Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

“O PAÍS TEM QUE RESISTIR À TENTAÇÃO DO CURTO PRAZO”

Carvalho da Silva e Pedro Roque abriram ciclo de conferências Dr. Carlos Bacelar com debate sobre “O trabalho, 40 anos depois”

“Há demasiada ligeireza em Portugal para com as questões relacionadas com o trabalho. Faltam estudos que ajudem os decisores governamentais a preparar o país para os desafios da modernidade e é urgente fazê-lo. No nosso país há uma tentação pelo curto prazo”. O alerta de Carvalho da Silva surgiu ao longo do debate que manteve na passada sexta-feira, 21 de maio, com Pedro Roque, atual secretário-geral dos Trabalhadores Social-democratas (TSD) na abertura do ciclo de conferências Dr. Carlos Bacelar organizado pela Comissão Política Concelhia do PSD de Vila Nova de Famalicão e moderado pelo deputado à Assembleia da República, Jorge Paulo Oliveira.

DSC_6080

O ex-secretário secretário-geral da CGTP-IN - Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical, apresentou-se sem “complexos” a um debate organizado e participado por uma estrutura de direita e as suas posições sobre o trabalho foram muitas vezes coincidentes com as de Pedro Roque.

Foi o que aconteceu em relação ao entendimento do trabalho enquanto pedra basilar da sociedade que vai muito além de simples fator de produção, sendo fonte de articulação entre as dimensões económica, social, cultural e política e enquanto à importância da entrada em vigor, há 40 anos da Constituição da República Portuguesa como passo decisivo para a defesa dos direitos e das liberdades dos trabalhadores.

A grande divergência fez-se sentir quanto ao peso e papel da economia em relação com o tema. Enquanto para o Secretário-Geral dos TSD a saúde do trabalho está diretamente dependente da saúde económica do país e, por isso, é preciso fomentar a economia e criar uma legislação que impulsione e facilite o investimento, para Carvalho da Silva o Estado deve ter um papel determinante sobre as dinâmicas do trabalho e não pode andar atrás dos avanços e recuos económicos.

A conferência decorreu no café-concerto da Casa das Artes e foi participada por várias dezenas de pessoas. O ciclo de debates iniciado pelo PSD recebeu o nome de Carlos Bacelar em homenagem a esta figura da história famalicense que foi o primeiro Presidente da Comissão Politica Concelhia do PSD, e um dos dois deputados famalicenses à Assembleia Constituinte.

A iniciativa surge na sequência da estratégia de tornar o PSD de Famalicão como um partido cada vez mais aberto à comunidade, puxando simultaneamente o concelho para o centro do debate de assuntos importantes para o país numa perspetiva de contributo construtivo local para a dimensão nacional.

DSC_6077

EMPRESA AGROALIMENTAR PROJETA FAMALICÃO A NÍVEL INTERNACIONAL

Empresa de Requião vai investir 1,5 milhões de euros em nova área de produção. Seara tem novo plano de expansão para diversificar oferta

Com uma história de 42 anos, a Carnes Seara é uma das empresas que fazem de Vila Nova de Famalicão um dos mais relevantes municípios do país no sector agroalimentar. A forte implantação desta atividade económica no concelho é o principal motivo para a importância da criação de um Centro de Competências do Agroalimentar que Paulo Cunha voltou hoje a reivindicar, por ocasião da visita àquela empresa no contexto do roteiro Famalicão Made IN.

Seara(1)

“Em Vila Nova de Famalicão está a formar-se o futuro cluster agroalimentar de Portugal graças ao contributo de empresas de referência nacional e internacional, altamente competitivas e tecnologicamente avançadas. Esta é uma área industrial em franca expansão, pelo que o país deve dar a melhor atenção a esta nossa bem fundamentada ambição”, disse.

Tome-se a empresa de Requião, hoje visitada, como exemplo. Especializada no abate e na transformação de suínos, a Seara prepara-se para investir 1,5 milhões de euros para modernizar e expandir a área de produção e assim corresponder ao aumento esperado do volume de produção – isto depois de há dez anos ter realizado um forte investimento em novas instalações, atualmente já com 19 mil m2.

Os objetivos deste projeto de investimento, que a Câmara de Famalicão já declarou como de interesse municipal ao abrigo do regulamento Made 2IN, por causa dos empregos diretos e indiretos que vão ser criados, estão definidos. “Passam por aumentar a produção em cerca de 20 por cento, ganhar novos mercados e desenvolver novos produtos”, explicou o administrador Fernando Oliveira, a segunda geração da família na gestão da empresa.

A Seara exporta para Angola, Moçambique, Cabo Verde, Espanha e França e prevê reforçar a importância das exportações – que representam 13 por cento do volume de negócios. Quanto à produção de novos produtos, esta estratégia desenhada permitirá um crescimento de 15 por cento.

A nova área de produção estará concluída no início de 2017 e ficará equipada com tecnologia de ponta para “garantir a melhor qualidade e uma resposta eficaz aos desafios do mercado global”, apontou ainda o empresário.

O sucesso da Seara, fundada em 1974 por Francisco de Oliveira e Maria Leonor Seara, mede-se também pelos números que contabilizou em 2015: 31 milhões de euros em volume de negócios e 17 mil toneladas de produtos comercializados, a que acrescem 200 colaboradores e mais de 800 clientes.

Paulo Cunha referiu-se à Seara como uma empresa “dinâmica e arrojada, que aposta na inovação e produz de acordo com padrões de excelência”. O Presidente da Câmara elogiou a determinação dos seus gestores para realizar este novo investimento, congratulando-se com o momento áureo que a empresa atravessa. “O seu crescimento reflete a boa organização, o dinamismo e o saber acumulado de quem a dirige”, concluiu.

Seara(2)

FAMALICÃO PREMEIA MÉRITO DESPORTIVO

Câmara vai entregar “Famalicenses D’Ouro” na I Gala do Desporto

No próximo dia 9 de outubro, Vila Nova de Famalicão vai conhecer os seus “Famalicenses D’Ouro”, naquela que será a primeira Gala do Desporto promovida pela Câmara Municipal. Homenagear os diferentes atletas, associações e clubes do concelho que na última época se destacaram pelos resultados de mérito nacional e internacional é o principal objetivo da iniciativa.

Gala do Desporto

O evento foi apresentado publicamente na passada sexta-feira, dia 20 de maio, numa conferência de imprensa realizada precisamente no local que em outubro será palco da cerimónia – o Pavilhão Municipal.

Para o vereador do Desporto da autarquia, Mário Passos, a realização desta gala “é o interpretar dos sentimentos e vontades dos dirigentes, atletas e praticantes de desporto do concelho, cujos feitos têm elevado o nome de Famalicão”.

E acrescenta: “queremos que as nossas crianças façam cada vez mais desporto nos clubes e associações do concelho. Queremos incutir uma cultura de sucesso na sociedade famalicense e esta gala vem dar a conhecer o rosto dos nossos campeões”.

No lançamento do evento, marcado pela apresentação do galardão “Famalicense D’Ouro”, estiveram também presentes dois dirigentes desportivos cujos clubes conquistaram, este ano, títulos a nível nacional. Falamos do presidente do Atlético Voleibol Clube, Rui Martins, e da Diretora Desportiva do Futebol Clube de Vermoim, Natália Ribeiro, que veem com satisfação a realização desta iniciativa.

“Esta gala vem dar mais relevância à importância que o desporto tem na vida dos famalicenses e para os atletas será o reconhecimento público da excelência do seu trabalho, do esforço que fazem diariamente para serem cada vez melhores e uma motivação extra para que continuem a ser modelos na nossa sociedade”, disse Natália Ribeiro.

“Associação/Clube Desportivo do Ano”, “Dirigente do Ano”, “Treinador do Ano”, “Atleta Revelação do Ano”, “Árbitro do Ano”, “Evento Desportivo do Ano” e “Prémio Excelência” são as sete categorias a votação, cujos vencedores serão escolhidos por um painel de jurados composto por 14 individualidades ligadas ao mundo do jornalismo. Para além dos “Galardões do Júri” serão ainda entregues os “Galardões dos Campeões” que serão diretamente atribuídos a todos os atletas e equipas que na época desportiva em questão, tenham vencido competições de nível internacional e/ou nacional.

Refira-se ainda que para receberem o troféu todos os atletas, clubes e associações terão de apresentar a respetiva candidatura ao prémio até ao dia 31 de julho, mediante preenchimento de formulário disponível no Portal do Município, em www.vilanovadefamalicao.org.

FAMALICÃO QUER CRIAR CORREDORES NATURAIS NAS MARGENS DOS RIOS

Paulo Cunha apresentou projeto “Os Nossos Rios”

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão quer criar corredores naturais e ecológicos nas margens dos rios que atravessam o concelho, respeitando e valorizando a fauna e a flora existentes. “Queremos recuperar os antigos caminhos de pescadores, tornar os rios visitáveis e permitir à população usufruir destas magníficas paisagens, sem ferir o ecossistema existente”. O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, apresentou, desta forma, o novo projeto municipal “Os Nossos Rios”, que tem em vista a requalificação fluvial no concelho.

image47654

No passado sábado, cerca de 100 voluntários deram o pontapé de saída para o arranque do projeto, com uma ação de limpeza que decorreu no açude do Romão, em Nine. Para além do presidente da Câmara Municipal, estiveram presentes o vereador do Ambiente, Pedro Sena, o diretor da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Pimenta Machado e ainda o engenheiro ambiental Pedro Teiga, que explicou a importância e a função da vegetação existente nas margens do rio.

O projeto promovido pela autarquia em colaboração com a APA tem como principal objetivo a requalificação e reabilitação dos rios e das margens ribeirinhas, envolvendo a população em ações de sensibilização e educação para a limpeza, preservação e manutenção dos espaços.

“É um projeto envolvente e convocante, onde todas as pessoas e instituições são chamadas a participar”, afirmou Paulo Cunha, relembrando a importância da figura dos guarda-rios. “É fundamental que as pessoas tenham o cuidado de serem zeladoras dos rios, assumindo elas próprias o papel de guarda-rios, agora num contexto de voluntariado e de responsabilidade cívica”.

Para isso, a autarquia vai avançar com um conjunto ações de sensibilização e educação ambiental junto dos proprietários e restante comunidade para a sua responsabilidade em cuidar das margens seguindo as boas práticas necessárias e também incentivar a comunidade a fiscalizar e preservar os rios.

Para já a autarquia vai iniciar um conjunto de trabalhos de requalificação das linhas de água e margens ribeirinhas. “Será um processo para muito anos, que irá envolver muitas gerações de famalicenses, mas que queremos avançar desde já”, sublinhou.

Visivelmente satisfeito com a adesão da população à iniciativa, o autarca mostrou-se confiante no sucesso do projeto, ainda mais, porque existem alguns sinais positivos que começam agora a revelar-se. “O facto de se terem descoberto lontras no rio Este, significa que estamos no bom caminho e dá-nos o incentivo para continuarmos a preservar e a cuidar dos nossos rios”.

De resto, Paulo Cunha, começou já este trabalho plantando uma árvore ribeirinha, um Fraxinus angustifolia (nome comum: Freixo angustifólia), que batizou de Açude do Romão.

Também Pimenta Machado plantou uma árvore da mesma espécie, que apelidou de APA, e salientou “a importância da qualidade da rede hidrográfica” para que as pessoas possam usufruir dos rios. “Neste momento, temos bons indicadores que nos dizem que a água tem mais qualidade. No entanto, este é um trabalho exigente e difícil que é para continuar”, referiu.

Por sua vez, o presidente da Junta de Freguesia de Nine, Paulo Oliveira, realçou que “o Açude do Romão foi já um local muito frequentado pela população”, por isso, é com bons olhos que vê a reabilitação deste espaço. “Este é um excelente projeto para a valorização das freguesias”, acrescentou.

Refira-se que o concelho de Famalicão é atravessado pelos rios Este, Pelhe, Pele e Ave.

image47660

PSD DE FAMALICÃO REÚNE HOJE COM OS RESPONSÁVEIS DO EXTERNATO DELFIM FERREIRA DA DIDÁXIS DE RIBA DE AVE

sem nome

Ponto de imprensa, realiza-se à 16h30

A Comissão Política Concelhia do PSD de Vila Nova de Famalicão vai realizar hoje, segunda-feira, dia 23 de maio, uma visita de trabalho às escolas Externato Delfim Ferreira e à Cooperativa de Ensino Didáxis, ambas em Riba de Ave, para reunir com os responsáveis na sequência da medida anunciada na passada sexta-feira pelo Governo que impede a abertura de novas turmas de início de ciclo (5.º, 7.º e 10.º anos) às escolas com contratos de associação. Em Vila Nova de Famalicão, esta medida abrange as Cooperativas de Ensino Didáxis de Riba d’Ave e S. Cosme e Externato Delfim Ferreira, de Riba d’ Ave.

A jornada tem como objetivo perceber as consequências desta medida para as escolas de Famalicão e para as famílias famalicenses. A comitiva da Comissão Política Concelhia do PSD de Famalicão será liderada pelo vice-presidente e deputado à Assembleia da República, Jorge Paulo Oliveira.

No final da jornada, pelas 16h30, será realizado um ponto de imprensa à entrada da Cooperativa Didáxis de Riba de Ave, com os responsáveis disponíveis para as questões dos jornalistas.

FAMALICÃO: REQUIÃO JUNTOU ADROS E GANHOU CENTRO CÍVICO DE EXCELÊNCIA

Intervenção implicou um investimento municipal de 300 mil euros e foi inaugurada neste sábado, 21 de maio

Foram precisos três anos para requalificar os 10 mil metros quadrados de terreno que fazem parte do adro paroquial e do adro da freguesia de Requião mas valeu a pena. Requião ganhou um centro cívico como nunca teve e os dois espaços, até há pouco separados por um muro, constituem agora uma unidade arquitetonicamente harmoniosa, aprazível e disponível para a fruição pública e para o culto religioso.

Inauguração do Centro Cívico concluiu interven

A satisfação pelo resultado final da obra ficou bem vincada na cerimónia de inauguração que decorreu no passado sábado, 21 de maio, onde marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, o Presidente da Junta de Freguesia, João Pereira, para além das demais entidades civis e religiosas locais e à qual se associaram um grande número de requianenses.

A intervenção implicou um investimento municipal superior a 300 mil euros e para além da requalificação dos adros implicou também a construção de um parque de estacionamento público e a retificação e valorização da estrutura viária paralela com soluções integradas na valorização e harmonia do centro cívico, que integra ainda no conjunto a junta, a escola, o cemitério e o centro de saúde.

Cereja em cima do bolo, o cacho de uvas em inox tamanho XXL colocado no centro da rotunda de acesso a todo o conjunto, simbolizando a identidade e a alma da freguesia. As vinhas envolventes, que fazem parte da rota dos vinhos verdes, explicam bem a razão de ser da escolha.

“Requião ganhou um espaço de excelência para as pessoas se encontrarem e aprofundarem o sentimento comunitário. Concluímos um desafio, mas não concluímos o processo”, destacou o Presidente da Câmara dizendo que é preciso agora dar vida àquele espaço com dinâmicas socioculturais para as pessoas. E a Câmara não foge à responsabilidade: “queremos dinamizar estes espaços, aproveitando e potenciando o investimento feito”, disse Paulo Cunha.

O Presidente da Junta de Freguesia era um homem naturalmente contente pela “concretização de um sonho”. “Demorou mas temos agora dos mais bonitos adros do concelho”, disse João Pereira destacando a maré positiva que atravessa a freguesia nesta altura “com importantes obras infraestruturais a decorrer”.

Também o Arcebispo Primaz de Braga era um homem satisfeito pela solução de harmonia encontrada através desta intervenção, que valorizou tanto a propriedade da paróquia como a propriedade civil. “Foi o resultado de um espírito de colaboração exemplar que importa enaltecer para que se repita em muitos lados”, disse D. Jorge Ortiga.

Cacho de uvas tamanho XXL simboliza identidade de

FAMALICÃO ESTÁ AO LADO DOS ALUNOS E DAS FAMÍLIAS PERANTE A NOVA POLÍTICA EDUCATIVA DO GOVERNO

Câmara Municipal quer garantir rapidamente todas as condições para a eficácia da nova realidade educativa imposta pelo Governo

A decisão anunciada pelo Ministério da Educação de impedir a abertura de novas turmas de início de ciclo (5.º, 7.º e 10.º ano) atinge todas as escolas com contratos de associação que fazem parte da Rede Local de Educação e Formação de Vila Nova de Famalicão – Cooperativas de Ensino Didáxis de Riba d’ Ave e S. Cosme, Externato Delfim Ferreira, de Riba d’ Ave, Externato Infante D. Henrique ALFACOOP, de Ruilhe (Braga) e o Instituto Nun'Alvres, das Caldas da Saúde (Santo Tirso).

Famalicão ao lado dos alunos e das famílias

É uma medida unilateral do Governo que vai destruir a harmonia da rede educativa concelhia e  afetar a vida de muitos milhares de famílias famalicenses que já tinham o próximo ano letivo devidamente planeado, de acordo com uma tradição histórica de boas práticas com mais de 40 anos, impulsionada e motivada pelo próprio Estado.  

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão lamenta assim esta decisão da Administração Central que a poucos dias do fecho do final do ano lança a confusão, a dúvida e a angústia em milhares de cidadãos famalicenses. É caso para dizer: não havia necessidade!

Como sempre, a Câmara Municipal está e estará ao lado da população e vai de imediato encetar todos os esforços necessários para procurar garantir as condições para que a nova realidade imposta pelo Governo funcione com normalidade e para que seja assegurada a permanência do ensino de qualidade no concelho. Há muitos anos que Vila Nova de Famalicão é reconhecido como uma referência nacional na Educação pelas boas práticas de todas as escolas que integram a sua rede – públicas e com contrato de associação. Temos um registo histórico de valorização e de  potenciação do trabalho de todas elas. Dentro das suas competências, o município tudo fará para manter essa bitola e para repor o mais rapidamente possível a normalidade no sistema educativo famalicense

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE FAMALICÃO INAUGURA OBRAS EM REQUIÃO

Hoje, sábado, dia 21, pelas 19h30

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, vai inaugurar, amanhã, sábado, dia 21 de maio, pelas 19h30, as obras de requalificação da zona envolvente à igreja de Requião.

A intervenção implicou um investimento municipal superior a 300 mil euros e foi executada em duas fases. A primeira envolveu a intervenção do adro da paróquia e do centro cívico da freguesia, bem como a construção do parque de estacionamento, a segunda incidiu sobre a alameda do Mosteiro de Melo e a zona envolvente direta ao edifício escolar.

EMPRESA DE FAMALICÃO DESTACA-SE NO SECTOR AGROALIMENTAR

Seara prepara novos investimentos para afirmar-se como um dos gigantes do agroalimentar

Visita do Presidente da Câmara às Carnes Seara, segunda-feira, 23 de maio, pelas 10h30, em Requião, na Rua de S. João de Pedra Leital, 847.

Foi sob a alvorada de abril de 74 que Francisco de Oliveira e Maria Leonor Seara realizaram o sonho de construírem uma unidade de abate e transformação de suínos. Nascia assim as Carnes Seara,  outro dos pesos-pesados do universo agroalimentar com sede em Vila Nova de Famalicão.

A seara prepara-se para crescer ainda mais

A Seara tem vindo a crescer de forma sustentada ao longo das últimas quatro décadas e decorrida apenas uma década sobre a inauguração das suas instalações mais recentes, os 19.000 m2 de área atual já se tornaram pequenos para o volume de produção esperado. Está assim na calha um novo pacote de investimentos para corresponder à trajetória evolutiva da empresa e que lhe permitirá alcançar uma maior margem de armazenamento e escoamento de produto acabado, como também uma maior visibilidade internacional e a intensificação da sua afirmação em Portugal.

A empresa ambiciona alargar a cota de mercado externo e pretende aumentar a produção em 20% num futuro próximo, sendo 15% desse volume em produtos novos. Pelo emprego direto e indireto que vai criar, a Câmara Municipal já declarou este investimento como de interesse municipal através do regulamento Made 2IN.

Os pormenores dos novos projetos da Seara vão ser conhecidos na próxima jornada do roteiro Famalicão Made IN, na segunda-feira, 23 de maio, pelas 10h30, com uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à empresa situadana Rua de S. João de Pedra Leital, 847, em Requião, perto da Capela de S. João.

FAMALICÃO LANÇA PROJETO PARA REQUALIFICAÇÃO FLUVIAL NO CONCELHO

Sessão decorre amanhã, sábado, pelas 10h30, no Açude de S. Romão, em Nine. (localização GPS: 41°28'06.3"N 8°31'56.8"W)

Uma das principais apostas da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão tem sido a preservação e valorização ambiental. A despoluição dos rios que atravessam o concelho e a limpeza das suas margens é um dos objetivos centrais desta política ambiental.

Neste sentido, aproveitando a celebração do Dia Internacional da Biodiversidade, a autarquia famalicense em colaboração com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) lança, amanhã, sábado, no terreno o projeto “Os Nossos Rios”. A ação simbólica de apresentação vai decorrer no Açude de S. Romão (localização GPS: 41°28'06.3"N 8°31'56.8"W) , na freguesia de Nine na fronteira com Arnoso Santa Maria, a partir das 10h30 e conta com as presenças do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, do vereador do Ambiente da autarquia, Pedro Sena, e do diretor da APA, Pimenta Machado.

O projeto “Os Nossos Rios” tem como objetivo principal devolver aos famalicenses os rios de outrora, valorizando e meio ambiental,  e criar as condições necessárias para a construção de uma rede de percursos pedestres ribeirinhos, onde for possível.

Para além da requalificação e reabilitação dos rios e das margens ribeirinhas, o projeto prevê ainda um conjunto de ações de sensibilização e educação para a preservação dos mesmos.

“Este é um projeto de grande envergadura social porque abrange todos os famalicenses. Para além das Juntas de Freguesia, dos proprietários dos terrenos e dos habitantes, queremos que cada famalicense assuma a função de Guarda-Rios, em prol de um concelho mais saudável, mais bonito e mais amigo do ambiente”, refere a propósito Paulo Cunha.

Localização do Açude de S. Romão: https://goo.gl/maps/8aR3b7Fe6Q12

PRESIDENTE DA REPÚBLICA CONDECORA FAMALICENSE EMIGRADO EM FRANÇA

Natural de Riba d’Ave, Manuel Faria vai ser condecorado em Paris por Marcelo Rebelo de Sousa no Dia de Portugal

O famalicense Manuel Faria foi para França com a família aos 12 anos, em 1974. Aos 16 começou como aprendiz de pintor de decoração e aos 22 já era dono da empresa. Depois, foi sempre a empreender, tanto nos negócios como na vida cívica, valorizando a comunidade portuguesa em Paris e criando espaços para a sua afirmação. No próximo dia 10 de junho, Dia de Portugal, Manuel Faria será um dos quatro condecorados pelo Presidente da República em Paris como empresário de mérito.

Presidente da República vai condecorar empreended

O empresário foi recebido esta semana nos Paços do Concelho da sua terra natal pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que o felicitou pela homenagem que o país lhe vai prestar e à qual “o Município de Vila Nova de Famalicão se associa pelo percurso de vida exemplar que dignifica e valoriza Portugal e a comunidade portuguesa além-fronteiras” refere o Presidente da Câmara Municipal.

Manuel Faria nasceu em 1963 na vila de Riba d’Ave e foi empresário em Paris durante quase 30 anos na construção civil, sobretudo na área da decoração. Construiu e financiou, entre outros projetos, a Casa de Portugal em Plaisir, a Casa do Benfica em Paris e as novas salas da Residência André de Gouveia. Este ano foi já considerado um dos portugueses de valor pela Lusopress.

“Os bons exemplos são um farol para a nossa comunidade, ancestralmente reconhecida como uma terra de gente empreendedora, e o trajeto socialmente comprometido e responsável de Manuel Faria é um digno exemplo”, refere Paulo Cunha.

FAMALICÃO PROMOVE ENCONTRO DA REDE DE MUSEUS

Famalicão promoveu primeiro encontro da Rede de Museus

“Ter valor e qualidade não chega. Temos que ser suficientemente apelativos e cativantes para que as pessoas visitem os nossos museus”. Esta foi a principal mensagem deixada hoje pelo Presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, na abertura do I Encontro da Rede de Museus do concelho.

I Encontro da Rede de Museus

A iniciativa, inserida no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, decorreu esta quinta-feira, 19 de maio, no Museu Bernardino Machado, numa ação que o edil famalicense considerou ser fundamental, “não só para o crescimento dos museus, mas também para que o conceito de rede saia mais fortalecido”.

E acrescentou: “queremos que as pessoas que visitem um museu em Famalicão, sintam vontade de conhecer outros que integram a nossa rede”.

Para além de debates e das conferências “Trabalhar em equipa: o papel de cada um na promoção da instituição” e “Participação Cultural: motivações e barreiras”, o programa do evento contou ainda com uma visita à Fundação Cupertino de Miranda e à Casa-Museu de Camilo.

