Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE SINALIZA PERCURSO DE FÃO

A Câmara Municipal de Esposende está a prosseguir com a sinalização dos trilhos que integram a Rede Municipal de Percursos Pedestres. Assim, foram recentemente colocados 12 totens na vila de Fão, suportes com informação histórica e descritiva, acerca de imóveis que se encontram localizados no “Caminho da Memória”.

IMG_20170713_142508.jpg

Porque o turismo adquire importância crescente na atividade económica do Município e porque o território concelhio está dotado de atrativos de reconhecida qualidade histórica, entende-se como essencial a disponibilização de orientação a quem nos visita, proporcionando as melhores condições de acolhimento.

A colocação da informação pretende atender a vertente turística, mas também visa a identificação dos monumentos e locais, proporcionando o conhecimento destes ícones da História local, suportado em elementos gráficos.

O “Caminho da Memória” trata-se de um percurso pedonal que atravessa a vila de Fão, antigo centro salineiro na idade média, com destaque para a sua zona histórica, a paisagem natural ao longo do estuário do rio Cávado e praias oceânicas. É um percurso eclético, com paisagens diversificadas, recheado de valores monumentais e naturais, integrando-se parte do seu percurso na área do Parque Natural do Litoral Norte. O percurso tem uma extensão de 5,85km, é de dificuldade baixa e está devidamente indicado através de sinalética direcional.

A constar, foram abrangidos pela nova sinalética os seguintes imóveis: Alminhas do Cais, Ponte D. Luís Filipe, Capela de Nossa Senhora da Bonança, Facho da Bonança, Capela de Santo António da Fonte, Templo do Bom Jesus, Coreto da Alameda do Bom Jesus, Casa de Francisco Campo de Morais, Capela de Nossa Senhora da Lapa, Igreja da Misericórdia, Casa de J. Pinto de Campos e Igreja Matriz.

A colocação da sinalética no “Caminho da Memória” segue o plano estabelecido pelo Município de Esposende, respeitando a estética dos totens anteriormente colocados na cidade de Esposende e que contemplou os edifícios que integram o percurso pedestre urbano “Caminho dos Mareantes”, inaugurado em 2015, tal como este “Caminho da Memória”.

IMG_20170713_142935.jpg

IMG_20170713_143136.jpg

IMG_20170713_143347.jpg

ESPOSENDE: BARCA DO LAGO ACOLHE SONS DO CAMINHO DE SANTIAGO

A Barca do Lago em Gemeses vai acolher a 25 de julho, dia de São Tiago, pelas 22h00, um concerto pelo Coro de Pequenos Cantores de Esposende, integrado na programação “Sons do Caminho”, uma das ações que integra a candidatura intermunicipal do “Caminho Português da Costa a Santiago”, que envolve os municípios de Esposende, Valença, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Maia, Matosinhos e Porto.

coro pequenos cantores 1.jpg

O espetáculo intitulado "Caminho e Luz", pretende proporcionar uma noite espiritual, enriquecida pelos sons da esperança, saudade e misericórdia. Contemplando uma sonoridade contemporânea, procurando refletir os pensamentos de quem hoje percorre o Caminho de Santiago, o Coro de Pequenos Cantores dá voz aos pensamentos de alento para uma vivência musical em pleno. Um concerto introspetivo que procura promover junto do seu público o vínculo pleno da Humanidade.

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende, acompanhados por Diogo Zão (piano), André Silva (percussão), Jaime Alvarez (contrabaixo) e a direção de Helena Venda Lima propõe o espetáculo “Caminho e Luz”, com o seguinte alinhamento:

For the beauty – John Rutter

The Lord Bless you and keep you – John Rutter

Whenever you are – Paul Mealor

Remember Me – Bob Chilcott

Missa Jazz – Bob Chilcott

  1. Kyrie
  2. Gloria
  3. Sanctus; Benedictus
  4. Agnus Dei

5 songs for upper voices – Bob Chilcott

  1. All for love of one
  2. The Truth is great
  3. All Things pass
  4. Circle Motion
  5. Red Boots onon

Rejoice, clap your hands – Bob Chilcott

Comandados pelo sonho levamos a nossa voz até aos que hoje nos ouvem e connosco partilham as sonoridades corais. Mergulhados na esperança, lembramos que é possível partilhar os ecos da voz, interpretando as sonoridades que remetem para a esperança e saudade.

ESPOSENDE CRIA BIBLIOTECAS DE PRAIA

Esposende abre quatro Bibliotecas de Praia

A aposta formativa dos seus munícipes leva a Câmara Municipal de Esposende a investir, desde há 21 anos, na abertura de Bibliotecas de Praia. Para promover o livro e a leitura, durante os meses de verão, e levar a Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura à comunidade e aos locais habitualmente mais frequentados nesta época do ano, será colocado um espaço destinado à leitura em quatro praias do concelho.

biblioteca .jpg

Desde o início desta semana e até 3 de setembro, as bibliotecas estão disponíveis nas praias de Cepães (Marinhas), Suave Mar (Esposende), Ofir (Fão) e Apúlia, funcionando diariamente, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Nas praias de Esposende pode descobrir-se o prazer da leitura e descobrir o segredo do sucesso de um projeto que já conta 21 anos. Foi em 1996 que o Município de Esposende apostou num projeto ousado, pioneiro a nível nacional, lançando a sua primeira biblioteca de praia.

Nestes espaços são disponibilizados livros de diversos géneros, jornais, revistas de informação, cultura, viagens, saúde e desporto, para leitura na esplanada ou requisição domiciliária. Os veraneantes têm igualmente à disposição diversas publicações do Município, podendo ainda consultar informação turística sobre o concelho de Esposende.

biblioteca 1.jpg

Com uma frequência média anual de 18 mil utilizadores, o projeto das Bibliotecas de Praia é totalmente suportado pelo Município de Esposende e conta, ao nível dos recursos humanos, com a colaboração dos bolseiros no âmbito do serviço cívico/comunitário que prestam ao abrigo da atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior.

As praias de Apúlia, Fão, Suave Mar e Cepães são as detentoras de Bandeira Azul, mercê do investimento do Município de Esposende na sua permanente manutenção. Além desse galardão, as praias da Ramalha, Apúlia, Ofir-Fão, Cepães e Rio de Moinhos estão entre aquelas que a DECO PROTESTE reconhece como “Qualidade de Ouro”, devido aos acessos, vigilância, equipamentos, estacionamento e qualidade da água.

cartaz_2017.jpg

 

ESPOSENDE: CASA DAS MARINHAS ESTÁ ABERTA A VISITAS NO VERÃO

A Casa das Marinhas, propriedade do Município de Esposende estará aberta a visitas, de quarta a domingo, durante os meses de verão. A Casa das Marinhas adquire papel fundamental para o Município, no plano de dinamização pedagógica do património cultural, proporcionando o conhecimento do legado cultural do seu autor, o arquiteto Viana de Lima. Esta é uma oportunidade para conhecer mais detalhadamente esta obra do Património Modernista e o seu autor.

casa marinhas.jpg

Funcionando, de quarta a sexta, de julho a setembro, das 14h00 às 17h00 e aos sábados e domingos a partir das 10h30, a casa das Marinhas pode ser enquadrada no conceito de heterotopia, projetado pelo filosofo Michel Foucault, uma vez que a casa pode ser considerada como um lugar que possui múltiplos sedimentos de significação ou de ligações com outros lugares e não pode ser compreendida imediatamente.

Seguindo este pressuposto, sugerimos uma visita à casa das Marinhas, uma vez que acumula níveis de informações/conhecimentos que após uma vista atenta é possível observar.

A história de vida do Arquiteto Viana de Lima, a história da arquitetura ou a história da Casa das Marinhas fundem-se no objeto de arquitetura. Viana de Lima produziu alguns dos ícones da história da arquitetura portuguesa e é considerado como um dos principais responsáveis pela implementação do Movimento Moderno da arquitetura em Portugal. O imóvel é um monumento de interesse público de acordo com a Portaria n.º 740-FA/2012. A classificação da Casa das Marinhas reflete o génio do respetivo criador; o valor estético e técnico do bem; a conceção arquitetónica e paisagística. A Casa das Marinhas foi construída em 1954, projeto da autoria do arquiteto. A moradia foi desenhada e construída como habitação de descanso familiar, manifestando alusões a arquitetura do Movimento Moderno e espelhando a vivência do produtor.

ESPOSENDE REALIZA BATALHA DAS FLORES

Batalha de Danças Urbanas na marginal de Esposende
As danças urbanas estão de regresso à marginal de Esposende. Domingo, a partir das 14h30, realiza-se a oitava edição da Esposende Street Battle, evento que integra a programação “Esposende, Verão 2017”.

street batle.jpg

Organizado pela Câmara Municipal de Esposende em parceria com a Praxistudio, Escola de Dança de Esposende, esta festa do Urban Dance em que os bailarinos competem entre si em jeito de “batalha”, terá participantes de todo o país assim como do estrangeiro que se deslocam a Esposende nesta data, tal é o prestígio que este evento já alcançou tanto dentro como além fronteiras.

Tal como em edições anteriores, esta competição integra os estilos Bboying (Breakdance) e o Bgirling, o Locking, o Popping, o Hip Hop e All Styles. Além de prémios monetários e troféus, esta “batalha”, afirma-se como uma das mais importantes da Península Ibérica, pelo ambiente festivo e singular onde se realiza, ao ar livre na nossa zona ribeirinha.
A qualidade do Júri da competição é igualmente um fator que capta a atenção e interesse dos participantes.
As inscrições podem ser efetuadas no local e no dia do evento, a partir das 13h30.

GALAICOFOLIA SOBRE AO CASTRO DE S. LOURENÇO EM ESPOSENDE

Galaicofolia, 2000 anos de festa

O Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, Esposende, vai acolher, nos dias 21, 22 e 23 de julho, mais uma edição da “Galaicofolia – 2000 anos de festa”, um evento cultural, de lazer e entretenimento, promovido pela Câmara Municipal de Esposende, em parceria com a Junta de Freguesia de Vila Chã e que este ano tem como tema principal o sal. As portas do recinto abrem às 18 horas de sexta-feira, dia 21. Este ano, as grandes novidades do evento são a representação da grande instituição que assumia o casamento (Romanae Nuptiae) na sociedade romana e o acampamento romano que será representado pela tenda do General, as tendas militares, paliçada e torres e triclinium e colunas.

galaicofolia.jpg

Existe uma forma de festejar nascida nestes castros há mais de 2000 anos. A cada instante invadia este povo uma sensação única de prazer festivo, um modo de estar em festa que se desenvolveu no atravessar dos tempos, mantendo um espírito ímpar de diversão. 

Nos dias 21, 22 e 23 de julho, no Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, será recriado o modus vivendi da aldeia galaica que ali existiu, numa iniciativa que integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo do Município de Esposende e visa promover a cultura do noroeste peninsular, área de influência da Cultura Galaica. 

Animação, música, gastronomia de época, mercado romano, queimada galaica, ambiências e recriações históricas são algumas das áreas que nos vão transportar aos antepassados, recordando o modus vivendi do povo castrejo.  A organização disponibiliza transportes gratuitos a partir da cidade de Esposende (na paragem junto ao Mercado) até ao evento e, nas imediações, estarão disponíveis parques de estacionamento. 

O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, aponta a Galaicofolia como “uma marca do Município que visa afirmar o concelho no plano turístico e divulgar o património concelhio, contribuindo também para a dinamização da  economia local”. O autarca enquadra o evento na estratégia de promoção e valorização do concelho, que passa não só por atrair mais turistas e visitantes, mas também por fixar população.

A Galaicofolia apresentará várias áreas temáticas, possibilitando uma oferta para todo o tipo de públicos. No Espaço Zythos (Spatium Zythos), termo grego para denominação de cerveja, podem encontrar-se petiscos, cerveja artesanal e cidra. Na zona alimentar (Tabernae), pode encontrar-se comida galaica e romana, com destaque para os pratos de caça. No Curral (Stabulum), estarão concentrados os animais domésticos que faziam parte do quotidiano da vida dos galaicos e no Mercado Romano (Fórum), onde estarão artesãos a trabalhar ao vivo, podem negociar-se os materiais, os utensílios, os adornos e mesmo os produtos alimentares.

Os espaços comuns, como o Mercado Romano, a Muralha, o Castro, o Acampamento Romano e a Arena acolhem diversos espetáculos, cabendo nesta última a recriação do treino de soldados, o combate de gladiadores e demonstração de tiro com várias armas – arco, balistra e catapulta. Haverá ainda workshop’s dos ofícios de cordoaria e ferreiro, demonstração de voo de aves de rapina, recriações teatrais e desfile que captará, com toda a certeza, a atenção do visitante.

Enraizarte e Gambuzinos garantem a animação musical, mas a oferta alarga-se à recriação teatral, pelo Perjocum, a espetáculos de fogo, com o Jugling Fire e demonstrações de aves de rapina. Pelo caminho, há sempre oportunidade para experimentar a queimada galaica e provar a gastronomia bimilenar.

Para os mais novos há o espaço Caturo (Ludus Caturi), nome da mascote do Serviço Educativo do Centro Interpretativo de S. Lourenço, local reservado a jogos, oficinas, histórias e muitas brincadeiras. Aqui a pequenada poderá experimentar o tiro com catapulta, especialmente preparada para ela, além de uma surpresa a descobrir no local. Para os mais corajosos haverá o Desafio Galaico, onde poderão experimentar atividades mais radicais, terminando a atividade como autênticos guerreiros.

galaico1.jpg

ESPOSENDE APOIA BOMBEIROS

Município de Esposende atribui apoio financeiro de 35 mil euros aos bombeiros

A Câmara Municipal de Esposende aprovou, por unanimidade, em reunião do Executivo, a concessão de apoios financeiros de 35 mil euros, às corporações de bombeiros do concelho: à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Esposende e à Benemérita Associação dos Bombeiros Voluntários de Fão. O subsídio anual de 17.500 euros a cada uma das corporações, constitui importante apoio para que os soldados da paz prossigam a missão no plano da Proteção Civil, assegurando o serviço às populações do município, no socorro aos acidentes de viação e transporte de doentes, assim como nos incêndios ou outras emergências.

EHM 1.JPG

Segundo a proposta que subiu a votação, apresentada pelo vereador com a área funcional da Proteção Civil, Maranhão Peixoto, a conjuntura económico-financeira que o país atravessa, aliada a um conjunto de alterações na legislação que enquadram esta atividade, tem afetado de forma muito significativa a estabilidade destas associações, nomeadamente no que concerne às suas fontes de financiamento. Por isso, para que não haja limitações ao excelente desempenho das duas corporações de bombeiros e na continuidade das políticas de apoio institucional desenvolvidas pelo Município de Esposende, serão atribuídos montantes de 17.500 euros a cada uma das corporações.

Lembre-se que a autarquia mantém um apoio permanente às duas corporações, na compra de viaturas, ajuda na elaboração de candidaturas a fundos, ajuda em eventos e no subsídio anual, já por este executivo aumentado (o apoio passou de 14 000 para 17 500 euros em 2014).

Na reunião do Executivo foi, ainda, aprovado por unanimidade, o projeto de execução, para a requalificação da Escola Henrique Medina. Esta aprovação visa a submissão do projeto a candidatura.

Os arquitetos responsáveis pelo projeto de requalificação da Escola Henrique Medina estiverem presentes na reunião, tendo esclarecido dúvidas de vereadores e do público. Informou Marques Franco que o presidente da Câmara pediu contensão nos custos, pelo que a escolha dos materiais foi criteriosa, atendendo ao uso intensivo que estes locais têm e à falta de manutenção.

O projeto de requalificação da Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina resulta do acordo entre o Município de Esposende e o Ministério da Educação e Ciência, prefigurando a primeira grande intervenção, desde que foi inaugurada, há 36 anos.

O projeto do arquiteto Marques Franco, prevê, na primeira fase de intervenção, a ampliação e a reformulação do refeitório, a construção de um bloco virado a nascente, na entrada da escola, que albergará o Polivalente, a Biblioteca, o Auditório, a Reprografia/ Papelaria, espaço para a direção e atendimento aos pais (espaço para diretores de turma), Secretaria, Sala de descanso e balneários para o pessoal. Nesta fase, deverão ser também removidas as coberturas existentes em amianto e na fase seguinte será efetuada a ligação entre os blocos de aulas, concluindo o projeto.

bombeiros jpeg.jpg

MARGINAL À NOITE ILUMINA ESPOSENDE

Correr na Marginal de Esposende é sem dúvida algo sempre muito especial. Fazê-lo à noite, com o final de um pôr-do-sol a marcar o horizonte é ainda mais extraordinário. Foi este o cenário que os participantes da Corrida Marginal à Noite Esposende encontraram no passado sábado quando foi dado o tiro de partida.

Como prometido, muita luz marcou esta marginal, iluminando uma fantástica noite para a prática de desporto, com as camisolas e as pulseiras fluorescentes a sobressaírem entre os milhares de participantes.

A Marginal à Noite Esposende é um evento único em que a alegria que os seus participantes revelavam, nomeadamente os grandes grupos de amigos e de famílias que optaram por percorrer os 8 km da prova em ritmo de caminhada.

Com uma forte linha de atletas de elite na frente da corrida, no setor masculino, Daniel Pinheiro, do Maia A.C., destacou-se e venceu a prova com o tempo de 23:59. A competitividade entre os atletas da frente ficou patente nos tempos atingidos pelo 2º e 3º classificados. Rui Muga, do Clube Atlético de Mogadouro, ficou assim na segunda posição com o tempo de 24:07 e Carlos Costa, do C. D. S. Salvador do Campo com o tempo de 24:13 fechou o pódio masculino.  

No setor feminino, a vitória sorriu a Silvana Dias, do S. L. Benfica, com o tempo de 28:12, seguida por uma jovem promessa do atletismo nacional, Jéssica Pontes, do Liberdade F.C., com o tempo de 30:15. O último lugar do pódio foi ocupado por Carla Mendes, da Escola do Movimento, com o tempo de 31:10.

Numa noite sem dúvida animada, Bruno Soares Sax ajudou a criar um ambiente ainda mais animado com a sua música, desde o aquecimento aos momentos que antecederam a cerimónia de pódio.

Os prémios dos atletas que atingiram as três primeiras posições do pódio foram entregues pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Dr. Maranhão Peixoto, por Aurora Cunha, embaixadora Liberty Seguros, e Vitor Reis da agência Liberty Seguros de Esposende.

A música e animação continuaram após a cerimónia de pódio, com muitos dos participantes e espetadores da corrida a juntarem-se a uma fantástica noite de festa e de desporto.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE ESPOSENDE VENCE EQUIPA DA MISERICÓRDIA

AD Esposende venceu Campeonato Concelhio de Veteranos

A Associação Desportiva de Esposende conseguiu a vantagem suficiente, em relação à equipa da Santa Casa da Misericórdia de Esposende, alcançando a vitória final na competição, após a derradeira jornada que se realizou no Centro Desportivo do CF de Fão.

ade 1.jpg

A completar o pódio, o CF de Fão ocupou o terceiro lugar, numa competição que envolveu mais de 200 atletas do escalão Veteranos (mais de 35 anos) que, entre janeiro e junho deste ano, participaram num total de 13 jornadas.

Este Campeonato insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e pretende fomentar a prática desportiva em todas as gerações. Lembre-se que, paralelamente, o Município promove o Campeonato Concelhio de Futebol Infantil, envolvendo crianças dos diversos escalões de formação.

As jornadas do Campeonato Concelhio de Veteranos decorreram no Centro Desportivo do CF Fão, no Estádio Padre Sá Pereira, no Estádio Padre Avelino Peres Filipe, no Estádio Horácio Queirós e no Estádio de Vila Chã.

Segue-se a classificação completa: AD Esposende (1º), SCM Esposende (2º), CF Fão (3º), Forjães SC (4º), JF Rio Tinto/Fonte Boa (5º), DR Estrelas do Faro (6º), CSJ Mar (7º), FC Marinhas (8º), CSJ Belinho (9º), GCDR Gemeses (10º), UD Vila Chã (11º), Gandra FC (12º) e GD Apúlia (13º).

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE RECEBE ESPÓLIO DO ESCRITOR MANUEL DE BOAVENTURA

O espólio do escritor Manuel de Boaventura passou a integrar o acervo da Biblioteca Municipal de Esposende, depois de hoje ter sido assinado um contrato de doação, com representantes da família do escritor e da Câmara Municipal. O espólio ficará na Biblioteca Municipal (que tem o nome do escritor), mas o Município de Esposende tem a intenção de adquirir a casa onde Manuel Boaventura residiu, em Palmeira de Faro, para conferir ao imóvel a função de Casa Museu.

Manuel de Boaventura jpeg.jpg

Da herança que compõe a biblioteca particular e arquivo pessoal de Manuel Boaventura fazem parte manuscritos e correspondência, desenhos, fotografias e outros documentos avulsos. Após ter atribuído o nome de Manuel de Boaventura à Biblioteca Municipal e de ter instituído o Prémio Literário com o seu nome, o Município de Esposende prepara-se para alargar a sua ação, em torno de um dos mais representativos escritores regionalistas do Minho.

“Temos consciência do legado que foi agora depositado nas nossas mãos. Manuel de Boaventura continuará na nossa memória e garanto que dignificaremos essa figura maior da nossa cultura”, destacou o presidente da Câmara Municipal de Esposende.

Benjamim Pereira assume o forte incremento na cultura, traduzido na reedição do livro “O Solar dos Vermelhos” – hoje apresentado – mas também em projetos profundamente enraizados na vivência local, como o Crescimento Arte Teatral em Esposende (Crearte) que dinamizou os grupos teatrais ou o sucesso alcançado pelos coros (Sénior e de Pequenos Cantores).

“A cultura é e continuará a ser uma prioridade do município, porque é importante na consolidação da identidade do povo de Esposende. No futuro investiremos, com muito trabalho e investigação, no tratamento de todo o material que a família de Manuel de Boaventura doou ao Município”, garantiu Benjamim Pereira.

Em representação da família do escritor, Maria Helena de Boaventura e Silva vincou que “a reedição da obra e a atribuição do nome de Manuel de Boaventura ao prémio literário instituído pela Câmara Municipal são, para a família, um grato reconhecimento”.

Já Sérgio Guimarães de Sousa, professor da Universidade do Minho e editor de “O Solar dos Vermelhos” garante a reedição das restantes obras de Manuel de Boaventura permitirão “restituir o lugar canónico que o autor merece”, sublinhando a forte componente historiográfica da obra do escritor, pelo que sublinhou a importância do papel assumido pela autarquia esposendense, ao garantir a edição de toda a obra de Manuel de Boaventura.

ESPOSENDE É UM ESPECTÁCULO

Esposende Verão 2017. Mais de 100 eventos em três meses

Já arrancou o programa “Esposende Verão 2017”. Ao longo dos meses de julho, agosto e setembro, mais de cem eventos de animação, cultura, desporto e lazer concorrem para proporcionar o melhor verão tanto aos residentes e aos emigrantes, como aos turistas e visitantes.

DSC07831.JPG

Atendendo à natural vocação turística do concelho, o Município de Esposende aposta num programa amplo e diversificado para cativar turistas e visitantes, numa estratégia que visa também o desenvolvimento económico por via da dinamização do comércio e serviços locais.

Aos grandes eventos Galaicofolia e Sons de Verão junta-se, este ano, a Festa da História, um novo conceito de animação cultural da cidade, propondo-se para este ano a temática dos Caminhos de Santiago. O evento, a acontecer entre 24 e 27 de agosto, integra espetáculos de fogo, animação musical, dança, artes circenses, espaço infantil e, como não podia deixar de ser, a gastronomia.

DSC08258.JPG

Aliando a vertente cultural ao lazer e entretenimento, a Galaicofolia – 2000 anos de festa”, volta a transformar o Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, de 21 a 23 de julho, numa verdadeira aldeia galaica. Estão garantidos dias de verdadeira folia, onde a animação convive com a gastronomia, as recriações históricas, a música, o teatro e a dança, entre muitas e variadas atividades dirigidas a todo o tipo de públicos.

Há muito integrado no circuito de festivais do norte do país, o Festival Sons de Verão promete repetir o sucesso de edições anteriores com concertos com Richie Campbell, Paulo Gonzo e Anselmo Ralph, nos dias 17, 18 e 19 de agosto, respetivamente.

DSC09476.JPG

Para além destes eventos macro, o programa Esposende Verão 2017 integra uma grande variedade de outras propostas, como espetáculos de dança, música, teatro, concertos, exposições, feiras e atividades desportivas, animação nas praias e iniciativas para os mais novos. E porque o verão é sinónimo de festa o cartaz inclui as festas e romarias de cada freguesia, mantendo viva a história e tradição locais, que estarão também em evidência no Desfile Histórico, que acontecerá no dia 20 de agosto, na sede do concelho.

De resto, este programa revela-se, ainda, um investimento nas pessoas e instituições locais, na medida em que lhes permite divulgar o trabalho produzido no concelho, nas mais variadas áreas.

Assente no conceito “ver, sentir e viver o concelho” o Esposende Verão 2017 visa proporcionar à população residente ou emigrada e a todos os que visitam ou passam férias em Esposende um verão bastante animado e atrativo, explica o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

verao.jpg

“É extremamente importante reforçarmos a dinâmica da cidade e do concelho neste período, consolidando Esposende como um destino de férias e contribuindo para o crescimento da economia local”, refere o Autarca, notando que tal só é possível graças à excelente situação financeira do Município, fruto de uma gestão rigorosa e equilibrada. Benjamim Pereira realça, contudo, que “mantemos o investimento, de resto bem patente no vasto conjunto de intervenções em curso em todas as freguesias do concelho, e a aposta nas mais variadas áreas”.

O programa Esposende Verão 2017 pode ser consultado através da aplicação móvel para smartphones ESPOSENDEVERAO.

Water Party (119).JPG

MARTIN RYOBO VENCE 5º TRIAL URBANO DE ESPOSENDE

Perante uma plateia de cerca de 1500 espectadores decorreu, no passado dia 1 de julho, o 5.º Trial Urbano de Esposende, organizado pelo Moto Clube do Porto, com o apoio da Câmara Municipal de Esposende.

_DSC3067.JPG

O Largo dos Bombeiros foi o palco desta que foi a primeira prova do Campeonato de Trial Indoor 2017 da Federação de Motociclismo de Portugal, na qual se sagrou vencedor o jovem espanhol Martin Ryobo.

