Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE APOIA JUNTAS DE FREGUESIA

Câmara Municipal de Esposende atribui 78 000 euros às Juntas e Uniões de Freguesia

A Câmara Municipal de Esposende aprovou a atribuição de apoios a Juntas e Uniões de Freguesia no montante global de aproximadamente 78 000 euros. A medida enquadra-se na política de apoio às autarquias concelhias e traduz-se na resposta às reivindicações e anseios das populações, tendo sido aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo municipal.

DSC09622

Assim, para a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto será transferido o montante de 66 223 euros, sendo que 58 299 euros se destinam a custear o arranjo paisagístico da Fonte de Santa Marinha, em Rio Tinto, uma intervenção há muito ansiada e reclamada. A restante verba, 7 924 euros, será para financiar a intervenção de alteração do edifício destinado a garagem para os veículos daquela autarquia.

Por sua vez, a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, receberá um apoio financeiro, no montante de 7 189,35 euros, para pavimentação de várias sub larguras na freguesia de Marinhas.

Os apoios atribuídos pelo Município incluem, ainda, um apoio financeiro à Junta de Freguesia de Forjães para editar um livro com testemunhos de vários intervenientes na Guerra Colonial, bem como para edificar um Memorial aos Combatentes Forjanenses.

Para além dos investimentos executados pelo próprio Município em todo o concelho, a Câmara Municipal garante, também, por esta via, a concretização das intervenções sinalizadas e reivindicadas pelas Juntas e Uniões de Freguesia, salvaguardando o interesse da população do concelho.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE REQUALIFICA COMPLEXO DE MARINHAS

Município apoia criação de Sala Snoezelen para alunos e apoia Complexo de Marinhas da APPACDM

A Câmara Municipal de Esposende vai apoiar financeiramente o Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio na criação e apetrechamento de uma Sala Snoezelen e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) na elaboração dos projetos de arquitetura e especialidades com vista à requalificação do Complexo de Marinhas.

DSC09294

De acordo com deliberação aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo municipal, o Município vai estabelecer um protocolo de colaboração com o referido Agrupamento de Escolas, que prevê o apoio financeiro de 9 688,65 euros à criação de uma Sala Snoezelen e respetivo apetrechamento. Esta valência destina-se a todos os alunos, com particular pertinência para os que têm Necessidades Educativas Especiais, sendo que a sua criação é justificada pelos seus potenciais benefícios, de diversa ordem, nomeadamente cognitivos, emocionais, terapêuticos e sociais, com naturais implicações no processo educativo e no desenvolvimento global dos alunos.

O Município dá, assim, cumprimento ao compromisso que havia assumido de apoiar a implementação desta valência, que estará ao dispor de todos os alunos, quer sejam do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio, quer de outros agrupamentos do concelho. O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, refere que “a Sala Snoezelen representa um passo importante em termos da qualidade de ensino no concelho, pelo que o Município não poderia deixar de apoiar este projeto, garantindo igualdade de oportunidades a todos os alunos”.

Ciente da necessidade de uma intervenção de requalificação do Complexo de Marinhas da APPACDM, o Município vai apoiar financeiramente a elaboração dos projetos de arquitetura e especialidades, suportando o custo de 32 718 euros. Benjamim Pereira refere que “este é um primeiro contributo da Câmara Municipal para a necessária e ambicionada melhoria das instalações da instituição, que presta relevantes serviços às pessoas portadoras de deficiência”.

Integrado na política educativa do Município, a Câmara Municipal vai continuar a comparticipar, neste ano letivo, a aquisição de materiais didático-pedagógicos aos alunos com Necessidades Educativas Especiais que, devido à especificidade das suas problemáticas, não utilizam manuais escolares, promovendo a igualdade de acesso a todos os alunos a uma educação de qualidade. Neste sentido, a Autarquia irá transferir, de acordo com deliberação aprovada em reunião do executivo, o montante correspondente a 50 euros por aluno, num total de doze, para os Agrupamentos de Escolas António Correia de Oliveira e António Rodrigues Sampaio. Este apoio destina-se à aquisição de materiais didático-pedagógicos específicos, podendo ser alargado a outros alunos nas mesmas circunstâncias que, eventualmente, venham a ser referenciados pelos Agrupamentos de Escolas.

ESPOSENDE REFORÇA MEIOS DE COMBATE À VESPA ASIÁTICA

No âmbito do Plano Municipal de Combate à Vespa Velutina, e na sequência de uma candidatura aprovada no seio da CIM Cávado, o Município de Esposende entregou material de combate à vespa velutina à Cooperativa Agrícola de Esposende, entidade responsável pela destruição dos ninhos no concelho.

