Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CINE TEATRO JOÃO VERDE TRANSFORMADO EM JARDIM DIVINO COM INTENSO AROMA A CAMÉLIA

O significado de camélia é jardim fértil ou jardim divino. O seu aroma é intenso, agradável e encantador. A sua elegância e simplicidade inspirou poetas e escritores como Alexandre Dumas que, em 1848, publicou o conhecido romance “A Dama das Camélias”.

DSC_0058 (Large) (1).JPG

No último fim de semana, o Cine Teatro João Verde foi literalmente invadido por esta planta ornamental e decorativa com apresentação de trabalhos feitos por floristas e associações locais e galegas. Neste particular, destaque para a forte participação de pessoas de Salceda de Caselas.  

Os trabalhos expostos, disciplinarmente colocados nos corredores e na galeria de exposições daquela estrutura cultural, mostraram diferentes géneros de camélias com significado distinto. Exemplos: as brancas simbolizam beleza perfeita, as cor-de-rosa revelam grandeza de alma e as vermelhas sinal de reconhecimento. 

Os visitantes tiveram também a oportunidade de visualizar várias fotografias de camélias localizadas em espaços públicos e em casas particulares do nosso concelho. Umas com enquadramento aéreo. Outras com a criatividade inspiradora da camélia.

Na abertura da exposição, foram entregues diplomas e uma lembrança, feita pela APPACDM, delegação de Monção, a todos os participantes. A Vice-Presidente, Conceição Soares, sublinhou a importância deste evento como incentivo à promoção desta planta e agradeceu a presença e colaboração de todos nesta iniciativa. 

A Exposição de Camélias englobou ainda trabalhos de pintura de Joana Degues e de cerâmica artesanal de Patricia Oliveira que, na manhã de domingo, coordenou uma oficina de trabalho de desenho e técnicas de impressão sobre camélias com a presença de uma dezena de participantes.

Na noite de sábado, o Cine Teatro João Verde animou-se com a música tradicional do Grupo Popular “Os Teimosos” e as “Voces de Arrieiro”, agrupamento galego. Desta forma, à beleza natural juntou-se a criatividade artística num palco privilegiado de fruição cultural.

DSC_0078 (Large) (1).JPG

DSC_0080 (Large).JPG

DSC_0202 (Large).JPG

DSC_0206 (Large) (1).JPG

DSC_0232 (Large).JPG

DSC_0246 (Large).JPG

GUIMARÃES RECEBE EXPOSIÇÃO DE CAMÉLIAS ESTE FIM-DE-SEMANA

INTEGRADA NA “DOÇARIA NO CONVENTO”

Iniciativa com entrada livre promove património natural vimaranense. Mais de uma dezena de expositores vão mostrar os seus exemplares de camélias. 

Guimaraes_Exposicao_Camelias.JPG

Os Claustros da Câmara Municipal de Guimarães recebem este fim de semana, nos dias 08 e 09 de abril de 2017, a oitava edição da Exposição de Camélias de Guimarães, uma iniciativa que pretende divulgar esta espécie de plantas, mas também promover a valorização do património natural das camélias, igualmente conhecida por “rosa japónica” ou “japoneira”, considerada por muitos como a flor mais admirável dos nossos jardins.

A mostra, patente no antigo Convento de Santa Clara, atual edifício dos Paços do Concelho, terá um espaço com produtos alusivos às camélias e outro destinado a livros e publicações relacionadas com a planta, num total de 12 expositores. A edição deste ano, que decorrerá em paralelo com o evento Doçaria no Convento, é inaugurada este sábado, às 10 horas, podendo ser visitada até às 22 horas, mantendo-se igual horário de visita durante o dia de domingo. A entrada é livre.

Durante o certame, organizado pelo Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente, em parceria com a Associação Portuguesa das Camélias/ICS – Portugal, decorrerá a venda de exemplares de cameleiras e de produtos confecionados com camélias. Além da mostra botânica nos Claustros da Câmara Municipal, irá realizar-se também um concurso onde serão atribuídos os quatro prémios aos melhores exemplares.

MONÇÃO EXPÕE CAMÉLIAS NO CINE TEATRO JOÃO VERDE

Monção promete um fim-de-semana com intenso aroma a camélia. O Cine Teatro João Verde recebe uma exposição dedicada aquela planta complementada com apresentação de trabalhos de pintura e cerâmica artesanal, oficina de trabalho e momentos musicais.

cartaz camélias (1).png

Nestes dois dias, serão mostrados diversos trabalhos feitos com camélias e realçada a importância do cultivo desta planta. Além de floristas e viveiristas, estarão presentes associações locais e galegas. A abertura oficial, com a presença da vice-presidente da autarquia monçanense, Conceição Soares, está marcada para as 15h00.

Pelas 21h30, realiza-se um sarau musical com o Grupo Popular “Os Teimosos” e as “Voces de Arrieiro”, agrupamento galego. As entradas são gratuitas, contudo, é necessário fazer o respetivo levantamento do bilhete na Loja Interativa de Turismo, Praça Deu-la-Deu, T. 251 649 013.

No dia seguinte, domingo, decorre uma oficina de trabalho de desenho e técnicas de impressão sobre camélias, orientado pelo ateliê Flor Agreste. Destinada a maiores de 15 anos, realiza-se entre as 9h30 e as 12h30, com inscrições gratuitas para o seguinte correio eletrónico: agresteflor@gmail.com.

A exposição de camélias encerra às 20h00. Ao longo dos dois dias, na galeria do Cine Teatro João Verde, estão patentes ao público trabalhos de pintura, da autoria de Joana Degues, e de cerâmica artesanal, da autoria de Patricia Oliveira. Desta forma, a beleza natural junta-se à criatividade artística num palco privilegiado de fruição cultural

MONÇÃO PRESENTE NA FEIRA DE NANTERRE

O Município de Monção, representado pelo presidente da autarquia, Augusto de Oliveira Domingues, e pelo vereador das Atividades Socioculturais, Paulo Esteves, estará presente na Feira de Nanterre, arredores de Paris, que decorre este fim de semana, 7, 8 e 9 de abril. A abertura oficial realiza-se na sexta-feira, pelas 18h00, hora local.

Entre outros setores, a representação monçanense far-se-á notar com empresas ligadas à produção de vinho Alvarinho, fumeiros tradicionais, transportes e logística. A Comissão de Festas em Honra à Virgem das Dores também marca presença. O objetivo geral é divulgar o melhor do concelho de Monção junto da comunidade portuguesa e francófona.

Naquele certame, com organização da Associação Recreativa e Cultural de Originários de Portugal (ARCOP), o Grupo Roconorte, muito acarinhado pelos nossos emigrantes, voltará a animar o recinto. Além de Monção, estão representados mais 22 municípios portugueses.

Na habitual intervenção na abertura oficial do certame, Augusto de Oliveira Domingues, vai deixar a mensagem que “Monção é, cada vez mais, um concelho onde vale a pena viver, passar férias e investir”. Para os monçanenses, acrescenta, estão reservados abraços e beijos e um brinde pelo futuro da nossa terra.

nanterre (1).jpg

HORTO MUNICIPAL DE CELORICO DE BASTO RECEBE VISITA DE ALUNOS DO INFANTÁRIO

Cerca de 40 alunos do infantário de Moreira do Castelo, Covas e Carvalho em Celorico de Basto visitaram no dia 29 de março, no horto municipal, numa visita guiada por um espaço que dispõe de variadíssimas espécies de plantas onde se destacam as camélias.

_DSC2271.jpg

“O horto municipal é uma das formas de produzirmos as nossas plantas e assim podermos, a custos reduzidos, ter o nosso concelho florido. Neste momento, e porque somos a Capital das camélias, a produção incide sobretudo, em Camélias”, disse o Vereador do Ambiente, Fernando Peixoto. O autarca salientou importância destas visitas guiadas “para dar a conhecer às nossas crianças todo o processo de desenvolvimento das plantas até serem transportadas para os nossos jardins”.

A visita foi guiada e explicada ao pormenor pela técnica da Divisão de Ambiente do Município de Celorico de Basto e responsável pelo horto e pelos jardins, Teresa Canais Seco.

“É muito interessante ver a curiosidade destas crianças sobre a variedade de plantas que temos no nosso horto. Durante a visita explicamos as dicas e os cuidados a ter com as plantas, assim como os equipamentos que dispomos na nossa estufa, fundamentais para que as plantas cresçam nas melhores condições” disse a técnica.

_DSC2289.jpg

CELORICO DE BASTO PREPARA-SE PARA ENCERRAR UM MÊS DEDICADO ÀS CAMÉLIAS

Hoje, 31 de março, Celorico de Basto Capital das Camélias irá apresentar a última iniciativa de um mês dedicado às Camélias, encerrando com a conferência “Camélias – Património e Potencial”.

“Foi um mês intenso de atividades que procurou valorizar este património natural e torná-lo como referência deste concelho. Durante este período passaram por Celorico de Basto milhares de visitantes entre os quais colecionadores e produtores de camélias que quiseram conhecer de perto a Capital das Camélias” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Estamos definitivamente na Rota das Camélias pelas nossas características próprias mas também pelo trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por todos ao longo destes últimos anos sempre no sentido de valorizar este património natural e este concelho” realçou.

Este mês encerra com uma conferência que incidirá nos “grandiosos” jardins de camélias, geometricamente ornamentos e característicos desta região. Será ainda entregue os diplomas de participação em vários concursos nomeadamente o concurso gastronómico, o desfile de moda para eleição da princesa e da rainha das camélias e o concurso de “Montras decoradas com camélias”. O mês das camélias culmina com um verde de honra para todos os convidados.

Recordar que este ano Celorico de Basto como Capital das camélias dedicou um mês de atividades culturais e desportivas às camélias tendo sido destaque o fim-de-semana de 17 a 19 de março com a XIV Festa Internacional das Camélias.

cartaz_web.jpg

FESTA DAS CAMÉLIAS EM CELORICO DE BASTO ALCANÇA MAIOR PROJECÇÃO INTERNACIONAL

Capital das Camélias recebeu comitiva de Cambados,Wiltz e Houilles

Celorico de Basto deu as boas vindas a uma comitiva de Cambados de Espanha, de Wiltz do Luxemburgo e de Houilles de França que vieram propositadamente para a XIV edição da Festa Internacional das Camélias, tendo participado ativamente no certame.

_DSC9119.jpg

A comitiva de Houilles e Wiltz chegou a Celorico de Basto no dia 17 de março, tendo participado na receção promovida para o arranque da Festa Internacional da Camélias. A receção oficial do grupo, incluindo Cambados, decorreu no dia 18 de março, pelas 12h00, no salão nobre dos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

“É uma honra receber em Celorico de Basto em plena Festa Internacional das Camélias tão ilustres membros dos municípios de Cambados, Houilles e Wiltz. Com Houilles e Wiltz mantemos contacto com assiduidade devido ao acordo de geminação que permite um intercâmbio cultural intenso entre os municípios. Com Cambados estamos a construir uma ponte porque há muitas coisas a unir-nos sobretudo, o gosto pelas Camélias e os vinhos” disse o autarca. Refira-se que o município de Cambados participou ativamente na Exposição/Concurso de Camélias. 

Durante a cerimónia oficial de receção decorreu uma troca de lembranças entre os municípios e assinatura do livro de honra da Câmara Municipal de Celorico de Basto pelo bourgmestre de Wiltz, Fränk Arndt, e a Alcaldesa de Cambados, Fátima Abal Roma.

Durante os dias em que estiveram em Celorico de Basto a Comitiva participou nas atividades promovidas no âmbito da Festa Internacional das Camélias conduzidos pelo Comité de Geminação e Relações Internacionais do Município de Celorico de Basto.

