Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

RUSGA DE SÃO VICENTE DE BRAGA EXPÕE EM BARCELOS SOBRE O TRAJO E A FORMA DE TRAJAR DO POVO

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho e a Câmara Municipal de Barcelos, inauguram amanhã, sexta-feira, dia 21, pelas 21h:30, no Salão Nobre dos Paços do concelho, sito no Largo do Município, a exposição "O Trajo e o Trajar Popular no Baixo Minho - finais do século XIX, primeiras décadas do século XX".

Agenda 2 - Exposição O Trajo e o Trajar (2).jpg

Esta exposição, integra-se no âmbito do programa cultural paralelo da "Feira de Artesanato", promovida pelo município barcelense.

A reposição desta exposição no 'Salão Nobre' dos Paços do concelho, passados que são 10 anos, após a realização da 1ª edição, surge após, a realização da - também ela bem sucedida -, exposição dos "Lenços de Amor, versos à Mãe", levada a efeito no Posto de Turismo daquela cidade, no passado mês de maio.

O regresso deste projeto expositivo a Barcelos, é a consumação de um desejo, em resposta ao interesse manifestado pelos responsáveis do movimento associativo folclórico barcelense. Refira-se a propósito, que esta mostra, conta com uma significativa colaboração, ao nível de cedência de peças, do pujante movimento cultural etnográfico do concelho de Barcelos.

Esta exposição, que agora volta a um dos seus primeiros locais, da sua já longa itinerância, viajou já pelos principais concelhos que compõe a região geo-etnográfica Baixo-minhota, nomeadamente; Braga, Guimarães, Vila Verde, Barcelos, Amares, V. N. de Famalicão, Povoa de Lanhoso, entre outros. Paralelamente, parcelas temáticas da mesma, foram requisitadas por museus, escolas, juntas de freguesia, centros comerciais e outros espaços afins, quer a nível local, nacional e internacional.

Passados estes anos, entendemos que, os propósitos que nos levaram a empreender este projeto expositivo, permanecem válidos​. Do catálogo da exposição então publicado, transcrevemos uma pequena parcela de um dos textos: “Sendo o Trajo há muito considerado “património material”, um outro objectivo desta exposição é o de o elevar à categoria de “património imaterial” – à luz de um conceito mais abrangente e hodierno de “património”… por forma a responsabilizar a promoção deste património que é de todos.”.

Convite - Exposição O Traje e o Trajar (1).jpg

trajes_expo01.jpg

trajes_expo02 (1).jpg

trajes_expo02 (2).jpg

trajes_expo04.jpg

CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS ACUSA 4 VEREADORES DE IMPEDIREM A ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE DECIDIR SOBRE UMA ADENDA AO CONTRATO RELATIVO AO ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO

COMUNICADO

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos apresentou hoje à votação do executivo municipal, reunido em sessão extraordinária, uma proposta de submissão à Assembleia Municipal “para outorga da Adenda ao Contrato de Concessão da Exploração e Gestão dos Serviços Públicos Municipais de abastecimento de Água e Saneamento do Concelho de Barcelos”.

Não tendo o executivo municipal competência para votar assuntos relativos a concessões, conforme disposto na alínea p) do n.º 1 do artigo 25.º do Anexo I da Lei n.º 75/2013, cabe à Assembleia Municipal decidir sobre o conteúdo da proposta, pelo que ao executivo compete apenas votar a sua remessa à Assembleia.

Na sessão, os vereadores Domingos Pereira, Carlos Brito, Elisa Braga e Alexandre Maciel votaram contra o envio da proposta à Assembleia, impedindo este órgão de a discutir e aprovar.

Com esta posição, os vereadores demonstraram claramente que não querem resolver o problema da concessão da água e saneamento, pouco se importando com o destino de Barcelos e dos barcelenses, já que sobre o Município recai uma condenação judicial com pagamento de 172 milhões de euros de indemnização à empresa concessionária.

Durante sete anos estes vereadores tomaram parte das negociações com a empresa Águas de Barcelos, pelo que não se entende que agora recusem enviar à Assembleia Municipal um acordo estabelecido com os mesmos protagonistas com quem negociaram.

A atitude dos vereadores não pode deixar de merecer a mais profunda reprovação pelo desprezo ostensivo pela Assembleia Municipal, procurando impedir que este órgão exerça as competências e os direitos que a lei lhe confere.

Mas não é a primeira vez que aqueles vereadores tomam decisões irresponsáveis com consequências gravosas para os barcelenses. Os barcelenses lembram-se bem que há pouco mais de um ano impediram o processamento de vencimentos aos funcionários da Empresa Municipal de Educação e Cultura.

Para Miguel Costa Gomes, “o executivo municipal fez o seu trabalho de uma forma empenhada”, pelo que os vereadores ao não aprovarem a proposta “assumiram a responsabilidade das consequências deste seu ato”. E acrescenta: “Nós temos consciência que fizemos tudo para arranjar uma solução e eles têm que ter a consciência que estão a criar uma situação fatal aos barcelenses, uma situação de ruína que é da responsabilidade deles. Estava nas mãos deles resolver, não quiseram resolver, assumirão naturalmente as consequências. Os barcelenses saberão ler…”

A Câmara Municipal garante aos barcelenses a serenidade da sua atividade, procurando manter os níveis de qualidade nos serviços que presta às populações e reafirma a sua determinação na consolidação de uma solução negociada e definitiva para o problema da concessão de água e saneamento no concelho, por forma a evitar o pagamento da indemnização decidida em Tribunal.

Reafirma ainda que tudo fará para evitar que este assunto seja usado como arma de arremesso político, demarcando-se totalmente do aproveitamento eleitoral e de baixa política que aqueles vereadores tão explicitamente mostraram.

Câmara Municipal de Barcelos

Barcelos, 20 de julho de 2017

BARCELOS EXPÕE SOBRE O TRAJE E A FORMA DE TRAJAR

Convite - Exposição O Traje e o Trajar.jpg

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho e a Câmara Municipal de Barcelos, inauguram amanhã, sexta-feira, dia 21, pelas 21h:30, no Salão Nobre dos Paços do concelho, sito no Largo do Município, a exposição "O Trajo e o Trajar Popular no Baixo Minho - finais do século XIX, primeiras décadas do século XX".

Esta exposição, integra-se no âmbito do programa cultural paralelo da "Feira de Artesanato", promovida pelo município barcelense.

A reposição desta exposição no 'Salão Nobre' dos Paços do concelho, passados que são 10 anos, após a realização da 1ª edição, surge após, a realização da - também ela bem sucedida -, exposição dos "Lenços de Amor, versos à Mãe", levada a efeito no Posto de Turismo daquela cidade, no passado mês de maio.

O regresso deste projeto expositivo a Barcelos, é a consumação de um desejo, em resposta ao interesse manifestado pelos responsáveis do movimento associativo folclórico barcelense. Refira-se a propósito, que esta mostra, conta com uma significativa colaboração, ao nível de cedência de peças, do pujante movimento cultural etnográfico do concelho de Barcelos.

Esta exposição, que agora volta a um dos seus primeiros locais, da sua já longa itinerância, viajou já pelos principais concelhos que compõe a região geo-etnográfica Baixo-minhota, nomeadamente; Braga, Guimarães, Vila Verde, Barcelos, Amares, V. N. de Famalicão, Povoa de Lanhoso, entre outros. Paralelamente, parcelas temáticas da mesma, foram requisitadas por museus, escolas, juntas de freguesia, centros comerciais e outros espaços afins, quer a nível local, nacional e internacional.

Passados estes anos, entendemos que, os propósitos que nos levaram a empreender este projeto expositivo, permanecem válidos​. Do catálogo da exposição então publicado, transcrevemos uma pequena parcela de um dos textos: “Sendo o Trajo há muito considerado “património material”, um outro objectivo desta exposição é o de o elevar à categoria de “património imaterial” – à luz de um conceito mais abrangente e hodierno de “património”… por forma a responsabilizar a promoção deste património que é de todos.”.

ALBERGUE CIDADE DE BARCELOS COMEMORA 6 ANOS DE EXISTÊNCIA

AssociaçãoACB_6Aniversário.jpg

A Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos comemora, durante julho de 2017, o seu 6º Aniversário. Do programa das comemorações (em anexo) salientam-se as atividades previstas para a próxima sexta-feira, dia 14 de julho:

- pelas 21h00, inauguração da Exposição "O Caminho de Santiago - Uma Visão desde o Oriente", por Tomohiro Muda, na Sala Gótica dos Paços do Concelho de Barcelos, organizada pelo Turismo de Galicia e S.A. de Xestión do Plan Xacobeo com a colaboração da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e do Município de Barcelos;

- pelas 21h30, a realização da 2ª Edição do "Barcelos Hospitaleiro", no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Barcelos, com a presença de distintas entidades barcelenses que, diariamente, promovem a Hospitalidade dos inúmeros Peregrinos que percorrem o Caminho Português de Santiago.

As atividades terão a presença (já confirmada), entre outras, do Director-Xerente da S.A. de Xestión do Plan Xacobeo, Don Rafael Sánchez Bargiela.

A entrada é livre e não carece de inscrição.

Mais informações: geral@alberguedebarcelos.com .

Votos de Bom Caminho!

Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos

SOCIALISTAS DE BARCELOS ARRANCAM CAMPANHA COM PAIXÃO

Paixão por Barcelos jovem e representada por igual número de homens e mulheres

Foi uma sala cheia e efusiva de militantes, simpatizantes e amigos do Partido Socialista que recebeu os candidatos à Câmara Municipal de Barcelos, este domingo, dia 9 de Julho, no Auditório S. Bento Menni, em Barcelos.

PS018_edit.jpg

Miguel Costa Gomes, candidato à Câmara Municipal de Barcelos, iniciou a sua apresentação elencando alguns dos principais projectos desenvolvidos e implementados ao longo dos últimos 8 anos. “Os cidadãos vêem no dia-a-dia, o trabalho que fizemos e fazemos em equipa e sabem que agora chegou um novo momento, o de apresentar uma equipa jovem, competente, renovada e com paixão por Barcelos”, salientou Miguel Costa Gomes que apresenta, assim uma equipa de 16 candidatos com uma percentagem idêntica de homens e mulheres, com competências multidisciplinares e equilíbrio etário. “Esta equipa está renovada com novos valores, ideias, e estão aqui muitos daqueles que serão o futuro de Barcelos” afirmou ainda o candidato à Câmara Municipal de Barcelos pelo Partido Socialista.

Ana Catarina Mendes, secretária-adjunta do Partido Socialista, também marcou a sua presença nesta apresentação, aproveitando para salientar o apoio do Partido a Miguel Costa Gomes e o feito único desta candidatura possuir 8 mulheres como candidatas e “é por isso que apoiamos esta candidatura e a sua Paixão por Barcelos.” 

Também Joaquim Barbosa, Presidente da Concelhia do Partido Socialista, demonstrou o seu apoio à candidatura de Miguel Costa Gomes, mencionado que “ao contrário do PSD não tivemos obras de fachada, apostamos no desenvolvimento e orientamos a política para uma nova era”.

Ainda, Horácio Barra, candidato à Presidência da Assembleia Municipal apontou o facto de que “só existe um Partido Socialista, e é esse que é digno de representação e que deve continuar o trabalho desenvolvido desde 2009 em Barcelos”.

PS015_edit.jpg

BARCELOS ACOLHE EXPOSIÇÃO SOBRE O CAMINHO DE SANTIAGO

14JUL2017 - Exposição "O Caminho de Santiago - Uma Visão desde o Oriente"

"O Caminho de Santiago - Uma Visão desde o Oriente", por Tomohiro Muda a realizar no próximo dia 14 de julho de 2017, sexta-feira, pelas 21h00, na Sala Gótica dos Paços do Concelho de Barcelos, integrada nas Comemorações do 6.º Aniversário da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos.

Colaboração: Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e Município de Barcelos

Organização: Turismo de Galicia e S.A. de Xestión do Plan Xacobeo

Capturarcaminho3.PNG

Capturarcaminh02.PNG

Capturarcaminho1.PNG

BARCELOS PROMOVE PLANO ESTRATÉGICO DE PROTECÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA

Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança apresentado em Seminário Internacional 

Dia 21 de julho, às 9h30, no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos

A CPCJ de Barcelos promove no próximo dia 21 de julho, às 9h30, o Seminário Internacional "Tecer a Prevenção: a Criança na 1.ª Linha", que servirá de mote à apresentação do Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança.

Este seminário vem ao encontro das duas Assembleias de Crianças e Jovens, que decorreram em maio, onde se debateram os Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, cujo ponto de partida é a mobilização da voz das crianças e dos jovens na defesa e prevenção dos maus tratos na infância.

Um programa diversificado, centrado na criança, conta com a participação de especialistas nacionais e internacionais em matéria de infância e juventude e vai ao encontro das preocupações nesta matéria.

A CPCJ de Barcelos, empenhada no cumprimento da sua missão de promoção da proteção às crianças e jovens de Barcelos, tem trabalhado nos últimos meses no âmbito do Projeto Tecer a Prevenção que, em linhas gerais, procura um reforço da capacidade protetiva de todas as entidades com competência em matéria de infância e juventude e, ainda, da comunidade em geral.

Tal processo implicou um diagnóstico interno e externo, com o objetivo de captar as diversas sensibilidades, incorporando renovadas modalidades de intervenção em prol da defesa do superior interesse das crianças e dos jovens.

O evento decorrerá no Auditório do Município de Barcelos, entre as 9.30 e as 18 horas do dia 21 de julho de 2017, sexta-feira, e as inscrições, gratuitas, mas obrigatórias, poderão ser realizadas em:https://goo.gl/forms/cQDyBtSrXQaIsGPr2

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS: SOCIALISTAS DE BARCELOS APRESENTAM CANDIDATOS E INAUGURAM SEDE DE CAMPANHA

Apresentação dos candidatos socialistas à Câmara Municipal de Barcelos e inauguração da Sede de Campanha

A campanha do Partido Socialista, Paixão por Barcelos, liderada pelo candidato Miguel Costa Gomes, apresenta os seus candidatos à Câmara Municipal de Barcelos, no próximo dia 9 de julho, pelas 16:00, no Auditório S. Bento Menni (Casa de Saúde S. João de Deus). Esta apresentação conta com a presença do Presidente do PS, Carlos César e da secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, bem como os dirigentes nacionais e distritais.

Ainda no mesmo dia, pelas 18:00 será inaugurada a Sede de Campanha do Partido Socialista de Barcelos, na Avenida da Liberdade, nº49 ,onde será servido um Verde d´Honra.

19437364_148252509067578_34897233699105268_n.jpg

MUNICÍPIO DE BARCELOS EMITE COMUNICADO À IMPRENSA

Comunicado à Imprensa

Decidiu o Sr. Vereador Domingos Pereira fazer uma conferência de imprensa sobre o processo de negociação entre a Câmara Municipal e a empresa Águas de Barcelos, S.A., relativo ao contrato de concessão de água e saneamento do concelho de Barcelos.

Das declarações tornadas públicas, através da comunicação social, ficou-se a saber, entre outras coisas, que o Sr. Vereador quer enviar “os documentos das negociações que têm sido feitas entre e Câmara e a Águas de Barcelos (AdB)” ao Ministério Público.

Sobre isto importa esclarecer o seguinte:

  1. O Sr. Vereador, como qualquer cidadão, é livre de apresentar as queixas que quiser no Ministério Público ou a qualquer outra entidade de investigação. Se a queixa é contra a Câmara Municipal, esta, no momento certo, prestará todos os esclarecimentos necessários que lhe sejam solicitados. É para isso que serve a Justiça;
  2. Os documentos a que o Sr. Vereador se refere só podem ser dois: o acordo de princípio, que ele próprio assinou em 2 de novembro de 2015 com a empresa Águas de Barcelos, S.A.; o memorando com o resumo dos acordos entre aquela empresa e a Câmara Municipal, que lhe foi entregue na sessão de 26 de junho passado. Não existe qualquer outro documento aprovado ou tornado público até à data da referida conferência de imprensa (dia 3 de julho de 2017);
  3. O Sr. Vereador acompanhou e foi parte ativa em todas as negociações até ao dia 6 de maio de 2016; desde que deixou de ter pelouros, a partir dessa data, passou à mesma condição dos restantes vereadores sem pelouros, que nunca acompanharam as negociações;
  4. O Sr. Vereador queixa-se da Câmara “ocultar” informação sobre as negociações, mas ele próprio esteve envolvido nelas durante mais de seis anos e não há registo de, durante esse tempo, ter levado aos vereadores sem pelouro ou à Assembleia Municipal qualquer informação;
  5. Por isso, a informação prestada pela Câmara Municipal ao Sr. Vereador Domingos Pereira é exatamente a mesma que foi prestada a todos os outros vereadores, já que nenhum razão especial lhe assiste para aceder a mais informação que os seus pares;
  6. É lamentável que o Sr. Vereador fale de assuntos de que ainda não conhece a verdadeira dimensão, pois sabe que os documentos e estudos oficiais de sustentação daquele memorando ser-lhe-ão entregues no âmbito da reunião do executivo, a agendar.
  7. Diz ainda o Sr. Vereador que “O Presidente da Câmara anda a brincar com toda a gente, anda a brincar com a comunicação social, mente descaradamente, anda a ludibriar há um ano e meio e é preciso pôr cobro a isto”. Vejamos: o Sr. Vereador esteve mais de seis anos a negociar e nada resolveu, mas pouco mais de um ano após ter ficado sem pelouros, a Câmara Municipal e a Águas de Barcelos chegaram a acordo e apresentam todos os estudos que o sustentam! De facto, alguém andou mais de seis anos a brincar com isto!
  8. Percebe-se o objetivo destas declarações do Sr. Vereador: fazer um título forte para a comunicação social e tentar, a todo o custo, lançar suspeitas escabrosas sobre o processo negocial e sobre Presidente da Câmara, os acionistas da empresa Águas de Barcelos, S.A., e todos os especialistas que elaboraram os estudos técnicos, procurando obter o máximo de atenção mediática em pleno ambiente de pré-campanha eleitoral.
  9. A Câmara Municipal rejeita este tipo de comportamento político, inadmissível em democracia, e lamenta que a concessão, um assunto de extrema importância para Barcelos e para os barcelenses, seja usada desta forma leviana e inconsciente e manipulada vergonhosamente para fins eleitorais.

Barcelos, 5 de julho de 2017

Gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos

BARCELOS INAUGURA HOJE FEIRA DO LIVRO

Abertura da Feira do Livro 2017

De 30 de junho a 9 de julho, Barcelos enche-se de livros na 35.ª edição da Feira do Livro

Barcelos promove a 35ª edição da Feira do Livro, de 30 de junho a 9 de julho. São dez dias de festa à volta dos livros com grandes nomes da literatura nacional e internacional – Luandino Vieira, Domingos Amaral, Moita Flores, Rodrigo Guedes de Carvalho, Nuno Higino, entre muitos outros.

Amanhã, dia 30 de junho, terá lugar a abertura do evento, pelas 17h30, com a alocução “Voando com os Livros”, por Marçal Grilo, ex-ministro da Educação, bem como a habitual visita do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes aos editores e livreiros presentes na Feira.

BARCELOS REALIZA FESTA DA JUVENTUDE

Festa da Juventude e Mostra Urbana estão de regresso à Alameda das Barrocas

De 13 a 16 de julho, a Alameda das Barrocas é o ponto de paragem obrigatório para  a juventude e público em geral num cartaz recheado de atividades e uma mostra expositiva digna de ser visitada

A Festa da Juventude e Mostra Urbana 2017 é uma iniciativa da Casa da Juventude do Município de Barcelos, que decorre de 13 a 16 de julho, na Alameda das Barrocas, em Barcelos, cujo objetivo é  apresentar um conjunto diversificado de atividades, capazes de mobilizar as associações, grupos juvenis, os jovens e as suas famílias para momentos lúdicos, culturais e de convívio.

Capturarbarjuv.PNG

As atividades integradas na Festa da Juventude são as seguintes:

Festival de Bandas de Barcelos (P.A. Projeto Artístico) 13 de julho, 21h30

Aula de Zumba, 14 de julho, 21h30

Concertos, 15 de julho, 21h30

Festival de Dança (P.A. Projeto Artístico), 16 de julho, 18h00

Espetáculo de Encerramento, 16 de julho, 21h30

Mostra urbana:

Inscrições até 7 de julho. Participação gratuita

            13 de julho, das 19h00 às 24h00

            14, 15, 16, das 18h00 às 24h00

Animação de rua

BARCELOS APRESENTA DECISÕES REFERENTES AO CONTRATO DE CONCESSÃO DAS ÁGUAS E SANEAMENTO

Professor João Duque e Dr. Luís Cordeiro, responsáveis pelos estudos financeiros e económicos, respetivamente, e Professor Pedro Mota e Costa, economista e consultor, responderam a todas as dúvidas e questões

Capturarcococooco.PNG

Realizou-se segunda-feira, dia 26 de junho, pelas 21 horas, no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos, uma sessão alargada que teve como única finalidade apresentar os acordos alcançados com os acionistas das Águas de Barcelos. Na referida reunião à porta fechada, estiveram presentes os senhores vereadores, presidentes de junta e líderes dos grupos municipais representados na Assembleia Municipal e contou ainda com a presença do Professor João Duque e do Dr. Luís Cordeiro, responsáveis pelos estudos financeiros e económicos, respetivamente, e pelo Professor Pedro Mota e Costa, economista e consultor.

