Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO PROMOVE BATALHA CRIATIVA DEDICADA AO BRANDING

Iniciativa decorre esta quinta-feira, na Casa das Artes, a partir das 15h00

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão recebe amanhã, quinta-feira, 23 de novembro, um conjunto diversificado de especialistas em gestão de marcas, comunicação, marketing, imagem e inovação que vão participar numa Batalha Criativa, promovida pela Câmara Municipal, através do Famalicão Made In e com o apoio da Leica.

A abertura da iniciativa está marcada para as 15h00 e contará com a intervenção do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Pensadores e fazedores, empreendedores por conta própria ou de outrem, representantes de diferentes gerações, setores, dimensões empresariais, intervirão procurando apresentar pontos de vista, expondo experiências, suscitando dúvidas, relacionadas com as mais diversas matérias em torno da gestão, do marketing, da comunicação, da imagem, da inovação, com especial foco nas questões ligadas ao Branding.

A iniciativa está inserida no projeto Empresariato, lançado pela Câmara Municipal com o objetivo de afirmar Vila Nova de Famalicão como a capital do pensamento empresarial, e surge no seguimento da edição do ano passado que decorreu na Continental Mabor em torno do tema da “Internacionalização”.

A promover a Batalha Criativa de amanhã estará Vítor Tavares, pioneiro em Portugal na investigação sobra a gestão da marca em PME; Raquel Costa, responsável pela Estratégia e Desenvolvimento do mercado Europeu da Swarovski Professional; António Madureira, arquiteto e apaixonado pela fotografia que durante mais de 40 anos colecionou máquinas fotográficas da Leica; Paulo Silveira, Diretor Comercial na Leica Camera Comercial; e Fernando Rodrigues, o CEO & Founder do NeuroMarketICN – Intelligence Consumer Neuroscience Agency. A moderar estará Ana Santiago, uma apaixonada pelas questões do Branding que, na última década, publicou artigos e conduziu palestras sobre marca e marketing pessoal.

FAMALICÃO ASSINALA DIA DA FLORESTA AUTÓCTONE

Amanhã, dia 23 de novembro, pelas 15h30, na Escola Básica Júlio Brandão

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, inaugura amanhã, quinta-feira, dia 23 de novembro, pelas 15h30, o primeiro berçário de árvores eco-escolas do concelho, localizado na Escola Básica Júlio Brandão, no centro da cidade.

O momento, que se insere nas comemorações do Dia da Floresta Autóctone promovidas pela Câmara Municipal, antecede a assinatura do primeiro acordo de parceria entre a autarquia famalicense e o proprietário de um terreno privado para a sua reflorestação com espécies autóctones.

Refira-se que ambas as iniciativas decorrem no âmbito do projeto municipal “25 mil árvores para 2025”, cujo grande objetivo que passa pela reabilitação de aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras.

VOZ DE “VIDA SELVAGEM” COMENTA “HOME” EM FAMALICÃO

Eduardo Rêgo é o convidado da sessão deste mês da iniciativa “Um Livro, Um Filme”

O locutor do programa semanal “Vida Selvagem”, Eduardo Rêgo, tem regresso marcado a Vila Nova de Famalicão. O famalicense, que é a companhia das manhãs de domingo de muitos portugueses, vai estar esta sexta-feira, dia 24, pelas 21h30, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel, para assistir e comentar o filme “Home: o mundo é a nossa casa”, de Yann Arthus-Bertrand.

Eduardo Rêgo recebeu este ano da autarquia famalicense a medalha de méri...

Eduardo Rêgo é o convidado da sessão deste mês de “Um Livro, Um Filme”, iniciativa que a Casa-Museu de Camilo promove desde 2006 e que todos os meses convida uma figura da cultura e das artes para apresentar um filme, preferencialmente baseado numa obra literária. A entrada é gratuita.

Para exibir e comentar, o locutor famalicense escolheu “Home: o mundo é a nossa casa”, documentário em que Yann Arthus-Bertrand nos leva numa viagem à volta da Terra, para que possamos contemplá-la e entendê-la. “Em 200 mil anos na Terra, a Humanidade tem perturbado o equilíbrio do planeta, estabelecido por quase 4 biliões de anos de evolução. O preço a pagar é alto, mas é tarde demais para ser pessimista: a Humanidade tem apenas 10 anos para inverter esta tendência e tornar-se consciente da extensão total da destruição da Terra e alterar os seus modelos de consumo. Yann Arthus-Bertrand, o realizador, traz-nos imagens aéreas únicas de mais de 50 países para partilhando esperanças e receios num filme que lança a primeira pedra do edifício que, todos juntos, teremos de reconstruir”.

Recorde-se que Eduardo Rêgo recebeu este ano da autarquia famalicense a medalha de mérito municipal cultural, na sessão solene comemorativa do 32.º aniversário do Dia da Cidade. Nasceu em 7 de abril de 1951 e é natural da freguesia de Louro, em Vila Nova de Famalicão. Ingressou na Rádio Renascença em 1978, tendo posteriormente colaborado com a RTP e a SIC. Foi distinguido pelo Município de Mainz, na Alemanha, pela difusão da cultura portuguesa. Nos últimos 30 anos tem-se dedicado à sensibilização ambiental, sendo o responsável pela versão portuguesa de centenas de documentários sobre a natureza. É considerado com uma das melhores vozes da comunicação social a nível nacional. Além disso, fundou Loving The Planet – GAL (Global Association for Life), à qual preside.