_DSC9147.jpg

_DSC9179.jpg

_DSC9185.jpg

CELORICO DE BASTO AFIRMA-SE CAPITAL DAS CAMÉLIAS

XIV Festa Internacional das Camélias atraiu milhares de pessoas a Celorico de Basto

“Estamos muito satisfeitos com o resultado de todo o trabalho em volta da marca “Celorico de Basto Capital das camélias”

_DSC0176.jpg

Os três grandes dias da Festa Internacional das Camélias decorreram este fim-de-semana, de 17 a 19 de março, e contaram com a presença de milhares de pessoas a circular pelo concelho e pela vila de Celorico de Basto.

“É de facto uma alegria ver tanta gente em Celorico de Basto para participar na Festa Internacional das Camélias. Foi uma festa que cresceu substancialmente e que nos coloca com uma responsabilidade acrescida agora que somos a Capital das Camélias” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Só podemos estar gratos pela participação generalizada da população local, incluindo o agrupamento de escolas, instituições e empresas locais, que se empenharam em decorar as ruas e em tornar a nossa vila ainda mais florida”. O autarca agradeceu também a participação de todos nas diferentes atividades desenvolvidas ao longo desta festa nomeadamente os murais, o desfile temático, o mercado, os espantalhos, a exposição/concurso de camélias, o desfile de moda e muitas outras ações promovidas em paralelo. Joaquim Mota e Silva caracterizou esta festa como a mais internacional de todas. “A Capital das Camélias está finalmente no mapa daqueles que gostam, produzem e colecionam camélias e neste ponto não posso deixar de realçar a presença de tantos espanhóis provenientes da Galiza que participaram ativamente nesta festa sobretudo, na exposição/concurso e no mercado das camélias”. Concluiu dizendo que “não podíamos estar mais satisfeitos, tivemos milhares de visitantes e sentimos que o comércio local tem dificuldade em acolher todos estes turistas, tal a afluência. O nosso alojamento e restauração esteve completamente lotado sinal de que o destino “Celorico de Basto Capital das Camélias” está a ganhar notoriedade e a tornar-se roteiro de eleição para muitos turistas.

A XIV edição da Festa Internacional das Camélias iniciou na sexta-feira com uma receção simbólica que incluiu momentos de poesia e recebeu os participantes do raid das Camélias. No sábado, dia 19, foi destaque a abertura da Exposição/Concurso de Camélias que premiou o melhor Cultivar de Origem Portuguesa atribuído a Panagiotis Giannelos de Sto. Tirso, o melhor Conjunto de Camélias com o 1º prémio para Pilar Bargiela da Galiza, Espanha, o 2º prémio foi para José Freire da Galiza, Espanha e o 3º prémio foi entregue à Casa das Camélias de Boiro A Corunha, Espanha. O prémio de Melhor exemplar de Camélia Japónica foi atribuído à Camélias de Basto – Turismo Rural de Celorico de Basto, o prémio de Melhor Exemplar de Camélia TReticulata foi atribuído a Fernando Vila Gómez – Vilagarcia de Arousa, Espanha. E o prémio de Melhor Exemplar de Camélia Hibrida foi atribuído à Casa do Souto em Seidões, Fafe. No que respeita à decoração de mesas com camélias o 1º prémio desta categoria foi atribuído à Afectos – Organização de Eventos em Mondim de Basto, o 2º prémio foi para a Casa do Campo de Celorico de Basto e o 3º prémio foi atribuído ao Grupo Coral de Britelo de Celorico de Basto.

À noite decorreu o desfile de moda para eleição da Rainha e da Princesa das Camélias. No domingo a Festa continuou ao rubro com um desfile temático protagonizado pelo Agrupamento de Escolas, pela Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto, pela Santa Casa da Misericórdia, pela Associação de Solidariedade Social de Basto e por outras entidades que se quiseram associar. Neste dia foi ainda destaque o programa da TVI “Somos Portugal” que procurou mostrar as especificidades da Festa Internacional das Camélias.

Recordar ainda que durante este fim-de-semana teve lugar o III Raid das Camélias promovido pela Emotions, visitas aos jardins de Camélias, e a Caminhada das Camélias organizada pela associação Basto Move.te.

Até ao dia 31 de março a Capital das Camélias continua com atividades direcionadas às camélias com destaque para o dia 25 de março com o Grandioso Baile das Camélias e dia 31 de março com a conferência “Camélias – Património e Potencial”.

_DSC0284.jpg

_DSC0444.jpg

_DSC0539.jpg

_DSC0692.jpg

_DSC0752.jpg

_DSC0909.jpg

_DSC0920.jpg

_DSC9301.jpg

_DSC9361.jpg

_DSC9492.jpg

_DSC9559.jpg

CELORICO DE BASTO LEVA FESTA DAS CAMÉLIAS À BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

Celorico de Basto termina promoção às Camélias com “Ação de charme” no comércio local

O município de Celorico de Basto está a apostar na promoção da Festa Internacional das Camélias, um dos maiores certames a decorrer em Celorico de Basto, a última ação promocional decorreu ontem, 15de março, na BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa, e neste momento decorre a “ação de charme” pelo comércio local com entrega de camélias artesanais a todos os comerciantes.

_DSC8335.jpg

“Com este pequeno gesto procuramos agradecer aos nossos comerciantes a forma tão empenhada e disponível como abraçaram as propostas de atividade sugeridas pelo município. É muito gratificante verificar que toda a população tem procurado fazer o melhor possível para fazer parte desta festa tornando a Capital das Camélias ainda mais florida” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Uma comitiva do município percorre as ruas dos centros urbanos de Celorico de Basto e distribui as camélias artesanais aos comerciantes, que durante o fim-de-semana deverão usar na lapela dando ainda mais “brilho à Festa Internacional das Camélias”.

Ontem, Celorico de Basto fez-se representar na BTL tendo apresentado aos visitantes o programa da Festa Internacional das camélias reforçando o facto de a data estar fidelizada para o 3º fim-de-semana de março de cada ano, fazendo já o convite para a edição de 2018. Em simultâneo, apresentou uma degustação de produtos locais nomeadamente vinho verde, fumeiro, mel, broa e pão-de-ló.

_DSC7903.jpg

_DSC7935.jpg

_DSC8178.jpg

_DSC8296.jpg

CELORICO DE BASTO LEVA CAMÉLIAS A ESPANHA

Celorico de Basto presente na I Mostra Internacional das Camélias em Cambados

O município de Celorico de Basto esteve em Espanha, na província de Pontevedra, no município de Cambados, a participar ativamente na I Mostra Internacional das Camélias para promover a XIV Festa Internacional das Camélias a decorrer em Celorico de Basto de 17 a 19 de março.

_DSC7981.jpg

Celorico de Basto oficialmente Capital das Camélias tem vindo a desenvolver uma série de ações promocionais para levar a Festa Internacional das Camélias pelo país e pelo mundo.

Este fim-de-semana esteve em Cambados tendo a comitiva celoricense sido recebida pela Alcaide de Cambados, Fátima Abal Roma, e pelos delegados dos serviços municipais.

“Temos vindo a desenvolver uma série de ações promocionais em Portugal e em Espanha para dar a conhecer Celorico de Basto como Capital das Camélias. Aqui em Cambados participamos integrados na I Mostra Internacional de Cambados e fomos o único Município estrangeiro convidado a participar, o que muito nos lisonjeia” disse o vereador da Cultura do Município de Celorico de Basto, presente na ação promocional. “Agradeço a forma calorosa como fomos recebidos numa mostra com muitos colecionadores e apaixonados pelas camélias”.

Hoje, 14 de março, Celorico de Basto esteve no Porto Welcome Center, no Aeroporto Sá Carneiro e no programa “Mundo Local” do Porto Canal, e amanhã, 15 de março, continuará com as ações promocionais, desta vez na BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa.

_DSC8104.jpg

_DSC8136.jpg

_DSC8159.jpg

CELORICO DE BASTO RECEBE FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS

Celorico de Basto prepara-se para receber a “Grandiosa” Festa Internacional das Camélias

A XIV edição da Festa Internacional das Camélias pretende valorizar a planta que “povoa” os jardins do concelho de Celorico de Basto. De 1 a 31 de março decorrerão atividades desportivas e culturais direcionadas a uma planta cuja Festa se celebra oficialmente nos dias 17, 18 e 19 de março.

16649520_1221359924637975_1050311430497372098_n.jpg

“Será um mês repleto de atividades culturais e desportivas promovidas, principalmente, para dar destaque a este património natural que tanto nos enobrece, a Camélia” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Este ano reforçamos a nossa aposta na valorização deste certame com uma envolvência ainda maior da população, e acreditamos que será um mês de excelência e que irá alavancar este território no setor do turismo. De facto, Celorico de Basto tem vindo a ganhar uma notoriedade crescente em vários setores mas o turismo tem sido aposta ganha com as múltiplas ofertas desde turismo de habitação e turismo rural, hotelaria, programas de aventura, de animação, espaços de lazer e de cultura, a valorização de locais emblemáticos e muito mais. Continuamos a trabalhar no sentido de tornar este concelho um local de visita obrigatória para muitos turistas priorizando sempre, o bem-estar da população local” ressalvou o autarca.

De facto, durante o mês de março várias atividades terão lugar em Celorico de Basto sendo destaque o fim-de-semana de 17, 18 e 19 que contempla a preparação e colocação das mesas, murais, espantalhos, mercado de camélias, exposição de derivados de camélias, exposição de produtos gastronómicos, o desfile de moda para eleger a rainha e a princesa das camélias, o desfile temático das camélias pelas ruas da vila Celorico de Basto, o programa da TVI “Somos Portugal”, atividades desportivas como o III Raid das Camélias, a caminhada das camélias, a exposição da Camélia de José Rodrigues e muito mais.

Logo no dia 1 de março será apresentado oficialmente o cartaz do mês das camélias que contempla uma homenagem a José Rodrigues escultor da Estátua do Cardeal D. António Ribeiro. É destaque no dia 4 o rally – paper e o concerto dos Basfados, no dia 10 a peça de teatro “Ibéria” pela companhia de teatro “Peripécia”, no dia 11 ao longo do dia irá decorrer o II Passeio TDT e à noite o concerto da Tuna Elétrica da Timpeira. No dia 24 decorrerá a apresentação de um espetáculo musical e no dia 25, mais uma grande iniciativa deste mês das camélias com o “grandioso” Baile das camélias com música ao vivo e Dj´s. No dia 26 voltamos ao desporto com o VI passeio BTT Rotas de Basto. E no dia 31 encerra o mês das camélias com uma conferência intitulada “Camélias – Património e Potencial”.

Às terças e quintas-feiras de março decorrerão oficinas direcionadas a várias áreas sempre com a camélia como interveniente principal. Paralelamente a todas as atividades mencionadas é importante referir que os visitantes poderão usufruir de visitas guiadas aos jardins de camélias, aos fins-de-semana e mediante inscrição, haverá durante todo o mês decoração de ruas, montras, varandas e floridos de camélias, exposições permanentes na biblioteca municipal nomeadamente “Celebração” de José Rodrigues em colaboração com a pintora Raquel Rocha.

Muitas e variadas atividades decorrerão em Celorico de Basto durante o mês de março no âmbito da XIV Festa Internacional das Camélias.

16797414_1217456261695008_816052670757234468_o.jpg

CELORICO DE BASTO APRESENTA-SE EM OURENSE COMO “CAPITAL DAS CAMÉLIAS”

O Município de Celorico de Basto levou ao Xantar - 18º Salón Internacional de Turismo Gastronómico, no dia 2 de fevereiro, as Camélias, o património natural de excelência celebrado em Celorico de Basto durante o mês de março.

