Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCOS DE VALDEVEZ DIVULGA-SE NA CIDADE FRANCESA DE CENON

Feira de Cenon voltou a atrair milhares de visitantes

Entre os dias 19 e 21 Maio, o Município arcuense, representado pelo Presidente da Câmara, João Manuel Esteves, e a Ardal voltaram a participar na 8ª edição da Feira Anual de Artesanato e Gastronomia Portuguesa de Cenon, organizada pela Associação Alegria Portuguesa de Gironde e pelo município de Cenon, e que este ano contou com a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

João Manuel Esteves realçou a importância da realização deste certame, que anualmente envolve milhares de portugueses e luso-descentes, no reforço dos laços culturais, na realização de negócios pelos produtores e empresas arcuenses, na promoção do turismo e na atração de investimento.

Ao nível empresarial é de referir ainda o encontro com o diretor Geral da Câmara do Comércio de Bordéus, onde se abordaram questões relativas à promoção empresarial nesta região de França.

Para a comunidade emigrante também é especial, visto ter a oportunidade de matar as saudades da sua terra natal através das rusgas da Associação da Miranda e da de Sta. Eulália de Gondoriz, dos ranchos folclóricos e grupos musicais, das nossas delícias gastronómicas e dos bons vinhos verdes, bem como de adquirir produtos e serviços expostos.

No decorrer do certame ocorreu um convivo com várias associações portuguesas, na área de Bordéus, que também contou com a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro. Aqui foi possível estreitar laços e debater questões relativas às associações e comunidade portuguesa no estrangeiro.

De destacar são também os contactos realizados com o Presidente da Câmara de Cenon, Alain David, no âmbito de uma receção à comitiva na Câmara Municipal.

Dirigindo-se aos milhares de visitantes da feira, o presidente da Câmara Municipal começou por endereçar as mais vivas felicitações à Associação Alegria Portuguesa de Gironde e ao Municipio de Cenon pela organização do certame.

O autarca adiantou também que através deste envolvimento, troca de experiencias e conhecimento,  todos contribuem para que o nome de Arcos de Valdevez vá mais longe.

“A feira é uma oportunidade de valorização e divulgação da nossa cultura, dos nossos produtos e das nossas empresas. È uma mostra das potencialidades do nosso concelho, contribuindo para o aumento da atração de Arcos de Valdevez como um concelho para viver, investir e visitar.”, referiu.

MUNICÍPIO ARCUENSE OFERECE JOGO ÀS CRIANÇAS PARA CONHECEREM A BIODIVERSIDADE DO RIO VEZ

Município arcuense oferece Jogo da Memória “Biodiversidade do Rio Vez

No âmbito de uma atividade inserida no plano de atividades extra curriculares proporcionadas pelo Município nos jardins-de-infância, foi criado o Jogo da memória da Biodiversidade do rio Vez.

jogo_memoria (1)

Este jogo é uma  ferramenta pedagógica que permite a aprendizagem de alguns nomes de plantas e animais do rio Vez, direcionado para crianças a partir dos 3 anos. Através dele é permitido o contacto com imagens de 20 exemplares da biodiversidade do rio Vez, facilitando a sua memorização. A Câmara Municipal acolheu a iniciativa e, com o envolvimento de Bernardete Amorim (fotógrafa), Sara Simões (responsável pela conceção) e Sónia Pinto (ilustradora do jogo), foi oferecido um exemplar a todas as crianças do ensino pré-escolar (cerca de 400), esperando com esta iniciativa levar a um maior reconhecimento da conservação do rio Vez.

jogo_memoria (2)

jogo_memoria3

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 24 DE MAIO DE 2017

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

  • No período antes da ordem do Dia o Sr. Presidente informou que no dia 25 de maio, pelas 10h, seria assinado um protocolo de colaboração entre a Incubo e a Tec Minho;
  • Também informou que no sábado, dia 27 de maio, decorrerá na Casa das Artes o Ciclo de conferencias CENFIPE - Centro de Formação e Inovação dos profissionais de Educação/Escolas Associadas do Alto Lima e Paredes de Coura, com a temática “Pais e Professores À Beira de Um Ataque de Nervos : Porque o Melhor do Mundo – NEM SEMPRE – são as Crianças II MOMENTO. A sessão de abertura está marcada para as 9h e contará com a presença do Secretário  de Estado da Educação, Dr. João Costa
  • Também deu conta que no próximo dia 3 de Junho será feita a inauguração oficial do certame Festa da Montanha, na Porta do Mezio, com a presença da Secretária de Estado da Natureza e do Ordenamento do território, Dra. Célia Ramos e que no domingo estará lá presente o programa Somos Portugal da TVI;

MUSEU DA ÁGUA AO AR LIVRE

  • Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez: considerando a aprovação da candidatura “Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez” foi aprovado dar início ao procedimento concursal para execução do respetivo projeto de execução, designadamente Vias, acessos, instalações de apoio, sinalética, Zonas fluviais de lazer e recuperação de açudes, pelo valor base de 333.000,00 euros;
  • Produção de conteúdos e elaboração de estratégia de comunicação, identidade gráfica e sinalética - Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez: tendo em consideração a aprovação da candidatura "Museu da Água ao Ar Livre do rio Vez" foi aprovado proceder à abertura de procedimento concursal tendente à adjudicação da prestação de serviços com a designação de " Produção de conteúdos e elaboração de estratégia de comunicação, identidade gráfica e sinalética - Museu da Água ao Ar Livre do Rio Vez" , pelo valor base de 33.000,00 euros;

Oficinas de Criatividade Himalaya

  • Oficinas de Criatividade Himalaya. Projetos de Arquitetura e Especialidades: foram aprovados os Projetos de Arquitetura e Especialidades do referido processo para efeito de candidatura ao programa Norte 2020 - Reabilitação Urbana
  • Oficinas de Criatividade Himalaya: foram aprovados os Termos de Referencia das seguintes Ações, inclusas neste processo, para efeito de candidatura ao programa Norte 2020:

 - Oficinas de Criatividade Himalaya - Fornecimento de Conteúdos, Equipamentos, Material Didático/Pedagógico e de Comunicação para o Núcleo Interpretativo Himalaya (Salas 1 a 3);

            - Oficinas de Criatividade Himalaya- Fornecimento e colocação de equipamento de projeção e som no espaço Himalaya 360;

            - Oficinas de Criatividade Himalaya- Fornecimento e conceção do Labirinto Himalaya.

  • Himalaya o Eco Cidadão. Termos de Referencia: - Do Chefe de Divisão a informar que, considerando a obrigatoriedade definida pelo Programa POSEUR - Plano de Valorização do PNPG e as necessidades do projeto “Himalaya o Eco Cidadão”, vem solicitar a submissão à digníssima Câmara, para aprovação, dos Termos de Referência da seguinte Ação, inclusa neste processo:

- Himalaya o Eco Cidadão - Fornecimento de Conteúdos e Equipamentos para o Núcleo Interpretativo Himalaya (Sala 4).

PROMOÇÃO E SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL DE SISTELO E DO RIO VEZ: foi deliberado aprovar os termos de referência para o procedimento concursal “PROMOÇÃO E SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL DE SISTELO E DO RIO VEZ”, para feitos de candidatura ao POSEUR.

ROCHAS QUE CONTAM HISTÓRIAS - ARCOS DE VALDEVEZ: foi deliberado aprovar os termos de referência referentes ao processo concursal “ROCHAS QUE CONTAM HISTÓRIAS - ARCOS DE VALDEVEZ”, para feitos de candidatura ao POSEUR.

EDUCAÇÃO

PLANO DE TRANSPORTES ESCOLARES 2017/2018: foi deliberado aprovar o Plano de Transportes Escolares 2017/2018.

APOIOS

  • Foi deliberado apoiar a AVVEZ – Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez, em 10,000 €. A referida Associação tem por objetivo promover, desenvolver e defender a produção vitivinícola e os produtos artesanais locais.
  • Foi aprovado o pagamento à ADRIL – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Lima, no valor de 10.000,00 euros, correspondente a quotas suplementares.
  • Foi aprovado o protocolo de colaboração, no valor de 20.000,00€, a celebrar com a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Paio de Jolda, para apoiar a construção da Casa Mortuária.

SANEAMENTO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA

  • AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO A VILA FONCHE (TOURIM/OUTEIRO/IGREJA) E PAÇÔ (PAÇO VELHO): foi aprovada a abertura de procedimento concursal pelo valor base de 244.000,00 euros.

Com o projeto de execução em referência, pretende-se a ampliação da rede de saneamento nas referidas freguesias, nomeadamente aos lugares de Tourim, Outeiro e Igreja, em Vila Fonche, e a Poente da EN303, bem como ao lugar de Paço Velho, em Paçô, drenando para a rede existente, e daí ao coletor em alta das Aguas do Norte.

            Assim, o projeto preconiza a instalação de coletores gravíticos, numa extensão global de cerca de 3,0 km e 115 ramais domiciliários.

  • Ampliação da rede de saneamento a Guilhadeses (Mó da Lomba / Fontão Covo): foi deliberado adjudicar a obra à empresa Martins & Filhos, S.A., pelo valor de 204.792,44 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA).
  • Ampliação da Rede de Abastecimento de Água - Freguesia de Extremo (Castanheira/Pereira): foi aprovada a prorrogação do prazo até 14.06.2017, isto é, de 35 dias, a fim de o empreiteiro concluir a execução dos trabalhos.
  • AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO - FREGUESIAS DE PROZELO E AGUIÃ AO LONGO DA EN 101: foi aprovado homologar o auto de vistoria para efeitos de receção provisória, respeitante à empreitada em epígrafe, adjudicada à empresa Terra & Pedra – Terraplanagens, Lda

FLORESTA

  • REDE DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS DE ARCOS DE VALDEVEZ - ABERTURA DE REDE PRIMÁRIA e SECUNDÁRIA DE FAIXAS DE GESTÃO DE COMBUSTÍVEL (Senharei, Sabadim, União de Freguesias de Eiras e Mei, Padroso, União de Freguesias de Portela e Extremo, União de Freguesias de Álvora e Loureda e Sistelo: foi aprovada a abertura de concurso publico para a aquisição de serviços pelo valor base de 302.000,00 euros.
  • Rede viária florestal de acesso a pontos de água de 1.ª ordem: - foi deliberado adjudicar a intervenção ao concorrente AMBIFLORA, Lda., pelo valor de 180.203,00 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA

REABILITAÇÃO de espaços urbanos no Centro HistÓrico -1ªfase – Rua Dr.AntÓnio José Pimenta Ribeiro: Foi aprovado adjudicar a obra à empresa Plano Minho Lda. pelo valor de 209 164,98€.

Renovação do relvado natural e do sistema de rega do Estádio Municipal DA COUTADA: foi deliberado adjudicar a obra ao concorrente SPORTRELVA – Construção e Manutenção de Relvados de Obras Públicas, Lda., pelo valor de 142.189,40 €, não incluindo o imposto sobre o valor acrescentado (IVA)

Construção de Passeio e Redimensionamento de Caldeiras – Parque de Estacionamento da Ponte Nova: foi aprovado o PROJETO para a execução da empreitada referida em epígrafe, com o intuito de se dar início ao procedimento concursal tendente à sua adjudicação, pelo valor base de 15.750,00 euros.

Reconstrução de muro na Rua Henrique Oliveira Codeço: foi aprovado abrir procedimento concursal pelo valor base de 11.500,00 Euros;

BENEFICIAÇÃO DO PAVIMENTO DA E.N. 101 ENTRE O KM 45+700 E O KM 50+400: foi homologado o auto de consignação da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa DST – Domingos da Silva Teixeira, S.A., pelo valor de 204.268,65 euros, com prazo de execução de 60 dias.

RENOVAÇÃO DE PAVIMENTOS BETUMINOSOS EM CAMINHOS MUNICIPAIS: - foi homologado o auto de consignação da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa PREDILETHES – Construções, Lda., pelo valor de 489.027,08 euros, com prazo de execução de 90 dias.

Parque da vila - requalificação do parque infantil: foram aprovados trabalhos não executados do contrato inicial no valor de 30.734,00 euros; a execução de trabalhos de quantidades não previstas no contrato inicial no valor de 4.102,00 euros; a execução de trabalhos de espécie não prevista no contrato inicial no valor de 15.154,10 euros.

Remodelação do Mercado Municipal: foi aprovada a substituição das retenções efetuadas na obra supracitada para reforço da garantia prestada no valor total de 26.020,63 euros por garantia bancária de igual valor, bem como a libertação das retenções já realizadas nos autos já faturados, no valor de 16.405,79€.

Aquisição de serviços para projeto expositivo e museológico do Espaço Valdevez: foi deliberado adjudicar os serviços à firma Evk Experiences Unipessoal, Unipessoal, Lda., pelo valor de 26.450,00 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

LICENC. INSTALAÇÃO COMBUSTÍVEIS: foi aprovado o licenciamento de um posto de abastecimento de combustíveis, sito no lugar de Ataúde, da freguesia de Paçô, deste concelho.

Aquisição de serviços de limpeza - edifÍcios DAF - ano 2017/2018: foi aprovada a abertura de um procedimento concursal do tipo Concurso Público, sem publicidade internacional, com um prazo de execução de um (1) ano, com o preço base de € 16.000,00;

AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE AUDITORIA DE RENOVAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO E TRANSIÇÃO PARA A NORMA ISO 9001:2015: a Câmara aprovou a celebração do contrato de "AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE AUDITORIA DE RENOVAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO E TRANSIÇÃO PARA A NORMA ISO 9001:2015", bem como a sua publicitação no BaseGov.

Caminho de Acesso à Branda de Gorbelas - Trabalhos de Manutenção: foi aprovada a homologação do auto e liberação da caução.

reabilitação do Complexo das Piscinas Municipais: foi aprovada a prorrogação do prazo até 21.06.2017, isto é, de 60 dias, a fim de o empreiteiro concluir a execução dos trabalhos.

DECLARAÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA PARA EFEITOS DE EXPROPRIAÇÃO DE PARCELAS NECESSÁRIAS À EXECUÇÃO DO “CAMINHO QUE INTERLIGA O CM 1311-1 DE ACESSO AO LUGAR DE NOVAIS E PAÇO DA GLÓRIA E O CM 1311-1 VALINHA – UNIÃO DE FREGUESIAS DE JOLDA (MADALENA) E RIO CABRÃO” - RETIFICAÇÃO: foi aprovada a retificação da deliberação de 12-12-2016, que aprovou a Resolução de requerer a declaração de utilidade pública da expropriação.

ARCOS DE VALDEVEZ É CAPITAL DO VINHÃO

FESTIVINHÃO – Festival Enoturístico de Arcos de Valdevez

Depois do sucesso alcançado em 2016, regressa o FESTIVINHÃO – Festival Enoturístico de Arcos de Valdevez, nos dias 16, 17 e 18 de Junho, numa organização Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez e do Município de Arcos de Valdevez. São ainda parceiros na organização a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, a EPRALIMA – Escola Profissional do Alto Lima, a Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca e a AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

festivinhao_2017_2

Como na edição anterior, o evento terá lugar nas ruas do centro histórico da Vila de Arcos de Valdevez, contando com espaço de exposição de vinhos e produtos locais, espaço provas, tasquinhas de petiscos, espetáculos de palco, animação de rua, workshops técnicos, curso de iniciação à prova de vinhos, percursos turístico-gastronómicos pela Vila, visitas a Quintas/Adegas para além de uma de programação musical forte.

Antecedendo o evento propriamente dito, está já em curso a seleção do ‘FESTIVINHÃO’17 Vinho do Ano’, com um Grande Prémio para o Vinho da Casta Vinhão e a Seleção do Ano para as categorias de Vinhos Verdes Tintos, Brancos, Rosé, Espumantes Tintos e Espumantes Brancos. Haverá ainda uma Seleção para os Vinhos de Arcos de Valdevez nas mesmas categorias (exceção dos espumantes, que apenas tem uma categoria genérica).

É na relação entre a gastronomia tradicional e a diversidade dos vinhos que melhor se potencia a riqueza da atividade turística na Região Norte de Portugal, em particular na região dos Vinhos Verdes. A harmonização entre o património natural, construído e imaterial, o alojamento e as atividades de animação turística, potenciam a criação de valor económico para a região e para os agentes envolvidos. Será sob esta temática de fundo, que dia 16 de Junho decorrerá um seminário, coordenado pela Escola Superior Agrária do IPVC, com dois painéis: na parte da manhã dedicado à vinha e ao vinho; na parte da tarde dedicado ao marketing, ao turismo, gastronomia e vinhos. Este segundo painel decorrerá no ambiente especial do café mais antigo de Arcos de Valdevez, o “Café Arcuense”.

