Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

‘ANDAINAS 2018’ ARRANCA COM A ‘ROTA MÁGICA DE OIA’ A 10 DE MARÇO

Iniciativa levada a cabo pelos Municípios de Caminha e A Guarda no âmbito da candidatura ‘Rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO’

Os Municípios de Caminha e A Guarda estão a ultimar os preparativos para a realização de mais uma edição de “Andainas 2018”, com a promoção de vários percursos pedestres, a realizar entre março e novembro, tanto em território português como espanhol, no âmbito da candidatura ‘Rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO’. Os percursos começam a 10 de março, com a ‘Rota Mágica de Oia’. O preço é de 10€ por pessoa, e as inscrições já estão a decorrer.

Os Municípios pretendem dar a conhecer os territórios de ambas as margens do Rio Minho e promover a cooperação e o intercâmbio cultural entre os dois povos.Deste modo, e à semelhança do ano passado, de março a novembro, vão realizar oito percursos. Esta edição começa com a ‘Rota Mágica de Oia’ (Pontevedra), já no dia 10 de março. Este percurso é de cerca de 21 Km. A saída está agendada para as 8H00. O ponto de encontro é no Mercado Municipal de Caminha.

Em abril, ‘Andainas’ vai promover os ‘Trilhos Passadiços do Vez (Sistelo – Arcos de Valdevez); em maio ‘Trilho do Vale do Âncora’; em junho ‘Rota das Fragas do Eume (Corunha)’; em agosto ‘Romaria de São João d’Arga’: em setembro ‘Trilho Cova da Moura (Monção)’; em outubro ‘Monumento Natural Pena Corneira (Ribadavia)’ e termina em novembro com ‘Rota PR-G94 Moinhos do Folón e Picón (O Rosal)’.

É de salientar que os percursos que vão decorrer no concelho de Caminha são gratuitos, contudo a inscrição é obrigatória.

O custo de participação varia de percurso para percurso. Os dois municípios assegurarão o apoio logístico e o transporte dos participantes até aos pontos de partida e no regresso das etapas. As inscrições deverão ser realizadas por o email ambiente@cm-caminha.pt ou através dos telefones 258 721 708 ou 914 476 461.

SÁBADO, 10 DE MARÇO: ROTA MÁGICA DE OIA (PONTEVEDRA)

21 km, Saída: 8h00 Mercado Municipal de Caminha

Preço: 10 €/ Inscrição: Obrigatória

SÁBADO, 14 DE ABRIL: TRILHOS PASSADIÇOS DO VEZ (SISTELO – ARCOS DE VALDEVEZ)

20 km, Saída: 7h30 Mercado Municipal de Caminha

Preço: 10 €/ Inscrição: obrigatória

SÁBADO, 1 DE MAIO: TRILHO DO VALE DO ÂNCORA (CAMINHA)

23 Km, Saída: 8h00 Mercado Municipal de Caminha

Preço: Gratuita/ Inscrição: obrigatória

SÁBADO, 9 DE JUNHO: ROTA DAS FRAGAS DO EUME (A CORUÑA)

16 km, Saída: 7h00 Mercado Municipal de Caminha

Preço: 15€ / Inscrição: obrigatória

TERÇA-FEIRA, 28 DE AGOSTO: ROMARÍA DE SÃO JOÃO D’ARGA (CAMINHA)

22 km, Saída: 12h30 Praça do Terreiro

SÁBADO, 15 DE SETEMBRO: TRILHO COVA MOURA (MONÇÃO)

15 Km, Saída: 7h30 Mercado Municipal de Caminha

Preço: 10€ / Inscrições: obrigatória

SÁBADO, 20 DE OUTUBRO: MONUMENTO NATURAL PENA CORNEIRA (RIBADAVIA)

15 km, Saída: 7h00 Mercado Municipal de Caminha

Preço. 10€ / Inscrições: obrigatória

SÁBADO, 10 DE NOVEMBRO: ROTA PR-G94 MOINHOS DO FOLÓN E PICÓN (O ROSAL)

17 Km, Saída: 8h00 Mercado Municipal de Caminha

Preço: 10€ / Inscrições: obrigatória

PONTE DA BARCA RECEBE PROVA SERRA AMARELA SKY MARATHON

A Câmara Municipal de Ponte da Barca procede no próximo sábado à apresentação pública à imprensa da prova Serra Amarela Sky Marathon, em sessão que terá lugar nos Paços do Concelho.

A prova é organizada pela Carlos Sá Nature Events, com o apoio do Município de Ponte da Barca.

Antes, porém, decorre um Free Running (treino livre, sem ritmo competitivo) de 15 km, que terá início em Entre-Ambos-os-Rios (junto à escola) pelas 14h00 e no qual os participantes terão oportunidade de se desafiarem pelos fantásticos trilhos da Serra Amarela.

24993607_828220857382625_8185261792960248230_n

FAMALICÃO APOIA O DESPORTO

Câmara de Famalicão paga inscrições federativas e seguros a 5 mil jovens atletas do concelho. Iniciativa arrancou em 2016 e abrange mais de duas dezenas de modalidades

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai, pelo terceiro ano consecutivo, assumir todas as despesas com a inscrição e os seguros de cerca de cinco mil atletas do concelho, que praticam desporto nos escalões de formação. A medida de largo alcance social e desportivo foi incrementada em 2016 e abrange atualmente cerca de duas dezenas de modalidades, do futebol ao xadrez, do rugby às artes marciais, do hóquei em patins à dança desportiva, etc. Recentemente, a medida foi também alargada ao ténis de mesa com o pagamento de inscrições e seguros a cerca de 15 atletas.

AFS_0061

A atribuição dos apoios é feita normalmente no arranque das temporadas desportivas. Neste âmbito, na última reunião do executivo municipal foram aprovados os apoios financeiros para as inscrições federativas e seguros de atletas nas modalidades de basquetebol, hóquei em patins e patinagem artística, andebol e atletismo, num investimento de cerca de 8.300 euros.