Para Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, esta reunião foi o “modelo escolhido para que se cumprisse o compromisso assumido aquando do início das referidas negociações com os acionistas das Águas de Barcelos. E que sempre fizemos questão de honrar. Esta reunião veio ainda colocar um ponto final nas inúmeras especulações e tantas outras mentiras que pairavam sobre as negociações em questão e impedir qualquer aproveitamento político sobre esta questão vital para o concelho de Barcelos."

É importante referir que o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, sempre que foi questionado publicamente sobre o caminho das negociações, fazia questão de lembrar que só falaria quando tivesse na sua posse todas as informações para poder informar os barcelenses.” Ressalvando que o sucesso das referidas negociações dependia dos compromissos assumidos em sede de negociações, sublinhou o sigilo e o respeito pela palavra de cada um dos intervenientes.

BARCELOS DÁ ESPECTÁCULOS MUSICAIS EM JULHO

A música domina a programação do Teatro Gil Vicente para o mês de julho

A música é a rainha do mês de julho no Gil Vicente! Ao todo são seis espetáculos que prometem cativar o público barcelense para a primeira de todas as artes – a música.

Agendajulho2017_web.jpg

A programação do mês de julho começa e termina com dança. Nos dias 1 e 2, a Academia Nico Dance Studio apresenta o espetáculo final de ano "Welcome to the Mafia", que conta com a apresentação de todas as turmas da academia. No dia 29, a Escola de Dança de Barcelos traz a palco “Alice no País do Ballet”.

Dia 8, às 16h, chega ao palco o espetáculo musical MAMMA MIA, pela APAC – Centro de Atividades Ocupacionais; no dia 11, o jovem barcelense Beni Mizrahi & The Soulbenders apresentam o EP de estreia “The First Howl”, às 22h; a Barcelos Sénior encerra o ano letivo no dia 12, às 14h30, com um espetáculo musical; e a música prossegue nos dias 21, 22 e 23. Primeiro, com o espetáculo solidário “Somos Um”, por Ana Beatriz Lindade; depois “Esta Cara não me é estranha”, pelo Grupo Sénior de Música da Freguesia de Arcozelo; e o Concerto de Final de Ano da Escola Art'É Vida, em três sessões – 15h, 18h, 21h – no dia 23.

O teatro chega ao palco do Gil Vicente nos dias 5, com “Consultório Médico”, às 14h30, pelo Espaço de Convívio de Balugães, no âmbito do Programa Sénior; 14, com “(In)Felicidades Adolescentes!, pela Academia de Teatro de Barcelos, às 21h30; e 16, às 16h, com “Os 3 Porquinhos”, pel'A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

A sétima arte passa pelo cenário do Teatro nos dias 13 e 20. “As Férias do Sr. Hulot”, de Jacques Tati e “Uma Rapariga no Verão”, de Vítor Gonçalves, respetivamente, às 21h30.

Os espetáculos dos dias 1, 2, 11, 20, 21, 27 e 29 têm entrada paga, os restantes são de entrada gratuita.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

ARTESÃOS DO MINHO INVADEM FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Dezenas de artesãos do Minho com especial destaque para o concelho de Barcelos, marcam forte presença em Lisboa na Feira Internacional de Artesanato. Desde a cerâmica aos bordados, a pedra lavrada e os lenços de namorados, o artesanato minhoto deslumbra sempre quem o contempla, conquistando sempre novos apreciadores.

19424276_1474065452637119_5933898560506309073_n (1).jpg

FIA LISBOA COMEMORA 30º ANIVERSÁRIO

China Destino Internacional Convidado e Pampilhosa da Serra Município Convidado

A maior festa intercultural da Península Ibérica está prestes a abrir as portas ao seu 30º aniversário, na FIL, a partir do próximo dia 24 de Junho, comemorando o encontro de culturas até 2 de Julho.

A FIA Lisboa é já um marco na agenda que prenuncia aos visitantes a chegada do Verão, proporcionando um clima de descontracção, curiosidade e oportunidade de, em família, poder adquirir artesanato dos vários territórios nacionais e internacionais presentes em mais uma edição desta grande plataforma que associa produtos de origem, a criatividade, a inovação e o talento.

Entre o clima de festa, curiosidade e aprendizagem pelos costumes representados pelo artesanato mais tradicional, os cantares, danças e as conversas entre público e expositores, há sempre espaço para o convívio entre a área da gastronomia, com iguarias locais que fazem lembrar outros tempos e anima qualquer encontro de amigos ou família.

São mais de 40 países representados vindos da América do Sul, Ásia, África e Europa, e cerca de 15 municípios nacionais que se apresentam individualmente, para além das várias regiões do País através das associações culturais e de artesãos e entidades regionais de turismo que, pelas mãos dos seus mestres artesãos, mostram ao vivo como se fazem as peças que muitos coleccionam ou compram porque fazem parte das suas memórias.

China País Convidado

A China é, nesta edição, o País Convidado, um território com uma enorme riqueza cultural e artesanato variado de porcelanas, seda, papel, bordados e laqueados, com artesãos famosos pela sua arte minuciosa nas artes de corte de papel ou a tecelagem em bambu.

Pampilhosa da Serra Município Convidado

No 30º aniversário da FIA Lisboa, a organização convidou Pampilhosa da Serra para ser Município Convidado. Desde 2008 que o município de Pampilhosa da Serra participa na FIA Lisboa individualmente porque, segundo o seu presidente da Câmara, José Brito Dias, “vemos a nossa participação como uma oportunidade valiosíssima, porque acreditamos que se trata de um indubitável impulsionador de ideias que se coadunam por inteiro com aquilo que é difundido pelo município”.

Indo ao encontro da genética da FIA Lisboa, José Brito Dias refere que “em Pampilhosa da Serra, olhamos para o futuro com a audácia de quem nunca está satisfeito, mas sempre com a preocupação de valorizar a essência autêntica e genuína que nos é característica”, culminando que “envoltos de um espírito simbiótico entre cultura, inovação e tradição, queremos mostrar a diversidade de produtos com origem no nosso património natural, moldados pelo engenho e arte das nossas gentes”. Avizinham-se surpresas entre as várias actividades que o Município de Pampilhosa da Serra vai trazer à FIA Lisboa.

FIA Lisboa liga a tradição e a inovação recriando as economias locais A beleza e singularidade de cada obra ou peça é uma referência representativa de cada região e uma mostra do seu potencial turístico e económico. Entre o saber que é transmitido ao longo de gerações e que representa os hábitos e tradições únicos de cada zona geográfica, há uma evolução que dignifica todo um passado e conhecimento e que se actualiza com produtos da terra e com a criatividade dos caminhos do tempo, dando novos designs, novas tendências e usos, sempre em paralelo com as memórias que continuam a representar histórias e costumes.

HORÁRIOS de 24 de Junho a 2 de Julho:

Área de exposição e actividades: 15H00/24H00

Área da Gastronomia: 12H30/24H00

BILHETEIRA:

Bilhete normal: 5 €

Cartão Jovem, Estudante, Bilhete Sénior (>65 anos): 2,5 € Ticketline * Entradas gratuitas até aos 10 anos

Fotos: Manuel Santos

19420751_1474066369303694_5473902215957039045_n (1).jpg

19420846_1474065592637105_4775630136783238707_n (1).jpg

19430156_1474065542637110_941716002871935595_n (1).jpg

19437437_1474065692637095_5189283648085735097_n (1).jpg

19553984_1474065675970430_7771073657546269845_n (1).jpg

19601317_1474064149303916_199528880254720976_n (1).jpg

BARCELOS REALIZA FEIRA DO LIVRO

Feira do Livro de Barcelos está quase a começar

Rodrigo Guedes de Carvalho, Luandino Vieira, Moita Flores e Nuno Higino são alguns dos escritores que marcam presença na 35ª Feira do Livro de Barcelos, que decorre entre 30 de junho e 9 de julho

Barcelos promove a 35ª edição da Feira do Livro, de 30 de junho a 9 de julho. São dez dias de festa à volta dos livros com grandes nomes da literatura nacional e internacional – Luandino Vieira, Domingos Amaral, Moita Flores, Rodrigo Guedes de Carvalho, Nuno Higino, entre muitos outros.

Feira do Livro 2017.jpg

Este ano, o programa oficial do evento pauta pela diversidade das propostas culturais e literárias com um conjunto de iniciativas paralelas agendadas, como a realização de espetáculos musicais, tertúlias, conferências, atuações de teatro e animações de rua.

A abertura do evento, a 30 de junho, pelas 17h30, é marcada pela apresentação do livro “Voando com os Livros”, por Marçal Grilo, ex-ministro da Educação, bem como a habitual visita do Presidente

Sábado, dia 1 de julho, Moita Flores apresenta “O Mensageiro do Reino”, às 19h, e às 21h30, é a vez do jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho dar a conhecer o seu mais recente romance “O Pianista de Hotel”. Luandino Vieira, escritor angolano, apresenta as suas memórias de cárcere vividas ao longo de 12 anos, na obra “Papéis da Prisão”, no dia 4 de julho, às 21h30. Os amantes de gastronomia podem reservar o dia 7 de julho para assistirem à apresentação do livro “Receitas com Segredo”, de Marco Costa.

O programa desta 35º edição da Feira do Livro conta com muitas apresentações e lançamentos literários, tertúlias, conversas, conferências, espetáculos musicais e teatrais, inaugurações e animações de rua. Conta, ainda, com uma parte dedicada aos mais novos. A partir do dia 30, as crianças e os jovens podem contar com diversas sessões de contos, ateliês, apresentação de livros, oficinas, espetáculos musicais e teatrais, artes performativas e, de forma permanente, encontrarão atividades como o cantinho da leitura, jogos didáticos, mural de pintura e desenhos para colorir.

BARCELOS PARTICIPA EM FORÇA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Os “Baraça” são uma das mais conceituadas e tradicionais famílias do universo do artesanato de Barcelos. Netos de Ana Baraça, figura tutelar do artesanato barcelenese, Vítor Gonçalves e Moisés Gonçalves, os Irmãos Baraça, são os herdeiros desse legado.

18622371_1597113713635163_8008714808839639218_n.jpg

As peças que produzem têm fins puramente decorativos e aliam Tradição e Inovação, resultando em peças únicas de artesanato de autor.

Vão estar presentes na FIA Lisboa - 24 de Junho a 02 de Julho, na FIL - Parque das Nações

18765951_1597113710301830_5134859112014566112_n.jpg

BARCELOS ESTÁ NA MODA!



Afonso Vilela, o mediático ator e modelo, apresenta o Moda Barcelos 2017. Os grandes nomes não ficam por aqui, este ano a modelo especial convidada é Dânia Neto. Diana Matias e Vítor Dias, os estilistas convidados

Começa amanhã o Moda Barcelos. Roupas, joias, maquilhagens, cabelos, e não só, desfilam num dos grandes eventos que espelham a moda que se faz em Barcelos. O Largo do Município veste-se a rigor, nos dias 23 e 24 de junho, para receber as coleções de empresas e designers do concelho, bem como as coleções dos lojistas.

Moda Barcelos_Desfiles.jpg

No dia 23, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos por designers de moda e por empresas têxteis. Este ano participam as empresas Big Zone, Fluffywhite, Fonte & Filhos, KEEPING, Pura Alternativa e os designers Abel Silva, Atelier Sara Parracho, Escola de Tecnologia e Gestão de Barcelos, Estilista Ibérica, Cris Silva, Haus ok Hades, Juliana Novais Bravery e P.P. Bungor.

No sábado, dia 24, à mesma hora, 22h, são apresentadas as coleções dos dos lojistas. As lojas participantes no Moda Barcelos 2017 são Amora, Anjo Selvagem, BarcelNoivos, Bijoux Pour Tous, Boutique CáCá, Bravery, CS Visão, Dona Cruzeta, E.Leclerc de Barcelos, Galena, Ganita Outfit, Sportive, Ilou, Malhas Roselã, Optica 2, Skulk, Wise e Wise criança.

A mostra de tendências de cabelo e maquilhagem acontece nos dois dias do evento, e ficam a cargo da Flormar, Luz'Art Cabeleireiros, Natália Cabeleireiros, Carlos Courel e Looks Cabeleireiro.

No decorrer dos desfiles, a animação estará a cargo de Nico Dance Studio, Luís Dreams, entre outros. A festa de encerramento de cada noite tem lugar reservado no mítico Paço dos Condes de Barcelos.

O Moda Barcelos é um projeto de arte e de formação que visa descobrir novos talentos, valorizar e promover a indústria têxtil, as coleções das lojas do comércio local de Barcelos e a área da moda em Barcelos. 

NOTA PASTORAL SOBRE OS PROCESSOS DE BEATIFICAÇÃO E CANONIZAÇÃO DE D. ANTÓNIO BARROSO

Nota Pastoral - A santidade – fonte de alegria e de bênção

c97617c65ffcb0be210a780814521277.jpg

I -Processos de beatificação e canonização.

A Igreja do Porto tem em curso na Congregação da Causa dos Santos, em Roma, seis Processos de Beatificação e Canonização, quatro da Diocese e dois procedentes de Congregações Religiosas.

É um direito de todos os cristãos e uma prioridade da vida da Igreja do Porto conhecer e acompanhar com a oração estes processos de beatificação e de canonização.

Esta é a hora de partilhar com todos a alegria de vermos reconhecido o testemunho de vida e recordado o exemplo de santidade destes  irmãos nossos que nos antecederam no tempo e nos precederam na fé e no serviço à Igreja do Porto.

Esta é a hora de tudo fazer, no que à Diocese concerne, para que estes processos avancem sem demoras, de acordo com as normas canónicas em vigor. Tenho encontrado em toda a Diocese, nos Postuladores e na Congregação, em Roma, o melhor acolhimento a esta vontade diocesana e a este comum empenho de todos nós.

Os processos de beatificação e canonização em curso são os seguintes:

1- Irmã Maria do Divino Coração - Religiosa da Congregação de Nossa Senhora da Caridade do Bom Pastor.

Nasceu em Münster, na Alemanha, a 8 de setembro de 1863 e faleceu em Paranhos, Porto, a 8 de junho de 1899. Foi beatificada em 1 de novembro de 1975, pelo Papa Paulo VI. Está sepultada na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Ermesinde.

2 - D. Sílvia Cardoso Ferreira da Silva – Leiga.

Nasceu em Paços de Ferreira a 26 de julho  de  1882 e aí faleceu em 2 de novembro de 1950. Foi declarada Venerável em 27 de março de 2013, pelo Papa Francisco. Está sepultada na Igreja matriz de Paços de Ferreira.

3 - D. António José de Sousa Barroso – Bispo do Porto.

Nasceu em Remelhe, Barcelos, a 5 de novembro de 1854 e faleceu no Porto a 31 de agosto de 1918. Foi missionário em Angola, Prelado de Moçambique, Bispo de Meliapor, na Índia, e Bispo do Porto de 1899 a 1918. Está sepultado em Remelhe, Barcelos.

4 - Padre Américo Monteiro de Aguiar – Sacerdote.

Nasceu em Galegos, Penafiel, a 23 de outubro de 1887 e faleceu no Hospital de Santo António, Porto, a 16 de julho de 1956. Foi o fundador da Obra da Rua. Está sepultado na Capela da Casa do Gaiato de Paço de Sousa, Penafiel.

5 - Irmã Maria Rita de Jesus – Religiosa da Congregação das Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora.

Nasceu no Porto a 23 de janeiro de 1885 e aqui faleceu em 1965. Está sepultada no Cemitério da Ordem da Lapa.

6 - Ana de Jesus Maria José de Magalhães – Leiga.

Nasceu em Arrifana, Santa Maria da Feira, em agosto de 1811 e ali faleceu em 25 de março de 1875. Está sepultada no adro da Igreja de Arrifana.

II - Um testemunho de gratidão

É sempre muito demorada e exigente a organização dos processos canónicos de beatificação e de canonização dos santos. São muitos aqueles que são chamados a trabalhar com dedicação e generosidade na organização destes processos nas suas várias etapas, seja em sede de Postulação, seja no Tribunal Eclesiástico do Porto ou na Congregação da Causa dos Santos, em Roma.

Dou graças a Deus pelo acolhimento, pela dedicação e pelo interesse oferecidos à organização cuidada dos processos e às iniciativas levadas a efeito em ordem ao conhecimento da vida e do testemunho de santidade destes irmãos nossos. É grande a força mobilizadora que os santos têm na vida das pessoas e das comunidades cristãs, porque eles incarnam nas suas vidas a Palavra de Deus e traduzem para a Igreja e para o mundo de hoje os sonhos divinos.

Permito-me realçar como momento de grande mobilização de toda a Diocese a recente celebração da transladação de D. Sílvia Cardoso para a Igreja matriz de Paços de Ferreira. Junto a esta grata evocação o meu reconhecimento a Monsenhor Ângelo Alves, grande obreiro da Causa de Canonização de D. Sílvia Cardoso, que agora, dada a sua idade e limitações de saúde, pede para ser dispensado do seu múnus de Vice-Postulador.

III - No horizonte do futuro.

Há datas marcantes da vida destes irmãos, cujos processos de canonização estão a decorrer, que queremos evocar e a celebrar com a devida dignidade e com o merecido relevo. Sabemos todos que os santos nos oferecem sinais de vida nova para a Igreja neste caminho sinodal que estamos a percorrer e iluminam o nosso olhar com a esperança de um mundo melhor.

Aproximando-se o centenário da morte de D. António Barroso a 31 de Agosto de 2018 e sendo necessário preparar, programar e celebrar dignamente esse momento nomeei o Padre António Coelho de Oliveira, Vigário Geral da Diocese, para presidir a uma Comissão Diocesana que oriente e coordene tudo quanto às celebrações diocesanas diga respeito.

Atendendo, por seu lado, o pedido de Monsenhor Cónego Ângelo Alves indiquei, para lhe suceder, ao Postulador da Causa de D. Sílvia Cardoso, Monsenhor Arnaldo Pinto Cardoso, o nome do Padre Joaquim Samuel Ribeiro Guedes, Vigário da Vara de Paços de Ferreira, que trabalha no processo de canonização de D. Sílvia Cardoso desde o seu início e foi nomeado Vice-Postulador no passado dia 12 de dezembro de 2016.

Com a mesma solicitude foi necessário nomear o Padre Manuel António dos Santos Carvalho Mendes, sacerdote da Obra da Rua, Vice-Postulador da causa de canonização do Padre Américo Monteiro de Aguiar, para substituir o anterior Vice- Postulador, Padre Carlos José Galamba Bragança Ferreira, falecido a 22 de abril de 2011.

Convido toda a Diocese a dar graças a Deus pela Irmã Maria do Divino Coração, por D. Sílvia Cardoso, D. António Barroso, Padre Américo, Irmã Maria Rita de Jesus e Ana de Jesus Magalhães, a quem a Igreja do Porto tanto deve.

Esta é a hora, igualmente, de intensificar a nossa oração para que estes irmãos e irmãs sejam reconhecidos oficialmente pela Igreja como santos e nossos intercessores junto de Deus. Eles são já para todos nós um dom de Deus, um exemplo de santidade e uma fonte de alegria e de bênção.

Porto, 19 de janeiro de 2017

António, Bispo do Porto

Fonte: http://diocese-porto.pt/

VATICANO VAI BEATIFICAR MISSIONÁRIO BARCELENSE D. ANTÓNIO BARROSO

D. António Barroso, bispo do Porto, mais perto da beatificação. Missionário viveu entre finais do século XIX e início do século XX

Cidade do Vaticano, 17 jun 2017 (Ecclesia) – O Papa Francisco aprovou hoje a publicação do decreto que reconhece as “virtudes heroicas” de D. António José de Sousa Barroso (1854-1918), missionário e bispo do Porto de 1899 a 1918.

barroso5.jpg

O documento foi publicado na sequência de uma audiência entre o Papa Francisco e o prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, cardeal Angelo Amato, esta sexta-feira.

Esta é uma fase central do processo que leva à proclamação de um fiel católico como beato, penúltima etapa para a declaração da santidade.

António José de Sousa Barroso nasceu em Barcelos a 5 de novembro de 1854 e faleceu a 31 de agosto de 1918; formou-se no Colégio das Missões Ultramarinas de Cernache do Bonjardim, de 1873 a 1879.

Ordenado sacerdote missionário em 20 de setembro de 1879 , foi missionário no Congo, Angola, de 1880 a 1891; foi bispo missionário em Moçambique, de 1891 a 1897, e em Meliapor, na Índia, de 1897 a 1899, antes de assumir a Diocese do Porto.

