Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIZELENSES OFERECEM TREMOÇOS AOS AUTARCAS

Comissão de Festas de S. Gonçalo entregou tremoços na Câmara Municipal

O Presidente da Câmara Municipal recebeu esta manhã a Comissão de Festas de S. Gonçalo. Esta visita decorreu no âmbito da distribuição de tremoços pela população, que faz parte da tradição das Festas de S. Gonçalo, que decorrem até dia 14 de janeiro.

CFS Gonçalo CMV

A Comissão de Festas de S. Gonçalo ofereceu um cesto com tremoços aos trabalhadores da Autarquia.

As Festas de S. Gonçalo, em S. Paio, continuam no próximo fim de semana com várias atividades, destacando-se o domingo, onde se realiza o cortejo com os tremoços e o vinho de S. Gonçalo, que serão depois benzidos e distribuídos a todos os presentes na festa.

De destacar ainda a procissão em honra de S. Gonçalo, às 16.30h, encerrando a festa às 19.00h com fogo-de-artifício.

SEMANA SANTA DE BRAGA É EVENTO SINGULAR NO CONTEXTO IBÉRICO

Solenidades decorrem de 23 de Março a 1 de Abril

De 23 de Março a 1 de Abril, a Cidade volta a viver um dos seus momentos maiores com a realização da Semana Santa. Considerada a mais vistosa e famosa de todas em Portugal, a Semana Santa de Braga trará à Cidade milhares de pessoas que poderão tomar parte de um evento único, repleto de tradições seculares.

CMB11012018SERGIOFREITAS00000010430

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, a Semana Santa é um evento que marca a diferença no plano ibérico ao nível das festividades religiosas. “Com uma matriz marcadamente religiosa, a Semana Santa possui também uma dimensão cultural que é reforçada todos os anos com a realização de exposições e concertos, enriquecendo a experiência de quem nos visita”, referiu o Autarca durante a apresentação do evento que decorreu hoje, dia 11 de Janeiro.

As parcerias são também a chave do sucesso da Semana Santa e o “testemunho renovado de um espírito que tem estado muito presente ao longo de todo o ano na Cidade nas mais diversas áreas”. O Edil elogiou “a união de vontades e esforços de todas as entidades que integram a Comissão Organizadora da Semana Santa, assim como o envolvimento de Juntas de Freguesia, paróquias, associações e cidadãos que, em nome individual, que tornam possível a concretização do evento”.

Na ocasião, Ricardo Rio reafirmou o compromisso do Município no apoio à Semana Santa através da atribuição de um apoio financeiro de 45 mil euros, a que acresce todo o apoio logístico e a realização de exposições e outras iniciativas que integram o programa oficial.

“A Semana Santa é um momento da nossa vida colectiva que tem associado um peso económico fortíssimo. É tempo dos agentes económicos da Cidade devolverem uma pequena parte do enorme retorno dos investimentos que são feitos por todas estas entidades. Celebrações como a Semana Santa ou o S. João tem de ter o financiamento directo dos agentes da Cidade”, defendeu o Autarca.

CMB11012018SERGIOFREITAS00000010436

Comissão institui Prémio de Investigação Cónego Jorge Coutinho

Já para o presidente da Comissão Organizadora do evento, a Semana Santa é um evento gerador de inúmeras sinergias na Cidade e na região que actualmente ultrapassa, e muito, esta circunscrição. “É dentro deste quadro que nos situamos ao falarmos da Semana Santa em Braga como um acontecimento religioso, que tem implicações culturais e económicas nos diversos sectores da sociedade. É esta a razão pela qual estamos a incrementar, paulatinamente, uma maior envolvência de diversos parceiros e públicos na realização da Semana Santa”, salientou o cónego Luís Miguel Figueiredo.

Para além dos apoios económicos, aquele responsável considera necessário “potenciar a envolvência que cada Bracarense e que cada instituição da Cidade pode ter com a Semana Santa. Sem esta participação, não poderemos manter a qualidade daquilo que é o mais típico e mais apreciado: as procissões e celebrações religiosas”.

