Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA É CIDADE FLORIDA

Braga Florida 2017 com inscrições abertas

As inscrições para a 'Braga Florida 2017' já estão abertas e decorrem até dia 26 de Maio.

Recorde-se que este é um projecto organizado em parceria entre o Município de Braga, a Associação Comercial de Braga e as Juntas de Freguesia da Sé, Cividade, S. João do Souto, S. Lázaro, S. Victor e S. Vicente.

As inscrições podem ser efectuadas na respectiva sede de freguesia, na Câmara Municipal, junto do Pelouro do Ambiente, Energia e Desenvolvimento Rural ou através do email ambiente@cm-braga.pt.

A inscrição é gratuita e a distribuição das floreiras terá lugar a 5 de Junho. Mais informações contacte 253202860 ou envie email para ambiente@cm-braga.pt.

Braga Florida 2017 Cartaz Floreiras.jpg

CINE TEATRO JOÃO VERDE TRANSFORMADO EM JARDIM DIVINO COM INTENSO AROMA A CAMÉLIA

O significado de camélia é jardim fértil ou jardim divino. O seu aroma é intenso, agradável e encantador. A sua elegância e simplicidade inspirou poetas e escritores como Alexandre Dumas que, em 1848, publicou o conhecido romance “A Dama das Camélias”.

DSC_0058 (Large) (1).JPG

No último fim de semana, o Cine Teatro João Verde foi literalmente invadido por esta planta ornamental e decorativa com apresentação de trabalhos feitos por floristas e associações locais e galegas. Neste particular, destaque para a forte participação de pessoas de Salceda de Caselas.  

Os trabalhos expostos, disciplinarmente colocados nos corredores e na galeria de exposições daquela estrutura cultural, mostraram diferentes géneros de camélias com significado distinto. Exemplos: as brancas simbolizam beleza perfeita, as cor-de-rosa revelam grandeza de alma e as vermelhas sinal de reconhecimento. 

Os visitantes tiveram também a oportunidade de visualizar várias fotografias de camélias localizadas em espaços públicos e em casas particulares do nosso concelho. Umas com enquadramento aéreo. Outras com a criatividade inspiradora da camélia.

Na abertura da exposição, foram entregues diplomas e uma lembrança, feita pela APPACDM, delegação de Monção, a todos os participantes. A Vice-Presidente, Conceição Soares, sublinhou a importância deste evento como incentivo à promoção desta planta e agradeceu a presença e colaboração de todos nesta iniciativa. 

A Exposição de Camélias englobou ainda trabalhos de pintura de Joana Degues e de cerâmica artesanal de Patricia Oliveira que, na manhã de domingo, coordenou uma oficina de trabalho de desenho e técnicas de impressão sobre camélias com a presença de uma dezena de participantes.

Na noite de sábado, o Cine Teatro João Verde animou-se com a música tradicional do Grupo Popular “Os Teimosos” e as “Voces de Arrieiro”, agrupamento galego. Desta forma, à beleza natural juntou-se a criatividade artística num palco privilegiado de fruição cultural.

DSC_0078 (Large) (1).JPG

DSC_0080 (Large).JPG

DSC_0202 (Large).JPG

DSC_0206 (Large) (1).JPG

DSC_0232 (Large).JPG

DSC_0246 (Large).JPG

GUIMARÃES RECEBE EXPOSIÇÃO DE CAMÉLIAS ESTE FIM-DE-SEMANA

INTEGRADA NA “DOÇARIA NO CONVENTO”

Iniciativa com entrada livre promove património natural vimaranense. Mais de uma dezena de expositores vão mostrar os seus exemplares de camélias. 

Guimaraes_Exposicao_Camelias.JPG

Os Claustros da Câmara Municipal de Guimarães recebem este fim de semana, nos dias 08 e 09 de abril de 2017, a oitava edição da Exposição de Camélias de Guimarães, uma iniciativa que pretende divulgar esta espécie de plantas, mas também promover a valorização do património natural das camélias, igualmente conhecida por “rosa japónica” ou “japoneira”, considerada por muitos como a flor mais admirável dos nossos jardins.