Até 2016, a autarquia apoiava a formação desportiva do futebol de cerca de 2500 jovens, por ano, através do pagamento relativo aos seguros e às inscrições nos escalões de formação na Associação de Futebol de Braga, num investimento anual superior a 90 mil euros. Atualmente, o investimento municipal situa-se na ordem dos 150 mil euros anuais, mas o número de atletas abrangidos duplicou.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, “através desta medida queremos transmitir um sinal claro às associações, às famílias e aos atletas famalicenses de que a autarquia apoia o desporto, em toda a sua diversidade”, além disso “com este apoio a autarquia está a criar condições para que todos os jovens famalicenses tenham acesso ao desporto, qualquer que seja a modalidade escolhida”.

Entretanto, a autarquia está disponível para apoiar outras modalidades que surjam. “Se amanhã surgir uma nova modalidade estamos cá para a apoiar”, salientou. “O fundamental deste apoio é incentivarmos cada vez mais jovens a praticarem desporto e a fazerem o que gostam”.

Recorde-se que para além deste apoio, a autarquia financia todos os anos os exames médicos obrigatórios a todos os jovens atletas.

AFS_9856

FAFE RECEBE PRÉMIO MUNDIAL DE CICLISMO UNIVERSITÁRIO

Fafe recebe Primeiro Mundial de Ciclismo Universitário em Portugal. Prova de Downhill será disputada em Armil

O Município de Fafe vai acolher, entre 31 de Julho e 4 de Agosto, a realização do Primeiro Mundial de Ciclismo Universitário em Portugal.

27867291_2056309224385116_2873844379580284893_n

A prova, organizada pela Universidade do Minho, será também disputada nos Municípios de Guimarães e Braga.

A competição, apresentada no passado Sábado, vai trazer à região do Minho, cerca de 250 participantes de 40 países e mais de 150 pessoas entre staff e voluntários.

Esta será a 7ª edição do evento que incluirá, pela primeira vez, uma prova de Downhill, disputada no concelho de Fafe.

27973768_2056307924385246_1192409042441629489_n

Pompeu Martins, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Fafe, revelou ‘a sua satisfação por ver três municípios do Minho juntos na organização desta competição. Para além da componente desportiva que sairá beneficiada, este é um evento que reforçara a coesão territorial da região. “

“O concelho de Fafe tem uma grande tradição no ciclismo, com a organização de diversas provas e com várias colectividades a praticar a modalidade em campeonatos regionais e nacionais, com excelentes resultados.”

O autarca adiantou ainda que “uma parte da primeira etapa desta competição será disputada no percurso em terra batida lançado na Passagem da Volta a Portugal, que mereceu o agrado de todos, e, por isso, estou certo que será também um sucesso. Em Armil, os atletas disputarão a prova de Downhill. É uma pista já com um vasto historial neste tipo de provas e, por isso, estará nas melhores condições para receber o Primeiro Mundial de Ciclismo Universitário em Portugal.”

“Estamos muito orgulhosos por receber esta competição no nosso concelho.”, concluiu.

O Presidente da Junta de freguesia de Armil, Jorge Magalhães, autarca que recebe a prova na sua freguesia refere que “esta prova vem de encontro a um velho sonho que persigo há muitos anos fazer da pista de Downhilldo Monte de S. Salvador uma referência, não só nacional, que já o é, mas também internacional. Este Mundial é algo de histórico para a freguesia de Armil.”

IMG_0062

ESPOSENDE REALIZA ENCONTRO LUSO-GALAICO DE BTT

Encontro Luso Galaico de BTT do Município de Esposende já na 16.ª edição

Estão abertas as inscrições para o 16.º Encontro Luso-galaico de BTT do Município de Esposende. O evento decorrerá nos próximos dias 21 e 22 de abril, sendo que, para além da Meia Maratona e da Maratona, esta edição aposta, sobretudo, num programa direcionado para a família, com a realização de passeios orientados para os mais novos.

btt

Assim, no dia 21, sábado, pelas 10h00, terá lugar o Passeio Traquina, direcionado para crianças dos 5 aos 11 anos, acompanhadas pelos pais, avós ou outros familiares. Trata-se de um passeio com uma distância de 15 quilómetros com baixo nível de dificuldade e que constitui uma excelente oportunidade para, em família, participar nesta grande festa do BTT. Já no período da tarde, com partida às 14h00, decorrerá o Passeio Júnior, com uma distância de 25 quilómetros, no qual podem participar jovens com mais de 11 anos, acompanhadas por familiares.

 O dia 22, domingo é direcionado para os praticantes mais experientes. Com partida prevista para as 10h00, a Meia Maratona, com uma distância de 45 quilómetros, e a Maratona, com um percurso de 70 quilómetros, proporcionarão aos participantes usufruir de emoção e adrenalina em plena natureza, com desfrute de incríveis paisagens.

As inscrições estão limitadas a 1500 participantes e podem ser efetuadas online, até ao dia 18 de abril, em www.cm-esposende.pt/lusogalaico, onde estão disponíveis todas as informações relativas ao evento.

O Encontro Luso Galaico de BTT insere-se no Plano Estratégico do Desenvolvimento Desportivo e Turístico de Esposende (PEDDE), com o objetivo de fomentar a prática desportiva, valorizar recursos e território e atrair gente ao concelho fora do período balnear.