CARPINTARIA S. JOSÉ EM FAMALICÃO PRODUZ O VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS PARA O INTER DE MILÃO E O

Inter de Milão e Atlético de Madrid confiam lojas oficiais à Carpintaria S. José

Já assinava as lojas oficiais do Barcelona e do Paris Saint-Germain, mas associou mais dois ‘títulos’ ao seu ‘palmarés’. A Carpintaria S. José, de Vila Nova de Famalicão, executou também as lojas oficiais do Atlético de Madrid, no recém-inaugurado Estádio Wanda Metropolitano, em 2017, e do Inter de Milão, em 2016. O convite para a construção de todo o mobiliário e acessórios partiu dos próprios clubes e do seu principal patrocinador, a Nike.

Loja Oficial Atlético Madrid

Mas há mais. Depois de conquistar a Europa com a instalação das lojas Massimo Dutti, Salsa, Punt Roma, entre outras marcas globais, o reconhecimento de qualidade que a Carpintaria S. José passou a ostentar permitiu à empresa famalicense ser agora também o fornecedor exclusivo para a instalação das exclusivas lojas HoH - Foot Locker, instaladas nas mais luxuosas e emblemáticas ruas e avenidas de muitas das principais cidades europeias, como Paris, Londres, Roma, Roterdão, Praga e Munique.

Fundada em 1989, a Carpintaria S. José goza do estatuto PME Excelência atribuído pelo IAPMEI. 

Loja Oficial Inter de Milão

FAMALICÃO RECEBE 10º ENCONTRO DE SERVIÇOS DE APOIO ÀS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Esta sexta e sábado, 24 e 25 de novembro, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

“Bibliotecas: da utilidade à necessidade” é o tema do décimo Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, que decorre esta sexta e sábado, dias 24 e 25 de novembro, em Vila Nova de Famalicão.

Encontro vai decorrer na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

O encontro destina-se a bibliotecários municipais, professores bibliotecários, equipas das bibliotecas escolares, educadores de infância e professores do ensino básico e secundário das escolas/agrupamentos.

O primeiro dia do evento decorrerá na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e contará com a realização de várias conferências de enquadramento do tema, destacando-se a presença da Coordenadora da Rede Nacional de Bibliotecas Escolares, Manuela Pargana Silva, e dos escritores Gonçalo Cadilhe e Filipe Morato Gomes. O segundo dia da iniciativa, sábado, dia 25, ficará marcado por mais de uma dezena de workshops formativos dedicados às mais diversas áreas da biblioteconomia, que terão lugar na Escola Secundária Camilo Castelo Branco.

Demonstrar o papel que as bibliotecas escolares e municipais desempenham na formação de leitores competentes, autónomos e críticos e debater sobre a dimensão estratégica que estes espaços públicos de leitura representam na atual sociedade da informação são os grandes objetivos desta iniciativa, organizada pela Câmara Municipal em parceria com o Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão e o Centro de Formação de Associação de Escolas de Famalicão (CFAE).

FAMALICÃO DISTRIBUI ÁRVORES PARA ADOÇÃO

Autarquia promove este fim-de-semana nova campanha de adoção de árvores e disponibiliza 13 espécies

No próximo sábado, dia 25 de novembro, os famalicenses vão poder adotar, de forma gratuita, 3 de 17 espécies de árvores e arbustos autóctones para plantarem em casa. A iniciativa vai decorrer entre as 9h00 e as 13h00 na Praça Cupertino de Miranda, no centro da cidade, e é já a segunda ação do género que a Câmara Municipal de Vila Nova Famalicão promove no âmbito do seu projeto “25 mil árvores para 2025”.

Campanha de adoção de árvores decorre este sábado (1)

A campanha de adoção de árvores deste sábado é uma das várias ações inseridas no programa das comemorações do Dia da Floresta Autóctone, que se assinala esta quinta-feira, 23 de novembro, dia em que será inaugurado, na Escola Básica Júlio Brandão, o primeiro berçário de árvores eco-escolas do concelho, e onde será assinado o primeiro acordo de parceria entre a autarquia famalicense e o proprietário de um terreno privado para a sua reflorestação.   

Este é já o segundo berçário de árvores lançado pela Câmara Municipal de Famalicão. Recorde-se que o primeiro foi lançado em setembro de 2016, no horto municipal, e que é nestes espaços que estão a crescer as árvores que vão ajudar a concretizar o grande objetivo do projeto municipal “25 mil árvores para 2025”, que passa pela reabilitação de aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras.

Ainda no âmbito das comemorações do Dia da Floresta Autóctone, destaque para mais três iniciativas que irão decorrer nos próximos dias em Famalicão. Na sexta, dia 24, vão ser distribuídas sementes autóctones pelas 19 Eco Escolas do concelho; no domingo, dia 26, o Devesa em Família vai pôr as famílias famalicenses a semearam espécies autóctones, e no próximo dia 29, quarta-feira, terá lugar em Nine, entre as 14h00 e as 17h00, uma ação de reflorestação de dois quilómetros de margens do Rio Este.

Campanha de adoção de árvores decorre este sábado (2)

ESCOLA EM FAMALICÃO APRESENTA INOVAÇÕES CURRICULARES

Novos “mundos” na educação do 1.º ciclo em Famalicão. Paulo Cunha visitou Mundos de Vida e ficou a conhecer inovações curriculares, com o mandarim e o método de Singapura na matemática

Na Mundos de Vida, as aulas de matemática começam sempre com as crianças sentadas em carpetes a ouvir uma história. A história tem um problema e as crianças têm que encontrar estratégias para resolvê-lo. Discutem, debatem, apresentam argumentos uns aos outros e por fim chegam a uma conclusão ou a várias. Se conseguirem mais de três estratégias para resolver o problema é um “clever day”, um “dia inteligente”, em que as crianças se superam a si próprias.

image55328

Assim é o método de Singapura para o ensino da matemática, um método inovador em Portugal, que a Mundos de Vida adotou para as crianças do 1.º Ciclo com a colaboração da Escola Superior de Educação do Porto.