Recorde-se que a Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão abrange atualmente treze espaços museológicos do concelho.

FAMALICÃO ORGULHA-SE DOS SEUS ATLETAS

Câmara de Famalicão congratula-se pelo sucesso dos seus atletas

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou hoje, por unanimidade, um voto de louvor ao Futebol Clube de Vermoim, pelo título de Campeão Nacional de Futsal Feminino, e aos famalicenses Sílvio Nogueira e Filipe Carneiro, atletas da Delegação de Braga da Associação Portuguesa de Deficientes, pela conquista da Taça de Portugal de Basquetebol em Cadeira de Rodas.

Recorde-se que o Futebol Clube de Vermoim sagrou-se, no passado fim-de-semana, campeão nacional de Futsal, numa altura em que ainda faltam três jornadas para o final do campeonato. O percurso desta conquista foi notável, terminando a fase de apuramento sem perder um único jogo.

Na reunião do executivo municipal desta manhã foi ainda enaltecido o feito dos atletas Sílvio Nogueira e Filipe Carneiro que conquistaram, pelo terceiro ano consecutivo, a Taça de Portugal de Basquetebol em Cadeira de Rodas.

“São feitos notáveis, que engrandecem o nome do nosso concelho”, referiu, a propósito, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

FAMALICÃO: CALENDÁRIO INAUGURA REQUALIFICAÇÃO DA CAPELA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Calendário em festa com a renovada Capela de Nossa Senhora de Fátima

Foi em clima de festa que no passado sábado, 14 de maio, foram inauguradas as obras de requalificação da Capela de Nossa Senhora de Fátima, na freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão.

Capela (2)

A obra, que implicou um investimento global na ordem dos 400 mil euros, é, maioritariamente, fruto do empenho e dedicação da população local e foi, por isso, considerada pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, como “um belíssimo exemplo de envolvimento comunitário”.

Acompanhado pelo pároco de Calendário, Vítor Ribeiro, e pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, o edil famalicense não poupou elogios a todos quantos se esforçaram para que a obra se tornasse realidade. “Se hoje é possível assinalarmos o atingir deste resultado, isso muito se deve à disponibilidade das pessoas para ajudar”, disse.  

Refira-se que a intervenção na Capela de Nossa Senhora de Fátima contemplou a construção de novas salas de catequese, de uma cozinha, casas-de-banho, um salão com capacidade para 120 pessoas e ainda a requalificação do espaço envolvente.

Para além de salientar o envolvimento da população local, o pároco Vítor Ribeiro agradeceu ainda os apoios concedidos pela Junta de Freguesia e pela Câmara Municipal, esta última com um apoio de cerca de 55 mil euros.

Capela (1)

CENTRO DE FAMALICÃO CONQUISTA MAIS E MELHOR ESTACIONAMENTO PÚBLICO

Novo parque junto à estação ferroviária vai ser gratuito para quem tiver bilhete válido de transporte público

A cidade de Vila Nova de Famalicão vai ganhar um novo parque de estacionamento público mas não será um parque qualquer. Será um espaço que se constitui como uma plataforma intermodal e que vai motivar os famalicenses e os visitantes da cidade à utilização dos transportes públicos.

Novo Parque de estacionamento vai ser de utilizaç

O novo parque de estacionamento vai abrir na zona poente da cidade, junto à estação ferroviária de Famalicão e próximo de importantes serviços públicos como a Unidade de Saúde Familiar, entre outros.

O parque terá lugar para 70 viaturas e funcionará entre as cinco horas da manhã e as duas da madrugada sendo de utilização gratuita para quem detenha um título de transporte público válido – comboio e autocarro. Para os restantes utilizadores aplica-se o preço fixado no Regulamento Municipal de Taxas Municipais que fixa o valor de 0,20€ pela primeira fração de quinze minutos e de 0,10€ da segunda à quarta fração de quinze minutos, diminuindo progressivamente o valor a partir daí.

O funcionamento do parque será garantido por recursos humanos afetos ao município e para lá dos lugares para automóveis disponibilizará um espaço para estacionamento de bicicletas de utilização gratuita.

Parque de Estacionamento D. Maria II repavimentado

A outra boa notícia para os visitantes e moradores da cidade famalicense prende-se com a pavimentação do Parque de Estacionamento do Parque D. Maria II. A obra teve início esta semana e a 1.ª fase, relativa ao estacionamento público, deverá estar concluída em poucos dias, antes ainda do arranque das Festas Antoninas que começam a 3 de junho.

Trata-se de um parque situado bem no centro do núcleo urbano de Famalicão, localizado junto à Fundação Cupertino de Miranda, e que disponibiliza mais de uma centena de lugares de estacionamento concessionado.

A segunda fase desta primeira intervenção na zona prende-se com a pavimentação da praça de táxis que deverá arrancar logo a seguir às Festas Antoninas.

Parque de Estacionamento D Maria II está em obras

FADISTA RICARDO RIBEIRO REALIZA CONFERÊNCIA E CONCERTO EM FAMALICÃO

Fadista participa em iniciativa do projeto Empresariato a partir das 21h00. Conferência e concerto com Ricardo Ribeiro sábado na Casa das Artes

É já no próximo sábado, 21 de maio, que o fadista Ricardo Ribeiro apresenta em Famalicão o seu novo álbum. O concerto, gratuito, está inserido na segunda conferência do projeto Empresariato, a realizar no grande auditório da Casa das Artes, a partir das 21h00, onde o fadista falará também sobre o sucesso da internacionalização do fado. 

Ricardo Ribeiro

Depois de participar na conferência, em que são também convidados Vasco Sacramento, Joaquim Oliveira e Ricardo Fonseca, Ricardo Ribeiro, a quem chamam “purista do fado” por lhe ouvirem na voz a tradição fadista de outras vozes e outros tempos, interpretará então temas de “Hoje é Assim, Amanhã Não Sei”, o novo disco que acaba de lançar.

A entrada na conferência e no concerto é gratuita, mas está sujeita à lotação do grande auditório mediante levantamento prévio do ingresso na bilheteira da Casa das Artes.

Em junho haverá uma terceira conferência dedicada a outra área onde Portugal se afirmou internacionalmente, o Vinho do Porto, depois desta com enfoque no Fado e de outra sobre Futebol realizada a 19 de abril.

Estas ações fazem parte do projeto Empresariato que a Câmara Municipal, através do Famalicão Made IN, está a desenvolver com o objetivo de colocar o pensamento empresarial na ordem do dia, potenciando a reconhecida capacidade produtiva e industrial e a vocação exportadora do concelho.

FAMALICÃO REALIZA GALA DO DESPORTO

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão promove a I Gala do Desporto de Famalicão.

Esta iniciativa visa homenagear os diferentes agentes desportivos (dirigentes, treinadores, atletas e árbitros), associações e clubes do concelho, pelos resultados de mérito nacional ou internacional, alcançados nas diferentes competições.

A iniciativa – que se materializa na entrega do galardão, o Famalicense D’Ouro pretende reconhecer e valorizar publicamente, todos aqueles que, desportivamente, elevam o nome do Concelho, constituindo-se, assim, como um importante fator de orgulho para as gentes da terra.

FAMALICÃO VAI DISTINGUIR QUEM TEM VISÃO

Entidades podem apresentar a sua candidatura até 30 de junho

Está a decorrer até 30 de junho, o período das candidaturas aos Selos Famalicão Visão’25. O concurso promovido pelo município de Vila Nova de Famalicão tem como objetivos o reconhecimento público de iniciativas, ações ou projetos, produtos ou serviços que contribuam para que, até 2025, o concelho se afirme como uma sociedade coesa e solidária, com uma economia inovadora e empreendedora, em convivência com uma paisagem urbano-rural ambientalmente qualificada e única.

No fundo, o selo será o prémio que irá identificar e reconhecer as boas práticas com impactos positivos no território, na economia e na sociedade, que sejam inovadoras e inspiradoras, que expressem os valores e reforcem a identidade famalicense. Podem concorrer aos selos empresas, associações, escolas ou movimentos informais.

“Queremos distinguir os projetos e iniciativas promovidas por esta gente empreendedora, ações que contribuem para o fortalecimento da nossa terra e impulsionam o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo de Vila Nova de Famalicão”, explica o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, acrescentando ainda que “queremos que estas iniciativas sirvam de exemplo para a comunidade e sejam também um motivo de orgulho coletivo”.

O concurso surge no âmbito do Plano Estratégico 2014-2025 para o concelho e integra quatro categorias. A primeira diz respeito ao Famalicão Made In e abrange os projetos empreendedores que potenciam a incorporação tecnológica e a aplicação de soluções de futuro, desenvolvendo uma economia baseada no conhecimento e na inovação e que aumentam a competitividade e internacionalização. A segunda categoria tem a ver com o programa B -Smart Famalicão e irá reconhecer os projetos que promovam uma economia mais eficiente na utilização dos recursos. Na terceira categoria está a Força V do concelho, que se traduz em Famalicão Voluntário, e que inclui os projetos que reforçam o capital social presente nas práticas de intervenção e animação comunitária e impulsionam novos ambientes de participação e envolvimento ativo. Por fim na categoria Famalicão Comunitário serão reconhecidos os projetos que promovam a corresponsabilização dos cidadãos e que se distingam enquanto projetos coletivos, de cooperação e colaboração entre atores públicos e privados e potenciadores dos valores do futuro.

As candidaturas devem ser apresentadas até 30 de junho, mediante preenchimento do formulário disponível no site do município em www.vilanovadefamalicao.org/_famalicao_visao_25.

A atribuição do selo será decidida por um júri, constituído por diversas pessoas de diferentes áreas. O selo consiste na criação de uma logomarca, identificativa da categoria e do ano a que diz respeito, constituindo-se como um elemento distintivo em ações de comunicação e publicidade e funcionando como um reconhecimento público pelo trabalho desenvolvido.

A entrega dos Selos Famalicão Visão’25 será realizada no dia 28 de setembro, dia do concelho.

FAMALICÃO REALIZA “CASTRO ALVES EM FESTA”

Segunda edição da iniciativa promovida pela Fundação Castro Alves realiza-se a 28 de maio. Castro Alves em Festa com dezasseis horas “non-stop”

A Fundação Castro Alves, em Vila Nova de Famalicão, inspirou-se em Serralves, e nas suas quarenta horas de festa às artes, e no próximo sábado, dia 28 de maio, quando o relógio apontar as dez da manhã, vai também dar início a uma maratona de dezasseis horas de muita cultura.

Castro Alves em Festa

O “Castro Alves em Festa” está de regresso para a sua segunda edição e até às duas da manhã de domingo reserva-nos muitas e boas sugestões para toda a família.

Música, cinema, poesia, workshops de cerâmica e olaria, são apenas algumas das atividades previstas no programa da iniciativa, que terá como ponto alto o concerto da reconhecida artista portuguesa Mia Rose, às 21h30, e as atuações da DJ Kika Lewis e da banda famalicense Dona Maria.

A iniciativa, refira-se, conta com o apoio da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Bairro, é de entrada livre e gratuita e tem como principal objetivo recolocar a Fundação Castro Alves num patamar de maior visibilidade e dinamismo cultural na região.

Localizada em Bairro, a Fundação Castro Alves foi instituída por iniciativa do Comendador Castro Alves. As suas atividades encontram-se centradas em três setores: Escola de Música, que começou a funcionar em 1971, Escola de Cerâmica Artística, criada em 1979, e o Museu de Cerâmica Artística, que foi inaugurado em 1987.

Estando o museu intimamente ligado ao funcionamento da Escola/ Oficina de Cerâmica Artística, a totalidade do seu espólio é constituído por milhares de exemplares de peças executadas nessa escola, por jovens da freguesia de Bairro e circunvizinhas, tendo como grandes impulsionadores e professores os pintores Júlio Resende e Francisco Laranjo, o oleiro Fernando Sousa e o arquiteto Fernando Lanhas, o qual concebeu e organizou o museu, quer ao nível do projeto de arquitetura do edifício, quer do projeto museológico.

Refira-se ainda que a exposição permanente do museu é constituída por dois núcleos: um de Olaria e outro de Esculturas de Cerâmica, o que representa um espólio de mais de 1300 peças, distribuídas por três salas, com uma área total de 400m².

Mais informações sobre a iniciativa na página oficial do Facebook da Fundação Castro Alves, emwww.facebook.com/Fundação-Castro-Alves.

FAMALICÃO FESTEJA ANTONIANAS

Festas Concelhias decorrem de 3 a 13 de Junho. António Zambujo e Richie Campbel, nas Antoninas de Famalicão

Junho está à porta, no ar já se sente o cheiro a verão e um pouco por todo o país arrancam as tradicionais festas em honra dos Santos Populares. Santo António muito venerado em Vila Nova de Famalicão é tratado como o verdadeiro padroeiro da cidade, dando o mote para as Antoninas que decorrem de 3 a 13 de junho.

António Zambujo - foto oficial 2 (créd

São onze dias de festa, onde se revivem momentos de grande tradição que identificam e mobilizam este povo e atraem ao concelho vários milhares de pessoas. À tradição alia-se a animação e uma das grandes atrações deste ano é o concerto de António Zambujo, no dia 10, pelas 22h00,no Parque da Devesa, com entrada livre.

As Marchas Antoninas que saem à rua, na noite do dia 12, continuam a ser o ponto alto das festas. Este ano, assumem um novo figurino, regressando ao centro da cidade, reforçando a proximidade ao povo e, ao mesmo tempo, projetando-se para fora do concelho, chegando em direto, através da internet, aos quatro cantos do mundo.

Depois de percorrerem as principais artérias urbanas, as marchas atuam em frente aos Paços do Concelho, onde serão colocadas duas bancadas amovíveis com capacidade para três mil pessoas. Na cidade, serão instalados dois ecrãs gigantes – na Praça 9 de abril e no cruzamento das ruas Conselheiro Santos Viegas com a Adriano Pinto Basto – e o desfile será transmitido em direto para todo o mundo através do site do município em www.vilanovadefamalicão.org e também através do facebook oficial em www.facebook.com/municipiodevnfamalicao/.

Na tarde do dia 13, a procissão em honra de Santo António, que tem fama de casamenteiro, percorre as ruas da cidade. Antes disso, pela manhã decorre na Capela a Missa e a distribuição do Pão, cumprindo-se uma tradição antiga.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “as festas Antoninas são uma mescla de tradição com modernidade que envolve muitas dezenas de associações e organizações do concelho que dão o melhor de si para que cada ano seja o melhor de sempre de um evento com mais de 100 anos de história”.

As noites são animadas pelos arraiais ao som da música e pela dança ao ritmo das canções populares. Para além de António Zambujo, Richie Campbel é outro dos destaques musicais das festas concelhias. O músico atua no dia 8 de junho, pelas 22h00, na Praça D. Maria II, com entrada livre. Neste âmbito, referência ainda para as concertinas, os cantares ao desafio, o fado e o rock and roll.

Aos mais pequenos cabe a honra de abrir as festividades, com toda a ternura e a criatividade das Marchas Infantis. Com os arquinhos empoleirados e as ancas a baloiçar, as crianças desfilam pela cidade no dia 3 de junho. A partir daí, é o desenrolar das tradições ancestrais que cabem todas no livro da memória coletiva famalicense. Desde as cascatas a Santo António, ao desfile alegórico e etnográfico, e desde as rusgas às fogueiras, passando ainda pela corrida de Galgos, pelas caminhadas e outras atividades desportivas.

Paulo Cunha realça que “a mobilização dos famalicenses em torno das suas festas é garantia de qualidade”. E acrescenta: “Temos programas com dinâmicas para todas as idades e para todos os gostos. E temos a bênção de Santo António que, como é sabido, também é nosso.”

Enfeitadas com arcos e globos coloridos, as ruas são invadidas pelo cheiro da sardinha assada, pelos balões e pelos aromas dos manjericos acompanhados de uma quadra alusiva a Santo António.

Consulte toda a programação em http://www.vilanovadefamalicao.org/_festas_antoninas_17

Richie

FAMALICÃO RECEBE FINAIS NACIONAIS DO “F1 IN SCHOOLS” E “4X4 IN SCHOOLS”

Duas centenas de alunos vão animar o Museu do Automóvel nas provas dos dias 19 e 20 de maio

Vila Nova de Famalicão volta a ser este ano o palco das finais nacionais de dois dos mais importantes projetos pedagógicos e de empreendedorismo jovem do mundo, o “F1 in Schools – Fórmula 1 nas Escolas” e o “4x4 in Schools – 4x4 nas Escolas”.

F1 in Schools

A última etapa destas competições antes das finais mundiais tem lugar já na próxima quinta e sexta-feira, 19 e 20 de maio, no Museu do Automóvel de Famalicão, e vai reunir cerca de duas centenas de alunos de todo o país. Os Centros Tecnológicos de Portugal, que organizam estas iniciativas com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, pretendem sensibilizar os jovens e descobrir talentos que ajudem a indústria portuguesa.

O “F1 in Schools” é um desafio multidisciplinar em que estudantes com idades entre 9 e 19 anos disputam corridas com miniaturas de automóveis de Fórmula 1 construídos num bloco de resina de poliuretano e propulsionados a ar. As miniaturas atingem cerca de 80 quilómetros por hora numa pista de 20 metros, distância que as melhores cumprem em apenas um segundo.

A final nacional vai ser disputada por 16 equipas, representando cerca de oitenta alunos, que, para além das provas de pista, serão também avaliados noutras componentes técnicas. Entre as equipas participantes estão três famalicenses: Furious Team (Didáxis Vale S. Cosme), Rede Line (CIOR) eInv1ctus F1 (Escola Secundária Padre Benjamim Salgado).

Já no “4x4 in Schools” os alunos são desafiados a construir um carro (4WD) controlado por rádio. O objetivo é aumentar a consciência, o interesse e o entusiasmo pela engenharia através da aplicação prática do design, da tecnologia, da matemática e das ciências.

Na final nacional estarão em competição 14 equipas, entre as quais a Team Vipers (Didáxis Vale S. Cosme), num total de cerca de oitenta jovens.

F1 in Schools | 19 maio

Programa

10h30 Sessão de abertura

10h45 Início das provas técnicas (Júris de Engenharia, Marketing, Apresentações Verbais e Corridas)

13h00 Pausa para almoço

14h30 Continuação das provas técnicas

18h50 Cerimónia de entrega de prémios

O vencedor irá disputar a final mundial desta competição a realizar na cidade de Austin, Texas, em outubro. Este evento anual coincide com o Grande Prémio de F1 2016 dos EUA e será uma experiência única para todos os alunos.

4x4 in Schools | 20 maio

Programa

10h30 Sessão de abertura

10h45 Início das provas técnicas (Júris de Engenharia, Marketing, Apresentações Verbais e Pista)

13h00 Pausa para almoço

14h30 Continuação das provas técnicas

18h50 Cerimónia de entrega de prémios

O vencedor disputa a final mundial na cidade de Coventry, Inglaterra, entre 4 e 8 de julho, com equipas de todo o mundo. Já apuradas estão as equipas Limitless e Rover K, campeãs nacionais em 2014 e 2015, respetivamente.

FAMALICÃO PROMOVE CONCURSO ABERTO PARA GRANDE PRÉMIO DE ENSAIO EDUARDO PRADO COELHO

Obras devem ser enviadas para a APE até sexta-feira, 20 de maio

Está aberto o concurso para o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores e patrocinado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O prémio destina-se a galardoar anualmente uma obra de ensaio literário, em português e de autor português, publicada em livro, em primeira edição, no ano anterior ao da sua entrega. Assim, os concorrentes com livros publicados em 2015, devem enviar cinco exemplares, até sexta-feira, 20 de maio para a Associação Portuguesa de Escritores, sita na Rua de São Domingos à Lapa, 17, 1200-832 Lisboa.

Manuel Frias venceu a edição de 2014

De acordo com o regulamento, o valor monetário do Grande Prémio é de 7.500 euros. Refira-se que o Prémio já consagrou vários autores e obras, sendo que em 2009, o vencedor foi Vítor Aguiar e Silva com a obra "Jorge de Sena e Camões - Trinta Anos de Amor e Melancolia". Em 2010 Manuel Gusmão, com “Tatuagem Palimpsesto - da poesia em alguns poetas e poemas”. Em 2011, João Barrento com "O Mundo está cheio de Deuses - Crise e Crítica do Contemporâneo". Em 2012, Rosa Maria Martelo e “O Cinema da Poesia”. Em 2013, José Gil com “Cansaço, Tédio, Desassossego”, e em 2014, Manuel Frias Martins com "A espiritualidade clandestina de José Saramago".

Os objetivos do prémio são por um lado contribuir para perpetuar o nome de Eduardo Prado Coelho, recordando a sua importância no debate de ideias o seu papel na promoção da cultura e o seu exemplo de cidadania, e por outro incentivar a criação de trabalhos na área do ensaio literário, mobilizando os meios académicos e literários do País.

O regulamento pode ser consultado no portal oficial da Biblioteca Municipal em http://www.bibliotecacamilocastelobranco.org/

FAMALICENSES REALIZAM FESTA DA FAMÍLIA

Festa da Família junta milhares de pessoas na Devesa

O Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, foi, neste domingo, 15 de maio, o epicentro da Festa da Família. Milhares de pessoas concentraram-se no anfiteatro, atraídas pela música e todos juntos, avós e netos, filhos e tios, sobrinhos e primos, entoaram bem alto o hino da família, uma melodia criada propositadamente para este dia.

AFS_8494

A iniciativa promovida pela Câmara Municipal em colaboração com a ArtEduca - Conservatório de Música de Famalicão, teve como objetivo principal celebrar o Dia Internacional da Família envolvendo toda a comunidade na promoção dos valores de união, amor, respeito, solidariedade e diversidade.

AFS_8465

Com as vozes bem afinadas e as coreografias ensaiadas as famílias participaram no espetáculo "Traz um pouco de ti, leva algo de nós", que contou com a participação da orquestra de cordas e sopros e o grande coro, da ArtEduca. As famílias interpretaram os temas "It's my family" e o Hino da Família. Para além destes temas, o concerto contou com a apresentação de mais dez músicas, entre as quais "We are family"; "Milho Verde"e "Postal dos Correios".

A tarde solarenga foi de festa, mas foi também de vencedores com o sorteio da família mais solidária, entre outros prémios atribuídos. Os números sorteados são os seguintes: vale de 100 euros no Jumbo nº 1075; oferta de instrumento musical na Electromúsica nº 1539; Workshop música em família na Arteduca nº 1036 e Workshop culinário na Mastercook nº 876.

AFS_8404

FAMALICÃO: RENOVÁVEIS DÃO NOVA ENERGIA À VISHAY

Empresa que produz condensadores de filme já integra o roteiro Famalicão Made IN

As energias renováveis e os veículos híbridos e elétricos corporizam a aposta de futuro da Vishay. A histórica empresa, nascida em 1969 como Rodersteisn, e a que muitos famalicenses estão ainda afetivamente ligados, posiciona-se agora nas tecnologias emergentes, nomeadamente nos veículos híbridos e elétricos, produzindo condensadores de filme tecnologicamente avançados, com alto valor acrescentado, para o mercado mundial.

Vishay(1)

Perto de completar meio século de existência, a Vishay assume uma estratégia que lhe vai permitir ganhar robustez num mercado tão competitivo e que implicará “o reforço da capacidade produtiva e do número de colaboradores”, conforme avançou Vitor Morais, diretor executivo, esta manhã, na visita que o Presidente da Câmara Municipal realizou à empresa no contexto do roteiro Famalicão Made IN. 

O desenvolvimento de condensadores de filme foi sempre a principal força da Vishay. A mudança de paradigma no consumo de componentes eletrónicos, de que é exemplo a passagem dos aparelhos de televisão tradicionais para os atuais LCD, representou um duro golpe nas encomendas, obrigando a empresa a redirecionar a produção. Em 2007, beneficiando do know-how de quase cinco décadas, deu início ao desenvolvimento de uma nova de produtos para o mercado das energias renováveis.

Atualmente, a aposta nos veículos híbridos e elétricos configura uma oportunidade de ouro. “Dentro de dez anos cerca de 30 por cento da produção mundial destes veículos vai ter condensadores de filme. Por isso, vemos neste mercado com enorme potencial uma oportunidade para crescer. E isso trará novas oportunidades para o concelho e para a região”, enfatizou aquele responsável.

“A Vishay é uma força da região”, afirmou, por seu lado, Paulo Cunha, apontando-a como “um exemplo de longevidade, resiliência e visão estratégica”. “Ao fim de quase 50 anos já passou por alguns invernos, mas robusteceu-se e tem novos projetos que está muito empenhada em alicerçar e são muito bem-vindos”, assinalou.  

O Presidente da Câmara disse mesmo que “é muito importante que a comunidade conheça o bom exemplo que é a Vishay”.

