Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO ESTÁ EM FESTA

Festas do Concelho em Celorico de Basto. S. Tiago, celebrado oficialmente a 25 de julho, terá 5 dias de festa

De 21 a 25 de julho, Celorico de Basto recebe as grandiosas Festas do Concelho com as tradições bem vincadas que procuram atrair milhares de pessoas à sede do concelho para participar e assistir ativamente nas festividades.

_DSC2747.jpg

O cortejo etnográfico é um dos pontos altos das Festas de S. Tiago e demonstram os usos, costumes, tradições e memórias de um povo ligado à terra. “Estas festas de S. Tiago são a melhor forma de demonstrar a identidade de um povo, gente ligada à terra, ao artesanato, à vinha, que não descura as tradições religiosas e pagãs, que valoriza os ensinamentos dos antigos e não esquece a sua história” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “As Festas do Concelho são sempre um momento de muita alegria, diversão e convívio, com grandes concertos musicais, festivais de música tradicional e folclore, arrudas e despiques de bombos e muito mais. Um ponto de encontro entre gentes do concelho, visitantes e turistas” concluiu.

Este ano as festas do concelho iniciam, no dia 21, com uma inovação, o mini-festival de Música tradicional “Vivas à tradição”. No dia 22, serão destaque as diferentes atuações musicais nomeadamente a atuação do “Quim Barreiros” e do grupo “DAMA”. Mas o dia oferece muito mais a quem passar pela vila de Celorico de Basto, desde a atuação da banda de música de Sta. Tecla, a caminhada pela associação Basto Move-te e os workshops de dança e música tradicional. Como habitualmente, no sábado, irá decorrer uma majestosa sessão de fogo-de-artifício e a noite culminará com o S. Tiago toda a noite “ a festa dentro das festas”.

No domingo, e como sempre, é destaque o Cortejo Etnográfico, mas acontecerá também, o festival de folclore, arruadas e despiques de bombos. No dia 24, várias atividades culturais, lúdicas e desportivas acontecerão na vila de Celorico de Basto evidenciando-se a atuação de Rui Bandeira.

No último dia de festividades, dia de S. Tiago, Feriado Municipal, decorre uma eucaristia em honra de S. Tiago musicada pela Cooperartes. Mais ao fim da tarde, a população poderá usufruir de um concerto pela Cooperartes e de uma peça de teatro “um pedido de casamento” pelo GTC.

cartaz2017.jpg

TERRAS DE BOURO FESTEJA A S. BRÁS

Festas Concelhias em Honra de S. Brás – 6 de agosto de 2017 - INSCRIÇÃO GRATUITA PARA FIGURADOS

Como é tradição, no domingo das Festas Concelhias realizam-se as celebrações religiosas que contam com a majestosa procissão em Honra de S. Brás onde participam um elevado número de figurados. Só com a presença de crianças, adolescentes, jovens e adultos poderemos recriar Quadros Bíblicos de acordo com a vida de Cristo e dos Santos.

Neste sentido, o Município de Terras de Bouro vem solicitar a todos os interessados que queiram participar como figurados na referida procissão, o preenchimento e devolução ao Município de Terras de Bouro (Balcão Único ou via email: div.cultural@gmail.com) da ficha de inscrição disponível na página eletrónica do município até ao próximo dia 21 de julho.

Festas Concelhia em Honra de S. Brás.jpg

PONTE DE LIMA APRESENTA CARTAZ DAS FEIRAS NOVAS

Apresentação Pública do Cartaz das Feiras Novas 2017. Dia 6 de julho – 19 horas – Expolima

A apresentação pública do Cartaz das Feiras Novas, edição 2017 está marcada para amanhã, quinta-feira, 6 de julho, após a cerimónia oficial da abertura da Feira do Cavalo de Ponte de Lima.

Fot_Amandio_Sousa_Vieira (2) (Small).jpg

A Associação Concelhia das Feiras Novas associando-se a um evento que ano após ano atrai cada vez mais visitantes, apresenta a imagem das festas mais emblemáticas do concelho, que este ano vão acontecer de 8 a 11 de setembro.

Neste contexto, convidamos o V/ órgão de comunicação a assistir a esta cerimónia, a decorrer na Expolima, a partir das 19 horas.

S. JOÃO DA VALETA 2017: MARCHAS SANJOANINAS REVELARAM-SE NOVAMENTE O MOMENTO ALTO DAS FESTIVIDADES EM ARCOS DE VALDEVEZ

No dia 23, o S. João da Valeta voltou a levar até ao “Marchódromo” arcuense centenas de espetadores ávidos por uma noite bem passada.

Tradição, cor, alegria, som e luz, foram alguns dos ingredientes da edição deste ano, em que participaram as marchas da Miranda, “Olhar Encantador” de Padreiro Santa Cristina, Padre Himalaya de Cendufe, Marcha da Valeta e, por fim, a Marcha de Aguiã, as quais espelharam a grandiosidade de uma das mais importantes celebrações populares de Arcos de Valdevez.

Estas festividades começaram, como habitualmente, logo pela manhã de sexta-feira, com o desfile das Marchas das crianças dos infantários e IPSS`s de Arcos de Valdevez, e, à noite, antes da atuação das Marchas dos mais graúdos, teve lugar a atuação do Grupo Infantil Padre Himalaya.

Este primeiro dia terminou com o grande espetáculo de Carlos Rodrigues. Já a programação de sábado reservou a atuação do Grupo Microsom.

A FOLIA e Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, entidades organizadoras do S. João da Valeta, fazem um balanço muito positivo da edição deste ano, pois as Festas Sanjoaninas voltaram a atrair muitos espetadores e foliões à zona histórica da vila, e proporcionaram à população arcuense muita animação e divertimento.

MUNICÍPIO DE BRAGA PEDE PARA EVITAR LANÇAMENTO DE BALÕES DE S. JOÃO

Festas de S. João - Recomendação à População

Na sequência da publicação da Portaria nº 195/2017, de 22 de Junho, que estabelece a entrada em vigor do Período Critico de Incêndios Florestais, do dia 22 de Junho a 30 de Setembro (este período pode ser alterado devido a condições meteorológicas excepcionais), o Município de Braga, através da sua Divisão de Protecção Civil, vem por este meio informar que, além de outras medidas especiais de prevenção contra incêndios florestais, está interdito o lançamento de foguetes (foguetes com cana) e de Balões de mecha acesa (tradicionais de Balões de S. João).

A Divisão Municipal de Protecção Civil continuará a acompanhar permanentemente a situação, encontrando-se disponível para qualquer esclarecimento adicional através do número 253 264 077.

O Município reforça o apelo ao bom senso e compreensão de todos, uma vez que “A prevenção começa em cada um de nós!”

COURENSES FESTEJAM SOLSTÍCIO DE VERÃO

Solstício de Verão. Cividade – Cossourado. sábado | 17 jun |a partir das 19h00

Este sábado, dia 17 de junho, a partir das 19h00, centenas de pessoas sobem ao monte da Cividade em Cossourado, Paredes de Coura, para juntos celebrarem o Solstício de Verão.

solsticio.jpg

Não faltarão rituais ao pôr-do-sol, queimada à meia-noite, cuspidores de fogo, malabares, peças de teatro, música celta, gaitas de foles e bombos, recriando tempos idos no Povoado Fortificado de Cossourado, um povoado que remonta à idade do ferro em cujo território todos os anos se festeja a união do Pai Sol e da Mãe Terra.