DSC_0277

DSC_0362

CARTAZ_f

CRAV VENCE NA MOITA

Campeonato Nacional da 1ª Divisão: CRAV Segue Firme na Frente

O CRAV viajou até à Moita, no dia 17 de fevereiro, para cumprir a 14ª jornada do campeonato. A equipa arcuense venceu a equipa local por 12-31 e conquistou um importante ponto de bónus de ataque, mantendo assim a liderança com 4 pontos de vantagem sobre o Caldas.

moita vs crav (2)

A equipa arcuense fez uma boa exibição em terras ribatejanas e dominou quase todo o encontro, contando 5 ensaios marcados. Nos minutos finais do jogo, os jogadores do CRAV evidenciaram algum cansaço físico e “baixaram a guarda” na linha defensiva. Fruto das circunstâncias, os da casa aproveitaram e marcaram dois ensaios, um deles convertido.

No próximo sábado, dia 24, o CRAV recebe o Técnico no Estádio Municipal de Rugby, às 15 horas.

moita vs crav (3)

moita vs crav (4)

moita vs crav

SUB-16 DO CRAV VENCEM BRAGA

Jogo Contou com a Estreia de 10 Novos Atletas na Esquipa Arcuense

De regresso à competição, os sub-16 do CRAV receberam neste sábado, dia 17 de fevereiro, o Braga Rugby para a 1ª jornada da fase final do campeonato nacional. Este encontro realizou-se no Estádio Municipal de Rugby de Arcos de Valdevez e serviu também para a apresentação de 10 novos atletas que reforçam agora este escalão do CRAV.

crav vs braga (1)

Como é costume os jovens arcuenses entraram em jogo bastante determinados, e foram à luta logo nos instantes iniciais, com uma jogada bem delineada e que resultou no primeiro ensaio da partida e conversão pelo habitual José P. Fernandes, que aliás converteu a maioria dos chutos aos postes durante a partida.

O Braga reagiu com a organização do seu jogo poderoso de avançados, elevada técnica individual do seu pilar e que servia para reduzir a maior capacidade do CRAV. No entanto, os jovens arcuenses mantiveram-se sempre em vantagem, saindo para intervalo a vencer por 17-12.

Na segunda parte a equipa do CRAV foi aumentando o marcador, não possibilitando que o Braga, de forma alguma, superasse o resultado. O CRAV acabava assim o encontro com um resultado favorável por 36-22, sendo um justo vencedor.

crav vs braga

TOUCH RUGBY: TAÇA NORTE/CENTRO: CRAV SAFORELLE CONQUISTA 2º LUGAR

Realizou-se hoje no estádio José Redondo, na Lousã, a 1ª Jornada da Taça Regional Norte/Centro.

Com cinco equipas em prova (CRAV Saforelle de Arcos de Valdevez, GDM ElectroMoitense da Bairrada, duas Equipas do Crédito Agrícola, Escola Superior Agraria de Coimbra e a anfitriã Lousã) realizou-se um espectacular torneio de Touch Rugby numa solarenga manhã de domingo na Lousã.

torneiotouch_lousa

A equipa Arcuense realizou um excelente torneio, tendo perdido apenas um dos quatro jogos em que participou. No primeiro derrotou a equipa da Lousã por 8-1. Logo de seguida os minhotos jogaram contra  a equipa de Coimbra da Credito Agricola/Agraria e voltaram a vencer por 8-4. O próximo adversário vinha da Bairrada (ElecroMoitense) que seriam vencidos pelos Arcuenses  por 5-1.

No último jogo, que viria a ditar o vencedor do torneio, pese embora as diversas fases de equilíbrio do jogo, a equipa do CRAV Saforelle, não teve argumentos para derrotar a segunda equipa da Agrária de Coimbra (2-10 foi o resultado final).

A 2ª e última jornada da Taça Regional Norte/Centro, que decidirá o Campeão Norte/Centro, realizar-se-á na Bairrada já no próximo dia 11 de Março,.

No fim do torneio seguiu-se um almoço convívio em pleno estádio de rugby. Foram entregues insígnias de Árbitro Nivel 1 a quatro árbitros.. O Rugby Clube da Lousã ofereceu ainda lembranças às equipas participantes.

De notar que nesta variante de rugby, em grande expansão em Portugal, homens e mulheres competem em conjunto na mesma equipa.

ATLETAS DO CRAV DIVERTEM-SE NO CARNAVAL

Escalões de Formação do CRAV Divertem-se em Mais um Convívio

As equipas sub-8, sub-10 e sub-12 do CRAV deslocaram-se no dia 18 de fevereiro a Braga, para participarem no convívio regional organizado pelo clube da casa, Braga Rugby, e a Associação de Rugby do Norte.

crav_carnaval (2)

O convívio passou-se da melhor forma, com excelentes condições atmosféricas, numa demonstração de crescimento do Rugby na região Norte.

Sobre as equipas do CRAV, pouco ou muito haverá a dizer, conforme o ponto de vista. Em termos de resultados, ganharam-se alguns jogos e perderam-se outros. Pouco mais haverá a dizer, uma vez que este não é o ponto mais relevante deste tipo de competição.

Haverá muitas linhas a gastar se tivermos em conta o divertimento destes pequenos atletas, e a evolução que todas as semanas demonstram. É revigorante ver a capacidade de aprender destes jovens e a forma saudável como vêem o jogo: uma ocasião para se juntar é um pretexto para se divertirem.

Diversão Continua no CARNAVAL de Arcos de Valdevez

Após o convívio regional em Braga, os atletas de palmo e meio regressaram a Arcos de Valdevez para também eles marcarem presença no corso carnavalesco local que este ano foi ainda mais especial pelo seu cariz solidário.

crav_carnaval (3)

crav_carnaval (4)

crav_carnaval (5)

crav_carnaval (6)

crav_carnaval

TEAM BAIA APRESENTA CALENDÁRIO DE PROVAS PARA 2018

O Troféu CIN, que para além de Vila Nova de Famalicão vai passar por cidades como Mondim de Basto, Santo Tirso, Fafe e Viana do Castelo, é um dos principais destaques do plano de atividades para 2018 da Associação Team Baia.

