Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CARNAVAL SOLIDÁRIO EM ARCOS DE VALDEVEZ FOI UM SUCESSO

2126 pessoas participaram no corso a favor dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez

O desfile de Carnaval arcuense teve de ser adiado devido ao mau tempo, mas nem esse percalço fez com que os foliões desistissem da festa, tendo sido milhares aqueles que vieram até Arcos de Valdevez para assistir e participar naquele que é considerado o maior corso carnavalesco do Norte de Portugal.

grande_corso_2018

As mais de 2000 pessoas que desfilaram e a população disseram sim em força ao apelo feito pelo Município, pela Folia e pelos Bombeiros Voluntários para que ajudasse a apoiar esta Associação Humanitária, já que por cada participante a Autarquia e a Associação de Festas entregariam aos soldados da Paz um euro.

Ao longo do cortejo os “pinguinhas”, crianças de 5/6 anos vestidas de bombeiro, também recolheram donativos que foram sendo entregues pela população que estava a assistir.

O corso, que teve como Reis um bombeiro e uma bombeira, contou com a presença de inúmeros foliões de várias associações do concelho, bem como participantes individuais que desfilaram juntamente com os sete carros alegóricos elaborados pelo artista arcuense Zé Mokuna, e cujos temas foram o das Rusgas Populares, do Ambiente, dos Incêndios, dos Palhaços, da sátira referente à entrada de animais em restaurantes e o do Rei.

A Autarquia considera que este desfile não poderia ter corrido de melhor forma, já que o objetivo de apoiar os Bombeiros Voluntários foi atingido. Para além disso, esta foi também uma ótima forma de dinamizar a economia e o Turismo locais, pois foram muitos milhares aqueles que quiseram vir a Arcos de Valdevez.

O Presidente da Câmara, João Esteves, fez questão de agradecer a todos o grande empenho e envolvimento demonstrado nesta causa, o que comprovou que a sociedade está atenta às causas solidárias, neste caso dos Bombeiros.

Em período de Carnaval, o espírito Carnavalesco e a animação que se faz sentir no concelho são voltados, na íntegra, para a brincadeira, as máscaras e a traquinice. As artérias da Vila enchem-se de crianças, jovens, adultos e séniores que ajudam a fazer festa. Mascarados com grande criatividade e dos mais variados temas, participam sempre muito animados, contribuindo para que esta festa seja única e repleta de muita alegria, cor e fantasia.

As festividades são organizadas pela Associação Folia em colaboração com a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

grande_corso_2018_2

grande_corso_2018_3

grande_corso_2018_4

grande_corso_2018_5

grande_corso_2018_6

grande_corso_2018_7

ATLETAS DO CRAV DIVERTEM-SE NO CARNAVAL

Escalões de Formação do CRAV Divertem-se em Mais um Convívio

As equipas sub-8, sub-10 e sub-12 do CRAV deslocaram-se no dia 18 de fevereiro a Braga, para participarem no convívio regional organizado pelo clube da casa, Braga Rugby, e a Associação de Rugby do Norte.

crav_carnaval (2)

O convívio passou-se da melhor forma, com excelentes condições atmosféricas, numa demonstração de crescimento do Rugby na região Norte.

Sobre as equipas do CRAV, pouco ou muito haverá a dizer, conforme o ponto de vista. Em termos de resultados, ganharam-se alguns jogos e perderam-se outros. Pouco mais haverá a dizer, uma vez que este não é o ponto mais relevante deste tipo de competição.

Haverá muitas linhas a gastar se tivermos em conta o divertimento destes pequenos atletas, e a evolução que todas as semanas demonstram. É revigorante ver a capacidade de aprender destes jovens e a forma saudável como vêem o jogo: uma ocasião para se juntar é um pretexto para se divertirem.

Diversão Continua no CARNAVAL de Arcos de Valdevez

Após o convívio regional em Braga, os atletas de palmo e meio regressaram a Arcos de Valdevez para também eles marcarem presença no corso carnavalesco local que este ano foi ainda mais especial pelo seu cariz solidário.

crav_carnaval (3)

crav_carnaval (4)

crav_carnaval (5)

crav_carnaval (6)

crav_carnaval

BARCELENSES FESTEJAM CARNAVAL DURANTE CINCO DIAS

Milhares de pessoas no Carnaval Popular de Barcelos. Cinco dias de festa no concelho

A cidade de Barcelos viveu cinco dias de festa com o Carnaval Popular Barcelos 2018, uma iniciativa da Câmara Municipal de Barcelos que contou com a colaboração das coletividades do concelho. O momento alto foi o desfile no dia de Carnaval, com milhares de pessoas a ladear a ruas por onde passou o corso carnavalesco.