Diogo Vieira, campeão nacional de Trial Indoor que tinha vencido as quatro anteriores provas do Trial de Esposende, ficou classificado no segundo posto e o terceiro lugar do pódio foi ocupado pelo também espanhol Javier Piñero, piloto de 33 anos que, pela quarta vez, veio competir a Esposende. Nas posições seguintes classificaram-se respetivamente o veterano Filipe Paiva e os jovens Mané Teixeira e Bernardo Vots, este último a estrear-se nos difíceis obstáculos artificiais.

A luta foi renhida até ao final da última zona, tendo Martin Ryobo levado a melhor por apenas um ponto de diferença. Despique que levou ao rubro a multidão, num suspense conseguido pela meticulosa montagem dos obstáculos.

O novo formato destas provas, a copiar as experiências da Federação Internacional de Motociclismo, deu frutos, provocando uma prova bastante mais dinâmica, com recurso a muitas corridas paralelas e deixando os grandes duelos para o fim.

A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Arquiteto Benjamim Pereira.

O 5.º Trial de Esposende irá ter as habituais honras televisivas na RTP2.

5º Trial de Esposende 2017 01 Seis pilotos.jpg

5º Trial de Esposende 2017 04 Martin Ryobo.jpg

5º Trial de Esposende 2017 16 Diogo Vieira.jpg

PRAIAS DE ESPOSENDE SÃO DE OURO

Praias de Esposende com “Qualidade de Ouro” em apreciação no portal Mais Praia

As praias da Ramalha, Apúlia, Ofir-Fão, Cepães e Rio de Moinhos, que ostentam o galardão “Qualidade de Ouro”, foram escolhidas pela DECO PROTESTE para figurar no portal Mais Praia www.maispraia.pt, uma plataforma de informação sobre as praias costeiras e fluviais portuguesas.

Praia de Esposende.jpg

No portal Mais Praia, disponível até ao final da época balnear, é possível encontrar as praias com Bandeira Azul, as que foram reconhecidas como Praias Acessíveis, além de outras informações complementares, relacionadas com vigilância, equipamentos, estacionamento e qualidade da água.

A exemplo dos últimos dois anos, a DECO PROTESTE disponibiliza esta plataforma, dando a possibilidade aos utentes registados de darem a sua apreciação sobre as praias e denunciar os problemas detetados pelos banhistas, sendo que a DECO PROTESTE se compromete a reencaminhar a reclamação para a entidade competente com vista à sua resolução.

A novidade da edição deste ano reside na possibilidade de os utilizadores elegerem uma praia que gostariam de ver melhorada – o “Amor de Praia”. Neste sentido, a DECO PROTESTE disponibiliza cinco mil euros para a realização de uma intervenção que proporcione uma melhoria nas condições de utilização da praia que recolher mais votos. De entre outras possibilidades, é atribuída especial importância à segurança dos utilizadores das praias, à informação e ao acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

A verba será entregue à Câmara Municipal ou à Junta de Freguesia da praia respetiva, após uma análise conjunta de projetos de melhorias propostos por estas entidades.

Comprovando que Esposende se mantém como um excelente destino balnear, para além das referidas praias com “Qualidade de Ouro”, nesta época balnear, Esposende ostenta a Bandeira Azul nas praias de Apúlia, Fão, Suave Mar e Cepães.

ESPOSENDE MOSTRA QUE "BRINCAR É COISA SÉRIA"

Ficou marcada pelo êxito a iniciativa “BRINCAR é coisa séria!”, que o Município de Esposende, em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Esposende e Centro de Intervenção Psicológica e Terapêutica, levou a efeito nos dias 30 de junho, 1 e 2 de julho.

_DSC0050.JPG

O Seminário “Revisitar o valor do BRINCAR”, que decorreu no Auditório Municipal, reuniu um alargado leque de reputados oradores, que, através de diferentes abordagens, possibilitaram a reflexão acerca da verdadeira importância que o brincar assume nos dias de hoje.

Coube ao Presidente da Câmara Municipal dar as boas vindas aos participantes. Benjamim Pereira salientou a importância de debater esta temática e notou que o Município tem procurado garantir um conjunto de espaços físicos, como são exemplos os vários parques infantis existentes no concelho, mas também um conjunto de diferentes iniciativas, desde o desporto à cultura, que proporcionem às crianças os momentos de lazer e tempos livres, que são fundamentais para o seu crescimento saudável.

Considerando que “brincar é condição essencial no desenvolvimento saudável e equilibrado das crianças”, Benjamim Pereira referiu que “é responsabilidade dos municípios promover a existência de espaços e locais apropriados e potenciadores desse desenvolvimento”, acrescentando que “a iniciativa “Brincar é coisa séria!” é o reflexo claro desta preocupação”.

Por sua vez, a Vereadora da Câmara Municipal de Esposende e Presidente da CPCJ de Esposende, Raquel Vale, considerou esta reflexão oportuna, na medida em que nos dias de hoje são elevadíssimos os patamares de exigência impostos às crianças e em que sobra pouco tempo para os seus verdadeiros tempos livres. Raquel Vale deixou agradecimentos a todos quantos contribuíram para a organização deste evento, entre os quais os patrocinadores Bricantel, Mouse Design e Pastelaria Fãozense, e o media partner Revista Pais&Filhos.

Ana Ribeiro, Diretora Clínica do Centro de Intervenção Psicológica e Terapêutica, refletiu sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil e no seu futuro.

Além deste seminário, o evento integrou a Feira do Brincar e do Brinquedo, que decorreu no parque em frente às Piscinas Foz do Cávado, proporcionando às crianças e suas famílias, bem como à comunidade em geral, experienciar diversas atividades lúdicas, contribuindo para a promoção de formas mais saudáveis de brincar. Estiveram presentes diversas empresas locais e de âmbito nacional relacionadas com esta temática, nomeadamente Oficina do Alfredo, Brincavento, Areal Editores, Science4you, Escola Superior de Tecnologia do IPCA, Majora, Escola Profissional de Esposende, Caixa Mágica, Mouse Design, Coisinhas da Aurora, Aktivsport e Tocca Fascínios. A iniciativa contou ainda com a colaboração da equipa cinotécnica e da escola segura da GNR.

_DSC0122.JPG

_DSC3847.JPG

_DSC3882.JPG

_DSC3886.JPG

“MÚSICA DA PRAÇA” OFERECE CONCERTOS GRATUITOS NO CENTRO DA CIDADE DE ESPOSENDE

A Praça do Município, no centro da cidade de Esposende, vai acolher durante os meses de julho e agosto, mais uma edição do evento “Música na Praça”, proporcionando concertos de diferentes géneros musicais. Uma produção do Município de Esposende, o “Música na Praça 2017” será de entrada livre e terá lugar às 22h00.

musica na praca.jpg

O projeto “Música na Praça” arrancou em 2006 e tem vindo a ser uma constante na programação de verão do Município, oferecendo momentos de lazer ao som dos mais variados estilos musicais, do Fado ao Jazz, do Folk ao World Music. Através deste evento, a Câmara Municipal contribui para a dinamização e animação da cidade, criando motivos de atratividade e proporcionando espetáculos de elevada qualidade.

O fado vai marcar a abertura da edição deste ano, no dia 8 de julho, com Ana Pinhal Quarteto. Ana Pinhal é uma jovem fadista, natural de Matosinhos, fadista residente na famosa Casa de Fados da cidade do Porto, a “Casa da Mariquinhas”. Participou no Caixa Ribeira 2015 e Caixa Alfama 2015 e 2016 e, em outubro de 2015, integrou o elenco do espetáculo "AMÁLIA - Não sei porque te foste embora" no Coliseu do Porto.

Ana Pinhal sobe ao palco do “Música na Praça”, num concerto onde haverá uma perspetiva singular do fado tradicional, de uma voz que não tem parado de crescer, homenageando aqueles com quem aprendeu: Amália Rodrigues, Fernanda Maria, Lucília do Carmo e Hermínia Silva, perpetuando o legado por elas deixado. Ana Pinhal será acompanhada por Miguel Amaral na Guitarra Portuguesa, André Teixeira na Viola e Filipe Teixeira no Contrabaixo.

No 15 de julho será a vez da música folk e, em jeito de aquecimento para a Galaicofolia que se realiza no fim-de-semana seguinte, de 21 a 23 de julho, no Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, subirão ao palco os espanhóis Guintervan. Trata-se de um fabuloso projeto musical Galego, que busca inspiração em ritmos balcânicos, swing, drum&bass, punk, ska, latino, entre outros. A grande potência e expressão da voz tenor de Yvan Van Guinter, aliada à destreza invejável do baterista Roy Alexandre Van Guinter, à mestria de Isaac Van Guinter na guitarra e bouzouki e de Harry Van Guinter no violino fazem de cada apresentação deste grupo um evento memorável.

A encerrar a edição 2017 do “Música na Praça”, no dia 6 de agosto, terá lugar o concerto dos The Wine-a-Billy Rollers, um trio formado por guitarra, contrabaixo e bateria, nascido em 2012, em Lisboa. A linha musical deste projeto assenta no rockabilly dos anos 50, fazendo incursões pelo rhythm & blues, rock n' roll e até mesmo os blues, tocando alguns clássicos de Elvis Presley, Chuck Berry, Johnny Burnette, Gene Vincent, entre muitos outros. Em 2015 a banda lançou o seu primeiro EP ''Let the good wine roll'' com dois temas originais, ''Red wine for my blue heart'' e ''Cherry lips red wine'', assim como duas versões, encontrando-se neste momento em fase de preparação para o seu novo álbum. Compõem a formação Pedro Teixeira na Guitarra Eléctrica e Voz, Ruben el Pavoni no Contrabaixo e Rui Tex Gomes na Bateria.

DSC09535.JPG

JOVENS DE ESPOSENDE APRENDEM A PROGRAMAR NA PLATAFORMA MUNDIAL CODERDOJO

CoderDojo Esposende foi um sucesso

Com uma sala cheia de crianças entre os 7 e os 17 anos. Foi assim que começou o CoderDojo Esposende no passado Sábado, 1 de Julho. A abertura da primeira aula teve a presença da Presidente da Associação de Cidadãos de Esposende, Maria Araújo, que dirigiu algumas palavras aos Jovens programadores, referindo que a codificação pode ser uma força para a mudança no mundo e fazendo ver que todos os programas que irão utilizar ao longo das aulas são Open Source. Ou seja, são gratuito para todos, pelo que podem utilizar todos os recursos livremente fora das sessões do CoderDojo.

1 (3).jpg

Esta primeira aula no Dojo Esposende realizou-se nas instalações da ACICE - Associação Comercial Industrial do Concelho de Esposende e foi dedicada ao Scratch, uma aplicação que permite aos jovens iniciar a programação em blocos, ajudando a entender como funciona a programação base.

O objectivo final na aula foi a construção de um pequeno jogo de labirinto em que os jovens programadores puderam ver o resultado final da programação.

Durante toda a sessão foi possível ver o entusiasmo por parte dos mais pequenos na aprendizagem Scratch. Durante as duas horas de aula puderam experimentar diferentes opções na programação, conviver com outros jovens e, sobretudo, partilhar ideias na construção de um mesmo objectivo.

Os jovens programadores são premiados com emblemas digitais, já que o CoderDojo premeia cada programador, seja pela sua presença na aula, seja pela apresentação de projectos que desenvolvem. Estes emblemas são reconhecidos pelos diferentes Dojos espalhados pelo mundo.

Importante referir que os encarregados de Educação são convidados a ficar e participar na aula, envolvendo de uma forma única pais e filhos.

Nas próximas aulas serão abordados temas como Arduíno e a linguagem de programação C+, em que os jovens programadores terão a oportunidade de construir e desenvolver objectos interactivos independentes.

Um aspecto importante do CoderDojo consiste em fomentar a criatividade e a diversão num ambiente social. O CoderDojo faz com que o desenvolvimento e a aprendizagem de programação constituam uma experiência divertida e positiva.

De recordar que CoderDojo e Raspberry uniram forças para que os CoderDojo sejam cada vez mais uma realidade. Em Esposende o CoderDojo surgiu pelas mãos da Associação de Cidadãos de Esposende, que aposta novamente em projetos inovadores para o concelho. Este Dojo integra a Comunidade internacional de clubes de programação.

2 (3).jpg

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE ASSINA CARTA PORTUGUESA PARA A DIVERSIDADE

O Município de Esposende assinou, no passado dia 27 de junho, a Carta Portuguesa para a Diversidade, assumindo a Diversidade como um imperativo ético e um princípio basilar e orientador da sua atuação interna e externa, fazendo parte dos seus valores e da sua identidade institucional.

Carta.jpg

A Carta tem como princípio a Diversidade, entendida como o reconhecimento, o respeito e a valorização da(s) diferença(s) entre as pessoas, incluindo particularmente as diferenças relativas ao sexo, identidade de género, orientação sexual, etnia, religião, credo, território de origem, cultura, língua, nacionalidade, naturalidade, ascendência, idade, orientação política, ideológica ou social, estado civil, situação familiar, situação económica, estado de saúde, deficiência, estilo pessoal e formação.

A Diversidade numa organização é potenciadora de inovação, atração, retenção, promoção de talento e de competências diversas e representa uma mais-valia ao tornar a própria organização, um espelho da sociedade onde se insere e atua, razões pelas quais o Município entendeu subscrever esta Carta.

Assim, entre outras questões, o Município compromete-se a assumir, ao nível da gestão de topo e dos outros níveis hierárquicos, a criação das condições para a compreensão, o respeito e a promoção da Diversidade por todas as pessoas, e a desenvolver uma cultura organizacional baseada no respeito mútuo, no reconhecimento e valorização dos talentos e das diferenças individuais. Deverá também promover práticas de gestão de pessoas que suportem os princípios da Diversidade e inclusão com um especial enfoque na igualdade de tratamento e de oportunidades no processo de recrutamento e seleção, na formação e desenvolvimento profissional, na avaliação, na progressão na carreira e na remuneração, bem como promover a Diversidade como fonte de desenvolvimento e aprendizagem para além do crescimento económico, mas também como meio para alcançar uma existência intelectual, emocional, moral e espiritual mais satisfatória. Ao assinar a Carta Portuguesa para a Diversidade, a Câmara Municipal assume também o compromisso de privilegiar a criação de equipas de trabalho com base nos princípios e valores desta Carta, valorizando as características distintivas e o mérito de cada pessoa, e a promover e respeitar a Diversidade através de metodologias, instrumentos de gestão e condições, incluindo o tempo de trabalho, que incentivem o desenvolvimento das pessoas, de acordo com as suas necessidades e características. São ainda compromissos assegurar que a comunicação da Carta e das atividades relacionadas com esta é feita a colaboradores/as, clientes, fornecedores, parceiros e à sociedade em geral por forma a potenciar o envolvimento e compromisso com os seus princípios, promover oportunidades para reflexão, aprendizagem e desenvolvimento de práticas promotoras da Diversidade, seja a nível interno, seja pela partilha entre as várias organizações signatárias ou em momentos públicos, e, ainda, analisar, avaliar e partilhar as atividades desenvolvidas e os resultados atingidos no âmbito desta Carta, promovendo a sua divulgação e contribuindo para o seu reforço a nível nacional e internacional.

ESPOSENDE REALIZA REABILITAÇÃO URBANA

Município de Esposende avança com Operações de Reabilitação Urbana em Marinhas, Esposende, Fão e Apúlia

O Município de Esposende vai avançar com as Operações de Reabilitação Urbana (ORU’s) de Marinhas, Esposende, Fão e Apúlia, na sequência da aprovação dos Programas Estratégicos de Reabilitação Urbana (PERU), hoje, em reunião do executivo municipal.

aerea.jpg

 Trata-se das linhas de ação definidas no âmbito do PARU - Plano de Ação para a Reabilitação Urbana e da delimitação das respetivas Áreas de Reabilitação Urbana (ARU’s), plano que prevê um investimento de aproximadamente quatro milhões de euros, sendo que, deste valor, o Município garantiu 3 438.521 euros de financiamento.

Os Programas Estratégicos de Reabilitação Urbana serão agora submetidos a discussão pública, por um período de trinta dias após publicação do anúncio em Diário da República, e serão também remetidos ao IHRU - Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana para emissão de parecer não vinculativo. Findo o período de discussão pública, os PERU’s serão remetidos à Assembleia Municipal de Esposende para aprovação.

O Município definiu as áreas de Esposende, Marinhas, Apúlia e Fão por serem espaços urbanos consolidados, com relevante interesse patrimonial e que apresentam alguns problemas de degradação física dos edifícios, locais que, de resto, têm estado na base de outras medidas de reabilitação urbana, adotadas pela Câmara Municipal.

Componente indispensável ao desenvolvimento socioeconómico e urbano local, o PARU insere-se num plano mais alargado, decorrente do novo regime jurídico da reabilitação urbana que veio estabelecer novas regras às autarquias locais, desde logo, a possibilidade de delimitar e assegurar a promoção das medidas necessárias à reabilitação das áreas urbanas que dela careçam.

Trata-se de um importante instrumento de ordenamento do território face aos desafios ao quadro comunitário “Portugal 2020”, à importância conferida aos centros históricos e frentes ribeirinhas, nomeadamente espaços urbanos e verdes de utilização coletiva, equipamentos, atividades económicas e infraestruturas correspondentes.

As operações urbanísticas devem ter por base a sustentabilidade das intervenções, a manutenção da identidade local e a criatividade nas propostas que visem a revitalização e dinamização de cada uma das áreas.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, nota que “particulares e entidades privadas que queiram fazer obras ficam abrangidos por benefícios fiscais aplicáveis nas operações urbanísticas a desenvolver”, sendo que a estratégia passa também por “incentivar a atividade económica nos setores ligados à reabilitação urbana, contribuindo para a criação/manutenção de emprego”.

“Sendo Esposende um concelho com vocação turística é preocupação do Município garantir uma adequada imagem urbana”, refere Benjamim Pereira, clarificando que, neste sentido, “o Município tem vindo a atuar no sentido de garantir a manutenção e conservação dos edifícios em estado de degradação, em risco de ruína ou que, por questões de salubridade, possam constituir perigo para a saúde pública, tanto nos núcleos urbanos como em todo o concelho”.

Não obstante a legislação determinar a realização de obras de conservação dos edifícios pelo menos uma vez em cada período de oito anos, vão subsistindo situações em que os edifícios atingem um grau de degradação acentuado obrigando a Câmara Municipal a intervir. Assim, com base na avaliação de cada situação mediante a realização de uma vistoria, a Autarquia define o tipo de intervenção a realizar e estipula o prazo de execução das obras de conservação necessárias à melhoria do arranjo estético dos edifícios em caixa, medidas que são sempre sujeitas à aprovação do executivo municipal.

O Município de Esposende realizará uma sessão pública para esclarecimento dos potenciais interessados sobre os Programas Estratégicos de Reabilitação Urbana.

ESPOSENDE ABORDA IMPORTÂNCIA DO "BRINCAR"

É já no próximo fim-de-semana que vai decorrer a iniciativa “BRINCAR é coisa séria!”, organizada pelo Município de Esposende, em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Esposende e Centro de Intervenção Psicológica e Terapêutica.

BRINCAR.jpg

O evento contempla a realização do Seminário “Revisitar o valor do BRINCAR”, na sexta-feira, dia 30 de junho, no Auditório Municipal de Esposende, e a Feira do Brincar e do Brinquedo, no sábado e no domingo, dias 1 e 2 de julho, na Zona Ribeirinha de Esposende.

Esta iniciativa visa refletir sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil e no seu futuro, bem como sobre a forma como o brincar tem evoluído ao longo do tempo e quais as implicações dessas mudanças. Em última análise, pretende-se contribuir para a promoção de formas mais saudáveis de brincar, dando também às famílias e à comunidade em geral a possibilidade de experienciarem diversas atividades lúdicas.

O Seminário “Revisitar o valor do BRINCAR” pretende refletir acerca da verdadeira importância que o brincar assume nos dias de hoje. A sessão de abertura, prevista para as 9h30, será presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Esposende, contando também com as intervenções da Vereadora da Câmara Municipal de Esposende e Presidente da CPCJ de Esposende, Raquel Vale, e da Diretora Clínica do Centro de Intervenção Psicológica e Terapêutica, Ana Ribeiro.

Os trabalhos iniciam-se às 10h00, com o Painel “A importância do brincar no desenvolvimento da criança e do adulto”. Hugo Rodrigues, Pediatra na Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E.P.E., e docente na Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho e na Escola de Tecnologias da Saúde do Instituto Politécnico do Porto, abordará o tema "Brincar é o melhor remédio!" e Eduardo Sá, Psicólogo e Professor Auxiliar do ISPA - Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida centrará a sua intervenção sobre a temática "Brincar como património da humanidade". 

No segundo painel da manhã, dedicado à “Utilização educativa e terapêutica do brincar” intervirá um representante do Projeto Piloto Grupos Aprender, Brincar, Crescer, da Direção-Geral de Educação, e Maria José Araújo, Professora Adjunta da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto e Investigadora do CIPEM-INET-md e do INED – Centro de Investigação em Educação da ESE-IPP, que abordará o tema "Crianças carentes de "Vitamina B".

Refletindo sobre o “Lugar do brincar na história da infância e liberdade para brincar com segurança”, intervirão os oradores João Amado, Professor Associado com Agregação, Aposentado, da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, que abordará o tema “Brincar e modos de ser criança na charneira dos séculos XIX e XX em Portugal”, e Helena Sacadura Botte, Técnica de Segurança Infantil e Secretária-Geral da APSI - Associação para a Promoção da Segurança Infantil, que apresentará o tema "A liberdade para brincar em segurança". No âmbito deste painel será ainda visualizada uma mensagem vídeo de Carlos Neto, Professor Catedrático da Faculdade de Motricidade Humana, com o tema "Libertem as crianças: Mais autonomia, risco e participação".

Não descurando a evolução, nomeadamente tecnológica, consta do programa um painel dedicado a “Novas formas de brincar e considerações da neuropsicologia acerca das experiências no mundo virtual”. Com o tema “Criatividade, ensino e jogos digitais” participará Nuno Feixa Rodrigues, Professor Coordenador na Escola Superior de Tecnologia do IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, Carlos Fernandes da Silva, Professor Catedrático no Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro e Membro da CPCJ de Mira, abordará a temática “O brincar virtual e desenvolvimento de competências neurocognitivas e psicossociais”, e Ana Isabel Veloso, Professora Auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro e Membro da Direção da Sociedade Portuguesa de Ciências dos Videojogos, com o tema "Jogar não tem idade".

A conclusão dos trabalhos, nomeadamente o comentário final, estará a cargo de Helena Gatinho, Jornalista e Diretora da Revista Pais & Filhos, e de Raquel Vale, Vereadora e Presidente da CPCJ de Esposende.

MOTO CLUBE DO PORTO LEVA TRIAL URBANO A ESPOSENDE

5.º Trial Urbano de Esposende disputa-se no próximo sábado no Largo dos Bombeiros

O Largo dos Bombeiros, em Esposende, vai acolher no próximo sábado, dia 1 de julho, às 21h30, o 5.º Trial Urbano, uma organização do Moto Clube do Porto, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Esposende.

trial.jpg

Trata-se da primeira prova do Campeonato de Trial Indoor 2017 da Federação de Motociclismo de Portugal, que será marcada por um formato mais dinâmico, dando muito mais uso às corridas paralelas, pois serão estas a ditar a ordem de entrada nos obstáculos por parte dos pilotos.

DSC09130 (1).JPG

Esta quinta edição do Trial Urbano de Esposende vai contar com a presença dos melhores pilotos da atualidade, com destaque para Diogo Vieira, atual campeão nacional Indoor e outdoor, que lidera o Campeonato Nacional outdoor com duas vitórias nas duas provas já disputadas. Diogo Vieira venceu no fim-de-semana passado uma prova de Super Enduro, de campeonato nacional, em Castelo Branco, sendo que a 18 de junho fez um brilhante 34.º lugar numa dificílima prova de Hard Enduro, na Áustria, com 2000 pilotos, tendo mesmo vencido a prova extra de Super Enduro desta competição. O espanhol Javier Piñero 2.º classificado no Campeonato Indoor 2016 e 3.º no Campeonato Outdoor é outra das presenças confirmadas nesta prova, onde participarão também Filipe Paival, veterano e totalista em Esposende, Manuel Teixeira, 4.º no Campeonato Indoor 2016 e Bernardo VOTS, jovem promessa, 2.º Campeonato 2016, categoria de Consagrados (o 2.º escalão), para além de outro piloto espanhol.

No Largo dos Bombeiros estará montado um circuito que se divide por cinco zonas de obstáculos – a percorrer por duas vezes – e ainda uma zona de corridas paralelas, recorrendo a bobinas de grande dimensão, a armações metálicas e de madeira, criando assim dificuldades apenas superáveis pelos melhores pilotos de trial. A entrada é livre.

DSC09224 (1).JPG

ESPOSENDE DESTACA CERÂMICAS E PORCELANAS

Cerâmicas e porcelanas em destaque na Feira de Velharias de julho

Na edição do mês de julho, a Feira de Velharias de Esposende vai dar destaque à temática “Cerâmicas e porcelanas, Louças de antigamente”.

DSC_0389.JPG

Assim, no próximo domingo, dia 2 de julho, serão vários os expositores que evidenciarão estes artigos, disponibilizando nomeadamente louças de outros tempos. Para além destas peças, estará disponível uma gama muito variada de outros artigos e produtos, como artefactos etnográficos, bibelots, quinquilharias, livros, discos, jornais, revistas, selos, postais, moedas, relógios, máquinas, mobiliário, artigos para o lar e peças de arte.

Promovida pela Câmara Municipal de Esposende, a Feira de Velharias realiza-se no primeiro domingo de cada mês, no Largo Rodrigues Sampaio, entre as 10h00 e as 19h00, e tem entrada livre.

Através da realização deste certame, o Município promove a compra, venda e troca de velharias, antiguidades e colecionismo, nomeadamente de artefactos etnográficos, bibelots, quinquilharias, livros, discos, jornais, revistas, selos, postais, moedas, relógios, máquinas, mobiliário, artigos para o lar e peças de arte.