Rali de Famalicão

A calendarização dos eventos organizados pela associação famalicense de desportos motorizados foi apresentada no passado domingo, dia 11, no auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, tendo contado com a presença do vereador do Desporto da autarquia, Mário Passos.

A etapa do Troféu CIN em terras famalicenses acontece a 20 e 21 de julho, com a realização do Rali de Famalicão. A Associação Team Baia vai ainda associar-se à organização de diversos eventos, como as super especiais de Famalicão, Vizela, Vila das Aves, Barcelos e Riba de Ave; a Super Especial de Fafe, englobada no Rali Serras de Fafe e que este fim-de-semana abriu o Campeonato Nacional de Ralis; a super classificativa “Porto Street Stage”, que fará parte do Rali de Portugal; o 52.º Vodafone Rali de Portugal, entre outras provas.

Na conferência de imprensa, Mário Passos enalteceu o trabalho desenvolvido pela Associação Team Baia na realização destes eventos, realçando o enorme impacto que os ralis trazem em benefício da promoção dos territórios.

CAMPEONATO NACIONAL DE BOCCIA SÉNIOR TEM ETAPA EM FAMALICÃO

Vila Nova de Famalicão recebe esta quarta-feira, dia 21 de fevereiro, a etapa da Zona Porto do Campeonato Nacional de Boccia Sénior 2017/2018, organizada pela autarquia famalicense e pela Associação Nacional de Desporto.

A prova decorrerá no Pavilhão Municipal de Famalicão, entre as 09h00 e as 18h00, e vai contar com a participação de cerca de 200 seniores do norte do país, como é o caso da Seleção de Boccia Sénior de Vila Nova de Famalicão, composta por alunos do projeto sénior municipal “Mais e Melhores Anos”, oriundos de várias instituições famalicenses.

Refira-se ainda que a prova desta quarta-feira irá contar para apuramento para a Fase Final do Campeonato Nacional.

41º RALI À LAMPREIA ANIMA MONÇÃO

24 E 25 DE FEVEREIRO. UMA PROVA MUITO FISH. VENHA.

No fim de semana 24 e 25 de fevereiro, o Município de Monção aposta forte na Lampreia do Rio Minho com diversas atividades destinadas a todos os públicos. O ponto alto será o Rali à Lampreia, perícia automóvel no centro histórico da localidade que decorre no domingo, 25 de fevereiro.

lampreia (Large)

Promovida pela Câmara Municipal de Monção e Sport Clube do Porto, a 41ª edição deste emblemático e entusiasmante rali urbano engloba duas provas marcadas para as 11h00 e 16h00, prevendo-se a presença de meia centena de participantes portugueses e espanhóis e milhares de pessoas, de ambos os lados da fronteira, nos passeios e espaços públicos do casco urbano monçanense.

Na hora do almoço, os restaurantes estão de portas abertas para receber visitantes e munícipes. Participam 28 unidades hoteleiras do concelho com uma ementa dedicada à lampreia, desde a mais tradicional, com arroz ou à bordalesa, às abordagens mais contemporâneas como empanada, escabeche ou sushi. 

Com uma experiência e sabedoria que passou de geração em geração, as nossas cozinheiras prometem apresentar, com tradição, requinte e inovação, a afamada e saborosa Lampreia do Rio Minho aos visitantes e apaixonados pela boa gastronomia.

Para acompanhar o repasto, uma garrafa de Alvarinho, um dos melhores vinhos brancos do mundo com selo de garantia da Sub-Região de Monção e Melgaço. Os rótulos primam pela qualidade. Podem escolher qualquer um. São todos bons.

cartaz do rali

III Rali Gastronómico

No dia anterior, 24 de fevereiro, realiza-se o I Encontro de Carros Clássicos da Lampreia, pelas 10h00, abertura de exposição de trabalhos a carvão alusivos à lampreia, na sede da Raia, na Lodeira, pelas 15h00, e Rali a Pedais/Karts a Pedais, a partir da 15h00, na Praça Deu-la-Deu.

Com início às 18h00, decorre o III Rali Gastronómico, circuito pelos 7 bares aderentes à iniciativa. Cada participante, munido de passaporte, consome prova de acepipe de lampreia e copo de vinho Alvarinho da Sub-Região de Monção Melgaço em cada um dos bares participantes.

Em cada consumo, o participante valida o passaporte, recebendo no final uma lembrança. Refira-se que o comboio turístico assegura o transporte dos participantes pelos 7 bares aderentes, acompanhado pela charanga “Banda às Riscas”. Pelas 21h00, no Largo do Loreto/Praça Deu-la-Deu, realiza-se o II Rali a Pedais Interfreguesias, com medalhas para os primeiros três classificados.

“O Rali à Lampreia é uma prova desportiva e gastronómica com tradição na nossa região, constituindo um trunfo turístico na época baixa com repercussões positivas ao nível da dinamização hoteleira e valorização da nossa gastronomia” Presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa

Rali 11 (Large)

rali 13 (Large)

rali 15 (Large)

BRACARENSES REMAM NA CIDADE EUROPEIA DO DESPORTO

CED 2018 viveu mais um fim-de-semana repleto de actividades: Circuito Nacional de Remo Indoor promoveu a modalidade na Cidade Europeia do Desporto

Decorreu este Domingo, 18 de Fevereiro, no Pavilhão da EB 2,3 Francisco Sanches, a segunda etapa do Circuito Nacional de Remo Indoor, uma actividade inserida na programação da Braga Cidade Europeia do Desporto (CED) 2018.

Remo Indoor 3

A competição contou com a participação de mais de 150 atletas provenientes de vários pontos do País, que durante quatro horas lutaram por um lugar no pódio, numa prova marcada pela grande exigência física.

Com a abertura do circuito a atletas federados e não federados de vários escalões etários, a Federação Portuguesa de Remo conseguiu atrair mais participantes para este desporto e, quem sabe, fazer com que alguns praticantes de remo indoor possam um dia ser praticantes de remo na água.

