Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO ESTÁ EM FESTA

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado dos vereadores Alfredo Magalhães e Prof. Mário Leite, e de presidentes das Juntas de Freguesia, procederam esta manhã, dia 20 de setembro, à abertura do Portal da Feira de S. Miguel. Associou-se também à iniciativa a Delegada Regional de Basto e Douro da Agricultura e Pescas do Norte, Engª Ana Oliveira, entre outros convidados.

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (1)

A abertura do portal da feira é a recriação de uma antiga tradição, onde minhotos e transmontanos chegavam com os produtos da terra nesta época de colheitas para os comercializarem. Hoje, um grupo de pessoas trajadas à moda antiga reconstituiu essa tradição, trazendo à feira a animação própria da venda e troca desses mesmos produtos.

Participaram nesta iniciativa, emprestando um colorido especial à festa, a Associação Arborada, tocadores de concertinas bem como as crianças do JI6 da Escola Profª Filomena Mesquita e os utentes dos Espaços de Convívio e Lazer do concelho.

O programa das Festas de S. Miguel prossegue esta tarde com a realização dos Jogos sem Fronteiras Infantil no Parque do Mosteiro e a partir das 21h30, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) apresenta ao público nos magníficos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos o espetáculo ‘Salvação’, mais uma grande produção do Centro de Teatro.

As ruas engalanadas, o comércio, os divertimentos e um programa de animação diversificado, onde a tradição se cruza com a modernidade, são, durante os próximos onze dias fatores de atração para os milhares de visitantes que se esperam nesta edição 2017 da Feira e Festas de S. Miguel.

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (2)

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (3)

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (4)

Feira e Festas de S. Miguel arrancaram com grande animação (5)

 

CABECEIRENSES FESTEJAM A S. MIGUEL

Cabeceiras de Basto vive onze dias de Feira e Festas de S. Miguel

Cabeceiras de Basto é a partir de amanhã, quarta-feira, dia 20, e até 30 de setembro, o maior ponto de encontro desta vasta região. Um programa fantástico vai animar a vila de Cabeceiras de Basto ao longo de 11 dias.

Cartaz 2017 - Feira e Festas de S. Miguel

Em época de colheitas agrícolas, esta feira secular que também é festa, mostra aquilo que de melhor se produz na região e dá a conhecer as tradições mais genuínas, de que se destacam a desfolhada tradicional, as corridas de cavalos, o concurso pecuário, as chegas de bois, a garraiada, entre outras, que atraem até ao nosso concelho muitos milhares de visitantes.

O teatro, o cortejo etnográfico, a ronda das concertinas, a Agrobasto e as atuações dos D.A.M.A. e de Zé Amaro são pontos altos do programa festivo, a par da Grandiosa Procissão em Honra de S. Miguel e da Sessão Solene do Dia do Município que se celebra a 29 de setembro, dia de feriado municipal.

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB), que tem vindo a conquistar cada vez mais fãs, apresenta nos magníficos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, o espetáculo ‘Salvação’ que será exibido no primeiro dia de festa, dia 20 de setembro, a partir das 21h30. Um momento muito aguardado pelo público que já se habituou às grandes produções teatrais que o CTCMCB leva à cena.

No panorama musical, o destaque deste ano vai para a atuação dos D.A.M.A., grupo do momento que arrasta multidões por todo o território nacional. O grupo atua no dia 23 de setembro, a partir das 23h00, no Parque do Mosteiro. No dia 22 de setembro, a noite arranca com a ‘Caminhada Glow’ – uma produção do Projeto Raízes com o apoio da Iberdrola – e continua pela noite dentro com a animação de DJ’s que prometem levar a juventude ao rubro.

A par do grupo que lidera o cartaz 2017, a Feira e Festas de S. Miguel ficará, ainda, marcada pela atuação de Zé Amaro, Grupo Quadrângulo e Banda Sabor.

Do vasto programa que animará estas Festas do Concelho, destaque, ainda, para a participação das freguesias no cortejo etnográfico, cujo tema em 2017 é a Água, e para as inúmeras atuações da ‘prata da casa’, desde logo a Banda Cabeceirense, os ranchos folclóricos, os grupos de bombos e cantadores ao desafio, os grupos de tocadores de cavaquinho e concertina, jogo do pau, entre outros ginásios, escolas, clubes e academias locais.

