (durante a Gala Final), os portugueses podem eleger a sua aldeia predileta. Nesse dia, em Piódão, serão apuradas as 7 Maravilhas, em 7 categorias. 760 10 70 07 é o número para votar em Castro Laboreiro que conta com o apadrinhamento da atriz Melânia Gomes.

Capturarcastrolabo

‘Acredito que temos qualidade para ser Maravilha de Portugal. Castro Laboreiro tem história! As suas tradições e lugares mostram vivamente a cultura castreja, que é ainda hoje sentida e vivida.’ afirma o autarca melgacense, Manoel Batista, confiante que Castro Laboreiro tem potencial para vencer.

Sobre as 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias

As candidatas a 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias-Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas.

Todo o processo de eleição das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias é auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

O projeto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, da Secretária de Estado do Turismo, da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, do Centro Nacional de Cultura, do Instituto de História Contemporânea, da Federação Minha Terra, e da Associação Portugal Genial.

As 7 Maravilhas de Portugal® - Aldeias são patrocinadas pela Iki Mobile, primeira marca portuguesa de telemóveis em cortiça. A Kia é o Carro Oficial do projeto, acompanhando este roadshow por todo o país.

Recorde-se que Melgaço concorreu com três aldeias, em várias categorias: Branda da Aveleira – Aldeia Remota e Aldeias Autênticas, Castro Laboreiro – Aldeia Remota e Aldeias em áreas protegidas –  e Parada do Monte – Aldeias autênticas e Aldeias rurais. Foram apresentadas 446 candidaturas de 332 aldeias das 7 Regiões do país.

CASTRO LABOREIRO pertence ao concelho de Melgaço e situa-se no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Possui um dos mais ricos patrimónios pré-históricos do país que reúne gravuras e pinturas rupestres, 120 Dólmenes (datados de há 5000 anos) e Cistas (monumentos megalíticos funerários).

Esta aldeia possui um património histórico e arquitetónico de grande riqueza, destacando-se um tipo próprio de construções castrejas existentes em Castro Laboreiro: o Castelo de Castro Laboreiro – classificado como monumento nacional; a Igreja Matriz de Castro Laboreiro; o Pelourinho de Castro Laboreiro, datado do século XVI, classificado como imóvel de interesse público; igrejas medievais; os fornos comunitários; os espigueiros; e os moinhos.

Castro Laboreiro é uma das aldeias mais emblemáticas do Parque Nacional da Peneda Gerês, resultado do isolamento que sofreu no passado, o qual permitiu que chegassem intactos nos nossos dias, aspetos do património histórico e cultural da aldeia, como a arquitetura, a paisagem e o modo de vida das suas gentes, ainda hoje marcado por um forte espírito comunitário.

Situada no extremo Norte do Alto Minho e de Portugal. Está localizada no cimo da montanha, a mais de mil metros de altitude, levou a que os castrejos defendessem os seus costumes, e tradições de todas as influências estranhas, e que ainda hoje persistem. Uma dessas tradições é a das inverneiras e das brandas. Em meados de Dezembro, com a chegada do frio e dos nevões, as populações de Castro Laboreiro pegam nas suas roupas, utensílios caseiros e de lavoura e ‘tangendo o gado, migram em massa para os vales, onde possuem uma segunda casa e uma segunda aldeia.’ (Rocha, 1993, p. 127). E ficam nas Inverneira, abrigados do frio, até meados de março.

No Núcleo Museológico de Castro Laboreiro é possível conhecer os hábitos, costumes e tradições das gentes da terra. Terra das ‘viúvas dos vivos’, nome a que os seus habitantes davam às mulheres cujos maridos, filhos e netos emigravam em busca de condições de vida melhores.

É uma região de grande beleza, serpenteada pelo rio Laboreiro, que é atravessado por inúmeras pontes representativas das épocas romana ou medieval, das quais sobressaem a Ponte da Dorna, a Ponte da Capela, a Ponte Nova ou da Cava Velha e a Ponte Velha.

Castro Laboreiro é também conhecido pelo seu fumeiro e enchidos, confecionados de forma tradicional, por mãos hábeis e com o saber de anos e anos.

O guardião desta localidade é o Cão de Castro Laboreiro, defendendo o gado do grande predador, o Lobo Ibérico, conhecido pela sua rusticidade, caráter e nobreza desde tempos idos.

image013

VENHA CORRER ENTRE AS VINHAS DA QUINTA DE SOALHEIRO EM MELGAÇO E DESCUBRA…

Sabe o que tem em comum as vindimas, o desporto e a solidariedade?