_DSC2996.jpg

“Iniciamos uma campanha que visa a participação em vários eventos turísticos com o objetivo de projetar pelo nosso Portugal e pelo mundo um território que é “Capital das Camélias” disse o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto. “A Ourense, ao Xantar, trouxemos o que tão bem nos identifica, as Camélias, promovidas pelas “damas das camélias”, o turismo rural, o turismo de habitação, os programas de animação existentes, o nosso vinho verde, o mel, os enchidos. Dar a conhecer este território é o nosso objetivo, temos características únicas que nos diferenciam e demarcam de outros territórios, estamos muito bem situados, muito próximos dos grandes centros, por isso é crucial trabalhar para dar a conhecer este cantinho do Minho” destacou o autarca.

O Xantar decorreu em Ourense de 1 a 5 de fevereiro, Celorico de Basto esteve presente em parceria com a entidade Turismo Porto e Norte de Portugal e deu principal enfoque às Camélias que apresentam uma imagem nova e que têm um destaque especial neste concelho durante todo o mês de março, com atividades culturais marcadas para todos os fins-de-semana.

No Xantar foram também apresentados os produtos gastronómicos locais num espaço próprio para o efeito “Espaço das Catas”. Durante a apresentação identificadas as principais características do vinho verde, as castas, os produtores existentes, a excelência do produto produzido numa região demarcada.

Celorico de Basto estará também na BTL a meados de março para continuar a promover o território. Entretanto, as camélias irão “visitar” as principais cidades do norte numa promoção intensiva às Camélias.

_DSC3038.jpg

_DSC3056.jpg

CELORICO DE BASTO DÁ AS BOAS VINDAS À FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS “MONUMENTAL” MURAL DE GRAFFITI

“Criatividade, imaginação e arte que “casam” com a Festa Internacional das Camélias”

No dia 20 de janeiro, Celorico de Basto lançou oficialmente a Festa Internacional das Camélias, que acontece, neste concelho, durante o mês de março, com uma obra de arte produzida no âmbito do Café Cultural-Residência Artística.

_DSC1758.jpg

“Este é um painel grandioso que destaca um património natural que nos identifica e que queremos valorizar, incrementar e tornar um dos pontos de atração turística do concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, aquando da fotografia de grupo junto à obra. “Temos aqui um trabalho muito bem conseguido produzido por um grande artista, o Francisco Camilo, associado à camélia, um símbolo do concelho e da região, onde é destaque a figura feminina, a cor, o contraste. É também preciso referir que a residência artística pretende promover a cultura em Celorico de Basto em diferentes áreas como o teatro, artes plásticas, a dança, a música, e muito mais, numa oferta generalizada para quem cá vive e para quem nos visita”. Joaquim Mota e Silva observou ainda a pertinência desta iniciativa e a interação criada com a população. “Durante as semanas em que decorre a residência artística, sobretudo em alturas de menor atividade, é importante ressalvar a qualidade dos artistas que nos visitam e que ficam connosco durante um período de tempo, e principalmente a interação criada com a população local, os artistas e os curiosos que gostariam de experimentar a arte. O resultado final é absolutamente incrível e ficamos com marcas muito positivas da estadia destes artistas” frisou.

Recordar ainda as observações do artista plástico Francisco Camilo que descreveu a obra como um “esboço da Camélia acoplado à figura humana”. O artista realçou que lhe foi proposto “a criação de uma série de murais e que culminaria com um mural “grandioso” dedicado a uma dos marcos naturais de Celorico de Basto, a Camélia”.

De forma simbólica o presidente da Câmara Municipal, colaboradores do município e todos os que quiseram comparecer, fizeram uma fotografia de grupo em frente ao “Grandioso” Mural de Graffiti, como forma de lançamento da Festa Internacional das Camélias.

_DSC1655.jpg

_DSC1707.jpg

CELORICO DE BASTO, CAPITAL DAS CAMÉLIAS, APRESENTA “MONUMENTAL” MURAL DE GRAFFITI

Celorico de Basto, a Capital das Camélias, vai inaugurar, dia 20, pelas 12h30, um mural de graffiti inspirado nas camélias.

A ação integra-se no Café Cultural - Residência Artística e será o arranque da Festa Internacional das Camélias marcada para o terceiro fim-de-semana de março, nos dias 17, 18 e 19.

_DSC1409.jpg

“As camélias são rainhas em Celorico de Basto por isso, trabalhamos por forma a nos adaptarmos, o melhor possível, a essa realidade, criando todos os meios e formas que valorizem este património natural” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Temos um artista altamente conceituado em artes plásticas que se destaca no graffiti que, certamente, nos irá presentear com uma obra de arte única” realçou.

A obra apresentada por Francisco Camilo ficará na rotunda do nó de Britelo, uma das portas de entrada na vila de Celorico. Inspirado nas camélias, o mural de graffiti ficará naquele local durante o período de promoção de um dos maiores certames promovidos em Celorico de Basto, a Festa Internacional das Camélias.

CELORICO DE BASTO É CAPITAL DA CAMÉLIA

Celorico de Basto é oficialmente Capital das Camélias. “Celorico de Basto um jardim de camélias”

Celorico de Basto registou-se como marca nacional “Celorico de Basto Capital das Camélias”, um título que valoriza o património natural existente no concelho.

_DSC1882.jpg

“Tornamos o nosso destino, Celorico de Basto, uma marca registada no que respeita às camélias, uma marca que nos impulsionará na consolidação de projetos e objetivos que visam a valorização deste património natural que nos enobrece e que nos identifica” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Ao longo dos anos temos vindo a incutir aos celoricenses o gosto pelas camélias e são poucos os que não têm uma cameleira no seu jardim”. O autarca realçou a necessidade de criar mecanismos que coloquem as camélias no centro das atenções. “Temos casas senhoriais e brasonadas com jardins meticulosamente ornamentados com camélias de vários espécimes, que se tornaram roteiro de visita obrigatória para quem nos visita, e estamos no caminho certo para reforçar esta planta e o concelho como uma referência nacional. Num trabalho de parceria entre a população e o município estou certo que, este concelho será, cada vez mais, um belo jardim de camélias”.

O registo da marca foi feito em abril ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial tendo sido agora, aprovado.

Recordar que, no terceiro fim-de-semana de março realiza-se, em Celorico de Basto, a Festa Internacional das Camélias, um certame que conta com a envolvência de toda a população, com milhares de visitantes e turistas que procuram a beleza da camélia nas várias atividades promovidas.

_DSC3051.jpg

CONCURSO DE FLORES EMBELEZA BARCELOS

A composição floral de Maria Emília Vilas Boas da Silva venceu a edição deste ano do concurso Barcelos Florido, que contou com 40 participantes. 

O arranjo, situado na Rua Miguel Bombarda,  apresentou-se, durante o período de execução do presente concurso, com uma qualidade e equilíbrio de excelência. Em segundo lugar foi premiada a varanda de António Novo, localizada no Largo da Igreja, na freguesia de Barcelinhos, e em terceiro lugar a varanda da Cooperativa Agrícola de Barcelos, situada na Rua Fernando de Magalhães e Menezes, em Barcelos.

Mª Emilia Silva - 1.º lugar.jpg

Este é um dos concursos mais antigos organizado pelo Município de Barcelos e é um dos principais motivos de atração da cidade e da freguesia de Barcelinhos. Dada a grande adesão ao concurso, a escolha do júri tornou-se difícil uma vez que “as composições florais apresentadas brilharam pela sua diversidade e criatividade” e “foram marcos importantes no embelezamento das ruas”.

Mais do que a competição, a realização da atividade é uma mais-valia para o concelho. As cores garridas das flores naturais que emergem das janelas e varandas tornam as zonas da cidade a concurso mais atrativas e contribuem para uma valorização extra das mesmas,  aumentando o fluxo de turismo e conferindo-lhes uma nova vida.

MUSEU ETNOGRÁFICO DE VILARINHO DAS FURNAS PROMOVE SESSÃO À VOLTA DAS ORQUÍDEAS

Sessão “À volta das Orquídeas” no dia 14 de maio no Campo do Gerês

No próximo dia 14 de maio o Museu Etnográfico de Vilarinho das Furnas irá acolher uma sessão sobre a avifauna e a flora, nomeadamente, as orquídeas do Parque Nacional da Peneda Gerês.

A organização do evento, que conta com o apoio do Município de Terras de Bouro, estará a cargo da Associação de Orquídeas Silvestres de Portugal e sujeita a inscrição prévia através do contacto eletrónico: aospficalhoana@gmail.com

“À volta das Orquídeas” - Capa

FUNDAÇÃO CUPERTINO DE MIRANDA RECEBE EXPOSIÇÃO DE ORQUÍDEAS

A beleza das orquídeas vai estar em destaque este fim-de-semana na Fundação Cupertino de Miranda, com o espaço famalicense a receber nos dias 7 e 8 de maio a sua primeira “Exposição de Orquídeas”.

Orquídea

A iniciativa, promovida em parceria com a Associação Portuguesa de Orquideofilia, decorrerá entre as 10h00 e as 18h00, com diversas atividades.

Para além de dar a conhecer a beleza desta flor, a exposição contará ainda com a realização de dois workshops sobre dois géneros de orquídeas. O primeiro terá lugar no sábado, dia 7, pelas 15h00, sobre “O Cultivo do Dendrobium e a sua montagem em árvore”, e será orientado por Graziela Meister, da Associação Portuguesa de Orquideofilia. No domingo, dia 8, decorrerá pelas 15h00 um workshop sobre “O Cultivo do Cymbidium”, orientado por José Costa, também da Associação Portuguesa de Orquideofilia.

VILA PRAIA DE ÂNCORA É UM CANTEIRO FLORIDO NO ALTO MINHO

Vila Praia de Âncora, considerada a mais afamada estância balnear do Alto Minho está em Flor. Aquela localidade do concelho de caminha parece um canteiro florido, plantado pelas crianças das escolas e jardins-de-infância.

13139032_10209856157387146_1550523343180785003_n

Quais extremosos jardineiros, os jovens ancorenses ergueram na sua terra um cenário de grande beleza que, ainda antes do começo da época balnear, atrai a Vila Praia de Âncora muitos visitantes para apreciar a sua arte.

As fotos, da autoria de José Carlos Vieira, também ele um dos grandes divulgadores das belezas inigualáveis da nossa região através da fotografia, registam esta verdadeira obra de arte efémera.

13076656_10209856156867133_4654191051642531715_n

13125011_10209856154347070_2507791429480535296_n

13103363_10209856161267243_7697742894226958952_n

13119006_10209856153747055_414883333439626816_n

13062102_10209856163987311_1923666977953131514_n

13095932_10209856162147265_6020051107175636311_n

13087354_10209856153427047_4768296511115624_n

13095966_10209856153627052_1749438266618299107_n

13124683_10209856158267168_2502154779683277183_n

13062190_10209856159347195_1979633063150304824_n

13062467_10209856160067213_3672490084913806454_n

MONÇÃO REALIZA MERCADO DA FLOR

Depois do Mercado da Camélia, realizado nos dias 16 e 17 deste mês, o projeto “Dar Vida ao Mercado” continua este domingo, 1 de maio, Dia da Mãe, com o Mercado da Flor. Abertura às 10h00. A animação musical, a cargo do Grupo de Metais da Banda Musical de Monção, tem início às 15h00. Fica o convite: Visite o mercado e leve uma flor para a mulher da sua vida.

O projeto “Dar Vida ao Mercado” regressa no próximo domingo, 1 de maio, Dia da Mãe, com a realização do Mercado da Flor. No local, estarão diversos expositores com grande diversidade de flores. Soltas, em ramo ou arranjos. Fica o convite: Visite o mercado e leve uma flor para a mulher da sua vida.

A abertura do Mercado da Flor está marcada para as 10h00. A animação musical, a cargo do Grupo de Metais da Banda Musical de Monção, tem início às 15h00. O perfume primaveril vai andar de mão dada com as notas musicais. A tarde promete.

Por um lado, pretende-se comemorar o Dia da Mãe. Por outro, a criação de maior dinamismo comercial naquele espaço, de forma a contribuir para a diversificação e promoção dos produtos locais, envolvimento do público e rentabilização económica dos comerciantes.