D.A.M.A. - Direitos Reservados (Página Oficial Facebook)

NOSSA SENHORA DA BONANÇA PERCORRE AS RUAS DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

A tradicional procissão em honra de Nossa Senhora da Bonança, padroeira dos pescadores de Vila Praia de Âncora, percorreu ontem as ruas daquela vila minhota do concelho de Caminha.

21557571_1448288768558981_8507517073399958626_n

Numa manifestação de religiosidade, as gentes do mar daquela povoação piscatória levaram em ombros o magnífico andor ricamente adornado, qual masseira típica rompendo as vagas da Fé levando consigo aquela que, não raras as vezes invocada nos momentos de perigo sempre que os pescadores se afoitam no mar tempestuoso, constituiu sempre uma âncora de esperança… e de Bonança!

A bravura das gentes do mar possui a dimensão da sua Fé. E, tal como Simão, chamado Pedro, também elas buscam no mar o sustento das suas família, alimentando o corpo e o espírito fazendo frente às agruras da vida.

As tradicionais festas de Nossa Senhora da Bonança, em Vila Praia de Âncora, são uma das mais pitorescas e concorridas da nossa região.

Fotos: Câmara Municipal de Caminha

21557746_1448283865226138_1596600521209613218_n

21432921_1448288555225669_8102796186254356423_n

21462614_1448283225226202_3537596167861575367_n

21462614_1448287991892392_2451872262343146910_n

21462615_1448288291892362_4117979416859436680_n

21462709_1448288285225696_2303687347116483078_n

21462755_1448284095226115_4486843391715285218_n

21463165_1448288851892306_2496560196438051995_n

21463286_1448284921892699_4114183390722457306_n

21557821_1448288338559024_3680557965852239655_n

21557954_1448284245226100_433767365901694038_n

21558020_1448289395225585_4352345886307982513_n

21558539_1448285848559273_5523699818976761896_n

21616263_1448287665225758_5581437992943422310_n

21616408_1448289475225577_6369292826215339429_n

 

GENTES DE VILA PRAIA DE ÂNCORA FESTEJAM EM HONRA DE SENHORA DA BONANÇA

Nossa Senhora da Bonança é a padroeira das gentes do mar de Vila Praia de Âncora. Mas a festa é também do povo das aldeias em redor, de Vile e Orbacém, da Lage e de Vilarinho.

21462703_1447484351972756_4864316596125750297_n

É dia de festa e as gentes de Vila Praia de Âncora – outrora Santa Marinha de Gontinhães – saiu à rua com os seus trajes característicos e recriaram pedaços da História, dos usos e dos costumes num excelente cortejo etnográfico.

Vila piscatória repleta de tradições, situa-se num vale abrigado a norte pela serra d’Arga e, a sul, pelo Monte de Santa Luzia, o que lhe confere um clima ameno que a torna numa das mais importantes estâncias balneares do Minho.

Rica em vestígios arqueológicos, os seus monumentos atestam a ocupação humana do local desde tempos bastante remotos como testemunha o Dólmen da Barrosa, no sítio chamado da Lapa dos Mouros, e ainda a Cividade de Âncora que nos foi dado a conhecer pelo célebre arqueólo vimaranense Martins Sarmento.

No sítio da Lagarteira onde se encontra um forte abaluartado do século XVII, encontra-se fixada uma comunidade piscatória com origens na vizinha Galiza, razão pela qual não surpreende a participação de bandas musicais de A Guarda.

Os festejos em honra de Nossa Senhora da Bonança constituem uma das festas mais pitorescas da região, atraindo àquela vila minhota muitos milhares de visitantes, apesar da época balnear estar a chegar ao fim.

