Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE O PATRIMÓNIO DA CASA NOBRE

Casa Nobre: um Património para o Futuro. V Congresso Internacional  superou expectativas

“Arcos de Valdevez pode assumir a ideia de capital da Casa Nobre” - Armando Malheiro da Silva, Presidente da Comissão Científica

Edição de 2017 foi a edição com maior participação de sempre de comunicantes e inscritos

V congresso casa nobres (1)

Nos passados dias 30 de Novembro, 1 e 2 de Dezembro, decorreu na Casa das Artes concelhia a 5ª edição do Congresso Internacional subordinado à temática Casa Nobre: um Património para o Futuro, dando desta forma seguimento a um projeto consolidado de estudo das temáticas: Memória Histórica: História da Família, Genealogia, Documentação Familiar e Heráldica; Arquivos e documentação familiares; Património Construído: estudos, defesa e valorização e Turismo e Desenvolvimento Regional.

V congresso casa nobres (5)

Na sessão de abertura deste fórum o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves realçou a importância da História e da recuperação do património edificado do concelho como elementos relevantes na estratégia de desenvolvimento ao nível da reabilitação de património, turismo e economia, bem como da afirmação da identidade local e orgulho em Arcos de Valdevez. O autarca lembrou os projetos de reabilitação de património construído e imaterial tais como o Paço de Giela, a Igreja Matriz; a recuperação da Igreja do Espírito Santo para Centro interpretativo do Barroco, o projeto das oficinas de criatividade Padre Himalaya, o qual prevê a criação de um espaço dedicado à figura e legado de um dos maiores cientistas e visionários portugueses da viragem do século XIX, Padre Manuel Himalaya; o projeto de valorização da Arte rupestre do Gião, o Portal da Memória arcuense, o qual se destina a trabalhar temáticas relativas à memória e ao património do concelho; as publicações municipais; e ainda do Projeto das Casas Armoriadas, projeto que já conta com mais de 30 anos de existência e cujos elementos têm estado diretamente envolvidos na organização destes encontros.

V congresso casa nobres (7)

O autarca incentivou a organização a realizar o sexto congresso, afirmando que esta é uma iniciativa a dar continuidade, pois “só através do passado é possível dar continuidade ao futuro” e “esta é uma História com Futuro”.

A quinta edição do Congresso teve neste ano a maior participação de sempre de comunicantes e inscritos, tendo passado pelos auditórios da Casa das Artes cerca de 100 comunicações e quatro palestras nas quatro áreas temáticas do congresso.

Ao nível da Memória Histórica: História da Família, Genealogia e Heráldica, contou com a intervenção do catedrático espanhol de História Medieval Rafael Sanchez Saus, com a intervenção "El concepto de solar en la nobleza medieval del sur de espafia"; na temática de Património: Estudos, Defesa e Valorização, com João Vieira Caldas, do IST da Universidade de Lisboa, através da intervenção "O papel do Conhecimento na defesa e valorização da Casa Nobre - novos contributos da Investigação face a velhos problemas"; na temática de Arquivos e Documentação Familiares, com o Diretor Criativo da Community Sites, Jack Latimer, através da palestra "Bringing History to Life: Community Archives in the UK and Ireland"; na temática do Turismo e Desenvolvimento Regional, com a intervenção do Diretor da Licenciatura em Turismo da UTAD, Xerardo Pereiro Perez, que abrodou a "Turiperegrinação no Caminho Português Interior de Santiago de Compostela".

O programa contou ainda, entre outros, com a apresentação do novo volume do projeto das Casas Armoriadas do Concelho de Arcos de Valdevez, dedicado a Casal do Paço, bem como com a apresentação da versão digital e online das Atas do Congresso anterior, e ainda a atribuição do Prémio D. Fernando José Mascarenhas, vulto cultural e de inigualável importância na defesa do património e da História, falecido em 2014, atribuído no âmbito das comunicações apresentadas.

V congresso casa nobres (8)

V congresso casa nobres (11)

PAREDES DE COURA DEBATE “A INTERVENÇÃO TEATRAL EM PORTUGAL NO SÉCULO XXI

A Intervenção Teatral em Portugal no século XXI

Formação, produção, programação, gestão, descentralização, animação e intervenção social, cultural e educativa

16, 17 e 18 de nov | Paredes de Coura

Paredes de Coura acolhe a partir de quinta-feira, dia 16 de novembro, o Congresso “A Intervenção Teatral em Portugal no século XXI”, que tem por objetivo questionar as práticas teatrais existentes face aos emergentes desafios deste século, numa iniciativa promovida pela Intervenção - Associação para a Promoção e Divulgação Cultural –, com o apoio do Município de Paredes de Coura.