Capturarb1

Os grandes vencedores do desfile de Carnaval Popular de Barcelos foram o Agrupamento de Escuteiros de Bastuço S. João, com a representação da “Visita do Marcelo a Barcelos”, no que toca às composições a pé, e nas composições com carro a Associação de Pais de Carreira e Fonte Coberta- FOCA foi a vencedora com a representação da “Cidade do Lego”.

Desfilaram mais de dois mil figurantes representantes de 42 associações, cheios de cor e alegria, com muita sátira e brincadeira à mistura. O desfile arrancou na Avenida João Duarte e percorreu dez ruas e avenidas da cidade, com destaque para a Avenida da Liberdade, local onde o Presidente da Câmara Municipal e outros membros do executivo assistiram ao desfile e onde o público afluiu em maior número.

A tarde de Carnaval acabou com um espetáculo de música protagonizado pela banda Dimensão Minhota, no palco montado na Avenida da Liberdade.

Mas o programa de Carnaval começou antes. Na sexta-feira, os mais novos desfilaram pelo Centro Histórico, e no domingo foi a vez dos cabeçudos e gigantones passearem pelas principais ruas da cidade terminando com o Concurso de Máscaras Infantil, na Avenida da Liberdade, que atribuiu três prémios às composições: “Velhinho”, “Palhaço” e “Pirata”.

Na segunda-feira à noite, também na Avenida da Liberdade, decorreu o concurso de máscaras com duas categorias, num total de 30 participações. A composição “Os Reis de Copas ” foi a vencedora na categoria dos grupos, enquanto nas composições individuais venceu “Lara e a Josefina”. No final os presentes divertiram-se ao som do cantor popular Augusto Canário & Amigos. No final todos os caminhos foram dar ao Pavilhão Municipal, com a grande festa de Carnaval, numa parceria entre a Câmara e a Lux Produções.

Capturarb2

Capturarb3

VILA DE PRADO FESTEJA O CARNAVAL

Milhares de pessoas no Carnaval da Vila de Prado 2018!

O dia cinzento varrido a aguaceiros, entre algumas chuvadas mais fortes, não convidava ao passeio. Mas como era Carnaval… ninguém levou a mal. A chuva não foi suficiente para demover a vontade de centenas de foliões e milhares de espectadores que fizeram questão de manter viva a tradição do Entrudo e deram corpo ao Carnaval da Vila de Prado 2018. Na passada terça-feira, a meio da tarde, o céu escuro contrastava com uma onda de cor que ‘varria’ as principais artérias da freguesia.

P (2)

Apesar da intempérie, o número de participantes foi bastante expressivo, já o número de guarda-chuvas subiu significativamente face a edições anteriores. Do velho Oeste Americano até à era dos Piratas, soldados modernos e legiões romanas, princesas, palhaços, toureiros, bruxas e feiticeiros. E muito, muito mais. Uma oportunidade soberana de convívio, alegria e diversão em que não faltaram grupos temáticos e até coreografias a rigor.

As salmonelas do Cávado, que tanto deram que falar no verão passado, não foram esquecidas, entre vários momentos de sátira social. Uma onda de cor e folia que inundou as principais artérias pradenses, deixando um rasto de boa-disposição à sua passagem. Pouco passava das 15h30, quando os dois principais corsos carnavalescos chegaram à Avenida do Cávado vindos dos Carvalhinhos e da Ramalha, respetivamente, onde se juntaram aos mascarados individuais para uma tarde de grande diversão.

P (1)

P (3)

P (4)

P (5)

FOI TUDO PARA O GALHEIRO… EM FAMALICÃO!