Com essa estratégia, realizou-se o Mercado da Camélia, o qual teve lugar na Casa Museu de Monção/UM devido ao mal tempo, e estão pensadas mais duas iniciativas do género até ao final do ano: Mercado “Festejar os Santos Populares”, em junho, e Mercado do Artesanato, Antiguidades e Velharias, em novembro.

Na realização do projeto “Dar Vida ao Mercado”, a autarquia local conta com a colaboração da Associação de Artesões de Monção – Post`Arte e da Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço, tendo, para o efeito, rubricado um protocolo de colaboração. As normas de participação foram aprovadas em reunião do executivo municipal.

EMPRESA VIANENSE CONQUISTA MEDALHA DE OURO EM CONCURSO DE ERVAS AROMÁTICAS

A Aromáticas Vivas ganha Medalha de Ouro e o Prémio “O Melhor dos Melhores”

A Empresa AROMÁTICAS VIVAS, com sede em Viana do Castelo, acaba de vencer a Medalha de Ouro e o PRÉMIO “O MELHOR DOS MELHORES” no 3º Concurso Nacional de Ervas Aromáticas Tradicionais Portuguesas, com o produto Manjericão em vaso. Pelo 3º ano consecutivo o Manjericão em vaso Aromáticas Vivas é premiado neste concurso, tendo em 2014 e 2015 obtido a Medalha de Ouro, na categoria de ervas aromáticas frescas.

A Aromáticas Vivas também foi premiada neste concurso com a Medalha de Prata no produto Hortelã-menta em vaso, na mesma categoria.

Este concurso é realizado e avaliado pelo CNEMA e a Qualifica/ Origin Portugal. O júri é composto por um mínimo de 5 elementos, com origem geográfica diversificada, sendo escolhidos designadamente de entre personalidades dos meios académico, profissional, da restauração, da gastronomia, da distribuição e da comunicação social.

O objetivo principal do Concurso é premiar, promover, valorizar e divulgar as Ervas Aromáticas Tradicionais, genuínas e exclusivamente produzidas em Portugal.

Os prémios serão entregues durante a próxima Feira Nacional da Agricultura em Santarém, no início de Junho.

Trata-se de um momento particularmente importante para a Empresa e todos os seus colaboradores que diariamente produzem cerca de 16 variedades de plantas aromáticas para o mercado Ibérico, sendo que mais de 30% são exportadas para Espanha.

De modo a acompanhar as tendências do mercado a marca sofreu recentemente um rebranding, onde o seu logotipo e embalagens foram alterados de forma a tornarem-se mais próximas da preferência do consumidor.

A Empresa AROMÁTICAS VIVAS é em Portugal a maior produtora de ervas aromáticas em vaso, produzindo, embalando e vendendo também plantas cortadas para os mais diversos clientes espalhados pelos dois países. As suas instalações estão equipadas com a mais alta tecnologia de produção, amiga do ambiente e da mais elevada qualidade, tendo capacidade para produzir mais de 5 milhões de plantas ao longo de todo o ano.

MONÇÃO RESPIRA AROMA INTENSO DA CAMÉLIA EM FIM-DE-SEMANA CHUVOSO

O “Mercado da Camélia” foi transferido do Mercado Municipal para a Casa Museu de Monção/UM devido ao mal tempo. Uma trintena de expositores, maioritariamente da localidade galega de Salceda de Caselas, apresentaram vários trabalhos bastante elogiados pelos presentes. No dia 1 de maio, Dia da Mãe, realiza-se o “Mercado da Flor”.  

camélia 2 (Large)

O projeto “Dar Vida ao Mercado” regressou este fim de semana com o “Mercado da Camélia”. Devido às condições atmosféricas adversas, a iniciativa passou do Mercado Municipal para a Casa Museu de Monção/UM. O resultado não podia ser melhor. Muita afluência de público e comentários elogiosos. Em tempo de chuva, o aroma da camélia fez-se sentir com intensidade.

camélia 1 (Large)

Com a presença de 31 expositores, larga maioria vinda de Salceda de Caselas, localidade galega que realiza certame semelhante com bastante sucesso, o “Mercado da Camélia” apresentou diversos trabalhos surpreendentes ao tacto e fascinantes ao olhar executados por mãos pacientes, hábeis e criativas. A casa Museu de Monção/UM, “decorada” com tons de alegria, “vestiu-se” jovial e colorida, transmitindo sensações agradáveis a quem entrava e percorria o espaço.

Camélia 3 (Large)

O certame disponibilizou ainda uma banca de bijuteria inspirada na camélia e produtos alimentares feitos com base naquela flor. A marmelada de flor de camélia, dada a provar em pequenas tostas de pão, não deixou ninguém indiferente, conquistando o sabor de muitos monçanenses e visitantes. A parte mais lúdica contemplou declamação de poesia e atuação do Grupo Popular “Os Teimosos”.

Na sessão de abertura, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Monção, Conceição Soares, sublinhou a qualidade dos trabalhos em exposição e congratulou-se com a presença de tantas entusiastas vindas da Galiza. Realçou que esta iniciativa tem grande potencial de crescimento no concelho, sensibilizando, dessa forma, a população local e empresários do setor para um maior envolvimento em futuras edições.

camélia 5 (Large)

Presente na sessão, o autarca de Salceda de Caselas, Marcos Besada, destacou a multiplicidade de utilizações da camélia tanto a nível ornamental como alimentar ou terapêutica. Lembrou a importância que assume na sua terra e adiantou que Monção pode fazer algo parecido. “A nossa colaboração é dada com muito prazer. Pelo que estou a ver, existe ânimo e vontade. Monção pode fazer da camélia um grande acontecimento festivo” adiantou.

camélia 4 (Large)

A iniciativa, apoiada pela Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço e Associação de Artesãos de Monção Post`Arte, contou com a colaboração musical do Grupo Popular “Os Teimosos”. Todos os expositores receberam um diploma de participação e uma camélia em vaso. A iniciativa “Dar Vida ao Mercado” prossegue no dia 1 de maio, Dia da Mãe, com a realização do “Mercado da Flor”.

camélia 6 (Large)

MERCADO DA CAMÉLIA "TRANSFERIDO" PARA A CASA MUSEU DE MONÇÃO/UM

Devido às condições atmosféricas adversas previstas para o fim-de-semana, o Mercado da Camélia, inicialmente marcado para o Mercado Municipal, realizar-se-á na Casa Museu de Monção/UM. Abertura oficial no sábado, pelas 15h00. Na tarde de domingo, a animação estará a cargo do Grupo Popular “Os Teimosos”. Presença de uma trintena de expositores, maioritariamente da Galiza.

À semelhança do ano passado, o Mercado Municipal de Monção volta a receber quatro mercados temáticos ao longo do ano. O objetivo é criar maior dinamismo comercial naquele espaço, de forma a contribuir para a diversificação e promoção dos produtos locais, envolvimento do público e rentabilização económica dos comerciantes.

A iniciativa, denominada “Dar Vida ao Mercado”, tem início este fim-de-semana, 16 e 17 de abril, com o Mercado da Camélia, prosseguindo, no dia 1 de maio, com o Mercado da Flor e, em junho (data a definir), com o Mercado “Festejar os Santos Populares”. O Mercado do Artesanato, Antiguidades e Velharias decorre em novembro, coincidindo com o Magusto de S. Martinho, promovido pela autarquia monçanense.

Devido às condições atmosféricas adversas previstas para o fim de semana, o Mercado da Camélia, inicialmente marcado para o Mercado Municipal, realizar-se-á na Casa Museu de Monção/UM. A abertura oficial decorre no sábado, pelas 15h00. Na tarde de domingo, a animação estará a cargo do Grupo Popular “Os Teimosos”.

Neste mercado, serão “mostrados” diversos trabalhos feitos com camélias e realçada a importância do cultivo desta planta tanto a nível ornamental como terapêutico. A iniciativa, apoiada pela Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço e Associação de Artesãos de Monção Post`Arte, conta com uma trintena de floristas e viveiristas, maioritariamente da Galiza.

MONÇÃO REALIZA MERCADO DA CAMÉLIA

Iniciativa, que marca o arranque da edição deste ano do projeto “Dar Vida ao Mercado”, realiza-se este fim-de-semana, 16 e 17 de abril. Abertura oficial marcada para as 15h00. No domingo, a animação estará a cargo do Grupo Popular “Os Teimosos”. Até ao final do ano, estão pensadas mais três “mercados” naquele espaço. O objetivo é fazer do Mercado Municipal de Monção um espaço de excelência para a compra de produtos frescos e da época.

À semelhança do ano passado, o Mercado Municipal de Monção volta a receber quatro mercados temáticos ao longo do ano. O objetivo é criar maior dinamismo comercial naquele espaço, de forma a contribuir para a diversificação e promoção dos produtos locais, envolvimento do público e rentabilização económica dos comerciantes.

A iniciativa, denominada “Dar Vida ao Mercado”, tem início este fim de semana, 16 e 17 de abril, com o Mercado da Camélia, prosseguindo, no dia 1 de maio, com o Mercado da Flor e, em junho (data a definir), com o Mercado “Festejar os Santos Populares”. O Mercado do Artesanato, Antiguidades e Velharias decorre em novembro, coincidindo com o Magusto de S. Martinho, promovido pela autarquia monçanense.

Complementando a realização dos mercados temáticos, estão pensadas algumas atividades de animação cultural e etnográfica, bem como a realização de ações de formação e sensibilização tanto a nível ambiental como de saúde alimentar.

No Mercado da Camélia serão “mostrados” diversos trabalhos feitos com camélias e realçada a importância do cultivo desta planta tanto a nível ornamental como terapêutico. Além de floristas e viveiristas, estarão presentes associações locais. A animação fica a cargo do Grupo Popular “Os Teimosos”.

O objetivo central é fazer do Mercado Municipal de Monção um espaço de excelência para a compra de produtos frescos e da época, ajudando à criação de novas dinâmicas empresariais e ao escoamento dos alimentos agrícolas/frutícolas e dos artigos manufaturados dos comerciantes.

Para a realização desta iniciativa, a autarquia local conta com a colaboração da Associação de artesões de Monção – Post`Arte e da Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço, tendo, para o efeito, rubricado um protocolo de colaboração. As normas de participação foram aprovadas em reunião do executivo municipal.

A iniciativa “Dar Vida ao Mercado” é parte integrante de um projeto de valorização do Mercado Municipal de Monção que engloba ainda algumas intervenções naquela estrutura junto ao campo da feira, nomeadamente reparações pontuais e pintura no interior e exterior.

CELORICO DE BASTO DEBATE "POTENCIAL DAS CAMÉLIAS"

O “potencial das Camélias” foi tema de conferência aquando da Festa Internacional das Camélias em Celorico de Basto

A ação, aberta ao público, decorreu em pleno auditório do prado, no dia 12 de março e contou com um leque de individualidades que procuraram informar os presentes da multiplicidade de negócios inerentes às camélias.

_DSC3648

A abrir o seminário o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, salientou a importância de atividades do género para “aproveitar e maximizar tudo o que se possa retirar da projeção das camélias” disse. Aliás, “trata-se de uma fileira que devemos esmiuçar, preparar e projetar para retirar os respetivos dividendos económicos e financeiros. Não procuramos apenas promover, investimos e queremos ter o devido retorno. Já temos licores, doçaria e outros produtos derivados às camélias, é preciso projetar os nossos recursos endógenos” realçou.

Neste seminário Marco Sousa, representante do Turismo Porto e Norte de Portugal, referiu vários pontos que a entidade Turismo Porto e Norte procura realçar com enfase para a promoção do território, com mais de 60 lojas interativas articuladas em rede proporcionando “uma dinâmica em termos de canais de comercialização muito importante”, uma resposta integrada para todos os municípios aderentes. Além destas lojas, Marco Sousa fez referência a uma forma de divulgação inovadora que percorre o mundo, um autocarro chamado Topas, com todas as funcionalidades de uma loja interativa.