A convite do Soalheiro, a “Running for a better life” corre em Melgaço, no dia 24 de setembro...

um excelente final para a vindima 2017, que arranca já em agosto, e se revela a vindima mais precoce dos últimos 35 anos...

No ano em que assinala 35 anos, a Quinta de Soalheiro prepara umas vindimas especiais que aliam a solidariedade, a tradição, a cultura e o desporto. O momento alto, será na manhã do domingo, 24 de setembro, ondem vão ter a oportunidade de correr entre as vinhas e apoiar uma causa social.  João Vila Maior, mentor do projeto “Running for a Better Life”, vai encabeçar esta corrida e convidamos todos a juntarem-se a ele. É uma corrida espontânea e solidária, com partida da Adega da Quinta de Soalheiro, às 10h30. Por cada participante, a Quinta de Soalheiro vai doar 2 euros para uma causa social coordenada pela Make-a-Wish Portugal (uma associação que realiza desejos a crianças e jovens, dos 3 aos 18 anos que sofram de uma doença que coloque em risco a sua vida, levando-lhes um momento de força, alegria e esperança!). As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas até às 10h, do dia 24 de setembro, através do email enoturismo@soalheiro.com.

vindimas soalheiro

E como é fundamental passar a paixão pelo nosso terroir aos mais jovens, no dia 14 de setembro, um grupo de Escuteiros do Agrupamento 449 - Santíssimo Sacramento, do Porto, juntam-se ao Soalheiro Team para passar um dia diferente. Trata-se do grupo de Pioneiros, um grupo de jovens com idades entre os 14 e os 18 anos, que vão por as “mãos na terra” e ajudar na Vindima.

A Vindima mais precoce dos últimos 35 anos:

DESEJAMOS A TODOS OS VITICULTORES UMA EXCELENTE VINDIMA 2017

Será a vindima mais precoce que já alguma vez se realizou no Soalheiro. Iniciada no final de agosto, já demonstra um equilíbrio excecional entre a fruta e a acidez dos nossos Alvarinhos do terroir único de Monção e Melgaço. Continuamos a explorar o enorme potencial do Loureiro, produzido em áreas mais atlânticas, e do Vinhão, para os tintos. A Touriga Nacional tem já lugar cativo na base do espumante rosé. Este ano descobrimos, ainda, o potencial da casta Pinot Noir e da casta Sauvignon Blanc na região. Mas sempre centrados na nossa especialidade - o Alvarinho de Monção de Melgaço - cuja descoberta continua quer na versão Nature, Clássica, Granit, Reserva ou Primeiras Vinhas.

Desejamos a todos os viticultores uma excelente vindima 2017 e mãos à obra ...  e como até ao “lavar dos cestos” é vindima vamos "meter" as mãos na massa para, com muita concentração e método, respeitar a enorme qualidade das uvas desta colheita ... vamos dando noticias!

Assim é “Fácil ser Feliz”:

35 ANOS DE HISTÓRIAS PARA PARTILHAR

Até ao final de 2017, a Quinta de Soalheiro convida todos a juntarem-se às comemorações do seu aniversário, divulgando um conjunto de eventos abertos aos amantes do vinho. O primeiro já está em marcha… trata-se da exposição de fotografias do concurso ‘Terroir único, terroir soalheiro’, na Sala de provas do Soalheiro. A exposição valoriza a fotografia como forma de expressão do terroir da sub-região de Monção e Melgaço (DO Vinho Verde), dos pormenores desta terra mãe que faz do alvarinho que ali nasce algo único. O concurso destinava-se a todos os fotógrafos amadores e profissionais, bem como alunos de escolas da especialidade e afins.

Lançamos ainda a Solheiro Tribo, uma forma de reconhecer todos os que se identificam connosco e que gostam do nosso trabalho. Através do registo disponível na página www.soalheiro.pt passam a fazer parte da tribo e recebem um conjunto de novidades em primeira mão e podem participar em alguns eventos especiais. Outra novidade é o lançamento da música “Fácil ser Feliz”, um estado de alma que assinala as comemorações dos 35 anos. Criar um projeto inovador foi o grande desafio lançado ao músico Francisco Pereira ("KIKO"). Aliar a cultura, a música, as boas energias e o vinho é o principal objetivo: “Uma boa conversa uma brincadeira… um copo de vinho em frente à lareira” porque “Todos nós gostamos da felicidade e não vemos como é fácil na verdade”.

Será ainda lançado o prémio “Soalheiro Arte e Design: 35 anos de Alvarinho”, destinado a todos quantos valorizem as artes ou alunos de escolas de artes e design. Novidades em breve.