Promovido pela Associação A Cividade, em colaboração com o Município de Paredes de Coura, esta celebração do Solstício de Verão acontece todos os anos no sábado mais próximo do dia do solstício, no Povoado Fortificado de Cossourado.

Ao fim da tarde o cenário está pronto para começar a receber os convivas. Os petiscos e bebidas combinam saborosamente com aquele ambiente natural. A festa prolonga-se enquanto houver convivas até ao nascer de um novo dia, celebrando a vida e saudando a entrada num novo verão.

SENIORES DE ESPOSENDE FESTEJAM SANTOS POPULARES

Dois mil seniores celebraram Santos Populares

Dois mil seniores de Esposende festejaram os Santos Populares, num arraial realizado hoje, na Quinta da Malafaia, em Antas. O presidente da Câmara Municipal de Esposende enquadrou a iniciativa nos projetos da área social que visam a promoção da saúde dos idosos e o combate ao isolamento.

"É um dever do Município investir no bem estar da sua população. Por isso ainda vamos realizar, este ano, o S. Martinho e a peregrinação a Fátima, como acontece desde há vinte anos", vincou Benjamim Pereira.

De 2013 para a edição deste ano, assistimos a um aumento de 50 por cento, no número de participantes. O edil de Esposende insere o "investimento" dispensado para este convívio, na política social que inclui, ainda, os projetos de envelhecimento ativo, como o Coro Sénior e a ginástica.

Este convívio representa o culminar de um percurso que envolveu os idosos, ao longo do ano, no trabalho de preparação e ensaio de marchas, um processo desenvolvido em rede e que privilegiou o desempenho e colaboração de todas as entidades das freguesias de Esposende. As marchas, por exemplo, foram constituídas por elementos de diferentes freguesias.

O desfile de marchas populares incluiu a Marcha Portuguesa, por elementos das freguesias de Palmeira de Faro, Vila Chã e Gemeses, e o Centro de Intervenção Cultura e Social de Palmeira e Esposende Solidário, Centro Comunitário de Vila Chã.

"Bela Esposende" foi a marcha que juntou as freguesias de Esposende e Marinhas, e o Centro Social da Juventude das Marinhas e da Santa Casa da Misericórdia de Esposende.

A marcha "Guia do Mar" representou a União das Freguesias de Belinho e Mar e o Centro Social Juventude de Belinho.

Já após o almoço, a marcha da Amizade juntou elementos de Gandra, Apúlia, Fão, Fonte Boa e Rio Tinto e a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia e o Centro Social Paroquial de Fonte Boa.

A encerrar, a marcha Santos da Nossa Terra foi apresentada por elementos das freguesias de Antas, Curvos, Forjães e da ACARF, Centro Social de Curvos, GRASSA e Fundação Lar Santo António.

Participaram este ano a Associação Cultural, Artística e Recreativa de Forjães, a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia, o Centro Comunitário de Vila Chã /Esposende Solidário, o Centro de Intervenção Cultural e Social de Palmeira de Faro, o Centro Social da Juventude Unida de Belinho, o Centro Social João Paulo II, o Centro Social da Juventude Unida de Marinhas, o Centro Social e Paroquial de Curvos, o Centro Social e Paroquial de Fonte Boa, a Fundação Lar Santo António, o Grupo de Ação de Solidariedade Social de Antas, a Santa Casa da Misericórdia de Esposende, a Santa Casa da Misericórdia de Fão, a Junta de Freguesia de Antas, a Junta de Freguesia de Forjães, a Junta de Freguesia de Gemeses, a Junta de Freguesia de Vila Chã, a União das Freguesias de Apúlia e Fão, a União das Freguesias de Belinho e Mar, a União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, a União das Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos. Os Bombeiros Voluntários de Esposende, os Bombeiros Voluntários de Fão e a Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa asseguraram, mais uma vez, o necessário apoio à emergência, para que a jornada decorresse da melhor forma.

Este convívio intergeracional serviu, ainda para que o Município de Esposende entregasse o livro Vida com Rostos, editado no âmbito do programa Municipal de envelhecimento ativo.

AVIDOS VENCE MARCHAS ANTONINAS 2017 EM FAMALICÃO

ARCA é a marcha mais popular e conquistou segundo lugar da geral

Com um retrato animado e colorido das Noites de Santo António, a Associação Unidos de Avidos venceu as Marchas Antoninas 2017, que se realizaram na noite de 12 de junho na presença de muitos milhares de pessoas que se acotovelaram pelas ruas de Famalicão e à volta dos Paços do Concelho para acompanharem e vibrarem com a grande noite das Antoninas, abrilhantada pela prestação de 10 Marchas de outras tantas associações famalicenses. Por categorias, Avidos foi a marcha com a melhor letra, melhor música e melhor coreografia.

Arca venceu popularidade, guarda-roupa e Arcos.jpg

A ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Antas, com “Famalicão em Festa” venceu o prémio “Popularidade”, atribuído pelo júri de rua, e repetiu o segundo geral do ano passado com 98 pontos. Mereceu também o reconhecimento do júri pelos melhores arcos e melhor guarda-roupa.

Já o tema “Aí que cheirinho”, numa alusão a um dos símbolos maiores das festas – o manjerico, valeu ao CRAV – Clube Recreativo Amigos de Vilarinho das Cambas o terceiro lugar do pódio, com uma pontuação geral de 74 pontos.

Avidos foi a melhor marcha das Antoninas 2017.jpg

O júri independente e com formação nas áreas avaliadas foi composto pelo professor Joaquim Salgado Almeida, de Guimarães, pela professora de dança Diana Azevedo, de V.N. da Gaia, pelo escritor João Manuel Ribeiro, de Braga, pela figurinista Cláudia Ribeiro, do Porto, e pelo maestro José Moura, de Vila Nova de Gaia. O júri de rua, que atribuiu o prémio da popularidade foi constituído pelos famalicenses Jorge Pinto, Vasco Freitas e Filipa Torres.

Glória aos vencedores, honra aos vencidos. É o que se pode concluir das palavras do Presidente da Câmara Municipal, que logo após a atuação da última marcha falou “numa grande manifestação da identidade e do orgulho famalicense”. “Foram todos brilhantes e o trabalho que desenvolveram foi absolutamente decisivo para o sucesso das Festas Antoninas”, assinalou Paulo Cunha notando com agrado os motivos abraçados pelas associações para as suas marchas.“Trouxeram para o palco a nossa identidade, o nosso património, as nossas tradições e as nossas forças e com isso fizeram brilhar Vila Nova de Famalicão”.

Para além do trio do pódio participaram nas marchas a Associação Cultural e Desportiva S. Martinho de Brufe, o CRAV – Clube Recreativo Amigos de Vilarinho, a Associação Recreativa e Cultural Flor do Monte – Carreira, a Associação de Pais e Encarregados de Educação de Ribeirão, a TUSEFA - Tuna Sénior de Famalicão, a União de Freguesias de Esmeriz e Cabeçudos, a Associação Cultural e Recreativa de S. Pedro de Riba D’Ave e a LACS - Associação Cultural S. Salvador da Lagoa.

Vilarinho reservou o último lugar do pódio.jpg

MARCHAS POPULARES DE S. JOÃO ANIMAM MELGAÇO

Sábado, 24 de junho, 21h30

A tradição cumpre-se e as Marchas Populares voltam a sair à rua para animar a noite de S. João em Melgaço. Numa noite marcada pela cor, alegria, animação e muita criatividade do tradicional desfile, o Município Mais a Norte de Portugal convida a apreciar a noite de 24 de junho, a partir das 21h30, com concentração na rotunda do chafariz da Calçada.

