Sexta-feira, 3 de Outubro de 2014

VILA NOVA DE FAMALICÃO RECEBE CONVERSA COM BARRIGUINHAS

  • A sessão realiza-se já no próximo dia 9 de Outubro, às 18h00, na Ginocir - Clínica Médico Cirúrgica 
  • Inscrição gratuita e necessária em:

http://conversascombarriguinhas.pt/conversascombarriguinhas

  • Projeto já impactou 4 mil pais em todo o país

As Conversas com Barriguinhas estão de volta ao Distrito de Braga para mais uma sessão que pretende ajudar os pais a preparar a chegada do seu bebé.

A iniciativa decorre na Ginocir – Clínica Médico Cirurgica, no próximo dia 9 de Outubro, às 18h00, tendo como temas os Primeiros Socorros ao Bebé - Como Reagir em Situações de Acidente, a Criopreservação de Células Estaminais do Sangue e do Tecido do Cordão Umbilical – Aplicabilidade Clínica e as Alterações no Pé da Grávida.

Recorde-se que o projeto foi lançado em 2009 e tem vindo a percorrer Portugal de norte a sul, estimando-se que tenha impactado até o momento 4 mil pais. O projeto é pioneiro e tem contribuído para um maior conhecimento dos futuros pais sobre temas úteis para o período da gravidez, apoiando-os numa altura tão especial e delicada como é a maternidade.

  • Ginocir - Clínica Médico Cirúrgica | Rua José de Freitas Dias 3173, 4760 Vila Nova de Famalicão

CONVERSAS COM BARRIGUINHAS®

O projeto Conversas com Barriguinhas surge, em 2009, como um espaço de conversas destinado a grávidas, onde estas podem esclarecer as suas dúvidas e partilhar experiências sobre vários temas relacionados com a maternidade.

Nesta fase decisiva da vida de uma mulher, a Conversas com Barriguinhas quer apoiá-la em tudo o que precise e por isso reúne as informações mais importantes, enviadas por parceiros de referência na sua área de atuação.

Além disso, cria passatempos, organiza fóruns e disponibiliza os melhores especialistas de diferentes áreas dedicadas à maternidade.

publicado por Carlos Gomes às 17:38

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

“AS PALAVRAS NAS DUNAS DO TEMPO – 35 ANOS DE POESIA” - LIVRO DE ARTUR COIMBRA ESTE SÁBADO EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

As Palavras nas Dunas do Tempo – 35 anos de poesia é a mais recente publicação do historiador e poeta Artur Ferreira Coimbra e será apresentada, este sábado, dia 20 de Setembro, pelas 15h30, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão.

A obra, anteriormente lançada em Fafe e em Braga, voltará a ser apresentada pelo crítico literário César Freitas, professor na Escola Superior de Educação e director da Escola Superior de Tecnologias de Fafe.

Trata-se da compilação – revista e bastante aumentada - da maior parte da poesia de Artur Coimbra, publicada desde o seu primeiro livro, O Prisma do Poeta, em 1978, na altura que contava apenas 22 anos. Seguiram-se as obras Máquina de Liberdade (1988) e Cais do Olhar (1995), refundidas em 25 Anos de Palavras (2003).

As Palavras nas Dunas do Tempo incluem produção poética do autor entre 1978 e 2013, englobando a ainda a colaboração em colectâneas poéticas, publicação nas redes sociais e inéditos dos anos mais recentes.

A obra tem 320 páginas e inclui ainda a apreciação de críticos e autores aos livros anteriores, designadamente de José Viale Moutinho, José Manuel Mendes, Mário Cláudio, Manuel Alegre e Vergílio Alberto Vieira.

Enriquece-a um texto feito para esta edição por José Manuel Mendes, presidente da Associação Portuguesa de Escritores e amigo do autor.

A capa tem a assinatura do artista Júlio Cunha e foto do autor de Manuel Meira Correia

Biobibliografia:

Artur Ferreira Coimbra nasceu em 10 de Maio de 1956, em Salto (Montalegre) e reside no município de Fafe, desde tenra idade.

É licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (1982), pós-graduado em Assuntos Culturais no Âmbito das Autarquias pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1995) e Mestre em História das Instituições e da Cultura Moderna e Contemporânea pela Universidade do Minho (2000).

Foi vereador da Câmara Municipal de Fafe (1980-1982).

É técnico superior da Câmara Municipal desde 1983. Chefe de Divisão desde 1985.

É o responsável coordenador e colaborador da revista cultural Dom Fafes, editada pelo Município, coordenando ainda todas as publicações editadas pela Autarquia, desde há 30 anos.

É o responsável pela animação cultural do município. Programador do Teatro-Cinema de Fafe, desde a sua reabertura em 2009.

Nas últimas três décadas colaborou em órgãos de comunicação social nacionais (Jornal de NotíciasDiário de NotíciasLusaGazeta dos DesportosA Bola), regionais (Correio do Minho Diário do Minho) e locais (Justiça de FafeIntervenção CepanenseDesforço, Montelongo e Povo de Fafe), entre outros.

Acaba de publicar o quinto livro de poesia, As Palavras nas Dunas do Tempo – 35 anos de poesia (2014).

Em prosa publicou as obras: Maximino de Matos – Vida e Obra (1989), Grupo Nun’Álvares – Sede Social: do Sonho à Realidade (1991), Major Miguel Ferreira – Uma Lição de Liberdade (1995; 2ª ed., 2012), Fafe – a Terra e a Memória (1997), Dicionário dos Fafenses (2001; 2ª ed. 2010), Desafectos ao Estado Novo – Episódios da Resistência ao Fascismo em Fafe(2003, 2ª ed. 2004; 3ª ed. 2012), Fafe – Apontamentos de História Local (2003), O Associativismo em Fafe (2004), Padre Joaquim Flores: Uma Vida ao Serviço dos Outros (2006), S. Julião de Serafão – Mil Anos de História (2006), António Marques Mendes – Íntimo e Universal (2007), Ruy Monte – Obra Poética e Ruy Monte – Prosa (2007), Fafe – 30 Anos de Poder Local (1976-2006) – Alguns Aspectos (2007), Associação Desportiva de Fafe – 50 Anos de História (2008), Movimento Associativo da Freguesia de Fafe (2008), Teatro-Cinema de Fafe – Memória para o Futuro (2009), Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Fafe – Uma Lição de Humanidade (2009), Escola Industrial e Comercial de Fafe – Memória e Testemunhos (2010) e Fafe, Meu Amor. Textos e imagens sobre o concelho (2013).

Participou, em co-autoria, nas obras Fafe nas Memórias Paroquiais de 1758 (2001), Histórias para um Natal (2004), A Primeira República em Fafe – Elementos para a sua história(2012) e Santa Maria de Aboim – O olhar sincero do Minho (2013), entre outras obras

Prefaciou inúmeras obras e colaborou em colectâneas, em verso e em prosa.

Foi fundador em 1990 e é presidente desde essa altura do Núcleo de Artes e Letras de Fafe, coordenando as suas publicações.

Foi fundador e é sócio de diversas associações fafenses, ocupando cargos dirigentes em algumas delas.

Pela sua actividade literária e historiográfica, foi galardoado com diversas distinções, entre as quais quatro troféus “Microfones de Ouro”, do jornal Correio de Fafe, Prémio “Os Mais” do Povo de Fafe e troféu “Ardina de Ouro” do Notícias de Fafe, já em 2014, bem como as mais altas condecorações do município e da freguesia de Fafe, concretamente, a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio, da Câmara Municipal de Fafe e a Medalha de Ouro da Junta de Freguesia de Fafe, ambas em 2003.

publicado por Carlos Gomes às 18:58

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

REPRESENTANTES DE GUIMARÃES, BRAGA, BARCELOS E FAMALICÃO APRESENTA AGENTES CRIATIVOS

Mostra de agentes criativos do Quadrilátero inaugurada esta sexta-feira na Plataforma das Artes

Evento terá mais de três dezenas de participantes. Abertura da “Q*Mostra” está marcada para esta sexta-feira, às 15 horas.

A Plataforma das Artes e da Criatividade, em Guimarães, recebe esta sexta-feira e sábado, 12 e 13 de setembro, uma mostra de artes visuais, artes plásticas e artesanato, organizada pelo Quadrilátero, associação que agrega os Municípios de Guimarães, Barcelos, Braga e Famalicão.

A cerimónia de abertura da “Q*Mostra”, que será presidida por Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e atual Presidente da Associação Quadrilátero, está marcada para as 15 horas desta sexta-feira.

O evento vai contar com aproximadamente 35 participantes e tem como objetivo divulgar algumas das principais empresas e agentes culturais e criativos dos quatro municípios que desenvolvem as suas atividades nas áreas das artes visuais e das artes plásticas, do design, da arquitetura, do artesanato e da produção literária.

O público poderá assistir à “Q*Mostra – Artes Visuais, Artes Plásticas e Artesanato”, entre as 15 e as 22 horas, nos dois dias em que estará disponível ao público na Plataforma das Artes e da Criatividade, em Guimarães.

publicado por Carlos Gomes às 21:16

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

ADRAVE ENTREGA PRÉMIOS DO CONCURSO DE IDEIAS MINHO EMPREENDE

A ADRAVE vai realizar a cerimónia de entrega dos Prémios da 2ª edição do Concurso de Ideias Minho Empreende, a qual decorrerá no próximo dia 11 de Setembro (quinta-feira), pelas 16h30, nas suas instalações, sitas na Avenida 25 de Abril, nº 634, Casa de Louredo, em Vila Nova de Famalicão.

Integrada no Projeto "Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade". Nesta Cerimónia, serão anunciados e entregues os prémios (1º Prémio NUT Ave, 1º Prémio NUT Cávado, 1º Prémio NUT Minho Lima, e Menções Honrosas), assim como os Certificados de Apoio Técnico.

Após o anúncio dos Prémios, os Vencedores, serão convidados a proceder a uma breve Apresentação de cada uma das três Ideias de Negócios que conquistaram o 1º Prémio. O evento contará com a presença entre outros, do Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE, Arqº Armindo Costa, do Vogal Executivo da Comissão Diretiva do ON2, Engº João Marrana, do Vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Engº Carlos Neves e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Dr. Paulo Cunha.

Trata-se de um importante evento no âmbito do projeto "Minho Empreende", em que se pretende dar a conhecer publicamente projetos/ideias de negócio que promovem a capacidade empreendedora do território Minho.

Concurso de Ideias Minho Empreende

2ª edição

Cerimónia de Entrega dos Prémios

11 de Setembro de 2014, 16h30

ADRAVE – Casa de Louredo - Vila Nova de Famalicão

Programa

16.30 horas

Intervenções:

- Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE, Arqº Armindo Costa

- Coordenador Geral da IN.CUBO, Dr. Francisco Araújo

- Presidente do Conselho de Administração Executivo do BICMINHO, Dr. André Vieira

de Castro

- IAPMEI, Agência para a Competitividade e Inovação I.P., Dra. Maria Manuel Trocado

- Vogal Executivo da Comissão Diretiva do ON2, Engº João Marrana

- Vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte,

Engº Carlos Neves

- Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Dr. Paulo Cunha.

17.00 horas – Entrega de Prémios e Apresentação das Ideias Vencedoras

Categorias:

- 1ºs Prémios: NUT III Ave, NUT III Cávado, NUT III Minho Lima

- Menções Honrosas

- Certificados de Apoio Técnico “Projeto Minho Empreende”

- Certificados de Participação

17.30 horas – Encerramento

publicado por Carlos Gomes às 13:10

link do post | comentar | favorito
|

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 00:04

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

FAMALICÃO: ADRAVE ENTREGA PRÉMIOS DO CONCURSO DE IDEIAS MINHO ENPREENDE

A ADRAVE, IN.CUBO e BICMINHO vão realizar a Cerimónia de Entrega dos Prémios da 2ª edição do Concurso de Ideias Minho Empreende que irá decorrer no próximo dia 11 de Setembro (quinta-feira), pelas 16h30, na ADRAVE, sita na Avenida 25 de Abril, nº 634, Casa de Louredo, em Vila Nova de Famalicão, integrado no Projeto "Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade".

Nesta Cerimónia, serão anunciados e entregues os prémios (1º Prémio NUT Ave, 1º Prémio NUT Cávado, 1º Prémio NUT Minho Lima, e Menções Honrosas), assim como os Certificados de Apoio Técnico. Após o anúncio dos Prémios, os Vencedores, serão convidados a proceder a uma breve Apresentação de cada uma das três Ideias de Negócios que conquistaram o 1º Prémio.

Trata-se de um importante evento no âmbito do projeto "Minho Empreende", em que se pretende dar a conhecer publicamente projetos/ideias de negócio que promovem a capacidade empreendedora do território Minho.

publicado por Carlos Gomes às 18:39

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Agosto de 2014

FAMALICÃO: FOLCLORE SOBE AO PALCO EM JOANE

publicado por Carlos Gomes às 00:26

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

FAMALICÃO FESTEJA AO DIVINO SALVADOR

publicado por Carlos Gomes às 00:45

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 00:25

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Julho de 2014

FAMALICÃO FESTEJA AO DIVINO SALVADOR

publicado por Carlos Gomes às 21:43

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 12:20

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Julho de 2014

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 22:33

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2014

FAMALICÃO: RUIVÃES FESTEJA AO DIVINO SALVADOR

publicado por Carlos Gomes às 10:35

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Julho de 2014

FAMALICÃO: RUIVÃES FESTEJA AO DIVINO SALVADOR

publicado por Carlos Gomes às 22:37

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Julho de 2014

JOSÉ RIBEIRO BARBOSA: UM FAMALICENSE QUE FOI UM DOS HERÓIS DA FLANDRES

O combatente José Ribeiro Barbosa e a bravura da 2ª Companhia do Grupo de Ciclistas a 9 de Abril de 1918

José Ribeiro Barbosa nasceu em Joane, Vila Nova de Famalicão, em 29 de Janeiro de 1880. Era oriundo de uma família de industriais, que sempre se dedicaram ao sector têxtil. Assim mesmo a vida militar lançaria sobre ele o seu apelo. Alistou-se como voluntário e foi acolhido no Regimento de Infantaria nº 8 de Braga, em 1906, onde fez o curso da Escola do Exército. Foi promovido a alferes em 1911, a tenente em 1913 e a capitão em 1917. Foi com essa patente que fez uma comissão de serviço na Guiné, em Cacheu, entre 1914 e 1916, quando foi transferido e incorporado no 1º Batalhão de Infantaria nº 29 de Braga, que partiria depois para França a 22 de Abril de 1917.

Em França, como bem refere Dino Ramalhete, seu neto, esteve em diversos locais e tomou parte dos intensos combates do C.E.P. Foi Director da Escola de Esgrima de Baioneta e cursou ainda na Escola de Granadeiros e Metralhadoras Ligeiras. Na 3ª Companhia de Infantaria nº29 guarneceu a 1ª linha e tomou parte na defesa do sector de Boutillerie (Fleurbaix). Num ataque alemão o Batalhão repeliu o inimigo e fez diversos prisioneiros. Foi então colocado no Estado-maior da Arma, tendo ainda comandado a 1ª Companhia de Infantaria que se encontrava a combater do sector de Ferme de Bois (Richebourg).

Foi ao comando da Companhia que dirigiu a defesa do sector de Ferme de Bois II, sendo o inimigo repelido então com grandes perdas. O 9 de Abril de 1918 apanhá-lo-ia no Front, como tantos outros seus compatriotas. Nesse fatídico dia comandou a 2ª Companhia do Grupo de Ciclistas naquela que ficou conhecida como Batalha de La Lys ou Batalha do Lys. Só retornaria a Portugal, já finda a guerra, a 5 de Junho de 1919. O embarque e viagem para a pátria ocorreram no navio inglês Northwestern Miller que, à época, era um dos navios utilizados para o retorno a casa de tropas portuguesas.