DSC00864

Do material consta um kit de aplicação de inseticida para alturas próximas dos 20 metros, acompanhado dos respetivos equipamentos de proteção individual como máscaras, filtros, luvas e óculos, bem como sacos, embalagens de poliuretano expandido e fatos de apicultor para a recolha mecânica de ninhos, e kit de incineração. Desta forma, reforça-se a disponibilidade de equipamentos existentes e a segurança dos operacionais e eficácia dos mesmos.

O combate consistente, empenhado e profissional tem permitido que o número de ninhos venha a diminuir anualmente, de forma consolidada. No ano de 2014, foram registados em todo o concelho 248 ninhos, em 2015 foram 190, no ano passado 170 ninhos, e, este ano, contam-se 103 ninhos detetados e destruídos.

O Município relembra que sempre que se verifique o avistamento de ninhos de vespa velutina, o caso deve ser comunicado à Câmara Municipal, Cooperativa Agrícola de Esposende ou Juntas de Freguesia. A Autarquia efetua a validação dos ninhos e, posteriormente, a Cooperativa Agrícola de Esposende aciona as equipas operacionais, para proceder à sua destruição, durante o período noturno. Os ninhos de vespa asiática aparecem frequentemente em espécies florestais (pinheiros, eucaliptos, sobreiros e carvalhos), construções (muros, telhados, cobertos, etc.), fruteiras (figueiras, diospireiros, macieiras, etc.), ficando mais expostos à medida que as espécies de folha caduca vão perdendo as folhas.

Atendendo a que os enxames atingem o pico nos meses de setembro/outubro, onde as novas rainhas são fertilizadas, é da máxima importância a deteção e destruição dos ninhos nesta fase. Desta forma é possível impedir a produção de novas fundadoras, que irão originar os ninhos do ano seguinte.

DSC01940

IMG_20170914_110513

ESPOSENDE APOIA INVESTIMENTO NO CONCELHO

Esposende avança com Regulamento de Incentivos ao Investimento

A Assembleia Municipal de Esposende aprovou, ontem, por unanimidade, o Regulamento de Concessão de Incentivos ao Investimento do Município de Esposende.

DSC07094

O documento, que, decorrido o prazo de consulta pública, tinha sido aprovado, também por unanimidade, pelo executivo da Câmara Municipal, será agora remetido para publicação em Diário da República, entrando em vigor no dia seguinte à sua publicação, com efeitos retroativos a 1 de janeiro do corrente ano.

Associado aos incentivos já existentes, o Município passa a dispor de um conjunto alargado de benefícios para quem se instale e crie postos de trabalho no concelho, bem como para os agentes que pretendam ampliar os seus negócios ou criar novos projetos. Como fatores estratégicos e de estímulo, estão previstas, por exemplo, reduções e isenções de taxas e concessão de benefícios fiscais.

Em termos genéricos, terão viabilidade de incentivo projetos relacionados com a área turística, unidades empresariais/industriais, atividades económicas relacionadas com as fileiras da agricultura/floresta e produtos de base regional, bem como a modernização de espaços comerciais e espaços de restauração e bebidas.

“É fundamental disponibilizar um ambiente favorável ao investimento, respondendo com energia e com ações de efeito imediato, alicerçadas numa visão de futuro”, sublinha o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, notando que, “este Regulamento irá contribuir para fomentar o desenvolvimento económico do concelho, e consequentemente, melhorar a qualidade de vida da população”.

Benjamim Pereira realça que “apesar de estas medidas se traduzirem numa perda de receita para o Município constituem uma mais-valia, uma vez que contribuirão para tornar o nosso território mais atrativo para potenciais investidores, com a vantagem de contribuírem também para a criação de postos de trabalho”.

Refira-se que o Regulamento de Concessão de Incentivos ao Investimento está associado a outras medidas tendentes à captação de investimento e ao desenvolvimento económico, de que é exemplo o Centro de Negócios, espaço dedicado ao empreendedorismo e ao coworking.

ESPOSENDENSES ADOTAM ANIMAIS

Domingo há Feira de Adoção Animal em Esposende

No âmbito do Plano Municipal de Dignificação dos Animais, o Município de Esposende vai realizar no próximo domingo, dia 17 de setembro, mais uma Feira de Adoção, que decorrerá entre as 10h000 e as 12h00, na zona ribeirinha de Esposende, junto às piscinas municipais Foz do Cávado.

feira adoção

A iniciativa tem como principal objetivo promover a adoção de animais, incentivando a população a acolher, de forma responsável, animais recolhidos das ruas, depois de devidamente castrados, vacinados e microchipados.