Marchas S.João 2016 (20).jpg

A emblemática noite conta com a participação de quatro marchas: Secção de Patinagem do Sport Clube Melgacense; Centro de Atividades de Tempos Livres da Santa Casa da Misericórdia de Melgaço; Associação Noites Gaiteiras; e da Associação Casa do Povo de Melgaço. As marchas irão desfilar pelas ruas de Melgaço, entre a Calçada e o Largo Hermenegildo Solheiro, onde cada grupo participante apresenta o tema escolhido, revelado apenas naquela noite, ao qual dá corpo através de elaborados trajes e coreografias. No final haverá troca de lembranças entre as quatro marchas e a animação musical a cargo do Grupo Melmusic.

Melgaço é um concelho característico pela alegria e pela arte de bem receber, à boa cultura minhota, e este desfile é bem representativo disso. Cada ano que passa, são mais os curiosos que se deslocam ao centro da vila para assistirem ao desfile: um momento único que vale a pena viver, em prol da defesa das tradições.

Marchas S.João 2016 (49).jpg

MARCHAS INFANTIS ABREM EM FAMALICÃO FESTAS ANTONINAS

O tema era “Santo António e o Património Local” e também aqui os marchantes de palmo e meio de Famalicão mostraram ter a lição bem estudada. De Camilo a Cupertino de Miranda, da Ponte da Lagoncinha ao histórico edifício dos Paços do Concelho, nada nem ninguém foi esquecido nas criativas letras e coreografias das Marchas Antoninas Infantis, que esta sexta-feira à tarde espalharam brilho e fantasia pelas ruas de Vila Nova de Famalicão.

19113602_1441020045940809_4753563285520529412_n.jpg

 O momento marcou o arranque das festas em honra do santo casamenteiro no concelho famalicense e contou com a alegria e animação de mais de duas mil crianças, provenientes de 30 instituições educativas do concelho.  

O título de Melhor Marcha foi para o Centro Escolar do Louro, Mouquim e Lemenhe,“presentes p’ra manter a tradição, festejar o Santo António e todo o património, como é nossa obrigação”. Já o prémio de Melhor Guarda Roupa e Arcos foi para o Centro Escolar Luís de Camões.

No final, Paulo Cunha era um autarca orgulhoso do trabalho da comunidade educativa. “As nossas crianças estiveram maravilhosas e foram, mais uma vez, surpreendentes. Todas as escolas estão de parabéns por tudo aquilo que hoje vimos”.

Recorde-se que as Festas Antoninas prosseguem até terça-feira, dia 13, com um programa repleto de atividades.

18921835_1441014022608078_7478708041819187899_n.jpg

18922205_1441017465941067_2404731248846426405_n.jpg

18950934_1441012715941542_4643863752873049110_n.jpg

18951015_1441021635940650_307327641972407357_n.jpg

18951174_1441016072607873_5173718403451900057_n.jpg

18951370_1441020725940741_7477506345927519159_n.jpg

18952570_1441014132608067_8468920489944495796_n.jpg

18952842_1441013232608157_6951654321204670850_n.jpg

19029630_1441014282608052_3283932777347730850_n.jpg

19030665_1441012095941604_3090075050037194363_n.jpg

19060126_1441017062607774_251882467785380486_n.jpg

19105824_1441014212608059_8449851741835528571_n.jpg

VILA DE PRADO ESTÁ EM FESTA!

Rock, folclore, desporto e tradição nas Festas da Vila de Prado 2017

A edição de 2017 das Festas da Vila de Prado está já aí ao virar da esquina e traz consigo três dias (16 a 18 de junho) de convívio, alegria e muita animação. Do desporto ao folclore, passando pelo Rock, pela música popular, pelos jogos tradicionais e pela sessão de fogo-de-artifício, entre outros, não faltam motivos de interesse para um evento com uma posição consolidada na agenda cultural da região. Nota de realce também para as famosas iguarias que vão tornar o Largo de S. Sebastião (vulgo Campo da Feira) num autêntico festival de gastronomia regional.

prado_2017.jpg

Durante o fim de semana, o centro urbano da vila transforma-se num palco privilegiado para o encontro de amigos e conversas noite dentro, fomentando o convívio e estreitando os laços entre a comunidade através de inúmeros momentos de descontração e diversão. Em simultâneo, as Festas da Vila de Prado contribuem para a promoção e divulgação da freguesia, atraindo milhares visitantes à margem direita do Cávado e ao concelho de Vila Verde. Um investimento que permite impulsionar a economia local e a agenda cultural do concelho e de toda a região. As festividades são organizadas pela Junta de Freguesia da Vila de Prado, que conta com a colaboração de associações e coletividades locais.

Atividades para todos os gostos

A Vila de Prado é um dos pontos de paragem do grupo Rock 7, que vai estar em tour pelo país durante este verão e atua no coração do Minho na primeira noite das Festas, 16 de junho. O espetáculo, que promete fazer as delícias dos amantes da música rock, está marcado para as 21h00. No dia seguinte, o desporto rei dá o mote para um sábado bastante preenchido, com o tradicional Torneio de Futebol das Festas da Vila de Prado, organizado pelo Grupo Desportivo de Prado. Por volta das 15h00, os mais velhos têm a oportunidade de recuar à infância e os mais novos de conhecerem as brincadeiras de outros tempos participando nos Jogos Tradicionais.

Festival de Folclore na segunda noite e Verde Canto a encerrar

Um pouco mais tarde, pelas 20h30, tempo para os atletas da secção de Taekwondo do GD Prado fazerem uma demonstração do talento que faz destes jovens multipremiados referências nacionais na modalidade. A partir das 21h15, o Festival de Folclore mostra claramente que na Vila de Prado a tradição ainda é o que era. O Festival começa com o desfile dos diversos grupos participantes e prossegue com as atuações em palco. Na última noite, 19 de junho, o destaque vai para a atuação do sobejamente conhecido grupo musical Canto Verde. Um pouco depois, pelas 24h00, a edição de 2017 das Festas da Vila de Prado encerra com uma majestosa sessão de fogo-de-artifício.

AMARES ESTÁ EM FESTA

Já estão em curso as Festas d´Amares 2017. O pontapé de saída foi dado, ontem de manhã, na Galeria de Artes e Ofícios de Amares com a já tradicional exposição de andores de Santo António a marcar o arranque das festas concelhias, que prometem encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho de hoje até ao próximo dia 13 de junho (feriado de Santo António).

DSC01115.JPG

A iniciativa, promovida no âmbito do Projeto Luz de Presença, da Valoriza, que conta com o apoio do Município de Amares, expõe, até ao próximo dia 15 de junho, 20 andores elaborados por 8 IPSS´s do concelho e por 12 freguesias que se inspiraram no santo padroeiro para brindar o público com os seus trabalhos.

O momento serviu também para anunciar os vencedores do concurso associado à exposição. Goães alcançou o primeiro lugar, seguido de Bouro Santa Maria e de Fiscal, que alcançaram os dois o segundo lugar das freguesias a concurso. O Centro de Actividades Ocupais (CAO) Ser Igual foi o vencedor das instituições.

As maiores festas concelhias prometem fazer de Amares o centro das atenções até ao próximo dia 13 de junho.