O prelado destacou-se como missionário, ficando célebre pela forma como lutou contra a perseguição feita à Igreja Católica por Afonso Costa, na sequência da implantação da República Portuguesa.

Em março de 2015, D. António Francisco dos Santos encerrou os processos canónicos de inquérito a duas curas miraculosas atribuídas à intercessão de Sílvia Cardoso e D. António Barroso, cujas conclusões seguiram para Roma.

A aprovação de um milagre é agora o passo necessário para a proclamação destas figuras da Igreja Católica como beatos.

Já em janeiro deste ano, o bispo do Porto anunciou, em nota pastoral, um reforço do empenho da diocese nos processos de canonização dos fiéis deste território, que decorrem em Roma.

Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/

MONUMENTO A D. ANTÓNIO BARROSO EM BARCELOS.jpg

BARCELOS ACOLHE ROTEIRO "CIDADANIA EM PORTUGAL"

Dia 16 de junho, na Escola EB1/JI Ferreiros e na EB 2/3 Gonçalo Nunes

O Município de Barcelos aderiu ao Roteiro Cidadania em Portugal, uma iniciativa que decorre, no próximo dia 16 de junho, com duas sessões sobre Estratégias de territorialização de políticas públicas ao nível das temáticas “Igualdade e combate da Violência Doméstica”. A primeira tem lugar às 09h30, na Escola EB1/JI Ferreiros, e a segunda, às 15h30, na EB 2/3 Gonçalo Nunes.

barcelos.png

O Roteiro Cidadania em Portugal é uma iniciativa promovida pela Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade e a ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, com o objetivo de desafiar as redes e as comunidades locais de todo o país para uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação.

Esta iniciativa é desenvolvida, localmente, em parceria com o projeto OPEN_B – CLDS 3G (ATAHCA, ACIB e GASC) e integra uma equipa de animação/comunicação e uma carrinha, devidamente equipada com recursos lúdico-pedagógicos, que irão apoiar a dinamização da atividade e pôr o país a pensar e a agir sobre as desigualdades, as discriminações e as violências que ainda persistem.

O Roteiro para a Cidadania e Igualdade assume-se como um instrumento de impacto ao nível da cidadania democrática e da participação ativa dos cidadãos/ãs e das organizações que compõem o tecido social, cujo objetivo é fazer PARAR para dialogar e partilhar informação e conhecimento acerca da Cidadania e Igualdade; PENSAR conjuntamente com as comunidades e as redes locais de parceria, estratégias de territorialização de políticas públicas; e AGIR em prol da Cidadania e Igualdade, impulsionando todos/as os/as agentes de desenvolvimento social e mobilizando os recursos adequados em cada contexto.

COLECCIONADORES JUNTAM-SE EM BARCELOS

sl-1_960_400_960_400.jpg

A ACOBAR- Associação de Coleccionismo de Barcelos, leva a cabo o seu grande evento, o XIII Encontro Internacional de Colecionadores. Todos os anos centenas de aficionados das mais variadas áreas de coleccionismo deslocam-se a Barcelos, capital do coleccionismo.

Cada um espera descobrir aquela peça que há muito anseia encontrar, nem sempre vê esse desejo concretizado, mas encontra, em Barcelos, um local de partilha de experiências, assim como um agradável espaço de convívio, entre os diferentes colecionadores.

A tudo isto juntamos, o património, a cultura e a gastronomia, que pode descobrir numa cidade que o irá receber de braços abertos. À semelhança de anos anteriores, serão apresentadas várias peças de coleccionismo que serão oferecidas a todas os participantes. 

A entrada a visitantes é livre e cada um pode comprar, vender ou trocar, desde o mais simples bilhete de autocarro, até à moeda mais rara.

Temos encontro marcado, no dia 17 de junho no Estádio Cidade de Barcelos. 
Visite-nos em:

https://www.facebook.com/ACOBAR.Barcelos/
https://www.instagram.com/acobar_barcelos/
https://twitter.com/acobar_barcelos

Ou através do nosso sitio em www.acobar.pt e mantenha-se a par de todas as novidades.

Saudações colecionáveis

A Direcção

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO BARCELENSE INAUGURA CASA DA MEMÓRIA DA TERRA DE FARIA

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, inaugurou sábado, dia 10 de Junho, a Casa da Memória da Terra de Faria, em Faria, no dia em que também se comemorou o Dia da Freguesia.

Casa da Memória.JPG

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal começou por dizer que “quem não tem memória, não tem futuro. O que estamos aqui a fazer  é resguardar, preservar a memória das ruínas de Faria e todo o património arqueológico que está associado”. Miguel Costa Gomes sublinhou que “esta Casa da Memória vem de uma forma afirmativa e clara dizer, não só à União de Freguesias, mas ao concelho, a todos, que preservando esta memória, asseguramos o nosso presente e o nosso futuro. E é este património que iremos deixar aos nossos filhos, aos nossos netos e assim sucessivamente.”

Por sua vez o Presidente da Junta da União de Freguesias de Milhazes, Vilar de Figos e Faria, José Luís Arantes, disse que “é com elevada satisfação que hoje assisto à inauguração da Casa da Memória da Terra de Faria, projeto este inovador para a União de Freguesias, e particularmente para a preservação da história das nossas terras. Hoje encontramos aqui um exemplo de descentralização e de confiança nas pessoas e no associativismo como garantia do saber fazer e do bem fazer que muito nos deve orgulhar”.

O Presidente do Grupo Alcaides de Faria, Manuel Luís Lomba, deu a conhecer a história do Castelo de Faria, dizendo que “a origem da nacionalidade está aqui”, pois o Rei D. Afonso Henriques terá “furtado os castelos do Neiva e de Faria para fazer guerra à mãe”.

Descerrada a placa e findos os discursos, foram inauguradas as duas exposição que constam na Casa da Memória: uma retrospetiva do primitivo Grupo Alcaides de Faria, da sua atividade e seu legado, e uma exposição de Arqueologia sobre o Castelo de Faria na Idade Média. Esta última numa vertente pedagógica, mais direcionada para crianças e jovens, de forma a permitir uma interpretação para todos os públicos.

A Casa da Memória é um espaço do Património do povo que habita à volta do Monte da Franqueira, e que pretende a valorização dos saberes tradicionais, da salvaguarda e o reforço da identidade e da memória da terra, fonte de coesão e de desenvolvimento social. Tem como propósito ser um espaço de interpretação das Ruínas do Castelo de Faria e da Estação Arqueológica subjacente, sendo repositório do espólio arqueológico recuperado nas campanhas arqueológicas ali realizadas.

No fim, o Presidente da Câmara Municipal e demais executivo municipal, bem como o da União de Freguesias visitaram a mostra das associações da terra.

CÁVADO LANÇA NOVAS PONTES PARA A COMPETITIVIDADE

O projeto UP Cávado, desenvolvido pela CIM do Cávado em parceria com a InvestBraga e com a Agência de Energia do Cávado, será apresentado publicamente na próxima terça-feira, dia 13 de junho, na sala de conferências do edifício gnration, pelas 14h30, em Braga.

Resultado de três candidaturas aprovadas no âmbito do Aviso ao Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIACs), do Programa Operacional Norte2020, o UP Cávado visa a melhoria global da competitividade empresarial da NUT III Cávado.

Em conjunto, estas três operações pretendem implementar ações de dinamização empresarial, relacionadas com o “Empreendedorismo”, a “Qualificação” e a “Internacionalização”.

O orçamento previsto para a implementação destas ações compreende um montante de mais de um milhão de euros (1 000 000,00€), para o período temporal de dois anos. Este projeto agrega os seis municípios da CIM do Cávado – Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, que, em articulação com as entidades e associações comerciais e industriais que atuam no território, pretendem mobilizar novas dinâmicas empresariais e tornar mais atrativo o investimento na região, através da simplificação de processos, da facilitação de redes de networking e de um conjunto de ações de internacionalização.

Na sua essência, o UP Cávado tem como objetivos a mobilização e dinamização do espirito empreendedor; a qualificação do tecido empresarial focada no aumento da produtividade; a capacitação para a internacionalização e o aumento da visibilidade e notoriedade internacional da oferta de bens e serviços do território.

Recorde-se que este projeto está integrado numa das novidades do Portugal 2020 (SIACs) que se destina a promover o espírito empresarial através das comunidades intermunicipais (CIM).

“Toda esta nova abordagem é reflexo do entendimento que vem sendo reforçado entre os autarcas quanto à importância de explorarem proveitosamente a escala supramunicipal em benefício das suas populações e dos seus territórios”, diz Fernando Freire de Sousa, Gestor do Norte 2020 e Presidente da CCDR Norte.

BARCELOS REALIZA FESTIVAL DA CANÇÃO

Festival da Canção dá início ao P.A. - Projeto Artístico 2017

16 e 17 de junho, no Largo da Porta Nova

O Projeto Artístico (PA) Barcelos 2017 arranca com o Festival da Canção, nos dias 16 e 17 de junho, pelas 21h30, no Largo da Porta Nova, e tem duas categorias: versão original e versão de artista/cover. 

O P.A. é uma iniciativa dedicada à educação através das expressões artísticas e que tem como principal objetivo criar condições de produção, revelação e valorização das competências dos jovens do concelho. Organizado pela Câmara Municipal de Barcelos, através da Casa da Juventude, decorre entre junho e dezembro, contemplando várias áreas de ação e de interesse.

No mês de julho, no dia 13, decorre o Festival de Bandas de Barcelos, pelas 21h30, na Alameda das Barrocas; e o Festival de Dança, no dia 16 de julho, às 18h, também na Alameda das Barrocas. As inscrições para estas duas iniciativas estão abertas até dia 23 de junho.

O Projeto regressa com o Encontro de Coros no Teatro Gil Vicente, nos dias 24 e 25 de novembro, pelas 21h30, e cujas inscrições estarão abertas até dia 3 de novembro. O auditório do Teatro receberá ainda até ao final do ano a Noite de Fados, no dia 2 de dezembro, pelas 21h30. As inscrições decorrem até dia 3 de novembro e o casting de seleção decorre no dia seguinte, pelas 10h00, na Casa da Juventude.

Ao longo dos últimos anos, os jovens barcelenses têm aderido grandemente ao Projeto da responsabilidade do Pelouro da Juventude, reflexo do seu interesse proeminente nas áreas relacionadas com as múltiplas dimensões artísticas, nomeadamente na música e na dança.

KRISTALTEK INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES EM BARCELOS

Amanhã, dia 9 de junho, às 14h30, em Abade de Neiva

O Primeiro-Ministro e o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos inauguram amanhã, dia 9 de junho, as novas instalações da Kristaltek.

A cerimónia decorre nas instalações da empresa, em Abade de Neiva, às 14h30, e contará também com a presença do Ministro da Economia e do Secretário de Estado da Indústria.

A Kristaltek Laser dedica-se à atividade de maquinação, torneamento e corte por laser de peças de alta precisão que têm como destino o mercado da indústria aeronáutica, automóvel, militar e ótica.

BACALHAU, SOPAS E PETISCOS REGRESSAM ÀS MESAS DOS RESTAURANTES DE BARCELOS

Workshops de petiscos e de bacalhau e Trilho do Rio Neiva decorrem em paralelo com os fins de semana do bacalhau, dos petiscos e das sopas

Os 7 Prazeres da Gastronomia estão de volta no mês de junho com dois fins de semana temáticos: Fim de Semana do Bacalhau e Fim de Semana dos Petiscos e das Sopas.

Mais de quatro dezenas de restaurantes do concelho de Barcelos participam no X Fim de Semana do Bacalhau, uma iniciativa da Câmara Municipal de Barcelos que decorre entre os dias 9 e 11 de junho e que tem como objetivo promover a gastronomia barcelense através da confeção variada do bacalhau e, com isso, a economia da restauração local.

As sugestões dos restaurantes são as seguintes: bacalhau à lavrador, com broa, assado na brasa, à moda da casa, de cebolada, lascado na brasa, à lagareiro, à zé do pipo, gratinado, com puré, na caçarola, com flores comestíveis, com molho de gambas, com pimentos assados, entre muitas outras variedades de confeção.

Paralelamente a esta iniciativa, decorre o Trilho do Rio Neiva, que percorre as freguesias de Balugães, Cossourado e Panque, no dia 10 de junho, e o workshop de bacalhau, às 16h, no Restaurante “Casa Lourenço” em Areias S. Vicente.

Nos dias 17 e 18 de junho, realiza-se o III Fim de Semana dos Petiscos e das Sopas. Os Restaurantes e Tascas participam com uma grande diversidade de iguarias que fazem lembrar a tradicional merenda de outrora, das jornas agrícolas convidando a degustar o rojão no pão, as pataniscas, bôlas, bifanas, petinga, polvo, taquinhos de bacalhau, chispes, entre muitas outras opções. Nesta edição encontrará também várias sopas e legumes, que mostram práticas agrícolas e a riqueza dos produtos da terra, desde as hortícolas, ao azeite, ervas aromáticas, entre outros sabores e produtos de elevada qualidade, disponíveis em espaços de excelência gastronómica na área dos Petiscos Tradicionais Minhotos.

No dia 17 de junho, os amantes dos petiscos poderão aprender a fazê-los num workshop dedicado à sua confeção, às 10h30, no restaurante Cantinho d'Armanda, na Silva. Neste workshop, todos os participantes poderão acompanhar a preparação de cogumelos frescos estufados e quiche variada.

São dois fins de semana dedicados ao melhor da gastronomia do concelho, inseridos na política de promoção de uma das suas maiores marcas, a Gastronomia e Vinhos. Os Petiscos Tradicionais fazem parte do Programa do Pelouro do Turismo 7 Prazeres da Gastronomia, e são o reflexo da identidade do território de Barcelos, um concelho turisticamente apetecível.

As inscrições nos workshops são gratuitas, mas limitadas. Deverão realizar-se através dos seguintes contactos: email: turismo@cm-barcelos.pt; telefone nº 253 811 882.

CASA DA MEMÓRIA DA TERRA DE FARIA PRESERVA A IDENTIDADE DA NAÇÃO

Inauguração da Casa da Memória da Terra de Faria e Exposição de Arqueologia sobre o Castelo de Faria na Idade Média, dia 10 de Junho, em Faria, Barcelos

No dia em que se comemora o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, dia 10 de Junho, é inaugurada a Casa da Memória da Terra de Faria, na freguesia de Faria, Barcelos, um espaço do Património do povo que habita à volta do Monte da Franqueira, pretendendo a valorização dos saberes tradicionais, da salvaguarda e o reforço da identidade e da memória da terra, fonte de coesão e de desenvolvimento social.

A Casa da Memória servirá como local privilegiado para a interpretação das Ruínas do Castelo de Faria e da Estação Arqueológica subjacente, sendo repositório do espólio arqueológico recuperado nas campanhas arqueológicas ali realizadas.

Neste dia, inauguram-se também duas exposições: uma retrospetiva do primitivo Grupo Alcaides de Faria, da sua atividade e seu legado, e uma exposição de Arqueologia sobre o Castelo de Faria na Idade Média.

Na Idade Média, o território português esteve dividido em distritos militares chamados terras, organizados em torno de um castelo. A sul do rio Cávado e até ao rio Ave, desenvolvia-se a Terra de Faria, abarcando os territórios desde o mar até à Serra de Airó. No centro desta terra estava o castelo de Faria, documentado ali desde os meados do século XI, cujas ruínas são conhecidas no cimo do Monte da Franqueira.

O Grupo Alcaides de Faria-APIHA, refundado em 2011 à imagem do primitivo Grupo barcelense que impulsionou as investigações das ruínas do castelo de Faria, pretendeu instituir um equipamento que servisse de acervo e repositório da riqueza histórica, arqueológica, cultural e tradicional deste vasto território, a Casa da Memória da Terra de Faria. 

BARCELOS HOMENAGEIA JOÃO CARVALHO

Presidente da Câmara presente na homenagem a João Carvalho

Foi de anfiteatro cheio que, no passado dia 2 de junho, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) prestou homenagem ao seu ex-presidente João Carvalho, numa cerimónia emotiva que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, vários autarcas, dirigentes de instituições de ensino superior,  várias individualidades e muitos amigos  que com ele privaram, além de uma mensagem em vídeo do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

IPCA

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, classificou João Carvalho como “uma pessoa de excelência”, recordando, designadamente, toda a obra feita no Campus. Elogios que foram partilhados por André Soares, último presidente da Associação Académica do IPCA durante a presidência de João Carvalho.

Por seu turno, o presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, fez questão de descrever João Carvalho como “um dos nossos maiores” e um homem de uma “seriedade ilimitada, um pensador como poucos, que valoriza muito a ética, e um excelente profissional”.

Já o atual presidente interino do IPCA, Agostinho Silva, anunciou a decisão do Conselho de Gestão em atribuir o nome de João Carvalho à avenida principal do Campus do IPCA, sublinhando as qualidades humanas do ex-presidente, enalteceu “o legado que nos deixa”, pedindo-lhe ainda mais: “Mais visitas à instituição, mais apoio, como um pai que olha por um filho”, disse.

Face à homenagem e perante todos os elogios que lhe foram dirigidos, João Carvalho dirigiu-se ao auditório, totalmente repleto, começando por confessar não ter palavras para descrever o que sentia: “É uma homenagem não merecida. Apenas cumpri a minha obrigação. Seria mais justo uma homenagem ao IPCA, aos seus professores, funcionários, estudantes. É a eles que se deve o que é hoje o IPCA”.

A sessão contou, ainda, com dois momentos musicais a cargo do Grupo de Fados do IPCA e, no final, do músico Rui Paulino David, que interpretou alguns dos temas preferidos de João Carvalho. A cerimónia ficou igualmente marcada pela apresentação do retrato oficial do ex-presidente do IPCA, da autoria da pintora Filipa Godinho, e pelo lançamento de um livro com fotografias e alguns dos discursos de João Carvalho durante os anos em que dirigiu a instituição.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO BARCELENSE INAUGURA OBRA MUNICIPAL

Presidente da Câmara inaugura acesso ao cemitério de Monte de Fralães

A população de Monte de Fralães marcou presença em grande número para assistir à inauguração da rua de acesso ao cemitério, Rua Manuel Miranda da Cunha, uma homenagem póstuma a um antigo presidente da junta que há muito ansiava por esta obra na freguesia, e que agora foi concretizada.

Monte Fralães

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, presidiu à cerimónia, frisando que "este é um trabalho bem feito, que veio valorizar e dignificar este espaço, detentor de uma paisagem extraordinária e é muito bonito ver que os autarcas de hoje homenageiam outros, seus antecessores, que tanto trabalharam também pelo desenvolvimento das suas freguesias.”

David Sousa, Presidente da Junta da União de Freguesias de Viatodos, Grimancelos, Minhotães e Monte de Fralães, destacou o apoio da paróquia e da Câmara Municipal de Barcelos, dizendo “Estou muito feliz porque conseguimos realizar uma das obras que a freguesia mais precisava”.

O Presidente da União de Freguesias frisou ainda o apoio do município nesta e noutras obras: “a Câmara Municipal apoiou os nossos projetos e temos que dizer que, desde que o Presidente Miguel Costa Gomes passou a gerir a pasta financeira, passámos a ter mais apoios e a Câmara Municipal tornou-se mais amiga da nossa freguesia, pois de facto estes apoios são fundamentais para que pudéssemos concretizar a obra”.

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO ESCOLAR DE BARCELOS CONTEMPLA PROJECTOS INOVADORES

Orçamento Participativo Escolar distribui 100 mil euros a projetos inovadores

Até 26 de junho serão conhecidos todos os vencedores

O Orçamento Participativo Escolar é de 100 mil euros e até 26 de junho ficaremos a conhecer todos os projetos inovadores vencedores apresentados pelos agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas do concelho de Barcelos. Serão atribuídos aproximadamente 10 euros por aluno, do 2º ciclo, 3º ciclo e ensino secundário e/ou ensino profissional. Para Miguel Costa Gomes, este é um instrumento fundamental e será um exercício “importante de cidadania na medida em que estimula os jovens a poderem ser agentes ativos na sua vida, a verem o resultado direto das suas decisões e a contribuírem para o desenvolvimento da sua comunidade”.

Os projetos assentam em dois âmbitos: educacional/escolar, com o objetivo de serem implementados/executados nos próprios Agrupamentos de Escolas e Escolas não Agrupadas, do 2º e 3º ciclo de ensino básico, bem como do ensino secundário e ensino profissional, e que visam a melhoria de qualidade de vida dos alunos e dos seu processo de ensino/aprendizagem; e municipal, com impacto direto e positivo na qualidade de vida das crianças/jovens barcelenses.

Os alunos devem apresentar as propostas, que deverão versar nas áreas da Ciência/Tecnologia/Eletrónica; Desporto/Lazer; Cultura/Criatividade/Inovação; Cidadania/Voluntariado, agrupados por turma ou por grupo de alunos, sempre orientadas por um docente.

O presente projeto tem um limite orçamental de cem mil euros (100.000,00 €), sendo setenta e cinco mil euros (75.000,00€) euros destinados a projetos a desenvolver junto dos agrupamentos de escolas ou escolas não agrupadas, e vinte e cinco mil euros (25.000,00€) para propostas de projetos apresentados com impacto de âmbito concelhio, direcionados para a área da infância/juventude.