A mostra, patente no antigo Convento de Santa Clara, atual edifício dos Paços do Concelho, terá um espaço com produtos alusivos às camélias e outro destinado a livros e publicações relacionadas com a planta, num total de 12 expositores. A edição deste ano, que decorrerá em paralelo com o evento Doçaria no Convento, é inaugurada este sábado, às 10 horas, podendo ser visitada até às 22 horas, mantendo-se igual horário de visita durante o dia de domingo. A entrada é livre.

Durante o certame, organizado pelo Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente, em parceria com a Associação Portuguesa das Camélias/ICS – Portugal, decorrerá a venda de exemplares de cameleiras e de produtos confecionados com camélias. Além da mostra botânica nos Claustros da Câmara Municipal, irá realizar-se também um concurso onde serão atribuídos os quatro prémios aos melhores exemplares.

MONÇÃO EXPÕE CAMÉLIAS NO CINE TEATRO JOÃO VERDE

Monção promete um fim-de-semana com intenso aroma a camélia. O Cine Teatro João Verde recebe uma exposição dedicada aquela planta complementada com apresentação de trabalhos de pintura e cerâmica artesanal, oficina de trabalho e momentos musicais.

cartaz camélias (1).png

Nestes dois dias, serão mostrados diversos trabalhos feitos com camélias e realçada a importância do cultivo desta planta. Além de floristas e viveiristas, estarão presentes associações locais e galegas. A abertura oficial, com a presença da vice-presidente da autarquia monçanense, Conceição Soares, está marcada para as 15h00.

Pelas 21h30, realiza-se um sarau musical com o Grupo Popular “Os Teimosos” e as “Voces de Arrieiro”, agrupamento galego. As entradas são gratuitas, contudo, é necessário fazer o respetivo levantamento do bilhete na Loja Interativa de Turismo, Praça Deu-la-Deu, T. 251 649 013.

No dia seguinte, domingo, decorre uma oficina de trabalho de desenho e técnicas de impressão sobre camélias, orientado pelo ateliê Flor Agreste. Destinada a maiores de 15 anos, realiza-se entre as 9h30 e as 12h30, com inscrições gratuitas para o seguinte correio eletrónico: agresteflor@gmail.com.

A exposição de camélias encerra às 20h00. Ao longo dos dois dias, na galeria do Cine Teatro João Verde, estão patentes ao público trabalhos de pintura, da autoria de Joana Degues, e de cerâmica artesanal, da autoria de Patricia Oliveira. Desta forma, a beleza natural junta-se à criatividade artística num palco privilegiado de fruição cultural

MONÇÃO PRESENTE NA FEIRA DE NANTERRE

O Município de Monção, representado pelo presidente da autarquia, Augusto de Oliveira Domingues, e pelo vereador das Atividades Socioculturais, Paulo Esteves, estará presente na Feira de Nanterre, arredores de Paris, que decorre este fim de semana, 7, 8 e 9 de abril. A abertura oficial realiza-se na sexta-feira, pelas 18h00, hora local.

Entre outros setores, a representação monçanense far-se-á notar com empresas ligadas à produção de vinho Alvarinho, fumeiros tradicionais, transportes e logística. A Comissão de Festas em Honra à Virgem das Dores também marca presença. O objetivo geral é divulgar o melhor do concelho de Monção junto da comunidade portuguesa e francófona.

Naquele certame, com organização da Associação Recreativa e Cultural de Originários de Portugal (ARCOP), o Grupo Roconorte, muito acarinhado pelos nossos emigrantes, voltará a animar o recinto. Além de Monção, estão representados mais 22 municípios portugueses.

Na habitual intervenção na abertura oficial do certame, Augusto de Oliveira Domingues, vai deixar a mensagem que “Monção é, cada vez mais, um concelho onde vale a pena viver, passar férias e investir”. Para os monçanenses, acrescenta, estão reservados abraços e beijos e um brinde pelo futuro da nossa terra.

nanterre (1).jpg

HORTO MUNICIPAL DE CELORICO DE BASTO RECEBE VISITA DE ALUNOS DO INFANTÁRIO

Cerca de 40 alunos do infantário de Moreira do Castelo, Covas e Carvalho em Celorico de Basto visitaram no dia 29 de março, no horto municipal, numa visita guiada por um espaço que dispõe de variadíssimas espécies de plantas onde se destacam as camélias.