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

18740442_663190893886754_1237299206818353078_n.jpg

DSC01122.JPG

DSC01150.JPG

DSC01168.JPG

DSC01170.JPG

DSC01171.JPG

MARCHAS INFANTIS ABREM ANTONIANAS DE FAMALICÃO

Desfile sai à rua esta sexta-feira, 9 de junho, a partir das 14h30, com a participação de mais de 2000 crianças

É aos mais pequenos que cabe a honra de abrir as Festas Antoninas 2017, em Vila Nova de Famalicão. As marchas infantis saem à rua nesta sexta-feira, 9 de junho, a partir das 14h30, desde a Avenida 25 de Abril, percorrendo as ruas Adriano Pinto Basto, Santo António, Praça 9 de Abril, Barão da Trovisqueira e culminando no Parque 1.º de Maio, onde estará instalada a Tribuna Central, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Com os arquinhos empoleirados e as ancas a baloiçar, as crianças desfilam pela cidade, espalhando fantasia e alegria, atraindo muitos milhares de pessoas ao centro da cidade.

Ao todo, são cerca de 2.200 crianças provenientes de 30 instituições educativas do concelho que vão bailar sob o tema de “Santo António e o Património Local”.

O dia é preparado com alguns meses de antecedência com afinco e dedicação pelos professores, encarregados de educação e crianças do concelho, que tratam dos trajes e ensaiam as coreografias.

Para além dos prémios de participação atribuídos a todas as instituições educativas participantes, serão também premiados o “Melhor Guarda-Roupa e Arcos” e a “Melhor Marcha”.

As Festas Antoninas chegam em força com um programa repleto de atividades. Depois da magia dos pequeninos é a vez do primeiro grande concerto das festas, com o fadista Camané. O concerto acontece a partir das 22h00, no Parque da Devesa com entrada livre.

Consulte todo o programa em http://www.vilanovadefamalicao.org/_festas_antoninas_17

Marchas Infantis

9 JUNHO | 14H30

Tema

“Santo António e o Património Local”

Percurso

Rua Adriano Pinto Basto, Rua de Santo António, Praça 9 de Abril, Rua Barão da Trovisqueira e Parque 1.º de Maio.

Instituições participantes

Jardim Infância ACB; Associação Gerações; Centro Escolar de Antas; Centro Escolar Louro/Mouquim; Jardim Infância de Cabeçudos; Jardim Infância da Lage; Ata-Associação de Trabalhos da Aco; Jardim Infância de Telhado; Talvaizinho; Creche de Nª Sª da Guia; Creche de Nª Sª da Lapa; Centro Social Dº Nuno Simões; Associação Moradores Lameiras; Creche e Jardim de Infância Dª Elzira Cupertino Miranda; Mais Plural; Centro Social Paroquial Vale S. Cosme; Jardim Infância Luís de Camões; Infantário Júlio Brandão; Escola Básica Lagoa-Associação de Pais e Enc. Educação; Jardim Infância Lagoa-Ass. Pais e Enc. Educação; Jardim Infância Centro Social Landim; Engenho; Instituto S. José; Casa do Pessoal do Hospital; E.B. 1º Ciclo/Jardim Infância das Lameiras; E.B.1º Ciclo Cruz; EB. 1º Ciclo Seide S. Miguel.

AMARES PREPARA-SE PARA A FESTA

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

18700110_664380237101153_2937971411627023768_n

O cartaz já foi oficialmente apresentado à comunicação social, numa conferência de imprensa que contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, do vice-presidente, Isidro Araújo, do presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição, e do presidente da União de Freguesias de Ferreiros Prozelo e Besteiros, Paulo Gomes.

Com um grande envolvimento dos amarenses (jovens, seniores, escolas e bandas de música, associações, IPSS´s, ranchos folclóricos, juntas de freguesia e particulares) e com um cartaz de excelência ao bom rigor antonino as Festas d´Amares “são já uma referência no panorama de festividades minhotas”, sublinhou na ocasião o presidente Manuel Moreira.

As festas de Amares prometem assim encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho e "fazer com que todos os amarenses se orgulhem desta grande festa", acrescentou o autarca.

18765885_664380827101094_3971411867579313440_n

A chave do sucesso para este ano mantém-se na aposta de um cartaz diversificado que repete as boas ações dos anos anteriores e acrescenta algumas novidades, explicou o presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição. Uma das inovações prende-se com um maior investimento de marketing, através da colocação de painéis de led no recinto onde decorrem as festas (Praça do Comércio) para transmissão em direto dos espetáculos musicais e dos momentos vividos ao longo das festividades e outra está relacionada com a atribuição de nomes aos dois palcos de animação, sendo o palco principal, o palco 1, denominado de Palco Intermaché e o palco 2 de Palco Planeta D.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

Na organização deste cartaz de excelência, a AFAA conta com o apoio da Câmara Municipal de Amares, da Junta de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros e de várias entidades/empresas, associações e particulares, que reúnem esforços para brindar a população com o melhor programa.

cartaz PROGRAMA FINAL-01-01

CRIANÇAS DE FAFE FIZERAM A FESTA

Parque da Cidade de Fafe foi o local escolhido para comemorar o Dia Mundial da Criança. 3000 crianças participaram nas atividades

Fafe celebrou, hoje, o Dia Mundial da Criança, com um conjunto de atividades programadas para o Parque da Cidade.

ND5_6273

Cerca de 3000 alunos de várias escolas do concelho participaram nas atividades que incluíam espetáculos de magia e de palhaços, insufláveis, ações de educação ambiental, workshops de ciência muita música e animação.

Raul Cunha, acompanhado pelo Vereador da Educação, Pompeu Martins, visitou o espaço, tendo oportunidade de participar nas brincadeiras e conviver com as centenas de crianças presentes.

Já é tradição, neste dia, celebrarmos o Dia da Criança com uma festa tão animada e divertida no Parque da Cidade, como esta.

Permitimos a estas centenas de crianças, desfrutar do seu dia, num espaço muito agradável.

O Parque da Cidade é um espaço cada vez mais utilizado pelos fafenses, onde temos investido, tornando-o progressivamente mais apelativo e agradável.. Temos promovido aqui várias atividades e comemorar aqui o Dia da Criança faz todo o sentido. É um espaço amplo e agradável para as crianças se divertirem e também para todas as pessoas se divertirem.

Hoje estão aqui mais de 2500 alunos de vários instituições do concelho, a celebrar aquele que é o seu dia, e estamos muito felizes. Fafe tem futuro! ” revela Raul Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Fafe.

Uma manhã divertida que animou miúdos e graúdos que passaram pelo Parque da Cidade, comemorando, mais um ano, o Dia das Crianças.

MMC_5975

MMC_6028

ND5_6216

MMC_5959

 

CELORICO DE BASTO EXPÕE SOBRE O S. JOÃO DE BRAGA EM ARCO DE BAÚLHE

Presidente da Câmara na abertura da exposição sobre o S. João de Braga na Casa do Povo do Arco de Baúlhe

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, esteve terça-feira, dia 30 de maio, presente na inauguração da exposição sobre o S. João de Braga no Arco de Baúlhe, no âmbito do projeto das Romarias do Minho no qual a Romaria de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe está integrada.

DSC_0029

A exposição ‘Objetivas sobre o São João de Braga’ integra um conjunto de imagens que retratam os momentos mais emblemáticos das festas sanjoaninas, fotografias que foram apresentadas pelo presidente da Associação de Festas de S. João de Braga, Dr. Rui Ferreira, que foi descrevendo o significado e importância de cada uma delas ao longo do percurso expositivo.