MELGAÇO E MONÇÃO RECEBEM GRANFONDO ALVARINHO

Esta sexta-feira, 1 de setembro, pelas 11h00, no Solar do Alvarinho

Melgaço recebe no próximo ano, e pela primeira vez, o evento de ciclismo Granfondo Alvarinho. O programa será apresentado em conferência de imprensa esta sexta-feira, dia 1 de setembro, pelas 11h00, no Solar do Alvarinho.

II Maratona BTT_2 (337)

O evento é uma organização conjunta das Câmaras Municipais de Melgaço e Monção juntamente com a Bikeservice, entidade promotora. ‘Este será com certeza um evento de grande promoção para o território, dada a notoriedade que os Granfondos já assumiram na área do desporto’, considera o autarca melgacense, Manoel Batista.

MUNICÍPIO DE MELGAÇO REGISTA VOTO DE LOUVOR AOS BOMBEIROS

Reconhecimento pelo trabalho na luta contra as chamas que assolaram vários pontos do concelho

O Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, deixou ontem, em reunião de Câmara, uma nota de louvor aos bombeiros do concelho e a todos os meios que se deslocaram a Melgaço, coordenados pela Proteção Civil e pelo CODIS, bem como à proteção civil da vizinha Galiza, ‘pelo excelente trabalho na resolução dos incêndios que ocorreram na passada segunda-feira’.

Na reunião, o autarca lamentou os vastos prejuízos causados nas florestas de Fiães, Cristóval, Paços e Chaviães e Alvaredo, destacando que toda a zona florestal de Paços desapareceuLamentou, ainda, a origem criminosa dos incêndios, inegável pela imagem brutal que testemunhou no local (Soutomendo de cima), segunda-feira à noite, com três círculos de fogo em simultâneo, não ligados entre si, incêndio esse apenas debelado terça-feira de manhã.

‘Temos no concelho uma corporação que nos protege, em qualquer circunstância. A Câmara Municipal reconhece isso e está, e estará, todos os dias ao lado dos Bombeiros Voluntários. Sempre disponível para os ajudar e apoiar. Sabemos reconhecer o trabalho destes homens e mulheres. São essenciais no apoio à população e na Proteção Civil.’, atenta Manoel Batista.

CENTRO DE ESTÁGIOS DE MELGAÇO TEM ENTRADAS GRATUITAS NOS MUSEUS E PISCINAS EXTERIORES

Este sábado, 12 de agosto, em Melgaço

Melgaço comemora este sábado, 12 de agosto, o Dia Internacional da Juventude com entradas gratuitas em todos os museus e nas Piscinas municipais exteriores do Centro de Estágios. Podem usufruir das atividades os jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 29 anos, residentes no concelho.

Piscinas Centro de estágios (3) (1).jpg

A Torre de Menagem, o Espaço Memória e Fronteira, o Museu de Cinema Jean Loup Passek, o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro e a Porta de Lamas de Mouro são os espaços com entrada gratuita e com muito para descobrir sobre as tradições e costumes de Melgaço.

Horários dos museus: das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Nas piscinas exteriores do Centro de Estágios é possível usufruir de um amplo espaço, com fantásticas paisagens como pano de fundo. Na piscina para adultos existem inúmeras animações, das quais se destacam a corrente de rio e a hidromassagem. O acesso é condicionado à disponibilidade de lotação.

Horários: das 10h00 às 20h00.

A efeméride é da responsabilidade da ONU e conta com a colaboração do Instituto Português do Desporto e Juventude I.P.. Este ano é subordinada ao tema ‘Jovens Construindo a Paz’.

Melgaço (8) (1).JPG

MELGAÇO DÁ A CONHECER A HISTÓRIA DO MUNICÍPIO ATRAVÉS DE UM CLICK

Lançamento do catálogo do Arquivo Municipal Online

O Arquivo Municipal de Melgaço tem disponível um mecanismo virtual para o conhecimento da história do concelho, ligando o passado e o presente. Quem ainda não conhece o espólio documental de Melgaço tem agora a oportunidade à distância de um click: acompanhando os benefícios da evolução tecnológica na preservação documental, o Arquivo Municipal dispõe, desde o dia de hoje, de um Catálogo On-Line que proporciona uma maior facilidade no acesso à informação, a qualquer pessoa e em qualquer lugar do mundo.