Assim, estarão disponíveis para adoção alguns animais provenientes do canil intermunicipal, bem como outra informação relevante para todos aqueles que pretenderem adotar um animal.

A Feira da Adoção conta com a habitual colaboração da ANIESP - Associação Animal de Esposende, um parceiro importante do Município na dinamização deste tipo de iniciativas.

feira adoção1

ATLETAS PORTUGUESES E GALEGOS PEDALAM DE MONTALEGRE A ESPOSENDE

TransCávado BTT-GPS 2017: 400 atletas pedalam de Montalegre a Esposende no próximo fim-de-semana

Quatrocentos atletas, oriundos de todo o país e da vizinha Galiza, em Espanha, vão participar, no próximo fim-de-semana, dias 16 e 17 de setembro, na segunda edição do TransCávado BTT-GPS, promovido pela empresa municipal Esposende 2000, em parceria com os Municípios de Esposende, Barcelos, Amares, Braga, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Montalegre. Este evento de lazer e aventura foi apresentado, esta manhã, em sessão pública no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende.

IMG_8116

Após o sucesso da edição de 2016, que uniu a foz à nascente do rio Cávado, o TransCávado lança um novo desafio e outra perspetiva, ligando a nascente, no Larouco, à foz, em Esposende. Com passagem pela terceira maior elevação de Portugal, a serra do Larouco com os seus imponentes 1 525 metros de altitude, o evento tem como cenário o rio Cávado e a sua esplêndida natureza, abraça o majestoso Parque Nacional da Peneda-Gerês e prolonga-se até ao Parque Natural do Litoral Norte, numa extensão total de 160 quilómetros.

.

“O TransCávado 2017 é a afirmação de uma região hidrográfica através do ciclismo de aventura e natureza que congrega dois distritos - Braga e Vila Real, e sete municípios, desenhando percursos e histórias de pura superação entre a nascente e a foz do Cávado, ao longo das suas margens através de antigos caminhos rurais, maioritariamente em terra, e fabulosos trilhos”, assinalou o Presidente do Conselho de Administração da Esposende 2000 e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Esposende, António Maranhão Peixoto.

Maranhão Peixoto destacou a elevada adesão de participantes, obrigando ao encerramento das inscrições muito antes do prazo previsto, dizendo que tal é ilustrativo do sucesso desde evento que, na primeira edição, superou todas as expetativas. Entre os inscritos estão dois reconhecidos atletas esposendenses, o ciclista João Benta e o atleta olímpico de canoagem João Ribeiro.

Considerando que “há margem de progressão”, Maranhão Peixoto referiu que é intenção dar continuidade ao evento e fazê-lo crescer, revestindo-o de maior envolvência e afirmando, de forma ainda mais vincada e abrangente, o território do Cávado.

O Presidente do Conselho de Administração da Esposende 2000 notou que a realização de um evento desta natureza e dimensão se reveste de grande complexidade e logística e sublinhou o papel determinante dos mais de meia centena de voluntários, agradecendo a todos quantos estão envolvidos na organização, bem como aos patrocinadores. Destacou, por outro lado, a componente ecológica associada à TransCávado, em respeito pela natureza e pelo ambiente. 

Numa simbiose perfeita entre o lazer e o prazer de um grande desafio, o Transcávado integra duas etapas, nomeadamente uma mais lúdica, o Slow Race, que, no primeiro dia ligará Montalegre a Vieira do Minho e, no dia seguinte, Vieira do Minho a Esposende, e o segmento Race, com um cariz mais competitivo, em duplas ou individual, a efetuar apenas num dia, num percurso de 160 quilómetros de pura adrenalina e aventura. Esta é uma prova de superação para os mais audazes, motivados pela oportunidade de elevar os seus limites em plena harmonia com a natureza no seu estado mais puro e selvagem.

.

ECOVIA DO LITORAL NORTE LIGA CAMINHA A ESPOSENDE

Já arrancaram obras da Ecovia do Litoral Norte em Antas e Esposende

Já arrancaram os trabalhos de execução de três novos troços da Ecovia do Litoral Norte, que ligará Esposende a Caminha, numa extensão total de 73 quilómetros.

.

Estão, assim, em curso as empreitadas relativas ao percurso na margem esquerda do estuário do Rio Neiva, em Antas, à infraestrutura de valorização e visitação do Estuário do Rio Neiva - Ponte Pedonal e Ciclável, também em Antas, que ligará os concelhos de Esposende e Viana do Castelo, e o troço da Praia de Cepães – Praia de Suave Mar, intervenções que representam um investimento de aproximadamente 1,4 milhões de euros.