Este festival enoturístico pretende celebrar a Casta Vinhão e a sua fabulosa evolução em termos técnicos e produtivos. Agora, a casta vinhão é a rainha. É ela que melhor se relaciona com as iguarias gordas como a lampreia, o sarrabulho, o cozido à portuguesa, o arroz de cabidela, o cabrito mamão da serra, etc.. Arcos de Valdevez, com o seu “terroir”, soube manter uma reserva de qualidade e tradição na produção de Vinhão e também inovar sem nunca descurar a relação harmónica com a gastronomia.

Mas o Festival apresenta outros vinhos verdes, com destaque para os brancos Loureiros e Alvarinhos, rosados e espumantes. 

Arcos de Valdevez teve o primeiro produtor com uma marca dedicada exclusivamente ao vinhão. Aqui existe a Estação Vitinícola Amândio Galhano, da Comissão de Viticultura dos Vinhos Verdes, onde está o repositório de castas regionais e onde se faz a investigação e experimentação fundamental.

Arcos de Valdevez afirma-se como a capital do vinhão.

CRAV TERMINA ÉPOCA EM ÉVORA

O CRAV deslocou-se até ao Alentejo, no passado dia 20 de maio, para disputar a meia-final do campeonato frente ao Évora. Esta foi uma despedida amarga para o CRAV que perdeu o jogo por 0-66.

equipacrav

Foi um jogo sem grande história, onde os arcuenses não conseguiram reagir a um mau começo de jogo, em que os alentejanos se colocaram, cedo, na frente do marcador devido a erros defensivos da equipa visitante. Aos 20 minutos de jogo o CRAV perdia por 19-0. Durante esse período os minhotos tiveram largos minutos no meio campo alentejano e tiveram pelo menos duas oportunidades para marcar ensaios, uma numa formação ordenada a 5 metros da linha de ensaio e outra numa jogada coletiva. Mas quem obteve pontos em todas as visitas ao meio campo adversário foi o Évora.

Num dia excecionalmente quente em Évora, que afetou mais claramente os minhotos, o CRAV não teve a força coletiva, anímica e física, para conseguir dar a volta ao jogo. Na segunda parte o CRAV não existiu e o Évora castigou, chegando a números que, apesar de não refletirem a real diferença de potencial entre as duas equipas, refletem perfeitamente o que se passou no jogo.

A equipa técnica do coletivo arcuense alega que “este jogo foi o reflexo de uma época em que o CRAV, apesar de ter andado pelos primeiros lugares e se ter apurado para as meias finais, deixou ficar sempre a sensação de que poderia e deveria ter feito algo mais, nomeadamente na obtenção de um lugar classificativo que lhe permitisse jogar em casa este jogo decisivo”.

Agora, finda a temporada de XV é altura de analisar o que foi feito, reorganizar, corrigir eventuais erros e começar a pensar na próxima época. “Muito obrigado a todos, atletas, diretores, sócios e patrocinadores pelo apoio durante estes meses”, rematam os técnicos do CRAV.

SUB-14 DO CRAV MARCARAM PRESENÇA EM MAIS UM CONVÍVIO REGIONAL

Decorreu no Campo do INATEL, no Porto, no dia 20 maio 2017, o 2º Convívio Regional de Rugby de 13 no escalão de Sub-14.

sub 14 porto 1

Estiveram presentes 5 equipas de 6 clubes da ARN: CRAV, CDUP, Sport, Braga e ER Porto/GRUFC.

Estes convívios têm sido um sucesso, com um crescente aumento de clubes e atletas participantes, bem como uma melhoria na qualidade dos jogos.

sub 14 Porto

MINHOTOS PARTICIPAM NA FESTA DAS CASAS REGIONAIS

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa que se realiza na Alameda D. Afonso Henriques está prestes a terminar, encontrando-se neste momento prestes a subir ao palco o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez. O Minho fez-se representar através da actuação de grupos folclóricos e ainda de stands das casas regionais de Arcos de Valdevez, Valença e Vila Nova de Cerveira.

DSCF3192

A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa, única entidade do género que congrega dezenas de associações de carácter regionalista sem distinção da área geográfica de abrangência: concelhia, comarcã e provincial.

DSCF3197

DSCF3193

DSCF3182

DSCF3183

DSCF3198

DSCF3199

DSCF3200

DSCF3201

ALTO MINHO DESENCAMINHA VISITANTES DA NATUREZA

Alto Minho desencaminha visitantes para descobrir arte e natureza, de 1 a 4 de Junho

Desencaminharte é o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural com escala intermunicipal

desencaminharte

10 municípios, 10 lugares únicos, 10 intervenções de arte pública e mais de meia centena de experiências e tentações prometem desencaminhar, já este mês de Junho, visitantes e turistas para redescobrir valores e paisagens do Alto Minho natural e rural.

Do nascer-do-sol de 1 de junho ao pôr-do-sol do dia 4, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) organiza o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural, entre serras, rios e mar.

Fazendo justiça à região mais verde de Portugal, morada do único parque nacional do país, o Desencaminharte propõe experiências artísticas, culturais, turísticas e lúdicas de mãos dadas com a natureza e tradições seculares, em lugares de características únicas dos concelhos do Alto Minho.

Sistelo (Arcos de Valdevez), Lugar dos Poços (Caminha), Lamas de Mouro(Melgaço), Penha da Rainha (Monção), Praia de Taboão (Paredes de Coura),Espigueiros do Lindoso (Ponte da Barca), Quinta de Pentieiros (Ponte de Lima), Mosteiro de Sanfins (Valença), Monte de Santo António (Viana do Castelo) e a Casa do Artista Jaime Isidoro (Vila Nova de Cerveira) são os locais do festival, nesta primeira edição, para onde se desencaminharam, respetivamente, os artistas ou coletivos Pascal FerreiraCarlos Pinheiro, Dário CannatáSofia LeitãoJoão Pais FilipeMariana BarroteMeroficina, Oficina AraraIva Viana Ana Torrie.

Sobre as intervenções e os artistas, toda a informação está disponível aqui.

Situados fora das sedes dos concelhos e de áreas urbanas, estes lugares propõem um roteiro alternativo aos lugares comuns da região, contribuindo para a diversificação dos tópicos de interesse num destino que vê crescer os seus indicadores turísticos acima da média nacional, mas também para a educação para o património ambiental e cultural.

No Desencaminharte, que elege a serpente por signo e o serpentear por prática, haverá muito mais para fazer nos locais de intervenção do que acompanhar e visitar as criações artísticas.

Constituída por oficinasconcertos performancesatividades de ar livre, desporto e turismo ativo, concursosmercados jogos tradicionais, parte substancial da programação está já acessível em www.desencaminharte.altominho.pt .

A iniciativa lança ainda um concurso dirigido aos artesãos do Alto Minho que os desafia a criarem propostas de uma mascote do Desencaminharte, entre cobras e lagartos, com recurso a ofícios de cerâmica, madeira, têxtil, couro, estuque ou cestaria, entre outros.

A 1 de junho, Dia Mundial da Criança, o festival promove ainda oficinas educativas, em diversas expressões artísticas, que porão alunos de escolas da região em contacto com os artistas convidados e as suas intervenções.

O Desencaminharte aposta ainda na organização de uma exposição coletiva dos 10 artistas convidados, na Casa do Artista Jaime Isidoro, em Vila Nova de Cerveira, dedicada aos “ovos de serpente”. A exposição dará origem a uma experiência de geocaching, sendo as peças criadas escondidas em cada um dos 10 locais de intervenção.

O contacto com a natureza e as tradições ganha destaque nas propostas de desencaminhar. Estão disponíveis caminhadas por trilhos diversos que desencaminham ao encontro dos artistas, passeios de bicicleta e de barco, uma oficina de pão castrejo ou o espreitar da tradição do estuque em Afife.

O Alto Minho é a única sub-região de Portugal integralmente certificada com a Carta Europeia de Turismo Sustentável, marca que pretende consolidar através deste festival.

Todas as iniciativas integradas na programação, com as respetivas condições de realização e subscrição, serão publicadas no site www.desencaminharte.altominho.pt.

O Desencaminharte está também presente no Facebook e no Instagram.

A iniciativa conta com o cofinanciamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, ao abrigo do NORTE 2020/Portugal 2020.

ARCOS DE VALDEVEZ À MESA SERVE BACALHAU À LAVRADOR

Arcos de Valdevez é hoje em dia uma referência ao nível da oferta de turismo de natureza, gastronomia, vinhos, programação cultural e de animação desenvolvida durante todo o ano. O Município pretende atrair cada vez mais visitantes ao concelho, de forma a incentivar a atividade económica local, nomeadamente o turismo, o comércio e a restauração.

Cartaz - Bacalhau à Lavrador 2017

Assim, no fim de semana de 20 e 21 de maio o evento Arcos à Mesa retorna, desta vez dedicado ao prato gastronómico “Bacalhau à Lavrador”. A acompanhar este prato estarão os excelentes vinhos verdes de produtores e engarrafadores locais, bem como os doces da região, os quais certamente trarão à região os amantes da boa comida e da boa mesa, dada a originalidade e sabor únicos destas iguarias regionais. O prato está associado ao mês de maio e às lavradas, altura em que o lavrador, acompanhado de toda a família, se dirige ao campo e consigo leva o arado, a grade, o timão, as sementes, a cabaça com o vinho e o cesto da indispensável merenda.

É uma oportunidade única para fazer um roteiro gastronómico singular e genuíno pelos sabores tradicionais de Arcos de Valdevez, contando com a participação de 14 restaurantes aderentes.

A animação não foi descurada, estando agendada a realização da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”, onde os visitantes poderão encontrar artigos de artesanato e produtos locais, a iniciativa Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez, uma Oficina de Cogumelos Silvestres, na Porta do Mezio, momentos musicais com a atuação de rusgas, o concerto da conhecida cantora portuguesa Mafalda Veiga e ainda o Duo Ofir Show”.

Restaurantes aderentes: A Floresta | Alto da Prova | Cantinho do Fernando | Caxena - Restaurante | Churrasqueira do Mercado | Churrasqueira O Braseiro | Churrasqueira Ponte Nova | D. Isabel | Foral de Valdevez | Manjar das Hortas | O Barriguinhas | O Lagar | O Pote | O Videira

 

 

PROGRAMA

20 de Maio: Sábado

             10h00 - Abertura da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”

                            Campo do Trasladário

10h00 -* Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez
* Inscrições na Loja de Turismo, Tlm. 934 901 967), Email (vinhos.avvez@gmail.com)

14h30 – 17h30 -  Oficina de Cogumelos Silvestres - Porta do Mezio
                       
Inscrições: www.portadomezio.pt/258510100/portadomezio@ardal.pt
15h30
Rusga da Associação Cultural e Desportiva Unidos do Couto

                Campo do Trasladário

              23H00 – Música Pop/Rock: Mafalda Veiga

               (Compra e reservas de ingressos: 258 520 520 | Preço único: 10.00€)

            Auditório da Casa das Artes  

21 de Maio: Domingo

  10h00 - Abertura “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”   

               Campo do Trasladário

  15h30 - Baile “Duo Ofir Show”

               Campo do Trasladário

   19h00 - Encerramento da “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”       

MAFALDA VEIGA ATUA EM ARCOS DE VALDEVEZ

Mafalda Veiga apresenta no próximo dia 20 de maio o seu mais recente trabalho,"Praia", ao vivo no Auditório da Casa das Artes em Arcos de Valdevez.

mafaldveigarc

“Praia” é um espetáculo em que (quase) tudo se renova: nova banda, novo alinhamento, novas canções e um novo projeto de  palco, som, luz e vídeo, este com pequenos filmes inéditos realizados pela própria Mafalda.

O disco novo é tocado na íntegra, mas o público pode também contar com as canções mais emblemáticas e incontornáveis da artista, agora com arranjos que se aproximam da sonoridade deste mais recente trabalho.

Os bilhetes já estão à venda na Casa das Artes de Arcos de Valdevez e custam 10€.

Mafalda Veiga conta-nos: “É um espetáculo mais solto e mais direto, com o mesmo conceito que definiu a produção do disco “Praia”, em que quero transportar para o palco a liberdade com que componho e ensaio. Essa atitude tem uma grande energia, e essa foi a intenção que me levou a convidar estes músicos que integram a minha nova banda. Neste espetáculo toco outros instrumentos para além da guitarra, tal como faço ao compor, e todos os músicos colaboram nesse sentido, de forma a criar ambientes que servem o que queremos transmitir em cada canção. O Diogo (piano) toca percussão ou guitarra nalguns temas, assim como o Riquier(guitarra) tocará teclado noutros, e essa abertura torna o espetáculo mais orgânico e mais rico musicalmente.”

Ficha Técnica do concerto de Arcos de Valdevez:

Mafalda Veiga – Voz, guitarra acústica, elétrica, melódica e teclado;

Fred – Bateria e percussão;

Marco Nunes – Guitarra elétrica;

Miguel Barros – Baixo;

Ricardo Riquier – Guitarra elétrica, guitarra acústica e voz;

Diogo de Almeida Ribeiro – Piano, teclados, guitarra acústica, percussão e voz;

João Bessa – Som frente;

Joca – Som palco;

Leocádia Silva – Luz e vídeo;

Daniel Mestre e Paulo Ricardo – Backline;

Ana Moitinho – Booking e Management;

20 DE MAIO, ARCOS DE VALDEVEZ – AUDITÓRIO DA CASA DAS ARTES | 22H00
PREÇO ÚNICO - 10,00€

BILHETES: À venda na Casa das Artes de Arcos de Valdevez

INFO/BILHETES:+351 258 520 520 / casadasartes@cmav.pt

Joana Lima Rocha – Road Manager

ARCUENSES PESCAM À PLUMA

Arcos de Valdevez recebe o XXIII Campeonato Europeu de Pesca à Pluma. Competição decorre entre os dias 14 a 21 de Maio de 2017

Arcos de Valdevez foi a localidade eleita para a realização do XXIII Campeonato Europeu de Pesca à Pluma.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No passado domingo, dia 14, decorreu a chegada dos participantes, a cerimónia de abertura, que contou com o desfile das 12 seleções inscritas pelas ruas da vila e mais de 70 participantes.

Este campeonato será disputado por seleções europeias vindas da Bélgica, Eslováquia,

Espanha Finlândia, França. Holanda, Irlanda, Itália, Polónia, República Checa, Suécia e Portugal que, até ao próximo sábado vão rodar pelos seguintes cenários de pesca: rio Vez com dois cenários distintos, um de águas mais calmas e outro de águas mais selvagens, rio Coura, rio Olo e lago da Falperra, na serra de Alvão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nos dias 15 e 16 decorrem sessão de treinos, e nos dias 17, 18 e 19 a competição para a classificação final dos países e dos vencedores individuais.

Os cenários selecionados, além das belezas naturais que possuem, têm rios de alta qualidade e bem conhecidos no nosso país como sendo destinos de escolha para a pesca à mosca de salmonídeos.

O rio Vez, em Arcos de Valdevez onde Portugal se Fez, tem o seu curso natural ainda intacto. Além da sua truta selvagem também tem água cristalina, na parte mais alto do seu curso, sem qualquer poluição e que ainda se pode beber. Atravessa montanhas do Alto Minho que foram ao longo dos séculos cultivadas em terraços, o que confere uma paisagem única para o vale do rio. Por sua beleza e características, esta região é conhecida como o "Pequeno Tibete Português". Nas águas deste rio de montanha, considerado um paraíso de pesca, são ainda capturadas as seguintes espécies: truta marrom selvagem, truta de mar e salmões. 

Se a tudo isto juntarmos uma excelente gastronomia, vinhos únicos e o prazer de saber receber bem aqueles que nos visitam, estão reunidas as condições para que este evento tenha sucesso.

Com esta iniciativa pretende-se promover a pesca e Arcos de Valdevez como um destino europeu de pesca, a restauração, o alojamento, o turismo e o comércio, contribuindo assim, para também dinamizar o emprego, o rendimento e a fixação de pessoas.