A empresa surgiu em Calendário, Vila Nova de Famalicão, em 1969, com o nome do fundador, o alemão Joerg Roderstein. Em 1992/93 passou para as mãos da Vishay Inc., uma das líderes mundiais do mercado de componentes eletrónicos passivos, de capital americano.

Emprega cerca de duas centenas de pessoas e fatura 13 milhões de euros por ano.

Vishay(2)

FAMALICÃO INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES DA IPSS

Novas instalações da IPSS famalicense vão permitir o reforço da sua resposta social. Dar as Mãos é porto de abrigo para os mais desfavorecidos

Construir o presente com os olhos postos no futuro, bem que poderia ser o lema da Associação Dar as Mãos. A instituição social famalicense inaugurou este sábado, 14 de maio, as obras de requalificação da sua cantina e balneário social, estando agora mais preparada para apoiar quem a procura e em condições de lançar para o terreno novos e importantes projetos em benefício dos seus utentes.

Imagem 221

A servir, atualmente, uma média de 60 refeições por dia, a Dar as Mãos quer agora rentabilizar este novo espaço apostando na formação dos sem-abrigo e mais desfavorecidos do concelho que recorrem à sua ajuda, promovendo a sua valorização pessoal e a sua integração social.  

“Uma ambição muito legítima e necessária para o concelho”, assim considerou o Presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, que tal como o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, e o Diretor do Centro Distrital de Braga da Segurança Social, Rui Barreira, fez também questão de marcar presença neste dia tão importante para a associação presidida por Agostinho Fernandes.

Imagem 245

O edil famalicense felicitou a Dar as Mãos pela concretização deste projeto e reafirmou a disponibilidade da autarquia para continuar a apoiar as atividades da associação. Paulo Cunha aproveitou ainda para lembrar que “só com esta relação de cumplicidade e de proximidade é que se consegue fazer obra social em Famalicão”.

O presidente da Dar as Mãos, Agostinho Fernandes, era, visivelmente um homem feliz. “Este é, finalmente, o dealbar do dia em que reunimos todas as condições necessárias para apoiar quem nos procura”.

Na sua intervenção, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, apelou aos famalicenses para que“continuem a fixar os olhos naqueles que mais precisam”.

Já o Diretor do Centro Distrital de Braga da Segurança Social, Rui Barreira, realçou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Associação Dar as Mãos. “Esta associação tem ainda muito para dar aos famalicenses e, por que não dizê-lo, pode ser também um exemplo para outros concelhos”.  

Refira-se que para além de um apoio extra de 20 mil euros para a concretização desta obra, a Câmara Municipal apoia ainda a atividade da Dar as Mãos com um subsídio anual de 100 mil. 

Recorde-se que esta intervenção, que implicou um investimento total na ordem dos 100 mil euros, nasceu a partir da remodelação e ampliação do imóvel da extinta Junta Autónoma de Estradas,conhecido como “Casa dos Cantoneiros”, que a associação adquiriu em 2011. Esta era já uma ambição antiga da Dar as Mãos, que há cerca de uma década colocou a funcionar a sua primeira cantina social.

Imagem 271

FAMALICÃO PREPARA FESTAS ANTONIANAS

Fim-de-semana de festa antecipa Festas Antoninas em Famalicão

Vila Nova de Famalicão viveu, neste fim-de-semana, uma autêntica antecipação das Festas Antoninas, com a cidade a receber vários milhares de turistas. A conjugação de diversas iniciativas como a Festa da Família, a Feira das Trocas e a Batalha das Flores, aliadas ao sol que brilhou neste domingo, fizeram de Vila Nova de Famalicão o palco de uma enorme festa popular.

AFS_7426

A Batalha das Flores que já foi o momento alto das centenárias Antoninas regressaram em força ao concelho, envolvendo as Juntas de Freguesia e as associações numa colorida e perfumada disputa bairrista. Quem sai a ganhar é público que invade as ruas da cidade, assistindo a este fantástico espetáculo de cor e alegria.

AFS_7974

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “estas iniciativas servem para avivar a memória da identidade famalicense, recuarmos um pouco no tempo, mas também trazer até à cidade este aroma das flores do campo. É o regresso da ruralidade que é sempre útil para que as pessoas possam reviver histórias e rebuscar memórias”.

Aqui fica um “cheirinho” do que foi a Batalha das Flores em Vila Nova de Famalicão.

AFS_8249

CONDENSADORES DA VISHAY GANHAM NOVA VIDA

Visita do Presidente da Câmara à Vishay, segunda-feira, 16 de maio, pelas 10h30, na Rua Magalhães Lima, 256, em Calendário, Vila Nova de Famalicão.

Grupo americano da Vishay produz condensadores de

Como em tudo na vida também o avanço tecnológico tem os dois lados da moeda. No caso da empresa Vishay, antiga Roderstein, a mudança de paradigma no consumo de componentes eletrónicos, como por exemplo a passagem dos aparelhos de televisão tradicionais para os atuais LCD, significou um golpe profundo nas encomendas dos condensadores de filme.

O desenvolvimento e fabrico dos condensadores de filme sempre foi a principal força da empresa e o know-how instalado ao longo de quase 50 anos permitiu-lhe redirecionar a produção para outros alvos. Hoje, são as energias renováveis que dão sustentabilidade à empresa que se posiciona agora para tecnologias emergentes, tais como os veículos híbridos e elétricos.

A Vishay Portugal emprega atualmente cerca de duas centenas de pessoas e fatura à volta de 13 milhões de euros ao ano.

A empresa nasceu em 1969 com o nome do fundador, o alemão Dr. Joerg Roderstein. Em 1992/3 passou para as mãos da Vishay Inc., uma das líderes mundiais do mercado de componentes eletrónicos passivos, de capital americano. É esta história de quase 50 anos e os desafios futuros da empresa que vão ser conhecidos na próxima jornada do roteiro Famalicão Made IN, na segunda-feira, 16 de maio, pelas 10h30, com uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à Vishay Electrónica Portugal, sediada na Rua Magalhães Lima, 256, em Calendário, Vila Nova de Famalicão.

FAMALICÃO: ASSOCIAÇÃO DAR AS MÃOS INAUGURA NOVA CANTINA SOCIAL

Obras de requalificação do espaço são inauguradas este sábado, 14 de maio, às 17h00

Há precisamente dois anos, a 13 de maio de 2014, a Associação Dar as Mãos assinalava o seu 20.º aniversário com o lançamento da primeira pedra da sua nova cantina social. Hoje, e dois anos passados, a obra está concluída e a instituição social famalicense vê reforçada a sua capacidade para apoiar quem mais precisa.

Nova cantina social da Dar as Mãos fica localizad

A renovada valência da Dar as Mãos, localizada na Avenida Marechal Humberto Delgado, junto ao Mercado Municipal, é inaugurada este sábado, dia 14 de maio, numa cerimónia que decorrerá a partir das 17h00, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga e do presidente da Dar as Mãos, Agostinho Fernandes.

Para além de um apoio extra de 20 mil euros para a concretização desta obra, que implicou a renovação da cantina social e a construção de um novo balneário, refira-se que a Câmara Municipal apoia ainda a atividade da Dar as Mãos com um subsídio anual de 100 mil euros.

Com esta intervenção, a associação famalicense consegue assim melhores condições para proporcionar uma refeição quente diária, um banho e cuidados de higiene e saúde aos sem-abrigo e mais desfavorecidos do concelho.

Recorde-se que esta obra nasceu a partir da remodelação e ampliação do imóvel da extinta Junta Autónoma de Estradas, conhecido como “Casa dos Cantoneiros”, que a associação adquiriu em 2011. Esta era já uma ambição antiga da Dar as Mãos, que há cerca de uma década colocou a funcionar a sua primeira cantina social.

FAMALICÃO LANÇA PROJETO INOVADOR CONTRA A EXCLUSÃO SOCIAL E O ABANDONO ESCOLAR

Eurobairro está no terreno no combate à exclusão, ao abandono e ao insucesso escolares

O município de Vila Nova de Famalicão declarou guerra à exclusão, ao abandono e ao insucesso escolares. As tropas estão reunidas e estão no terreno, combatendo em várias frentes.

Apresentação do Projeto Eurobairro

Depois do lançamento de vários programas na área da educação e da solidariedade social, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, em conjunto com o secretário-geral da PASEC (Plataforma de Animadores Socioeducativos e Culturais), Abraão Costa, apresentaram, esta quinta-feira, na Urbanização das Lameiras, mais uma arma de combate. Trata-se do projeto Eurobairro, apoiado pelo Programa Escolhas e integrado no Alto Comissariado das Migrações.

De acordo com Abrão Costa, o Eurobairro tem como principal objetivo “combater os fenómenos de extrema exclusão, iliteracia e marginalidade juvenis em contexto de complexos de Habitação Social”. Trata-se de um programa “muito vasto, que vai atuar em quatro territórios de habitação social: Lameiras, Bétulas, Cal e Acampamento de Meães, envolvendo cerca de 300 crianças e  jovens, com idades entre os 6 aos 30 anos, na sua maior parte vítimas do insucesso escolar”.

O projeto é materializado através de dois espaços que foram inaugurados e que vão permitir acompanhar e apoiar os jovens em várias vertentes. Por um lado, através da Rede de Espaços Animateca Ecobairro, vai ser possível desenvolver diversas atividades com os jovens vocacionadas para a cidadania e educação ambiental. Por outro lado, através do Centro de Inclusão Digital os jovens têm acesso à informação digital.

Para Paulo Cunha, com estes instrumentos de apoio “estão reunidas todas a condições para que o projeto do Eurobairro seja bem-sucedido. O importante é que os cidadãos tenham apoios e ferramentas que os ajudem num processo de inclusão social, porque queremos acabar com a marginalização social, queremos colocar no centro da comunidade todas as pessoas para que elas possam ser bem-sucedidas do ponto de vista social e profissional”.

O autarca salientou ainda que “este projeto é uma sementeira que nós estamos a lançar no terreno e cujo frutos só surgirão a médio ou longo prazo”.

Refira-se que o Eurobairro tem como parceiros os Agrupamentos de Escolas D. Sancho I, Camilo Castelo Branco e D. Maria II, a Associação de Moradores das Lameiras, a LIPAC, a CPCJ de Famalicão e a Associação YUPI. É apoiado ainda em diversas ações pelo Programa Erasmus + da União Europeia.

O projeto tem a duração de três anos, tendo um financiamento de 200 mil euros.

FAMALICÃO REALIZA FESTA DE MAIO

Festa de Maio arranca amanhã e decorre até domingo, dia 15, na Praça D. Maria II. Flores & Trocas animam Famalicão

Este vai ser um fim-de-semana de festa em Vila Nova de Famalicão. As Flores & Trocas arrancam já amanhã, sexta-feira, para três dias de muita animação, num evento mágico que celebra uma tradição secular do concelho - a Feira Franca de Maio, coroando-a com toda a beleza, perfume e esplendor das flores.

Batalha das flores é ponto alto da festa de maio

A Praça D. Maria II, bem no coração da cidade, é o palco desta festa que vai reunir no total perto de uma centena de expositores. Com um programa de animação popular intenso, onde não vão faltar as concertinas e os cantares ao desafio, a Festa de Maio culmina com o desfile-batalha de flores, que decorrerá no domingo, dia 15, pelas 14h30, e com as comemorações do Dia Internacional da Família, também no domingo, às 16h00, no Parque da Devesa.

A Festa de Maio é, no fundo, uma viagem no tempo para recordar costumes de outrora à boleia do artesanato, doçaria, licores e dos produtos da terra, mas também das flores que marcam a identidade e a memória coletiva de Vila Nova de Famalicão.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “o convívio entre as Flores e as Trocas é acertado porque proporciona uma imagem inteira da história e das tradições do nosso concelho”.

Refira-se que a Feira das Trocas, ordenada pelo Rei D. Sancho I, em 1205, também conhecida como Feira do Burro recria algumas das maiores tradições históricas do concelho como a exposição de gado bovino, o mercado dos enchidos, com as populares tabernas e o vinho verde na malga, entre outros momentos, animados pelo ambiente festivo próprio das feiras do início do século XX. Por sua vez, a Festa da Flor tem como expoente máximo a Batalha das Flores.

PROGRAMA

13 DE MAIO (SEXTA-FEIRA)

09h00 Abertura

15h00 Oficina de Trabalhos Manuais “As Flores e a Primavera”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

Monitora: Alcina Gonçalves. N.º limite: Até 30 crianças. Público-alvo: Crianças do1.º CEB

16h00 Atelier de Olaria “Flores de Cerâmica”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Escola de Cerâmica Artística da Fundação Castro Alves. N.º limite: 30 pessoas

17h00 Workshop de Arte Floral

Local: Praceta Cupertino de Miranda. Monitorização: Estrelícia Flores. N.º limite: 30 pessoas

20h00 Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

22h00 Exibição “Grupo Musical 4 Claves”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

14 DE MAIO (SÁBADO)

14h30 Atelier de Pintura “Flores sobre Azulejo”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Associação Cultural Nozes de Prata. N.º limite: 40 pessoas

16h00 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

17h00 Atelier de bordados “Ponto Margarida”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Isaura Matias . N.º limite: 15 pessoas

21h30 Exibição “FOLK 5 - Associação Cultural Sons do Mundo”

Local: Praceta Cupertino de Miranda

24h00 Animação Noturna

Local: Alameda D. Maria II (topo sul)

15 DE MAIO (DOMINGO)

14h00 Momento de Dança, com Bárbara Ribeiro e alunos Local: Fundação Cupertino de Miranda

14h30 Desfile-Batalha de Flores

Percurso Rua Manuel Pinto de Sousa, Rua Adriano Pinto Basto; Alameda D. Maria II; Rua Lourenço da Silva Oliveira até ao Topo Norte da Praça D. Maria II

15h30 41.º Festival de Folclore do Rancho Folclórico S. Miguel-o-Anjo

16h00 Comemoração do Dia Internacional da Família Local: Parque da Devesa - Anfiteatro 19h00 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense 21h00 Encerramento com a Exibição Musical da TUSEFA - Tuna Sénior de Vila Nova de Famalicão Local: Praceta Cupertino de Miranda

PARTICIPANTES NO DESFILE-BATALHA DE FLORES

Abertura: Zés P'reiras “Os Divertidos” Associação Musical e Recreativa

Grupo Infantil e Juvenil Danças e Cantares de Joane

Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião

Associação Cultural S. Pedro de Riba D'Ave

Confraria de Bicicletas Antigas de Seide S. Paio

CNE de Landim, Agrupamento n.º 261

Clube de Bicicletas Antigas de Cavalões

Associação Recreativa e Cultural de Antas

Associação Cultural São Salvador da Lagoa

Associação Desportiva e Cultural S. Martinho de Brufe

Instituto São José de Oliveira S. Mateus

Grutaca, Grupo Teatro Amador Camiliano (Seide S. Miguel)

Associação Amigos dos Cavalos (Vila Nova de Famalicão)

Encerramento: Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

17h30 Exibição Musical da Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

Local Praceta Cupertino de Miranda

18h30 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

21h00 Encerramento com a Exibição Musical da TUSEFA - Tuna Sénior de Vila Nova de Famalicão

Local Praceta Cupertino de Miranda

FAMALICÃO CELEBRA DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS A 34 METROS DE ALTURA

Programa vasto e diversificado inclui a visita à Torre da Fundação Cupertino de Miranda

É preciso subir 10 pisos e percorrer 21 salas com exposições até atingir os 34 metros de altitude que mede a emblemática torre da Fundação Cupertino de Miranda, em Vila Nova de Famalicão. Daqui é possível aceder a um terraço que proporciona uma vista única e panorâmica sobre toda a cidade. O acesso habitualmente restrito vai ser aberto ao público, nos dias 18 e 21 de maio, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus.

Fundação Cupertino de MIranda

A visita guiada é uma das iniciativas promovidas pelos museus de Famalicão. As comemorações que incluem também a Noite Europeia dos Museus, decorrem entre 15 e 21 de maio, e envolvem cerca de uma dezena de museus, entre os quais a Casa de Camilo, o Museu Bernardino Machado, o Museu da Industria Têxtil, o Ferroviário, entre outros.

A visita guiada à torre da Fundação Cupertino de Miranda é de entrada livre e não necessita de marcação prévia. Tem uma duração aproximada de 30 minutos e a lotação é de 10 participantes. Na visita será explorada a vista panorâmica sobre a cidade, que proporciona novas leituras das paisagens culturais que marcam o território. A torre da Fundação Cupertino de Miranda, emblemática pelo seu revestimento azulejar da autoria de Charters de Almeida (n. 1935), foi inaugurada a 8 de Dezembro de 1972 e tem uma estrutura helicoidal com 10 pisos, 21 salas e 34 m de altura. No dia 18, as visitas decorrem de hora em hora entre as 10h00 e as 21h00, com exceção das 20h00. No dia 21, as visitas irão acontecer às 14h00, 17h00, 18h00, 19h00, 21h00, 22h00 e 23h00. O horário alargado irá permitir admirar a cidade de diferentes perspetivas, de dia, ao entardecer e à noite. Será uma oportunidade única visto que o acesso ao terraço da torre raramente está disponível ao público em geral. Refira-se ainda que o percurso de acesso ao terraço da Torre não está adaptado para pessoas com mobilidade reduzida.

ROTEIRO LITERÁRIO RELIGIOSO CAMILIANO COM APRESENTAÇÃO DE CONTO

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, destaque ainda para a organização do roteiro literário religioso camiliano, que vai decorrer no dia 20, a partir das 20h00, com concentração na Casa de Camilo e seguindo depois para as igrejas de Requião, Abade de Vermoim, Esmeriz, Landim e Seide. Em Esmeriz será apresentado o conto “Beatriz de Vilalba”, retirado da obra “Noites de Insónia (1874). O conto é o primeiro volume da coleção “Biografias Enoveladas”, a editar pela Casa de Camilo, que compreende pequenos livros de bolso com algumas particularidades: as edições são enriquecidas com significados e notas de rodapé, iconografia relacionada com a narrativa e um mapa sobre a localidade onde se desenrola a ação.

Entretanto, no dia 21 será apresentado no Centro de Estudos Camilianos, pelas 17h00, o n.º 10 da coleção “Estudos Camilianos” subordinado ao tema “As Ficções do Mal em Camilo Castelo Branco”. O volume reúne um conjunto diversificado de trabalho de investigadores camilianos que procuraram aclarar na obra do escritor as múltiplas formas de que se reveste o tema do Mal.

EXPOSIÇÕES, OFICINAS, VISITAS-GUIADAS E MUITA ANIMAÇÃO

São mais de 20 iniciativas que decorrem nas várias estruturas museológicas de Famalicão. Do rol de atividades que incluem a inauguração de exposições, ateliers, cinema, visitas guiadas, entre outras, referência ainda para a programação da noite europeia dos museus.

Enquanto a grande maioria das casas mantém as portas abertas pela noite dentro, o Museu Bernardino Machado veste-se de “Preto no Branco” e abre portas à animação, com muita cultura e festa à mistura.

Refira-se que o Dia Internacional dos Museus, criado pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, celebra-se anualmente a 18 de Maio, através da organização de diversas atividades. Este ano é dedicado ao tema “Museus e paisagens culturais”. Por sua vez, a Noite Europeia dos Museus foi criada pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação.

Comemorações do Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus 2016

15 de Maio

15:30, inauguração da exposição “Identidade” de Carlos Daniel Pimenta, Museu Soledade Malvar

De 16 de maio a 20 de maio

10:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00, Anjos com material para reciclar, velas decorativas e visitas, Museu de Arte Sacra da Capela da Lapa

10:00 e 17:00, Eco atelier Ferroviário, Atelier Almofadinhas de Sonho, Atelier Postais Originais, Museu Nacional Ferroviário-Núcleo de Lousado

17 de maio

10:30 às 14:30, Oficina das Artes – Fantoches, Museu Soledade Malvar

18 de maio

10:00 às 22:00, Visita guiada ao Terraço da Torre (uma subida por hora, até 10 participantes), Fundação Cupertino de Miranda

10:00 às 17:00, Atelier Café-Costura e Cultura, Museu da Indústria Têxtil

10:00 às 17:30, Visitas guiadas à exposição permanente, Museu Bernardino Machado

10:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00, Entrada livre, Museu da Confraria de Nª Sª do Carmo de Lemenhe

10:00, Exibição do filme “O Principezinho” (Classificação: Animação/2015/M6/108min), Fundação Cupertino de Miranda

10:30 às 14:30, Oficina das Artes – Baú das Joias, Museu Soledade Malvar

14:30 Exibição do filme “O Artista” (Classificação: Romance/2011/M12/100min), Fundação Cupertino de Miranda

15:00, Inauguração da exposição de fotografia “Paisagens industriais”, Museu da Indústria Têxtil

15:30, Apresentação pública da revista de Arqueologia Industrial, 4ª série, Vol. 6,nos I e II, Museu da Indústria Têxtil

17:00, Vista sobre a Cidade: conversa com o Departamento de Ordenamento e Gestão Urbanística da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão (até 20 participantes), Terraço da Torre da Fundação Cupertino de Miranda

19 de maio

10:30 às 14:30, Oficina das Artes – Especial Flores, Museu Soledade Malvar

20 de maio

10:30 às 14:30, Oficina das Artes – Fantoches, Museu Soledade Malvar

Roteiro Literário Religioso Camiliano, Igrejas de Requião, Abade de Vermoim, Esmeriz, Landim e Seide, (limitado a 20 participantes)

20:00, Concentração na Casa de Camilo

21:30, Apresentação do conto “Beatriz de Vilalba”, Igreja de Esmeriz

22:30, Chegada à Casa de Camilo

21 de maio

10:00 às 00:00, entradas gratuitas, Casa de Camilo

10:00 às 17:00, Ferro-modelismo e Exposição LEGO, Museu Nacional Ferroviário-Núcleo de Lousado

11:30, Recital dos alunos CCM/FCA, Museu de Cerâmica Artística da Fundação Castro Alves

14:00 às 17:00, Entrada livre, Museu da Confraria de Nª Sª do Carmo de Lemenhe

14:00 às 00:00, Visita guiada ao Terraço da Torre (uma subida por hora, até 10 participantes), Fundação Cupertino de Miranda

15:00 e 21:00, Oficina Sábados em Família “Famalicão do cimo da torre” (até 15 participantes, mínimo 6 participantes, Fundação Cupertino de Miranda

15:30 Inauguração da exposição “Arte Francesa e Pintura” de Deolinda Silva, atuação do Centro Cultural de Música de Vila Nova de Famalicão, Museu Nacional Ferroviário-Núcleo de Lousado

17:00, Apresentação do nº 10 dos “Estudos Camilianos”, subordinados ao tema “As ficções do Mal em Camilo Castelo Branco”, Centro de Estudos Camilianos

21:00, Exibição do documentário “O grande museu” (Classificação: Documentário/2014/M12/94min), Fundação Cupertino de Miranda

23:00 às 04:00, Noite dos Museus “Preto no Branco”

DEAD COMBO ATUA EM FAMALICÃO COM AS CORDAS DA MÁ FAMA

Banda atua esta sexta-feira, 13 de maio, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão

Os Dead Combo regressam esta sexta-feira, 13 de maio, a Vila Nova de Famalicão e preparam-se para dar uma nova roupagem aos temas que compõem o seu repertório. Tó Trips e Pedro Gonçalves vão subir ao palco do grande auditório da Casa das Artes com um espetáculo inteiramente novo e para o qual convidaram o trio “Cordas da Má Fama”.  

Com a ajuda de Carlos Tony Gomes, no violoncelo, de Bruno Silva, na viola de arco, e de Denys Stetsenko, no violino, os Dead Combo preparam-se para desconstruir e despir as suas músicas para um formato acústico, onde o trio de cordas assume um papel especial e por vezes surpreendente.

Esta é pois uma nova oportunidade para os muitos admiradores dos Dead Combo mergulharem no seu imaginário único, num espetáculo que a banda portuguesa caracteriza como “um momento marcante no seu percurso”.

Os bilhetes para o concerto têm o custo de 15 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural. O concerto está agendado para as 21h30.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org

FAMALICÃO APRESENTA EUROBAIRRO

Sessão decorre esta quinta-feira, pelas 11h00, nas Lameiras

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, convida os órgãos de comunicação social para a apresentação do projeto Eurobairro, que se realiza amanhã, quinta-feira, 12 de maio, pelas 11h00, no Complexo de Habitacional das Lameiras.

A sessão ficará marcada pela inauguração da Rede de Espaços Animateca Ecobairro e do Centro de Inclusão Digital do projeto Eurobairro. O Projeto Eurobairro, integrado no Programa Escolhas do Governo de Portugal e apoiado pelo Programa Erasmus + da União Europeia, promovido pela PASEC e Município de Famalicão tem como objetivos combater os fenómenos de extrema exclusão, iliteracia e marginalidade juvenis em contexto de complexos de Habitação Social. Ao mesmo tempo pretende transformar as urbanizações envolvidas em comunidades que valorizam e potenciam a sua dimensão intercultural, ecológica, intergeracional e social como fontes de oportunidades de integração e afirmação tendo por base os princípios fundadores da União Europeia do respeito pela dignidade humana, da liberdade, da democracia, da igualdade e respeito pelos direitos do Homem.

