Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MELGAÇO RECEBE IX GALA DANÇA & FITNESS

Domingo, 25 de junho, 21h30

Gimnodesportivo do Centro de Estágios de Melgaço – Complexo Desportivo e de Lazer Comendador Rui Solheiro

Melgaço recebe no próximo domingo, dia 25 de junho, a IX Gala Dance & Fitness, este ano subordinada ao tema ‘Mundo da Fantasia’. O evento acontece pelas 21h30 e pretende dinamizar as atividades promovidas pelo Centro de Estágios de Melgaço, criando dinâmicas e sinergias entre a população local, e apresentar o trabalho das atividades de vários grupos locais. Será uma noite preenchida por momentos de magia e encanto.

Gala Centro de estágios.jpg

A IX Gala Dance & Fitness é uma organização da Melsport – Melgaço, Desporto e Lazer E.M. e conta nesta edição com a presença do Grupo de dança do Centro de Estágios - MOVE SOULS; de um Mix de aulas do Centro de Estágios com a intervenção de instrutores e utilizadores do espaço; do Grupo de Ginástica de Melgaço; do Grupo de Patinagem Sport Club Melgacense; da Turma da Comunidade; e do Grupo Jucaminha.

As várias intervenções centrar-se-ão no tema escolhido para o evento, assim como o espaço, que será decorado de acordo com a temática ‘Mundo da Fantasia’ e toda a sua envolvência, criando desta forma um ambiente propício à descontração.

A entrada tem um custo de 2 euros.

BRASIL DANÇA A CAPOEIRA NO FOLKLOURES'2017

A Associação Tira-me da Rua (ATR) vai no próximo dia 1 de Julho participar no FolkLoures’17 – Encontro de Culturas, uma grandiosa iniciativa de cariz tradicional organizada pelo Grupo Folclórico Verde Minho em colaboração com a Câmara Municipal de Loures, a ter lugar por ocasião das festas do concelho de Loures. Trata-se de um evento que privilegia o folclore da região saloia e ainda de todo o país e das comunidades que constituem actualmente o mosaico social e cultural da região, contribuindo para a inclusão e a promoção da paz entre os povos através do encontro das suas culturas tradicionais.

14264885_1155472347866155_2807760375958106450_n (1).jpg

Constituído por brasileiros radicados em Portugal, a Associação Tira-me da Rua (ATR) é quiçá o mais representativo grupo musical a preservar e divulgar uma das mais apreciadas manifestações da cultura tradicional do povo brasileiro – a capoeira!

A capoeira constitui um misto de dança, arte marcial, desporto, música e cultura popular. As suas origens são remotas, calculando-se que tal tradição tenha origem em rituais iniciáticos dos povos do sul de Angola. Em resultado da colonização portuguesa, a capoeira terá a partir do século XVII sido levada para o Brasil onde foi desenvolvida por descendentes de escravos africanos.

Ao som rítmico dos berimbaus, a Associação Tira-me da Rua (ATR) vai mostrar como se canta, dança e luta a capoeira, oferecendo m espectáculo que certamente vai agradar ao público que vai afluir ao FolkLoures’17, incluindo a numerosa comunidade brasileira radicada na região de Lisboa.

Além da Associação Tira-me da Rua (ATR), a edição deste ano do FolkLoures vai contar com a participação do grupo de folclore da Associatia Miorita Portugalia em representação da comunidade moldava radicada no nosso país, Grupo de Danças e Cantares da Madeira, Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba – Alentejo, do Grupo Folclórico O Cancioneiro de Ovar – Beira Litoral, Grupo Etnográfico Danças e Cantares da Nazaré – Estremadura; Rancho da União Cultural e Folclórica da Bobadela – Estremadura / Região Saloia e, naturalmente, o anfitrião Grupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho – Minho.

Mais do que qualquer outra manifestação de índole cultural e desportiva, é o Folclore a forma de expressão cultural que melhor contribui para a paz entre os povos, no respeito das suas diferenças e identidade.

20160416_145547 (1).jpg

FOLKLOURES'17 - Encontro de Culturas

PROGRAMA

Dia 24 de Junho

- 16 horas. Inauguração da Exposição "A Evolução da Concertina". Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte.

A exposição está patente ao público, até ao dia 1 de Julho, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 (Excepto à Segunda-feira)

Entrada gratuita

- 16h30 horas. Palestra sobre "Usos e Costumes tradicionais da Região Saloia", pela Dr.ª Ana Paula de Sousa Assunção, a ter lugar no Auditório do Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, no dia 24 de Junho, pelas 15h30.

Dia 1 de Julho

- 16 horas. Feira de artesanato. Abertura de tasquinhas

- 20 horas. Espetáculo de folclore e recriações da cultura tradicional

- 24 horas. Sessão de encerramento com fogo-de-artifício

GRUPOS PARTICIPANTES

Associação Tira-me da Rua (ATR) – Brasil

Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba - Baixo Alentejo

Gupo Folclórico e Etnográfico Verde Minho – Minho

Grupo Folclórico “O Cancioneiro de Ovar” – Beira Litoral

Grupo Etnográfico Danças e Cantares da Nazaré – Estremadura

Associatia Miorita Portugalia – Moldávia

Rancho da União Cultural e Folclórica da Bobadela – Estremadura / Região Saloia

Grupo de Danças e Cantares da Madeira – Madeira

Cartaz2017Novo.jpg

MUNICÍPIO DE BRAGA ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO PARA AULAS DE DANÇA E MÚSICA

Candidaturas até 23 de Junho

Com o objectivo de fomentar o desenvolvimento do ensino da dança e da música no Concelho e de permitir uma utilização activa e participativa das instalações do Mercado Cultural do Carandá, o Município de Braga celebrou com a Arte Total e com o Conservatório Bomfim, tutelado pela Fundação Bomfim, um protocolo de colaboração de onde resulta a atribuição de bolsas de estudo para aulas de dança e de música a estudantes do ensino público, residentes no Concelho de Braga.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002080.jpg

As bolsas correspondem à frequência de aulas durante o ano lectivo 2017/2018 nas instalações das duas escolas reconhecidas pelo seu valor artístico e pedagógico e sediadas no Mercado Cultural do Carandá.

O processo de candidatura decorre até ao dia 23 de Junho devendo os interessados dirigir-se ao Balcão Único da Câmara Municipal de Braga para proceder à apresentação da candidatura. Para mais informações está disponível o seguinte endereço electrónico: cultura@cm-braga.pt. Os Formulários e as normas de candidatura encontram-se disponíveis online no site do Município de Braga em www.cm-braga.pt.

A VALSA É UMA DANÇA DE ORIGEM POPULAR E FOLCLÓRICA E NÃO ARISTOCRÁTICA

Afirmou Mikhail Glinka – o famoso compositor que viveu no século XIX e é reconhecido como o fundador da escola nacional da música russa – que “Quem cria a música é o povo; nós, os artistas, só fazemos os arranjos”. Quer isto também significar que, de igual modo, também não possui origem aristocrática nem burguesa e, toda a criação erudita, se inspira nas raízes culturais genuinamente populares e nacionais.

bruegel-danc3a7as-camponesasa.jpg

A dança dos camponeses, de Pieter Bruegel (1525-1569)

Muitos foram os compositores que inclusivamente interpretaram composições do nosso folclore como se verificou com Domenico Scarlatti. Os exemplos são tantos que não caberiam num pequeno artigo que se pretende para publicação num blogue.

Vem isto a propósito da ideia errónea insistentemente propagada segundo a qual a valsa é uma dança com origem aristocrática, geralmente executada nos grandes salões da nobreza dos países do centro da Europa.

Sucede que, à semelhança de muitos outros divertimentos populares que os nobres levaram para os seus palácios a fim de os aliviar um pouco da sua vida enfadonha, também a valsa era uma dança de origem rural que remonta pelo menos a meados do século XVI, na região da Provença, em França, com a denominação de “Volte” e também no norte de Itália, sob a deignação “La Volta”. Só a partir dos começos do século XIX passa a ser conhecida entre os germanos, nas regiões que actualmente formam a Áustria e a Alemanha, também no meio rural e mantendo as suas características folclóricas. É então que surge o termo “valsa” a partir do vocábulo germânico “waltzen” que, às semelhança das designações francesa e italiana, quer dizer “dar voltas”.

Enquanto a valsa adquiria cada vez maior aceitação entre o povo sobretudo do meio campestre que a assimilava no seu folclore, ela chegou a ser proibida na corte alemã por ser considerada vulgar e até imoral, sendo geralmente repudiada pelas classes mais elevadas da sociedade, incluindo a própria aristocracia.

Só após a derrota de Napoleão Bonaparte e, mais precisamente por ocasião da realização na Áustria, em 1815, do Congresso de Viena, na qual esteve presente a nata da nobreza e dos políticos de diversos países europeus, é que a valsa passou a ser introduzida nos salões da nobreza europeia, tendo cabido tal feito ao músico austríaco Sigismund Neukomm.

Foi este mesmo músico que, a convite do Conde da Barca, António de Araújo e Azevedo, se deslocou em 1816 ao Brasil para ser professor de D. Pedro I, ao qual ensinou composição e harmonia, e da Princesa Leopoldina, a quem ensinou piano. Aliás, segundo vários historiadores e de acordo com registos no diário de Sigismund Neukomm, terão sido da autoria de D. Pedro I as primeiras valsas compostas no Brasil. Tradição que teve continuação através de outros compositores brasileitos famosos como Villa Lobos, Carlos Gomes, Ernesto Nazaré, Chiquinha Gonzaga, entre outros.

Em jeito de conclusão, parafraseamos o que disse o grande compositor Mikhail Glinka, adaptando as suas palavras à razão deste texto: O povo criou a valsa; a nobreza limitou-se a dançá-la!

Carlos Gomes

COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO REALIZA ESPECTÁCULO EM VIANA DO CASTELO

Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda –tmsm@cm-viana-castelo.pt

Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;

Em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;

Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo:RORIZ / WELLENKAMP /  FORSYTHE / NAHARIN 
Treze gestos de um corpo / Será que é uma estrela? / Herman Schmerman / Minus 16

Data: 09 de junho

Horário: 22h00

Classificação Etária : M/6 anos

Preço: Plateia - 8€; Frisas e Camarotes – 5€

image001vcbailad

XIII DANCERVEIRA COM PRESENÇAS DE PORTUGAL, ESPANHA, BRASIL E CUBA

A um mês de subir ao palco da ‘Vila das Artes’, o XIII DANCERVEIRA vê reforçado o conceito de internacionalização e promete um intercâmbio artístico-cultural ainda mais alargado. Já estão confirmadas as presenças de escolas e de professores oriundos de Portugal, Espanha, Brasil e Cuba. ‘Dance Party’ é a novidade na programação deste ano.

DANCERVEIRA 2017

Agendado para de 29 de junho a 02 de julho, o DANCERVEIRA é um Festival Internacional de Dança não competitivo e que promove a interação entrepúblico, escolas, grupos e companhias de dança através de apresentações ao ar livre para celebrar a dança como arte.

Organizado pela ADEIXA – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, este evento reúne, anualmente,mais de 1000 bailarinos, na sua maioria provenientes da Península Ibérica, mas também de outros cantos do mundo.

Este ano, já estão confirmadas as presenças de duas escolas brasileiras– Companhia de Arte Jefferson Brandão da cidade de Taquari, no sul do Brasil, e a Devant Espaço de Dança, de Niterói no Rio de Janeiro. Não obstante, também são vários e reconhecidos os professores de dança que se juntam ao DANCERVEIRA para partilhar conhecimentos e experiências, nomeadamente de Portugal, Espanha, Brasil e, este ano, de Cuba.

Ao longo dos quatro dias, o DANCERVEIRAdinamizaatividades formativas e lúdicas voltadas para o aperfeiçoamento dos bailarinos e para momentos deconvívio.Durante as manhãse inícios de tarde decorrem diversos workshops com professores convidados e, à tarde/noite, realizam-se aulas de dança e espetáculos ao ar livre como o ‘Dançando na Água’, no Parque do Castelinho, e os espetáculos de dança, no Auditório Municipal. Esta XIII edição conta ainda com uma novidade que procura potenciar uma maior interação entre público e bailarinos, com o ‘Dance Party’ a decorrer no sábado 01 de julho, no Auditório Municipal, com a presença do DjIzan.

Está tudo a postos para, no último fim-de-semana de junho, Cerveira transformar-se na Vila da Dança. As inscrições para o XIII DANCERVEIRA terminam a 11 de junho.

PONTE DE LIMA: UNÍSSONO – COMPOSIÇÃO PARA CINCO BAILARINOS | VICTOR HUGO PONTES / NOME-PRÓPRIO

12 de Maio – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

A dança contemporânea regressa ao Teatro Diogo Bernardes na próxima sexta-feira, 12 de Maio às 22h00, pela Companhia Nome-Próprio com o espectáculo Uníssono – Composição para Cinco Bailarinos, de Victor Hugo Pontes, trabalho que tem merecidos os mais altos elogios da crítica da especialidade.

unissono_mupi_.jpg

Em Uníssono – Composição para cinco bailarinos, interessa-me mostrar, por um lado, que nenhum objecto artístico é distinguível das pessoas que o compõem e, por outro, que nenhuma ocorrência artística é essencialmente replicável, sendo antes essencialmente única. A composição coreográfica que aqui se apresenta pode representar um ritual, conceito operativo nesta peça: nas sociedades (humanas e animais), os movimentos fundamentais, simbólicos ou funcionais, são ritualizados, definindo à partida a norma e o desvio à norma, o padrão e a inovação, a tendência e a contracultura. A questão é: até que ponto o ritual é representativo?

Cinco bailarinos em palco interpretando em uníssono movimentos ritualizados são um só corpo? Oblitera-se a individualidade? A percepção do espectador resulta da harmonia do todo, da especificidade de cada corpo em acção, ou de ambas?

Uníssono – Composição para cinco bailarinos testa três ideias principais, a partir dos diferentes significados de declinação: a ideia de recriação de sentidos a partir de uma matriz; a ideia de que a vida é um caminho para a morte, ou o declínio do homem; e, finalmente, a ideia de que é impossível declinar a representação humana na arte, sob pena de se recusar a própria arte.” Victor Hugo Pontes

Ficha artística:

Direcção Artística | Victor Hugo Pontes

Cenografia | F. Ribeiro

Direcção Técnica e Desenho de Luz | Wilma Moutinho

Música | Hélder Gonçalves

Operação de luz | Joaquim Madaíl

Operação de som | Fábio Ferreira

Apoio Dramatúrgico | Madalena Alfaia

Interpretação | André Cabral, Bruno Senune, Elisabete Magalhães, Teresa Alves da Silva e Valter Fernandes

Direcção de Produção | Joana Ventura

Produção Executiva | Paula Adriana Silva

Co-Produção | Nome-Próprio , Teatro Municipal São Luiz, Teatro Municipal do Porto Rivoli.Campo Alegre

Agradecimento | Marco da Silva Ferreira

A Nome Próprio é uma estrutura residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto.

Bilhetes à venda (2,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

DANÇA COM DANIEL CARDOSO NAS “IMPROBABILIDADES CRIATIVAS”

A dança vai chegar às “Improbabilidades Criativas”. Depois da música, da fotografia, da ilustração, da pintura e do cinema, esta iniciativa cultural do Gabinete das Indústrias Criativas da Câmara Municipal de Famalicão aposta agora na dança com o bailarino e coreógrafo Daniel Cardoso.

Daniel Cardoso.jpg

A sessão está agendada para 27 de maio, sábado, entre as 10h00 e as 17h00, e tem a Casa do Território, no Parque da Devesa, como palco.

Inscrições para industriascriativas@vilanovadefamalicão.org.

PÓVOA DE LANHOSO COMEMORA DIA DA DANÇA

Cerca de 120 pessoas, sobretudo jovens, participaram ativamente na Comemoração do Dia da Dança, que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso dinamizou no passado dia 29 de abril, através do Theatro Club.

Dia da danca 1.jpg

Para além das diversas coreografias apresentadas, houve ainda um momento de Flashmob com cerca de 35 participantes.

De entre as entidades participantes, estiveram a Associação Em Diálogo com as turmas de ballet e cerca de 20 alunas; a Companhia 77 com as turmas de Zumba, Jazz, Ritmos Africanos, Ballet infantil e adulto, com cerca de 50 participantes; as Diamonds Dance, com cerca de 16 participantes; o Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio, com 12 participantes; e o Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso, com 8 participantes. Margarete Leite, professora das piscinas municipais, orientou o aquecimento.

Devido à previsão meteorológica, o evento foi transferido para o Pavilhão 25 de Abril, na Vila Povoense, um espaço que ficou lotado, para assistir a momentos de animação e de alegria, que visaram incentivar à adoção de estilos de vida saudáveis e à atividade física, para além de trabalharem outras competências motoras, intelectuais e sociais. 

