Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FÁTIMA MIRANDA EXPÕE “MAR E REFLEXO” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho

“Mar e Reflexo” é o tema da exposição que a artista plástica barcelense Fátima Miranda vai inaugurar no próximo sábado, dia 27 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos.

Nesta exposição tudo se joga na relação com a sua realidade mais próxima e na qual se recolhe - o mar. Essas realidades e a forma como revive o passado e o transporta para as suas obras, os ritmos cromáticos que dispõe a seu bel-prazer, funcionam para a artista como uma catarse.

A arte, que sempre fez parte do seu universo onírico, é por ela interpretada através da pintura, da escultura e do artesanato com utilização de materiais inusitados, reciclados, reaproveitados: alumínio, plástico, pinhas, folha de milho, palha e pasta de papel.

Tornaram-se famosos os seus galos forrados com tela e posteriormente pintados a óleo e acrílico, com cenas diversas, numa reinterpretação inédita e inspirada.

A terra que a viu nascer e o mar são as duas principais fontes inspiradas. Denota-se ainda no seu trabalho um esforço de pesquisa sobre as panorâmicas de Barcelos no período medieval, que a fascina e nos encanta.

O trabalho de Fátima Miranda  situa-se na confluência e na interação das contingências da experiência e da experimentação. Ambas se confundem dando a perceber como o trabalho é uma reação vivencial e sensível às coisas e oportunidades que vão surgindo e que a artista vai, intuitivamente, seguindo.

Para a concretização no plano real das ideias que lhe fervilham numa velocidade estonteante, contribui muito a orientação do pintor e seu professor David Bastos.

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho no seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.

BARCELOS REGRESSA À IDADE MÉDIA COM TECNOLOGIA AVANÇADA

Barcelos Cidade Medieval este ano com uma aplicação para Android e IOS

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho

Barcelos regressa ao passado de 1 a 4 de junho e este ano está repleta de novidades: criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS; edição especial do programa Arqueologia à Noite; integração do Dia Mundial da Criança no evento com a participação de diversas escolas do concelho; e cerca de 1000 alunos em desfile pelas ruas da cidade vestidos a rigor. Este ano as expectativas estão mais elevadas e pretende-se bater todos os recordes a nível de visitantes.

Cidade Medieval

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho. Foi apresentado, hoje, em conferência de imprensa, o programa daquele que irá fazer parte certamente de um dos maiores eventos do ano.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “as nossas ações e parcerias que fazemos com as associações têm a ver com o objetivo de promover o Município de Barcelos, a nossa economia e, neste caso específico, a nossa zona histórica que é de uma beleza ímpar”. Miguel Costa Gomes sublinha que “Barcelos é uma cidade histórica com um casco antigo privilegiado. Várias são as cidades com iniciativas do género, mas nenhuma com um centro histórico tão rico e de beleza equiparável. Barcelos é uma cidade Medieval!”

Luís Miranda, presidente da Associação Burgo Divertido, apresentou o programa, destacando a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS.

Desde 2014 que o “Barcelos Cidade Medieval” tem crescido, quer no número de visitantes, quer no número de mercadores. Este ano, o evento contará com cerca de 100 artesãos, espalhados pelo recinto da feira, para além de figurantes e voluntários. Participam cerca de sete grupos de teatro locais e várias associações barcelenses, para além de grupos profissionais contratados.

O espaço aumenta, bem como a disposição. A praça da alimentação sai do antigo Largo dos Bombeiros e passa para o estacionamento ao fundo do Restaurante Turismo. O antigo Largo dos Bombeiros será palco da recriação histórica, bem como acampamento.

As novidades deste ano são a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS, que visa dar todas as informações acerca do evento: conhecer um pouco da nossa história, aceder à programação completa bem como percorrer a galeria, de forma a estar o mais próximo possível dos visitantes; a edição especial do programa Arqueologia à Noite, uma iniciativa que pretende promover as potencialidades turísticas do concelho, na vertente cultural, paisagística e o turismo religioso que predominam no património construído e natural do concelho de Barcelos e que desta vez privilegia o centro histórico; e a integração do Dia Mundial da Criança no evento: visitas guiadas, oficinas, jogos tradicionais, hora do conto.

BARCELOS EXPÕE "METROS DE COR"

Galeria Municipal de Arte expõe “Metros da Cor” de Ralf Glasz

A Galeria Municipal de Arte tem patente a exposição “Metros de Color - ou Metros da Cor” de Ralf Glasz.
Até 4 de junho, quem visitar a Galeria poderá apreciar 41 trabalhos com referências à natureza, retratos, figurativo e paisagem.

Ralf Glasz exposição

Os aspetos da vida rural, folclore, arte local, festivais populares, cheios de vida e de cor são o espelho do gosto do artista Ralf Glasz que pinta num estilo realista, usando tamanhos de telas que sejam fáceis de pendurar numa sala normal.

Desde muito novo que Ralf reparte a sua dedicação entre a música e a pintura; as suas grandes companheiras ao longo da vida. Estudou piano e canto, não só no prestigiado Instituto Robert Schumann em Dusseldorf, na Alemanha, como também teve aulas privadas com vários artistas de renome internacional. O seu caminho nem sempre foi fácil, mas, em 1983 recebeu uma bolsa de um dos editoriais do presidente do município de Londres que o ajudou, ao longo dos 17 anos que lá residiu, a lançar a sua carreira musical. Ao trabalhar como cantor de ópera e como pianista em concertos de música clássica, que são sem dúvida a sua grande paixão e parte da sua vida até ao momento, teve a oportunidade de viajar muito e passou por muitos cantos da terra atuando em teatros, casas de ópera e salas de espetáculos. Durante as pausas entre os ensaios e os espetáculos, em que a maioria dos artistas parecem viver uma vida cheia de glamour, Ralf passava muitas horas sozinho a estudar ou a recuperar energias para as atuações que tinha pela frente. Era nesta altura que continuava a rabiscar, a esboçar e a pintar. Ralf também trabalhou como ator em palcos e em filmes, foi professor de piano e de canto, produzindo alguns novos talentos importantes, enquanto paralelamente ensinava línguas em escolas públicas e privadas.

GRANDE PRÉMIO DE CICLISMO PEDALA EM BARCELOS

Barcelos recebe a 2ª etapa do 27º Grande Prémio de Ciclismo JN. Dia 26 de maio, contrarrelógio individual, às 17h, no Largo do Município

Barcelos recebe o 27º Grande Prémio de Ciclismo JN, no dia 26 de maio, e conta com a realização de um contrarrelógio individual, que terá a saída do Largo do Município e termina no Monte Franqueira. O Grande Prémio JN, que conta com a participação 134 atletas nacionais e internacionais, constitui a segunda prova mais importante do calendário da Federação Portuguesa de Ciclismo.

outbcl

Este evento desportivo marca o 129º aniversário do "Jornal de Notícias", e Barcelos ficará na memória como um dos concelhos escolhidos para receber esta grande iniciativa desportiva. O 27º Grande Prémio de Ciclismo JN passa pelos concelhos de Valongo, Maia, Ovar, Barcelos, Viseu e Viana do Castelo, entre 24 e 28 de maio.

Para o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “é grande o entusiasmo com que Barcelos recebe a 27ª edição do Grande Prémio do Jornal de Notícias, num concelho onde a atividade desportiva possui um grande dinamismo, fruto de um forte investimento da Câmara Municipal e das inúmeras associações”, acrescentando que “a importância do desporto na vida em comunidade deve ser valorizada nas mais diversas dimensões, nomeadamente na cívica, na humana e na da saúde, pois funciona também como veículo de transmissão dos valores da disciplina, da responsabilidade e da cooperação entre todos aqueles que o praticam, juntando inclusive diferentes gerações e fomentando dessa forma uma maior coesão social. “

RUI GOULART APRESENTA EM BARCELOS A OBRA "NASCIDO EM ANGOLA"

Rui Goulart estará em Barcelos para apresentar “Nascido em Angola” 

Dia 23 de maio, às 21h30, no Teatro Gil Vicente

O realizador Rui Goulart e os atores Beatriz Almeida e João d'Avila estarão em Barcelos, no dia 23 de maio, no Teatro Gil Vicente, para apresentar o filme “Nascido em Angola”.

images-cms-image-000009438

Os bilhetes podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Sinopse:

«Em 1974 uma revolução em Portugal surpreendeu milhares de portugueses que viviam em Angola. Abandonados pelo poder politico português e enfrentando uma guerra civil, em poucos meses 800 mil portugueses foram forçados a fugir deixando tudo para trás naquela que foi a maior ponte aérea e marítima da história. Miguel foi um desses "retornados" ou "refugiados" que... fugiram de Angola. 40 anos mais tarde ele procura e encontra outros como ele para ouvir as suas histórias... 

Nascido em Angola conta com a participação de João D Ávila, Rui Goulart, Miguel Borges, Adelaide João e com a participação especial de Jaime Nogueira Pinto, do Bispo de Bragança, do Gen. José António Ribeiro e do músico Eduardo Nascimento, entre muitos outros.»

Foto: http://www.verangola.net/

BARCELOS CONTESTA INSTALAÇÃO DA LINHA DE MUITO ALTA TENSÃO

Câmara Municipal de Barcelos pede Revogação do DIA e Suspensão Imediata do Procedimento da AIA

Trajeto atual de instalação da Linha de Muito Alta Tensão contém irregularidades e apresenta riscos irreversíveis quer ao nível da saúde, economia e do impacto ambiental

A Câmara Municipal de Barcelos intentou, na sequência do projeto apresentado de instalação da Linha de Muito Alta Tensão Ponte de Lima – Vila Nova de Famalicão, a 400 KV (Troço Intermédio), que foi objeto de Declaração de Impacte Ambiental favorável condicionada, uma Ação Administrativa de Impugnação da Declaração de Impacto Ambiental (DIA), entregue no dia 21 de novembro de 2016, no Tribunal administrativo e Fiscal de Braga e sobre a qual ainda não existe decisão/resposta.

De forma a reforçar a posição do Município e das Freguesias do Concelho de Barcelos - inviabilizar a passagem da linha de muito alta tensão por várias freguesias do concelho de Barcelos, a Câmara Municipal apresentou, também no dia 20 de fevereiro, uma exposição ao Provedor de Justiça, na qual são explicados todos os argumentos técnico-jurídicos que fundamentam as nossas exigências para a revogação da DIA favorável e a suspensão imediata da Avaliação de Impacte Ambiental (AIA).

Na base da exposição apresentada, o Município de Barcelos exige:

  1. A revogação da DIA favorável e a suspensão imediata da Avaliação de Impacte Ambiental (AIA), bem como a ponderação de um novo/novos trajetos alternativos;

As exigências apresentadas pelo Município de Barcelos têm por base um estudo e uma análise pormenorizada das lacunas, omissões e violações legais contidas na referida Declaração de Impacto Ambiental.

  1. O Município alerta, ainda, que tal trajeto viola princípios fundamentais, tais como:

Princípio da Precaução: princípio da doutrina europeia que intervém em situações de risco grave e de incertezas significativas. Neste processo estão em causa os riscos ambientais ou ecológicos, os danos à saúde pública e à qualidade de vida, ou seja, põem em causa valores fundamentais, constitucionalmente consagrados. Os riscos que estão em equação são graves, afetarão ou poderão afetar toda a população barcelense, e comportam um grau de incerteza grande, na medida em que subsistem dúvidas relevantes, e justificam atuações precaucionais que não se compadecem com medidas de minimização e planos de monitorização, mas sim pelo estudo de outros traçados alternativos, que não penhorem o concelho de Barcelos e as suas populações.

Das várias ilegalidades – Omissão legislativa: a Declaração de Impacte Ambiental impugnada está ferida de ilegalidade, pois a Lei n.º 30/2010, de 2 de setembro, sobre a proteção contra exposição aos campos elétricos e magnéticos derivados de linhas, de instalações e de equipamentos elétricos, está ainda por regulamentar. Não existindo tal decreto-lei, não pode à luz da legalidade, e sobretudo da precaução, atentos os interesses fundamentais em jogo (saúde humana, ambiente, paisagem, ordenamento do território) a APA, I.P. ignorar a Lei  n.º 30/2010, pois ao fazê-lo a DIA é claramente ilegal e violadora do princípio de precaução, e permite assim que se coloque em risco desconhecido as populações e as freguesias diretamente afetadas pela Linha de Muito Alta Tensão.

Em suma, o Município de Barcelos, apresentou esta ação administrativa de impugnação da declaração de impacto ambiental que foi emitida pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), e contou com a colaboração dos presidentes das freguesias do concelho de Barcelos. Esta ação visa reiterar a posição do Município de Barcelos que é contra a passagem da Linha de Muito Alta Tensão pelas freguesias do concelho, pois, além dos riscos ambientais ou ecológicos, em causa estão também os danos à saúde pública e à qualidade de vida, pondo em causa valores fundamentais, constitucionalmente consagrados.

BARCELOS DEBATE PLURALISMO, DIVERSIDADE E TOLERÂNCIA

Pluralismo, diversidade e tolerância em debate na Semana da Igualdade

De 15 a 19 de maio, a Câmara Municipal de Barcelos promove Fórum Intermunicipal para a Igualdade

O Fórum Intermunicipal para a Igualdade dá o mote a uma semana humanizada, de 15 a 19 de maio, entre o Teatro Gil Vicente e o Auditório Municipal, com muita criatividade e curiosidade sobre “SER PLURAL”.

FIPI - Poster (1).jpg

A semana começa com a exibição do filme “AS SUFRAGISTAS”, no dia 15 de maio, às 21h00, no Teatro Gil Vicente. Antes da sessão, Augusta Trigueiros, professora e mestre em Educação, leva-nos a uma reflexão profunda sobre o papel das mulheres, ao longo da história até aos dias de hoje e nos lugares de decisão.

O ponto alto do programa tem lugar no dia 16 de maio, com o III Encontro de Boas Práticas Autárquicas no domínio da Igualdade, no Auditório Municipal, a partir das 9h30. O pluralismo, a diversidade e a tolerância são palavras de ordem nesta jornada. Os participantes são convidados a pensar o “SER PLURAL”. O quebra-gelo acontece com a comunicação do “mestre” no domínio da inteligência emocional. Segue-se o primeiro painel, com cariz mais científico, que procura identificar áreas lacunares em termos de intervenção. A tarde é confinada à apresentação de Boas Práticas Autárquicas, na dinamização de projetos proativos na comunidade.

Os trabalhos terminam no dia 17 de maio, com um desafio ao Auditório Municipal sobre “a mudança começa em nós”. O tema “Trabalho Digno” é debatido entre os colaboradores dos vários municípios, com referência à atualização dos direitos e deveres dos trabalhadores.

Eis que o momento de conversa quebra a semana para jogarmos às palavras bonitas com Valter Hugo Mãe, escritor, e com Cátia Vidinhas, ilustradora de histórias com estórias para contar, orientadas por Adélia Carvalho, também escritora, no dia 18 de maio, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina da melhor forma com Marta Gautier, no palco do Teatro Gil Vicente, a questionar e a interagir com o público em geral com “Se eu não tivesse medo”, permitindo que o Fórum termine e designe o promotor da edição do IV Encontro.

A participação no Fórum Intermunicipal é sujeita a inscrição na página http://fipi.cm-barcelos.pt/.

BARCELOS REALIZA FESTIVAL DA CANÇÃO

Inscrições abertas para o Projeto Artístico 2017

Casa da Juventude continua a incentivar talentos artísticos nas áreas da música e da dança

Já estão abertas as inscrições para a primeira fase do Projeto Artístico (PA) Barcelos 2017, uma iniciativa dedicada à educação através das expressões artísticas e que tem como principal objetivo criar condições de produção, revelação e valorização das competências dos jovens do concelho.

P.A. Projeto Artístico 2017 - Programa.jpg

O Festival da Canção decorre nos dias 16 e 17 de junho, pelas 21h30, no Largo da Porta Nova, e tem duas categorias: versão original e versão de artista/cover. Os candidatos deverão inscrever-se até ao dia 23 de maio e comparecer no casting, no dia 26, pelas 19h, na Casa da Juventude.

No mês de julho, no dia 13, decorre o Festival de Bandas de Barcelos, pelas 21h30, na Alameda das Barrocas; e o Festival de Dança, no dia 16 de julho, às 18h, também na Alameda das Barrocas. As inscrições para estas duas iniciativas estão abertas até dia 23 de junho.

O projeto regressa com o Encontro de Coros no Teatro Gil Vicente, nos dias 24 e 25 de novembro, pelas  21h30, e cujas inscrições estarão abertas até dia 3 de novembro. O auditório do Teatro receberá ainda até ao final do ano a Noite de Fados, no dia 2 de dezembro, pelas 21h30. As inscrições decorrem até dia 3 de novembro e o casting de seleção decorre no dia seguinte, pelas 10h00, na Casa da Juventude.

O PA é organizado pela Câmara Municipal de Barcelos e pela Casa da Juventude e decorre entre junho e dezembro, contemplando várias áreas de ação e de interesse.

Ao longo dos últimos anos, os jovens barcelenses têm aderido grandemente ao Projeto da responsabilidade do Pelouro da Juventude, reflexo do seu interesse proeminente nas áreas relacionadas com as múltiplas dimensões artísticas, nomeadamente na música e na dança. 

GLAMOUR DA MODA BARCELOS REGRESSA À PRAÇA DO MUNICÍPIO

Abertas as inscrições para o Moda Barcelos 2017 até 23 de maio

As inscrições para a edição do Moda Barcelos 2017 decorrem até ao dia 23 de maio. O Moda Barcelos é um projeto de arte e de formação que visa descobrir novos talentos, valorizar e promover a indústria têxtil, as coleções das lojas do comércio local de Barcelos e a área da moda em Barcelos. Este ano, os desfiles decorrem nos dias 23 e 24 de junho, às 22h, no Largo do Município.

Capturarbarc.PNG

Os participantes podem concorrer às categorias de manequim, criação e apresentação de coleções, tendências de cabelo de maquilhagem e lojistas na área da moda. Quem concorrer a manequim terá que passar ainda por um casting, a decorrer dia 27 de maio, às 10h00, na Casa da Juventude. Caso seja selecionado, integrará uma ação de formação de manequins. A inscrição é gratuita.

No dia 23, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos por designers de moda e por empresas têxteis, e no dia 24, à mesma hora, 22h, os trabalhos dos lojistas. A mostra de tendências de cabelo e maquilhagem acontecerá nos dois dias do evento, assim como a festa de encerramento de cada noite que terá lugar no Paço dos Condes de Barcelos.

Os criadores poderão ainda candidatar-se a dirigir um Ateliê de Moda, que decorrerá entre setembro de 2017 e junho de 2018, na Casa da Juventude. As propostas devem ser enviadas até quatro semanas antes da realização da atividade.

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS FOI UM SUCESSO

Festa das Cruzes 2017 superou todas as expectativas

Espaços municipais abertos ao público com uma das melhores médias dos últimos anos; overbooking na restauração em vários dias do evento; taxa de 95 a 100 % de ocupação hoteleira na cidade e arredores; forte highlight e full demand nos dias 1 e 3 de Maio; regresso em força dos visitantes galegos.

Chegou ao fim a Festa das Cruzes 2017. Foram 15 dias de animação, mais de 60 iniciativas que fizeram da Primeira Grande Romaria do Minho o polo de atração turística de excelência da região.

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a edição deste ano foi um verdadeiro sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos.

Para além da excelente taxa de ocupação, nomeadamente no período alto das festas de 29 de abril a 3 de Maio, em que se registou na cidade overbooking, os edifícios municipais abertos ao público receberam neste período mais de 13500 visitantes. Este número atesta bem a fortíssima adesão a que as festas foram alvo, nomeadamente em termos de turismo, com vários circuitos de touring ao Norte a fazerem de Barcelos ponto de visita. Ao mesmo tempo de registar a enorme afluência de público vindo da vizinha Galiza, nomeadamente no período de 29 de abril a 1 de Maio, facto ao qual também não será alheia a aposta que o Município este ano fez naquela área geográfica, nomeadamente com a ação de animação realizada a 23 de abril.

Em termos de restauração este terá sido um dos melhores anos da última década, a avaliar pela informação prestada pelas unidades de restauração, nomeadamente nos fins de semana, feriados, com enfoque para o período de 29 de abril a 3 de Maio em que se registou overbooking na generalidade das refeições.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

Igual cenário registou-se na emblemática Batalha das Flores que contou com a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade, na mais saudável de todas as batalhas.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As rusgas, o Folclore de Rua, o Festival de Folclore, integrado pela primeira vez na programação, os Zés P'reiras, o fogo de artifício, o Bamos às Cruzes!, as bandas filarmónicas e os espetáculos musicais contribuíram grandemente para um evento de sucesso, não apenas para a região, mas também para a vizinha Galiza e para outros visitantes estrangeiros que por aqui passaram.

GALO DE BARCELOS DESFILA NO FESTIVAL DA MÁSCARA IBÉRICA

Não há evento digno desse nome onde o Galo de Barcelos não apareça, quanto mais não seja para anunciar a aurora do dia. Foi o caso do Festival Internacional da Máscara Ibérica onde, estampado numa bota de vinho de um dos mascarados transmontanos, lá foi o nosso Galo de Barcelos no grandioso desfile que hoje se realizou na Praça do Império, em Lisboa.

Capturargalobarcelos.PNG

BARCELOS REALIZA SEMANA DA IGUALDADE

Pluralismo, diversidade e tolerância em debate na Semana da Igualdade

De 15 a 19 de maio, a Câmara Municipal de Barcelos promove 

Fórum Intermunicipal para a Igualdade

 O Fórum Intermunicipal para a Igualdade dá o mote a uma semana humanizada, de 15 a 19 de maio, entre o Teatro Gil Vicente e o Auditório Municipal, com muita criatividade e curiosidade sobre “SER PLURAL”.

FIPI - Poster.jpg

A semana começa com a exibição do filme “AS SUFRAGISTAS”, no dia 15 de maio, às 21h00, no Teatro Gil Vicente. Antes da sessão, Augusta Trigueiros, professora e mestre em Educação, leva-nos a uma reflexão profunda sobre o papel das mulheres, ao longo da história até aos dias de hoje e nos lugares de decisão.