São parceiros do projeto o Agrupamento de Escola D. Sancho I, o Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, o Agrupamento de Escolas D. Maria II, a Associação de Moradores das Lameiras, a LIPAC, a CPCJ de Famalicão e a Associação YUPI.

FAMALICÃO ASSINALA DIA CONTRA A OBESIDADE

Famalicão assinala Dia Nacional da Luta Contra a Obesidade, no dia 21 de maio, no Parque da Devesa. Ukra associa-se à luta contra a obesidade em Famalicão

É futebolista e adepto de um estilo de vida saudável. Falamos do famalicense Ukra, o convidado da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão para apadrinhar, no próximo dia 21 de maio, a iniciativa “Viver com Saúde”, que pretende alertar os famalicenses para o problema da obesidade.

Iniciativa terá lugar no Parque da Devesa

Promovida em conjunto com a Unidade de Saúde Familiar Antonina, no âmbito das comemorações do Dia Nacional da Luta Contra a Obesidade, a iniciativa terá lugar no Parque da Devesa, entre as 10h00 e as 13h00, com um largo conjunto de atividades de participação livre e gratuita.

Ao lado do avançado do Rio Ave, e igualmente a alertar para os riscos de um estilo de vida sedentário, estará também a capitã do Atlético Voleibol Clube, a desportista Tânia Oliveira.

Uma aula de zumba e pilates, uma caminhada intercalada com jogos tradicionais e ainda um showcooking de alimentação saudável são as atividades previstas para a iniciativa do próximo dia 21.

Promover hábitos de vida saudável, incutindo na população formas e cuidados a ter diariamente no sentido de combater a obesidade, é o principal objetivo desta atividade.

ALUNOS DE FAMALICÃO ADOTAM FUNDAÇÃO CUPERTINO DE MIRANDA E VENCEM CONCURSO ESCOLAR

Cerimónia de entrega de prémios decorre no próximo dia 18 de maio, pelas 14h30, no Museu Nacional da Música em Lisboa

Os alunos da turma do 4BA da EB Luís de Camões do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, foram distinguidos com um prémio na categoria da Escrita e quatro menções honrosas na categoria das Artes Visuais, no âmbito do concurso escolar nacional “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...”, uma iniciativa promovida pela Direção-Geral da Educação e pela Direção-Geral do Património Cultural.

Os trabalhos originais foram elaborados no âmbito do Programa PRESSE – Educação Sexual Em Meio Escolar e inspirados na exposição "A Solidão de um Corpo é Ausência de uma Forma" que esteve patente no Museu Fundação Cupertino de Miranda, em Vila Nova de Famalicão, entre 30 de janeiro e 30 de abril.

A inauguração da exposição dos trabalhos e a cerimónia de entrega de prémios serão realizadas no próximo dia 18 de maio, pelas 14h30, no Museu Nacional da Música (Lisboa).

Refira-se que o concurso é dirigido aos alunos do ensino básico e secundário e tem por objetivo estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional através do contacto das escolas com os museus e consequente sensibilização para a conservação, proteção e valorização do património cultural.

O Museu de Arte da Fundação Cupertino de Miranda integra a Rede Portuguesa de Museus desde 2003.

ELITE POLÍTICA ELEGE CAMISAS DE ALFAIATE FAMALICENSE

Camisaria Machado, em Joane, veste personalidades portuguesas e já prepara sucessão dentro da família

Quando o assunto é vestir com elegância e qualidade, a classe política portuguesa elege um alfaiate famalicense. Alcindo Machado, 62 anos, confeciona camisas por medida, há já três décadas, dando vida aos tecidos de algodão portugueses espalhados em rolos pelo seu ateliê, a Camisaria Machado, em Joane, Vila Nova de Famalicão. Foi aqui que Paulo Cunha esteve esta manhã para acarinhar mais um projeto famalicense a pretexto do roteiro empresarial Famalicão Made IN.

Camisaria Machado(1)

O Primeiro-Ministro, António Costa, e o próprio Presidente da Câmara de Famalicão são dois dos clientes, entre ministros e eurodeputados e outros políticos. Mas há também banqueiros e advogados, entre muitas outras personalidades, que já só vestem as camisas de Alcindo por causa de pormenores trabalhados com o máximo de cuidado.

A qualidade dos tecidos e dos botões que têm a chancela da Somelos e da Louropel, respetivamente, a precisão do colarinho, a subtileza dos punhos, o nome bordado. E, ainda, o mais importante de todos os pormenores: a relação de confiança e amizade que liga o alfaiate a todos os seus clientes. “Esta é base do sucesso da Camisaria Machado”, revelou Alcindo.

Camisaria Machado(2)

Nesta historia há outra personagem principal: Maria Lúcia, 61 anos, a esposa de Alcindo, que desde sempre o acompanha no negócio. É ela quem o ajuda a coser as camisas que ele desenha e corta, com as suas mãos sábias. Maria Lúcia não se queixa da “dedicação extrema ao negócio” por parte do marido, nem dos sacrifícios a que ambos foram obrigados para o conseguirem erguer, com três filhos para criar.

Quanto a números, por dia, são confecionadas 12 camisas e por semana 60.

Sucessão na família

A Camisaria Machado é “um sonho familiar tornado realidade”, sublinhou o alfaiate, e já prepara a sucessão. Tiago Machado, 34 anos, o filho do meio, está agora a tomar o pulso ao negócio para o desenvolver e ‘globalizar’.

A melhoria do website, para que o cliente possa fazer encomendas online (inserindo as medidas corporais, escolhendo o tecido, os punhos, os colarinhos, o bolso e visualizando a camisa antes de estar pronta) é uma das ideias que pretende concretizar no curto prazo.

“O ensino da música era a minha atividade profissional principal até que percebi que tenho em casa um legado único que não pode terminar. Este é agora o meu grande desafio e conto com a ajuda do meu irmão e da minha irmã”, disse o criador dos projetos musicais Gnomon e Hot Air Balloon.

Paulo Cunha referiu-se à Camisaria Machado como um “projeto de grande qualidade cuja essência é fazer bem a camisa que o cliente pretende”. O autarca não poupou elogios à capacidade empreendedora de Alcindo Machado, “um autodidata que ao longo destes trinta anos aprendeu muito e colocou essas competências ao serviço do que faz”.

A qualidade associada à customização, ou seja, a capacidade de adequar o produto a cada cliente, é, no entender do edil famalicense, o que explica “o enorme sucesso deste projeto cuja história confirma a força do têxtil em Famalicão”, observou, mostrando-se “muito agradado” com o trabalho geracional que já está a ser feito para garantir a longevidade da Camisaria Machado.

Camisaria Machado(3)

CHUVGA NÃO ESMORECE MARATONA BTT DE FAMALICÃO

Prova organizada pela Associação Amigos do Pedal decorreu ontem com largas centenas de participantes

Se é certo que a chuva veio aumentar o grau de dificuldade da 7.ª Maratona BTT de Vila Nova de Famalicão, também é certo que não foi suficiente para “amedrontar” as largas centenas de atletas que este domingo, 8 de maio, participaram na prova organizada pela Associação Amigos do Pedal.

AFS_4551

Considerado um dos mais vibrantes e entusiásticos eventos do género na região Norte, a edição deste ano da Maratona BTT de Famalicão revelou-se ainda mais desafiante, com o piso pesado a dificultar a tarefa dos participantes.

Recorde-se que a prova, que contou com o apoio da autarquia famalicense, desdobrou-se em dois desafios. Um de 70 km (maratona) e outro de, aproximadamente, 40 km (meia-maratona), num circuito carregado de adrenalina com passagem por 15 das 49 freguesias do concelho.

O atleta César Mariz (01:59:17), da equipa Loja Staff, arrecadou o primeiro lugar da meia-maratona da prova, que no feminino consagrou Ana Rita Vale (02:23:58), da equipa Batotas/Ponte de Lima. Já no que toca ao percurso da maratona o primeiro lugar foi para Jacinto Fiúza (02:55:30), da equipa Batotas/Ponte de Lima. No feminino o primeiro lugar da maratona foi para Daniela Fernandes (03:44:42), da equipa Macedo & Macedo.

As classificações finais da prova encontram-se disponíveis no portal Classificações.Net, em http://www.classificacoes.net/.

AFS_4198

FAMALICÃO AMPLIA CEMITÉRIO DE RIBA DE AVE

Câmara Municipal atribui apoio financeiro de 38.500 euros. Ampliação do cemitério de Riba de Ave praticamente concluída

A ampliação do cemitério de Riba de Ave, em Vila Nova de Famalicão, está praticamente concluída. A obra que vai permitir colmatar uma das principais necessidades da vila foi, durante vários anos, uma luta da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal, tal a dificuldade em negociar os terrenos para a intervenção.

Ampliação do cemitério de Riba de Ave

Resolvido o problema do terreno, a freguesia de Riba de Ave vê, finalmente, a conclusão da obra à vista, depois de o executivo municipal ter aprovado, na última reunião, atribuir um apoio financeiro no valor de 38.500 euros para comparticipar as obras.

Para a presidente da Junta de Freguesia, Susana Pereira “a localização do terreno do cemitério, obrigou a uma construção em aeróbia que implica custos bastante avultados e que levou a Junta de Freguesia a pedir ajuda ao município para concluir a obra”.

A intervenção que deverá ficar concluída já no final deste mês, “é urgente e necessária”, conforme afirmou Susana Pereira, explicando que “neste momento não temos um único espaço para ceder a uma família que precise”.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, a conclusão desta “obra fundamental para Riba de Ave” é o resultado “do empenho e do trabalho desenvolvido pela Junta de Freguesia durante vários anos”.

“A câmara Municipal dá o suporte financeiro mas o mérito da obra é da Junta”, referiu. “Com este apoio municipal, a autarquia está a dotar a freguesia com um cemitério com a dignidade e a dimensão que a vila merece”, acrescentou o autarca.

FAMALICÃO DISPONIBILIZA NA DEVESA MARCAS PARA ITINERÁRIOS PEDONAIS

DSC_5453

Os desportistas do Parque da Devesa têm agora ao seu dispor informação sobre as distâncias percorridas durante o seu treino físico.

Ao longo do dia de quinta-feira, os funcionários municipais colocaram várias placas informativas relativas às distâncias dos itinerários pedonais.

Ao longo do Parque, os atletas podem optar por três percursos: um de 2.364 metros, outro de mil metros e ainda um mais reduzido de 400 metros.

Bons treinos!

ALFAIATE CAMISEIRO DE FAMALICÃO VESTE ILUSTRES DA POLÍTICA NACIONAL HÁ 30 ANOS

Roteiro Famalicão Made IN dá a conhecer a história da Camisaria Machado, segunda-feira, 9 de maio, pelas 10h30, na Travessa de Barreiros 118, em Joane

Alcindo Machado faz de cada camisa uma peça únic

Há 30 anos consecutivos que parte do primeiro piso de uma habitação familiar situada na vila de Joane, concelho de Vila Nova de Famalicão, atrai a nata da política nacional, desde primeiros-ministros, ministros, deputados e eurodeputados, bem como banqueiros e advogados, entre outros. É um corrupio de notoriedades que vêm ter com Alcindo Machado para que este lhes tire as medidas e lhes faça uma camisa por medida. O mestre camiseiro faz camisas como ninguém, cortando e fabricando artesanalmente camisas que assentam bem apenas num corpo. A extrema delicadeza do corte, a grande qualidade dos tecidos utilizados e o cuidado dado aos mais pequenos detalhes nos acabamentos construíram uma história de sucesso que fidelizou várias gerações de clientes.

O sucesso da Camisaria Machado vem de longe e vai para longe. Tiago Machado, o filho, é professor de música e fundador do projeto musical Gnomon e dos Hot Air Balloon, juntamente com a mulher Sarah-Jane. O ensino foi a atividade profissional principal do Tiago até ter percebido que tinha dentro de casa um legado único que não se pode perder. Está agora diariamente de corpo e alma a aprender e a desenvolver o projeto da família que também envolve ativamente a mãe e a irmã.

A desconhecida história da Camisaria Machado, que se confunde com a história da própria família, vai ser revelada durante a próxima jornada do roteiro Famalicão Made IN, na segunda-feira, 9 de maio, pelas 10h30, com uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, a esta microempresa de sucesso nacional, situada na Travessa de Barreiros 118, em Joane.

CHRIS ECKMAN ATUA SEXTA-FEIRA EM FAMALICÃO

Cantor apresenta na Casa das Artes o seu álbum de estreia a solo - “Harney County”

O vocalista e letrista dos “The Walkabouts”, Chris Eckman, lançou-se recentemente a solo e está em Portugal para apresentar o seu primeiro registo – “Harney County”.

Harney County_Chris Eckman_12

Vila Nova de Famalicão está na agenda da digressão lusa do cantor norte-americano, que esta sexta-feira à noite, a partir das 23h00, sobe ao palco do café-concerto da Casa das Artes.

Considerado pela crítica como um “álbum tremendo”, “Harney County” conta com a participação do contrabaixista Ziga Galeb.

“O som das guitarras de Eckman e o contrabaixo de Galeb dominam o álbum, enquanto a sua voz meio rouca, por vezes cantada, por vezes meio falada, narra e cativa como um contador de histórias que nos hipnotiza”.

Os bilhetes para o concerto de Chris Eckman têm o custo de 6 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org.

FAMALICÃO COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA

Mês da Família com inúmeras iniciativas para todos os famalicenses. Famílias de Famalicão dão espetáculo na Devesa a 15 de maio

No próximo dia 15 de maio, pelas 16h00, todos os caminhos vão dar ao Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão. É lá que vai decorrer o grande concerto comemorativo do Dia Internacional da Família, que promete reunir várias centenas de famalicenses em torno da música. A festa contagia toda a cidade, que celebra ainda as Flores e Trocas de Maio, com um programa vasto e diversificado.

Flashmob marcou o arranque das comemorações da F

Este ano, as comemorações promovidas pela Câmara Municipal de Famalicão têm o apoio incondicional da ArtEduca – Conservatório de Música de Famalicão, o que significa que todos serão convidados a mostrar o seu talento musical.

Com as vozes bem afinadas e as coreografias ensaiadas as famílias participam no espetáculo “Traz um pouco de ti, leva algo de nós”, que conta com a participação da orquestra de cordas e sopros e o grande coro, da ArtEduca. As famílias participam com a interpretação de duas peças: “It’s my family” e o Hino da Família. Para além destes temas, o concerto prevê a apresentação de mais dez músicas, entre as quais “We are family”; “Milho Verde”e “Postal dos Correios”.

As comemorações do Dia Internacional da Família arrancaram já no mês de abril, envolvendo um conjunto diversificado de iniciativas, passatempos e desafios para a família. O objetivo é envolver toda a comunidade nas atividades, de forma a promover e sensibilizar a população para as questões da família, proteção dos seus valores de união, amor, respeito, solidariedade e diversidade e ampliar a consciência e o conhecimento sobre as transformações e os desafios da família no séc. XXI.

Depois do flashmob musical que abriu as celebrações, o hipermercado Jumbo de Famalicão volta a ser palco de uma das iniciativas, desta vez, da “Família + Solidária”. Neste fim de semana, 6, 7 e 8 de maio, quem oferecer alimentos ou produtos de higiene habilita-se a ganhar um cheque vale em compras no valor de 100 euros.

Entretanto, está a decorrer o concurso “As famílias têm talento!”. A iniciativa consiste na criação de um vídeo original com uma performance musical em família, onde os participantes têm que escolher um dos temas : Hino da Família ou It’s  my family e cantar sobre a versão instrumental disponibilizada (http://www.familiafamalicao.com/ficheiros.html). Haverá prémios para a Melhor Performance Musical, a Família com Maior Interação de Gerações e o Vídeo mais Original / Criativo. Todas as informações sobre as atividades estão disponíveis http://www.familiafamalicao.com/.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, o objetivo principal do programa é “sensibilizar a população para as questões da família e para a proteção dos valores da união, do amor, do respeito e da solidariedade”.

Refira-se que em 1993 a ONU proclamou o dia 15 de maio Dia Internacional da Família, refletindo a sua importância na comunidade internacional. Desde 1994 que pelo mundo fora se celebra a data com diversos eventos, focando temas centrais para a vida das famílias.

FAMALICÃO PROMOVE SEGURANÇA RODOVIÁRIA

Câmara promove ação de sensibilização para ciclistas de palmo e meio

Na próxima segunda-feira, dia 9, celebra-se o Dia Europeu da Segurança Rodoviária e a Câmara Municipal de Famalicão vai assinalar a data com uma ação de sensibilização junto dos mais novos. A iniciativa, organizada através do pelouro da Mobilidade da autarquia famalicense em parceria com a Escola Júlio Brandão, pretende chamar a atenção para os cuidados a ter relativamente à circulação de bicicleta nas estradas.

A atividade decorrerá na Escola Júlio Brandão, entre as 08h00 e as 18h30, e arrancará com uma palestra inicial promovida por agentes da Polícia Municipal e da Polícia de Segurança Pública, onde serão explicados os deveres dos ciclistas e também o significado de alguns sinais de trânsito.

A teoria dará depois lugar à prática, com uma atividade onde os mais novos poderão fazer um circuito de bicicleta e ter contacto com alguns sinais e regras de trânsito.

Refira-se ainda que esta iniciativa conta também com o apoio das lojas de bicicleta Famabike, Afa Cycles e Byke World.

PLATAFORMA “FAMALICÃO ID” APRESENTADA NO BRASIL

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai marcar presença no “9.º Encontro de Utilizadores de Aplicações de Gestão do Património”, que se realiza nos dias 19 e 20 de maio, na cidade brasileira de São Paulo.

A autarquia famalicense foi convidada a apresentar no evento a plataforma web “Famalicão ID”, lançada em 2014 e que reúne informação detalhada acerca do património e dos diversos bens culturais localizados na área administrativa do concelho de Famalicão.

Organizado pela Sistemas do Futuro e pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, o evento tem como objetivo reunir profissionais dos diferentes setores do património cultural tendo em vista a promoção e divulgação dos respetivos projetos, através da partilha de experiências e conhecimentos.

FUNDAÇÃO CUPERTINO DE MIRANDA RECEBE EXPOSIÇÃO DE ORQUÍDEAS

A beleza das orquídeas vai estar em destaque este fim-de-semana na Fundação Cupertino de Miranda, com o espaço famalicense a receber nos dias 7 e 8 de maio a sua primeira “Exposição de Orquídeas”.

Orquídea

A iniciativa, promovida em parceria com a Associação Portuguesa de Orquideofilia, decorrerá entre as 10h00 e as 18h00, com diversas atividades.

Para além de dar a conhecer a beleza desta flor, a exposição contará ainda com a realização de dois workshops sobre dois géneros de orquídeas. O primeiro terá lugar no sábado, dia 7, pelas 15h00, sobre “O Cultivo do Dendrobium e a sua montagem em árvore”, e será orientado por Graziela Meister, da Associação Portuguesa de Orquideofilia. No domingo, dia 8, decorrerá pelas 15h00 um workshop sobre “O Cultivo do Cymbidium”, orientado por José Costa, também da Associação Portuguesa de Orquideofilia.

FAMALICÃO DÁ CONSTINUIDADE AO PORTAL GEOGRÁFICO

Câmara dá a conhecer potencialidades do Portal Geográfico

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai dar continuidade ao ciclo de sessões de esclarecimento junto dos eleitos e colaboradores das Juntas de Freguesia do concelho já no próximo dia 19 de maio, com uma palestra sobre o Portal Geográfico de Vila Nova de Famalicão.

Câmara de Famalicão vai dar continuidade ao cicl

A apresentação do portal tem por objetivo dar a conhecer as suas potencialidades. Nesta formação, que decorrerá na Casa do Território, pelas 18h30, serão abordados alguns dos temas disponíveis para consulta no Portal Geográfico, nomeadamente o Plano Diretor Municipal de Vila Nova de Famalicão, a Toponímia e a Recolha dos Resíduos Sólidos Urbanos.

Refira-se ainda que a iniciativa, promovida através da divisão das Freguesias no âmbito do processo da modernização administrativa, pretende apoiar as juntas locais no domínio de algumas temáticas relacionadas com a gestão da coisa pública.

FAMALICENSES TRAVAM BATALHA DAS FLORES

Famalicenses vão esperar mais uma semana pelas Flores & Trocas. Iniciativa de fortes tradições populares adiada uma semana devido às previsões de mau tempo

As Flores & Trocas animam Famalicão mas só no fim-de-semana de 13 a 15 de maio. A previsão de mau tempo para o fim-de-semana próximo obrigou a organização da festa a adiar desde já a realização da iniciativa por uma semana, dada a necessidade de montagem antecipada das infraestruturas de apoio ao evento.

Batalha das flores é ponto alto da festa de maio

Os famalicenses e os visitantes terão assim que aguardar mais uns dias para desfrutarem de um evento mágico, que celebra uma tradição secular do concelho - a Feira Franca de Maio, coroando-a com toda a beleza, perfume e esplendor das flores.

A Praça D. Maria II, bem no coração da cidade, é o palco desta festa que vai reunir no total perto de uma centena de expositores. Com um programa de animação popular intenso, onde não vão faltar as concertinas e os cantares ao desafio, a festa de maio culmina com o desfile-batalha das flores.

A festa de maio é, no fundo, uma viagem no tempo para recordar costumes de outrora à boleia do artesanato, doçaria, licores e dos produtos da terra, mas também das flores que marcam a identidade e a memória coletiva de Famalicão.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “o convívio entre as flores e as trocas é acertado porque proporciona uma imagem inteira da história e das tradições do nosso concelho”.

Refira-se que a Feira das Trocas, ordenada pelo Rei D. Sancho I, em 1205, também conhecida como Feira do Burro recria algumas das maiores tradições históricas do concelho como a exposição de gado bovino, o mercado dos enchidos, com as populares tabernas e o vinho verde na malga, entre outros momentos, animados pelo ambiente festivo próprio das feiras do início do século XX. Por sua vez, a Festa da Flor tem como expoente máximo a Batalha das Flores.

PROGRAMA

13 DE MAIO (SEXTA-FEIRA)

09h00 Abertura

15h00 Oficina de Trabalhos Manuais “As Flores e a Primavera”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitora: Alcina Gonçalves. N.º limite: Até 30 crianças . Público-alvo: Crianças do1.º CEB

16h00 Atelier de Olaria “Flores de Cerâmica”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Escola de Cerâmica Artística da Fundação Castro Alves . N.º limite: 30 pessoas

17h00 Workshop de Arte Floral

Local Praceta Cupertino de Miranda . Monitorização: Estrelícia Flores . N.º limite: 30 pessoas

20h00 Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

22h00 Exibição “Grupo Musical 4 Claves”

Local Praceta Cupertino de Miranda

14 DE MAIO (SÁBADO)

10h00 às 18h00 Exposição de Orquídeas

Local Fundação Cupertino de Miranda

Colaboração: Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

14h30 Atelier de Pintura “Flores sobre Azulejo”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Associação Cultural Nozes de Prata . N.º limite: 40 pessoas

15h00 Workshop “O Cultivo do Dendrobium e a sua montagem em árvores”

Local Fundação Cupertino de Miranda

Graziela Meister, da Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

16h00 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

17h00 Atelier de bordados “Ponto Margarida”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Isaura Matias . N.º limite: 15 pessoas

18h00 Workshop: Flores de Papel

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Cátia Cruz e Andreia Cruz . N.º limite: 30 pessoas

21h30 Exibição “FOLK 5 - Associação Cultural Sons do Mundo”

Local Praceta Cupertino de Miranda

24h00 Animação Noturna

Local Alameda D. Maria II (topo sul)

15 DE MAIO (DOMINGO)

10h00 às 18h00 Exposição de Orquídeas

Local Fundação Cupertino de Miranda

Colaboração: Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

14h00 Animação de Rua por Grupos Folclóricos

15h00 Workshop O Cultivo de Cymbidium

Local Fundação Cupertino de Miranda

José Costa, da Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

15h30 Desfile-Batalha de Flores

Percurso Rua Manuel Pinto de Sousa, Rua Adriano Pinto Basto; Alameda D. Maria II; Rua Lourenço da Silva Oliveira até ao Topo Norte da Praça D. Maria II

PARTICIPANTES NO DESFILE

Abertura: Zés P'reiras “Os Divertidos” Associação Musical e Recreativa

Grupo Infantil e Juvenil Danças e Cantares de Joane

Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião

Associação Cultural S. Pedro de Riba D'Ave

Confraria de Bicicletas Antigas de Seide S. Paio

CNE de Landim, Agrupamento n.º 261

Clube de Bicicletas Antigas de Cavalões

Associação Recreativa e Cultural de Antas

Associação Cultural São Salvador da Lagoa

Associação Desportiva e Cultural S. Martinho de Brufe

Instituto São José de Oliveira S. Mateus

Grutaca, Grupo Teatro Amador Camiliano (Seide S. Miguel)

Associação Amigos dos Cavalos (Vila Nova de Famalicão)

Encerramento: Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

17h30 Exibição Musical da Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

Local Praceta Cupertino de Miranda

18h30 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

21h00 Encerramento com a Exibição Musical da TUSEFA - Tuna Sénior de Vila Nova de Famalicão

Local Praceta Cupertino de Miranda

FAMALICÃO VIVE FESTA DO FUTEBOL

Taça Coca-Cola trouxe a festa do futebol para Famalicão

Mais de mil jovens atletas passaram este domingo, dia 1 de maio, por Vila Nova de Famalicão para a disputa da segunda etapa nacional da Taça Coca-Cola.