CABECEIRAS DE BASTO FESTEJA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Dia da Dança festejou-se no Pavilhão Gimnodesportivo de Refojos

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado do vereador Alfredo Magalhães e do presidente da Junta de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, participou na noite do passado sábado, 29 de abril, na comemoração do Dia Mundial da Dança, uma iniciativa do Município de Cabeceiras de Basto que teve como principal objetivo dar a conhecer os vários ginásios e associações existentes no concelho, tentando atrair o público a melhorar o seu estado físico geral através da dança, bem como sensibilizar para a prevenção das doenças associadas ao sedentarismo, promovendo a ocupação salutar dos tempos livres.

Dia da Dança em Cabeceiras de Basto (1).JPG

A iniciativa decorreu no Pavilhão Gimnodesportivo de Refojos e juntou centenas de pessoas que assistiram às atuações da Academia Sempre em Forma, da Associação Pé de Dança e do Ginásio BodyGate.

Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto com produção da Associação PRODESP, a celebração do Dia Mundial da Dança juntou pessoas de todas as idades no Pavilhão Gimnodesportivo, proporcionando a todos os presentes um bonito espetáculo de dança, luz e som.

De salientar que a data foi criada em 1982 pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO, que escolheu o dia 29 de abril como o Dia Internacional da Dança.

Cabeceiras de Basto continua, assim, a apostar na prática do desporto como forma de promover a saúde e o bem-estar entre os cabeceirenses.

Dia da Dança em Cabeceiras de Basto (2).JPG

Dia da Dança em Cabeceiras de Basto (3).JPG

Dia da Dança em Cabeceiras de Basto (4).JPG

PONTE DA BARCA COMEMORA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Ponte da Barca assinala o Dia Mundial da Dança com espetáculo na Praça da República

Iniciativa conta com a participação da Escola de Ballet de Ponte da Barca, da Academia Dançarte e Academia Dancefuel

29abril.jpg

Com o objetivo de assinalar o Dia Mundial da Dança, criado em 1982 pelo Comité Internacional da Dança da UNESCO, tendo por base o nascimento, em 1727, de Jean-Georges Noverre, um dos grandes nomes da dança de todos os tempos, o Município de Ponte da Barca vai levar a cabo no dia 29 de abril, a partir das 21h30, na Praça da República, um espetáculo com performances da Escola de Ballet de Ponte da Barca, da Academia Dançarte e Academia Dancefuel.

Com estas atividades a autarquia pretende divulgar e promover o gosto por uma das mais importantes manifestações de arte, assim como incentivar o trabalho que é desenvolvido no concelho ao nível da dança, promovendo a sua divulgação e valorização.

Se as condições meteorológicas não permitirem a sua realização ao ar livre, o espetáculo decorrerá no Auditório da Epralima.

BRAGA COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA DANÇA

‘B de Dança’ decorre de 21 a 30 de Abril com programa alargado

O Município de Braga comemora de 21 a 30 de Abril o Dia Internacional da Dança com uma programação cultural que pretende exaltar a dança enquanto arte maior do movimento artístico através do corpo. O programa ‘B de Dança’, que terá o seu ponto alto a 29 de Abril, Dia Internacional da Dança, terá como palco privilegiado a Avenida Central onde estará instalado um ‘Estúdio de Rua’.

B de Dança.jpg

Até 30 de Abril, o público poderá usufruir de 50 horas de programação com aulas abertas, aulas assistidas e workshops das diferentes propostas do mundo da dança, flashmobs com centenas de participantes e espetáculos de acesso livre. A iniciativa conta com a participação de doze escolas de dança do Concelho de Braga que, respondendo ao desafio lançado pela Câmara Municipal, ajudaram a construir o programa de actividades.

O programa inicia-se esta Sexta-feira, 21 de Abril, às 21h30, no Auditório José Sarmento, no Carandá, com o '2.º Braga International Video Dance Festival'. O arranque oficial acontece no Sábado, 22 de Abril, pelas 11h00, junto ao Posto de Turismo, com o espectáculo ‘Vem para a Rua Dançar’. Ainda no Sábado, destaque ainda o ‘Balanceiro’, que acontece pelas 17h00, na Avenida Central. Esta é uma criação de carácter contemporâneo onde as artes de rua, palco e circo se cruzam em ambientes congéneres, fora da esfera habitual.

No Domingo, dia 23 de Abril, o programa do ‘B de Dança’ decorrerá no estúdio instalado na Avenida Central. Dança para bebés, dança oriental, contemporânea, africana, entre outras, são algumas das propostas.

O programa completo do ‘B de Dança’ pode ser consultado através do link  https://goo.gl/0eRDUl

VIANA DO CASTELO EXPÕE "BICHOS" NO TEATRO SÁ DE MIRANDA

Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda – tmsm@cm-viana-castelo.pt

Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;

Em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;

Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo: BICHOS | Dançando Com a Diferença

Data: 25 de abril

Horário:21h30

Classificação Etária :  M/3 anos

Custo do Bilhete: 5€

image003bichos.jpg

EASTER DANCE WEEK EM FAFE

De 10 a 14 de abril, António Cabrita e São Castro Lopes vão participar na Easter Dance Week, promovida pela Escola Bailado de Fafe. Durante uma semana intensa de formação dirigida a alunos e profissionais de dança, os dois coreógrafos e bailarinos, que assumiram recentemente a direcção artística da Companhia Paulo Ribeiro, vão orientar aulas de dança contemporânea, laboratórios coreográficos e um módulo de repertório centrado na partilha e experimentação da linguagem coreográfica de Paulo Ribeiro.

Durante esta semana, o bailarino do extinto e saudoso Ballet Gulbenkian, Rui Reis Lopes irá transmitir saber, experiência e alegria na orientação das aulas técnicas de clássico e repertório do “Lago dos Cisnes”, que faz deste ano um ano especial e um ano de sonho.

Em palco, “Play False” de António Cabrita e São Castro, irá trazer-nos uma viagem pela condição humana, que nos confronta com a nossa existência histórica e social. A busca por um sentido entrega-nos muitas vezes á urgência da articulação do homem e os seus limites, levando-o ao autêntico, mas também ao falso.

https://www.facebook.com/events/1808433572816563/

VIANA DO CASTELO REALIZA FESTIVAL DE DANÇA

Informamos que os bilhetes para o IV FESTIVAL DE DANÇA DE VIANA DO CASTELO, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, dia 6 de maio,  estão disponíveis para venda.

LOCAIS DE VENDA:

  • Teatro Municipal Sá de Miranda, nos horários habituais da bilheteira - segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;

       Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;

              Sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes).

  • Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo,  entre as 18h00 e as 21h30, se a lotação não estiver esgotada.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos

CUSTO DO BILHETE: 5€ (plateia) | 5€ (bancada)

Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, por  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt (indicando nome e NIF), com um prazo de levantamento de 24 horas, caso contrário a reserva ficará sem efeito.

Há bilhetes de plateia e bancada, pelo que deverão mencionar na reserva o desejado.

Não há lugares marcados.

dançavian.png

ESTÚDIO DE DANÇA DE CARNAXIDE LEVA A CIRANDA AO MERCADO DE SANTA CLARA EM LISBOA

Quem disse que os mercados são só para comprar e vender?

No Mercado de Santa Clara também se dança!

Partindo das danças e cantares tradicionais portugueses, levamos ao Mercado um espetáculo que faz uma ponte entre o tradicional e o contemporâneo, entre o popular e o erudito: a Ciranda.

17191332_1828777174038245_1993098416544484637_n.jpg

Ciranda é uma dança comunitária, para todas as idades e sem limite de participantes.

Começa com uma roda pequena que vai crescendo, à medida que as pessoas vão entrando, abrindo o círculo e mãos nas mãos com quem já dança.

Simultaneamente, uma orquestra de câmara e músicos convidados interpretam canções tradicionais portuguesas, numa viagem pelo país de lés-a-lés, com paragens no Minho, em Trás-os-Montes, nas Beiras, no Ribatejo e Alentejo.

Cabe Portugal inteiro no Mercado de Santa Clara, um edifício datado de 1877 e situado num terreno que testemunhou momentos decisivos da história de Lisboa. 

Tragam a família, venham cirandar e aproveitem para olhar com outros olhos para um conjunto de edifícios que, num raio de alguns metros, contam inúmeras histórias da cidade.

MUNICÍPIO ARCUENSE CEDE FATOS PARA O BAILE VENEZIANO DO CARNAVAL DE ARCOS DE VALDEVEZ

No próximo dia 25 de fevereiro, pelas 21h00, a Câmara Municipal irá organizar, no âmbito das comemorações do Carnaval, um baile Veneziano no Paço de Giela.

20170223_093428.jpg

Neste baile, de entrada gratuita, haverá animação Infantil, face paiting, performances com fogo e aéreas, Ópera, Baile e Dj´s. No local existe ainda a possibilidade de jantar ou cear durante a noite.

Esta será a primeira experiência do género realizada no âmbito do Carnaval e, por isso, a Câmara Municipal irá ceder os primeiros 100 fatos venezianos para o Baile, sem máscara incluída.

Neste sentido, informam-se todos os interessados que os fatos estarão disponíveis no Paço de Giela entre os dias 22 e 25 de fevereiro, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, no entanto, para além de poderem ser compradas no Paço de Giela, as máscaras também estarão disponíveis no Posto de Turismo e em vários estabelecimentos comerciais da vila, nomeadamente, na Farmácia da Lapa, Condessa Cabeleireiros, Ourivesaria Luciano, Café das Flores, Casa dos Cafés, Papelaria Moderna, Cantinho Minimeu, Phisioderm, Sapataria Ramiro e By Mila.

Informa-se ainda que é extremamente importante que, na impossibilidade dos participantes conseguirem fato, compareçam usando roupas sóbrias, de cor preta, e a máscara.

Não perca a oportunidade de viver o Carnaval arcuense em grande!

Vá ao Paço de Giela!

*As festividades do Carnaval são organizadas pela Folia e pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez

CARNAVAL DE ARCOS DE VALDEVEZ'2017

24 a 28 de Fevereiro

 

Destaque

Sexta 24 de Fev| 10H

Carnaval da Pequenada

Ruas da Vila

 

Sábado 25 de Fev | 21H

Baile Veneziano

Paço de Giela

 

Domingo 26 de Fev| 14h30

Pimba no Carnaval

Campo do Trasladário

 

Segunda  27 de Fev | 22H00

Baile de Máscaras

Campo do Trasladário

 

Terça 28 de Fev | 15H30

O Maior Corso de Carnaval do Norte de Portugal

Campo do Trasladário 

IMG_5486.jpg

DANÇA JUNTA JOVENS DA GALIZA E CERVEIRA

Jovens cerveirenses e espanhóis partilham paixão pela dança

Durante os próximos cinco dias, Vila Nova de Cerveira recebe uma atividade que desperta muito movimento. Mais de 50 alunos da ADEIXA e da UNIDANCE (Vigo)reúnem-se para o III Intercâmbio Cultural de Dança que culmina, no dia 28 de fevereiro, com um espetáculo final aberto ao público.

IMG_1147.JPG

Numa organização da Adeixa – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, esta atividade lúdico-pedagógica visa a partilha de experiências e saberes entre professores e alunos da escola organizadora com uma escola anualmente convidada que, no presente ano, é a UNIDANCE de Vigo.

Com uma programação intensa, os participantes têm oportunidade para aperfeiçoar técnicas através de formação e deaulas de dança contemporânea e urbana, para terminar com uma oficina de montagem coreográfica em conjunto que será aberta ao público. Os jovens bailarinos contam ainda com a presença de uma professora de jazz da Coruña, Isabel Sabin de Jesus.

O III Intercâmbio Cultural de Dança decorre entre esta sexta-feira e a próxima terça-feira, sendo que neste último dia, o Fórum Cultural abre portas ao público, pelas 20h30, para o espetáculo final.

De sublinhar que Vila Nova de Cerveira é palco, todos dos anos, no final do mês de junho, de um grande evento de dança, o DanCerveira, que atrai mais de 1000 bailarinos e milhares de pessoas para assistir aos espetáculos ao ar livre.

FAMALICÃO RECEBE ESPECTÁCULO DE BAILADO

Casa das Artes recebe espetáculo solidário “Estrela da Neve”

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão recebe este sábado, dia 25 de fevereiro, o espetáculo “Estrela da Neve”, o primeiro bailado produzido no âmbito do projeto “Escola de Ballet Municipal”, promovido nas Piscinas de Oliveira de S. Mateus pela autarquia famalicense e pela Associação Crescer Além da Dança.  

O espetáculo, que terá lugar no grande auditório a partir das 21h30, vai contar com a participação de cerca de 50 crianças e jovens famalicenses.

Os bilhetes têm o custo de 3 euros e a totalidade da receita angariada reverterá a favor do Serviço de Oncologia da Unidade Hospitalar de Famalicão.

ARCUENSES DANÇAM NO CARNAVAL À MODA VENEZIANA

Carnaval Arcuense: Câmara Municipal oferece fatos para o Baile Veneziano

No próximo dia 25 de fevereiro, pelas 21h00, a Câmara Municipal irá organizar, no âmbito das comemorações do Carnaval, um baile Veneziano no Paço de Giela.

baile_veneziano_.jpg

Esta será a primeira experiência do género realizada no âmbito do Carnaval e, por isso, a Câmara Municipal irá oferecer os primeiros 100 fatos venezianos para o Baile (50 de homem e 50 de mulher, sem máscara incluída)

Neste sentido, informam-se todos os interessados que os fatos estarão disponíveis no Paço de Giela entre os dias 21 e 25 de fevereiro, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, no entanto, para além de poderem ser compradas no Paço de Giela, as máscaras também estarão disponíveis em vários estabelecimentos comerciais da vila.

Não perca a oportunidade de viver o Carnaval arcuense em grande!

Vá ao Paço de Giela!

*As festividades do Carnaval são organizadas pela Folia e pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez

CARNAVAL DE ARCOS DE VALDEVEZ'2017

24 a 28 de Fevereiro

 

Destaque

Sexta 24 de Fev| 10H

Carnaval da Pequenada

Ruas da Vila

 

Sábado 25 de Fev | 21H

Baile Veneziano

Paço de Giela

 

Domingo 26 de Fev| 14h30

Pimba no Carnaval

Campo do Trasladário

 

Segunda  27 de Fev | 22H00

Baile de Máscaras

Campo do Trasladário

 

Terça 28 de Fev | 15H30

O Maior Corso de Carnaval do Norte de Portugal

Campo do Trasladário 

jornal_22,4x28.jpg

ARCUENSES RECRIAM BAILE DE MÁSCARAS VENEZIANAS

Paço em Família: Workshop de "Baile de máscaras venezianas"

O Paço de Giela apresenta um programa de atividades para famílias denominado “Paço em família” com sessões previstas para os últimos sábados de cada mês.

workshop_mascaras_venezianas.jpg

Nestas sessões serão exploradas diversas temáticas através de ações lúdico-pedagógicas que visam promover a interação entre pais e filhos na fruição do monumento. 

No dia 25 de Fevereiro vai ser festejado o carnaval com as famílias. Numa pequena palestra subordinada ao tema "baile de máscaras venezianas", os participantes terão oportunidade de conhecer e perceber o esplendor dos Bailes de Veneza inspirados no século XVIII, através de uma verdadeira viagem no tempo.

Durante o Workshop, através de exercícios práticos, as famílias vão recriar um baile com as danças Pavana e Valsa.

Atividade gratuita sujeita a inscrição prévia.

A inscrição pode ser feita presencialmente ou através dos contactos:

E-mail: pacodegiela@cmav.pt

Telefone: 258 520 529

Telemóvel: 965 995 094

Esta atividade serve de aperitivo para o “baile veneziano” que se realiza depois, à noite (21H00), neste emblemático monumento.

IN-SHELL-SIDE | COMPANHIA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE ÉVORA ACTUA EM PONTE DE LIMA

13 de Janeiro – 21h30 – Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Depois da primeira lotação esgotada de 2017, no passado dia 6 de Janeiro, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima apresenta o espectáculo de dança contemporânea In-Shell-Side, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, no dia 13 de Janeiro às 21h30.

in_shell_side_4x3_.jpg

Recorde-se os excelentes trabalhos apresentados pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora no Teatro Diogo Bernardes, "Romeu e Julieta, encontro desencontro" em 2014 e “Eros e Psiquê”, em 2015, os quais foram extremamente aplaudidos e já fidelizaram públicos que certamente se alargarão com a apresentação, em 2017, de In-Shell-Side.

Segundo Nélia Pinheiro, Directora e Coreógrafa do espectáculo, “In-Shell-Side é uma viagem. Uma passagem para outro estado psíquico, emocional e físico. É uma troca de tudo por tudo. É partilha, cumplicidade, confiança, força, direcção, é Luz.

In-Shell-Side é o Alfa e o Ómega. É o micro e o macro de uma partícula. É um átomo em deriva constante. É energia que pulsa nos corpos e entre os corpos, é o que nos liga ao universo e o universo a nós. É acção que constrói e desconstrói padrões de movimento. É a vida natural e construída!”