Já adjudicada e apenas a aguardar o visto do Tribunal de Contas está a obra de execução do troço Fão - Apúlia, cujo custo ascende a 1 milhão 160 mil euros, perspetivando-se também para breve o arranque do troço Rio de Moinhos - Cepães, em Marinhas, que rondará os 313 mil euros.

No que se refere ao concelho de Esposende, a Ecovia do Litoral já está executada nos troços da Zona Ribeirinha de Fão e da Marginal de Esposende, proporcionando o desfrute pedonável e ciclável destes circuitos, de singular beleza natural. No médio prazo será possível percorrer praticamente todo o litoral do concelho, através destes percursos.

A Ecovia do Litoral, que está a ser executada no âmbito do Programa Polis Litoral Norte, constituirá uma revolução no conceito de mobilidade suave e um importante ativo, contribuindo para a valorização do território concelhio, assinala o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, notando que este projeto se insere num amplo conjunto de intervenções de requalificação e valorização da orla costeira, que, só no concelho de Esposende, ascende a vários milhões de euros de investimento.

.

MILHARES DE SÉNIORES BRACARENSES DIVERTEM-SE NA QUINTA DA MALAFAIA EM ESPOSENDE

Câmara proporciona um dia diferente a cinco mil seniores Bracarenses. Convívio na Quinta da Malafaia acontece pelo quarto ano consecutivo

Um dia diferente, onde o convívio e a alegria tomaram conta dos seniores Bracarenses. Assim se pode resumir mais um convívio na Quinta da Malafaia, uma iniciativa desenvolvida pelo quarto ano consecutivo pelo Município de Braga que, entre hoje e amanhã, levará cerca de cinco mil seniores Bracarenses a este arraial minhoto.

CMB12092017SERGIOFREITAS0000008992

Um evento que se tornou regular ao longo do actual mandato, ocupando já um espaço de referência no calendário das actividades do Município. “Todos os anos temos vindo a deslocar os seniores à Quinta da Malafaia, propiciando a cerca de cinco mil idosos momentos únicos de confraternização, passando um dia muito diferente do habitual”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, considerando que são este tipo de momentos que “trazem um novo alento aos seniores e uma maior motivação para que continuem activos e a disfrutar da vida”.

CMB12092017SERGIOFREITAS0000008994

Como explicou o Autarca, esta iniciativa é concretizada em ligação com todas as Juntas de Freguesia e IPSS’s do Concelho e é apenas um momento que se insere num vasto conjunto de iniciativas que o actual Executivo Municipal tem vindo a desenvolver para promover uma inserção activa dos mais idosos. “Desde o plano desportivo ao cultural, passando pelo âmbito social ou pelas acções de formação queremos devolver a esta franja da população, muito do esforço que eles dedicaram à Cidade e à Comunidade Bracarense ao longo das suas vidas”, concluiu Ricardo Rio.

Celebrar o bem-estar da população sénior é o principal intuito deste evento e neste primeiro dia não faltou a música e a boa disposição que criaram um ambiente característico e festivo, onde os participantes não perderam a oportunidade de dar o seu pé de dança e sair da rotina diária.

CMB12092017SERGIOFREITAS0000008990

CMB12092017SERGIOFREITAS0000008997

CMB12092017SERGIOFREITAS0000008999

ESPOSENDE AMBIENTE ALERTA OS ESPOSENDENSES PARA PRÁTICAS COMERCIAIS DUVIDOSAS E GARANTE QUE A ÁGUA FORNECIDA PELO SISTEMA PÚBLICO É DE "EXCELENTE QUALIDADE"

CapturarEsposende

COMUNICADO

A Esposende Ambiente – empresa gestora do sistema de abastecimento de água no concelho Esposende – após ter tomado conhecimento de que uma empresa privada está a efectuar contactos com os seus clientes, com o intuito de realizar análises à qualidade da água dentro das suas habitações, vem alertar para o facto de não estar relacionada em qualquer aspecto com a referida empresa.

Para além de condenar os meios e estratégias comerciais utilizados, que induzem claramente os clientes a supor que a qualidade da água neste concelho não é a mais adequada, a Esposende Ambiente ficará atenta, atuando judicialmente se tal se vier a justificar.

Mais ainda, esclarece que a água fornecida pelo sistema público é de excelente qualidade, não se tendo verificado qualquer inconformidade relativamente aos parâmetros de qualidade previstos na lei.

A Esposende Ambiente encontra-se disponível para prestar qualquer esclarecimento que os seus utilizadores pretendam, bem como a disponibilizar os relatórios da qualidade da água, sendo que os mesmos se encontram divulgados nos meios usuais.