Para António Fortuna, da Federação Portuguesa de Remo a prova de Braga superou todas as expectativas. “Foi um orgulho fazer parte deste grande evento que é a CED 2018 e esperamos voltar com muitos mais atletas e por muito mais tempo”, sustentou o dirigente.

O remo indoor já deixou há muito que deixou de ser apenas uma ferramenta de treino dos remadores-de-água, sendo que os equipamentos utilizados podem ser encontrados em diversos espaços, nomeadamente em ginásios, clínicas de reabilitação, escolas, universidades e boxes de crossfit em todo o mundo. A primeira competição de remo indoor aconteceu em 1982 e, desde altura, este desporto não parou de crescer, com centenas de competições a decorrerem anualmente em todo o mundo.

Sameiro Araújo, vereadora do Desporto e da Juventude do Município de Braga, realçou a importância da prova que ajudou a colocara modalidade de remo indoor no mapa do desporto nacional. “As competições de Remo Indoor têm tido um enorme crescimento nos últimos anos e estava na hora de dar a Braga o selo oficial de Cidade onde também se pratica esta modalidade”, referiu a vereadora.

Mais de 200 atletas na prova de Duatlo Cross

O fim-de-semana de programação da CED 2018 ficou ainda marcado pela realização do Campeonato Nacional de Duatlo Cross, realizado no Domingo, dia 18 de Fevereiro. Constituída por percurso de corrida e bicicleta BTT, esta prova de estafetas foi mais um marco no calendário da CED.

Mais de 200 atletas participaram neste evento organizado pelo Município de Braga em parceria com a Federação de Triatlo de Portugal. O Campeonato Nacional de Duatlo Cross teve início às 10h00 da manhã no Complexo da Rodovia, onde os participantes iniciaram o primeiro segmento da corrida com duas voltas ao percurso, num total de cinco quilómetros de prova. Seguiu-se a etapa de ciclismo com uma extensão de 17,5 quilómetros. Esta prova de duatlo finalizou com o segundo segmento de corrida, numa distância total de 2,5 quilómetros.

As provas destinaram-se a atletas federados e não federados, existindo uma prova aberta a todos os interessados que, desta forma, tiveram oportunidade de participar num evento desportivo de nível nacional e de comprovar a capacidade de organização da Cidade que reforçou a sua imagem como boa anfitriã.

LVI_1443

LVI_9054

LVI_9095

Remo Indoor 1

Remo Indoor 2

RALI SERRAS DE FAFE: FINAIS “FELIZES E INFELIZES” PARA O ALTO MINHO

A emoção e o espetáculo do automobilismo regressaram este fim de semana, com o 31º Rally Serras de Fafe. Fafe mostrou, mais uma vez, ser a Catedral dos Rally com provas exímias e um ambiente fantástico. Ricardo Moura e António Costa foram os grandes vencedores desta edição. Miguel Barbosa e Hugo Magalhães ocuparam o segundo lugar do pódio e José Pedro Fontes e Paulo Babo arrecadaram a terceira posição.

Hugo Magalhães

HUGO MAGALHÃES LUTOU AO SEGUNDO PELA VITÓRIA

A navegar o piloto Miguel Barbosa, Hugo Magalhães esteve em grande destaque neste rali. A bordo de um Skoda Fabia R5, Magalhães e o seu piloto foram sempre uma das equipas mais rápidas no Campeonato de Portugal de Ralis lutando de igual para igual com o piloto dos Açores e antigo Campeão Nacional Ricardo Moura.

A dupla do Skoda passou várias vezes pela liderança, terminou o primeiro dia de rali no primeiro lugar e à entrada para a derradeira classificativa da prova colocava-se na segunda posição a pouco mais de 1 segundo de diferença do piloto açoriano. Neste último troço do rali, Hugo Magalhães e Miguel Barbosa acabavam por empatar com Ricardo Moura efetuando exatamente o mesmo tempo, e dessa forma a sua desvantagem manteve-se dando a vitória a Moura.

Nuno Carvalhosa

PEDRO LAGO VIEIRA SOMOU QUILÓMETROS E ACUMULOU EXPERIÊNCIA

A fazer apenas o segundo rali em pisos de terra da sua carreira e primeiro ao volante de um competitivo Peugeot 208 R2, Pedro Lago Vieira não teve uma prova fácil. O jovem piloto natural de Ponte de Lima entrou num bom ritmo em prova mas logo no segundo troço do rali os pernos da roda dianteira esquerda cederam e foi impossível prosseguir até ao final da primeira etapa.

Resolvido este contratempo mecânico, Lago Vieira voltou à competição no segundo dia apostado em rodar e adaptar-se o máximo possível ao seu Peugeot. No entanto, fruto do seu abandono no primeiro dia, a posição de saída para os troços da segunda etapa era bastante alta e dessa forma Pedro Lago Vieira encontrou as classificativas com os pisos já bastante destruídos pelo que a estratégia passou essencialmente por poupar a mecânica para conseguir atingir o final do rali sem imprevistos.

Esse objetivo viria a ser conseguido embora sem que o piloto pudesse explorar totalmente as potencialidades do carro tendo o piloto limiano concluído o rali na 7ª posição final entre os carros de 2 rodas motrizes do Campeonato de Portugal.

P Lago Vieira

PEDRO SÁ / LEANDRO PARREIRA COM PÓDIO NA ESTREIA

Inscritos na Taça FPAK de Ralis, Pedro Sá e Leandro Parreira tiveram um excelente arranque de temporada. A dupla do Mitsubishi Lancer Evo VIII conseguiu conciliar na perfeição a rapidez que planeavam com uma boa margem de segurança e com uma postura “defensiva” para poupar a mecânica do carro nos difíceis pisos dos troços de Fafe.