Arquivo Municipal 1.jpg

Com esta nova plataforma é possível localizar, consultar e aceder às descrições arquivísticas detalhadas e imagens digitais dos documentos presentes nos fundos e coleções do Arquivo Histórico; navegar a partir das estruturas hierárquicas e multinível; e ainda visualizar e navegar nas representações digitais dos documentos associadas aos registos. Nesta plataforma é possível encontrar documentação da Câmara Municipal e Administrações do concelho de Melgaço e Castro Laboreiro, da Secção da Guarda Fiscal de Melgaço, das Assembleias Municipal e Distrital, de algumas Escolas Primárias e Juntas de Freguesia, de Confrarias, entre outras instituições concelhias. É ainda possível visualizar a enorme coleção de postais antigos do concelho, recentemente adquiridos ao solicitador e colecionador, Óscar Marinho.

‘Com esta plataforma permitimos a todos conhecerem a vida e a história de Melgaço, das nossas gentes, das tradições e costumes. É sem dúvida uma mais-valia para a preservação da história do município.’, afirma o autarca, Manoel Batista.

A consulta do Catálogo On-Line em http://arquivo.cm-melgaco.pt/ conta com 72 fundos arquivísticos disponíveis e mais de 5 mil imagens digitalizadas, dos mais diversos documentos e períodos históricos. As ferramentas de pequisa são extremamente simples e intuitivas para todos os utilizadores.

MELGAÇO RECEBE 5º ENCONTRO BMW

Sábado, 05 de agosto, no Centro de Estágios

No próximo sábado, 05 de agosto, centenas de admiradores de BMW`s, deslocam-se ao Município mais a Norte de Portugal para o 5º Encontro BMW Melgaço. A iniciativa, uma organização da BMW Enthusiasts PT, acontece pelas 10h00, no Centro de Estágios de Melgaço, este ano com algumas surpresas e mudanças, garante a organização.

4º encontro - Concentração BMW (23).jpg

Durante a manhã e a partir das 16h00 da tarde será possível admirar os veículos participantes, que estarão ao longo do passeio contíguo ao estádio em exposição. Pelas 15h00 haverá uma demonstração de ‘Drift’, no parque de estacionamento do pavilhão gimnodesportivo. O término do encontro está previsto para as 20h00.

Os interessados no almoço (Porco no Espeto no Centro de Estágios) devem inscrever-se, com indicação do número de pessoas, através do e-mailencontro.bmw@gmail.com ou entrar em contacto com:

Francisco Ranhada (938 045 977) - https://www.facebook.com/francisco.ranhada

Gonçalo Antoninho (965 794 549) - https://www.facebook.com/goncalo.antoninho

Soraia Dantas - https://www.facebook.com/soraia.dantas.3

5º encontro BMW Melgaço.png

MELGAÇO: EMPREITADA DA CASA MORTUÁRIA DA VILA INICIA EM BREVE

Contrato de adjudicação já foi assinado

A Câmara Municipal de Melgaço assinou na semana passada o contrato de adjudicação referente à empreitada ‘Construção da Casa Mortuária de Vila’. A obra tem desde essa data, 27 de julho, 365 dias para ser executada. O valor da adjudicação é de 145.097,99 €.

Casa Mortuária da Vila.png

A Junta de Freguesia de Vila vê assim cumprida uma necessidade da população, ‘um investimento que dignifica a freguesia’, considera a Presidente de Junta, Maria de Fátima Táboas.

A construção da nova Casa Mortuária será junto à antiga Escola Primária da Vila e está a cargo do empreiteiro José Abreu Enes da Lage & Irmão, Unipessoal, Lda.

Casa Mortuaria_3.JPG

DIA DO BRANDEIRO CELEBRA A TRANSUMÂNCIA

5 e 6 de agosto

A Branda da Aveleira, aldeia melgacense pertencente à freguesia de Gave, recebe este fim de semana, 5 e 6 de agosto, o Dia do Brandeiro, um evento que reúne toda a população para celebrar a cultura da transumância, e claro, em volta da deliciosa gastronomia e alvarinho da região.

Dia do Brandeiro.png

Os gaiteiros do ‘Rio Mouro’ fazem a abertura do evento no sábado de manhã, antes da habitual missa, e interpretarão música de raiz celta. Do programa há a destacar o cortejo etnográfico sob o tema: ‘A Transumância’ – ‘esta marca da transumância, muito característica do nosso município, ligeiramente no município de Arcos de Valdevez, mas fundamentalmente no município de Melgaço’, conta Manoel Batista, autarca de Melgaço. A festa continua com um convívio com Porco Espeto e com uma palestra cultural, onde será possível A celebração do Dia do Brandeiro criará espaços para se ouvir o relato do quotidiano da pastorícia, e animação musical. O dia seguinte é dedicado para os amantes de boa gastronomia: haverá tasquinhas onde se podem saborear os bons petiscos locais. A garraiada, pelas 16h00, fecha o programa.