TORNEIO INTERNACIONAL DE FUTEBOL FOREST REALIZA-SE EM ESPOSENDE

SC Braga bate Nottingham Forest e vence Esposende Cup 2017

Decorreu de 22 a 25 junho, em Esposende, o Torneio Internacional de Futebol Esposende Cup. Esta iniciativa, da responsabilidade da Câmara Municipal de Esposende, em parceria com a CA Events, mobilizou 100 equipas representando 50 clubes/academias, oriundas de seis países e foi disputada por mais de 2000 atletas.

_DSC1582-001.JPG

A competição foi disputada nos escalões de Traquinas, Benjamins, Infantis e Iniciados e decorreu em cinco estádios do concelho, designadamente Centro Desportivo do CF Fão, Estádio Padre Avelino Peres Filipe, Marinhas, Estádio Padre Sá Pereira, em Esposende, Estádio Horácio Queirós, em Forjães, e Estádio de Vila Chã.

Em termos classificativos, no Escalão de Iniciados, o SC Braga venceu a equipa Inglesa do Nottingham Forest por 2-1, tendo a equipa GD Pescadores Costa da Caparica ficado em terceiro lugar.

IMG_1633.jpg

Já no Escalão de Infantis, a final foi disputada entre as equipas do CC Taipas e Brighton Hove Albion FC, tendo a equipa das Taipas vencido a equipa Inglesa por 3-2. Neste escalão a equipa do FC Marinhas, classificou-se em terceiro lugar.

No escalão de Benjamins, a equipa do FC Porto venceu o Rio Ave por 3-2, através da marcação de grandes penalidades e após um empate a duas bolas, durante o tempo regulamentar. Em terceiro lugar classificou-se a equipa do Fiães SC.

No escalão de Traquinas, o vencedor foi a equipa do Vitória SC, após ter derrotado na final o Fiães Sc por 7-0, sendo que, a Academia Sporting Póvoa de Varzim ficou em terceiro lugar.

A final da competição contou com a presença, entre outras individualidades, do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, do Presidente da Associação de Futebol de Braga, Manuel Machado, do Diretor da Federação Portuguesa de Futebol, Carlos Coutada, do Diretor Regional do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vítor Dias, de Pedro Neto, padrinho do evento e jogador do SC Braga, e do Campeão Olímpico de Canoagem João Ribeiro.

A animação da cerimónia de encerramento esteve a cargo da Academia de Dança Praxis e do músico Esposendense Nuno Casais.

IMG_1633-001.jpg

III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE

A BAKE-Bushido Associação de Karate de Esposende vai realizar a III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE. O Evento é aberto a toda a comunidade!

Gostaríamos de contar com a presença de todos os nossos alunos, familiares e amigos, a fim de tornar o nosso evento num momento muito agradável e saudável de convívio entre todos.

          » Evento: III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE

    » Dia:  28 de junho (quarta-feira)

          »Horário: 15h:30min. 16h:30min.

          »Local: Em frente às Piscina Foz do Cávado Esposende

ESPOSENDE AVANÇA COM MAIS QUATRO TROÇOS DA ECOVIA DO LITORAL NORTE

Visita da Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza

A Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, presidiu hoje à cerimónia de assinatura dos autos de consignação de sete empreitadas de construção de novos troços da futura Ecovia do Litoral Norte, quatro dos quais no concelho de Esposende.

_DSC167 (1).JPG

 A governante dedicou a manhã à visita às intervenções da Sociedade Polis Litoral Norte nos Municípios de Caminha, Viana do Castelo e Esposende, numa jornada que culminou na freguesia de Antas, onde será executada a Ecovia da margem esquerda do estuário do Rio Neiva e a Infraestrutura de valorização e visitação do Estuário do Rio Neiva Ponte Pedonal e Ciclável, cujo investimento global ascende a 961 mil euros. Ainda no que respeita ao concelho de Esposende foram assinados os autos de empreitada dos troços da Ecovia Praia de Rio de Moinhos – Praia de Cepães, e da Praia de Cepães – Praia de Suave Mar, que totalizam 825 mil euros. Com estas quatro intervenções, mais o troço Fão – Apúlia, o Município verá concretizado um investimento superior a 2,6 milhões de euros neste tipo de infraestruturas.

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende expressou a sua expetativa e satisfação face à concretização da Ecovia, que ligará Caminha a Esposende, numa extensão de 73 quilómetros, projeto que considerou uma “verdadeira revolução” no conceito de mobilidade suave e um “importante ativo europeu”, que contribuirá para a valorização do território dos três municípios.

Benjamim Pereira destacou e agradeceu o empenho e dedicação das entidades envolvidas na concretização da Ecovia, destacando a cooperação que tem marcado o processo. Lembrou que, no âmbito da Polis Litoral Norte foram executadas outras intervenções igualmente importantes, das quais destacou a Requalificação da Praia de S. Bartolomeu do Mar, as intervenções na Praia de Ofir-Fão na sequência das intempéries e a obra de recuperação do molhe norte da embocadura do rio Cávado, recentemente concluída. “Não há dúvidas de que estamos a transformar e a mudar para melhor o nosso território”, afirmou.

Notando que Esposende tem sido fustigado pela erosão costeira, e dirigindo-se diretamente à Secretária de Estado, o Presidente do Município defendeu a continuidade da ação da Sociedade Polis Litoral Norte ou, em sua substituição, a criação de um novo modelo que garanta a agilização de procedimentos e que permita manter a cooperação profícua e produtiva. Aproveitou a oportunidade para, em jeito de homenagem, enaltecer a dinâmica e o trabalho do Presidente do Conselho de Administração da Polis Litoral Norte, Pimenta Machado, e terminou com agradecimentos aos municípios parceiros da Polis Litoral Norte, Caminha e Viana do Castelo, pela cooperação na defesa dos interesses das populações.

Aludindo ao número significativo de obras hoje consignadas e ao trabalho executado no âmbito da Polis Litoral Norte, que hoje teve oportunidade de conferir, a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza assumiu ter vivido uma “manhã brilhante”, marcada pelo simbolismo.

Sobre a Ponte Pedonal e Ciclável, infraestrutura de valorização e visitação do Estuário do Rio Neiva, que ligará as freguesias de Antas e Castelo e Neiva, e os concelhos de Esposende e Viana do Castelo, Célia Ramos referiu que contribuirá “para unir os municípios e as comunidades intermunicipais e criar um litoral mais qualificado”. Na mesma linha referiu que a Ecovia do Litoral Norte, a par de todas as outras intervenções da Polis Litoral Norte, marca de “forma incontornável” a qualificação da zona costeira, notando que, para além da questão balnear, há a considerar a importância da pesca e fruição da vivência do litoral. “É um ativo que temos que, assumidamente, melhorar”, referiu, dizendo ainda que o Governo quer continuar a contar com a colaboração de outras entidades, incluindo das autarquias. “É um modelo virtuoso ao qual queremos dar continuidade”, assegurou, notando que há “muito trabalho pela frente, muitos e grandes desafios”. Assinalou que há ainda capacidade de investimento, pelo que exortou a Polis Litoral Norte a apresentar projetos, desafiando ainda outros municípios a “vir a jogo”.

Reconhecendo o bom desempenho da Polis Litoral Norte, Célia Ramos referiu que terá que ser implementado um modelo de gestão do litoral mais próximo das pessoas, descentralizado, à imagem das Administrações Regionais Hidrográficas.

O Presidente do Conselho de Administração da Polis Litoral Norte, Pimenta Machado, deu nota de que estão em curso quatro empreitadas, nos municípios de Caminha e Viana do Castelo, e que além das sete empreitadas hoje consignadas perspetivam-se mais nove para breve, revelou no que respeita à Ecovia está concluído 60% do percurso total, sendo que, em termos de financiamento, sete das nove candidaturas apresentadas, foram bem-sucedidas, o que considerou “notável”.

Pimenta Machado lembrou que os municípios têm ao dispor o PAMUS - Plano de Mobilidade Urbana Sustentável, que contempla a execução de projetos urbanos que, além da fruição das zonas costeiras, permitem disciplinar estas áreas. A terminar, expressou palavras de reconhecimento para com o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, pelo acolhimento e colaboração que sempre teve para com a Administração da Polis Litoral Norte.

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, salientou a importância da ponte pedonável e ciclável que ligará o seu concelho ao de Esposende, considerando que a travessia poderá servir também para aumentar a cooperação entre as duas freguesias e expressou agradecimentos a todos quantos contribuíram para a elaboração do projeto.

O autarca referiu que a Polis Litoral Norte teve grande impacto no território, salientou a dinâmica em torno deste organismo e falou num “sentimento de dever cumprido”.

_DSC185 (1).JPG

_DSC186 (1).JPG

_DSC1641-001 (1).JPG

_DSC1684-001 (1).JPG

_DSC1741-001 (1).JPG

ESPOSENDE RECEBE FINAL DO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Arq. Benjamim Pereira promove a final do Torneio Internacional de Futebol Infantil “Esposende Cup”, que terá lugar no próximo domingo, dia 25 de junho, no Estádio Padre Avelino Peres Filipe, em Marinhas, de acordo com o seguinte programa:

15h15 – Início do jogo da final no escalão de Infantis. 

 - Entretenimento (Intervalo entre a 1ª final e a 2ª final - Práxis)

16h30 – Início do jogo da final no escalão de Iniciados.

- Entretenimento (Intervalo do 2º jogo da final - Nuno Casais)

17h20 – Final do 2º jogo da final – Intervenções:

  • Padrinho Pedro Mendes
  • Diretor Regional do IPDJ – Vítor Dias (a confirmar)
  • Presidente da AFB – Manuel Machado
  • Diretor FPF – Carlos Coutada
  • Presidente da Câmara Municipal de Esposende – Arq. Benjamim Pereira

17h45 - Cerimónia da entrega de prémios

CAMINHADA JUNTA VÁRIAS GERAÇÕES DE ESPOSENDENSES

1.ª Caminhada Intergeracional assinalou 8.º aniversário do Banco Local de Voluntariado de Esposende

Realizou-se, esta manhã, a 1.ª Caminhada Intergeracional, organizada pela Câmara Municipal e Esposende 2000, no âmbito do Programa Envelhecimento Ativo da Rede Social de Esposende, com o intuito de assinalar o 8.º Aniversário do Banco Local de Voluntariado (BLV).

_DSC0024.JPG

A atividade, prevista para abril mas adiada devido ao mau tempo, contou com a participação de cerca de 250 participantes, entre idosos, crianças e jovens, a maior parte dos quais utentes provenientes de Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho.

Os participantes concentraram-se na Praça do Município, onde foram saudados pelo Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, que agradeceu a todos quantos se dedicam à prática do voluntariado, considerando que “é digno de registo o facto de as pessoas dispensarem parte do seu tempo em prol da comunidade que os envolve”. Vincou que “o Município é tão mais rico quanto mais pessoas tiver com essa disponibilidade de colaboração”.

Destacou, por outro lado, o facto de esta iniciativa envolver as crianças, contribuindo para incutir nos mais novos o espírito do voluntariado e a importância de ajudar a comunidade, para além de fomentar a convivência intergeracional, que é sempre positiva.

“Somos um Município rico em termos humanos e uma referência em termos nacionais na área social, fruto do trabalho de toda uma equipa”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal, assumindo que “é uma honra enorme presidir ao Município de Esposende”.

Com condições climatéricas propícias à prática de atividade física, a caminhada decorreu num ambiente animado e descontraído, por algumas ruas e Zona Ribeirinha da cidade, culminando no local da partida. A todos os participantes foi oferecida uma t-shirt alusiva ao Banco Local de Voluntariado, água, e uma peça de fruta para repor as energias.

Recorde-se que o BLV de Esposende foi criado em 2009, no âmbito do Projeto Concelhio de Luta Contra a Pobreza, através de um protocolo de colaboração estabelecido entre o Município e o Conselho Nacional para o Promoção de Voluntariado. Este Banco, assume-se um espaço de encontro entre pessoas que expressam a vontade de serem voluntárias, e as instituições locais que têm interesse em acolher ações de voluntariado, promovendo as necessárias condições para a sua integração.

O Banco Local de Voluntariado de Esposende conta atualmente com 213 voluntários, cuja colaboração tem sido fundamental no desenvolvimento e operacionalização de vários projetos locais. A expetativa é que mais pessoas e instituições possam envolver-se nesta dinâmica, potenciando-se o voluntariado local a vários níveis, com o propósito de contribuir para o reforço da coesão social, da solidariedade e da cidadania ativa, na construção de uma sociedade mais justa e solidária.

_DSC0067.JPG

_DSC0082.JPG

_DSC0112.JPG

_DSC0128.JPG

ESPOSENDE QUER VER RECONHECIDA A "ROMARIA DE S. BARTOLOMEU DO MAR E BANHO SANTO" COMO PATRIMÓNIO IMATERIAL NACIONAL

Município de Esposende efetiva candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar e Banho Santo” a Património Cultural Imaterial Nacional

A Câmara Municipal de Esposende efetivou a candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar e Banho Santo” a Património Cultural Imaterial Nacional.

DSCF0002.JPG

Na continuidade do processo iniciado o ano passado, no passado dia 16 de junho, a Vereadora da Cultura, Jaqueline Areias, entregou no Museu Nacional de Etnologia o dossier com o pedido de inscrição na Lista Nacional do Património Imaterial desta manifestação cultural imaterial do concelho de Esposende. Este pedido será, agora, alvo de apreciação por parte de várias entidades, prevendo-se que o processo demore alguns meses, de acordo com Paulo Costa, Diretor do Museu Nacional de Etnologia e responsável pela coordenação do Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

Recorde-se que o Município de Esposende apresentou publicamente, a 3 de junho de 2016, a candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar e Banho Santo” à Lista Nacional do Património Cultural Imaterial, em sessão realizada no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, no âmbito do 5.º Encontro Nacional da Rede da Cultura dos Mares e dos Rios. Na oportunidade, o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, referiu que o Município, ciente da sua responsabilidade na promoção da salvaguarda das suas tradições e do seu passado, entendeu classificar uma das mais notáveis manifestações culturais ligadas à terra e ao mar, apoiando-se numa equipa de investigação de excelência, liderada por Álvaro Campelo. O Autarca assinalou que a Romaria de S. Bartolomeu do Mar e o Banho Santo constituem uma referência cultural indissociável do Município, e manifestou a expetativa de que a candidatura seja aprovada e se transforme também num motor de desenvolvimento da localidade de Mar e do próprio concelho.

Posteriormente, no dia 2 de julho, a Câmara Municipal apresentou a candidatura à comunidade de Mar, em sessão realizada no Salão Paroquial de S. Bartolomeu do Mar, com a presença do Vice-presidente da Autarquia, António Maranhão Peixoto, e da Vereadora Jaqueline Areias.

O projeto da candidatura, sendo sobre património imaterial, foi materializado por dois filmes sonoros sobre a romaria, um do início da década de 1980, com recurso a imagens dos anos de 1970, e outro de 2016, realizado por Hugo Morango da equipa de Antropólogos liderada por Álvaro Campelo, onde foram abordados os diversos aspetos da Festa, da Praia e da Paisagem antrópica, da Feira do Linho, do ritual do arranjo e do encontro dos Andores, da Procissão, do ritual do Frango Preto e do Banho Santo.

DSCF0007_2.jpg

ESPOSENDE INCENTIVA INVESTIMENTO NO CONCELHO

Município aprovou Projeto de Regulamento de Concessão de Incentivos ao Investimento

O Município de Esposende deu mais um passo com vista à captação de investimento para o concelho, ao aprovar, por unanimidade, o Projeto de Regulamento de Concessão de Incentivos ao Investimento.

DSC07094.JPG

Decorrido o prazo para a apresentação de contributos, o Projeto de Regulamento será agora sujeito a discussão pública. Após a publicação em Diário da República, os interessados disporão de um período de trinta dias úteis para formular reclamações, observações ou sugestões, findo o qual o documento será submetido à Assembleia Municipal para aprovação.

Entra, assim, na fase final o processo para dotar o Município de uma ferramenta de apoio ao desenvolvimento económico, incentivando o investimento empresarial no concelho. Associado aos incentivos já existentes, Esposende pretende oferecer um conjunto mais alargado de benefícios para quem se instale e crie postos de trabalho no concelho, bem como para os agentes que pretendam ampliar os seus negócios ou criar novos projetos.

Como fatores estratégicos e de estímulo, a Câmara Municipal propõe um conjunto de incentivos, nomeadamente reduções e isenções de taxas e concessão de benefícios fiscais, assegurando aos investidores e empreendedores a oportunidade para a concretização dos seus negócios no concelho. O Município pretende, por esta via, criar condições para fomentar o desenvolvimento económico do concelho, e consequentemente, melhorar a qualidade de vida da população.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, “é fundamental disponibilizar um ambiente favorável ao investimento, respondendo com energia e com ações de efeito imediato, alicerçadas numa visão de futuro”.

Apesar de estas medidas se traduzirem numa perda de receita para o Município, Benjamim Pereira realça que “constituem uma mais-valia, uma vez que contribuirão para tornar o nosso território mais atrativo para potenciais investidores, com a vantagem de contribuírem também para a criação de postos de trabalho”. O Autarca clarifica que, entre várias áreas de negócios, também as atividades económicas relacionadas com as fileiras da Agricultura/Floresta e Produtos de Base Regional poderão beneficiar dos incentivos do Município.

Benjamim Pereira relembra que o Regulamento de Concessão de Incentivos ao Investimento está associado a outras medidas tendentes à captação de investimento e ao desenvolvimento económico, de que é exemplo o Centro de Negócios, espaço dedicado ao empreendedorismo e ao coworking.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE APOIA JUNTAS DE FREGUESIA

Em reunião do executivo, o Município de Esposende deliberou, por unanimidade, conceder um conjunto de apoios financeiros às Juntas de Freguesia do concelho, no valor global de aproximadamente 38 714 euros.

DSC08688 (006).JPG

Deste montante, 3 750 euros correspondem ao apoio a prestar a todas as Juntas de Freguesia pela colaboração na organização do Desfile Histórico que a Câmara Municipal vai levar a efeito, no âmbito das comemorações do Dia do Município 2017, no próximo dia 20 de agosto. Dada a dimensão do projeto, e à semelhança de anteriores edições, o Município solicitou o apoio das Juntas de Freguesia na colaboração em algumas tarefas, nomeadamente no que se refere à mobilização de participantes, encaminhamento e acompanhamento do desfile. Dado que esta colaboração representa alguns encargos para as Juntas de Freguesia, foi deliberado atribuir um subsídio de 250 euros a cada uma das quinze freguesias, recebendo as Uniões de Freguesia o montante correspondente.

Noutro âmbito, para a Junta de Freguesia de Antas será transferida uma verba no valor de 24 480 euros, à qual acresce IVA à taxa legal em vigor, para financiar a pavimentação da Travessa da Fonte d`Arinha e a execução da reconstrução de um muro de suporte na mesma via.

A Junta de Freguesia de Gemeses vai receber um apoio financeiro de 7 101,99 euros para fazer face às despesas com as obras complementares da intervenção de beneficiação da respetiva sede, encargos que se prendem com alterações de redes, pavimentos e pinturas.

Em resposta à solicitação da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Belinho e Mar, a Câmara Municipal vai atribuir um apoio financeiro de 1.912,80 euros para comparticipar as despesas com o aluguer de um contentor equipado com instalações sanitárias, bem como de todas as obras necessárias a utilização de tal equipamento, para apoio aos peregrinos por altura das festividades em honra de Nossa Senhora da Guia.

CRIANÇAS DE ESPOSENDE SÃO HERÓIS DA FRUTA

Município de Esposende promoveu Festa dos Heróis da Fruta

A Festa dos Heróis da Fruta, que decorreu no passado dia 19 de junho, no Pavilhão da Escola Básica de Esposende, assinalou a conclusão, neste ano letivo, do projeto “Heróis da Fruta: Lanche Escolar Saudável”.

IMG_3151.JPG

No âmbito da parceria estabelecida entre o Município de Esposende e a Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, e integrado no Plano Municipal de Promoção da Saúde, o projeto envolveu cerca de 600 crianças dos jardins-de-infância e escolas do 1.º ciclo do ensino básico do concelho.

Este projeto, ao qual a Câmara Municipal de Esposende aderiu desde a primeira hora, pretende motivar as crianças entre os 2 e os 10 anos a adotar e a manter hábitos saudáveis na sua rotina diária, nomeadamente no que se refere ao consumo de fruta.

IMG_3138.JPG

Ao longo de todo o ano letivo, o Município proporcionou, a par da estrutura de funcionamento do projeto, um conjunto de outras atividades adicionais, com vista ao reforço da motivação das crianças para a ingestão diária da fruta. Assim, e com a colaboração da Escola Profissional de Esposende, as turmas do 3.º ano participaram, de forma direta e ativa, em atividades lúdicas, nomeadamente na confeção de espetadas, batidos e cocktails de fruta. Por sua vez, as crianças dos jardins-de-infância participaram numa atividade criada especificamente para esta faixa etária, que envolveu um conjunto de jogos e outras iniciativas que visaram também estimular os seus sentidos e consciencializar para uma escolha saudável no que se refere à sua alimentação. Em parceria com a Associação 5 ao Dia, os alunos do concelho que frequentam o 4.º ano de escolaridade visitaram o Mercado Abastecedor de Braga (MARB). Os alunos do 1.º e 2.º ano de escolaridade participaram na PROVA dos 5, uma atividade organizada em parceria com a SONAE que sensibiliza as crianças, através de diversos jogos e brincadeira, para a importância de comer fruta diariamente.

IMG_3110.JPG

A Festa dos Heróis da Fruta proporcionou a todas as crianças o reconhecimento do seu esforço e comprometimento diário no consumo de fruta, sendo atribuída a cada uma o diploma de Herói da Fruta. Tratou-se de uma experiência marcante para todas as crianças, uma vez que puderam conhecer as mascotes do projeto, bem como pular, dançar e saltar ao som das músicas que o integram. No final, cada criança recebeu ainda uma peça de fruta oferecida pelo supermercado JAJU.

A receita "mágica" dos Heróis da Fruta combina conteúdos pedagógicos com uma linguagem divertida, personagens únicas que promovem exemplos positivos e desafios capazes de manter as crianças motivadas para a adoção de hábitos saudáveis. Considerando o baixo consumo de fruta por parte das crianças e os consequentes efeitos negativos para a sua saúde, o Município de Esposende tem vindo a associar-se, assim, à Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil na dinamização e implementação deste projeto, contribuindo para o desenvolvimento saudável das crianças do concelho.

_MG_3201.JPG

_MG_3236.JPG

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE VISITA FREGUESIAS

Palmeira de Faro e Curvos receberam visita do Presidente da Câmara Municipal de Esposende

A União das Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos esteve hoje no roteiro do Presidente da Câmara Municipal de Esposende. Acompanhado do executivo municipal, Benjamim Pereira dedicou a manhã à visita às intervenções executadas nestas localidades no âmbito do Plano de Investimento nas Freguesias.

_DSC0001.JPG

A jornada iniciou-se nas instalações da União de Freguesias em Palmeira de Faro, num encontro onde foram abordadas com o executivo de Jorge Filipe um conjunto de questões relacionadas com ambas as freguesias, entre as quais a execução de novas intervenções relacionadas com a rede viária. Neste sentido, seguiu-se a visita a alguns locais, para aferir as situações e avaliar a viabilidade da sua concretização.

Relativamente a intervenções realizadas, os responsáveis autárquicos visitaram a obra de requalificação da Avenida da Escola, em Curvos, que orçou em cerca de 20 mil euros e permitiu dotar a via de melhores condições de circulação tanto para automobilistas como para peões, garantindo maior segurança naquela artéria.

_DSC0031.JPG

Também em Curvos, Benjamim Pereira e demais autarcas visitaram a sede local da União de Freguesias, que foi alvo de uma intervenção de requalificação, custeada pelo Município, e que representou um investimento de aproximadamente 43 mil euros.

O Plano de Investimento nas Freguesias contemplou também a beneficiação do campo polidesportivo e espaço de lazer de Curvos, que teve um custo superior a 41 mil euros, e que mereceu também a visita dos responsáveis autárquicos. Trata-se um espaço que regista intensa utilização e no qual o Município tem vindo a investir, contribuindo para a promoção do desporto e tempos livres da população.

Ainda em matéria de investimento, e no que se refere à União das Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos, a Câmara Municipal procedeu à beneficiação do Loteamento de Santa Baia, em Palmeira de Faro, obras que orçaram em cerca de 14 500 euros.

O Presidente da Câmara Municipal lembra que “além das intervenções já concluídas, o Município tem em curso um vasto conjunto de obras em todas as freguesias do concelho, no cumprimento do Plano de Investimento definido em conjunto com as Juntas de Freguesia e que corresponde aos anseios e reivindicações das populações”.

_DSC0040.JPG

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE VISITA OBRAS NO CONCELHO

O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, iniciou hoje um ciclo de visitas às freguesias, no sentido de aferir o ponto de situação das intervenções que o Município está a executar ao abrigo do Plano de Investimento nas Freguesias.

_DSC0030.JPG

A primeira jornada deste périplo centrou-se na União das Freguesias de Esposende Marinhas e Gandra. Na sede da Junta, o executivo de Aurélio Neiva recebeu o executivo camarário, onde foram abordadas questões relacionadas com as intervenções em curso, seguindo-se a visita no terreno.

Em Gandra, foi avaliada a evolução da obra de beneficiação da Avenida de S. Martinho, no troço entre a rotunda da variante à EN 13 e a rua Manuel Barros e rua Padre Neves. A empreitada corresponde a um investimento de cerca de 740 mil euros, totalmente suportado pela Câmara Municipal, revestindo-se da maior relevância dado que se trata da principal via de acesso a Gandra, sendo fundamental garantir maiores condições de circulação e de segurança tanto para automobilistas como para peões.

A obra de beneficiação da zona envolvente ao Polidesportivo à rua 1.º de maio, no montante de aproximadamente 120 mil euros, e a requalificação do parque infantil do Souto foram as outras intervenções visitadas em Gandra.

Já na sede do concelho, em Esposende, os responsáveis camarários e da União de Freguesias inteiraram-se do andamento da empreitada de remodelação do adro da Capela da Senhora da Saúde, tendo estado também presente o Padre Rui Neiva. Esta intervenção decorre desde o passado mês de fevereiro e deverá estar terminada em julho, a tempo das festividades em honra da Senhora da Saúde, que se realizam em agosto. Em causa está um investimento próximo dos 156 mil euros, suportado na íntegra pelo Município. A obra vai conferir modernidade a esta que é uma das entradas da cidade, sendo considerada importante não só para a freguesia, mas também para todo o concelho.