O ponto alto do programa tem lugar no dia 16 de maio, com o III Encontro de Boas Práticas Autárquicas no domínio da Igualdade, no Auditório Municipal, a partir das 9h30. O pluralismo, a diversidade e a tolerância são palavras de ordem nesta jornada. Os participantes são convidados a pensar o “SER PLURAL”. O quebra-gelo acontece com a comunicação do “mestre” no domínio da inteligência emocional. Segue-se o primeiro painel, com cariz mais científico, que procura identificar áreas lacunares em termos de intervenção. A tarde é confinada à apresentação de Boas Práticas Autárquicas, na dinamização de projetos proativos na comunidade.

Os trabalhos terminam no dia 17 de maio, com um desafio ao Auditório Municipal sobre “a mudança começa em nós”. O tema “Trabalho Digno” é debatido entre os colaboradores dos vários municípios, com referência à atualização dos direitos e deveres dos trabalhadores.

Eis que o momento de conversa quebra a semana para jogarmos às palavras bonitas com Valter Hugo Mãe, escritor, e com Cátia Vidinhas, ilustradora de histórias com estórias para contar, orientadas por Adélia Carvalho, também escritora, no dia 18 de maio, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina da melhor forma com Marta Gautier, no palco do Teatro Gil Vicente, a questionar e a interagir com o público em geral com “Se eu não tivesse medo”, permitindo que o Fórum termine e designe o promotor da edição do IV Encontro.

A participação no Fórum Intermunicipal é sujeita a inscrição na página http://fipi.cm-barcelos.pt/.

BARCELOS DEBATE PARTICIPAÇÃO CÍVICA E DEMOCRÁTICA

Participação cívica e democrática na EU em debate no Salão Nobre

Cinco países, um objetivo: como pode a temática do crescimento inteligente desenvolver as comunidades locais

Decorreu ontem , no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Fórum aberto à comunidade “Como podem as políticas europeias de crescimento inteligente desenvolver as comunidades locais?”, no âmbito do terceiro encontro do Projeto “City to city for building our Europe”, que está a decorrer em Barcelos até ao final da manhã de hoje.

Fórumcerv.JPG

Ao longo da sessão cada um dos parceiros do projeto apresentou a perspetiva do seu país. A responsável por Portugal, Ana Fragata, diretora executiva das Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis (FICIS), abordou aspetos pertinentes sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, que foram discutidos e partilhados pelos demais intervenientes.

Na sessão de encerramento, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, referiu que “as políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU”.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU. O Município de Barcelos, consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, e pelos Municípios de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).

Hoje, decorre o seminário ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, que tem como objetivo a partilha, por parte de cada um dos municípios participantes, de um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

ARQUEOLOGIA À NOITE VISITA IGREJA DE SANTA MARIA DE ABADE DE NEIVA

O programa “Arqueologia à Noite” está de regresso e o destino é a Igreja de Santa Maria de Abade de Neiva. A iniciativa realiza-se na próxima sexta-feira, dia 5 de maio, pelas 21h00.

ArqueologiaNoite.png

Trata-se de uma iniciativa que pretende promover as potencialidades turísticas do concelho, na vertente cultural, paisagística e o turismo religioso que predominam no património construído e natural do concelho de Barcelos, desta vez na freguesia de Abade de Neiva. A visita tem início às 21h00, diante do portal da igreja. O Gabinete de Arqueologia Municipal irá guiar os participantes pelos sete séculos deste templo românico/gótico, classificado como Monumento Nacional desde 1927.

As inscrições estão abertas e são limitadas. Podem ser feitas através do correio eletrónico arqueologia@cm-barcelos.pt ou por telemóvel para 915 288 428, recomendando-se que participem na atividade munidos de lanterna e com vestuário adequado às baixas temperaturas.

BARCELOS: CABEÇUDOS, GIGANTONES E DIABOS ANDAM À SOLTA NO MUSEU DE OLARIA

De 16 a 20 de maio, o Museu de Olaria comemora o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus

De 16 e 20 de maio, o Museu de Olaria vai assinalar o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus com um programa diversificado destinado ao público escolar e ao público em geral. Subordinada ao tema Cabeçudos, gigantones e diabos à solta no Museu!, esta iniciativa tem por objetivo aproximar a comunidade do Museu, valorizar o património olárico nacional e captar novos públicos.

SOLTA NO MUSEU.jpg

No dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, o Museu oferece um programa especial onde será contada uma história do Diabo (10h00), seguida de uma atividade prática (14h00-17h00), tendo por base a mítica figura do Diabo.

Já no dia 20 de maio, o Museu de Olaria associa-se também à comemoração da Noite Europeia dos Museus, com a sua abertura à comunidade, oferecendo música de diversos tipos. Desde do jazz ao rock experimental, vai contar com a atuação de Campo, às 21h30, e Osso Vaidoso, às 22h30, concertos com entrada gratuita e limitada. Durante a tarde, às 15h00, realiza-se a tertúlia “À conversa com… “ onde participam vários intervenientes como Alexandre Alves Costa, arquiteto, professor universitário e colecionador; Angélica Lima Cruz, investigadora e professora universitária; Paula Tavares, designer e diretora da Escola Superior de Design (IPCA); José Carlos Soares, diretor da Galeria Cruzes Canhoto, galeria única que reúne no mesmo espaço obras de arte bruta, primitiva e popular; e ainda Graça Ramos, diretora da Associação Portugal à Mão, Centro de Estudos e Promoção das Artes e Ofícios Portugueses. Este debate versará sobre a visão do figurado através diversas perspetivas. No final, às 17h00, há espaço para a atuação de Jorge Coelho.

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS BATE RECORDES

Festa das Cruzes 2017 ainda não terminou e já bateu todos recordes. Festival de Folclore das Cruzes encerra a primeira grande romaria do Minho

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, com mais de 60 eventos, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a Festa das Cruzes foi já visitada por milhares de pessoas, naquela que é a primeira grande romaria do Minho.

O programa da Festa das Cruzes continua com animação diurna e noturna. O encerramento está marcado para o dia 7, pelas 15h00, na Avenida da Liberdade, com o célebre Festival de Folclore das Cruzes. Antes disso, o Bamos às Cruzes! promete animar as noites de sexta-feira e sábado, contando com a presença de Edmundo Vieira, Dj Joana Best, Waterland e Rafman.

A edição deste ano tem sido pautada pelo sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos. A primeira grande romaria do Minho proporcionou a todos os visitantes grandes momentos de extraordinária adesão popular. Até ao momento, de acordo com as estatísticas apresentadas pelo Turismo, Barcelos recebeu já cerca de 1 milhão de visitantes.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

A emblemática Batalha das Flores registou a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores, contando ainda com a adesão dos milhares de espetadores a esta saudável batalha. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As celebrações têm contado com visitantes de todas as freguesias do concelho de Barcelos, mas também de vários pontos do país e mesmo da vizinha Galiza. 

BARCELOS DESTACA TEATRO EM MAIO

Programação diversificada marca agenda do Teatro para maio

O Teatro Gil Vicente recebe o mês de maio repleto de atividades para todas as idades. Os mais pequenos podem ver a representação de “Os Três Porquinhos”, uma encenação e adaptação da autoria de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, com espetáculos em vários dias e com várias sessões por dia (consultar programa). “Os Três Porquinhos” é uma fábula cujos personagens são exclusivamente animais que encantam as crianças.

Ainda na representação, a Companhia TACCO apresenta “Mentiras e Trapaçadas”, no dia 13 de maio, às 21h30, e no dia seguinte, à mesma hora, a peça de teatro “República das Mulheres” é apresentada pelo Teatro Popular de Carapeços.

“Conversas Sérias com Marta Gautier: O Que Farias Se Não Tivesses Medo?” sobe ao palco no dia 19, às 21h30, com a vertente solidária, em que o valor dos bilhetes será atribuído a uma associação barcelense. E a fechar as peças de teatro, o Teatro Farol promove um espetáculo para famílias, no dia 28 de maio, às 16h00, com a peça “A Lebre e a Tartaruga”.

Mas ao palco subirão também artistas na área musical, iniciando com O Grupo de Fado "Memórias de Coimbra" que atua no dia 5, às 21h30, num encontro feliz de academias e de gerações. O Grupo de Fado é constituído por antigos estudantes das Universidades de Coimbra, Porto e Minho das décadas de 50, 60 e 70 do século passado. Une-os, não só o grande amor pela Canção de Coimbra (fados, baladas e variações), mas também o anseio de preservar e divulgar os valores histórico-culturais, o espírito e a paixão de uma manifestação musical de inegável valia artística.

Ainda no âmbito da música universitária, a Tuna Feminina do IPCA promove o XI Capas Traçadas – Festival de Tunas Femininas da Cidade de Barcelos, no dia 20, às 21h30.

No dia 26, às 22h00, e no dia 27, às 21h30, voltam a palco espetáculos musicais com Hugo Torres Acústico e com o Concerto de Orquestra com Solistas do Conservatório de Música de Barcelos, respetivamente.

Também a sétima arte marcará presença no Teatro Gil Vicente, com a Associação ZOOM a exibir quatro películas: no dia 9, às 10h00, inserido no Plano Nacional de Cinema, “Adeus Pai” de Luís Filipe Rocha”; “A Morte de Luís XIV” de Alberto Serra, no dia 11, às 21h30; Ciclo Wim Wenders – Amigo Americano, no dia 25, às 21h30; e “Outro País” de Sérgio Tréfaut, às 14h30, no dia 31.

O cinema tem presença reforçada no mês de maio com “As Sufragistas de Sarah Gayron” comentado por Augusta Trigueiros, no dia 15, às 21h30; no dia 17, inserido na programação sénior, voltará a ser exibido “Lutaram Como Diabos: Barcelos na Grande Guerra”, às 14h30, e no dia 23, às 21h30, passa o filme “Nascido em Angola” de Rui Goulart.

Pedro Carvalho apresenta no dia 21, às 16h00, um workshop para famílias de dança e literatura intitulado “Livros a Mexer” e, durante todo o mês de maio, pode visitar, no átrio, a exposição de fotografia “Olhares” de Anabela Alves.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694). Consulte no cartaz os espetáculos pagos e gratuitos. 

QUATRO PAÍSES EUROPEUS DEBATEM EM BARCELOS FUTURO DA EUROPA

Espanha, Estónia, Hungria e Itália reúnem-se em Barcelos para debater a participação cívica e democrática na EU

Programa Europa para os Cidadãos Projeto“City to city for building our Europe – C2C4EU”

A aposta no “Crescimento Inteligente” (smart growth) é o tema central deste encontro, 
que se realiza de 1 a 5 de maio

As políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU e um papel central para  a compreensão desta “nova” União Europeia (EU). Entre os dias 1 e 5 de maio, realiza-se o terceiro encontro do Projeto City to city for building our Europe, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Barcelos. Os dois primeiros encontros tiveram lugar em novembro 2016, em Itália, e fevereiro de 2017, na Hungria. Barcelos recebe agora os parceiros de Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia), e Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, para debater o “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU.

O Município de Barcelos consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o referido projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália) que assume o papel de coordenador do projeto, sendo o restante consórcio constituído pelo Município de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).~

O tema escolhido para o encontro a realizar em Barcelos, prende-se com o denominado “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

No dia 4 de maio, a partir das 9h30, decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal o Fórum aberto à comunidade intitulado "How the EU policies for smart growth can help local communities?”. Neste fórum, serão discutidos e partilhados alguns aspetos sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, sendo que para esta discussão o Município de Barcelos convidou a especialista e diretora Executiva das FICIS (Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis), Ana Fragata.

No dia 5 de maio, no mesmo local, decorrerá o seminário que terá como tema ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, com o objetivo de que cada um dos municípios partilhe um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

BARCELOS ACOLHE CONFERÊNCIA INTERNACIONAL PARA DEBATER PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA NA UNIÃO EUROPEIA

Espanha, Estónia, Hungria e Itália reúnem-se em Barcelos para debater a participação cívica e democrática na EU. A aposta no “Crescimento Inteligente” (smart growth) é o tema central deste encontro que se realiza de 1 a 5 de maio

As políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU e um papel central para  a compreensão desta “nova” União Europeia (EU). Entre os dias 1 e 5 de maio, realiza-se o terceiro encontro do Projeto City to city for building our Europe, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Barcelos. Os dois primeiros encontros tiveram lugar em novembro 2016, em Itália, e fevereiro de 2017, na Hungria. Barcelos recebe agora os parceiros de Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia), e Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, para debater o “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU.

O Município de Barcelos consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o referido projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália) que assume o papel de coordenador do projeto, sendo o restante consórcio constituído pelo Município de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).

O tema escolhido para o encontro a realizar em Barcelos, prende-se com o denominado “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

No dia 4 de maio, a partir das 9h30, decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal o Fórum aberto à comunidade intitulado "How the EU policies for smart growth can help local communities?”. Neste fórum, serão discutidos e partilhados alguns aspetos sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, sendo que para esta discussão o Município de Barcelos convidou a especialista e diretora Executiva das FICIS (Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis), Ana Fragata.

No dia 5 de maio, no mesmo local, decorrerá o seminário que terá como tema ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, com o objetivo de que cada um dos municípios partilhe um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

BARCELOS TRAVA BATALHA DAS FLORES

Milhares de pétalas enchem as ruas de Barcelos na Batalha das Flores

Dia 1 de maio na grandiosa Batalha das Flores em Barcelos

Centenas de cestos repletos de milhares de flores colhidas nos melhores campos e jardins de todo o concelho são, segunda-feira, 1 de maio, o espelho vivo de uma batalha amistosa.

Batalha das Flores (1).JPG

Pelas 15 horas, as principais artérias da cidade ver-se-ão repletas de flores lançadas por diversos carros enfeitados que irão colorir a cidade.

Este ano, a Batalha mais bela do país terá também uma massiva participação, tendo o maior número de sempre de associações a participar. Serão 30 as associações a desfilar pelas ruas de Barcelos, numa batalha “sem dor”, que contará também com a participação dos Zés P´reiras de Barcelinhos e de Fragoso, e ainda da Banda Plástica e a Banda do Galo que abrem um espetáculo ímpar de cor e perfume que permanecerá na memória.

A verdadeira Batalha das Flores ocorrerá na Avenida da Liberdade, local onde dezenas de milhares de pessoas marcam presença e se cruza o cortejo. Ninguém conseguirá alhear-se deste espetáculo único, com o entrecruzar de pétalas de todas as cores, cobrindo o céu e perfumando o ar.

BARCELENSES TRAVAM BATALHA DAS FLORES

Milhares de pétalas enchem as ruas de Barcelos na Batalha das Flores

Milhares de trabalhadores escolhem Barcelos para comemorar o dia 1 de maio 

Centenas de cestos repletos de milhares de flores colhidas nos melhores campos e jardins de todo o concelho são, segunda-feira, 1 de maio, o espelho vivo de uma batalha amistosa.

Batalha das Flores.JPG

Pelas 15 horas, as principais artérias da cidade ver-se-ão repletas de flores lançadas por diversos carros enfeitados que irão colorir a cidade.

Este ano, a Batalha mais bela do país terá também uma massiva participação, tendo o maior número de sempre de associações a participar. Serão 30 as associações a desfilar pelas ruas de Barcelos, numa batalha “sem dor”, que contará também com a participação dos Zés P´reiras de Barcelinhos e de Fragoso, e ainda da Banda Plástica e a Banda do Galo que abrem um espetáculo ímpar de cor e perfume que permanecerá na memória.

A verdadeira Batalha das Flores ocorrerá na Avenida da Liberdade, local onde dezenas de milhares de pessoas marcam presença e se cruza o cortejo. Ninguém conseguirá alhear-se deste espetáculo único, com o entrecruzar de pétalas de todas as cores, cobrindo o céu e perfumando o ar.

BARCELOS HOMENAGEIA PROFESSOR JOÃO CARVALHO

Presidente da Câmara atribuiu a Medalha de Honra da Cidade de Barcelos ao Professor João Carvalho

Educação foi o tema central das Comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, homenageou o Professor João Carvalho, ex-Presidente do IPCA, com a Medalha de Honra da Cidade, numa cerimónia que gravitou em torno da Educação, cujo investimento é, para o Presidente, a “obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”.

25 AbrilBarcelos.jpg

As comemorações do 43.º aniversário do 25 de Abril realizaram-se pela primeira vez no Auditório António Tavares, no IPCA (Instituto Politécnico do Cávado e do Ave), com uma sessão solene ampla numa das grandes instituições de ensino superior da região e do país, o IPCA, que se associou a este importante evento. A cerimónia incluiu discursos do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e ainda a atuação musical da Academia de Música de Viatodos.

O discurso do Presidente da Câmara Municipal, Miguel Gosta Gomes, principiou com o motivo da escolha do IPCA como palco principal das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, dizendo que “Muito me regozijo de poder comemorar mais um aniversário do 25 de Abril nesta instituição de ensino superior que representa o esforço e o sucesso e da democratização da nossa sociedade proporcionada pela revolução de há 43 anos”. Num discurso que teve como principal enfoque a Educação, o Presidente corroborou a sua importância como sendo “a mais importante das conquistas de Abril”, e o seu investimento é “a obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”, concluiu.

Esta sessão comemorativa pretendeu homenagear a Educação, em geral, e , em particular, com a medalha de honra da Cidade de Barcelos, como forma de reconhecimento pelo seu papel na implantação e afirmação do IPCA como instituição de ensino superior público. “Com o seu vasto currículo, com o seu esforço e dedicação e com as capacidades invulgares de formação e de perseverança, o professor João Carvalho construiu uma instituição de sucesso e de referência, mesmo quando as circunstâncias pareciam adversas”, reforçou o presidente da Câmara.

O Presidente da Assembleia Municipal, Duarte Nuno Pinto, na sua intervenção, referiu a importância do que o investimento na Educação como sendo uma área detentora de “um papel determinante no desenvolvimento de qualquer sociedade”. João Carvalho e Cândido Oliveira, professor da Universidade do Minho, pautaram os seus discursos pela democracia, liberdade e acesso ao ensino, tendo António Cândido de Oliveira lançado o repto ao IPCA e a Barcelos para“educar para a democracia”.

JACINTO LUCAS PIRES VAI A BARCELOS FALAR DOS SEUS LIVROS

Dia 27 de abril, às 21h30, na Biblioteca Municipal, e dia 28, na EB 2,3 de Viatodos, às 10h00

Jacinto Lucas Pires, vencedor do Prémio Europa - David Mourão-Ferreira, em 2008, atribuído pela Universidade de Barie e pelo Instituto Camões e do Grande Prémio de Literatura DST, em 2013, vem aBarcelos, nos próximos dias 27 e 28, para falar dos seus livros. Assim, no dia 27 de abril, estará na Biblioteca Municipal, às 21h30, e, no dia seguinte, marcará presença na EB 2,3 de Viatodos, às 10h00.

JLPires_rect.jpg

Jacinto Lucas Pires nasceu, em 1974, no Porto. Prosseguindo os passos do seu pai, o professor universitário Francisco Lucas Pires, no gosto pela escrita, publicou, em 1996, o seu primeiro livro, um livro de contos intitulado "Para Averiguar do seu Grau de Pureza".

Descoberta esta faceta, a imaginação criativa não lhe deu mais tréguas, sendo já muitos e diversificados os títulos editados, em género narrativo, dramático e crónica.

Jacinto Lucas Pires publicou os seguintes livros: “Para averiguar do seu grau de pureza: treze prosas com janelas”, Cotovia, 1997; “Universos e frigoríficos”, Cotovia, 1997; “Azul-Turquesa”, Cotovia, 1998; “2 filmes e algo de algodão”, Cotovia, 1999; “Arranha-céus”, Cotovia, 1999; “Abre para cá”, Círculo de Leitores, 2001; “Livro usado: (numa viagem ao Japão)”, Cotovia/Fundação do Oriente, 2001; “Escrever, falar: dois diálogos e um monólogo”, Cotovia, 2002; “Do sol” (romance)”, Cotovia, 2004; “Livro usado”, Cotovia, 2004; “Figurantes e outras peças: figurantes, Coimbra B: os dias de hoje” (teatro), Cotovia, 2005; “O homem da bola de vidro cortada ao meio”, Expresso, 2004; “Tudo e mais alguma coisa”, Visão, 2006; “A expressão "dores de crescimento nas sociedades contemporâneas" no âmbito da sociologia actual”, Cotovia, 2005; “Perfeitos milagres” (romance), Cotovia, 2007; “Silenciador” (teatro), Cotovia, 2008; “Assobiar em público: antologia de contos”, Cotovia, 2008; “Sagrada família” (teatro), Cotovia, 2010; “O perfeito ator” (teatro), Cotovia, 2011; “Ou sim”, Imagine Words, 2013; “Quem conhece a alegria”, Paulinas Editora, 2015; “Quem espera”, Paulinas Editora, 2015.

Foto: http://portuguese-american-journal.com/

CRIANÇAS DE BARCELOS DEBATEM MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

120 Crianças discutem maus tratos na infância

Iniciativa é da Comissão de Proteção de Menores de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, que se realizará quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, no Auditório dos Paços do Concelho

O que devem os adultos saber e fazer para prevenir os maus tratos na infância? Quais são os sinais a que devem estar atentos? Estas e muitas outras questões serão respondidas por 120 crianças, número representativo de crianças e jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos, que na próxima quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, se juntam no Auditório dos Paços do Concelho para debater o que é melhor para elas. Esta iniciativa realiza-se no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho são ouvidas em duas assembleias, numa iniciativa da CPCJ de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o objetivo das assembleias que decorrerão quarta-feira, dia 26 de abril, e dia 2 de maio, no Auditório dos Paços do Concelho.

“Tecer a Prevenção”

A realização destas duas Assembleias de Crianças e Jovens têm como objetivo debater o estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho.

Pretende-se, ainda, a auscultação formal dos intervenientes-chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva.