A implementação do método de Singapura e a introdução do mandarim no currículo do 1.º ciclo são duas novidades que levaram o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, a visitar o colégio da Mundos de Vida, a funcionar em Lousado, no âmbito do Roteiro pela Inovação.

image55319

Estes dois inovadores projetos vêm juntar-se ainda ao ensino bilingue com aulas lecionadas em português e inglês ao 1.º ciclo que arrancou há já dois anos. Para Paulo Cunha “a Mundos de Vida é uma instituição cujas boas práticas fazem parte do seu ADN e do seu dia-a-dia. O mandarim e o método de Singapura são dois novos projetos que muito influenciam o percurso educativo destas crianças e são uma forma inovadora de ensinar, de motivar a aprendizagem e criar condições para que as crianças também despertem para a inovação e sejam amanhã cidadãos mais qualificados e empreendedores”.

“Devagar que eu tenho pressa” é a máxima do método de Singapura, que classifica os seus alunos no topo dos exames de matemática desde meados da década de 1990.

Para o diretor da Mundos de Vida, Manuel Araújo, “a escolha deste método do ensino da matemática mobilizou toda a instituição e os seus recursos. Em abril passado, os responsáveis da disciplina frequentaram uma ação de formação em Londres e temos contado com o apoio da Escola Superior de Educação do Porto”, salientou o responsável.

“Com este método, as crianças aprendem desde cedo a pensar e a fortalecer o seu raciocínio, desenvolvendo processos de metacognição, isto é, pensar sobre o seu próprio pensamento, como fizeram e porque é que fizeram. E partem sempre do concreto par chegar ao abstrato”, explicou a professora da Escola Superior de Educação do Porto, Dária Fernandes. Para a responsável este método tem ainda outra vantagem que é a “diferenciação pedagógica, ir à individualidade e chegar a todos os alunos, conseguindo bons resultados”.

E se a Mundos de Vida é a primeira escola do país e introduzir o método de Singapura é também a primeira do distrito de Braga a adotar o mandarim como disciplina curricular do 1.º ciclo. Na sala de aula já se ouvem as primeiras palavras em mandarim graças ao protocolo que a instituição celebrou com o instituto Confucio da Universidade do Minho.

Segundo a Pró-Reitora da Universidade do Minho, Carla Martins “as crianças aprendem muito facilmente qualquer língua, portanto esta é a altura ideal para ensinar”. A responsável salientou ainda que para além do ensino do mandarim, o protocolo celebrado enquadra também a disseminação da cultura chinesa, o que nos dias de hoje é fundamental.

A Mundos de Vida apresentou ainda mais dois projetos: uma biblioteca de rua dentro de uma cabine telefónica ao estilo britânico onde qualquer pessoa é convidada a levar um livro por troca com outro; e um semáforo que controla o ruído durante as refeições.

O Colégio da Mundos de Vida foi inaugurado em 2015 e tem três turmas com 25 alunos cada.

image55316

FAMALICÃO HOMENAGEIA RITA BLANCO

Rita Blanco homenageada na gala final do Ymotion. Encerramento do concurso de cinema jovem decorre este sábado, dia 25, na Casa das Artes

Rita Blanco é, indiscutivelmente, uma das mais respeitadas e conceituadas atrizes portuguesas da sua geração e os seus mais de 30 anos de carreira vão ser passados em revista este sábado, 25 de novembro, em Vila Nova de Famalicão, na gala final do Ymotion – Concurso e Mostra de Cinema Jovem.

Rita Blanco

A homenagem à atriz, considerada um exemplo de profissionalismo para as gerações mais jovens, será um dos pontos altos da noite de encerramento do festival, que decorrerá na Casa das Artes, a partir das 21h30.

“Pensar na ficção audiovisual portuguesa contemporânea, quer seja em cinema ou em televisão, é ser confrontado com a excelência e versatilidade do trabalho de Rita Blanco. E o termo “confrontado” não é inocente: sobretudo nos projetos que desenvolveu com João Canijo, Rita Blanco é uma presença tão orgânica e real que se transforma no espelho de nós próprios, obrigando-nos a lidar com todas as nossas falhas e com algumas das nossas qualidades também”, explica a propósito da homenagem o argumentista Tiago R. Santos, que a par de Mário Augusto e Rui Pedro Tendinha, é um dos embaixadores do Ymotion 2017.  

Mas a gala final deste sábado ficará ainda marcada pela revelação dos vencedores da edição deste ano do concurso, com especial enfoque no vencedor do Grande Prémio Joaquim de Almeida.

Até lá, as 28 curtas de jovens realizadores nacionais admitidas pelo júri do concurso vão poder ser apreciadas pelo público através de uma mostra que arrancou no passado sábado, na Casa da Juventude, com a presença do realizador Ricardo Leite, autor do filme “A instalação do medo”, galardoado com o “Prémio Sophia Estudante” atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema; do humorista, locutor e apresentador de TV, Fernando Alvim, e da vereadora da Juventude da autarquia famalicense, Sofia Fernandes.

Depois da sessão de arranque deste sábado, a Casa da Juventude volta a exibir os trabalhos finalistas até dia 23 de novembro, com sessões diárias de entrada livre que incluem a votação dos espetadores para o prémio do público. A mostra de cinema vai também passar pela Casa de Esmeriz, em Esmeriz, no dia 23, pelas 21h00.