Na agenda desta visita e ainda em Esposende, esteve também a Escola Básica, onde a Câmara Municipal está a proceder à beneficiação do logradouro, com o intuito de proporcionar melhores condições à comunidade educativa, sendo que esta intervenção custará cerca de 75 mil euros.

Já no período da tarde, Benjamim Pereira e os demais responsáveis autárquicos estiveram em Marinhas, onde começaram por visitar as obras de Requalificação da Zona Central. A intervenção, em curso desde o mês passado, custará 280 mil euros e pretende reforçar a centralidade da zona envolvente à Igreja Paroquial, privilegiando a circulação pedonal.

Seguiu-se a deslocação à rotunda no cruzamento da rua S. Miguel com a Av. João Paulo II e Av. S. Sebastião e à rotunda no cruzamento da rua S. Miguel com a rua da Anta e rua da Gatanheira, que recentemente ficaram concluídas num investimento de aproximadamente 240 mil euros. Estas intervenções, há muito reivindicadas tanto pela União de Freguesias como pela população, garantem as necessárias e adequadas condições de segurança tanto na circulação rodoviária, como na passagem de peões.

A jornada de trabalho incluiu, ainda, a visita à requalificação da Av. João Paulo II, no troço do entroncamento com a rua da Azenha Choca à Estrada Real.

O Presidente da Câmara Municipal refere que “com estas visitas, que irão abranger todas as freguesias, pretendemos aferir a evolução dos trabalhos em curso, bem como avaliar as intervenções já concluídas”. Benjamim Pereira realça que “o Plano de Investimento nas Freguesias corresponde à concretização de um amplo conjunto de intervenções que vinham sendo reivindicadas tanto pelas Juntas de Freguesia como pelas próprias populações, integrando também as prioridades do Município”.

A visita às obras prossegue amanhã, dia 20 de junho. 

_DSC0059.JPG

_DSC0089.JPG

_DSC0092.JPG

_DSC0117.JPG

_DSC0123.JPG

ESPOSENDE MANTÉM SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA

Grupo Público do Município de Esposende prima pela sustentabilidade financeira

O Município de Esposende, no conjunto Câmara Municipal e empresas municipais Esposende e Esposende Ambiente, exibe uma situação financeira exemplar, reflexo do rigor e equilíbrio que têm pautado a gestão destas entidades.

DSC09263.JPG

O Relatório de Consolidação de Contas do Grupo Público do Município de Esposende, relativo a 2016, atesta o excelente desempenho financeiro, tanto da Autarquia como das empresas municipais, realçando-se uma melhoria dos resultados face a 2015. A Câmara Municipal transitou de ano com um saldo positivo de 1 milhão 465 mil euros, a Esposende Ambiente de 15 300 euros e a Esposende 2000 de 91 151 euros.

No conjunto das três entidades, a dívida de médio e longo prazo situa-se abaixo dos 7 milhões de euros, tendo-se registado um abatimento mais de um milhão de euros no último ano.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, realça que apesar de continuar a reduzir a dívida, o Município não tem diminuído o investimento, estando a executar um vasto e variado conjunto de intervenções em todo o concelho, para além da realização de uma multiplicidade de projetos, nas mais diversas áreas.

Benjamim Pereira lembra que a sustentabilidade financeira foi sempre assumida como ponto de honra pelo seu executivo e que esse desígnio tem vindo a ser cumprido no seio do Grupo Público do Município, no âmbito de uma gestão assente em critérios de rigor e equilíbrio. “O engrandecimento do concelho e a melhoria da qualidade de vida das nossas populações vão continuar a merecer todo o nosso empenho e dedicação”, afiança.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE RETIRA FIBROCIMENTO DOS TELHADOS DAS ESCOLAS

O presidente da Câmara Municipal de Esposende anunciou hoje, durante a cerimónia de inauguração do auditório da Escola Básica de Apúlia, o lançamento de uma empreitada que acabará com o fibrocimento nas coberturas das escolas do concelho.

Apúlia.JPG

 "Em Fonte Boa a cobertura foi substituída neste ano lectivo Lançamos agora a empreitada global para retirar o fibrocimento de todas as escolas. Chegaremos ao final deste mandato sem fibrocimento em qualquer escola", garantiu Benjamim Pereira, durante a cerimónia de inauguração do auditório da escola EB de Apúlia, espaço que servirá, também para a integração da comunidade com a escola.

Benjamim Pereira destacou o apoio que o Município tem disponibilizado, nomeadamente em obras que nem são da responsabilidade da autarquia, como é o caso da escola Henrique Medina. Nesse sentido vão os investimentos em obras em refeitórios ou quadros interativos. "Nunca negámos apoios a nenhuma escola para criar condições para alunos com necessidades especiais e sempre respondemos aos pedidos que nos foram formulados", sublinhou Benjamim Pereira.

Paulo Lima, da associação de pais, lembrou que este auditório é um sonho antigo da comunidade escolar e Luís Peixoto, presidente da União de Freguesias de Apúlia e Fão lembra a forte dinâmica das comunidades escolar e comunitária para lembrar que "os dois autocarros que à junta comprou com a ajuda da Câmara já não chegam para esta comunidade".

DOIS MIL SENIORES CELEBRAM SANTOS POPULARES EM ESPOSENDE

Dois mil seniores de Esposende festejaram os Santos Populares, num arraial realizado hoje, na Quinta da Malafaia, em Antas. O presidente da Câmara Municipal de Esposende enquadrou a iniciativa nos projetos da área social que visam a promoção da saúde dos idosos e o combate ao isolamento.

mala1.jpg

"É um dever do Município investir no bem estar da sua população. Por isso ainda vamos realizar, este ano, o S. Martinho e a peregrinação a Fátima, como acontece desde há vinte anos", vincou Benjamim Pereira.

De 2013 para a edição deste ano, assistimos a um aumento de 50 por cento, no número de participantes. O edil de Esposende insere o "investimento" dispensado para este convívio, na política social que inclui, ainda, os projetos de envelhecimento ativo, como o Coro Sénior e a ginástica.

Este convívio representa o culminar de um percurso que envolveu os idosos, ao longo do ano, no trabalho de preparação e ensaio de marchas, um processo desenvolvido em rede e que privilegiou o desempenho e colaboração de todas as entidades das freguesias de Esposende. As marchas, por exemplo, foram constituídas por elementos de diferentes freguesias.

mala6.jpg

O desfile de marchas populares incluiu a Marcha Portuguesa, por elementos das freguesias de Palmeira de Faro, Vila Chã e Gemeses, e o Centro de Intervenção Cultura e Social de Palmeira e Esposende Solidário, Centro Comunitário de Vila Chã.

"Bela Esposende" foi a marcha que juntou as freguesias de Esposende e Marinhas, e o Centro Social da Juventude das Marinhas e da Santa Casa da Misericórdia de Esposende.

A marcha "Guia do Mar" representou a União das Freguesias de Belinho e Mar e o Centro Social Juventude de Belinho.

Já após o almoço, a marcha da Amizade juntou elementos de Gandra, Apúlia, Fão, Fonte Boa e Rio Tinto e a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia e o Centro Social Paroquial de Fonte Boa.

A encerrar, a marcha Santos da Nossa Terra foi apresentada por elementos das freguesias de Antas, Curvos, Forjães e da ACARF, Centro Social de Curvos, GRASSA e Fundação Lar Santo António.

Participaram este ano a Associação Cultural, Artística e Recreativa de Forjães, a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia, o Centro Comunitário de Vila Chã /Esposende Solidário, o Centro de Intervenção Cultural e Social de Palmeira de Faro, o Centro Social da Juventude Unida de Belinho, o Centro Social João Paulo II, o Centro Social da Juventude Unida de Marinhas, o Centro Social e Paroquial de Curvos, o Centro Social e Paroquial de Fonte Boa, a Fundação Lar Santo António, o Grupo de Ação de Solidariedade Social de Antas, a Santa Casa da Misericórdia de Esposende, a Santa Casa da Misericórdia de Fão, a Junta de Freguesia de Antas, a Junta de Freguesia de Forjães, a Junta de Freguesia de Gemeses, a Junta de Freguesia de Vila Chã, a União das Freguesias de Apúlia e Fão, a União das Freguesias de Belinho e Mar, a União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, a União das Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos. Os Bombeiros Voluntários de Esposende, os Bombeiros Voluntários de Fão e a Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa asseguraram, mais uma vez, o necessário apoio à emergência, para que a jornada decorresse da melhor forma.

Este convívio intergeracional serviu, ainda para que o Município de Esposende entregasse o livro Vida com Rostos, editado no âmbito do programa Municipal de envelhecimento ativo.

mala19.jpg

ESPOSENDE ACOLHE TORNEIO INTERNACIONAL DE BASQUETEBOL

16 a 18 de junho

O Município de Esposende, em parceria com a Federação Portuguesa de Basquetebol e Associação de Basquetebol de Braga e o apoio da Junta de Freguesia da UF de Apúlia e Fão, vai promover entre os próximos dias 16 e 18 de junho, o Torneio Internacional de Esposende em Basquetebol.

DSC04595.JPG

A competição vai decorrer no Pavilhão Desportivo de Fão, com a participação de quatro equipas, nomeadamente Portugal Seniores e as formações de Sub 20 de Portugal, Turquia e Holanda.

O jogo inaugural está marcado para o dia 16, sexta-feira, às 20h00, opondo as equipas Portugal Sub 20 e Portugal Seniores. Às 22h00 defrontam-se Turquia Sub 20 e Holanda Sub 20. No dia 17, sábado, às 16h00, jogam Portugal Seniores e Turquia Sub 20 e, às 18h00, o jogo é entre Holanda Sub 20 e Portugal Sub 20. O terceiro e último dia da competição vai opor, às 9h30 Portugal Seniores e Holanda Sub 20, e, às 11h30 entram em campo Turquia Sub 20 e Portugal Sub 20.

DSC04624.JPG

Todos os jogos têm entrada livre.

A realização deste Torneio Internacional de Basquetebol insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE), tendo em vista a promoção e incremento da modalidade no concelho, algo que tem resultado no incremento da prática federada com excelentes resultados por parte das equipas da AD Esposende.

Até ao dia 18 de junho, Esposende acolhe a seleção feminina de basquetebol de sub 20 no estágio de preparação que visa a participação na Divisão A do Europeu da categoria, que decorrerá em Matosinhos de 8 a 16 de julho. Lideradas pelo selecionador Eugénio Rodrigues, as 15 jogadoras em estágio vão marcar presença no Torneio Internacional de Esposende, no próximo fim-de-semana.

torneio.jpg

SENIORES DE ESPOSENDE FESTEJAM SANTOS POPULARES

Dois mil seniores celebraram Santos Populares

Dois mil seniores de Esposende festejaram os Santos Populares, num arraial realizado hoje, na Quinta da Malafaia, em Antas. O presidente da Câmara Municipal de Esposende enquadrou a iniciativa nos projetos da área social que visam a promoção da saúde dos idosos e o combate ao isolamento.

"É um dever do Município investir no bem estar da sua população. Por isso ainda vamos realizar, este ano, o S. Martinho e a peregrinação a Fátima, como acontece desde há vinte anos", vincou Benjamim Pereira.

De 2013 para a edição deste ano, assistimos a um aumento de 50 por cento, no número de participantes. O edil de Esposende insere o "investimento" dispensado para este convívio, na política social que inclui, ainda, os projetos de envelhecimento ativo, como o Coro Sénior e a ginástica.

Este convívio representa o culminar de um percurso que envolveu os idosos, ao longo do ano, no trabalho de preparação e ensaio de marchas, um processo desenvolvido em rede e que privilegiou o desempenho e colaboração de todas as entidades das freguesias de Esposende. As marchas, por exemplo, foram constituídas por elementos de diferentes freguesias.

O desfile de marchas populares incluiu a Marcha Portuguesa, por elementos das freguesias de Palmeira de Faro, Vila Chã e Gemeses, e o Centro de Intervenção Cultura e Social de Palmeira e Esposende Solidário, Centro Comunitário de Vila Chã.

"Bela Esposende" foi a marcha que juntou as freguesias de Esposende e Marinhas, e o Centro Social da Juventude das Marinhas e da Santa Casa da Misericórdia de Esposende.

A marcha "Guia do Mar" representou a União das Freguesias de Belinho e Mar e o Centro Social Juventude de Belinho.

Já após o almoço, a marcha da Amizade juntou elementos de Gandra, Apúlia, Fão, Fonte Boa e Rio Tinto e a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia e o Centro Social Paroquial de Fonte Boa.

A encerrar, a marcha Santos da Nossa Terra foi apresentada por elementos das freguesias de Antas, Curvos, Forjães e da ACARF, Centro Social de Curvos, GRASSA e Fundação Lar Santo António.

Participaram este ano a Associação Cultural, Artística e Recreativa de Forjães, a Associação Social, Cultural e Recreativa de Apúlia, o Centro Comunitário de Vila Chã /Esposende Solidário, o Centro de Intervenção Cultural e Social de Palmeira de Faro, o Centro Social da Juventude Unida de Belinho, o Centro Social João Paulo II, o Centro Social da Juventude Unida de Marinhas, o Centro Social e Paroquial de Curvos, o Centro Social e Paroquial de Fonte Boa, a Fundação Lar Santo António, o Grupo de Ação de Solidariedade Social de Antas, a Santa Casa da Misericórdia de Esposende, a Santa Casa da Misericórdia de Fão, a Junta de Freguesia de Antas, a Junta de Freguesia de Forjães, a Junta de Freguesia de Gemeses, a Junta de Freguesia de Vila Chã, a União das Freguesias de Apúlia e Fão, a União das Freguesias de Belinho e Mar, a União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, União das Freguesias de Fonte Boa e Rio Tinto, a União das Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos. Os Bombeiros Voluntários de Esposende, os Bombeiros Voluntários de Fão e a Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa asseguraram, mais uma vez, o necessário apoio à emergência, para que a jornada decorresse da melhor forma.

Este convívio intergeracional serviu, ainda para que o Município de Esposende entregasse o livro Vida com Rostos, editado no âmbito do programa Municipal de envelhecimento ativo.

ROTEIRO CIDADANIA EM PORTUGAL PASSA POR ESPOSENDE

Esposende acolheu o Roteiro Cidadania em Portugal, iniciativa promovida pela Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade, e a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (ANIMAR). No seguimento das políticas sociais no que à educação para a cidadania e igualdade de género diz respeito, o Município entendeu aderir a este Roteiro, que se constituiu mais uma das ferramentas ao seu alcance no desafio junto dos mais jovens para uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação cívica, no combate às desigualdades e discriminações sociais.

cidadania.JPG

Neste enquadramento, o Município promoveu, durante a manhã de terça-feira, na Escola Secundária Henrique Medina, uma sessão debate sobre a Igualdade de Género, que teve como objectivos Parar/Pensar/Agir - para partilhar informação e conhecimento acerca da Cidadania e Igualdade, nomeadamente as estratégias de territorialização de políticas públicas em prol da Cidadania e Igualdade.

A equipa do Roteiro Cidadania em Portugal está a percorrer o país, desde outubro de 2016, numa carrinha equipada com recursos lúdico-pedagógicos que servem de suporte à dinamização das atividades que desenvolve.

O programa do Roteiro Cidadania em Portugal inclui diversas ações de sensibilização no âmbito de temas como saúde e qualidade de vida, cidadania e participação juvenil, violência no namoro, igualdade de género, igualdade de oportunidades, pobreza e exclusão social, traduzindo-se num importante instrumento de impacto ao nível da cidadania democrática e da participação ativa dos cidadãos/ãs e das organizações que compõem o tecido social.

cidadania 1.JPG

 

ESPOSENDE CONCLUI CONSTRUÇÃO DAS ROTUNDAS DE MARINHAS

Já estão concluídas as obras lançadas pelo Município de Esposende para proporcionar melhores condições de vida e segurança a todos os munícipes, como é o caso das duas rotundas que acabam de ser construídas em Marinhas, num investimento global de 250 mil euros e que soluciona problemas antigos.

rotunda 1.JPG

A razão pela qual o Município de Esposende decidiu avançar com a construção das duas rotundas prende-se com o facto de ali radicarem dois pontos de conflito e pela necessidade de proceder ao melhoramento da circulação naqueles cruzamentos, na prevenção de acidentes rodoviários.

Foi executada uma rotunda no cruzamento da Rua de S. Miguel com a Av. João Paulo II e a Av. de S. Sebastião, cujo custo rondou os 96 500 euros e outra no cruzamento da Rua de S. Miguel com a Rua da Anta e Rua da Gatanheira, no valor 153 700 euros.

O Município seguiu as indicações da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra que deu voz às reivindicações populares, pois os locais careciam das melhores condições de segurança na circulação rodoviária, assim como não existiam passeios para peões.

 “Era importante garantir a segurança de automobilistas e peões. Por isso, a Câmara Municipal integrou a execução destas rotundas na extensa lista de intervenções que tem vindo a concretizar no concelho, no âmbito do Plano de Investimento nas Freguesias”, sustenta o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

De resto, o Município está a proceder à sobrelevação de passadeiras localizadas junto aos estabelecimentos de educação e ensino e a executar a correção geométrica de cruzamentos e entroncamentos, empreitadas que representam um investimento global de aproximadamente 196 500 euros. O Município de Esposende está, também, proceder à implementação de medidas de segurança rodoviária na marginal de Esposende.

O Município de Esposende continua a diligenciar, junto Infraestruturas de Portugal, S.A. no sentido de resolver o problema na Estrada Nacional 13, nomeadamente nos cruzamentos do Mini Preço e da Cruz Vermelha, com a construção das rotundas previstas no Plano de Proximidade 2015-2019 da Estradas de Portugal.

rotunda marinhas.JPG

CORO SÉNIOR DE ESPOSENDE BRILHA EM CONCERTO NO DIA DE PORTUGAL

O Coro Sénior de Esposende presenteou e encantou a comunidade esposendense com um concerto no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

concerto Coro Sénior_.jpg

Tendo como palco a Praça do Município, em Esposende, o Coro apresentou-se sob a direção artística e musical de Ana Carolina Capitão e Luis Miguel Clemente, acompanhado pelo Quinteto da Atlantic Coast Orchestra.

Os 125 coralistas exibiram-se com brio e satisfação, inebriando os presentes com as cantigas tradicionais portuguesas “As nuvens que andam no ar”, “Chapéu preto”, “Romã”, “Dom Solidom”, “Os olhos da Marianita”, “Oliveirinha da Serra” “Oh Laurindinha vem à janela”, “Maria Faia”, “Milho Verde” e “João Barandão”. A encerrar o concerto, a plateia juntou a sua voz ao Coro Sénior na interpretação do Hino Nacional “A Portuguesa”, neste que foi um dos mais momentos altos do concerto e uma excelente forma de assinalar o Dia de Portugal.

Esta apresentação pública é resultado do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido semanalmente com os coralistas, cujos saberes e vivências, reforçam o companheirismo e o convívio em que todos são iguais, unidos pela música. O projeto do Coro Sénior integra o Programa de Envelhecimento Ativo da Rede Social de Esposende e tem-se revelado muito positivo, a diferentes níveis.

Presente nesta apresentação, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende e do Conselho Local de Ação Social (CLAS), Benjamim Pereira, expressou a sua satisfação pelo projeto do Coro Sénior, congratulando-se com este concerto, que considerou “um momento memorável para finalizar as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”. Felicitou a Vereadora da Coesão Social, Raquel Vale, também presente, pelo trabalho desenvolvido, saudando também as Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho com valência para a terceira idade e os maestros Ana Carolina Capitão e Luís Miguel Clemente, da Orquestra da Costa Atlântica – associação de música e cultura, responsáveis pela direção artística e musical.

Benjamim Pereira notou que grande parte do sucesso desta iniciativa se deve à dedicação e ao empenho dos envolvidos na procura de um resultado de excelência, como foi o caso deste concerto.

Refira-se que no âmbito do Programa Envelhecimento Ativo, o Município vai realizar mais uma edição da Festa dos Santos Populares para a comunidade idosa do concelho, que terá lugar amanhã, dia 14 de junho, na Quinta da Malafaia, em Antas, contando com a participação de cerca de 1900 participantes.

concerto Coro Sénior (1).jpg

ASSOCIAÇÃO DE CIDADÃOS DE ESPOSENDE ENTREGA CERTIFICADOS DE FORMAÇÃO

Projecto de Formação Sénior entrega certificados

A Associação de Cidadãos de Esposende, através do seu projeto "Esposende Click", realizou no passado dia 2 de Junho mais uma entrega de certificados de Formação.

curvos.jpg

Desta vez foram os alunos da União de Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos a receber a certificação. Depois de quase dois meses de formação na introdução às TIC, em que tiveram a possibilidade de aprender algumas ferramentas informáticas, como o Windows e o processador de texto, este grupo de alunos logrou finalizar a formação com êxito.

Estes Cursos decorreram às quintas-feiras em Palmeira e às sextas-feiras em Curvos, e contaram com turmas de número reduzido de forma a permitir um acompanhamento individualizado.

A formação era gratuita, sendo os seus custos suportados na íntegra pela Associação de Cidadãos de Esposende, que com grande esforço tentou colmatar uma necessidade do concelho, a Formação Sénior, e evitar assim a exclusão digital. As aulas decorreram na sede das Juntas de Palmeira de Faro e Curvos de forma a aproximar a formação dos alunos.

A entrega dos tão desejados certificados ficou a cargo do Presidente de Junta da União de Freguesias de Palmeira de Faro e Curvos, Jorge Filipe, que dirigiu algumas palavras aos alunos. Em primeiro lugar, Jorge Filipe felicitou cada um deles pelo seu empenho e dedicação durante a formação, e depois aproveitou para realçar que a Formação Sénior é de grande importância para acrescentar competências e para uma melhoria na qualidade de vida digital.

A formação terá continuidade no próximo mês de Julho com o módulo Internet como meio de comunicação, interação e de organização social, módulo de grande importância já que a comunicação e a informação mediadas por tecnologia são uma realidade central em todas as esferas sociais do mundo em que vivemos

As próximas juntas de freguesia a receber o projeto "Esposende Click" serão as juntas de Marinhas, para um curso nível 2 em Internet, e a Freguesia de Mar, para introdução à Informática nas TIC.

De destacar que, em Maio, a Associação de Cidadãos de Esposende celebrou o seu primeiro aniversário, e em apenas um ano tem desenvolvido vários projetos e atividades, tendo recentemente colocado Esposende no plano mundial da Programação jovem através da abertura do CoderDojo Esposende, que funcionará nas instalações da ACICE, Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende, a partir do próximo 1 de Julho.

palmeira.jpg

MUNICÍPIO ESPOSENDENSE RECEBE ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE ESPOSENDE NOS PAÇOS DO CONCELHO

Equipa da ADE recebida nos Paços do Concelho pela conquista da Taça da AFB

Foi ontem recebida nos Paços do Concelho de Esposende a equipa sénior da Associação Desportiva de Esposende (ADE), que no passado dia 10 de junho conquistou a Taça da Associação de Futebol de Braga (AFB), ao vencer por 2-1 o Porto d’Ave, na final disputada no Estádio Cidade de Barcelos.

1esposss (1).JPG

O Município quis, assim, manifestar apreço pelo feito alcançado, prestando homenagem aos jogadores, equipa técnica e órgãos dirigentes do clube. O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, manifestou “enorme orgulho” pela conquista da taça, dizendo que “é o resultado do trabalho de uma época e não de 90 minutos de jogo”. O Autarca enalteceu a prestação da equipa no jogo decisivo, sobretudo na segunda metade da partida, considerando que a ADE deu uma lição de desportivismo e que imperou o fair play.

Benjamim Pereira expressou orgulho pessoal e o reconhecimento do Município pelo triunfo da equipa da ADE, que, notou, resulta numa vitória do concelho de Esposende e de todos os clubes concelhios, que se regozijaram com esta conquista. Considerou que depois desta vitória, “a equipa está com mais pujança para desafios futuros”.

O Autarca elogiou a atual direção, liderada por Edgar Morais, e notou que, apesar de um limitado orçamento financeiro, o clube tem vindo a desenvolver um excelente trabalho, não só ao nível do futebol como também noutras modalidades. “O clube está vivo e pujante”, afirmou.

Sem querer estabelecer qualquer relação com esta conquista, Benjamim Pereira referiu que o apoio ao associativismo desportivo, sobretudo na formação, tem sido uma das apostas do Município, a par da requalificação das infraestruturas desportivas do concelho. Notou que, dentro das suas possibilidades, a Câmara Municipal tem vindo a apoiar os clubes e associações e afiançou que “é esse contributo que queremos manter, na certeza de que os resultados aparecem, de forma indireta”.

O capitão da equipa, Pedro Maciel era o espelho da felicidade, partilhada por todos os jogadores. Agradeceu à Câmara Municipal a receção e o apoio manifestado pelos adeptos e simpatizantes. “Senti que o bairrismo voltou a Esposende, isso para mim é muito mais importante do que levantar a taça”, afirmou, considerando estar a reviver a alegria de anteriores feitos da ADE.

Considerando a receção nos Paços do Concelho uma honra, o treinador principal da equipa sénior, Carlos Viana, elogiou o trabalho, o caráter e a atitude dos jogadores com vista à conquista de um sonho que se tornou realidade, enaltecendo também a postura da direção que “mesmo nos momentos difíceis não deixou que nos fossemos abaixo”.

“Hoje é um dia extremamente feliz, todo o trabalho é recompensado”, afirmou o Presidente da Direção, Edgar Morais, dizendo que a conquista da Taça da AFB “foi uma vitória de uma cidade e de um concelho”. Realçou a postura dos outros clubes concelhios, que partilharam da alegria da ADE, e recordou que o dia 10 de junho “foi um momento único”, também pela forte mobilização da massa associativa. Na hora dos agradecimentos referiu os restantes dirigentes, os jogadores e o treinador e apontou críticas aos que não acreditavam na equipa, dizendo que “hoje devem estar muito arrependidos”. “Somos uma grande equipa, uma referência deste concelho”, concluiu.

O Presidente da Assembleia Geral da ADE, Alberto Bermudes, saudou a direção e os atletas “que se bateram durante toda uma época”, bem como os sócios e simpatizantes do clube, que ao longo de mais de mais de cem anos conquistou “muitos momentos de glória”. Afirmando que a ADE tem desenvolvido um “trabalho fantástico”, tanto no futebol como ao nível de outras modalidades, Alberto Bermudes lembrou o apoio do Município ao clube e manifestou a expetativa de este que possa ser reforçado.