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA EDUCAÇÃO JUNTA ESPECIALISTAS EM BARCELOS

"Sala de Aula do Futuro" junta especialistas da área da educação em Seminário Nacional

Uma iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova, dia 28 de abril, às 15h, que traz à Biblioteca Municipal o debate sobre a “Sala de aula do futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”

Repensar a escola, o papel do aluno e dos professores. A aposta em novas tecnologias e em novas metodologias de trabalho. Refletir sobre o atual modelo de educação que tem vindo a dar sinais claros de que atingiu o ponto de saturação são alguns dos objetivos do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, que se realiza no próximo dia 28 de abril, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos.

Cartazcbarc.png

O auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos será palco do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, no próximo dia 28 de abril de 2017, numa iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova.

O evento conta com o apoio da Direção-Geral da Educação (ERTE), do IE da Universidade do Minho, da Rede de Bibliotecas Escolares, do Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende e da Câmara Municipal de Barcelos.

Esta iniciativa tem como objetivo proporcionar um espaço de reflexão e debate sobre a dinâmica de criação de ambientes educativos inovadores e as suas potencialidades, bem como oferecer uma oportunidade de partilha de boas práticas, quer em termos de visão estratégica quer em termos de aplicação de metodologias centradas no aluno.

Para este seminário convidaram-se especialistas de áreas multidisciplinares para debater e aprofundar ideias sobre o que significa a modernização do processo de ensino e aprendizagem. A decisão de promover, numa escola ou agrupamento escolar, a constituição de um espaço de aprendizagem com as características das conhecidas “salas de aula do futuro” implica equacionar e ter em consideração uma variedade de fatores críticos. É justamente este o centro da temática.

A participação neste encontro é gratuita, mas sujeita a inscrição, dado o número limite de lugares disponíveis. O evento encontra-se certificado no âmbito das ações de curta duração de acordo com o despacho 5741/2015 de 29 de maio.

Do programa deste evento fazem parte representantes oficiais e um painel com membros especializados nesta temática.

Mais informações em https://www.facebook.com/salaleiturasfuturo/?fref=ts ou http://salaleiturasfuturo.wixsite.com/inovacao.

BARCELOS COMEMORA 25 DE ABRIL

Câmara Municipal e IPCA comemoram o 25 de Abril

O Auditório António Tavares, no IPCA, recebe a cerimónia oficial das Comemorações do 25 de Abril, às 10h30

Barcelos volta a comemorar o 25 de Abril com uma iniciativa pública, desta vez em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e Ave. Na passagem do 43.º aniversário da Revolução, o Município de Barcelos decidiu ampliar o âmbito das comemorações, convidando o IPCA, uma das grandes instituições de ensino superior da região e do país, a associar-se a este importante evento.

barc25abri.PNG

O ponto alto do programa consiste na cerimónia oficial a realizar no Auditório António Tavares, nas instalações do IPCA, estando previstas as intervenções do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

BARCELOS COMBATE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E DE GÉNERO

Assinado Protocolo para combater a violência doméstica e de género

Projeto SER conta com a participação de diversas instituições do concelho

Foi assinado, na passada sexta-feira, dia 21 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração entre várias instituições concelhias com o mesmo objetivo: combater a violência doméstica e de género.

Protocolobarccc.JPG

O Projeto SER – Serviço Especializado em Rede de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego - POISE, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu – FSE, é promovido pelo Grupo de Acção Social Cristã (GASC), tendo como organismo intermédio a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, e conta com a parceria do Município de Barcelos, ACES Cávado, GNR, Hospital Santa Maria Maior, Centro de Emprego e Formação Profissional, Segurança Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, SOPRO, entre outros, e tem a duração de 24 meses e atuação no território de Barcelos.

O fenómeno da violência doméstica e de género é multidimensional e complexo, pelo que em conjunto será mais fácil intervir. Este Núcleo Local, constituído pelas diversas instituições, pretende a obtenção de formas de complementaridade e entrosamento interinstitucional, a construção e a implementação de ações intersetoriais, criando um maior caminho de diálogo entre os diferentes campos, e dessa forma, cada entidade-integrante pode contribuir com o seu saber, fortalecendo as ações comuns, permitindo assim enfrentar este flagelo social em várias frentes.

MUNICÍPIO DE BARCELOS REDUZ DÍVIDA EM MAIS DE 60%

Executivo Municipal aprovou contas de 2016 marcadas pelo aumento da receita e pela boa execução orçamental

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião extraordinária realizada a 19 de abril, as contas referentes a 2016, marcadas pelo aumento da receita face a 2015, em cerca de 1,5 milhões de euros, situando-se nos 58.006.002€, o que corresponde a uma percentagem de execução de 88,4%.

No que concerne à despesa, a execução atinge os 72,5%, situando-se nos 47.571.519€, com as despesas correntes a chegarem aos 84,9% de execução e as de capital aos 54%.

Daqui resulta uma poupança corrente de 16.498.042€, a mais elevada dos últimos quatro anos, e um saldo de gerência de 10.434.482€.

No que diz respeito à dívida, em sete anos, o Município de Barcelos reduziu em mais de 60% a sua dívida, isto é, em 26 de milhões de euros. A 31 de dezembro de 2016, a dívida de curto prazo era de 1.698.212€ e a dívida de médio e longo prazo situava-se nos 15.059.763€.

A Câmara Municipal, em 2016, voltou a investir fortemente no concelho, atribuindo às juntas de freguesia mais de 7.700.000€, dos quais 4.900.000€ no âmbito do protocolo de competências que, desde 2010, tem vindo a celebrar com as juntas. Em subsídios diretos a estas estruturas do poder local, a Câmara Municipal atribuiu mais de 2.800.000€, sendo que, em 2016, nenhuma freguesia ou união de freguesias do concelho deixou de receber do Município apoio financeiro suplementar ao protocolo. Entre 2010 e 2017, a Câmara Municipal entregou às juntas de freguesia cerca de 35.000.000€ ao abrigo do protocolo, a que acrescentou 20.000.000€ em subsídios diretos. Nunca as freguesias do concelho de Barcelos foram dotadas de tantos apoios financeiros por parte do Município, mesmo excluindo o investimento direto feito pela Câmara Municipal em cada uma das freguesias ao longo dos últimos sete anos.

A Câmara Municipal continua determinada no apoio ao desenvolvimento equilibrado do concelho, pelo que, em 2016, começou a ser elaborado um conjunto de projetos de intervenção em equipamentos na área urbana e em equipamentos educativos por todo o concelho, com financiamento garantido pelo programa Portugal 2020, para além de projetos em infraestruturas e equipamentos a ser financiados pelo orçamento municipal.

A par destes investimentos, a Câmara Municipal mantém uma linha criteriosa de apoio às necessidades sociais, à cultura e ao desporto, ao turismo e à juventude.

A aposta em áreas determinantes para o desenvolvimento do concelho, como a que tem vindo a ser feita na área da educação, mostra como a implementação de políticas com efeitos a médio e a longo prazo requer uma atuação serena e determinada por parte do executivo municipal.

Os resultados obtidos ao longo destes últimos sete anos pelo executivo municipal de maioria PS traduzem uma nova forma de gerir o Município, com critérios muito realistas face à capacidade de arrecadar receitas, abandonando políticas orçamentais irrealistas com inscrição de receitas virtuais e suscetíveis de aumentar as despesas, pondo em causa um dos princípios fundamentais da boa gestão: o equilíbrio orçamental entre a receita e a despesa.

Foi neste quadro que o Município conseguiu adotar políticas sociais no sentido de corrigir maiores dificuldades no seio das famílias, nomeadamente nas seguintes áreas: aumento do apoio às rendas de casa; apoio à habitação social; bolsas de estudo; oferta de livros escolares a todos os alunos do primeiro ciclo; transporte de alunos com necessidades de frequentar o ensino especial; apoio nos transportes escolares em todo o concelho; apoio nas cantinas escolares; isenções de 100% e redução de 50% aos alunos carenciados nas cantinas escolares; programas de apoio a alunos carenciados para o fornecimento de pequeno-almoço na escola, em articulação com as juntas de freguesia e instituições; apoio às múltiplas associações que desenvolvem a sua atividade no âmbito da ação social e da solidariedade.

O Município continuará a fazer uma gestão equilibrada e coerente em tudo o que dependa exclusivamente das suas competências, no tocante à arrecadação das receitas e despesas, na perspetiva de uma boa gestão económica e financeira.

BARCELOS QUER COMBATER ABANDONO ESCOLAR ATRAVÉS DA ARTE

Auditório do Museu de Olaria recebe workshop internacional

Responsáveis autárquicos e diretores de escolas, italianos, polacos e portugueses, juntam-se para combater o abandono escolar através da arte

Responsáveis autárquicos e diretores de escola vindos de Reggio di Calabria, Itália, e de Chorkówka, Polónia, estão de visita a Barcelos, no âmbito do projeto “A School for tomorrow’s Europe: Dropout Prevention, Intervention, and Retrieval through Art Education”do programa ERASMUS +.

ERASMUS +.JPG

Hoje, dia 19 de abril, os diretores das escolas, bem como os autarcas dos referidos países, foram recebidos pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, nos Paços do Concelho, e o dia de amanhã, quinta-feira, está destinado ao workshop internacional subordinado ao tema “Building Bridges: Art education to fight early school leaving and dropout”, no Museu de Olaria.

Ao longo de dois dias,  os dois grupos estarão em contacto direto com a cultura local,  visitando a feira semanal e vendo os artesãos a trabalhar ao vivo para depois partilharem as  suas experiências no workshop vocacionado para a arte e dirigido a alunos da Escola Secundária de Barcelos.

MUNICÍPIO DE BARCELOS PROMOVE DIA MUNDIAL DO LIVRO EM FAMÍLIA

Biblioteca Municipal de Barcelos abre portas ao público em geral no próximo domingo

Ateliês “Ciência do UAU!”, pelo Laboratório da Li, “O Soldado João”, pela equipa da BMB, uma tertúlia com os escritores barcelenses Domingos da Calçada, Fernando Pinheiro e Rui Sousa Basto são algumas das atividades que a Biblioteca Municipal vai desenvolver para que toda a família possa viajar através dos livros.

No próximo domingo, dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Municipal vai abrir as suas portas, das 14h00 às 18h00, para todos aqueles que a quiserem visitar e participar nas suas atividades.

Além das salas de leitura e do empréstimo domiciliário estarem a funcionar, vai desenvolver-se um programa para os mais pequenos e famílias.

Assim, às 15h00, realizar-se-ão os ateliês “Ciência do UAU!”, pelo Laboratório da Li, para crianças dos 7 aos 12 anos, e “O Soldado João”, pela equipa da BMB, para crianças dos 3 aos 6 anos.

Entretanto, no dia 21 de abril, sexta-feira, às 14h30, vai realizar-se uma tertúlia com os escritores barcelenses Domingos da Calçada, Fernando Pinheiro e Rui Sousa Basto, para os formandos da ACIB, em Arcozelo.

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e, por decisão da UNESCO, a 23 de abril, dia de S. Jorge. Esta data foi escolhida para honrar a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de São Jorge (Saint Jordi) e recebem, em troca, um livro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, desaparecidos nesta data, em 1616, proliferando neste dia atividades de animação da leitura a nível nacional e internacional.

A participação é gratuita e as inscrições para os ateliês poderão ser efetuadas através do telefone 253 809 641 ou email:bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt.

BARCELOS COMEMORA 25 DE ABRIL

Câmara Municipal de Barcelos e IPCA comemoram o 25 de Abril

Sessão solene realiza-se às 10h30 nas instalações do IPCA

Barcelos volta a comemorar o 25 de Abril de 2017 com uma iniciativa pública, desta vez em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e Ave.

Na passagem do 43.º aniversário da Revolução, o Município de Barcelos decidiu ampliar o âmbito das comemorações, convidando o IPCA, uma das grandes instituições de ensino superior da região e do país, a associar-se a este importante evento.

Pretende-se, com este formato, destacar o acesso à educação como uma das maiores conquistas do 25 de Abril e testemunhar, com o exemplo do IPCA, o sucesso desta área no Portugal saído da Revolução. Por outro lado, importa homenagear o IPCA pela importância que o ensino superior de qualidade representa para Barcelos e o papel que o Instituto desempenha na realidade social, económica e cultural da cidade e do concelho.

O ponto alto do programa consiste na cerimónia oficial a realizar no Auditório António Tavares, nas instalações do IPCA, estando previstas as intervenções do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

João Carvalho fará uma intervenção sobre o 25 de Abril e o Ensino Superior, enquanto António Cândido de Oliveira intervirá sobre o papel e a importância das autarquias no contexto da democratização política e social do país.

O programa, que integra também a programação da Festa das Cruzes, inclui, ainda, uma arruada de Zés P’reiras e folclore de rua, a decorrer nas ruas da cidade, da parte da manhã; um espetáculo musical do grupo Sons de Barro e Orquestra da Escola de Música da Banda Musical de Oliveira, às 18h00, na escadaria do Templo do Bom Jesus da Cruz; um espetáculo musical pelos The Classic, às 21h30, na Avenida da Liberdade; fogo de artifício no Jardim das Barrocas.

BARCELOS ASSINALA AMANHÃ DIA DO ATENDIMENTO DESCENTRALIZADO

Equipa técnica do IAPMEI estará disponível para responder às dúvidas dos empresários e dos empreendedores

O IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, IP, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, realizará, amanhã, dia 19 de abril, o Dia do Atendimento Descentralizado.

Esta iniciativa, que decorrerá nas instalações do Balcão Único (situado no edifício da Câmara Municipal de Barcelos), pretende fortalecer espaços de proximidade às empresas, através de serviços de informação e aconselhamento personalizados em zonas onde a Agência não dispõe de representação regional.

Uma equipa técnica do IAPMEI vai estar disponível para responder a todas às dúvidas dos empresários e dos empreendedores da região no âmbito da intervenção do IAPMEI.

ALUNOS DE BARCELOS RECEBEM PRÉMIO DE LEITURA

Alunos da EB António Fogaça recebem em Lisboa o prémio da iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?”

O livro “O Tubarão na Banheira”, de David Machado, foi um dos vencedores da iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?” da Visão Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, a Direção-Geral de Educação, o Plano Nacional de Leitura e a Pordata.

Doze alunos do 3º B da EB António Fogaça, que escolheram este livro por ter sido aquele que mais gostaram de ler, e promoveram a sua divulgação, através de cartazes, flyers e vídeos, vão deslocar-se a Lisboa, no próximo dia 20 de abril, para apresentarem o trabalho que desenvolveram com a ajuda da professora titular, Isabel Santos.

A cerimónia de apresentação dos livros vencedores, que decorrerá na Escola Secundária de Vergílio Ferreira, contará com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do Secretário de Estado da Educação, João Costa.

Neste concurso, participaram 15 462 alunos, de 404 escolas, que propuseram títulos para integrarem as listas finais de “Miúdos a votos”. A eleição nacional dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses, decorreu no dia 17 de março, nas escolas de todos o país. 

BARCELOS HOMENAGEIA O ARTISTA CARLOS BASTO NO SEU 85º ANIVERSÁRIO

Galeria Municipal de Arte expõe as escolhas de uma vida dedicada à cultura. São 85 obras, cada uma a 85 euros para assinalar os seus 85 anos

Durante cinco dias, o Município de Barcelos vai homenagear o pintor e aguarelista barcelense Carlos Basto, que completa 85 anos no dia 20 de Abril, realizando uma exposição na Galeria Municipal de Arte, em que estarão patentes 85 obras, realizadas ao longo da sua vida artística.

barccceeelll.PNG

Para o Presidente da autarquia Miguel Costa Gomes, esta homenagem é “ uma forma que o Município de Barcelos encontrou para agradecer ao artista Carlos Basto o contributo que deu e que continua a dar para que Barcelos tenha mais visibilidade e projeção. Com esta exposição, teremos a oportunidade de celebrar os 85 anos de um ilustre e dedicado cidadão barcelense, um artista multifacetado que em todas as suas obras faz questão de refletir o orgulho que sente em ser barcelense e a extraordinária história e cultura do nosso concelho. E tenho a a certeza de que a galeria estará repleta de amigos ansiosos por brindar com Carlos Basto a mais um ano de arte, cultura e alegrias”.

Carlos Basto, grato pela forma como se sente acarinhado pelos barcelenses e pelo público em geral, vai, durante o evento, disponibilizar as suas obras pelo valor simbólico de 85 euros.

No dia 20 de Abril, dia do seu aniversário, pelas 21h00, decorrerá uma tertúlia com a participação de pintores, críticos de arte e o público em geral, em que o tema é “A Cor e o Traço na Pintura Barcelense”.

BARCELOS MOSTRA FOLAR DA PÁSCOA

Mostra do Folar da Páscoa está de regresso ao Posto de Turismo

De 13 a 15 de abril, o Posto de Turismo recebe a mostra do Folar e Doces da Páscoa, e o Largo do Porta Nova será o palco do Feirão da Páscoa que conta com a presença de artesãos do concelho a trabalhar ao vivo.

No âmbito das celebrações da Páscoa, o Município de Barcelos irá realizar, de 13 a 15 de abril, mais uma edição da Mostra do Folar e Doces da Páscoa, no Posto de Turismo de Barcelos. Dinamizar e promover o comércio local, impulsionar a Marca Barcelos e dar a conhecer aos turistas os doces tradicionais desta região nesta época festiva, são o mote desta iniciativa que conta, este ano, com uma forte adesão por parte das pastelarias do concelho: Pastelaria Colonial, Pastelaria Arantes, Pastelaria Chá e Nata, Pastelaria Rosa Cintilante, Pastelaria Doce da Bá, Padaria Pacheco, Padaria Flor de Durrães, Pastelaria S. Bento, Pastelaria Santa Eugénia e Padaria Lina.

Nos dias 13 e 14 de abril, no Largo da Porta Nova, realizar-se-á também o Feirão da Páscoa que contará com a presença de alguns artesãos a trabalhar ao vivo (Elsa Machado, Carlos Dias, Lourdes Ferreira, Fernando Soares, Irene Salgueiro, João Rego, Luís Gonzaga Coelho, João Veiga, Ermelinda Rodrigues e João Ferreira) e produtores de produtos biológicos (APACI e a Horta da Lola).

Durante estes dias, os barcelenses e turistas que passarem por Barcelos têm a oportunidade de degustar um pouco das iguarias realizadas a nível da doçaria local e ainda a oportunidade de apreciar o trabalho ao vivo dos artesão do concelho.

BARCELOS SENSIBILIZA CONTRA MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

Projeto “Tecer a Prevenção” pretende acabar com as lacunas existentes as comissões de proteção de crianças

Abril é o mês da prevenção dos maus tratos na infância. Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho serão ouvidos em Assembleias

Foi apresentado ontem, dia 10 de abril, em conferência de imprensa, o projeto “Tecer a Prevenção” da autoria da Comissão Nacional para a Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens ao qual a Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Barcelos aderiu e pretende implementar em conjunto com o Município de Barcelos e com a colaboração e orientação do Professor Doutor Manuel Sarmento, da Universidade do Minho, com o objetivo de formar a comunidade/parceiros para estarem atentos aos sinais de “perigo”.

Tecer a Prevenção (1).JPG

A vereadora da Educação, Armandina Saleiro, denominou este projeto como uma “mais-valia para o Município”, já que envolve crianças e jovens num concelho onde há um “elevado número de sinalizações”. O objetivo é tentar que “todas as crianças sejam felizes” e “fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para consegui-lo”, rematou a vereadora.

O Professor Doutor Manuel Sarmento apresentou o projeto em traços gerais, salientando que “a prevenção é uma das zonas mais lacunares dentro das comissões de proteção de crianças”, pelo que este projeto vem reforçar a ideia de que “o risco deve ser prevenido”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o ponto de partida do projeto “Tecer a Prevenção”, que tem muitas outras “medidas” inovadoras, como por exemplo a realização de duas Assembleias de Crianças e Jovens, para debate do estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho. As assembleias terão lugar nos dias: 26 de abril de 2017, pelas 14h, e é dirigida a crianças do 1º e 2º ciclo; e 2 de maio de 2017, pelas 15h00, é dirigida a jovens do 3º ciclo e ensino secundário, no auditório municipal.

Pretende-se a auscultação formal dos intervenientes chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva. 

FESTA DAS CRUZES LEVA O MINHO A BARCELOS

Primeira grande romaria do Minho prepara-se para bater recorde

Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional 

Mais eventos, mais dias, mais tradição, a primeira romaria do Minho espera bater recorde de visitantes.

O programa da Festa das Cruzes 2017, que decorre entre os dias 23 de abril e 7 de maio, foi apresentado, hoje, no auditório municipal, pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e contou com a presença do Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e pelo Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso. Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional. 

Apresentaçãobarc.JPG

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos referiu no seu discurso que "a Festa das Cruzes terá muitas iniciativas para todas as idades, não esquecendo a juventude, com um programa alargado do Bamos às Cruzes! que este ano conta com sete noites de diversão no Jardim das Barrocas". 

Para Miguel Costa Gomes, "este ano foi criado um programa divertido e popular que, no final, irá satisfazer a população e quem visitar Barcelos ao longo dos quinze dias da Festa". 

O Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e o Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso, abordaram a parte religiosa, aludindo aos "tapetes de pétalas naturais que estarão expostos no Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz" e ainda das novidades "da Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz que este ano terá alusão ao Ano Mariano". 

Quanto às festividades, os Zés P'reiras, os ranchos folclóricos e as rusgas vão invadir a cidade de música e alegria desde o primeiro ao último dia da Primeira Grande Romaria do Minho.

É uma das maiores festas religiosas do país e este ano une na perfeição o popular, o tradicional e o religioso. Mais de 60 eventos, mais participantes e mais música vão fazer da Festa das Cruzes 2017 um momento único no país. Uma das grandes novidades desta edição é a missa para coro a 3 vozes e orquestra em honra do Senhor da Cruz, à luz das composições do barcelense Miguel Ângelo Pereira, que se realiza no dia 28 de abril, às 19h, na Templo do Bom Jesus da Cruz.