Nesta sessão estiveram também presentes o vereador Alfredo Magalhães e o vereador da Câmara Municipal de Braga, Dr. Miguel Bandeira, a presidente da Junta de Freguesia do Arco de Baúlhe e Vila Nune, Dra. Carla Lousada e o secretário Carlos Teixeira, membros da Comissão de Festas de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe, entre outros convidados e público em geral.

Durante treze dias, até 11 de junho, e ao longo do edifício da Casa do Povo do Arco de Baúlhe, os visitantes poderão apreciar as fotografias que retratam os vários momentos destas enormes festas sanjoaninas.

Esta iniciativa constitui um início de uma Rede de partilha e dinamização criada à volta das várias Romarias integradas no projeto, neste caso em concreto à volta de uma honrosa parceria entre a Associação de Festas do S. João de Braga e a Comissão de Festas de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe.

DSC_0044

FESTAS D´AMARES CELEBRAM EM GRANDE O SANTO ANTÓNIO DE 7 A 13 DE JUNHO

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

20170529_111005

O cartaz foi oficialmente apresentado, esta manhã, à comunicação social, numa conferência de imprensa que contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, do vice-presidente, Isidro Araújo, do presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição, e do presidente da União de Freguesias de Ferreiros Prozelo e Besteiros, Paulo Gomes.

Com um grande envolvimento dos amarenses (jovens, seniores, escolas e bandas de música, associações, IPSS´s, ranchos folclóricos, juntas de freguesia e particulares) e com um cartaz de excelência ao bom rigor antonino as Festas d´Amares “são já uma referência no panorama de festividades minhotas”, sublinhou na ocasião o presidente Manuel Moreira.

As festas de Amares prometem assim encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho e "fazer com que todos os amarenses se orgulhem desta grande festa", acrescentou o autarca.

A chave do sucesso para este ano mantém-se na aposta de um cartaz diversificado que repete as boas ações dos anos anteriores e acrescenta algumas novidades, explicou o presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição. Uma das inovações prende-se com um maior investimento de marketing, através da colocação de painéis de led no recinto onde decorrem as festas (Praça do Comércio) para transmissão em direto dos espetáculos musicais e dos momentos vividos ao longo das festividades e outra está relacionada com a atribuição de nomes aos dois palcos de animação, sendo o palco principal, o palco 1, denominado de Palco Intermaché e o palco 2 de Palco Planeta D.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

Na organização deste cartaz de excelência, a AFAA conta com o apoio da Câmara Municipal de Amares, da Junta de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros e de várias entidades/empresas, associações e particulares, que reúnem esforços para brindar a população com o melhor programa.

20170529_111827

GALIZA: VIGO REALIZA FESTA DA CEREJA

Nueva edición de la Festa - Feira da Cereixa que tendrá lugar desde el 2 al 4 de Junio en la parroquia viguesa de Beade. Los asistentes a esta fiesta, que se celebra al aire libre, podrán degustar, un año más, las primeras cerezas de temporada y disfrutar con las actividades lúdicas programadas para público de todas las edades.

xxxii-festa-feira-da-cereixa-de-beade-vigo_img1636n1t0

MELGAÇO FESTEJA EM HONRA DA SENHORA DA ORADA

Melgaço honra por estes dias a Nossa Senhora da Orada, madrinha dos Bombeiros melgacenses. Até quinta-feira, 25 de maio, Feriado Municipal, é possível ouvir-se música ambiente nas ruas do Município Mais a Norte de Portugal e assistir-se a atos solenes em honra da padroeira.

FESTAS EM HONRA DA SENHORA DA ORADA

Programa

22 a 24 de maio

08h00 – Ladainhas

Música ambiente na rua – Rádio Voz do Gadanha

24 de maio

21h30 – Procissão de velas com o desfile dos B. V. de Melgaço

22h30 – Atuação musical Orquestra PARALELOS

00h00 – Queimada Galega

25 de maio

09h00 – Hastear de Bandeira com a formatura dos B. V. de Melgaço

11h00 – Missão Solene | Igreja Matriz | Cantada

Grupo coral CANTO JOVEM

Guarda de Honra dos B. V. de Melgaço

15h00 – Provas de Vinho Alvarinho no Solar do Alvarinho

17h00 – Procissão (Regresso da Santa à Capela da Nossa Senhora da Orada)

Desfile e Guarda de Honra dos B. V. de Melgaço

Encerramento das Festividades

As festividades são uma organização da Associação dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e da Câmara Municipal de Melgaço.

CAMANÉ E TIAGO BETTENCOURT ATUAM EM FAMALICÃO NAS FESTAS DO CONCELHO

Festas do concelho decorrem de 9 a 13 de junho, com programa diversificado. Camané e Tiago Bettencourt com entrada livre nas Antoninas de Famalicão

Os artistas Camané e Tiago Bettencourt são cabeças de cartaz das Festas Antoninas de Vila Nova de Famalicão, que decorrem de 9 a 13 de junho, sob a égide das mais genuínas tradições, de uma das maiores romarias do norte do país.

©Arlindo Camacho

São cinco dias de festa contínua, abençoada pelo Santo António e marcada por inúmeras propostas culturais e desportivas que vão de encontro às várias gerações de famalicenses e de todas as pessoas que gostam de se divertir.

Os concertos com entrada livre são um dos pontos altos da programação e prometem atrair muitos milhares de pessoas à cidade, mas o que distingue as Antoninas de Famalicão das outras festas populares é o carater genuíno com que se revivem as tradições ancestrais e identitárias deste povo, como as marchas, a distribuição do pão e o desfile etnográfico entre outras.

“São tradições enraizadas na nossa terra que valorizam o nosso património cultural e imaterial e que mobilizam os famalicenses e atraem ao concelho vários milhares de pessoas”, explica o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

As Marchas Antoninas que saem à rua, na noite do dia 12, são o momento mais emblemático das festas, numa saudável competição entre associações e freguesias do concelho, com a exaltação, orgulho e paixão de quem é famalicense. Na tarde do dia 13, a procissão em honra de Santo António, que tem fama de casamenteiro, percorre as ruas da cidade. Antes disso, pela manhã realiza-se na Capela a Missa e a distribuição do Pão, cumprindo-se uma tradição secular.

As noites são animadas pelos arraiais ao som da música e pela dança ao ritmo das canções populares. Para além de Camané e Tiago Bettencourt, que atuam nos dias 9 e 10 de junho, destaque para os concertos de Hot Hair Baloon, Terra Batida e Helena Fernandes. Referência ainda para as concertinas, os cavaquinhos e os cantares ao desafio que não podem faltar à festa.

Aos mais pequenos cabe a honra de abrir as festividades, com toda a ternura e a criatividade das Marchas Infantis. Com os arquinhos empoleirados e as ancas a baloiçar, as crianças desfilam pela cidade, nesta sexta-feira, dia 9 de junho. A partir daqui, é um desenrolar de atividades num cruzamento entre as tradições pagãs e religiosas, entre o popular e o erudito.

Desde as cascatas a Santo António, ao desfile etnográfico, desde as rusgas às fogueiras, passando ainda pela corrida de Galgos, pelas caminhadas, as corridas e outras atividades desportivas.

Enfeitada a rigor com arcos e cores festivas, a cidade será invadida pelo aroma do algodão doce e da sardinha assada, pelos balões e pelo tradicional manjerico acompanhado de uma quadra alusiva a Santo António.