_DSC2271.jpg

“O horto municipal é uma das formas de produzirmos as nossas plantas e assim podermos, a custos reduzidos, ter o nosso concelho florido. Neste momento, e porque somos a Capital das camélias, a produção incide sobretudo, em Camélias”, disse o Vereador do Ambiente, Fernando Peixoto. O autarca salientou importância destas visitas guiadas “para dar a conhecer às nossas crianças todo o processo de desenvolvimento das plantas até serem transportadas para os nossos jardins”.

A visita foi guiada e explicada ao pormenor pela técnica da Divisão de Ambiente do Município de Celorico de Basto e responsável pelo horto e pelos jardins, Teresa Canais Seco.

“É muito interessante ver a curiosidade destas crianças sobre a variedade de plantas que temos no nosso horto. Durante a visita explicamos as dicas e os cuidados a ter com as plantas, assim como os equipamentos que dispomos na nossa estufa, fundamentais para que as plantas cresçam nas melhores condições” disse a técnica.

_DSC2289.jpg

CELORICO DE BASTO PREPARA-SE PARA ENCERRAR UM MÊS DEDICADO ÀS CAMÉLIAS

Hoje, 31 de março, Celorico de Basto Capital das Camélias irá apresentar a última iniciativa de um mês dedicado às Camélias, encerrando com a conferência “Camélias – Património e Potencial”.

“Foi um mês intenso de atividades que procurou valorizar este património natural e torná-lo como referência deste concelho. Durante este período passaram por Celorico de Basto milhares de visitantes entre os quais colecionadores e produtores de camélias que quiseram conhecer de perto a Capital das Camélias” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Estamos definitivamente na Rota das Camélias pelas nossas características próprias mas também pelo trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por todos ao longo destes últimos anos sempre no sentido de valorizar este património natural e este concelho” realçou.

Este mês encerra com uma conferência que incidirá nos “grandiosos” jardins de camélias, geometricamente ornamentos e característicos desta região. Será ainda entregue os diplomas de participação em vários concursos nomeadamente o concurso gastronómico, o desfile de moda para eleição da princesa e da rainha das camélias e o concurso de “Montras decoradas com camélias”. O mês das camélias culmina com um verde de honra para todos os convidados.

Recordar que este ano Celorico de Basto como Capital das camélias dedicou um mês de atividades culturais e desportivas às camélias tendo sido destaque o fim-de-semana de 17 a 19 de março com a XIV Festa Internacional das Camélias.

cartaz_web.jpg

FESTA DAS CAMÉLIAS EM CELORICO DE BASTO ALCANÇA MAIOR PROJECÇÃO INTERNACIONAL

Capital das Camélias recebeu comitiva de Cambados,Wiltz e Houilles

Celorico de Basto deu as boas vindas a uma comitiva de Cambados de Espanha, de Wiltz do Luxemburgo e de Houilles de França que vieram propositadamente para a XIV edição da Festa Internacional das Camélias, tendo participado ativamente no certame.

_DSC9119.jpg

A comitiva de Houilles e Wiltz chegou a Celorico de Basto no dia 17 de março, tendo participado na receção promovida para o arranque da Festa Internacional da Camélias. A receção oficial do grupo, incluindo Cambados, decorreu no dia 18 de março, pelas 12h00, no salão nobre dos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

“É uma honra receber em Celorico de Basto em plena Festa Internacional das Camélias tão ilustres membros dos municípios de Cambados, Houilles e Wiltz. Com Houilles e Wiltz mantemos contacto com assiduidade devido ao acordo de geminação que permite um intercâmbio cultural intenso entre os municípios. Com Cambados estamos a construir uma ponte porque há muitas coisas a unir-nos sobretudo, o gosto pelas Camélias e os vinhos” disse o autarca. Refira-se que o município de Cambados participou ativamente na Exposição/Concurso de Camélias. 