O cónego Luís Miguel Figueiredo anunciou ainda o Prémio de Investigação Cónego Jorge Coutinho, instituído pela Comissão da Quaresma e Solenidades da Semana Santa de Braga. “Estamos conscientes de que a investigação académica ajuda à sua melhor compreensão e, por isso mesmo, a dignificar a nossa Semana Santa. Este prémio será bienal, com a primeira edição no final deste ano civil”, revelou.

Município promove quatro exposições

A programação da Semana Santa contará este ano com quatro exposições da responsabilidade do Município e ainda a realização de uma sessão sobre a história da devoção de Nossa Senhora das Dores.

Assim, de 9 de Março a 15 de Abril, a Casa dos Crivos terá patente a exposição ‘Paixão’, uma mostra colectiva de artistas com a curadoria dom escultor Bracarense Alberto Vieira. Entre os dias 5 e 31 de Março, decorrerá a exposição ‘A Mater Dolorosa na Cidade de Braga’, na Galeria do Salão Medieval da Reitoria da UMinho. Trata-se de mostra histórica e documental sobre um dos ideários devocionais que mais significativo se tornou nas dinâmicas promovidas na Quaresma e na Semana Santa de Braga.

‘Redenção’ é o tema da exposição de esculturas em ferro da autoria do artista galego Raimundo Rubal Nogueira que estará no topo norte da Avenida da Liberdade, de 17 de Março a 5 de Abril.

De 3 de Março a 14 de Abril, o Museu da Imagem terá patente a exposição ‘Páscoa – Braga 1996-2016’, da autoria do consagrado fotojornalista Alfredo Cunha.

“Nossa Senhora das Dores nos Congregados” é o tema da sessão que terá lugar no dia 14 de Março, às 21h30, na Basílica dos Congregados e que terá como convidados Monsenhor Silva Araújo e Rui Ferreira.

programa completo, com as celebrações religiosas, os concertos e espectáculos, exposições e visitas guiadas, pode ser consultado em https://goo.gl/odMw3G

CMB11012018SERGIOFREITAS00000010438

CERVEIRENSES BRINDAM À CHEGADA DO ANO NOVO

Cerveira brinda a 2018 com animação dentro e fora de portas

Vila Nova de Cerveira volta a sugerir uma festa de Réveillon com um ambiente propício para famílias e grupos de amigos! O sucesso do ano passado leva a autarquia a repetir a proposta: atuação do Conjunto Show Band no Terreiro e 12 DJ’s animam a noite no Castelo. De entrada livre, a garantia é receber 2018 com diversão até de madrugada.

noite velha 2017

A ‘Noite Velha no Castelo’ já faz parte do roteiro das Passagens de Ano da região. A 4ª edição desta festa volta a ter animação dentro e fora de portas, atraindo um vasto público que escolhe Vila Nova de Cerveira para dar as boas-vindas ao novo ano.

A concentração faz-se pelas 22h30, no Terreiro, para presenciar a atuação do Conjunto Show Band. Para a contagem das 12 badaladas, a autarquia oferece champanhe e uvas passas para vislumbrar um colorido espetáculo de fogo-de-artificio com um merecido brinde e os habituais desejos e resoluções para 2018.

Da rua para o Castelo! A festa continua pela noite dentro e só termina de madrugada. A ‘Noite Velha no Castelo’ apresenta três espaços musicais diferentes, com um vasto e rico conjunto de 12 DJ’s: no Glass Room, as presenças de Michael Klein, Fauvrelle, Ruuar e Urze; no Dance Room, Warn Up, Diego Morales, Nuno Rodrigues e Cheky Drums; e no Disco Room, Pedro Pagodes, Pedro Lima, Paulo Ribeiro e Marco Pires.

Receba 2018 com animação e glamour, venha a Vila Nova de Cerveira!