Ficha artística e técnica

Direcção | Coreografia NÉLIA PINHEIRO

Bailarinos e co-criadores GONÇALO ANDRADE, FÁBIO BLANCO, NÉLIA PINHEIRO

Banda Sonora e Montagem GONÇALO ANDRADE

Figurinos JOSÉ ANTÓNIO TENENTE

Desenho de Luz NÉLIA PINHEIRO, GONÇALO ANDRADE

Consultora Artística MARIA PALMEIRIM

Fotografias de Cena TELMO ROCHA

Montagem da Banda Sonora GONÇALO ANDRADE

Direcção de Luz PEDRO BILOU

Direcção de som e Vídeo FERNANDO DIAS

Direcção de Produção RAFAEL LEITÃO

Produção CDCE 2016

Duração do espectáculo: aproximadamente 60 min, sem intervalo

Classificação maiores de 6 anos de idade

Apoio: Escola de Dança do Conservatório Nacional

Bilhetes à venda (2,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

VIANA DO CASTELO APRESENTA ESPECTÁCULO DE DANÇA

Bilhetes disponíveis no Teatro Municipal Sá de Miranda –tmsm@cm-viana-castelo.pt

De segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00;

Em dias de espetáculo, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00;

Sábados, domingos e feriados em dias de espetáculos, 2h00 antes.

Título do espetáculo: VOO – VAD134117 VOAR, ATERRAR E DANÇAR

Data: 13 e 14  de janeiro

Horário: 21h30

Maiores de 6 anos

Preço: 6€

image001dançavian.jpg

 

VIMARANENSES ENTRAM EM 2017 A DANÇAR

ESPETÁCULO NO CCVF

Concerto de Ano Novo em Guimarães com música e dança nas boas-vindas a 2017

Mais de meia centena de músicos em palco no CCVF. Espetáculo da Orquestra de Guimarães brindou ao novo ano com um espetáculo festivo e performances de dança.

Guimaraes_Concerto_Ano_Novo_2017.JPG

O primeiro dia de 2017 em Guimarães foi abrilhantado com um concerto de Ano Novo pela Orquestra de Guimarães, sob direção do maestro Vítor Matos, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor. Durante o espetáculo, com a participação dos Jovens Cantores de Guimarães e momentos de dança protagonizados pela Academia de Bailado de Guimarães, cuja encenação esteve a cargo de Maurizio Padovan, o público assistiu à interpretação de obras de Strauss, Rossini e Bizet e a algumas das mais icónicas valsas, polkas e mazurkas evocando a célebre tradição vienense.

Com a apresentação de 54 músicos no concerto, a Orquestra de Guimarães, projeto cultural criado pela Câmara Municipal, pretende, com base na excelência, integrar e potenciar o talento de artistas da região, proporcionando-lhes o contacto com a prática musical orquestral sinfónica. Baseado nos fortes laços criados entre a comunidade e as artes performativas, este projeto visa a criação de uma rede artística de excelência, salvaguardando dois fatores fundamentais para o sucesso do projeto: a sustentabilidade e a estabilidade.

Constituída na sua formação base por cerca de 40 músicos profissionais, apresenta-se como uma formação flexível de acordo com o programa a apresentar, capaz de interpretar diversos repertórios. O projeto funciona com base num modelo de residências artísticas, que acontecem ao longo do ano, bem como através de projetos pontuais que sejam catalisadores da prática e fruição da música erudita em Guimarães. As linhas orientadoras da programação estão assentes em fortes princípios ecléticos e de proximidade com a comunidade local.

Formada por elementos da região com um conhecimento alargado do meio artístico envolvente e da sociedade vimaranense, a Orquestra de Guimarães tem por objetivo criar e fidelizar públicos, realizando concertos em horas que permitam a adesão de diversos públicos-alvo, promovendo concertos didáticos e direcionados para as famílias e escolhendo criteriosamente o repertório a interpretar.

JOÃO LAGARTO DÁ EM FAMALICÃO “LIÇÕES DE DANÇA PARA PESSOAS DUMA CERTA IDADE”

Peça vai estar em cena este sábado, dia 10, no grande auditório da Casa das Artes

 “Lições de Dança para Pessoas Duma Certa Idade”, assim se chama a peça que o ator português João Lagarto se prepara para apresentar este sábado, 10 de dezembro, no pequeno auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.  

João Lagarto 1.jpg

O espetáculo, uma adaptação do romance homónimo do escritor checo Bohumil Hrabal, tem como centro da ação a personagem Jyrka, um experimentado contador de histórias e antigo sapateiro a caminho dos 70 que, sentado à mesa de um bar, dirige-se diretamente ao público feminino na sala.

“Recorda episódios do seu tempo. (…) Aproveita para ir também dando conselhos às damas, mas estes são sempre ilustrados com exemplos concretos da sua vida profissional, da sua estadia na tropa, idas ao médico, conquistas, educação religiosa, numa sequência sem fim e sem ordem, como se diz das cerejas na conversa”, pode ler-se na apresentação da peça.

A peça começa às 21h30. A entrada tem o custo de 8 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial da Casa das Artes de Famalicão, em www.casadasartes.org

FICHA TÉCNICA

“Lições de Dança para Pessoas Duma Certa Idade”

Tradução, Encenação e Interpretação: João Lagarto

Produção: Alice Prata

Desenho de Luz: José Carlos Gomes

Coprodução: João Lagarto, Câmara Municipal de Almodôvar e Casa das Artes de Arcos de Valdevez

DANÇA DE SALÃO ATRAI VIANENSES

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, apoia e colabora com a Associação Portuguesa de Professores Dança Salão Internacional (APPDSI), filiada na World Dance Council, fundada em Portugal em 1995, que pretende dinamizar e fomentar o desenvolvimento da Dança de Salão, alicerçada na qualidade e profissionalismo em Viana do Castelo.

image002vcccc.jpg

Um dos impulsionadores desta modalidade na zona norte é o Festival do Norte, que conta já com 12 anos. Este projeto teve como objetivo principal a descentralização da dança de salão, procurando conquistar novos adeptos e parceiros, e sedimentar esta modalidade. Neste contexto, o evento já percorreu as cidades de Guimarães, Oliveira de Azeméis, Póvoa de Varzim, Santo Tirso e mais recentemente Viana do Castelo. Trata-se de um evento que conta com a participação de bailarinos, professores e escolas de dança provenientes de todo o país, e à semelhança das edições anteriores, estarão presentes júris nacionais e estrangeiros.

A Dança de Salão é uma modalidade inter-geracional e abrange a componente artística/competitiva, e à semelhança de outros eventos artísticos/culturais, que Viana do Castelo oferece aos seus habitantes.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, a APPDSI e a organização do Festival do Norte, no seguimento da parceria iniciada em 2015, vão levar a cabo, no dia 19 de Novembro de 2016 a 13ª edição do Festival do Norte.

Sendo um dos maiores eventos da modalidade na região do Norte, confirmado pela qualidade e profissionalismo de todos os intervenientes, garantirão mais um sucesso da 2ª edição do 13º Festival do Norte, em VIANA possibilitando um grande espetáculo de dança, à semelhança de outros eventos artísticos/culturais.

FAMALICÃO DANÇA SOMA ÊXITO ATRÁS DE ÊXITO

Brilho, cor e ritmo, muito ritmo marcaram a terceira edição do Famalicão Dança que este sábado, 8 de outubro, reuniu no concelho famalicense cerca de 200 pares de bailarinos nacionais e internacionais.

O par espanhol Guillem Pascual e Rosa Carne.jpg

O evento, organizado pela Academia Gindança com o apoio da autarquia, ficou sobretudo marcado pela realização de três grandes provas do circuito internacional de Dança Desportiva - a Taça da Europa de Latinas, a WDSF Internacional Open Standard e Latinas.

O par espanhol Guillem Pascual e Rosa Carne arrecadaram o primeiro lugar do pódio da Taça da Europa de Latinas, onde estiveram representados 22 países europeus. Nesta prova destaque ainda para a classificação do par português Telmo Madeira e Vanessa Ferrão que conquistaram o terceiro lugar.

Já na WDSF International Open Standard os grandes vencedores foram os irlandeses Alessandro Bosco e Laura Nolan. O primeiro lugar do WDSF Open Latin foi para o par croata Mateo Cvenic e Aliia Shakirova. Os portugueses Joel Marques e Sara Lourenço e Vítor Fernandes e Luisa Lima arrecadaram o segundo e terceiro lugares da prova, respetivamente.

À semelhança dos últimos dois anos, o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, fez mais uma vez questão de marcar presença no evento. “Ficamos muito felizes por voltar a receber tão prestigiada iniciativa no nosso concelho. É um orgulho ter aquilo que de melhor se faz, a nível europeu, nas Danças Latinas em Famalicão”, referiu o autarca que felicitou ainda a Gindança pela “excelente organização”.

Famalicão Dança 2016 (1).jpg

Famalicão Dança 2016 (5).jpg

MELHORES DANÇARINOS DA EUROPA DANÇAM EM FAMALICÃO

Famalicão Dança 2016 realiza-se este sábado, dia 8 de outubro, no Pavilhão Municipal. Os melhores da dança europeia brilham este sábado em Famalicão

O mundo da dança vai estar este sábado de olhos postos em Vila Nova de Famalicão. Cerca de 240 pares de dançarinos vão abrilhantar a terceira edição do Famalicão Dança, que este ano vai contar não com uma, mas com quatro provas internacionais – a Taça da Europa de Latinas, a WDSF Internacional Open Standard e Latinas e a final do 1.º Troféu Ibérico de Dança.

Famalicão Dança  (1).jpeg

A competição, organizada pelo terceiro ano consecutivo pela Academia Gindança, está agendada para este sábado, dia 8 de outubro, no Pavilhão Municipal, e vai atrair milhares de aficionados à cidade.

Essa é, pelo menos, a convicção da presidente da Gindança, Anabela Gomes, que se mostra satisfeita pela confiança depositada pela Federação Europeia e Federação Mundial de Dança Desportiva na organização de “tão prestigiadas competições”.

Esse é também o estado de espírito do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que não esconde o orgulho de ver Famalicão na frente da organização de grandes eventos desportivos.

Ao concelho famalicense têm chegado inúmeras mensagens de confiança e de votos de sucesso. É o caso do Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, que vê no Famalicão Dança “uma ocasião privilegiada para acolher nesta cidade vários dos melhores pares mundiais e promover a imagem da região e do país através de competições de alto nível na modalidade”.

O Presidente da Federação Mundial de Dança Desportiva, Lukas Hinder, aproveita também para felicitar a organização do evento, estendendo as palavras de agradecimento à autarquia famalicense pelo apoio incondicional à realização da competição.

Destaque ainda para as palavras do Presidente da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, Alberto Rodrigues, que realça o papel da Gindança na promoção da Dança Desportiva em Portugal. “A Gindança tem tido um papel dinâmico e de sucesso ao elevar a fasquia na qualidade dos eventos nacionais e internacionais promovidos no nosso país. Desde o seu início, em 2014, que o Famalicão Dança tem sido um sucesso, superando todas as expectativas”, refere o responsável.

Refira-se que a principal prova do evento, a Taça da Europa de Latinas, vai ser disputada por cerca de 25 pares. Telmo Madeira e Vanessa Ferrão serão os representantes das cores lusas.

No dia seguinte às competições, domingo, dia 9 de outubro, haverá ainda um vasto programa de atividades. Destaque para a organização do congresso nacional de dança desportiva e também para a realização de aulas de grupo e de formações para atletas, treinadores e juízes de prova.

Toda a informação sobre o evento está disponível em www.eventogindanca.com.

Famalicão Dança  (2).jpeg

DANÇARINOS VILAVERDENSES REPRESENTAM PORTUGAL NA CHINA EM CAMPEONATO MUNDIAL DE DANÇAS LATINAS

O par Vítor Fernandes e Luísa Lima, naturais de Vila Verde e Vila de Prado respectivamente, irão no próximo dia 24 deste mês representar Portugal no campeonato do Mundo de Dança Desportiva de Latinas que se realizará na China. Nesta competição estarão representados os dois melhores pares de cada país.

Vitor Fernandes e Luisa Lima.png

É com muito orgulho que o par, representante da escola Alunos de Apolo Braga, comunica este grande acontecimento na sua carreira. E não deixa de agradecer a todos a ajuda para que esta oportunidade de representar o nosso país ao mais alto nível seja possível: família, treinadores, alunos e alunas, bem como colegas e empresas como: Stand Roriz-Car, Domingos Abelheira Unipessoal, TipoPrado, Casa do Campo e Kioma-maquilhagem.

Um agradecimento especial para uma empresa que já tem vindo em outras ocasiões a apoiar este par, e mais uma vez  o fez: Reparadora das Jantes.

10891520_993847020628785_4724024509592604296_n.jpg

COMPANHIA OLGA RORIZ APRESENTA EM VIANA DO CASTELO "ANTES QUE MATEM OS ELEFANTES"

Bilhetes disponíveis para venda, no Teatro Municipal Sá de Miranda – tmsm@cm-viana-castelo.pt

(segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00; em dias

de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00); sábado e domingos em dias de espetáculos, (2 horas antes)

Título do espetáculo: ANTES QUE MATEM OS ELEFANTES

Espetáculo de dança pela Companhia Olga Roriz

Data: 23 de Setembro

Preço do bilhete: 10€ (Plateia) e 8€ (Frisas e Camarotes)

Classificação etária: M/ 6 anos

image002vcccvv.jpg

VILA VERDE: ESPETÁCULOS ANIMAM PICO DE REGALADOS

O Pico de Regalados respirou cultura com três noites de espetáculos ao vivo!

O Pico de Regalados respirou cultura durante o último fim-de-semana, 26 a 28 de agosto, com três noites de espetáculos ao vivo. Música tradicional, teatro, dança, folclore, poesia e fado, numa iniciativa com grande diversidade de manifestações artísticas que encheram de cor e alegria o centro da vila.

DSC_0432.JPG

O cartaz prometia, o público não se fez rogado e aderiu em massa ao evento. Durante as três noites, brindou os artistas e a organização com belas molduras humanas que tornaram a ocasião ainda mais especial. O cartaz contou com um misto de atores locais e artistas convidados. Esta aposta permitiu voltar a cumprir um dos objetivos da iniciativa, a promoção e divulgação do potencial de coletividades e individualidades locais, mantendo uma grande variedade de expressões artísticas.

Na primeira noite, 26 de agosto, as performances apelaram ao sentimento, com um concerto de Fado e uma sessão de declamação de poesia, atividades de grande carga emocional.

No dia seguinte, a toada mudou e a alegria animação do folclore tomou conta do recinto, a que se somou ainda uma divertida peça de teatro que levou os espetadores numa viagem pelo passado.

Ontem, 28 de agosto, o serão foi de dança, com o vigor dos Pauliteiros de Miranda, e de música tradicional, com a atuação do Grupo Verde Canto. As Noites Temáticas são organizadas pela Junta da União de Freguesias do Pico de Regalados, Gondiães e Mós, e inserem-se na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

“Promover a tradição e a etnografia minhota”

A organização faz um balanço extremamente positivo de um evento que voltou a alcançar as metas a que se propôs e que se vai consolidando de ano para ano, garantindo já um lugar privilegiado na agenda cultural da região.

“Estamos muito satisfeitos com a adesão popular, com a qualidade dos momentos culturais e com a diversidade de espetáculos, que permitiu também promover a tradição e a etnografia minhota”, afirmou o autarca local.

 César Cerqueira revelou ainda que os principais objetivos das noites temáticas passam por divulgar as potencialidades dos artistas locais e criar um cartaz cultural atrativo, planeado para enriquecer o programa de verão da vila e atrair visitantes ao centro do Pico, dinamizando o comércio e a economia local.

“Grande diversidade de manifestações artísticas”

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Rodrigues Fernandes, deixou rasgados elogios ao trabalho desenvolvido pela comunidade picoense na promoção da cultura, apresentando uma “grande diversidade de manifestações artísticas” e assumindo-se como “um palco privilegiado para a promoção das associações locais, a que se juntam os artistas convidados para serões muito interessantes”.

Júlia Fernandes concluiu reforçando a importância da iniciativa na “preservação e promoção das tradições locais”. A programação Na Rota das Colheitas, que se estende de agosto a novembro em mais de 30 iniciativas, continua já no próximo fim de semana com a Agridoce – Feira de Agricultura e Doçaria, em Cabanelas, e com a Espadelada do Linho, em Marrancos.