Durante a cerimónia oficial de receção decorreu uma troca de lembranças entre os municípios e assinatura do livro de honra da Câmara Municipal de Celorico de Basto pelo bourgmestre de Wiltz, Fränk Arndt, e a Alcaldesa de Cambados, Fátima Abal Roma.

Durante os dias em que estiveram em Celorico de Basto a Comitiva participou nas atividades promovidas no âmbito da Festa Internacional das Camélias conduzidos pelo Comité de Geminação e Relações Internacionais do Município de Celorico de Basto.

_DSC9147.jpg

_DSC9179.jpg

_DSC9185.jpg

CELORICO DE BASTO AFIRMA-SE CAPITAL DAS CAMÉLIAS

XIV Festa Internacional das Camélias atraiu milhares de pessoas a Celorico de Basto

“Estamos muito satisfeitos com o resultado de todo o trabalho em volta da marca “Celorico de Basto Capital das camélias”

_DSC0176.jpg

Os três grandes dias da Festa Internacional das Camélias decorreram este fim-de-semana, de 17 a 19 de março, e contaram com a presença de milhares de pessoas a circular pelo concelho e pela vila de Celorico de Basto.

“É de facto uma alegria ver tanta gente em Celorico de Basto para participar na Festa Internacional das Camélias. Foi uma festa que cresceu substancialmente e que nos coloca com uma responsabilidade acrescida agora que somos a Capital das Camélias” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Só podemos estar gratos pela participação generalizada da população local, incluindo o agrupamento de escolas, instituições e empresas locais, que se empenharam em decorar as ruas e em tornar a nossa vila ainda mais florida”. O autarca agradeceu também a participação de todos nas diferentes atividades desenvolvidas ao longo desta festa nomeadamente os murais, o desfile temático, o mercado, os espantalhos, a exposição/concurso de camélias, o desfile de moda e muitas outras ações promovidas em paralelo. Joaquim Mota e Silva caracterizou esta festa como a mais internacional de todas. “A Capital das Camélias está finalmente no mapa daqueles que gostam, produzem e colecionam camélias e neste ponto não posso deixar de realçar a presença de tantos espanhóis provenientes da Galiza que participaram ativamente nesta festa sobretudo, na exposição/concurso e no mercado das camélias”. Concluiu dizendo que “não podíamos estar mais satisfeitos, tivemos milhares de visitantes e sentimos que o comércio local tem dificuldade em acolher todos estes turistas, tal a afluência. O nosso alojamento e restauração esteve completamente lotado sinal de que o destino “Celorico de Basto Capital das Camélias” está a ganhar notoriedade e a tornar-se roteiro de eleição para muitos turistas.

A XIV edição da Festa Internacional das Camélias iniciou na sexta-feira com uma receção simbólica que incluiu momentos de poesia e recebeu os participantes do raid das Camélias. No sábado, dia 19, foi destaque a abertura da Exposição/Concurso de Camélias que premiou o melhor Cultivar de Origem Portuguesa atribuído a Panagiotis Giannelos de Sto. Tirso, o melhor Conjunto de Camélias com o 1º prémio para Pilar Bargiela da Galiza, Espanha, o 2º prémio foi para José Freire da Galiza, Espanha e o 3º prémio foi entregue à Casa das Camélias de Boiro A Corunha, Espanha. O prémio de Melhor exemplar de Camélia Japónica foi atribuído à Camélias de Basto – Turismo Rural de Celorico de Basto, o prémio de Melhor Exemplar de Camélia TReticulata foi atribuído a Fernando Vila Gómez – Vilagarcia de Arousa, Espanha. E o prémio de Melhor Exemplar de Camélia Hibrida foi atribuído à Casa do Souto em Seidões, Fafe. No que respeita à decoração de mesas com camélias o 1º prémio desta categoria foi atribuído à Afectos – Organização de Eventos em Mondim de Basto, o 2º prémio foi para a Casa do Campo de Celorico de Basto e o 3º prémio foi atribuído ao Grupo Coral de Britelo de Celorico de Basto.