No dia 26 de junho serão conhecidas as propostas vencedoras dos projetos do âmbito escolar, e os projetos de âmbito concelhio. O processo de votação ocorrerá entre os dias 10 a 22 de julho, na Casa de Juventude, na Biblioteca Municipal e no Balcão Único do Município. Será ainda possível votar durante o evento da Festa da Juventude, que ocorrerá de 13 a 16 de julho de 2017.

BARCELOS PROMOVE SEMANA DO AMBIENTE

Contacto com a natureza para despertar consciência ambiental na comunidade

Semana do Ambiente, que se realiza entre 3 e 8 de junho, potencializa o património ambiental através de uma vertente lúdica

A Câmara Municipal de Barcelos promove várias atividades relacionadas com a natureza, na Semana do Ambiente, que se realiza entre 3 e 8 de junho.

semana_A3_2017

Uma semana dedicada em exclusivo à Natureza e que visa essencialmente dar a conhecer as potencialidades do património ambiental através de uma vertente lúdica.

No dia 3 de junho, a partir das 14h30, vai decorrer a já tradicional descida do rio Cávado em canoa, com início em Areias de Vilar (junto ao açude) e termina no areal de Barcelinhos. O percurso tem a distância aproximada de sete quilómetros e estima-se o tempo de descida em três horas.

No dia seguinte, também a partir das 9h, realiza-se a caminhada pelas margens do rio Cávado, de forma a proporcionar a observação da fauna e a flora existentes.

No dia 5, a Avenida da Liberdade recebe o Desfile Ecológico, que resulta do projeto dirigido às escolas e consiste numa passagem de modelos, cujo objetivo é a elaboração de modelos de vestuário realizados pelos estabelecimentos de ensino, a partir de materiais reciclados. O tema é alusivo à preservação do ambiente.

Na noite do dia 6, é a vez do cinema ambiental assumir o papel de destaque com a projeção dos filmes do concurso de vídeo “Património Ambiental de Barcelos”, no Teatro Gil Vicente.

O Planeta Limpo de Filipe Pinto, no dia 7 de junho, é um espetáculo musical com o cantor Filipe Pinto que visa incutir nos mais jovens, e de forma lúdica, comportamentos mais responsáveis do ponto de vista da proteção ambiental, e tem lugar às 9h30, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina em grande com a Mostra de Produtos Biológicos e workshops de infusões e flores comestíveis, no dia 8 de junho, na Avenida da Liberdade. A Mostra de Produtos Biológicos tem como objetivo promover o consumo de produtos biológicos locais, como uma mais-valia ambiental e económica para o Município de Barcelos. Já os workshops permitem dar a conhecer e provar diferentes tipos de infusões e flores comestíveis, percebendo como se processa a colheita, secagem e conservação.

Informação

Tanto para a descida do rio, como para a caminhada ecológica, a inscrição é gratuita, mas deverá ser efetuada através do e-mail gambiente@cm-barcelos.pt indicando nome, contacto telefónico e data de nascimento.

Para assistir a qualquer uma das atividades gratuitas no Teatro Gil Vicente deverá reservar bilhetes através do email tgv@cm-barcelos.pt.

BARCELOS DESPERTA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

Contacto com a natureza para despertar consciência ambiental na comunidade

Semana do Ambiente, que se realiza entre 3 e 8 de junho, potencializa o património ambiental através de uma vertente lúdica

A Câmara Municipal de Barcelos promove várias atividades relacionadas com a natureza, na Semana do Ambiente, que se realiza entre 3 e 8 de junho.

Uma semana dedicada em exclusivo à Natureza e que visa essencialmente dar a conhecer as potencialidades do património ambiental através de uma vertente lúdica.

No dia 3 de junho, a partir das 9h30, vai decorrer a já tradicional descida do rio Cávado em canoa, com início em Areias de Vilar (junto ao açude) e termina no areal de Barcelinhos. O percurso tem a distância aproximada de sete quilómetros e estima-se o tempo de descida em três horas.

No dia seguinte, também a partir das 9h, realiza-se a caminhada pelas margens do rio Cávado, de forma a proporcionar a observação da fauna e a flora existentes.

No dia 5, a Avenida da Liberdade recebe o Desfile Ecológico, que resulta do projeto dirigido às escolas e consiste numa passagem de modelos, cujo objetivo é a elaboração de modelos de vestuário realizados pelos estabelecimentos de ensino, a partir de materiais reciclados. O tema é alusivo à preservação do ambiente.

Na noite do dia 6, é a vez do cinema ambiental assumir o papel de destaque com a projeção dos filmes do concurso de vídeo “Património Ambiental de Barcelos”, no Teatro Gil Vicente.

O Planeta Limpo de Filipe Pinto, no dia 7 de junho, é um espetáculo musical com o cantor Filipe Pinto que visa incutir nos mais jovens, e de forma lúdica, comportamentos mais responsáveis do ponto de vista da proteção ambiental, e tem lugar às 14h30, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina em grande com a Mostra de Produtos Biológicos e workshops de infusões e flores comestíveis, no dia 8 de junho, na Avenida da Liberdade. A Mostra de Produtos Biológicos tem como objetivo promover o consumo de produtos biológicos locais, como uma mais-valia ambiental e económica para o Município de Barcelos. Já os workshops permitem dar a conhecer e provar diferentes tipos de infusões e flores comestíveis, percebendo como se processa a colheita, secagem e conservação.

Informação

Tanto para a descida do rio, como para a caminhada ecológica, a inscrição é gratuita, mas deverá ser efetuada através do e-mail gambiente@cm-barcelos.pt indicando nome, contacto telefónico e data de nascimento.

Para assistir a qualquer uma das atividades gratuitas no Teatro Gil Vicente deverá reservar bilhetes através do email tgv@cm-barcelos.pt.

BARCELOS PROLONGA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Câmara Municipal promove dois dias de brincadeira, nos dias 1 e 2 de junho, e quem manda são as crianças

Histórias de Reis e Rainhas, dança, cinema, teatro, jogos tradicionais ou aprender a fazer o pão são algumas das atividades que a Câmara Municipal de Barcelos promove, nos dias 1 e 2 de junho, para celebrar o Dia Mundial da Criança. São dois dias de brincadeira com iniciativas para todos os gostos e quem manda são os mais novos.

largebarceldiacrianç

A Câmara Municipal de Barcelos promove um conjunto de atividades destinadas às crianças e jovens do concelho dignas de ficar na história. No Dia Mundial da Criança, a Biblioteca Municipal apresenta “Histórias de Reis e Rainhas e outras que tais” em duas sessões, às 10h e às 11h. Às 10h e às 14h, as crianças e jovens podem modelar e pintar canecas na oficina de modelagem e pintura, subordinada ao tema “Do pichel à caneca”, no Museu de Olaria.

A tarde é dedicada ao cinema e à dança. Às 15h e às 21h, “A minha vida de courgette” de Claude Barras passa no Teatro Gil Vicente e, às 15h e 16h, a Galeria Municipal de Arte promove uma oficina de Dança Criativa para crianças dos 5 aos 8 anos.
No dia 2 de junho, as comemorações aliam-se ao Barcelos Cidade Medieval e, na Frente Ribeirinha, terão lugar várias atividades como visita guiada ao Paço Medieval, oficina “Vem aprender a fazer o pão”, jogos tradicionais com objetos de barro, histórias de outros tempos e modelagem de balões e pinturas faciais.
Enfim, um sem número de atividades que prometem animar os dois dias e fazer com que as crianças e jovens se possam divertir enquanto aprendem. 

BARCELOS INAUGURA OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO EM POUSA

Pousa inaugurou obras de requalificação do Cruzeiro da Igreja e área envolvente 

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e o Presidente da Junta de Freguesia da Pousa, Arnaldo Sousa, inauguraram no domingo, dia 28 de maio, a requalificação do  Cruzeiro da Igreja Paroquial e área envolvente, uma obra há muito necessária para devolver àquele espaço a dignidade que merece. Também o pároco da freguesia, Aurélio Ribeiro, marcou presença na inauguração e procedeu à bênção do local.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, afirmou que este executivo estará “sempre disponível, dentro das possibilidades da Câmara, para ajudar as freguesias no seu desenvolvimento e melhoramento da qualidade de vida dos cidadãos”.

Por sua vez, o Presidente da Junta agradeceu ao Presidente da Câmara e ao executivo o apoio prestado para esta obra na zona envolvente à Igreja Paroquial da Pousa, que foi paga na sua totalidade pela Câmara Municipal, num investimento que rondou os 70 mil euros.

BARCELOS É UM ESPECTÁCULO!

Mês de junho com programação do primeiro ao último dia no Teatro Gil Vicente

A programação do Teatro Gil Vicente para o mês de junho traz vinte espetáculos de diversas categorias: cinema, música, teatro, exposições.

O primeiro dia do mês é dedicado aos mais novos com duas sessões de cinema a ter lugar às 15h e às 21h, no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Criança. Mas não é o único dia que a sétima arte passa pelo Gil Vicente, pois podem reservar ainda os dias 6, 13, 22, 28 e 29. Os espectadores podem assistir ao Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, no dia 6, às 21h30, inserido na Semana do Ambiente; no dia 13, a Zoom traz “S. Jorge”, de Marco Martins, às 21h30; no dia 22, “Eu não sou o teu negro”, de Raoul Peck, às 21h30; no dia 28, às 14h30, “José Cardoso Pires – Diário de Bordo”, de Manuel Mozos; e, às 21h30 do dia 29, “Nick's Movie”, de Wim Wenders.

A música chega ao Gil Vicente, no dia 3, pelo Conservatório de Música de Barcelos com os Concertos de Orquestra com solistas, às 21h30. No dia 10 de junho, feriado nacional, às 17h, há lugar para o Concerto Comemorativo do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, pela Banda de Oliveira, Coro de Câmara de Barcelos e Orfeão de Barcelos, no Largo Martins Lima. Os Partisan Seed dão a conhecer INSOMNIA, no dia 16, às 22h, e, no dia seguinte, às 21h30, é a vez de Augusto Madrugada apresentar o Recital-Cancioneiro “O Silêncio da Lonjura”. No dia 21, às 15h, no âmbito do Programa Sénior, o Instituto Autodidacta do Minho apresenta “Dualidades: A Alma na Voz e na Música”; e a categoria música sai de palco no dia 25, às 21h30, com o Coro Del Ies Rayuela, vindo diretamente de Móstoles, Madrid.

O teatro entra em cena no dia 7 com “O Planeta Limpo do Filipe Pinto”, às 9h30, espetáculo inserido na Semana do Ambiente e dedicado aos mais novos. Para os mais novos, ainda neste mês estão dedicados os espetáculos dos dias 9, “Em Pessoa”, pela Companhia de Teatro de Braga, às 10h e às 15h; dia 11, “Pirilampo”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso, às 16h; dia 18, “Lagartito Poeta e Maria Lagarta”, pelo Grupo de Teatro Amigos do Pato, à mesma hora; e dia 25, às 16h, “O Príncipe Escaravelho”, pela Sementes de Liberdade. No dia 24, às 21h30, o Teatro Olimpo traz “Meu marido que Deus haja”; e “O Velho da Horta”, da Oficina de Teatro da Barcelos Sénior, encerra a programação do Gil Vicente para o mês de junho.

A partir do dia 10, pode ainda visitar a exposição “Rostos e Emoções”, de José Teixeira, que inaugura a 10 de junho e estará patente até 31 de julho.

 Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

CartazJunho2017

CHUVA PREJUDICA MOSTRA DE FOLCLORE EM CARNAXIDE ORGANIZADO PELO GRUPO DAS TERRAS DA NÓBREGA

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega levou hoje a efeito a III Mostra de Folclore, no recinto do Santuário de Nossa Senhora da Rocha, em Linda-a-Pastora, iniciativa integrada no programa oficial das "Festas da Rocha 2017". Porém, o jogo da Final da Taça de Portugal que decorre no Estádio Nacional, a escassas centenas de metros do local da festa e, sobretudo, a persistente chuva que caiu ao longo da tarde acabaram por prejudicar fortemente uma festa cujo programa e elenco prometiam um grande sucesso.

Capturar-bar3

Não obstante, a organização não desistiu do evento e, pelo palco desfilaram além do anfitrião Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega – Minho, o Grupo de Folclore de Santa Maria de Moure – Barcelos, Rancho Folclórico e Etnográfico “Os Oleiros” – Caldas da Rainha, Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Loulé, Rancho Folclórico “As Lavadeiras” do Sabugo – Sintra.

Capturar-barccc

É pretensão e firme propósito da entidade organizadora exaltar o Folclore e a Etnografia do Minho ao Algarve que ali é trazido por lídimos representantes destas mesmas regiões.

Em colaboração com a Irmandade de Nossa Senhora da Conceição da Rocha e a Junta de Freguesias da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, o GFTN dá assim o seu parco contributo para a revitalização das "Festas da Rocha", festas seculares e de enorme tradição na Comunidade Local: estas Festas eram, aliás, ponto de encontro para os Minhotos e Galegos da região de Lisboa, havendo mesmo um dia denominado como "o dia dos galegos". Estes vinham até à Rocha com as suas gaita-de-foles e pandeiretas e, conjuntamente com muitos minhotos, recriavam um terreiro com gotas, viras e canaverdes pela noite fora.

Capturarbarcceeelll2

Às portas de Lisboa respira-se ainda o ar campestre de outros tempos, em torno do Santuário de Nossa Senhora da Rocha, trazendo à lembrança o tipicismo de outrora de uma das mais concorridas festas da região saloia.

Remonta aos começos do século XIX a descoberta por um grupo de crianças de uma gruta natural na serra de Carnaxide e, no seu interior, uma pequena imagem de Nossa Senhora à qual deram o nome de Nossa Senhora da Conceição da Rocha.

Capturarbarcceeelll2

Conta-nos o escritor Thomaz Ribeiro na sua obra “A Rocha, poemeto-prologo do poema inédito O Mensageiro de Fez” que “No dia 28 de maio de 1822, perseguindo um coelho que alli se escondera, entraram na gruta do Jamor percorrendo de rastos a furna por onde elle entrára, sete rapazes que andavam brincando e chapinhando nas margens e nas ilhotas de Jamor. Os seus nomes são: Nicoláo Francisco, Joaquim Nunes, Joaquim Antonio da Silva, Antonio de Carvalho, Diogo, José da Costa e Simão Rodrigues. Os mais novos tinham 11 annos, 15 os mais velhos. Entrando e recuando apavorados, no que levaram longo tempo, conseguiram emfim chegar onde puderam erguer se e respirar. Sondando e apalpando acharam e tomaram nas mãos ossos humanos como poderam verificar quando voltaram ao rio. As familias que ha muito os esperavam em suas cazas não receberam bem os retardatarios e não crêram mesmo na historia phantastica do descobrimento.

No dia seguinte porém começou de levantar-se e avolumar-se nos differentes logares donde eram naturaes os pastoritos, o boato da existencia d’uma gruta desconhecida, e a apresentação dos ossos e a insistencia dos exploradores foi firmando, se não certezas, desejos de apurar a verdade. No dia 30 bastantes pessoas acompanhando os retardatarios da ante-vespera ao rio, abrindo as franças dos salgueiros acharam uma lura na grande rocha que se afundava no Jamor.

Não ousaram porém aventurar-se, os mais prudentes; mandaram entrar os rapazes com ordem de trazerem outros ossos. Era a prova evidente de que elles disseram a verdade. E desde que a conheceram destinaram para o dia 31 procurar com luz que dentro accenderiam, o que podesse achar-se na gruta onde era certo haver estado gente. No dia 31 foram pois, com tochas, para dentro serem accendidas. Entraram na frente os sete moços, lá d'outros acompanhados, e accesa uma tocha, encontraram a pequenina imagem da Virgem”.

DSCF3262

À semelhança de outras romarias da região outrora bastante concorridas e da qual destacamos as que na localidade de Belas eram dedicadas ao Senhor da Serra, as festas de Nossa Senhora da Rocha entraram em declínio e deixaram inclusive de realizar-se durante largos anos. Mas, qual Fénix das cinzas renascida, eis que renascem, adquirindo de novo fama e cada vez maior aderência, concorrendo para o seu êxito os minhotos que vivem na região ombreando com as gentes locais, anunciando para o próximo ano mais uma edição desta Mostra de Folclore.

DSCF3266

DSCF3270

DSCF3272

DSCF3273

DSCF3274

DSCF3275

DSCF3276

 

DSCF3278

DSCF3264

DSCF3263

 

FÁTIMA MIRANDA EXPÕE “MAR E REFLEXO” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho

“Mar e Reflexo” é o tema da exposição que a artista plástica barcelense Fátima Miranda vai inaugurar no próximo sábado, dia 27 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos.

Nesta exposição tudo se joga na relação com a sua realidade mais próxima e na qual se recolhe - o mar. Essas realidades e a forma como revive o passado e o transporta para as suas obras, os ritmos cromáticos que dispõe a seu bel-prazer, funcionam para a artista como uma catarse.

A arte, que sempre fez parte do seu universo onírico, é por ela interpretada através da pintura, da escultura e do artesanato com utilização de materiais inusitados, reciclados, reaproveitados: alumínio, plástico, pinhas, folha de milho, palha e pasta de papel.

Tornaram-se famosos os seus galos forrados com tela e posteriormente pintados a óleo e acrílico, com cenas diversas, numa reinterpretação inédita e inspirada.

A terra que a viu nascer e o mar são as duas principais fontes inspiradas. Denota-se ainda no seu trabalho um esforço de pesquisa sobre as panorâmicas de Barcelos no período medieval, que a fascina e nos encanta.

O trabalho de Fátima Miranda  situa-se na confluência e na interação das contingências da experiência e da experimentação. Ambas se confundem dando a perceber como o trabalho é uma reação vivencial e sensível às coisas e oportunidades que vão surgindo e que a artista vai, intuitivamente, seguindo.

Para a concretização no plano real das ideias que lhe fervilham numa velocidade estonteante, contribui muito a orientação do pintor e seu professor David Bastos.

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho no seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.

BARCELOS REGRESSA À IDADE MÉDIA COM TECNOLOGIA AVANÇADA

Barcelos Cidade Medieval este ano com uma aplicação para Android e IOS

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho

Barcelos regressa ao passado de 1 a 4 de junho e este ano está repleta de novidades: criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS; edição especial do programa Arqueologia à Noite; integração do Dia Mundial da Criança no evento com a participação de diversas escolas do concelho; e cerca de 1000 alunos em desfile pelas ruas da cidade vestidos a rigor. Este ano as expectativas estão mais elevadas e pretende-se bater todos os recordes a nível de visitantes.

Cidade Medieval

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho. Foi apresentado, hoje, em conferência de imprensa, o programa daquele que irá fazer parte certamente de um dos maiores eventos do ano.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “as nossas ações e parcerias que fazemos com as associações têm a ver com o objetivo de promover o Município de Barcelos, a nossa economia e, neste caso específico, a nossa zona histórica que é de uma beleza ímpar”. Miguel Costa Gomes sublinha que “Barcelos é uma cidade histórica com um casco antigo privilegiado. Várias são as cidades com iniciativas do género, mas nenhuma com um centro histórico tão rico e de beleza equiparável. Barcelos é uma cidade Medieval!”

Luís Miranda, presidente da Associação Burgo Divertido, apresentou o programa, destacando a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS.

Desde 2014 que o “Barcelos Cidade Medieval” tem crescido, quer no número de visitantes, quer no número de mercadores. Este ano, o evento contará com cerca de 100 artesãos, espalhados pelo recinto da feira, para além de figurantes e voluntários. Participam cerca de sete grupos de teatro locais e várias associações barcelenses, para além de grupos profissionais contratados.

O espaço aumenta, bem como a disposição. A praça da alimentação sai do antigo Largo dos Bombeiros e passa para o estacionamento ao fundo do Restaurante Turismo. O antigo Largo dos Bombeiros será palco da recriação histórica, bem como acampamento.

As novidades deste ano são a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS, que visa dar todas as informações acerca do evento: conhecer um pouco da nossa história, aceder à programação completa bem como percorrer a galeria, de forma a estar o mais próximo possível dos visitantes; a edição especial do programa Arqueologia à Noite, uma iniciativa que pretende promover as potencialidades turísticas do concelho, na vertente cultural, paisagística e o turismo religioso que predominam no património construído e natural do concelho de Barcelos e que desta vez privilegia o centro histórico; e a integração do Dia Mundial da Criança no evento: visitas guiadas, oficinas, jogos tradicionais, hora do conto.

BARCELOS EXPÕE "METROS DE COR"

Galeria Municipal de Arte expõe “Metros da Cor” de Ralf Glasz

A Galeria Municipal de Arte tem patente a exposição “Metros de Color - ou Metros da Cor” de Ralf Glasz.
Até 4 de junho, quem visitar a Galeria poderá apreciar 41 trabalhos com referências à natureza, retratos, figurativo e paisagem.