Durante os dois dias, entre as 10h00 e as 20h00, os visitantes terão ainda a oportunidade de observar a cultura brandeira através da Feira das tradições do Brandeiro e dos produtos locais. A iniciativa está inserida no Melgaço em Festa que decorre até 13 de agosto.

A diversidade paisagística da aldeia e a gastronomia local (onde se destaca a broa de milho, o cabrito à moda da Serra e os produtos de fumeiro) fazem desta aldeia do Município mais a Norte de Portugal uma ótima escolha! Situada na entrada do Parque Nacional da Peneda-Gerês, a Branda da Aveleira representa a tipicidade da região e o modo de vida de uma época. A aldeia tem uma paisagem e um conjunto arquitetónico de enorme beleza, sendo o testemunho de uma tradição agrícola e cultural de grande valor antropológico, que a torna muito especial e singular. Foi uma das pré-finalistas das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias, na categoria de Aldeias Remotas.

CASTRO LABOREIRO PASSOU PARA A FINAL DAS 7 MARAVILHAS

Gala final acontece a 3 de setembro e votações arrancam a 27 de agosto

Castro Laboreiro está na fase final das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias. A aldeia melgacense e Piódão são as duas Aldeias Remotas que venceram a eliminatória disputada ontem à noite, 30 de julho, na Branda da Aveleira, aldeia de Melgaço que também estava a votação. No dia 3 de setembro, Piódão recebe a gala final, onde serão apuradas as 7 Maravilhas, em 7 categorias. A votação decorre entre o dia 27 de agosto (com o programa RTP 1 especial), e a Gala Finalíssima.

1 - Castelo de Castro Laboreiro 1.jpg

As aldeias melgacenses eram as únicas candidatas no Norte de Portugal, na categoria de Aldeias Remotas. ‘Acredito que temos qualidade para ser Maravilha de Portugal. Castro Laboreiro tem história! As suas tradições e lugares mostram vivamente a cultura castreja, que é ainda hoje sentida e vivida.’ afirma o autarca melgacense, Manoel Batista, confiante que Castro Laboreiro tem potencial para vencer. As aldeias de Melgaço concorreram com Aldeia da Pena (São Pedro do Sul), Curral das Freiras (Câmara de Lobos), Fajã de São João (Calheta), Gondramaz (Miranda do Corvo) e Piódão (Arganil). Melânia Gomes é a madrinha de Castro Laboreiro.

No total são 7 Galas eliminatórias por categoria e 49 aldeias a concurso

Aldeias apuradas: Aldeias Ribeirinhas - Dornes (Ferreira do Zêzere) e Santa Clara-a-Velha (Odemira); Aldeias Rurais - Sistelo (Arcos de Valdevez) e Paderne (Albufeira); Aldeias de Mar - Azenhas do Mar (Sintra) e Fajã dos Cubres (Ilha de São Jorge – Açores); Aldeias Remotas – Castro Laboreiro (Melgaço) e Piódão (Arganil).

Próximas galas: Podence (Aldeias Autênticas) a 6 de agosto; Monsanto (Aldeias Monumento) a 13 de agosto; e a 20 de agosto nos Açores (Aldeias em Áreas Protegidas), em Porto Martins, na ilha Terceira.

A 27 de agosto a RTP emite um programa de best of, sobre as 14 finalistas apuradas nas Galas anteriores, e começa uma semana inteira de votação, até ao domingo seguinte. As 7 eleitas são conhecidas a 3 de setembro, no Piódão, na Declaração Oficial das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias. Os números de votação serão revelados no programa de 27 de agosto e não há restrição nem limite de votos por participante. As 7 vencedoras a 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias, são apuradas pelo maior número de votos em cada uma das categorias.

Sobre as 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias

As candidatas a 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias-Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas.

Todo o processo de eleição das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias é auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

O projeto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, da Secretária de Estado do Turismo, da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, do Centro Nacional de Cultura, do Instituto de História Contemporânea, da Federação Minha Terra, e da Associação Portugal Genial.

As 7 Maravilhas de Portugal® - Aldeias são patrocinadas pela Iki Mobile, primeira marca portuguesa de telemóveis em cortiça. A Kia é o Carro Oficial do projeto, acompanhando este roadshow por todo o país.

Recorde-se que Melgaço concorreu com três aldeias, em várias categorias: Branda da Aveleira – Aldeia Remota e Aldeias Autênticas, Castro Laboreiro – Aldeia Remota e Aldeias em áreas protegidas –  e Parada do Monte – Aldeias autênticas e Aldeias rurais. Foram apresentadas 446 candidaturas de 332 aldeias das 7 Regiões do país.