À noite decorreu o desfile de moda para eleição da Rainha e da Princesa das Camélias. No domingo a Festa continuou ao rubro com um desfile temático protagonizado pelo Agrupamento de Escolas, pela Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto, pela Santa Casa da Misericórdia, pela Associação de Solidariedade Social de Basto e por outras entidades que se quiseram associar. Neste dia foi ainda destaque o programa da TVI “Somos Portugal” que procurou mostrar as especificidades da Festa Internacional das Camélias.

Recordar ainda que durante este fim-de-semana teve lugar o III Raid das Camélias promovido pela Emotions, visitas aos jardins de Camélias, e a Caminhada das Camélias organizada pela associação Basto Move.te.

Até ao dia 31 de março a Capital das Camélias continua com atividades direcionadas às camélias com destaque para o dia 25 de março com o Grandioso Baile das Camélias e dia 31 de março com a conferência “Camélias – Património e Potencial”.

_DSC0284.jpg

_DSC0444.jpg

_DSC0539.jpg

_DSC0692.jpg

_DSC0752.jpg

_DSC0909.jpg

_DSC0920.jpg

_DSC9301.jpg

_DSC9361.jpg

_DSC9492.jpg

_DSC9559.jpg

CELORICO DE BASTO LEVA FESTA DAS CAMÉLIAS À BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Celorico de Basto termina promoção às Camélias com “Ação de charme” no comércio local

O município de Celorico de Basto está a apostar na promoção da Festa Internacional das Camélias, um dos maiores certames a decorrer em Celorico de Basto, a última ação promocional decorreu ontem, 15de março, na BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa, e neste momento decorre a “ação de charme” pelo comércio local com entrega de camélias artesanais a todos os comerciantes.

_DSC8335.jpg

“Com este pequeno gesto procuramos agradecer aos nossos comerciantes a forma tão empenhada e disponível como abraçaram as propostas de atividade sugeridas pelo município. É muito gratificante verificar que toda a população tem procurado fazer o melhor possível para fazer parte desta festa tornando a Capital das Camélias ainda mais florida” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Uma comitiva do município percorre as ruas dos centros urbanos de Celorico de Basto e distribui as camélias artesanais aos comerciantes, que durante o fim-de-semana deverão usar na lapela dando ainda mais “brilho à Festa Internacional das Camélias”.

Ontem, Celorico de Basto fez-se representar na BTL tendo apresentado aos visitantes o programa da Festa Internacional das camélias reforçando o facto de a data estar fidelizada para o 3º fim-de-semana de março de cada ano, fazendo já o convite para a edição de 2018. Em simultâneo, apresentou uma degustação de produtos locais nomeadamente vinho verde, fumeiro, mel, broa e pão-de-ló.

_DSC7903.jpg

_DSC7935.jpg

_DSC8178.jpg

_DSC8296.jpg

CELORICO DE BASTO LEVA CAMÉLIAS A ESPANHA

Celorico de Basto presente na I Mostra Internacional das Camélias em Cambados

O município de Celorico de Basto esteve em Espanha, na província de Pontevedra, no município de Cambados, a participar ativamente na I Mostra Internacional das Camélias para promover a XIV Festa Internacional das Camélias a decorrer em Celorico de Basto de 17 a 19 de março.

_DSC7981.jpg

Celorico de Basto oficialmente Capital das Camélias tem vindo a desenvolver uma série de ações promocionais para levar a Festa Internacional das Camélias pelo país e pelo mundo.

Este fim-de-semana esteve em Cambados tendo a comitiva celoricense sido recebida pela Alcaide de Cambados, Fátima Abal Roma, e pelos delegados dos serviços municipais.

“Temos vindo a desenvolver uma série de ações promocionais em Portugal e em Espanha para dar a conhecer Celorico de Basto como Capital das Camélias. Aqui em Cambados participamos integrados na I Mostra Internacional de Cambados e fomos o único Município estrangeiro convidado a participar, o que muito nos lisonjeia” disse o vereador da Cultura do Município de Celorico de Basto, presente na ação promocional. “Agradeço a forma calorosa como fomos recebidos numa mostra com muitos colecionadores e apaixonados pelas camélias”.