_DSC3616

De seguida, Pedro Carvalho, professor do IESF, apresentou o estudo sobre quem nos visita via Aeroporto Sá Carneiro. Turistas com duas características principais, são jovens e com poder de compra. “São pessoas com mobilidade que visitam preferencialmente o Porto e o Minho”. Realçando ao longo da sua dissertação que, “um turista que procura a experiência não fica só num concelho, nem usa só uma tipologia de alojamento”. No que respeita à promoção, divulgação e atração de turistas, Pedro Carvalho, realçou a importância do Marketing Relacional como meio que obriga os atores a estarem interligados para haver rentabilidade.“É necessário trabalhar o sector do turismo de forma intersectorial isto é, com os outros setores da economia, fundamental para poder retirar vantagens. No fundo quando falamos de turismo estamos a falar de desenvolvimento, estamos a falar de economia e portanto o turismo é transversal, não estamos a falar de nada isolado”. Realçou também a importância da marca na promoção de um qualquer produto dando como exemplo o produto camélia acoplado a uma série de sinergias. Um estudo de 5 anos com evidências que prenderam a plateia.

A terminar a sessão, o 1º Secretário-Executivo da CIM-TS, Alírio Costa, destacou os programas operacionais no âmbito do Portugal 2020 que fazem mais sentido para a região. A ação contou ainda com a apresentação do turismo de Habitação com a Casa do Campo, da responsabilidade de Gabriela Meireles e a empresa Emotions – Agente Turístico, por Vera Pereira.

Um seminário moderado pelo diretor de Departamento do Município de Celorico de Basto, José Peixoto Lima.

_DSC3612

GUIMARÃES RECEBE PRIMAVERA COM FESTA DAS CAMÉLIAS

Exposição de camélias na Câmara de Guimarães recebe primavera no fim-de-semana, nos dias 19 e 20 de março

Mais de uma dezena de expositores vão mostrar os seus exemplares de camélias. Iniciativa com entrada livre promove valorização do património natural vimaranense.

Guimaraes_Camelias

Os Claustros da Câmara Municipal de Guimarães recebem no próximo fim de semana, nos dias 19 e 20 de março de 2016, a sétima edição da Exposição de Camélias de Guimarães, uma iniciativa que pretende divulgar esta espécie de plantas, mas também promover a valorização do património natural das camélias, igualmente conhecida por “rosa japónica” ou “japoneira”, considerada por muitos como a flor mais admirável dos nossos jardins.

A mostra, patente no antigo Convento de Santa Clara, atual edifício dos Paços do Concelho, terá um espaço com produtos alusivos às camélias e outro destinado a livros e publicações relacionadas com a planta, num total de 14 expositores. A edição deste ano, que decorrerá em paralelo com o evento Doçaria no Convento, é inaugurada no sábado, às 10 horas, podendo ser visitada até às 22 horas, enquanto no domingo a exposição abre no mesmo horário, mas encerra às 19 horas. A entrada é livre.

Durante o certame, organizado pelo Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente, em parceria com a Associação Portuguesa das Camélias/ICS – Portugal, decorrerá a venda de exemplares de cameleiras e de produtos confecionados com camélias. Além da mostra botânica nos Claustros da Câmara Municipal, irá realizar-se também um concurso onde serão atribuídos os quatro prémios aos melhores exemplares.

SEMANA DA CAMÉLIA ENCANTA FAMALICÃO

Pertence à Quinta de Penso, em Avidos, a “Camélia Mais Bonita” de Vila Nova de Famalicão. Esta foi a decisão do júri do “Concurso de Camélias”, que este fim-de-semana marcou a reta final da II Semana da Camélia do concelho.

O prémio da Camélia Mais Bonita foi para a Quint

Depois de sete dias repletos de iniciativas, o evento terminou neste domingo, 13 de março, e o balanço não podia ser mais positivo: Vila Nova de Famalicão está rendido à beleza desta bela e frágil flor de inverno.

A concurso estavam cerca de uma dezena de casas e quintas do concelho, cuja beleza das suas camélias surpreendeu todos aqueles que não quiseram perder a oportunidade de visitar o Mercado Municipal e os jardins da Praça D. Maria II, por estes dias transformado em jardins “D. Maria Camélia”.

O prémio da “Camélia Mais Perfeita” foi atribuído à Quinta da Granja, enquanto que o de “Melhor Arranjo de Camélias” foi para a Quinta da Lameira.

Quanto aos prémios do “Photo Tour Camellia”, a foto vencedora é da autoria de André Borges. Pedro Couto e Sara Barros arrecadaram o segundo e terceiro lugares da iniciativa, respetivamente.

Por fim, destaque ainda para a caminhada “A Camélia na Cidade”, que no domingo juntou mais de uma centena de participantes.

FESTA DAS CAMÉLIAS LEVA MILHARES DE VISITANTES A CELORICO DE BASTO

Celorico de Basto afirma-se cada vez mais como “a capital das camélias”. A XIII Festa Internacional das Camélias realizou-se este fim-de-semana, de 11 a 13 de março.

“O certame foi um êxito e primou pela envolvência da população” disse o anfitrião deste certame, o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “ Celorico de Basto mostra-se como a “capital das camélias”, num concelho que tem jardins de camélias meticulosamente ornamentados e que mostra cada vez mais, o potencial deste “património natural de encantar”, que tão bem nos identifica. Um património muito procurado visível nos milhares de pessoas que passaram pelo concelho durante o fim-de-semana” disse o autarca.

_DSC3148

Esta festa destaca-se também pela internacionalização com a participação de expositores e colecionadores espanhóis que olham para Celorico de Basto como um excelente mercado na promoção das suas camélias. “A internacionalização desta festa está cada vez mais assente com visitantes vindos de vários pontos da europa com enfase para os expositores e colecionadores espanhóis que aproveitaram este certame para mostrarem os seus espécimes raros. A presença deles enriqueceu ainda mais esta festa” disse. O autarca salientou ainda a importância de preservar as camélias por forma a manter os jardins mais bonitos e apelativos durante mais tempo. “Esta festa vive essencialmente da flor camélia por isso, este ano, para evitar “despir” a planta camélia das suas flores incentivamos à criação de camélias artesanais. Foram feitas flores lindíssimas que ajudaram a decorar a vila e distribuídas mais de 5000 exemplares pelos visitantes do certame. Uma ação inovadora que preserva a planta e enriquece a Festa Internacional das Camélias” concluiu.

_DSC3111

Várias atividades marcaram a Festa internacional das Camélias mas é destaque a exposição/concurso com prémio para melhor Cultivar de Camélia de Origem Portuguesa, melhor conjunto de Camélias, melhor exemplar de camélias Japónicas, melhor exemplar de camélia Reticulata, melhor exemplar de camélia Hibrida e melhor decoração de mesa de camélias. A participar estiveram o Panagiotis Jiannelos de Sto Tirso, a Casa do Casal de Refojos de Sto. Tirso, a Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, o RibeirOlival de Celorico de Basto, a Universidade Sénior de Celorico de Basto, a Casa do Souto de Seidões de Fafe, o Grupo de Cavaquinhos de Arnoia, a Quinta da Devesa de Cabeceiras de Basto, Artjardins de Fafe, Abílio Jorge Gonçalves Bastos, Hortoboim de Amarante, Grupo Coral de Britelo, Afectos-Organização de eventos de Mondim de Basto, Casa das Camélias-Boiro a Corunha em Espanha, Camélias de Basto-Turismo Rural de Celorico de Basto, Angeles Piñeiro – Galicia, Casa do Campo de Celorico de Basto, Casa dos Motas de Celorico de Basto, Associação Molares Com vida, Mª de La Salett Assunção de Sto. Tirso, Florista do Golfinho de Amarante, DOZE DAMAS de Celorico de Basto, Casa de canedo – Turismo Rural, José María Mouta Asrey, Cambados – Pontevedra, Associação Amar e Partilhar 21, Centro Recreativo Cultural e Desportivo dos “Amigos do castelo”, Coopertares – Celorico de Basto, Bombeiros Voluntários Celoricenses, Glamour Flower de Celorico de Basto. Destaque para o programa da RTP “Aqui Portugal”, a conferência “O potencial das Camélias”, a atuação do orfeão de Portalegre e o Desfile de Moda que elegeu a Rainha das Camélias. No domingo foi destaque a 5ª BTT Rotas de Basto, a XIII Caminhada das camélias, o Cortejo das Camélias/Desfile Temático que contou com a colaboração do Agrupamento de Escolas, a Sta. Casa da Misericórdia de Arnoia, a Associação de Solidariedade Social de Basto com as crianças da creche e os utentes do CAO, a escola Profissional de Fermil, os clássicos espalhados pela quinta, as bicicletas, entre outros. Depois seguiu-se a apresentação da peça de teatro “a Dama das Camélias” pelo GTC e a lenda das 3 árvores pela Cooperartes.

Nos três dias de festa outras atividades estiveram no recinto de forma permanente como os murais desenvolvidos pelas juntas de freguesia, associações e entidades locais, os espantalhos da responsabilidade do Celorico a Mexer, o mercado de camélias, os produtos derivados de camélias, o vinho verde e um showcooking a decorrer de forma permanente. Assim como, vários espetáculos musicais a decorrer pela quinta do Prado.

Este ano a particularidade incidiu na criação das camélias artesanais que foram distribuídas, cerca de 5000 exemplares, pelos visitantes da Feira, tendo esgotado em escassas horas.

_DSC3479

_DSC3702

_DSC4143

_DSC4852

_DSC4922

CELORICO DE BASTO É JARDIM DE CAMÉLIAS

Celorico de Basto recebe o seminário “O Potencial Económico das Camélias”

Várias personalidades estarão em Celorico de Basto, no auditório do Prado, no dia 12 de março, pelas 16h00, para “debater” o “Potencial Económico das Camélias”. A ação insere-se no programa da XIII edição da Festa Internacional das camélias e permitirá aos presentes adquirir informações pertinentes sobre negócios relacionados com o turismo num território onde as camélias têm vindo a ganhar uma importância considerável.

Convite seminário

“Esta ação procura dar a conhecer o potencial de um produto natural estratégico de referência no território que deverá ser aproveitado nos diferentes nichos de mercado sobretudo os mais direcionados ao setor do turismo” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca salienta a importância de dar a conhecer estratégias e caminhos que possam levar os empreendedores a lançar-se nesse setor. “Temos pessoas empreendedoras que estão a trabalhar nesta área com afinco e determinação, com um plano de ação bem demarcado e certamente cientes dos riscos e das vantagens do setor. E temos muitos outros que gostariam de o fazer mas hesitam por falta de informação. Esta ação tem sobretudo, o objetivo de elucidar para o potencial desta região, pelas suas especificidades próprias. A camélia é de facto, um património natural rico com muito potencial no território”. A Festa das Camélias é um exemplo deste potencial das Camélias. “Desde a sua primeira edição, o evento tem crescido de forma sustentada, atraindo um elevado número de visitantes e um crescente número de turistas que dinamizam de forma significativa a economia local nos negócios de hotelaria e restauração. Mais recentemente, empresas e associações têm desenvolvido atividades que valorizam o evento e fortificam a experiência de quem visita o concelho. Uma rede de parceiros que tem contribuído para a consolidação do concelho como “Capital das Camélias” concluiu.

O seminário “ O potencial das Camélias” terá como anfitrião o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e contará com a presença, como orador, de Alírio Costa, 1º Secretário-Executivo da CIM-TS, Pedro Carvalho, Professor do IESF e Marco Sousa, Diretor de Núcleo da Rede de lojas interativas de turismo do Porto e Norte. A ação será moderada pelo Diretor de planeamento do Município de Celorico de Basto, José Peixoto Lima, e contará ainda com a apresentação da Casa do Campo – Turismo de Habitação e a empresa Emotions - Agente Turístico.