Um workshop de Acting para Cinema, com a atriz Dalila Carmo, no dia 24 de novembro, no Centro de Estudos Camilianos, e um debate sobre o Novo Cinema Português, com as presenças do jornalista de cinema Rui Pedro Tendinha, do produtor e realizador de cinema João Figueiras, do editor de Cultura do Jornal de Notícias, José Miguel Gaspar, e da atriz Dalila Carmo, no dia 24, pelas 22h00, na Casa das Artes, são outros dos destaques da mostra do Ymotion.

Organizado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através do Pelouro da Juventude, recorde-se que o festival é dirigido aos jovens entre os 12 e os 35 anos, procurando promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português.

Mostra do Ymotion arrancou no passado sábado (1)

Mostra do Ymotion arrancou no passado sábado (2)

YOUON É TECNOLOGIA FAMALICENSE

YouOn integra projeto português de 9,5 milhões para criar produtos na área dos media

A tecnológica famalicense YouOn integra o consórcio de 24 entidades portuguesas que estão a participar num projeto de 9,5 milhões de euros para desenvolver novos produtos na área dos media. 

unnamed

Designado CHIC (Cooperative Holistic View on Internet and Content), este projeto mobilizador visa reforçar a exportação e a presença nacional em mercados internacionais, desenvolvendo e vendendo ao exterior, por exemplo, soluções para a captura e a transmissão dos sinais de televisão de alta resolução de 4k – a designação para a próxima geração que aí vem – através da Internet.

Pretende-se igualmente criar tecnologias de utilização da língua portuguesa falada para implementar a interface de diálogo com o televisor, permitindo que a relação dos programas e canais seja feita através da linguagem, sendo uma alternativa ao uso do comando.

Os produtos desenvolvidos no âmbito do CHIC serão comercializados em 77 mercados internacionais, dos quais se destacam o brasileiro, o alemão, o espanhol, o norte-americano, o russo e o asiático.

Liderado pela empresa Mog Technologie e com uma duração de 36 meses, o projeto CHIC envolve 24 entidades nacionais, entre universidades e centros de investigação, empresas e associações, oriundas dos principais sectores da indústria. É cofinanciado pelo Compete 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à I&D Empresarial.

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE CINEMA

Mostra do festival de cinema jovem de Famalicão arranca este sábado, na Casa da Juventude. Ymotion exibe as 28 curtas-metragens a concurso

É com a exibição da curta-metragem “A instalação do Medo”, que valeu a Ricardo Leite o prémio “Sophia Estudante”, atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema, que vai arrancar este sábado, dia 18 de novembro, pelas 21h30, a mostra de cinema jovem do Ymotion, na Casa da Juventude de Vila Nova de Famalicão.

Ymotion

O jovem cineasta do Porto e o locutor, humorista e apresentador de televisão Fernando Alvim são os convidados da sessão de abertura da mostra do festival, que até dia 24 de novembro, sexta-feira, vai dar a conhecer ao grande público as 28 curtas de jovens realizadores nacionais admitidas pelo júri do concurso organizado pela Câmara Municipal, através do Pelouro da Juventude.

Depois da sessão deste sábado, a Casa da Juventude volta a exibir os trabalhos finalistas nos dias 20, 21, 22 e 23 de novembro. A mostra de cinema vai também passar pela Casa de Esmeriz, em Esmeriz, no dia 19.

Para além da projeção das curtas metragens inscritas para competição no festival, a mostra do Ymotion conta ainda com um workshop de entrada livre de Acting para Cinema, com a prestigiada atriz Dalila Carmo, agendado para o dia 24 de novembro, no Centro de Estudos Camilianos, entre as 15h00 e as 17h30.

Também no dia 24, destaque ainda para a antestreia da longa-metragem “Os Olhos de André”, de António Borges Correia, às 22h00, na Casa das Artes de Famalicão, à qual se segue um debate sobre o Novo Cinema Português, com as presenças do jornalista de cinema Rui Pedro Tendinha, do produtor e realizador de cinema João Figueiras, do editor de Cultura do Jornal de Notícias, José Miguel Gaspar, e da atriz Dalila Carmo.

A gala final do Ymotion está agendada para sábado, dia 25 de novembro, numa cerimónia com entrada livre que decorrerá no pequeno auditório da Casa das Artes, onde serão revelados os nomes dos vencedores da edição deste ano do festival, com especial destaque para o vencedor do Grande Prémio Joaquim de Almeida, a atribuir à melhor curta-metragem em competição.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE VISITA COLÉGIO “MUNDOS DE VIDA”

Paulo Cunha visita Mundos de Vida para conhecer inovações curriculares que vão ser implementadas no 1.º Ciclo,  amanhã, sexta-feira, 17 de novembro, pelas 10h30, em Lousado. Colégio Mundos de Vida introduz mandarim e novo método no ensino de matemática

Crianças do Colégio Mundos de Vida têm acesso a ensino inovador

A Mundos de Vida vai voltar a inovar ao nível do ensino do 1.º Ciclo. Depois de, em 2015, ter avançado com a primeira Escola Bilingue do 1º Ciclo fora dos grandes centros urbanos do Porto e Lisboa, a instituição vai agora introduzir o ensino curricular do mandarim no colégio, em articulação com o Instituto Confúcio da Universidade do Minho, e com a introdução do Método de Singapura no ensino da matemática, com o apoio da Escola Superior de Educação do Porto, o que fará deste colégio de Famalicão o primeiro do país a usar o método de ensino de matemática com melhores resultados mundiais com pedagogia e recursos em todas as turmas do 1.º Ciclo.

As inovações curriculares introduzidas pela Mundos de Vida serão apresentadas publicamente, amanhã, sexta-feira, 17 de novembro, pelas 10h30, na Mundos de Vida, em Lousado, durante uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à instituição enquadrada no Roteiro pela Inovação de Vila Nova de Famalicão.