DSC09544

SENIORES DE BRAGA CONVIVEM NA QUINTA DA MALAFAIA

Convívio Sénior na Quinta da Malafaia realiza-se amanhã, Terça-feira, dia 12 de Setembro, pelas 12h00, na Quinta da Malafaia, Esposende

O Município de Braga promove o Convívio Sénior na Quinta da Malafaia, terá lugar amanhã, Terça-feira, dia 12 de Setembro, na Quinta da Malafaia, em Esposende.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, que estará disponível para prestar declarações à Comunicação Social após o almoço, agendado para as 12h00, e para o qual estão convidados os senhores jornalistas.

Cerca de cinco mil seniores Bracarenses vão passar, entre amanhã e Quarta-feira, pela Quinta da Malafaia, numa iniciativa levada a cabo pelo Município de Braga, com o intuito de promover o convívio saudável, num arraial minhoto repleto de alegria. Envolta num ambiente festivo, esta iniciativa irá proporcionar aos participantes um dia diferente destinado a celebrar o bem-estar da população sénior.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE APOIA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

Município de Esposende entregou 47 Bolsas de Estudo a estudantes do ensino superior. Investimento eleva-se a 28 200 euros

Em sessão informal, realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, entregou hoje Bolsas de Estudo a 47 estudantes do ensino superior do concelho, oriundos de famílias em desfavorecimento social, num investimento de 28 200 euros, correspondente a 600 euros por bolsa.

_DSC0287

Esta medida enquadra-se no âmbito das políticas educativas e sociais do Município e traduz-se num importante contributo para o prosseguimento dos estudos destes jovens ao nível superior. Os bolseiros, em cumprimento do regulamento, desenvolveram trabalhos de índole social, ambiental, administrativa, cultural e/ou desportiva no Município, durante um período de 22 dias úteis/154 horas, no período de férias letivas.

Os estudantes tiveram, deste modo, oportunidade de estabelecerem contacto com o mundo do trabalho, nomeadamente com o funcionamento da Câmara Municipal e dos seus serviços, configurando uma experiência enriquecedora que contribui para a sua valorização pessoal e profissional, conforme assinalou o Presidente Benjamim Pereira, vincando a mais-valia desta “experiência de trabalho”, para além da questão da ajuda social.

Assinalando que “o mundo é muito competitivo”, Benjamim Pereira desafiou os bolseiros a colocarem dedicação e empenho tanto nos estudos como na atividade profissional que vierem a desenvolver, dizendo que o rigor e a responsabilidade são a chave do sucesso. Aproveitou a oportunidade para exortar os jovens a envolverem-se cívica e ativamente na comunidade, seja na política ou nos movimentos associativos, contribuindo, deste modo e de forma positiva, para o desenvolvimento e progresso da sua terra.

No ano letivo 2016/2017, o Município previa atribuir até 50 Bolsas de Estudo a estudantes do ensino superior, sendo que foram 47 os contemplados por reunirem os requisitos definidos no regulamento. Benjamim Pereira referiu que este apoio é uma ajuda fundamental para estas famílias, configurando o contributo do Município para a formação académica destes jovens.

Na sessão de entrega das Bolsas de Estudo, o Presidente Benjamim Pereira testemunhou o agrado dos bolseiros e suas famílias, tanto pelo apoio concedido como pela experiência profissional que tiveram oportunidade de realizar. O Autarca, que esteve acompanhado do restante executivo, despediu-se com votos de sucesso para todos, quer para os que vão prosseguir os estudos quer para os que vão agora ingressar no mercado de trabalho.

_DSC0298

IDOSOS DE ESPOSENDE CONVIVEM EM FÁTIMA

Mais de 2000 idosos do concelho de Esposende conviveram em Fátima. Festa do Idoso do Município já vai na 22.ª edição

Mais de 2000 seniores do concelho participaram, hoje, na Festa do Idoso em Fátima, um dos maiores eventos promovido pelo Município de Esposende no âmbito do Programa Envelhecimento Ativo da Rede Social de Esposende.

IMG_6890

A iniciativa, que vai já na 22.ª edição, tem vindo a registar, ano após ano, um aumento do número de participantes, assinalando este ano um acréscimo de 19% face a 2013. Estes dados expressam o sucesso deste evento que vem sendo realizado, desde há vários anos, no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, tanto por reunir todas as condições para acolher tão elevado número de participantes, como ser um local muito apreciado pela comunidade idosa. Aliás, são muitos os participantes que garantem que se não fosse esta iniciativa dificilmente teriam oportunidade de visitar o Santuário com esta regularidade.