Hoje, 14 de março, Celorico de Basto esteve no Porto Welcome Center, no Aeroporto Sá Carneiro e no programa “Mundo Local” do Porto Canal, e amanhã, 15 de março, continuará com as ações promocionais, desta vez na BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa.

_DSC8104.jpg

_DSC8136.jpg

_DSC8159.jpg

CELORICO DE BASTO RECEBE FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS

Celorico de Basto prepara-se para receber a “Grandiosa” Festa Internacional das Camélias

A XIV edição da Festa Internacional das Camélias pretende valorizar a planta que “povoa” os jardins do concelho de Celorico de Basto. De 1 a 31 de março decorrerão atividades desportivas e culturais direcionadas a uma planta cuja Festa se celebra oficialmente nos dias 17, 18 e 19 de março.

16649520_1221359924637975_1050311430497372098_n.jpg

“Será um mês repleto de atividades culturais e desportivas promovidas, principalmente, para dar destaque a este património natural que tanto nos enobrece, a Camélia” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Este ano reforçamos a nossa aposta na valorização deste certame com uma envolvência ainda maior da população, e acreditamos que será um mês de excelência e que irá alavancar este território no setor do turismo. De facto, Celorico de Basto tem vindo a ganhar uma notoriedade crescente em vários setores mas o turismo tem sido aposta ganha com as múltiplas ofertas desde turismo de habitação e turismo rural, hotelaria, programas de aventura, de animação, espaços de lazer e de cultura, a valorização de locais emblemáticos e muito mais. Continuamos a trabalhar no sentido de tornar este concelho um local de visita obrigatória para muitos turistas priorizando sempre, o bem-estar da população local” ressalvou o autarca.

De facto, durante o mês de março várias atividades terão lugar em Celorico de Basto sendo destaque o fim-de-semana de 17, 18 e 19 que contempla a preparação e colocação das mesas, murais, espantalhos, mercado de camélias, exposição de derivados de camélias, exposição de produtos gastronómicos, o desfile de moda para eleger a rainha e a princesa das camélias, o desfile temático das camélias pelas ruas da vila Celorico de Basto, o programa da TVI “Somos Portugal”, atividades desportivas como o III Raid das Camélias, a caminhada das camélias, a exposição da Camélia de José Rodrigues e muito mais.

Logo no dia 1 de março será apresentado oficialmente o cartaz do mês das camélias que contempla uma homenagem a José Rodrigues escultor da Estátua do Cardeal D. António Ribeiro. É destaque no dia 4 o rally – paper e o concerto dos Basfados, no dia 10 a peça de teatro “Ibéria” pela companhia de teatro “Peripécia”, no dia 11 ao longo do dia irá decorrer o II Passeio TDT e à noite o concerto da Tuna Elétrica da Timpeira. No dia 24 decorrerá a apresentação de um espetáculo musical e no dia 25, mais uma grande iniciativa deste mês das camélias com o “grandioso” Baile das camélias com música ao vivo e Dj´s. No dia 26 voltamos ao desporto com o VI passeio BTT Rotas de Basto. E no dia 31 encerra o mês das camélias com uma conferência intitulada “Camélias – Património e Potencial”.

Às terças e quintas-feiras de março decorrerão oficinas direcionadas a várias áreas sempre com a camélia como interveniente principal. Paralelamente a todas as atividades mencionadas é importante referir que os visitantes poderão usufruir de visitas guiadas aos jardins de camélias, aos fins-de-semana e mediante inscrição, haverá durante todo o mês decoração de ruas, montras, varandas e floridos de camélias, exposições permanentes na biblioteca municipal nomeadamente “Celebração” de José Rodrigues em colaboração com a pintora Raquel Rocha.

Muitas e variadas atividades decorrerão em Celorico de Basto durante o mês de março no âmbito da XIV Festa Internacional das Camélias.