Fotos: Câmara Municipal de Caminha

21371200_1447478975306627_1994859942028395083_n

21371268_1447478981973293_1126992612280511420_n

21371345_1447481948639663_1131743749164151397_n

21371358_1447479678639890_9061103633193194073_n

21371377_1447479248639933_6675179209723300799_n

21371393_1447483891972802_5768984117081659874_n

21430088_1447479158639942_4730948425723481062_n

21430210_1447478791973312_8995438715662398710_n

21430238_1447481345306390_170469588062758146_n

21430249_1447479085306616_31323458989269839_n

21430456_1447483878639470_8107331764761997143_n

21430564_1447482615306263_2882635910857653597_n

21430642_1447478795306645_3264878979651569784_n

21432867_1447482525306272_3817652858023893068_n

21432875_1447481348639723_5194658387605438017_n

21432887_1447479828639875_7352521559387459862_n

21432986_1447481065306418_9149817411085931544_n

21433147_1447482528639605_4060771575127183679_n

21462248_1447480561973135_3169729704457968519_n

21462257_1447480565306468_9046752622357330655_n

21462292_1447482005306324_3368699674850159831_n

21462532_1447481878639670_7407622544038647073_n

21462559_1447481765306348_8620840011761788464_n

21462739_1447480225306502_5243794344398878703_n

21462878_1447481675306357_2799634433349354982_n

21463237_1447480065306518_1494183325443532774_n

21557452_1447479178639940_5121197948081622371_n

21557495_1447482438639614_5796028465579086534_n

21557608_1447481465306378_8226258953044998299_n

21557687_1447478971973294_2025967988324688186_n

21557972_1447485871972604_8098745930862022206_n

21616153_1447478891973302_4957915747734978558_n

21616153_1447481898639668_1723701279199361658_n

PONTE DE LIMA JUNTA 897 TOCADORES DE CONCERTINA NAS FEIRAS NOVAS A TOCAR A “ROSINHA” EM SIMULTÂNEO E ENTRA PARA O LIVRO DOS RECORDES

Ponte de Lima entrou para o “Guinness World Records” ao juntar 897 tocadores de concertina a tocar em simultâneo a “Rosinha”, uma das mais populares cantigas do cancioneiro tradicional minhoto. E, mais não juntou porque certamente mais não haveria para animar as Feiras Novas.

21463249_10214718006450334_3338003311119670867_n

E, ao som da concertina, a festa continuou noite dentro, com cantares ao desafio e bailaricos no Largo de Camões ou onde surgisse uma concertina para alegrar. Os limianos não se furtam a dançar o vira, a chula e a cana-verde, podendo a festa prolongar-se por tempo indefinido.

As Feiras Novas de Ponte de Lima são festa, feira, estúrdia e romaria – da mais belas e animadas romarias de Portugal!

Fotos: José Carlos R. Vieira

21317754_10214718006930346_4503936783995247138_n

21369227_10214718008010373_2248742205212012892_n

21370829_10214718009570412_1391813794900752175_n

21371274_10214718012890495_3500151024864725157_n

21430109_10214718010130426_3729085284046813759_n

21432781_10214711327963376_3696205642440678698_n

21462245_10214718008650389_874435362667570889_n

21462568_10214718004930296_2802066356445553254_n

FAMALICENSES VÃO À FEIRA RURAL DE JOANE

Arraial Minhoto – Sábado, 16 setembro 2017

PELES – International Drum Fest – Sábado, 16 setembro 2017

9ª Feira Rural de Joane - 17 setemb ro 2017

9º Encontro de Concertinas - 17 setembro 2017

Organizada pelo Grupo Etnográfico Rusga de Joane a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a 9ª edição da Feira Rural de Joane (V.N.Famalicão), decorre no dia 17 de setembro, no Parque da Ribeira, em Joane.

Neste certame, serão evidenciados a venda de produtos hortícolas, frutícolas, vinícolas, animais vivos, trajes, artesanato e tasquinhas tradicionais, através das bancas dos grupos folclóricos que recriam as feiras de finais de séc. XIX.

De acordo com o sucesso obtido nas anteriores edições, a Feira Rural de Joane, pretende recuperar esses locais de comércios ancestral, contando com animação de grupos de folclore e encontro de concertinas, onde qualquer habilidoso e interessado pode participar, as inscrições são gratuitas.

No sábado, dia anterior à Feira Rural de Joane, antecede um arraial minhoto com animação tradicional, em que se destaca uma Desfolhada, onde a interação e participação ativa da comunidade é o grande interesse! Bem como, a edição do PELES– International Drum Fest, um festival internacional de grupos de precusão que animarão grande parte do sábado, organizado pelo CAISA e Toca – Centro de Artes.

PROGRAMA:

Sábado, 16 SET

Tarde e noite - 2º Festival ‘PELES - International Drum Fest’ (organizado pela CAISA)

21h - Desfolhada Minhota - para a comunidade participar

22h - atuação do Rancho Etnográfico Santa Maria de Touguinha – Vila do Conde

22h30 – concerto no âmbito do ‘Peles

Domingo, 17 SET

9h às 19h - Feira Rural de Joane – mercado à moda antiga

15h – Atuação do Grupo Folclórico Assoc. Cult. Recreativa Senhora da Aparecida – Lousada

16h – 9º Encontro de Concertinas de Joane

21150475_1504971909548788_6106184026843094818_n