Ralf Glasz exposição

Os aspetos da vida rural, folclore, arte local, festivais populares, cheios de vida e de cor são o espelho do gosto do artista Ralf Glasz que pinta num estilo realista, usando tamanhos de telas que sejam fáceis de pendurar numa sala normal.

Desde muito novo que Ralf reparte a sua dedicação entre a música e a pintura; as suas grandes companheiras ao longo da vida. Estudou piano e canto, não só no prestigiado Instituto Robert Schumann em Dusseldorf, na Alemanha, como também teve aulas privadas com vários artistas de renome internacional. O seu caminho nem sempre foi fácil, mas, em 1983 recebeu uma bolsa de um dos editoriais do presidente do município de Londres que o ajudou, ao longo dos 17 anos que lá residiu, a lançar a sua carreira musical. Ao trabalhar como cantor de ópera e como pianista em concertos de música clássica, que são sem dúvida a sua grande paixão e parte da sua vida até ao momento, teve a oportunidade de viajar muito e passou por muitos cantos da terra atuando em teatros, casas de ópera e salas de espetáculos. Durante as pausas entre os ensaios e os espetáculos, em que a maioria dos artistas parecem viver uma vida cheia de glamour, Ralf passava muitas horas sozinho a estudar ou a recuperar energias para as atuações que tinha pela frente. Era nesta altura que continuava a rabiscar, a esboçar e a pintar. Ralf também trabalhou como ator em palcos e em filmes, foi professor de piano e de canto, produzindo alguns novos talentos importantes, enquanto paralelamente ensinava línguas em escolas públicas e privadas.

GRANDE PRÉMIO DE CICLISMO PEDALA EM BARCELOS

Barcelos recebe a 2ª etapa do 27º Grande Prémio de Ciclismo JN. Dia 26 de maio, contrarrelógio individual, às 17h, no Largo do Município

Barcelos recebe o 27º Grande Prémio de Ciclismo JN, no dia 26 de maio, e conta com a realização de um contrarrelógio individual, que terá a saída do Largo do Município e termina no Monte Franqueira. O Grande Prémio JN, que conta com a participação 134 atletas nacionais e internacionais, constitui a segunda prova mais importante do calendário da Federação Portuguesa de Ciclismo.

outbcl

Este evento desportivo marca o 129º aniversário do "Jornal de Notícias", e Barcelos ficará na memória como um dos concelhos escolhidos para receber esta grande iniciativa desportiva. O 27º Grande Prémio de Ciclismo JN passa pelos concelhos de Valongo, Maia, Ovar, Barcelos, Viseu e Viana do Castelo, entre 24 e 28 de maio.

Para o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “é grande o entusiasmo com que Barcelos recebe a 27ª edição do Grande Prémio do Jornal de Notícias, num concelho onde a atividade desportiva possui um grande dinamismo, fruto de um forte investimento da Câmara Municipal e das inúmeras associações”, acrescentando que “a importância do desporto na vida em comunidade deve ser valorizada nas mais diversas dimensões, nomeadamente na cívica, na humana e na da saúde, pois funciona também como veículo de transmissão dos valores da disciplina, da responsabilidade e da cooperação entre todos aqueles que o praticam, juntando inclusive diferentes gerações e fomentando dessa forma uma maior coesão social. “

RUI GOULART APRESENTA EM BARCELOS A OBRA "NASCIDO EM ANGOLA"

Rui Goulart estará em Barcelos para apresentar “Nascido em Angola” 

Dia 23 de maio, às 21h30, no Teatro Gil Vicente

O realizador Rui Goulart e os atores Beatriz Almeida e João d'Avila estarão em Barcelos, no dia 23 de maio, no Teatro Gil Vicente, para apresentar o filme “Nascido em Angola”.

images-cms-image-000009438

Os bilhetes podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Sinopse:

«Em 1974 uma revolução em Portugal surpreendeu milhares de portugueses que viviam em Angola. Abandonados pelo poder politico português e enfrentando uma guerra civil, em poucos meses 800 mil portugueses foram forçados a fugir deixando tudo para trás naquela que foi a maior ponte aérea e marítima da história. Miguel foi um desses "retornados" ou "refugiados" que... fugiram de Angola. 40 anos mais tarde ele procura e encontra outros como ele para ouvir as suas histórias... 

Nascido em Angola conta com a participação de João D Ávila, Rui Goulart, Miguel Borges, Adelaide João e com a participação especial de Jaime Nogueira Pinto, do Bispo de Bragança, do Gen. José António Ribeiro e do músico Eduardo Nascimento, entre muitos outros.»

Foto: http://www.verangola.net/

BARCELOS CONTESTA INSTALAÇÃO DA LINHA DE MUITO ALTA TENSÃO

Câmara Municipal de Barcelos pede Revogação do DIA e Suspensão Imediata do Procedimento da AIA

Trajeto atual de instalação da Linha de Muito Alta Tensão contém irregularidades e apresenta riscos irreversíveis quer ao nível da saúde, economia e do impacto ambiental

A Câmara Municipal de Barcelos intentou, na sequência do projeto apresentado de instalação da Linha de Muito Alta Tensão Ponte de Lima – Vila Nova de Famalicão, a 400 KV (Troço Intermédio), que foi objeto de Declaração de Impacte Ambiental favorável condicionada, uma Ação Administrativa de Impugnação da Declaração de Impacto Ambiental (DIA), entregue no dia 21 de novembro de 2016, no Tribunal administrativo e Fiscal de Braga e sobre a qual ainda não existe decisão/resposta.

De forma a reforçar a posição do Município e das Freguesias do Concelho de Barcelos - inviabilizar a passagem da linha de muito alta tensão por várias freguesias do concelho de Barcelos, a Câmara Municipal apresentou, também no dia 20 de fevereiro, uma exposição ao Provedor de Justiça, na qual são explicados todos os argumentos técnico-jurídicos que fundamentam as nossas exigências para a revogação da DIA favorável e a suspensão imediata da Avaliação de Impacte Ambiental (AIA).

Na base da exposição apresentada, o Município de Barcelos exige:

  1. A revogação da DIA favorável e a suspensão imediata da Avaliação de Impacte Ambiental (AIA), bem como a ponderação de um novo/novos trajetos alternativos;

As exigências apresentadas pelo Município de Barcelos têm por base um estudo e uma análise pormenorizada das lacunas, omissões e violações legais contidas na referida Declaração de Impacto Ambiental.

  1. O Município alerta, ainda, que tal trajeto viola princípios fundamentais, tais como:

Princípio da Precaução: princípio da doutrina europeia que intervém em situações de risco grave e de incertezas significativas. Neste processo estão em causa os riscos ambientais ou ecológicos, os danos à saúde pública e à qualidade de vida, ou seja, põem em causa valores fundamentais, constitucionalmente consagrados. Os riscos que estão em equação são graves, afetarão ou poderão afetar toda a população barcelense, e comportam um grau de incerteza grande, na medida em que subsistem dúvidas relevantes, e justificam atuações precaucionais que não se compadecem com medidas de minimização e planos de monitorização, mas sim pelo estudo de outros traçados alternativos, que não penhorem o concelho de Barcelos e as suas populações.

Das várias ilegalidades – Omissão legislativa: a Declaração de Impacte Ambiental impugnada está ferida de ilegalidade, pois a Lei n.º 30/2010, de 2 de setembro, sobre a proteção contra exposição aos campos elétricos e magnéticos derivados de linhas, de instalações e de equipamentos elétricos, está ainda por regulamentar. Não existindo tal decreto-lei, não pode à luz da legalidade, e sobretudo da precaução, atentos os interesses fundamentais em jogo (saúde humana, ambiente, paisagem, ordenamento do território) a APA, I.P. ignorar a Lei  n.º 30/2010, pois ao fazê-lo a DIA é claramente ilegal e violadora do princípio de precaução, e permite assim que se coloque em risco desconhecido as populações e as freguesias diretamente afetadas pela Linha de Muito Alta Tensão.

Em suma, o Município de Barcelos, apresentou esta ação administrativa de impugnação da declaração de impacto ambiental que foi emitida pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), e contou com a colaboração dos presidentes das freguesias do concelho de Barcelos. Esta ação visa reiterar a posição do Município de Barcelos que é contra a passagem da Linha de Muito Alta Tensão pelas freguesias do concelho, pois, além dos riscos ambientais ou ecológicos, em causa estão também os danos à saúde pública e à qualidade de vida, pondo em causa valores fundamentais, constitucionalmente consagrados.

BARCELOS DEBATE PLURALISMO, DIVERSIDADE E TOLERÂNCIA

Pluralismo, diversidade e tolerância em debate na Semana da Igualdade

De 15 a 19 de maio, a Câmara Municipal de Barcelos promove Fórum Intermunicipal para a Igualdade

O Fórum Intermunicipal para a Igualdade dá o mote a uma semana humanizada, de 15 a 19 de maio, entre o Teatro Gil Vicente e o Auditório Municipal, com muita criatividade e curiosidade sobre “SER PLURAL”.

FIPI - Poster (1).jpg

A semana começa com a exibição do filme “AS SUFRAGISTAS”, no dia 15 de maio, às 21h00, no Teatro Gil Vicente. Antes da sessão, Augusta Trigueiros, professora e mestre em Educação, leva-nos a uma reflexão profunda sobre o papel das mulheres, ao longo da história até aos dias de hoje e nos lugares de decisão.

O ponto alto do programa tem lugar no dia 16 de maio, com o III Encontro de Boas Práticas Autárquicas no domínio da Igualdade, no Auditório Municipal, a partir das 9h30. O pluralismo, a diversidade e a tolerância são palavras de ordem nesta jornada. Os participantes são convidados a pensar o “SER PLURAL”. O quebra-gelo acontece com a comunicação do “mestre” no domínio da inteligência emocional. Segue-se o primeiro painel, com cariz mais científico, que procura identificar áreas lacunares em termos de intervenção. A tarde é confinada à apresentação de Boas Práticas Autárquicas, na dinamização de projetos proativos na comunidade.

Os trabalhos terminam no dia 17 de maio, com um desafio ao Auditório Municipal sobre “a mudança começa em nós”. O tema “Trabalho Digno” é debatido entre os colaboradores dos vários municípios, com referência à atualização dos direitos e deveres dos trabalhadores.

Eis que o momento de conversa quebra a semana para jogarmos às palavras bonitas com Valter Hugo Mãe, escritor, e com Cátia Vidinhas, ilustradora de histórias com estórias para contar, orientadas por Adélia Carvalho, também escritora, no dia 18 de maio, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina da melhor forma com Marta Gautier, no palco do Teatro Gil Vicente, a questionar e a interagir com o público em geral com “Se eu não tivesse medo”, permitindo que o Fórum termine e designe o promotor da edição do IV Encontro.

A participação no Fórum Intermunicipal é sujeita a inscrição na página http://fipi.cm-barcelos.pt/.

BARCELOS REALIZA FESTIVAL DA CANÇÃO

Inscrições abertas para o Projeto Artístico 2017

Casa da Juventude continua a incentivar talentos artísticos nas áreas da música e da dança

Já estão abertas as inscrições para a primeira fase do Projeto Artístico (PA) Barcelos 2017, uma iniciativa dedicada à educação através das expressões artísticas e que tem como principal objetivo criar condições de produção, revelação e valorização das competências dos jovens do concelho.

P.A. Projeto Artístico 2017 - Programa.jpg

O Festival da Canção decorre nos dias 16 e 17 de junho, pelas 21h30, no Largo da Porta Nova, e tem duas categorias: versão original e versão de artista/cover. Os candidatos deverão inscrever-se até ao dia 23 de maio e comparecer no casting, no dia 26, pelas 19h, na Casa da Juventude.

No mês de julho, no dia 13, decorre o Festival de Bandas de Barcelos, pelas 21h30, na Alameda das Barrocas; e o Festival de Dança, no dia 16 de julho, às 18h, também na Alameda das Barrocas. As inscrições para estas duas iniciativas estão abertas até dia 23 de junho.

O projeto regressa com o Encontro de Coros no Teatro Gil Vicente, nos dias 24 e 25 de novembro, pelas  21h30, e cujas inscrições estarão abertas até dia 3 de novembro. O auditório do Teatro receberá ainda até ao final do ano a Noite de Fados, no dia 2 de dezembro, pelas 21h30. As inscrições decorrem até dia 3 de novembro e o casting de seleção decorre no dia seguinte, pelas 10h00, na Casa da Juventude.

O PA é organizado pela Câmara Municipal de Barcelos e pela Casa da Juventude e decorre entre junho e dezembro, contemplando várias áreas de ação e de interesse.

Ao longo dos últimos anos, os jovens barcelenses têm aderido grandemente ao Projeto da responsabilidade do Pelouro da Juventude, reflexo do seu interesse proeminente nas áreas relacionadas com as múltiplas dimensões artísticas, nomeadamente na música e na dança. 

GLAMOUR DA MODA BARCELOS REGRESSA À PRAÇA DO MUNICÍPIO

Abertas as inscrições para o Moda Barcelos 2017 até 23 de maio

As inscrições para a edição do Moda Barcelos 2017 decorrem até ao dia 23 de maio. O Moda Barcelos é um projeto de arte e de formação que visa descobrir novos talentos, valorizar e promover a indústria têxtil, as coleções das lojas do comércio local de Barcelos e a área da moda em Barcelos. Este ano, os desfiles decorrem nos dias 23 e 24 de junho, às 22h, no Largo do Município.

Capturarbarc.PNG

Os participantes podem concorrer às categorias de manequim, criação e apresentação de coleções, tendências de cabelo de maquilhagem e lojistas na área da moda. Quem concorrer a manequim terá que passar ainda por um casting, a decorrer dia 27 de maio, às 10h00, na Casa da Juventude. Caso seja selecionado, integrará uma ação de formação de manequins. A inscrição é gratuita.

No dia 23, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos por designers de moda e por empresas têxteis, e no dia 24, à mesma hora, 22h, os trabalhos dos lojistas. A mostra de tendências de cabelo e maquilhagem acontecerá nos dois dias do evento, assim como a festa de encerramento de cada noite que terá lugar no Paço dos Condes de Barcelos.

Os criadores poderão ainda candidatar-se a dirigir um Ateliê de Moda, que decorrerá entre setembro de 2017 e junho de 2018, na Casa da Juventude. As propostas devem ser enviadas até quatro semanas antes da realização da atividade.

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS FOI UM SUCESSO

Festa das Cruzes 2017 superou todas as expectativas

Espaços municipais abertos ao público com uma das melhores médias dos últimos anos; overbooking na restauração em vários dias do evento; taxa de 95 a 100 % de ocupação hoteleira na cidade e arredores; forte highlight e full demand nos dias 1 e 3 de Maio; regresso em força dos visitantes galegos.

Chegou ao fim a Festa das Cruzes 2017. Foram 15 dias de animação, mais de 60 iniciativas que fizeram da Primeira Grande Romaria do Minho o polo de atração turística de excelência da região.

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a edição deste ano foi um verdadeiro sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos.

Para além da excelente taxa de ocupação, nomeadamente no período alto das festas de 29 de abril a 3 de Maio, em que se registou na cidade overbooking, os edifícios municipais abertos ao público receberam neste período mais de 13500 visitantes. Este número atesta bem a fortíssima adesão a que as festas foram alvo, nomeadamente em termos de turismo, com vários circuitos de touring ao Norte a fazerem de Barcelos ponto de visita. Ao mesmo tempo de registar a enorme afluência de público vindo da vizinha Galiza, nomeadamente no período de 29 de abril a 1 de Maio, facto ao qual também não será alheia a aposta que o Município este ano fez naquela área geográfica, nomeadamente com a ação de animação realizada a 23 de abril.

Em termos de restauração este terá sido um dos melhores anos da última década, a avaliar pela informação prestada pelas unidades de restauração, nomeadamente nos fins de semana, feriados, com enfoque para o período de 29 de abril a 3 de Maio em que se registou overbooking na generalidade das refeições.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

Igual cenário registou-se na emblemática Batalha das Flores que contou com a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade, na mais saudável de todas as batalhas.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As rusgas, o Folclore de Rua, o Festival de Folclore, integrado pela primeira vez na programação, os Zés P'reiras, o fogo de artifício, o Bamos às Cruzes!, as bandas filarmónicas e os espetáculos musicais contribuíram grandemente para um evento de sucesso, não apenas para a região, mas também para a vizinha Galiza e para outros visitantes estrangeiros que por aqui passaram.

GALO DE BARCELOS DESFILA NO FESTIVAL DA MÁSCARA IBÉRICA

Não há evento digno desse nome onde o Galo de Barcelos não apareça, quanto mais não seja para anunciar a aurora do dia. Foi o caso do Festival Internacional da Máscara Ibérica onde, estampado numa bota de vinho de um dos mascarados transmontanos, lá foi o nosso Galo de Barcelos no grandioso desfile que hoje se realizou na Praça do Império, em Lisboa.

Capturargalobarcelos.PNG

BARCELOS REALIZA SEMANA DA IGUALDADE

Pluralismo, diversidade e tolerância em debate na Semana da Igualdade

De 15 a 19 de maio, a Câmara Municipal de Barcelos promove 

Fórum Intermunicipal para a Igualdade

 O Fórum Intermunicipal para a Igualdade dá o mote a uma semana humanizada, de 15 a 19 de maio, entre o Teatro Gil Vicente e o Auditório Municipal, com muita criatividade e curiosidade sobre “SER PLURAL”.

FIPI - Poster.jpg

A semana começa com a exibição do filme “AS SUFRAGISTAS”, no dia 15 de maio, às 21h00, no Teatro Gil Vicente. Antes da sessão, Augusta Trigueiros, professora e mestre em Educação, leva-nos a uma reflexão profunda sobre o papel das mulheres, ao longo da história até aos dias de hoje e nos lugares de decisão.

O ponto alto do programa tem lugar no dia 16 de maio, com o III Encontro de Boas Práticas Autárquicas no domínio da Igualdade, no Auditório Municipal, a partir das 9h30. O pluralismo, a diversidade e a tolerância são palavras de ordem nesta jornada. Os participantes são convidados a pensar o “SER PLURAL”. O quebra-gelo acontece com a comunicação do “mestre” no domínio da inteligência emocional. Segue-se o primeiro painel, com cariz mais científico, que procura identificar áreas lacunares em termos de intervenção. A tarde é confinada à apresentação de Boas Práticas Autárquicas, na dinamização de projetos proativos na comunidade.

Os trabalhos terminam no dia 17 de maio, com um desafio ao Auditório Municipal sobre “a mudança começa em nós”. O tema “Trabalho Digno” é debatido entre os colaboradores dos vários municípios, com referência à atualização dos direitos e deveres dos trabalhadores.

Eis que o momento de conversa quebra a semana para jogarmos às palavras bonitas com Valter Hugo Mãe, escritor, e com Cátia Vidinhas, ilustradora de histórias com estórias para contar, orientadas por Adélia Carvalho, também escritora, no dia 18 de maio, no Teatro Gil Vicente.

A semana termina da melhor forma com Marta Gautier, no palco do Teatro Gil Vicente, a questionar e a interagir com o público em geral com “Se eu não tivesse medo”, permitindo que o Fórum termine e designe o promotor da edição do IV Encontro.

A participação no Fórum Intermunicipal é sujeita a inscrição na página http://fipi.cm-barcelos.pt/.

BARCELOS DEBATE PARTICIPAÇÃO CÍVICA E DEMOCRÁTICA

Participação cívica e democrática na EU em debate no Salão Nobre

Cinco países, um objetivo: como pode a temática do crescimento inteligente desenvolver as comunidades locais

Decorreu ontem , no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Fórum aberto à comunidade “Como podem as políticas europeias de crescimento inteligente desenvolver as comunidades locais?”, no âmbito do terceiro encontro do Projeto “City to city for building our Europe”, que está a decorrer em Barcelos até ao final da manhã de hoje.

Fórumcerv.JPG

Ao longo da sessão cada um dos parceiros do projeto apresentou a perspetiva do seu país. A responsável por Portugal, Ana Fragata, diretora executiva das Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis (FICIS), abordou aspetos pertinentes sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, que foram discutidos e partilhados pelos demais intervenientes.

Na sessão de encerramento, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, referiu que “as políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU”.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU. O Município de Barcelos, consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, e pelos Municípios de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).

Hoje, decorre o seminário ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, que tem como objetivo a partilha, por parte de cada um dos municípios participantes, de um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

ARQUEOLOGIA À NOITE VISITA IGREJA DE SANTA MARIA DE ABADE DE NEIVA

O programa “Arqueologia à Noite” está de regresso e o destino é a Igreja de Santa Maria de Abade de Neiva. A iniciativa realiza-se na próxima sexta-feira, dia 5 de maio, pelas 21h00.

ArqueologiaNoite.png

Trata-se de uma iniciativa que pretende promover as potencialidades turísticas do concelho, na vertente cultural, paisagística e o turismo religioso que predominam no património construído e natural do concelho de Barcelos, desta vez na freguesia de Abade de Neiva. A visita tem início às 21h00, diante do portal da igreja. O Gabinete de Arqueologia Municipal irá guiar os participantes pelos sete séculos deste templo românico/gótico, classificado como Monumento Nacional desde 1927.