Capturarcouro

Painéis temáticos subordinados à importância do Teatro na sociedade, nomeadamente a formação teatral em Portugal, a produção teatral (programação, gestão, descentralização teatral), Teatro e intervenção terapêutica (saúde, bem-estar, deficiência...), Teatro e Intervenção Social (teatro de amadores, teatro e desenvolvimento, teatro na comunidade...), mas também conferências temáticas sobre Teatro e educação, a produção e a gestão teatral em Portugal, Teatro e animação ou o Teatro e intervenção comunitária, completam estes três dias do congresso, também com mesas redondas, oficinas, workshops, grupos de trabalho, atividades de animação teatral com a comunidade, espetáculos e exercícios teatrais.

O objetivo é analisar o papel do Teatro no século XXI, incentivando o debate e a reflexão à volta do Teatro e dos seus diferentes contributos em programas de intervenção social, cultural e educativa, num congresso que reúne importantes nomes das artes de palco.

Painéis:

Teatro e Intervenção educativa

Mascaras, Rituais, Formas Animadas e Teatro Religioso

Produção, Descentralização e Gestão Teatral

Teatro, Animação Sociocultural e Intervenção Comunitária

Teatro, Saúde, Bem-estar e Intervenção terapêutica         

Teatro, Jogo, Drama e Intervenção social

Conferência Temática:

Teatro e políticas de acessibilidade

Rede Nacional de Teatros e Cineteatros? Uma viagem por Portugal desde os anos 90 do século XX…

Teatro comunitário, teatro social, teatro político. Os teatros das pessoas, na perspectiva de Nikolai Evreinov, Anton Gramsci e Paulo Freire.

À procura da teatralidade do impossível...

O Teatro na Educação

ARCOS DE VALDEVEZ PREPARA CONGRESSO PARA DEBATER O PATRIMÓNIO

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez está a organizar o V Congresso Internacional subordinado à temática Casa Nobre: um Património para o Futuro, dando desta forma seguimento a um projecto consolidado de estudo das temáticas:

  • Memória Histórica: História da Família, Genealogia, Documentação Familiar e Heráldica;
  • Arquivos e documentação familiares;
  • Património Construído: estudos, defesa e valorização;
  • Turismo e Desenvolvimento Regional.

O Congresso irá ter lugar nos dias 30 de Novembro, 1 e 2 de Dezembro de 2017 no Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez.
O evento contará com a participação de investigadores de diferentes áreas científicas, cujas comunicaões refletem sobre este tema em todas as suas vertentes.

Mais informações sobre o evento em https://sites.google.com/site/casanobrecongresso/ e https://www.facebook.com/Congresso-Internacional-Casa-Nobre-317910778636826/

PONTE DE LIMA PARTICIPA NO CONGRESSO DO BRINQUEDO

Museu do Brinquedo Português participa no I Congresso do Brinquedo

O Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima participou no I Congresso do Brinquedo Português realizado no Instituto de Educação da Universidade do Minho e na Casa do Conhecimento de Vila Verde, durante os dias 26, 27 e 28 de outubro.

Congresso do Museu Brinquedo Português_1

Este congresso contou com um programa diversificado que acolheu 35 intervenções sobre as várias facetas do brinquedo, incluindo a conferência do Museu do Brinquedo Português intitulada “O Museu do Brinquedo Português: um espaço de descoberta, brincadeira e aprendizagem” e que foi apresentada no dia 28 de outubro, na Casa do Conhecimento de Vila Verde.

Tratou-se, assim, de um congresso com vertentes multidisciplinares que visaram a pesquisa, divulgação, salvaguarda e valorização do brinquedo e do brincar português, enquanto manifestação da cultura nacional.

received_1118407938293812

Congresso Museu do Brinquedo Português

GUIMARÃES RECEBE CONGRESSO HISTÓRICO INTERNACIONAL

COMEÇA ESTA QUARTA-FEIRA, NO CCVF

Guimarães recebe Congresso Histórico Internacional até sexta-feira, 20 de outubro

Evolução das cidades em contextos históricos e geográficos distintos em debate durante três dias no CCVF. “Sociedade” é o tema de um certame com cerca de 140 comunicações.