O Presidente da Junta da União das Freguesias de Esposende, Marinhas de Gandra, Aurélio Neiva, felicitou a equipa pela conquista da taça, dizendo que “é uma página bonita da história deste clube, que fica também para a história do concelho”, e elogiou a atitude dos jogadores em campo, manifestando uma palavra de apreço aos sócios e simpatizantes da ADE pelo apoio manifestado, afirmando que “Esposende é bairrista”. Considerou que esta vitória não é fruto do acaso, mas resultado do trabalho e da postura da direção, liderada por Edgar Morais, a quem elogiou a atitude.

1esposss (2).JPG

1esposss (3).JPG

1esposss (4).JPG

1esposss (5).JPG

ESPOSENDE REALIZA CAMPEONATO CONCELHIO DE FUTEBOL INFANTIL

Campeonato Concelhio de Futebol Infantil 2016/2017 encerra com “chave de ouro”

Decorreu ontem, dia 11 de junho, no Estádio Padre Sá Pereira, em Esposende, a jornada de encerramento do Campeonato Concelhio de Futebol Infantil, época 2016/2017, competição que envolveu cerca de 800 atletas dos escalões Petizes, Traquinas, Benjamins, Infantis. Durante o dia foram realizados os diversos jogos nos diversos escalões, culminando com a entrega de medalhas a todos os atletas participantes e troféus a todas as equipas, perante as bancadas repletas de entusiastas familiares e adeptos.

Fintas Benj.jpg

Ao longo de oito meses, realizaram-se 14 Jornadas concentradas em vários recintos desportivos do concelho, numa estratégia de descentralização e de aproximação da iniciativa à comunidade. Foram palco da competição o Centro Desportivo do CF Fão, Estádio Padre Sá Pereira em Esposende, Estádio Padre Avelino Peres Filipe em Marinhas, Estádio Horácio Queirós em Forjães, Estádio de Vila Chã, Parque Desportivo do DR Estrelas do Faro, Campo da Fonte em Gandra, Campo dos Sargaceiros de Apúlia, Campo de Jogos do CSJ Belinho e o Parque Desportivo de Rio Tinto. A arbitragem, tal como em edições anteriores, esteve a cargo de jovens do concelho com formação para o efeito.

Em termos classificativos, no escalão Traquinas, sagrou-se vencedora a equipa FC Marinhas A, na segunda posição classificou-se a AD Esposende A e, no terceiro lugar, ficou a EF "O Fintas", seguindo-se GD Apúlia, Gandra FC, CSJ Belinho, Forjães SC B, Forjães SC A, FC Marinhas B, CF Fão B, CF Fão A, UD Vila Chã e AD Esposende B.

Relativamente ao escalão Benjamins, o primeiro lugar foi conquistado pela EF "O Fintas", no segundo lugar ficou o FC Marinhas A e, em terceiro, o CF Fão A. Seguem-se AD Esposende A, AD Esposende B, FC Marinhas B, Forjães SC, GD Apúlia, Gandra FC, CSJ Belinho, ADCS Criaz, CF Fão B, DR Estrelas Faro e UD Vila Chã.

No escalão de Infantis, os três primeiros foram FC Marinhas A, EF "O Fintas" e AD Esposende A, seguindo-se AD Criaz, Forjães SC B, FC Marinhas B, CSJ Belinho, Gandra FC, AD Esposende B,          DR Estrelas Faro, Forjães SC A, CF Fão B, CF Fão A e GD Apúlia.

O escalão Petizes não tem fins competitivos, onde é valorizada a participação e a alegria de jogar, pelo que são todos vencedores.

Promovido pela Câmara Municipal de Esposende, o Campeonato Concelhio de Futebol Infantil insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e tem contribuído, ao longo dos últimos anos, para o aumento significativo do número de praticantes nos escalões mais baixos de formação, o que se reflete no número de atletas e equipas participantes nos campeonatos federados da Associação de Futebol de Braga e nos excelentes resultados alcançados. A participação nesta competição não implica quaisquer custos para as associações e clubes participantes, sendo que o Município oferece equipamentos e bolas a todas as equipas, para além de assegurar toda a logística do evento.

Fintas Benj1.jpg

Marinhas A Inf.jpg

Marinhas A Inf1.jpg

marinhas A Traquinas 1.jpg

Marinhas A Traquinas.jpg

Petizes atletas.jpg

ESPOSENDE DIVULGA O SEU FOLCLORE

Auditório Municipal de Esposende encheu na apresentação do DVD “Esposende e o seu folclore”

O Município de Esposende procedeu ontem, 11 de junho, à apresentação do DVD “Esposende e o seu folclore”, um trabalho audiovisual que conta com a participação dos oito grupos folclóricos do concelho. Para além de uma representação etnográfica, o DVD inclui danças com o Grupo de Cantares e Dançares de S. Paio de Antas, Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia, Rancho Folclórico de Fonte Boa, Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães, Rancho Folclórico de Danças e Cantares de Marinhas, Rancho Folclórico “As Moleirinhas” de Marinhas, Grupo Folclórico de Palmeira de Faro e Ronda de Vila Chã.

folclore.jpg

A apresentação decorreu no Auditório Municipal de Esposende, com o espetáculo “Esposende, Minha terra, Meu encanto, Meu eterno amor…”, concebido por Carlos Couto, uma pequena encenação do trabalho produzido com pequenas demostrações do dia-a-dia das gerações de outrora, no campo, nos rios, no monte, no serão, entre outras. De realçar que este espetáculo foi a súmula de todo um trabalho de parceria e partilha de todos os grupos.

Este trabalho surge na sequência da edição, há alguns anos, de um CD com três temas dos grupos folclóricos do concelho então em atividade, visando promover as raízes e tradições concelhias e dar visibilidade ao trabalho dos grupos folclóricos. 

Assinalando que “o folclore simboliza a cultura popular e apresenta grande importância na identidade de um povo, de uma nação”, o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, salienta que “para não se perder a tradição folclórica, é importante que as manifestações culturais sejam transmitidas através das gerações”.

“Por forma a não esquecer a herança que nos foi atribuída por todos os que valorizam a nossa cultura, o Município de Esposende abraçou um projeto de registo de costumes esquecidos tornando-os em memórias vivas, através não só do apoio que tem atribuído a todos os grupos folclóricos do concelho, mas também da edição do DVD ‘Esposende e o seu folclore’”, refere Benjamim Pereira, acrescentando que “de uma forma singela, este trabalho apresenta uma parte do património cultural imaterial que queremos preservar, desde as danças, às atividades, algumas esquecidas e desconhecidas por muitos, como o ciclo do pão, a mareada (apanha do sargaço), as vindimas, as desfolhadas/malhadas, o trabalho na pedra, as lavadeiras do rio e as vivências dominicais”.

O autarca referiu que o Município iá proceder à edição de mais mil exemplares do DVD para oferta aos grupos concelhios, por forma a que a sua venda reverta a favor dos mesmos.

A par da apresentação do DVD, realizou-se a exposição “O nosso traje”, resultado da Prova de Aptidão profissional de duas alunas da Escola Profissional de Esposende.

folclore1.jpg

folclore2.jpg

folclore3.jpg

MARCHA DA MONTANHA LEVA TRÊS CENTENAS DE JOVENS AO CASTRO DE S. LOURENÇO EM ESPOSENDE

Castro e Centro Interpretativo de S. Lourenço receberam 300 alunos da Marcha da Montanha

O Monte de S. Lourenço, em Vila Chã, recebeu, no dia 9 de junho, a 25.ª edição da Marcha da Montanha, organizada pelo Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira, que contou com cerca de três centenas de participantes.

DSC_0509 (002).JPG

À semelhança das edições anteriores, o Município de Esposende, através do Serviço de Património Cultural, assegurou a realização das visitas orientadas ao Castro e Centro Interpretativo de S. Lourenço, tendo entregue a todos os participantes desta edição a publicação juvenil “Caturo, o pequeno guerreiro”.

Dirigida a todas as turmas do 6.º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas de Escolas António Correia de Oliveira, a atividade iniciou-se com um concurso de hinos no Auditório da Escola António Correia de Oliveira, seguindo-se a marcha até ao Monte de S. Lourenço, onde decorreram diversas Oficinas, bem como o piquenique.

A Marcha de Montanha traduz-se num percurso realizado na natureza, na qual os participantes cumprem um trajeto assinalado num mapa, descobrindo e identificando alguns postos (locais) de controlo, respeitando os horários de partida, de passagem e de chegada.

A iniciativa tem como objetivos desenvolver a responsabilidade pessoal e sociocultural, utilizar as habilidades apropriadas, em percursos de natureza, de acordo com as caraterísticas do terreno e obstáculos, orientando-se pela interpretação da carta e do percurso e respeitando as regras de preservação da qualidade do património cultural e ambiental.

PAULO BARROS APRESENTA EM ESPOSENDE CORCERTO “UM PIANO SÓ”

17 de junho – Fórum Municipal Rodrigues Sampaio

O Município de Esposende vai promover, no próximo sábado, dia 17 de junho, pelas 22h00, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, um concerto de Piano por Paulo Barros, com entrada livre.

Paulo Barros.jpg

Nascido na Inglaterra em 1968, Paulo Barros é descendente de Esposendenses. Começou a estudar piano clássico com 7 anos de idade. Em 1998 concluiu o Bacharelato de piano da ESMAE.

Paralelamente à música clássica, interessa-se pelo jazz. Em 1998 ingressa no Conservatório de Música de Amesterdão, onde, em 2002 conclui a licenciatura em piano jazz. Aí frequentou workshops com Danilo Perez, Ralph Irizary, Deborah Brown, Kenny Werner, Gerry Dial e Edie Martinez, tendo tido aulas com estes três últimos.

Gravou o CD «Slow Emotion» com a cantora dinamarquesa Mai Seidelin Norby, onde teve a participação especial do contrabaixista Jesper Bodilson.

Atualmente faz parte do Quinteto de Adriana Miki, do Quarteto de Carlos Mendes, do Quinteto de Manuel Linhares e do quarteto de Richard Okkerse.

Recentemente gravou o seu primeiro CD a solo, intitulado "Um Piano Só", que será apresentado neste concerto. Com uma linguagem jazzística e através das suas composições originais, o músico transporta os ouvintes para um universo de sonoridades no qual cada um pode criar as suas próprias histórias.

CÁVADO LANÇA NOVAS PONTES PARA A COMPETITIVIDADE

O projeto UP Cávado, desenvolvido pela CIM do Cávado em parceria com a InvestBraga e com a Agência de Energia do Cávado, será apresentado publicamente na próxima terça-feira, dia 13 de junho, na sala de conferências do edifício gnration, pelas 14h30, em Braga.

Resultado de três candidaturas aprovadas no âmbito do Aviso ao Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIACs), do Programa Operacional Norte2020, o UP Cávado visa a melhoria global da competitividade empresarial da NUT III Cávado.

Em conjunto, estas três operações pretendem implementar ações de dinamização empresarial, relacionadas com o “Empreendedorismo”, a “Qualificação” e a “Internacionalização”.

O orçamento previsto para a implementação destas ações compreende um montante de mais de um milhão de euros (1 000 000,00€), para o período temporal de dois anos. Este projeto agrega os seis municípios da CIM do Cávado – Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, que, em articulação com as entidades e associações comerciais e industriais que atuam no território, pretendem mobilizar novas dinâmicas empresariais e tornar mais atrativo o investimento na região, através da simplificação de processos, da facilitação de redes de networking e de um conjunto de ações de internacionalização.

Na sua essência, o UP Cávado tem como objetivos a mobilização e dinamização do espirito empreendedor; a qualificação do tecido empresarial focada no aumento da produtividade; a capacitação para a internacionalização e o aumento da visibilidade e notoriedade internacional da oferta de bens e serviços do território.

Recorde-se que este projeto está integrado numa das novidades do Portugal 2020 (SIACs) que se destina a promover o espírito empresarial através das comunidades intermunicipais (CIM).

“Toda esta nova abordagem é reflexo do entendimento que vem sendo reforçado entre os autarcas quanto à importância de explorarem proveitosamente a escala supramunicipal em benefício das suas populações e dos seus territórios”, diz Fernando Freire de Sousa, Gestor do Norte 2020 e Presidente da CCDR Norte.

JONINHAS VILAR SAGRA-SE VICE-CAMPEÃO NA TAÇA INTERNACIONAL DE KARATE DE ALMEIRIM

O atleta esposendense Joninhas Vilar acaba de sagrar-se vice-campeão na Taça Internacional de Karaté de Almeirim.

Decorreu no sábado dia 10 de junho na cidade de Almeirim, a Taça Internacional de Karate Cidade de Almeirim.

O atleta da BAKE-Bushido Associação de Karate de Esposende, Joninhas Vilar, júnior - 55 kg a competir no escalão júnior - 68 kg, conquistou o vice-campeonato da prova.

IMG_20170610_191417.jpg

IMG_20170610_191425.jpg

IMG_20170610_191547.jpg

IMG_20170610_191635.jpg

 

ESPOSENDE REALIZA FEIRA DE ADOÇÃO ANIMAL

Domingo há Feira de Adoção Animal em Esposende

O Município de Esposende, em colaboração com a ANIESP – Associação Animal de Esposende, vai realizar no próximo domingo, dia 11 de junho, pelas 10h00, na Zona Ribeirinha da cidade, mais uma Feira de Adoção Animal.

DSC_0029 (1).JPG

A iniciativa, a segunda a acontecer este ano, insere-se no âmbito do Plano Municipal de Dignificação dos Animais e tem o duplo objetivo de promover a adoção de animais e de divulgar o Canil Intermunicipal, sensibilizando a comunidade para a adoção em detrimento da compra.

Uma vez que o abandono de animais é uma problemática diária que se acentua neste período do ano, o objetivo passa por sensibilizar e incentivar a população à adoção, encaminhando para um lar responsável os animais recolhidos das ruas, depois de devidamente castrados, vacinados e microchipados. Nesse sentido, a ANIESP tem sido um parceiro importante do Município na dinamização deste tipo de iniciativas, colaborando na consciencialização da população para esta causa.

O evento contará com a participação da GNR, com uma demonstração da sua equipa cinotécnica, evidenciado o trabalho que os animais desenvolvem nestas áreas específicas, e com a presença da Zoonatura, um espaço em Esposende dedicado aos animais, em especial aos animais de estimação.

Refira-se que o Canil Intermunicipal, localizado em Fornelos – Ponte de Lima, está sempre disponível para receber eventuais interessados em adotar animais, tanto cães como gatos, dispondo de tratadores e médicos veterinários para auxiliar na decisão.

DSC_0037.JPG

DSC_0086 (002).JPG

ESPOSENDE PROMOVE JORNADAS TÉCNICAS DE MARCHA E CORRIDA

1 julho - Fórum Municipal Rodrigues Sampaio

No âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE), o Município de Esposende vai promover, no próximo dia 1 de julho, às 10h00, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio em Esposende as Jornadas Técnicas do Programa Nacional de Marcha e Corrida.

jornadas tecnicas.jpg

A iniciativa dirige-se a técnicos de desporto e a participação é gratuita, contudo carece de inscrição, a efetuar on-line, em www.weventual.com, até ao dia 29 de junho.

A sessão de abertura está marcada para as 10h00, iniciando-se os trabalhos meia hora depois, com a abordagem do tema “Fundamentos do Treino aplicados ao Running”, por Ricardo Esteves, treinador de corrida, seguindo-se a intervenção da nutricionista Ângela Henriques, que falará sobre os “Cuidados Alimentares no Running”.

Já no período da tarde, pelas 14h30, Maria João Sá, especialista em medicina geral e familiar e medicina desportiva, abordará a “Prevenção de doenças em praticantes de Marcha e Corrida”. Segue-se a intervenção de Vitor Dias, Runner e autor do blogue www.correr.com, sobre “A Internet ao Serviço de Marcha e da Corrida”, e, a encerrar, Ana Maria Freiras, enfermeira de reabilitação, apresentará “Noções Básicas de Suporte Básico de Vida”, estando ainda previsto um espaço de debate.

A realização destas jornadas insere-se na estratégia do Município de promover a prática desportiva de lazer, através da orientação de técnicos qualificados e com formação específica, de que é exemplo o Centro Municipal de Marcha e Corrida, na Zona Ribeirinha de Esposende. Este projeto integra o Programa Nacional de Marcha e Corrida, ao qual estão associados também a empresa municipal Esposende 2000, Federação Portuguesa de Atletismo e Instituto Português do Desporto e Juventude.

A sede do Centro funciona nas Piscinas Municipais Foz do Cávado, onde é feito o atendimento e avaliação inicial, prescrição do exercício e o acompanhamento técnico a todos quantos pretendam fazer exercício, sendo que estão disponíveis quatro percursos, nomeadamente 200 metros, 2000 metros, 3000 metros e 10000 metros, compreendendo as zonas ribeirinhas de Esposende e de Fão e a restinga do Cávado.

Com o intuito de imprimir maior dinâmica ao Centro de Marcha e Corrida, o Município organizou, no passado dia 4 de junho, um treino com os grupos de corrida Gandra Trail Team, ADE Trail Running, Spin & Run e Esposende 2000, que contou também com a participação do Apúlia a Correr, marcando o início de um novo ciclo deste projeto que passa por proporcionar o treino conjunto. Assim, à segunda-feira, às 18h00, o treino é orientado pelo Gandra Trail Team, à terça-feira, às 19h00, pela Esposende 2000, à quarta-feira, às 18h30, está a cargo da ADE Trail Running e, à quinta-feira, às 19h30, é assegurado pelo Spin & Run. Os interessados deverão comparecer nos horários definidos, seja para correr ou caminhar.

EMPREENDEDORES IBÉRICOS REÚNEM EM ESPOSENDE

O Município de Esposende vai avançar com um plano de incentivos para a fixação de empresas, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, na abertura da sétima Conferência Ibérica de Empreendedorismo que decorre em Ofir, até amanhã, sexta feira, dia 9.

cien 2.jpg

O plano será levado a discussão e votação, na próxima reunião do Executivo Municipal, no dia 15. “Estivemos a adequar o plano à realidade do município, porque pretendemos cativar investidores, mas também ajudar os que já estão instalados”, sustentou Benjamim Pereira, apontando a abertura do Centro de Negócios como o local onde será privilegiada a troca de experiências e cooperação laboral.

No que concerne ao apoio a empresas, o autarca destaca a isenção de taxas - em função do investimento e do número de postos de trabalho criados -, e de Derrama como aliciantes para os empresários. “O Município compromete-se, ainda, a agilizar os projetos que são submetidos para aprovação e isentar de IMI, por cinco anos, renováveis por igual período”, acrescentou o presidente da Câmara Municipal de Esposende.

cien3.jpg

Lembrando que Esposende tem uma vocação turística e ambiental, Benjamim Pereira estabelece prioridades, lembrando que o concelho não tem um perfil industrial vincado. “Queremos empresas de áreas de atividade diversificadas, mas não desafetamos, casuisticamente, a RAN, nem a REN para alargar áreas industriais. Queremos crescer em termos demográficos, captando jovens para viver em Esposende, mas sem agredir os valores que elegemos como primordiais para o concelho”, sustentou Benjamim Pereira.

Tendo como objetivo o reforço das sinergias entre o universo científico e o empresarial com o desígnio de partilhar conhecimento, capacidades e experiências, a conferência Ibérica de Empreendedorismo reuniu especialistas em áreas tão vastas do empreendedorismo como, a social, a cultural, a educação ou microecosistemas empreendedores.

De resto, a partilha de conhecimento e cooperação apresentam-se como o maior desafio das empresas portuguesas. Conforme referiu Henrique Capelas, responsável do Norte 2020, na CCDRN, “estão longe de ficar esgotados os fundos destinados à investigação conjugada com a área empresarial. A inovação só existe se a investigação pura for aplicada na economia e há valor acrescentado”.

Na mesma linha de pensamento, Olímpio Castilho, presidente do Instituto Politécnico do Porto, considera haver “bons exemplos de cooperação entre grandes empresas e universidades. O défice de transferência de conhecimento verifica-se com as pequenas e médias empresas”.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, explicou que a autarquia à qual preside “apoia as incubadoras nas próprias empresas, dada a forte realidade industrial do concelho”.

Já o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio focou “o papel que tem sido desenvolvido pela InvestBraga ao nível do empreendedorismo e também o trabalho em parceria com as redes de municípios, quer na Comunidade Intermunicipal, quer no Eixo Atlântico”.

A 7.ª Conferência Ibérica de Empreendedorismo pretende fomentar a partilha de experiências, a conjugação de esforços e a criação de parcerias entre universidades, empresas e outras organizações, com o objetivo de fortalecer e impulsionar o empreendedorismo transfronteiriço entre Portugal e Espanha.

empreende1.jpg

CORO SÉNIOR DE ESPOSENDE REALIZA CONCERTO NO DIA 10 DE JUNHO

O Coro Sénior de Esposende vai realizar um concerto no próximo sábado, 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses, pelas 21h00, na Praça do Município, em Esposende, com entrada livre.

concerto coro sénior.jpg

Sob a direção artística e musical de Ana Carolina Capitão e Luis Miguel Clemente, o Coro Sénior será acompanhado pelo Quinteto da Atlantic Coast Orchestra: Violinos - Fabiana Fernandes e Afonso Amaral, Viola d’arco - Ana Morais, Violoncelo - Filipa André e Contrabaixo - Júlia Manuela.

O repertório será composto por cantigas tradicionais portuguesas, designadamente “As nuvens que andam no ar”, “Chapéu preto”, “Romã”, “Dom Solidom”, “Os olhos da Marianita”, “Oliveirinha da Serra” “Oh Laurindinha vem à janela”, “Maria Faia”, “Milho Verde” e “João Barandão”. A encerrar o concerto, será interpretado o Hino Nacional “A Portuguesa”.

Desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende, o Coro Sénior integra o Programa “Envelhecimento Ativo” e envolve a participação de quase duas centenas de idosos do concelho, estimulando as suas capacidades cognitivas e intelectuais e promovendo a sua interação na comunidade.

Assente numa parceria alargada, efetiva e dinâmica, este projeto potencia as mais diversas sinergias em termos de bem-estar, inserção e participação social, bem como na melhoria das condições e qualidade de uma velhice bem-sucedida.

A iniciativa conta ainda com a colaboração das instituições particulares de solidariedade social do concelho com valência para a terceira idade.

O Coro Sénior de Esposende foi já distinguido com uma Menção Honrosa do Prémio BPI Seniores 2016, iniciativa destinada a apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento ativo, em reconhecimento do impacto positivo do projeto junto desta faixa etária.do nosso concelho.

DSC09546.JPG

III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE

A BAKE-Bushido Associação de Karate de Esposende vai realizar a III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE. O Evento é aberto a toda a comunidade!

Gostaríamos de contar com a presença de todos os nossos alunos, familiares, amigos e comunidade em geral,  a fim de tornar o evento num momento muito agradável e saudável  de convívio entre todos.

          » Evento: III MEGA AULA DE KARATÉ BAKE-CIDADE DE ESPOSENDE

        » Dia:  28 de junho (quarta-feira)

          »Horário: 15h:30min. 16h:30min.         

          »Local: Em frente às Piscina Foz do Cávado Esposende

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE APOIA ENTIDADES LOCAIS

Município de Esposende atribui mais de 21 000 euros em subsídios

Na sua última reunião, a Câmara Municipal de Esposende deliberou, por unanimidade, atribuir um subsídio no montante de 15 000 euros à Fábrica da Igreja de S. Miguel de Gemeses, destinado à execução de obras de conservação e substituição de mobiliário no Salão Paroquial.

.

A concessão deste apoio irá garantir a melhoria das condições dos serviços prestados, nomeadamente às crianças e idosos que frequentam este equipamento, quer nas atividades dos grupos paroquiais, quer nas atividades recreativas e desportivas ali praticadas.

O Município aprovou igualmente a atribuição de um subsídio de 3 849,07 euros, ao qual acresce o IVA à taxa legal em vigor, à Associação de Pais da Escola Básica de Apúlia, para equipar, com mobiliário e sistema de som, o auditório de apoio à comunidade educativa, garantindo, deste modo, a melhoria das condições deste espaço.

À semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal vai apoiar a Associação Cultural e Recreativa Amigos de S. João na organização das Marchas de S. João, a realizar no âmbito das festividades populares dedicadas a S. João. Assim, o executivo municipal deliberou conceder um apoio financeiro de 2 500 euros dado o inegável interesse público da atividade e a relevância que o evento tem na animação e dinamização da cidade, do concelho e da própria região, tendo ainda em consideração que esta manifestação da cultura popular representa ainda um motivo de atratividade turística para Esposende

A concessão destes subsídios, no montante global de 21 349,07 euros, enquadra-se na criteriosa política de apoio que tem vindo a ser executada pelo executivo liderado por Benjamim Pereira e que assenta numa ótica da salvaguarda do interesse das populações

ESPOSENDE DEBATE DESAFIOS DA EDUCAÇÃO

Sob o lema “Desenhar o Presente, Projetar o Futuro”, o Município de Esposende levou a cabo, entre os dias 26 de maio e 3 de junho, mais uma edição do Fórum da Educação.

DSC_0059

A marcar a abertura, realizou-se o painel “O Perfil do Aluno para o Séc. XXI – reflexões e desafios”, sob a moderação do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Esposende, António Maranhão Peixoto.

Jorge Manuel Ascenção, Presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, falou sobre o crescimento do movimento das associações de pais e a sua progressiva participação na vida das escolas. Sobre o documento “Perfil dos Alunos para o Séc. XXI - Perfil dos Alunos à saída da Escolaridade Obrigatória”, referiu que o mesmo aponta para uma série de alterações, desde conteúdos curriculares, mas também uma série de competências que os estudantes devem ter quando terminam o ensino obrigatório, nomeadamente, competências de linguagens, de comunicação, de raciocínio, de pensamento crítico, entre outras. O orador destacou o seu contributo para a promoção da equidade de oportunidades e para o desenvolvimento de competências numa perspetiva alargada, que deverá permitir que a escola vá de encontro aos gostos de cada aluno e os motive. José Eduardo Lemos, Presidente do Conselho das Escolas, conduziu a reflexão para a forma como a Escola se vai organizar para implementar as medidas inerentes ao novo perfil do aluno, ou seja, sobre quais as transformações a operar e que recursos a mobilizar, articulando estas questões com os requisitos de acesso ao ensino superior. Salientou a importância do documento para a sistematização e clarificação de princípios, valores e competências que a Escola deve perseguir, preferindo a designação de melhoria ao invés de mudança, para se alcançar a equidade no sistema educativo e a promoção das competências chave que os alunos deverão desenvolver até ao final da escolaridade obrigatória. Maria do Céu Roldão, da Universidade Católica – Centro Regional do Porto, abordou a educação como utopia e a escola como um constructo social, com raízes históricas e sociais. Referiu que a escola educa através do processo de ensino/aprendizagem e que as novas tecnologias são um instrumento de apoio a esse processo de transmissão de conhecimentos, com o objetivo de colaborar para a construção de um cidadão mais completo. Seguiu-se um período de debate muito participado e profícuo.