A Mundos de Vida é uma exemplar instituição de solidariedade social de Vila Nova de Famalicão disponibilizando vários tipos de respostas sociais e educativas para várias gerações. Foi a instituição responsável pelo primeiro serviço especializado de acolhimento familiar do país, designado Procuram-se Abraços. A Missão Pijama é uma iniciativa criada pela Mundos de Vida, em 2012, com a finalidade de sensibilizar o país para o "direito de uma criança crescer numa família", promover o acolhimento familiar de crianças e reduzir o número de crianças institucionalizadas.

FAMALICÃO APRESENTA 4ª MEIA MARATONA

Conferência de imprensa de apresentação da prova realiza-se amanhã, quinta-feira, dia 16, pelas 17h00, na Casa do Território.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o diretor da Runporto, Jorge Teixeira, convidam os órgãos de comunicação social para a conferência de imprensa de apresentação da 4.ª Meia e Mini Maratona de Vila Nova de Famalicão, que se realiza amanhã, quinta-feira, dia 16, pelas 17h00, na Casa do Território, no Parque da Devesa.

image49469 (1)

A prova realiza-se no dia 26 de novembro, às 10h00, e é organizada pela Runporto, em parceria com a Câmara Municipal de Famalicão e a Associação de Atletismo de Braga.  

Para além da corrida cronometrada de 21 quilómetros, a Meia Maratona conta também com uma caminhada de 5 quilómetros, ambas com partida da Avenida do Brasil e chegada no Parque de Estacionamento da Casa do Território, no Parque da Devesa.

FAMALICENSES BENEFICIAM DE CONDIÇÕES FISCAIS PARA REABILITAR EDIFÍCIOS NO CENTRO URBANO

Proprietários do centro urbano já podem candidatar-se ao IFRRU 2020 e beneficiar de condições fiscais excecionais do município. Oportunidade de ouro para a reabilitação urbana em Famalicão

Os empresários e proprietários de edifícios e espaços localizados nas Áreas de Reabilitação Urbana da cidade de Vila Nova de Famalicão, Riba de Ave e Oliveira S. Mateus já podem candidatar-se ao Instrumento Financeiro para Reabilitação e Revitalização Urbanas (IFRRU 2020).

AFS_3396

Este novo instrumento de financiamento nacional, em condições mais favoráveis às existentes no mercado, está disponível desde o passado dia 30 de outubro e pretende facilitar e potenciar a intervenção integrada dos edifícios e do património, conjugando-se com vários benefícios fiscais locais atribuídos pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

“Trata-se de uma janela de oportunidades únicas que se abre com a criação de condições muito especiais para a concretização da reabilitação urbana”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, que desafia os proprietários e empresários de edifícios localizados nas áreas de reabilitação urbana a informarem-se junto do Balcão Único da autarquia e a “aproveitarem este contexto de financiamento excecional, que poderá não se repetir tão cedo”.

Para se candidatarem ao IFRRU 2020, os interessados devem em primeiro lugar solicitar junto do Balcão Único de Atendimento do município o parecer de enquadramento da localização do imóvel, isto é, a prova como o imóvel se encontra dentro das áreas de reabilitação urbana. Este pedido deve ser efetuado por marcação através do telefone 252320900 ou do email camaramunicipal@vilanovadefamalicao.org. De seguida, os proprietários devem solicitar o certificado energético do imóvel e por fim, efetuar o pedido de financiamento junto dos bancos aderentes: Santander, BPI, Millennium e Popular.

Para além das condições excecionais de financiamento, os interessados beneficiam ainda de um conjunto de regalias fiscais definidas pela autarquia, como é o caso da isenção do IMI por um período de 5 anos, isenção do IMT nas aquisições de prédio urbano ou fração autónoma destinado exclusivamente a habitação própria e permanente, dedução do IRS à coleta de 30% (limite de 500€), isenção do IRC, desde que pelo menos 75% dos seus ativos sejam imóveis sujeitos a ações de reabilitação e taxa reduzida de IVA de 6% em empreitadas, para além de uma tributação à taxa reduzida de 5% das mais-valias, uma tributação à taxa reduzida de 5% dos rendimentos prediais, isenção de pagamento das taxas de apreciação de processos e operação urbanística e ainda uma redução de 50 por cento na primeira e na última taxa de vistorias.

“São condições únicas de incentivo para que os privados sintam o conforto financeiro e apoio para que avancem com as obras, promovendo a reabilitação urbana”, explica Paulo Cunha, salientando que da parte da autarquia “faremos tudo o que está ao nosso alcance para tornarmos a nossa cidade e centros urbanos mais atrativos sob todos os pontos de vista. Queremos centros habitados, com espaço para o comércio e também os serviços, queremos os centros com pessoas e para as pessoas”, salienta.

As intervenções apoiadas dizem respeito à reabilitação integral de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos (ou, no caso de idade inferior, que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a 2). Os edifícios reabilitados podem destinar-se a qualquer uso, nomeadamente habitação, atividades económicas e equipamentos de utilização coletiva. No mesmo pedido de financiamento, o IFRRU 2020 apoia medidas de eficiência energética complementares às intervenções de reabilitação urbana.

Todas as informações estão disponíveis em www.vilanovadefamalicao.org

AFS_3401

VILA NOVA DE FAMALICÃO É “CONCELHO PIJAMA”

Dia Nacional do Pijama assinala-se na próxima segunda-feira, dia 20 de novembro em todo o país

Vila Nova de Famalicão é oficialmente um Concelho Pijama. A distinção partiu da Associação Mundos de Vida, promotora do Dia Nacional do Pijama, que se assinala na próxima segunda-feira, dia 20 de Novembro e que tem como objetivo despertar a sociedade portuguesa para a importância do acolhimento familiar de crianças.