A Festa das Cruzes, uma iniciativa promovida pelo Município de Barcelos, mantém a sua natureza tradicional de cariz religioso, onde, de forma harmoniosa, o popular tem o seu lugar. A Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz, a presença de elementos culturais, etnográficos, folclóricos e populares constituem a matriz deste grande evento, que tem o seu ponto alto a 3 de Maio, feriado municipal, dia consagrado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz. 

O programa compreende ainda um conjunto de eventos e de atividades culturais e recreativas, que mobilizam dezenas de coletividades na cidade e no concelho. 

A aposta no “Bamos às Cruzes!” é grande, com sete noites de divertimento no Jardim das Barrocas, completamente inserido no programa geral da Festas das Cruzes 2017 e que apresenta uma oferta musical variada, desde a atuação de tunas e DJ’s às atuações de Marcus, Fernando Correia Marques, Tino de Rans, MC Barbarella, Edmundo Vieira, e muitos outros, ao longo das sete noites.

Batalha das Flores: um dos momentos mais esperados

A cada vez maior presença de coletividades provenientes de Barcelos e também de público, oriundo não apenas do concelho, mas de outros pontos do país e de Espanha, mostra que a Batalha das Flores, que se realiza no dia 1 de Maio, é já um verdadeiro cartão de visita da Festa das Cruzes, funcionando como um postal ilustrado de Barcelos.

A batalha propriamente dita ocorre nas principais artérias da cidade, quando os dois corsos, de carros decorados, se cruzam e atiram flores de todas as cores e odores, contagiando de alegria para a refrega os milhares de populares que assistem ao espetáculo. 

Arcos de Romaria 

Uma das belezas e tradições da Primeira Grande Romaria do Minho são os arcos que se encontram dispostos em redor do campo da feira e têm como objetivo representar a identidade e as tradições de cada uma das freguesias que compõem o Município. A diversidade dos arcos é grande, considerando os materiais, o tamanho e os elementos representados. Normalmente aparecem engalanados com elementos patrimoniais das freguesias que representam, por peças de artesanato características do local e pelos seus santos padroeiros. 

BARCELOS OUVE CRIANÇAS E JOVENS PARA PREVENIR MAUS-TRATOS

Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos serão ouvidas em Assembleias

CPCJ de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho apresentam o projeto “Tecer a Prevenção”, no dia 10 de abril, às 12h00, na Sala Multimédia do Museu de Olaria

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o ponto de partida do projeto “Tecer a Prevenção”, que tem muitas outras “medidas” inovadoras, que será realizado no maior concelho do país. Um projeto da autoria da Comissão Nacional para a Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens à qual a Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Barcelos aderiu e pretende implementar em conjunto com o Município de Barcelos, com a colaboração e orientação do Professor Doutor Manuel Sarmento, da Universidade do Minho.

Tendo em conta a importância do projeto “Tecer a Prevenção”, convidamos o vosso OCS para estar presente, nesta apresentação em formato de conferência de imprensa, que se realiza na próxima segunda-feira, dia 10 de abril, às 12h00, na Sala Multimédia do Museu de Olaria.

Informação Adicional: “Tecer a Prevenção”

Pretende-se implementar a mobilização da voz das crianças e dos jovens, com momentos para a sua auscultação formal. Neste sentido, pretende-se a realização de duas Assembleias de Crianças e Jovens, para debate do estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho.

Pretende-se, ainda, a auscultação formal dos intervenientes chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva. 

BARCELOS DÁ FORMAÇÃO A AUXILIARES DE ACÇÃO EDUCATIVA NA ÁREA DE ALIMENTAÇÃO

Oitenta auxiliares de ação educativa recebem formação sobre alimentação e interação comportamental em ambiente escolar

Chef Hélio Loureiro, ex-chef da seleção nacional,  deu  dicas de confeção de pratos saudáveis

O auditório da Câmara Municipal de Barcelos recebeu, ao longo do dia de ontem, dia 5 de abril, uma formação destinada a tarefeiras, auxiliares de ação educativa, empregadas de refeitório e cozinheiras, subordinada ao tema “Alimentação e Interação comportamental em ambiente escolar”.

Formação.JPG

Durante a manhã, a formação foi dedicada às estratégias de interação na infância e ministrada pela  psicóloga Alice Ferreira Pinto, que deu a conhecer estratégias de interação com as crianças e apresentou exemplos de como agir perante determinados comportamentos.

O workshop da parte da tarde foi com o Chef Hélio Loureiro, ex-chef da seleção, do Futebol Clube do Porto, e de vários hotéis de luxo, e esteve mais direcionado para as técnicas de apoio ao refeitório e cozinheiras. Na sua apresentação, o chef quis passar a mensagem de que, como em qualquer profissão, as tarefas não devem ser feitas de forma mecânica, mas sim com amor.  Para ele, cozinhar é" dar algo de nós aos outros”. Salientou ainda que “são as memórias do que comemos na infância que nos alimentam a vida” e na saúde das crianças e nas memórias que estas vão guardar para a vida.

CRIANÇAS ALCANÇAM MAIS CIDADANIA

Crianças decidem e escolhem o que melhorar na comunidade onde estão inseridas

Quadrilátero Urbano lança desafio para + Cidadania aos alunos do 1º ciclo 

Os adultos fizeram o guião, mas são as crianças que vão decidir e escolher o que deve ser intervencionado, alterado e melhorado na comunidade onde estão inseridas.

“Se eu fosse Presidente” e “Saber comer é saber viver!” são os dois concursos, criados no âmbito do Projeto + Cidadania, que o Quadrilátero Urbano vai promover junto dos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Aprender a dialogar, a articular ideias, a saber fazer escolhas, viver experiências e retirar delas significado são as competências que se pretendem estimular com esta iniciativa.

Na base da criação desta plataforma, está a convicção de que as crianças têm um papel ativo na construção do seu conhecimento e se tiverem a oportunidade de contactar, desde cedo, com ferramentas diferenciadoras, estarão preparadas para terem, no futuro, um papel fundamental para a criação de uma sociedade mais justa e mais saudável, onde impere + Cidadania. Os concursos subordinados aos temas “Se eu fosse Presidente” e “Saber comer é saber viver!” estão abertos a todas as turmas do 1.º Ciclo do Ensino Básico, envolvidas no Projeto +Cidadania, que decorre nos concelhos que fazem parte da Associação de Municípios Quadrilátero Urbano: Municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Os trabalhos desenvolvidos em cada concelho, e que devem ser submetidos entre  os dias 19 a 24 de abril de 2017, serão avaliados em separado, sendo atribuídos quatro prémios finais, um por concelho.

“Se eu fosse Presidente” é um concurso de ideias empreendedoras para promover, desenvolver ou melhorar algo na comunidade em que estão inseridos. De ressaltar que as propostas, a submeter a este concurso, devem refletir sobre ações imateriais, isto é, não podem sugerir obras, restauros a edifícios ou construções.

Já o “Saber comer é saber viver!” é um concurso de receitas de culinária que revelem hábitos e escolhas alimentares saudáveis e sustentáveis. Os trabalhos em concurso devem fornecer receitas originais, revelando opções alimentares equilibradas, completas e variadas, mas que possam ser introduzidas na rotina diária de casa.

BARCELOS DEBATE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS

Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção  de Crianças e Jovens em debate

No âmbito da implementação do Projeto Tecer a Prevenção, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, em colaboração com o Município de Barcelos, levou a cabo, no dia 3 de abril, uma ação de formação sobre “Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção”.

Tecer a Prevenção.JPG

A iniciativa, que teve como interlocutores o Procurador no Tribunal da Relação do Porto, Dr. Francisco Maia Neto, e o Procurador no Tribunal de Barcelos e Interlocutor na CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Barcelos, Dr. Rui Amorim, contou com ampla participação dos elementos da modalidade alargada da CPCJ e de outros agentes com competência e intervenção na área da promoção e proteção. A sessão permitiu a discussão sobre boas práticas e o esclarecimento de dúvidas que surgem no trabalho quotidiano dos profissionais.

O ambiente colaborativo e de partilha de experiências constituiu uma oportunidade ímpar para o reforço da coesão e a melhoria da intervenção de todos na salvaguarda dos direitos das crianças e dos jovens.

Assim se materializa uma rede protetiva mais robusta e coesa, assim se ajuda a “Tecer a Prevenção.”

BARCELOS EVOCA JOSÉ LIBERATO FREIRE DE CARVALHO

“José Liberato - Vida e Obra” na Biblioteca Municipal de Barcelos

Uma exposição documental e biográfica intitulada “José Liberato - Vida e Obra” está patente ao público no átrio da Biblioteca Municipal de Barcelos, de 5 a 29 de abril.

José_Liberato_Freire_de_Carvalho.JPG

A exposição conta com 14 painéis coloridos, de 100 X 80 cm e por cerca de uma vintena de livros antigos (da época). Os painéis contêm textos e imagens, descrevendo os aspetos mais relevantes da vida de José Liberato e da sua ação em Portugal e no exílio, bem como as referências às suas obras, constituindo um relato importante de uma época fundamental na nossa história, desde a difusão dos primeiros ecos da Revolução Francesa, à Guerra Peninsular, passando pela Revolução de 1820, as Guerras Liberais, o Setembrismo, etc.

A exposição é da responsabilidade da "Comissão Liberato", cuja missão é divulgar, em Coimbra, e no país, a sua vida e a sua importante obra. Entre outras atividades desta "Comissão Liberato", salienta-se a reedição de obra traduzida, atribuição de toponímia na cidade de Coimbra, restauro do jazigo de Liberato no cemitério dos Prazeres, edição de uma medalha e de um selo comemorativos e artigos de divulgação na imprensa local José Liberato Freire de Carvalho nasceu em Monte São, situado na freguesia de S. Martinho do Bispo, nos arredores de Coimbra, em 20 de julho de 1772 e acabou por falecer em Lisboa, em 31 de março de 1855. Pertenceu à Ordem dos Cónegos Regrantes da Santa Cruz, enquanto frade, depois foi um jornalista e intelectual de relevo e um dos políticos portugueses mais marcantes do século XIX. Exerceu as funções de deputado às Cortes e de redator do jornal oficial, a “Gazeta de Lisboa”. Foi um dos editores dos jornais da emigração liberal portuguesa em Londres e autor de uma extensa obra sobre a história política de Portugal e da Europa. Foi membro da Maçonaria e, em 1804, foi eleito Grande Orador do Grande Oriente Lusitano.

BARCELOS QUER CAMINHO PORTUGUÊS DE SANTIAGO CLASSIFICADO COMO PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO

A Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e a Delegação de Barcelos da Associação Espaço Jacobeus promovem, no próximo dia 8 de abril de 2017, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho (em Barcelos) a Conferência intitulada: "Caminho Português de Santiago a Património Mundial da UNESCO?".

08ABR2017 - ConferênciaPauloAlmeidaFernandes.jpg

A conferência é proferida por Paulo Almeida Fernandes, relator da proposta de inclusão dos Caminhos Portugueses de Peregrinação a Santiago de Compostela na Lista Indicativa de Portugal para inscrição como Património Mundial (UNESCO).

A conferência tem o apoio do Município de Barcelos.

A entrada é livre e não carece de inscrição.

Evento disponível no Facebook em:

https://www.facebook.com/events/113141809213511/

Para mais informações contactar: geral@alberguedebarcelos.com.

Votos de Bom Caminho!

Pela organização,

Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e Delegação de Barcelos da Associação Espaço Jacobeus

BARCELOS REÚNE CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL

70 instituições estiveram presentes no Conselho Local de Ação Social de Barcelos 

Decorreu, no dia 29 de março, no Auditório da Biblioteca Municipal, o Conselho Local de Ação Social de Barcelos (CLASB) com elevada participação das instituições.

CLASB.jpg

Neste plenário, foi avaliado o Plano de Ação de 2016, um plano dinâmico e ajustado às necessidades do território e às oportunidades de financiamentos de quadros comunitários, e foi também apresentado o plano para 2017.

No decorrer da sessão, foram também emitidos pareceres favoráveis relativamente a alguns projetos sociais concelhios, como o Centro de Apoio Parental de Aconselhamento Familiar (CAPAF) do Centro Social de Arcozelo, que foi financiado nos últimos dois anos integralmente pelo Município com um valor superior a 100 mil €; um parecer favorável para a candidatura a um projeto de promoção de autonomia de jovens, entre outros.

Na reunião, a Presidente do Conselho Local da Ação Social, Armandina Saleiro, fez uma retrospetiva sobre os projetos que mereceram todo o apoio municipal, estabelecendo parcerias em rede para a resolução de um conjunto de problemas sociais, nomeadamente na área dos sem-abrigo, violência doméstica, combate à discriminação, proteção de crianças e jovens, entre outros.

São vários os projetos que a Câmara Municipal se assume como parceiro estratégico com as instituições do concelho, designadamente “Um Teto para Todos”, em parceria com o GASC, que consiste no financiamento de apartamentos para alojamento de dezasseis pessoas para reabilitação social dos sem-abrigo; o projeto “Sorrir”, também em parceria com o GASC, que conta com o apoio financeiro e logístico do Município para reabilitação de toxicodependentes; o Banco de material escolar da SOPRO, com apoio financeiro da CMB; o Projeto “Canecas”, do Agrupamento Rosa Ramalho, que consiste na inclusão social de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE); o Projeto Galo Artis, que pretende combater a exclusão social, com particular incidência na comunidade cigana, e numa faixa etária entre os 6 e os 30 anos, projeto em que o Município é o promotor e o Centro Social Abel Varzim o executor; o Open B que apoia a inclusão social na área urbana, onde a CMB é parceira e ATAHCA, ACIB, GASC são os promotores; e a CMB é também entidade parceira num conjunto de eventos de caráter formativo ajustados à realidade e diagnóstico social.

Além destes projetos em parceria, a CMB tem um vasto programa de apoios, nomeadamente hipoterapia para crianças com NEE, no Centro Hípico Ir. Pedro Coelho; férias de verão na Biblioteca Municipal, Museu de Olaria e Casa da Juventude para NEE; formação na área da orientação adaptada; projeto “Empresas socialmente responsáveis”, que se caracteriza pelo apoio dado pelos empresários num apadrinhamento de um projeto de cariz social.

O Município de Barcelos procura promover o bem-estar das populações, em particular daquelas que pela sua condição social e económica estão mais vulneráveis aos fatores de pobreza e exclusão social, dotando-os de recursos/competências que lhe permitam reduzir/suprir as desvantagens sociais.

É neste entendimento que se enquadram os apoios aos munícipes de menores recursos, como os programas de apoio à habitação e à renda de casa, bem como as bolsas de estudo aos estudantes do ensino superior. Inclui-se também neste conceito o apoio e a proteção social à infância, terceira idade e àqueles que, em razão da sua condição física, cultural, social ou de saúde enfrentam dificuldades acrescidas.

É a pensar nesta realidade que o pelouro de Acção Social e Saúde Pública, em conjunto com os parceiros da Rede Social, trabalha no sentido de corrigir algumas desigualdades sociais, alargar as cadeias redistributivas de forma equitativa, promovendo a coesão social do seu território. 

BARCELOS RECHEIA COM ATIVIDADES FÉRIAS DA PÁSCOA

Durante a interrupção letiva das Férias da Páscoa, o Município de Barcelos vai promover múltiplas atividades lúdicas para o tempo livre dos mais novos, entre a Casa da Juventude, a Galeria de Arte, o Museu de Olaria, a Biblioteca Municipal e o Pavilhão Municipal.

A Casa da Juventude apresenta um programa de oficinas dedicado às expressões plásticas e que decorrerá entre 5 e 13 de abril, das 10h às 12h00, para inscrições de grupos, e das 15h00 às 17h30, para inscrições individuais. A participação é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias e limitadas, devendo todos os interessados proceder à inscrição até ao dia 3 de abril através do e-mailcasadajuventude@cm-barcelos.pt.

No mesmo período, a Galeria Municipal de Arte propõe atividades dirigidas a crianças entre os 8 e os 14 anos e que se realizarão durante a parte da tarde, entre as 14h30 e as 17h. Entre as propostas didáticas, encontram-se a criação de cestinhas de ovos, de máscaras, de coelhinhos reciclados e ainda de um jogo do galo. As incrições são gratuitas, embora limitadas, e deverão ser submetidas para o e-mail galeriamunicipalarte@cm-barcelos.pt.

Já a parte da manhã, entre as 10h e as 12h, ficará reservada ao Museu de Olaria e a vários ateliês direcionados para crianças entre os 6 e os 12 anos. Além de moldagens de figuras pascais em barro (5 e 11 de abril), serão também realizadas oficinas de pintura de azulejo e peças (7 e 13 de abril), coloração de sinos de ventos (6 de abril) e confeção de pão de ló (12 de abril). A participação custa 1,10 € por atividade. As inscrições são limitadas e deverão ser enviadas para o e-mail museuolaria@cm-barcelos.pt.

Fora de portas, as crianças poderão inscrever-se ainda nas Férias Desportivas, promovidas pelo Pelouro do Desporto, que incluem várias modalidades. A participação é gratuita e as inscrições efetuam-se no Pavilhão Municipal, onde decorrerão as atividades.

Numa divertida aventura ao mundo dos livros, a Biblioteca Municipal de Barcelos preparou também um programa especial, destinado a crianças e jovens dos 6 aos 14 anos de idade, que procura motivar aprendizagens que valorizam a curiosidade e a criatividade, tendo como ponto de partida o contacto com o livro. Entre histórias, ateliês, cinema, teatro e jogos, os participantes poderão aprender e divertir-se, atrevendo-se a imaginar histórias de sonho, cortar, colar, reaproveitar e inventar. Para grupos e instituições, prepararam-se sessões de cinema, teatro, horas do conto e viagens à Biblioteca. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias. Poderão ser efetuadas pessoalmente, na Biblioteca Municipal, pelo telefone (253809641) ou por email (biblioteca@cm-barcelos.pt).

TEATRO DE BARCELOS LEVA À CENA O "AUTO DA BARCA DO INFERNO" DE GIL VICENTE

Diferentes épocas e estilos sobem ao palco do Teatro Gil Vicente

Uma das mais tocantes histórias de amor, o tradicional conto de fadas francês, "A Bela e o Monstro", nos dias 1 e 2, às 21h30, e a peça o "Diário de um Palhaço", que retrata o mundo mágico do dia a dia da vida de um palhaço, no dia 3, às 10h, marcam o arranque da programação do Teatro Gil Vicente (TGV)  para o mês de abril. Ambos os espetáculos são uma encenação e adaptação da autoria da conceituada Companhia de Teatro de Barcelos - A Capoeira, que regressa novamente às luzes da ribalta, no dia 28, para encerrar a programação do mês de abril com o clássico "Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente.

Cartazabril.jpg

A 5 de abril, o Teatro Nacional de Kherson, da Ucrânica, vem a Barcelos apresentar a comédia "Cuidado, mulheres!", pelas 21h30.

O fim de semana de 7, 8 e 9 será também dedicado às artes cénicas com a peça "A Lenda da senhora que passou", na sexta-feira, protagonizada pela Universidade Sénior de Barcelos, e o espetáculo de dança "Barbie e Ken", pelo Nico Dance Studio, no sábado e domingo. O coreógrafo e matemático Pedro Carvalho regressa ao TGV com o espetáculo “O Homem que só pensava em números", a história de um homem que dedica toda a sua vida e existência aos números. Esta performance, que alia duas disciplinas, a dança e a matemática, será apresentado numa sessão dedicada às famílias, no dia 23, e no dia 24 apresenta quatro sessões destinadas às escolas.

A música está a cargo da banda barcelense Waterland que, no dia 22, dá a conhecer o seu novo álbum “Signs of Freedom” com a participação do coro Jesus Choir.

O cineceblube ZOOM apresenta uma programação variada, onde constam obras do mestre da animação, Hayao Miyazaki, cinema português e do incontornável Wim Wenders, que será alvo de um ciclo. A 21 será exibido novamente o documentário sobre os barcelenses na I Grande Guerra, "Lutaram como diabos", no dia em que se comemora o centenário da partida do contingente barcelense dos Paços do Concelho rumo às trincheiras.

CONCEIÇÃO CARRILHO APRESENTA O LIVRO DAS CONFISSÕES

Sábado, dia 1 de abril, na Biblioteca Municipal de Barcelos

Conceição Carrilho vai apresentar o seu último livro “O Livro das Confissões”, na Biblioteca Municipal de Barcelos, sábado, dia 1 de abril, às 16h00.

“Há sempre um dia em que os segredos, fechados no cofre forte da nossa vida, se revelam.

Dez homens e nove mulheres deram-me a chave do cofre, de onde saíram, dolorosas ou divertidas, dezanove confissões”, refere a autora.

Este é o terceiro livro de Conceição Carrilho, depois de ter escrito “Da impossibilidade de viver sem ter lido o D.Quixote”, (Campo das Letras, 2004), edição revista em 2013 e publicada em e-book, em outubro de 2013, “Quando Marinela Salero Cortez decidiu imitar Dom João” (Campo das Letras, 2007), edição revista em 2014 e publicada com o título “E se Don Juan fosse mulher?” (Chiado Editora, julho 2015) e “Esmeralda odiava ser fotografada” (Chiado Editora, julho 2014).

Conceição Carrilho formou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Nova de Lisboa. Foi professora de Literatura na Universidade do Minho. Deixou a profissão em 2013, para se dedicar a outros projetos na área da Literatura.

É autora dos blogues, criados em outubro 2013: Ler é perigoso (www.lereperigoso.pt) e GAL, Gabinete de Aconselhamento Literário (www.mygal.pt).

BARCELOS APOIA O TEATRO

Câmara Municipal de Barcelos aprova 165 mil euros para obras estruturantes e renova acordos de colaboração com os Grupos de Teatro

No Dia Mundial do Teatro, 27 de março, a Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária, os acordos de colaboração com os Grupos de Teatro do concelho.

O desenvolvimento cultural de uma comunidade depende, em muito, do contributo das associações culturais existentes, pelo que foram aprovados, ontem, os acordos de colaboração com todos os Grupos de Teatro do concelho.