Várias centenas de pessoas reuniram-se, esta terça-feira à noite, na freguesia de Fradelos, em Vila Nova de Famalicão, para assistir à Queima dos Galheiros, nos lugares da Povoação e de Quinta e Sapugal, uma tradição ancestral, que está ligada aos primórdios do Entrudo, aos rituais de purificação e à expulsão das forças malignas do Inverno e do início do período renovador da Quaresma.

IMG_8518 (POVOAÇÃO)

Ao longo do dia, a população saiu à rua amontoando os restos das sementeiras, os galhos velhos das árvores e o silvado, no topo colocaram um boneco a quem chamam de entrudo e já noite dentro pega-se fogo. Os galheiros voltaram a atingir metros de altura.

A Queima do Galheiro assinalou, assim, o final das festividades carnavalescas e o início da quaresma pascal.

IMG_8866 (SAPUGAL)

CARNAVAL EM MONÇÃO: UMA SEGUNDA DE PRIMEIRA

A noite de segunda-feira de carnaval foi um sucesso, trazendo ao centro da vila milhares de pessoas. Algumas centenas fantasiadas e outras movidas pela curiosidade e animação. Todas envolvidas no espirito de uma festa que reflete o melhor de nós nos outros.

1º Grupos 5 ou mais pessoas

A noite começou com o desfile entre o Largo da Estação e a Praça Deu-la-Deu, passando pela Avenida da Estação, Praça da República e Rua Pimenta de Castro. Muita gente nos passeios a incentivarem os participantes no desfile que, aqui e ali, mostravam grande criatividade com exibição de coreografias divertidas.  

A festa continuou na mega tenda situada na Praça Deu-la-Deu com a apresentação em palco dos concorrentes individuais e em grupos (até 4 pessoas e 5 ou mais pessoas) e respetiva entrega de prémios, no montante global de 1.000,00 €.

O júri de premiação foi constituído pelo autarca local, António Barbosa, e os artistas monçanenses Ricardo de Campos e Patricia Oliveira. Uma tarefa bastante difícil devido à qualidade e diversidade dos concorrentes. Tanto individuais como em grupo.

O carnaval prosseguiu pela noite dentro com os DJ`s Pedro Pagodes, Pette e Fábio Vasquez, proporcionando uma noite de grande animação aos locais e visitantes que vieram, em número significativo, ao “Carnaval na Praça” organizado pelo Município de Monção

Com coprodução dos bares Baluarte, Lés-a-Lés, Ninho do Pardal, Oh My God, Porta Onze e República, a celebração do carnaval iniciou-se, na passada quinta-feira, com o desfile de carnaval do Agrupamento de Escolas de Monção, Colégio do Minho e Santa Casa da Misericórdia de Monção,

No passado domingo, durante a tarde, realizou-se o Baile de Máscaras Júnior com a mega tenda repleta de crianças, pais e avós. Houve prémios para os três primeiros classificados e surpresas para todas as crianças fantasiadas. Sem qualquer dúvida e com muita graça, uma tarde marcada pela diversão com centenas de crianças felizes.

1º grupos até 4 pessoas

1º lugar individual

2º grupos 5 ou mais pessoas

3º lugar 5 ou mais pessoas

3º lugar grupos de 5 ou mais pessoas

IDOSOS DE FAFE BRINCAM O CARNAVAL

Mais de 300 idosos participam no Baile de Carnaval em Fafe

Cerca de 300 idosos de todo o concelho participaram, esta tarde, no Baile de Carnaval Sénior de Fafe, numa tarde marcada pela folia e animação tradicionais da época.

DSA_8892A

Vestidos a rigor, dançaram e cantaram tarde fora, numa ambiente de alegria e convívio.

São várias as instituições do concelho que participam nesta festa, promovida pelo Município de Fafe há vários anos, e que celebra o Carnaval junto dos mais velhos.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, garante que “esta é uma celebração especial para os nossos seniores que dão, aqui, o exemplo de como possível manter sempre a alegria de viver. Durante mais de três horas, têm oportunidade de conviver, divertirem-se e partilharem momentos de alegria. Esta é também mais uma das iniciativas que se enquadra na nossa política de promoção do envelhecimento activo da população e que queremos manter, pois sabemos que faz, muitas vezes, a diferença na vida dos nossos idosos.