Taça Coca-Cola

Após várias eliminatórias sagraram-se como vencedoras desta etapa regional as equipas “Gondomar Seleção D’Ouro”, em masculinos, e “Boavista F.C.”, em femininos.

Os melhores talentos selecionados pelos “olheiros” da prova poderão agora vir a marcar presença na final da Taça Coca-Cola, agendada para 18 e 19 de junho, em Setúbal, a Cidade Europeia do Desporto 2016.

O ex-jogador do F.C. Porto, João Pinto, o atleta olímpico Luís Vaz e os atletas paraolímpicos Filipe Carneiro e Luís Silva estiveram presentes no Estádio Municipal de Famalicão, encorajando os jovens com o seu exemplo de superação e incentivando para a prática de valores como o fairplay e o desportivismo, que voltaram a estar evidência em mais uma edição daquele que é o maior torneio de futebol juvenil não-federado do país.

Depois desta segunda etapa, o torneio segue para Oeiras, Viseu, Ribeira Grande e Silves.

JOVENS DE FAMALICÃO DEBATEM IMPORTÂNCIA DO ASSOCIATIVISMO

O futuro e a importância das associações numa comunidade deram o mote para uma tarde de conversa na Casa da Juventude de Vila Nova de Famalicão. O espaço jovem do concelho famalicense assinalou no passado sábado à tarde o Dia do Associativismo, num encontro com jovens onde não faltou também o presidente da autarquia, Paulo Cunha. 

Jovens famalicenses discutem a importância do ass

Na sua intervenção, dedicada ao tema “O Movimento Associativo e o 25 de Abril”, o edil famalicense lembrou que “o surgimento das associações e dos grupos informais foi um dos grandes ganhos da conquista da liberdade em 1974”.

Salientando a força e dimensão do movimento associativo concelhio, Paulo Cunha disse ainda esperar que os jovens famalicenses sintam cada vez mais vontade de fazer parte de uma coletividade e, com isso, de trabalhar em prol da comunidade em que se inserem. “Ser cidadão é isso mesmo”, rematou Paulo Cunha. 

FAMALICENSES CAMINHAM À DESBOBERTA DAS MARAVILHAS DE FAMALICÃO

Caminhada concelhia mostrou encantos de Famalicão

O desporto, a cultura e o convívio estiveram em harmonia com a natureza na caminhada concelhia que se realizou no passado sábado, 30 de abril, em Famalicão. Trezentos participantes aceitaram o repto da Câmara Municipal e inscreveram-se nesta que foi a jornada de estreia de uma iniciativa que a autarquia volta a promover, depois da primeira edição que terminou em 2013.

Caminhada Concelhia

A caminhada passou pelas freguesias de Famalicão, Antas, Calendário e Brufe, num percurso de 17 quilómetros de grau médio de dificuldade, e possibilitou também a descoberta de recantos únicos e de grande beleza.

O percurso onde o urbano e o rural se fundiram teve como ponto de partida e chegada o Parque da Devesa, ex-libris natural do concelho, tendo atingido os 244 metros de altura no Monte de Santa Catarina, descendo depois até ao vale do Rio Pelhe com uma cota altimétrica de 75 metros, junto ao lugar de Ribaínho.

A Igreja de Antas, classificada como Imóvel de Interesse Público, e os Castros de S. Miguel-o-Anjo e de Santa Catarina foram alguns dos locais que os caminhantes puderam apreciar.

Com estas caminhadas a Câmara Municipal pretende dar a conhecer os pontos de interesse do concelho, mas também homologar estes percursos pedestres junto da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

FAMALICÃO HOMENAGEIA ATLÉTICO VOLEIBOL CLUBE

Executivo municipal homenageou ontem o campeão nacional feminino de voleibol. Atlético Voleibol Clube enche Famalicão de orgulho

“Um ato único, notável e exemplar”. Foi desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, classificou ontem o mais recente título do Atlético Voleibol Clube (AVC), que no passado mês de abril se sagrou campeão nacional feminino de voleibol.

AVC (2)

O plantel, equipa técnica e dirigentes da formação famalicense foram recebidos, esta segunda-feira, pelo executivo municipal, numa cerimónia que teve lugar no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho.

Um reconhecimento público em nome de todos os famalicenses, pelo “exemplo e dedicação” das atletas, referiu Paulo Cunha, que não escondeu que viveu um dos melhores momentos enquanto presidente com a conquista deste título.

Uma homenagem, refira-se, mais do que justa, até porque ao título de campeão nacional o AVC soma ainda a conquista da Supertaça 2015 e a Taça de Portugal 2016, fazendo o pleno nesta época.

O presidente do AVC, Rui Martins, agradeceu o reconhecimento e apoio incondicional da autarquia famalicense e lembrou que os feitos conquistados nesta época resultam de um trabalho que o clube tem realizado de há uns anos para cá. “É fruto de um trabalho que é progressivo, de estabilidade”, disse.

O dirigente aproveitou ainda para deixar uma palavra de incentivo à sua equipa, dizendo que o AVC vai continuar a lutar por mais títulos nacionais.

Fundado em 1998 e com mais de duas dezenas de títulos nacionais e regionais conquistados entre escalões de formação e seniores, recorde-se que esta foi a primeira vez que o Atlético Voleibol Clube se sagrou campeão nacional, ao vencer por 3-0, a formação do Porto Vólei no quarto jogo do ‘playoff’ da I Divisão Elite, disputado no passado dia 24 de abril, no Pavilhão das Lameiras, em Vila Nova de Famalicão.

AVC (1)

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO DEFENDE ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO

Paulo Cunha mostra-se preocupado, mas acredita no bom-senso do Governo. Famalicão não aceita que o Governo “rasgue” contratos de associação com escolas do concelho

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai tentar sensibilizar o Governo de Portugal para a importância das escolas privadas e cooperativas de ensino no concelho, demonstrando a incapacidade das escolas públicas em dar uma resposta eficiente à totalidade dos alunos famalicenses. Num documento direcionado ao Ministério da Educação e Ciência, a autarquia assume uma posição pioneira no país, liderando este processo de contestação pública no concelho. A autarquia vai também convocar de imediato uma reunião extraordinária do Conselho Municipal da Educação.

Didaxis S.Cosme

O documento tem como objetivo principal convencer o Governo de Portugal a manter os atuais contratos de associação dos estabelecimentos de ensino que compõe a Rede Local de Educação e Formação de Famalicão, garantindo aos alunos, pais e encarregados de educação o direito, constitucionalmente consagrado, de liberdade de escolha da sua educação e da sua escola. A autarquia pede, ainda, ao Governo que ouça a comunidade educativa local sobre todo o processo de reorganização educativa, nomeadamente a autarquia, o Conselho Municipal de Educação, a Rede Local de Educação e Formação e a FECAPAF – Federação Concelhia das Associações de Pais e Encarregados de Educação de Vila Nova de Famalicão.

Refira-se que esta tomada de posição surge depois da notícia avançada pela Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP) que, após reunir com a Secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, diz ter sido "surpreendida" com a alteração das regras dos contratos de associação na sequência da publicação do novo normativo de matrículas e frequência escolar já para o próximo ano letivo.

A contestação do executivo municipal liderado por Paulo Cunha não se fez esperar. A autarquia está preocupada com o futuro de cerca de 40 por cento dos alunos dos 2.º e 3.º ciclos e secundário de Famalicão que frequentam estabelecimentos de ensino com contrato associação e com o futuro das próprias instituições educativas. 

“Estou muito preocupado com as consequências que esta medida trará para milhares de famílias no concelho de Famalicão. São milhares de famílias que têm os seus educados a frequentar estas escolas e que neste momento não sabem o que lhes vai acontecer”, referiu Paulo Cunha no final da sessão da Assembleia Municipal. 

O autarca criticou , de forma veemente,  o timing desta decisão. “Acho de uma tremenda irresponsabilidade que, às portas do mês de maio, o governo venha anunciar esta medida, numa altura em que o ano letivo está praticamente a terminar e que as famílias ficam sem saber o que vai acontecer aos seus educandos”.

Paulo Cunha acredita que a decisão não será concretizada até porque seria “mau de mais para Portugal e para esta região onde temos excelentes escolas do setor cooperativo e do setor particular que têm um excelente desempenho. São escolas com mais de 40 anos, com provas dadas com milhares e milhares de jovens e adultos formados nestas escolas”.

O documento que será apresentado ao Governo é uma ação concertada com as escolas e com a Rede Local de Educação e Formação. “As escolas estão alarmadas com esta situação, mas mais que as escolas e os professores o que mais nos preocupa são as famílias”, destacou.

Paulo Cunha referiu, ainda, que a Câmara Municipal está disponível para liderar este processo “porque para nós não há dois tipos de escolas, nós não distinguimos as escolas, todas elas integram a rede e todas elas são importantes”.

Aliás, o município de Vila Nova de Famalicão tem encetado um trabalho de proximidade e de partilha em rede, intensificado com o Programa Aproximar, valorizando o ensino das Escolas Públicas, sem desvalorizar o bom ensino que também é realizado nas escolas com contrato de associação. 

O presidente da Câmara Municipal aproveitou também para deixar uma sugestão ao governo: “A melhor coisa que o governo pode fazer pela educação em Famalicão é não interferir. Fiquem fora do processo educativo em Famalicão”.

Recorde-se que as escolas em questão são as Escolas Cooperativas Didáxis de Riba de Ave e S. Cosme e o Externato Delfim Ferreira em Riba de Ave, instituições educativas que são uma referência na região e que já foram responsáveis pela formação de várias gerações de alunos. Para além destas, também a Cooperativa e Ensino Alfacoop, de Ruilhe, concelho de Braga, e o Instituto Nun'Alvres, das Caldas da Saúde, concelho de Santo Tirso, recebem alunos de Vila Nova de Famalicão e, por isso, fazem parte da Rede de Educação e Formação do concelho

FAMALICÃO RECEBE MARATONA BTT

7.ª Maratona BTT realiza-se este domingo, dia 8 de maio. Inscrições ainda decorrem. Uma maratona de adrenalina para os amantes do BTT

Mais do que uma prova, uma grande festa do desporto. Contagem decrescente para o regresso de uma das provas de BTT mais vibrantes e entusiásticas da região Norte. A Maratona BTT de Vila Nova de Famalicão está de volta para a sua sétima edição e no próximo domingo, dia 8 de maio, promete fazer do concelho famalicense paragem obrigatória para os amantes da modalidade.

Maratona BTT2

Garantida está já a presença de cerca de 700 atletas, para uma prova que se desdobrará em dois desafios: um de 70 km (maratona) e outro de, aproximadamente, 40 km (meia-maratona).

Um circuito carregado de adrenalina, que terá como epicentro o Parque da Juventude e que atravessará a paisagem natural das zonas centro e norte de Vila Nova de Famalicão, com passagem pelos caminhos rurais, estradas e trilhos de cerca de quinze freguesias do concelho.

A iniciativa, organizada pela Associação Amigos do Pedal com o apoio da autarquia, não tem qualquer caráter competitivo, contudo serão atribuídos tempos e ordem de classificação nos dois percursos, com a atribuição de prémios para os três primeiros da geral de cada categoria (masculino/feminino) e nos diversos escalões.

A prova é livre e aberta a todos os indivíduos com idade igual ou superior a 14 anos. As inscrições decorrem até ao final desta semana no site oficial da iniciativa, em www.maratonafamalicao.com.

AMIZADE JUNTA FOLCLORISTAS EM FAMALICÃO

5º Encontro de Amigos Folcloristas. Sábado, 30-ABR-2016

No seguimento das comemorações do N/ 25º aniversário do N/ Grupo Etnográfico Rusga de Joane, vimos por este meio enviar uma breve nota informativa do "5º Encontro de Amigos Folcloristas", que se realizou no passado sábado, 30 de abril, no Largo 3 de Julho (antigo Campo da Feira), na Vila de Joane. Segue em anexo o cartaz do evento.

Foto_Augurto_Ferreira(7)

Cerca de 500 folcloristas dançaram, cantaram e tocaram ao ritmo do folclore português. As chulas, os viras, os malhões, o fandango e tantas outras danças das mais variadas regiões do país, encheram o Largo 3 de julho, de modo tão espontâneo, quanto de alegria e de partilha. Reuniram-se folcloristas de todo o país, incluindo das ilhas Madeira e Açores e de emigrantes portugueses (de algumas comunidades da França).

Além das oficinas de danças tradicionais, houve ainda oportunidade para oficinas de bordados, jogos tradicionais, cantares polifónicos, concertina e violão.

Foto_Carla_Soares(2)

Rompendo com os modelos padronizados dos grupos folclóricos, este 5º Encontro de Amigos Folcloristas caracteriza-se pela aprendizagem e partilha do património popular português, ao jeito contemporâneo, sem trajes, sem formalidades, mas sim, de modo festivo, informal e sem barreiras fronteiriças, que muito entusiasmam as gerações mais novas e os aproximam desta vertente da cultural tradicional.

Foto_Carla_Soares(24)

Este ano, tivemos o privilegio da presença do produtor Tiago Pereira, fundador do projeto "A Música Portuguesa a Gostas Dela Própria" (nos último anos tem-se dedicado à captação de registos das mais variadas áreas tradicionais. com milhares de videos no seu canal online, com um programa na RTP2 e Antena1), que registou todo o encontro, deixando na sua página de facebook a seguinte mensagem sobre o encontro: "Hoje foi um dia memorável, primeiro emociono-me sempre que vejo jovens dançar o que vem dos seus avós e bisavós, felizes e livres como se tivessem na discoteca, segundo porque é o folclore do futuro, livre das prisões dos trajes e dos palcos, das coreografias rígidas e de outros tempos. É um folclore feito de jovens, de alegria e liberdade. Hoje percebi que nada ia morrer, só se ia renovar e percebi, o que sempre soube, a tradição é sempre contemporânea. Sempre! No Sábado, concluí que fora do espartilho dos ranchos folclóricos há vida, há pulsação, há aquele entusiamo que as danças têm quando são dançadas de forma expontânea. Sábado foi muito importante para mim, estes encontros de jovens amigos flocloristas têm de continuar a e abrirem-se ao mundo"

Este encontro de amigos folcloristas que começou em 2012, já passou por Leça da Palmeira, Coimbra, Santa Marta de Portuzelo (Viana do Castelo), Coruche, este ano em Joane (V.N.Famalicão) e no próximo ano de 2017, irá até São Romão -Seia (Serra da Estrela).

Fotos: Augusto Ferreira

Foto_Carla_Soares(41)

Foto_Augurto_Ferreira(6)

 

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE INAUGURA OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO DO EDIFÍCIO DA JUNTA DE FREGUESIA DE BAIRRO

 

 

 

 

 

Junta de Freguesia de Bairro une modernidade, funcionalidade, tradição e memória

O salão da Junta de Freguesia de Bairro foi pequeno para acolher as várias dezenas de pessoas que participaram, no passado sábado, na cerimónia de inauguração da requalificação do edifício. A casa dos bairrenses, localizada bem no centro da freguesia, “é uma casa emblemática repleta de história, memória e identidade”. “É um símbolo da freguesia”, como referiu o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha. 

Bairro

A cerimónia mobilizou a população e foi embelezada com a atuação do coro litúrgico da Fundação Castro Alves. O espaço que já serviu diversos fins desde escola primária, creche e sede de diversas associações, já esteve para ser demolido, mas a vontade dos bairrenses em preservar o património saiu vitoriosa e, hoje, o edifício tornou-se um ex-libris da freguesia, que une a modernidade, a funcionalidade com a tradição e a memória coletiva.

As obras que implicaram um investimento municipal de 35 mil euros incluíram a pintura interior e exterior do edifício, a substituição do telhado e da iluminação interior e exterior.

“Hoje é um dia importante para Bairro. Com esta obra preservamos este legado histórico, criando condições de conforto e de funcionalidade dos espaços”, salientou Paulo Cunha, acrescentando que o objetivo de conjugar a preservação com a modernização foi cumprido “não só nesta sede da junta, mas também em outras obras que a autarquia tem desenvolvido como no parque escolar onde as intervenções estão a ser concluídas”.

No caso de Bairro, o presidente da Câmara destacou o facto de o edifício acolher não só a sede da junta, mas estar “ao serviço da freguesia” com a existência do posto dos CTT, e de estarem criadas as condições para que ele esteja, também, ao serviço das associações locais.

“É importante ter edifícios públicos de portas abertas” afirmou, salientando que “é este espírito de comunhão que importa cultivar na comunidade”.

Paulo Cunha aproveitou ainda a oportunidade para salientar a saúde financeira do município. “A Câmara Municipal tem conseguido estar ao lado das freguesias, das associações e dos grupos informais que existem na comunidade, porque somos criteriosos no investimento público, somos uma Câmara com excelentes contas, com nível de endividamento muito baixo, que honra os seus compromissos que paga a tempo e horas e que faz investimento”, sublinhou exemplificando com os investimentos que estão a ser efetuados na rede viária, na água e saneamento e no apetrechamento de equipamentos.

Por seu lado, o presidente da Assembleia de Freguesia de Bairro, Manuel Martins realçou o ‘registo histórico’ do edifício requalificado, lembrando que ele é um dos símbolos do desenvolvimento industrial da freguesia.

Também o presidente da Junta de Freguesia, Rui Pacheco Alves, fez questão de lembrar algumas das pessoas que estiveram na linha da frente para impedir que este edifício fosse demolido. Trata-se de “um edifício que honra o passado” e serve o presente já que acolhe também o posto dos CTT.

Refira-se que a inauguração da requalificação da sede da Junta culminou a visita de trabalho do presidente da Câmara Municipal à freguesia que decorreu durante toda a manhã. No âmbito da sua política de proximidade, Paulo Cunha visitou várias obras em curso e auscultou a população sobre as necessidades mais urgentes.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE RECEBE CAMPEÃO DO ATLÉTICO VOLEIBOL CLUBE

Na próxima segunda-feira, 2 de maio, pelas 18h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, recebe na próxima segunda-feira, 2 de maio, pelas 18h00, no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho, a equipa vencedora do campeonato nacional feminino de Voleibol – o Atlético Voleibol Clube.

AVC

Recorde-se que a equipa famalicense sagrou-se, pela primeira vez, campeã feminina, ao vencer por 3-0, a formação do Porto Vólei no quarto jogo do ‘playoff’ da I Divisão Elite, disputado no passado domingo, 24 de abril, no Pavilhão das Lameiras, em Vila Nova de Famalicão.

Com esta vitória, o Atlético Voleibol Clube fez o pleno esta época, depois de ter vencido a Supertaça 2015 e a Taça de Portugal 2016, frente ao mesmo adversário.

FAMALICÃO INCENTIVA EMPREENDEDORISMO

Roteiro Famalicão Made IN dá a conhecer trabalho de empresa LBJ Wash, segunda-feira, 2 de maio, pelas 10h30, na Rua D. Maria II, loteamento do Olheiro, Pavilhão 1, 4760-485, em Fradelos.

O sundo de desemprego foi a alavanca para a criaç

Empresários improváveis depois de desemprego forçado

O fato de empresários ainda lhes é estranho mas têm que o vestir diariamente depois de muitos anos como empregados por conta de outrem. O Bruno, 41 anos, o Carlos, 51, o Álvaro, 40, e o Luís, 46, viram “a vida a andar para trás”, quando a lavandaria industrial de ganga onde trabalhavam fechou portas em 2013, sem mais nem menos. Não entenderam as razões do encerramento, “havia trabalho dentro de portas todos os dias”, mas de um dia para o outro viram-se a braços com o desemprego e um futuro sombrio. O conhecimento dos clientes e do mercado, o saber-fazer adquirido pela experiência e o apoio que o Gabinete de Apoio ao Empreendedor da Câmara Municipal lhes deu, foram motivos suficientes para, dizem, “arriscar tudo”. Pediram a antecipação do pagamento do subsídio de desemprego e um empréstimo ao banco e montaram a LBJ Wash.

Hoje fazem o mesmo que sempre fizeram com duas grandes diferenças: trabalham mais, mas trabalham para eles próprios. Por isso, a motivação é outra e o brilho nos olhos de cada um reflete bem o que lhes vai na alma – “um enorme orgulho”.

O projeto dos quatro improváveis empresários vai ser conhecido durante a próxima jornada do roteiro Famalicão Made IN, na segunda-feira, 2 de maio, pelas 10h30, com uma visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à LBJ Wash, localizada na Rua D. Maria II, loteamento do Olheiro, Pavilhão 1, 4760-485, em Fradelos.

A empresa iniciou a atividade em junho de 2014 e em 2015 já faturou 200 mil euros. Para este ano, a fasquia dos 300 mil euros é o alvo a atingir. “Temos a certeza absoluta de que o que fazemos é bem feito”, dizem em uníssono antecipando a conquista dos objetivos. Sabem que o que fazem “é que dá o ser às calças de ganga” e por isso preferem fazer bem do que crescer “à toa” para deixar os clientes que têm bem servidos e impressionados. Os novos clientes que os procuram “todos os dias” têm que esperar.

O subsídio de desemprego foi a alavanca para a cr

FAMALICÃO REQUALIFICA SEDE DA JUNTA DE FREGUESIA DE BAIRRO

Este sábado, 30 de abril, pelas 11h00, Paulo Cunha inaugura requalificação da sede da Junta de freguesia de Bairro

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, inaugura amanhã, sábado, 30 de abril, pelas 11h00, a requalificação da sede da Junta de Freguesia de Bairro. As obras que implicaram um investimento municipal de 35 mil euros incluíram a pintura interior e exterior do edifício, a substituição do telhado e da iluminação interior e exterior.

Paulo Cunha retoma assim o périplo de visitas de trabalho pelas freguesias do concelho, concentrando-se desta vez na freguesia de Bairro. A jornada culmina com a inauguração das obras de requalificação da sede da Junta de Freguesia.

DEAD COMBO REGRESSA À CASA DAS ARTES EM FAMALICÃO

Atuação da banda portuguesa e regresso de Olga Roriz marcam a programação do próximo mês do espaço cultural famalicense. Dead Combo regressam em maio à Casa das Artes

É com um espetáculo inteiramente novo que no próximo dia 13 de maio os Dead Combo vão subir ao placo do grande auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. O concerto, que marca o regresso da banda portuguesa à sala de espetáculos do concelho famalicense, é um dos principais destaques da programação de maio da Casa das Artes.

Desta vez, Tó trips e Pedro Gonçalves apresentam-se em palco acompanhados por um naipe de cordas (violoncelo, viola de arco e violino), para um espetáculo que musicalmente vai desconstruir e despir as músicas dos Dead Combo para um formato acústico.

Um concerto que convida os admiradores da banda a mergulharem num imaginário único, num espetáculo que promete ser também marcante e prometedor do ponto de vista cénico.

Mas o rol de concertos para maio não se esgota aqui. O mês abre com a atuação de Chris Eckman. O vocalista da banda norte-americana “Walkabouts” atua no café-concerto da Casa das Artes a 6 de maio, sexta-feira, e prepara-se para apresentar em Famalicão o seu primeiro registo a solo – “Harney County”. Na mesma sala, mas no dia 14, destaque para o concerto dos Dan Riverman, banda portuense composta por Dan Alves, Rui Materazzi, Mike Peixoto, Bruno Macedo e Jonas Araújo.

Na música destaque ainda para o fado de Ricardo Ribeiro, que atua na Casa das Artes a 21 de maio. Na bagagem, o fadista traz o seu quarto álbum de originais, “Hoje É Assim, Amanhã Não Sei”, editado pela Warner Music no início de abril. Antes do concerto, refira-se que o fadista falará sobre “O sucesso da internacionalização do fado”, numa conferência marcada para as 21h00, no grande auditório.

A apresentação de “Antes que matem os elefantes” de Olga Roriz é outro dos pontos altos da programação de maio do espaço cultural famalicense. A conceituada coreógrafa portuguesa regressa a Famalicão no dia 28 de maio, com um espetáculo de dança que criou como alerta para uma reflexão coletiva sobre o conflito na Síria.