Este evento é realizado em parceria pela Federação Internacional de Pesca à Pluma, Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, Associação Regional de Pesca Desportiva de Viana do Castelo e conta com os apoios da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, da Câmara Municipal de Paredes de Coura, de Mondim de Basto e de Vila Pouca de Aguiar, a Associação de Pesca de Arcos de Valdevez, Paredes de Coura, Mondim de Basto e Vila Pouca de Aguiar e do ICNF.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

ASSOCIAÇÃO ROTA DOS VINHOS DE PORTUGAL ESCOLHE ARCOS DE VALDEVEZ PARA CELEBRAR TERCEIRO ANIVERSÁRIO

Associação Rotas dos Vinhos de Portugal celebra terceiro aniversário em Arcos de Valdevez

A Associação Rotas dos Vinhos de Portugal escolheu Arcos de Valdevez para, nos próximos dias 19 e 20 de Maio, levar a cabo as comemorações do seu III Aniversário.

aniversario_aasociacao_rotas_vinhos.jpg

No dia 19 terá lugar pelas 11h00, a Assembleia Geral da ARVP (reservada a Associados da ARVP) no Centro Municipal de Turismo; às 13h00 terá o almoço na Estação Vitivinícola Amândio Galhano; pelas 15h00 será organizada uma visita à quinta dos vinhos Casa da Senra; às 16h30 terá lugar uma palestra e às 17h30 serão encerrados os trabalhos.

As comemorações coincidem com a realização da iniciativa Arcos à Mesa, dedicada ao prato gastronómico Bacalhau à Lavrador. Assim, os participantes vão ter a oportunidade de poder degustar o prato num dos restaurantes aderentes e de fazerem o “Roteiro do Vez”, o qual engloba uma visita às quintas de Santa Marinha (Ânfora de Sta. Marinha) e Torre de Aguiã (Aguião) e degustação de vinhos e produtos artesanais locais, no sábado de manhã, organizada pela Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez.

De referir que a Câmara Municipal, para além de integrar há já algum tempo a Confraria dos Vinhos Verdes, aderiu à Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, e tem reforçado o apoio ao setor vitivinícola do concelho através do incremento da participação em feiras e eventos vínicos e incentivou à constituição da Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez.

ARCUENSES VÃO ÀS ESTRELAS

Visita guiada às Estrelas na Porta do Mezio

No próximo dia 3 de Junho, a ARDAL – Porta do Mezio, em parceria com a empresa “Borealis on Trekking”, irá organizar uma “Visita Guiada às Estrelas”, no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

cartaz_visita_guiada_estrelas.jpg

A visita guiada às estrelas, proporcionará uma viagem de conhecimento e descoberta para desvendar os mistérios das noites estreladas, conhecer pelo nome as principais estrelas e as constelações noturnas, compreender as fases do ciclo de vida das mesmas e estabelecer contacto com a magia das noites consteladas do norte de Portugal.

Entre outras curiosidades poderemos também apreender noções e métodos de orientação baseados nas estrelas e dicas de leitura de um mapa celeste.

Uma experiência para ser desfrutada por todos, em família, numa perfeita noite de Verão, onde a Lua, Vénus, Júpiter e Saturno estarão na mira do telescópio.

Inclui formação teórica e prática, que lhe permitirá conhecer pelo nome as principais estrelas e constelações noturnas, compreender as fases do ciclo de vida das estrelas, estabelecer contacto com as principais teorias físicas que regem o Cosmos a grandes escalas (Teoria da Relatividade, teorias de grande unificação), apreender noções e métodos de orientação baseados nas estrelas, e muito mais.

Neste evento é disponibilizado:

  • Um programa de astronomia e observação de estrelas e planetas com telescópio;
    • Acompanhamento técnico especializado por formador da área;
  • Mapa celeste individual e dicas de leitura;
  • Seguro de acidentes pessoal;
  • Reportagem fotográfica digital.

Os pontos de encontro são os seguintes:

20h20 - saída do Parque de estacionamento do Instituto Ibérico de Nanotecnologia (antiga Bracalândia), Braga.

21h30 - Porta do Mezio, Mezio (EN 202), Arcos de Valdevez (Coordenadas GPS: 41.883992, -8.313955);

Nota: os participantes devem trazer roupa confortável e adequada ao clima e lanterna

Inscrições através do formulário existente no endereço: http://www.borealis.pt/visita-guiada-estrela/

Para mais informações através do correio eletrónico portadomezio@ardal.pt ou dos telefones 258 510 100 e 258 522 157.

ARCOS DE VALDEVEZ DIVULGA TRILHOS PARA CAMINHADAS

Trilhos em Arcos de Valdevez têm site informativo

Atenta à procura crescente por parte dos amantes dos desportos de natureza no que toca à realização de trilhos e caminhadas nos vários espaços do concelho criados para o efeito, a Câmara Municipal desenvolveu um novo site totalmente dedicado a estas atividades.

trilhos_site_4.jpg

Arcos de Valdevez possui uma grande diversidade de paisagens e locais de extrema beleza e mais de 300 quilómetros de trilhos, quer pedestres, quer em bicicleta.

A partir de agora, basta clicar no link http://trilhos.arcosdevaldevez.pt/ para que os utilizadores fiquem a par de todos os trilhos existentes no concelho, bem como ver onde se pode fazer canoagem, passeios de carro, escalada, informação sobre o Centro de Marcha e corrida, entre outros.

Trata-se de uma ferramenta extremamente útil nos dias que correm e uma forma simples de pesquisar e filtrar toda a informação. No site é ainda possível descarregar a informação diretamente para os GPS ou telemóveis.

Foi a apensar no desenvolvimento turístico do concelho e no bem informar que este site foi criado, tratando-se de mais um grande impulso a este nível em Arcos de Valdevez, e que reforça a sua posição em termos de destino emergente em Portugal ao nível do turismo de natureza.

CRAV VAI À ESCOLA

O CRAV efetuou mais uma sessão de dinamização do rugby no passado dia 8 de maio. No Estádio Municipal da “Vila do Rugby”, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Arcos de Valdevez, reuniram-se cerca de 80 crianças dos 8 aos 9 anos que durante toda a manhã “brincaram” ao rugby.

rugby na escola (2).jpg

Enquadrados por quatro técnicos do clube, os catraios divertiram-se de tal forma com aquela bola esquisita que nem deram conta da passagem das horas.

Ficou a promessa de continuarmos com estas manifestações de rugby e a vontade de ter muitas crianças a praticarem este desporto nas escolinhas do CRAV.

rugby na escola (3).jpg

rugby na escola (4).jpg

rugby na escola (5).jpg

rugby na escola.jpg

CRAV APOVA RELATÓRIO E CONTAS E PLANO DE ACTIVIDADES

Assembleia Geral do CRAV

“Aprovados Relatório de Contas 2016 e Plano de Atividades 2017”

Na passada sexta-feira, dia 12 de maio, realizou-se uma Assembleia Geral do CRAV no Auditório do Posto de Turismo de Arcos de Valdevez. Esta reunião teve como objetivo a apresentação do Relatório de Contas do Exercício de 2016 e o Plano de Atividades para o ano de 2017.

Ambos os documentos foram aprovados por unanimidade.

Maio_0012.jpg

Maio_0017.jpg

Maio_0025.jpg

ANDRÉ ESTEVES: O RUGBY DEVIA SER MAIS PASSADO NAS TELEVISÕES PORTUGUESAS

Entrevista a André Esteves, talonador dos sub- 18 do CRAV, nascido em Arcos de Valdevez no ano 2000. Estudante de excelência, espera concorrer à Universidade no próximo ano, mas sempre com o rugby no horizonte.

Andre_Esteves.jpg

Começaste a jogar com que idade?

Comecei com 6 anos no CRAV. O meu pai jogava a formação e eu jogo a talonador ou pilar. Quando jogo a pilar, gosto mais de pilar direito. Eu tinha alguma curiosidade em conhecer o desporto e depois os amigos do meu pai também queriam que eu fosse, achavam que eu tinha a estatura necessária. Fui uma vez e fui ficando…

Actualmente jogas nos sub-18?

Sim, ficamos em segundo lugar do Grupo B. Primeiro, tivemos uma fase de apuramento e conseguimos ficar nos dois primeiros lugares e assim ficamos apurados para ir a nível nacional. Competimos e ficamos atrás do Évora.

E agora, ainda há mais jogos ou só em Outubro?

Para já, ainda temos um jogo em atraso e também temos direito a ir ao playoff de acesso ao grupo A, em Setembro.

Quem treina os sub-18 e quais são os vossos objectivos?

O “Coças” e o Renzo. Este ano, queríamos garantir um lugar no playoff e conseguimos.

E chamadas à Selecção?

Já fui várias vezes à Selecção do Norte dos sub-16. Comecei a ser chamado pelos 14/ 15 anos.

Andre_Esteves (3).jpg

Vais concorrer à Universidade? E como vai ser nessa altura, para jogar?

Vou concorrer para o ano. Queria Engenharia e Gestão Industrial; estou a pensar na UM ou Técnico. A minha média no 11ª é 17. Acho que é possível conciliar.

Estudos, pais e desporto, com dois treinos semanais, é complicado?

Eles gostam que eu faça desporto; tudo é importante, estudos e desporto. Acho que há preconceito em relação ao rugby, têm muitas vezes uma ideia errada, mas os meus pais sempre me apoiaram.

Há juventude que chegue, a jogar rugby?

Acho que fazia falta mais gente; eu acho que se devia incutir nas pessoas um espírito diferente porque a maior parte das pessoas pensa que é muito violento, associa a lesões e problemas, mas isso é desconhecimento. O rugby devia ser mais passado nas televisões portuguesas, há pouco rugby para o público em geral. Por exemplo, o CRAV já tem feito isto, que é fazer palestras nas escolas mas ainda faltava mais. Podemos sempre fazer mais! Por exemplo, rugby de toque, touch rugby, poder-se-ia implementar nas escolas.

Como vês o estado actual das selecções nacionais de rugby?

Estão a apostar mais nas camadas jovens, como se vê com os resultados do sub-20, que foram campeões da europa e os sub-18 não estiveram mal, ganharam aos Estados Unidos e perderam com a França e o Japão.

O rugby é um desporto especial?

Eu acho que sim, é muito diferente de todos os outros desportos. Vê-se que há muito companheirismo, tudo no rugby é fantástico! Há união.

Como vês a incursão dos mais novos na equipa sénior?

Acho que há um bom entrosamento. O “Tenente, por exemplo, treinou quase desde o início do ano com os séniores, vais a todos os treinos, é um jogador exemplar e merece ser chamado. O primeiro jogo dele foi com o Vila da Moita, jogou frente ao Caldas e São Miguel.

Salvado, Júlia, Antónia, Lago. São alguns exemplos de jogadores do CRAV que com a universidade foram para outros clubes, como o CDUL, Sporting, AAC, como vês isso?

Acho que se tenta conciliar mas se foram para outras cidades é porque não havia outra hipótese e o importante é continuar a praticar a modalidade.

Porquê talonador? Que é preciso para se ser um bom talonador e quais as tuas referências?

Sempre joguei na primeira linha, gosto da posição. Gosto muito do Dylan Hartley. Ele é um bom líder, treina imenso, horas e horas a lançar bolas! É preciso treinar muito a resistência e ele é excelente.

A primeira linha é basicamente uma barreira de protecção do pack. Se a primeira linha cai, os restantes colegas vão atrás ou sentem muitas dificuldades. Também gosto do jogo aberto e  dos offloads do Dane Coles, mas no fundo é um jogador típico do hemisfério sul; é um placador nato, “entra” como poucos; tem uma boa técnica aliada a uma força bruta. A nível nacional, gosto do Nuno Mascarenhas.

Andre_Esteves (2).jpg

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: CRAV ESTÁ NA MEIA-FINAL

No dia 13 de maio, a sorte também sorriu ao CRAV que venceu o Santarém por 22-3 e garantiu o acesso à meia-final do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.

playoff crav vs santarem (2).jpg

Ambas as equipas tinham as expectativas em alta para este encontro, pois se por um lado o CRAV veio a crescer de forma ao longo da competição, por outro o Santarém saiu vitorioso nos dois embates contra a equipa arcuense na fase de apuramento.

Mas, no sábado passado, no Estádio de Municipal de Rugby de Arcos de Valdevez, a equipa da casa confirmou mais uma vez o seu valor ao vencer os escalabitanos, num jogo em que o domínio do CRAV não deixou margem para dúvidas de superioridade da equipa.

Os atletas do CRAV entraram muito bem no jogo e chegaram ao ensaio logo nos minutos iniciais. A partir daqui o CRAV esteve sempre à frente do marcador e os visitantes só conseguiram pontuar ao beneficiar de uma penalidade.

No dia 20 de maio, o CRAV ruma a Évora para disputar a meia-final do campeonato, num jogo que se adivinha difícil, mas em que se espera muita garra e entrega dos jogadores da equipa arcuense. É de referir que o vencedor deste próximo jogo pode festejar não só o acesso à final, mas também a subida à Divisão de Honra.

playoff crav vs santarem (3).jpg

playoff crav vs santarem (4).jpg

playoff crav vs santarem.jpg

SUB-14 DO CRAV NA PRIMEIRA JORNADA DO CIRCUITO NACIONAL DE SEVENS

A equipa sub-14 do CRAV esteve presente na primeira jornada do Circuito Nacional de Sevens do escalão, que ocorreu a 14 de maio na freguesia da Moita, concelho da Anadia.

sub-14 sevens (2).jpg

Estiveram presentes cerca de 400 atletas, que ocuparam dois campos durante cerca de cinco horas, com os principais clubes nacionais em atividade.

Os jovens do CRAV realizaram cinco jogos, nomeadamente contra o Belenenses, St Julians, Académica de Coimbra e São Miguel, que valeram sobretudo pelo contacto​ com equipas que têm outra realidade competitiva.

Foi também durante este evento que o CRAV recebeu o troféu de segundo classificado no Torneio Innter-Regional Norte-Centro de Inverno. Com efeito, numa competição realizada a quatro jornadas, entre os clubes do norte e do centro, o CRAV ia logrando a vitória final, que coube ao RC Lousã.

sub-14 sevens (3).jpg

sub-14 sevens.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ ATRAI NOVAS EMPRESAS

Parques Empresariais acolhem Pequenas e Médias Empresas

A Câmara Municipal tem realizado esforços para atrair cada vez mais empresas para os parques empresariais, promovendo atualmente, um conjunto de incentivos ao investimento no concelho, que se tem revelado abonatórios.

pme_mogueiras.jpg

A autarquia encontra-se a alargar e a modernizar os parques empresariais. Neles estão sedeadas empresas, de alta tecnologia e setores de ponta, líderes internacionais nos seus sectores de atividade, estando a ser realizados investimentos pelas empresas nos 3 parques empresariais no valor de vários milhões de euros.

Para além das grandes multinacionais, já começam a ser bastante procurados por parte de pequenas e médias empresas nacionais, nomeadamente, arcuenses. Ainda recentemente o Município aprovou a instalação a seis empresas ligadas à carpintaria, serralharia ou oficinas que querem ampliar ou expandir a sua atividade, as quais veem nos Parques Empresariais excelentes condições para avançarem com os seus projetos de desenvolvimento.

Em Arcos de Valdevez os investidores podem usufruir de isenção de derrama, da redução de IMI e IMT, nomeadamente na instalação de investimentos empresariais, no turismo e na reabilitação de edifícios; da redução de 50% nas licenças de atividades económicas; entre outras.

Com esta dinâmica empresarial a Câmara Municipal pretende criar emprego, gerar rendimento e fixar pessoas.

ARCOS DE VALDEVEZ COMBATE INCÊNDIOS FLORESTAIS

Presidente da Câmara na apresentação do DECIF 2017

O Presidente da Câmara, João Esteves, marcou presença na apresentação pública do PLANOP (Plano Operacional Distrital), no âmbito do DECIF 2017 (Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais). Foram referenciadas várias medidas a implementar no combate aos incêndios, nomeadamente o reforço de equipas de bombeiros no distrito de Viana do Castelo, e mais especificamente em Arcos de Valdevez.

apresentacao_DEcif (1).jpg

Esta sessão contou ainda com a presença do Secretário de Estado da Administração Interna, do Presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil, do Comandante Operacional Nacional, CODIS e segundo CODIS do Distrito de Viana do Castelo, do Presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil, Presidentes de Câmaras do distrito, elementos da GNR, dos Gips, da PSP, do Exército, da Marinha, do ICNF, dos GTF's, de Associações de Bombeiros, da Federação Distrital de Bombeiros, bem como Comandantes dos Bombeiros.

Com este plano pretende-se implementar uma estratégia integrada de combate aos fogos florestais no distrito.

A partir do dia 1 de julho, no início da chamada "fase Charlie", que termina a 30 de setembro, existirão no distrito 59 equipas de combate, 18 equipas logísticas, 77 recursos técnicos terrestres e 331 recursos humanos.

Serão 25 as equipas de vigilância, 15 as de vigilância e ataque inicial e sete os postos de vigia, somando-se seis máquinas de rasto, três técnicos especializados em fogo de supressão e quatro especializados em fogo controlado.

Quanto a meios aéreos, o distrito do Porto terá um meio aéreo de ataque inicial entre 1 de junho e 15 de outubro no centro de meios aéreos de Baltar.