16797414_1217456261695008_816052670757234468_o.jpg

CELORICO DE BASTO APRESENTA-SE EM OURENSE COMO “CAPITAL DAS CAMÉLIAS”

O Município de Celorico de Basto levou ao Xantar - 18º Salón Internacional de Turismo Gastronómico, no dia 2 de fevereiro, as Camélias, o património natural de excelência celebrado em Celorico de Basto durante o mês de março.

_DSC2996.jpg

“Iniciamos uma campanha que visa a participação em vários eventos turísticos com o objetivo de projetar pelo nosso Portugal e pelo mundo um território que é “Capital das Camélias” disse o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto. “A Ourense, ao Xantar, trouxemos o que tão bem nos identifica, as Camélias, promovidas pelas “damas das camélias”, o turismo rural, o turismo de habitação, os programas de animação existentes, o nosso vinho verde, o mel, os enchidos. Dar a conhecer este território é o nosso objetivo, temos características únicas que nos diferenciam e demarcam de outros territórios, estamos muito bem situados, muito próximos dos grandes centros, por isso é crucial trabalhar para dar a conhecer este cantinho do Minho” destacou o autarca.

O Xantar decorreu em Ourense de 1 a 5 de fevereiro, Celorico de Basto esteve presente em parceria com a entidade Turismo Porto e Norte de Portugal e deu principal enfoque às Camélias que apresentam uma imagem nova e que têm um destaque especial neste concelho durante todo o mês de março, com atividades culturais marcadas para todos os fins-de-semana.

No Xantar foram também apresentados os produtos gastronómicos locais num espaço próprio para o efeito “Espaço das Catas”. Durante a apresentação identificadas as principais características do vinho verde, as castas, os produtores existentes, a excelência do produto produzido numa região demarcada.

Celorico de Basto estará também na BTL a meados de março para continuar a promover o território. Entretanto, as camélias irão “visitar” as principais cidades do norte numa promoção intensiva às Camélias.

_DSC3038.jpg

_DSC3056.jpg

CELORICO DE BASTO DÁ AS BOAS VINDAS À FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS “MONUMENTAL” MURAL DE GRAFFITI

“Criatividade, imaginação e arte que “casam” com a Festa Internacional das Camélias”

No dia 20 de janeiro, Celorico de Basto lançou oficialmente a Festa Internacional das Camélias, que acontece, neste concelho, durante o mês de março, com uma obra de arte produzida no âmbito do Café Cultural-Residência Artística.

_DSC1758.jpg

“Este é um painel grandioso que destaca um património natural que nos identifica e que queremos valorizar, incrementar e tornar um dos pontos de atração turística do concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, aquando da fotografia de grupo junto à obra. “Temos aqui um trabalho muito bem conseguido produzido por um grande artista, o Francisco Camilo, associado à camélia, um símbolo do concelho e da região, onde é destaque a figura feminina, a cor, o contraste. É também preciso referir que a residência artística pretende promover a cultura em Celorico de Basto em diferentes áreas como o teatro, artes plásticas, a dança, a música, e muito mais, numa oferta generalizada para quem cá vive e para quem nos visita”. Joaquim Mota e Silva observou ainda a pertinência desta iniciativa e a interação criada com a população. “Durante as semanas em que decorre a residência artística, sobretudo em alturas de menor atividade, é importante ressalvar a qualidade dos artistas que nos visitam e que ficam connosco durante um período de tempo, e principalmente a interação criada com a população local, os artistas e os curiosos que gostariam de experimentar a arte. O resultado final é absolutamente incrível e ficamos com marcas muito positivas da estadia destes artistas” frisou.

Recordar ainda as observações do artista plástico Francisco Camilo que descreveu a obra como um “esboço da Camélia acoplado à figura humana”. O artista realçou que lhe foi proposto “a criação de uma série de murais e que culminaria com um mural “grandioso” dedicado a uma dos marcos naturais de Celorico de Basto, a Camélia”.

De forma simbólica o presidente da Câmara Municipal, colaboradores do município e todos os que quiseram comparecer, fizeram uma fotografia de grupo em frente ao “Grandioso” Mural de Graffiti, como forma de lançamento da Festa Internacional das Camélias.