No parque junto às Piscinas Foz do Cávado decorreu, no dia 28 de maio a Mostra Educativa do concelho de Esposende, com destaque para as diversas oficinas, a cargo dos Agrupamentos de Escolas António Rodrigues Sampaio e António Correia de Oliveira, Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina e Escola Profissional de Esposende, que envolveram a comunidade em torno da divulgação dos projetos e na dinamização das atividades.

No dia 29 de maio, sob a moderação da Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Esposende, Jaqueline Areias, realizou-se o painel dedicado à apresentação de projetos pelas escolas. Assim, Sandra Amorim, da Escola Profissional de Esposende, apresentou “A partilha de experiências como fator de aprendizagem”, tendo abordado o percurso da Escola Profissional de Esposende e a oferta formativa alargada que tem proporcionando, contribuindo para a formação de cidadãos responsáveis e profissionais qualificados. Dina Zão e Laura Alves, do Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira, apresentaram o Projeto "Ciências Experimentais - Cientistas Turistas", da Educação Pré-escolar, com o envolvimento das crianças e com a exploração de diversas áreas do currículo (ciência, geografia, história, entre outras), que motiva as aprendizagens e desperta a curiosidade e a criatividade dos mais novos. A Diretora do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio, Paula Cepa, falou sobre “Cultura e Quotidiano de uma Escola Inclusiva”, abordando a forma como se constrói uma escola inclusiva, com o envolvimento de toda a comunidade educativa no projeto educativo integrador e adequado à especificidade de cada aluno. Manuela Ferreira, da Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina, apresentou o projeto “Escrita e Leitura Orientadas para o Sucesso: ELOS - um exemplo de Gestão Curricular Integrada na ESHM”, que se consubstancia como um projeto de escrita e leitura orientada para o sucesso do processo escrita/comunicação, favorecendo a leitura, e descodificação e a interpretação. A escola trabalha para o futuro, na preparação dos alunos, na promoção do seu sucesso pessoal e profissional, numa lógica de transdisciplinaridade e de articulação. O debate foi muito participado e suscitou outras questões de relevo que foram sendo esclarecidas pelos intervenientes.

Numa altura em que se desenham políticas educativas estruturantes, a nível local, regional e nacional, estes momentos promoveram a reflexão em torno de alguns dos projetos e propostas em curso, explorando o seu potencial contributo para uma progressiva melhoria da Educação e da qualidade de vida das comunidades.

No dia 31 de maio realizou-se o Seminário “Centro Qualifica Litoral Cávado, o hub de Intervenção Territorial Local - o RVCC escolar ao profissional: impactos nas atividades económicas sectoriais locais”. Num primeiro painel, João Queirós, investigador do Instituto Politécnico do Porto apresentou as conclusões de um estudo sobre a “Participação em processos de RVCC e reforço da coesão social: notas de uma investigação do noroeste português”, que carateriza a população que procura estes processos e as suas ligações com as questões da mobilidade social e com a promoção da coesão social. A intervenção de Olívia Santos Silva, da Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos, sobre “As sinergias dos atores em rede no Território” centrou-se sobre a importância do trabalho em rede nestes processos e Jorge Silva, Formador CQ Litoral Cávado, dissertou sobre “O ERASMUS+ e os Centros QUALIFICA”. Tiago Fernandes, Chefe de Cozinha do Hotel Premium Porto apresentou “RVCC Profissional: testemunho de vida”, tendo apresentado o seu percurso escolar e profissional e abordado a importância da aprendizagem ao longo da vida. A moderação do painel esteve a cargo de António Leite, Delegado Regional do Norte do Instituto do Emprego e Formação Profissional. Seguiu-se a mesa redonda sobre “O Papel da Qualificação e os territórios com vocação turística”, sob a moderação de Rui Pereira, Vereador do Turismo, Desporto e Juventude da Câmara Municipal de Esposende, e na qual intervieram Nuno Ferreira, Administrador do Hotel São Félix, José Faria, Presidente da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende, e José Gomes Alves, Presidente da Associação Empresarial da Póvoa de Varzim, que refletiram sobre a importância da requalificação profissional para a competitividade do setor do turismo e sobre a sensibilização do setor empresarial para estes processos de educação e formação durante o percurso da vida da população ativa.

O Fórum da Educação 2017 encerrou com chave de ouro, no dia 3 de junho, com a  apresentação do Espetáculo “Quando o Mar é mais”, uma criação coletiva do Projeto AMAReMAR, que contou com a participação do Coro Ars Vocalis e Clube Náutico de Fão.

DSC_0087

DSC_0141

DSC_0521

"MARÉ D'ARTE" GALGA ESPOSENDE

“Maré d’Arte” invade Largo Fonseca Lima no dia 10 de junho

O Largo Fonseca Lima, em Esposende, vai ser palco, no próximo sábado, dia 10 de junho, de um evento de arte na rua, intitulado “Maré d’Arte”.

mare_darte (002)

A iniciativa marca o arranque do Ciclo de Artes Plásticas e Performativas do Museu Municipal de Esposende e reúne artistas plásticas e performers do norte de Portugal, sendo comissariada pela pintora Madalena Macedo, de Guimarães.

O evento vai decorrer das 10h00 às 16h30, com pintura ao vivo em cavalete, com a participação dos pintores António Miranda, Fátima Miranda e Monteiro da Silva, de Barcelos, António Nunes, João Marrocos e Joel Correia, de Caminha, Jorge Ferreira, de Forjães, Lurdes Rodrigues, de Braga, Cipriano Oquiniame, de Viana do Castelo, Mário Rebelo de Sousa, de Vila Praia de Âncora, Pierre-Michel de Keyn, de Valdreu, e da própria Madalena Macedo.

A Maré d’Arte trará ainda ao Largo Fonseca Lima apontamentos de poesia pelos declamadores Armindo Cerqueira, de Barcelos, e Maria Simões, de Braga, cujo fio condutor terá como protagonista as paisagens e as histórias do mar de Esposende.

ESPOSENDE ACOLHE CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO

A Câmara Municipal de Esposende, a Empreend – Associação Portuguesa para o Empreendedorismo e o Instituto Politécnico do Porto / Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, organizam a 7ª Conferência Ibérica de Empreendedorismo que terá lugar nos próximos dias 8 e 9 de junho em Esposende, em Ofir - Fão no Axis Ofir Beach Resort Hotel [http://www.empreend.pt/ciem2017/].

A Ciem 2017 envolve centenas de participantes de Portugal e do estrangeiro, nomeadamente professores universitários, empresários, autarcas, jovens empreendedores, estudantes, jornalistas, entre outros.

Serão atribuídos três prémios pecuniários aos três autores que apresentem os melhores artigos científicos sob a temática do empreendedorismo.

Em paralelo irão ser desenvolvidas atividades empresariais e um evento de Business Networking, contando de base com algumas empresas convidadas que divulgarão os seus produtos e serviços.

ESPOSENDE JÁ FAZ PARTE DA REDE MUNDIAL CODERDOJO

A CoderDojo Esposende abre as suas portas em Julho, através da Associação de Cidadãos de Esposende.

A Associação de Cidadãos de Esposende abre mais um projeto, juntando esforços com uma das mais importantes redes internacionais em programação, e a #CoderDojo Esposende será uma realidade a partir de Julho.

coder dojo foundation

A CoderDojo é uma entidade registada na República da Irlanda, com mais de mil Dojos presentes em 63 países; em Portugal existe em cidades como Lisboa, Porto ou Braga. A finalidade destes Dojos Informáticos é ensinar programação a Jovens entre os 7 e os 17 anos. Os participantes, apelidados de “ninjas”, aprendem assim, com a ajuda de vários mentores, que a programação é uma força capaz de mudar o mundo. Recentemente, a 29 de Maio, a Raspberry Pi e a CoderDojo resolveram fundir-se, dando origem a uma das maiores organizações do mundo na promoção da aprendizagem de programação.

Na CoderDojo Esposende será possível aprender a programar, criar páginas web, elaborar pequenos jogos, criar projetos, programar nas mais diversas linguagens, tudo sempre com o objetivo de ir despertando o interesse pela programação nos mais jovens. Para poder aceder a todos os recursos do novo Dojo em Esposende é necessária a pré-inscrição através do site da Associação de Cidadão de Esposende, onde existe um link que redireciona para a página do Dojo.

Os alunos "Ninjas" terão de ultrapassar diferentes níveis e desafios. Quando os concluírem, serão recompensados com faixas, que vão desde o branco, para os iniciantes, até ao preto, correspondente ao nível de programação mais avançado. Para poderem alcançar o patamar máximo devem construir e apresentar o seu próprio projeto, realizando no final uma apresentação aos Mentores.

Com este novo projeto, a Associação de Cidadãos de Esposende pretende dar uma nova dinâmica aos jovens do concelho, permitindo que explorem todo o seu potencial, alarguem os seus conhecimentos, conheçam e partilhem informações. O Dojo Esposende é certamente uma mais-valia para a cidade e para os jovens de todo o concelho de Esposende, que a partir de Julho podem aprender programação. A participação nas aulas do CoderDojo é gratuita, sendo apenas necessários dois requisitos: levar o seu próprio portátil e muita vontade de aprender.

De recordar que a Associação de Cidadãos de Esposende nasceu a 13 de Maio de 2016 e desde então têm sido vários os projetos colocados no terreno. Em todos eles existe um ponto comum: contribuir para melhorar o concelho de Esposende.

APRESENTADO EM ESPOSENDE LIVRO DE ATAS DO COLÓQUIO “BANHO SANTO: A ROMARIA E U MAR DE ESTÓRIAS”

Decorreu ontem, em sessão realizada no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, a apresentação do livro de Atas do 5.º Encontro da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, dedicado ao “Banho Santo: a Romaria e um Mar de estórias”, realizado em junho de 2016.

DSC_0159

A publicação compila as intervenções dos oradores que participaram no colóquio sobre o Banho Santo de S. Bartolomeu do Mar, no âmbito do qual foi apresentada a candidatura da “Romaria de S. Bartolomeu do Mar” à Lista Nacional do Património Imaterial. A apresentação esteve a cargo de Álvaro Campelo, Coordenador do projeto de candidatura, que fez uma breve resenha de cada um dos textos agora publicados, e foi antecedida da apresentação de dois pequenos filmes sobre a Romaria e o Banho Santo, realizados no âmbito do processo de candidatura.

O livro integra a dissertação de Franklim Neiva Soares, Catedrático Emérito da Universidade do Minho, natural de Mar e um dos mais reconhecidos investigadores desta temática, que aborda o “Banho Santo em S. Bartolomeu do Mar: sua contextualização no Entre Douro e Minho e Origens”. Paula Mota Santos, da Universidade Fernando Pessoa e da Berkeley University, de Inglaterra, debruça-se sobre “Novos sentidos para o mar: o lazer e o turismo balnear”, Susana Lobo, do Departamento de Arquitetura da Universidade de Coimbra, foca o tema “Arquiteturas da Praia: a Cultura Balnear em Portugal” e, Luís Martins, do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição e em nome da equipa formada pelos investigadores Vanessa Iglésias Amorim (CRIA-IUL) e João Augusto Aldeia (CM de Sesimbra), abordou a temática “Do uso tradicional do mar e as expressões do religioso”. “O Banho Santo de S. Bartolomeu do Mar visto por uma psiquiatra de crianças” é a abordagem de Celeste Malpique, Professora Catedrática Emérita da Universidade do Porto, e Álvaro Campelo explana o tema “O Mar e o Corpo: Práticas e Estéticas da Cura”. O Investigador Júlio Santos, da Academia de Danças e Cantares do Norte de Portugal, aborda “O S. Bartolomeu da Foz do Douro: Cortejo do Traje de Papel”, e a Investigadora e, à data do colóquio, Vereadora da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Isabel Coutinho, debruça-se sobre “O S. Bartolomeu de Cavez - Cabeceiras de Basto”. O Almirante José Bastos Saldanha, na dupla qualidade de Presidente da Secção dos Oceanos da Sociedade de Geografia de Lisboa e Vice-Presidente da RNCMR, encerra com a apresentação das conclusões do Colóquio, pondo em evidência a Romaria e o Banho Santo no mar de Esposende.

O colóquio sobre o Banho Santo de S. Bartolomeu do Mar decorreu no âmbito da Presidência do Município de Esposende da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, assim como a inventariação/classificação da Romaria de S. Bartolomeu do Mar e a consequente candidatura à Lista Nacional do Património Imaterial, conforme referiu o Vice-Presidente da Câmara Municipal, António Maranhão Peixoto.

Mais do que o repositório das intervenções do colóquio, o livro de Atas “é um marco histórico para o Município e para S. Bartolomeu do Mar”, assinalou o Vice-Presidente. Maranhão Peixoto, que enalteceu o trabalho desenvolvido no âmbito da candidatura do Banho Santo, dizendo que “orgulha imenso o Município e aqueles que se dedicam à investigação”. Felicitou, por isso, todos quantos contribuíram quer no processo de candidatura quer na edição do livro de Atas, uma publicação de elevada qualidade científica, mas também gráfica e fotográfica. Concluiu expressando a expetativa de que “o sentir coletivo se afirme constantemente”.

A Tomada de Posse da Mesa da Presidência da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, pelo Município de Esposende pelo segundo biénio consecutivo, que estava prevista acontecer nesta sessão não se realizou, devidos a imprevistos de última hora, ficando adiada para data a agendar oportunamente.

ESPOSENDE AMBIENTE PARTICIPA NO IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE RISCOS

A Esposende Ambiente marcou presença no IV Congresso Internacional de Riscos, que decorreu de 23 a 26 de maio, em Coimbra, sob o tema “Riscos e Educação”, organizado pela RISCOS – Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança, em colaboração com a Universidade de Coimbra.

20170524_110655

"Educar para garantir Vidas Seguras" foi a comunicação apresentada pela Esposende Ambiente, na qual foram dadas a conhecer as várias ações promovidas pela empresa e divulgadas as boas práticas na promoção de uma cultura de segurança, tanto internamente como junto da comunidade local. Esta comunicação mereceu a atenção do público, tendo-se registado várias questões, nomeadamente na forma como o projeto Vidas Seguras é promovido nas escolas e a aceitação do mesmo.

Mais do que a quantificação das participações e das avaliações de satisfação, e não obstante a sua relevância enquanto indicadores em constante monitorização, neste congresso foi realçado o contributo da Esposende Ambiente na gradual mudança de hábitos e responsabilização dos munícipes, esperando servir de exemplo para outros municípios.

Certificada pelo normativo OHSAS 18001 - Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho, a Esposende Ambiente tem apostado na contínua Formação/Sensibilização/Informação dos seus colaboradores, tanto em sala como nos locais de trabalho, sobre as várias temáticas relacionadas com os perigos e riscos associados ao trabalho, incluindo a resposta a situações de emergência, com vista à melhoria contínua das condições de segurança e de saúde nos locais de trabalho.

Ainda no âmbito da promoção de uma cultura de segurança, a Esposende Ambiente desenvolve junto da comunidade escolar o projeto Vidas Seguras, no âmbito do projeto Crescer Saudável, com o objetivo de sensibilizar para a segurança infantil e segurança e saúde no trabalho, visando a redução de acidentes. Apesar de a educação para a prevenção começar desde cedo no seio familiar, prolongando-se pelos vários ciclos do ensino escolar, nunca é demais o reforço da informação relativamente aos conteúdos relacionados com a segurança infantil, já habitualmente trabalhados em contexto escolar. No entanto, importa também introduzir as temáticas relacionadas com a segurança e a saúde nos locais de trabalho, dada a relevância que o assunto tem na sociedade, nomeadamente pelo facto de as crianças e jovens serem os veículos promotores da segurança no trabalho junto dos pais e familiares.

ESPOSENDE MELHORA REDE VIÁRIA

Município de Esposende investe cerca de 15 mil euros na beneficiação da rede viária de Vila Chã

No âmbito do Plano de Investimento nas Freguesias e numa ótica de salvaguarda do interesse das populações, a Câmara Municipal de Esposende vai atribuir um apoio financeiro, no montante de 14 820,33 euros, à Junta de Freguesia de Vila Chã, de acordo com deliberação aprovada, por unanimidade, pelo executivo de Benjamim Pereira.

.

A verba destina-se a financiar a pavimentação da Rua Fonte da Aldeia, da Travessa Agra de Cortes e da Travessa da Lagoa, bem como a execução das sobrelarguras na Travessa da Longa, Rua de Borreiros, Rua da Abelheira e Rua do Becudo.

Estas intervenções revestem-se da maior relevância num contexto da beneficiação da rede viária concelhia e irão garantir melhorias ao nível da circulação rodoviária e pedonal nas vias em questão.

O Município de Esposende continua, deste modo, a atender às reivindicações das freguesias, somando-se este apoio ao investimento significativo que está a ser executado em todo o concelho. 

ESPOSENDE REALIZA FEIRA DE VELHARIAS

“Vidros e a sua arte” dão mote à Feira de Velharias de junho

Tendo como temática “Vidros e a sua arte - desde o toucado à mesa de servir”, realiza-se no próximo domingo, dia 4 de junho, mais uma edição da Feira de Velharias de Esposende.

DSC_0389

Sob a forma de belos utensílios de mesa, de toucado ou como peças decorativas, os vidros fazem o agrado de muitos apreciadores deste tipo de peças que, nesta edição, poderão encontrar uma vasta gama destes artigos, para além de vários outros artigos e produtos.

Organizado pelo Município de Esposende, este evento constitui uma oportunidade de apreciar, adquirir ou trocar objetos já esquecidos pela moda, que agora renascem sob o estilo vintage. São vários os participantes que disponibilizam peças de grande requinte e qualidade, muito apreciadas por quem gosta e procura este tipo de certames.

A Feira de Velharias realiza-se no primeiro domingo de cada mês, no Largo Rodrigues Sampaio, entre as 10h00 e as 19h00, e tem entrada livre.

ESPOSENDE APOSTA NO DESENVOLVIMENTO DIGITAL

Município de Esposende e IPCA ponderam novas formas de cooperação

O presidente da Câmara Municipal de Esposende e o diretor da Escola Superior de Tecnologia (EST), do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) estão a estudar novas formas de cooperação entre as duas instituições. A parceria deverá decorrer da aprovação do projeto “New Level”, pelo Programa Operacional Norte 2020, na área do entretenimento digital.

ipca

No dia em que a Escola Superior de Tecnologia, assinalou os 13 anos de ensino, o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, participou num debate que envolveu, ainda, Nuno Rodrigues, diretor da EST, Ester Gomes da Silva, vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte e João Monteiro, da Universidade do Minho.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende vincou a aposta do município na investigação, “como forma de não ser apenas conhecido pelo turismo, nem se cingir a uma atividade. Protagonizamos um novo modelo de gestão autárquica que se traduz, por exemplo, no projeto Observatório Marinho de Esposende (OMARE)”. Trata-se do sistema de informação, monitorização e gestão da biodiversidade marinha das áreas classificadas do litoral norte como ferramenta de promoção da sustentabilidade da utilização dos seus recursos, de divulgação e sensibilização da comunidade.

“Temos outra parceria com a UMinho, para a instalação do Instituto Multidisciplinar de Ciência e Tecnologia Marinha e do Centro de Divulgação Científica de Atividades Marinhas, que ficarão instalados na Estação Radionaval de Apúlia e no Forte de S. João Baptista, em Esposende. Está tudo tratado. Só não avança porque falta que o Estado cumpra a sua parte e liberte os edifícios em causa”, disse Benjamim Pereira.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende entende a tecnologia como “importante na criação de emprego” e aponta o exemplo do Roteiro da Arquitetura Modernista, como paradigma da boa aplicação das novas tecnologias, na ótica de interação com os cidadãos.

Benjamim Pereira lembra que os incentivos disponibilizados pelo Município são “importante contributo para a criação de postos de trabalho”, pelo que a cooperação com o IPCA insere-se nessa política de cooperação com o IPCA.

A vice-presidente da CCDRN apontou a recuperação de 50 mil postos de trabalho, nos últimos tempos e o presidente interino do IPCA, Agostinho Silva, lembrou a “pressão que existe por parte das empresas que reclamam mais profissionais”, para sustentar que o IPCA tem uma “repercussão muito superior no tecido empresarial que as outras universidades e institutos”.

ESPOSENDE REALIZA TORNEIO INTERNACIONAL DE FUTEBOL JUVENIL

III Esposende Cup será disputado por 100 equipas de 7 países, de 22 a 25 de junho

Foi esta manhã apresentado o Esposende Cup - III Torneio Internacional de Futebol juvenil, que vai decorrer entre os próximos dias 22 e 25 de junho, em vários recintos desportivos do concelho, organizado pela Câmara Municipal de Esposende, em parceria com a empresa CA Tourism & Events. Apadrinham este evento o ex-internacional português Pedro Mendes e Pedro Neto, jovem revelação no mundo do futebol.

DSC_0055

Esta terceira edição será disputada por 100 equipas, em representação de 46 clubes/academias provenientes de 7 países, designadamente Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Suíça, Suécia e Angola, num total de 351 jogos. Em termos globais, serão mais de 2 000 participantes, entre atletas e staff das equipas, que, ao longo de quatro dias, se concentrarão em Esposende num torneio repleto de diversão, aprendizagem e de fair play.

Este ano, o Esposende Cup estende-se por mais um dia, e, entre outras novidades, apresenta a reformulação dos competitivos, um secretariado central onde será feita a acreditação dos atletas, os resultados online em tempo real e o apoio médico nos cinco estádios que acolhem a competição, nomeadamente Centro Desportivo do CF Fão, Estádio Padre Avelino Peres Filipe, Marinhas, Estádio Padre Sá Pereira, em Esposende, Estádio Horácio Queirós, em Forjães, e Estádio de Vila Chã, envolvendo na organização o Clube Futebol de Fão, Futebol Clube Marinhas, Associação Desportiva de Esposende, Forjães Sport Club e União Desportiva de Vila Chã. O evento conta com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol, Associação de Futebol de Braga e do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e com os patrocínios da Era Imobiliária, Lacatoni e Espoauto.

DSC_0029

A arbitragem dos jogos será assegurada pela Associação de Futebol de Braga, sendo que, relativamente aos jogos do escalão Traquinas, estará a cargo de jovens do concelho, valorizando, assim, o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido neste plano pelo Município, conforme assinalou o Vereador do Desporto da Câmara Municipal. Rui Pereira sublinhou que a realização deste torneio visa possibilitar às crianças e jovens do concelho a participação num Torneio Internacional, fomentar a prática desportiva e o associativismo, dar a conhecer as instalações desportivas do concelho e dar visibilidade aos clubes anfitriões e restantes clubes e associações participantes, assim como aos atletas do concelho. Este evento pretende também afirmar Esposende como um destino turístico, com especial incidência para o turismo associado ao desporto, e atrair gente ao concelho, contribuindo para o desenvolvimento económico, nomeadamente ao nível do alojamento, restauração e comércio.

Clemente Araújo da CA Tourism & Events deu a conhecer o quadro competitivo e apresentou as principais novidades em termos organizativos, para além de valorizar a parceria que faz deste um dos melhor torneios nacionais apesar da sua curta existência.

Convicto de que o evento vai repetir o sucesso das edições anteriores, o Presidente da Câmara Municipal referiu que este Torneio é o corolário da aposta deste executivo no plano desportivo, nomeadamente no apoio aos clubes e à vertente da formação ao nível do futebol. Benjamim Pereira realçou que o apoio é mais abrangente e abarca várias outras modalidades, clarificando que o investimento vai desde a requalificação das infraestruturas desportivas ao pagamento das taxas de inscrição e de seguros dos atletas.

Relativamente ao Esposende Cup, Benjamim Pereira asseverou que “há um compromisso total do Município para com este evento”, e, aludindo à dimensão e abrangência do torneio, referiu que “a tendência é para crescer e para melhorar”. Agradeceu a todos quantos estão envolvidos na organização e no apoio à iniciativa, dirigindo um cumprimento especial ao jovem Pedro Neto, não só pelas qualidades futebolísticas, como pelos valores que representa.

Pedro Neto manifestou a sua satisfação pelo convite para apadrinhar o Esposende Cup, assinalando que, “enquanto jovem em início de carreira, quero ser um exemplo para todos aqueles que sonham ter uma carreira no mundo do futebol”. O futebolista saudou o Município pela iniciativa, defendendo que “deveria haver mais eventos destes onde os jovens possam mostrar o seu valor e ter a oportunidade de competir com equipas nacionais e internacionais”.

O Presidente da Associação de Futebol de Braga, Manuel Machado, felicitou a Câmara Municipal de Esposende pela aposta em eventos desta natureza, realçando a sua mais-valia cultural e social, para além da vertente desportiva, e manifestou regozijo pela parceria na organização. Manuel Machado realçou que o Esposende Cup é um torneio de grande envergadura, de âmbito intercontinental, manifestando a expetativa de que esta edição seja um sucesso e de que impere o fair play e aproveitou a oportunidade para dar nota positiva ao apoio do Município aos clubes concelhios, possibilitando que possam melhorar o seu trabalho.

Para o Instituto Português do Desporto e da Juventude “é um prazer estar associado a este evento, afirmou Vitor Dias, o Diretor Regional do Norte, sustentando que o Esposende Cup “é um torneio de referência a nível nacional e internacional”. Vitor Dias destacou o facto de o torneio se disputar em diferentes locais do concelho, contribuindo também para a dinamização das freguesias e para dar a conhecer os equipamentos desportivos existentes. Salientando que “o mais importante é o convívio e o respeito pelas regras do jogo, pelo fair Play”, o Diretor Regional do Norte do IPDJ expressou a sua satisfação “por termos autarquias, clubes e organizações com esta capacidade e visão estratégia”.