 A Câmara Municipal de Barcelos, ciente das suas atribuições, tem também contribuído de forma significativa no apoio socioeconómico às freguesias do concelho, deliberando um conjunto de apoios, no valor de cerca de 165 mil euros, destinado a várias obras na rede viária, ampliação e requalificação de cemitérios, construção de muros, drenagem de águas pluviais e apoio às diversas iniciativas das freguesias.

Nota: As propostas foram aprovadas por unanimidade, com exceção da proposta 29 que foi aprovada por maioria.

COMUNICADO DA CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS

Câmara Municipal de Barcelos

Comunicado

O Sr. Presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Barcelos emitiu mais um comunicado, no dia 27 de março de 2017, na linha das comunicações que tem vindo a fazer para títulos na imprensa. E sobre o mesmo pouco ou nada haveria a dizer, não fosse a gravidade das mentiras e deturpações que ali se dizem sobre a postura do Presidente da Câmara e do Partido Socialista quanto ao problema da concessão das redes públicas de água e saneamento no concelho de Barcelos.

Assim, impõe-se esclarecer o seguinte:

  1. Não foi o atual Presidente da Câmara nem o PS que aprovaram o contrato de concessão das redes públicas de água e saneamento no concelho do Barcelos.
  2. Os barcelenses sabem quem foi o autor e responsável pelo contrato e quem tudo fez para que o mesmo fosse aprovado tal como está: o PSD!
  3. Se o PSD entende que os termos do contrato são maus, que o assuma de uma vez por todas e peça desculpa aos barcelenses pela sua própria irresponsabilidade. Não pode é fazer de conta que nada tem a ver com a realidade do contrato em vigor e atirar para cima de outros a sua própria culpa. Sejamos claros: o contrato é só um e foi feito e aprovado pelo PSD em 2004!
  4. O PS sempre se opôs a este contrato ruinoso e não permitirá que a demagogia e a manipulação política à volta deste assunto enganem os barcelenses;
  5. O Presidente da Câmara Municipal não interfere na gestão da empresa concessionária e não se pronuncia sobre os seus atos. E nem podia ser de outra maneira, pois a empresa tem personalidade jurídica própria, tem órgãos e estatutos próprios, pelo que só a ela compete a gestão das redes de água e saneamento. Assim, qualquer notificação ou informação da empresa concessionária à população responsabiliza apenas a empresa e não a Câmara Municipal;
  6. A Câmara Municipal não pode continuar a praticar a redução dos custos de ligação dos ramais, depois da Inspeção Geral da Aministração Local (IGAL) ter considerado tais reduções ilegais. Como é do conhecimento público, na sequência da ação inspetiva daquele organismo, em 2011, o assunto transitou para investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal;
  7. Desde que tomou posse no primeiro mandato, em novembro de 2009, o Presidente da Câmara Municipal já conheceu quatro conselhos de administração da empresa Águas de Barcelos, SA. Com todos manifestou inteira disponibilidade para negociar os problemas detetados na concessão, tendo como único objetivo a defesa dos interesses dos barcelenses. Foi neste espírito de abertura negocial que foi possível obter um acordo de princípio para o resgate da concessão (em novembro de 2015) e para outras soluções que estão, atualmente, em análise.

Concluindo,

O Presidente da Câmara Municipal e o PS sempre puderam falar claro aos barcelenses sobre o contrato de concessão.

Infelizmente, o PSD e o seu Presidente da Comissão Política – Eng.º José Novais – não podem dizer o mesmo.

Como se vê pelo comunicado do dia 27 de março, insistem em deturpar a verdade dos factos e em tentar aligeirar a sua responsabilidade pelo contrato de concessão das redes de água e saneamento.

Por último, a Câmara Municipal vem denunciar mais esta tentativa do PSD de perturbar as negociações que tem vindo a desenvolver com a empresa Águas de Barcelos, SA, no sentido de ultrapassar os problemas da concessão e garantir aos barcelenses que continua fortemente empenhada numa solução final justa e equilibrada para os munícipes e para a empresa.

Barcelos, 28 de Março de 2017

Gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Barcelos

GRUPO DE TEATRO DO VEZ LEVA A BARCELOS A PEÇA "UM REGRESSO INESPERADO"

PALCO DE TERRA’17 [Ciclo de Teatro] Balugães ∙ Minho

O auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe, no dia 1 de abril, às 21h30, a peça de teatro “Um regresso Inesperado”, de Nurmi Rocha.

Cartaz_Palco de Terra_17_GTV.png

A comédia do Grupo de Teatro do Vez (Arcos de Valdevez) abre a edição deste ano do Palco de Terra, ciclo de teatro organizado pelo Teatro Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães.

A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de Teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e dinamização dos projetos teatrais na freguesia.

A entrada é livre e o ciclo continua durante o ano com mais grupos convidados, encerrando em dezembro com o grupo de teatro mais antigo da Galiza, o Teatro de Airiños.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala/ https://goo.gl/2FfFGp

BARCELOS: PROJETO “CANECAS” PROMOVE A INCLUSÃO SOCIAL

O Projeto "Canecas”, do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, foi hoje apresentado na EB 2, 3 Rosa Ramalho, em Barcelinhos, e contou com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro. A apresentação começou com a atuação musical da aluna Laura Oliveira, que recentemente ficou apurada para a final do programa televisivo “Got Talent” e com alunos do 9º ano que cantaram o Hino da escola. Os discursos ficaram marcados pelas palavras "inclusão", "artesanato" e "Caminhos de Santiago".

Projeto Canecas.JPG

O "Canecas" é um projeto interdisciplinar e comunitário que cruza três ideias-chave: a inclusão social, a promoção do artesanato e dos produtos locais e a cooperação com o Caminho de Santiago. No entanto, o principal objetivo passa por proporcionar experiências significativas aos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), que possam promover a autonomização e o desenvolvimento de competências ligadas ao mundo do trabalho.

Na passagem por Barcelinhos, os caminheiros de Santiago vão poder levar uma recordação única: canecas desenhadas pelos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho. Produzidas no concelho, as peças de cerâmica serão totalmente personalizadas pelos estudantes e posteriormente colocadas nas escolas, à mercê dos caminheiros, todas as manhãs de terça-feira, a partir de abril. Além das canecas, o projeto envolve ainda a produção e a promoção de bolachas, chás, compotas e ervas aromáticas.

O projeto conta com o apoio do Município de Barcelos, da EDP Solidária, entre outros desenvolvendo-se numa lógica de trabalho em rede com múltiplas instituições do domínio educativo.

Projeto Canecas1.JPG

BARCELOS PROMOVE AUTONOMIA E INCLUSÃO SOCIAL DE CRIANÇAS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

70 Alunos com Necessidades Educativas Especiais são os artistas do Projeto “Canecas”.

Peças de cerâmica serão a rampa de lançamento para a autonomia e a inclusão na vida ativa

São 70 os alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), que abraçam esta iniciativa que será apresentada hoje, dia 24 de março, às 14h30, no Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, data em que se comemora o Dia do Agrupamento e o Dia do Estudante. Um Projeto inovador que tem como principal objetivo proporcionar experiências significativas que permitam e facilitem, através da arte, a promoção, a autonomização e o desenvolvimento de competências ligadas ao mundo do trabalho.

O "Canecas" é um projeto interdisciplinar e comunitário desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho que cruza três ideias-chave: a inclusão social, a promoção do artesanato e dos produtos locais e a cooperação com o Caminho de Santiago.

Na passagem por Barcelinhos, os caminheiros de Santiago vão poder levar uma recordação única: canecas desenhadas pelos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho. Produzidas no concelho, as peças de cerâmica serão totalmente personalizadas pelos estudantes e posteriormente colocadas nas escolas, à mercê dos caminheiros, todas as manhãs de terça-feira, a partir de abril. Além das canecas, o projeto envolve ainda a produção e a promoção de bolachas, chás, compotas e ervas aromáticas.

O projeto conta com o apoio do Município de Barcelos, da EDP Solidária, entre outros, desenvolvendo-se numa lógica de trabalho em rede com múltiplas instituições do domínio educativo.

MUNICÍPIO DE BARCELOS TRANSFERE VERBAS PARA AS FREGUESIAS

Protocolo de 5 milhões de euros assinado entre Câmara Municipal e Juntas de Freguesia

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e os presidentes de Junta das freguesias do concelho assinaram, ontem, no edifício da Câmara Municipal, um protocolo de competências que envolve uma transferência de 5.048.090,00 € para as freguesias, valor correspondente a 200% do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF).

No final da sessão de assinatura, o Presidente da Câmara Municipal sublinhou a importância deste protocolo, que permite “uma intervenção mais eficiente ao nível das necessidades objetivas da população, dada a proximidade aos cidadãos”. Miguel Costa Gomes aproveitou ainda para apelar aos presidentes de Junta para o “cumprimento escrupuloso do protocolo, como a elaboração dos relatórios de gestão trimestral e anual da aplicação destes fundos”, referindo-se às obrigações impostas pela chamada Lei dos Compromissos e à nova lei da organização administrativa das freguesias como um conjunto de mecanismos legais altamente condicionadores da atividade autárquica.

O conceito do “protocolo dos 200%” foi introduzido pelo atual executivo municipal em 2010 e tem como principal objetivo apoiar as freguesias nas suas competências, uma vez que estas são parceiros estratégicos no desenvolvimento do poder local junto das populações. Esta é, portanto, uma aposta do Município numa gestão mais descentralizada, reconhecendo nas Juntas de Freguesia o elo fundamental de ligação aos cidadãos.

Com esta medida, o Município de Barcelos afirma-se como um dos que mais dinheiro atribui às freguesias e em condições iguais para todas as Juntas, uma vez que a verba a atribuir está indexada às transferências do Orçamento de Estado para as Juntas.

A adoção de um critério de equidade na transferência de verbas para as freguesias e a disponibilização atempada das mesmas são uma marca do atual executivo municipal.

O valor para o ano de 2017 é de 5.048.090,00 €. As verbas referentes ao primeiro trimestre, correspondente a 25% do valor do protocolo, ou seja, 1.262.022,50 € , serão transferidas de imediato segundo a aprovação, pela Câmara e pela Assembleia Municipal, dos termos do protocolo com as freguesias. Os restantes 75% serão pagos de acordo com as disponibilidades financeiras e após deliberação do executivo municipal, salvaguardando, desse modo, a Lei nº 8/2012, de 21 de fevereiro, Lei que estabelece as regras aplicáveis à assunção de compromissos.

Para a avaliação do cumprimento deste protocolo, a Junta de Freguesia obriga-se apresentar um relatório de execução, relativamente a cada um dos trimestres, até ao final do primeiro mês do trimestre seguinte. A apresentação do referido documento constitui condição necessária para o prosseguimento das transferências das comparticipações

QUADRILÁTERO URBANO APRESENTA MAIS CIDADANIA

Amanhã, dia 23 de março, às 10h30, no Centro Escolar de Arcozelo, a iniciativa conta com a presença de todas as cidades do Quadrilátero 

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, apresenta amanhã a nova plataforma Mais Cidadania.

A procura da melhoria da plataforma tem sido constante e é notória desde a criação deste Projeto, agora demonstrado pelo esforço feito na modernização e ajustamento às necessidades da sociedade global do séc. XXI. Os alunos passam, agora, a poder explorar os conteúdos de Educação Ambiental, Educação para a Saúde, Património e Poder Local através de um conjunto de aplicações móveis, disponíveis para os sistemas Android e IOS. Da mesma forma, pais e encarregados de educação podem também acompanhar o dia a dia dos seus educandos e consultar (em qualquer lugar) um conjunto de serviços associados à atividade escolar.

ALDEIAS DE BARCELOS SÃO MARAVILHAS DE PORTUGAL

7 Aldeias de Barcelos candidatas às 7 Maravilhas de Portugal

Barcelos é o concelho com mais candidaturas, os resultados saem a 7 de abril

Fragoso, Abade de Neiva, Panque, Monte de Fralães, Galegos de São Martinho, Oliveira e Manhente são as sete freguesias barcelenses que se candidataram às 7 Maravilhas de Portugal. Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “é um orgulho Barcelos estar representado neste concurso. Todas as freguesias do concelho poderiam ser candidatas às 7 Maravilhas de Portugal, pois são autênticas, detentoras de um património cultural e material vastíssimo, são genuínas e de uma beleza única.”

O concurso recebeu mais de 400 candidaturas, de 332 aldeias das várias regiões do país, e a seleção dos pré-finalistas ficará a cargo de um painel de especialistas. Os resultados saem a 7 de abril.

O concurso tem por objetivo divulgar e promover a identidade nacional e as tradições locais. Barcelos é, desde logo, o concelho português com um maior número de freguesias. Além disso, o Galo de Barcelos é já um símbolo nacional à escala global, bem como todo o artesanato local, desde a olaria à cestaria, passando ainda pelo ferro e pela madeira. Como terras de artesãos, as aldeias barcelenses não podiam deixar de se candidatar às categorias de Aldeias com História e Aldeias Autênticas. O património natural e verdejante do Minho também não ficou de fora nesta candidatura, com várias freguesias a competirem na categoria Aldeias Ribeirinhas.

TEATRO DE BALUGAS APRESENTA "O AUTO DOS BONS DIABOS"

O Teatro de Balugas apresenta no dia 25 de março, pelas 21h30, na Casa do Povo de Carapeços (Barcelos), a peça “O Auto dos Bons Diabos”. A produção teatral integra a programação dos Encontros de Teatro Jorge Cruz, uma organização do Teatro Popular de Carapeços.

balug.PNG

A entrada é livre e limitada à lotação da sala/ https://goo.gl/r6Safa  

"O Auto dos Bons Diabos"

– Estou a ficar velho, mas hei-de morrer a cavar a terra, ou nas tábuas do palco,

Ela já mo disse, ó homem cava já o buraco que com as tábuas do teatro faz-se o caixote e assim não se gasta dinheiro com o funeral”.

Este é o relato de um artista de teatro popular que se desdobra em histórias e personagens dessa mesma história, do desaparecimento do mundo rural, da festa feita nas terras pelas gentes que contavam apaixonadamente as suas crenças, tradições e costumes, de uma certa ideia de progresso que não serve homens nem comunidades.

Baltazar Diabo e a sua companhia são últimos resistentes do que resta de um vale outrora rural, esvaziado em grande parte pela fuga para as cidades, vilas e estrangeiro. Aqui habitam histórias de resiliência e sobrevivência, onde a cultura popular de gerações resiste nas mãos de um punhado de artistas anónimos.

MUNICÍPIO DE BARCELOS OFERECE MAIS DE DOIS MIL LIVROS ÀS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Encontro com escritores, sessões de teatro, leituras em família, oficinas de escrita e sessão poética animada pelas ruas da cidade são algumas das atividades previstas
A Semana da Leitura de Barcelos arranca com a entrega de mais de dois mil livros às Bibliotecas Escolares concelhias, pela Câmara Municipal, numa cerimónia a decorrer na Escola Rosa Ramalho, na segunda-feira, dia 27, pelas 10h30, com a presença da Vice-Presidente, Dr.ª Armandina Saleiro. Um programa criado para tornar estes sete dias em dias de leitura obrigatória, onde será impossível “fugir” do livro ou das palavras. Encontro com escritores, sessões de teatro, leituras em família, oficinas de escrita e sessão poética animada pelas ruas da cidade são algumas das atividades previstas para os dia 27 a 31 de março.

bbbbbbbb.PNG

As Bibliotecas Escolares concelhias vão receber mais de dois mil livros oferecidos pela Câmara Municipal, numa cerimónia a decorrer na Escola Rosa Ramalho, na segunda-feira, pelas 10h30, com a presença da Vice-Presidente Dr.ª Armandina Saleiro.

Os escritores Paulo Azevedo, Maria Isabel Fidalgo, Isaura Queirós, Rui Sousa Basto, Sandra Cruz e Cidália Fernandes marcam presença na Semana da Leitura que se vai realizar, em Barcelos, de 27 a 31 de março.

Durante a semana, realizar-se-ão ainda sessões de teatro, leituras em família, ateliês e oficinas de escrita em várias bibliotecas e escolas. O centro histórico vai acolher uma sessão poética animada, "Versos à Solta", com alunos e professores a declamarem pelas ruas da cidade.

A Semana da Leitura termina com o espetáculo "Pequenos Grande Poetas", no dia 31 de março, pelas 21h, no auditório dos Paços do Concelho, em que vão participar alunos de todos os agrupamentos de escolas concelhios, desde o pré-escolar até ao ensino secundário. Serão selecionados o melhor poema inédito e a melhor declamação.

“SER MULHER” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

Exposição será inaugurada no próximo sábado, pelas 17h00

A exposição coletiva de pintura e escultura subordinada ao tema “Ser Mulher” vai estar patente ao público na Biblioteca Municipal, de 25 de março a 20 de abril. Uma mostra dedicada à figura feminina, no mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, e que tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial.

Nesta iniciativa participam os seguintes artistas plásticos, alguns dos quais de Barcelos: Adolfina Mesa, Flor Rocha, Ana Palma, António Miranda, Dina de Souza, Fátima Miranda, José Luís Pinto, Kim Molinero, Lídia Moura, Ny Machado, Madalena Macedo, Martine Kieffer, Mário Rebelo de Souza, Monteiro da Silva, Pierre Michel de Keyn, Sandra Longras e Victor Alves.

A exposição de pintura apresentará ainda quadros em branco intercalados que serão executados pelos artistas, in loco, durante a duração do evento. Com a exposição de escultura, realizar-se-ão workshops dirigidos às escolas, com debates e literatura sobre o tema da luta da mulher por um lugar digno na sociedade, em que participará o ator Armindo Cerqueira. Nestas oficinas, utilizar-se-ão outros meios plásticos de execução de trabalhos (desenho, pintura e escrita).

Ainda no âmbito desta exposição, vai realizar-se no dia 8 de abril, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, uma tertúlia sobre a prostituição, intitulada “Procura-se Cliente”, com a participação de Carina Parente, Mara Silva, Isabel Soares, Nilza Almeida e Pereira Lopes.

Esta tertúlia, organizada pela Câmara Municipal de Barcelos, terá a colaboração do GAF – Gabinete de Atendimento à Família de Viana do Castelo, da APDES – Agência Piaget para o Desenvolvimento, projeto “Porto G” e do GiruBarcelos – Grupo de Intervenção de Rua em Barcelos.

BARCELOS PROMOVE DESPORTO ESCOLAR

Apresentação da 3ª Prova do Circuito Regional de BTT Desporto Escolar

Cerca de 350 alunos-atletas, em representação de 28 grupos-equipa de 23 escolas, participam nesta prova

No dia 22 de março, às 11h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, será apresentada a 3ª Prova do Circuito Regional de BTT - Desporto Escolar, uma sessão que contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, da Vice-Presidente, Armandina Saleiro, do Diretor da Escola Secundária de Barcelinhos, António Carvalho, do Professor Liberto Reis e, claro, com a presença de duas dezenas de atletas.

 Esta apresentação pública tem como objetivo principal dar a conhecer, para além da vertente competitiva, todo o conjunto de dinâmicas complementares que envolvem esta prova, que se realizará no dia 25 de março, junto ao Estádio Cidade de Barcelos, e que tanto privilegia o concelho.

BARCELOS: BALUGÃES HOMENAGEIA AVELINO MESQUITA

A aldeia de Balugães vai homenagear o escritor baluganense Avelino Mesquita no dia 18 de março, pelas 14h30, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Balugães.

bALUGA1.PNG

A organização do evento está a cargo das várias associações da freguesia de Balugães, bem como da Junta de Freguesia: ABCD - Associação Baluganense de Cultura e Desporto, Agrupamento de Escuteiros n.º 86 – Balugães, 1.ª Companhia de Guias de Balugães, Fraternidade de Nuno Álvares (FNA) Núcleo de Balugães, Grupo de Jovens de Balugães, Grupo Vozes Outonais, Ronda da Ponte das Tábuas, Teatro de Balugas.

Avelino da Cunha Vilas Boas Mesquita nasceu em Balugães, no dia 18 de março de 1926. Estudou em Balugães, Braga e Coimbra, onde desenvolveu o gosto pelas letras e, sob os pseudónimos Avibomes e Abel Lino, assinou os primeiros textos. 

Trabalhou em Vila Real, no Porto e em Balugães, emigrando em 1952 para a Venezuela, onde permaneceu nove anos. Regressou, então, a Portugal e radicou-se em Lisboa, voltando definitivamente à sua terra natal em 1994. A sua presença foi assídua na imprensa de âmbito regional e nacional.

Ainda com muita obra inédita, com destaque para a poesia e para o teatro, o autor publicou os seguintes livros: O Dente de Ouro (Edição de autor, Balugães, 2007), Aquém do Neiva (Edição da Junta de Freguesia de Balugães, Balugães, 2004), e, em co-autoria, Balugães, a sua história, as suas gentes (Editorial Franciscana, Braga, 1997).

bALUGA2.PNG

BARCELOS AUMENTA NÚMERO DE BIBLIOTECAS ESCOLARES

Barcelos é um dos concelhos mais bem equipados no país 

Barcelos passa a contar, muito em breve, com 30 bibliotecas escolares, maioritariamente em escolas do ensino básico, depois da  Escola Básica de Vila Boa, do Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, ter sido uma das selecionadas através de um concurso nacional, realizado anualmente, para integrar a Rede de Bibliotecas Escolares.

Nesse sentido, será atribuído à escola um financiamento estatal para a construção da sua própria biblioteca, quer do espaço físico, quer da reserva documental. Para já, a escola deverá preparar, em articulação com o agrupamento e a Biblioteca Municipal, a planificação do espaço da biblioteca escolar, a listagem de mobiliário e equipamento e ainda uma seleção dos materiais documentais a adquirir.

O Programa Rede de Bibliotecas Escolares (PRBE) foi lançado em 1996, pelos Ministérios da Educação e da Cultura, com o objetivo de instalar e desenvolver bibliotecas em escolas públicas de todos os níveis de ensino, disponibilizando aos utilizadores os recursos necessários à leitura, ao acesso, uso e produção da informação em suporte analógico, eletrónico e digital.