CASTRO LABOREIRO pertence ao concelho de Melgaço e situa-se no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Possui um dos mais ricos patrimónios pré-históricos do país que reúne gravuras e pinturas rupestres, 120 Dólmenes (datados de há 5000 anos) e Cistas (monumentos megalíticos funerários).

Esta aldeia possui um património histórico e arquitetónico de grande riqueza, destacando-se um tipo próprio de construções castrejas existentes em Castro Laboreiro: o Castelo de Castro Laboreiro – classificado como monumento nacional; a Igreja Matriz de Castro Laboreiro; o Pelourinho de Castro Laboreiro, datado do século XVI, classificado como imóvel de interesse público; igrejas medievais; os fornos comunitários; os espigueiros; e os moinhos.

Castro Laboreiro é uma das aldeias mais emblemáticas do Parque Nacional da Peneda Gerês, resultado do isolamento que sofreu no passado, o qual permitiu que chegassem intactos nos nossos dias, aspetos do património histórico e cultural da aldeia, como a arquitetura, a paisagem e o modo de vida das suas gentes, ainda hoje marcado por um forte espírito comunitário.

Situada no extremo Norte do Alto Minho e de Portugal. Está localizada no cimo da montanha, a mais de mil metros de altitude, levou a que os castrejos defendessem os seus costumes, e tradições de todas as influências estranhas, e que ainda hoje persistem. Uma dessas tradições é a das inverneiras e das brandas. Em meados de Dezembro, com a chegada do frio e dos nevões, as populações de Castro Laboreiro pegam nas suas roupas, utensílios caseiros e de lavoura e ‘tangendo o gado, migram em massa para os vales, onde possuem uma segunda casa e uma segunda aldeia.’ (Rocha, 1993, p. 127). E ficam nas Inverneira, abrigados do frio, até meados de março.

No Núcleo Museológico de Castro Laboreiro é possível conhecer os hábitos, costumes e tradições das gentes da terra. Terra das ‘viúvas dos vivos’, nome a que os seus habitantes davam às mulheres cujos maridos, filhos e netos emigravam em busca de condições de vida melhores.

É uma região de grande beleza, serpenteada pelo rio Laboreiro, que é atravessado por inúmeras pontes representativas das épocas romana ou medieval, das quais sobressaem a Ponte da Dorna, a Ponte da Capela, a Ponte Nova ou da Cava Velha e a Ponte Velha.

Castro Laboreiro é também conhecido pelo seu fumeiro e enchidos, confecionados de forma tradicional, por mãos hábeis e com o saber de anos e anos.

O guardião desta localidade é o Cão de Castro Laboreiro, defendendo o gado do grande predador, o Lobo Ibérico, conhecido pela sua rusticidade, caráter e nobreza desde tempos idos.

1 - Ponte da Cava da Velha.jpg

Castelo de Castro Laboreiro 4.jpg

Castreja e Cão Castro Laboreiro.jpg

Castro Laboreiro está na final.jpg

Castro Laboreiro.png

Castro_Laboreiro1jpg.jpg

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ‘CICLISMO EM MELGAÇO 2017’

Domingo, pelas 16h00, no Solar do Alvarinho

A Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M. formaliza no próximo domingo, 30 de julho, o protocolo ‘Ciclismo em Melgaço 2017 e 2018’ com a Associação de Ciclismo do Minho e com a Federação Portuguesa de Ciclismo. O momento acontece pelas 16h00, no Solar do Alvarinho, após o término da prova Grande Prémio do Minho.

O protocolo visa a colaboração mútua entre as entidades acima mencionadas no estabelecimento de ações conjuntas de fomento da atividade desportiva, formação e promoção e desenvolvimento de atividades, mais especificamente da modalidade ciclismo, nas suas diversas vertentes, quer sejam competição ou lazer. As três entidades comprometem-se a promover e gerir eventos desportivos de índole regional e nacional; a fomentar o uso da bicicleta e da modalidade ciclismo nas vertentes de competição, manutenção e lazer; e a incentivar o fluxo turístico aproveitando as estruturas existentes e o entorno natural de toda a área do município.

 ‘A prática do ciclismo tem vindo a crescer na comunidade desportiva do nosso concelho e nós temos de apoiar essa prática, de apoiar os nossos jovens’, eleva Manoel Batista, autarca melgacense, argumentando que existem no Município de Melgaço condições de excelência para a prática do ciclismo: ‘Temos um fantástico Centro de Estágios, com ótimas condições, e um Centro de BTT, localizado na Porta de Lamas de Mouro, Porta do Parque Nacional da Peneda Gerês’.