José Ribeiro Barbosa recebeu diversos louvores pelo seu valor e comando dos seus homens. Foi louvado pelo desempenho das suas funções de Director da Escola de Baioneta, onde demonstrou notável aptidão e conseguiu os melhores resultados na instrução da sua especialidade. Foi igualmente louvado pela muita competência, zelo e sangue frio demonstrado durante um ataque inimigo, assim como pela forma como dirigiu, na 1ª linha, os seus subordinados, dando-lhes belos exemplos do que era bravura e coragem, e incutindo-lhes a serenidade necessária, pois ele mesmo estava imbuído da mesma. Nada pedia aos seus que não praticasse e fizesse na frente de combate.

Por estas razões, foi condecorado com a Cruz de Guerra, Medalha da Vitória, Medalha Comemorativa da Campanha de França “Legenda 1917-1918”, Cruz Vermelha de Dedicação, Medalha de Agradecimento da Cruz Vermelha Portuguesa, Medalha de Prata da Classe de Comportamento Exemplar, e com a possibilidade de usar um Distintivo, a que se refere o Regulamento das Ordens Militares Portuguesas, com as cores azul e branco.

Depois de regressado à Pátria, foi colocado no Batalhão de Caçadores nº9 de Braga. Ali recebeu, como conseguiu apurar Dino Ramalhete, um louvor pela lealdade de que sempre deu provas e pela inteligência que sempre revelou no desempenho das funções a seu cargo, sendo-lhe atribuído o grau de Oficial da Ordem Militar de Avis

José Ribeiro Barbosa foi apoiante do Movimento de 28 de Maio de 1926. Pela defesa e apoio do mesmo foi nomeado Governador Civil de Braga, cargo que desempenhou durante 3 anos. Foi-lhe então atribuído o grau de Cavaleiro da Ordem Militar de Cristo. Contudo, não venceria uma última batalha. A morte procurou-o muito cedo, tendo apenas 43 anos de idade. Tinha chegado a sua última viagem… Desta vez não contemplaria batalhas, em África ou em França. José Ribeiro Barbosa faleceu em Braga, entre os seus, em 1930.

Hoje, o seu espólio e a sua história são trazidos até nós por Dino Ramalhete, seu neto. A história do avô, neste contexto da Primeira Guerra Mundial, é para ele motivo de grande orgulho, preservando-a junto com fotografias e até cartuchos de balas, que connosco partilha, para arrancar ao esquecimento mais um dos homens que combateu nessa guerra, já distante… A Primeira Guerra Mundial.

Autor / Relator: Margarida Portela

Testemunha / Contador: Dino Ramalhete

Fonte: http://www.portugal1914.org/

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Julho de 2014

VILA NOVA DE FAMLICÃO: JOANE FESTEJA A SÃO BENTO

publicado por Carlos Gomes às 16:13

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Julho de 2014

FAMALICÃO FESTEJA ANTONINAS

publicado por Carlos Gomes às 00:32

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Julho de 2014

AGÊNCIAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL (ANADER) ELEGEM ÓRGÃOS SOCIAIS

z

ADR’s querem ser instrumentos na execução de políticas regionais no Portugal 2020

Associação Nacional das Agências de Desenvolvimento Regional (ANADER) acaba de eleger, no Porto, os novos Órgãos Sociais por um período de três anos, com uma nova direção composta pela ADRAVE-Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave (Presidente), pela ADRAL- Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (Vice-Presidente) e pela ADREDT- Agência de Desenvolvimento Regional de Entre Douro e Tâmega (Vogal).

As Agências reunidas na sede da Primus-Promoção e Desenvolvimento Regional (Porto), reclamam ser instrumentos ativos na execução do novo Quadro Comunitário Portugal 2020, procurando instituir “um diálogo frutuoso com a tutela, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional e com as Comissões de Coordenação Regional, no sentido de “definir prioridades para a sua atuação e consequentemente permitir a obtenção dos meios financeiros para dar corpo a essas prioridades, quer através de financiamentos comunitários quer por mobilização de meios financeiros privados e públicos locais”, conforme nota de imprensa enviada à comunicação social.

As Agências de Desenvolvimento Regional (ADR), foram criadas, em Portugal na segunda metade da década de noventa e assumem-se como estruturas operativas e interinstitucionais, legisladas pelo Decreto-lei nº 88/99 de 19 de Março e como instrumentos intermédios de atuação de âmbito regional, capazes de cobrir o fosso existente entre o nível central e o nível local.

As ADRS são importantes espaços de diálogo e de cooperação dos atores locais, onde se procuram, estabelecer parcerias numa perspectiva de encontrar formas de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, em respeito pelo ambiente e território, tendo sempre em conta a realidade socio-económica em que se inserem.

As ADR são organismos de composição mista constituídas sob a forma de direito privado que agregaram empresas, associações empresariais, autarquias locais e suas associações, serviços e empresas da administração central, universidades e politécnicos, instituições de solidariedade social e outras entidades e visam essencialmente a promoção de atividades que gerem empregos e melhorem o ambiente e a qualidade de vida, fomentem a criação de empresas, do investimento nacional e estrangeiro, da inovação tecnológica e de transferências de tecnologias, a elaboração, negociação e mediação de planos, programas e projetos de desenvolvimento regional, a elaboração e divulgação de sistemas de informação, nomeadamente bases de dados e estudos da realidade regional, em cooperação com universidades, autarquias, empresas e associações empresariais.

O momento que agora o país atravessa e o novo Período de Programação Comunitário 2014/2020, “representam um grande desafio de inovação e eficiência medida em que impõe mudanças em relação à utilização que foi dada aos meios disponibilizados nos Quadros Comunitários anteriores”.

As ADRs, neste momento crucial para o País, como estruturas legais de direito e pelo papel de relevância que têm desempenhado, quer no desenvolvimento de projectos regionais estruturantes, quer por serem conhecedoras das regiões em que se inserem e dos actores regionais operantes nas mesmas, consideram que têm um papel fundamental na definição das estratégias a prosseguir para cada uma das respectivas regiões, ao abrigo deste novo período de programação comunitário.

Assim, a nova direção eleita da ANADER considera “muito positivo a existência de um diálogo frutuoso com a tutela, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional, no sentido de definir prioridades para a sua actuação e consequentemente permitir a obtenção dos meios financeiros para dar corpo a essas prioridades, quer através de financiamentos comunitários quer por mobilização de meios financeiros privados e públicos locais”.

V.N.Famalicão, 30 de Junho 2014

A Direção da ANADER

Adrave – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, SA

Adral – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, SA

ADREDT- Agência de Desenvolvimento Regional de Entre Douro e Tâmega SA

publicado por Carlos Gomes às 18:13

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Junho de 2014

CICLISTA MINHOTO TIAGO MACHADO VENCE VOLTA Á ESLOVÉNIA

O ciclista famalicense Tiago Machado acaba de sagrar-se campeão da volta á Eslovénia, concluindo integrado no pelotão a última etapa, ganha pelo italiano Elia Viviani (Cannondale).

Tiago Machado conquista a primeira volta na geral de uma prova de categoria 2.1, o mesmo nível da Volta ao Algarve e da Volta a Portugal.

A propósito da vitória alcançada pelo ciclista minhoto, o secretário de Estado do Desporto e Juventude, Dr. Emídio Guerreiro, em nota enviada à imprensa referiu que “as vitórias do Rui Costa na Volta à Suíça e do Tiago Machado na Volta à Eslovénia são um orgulho para Portugal e a demostração que estamos perante os melhores valores do ciclismo português de todos os tempos. Quero por isso congratular, em nome do governo, o Rui e o Tiago por estes resultados e por serem um exemplo de entrega e de sacrifício que cumpre saudar e destacar”.

publicado por Carlos Gomes às 20:59

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Junho de 2014

ADRAVE REALIZA CONFERÊNCIA SOBRE “O VALOR ECONÓMICO DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS ESPAÇOS VERDES”

publicado por Carlos Gomes às 21:46

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Junho de 2014

ADRAVE PROMOVE CONCURSO DE IDEIAS

A ADRAVE, Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, está a implementar o projeto Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, em parceira com o BICMINHO, INCUBO, SPINPARK, IDEIA ATLÂNTICO, IEMINHO, CEVAL E ACIG, com objetivo de promover e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora do Minho e dar resposta aos desafios existentes no que respeita à Inovação, Competitividade e Sustentabilidade dos territórios de cariz rural do Minho, lançando mecanismos e instrumentos de apoio ao empreendedorismo.

Imagem-Oficial-do-Concurso

Ao abrigo deste Projeto, decorre de 16 de Maio a 30 de Junho de 2014 a 2ª edição do Concurso de Ideias Minho Empreende.

O Concurso de Ideias Minho Empreende com vista à Criação de Iniciativas Empreendedoras em Territórios de Baixa Densidade no Minho é uma iniciativa da ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional, BICMINHO – Centro Europeu de Empresas e Inovação do Minho e INCUBO - Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras, ao abrigo do projeto Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, que abrange os municípios da NUT Ave, NUT Cávado e NUT Minho Lima, e visa a seleção, avaliação e valorização de ideias e/ou projetos inovadores, em diversos setores de atividade, que potenciem a valorização dos recursos endógenos do Minho, em torno de quatro temáticas sectoriais:

    i)Turismo 

    ii) Agro-Alimentar e Produtos Tradicionais 

    iii) Ambiente, Natureza e Paisagem

    iv) Cultura e Património.

Pretende-se eleger a melhor ideia de negócio em cada sub-região do Minho - Nut Ave, Nut Cávado e Nut Minho Lima, a quem será atribuído o 1º Prémio (ou seja três 1ºs Prémios - Vencedor Nut Ave, Vencedor Nut Cávado e Vencedor Nut Minho Lima).

O premiado de cada NUT terá direito a:

- Um ano de serviço de contabilidade/cogestão,

- Desenvolvimento da Imagem Corporativa, que inclui desenvolvimento do logótipo, aplicação a papel carta, envelope e capa folder e manual básico do logótipo;

- Uma Publireportagem de 3 a 5 minutos a passar num dos programas generalistas do Porto Canal.

Podem candidatar-se pessoas, a título individual ou coletivo que pretendam implementar projetos inovadores que se enquadram com os objetivos do concurso

Os interessados poderão obter mais informações, diretamente nas instalações da  ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional, BICMINHO – Centro Europeu de Empresas e Inovação do Minho e INCUBO - Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras, ou através do portal http://www.adrave.pt/minhoempreende.

publicado por Carlos Gomes às 14:29

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Junho de 2014

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 18:12

link do post | comentar | favorito
|

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE EM MOGEGE

publicado por Carlos Gomes às 00:15

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Junho de 2014

ADRAVE DÁ FORMAÇÃO A CUIDADORES FORMAIS NA INTERVENÇÃO DE IDOSOS COM DEMÊNCIA

A ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, em cooperação com a Associação Engenho, estão a promover um Ciclo de WorkShops, com o objetivo de contribuir para a capacitação dos cuidadores formais na intervenção com idosos com demência, em contexto institucional e em contexto domiciliário.

foto2

Estes WorkShops destinam-se, preferencialmente, às Instituições Sociais que integram respostas sociais de apoio aos idosos, e visam a capacitação das Diretores/as de Serviço, Diretores/as Técnicos/as, Assistentes Sociais, Psicólogos/as e Educadores/as Sociais.

O segundo Workshop, subordinado ao tema “DESAFIOS NOS CUIDADOS AOS IDOSOS COM DEMÊNCIA”, realizou-se no passado dia 4 de junho, e contou com a participação de cerca de 40 profissionais de outras tantas instituições que prestam serviços sociais e de saúde a idosos.

Os participantes salientaram essencialmente o nível de preparação dos Oradores e os casos práticos que foram apresentados, bem como a partilha de conhecimento e de experiências profissionais que foi possível concretizar, e ainda o conhecimento que tiveram da existência e modo de funcionamento de uma delegação no Norte da Associação Alzheimer Portugal.

Entretanto, está já planeada a realização de um outro WorkShop, que acresce aos 4 já inicialmente previstos, e que se realiza no âmbito das atividades artísticas como forma de terapia para idosos com demência, que encerrará este ciclo, no final do mês de setembro de 2014.

Após este ciclo de WorkShops será preparada uma publicação de carácter científico, que integrará as intervenções realizadas, bem como um conjunto de outros textos de autor sobre a problemática da demência nos idosos e as estratégias de intervenção para a melhoria da qualidade de vida e para a inclusão social.

Será também editada uma brochura destinada aos operacionais e aos cuidadores informais sobre conselhos práticos a observar no quotidiano dos serviços e cuidados prestados aos idosos com demência.

Estes trabalhos serão apresentados num Seminário a realizar em dezembro de 2014, sobre a inclusão social dos idosos pela saúde e práticas de envelhecimento ativo.

Estas atividades integram-se no Projeto E-RESATER, um projeto de cooperação territorial no espaço do Sudoeste Europeu, no domínio da inovação dos serviços em e-saúde e inclusão social, e co-financiado pelo Programa de Cooperação Territorial INTERREG SUDOE.

Este projeto, dinamizado em Portugal pela ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, conta no Espaço do SUDOE europeu com os seguintes parceiros:

•          Syndicat Mixte du Pays Couserans - Midi-Pyrénées - França

•          Fondation INTRAS - Centro de investigacion - Castilla y León - Espanha

•          Federación Asturiana de Concejos - Principado de Astúrias - Espanha

•          Servicio Aragonês de la Salud – Aragón - Espanha

•          Fundación para el Desarrollo Social – Aragón - Espanha

•          Union Départementale des Centres Communaux d'Action Sociale du Gers - Midi-Pyrénées - França

O objetivo do Projeto E-RESATER é o de contribuir para melhorar a competitividade do espaço SUDOE e das suas empresas, facilitando o desenvolvimento conjunto de uma oferta de produtos e serviços inovadores em matéria de eSaúde e eInclusão em adequação com a procura existente nos territórios, pelo desenvolvimento de serviços de acompanhamento às empresas e aos outros atores médicos, sociais e territoriais ativos ao nível local e regional. O foco da atuação é nas pessoas, com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida, pelo acesso mais fácil e eficaz aos serviços de saúde e inclusão social.

O próximo WorkShop, subordinado ao tema “DEPRESSÃO E ENVELHECIMENTO: ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO” realiza-se no próximo dia 15 de julho. A participação é gratuita. As inscrições, limitadas, devem ser enviadas à ADRAVE, através de ficha de inscrição, ou por inscrição on line, que pode ser obtida por consulta no site www.adrave.pt, até ao dia 11 de julho.

foto1

publicado por Carlos Gomes às 14:04

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Junho de 2014

ADRAVE REALIZA CONFERÊNCIA SOBRE O VALOR ECONÓMICO DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS ESPAÇOS VERDES

publicado por Carlos Gomes às 14:20

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Junho de 2014

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE EM MOGEGE

publicado por Carlos Gomes às 21:47

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 31 de Maio de 2014

EM 1912, O BANCO “BRANDÃO & COMPANHIA”, DE FAMALICÃO, FEZ A APRESENTAÇÃO DE BERNARDINO MACHADO À COMUNIDADE PORTUGUESA DO RIO DE JANEIRO

A carta data de 28 de junho de 1912 e foi endereçada a Vasconcelos & Companhia, pela casa bancária Brandão & Companhia, de Vila Nova de Famalicão, fazendo a apresentação de Bernardino machado, Ministro de Portugal no Rio de Janeiro, junto da colónia portuguesa ali radicada.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado pertença da Fundação Mário Soares.

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Maio de 2014

JOAQUIM ALVES CORREIA DE ARAÚJO: UM FAMALICENSE NA PRIMEIRA GRANDE GUERRA

A memória do médico Joaquim Alves Correia de Araújo, médico em África durante a Grande Guerra

Joaquim Alves Correia de Araújo era o segundo filho dos oito de Manuel Alves Correia de Araújo e de Bambina Amélia Machado d’Araújo, proprietários rurais de Requião, concelho de Vila Nova de Famalicão. Tal como com os outros filhos, Manuel e Bambina proporcionaram-lhe uma educação esmerada, tendo o mesmo iniciado o estudo das primeiras letras na escola da freguesia. Dali seguiria para o liceu de Guimarães, e a partir do sexto ano, frequentaria o Liceu Nacional Central de Braga, onde completou os seus estudos liceais com uma média final de 12 valores.