Mais informações sobre o evento estão disponíveis no site www.esposendecup.com

DSC_0040

ESPOSENDE ACOLHE CORRIDA DA PRIMAVERA

A cidade de Esposende acolheu, ontem, a quinta edição da Corrida da Primavera, organizada pela Câmara Municipal de Esposende, empresa municipal Esposende 2000 e Run Porto, com o apoio da Associação de Atletismo de Braga.

corridaprimavera

Numa manhã de tempo ameno e propício à prática desportiva, a Zona Ribeirinha acolheu a prova, num percurso de 10 Km, com a linha de partida repleta de atletas de elite.

Doroteia Peixoto, dos Amigos da Montanha, que tinha vencido a prova em 2015, foi a primeira a cortar a meta, com o tempo de 35:40, seguida de Justyna Wojcik, do S.C. Salgueiros, que fez a prova em 38:15, tendo Jéssica Pontes do Liberdade F.C. ficado em terceiro lugar, com o tempo de 40:14.

No setor masculino, Daniel Pinheiro, do Maia A.C., conquistou o primeiro lugar do pódio, com o tempo de 31:26, Vitor Oliveira, também do Maia A.C., alcançou a segunda posição, com 31:40, e Artur Rodrigues, do G.D.C Guilhovai, ficou em terceiro, com 31:49.

Na Corrida da Primavera são premiadas as dez primeiras posições em ambos os escalões, sendo que a entrega dos prémios esteve a cargo da embaixadora da Liberty Seguros, Aurora Cunha, do Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Esposende, Rui Pereira, do responsável da Run Porto, Jorge Teixeira e de dois representantes da Agência de Seguros Jorge Dias.

Tal como nas anteriores edições, o evento integrou também uma caminhada, na Zona Ribeirinha, numa extensão de 4,5 km da caminhada, que, juntamente com a corrida, mobilizou cerca de 1200 participantes.

A Corrida da Primavera insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e visa a promoção da prática desportiva, constituindo um complemento ao Centro de Marcha e Corrida, estrutura que funciona nas Piscinas Foz do Cávado. A próxima corrida, Marginal à Noite, está prevista para 8 de Julho.

DCIM\100MEDIA\DJI_0106.JPG

CPrimavera2017_69

CPrimavera2017_81

ESPOSENDE PROMOVE TURISMO NÁUTICO

“Esposende, Terra de Mar” promove turismo náutico de 1 a 4 de junho

Pelo terceiro ano consecutivo, o Município de Esposende vai promover, entre os próximos dias 1 e 4 de junho, o evento “Esposende, Terra de Mar”, com o intuito de afirmar o território concelhio como destino de excelência em termos de produtos e serviços ligados ao turismo náutico e à gastronomia dos pratos de peixe e marisco.

terrasmar_17

Ao longo de quatro dias, a cidade será palco de um conjunto de iniciativas, entre as quais o Festival Gastronómico, a Feira do Mar, o VIII Encontro de Embarcações Tradicionais, Experimentações, o espetáculo do projeto AMAReMar e as comemorações do Dia Nacional do Pescador.

O Festival Gastronómico vai decorrer na Marina de Pesca, com animação musical. Nos dias 1 e 2 abre portas às 19h00 e, nos dias 3 e 4 decorre a partir do meio-dia. O Grupo “Sons do Minho” atua no dia 2, pelas 21h30, no dia 3, a partir das 20h00, a animação musical estará a cargo de Clife Oliveira, e no dia 4, sobem ao palco as “Moleirinhas das Marinhas” e o Grupo de Cantares e Dançares de S. Paio de Antas, às 15h30, e “Joana D`Arc”, pelas 19h00. 

O Encontro de Embarcações Tradicionais, cuja receção ocorrerá no dia 2, às 18h00, no Centro de Atividades Náuticas, vai colorir as águas do Rio Cávado nos dias 3 e 4, a partir das 10h00.

A Feira do Mar vai estar a funcionar na Zona Ribeirinha de Esposende, nos dias 3 e 4, com a participação de clubes e empresas de animação turística.

O Museu Marítimo de Esposende propõe uma visita com tertúlia e degustação de produtos locais, no dia 3, às 16h30. À noite, às 22h00, na Marina de Pesca, é apresentada a criação coletiva do projeto AMAReMAR "Quando o mar é mais", e, às 23h30, decorre um espetáculo de fogo-de-artifício.

O programa do último dia do evento arranca às 10h00 com a Feira de Velharias, a ter lugar no Largo Rodrigues Sampaio, e a experimentação de Desportos Náuticos, no Centro Atividades Náuticas, junto ao Instituto de Socorros Náuticos e outros acessos ao rio na zona ribeirinha de Esposende.

As comemorações do Dia Nacional do Pescador iniciam com a Missa, na Igreja Matriz de Esposende, seguida da romagem das embarcações locais à barra, culminando com o almoço comemorativo do aniversário da Associação de Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende, que encerrará também o Encontro de Embarcações Tradicionais.

FAMÍLIA DE MANUEL DE BOAVENTURA DOA ESPÓLIO DO ESCRITOR AO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE

Biblioteca Particular e Arquivo Pessoal do escritor Manuel de Boaventura doados ao Município de Esposende

A Biblioteca Particular e o Arquivo Pessoal de Manuel de Boaventura vão ser doadas ao Município de Esposende, de acordo com intenção manifestada pela família do escritor Esposendense.

manuel de boaventura

Em reunião do executivo, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aceitar a doação do referido acervo, que será formalizada através da assinatura da respetiva escritura, em sessão pública, a ter lugar no próximo dia 30 de junho, e na qual ocorrerá a reedição da obra “O Solar dos Vermelhos” de Manuel de Boaventura.

Manuel Joaquim de Boaventura (1885-1973) foi um importante escritor cuja obra ultrapassa o próprio limite geográfico do concelho de Esposende, sendo mesmo considerado um dos mais representativos escritores regionalistas do Minho. Com o casamento fixou residência no lugar de Susão, na freguesia de Palmeira de Faro, neste concelho, onde escreveu toda a sua obra literária, composta por dezenas de títulos de romances e de investigação, a par de uma notável colaboração jornalística nas principais revistas e jornais nacionais. É, aliás, nesta moradia que se encontra a sua Biblioteca Particular e Arquivo Pessoal, contendo alguns manuscritos e correspondência, bem como desenhos, fotografias e outros documentos avulsos.

Considerando que o Município de Esposende, em diversos tempos, prestou homenagem a este homem de cultura, nomeadamente com a recente criação de um Prémio Literário com o seu nome e tem prevista a reedição da sua obra literária, a família do escritor decidiu doar a referida biblioteca Particular e Arquivo Pessoal ao Município.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, considera que “esta doação, atendendo à riqueza do espólio em causa, muito honra o Município”. Agradece, por isso, a disponibilidade da família e a confiança depositada na Autarquia para a preservação deste importante acervo.

Benjamim Pereira lembra que para além da atribuição do Prémio Literário Manuel de Boaventura, a Câmara Municipal vai proceder à reedição do livro “O Solar dos Vermelhos”, contribuindo, deste modo, para a divulgação da obra do escritor Esposendense, estando, ainda, em negociações com vista à aquisição da Casa de Manuel de Boaventura. A concretizar-se esta aquisição, o imóvel será transformado em Casa Museu, acolhendo o espólio agora doado, “em originais ou cópia, de acordo com a decisão técnica no que se refere a conservação e segurança”.

Por enquanto, o espólio da doação ficará sediado na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, passando a fazer parte do seu acervo.

SONY DSC

ESPOSENDE AMBIENTE INVESTE EM VIATURAS ELÉCTRICAS PARA OS SERVIÇOS AMBIENTAIS

A empresa municipal Esposende Ambiente vai proceder à aquisição de duas viaturas elétricas para os seus serviços ambientais, ao abrigo de um programa do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente.

viaturas eletricas

Em cerimónia presidida pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e onde marcaram também presença o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, e o Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, decorreu no passado dia 23 de maio, em Porto de Mós, a Cerimónia de Assinatura dos Contratos de Financiamento de Aquisição de Viaturas Elétricas de Serviços Urbanos Ambientais

A Esposende Ambiente candidatou-se a este programa para promover a aquisição de duas viaturas elétricas, uma destinada à limpeza urbana e outra para apoio a serviços ambientais, nomeadamente para a fiscalização ambiental. A aquisição terá um custo total de 51 702,27 euros e um financiamento de 24 467,36 euros, prevendo-se a chegada das viaturas ainda este verão.

Sendo a componente ambiental um fator de valorização das estratégias municipais e um gerador de oportunidades, esta medida insere-se no âmbito das ações previstas no Plano Estratégico Municipal de Gestão Sustentada da Energia e no Pacto de Autarcas e constitui um dos muitos passos dados no que diz respeito à mais sustentada gestão energética e, em concreto, à adequação da frota municipal de Esposende a este novo paradigma, substituindo viaturas movidas a combustíveis fósseis por viaturas elétricas.

Visando, assim, contribuir para as metas nacionais em matéria de redução de emissões de carbono, o Ministro do Ambiente assinalou que este constitui um desígnio de Portugal, que passa por reduzir em 26% as suas emissões de carbono até 2030, sendo que, para tal, o rumo “passa por uma utilização maior quer de meios suaves de deslocação quer do transporte coletivo”.

De realçar que o Fundo Ambiental tem por finalidade apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos e compromissos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas, aos recursos hídricos, aos resíduos e à conservação da natureza e biodiversidade.

FÓRUM DA EDUCAÇÃO EM ESPOSENDE PROJECTA O FUTURO

Fórum da Educação 2017 vai “Desenhar o Presente, Projetar o Futuro”

O Município de Esposende vai promover, entre os próximos dias 26 de maio e 3 de junho, o Fórum da Educação 2017, sob o lema “Desenhar o Presente, Projetar o Futuro”.

forum Educacao 2017

Numa altura em que se desenham políticas educativas estruturantes, a nível local, regional e nacional, esta edição pretende promover a reflexão em torno de alguns dos projetos e propostas em curso, explorando o seu potencial contributo para uma progressiva melhoria da Educação e da qualidade de vida das comunidades. Tal como em edições anteriores, o Fórum da Educação vai proporcionar também a partilha de experiências educativas e culturais, essencialmente de base local.

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, será um dos intervenientes do painel “O Perfil do Aluno para o Séc. XXI – reflexões e desafios”, que vai marcar a abertura do evento, amanhã, às 21h00, no Auditório Municipal de Esposende. Sob a moderação do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, participarão também neste debate José Eduardo Lemos, Presidente do Conselho das Escolas, Jorge Manuel Ascenção, Presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, e José Matias Alves, da Universidade Católica – Centro Regional do Porto.

No parque junto às Piscinas Foz do Cávado, vai decorrer, no dia 28 de maio, entre as 10h00 e as 18h00, a Mostra Educativa do concelho de Esposende. Durante o período da tarde, a partir das 14h30, serão realizadas diversas oficinas, a cargo dos Agrupamentos de Escolas António Rodrigues Sampaio e António Correia de Oliveira, Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina, Escola Sementes de Liberdade e Escola Profissional de Esposende.

No dia 29 de maio, às 21h30, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, terá lugar um painel dedicado à apresentação de projetos pelas escolas. Assim, Sandra Amorim e João Jaques, da Escola Profissional de Esposende, vão apresentar “A partilha de experiências como fator de aprendizagem”, Dina Zão e Laura Alves, do Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira, vão dar a conhecer o Projeto "Ciências Experimentais - Cientistas Turistas", Paula Cepa, Diretora do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio, falará sobre “Cultura e Quotidiano de uma Escola Inclusiva”, Manuela Ferreira, da Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina, abordará a temática “Escrita e Leitura Orientadas para o Sucesso: ELOS - um exemplo de Gestão Curricular Integrada na ESHM”, e Hugo Direito Dias, da Escola Sementes de Liberdade, intervirá sobre “A Ciência como mote do sentido interpretativo do ser humano”. A moderação estará a cargo da Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Esposende, Jaqueline Areias.

A Festa da Criança, a ter lugar nos dias 29 e 30 de maio, nos Estádios de Forjães, Marinhas, Esposende e Fão, vai proporcionar atividades lúdicas e de animação às crianças da Educação Pré-Escolar e alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

No dia 31 de maio, às 14h30, no Auditório Municipal, realiza-se o Seminário “Centro Qualifica Litoral Cávado, o hub de Intervenção Territorial Local - o RVCC escolar ao profissional: impactos nas atividades económicas sectoriais locais”. A presidir à sessão de abertura estará Benjamim Pereira, Presidente da Câmara Municipal de Esposende, estando também presentes João Couvaneiro, da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, João Furtado, da Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina, Sérgio Mano, da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende, José Ferreira, da Escola Profissional de Esposende – Zendensino, e Armando Loureiro, do Centro Qualifica Litoral Cávado

Num primeiro painel, João Queirós, investigador do Instituto Politécnico do Porto falará sobre a “Participação em processos de RVCC e reforço da coesão social: notas de uma investigação do noroeste português”, José Manuel Castro, do Instituto do Emprego e Formação Profissional, Universidade do Porto e Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos, abordará “O RVCC Profissional e a economia no território”, Olívia Santos Silva, da Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos, intervirá sobre “As sinergias dos atores em rede no Território”, Jorge Silva, Formador CQ Litoral Cávado dissertará sobre “O ERASMUS+ e os Centros QUALIFICA” e Tiago Fernandes, Chefe de Cozinha do Hotel Premium Porto apresentará “RVCC Profissional: testemunho de vida”. A moderação será de António Leite, Delegado Regional do Norte do Instituto do Emprego e Formação Profissional

Segue-se a mesa redonda “O Papel da Qualificação e os territórios com vocação turística”, sob a moderação de Rui Pereira, Vereador do Turismo, Desporto e Juventude da Câmara Municipal de Esposende, e na qual intervirão Nuno Ferreira, Administrador do Hotel São Félix, José Faria, Presidente da Associação Comercial e Industrial Concelho de Esposende, José Gomes Alves, Presidente da Associação Empresarial da Póvoa de Varzim, 

A marcar o encerramento desta edição do Fórum da educação, no dia 3 de junho, às 22h00, na Marina sul de Esposende, terá lugar a apresentação do Espetáculo “Quando o Mar é mais”, uma criação coletiva do Projeto AMAReMAR, que contará também com a participação do Coro Ars Vocalis e Clube Náutico de Fão.

Paralelamente ao programa do Fórum da Educação, decorrerão diversas atividades com apoio do Município. Assim, no âmbito do MusiCórdia MMXVII, de 26 a 28 maio, decorrerá em Esposende uma Masterclasse de Trompa, orientada pelo ensemble Trompas Lusas, formação que apresentará, no dia 28, às 17h00, na Igreja da Misericórdia de Esposende, o concerto “Música Britânica para Quarteto de Trompas”.

A Escola Secundária com 3.º Ciclo Henrique Medina organiza a 2 de junho, o Dia da Escola, com entrega de prémios aos alunos do Quadro de Excelência, às 18h30, e arraial aberto a toda a comunidade educativa a partir das 20h00. O Dia do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio está previsto para 3 de junho, a partir das 16h00, na Escola Básica António Rodrigues Sampaio. No dia 9 de junho, às 21h30, no Auditório Municipal de Esposende, a Escola Básica de Apúlia apresenta a Opereta "Em busca de Santo António", e no dia 14, às 19h30 realiza a festa final de ano, nas suas instalações. Por sua vez, a Escola Básica António Correia de Oliveira, realiza no dia 16 de junho, pelas 19h00, a Festa-convívio da Comunidade Educativa 2017.

MINISTRO DA ECONOMIA VISITA ESPOSENDE

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral visitou as instalações da Prozis, suplementos e alimentação funcional, em Esposende, onde tentou perceber o segredo desta empresa  líder europeia de vendas de alimentação funcional.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende disse que a Prozis "é uma empresa de referência no concelho de esposende", distinguindo-se, ainda pelo facto de "fugir" à vocação industrial que carateriza o tecido industrial local.

"Esposende não tem uma tradição industrial muito vincada, mas começamos a ter emprego qualificado e empresas de base tecnológica. Em termos de empregabilidade, à escala municipal, a Prozis é muito importante", considera Benjamim Pereira.

O presidente da Câmara de Esposende destacou, ainda, o facto desta empresa ter regenerado as instalações de uma antiga unidade têxtil, vendo com agrado a visita do ministro da Economia. "É o reconhecimento da dinâmica económica do concelho, personalizado nesta grande empresa que é a Prozis. Esposende tem vindo a afirmar-se com muitas unidades de grande visibilidade internacional", apontou Benjamim Pereira, lembrando que a componente ambiental continua a ser uma questão de princípio na autorização da instalação de empresas no concelho.

Na unidade de Esposende, a Prozis emprega 300 pessoas e possui outra unidade na Póvoa de Lanhoso. O  mentor e principal acionista e da Prozis, Miguel Milhão, disse ter recusado "inúmeras propostas de venda da empresa, porque o valor está na plataforma tecnológica que construímos. A maneira mais eficiente de chegar ao consumidor final", disse Milhão.

A crescer a um ritmo de 55 por cento este ano, a Prozis tem na Europa o seu principal mercado e prepara-se para alargar a aposta, com a construção de novas unidades.

CHEFE DA REPRESENTAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA EM PORTUGAL VISITA ESPOSENDE

A Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, inteirou-se de dois exemplos de projetos cofinanciados por Fundos Comunitários: a Ciclovia do Litoral e o Observatório Marinho de Esposende (OMARE). Esta visita insere-se no périplo que Sofia Colares Alves está a fazer a todo o país, privilegiando os debates com cidadãos e conhecer, no terreno, os projetos financiados.

cee4

Em Esposende, a Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal inteirou-se do projeto de ciclovias que o Município tem em curso e que permitirá percorrer toda a costa, financiado pela Polis, assim como também já iniciou a construção da via paralela ao rio Cávado, desenvolvida no âmbito da Comunidade Inter Municipal.

Ao ser recebida por Benjamim Pereira, Sofia Colares Alves referiu ser "um prazer estar em Esposende, um concelho dinâmico e claramente virado para o futuro, para a sustentabilidade e para o conhecimento".

Por seu turno, Benjamim Pereira, lembrou que “basta fazer um exercício de memória, para constatarmos que a integração na União Europeia permitiu alcançar níveis de desenvolvimento e qualidade de vida”. Sobre os projetos visitados, o autarca justificou: “Quisemos mostrar um investimento materializado (ciclovias) e outro imaterial, o OMARE, uma exposição que mostra alguns trabalhos de investigação na área da biodiversidade marinha de Esposende que permitirá uma motorização ao longo de três anos, no âmbito de um projeto da Câmara Municipal e da Universidade do Minho, avaliado em 1,1 milhões de euros.

O projeto do OMARE foi aprovado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, que o financiará em 85 por cento. O OMARE integra 18 ações, 16 das quais estarão a cargo do Município de Esposende, “que terá o papel de líder e será o beneficiário principal”, ficando a Universidade do Minho responsável pelas duas restantes.

Na visita ao "Esposende Empreendedor", José Marques da Silva da ACICE agradeceu a presença e disponibilidade da Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal.

"É extraordinário que num tão curto espaço de tempo após convite – lançar bases ecossistema empreendedor de base local – pela Comissão Europeia, falar diretamente com os empresários no terreno."

ASSOCIAÇÃO DE CIDADÃOS DE ESPOSENDE ARRANCA NOVO PROJECTO DESTINADO AO DESPORTO

A Associação de Cidadãos de Esposende lança o projecto "Nutrição Desportiva Personalizada". Este novo projecto da Associação Esposendense arrancou no dia 16 de Maio, no local de treino da B.A.K.E. (Bushido Associação de Karaté de Esposende) onde os seus atletas de competição receberam a visita de Sara Barbosa, especialista em nutrição.

sara-barbosa-vista-atletas-de-competicao-da-bushido_1333233

A intervenção de Sara Barbosa durante o treino teve como objectivo verificar se é feita uma correta preparação dos atletas, tendo dividindo em três fases a sua observação:

  •      antes do treino, onde verificou que alimentos consumiram nas ultimas duas horas,
  •      durante o treino, verificando os níveis de hidratação de acordo com as idades e desempenho; e
  •      apôs ó treino, de forma a entender como se recuperam do enorme esforço físico a que estão sujeitos durante cerca de hora e meia.

No final foi feita uma pequena palestra com os pais, durante a qual foi possível tirar dúvidas, receber sugestões e sobretudo começar a incutir que uma alimentação adequada assegura um aporte de nutrientes essenciais para a preparação, recuperação e adaptação do exercício físico.

Neste caso específico, em que os atletas são levados a níveis de exigência enormes, é importante os pais saberem, também eles, fazer uma correcta preparação para as deslocações a torneios, tanto nacionais como internacionais.

Este novo projecto da Associação de Cidadãos de Esposende divide-se em duas fases. Numa primeira fase pretende-se conhecer o grau de exigência do #Desporto praticado (no caso da Bushido, o Karaté), entender que níveis de resistência física e psicológica suportam os atletas, e adequar a sua alimentação de forma a lograr uma melhoria nos seus desempenhos.

Numa segunda fase, individualizar a preparação dos atletas, conhecendo os seus hábitos alimentares e personalizando de acordo com as idades e exigências físicas. Está prevista a deslocação de Sara Barbosa a alguns torneios, onde prestará apoio na recuperação nutricional e consequentemente na sua performance física, mental e desportiva.

A Associação de Cidadãos de Esposende pretende vir a alargar o projeto a todo o Concelho de Esposende, dando a conhecer a metodologia e os seus benefícios a praticantes de outras modalidades. As entidades desportivas que pretendam receber este novo projeto podem contactar a Associação de Cidadãos Esposende, através do seu email . geral@cidadaosdeesposende.com.

COMISSÃO EUROPEIA SOBRE RODAS EM ESPOSENDE

Hoje, a Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, está em Esposende para conhecer e percorrer de bicicleta a Ciclovia do Vale do Cávado. Pelas 14h30, juntamente com Benjamim Pereira, Presidente da Câmara Municipal, Sofia Colares Alves irá conhecer sobre rodas aquele que é o início da execução de uma rede de ciclovias intermunicipais do Vale do Cávado – englobando os municípios de Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde -  e que estimulam a mobilidade sustentável no interior das cidades.

Com o apoio de fundos da União Europeia, a constituição da Ecovia do Litoral Norte vem ao encontro das prioridades estabelecidas pela "Agenda Regional de Turismo", que promove a importância do vasto património natural da região, nomeadamente do Parque Natural do Litoral Norte. A Ecovia do Litoral Norte, quando terminada, vai permitir unir aquele Parque a outras áreas de importância excecional, como seja o Estuário do rio Minho, num canal dedicado e de enorme valor ambiental, ao longo da orla costeira.

Pelas 17h00, Sofia Colares Alves, vai visitar o Campus de Barcelos do IPCA, com especial destaque ao único centro de investigação em jogos digitais do país, projeto que é apoiado pelos fundos da União Europeia.

Ao que se segue, às 18h30, um Debate sobre o futuro da Europa, com entrada livre, que decorrerá no Auditório Engenheiro António Tavares do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA). Ao lado de Sofia Colares Alves estará José Manuel Fernandes, Eurodeputado, e a conversa será moderada por Paulo Monteiro, Diretor do diário "Correio do Minho".

No final do evento, Sofia Colares Alves estará disponível para fazer curtas declarações à imprensa. O evento, organizado com o apoio do CIED Barcelos, será uma conversa interativa centrada nas questões e sugestões dos participantes sobre os possíveis cenários para o futuro e qual deve ser o papel da Comissão Europeia.

Todos estes eventos são abertos à imprensa. Para mais informações, contactar Rita Fortunato Baptista (966 822 590)

Para mais informações sobre assuntos europeus:

http://ec.europa.eu/portugal

ESPOSENDE: PLENÁRIO DE MILITANTES DO PSD APROVA BENJAMIM PEREIRA

Na sequência da decisão de 25 de janeiro, em que a Comissão Política de Secção de Esposende do PSD, em que foi aprovado, por unanimidade, o nome do arquiteto Benjamim Pereira para encabeçar a lista do PSD à Câmara Municipal de Esposende nas próximas eleições autárquicas de 1 de outubro, o plenário de militantes da passada sexta feira, dia 6 de maio, aprovou a indigitação do atual presidente do Município de Esposende.

IMG_20170506_214135.jpg

Num plenário muito concorrido, onde foi possível ouvir as bases do partido, entre os quais alguns dos históricos fundadores do PSD Esposende, foi aprovada por unanimidade e aclamação, a indigitação de Benjamim Pereira como candidato do partido nas próximas eleições autárquicas.

De resto, o nome de Benjamim Pereira sempre foi encarado, pela Comissão Política de Secção e pelos militantes, como o rosto de um projeto de continuidade, com o propósito de manter o concelho na linha da frente do desenvolvimento.

A participação ativa neste plenário e em encontros mais recentes, revela a confiança que os militantes do PSD depositam no trabalho que está a ser desenvolvido. Isto apesar de os três anos e meio que leva o mandato de Benjamim Pereira, ter decorrido num contexto muito adverso, com a chegada da Troika, com o fim do QREN, com o atraso no acesso ao novo quadro de financiamento Portugal 2020 e com a chegada de um Governo socialista, entre outras condicionantes.

Perante tantas adversidades, Benjamim Pereira deu provas de grande capacidade de liderança, tendo conseguido, mesmo assim, aproveitar as oportunidades existentes, trazendo para Esposende investimentos muito significativos e lançando projetos que nos permitem encarar o futuro com muito otimismo.

Dirigindo-se aos militantes, Benjamim Pereira relembra que o movimento de apoio à sua reeleição iniciou-se com o manifesto de apoio dos presidentes de Junta de Freguesia e ex-autarcas, em 2016. “À data referi que ainda era cedo para tomar uma decisão e que teria de avaliar um conjunto de circunstâncias, como a disponibilidade pessoal (motivação), a avaliação sobre o trabalho desenvolvido e o apoio da população. Em 28 de janeiro, no jantar de Fão, onde participaram mais de 1200 pessoas, assumi a minha disponibilidade para ser candidato. Agora cumpre ouvir a voz das bases do partido”, disse Benjamim Pereira, perante um plenário que registou a presença de cerca de cem militantes.