Centro de estágios.jpg

No ano de 2017 o protocolo estabelece o apoio da Prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse (22 janeiro); da Prova da Taça de Portugal de BTT Maratonas (19 de março); a Prova do Campeonato do Minho de BTT Cross Country Olímpico (23 de abril); e a última etapa do Grande Prémio do Minho Juniores (este domingo, 30 de julho). No ano de 2018 as entidades apoiam as seguintes provas de competição, sendo as mesmas abertas ao praticante amador: Campeonato Nacional de Ciclocrosse; Campeonato Nacional de BTT Maratonas; Prova do Campeonato do Minho de BTT Cross Country Olímpico; e a última etapa do Grande Prémio do Minho (juniores).

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITA MELGAÇO

Hoje, 29 de julho

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, também integrará a comitiva de membros dos Governos dos países da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, responsáveis pelas áreas da Juventude e do Desporto, e as respetivas nove delegações - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, que visita hoje, 29 de julho, o Centro de Estágios de Melgaço e a ESDL – Escola Superior de Desporto e Lazer. A comitiva será também acompanhada pelo Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, e pelo executivo melgacense. A visita acontece a partir das 10h30.

Tiago_Brandão_Rodrigues.jpg

O propósito da visita prende-se com a assinatura de um protocolo entre o IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude e a ESDL para atribuir e esta, a gestão do sistema nacional de informação desportiva/Carta desportiva.

Os representantes dos Governos já estão em Portugal, para várias reuniões com responsáveis das áreas da Juventude e do Desporto e participarão na VIII edição da Bienal de Jovens Criadores da CPLP, que decorre até 29 de julho, em Vila Nova de Cerveira. No dia 30, participarão na X Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da CPLP, em Caminha - uma oportunidade para apresentação e discussão de temas pertinentes e atuais comuns nas áreas da Juventude e do Desporto do espaço da CPLP.

DIRETOR REGIONAL DE CULTURA NORTE INAUGURA FESTIVAL INTERNACIONAL DE DOCUMENTÁRIO DE MELGAÇO

1 de agosto, pelas 21h00, na Casa da Cultura

O Diretor Regional de Cultura Norte, António Ponte, inaugura na próxima terça-feira, 1 de agosto, o Festival Internacional de Documentário de Melgaço - Filmes do Homem. O momento acontece com a abertura da exposição de fotografia ‘Festa’, de João Gigante, e ‘Pão Nosso de Cada Dia’, de Venice Atienza, na Casa da Cultura, pelas 21h00, seguindo-se a estreia dos documentários realizados na Residência Cinematográfica PLANO FRONTAL 2016. O festival acontece entre 1 e 6 de agosto e está inserido no ‘Melgaço em Festa’ que decorre de 31 de julho a 13 de agosto, este ano com um programa mais ambicioso e mais eclético.

Filmes do Homem (2).jpg

Esta é 4ª edição de Filmes do Homem e volta a marcar a exibição e promoção do cinema documental, pautado pela qualidade cinematográfica dos trabalhos selecionados para o prémio Jean Loup Passek e centrando-se nas temáticas habituais do festival - migração, fronteira e memória. Este ano concorreram ao prémio Jean Loup Passek um número recorde de filmes, excedendo as 400 candidaturas, entre as quais foram selecionadas 15 longas-metragens e nove curtas e médias metragens, candidatas ao prémio internacional na sua categoria. Sete destes filmes são também candidatos na categoria de Melhor Filme Português. 13 dos realizadores candidatos ao prémio Jean Loup Passek estarão presentes no Festival para apresentarem os seus filmes, vindos de países tão diversos como Espanha, França, Alemanha, Itália, Finlândia e, claro, Portugal.

FILMES DO HOMEM (6).jpg

júri desta edição é constituído pelo cineclubista André de Oliveira e Sousa, pelas realizadoras Graça Castanheira e Iris Zaki, esta última vencedora do prémio Jean Loup Passek para melhor curta-metragem na edição do ano passado, pelo produtor e realizadorRodrigo Areias e pelo jornalista e programador brasileiro Sérgio Rizzo. Os prémios a atribuir pretendem distinguir a melhor longa-metragem (3.000€), a melhor curta ou média-metragem (1.500€) e o melhor documentário português (1.000€).