Logo depois Joaquim Alves decidiu matricular-se no primeiro ano de Medicina, e para tal escolheu fazê-lo na recém-criada Faculdade de Medicina do Porto, que substituiu a Escola Médico Cirúrgica ali estabelecida pela reforma educativa de Passos Manuel em 1836. Denote-se a curiosidade encontrada por Teresa Alves de que, dos cento e catorze colegas inscritos no curso de Medicina, colegas de seu tio-avô no ano lectivo de 1911-12, apenas cinco eram mulheres. 

Teresa Araújo desconhece o motivo que terá levado o seu tio-avô à Medicina, pensando-se que poderá ter sido por influência de seu tio materno João Machado d’Araújo, que terminou medicina na Escola Médico Cirúrgica do Porto em 1894. A única certeza que tem, e assim é porque existem as provas documentais que o atestam, é que no ano de lectivo de 1915-16 Joaquim Alves estava já no seu quinto ano, e defenderia em 23 de fevereiro de 1917, à época já mobilizado com a 1ª divisão de Lisboa, a tese “O método de Carrel e o soluto de Dakin no tratamento das feridas infetadas”, como surge referenciado no Jornal Gazeta de Famalicão de 24 de Fevereiro de 1917.

A própria sobrinha – neta refere que não deixam de ser curiosas as breves palavras que escreve no preambulo da sua tese, respeitantes à mobilização de jovens médicos, pois afirma que, mesmo sem defenderem a tese de final do curso (sem a qual não podiam exercer clinica médica civilmente, tal não constituía, impeditivo para o exercício de clinica militar, algo que considerava no mínimo um paradoxo. 

Já médico, com a sua tese defendida, Joaquim Alves tirará uma foto, envergando o seu dólman de serviço, no Porto, mais propriamente na Foto Universal, na rua de Cedofeita, para deixá-la para a posteridade, como acontecia na época, e igualmente para oferecer aos seus familiares e amigos. Estava pronto para partir, o que acabaria por suceder nos meses seguintes, como nos relatam os jornais da época. E é a bordo do vapor “Portugal” que o jovem médico, agora alferes médico na Grande guerra, seguirá para Moçambique, acompanhando o contingente de infantaria 31 e chegando à cidade da Beira em finais de Maio de 1917. 

Foi nomeado médico da coluna dos “Macondes” sob comando do Tenente Coronel José da Cunha e do Major Neutel d’Abreu, serviço que desempenhou durante um ano, sediado no posto de Chomba, local onde se fixara o Hospital de Sangue. Mudar-se-ia depois para o Hospital dos Combatentes na ilha de Xefina, na baía de Lourenço Marques, onde existe a referência familiar, repositório das suas próprias memórias, de que teria manipulado e usado um remédio da sua autoria, que dizia ter obtido resultados excepcionais na luta contra a febre biliosa, conseguindo-se assim diminuir o número de mortes causadas por esta patologia. Por ali se demorou largos meses, até ao termo do conflito, regressando depois e de forma definitiva a Portugal, a bordo do “Boliqueime”, corria o mês de Novembro de 1918. Disso se apercebeu Teresa Araújo, que consultou os jornais locais que referem mesmo a “boa aparência” do jovem médico ao regressar á pátria. 

Aquando da sua chegada a Lisboa teve uma nomeação imediata para médico do Regimento de Sapadores do Caminho-de-Ferro, funções que viria a acumular com os serviços médicos prestados no Hospital Militar da Estrela. Em 1922 foi ainda promovido a capitão - médico. Depois de uma temporada no sul, pediu a sua transferência para o Segundo Grupo de Companhias de Sapadores do Caminho de Ferro, sediado em Santo Tirso, onde serviu até 1937, ano em que teve lugar a reorganização do exército que deu por extinto aquele grupo de sapadores de caminhos-de-ferro naquela vila. Joaquim Alves terá então requerido a sua passagem à reserva, a qual lhe foi concedida. Todavia, continuará na ser médico, e a trabalhar no Hospital Militar do Porto, onde se manteve até 1947. A reserva nunca significou que não prestaria serviço activo. Joaquim Alves continuou a trabalhar até que, naquele ano, uma Junta Militar o considerou incapaz para o serviço militar, sendo presente à Junta Geral de Depósitos, Crédito e Previdência, para efeitos de aposentação. Todavia, esta considerou-o em condições de continuar na reserva, prestando serviço nas Juntas de Inspecção de Recrutamento.

A Grande Guerra e a sua presença na mesma nunca foi esquecida por Joaquim Alves, o que é atestado pelo seu papel de grande organizador na Liga dos Combatentes da Grande Guerra no concelho famalicense. Ali, chegou a ser presidente da sua comissão administrativa, desde a sua fundação, a 12 de Dezembro de 1934, até finais da década de 1940. A Guerra tinha deixado as suas marcas. Hoje, recordamos assim, pelas palavras e pelo trabalho de investigação de Teresa Araújo, a presença na mesma deste interveniente no conflito, não como combatente, mas como médico, salvando vidas na África Oriental. 

Informação Adicional: Autor – Relator: Margarida Portela

Testemunha – Contador: Teresa Araújo

INTERVENIENTES

Nome: Joaquim Alves Correia de Araújo

Cargo: Médico Militar

TEATROS DE GUERRA

Teatros de Guerra: África (Moçambique. Local: Beira e Lourenço Marques)

Fonte: http://www.portugal1914.org/portal/pt/

publicado por Carlos Gomes às 23:12

link do post | comentar | favorito
|

FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE EM JOANE

publicado por Carlos Gomes às 22:43

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Maio de 2014

FAMALICÃO FESTEJA ANTONINAS

publicado por Carlos Gomes às 00:31

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Maio de 2014

FAMALICÃO FESTEJA ANTONINAS

publicado por Carlos Gomes às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Maio de 2014

FAMALICÃO COMEMORA DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS

publicado por Carlos Gomes às 10:32

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Maio de 2014

FAMALICÃO FESTEJA ANTONINAS

publicado por Carlos Gomes às 22:28

link do post | comentar | favorito
|

MUNICÍPIO DE PÓVOA DE LANHOSO CELEBRA PROTOCOLO COM A COOPERATIVA DE ENSINO DE FAMALICÃO

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Escola Profissional CIOR – Cooperativa de Ensino de Vila Nova de Famalicão, C. R. L., assinaram um protocolo de colaboração cultural, ao final da manhã de 13 de maio de 2014, nos Paços do Concelho.

Assinatura de Protocolo com a CIOR 2

A Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca, representou a Autarquia. “Estas parcerias são sempre muito positivas. É a troca de experiências, é a articulação conjunta de atividades, é o criar de sinergias para que ambas as partes saiam beneficiadas, porque hoje em dia o estabelecimento de parcerias é fundamental, nomeadamente neste caso, ou seja, na vertente cultural, que envolve a comunidade local, a comunidade escolar e as instituições”, salientou aquela responsável.

O Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Armando Fernandes, também esteve presente neste momento. “Esta parceria surge da necessidade de fazermos aqui algo de diferente na Póvoa de Lanhoso”, considerou.

“Esta parceria que vamos hoje formalizar, porque ela já existe na prática e já está a funcionar bem de uma forma também informal, é uma parceria importante para nós como poderá ser para o Município da Póvoa de Lanhoso”, sublinhou Diretor da CIOR, Amadeu Dinis. “É importante para nós, porque dá-nos visibilidade, é um parceiro institucional, um parceiro que está ligado à administração local e para nós é sempre importante ter estas parcerias. Para vocês também é importante, porque temos o know how adquirido ao longo dos tempos e noutras áreas, não só na área da animação, que poderemos explorar no futuro”, salientou ainda, finalizando: “É uma satisfação muito grande para nós formalizarmos esta parceria e vamos e esperar pelo futuro, porque acho que ainda vamos aprofundá-la e melhorá-la”.

Assinatura de Protocolo com a CIOR 1

publicado por Carlos Gomes às 14:07

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Maio de 2014

PROJETO QI PME NORTE - 37 EMPRESAS IMPLEMENTAM PROCESSOS DE MODERNIZAÇÃO

Teve lugar no passado dia 30 de abril a Sessão de Encerramento do Projeto QI PME NORTE / ADRAVE 4ª Edição, a qual realizou-se nas instalações da ADRAVE - Agência de Desenvolvimento Regional, com a presença da ADRAVE através da Dra. Paula Peixoto Dourado-diretora de Serviços, do Dr. Augusto Lima - Adjunto do Presidente da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão para Área do Empreendedorismo, do Dr. António Marques, Presidente da Associação Industrial do Minho e das 37 empresas que participaram na 4ª Edição do QI PME NORTE / ADRAVE.

Foto1

Projecto QI PME NORTE 4ª Edição: 37 Empresas implementam processos de modernização

A ADRAVE foi palco do encerramento do projecto QI PME NORTE/ADRAVE-4ª edição, em que participaram ativamente 37 Pequenas e Médias Empresas (PME´s).

Decorreu no passado dia 30 de Abril de 2014, o Seminário de Encerramento do Projeto QI PME Norte/ADRAVE 4ª edição, nas instalações da ADRAVE.

Este seminário contou com a presença da AIMINHO – Associação Industrial do Minho, das Empresas Destinatárias do Projeto, da Equipa da ADRAVE e de Formadores e Consultores Especialistas envolvidos neste programa e do Município de Vila Nova de Famalicão.

Neste Seminário foram apresentados os principais resultados e impactos alcançados pelo projeto, tendo três empresários testemunhado as intervenções que foram realizadas nas suas empresas. Nesta ocasião, foram ainda entregues os certificados de participação às empresas destinatárias e assinado o protocolo de cooperação Plataforma Empresarial AVE COMPETE.

O Projeto QI-Pme Norte-Qualificação e Inovação é um projeto desenvolvido ao abrigo do Eixo 3 do POPH, numa parceria entre a AIMinho, enquanto Organismo Intermédio, e a ADRAVE, para a região do Vale do Ave, sendo que nesta 4ª Edição representou a intervenção em 37 empresas da região, onde foram implementados processos de modernização empresarial, durante um ano.

Esta 4ª Edição do Projeto que agora encerrou sucedeu a outras três edições anteriores QI PME Norte/ADRAVE, sendo que no conjunto das quatro edições foram intervencionadas 108 PME’s do território, cerca de 50% do sector da indústria e os restantes 50% repartidos entre o comércio e os serviços, tendo sido abrangidos todos os Empresários em sessões de qualificação técnicas e 1624 colaboradores dessas empresas em ações de formação contínua, com o objetivo de resolver problemas muito concretos no seio das empresas e de criar ou melhorar competências profissionais para a melhoria contínua do desempenho e para o aumento da competitividade do negócio.

Foto2

O QI- PME Norte é um programa de formação-ação que vai contribuir para o desenvolvimento de competências pessoais, profissionais e organizacionais, utilizando metodologias adaptadas à dimensão e realidade das empresas que participam no Programa, bem como intervém na modernização organizacional e na adoção de modelos de gestão mais adaptados às necessidades do contexto, fomentando uma cultura de aprendizagem constante e de melhoria contínua do produto e do serviço prestado.

Neste contexto, a Plataforma Empresarial Ave-Compete, agora reforçada com mais 37 empresas aderentes constitui mais um elemento de extrema importância para a competitividade das nossas empresas e para a promoção das redes de cooperação empresarial.

O Ave-Compete é uma Plataforma de Cooperação empresarial, constituída por mais de uma centena de PME’s, assente na divulgação regular de informação e na partilha do conhecimento em domínios centrais para a competitividade das empresas.

É uma plataforma empresarial que aposta em eixos estratégicos de intervenção, designadamente, a inovação organizacional, a qualificação dos recursos humanos, a internacionalização, a qualidade, o marketing, a gestão estratégica, a cooperação entre os sectores público e privado, entre outros domínios.

Nesta Plataforma, a ADRAVE assume-se como um parceiro do desenvolvimento regional, procurando afirmar o Vale do Ave como um território de excelência no domínio empresarial, cultural e social.

A Plataforma Ave-Compete está, naturalmente, aberta à adesão de todas as empresas que manifestem interesse e que comunguem dos objetivos desta parceria.

Os caminhos para a competitividade são hoje cada vez mais exigentes e seletivos, devendo, cada vez mais, ter como suporte o conhecimento e a cooperação, capaz de assegurar um crescimento económico sustentável, com mais e melhores empregos e maior coesão social.

As empresas participantes nesta 4ª Edição do Projeto QI PME Norte/ADRAVE, provenientes de diversos sectores de atividade são as seguintes:

A Fornecedora do Outeiro Lda; Alto Rendimento - Comércio de Artigos em 2ª mão, Unipessoal Lda; Amertrade - Texteis Lda; Amishoes - Calçados Lda; André Castro - Sociedade Unipessoal Lda; Biotempo - Consultoria em Biotecnologia lda; BordaInveste - Fábrica de Bordados Lda; Cadeinor - Mobiliário de Escritório Integrado Lda; Caminhar Confort Shoes; Confecções Chouselas Lda; Crazyhours Unipessoal Lda; Doctolar Lda; Drogaria Feliz Lda; Earboxwear SA; Fafeaccess - Máquinas e Acessórios Lda; ESFANI - Confeções, lda; Famasete - Tecnologia da Informação Lda; Fluidraulica - Equipamentos Hidraulicos Lda; Foco Criativo Unipessoal Lda; Frescos do Dia, Supermercado Unipessoal Lda; Geojustiça - Soluções Geográficas de Apoio à Justiça Lda; Graminho - Granitos do Minho SA; Jaime Oculista Unipessoal lda; Joarca Armazém de Tecidos Lda; José Gomes Unipessoal Lda; Linhas Soltas - Oficinas de Projetos Lda; MINHOMÉDICA - Equipamento Médico e Hospitalar Lda; Netgócio-Soluções Internet para Empresas Lda; Nogueira & Monteiro Lda; Norblend-comercio Cafés Lda; Rosa Maria Costa & Filhos Lda; Sentido Directo, Serviços de Psicologia Unipessoal Lda; SEPSEG - Soluções de Segurança Unip Lda; STC -STACAB Serviços para Indústrias e Acabamentos; Sulnor - Indústria de Metalomecânica Lda; Texto Virtual Lda; Wiremaze - Sistemas de Informação SA.

De salientar ainda que o Projeto QI PME Norte/ADRAVE tem aprovada uma 5ª Edição, com objetivos semelhantes, para abranger mais 25 PME’s do território, pelo que se encontram abertas as inscrições, na ADRAVE, até o próximo dia 16 de Maio.

foto 3

foto 4

IMG_6965

publicado por Carlos Gomes às 08:33

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Abril de 2014

ADRAVE ENCERRRA HOJE PROJETO QI PME NORTE / ADRAVE 4ª EDIÇÃO

A ADRAVE realiza hoje a Sessão de Encerramento do Projeto QI PME NORTE / ADRAVE 4ª Edição, a ter lugar pelas 15h00, nas instalações da ADRAVE - Agência de Desenvolvimento Regional, sita na Avenida 25 de Abril, nº 634, Casa do Louredo, em Vila Nova de Famalicão.

Este seminário contará com a presença dos 37 empresários do projeto QI PME Norte/ADRAVE 4ª Edição, da equipa técnica interna da ADRAVE e da equipa de consultores e formadores especialistas que participaram na implementação nas medidas de consultoria e formação individualizada nas empresas destinatárias.

Nesta sessão de encerramento do projeto, estarão presentes o Arqtº Armindo Costa, Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE, o Dr. Augusto Lima - Adjunto do Presidente da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão para Área do Empreendedorismo, e o Dr. António Marques, Presidente da Associação Industrial do Minho. Trata-se de uma Sessão de crucial importância para o Encerramento do Projeto, dado que serão apresentados os principais resultados e impactos do Programa, serão entregues os Certificados de Participação às 37 Empresas e decorrerá, também, um Momento de Assinatura do Protocolo Plataforma Empresarial AVE COMPETE. Segue Mapa de Localização da ADRAVE e respetivo Programa.