No teatro, destaque para a apresentação da peça “Coro dos Maus Alunos”. Um espetáculo de Tiago Rodrigues, coproduzido pela ACE Famalicão e a Casa das Artes, em cena no grande auditório nos dias 6 e 7 de maio.

Por fim, o cinema, que continua a ser uma das grandes apostas do espaço cultural famalicense. “A força da verdade”, “O Panda do Kung Fu 3” e “Batman VS Super-Homem: O despertar da justiça”, são algumas das propostas cinematográficas para este mês de maio.

Recorde-se que para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural, e em alguns casos para estudantes, o preço dos espetáculos na Casa das Artes reduz para metade. Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org

FAMALICÃO ASSINALA ANO INTERNACIONAL DAS LEGUMINOSAS

Pequeno auditório da Casa das Artes esgota para falar sobre leguminosas

Vila Nova de Famalicão vai assinalar o Ano Internacional das Leguminosas, com uma conferência que já esgotou o pequeno auditório da Casa das Artes. “Leguminosas com todos”, assim se chama o fórum que este sábado, dia 30, vai por todos a falar sobre os benefícios nutricionais deste tipo de alimentos.

Leguminosas

A conferência arrancará com a palestra “Sementes Nutritivas para um Futuro Sustentável”, com a presença de Hélder Muteia, representante em Portugal da FAO.

Pelas 10h15, o professor da Faculdade de Ciências da Nutrição da Universidade do Porto, Nuno Borges, e a nutricionista Cátia Borges falarão sobre “As leguminosas na alimentação portuguesa”.

Seguem-se depois as palestras “As leguminosas: onde a gastronomia se cruza com o ambiente” por Ricardo Novais, da empresa Erva Limão, e “A importância das leguminosas na agricultura”, por António Strecht, diretor da revista de agricultura biológica “ O Segredo da Terra”.

As leguminosas estarão também presentes no encerramento da iniciativa, que terminará com um momento de degustação preparado pelo conceituado chef de cozinha e proprietário do restaurante Ferrugem, Renato Cunha.

Refira-se que a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) declarou o ano de 2016 como o Ano Internacional das Leguminosas. Aumentar a consciência pública para os benefícios nutricionais das leguminosas, dar a conhecer o impacto positivo que estes alimentos podem ter nas questões de segurança alimentar e na redução da fome a nível mundial, bem como abordar o seu importante papel na agricultura, no ambiente e na gastronomia, são os principais objetivos desta conferência, inserida na agenda nacional do Ano Internacional das Leguminosas.

FAMALICÃO CELEBRA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Esta sexta-feira, dia 29 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Dança e Vila Nova de Famalicão não vai deixar passar a data em branco. Para tal, conta com a preciosa ajuda de vários grupos e escolas de dança do concelho que amanhã vão pôr os famalicenses a dançar.

A iniciativa vai dividir-se entre a Praça 9 de Abril, a Central de Camionagem e o Parque da Juventude, com um vasto programa de exibições e espetáculos, entre dança flamenca, danças de salão, dança contemporânea, Hip Hop, danças Afro-Latinas e Ragga, a partir das 18h00.

Gindança, grupo Groove Spot, Andança e Associação de Moradores das Lameiras são alguns dos grupos envolvidos nesta iniciativa.

JOVENS TALENTOS DO FUTEBOL REVELAM-SE NA TAÇA COCA-COLA

14.ª edição do torneio realiza-se este domingo, dia 1, no Estádio Municipal de Famalicão

O maior torneio de futebol juvenil não-federado do país está de regresso a Vila Nova de Famalicão. A Taça Coca-Cola joga-se este domingo, dia 1 de maio, no Estádio Municipal, e promete revelar jovens talentos do futebol famalicense.

Taça Coca-Cola (1)

Depois do arranque no Funchal, a prova segue agora para a sua segunda etapa no concelho de Famalicão, num torneio que conta já com mais de 1000 atletas inscritos.

O pontapé de saída da prova está marcada para as 10h00, num dia que promete ser totalmente dedicado ao fairplay e à celebração do futebol com família e amigos, com muito desporto e animação.

As inscrições decorrem até dia 29, sexta-feira, e os atletas interessados em inscrever a sua equipa poderão fazê-lo através do número 218 594 122. Os jovens deverão ter entre 13 e 15 anos.

Refira-se que esta é já a 14.ª edição da prova, que volta mais uma vez a percorrer todas as regiões de Portugal. Depois desta segunda etapa, o torneio segue para Oeiras, Viseu, Ribeira Grande, Silves, com a final agendada para junho, em Setúbal, a Cidade Europeia do Desporto 2016.

fairplay é um valor chave em toda o torneio, com a existência de um Cartão Branco para reforçar positivamente atitudes de desportivismo durante a competição, seja dos jogadores, seja junto do público.  

Taça Coca-Cola (2)

TEATRO DA DIDASCÁLIA LEVA AO PALÁCIO DO BOLHÃO A PEÇA “ONE MAN ALONE”

Dias 29 e 30 de abril, o Teatro da Didascália apresenta o seu espectáculo "One Man Alone", no salão nobre do Palácio do Bolhão no Porto.  

unnamed

"One Man Alone" é um espetáculo a solo, literalmente a solo. Sem contracena, operador de luz ou som, o ator vê-se assim obrigado a prosseguir o seu espetáculo interpretando e operando ao mesmo tempo a própria luz que o ilumina e a música que acompanha a cena.

A peça retrata a vida de um padeiro, solitário, que a altas horas da noite, nos intervalos de cozedura do pão, se diverte a brincar com os seus instrumentos de trabalho, numa tentativa de escape ao quotidiano do seu ofício monótono e repetitivo.

Bruno Martins, o diretor artístico da companhia, único ator da peça e simultaneamente operador de luz e som, salienta que o facto de o espetáculo ser todo ele conduzido por uma só pessoa, funciona como uma espécie de metáfora à criação artística contemporânea. Uma metáfora às condições de trabalho, na maioria das vezes precárias, em que os artistas se vêm obrigados a trabalhar, agravadas com a atual conjuntura socioeconómica.

O espetáculo é uma comédia divertida que assenta no virtuoso jogo físico do ator, na capacidade de se multiplicar nas várias personagens que dão vida às suas fantasias, e na sua capacidade de surpreender através dum espetáculo onde a magia é aliada da simplicidade.

A peça estará em cena nos dias 29 e 30 de Abril, às 23h no salão nobre do Palácio do Bolhão, no âmbito do programa Vaga – mostra de artes e ideias, organizado pela ACE – Escola de Artes, que irá apresentar até dia 18 de Junho alguns trabalhos artísticos de ex-alunos desta escola.

Bilheteira:

- Reservas: bilheteira@ace-tb.com | 222 089 007  | 917 939 020

- Bilhete normal 6 euros

- Cartão de Amigo*, Protocolos*, Seniores*, Profissionais de Teatro, Estudantes* 4 euros

- Estudantes da ACE e Artes do Espetáculo 3 euros

*Mediante apresentação de documento comprovativo

Link da bilheteira: http://ace-tb.com/bilheteira/

FAMALICÃO TRAVA BATALHA DAS FLORES

Concelho une-se em torno de eventos emblemáticos e repletos de história. Flores & Trocas animam Famalicão de 6 a 8 de maio

Depois do sucesso da primeira edição da Festa de Maio Flores & Trocas, que decorreu em 2015, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão volta a apostar no evento que reúne estas duas tradições seculares do concelho. No fim-de-semana de 6 a 8 de maio, Famalicão promove uma das feiras mais emblemáticas da sua história, coroando-a com toda a beleza, perfume e esplendor das flores.

Batalha das flores é ponto alto da festa de maio

A Praça D. Maria II, bem no coração da cidade, é o palco desta festa que vai reunir no total perto de uma centena de expositores. Com um programa de animação popular intenso, onde não vão faltar as concertinas e os cantares ao desafio, a festa de maio culmina com o desfile-batalha das flores.

A festa de maio é, no fundo, uma viagem no tempo para recordar costumes de outrora à boleia do artesanato, doçaria, licores e dos produtos da terra, mas também das flores que marcam a identidade e a memória coletiva de Famalicão.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “o convívio entre as flores e as trocas é acertado porque proporciona uma imagem inteira da história e das tradições do nosso concelho”.

Refira-se que a Feira das Trocas, ordenada pelo Rei D. Sancho I, em 1205, também conhecida como Feira do Burro recria algumas das maiores tradições históricas do concelho como a exposição de gado bovino, o mercado dos enchidos, com as populares tabernas e o vinho verde na malga, entre outros momentos, animados pelo ambiente festivo próprio das feiras do início do século XX. Por sua vez, a Festa da Flor tem como expoente máximo a Batalha das Flores.

PROGRAMA

06 DE MAIO (SEXTA-FEIRA)

09h00 Abertura

15h00 Oficina de Trabalhos Manuais “As Flores e a Primavera”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitora: Alcina Gonçalves. N.º limite: Até 30 crianças . Público-alvo: Crianças do1.º CEB

16h00 Atelier de Olaria “Flores de Cerâmica”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Escola de Cerâmica Artística da Fundação Castro Alves . N.º limite: 30 pessoas

17h00 Workshop de Arte Floral

Local Praceta Cupertino de Miranda . Monitorização: Estrelícia Flores . N.º limite: 30 pessoas

20h00 Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

22h00 Exibição “Grupo Musical 4 Claves”

Local Praceta Cupertino de Miranda

07 DE MAIO (SÁBADO)

10h00 às 18h00 Exposição de Orquídeas

Local Fundação Cupertino de Miranda

Colaboração: Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

14h30 Atelier de Pintura “Flores sobre Azulejo”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Associação Cultural Nozes de Prata . N.º limite: 40 pessoas

15h00 Workshop “O Cultivo do Dendrobium e a sua montagem em árvores”

Local Fundação Cupertino de Miranda

Graziela Meister, da Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

16h00 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

17h00 Atelier de bordados “Ponto Margarida”

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Isaura Matias . N.º limite: 15 pessoas

18h00 Workshop: Flores de Papel

Local Praceta Cupertino de Miranda

Monitorização: Cátia Cruz e Andreia Cruz . N.º limite: 30 pessoas

21h30 Exibição “FOLK 5 - Associação Cultural Sons do Mundo”

Local Praceta Cupertino de Miranda

24h00 Animação Noturna

Local Alameda D. Maria II (topo sul)

08 DE MAIO (DOMINGO)

10h00 às 18h00 Exposição de Orquídeas

Local Fundação Cupertino de Miranda

Colaboração: Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

14h00 Animação de Rua por Grupos Folclóricos

15h00 Workshop O Cultivo de Cymbidium

Local Fundação Cupertino de Miranda

José Costa, da Associação Portuguesa de Orquidofilia (Lusorquídeas)

15h30 Desfile-Batalha de Flores

Percurso Rua Manuel Pinto de Sousa, Rua Adriano Pinto Basto; Alameda D. Maria II; Rua Lourenço da Silva Oliveira até ao Topo Norte da Praça D. Maria II

PARTICIPANTES NO DESFILE

Abertura: Zés P'reiras “Os Divertidos” Associação Musical e Recreativa

Grupo Infantil e Juvenil Danças e Cantares de Joane

Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião

Associação Cultural S. Pedro de Riba D'Ave

Confraria de Bicicletas Antigas de Seide S. Paio

CNE de Landim, Agrupamento n.º 261

Clube de Bicicletas Antigas de Cavalões

Associação Recreativa e Cultural de Antas

Associação Cultural São Salvador da Lagoa

Associação Desportiva e Cultural S. Martinho de Brufe

Instituto São José de Oliveira S. Mateus

Grutaca, Grupo Teatro Amador Camiliano (Seide S. Miguel)

Associação Amigos dos Cavalos (Vila Nova de Famalicão)

Encerramento: Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

17h30 Exibição Musical da Banda Marcial de Arnoso Santa Maria

Local Praceta Cupertino de Miranda

18h30 Arruada de Concertinas e Cantares ao Desafio

Colaboração: Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense

21h00 Encerramento com a Exibição Musical da TUSEFA - Tuna Sénior de Vila Nova de Famalicão

Local Praceta Cupertino de Miranda

FAMALICÃO APRESENTA NOITE DE “FANDANGO” E DE “BALLET STORY” NA CASA DAS ARTES

Música e dança no último fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense

O mês de abril vai terminar em grande na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, com o concerto de “Fandango” e a dança de “A Ballet Story” a encerrarem a programação deste mês do espaço cultural famalicense. 

BalletStory©Susana_Neves_2024

Tomando como ponto de partida a obra "Zephyrtine", de David Chesky, o coreógrafo Victor Hugo Pontes apresenta "A Ballet Story". Um espetáculo de dança que sobe este sábado, dia 30, ao palco do grande auditório, inserido nas comemorações do Dia Mundial da Dança, data que se assinala esta sexta-feira, dia 29.

Encomendado por Guimarães 2012 ― Capital Europeia da Cultura, “A Ballet Story” foi um dos pontos altos do festival GUIdance 2012, contando com uma receção entusiasta por parte do público e da crítica.

O espetáculo na Casa das Artes está marcado para as 21h30. Os bilhetes têm o custo de 10 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

No mesmo dia, mas no café-concerto da Casa das Artes, há “Fandango” - o mais recente projeto musical de Gabriel Gomes (Sétima Legião e Madredeus) e Luís Varatojo (Naifa, Peste & Sida e Despe e Siga).

O projeto, que nasce de uma mistura exótica de melodias portuguesas com beats de eletrónica, resulta numa diversidade de ritmos que capta a essência da música portuguesa, numa colorida harmonia entre linhas de sintetizadores e batidas de caixas de ritmos.

O concerto está marcado para as 23h00. Os bilhetes têm o custo de 6 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org

FAMALICÃO QUER HISTÓRIA DE ABRIL BEM CONTADA

Presidente da Câmara anunciou que estudo e recolha testemunhal e documental sobre período da consolidação democrática no concelho vai prosseguir

O projeto “Conta-me a História” de recolha documental e testemunhal que a Câmara Municipal está a desenvolver sobre o processo de consolidação democrática em Portugal vai estender-se no tempo. A novidade foi avançada pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, depois da apresentação do documentário “O Filme do 25 de Abril em Famalicão”, que decorreu ontem, 25 de abril, no Arquivo Histórico Alberto Sampaio, revelando a um auditório cheio imagens inéditas sobre a forma como os famalicenses saíram à rua e viveram o 25 de abril de 1974.

Artur Sá da Costa coordena o projeto Cona-me a Hi

“O trabalho desenvolvido ao longo deste processo tem trazido à luz do dia novos documentos e tem despertado o interesse e a adesão de importantes testemunhas que viveram e tiveram participação ativa nos principais acontecimentos políticos e sociais que ocorrerem em Portugal entre 1974 e 1976”, adiantou o edil. E acrescentou: “isso cria em nós a responsabilidade de prosseguirmos com este trabalho, de forma a legarmos à História a narrativa factual de um período importante e determinante para Portugal e para os seus cidadãos”

O anúncio do Presidente da Câmara Municipal recebeu uma onda de reconhecimento que atravessou todos os quadrantes políticos concelhios, merecendo também palavras elogiosas da geração que foi a principal protagonista do processo revolucionário em Portugal.

Dirigido pelo historiador Artur Sá da Costa, a iniciativa “Conta-me a História”, já contou com a realização de uma mesa redonda em 25 de Novembro de 2015, dia associado ao final do PREC – Período Revolucionário em Curso, e com uma conferência por Diogo Freitas do Amaral no dia 3 de abril último, sobre os 40 anos da Constituição da República Portuguesa. O documentário agora produzido foi realizado pelo jornalista Paulo Couto da Fama TV sob direção de Artur Sá da Costa e investigação de Amadeu Gonçalves. O vídeo está disponível para visualização a partir do portal do município em www.vilanovadefamalicao.org

O projeto insere-se no plano maior “25 de abril – Memória e Futuro”, que arrancou em 2015 com a criação da “Biblioteca Digital – Fundo Local da Oposição Democrática”, que disponibiliza online através do site da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco documentos exclusivos das lutas pela liberdade no concelho e no país.

O Filme do 25 de Abril em Famalicão foi apresenta

ATOR JOAQUIM DE ALMEIDA DÁ NOME A PRÉMIO DE CINEMA JOVEM EM FAMALICÃO

2.ª edição do YMOTION - Concurso e Mostra de Cinema Jovem - arranca em maio

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai dar o nome de Joaquim de Almeida ao Grande Prémio do YMOTION, o galardão que será atribuído à melhor curta-metragem do concurso de cinema jovem promovido pela autarquia, através do pelouro da Juventude. O mais internacional dos atores portugueses esteve no passado sábado, 23 de abril, em Famalicão para a apresentação do festival, que tem como objetivo distinguir os melhores trabalhos produzidos por jovens cineastas portugueses.

YMOTION (1)

Uma iniciativa muito aplaudida pelo ator português. “É bom ver que em Portugal há hoje apoios que não haviam na minha altura”, recordou Joaquim de Almeida, que aproveitou ainda para desafiar os jovens cineastas a agarrarem as oportunidades que vão surgindo. “O mais importante é acreditar. Eu acreditei sempre e fui o primeiro português a conquistar um lugar em Hollywood”.

Presente esteve também o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que considerou importante “espicaçar” os jovens para a criatividade. “Queremos jovens irreverentes, que não se conformem com aquilo que têm à disposição e que estejam disponíveis para produzir e não apenas para consumir”.

O período de inscrições do YMOTION arranca já no próximo mês de maio e termina a 30 de setembro, data limite para a receção de candidaturas e submissão das curtas a concurso. A inscrição poderá ser feita online, através de formulário próprio disponível em www.ymotion.org, ou através de email, para ymotion.mostra@gmail.com.

As curtas selecionadas irão depois integrar uma mostra cinematográfica. Ao todo serão atribuídos oito prémios: “Grande Prémio Joaquim de Almeida”, no valor de 1000 euros, “Prémio Escolas”, no valor de 500 euros, e ainda os prémios de “Melhor Argumento”, “Melhor Realização”, “Melhor Direção de Fotografia”, “Melhor Banda Sonora Original”, “Melhor Curta de Animação” e “Prémio Público”, todos no valor de 150 euros.

Refira-se ainda que o festival é dirigido aos jovens entre os 12 e os 35 anos. Promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português e fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior são alguns dos objetivos do festival, este ano dedicado ao tema “O meu lugar no mundo”.

A segunda edição do concurso e mostra contará com o apoio de várias instituições educativas do ensino secundário com cursos profissionais de audiovisual e multimédia e com a parceria de cerca de uma dezena de instituições de ensino superior, de norte a sul do país.

YMOTION (2)

FAMALICÃO SENSIBILIZA CONTRA MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

Paulo Cunha junta-se às crianças na operação Stop aos maus tratos. Ação de sensibilização realiza-se amanhã, dia 27, pelas 11h30, em Delães

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e a presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Elsa Rocha, vão participar amanhã, quarta-feira, dia 27 de abril, na campanha de sensibilização para a prevenção de maus tratos infantis, que vai decorrer pelas 11h30, junto à Escola E. B. 1 de Delães.

A campanha conta com a participação das crianças da turma do 1.º ano, que fardadas de agentes da autoridade e acompanhadas por militares da GNR vão participar numa Operação Stop, sensibilizando os automobilistas para os direitos das crianças.

A ação de sensibilização já arrancou no dia 21 de abril e envolve no total perto de meio milhar de crianças do 1.º ciclo do concelho. A ação insere-se na campanha “Pare! Mude Vidas” lançada neste mês de abril pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em colaboração com a CPCJ de Famalicão. A iniciativa tem como objetivo consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física. A campanha insere-se no âmbito do mês Internacional da Prevenção de Maus Tratos na Infância e está nas ruas do concelho através de outdoors e muppies, prolongando-se durante o ano. A iniciativa conta com os apoios de várias entidades como a PSP, a GNR e o CLDS Famalicão 3G, entre outras.

PAULO CUNHA, PRESIDENTE DO MUNICÍPIO FAMALICENSE, APELA A CONSENSOS NA POLÍTICA CONCELHIA

Autarca aproveitou sessão solene do 25 de abril para pedir o envolvimento de todos na solução para a nacional 14

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, apelou hoje aos partidos políticos para que se unam em torno do bem comum para o concelho.

AFS_6989

“Como é possível haver tão largos consensos em tantas matérias da nossa sociedade e haver tanta disputa partidária, tanta divergência do ponto de vista político-partidário. Há aqui uma clara desadequação entre aquilo que a sociedade civil quer para o futuro do concelho e a abordagem de alguns partidos políticos. É este divórcio que não ajuda ao fortalecimento da democracia, que não estimula a participação democrática e que não contribui para o desenvolvimento do concelho”.

Foi esta a principal mensagem que Paulo Cunha deixou na sessão solene comemorativa do 42.º aniversário do 25 de abril, que decorreu no Salão Nobre da Assembleia Municipal e contou com a presença e intervenção de representantes das várias cores políticas.

O autarca apelava aos consensos nomeadamente em torno da intervenção que que deve ser feita da Estrada Nacional 14, uma reivindicação antiga dos empresários, dos municípios de Famalicão, Maia e Trofa e da população, que tem uma solução em cima da mesa apresentada pelo anterior Governo. “É preciso que os partidos políticos não fiquem indiferentes a este projeto que já conseguiu uma esmagadora maioria de apoio dos agentes empresariais, autarcas, as forças da sociedade civil e dos próprios cidadãos. Os partidos políticos não podem ignorar o grande consenso deste projeto que é um desígnio concelhio”, afirmou Paulo Cunha. E acrescentou: “É preciso coragem, é preciso deixarmos de lado enquadramentos ideológicos que estão subjacentes à formação dos partidos políticos para que possamos de forma genuína abraçar este tipo de desígnios concelhios. Temos que erguer a bandeira do concelho. Não podemos ser indiferentes aos consensos dos famalicenses”

Relembrando outros projetos que têm tido a aprovação dos famalicenses, no âmbito da política educativa, social e económica levada a cabo pela autarquia, o presidente da Câmara deixou um desafio aos partidos com assento na assembleia municipal: “Para que abracem de uma forma mais generosa, mais genuína e mais comprometida o futuro de Famalicão”.

Perante uma sala composta na grande maioria por pessoas que viveram o 25 de abril de 1974, o presidente da Assembleia Municipal, Nuno Melo, afirmou que os partidos devem “dar às novas gerações muito mais do que discursos políticos. Celebrar Abril é afirmar o estado democrático e neste âmbito os políticos devem ser sérios e imanar democracia”.

De resto, o discurso de Nuno Melo foi de encontro à intervenção de Paulo Cunha, referindo que “todos os políticos devem conseguir interpretar o bem-comum”. O eurodeputado aproveitou ainda a oportunidade para afirmar que“Portugal devia ser para a Europa o que Famalicão é para o país”.

Para além do presidente da Câmara Municipal e do Presidente da Assembleia Municipal, a sessão contou com as intervenções de José Luis Araújo (BE), de Domingos Costa (CDU), Paulo Coelho (CDS/PP), Jerónimo Pereira (PS) e Álvaro Oliveira (PSD). Refira-se que a CDU, CDS/PP, PS e PSD contaram-se também com intervenções das Jotas.

AFS_6933

FAMALICÃO: RUSGA DE JOANE PROMOVE 5º ENCONTRO DE AMIGOS FOLCLORISTAS

Sábado, 30-ABR-2016

No seguimento das comemorações do N/ 25º aniversário do N/ Grupo Etnográfico Rusga de Joane, vimos por este meio enviar uma breve nota informativa do "5º Encontro de Amigos Folcloristas", que este ano se realizará no sábado, 30 de abril, no Largo 3 de Julho (antigo Campo da Feira), na Vila de Joane. Segue em anexo o cartaz do evento.

DESCRIÇÃO: O  Encontro de Amigos Folcloristas, trata-se de um dia onde se celebra o folclore nacional de modo descontraído, sem trajes e num espirito festivo de aprendizagem e de confraternização.

DATA: Sábado, 30-ABR-2016

LOCALLargo 3 de Julho (antigo campo da feira), Vila de Joane. Em caso de chuva o encontro será todo na Escola Padre Benjamim Salgado

PÚBLICO ALVO: Folcloristas e todos interessados em se divertir ao som, ritmos e labores da tradição popular e tradicional portuguesa.

PROGRAMA:

9h – Abertura do Encontro

9h30 - Início das Oficinas de Dança pelos grupos:

  • Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães – Esposende
  • Grupo Folclórico da Corredoura - Guimarães
  • Rancho Folclórico “Os Camponeses de Santana do Mato” - Coruche
  • Grupo Folclórico As Lavradeiras da Meadela – Viana do Castelo

12h30 - Almoço de convívio;

14h30 – Oficinas de Dança pelos grupos:

  • Grupo Etnográfico Rusga de Joane – V.N.Famalicão
  • Rancho Típico da Amorosa – Leça da Palmeira

16h – Oficinas variadas (na Escola Secundária Padre Benjamim Salgado)

  •     Jogos Tradicionais: Grupo Etnográfico Região de Coimbra
  •    Bordados: Grupo Etnográfico Rusga de Joane
  • Violão: Grupo Folclórico Santa Marta de Portuzelo
  •       Canto: Grupo Folclórico da Universidade do Minho
  •         Concertina: Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega (a confirmar)

18h – Sessão final (na Escola Secundária Padre Benjamim Salgado)

19h - Encerramento do 5º Encontro de Amigos Folcloristas (na Escola Secundária Padre Benjamim Salgado)

PROGRAMA EXTRA: 21h - “Arraial, Rusga e Cantorias”, na Escola Secundária Padre Benjamim Salgado.