A abertura da 2ª edição do Congresso Histórico Internacional “As Cidades na História” está marcada para as 09:30 horas desta quarta-feira, 18 de outubro, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães. Nesta 2ª edição, que se prolonga até sexta-feira, pretende-se que o evento mantenha a sua identidade de partida, abordando a evolução das cidades em contextos históricos e geográficos distintos, desde a Cidade Antiga à Cidade do Presente a caminho do Futuro.

O congresso, cuja primeira edição decorreu em 2012, divide-se em cinco grandes áreas temáticas; a Cidade no Mundo Antigo, na Época Medieval, Moderna, Industrial e, finalmente, a Cidade da Época Contemporânea. Cada uma destas áreas tem uma sessão plenária estruturada em torno de dois conferencistas, um português e outro de fora de Portugal, e um conjunto de sessões paralelas de apresentação de resultados sobre as respetivas temáticas, com cerca de 140 comunicações.

Maria Manuela Martins (Universidade do Minho) coordena a área temática relativa à “Cidade Antiga”, Maria Helena da Cruz Coelho (Universidade de Coimbra) é responsável pelo painel “Cidade Medieval”, José Damião Rodrigues (Universidade de Lisboa) tem sob a sua alçada o tópico da “Cidade Moderna”, Jorge Fernandes Alves (Universidade do Porto) coordena o tema “Cidade Industrial”, enquanto a área “Cidade Contemporânea” tem a coordenação do Instituto Universitário de Lisboa.

No segundo dia do congresso, 19 de outubro, pelas 17 horas, realizar-se-á uma Mesa Redonda sobre “A Cidade do Futuro”. Os Congressos Históricos podem apresentar-se como ponto de partida de outros encontros em que Guimarães se situa como importante plataforma do diálogo europeu, sendo anfitriã apetecível para eventos desta natureza, não só pelas estruturas culturais de que dispõe, mas por toda a sua envolvência urbana.  

ASSOCIAÇÃO DE DEFESA E PROMOÇÃO DO GERÊS ORGANIZA FÓRUM GERÊS

Fórum Gerês 2017_cartaz vfinal

PROGRAMA

09:45 | Recepção e registo de presença dos participantes

10:15 | Sessão de acolhimento

Sr. Manuel Tibo | Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro

Dr. José Arriscado | Vice-Presidente da associação empresarial Gerês Viver Turismo e Director do Hotel S. Bento

10:30 | Painel 1: território e património

Moderador | Prof. Dr. José Carlos Meneses Coordenador da licenciatura em Turismo do Instituto de Estudos Superiores de Fafe; Doutorado em História da Arte Oradores |

Prof. José Mota Alves Presidente da ATAHCA - Associação de Desenvolvimento Local

Abordagem/Tema: A importância da dimensão tradicional do património cultural local

Dr. Duarte Figueiredo Chefe de Divisão no ICNF - Instituto de Conservação da Natureza e Florestas

Abordagem/Tema: O património natural do Parque Nacional da Peneda-Gerês e a sua relação com o turismo

11:30 | Coffee-break

11:45 | Painel 2: educação, formação e qualificação

Moderador | Prof. Dr. José Carlos Meneses Coordenador da licenciatura em Turismo do Instituto de Estudos Superiores de Fafe; Doutorado em História da Arte Oradores |

Dr. João Luís de Matos Nogueira Director Geral da Escola Profissional Amar Terra Verde

Abordagem/Tema: Desafios do ensino profissional em territórios de baixa densidade populacional

Profª Drª Isabel Borges Coordenadora do Curso Técnico Superior Profissional de Gestão Hoteleira e Alojamento do Instituto de Estudos Superiores de Fafe; Doutorada em Turismo

Abordagem/Tema: O papel do ensino superior privado na crescente procura por profissionais qualificados em turismo e hotelaria

Prof. Dr. Carlos Fernandes Coordenador da licenciatura em Turismo do Instituto Politécnico de Viana do Castelo; Doutorado em Turismo Abordagem/Tema: A importância da abrangência de competências dos profissionais de turismo e a melhoria da qualidade dos serviços nos destinos turísticos