Para Paulo Cunha, “as festas Antoninas são um momento muito aguardado por todos os famalicenses porque representam o estandarte da nossa cultura”. Com um programa muito diversificado, o autarca espera receber “muitos milhares de pessoas na cidade, cativadas pela alegria, pela tradição e, claro, pela devoção ao Santo Casamenteiro”.

tiago

SÃO JOÃO DE BRAGA É A MAIOR FESTA POPULAR DE PORTUGAL

Qualidade e diversidade do Programa sustentam a afirmação

São 12 dias de animação, 238 horas de programação, 113 iniciativas previstas, 9 cortejos e desfiles, 12 exposições, 19 espectáculos, 10 mil pessoas e 203 entidades envolvidas e cerca de 1 milhão de participantes esperados. De 14 a 25 de Junho, Braga celebra o São João, a maior e mais antiga festa sanjoanina do País.

CMB11052017SERGIOFREITAS0000006879.jpg

As tradições seculares da Dança do Rei David e do Auto do Carro dos Pastores aliam-se, mais uma vez, ao único festival de cavaquinhos do país, ao encontro de Joões, ao maior encontro de Gigantones e Cabeçudos, à Parada Folclórica, às exposições, exibições de rua, cortejos, concertos, entre outros, reunindo-se todas as condições para que esta edição seja novamente um sucesso.

De acordo com Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, a qualidade associada às festas de São João é fruto do ´esforço colectivo´ que a sociedade no seu todo desenvolve e que é corporizada na Associação de Festas de São João. “Ao longo destes quatro anos, a Associação pautou a sua actuação pela transparência e conseguiu uma maior abertura da programação à comunidade, reconstruindo o laço afectivo entre os Bracarenses e as festas que, a determinado momento, se tinha perdido. Ao mesmo tempo, enriqueceu essa mesma programação, contribuindo para a projecção de Braga fora das suas fronteiras e para a atracção de visitantes”, referiu, enaltecendo este período de festividades enquanto ´espaço aberto à expressão das nossas raízes, cultura e tradições´.

Por seu turno, Rui Ferreira, presidente da Associação de Festas de São João de Braga, realçou que o programa vasto e diversificado sustenta a afirmação de que esta é a ´maior festa popular de Portugal´. “A preservação das tradições é o princípio orientador da nossa acção desde que assumimos a responsabilidade de organizar aquelas que são as maiores festas do Minho e, este mesmo programa assume as tradições como elemento chave sem esquecer a inovação”, disse.

Na edição de 2017, as Festas contarão com um programa vasto, dedicado não só à preservação e perpetuação do seu património e tradições históricas, como o cortejo histórico e a corrida do porco preto que, este ano, será evocada através de uma corrida de obstáculos. O programa conta ainda com a introdução de novas iniciativas e 4 grandes concertos com artistas de renome, como o Diogo Piçarra, os Azeitonas, os GNR e o afamado artista popular Augusto Canário que irá gravar em Braga o seu novo álbum. Este ano o tema das festas será o folclore e a etnografia do Baixo Minho, algo que ficará bem explicito pelo cartaz, ornamentações e identidade gráfica que caracteriza as festas deste ano.

O programa completo das sanjoaninas bracarenses pode ser consultado no site oficial da associação de festas:saojoaobraga.pt.

CMB11052017SERGIOFREITAS0000006873.jpg

CMB11052017SERGIOFREITAS0000006877.jpg

VIZELENSES EM FESTA ENCHEM PARQUE DAS TERMAS

Vizela em Festa 2017 encheu Parque das Termas

Organizada pela Câmara Municipal de Vizela, em parceria  com a Liga dos Combatentes - Núcleo Vizela, a 5ª edição do “Vizela em Festa” aconteceu no passado domingo e encheu de cor e alegria o Parque das Termas.

Vizela em festa 2017 2.jpg

Milhares de pessoas aderiram ao evento, apesar dos inúmeros eventos festivos previstos nas freguesias vizinhas, demonstrando assim que o “Vizela em Festa” é um evento forte e com continuidade.

Novamente, o Vizela em Festa contou com um diversificado programa de atividades com cerca de 9 áreas temáticas onde se incluíram várias atividades de música, dança, Feira dos Produtores CittaSlow, oficinas para crianças e famílias onde predominaram a modelagem de balões e pinturas faciais, Comes & bebes, artesanato, exposições temáticas e ambientais, atividades desportivas e de aventura (gincana, BMX, desportos de combate entre outras), Zumba Color IV novamente promovida pelo Vizela Fitness Clube, insuflável,  e muito mais!

A 5.ª edição do Vizela em Festa contou com o importante patrocínio da MultiOpticas, Gráfica Prescript, Vitalclin – Saúde Dentária, Fórum Vizela e Fundação Jorge Antunes.

De salientar ainda que este evento contou com cerca de 34 parceiros (associações vizelenses, escolas e entidades privadas) que mais uma vez se associaram ao Vizela em Festa.

Vizela em festa 2017 (1).jpg

BRAGA PREPARA FESTAS DE SÃO JOÃO

Apresentação do programa das Festas de São João de Braga. Amanhã, Quinta-feira, dia 11 de Maio, pelas 11h00, na Capela de São João da Ponte

O Município de Braga e a Associação de Festas de São João de Braga apresentam o programa para a edição de 2017 das mais antigas e maiores sanjoaninas do nosso país, amanhã, Quinta-feira, dia 11 de Maio, pelas 11h00, na Capela de São João da Ponte.

São João.jpg

A Associação de Festas de São João de Braga apresentará publicamente o programa para a edição de 2017 das mais antigas e maiores sanjoaninas do nosso país. A cerimónia de apresentação decorrerá na Capela de São João da Ponte.

De 14 a 25 de Junho, as festas municipais de Braga dão a possibilidade a todos os que visitam o centro histórico e zona envolvente de descobrir as suas ruas e vielas através dos cheiros intensos a manjericos e a sardinha assada, das decorações gaiteiras e das músicas tradicionais que ecoam pelos ares.

A apresentação contará com a presença do Dr. Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, de entidades parceiras e associações envolvidas na organização, além dos anfitriões, os responsáveis da Associação de Festas de São João de Braga.

Na edição de 2017, as Festas contarão com um programa vasto, dedicado não só à preservação e perpetuação do seu património e tradições históricas, como o cortejo histórico e a corrida do porco preto que este ano será evocada através de uma corrida de obstáculos, mas também pela inovação, introdução de novas iniciativas e 4 grandes concertos com artistas de renome. Este ano o tema das festas será o folclore e a etnografia do Baixo Minho, algo que ficará bem explicito pelo cartaz e identidade gráfica a ser usada ao longo dos próximos meses.

A par destas e outras iniciativas, a Associação de Festas de São João de Braga volta a reunir os Joões, na terceira edição do Encontro de Joões que conta, este ano, com um programa mais vasto e para toda a família.

Venha descobrir o São João de Braga, o mais antigo e genuíno de Portugal!

TAPETES FLORIDOS EMBELEZAM RUAS DE MONÇÃO

Festividade de Nossa Senhora da Rosa, que decorre este fim de semana, dias 13 e 14 de maio, tem como ponto alto a ornamentação das ruas do centro histórico por parte dos residentes. Os funcionários da autarquia, com a ajuda de vários elementos de uma associação da localidade galega de Ponteareas, “decoram” o Largo de Camões.