Local do Evento: ADRAVE - Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, S.A.

Avenida 25 Abril, n.º 634 - Casa de Louredo

4760-101 Vila Nova de Famalicão

A 100 metros da Estação de Comboios de Vila Nova de Famalicão e frente a PSP.

GPS: Longitude: 8 º 31' 40'' O / Latitude: 41º 24' 22'' N

publicado por Carlos Gomes às 11:22

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Abril de 2014

ADRAVE ENCERRA PROJETO QI PME NORTE / ADRAVE 4ª EDIÇÃO

A ADRAVE realiza a Sessão de Encerramento do Projeto QI PME NORTE / ADRAVE 4ª Edição, a ter lugar no próximo dia 30 de Abril de 2014, quarta-feira, pelas 15h00, nas instalações da ADRAVE - Agência de Desenvolvimento Regional, sita na Avenida 25 de Abril, nº 634, Casa do Louredo, em Vila Nova de Famalicão

Este seminário contará com a presença dos 37 empresários do projeto QI PME Norte/ADRAVE 4ª Edição, da equipa técnica interna da ADRAVE e da equipa de consultores e formadores especialistas que participaram na implementação nas medidas de consultoria e formação individualizada nas empresas destinatárias.

Nesta sessão de encerramento do projeto, estarão presentes o Arqtº Armindo Costa, Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE, o Dr. Augusto Lima - Adjunto do Presidente da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão para Área do Empreendedorismo, e o Dr. António Marques, Presidente da Associação Industrial do Minho.

Trata-se de uma Sessão de crucial importância para o Encerramento do Projeto, dado que serão apresentados os principais resultados e impactos do Programa, serão entregues os Certificados de Participação às 37 Empresas e decorrerá, também,  um Momento de  Assinatura do Protocolo Plataforma Empresarial AVE COMPETE.

publicado por Carlos Gomes às 13:26

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Abril de 2014

ADRAVE PROMOVE QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL PARA AS EMPRESAS

Sessão Técnica de Qualificação Desenvolvimento Organizacional para Micro e Pequenas Empresas em Vila Nova de Famalicão. Oportunidade para atualizar e otimizar conhecimentos e competências dos empresários

Ao abrigo do Projeto Âncora Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, a ADRAVE-Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, acaba de abrir as inscrições, em parceria com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, para a Sessão Técnica de Qualificação Desenvolvimento Organizacional, a decorrer na ADRAVE, num total de 35 horas, no período compreendido entre 05 de Maio e 4 de Junho de 2014.

 Esta sessão técnica de qualificação gratuita destina-se a micro e pequenas empresas do concelho de Vila Nova de Famalicão dos seguintes setores: Turismo; Agro-alimentar e Produtos Tradicionais; Ambiente, Natureza e Paisagem; Cultura e Património; Outras que sejam consideradas relevantes para a valorização dos recursos endógenos.

Pretende-se com esta sessão técnica de qualificação promover e facilitar a atualização e otimização de conhecimentos e competências dos empresários de micro e pequenas empresas de cariz rural ao nível da inovação, modernização organizacional e de gestão, de forma a potenciar a qualificação orientada para o apoio ao desenvolvimento organizacional.

O Programa da Sessão Técnica abordará as seguintes temáticas: Gestão de Recursos Humanos, Gestão Estratégica e Marketing, Gestão Comercial e Mercados Externos, Gestão Financeira Criatividade, Inovação e Comportamento Organizacional

As inscrições poderão ser efetuadas até ao dia 02 de Maio de 2014, na ADRAVE: através do e-mail: minhoempreende@adrave.pt, do portal www.adrave.pt e do telefone 252302600 ou na Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão: no Gabinete de Apoio ao Empreendedorismo através do e-mail: augustolima@vilanovadefamalicao.org e do telefone: 252320900.

O projeto Minho Empreende é um Projeto Âncora da EEC/Estratégia de Eficiência Coletiva MINHO IN, reconhecido como EEC PROVERE, em que a aposta estratégica passa pela valorização do potencial do território de baixa densidade, projetando-se num conjunto de redes empresariais, institucionais e temáticas. O Minho Empreende ambiciona promover e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora do Minho e dar resposta aos desafios existentes no que respeita à Inovação, Competitividade e Sustentabilidade dos territórios de cariz rural do Minho, lançando mecanismos e instrumentos de apoio ao empreendedorismo. Este projeto coordenado pela ADRAVE, decorre até final de 2014, na região do Minho, nas sub-regiões NUT III – Minho-Lima, Cávado e Ave, num total de vinte e quatro concelhos.

publicado por Carlos Gomes às 19:12

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Abril de 2014

EM 1912, FAMALICÃO ENVIOU A BARNARDINO MACHADO O PROGRAMA DA PARADA AGRÍCOLA DAS FESTAS DO CONCELHO

A carta data de 13 de junho de 1912 e foi enviada pela Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão a Bernardino Machado juntamente com o programa da Parada Agrícola que nesse ano teve lugar no âmbito das Festas do Concelho. A carta é assinada por Jaime Valongo e, conforme era então uso, termina com o lema “Saúde e Fraternidade”.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado pertença da Fundação Mário Soares.

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

OS CONGRESSOS REGIONAIS E OS PROBLEMAS DO MINHO

O jornal “O Século”, na sua edição de 24 de julho de 1913, dava conta da sua iniciativa no sentido de promover a realização dos congressos regionais. Como se refere na notícia, o Dr. Nuno Simões “enumera os problemas capitais do Minho que os congressos devem esclarecer. O Sindicato Agrícola de Famalicão pretará à nossa iniciativa todo o seu concurso”.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado pertença da Fundação Mário Soares.

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Abril de 2014

A FEIRA DE FAMALICÃO NOS COMEÇOS DO SÉCULO XX

375752_471290346284817_1595213603_n

A imagem mostra a feira de Famalicão no local que é agora a praceta e Fundação Cupertino de Miranda. Na imagem seguinte, podem comparar-se os edifícios com a foto anterior, mas no sentido oposto, ao longo da praça D. Maria II.

1185755_511369655598885_427145012_n

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 29 de Março de 2014

ADRAVE DEBATE EM FAMALICÃO “O PAPEL DO GÉNERO NO DESENVOLVIMENTO: DESAFIOS E PRÁTICAS”

Do muito que já foi feito e do caminho que falta percorrer no domínio da igualdade de género

A Conferência realizou-se no dia 27 de março, na sede da ADRAVE, em V.N. de Famalicão

A ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, no âmbito do Projeto Ave: Viver em Igualdade, financiado pelo POPH – Programa Operacional Potencial Humano, Medida 7.2, promoveu, no passado dia 27 de março, a Conferência “O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas”. Tratou-se de um espaço alargado de reflexão e debate sobre a temática da igualdade de género na sociedade, no trabalho, na família e na escola.

foto4

A iniciativa contou com a participação da Senhora Vereadora da Família e Saúde Pública da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Drª. Sofia Fernandes, e da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), Drª. Rosa Oliveira, entre outras Entidades, e com a presença de um público heterogéneo, que incluiu autarquias locais, Empresas, Institutos Públicos, Instituições Sociais, Responsáveis de Escolas, Alunos, entre outros.

Na sequência das atividades desenvolvidas no âmbito do Projeto “Ave: Viver em Igualdade”, promovidas pela ADRAVE, em parceria com as Entidades locais, incluindo Autarquias Locais, Empresas, Instituições Sociais e Escolas, a Conferência ontem realizada reuniu todos estes atores e protagonistas locais em torno da discussão das políticas públicas, da teoria e dos princípios orientadores, por um lado, e das práticas, por outro lado, no domínio da igualdade de género. A conclusão geral a que se chegou foi de que, neste domínio, muito caminho já foi calcorreado, sinuoso é certo, com barreiras mais ou menos difíceis de ultrapassar, mas também com muitas conquistas a bem da sociedade, do seu equilíbrio e da sua riqueza na diversidade, faltando ainda ultrapassar importantes constrangimentos para os quais urge sensibilizar a comunidade, designadamente a comunidade escolar, já que as crianças e jovens desempenham também um importante papel na educação da família para os valores e para os desígnios fundamentais da sociedade. Já assim foi na área da sensibilização ambiental, designadamente no que diz respeito à separação dos resíduos domésticos e à reciclagem, assim será também no domínio dos papéis sociais das mulheres, das profissões e do equilíbrio entre os géneros na construção de uma sociedade que se quer participativa e assente em práticas de cidadania inclusiva.

foto3

A Profª. Doutora Emília Araújo, Professora e Investigadora na Universidade do Minho, participou nesta Conferência, tendo salientado que a situação da mulher na sociedade, não obstante o progresso registado nos últimos anos, continua a conhecer constrangimentos que impedem a sua ascensão social, inserindo-se esta problemática no domínio das desigualdades sociais. A igualdade na diferença entre os géneros apela a estilos de vida mais sustentáveis, no sentido do estabelecimento e gestão de um compromisso intergeracional que cuide do presente e assegure a salvaguarda do futuro. Desenvolvimento e Género são as duas faces da mesma moeda, já que o desenvolvimento faz-se por pessoas, com as pessoas e para as pessoas. Desperdiçar os recursos femininos significa desperdiçar mais de 50% das pessoas nos territórios, o que seria absolutamente impensável e ruinoso para a nossa sociedade.

A igualdade de género não se constrói por Decreto, embora o enquadramento legislativo seja essencial. A igualdade de género é um princípio, um valor e uma prática que deve estar sempre presente em todas as vivências em sociedade, em família, no trabalho e na escola. Naturalmente que este constitui também um desafio para as Mulheres, que devem participar ativamente e na linha da frente na construção de uma sociedade mais equitativa, mais inclusiva e mais coesa, através de pequenos e grandes gestos no nosso quotidiano, designadamente a participação política, a participação em cargos de chefia e na gestão das empresas e a participação social ativa.

Sendo a igualdade de género um princípio e uma prática transversal a ter em consideração na sociedade dos nossos dias, a educação e a socialização estão na linha de partida e o desenvolvimento das comunidades e dos territórios será tanto mais endógeno e sustentável quanto mais integrar os pontos de vista plurais dos géneros que constituem a Humanidade.

Esta iniciativa constituiu pois mais uma atividade que se enquadra na missão da ADRAVE, de promover a reflexão e o debate sobre temáticas de interesse para a promoção do desenvolvimento regional, num território onde a participação das mulheres na economia e no mercado laboral assume uma relevância particular, aliado aos outros papéis sociais desempenhados, de importância fundamental para o equilíbrio e o desenvolvimento social.

foto2

foto1

publicado por Carlos Gomes às 18:24

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2014

ADRAVE DEBATE EM FAMALICÃO O PAPEL DO GÉNERO NO DESENVOLVIMENTO

Conferência

O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas

Projeto Viver em Igualdade

Local: ADRAVE- Casa de Louredo- V.N. de Famalicão

27 de Março de 2014 | Quinta-feira

14:00 | Receção

14:30 | Sessão de abertura:

Armindo Costa-Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE

Rosa Oliveira- Comissão Para a Cidadania e Igualdade de Género

Sofia Machado Fernandes- Vereadora da Família e Saúde Pública da Câmara Municipal de V.N. Famalicão

15:45 | Igualdade de Género nas organizações: A sociedade e as organizações – continuidades e descontinuidades: o papel do género no desenvolvimento - SIGO - Serviço para a Promoção da Igualdade de Género – o papel e a importância das Autarquias no apoio a Vítimas de violência de género e na prevenção da violência

Carla Melo - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

- A Sociedade, a Família e a Política de Género – O papel da Autarquia Local

Ademar Carvalho - Câmara Municipal de V.N. de Famalicão

- As políticas de Igualdade na Empresa Lameirinho, S.A.

Paulo Carvalho - Diretor Recursos Humanos

- A educação para a Igualdade de Género – o papel da Escola

Cláudia Morais de Sá – Psicóloga no Agrupamento Escolas Camilo Castelo Branco

17:00 | Profissão, Família, Escola e Género Emília Araújo - Universidade do Minho / Instituto de Ciências Sociais e Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade

18:00 | Encerramento

publicado por Carlos Gomes às 13:13

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2014

ADRAVE REALIZA EM FAMALICÃO CONFERÊNCIA SOBRE O PAPEL DO GÉNERO NO DESENVOLVIMENTO

Conferência: O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas. Debate e reflexão sobre a igualdade de género

No próximo dia 27 de março, na sede da ADRAVE, em V.N. de Famalicão

A ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, no âmbito do Projeto Ave: Viver em Igualdade, financiado pelo POPH – Programa Operacional Potencial Humano, Medida 7.2, promove, no próximo dia 27 de março, a partir das 14h, a Conferência “O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas”, que pretende ser um espaço alargado de reflexão e debate sobre a temática da igualdade de género na sociedade, no trabalho, na família e na escola.

A igualdade de género é uma temática cada vez mais intransponível e absolutamente transversal na sociedade dos nossos dias. As questões do trabalho, da família, dos diferentes papéis sociais da mulher, da cidadania ativa, da governância, da participação social e da inclusão, numa perspetiva do papel da sociedade, das Empresas, do Estado e das políticas públicas na construção da igualdade de género numa trajetória de dois sentidos – da teoria à prática e dos contributos da ação para o enriquecimento e reformulação teórica – estarão em discussão nesta Conferência, que se prevê muito participada.

Pretende-se analisar as políticas sociais e as políticas do conhecimento, numa combinação de conhecimento e ação política para o desenvolvimento da cidadania ativa e do reconhecimento alargado da igualdade de género.

A temática da igualdade de género tem sido muito alavancada nas políticas públicas, designadamente por iniciativa das Instâncias Comunitárias. A este propósito, de referir que o Conselho da União Europeia adoptou o “Pacto Europeu para a Igualdade entre Homens e Mulheres (2011-2020)”. Este documento, de uma importância fundamental, põe em destaque a necessidade de um "novo impulso, especialmente a fim de reafirmar e apoiar a estreita relação que existe entre a Estratégia da Comissão para a igualdade entre homens e mulheres 2010-2015 e o documento "Europa 2020: a estratégia da União Europeia para o emprego e um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo".

Esta iniciativa constituiu pois mais uma atividade que se enquadra na missão da ADRAVE, de promover a reflexão e o debate sobre temáticas de interesse para a promoção do desenvolvimento regional, num território onde a participação das mulheres na economia e no mercado laboral assume uma relevância particular, aliado aos outros papéis sociais desempenhados, de importância fundamental para o equilíbrio e o desenvolvimento social.

Convidamos por isso todos os que se interessem pela temática e que reconheçam a necessidade de refletir e discutir, com o objetivo de melhor promover a ação, que participem nesta Conferência. A participação é gratuita, sendo apenas necessária a inscrição prévia, atendendo a que o número de lugares é limitado.

Conferência

O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas

Projeto Viver em Igualdade

Local: ADRAVE- Casa de Louredo- V.N. de Famalicão

27 de Março de 2014 | Quinta-feira

14:00 | Receção

14:30 | Sessão de abertura:

Armindo Costa-Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE

Rosa Oliveira- Comissão Para a Cidadania e Igualdade de Género

Sofia Machado Fernandes- Vereadora da Família e Saúde Pública da Câmara Municipal de V.N. Famalicão

15:45 | Igualdade de Género nas organizações: A sociedade e as organizações – continuidades e descontinuidades: o papel do género no desenvolvimento - SIGO - Serviço para a Promoção da Igualdade de Género – o papel e a importância das Autarquias no apoio a Vítimas de violência de género e na prevenção da violência

Carla Melo - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

- A Sociedade, a Família e a Política de Género – O papel da Autarquia Local

Ademar Carvalho - Câmara Municipal de V.N. de Famalicão

- As políticas de Igualdade na Empresa Lameirinho, S.A.