De referir que a Câmara Municipal tem realizado investimentos nesta matéria, nomeadamente através da criação da Rede Primária, do apetrechamento do Gabinete Técnico Florestal e do Serviço de Proteção Civil Municipal, bem como da celebração de protocolos com Comissões de Compartes. Estes investimentos ascendem a 1 milhão de euros.

apresentacao_DEcif (2).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ IMPLEMENTA EDUCAÇÃO PARA A PAZ

Câmara Municipal celebrou com o Governo protocolo para implementação do Referencial de Educação para a Segurança e a Paz

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez assinou, recentemente, com os Ministérios da Educação e da Defesa Nacional, um protocolo para a implementação do Referencial de Educação para a Segurança e a Paz, cujo objetivo é o de implementar nas escolas conteúdos relacionados com a Defesa Nacional e a Segurança.

O programa pretende desenvolver competências para a prevenção de conflitos e promover a igualdade de direitos, bem como formar professores para desenvolverem as noções de segurança, de defesa e da paz.

A cerimónia contou ainda com a presença da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade.

Fotos: Jornal Alto Minho

protocolo referencial de educação para a segurança e paz.jpg

ARCUENSES CAMINHAM PELO TRILHO DO NARCISO TROMBETA

Sabia que em Padroso existe uma das maiores populações de narciso trombeta? E que, esta planta encontra-se protegida por legislação comunitária e nacional, devido à sua escassez?

trilho_narciso_trombeta.jpg

No próximo dia 14 de Maio, venha com a Ardal-Porta do Mezio, percorrer os campos, os prados e os bosques autóctones à descoberta desta singular planta.

Venha conhecer e deslumbrar-se também com os vales verdejantes, os regadios, os encantos da aldeia, os arrebatadores miradouros e a frescura das ribeiras.

Entusiasme-se e venha viver e desfrutar de uma experiência única e saborear um delicioso almoço no final da caminhada.

Mais um trilho encantador que não vai querer perder!

Características do Trilho:

Data da realização: 14 de Maio de 2017
Local de encontro: 8h30 - Nature4 (Coordenadas GPS - 41°50`43.94``N; 8°25`02.76``O)
Hora de saída: 9h00 – Nature 4
Localização do Trilho: Padroso
Distância aproximada: 8 km
Âmbito do percurso: Paisagístico e Natural
Duração: 3h30
Dificuldade: Fácil
Almoço (servido pela Associação Amigos da Terra de Padroso)

(inscrições até às 17h00 do dia 11 de Maio)
Ementa: entradas variadas, carne assada em forno de lenha acompanhada com arroz e batata assada, sobremesa, bebidas e café.
Preço: Adultos – 12€; Crianças (até aos 12 anos) – 6€
Inscrições: www.portadomezio.pt / 258510100 / portadomezio@ardal.pt
Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado adequado, reforço alimentar e água.

ARCUENSES COMBATEM VESPAS DAS GALHAS DO CASTANHEIRO

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez continua a apoiar produtores na luta biológica contra a vespa das galhas do castanheiro

De forma a ajudar os agricultores a combater a vespa das galhas do castanheiro, a DRAPN e a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, com o apoio da Câmara Municipal, voltaram a proceder ao tratamento biológico das culturas, através de 8 largadas do inseto Torymus sinensis em várias localidades do concelho.

combate_vespa_castanheiro (1).jpg

A Vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus Yasumatsu) é um inseto minúsculo, originário da China, que ataca as plantas do género Castanea, causando a formação de galhas nos gomos e nas folhas. Provoca a diminuição do crescimento dos ramos e impede a frutificação, podendo conduzir ao declínio e morte dos castanheiros, constituindo assim uma séria ameaça à sustentabilidade de soutos, pomares e castinçais. Este ano, até ao momento, já foram investidos por parte da Câmara Municipal mais de 2000,00€ no combate a esta praga.

De referir que as quebras de produção podem atingir os 60%-80% nas regiões atingidas caso não se intervenha eficazmente.

combate_vespa_castanheiro (3).jpg

combate_vespa_castanheiro (4).jpg

MUNICÍPIO ARCUENSE APOIA FREGUESIAS

Mais 243 mil euros para apoiar freguesias do concelho

A Câmara Municipal celebrou esta quarta-feira protocolos com 9 Juntas de Freguesia do concelho, no valor global de 243 mil euros, para as apoiar na execução de várias obras nas suas localidades.

IMG_8175.JPG

Estes protocolos, celebrados com as Juntas de Freguesia de Ázere, a União de Freguesias de Guilhadeses e Santar, União de Freguesias de Padreiro (Salvador) e Padreiro (S. Cristina), Cendufe, Prozelo, União de Freguesias de Souto e Tabaçô, Oliveira, União de Freguesias de Álvora e Loureda, e União de Freguesias de Grade e Carralcova, juntam-se a outros já celebrados entre o Municipio e outras Juntas de Freguesia, no montante de mais de 1 milhão de euros. Verbas destinadas a financiar obras nas localidades, onde se destacam as benfei­torias nos caminhos, arranjos urbanísti­cos, requalificação de sedes da Junta de Freguesia, entre outras intervenções, bem referente ao contrato que delega competências para a limpeza de Caminhos Municipais entre o Município e 30 Juntas de Freguesias do concelho.

Através destes apoios o Municipio pretende contribuir para o conforto e bem-estar das populações e consequentemente melhorar a qualidade de vida no concelho.

IMG_8176.JPG

IMG_8178.JPG

NOVA FÁBRICA EM CONSTRUÇÃO EM ARCOS DE VALDEVEZ

Nova fábrica da Coindu Couture, de artigos de viagem e pessoal, irá criar mais 200 postos de trabalho em 3 anos.

O Municipio arcuense tem apostado fortemente na captação investimento para o concelho, pois um dos grandes objetivos da Câmara Municipal é conseguir um concelho mais criativo e próspero, que gera emprego, cria rendimento e fixa população.

visita_lote_coindu_couture.jpg

Neste sentido está a alargar e a modernizar os parques empresariais que albergam empresas de alta tecnologia e setores de ponta. Há empresas líderes internacionais nos seus sectores de atividade, estando a ser realizados investimentos pelas empresas nos 3 parques empresariais no valor de vários milhões de euros.

Atualmente tem novas empresas a sedearem-se no Parque Empresarial das Mogueiras, entre as quais uma nova unidade do grupo Coindu, dedicada a artigos de viagem, uso pessoal, marroquinaria, correeiro e seleiro, prevendo criar duas centenas de postos de trabalho nos próximos três anos, num investimento que ascende a 1,1 milhão de euros.   

De referir que a autarquia reforçou um conjunto de incentivos à economia, dos quais se destacam: isenção de derrama, a redução de IMI e IMT, nomeadamente na instalação de investimentos empresariais, no turismo e na reabilitação de edifícios; a redução de 50% nas licenças de atividades económicas; entre outras.

Este reforço do investimento por parte da Coindu Couture em Arcos de Valdevez deixou a Câmara Municipal satisfeita, uma vez que consolida a sua presença no concelho, criará mais duas centenas de empregos, dinamizará economicamente o Municipio, e, ao mesmo tempo, promoverá o desenvolvimento.

O Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, esteve recentemente com elementos da empresa, no Parque Empresarial das Mogueiras, para abordar questões relacionadas com o arranque da obra, demonstrando a total disponibilidade e apoio por parte da Câmara Municipal no desenrolar do processo, que tal como outros, tem contribuído para a criação de emprego e fixação de população, bem como para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

visita_lote_coindu_couture2.jpg

PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS TEM MAIOR COBERTURA DE REDE MÓVEL

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez celebrou recentemente com o Governo o protocolo referente ao Projeto de Melhoria da Cobertura de Telecomunicações no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Projeto de Interesse Público para a Melhoria da Cobertura de Telecomunicações (32) - Cópia.jpg

Esta medida há muito que era reivindicada pelos municípios do Parque Nacional Peneda Gerês, no sentido de melhorar a rede de comunicação que em muitos locais é inexistente.

Através de um investimento do Fundo Ambiental, serão investidos no período de dois anos, 600 mil euros em infraestruturas para acabar com a falta de rede para comunicações móveis, que afeta a área do PNPG.

Permitir a comunicação entre forças de segurança, especialmente na época crítica de incêndios, e melhorar as condições para a visitação nos trilhos do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) são os grandes objetivos do projeto apresentado.

De referir que a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez promoveu diversas diligências junto do Governo, da ANACOM e das operadoras das redes móveis para que houvesse uma melhoria significativa nesta área do PNPG e na restante área do concelho no que às redes de comunicações móveis e de dados digitais diz respeito.

Para o Presidente da Câmara Municipal este foi um grande passo já que se tratam de questões muito importantes para a população e toda a dinâmica que envolve o desenvolvimento do PNPG.

ARCOS DE VALDEVEZ É DESTINO DE NATUREZA E CULTURA

Trivago diz que Arcos de Valdevez é o terceiro destino emergente de Natureza e Cultura em Portugal

A Trivago, plataforma global de pesquisa de hotéis, publicou na revista online Room5, um artigo sobre os Destinos de Natureza e Cultura Emergentes em Portugal. Com base nos quatro milhões de pesquisas diárias realizadas no serviço de comparação de preços da Trivago, este estudo analisou o crescimento do número de pesquisas (em termos percentuais) dos vários destinos portugueses nos últimos dois anos (de janeiro de 2015 a janeiro de 2017).

Santuário de Nossa Senhora da Peneda.01 - Cópia.JPG

O site destaca a localização privilegiada do concelho, no complexo montanhoso do Parque Nacional da Peneda-Gerês, bem como a excelente oportunidade que será para os visitantes passearem nas margens do Vez e desfrutarem da beleza da arquitetura da vila. “Castelos, igrejas e pontes são apenas alguns monumentos que tem que incluir na sua list”, pode ler-se.

Santuário da Nossa Senhora da Peneda também tem especial destaque, sendo descrito como “ um cenário arrebatador onde a natureza e a arquitetura se fundem – é paragem obrigatória”.

Foi com satisfação que a Câmara Municipal constatou que Arcos de Valdevez está em terceiro lugar!

Este resultado dá mais um impulso ao trabalho de promoção e divulgação dos recursos turísticos do concelho, nomeadamente do património natural, histórico e construído, bem como da gastronomia e vinhos, que os agentes do turismo têm realizado em Arcos de Valdevez.

ARCOS DE VALDEVEZ RENOVA PAVIMENTOS BETUMINOSOS

500 mil euros para Renovação de pavimentos betuminosos em Arcos de Valdevez

A Câmara Municipal continua a dar grande atenção à mobilidade em segurança e conforto, estando a realizar várias obras de renovação e conservação das vias municipais.

consignacao_renovacao_betuminosos.jpg

Ainda recentemente consignou a obra de Renovação de pavimentos betuminosos em Caminhos Municipais de várias freguesias do concelho, a qual abrange as localidades de Álvora, Padroso, S. Cosme e S. Damião, Vilela e Sá, Couto, Gondoriz, Aguiã, Guilhadeses e Santar, Rio Frio, Cendufe, Jolda Madalena e Rio Cabrão, Padreiro (Salvador e Santa Cristina), Paçô, Oliveira, Grade e Carralcova.

 A intervenção será feita em 14 Caminhos Municipais, numa área total de pavimento de 55 m2 e uma extensão de cerca de 11,5 km.

Será feito o reforço em betão betuminoso, a aplicar na generalidade dos troços, a reconstrução de pavimento em semipenetração; revestimento superficial simples e a colocação de sinalética vertical e horizontal.

A obra foi adjudicada por 489.027,08€ (s/IVA), à empresa Predilethes–Construções, Lda. e conta com um prazo de execução de 90 dias.

Com estas intervenções na rede viária municipal, que na totalidade ascendem a mais de 3 milhões de euros, a Autarquia pretende melhorar o conforto e o bem-estar dos arcuenses.

consignacao_renovacao_betuminosos2.jpg

consignacao_renovacao_betuminosos3.jpg

consignacao_renovacao_betuminosos4.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

Camara_municipal (2) - Cópiaarc (1).JPG

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 8 DE MAIO DE 2017

            PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

  • No período antes da Ordem do Dia o Sr. Presidente informou que na passada sexta-feira foi assinado com o Governo o protocolo referente ao Projeto de Interesse Público para a Melhoria da Cobertura de Telecomunicações no Parque Nacional da Peneda-Gerês.
  • De igual modo informou que os 10 municípios do distrito de Viana do Castelo assinaram com os ministérios da Educação e da Defesa Nacional, protocolos para implementação do Referencial de Educação para a Segurança e a Paz. Os acordos têm como finalidade implementar nas escolas conteúdos relacionados com a Defesa Nacional e a Segurança.
  • O Sr. Presidente também se congratulou pelo sucesso com que decorreu a Expovez, a qual contou com a presença de 150 expositores e milhares de visitantes durante os três dias em que decorreu.
  • Também informou que na próxima sexta-feira, dia 19 de maio, terá lugar pelas 10h00, no CMIT, a Assembleia Geral da Associação Rotas do Vinho de Portugal.
  • Por último foi aprovado um voto de louvor pela internacionalização do jovem futebolista arcuense Tomás Lago Pontes Esteves.

EDUCAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO 2016/2017 – PROPOSTA DE ATRIBUIÇÃO: foi aprovada a atribuição de 21 bolsas de estudo, no valor global de 15.000,00€ (quinze mil euros).

Estudo de enquadramento na Aldeia de Sistelo: foi aprovado adjudicar o estudo à firma concorrente Gabinete Técnico das Aldeias, Arquitetura e Serviços, Unipessoal, Lda., pelo valor de 10.000,00 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

RECRIAÇÃO HISTÓRICA DO RECONTRO DE VALDEVEZ E MERCADO MEDIEVAL - 2017: foi deliberado adjudicar a recriação à firma Companhia de Teatro Viv’Arte – Laboratório de Recriação Histórica, Associação Privada, Lda., pelo valor de 37.750,00 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS PARA O CENTRO INTERPRETATIVO DO BARROCO/IGEJA DO ESPIRITO SANTO – CONTEUDOS, EQUIPAMENTOS TECNOLÓGICOS E INTERPRETATIVOS”: foi deliberado adjudicar o serviço à empresa Edigma, S.A., pelo valor de € 159.115,00, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

BENEFICIAÇÃO DE FACHADAS DAS LOJAS DO R/C DO MERCADO MUNICIPAL: foi homologado o auto de consignação da empreitada referida em epígrafe, adjudicada à empresa EXOTIKVALOR – Engenharia e Ambiente, Lda., pelo valor de 11.999,00 euros, com prazo de execução de 15 dias.

Ampliação da Rede de Abastecimento de Água: União de Freguesias de Eiras e Mei (Pinheiro, Eirado, Andeviso e Barco), Freguesia de Rio de Moínhos (Cem, Nogueiras, Vinha Nova e Breia): foi aprovado o cálculo provisório da revisão de preços da obra referida em epígrafe, no valor de - 1.185,83 euros (menos mil, cento e oitenta e cinco euros e oitenta e três cêntimos), valor este, a ser restituído ao Município.

MERCADO MUNICIPAL: foi deliberado abrir procedimento para se proceder ao arranjo da fachada do edifício do Mercado Municipal, pelo valor base de cerca de 70 mil euros.

PROTOCOLOS

  • Foi aprovado apoiar a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Miguel de Loureda, em 12.000,00€ para fazer face às despesas com as obras de "Arranjo Urbanístico da Zona Envolvente à Igreja Paroquial de Loureda", cujo orçamento ascende a 40.400,00 euros.
  • Idem a Fábrica da Igreja Paroquial do Divino Salvador da Gavieira, em 000,00€ para apoiar a realização das obras de "Recuperação da Capela de São Bento do Cando e arranjo do espaço envolvente", cujo orçamento ascende a 197.393,53 euros.
  • Idem, a Fábrica da Igreja Paroquial de Arcos de Valdevez (Salvador), em 9 000,00€ para apoiar a execução de obras na Capela de Nossa Senhora do Castelo, no recinto exterior, cujo orçamento ascende a 27.335,25 euros.
  • Foi aprovado apoiar a Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Eulália de Gondoriz,em 4000,00€ para a construção de estruturas de apoio na Capela de S. Lourenço, Lombadinha.
  • Foi aprovado apoiar em 21.500,00€ a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Martinho de Soajo na execução de diversas obras.
  • Foi aprovado apoiar em 12 500,00€ a Fábrica da Igreja de Ermelo, na execução de obras de iluminação.