DSC_0265.JPG

DSC_0278.JPG

DSC_0346.JPG

COMPANHIA OLGA RORIZ APRESENTA EM VIANA DO CASTELO "ANTES QUE MATEM OS ELEFANTES"

ANTES QUE MATEM OS ELEFANTES – Companhia Olga Roriz

Data: 23 de Setembro | 21h30

Local: Teatro Municipal Sá de Miranda, Viana do Castelo

Bilhetes disponíveis para venda, no Teatro Municipal Sá de Miranda – tmsm@cm-viana-castelo.pt

(segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00; em dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00; sábado e domingos em dias de espetáculos - 2 horas antes)

Preço do bilhete: 10€ Plateia e 8€ Frisas e Camarotes

Classificação etária: M/ 6 anos

Mais informação em:

http://www.cm-viana-castelo.pt/pt/agenda-cultural/antes-que-matem-os-elefantes-pela-companhia-olga-roriz

elefaror.jpg

RUSGA DE SÃO VICENTE DE BRAGA PARTICIPA NO DESFILE “DO BIRA AO SAMBA"

Fusão de culturas na 2ª edição "Do Bira ao Samba"

No passado fim-de-semana, Braga voltou a encher-se de mil e uma cores, exuberância e de uma alegria contagiante, que resultou de uma forte interação entre, os componentes dos diferentes grupos participantes e o público que assistiu ao monumental desfile iberoamericano, "Do Bira ao Samba". A 2ª edição deste certame, que teve por palco principal a Av. Central da cidade dos arcebispos, é uma iniciativa do grupo de percussão "Bomboémia" da Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho (ARCUM), à qual, a Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, enquanto grupo parceiro, se associou desde a primeira hora, sem qualquer tipo de objecção ou preconceito.

13669097_635939869908659_1787788523637174450_n.jpg

Esta iniciativa que tem por objetivo primordial, a fusão e difusão das diferentes culturas em presença - portuguesa, espanhola e brasileira -, que ao longo dos tempos se vem influenciando mutuamente, mercê de um conjunto muito diversificado e complexo de circunstâncias, contextos, fatos históricos e de, uma interação permanente, entre as gentes deste e do outro lado do atlântico. Mesmo tratando-se de diferentes povos e nações, na diversidade cultural daí resultante, conseguimos identificar e estabelecer alguns pontos e, pontes de contato, ao nível das muitas manifestações culturais de índole popular tradicional, nomeadamente; ritmos e sonoridades inerentes, a dança e o canto, os textos (versos, lengalengas, rifões, duetos, etc,.) e, a policromia, arte e graciosidade das indumentárias e de quem as enverga.

Na 1ª edição, levada a efeito o ano transato, a Rusga participou no evento com um espetáculo concebido propositadamente para o efeito, sob a designação, "Rusguemos do São João ao São Martinho". Este ano, nos dois dias de Festival, 29 e 30 de julho, a Rusga registou a sua presença em três momentos distintos. Na sexta, 29, dia de Portugal, foi da nossa responsabilidade a 'oficina de dança popular tradicional minhota', na praça da República, que registou uma forte adesão do público. Na noite desse dia, conjuntamente com a Ronda Típica da Meadela, Viana do Castelo, no palco da Av. Central, apresentamos a 'Rusga do século XXI'. No dia seguinte, dedicado ao Brasil, participamos conjuntamente com mais 21 grupos, entre grupos de bombos, gigantones e cabeçudos, grupos de folclore, concertinas, escolas de samba e batucadas, no desfile de carnaval iberoamericano, "Do Bira ao Samba".

Numa primeira avaliação, partindo do elevado salto qualitativo, da 1ª para a 2ª edição, e da forte adesão do público bracarense e não só, os 'Bomboémia' já garantiram a realização da 3ª edição, a Rusga com sempre, estará disponível.

13876273_1055971551116920_6546400402794427950_n.jpg

13879461_10206627111298909_1876574748697464926_n.jpg

13886294_1734750093454608_7443637914381551556_n.jpg

13900165_1055971691116906_5328360774806718914_n.jpg

13906670_635939773242002_7624472615833825371_n.jpg

13907098_1055971567783585_1363167793063730730_n.jpg

“DO BIRA AO SAMBA” ENCHE RUAS DE BRAGA DE COR E ALEGRIA

O Desfile Ibero-Americano que se realizou Sábado à noite, foi o ponto alto do Festival «Do Bira ao Samba», que este ano se realizou à luz da CIAJ (Capital Ibero-Americana da Juventude), e que que deu um colorido e animação próprias de um Carnaval multicultural que encheu as ruas do Centro da Cidade de Braga.

jalberto.samba.jpg

Mais de 400 participantes integraram o Desfile de Carnaval Ibero-Americano, numa edição memorável, este ano dedicada ao tema do “Mar”. Organizado pelo Município de Braga, e pelos Bomboémia (Grupo de Percussão da Universidade do Minho), integrado na programação da CIAJ, o desfile, um dos pontos mais altos da programação do evento visitou algumas das artérias do centro histórico da Cidade de Braga, que se encheram de Bracarenses e turistas.

O Festival ‘Do Bira ao Samba’ reuniu mais de 500 artistas em Braga, ao longo de dois dias de autêntica celebração das culturas portuguesa e brasileira. O evento contou com a participação de grupos etnográficos, com escolas de samba e batucadas, concursos de fotografia, montras de bonecas, exposição de fotografia e workshop.

jalberto.samba-38.jpg

jalberto.samba-90.jpg

 

FAMALICÃO APRESENTA DANÇA 2016

Esta sexta-feira, 15 de julho, às 11h00, na sede da Gindança, na Rua de Queimados, em Antas

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Academia Gindança convidam os órgãos de comunicação social para a apresentação pública do Famalicão Dança 2016, que decorrerá amanhã, sexta-feira, dia 15 de julho, pelas 11h00, na sede da Academia Gindança, em Antas.

image46121.jpeg

O momento contará com a presença do vereador do Desporto da autarquia, Mário Passos, da presidente da Gindança, Anabela Gomes, do presidente da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, Alberto Rodrigues, e ainda do presidente da Federação Europeia de Dança Desportiva, Luís Vano.

Refira-se que a edição de 2016 do Famalicão Dança realiza-se a 8 de outubro no Pavilhão Municipal de Famalicão. A Taça da Europa de Latinas de Dança Desportiva é uma das competições em disputa neste evento, que se realiza pelo terceiro ano consecutivo no concelho famalicense.

STREET DANCE REÚNE BAILARINOS EM ESPOSENDE

Integrada na programação “Esposende, Verão 2016” decorre às 15 horas de sábado, na zona ribeirinha de Esposende, a sétima edição de Street Dance, denominada “Esposende Street Battle”.

street battle 1.jpg

 

Organizado pela Câmara Municipal de Esposende em parceria com a Praxistudio, Escola de Dança e Urban Dance Studio, o evento tem estatuto consolidado na área, sendo já considerado um das mais importantes e apreciados no país.
Este ano, para cumprir o propósito de crescimento e aumento do seu impacto nos eventos de dança nacionais, a organização empenhou-se em atrair mais bailarinos à competição, vindos de diversos países.
Tal como em edições anteriores, esta competição tem um formato ao estilo de “batalha”, em que dois bailarinos competem um com o outro em simultâneo. Os estilos em competição serão: o Bboying (Breakdance) e o Bgirling, o Locking, o Popping, o Hip Hop e o All Styles.
As inscrições podem ser efetuadas no local e no dia do evento, a partir das 13h30.
Para mais informações, os interessados deverão contactar a Casa da Juventude de Esposende, através do e-mail casa.juventude@cm-esposende.pt, ou o PraxiStudio, através do e-mail praxistudio1@gmail.com

.

CERVEIRA É PALCO DE DANÇA

E que começa a dança na ‘Vila das Artes’!

É a contagem decrescente para o XII Dancerveira – Festival Internacional de Dança de Vila Nova de Cerveira. Entre esta quinta-feira e domingo, a ‘Vila das Artes’ transforma-se num grande palco de dança ao ar livre. Mil bailarinos do Norte de Portugal e da Galiza apresentam diversas performances espalhadas por vários locais.

IMG_4058.JPG

Em Vila Nova de Cerveira, o último fim-de-semana de junho é dedicado à dança, num evento singular que já fidelizou um enorme público dos dois lados da fronteira e continua a cativar, estimando-se a presença de cerca de seis mil pessoas a desfrutar dos espetáculos agendados.

Ao longo de quatro dias, o Dancerveira apresenta um vasto e transversal programa em que a dança é a essência manifesta em workshops, dinâmicas formativas e lúdicas, e espetáculos diurnos e noturnos, proporcionando um intercâmbio de jovens unidos pela paixão da dança.

Além de promover a dança enquanto arte performativa, o Dancerveira marca o arranque da programação cultural de verão de excelência de Vila Nova de Cerveira, com um caráter singular de apresentação e congregação de várias escolas de dança do Eixo Atlântico ao ar livre e em pleno contacto com toda a envolvente natural que carateriza o concelho.

Organizado pela ADEIXA - Associação de Dança do Eixo Atlântico e com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, o Festival Internacional de Dança de Vila Nova de Cerveira arranca esta quinta-feira e prolonga-se até domingo, com os seguintes horários: Dançando na Água, todos os dias, às 15h00 no Parque Aquático, e os espetáculos de dança, também todos os dias, no Auditório Municipal, às 20h00 de quinta e sexta-feira, às 19h00 no sábado e às 18h00 no domingo. Entrada livre.

IMG_4069.JPG

FAMALICÃO RECEBE ACADEMIA DE DANÇA DA ISLÂNDIA

Projeto da Casa da Juventude traz Academia de Dança Islandesa a Famalicão. Espetáculo é apresentado no dia 2 de julho, pelas 14h30, na Praça D. Maria II

Entre 23 de junho e 3 de julho, Famalicão será palco de um coletivo artístico que juntará a Escola de Instrumentos Tradicionais Portugueses, da Casa da Juventude, e a Klassiski Listdansskolinn - Academia de Dança de Reiquejavique, Islândia, naquela que será a segunda edição do projeto Frame It.

Escola de Instrumentos Musicais.jpg

Durante este intercâmbio entre os dois países, ao abrigo do programa Erasmus+ Juventude em Ação, os jovens dançarinos islandeses e músicos portugueses irão partilhar a sua arte e cultura, através de atividades e experiências diversas de educação não-formal, com vista à criação e produção de um espetáculo conjunto a apresentar publicamente no dia 2 de julho, pelas 14h30, na Praça D. Maria II.

Mais do que a combinação entre duas artes complementares, a dança e a música, este projeto reflete a combinação improvável entre duas culturas distintas, focando-se essencialmente no processo criativo dos jovens, nas suas escolhas e visão artística. Um projeto que conta ainda com a importante parceria da Cooperativa de Artes, Intervenção Social e Animação C.R.L. (CAISA). 

Recorde-se que o Frame It, lançado em 2015 pelo pelouro da Juventude, é um Laboratório de Formação e Criação Artística, que pretende unir duas  artes num projeto experimental inovador para jovens, com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento das suas competências artísticas.

MUNICÍPIO DE BRAGA APOIA ESTUDO DA MÚSICA E DANÇA

Município atribui bolsas de estudo de dança e música nas Escolas do Mercado do Carandá. Candidaturas até 23 e 24 de Junho

A Câmara Municipal de Braga, com o objectivo fomentar o desenvolvimento do ensino da dança e da música no concelho, celebrou com a Arte Total e com a Companhia da Música um protocolo de colaboração de onde resulta a atribuição de bolsas de estudo para aulas de dança, a estudantes do ensino público, residentes no Concelho de Braga. As bolsas correspondem à frequência de aulas durante o ano lectivo 2016/2017 nas instalações das duas escolas sediadas no Mercado Cultural do Carandá.

Bolsas de Estudo.jpg

A Arte Total – Centro de Educação pela Arte é uma escola vocacionada para o ensino da dança e a Escola de Música, tutelada pela Fundação Bomfim, é vocacionada para o ensino da música. Estas escolas são reconhecidas pelo seu valor artístico e pedagógico.

Os processos de candidaturas decorrem até ao dia 23 de Junho e os interessados devem dirigir-se ao Balcão Único da Câmara Municipal de Braga para proceder à candidatura.

No que se refere à Arte Total, a estas bolsas podem candidatar-se estudantes do ensino público, residentes no Concelho de Braga e com idade compreendida entre os 3 e os 25 anos. A duração das bolsas é igual à duração do ano lectivo, com início em Setembro de 2016. Ao todo são 60 as vagas disponíveis, distribuídas pelos diferentes escalões etários.

Quanto à Companhia da Música, podem candidatar-se estudantes do 1º., 2º. e 3º Ciclo do ensino básico, do ensino público, do Concelho de Braga e residentes no concelho de Braga. A duração das bolsas é igual à duração do ano lectivo, com início em Setembro de 2016.

A atribuição das bolsas é efectuada da seguinte forma: bolsa parcial, com isenção do pagamento da taxa de inscrição, e 50% de redução de mensalidade; e bolsa integral, com isenção do pagamento.

Regulamentos completos em: https://www.cm-braga.pt/archive/doc/INSTECT0102_01_NormasCandidaturaDanca.pdf ehttps://www.cm-braga.pt/archive/doc/INSTECT0101_01_NormasCandidaturaMusica.pdf.

Mais informações: www.cm-braga.pt

BRACARENSES DANÇAM ZUMBA

Mega aula de Zumba na Praça do Município. Iniciativa tem lugar este Sábado, às 17h00

No âmbito do programa ´Mexe-te Braga´, terá lugar este Sábado, dia 4 de Junho, pelas 17h00, uma Mega Aula de Zumba na Praça do Município. Todos estão convidados a participar gratuitamente neste momento que promete conjugar a actividade física com a animação, convívio e diversão.

O objectivo passa por trazer o maior número de pessoas à Praça do Município, já que a Mega Aula de Zumba servirá também para a filmagem do vídeo promocional da candidatura de Braga a Cidade Europeia do Desporto em 2018.

A iniciativa conta com a colaboração de diversos ginásios da Cidade e terá vários professores de Zumba a dinamizar a mega aula durante 2 horas sem parar.

CERVEIRA VIRA PISTA DE DANÇA

XII Dancerveira: Inscrições abertas até 10 de junho

Em Vila Nova de Cerveira, os últimos dias do mês de junho são sempre dedicados à arte da dança e, este ano, não é exceção. O XII Dancerveira, agendado de 23 a 26 de junho, promete a mesma qualidade e dinâmica a que habituou o público presente. Inscrições abertas até 10 de junho.

O evento, organizado pela ADEIXA – Associação de Dança do Eixo Atlântico e pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, mantém nesta XII edição a atuação dos mais de mil bailarinos oriundos da Península Ibérica e cerca de cinco mil pessoas a assistir.

Ao longo de quatro dias, o reconhecido Dancerveira – Festival Internacional de Dança – mantém o formato multifacetado e transversal a todas as idades, englobando espetáculos de dança, workshops, dinâmicas formativas e lúdicas de e para escolas, conservatórias e grupos de dança participantes.

Durante as manhãs decorrem os workshops com professores convidados (nacionais e internacionais) e, para o período da tarde, estão reservadas as aulas de dança e espetáculos ao ar livre no “Dançando Na Água”, no Parque do Castelinho.

Até 10 de junho, as inscrições estão abertas na página oficial da Adeixa, (www.adeixa.com), e/ou através do correio eletrónico para dancerveirafestival@gmail.com

De 23 a 26 de junho, a ‘Vila das Artes’ torna-se a vila da arte da dança e está à sua espera!

ARCUENSES COMEMORAM DIA MUNDIAL DA DANÇA

Município assinalou o Dia Mundial da Dança com performances de Dança Contemporânea em escolas do concelho.

O Dia Mundial da Dança é, ano após ano, assinalado em Arcos de Valdevez através de performances de Dança contemporânea, numa coprodução do Município/ Casa das Artes e da associação arcuense.

Movimento Incriativo, sendo que este ano o projeto celebrativo voltou aos estabelecimentos de ensino do 1º Ciclo do concelho, incluso nas Atividades de Enriquecimento Curricular, promovidas pela edilidade arcuense.

Desta feita, no passado dia 29 de abril,  e pelo segundo ano consecutivo, os quatro bailarinos do coletivo de dança urbana “Zoo Gang”, fizeram diversas apresentações de breakdance, uma criativa e acrobática dança urbana, em momentos de memorável interpretação que levaram ao rubro as centenas de crianças repartidas pelo Centro Escolar da sede do concelho, Sabadim e Távora.

Uma iniciativa muito animada, recebida com enorme entusiasmo por parte dos alunos, criando igualmente bases de sensibilização para a dança, criatividade artística e expressão corporal, elementos fundamentais ao desenvolvimento complementar destes jovens arcuenses.

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Cerca de 120 pessoas, na sua maioria jovens, participaram nas comemorações do Dia Mundial da Dança, na parte da tarde, promovidas pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. Na parte da noite, o destaque vai para os cerca de 60 artistas que subiram ao palco do Theatro Club, durante a Gala que visou assinalar a mesma data, a 29 de abril.