 Paulo Carvalho - Diretor Recursos Humanos

- A educação para a Igualdade de Género – o papel da Escola

Cláudia Morais de Sá – Psicóloga no Agrupamento Escolas Camilo Castelo Branco

17:00 | Profissão, Família, Escola e Género

Emília Araújo - Universidade do Minho / Instituto de Ciências Sociais e Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade

18:00 | Encerramento

publicado por Carlos Gomes às 14:24

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Março de 2014

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO VALE DO AVE REALIZA CONFERÊNCIA EM FAMALICÃO

CONFERÊNCIA

O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas

Projeto Viver em Igualdade

Local: ADRAVE- Casa de Louredo- V.N. de Famalicão

27 de Março de 2014 | Quinta-feira

14:00 | Receção

14:30 | Sessão de abertura:

Armindo Costa-Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE

Rosa Oliveira- Comissão Para a Cidadania e Igualdade de Género

Sofia Machado Fernandes- Vereadora da Família e Saúde Pública da Câmara Municipal de V.N.

Famalicão

 15:45 | Igualdade de Género nas organizações: A sociedade e as organizações – continuidades e

descontinuidades: o papel do género no desenvolvimento

- SIGO - Serviço para a Promoção da Igualdade de Género – o papel e a importância das

Autarquias no apoio a Vítimas de violência de género e na prevenção da violência

Carla Melo - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

- A Sociedade, a Família e a Política de Género – O papel da Autarquia Local

Ademar Carvalho - Câmara Municipal de V.N. de Famalicão

- As políticas de Igualdade na Empresa Lameirinho, S.A.

 Paulo Carvalho - Diretor Recursos Humanos

- A educação para a Igualdade de Género – o papel da Escola

Cláudia Morais de Sá – Psicóloga no Agrupamento Escolas Camilo Castelo Branco

17:00 | Profissão, Família, Escola e Género

Emília Araújo - Universidade do Minho / Instituto de Ciências Sociais e Centro de Estudos de

Comunicação e Sociedade

18:00 | Encerramento

publicado por Carlos Gomes às 22:37

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Março de 2014

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO DEBATE AS IDEIAS COLONIALISTAS DE AIRES DE ORNELAS

Aires Ornelas_Fernandes, Paulo Jorge_Museu Bernard

publicado por Carlos Gomes às 20:20

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Março de 2014

VILA NOVA DE FAMALICÃO: ADRAVE DEBATE PAPEL DO GÉNERO NO DESENVOLVIMENTO

Realiza-se em Vila Nova de Famalicão a Conferência O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas, a qal tera lugar no próximo dia 27 de março de 2014, na ADRAVE, integrada no Projeto “Ave – Viver em Igualdade”.

A Participação é gratuita, mediante inscrição prévia, até 26 de março de 2014, através de:

- Ficha de inscrição em pdf (envio por fax: 252302609 ou por e-mail: seminarios@adrave.pt ) ou Inscrição on-line

Localização do evento:

- Morada: ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do AVE

Av. 25 de Abril, 634, Casa de Louredo

4760-101 Vila Nova de Famalicão

Link de Localização do Evento

CONFERÊNCIA

O papel do Género no Desenvolvimento: desafios e práticas

Projeto Viver em Igualdade

Local: ADRAVE- Casa de Louredo- V.N. de Famalicão

27 de Março de 2014 | Quinta-feira

14:00 - Receção

14:30 - Sessão de abertura:

Armindo Costa-Presidente do Conselho de Administração da ADRAVE

Rosa Oliveira- Comissão Para a Cidadania e Igualdade de Género

Sofia Machado Fernandes- Vereadora da Família e Saúde Pública da Câmara Municipal de V.N. Famalicão

15:45 - Igualdade de Género nas organizações: A sociedade e as organizações – continuidades e descontinuidades: o papel do género no desenvolvimento

- SIGO - Serviço para a Promoção da Igualdade de Género – o papel e a importância das Autarquias no apoio a Vítimas de violência de género e na prevenção da violência

Carla Melo - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

- A Sociedade, a Família e a Política de Género – O papel da Autarquia Local

Ademar Carvalho - Câmara Municipal de V.N. de Famalicão

- As políticas de Igualdade na Empresa Lameirinho, S.A.

 Paulo Carvalho - Diretor Recursos Humanos

- A educação para a Igualdade de Género – o papel da Escola

Cláudia Morais de Sá – Psicóloga no Agrupamento Escolas Camilo Castelo Branco

17:00 | Profissão, Família, Escola e Género

Emília Araújo - Universidade do Minho / Instituto de Ciências Sociais e Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade

18:00 | Encerramento

publicado por Carlos Gomes às 23:15

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Março de 2014

RUSGA DE JOANE RECRIA VIVÊNCIAS D’OUTRORA EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

publicado por Carlos Gomes às 00:39

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Março de 2014

RUSGA DE JOANE RECRIA VIVÊNCIAS D’OUTRORA EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

publicado por Carlos Gomes às 00:44

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2014

RUSGA DE JOANE RECRIA VIVÊNCIAS D’OUTRORA EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

publicado por Carlos Gomes às 00:37

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Fevereiro de 2014

VILA NOVA DE FAMALICÃO: RUSGA DE JOANE RECRIA VIVÊNCIAS D’OUTRORA

publicado por Carlos Gomes às 21:35

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2014

FAMALICÃO: MUSEU BERNARDINO MACHADO REALIZA CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE O COLONIALISMO

publicado por Carlos Gomes às 22:39

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

FAMALICÃO DÁ FORMAÇÃO A DOCENTES

publicado por Carlos Gomes às 20:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Fevereiro de 2014

EM VILA NOVA DE FAMALICÃO COME-SE BEM!

publicado por Carlos Gomes às 01:17

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Fevereiro de 2014

EM 1955, CARDEAL MANUEL GONÇALVES CEREJEIRA ESCREVEU AO PADRE FELICIDADE ALVES EXORTANDO-O A ENTREGAR-SE À IGREJA

A imagem reproduz uma carta datada de 24 de junho de 1955, remetida do Santuário de Fátima, pelo Cardeal Manuel Gonçalves Cerejeira, dirigida ao Padre Felicidade Alves, abordando aspetos da sua personalidade e incentivando-o à entrega à Igreja seguindo o caminho da humildade.

O Cardeal Manuel Gonçalves Cerejeira era minhoto natural de Famalicão, nascido na freguesia de Lousado em 29 de novembro de 1888.

Fonte: Fundação Mário Soares

z2

z3

publicado por Carlos Gomes às 19:56

link do post | comentar | favorito
|

RUSGA DE JOANE RECRIA VIVÊNCIAS D’OUTRORA EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

publicado por Carlos Gomes às 00:38

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2014

PONTE DE LIMA APRESENTA OBRA SOBRE A GENEALOGIA DO VISCONDE DE VILA NOVA DE FAMALICÃO

“História e Genealogia Familiar: famílias convergentes do Visconde de Vila Nova de Famalicão”. Arquivo Municipal de Ponte de Lima. 7 de fevereiro / 21h30

O livro História e genealogia familiar: famílias convergentes do Visconde de Vila Nova de Famalicão, da autoria de Alexandra Maria Ferreira Braga de Sousa Louro Pereira de Castro, será apresentado no próximo dia 7 de fevereiro de 2014, às 21h30, no Arquivo Municipal de Ponte de Lima.

"A autora deste livro fez uma viagem e muitos dias passaram ao longo de oito anos plenos de acção e descoberta, dias de paz e de cansaço por entre bibliotecas, arquivos e cartórios, ou visitando as quintas e algum parente quase esquecido. Se o dono da quinta era pessoa agradável ou afável, ó que bela tarde de estudo: Noutras visitas a "eiras e solares" as coisas virão a ser mais difíceis, porque o senhorio se apresenta seco e distante. Uns dias abriam-se portas que davam sobre soberbas salas de museu e noutros restavam algumas pinturas numa parede, mobiliário, espíritos do lugar ou quase nada, às vezes a decepção. No fim de um dia de trabalho, ao regressar a casa, já só existe cada um de nós e o seu pequeno mundo de afectos. Só existe o que acontece realmente. A verdade, porém, é que os mundos se cruzam e se combinam e a prová-lo nasce este livro" (José Miguel Braga).

Para mais informações consulte o site do Arquivo Municipal www.arquivo.cm-pontedelima.pt.

Alexandra_Pereira_Castro[1]

publicado por Carlos Gomes às 19:25

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

BANDA DE FAMALICÃO REALIZA CONCERTO DE ANO NOVO

publicado por Carlos Gomes às 16:35

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

EMPREENDEDORES APRESENTAM PROJETOS INOVADORES NO ÃMBITO DO PROJETO MINHO EMPREENDE APRESENTADO EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

Com a presença de 22 empreendedores, decorreu no dia 19 de novembro de 2013 uma Sessão de Apresentação e Debate das Ideias Empreendedoras para o Território, promovida a pela ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional.

unnamed

Esta sessão contou com a presença do Vereador Leonel Rocha, em representação da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, responsável e dinamizador do projeto concelhio Famalicão Empreende.

Esta iniciativa significou o culminar da Sessão Técnica de Qualificação e Gestão para Novos Empreendedores, que se realizou ao longo de 35 horas, onde foi desenvolvido um trabalho de capacitação dos empreendedores para passar da ideia à concretização do projeto de negócio.

Na sessão técnica de qualificação participaram jovens desempregados, oriundos dos Municípios de Vila Nova de Famalicão, Trofa, Santo Tirso e Guimarães e com habilitações de nível superior.

Procurou-se promover e facilitar a aquisição de conhecimentos e competências técnicas, comportamentais e relacionais, junto de pessoas detentoras de uma ideia de negócio, no sentido de potenciar a concretização de projetos e iniciativas empreendedoras em torno dos recursos endógenos locais.

Nesta sessão foram apresentadas várias ideias de negócio: utilização de insetos na produção de conservas, produção alimentar através da Aquaponia, empresa de comercialização de refeições de carácter social, instalação e dinamização de um campo de minigolfe e atividades lúdicas, a criação de um Centro Psicopedagógico para idosos e a criação de uma empresa de produção audiovisual e marketing.

O Vereador reforçou a importância do empreendedorismo para a concretização de negócios no concelho e destacou ainda a aposta que o município de V.N.Famalicão tem vindo a desenvolver na criação de oportunidades de investimento no concelho, bem como na criação de instrumentos financeiros que permitam de uma forma sustentada a criação de empresas no concelho, nomeadamente através do Famalicão FINICIA.

Esta ação de qualificação realizou-se ao abrigo do Projeto Âncora Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, desenvolvido pela ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, em que a aposta estratégica passa pela valorização do potencial do território de baixa densidade, projetando-se num conjunto de redes empresariais, institucionais e temáticas. O Minho Empreende ambiciona promover e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora do Minho e dar resposta aos desafios existentes no que respeita à Inovação, Competitividade e Sustentabilidade dos territórios do Minho, lançando mecanismos e instrumentos de apoio ao empreendedorismo. Este projeto coordenado pela ADRAVE, decorre até final de 2014, na região do Minho, nas sub-regiões NUT III – Minho-Lima, Cávado e Ave, num total de vinte e quatro concelhos.

unnamed (1)

publicado por Carlos Gomes às 13:32

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013

CONCURSO DE IDEIAS MINHO EMPREENDE DISTINGUE PROJETOS INOVADORES

Concorreram 35 projetos

Decorreu na ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional, em Vila Nova de Famalicão, a cerimónia de entrega dos prémios da 1ª edição do Concurso de Ideias Minho Empreende, promovida pela ADRAVE, IN.CUBO e BICMINHO, integrado no Projeto "Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade".

foto 3

Durante a cerimónia foram anunciados e entregues os três primeiros prémios correspondentes à NUT Ave, NUT Cávado e NUT Minho Lima, Menções Honrosas, Certificado Apoio Técnico e certificados de participação.

O primeiro prémio do concurso de ideias inclui um ano de serviço de contabilidade e cogestão e desenvolvimento da imagem corporativa da empresa.

O projeto vencedor, com o 1º prémio NUT-Ave designado “Life in a bag - uma horta em casa - o presente ideal”, promovido por dois empreendedores de Vila Nova de Famalicão, Alexandra Silva, professora de música e Pedro Veloso, engenheiro informático, pretende inspirar e incentivar as pessoas a cultivar os seus próprios alimentos em espaços reduzidos e com materiais reutilizáveis. O objetivo é oferecer produtos que permitam criar uma horta de ervas aromáticas e microvegetais biológicos dentro de casa, através de sacos para cultivo de ervas aromáticas (Grow Bag) - salsa, coentros, manjericão e rúcula - de caixas para microvegetais (Grow Box) - rabanete, acelga, rúcula e brócolo ou produtos baseados totalmente em cortiça (Grow Cork) para cultivar ervas aromáticas.

Quanto ao projeto vencedor, com o 1º prémio NUT-Cávado designado “Soluções Tecnológicas para os setores de Turismo, Cultura e Património” promovido por um jovem empreendedor de Braga, Jose Alves, profissional das novas tecnologias com 14 anos de experiencia em mercados nacionais e internacionais, pretende desenvolver soluções tecnológicas para os setores de turismo, cultura e património, em formato de aplicações de software e hardware, em particular, aplicações interativas em ecrãs de grandes dimensões.

Finalmente, 1º prémio NUT-Minho Lima, designado “Casas Santa Cristina-Portugal Flavours and Cooking” promovido pelos empreendedores Vasco Guimarães, engenheiro Civil e arquiteto de formação e Lígia Santos, vencedora da 1ª edição do Masterchef Portugal, pretende recuperar casa rústica em ruínas, numa aldeia no Alto-Minho e transformá-lo em uma Casa de Campo que promova a Região do Minho e particularmente a beleza natural da zona envolvente do empreendimento, proporcionando a quem o visita uma estada agradável e com todo o conforto, em consonância com a história e a beleza do local.

A grande particularidade deste empreendimento irá estar no tipo de serviço disponibilizado ao cliente que se pretende de proximidade, personalizado e onde o espaço de restauração e de gastronomia irão ter um grande relevo através da dinamização de atividades e experiências gastronómicas.

Foram submetidas a apreciação do Júri do Concurso 35 projetos desenvolvidos por empreendedores com idades entre os 22 e os 54 anos residentes numa grande maioria em territórios de baixa densidade. Estes indicadores vão de encontro às expectativas dos promotores e objetivos do Concurso com vista à Criação de Iniciativas Empreendedoras em Territórios de Baixa Densidade no Minho em diversos setores de atividade, que potenciem a valorização dos recursos endógenos do Minho, em torno de quatro temáticas sectoriais: - Turismo; Agro-Alimentar e Produtos Tradicionais; Ambiente, Natureza e Paisagem; Cultura e Património.

Das 35 candidaturas apresentadas neste concurso, 11 foram distinguidas como boas ideias de projeto apresentadas neste concurso, tendo sido atribuído o certificado “apoio técnico do Minho Empreende”. Estas candidaturas terão o direito a usufruir de um conjunto de instrumentos de apoio técnico disponíveis no Minho Empreende que consolidará os seus negócios.

foto 4

Empreendedorismo como instrumento

Na Cerimónia, o Presidente do Conselho de Administração ADRAVE, Arq. Armindo Costa teve na sessão oportunidade de partilhar a sua experiência de empreendedor, alertando para que “o empreendedorismo deve se olhado como mais um instrumento, como mais uma oportunidade para concretizar os nossos sonhos, o nosso projeto de vida, tendo sempre consciência de que ser empreendedor significa correr riscos, passar às vezes por situações de instabilidade em termos pessoais, que não nos devem fazer desistir”.

Insistiu ainda que “ser empreendedor, tal como ser empresário significa em primeiro lugar ter ideias, ter uma vontade inabalável para as concretizar, acreditar sempre que um dia vamos vencer. É nunca aceitar a palavra derrota. É saber que o insucesso e os erros devem nos devem motivar para sermos cada vez maiores, cada vez mais determinados. Para termos sucesso é estarmos dispostos a passar sacrifícios, a trabalhar sem horário ou relógio de ponto, a saber que muitas vezes não existem sábados ou domingos.