TERRA DO GALO LANÇA NOVA MARCA E ESTRATÉGIA TURÍSTICA

Barcelos Cidade Viva e Criativa marca presença forte na Bolsa de Turismo de Lisboa

Quem visitar a BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa 2017 será recebido pelo Galo de Barcelos, uma imponente peça de artesanato de três metros de altura e de cores vibrantes que fará as “honras da casa” e promete não passar despercebida. Lá dentro, no stande turístico, a aposta é a mesma – cor, imponência, diferença e singularidade para marcar a diferença. Durantes quatro dias, de 15 a 19 de março, a Terra do Galo está preparada para cativar os operadores turísticos e fazer de Barcelos Cidade Viva e Criativa um ponto de passagem obrigatória dos milhares de turistas que visitam o Norte de Portugal. 

barcellos.jpg

O concelho de Barcelos estará em destaque na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa 2017 com a presença de um stande  próprio. Um espaço onde serão divulgados unicamente os fazeres do concelho, da gastronomia, ao lazer e empresas, bem como os seus principais eventos como a Festa das Cruzes ou a Mostra de Artesanato.

Esta aposta, refere Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, tem um único objetivo: captar turistas para o nosso concelho. Fazer de Barcelos um local a não perder para os milhares de turistas que visitam o Norte de Portugal, atrair potenciais investidores e criar novas oportunidades de negócio, contribuindo para o desenvolvimento económico da região.

“São milhares e milhares os turistas que chegam aos aeroportos do Porto e Lisboa sem um roteiro de férias traçado. E a realidade do nosso concelho tem-nos mostrado que este é o caminho. Comprovamos todos os dias, pelos turistas que recebemos, que nos dias de hoje grande parte dos destinos são planeados na sala de desembarque”, explica Miguel Costa Gomes.

A confiança na Marca Barcelos estará, também, presente pelas “ofertas” e consagração do posicionamento local em termos de gastronomia e vinhos e a criação de dinâmicas turísticas, onde os empresários e  os operadores turísticos fizeram questão de apostar: os sorteios de estadias, almoços e jantares, entradas e convites para visitar a história do concelho.  Não faltarão também os sorteios do Galo de Barcelos, figura icónica que tem sido, ao longo dos últimos anos, um dos maiores embaixadores da imagem de Portugal no estrangeiro e encontra neste evento todo o reconhecimento da sua importância. A arte de modelar o barro e o figurado de Barcelos terá um destaque especial e um espaço próprio para aprender a pintar o famoso galo de Barcelos.

PINTOR MANUEL MALHEIRO EXPÕE EM BARCELOS

A exposição do pintor Manuel Malheiro, "Metamorfoses Solares II", inaugura a 11 de março, na Sala Gótica dos Paços do Concelho, e pode ser visitada até 16 de abril.

O artista expõe em Barcelos um conjunto de obras que versa sobre a figura do galo em múltiplos contextos e culturas. Ao longo da História, o galo assimilou diferentes simbolismos um pouco por todo o mundo, desde o país do sol nascente às terras gaulesas. Na exposição, o artista propõe novos olhares sobre o galo à luz destas representações.

Informação adicional

Nasceu em Monção. Reside e trabalha em Matosinhos. Possui o Curso Superior de Desenho e o Mestrado em Artes Visuais e Intermédia da Escola Superior Artística do Porto, ESAP, onde foi professor. Foi assistente do Prof. Sá Nogueira na Escola Superior – Gallaecia, Vila Nova de Cerveira. Entre 1994 e 1998 lecionou no CLIP – Escola Internacional do Porto e no ensino oficial, em Viana do Castelo. Estágio de Desenho na National Academy of Design School of Fine Arts of New York. Leciona Artes Visuais no curso superior de Artes e Multimédia do ISMAI.

Participou em várias exposições individuais e coletivas, nacionais e internacionais: Mónaco / Alemanha / França / Espanha. Presente em várias coleções particulares.

BARCELOS DEBATE MARKETING SOCIAL

Auditório encheu para debater o papel do marketing social

São “iniciativas como esta que contribuem para uma reflexão coletiva necessária e constituem um debate saudável e profícuo entre agentes sociais e que são fundamentais no desenvolvimento da comunidade”, foi desta forma que Armandina Saleiro abriu o seminário dedicado ao marketing social, num auditório  repleto  de empresários, responsáveis comunitários e cidadãos.

image-largesocialbarce.jpg

O Auditório da Câmara Municipal de Barcelos acolheu, esta tarde, um seminário dedicado ao marketing social que contou com a participação de instituições de vários pontos do norte do país.

Mais de uma centena de empresários, responsáveis comunitários e cidadãos encheram a sala para ouvir e debater problemáticas afetas ao empreendedorismo social, desde as estratégias de comunicação à fiscalidade, passando ainda pelos modelos financeiros adotados, entre outras. No fundo, um manual de instruções sobre como tornar visível o trabalho das instituições  de solidariedade social e, por outro lado, como torná-las mais autónomas e sustentáveis, num painel que primou pela diversidade, reunindo associações de apoio à deficiência, escolas, paróquias e professores universitários.

Na abertura, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos e Presidente do Conselho Local de Ação Social, Armandina Saleiro, ressalvou que estas “iniciativas são fundamentais para combater a exclusão, promover a integração social, incentivar o investimento no empreendedorismo social e numa nova racionalidade económica solidária”.

O seminário contou com o apoio do Município de Barcelos e foi dinamizado pelo GOD (Grupo Operativo da Deficiência- Constituído no âmbito da Rede Social de Barcelos) e pela ATAHCA (Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave), no âmbito do Plano de Desenvolvimento Social 2021, onde se preveem ciclos de sessões temáticas subordinadas ao tema do empreendedorismo social.

GALO E PAPAS DE SARRABULHO ATRAEM VISITANTES A BARCELOS

Milhares visitam Barcelos para saborear o Galo e as Papas de Sarrabulho

Entre 10 e 19 de março, em 37 restaurantes aderentes

A Semana Gastronómica do Galo engloba a confeção de dois pratos - o Galo e as tradicionais Papas de Sarrabulho - num verdadeiro dois em um da degustação regional.

image_largepapasbarc.jpg

Entre 10 e 12 de março, Barcelos acolhe o Fim de Semana do Galo e, mais tarde, entre 17 e 19 de março, dedica-se à prova de papas. Mais de três dezenas de restaurantes locais participam neste mega programa gastronómico que tem como principal motivo a celebração e divulgação da gastronomia regional. Paralelamente à confeção dos pratos, vão decorrer várias atividades relacionadas, desde workshops a concertos, cuja participação é gratuita.

No dia 11 de março, sábado, o passeio pela Rota do Vinho e da Vinha nas Caves Campelo e Quinta do Paço marca o início da programação. No dia 16, quinta-feira, a escola Profitecla apresenta o II Concurso de Cocktails de Barcelos, na Avenida da Liberdade. O Fim de Semana de 18 e 19 fica marcado pelo workshop gastronómico, "Papas de Sarrabulho à moda de Barcelos", pela comemoração do Dia do Artesão com várias mostras ao vivo nos restaurantes aderentes, e ainda pelo festival "Música na Avenida" que juntará a Banda do Galo, as Vozes do Cávado, entre outros.

MULTIDÃO EM BARCELOS CELEBRA O CARNAVAL

Milhares de pessoas rumaram, na passada terça-feira, ao centro histórico de Barcelos para assistir ao corso de um dos maiores carnavais populares do país. Mais de 1500 figurantes e dezenas de carros alegóricos invadiram a Avenida da Liberdade com muito humor, alegria e, como  não podia deixar de ser, sátira quanto baste, numa iniciativa que envolve várias associações do concelho e a comunidade.

16864239_1539783362721064_2387127979589871672_n.jpg

A APAL - Associação de Pais de Alvelos venceu o concurso com o tema "Maternidade Sexy – Barcelos fecha, nós abrimos!", numa competição que foi bastante renhida. O pódio esteve também reservado aos “101 dálmatas e companhia” da FOCA - Associação de Pais de Fonte Coberta e  às “moscas atrevidas e imparáveis” da Mais Juventude - Associação de Jovens de Alvelos, em 2º e 3º lugares, respetivamente. Já as "velhinhas" do Agrupamento de Escuteiros de Bastuço de S. João arrecadaram o prémio de melhor composição a pé sob o mote "No meu tempo é que era!".

No final do cortejo, os alunos da escola de artes Soulfly subiram ao palco para um espetáculo multifacetado, combinando música e dança, que marcou o culminar de quatro dias de festa.

16939583_1539783146054419_1634163568759597976_n.jpg

CLASSIFICAÇÃO (composições carro)

1º APAL – Associação de Pais de Alvelos |Maternidade Sexy – Barcelos fecha, nós abrimos!

2º FOCA – Associação de Pais de Carreira e Fonte Coberta | 101 Dálmatas

3º Mais Juventude – Associação de Jovens de Alvelos | As moscas atrevidas

4º Centro de Bem-Estar Social de Alheira | Rua Sésamo

5º Associação Recreativa e Cultural "Águias de Alvelos" | Mil e uma noite

6º Associação Social, Cultural e Recreativa de Chorente | A loucura dos jogos da sorte, em tempo de crise

7º Centro Social e Paroquial Imaculado Coração de Maria | Espantar a crise de afectos e valores

8º Associação de Pais da Escola EB1/JI de Aldão | O sítio do pica-pau amarelo

9º APACEJIG – Associação de Pais de Galegos S. Martinho | O recreio sorridente

10º Agrupamento de Escuteiros de Alvelos – CNE – N.º 1350 | Tráfico de órgãos

11º Associação de Pais e Encarregados de Educação de Perelhal | As perinhas de Perelhal
12º APEJIM – Associação de Pais da Escola e JI de Moreiros | Alice no país das maravilhas

13º Associação de Pais e Encarregados de Educação do JI de Samo, Vila Cova | Guloseimas e Doçaria

14º APEEBA – Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB da Arcozelo | Água é Vida

15º Agrupamento de Escuteiros da Ucha – CNE – N.º 1016 | Os minions e a atualidade

CLASSIFICAÇÃO (composições a pé)

1 º Agrupamento de Escuteiros de Bastuço S. João | No meu tempo é que era!

17021965_1539783272721073_2243845280553583785_n.jpg

BARCELOS: BALUGÃES HOMENAGEIA AVELINO MESQUITA

O Teatro de Balugas e a Junta de Freguesia de Balugães promovem a homenagem a Avelino Mesquita, a realizar no dia 18 de março, pelas 15h00, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Balugães. 

16997944_639208212937286_1068493007271049427_n.jpg

Homenagear o autor Avelino Mesquita é, antes de mais, lembrar todas as palavras edificadas sobre a nossa aldeia. Como se pode agradecer a este homem? Será uma pergunta que continuará por responder após esta homenagem.

Uma aldeia e um vale foram guardados por Avelino Mesquita em notícias, crónicas, poesias, contos, monografias, peças de teatro e outros tantos textos, numa linguagem plena de identidade local e autenticidade cultural.

Trata-se do reconhecimento de um escritor que deixa, para a memória futura, toda uma oralidade ancestral, todo um património de lendas e tradições, de figuras e ofícios, cantigas e ladainhas, costumes e modos de vida de uma aldeia.

Aqui saberemos do topo do povoado fortificado da Carmona até às margens do Neiva, todas as palavras, todas as pedras e todos os nomes dos nossos antepassados. Uma memória deixada cartografada e agora é a hora de agradecer esse mapa de afetos!

organização | ABCD - Associação Baluganense de Cultura e Desporto | Agrupamento de Escuteiros n.º 86 – Balugães | 1.ª Companhia de Guias de Balugães | Fraternidade de Nuno Álvares (FNA) Núcleo de Balugães | Grupo de Jovens de Balugães | Grupo Vozes Outonais | Ronda da Ponte das Tábuas | Teatro de Balugas | Junta de Freguesia de Balugães

BARCELOS INVESTE UM MILHÃO DE EUROS NA EDUCAÇÃO

Presidente da Câmara assinou hoje os autos de consignação da Escola Básica do Bárrio e do Pavilhão da EB 2,3 de Fragoso

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou hoje os autos de consignação das empreitadas da Escola Básica do Bárrio, em Roriz, e do Pavilhão da EB 2,3 de Fragoso, em Fragoso, juntamente com os representantes das empresas adjudicatárias.

Em Roriz, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos informou os presentes que a Escola do Bárrio será a primeira de um grupo de dezasseis que irá ser alvo de requalificação pelo caráter urgente que esta apresenta, visto que não tem condições para receber alunos. A intervenção conta com o “esforço financeiro do orçamento do Município em cerca de 350 mil euros, e cerca de 106 mil euros beneficia do Quadro Comunitário”.

Já em Fragoso, Miguel Costa Gomes afirmou que a construção do pavilhão desportivo da escola EB 1,2,3, esperada há 17 anos, vem colmatar uma lacuna do projeto inicial que nunca o teve em conta, e concluiu esta visita sublinhando que “o nosso objetivo é que no próximo ano letivo estas infraestruturas físicas estejam em plenas condições de funcionamento. A educação é e continuará a ser uma aposta deste executivo”.

Informação adicional

A escola primária do Bárrio, em Roriz, pertence ao conjunto de edifícios escolares designados por “Plano Centenário”. Os trabalhos de recuperação visam introduzir mais-valias nas soluções construtivas do edifício existente, bem como valorizar os espaços tendo em vista a função que acolhem. A ampliação do edifício permitirá a criação de novos espaços e respetivas infraestruturas. A obra foi adjudicada à empresa AMC – Agostinho Malheiro Coelho, LDA., no valor de 450 mil euros, com o prazo de execução de 270 dias.

O pavilhão desportivo da escola EB 1,2,3 de Fragoso contempla uma área de desporto (1.280m2) e ainda uma área para educação física e formação, definida como sala polivalente (150m2). Esta obra foi adjudicada à empresa NVE Engenharias, S.A., no valor de cerca de 800 mil euros e tem o prazo de execução de 225 dias.

BARCELOS TEM ACTIVIDADE CULTURAL DIVERSIFICADA EM MARÇO

Março com programação diversificada no Teatro Gil Vicente

Durante o mês de março, o Teatro Gil Vicente garante animação quase diariamente à cidade. Da programação, destacam-se a apresentação do documentário "Lutaram como Diabos", sobre a investida barcelense na I Grande Guerra, no dia 5; os concertos do festival Harmos, a 8 e 10, e ainda as conferências internacionais promovidas pelo IPCA, Dia D - Conversas sobre Design, no dia 29.

A Zoom - Associação Cultural leva a tela nove filmes, apostando em políticas inclusivas de formação de públicos com mais sessões dedicadas à comunidade infantil, através do Plano Nacional de Cinema, e ao público sénior com o ciclo dedicado ao japonês Yasujiro Ozu. Além disso, há "Gimme Danger", documentário de Jim Jarmusch sobre o frontman dos The Stooges, Iggy Pop, no dia 9; há "Eldorado XXI", de Salomé Lamas, filme vencedor do festival Porto/Post/Doc e que tem recebido elogios da crítica, no dia 15; "Se as Montanhas se Afastam", de Jia Zhangke, no dia 23, e, a fechar o mês, o cineclube dá início a um ciclo dedicado a Isabelle Huppert, atriz recentemente nomeada para um Óscar, com a exibição de "O Que está por Vir", de Mia Hansen-Løve, no dia 30.

Nos dias 2 e 12, o teatro acolhe os eventos solidários "Vamos Ajudar o Tomás", promovido pelo IPCA, e o projeto "Alma Gémea", com um espetáculo de Pedro Macedo, respetivamente. No dia 4, realiza-se a Gala de Desporto 2017, do Clube Motogalos. Nas artes performativas, a Associação D'Improviso apresenta duas peças: "Canto do Gineceu" dia 17, e "A Revolução das Mulheres", no dia 21, e a Capoeira volta a trazer a cena "O Fantasma da Ópera". Já o hall do teatro vai receber a exposição de artes plásticas "Musas", de Manuel Lima, a 8 de março, no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Mulher.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

CartazMarço2017.jpg

ARQUEOLOGIA À NOITE VISITA PAÇO DOS CONDES DE BARCELOS

Dia 3 de março, às 21h30

No próximo dia 3 de março, pelas 21h30, o programa de visita aos monumentos do concelho "Arqueologia à Noite" vai dar a conhecer o Paço dos Condes de Barcelos.

Arqueologia à Noite_Paço dos Condes.jpg

As ruínas do palácio mandado construir pelo conde D. Afonso entre 1406 e 1414 - o «castelo», como os barcelenses o designam - ocupa um lugar de destaque no conjunto edificado do centro histórico de Barcelos, sendo um dos ícones da cidade. Com uma história que acompanha os destinos na vila medieval e a história nacional, foi transformado em Museu Arqueológico, em 1920, recebendo os vestígios arqueológicos e arquitetónicos recolhidos no território do concelho.

A visita tem a duração de uma hora, com entrada livre, mas a inscrição é obrigatória; não é aconselhável a menores de oito (8) anos e os participantes devem munir-se de vestuário adequado às condições atmosféricas noturnas e às baixas temperaturas.

Informações e inscrições para arqueologia@cm-barcelos.pt ou para 915288428.

BARCELOS APOIA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

Presidente da Câmara Municipal de Barcellos atribui 68 mil euros em bolsas de estudo a estudantes universitários

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, entregou no passado sábado, dia 25 de fevereiro, no  Salão Nobre dos Paços do Concelho, as bolsas de estudo a  88 estudantes do ensino superior, admitidos na primeira fase.

Na sua intervenção, o Presidente pediu aos jovens presentes que se empenhassem “não só na sua própria formação, mas também na perceção que há um esforço público com o dinheiro que é de todos os barcelenses” para os ajudar nas suas necessidades. Miguel Costa Gomes sublinhou que “se há áreas que não abdicarei é a da ação social e a da educação. A educação é estruturante em qualquer sociedade e a ação social tem a ver com as dificuldades que os cidadãos vão sofrendo por várias vicissitudes da vida. O Município, enquanto entidade pública, deve olhar para esses cidadãos, perceber as suas necessidades e ajudá-los a ultrapassar os problemas”.

No presente ano letivo foram admitidas 111 candidaturas, distribuídas pelos diferentes escalões, com base no seu rendimento per capita.

As bolsas destinam-se a apoiar os estudantes residentes no concelho há mais de dois anos, matriculados em curso que confere grau académico de licenciatura, mestrado integrado ou curso técnico superior profissional com aproveitamento escolar no último ano letivo que frequentaram, com uma média igual ou superior a 13 valores, que solicitaram bolsa de estudo no Estabelecimento de Ensino Superior que frequentam, e que não possuam um rendimento mensal per capita superior a 85% do Indexante aos Apoios Sociais (IAS). O valor da bolsa, é variável por escalões, tendo como montante máximo a atribuir 300,00€ mensais, sendo complementar com a bolsa de estudo do Estabelecimento de Ensino Superior que frequentam.

O montante a atribuir nesta primeira fase totaliza o valor de 68.314,32€.

A segunda fase de atribuição das bolsas de estudo destina-se aos estudantes cujos processos aguardam a entrega da notificação de atribuição da bolsa de estudo pela Direção Geral do Ensino Superior (DGES).

As listas dos candidatos admitidos à primeira fase de atribuição das bolsas de estudo do Município, para o ano letivo 2016/2017, encontram-se publicadas e podem ser consultadas no site do Município em www.cm-barcelos.pt

BARCELOS É EXEMPLO EUROPEU NA INTEGRAÇÃO DE REFUGIADOS

Vice-Presidente da Câmara marca presença no 2nd Meeting Project “Europe for Citizens” na Hungria

No II Encontro da rede de países e respetivos municípios que integram o Programa Europeu “Europe for Citizens” – Europa para os Cidadãos, a apresentação de Barcelos marcou a diferença através de uma abordagem clara, prática e objetiva dos projetos de integração levados a cabo junto da comunidade cigana – Projeto “Escolhas”, GaloArtis -, assim como o acompanhamento que tem sido feito junto da família de refugiados que o Município acolhe desde setembro do último ano.

Tendo em conta a importância dos temas em debate, este encontro contou com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro. O ponto fulcral de todo o evento, que decorreu de 14 a 19 de fevereiro na Hungria, na cidade de Kistelek, e que juntou representantes de Itália, Espanha, Grécia, Estónia, Hungria e Portugal, centrou-se na discussão das políticas migratórias e a situação problemática que a União Europeia atravessa relativamente à entrada, acolhimento e integração de refugiados. Houve ainda uma visita à fronteira do Condado, seguida de uma sessão informativa e debate acerca de todo o processo legal inerente à entrada/legalização de refugiados e a apresentação de dados estatísticos dos últimos anos.

O encontro pretendia que o município representante de cada país divulgasse as boas práticas em atuação no seu município em relação à questão das migrações. Barcelos deixa de forma exímia a sua marca em território húngaro, e prepara-se já para ser o anfitrião do próximo encontro, que irá realizar-se de 1 a 5 de maio, em plena época festiva barcelense. O III Encontro dará lugar ao tema relacionado com as políticas da União Europeia e de que forma estas podem contribuir para o crescimento sustentável da comunidade local.

BARCELOS RECEBE O MELHOR DA MÚSICA DE CÂMARA A NÍVEL MUNDIAL

Quatro conceituadas escolas europeias, dezasseis suprassumos da música, de 8 a 11 de março, no Teatro Gil Vicente e Salão Nobre da Câmara Municipal

O festival internacional de música de câmara Harmos regressa a Barcelos entre os dias 8 e 11 de março. O Teatro Gil Vicente e o Salão Nobre da Câmara Municipal acolhem quatro dos concertos integrados na 11ª edição do evento que se realiza simultaneamente em várias cidades do país. A entrada é gratuita.