BARCELOS FLORIDO ESTÁ DE VOLTA

Concurso Barcelos Florido está de volta e promete perfumar as ruas da cidade

Conhecida pelos seus jardins em flor, Barcelos ganha uma nova vida, de julho a setembro, com a iniciativa “Barcelos Florido”. Com este concurso, promovido pelo pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Barcelos, pretende-se potenciar a atratividade turística dos centros históricos de Barcelos e de Barcelinhos, transformando todas as varandas, janelas, ruas e largos da cidade num enorme jardim.

O concurso Barcelos Florido constitui um motivo forte de atração à cidade. Quem nos visita, aprecia as cores, o garrido e o perfume que emana pelas janelas, e leva consigo, na memória e no registo fotográfico, a imagem de Barcelos florido a todo o mundo, enaltecendo a experiência da visita à cidade.

As inscrições devem ser feitas no Posto de Turismo de Barcelos, até 15 de abril, e podem ser oficializadas através do email: turismo@cm-barcelos.pt ou através do telefone 253 811 882.

CAMÉLIAS ENCANTAM EM CELORICO DE BASTO

Dia 11, 12 e 13 de março Celorico de Basto celebra o património de Encantar, as Camélias.

A cerimónia oficial de abertura desta festa decorre no dia 11 de março, pelas 18h00, no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa. Um certame que destaca várias atividades tendo, sempre, como protagonista a camélia.

convite-Camelias-web

“Teremos um fim-de-semana inteiramente dedicado à promoção do nosso património natural, a camélia. Todas as atividades promovidas terão a camélia como referência desde a exposição/concurso de camélia até ao desfile temático” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca não pode deixar de enaltecer o trabalho de toda a comunidade para tornar o certame ainda mais apelativo. “ Celorico de Basto “veste-se” literalmente desta flor com as ruas meticulosamente engalanadas pelos moradores e comerciantes que tornam a vila ainda mais bonita. Reforço que parte das atividades desenvolvidas contam com a colaboração da comunidade local que, com brio e empenho, tornam Celorico de Basto, neste fim-de-semana, um dos destinos turísticos mais requisitados da região” reforçou.

Este “património de encantar”, a camélia, encontra-se em praticamente todos os jardins do concelho dando um colorido diferente a Celorico de Basto.

Como habitualmente a XIII Festa Internacional das Camélias contará com um programa aliciante. Na sexta, dia 11, pelas 18h00, a abertura oficial do certame que contará com a apresentação do programa, seguindo-se um verde de honra e visita ao espaço onde ficarão os vinhos e os produtos derivados de camélias. No sábado, dia 12, será destaque o programa Aqui Portugal da RTP, a abertura da Exposição/Concurso de camélias, a atuação do orfeão de Portalegre e o Desfile de Moda para a eleição da Rainha das Camélias. No domingo, dia 13, será destaque a 5ª BTT Rotas de Basto, a XIII Caminhada das camélias, o Cortejo das Camélias/Desfile Temático, a peça de teatro “a Dama das camélias” pelo GTC e a lenda das 3 árvores pela Cooperartes.

PONTE DE LIMA LEVA FEIRA DOS JARDINS AO MUSEU DE SERRALVES

II Feira dos Jardins e Espaços Verdes – Ponte de Lima (FIJ) – na Exposição de Camélias

Os jardins públicos, praças, ruas, espaços verdes de loteamentos e jardins particulares, assumem uma crescente importância nas políticas regionais e municipais, sendo Ponte de Lima uma referência nesta matéria, e para a qual em muito contribuíram os vários prémios atribuídos, no âmbito de concursos Nacionais e Europeus da Vila Mais Florida e o ambicioso e único – Festival Internacional de Jardins.

received_1101826729851815

Neste contexto, no último fim-de-semana, Ponte de Lima reforçou a sua visibilidade na área dos jardins, ao promover a II Feira dos Jardins e Espaços Verdes, na Expolima. Com a presença de 24 expositores, o certame apresentou variadíssimas espécies de flores, que deram cor e aroma ao evento, com destaque para o mobiliário urbano, produtos e materiais de suporte à atividade de produção de plantas, equipamentos de jardinagem e tecnologias de gestão dos espaços verdes.

received_1101827083185113

A completar o programa promoveram – se diversos workshops sobre a temática, nos quais participaram parceiros e entidades que tiveram a oportunidade de apresentarem as últimas novidades deste sector. No final, expositores, produtores e parceiros, mostraram-se satisfeitos com a Feira, pois para além dos contatos efetuados, registou-se um significativo volume de negócios.

Este fim-de-semana, ficou ainda marcado com a presença do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima na exposição de Camélias, denominada “Feira das Camélias do Porto”, na Fundação de Serralves. Reconhecido e muito apreciado pelos milhares de visitantes, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima aproveitou esta presença em Serralves para promover a edição 2016, que abre a 27 de maio, bem como o tema do próximo ano, “Jardim das Descobertas”.

CELORICO DE BASTO PROMOVE FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS NA SEDE DA DOLMEN EM AMARANTE

Em jeito de parceria, a Dolmen associa-se à promoção da Festa Internacional das Camélias que terá lugar em Celorico de Basto no dia 11, 12 e 13 de março. A ação decorre no próximo dia 10 de março, pelas 17h00, na sede da Dolmen em Amarante.

Um evento que valoriza este património natural símbolo da identidade de Celorico de Basto.

“Utilizamos todos os meios à nossa disposição para promover uma festa que valoriza de forma cuidada e enriquecedora um património natural que tão bem nos identifica, a camélia” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “ É uma festa que envolve a população local e que dispõe de muitos pontos de interesse para possíveis turistas. A Camélia é de facto, a rainha, em Celorico de Basto” realçou.

A Festa Internacional das Camélias demarca-se, cada vez mais, em Celorico de Basto e além-fronteiras, um facto que tem despoletado um interesse crescente dos turistas durante o mês de março por um concelho onde as Camélias são, efetivamente, “Património de Encantar”. Por todo este concelho podemos encontrar maravilhosos jardins de camélias devidamente ornamentados com exemplares de vários espécimes.

Na XIII Festa Internacional das Camélias é destaque a exposição/concurso, o mercado de camélias, as visitas guiadas pelos jardins de camélias, as ruas decoradas com ornamentos de camélias, os muros, os espantalhos, as caminhadas, o desfile para eleição da rainha das camélias, o desfile temático (em jeito de cortejo), exposição de carros clássicos, conferências, workshops e outras atividades que irão por certo, enriquecer a XIII Festa Internacional das Camélias.

FAMALICÃO REALIZA SEMANA DA CAMÉLIA

Semana da Camélia decorre de 7 a 13 de março com muitas e variadas iniciativas. Chocolates, compotas, chás e até vinho com travo a camélia destacam-se em Famalicão

Dos irresistíveis chocolates da Casa Grande com travo a camélia, às saborosas compotas caseiras Camellia Collection da Casa do Marquês, passando pelos chás ricos e variados da Meia Dúzia, até ao vinho camélia proveniente do ancestral Mosteiro de Landim. Estes são apenas alguns dos inovadores produtos que vão estar presentes no Mercado Made In Camélia, um dos pontos altos da II edição da Semana da Camélia que decorre entre 7 e 13 de março, em Vila Nova de Famalicão.

Na próxima segunda-feira, dia 7, Vila Nova de Famalicão vai despertar com toda a beleza desta flor frágil e única que floresce ao sol de inverno. Nos jardins da Praça D. Maria II serão “plantadas” durante a madrugada cerca de 3.500 “camélias” criadas pelas crianças e utentes das escolas e instituições do concelho. Depois de receberem da organização um molde de uma camélia, as instituições foram desafiadas a criarem a sua própria flor com materiais recicláveis. O resultado é verdadeiramente deslumbrante, prova da criatividade e imaginação dos mais novos, e marca o arranque do evento, que acontece pelas 16h00, com as presenças das crianças e do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

As atividades em torno desta flor, originária do sudeste asiático e também conhecida por Japoneira prolongam-se por toda a semana com cerca de duas dezenas de eventos. “São sete dias de muitas e diversificadas iniciativas onde a literatura, a pintura, a música, o canto, as artes performativas, os trabalhos manuais e até a culinária marcam presença. Sete dias dedicados à camélia, considerada já um ex-libris do nosso território”, como afirma a propósito o presidente da autarquia, Paulo Cunha.

Um dos grandes momentos da programação é a II Exposição de Camélias de Vila Nova de Famalicão que se realiza durante o fim-de-semana no mercado municipal, com a presença de cerca de uma dezena de casas e quintas do concelho que prometem surpreender pela beleza das suas camélias antigas portuguesas.

Do programa destaca-se ainda as visitas às Quintas de Tarrio e de Penso, que abrem os portões dos seus jardins aos apaixonados por camélias para apreciarem os muitos exemplares que florescem nestes lugares com séculos de história. A iniciativa decorre no sábado, dia 12 e os interessados devem efetuar as suas inscrições através do mail semanadacamelia@vilanovadefamalicao.org.

No sábado, a cidade será também invadida pelo grupo dos Urban Sketchers que vão percorrer vários espaços munidos de lápis, canetas e aguarelas pintando nos seus cadernos as camélias que vão encontrando pelo caminho.

Referência também para o espetáculo musical “A Dama das Camélias”, no sábado, pelas 21h00, no Mercado Municipal. Segue-se o Flower Power Camellia e Gin com Chá, com os bares da cidade Classe Bar e Caffé Caffé a juntarem-se à iniciativa.

Uma caminhada, workshops, oficinas, exposições e leituras são outras das atividade que completam o programa.

Consulte o programa completo em http://www.vilanovadefamalicao.org/_semana_da_camelia

CELORICO DE BASTO PROMOVE FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS NA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM LISBOA

Destacar o património Natural é o grande objetivo de divulgação do Município de Celorico de Basto que aproveita a oportunidade para mostrar também o vinho verde e a doçaria tradicional. Celorico de Basto marcará presença na BTL no dia 5 de março com várias ações promocionais.

z1

 

À semelhança do ano passado, Celorico de Basto participará ativamente no salão de referência para a indústria do Turismo Nacional, a BTL, acoplado à Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e ao Turismo Porto e Norte de Portugal

“A BTL é sempre um local de promoção estratégico relevante, com oportunidade de negócio, sobretudo, para o setor do turismo. Um espaço por onde passam milhares de pessoas ansiosas por conhecer novos destinos” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O edil celoricense reforçou que “a aposta no turismo é cada vez mais consistente e bem delineada. Vivemos num concelho que cresce exponencialmente no que respeita aos espaços de alojamento, com um hotel a ser inaugurado a meados de maio e com outros projetos de relevo em agenda que tornarão Celorico de Basto ainda mais apelativo para os turistas. Promover este destino é cada vez mais necessário e urgente”, concluiu.

O material informativo e promocional estará disponível para os visitantes durante todos os dias de feira de 2 a 6 de março. No entanto, Celorico de Basto marcará presença com atividades promocionais no stand do TPNP e da CIM no dia 5 de março, onde será apresentado o programa das camélias, alguns produtos de relevo local como o vinho verde e a doçaria conventual. Estará ainda presente uma empresas de organização de atividades que incide na vivência de experiencia e aventuras onde se dá primazia ao contacto com a natureza.

De forma estratégica cada dia de feira é dedicado a um tema por forma a chegar a todos os nichos de mercado voltados para o setor do turismo.

z2

CELORICO DE BASTO VAI Á GALIZA PROMOVER A FESTA DAS CAMÉLIAS

Celorico de Basto deslocou-se a Ourense para promover a Festa Internacional das Camélias

O município de Celorico de Basto desenvolve anualmente uma série de ações promocionais com o intuito de divulgar a Festa Internacional das Camélias, um certame que tem ganho visibilidade ao longo dos anos tornando Celorico de Basto local de visita obrigatória de centenas de turistas.