Ao longo das 11 classificativas, a dupla Sá / Parreira cotou-se regularmente entre as mais rápidas da Taça e no final seria brindada com um muito positivo 3º lugar da classificação, um resultado que abre perspetivas muito motivadoras para a restante época.

NUNO CARVALHOSA “INFELIZ” NUMA CURTA PARTICIPAÇÃO

A fazer pela primeira vez equipa com Ruben Moura, o navegador vianense Nuno Carvalhosa acabou por sair de Fafe com um amargo de boca sendo o único dos cinco Alto Minhotos que não logrou atingir a meta.

A prova da dupla do Peugeot 208 R2 viu o seu final abruptamente antecipado quando logo no troço inaugural a mecânica do carro francês deu “parte fraca” pelo que não restou alternativa que não fosse a desistência.

P_Sa-L_Parreira (1)

P_Sa-L_Parreira2

CERVEIRA RECEBE PARCEIROS DO PROJETO INTERNACIONAL "IN COMMON SPORTS"

‘In CommonSports’ arranca com 1º ReuniãoTransnacional

Vila Nova de Cerveira acolheu, esta semana, uma comitiva dos parceiros do projeto internacional ‘In Common Sports’ para uma primeira reunião de trabalho de definição da estratégia e de conhecimento in loco do impacto das Olimpíadas Intergeracionais. Autarca Fernando Nogueira deu as boas-vindas aos representantes da Bulgária, Grécia, Hungria e Itália, reiterando o contributo pioneiro em prol da saúde e bem-estar da população sénior através do desporto.

_D6C6365

Com o período de execução entre janeiro de 2018 e dezembro de 2020, o ‘In Common Sports’ está já a dar os primeiros passos. Depois da apresentação pública em cada um dos países envolvidos, o Município de Vila Nova de Cerveira - enquanto líder do projeto -e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) - na qualidade de parceiro estratégico - organizaram, entre esta quarta e sexta-feira, uma reunião de trabalhocom a presença do consórcio de parceiros.

À equipa de técnicos da autarquia cerveirense e do IPVC destacada para a articulação e desenvolvimento do projeto, juntaram-se os representantes do Município de Cesena (Itália), Valeria Rossi e FedericaCuni, do Município de Trikala (Grécia),GiannisGiakas, do Município de Aksakovo (Bulgária),NeliPetrova eStefaniYordanova, e da Associação Zoldpont (Hungria),PéterCziráki e MártonDvorák.

Dando as boas-vindas aos presentes numa sessão de trabalho nos Paços do Concelho, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira realçou a importância desta iniciativa “para a partilha de conhecimentos e de realidades de outros países no âmbito da melhoria das condições de vida e potenciação de estilos de vida saudáveis junto da população sénior”.Fazendo votos de sucesso para o trabalho proposto, Fernando Nogueira agradeceu a presença ea interação de todos “num projeto pioneiro que prima pelo envolvimento das populações”.

O programa de três dias incluiu um conjunto de reuniões preparatórias de forma a articular e agilizar a implementação do projeto. Para além da formalização de alguns acordos internos, foram igualmenteauscultadas dificuldades, potenciados pontos convergentes, delineadas regras, apresentado o website e elaborada a calendarização para os três anos.

Tendo como principal objetivo aprofundar o conhecimento dos fatores motivacionais para a prática continuada de exercício físico na população idosa através de um estudo que envolverá 350 participantes, a comitiva teve ainda a oportunidade de participar numa sessão de formação ministrada pela equipa líder da investigação da Escola Superior de Desporto e Lazer do IPVC, nas próprias instalações em Melgaço, de forma a coordenar a metodologia no âmbito do estudo científico proposto no projeto.Esta sessão contou ainda com a presença dos técnicos de todas as autarquias do Alto Minho envolvidos nas Olimpíadas Intergeracionais.

Pelos resultados positivos alcançados em três anos (2015-2017), o projeto das Olimpíadas Intergeracionais será replicado em mais quatro países da Europa, fruto da aprovação da candidatura ‘In CommonSports - IntergenerationalCompetition as Motivation for Sport andHealthyLifestyleofSeniorCitizens, submetida pelo Município cerveirense ao programa Erasmus + Sport, num financiamento superior a 300 mil euros.

_DSC1034

VIZELA RECEBE SECRETÁRIO DE ESTADO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto presente na jornada de trabalho Juventude.net

No âmbito do mês de fevereiro, mês da Juventude e Desporto, a Câmara Municipal de Vizela promove a iniciativa Juventude.net, um Encontro Distrital de Técnicos Municipais de Juventude.

Juventude.net Cartaz

O Encontro realiza-se no próximo dia 23 de fevereiro, das 09:30h às 17:30h na Casa Municipal de Cultura Jorge Antunes na cidade de Vizela.

A sessão de abertura contará com a participação do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, Dr. João Rebelo, que dará o pontapé de saída a uma jornada de trabalho entre técnicos municipais de juventude das autarquias do distrito de Braga.

Da parte da manhã, os participantes irão estar divididos em grupos de reflexão, numa metodologia de educação não formal, com o tema de fundo “Trabalho em rede – uma janela de oportunidades”. O objetivo é que os técnicos envolvidos elaborem um documento de recomendações para o trabalho municipal de juventude no distrito de Braga.

Da parte de tarde está reservada uma sessão de informação e atualização sobre os projetos de juventude do IPDJ, da responsabilidade do Instituto, e do Programa Erasmus+ da competência da Agência para a Gestão do Programa ERASMUS+ Juventude em Ação. A sessão continua com a apresentação de uma nova entidade, a APP Juventude (Associação Portuguesa de Profissionais de Juventude), terminando com a apresentação dos resultados dos trabalhos de grupo.

A sessão de encerramento terá lugar por volta das 17:30h.

Com a dinamização do Juventude.net, a Câmara Municipal de Vizela tenta dar novo impulso às relações intermunicipais e regionais em prol do trabalho com os jovens do distrito. Será, de certa forma, uma tentativa de reativação de uma rede que se iniciou no âmbito da Braga Capital Europeia da Juventude 2012.