É não pensar que vamos enriquecer de um dia para o outro. Ser empreendedor ou empresário não é estar à espera de ganharmos o Euro milhões. Só pelo trabalho persistente é que vencemos.”

No primeiro trimestre de 2014 o projeto Minho Empreende irá lançar novo Concurso de Ideias.

foto2

Concurso de Ideias Minho Empreende

1ª Edição

LISTA DE PREMIADOS

- 1ºs Prémios:

- NUT - Ave

Life in a bag - uma horta em casa - o presente ideal

Promotores:

Pedro Miguel da Silva Veloso

Clarinda Alexandra Lopes Moura da Silva

- NUT - Cávado

Soluções Tecnológicas para os setores de Turismo, Cultura e Património

Promotor:

José António Brandão Alves

- NUT - Minho Lima

CASAS SANTA CRISTINA "Portugal Flavours and Cooking" - TER

Promotores:

Vasco Guimarães

Lígia Santos

- Menções Honrosas:

- A Aquaponia na revitalização da Indústria do Vale do Ave

Promotores:

Rui Miguel da Silva Dinis

Hélio Simão Martins e Sá

- "Revolução" da Cerveja Artesanal

Promotor:

Octávio & Giestal, lda (OG & Associados)

- Certificados de Apoio Técnico “Projeto Minho Empreende”

- ALGIBEIRA

Promotores:

Bruno Alexandre de Sousa Leitão

Carlos Ribeiro Oliveira

Ivo Pastor

Hélder Francisco Vicente da Rocha

- Cooperativa de produtores de Agricultura Biológica

Promotores:

Joana Manuela da Silva Teixeira

Janete da Glória Reis Gomes

Ondina Maria Sousa Miranda

Ana Paula Rocha Figueiredo

Armindo Manuel Campos Oliveira

Raquel de Jesus Linhares Braga

- Idades com História

Promotores:

Cláudia Ribeiro da Cunha

Paula Cristina Caculo Marques de Azevedo

- Jogo Lúdico Desportivo LUDIK 380

Promotor:

Vitor Manuel Fernandes Barroso

- Potenciar o Turismo através das Redes Sociais

Promotores:

Sérgio Orlando Pereira Fernandes

Pedro José Antunes Teixeira

- Produção Tradicional de Galinha Portuguesa

Promotora:

Silvia Isabel Ponte Torres

*Os vencedores e menções honrosas terão direito a usufruir, igualmente, do Apoio

Técnico Minho Empreende.

foto 1

publicado por Carlos Gomes às 14:12

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2013

MINHO EMPREENDE REALIZA NOVA SESSÃO TÉCNICA DE QUALIFICAÇÃO EM VILA NOVA DE FAMACILÃO

Com a presença de 22 empreendedores decorre, na sede da ADRAVE (V.N.Famalicão), uma Sessão Técnica de Qualificação Gestão para Novos Empreendedores, que contou com a presença, do Vereador Leonel Rocha da Câmara Municipal, responsável e dinamizador do projeto concelhio Famalicão Empreende.

foto3

O Vereador reforçou a importância do empreendedorismo para a concretização de negócios no concelho e destacou ainda a aposta que o município de V.N.Famalicão tem vindo a desenvolver na criação de oportunidades de investimento no concelho, bem como na criação de instrumentos financeiros que permitam de uma forma sustentada a criação de empresas no concelho, nomeadamente através do Famalicão FINICIA.

Esta ação de qualificação realiza-se ao abrigo do Projeto Âncora Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, desenvolvido pela ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, com total de 35 horas. no período compreendido entre 19 de novembro e 19 de dezembro de 2013.

Na sessão técnica de qualificação participam jovens desempregados ou em busca de melhores condições profissionais procurando promover e facilitar a aquisição de conhecimentos e competências técnicas, comportamentais e relacionais, junto de pessoas detentoras de uma ideia de negócio, no sentido de potenciar a concretização de projetos e iniciativas empreendedoras em torno dos recursos endógenos locais.

Esta ação de qualificação realiza-se ao abrigo do Projeto Âncora Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, desenvolvido pela ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, em que a aposta estratégica passa pela valorização do potencial do território de baixa densidade, projetando-se num conjunto de redes empresariais, institucionais e temáticas. O Minho Empreende ambiciona promover e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora do Minho e dar resposta aos desafios existentes no que respeita à Inovação, Competitividade e Sustentabilidade dos territórios de cariz rural do Minho, lançando mecanismos e instrumentos de apoio ao empreendedorismo. Este projeto coordenado pela ADRAVE, decorre até final de 2014, na região do Minho, nas sub-regiões NUT III – Minho-Lima, Cávado e Ave, num total de vinte e quatro concelhos.

foto2

publicado por Carlos Gomes às 10:53

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Dezembro de 2013

"MINHO EMPREENDE" ENTREGA PRÉMIOS RELATIVOS AO CONCURSO DE IDEIAS

publicado por Carlos Gomes às 11:13

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013

CONCURSO "MINHO EMPREENDE" ENTREGA PRÉMIOS EM FAMALICÃO

A ADRAVE, IN.CUBO e BICMINHO vão proceder à cerimónia de entrega dos Prémios da 1ª edição do Concurso de Ideias Minho Empreende integrado no Projeto "Minho Empreende - Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade".

A iniciativa vai ter lugar no próximo dia 09 de Dezembro (segunda-feira), pelas 17h00, na ADRAVE, sita na Avenida 25 de Abril, nº 634, Casa de Louredo, em Vila Nova de Famalicão.

Nesta cerimónia, serão anunciados e entregues os prémios (1º Prémio NUT Ave, 1º Prémio NUT Cávado, 1º Prémio NUT Minho Lima, Menções Honrosas, Certificado Apoio Técnico e Certificados de Participação).

Os vencedores procederão à apresentação pública dos projetos/ideias de negócio que promovem a capacidade empreendedora do território Minho.

publicado por Carlos Gomes às 16:52

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Novembro de 2013

JANTAR DOS CONJURADOS 2013

z

As Reais Associações de Braga e Viana do Castelo organizam o “Jantar dos Conjurados” que terá lugar no dia 30 de Novembro de 2013, pelas 20h30m, no Restaurante Páteo das Figueiras, Gavião, Vila Nova de Famalicão.

Um pouco de história:

Na noite de 30 de Novembro de 1640, um grupo de intrépidos e arrojados portugueses reuniu-se no Palácio de D. Antão de Almada, em Lisboa, para ultimar os preparativos da revolta que iriam perpetrar no dia seguinte, no sentido de libertarem o Reino de Portugal do jugo de uma dinastia estrangeira e usurpadora dos legítimos direitos da Casa de Bragança.

A vitória alcançada no dia 1 de Dezembro de 1640 veio finalmente permitir, que Portugal fosse devolvido à sua plena independência de nação livre e soberana.

Para comemorar tão afortunado acontecimento, os Monárquicos do Minho reúnem-se no tradicional «JANTAR DOS CONJURADOS», recordando ainda os heróis de outrora que nesta região, lutaram para expulsar os Castelhanos É pois uma das datas mais significativas da nossa história e fundamental para todos os portugueses,

sejam eles monárquicos ou republicanos que importa evocar, numa época em que a nossa soberania é constantemente ameaçada e que o governo de Portugal, por decreto extingue o feriado do 1.º de Dezembro – Dia da Restauração – que a par do Dia 10 de Junho, une toda a Nação Portuguesa.

Não nos podemos esquecer que se não fosse a Restauração da independência, não existiria o 10 de Junho, o 25 de Abril, etc., uma vez que a agenda dos Feriados Oficiais Portugueses coincidiria com a espanhola.

É pois urgente evitar que se atente contra a dignidade, a identidade, a individualidade e a autoestima de Portugal e se respeite a História, os valores, a afirmação da Língua de Camões e da Cultura Portuguesa, que devem a sua existência aos bravos heróis que no Dia 1.º de Dezembro de 1640, tornaram possível que Portugal voltasse a ser um País Livre e Independente.

Ao comemorarmos esta data não devemos esquecer a ocupação espanhola de Olivença, território onde durante muitas décadas a cultura portuguesa foi alvo de repressão e violência, designadamente em 1840 com a proibição do uso da língua portuguesa, incluindo nas igrejas, bem como exigir que os governantes portugueses não reconheçam a soberania espanhola sobre este território.

Para mais informações contactar por favor a Real Associação de Viana do Castelo, através do email: real.associacao.viana@gmail.com, ou para o telemóvel do Presidente da Direcção da Real Associação de Viana do Castelo, Dr. José Aníbal Marinho: 961 623 905, ou Real Associação de Braga, Dr. João Afonso Machado: 926 963 274.

 

publicado por Carlos Gomes às 00:29

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Novembro de 2013

QUADRILÁTERO BARCELOS-BRAGA-GUIMARÃES-VILA NOVA DE FAMALICÃO DEBATE ESTRATÉGIAS PARA A CRIAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE TRANSPORTES

Presidente da Câmara na sessão de trabalho sobre o Estudo de Mobilidade Integrada

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, abriu o workshop participativo sobre o Estudo de Mobilidade Integrada do Quadrilátero Urbano, uma sessão que se realizou no dia 22 de novembro, no Estádio Cidade de Barcelos, e que juntou representantes dos municípios de Barcelos, Braga e Vila Nova de Famalicão que integram aquela estrutura interconcelhia.

unnamed

Falando no início da sessão, o Presidente da Câmara manifestou a necessidade de um maior empenho político dos municípios no projeto do Quadrilátero, “para avançarmos além dos estudos e de outros trabalhos que temos feito”. Miguel Costa Gomes referiu que o Quadrilátero está associado aos quadros comunitários, pelo que deve swer seguida com atenção a programação do novo quadro comunitário que se inicia em 2014.

Participaram neste workhop os vereadores Alexandre Maciel (da Câmara de Barcelos) e Sofia Fernandes (da Câmara de Vila Nova de Famalicão) e técnicos dos quatro municípios.

O workshop foi organizado pela Câmara Municipal de Barcelos enquanto município coordenador dos trabalhos, tendo como objetivos recolher contributos de todos os envolvidos para a definição de estratégias com vista à criação de um sistema integrado nas áreas da mobilidade e da acessibilidade.

Lançado em finais de 2010 pelo Quadrilátero Urbano para a Competitividade, a Inovação e a Internacionalização no âmbito das quatro cidades que o integram – Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão – o Estudo entra agora na fase de definição de estratégias.

O Estudo aponta para o recurso excessivo ao automóvel e utilização reduzida dos transportes públicos, rodoviários e ferroviários, que representa cerca de dez por cento das deslocações da população residente nos quatro concelhos.

Como aspetos positivos, o Estudo menciona uma reduzida deslocação para o exterior dos quatro concelhos e um aumento das deslocações pendulares entre a população estudantil.

publicado por Carlos Gomes às 18:43

link do post | comentar | favorito
|

JANTAR DOS CONJURADOS 2013

z

As Reais Associações de Braga e Viana do Castelo organizam o “Jantar dos Conjurados” que terá lugar no dia 30 de Novembro de 2013, pelas 20h30m, no Restaurante Páteo das Figueiras, Gavião, Vila Nova de Famalicão.

Um pouco de história:

Na noite de 30 de Novembro de 1640, um grupo de intrépidos e arrojados portugueses reuniu-se no Palácio de D. Antão de Almada, em Lisboa, para ultimar os preparativos da revolta que iriam perpetrar no dia seguinte, no sentido de libertarem o Reino de Portugal do jugo de uma dinastia estrangeira e usurpadora dos legítimos direitos da Casa de Bragança.

A vitória alcançada no dia 1 de Dezembro de 1640 veio finalmente permitir, que Portugal fosse devolvido à sua plena independência de nação livre e soberana.

Para comemorar tão afortunado acontecimento, os Monárquicos do Minho reúnem-se no tradicional «JANTAR DOS CONJURADOS», recordando ainda os heróis de outrora que nesta região, lutaram para expulsar os Castelhanos É pois uma das datas mais significativas da nossa história e fundamental para todos os portugueses,

sejam eles monárquicos ou republicanos que importa evocar, numa época em que a nossa soberania é constantemente ameaçada e que o governo de Portugal, por decreto extingue o feriado do 1.º de Dezembro – Dia da Restauração – que a par do Dia 10 de Junho, une toda a Nação Portuguesa.

Não nos podemos esquecer que se não fosse a Restauração da independência, não existiria o 10 de Junho, o 25 de Abril, etc., uma vez que a agenda dos Feriados Oficiais Portugueses coincidiria com a espanhola.

É pois urgente evitar que se atente contra a dignidade, a identidade, a individualidade e a autoestima de Portugal e se respeite a História, os valores, a afirmação da Língua de Camões e da Cultura Portuguesa, que devem a sua existência aos bravos heróis que no Dia 1.º de Dezembro de 1640, tornaram possível que Portugal voltasse a ser um País Livre e Independente.

Ao comemorarmos esta data não devemos esquecer a ocupação espanhola de Olivença, território onde durante muitas décadas a cultura portuguesa foi alvo de repressão e violência, designadamente em 1840 com a proibição do uso da língua portuguesa, incluindo nas igrejas, bem como exigir que os governantes portugueses não reconheçam a soberania espanhola sobre este território.

Para mais informações contactar por favor a Real Associação de Viana do Castelo, através do email: real.associacao.viana@gmail.com, ou para o telemóvel do Presidente da Direcção da Real Associação de Viana do Castelo, Dr. José Aníbal Marinho: 961 623 905, ou Real Associação de Braga, Dr. João Afonso Machado: 926 963 274. 

publicado por Carlos Gomes às 18:05

link do post | comentar | favorito
|

ADRAVE PARTICIPA EM CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE CLUSTERS

ADRAVE participou na Conferência Internacional sobre Clusters em Santiago de Compostela ao abrigo do Seminário Final do Projeto Europeu ATC4 Excellence

Clusters Portugueses distinguidos com prémios de excelência.

Decorreu nos dias 21 e 22 de novembro de 2013 em Santiago de Compostela a Conferência Internacional intitulado – “ATC4Excellence Conference - Clusters for Excellence”, promovida pelo Instituto Galego de Promoción Económica (IGAPE) em parceria com a Xunta da Galícia abrigo do Projeto ATC4 Excellence.

IMX_001

A ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional integra o projeto-piloto europeu “ATC4 Excellence” que finaliza este mês, promovido pela Comissão Europeia – Direção Geral da Indústria e que envolve, além da ADRAVE, as Agências de Desenvolvimento Regional da Galiza (IGAPE), das Astúrias (IDEPA) e da Cantábria (SODERCAN), e a Agência de Desenvolvimento da Irlanda - South West Regional Authority (SWRA).

Entre outros objetivos, o projeto pretendia melhorar os processos de gestão de clusters tendo por base, por um lado, a realização junto dos Clusters Portugueses interessados de um exercício de Benchmarking padronizado para os clusters europeus pelo Cluster-Excellence.eu e, por outro lado, a disseminação junto das organizações de clusters dos materiais de formação para a excelência na gestão de clusters criados pela mesma entidade europeia.

Na Conferência Transnacional que contou com a presença de oradores internacionais na área dos Clusters, de entidades europeias gestoras de Clusters e dos parceiros europeus do projeto entre outros, esteve presente uma delegação portuguesa composta pela ADRAVE, Tec Minho, e representantes de clusters portugueses que obtiveram distinção europeia na área da Excelência. De salientar, entre os vários oradores internacionais convidados a presença do Gestor da Autoridade de Gestão do COMPETE, Franquelim Alves que não deixou de valorizar e apoiar os excelentes resultados obtidos no referido projeto europeu pela ADRAVE e os vários clusters participantes.