Dia da Danca 4

“Congratulo-me pelo sucesso alcançado através destas Comemorações do Dia Mundial da Dança”, refere o Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, agradecendo “a todas as entidades e elementos participantes” nos dois momentos distintos, um de tarde e outro à noite, que visaram assinalar a data.

Na parte da tarde, o evento foi realizado no largo em frente aos Paços do Concelho e contou com a participação dos Golden Dancers, um grupo de alunos do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; das Top Girls, um grupo do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; do 12º ALIVE, com alunos do 12º ano da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso; e dos The Diamonds, com alunos de 6º ano. Houve ainda as atuações da Universidade Sénior e de um grupo convidado, Power Flow, de Guimarães. O evento mobilizou cerca de 120 pessoas que estiveram local.

Dia da Danca 3

À noite, foi realizada a “Gala do Dia Mundial da Dança”, a partir das 21h00, com a presença de outros grupos locais e convidados, celebrando esta data através de vários géneros de dança, desde o folclore aos ritmos latinos. Destaque para as participações dos elementos do Rancho Folclórico da Póvoa de Lanhoso, da Escola PédeDança, do Grupo de Danças Latinas da Póvoa de Lanhoso, das Diamonds Dance e da Lanhoso Dança. Na Gala, subiram ao palco cerca de 60 artistas, com um público de 76 pessoas.

Durante todo o mês, até ao dia 29 de abril, semanalmente, formadoras do Theatro Club deslocaram-se às escolas aderentes, Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso e EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio, para ensinar a coreografia do flashmob aos alunos participantes. Além disso, houve ainda a participação da equipa do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, local a onde as mesmas também se dirigiram para ensinar a referida coreografia.

Dia da Danca 2

PONTE DA BARCA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DA DANÇA

Praça da República encheu para enaltecer esta manifestação de arte

Foi pelo terceiro ano consecutivo que a câmara Municipal de Ponte da Barca assinalou o Dia Internacional da Dança. Nem o frio que se fez sentir na noite da passada sexta-feira impediu que a praça da república enchesse para o espetáculo que celebrou a dança e os seus diversos estilos, e no qual participaram todas as estruturas que em Ponte da Barca ensinam e praticam esta arte.

As várias performances que estiveram em palco fizeram deste um espetáculo único e enalteceu uma das mais importantes manifestações artísticas.

hmy4pL1NGevFpDBTrSk3

CABECEIRAS DE BASTO CELEBRA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Município celebra Dia Mundial da Dança e prepara Lavoura Tradicional

A Câmara Municipal celebra também amanhã, 29 de abril, o Dia Mundial da Dança com uma noite de apresentação de danças que têm como objetivo dar a conhecer os vários ginásios e associações existentes no concelho, sensibilizando os Cabeceirenses a melhorar o seu estado físico geral através da dança, bem como da prevenção das doenças associadas ao sedentarismo, assim como da ocupação dos tempos livres.

Esta iniciativa, com início prevista para as 21h30 no Pavilhão Gimnodesportivo de Refojos, contará com a presença de cerca de 300 pessoas.

No sábado, dia 30 de abril, Câmara Municipal e a Basto Vida promovem a realização da Lavoura Tradicional, uma iniciativa que terá lugar na Quinta da Portela, com concentração prevista para as 08h00 junto ao Monumento de Homenagem ao Agricultor, no Campo do Seco.

FAMALICÃO CELEBRA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Esta sexta-feira, dia 29 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Dança e Vila Nova de Famalicão não vai deixar passar a data em branco. Para tal, conta com a preciosa ajuda de vários grupos e escolas de dança do concelho que amanhã vão pôr os famalicenses a dançar.

A iniciativa vai dividir-se entre a Praça 9 de Abril, a Central de Camionagem e o Parque da Juventude, com um vasto programa de exibições e espetáculos, entre dança flamenca, danças de salão, dança contemporânea, Hip Hop, danças Afro-Latinas e Ragga, a partir das 18h00.

Gindança, grupo Groove Spot, Andança e Associação de Moradores das Lameiras são alguns dos grupos envolvidos nesta iniciativa.

PÓVOA DE LANHOSO COMEMORA DIA MUNDIAL DA DANÇA

No âmbito das Comemorações do Dia Mundial da Dança, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promove a segunda edição do evento “A Póvoa Sabe Dançar”, na próxima sexta-feira, dia 29 de abril.

Estas comemorações irão traduzir-se em duas atividades principais.

Durante a tarde, a partir das 14h30, o largo em frente aos Paços do Concelho será palco de uma tarde com muita animação, promovida pelo Theatro Club juntamente com a comunidade escolar. A entrada é livre.

Desta forma, está prevista a atuação dos Golden Dancers, um grupo de alunos do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; dos 12º B FLASH, com alunos do 12º ano da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso; das Top Girls, um grupo do 5º ano da EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio; dos 12º ALIVE, com alunos do 12º ano da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso; e dos The Diamonds, com alunos de 6º ano. Haverá ainda as atuações da Universidade Sénior e de um grupo convidado, para além de uma atuação surpresa.

À noite, é a vez de o Theatro Club acolher a “Gala do Dia Mundial da Dança”, a partir das 21h00, com a apresentação de vários grupos, celebrando esta data através de vários géneros de dança, desde o folclore aos ritmos latinos.

O bilhete normal terá o valor de 2 euros, havendo desconto de 50 por cento para portadores de cartões municipais.

PONTE DA BARCA COMEMORA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Sexta-feira | 29 de abril | 21h30 | Praça da República

Com o objetivo de assinalar o Dia Mundial da Dança, o Município de Ponte da Barca vai levar a cabo amanhã, dia 29 de abril, a partir das 21h30, na Praça da República, um espetáculo com performances de várias escolas e academias de dança locais.

Com estas atividades a autarquia pretende divulgar e promover o gosto por uma das mais importantes manifestações de arte, assim como incentivar o trabalho que é desenvolvido no concelho ao nível da dança, promovendo a sua divulgação e valorização.

 

FAMALICÃO APRESENTA NOITE DE “FANDANGO” E DE “BALLET STORY” NA CASA DAS ARTES

Música e dança no último fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense

O mês de abril vai terminar em grande na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, com o concerto de “Fandango” e a dança de “A Ballet Story” a encerrarem a programação deste mês do espaço cultural famalicense. 

BalletStory©Susana_Neves_2024

Tomando como ponto de partida a obra "Zephyrtine", de David Chesky, o coreógrafo Victor Hugo Pontes apresenta "A Ballet Story". Um espetáculo de dança que sobe este sábado, dia 30, ao palco do grande auditório, inserido nas comemorações do Dia Mundial da Dança, data que se assinala esta sexta-feira, dia 29.

Encomendado por Guimarães 2012 ― Capital Europeia da Cultura, “A Ballet Story” foi um dos pontos altos do festival GUIdance 2012, contando com uma receção entusiasta por parte do público e da crítica.

O espetáculo na Casa das Artes está marcado para as 21h30. Os bilhetes têm o custo de 10 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

No mesmo dia, mas no café-concerto da Casa das Artes, há “Fandango” - o mais recente projeto musical de Gabriel Gomes (Sétima Legião e Madredeus) e Luís Varatojo (Naifa, Peste & Sida e Despe e Siga).

O projeto, que nasce de uma mistura exótica de melodias portuguesas com beats de eletrónica, resulta numa diversidade de ritmos que capta a essência da música portuguesa, numa colorida harmonia entre linhas de sintetizadores e batidas de caixas de ritmos.

O concerto está marcado para as 23h00. Os bilhetes têm o custo de 6 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org

GUIMARÃES REALIZA SARAU DE DANÇA

4 mil pessoas aplaudiram sarau de dança e fitness com instituições de Guimarães

Evento repleto de luz, som e (muita) energia divulgou trabalho de 15 instituições desenvolvido ao longo do ano. Demonstração coletiva de performances abrilhantou espetáculo de modalidades.

Guimaraes_Sarau_Danca_Fitness

O Multiusos de Guimarães recebeu a quarta edição do Sarau de Dança e Fitness, uma iniciativa que envolveu 1.300 participantes pertencentes a instituições de Guimarães que se dedicam à promoção da atividade desportiva e cultural e que juntou quatro mil pessoas nas bancadas.

Organizada pela Câmara Municipal de Guimarães e pela cooperativa Tempo Livre, a edição deste ano contou com a participação de 15 instituições, que promoveram os seus serviços e atividades. Cada entidade participante apresentou uma coreografia com uma duração máxima de 6 minutos, num evento que se prolongou aproximadamente durante duas horas.

No decorrer das demonstrações coletivas, foi possível assistir a um espetáculo concebido por interpretações musicais e exibições de diversas modalidades de ginástica, dança e fitness, num exercício de demonstração de cultura desportiva e de motivação para a prática desportiva regular.

Este ano participaram as seguintes entidades: Aquabrito, As Razões do Corpo, Asas de Palco, Biba Mais, Companhia Mapa, Escola de Dança Flávia Portes, Estúdio Estela Novais, Ginásio Fun & Fit + Academia Ritmos, Grupo CEA, Habitus Gym, Health Club Corpo Perfeito, Paraíso Well Fitness Spa, RIOFIT - Fitness Club, Soul Kool | CAAA e Tempo Livre.

BRAGA COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA DANÇA

Iniciativa decorre de 23 a 30 de Abril

O Município de Braga comemora de 23 a 30 de Abril o Dia Internacional da Dança com uma programação cultural que pretende exaltar a dança enquanto arte maior do movimento artístico através do corpo. As comemorações, que terão o seu ponto alto a 29 de Abril, Dia Internacional da Dança, terão como palco privilegiado a Avenida Central onde está instalado um ‘Estúdio de Rua’ que irá receber espectáculos, aulas abertas, workshops, flashmobs, entre outras actividades.

Estúdio de rua

O programa, denominado ‘B de Dança’, conta com a participação das escolas de dança do Concelho de Braga que, respondendo ao desafio lançado pela Câmara Municipal, ajudaram a construir um programa intenso de aulas, exibições e espectáculos, mostrando a sua variadíssima oferta e dando a conhecer as suas particularidades.

O público poderá usufruir de aulas abertas, aulas assistidas e workshops das diferentes propostas do mundo da dança, flashmobs com centenas de participantes e variadíssimos espectáculos de acesso livre e com a marcante presença da cultura ibero-americana, nomeadamente com as milongas de tango argentino ou uma banda cubana que animará o Centro Histórico.

A programação começa este Sábado, 23 de Abril, às 10h00, com uma Aula de Dança Criativa pela Arte Total. Às 14h30, o Agrupamento de Escolas de Maximinos e a Ginasiano - Escola de Dança apresentam o espectáculo 'Cumplicidades'. A Palco de Estrelas dinamiza, pelas 16h00, um workshop de dança oriental e, às 18h00, será a vez da Apolo Braga promover uma aula aberta de kizomba.

O primeiro dia termina, pelas 21h30, com a apresentação de alunos com repertório clássico e contemporâneo, pela Ent’Artes – Escola de Dança.

De referir que a participação nas aulas abertas e workshops é gratuita, mas sujeita a inscrição através do e-mail cultura@cm-braga.pt. O programa completo destas comemorações pode ser consultado através do link https://goo.gl/a5rzsz

FAMALICÃO REALIZA ESPETÁCULO DE BAILADO

Música Indie e bailado marcam o terceiro fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense. Hot Air Balloon e “Contrapassos” este fim-de-semana na Casa das Artes

Este sábado e domingo há bailado e música Indie para ver e ouvir na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. A atuação dos Hot Air Balloon e o bailado “Contrapassos” são os espetáculos que prometem animar o terceiro fim-de-semana de abril do espaço cultural famalicense.

Hot Air Balloon

É para o café-concerto da Casa das Artes que está agendado o concerto dos Hot Air Balloon. O duo com raízes irlandesas e portuguesas prepara-se para apresentar em Famalicão o seu primeiro trabalho discográfico - “Behind the Walls”, numa performance harmoniosa, íntima e delicada, marcada para este sábado, 16 de abril, para as 23h00.

Gravado ao vivo nos estúdios Rangel e produzido por Hugo Correia, o disco de estreia da banda canta histórias, sonhos, lugares e memórias das vidas de Sarah-Jane (vocalista) e Tiago (guitarrista).

Para este concerto, o duo vai se fazer acompanhar por Samuel Coelho, no violino, Pedro Oliveira, na bateria, e David Terceiro Viegas no baixo.

No mês em que se celebra o Dia Mundial da Dança, a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão vai também associar-se às comemorações da data e o primeiro momento decorre já neste fim-de-semana, no sábado e domingo, com a apresentação do espetáculo “Contrapassos”.

Um bailado coproduzido pelo espaço cultural e pela Crescer Além Dança – Associação para o Ensino e Desenvolvimento da Dança, baseado no conto de Hans Christian Anderson - “Os Sapatos Vermelhos” - e levado à cena por 60 bailarinos. O espetáculo de sábado está agendado para as 21h30, sendo que o de domingo arranca às 18h00.

Ambos os espetáculos têm o custo de 6 euros, reduzindo para metade para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org.

Contrapassos

BRACARENSES DANÇAM HIP HOP

Actividades desportivas gratuitas para toda a família: Hip hop e break dance em destaque no ‘Let’s Move’

Hip hop, djembel e break dance são as actividades em destaque na próxima sessão do ‘Let’s Move’, que se realiza Domingo, 20 de Março, nas instalações da Academia Synergia, no Braga Shopping (Loja 138).

Recorde-se que o o ‘Let’s Move’ é um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense.

As actividades de acesso gratuito têm lugar aos Domingos, das 10h00 e às 12h00, nas instalações da Academia Synergia.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail academiasynergia@gmail.com.

FAFE APRESENTA ESTREIA MUNDIAL DE ESPETÁCULO DE DANÇA

Easter Dance Week convida bailarinos de renome

No próximo dia 24 de Março, serão apresentados, no Teatro Cinema de Fafe, pelas 21h30, dois espetáculos de dança –Homemade, estreia mundial, e A sweet lullaby to Mr. Nameless, estreia nacional.

Notícia 2

Os dois espetáculos, promovidos pela Câmara Municipal de Fafe, integram-se na Easter Dance Week, que decorre de 20 a 25 de Março, iniciativa da Escola de Bailado de Fafe, com o apoio do Município.

É esperada casa cheia para a apresentação das performances, que levarão ao palco Ricardo Ambrózio e Celine Werkhoven, bailarinos de renome.

Homemade, estreia mundial e que reúne os dois bailarinos, traduz uma relação instável de duas pessoas em constante desafio, tentando chegar a uma compreensão deles próprios. Com a duração de aproximadamente 45 minutos, aborda um conjunto de temas com humor, como as concessões, as saudades um do outro, as mentiras para com o outro.

A sweet lullaby to mr. Nameless, que é estreia nacional, é um solo de Ricardo Ambrózio, com aproximadamente 25 minutos, que representa uma viagem entrópica de Mr. Nameless ao seu “eu”. Preso num local que reconhece, mas que não consegue identificar claramente, Mr. Nameless irá lutar contra as suas memórias turvas, símbolos vazios e sentimentos tumultuosos, provando a si próprio que ele é real… ou não.

Easter Dance Week 2016 é, este ano, bastante abrangente: para alunos, professores, bailarinos ou simplesmente espetadores. O evento, que se estende por cinco dias, propõe clássico, com Liane McRae e o trabalho vocacional; Laura Quin, com os clássicos de repertório; técnicas de contemporâneo, com Ricardo Ambrózio e Celine Werkhoven; improvisação e laboratórios coreográficos.

Fafe promete ser, durante a próxima semana, capital da dança e do bailado.

Pompeu Martins, Vereador da Cultura, destaca o potencial da iniciativa, “que se realiza pelo segundo ano, em Fafe, com o esforço da Escola de Bailado e com o apoio do Município.

Ter duas estreias, uma mundial e outra nacional é reflexo do reconhecimento do trabalho realizado pela Escola de Bailado e uma enorme mais valia para a nossa programação cultural.”

Notícia 1

BRACARENSES DANÇAM KIZOMBA

Actividades desportivas gratuitas para toda a família: Kizomba, Bachata e Pilates no ‘Let’s Move’

Kizomba, bachata e pilates são as actividades previstas para mais uma sessão do ‘Let’s Move’, a ter lugar no próximo Domingo, 13 de Março, nas instalações da Academia Synergia, no Braga Shopping (Loja 138).

O ‘Let’s Move’ é um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense.

As actividades de acesso gratuito têm lugar aos Domingos, das 10h00 e às 12h00, nas instalações da Academia Synergia. A próxima sessão está agendadas para o dia 20 de Março.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail academiasynergia@gmail.com.

“LET’S MOVE” EM BRAGA DESTACA GINÁSTICA E DANÇAS DE SALÃO

Actividades desportivas gratuitas para toda a família

As danças de salão e a ginástica localizada são as actividades em destaque na quarta sessão do ‘Let’s Move’, um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense.