As inscrições estão abertas e são limitadas. Podem ser feitas através do correio eletrónico arqueologia@cm-barcelos.pt ou por telemóvel para 915 288 428, recomendando-se que participem na atividade munidos de lanterna e com vestuário adequado às baixas temperaturas.

BARCELOS: CABEÇUDOS, GIGANTONES E DIABOS ANDAM À SOLTA NO MUSEU DE OLARIA

De 16 a 20 de maio, o Museu de Olaria comemora o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus

De 16 e 20 de maio, o Museu de Olaria vai assinalar o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus com um programa diversificado destinado ao público escolar e ao público em geral. Subordinada ao tema Cabeçudos, gigantones e diabos à solta no Museu!, esta iniciativa tem por objetivo aproximar a comunidade do Museu, valorizar o património olárico nacional e captar novos públicos.

SOLTA NO MUSEU.jpg

No dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, o Museu oferece um programa especial onde será contada uma história do Diabo (10h00), seguida de uma atividade prática (14h00-17h00), tendo por base a mítica figura do Diabo.

Já no dia 20 de maio, o Museu de Olaria associa-se também à comemoração da Noite Europeia dos Museus, com a sua abertura à comunidade, oferecendo música de diversos tipos. Desde do jazz ao rock experimental, vai contar com a atuação de Campo, às 21h30, e Osso Vaidoso, às 22h30, concertos com entrada gratuita e limitada. Durante a tarde, às 15h00, realiza-se a tertúlia “À conversa com… “ onde participam vários intervenientes como Alexandre Alves Costa, arquiteto, professor universitário e colecionador; Angélica Lima Cruz, investigadora e professora universitária; Paula Tavares, designer e diretora da Escola Superior de Design (IPCA); José Carlos Soares, diretor da Galeria Cruzes Canhoto, galeria única que reúne no mesmo espaço obras de arte bruta, primitiva e popular; e ainda Graça Ramos, diretora da Associação Portugal à Mão, Centro de Estudos e Promoção das Artes e Ofícios Portugueses. Este debate versará sobre a visão do figurado através diversas perspetivas. No final, às 17h00, há espaço para a atuação de Jorge Coelho.

FESTA DAS CRUZES EM BARCELOS BATE RECORDES

Festa das Cruzes 2017 ainda não terminou e já bateu todos recordes. Festival de Folclore das Cruzes encerra a primeira grande romaria do Minho

Com um programa pensado para todos e para todas as idades, com mais de 60 eventos, e que mobilizou dezenas de coletividades na cidade e no concelho, a Festa das Cruzes foi já visitada por milhares de pessoas, naquela que é a primeira grande romaria do Minho.

O programa da Festa das Cruzes continua com animação diurna e noturna. O encerramento está marcado para o dia 7, pelas 15h00, na Avenida da Liberdade, com o célebre Festival de Folclore das Cruzes. Antes disso, o Bamos às Cruzes! promete animar as noites de sexta-feira e sábado, contando com a presença de Edmundo Vieira, Dj Joana Best, Waterland e Rafman.

A edição deste ano tem sido pautada pelo sucesso, registando lotação esgotada em todos os eventos. A primeira grande romaria do Minho proporcionou a todos os visitantes grandes momentos de extraordinária adesão popular. Até ao momento, de acordo com as estatísticas apresentadas pelo Turismo, Barcelos recebeu já cerca de 1 milhão de visitantes.

A Festa das Cruzes 2017 mantém a matriz religiosa e popular, constituindo uma referência nas tradições culturais da região e do país. Mas a tradição não deixou de arrastar para a cidade milhares de visitantes, o que foi particularmente visível ao longo da tarde do dia 3 de maio, feriado municipal, dia dedicado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, na procissão da Invenção da Santa Cruz. As ruas de Barcelos foram estreitas para acolher os milhares de pessoas que se juntaram para assistir à majestosa procissão, única no país, com a imponência das 89 cruzes correspondentes às 89 paróquias do concelho de Barcelos.

A emblemática Batalha das Flores registou a maior participação de sempre, com 34 associações a embelezar as ruas da cidade, cerca de mil participantes e mais de mil sacos de flores, contando ainda com a adesão dos milhares de espetadores a esta saudável batalha. A alegria e a diversão foram imensas, ao longo de uma hora, em plena Avenida da Liberdade.

Os tapetes de pétalas no Templo do Senhor da Cruz, inaugurados no dia 28 de abril, e que este ano retrataram o Senhor da Cruz, o Centenário das Aparições de Fátima e a visita do Papa Francisco a Portugal, foram um ponto de passagem obrigatório.

As celebrações têm contado com visitantes de todas as freguesias do concelho de Barcelos, mas também de vários pontos do país e mesmo da vizinha Galiza. 

BARCELOS DESTACA TEATRO EM MAIO

Programação diversificada marca agenda do Teatro para maio

O Teatro Gil Vicente recebe o mês de maio repleto de atividades para todas as idades. Os mais pequenos podem ver a representação de “Os Três Porquinhos”, uma encenação e adaptação da autoria de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, com espetáculos em vários dias e com várias sessões por dia (consultar programa). “Os Três Porquinhos” é uma fábula cujos personagens são exclusivamente animais que encantam as crianças.

Ainda na representação, a Companhia TACCO apresenta “Mentiras e Trapaçadas”, no dia 13 de maio, às 21h30, e no dia seguinte, à mesma hora, a peça de teatro “República das Mulheres” é apresentada pelo Teatro Popular de Carapeços.

“Conversas Sérias com Marta Gautier: O Que Farias Se Não Tivesses Medo?” sobe ao palco no dia 19, às 21h30, com a vertente solidária, em que o valor dos bilhetes será atribuído a uma associação barcelense. E a fechar as peças de teatro, o Teatro Farol promove um espetáculo para famílias, no dia 28 de maio, às 16h00, com a peça “A Lebre e a Tartaruga”.

Mas ao palco subirão também artistas na área musical, iniciando com O Grupo de Fado "Memórias de Coimbra" que atua no dia 5, às 21h30, num encontro feliz de academias e de gerações. O Grupo de Fado é constituído por antigos estudantes das Universidades de Coimbra, Porto e Minho das décadas de 50, 60 e 70 do século passado. Une-os, não só o grande amor pela Canção de Coimbra (fados, baladas e variações), mas também o anseio de preservar e divulgar os valores histórico-culturais, o espírito e a paixão de uma manifestação musical de inegável valia artística.

Ainda no âmbito da música universitária, a Tuna Feminina do IPCA promove o XI Capas Traçadas – Festival de Tunas Femininas da Cidade de Barcelos, no dia 20, às 21h30.

No dia 26, às 22h00, e no dia 27, às 21h30, voltam a palco espetáculos musicais com Hugo Torres Acústico e com o Concerto de Orquestra com Solistas do Conservatório de Música de Barcelos, respetivamente.

Também a sétima arte marcará presença no Teatro Gil Vicente, com a Associação ZOOM a exibir quatro películas: no dia 9, às 10h00, inserido no Plano Nacional de Cinema, “Adeus Pai” de Luís Filipe Rocha”; “A Morte de Luís XIV” de Alberto Serra, no dia 11, às 21h30; Ciclo Wim Wenders – Amigo Americano, no dia 25, às 21h30; e “Outro País” de Sérgio Tréfaut, às 14h30, no dia 31.

O cinema tem presença reforçada no mês de maio com “As Sufragistas de Sarah Gayron” comentado por Augusta Trigueiros, no dia 15, às 21h30; no dia 17, inserido na programação sénior, voltará a ser exibido “Lutaram Como Diabos: Barcelos na Grande Guerra”, às 14h30, e no dia 23, às 21h30, passa o filme “Nascido em Angola” de Rui Goulart.

Pedro Carvalho apresenta no dia 21, às 16h00, um workshop para famílias de dança e literatura intitulado “Livros a Mexer” e, durante todo o mês de maio, pode visitar, no átrio, a exposição de fotografia “Olhares” de Anabela Alves.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694). Consulte no cartaz os espetáculos pagos e gratuitos. 

QUATRO PAÍSES EUROPEUS DEBATEM EM BARCELOS FUTURO DA EUROPA

Espanha, Estónia, Hungria e Itália reúnem-se em Barcelos para debater a participação cívica e democrática na EU

Programa Europa para os Cidadãos Projeto“City to city for building our Europe – C2C4EU”

A aposta no “Crescimento Inteligente” (smart growth) é o tema central deste encontro, 
que se realiza de 1 a 5 de maio

As políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU e um papel central para  a compreensão desta “nova” União Europeia (EU). Entre os dias 1 e 5 de maio, realiza-se o terceiro encontro do Projeto City to city for building our Europe, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Barcelos. Os dois primeiros encontros tiveram lugar em novembro 2016, em Itália, e fevereiro de 2017, na Hungria. Barcelos recebe agora os parceiros de Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia), e Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, para debater o “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU.

O Município de Barcelos consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o referido projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália) que assume o papel de coordenador do projeto, sendo o restante consórcio constituído pelo Município de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).~

O tema escolhido para o encontro a realizar em Barcelos, prende-se com o denominado “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

No dia 4 de maio, a partir das 9h30, decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal o Fórum aberto à comunidade intitulado "How the EU policies for smart growth can help local communities?”. Neste fórum, serão discutidos e partilhados alguns aspetos sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, sendo que para esta discussão o Município de Barcelos convidou a especialista e diretora Executiva das FICIS (Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis), Ana Fragata.

No dia 5 de maio, no mesmo local, decorrerá o seminário que terá como tema ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, com o objetivo de que cada um dos municípios partilhe um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

BARCELOS ACOLHE CONFERÊNCIA INTERNACIONAL PARA DEBATER PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA NA UNIÃO EUROPEIA

Espanha, Estónia, Hungria e Itália reúnem-se em Barcelos para debater a participação cívica e democrática na EU. A aposta no “Crescimento Inteligente” (smart growth) é o tema central deste encontro que se realiza de 1 a 5 de maio

As políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU e um papel central para  a compreensão desta “nova” União Europeia (EU). Entre os dias 1 e 5 de maio, realiza-se o terceiro encontro do Projeto City to city for building our Europe, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Barcelos. Os dois primeiros encontros tiveram lugar em novembro 2016, em Itália, e fevereiro de 2017, na Hungria. Barcelos recebe agora os parceiros de Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia), e Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, para debater o “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU.

O Município de Barcelos consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o referido projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália) que assume o papel de coordenador do projeto, sendo o restante consórcio constituído pelo Município de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).

O tema escolhido para o encontro a realizar em Barcelos, prende-se com o denominado “Crescimento Inteligente” (smart growth), que é uma das linhas programáticas prioritárias do Programa Europa 2020.

No dia 4 de maio, a partir das 9h30, decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal o Fórum aberto à comunidade intitulado "How the EU policies for smart growth can help local communities?”. Neste fórum, serão discutidos e partilhados alguns aspetos sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, sendo que para esta discussão o Município de Barcelos convidou a especialista e diretora Executiva das FICIS (Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis), Ana Fragata.

No dia 5 de maio, no mesmo local, decorrerá o seminário que terá como tema ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, com o objetivo de que cada um dos municípios partilhe um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

BARCELOS TRAVA BATALHA DAS FLORES

Milhares de pétalas enchem as ruas de Barcelos na Batalha das Flores

Dia 1 de maio na grandiosa Batalha das Flores em Barcelos

Centenas de cestos repletos de milhares de flores colhidas nos melhores campos e jardins de todo o concelho são, segunda-feira, 1 de maio, o espelho vivo de uma batalha amistosa.

Batalha das Flores (1).JPG

Pelas 15 horas, as principais artérias da cidade ver-se-ão repletas de flores lançadas por diversos carros enfeitados que irão colorir a cidade.

Este ano, a Batalha mais bela do país terá também uma massiva participação, tendo o maior número de sempre de associações a participar. Serão 30 as associações a desfilar pelas ruas de Barcelos, numa batalha “sem dor”, que contará também com a participação dos Zés P´reiras de Barcelinhos e de Fragoso, e ainda da Banda Plástica e a Banda do Galo que abrem um espetáculo ímpar de cor e perfume que permanecerá na memória.

A verdadeira Batalha das Flores ocorrerá na Avenida da Liberdade, local onde dezenas de milhares de pessoas marcam presença e se cruza o cortejo. Ninguém conseguirá alhear-se deste espetáculo único, com o entrecruzar de pétalas de todas as cores, cobrindo o céu e perfumando o ar.

BARCELENSES TRAVAM BATALHA DAS FLORES

Milhares de pétalas enchem as ruas de Barcelos na Batalha das Flores

Milhares de trabalhadores escolhem Barcelos para comemorar o dia 1 de maio 

Centenas de cestos repletos de milhares de flores colhidas nos melhores campos e jardins de todo o concelho são, segunda-feira, 1 de maio, o espelho vivo de uma batalha amistosa.

Batalha das Flores.JPG

Pelas 15 horas, as principais artérias da cidade ver-se-ão repletas de flores lançadas por diversos carros enfeitados que irão colorir a cidade.

Este ano, a Batalha mais bela do país terá também uma massiva participação, tendo o maior número de sempre de associações a participar. Serão 30 as associações a desfilar pelas ruas de Barcelos, numa batalha “sem dor”, que contará também com a participação dos Zés P´reiras de Barcelinhos e de Fragoso, e ainda da Banda Plástica e a Banda do Galo que abrem um espetáculo ímpar de cor e perfume que permanecerá na memória.

A verdadeira Batalha das Flores ocorrerá na Avenida da Liberdade, local onde dezenas de milhares de pessoas marcam presença e se cruza o cortejo. Ninguém conseguirá alhear-se deste espetáculo único, com o entrecruzar de pétalas de todas as cores, cobrindo o céu e perfumando o ar.

BARCELOS HOMENAGEIA PROFESSOR JOÃO CARVALHO

Presidente da Câmara atribuiu a Medalha de Honra da Cidade de Barcelos ao Professor João Carvalho

Educação foi o tema central das Comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, homenageou o Professor João Carvalho, ex-Presidente do IPCA, com a Medalha de Honra da Cidade, numa cerimónia que gravitou em torno da Educação, cujo investimento é, para o Presidente, a “obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”.

25 AbrilBarcelos.jpg

As comemorações do 43.º aniversário do 25 de Abril realizaram-se pela primeira vez no Auditório António Tavares, no IPCA (Instituto Politécnico do Cávado e do Ave), com uma sessão solene ampla numa das grandes instituições de ensino superior da região e do país, o IPCA, que se associou a este importante evento. A cerimónia incluiu discursos do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e ainda a atuação musical da Academia de Música de Viatodos.

O discurso do Presidente da Câmara Municipal, Miguel Gosta Gomes, principiou com o motivo da escolha do IPCA como palco principal das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, dizendo que “Muito me regozijo de poder comemorar mais um aniversário do 25 de Abril nesta instituição de ensino superior que representa o esforço e o sucesso e da democratização da nossa sociedade proporcionada pela revolução de há 43 anos”. Num discurso que teve como principal enfoque a Educação, o Presidente corroborou a sua importância como sendo “a mais importante das conquistas de Abril”, e o seu investimento é “a obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”, concluiu.

Esta sessão comemorativa pretendeu homenagear a Educação, em geral, e , em particular, com a medalha de honra da Cidade de Barcelos, como forma de reconhecimento pelo seu papel na implantação e afirmação do IPCA como instituição de ensino superior público. “Com o seu vasto currículo, com o seu esforço e dedicação e com as capacidades invulgares de formação e de perseverança, o professor João Carvalho construiu uma instituição de sucesso e de referência, mesmo quando as circunstâncias pareciam adversas”, reforçou o presidente da Câmara.

O Presidente da Assembleia Municipal, Duarte Nuno Pinto, na sua intervenção, referiu a importância do que o investimento na Educação como sendo uma área detentora de “um papel determinante no desenvolvimento de qualquer sociedade”. João Carvalho e Cândido Oliveira, professor da Universidade do Minho, pautaram os seus discursos pela democracia, liberdade e acesso ao ensino, tendo António Cândido de Oliveira lançado o repto ao IPCA e a Barcelos para“educar para a democracia”.

JACINTO LUCAS PIRES VAI A BARCELOS FALAR DOS SEUS LIVROS

Dia 27 de abril, às 21h30, na Biblioteca Municipal, e dia 28, na EB 2,3 de Viatodos, às 10h00

Jacinto Lucas Pires, vencedor do Prémio Europa - David Mourão-Ferreira, em 2008, atribuído pela Universidade de Barie e pelo Instituto Camões e do Grande Prémio de Literatura DST, em 2013, vem aBarcelos, nos próximos dias 27 e 28, para falar dos seus livros. Assim, no dia 27 de abril, estará na Biblioteca Municipal, às 21h30, e, no dia seguinte, marcará presença na EB 2,3 de Viatodos, às 10h00.

JLPires_rect.jpg

Jacinto Lucas Pires nasceu, em 1974, no Porto. Prosseguindo os passos do seu pai, o professor universitário Francisco Lucas Pires, no gosto pela escrita, publicou, em 1996, o seu primeiro livro, um livro de contos intitulado "Para Averiguar do seu Grau de Pureza".

Descoberta esta faceta, a imaginação criativa não lhe deu mais tréguas, sendo já muitos e diversificados os títulos editados, em género narrativo, dramático e crónica.

Jacinto Lucas Pires publicou os seguintes livros: “Para averiguar do seu grau de pureza: treze prosas com janelas”, Cotovia, 1997; “Universos e frigoríficos”, Cotovia, 1997; “Azul-Turquesa”, Cotovia, 1998; “2 filmes e algo de algodão”, Cotovia, 1999; “Arranha-céus”, Cotovia, 1999; “Abre para cá”, Círculo de Leitores, 2001; “Livro usado: (numa viagem ao Japão)”, Cotovia/Fundação do Oriente, 2001; “Escrever, falar: dois diálogos e um monólogo”, Cotovia, 2002; “Do sol” (romance)”, Cotovia, 2004; “Livro usado”, Cotovia, 2004; “Figurantes e outras peças: figurantes, Coimbra B: os dias de hoje” (teatro), Cotovia, 2005; “O homem da bola de vidro cortada ao meio”, Expresso, 2004; “Tudo e mais alguma coisa”, Visão, 2006; “A expressão "dores de crescimento nas sociedades contemporâneas" no âmbito da sociologia actual”, Cotovia, 2005; “Perfeitos milagres” (romance), Cotovia, 2007; “Silenciador” (teatro), Cotovia, 2008; “Assobiar em público: antologia de contos”, Cotovia, 2008; “Sagrada família” (teatro), Cotovia, 2010; “O perfeito ator” (teatro), Cotovia, 2011; “Ou sim”, Imagine Words, 2013; “Quem conhece a alegria”, Paulinas Editora, 2015; “Quem espera”, Paulinas Editora, 2015.

Foto: http://portuguese-american-journal.com/

CRIANÇAS DE BARCELOS DEBATEM MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

120 Crianças discutem maus tratos na infância

Iniciativa é da Comissão de Proteção de Menores de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, que se realizará quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, no Auditório dos Paços do Concelho

O que devem os adultos saber e fazer para prevenir os maus tratos na infância? Quais são os sinais a que devem estar atentos? Estas e muitas outras questões serão respondidas por 120 crianças, número representativo de crianças e jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos, que na próxima quarta-feira, dia 26 de abril, às 14h, e terça-feira, dia 2 de maio, às 14h30, se juntam no Auditório dos Paços do Concelho para debater o que é melhor para elas. Esta iniciativa realiza-se no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho são ouvidas em duas assembleias, numa iniciativa da CPCJ de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o objetivo das assembleias que decorrerão quarta-feira, dia 26 de abril, e dia 2 de maio, no Auditório dos Paços do Concelho.

“Tecer a Prevenção”

A realização destas duas Assembleias de Crianças e Jovens têm como objetivo debater o estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho.

Pretende-se, ainda, a auscultação formal dos intervenientes-chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva.

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA EDUCAÇÃO JUNTA ESPECIALISTAS EM BARCELOS

"Sala de Aula do Futuro" junta especialistas da área da educação em Seminário Nacional

Uma iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova, dia 28 de abril, às 15h, que traz à Biblioteca Municipal o debate sobre a “Sala de aula do futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”

Repensar a escola, o papel do aluno e dos professores. A aposta em novas tecnologias e em novas metodologias de trabalho. Refletir sobre o atual modelo de educação que tem vindo a dar sinais claros de que atingiu o ponto de saturação são alguns dos objetivos do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, que se realiza no próximo dia 28 de abril, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos.

Cartazcbarc.png

O auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos será palco do Seminário Nacional – “Sala de Aula do Futuro: perspetivas, desenhos e outras tentações”, no próximo dia 28 de abril de 2017, numa iniciativa da Escola Básica e Secundária de Vila Cova.