13:00 | Almoço livre

14:30 | Painel 3: dinâmicas empresariais / trabalho em rede Moderador |

Dr. Jorge Coelho Técnico de turismo na associação empresarial Gerês Viver Turismo; Docente convidado no Instituto de Estudos Superiores de Fafe; Mestre em Turismo, Inovação e Desenvolvimento

Oradores |

Profª Drª Alexandra Malheiro Directora da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico Cávado-Ave; Doutorada em Marketing e Estratégia

Abordagem/Tema: A importância da cooperação empresarial no desenvolvimento de estratégias de marketing territorial

Engª Sónia Almeida Administradora Delegada da ADERE Peneda-Gerês - Associação de Desenvolvimento Regional Abordagem/Tema: Os 5 municípios abrangidos pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês e as relações empresariais do turismo no território

Dr. José Carlos Pires Presidente da associação empresarial Gerês Viver Turismo - Associação de Defesa e Promoção do Gerês

Abordagem/Tema: O papel da associação Gerês Viver Turismo no desenvolvimento turístico do concelho de Terras de Bouro

15:30 | Painel 4: planeamento, ordenamento e estratégias do turismo

Moderador | Dr. Jorge Coelho Técnico de turismo na associação empresarial Gerês Viver Turismo; Docente convidado no Instituto de Estudos Superiores de Fafe; Mestre em Turismo, Inovação e Desenvolvimento Oradores |

Dr. José Martins Gerente da empresa GeoAtributo - Planeamento e Ordenamento do Território

Abordagem/Tema: A importância do planeamento e ordenamento do território nas políticas e estratégias do turismo

Dr. Filipe Ortigão Guimarães Director Executivo da Associação de Turismo do Porto e Norte/Agência Regional de Promoção Externa

Abordagem/Tema: Estratégias para a promoção externa do Porto e Norte de Portugal e o produto Turismo de Natureza

16:15 | Sessão de encerramento

Dr. José Carlos Pires | Presidente da associação Gerês Viver Turismo

Sr. Manuel Tibo | Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro

Engº Luís Macedo | Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal do Cávado

Drª Ana Mendes Godinho | Secretária de Estado do Turismo (a confirmar)

16:45 | Verde de Honra

Organização | Gerês Viver Turismo - Associação de Defesa e Promoção do Gerês www.geres.pt

Apoio Institucional | Instituto de Estudos Superiores de Fafe www.iesfafe.pt

Câmara Municipal de Terras de Bouro www.cm-terrasdebouro.pt

Patrocínios | Hotel S. Bento | www.hotel.sbento.pt

Beira Rio do Gerês | www.beirariodogeres.pt

Escola Profissional Amar Terra Verde | www.epatv.pt

Águas do Gerês – Hotel, Termas & SPA | solardasboucas.blogspot.pt

Águas Fastio | www.fastio.pt

Informações | vivergeres@gmail.com | 912 508 644

BRAGA HOMENAGEIA D. RODRIGO DE MOURA TELES

Braga presta tributo ao legado de ‘expressão universal’ de D. Rodrigo de Moura Teles. Congresso decorre até Sábado no Bom Jesus

Até ao próximo Sábado, Braga presta tributo a um dos maiores nomes da sua história, com um congresso de homenagem a D. Rodrigo de Moura Teles, Arcebispo de Primaz no século XVIII, cujo legado económico, social, artístico e religioso veio transformar a sociedade na qual esteve inserido.

CMB12102017SERGIOFREITAS0000009234

Intitulado ‘Os Sete Castelos’, o congresso concentra dezenas de historiadores e outros estudiosos em torno da pessoa e da obra de D. Rodrigo de Moura Teles.

“Mais do que um tributo justo e oportuno, este é um momento histórico que se reveste de extrema importância para Braga. D. Rodrigo de Moura Teles deixou-nos um legado de expressão universal e a grande marca do barroco Bracarense tem na sua figura uma elevada centralidade”, referiu Miguel Bandeira, vereador do Município de Braga, durante o arranque dos trabalhos que se realizou esta Quarta-feira, 12 de Outubro, no Hotel do Parque, no Bom Jesus.

Após ter sido designado Arcebispo de Braga, em 1704, D. Rodrigo de Moura Teles deu início a um dos mais notáveis arcebispados que a Cidade conheceu ao longo da sua história. Homem de uma enorme erudição e de uma invulgar sensibilidade política, D. Rodrigo arquitectou um programa invulgarmente coeso em termos económicos, sociais, artísticos e religiosos que iria transformar a sociedade e a paisagem sagrada da Arquidiocese.