Cartaz Harmos.jpg

Da Escola Superior de Música de Lisboa - Instituto Politécnico de Lisboa chega o Chinski Quartett, grupo de cordas composto por Ana Paula Sousa (violino), João Cunha (violino), Beatriz Acosta (viola) e Victor Pavtchinski (violoncelo). O quarteto atua no dia 8 de março, quarta-feira, às 15h, no Teatro Gil Vicente, num concerto comentado, dirigido particularmente à comunidade sénior.

No dia seguinte, 9 de março, será a vez dos músicos que compõem o Elysian Piano Quartet, afetos à prestigiada escola belga Koninklijk Conservatorium Brussel, subirem ao palco do Salão Nobre da Câmara Municipal, às 21h30.
A 10 de março, à mesma hora, o Teatro Gil Vicente recebe o Sminov Quartet, do conservatório Hochschule für Musik Basel, da Suíça. O ciclo encerra no sábado, dia 11, com um concerto protagonizado pelo Piano Quartet Interest, constituído por quatro músicos da Academia Estoniana de Música e Teatro, no Salão Nobre da Câmara Municipal, também às 21h30.
Detentor do selo EFFE (Europe for Festivals, Festivals for Europe, sob a égide da Comissão Europeia e da Associação Europeia de Festivais), tem sido reconhecido como um festival de referência nacional e internacional, e apoiado por um conjunto importante de parceiros.
O HARMOS é organizado pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Politécnico do Porto e tem colaborações com uma vasta rede de Instituições de Ensino Superior Artístico em todo o mundo.

PROGRAMA HARMOS Classical 2017:

Dia 8 de março || quarta-feira
15h00
Teatro Gil Vicente
Concerto Comentado para Séniores
CHINSKI QUARTETT
Escola Superior de Música de Lisboa, IPL, Portugal
Ana Paula Sousa, violino
João Cunha, violino
Beatriz Acosta, viola
Victor Pavtchinski, violoncelo
Dia 9 de março || quinta-feira
21h30
Salão Nobre da Câmara Municipal
ELYSIAN PIANO QUARTET
Koninklijk Conservatorium Brussel, Bélgica
Natalia Kotarba, violino
Varvara Jitcov, viola
Anna Reiter, violoncelo
Monika Darzinkeviciute, piano
Dia 10 de março || sexta-feira
21h30
Teatro Gil Vicente
SMIRNOV QUARTET
Hochschule für Musik Basel, Suíça
Smirnov Dmitry, violino
Mariia Ten, violino
Romain Roussel, viola
Héctor Hernández, violoncelo
Dia 11 de março || sábado
21h30
Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos
PIANO QUARTET InterEST
Estonian Academy of Music and Drama, Tallin, Estónia
Maarja-Helen Oserov, violino
Merike Heidelberg, viola
Valle Rasmus Roots, violoncelo
Auli Lonks, piano

BARCELOS PROMOVE DEBATE SOBRE MARKETING SOCIAL

Marketing Social em debate no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos

Combater a exclusão, promover a integração social, incentivar o investimento no empreendedorismo social e numa nova racionalidade económica solidária são alguns dos objetivos principais deste seminário dedicado ao “Marketing Social”. Uma iniciativa que juntará empresas, empresários e associações do concelho de Barcelos para darem o seu testemunho e contributo, que ajudarão a abrir novas fronteiras na área do “Marketing Social” que permitam a criação de uma sociedade mais justa e equilibrada. A aposta no empreendedorismo social é a única forma de esbater o interesse individual em prol da concorrência pela “cooperação” e a “associação”.

marketing social.jpg

No próximo dia 3 de março, pelas 14h00, realiza-se, no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos, um seminário dedicado ao “Marketing Social”, que abordará diversas questões relacionadas com a temática, nomeadamente “ O Poder do Marketing Social”, a “A realidade Fiscal do Marketing Social” e “Montras Sociais como estratégia de desenvolvimento local”.

A abertura do “Seminário do Marketing Social” será realizada pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos e Presidente do Conselho Local de Ação Social, Armandina Saleiro. Ao longo da tarde, várias as empresas/personalidades da área do “Marketing Social” darão o seu contributo para o alargamento de campos de visão nesta área.

Esta iniciativa, que conta com o apoio do Município de Barcelos, é dinamizada pelo GOD (Grupo Operativo da Deficiência- Constituído no âmbito da Rede Social de Barcelos) e a ATAHCA (Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave) no âmbito do Plano de Desenvolvimento Social 2021, onde se preveem ciclos de sessões temáticas subordinadas ao empreendedorismo social.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias. Podem ser efetuadas até ao dia 1 de março em: https://docs.google.com/forms/d/1nk2LWBhK4ZIvUpK_8KCAdUlr1tlaYXPVua9QDTcqMw/viewform?edit_requested=true

CARNAVAL DE BARCELOS TEM MAGIA, TRADIÇÃO E SÁTIRA

De 24 a 28 de fevereiro, o maior Carnaval Popular do país

Mais de 40 associações, três dezenas de carros alegóricos e milhares de figurantes vestidos a preceito vão preencher de cor, alegria e boa disposição as ruas da cidade de Barcelos, naquele que é considerado o maior Carnaval Popular do país.

Carnaval foto.jpg

Durante quatro dias, entre 24 e 28 de fevereiro, o Município tem preparado um vasto programa de comemorações que alude ao tradicional entrudo do norte do país. Longe dos ritmos sambistas e das máscaras venezianas, o Carnaval barcelense ancora-se nas profundezas das tradições regionais com o folclore, os gigantones e o figurado a saírem vitoriosos e com o melhor da sátira popular a sair às ruas.

O ponto alto das comemorações é o tradicional Cortejo de Carnaval Popular, promovido pelas associações do concelho, que atravessa a Avenida da Liberdade no dia 28 de fevereiro, a partir das 15h, e culmina com um espetáculo musical pela Academia Soulfly ArtLovers.

O centro histórico da cidade vai acolher várias atividades, incluindo a Feira do Fumeiro que se vem tornando habitual ao longo dos últimos anos. Os mais novos apresentam o Desfile das Escolas no dia 24 de manhã. Já a festa de arromba para os adultos acontece na noite de 27 com a realização do Concurso de Máscaras e da atuação de Victor Rodrigues e sua Banda, na Avenida da Liberdade, a partir das 21h. Às 23h30, todos os caminhos vão ter ao Pavilhão Municipal, onde está preparada uma grandiosa noite de Carnaval, com Dj´s convidados e entrada livre. 

DEPUTADO BARCELENSE JOEL SÁ PRETENDE QUE SEJAM VALORIZADOS OS CEMITÉRIOS MILITARES PORTUGUESES EM FRANÇA

O deputado barcelense Joel Sá entregou na passada sexta-feira, 17 de Fevereiro, na Assembleia da República um Projeto de Resolução que recomenda medidas urgentes de valorização dos Cemitérios dos Nossos Heróis, nomeadamente o cemitério militar de Richebourg l’Avoué, no norte de França, que é um cemitério militar exclusivamente português, no qual, entre 1924 e 1938, se sepultaram 1831 soldados.

Joel_Sább.jpg

Este Projeto de Resolução da autoria de Joel Sá, visa dignificar a memória dos nossos heróis compatriotas portugueses e desses os muitos conterrâneos barcelenses. Dai que a base tenha partido do documentário do Dr. Penteado Neiva "Lutaram como Diabos" baseado em diários, cartas, postais e com testemunhos de familiares de combatentes de Barcelos que participaram no conflito da I Guerra Mundial.

Projeto de Resolução n.º      /XIII/2ª

Recomenda medidas urgentes de valorização dos Cemitérios dos Nossos Heróis

Exposição de motivos

A chegada dos militares portugueses a França, em janeiro de 1917, marca o início do grande esforço militar português durante a I Guerra Mundial. Os primeiros soldados portugueses chegaram à Flandres há 100 anos, numa participação inglória e que culminou no desastre da Batalha de La Lys, um acontecimento incontornável da história militar portuguesa em que estiveram empenhados os efetivos do Corpo Expedicionário Português (CEP) que participaram na 1ª Guerra Mundial.

Nesta batalha, a 2ª Divisão do CEP, em algumas escassas horas, perdeu cerca de 7.500 militares entre mortos, feridos, desaparecidos e prisioneiros.

Comandados pelo General Gomes da Costa, os militares portugueses, foram sacrificados impiedosamente numa ofensiva desencadeada por quatro divisões do 6º Exército germânico sob o comando do General Ferdinand von Quast.

Ocorrida a 9 de Abril de 1918, e apesar de vitimados, a coragem dos militares portugueses, demonstrada em combate tem sido elogiada e lembrada além-fronteiras, principalmente pelas forças aliadas.

O cemitério militar de Richebourg l’Avoué, no norte de França, é um cemitério militar exclusivamente português, no qual, entre 1924 e 1938, se sepultaram 1831 soldados, dos quais 238 são desconhecidos, provenientes de outros cemitérios franceses de Le Touret, Ambleteuse e Brest, de Tournai, na Bélgica, e também os corpos de prisioneiros de guerra mortos na Alemanha.

Este cemitério foi inaugurado em 1928 e, poucos anos depois, foi construído um muro de proteção e uma porta monumental com materiais importados de Portugal. Em 1976 o sítio foi valorizado com a construção de uma capela da invocação de Nossa Senhora de Fátima.

A recordar a presença portuguesa na Primeira Guerra Mundial em França há, ainda, o monumento de La Couture, do escultor português António Teixeira Lopes e inaugurado a 10 de novembro de 1928, e o cemitério militar britânico de Boulogne, onde há um talhão português com 44 campas.

O cemitério militar de Richebourg, a capela Nossa Senhora de Fátima e o monumento aos mortos de La Couture são palco, todos os anos, em abril, de uma cerimónia evocativa da Batalha de La Lys.

Foi recentemente tornado público que o cemitério militar português de Richebourg, com 1.831 campas de soldados lusos da I Guerra Mundial, faz parte de uma “lista indicativa” para candidatura a Património Cultural da UNESCO.

O cemitério português, no norte de França, é um dos “locais funerários e memoriais da I Guerra Mundial (Frente Ocidental)” que integraram, em abril de 2014, a “lista indicativa” de França para futuras candidaturas a património da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Num conjunto de 80 locais referentes à Grande Guerra, o cemitério de Richebourg L’Avoué aparece em sétimo lugar, assim como a Capela de Nossa Senhora de Fátima, em Lorgies, mesmo em frente do cemitério.

A ambição de inscrever os "locais funerários e memoriais da I Guerra Mundial" como património da UNESCO, explica a apresentação do projeto disponível na página internet da UNESCO na secção das "listas indicativas", resulta de uma "seleção transnacional", com a Bélgica, em que foram escolhidos 80 locais em França e 25 na Bélgica, "rigorosamente selecionados no seio de um vasto conjunto de milhares de cemitérios, necrópoles e memoriais da frente ocidental".

De acordo com esse documento, "Estes elementos são representativos da enorme diversidade de nações e de povos que estiveram implicados neste conflito mundial, com uma dimensão nunca então alcançada. Eles compõem uma paisagem evocativa representativa da extensão geográfica da frente (mais de 700 km), dos grandes momentos da sua história e das suas evoluções ao longo da guerra".

Como "justificação para o valor universal excecional", o texto explica que, com a Grande Guerra, "uma nova memória funerária exprime-se através de cemitérios constituídos por campas individuais que se repetem em grande número", marcados pela "homogeneidade", e através da "inscrição de nomes nos mausoléus e memoriais que responde à vontade de guardar a memória de combatentes cujos corpos não foram encontrados ou identificados".

"Todos estes elementos refletem, também, o caráter internacional do conflito, seja através de cemitérios explicitamente associados a um dos beligerantes ou ao homenagear soldados oriundos do mundo inteiro", continua o documento, lembrando, ainda que "os memoriais são monumentos totalmente novos em relação a guerras anteriores".

A lista de monumentos traduz "um movimento arquitetónico totalmente novo" e "testemunha o sofrimento e o luto em massa", sendo "um culto funerário que é, desde logo, mais que um culto combatente, um culto civil e humanista que convida ao recolhimento e, depois, à reconciliação e à paz".

No entanto, importa referir a situação de abandono em que se encontra este Cemitério e o vizinho Monumento de La Couture, os maiores e mais ilustre Memoriais erguidos fora do território nacional. Torna-se urgente proceder a um conjunto de intervenções que permita a historicidade ativa deste património com toda a dignidade que merecem.

Nestes termos, o Grupo Parlamentar do PSD, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, propõe que a Assembleia da República recomende ao Governo que tome as medidas urgentes na recuperação e valorização dos Cemitérios dos Nossos Heróis.

Palácio de S. Bento, 17 de fevereiro de 2017

Os Deputados do PSD

MUNICÍPIO DE BARCELOS APROVA APOIOS A JUNTAS DE FREGUESIA

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 13 de fevereiro, um conjunto de subsídios, no valor de cerca de 200 mil euros, que irão contribuir de forma significativa no apoio socioeconómico às freguesias do concelho: rede viária, espaços de lazer públicos, ampliação e requalificação de cemitérios, construção de muros, drenagem de águas pluviais e apoio às diversas iniciativas das freguesias, entre outros.

Também às associações do concelho foram atribuídos subsídios no valor de cerca de 20 mil euros para a realização das atividades e apoio às diversas valências.

Foram ainda estabelecidas parcerias com a Província Portuguesa dos Padres Missionários Capuchinhos com vista a realizar a atividade “Bênção do Peregrino”, inserida nas comemorações do centenário das Aparições de Fátima, e uma parceria com a Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo – Instituto Politécnico do Porto para a realização do Festival Harmos 2017.

Na primeira reunião do mês de fevereiro, aprovaram ainda o Acordo de Colaboração entre o Município e a Associação Cultural Motocavaquinhos e o Contrato-Programa de Desenvolvimento Desportivo com o Gil Vicente Futebol Clube.

MÁRIO REBELO DE SOUSA EXPÕE EM BARCELOS

Exposição de Mário Rebelo de Sousa inaugura em Barcelos

“Só-mentes” é o título da exposição artes plásticas que o artista ancorense Mário Rebelo de Sousa apresenta ao público, na Biblioteca Municipal de Barcelos, no próximo dia 18 de fevereiro e até 18 de março. A inauguração está marcada para as 17h.

Cartazbarcexp.jpg

A obra de Mário Rebelo de Sousa, que atravessa o desenho e a pintura, pauta-se pela abordagem surrealista, convocada por cores e colagens, ao imaginário do quotidiano e à decomposição do corpo humano. O artista autodidata conta com dezenas de décadas de carreira artística, tendo participado em várias exposições individuais e coletivas.

Informação adicional

Mário Rebelo de Sousa nasceu em Âncora em 1953. Autodidata em artes plásticas iniciou a sua atividade artística nos anos 60, participando ao longo dos anos em inúmeras exposições coletivas e individuais em Portugal e no estrangeiro. É curador dos mais variados eventos artísticos e projectos de cariz sociocultural. É membro fundador do “NUCLEARTES”, núcleo de artes e estudos do Vale do Âncora e do GALG, grupo de artistas luso-galaico. Além de estar editado na Revista d’Arte “PARTAGE” 2014/2016 (Limoges) e nos livros “Um homem só”, “Carne para canhão” e “O Estrangulador de bonecos de neve”, possui os seguintes prémios: Menção honrosa pintura 1982; Prémio Nacional de Criatividade 1982; Prémio Internacional Pintura Salvaterra do Minho; menção honrosa Bienal Vidigueira, 2010; Prémio pintura, Marvão, 2010, Pincel d’ouro FEBLACIA, 2014; Menção honrosa pintura Hans C. Andersen-Ourém, 2015; Prémio pintura Aveiroarte, 2015; Menção honrosa grau platina-Lisboa, 2015; Menção honrosa, grau ouro-Lisboa, 2015; Menção honrosa grau ouro-Porto, 2015: Pjncel d’ouro Viseu 2016;

ALUNOS DE BARCELOS GRAVAM TELEDISCOS POR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

4 escolas do concelho de Barcelos precisam do seu voto

A competição decorre em www.heroisdafruta.com até 10 de março e vai eleger quatro “Hinos da Fruta” finalistas de cada distrito

Alunos gravam telediscos para incentivar os adultos a comer de forma mais saudável

A APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil divulgou na passada 6ªfeira os vídeos, apelidados de “Hinos da Fruta”, criados pelos 53.399 alunos de todos os distritos do país que participam este ano letivo na 6ª edição do projeto «Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável». Nesta divertida competição nacional que hoje começa, as crianças partilham a cantar as lições que aprenderam ao longo do projeto sobre a importância dos hábitos saudáveis e convidam os adultos para votar no “Hino da Fruta” da turma ou da escola.

A votação já está aberta a todo o público e decorre até às 23:59 do dia 10 de março no site www.heroisdafruta.com e vai apurar 80 hinos finalistas: os 3 mais votados, bem como o mais partilhado de cada distrito ou região autónoma.

Mário Silva, presidente e fundador da APCOI e mentor do projeto "Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável" lembrou que “cada voto em qualquer hino da fruta reverte como donativo para a «Missão 1 Quilo de Ajuda» um fundo social que permite à APCOI distribuir gratuitamente cabazes semanais nas escolas para apoiar a inclusão de fruta no lanche escolar dos alunos mais carenciados do país”.

Mário Silva, acrescentou ainda que “todas as pessoas que votarem nos hinos da fruta ficarão também habilitadas a ganhar fantásticos prémios. São mais de mil experiências à escolha para parques aquáticos, zoológicos, museus, aquários, centros de ciência viva e parques de diversões. Além disso, há um super prémio: uma viagem de sonho aos Açores”.

Lista dos 4 vídeos das escolas participantes do concelho de Barcelos:

Sobre o Projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável»

Depois do sucesso das edições anteriores que envolveram no total 236.227 alunos, no ano letivo 2016/2017 participam no projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável», 53.399 alunos, de 2.665 turmas, de 900 jardins de infância e escolas básicas do 1º ciclo de todos os distritos do país, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores. «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» é atualmente o maior programa gratuito de educação para a saúde de âmbito nacional, com uma das maiores taxas de

sucesso de sempre em reeducação alimentar infantil em Portugal: está estatísticamente comprovado que a aplicação do modelo pedagógico dos «Heróis da Fruta» aumenta em pelo menos 42% o consumo de fruta diário das crianças que nele participam. Além do incentivo ao consumo de fruta nas quantidades recomendadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), o projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» leva também às crianças lições importantes sobre alimentação saudável, higiene oral, atividade física, economia e poupança, respeito pelo ambiente e bem-estar emocional, que as ajudam a crescer saudáveis, ativas e felizes. Site oficial do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável»: www.heroisdafruta.com

Sobre a APCOI

A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 2010, cuja missão é ajudar a criar um mundo melhor para as futuras gerações, através de iniciativas que valorizem a saúde das crianças, promovam o combate ao sedentarismo ou à má nutrição e previnam a obesidade infantil e todas as doenças associadas. Desde Dezembro de 2010, a APCOI já beneficiou 255.363 crianças através das suas iniciativas. Saiba mais em www.apcoi.pt

PINTORA BARCELENSE SABINA FIGUEIREDO EXPÕE EM VIZELA

13 de fevereiro a 30 de março: Exposição de Sabina Figueiredo na Loja Interativa de Turismo

A Loja Interativa de Turismo de Vizela recebe a exposição ‘Contrastes’, de Sabina Figueiredo, de 13 de fevereiro a 30 de março.

10885311_580542698756521_5629514049729680073_n.jpg

“Contrastes”

“Contrastes” foi o nome que escolhi para esta exposição onde quis mostrar dois estilos (o figurativo e o abstrato), em dois suportes distintos (o papel e a tela) e tonalidades diversas (o preto, o branco e o colorido).

Em estilo figurativo apresento várias representações do corpo humano nu. Imagens que criei, desenhei e pintei com a sensibilidade que o tema merece, tendo procurado para cada uma delas uma visão poética, que parta de imagens vulgares e as torne singulares. O corpo humano é na realidade uma obra de arte e o “nu artístico” tem a capacidade de inspirar e despertar emoções.

Em estilo abstrato, apresento apenas duas obras, a carvão, que têm como base o contraste em traços rectos e curvos (que definem a imagem) e entre tons claros e escuros (que preenchem os espaços). Foram desenhados sem a intenção de mostrar “algo”, mas sempre com a inspiração artística em mente. Não são uns “rabiscos”. Isso ninguém pode dizer. Também não precisam de parecer alguma coisa… são simplesmente abstratos! Deixo ao critério dos diferentes observadores a sua interpretação. 

15936705_1016418965168890_137120503315259070_o.jpg

SABINA FIGUEIREDO

Pintura

Sabina Figueiredo nasceu em Vila Seca, no concelho de Barcelos, a 1 de Julho de 1958, mas foi em Moçambique que estudou e viveu até aos 17 anos. Regressada desta ex-colónia, em 1975, prosseguiu os seus estudos em Barcelos, onde iniciou também o seu percurso profissional. Desde 1984, trabalha como Agente da Polícia de Segurança Pública, em Braga, cidade onde vive desde então.

O seu interesse pela pintura e pelo desenho foram notados desde cedo e já na adolescência, esboços, aguarelas e desenhos ocupavam parte do tempo livre de Sabina. No entanto, apenas em 1996, decidiu retomar este hoby e apostar sua formação artística, de forma maioritariamente autodidata. No sentido de aprofundar e consolidar os seus conhecimentos, entre 2005 e 2009, frequentou o curso de formação em Artes Plásticas, no Atelier Livre da junta de freguesia de S. Tiago da Cividade, em Braga.