Dirigida a idosos com idade igual ou superior a 65 anos, pessoas portadoras de deficiência com autonomia, com idade superior a 35 anos, e pessoas que frequentam as Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência para a terceira idade, esta festa constitui um importante momento de convívio da comunidade sénior do concelho em que o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, interage com os mais velhos, que fazem sempre questão de lhe agradecer pessoalmente a realização desta atividade.

“Os idosos merecem-nos todo o carinho, respeito e reconhecimento pelo tanto que contribuíram para elevar e fazer crescer o nosso concelho”, afirmou o Presidente Benjamim Pereira, sublinhando que “hoje continuam a ser agentes ativos e participativos em diversos aspetos da vida em comunidade”.

“Esposende é e continuará a ser um concelho amigo dos idosos”, garantiu Benjamim Pereira, sustentando que “o Município tem sabido corresponder aos anseios e expetativas desta franja da população, através da dinamização de um conjunto de atividades que contribuem para um envelhecimento ativo e saudável”.

“Queremos manter esta dinâmica e esta oferta”, referiu o Autarca, desafiando os idosos a participarem nas várias iniciativas e notando que “está em causa o trabalho em rede com as instituições particulares de solidariedade social, Juntas de Freguesia e outras instituições locais”.

Benjamim Pereira aproveitou a oportunidade para agradecer a todos a colaboração e parceria na operacionalização do Programa Envelhecimento Ativo, e deixou ainda uma palavra de agradecimento a todos quantos participaram na organização e no apoio à Festa do Idoso em Fátima, designadamente Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho, Bombeiros Voluntários de Esposende e de Fão e Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa.

A Festa do Idoso integrou, como habitualmente, a Eucaristia na Igreja da Santíssima Trindade, presidida pelo Arcipreste Padre Delfim Fernandes, que saudou a iniciativa do Município de proporcionar esta atividade aos mais velhos, e solenizada pelo Coro da Paróquia de Marinhas. O piquenique decorreu num dos parques do Santuário e o regresso a casa aconteceu ao final da tarde, dando por concluída uma jornada que começou bem cedo com a partida dos 36 autocarros com os participantes das várias freguesias do concelho.

_DSC9764

_DSC9956

ESPOSENDE FACULTA TRANSPORTE SOCIAL A CRIANÇAS E JOVENS COM DEFICIÊNCIA

Município de Esposende garante transporte social a crianças e jovens portadores de deficiência ou com necessidades educativas especiais

No próximo ano letivo, o Município de Esposende continuará a garantir apoio no transporte a munícipes portadores de deficiência, e a crianças e jovens com Necessidades Educativas Especiais (NEE’s). A medida, que corresponderá a um encargo global de aproximadamente 30 mil euros, enquadra-se nas políticas de reforço da solidariedade e coesão social da Câmara Municipal, tendo sido aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo.

DSC09660

Em causa está o apoio ao transporte adaptado, ao transporte para tratamentos especializados e a comparticipação da aquisição do passe social, abrangendo atualmente 22 cidadãos residentes no concelho.

Através de protocolo estabelecido com a Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), o Município tem garantido, assim, a deslocação a 15 jovens do concelho, com deficiência motora ou mental, desde o domicílio até diversos Centros de Atividades Ocupacionais localizados no concelho ou em concelhos vizinhos. Dado que a maioria destes jovens utiliza a cadeira de rodas para a sua locomoção, necessitando de transporte adaptado, a Câmara Municipal tem vindo a manter esta parceria com a Delegação de Marinhas da CVP, garantindo as condições de conforto e acompanhamento destes jovens.

Este protocolo abrange também o transporte de três crianças com NEE’s para tratamentos especializados integrados na APAC – Associação de Pais e Amigos de Crianças, sediada em Barcelos. Recorde-se que em virtude da cessação do apoio da Administração Central no transporte destas crianças para os referidos tratamentos, o Município tem vindo a assegurar, desde abril passado, parte dos encargos com a sua deslocação, ultrapassando assim o que são as suas competências.

Para além do apoio a estes jovens, a Autarquia comparticipa ainda nos custos do passe social a quatro munícipes que, sendo portadores de deficiência, não necessitam de transporte adaptado, utilizando os transportes públicos para as suas deslocações neste enquadramento.

Refira-se que, em todos os casos, as famílias são chamadas a comparticipar nos custos do respetivo transporte de acordo com as suas possibilidades, sendo o valor determinado com base numa análise socioeconómica efetuada a cada agregado familiar.

Ajustando-se às várias dimensões da vida social e profissional dos agregados familiares, o transporte social tem vindo a traduzir-se numa medida de proteção social que torna mais fácil a conciliação entre a vida familiar e profissional dos agregados familiares, sobretudo naqueles que incluem pessoas dependentes na mobilidade.