APOIOS

  • Foi aprovado apoiar em 10,000€ o Conselho Diretivo dos Baldios de Cabana Maior para ajudar a fazer face às obras de recuperação do Parque de Campismo da Travanca que ascenderam a 17.500,00 euros.
  • Foi aprovado apoiar a Assembleia de Compartes dos Baldios da Freguesia da Gavieira, em 65,000€, para ajudar a concluir as obras de Beneficiação do Caminho de Acesso à Branda de Bosgalinhas no valor de cerca de 140.000,00 euros.
  • foi deliberado apoiar em 1250,00€ a Associação Cultural e Desportiva da Miranda para assegurar o transporte necessário para a sua deslocação a Cenon, no âmbito da realização do Marché Portugais d'Art, d'Artisanat et de Gastronomie à Cenon 2017.

FEIRA QUINZENAL - PEDIDOS DE PAGAMENTO DE LOTES EM PRESTAÇÕES: foram aprovados vários pedidos de pagamento em prestações

EXPOVEZ MOSTRA DINAMISMO EMPRESARIAL DA REGIÃO

Expovez 2017: Parceria de sucesso resultou em certame brilhante

A 18ª edição da Expovez decorreu no passado fim-de-semana, dias 5,6 e 7 de maio, tendo sido milhares as pessoas que afluíram ao recinto do Centro de Exposições para conhecerem o dinamismo empresarial de cerca de 150 expositores, nomeadamente a indústria, o artesanato, a oferta turística e a gastronomia, e ainda desfrutar de uma animação variada.

Organizada em parceria pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, a ACIAB – Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a In.Cubo e a ARDAL - Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima, contou na sua inauguração com a presença do secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Ferreira, e no encerramento com a presença do  Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes.

Na sessão inaugural o presidente da Câmara Municipal, João Esteves, solicitou ao Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, apoios para a fixação e desenvolvimento do comércio de proximidade, quer em espaço urbano, quer nos espaços rurais, já que, se nas áreas urbanas ele pode ser um importante fator de dinamização e reabilitação urbana, nas aldeias o comércio local é uma mais-valia para o turismo e facilita a venda do artesanato e dos produtos locais, contribuindo para a fixação da população e a dinâmica das localidades. O autarca lançou ainda o desafio para a criação de incubadoras comerciais para apoiarem o empreendedorismo comercial e, consequentemente, ajudarem os jovens a darem os primeiros passos na criação de comércios inovadores, ao nível do apoio no pagamento de rendas, modernização dos negócios e da aposta na qualificação e adoção das novas tecnologias.

A edição da Expovez 2017 foi um verdadeiro sucesso e, para além de ter contribuído para a promoção dos produtos e das empresas da região, também contribuiu para dinamizar o comércio e o turismo.

ARCOS DE VALDEVEZ ALARGA ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA

Alargamento da Área de Reabilitação Urbana (ARU) da sede do concelho de Arcos de Valdevez

Passados dois anos da aprovação da Área de Reabilitação Urbana (ARU) da Sede do Concelho, para agilizar e dinamizar a reabilitação urbana, a Câmara Municipal considerando as dinâmicas, públicas e privadas verificadas, as alterações que aprovou ao Plano de Urbanização e ao Plano de Pormenor de S. Paio, bem como o protocolo assinado com o IRHU, procedeu ao alargamento da ARU original, integrando áreas urbanas periféricas a esta.

Arcos_Valdevez2 (3).jpg

Com esta aprovação da 1ª alteração, ficam agora integradas a Zona de Valverde e Pedrosas, Zona de Novelhos, Zona de Faquelo, Zona de Igreja Velha, Zona de Sobreiro, Zona da Lamela, Zona de Santa Bárbara e a Zona da Quinta da Capela.

Está subjacente a esta estratégia a implementação de um conjunto de incentivos dos quais se destacam, a isenção ou redução do IRS, IMI, IMT;; a redução em 50% das taxas municipais relativas a processos de reabilitação de edifícios e ainda nas empreitadas de reabilitação urbana a passagem do IVA da taxa normal (23%) para a taxa reduzida (6%).

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez pretende consolidar a estratégia urbana de dinamização urbana, tendo aprovado o PARU – Plano de Ação para a Reabilitação Urbana, o qual visa a concretização dos seguintes objetivos estratégicos: dinamizar a reabilitação do tecido urbano degradado, nomeadamente o edificado; promover a revitalização e atratividade económica; fomentar o turismo, a cultura e o lazer; qualificar o espaço público e reforçar a unidade, a identidade e a imagem urbana; e aumentar a sua atratividade Regional.

No âmbito desta estratégia de dinamização urbana, a Câmara Municipal apresentou o PARU, que prevê um conjunto de investimentos, tendo a Câmara Municipal obtido financiamento para a 1ª fase no valor de 2 milhões de euros.

É numa ótica de cooperação para a reabilitação que a CMAV, através da criação de um quadro fiscal favorável, conjugado com outros tipos de apoio ao investimento, pretende mobilizar os arcuenses a intervir na qualificação, revalorização do espaço público e na reabilitação urbana.

vista_aerea_vila.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA FÓRUM DO ASSOCIATIVISMO

Encontro contou com a presença de 45 associações e 120 participantes

O Fórum do Associativismo voltou a realizar-se este sábado,dia 29 de abril, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez.

Este é um espaço de encontro e de promoção do associativismo de Arcos de Valdevez com a particularidade de mostrar o grande dinamismo que o associativismo arcuense possui e também um espaço de debate, onde a Câmara Municipal e as Associações abordam assuntos de interesse para sua atividade anual.

A sessão deste ano contou com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves e de Vitor Dias, Diretor Regional do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) na sessão de abertura, os quais destacaram a importância do associativismo junto dos Jovens por contribuir para a sua boa formação psicológica e física, bem como ao nível da criação de laços de amizade entre eles.

Seguidamente decorreu a palestra “Financiamento Associativo”, pela Dr.ª. Maria da Luz Ribeiro do Instituto Português do Desporto e Juventude de Viana do Castelo, através da qual as associaçoes presentes tiveram a oprtunidade de ficar melhor informadas relativamente aos tipos de financiamento a que poderão candidatar-se.

Foi também apresentada uma mostra das atividades realizadas no ano transato, bem como o novo website Trilhos Arcos de Valdevez, onde se encontra disponível toda a informação sobre os Trilhos existentes no concelho, para percorrer a pé ou de bicicleta, ou mesmo roteiros para realizar percursos de carro (http://trilhos.arcosdevaldevez.pt/).

Do programa constou também a assinatura do protocolo referente à “Reorganização do Futebol de Formação do Concelho”, pelo Atlético dos Arcos, Associação Desportiva e Cultural de Aboim/Sabadim, Associação Recreativa e Cultural de Guilhadeses, Associação Recreativa e Cultural de Paçô e Centro Recreativo e Cultural de Távora, para concretizar a reorganização de toda a orgânica dos respetivos clubes, mais concretamente na formação de futebol 11.

Foi também inaugurado o “Centro de Marcha e Corrida” de Arcos de Valdevez, o qual é detentor de 5 estrelas por possuir WC, balneários, bebedouros, zona de repouso e centro de apoio técnico. Esta é uma parceria entre a autarquia, a Federação Portuguesa de Atletismo e o Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez, onde a Câmara Municipal se propõe a disponibilizar à população um técnico e um espaço para poderem fazer atividades físicas a determinadas horas da semana com todo o apoio. Qualquer cidadão pode usufruir destes momentos de uma forma completamente gratuita.

O Presidente da Câmara Para João Manuel Esteves destacou o trabalho realizado pelas Associações e toda a atividade desenvolvida por elas, pois através delas, e conjuntamente com a Câmara Municipal, é possível fazer com sucesso a dinamização social, cultural e desportiva no concelho. O autarca destacou ainda que o Municipio, para além do apoio para a melhoria das instalações e aquisição de equipamento, apoia as atividades das associações em mais de 230 mil euros por ano.

ARCOS DE VALDEVEZ VAI CRIAR CENTRO MUNICIPAL DE MARCHA E CORRIDA

O Município de Arcos de Valdevez está empenhado, a nível da prática da atividade física em geral e da marcha e corrida em particular, em dar resposta às aspirações, necessidades e motivações da população do seu concelho, colaborando com outras entidades, complementando de forma adequada as suas ações e atividades, por forma a rentabilizar os seus meios e recursos.

centro de marcha e corrida.jpg

Foi neste sentido que celebrou recentemente um protocolo com a Federação Portuguesa de Atletismo e o centro de Atletismo de Arcos de Valdevez, com o objetivo de criar o Centro Municipal de Marcha e Corrida.

O Programa Nacional de Marcha e Corrida é uma iniciativa conjunta do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. e da Federação Portuguesa de Atletismo, que visa a promoção da prática da marcha e da corrida com uma forte preocupação na implementação de estilos de vida mais saudáveis.

Neste âmbito, o Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez, o qual é detentor de 5 estrelas por possuir WC, balneários, bebedouros, zona de repouso e centro de apoio técnico, tem como objetivo complementar o circuito bio saudável e prestar apoio a quem caminha ou pratica marcha, desde os que agora a iniciam, aos que regularmente a praticam, mas de forma não orientada e que pretendem ser aconselhados de modo a tirar mais proveito do seu treino.

O Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez disponibiliza aos seus praticantes um enquadramento técnico, constituído por técnicos com experiência desportiva e com uma formação técnica específica que garante uma intervenção qualificada.

Os interessados poderão realizar 3 percursos, nomeadamente, o Percurso Entre Pontes, de dificuldade fácil, o Percurso do Vez, de dificuldade moderado e o Percurso do Centro Histórico, moderado a difícil.

Ao celebrar este protocolo as partes comprometeram-se a promover e incentivar a prática desportiva em geral e da prática da marcha e da corrida de forma regular em particular, junto da população; Combater os hábitos de sedentarismo e contribuir para a melhoria dos níveis de saúde da população através de uma prática desportiva regular muito eficaz na obtenção deste objetivo; envolver e desenvolver mecanismos de cooperação entre diferentes instituições (autarquias, organizações de provas, clubes, associações desportivas, escolas, entre outras) para se constituir um verdadeiro projeto nacional no âmbito da prática da marcha e corrida; disponibilizar um conjunto de serviços de apoio a uma prática consciente, orientada e regular da marcha e da corrida; criar iniciativas locais que aumentem as oportunidades para a prática individual ou em grupo da marcha e da corrida; e desenvolver e reforçar junto da comunidade local um ambiente social e encorajador de um estilo de vida ativo.

O Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez situa-se no Complexo das Piscinas Municipais e funciona segunda e quarta das 19h30 às 20h30; à terça e quinta das 09h30 às 10h30 e ao sábado das 09h30 às 12h00, podendo ser contactado através do telefone 258 520 500 e do e-mail desporto@cmav.pt ou do número de telefone 258 520 525 e do e-mail marchaecorrida@cmav.pt

forum-associativismo2017_9.jpg

O FUTURO SÃO AS CRIANÇAS!

Abril - Mês da Prevenção Maus Tratos na Infância

Ao longo do mês de abril, a Comissão Nacional de Proteção Crianças e Jovens em Risco voltou a lançar campanha “Laço Azul”, a qual promove a prevenção dos maus tratos na infância.

Esta campanha contou com a colaboração do Município e da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Arcos de Valdevez, bem como com o envolvimento da comunidade.

O comércio tradicional decorou as suas montras com o tema “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”. De igual modo foram colocadas mensagens na entrada principal da Câmara Municipal alusivas à campanha e programadas iniciativas para chamar à atenção da sociedade para esta causa, nomeadamente, colocadas faixas azuis nos jogadores de futebol do encontro das equipas ARC Guilhadeses/Cerveira; também foi feita a apresentação do livro "O Modelo de Proteção à Infância: entre a Justiça e a Comunidade", pela Dr.ª Ana Marques dos Santos, um momento que contou também com uma atuação de música ao vivo pelo grupo “SonuxSax”. Nesta ocasião, o presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, deixou palavras de apreço ao trabalho desenvolvido pela CPCJ, referindo a importância que exerce ao nível da proteção e construção de um futuro para as crianças, bem como deixou bem patente que a autarquia apoia e continuará a apoiar sempre a Comissão, no entanto, só terá a sensação de dever cumprido quando esta deixar de ser necessária.

No âmbito das atividades teve também lugar o Torneio Arcos Rugby Celta, organizado pelo Clube de Rugby de Arcos de Valdevez, associando-se o clube a esta campanha. Neste torneio, que contou com a presença de mais de 200 atletas, foram realizadas pinturas faciais azuis para simbolizar o tema.

Por fim, decorreu também a operação Azul, uma operação stop realizada com a colaboração da GNR de Arcos de Valdevez e protagonizada por crianças. Nesta operação, as crianças vestiram o papel de agentes da autoridade e entregaram fitas para os automobilistas colocarem nas antenas dos carros, bem como explicaram o porquê da ação e distribuíram panfletos informativos e o calendário dos afetos.

Esta foi uma iniciativa bastante proveitosa, tanto para as crianças que a protagonizaram, como para a comunidade em si, porque através das próprias crianças foi chamada à atenção para esta causa.

Com estas atividades realizadas ao longo do mês de abril pretendeu-se envolver e consciencializar a comunidade para a importância da prevenção dos maus tratos na infância, do fortalecimento das famílias e das próprias crianças no sentido de uma parentalidade positiva e do fundamental envolvimento comunitário.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE MARCA PRESENÇA NO ARRANQUE DA SEMANA DA CIÊNCIA

O Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, marcou presença no arranque da atividade Dias com Ciência e Tecnologia, levada a cabo pelo Agrupamento de Escolas de Valdevez, que este ano teve por tema o Parque Nacional da Peneda Gerês – reserva mundial da biosfera. Esta, tratou-se da 10.º edição da Semana da Ciência e Tecnologia, que mais uma vez se associou à Mostra de Projetos dos Cursos Profissionais (VIII Mostra de Projetos Profissionais).

As atividades programadas englobaram atividades laboratoriais, workshops, palestras, jogos, exposições, uma mostra de projetos profissionais, e ainda a participação dos alunos do ensino básico na atividade “Abraço à Floresta”, organizada pelo Município de Arcos de Valdevez. Os alunos de Ciências e Tecnologias (11ºanos) tiveram a oportunidade de realizar um Trilho Interpretado na área do Mezio.

Segundo o Agrupamento, as atividades foram programadas tendo como fonte de inspiração o PNPG e com o objetivo de sensibilizar os alunos para as questões ambientais, para a preservação do meio ambiente, neste caso as florestas, tornando-os participantes mais ativos na proteção dos valores naturais, e em particular, os valores naturais do Parque Nacional da Peneda Gerês.

CRAV VENCE S. MIGUEL E ESTÁ NO PLAY OFF

Campeonato Nacional da 1ª Divisão

A equipa sénior do CRAV deslocou-se ao campo do S. Miguel, no passado sábado, para disputar a última jornada do campeonato nacional da 1ª divisão. Os jogadores arcuenses ganharam por 51-12, controlando o jogo do início ao fim.

crav vs s.miguel.jpg

Esta vitória permitiu ao CRAV assegurar o 4º lugar da tabela classificativa e disputar o Play Off em casa contra o Santarém, no fim de semana de 13/14 de maio. O vencedor deste importantíssimo duelo terá acesso à meia final com o Évora, o primeiro classificado da fase de apuramento. O outro jogo desta nova fase irá opor Bairrada e Caldas e o vencedor disputará a meia final com o Benfica, segundo classificado da fase de apuramento.

O CRAV está confiante neste novo desafio apesar de na fase de apuramento não ter triunfado nenhuma vez frente ao Santarém. Note-se que Santarém e Benfica foram as únicas equipas que o CRAV não conseguiu vencer esta época.

Esta foi uma temporada de altos e baixos para o CRAV, mas nesta fase final os arcuenses ainda podem provar que o seu lugar é na Divisão de Honra.

crav vs s.miguel (2).jpg

SUB-18 DO CRAV ASSEGURAM 2º LUGAR

Disputar o Play Off é o Desafio que se Segue

Na penúltima jornada do campeonato nacional, a equipa sub-18 do CRAV recebeu e venceu o Caldas RC, com um resultado expressivo de superioridade favorável de 55-29.

crav sub-18 vc caldas (2).JPG

No dia 23 de abril assistiu-se, no Estádio Municipal de Rugby, a um jogo marcado pelo fair play da equipa arcuense que abdicou de dois jogadores para disputar o encontro com igualdade de jogadores, visto que a equipa do Caldas se deslocou a Arcos de Valdevez com apenas com 13 jogadores.

Relativamente ao jogo, os sub-18 do CRAV entraram fortes e determinados e marcaram logo nos instantes iniciais, mantendo sempre a supremacia perante a equipa adversária. Ao intervalo venciam por 26-17.