ORGANIZAÇÃO 2016:

Grupo Etnográfico Rusga de Joane (no ano de 2016), no âmbito das comemorações do 25º aniversário.

CONTACTOS: rusgadejoane@gmail.com | 932 325 278 |www.facebook.com/grupoetnograficorusgadejoane |www.rusgadejoane.blogspot.com

HISTORIAL da organização do encontro:
02-05-2015 - Coruche. Organizado pelo Rancho Folclórico "Os Camponeses" de Santana do Mato.

05-04-2014 - Santa Marta de Portuzelo (Viana do Castelo). Organizado pelo Grupo Folclórico Santa Marta de Portuzelo e Gadt Forjães.

13-04-2013 - Coimbra. Organizado pelo Grupo Etnográfico Região de Coimbra.

24-03-2012 - Leça da Palmeira. Idealizado, fundado e organizado por André Marcos, João Teixeira e Rancho Típico da Amorosa.

FAMALICÃO REVIVE 25 DE ABRIL DE 1974

Comemorações iniciam nos Paços do Concelho, com o hastear da bandeira, pelas 10h00

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, convida os órgãos de comunicação social a participar nas comemorações do 42.º aniversário do 25 de abril, que decorrem na próxima segunda-feira, a partir das 10h00, nos Paços do Concelho com um vasto conjunto de iniciativas de grande simbologia, que pretendem, acima de tudo, evocar os valores de Abril, tais como a liberdade, a igualdade e a democracia.

Do rol de atividades, destaque para a sessão solene da Assembleia Municipal, que acontecepelas 10h00, nos Paços do Concelho, com a tradicional intervenção dos vários partidos políticos. Antes disso, assiste-se ao hastear da bandeira ao som do Hino Nacional interpretado pelo Grupo Recreativo e Musical Banda de Famalicão.

O dia ficará ainda marcado pela apresentação de imagens inéditas da revolução nas ruas da cidade. A pelicula  que estava guardada no arquivo dos estúdios da RTP, foi agora resgatada pela autarquia para o domínio público. Os filmes são desconhecidos da maior parte dos famalicenses e vão ser projetados pelas 17h00, de segunda-feira, no Arquivo Municipal Alberto Sampaio.

 “São imagens únicas e marcantes que demostram bem a forma como os famalicenses saíram à rua e viveram o 25 de abril de 1974”, refere a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, adiantando que a aquisição da pelicula insere-se no âmbito do projeto “25 de abril – Memória e Futuro”, que visa recolher e preservar as fontes históricas sobre a Revolução do 25 de abril. O projeto arrancou em 2015 com a criação da “Biblioteca Digital – Fundo Local da Oposição Democrática”, que disponibiliza online através do site da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco documentos exclusivos das lutas pela liberdade no concelho.

O filme do 25 de abril em Famalicão será ainda enriquecido com imagens  exclusivas captadas por particulares e será acompanhado de uma tertúlia que promete desvendar muitos dos episódios daquele dia libertador e dos que se seguiram.

Entre a multiplicidade de iniciativas culturais que vão atravessar as várias freguesias do concelho destaca-se ainda os Versos e Sons de Abril, que vão decorrer este sábado, no Museu Bernardino Machado, o recital de Poesia Dita e Cantada, no Café-Concerto da Casa das Artes, na noite de 24 e claro a tradicional sessão solene comemorativa do 25 de abril, que junta as diferentes forças partidárias no Salão Nobre da Assembleia Municipal, nos Paços do Concelho.

Para Paulo Cunha “a liberdade artística e cultural foi, sem dúvida, uma das grandes conquistas de abril e neste âmbito não vão faltar espetáculos musicais, cinema e teatro.”Ao todo são mais de dezena e meia de eventos para celebrar abril. “Com estas iniciativas queremos também transmitir às novas gerações o verdadeiro sentido do que foi o 25 de Abril de 1974”, acrescenta o autarca.

ATOR JOAQUIM DE ALMEIDA LANÇA EM FAMALICÃO YMOTION

Apresentação da 2.ª edição do concurso e mostra de cinema jovem, sábado, 23 de abril, às 15h00, na Casa da Juventude

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão convida os órgãos de comunicação social para a cerimónia de apresentação do YMOTION – 2º Concurso e Mostra de Cinema Jovem, a realizar no sábado, 23 de abril, pelas 15h00, na Casa da Juventude, com a presença do ator Joaquim de Almeida e de outras personalidades ligadas ao universo da sétima arte, que vão apadrinhar o evento.

Joaquim-de-Almeida-1

A iniciativa é organizada pelo Município de Vila Nova de Famalicão, através do pelouro da Juventude, dirigindo-se aos jovens dos 12 aos 35 anos.  Promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português e fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior são alguns dos objetivos que se pretende atingir com o YMOTION.  

A segunda edição do concurso e mostra será dedicada ao tema “O meu lugar no mundo” e contará com o apoio de várias instituições educativas do ensino secundário com cursos profissionais de audiovisual e multimédia e com a parceria de cerca de uma dezena de instituições de ensino superior, de norte a sul do país.

CRIANÇAS DE FAMALICÃO FAZEM STOP AOS MAUS TRATOS

Presidente da Câmara Municipal participa na ação de sensibilização, no dia 27, pelas 11h30

E se uma criança fardada de polícia lhe fizer uma Operação Stop na rua: “Pare e Mude Vidas”! É este o mote da campanha de sensibilização que a Câmara Municipal de Famalicão, em conjunto com a Comissão de Proteção de Crianças de Jovens e as forças policiais da PSP e da GNR estão a desenvolver por estes dias na ruas do concelho.

DSC_5370

Ao todo, perto de meio milhar de crianças do 1.º ciclo do ensino básico do concelho participam nesta campanha. As crianças devidamente fardadas da força policial correspondente e com o apoio dos agentes abordam os condutores explicando os objetivos da campanha de sensibilização para a prevenção dos maus tratos infantis, relembrando alguns dos direitos que lhes assistem.

DSC_5385

De acordo com o Chefe Silva da PSP, responsável do projeto “Escola Segura”, trata-se de “uma iniciativa muito importante, porque são as próprias crianças que interpelam os adultos para esta problemática. As pessoas ficam sensibilizadas e mais atentas para o problema dos maus tratos”, refere.

Nesta quinta-feira, 21 de abril, a Operação Stop Maus Tratos decorreu em conjunto com a PSP, na periferia da Escola Básica Conde S. Cosme da parte da manhã, e da tarde na periferia do Centro Escolar Luís de Camões. Nesta sexta-feira, 22 de abril, a ação decorre entre as 9h30 e as 12h00, na periferia da Escola Dr. Nuno Simões. Entre as 14h00 e as 16h00, a iniciativa decorre na periferia da Escola Básica Conde S. Cosme.

DSC_5391

As ações regressam nos dias 27 e 28 com o apoio da GNR.

No dia 27 a ação de sensibilização conta com a presença do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha e da presidente da CPCJ, Elsa Rocha, entre as 10h00 e as 12h00 na periferia da Escola E. B. 1 de Delães. À tarde entre as 14h30 e 16h30, a iniciativa decorre no mesmo local. No dia 28, entre as 10h00 e as 12h00 e as 14h30 e as 16h30, a ação decorre na Periferia do Externato Delfim Ferreira.

DSC_5397

FAMALICÃO RECEBE PROVA INTERNACIONAL DE KICKBOXING

Antevisão da competição amanhã, pelas 17h30, no café-concerto da Casa das Artes

O concelho de Vila Nova de Famalicão recebe este fim-de-semana mais uma prova desportiva internacional, desta vez na modalidade de Kickboxing. O “II Torneio Internacional Unition” realiza-se este sábado, 23 de abril, no Pavilhão Municipal, numa competição que vai colocar frente-a-frente as seleções de Portugal e Marrocos.

A prova contará amanhã, sexta-feira, dia 22, com uma conferência de imprensa de antevisão, que terá lugar a partir das 17h30, no Café-Concerto da Casa das Artes, com a presença dos atletas e do vereador do Desporto da autarquia famalicense, Mário Passos.

Ao todo serão 11 os duelos entre a seleção portuguesa e marroquina, com destaque para a presença de três famalicenses nos eleitos do selecionador luso: Adriana Meira (-48 kg), Sofia Lobo (-52 kg) e Ricardo Cunha (- 75 kg), da equipa Tyger Gym.

FAMALICÃO COMEMORA 25 DE ABRIL

Programa comemorativo da Revolução dos Cravos com diversas iniciativas. Exibição de imagens inéditas do 25 de abril nas ruas de Famalicão marca as comemorações

É já na próxima segunda-feira que se assinala o 42.º aniversário da Revolução do Cravos em Portugal. Em Vila Nova de Famalicão, a data será celebrada com inúmeras iniciativas com destaque para a apresentação de imagens inéditas da revolução nas ruas da cidade. A pelicula que estava guardada no arquivo dos estúdios da RTP, foi agora resgatada pela autarquia para o domínio público. Os filmes são desconhecidos da maior parte dos famalicenses e vão ser projetados pelas 17h00, de segunda-feira, no Arquivo Municipal Alberto Sampaio.

“São imagens únicas e marcantes que demostram bem a forma como os famalicenses saíram à rua e viveram o 25 de abril de 1974”, refere a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, adiantando que a aquisição da pelicula insere-se no âmbito do projeto “25 de abril – Memória e Futuro”, que visa recolher e preservar as fontes históricas sobre a Revolução do 25 de abril. O projeto arrancou em 2015 com a criação da “Biblioteca Digital – Fundo Local da Oposição Democrática”, que disponibiliza online através do site da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco documentos exclusivos das lutas pela liberdade no concelho.

O filme do 25 de abril em Famalicão será ainda enriquecido com imagens exclusivas captadas por particulares e será acompanhado de uma tertúlia que promete desvendar muitos dos episódios daquele dia libertador e dos que se seguiram.

Do programa comemorativo referência também para a inauguração da mostra documental: “25 de abril na literatura, no cinema e na música”, nesta sexta-feira na Biblioteca Municipal.

Entre a multiplicidade de iniciativas culturais que vão atravessar as várias freguesias do concelho destaca-se ainda os Versos e Sons de Abril, que vão decorrer no dia 23, no Museu Bernardino Machado, o recital de Poesia Dita e Cantada, no Café-Concerto da Casa das Artes, na noite de 24 e claro a tradicional sessão solene comemorativa do 25 de abril, que junta as diferentes forças partidárias no Salão Nobre da Assembleia Municipal, nos Paços do Concelho.

Para Paulo Cunha “a liberdade artística e cultural foi, sem dúvida, uma das grandes conquistas de abril e neste âmbito não vão faltar espetáculos musicais, cinema e teatro.” Ao todo são mais de dezena e meia de eventos para celebrar abril. “Com estas iniciativas queremos também transmitir às novas gerações o verdadeiro sentido do que foi o 25 de Abril de 1974”, acrescenta o autarca.

PARQUE DA JUVENTUDE EM FAMALICÃO TEM VOCAÇÃO DESPORTIVA RENOVADA

Câmara requalificou campo de ténis e campo de futebol de cinco de utilização livre no centro da cidade

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a reforçar a vocação desportiva do Parque da Juventude com a requalificação das infraestruturas desportivas existentes. Depois de uma intervenção de requalificação do campo de ténis, foi mais recentemente concluída um acção da mesma natureza no campo de futebol de cinco, através da colocação de um piso de relva sintético e da substituição das balizas. Entretanto, a autarquia está a preparar uma nova intervenção para a renovação do campo de basquetebol.

Câmara reforça vocação desportiva do Parque da

Construído em 1997, o Parque da Juventude é um espaço central da cidade famalicense que está localizado nas imediações do parque escolar e desportivo da cidade. Marcadamente urbano, o parque é composto por um relvado extenso e zona arborizada, maioritariamente composta por choupos, plátanos, pinheiros e castanheiros da India. Para além das valências desportivas e de lazer, os cafés e as esplanadas à volta do parque reforçam a sua vocação jovem.

O parque está servido pela rede Famalicão WI-FI que proporciona aos frequentadores navegação livre e gratuita da internet, sendo apenas necessário um registo prévio e consequente validação.

Funcionando como um ponto de encontro e de convívio por excelência da juventude famalicense, o espaço é desfrutável de forma livre e espontânea, incluindo os seus equipamentos desportivos que podem ser utilizados sem marcação prévia dentro do seguinte horário: de 1 de outubro a 31 de maio, das 9h00 às 23h00, e de 1 de junho a 30 de setembro, das 9h00 à 1h00.

Câmara reforça vocação desportiva do Parque da

FAMALICÃO TRANSPORTA DOENTES AOS CENTROS DE SAÚDE

Carrinha com capacidade para oito lugares começa a circular em maio. Transporte personalizado leva utentes da antiga Extensão de Saúde de Arnoso até Nine

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em parceria com a Engenho – Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este vai disponibilizar a partir do próximo mês de maio, um meio de transporte único e personalizado aos utentes que estavam inscritos na antiga Extensão de Saúde de Arnoso Santa Maria e que passaram para a Unidade de Saúde de Nine.

AFS_1552

O veículo com capacidade para oito lugares fará o transporte de passageiros às terças-feiras de manhã e às quintas-feiras à tarde, no horário estipulado pela Unidade de Saúde de Nine para as consultas programadas destes utentes.

“É um serviço público de proximidade que vai, de facto, dar uma resposta eficaz às necessidades destes utentes”, refere a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. “Queremos proporcionar a todos os famalicenses um acesso facilitado à saúde, num concelho harmonioso e socialmente equilibrado”,acrescenta.

O meio de transporte irá percorrer as freguesias de Jesufrei, Arnoso Santa Maria, Arnoso Santa Eulália e Nine beneficiando os utentes que estavam inscritos na Extensão de Saúde de Arnoso Santa Maria.

Refira-se que já em outubro de 2015,  face à reorganização dos serviços da Unidade de Saúde de Arnoso de Santa Maria na UCSP (Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados) de Nine, decidido pela Administração Regional de Saúde (ARS-N) a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão reforçou o transporte público rodoviário na zona, com a introdução de uma nova carreira de autocarros com ligação direta de Arnoso Santa Maria à UCSP de Saúde de Nine. No entanto, passados quase seis meses o serviço revelou-se desproporcionado em relação à procura. Em alternativa a autarquia em parceria com a Engenho decidiu criar este meio de transporte com capacidade mais reduzida, mais próximo das populações e ambivalente de forma a dar resposta às necessidades das pessoas.

FAMALICENSES VENCEM O PORTO EM FUTEBOL ADAPTADO

Campeonato Nacional de Futebol de 7 adaptado: FC Porto 3 X 4 ABLS. Associação Boccia Luís Silva vence e fica apenas a dois pontos da liderança

No passado Domingo, dia 6 de Março, a Associação de Boccia Luís Silva (ABLS) foi ao campo da Constituição, no Porto, vencer a equipa local, o Futebol Clube do Porto, por 3-4, num jogo bastante emotivo e de grande qualidade. Com esta vitória, a ABLS entra novamente na luta pelo título nacional.

Relativamente ao jogo, este adivinhava-se muito difícil para a ABLS. Os primeiros minutos foram extremamente equilibrados, tendo o FC Porto inaugurado o marcador aos 10 minutos, através da marcação de um livre directo em que a bola sofreu um ligeiro desvio na barreira.

A equipa visitante teve uma reacção forte e apenas 2 minutos depois, na marcação de uma grande penalidade, Hugo Pinheiro repôs a igualdade. Aos 15 minutos, José Eduardo Faria marcou o segundo golo para a ABLS, concluindo com sucesso uma bela jogada colectiva.

Com a reviravolta no marcador a equipa do FC Porto ficou mais insegura, facto que foi aproveitado pela ABLS para voltar a colocar a bola no fundo das redes, chegando ao intervalo a vencer por 1-4 com um hat-trick de José Eduardo Faria.

Na segunda parte, o FC Porto entrou melhor e, num lance dividido entre o seu atacante e o guarda-redes da ABLS, o árbitro assinalou grande penalidade a favor dos dragões. Na sequência deste lance, o guarda-redes da ABLS teve de ser substituído para receber tratamento hospitalar.

Na cobrança da grande penalidade o FC Porto reduziu para 2-4. Passados 10 minutos foi marcada nova grande penalidade, desta feita por mão na bola de um defesa da ABLS, reduzindo os portistas para o 3-4 que se fixou como resultado final da partida.

É de salientar o espírito de solidariedade e a experiência demonstrados pela ABLS nos últimos momentos de jogo e que foram fundamentais para assegurar esta importante vitória.

A ABLS agradece a todos os que apoiam a equipa e compareceram para assistir a este jogo.

Convocatória para selecção Nacional

Na passada semana saiu a convocatória para o estágio da selecção nacional a realizar no próximo fim-de-semana, onde se destacam as presenças de seis atletas da Associação Boccia Luís Silva: Nuno Bogas, Cláudio Nóvoa, Hugo Pinheiro, Carlos Silva, Nuno Freitas e Paulo Edgar Carvalho.

FAMALICÃO REALIZA TORNEIO DE GIRA-VOLEI

Torneio Municipal de Gira-Volei reuniu mais de meia centena de participantes

A Escola Secundária Camilo Castelo Branco foi o local escolhido para a realização de mais uma edição do Torneio Municipal de Gira-Volei, que se realizou neste sábado, 16 de abril, com a participação de mais de meia centena de alunos das escolas do 1.º ciclo do ensino básico do concelho famalicense.

Gira-Volei

Em competição estiveram as duplas femininas e masculinas apuradas da primeira fase do torneio, que decorreu nas escolas, ao longo do 2.º período do ano letivo.

As duplas Sofia Castro/Matilde Faria (EB 1, 2, 3 de Pedome), Juliana Oliveira/Beatriz Cunha (EB1 de Delães), Maria Freitas/Ana Marques (EB1 de V. S. Cosme), Pavlo Pyatkovskyy/Tomás Sousa (EB1 de Gavião), Eduardo Guimarães/Gonçalo Nogueira (EB1 de Souto Sapugal Fradelos) e Diogo Pereira/Francisco Carvalho (EB1 de Gavião), foram as apuradas para a Fase Regional da competição, que contará com a organização da Federação Portuguesa de Voleibol e terá lugar no próximo dia 23 de abril, em Celorico de Basto.

FAMALICÃO DEBATE CENSURA DO ESTADO NOVO AO "JORNAL DE NOTÍCIAS"

Isabel Forte fala em Famalicão sobre “A censura do Estado Novo no Jornal de Notícias”

O Museu Bernardino Machado, em Vila Nova de Famalicão, acolhe no próximo dia 29 de abril, sexta-feira, a conferência “A Censura do Estado Novo no Jornal de Notícias”.

Inserida no ciclo de conferências do museu que, recorde-se, decorre este ano decorre sob o tema “A Censura na Ditadura Militar e no Estado Novo”, a iniciativa contará com a participação da jornalista Isabel Salazar, autora do livro “A Censura de Salazar no Jornal de Notícias”, lançado em 2000 pelas Edições Minerva Coimbra.

FAMALICENSES CONVERSAM COM REGINA DUARTE

Atriz estará à conversa com a comunicação social na próxima terça-feira, 19, pelas 18h00

À conversa com…Regina Duarte

Regina Duarte está de regresso à Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão com o espetáculo “Bem-Vindo Estranho”, em cena no grande auditório do espaço cultural famalicense de quinta, 21 de abril, a domingo, dia 24.

A conceituada atriz brasileira estará disponível para apresentar pessoalmente aos jornalistas o seu novo espetáculo, numa conversa que decorrerá na próxima terça-feira, dia 19, pelas 18h00, na Casa das Artes de Famalicão.

CAMINHADAS CONCELHIAS DE FAMALICÃO ESTÃO DE REGRESSO

Primeira jornada decorre já no dia 30 de abril. Inscrições já estão a decorrer

É já no próximo dia 30 de abril, a partir das 14h30, que regressam as Caminhadas Concelhias de Vila Nova de Famalicão. A primeira jornada de 17 quilómetros vai percorrer as freguesias de Famalicão, Antas, Calendário e Brufe.

Caminhadas estão de regresso

Com um grau de dificuldade médio, a caminhada resulta numa atividade desportiva, onde a cultura, o convívio e a aventura também marcam presença.

O percurso local circular misto onde o urbano e o rural se fundem tem como ponto de partida e de chegada no Parque da Devesa, atinge uma altura de 244 metros alcançando o monte de Santa Catarina e desce até ao vale do rio Pelhe com uma cota altimétrica de 75m, junto ao lugar de Ribaínho.

Pelo Caminho visita-se então o Parque da Devesa, ex-libris natural do concelho, a Igreja de Antas, edifício de estilo românico tardio, classificado como Imóvel de Interesse Público, desde 1958, várias casas seculares, os Castro de S. Miguel do Ângelo e Santa Catarina, parque verdes e urbanos e edifícios públicos.

A concentração está agendada para o Parque da Devesa, do lado central de Camionagem. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site do município em www.vilanovadefamalicao.org, na Casa da Cultura ou nas Piscinas Municipais.

Com estas caminhadas a Câmara Municipal pretende dar a conhecer o concelho e os pontos de interesse aos caminhantes, mas também homologar estes percursos pedestres pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Refira-se que a primeira série de Caminhadas Concelhias decorreu entre 2010 e 2013, com oito percursos que atravessaram o concelho de lés a lés.

REGINA DUARTE REGRESSA A FAMALICÃO COM “BEM-VINDO ESTRANHO”

Novo espetáculo da atriz brasileira estará em cena na Casa das Artes de 21 a 24 de abril

Uma peça de contrastes, em que o humor e o riso se misturam com o drama e o suspense. Assim é “Bem-Vindo Estranho”, o espetáculo que traz Regina Duarte de regresso a Portugal e que na próxima semana vai instalar-se na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, de 21 a 24 de abril.

Esta é já a segunda vez que a conceituada atriz brasileira pisa o palco do grande auditório do espaço cultural famalicense, depois de aqui se ter estreado corria o ano de 2004.

Baseado na obra “Be Mine”, da britânica Angela Clerkin, “Bem-Vindo Estranho” leva-nos numa viagem até à capital londrina para conhecer a conturbada relação de Jaki e Elaine, mãe e filha de classe trabalhadora, interpretadas por Regina Duarte e Mariana Loureiro. Uma relação alternada entre o afeto e a manipulação, que “entra em erupção” com a chegada de Joseph (Kiko Bertholini), o misterioso namorado de Elaine.

Numa entrevista concedida recentemente à RTP, Regina Duarte desvendou alguns pormenores daquilo que o público famalicense pode esperar deste seu novo espetáculo. “Há uma fase lua-de-mel da peça em que o público diverte-se, mas que a partir de um certo ponto se transforma num ambiente de grandes tensões, em que o público se apercebe que um crime está para acontecer”, disse.

Dirigido pelo brasileiro Murilo Pasta, “Bem-Vindo Estranho” vai estar em cena no grande auditório de quinta, 21, a domingo, 24. As sessões de quinta, sexta e sábado estão marcadas para as 21h30, enquanto a sessão de domingo está agendada para as 17h00.

O espetáculo tem o custo de 22 euros, reduzindo para metade para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural. Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, emwww.casadasartes.org

BEM-VINDO ESTRANHO | FICHA TÉCNICA

21, 22, 23 e 24 de abril

Quinta, Sexta e Sábado: 21h30 | Domingo: 17h00

Grande Auditório

Entrada: 22 euros

Cartão Quadrilátero Cultural: 11 euros

M/12 Anos

Duração: 90 minutos

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO DISTRIBUI LANCHES ESCOLARES SAUDÁVEIS

Lanches saudáveis chegam a duas mil crianças em Famalicão. Autarquia investe mais de 90 mil euros

Cerca de dois mil alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo do concelho de Vila Nova de Famalicão estão a beneficiar de lanches escolares saudáveis, com a inclusão de pão fresco com recheio variado (que pode ser manteiga, queijo, marmelada, etc.). A medida que tem como principais objetivos incutir hábitos de alimentação saudáveis nas crianças – evitando o consumo dos bolos, bolachas e outros doces – e promover a equidade social, surge de um desafio lançado no ano letivo anterior pela autarquia famalicense a todas as Juntas de Freguesia do concelho.