A conferência foi presenciada pelo Diretor Geral do IGAPE - Javier Aguilera acompanhado do representante da Comissão Europeia – Direção Geral das Empresas e Indústria – Luís Cuervo Spottorno e dos Diretores Gerais das Agências de Desenvolvimento Regional que participaram no projeto:  Astúrias (IDEPA), Cantábria (SODERCAN), a Agência de Desenvolvimento da Irlanda - South West Regional Authority (SWRA) e ADRAVE com a participação do Administrador-Delegado da ADRAVE, Joaquim Lima.

O momento, mais emblemático e importante do evento nos decorrer dos dois dias, foi a distinção de Excelência – Bronze Label, de 24 clusters europeus concedidos pela Comissão Europeia, entre os quais 4 clusters portugueses. No entanto, até o final do atual mês de novembro, mais dois clusters portugueses irão obter a mesma distinção: ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal e AIPQR - Pólo de Competitividade e Tecnologia das Indústrias de Refinação, Petroquímica e Química Industrial.

Os 4 clusters portugueses, PortugalFoods, CEIIA, Health Cluster Portugal e ADDICT receberam das mãos do Conselheiro de Economia e Industria da Xunta da Galiza – Francisco Conde e do representante da Comissão Europeia – Direção Geral das Empresas e Indústria – Luís Cuervo Spottorno uma distinção que vem reforçar o bom caminho em prol da Excelência e da Competitividade que as respetivas entidades têm vindo a desenvolver nos últimos 3 anos.

Neste sentido, a ADRAVE consolidou uma estratégia que respondia ao projeto e que, em simultâneo, ia ao encontro da agenda na altura, em 2012, da Secretaria de Estado do Empreendedorismo e da Inovação. Portanto, em termos do projeto ATC4 Excellence, adotou-se uma estratégia que permitiu mobilizar um número significativo de clusters portugueses, entendidos também como players internacionais, que ao integrarem esta iniciativa da Comissão Europeia lhes permite obter uma maior projeção internacional e ficarem vinculados à estratégia da CE através da obtenção do Bronze Label of the European Cluster Excellence Initiative (ECEI).

Em Abril do corrente ano, em Portugal, foi apresentado o Estudo de Avaliação da Estratégia e de Processo de Implementação das Estratégias de Eficiência Coletiva da Tipologia Clusters que revelou a importância, entre outros temas, da obtenção do Bronze Label e do Gold Label por parte dos Clusters Nacionais.

Revelando desta forma que o papel da ADRAVE está na vanguarda deste reconhecimento para os clusters de Portugal.

A ADRAVE, através do projeto ATC4 Excellence, tornou-se na única entidade portuguesa qualificada para disseminar junto das organizações de clusters os materiais de formação criados pela Cluster-Excellence.eu, iniciativa da Comissão Europeia no âmbito do programa de Competitividade e Inovação; por outro lado, ficou qualificada para realizar exercícios de Benchmarking junto dos clusters nacionais e europeus, recolhendo uma série de informações estatísticas e sobre o respetivo modelo organizacional, permitindo avançar com um processo de Certificação de Bronze Label ou Gold Label.

Em síntese, o projeto além de permitir a certificação de Bronze Label para 6 clusters, tornou atualmente a ADRAVE na única Entidade em Portugal qualificada para apoiar as entidades gestoras de clusters para o processo de Bronze Label e Gold Label, e para formar os gestores de clusters nacionais através uma formação suportada nos materiais disponibilizadas pela Cluster-Excellence.eu.

foto Oficial ADRAVE e Clusters

publicado por Carlos Gomes às 14:57

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 19 de Novembro de 2013

AUTARCAS DE BARCELOS, BRAGA, GUIMARÃES E FAMALICÃO QUEREM RELANÇAR PROJETO DO QUADRILÁTERO URBANO

Municípios têm em vista próximo quadro comunitário

Os presidentes das Câmaras de Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão pretendem relançar a Associação de Municípios de Fins Específicos do Quadrilátero Urbano, um projeto intermunicipal criado em 2008 que tem como principais objetivos fomentar a competitividade, a inovação e a internacionalização dos quatro municípios.

A intenção de relançamento do projeto foi debatida pelos quatro autarcas durante o encontro que aconteceu ontem, dia 18 de novembro, num restaurante em Barcelos, onde foi analisada a situação atual do Quadrilátero e definido o rumo a seguir.

Quando está prestes a terminar o financiamento comunitário dentro do atual quadro, os autarcas concordaram em continuar com a Associação para lá de 2013, de forma a encontrar enquadramento financeiro no âmbito do novo quadro comunitário que se inicia no próximo ano.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, que é também o Presidente da Associação, os quatro autarcas assumiram o “compromisso de prolongar o Quadrilátero”, “dinamizar a estrutura e reunir quatro vezes por ano”.

Assim, as próximas ações internas contemplam a eleição dos representantes das quatro Câmaras na Associação e a definição de objetivos para o próximo quadro comunitário que será debatida em próxima reunião, prevista para o dia 2 de dezembro.

Para além das potencialidades a explorar dentro do próprio Quadrilátero, tanto mais que alguns dos seus eixos têm modestas execuções, Miguel Costa Gomes salienta o facto dos municípios de Barcelos e Braga estarem integrados na Comunidade Intermunicipal do Cávado, e os municípios de Guimarães e Vila Nova de Famalicão estarem integrados na Comunidade Intermunicipal do Ave, o que poderá permitir criar novos projetos de interesse não só para estes quatro principais municípios como também para os municípios de menor dimensão da região.

publicado por Carlos Gomes às 18:56

link do post | comentar | favorito
|

CONJURADOS DO MINHO JUNTAM-SE EM FAMALICÃO

publicado por Carlos Gomes às 00:06

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Novembro de 2013

FAMALICÃO DEBATE VIOLÊNCIA E PODER POLÍTICO

publicado por Carlos Gomes às 11:48

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Novembro de 2013

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO EVOCA AMANHÃ PEDAGOGIA DE BENTO DE JESUS CARAÇA

NOTA BIOGRÁFICA

Luís Andrade é professor auxiliar no Departamento de Filosofia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

É doutor em História e Teoria das  Ideias, especialidade História das Ideias Politicas, pela Universidade Nova de Lisboa.

É investigador do Seminário Livre de História das Ideias, que coordena, e do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, a cuja Comissão Directiva pertence.

A sua investigação tem-se dirigido, entre outras áreas científicas, para a história do pensamento português contemporâneo, domínio em que é autor de várias obras: Planetário utópico e cultura integral. Aspectos do discurso utópico português contemporâneo (1996); Sol Nascente. Da cultura republicana e anarquista ao neo-realismo (2007); Intelectuais, utopia e comunismo. A inscrição do marxismo na cultura portuguesa (2010).

publicado por Carlos Gomes às 11:10

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO EVOCA PEDAGOGIA DE BENTO DE JESUS CARAÇA

Luís Andrade é professor auxiliar no Departamento de Filosofia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

É doutor em História e Teoria das Ideias, especialidade História das Ideias Politicas, pela Universidade Nova de Lisboa.

É investigador do Seminário Livre de História das Ideias, que coordena, e do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, a cuja Comissão Directiva pertence.

A sua investigação tem-se dirigido, entre outras áreas científicas, para a história do pensamento português contemporâneo, domínio em que é autor de várias obras: Planetário utópico e cultura integral. Aspectos do discurso utópico português contemporâneo (1996); Sol Nascente. Da cultura republicana e anarquista ao neo-realismo (2007); Intelectuais, utopia e comunismo. A inscrição do marxismo na cultura portuguesa (2010).

publicado por Carlos Gomes às 15:28

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013

ADRAVE REALIZA E FAMALICÃO CONFERÊNCIA SORE"O NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO"

publicado por Carlos Gomes às 23:56

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Outubro de 2013

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO ORGANIZA CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE PEDAGOGIA

publicado por Carlos Gomes às 13:40

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Outubro de 2013

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO DIVULGA PRÓXIMAS CONFERÊNCIAS

publicado por Carlos Gomes às 18:56

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Outubro de 2013

FAMALICÃO: AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENO REGIONAL DO VALE DO AVE (ADRAVE) INICIA SESSÃO TÉCNICA DE QUALIFICAÇÃO “INICIAÇÃO AO EMPREENDEDORISMO”

Sessão técnica de Qualificação em Vila Nova de Famalicão. Oportunidade para criar e financiar negócios

Com a presença de 16 empreendedores, teve início, na sede da ADRAVE (Vila Nova de Famalicão), uma Sessão Técnica de Qualificação Iniciação ao Empreendedorismo, que contou com a presença, na sessão de abertura, do Vereador Leonel Rocha da Câmara Municipal, responsável e dinamizador do projeto concelhio Famalicão Empreende.

foto3

O Vereador reforçou a importância do empreendedorismo para a concretização de negócios no concelho e destacou ainda a aposta que o município de Vila Nova de Famalicão tem vindo a desenvolver na criação de oportunidades de investimento no concelho, bem como na criação de instrumentos financeiros que permitam de uma forma sustentada a criação de empresas no concelho, nomeadamente através do Famalicão FINICIA.

Esta ação de qualificação realiza-se ao abrigo do Projeto Âncora Minho Empreende – Competitividade e Empreendedorismo em Baixa Densidade, desenvolvido pela ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, com total de 35 horas e prolonga-se até ao dia 4 de novembro de 2013. Na sessão técnica de qualificação participam pessoas desempregadas, em risco de desemprego ou que necessitem de reconversão profissional e procura-se dotar as pessoas de qualificações técnicas e comportamentais para o Empreendedorismo, no sentido de potenciar o aparecimento de iniciativas empreendedoras para criação de novos projetos e negócios em torno dos recursos endógenos locais. O Programa permite ainda a apropriação de técnicas e metodologias específicas que promovam e potenciem o aparecimento de iniciativas empreendedoras em Vila Nova de Famalicão, onde serão abordadas de uma forma muita participativa e interativa com os participantes, temáticas como:

i) O que é ser empreendedor?,
ii) as Competências necessárias ao empreendedorismo,
iii) Capacidade de construir e trabalhar em equipa,
iv) Coaching para liderança pessoal e das equipas e
v)Como construir uma ideia de negócio. Da Ideia à Ação.

foto2

O projeto Minho Empreende é um Projeto Âncora da EEC/Estratégia de Eficiência Coletiva MINHO IN, reconhecido como EEC PROVERE, em que a aposta estratégica passa pela valorização do potencial do território de baixa densidade, projetando-se num conjunto de redes empresariais, institucionais e temáticas. O Minho Empreende ambiciona promover e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora do Minho e dar resposta aos desafios existentes no que respeita à Inovação, Competitividade e Sustentabilidade dos territórios de cariz rural do Minho, lançando mecanismos e instrumentos de apoio ao empreendedorismo. Este projeto coordenado pela ADRAVE, decorre até final de 2014, na região do Minho, nas sub-regiões NUT III – Minho-Lima, Cávado e Ave, num total de vinte e quatro concelhos.

foto1 oficial

publicado por Carlos Gomes às 04:21

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Outubro de 2013

VALE DO AVE DEBATE NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO

A ADRAVE e a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Médio Ave convidam Vª. Exª. a participar na Conferência “O Novo Modelo de Desenvolvimento – trajetórias e estratégias na encruzilhada do futuro e do presente”, que se realiza no próximo dia 24 de outubro de 2013, na Casa das Artes, em V.N. de Famalicão, integrada nas Comemorações dos 15 Anos da ADRAVE e dos 100 Anos da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Médio Ave.

Participação gratuita, mediante inscrição prévia, limitada à capacidade do Auditório, até 22 de outubro de 2013 através de:

- Ficha de inscrição em pdf (envio por fax: 252302609 ou por e-mail: seminarios@adrave.pt)

Ou

- Inscrição on-line

Local do Evento:

Casa das Artes.

Av. Dr. Carlos Bacelar. Parque de Sinçães - Vila Nova de Famalicão

Google maps: http://goo.gl/maps/oLyY3

z1

publicado por Carlos Gomes às 20:06

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Setembro de 2013

FAMALICÃO DEBATE NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO

publicado por Carlos Gomes às 20:46

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

VILA NOVA DE FAMALICÃO DEBATE NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO

publicado por Carlos Gomes às 14:15

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Setembro de 2013

FAMALICÃO DEBATE “O NOVO MODELO DE DESENSOLVIMENTO – PLANEAMENTO, ESPAÇOS DE CIDADANIA E QUALIDADE DE VIDA”

Iniciativa vai ter lugar no próximo dia 26 de setembro, na Casa do Território, no Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a ADRAVE- Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, numa iniciativa conjunta, vão realizar a Conferência “O Novo Modelo de Desenvolvimento – planeamento, espaços de cidadania e qualidade de vida”. Esta Conferência surge no contexto da regeneração urbana e das novas formas de apropriação do espaço público, no quadro de uma trajetória de desenvolvimento sustentável do território, com recurso a múltiplas evidências de participação e de cidadania.

DSC02292

Esta iniciativa desenvolve-se no âmbito do Projeto ParkAtlantic – Parques Urbanos Atlânticos, já que o Parque da Devesa constituiu um laboratório vivo da implementação de muitas das metodologias e orientações desenvolvidas ao longo da execução deste Projeto de Cooperação Territorial do Espaço Atlântico, numa verdadeira trajetória “da teoria à prática”. O ParkAtlantic é um Projeto que assenta numa rede de parceria de cidades, preocupadas com o valor e a sustentabilidade dos parques urbanos e espaços verdes, sendo financiado pelo FEDER, através do Programa INTERREG – Espaço Atlântico. Este Projeto é liderado pelo Município de Santiago de Compostela (Espanha), e conta com os seguintes parceiros: Mid-West Regional Authority (Irlanda); Communauté d’Agglomération Pau Pyrénées (França); Mairie d’Angers (França); e ADRAVE com a parceria técnica do Município de Vila Nova de Famalicão (Portugal).

Aproveitámos a circunstância da Comemoração do 1º Aniversário da inauguração do Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, para trazer estes temas à reflexão e discussão pública, e, ao mesmo tempo, fazer um balanço da intervenção e perspetivar o futuro.

No âmbito desta Conferência será também apresentado e lançado publicamente o Roteiro dos Parques e Jardins da Cidade de Vila Nova de Famalicão, onde se pretende reunir na mesma publicação informação sobre a história, a vegetação, os usos sociais, o enquadramento no plano da cidade, a arte pública presente nos parques e jardins e nas suas imediações, e outros elementos distintivos e de interesse que caracterizam estes espaços públicos.

O Roteiro surge no contexto da regeneração urbana e das novas formas de apropriação do espaço público, no quadro de uma trajetória de desenvolvimento sustentável do território, com a participação ativa da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, como não poderia deixar de ser, e dos Parceiros Locais, designadamente a ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional, numa verdadeira parceria para o desenvolvimento, que tem motivado também múltiplas evidências de participação social e de cidadania.

Esta iniciativa constitui, igualmente, uma atividade marcante na continuidade da rede de parceria local criada para a conceção e desenvolvimento do Parque da Devesa e que, desta forma, coloca no terreno mais uma concretização em torno da discussão, promoção e projeção internacional do Parque da Devesa, bem como da filosofia associada ao Parque e das novas metodologias e práticas de planeamento, gestão, manutenção e dinamização de espaços verdes urbanos.

Em suma, de referir que estamos perante um momento de discussão, de partilha de conhecimento e de reflexão que vale pelo conjunto dos oradores e dos participantes na Conferência que, certamente, será um momento alto que contribuirá para o aprofundar das práticas e metodologias de planeamento, de gestão, de sustentabilidade, de participação social em torno dos parques e jardins dos nossos territórios, conforme o Programa que se pode consultar em anexo.

capa-de-Roteiro

publicado por Carlos Gomes às 20:04

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 17 de Setembro de 2013

MUSEU DE VILA NOVA DE FAMALICÃO INAUGURA EXPOSIÇÃO SOBRE BERNARDINO MACHADO

publicado por Carlos Gomes às 11:23

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2013

MUSEU BERNARDINO MACHADO EM FAMALICÃO ORGANIZA CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE PEDAGOGOS E PEDAGOGIA EM PORTUGAL

JOSÉ MARQUES FERNANDES

Currículo sintético

Naturalidade - Vilar Chão, Vieira do Minho, 5 de Maio de 1946.