A segunda parte trouxe um CRAV ainda mais forte, deitando por terra qualquer expectativa que o adversário poderia ter em relação ao resultado.
No final do jogo, a equipa técnica do Caldas, expressou e agradeceu o fair play da equipa da casa.

Com este resultado, o CRAV assegura o 2º lugar da tabela classificativa do campeonato nacional (grupo B), integrando a disputa do play off com a possibilidade de subida ao escalão superior (grupo A) em caso de vitória.

crav sub-18 vc caldas (3).JPG

crav sub-18 vc caldas.JPG

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA FÓRUM DO ASSOCIATIVISMO

Câmara Municipal volta a organizar Fórum do Associativismo

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez vai levar a cabo no próximo dia 29 de Abril (sábado), pelas 9h30m, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, mais uma edição do “Fórum do Associativismo”, o qual contará com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves e de Vitor Dias, Diretor Regional do Instituto Português do Desporto e Juventude  (IPDJ) na sessão de abertura.  

forum_associativo (2).JPG

Seguidamente terá lugar a palestra “Financiamento Associativo”, pela Dr.ª. Maria da Luz Ribeiro do Instituto Português do Desporto e Juventude de Viana do Castelo; pelas 11h00 decorrerá a apresentação do Website: “Trilhos de Arcos de Valdevez”, por Jorge Torres da empresa Serifa, responsável pela organização e layout dos conteúdos; cerca das 11h20 será celebrado o protocolo referente à “Reorganização do Futebol de Formação do Concelho”, pelo Atlético dos Arcos, Associação Desportiva e Cultural de Aboim/Sabadim, Associação Recreativa e Cultural de Guilhadeses, Associação Recreativa e Cultural de Paçô e Centro Recreativo e Cultural de Távora.

Este protocolo tem como objetivo definir as condições de organização de cada uma das associações desportivas subscritoras, relativamente à constituição das suas equipas de futebol, nos vários escalões, para cada época desportiva. Entrará em vigor no início da época 2017/2018 e terá a validade de seis épocas desportivas, renovando-se automaticamente por iguais períodos; Serão constituídas tantas equipas quantas o número de atletas assim o permita;

 Às 12h00 proceder-se-á à inauguração do “Centro de Marcha e Corrida” de Arcos de Valdevez, o qual é detentor de 5 estrelas por possuir WC, balneários, bebedouros, zona de repouso e centro de apoio técnico.

O Programa Nacional de Marcha e Corrida é uma iniciativa conjunta do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. e da Federação Portuguesa de Atletismo, que visa a promoção da prática da marcha e da corrida com uma forte preocupação na implementação de estilos de vida mais saudáveis. Neste âmbito, o Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez tem como objetivo prestar apoio a todos os interessados na prática destas atividades, desde os que agora a iniciam, aos que regularmente a praticam, mas de forma não orientada e que pretendem ser aconselhados de modo a tirar mais proveito do seu treino.

O Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez disponibiliza aos seus praticantes um enquadramento técnico, constituído por técnicos com experiência desportiva e com uma formação técnica específica que garante uma intervenção qualificada.

A Câmara Municipal releva o trabalho realizado pelas Associações e toda a atividade desenvolvida, pois são um parceiro fundamental na dinamização social, cultural e desportiva no concelho.

O fórum pretende contribuir para melhorar a ação das associações, bem como ser um espaço de debate dos projetos e parcerias em prol do movimento associativo arcuense.

Programa

09h30

- Receção aos convidados

10h00  

- Sessão de Abertura do Fórum Associativo

                Dr. João Manuel Esteves (Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez)

            Dr. Vitor Dias, Diretor Regional do Instituto Português do Desporto e Juventude  (IPDJ)

10h15

- Palestra: “Financiamento Associativo”

Dr.ª. Maria da Luz Ribeiro (IPDJ Viana do Castelo)

11h00

- Apresentação do Website: “Trilhos de Arcos de Valdevez”

                Dr. Jorge Torres (Serifa)

11h20

- Protocolo: “Reorganização do Futebol de Formação do Concelho”

12h00

- Inauguração do “Centro de Marcha e Corrida”

ARCOS DE VALDEVEZ COMEMORA 25 DE ABRIL

Arcos de Valdevez comemorou mais uma vez o 25 de Abril, o “Dia da Liberdade”.

As comemorações tiveram início de manhã cedo na Praceta Combatentes do Ultramar (1961-1974), junto ao elemento escultórico de homenagem aos militares arcuenses, inaugurado no Dia do Concelho em 2012, com uma homenagem aos combatentes arcuenses tombados no Ultramar.

25 de abril_2017.jpg

  A sessão, que contou com a presença do Núcleo de Monção da Liga dos Combatentes, iniciou com o Toque dos Mortos, feito com corneta; depois o Coronel Carlos Anselmo fez a leitura de cada um dos 25 nomes dos militares arcuenses tombados em combate e após este momento foi colocada uma coroa de flores junto ao elemento escultórico, pelo Presidente da Câmara Municipal, João Esteves. No fim foi cantado o Hino Nacional.

Após este ato prosseguiram as comemorações com a Cerimónia Oficial na Praça Municipal onde se reuniram o presidente da Câmara Municipal, João Esteves, os vereadores do município, membros da Assembleia Municipal e os Presidentes da Junta de Freguesia, bem como vários populares que acudiram ao local para também testemunharem o hastear das bandeiras com guarda de honra efetuada pelos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, o Corpo Nacional de Escutas e a Banda da Sociedade Musical de Arcos de Valdevez, neste dia de tanto simbolismo para a Nação Portuguesa.

Depois teve lugar na Praça Municipal um momento musical, com as atuações dos grupos corais Vozes do Vez e Padre Himalaya, que brindaram todos os presentes com temas ligados à Revolução e à mística vivida em Abril de 1974. No final os coros cantaram a Marcha dos Arcos de Valdevez, recordando o seu autor, recentemente perecido, Maestro Pedreira.

Integrado nesta programação está também o espetáculo musical com Carlos Mendes, no próximo dia 29 de Abril, às 22h00, na Casa das Artes concelhia.

25 de abril_2017._13jpg.jpg

25 de abril_2017._28jpg.jpg

25 de abril_2017._29jpg.jpg

25 de abril_2017._33pg.jpg

 

Capturararc.PNG

CHEF CHAKALL PROMOVE CARNE CACHENA EM ARCOS DE VALDEVEZ

Chef Chakall em Arcos de Valdevez para promover a Carne Cachena

Decorreu no passado domingo, dia 23 de abril, em Arcos de Valdevez, mais uma iniciativa gastronómica de promoção da Carne Cachena. Esta ação, desenvolvida pela revista Vale Mais, com a colaboração do Município de Arcos de Valdevez, insere-se num projeto gastronómico que pretende promover as iguarias do Alto Minho. Para tal, contam com a valiosa colaboração do Chef Chakall que, nesta ação, percorreu o concelho para conhecer as origens e as características da Carne Cachena, bem como os pratos tradicionais com cachena, a doçaria tradicional e os vinhos da região.

chakall9.jpg

Seguiu-se uma degustação deste produto que contou com a presença de João Esteves, Presidente da Câmara Municipal, representantes do município, da Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, e 13 proprietários de restaurantes locais.

O autarca arcuense aproveitou o momento para destacar a qualidade da gastronomia arcuense, abordar a criação da Confraria Gastronómica da carne Cachena e incentivar a restauração a apostar cada vez mais na qualidade, originalidade e bem-fazer, de forma a conquistar os visitantes de Arcos de Valdevez através dos seus sabores.

chakall7.jpg

chakall3 (1).jpg

chakall10.jpg

ARCUENSES HOMENAGEIAM VÍTIMAS DO ACIDENTE DO CASTELO EM 1959

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez apoia execução de Memorial em homenagem às vítimas do acidente do Castelo ocorrido em 1958

Por iniciativa de José Barros, José da Costa e Victor Fernandes, sócios da Casa dos Arcos de Valdevez de St.Maur (região de Paris), foi lançada a ideia de levantar um Memorial em homenagem às vítimas do acidente do Castelo ocorrido no dia 18 de maio de 1958, por altura das comemorações da Nossa Senhora do Castelo.

memorial_vitimas_acidente_castelo.jpg

Foi criada uma comissão para levar a cabo esta ideia que neste momento é apoiada pela Câmara Municipal, pela Comissão Administrativa de Nossa Senhora do Castelo – Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Comba de Vilafonche e pelo seu Pároco José Aventino Freitas, pela União das Freguesias de Arcos de Valdevez (Salvador) Vilafonche e Parada, União das Freguesias de Arcos de Valdevez S. Paio e Giela, União das Freguesias de Guilhadeses e Santar e Freguesia de Gondoriz, freguesias onde residiam as vítimas do acidente, bem como pelos proprietários do terreno onde será erigido o Monumento.

memorial_vitimas_acidente_castelo2.jpg

A apresentação deste Memorial decorreu no Centro Municipal de Informação e Turismo e contou com a presença das entidades referidas, bem como familiares das vítimas.

Este acidente, que provocou a morte a cerca de 20 pessoas e vários feridos, colocou Arcos de Valdevez de luto e foi um momento marcante para a história destas Celebrações, sendo ano após ano lembrado pela Paróquia aquando da missa Campal no Castelo.

 “Para que a Memória não se Apague” é o mote para a realização do memorial que ficará colocado no local onde o autocarro parou depois de se ter despenhado. Através dele será possível fazer com que os vindouros nunca se esqueçam deste momento marcante para o concelho e para as celebrações.

O Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves destacou a importância desta homenagem simples, relevando a importância de se preservar as memórias.

Já o Pároco Aventino Freitas adiantou que este ano, no dia 14 de maio, pelas 16h00, dia em que a Nossa Senhora do Castelo sairá do Castelo em direção à Igreja de Vilafonche, a procissão irá parar no local onde ficará o Memorial e será explicado à população o que irá ser feito, bem como realizada uma oração em honra das vítimas.

Está prevista a sua inauguração para o próximo ano, coincidindo com os 60 anos do acidente e os 120 anos das comemorações da Nossa Senhora do Castelo.

memorial_vitimas_acidente_castelo3.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 24 DE ABRIL DE 2017

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

  • Foi aprovado um voto de louvor pelo jovem arcuense Tomás Lago Pontes Esteves pela sua integração na seleção nacional de futebol de sub-15.
  • O Sr. Presidente deu conta à Câmara das comemorações do 25 de Abril, as quais integraram pelas 9h00, uma Homenagem aos Combatentes do Ultramar, na Praceta Combatentes do Ultramar (junto ao Centro Escolar Prof. António Melo Machado) e pelas 10h00 as Cerimónias Oficiais de Comemoração do 25 de Abril com o hastear das Bandeiras, com participação dos Bombeiros Voluntários, Corpo Nacional de Escutas e Banda da Sociedade Musical de Arcos de Valdevez, bem como a atuação dos Corais Padre Himalaya e Vozes do Vez.
  • Também deu conta que no sábado dia 29 abril terá lugar pelas 9h:30 o fórum do associativismo, o qual integrará a palestra “Financiamento Associativo”, pela Dr.ª. Maria da Luz Ribeiro (IPDJ Viana do Castelo), a apresentação do Website: “Trilhos de Arcos de Valdevez”, por Rui Pedro Aguiam (Serifa), a celebração do protocolo: “Reorganização do Futebol de Formação do Concelho”, bem como a inauguração do “Centro de Marcha e Corrida” de Arcos de Valdevez.
  • O Sr. Presidente também informou que no próximo dia 28, pelas 16h30, decorrerá mais uma sessão da Assembleia Municipal, na Casa das Artes concelhia.
  • A Câmara também teve conhecimento que a assinatura do protocolo referente ao aumento da cobertura de rede móvel, por parte das três operadoras nacionais, na área do Parque Nacional Peneda Gerês será efetuada no dia 5 de maio.
  • O Sr. Presidente também informou que de 5 a 7 de Maio decorrerá mais uma edição da Expovez, a qual contará com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Comercio, Dr. Paulo Ferreira, na sessão inaugural, no dia 5, pelas 17h00.

A programação da edição deste ano contempla a realização do Festival Folclore do Alto Minho, a atuação dos “Amor electro”, entre outras atuações musicais e recreativas.

  • O autarca também informou a Câmara que há sensivelmente 10 anos foi criada uma comissão para levar a cabo um memorial em honra das vítimas do acidente do Castelo, o qual será inaugurado no próximo ano, por altura dos 60 anos do acidente.

Esta comissão conta com o apoio da Câmara Municipal, da Comissão Administrativa de Nossa Senhora do castelo – Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Comba de Vilafonche e do seu Pároco Jose Aventino Freitas, da União das Freguesias de Arcos de Valdevez (Salvador) Vilafonche e Parada, e dos proprietários do terreno onde será erigido o Monumento.

  • Por fim o vereador Hélder Barros fez uma síntese de todas as intervenções que têm sido levadas a cabo pela Camara Municipal no âmbito da recolha dos resíduos sólidos urbanos, referindo também que o Municipio tem intenção de continuar a realizar a higienização dos contentores, proceder à colocação de mais contentores e ecopontos, aumentar às equipas de recolha na altura do Verão, bem como proceder à alteração da imagem dos contentores, conferindo-lhes uma imagem mais salubre.

 

Paisagem Cultural de Sistelo na freguesia de Sistelo

A Câmara tomou conhecimento por parte da Direção Geral do Património Cultural que a classificação como sítio de interesse nacional/monumento nacional (MN) da Paisagem Cultural de Sistelo, na freguesia de Sistelo, concelho de Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo, proposta pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN), mereceu parecer favorável da Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional da Cultura (SPAA – CNC), em 22.02.2017.

O período de consulta pública terá a duração de 30 dias úteis.

Projeto expositivo e museológico do Espaço VALDEVEZ: foi deliberado aprovar a abertura de um procedimento administrativo de Ajuste Direto, considerando como referencia o valor de 27.000 euros.

Os objetivos específicos para a prestação de serviços são a realização de um estudo prévio, projeto executivo de arquitetura cenográfico (projeto expositivo e mobiliário), incluindo estudo e definição das aplicações multimédia, bem com identificação dos equipamentos (hardware e software) necessários à execução do projeto multimédia. As áreas temáticas são a arqueologia e história do concelho, assentando em salas temáticas dedicadas a Félix Alves Pereira, aos séculos XX e XIX, aos séculos XVIII a XVI, à Idade Média, Romanização e Proto-História e à Pré-História.

Recriação Histórica Recontro de Valdevez e Mercado Medieval 2017: foi aprovada abertura de procedimento de Ajuste Direto para realização da Recriação Histórica do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval 2017, que terá lugar no Paço de Giela nos dias 7, 8 e 9 de Julho, pelo valor base de 37.750 euros, o mesmo aplicado no ano transato.

            Os objetivos específicos para a prestação de serviços são os seguintes:

            CONCEÇÃO, ELENCO E DIREÇÃO ARTÍSTICA, PRODUÇÃO E LOGÍSTICA CÉNICA, TÉCNICOS; PROMOÇÃO DO EVENTO; RECRIAÇÕES HISTÓRICAS, TEATRALIZAÇÃO DE EPISÓDIOS DO PERÍODO A RECRIAR (Personagens populares característicos da época a recriar, Desfile diário de personalidades e personagens, Artes Circenses e Espetáculos de Fogo, Espetáculos Equestres, Espetáculos de Cetraria, Animação Itinerante, Cavaleiros e Escudeiros, Demonstração de Armas, Danças Medievais, Acampamento Castrense, Acampamento militar, Cozinha de acampamento militar, Mobiliário itinerante medieval, Tenda de Armas com panóplia de equipamento militar, Equipamento de administração de justiça (tortura e castigo), Decoração festiva, Ambientação, Panejamento e Exposições); GRUPOS MUSICAIS SATÉLITE; GRUPOS DE DANÇA (1) em 2 dias; GRUPOS DE ANIMAÇÃO (2) em dois dias; GRUPOS DE CAVALARIA (2) com oito cavalos no mínimo em dois dias; GRUPOS DE ARMAS E DE RECRIAÇÃO HISTÓRICA (8) em dois dias; GRUPOS DE ARMAS EUROPEUS (4) em dois dias.

            Pelas qualidades e qualidade do serviço realizado no ano anterior, foi aprovada a consulta à Companhia de Teatro Viv’Arte. 