De destacar nesta edição, durante o dia 4 de agosto, o KINO MEETING - Encontro Internacional de Serviços Educativos de Cinema, com a presença de várias instituições internacionais, como as Cinematecas Alemã e Portuguesa, o Museu Nacional de Cinema Italiano, a Filmoteca da Catalunha, os Cineclubes de Viseu e Faro, a Casa Museu de Vilar e o Festival de Cinema de Animação Cinanima.

Nos dias 4 e 5 de agosto, FILMES DO HOMEM vai acolher os III Encontros Arraianos de Cinema, iniciativa que pretende fomentar a criação de redes de colaboração entre Cineclubes e Festivais de Cinema da raia Portugal/Espanha, promover e divulgar o cinema raiano e estimular o diálogo cultural e institucional entre fronteiras. Realiza-se ainda a residência cinematográfica e fotográfica Plano Frontal, de 28 de julho a 6 de agosto, e o curso de verão Fora de Campo, de 01 a 06 de agosto.

De 5 e 6 de agosto é altura de um ‘Salto a Melgaço’, com uma programação mais intensa e a dinamização de diversas visitas a locais do concelho, visitando exposições, assistindo a debates e conferências e a projeções de filmes. Os vencedores do prémio Jean Loup Passek serão conhecidos no último dia do festival, 6 de agosto, como tem sido habitual,  com a projeção ao ar-livre de um filme na Torre de Menagem de Melgaço.

FILMES DO HOMEM - Festival Internacional de Documentário de Melgaço é organizado pela Câmara Municipal de Melgaço em parceria com a AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, e pretende promover e divulgar o cinema etnográfico e social, refletir sobre identidade, memória e fronteira e contribuir para um arquivo audiovisual sobre a região.

Filmes do Homem (9).jpg

 

DELEGAÇÃO DE MINISTROS DO DESPORTO DOS PAÍSES PALOP VISITA MELGAÇO

Uma comitiva de membros dos Governos dos países da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, responsáveis pelas áreas da Juventude e do Desporto, e as respetivas nove delegações - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, visita amanhã, 29 de julho, o Centro de Estágios de Melgaço e a ESDL – Escola Superior de Desporto e Lazer. A comitiva será acompanhada pelo Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, e pelo executivo melgacense. A visita acontece a partir das 10h30.

Melgaço (8).JPG

O propósito da visita prende-se com a assinatura de um protocolo entre o IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude e a ESDL para atribuir e esta, a gestão do sistema nacional de informação desportiva/Carta desportiva.

Os representantes dos Governos já estão em Portugal, para várias reuniões com responsáveis das áreas da Juventude e do Desporto e participarão na VIII edição da Bienal de Jovens Criadores da CPLP, que decorre até 29 de julho, em Vila Nova de Cerveira. No dia 30, participarão na X Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da CPLP, em Caminha - uma oportunidade para apresentação e discussão de temas pertinentes e atuais comuns nas áreas da Juventude e do Desporto do espaço da CPLP.

MANOEL BATISTA APRESENTA CANDIDATURA À CÂMARA MUNICIPAL DE MELGAÇO PELO PARTIDO SOCIALISTA

O candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, fará a apresentação pública da sua recandidatura no próximo sábado, 29 de julho, pelas 21h00, na Praça da República.

o.jpg

Manoel Batista é Presidente da Câmara Municipal de Melgaço desde 2013, tendo já desempenhado as funções de vice-Presidente e Vereador dos Pelouros da Solidariedade Social, Obras Municipais, Fundos Comunitários e Proteção Civil entre 2009 e 2013.

Desde 2013, a equipa liderada por Manoel Batista é responsável por uma série de projetos que têm vindo a melhorar a qualidade de vida dos melgacenses, como o Ciclo Urbano da Água (3 milhões de euros de investimento), a requalificação da rede viária (1 milhão de euros) e a requalificação e modernização da EB 2,3 S de Melgaço (1 milhão e 110 mil euros). Também os serviços municipais foram reorganizados e modernizados, eventos de sucesso foram (re)lançados – como a Festa do Espumante e o Alvarinho Wine Fest –, o território tem sido constantemente promovido e várias obras municipais têm sido planeadas (Casa da Cultura, Cinema Pelicano, Mercado Municipal e Largo da Feira, entre outras).

Manoel Batista recandidata-se a um segundo mandato porque considera fundamental dar continuidade aos projetos já em curso – Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo, Plano Melgaço 2030, Plano de Ação de Regeneração Urbana da Vila de Melgaço, entre outros –  e avançar com novos projetos, como a criação de uma nova zona empresarial capaz de acolher novos investimentos em Melgaço.

Uma gestão pautada pelo rigor e pelo trabalho e uma visão estratégica para o Município são os seus compromissos.

Foto: AltoMinhoTV