O evento conta com o apoio da Direção-Geral da Educação (ERTE), do IE da Universidade do Minho, da Rede de Bibliotecas Escolares, do Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende e da Câmara Municipal de Barcelos.

Esta iniciativa tem como objetivo proporcionar um espaço de reflexão e debate sobre a dinâmica de criação de ambientes educativos inovadores e as suas potencialidades, bem como oferecer uma oportunidade de partilha de boas práticas, quer em termos de visão estratégica quer em termos de aplicação de metodologias centradas no aluno.

Para este seminário convidaram-se especialistas de áreas multidisciplinares para debater e aprofundar ideias sobre o que significa a modernização do processo de ensino e aprendizagem. A decisão de promover, numa escola ou agrupamento escolar, a constituição de um espaço de aprendizagem com as características das conhecidas “salas de aula do futuro” implica equacionar e ter em consideração uma variedade de fatores críticos. É justamente este o centro da temática.

A participação neste encontro é gratuita, mas sujeita a inscrição, dado o número limite de lugares disponíveis. O evento encontra-se certificado no âmbito das ações de curta duração de acordo com o despacho 5741/2015 de 29 de maio.

Do programa deste evento fazem parte representantes oficiais e um painel com membros especializados nesta temática.

Mais informações em https://www.facebook.com/salaleiturasfuturo/?fref=ts ou http://salaleiturasfuturo.wixsite.com/inovacao.

BARCELOS COMEMORA 25 DE ABRIL

Câmara Municipal e IPCA comemoram o 25 de Abril

O Auditório António Tavares, no IPCA, recebe a cerimónia oficial das Comemorações do 25 de Abril, às 10h30

Barcelos volta a comemorar o 25 de Abril com uma iniciativa pública, desta vez em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e Ave. Na passagem do 43.º aniversário da Revolução, o Município de Barcelos decidiu ampliar o âmbito das comemorações, convidando o IPCA, uma das grandes instituições de ensino superior da região e do país, a associar-se a este importante evento.

barc25abri.PNG

O ponto alto do programa consiste na cerimónia oficial a realizar no Auditório António Tavares, nas instalações do IPCA, estando previstas as intervenções do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

BARCELOS COMBATE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E DE GÉNERO

Assinado Protocolo para combater a violência doméstica e de género

Projeto SER conta com a participação de diversas instituições do concelho

Foi assinado, na passada sexta-feira, dia 21 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração entre várias instituições concelhias com o mesmo objetivo: combater a violência doméstica e de género.

Protocolobarccc.JPG

O Projeto SER – Serviço Especializado em Rede de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego - POISE, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu – FSE, é promovido pelo Grupo de Acção Social Cristã (GASC), tendo como organismo intermédio a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, e conta com a parceria do Município de Barcelos, ACES Cávado, GNR, Hospital Santa Maria Maior, Centro de Emprego e Formação Profissional, Segurança Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, SOPRO, entre outros, e tem a duração de 24 meses e atuação no território de Barcelos.

O fenómeno da violência doméstica e de género é multidimensional e complexo, pelo que em conjunto será mais fácil intervir. Este Núcleo Local, constituído pelas diversas instituições, pretende a obtenção de formas de complementaridade e entrosamento interinstitucional, a construção e a implementação de ações intersetoriais, criando um maior caminho de diálogo entre os diferentes campos, e dessa forma, cada entidade-integrante pode contribuir com o seu saber, fortalecendo as ações comuns, permitindo assim enfrentar este flagelo social em várias frentes.

MUNICÍPIO DE BARCELOS REDUZ DÍVIDA EM MAIS DE 60%

Executivo Municipal aprovou contas de 2016 marcadas pelo aumento da receita e pela boa execução orçamental

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião extraordinária realizada a 19 de abril, as contas referentes a 2016, marcadas pelo aumento da receita face a 2015, em cerca de 1,5 milhões de euros, situando-se nos 58.006.002€, o que corresponde a uma percentagem de execução de 88,4%.

No que concerne à despesa, a execução atinge os 72,5%, situando-se nos 47.571.519€, com as despesas correntes a chegarem aos 84,9% de execução e as de capital aos 54%.

Daqui resulta uma poupança corrente de 16.498.042€, a mais elevada dos últimos quatro anos, e um saldo de gerência de 10.434.482€.

No que diz respeito à dívida, em sete anos, o Município de Barcelos reduziu em mais de 60% a sua dívida, isto é, em 26 de milhões de euros. A 31 de dezembro de 2016, a dívida de curto prazo era de 1.698.212€ e a dívida de médio e longo prazo situava-se nos 15.059.763€.

A Câmara Municipal, em 2016, voltou a investir fortemente no concelho, atribuindo às juntas de freguesia mais de 7.700.000€, dos quais 4.900.000€ no âmbito do protocolo de competências que, desde 2010, tem vindo a celebrar com as juntas. Em subsídios diretos a estas estruturas do poder local, a Câmara Municipal atribuiu mais de 2.800.000€, sendo que, em 2016, nenhuma freguesia ou união de freguesias do concelho deixou de receber do Município apoio financeiro suplementar ao protocolo. Entre 2010 e 2017, a Câmara Municipal entregou às juntas de freguesia cerca de 35.000.000€ ao abrigo do protocolo, a que acrescentou 20.000.000€ em subsídios diretos. Nunca as freguesias do concelho de Barcelos foram dotadas de tantos apoios financeiros por parte do Município, mesmo excluindo o investimento direto feito pela Câmara Municipal em cada uma das freguesias ao longo dos últimos sete anos.

A Câmara Municipal continua determinada no apoio ao desenvolvimento equilibrado do concelho, pelo que, em 2016, começou a ser elaborado um conjunto de projetos de intervenção em equipamentos na área urbana e em equipamentos educativos por todo o concelho, com financiamento garantido pelo programa Portugal 2020, para além de projetos em infraestruturas e equipamentos a ser financiados pelo orçamento municipal.

A par destes investimentos, a Câmara Municipal mantém uma linha criteriosa de apoio às necessidades sociais, à cultura e ao desporto, ao turismo e à juventude.

A aposta em áreas determinantes para o desenvolvimento do concelho, como a que tem vindo a ser feita na área da educação, mostra como a implementação de políticas com efeitos a médio e a longo prazo requer uma atuação serena e determinada por parte do executivo municipal.

Os resultados obtidos ao longo destes últimos sete anos pelo executivo municipal de maioria PS traduzem uma nova forma de gerir o Município, com critérios muito realistas face à capacidade de arrecadar receitas, abandonando políticas orçamentais irrealistas com inscrição de receitas virtuais e suscetíveis de aumentar as despesas, pondo em causa um dos princípios fundamentais da boa gestão: o equilíbrio orçamental entre a receita e a despesa.

Foi neste quadro que o Município conseguiu adotar políticas sociais no sentido de corrigir maiores dificuldades no seio das famílias, nomeadamente nas seguintes áreas: aumento do apoio às rendas de casa; apoio à habitação social; bolsas de estudo; oferta de livros escolares a todos os alunos do primeiro ciclo; transporte de alunos com necessidades de frequentar o ensino especial; apoio nos transportes escolares em todo o concelho; apoio nas cantinas escolares; isenções de 100% e redução de 50% aos alunos carenciados nas cantinas escolares; programas de apoio a alunos carenciados para o fornecimento de pequeno-almoço na escola, em articulação com as juntas de freguesia e instituições; apoio às múltiplas associações que desenvolvem a sua atividade no âmbito da ação social e da solidariedade.

O Município continuará a fazer uma gestão equilibrada e coerente em tudo o que dependa exclusivamente das suas competências, no tocante à arrecadação das receitas e despesas, na perspetiva de uma boa gestão económica e financeira.

BARCELOS QUER COMBATER ABANDONO ESCOLAR ATRAVÉS DA ARTE

Auditório do Museu de Olaria recebe workshop internacional

Responsáveis autárquicos e diretores de escolas, italianos, polacos e portugueses, juntam-se para combater o abandono escolar através da arte

Responsáveis autárquicos e diretores de escola vindos de Reggio di Calabria, Itália, e de Chorkówka, Polónia, estão de visita a Barcelos, no âmbito do projeto “A School for tomorrow’s Europe: Dropout Prevention, Intervention, and Retrieval through Art Education”do programa ERASMUS +.

ERASMUS +.JPG

Hoje, dia 19 de abril, os diretores das escolas, bem como os autarcas dos referidos países, foram recebidos pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, nos Paços do Concelho, e o dia de amanhã, quinta-feira, está destinado ao workshop internacional subordinado ao tema “Building Bridges: Art education to fight early school leaving and dropout”, no Museu de Olaria.

Ao longo de dois dias,  os dois grupos estarão em contacto direto com a cultura local,  visitando a feira semanal e vendo os artesãos a trabalhar ao vivo para depois partilharem as  suas experiências no workshop vocacionado para a arte e dirigido a alunos da Escola Secundária de Barcelos.

MUNICÍPIO DE BARCELOS PROMOVE DIA MUNDIAL DO LIVRO EM FAMÍLIA

Biblioteca Municipal de Barcelos abre portas ao público em geral no próximo domingo

Ateliês “Ciência do UAU!”, pelo Laboratório da Li, “O Soldado João”, pela equipa da BMB, uma tertúlia com os escritores barcelenses Domingos da Calçada, Fernando Pinheiro e Rui Sousa Basto são algumas das atividades que a Biblioteca Municipal vai desenvolver para que toda a família possa viajar através dos livros.

No próximo domingo, dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Municipal vai abrir as suas portas, das 14h00 às 18h00, para todos aqueles que a quiserem visitar e participar nas suas atividades.

Além das salas de leitura e do empréstimo domiciliário estarem a funcionar, vai desenvolver-se um programa para os mais pequenos e famílias.

Assim, às 15h00, realizar-se-ão os ateliês “Ciência do UAU!”, pelo Laboratório da Li, para crianças dos 7 aos 12 anos, e “O Soldado João”, pela equipa da BMB, para crianças dos 3 aos 6 anos.

Entretanto, no dia 21 de abril, sexta-feira, às 14h30, vai realizar-se uma tertúlia com os escritores barcelenses Domingos da Calçada, Fernando Pinheiro e Rui Sousa Basto, para os formandos da ACIB, em Arcozelo.

O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e, por decisão da UNESCO, a 23 de abril, dia de S. Jorge. Esta data foi escolhida para honrar a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de São Jorge (Saint Jordi) e recebem, em troca, um livro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, desaparecidos nesta data, em 1616, proliferando neste dia atividades de animação da leitura a nível nacional e internacional.

A participação é gratuita e as inscrições para os ateliês poderão ser efetuadas através do telefone 253 809 641 ou email:bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt.

BARCELOS COMEMORA 25 DE ABRIL

Câmara Municipal de Barcelos e IPCA comemoram o 25 de Abril

Sessão solene realiza-se às 10h30 nas instalações do IPCA

Barcelos volta a comemorar o 25 de Abril de 2017 com uma iniciativa pública, desta vez em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e Ave.

Na passagem do 43.º aniversário da Revolução, o Município de Barcelos decidiu ampliar o âmbito das comemorações, convidando o IPCA, uma das grandes instituições de ensino superior da região e do país, a associar-se a este importante evento.

Pretende-se, com este formato, destacar o acesso à educação como uma das maiores conquistas do 25 de Abril e testemunhar, com o exemplo do IPCA, o sucesso desta área no Portugal saído da Revolução. Por outro lado, importa homenagear o IPCA pela importância que o ensino superior de qualidade representa para Barcelos e o papel que o Instituto desempenha na realidade social, económica e cultural da cidade e do concelho.

O ponto alto do programa consiste na cerimónia oficial a realizar no Auditório António Tavares, nas instalações do IPCA, estando previstas as intervenções do Presidente do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

João Carvalho fará uma intervenção sobre o 25 de Abril e o Ensino Superior, enquanto António Cândido de Oliveira intervirá sobre o papel e a importância das autarquias no contexto da democratização política e social do país.

O programa, que integra também a programação da Festa das Cruzes, inclui, ainda, uma arruada de Zés P’reiras e folclore de rua, a decorrer nas ruas da cidade, da parte da manhã; um espetáculo musical do grupo Sons de Barro e Orquestra da Escola de Música da Banda Musical de Oliveira, às 18h00, na escadaria do Templo do Bom Jesus da Cruz; um espetáculo musical pelos The Classic, às 21h30, na Avenida da Liberdade; fogo de artifício no Jardim das Barrocas.

BARCELOS ASSINALA AMANHÃ DIA DO ATENDIMENTO DESCENTRALIZADO

Equipa técnica do IAPMEI estará disponível para responder às dúvidas dos empresários e dos empreendedores

O IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, IP, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, realizará, amanhã, dia 19 de abril, o Dia do Atendimento Descentralizado.

Esta iniciativa, que decorrerá nas instalações do Balcão Único (situado no edifício da Câmara Municipal de Barcelos), pretende fortalecer espaços de proximidade às empresas, através de serviços de informação e aconselhamento personalizados em zonas onde a Agência não dispõe de representação regional.

Uma equipa técnica do IAPMEI vai estar disponível para responder a todas às dúvidas dos empresários e dos empreendedores da região no âmbito da intervenção do IAPMEI.

ALUNOS DE BARCELOS RECEBEM PRÉMIO DE LEITURA

Alunos da EB António Fogaça recebem em Lisboa o prémio da iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?”

O livro “O Tubarão na Banheira”, de David Machado, foi um dos vencedores da iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?” da Visão Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, a Direção-Geral de Educação, o Plano Nacional de Leitura e a Pordata.

Doze alunos do 3º B da EB António Fogaça, que escolheram este livro por ter sido aquele que mais gostaram de ler, e promoveram a sua divulgação, através de cartazes, flyers e vídeos, vão deslocar-se a Lisboa, no próximo dia 20 de abril, para apresentarem o trabalho que desenvolveram com a ajuda da professora titular, Isabel Santos.

A cerimónia de apresentação dos livros vencedores, que decorrerá na Escola Secundária de Vergílio Ferreira, contará com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do Secretário de Estado da Educação, João Costa.

Neste concurso, participaram 15 462 alunos, de 404 escolas, que propuseram títulos para integrarem as listas finais de “Miúdos a votos”. A eleição nacional dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses, decorreu no dia 17 de março, nas escolas de todos o país. 

BARCELOS HOMENAGEIA O ARTISTA CARLOS BASTO NO SEU 85º ANIVERSÁRIO

Galeria Municipal de Arte expõe as escolhas de uma vida dedicada à cultura. São 85 obras, cada uma a 85 euros para assinalar os seus 85 anos

Durante cinco dias, o Município de Barcelos vai homenagear o pintor e aguarelista barcelense Carlos Basto, que completa 85 anos no dia 20 de Abril, realizando uma exposição na Galeria Municipal de Arte, em que estarão patentes 85 obras, realizadas ao longo da sua vida artística.

barccceeelll.PNG

Para o Presidente da autarquia Miguel Costa Gomes, esta homenagem é “ uma forma que o Município de Barcelos encontrou para agradecer ao artista Carlos Basto o contributo que deu e que continua a dar para que Barcelos tenha mais visibilidade e projeção. Com esta exposição, teremos a oportunidade de celebrar os 85 anos de um ilustre e dedicado cidadão barcelense, um artista multifacetado que em todas as suas obras faz questão de refletir o orgulho que sente em ser barcelense e a extraordinária história e cultura do nosso concelho. E tenho a a certeza de que a galeria estará repleta de amigos ansiosos por brindar com Carlos Basto a mais um ano de arte, cultura e alegrias”.

Carlos Basto, grato pela forma como se sente acarinhado pelos barcelenses e pelo público em geral, vai, durante o evento, disponibilizar as suas obras pelo valor simbólico de 85 euros.

No dia 20 de Abril, dia do seu aniversário, pelas 21h00, decorrerá uma tertúlia com a participação de pintores, críticos de arte e o público em geral, em que o tema é “A Cor e o Traço na Pintura Barcelense”.

BARCELOS MOSTRA FOLAR DA PÁSCOA

Mostra do Folar da Páscoa está de regresso ao Posto de Turismo

De 13 a 15 de abril, o Posto de Turismo recebe a mostra do Folar e Doces da Páscoa, e o Largo do Porta Nova será o palco do Feirão da Páscoa que conta com a presença de artesãos do concelho a trabalhar ao vivo.

No âmbito das celebrações da Páscoa, o Município de Barcelos irá realizar, de 13 a 15 de abril, mais uma edição da Mostra do Folar e Doces da Páscoa, no Posto de Turismo de Barcelos. Dinamizar e promover o comércio local, impulsionar a Marca Barcelos e dar a conhecer aos turistas os doces tradicionais desta região nesta época festiva, são o mote desta iniciativa que conta, este ano, com uma forte adesão por parte das pastelarias do concelho: Pastelaria Colonial, Pastelaria Arantes, Pastelaria Chá e Nata, Pastelaria Rosa Cintilante, Pastelaria Doce da Bá, Padaria Pacheco, Padaria Flor de Durrães, Pastelaria S. Bento, Pastelaria Santa Eugénia e Padaria Lina.

Nos dias 13 e 14 de abril, no Largo da Porta Nova, realizar-se-á também o Feirão da Páscoa que contará com a presença de alguns artesãos a trabalhar ao vivo (Elsa Machado, Carlos Dias, Lourdes Ferreira, Fernando Soares, Irene Salgueiro, João Rego, Luís Gonzaga Coelho, João Veiga, Ermelinda Rodrigues e João Ferreira) e produtores de produtos biológicos (APACI e a Horta da Lola).

Durante estes dias, os barcelenses e turistas que passarem por Barcelos têm a oportunidade de degustar um pouco das iguarias realizadas a nível da doçaria local e ainda a oportunidade de apreciar o trabalho ao vivo dos artesão do concelho.

BARCELOS SENSIBILIZA CONTRA MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

Projeto “Tecer a Prevenção” pretende acabar com as lacunas existentes as comissões de proteção de crianças

Abril é o mês da prevenção dos maus tratos na infância. Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho serão ouvidos em Assembleias

Foi apresentado ontem, dia 10 de abril, em conferência de imprensa, o projeto “Tecer a Prevenção” da autoria da Comissão Nacional para a Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens ao qual a Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Barcelos aderiu e pretende implementar em conjunto com o Município de Barcelos e com a colaboração e orientação do Professor Doutor Manuel Sarmento, da Universidade do Minho, com o objetivo de formar a comunidade/parceiros para estarem atentos aos sinais de “perigo”.

Tecer a Prevenção (1).JPG

A vereadora da Educação, Armandina Saleiro, denominou este projeto como uma “mais-valia para o Município”, já que envolve crianças e jovens num concelho onde há um “elevado número de sinalizações”. O objetivo é tentar que “todas as crianças sejam felizes” e “fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para consegui-lo”, rematou a vereadora.

O Professor Doutor Manuel Sarmento apresentou o projeto em traços gerais, salientando que “a prevenção é uma das zonas mais lacunares dentro das comissões de proteção de crianças”, pelo que este projeto vem reforçar a ideia de que “o risco deve ser prevenido”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o ponto de partida do projeto “Tecer a Prevenção”, que tem muitas outras “medidas” inovadoras, como por exemplo a realização de duas Assembleias de Crianças e Jovens, para debate do estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho. As assembleias terão lugar nos dias: 26 de abril de 2017, pelas 14h, e é dirigida a crianças do 1º e 2º ciclo; e 2 de maio de 2017, pelas 15h00, é dirigida a jovens do 3º ciclo e ensino secundário, no auditório municipal.

Pretende-se a auscultação formal dos intervenientes chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva. 

FESTA DAS CRUZES LEVA O MINHO A BARCELOS

Primeira grande romaria do Minho prepara-se para bater recorde

Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional 

Mais eventos, mais dias, mais tradição, a primeira romaria do Minho espera bater recorde de visitantes.

O programa da Festa das Cruzes 2017, que decorre entre os dias 23 de abril e 7 de maio, foi apresentado, hoje, no auditório municipal, pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e contou com a presença do Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e pelo Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso. Mikael Carreira, Amor Electro e Anjos são alguns dos cabeças de cartaz da Festa das Cruzes 2017, mas pelo palco irão passar muitos nomes da música nacional. 

Apresentaçãobarc.JPG

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos referiu no seu discurso que "a Festa das Cruzes terá muitas iniciativas para todas as idades, não esquecendo a juventude, com um programa alargado do Bamos às Cruzes! que este ano conta com sete noites de diversão no Jardim das Barrocas". 

Para Miguel Costa Gomes, "este ano foi criado um programa divertido e popular que, no final, irá satisfazer a população e quem visitar Barcelos ao longo dos quinze dias da Festa". 

O Provedor da Real Irmandade do Senhor da Cruz, Pedro Ferreira, e o Prior de Barcelos, Monsenhor Abílio Cardoso, abordaram a parte religiosa, aludindo aos "tapetes de pétalas naturais que estarão expostos no Templo do Senhor Bom Jesus da Cruz" e ainda das novidades "da Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz que este ano terá alusão ao Ano Mariano". 