AFS_6582

Neste dia em que se assinala também a Convenção Internacional dos Direitos da Criança, milhares de crianças de todo o país vão para a escola vestidas de pijama. O pijama é um símbolo do lar e da família a que todas as crianças devem ter direito e foi isso mesmo que levou a Mundos de Vida, uma instituição de Vila Nova de Famalicão, a avançar, em 2012, com este projeto piloto.

No ano passado, 301 concelhos do país e mais de 200 mil crianças aderiram à iniciativa, o objetivo deste ano é chegar à totalidade dos municípios portugueses.

Em Vila Nova de Famalicão, o Dia Nacional do Pijama é já uma das atividades que faz parte do Plano Educativo do Município, pretendendo-se desta forma incentivar mais escolas e instituições do concelho a aderir à iniciativa.

Além disso, a Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco associa-se ao evento com um conjunto de atividades, horas de conto e oficinas que abordarão a temática da família, da adoção, da solidariedade e os direitos das crianças. As atividades destinam-se a crianças do pré-escolar e 1. Ciclo.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha é “com grande satisfação que recebemos a título de Concelho Pijama, pois trata-se de um projeto de âmbito nacional muito interessante, empolgante, convocante e desafiante para a comunidade, onde através do simbolismo do pijama se reforça o valor da família e acima de tudo o direito fundamental – que devia ser cumprido – de que todas as crianças pudessem crescer num contexto familiar”.

Refira-se que Portugal é o país da Europa, desde há 26 anos, com a maior percentagem de crianças institucionalizadas.

FAMALICÃO É AUTARQUIA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL

Município recebe o galardão pela sexta vez. Vila Nova de Famalicão é uma das autarquias mais familiarmente responsáveis do país

O alargamento da gratuitidade de manuais escolares aos alunos do segundo ciclo, a construção de espaços de brincadeira mais inclusivos, o programa Famalicão em Forma e a criação de um serviço de transporte urbano público destinado a facilitar a mobilidade dos cidadãos dentro da cidade, possibilitando viagens gratuitas, foram alguns dos novos argumentos apresentados por Vila Nova de Famalicão que valeu ao município a renovação do título de Autarquia Mais Familiarmente Responsável. A distinção que acontece pelo sexto ano foi anunciada esta segunda-feira, pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis e o galardão será entregue no próximo dia 29 de novembro pelas 17h00, no Auditório da Fundação CEFA, em Coimbra.

AFS_0526

A autarquia liderada por Paulo Cunha volta assim a ser premiada como um município amigo das famílias, vendo mais uma vez reconhecida a aposta em políticas sociais, desportivas e culturais de apoio aos agregados familiares famalicenses.

Para o autarca “receber este galardão pela sexta vez e pelo quinto ano consecutivo é enorme motivo de orgulho, pois simboliza o reconhecimento nacional pelo investimento da autarquia na qualidade de vida dos seus munícipes e pelas medidas particularmente dirigidas às famílias”.

Na candidatura apresentada, o município de Vila Nova de Famalicão destaca as várias vertentes de intervenção, nomeadamente as políticas orientadas para todas as famílias do concelho, no apoio à sua função de suporte aos filhos mas também aos pais e avós, e ainda às ações destinadas a agregados familiares mais desfavorecidos económica e socialmente, através de ajudas específicas e personalizadas a vários níveis.

Assim, no domínio da educação, para além da oferta dos manuais escolares gratuitos ao 1. E 2.º ciclo sobressai a existência de um terceiro escalão social de apoio às famílias com crianças no pré-escolar e 1.º Ciclo de Ensino Básico (que acresce aos dois escalões nacionais), o Banco de Livros Escolares, os transportes gratuitos, o apoio à aquisição de material didático por parte das famílias mais carenciadas e as bolsas de estudo aos estudantes universitários do concelho. 

Na área social destaca-se o Programa Municipal “Casa Feliz” que ajuda as famílias mais carenciadas do concelho a realizarem obras de renovação das suas habitações e que apoia as famílias que mais precisam no pagamento das rendas, assim como os descontos e isenções nas tarifas de água e saneamento para as famílias numerosas e para as mais necessitadas.

Em matéria fiscal, é uma reconhecida mais-valia para as famílias a estabilidade fiscal do município ao longo dos anos, a fixação da taxa do IMI próxima do mínimo legal (0,35%) e a existência de um IMI familiar, que atribui um desconto no pagamento do imposto de 40 euros para as famílias com dois filhos e de 70 euros para as famílias com três ou mais dependentes.

O acesso das famílias à fruição cultural e à prática desportiva tem também merecido uma atenção especial da autarquia que tem instituído o Cartão Jovem Municipal, o Cartão Sénior Feliz e o Cartão do Voluntário com descontos significativos em diversas atividades e no acesso aos transportes públicos no concelho, para além de outros benefícios.

Recorde-se que o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, em parceira com Instituto da Segurança Social, tendo como principais objetivos acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar.

DSC_7915

"OS GUARDAS DO TAJ" VÃO ESTAR EM CENA EM FAMALICÃO

Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi em Famalicão com “Os Guardas do Taj”. Peça vai estar em cena na Casa das Artes de 23 a 26 de novembro

“Extremamente cómica e surpreendentemente trágica”. Assim é a peça “Os Guardas do Taj”, onde os atores brasileiros Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi interpretam o papel de dois soldados da guarda imperial encarregues de proteger um dos monumentos mais conhecidos do mundo - o Taj Mahal, em Acra, na Índia.