HISTÓRIA É UMA FESTA EM ESPOSENDE

Festa da História - Caminhos de Santiago recebeu mais de 60 mil visitantes

Traduziu-se num êxito, a todos os níveis, a primeira edição da Festa da História - Caminhos de Santiago, que decorreu entre os dias 24 e 27 de agosto, na cidade de Esposende, numa organização conjunta da Câmara Municipal e da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE).

.

Este evento, que veio substituir a Feira Medieval, superou todas as expetativas, confirmando o sucesso desta nova aposta de promoção do concelho e de dinamização do tecido económico local.

Ao longo dos quatro dias, passaram pelo centro da cidade mais de 60 mil visitantes, que tiveram oportunidade de assistir a diversos momentos de animação, desde espetáculos de fogo, música, dança, artes circenses, a recriações de episódios históricos, e se deliciar com as muitas propostas gastronómicas do certame.

Esta primeira edição da Festa da História foi dedicada aos Caminhos de Santiago, razão pela qual foram introduzidas alterações profundas na organização dos diferentes espaços da Feira e imprimindo uma nova dinâmica no Largo Rodrigues Sampaio, onde foram instalados vários equipamentos, nomeadamente artesanato, alimentação, exposições e diversões para as crianças.

A componente da animação mereceu grande destaque neste evento, oferecendo um programa recheado de surpresas, com muita música, teatro, malabarismo, animais exóticos e jogos para os mais novos.

Em jeito de balanço, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende salienta o impacto positivo deste evento, notando que “o retorno financeiro foi claro, tanto para o comércio local, como para os mais de 90 expositores que estiveram presentes, nomeadamente das associações concelhias”. Benjamim Pereira sublinha que o elevado número de visitantes da Festa da História reflete o sucesso da aposta neste novo formato e comprova que “Esposende se afirma, cada vez mais, como um Município turístico”.

“Esposende e o seu tecido empresarial estão de parabéns, provando mais uma vez a capacidade de resposta de todo o concelho, assegurando uma prestação de serviços de qualidade a todos os visitantes e turistas, prestigiando o nome do nosso concelho”, refere, por seu turno, o Presidente da ACICE, José Faria.

.

.

.

.

ESPOSENDE PROMOVE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL

Município de Esposende visa reforçar respostas do Espaço Bem me Querem

Com o intuito de reforçar e melhorar as respostas do Espaço Bem me Querem - Espaço de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica, a Câmara Municipal de Esposende apresentou candidaturas ao Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE).

Bem me Querem

Pretende, assim, a melhoria dos serviços prestados por esta estrutura criada pelo Município, em 2011, e que assegura consulta psicológica, atendimento social, informação e apoio jurídico às vítimas de violência doméstica, atuando também, de forma intensa, ao nível da prevenção junto da comunidade.

O POISE é um programa que prevê instrumentos específicos de proteção das vítimas e de acompanhamento de agressores na violência doméstica, nomeadamente no que respeita a estruturas de atendimento, acompanhamento e apoio especializado a vítimas de violência doméstica e violência de género, e sensibilização e produção de materiais nestas áreas. Estas candidaturas irão, assim, dotar o Espaço Bem me Querem de mais meios e instrumentos de trabalho de combate ao flagelo social que é a violência doméstica.

bem me querem_

Tendo por base uma estrutura organizada, em rede, e facilitadora da articulação de soluções eficazes de encaminhamento e apoio às vítimas, o Espaço Bem me Querem é constituído por uma equipa multidisciplinar que, cumprindo as regras de enquadramento destas situações de forma a assegurar a sua confidencialidade, promove um acompanhamento individualizado e integrado, disponibilizando serviços de apoio psicológico e social. Neste contexto, pretende-se ainda melhorar a resposta a disponibilizar em situação de emergência social, através do apetrechamento de um apartamento, propriedade da Câmara Municipal, para acolhimento emergente e temporário de vítimas de violência doméstica, acompanhadas ou não de seus filhos/as, salvaguardando-as no que se refere às questões de segurança e/ou iminente risco de revitimização.

encontro violência doméstica

Refira-se que, desde a sua abertura, o Espaço Bem me Querem já atendeu mais de uma centena de vítimas de violência doméstica de ambos os géneros, num total de 768 atendimentos/acompanhamentos realizados. No âmbito das ações de prevenção e sensibilização, foram realizadas cerca de 200 ações que envolveram cerca de 4500 participantes.

A melhoria e reforço deste tipo de resposta no concelho apresenta-se como um fator integrador e articulador, característico do trabalho em rede que tem vindo a ser desenvolvido com o propósito de uma maior coesão social e bem-estar da comunidade.