O Baile Sénior é uma continuação do Carnaval em Fafe que, começou na sexta-feira, com as nossas crianças, se estendeu ao fim de semana em várias freguesias do concelho e que culmina, amanhã, à noite, com a Queima do Pai das Orelheiras, uma tradição recuperada pelo Município em 2015 que reúne o agrado de todos. ”, concluiu.

DSA_8762A

DSA_8767A

DSA_8774A

DSA_8789A

DSA_8821A

DSA_8868A

SENIORES DE PÓVOA DE LANHOSO FESTEJAM CARNAVAL COM ESPÍRITO JOVEM

Festa de Carnaval juntou mais de 350 seniores

Mais de 350 utentes de IPSS’s e Centros de Convívio da Póvoa de Lanhoso participaram na Festa de Carnaval para seniores, organizada pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

Avelino Silva 2

O Presidente da Câmara Municipal não faltou, cumprimentando individualmente as pessoas e agradecendo a presença de todos/as. “Quero que tenham um Carnaval com muita alegria!”, afirmou Avelino Silva, que, de entre outros aspetos, referiu que a área social é muito importante para a Câmara Municipal e deu a entender que, nos próximos meses, haverá novidades quanto a novos benefícios.

A tarde contou com um desfile e com animação do Palhaço Palhinhas. Não faltou a boa disposição nem a animação nem o tradicional baile de Carnaval. Os utentes das entidades participantes apresentaram-se vestidos a rigor, numa interpretação da temática “Profissões”, com fatos confecionados, em alguns casos, nas próprias instituições. Os próprios técnicos e técnicas das entidades participantes e da organização (Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso) usaram disfarces.

Esta Festa de Carnaval para seniores realizou-se no Narcisu’s Eventos, em Fontarcada, como em edições anteriores, no passado dia 8 de fevereiro. Esta iniciativa visa preservar uma tradição, mas também promover o envelhecimento ativo e combater a solidão, ao proporcionar momentos divertidos e de convívio.

Avelino Silva 1

Avelino Silva 3

Festa de Carnaval 2018

FAMALICENSES LEVAM CARNAVAL AO RUBRO

Seniores põem Famalicão a aquecer para a grande noite de Carnaval

É certo que não tem o calor do Rio de Janeiro, mas para Maria Alice, de 71 anos, Vila Nova de Famalicão é também “Cidade Maravilhosa”. A famalicense, natural da freguesia de Oliveira São Mateus, esteve hoje entre os cerca de mil participantes do Carnaval Sénior, iniciativa promovida pela autarquia e que antecipa a grande noite de folia que todos os anos se vive no centro da cidade.

AFS_0204

“Gosto muito destas brincadeiras”, conta Maria Alice, que começou a preparar o seu fato de Carnaval esta segunda-feira de manhã. “Eram 11h00 quando peguei num conjunto de bandeiras que tinha lá para casa e meti as mãos na máquina de costura para fazer este conjunto todo colorido”.

O mesmo se pode dizer de Maria Machado, que este fim-de-semana se inspirou na recente conquista da Seleção Nacional de Futsal para preparar o seu traje de “Miss Portugal”. Desfilou no palco ao som do Hino Nacional, foi uma das mais aplaudidas da tarde e levou para casa o prémio de “Melhor Fantasia”.

O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, aplaudiu a criatividade dos seniores famalicenses.“É uma boa tradição que se mantém e é bom perceber que os nossos seniores se associam a esta iniciativa. É um sinal de vitalidade e de envolvimento da comunidade”, disse.

Referência ainda para os outros dois galardoados da tarde. O Centro Social de Landim arrecadou o prémio de “Melhor Grupo” e o Centro de Convívio de Famalicão o prémio de “Mais Folião.

Centro de Convívio de Famalicão arrecadou o prémio de _Mais Folião

Maria Machado trajou-se de Miss Portugal

CELORICO DE BASTO VESTE-SE DE CARNAVAL

Os centros urbanos de Celorico de Basto receberam no dia 9 de fevereiro a folia do Carnaval com as crianças do centro escolares e das instituições locais a desfilar e a divertir a população que assistia.

Na vila de Celorico de Basto, o corso carnavalesco iniciou junto ao Centro Escolar e percorreu o Centro da vila, até à praça Albino Alves Pereira, onde culminou com uma apresentação dos temas escolhidos nesta edição.