Estas actividades desportivas de acesso gratuito têm lugar no Domingo, 28 de Fevereiro, entre as 10h00 e as 12h00, nas instalações da Academia Synergia, no Braga Shopping (Loja 138). Esta sessão vai contar com a participação da ‘Escola Pé de Dança’ e da ‘Companhia de Dança 77’.

Além de promover actividades gratuitas de ginásio e de dança, o projecto ‘Let’s Dance’ pretende promover diversas modalidades desportivas através de sessões experimentais, acções de sensibilização de educação para a saúde e para o desporto junto da comunidade escolar, realizar palestras e workshops sobre a importância de um estilo de vida saudável aberto à comunidade, e ainda promover rastreios de saúde junto da população, sensibilizando para hábitos diários mais saudáveis.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail academiasynergia@gmail.com.

“LET’S MOVE” CONVIDA BRACARENSES A DANÇAR

Actividades desportivas gratuitas para toda a família

Dança jazz, dança contemporânea e pilates são as actividades desportivas agendadas para a terceira sessão do ‘Let’s Move’, que se realiza no próximo Domingo, 21 de Fevereiro, nas instalações da Academia Synergia, no Braga Shopping (Loja 138). Esta terceira sessão vai contar com a participação da Companhia de Dança 77.

O ‘Let’s Move’ é um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense.

As actividades de acesso gratuito e têm lugar aos Domingos, das 10h00 e às 13h00, nas instalações da Academia Synergia,

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail academiasynergia@gmail.com.

BRAGA: “LET’S MOVE” DESTACA DANÇA E JUDO

Actividades desportivas gratuitas para toda a família

A dança e o judo são as actividades em destaque na segunda sessão do ‘Let’s Move’, um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense.

Estas actividades desportivas de acesso gratuito têm lugar no Domingo, 14 de Fevereiro, entre as 10h0 e as 12h00, nas instalações da Academia Synergia, no Braga Shopping (Loja 138). Esta segunda sessão vai contar com a participação da ‘Escola Pé de Dança’ e da ‘Judo Force’.

Além de promover actividades gratuitas de ginásio e de dança, o projecto ‘Let’s Dance’ pretende promover diversas modalidades desportivas através de sessões experimentais, acções de sensibilização de educação para a saúde e para o desporto junto da comunidade escolar, realizar palestras e workshops sobre a importância de um estilo de vida saudável aberto à comunidade, e ainda promover rastreios de saúde junto da população, sensibilizando para hábitos diários mais saudáveis.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail academiasynergia@gmail.com.

PROGRAMA “LET’S MOVE” ARRANCA ESTE DOMINGO EM BRAGA

Iniciativa resulta do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’

Inicia-se este Domingo, dia 7 de Fevereiro, o programa ‘Let’s Move’, um projecto realizado no âmbito do Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’, que tem como principal objectivo a promoção de hábitos de vida saudável junto da população Bracarense e a inclusão e integração social de públicos mais desfavorecidos.

O projecto, apresentado por Mariana Delgado, o quinto mais votado pelos jovens Bracarenses, quer tornar o desporto acessível a todos e incentivar a sua prática em vários contextos.

Além de actividades desportivas de acesso livre e gratuito, nomeadamente de ginásio e de dança, o projecto pretende também promover as mais variadas modalidades desportivas através de sessões experimentais, promover acções de sensibilização de educação para a saúde e para o desporto junto da comunidade escolar, realizar palestras sobre a importância de um estilo de vida saudável aberto à comunidade, realizar workshops sobre alimentação saudável, e promover rastreios de saúde junto da população, sensibilizando para hábitos diários mais saudáveis.

Assim, este mês de Fevereiro, iniciam-se as actividades desportivas de acesso livre e gratuito. Estas realizar-se-ão nas instalações “Academia Synergia”, no Braga Shopping, todos os Domingos do mês, a partir das 10h00 da manhã.

Recorde-se que o Orçamento Participativo Jovem ‘Tu Decides!’ tem como objectivos aproximar os cidadãos mais jovens dos órgãos de decisão, promover o exercício de uma cidadania activa e participada e incentivar o diálogo entre os jovens e o poder autárquico, procurando adequar as políticas às suas necessidades e expectativas.

Com esta iniciativa pioneira, o Município de Braga, em articulação com o Conselho Municipal de Juventude, deu aos jovens a oportunidade de participar na definição das políticas públicas, auscultando-os sobre os projectos que gostariam de ver implementados na Cidade.

DANÇA ANIMA FIM-DE-SEMANA PROLONGADO EM CERVEIRA

O Fórum Cultural de Cerveira acolhe, entre sábado e terça-feira, o II Intercâmbio de Dança. Com a presença de cerca de 70 bailarinos, o evento consiste em workshops, aulas, ensaios e espetáculos de dança abertos ao público. Entrada livre.

IMG_4069

Numa organização da Adeixa – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, este intercâmbio visa a partilha de experiências e saberes de vários professores e alunos das escolas de dança Adeixa, Make Me Dance e Casinha da Dança.

Com uma programação intensa ao longo de quatro dias, os participantes vão adquirir conhecimentos e aperfeiçoar técnicas através de formação, oficina de montagem coreográfica e ainda dois espetáculos no Fórum Cultural de Cerveira.

No domingo, a partir das 21h00, o espetáculo integra o repertório das escolas enquanto que, na terça-feira de Carnaval, com início às 21h30, será executada a montagem realizada pelas bailarinas e bailarinos, durante os quatro dias de trabalhos e convívio, cujo obra intitula-se ‘David Bowie, o Artista’.

De sublinhar que, há 11 anos, que Vila Nova de Cerveira é palco do DANCERVEIRA – Festival de Dança Internacional de Vila Nova de Cerveira que, no final de junho, reúne cerca de mil bailarinos de 25 escolas para um conjunto de workshops, dinâmicas formativas e lúdicas, para além dos espetáculos noturnos de apresentação de coreografias.

O II Intercâmbio de Dança apresenta-se, neste fim-de-semana prolongado, como uma sugestão cultural imperdível para os apaixonados pela dança. Entrada livre.

FAMALICENSES DÃO BAILE NA DINAMARCA

A Associação Joanense Unidança (AJU) participou no passado sábado, 24 de outubro, com 20 dançarinos, no Campeonato Internacional de Danças de Salão Himmelbjerg Mesterskaber - BGI Academy, na cidade de Hornsyld - DINAMARCA.

Neste que é o maior campeonato de dança da Dinamarca e considerado um dos mais relevantes ao nível internacional, a AJU alcançou excelentes resultados no pódio das classificações com vários 1ºs, 2ºs, 3ºs e 4ºs lugares nos escalões intermédios e champion, entre as várias dezenas de pares de dançarinos de todo o mundo que ali competiram.

Tendo sido uma inigualável e surpreendente representação da AJU, da Vila de Joane, do concelho de Vila Nova de Famalicão e mesmo do País ao nível da dança, De destacar o profissionalismo dos Gémeos (Nuno e Marco) Moreira, dançarinos e modelos internacionais, que assumem  a direção artística e técnica da AJU.

BRACARENSES DANÇAM O SAMBA

Sons do Brasil vão pôr Braga a Mexer

Um workshop de danças brasileiras é desafio que o programa 'Mexe-te Braga' propõe aos Bracarenses, inserido na Iniciativa 'Do Bira ao Samba'.

A actividade decorre amanhã, Sábado, dia 3 de Outubro, pelas 17h00, na Avenida Central e promete ser um momento de muita animação onde os sons do Brasil estarão em destaque.

De referir que a participação em todos os eventos do programa 'Mexe-te Braga' são de entrada livre.

TEATRO DIOGO BERNARDES EM PONTE DE LIMA INICIA NOVA TEMPORADA COM DANÇA CONTEMPORÂNEA

Eros e Psiquê – Companhia de Dança Contemporânea de Évora. 3 de Outubro – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes / Ponte de Lima

Sábado, 3 de Outubro, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, reabre as suas portas para a nova temporada com o espectáculo de dança contemporânea “Eros e Psiquê”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, que promete deliciar o público com uma das mais aclamadas produções dos últimos tempos em termos de dança contemporânea, com reconhecimentos a nível nacional e internacional, pelo que se trata de uma oportunidade única para assistir ao que de melhor se faz em Portugal na área artística em causa.

Divulgação 1

"Num Universo do subconsciente, num ambiente onírico desenvolve-se a história de amor de Eros e Psiquê.

Duas personagens etéreas.

Uma história de paixão, entrega confiança, força e fidelidade.

Um caminho para o autoconhecimento e amor verdadeiro...

Uma dupla personalidade que gera opressão de sentimentos e uma essência que procura constantemente evidenciar-se.

A luta entre as duas personalidades e o abandono e o despojar de um ego, que leva ao verdadeiro encontro entre o amor e a alma.

O sonho como realidade, o pensamento suspenso e a liberdade de escolha, o poder voltar a esse momento...

Divulgação 2

Um poema...

Eros é representado na mitologia grega como o deus do amor e Psiquê representa a alma. A história tem tido recorrente atualização ao longo da História e tem sido utilizada pelos estudiosos para simbolizar o desenvolvimento da alma, um percurso para o autoconhecimento e descoberta do verdadeiro amor.

Nenhum herói se faz sem provar a sua coragem e convicção.

Eros e Psiquê é história de uma heroína que demonstra ao longo de toda a ação que através do esforço e perseverança consegue atingir os seus objetivos

Os corpos rasgam o espaço através da projeção do gesto, o toque entre os corpos geram viagens sensoriais que elevam o pensamento.

A imagem plástica e cromática é ampliada pelo desenho de luz de Paulo Graça remetem-nos para uma dimensão superior, um lugar onírico onde só as almas se tocam. Os figurinos de José António Tenente inscrevem os personagens numa atmosfera teatral, num ambiente marcado pela linguagem do contemporâneo, preenchida musicalmente pelas sonoridades de Dobrinka Tabakova, Eugene Ysaÿe e César Viana.

Os bailarinos através da sua interpretação tornam o sonho da lenda de Eros e Psiquê, numa realidade mitológica, numa realidade contemporânea.

A postura do corpo em movimento, a estrutura dramatúrgica experimenta uma linguagem cénica próxima da Tragédia Grega."

Divulgação 3

Direcção | Coreografia NÉLIA PINHEIRO / Bailarinos GONÇALO ANDRADE, FÁBIO BLANCO, NÉLIA PINHEIRO / Consultora Artística MARIA PALMEIRIM / Música e sons adicionais DOBRINkA TABAKOVA / Música Adicional EUGÈNE YSAŸE / Figurinos JOSÉ ANTÓNIO TENENTE / Desenho de Luz PAULO GRAÇA / Elementos Cenográficos INÊS TELES / Vídeo FERNANDO DIAS | CDCE / Fotografias de Cena TELMO ROCHA / Construção

elementos cenográficos JOAQUIM CAMPANIÇO / Direcção de Produção RAFAEL LEITÃO / Produção CDCE.

Bilhetes à venda (2,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

Divulgação 4

TEATRO DIOGO BERNARDES EM PONTE DE LIMA TEM NOVA TEMPORADA

A nova temporada de espectáculos, eventos e actividades programados pelo Teatro Diogo Bernardes para o período compreendido entre Outubro de 2015 e Junho de 2016, mês que se dará início aos grandes eventos de Verão incluídos na programação de Ponte de Lima ConVida, arranca no próximo sábado, 3 de Outubro, com o espectáculo “Eros e Psiquê”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, com Direcção e Coreografia de Nélia Pinheiro, Figurinos de José António Tenente e Interpretação pelos Bailarinos Gonçalo Andrade, Fábio Blanco e Nélia Pinheiro.

Os fins-de-semana seguintes trarão ao Teatro Diogo Bernardes espectáculos musicais. A 10 de Outubro apresentam-se os peixe : avião, banda que está a preparar o quarto álbum de originais e que se destacou pelos concertos realizados em dois grandes festivais de Verão no presente ano: Bons Sons e Festival de Paredes de Coura, em que tocaram no palco principal.

A 17 de Outubro será a vez de Sandy Kilpatrick, cantautor escocês radicado em Portugal, apresentar o seu álbum de originais “The Shaman’s Call”, acompanhado pelos músicos André Silvestre, Edgar Ferreira, Pedro André, Zé Barroso e, nas projecções de vídeo, Diogo Machado. As transformações musicais estão bem patentes neste álbum devido a processos de criação e gravação muito mais naturais e instintivos que possibilitam a liberdade de apresentação das canções ao vivo de uma forma diferente.

Isaura \ Francis Dale, duas promessas da nova música portuguesa, acompanhados ao vivo por Fred Ferreira (Orelha Negra, Banda do Mar, 5:30) e Ben Monteiro (D’Alva, Ana Cláudia) actuarão a 24 de Outubro, depois da estreia nacional marcada para o dia 15 em Lisboa, apresentam-se do seguinte modo: “Há histórias que se escrevem lado-a-lado; sem se ver, sem se tocar. Isaura \ Francis Dale nasce para contar uma dessas histórias. Não são complementares, não são antagónicos, não são compensatórios, não são invertíveis, não são comparáveis, não são imiscíveis, não são fundíveis. Isaura \ Francis Dale são duas verdades singulares, duas perspectivas do mesmo espaço e do mesmo lugar. É o estar bem e o estar mal, é o gostar mas não compreender, é o querer mas não aceitar, é o precisar mas não consentir. Protagonizam uma história para nos lembrar de quantas vezes falamos sem nos conseguirmos verdadeiramente explicar; de quantas amizades se perdem na falta de harmonia e de quantos amores se apagam depois de lutar simplesmente porque se chegou ao fim. Francis Dale tem sol, Isaura tem sombra; Francis Dale canta a força de ficar, Isaura o desalento de partir. Estão lado-a-lado sem se ver e sem se tocar; guardam as cores que trocaram.”

O teatro marca o seu regresso ao Diogo Bernardes com a peça “Lar Doce Lar”, com Maria Rueff e Joaquim Monchique, numa encenação de António Pires, espectáculo visto por mais de 120 mil espectadores, por todo o país. Com um desempenho notável, os dois actores são os fantásticos protagonistas deste grande êxito que nos convida a mergulhar no mundo de uma residência para seniores de uma forma hilariante e, ao mesmo tempo, ternurenta.

Para Novembro estão já marcados espectáculos musicais com os Nobody's Bizness, Best Youth, Norberto Lobo & João Lobo Sexteto e com a Orquestra da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, que nos trará Arte Sinfónica. Os apreciadores de teatro, também em Novembro, terão a oportunidade de assistir a dois grandes espectáculos: “Começar a Acabar”, com João Lagarto e “Uma Menina Bem Guardada”, pela Companhia Baal 17, de Serpa.

FAFE RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DE FLAMENCO E CULTURA IBÉRICA “TRADIÇÕES E EXPRESSÕES”

De 17 a 22 de Agosto, Fafe recebe o Festival Internacional de Flamenco e Cultura Ibérica.

Inserido na programação de Verão, esta iniciativa procura reunir e aproximar o flamenco e a cultura ibérica em Portugal, incentivando o intercâmbio de conhecimentos, promovendo a formação e estimulando novas experiências.

Cerca de 13 artistas de Portugal, Espanha e Brasil vão protagonizar espetáculos de referência no mundo da dança e música em Fafe.

Estes espetáculos vão decorrer na Praça 25 de Abril, sendo a entrada gratuita.

O objetivo é criar, também durante as atuações, momentos de interação com o público, convidando as pessoas a participar, sem pré aviso, oferecendo-lhes experiências divertidas e diferentes.

O festival, organizado pela Plataforma do Município, Fafe Cidade das Artes, integra também um conjunto de atividades totalmente gratuitas. Durante os seis dias, vão decorrer, na Praça 25 de Abril, quatro oficinas ligadas à música, dança e artes plásticas, nas quais qualquer pessoa pode participar livremente.

Para participar nas oficinas, devem inscrever-se através do email fafecidadedasartes@gmail.com, na Loja Interativa de Turismo ou através do número 913 340 546.

Recorde-se que esta iniciativa acontece em dois países: Portugal e Brasil. No nosso país, decorrerá já em Agosto, em Fafe, e no Brasil, será a cidade de Salvador a receber o Festival em Setembro.

Programação - Espetáculos

DIA 20/08/2015, PRAÇA 25 DE ABRIL (EM FRENTE AO BAR DA PRAÇA)

21h30 - Espetáculo “Jaleito, flamenco atual e folclore” (Espanha)

22h30 - Show didático: Música Tradicional de Castilla Y León

DIA 21/08/2015 PRAÇA 25 DE ABRIL

21h30 - Espetáculo “Tradições e Expressões”, Projeto Dez (Portugal)

22h30 - Show Violão, com Carlos Blanco. (Espanha).

DIA 22/08/2015 PRAÇA 25 DE ABRIL

21h30 - Espetáculo “Vinum”, Companhia Arvine Danza (Espanha)

22h30 - Show Duo Eletá

23h00 – Jam Session

Programação OFICINAS

DIA 17 , 18, 19, 08 na Praça 25 de Abril

Oficina de Collage Íberos.