Quanto às festividades, os Zés P'reiras, os ranchos folclóricos e as rusgas vão invadir a cidade de música e alegria desde o primeiro ao último dia da Primeira Grande Romaria do Minho.

É uma das maiores festas religiosas do país e este ano une na perfeição o popular, o tradicional e o religioso. Mais de 60 eventos, mais participantes e mais música vão fazer da Festa das Cruzes 2017 um momento único no país. Uma das grandes novidades desta edição é a missa para coro a 3 vozes e orquestra em honra do Senhor da Cruz, à luz das composições do barcelense Miguel Ângelo Pereira, que se realiza no dia 28 de abril, às 19h, na Templo do Bom Jesus da Cruz.

A Festa das Cruzes, uma iniciativa promovida pelo Município de Barcelos, mantém a sua natureza tradicional de cariz religioso, onde, de forma harmoniosa, o popular tem o seu lugar. A Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz, a presença de elementos culturais, etnográficos, folclóricos e populares constituem a matriz deste grande evento, que tem o seu ponto alto a 3 de Maio, feriado municipal, dia consagrado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz. 

O programa compreende ainda um conjunto de eventos e de atividades culturais e recreativas, que mobilizam dezenas de coletividades na cidade e no concelho. 

A aposta no “Bamos às Cruzes!” é grande, com sete noites de divertimento no Jardim das Barrocas, completamente inserido no programa geral da Festas das Cruzes 2017 e que apresenta uma oferta musical variada, desde a atuação de tunas e DJ’s às atuações de Marcus, Fernando Correia Marques, Tino de Rans, MC Barbarella, Edmundo Vieira, e muitos outros, ao longo das sete noites.

Batalha das Flores: um dos momentos mais esperados

A cada vez maior presença de coletividades provenientes de Barcelos e também de público, oriundo não apenas do concelho, mas de outros pontos do país e de Espanha, mostra que a Batalha das Flores, que se realiza no dia 1 de Maio, é já um verdadeiro cartão de visita da Festa das Cruzes, funcionando como um postal ilustrado de Barcelos.

A batalha propriamente dita ocorre nas principais artérias da cidade, quando os dois corsos, de carros decorados, se cruzam e atiram flores de todas as cores e odores, contagiando de alegria para a refrega os milhares de populares que assistem ao espetáculo. 

Arcos de Romaria 

Uma das belezas e tradições da Primeira Grande Romaria do Minho são os arcos que se encontram dispostos em redor do campo da feira e têm como objetivo representar a identidade e as tradições de cada uma das freguesias que compõem o Município. A diversidade dos arcos é grande, considerando os materiais, o tamanho e os elementos representados. Normalmente aparecem engalanados com elementos patrimoniais das freguesias que representam, por peças de artesanato características do local e pelos seus santos padroeiros. 

BARCELOS OUVE CRIANÇAS E JOVENS PARA PREVENIR MAUS-TRATOS

Crianças e Jovens de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos serão ouvidas em Assembleias

CPCJ de Barcelos, Município Barcelos e Universidade do Minho apresentam o projeto “Tecer a Prevenção”, no dia 10 de abril, às 12h00, na Sala Multimédia do Museu de Olaria

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o ponto de partida do projeto “Tecer a Prevenção”, que tem muitas outras “medidas” inovadoras, que será realizado no maior concelho do país. Um projeto da autoria da Comissão Nacional para a Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens à qual a Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Barcelos aderiu e pretende implementar em conjunto com o Município de Barcelos, com a colaboração e orientação do Professor Doutor Manuel Sarmento, da Universidade do Minho.

Tendo em conta a importância do projeto “Tecer a Prevenção”, convidamos o vosso OCS para estar presente, nesta apresentação em formato de conferência de imprensa, que se realiza na próxima segunda-feira, dia 10 de abril, às 12h00, na Sala Multimédia do Museu de Olaria.

Informação Adicional: “Tecer a Prevenção”

Pretende-se implementar a mobilização da voz das crianças e dos jovens, com momentos para a sua auscultação formal. Neste sentido, pretende-se a realização de duas Assembleias de Crianças e Jovens, para debate do estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho.

Pretende-se, ainda, a auscultação formal dos intervenientes chave no âmbito da intervenção na infância e juventude com uma orientação para a ação de promoção dos direitos da criança, apoiada no conhecimento e na reflexão coletiva. 

BARCELOS DÁ FORMAÇÃO A AUXILIARES DE ACÇÃO EDUCATIVA NA ÁREA DE ALIMENTAÇÃO

Oitenta auxiliares de ação educativa recebem formação sobre alimentação e interação comportamental em ambiente escolar

Chef Hélio Loureiro, ex-chef da seleção nacional,  deu  dicas de confeção de pratos saudáveis

O auditório da Câmara Municipal de Barcelos recebeu, ao longo do dia de ontem, dia 5 de abril, uma formação destinada a tarefeiras, auxiliares de ação educativa, empregadas de refeitório e cozinheiras, subordinada ao tema “Alimentação e Interação comportamental em ambiente escolar”.

Formação.JPG

Durante a manhã, a formação foi dedicada às estratégias de interação na infância e ministrada pela  psicóloga Alice Ferreira Pinto, que deu a conhecer estratégias de interação com as crianças e apresentou exemplos de como agir perante determinados comportamentos.

O workshop da parte da tarde foi com o Chef Hélio Loureiro, ex-chef da seleção, do Futebol Clube do Porto, e de vários hotéis de luxo, e esteve mais direcionado para as técnicas de apoio ao refeitório e cozinheiras. Na sua apresentação, o chef quis passar a mensagem de que, como em qualquer profissão, as tarefas não devem ser feitas de forma mecânica, mas sim com amor.  Para ele, cozinhar é" dar algo de nós aos outros”. Salientou ainda que “são as memórias do que comemos na infância que nos alimentam a vida” e na saúde das crianças e nas memórias que estas vão guardar para a vida.

CRIANÇAS ALCANÇAM MAIS CIDADANIA

Crianças decidem e escolhem o que melhorar na comunidade onde estão inseridas

Quadrilátero Urbano lança desafio para + Cidadania aos alunos do 1º ciclo 

Os adultos fizeram o guião, mas são as crianças que vão decidir e escolher o que deve ser intervencionado, alterado e melhorado na comunidade onde estão inseridas.

“Se eu fosse Presidente” e “Saber comer é saber viver!” são os dois concursos, criados no âmbito do Projeto + Cidadania, que o Quadrilátero Urbano vai promover junto dos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Aprender a dialogar, a articular ideias, a saber fazer escolhas, viver experiências e retirar delas significado são as competências que se pretendem estimular com esta iniciativa.

Na base da criação desta plataforma, está a convicção de que as crianças têm um papel ativo na construção do seu conhecimento e se tiverem a oportunidade de contactar, desde cedo, com ferramentas diferenciadoras, estarão preparadas para terem, no futuro, um papel fundamental para a criação de uma sociedade mais justa e mais saudável, onde impere + Cidadania. Os concursos subordinados aos temas “Se eu fosse Presidente” e “Saber comer é saber viver!” estão abertos a todas as turmas do 1.º Ciclo do Ensino Básico, envolvidas no Projeto +Cidadania, que decorre nos concelhos que fazem parte da Associação de Municípios Quadrilátero Urbano: Municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Os trabalhos desenvolvidos em cada concelho, e que devem ser submetidos entre  os dias 19 a 24 de abril de 2017, serão avaliados em separado, sendo atribuídos quatro prémios finais, um por concelho.

“Se eu fosse Presidente” é um concurso de ideias empreendedoras para promover, desenvolver ou melhorar algo na comunidade em que estão inseridos. De ressaltar que as propostas, a submeter a este concurso, devem refletir sobre ações imateriais, isto é, não podem sugerir obras, restauros a edifícios ou construções.

Já o “Saber comer é saber viver!” é um concurso de receitas de culinária que revelem hábitos e escolhas alimentares saudáveis e sustentáveis. Os trabalhos em concurso devem fornecer receitas originais, revelando opções alimentares equilibradas, completas e variadas, mas que possam ser introduzidas na rotina diária de casa.

BARCELOS DEBATE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS

Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção  de Crianças e Jovens em debate

No âmbito da implementação do Projeto Tecer a Prevenção, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, em colaboração com o Município de Barcelos, levou a cabo, no dia 3 de abril, uma ação de formação sobre “Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção”.

Tecer a Prevenção.JPG

A iniciativa, que teve como interlocutores o Procurador no Tribunal da Relação do Porto, Dr. Francisco Maia Neto, e o Procurador no Tribunal de Barcelos e Interlocutor na CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Barcelos, Dr. Rui Amorim, contou com ampla participação dos elementos da modalidade alargada da CPCJ e de outros agentes com competência e intervenção na área da promoção e proteção. A sessão permitiu a discussão sobre boas práticas e o esclarecimento de dúvidas que surgem no trabalho quotidiano dos profissionais.

O ambiente colaborativo e de partilha de experiências constituiu uma oportunidade ímpar para o reforço da coesão e a melhoria da intervenção de todos na salvaguarda dos direitos das crianças e dos jovens.

Assim se materializa uma rede protetiva mais robusta e coesa, assim se ajuda a “Tecer a Prevenção.”

BARCELOS EVOCA JOSÉ LIBERATO FREIRE DE CARVALHO

“José Liberato - Vida e Obra” na Biblioteca Municipal de Barcelos

Uma exposição documental e biográfica intitulada “José Liberato - Vida e Obra” está patente ao público no átrio da Biblioteca Municipal de Barcelos, de 5 a 29 de abril.

José_Liberato_Freire_de_Carvalho.JPG

A exposição conta com 14 painéis coloridos, de 100 X 80 cm e por cerca de uma vintena de livros antigos (da época). Os painéis contêm textos e imagens, descrevendo os aspetos mais relevantes da vida de José Liberato e da sua ação em Portugal e no exílio, bem como as referências às suas obras, constituindo um relato importante de uma época fundamental na nossa história, desde a difusão dos primeiros ecos da Revolução Francesa, à Guerra Peninsular, passando pela Revolução de 1820, as Guerras Liberais, o Setembrismo, etc.

A exposição é da responsabilidade da "Comissão Liberato", cuja missão é divulgar, em Coimbra, e no país, a sua vida e a sua importante obra. Entre outras atividades desta "Comissão Liberato", salienta-se a reedição de obra traduzida, atribuição de toponímia na cidade de Coimbra, restauro do jazigo de Liberato no cemitério dos Prazeres, edição de uma medalha e de um selo comemorativos e artigos de divulgação na imprensa local José Liberato Freire de Carvalho nasceu em Monte São, situado na freguesia de S. Martinho do Bispo, nos arredores de Coimbra, em 20 de julho de 1772 e acabou por falecer em Lisboa, em 31 de março de 1855. Pertenceu à Ordem dos Cónegos Regrantes da Santa Cruz, enquanto frade, depois foi um jornalista e intelectual de relevo e um dos políticos portugueses mais marcantes do século XIX. Exerceu as funções de deputado às Cortes e de redator do jornal oficial, a “Gazeta de Lisboa”. Foi um dos editores dos jornais da emigração liberal portuguesa em Londres e autor de uma extensa obra sobre a história política de Portugal e da Europa. Foi membro da Maçonaria e, em 1804, foi eleito Grande Orador do Grande Oriente Lusitano.

BARCELOS QUER CAMINHO PORTUGUÊS DE SANTIAGO CLASSIFICADO COMO PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO

A Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e a Delegação de Barcelos da Associação Espaço Jacobeus promovem, no próximo dia 8 de abril de 2017, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho (em Barcelos) a Conferência intitulada: "Caminho Português de Santiago a Património Mundial da UNESCO?".

08ABR2017 - ConferênciaPauloAlmeidaFernandes.jpg

A conferência é proferida por Paulo Almeida Fernandes, relator da proposta de inclusão dos Caminhos Portugueses de Peregrinação a Santiago de Compostela na Lista Indicativa de Portugal para inscrição como Património Mundial (UNESCO).

A conferência tem o apoio do Município de Barcelos.

A entrada é livre e não carece de inscrição.

Evento disponível no Facebook em:

https://www.facebook.com/events/113141809213511/

Para mais informações contactar: geral@alberguedebarcelos.com.

Votos de Bom Caminho!

Pela organização,

Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos e Delegação de Barcelos da Associação Espaço Jacobeus

BARCELOS REÚNE CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL

70 instituições estiveram presentes no Conselho Local de Ação Social de Barcelos 

Decorreu, no dia 29 de março, no Auditório da Biblioteca Municipal, o Conselho Local de Ação Social de Barcelos (CLASB) com elevada participação das instituições.

CLASB.jpg

Neste plenário, foi avaliado o Plano de Ação de 2016, um plano dinâmico e ajustado às necessidades do território e às oportunidades de financiamentos de quadros comunitários, e foi também apresentado o plano para 2017.

No decorrer da sessão, foram também emitidos pareceres favoráveis relativamente a alguns projetos sociais concelhios, como o Centro de Apoio Parental de Aconselhamento Familiar (CAPAF) do Centro Social de Arcozelo, que foi financiado nos últimos dois anos integralmente pelo Município com um valor superior a 100 mil €; um parecer favorável para a candidatura a um projeto de promoção de autonomia de jovens, entre outros.

Na reunião, a Presidente do Conselho Local da Ação Social, Armandina Saleiro, fez uma retrospetiva sobre os projetos que mereceram todo o apoio municipal, estabelecendo parcerias em rede para a resolução de um conjunto de problemas sociais, nomeadamente na área dos sem-abrigo, violência doméstica, combate à discriminação, proteção de crianças e jovens, entre outros.

São vários os projetos que a Câmara Municipal se assume como parceiro estratégico com as instituições do concelho, designadamente “Um Teto para Todos”, em parceria com o GASC, que consiste no financiamento de apartamentos para alojamento de dezasseis pessoas para reabilitação social dos sem-abrigo; o projeto “Sorrir”, também em parceria com o GASC, que conta com o apoio financeiro e logístico do Município para reabilitação de toxicodependentes; o Banco de material escolar da SOPRO, com apoio financeiro da CMB; o Projeto “Canecas”, do Agrupamento Rosa Ramalho, que consiste na inclusão social de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE); o Projeto Galo Artis, que pretende combater a exclusão social, com particular incidência na comunidade cigana, e numa faixa etária entre os 6 e os 30 anos, projeto em que o Município é o promotor e o Centro Social Abel Varzim o executor; o Open B que apoia a inclusão social na área urbana, onde a CMB é parceira e ATAHCA, ACIB, GASC são os promotores; e a CMB é também entidade parceira num conjunto de eventos de caráter formativo ajustados à realidade e diagnóstico social.

Além destes projetos em parceria, a CMB tem um vasto programa de apoios, nomeadamente hipoterapia para crianças com NEE, no Centro Hípico Ir. Pedro Coelho; férias de verão na Biblioteca Municipal, Museu de Olaria e Casa da Juventude para NEE; formação na área da orientação adaptada; projeto “Empresas socialmente responsáveis”, que se caracteriza pelo apoio dado pelos empresários num apadrinhamento de um projeto de cariz social.

O Município de Barcelos procura promover o bem-estar das populações, em particular daquelas que pela sua condição social e económica estão mais vulneráveis aos fatores de pobreza e exclusão social, dotando-os de recursos/competências que lhe permitam reduzir/suprir as desvantagens sociais.

É neste entendimento que se enquadram os apoios aos munícipes de menores recursos, como os programas de apoio à habitação e à renda de casa, bem como as bolsas de estudo aos estudantes do ensino superior. Inclui-se também neste conceito o apoio e a proteção social à infância, terceira idade e àqueles que, em razão da sua condição física, cultural, social ou de saúde enfrentam dificuldades acrescidas.

É a pensar nesta realidade que o pelouro de Acção Social e Saúde Pública, em conjunto com os parceiros da Rede Social, trabalha no sentido de corrigir algumas desigualdades sociais, alargar as cadeias redistributivas de forma equitativa, promovendo a coesão social do seu território. 

BARCELOS RECHEIA COM ATIVIDADES FÉRIAS DA PÁSCOA

Durante a interrupção letiva das Férias da Páscoa, o Município de Barcelos vai promover múltiplas atividades lúdicas para o tempo livre dos mais novos, entre a Casa da Juventude, a Galeria de Arte, o Museu de Olaria, a Biblioteca Municipal e o Pavilhão Municipal.

A Casa da Juventude apresenta um programa de oficinas dedicado às expressões plásticas e que decorrerá entre 5 e 13 de abril, das 10h às 12h00, para inscrições de grupos, e das 15h00 às 17h30, para inscrições individuais. A participação é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias e limitadas, devendo todos os interessados proceder à inscrição até ao dia 3 de abril através do e-mailcasadajuventude@cm-barcelos.pt.

No mesmo período, a Galeria Municipal de Arte propõe atividades dirigidas a crianças entre os 8 e os 14 anos e que se realizarão durante a parte da tarde, entre as 14h30 e as 17h. Entre as propostas didáticas, encontram-se a criação de cestinhas de ovos, de máscaras, de coelhinhos reciclados e ainda de um jogo do galo. As incrições são gratuitas, embora limitadas, e deverão ser submetidas para o e-mail galeriamunicipalarte@cm-barcelos.pt.

Já a parte da manhã, entre as 10h e as 12h, ficará reservada ao Museu de Olaria e a vários ateliês direcionados para crianças entre os 6 e os 12 anos. Além de moldagens de figuras pascais em barro (5 e 11 de abril), serão também realizadas oficinas de pintura de azulejo e peças (7 e 13 de abril), coloração de sinos de ventos (6 de abril) e confeção de pão de ló (12 de abril). A participação custa 1,10 € por atividade. As inscrições são limitadas e deverão ser enviadas para o e-mail museuolaria@cm-barcelos.pt.

Fora de portas, as crianças poderão inscrever-se ainda nas Férias Desportivas, promovidas pelo Pelouro do Desporto, que incluem várias modalidades. A participação é gratuita e as inscrições efetuam-se no Pavilhão Municipal, onde decorrerão as atividades.

Numa divertida aventura ao mundo dos livros, a Biblioteca Municipal de Barcelos preparou também um programa especial, destinado a crianças e jovens dos 6 aos 14 anos de idade, que procura motivar aprendizagens que valorizam a curiosidade e a criatividade, tendo como ponto de partida o contacto com o livro. Entre histórias, ateliês, cinema, teatro e jogos, os participantes poderão aprender e divertir-se, atrevendo-se a imaginar histórias de sonho, cortar, colar, reaproveitar e inventar. Para grupos e instituições, prepararam-se sessões de cinema, teatro, horas do conto e viagens à Biblioteca. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias. Poderão ser efetuadas pessoalmente, na Biblioteca Municipal, pelo telefone (253809641) ou por email (biblioteca@cm-barcelos.pt).

TEATRO DE BARCELOS LEVA À CENA O "AUTO DA BARCA DO INFERNO" DE GIL VICENTE

Diferentes épocas e estilos sobem ao palco do Teatro Gil Vicente

Uma das mais tocantes histórias de amor, o tradicional conto de fadas francês, "A Bela e o Monstro", nos dias 1 e 2, às 21h30, e a peça o "Diário de um Palhaço", que retrata o mundo mágico do dia a dia da vida de um palhaço, no dia 3, às 10h, marcam o arranque da programação do Teatro Gil Vicente (TGV)  para o mês de abril. Ambos os espetáculos são uma encenação e adaptação da autoria da conceituada Companhia de Teatro de Barcelos - A Capoeira, que regressa novamente às luzes da ribalta, no dia 28, para encerrar a programação do mês de abril com o clássico "Auto da Barca do Inferno", de Gil Vicente.

Cartazabril.jpg

A 5 de abril, o Teatro Nacional de Kherson, da Ucrânica, vem a Barcelos apresentar a comédia "Cuidado, mulheres!", pelas 21h30.

O fim de semana de 7, 8 e 9 será também dedicado às artes cénicas com a peça "A Lenda da senhora que passou", na sexta-feira, protagonizada pela Universidade Sénior de Barcelos, e o espetáculo de dança "Barbie e Ken", pelo Nico Dance Studio, no sábado e domingo. O coreógrafo e matemático Pedro Carvalho regressa ao TGV com o espetáculo “O Homem que só pensava em números", a história de um homem que dedica toda a sua vida e existência aos números. Esta performance, que alia duas disciplinas, a dança e a matemática, será apresentado numa sessão dedicada às famílias, no dia 23, e no dia 24 apresenta quatro sessões destinadas às escolas.

A música está a cargo da banda barcelense Waterland que, no dia 22, dá a conhecer o seu novo álbum “Signs of Freedom” com a participação do coro Jesus Choir.

O cineceblube ZOOM apresenta uma programação variada, onde constam obras do mestre da animação, Hayao Miyazaki, cinema português e do incontornável Wim Wenders, que será alvo de um ciclo. A 21 será exibido novamente o documentário sobre os barcelenses na I Grande Guerra, "Lutaram como diabos", no dia em que se comemora o centenário da partida do contingente barcelense dos Paços do Concelho rumo às trincheiras.