_DSC8820

 

A primeira ação de promoção decorreu ontem, 04 de fevereiro, em Ourense, no Xantar, 17º salão Internacional de Turismo Gastronómico. Para além da divulgação da Festa Internacional das camélias a comitiva de Celorico de Basto aproveitou a oportunidade para divulgar a feira de Artesanato e Gastronomia, sobretudo a gastronomia.

“Aproveitamos estes eventos para criar curiosidade, para incitar à vinda e à procura da nossa terra. Temos que dar a conhecer, de uma forma cada vez mais proveitosa para o nosso concelho, aquilo que nos identifica e que é fator de atratividade para quem vem de fora. A forte aposta no turismo consolida-se também nesta divulgação” salientou o vereador do Turismo, Fernando Peixoto, presente na ação de Ourense.

Esta ação visou a entrega de folhetos aos visitantes pelos técnicos de turismo vestidos à época fazendo lembrar o romance de Alexandre Dumas Filho, “A Dama das Camélias”.

Ações semelhantes terão lugar em cidades estratégicas. Será destaque a participação de Celorico de Basto na BTL, em Lisboa, com ações de promoção semelhante no dia 5 de março, e no Porto, no dia 6 de março.

_DSC8769

CELORICO DE BASTO REALIZA FEIRA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS

Celorico de Basto agendou a XIII Feira Internacional das Camélias

Já está marcada a data para a XIII Feira Internacional das Camélias para os dias 11,12 e 13 de março. Como habitualmente não faltarão razões para participar neste certame onde a Camélia é rainha.

“A Feira Internacional das Camélias é um dos ex-libris culturais e naturais de Celorico de Basto. Temos os afamados jardins de camélias que muito nos enobrecem e identificam e temos vindo a criar hábitos na população, ter uma cameleira ou japoneira em casa é quase obrigatoriedade” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Em Celorico de Basto a Festa Internacional das Camélias é um certame que cresce de ano para ano mantendo as características principais mas com uma aposta forte na inovação e na promoção de eventos diferentes, apelativos e com a camélia como protagonista.

A exposição de Camélias, o Mercado de camélias, os muros, espantalhos, desfiles, decoração de ruas, com as varandas engalanadas, e muitas outras ações farão parte da XIII Feira Internacional das Camélias.

O certame é uma organização da Câmara Municipal do Celorico de Basto em parceria com diferentes entidades do concelho.

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA FESTA DAS ORQUÍDEAS

Festa das Orquídeas. 24 e 25 de Outubro – Campo do Trasladário

No próximo fim-de-semana, dias 24 e 25 de outubro, terá lugar no Campo do Trasladário, em Arcos de Valdevez, a Festa das Orquídeas.

Durante estes dois dias estará patente ao público a “mostra-Exposição “Festa das Orquídeas”, e, a par disso, no sábado, pelas 15h00, decorrerá a Palestra “Como cuidar da orquídea Cymbidium” e no domingo, pelas 15h30, um espetáculo de rusgas populares que contará com a presença da Rusga Tuna de Aguiã e a Rusga os Amigos de Oliveira.

Esta é mais uma iniciativa apoiada pelo município arcuense que permite dinamizar o turismo, a restauração e o comércio no Concelho.

MILHARES DE PESSOAS AFLUÍRAM A CELORICO DE BASTO PARA PARTICIPAREM NA FESTA DAS CAMÉLIAS

“Celorico de Basto ganhou um colorido especial num certame em que a Camélia é rainha”

A XII Festa Internacional das Camélias teve lugar em Celorico de Basto no arranque da Primavera. Foi um fim-de-semana cheio de atividades com a presença de milhares de pessoas no Parque de Exposições da Quinta do Prado e pelos diferentes pontos de interesse de Celorico de Basto.

_DSC3179

De 20 a 22 de março Celorico de Basto encheu-se de cor e alegria fruto do empenho de toda a população. Os celoricenses ornamentaram a sua terra com camélias e transformaram-na num verdadeiro jardim florido, demonstrando a sensação de pertença e de que a atividade só faz sentido com a participação de todos os Celoricenses. “Temos um concelho muito colorido com camélias o que dá um toque especial ao certame. A nossa comunidade está cada vez mais participativa aliás, esta festa só faz sentido com a participação de todos”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

_DSC3934

O autarca, presente nas ações promovidas ao longo dos três dias de festividades destacou o evento como uma iniciativa de referência cultural e turística. “Esta iniciativa, que valoriza o património natural do concelho, afirma-se ano após ano como uma imagem de marca de referência nacional e internacional. Uma festa feita para todos e na qual todos podem participar, quer em associações, entidades ou pessoas individuais, na realização das diferentes atividades promovidas. A Camélia mostrou-se, durante os três dias do certame, o centro de todas as atenções com milhares de pessoas a passarem pelo concelho para ver e rever a beleza da flor.”

O edil disse ainda, tratar-se de uma iniciativa amplamente promovida em diferentes plataformas e uma mais-valia para a economia local. “Milhares de pessoas passaram por Celorico de Basto durante o certame fruto de uma ampla promoção que de forma direta tem trazido o seu retorno com a valorização do comércio e turismo. Um evento que se vai afirmando com o passar dos anos e que é, por si só e fruto de um trabalho de parceria, uma mais-valia para a economia local”.

As festividades tiveram um programa vasto com a abertura a decorrer na sexta-feira com a Mostra de Vinho Verde, Petiscos & Doces de Camélias. No sábado o destaque incidiu na abertura da exposição/concurso de Camélias com 31 mesas com diferentes espécimes de camélias e arranjos florais. Os premiados dos diferentes cultivares foram: para camélia de origem portuguesa, Viveiros Mário Mota, V.N de Gaia; para camélia japónica de Flor Vermelha, Ramona Torrado Lorenzo, Espanha, para Camélia Japónica de Flor Branca, Casa do Souto – Seidões; para camélia japónica de cor rosada, Viveiro das Camélias de Penafiel; camélia japónica de cor rajada – António S. Assunção, Sto. Tirso, para camélia reticulada, Abílio Bastos de Celorico de Basto, para outros espécies ou híbridos do género camélia, Camélias de Basto, Turismo Rural. Relativamente à vertente do conjunto floral artístico os premiados foram 1º prémio para Restaurante Sabores da Quinta de Celorico de Basto, 2º prémio Associação Molares Com Vida e o 3º prémio para o Grupo de Cavaquinhos de Arnoia.

O Mercado voltou a ser um ponto de destaque com cameleiras, produtos derivados de camélias, como compotas e biscoitos de camélias, chá, e outros.

Destaque ainda para a exposição com cerca de 40 muros de camélias artisticamente trabalhados por coletividades, Juntas de Freguesia, IPSS, escolas do concelho e por particulares que se associaram à iniciativa, e para os espantalhos floridos elaborados pelos utentes do Projeto Celorico a Mexer, Escolas e Centros sociais, e também para os espantalhos floridos desenvolvidos pelo Celorico a Mexer e pelas IPSS´s do concelho.

A par de todas estas atividades realizou-se ainda a Visita a Jardins de Camélias um momento que permitiu apreciar a beleza e a autenticidades destes jardins, em que predominam as camélias talhadas e que se revelam verdadeiras obras de arte. Destaque também para as visitas à antiga villa de Basto meticulosamente ornamentada pelos moradores por forma a receber da melhor forma os visitantes incluindo-os no espirito da Festa Internacional das Camélias.

_DSC4079

A abrilhantar o certame estiveram as montras, varandas e outros coloridos de camélias como cestas de vindima e estruturas em forma de camélia decoradas com camélias, trabalhos desenvolvidos pela população e economia local que transformaram Celorico de Basto um Jardim de Camélias.

Saliente-se ainda a animação musical protagonizada pelos Amigos das Tainadas.

No Domingo, o certame abriu as portas a todos os visitantes e foi abrilhantado pelo programa da SIC, Portugal em Festa, e uma série de iniciativas paralelas como o Desfile Temático protagonizado pelo Agrupamento de Escola, a Escola Profissional de Fermil, a Santa Casa da Misericórdia de Arnoia, a Associação de Solidariedade Social de Basto, e outras instituições locais. Destaque também para a atuação de mais de 300 bailarinos da Escola Pé de Dança que proporcionaram um momento de animação único.

Outras ações integraram o cartaz da XII Festa Internacional das Camélias como o Raid das Camélias, o workshop de Joalharia Artesanal e a VII Caminhada das Camélias.

_DSC4094

PONTE DE LIMA REALIZA HÁ DEZ ANOS O FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS

O Festival Internacional de Jardins é um evento artístico que Ponte de Lima leva a efeito anualmente, desde 2005, através do qual são submetidos a concurso doze jardins com caráter efémero, subordinado a um tema específico que é todos os anos diferente. Trata-se de uma das mais recentes atrações turísticas que leva a Ponte de Lima muitos milhares de visitantes, contribuindo para que a vila limiana seja uma das localidades mais concorridas e animadas ao longo de todo o ano.

Ponte de Lima (78)

No ano passado, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima foi pelo Canadá agraciado com o prémio Internacional Garden Tourism awards, distinção que se destina a prestigiar organizações ou indivíduos que se distingam, a nível mundial, no desenvolvimento e promoção dos jardins enquanto atração turística.

Ponte de Lima foi ainda escolhida para acolher em maio do próximo ano, o Congresso Europeu de 2015 da IFPRA – International Federation of Park and Recreation Administration e o 9.º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos – PARJAP 2015, sobre o tema Parques e Jardins Inteligentes, eventos que coincidirão com a próxima edição do Festival Internacional de Jardins.

Ponte de Lima, uma das terras mais lindas e floridas de Portugal, afirma-se deste modo como a capital da arte floral e da jardinagem a merecer a visita de todos quantos apreciam a beleza e o esplendor das coisas belas que a vida e a natureza nos proporcionam.

Ponte de Lima (77)

Ponte de Lima (75)

Ponte de Lima (73)

Ponte de Lima (74)

Ponte de Lima (72)

Ponte de Lima (71)

Ponte de Lima (70)

Ponte de Lima (69)

Ponte de Lima (68)

Ponte de Lima (67)

Ponte de Lima (66)

Ponte de Lima (65)

Ponte de Lima (64)

Ponte de Lima (61)

Ponte de Lima (55)

Ponte de Lima (62)

Ponte de Lima (59)

BARCELOS ENSINA A CONHECER FLORES COMESTÍVEIS

Ação formação realiza-se na sexta-feira, dia 11 de abril, entre as 10h00 e as 18h00, na Casa da Juventude

A Câmara de Barcelos, no âmbito do plano de atividades do Pelouro do Ambiente, promove na próxima sexta-feira, 11 de abril, entre as 10h00 e as 18h00, na Casa da Juventude, uma formação sobre flores comestíveis, destinado à população em geral. Pretende-se com esta formação dar a conhecer as flores que são seguras para consumo humano e aprender algumas ideias para o seu uso.

A utilização de flores na gastronomia tem milhares de anos. O consumo de flores comestíveis, apesar de não ser usual na Península Ibérica, poderá trazer vantagens a nível da biodiversidade, pela sua introdução na alimentação e consequente produção em modo biológico.

Na formação, com a duração de sete horas, serão feita uma breve resenha histórica, serão fornecidos exemplos de flores comestíveis, o seu cultivo, localização, exposição e necessidades hídricas, os cuidados na colheita e preparação, exemplos de aplicação culinária e aplicação prática - preparação de um lanche.

A participação é gratuita e limitada a 25 formandos.

Para efetuar a inscrição, os interessados deverão enviar email com nome, morada e contacto telefónico para o seguinte endereço eletrónico: gambiente@cm-barcelos.pt. Serão aceites as 25 primeiras inscrições.