Benjamim Pereira apresentou aos militantes as principais medidas do mandato que decorre, desde logo saldando-se em naturais benefícios económicos para o Município, como a diminuição da dívida municipal em cerca de 4 milhões de euros e os elevados níveis de investimento, 144 obras no último ano, obras de defesa da costa, de benefício em todas as freguesias, de apoio às famílias…

“Um político não vive do passado. Estou aqui para trabalhar, para fazer mais, para conquistar mais e melhor para a gente do meu concelho. Este é um projeto de continuidade. Sei o que quero para o próximo mandato e, a seu tempo, serão divulgadas as medidas. Este é um projeto do PSD mas que não se esgota no partido. Estou aberto à colaboração e participação de todos”, disse Benjamim Pereira.

A finalizar, o atual presidente da Câmara Municipal de Esposende e candidato do PSD garantiu que está na corrida “para ganhar estas eleições. Não por mim. Não por um projeto pessoal. Não por vingança. Não porque não tenha mais nada para fazer na vida. Estou aqui porque gosto do meu concelho, gosto da gente do meu concelho, gosto de trabalhar pela causa pública, porque tenho um projeto para Esposende. Porque se eu ganhar, ganhamos todos e não apenas alguns”, concluiu.

Benjamim Pereira espera alcançar “uma vitória inequívoca, reforçando a votação do PSD quer para a Câmara, quer para a Assembleia Municipal” e vai mais longe, assumindo a vontade de vencer “todas as Juntas de Freguesia” do concelho que são 9, entre Uniões de Freguesias e Juntas.

IMG_20170506_215223.jpg

IMG_20170506_220328.jpg

IMG_20170506_231004.jpg

IMG_20170506_231011.jpg

ESPOSENDE REGENERA CENTRO DE MARINHAS

Município lança obra de regeneração urbana no centro de Marinhas

Realizou-se hoje a cerimónia de arranque das obras de Requalificação da Zona Central de Marinhas, intervenção que custará 323 mil euros e pretende reforçar a centralidade da zona envolvente à Igreja Paroquial de Marinhas, onde será privilegiada a circulação pedonal. Na cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, relevou a importância da obra agora lançada e apontou as empreitadas que estão na forja para os próximos tempos.

“Vamos construir um parque de estacionamento que solucionará o problema que existe aqui nesta zona das Marinhas, mas há ainda muito para fazer até ao final do mandato. No âmbito da regeneração urbana, conseguimos um financiamento de 800 mil euros para a zona central de Marinhas. A 1 Junho esse assunto irá a reunião de câmara para que passe à discussão pública. A Ecovia avançará até final do mês e será alvo de intervenção e será arranjado o caminho de acesso ao Centro Social Juventude Unida de Marinhas. Será uma realidade o saneamento junto à Senhora da Saúde e o Canal Intercetor”, destacou Benjamim Pereira para estimar que as obras em devir vão ultrapassar os três milhões de euros.

Perante este cenário, Benjamim Pereira aponta as dificuldades do mandato em curso, para conferir maior importância às medidas adotadas. “Começamos o mandato com a lei autárquica que obrigou à constituição de Uniões de Freguesias, com a crise e intervenção da Troika, com a mudança de Governo. Mesmo assim baixamos o IMI até à taxa mínima, ajudamos os mais carenciados com bolsas de estudo, livros gratuitos, apoios às refeições e aos transportes. Estamos aqui para trabalhar até ao último dia do mandato e não permitirei que a polémica política interfira”, garantiu Benjamim Pereira. Sobre atualidade do lançamento das obras, Benjamim Pereira não tem dúvidas que teria maiores benefícios políticos, caso as obras já estivesses concluídas. “Estamos a lançar muitas obras que não estarão concluídas este ano. Estamos somente a preparar o futuro do concelho de Esposende”, vincou.

Por seu turno, Aurélio Neiva, presidente da União de Freguesias de Marinhas, Esposende e Gandra vê a obra agora lançada como a concretização de um projeto. “Sempre tivemos o foco no centro das Marinhas. Fomos percebendo que não seria fácil, até porque no passado fizeram-se estudos mas não saíram do papel. É uma intervenção de dimensão considerável que vai criar uma zona nobre e resolver um problema que aqui temos das águas pluviais”, disse o autarca.

Sobre os 50 compromissos com que iniciaram o mandato, Aurélio Neiva recordou que 37 já estão realizados, 16 estão em curso e 7 vão iniciar-se a curto prazo. Estou muito satisfeito com o apoio que a Câmara tem dado à Junta de Freguesia”, concluiu, anunciando a viabilização do alargamento do cemitério, graças ao entendimento recente com o proprietário de um terreno contíguo.

ESPOSENDE REQUALIFICA RUA DA IGREJA EM APÚLIA

Município de Esposende lança obra de requalificação da Rua da Igreja em Apúlia

Realizou-se hoje, a cerimónia de colocação da primeira pedra da obra de beneficiação e infraestruturação da Rua da Igreja, em Apúlia, no troço compreendido entre a Avenida da Praia e a Avenida do Mar, correspondendo a um investimento de 353 594 euros.

DSC_0042.JPG

“Esta requalificação urbanística dará condições de segurança a quem aqui circula e ficará ligada à obra que decorre junto à escola. Somado à obra das instalações sanitárias que estamos a realizar junto à igreja, as três obras somam 450 mil euros”, adiantou o presidente da Câmara Municipal de Esposende.

Mas, em Apúlia outras obras estão no terreno: a rua do Pinhal e as garagens para o prédio social representam 200 mil euros; a intervenção em vias e o parque de estacionamento junto ao cemitério representam 200 mil euros; a renovação do campo de jogos; em junho arranca a construção da Ecovia, no valor de 1 milhão e cem mil euros, para ligar a praia da Ramalha à ponte de Fão. “Vamos efetuar obras de 750 mil euros no portinho de pesca da Couve, resolvemos o problema do prédio inacabado da frente de mar e concretizamos a aquisição do edifício Pérola, edifício de grande valor e com impacto urbanístico e turístico. Com a gente de Apúlia e com a Junta de Freguesia vamos decidir o que fazer ao imóvel. Hoje, aquele edifício tem caráter público e custará 600 mil euros que serão pagos em três prestações”, apontou Benjamim Pereira. No próximo ano letivo também já estará ao serviço da comunidade de Apúlia, o novo autocarro cuja aquisição foi apoiada pela autarquia.

DSC_0057.JPG

“No total, são mais de três milhões de euros investidos em Apúlia. Não me quero comparar com ninguém, muito menos dizer que fazemos mais ou menos que os outros, mas está à vista de todos o investimento que estamos a fazer no município. Não precisamos de fantasiar, a coberto de falsos perfis de Facebook ou de blogues”, concluiu o presidente da Câmara Municipal de Esposende.

Por seu turno, Luís Peixoto, presidente da União de Freguesias de Apúlia e Fão, enalteceu o investimento do município. “Em 2014 apresentamos um documento a que chamamos Conjugação de esforços entre a Câmara Municipal e a Junta. Sabemos que há tramitações que atrasam a realização das obras tão ansiadas pelas populações, mas agradecemos ao senhor presidente mais este investimento na freguesia e tenho de aqui reconhecer que tem sido profícuo o relacionamento entre as duas entidades”, apontou Luís Peixoto.

A Rua da Igreja, em Apúlia é uma das principais e mais antigas artérias da Vila, onde se localizam edifícios emblemáticos como a Capela de Nossa Senhora da Caridade e a Igreja Matriz de Apúlia. Integrada no Plano de Investimento nas Freguesias delineado pelo Município de Esposende, a obra terá a duração de 120 dias e contempla a beneficiação das redes de abastecimento de água, de drenagem de águas pluviais e de saneamento, e das redes das infraestruturas elétricas e de telecomunicações, bem como a execução de passeios e a consolidação do muro de contenção da linha de água com substituição do rail de proteção por um muro. A intervenção prevê, ainda, a introdução de uma passadeira na extremidade sul do arruamento, a recuperação do fontanário existente junto à Capela de Nossa Senhora da Caridade e da Igreja Matriz e a arborização do Largo Padre Manuel Alberto, para além da repavimentação do troço intervencionado.

DSC_0077.JPG

DSC_0095.JPG

ESPOSENDE 2000 APRESENTA CONTAS

Esposende 2000 apresenta o melhor resultado de sempre

A Esposende 2000 apresenta uma sustentabilidade financeira sem precedentes, como comprovam o Relatório e Contas do Exercício de 2016.

DJI_0006.JPG

A empresa municipal, que completou 20 anos em dezembro último, desenvolve a sua ação em torno da promoção do desporto, lazer, saúde e cultura no concelho, sendo responsável pela gestão do complexo de Piscinas Foz do Cávado, das Piscinas Municipais de Forjães e do Auditório Municipal de Esposende.

Fruto da estratégia de rigor e determinação que tem norteado a sua gestão, a Esposende 2000 registou, no último ano, resultados líquidos positivos, no valor de 91 152 47 euros, referente a um valor de rendimentos de 1 012 743 euros, atingindo, assim, o melhor resultado financeiro de sempre, desde a sua constituição, em 1996.

Estes resultados são fruto de um conjunto de reestruturações implementadas, nomeadamente as obras de remodelação e modernização das instalações, com vista ao aumento sistemático de receitas próprias através da diversidade dos serviços prestados à população e às empresas. Este incremento de receita ganha ainda maior relevância dado que a empresa não procede a qualquer aumento tarifário desde 2011, tendo mesmo reduzido algumas das suas tarifas, para além de ter implementado protocolos mais vantajosos para as empresas e instituições com vista a potenciar maior procura dos serviços prestados.

Além de manter todos os serviços e programas, desde os serviços de utilização geral aos projetos sociais, a empresa reforçou a componente técnica, com mais propostas de avaliação física e funcional da população sénior e lançou as "Olimpíadas 2000" - jogos adaptados para a população sénior, projeto que surge na sequência do programa “Dar Vida aos Anos”, que é desenvolvido há mais de uma década para os idosos do concelho, e que contempla a prática de Natação, Hidroginástica, Ginástica de Manutenção nas Freguesias e Ginásio.

Em 2016 e face ao ano anterior, registou um aumento de 12,5% no serviço de piscina, de 23,4% no clube de saúde - ginásio e aulas de grupo, sendo que também as atividades outdoor cresceram 7,2%. Ao nível do desporto de aventura e natureza, destaque para o programa “Esposende em Movimento” e para o "1.ª edição do Transcávado btt-gps", importantes contributos para a projeção do concelho na região.

Numa constante estratégia de modernização e de adaptação às novas tendências, a Esposende 2000 tem vindo a investir na manutenção e modernização das instalações. Neste sentido, espera ainda obter financiamento do quadro comunitário Portugal 2020, para implementar os programas e medidas previstas no Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética, tanto nas Piscinas de Foz do Cávado como nas Piscinas Municipais de Forjães, num investimento de cerca de 165 mil euros, bem como para a Implementação de Tecnologias de Informação para a Gestão da Relação com o Utilizador, estimada em 55 mil euros. É intenção também da empresa proceder a uma remodelação global do edifício, designadamente, ao nível das estruturas (coberturas, caixilharias e vidros) iluminação, sistema de bombagens e AQS, criando condições para a sustentabilidade energética.

Sendo Esposende um destino de veraneio, a empresa refletia muita da sua receita na época balnear, situação que tem sido atenuada nos últimos anos, o que leva o Presidente do Conselho de Administração da Esposende 2000, Manuel Losa, a afirmar que “o combate à dependência financeira da sazonalidade tem sido um objetivo claramente ganho”.

“Quando olhamos para trás e verificamos o progresso e o percurso que a empresa foi trilhando, damos conta do quanto foi acertada a estratégia delineada”, refere Manuel Losa, sublinhando que a empresa está aberta ao público “durante 13,5 horas, por dia, de segunda a sexta, e 11,5 horas ao fim de semana, durante 362 dias por ano”.

Aludindo ao slogan adotado pela Esposende 2000 "a paixão pelo que fazemos, faz parte da nossa identidade", agradece a dedicação, o esforço, e o empenho de todos quantos têm contribuído para o crescimento e prestígio da empresa.

pan2.jpg

JONINHAS VILAR SAGRADO VICE-CAMPEÃO NO II OPEN DE KARATE DA MEALHADA!

Decorreu no dia 25 de abril no Pavilhão Municipal da Mealhada, o II OPEN DE KARATE DA MEALHADA, uma prova que contou com a coordenação de arbitragem do Sensei Joaquim Fernandes, Presidente do Conselho de Arbitragem de FNK-P Federação Nacional de Karate-Portugal e com a presença do Senhor Presidente da Federação Nacional de Karate-Portugal, Dr. Carlos Silva.

O atleta da BAKE-Bushido Associação de Karate de Esposende, Joninhas Vilar,  júnior - 55 kg, a competir no escalão de peso - 68 kg, conseguiu, pese embora algumas questões de saúde, o vice-campeonato da competição!

IMG_20170425_195514.jpg

IMG_20170425_195524.jpg

CAMPEONATO NACIONAL IOGKF-PORTUGAL: JONINHAS VILAR CAMPEÃO NACIONAL E OLÍVIA CAMPOS VICE-CAMPEÃ NACIONAL

Decorreu no domingo dia 09 de abril no pavilhão municipal de Nogueira da Maia, o Campeonato Nacional da IOGKF-PORTUGAL, o atleta Joninhas Vilar sagrou-se campeão nacional da IOGKF-PORTUGAL, no escalão de juniores masculino open, já a estreante Olívia Campos sagrou-se vice-campeã nacional da IOGKF-PORTUGAL, no escalão de iniciados femininos open!

IMG_20170410_141446.jpg

IMG_20170410_142151.jpg

IMG_20170410_142506.jpg

PROJECTO “ESPOSENDE CLICK” ENTREGA OS PROMEIROS CERTIFICADOS

A Associação de Cidadãos de Esposende entregou os primeiros certificados do seu projecto “Esposende Click”, a cerimónia decorreu no auditório da Junta de Freguesia das Marinhas.

Entrega Certificados.bmp

Foi pela mão do Presidente da Junta, Senhor Aurélio Neiva que os alunos receberam o tão merecido certificado depois de dois meses de Formação na área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), onde aprenderam algumas ferramentas informáticas como o Windows e o Processador de Texto Word, foram dois meses de convívio, de partilha de experiências e sobretudo de valorização pessoal.

O balanço final é fortemente positivo com indicadores que mostram a capacidade e o empenho quer dos alunos, professores e técnicos envolvidos num projecto que visa dotar a população +55 de conhecimentos informáticos.

Dado o interesse demonstrado por todas as partes a Associação de Cidadãos de Esposende decidiu organizar uma nova Formação na Junta de Freguesia das Marinhas na área da Internet e Redes Sociais estando as inscrições abertas até dia 15 de Abril.

De realçar que a formação que a Associação de Cidadãos de Esposende tem proposto é totalmente gratuita, fruto de um empenho desta estrutura associativa que procura com sentido de proximidade e de solidariedade potenciar o acesso às tecnologias informáticas potenciando a inclusão digital dos cidadãos que deste modo, acedem mais facilmente a todo um universo de serviços e informações que existem disponíveis e que podem ser acedidas desde casa. Fácil para muitos, mas ainda um mundo por explorar por tantos outros, para a qual está iniciativa tem aberto continuamente novos horizontes, bastando um "click" do "Esposende Click".

ESPOSENDE: EX-COMBATENTES DE S. BARTOLOMEU DO MAR CONVIVEM EM 30 DE ABRIL

O Núcleo dos ex-Combatentes de S. Bartolomeu do Mar, em Esposende, tem já agendado o seu convívio anual para o dia 30 de abril, em que um dos momentos altos vai ser a apresentação e bênção da Bandeira do Núcleo.

O estandarte do Núcleo é uma oferta da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Belinho e Mar constituindo “a concretização de mais um marco importante, pelo simbolismo que representa, dando mais visibilidade ao espírito de camaradagem que nos mantém unidos”, segundo referem os ex-Combatentes.

De acordo com o programa já definido para o convívio anual dos ex-Combatentes de Mar, consta a concentração no largo 25 de abril, pelas 10H00, seguindo-se a bênção da Bandeira do Núcleo e a deposição de uma coroa de flores no Memorial aos ex-Combatentes.

Às 10H20, há uma romagem ao cemitério de Mar, onde será prestada homenagem aos ex-Combatentes falecidos, em especial ao José Lima e Gastão Lima, primos falecidos em combate.

Às 11H15, decorre a Eucaristia na igreja paroquial, terminando a jornada com um almoço convívio, a partir das 12H30.

Sampaio Azevedo

ESPOSENDE: NÚCLEO DE EX-COMBATENTES DE S. BARTOLOMEU DO MAR HOMENAGEIA SARGENTE ABÍLIO AZEVEDO

No passado domingo, o Núcleo dos ex-Combatentes de S. Bartolomeu do Mar, concelho de Esposende, homenageou o Sargento do Exército, Abílio Gonçalves da Costa Azevedo, de Belinho, recentemente falecido, com uma eucaristia e a deposição de uma coroa de flores na sepultura, no cemitério de Belinho.

IMGP0008.JPG

No final da Eucaristia, Ilídio Maranhão, em nome do Núcleo dos ex-Combatentes de S. Bartolomeu do Mar, teceu umas breves palavras sobre o homenageado, considerando-o um “amigo e verdadeiro Camarada em teatro de guerra” como pôde testemunhar no Quartel de Bolama, na Guiné, em 1969. Por outro lado, enalteceu “a sua alegria de viver, que está muito viva na nossa memória e que ficou plenamente demonstrada nos convívios em que participou, tornando-se um dos principais animadores, graças aos seus dotes de declamador, cantor e contador de histórias. Vamos sentir a sua falta nos nossos convívios, pois deixou-nos muitas saudades”, referiu Ilídio Maranhão.

Por sua vez, Fernando Cepa, líder do Núcleo dos ex-Combatentes de Mar, salientou a homenagem a “um companheiro e amigo solidário que partiu e que gostava de transmitir alegria”.

Já no cemitério de Belinho, o Núcleo de Ex-Combatentes de S. Bartolomeu do Mar colocou uma coroa de flores na sepultura do Sargento Abílio, como manifestação do reconhecimento ao homenageado, gesto que a família do Sargento Abílio, através do filho, Prof. Manuel Azevedo, reconhecidamente agradeceu, ao salientar que “o nosso pai com certeza que gostaria deste gesto que nos deixa muito sensibilizados e muita saudade”.

Sampaio Azevedo

ESPOSENDE ACOLHE CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO

O Município de Esposende assinou um protocolo de colaboração com a Associação Portuguesa para o Empreendedorismo (Empreend) e o Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP), para organizar, nos dias 8 e 9 de junho, a 7.ª Conferência Ibérica de Empreendedorismo (CIEM). Depois de aprovado pelo Executivo Municipal, o protocolo foi assinado hoje, no salão nobre da Câmara Municipal de Esposende, pelo seu presidente, Benjamim Pereira, pela presidente da Empreend, Maria do Rosário Almeida, pelo presidente do ISCAP, Olímpio Castilho.

empreende.jpg

Esta conferência visa disseminar o empreendedorismo como vetor de crescimento económico, impulsionar o empreendedorismo transfronteiriço, promovendo a cooperação e proximidade entre os pares no espaço ibérico, constituir uma referência no contexto do Empreendedorismo a nível ibérico, fazendo a ponte entre os dois países nos domínios académico e empresarial e aproximar e criar alianças estratégicas entre a academia e o tecido empresarial ibérico.

“A realização, em Esposende, desta conferência internacional é da maior atualidade, pois proporcionará o contacto com empreendedores portugueses e espanhóis, o que constitui, em larga medida, vantagem para um Município que está a ultimar a criação de um centro de negócios que vai proporcionar condições para os nossos jovens iniciarem a sua vida profissional”, adiantou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

Estas conferências iniciaram-se em 2011, em Cascais, tendo já decorrido na Universidade Autónoma de Madrid (2012), em Lisboa (2013), em Pontevedra (2014), em Oeiras (2015) e na Corunha, no ano passado.

Um dos pilares em que se sustenta a atividade da Associação Portuguesa para o Empreendedorismo tem como missão estabelecer alianças estratégicas entre os universos científico e empresarial com o desígnio de partilhar conhecimento, capacidade e experiências contribuindo para o crescimento da economia. Ora, Esposende encontra-se numa fase decisiva de aposta na fixação de investidores (plano de dinamização económica), assim como de abertura para novas áreas do ensino e investigação (criação de um centro empresarial e instalação de novas propostas de ensino), razão que faz com que a realização desta conferência adquira maior relevância.

Com esta iniciativa pretende-se estimular, em Esposende, o empreendedorismo empresarial e social e contribuir para a criação e consolidação de micro e pequenas e médias empresas. Também se pretende participar na criação e sustentabilidade de postos de trabalho qualificados através da oferta de formação de competências e capacidades particularmente no âmbito da gestão de empresas, das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC), do ecoturismo e da gestão do terceiro setor. São ainda objetivos dos promotores a atração de investimentos empresariais e a constituição de comunidades de empresas em rede com vista à partilha de negócios, ao benchmarking, à complementaridade, à inovação e à otimização dos recursos.

ESPOSENDE ASSINALA DIA MUNDIAL DA PROTECÇÃO CIVIL

No sentido de melhorar determinadas operações de proteção civil e conferir melhores condições a ações de prevenção e socorro, a Câmara Municipal de Esposende adquiriu uma tenda insuflável que desempenhará múltiplas funções. Desde logo, apoiará eventos coletivos, nomeadamente, no âmbito desportivo, de recreio e lazer com número significativo de participantes, além de outros de índole cultural e religiosa, sempre que se justifique. Esta aquisição, pelo Município de Esposende, foi anunciada no Dia Mundial da Proteção Civil.

17098224_1343327665747462_7352001104514211831_n.jpg

Esta nova estrutura oferece um espaço devidamente adequado, que vai de encontro à necessidade de disponibilizar um posto de primeiros socorros e emergência pré-hospitalar ou um posto de comando conjunto que albergue todas as entidades intervenientes. O equipamento com 40 m² de área útil, é de rápida montagem e desmontagem, podendo ser mobilizado para diversas ocorrências, como criação de abrigo ou hospital de campanha.

A proteção civil foi consagrada em 1949 no protocolo 1 do Tratado de Genebra no âmbito da “Proteção das vítimas dos conflitos internacionais armados”. Aí ficou definida como um sistema de gestão dos serviços de emergência que visa proporcionar assistência e proteção a toda a população perante um desastre ou acidente.

O Dia Mundial da Proteção Civil ou Dia Internacional da Proteção Civil é uma data global instituída pela OIPC - Organização Internacional de Proteção Civil e foi escolhido o 1 de março por ser nesse dia que entrou em vigor a Constituição desta organização.

Em Portugal, a efeméride do Dia da Proteção Civil, é comemorada anualmente no mesmo dia desde 2008. Este ano tem como tema “Juntos para a Redução de Catástrofes”, salientando a importância para a coordenação de esforços entre os serviços de proteção civil, as entidades da Administração e os Cidadãos. Serão ainda desenvolvidas mais ações de sensibilização nos próximos dias, tendo como objetivos promover um melhor conhecimento de riscos existentes, envolvendo grupos alvo específicos, disponibilizando material de sensibilização sobre diferentes riscos e condutas de autoproteção.

Acrescenta-se que a Proteção Civil é uma atividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e Autarquias Locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas com a finalidade de prevenir riscos coletivos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe, de atenuar os seus efeitos, proteger e socorrer as pessoas e bens em perigo quando aquelas situações ocorram.

Proteção Civil somos todos nós!

ESPOSENDE INVESTE 5,7 MILHÕES DE EUROS NO CANAL INTERCEPTOR E ECOVIA FÃO-APÚLIA

Esposende investe 5,7 milhões de euros no Canal intercetor e Ecovia Fão-Apúlia

Em reunião realizada hoje, o executivo da Câmara Municipal de Esposende aprovou a abertura dos procedimentos com vista à execução de duas importantes intervenções integradas no plano de desenvolvimento concelhio, nomeadamente o Canal de proteção de cheias e o troço entre Fão e Apúlia da Ecovia do Litoral Norte, que representam um investimento global de 5,7 milhões de euros. Enquanto a Ecovia mereceu o voto favorável de todos os vereadores, a situação do canal intercetor mereceu a abstenção do vereador do Partido Socialista.

Assim, foi deliberado proceder à abertura do procedimento relativo ao projeto “Proteção e gestão de riscos, cheias e inundações - Construção de sistema intercetor e de desvio da área urbana de Esposende”, intervenção que, no global, representa um investimento de aproximadamente 4,5 milhões de euros, incluindo o valor da aquisição e expropriação dos terrenos necessários à execução da obra. 

O executivo municipal aprovou também a abertura do procedimento e aprovou o projeto de execução do “Plano de gestão da Ecovia do Litoral Norte e percursos complementares – troço de Fão/Apúlia”, cujo investimento rondará 1 milhão 150 mil euros. Deste montante, o Município de Esposende tem já garantido o financiamento de aproximadamente 1 milhão de euros, proveniente da candidatura apresentada ao quadro comunitário Portugal 2020, ao abrigo do PAMUS – Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável. Não obstante a Ecovia do Litoral Norte ter sido projetada no âmbito do Programa Polis Litoral Norte, o troço Fão/Apúlia será executado pela Câmara Municipal, através de fundos comunitários, garantidos no âmbito do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) Cávado.

O Presidente da Câmara Municipal realça a importância desta intervenção, num contexto de valorização do território. “A Ecovia do Litoral traduzir-se-á numa mais-valia para o nosso concelho, constituindo mais um fator de atratividade, e permitirá unir Fão e Apúlia através de um percurso pedonal e ciclável”, refere Benjamim Pereira, acrescentando que “no futuro, será possível percorrer toda a zona litoral do concelho de Esposende, através desta ecovia, que ligará Apúlia a Caminha”. Recorde-se que estão já aprovados os troços entre Rio de Moinhos e Cepães, em Marinhas, e entre o açude de Santa Tecla e Foz do Rio Neiva, em Antas.

Benjamim Pereira expressa também satisfação pelo avanço do processo de execução do Canal intercetor, uma obra da maior relevância para Esposende, na medida em que permitirá resolver os problemas de cheias e inundações na zona urbana. Recorde-se que esta obra será financiada por fundos comunitários, constituindo, por isso, uma oportunidade única de pôr fim a este grave problema.