Rosa 01.jpg

A Festa em Honra de Nossa Senhora da Rosa, uma das festividades mais acarinhadas pela comunidade monçanense, realiza-se este fim de semana, dias 13 e 14 de maio, com um programa preparado por uma comissão de jovens com apoio da paróquia local que engloba diversas atividades religiosas e culturais.

Assim, no sábado à noite, a partir das 21h30, celebra-se a missa solene, seguida da habitual procissão de velas pelas principais artérias da vila com a imagem de Nossa Senhora da Rosa a ser transportada por jovens. Um momento muito participado pela população local.

A partir das 24h00, inicia-se a ornamentação das ruas do centro histórico pelos respetivos moradores. O trabalho dura grande parte da noite, aliando-se o trabalho dos residentes ao convívio e comentários de quem passa. Há sempre um elogio ou um café trazido por uma mão amiga.

De manhã, as ruas “acordam” enfeitadas com pétalas, funcho, borras de café e serrim de várias cores com criativos desenhos geométricos e diversos motivos religiosos. Até início da tarde, são milhares as pessoas que visionam os tapetes floridos e que, a partir das 16h30, participam na missa solene na Igreja Matriz seguida da bênção, distribuição de rosas e procissão pelo centro histórico. 

O Largo de Camões, espaço fronteiro ao edifício dos Paços do Concelho, vai ser “ornamentado” por vários trabalhadores da autarquia. Nesta tarefa, contam com a colaboração de elementos de uma associação de Ponteareas, localidade galega que dista sensivelmente 15 quilómetros de Monção.

Esta amabilidade de nuestros hermanos será retribuída na Festa do Corpus Christi com uma comitiva de trabalhadores locais a fazer trabalho semelhante numa rua do casco urbano de Ponteareas. A tradição comum é uma realidade em ambas as margens do rio Minho e o povo, orgulhoso da sua cultura, teima em preservá-la e valorizá-la.

Rosa 02.jpg

Rosa 03.jpg

Rosa 04.jpg

Rosa 05.jpg

Rosa 06.jpg

Rosa 07.jpg

Rosa 08.jpg

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS FOI UM SUCESSO

Festa das Cruzes 2017 superou todas as expectativas

Espaços municipais abertos ao público com uma das melhores médias dos últimos anos; overbooking na restauração em vários dias do evento; taxa de 95 a 100 % de ocupação hoteleira na cidade e arredores; forte highlight e full demand nos dias 1 e 3 de Maio; regresso em força dos visitantes galegos.

Chegou ao fim a Festa das Cruzes 2017. Foram 15 dias de animação, mais de 60 iniciativas que fizeram da Primeira Grande Romaria do Minho o polo de atração turística de excelência da região.

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a edição deste ano foi um verdadeiro sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos.

Para além da excelente taxa de ocupação, nomeadamente no período alto das festas de 29 de abril a 3 de Maio, em que se registou na cidade overbooking, os edifícios municipais abertos ao público receberam neste período mais de 13500 visitantes. Este número atesta bem a fortíssima adesão a que as festas foram alvo, nomeadamente em termos de turismo, com vários circuitos de touring ao Norte a fazerem de Barcelos ponto de visita. Ao mesmo tempo de registar a enorme afluência de público vindo da vizinha Galiza, nomeadamente no período de 29 de abril a 1 de Maio, facto ao qual também não será alheia a aposta que o Município este ano fez naquela área geográfica, nomeadamente com a ação de animação realizada a 23 de abril.

Em termos de restauração este terá sido um dos melhores anos da última década, a avaliar pela informação prestada pelas unidades de restauração, nomeadamente nos fins de semana, feriados, com enfoque para o período de 29 de abril a 3 de Maio em que se registou overbooking na generalidade das refeições.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

Igual cenário registou-se na emblemática Batalha das Flores que contou com a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade, na mais saudável de todas as batalhas.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As rusgas, o Folclore de Rua, o Festival de Folclore, integrado pela primeira vez na programação, os Zés P'reiras, o fogo de artifício, o Bamos às Cruzes!, as bandas filarmónicas e os espetáculos musicais contribuíram grandemente para um evento de sucesso, não apenas para a região, mas também para a vizinha Galiza e para outros visitantes estrangeiros que por aqui passaram.

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS BATE RECORDES

Festa das Cruzes 2017 ainda não terminou e já bateu todos recordes. Festival de Folclore das Cruzes encerra a primeira grande romaria do Minho

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, com mais de 60 eventos, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a Festa das Cruzes foi já visitada por milhares de pessoas, naquela que é a primeira grande romaria do Minho.

O programa da Festa das Cruzes continua com animação diurna e noturna. O encerramento está marcado para o dia 7, pelas 15h00, na Avenida da Liberdade, com o célebre Festival de Folclore das Cruzes. Antes disso, o Bamos às Cruzes! promete animar as noites de sexta-feira e sábado, contando com a presença de Edmundo Vieira, Dj Joana Best, Waterland e Rafman.

A edição deste ano tem sido pautada pelo sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos. A primeira grande romaria do Minho proporcionou a todos os visitantes grandes momentos de extraordinária adesão popular. Até ao momento, de acordo com as estatísticas apresentadas pelo Turismo, Barcelos recebeu já cerca de 1 milhão de visitantes.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

A emblemática Batalha das Flores registou a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores, contando ainda com a adesão dos milhares de espetadores a esta saudável batalha. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As celebrações têm contado com visitantes de todas as freguesias do concelho de Barcelos, mas também de vários pontos do país e mesmo da vizinha Galiza. 

FESTA DAS CRUZES LEVA O MINHO A BARCELOS

Primeira grande romaria do Minho prepara-se para bater recorde

Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional 

Mais eventos, mais dias, mais tradição, a primeira romaria do Minho espera bater recorde de visitantes.

O programa da Festa das Cruzes 2017, que decorre entre os dias 23 de abril e 7 de maio, foi apresentado, hoje, no auditório municipal, pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e contou com a presença do Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e pelo Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso. Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional. 

Apresentaçãobarc.JPG

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos referiu no seu discurso que "a Festa das Cruzes terá muitas iniciativas para todas as idades, não esquecendo a juventude, com um programa alargado do Bamos às Cruzes! que este ano conta com sete noites de diversão no Jardim das Barrocas". 

Para Miguel Costa Gomes, "este ano foi criado um programa divertido e popular que, no final, irá satisfazer a população e quem visitar Barcelos ao longo dos quinze dias da Festa". 

O Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e o Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso, abordaram a parte religiosa, aludindo aos "tapetes de pétalas naturais que estarão expostos no Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz" e ainda das novidades "da Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz que este ano terá alusão ao Ano Mariano". 

Quanto às festividades, os Zés P'reiras, os ranchos folclóricos e as rusgas vão invadir a cidade de música e alegria desde o primeiro ao último dia da Primeira Grande Romaria do Minho.

É uma das maiores festas religiosas do país e este ano une na perfeição o popular, o tradicional e o religioso. Mais de 60 eventos, mais participantes e mais música vão fazer da Festa das Cruzes 2017 um momento único no país. Uma das grandes novidades desta edição é a missa para coro a 3 vozes e orquestra em honra do Senhor da Cruz, à luz das composições do barcelense Miguel Ângelo Pereira, que se realiza no dia 28 de abril, às 19h, na Templo do Bom Jesus da Cruz.

A Festa das Cruzes, uma iniciativa promovida pelo Município de Barcelos, mantém a sua natureza tradicional de cariz religioso, onde, de forma harmoniosa, o popular tem o seu lugar. A Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz, a presença de elementos culturais, etnográficos, folclóricos e populares constituem a matriz deste grande evento, que tem o seu ponto alto a 3 de Maio, feriado municipal, dia consagrado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz. 