PROTOCOLOS

  • Foi aprovado o protocolo a celebrar com a União de Freguesias de Arcos de Valdevez (S. Paio) e Giela, no valor de 30 mil euros, para apoiar a execução das obras de "Arranjo Urbanístico do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios - 2ª Fase - Construção de Edifício de apoio à Igreja", cujo orçamento ascende a 37.800,00 euros.
  • Foi aprovado o Protocolo de Apoio à Atividade a celebrar com a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa para apoio às atividades correntes da associação, do ano de 2017. Em conformidade com os anos transatos o valor do apoio é de 3.500,00 euros.
  • Idem a minuta do Protocolo de Cooperação Inter Associativo para o Desenvolvimento Desportivo no concelho, entre: o Município de Arcos de Valdevez; o Atlético dos Arcos Associação Desportiva; a ADECAS – Associação Desportiva e Cultural Aboim Sabadim; a Associação Recreativa e Cultural de Guilhadeses; a Associação Recreativa e Cultural de Paçô; e o Centro Recreativo e Cultural de Távora Santa Maria.
  • Idem a Proposta de Colaboração entre a Federação Portuguesa de Atletismo, o Município de Arcos de Valdevez e o Centro de Atletismo de Arcos de Valdevez, para a criação do Centro de Marcha e Corrida de Arcos de Valdevez.
  • Foi deliberado apoiar o ADECAS - Associação Desportiva e Cultural de Aboim/Sabadim, no valor de 27 800,00€, no âmbito do projeto educativo, denominado “Somos ADECAS”, que permite colaborar com toda a sociedade envolvente, no sentido de proporcionar a todas as crianças e famílias, momentos de cultura, lazer, vida saudável e ocupação dos tempos livres. A sua primeira preocupação é proporcionar aos utentes deste projeto as melhores condições possíveis, e, para que isso aconteça, é necessário realizar pequenos investimentos de modo a podermos ir de encontro das necessidades.

Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica

A Câmara Municipal tomou conhecimento que a AREA Alto Minho – Agência Regional de Energia e Ambiente, viu aprovado dois projetos no âmbito do PPEC (Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica), um deles designado por LED Social, medida tem por objetivo a redução do consumo de energia elétrica associado à iluminação interior de edifícios residenciais destinados a habitação social, e, aprovou os protocolos de colaboração com a AREA Alto Minho com o respetivo anexo I (onde consta o processo de transferências de verbas), bem como o pagamento do adiantamento da verba prevista, no valor de € 18.808,67.

Acontece in Loco - Montanha do Alto Minho

A Câmara Municipal tomou conhecimento da informação por parte da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, a dar conta que a Escola Superior Agrária do IPVC, a ARDAL e a Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais desenvolveram o programa do Acontece in Loco - Montanha do Alto Minho (anexo), considera oportuno e relevante para o futuro dos territórios de montanha, nomeadamente Sistelo. 

Nesse sentido foi deliberado apoiar a Comissão Organizadora no valor de 1000€ para fazer face às despesas inerentes. O evento decorre nos próximos dias 4 a 6 de maio de 2017

PEDIDO DE AFETAÇÃO DE LOTES NOS PARQUES EMPRESARIAIS - foram aprovados os pedidos apresentados pelas empresas Astúcia & Carisma, Lda para a afetação do lote B9, com a área de 1270 m2, e empresa Serralharia Sousa  - António Rodrigues de Sousa, dos lotes B7 e B8 com a área de 1 312,50 m2, cada,  todos no Parque Empresarial das Mogueiras, e ainda da empresa  Carpintaria José Canossa, Unipessoal,  para a afetação  dos lotes 28 e 29 , com a área de 506 m2, cada,  do Parque Empresarial de Paçô.

EXECUÇÃO DE OBRAS DE MANUTENÇÃO/RECUPERAÇÃO DE PAVIMENTOS NA ECOVIA III: foi deliberada a abertura de procedimento por ajuste direto, pelo valor base de 60.000,00 Euros;

Aquisição de Serviços de Fiscalização e Coordenação de Segurança em Obra da empreitada “Centro Interpretativo do Barroco - Igreja do Espirito Santo - Obras de reabilitação, conservação e restauro”: foi deliberado autorizar a abertura de procedimento concursal para a aquisição de serviços pelo preço base de 55.350,00 Euros;

AMPLIAÇÃO DE SANEAMENTO NA EN 202-2 (PAÇO-GIELA): foi aprovada a garantia bancaria no valor de 4.495.00 euros, para substituição das retenções efetuadas para reforço da garantia da obra.

EXECUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS PARA AUTOMATIZAÇÃO DOS SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA: foi aprovada a homologação do auto de vistoria para efeitos de liberação da caução da empreitada.

Ampliação da Rede de Abastecimento de Água - União de Freguesias de Álvora e Loureda (Fontes) e Freguesia de Aboim das Choças (Lavandeira/Aboim): foi deliberado homologar o auto de vistoria.

Reabilitação Energética da Piscina MunicipaL: foi aprovada a homologação do auto de vistoria para efeitos de liberação da caução.

PEDIDO DE PAGAMENTO DE DÍVIDA DE RAMAL DE LIGAÇÃO DE ÁGUA EM PRESTAÇÕES: foi aprovado um plano de pagamentos de 12 meses, relativo aos encargos com os ramais de água e saneamento do requerente.

AQUISIÇÃO DE DUAS VIATURAS PARA A DASG – SERVIÇO DE INFRAESTRUTURAS BÁSICAS: foi aprovado adjudicar a aquisição à firma concorrente Confiauto – Indústria e Comércio de Automóveis, S.A., pelo valor de 21.707,32 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

DESISTÊNCIA DE ADJUDICAÇÃO DE LOTE NA ZONA INDUSTRIAL DE MOGUEIRAS: A Câmara aprovou o pedido de desistência da construção e adjudicação do Lote B9, que tinha sido afetado na Zona Industrial de Mogueiras - Tabaçô - Arcos de Valdevez, à empresa GRAFIARCOS – Artes Gráficas, Lda.

MAPA DE contratos de aquisição de serviços: a Câmara aprovou o mapa dos contratos administrativos celebrados nos últimos 30 dias.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE MARCA PRESENÇA NO ENCONTRO NACIONAL DE ASSOCIAÇÕES JUVENIS

15º Encontro Nacional de Associações Juvenis juntou mais de mil participantes este fim-de-semana no Centro Cultural da cidade de Viana do Castelo

O Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Esteves, marcou presença, no passado fim-de-semana em Viana do Castelo, no 15º Encontro Nacional de Associações Juvenis, organizado pela Federação Nacional das Associações Juvenis.

encontro-nacional-associacoes-juvenis.jpg

Este, que é o maior Encontro de Jovens e Dirigentes Associativos Juvenis que se realiza em Portugal, contou com a presença do Presidente da Republica Marcelo Rebelo de Sousa, o qual  presidiu à Sessão de Abertura deste encontro. Nesta cerimónia também estiveram o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

O associativismo juvenil arcuense esteve presente pela Associação Juventude de Vilafonche, a qual mostrou a sua atividade e dinamismo. 

JOVENS ARCUENSES ABRAÇAM A FLORESTA

2000 alunos de Arcos de Valdevez vão abraçar a Floresta

No próximo dia 28 de Abril a Câmara Municipal irá levar a cabo a iniciativa “Abraço à Floresta”, a qual se desenvolve no âmbito do plano de atividades com as escolas para o ano letivo 2016/2017.

A iniciativa irá realizar-se na Porta do Mezio e contará com a participação de todas as crianças e jovens inseridos nos diversos equipamentos educativos do concelho, cujo total previsto ascende os 2000 alunos.

Durante o evento, está prevista a realização de um conjunto de atividades, em torno da temática da educação ambiental, tais como, ateliers, sessões de sensibilização efetuadas pelas entidades ligadas à preservação da floresta; plantação de árvores, entre outras.

O objetivo desta ação é sensibilizar as crianças e jovens para a preservação do meio ambiente, tornando-os participantes mais ativos na proteção dos valores naturais, nomeadamente, os valores naturais do Parque Peneda Gerês, bem como, para a reflexão em torno de um modelo de sociedade mais sustentável, indispensável para se exercer uma cidadania plena.

Programação do evento:

09,00h - Receção dos participantes e entrega do roteiro de atividades

09,30h - Inicio das atividades previstas no roteiro

11,00h - Inicio da cerimónia (atividades de animação promovidas pelos alunos e dedicadas à floresta e preservação do ambiente

12,00h - Momento simbólico do Abraço à Floresta

12,30h - Almoço

13,30h - Continuação das atividades previstas no roteiro

15,00h -16,00h – Regresso

ARCOS DE VALDEVEZ SERVE CABRITO NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA

Arcos à Mesa: Cabrito

No próximo fim-de-semana de 22 e 23 de abril os restaurantes arcuenses abrem as suas portas para servirem à mesa mais um prato tradicional da nossa gastronomia, o “Cabrito”.

CARTAZ - Cabrito - Cópia.jpg

Além desta iguaria, em Arcos de Valdevez encontrará outras iguarias e sabores próprios da região, como o bolo de discos, a broa de milho, a laranja de Ermelo, os charutos de ovos e os excelentes vinhos verdes.

A tenra carne do cabrito, acompanhada pelos excelentes vinhos verdes de produtores e engarrafadores locais, fazem deste prato um sabor distinto do mundo rural e as delícias de quem o prova.

Convidamo-lo a visitar Arcos de Valdevez, um destino turístico de excelência, situado em plena reserva Mundial da Biosfera, e a fazer um roteiro gastronómico pelos nossos sabores, pelas nossas tradições, pela nossa cultura e pela beleza natural deste Concelho. Aproveite para passar um fim de semana num concelho possuidor de uma paisagem deslumbrante, onde poderá visitar o Paço de Giela, monumento nacional, realizar atividades de natureza, como trilhos ou passear na Ecovia do Vez, bem como visitar a Porta do Mezio ou localidades de destaque como o Sistelo, classificado recentemente como Paisagem cultural e uma das aldeias na corrida às “7 Maravilhas de Portugal- Aldeias”; o Soajo, uma localidade que se destaca pela sua Eira Comunitária dos Espigueiros e pela sua beleza arquitetónica, e o santuário de Nossa Senhora da Peneda, situado na freguesia da Gavieira e construído entre os finais do Séc. XVIII e os meados do Séc. XIX.

Da programação do fim de semana fazem parte a “Feira de Artesanato e Produtos Locais”, onde poderá conhecer o nosso artesanato entre outros produtos característicos da região, a realização da Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez, caminhadas e trilhos, assim como a atuação de rusgas e grupos musicais.

Estamos perto! A menos de uma hora do Porto e Vigo e meia hora de Braga!

22 de Abril: Sábado

             10h00 - Abertura da "Feira de Artesanato e Mercado de Sabores"

                            Campo do Trasladário

10h00 -* Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez 
* Inscrições na Loja de Turismo, Tlm. 934 901 967), Email (vinhos.avvez@gmail.com)

15h00 - Comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

                Caminhada na Mata do Mezio

                Distância: 3 km/Duração: 1h30

                Inscrições: www.portadomezio.pt/258510100/portadomezio@ardal.pt

 

15h30 - Rusga da Associação Cultural e Recreativa Amadora Proselense

                Campo do Trasladário

                           

23 de Abril: Domingo

09h30 - Trilho "Em Busca das Inverneiras"

                Distância: 7 km/Duração: 3h30

               Inscrições: www.portadomezio.pt/258510100/portadomezio@ardal.pt

  10h00 - Abertura "Feira de Artesanato e Mercado de Sabores"   

               Campo do Trasladário

             

  15h30 - Música Popular: "Cantares de Outuno"

               Campo do Trasladário

ARCOS DE VALDEVEZ SENSIBILIZA CONTRA OS MAUS TRATOS NA INFÂNCIA

Abril - Mês da Prevenção Maus Tratos na Infância

A Comissão Nacional de Proteção Crianças e Jovens em Risco voltou a lançar campanha, que decorre durante o mês de Abril, e conta com a colaboração do Município e da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Arcos de Valdevez, seguindo a linha orientadora da causa defendida com a inclusão do laço azul, símbolo que assinala a prevenção dos maus tratos na infância e a sua cor remete para as "nódoas negras" dos mesmos.

Capturarlivarc.PNG

Todos os anos são organizadas atividades ao longo do mês, através das quais se pretende envolver e consciencializar a comunidade para a importância da prevenção dos maus tratos na infância, do fortalecimento das famílias e das próprias crianças no sentido de uma parentalidade positiva e do fundamental envolvimento comunitário.

Este ano a campanha conta com o envolvimento do comércio tradicional que decorou as suas montras com o tema “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”; foram colocadas mensagens na entrada principal da Câmara Municipal alusivas à campanha e programadas iniciativas para chamar à atenção da comunidade para esta causa.

Capturararc2.PNG

No passado dia 8 de Abril foram colocadas faixas azuis nos jogadores de futebol do encontro das equipas ARC Guilhadeses/Cerveira; no próximo dia 21, pelas 21:30, decorrerá, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, na Biblioteca Municipal, a apresentação do livro "O Modelo de Proteção à Infância: entre a Justiça e a Comunidade", pela Dr.ª Ana Marques dos Santos. Um momento que contará também com uma atuação de música ao vivo pelo grupo “SonuxSax”.

No dia 23 terá lugar o Torneio Arcos Rugby Celta, organizado pelo Clube de Rugby de Arcos de Valdevez, e, tal como no ano transato o Clube associou-se a esta campanha. Neste torneio, que contará com a presença de mais de 200 atletas, serão realizadas pinturas faciais azuis para simbolizar o tema.

Capturararc1.PNG

Por fim, no dia 27, decorrerá a operação Azul, uma operação stop realizada com a colaboração da GNR de Arcos de Valdevez e protagonizada por crianças. Nesta operação serão entregues fitas para colocar nas antenas dos carros, distribuídos panfletos informativos, bem como o calendário dos afetos.

Durante este mês de Abril contamos com o apoio de todos para sensibilizar para a prevenção de qualquer forma de violência exercida sobre as crianças e jovens.

De forma a manifestar todo o apoio e empenho nesta causa, este mês use um Laço Azul.

A campanha do laço azul iniciou-se em 1989, nos EUA, quando uma avó, Bonnie Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro. Bonnie contou aos elementos da comunidade que se revelaram ‘curiosos’ sobre os maus-tratos a que a sua neta estava sujeita e os quais já tinham morto outro neto de forma brutal.

E porquê o azul, perguntaram???

Bonnie respondeu: Porque apesar de azul ser uma cor bonita, não quero esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos meus netos.

17886817_10203206224472085_1116080440_o.jpg

17886854_10203206224392083_924380002_o.jpg

17887590_10203206224352082_1740710415_o.jpg

17948646_10203206224512086_1219831607_o.jpg

ARCUENSES SAEM DA CASCA E VISITAM PAÇO DA GIELA

Primeira edição do "Sai da Casca" e vem ao Paço foi um sucesso!

Nos dias 14 e 15 de Abril, mais de 600 pessoas "Saíram da Casca" e vieram divertir-se no Paço de Giela.

Foram pensadas, especialmente para estes dias, um conjunto de atividades com fortes conteúdos históricos, dirigidas a pequenos e a graúdos. Desde pinturas faciais, esculturas de balões, caças ao ovo escondido, até aos jogos do tempo dos nossos avós, não faltou animação e brincadeira para todos.

Apostando também no lema que caracteriza o nosso concelho, “ARCOS DE VALDEVEZ ONDE PORTUGAL SE FEZ”, tivemos um conjunto de azulejos para recriar este episódio histórico ocorrido em 1141, decisivo na fundação da nacionalidade.

Esta foi mais uma atividade organizada pelo Paço de Giela, direcionada para as famílias, que se revelou uma aposta ganha, e que atraiu visitantes um pouco de todo o lado, incluindo muito público espanhol.

Durante estes dias o Paço de Giela ganhou uma outra vida e animação e foi o local de eleição para quem se quis divertir e desfrutar de momentos em família.

ARCOS DE VALDEVEZ COMEMORA DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

O Paço de Giela associa-se, mais uma vez, às comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, criado pelo ICOMOS a 18 de abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte.

Esta comemoração tem como objetivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua proteção e conservação.

Para assinalar esta data, o Paço de Giela oferece a possibilidade de visitar gratuitamente o monumento, nos dias 22 e 23 de abril.

DIA DOS MONUMENTOS.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ DÁ MAIS OPORTUNIDADES PARA TODOS

Em 2016 Arcos de Valdevez avançou na coesão social, na educação, na cultura, no desenvolvimento das redes de infraestruturas e de equipamentos, bem como na promoção e atratividade empresarial, comercial e turística.

Arcos_Valdevez2 (2).jpg

A Autarquia em 2016 teve uma execução orçamental de mais de 22 Milhões de euros, a melhor dos últimos anos. Esta execução é fruto de uma gestão pró-ativa, criteriosa e responsável, onde se conjuga a melhoria da qualidade do serviço prestado aos munícipes, a estabilidade económica e financeira do Município e o investimento no concelho.