Horário: 19h a 20h

Professora: Mayka Simón

Quem são esses fantásticos seres que vivem na península ibérica? Através da imaginação, do collage e da composição e outras técnicas da ilustração daremos formas a esses habitantes da Espanha e de Portugal que não vemos mais que vivem nos bosques e nos rios. Alguns dizem que já viram, pois nesta oficina poderemos ver seus aspectos, tantos anos ocultados. Animá.te e participa.

Oficina de Dança Flamenca

Horário: 20h a 21h

Professora: Companhia Arvine

Conteúdo da oficina: Técnica do sapateado, Técnica dos braços e Posicionamento do corpo; Desenvolvimento rítmico e melódico para o aprimoramento do ouvido, com exercícios de técnica associada ao ritmo; Técnica do compás por tango e alegrias; Coreografia dos palos por tangos e alegrias; Técnica de castanholas focando a interação aluno-instrumento; Improvisação por meio de exercícios que facilitam a fluência e expressão livre na interpretação de um baile.

Oficina de Dança Espanhola

Horário: 21h a 22h

Professora: Companhia Arvine

Aprendizado das diversas danças espanholas tradicionais como a jotas, os boleros, os fandangos, as seguirillas.

Oficina de Violão Flamenco

Horário: 22h a 23h

Professora: Carlos Blanco

Conteúdo da oficina: Técnica da guitarra flamenca (mão direita): Polegar; Rasgueado; Picados; Golpes; Arpejos…Técnica da guitarra flamenca (mão esquerda): Expansão e contração, ligados ascendentes e descendentes, escalas, cejillas (capotasto), glisandos…. Conteúdos teórico-práticos: Tons por acima (E frígio), por médio (A frígio)

NOITE BRANCA DIVERTE VIMARANENSES

BOM TEMPO CONVIDOU A UM PÉ DE DANÇA NO CENTRO DA CIDADE

Noite Branca com milhares em Guimarães na festa de verão mais animada do ano

Ruas emblemáticas de Guimarães converteram-se numa gigante pista de dança, com música para todos os gostos. Festa durou até de madrugada.

Guimaraes_Noite_Branca2015

Uma multidão coloriu o centro da cidade de Guimarães com uma só cor, este sábado à noite, 04 de julho, na quarta edição da Noite Branca, a melhor de sempre a nível de afluência de público que, bem cedo, começou a ocupar e a animar o espaço público vimaranense, usando vestuário a rigor com a noite temática.

Na Rua de Santo António, que este ano foi incluída pela primeira vez no roteiro da festa, a música começou ao som do DJ João Costa, com o tema “Plim Plim”, de Marcelinho da Lua, seguindo-se, ao início da noite, o também vimaranense DJ The Ritch com o irreverente “Bailando”, de Enrique Iglesias, num palco por onde passaram, ainda, os DJs The Masters Sisters, Mr. Rod e Hands Up.

«De facto, todas as tradições têm um início e esta aposta na Rua de Santo António foi muito bem sucedida», comentaram os comerciantes, opinião igualmente partilhada pelos visitantes que se distribuíam pelo centro da cidade, dançando ao ritmo da música e pela madrugada dentro, com vários DJs a atuar em simultâneo em diversos locais.

«Guimarães é um concelho que tem sempre algo a acontecer! Esta festa insere-se num programa anual de eventos, envolve as pessoas, atrai muitos visitantes, convida à participação coletiva e dinamiza Guimarães nas suas mais variadas vertentes», considerou Domingos Bragança, Presidente do Município, que também fez parte dos milhares de pessoas que participaram na Noite Branca.

No Centro Histórico, a Praça de S. Tiago e o Largo da Oliveira foram literalmente invadidos por uma multidão, que se entregou ao som da música, acompanhando a temperatura da noite de verão, com ritmos quentes como o Hip Hop, R&B, Samba ou Kizomba pela mão do DJ The Fucking Bastards, enquanto no Largo João Franco, os Meninos da Vadiagem passaram música House, Eletro e Comercial.

Animação de rua(s) e muita música

No Largo Condessa do Juncal ouviu-se Funk, Soul e Comercial sob o comando do DJ João Dinis, convertendo Guimarães numa gigantesca pista de dança, em que o branco foi o mote num momento de pura diversão, inesquecível para a cidade e para quem a visitou. Ali bem perto, na Plataforma das Artes e da Criatividade, também houve animação, com os mais saudosistas a dançarem ao som dos hits dos anos 80 e 90 com o DJ Francisco Gil.

À semelhança das edições anteriores, não faltou o Trio Elétrico que seguiu em direção ao Largo do Toural, sob os comandos da DJ Olga Ryazanova e do seu House Music desde o Largo da Mumadona, arrastando um manto branco ao longo da cidade. Vários espaços culturais da cidade também se associaram à Noite Branca, abrindo as suas portas nesta noite: Museu da Sociedade Martins Sarmento, Museu de Alberto Sampaio, Plataforma das Artes e da Criatividade e Paço dos Duques de Bragança.

CERVEIRENSES ESTÃO PRONTOS PARA A DANÇA

Pronto para a arte da dança?

Arranca hoje o XI DANCERVEIRA, Festival Internacional de Dança de Vila Nova de Cerveira. Até domingo, cerca de mil bailarinos de 25 escolas de Portugal e Espanha reúnem-se num evento único, multifacetado e transversal a todas as idades, no qual a dança é vivida e explorada. Espetáculos têm entrada livre.

DANCERVEIRA

Dividido em dois períodos distintos, o programa do DANCERCEIRA integra, durante o dia, um conjunto de workshops, dinâmicas formativas e lúdicas com professores de nível internacional em diversas áreas (Modern Jazz, Contemporâneo, Hip-Hop, técnica de saltos e giros), e a atividade ‘Dançando na Água’. Já o período noturno dos quatro dias é preenchido com espetáculos no Auditório Municipal, com cada escola participante a apresentar as suas coreografias.

Organizado pela ADEIXA - Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, este festival ibérico traz à ‘Vila das Artes’ cerca de mil bailarinos de 25 escolas, cativando mais de seis mil pessoas a assistir às atividades programadas para os quatro dias.

Para quem gosta de dançar ou para quem gosta de ver dançar, este é, sem dúvida, um evento a não perder.

Workshops – 09h00-14h00

Dançando na Água – 15h00 no Parque de Lazer do Castelinho

Aula livre – 16h00 (sexta-feira e sábado) no Parque de Lazer do Castelinho

Espetáculos – 21h00 (quinta-feira), 19h00 (sexta-feira e sábado), 18h00 (domingo) no Auditório Municipal

IMG_3679

MUNICÍPIO DE BRAGA ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO PARA AULAS DE DANÇA E MÚSICA

Candidaturas até 18 de Junho

Com o objectivo de fomentar o desenvolvimento do ensino da dança e da música no Concelho e de permitir uma utilização activa e participativa das instalações do Mercado Cultural do Carandá, o Município de Braga celebrou com a Arte Total e com a Escola de Música do Carandá um protocolo de colaboração de onde resulta a atribuição de bolsas de estudo para aulas de dança e de música a estudantes do ensino público, residentes no Concelho de Braga.

2

Na componente da dança, as candidaturas estão abertas a alunos com idades compreendidas entre os 3 e os 25 anos, e na vertente musical podem candidatar-se alunos a partir dos 6 anos de idade.

A Arte Total - Centro de Educação pela Arte é uma estrutura especializada nas áreas da Educação e Produção Artística. O projecto divide-se em duas linhas de acção: - a área da aprendizagem (ESCOLA) cujo objectivo é a formação de intérpretes e a sensibilização para a prática das artes performativas; - a área da divulgação das artes performativas (CIA), cujo objectivo é a sensibilização e divulgação da dança contemporânea portuguesa.

A Escola de Música, tutelada pela Fundação Bomfim, é um estabelecimento de ensino particular e cooperativo especializado em Música, em regime de paralelismo pedagógico, e reconhecido pelo Ministério da Educação.

O processo de candidaturas decorre até ao dia 18 de Junho e os interessados devem dirigir-se ao Balcão Único para proceder à candidatura. Para mais informações está disponível o seguinte endereço electrónico: cultura@cm-braga.pt

1

BRAGA NÃO PÁRA!

Actividades do 'Mexe-te Braga' deste fim-de-semana

Para este fim-de-semana, o 'Mexe-te Braga' reserva para si um programa cheio de actividades.

Amanhã, Sábado, dia 13 de Junho, em parceria com o ABC de Braga, o Andebol vai estar em destaque na Avenida Central, entre as 16h00 e as 18h00. À mesma hora e no mesmo local, a Academia de Dança Alunos de Apolo Braga, irá proporcionar aos Bracarenses um Flash Mob de Kizomba.

Já no Domingo, dia 14 de Junho, das 10h00 à 12h00, o Complexo Desportivo da Rodovia será palco de uma actividade proporcionada pelo 'FlexGym'.

A participação em todos os eventos do programa 'Mexe-te Braga' são de entrada livre.

COMÉDIAS DO MINHO APRESENTA OFICINA DE DANÇA “MIOCÁRDIO” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CAMINHA

Espetáculo dinamizado peças Comédias do Minho vai decorrer no dia 30 de maio, pelas 10h30

No sábado, dia 30 de maio, a Biblioteca Municipal de Caminha vai servir de cenário ao espetáculo/oficina de dança “Miocárdio”, produzido pelas Comédias do Minho. Esta atividade vai decorrer pelas 10h30 e dirige-se ao público do pré-escolar e respetivas famílias. A entrada é livre.

miocárdio_3

O espetáculo conta com o apoio do Município de Caminha e do Crédito Agrícola do Noroeste.

O “Miocárdio” é uma produção da Comédias do Minho. A criação, interpretação e orientação são da responsabilidade de Marina Nabais. Quanto oficina em si, é de salientar que através de imagens e metáforas do coração, este espetáculo - oficina de dança procura ser um espaço de expressão e de partilha em torno dos afetos.

miocárdio_2

Este espetáculo é descrito da forma seguinte: “Dentro de nós, tudo se move: o ar, os músculos, o sangue... E há um lugar mais pequenino dentro de nós, onde o que se move não se vê. São os sonhos, os segredos e os sentimentos. O coração nunca se engana. Longe da vista, longe do coração! Palavras de mel, coração de fel. Coração ofendido não ama? Mãos frias, coração quente, amor para sempre…”

Miocárdio_1

ARCOS DE VALDEVEZ COMEMORA DIA MUNDIAL DA DANÇA

Município de Arcos de Valdevez assinalou o Dia Mundial da Dança com performances de Dança Contemporânea em escolas do concelho.

O Dia Mundial da Dança é, ano após ano, assinalado em Arcos de Valdevez através de performances de Dança contemporânea, numa co-produção do Município/ Casa das Artes e a Associação Movimento Incriativo, sendo que este ano não foi exceção à regra.

dia_mundial_dança_2015 (9)

Desta feita, no passado dia 29 de abril,  os bailarinos Zini, Seabra e Fumaça, membros dos Zoo Gang, do Porto, fizeram diversas apresentações de break, uma criativa e acrobática dança urbana, em momentos de memorável interpretação, que levaram ao rubro as cerca de 500 crianças do 1º Ciclo, repartidas pelo Centro Escolar da Vila, Sabadim e Távora, que assistiram às apresentações.

Uma iniciativa muito animada, recebida com enorme entusiasmo por parte dos alunos, que permitiu celebrar este dia com muito sucesso, criando igualmente bases de sensibilização para a dança, criatividade artística e expressão corporal, elementos fundamentais ao desenvolvimento complementar destes jovens arcuenses.

dia_mundial_dança_2015 (24)

dia_mundial_dança_2015 (25)

dia_mundial_dança_2015 (18)

dia_mundial_dança_2015 (15)

dia_mundial_dança_2015 (14)

dia_mundial_dança_2015 (10)

dia_mundial_dança_2015 (2)

dia_mundial_dança_2015 (26)

PONTE DE LIMA APRESENTA “DANÇAS OCULTAS”

Teatro Diogo Bernardes – 9 de maio – 22 horas

O Teatro Diogo Bernardes apresenta amanhã, sábado, 9 de maio, às 22 horas, o espetáculo Danças Ocultas, concerto integrado no DESAFIOS - Encontro Nacional de Tocadores de Concertina e Cantadores ao Desafio, que acontece em Ponte de Lima ao longo do fim-de-semana.

10688327_934030906628788_8289385802583305855_o[1]

"O acordeão diatónico - em Portugal conhecido por concertina - é um instrumento concebido na primeira metade do século XIX, e depois aperfeiçoado por diversos construtores europeus, que hoje ecoa memórias de uma outra vivência do espaço musical: um tempo anterior ao disco, à rádio. Continua, porém, a ser uma máquina de construir sonhos; e, por conseguinte, de inventar futuros possíveis, de fazer sentidos.
Em Maio de 1989 Artur Fernandes, Filipe Cal, Filipe Ricardo e Francisco Miguel começaram por organizar-se em torno de um sonho: o de desenvolverem as aptidões da execução enquanto investigavam as possibilidades de afastar o instrumento do folclore tradicional, acatando o que então era entendido como a "vontade da concertina", mas fazendo para ela uma música nova. Foram os tempos que conduziram a um nome para o quarteto e para o seu primeiro disco, Danças Ocultas (1996), com um repertório onde predominavam as composições de Artur Fernandes. Veio depois um tempo aventuroso, menos ingénuo e com mais engenho, que resultou do convívio alargado, das progressões em palco, das primeiras viagens e colaborações, motivando a transformação do grupo em núcleo de criatividade distribuída e a publicação de um segundo disco, chamado Ar (1998) - onde afirmaram os princípios de uma gramática musical própria e a introdução de algumas inovações técnicas como a invenção e construção de uma concertina-baixo. (..)

Jogos de som, de ritmo e de harmonia, entre o passado e o futuro: ou seja, produzindo sentido, em diálogo com a estética contemporânea.”

Jorge P. Pires

Alento é o título de um novo álbum que reúne alguns dos melhores temas, marcos de referência da carreira das Danças Ocultas. O disco, editado em fevereiro de 2011, deu também origem a um novo espetáculo, que teve a sua estreia na Primavera do mesmo ano, no Museu do Oriente e que está disponível.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

CABECEIRAS DE BASTO PROMOVE UM PROJETO QUE FUNDE A DANÇA, O TEATRO E A MÚSICA

A Câmara Municipal, através do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB), encontra-se a promover a Residência Artística ‘[L]a [P]lage’, um projeto que funde a dança, o teatro e a música numa perspetiva arrojada.

La Plage (4)

Com estreia marcada para o dia 16 de Maio, às 21h30, no auditório do Centro Hípico de Cabeceiras de Basto, o espetáculo tem já confirmada a sua participação no Festival Internacional de Artes Cénicas Janeiro de Grandes Espetáculos em 2016, numa digressão que inclui cinco apresentações em quatro cidades do Brasil. 

Esta residência artística resulta de um intercâmbio cultural do Centro de Teatro de Cabeceiras de Basto com o Grupo Acaso - Brasil.

La Plage (3)

O CTCMCB pretende através desta iniciativa acrescentar uma dinâmica ainda maior ao concelho, com uma programação que extrapole as fronteiras, expandindo a cultura local e conectando-a com pensamentos artísticos contemporâneos de diferentes partes do mundo.

Residência Artística

[L]a [P]lage é um espetáculo que surge a partir de uma residência artística acolhida pelo CTCMCB - Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto com o Grupo Acaso (Brasil). Este projeto, que funde a dança, o teatro e a música numa perspetiva arrojada, vem de um desejo há muito tempo compartilhado entre as companhias: realizar uma co-produção internacional entre o Brasil e Portugal. Com estreia marcada para o dia 16 de Maio, às 21h30 no Auditório do Centro Hípico de Cabeceiras de Basto, o espetáculo já tem confirmada a sua participação no Festival Internacional de Artes Cénicas Janeiro de Grandes Espetáculos em 2016, numa digressão que inclui 5 apresentações em 4 cidades do Brasil.

La Plage (2)

Esta criação é o ponto de partida desta parceria entre o CTCMCB e o Grupo Acaso, um primeiro passo dentro de um processo criativo que pretende refletir sobre os comportamentos nos países de língua portuguesa. [L]a [P]lage é uma obra que vem de forma lúdica e irreverente tratar sobre o “jeitinho brasileiro” de ser, tanto de uma perspetiva do Brasil quanto de Portugal. A dança, a música e o teatro compõem este projeto que busca fortalecer os laços lusófonos. “La plage” – a praia, em francês – vem para ambientar esse clima tropical onde cada brasileiro parece ter um sol para si. Joga também com o aspeto dúbio da palavra:

Laje - s.f. Estrutura plana de concreto contando com uma armação interna de varetas de aço usualmente executada após o levantamento das paredes, com o objetivo de suportar outro andar ou mesmo o telhado. Local onde nascem sonhos, multiplica-se a alegria de viver e a esperança de levantar o seu próprio castelo.