_DSC6151

A receber os foliões estava o Presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, que se mostrou agradado com a alegria e a boa disposição imprimida neste corso carnavalesco.

“É sempre um momento divertido para quem participa e para quem vê. O Carnaval das escolas continua a ser uma altura de folia que diverte e entusiasma os participantes e que incita a população a sair à rua para ver e participar na folia característica desta época” disse o autarca. Joaquim Mota e Silva reforçou a necessidade de manter estas tradições que aquecem a alma neste tempo frio de inverno. “Com esta folia o frio passa ao lado e não são as temperaturas baixas que inibem os foliões de vir à rua e aproveitar o melhor que o carnaval tem para oferecer, a alegria, a brincadeira e a boa disposição”.

Este desfile de carnaval incidiu em várias temáticas fruto do empenho dos professores, educadores e dos encarregados de educação que colaboraram ativamente na execução dos trajes. Entre outros temas os foliões desfilaram caracterizados de várias profissões (serralheiro, pintor, pedreiro, madeireiro…) de uvas, abelhas, pipas, pierrot (personagem de comédia dell’art)…

Um desfile que contou com aproximadamente 600 crianças a participar. Nos outros centros urbanos o número de participantes foi ligeiramente inferior mas igualmente divertido atraindo centenas de pessoas às ruas.

_DSC6160

_DSC6170

_DSC6187

_DSC6197

_DSC6224

_DSC6372

_DSC6391

_DSC6449

_DSC6452

DSC_0099

DSC_0153

PAREDES DE COURA FESTEJA ENTRUDO SOPEIRO

Entrudo Sopeiro: Carnaval em Paredes de Coura. segunda-feira | 12 fev | a partir das 19h00

O Entrudo Sopeiro é uma das muitas iniciativas que por estes dias ilustram o Carnaval em Paredes de Coura, no coração do Alto Minho. Esta 2ª feira, os courenses de todas as freguesias juntam-se a partir das 19h00 no Largo Hintze Ribeiro, reconfortam o estômago com uma boa sopa e aguardam pelo sempre empolgante desfile de grupos espontâneos de mascarados.

grupos espontâneos

Pelo quarto ano consecutivo, a Associação Cultural e Recreativa de Paredes de Coura com o apoio do Município organiza o Entrudo Sopeiro. É já esta 2ª feira, a partir das 19h00, os courenses reúnem-se no centro da vila para celebrar o Entrudo, juntando à festa uma mostra de sopas mas também uma forma de confortar os estômagos nestas noites frias e chuvosas de inverno, enquanto se vê desfilar espontaneamente pelas ruas desta bonita vila altominhota os muitos conterrâneos que aproveitam para se mascararem, satirizando e parodiando a vida local e o quotidiano social, político e desportivo.

Caldo verde, sopa de peixe, creme de cogumelos e sopa à lavrador, entre outras, mas também feijoada, filhós e bolo do tacho são algumas das propostas com que poderemos confortar o estômago neste Entrudo Sopeiro – a organização oferece uma sopa e uma bebida a cada folião --, porque para a alma não faltará a animação musical com o grupo Irmãos & Amigos, de Infesta,  bem como o contributo dos mais irreverentes courenses que de todas as freguesias se dirigem para o centro da vila para mais um entusiasmante desfile espontâneo, por volta das 22h30, tendo por ponto de referência o Largo Visconde de Moselos.

TERRAS DE BOURO SAI À RUA PARA BRINCAR O CARNAVAL

Desfile de Carnaval animou e coloriu vila de Terras de Bouro

A 9 de fevereiro, o tradicional desfile de Carnaval em Terras de Bouro, evento organizado pelo Agrupamento de Escolas local e apoiado pelo Município de Terras de Bouro, registou uma notável presença de populares que assistiram nas ruas da sede do concelho ao corso alegórico.

CAPA

De uma forma irreverente, própria da quadra e com diversa animação, o evento pautou-se pela imaginação dos “trajes” e forte adesão da comunidade escolar, envolvendo um elevado número de figurantes que deram corpo, alegria e muita vivacidade ao Carnaval de Terras de Bouro.