Os Guardas do Taj

A peça, da autoria do norte-americano Rajiv Joseph, vai estar em cena no grande auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, de 23 a 26 de novembro, de quinta a domingo. 

A curiosidade humana, a prepotência dos poderosos e a amizade entre dois homens são os temas centrais deste espetáculo, baseado numa das muitas lendas que cercam o Taj Mahal, segundo a qual os guardas do palácio não podiam falar nem olhar o edifício.

A peça, explicam os dois atores, quebra com o lado romântico associado à construção do Taj Mahal, mandado construir pelo imperador Shah Jahan em homenagem à sua esposa favorita Mumtaz Mahal, mostrando também o lado mais tenso e “menos bonito” da construção deste monumento.

O confronto entre o pragmatismo e o idealismo estará sempre em palco, através das duas personagens. Ricardo Tozzi representa o idealismo e a rebelião que põe em causa o imperador que mandara cortar as mãos aos 20 mil homens que construíram o Taj Mahal. Já a personagem de Gianecchini encarna o pragmatismo, a preocupação em agradar e a obediência cega ao imperador.

Nos primeiros três dias de cena em Famalicão, dias 23, 24 e 25, a peça começa às 21h30. No último dia, domingo, 26, a peça está marcada para as 17h00.

Os bilhetes já se encontram à venda. Têm o custo de 18 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Encenada por Rafael Primot, “Os Guardas do TAJ” é apresentada em Portugal, antes da estreia da peça no Brasil, agendada para janeiro de 2018.

FAMALICÃO INAUGURA ESCOLA DE SEGURANÇA RODOVIÁRIA

Famalicão inaugurou Escola de Segurança Rodoviárias para crianças do 1.º e 2.º ciclo. Aprender as regras de segurança rodoviária é uma brincadeira de crianças

Em Vila Nova de Famalicão é de pequenino que se aprende a respeitar as regras de segurança rodoviária. Isso mesmo comprova o Rodrigo Amorim que, com apenas 8 anos de idade, já sabe identificar vários sinais de trânsito e é o próprio que chama a atenção dos pais quando ultrapassam a velocidade. “Quando vão muito depressa eu digo para terem cuidado e andarem mais devagar e também vou sempre atento aos sinais”,afirma muito seguro de si. Também enquanto peão, o Rodrigo mostra que sabe respeitar as regras, “atravesso sempre na passadeira e olho para os dois lados antes de atravessar”, acrescenta.

image55262

Rodrigo Amorim foi uma das crianças que, nesta segunda-feira, inauguraram a Escola de Segurança Rodoviária de Vila Nova de Famalicão. O projeto que nasceu de uma parceria criada entre a Câmara Municipal e o Museu do Automóvel com o apoio da Continental Mabor está localizado no Lago Discount, em Ribeirão, mesmo ao lado da Oficina de Reparação de Automóveis Antigos.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “a dimensão pedagógica é aquela que mais nos interessa neste projeto e é por ela que lançamos esta iniciativa, apadrinhando o propósito do Museu do Automóvel que trouxe esta proposta com o claro objetivo de ajudar a sociedade a receber um conjunto de competências extremamente uteis para que no dia-a-dia possamos ter menos sinistralidade”.

É assim que o município assume “a segurança rodoviária como um desafio e uma ambição para o futuro”, fazendo da aprendizagem uma brincadeira de crianças, como refere o autarca. “Queremos que estas experiências se realizem num contexto lúdico de brincadeira, mas também de aprendizagem, para que levem estes novos conhecimentos até às suas famílias”.

A Escola de Educação Rodoviária destina-se a crianças do 1.º e 2.º ciclo do concelho de Famalicão, mas também de fora, sendo que as visitas devem ser efetuadas por marcação. As aulas têm uma componente teórica incidindo sobre as regras e sinalização rodoviária. A componente prática realiza-se em carrinhos de pedal ou bicicletas e tem como cenário uma mini cidade com uma área aproximada de 1000 m2, onde não faltam, lojas, postos de abastecimento e até uma réplica dos Paços do Concelho. Os peões, automóveis e bicicletas seguindo as regras de segurança rodoviária circulam pelas estradas, passeios, passadeiras, rotundas, cruzamentos e túneis sob orientação de agentes da Polícia Municipal.

Através das crianças pretende-se chegar à consciencialização dos adultos, mas pretende-se também que este seja um projeto para o futuro, para formar e educar os condutores do futuro. Isso mesmo realçou o diretor do Museu do Automóvel, Amadeu Melo e Silva salientando que “esta é a nossa tentativa de mudarmos mentalidades, começando pelas crianças e tendo como grande objetivo reduzir a sinistralidade”.

Esse é também o grande propósito da multinacional alemã sedeada em Vila Nova de Famalicão, Continental Mabor que apoia o projeto. De acordo com o diretor geral da empresa, Pedro Carreira “este projeto tem tudo a ver com a Continental. Em primeiro lugar pelas crianças que representam o futuro da sociedade e em segundo lugar pelo projeto de responsabilidade social Visão Zero – Zero Fatalidades, Zero Feridos e Zero Acidentes, um projeto que é muito querido para nós em termos de responsabilidade perante o acidente e a tragédia”.

image55265

FAMALICÃO PROMOVE NOVAS IDEIAS DE NEGÓCIO

Alunos da Didáxis vencem “O Meu Projeto é Empreendedor”. Concurso promovido pela Rede Famalicão Empreende revelou novas e inovadores ideias de negócio

Se a ideia dos jovens Miguel Ângelo Ribeiro e José Carlos Pinto, da Escola Didáxis de Riba de Ave, avançar para produção os cidadãos portadores de deficiência em cadeira de rodas vão poder treinar em casa num tapete indoor especialmente concebido para eles. O projeto "MOVE" foi o grande vencedor da edição deste ano do concurso "O Meu Projeto é Empreendedor”, cujos vencedores foram conhecidos na passada sexta-feira, 10 de novembro, numa cerimónia que contou com a presença do vereador da Educação, Leonel Rocha, e do vereador da Economia,  Empreendedorismo e Inovação, Augusto Lima.