CAMÉLIAS FLORIRAM EM CELORICO DE BASTO

Milhares de pessoas passaram por Celorico de Basto no âmbito da XI Festa Internacional das Camélias

“Sem dúvida uma festa memorável, com muita gente numa das festas que pretendemos que seja das mais marcantes de Celorico de Basto. Este ano tivemos um programa muito apelativo e uma maior envolvência da população nas atividades sugeridas e promovidas, com a camélia como protagonista”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

 Celorico de Basto recebeu este fim-de-semana, de 21 a 23 de março, a XI Festa Internacional das Camélias, com várias atividades de destaque voltadas para a camélia com a presença de milhares de pessoas no recinto da festa.

camélias 2014 (1)

A iniciativa começou na sexta-feira com a aberturaoficial da atividade “mostra de vinho verde e doces de Camélia”. Uma iniciativa que veio engrandecer ainda mais a festa das camélias visto tornar-se necessário “aproveitar estes momentos para promover o que melhor caracteriza a região, seja camélias, vinhos, gastronomia, património, arquitetura, etc., na ótica de alavancar o concelho e a região numa prespetiva conjunta de trabalho”, salientou o autarca.  

 No sábado, 22 de março, foi destaque o programa “Aqui Portugal” da RTP com inclusão de todas as atividades promovidas no âmbito da XI Festa Internacional das Camélias. Com referência à exposição, concurso, com mesas e arranjos florais, mercado, arte e inovação, espantalhos floridos, muros de Camélias, montras, mandalas, varandas e outros coloridos de Camélias, o desfile de Camélias promovido pelo Agrupamento de Escolas, a Santa casa da Misericórdia de Arnoia, a Associação de Solidariedade Social de Basto, a Associação de Solidariedade de Santo André de Codessoso e a Banda de Música de Sta. Tecla, as provas de atletismo e muitas outras atividades. Neste dia, e como habitualmente, foi característica a azáfama matinal das gentes locais, juntas de freguesia, associações, coletividades, instituições de solidariedade e outros, na conclusão dos diferentes materiais expostos. De acordo com o edil celoricense “Esta colaboração das gentes de Celorico de Basto na elaboração dos diferentes materiais e na participação nas diferentes iniciativas dá um brilho especial à iniciativa”.

camélias 2014 (2)

 A XI Festa Internacional das Camélias teve o seu auge no dia 23 de março, com a presença de milhares de pessoas a deambular pelo recinto maravilhadas com os produtos/materiais expostos. Neste dia, destaque para o passeio “Pelas Camélias de Basto” promovido pela associação Basto move.te pelos jardins onde predominam as camélias talhadas, consideradas verdadeiras obras de arte e pela ecopista e os grupos que visitaram a “Vila de Basto” harmoniosamente decorada com camélias. Salienta-se ainda a entrega de prémios a todas as atividades, uma tarefa a cargo do Executivo Municipal. Neste âmbito destacaram-se os arranjos florais e as mesas detalhadamente decoradas com camélias com prémios para Melhor Lote de Flores Camélia de Origem Portuguesa para M.ª de la Salett Coelho e Assunção, Sto Tirso, o Melhor Lote de Flores - Camélia Japónica de flor vermelha para Ana Calo, Espanha, o Melhor Lote de Flores - Camélia Japónica de flor branca para a Casa do Souto, Seidões-Fafe, o Melhor Lote de Flores - Camélia Japónica de cor rosada para a Casa do Casal, Refojos- Sto Tirso, o Melhor Lote de Flores - Camélia Japónica de cor rajada para a Cruz & Assunção, Guimarães, o Melhor Lote de Flores - Camélia reticulata para Abílio Jorge Gonçalves Bastos, Celorico de Basto, o Melhor Lote de Flores - Outras espécies ou híbridos do género Camélia para o Mestre Jardineiro, Amarante. Para o conjunto floral artístico o 1º prémio foi entregue a RibeirO’lival, o 2º prémio à Universidade Sénior e o 3º Prémio foi para a Casa de Mosqueiros, todos oriundos de Celorico de Basto. Destaque ainda para a animação permanente do recinto com música e recitação de poesia.

Recorde-se que a XI Festa Internacional das Camélias promoveu atividades durante todo o mês de março sendo que, no dia 30 de março, no fim-de-semana após a data oficial do certame, todos os visitantes poderão participar numa visita pelos jardins de Camélias e assistir à atividade em jeito de tertúlia designada como “ As ervas aromáticas descobrem o chá”, nos jardins da Quinta do Prado.

camélias 2014 (3)

camélias 2014 (4)

CELORICO DE BASTO REALIZA WORKSHOP DE MOSAICO “CAMÉLIAS EM CACOS”

Inserido no programa de atividades da XI Festa Internacional das Camélias, o Workshop de mosaico “Camélias em Cacos” juntou no auditório da Quinta do prado, no dia 15 de março, todos os interessados em conhecer a técnica em causa “mosaico em cacos”.

workshop de mosaico (2)

A iniciativa, gratuita, foi lecionada pelo professor aposentado e artista plástico, António Salvador, que dispõe de um conhecimento alargado sobre o tema.

Os presentes ouviram atentamente a parte teórica e de seguida passaram para a prática seguindo diferentes etapas até atingirem o resultado pretendido. O workshop mostrou-se muito interessante para os envolvidos que aprenderam uma nova técnica artística. “Este workshop foi muito interessante e prático. Podemos fazer trabalhos muito bonitos, decorativos, e sem gastar muito dinheiro”, referiu Manuela Cunha, presente no workshop.

Celorico de Basto, a capital das camélias, apresenta a XI Festa Internacional das Camélias oficialmente no fim-de-semana próximo, nos dias 21, 22 e 23 de março, com um programa abrangente e apelativo, com mercado, exposição, concurso, desfiles e muito mais.

workshop de mosaico (1)

CELORICO DE BASTO É O JARDIM DAS CAMÉLIAS

XI Festa Internacional das Camélias em Celorico de Basto

Celorico de Basto será o palco da XI Festa Internacional das Camélias. A iniciativa terá destaque no fim-de-semana de 21, 22 e 23 de março com a promoção de várias atividades direcionadas para a rainha do certame, a Camélia. A XI edição desta festa encerra várias atividades com algumas novidades em relação a anos transatos e irá decorrer especificamente nos jardins da Quinta do Prado.

Na sexta-feira, 21 de março, os visitantes poderão assistir à abertura oficial da mostra de vinho verde e doces de Camélia e ao concurso de fotografia digital “Celorico de Basto, um jardim de Camélias”. No dia seguinte o destaque incide na presença do programa “Aqui Portugal” da RTP e em todas as atividades promovidas e direcionadas às Camélias desde exposição, concurso, mercado, espantalhos floridos, muros de Camélias, montras, mandalas e varandas, o desfile de Camélias promovido pelo Agrupamento de Escolas, a Santa casa da Misericórdia de Arnoia e a Associação de Solidariedade Social de Basto, entre outras atividades. Neste dia é ainda destaque a azáfama matinal das gentes locais na conclusão dos diferentes materiais expostos. Uma tarefa que dá mais brilho a esta festa, segundo o autarca, Joaquim Mota e Silva. “Esta colaboração das gentes de Celorico de Basto na elaboração dos diferentes materiais e na participação nas diferentes iniciativas dá um brilho especial à iniciativa. Obviamente que não podemos esquecer as gentes de fora e que participam nas diferentes iniciativas promovidas e os muitos turistas, especialistas e leigos, que o certame arrasta a Celorico de Basto”.

No domingo, 23 de março, serão inúmeras as ações a decorrer com destaque para a entrega de prémios a todas as atividades uma iniciativa que estará a cargo do executivo municipal. Refira-se ainda a visita aos jardins de Camélias, onde predominam as Camélias talhadas, consideradas verdadeiras obras de arte, e à antiga sede do concelho a “Vila de Basto”, harmoniosamente decorada com camélias.

Ao longo dos dias de festa serão vários a animação será permanente e espalhada pelo recinto.

Recorde-se que a XI Festa Internacional das Camélias promove atividades durante todo o mês de março sendo que, no dia 15 de março, será desenvolvido um workshop de mosaico denominado “Camélias em Cacos” e no dia 30 de março, no fim-de-semana após a data oficial do certame, todos os visitantes poderão participar numa visita pelos jardins de Camélias e assistir à atividade em jeito de tertúlia designada como “ As ervas aromáticas descobrem o chá”.

CELORICO DE BASTO RECEBE PRÉ-CONGRESSO DAS CAMÉLIAS

A Casa do Campo em Celorico de Basto recebeu este fim-de-semana uma comitiva de cerca de 150 pessoas oriundas de vários países do mundo, desde japão, Estados Unidos, China, e outros, que estão a participar no pré-congresso das Camélias que está a decorrer em Portugal. Uma iniciativa denominada “Tour Porto e Norte”.

pré- congresso (3)

Os turistas visitaram um dos jardins de camélias mais belos de Portugal, centenário e com características únicas, que os deixou maravilhados.

Note-se que este pré-congresso antecede o mais importante congresso das Camélias que este ano terá lugar em Ponte Vedra, Espanha, de 11 a 16 de março.

Celorico de Basto foi um dos concelhos a receber a visita deste grupo de turistas, cerca de 150 pessoas, pela importância dada às Camélias, sendo que, para muitos, Celorico de Basto é considero a “Capital das Camélias”. Esta iniciativa faz parte integrante do programa da XI edição da Festa Internacional das Camélias que terá lugar oficialmente e com maior destaque nos dias 21,22 e 23 de março.

pré- congresso (2)

pré- congresso (1)

CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE ESPOSENDE ACOLHE EXPOSIÇÃO DE ORQUÍDEAS RARAS

O Centro de Educação Ambiental, em Marinhas, vai acolher, no próximo fim-de-semana, uma exposição de Orquídeas Raras. Assim, este equipamento municipal, gerido pela Esposende Ambiente, irá abrir excecionalmente as portas no sábado e no domingo, dias 25 e 26 de janeiro, entre as 9h30 e as 17h30, possibilitando a visita dos curiosos e apaixonados por estas esplêndidas plantas. Os interessados poderão também adquirir espécimes que estarão disponíveis para venda, sendo ainda disponibilizado diverso material informativo da Associação Portuguesa de Orquidofilia, nomeadamente guias técnicos de cultivo de orquídeas.

DSCF0608

Associado a esta exposição, no dia 25, entre as 14h00 e as 17h00, terá lugar o Workshop “Hoje é dia de…Orquídeas”, dedicado ao género Phalaenopsis, bastante comercializado no nosso país. Este workshop será orientado pela Presidente da Associação Portuguesa de Orquidofilia, Graziela Meister, e abordará questões relacionadas com o cultivo, a transplantação e a manutenção destas espécies de orquídeas. A participação é gratuita mas carece de inscrição prévia, através do e-mail cea@esposendeambiente.pt.

Esta iniciativa insere-se no Plano de Atividades do Centro de Educação Ambiental, este ano dedicado às temáticas do mar e da agricultura, uma vez que em 2014 se assinala o Ano Internacional da Agricultura Familiar.

PONTE DE LIMA PROMOVE FLORICULTURA

clip_image002

Ciclo de Ateliês com Arte – Reciclagem de Flores. 16 de Fevereiro – 9h / 13h

O Ciclo de Ateliês com Arte associa-se à Feira do Ambiente e Energia com uma sessão dedicada à reciclagem.

A ação vai decorrer na tenda da Expolima, na manhã de sábado, dia 16 de Fevereiro, subordinada ao tema "Reciclagem de Flores".

Promover a criatividade e aprendizagem de novas técnicas de decoração reutilizando cápsulas de café e garrafas de plástico, são os principais objetivos desta ação, perspetivando-se como resultado belas flores que podem utilizar na decoração.

Inscrições ou mais informações podem ser obtidas através do portal municipal em www.cm-pontedelima.pt ou pelos contactos: terra-eventos@cm-pontedelima.pt /258 900401.