Exposições anteriores

2006 | Excertos do Real – Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor (Braga)

2007 | Formas e Natureza – Torre de Menagem (Braga)

           Formas e Natureza – Posto de Turismo de Esposende

           Exposição coletiva de artes plásticas no Instituto Português da Juventude (Braga)

           Dias da Criação – Exposição coletiva na Casa da Eira Longa (Boticas)

2007-11 | I, II, III, IV e V Encontros de Pintura do Regimento de Cavalaria n.º 6 (Braga)

2007-10 | Exposição Aberta – Exposição coletiva de artes plásticas no Theatro Club (Póvoa de Lanhoso)

2008 | Arte e Criação II – Exposição coletiva em Vieira do Minho

2008 | Filo-café “Salvação e Justiça” no Orfeão do Porto

2009 | Tons de Laranja – Bar Gato Escaldado (Braga)

           Arte e Criação III – Exposição coletiva em Vieira do Minho

2010 | Aromas da Natureza – Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor (Braga)

           Arte do Carvalho – Exposição coletiva em Travassos (Póvoa de Lanhoso)

2011 | Pintura é dança, Pintura é melodia – Auditório da Junta de Freguesia de Real (Braga)

2012 | Arte no feminino – Galeria Nimbus (Braga)

           Pintura é dança, Pintura é melodia – Bragatruthotel (Braga)

           Vivências – Junta de freguesia de S. Vítor (Braga)

2013 | Vivências – Espaço Só Arte (Braga)

           Sunset Ballet – Bar Casa Velha (Braga)

2014 | A vida – Space Feng Shui (Braga)

           Exposição Aberta – Exposição coletiva de artes plásticas no Theatro Club (Póvoa de Lanhoso)

           O sentido da Mudança – Fundação Jorge Antunes (Vizela)

           O sentido da Mudança – Galeria da Junta de Freguesia de S. Victor (Braga)

           Vivências – Museu Municipal de Esposende

2015 | A vida – Pastelaria Belsarini (Vizela) 2015

           Encontro de Artes – Exposição coletiva no Museu D. Diogo de Sousa (Braga)

           Encontro de Artes – Exposição coletiva no Cine Teatro João Verde (Monção)

           Exposição Aberta – Exposição coletiva no Theatro Club (Póvoa de Lanhoso)

           Traces et taches – Les Forgerons (Paris)

2016 I Perspectivas – Casa Museu Mestre Adelino Ângelo (Vieira do Minho)

           Belsarini Pastelaria (Vizela)

           Café Galeria  (Guimarães)

           Teatro dos Sonhos (Vizela)

           Café Astória (Braga)

           Polícia de Segurança Pública de Braga

           Expoética de Braga 

           Espaço Alquimik (Braga)

13508919_877790065698448_1146304978057743876_n.jpg

CAMINHOS DE SANTIAGO DINAMIZAM NOVO CICLO DE TERTÚLIAS EM BARCELOS

"Barcelos, Terra de Tradição Jacobeia: freguesia de Couto e freguesia de Balugães” em debate no dia 10 de fevereiro, às 21h, no Salão Nobre dos Paços do Concelho

O Caminho de Santiago e o concelho de Barcelos partilham uma mesma história. A peregrinação secular esteve desde sempre associada à terra do galo, que beneficia de uma posição geográfica privilegiada potenciada pela construção da ponte na primeira metade do século XIV.

É essa relação entre as terras de Barcelos e a tradição que levam o Município a promover um ciclo de tertúlias, ao longo de todo o ano. A primeira, no âmbito de "Barcelos, Terra de Tradição Jacobeia", acontece já no próximo dia 10 de fevereiro, sexta-feira, às 21h, no Salão Nobre da Câmara Municipal, e terá especial enfoque nas freguesias de Couto e Balugães. A inscrição é gratuita, mas obrigatória, e deverá ser submetida até ao dia 9 de fevereiro.

O Caminho é uma verdadeira encruzilhada de experiências, de culturas e de patrimónios como o literário, natural, musical, arquitetónico, artístico e religioso. No território do concelho Barcelos, existem marcas de tradição jacobeia, nomeadamente monumentos, como Albergaria, Hospital do Espírito Santo, Convento de Palme, Convento de Vilar de Frades; topónimos; alminhas; cruzeiros; ou a Capela de Nossa Senhora da Ponte. Além disso, a devoção a São Tiago tem grande expressão no norte do País. Barcelos não é exceção e o santo é padroeiro de múltiplas freguesias, adensando a ligação da terra aos Caminhos de Santiago.

Para além desta sessão, está também confirmada uma outra tertúlia no dia 13 de maio, no âmbito do Dia do Peregrino.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO BARCELENSE VISITA OBRAS MUNICIPAIS

Amanhã, dia 8 de fevereiro, às 12h30, Visita às obras do Caminho Municipal 1115 entre Milhazes e Faria

Um investimento de um milhão e setecentos mil euros

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, visita amanhã, dia 8 de fevereiro, às 12h30, as obras do Caminho Municipal 1115 que vão desde a Escola EB 2,3 Abel Varzim até ao cruzeiro de Faria.

O Caminho Municipal 1115 passa nas freguesias de Milhazes e Faria e constitui-se como uma via estruturante ao nível da rede viária local, na medida em que estabelece as principais ligações dentro da freguesia e/ou entre as freguesias limítrofes – como Vilar de Figos e Cristelo – e articula diariamente com a rede viária concelhia que assegura ligações intra e inter-municipais.

MUNICÍPIOS DO CÁVADO E AVE CELEBRAM PROTOCOLO PARA MELHORAREM A MOBILIDADE

Quadrilátero e CIM’s do Cávado e Ave alinham estratégia para transportes e mobilidade. Protocolo assinado hoje potencia abordagem territorial alargada

Quatro instituições do território do Cávado e do Ave assinaram esta Segunda-feira, dia 6 de Fevereiro, um protocolo de cooperação no sector dos transportes e mobilidade. Celebrado entre o Quadrilátero Urbano, as CIM do Cávado e do Ave, e a Universidade do Minho (UM), o acordo tem como objectivo estabelecer campos de acção comuns para uma abordagem territorial alargada e integrada na área da mobilidade.

CMB06022017SERGIOFREITAS0000005056.jpg

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, o protocolo hoje assinado vai permitir “encontrar soluções de articulação com os agentes económicos do território que possam servir melhor as populações no que se refere às questões da mobilidade e dos transportes”.

Na cerimónia, realizada no Museu dos Biscainhos e que ficou marcada pela passagem da presidência do Quadrilátero para o Município de Barcelos, o Autarca Bracarense afirmou que a questão da mobilidade “deve merecer uma atenção especial por parte das entidades públicas nacionais em matéria de dotação de infra-estruturas, de novos sistemas de transporte e de vias de acesso”. “Há muito que, em conjunto, reivindicamos novas acessibilidades para áreas de localização empresarial em Guimarães ou em Famalicão, porque consideramos essas infra-estruturas fundamentais para o desenvolvimento do nosso território”, sublinhou Ricardo Rio.

O protocolo da mobilidade prevê a criação de um quadro de cooperação com vista à partilha de conhecimento, de recursos disponíveis para a implementação do Regime Jurídico do Serviço Público de Transporte de Passageiros, sendo que as instituições envolvidas vêem na cooperação uma forma de encontrar as melhores soluções sustentáveis de mobilidade flexíveis para integrar novos desafios e oportunidades.

Em jeito de balanço do ano de presidência do Quadrilátero Urbano, Ricardo Rio congratulou-se pela “forma empenhada e muito comprometida” com que os Municípios, a AIMinho, o CITEVE e a Universidade do Minho encararam o projecto.

“O Quadrilátero é um projecto de adesão voluntária. Ninguém nos obriga a unirmo-nos para trabalharmos em conjunto, ninguém nos aliciou com verbas comunitárias ou com outras fontes de financiamento para desenvolvermos projectos comuns. Aqui existe, sobretudo, uma consciência de território que temos tentado corporizar nas mais diversas áreas de intervenção”, sustentou, destacando o trabalho realizado no plano cultural, na área da educação para a cidadania, na formação e na promoção da marca do Quadrilátero.

Além de Ricardo Rio, a cerimónia contou com as presenças dos presidentes dos Municípios que integram o Quadrilátero Urbano, assim como dos representantes da AIMinho, CITEVE, Universidade do Minho, das Comunidades Intermunicipais do Cávado e do Ave.

CMB06022017SERGIOFREITAS0000005059.jpg

CMB06022017SERGIOFREITAS0000005060.jpg

CMB06022017SERGIOFREITAS0000005062.jpg

BARCELOS ADIA ENCERRAMENTO DAS PISCINAS MUNICIPAIS

Piscinas Municipais encerram a partir de 7 de fevereiro

A Câmara Municipal de Barcelos previa o encerramento temporário das Piscinas Municipais para a realização de obras de requalificação e beneficiação, com um custo estimado de 486 mil euros.

No entanto, o mau tempo que se fez sentir nos últimos dias agravou alguns dos problemas que constam já no programa de requalificação e que poderão pôr em causa a segurança dos utentes.

Em face desta situação, a Câmara Municipal determinou o encerramento das Piscinas Municipais a partir de amanhã, 7 de fevereiro, adiantando em cerca de três semanas a previsão de encerramento motivado pelas obras de requalificação.

Esta medida tem em vista a manutenção dos níveis máximos de segurança para quem frequenta as Piscinas Municipais e, por isso, a Câmara Municipal apela à compreensão e colaboração de todos, garantindo que a intervenção a realizar devolverá aos utentes a qualidade de serviço a que têm direito.

BARCELENSES CAMINHAM PELO TRILHO DO MONTE DO FACHO

Mais um ano a caminhar por Barcelos: Trilho do Monte do Facho, dia 18 de fevereiro

Em 2017, a Câmara Municipal de Barcelos volta a apresentar o programa “Caminhar para Conhecer Barcelos”, que inclui 10 iniciativas distribuídas ao longo do calendário anual, visando promover e potenciar o património natural e cultural do concelho, muitas vezes situado fora das rotas turísticas habituais.

O primeiro percurso, de dificuldade média, realiza-se no próximo dia 18 de fevereiro e vai percorrer as freguesias de Igreja Nova, Alheira e Oliveira, ao longo de mais de 12 quilómetros. Cerca de quatro horas em que será possível apreciar a vegetação característica do Minho em paisagens inconfundíveis e ainda visitar monumentos de interesse patrimonial como a Capela de S. Lourenço, Capela da Senhora do Facho, Miradouro do Monte do Facho, Citânia de Oliveira e as Oficinas de Oleiros.

As inscrições estão abertas no Posto de Turismo até 16 de fevereiro, em turismo@cm-barcelos.pt e por telefone 253 811 882 / fax: 253 822 188. Inscrições limitadas a 50 pessoas. A concentração é efetuada às 8h30 no Posto de Turismo de Barcelos e o transporte é assegurado pelo Município.

BARCELOS LEVA TEATRO E MÚSICA AO TEATRO GIL VICENTE

Fevereiro com cinema e música portuguesa no Teatro Gil Vicente

A programação de fevereiro para o Teatro Gil Vicente fica marcada pela presença destacada da produção artística nacional.

A ZOOM - Associação Cultural promove o ciclo de cinema Porto/Post/Doc, no dia 22, com a exibição dos filmes “Vandoma”, de Bernardo Bordalo, Bruno Lança e Rui Oliveira, e “Ama-san”, de Cláudia Varejão, que retrata uma tradição milenar japonesa da apanha de moluscos em apneia por grupos de mulheres.

Antes disso, a 16 de fevereiro, será exibida a premiada longa-metragem “Ornitólogo”, de João Pedro Rodrigues, considerada por muitos como o melhor trabalho do realizador até à data. “É Apenas o fim do mundo” (dia 2), de Xavier Dolan, e “Ela” (dia 23), de Paul Verhoeven, que integra o ciclo dedicado à atriz Isabelle Huppert, completam o cartaz mensal. A Associação dá continuidade ao Programa Sénior, exibindo o clássico “Flor do Equinócio” (dia 8), de Yasujiro Ozu, cuja obra será alvo de um ciclo de programação. Também no âmbito do Programa Sénior, o Instituto Autodidacta de Estudos Superiores do Minho apresenta a peça de teatro “Um Tesouro do tamanho do mundo”, nos dias 15 e 17 de fevereiro.

A dança chegará ao Gil Vicente pelas mãos da Associação Amigos do Ballet, que sobe ao palco com “Sequência: um, dois, três!”, a 4 e 5 de fevereiro, num espetáculo que cruza as danças clássica e contemporânea. Durante o dia 4, o bailarino e coreógrafo Álvaro Ribeiro Santos vai dirigir um workshop técnico no Teatro Gil Vicente. A inscrição custa 5 euros e deverá ser enviada para o e-mail aab.amigosdoballet@gmailc.om

Na terra do rock, a música não pode faltar. Das guitarras elétricas ao cavaquinho, três concertos preenchem a agenda musical: L-Blues (dia 10), Indignu (dia 18) e Daniel Pereira (dia 24). A fechar o mês, o Teatro Experimental de Mortágua sobe até ao Minho, no dia 25 de fevereiro, para apresentar “Péricles”, de William Shakespeare.

GERAÇÃO CÔTA, UMA EXPOSIÇÃO D’OS DIABOS EM BARCELOS

Pelas Mãos de Côta e Geração Côta, dia 4 de fevereiro, às 18h, no Museu de Olaria

"Geração Côta", uma retrospetiva da obra familiar, estará em exposição na Sala de Exposições Temporárias do Museu de Olaria de Barcelos, a partir do dia 4 de fevereiro, e poderá ser visitada até ao final do ano. Um universo íntimo e próprio com mais de 130 peças, provenientes do acervo do Museu de Olaria e da coleção particular de Prazeres Côta, que cruzam a mitologia sagrada e profana em metamorfoses e cores aguerridas.

côtabarcelos (1).jpg

Paralelamente, na Sala da Capela, é inaugurada uma exposição dedicada exclusivamente à obra de Júlia Côta, "Pelas Mãos de Côta". São 75 peças, na sua maioria da coleção particular da própria barrista, de uma carreira construída ao longo de várias décadas e que se demarca pelo recorrente emprego do apito nas peças decorativas.

Ambas as exposições integram a segunda mostra do ciclo dedicado às famílias mais carismáticas do figurado artesanal barcelense. A primeira mostra, dedicada à ceramista Rosa Ramalho, decorreu entre abril e dezembro de 2016.

côtabarcelos (2).jpg

PARTIDO SOCIALISTA APRESENTA EM BARCELOS COMISSÃO TÉCNICA ELEITORAL

Apresentação da Comissão Técnica Eleitoral do Partido Socialista e respectiva composição realiza-se hoje, dia 31 de janeiro, às 17h30, na sede do Partido Socialista de Barcelos

 PS - Partido Socialista

A Comissão Política Nacional do Partido Socialista deliberou, no passado dia 16 de janeiro, avocar as competências cometidas aos órgãos políticos concelhios quanto ao processo eleitoral autárquico no concelho de Barcelos, que se realiza este ano.

Neste âmbito, deliberou ainda a Comissão Política Nacional mandatar a Comissão Permanente para a aprovação das linhas programáticas, das listas de candidatos e da composição da Comissão Técnica Eleitoral.

A sessão contará com a presença, ao mais alto nível, de elementos da direção nacional do Partido Socialista, que, após a apresentação da Comissão Técnica Eleitoral, reunirá à porta fechada com os presidentes das juntas eleitos pelo Partido Socialista.

BARCELOS DÁ A PROVAR OS SABORES DA LAMPREIA

Município de Barcelos promove 3ª edição do Fim de semana da Lampreia

De 17 a 19 de fevereiro, nos restaurantes aderentes

O "Fim-de-semana da Lampreia" acontece de 17 a 19 de fevereiro e marca o arranque oficial do programa anual “7 Prazeres da Gastronomia”. Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Barcelos que englobará a Semana Gastronómica do Galo, o Fim de Semana do Bacalhau, o Fim de Semana dos Petiscos Tradicionais, a XII edição do Concurso Galo Assado, o Fim de Semana do Pica no Chão e ainda o concurso de pastelaria, Barcelos Doce.

A terceira edição do Fim de Semana da Lampreia conta com a participação de 18 restaurantes que vão preparar e confecionar esta iguaria, fazendo do concelho de Barcelos uma das mais regiões mais atrativas nesta época do ano no que respeita à gastronomia e a este prato tão tradicional desta zona do país.

Depois de, em 2016, ter arrecadado o título de “Região Europeia de Gastronomia”, a região do Minho reforça agora as intenções de estímulo à inovação e divulgação de culturas e identidades alimentares regionais, promovendo paralelamente o desenvolvimento de outros setores com o económico e social.

Neste sentido, ao longo de todo o ano, são realizadas várias atividades promocionais do produto estratégico “Gastronomia e Vinhos” que vão ao encontro dos principais propósitos desta “Região Europeia da Gastronomia”.

BARCELOS REQUALIFICA AVENIDA CENTRAL EM CAMBEZES

Presidente da Câmara Municipal de Barcelos assinou auto de consignação da empreitada na Avenida Central em Cambeses. Obra irá custar cerca de 150 mil euros, acrescidos de IVA, e tem o prazo de execução de 120 dias

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, esteve presente na cerimónia de assinatura do auto de consignação da Empreitada na Avenida Central na freguesia de Cambeses.

image_widebarce.jpg

Trata-se de uma obra que tem um custo de 149.766,80€ acrescido de IVA e tem como prazo de execução 120 dias. A obra será realizada pela empresa Pedreira da Franqueira, Lda.

Esta é uma via estruturante da freguesia, principal acesso ao apeadeiro da  Linha do Minho, que está inserida numa área urbana central da freguesia onde se situam importantes equipamentos, nomeadamente a Igreja Paroquial, o Cemitério Paroquial, o Centro Social, a Sede dos Escuteiros, a Escola Primária e a Sede da Junta de Freguesia.

A empreitada vai intervir num trecho de ligação inter-freguesias com tráfego médio diário razoável integra um nível hierárquico elevado na rede viária municipal numa extensão aproximada de 400 metros e visa sobretudo o alargamento da plataforma, com a criação de uma faixa de rodagem de 6 metros, um passeio com a largura regulamentar, melhorar o sistema de Drenagem de Águas Pluviais e o reforço da sinalização vertical.

MUSEU DE OLARIA DE BARCELOS INTEGRA PROJETO INTERMUNICIPAL

A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, esteve presente na assinatura dos protocolos de colaboração entre a Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), o Município de Barcelos, o Município de S. João da Madeira e o Município de Penafiel, no âmbito do projeto EU-LAC-MUSEUMS, que decorreu no passado sábado, no Museu da Chapelaria, em São João da Madeira.

assinatura Protocolo.jpg

Este projeto de cariz internacional, que envolve 8 países, coordenado pela Universidade de St. Andrews, na Escócia, visa a promoção das relações entre a União Europeia e a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC).

Em Portugal, o Programa de Mobilidade Jovem que se enquadra no pacote de trabalho "Educação em Museus para a Inclusão e Coesão Social" é coordenado  pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), que convidou três museus municipais a integrarem o consórcio nacional: o Museu da Chapelaria, em S. João da Madeira, o Museu de Olaria, em Barcelos, e o Museu Municipal de Penafiel através do seu núcleo da aldeia de Quintandona.

Através de uma série de pacotes de trabalho temáticos, este projeto irá trabalhar o tema "Museus e Comunidade: Conceitos, Experiências e Sustentabilidade na Europa, América Latina e Caribe.

BARCELOS REALIZA GALA DO GALO

Pavilhão Municipal volta a receber a Gala do Galo da 4ª edição do festival da patinagem, dia 4 de fevereiro, às 21h

A 4ª edição da Gala do Galo realiza-se no próximo dia 4 de fevereiro, às 21h, no Pavilhão Municipal de Barcelos. O festival de patinagem artística contará com dezenas de atuações, entre esquemas de grupo, solo dance e livres, e com a participação especial de nomes consagrados da patinagem artística, nacional e internacionalmente: José Cruz, Ana e Pedro Walgode, Diogo Silva, Beatriz Silva, Madalena Costa e Madalena Serrão.

cartazbraggg.jpg

A iniciativa promovida pelo Clube Cávado Patinagem Artística, com o apoio do Município de Barcelos, visa promover o convívio extra-competitivo entre os vários clubes da modalidade, para além de dar a conhecer o trabalho desenvolvido pelo concelho na promoção deste desporto.

De minis aos jovens adultos, dezenas de patinadores  irão deslizar sobre o ringue do Pavilhão Municipal de Barcelos, fazendo as delícias dos apreciadores deste desporto de beleza rara que alia a expressão corporal e a coreografia.

RÚBEN OLIVEIRA VENCE CONCURSO ENERGIAS RENOVÁVEIS 2016

Integrado nas diversas ações de sensibilização ambiental promovidas pelo Município de Barcelos, a segunda edição do Concurso Energias Renováveis, lançado no ano letivo 2014|2015, e direcionado a estabelecimentos de ensino (3º ciclo, secundário, superior, especial) e a todos os munícipes, premiou este ano Rúben Oliveira pela construção da máquina de produção de energia elétrica, através da biomassa. A cerimónia da entrega do prémio teve lugar hoje, nos Paços do Concelho, com a atribuição de 500 euros pelas mãos do Presidente da Câmara.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “este concurso tem como objetivo não só estimular o interesse da população do concelho para a temática, como também tirar partido do engenho e arte característica dos barcelenses”, com a elaboração de um trabalho que poderia ser uma maqueta, um brinquedo ou um outro qualquer objeto (drone/robot/etc.) que recorresse à utilização das energias renováveis.

Esta edição reuniu o interesse de quatro candidaturas: Instituto Politécnico do Cávado e do Ave com o Mix Energético da Cidade do Futuro (coordenado por Rui Manuel da Silva Abreu); Rúben Paulo Ferreira Oliveira com a Máquina de Produção de Energia Elétrica; a Escola Secundária Alcaides de Faria com a Estação Solar para Carregamento de Dispositivos Móveis ( coordenado por Carlos Nuno Araújo Martins); e a Escola Secundária de Barcelos com o Carro Movido a Energia Solar Fotovoltaica ( coordenado por Sara Maria Carvalho Araújo).

Portugal está a percorrer, de forma sustentada, o caminho da incorporação de energia de fontes renováveis, no consumo final de energia, em linha com as metas ambientais estabelecidas para 2020 pela Comunidade Europeia. Este compromisso vai no sentido de satisfazer as necessidades atuais sem comprometer as gerações futuras ou seja promover o desenvolvimento sustentável.