Os três projetos vencedores da edição deste ano do concurso

O projeto "All in One Kitchen", que consiste na construção de uma cozinha de tamanho reduzido, valeu aos alunos Ricardo Monteiro e Ricardo Costa da escola profissional FORAVE  o segundo lugar da iniciativa. Já a "Gomalina", ideia de produção de gomas de vinho do Porto e de Licor Beirão, da autoria da aluna Anne Ribeiro, finalista do Externato Infante D. Henrique, alcançou o terceiro lugar. Ao primeiro, segundo e terceiro classificados foram atribuídos prémios no valor de 1000, 500 e 250 euros, respetivamente.  

Referência ainda para as menções honrosas entregues a Mariana Moreira, aluna da Escola Profissional FORAVE, que confecionou uma alheira de carapau e salmão, e a Fábio Mendes e Ivo Castro, alunos do INA –Instituto Nun'Alvres, que desenvolveram um dispositivo  para invisuais de deteção de obstáculos não detetáveis pelas bengalas. 

Recorde-se que o concurso O Meu Projeto é Empreendedor é desenvolvido a partir das salas de aula do ensino profissional de Famalicão com os alunos a serem incentivados adesenvolverem as suas Provas de Aptidão Profissional (PAP) com sentido de proposta ao mercado.

Este ano foram apresentados a concurso 21 projetos relativos ao ano letivo 2016/2017. Os doze finalistas da iniciativa correspondem a ideias desenvolvidas na CIOR, FORAVE, INA – Instituto Nun’Alvares, ALFACOOP, Agrupamento de Escolas D. Sancho I, Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado e Didáxis de Riba de Ave.

O grau de inovação, a exequibilidade e o impacto social e/ou económico da ideia foram os critérios tidos em conta pelo júri da iniciativa. 

Fomentar o empreendedorismo, destacando as Provas de Aptidão Profissional (PAP) mais empreendedoras apresentadas pelos alunos finalistas dos cursos profissionais do concelho, é o grande objetivo da iniciativa.

Projeto desenvolvido pelos alunos Miguel Ângelo Ribeiro e José Carlos Pi...

FAMALICÃO APOSTA NO ENVELHECIMENTO ATIVO

Roteiro pela Inovação deu a conhecer projeto de sucesso de envelhecimento ativo da Fundação Castro Alves: Inovar sem olhar à idade

Os 87 anos de António Sá ainda lhe permitem ir fazendo "algumas brincadeiras". O utente do Centro Social e Paroquial de Vale São Cosme é um dos mais de 400 seniores famalicenses que dão largas à imaginação nos ateliês de cerâmica e pintura artística que a Fundação Castro Alves promove em mais de duas dezenas de instituições do concelho no âmbito do seu Programa de Envelhecimento Ativo.

António Sá

Com a boa disposição que todos lhe reconhecem, António Sá diz que através da sua participação neste projeto já fez e pintou a imagem da Sagrada Família e está agora a começar a fazer a imagem de Santo António inspirado no nome do irmão.

O caráter "inequivocamente inovador" deste programa terapêutico chamou a atenção do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que o escolheu para a jornada de arranque do Roteiro pela Inovação, que aconteceu na passada sexta-feira, 10 de novembro, através do qual o edil vai dar a conhecer as ideias e projetos com caráter de novidade, de empreendedorismo e de diferenciação desenvolvidos no concelho pelas mais variadas instituições, empresas e cidadãos.

E foram duas as razões que levaram Paulo Cunha, que se fez acompanhar pelo vereador da Economia, Empreendedorismo e Inovação, Augusto Lima, a evidenciar, o Programa de Envelhecimento Ativo da Fundação Castro Alves: para demonstrar que a inovação não é exclusiva das empresas, mas sobretudo para demonstrar que a inovação não tem idade e que pode estar presente nas várias faixas etárias. 

"Ao contrário do que muitos possam pensar, os nossos seniores são um verdadeiro ativo social. Podem inovar, podem ser criativos, podem acrescentar valor e a Fundação Castro Alves percebeu isso muito bem, levando avante um programa que os estimula cognitivamente, que os realiza e que é um bom exemplo de Inovação Social", disse Paulo Cunha.

Maximizar a independência e preservar a autoconfiança dos seniores famalicenses são, de acordo com o diretor da Fundação, Bruno Pereira, os principais objetivos deste projeto, que realiza mais de uma centena de ateliês por ano e que já valeu à Fundação Castro Alves o reconhecimento municipal através da atribuição do selo Famalicão Visão 25.

"Para nós é muito importante que hoje possamos contribuir para a melhoria da qualidade de vida de mais de 400 seniores", referiu ainda Bruno Pereira, que não escondeu o objetivo de alargar este "programa de sucesso" a muitos mais seniores que não estão institucionalizados.

Recorde-se que a Fundação Castro Alves foi fundada em 1991 pela mão do Comendador Manuel Maria Castro Alves (1935-1998), como sequência natural e enquadramento jurídico para a meritória obra educativa, artística e cultural, iniciada em 1971 através da criação do então Centro de Arte e Cultura Popular de S. Pedro de Bairro.

Programa já bate à porta de 21 instituições do concelho (1)

Programa já bate à porta de 21 instituições do concelho (2)