Formação académica – Licenciatura em Filosofia (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 1977). Mestrado em Filosofia da Educação - «Pedagogia Científica e Educação Nova em Portugal, no contexto da I República – Costa Ferreira, Alves dos Santos, Faria de Vasconcelos», sob a orientação do Prof. Doutor Norberto Cunha (Universidade do Minho, 1993).

Projeto de investigação - «Proudhon nas elites portuguesas oitocentistas – da Regeneração ao limiar da Primeira República» (com início em 2002).

Formação profissional - Estágio pedagógico – Profissionalização em Exercício (biénio de 1981-1983). Provas públicas de Acesso ao 8.º escalão (4 de Novembro de 1994).

Atividade profissional - Professor do Ensino Secundário Particular (11 anos: 1969-1980) e Oficial (6 anos: 1980-1986). Docente, no Ensino Superior, Universidade do Minho, durante 23 anos (1986-2009), das cadeiras de Filosofia e de Mentalidades e Cultura Portuguesa.

Atividade científico-pedagógica – Dezenas de palestras em Escolas Secundárias e comunicações em colóquios académicos.

Publicações (algumas) - «Rui Carrington da Costa ou a sobrevivência da Educação Nova em Braga - 1932-1964» (1996); «COSTA, AFONSO Augusto da» (Dicionário de Educadores Portugueses, 2003); «SANTOS, Augusto Joaquim ALVES DOS» (Dicionário de Educadores Portugueses, 2003); «Entre o ideal da harmonia e o real da antinomia. Mundividência social e política de Manuel de Arriaga» (2004); «Mundividência federalista de Magalhães Lima – Da Federação Ibérica à Federação humana pela Federação europeia» (204); «Matriz proudhoniana da Geração de 70» (2008); «Reler Proudhon (1809-1865) - No bicentenário do seu nascimento, em tempo de globalização económica e de crise financeira» (2009); «Proudhon em Portugal. Recepção e Projecção» (2009); «Para uma leitura geracional da cultura portuguesa» (In Caminhos da cultura em Portugal. Homenagem ao Professor Doutor Norberto Cunha, 2009); «O proudhonismo como termo lógico do pensamento de Herculano. Individuo e Sociedade» (2011); «Atualidade e performatividade da questão do contrato social. Rousseau - 1712-1778 / Proudhon - 1809-1865 (2012).

Representação e participação nos órgãos académicos da Universidade - Senado Universitário, Conselho e Comissão Coordenadora do Instituto de Letras e Ciências Humanas (biénio de 1994-1996). Conselho Académico, Conselho e Comissão Coordenadora do ILCH (biénio de 1996-98). CoGnselho de Departamento de Filosofia e Cultura (biénio 1996-98).

publicado por Carlos Gomes às 11:49

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 14 de Setembro de 2013

CARTA DO CONSELHEIRO MIGUEL DANTAS ANUNCIANDO A VISITA DO MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS À LINHA DO CAMINHO-DE-FERRO DO PORTO À PÓVOA E FAMALICÃO

A imagem reproduz um ofício da Empresa de Caminho de Ferro do Porto à Póvoa e Famalicão, remetido pelo seu Administrador, Conselheiro Miguel Dantas a destinatário não mencionado, em 30 de novembro de 188…, comunicando a intenção do Ministro das Obras Públicas em visitar em breve aquela linha.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado e pertence à Fundação Mário Soares.

publicado por Carlos Gomes às 21:27

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Setembro de 2013

EM 1909, CONDE DE CARCAVELOS SOLICITOU AO PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE FAMALICÃO QUE O REPRESENTÁSSE NO FUNERAL DO BARÃO DE JOANE

Em 3 de outubro de 1909, o Conde de Carcavelos solicitou ao Presidente da Câmara Municipal de Famalicão, sr. Daniel Santos, que o representásse no funeral do Barão de Joane.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado da Fundação Mário Soares.

Fonte: Fundação Mário Soares

publicado por Carlos Gomes às 11:55

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Setembro de 2013

A FEIRA EM FAMALICÃO NOS COMEÇOS DO SÉCULO XX

601163_234854613283802_972669325_n

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO VALE DO AVE (ADRAVE) DÁ FORMAÇÃO EM JARDINAGEM

activ_ext mais leve

Inscrições Abertas - Curso Operador/a de Jardinagem

6.1 – Formação para a Inclusão - Curso de Operador de Jardinagem

A ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, S.A., tem como atribuições, entre outras, a de fomentar a fixação das empresas existentes no Vale do Ave, através de acções que reduzam o défice de qualificação escolar e profissional da população, potenciando assim, as suas condições de empregabilidade.

Neste sentido, vai promover, no Concelho de Vila no Famalicão, em horário laboral, a realização de um curso de Formação para a Inclusão de Operador/a de Jardinagem, com início no mês de Outubro de 2013.

Com estes curso pretende-se a promoção da igualdade de oportunidades a 15 indivíduos com baixas qualificações profissionais, possibilitando-lhes a aquisição e/ou desenvolvimento de novas competências pessoais, sociais e profissionais, com o objectivo de facilitar tudo o que é inerente ao processo de socialização e (re) inserção profissional.

O curso de Operador/a de Jardinagem tem a duração de 800 horas, das quais 175 horas são teóricas e 390 horas práticas e 100 horas de estágio.

Pretende-se que no final da acção, os formandos tenham adquirido as competências operacionais necessárias para:

  • Realizar operações de manutenção de jardins e relvados.
  • Preparar o terreno e colaborar, sob orientação, na instalação e conservação de infra-estruturas básicas e paisagísticas em jardins.
  • Proceder à instalação de jardins e relvados, plantando/semeando espécies arbóreas, arbustivas e herbáceas.

Este curso destina-se a candidatos desempregados à procura do primeiro emprego e de novo emprego, com idade igual ou superior a 23 anos que pretendam adquirir novas competências.

Os adultos recebem no final do percurso de formação, um certificado de participação.

As inscrições podem ser efectuadas na sede da ADRAVE (Avenida 25 de Abril,634, Casa de Louredo 4760-101 V.N. Famalicão), por telefone (252302600), ou, através do email formacao@adrave.pt onde os candidatos poderão inscrever-se e obter mais informação sobre os cursos, até ao dia 27 de Setembro de 2013.

publicado por Carlos Gomes às 17:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Setembro de 2013

FAMALICÃO REALIZA FEIRA RURAL

publicado por Carlos Gomes às 10:52

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 31 de Agosto de 2013

FAMALICÃO RECONSTITUI FEIRA RURAL DE JOANE

publicado por Carlos Gomes às 11:42

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Agosto de 2013

GRUPO ETNOGRÁFICO DO MINHO AVE REPRESENTA O FOLCLORE DO BAIXO MINHO NO NORTE DE FRANÇA

O Grupo Etnográfico do Minho Ave, foi fundado em 1971 em Tourcoing, cidade da Flandres francesa, situada em Nord-Pas-de-Calais. Em 2013, mudou de associação e adotou a sua atual denominação.

Este agrupamento folclórico é constituído sobretudo por minhotos e seus descendentes que vivem naquela região do norte da França que procuram manter vivas as tradições das suas terras de origem e preservar a cultura e identidade portuguesa, contribuindo desse modo para a união da comunidade minhota e portuguesa ali radicada.

Formado por cerca de quarenta componentes abrangendo os tocadores, os cantadores e os dançarinos, exibe as mais alegres danças e cantares da nossa região, mais concretamente o folclore da região do Baixo Minho, com especial incidência nas zonas de Guimarães e Vila Nova de Famalicão. Tocam a concertina e os ferrinhos, o tambor e o reco-reco, o triângulo e as castanholas. Apresentam-se com trajes de trabalho e de romaria, de cotio, de vendedores ambulantes e lavradores abastados. E, aos primeiros acordes da concertina, saltam para o terreiro e dançam o “malhão” e o “vira”, a “chulas” e o “velho”, o “regadinho” e a “vareira descansada”, o “pasmado” e a “cana verde”, o “carvoeiro” e o “São João traçado”.  É gente do Minho!

Capture plein écran 07082013 154850.bmp

O Grupo Etnográfico do Minho Ave tem ainda procurado desenvolver a sua representação no domínio cenográfico através da reconstituição de quadros etnográficos que não raras as vezes consegue com grande realismo, narrando uma história simples de gente comum, envolvida num tema que inclui danças e cantares específicos à situação, transformando as suas atuações em espetáculos únicos que deslumbram o público e constituem os primeiros do género a realizar-se em terras estrangeiras.

A atestar o seu crescente prestígio e popularidade, sublinhamos a sua participação em numerosos festivais internacionais de folclore, mormente na Alemanha, Luxemburgo e Bélgica.

Com efeito, o folclore da região do Baixo Minho possui no Grupo Etnográfico do Minho Ave um lídimo representante em terras de França!

931406_336971393092581_1851103908_n

73360_328417707281283_82526640_n

34998_10151571709585428_459965621_n

521574_329901077132946_6330127_n

971466_346970448759342_1814945508_n

487124_273691032753951_439159715_n

315940_339918132797907_342303123_n

publicado por Carlos Gomes às 20:15

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Agosto de 2013

FAMALICÃO PROMOVE ARTES TRADICIONAIS

publicado por Carlos Gomes às 14:19

link do post | comentar | favorito
|

VISITE OS MUSEUS DE VILA NOVA DE FAMALICÃO!

publicado por Carlos Gomes às 12:22

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Agosto de 2013

VILA NOVA DE FAMALICÃO: JOANE FESTEJA A S. BENTO

publicado por Carlos Gomes às 01:02

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Julho de 2013

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO VALE DO AVE (ADRAVE) REALIZA EM FAMALICÃO SEMINÁRIO DE IMERSÃO DO PROJETO AVE - VIVER EM IGUALDADE

ADRAVE, enquanto Agência de Desenvolvimento Regional, viu aprovado o Projeto Ave – Viver em Igualdade, financiado pelo POPH, Medida 7.2 – Planos de Igualdade que tem como objetivos gerais, os seguintes:

  • Identificar e desenvolver ações inovadoras e boas práticas que facilitem a conciliação entre a vida pessoal, familiar e profissional.
  • Reforçar esforços para diminuir a taxa de desemprego das mulheres.
  • Combater a diferença de remuneração entre as mulheres e os homens.
  • Fomentar a representação feminina na sociedade civil e em cargos de decisão política e económica.
  • Combater estereótipos de género que limitem as mulheres ao desempenho de setores e funções profissionais menos valorizados.

As atividades do projeto são:

Atividade 1 – Seminário de Imersão; Atividade 3 – Sensibilização da População; Atividade 4 – Sessões de apresentação do diagnóstico/Plano de ação; Atividade 6 – Formação de conselheiros da igualdade; Atividade 9 - Ações de sensibilização/ ateliês nas escolas (2º, 3ºciclos, secundário com as seguintes temáticas: cidadania, discriminação múltipla, violência no namoro, bullying, estereótipos de género e opções educativas e profissionais. Atividade 10 – Workshops nas Juntas de Freguesias sobre Igualdade de Género/participação paritária. Atividade 11 - Ações de sensibilização para entidades empregadoras e associações profissionais do concelho (estereótipos de género, direitos à maternidade e paternidade, conciliação da vida pessoal, familiar e profissional). Atividade 14 – Avaliação

A primeira atividade Seminário de Imersão do Projeto Ave – Viver em Igualdade vai ter lugar no dia 31 de Julho 2013, com início às 14h30 e término às 18h00, na ADRAVE – Casa de Louredo Vila Nova de Famalicão.

A sessão terá a participação de oradores com competências reconhecidas na área e experiência profissional bastante para garantir a qualidade das temáticas abordadas entre os quais Dra. Liliana Moreira, que fará a apresentação do Estudo/Diagnóstico e Plano de Ação Ave – Mais Igualdade, que foi realizado recentemente para este território.

Contará também com a Dra. Sandra Araújo que recentemente foi nomeada Embaixadora do Empreendedorismo Feminino.

Os destinatários do Seminário são: Técnicos Profissionais das Câmaras Municipais, Empresas, IPSS, Formandos e Formadores bem como desempregados e população em geral que revele interessem por esta área.

A entrada é livre, agradecendo-se, contudo, a inscrição prévia através do telefone 252 302 600, ou do email seminarios@adrave.pt.

Agradecemos a divulgação desta Iniciativa, como notícia.

Joaquim Lima

Administrador-Delegado

publicado por Carlos Gomes às 08:55

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Julho de 2013

VILA NOVA DE FAMALICÃO REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 00:17

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Julho de 2013

FAMALICÃO: VILA NOVA DE SANDE REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 00:16

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

FAMALICÃO: VILA DE JOANE REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

179702_520943507958777_1391980483_n

publicado por Carlos Gomes às 00:02

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Julho de 2013

VILA NOVA DE FAMALICÃO: SANTA MARINHA MOGEGE REALIZA AMANHÃ FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 05:03

link do post | comentar | favorito
|

RUSGA DE JOANE (FAMALICÃO) REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

179702_520943507958777_1391980483_n

publicado por Carlos Gomes às 00:03

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Julho de 2013

VILA NOVA DE FAMALICÃO: SANTA MARINHA MOGEGE ORGANIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

publicado por Carlos Gomes às 22:02

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 29 de Junho de 2013

RUSGA DE JOANE ORGANIZA FESTIVAL DE FOLCLORE EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

179702_520943507958777_1391980483_n

publicado por Carlos Gomes às 00:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9

.posts recentes

. VILA NOVA DE FAMALICÃO RE...

. “AS PALAVRAS NAS DUNAS DO...

. REPRESENTANTES DE GUIMARÃ...

. ADRAVE ENTREGA PRÉMIOS DO...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO: ADRAVE ENTREGA...

. FAMALICÃO: FOLCLORE SOBE ...

. FAMALICÃO FESTEJA AO DIVI...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO FESTEJA AO DIVI...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO: RUIVÃES FESTEJ...

. FAMALICÃO: RUIVÃES FESTEJ...

. JOSÉ RIBEIRO BARBOSA: UM ...

. VILA NOVA DE FAMLICÃO: JO...

. FAMALICÃO FESTEJA ANTONIN...

. AGÊNCIAS DE DESENVOLVIMEN...

. CICLISTA MINHOTO TIAGO MA...

. ADRAVE REALIZA CONFERÊNCI...

. ADRAVE PROMOVE CONCURSO D...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. ADRAVE DÁ FORMAÇÃO A CUID...

. ADRAVE REALIZA CONFERÊNCI...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. EM 1912, O BANCO “BRANDÃO...

. JOAQUIM ALVES CORREIA DE ...

. FAMALICÃO REALIZA FESTIVA...

. FAMALICÃO FESTEJA ANTONIN...

. FAMALICÃO FESTEJA ANTONIN...

. FAMALICÃO COMEMORA DIA IN...

. FAMALICÃO FESTEJA ANTONIN...

. MUNICÍPIO DE PÓVOA DE LAN...

. PROJETO QI PME NORTE - 37...

. ADRAVE ENCERRRA HOJE PROJ...

. ADRAVE ENCERRA PROJETO QI...

. ADRAVE PROMOVE QUALIFICAÇ...

. EM 1912, FAMALICÃO ENVIOU...

. OS CONGRESSOS REGIONAIS E...

. A FEIRA DE FAMALICÃO NOS ...

. ADRAVE DEBATE EM FAMALICÃ...

. ADRAVE DEBATE EM FAMALICÃ...

. ADRAVE REALIZA EM FAMALIC...

. AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENT...

. MUSEU BERNARDINO MACHADO ...

. VILA NOVA DE FAMALICÃO: A...

. RUSGA DE JOANE RECRIA VIV...

. RUSGA DE JOANE RECRIA VIV...

. RUSGA DE JOANE RECRIA VIV...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.tags

. todas as tags

.links

.Twitter

.31-10-2011

blogs SAPO

.subscrever feeds