BRAGA RECEBE CAMPEÕES EUROPEUS DE FUTSAL

Recepção aos Campeões da Europa de Futsal tem lugar na próxima segunda-feira, dia 19 de Fevereiro, pelas 18h30, no Salão Nobre do Theatro Circo, Braga

O Município de Braga recebe os jogadores Bracarenses e membros da equipa técnica, que recentemente se sagraram Campeões da Europa de futsal. A recepção terá lugar na próxima Segunda-feira, 19 de Fevereiro, às 18h30, no Salão Nobre Theatro Circo, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e de Sameiro Araújo, vereadora do Desporto.

Também na Segunda-feira, entre as 14h30 e as 17h30, os Bracarenses terão a oportunidade de ver de perto a taça de conquistada por Portugal que estará em exposição nos Paços do Concelho.

Portugal conquistou pela primeira vez o título de Campeão Europeu de futsal, na capital eslovena, Ljubljana, ao vencer a Espanha na final do Euro 20

HUGO MAGALHÃES APONTA À VITÓRIA NO CEONATO DE PORTUGAL DE RALIS

O Campeonato de Portugal de Ralis tem o seu arranque marcado já para o próximo fim de semana. O Rali Serras de Fafe, que tradicionalmente inaugura o campeonato, marca também o início da Taça Fpak de Ralis e do Campeonato Norte.

Miguel Barbosa e Hugo Magalhães (Skoda Fabia)

Para a edição de 2018, o Alto Minho e o distrito de Viana do Castelo vão contar com uma mão cheia de representantes entre pilotos e navegadores.

Aquele que parte naturalmente com maiores ambições será Hugo Magalhães. O navegador, natural de Fafe e residente em Viana do Castelo, tem nesta prova um evento especial. Irá participar ao lado de Miguel Barbosa num Skoda Fabia R5 e as suas ambições passam naturalmente por tentar a vitória no rali.

"O objectivo para o rali é lutar claramente pela vitória. A concorrência é forte e em quantidade mas penso que temos argumentos para lutar pela vitória também", refere o navegador, para quem este rali será um excelente inaugurar de época: "Estão reunidos todos os ingredientes quer pela qualidade quer pela quantidade de inscritos para que seja um início de época épico. Espero por isso que seja um grande evento desportivo e uma festa para este grande  arranque do nacional de ralis.", resume o conceituado navegador.

PEDRO LAGO VIEIRA EM LUTA PELAS 2 RODAS MOTRIZES

Tendo-se estreado ainda em 2017 ao volante de um Peugeot 208 R2, Pedro Lago Vieira espera este ano capitalizar a experiência adquirida. Nos objectivos de Pedro Lago Vieira estão os lugares cimeiros do Campeonato de Portugal de Ralis - 2 Rodas MOTRIZES.

Apesar desta ser a sua estreia com o carro em pisos de terra, o jovem piloto limiano mostra-se bastante motivado para o início de época e os recentes testes efectuados ao volante da maquina francesa deixaram excelentes indicadores para a primeira PROVA.

“O Rali Serras de Fafe será um enorme desafio para nós. Fruto da pouca experiência que temos em pisos de terra, vamos entrar na prova com algumas cautelas porque nesta fase é importante somar quilómetros”, afirma Pedro Lago Vieira que realça “a grande motivação com que vamos encarar a primeira prova do ano, apesar desta ser mesmo a estreia do Peugeot neste tipo de PISOS”.

NUNO CARVALHOSA VAI NAVEGAR RUBEN MOURA

Contando já com algumas participações no Rali Serras de Fafe em edições anteriores, o navegador Nuno Carvalhosa vai este ano voltar aos troços Fafenses. A participação na prova organizada pela Demoporto será feita ao lado do piloto Ruben Moura, a bordo de um Peugeot 208 r2.

Para o navegador, "este rali passará sobretudo por conseguir um bom entrosamento com o Ruben, visto ser o primeiro rali juntos e claro tentar o melhor  resultado possível.

A dupla vai integrar o competitivo pelotão do Campeonato de Portugal de Ralis - 2 Rodas Motrizes partindo para a prova com o número 27 nas portas do Peugeot.

PEDRO SÁ E LEANDRO PARREIRA EM LUTA PELA TAÇA

A dupla de Viana do Castelo será uma das equipas favoritas à vitória do Rali Serras de Fafe no que diz respeito à Taça FPAK de Ralis. Mantendo a aposta no Mitsubishi Lancer Evo IX que lhe deu o vice campeonato de Grupo N em 2017, Pedro Sá foca-se este ano na Taça Fpak com ambições fortes.

O piloto não esconde a motivação e espera "tentar lutar regulamente pelas posições cimeiras rali a rali começando já em Fafe a tentar marcar o máximo de pontos. Vamos abrir a época com a presença no Rali Serras de Fafe, uma prova com troços espetaculares e que atrai todos os anos uma enorme moldura humana para todas as classificativas. Este ano adivinha-se novamente um grandioso arranque de época fruto da qualidade e quantidade dos inscritos e para nós será um verdadeiro privilégio poder integrar esta prova”.

A principal novidade da equipa para este ano será o regresso de Leandro Parreira ao lugar de navegador, depois de um interregno nas competições, quebrado apenas no ano passado.

“Vai ser o meu regresso à navegação com o Pedro. Na época passada a sua evolução foi e notória e constante pelo que para mim será uma grande oportunidade acompanha-lo este ano” afirma o navegador, destacando que “nos testes que fizemos fiquei surpreendido com o carro e apesar de saber que o estilo de condução do Pedro sempre foi para 4 rodas motrizes nota-se que a época passada que lhe deu aquela experiência para poder lutar por lugares cimeiros sem dúvida! Agora na Taça terá armas para lutar pela vitoria a geral”.