_DSC1655.jpg

_DSC1707.jpg

CELORICO DE BASTO, CAPITAL DAS CAMÉLIAS, APRESENTA “MONUMENTAL” MURAL DE GRAFFITI

Celorico de Basto, a Capital das Camélias, vai inaugurar, dia 20, pelas 12h30, um mural de graffiti inspirado nas camélias.

A ação integra-se no Café Cultural - Residência Artística e será o arranque da Festa Internacional das Camélias marcada para o terceiro fim-de-semana de março, nos dias 17, 18 e 19.

_DSC1409.jpg

“As camélias são rainhas em Celorico de Basto por isso, trabalhamos por forma a nos adaptarmos, o melhor possível, a essa realidade, criando todos os meios e formas que valorizem este património natural” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Temos um artista altamente conceituado em artes plásticas que se destaca no graffiti que, certamente, nos irá presentear com uma obra de arte única” realçou.

A obra apresentada por Francisco Camilo ficará na rotunda do nó de Britelo, uma das portas de entrada na vila de Celorico. Inspirado nas camélias, o mural de graffiti ficará naquele local durante o período de promoção de um dos maiores certames promovidos em Celorico de Basto, a Festa Internacional das Camélias.

CELORICO DE BASTO É CAPITAL DA CAMÉLIA

Celorico de Basto é oficialmente Capital das Camélias. “Celorico de Basto um jardim de camélias”

Celorico de Basto registou-se como marca nacional “Celorico de Basto Capital das Camélias”, um título que valoriza o património natural existente no concelho.

_DSC1882.jpg

“Tornamos o nosso destino, Celorico de Basto, uma marca registada no que respeita às camélias, uma marca que nos impulsionará na consolidação de projetos e objetivos que visam a valorização deste património natural que nos enobrece e que nos identifica” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Ao longo dos anos temos vindo a incutir aos celoricenses o gosto pelas camélias e são poucos os que não têm uma cameleira no seu jardim”. O autarca realçou a necessidade de criar mecanismos que coloquem as camélias no centro das atenções. “Temos casas senhoriais e brasonadas com jardins meticulosamente ornamentados com camélias de vários espécimes, que se tornaram roteiro de visita obrigatória para quem nos visita, e estamos no caminho certo para reforçar esta planta e o concelho como uma referência nacional. Num trabalho de parceria entre a população e o município estou certo que, este concelho será, cada vez mais, um belo jardim de camélias”.

O registo da marca foi feito em abril ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial tendo sido agora, aprovado.

Recordar que, no terceiro fim-de-semana de março realiza-se, em Celorico de Basto, a Festa Internacional das Camélias, um certame que conta com a envolvência de toda a população, com milhares de visitantes e turistas que procuram a beleza da camélia nas várias atividades promovidas.

_DSC3051.jpg

CONCURSO DE FLORES EMBELEZA BARCELOS

A composição floral de Maria Emília Vilas Boas da Silva venceu a edição deste ano do concurso Barcelos Florido, que contou com 40 participantes. 

O arranjo, situado na Rua Miguel Bombarda,  apresentou-se, durante o período de execução do presente concurso, com uma qualidade e equilíbrio de excelência. Em segundo lugar foi premiada a varanda de António Novo, localizada no Largo da Igreja, na freguesia de Barcelinhos, e em terceiro lugar a varanda da Cooperativa Agrícola de Barcelos, situada na Rua Fernando de Magalhães e Menezes, em Barcelos.

Mª Emilia Silva - 1.º lugar.jpg

Este é um dos concursos mais antigos organizado pelo Município de Barcelos e é um dos principais motivos de atração da cidade e da freguesia de Barcelinhos. Dada a grande adesão ao concurso, a escolha do júri tornou-se difícil uma vez que “as composições florais apresentadas brilharam pela sua diversidade e criatividade” e “foram marcos importantes no embelezamento das ruas”.

Mais do que a competição, a realização da atividade é uma mais-valia para o concelho. As cores garridas das flores naturais que emergem das janelas e varandas tornam as zonas da cidade a concurso mais atrativas e contribuem para uma valorização extra das mesmas,  aumentando o fluxo de turismo e conferindo-lhes uma nova vida.