Da sua vida, há a realçar vários vectores: um pastoral, com forte acção social na Diocese; um social, mantendo-se ainda a influência em instituições como o Convento de Penha de França e as Convertidas; e um construtivo, tendo deixado um legado monumental de extrema valia, destacando-se, o Bom Jesus e a capela de S. Sebastião das Carvalheiras. Por outro lado, as Confrarias, tendo impulsionado mais de 600, desde Lisboa até Braga.

Este congresso, organizado pelo Instituto de História e Artes Cristãs (IHAC), pretende relevar esta figura e a sua importância através de um intenso programa que se prolonga até ao próximo Sábado.

CMB12102017SERGIOFREITAS0000009235

PONTE DA BARCA ASSOCIA-SE AO II CONGRESSO INTERNACIONAL DAS VINHAS E DOS VINHOS

Dia 26 de Outubro, a partir das 9h, na Casa da Cultura

Ponte da Barca acolhe, no dia 26 de outubro, a partir das 9h, na Casa da Cultura, uma das sessões do II Congresso Internacional das Vinhas e dos Vinhos, organizado pela Associação Portuguesa de História da Vinha e do Vinho (APHVIN/GEHVID).

unnamed

A iniciativa, que vai decorrer entre 25 e 28 de Outubro, nas Regiões Demarcadas do Douro, Dão e Vinhos Verdes tem como intuito, entre outros, a atualização de conhecimentos nos domínios que respeitam à História, Vitivinicultura, Enologia, Regulamentação Jurídica das regiões abrangidas e evolução das estruturas comerciais, de Marketing e de Enoturismo. O carácter internacional deste Congresso visa frutificar a troca de experiências com colegas investigadores nacionais e estrangeiros.

Em representação de cada região vitivinícola e, a par de Ponte da Barca, também o Porto, Nelas e Peso da Régua acolhem as restantes sessões que integram este Congresso.
As fichas de inscrições e o custo de participação no Congresso poderão ser conhecidas no sitehttps://congressovinhasevi.wixsite.com/vinhasevinhos e enviadas por correio ou email para a APHVIN/GEHVID - Associação Portuguesa de História da Vinha e do Vinho, Rua da Restauração, n-º318, 4050-501 Porto ou paraaphvin@gmail.com, até ao dia 16 de Outubro.

Programa detalhado aqui: https://congressovinhasevi.wixsite.com/vinhasev…/programacao

DOCENTES DO INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E AVE PARTICIPAM NA GALIZA EM CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO

Docentes do IPCA apresentaram artigos em conferência internacional

Realizou-se no passado dia 29 e 30 de junho, na Universidade de Santiago de Compostela, na Galiza, uma das mais antigas instituições de ensino superior da Península Ibérica, o I Congresso Internacional de Direito, Governança e Inovação.

I Congresso Internacional de Direito, Governança e Inovação..JPG

O Congresso, que computou a presença de uma representativa comunidade cientifica ibero-americana dedicada aos estudos das questões de direito, governança e inovação, contou no decurso dos trabalhos com a apresentação de dois artigos elaborados por duas docentes da Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (ESG - IPCA).

Designadamente, a professora Susana Aldeia, do Departamento de Contabilidade e Fisicalidade, que apresentou uma comunicação intitulada “La determinación de la base imponible en el impuesto sobre sociedades. Régimen general. Una perspectiva de derecho comparado de España y Portugal”. E a docente Isabel Brites, do Departamento de Direito, que proferiu uma conferência subordinada à temática “As custas processuais e o direito fundamental de acesso à justiça em Portugal”.

IV ENCONTRO NACIONAL DE MOLINOLOGIA - MOINHOS2017 REALIZA-SE EM PONTE DE SOR

Ponte de Sor – Centro de Artes e Cultura. 17 de Junho (Sábado)

É já no próximo sábado: Os moinhos voltam a estar no centro das atenções: Dezenas de especialistas, empreendedores, moleiros, investigadores e autarcas de todo o país reúnem-se neste encontro bienal para passar em revista os projectos de reconstrução e revitalização económica e cultural dos moinhos tradicionais portugueses. Temas como a dinamização comunitária, o turismo sustentável, novos mercados e economia verde, tecnologias e engenhos tradicionais, misturam-se com histórias de moleiros contadas na primeira pessoa.

image001moinnh.jpg

Moinhos ' 2017

Após o sucesso do III Encontro em Albergaria-a-velha, em 2015, a Etnoideia organiza o IV Encontro Nacional de Molinologia dada a pertinência e urgência do tema na conjuntura atual.