O Rali Serras de Fafe disputa-se nos próximos dias 17 e 18 de Fevereiro, sendo composto por 11 classificativas que perfazem um total de 122,30 quilómetros disputados ao cronómetro.

Nuno Carvalhosa

Pedro_Sa

PLV2018

ESPOSENDE ACOLHE TORNEIO DE ANDEBOL FEMININO

Esposende acolheu XIV Torneio de Andebol Feminino Prof. Manuel Ribeiro

O concelho de Esposende foi palco, entre os dias 9 e 12 de fevereiro, de um evento desportivo de grande dinâmica e envolvência, o XIV Torneio de Andebol Feminino Prof. Manuel Ribeiro, uma organização conjunta da Câmara Municipal de Esposende e Centro Social da Juventude de Mar, que contou com a colaboração da Associação de Andebol de Braga.

andebol

A competição foi disputada nos escalões Infantis, Iniciados, Juvenis e Veteranos por 21 equipas, dos clubes Juv Mar, Maiastars, Cale, Didáxis, ABC, Xico Andebol, CD Feirense e AC Lusitanos, envolvendo cerca de 420 atletas. Os jogos repartiram-se pelos Pavilhões do Centro Social da Juventude de Mar, da Escola Básica António Correia de Oliveira e da Escola Secundária Henrique Medina.

À semelhança de edições anteriores, o torneio traduziu-se numa grande festa em torno da modalidade de andebol. Para além da competição em si, a iniciativa cria dinâmica em termos turísticos e de dinamização da economia local, devido ao elevado número de atletas participantes e respetivas equipas técnicas, e familiares que os acompanham.

Em termos classificativos, no escalão Infantis, sagrou-se vencedora a equipa CALE, tendo sido acompanhada no pódio pelas equipas A e B do Maia Stars. A melhor jogadora foi Sofia Oliveira e a melhor guarda-redes Beatriz Silva, ambas atletas da Maia Stars.

Relativamente às Iniciadas, o primeiro lugar foi conquistado pela Maia Stars, na segunda posição ficou o CD Feirense e, em terceiro lugar, classificou-se o CALE, sendo que a melhor jogadora foi a atleta Emília e a melhor guarda-redes foi Maria Costa, ambas do Xico Andebol.

Em Juvenis venceu a Didaxis, no segundo lugar classificou-se a Juv Mar A, e, em terceiro, o CALE. Inês Viana e Beatriz Rocha, da Juv Mar, foram, respetivamente, melhor jogadora e melhor guarda-redes.

Já no que se refere a Veteranas, a vencedora foi a Juv Mar, seguida do CALE e AC Lusitanos.

O Vereador do Desporto da Câmara Municipal, Rui Losa, marcou presença na entrega de prémios, juntamente com o Presidente da Associação de Andebol de Braga, e o Presidente do Centro Social da Juventude de Mar. Rui Losa referiu que o Torneio de Andebol Feminino Prof. Manuel Ribeiro se enquadra no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e que constitui um evento que contribui para o fomento da prática de andebol feminino, nomeadamente ao nível do desporto de formação. Notando que no concelho é o Centro Social da Juventude de Mar que dá visibilidade à modalidade, contribuindo também para a promoção de Esposende, o Vereador assegurou a continuidade do evento.

andebol_

andebol1

MUNICÍPIO DE FAFE APOIA ANDEBOL

Câmara de Fafe apoia Andebol Clube de Fafe com 85 mil euros

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, visitou, na tarde de ontem, o Andebol Clube de Fafe para formalizar a assinatura de um protocolo que atribui 85 mil euros ao clube, subsídio aprovado, por unanimidade, em reunião de câmara.

DSA_9021A

Artur Magalhães, Presidente do Andebol Clube de Fafe, agradeceu "o apoio contínuo do Município de Fafe ao clube. A Câmara Municipal é um dos nossos maiores pilares e só temos que agradecer e mostrar a nossa total disponibilidade para manter e reforçar esta boa relação."

"O Andebol Clube de Fafe tem 230 atletas, quatro equipas a disputar o Campeonato da Primeira Divisão, temos os Seniores no patamar mais alto da competição e temos também trazido, para Fafe, a organização de jogos de relevo. Esperamos, que nos próximos tempos, e lançando aqui já o repto, trazer a Fafe algo ainda de mais substantivo, porque sabemos que, em Fafe, muita gente gosta de andebol.

Esperamos continuar a levar o nome de Fafe aos mais altos patamares do Desporto", rematou.

Na ocasião, Raul Cunha, aproveitou para felicitar o Clube pelo esforço, dedicação e os óptimos resultados alcançados.

"O Andebol Clube de Fafe é um clube importante para o concelho, não só pelos resultados alcançados, mas também pela crescente adesão e formação de jovens.

vinda da Câmara ao Andebol Clube de Fafe é uma forma também de demonstrar o apoio e reconhecimento que o Município tem pelas instituições desportivas do concelho. Temos com este Clube uma relação saudável, porque envolve muitos jovens fafenses, em várias equipas, e movimenta mais de 200 atletas. É, sem dúvida, um clube que tem uma forte implantação no Município.”

O Autarca adiantou ainda que "para além deste apoio financeiro de 85 mil euros, a Câmara cede as instalações para os atletas puderem treinar e temos já previsto uma intervenção neste Pavilhão, ao nível dos Balneários - que precisam de ser recuperados - e na melhoria das condições para a prática desportiva. Temos uma candidatura, já deferida, que ronda os 400 mil euros, para a requalificação deste espaço e, por isso, contamos, em breve, poder proporcionar melhores condições a estes mais de 200 atletas."

Continuaremos esta boa relação e, acima de tudo, manteremos este apoio ao Desporto em Fafe.”, concluiu.

DSA_8998A

DSA_9000A

DSA_9006A

DSA_9010A

DSA_9012A