Violência Doméstica

ESPOSENDE REQULIFICA BOUCINHA EM MAR

Município de Esposende financia requalificação da Rua da Boucinha em Mar

O Município de Esposende vai atribuir um apoio financeiro no valor de 14 140 euros à Junta da União das Freguesias de Belinho e Mar, de acordo com deliberação aprovada, por unanimidade, em reunião de Câmara. 

Rua da Boucinha

A verba destina-se a financiar a requalificação da Rua da Boucinha, em Mar, e a beneficiação da rede de águas pluviais. Com efeito, a rua apresenta-se em mau estado de conservação e com abatimento de piso em algumas zonas, e a tubagem da rede de águas pluviais necessita ser substituída, dado que os tubos se encontram afastados entre si, não garantido o adequado escoamento.

O apoio do Município vai possibilitar o alargamento e pavimentação da rua, a construção de muros e a necessária beneficiação da rede de águas pluviais, assegurando, desde modo, melhorias na circulação rodoviária e pedonal naquela via, bem como melhores condições ambientais e de salubridade.

Consciente da necessidade de manter as vias em boas condições de conservação e segurança, a Câmara Municipal tem vindo a proceder à beneficiação de ruas em todas as freguesias do concelho, seja através de empreitadas próprias ou delegando as intervenções nas Juntas de Freguesia, tanto através de apoios financeiros como da cedência de materiais.

Rua da Boucinha_

CAMINHOS DE SANTIAGO DÃO O MOTE À FESTA DA HISTÓRIA EM ESPOSENDE

Caminhos de Santiago dão o mote à Festa da História em Esposende. Evento decorre até domingo no centro da cidade

Os caminhos de Santiago dão o mote à Festa da História que até ao próximo domingo vai animar a cidade de Esposende, numa organização do Município de Esposende e da Associação Comercial e Industrial de Esposende (ACICE).

_DSC0003

O evento arrancou hoje, ao final da tarde, na presença do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, e do Presidente da ACICE, José Faria, entre outras individualidades.

Benjamim Pereira refere que “Esposende é um concelho turístico e, como tal, tem de garantir oferta aos turistas e visitantes, com propostas que vão desde à música à cultura, passando por várias outras áreas”. Neste contexto, sublinha, “o Município, juntamente com a ACICE, aproveitando o formato da Feira Medieval que vínhamos a realizar anualmente, pensou um novo modelo de animação, com vista à promoção turística do concelho é à não menos importante dinamização do tecido económico local”.

A primeira edição da Festa da História aposta, deste modo, num dos baluartes do turismo contemporâneo e com assinalável expressão também no concelho de Esposende, os Caminhos de Santiago, nomeadamente o Caminho Português da Costa.

A zona central da cidade está vestida a rigor convidando os visitantes a recuarem no tempo e a experienciarem as vivências da época. A recreação histórica remonta ao Século XVI e visa retratar a passagem dos Caminheiros pelo Caminho Português da Costa até Santiago de Compostela, considerando que há várias passagens da história do concelho de Esposende associadas a este período.

O centro de Esposende está transformado por estes dias num mercado de época, envolvendo a comunidade local, o meio associativo, empresarial e ainda os residentes, num evento que promete intensa animação, com espetáculos de fogo, música, dança, artes circenses, recriações de episódios históricos. Componente essencial é a gastronomia, não faltando também o indispensável espaço infantil, com jogos, para os mais pequenos. O evento reparte-se pelo Largo Rodrigues Sampaio, Rua 1.º de Dezembro, parte da Av. Valentim Ribeiro, Praça do Município, Largo Fonseca Lima e Rua Conde de Castro.

“Estão reunidos os requisitos para uma grande festa em torno da História dos Caminhos de Santiago que, pela sua envolvência constituirá, certamente, um evento de sucesso”, afirma o Presidente Benjamim Pereira, convidando todos a partir e a usufruir destes dias de animação cultural.

A mesma convicção é manifestada também pelo Presidente da Associação Comercial e Industrial de Esposende, José Faria, que realça que “uma vez mais o Município e a ACICE unem esforços para promover Esposende e dinamizar o tecido económico local, contribuindo simultaneamente para a promoção e valorização dos Caminhos de Santiago”.

A Festa da história integra o programa Esposende Verão 2017 e acontece no âmbito da candidatura intermunicipal para a valorização dos Caminhos de Santiago, concretamente do Caminho Português da Costa, que envolve os municípios de Esposende, Valença, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Maia e Porto.

_DSC0010

_DSC0011

_DSC0014