A Câmara Municipal de Ponte de Sor é co-organizadora do encontro, perspectivando-se um programa de bom nível dado o rico património molinológico local e o dinamismo municipal na sua preservação e valorização de que destacamos a recuperação recente do Moinho de Vento de Foros de Arrão.

Porquê o Encontro?

Portugal precisa como nunca de desenvolver o seu interior e de qualificar as suas cidades. Os nossos moinhos são importantes ativos para o desenvolvimento sustentável, qualificação dos territórios, empreendedorismo ao nível das indústrias criativas e do turismo, por exemplo. Mas também para a construção da designada economia verde e para a qualificação ambiental das regiões e requalificação urbana, não esquecendo as importantes funções educativa, de lazer e de interação e coesão social. No entanto, o seu declínio acentuado pela crise e pelo envelhecimento dos detentores dos saberes tradicionais coloca em risco este importante património.

O que buscamos?

Por isso, mais do que nunca, é oportuno convocar a cidadania dos portugueses e as suas instituições autárquicas, associativas e económicas para a sua recuperação e valorização numa perspetiva de criação de riqueza e geração de oportunidades, tendo os jovens como prioridade e a estratégia Portugal 2020, em que os moinhos se integram claramente, como oportunidade de financiamento e ativação de processos de desenvolv-mento comunitário de base local integrando os moinhos tradicionais portugueses nas novas soluções para os territórios.

O IV Encontro Nacional de Molinologia desenvolve-se em duas vertentes. Por um lado, na recolha, aprofundamento e partilha do Saber e do Saber Fazer tradicionais ao nível da Etnotecnologia e da Molinologia Portuguesa. Por ou-tro, na apresentação e reflexão conjunta de projetos de desenvolvimento envolvendo a reabilitação e valorização de moinhos tradicionais em Portugal.

BRACARENSES DEBATEM PATRIMÓNIO

Evento decorre de 14 a 16 de Junho, Braga discute preservação e reabilitação do património no Congresso REHAB 2017

O congresso REHAB 2017 - 3rd International Conference on Preservation, Maintenance and Rehabilitation of Historical Buildings and Structures, promovido pela associação Green Lines Instituto para o Desenvolvimento Sustentável, reunirá na cidade de Braga, nos dias 14 a 16 de Junho, um conjunto de especialistas internacionais em preservação e reabilitação do património edificado.

cartaz.cdr

Este grupo de delegados, oriundos de todos os continentes, exibirá e debaterá um conjunto de temas relacionados com as tecnologias de inspecção e monitorização de edifícios e de patologias, comportamento sísmico de edifícios históricos, análise de casos de estudo de reabilitação, preservação dos centros históricos, autenticidade e património edificado, inclusividade de sítios e edifícios históricos, novos materiais e tecnologias na preservação e reabilitação, integração de princípios de sustentabilidade e, ainda, um tópico especial dedicado à construção em terra.

O congresso decorrerá nas instalações do Museu D. Diogo de Sousa, onde se realizará a sessão de abertura e as sessões de debate, incluindo uma visita técnica ao centro histórico de Braga. Na tarde do último dia, os delegados serão recebidos no Mosteiro de Tibães onde se realizará igualmente uma visita técnica ao edifício, um laboratório de monitorização de edifícios históricos e uma sessão plenária dedicada à construção em terra em Portugal, à qual se seguirá a sessão de encerramento.

O evento conta com os apoios institucionais e parcerias do Município de Braga, da Direcção Regional de Cultura Norte, do Museu D. Diogo de Sousa, do Mosteiro de Tibães, do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, da Ordem dos Arquitectos, da Ordem dos Engenheiros, da associação Centro da Terra e da Universidade do Minho.

Toda a informação acerca do congresso poderá ser consultada em rehab.greenlines-institute.org.

ESPOSENDE AMBIENTE PARTICIPA NO IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE RISCOS

A Esposende Ambiente marcou presença no IV Congresso Internacional de Riscos, que decorreu de 23 a 26 de maio, em Coimbra, sob o tema “Riscos e Educação”, organizado pela RISCOS – Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança, em colaboração com a Universidade de Coimbra.