AFS_0322

“Depois do lançamento do projeto piloto, no ano letivo anterior, este ano dezasseis freguesias responderam positivamente ao nosso desafio, procedendo à distribuição de lanches saudáveis pelos estabelecimentos de ensino numa medida de grande relevância e equidade social, já que não existe diferenciação nos lanches, combatendo ainda a obesidade infantil”, refere a propósito o vereador da Educação da Câmara Municipal, Leonel Rocha. De acordo com o responsável, “o objetivo é chegar a todas as crianças”.

Neste âmbito, foi aprovada uma proposta na última reunião do executivo municipal para a atribuição de um apoio financeiro no valor de 32.641, 50 euros para comparticipar os lanches escolares para o presente ano letivo. A autarquia atribui o valor de 10 cêntimos diários por aluno, destinado à comparticipação dos bens alimentares (pão e recheio). O pão de um tamanho apropriado aos mais novos tem um custo de 5 cêntimos, sendo que a autarquia atribuiu mais cinco cêntimos para o recheio.

Recorde-se que além disso, a autarquia financia também a distribuição de fruta em todas as escolas do pré-escolar e 1.º ciclo do concelho, num investimento que chega muito perto dos 60 mil euros por ano. Por sua vez, o leite escolar é suportado pelo Ministério da Educação.

AFS_0311

FAMALICÃO ASSOCIA-SE AO ANO INTERNACIONAL DAS LEGUMINOSAS

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) declarou o ano de 2016 como o Ano Internacional das Leguminosas. Vila Nova de Famalicão não vai deixar passar a efeméride em branco e tem já agendada para o próximo dia 30 de abril, sábado, a conferência “Leguminosas com todos”.

Leguminosas

A iniciativa, que decorrerá na Casa do Território, é de entrada gratuita, mas de inscrição obrigatória, através do portal do Parque da Devesa, em www.parquedadevesa.com, até ao dia 22 de abril.

A conferência arrancará com a palestra “Sementes Nutritivas para um Futuro Sustentável”, com a presença de Hélder Muteia, representante em Portugal da FAO.

Pelas 10h15, o professor da Faculdade de Ciências da Nutrição da Universidade do Porto, Nuno Borges, e a nutricionista Cátia Borges falarão sobre “As leguminosas na alimentação portuguesa”.

Seguem-se depois as palestras “As leguminosas: onde a gastronomia se cruza com o ambiente” por Ricardo Novais, da empresa Erva Limão, e “A importância das leguminosas na agricultura”, por António Strecht, diretor da revista de agricultura biológica “ O Segredo da Terra”.

As leguminosas estarão também presentes no encerramento da iniciativa, que terminará com um momento de degustação preparado pelo conceituado chef de cozinha e proprietário do restaurante Ferrugem, Renato Cunha.

Aumentar a consciência pública para os benefícios nutricionais das leguminosas, dar a conhecer o impacto positivo que estes alimentos podem ter nas questões de segurança alimentar e na redução da fome a nível mundial, bem como abordar o seu importante papel na agricultura, no ambiente e na gastronomia, são os principais objetivos desta conferência, inserida na agenda nacional do Ano Internacional das Leguminosas.

ESCRITOR FAMALICENSE JORGE REIS SÁ REGRESSA A CASA

Jorge Reis Sá ‘regressa a casa’ para participar em “Um Livro, Um Filme”

O escritor famalicense Jorge Reis Sá é o convidado da sessão deste mês da iniciativa “Um Livro, Um Filme”, que decorre já no próximo dia 29 de abril, pelas 21h30, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel, em Vila Nova de Famalicão.

Jorge Reis Sá

Para exibir e comentar, o escritor e atual editor da Glaciar escolheu o mais recente filme de Ridley Scott - “Perdido em Marte” – com Matt Damon no papel principal.

Jorge Reis Sá nasceu em Vila Nova de Famalicão, em 1977. Licenciado em Biologia, fundou, em 1999, as Quasi Edições, que editou até 2009. Foi, entre 2010 e 2013, editor na Babel. É, desde 2013, editor da Glaciar e consultor editorial de várias instituições e editoras.

Estreou-se, em 1999, com um livro de poemas. Desde aí, publicou poesia, contos, crónicas e romances. Colabora, desde essa altura, com a comunicação social, tendo sido cronista das revistas LER e SÁBADO, entre outras publicações.

Reuniu a sua poesia, em 2013, no volume "Instituto de Antropologia" e, em coautoria com Henrique Cymerman, publicou pela Guerra & Paz "Francisco, de Roma a Jerusalém". Coorganizou, com Rui Lage, a maior antologia de poesia portuguesa alguma vez feita, "Poemas Portugueses – Antologia da Poesia Portuguesa do Séc. XIII ao Séc. XXI". Publicou, em 2015, o seu segundo romance, "A Definição do Amor", acompanhado pela reedição de "Todos os Dias", ambos na Guerra & Paz. "A Definição do Amor" será publicado, em breve, no Brasil pela editora Tordesilhas.

A iniciativa é de entrada livre.

FAMALICÃO: CABEÇUDOS RECEBE MOSTRA ASSOCIATIVA

A freguesia de Cabeçudos, em Vila Nova de Famalicão, é, este domingo, 17 de abril, palco de uma mostra associativa. A iniciativa, que decorrerá na Alameda da Igreja, dará a conhecer o trabalho das associações e movimentos informais desta freguesia famalicense.

O dia de festa arranca às 09h00 com um passeio de BTT promovido pelo Sporting Clube Cabeçudense, que pelas 11h00, promoverá também uma aula de ginástica. O desporto continua a dominar as atividades da parte da tarde. Pelas 15h00 terá lugar uma aula de Zumba, sendo que pelas 16h00 haverá uma demonstração de capoeira, ambas promovidas pela Associação Espaço em Movimento.

Refira-se que as mostras associativas, promovidas pelo município em parceria com as Juntas de Freguesia, têm como objetivo dar a conhecer o trabalho e a força das associações, instituições, artesãos e produtores locais.

FAMALICÃO INCENTIVA JOVENS PARA A ARTE URBANA

Jovens de Famalicão incentivados a intervirem com arte em espaços urbanos

A juventude de Vila Nova de Famalicão está a ser desafiada para dar asas à criatividade artística e para a plasmar em espaços públicos urbanos com recurso às mais variadas técnicas e materiais como o grafite, a azulejaria e a pintura. “Urban Youth” é um projeto de arte urbana desenvolvido pelo pelouro da Juventude, em parceria com a Escola de Artes Plásticas - A Casa ao Lado, que visa estimular a expressão artística da juventude famalicense e simultaneamente revitalizar espaços urbanos através da arte.  São também objetivos do projeto, incentivar o diálogo e o pensamento crítico dos jovens, transformando a educação através da arte numa educação para a cidadania.

O projeto vai ser desenvolvido através da organização de uma residência artística destinada a jovens dos 12 aos 35 anos, que incluirá ações de formação e workshops a desenvolver na Casa da Juventude, no Museu de Cerâmica da Fundação Castro Alves e em espaços urbanos a intervencionar.

O pontapé de saída para a primeira edição do projeto tem início marcado para o próximo dia 16 de abril e prolongar-se-á até dia 9 de julho, data escolhida para a apresentação do resultado da primeira intervenção artística. As sessões práticas decorrerão aos sábados, das 14h às 18h, entre a Casa da Juventude, a Fundação Castro Alves e o Parque de Sinçães.

A inscrição é gratuita e poderá ser realizada através do Portal da Juventude, emwww.juventudefamalicao.org.

CLDS – 3G discute comunicação dentro da rede

“Na Rede. Como Comunicamos?” É este o título do seminário que vai decorrer na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão no próximo dia 19 de abril, no âmbito do novo Contrato Local de Desenvolvimento Social – CLDS 3G. A entrada é livre.  

Promovido pelas entidades que integram o projeto – A Câmara Municipal, a CIOR, Cooperativa de Ensino de Vila Nova de Famalicão, a Engenho – Associação para o Desenvolvimento do Vale do Este e a PASEC - Plataforma de Animadores Socioeducativos e Culturais, em parceria com a Universidade do Minho, o seminário posiciona-se como uma plataforma de reflexão sobre a comunicação dentro de uma rede interinstitucional, muito concretamente no âmbito social.

A comunicação organizacional em rede e os desafios sociais, pela investigadora e professora universitária Teresa Ruão e o contributo da comunicação estratégica para o Desenvolvimento Social, pela presidente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, são alguns dos temas que vão estar em debate.

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO CRIA PROGRAMA INOVADOR NA EDUCAÇÃO

“Acompanhar” para combater o insucesso e o abandono escolar

Cativar os alunos para a escola através do teatro, dos clubes aventura e outras atividades, envolver professores, alunos e instituições neste processo de contaminação positiva pela escola, fomentar o gosto pelo estudo e pela formação. É este o segredo do sucesso do programa piloto “Acompanhar”, implementado em finais de 2015 pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão em várias escolas do concelho e que já conta com uma adesão de mais de 300 alunos e 16 instituições parceiras envolvidas.

image47399

O “segredo” foi desvendado esta segunda-feira, pelo vereador da Educação da autarquia, Leonel Rocha, durante o primeiro Encontro Concelhio de Partilha de Boas Práticas de Projetos de Inclusão em Contexto Escolar que decorreu na Escola Secundária Camilo Castelo Branco.

De acordo com o responsável trata-se de um “programa criado em Vila Nova de Famalicão com o objetivo de colmatar as falhas que as escolas apontavam no contexto de insucesso de alguns alunos”. E explica: “Não quisemos pegar num programa já existente e dá-lo como receita para todas as escolas, o que fizemos primeiro foi conhecer bem a realidade de cada escola, aproveitar bem essa realidade numa lógica de partilha entre escolas e depois caso a caso desenvolver a metodologia considerada mais adequada”.

Neste sentido, o que diferencia o programa “Acompanhar” de outro é precisamente a  metodologia que passa por “dar uma resposta menos académica ou menos curricular, saindo daquelas ações mais voltadas para o estudo acompanhado e mais aulas de apoio, para conseguir cativar os alunos para a escola e potenciar o seu sucesso”.

É neste âmbito, que estão a ser implementadas diversas ações, conforme o contexto e que vão desde a ‘Sala Mais’, na Escola de Gondifelos, que se traduz num espaço mais atrativo para os jovens, ao programa ‘ADN’ que desenvolve a tutoria de jovens, ou seja, grupos de alunos que se ajudam mutuamente, através de áreas como o teatro e a filosofia, mas também a mentoria com professores ou pessoas significativas da comunidade.

Toda a comunidade escolar está envolvida no programa, não apenas os alunos em risco, mas também os outros alunos, que trabalham no sentido de ajudar a alavancar as potencialidades e as mais-valias que quem está prestes a desistir da escola.

Leonel Rocha assegura que os resultados positivos do “Acompanhar” já se sentem e exemplifica com os cursos vocacionais que estão a funcionar em quatro escolas - três profissionais mais a escola de Pedome - que tiveram esta metodologia implementada desde o início do ano e cujos resultados estão à vista. “Nota-se um interesse pela escola, uma melhoria e o consequente sucesso desses alunos nos cursos que frequentam” refere.

O Programa Acompanhar tem uma Equipa Técnica Multidisciplinar própria com autonomia pedagógica que está responsável pela implementação das respostas educativas previstas no  programa. Além disso, cada estabelecimento de ensino nomeia o seu Comissário, que se responsabiliza pela implementação e supervisão do programa no seu estabelecimento de Ensino em estreita colaboração com a Equipa Pedagógica do Programa Acompanhar.

image47396

FAMALICÃO REALIZA ESPETÁCULO DE BAILADO

Música Indie e bailado marcam o terceiro fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense. Hot Air Balloon e “Contrapassos” este fim-de-semana na Casa das Artes

Este sábado e domingo há bailado e música Indie para ver e ouvir na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. A atuação dos Hot Air Balloon e o bailado “Contrapassos” são os espetáculos que prometem animar o terceiro fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense.

Hot Air Balloon

É para o café-concerto da Casa das Artes que está agendado o concerto dos Hot Air Balloon. O duo com raízes irlandesas e portuguesas prepara-se para apresentar em Famalicão o seu primeiro trabalho discográfico - “Behind the Walls”, numa performance harmoniosa, íntima e delicada, marcada para este sábado, 16 de abril, para as 23h00.

Gravado ao vivo nos estúdios Rangel e produzido por Hugo Correia, o disco de estreia da banda canta histórias, sonhos, lugares e memórias das vidas de Sarah-Jane (vocalista) e Tiago (guitarrista).

Para este concerto, o duo vai se fazer acompanhar por Samuel Coelho, no violino, Pedro Oliveira, na bateria, e David Terceiro Viegas no baixo.

No mês em que se celebra o Dia Mundial da Dança, a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão vai também associar-se às comemorações da data e o primeiro momento decorre já neste fim-de-semana, no sábado e domingo, com a apresentação do espetáculo “Contrapassos”.

Um bailado coproduzido pelo espaço cultural e pela Crescer Além Dança – Associação para o Ensino e Desenvolvimento da Dança, baseado no conto de Hans Christian Anderson - “Os Sapatos Vermelhos” - e levado à cena por 60 bailarinos. O espetáculo de sábado está agendado para as 21h30, sendo que o de domingo arranca às 18h00.

Ambos os espetáculos têm o custo de 6 euros, reduzindo para metade para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org.

Contrapassos

FAMALICÃO INTERVÉM NA PREVENÇÃO DOS MAUS-TRATOS INFANTIS

Câmara Municipal e CPCJ lançam campanha de sensibilização

Desde o início deste ano, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Vila Nova de Famalicão (CPCJ) já registou 122 casos de crianças e jovens em risco no concelho. Neste momento estão ativos 276 processos, sendo que 262 transitaram do ano anterior. Entretanto, 96 casos foram já arquivados e 12 foram remetidos para o Tribunal de Família e Menores.

Campanha

Os números são dados a conhecer no mês em que se assinala em vários países do mundo a Prevenção de Maus Tratos na Infância. Este ano, a autarquia famalicense associa-se à efeméride colocando nas ruas uma campanha de base concelhia que tem como objetivos consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva.

De acordo com os dados da CPCJ de Famalicão, as principais problemáticas sinalizadas desde janeiro são a violência doméstica (39 casos), o absentismo escolar (27 casos), jovens que assumem comportamentos desviantes (15 casos) e a negligência (11), mas há ainda abandono escolar, casos de criança entregues a si próprias, o mau trato físico e/ou psicológico e dois casos de abuso sexual.

“É uma realidade que nos preocupa bastante, mas que na grande maioria dos casos temos conseguido intervir atempadamente, e de uma forma positiva”, refere a propósito a presidente da CPCJ, Elsa Rocha, acrescentando que “quando surge uma sinalização, a CPCJ faz o diagnóstico, com o consentimento dos pais, e quando se comprova a situação de perigo, aplica as medidas de promoção e proteção que estão tipificadas na Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo, as quais se dividem em dois grandes grupos: medidas em meio natural de vida, como apoio junto dos pais, apoio junto de outro familiar, confiança a pessoa idónea e apoio para a autonomia de vida, ou medidas de colocação como acolhimento familiar e acolhimento residencial”.

As fontes sinalizadoras são na maior parte das vezes as escolas e as autoridades policiais, mas há também casos de anónimos e familiares a fazerem a denúncia. E é aqui que Famalicão quer chegar com esta campanha de sensibilização. “Queremos envolver toda a comunidade nesta luta contra os maus tratos infantis, queremos despertar consciências e chamar toda a gente à responsabilidade cívica”, acrescenta a responsável.

Neste âmbito, esclarece que “qualquer pessoa que tenha conhecimento de situações que ponham em perigo a segurança, a saúde, a educação ou o desenvolvimento de uma criança devem comunicá-las às entidades competentes, seja as comissões de proteção de crianças ou autoridades policiais”.

A campanha com o slogan “Pare! Mude Vidas” vai estar na rua durante vários meses, sendo acompanhada de várias ações de sensibilização, com destaque para uma “Operação Stop maus tratos”, desenvolvida pelas crianças do 1.º ciclo do concelho, em parceria com as forças policiais da PSP e da GNR, nos dias 21 e 22 de abril e nos dias 27 e 28 de abril. As crianças irão vestir fardas características de ambas as forças policiais e desenvolverão uma Operação STOP, fazendo paragem aos automobilistas e entregando meios de sensibilização.

Refira-se que as CPCJ exercem a sua competência na área do município onde têm sede. Sendo instituições oficiais não judiciárias com autonomia funcional, visam, promover os direitos da crianças e do jovem prevenir ou pôr termo a situações suscetíveis de afetar a sua segurança, saúde, formação, educação ou desenvolvimento integral.

FAMALICÃO DESTACA PATRIMÓNIO DESPORTIVO NAS COMEMORAÇÕES DO DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

Património desportivo em destaque nas celebrações do Dia dos Monumentos e Sítios. Município de Famalicão assinala a data já neste sábado, dia 16 de abril

O desporto dá este ano o mote para as celebrações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios em Portugal. A data assinala-se na próxima segunda-feira, dia 18 de abril, sob o tema “Desporto, um Património Comum”, e Vila Nova de Famalicão vai antecipar as comemorações, com a tarde de sábado a ficar marcada por um vasto programa de atividades.

Dia termina com uma visita às instalações do Es

A iniciativa começa com uma visita, pelas 14h30, à exposição permanente da Casa do Território - “Tempo, Espaço & Ser”. Uma mostra reveladora, que dá a conhecer a evolução do território famalicense como nunca se viu.

O desporto dá depois o mote para as duas outras iniciativas do programa das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios no município famalicense, com a realização, pelas 15h15, de uma visita à sala de troféus do Futebol Clube de Famalicão e de uma visita, pelas 16h00, às instalações do Estádio Municipal 22 de junho.

Refira-se que o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado pelo ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios) a 18 de abril de 1982, e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua proteção e valorização.

Em Portugal, as celebrações da data são promovidas pela Direção-Geral do Património Cultural em colaboração com o ICOMOS Portugal. Este ano a iniciativa promove o tema “Desporto, um Património Comum”, com a finalidade de enaltecer a importância cultural e social do desporto, destacar o papel insubstituível, ao longo da história, de inúmeras associações, clubes, autarquias, museus e outras organizações, públicas e privadas, na formação e consolidação da identidade de comunidades locais, regionais e nacionais, e também fazer ressaltar as diferentes formas de expressão do património associado ao desporto, seja em edifícios, em tradições ou em registos de diferente natureza.

Todas as atividades são de entrada gratuita.

FAMALICÃO APRESENTA PROGRAMA “ACOMPANHAR”

Leonel Rocha intervém no primeiro Encontro Concelhio de Partilha de Boas Práticas de Projetos de Inclusão em Contexto Escolar, pelas 14h00

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão realiza o primeiro Encontro Concelhio de Partilha de Boas Práticas de Projetos de Inclusão em Contexto Escolar, que vai decorrer na próxima segunda-feira, dia 11 de abril, a partir 10h00, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco.

O vereador responsável pelo pelouro da educação da Câmara Municipal, Leonel Rocha, abre os trabalhos da parte da tarde, pelas 14h00, com a conferência “A Pedagogia Participativa e Colaborativa em Contexto Escolar”. A intervenção será aproveitada para apresentar o Programa Acompanhar, que está a decorrer desde o final de 2015 em várias escolas do concelho.

O programa tem como objetivos potenciar e apoiar as escolas na implementação de projetos de boas práticas na área do acompanhamento e inclusão inteligente de alunos em especial situação de risco ou que não estão integrados em qualquer tipo de resposta socioeducativa complementar e ainda criar processos potenciadores da melhoria do rendimento escolar e processo de inclusão social dos alunos com o recurso a soluções complementares de educação não formal e capacitação ao nível da inteligência emocional.

CASA DA JUVENTUDE DE FAMALICÃO RECEBE CONCERTOS MUSICAIS

Workshops e concertos marcam o mês de abril na Casa da Juventude

Não faltam motivos para que em abril os jovens visitem a Casa da Juventude de Vila Nova de Famalicão. Para além dos habituais momentos musicais, com a realização dos “Ensaios Abertos”, o mês de abril do espaço jovem do concelho famalicense conta ainda com a realização de vários workshops e com o arranque do projeto artístico “Urban Youth”.

 Casa da Juventude

São então três os “Ensaios Abertos” agendados para os próximos dias. “Televisors”, no dia 15, “Sete Pedras na Mão”, a 22, e “Broke Addiction”, no dia 29, são os projetos musicais que este mês se dão a conhecer na Casa da Juventude, numa iniciativa com entrada gratuita.

Abril marca também o arranque do projeto “Urban Youth”. Um programa de intervenção urbana, dinamizado pelo projeto “A Casa ao Lado”, que pretende promover a atividade artística como instrumento de desenvolvimento económico, social e cultural. A ideia passa por valorizar alguns dos espaços urbanos da cidade, através de intervenções artísticas, com recurso a técnicas como o grafite e a azulejaria.

Esta primeira edição do projeto decorre até ao próximo mês de julho e consistirá num conjunto de sessões práticas, com vista à requalificação de um dos muros do Parque de Sinçães. A inscrição é gratuita, limitada a 20 participantes, através do email criajovem@vilanovadefamalicao.org.

De resto, destaque ainda para os três workshops agendados para este mês. O primeiro dedicado à procura de emprego - “Experimenta Procura Ativa de Emprego” - nos dias 20 e 21 de abril, o segundo à cozinha saudável – “Alimenta a Tua Saúde” – no dia 23, e, por fim, um último workshop, no dia 28 de abril, sobre Personal Branding.

Mais informações sobre estas iniciativas no Portal da Juventude de Vila Nova de Famalicão, emhttp://www.juventudefamalicao.org/.

"A GUERRA DOS CEREAIS" CHEGA A FAMALICÃO

“Ambientar-se” exibe documentário “A Guerra dos Cereais”

O uso das sementes agrícolas vai dar o mote para a sexta sessão do ciclo de cinema “Ambientar-se”, que decorre já na próxima sexta-feira, 15 de abril, na Casa do Território, em Vila Nova de Famalicão. A sessão contará com a exibição do documentário “A Guerra dos Cereais”, realizado em 2014, por Clément Montfort and Stenka Quillet. 

A Guerra dos Cereais

“São as sementes um bem comum ou uma mercadoria? Devem ser partilhadas, trocadas como um recurso natural ou comercializadas em toda a linha e patenteadas?”, são algumas das questões levantadas pelo filme, escolhido pelo Grupo Famalicão em Transição.

Como já vem sendo habitual, depois da visualização do filme haverá ainda lugar para um momento de debate, que contará com a presença de dois convidados que têm dedicado uma boa parte da sua vida à preservação do património genético de variedades regionais - o professor da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, Raúl Rodrigues, e Elsa Aroso, do movimento Atimati, formadora em agricultura urbana e guardiã de sementes.

Refira-se que as sessões “Ambientar-se” são organizadas, todos os meses, pela autarquia famalicense em parceria com instituições locais ligadas à proteção do ambiente, e pretendem promover o debate sobre temas ambientais. A entrada na iniciativa é gratuita. 

FAMALICÃO CRIA HINO À ALEGRIA

Câmara Municipal e ArtEduca dão música às famílias famalicenses

“Somos família, temos uma voz. Somos família, nunca estamos sós”. O refrão já anda na ponta da língua das famílias famalicenses, que afinam a voz para o grande concerto, a decorrer a 15 de maio – Dia Internacional da Família – no anfiteatro do parque da Devesa. A iniciativa é o ponto alto de um programa vasto e diversificado promovido pela Câmara Municipal de Famalicão e a ArtEduca – Conservatório de Música de Famalicão para assinalar a efeméride.

familia

Durante várias semanas, serão propostos uma serie de desafios às famílias famalicenses, como concursos e outras atividades de forma a envolver toda a comunidade num encontro e partilha de afetos.

Assim, para além do grande concerto, estão também a ser preparadas outras iniciativas, como os concursos “Dá a cara pela tua família!”; “As famílias têm talento!” e ainda uma campanha de solidariedade,  a decorrer nos dias 6, 7 e 8 de maio, com a recolha de bens alimentares e de higiene, no Hipermercado Jumbo de Famalicão. Por cada alimento ou produto de higiene que contribuir, habilita-se a ganhar um cheque vale em compras no valor de 100€, na mesma superfície comercial, a ser revelado o número vencedor sorteado, no dia 15 de maio, no decorrer do evento na Concha Acústica no Parque da Devesa.

Para já foi criado um site em http://www.familiafamalicao.com/, onde as famílias poderão acompanhar o evoluir das iniciativas.

Para a vereadora responsável pelo pelouro da Família da Câmara Municipal,  Sofia Fernandes, o objetivo principal do programa é “sensibilizar a população para as questões da família e para a proteção dos valores da união, do amor, do respeito e da solidariedade”.

Refira-se que em 1993 a ONU proclamou o dia 15 de maio Dia Internacional da Família, refletindo a sua importância na comunidade internacional. Desde 1994 que pelo mundo fora se celebra a data com diversos eventos, focando temas centrais para a vida das famílias.