O programa compreende ainda um conjunto de eventos e de atividades culturais e recreativas, que mobilizam dezenas de coletividades na cidade e no concelho. 

A aposta no “Bamos às Cruzes!” é grande, com sete noites de divertimento no Jardim das Barrocas, completamente inserido no programa geral da Festas das Cruzes 2017 e que apresenta uma oferta musical variada, desde a atuação de tunas e DJ’s às atuações de Marcus, Fernando Correia Marques, Tino de Rans, MC Barbarella, Edmundo Vieira, e muitos outros, ao longo das sete noites.

Batalha das Flores: um dos momentos mais esperados

A cada vez maior presença de coletividades provenientes de Barcelos e também de público, oriundo não apenas do concelho, mas de outros pontos do país e de Espanha, mostra que a Batalha das Flores, que se realiza no dia 1 de Maio, é já um verdadeiro cartão de visita da Festa das Cruzes, funcionando como um postal ilustrado de Barcelos.

A batalha propriamente dita ocorre nas principais artérias da cidade, quando os dois corsos, de carros decorados, se cruzam e atiram flores de todas as cores e odores, contagiando de alegria para a refrega os milhares de populares que assistem ao espetáculo. 

Arcos de Romaria 

Uma das belezas e tradições da Primeira Grande Romaria do Minho são os arcos que se encontram dispostos em redor do campo da feira e têm como objetivo representar a identidade e as tradições de cada uma das freguesias que compõem o Município. A diversidade dos arcos é grande, considerando os materiais, o tamanho e os elementos representados. Normalmente aparecem engalanados com elementos patrimoniais das freguesias que representam, por peças de artesanato características do local e pelos seus santos padroeiros. 

MÚSICA E CERIMÓNIAS RELIGIOSAS MARCAM FIM-DE-SEMANA DE S. JOSÉ NA PÓVOA DE LANHOSO

Aproxima-se o principal fim-de-semana de Festas de S. José, na Póvoa de Lanhoso. Para além das propostas musicais da Noite da Juventude (17 de março) e da Noite Solidária (18 de março), o programa contempla ainda o principal momento religioso, ou seja, a majestosa procissão em honra do padroeiro (19 de março).

Foto de arquivo - Procissao 2015.jpg

De sexta a domingo, o programa compreende o fim-de-semana gastronómico para divulgar o Cabrito à S. José e as Rochas do Pilar. Esta iniciativa envolve a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, a Associação de Turismo e o Turismo do Porto e Norte de Portugal para além dos estabelecimentos aderentes. Aderiram a esta iniciativa 25 estabelecimentos (restauração e alojamento). Nos mesmos dias, decorre a Mostra de Artesanato e Produtos Regionais de S. José, na Praça Engº. Armando Rodrigues, organizada em colaboração com a Associação de Turismo.

O dia 17 abre com uma tradicional salva de morteiros, pelas 8h00. A noite é dedicada à juventude com as atuações de Boss AC, Os Azeitonas, Meninos do Rio, Miguel Rendeiro e dos Povoenses Sérgio and Margarida e Ruy Vercetti. O espetáculo realiza-se na Praça Eng. Armando Rodrigues, a partir das 21h00. No mesmo local, já está uma tenda para proteger de estados de tempo adversos.

O dia 18 reserva o Encontro de Bombos, a partir das 21h00, na Praça Eng.º Armando Rodrigues, com as atuações de Os Marias, Bombadela e Bombos de Santo André. Pelas 21h45, realiza-se a Largada do Balão de S. José, na Praça Eng.º Armando Rodrigues. Pelas 22h00, começa a Noite Solidária, organizada pela Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, no mesmo recinto, com as atuações de Hélder Baptista e Flash Show. A noite termina, pela 01h00, com fogo-de-artifício, nos Paços do Concelho.

O principal dia das Festas, 19 de março, Dia do Pai, começa com uma salva de morteiros pelas 8h00; com a Feira Franca de S. José, a partir das 9h00, e com o Concurso Pecuário, pelas 10h00, no Pontido, numa organização da Cooperativa Agrícola da Póvoa de Lanhoso. O programa prossegue com a entrada da Banda de Música dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, às 10h15, e pela cerimónia do Hastear da Bandeira, com autoridades civis e religiosas, às 10h30, nos Paços do Concelho. Segue-se a missa Solene de S. José, na Igreja Matriz, às 11h00. Pelas 13h45, dá entrada a Banda Musical de Calvos, seguindo-se o concerto de Música Filarmónica nos Paços do Concelho, às 14h00. Pelas 15h30, dá entrada a Fanfarra do CNE de Garfe e, pelas 16h00, acontece outro dos momentos principais das Festas, que é a Majestosa Procissão em Honra de S. José, pelas principais artérias da Vila. Às 18h00, começa o Encontro de Cantares ao Desafio, na Praça Engº. Armando Rodrigues. As Festas terminam com uma sessão de fogo, pelas 21h00.

PÓVOA DE LANHOSO FESTEJA A S. JOSÉ

  1. José manteve ‘tradição’ das provas desportivas

Para além da realização do Cortejo Histórico e Etnográfico de S. José, que atraiu uma multidão às principais ruas da Vila da Póvoa de Lanhoso, o primeiro fim-de-semana das Festividades Concelhias ficou marcado pela realização das já habituais provas desportivas em diversas modalidades.

atletismo (2).jpg

Todo-o-Terreno, natação, pesca, tiro aos pratos e atletismo foram as modalidades representadas na edição de 2017 do S. José.

“De uma maneira geral, as atividades desportivas correram muito bem, não houve qualquer percalço”, sintetizou a Vereadora do Desporto da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca. Dando como exemplo, o XI Passeio TT Lanhoso, com partida do Monte do Pilar, esta responsável referiu que “participaram pessoas de Ponte de Lima a Ourém e Salto (Montalegre) e que foram muito agradadas pela prova, apesar da sua dureza, e em especial pela sua organização ao ponto de já se quererem inscrever para o próximo ano. Todas as outras atividades também foram muito concorridas, bem organizadas e o tempo ajudou”.

atletismo (1).jpg

Associação TT Lanhoso, Clube de Caçadores da Póvoa de Lanhoso, Sport Clube Maria da Fonte (secção de pesca) e Associação Gonçalo Sampaio foram as entidades que colaboraram com a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso na organização das provas desportivas, este ano.

“De salientar a força do associativismo Povoense, a quem muito devemos, pois assentamos o desenvolvimento das nossas atividades nas associações, que são as responsáveis na organização das diferentes provas, que atraem ao concelho muita gente de fora. A Câmara Municipal dá o apoio logístico/financeiro necessário, mas os recursos humanos são essencialmente das associações e instituições concelhias”, reconhece Gabriela Fonseca.

No domingo, dia 12, houve ainda oportunidade para a realização de mais uma concentração e exposição de motos clássicas, junto aos Paços do Concelho, antes de um passeio. Iniciativa organizada pelo Moto Clube Maria da Fonte. Já o encontro de carochas realizou-se, como vem sendo habitual, no recinto da Feira, numa organização do VW Ar Clube de Portugal, núcleo de Carochas do Berço. 

Carochas (7).jpg

Motas.jpg

Pesca (1).jpg

PESCA CLUBE VENCEDOR.jpg

Tiro (1).jpg

TT (7).jpg

TT (8).jpg