20170524_110655

"Educar para garantir Vidas Seguras" foi a comunicação apresentada pela Esposende Ambiente, na qual foram dadas a conhecer as várias ações promovidas pela empresa e divulgadas as boas práticas na promoção de uma cultura de segurança, tanto internamente como junto da comunidade local. Esta comunicação mereceu a atenção do público, tendo-se registado várias questões, nomeadamente na forma como o projeto Vidas Seguras é promovido nas escolas e a aceitação do mesmo.

Mais do que a quantificação das participações e das avaliações de satisfação, e não obstante a sua relevância enquanto indicadores em constante monitorização, neste congresso foi realçado o contributo da Esposende Ambiente na gradual mudança de hábitos e responsabilização dos munícipes, esperando servir de exemplo para outros municípios.

Certificada pelo normativo OHSAS 18001 - Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho, a Esposende Ambiente tem apostado na contínua Formação/Sensibilização/Informação dos seus colaboradores, tanto em sala como nos locais de trabalho, sobre as várias temáticas relacionadas com os perigos e riscos associados ao trabalho, incluindo a resposta a situações de emergência, com vista à melhoria contínua das condições de segurança e de saúde nos locais de trabalho.

Ainda no âmbito da promoção de uma cultura de segurança, a Esposende Ambiente desenvolve junto da comunidade escolar o projeto Vidas Seguras, no âmbito do projeto Crescer Saudável, com o objetivo de sensibilizar para a segurança infantil e segurança e saúde no trabalho, visando a redução de acidentes. Apesar de a educação para a prevenção começar desde cedo no seio familiar, prolongando-se pelos vários ciclos do ensino escolar, nunca é demais o reforço da informação relativamente aos conteúdos relacionados com a segurança infantil, já habitualmente trabalhados em contexto escolar. No entanto, importa também introduzir as temáticas relacionadas com a segurança e a saúde nos locais de trabalho, dada a relevância que o assunto tem na sociedade, nomeadamente pelo facto de as crianças e jovens serem os veículos promotores da segurança no trabalho junto dos pais e familiares.

PONTE DA BARCA RECEBE CONGRESSO SOBRE ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL

De 28 a 30 de Abril | Auditório da Epralima, Ponte da Barca acolhe o Congresso Internacional 'A Animação Sociocultural: Turismo Rural e desenvolvimento Comunitário'

O Congresso Internacional A Animação Sociocultural: Turismo Rural e desenvolvimento Comunitário vai ter lugar em Ponte da Barca, no auditório da ERPRALIMA – ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO MINHO, nos dias 28, 29 e 30 de Abril de 2017. Trata-se de um evento organizado pela INTERVENÇÃO – Associação para a Produção e Divulgação Cultural (associação de âmbito nacional), com o alto patrocínio do Município de Ponte da Barca e como o poio da Secretaria de Estado da Juventude, Fundação INATEL, Casa do Professor, Epralima, Sabseg seguros, Areal editores e Delta cafés. O referido evento é coordenado pelo Dr. Franclim Sousa, Dr. José Dantas Lima Pereira e Prof. Doutor Marcelino de Sousa Lopes.

Participam neste evento 35 especialistas/conferencistas nacionais e estrangeiros, vindos de universidades portuguesas, brasileiras, espanholas, italianas e de instituições vocacionadas para a intervenção turística que irão dissecar vários temas, distribuídos por 9 painéis: - Turismo, Saúde, Ócio, Tempo Livre e intervenção terapêutica no Espaço Rural - Turismo paranormal e religiosidade no espaço rural. Animação Sociocultural, turismo e ruralidade, património, intervenção social, cultural, educativa e desenvolvimento local - As Artes e a Cultura como meio de Animação turística rural e educação comunitária - Animação, gastronomia, tradição e inovação no espaço rural - Turismo rural: Educação e Animação Ambiental, criatividade e empreendedorismo - Relatos de Projetos e Experiências de Turismo no Espaço Rural a nível nacional - Relatos de Projetos e Experiências de Turismo no Espaço Rural em Ponte da Barca - Os Incentivos e apoios ao turismo e desenvolvimento rural.

Destaque ainda um interessante programa de animação à volta da temática do congresso e uma feira do livro de Animação Sociocultural, Turismo e animação comunitária.