“O teto que ele comprou é tão lindo, eu sei.

É forte, cimento e ferro, tudo o que eu sonhei.

De lá o mundo não tem fim, vejo o espaço sideral.

O teto que ele comprou… eu nunca vi igual.”

Enquanto projeto cultural de Cabeceiras de Basto, o CTCMCB pretende através desta iniciativa acrescentar uma dinâmica ainda maior ao concelho, com uma programação que extrapole as fronteiras, expandindo a cultura local e conectando-a com pensamentos artísticos contemporâneos de diferentes partes do mundo. Apesar de ainda estar no seu quarto ano de existência, o Centro de Teatro, para além da programação com os artistas locais, já conseguiu desenvolver projetos com o Brasil e com a Grécia, num constante fortalecimento de uma rede de contactos e de parcerias que envolve diversos segmentos das artes e que promove uma efervescência cultural ativa, trazendo à população local uma programa rico e promovendo fora do concelho a cultura cabeceirense.

O Grupo Acaso é uma companhia de dança criada no ano de 2009, em Recife, com o foco na dança contemporânea e fusões, como com o teatro, danças urbanas, dança para a infância e juventude, música e outras vertentes artísticas. Desde 2013, desenvolve pesquisas relacionadas à lusofonia e neste ano concluiu uma digressão do espetáculo “PANGEIA”, produção que envolveu Portugal e a Galiza. O [L]a [P]lage é a sua 3ª produção internacional em parcerias com países lusófonos.

DIREÇÃO: Bárbara Aguiar e Neto Portela

ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Fernando Oliveira

ELENCO: Ana Catarina Maia, Bárbara Aguiar, Fernando Oliveira, Neto Portela e Roberto Moreira

DIREÇÃO TÉCNICA, CENOGRAFIA E FIGURINOS: Joana Veloso

TRILHA SONORA: Grupo Acaso e CTCMCB.

DURAÇÃO: 45 min aprox.

CO-PRODUÇÃO: Grupo Acaso e CTCMCB

APOIO: Secretaria de Turismo da Prefeitura da Cidade do Recife e Contos D’Então – Associação

REALIZAÇÃO: APACEPE – Associação dos Produtores de Artes Cénicas de Pernambuco e Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

La Plage (1)

CELORICENSES DANÇAM ZUMBA NO MÊS DO CORAÇÃO

“Maio, mês do coração” arrancou em Celorico de Basto com uma aula de Zumba

Nem a chuva inibiu as pessoas de participarem na primeira iniciativa de “Maio, Mês do Coração” que arrancou oficialmente com uma aula de Zumba. A ação decorreu no Centro Interpretativo do Castelo de Arnoia, no dia 1 de maio.

_DSC8154

A Câmara Municipal de Celorico de Basto em parceria com a UCC Mãos Amigas, através da Unidade Móvel de Saúde, vão desenvolver uma série de iniciativas, durante o mês de maio, voltadas para a prevenção de doenças cardiovasculares incidindo sobretudo, na prática de exercício físico.

“Temos que atuar no sentido da prevenção. Estas iniciativas são apenas o mote para dar a conhecer à população que a prática de exercício físico regular pode prevenir ou minimizar problemas cardíacos. A nossa UMS tem aqui um papel preventivo e procura chegar o mais próximo da população com campanhas de sensibilização que promovam o bem-estar físico da nossa população” referiu o autarca, Joaquim Mota e Silva.

_DSC8166

A ação, e tendo em conta as condições meteorológicas, foi deslocalizada para um espaço coberto o Centro Interpretativo do Castelo de Arnoia.

“Este tempo é, muitas vezes, inibidor da prática desportiva, apesar de tudo as pessoas aderiram à 1ª atividade de “Maio, Mês do Coração”, referiu Cristina Moreira, Técnica da UMS. “É nossa missão, também, enquanto técnicos da UMS incutir comportamentos saudáveis nos nossos utentes e por consequência na população em geral. Tendo em conta o mote lançado pelo Fundação Portuguesa de Cardiologia para este mês iremos desenvolver várias ações, direcionadas a diferentes públicos, mas todas elas voltadas para a prática de exercício físico”, disse.

A próxima iniciativa incidirá numa aula de dança, pela Academia Pé de Dança, no dia 10 de maio. Dia 22 os idosos serão os visados da iniciativa com uma Mega Aula de Ginástica Sénior. Nos dias 26 e 29, as crianças dos Centros Escolares de Celorico de Basto irão protagonizar uma Mega Aula de Dança/Zumba Kids. O dia 28 é dedicado às IPSS´s do concelho com múltiplas atividades.

Para terminar em grande o “Maio, mês do Coração” irá decorrer a II Heart Run – Corrida/Caminhada pelo Coração, no dia 30. Uma iniciativa que decorre pelo segundo ano consecutivo, com um percurso em formato de coração, e que promete juntar centenas de pessoas para correr ou caminhar pelo coração.

_DSC8181

TERRABOURENSES COMEMORAM DIA DA DANÇA

Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro assinala a 4 de maio o Dia Mundial da Dança

Como forma de assinalar o Dia Mundial da Dança, o Pólo do Gerês do Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro irá realizar uma Mega Aula de Zumba, aberta ao público e com entrada gratuita, no próximo dia 4 de maio, pelas 20h30, no Centro de Animação Turística (CAT) do Gerês.

Deste modo, o Município de Terras de Bouro convida todos os interessados a participarem nesta atividade que promete trazer muita animação à Vila do Gerês.

CERVEIRA REALIZA FESTIVAL DE DANÇA

Dança pisa o palco da ‘Vila das Artes’ de 25 a 28 de junho

Estão abertas as inscrições para a XI edição do Festival Internacional de Dança de Vila Nova de Cerveira, o DANCERVEIRA. Entre 25 e 28 de junho, cerca de mil bailarinos vão transformar a ‘Vila das Artes’ na capital da dança com a dinamização gratuita de espetáculos ao ar livre, workshops, dinâmicas formativas e lúdicas. Interessados devem inscrever-se até 10 de junho.

Em números, o único festival de dança não competitiva em Portugal e Norte de Espanha tem consolidado a sua imagem e fidelizado participantes e público, contabilizando a presença de mil bailarinos oriundos de mais de 25 escolas de Portugal e Espanha, e cativando cerca de 7 mil pessoas a assistir às atividades distribuídas pelos quatro dias.

Organizado pela ADEIXA - Associação de dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, o DANCERVEIRA conta este ano com a presença dos professores de nível internacional, Alessio Natale (Modern Class), Michele Manganaro (técnica para saltos e giros), David San Dancers (HIP HOP) e Daniela Ferreira (Modern Jazz).

O formato continua a ser multifacetado e transversal a todas as idades. Durante as manhãs decorrem os workshops com professores convidados, para o período da tarde, estão agendadas as aulas de dança ao ar livre no “Dançando Na Água”, no Parque do Castelinho, e à noite decorrem os espetáculos. A maioria dos participantes são oriundos da Península Ibérica e, desde há três anos, também se fazem representar outras partes da Europa e do Mundo, com a presença brasileira a ser a mais marcante.

De 25 a 28 de junho, a ‘Vila das Artes’ torna-se a vila da dança. Inscreva-se até 10 de junho através do site da ADEIXA ou via email: geral.adeixa@gmail.com. A inscrição dá direito ao crachá de identificação, t-shirt alusiva ao festival, diploma de participação para escolas e bailarinos. Também há descontos nos workshops e restaurantes aderentes ao evento.

BALLET CONTEMPORÂNEO DO NORTE ATUA EM PONTE DE LIMA

End of Transmission – Ballet Contemporâneo do Norte. 14 de Fevereiro – 21h30 – Teatro Diogo Bernardes

A 14 de Fevereiro, sábado, às 21h30, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, haverá lugar para a dança contemporânea, pelo Ballet Contemporâneo do Norte com "End of Transmission", uma criação de Mariana Tengner Barros, estreada em Junho de 2014.

Banner_End_of_Transmission[1]

"End of Transmission

Os protocolos que propagam o desejo, ligado sobretudo à indústria e à pós-industrial, que galopa pela sociedade virtual, repleta de ilusões e armadilhas, pretende manter-nos num estado de entretenimento egoísta para que alguns possam triunfar no jogo perverso de que é feita a sociedade contemporânea.

End of Transmission é uma utopia em cena, num momento pós-apocalipse. Quando a máscara da máquina perdeu a força. A ilusão desapareceu. A tecnologia que conhecemos falhou. What you see is what you get: An Army of Ravers. A dançar. A dança como arma, como uma marcha. Marcha pela verdade.

A música é o som do Universo. O Universo soa a Teckno. Teckno Industrial, Negro."

Concepção e Direcção Artística | Mariana Tengner Barros

Co-Criação e Interpretação | André Mendes, Flávio Leihan, Camila Neves e Susana Otero

Assistência à Criação, Figurinos e Vídeo | António Mv

Cenografia | Mariana Tengner Barros e António Mv

Música Original | Jonny Kadaver

Direcção Técnica | João Teixeira

Produção Executiva | Joana Ferreira

Gestão e Comunicação | Mauro Rodrigues

Directora Artística BCN | Susana Otero

Os bilhetes encontram-se à venda no Teatro Diogo Bernardes e todas as informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

COMPETIÇÃO DE DANÇA FAZ SUCESSO EM ESPOSENDE

Esposende Dance Competition resultou num estrondoso êxito

Constituiu um sucesso a todos os níveis o Esposende Dance Competition – EDC 2015, estando já prometida nova edição para o próximo ano. Este campeonato de coreografias de dança urbana em sistema de grupos (Crews) decorreu no dia 7 de fevereiro, no Pavilhão Municipal de Fão, atraindo muito público que, entusiasmado para assistir à prestação dos concorrentes, encheu completamente o recinto.

IMG_3961

O evento foi organizado e produzido pelo PraxiStudio Esposende - Urban Dance Studio e Escola de Dança, com o apoio do Município de Esposende e empresa municipal Esposende 2000, Junta da União de Freguesias de Apúlia e Fão, e teve o patrocínio da Miles, uma marca de vestuário de fitness e desporto que se lançará no mercado muito em breve.

A competição foi disputada por 278 bailarinos de todas as idades, distribuídos por 26 Crews, nos escalões Infantil, Júnior e Adulto. A prestação dos concorrentes foi avaliada por um painel de jurados constituído por Filipe Rico, Lúcia Afonso, Vitor Fontes e Nicolau Santos, reputados coreógrafos, bailarinos e professores de dança, sendo Nicolau Santos professor e diretor artístico do PraxiStudio Esposende.

vencedor_infantil

Como apresentador, anfitrião e verdadeiro animador, o evento contou com Tiago Faustino (Titiz), também reputado bailarino e reconhecido "host" em eventos portugueses, e no papel de DJ esteve Gui Mees, que, além de dominar a arte de passar música, é também um reconhecido bailarino e professor de dança no Praxistudio.

Para agradável surpresa e não sendo habitual em campeonatos deste tipo em Portugal, estiveram presentes duas Crews de Espanha, que vieram enriquecer ainda mais em qualidade e prestígio o EDC 2015.

vencedor_junior

No escalão Adulto, foram premiados os três primeiros classificados, nomeadamente o Praxis Crew – Esposende, o RP Dance – Póvoa de Varzim e o Groove Monsters – Famalicão. O prémio do escalão Júnior foi para o Galirockers, de Vigo – Espanha, e o vencedor na categoria de Infantil foi HHSP Powers, de Ovar. Foram atribuídos também prémios aos melhores bailarinos masculinos e femininos nos três escalões.

O Esposende Dance Competition marcou já o calendário nacional deste tipo de eventos, tornando-se uma promessa ainda maior para 2016.

Praxis Crew

VALADARES, TEATRO MUNICIPAL DE CAMINHA ACOLHE BAILE DO ASSALTO

No dia 14 de fevereiro “fantasie-se, venha namorar no Valadares”

No Dia de S. Valentim “fantasie-se, venha namorar no Valadares”. No dia 14 de fevereiro, a partir das 22 horas, o Valadares, Teatro Municipal de Caminha vai servir de cenário para o Baile do Assalto. Há prémios para as melhores fantasias. Os bilhetes já se encontram à venda.

O afamado Baile do Assalto está de regresso pelo segundo ano ao Teatro Valadares. Subordinado ao Dia dos Namorados, “fantasie-se, venha namorar no Valadares”, a organização pretende “reviver o espirito dos bailes” e premiar os 5 melhores fantasiados. Há um prémio extra para o grupo mais animado. Assim, os prémios variam entre os 40 contos e os 5 contos.

A música é outra das caraterísticas deste baile. Este ano o baile do assalto conta com a animação de um conjunto musical e de um dj.

As entradas variam entre os 10 e 12,5 euros e a lotação é limitada. Os bilhetes já se encontram à venda e podem ser adquiridos através dos contatos: 966 827 824 / 933 351 013. Também estarão à venda no local, no próprio dia.

O Baile do Assalto é promovido pelos Comerciantes de Caminha em parceria com a Câmara Municipal de Caminha, União de Freguesias de Caminha e Vilarelho e Club Alfândega.

Em Caminha, o fim-de-semana do carnaval estará imparável, com uma mão cheia de atividades para oferecer a quem visitar o concelho. Caminha Doce de 13 a 17 de fevereiro; Lampreia do Rio Minho – um prato de excelência à mesa de mais de duas dezenas de restaurantes do concelho; Dia dos Namorados; desfile de Carnaval no dia 16, pelas 22 horas; Mãos d’Arte – Feira de artesanato e Artes decorativas do Concelho de Caminha, e Feira de Antiguidades e Colecionismo de Caminha são algumas das sugestões.

ESPOSENDE REALIZA CAMPEONATO DE DANÇA

Esposende Dance Competition realiza-se no dia 7 de fevereiro – Pavilhão Municipal de Fão

O Pavilhão Municipal de Fão vai acolher, no próximo dia 7 de fevereiro, pelas 21h30, um mega evento de dança, organizado pela Município de Esposende, em parceria com a Praxistudio Esposende - Urban Dance Studio e Escola de Dança.

Trata-se do EDC - Esposende Dance Competition, um campeonato de coreografias nos estilos de crews, urban dance styles, fusão e experimental. Estarão em competição vários grupos de reconhecido valor artístico, cujas coreografias serão avaliadas por júris de renome nacional e internacional, nomeadamente Nicolau Santos, Filipe Rico, Vítor Fontes e Lúcia Afonso. Para além de um apelativo prize Money, está em causa a procura de mais reconhecimento e prestígio do seu trabalho.

Este evento terá entrada livre e conta com o apoio da empresa municipal Esposende 2000 e da Junta da União de Freguesias de Apúlia e Fão e insere-se numa política de valorização da arte da dança e de promoção do território, para além de ir de encontro ao plano de ação definido para a Juventude.

CERVEIRA DANÇA PELA CAUSA DOS ANIMAIS

Mega Aula de Zumba Fitness® põe centenas a dançar pela causa animal

Tudo a postos para o Zumbathon® do próximo domingo. A organização prevê a participação de cerca de 400 pessoas que vão “fazer valer cada movimento”, sob coordenação de 15 instrutores da Região Norte. Iniciativa solidária tem início às 15h00, no Pavilhão Municipal de Desportos.

A tarde será de perfeita simbiose de animação, exercício físico e apoio a três Associações de Defesa dos Animais. Numa organização do Citius Fit – Clube de Fitness de Cerveira - e da Câmara Municipal, o objetivo é angariar donativos para fazer face às enormes dificuldades que a Patas e Patas de Cerveira, a Selva dos Animais Domésticos de Caminha e a Mimos e Ternuras de Valença enfrentam, sobretudo de cariz económico.

O espetáculo, com uma duração estimada de três horas, divide-se em duas partes: inicia com a atuação de Paulo Baixinho, seguindo-se uma sessão de Zumba Kids realizada por meia centena de crianças dos 3 aos 12 anos, do Citius Fit.

Posteriormente, 15 instrutores da Região Norte, com incidência no distrito de Viana do Castelo, vão agitar e contagiar os presentes com as suas técnicas e conhecimentos desta modalidade de grande popularidade nos quatro cantos do mundo. Cada um vai dar a conhecer as suas coreografias de duas músicas, de forma intercalada, numa mega aula de duas horas.

Com um valor simbólico de 3 euros, os bilhetes para o Zumbathon® - Mega aula solidária de Zumba Fitness® de Vila Nova de Cerveira - encontram-se à venda nos Postos de Turismo de Cerveira, Valença e Caminha e junto dos instrutores convidados. As crianças até aos 7 anos têm entrada gratuita. Cada inscrito é ainda desafiado a oferecer um bem essencial, de modo a contribuir para o bem-estar dos animais acolhidos pelas associações visadas.

Mega aula inicia às 15h00, no Pavilhão Municipal de Desportos de Cerveira.