O desfile, que percorreu as principais artérias da vila, contou com a presença de cerca de 600 participantes, jovens e crianças das escolas do concelho, incluindo também a participação do CAO de Souto e ainda dos Centros Sociais de Covide, Souto, Moimenta e do Centro de Solidariedade Social de Valdosende.

DSC06776

DSC06778

DSC06780

DSC06782

DSC06784

DSC06786

DSC06791

DSC06793

DSC06796

DSC06797

DSC06798

DSC06801

DSC06803

DSC06805

CORSO CARNAVALESCO SAIU À RUA EM ESPOSENDE EM DEFESA DO AMBIENTE

Desfile de Carnaval Fantasia Ambiente apelou à gestão adequada dos resíduos

A folia carnavalesca invadiu, esta manhã, as ruas da cidade de Esposende. Apesar da instabilidade do tempo, foi num clima de grande animação que decorreu o Desfile de Carnaval Fantasia Ambiente, este ano com o tema “Um novo olhar sobre os resíduos”. A iniciativa é organizada pelo Município de Esposende, através da empresa municipal Esposende Ambiente, e integra o Programa de Educação para a Sustentabilidade.

.

Mais de 650 figurantes, entre crianças, idosos, professores, auxiliares da ação educativa e utentes de 16 estabelecimentos de educação e ensino e instituições concelhias, proporcionaram um espetáculo bastante animado e colorido pelas principais ruas da cidade. O cortejo partiu do Largo dos Bombeiros, percorreu a Rua Santa Maria dos Anjos até a Rua 1.º de Dezembro, seguiu depois até à Praça do Município, prosseguindo pelo Largo Dr. Fonseca Lima e Rua Conde Castro em direção ao Largo Rodrigues Sampaio e terminou no parque em frente às Piscinas Foz do Cávado.

Este ano, a Esposende Ambiente desafiou os estabelecimentos de educação e ensino e instituições do concelho à criatividade em torno da gestão dos resíduos urbanos e, como seria expetável, o resultado foi surpreendente, com fantasias e adereços muito criativos, concebidos com os mais diversos tipos de resíduos. Como habitualmente, para além da temática sugerida, as fantasias carnavalescas e acessórios elaborados pelos participantes poderão abordar também outros temas, associados aos vários projetos educativos em curso.

O Desfile Fantasia Ambiente pretende sensibilizar a comunidade educativa e da população em geral para a importância da gestão adequada dos resíduos urbanos, enfatizando as mais-valias ambientais, económicas e artísticas associadas à reutilização de materiais e resíduos, assim como reaproveitamento de fantasias usadas. Este evento pretende promover a criatividade e a expressão artística dos participantes e convidar a população a refletir sobre as inúmeras possibilidades de reutilização e reciclagem dos resíduos domésticos, incentivando, desta forma, a separação seletiva e a deposição voluntária dos resíduos nos ecopontos.

Durante o período de interrupção letiva do Carnaval, nos dias 12 e 14 de fevereiro, terão lugar as Oficinas de Férias do Carnaval no Centro de Educação Ambiental, destinadas a crianças dos 4 aos 12 anos e aos utentes das IPSS’s, onde serão realizadas diversas atividades de natureza ambiental e lúdica.

.

.

.

CARNAVAL DE FAFE TRAZ AS CRIANÇAS PARA A RUA

Mais de 2500 crianças desfilaram no Carnaval de Fafe

Mais de 2500 crianças do ensino pré-escolar e 1º ciclo participaram, esta manhã, no Desfile de Carnaval das Escolas. Depois de se concentrarem na Praça Mártires do Fascismo, as crianças percorreram várias ruas da cidade, contagiando todos com a alegria e folia do Carnaval.

DSA_8471A

Uma manhã diferente para os alunos das escolas de Fafe, com muita animação e fantasia.

O Presidente da Câmara Municipal, Raul Cunha, assistiu ao Desfile e revelou 'a sua satisfação pelo facto de as Escolas aderirem em massa a esta que é uma festa dos mais novos e que lhes proporciona momentos muito divertidos e alegres. É uma forma também de trazer um novo colorido à cidade. Um agradecimento especial a todas as crianças, pais, professores e auxiliares pelo contributo neste momento tão especial. Começamos o Carnaval da melhor forma em Fafe!"

DSA_8528

DSA_8539

DSA_8555

DSA_8633