A par desta execução, a Autarquia reduziu a dívida orçamental em cerca de 2 milhões de euros e alcançou uma poupança corrente de 6 milhões de euros que foi canalizada para a realização de investimentos estruturantes no concelho.

Houve reforço das politicas de proximidade e parceria com as Juntas de Freguesia, Associações, Instituições Sociais e Famílias, tendo sido protocoladas verbas na ordem dos 3,7 milhões de euros.

Ao nível do investimento, em 2016, a Autarquia concretizou mais de 6,5 milhões de euros em Funções Sociais, de 2,7 milhões de euros em Funções Económicas e cerca de 1 milhão de euros em Funções Gerais.

O ano 2016 ficou marcado por grandes intervenções. Foi lançada a obra da EB 2,3/S e requalificada a Escola Básica de Távora Sta. Maria. Houve um reforço da ação social escolar e dos programas de apoio aos mais desfavorecidos, foi apoiada a recuperação de habitações, teve inicio a recuperação do edifício na Rua do Espirito Santo na Valeta, para arrendamento Jovem. Foi reforçado o apoio aos Bombeiros Voluntários e às Comissões de Compartes de Baldios tendo em vista a prevenção e combate de fogos florestais e o socorro à população.

Houve ainda, uma clara aposta na promoção da cultura, desporto e lazer através do apoio a várias iniciativas promovidas pela Casa das Artes e pelas associações arcuenses e intensificada a descentralização cultural pelas freguesias. Iniciaram-se as intervenções no Centro Interpretativo do Barroco, na Igreja do Espírito Santo, e avançou o projeto de requalificação e adaptação do espaço da Antiga Escola Primária para a Oficina de Criatividade Himalaya. Foi substituído o relvado sintético no Estádio Municipal da Coutada, executadas obras de manutenção e melhoria na Ecovia, concluído o Estádio Municipal de Rugby e reabilitado o Complexo das Piscinas Municipais e apoiadas obras em instalações de associações.

Por todo o concelho foram investidos milhões de euros na melhoria das redes de estradas, água, saneamento, iluminação e recolha de resíduos.

Visando o reforço da competitividade do território, a geração de riqueza e a criação de emprego, procedeu-se ao alargamento dos parques empresariais, à captação, instalação e ampliação de várias empresas no concelho e ao lançamento de um conjunto de incentivos ao investimento.  Com a ACIAB, a Cooperativa Agrícola, a Incubo e a ARDAL foram dinamizadas iniciativas de promoção do investimento, do turismo, do comércio local, do alojamento e restauração. Foi reforçada a dinamização da Porta do Mezio e a classificação dos Socalcos de Sistelo como paisagem cultural.

Para o Presidente da Câmara, João Manuel Esteves em 2016 foram dados passos significativos para, com todos os arcuenses, com confiança e entusiasmo, continuarmos a construir o futuro de Arcos de Valdevez Onde Portugal se Fez”.

ARCOS DE VALDEVEZ PROMOVE-SE EM FRANÇA

Presidente da Câmara participou em iniciativas organizadas por 3 associações da região de Paris

A Câmara Municipal voltou a marcar presença numa das maiores feiras de produtos regionais, realizada pela ARCOP - Associação Recreativa e Cultural dos Originários de Portugal em Nanterre, França, a “Feira de Produtos Regionais Portugueses e da Ruralidade”.

nanterre_2017.jpg

Esta é uma feira essencialmente destinada a levar à comunidade emigrante em Paris produtos e atividades económicas de Portugal, e que faz a ligação da exposição, degustação e comercialização de produtos, com a animação popular e tradicional.

A Câmara Municipal levou até França os vinhos, a broa e o fumeiro, representado por 4 talhos locais, nomeadamente O Talho Feliz Empreendedor, Talho das Choças, a Salsicharia S. Vicente e o Talho da Lapa,bem como o vinho Arkos.

Durante os dias 07, 08 e 09 de Abril a feira contou com a afluência de milhares de portugueses, emigrados em França, ávidos pelos produtos originários dos seus concelhos natais.

No seu discurso de encerramento, o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, manifestou o enorme prazer que teve em estar presente na iniciativa e o orgulho sentido em poder contactar com a comunidade emigrante. Agradeceu à ARCOP pela excelente organização da feira e pela forma como foi recebido.

De igual modo deixou uma palavra de agradecimento aos emigrantes portugueses de uma forma geral, e aos arcuenses em particular, pela forma como acederam ao stand de Arcos de Valdevez, contribuindo para o sucesso da presença do grupo e das boas vendas.

Integrado na programação deste certame decorreu um encontro de arcuenses, onde o autarca solicitou à comunidade o seu envolvimento na promoção do concelho e dos seus produtos.

De referir que o autarca também participou na Festa da Casa dos Arcos em Paris, a qual contou com muita animação popular e entusiasmou durante dois dias os muitos emigrantes.

Nesta festa também esteve presente o Presidente da Casa dos Arcos em Lisboa, Joaquim Cerqueira.

nanterre_2017_3.jpg

nanterre_2017_5.jpg

nanterre_2017_6.jpg

nanterre_2017_18.jpg

nanterre_2017_28.jpg

nanterre_2017_30.jpg

SOAJO VAI TER PARQUE INFANTIL

Câmara Municipal projeta parque infantil para Soajo

A pensar nos residentes e em quem nos visita, a Câmara Municipal aprovou a construção de um Parque Infantil no parque da Feira de Soajo, pelo valor estimado de 17.430,00 euros.

Espigueiros do Soajo- foto GAH-CMAV.JPG

O Soajo, por estar inserido no Parque Nacional Peneda Gerês, por causa das suas gentes, da eira comunitária dos espigueiros, monumento nacional, e da boa gastronomia, é um ponto de referência para quem nos visita, e este equipamento contribuirá, para além de vir a potenciar a escola primária e pré-primária, dada a sua proximidade, criar áreas de recreio e lazer para os turistas.

Com esta intervenção, pretende-se promover a extensão funcional do “parque da feira” a parque infantil, com recurso à requalificação parcial desta zona, dotando-a de adequadas condições função de “recreio” e subjacente a este tipo de equipamentos, bem como potenciar e valorizar a zona e envolvente próxima e cumulativamente, aumentar a oferta à população.

Os equipamentos do parque infantil estão projetados para serem utilizados por crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 14 anos.

ALDEIA DE SISTELO VALORIZA PATRIMÓNIO AMBIENTAL

Estudo de Enquadramento na aldeia de Sistelo promove e valoriza património cultural e ambiental

Sistelo, uma das 43 aldeias escolhidas pelo júri do concurso “7 Maravilhas de Portugal- Aldeias” e concorrente numa das sete categorias, a de Aldeia Rural, sendo a única a representar o Norte de Portugal; e reconhecida recentemente como Paisagem Cultural, pelo Ministério da Cultura, reúne as condições necessárias para vir a concorrer a apoios comunitários no âmbito da CONSERVAÇÃO,RECUPERAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO PATRIMÓNIO ARQUITETÓNICO E AMBIENTAL.

sistelo (1).jpg

Neste sentido a Câmara Municipal aprovou a realização de um estudo de enquadramento que tem por objetivo a recuperação, valorização e divulgação do património cultural e ambiental na área referida, com vista à sua preservação e sustentabilidade, e simultaneamente ao fomento do Ecoturismo, pedagógico, benéfico para o ambiente e para a economia local, baseado na observação e contemplação da natureza e no conhecimento das culturas tradicionais, pertencentes à comunidade local e com um carácter diferenciador, pela proximidade e integração na realidade cultural, social e económica destas comunidades.

O trabalho será desenvolvido e coordenado de uma forma integrada abrangendo o território e o edificado, nomeadamente, será feito o enquadramento da área objeto de intervenção; a definição de um percurso principal; e a identificação de estruturas edificadas e espaços de domínio público, incluindo, naturalmente, construções particulares mais relevantes. As áreas patrimoniais a considerar, serão informadas com base no estudo e conhecimento dos seguintes aspetos: património arquitetónico, etnográfico e histórico; património ambiental e dinâmica social.

sistelo (2).jpg

Socalcos - Cópia.tif

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

ASSEMBLEIA MUNICIPAL

EDITAL

COMENDADOR FRANCISCO RODRIGUES DE ARAÚJO (DR.), PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ: -----------------------------------------------------------------------------------------------

            Torna público que, no uso da competência que lhe é conferida pela alínea b) do nº 1 do artigo 30º do Anexo I à Lei nº 75/2013, de 12 de setembro, convoca uma sessão ordinária da Assembleia Municipal, a realizar no dia 28 de abril, próximo (sexta-feira), pelas 16.30 horas, no Auditório da Casa das Artes, com a seguinte --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ORDEM DE TRABALHOS

 

Ponto 1 – RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO EXECUTIVO (FEVEREIRO – ABRIL /2017);

Ponto 2 – DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATIVOS À GERÊNCIA DE 2016;

Ponto 3 – PROPOSTA DA 1ª REVISÃO AO ORÇAMENTO E 2ª ALTERAÇÃO AO PLANO PLURIANUAL DE

         INVESTIMENTOS PARA 2017;

Ponto 4 – PROPOSTA DE ALTERAÇÃO À DELIBERAÇÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE 23-11-2016,

    DE REDUÇÃO DAS TAXAS MUNICIPAIS RELATIVAS A LICENCIAMENTO/COMUNICAÇÃO

    PRÉVIA/AUTORIZAÇÃO DE PROJETOS DE ATIVIDADES ECONÓMICAS NO CONCELHO;

Ponto 5 – PROPOSTA DA 1ª ALTERAÇÃO DA ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA (ARU) DO CENTRO

                URBANO DA SEDE DO CONCELHO;

Ponto 6 – PROPOSTA DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS FISCAIS – COINDU COUTURE, UNIP., LDA.;

Ponto 7 – DECLARAÇÃO DE RECONHECIMENTO DE INTERESSE PÚBLICO MUNICIPAL – REGIME

                JURÍDICO EXCECIONAL DE REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS E EXPLORAÇÕES

        EXISTENTES – DL Nº 165/2014, DE 5 DE NOVEMBRO;

Ponto 8 – PROPOSTA DE REGULAMENTO DA COMISSÃO DE APOIO À POPULAÇÃO IDOSA DE ARCOS

         DE VALDEVEZ;

Ponto 9 – MINUTA DE ACORDO DE MUTAÇÃO DOMINIAL A CELEBRAR COM A INFRAESTRUTURAS DE

                 PORTUGAL, S.A.;

Ponto 10 – PROTOCOLOS DE APOIO FINANCEIRO A CELEBRAR COM AS FREGUESIAS.

 

Paços do Município de Arcos de Valdevez, 11 de abril de 2017.

O Presidente da Assembleia Municipal,

                                                                              Comendador Francisco Rodrigues de Araújo (Dr.)

CRAV VENCE O LOUSÃ

Sub-16 do CRAV Triunfam Frente à Lousã

A equipa sub-16 do CRAV recebeu e venceu a equipa do RC Lousã, no passado dia 2 de abril, numa jornada a contar para o campeonato nacional.

1 - sub-16.jpg

O jogo foi marcado pelo equilíbrio, com alternâncias no marcador. A equipa da Lousã entrou melhor em campo e adiantou-se no marcador através de dois ensaios convertidos (0-14). Mas depois de conseguir suster o melhor arranque no jogo da equipa da Lousã, a resposta do CRAV veio também ela através da marcação de dois ensaios, mas apenas um deles foi convertido (12-14), resultado este que se verificava ao intervalo.

No início da segunda parte manteve-se o equilíbrio entre as duas equipas, com a Lousã a marcar mais um ensaio convertido (12-21), seguindo-se a resposta da equipa arcuense também ela com um ensaio convertido (19-21). Os visitantes chegaram a marcar mais um ensaio não convertido (19-26) e, já nos últimos 15 minutos de jogo, a jovem equipa do CRAV demonstrou querer mais ganhar que o seu opositor e dominou totalmente o final da partida tendo marcado mais 3 ensaios e fixando o resultado final em 38-26.

2 - Sub16.jpg

3 - Sub16.jpg

ESCALÕES DE FORMAÇÃO DO CRAV CONVIVEM A NORTE

Escalões de Formação do CRAV em Mais um Convívio a Norte

Foi sob um tórrido sol que se desenrolou mais um convívio regional de sub-8, sub-10 e sub-12, no Viso, em que o CRAV esteve presente com uma equipa de cada escalão.

Num convívio em que predominaram as equipas da região do Porto, e fortemente condicionado pelas férias escolares, houve tempo para muitos jogos para jovens atletas das mais variadas idades.

Como é habitual, não houve resultados publicados nem classificações. O que sobressaiu foi a alegria e o prazer de jogar.

escaloes_formacao_convivio (2).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ ASSINALA DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL

Biblioteca Municipal assinalou o Dia Internacional do Livro Infantil

A Biblioteca Municipal voltou a assinalar de uma forma muito colorida e cheia de magia o Dia Internacional do Livro Infantil. Este ano a convidada foi Danuta Wojciechowska, uma reconhecida ilustradora que nasceu no Québec, Canadá, em 1960, mas que vive e trabalha em Lisboa desde 1984.

dia_internacional_livro_infantil (1).jpg

Danuta esteve, no dia 5 de abril, com as crianças dos Jardins de Infância das IPSS do concelho: JI da Pousadinha da A. J. Vila Fonche; JI da Santa Casa de Misericórdia de AVV; JI Centro Social e Paroquial de AVV; JI Cantinho Alegre de CSP Guihadeses.

Danuta ilustrou mais de duas dezenas de livros para crianças de reconhecidos autores da língua portuguesa: António Mota, Álvaro Magalhães; Mia Couto, João Pedro Mésseder, Ondjaki, José Eduardo Agualusa. Também dinamiza oficinas de ilustração para adultos, jovens e crianças que promovem a criatividade e a literacia visual ligada ao livro infantil. 

Recebeu o Prémio Nacional de Ilustração de 2003. Em 2004 foi a candidata portuguesa ao Prémio Hans Christian Andersen e recebeu o prémio para o melhor livro ilustrado da FIBDA. No mesmo ano as suas ilustrações foram selecionadas para a exposição internacional da Feira do Livro para Crianças de Bolonha. Em 2008/09 participou na exposição de ilustração portuguesa “ilustrações.pt”.

dia_internacional_livro_infantil (2).jpg

dia_internacional_livro_infantil (3).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ APOIA FREGUESIAS

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aprovou 243 mil euros para Freguesias do concelho

Fazendo jus à política de proximidade com as Juntas de Freguesia e dando seguimento ao “compromisso” de as apoiar sempre que possível, a Câmara Municipal aprovou celebrar mais nove protocolos, nomeadamente com a Junta de Freguesia de Ázere, a União de Freguesias de Guilhadeses e Santar, a União de Freguesias de Padreiro (Salvador e Santa Cristina), a União de Freguesias de Grade e Carralcova, a Junta de Freguesia de Prozelo, a União de Freguesias de Souto e Tabaçô, a Junta de Freguesia de Cendufe, a Junta de Freguesia de Oliveira e a União de Freguesias de Álvora e Loureda no valor global de 243 mil euros.

Com a Junta de Freguesia de Ázere foi aprovado um protocolo no valor de 30 mil euros para apoiar na execução das obras de "Alargamento e Pavimentação do Caminho de Mozelos à Costa do Mouro - 2ª Fase" e "Alargamento do Caminho da Chouza", cujo valor total dos orçamentos ascende a 48.927,50 euros; com a União de Freguesias de Guilhadeses e Santar, foi aprovado um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar a realização de obras de beneficiação em caminhos no valor total de 44.534,39€; com a União de Freguesias de Padreiro (Salvador e Santa Cristina), foi aprovado celebrar um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar a realização de obras de beneficiação naquela união de freguesias, a realizar em 2017; com a União de Freguesias de Grade e Carralcova, foi aprovado celebrar um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar as obras de “Alargamento e Beneficiação dos Caminhos de Vitoreira – Carralcova; Caminho do Cruzeiro, Vilela – Grade, e Beneficiação dos Cemitérios Paroquiais da União de Freguesias”, no valor de 41.010,50, + IVA; com a Junta de Freguesia de Prozelo, foi aprovado celebrar um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar a execução das obras de "Arranjo urbanístico da área envolvente à Igreja Paroquial - 1ª Fase", cujo orçamento ascende a 41.494,82 euros + IVA; com a União de Freguesias de Souto e Tabaçô, foi aprovado um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar o arranjo de alguns caminhos na Freguesia de Souto, colocação de touvenan, alcatrão e valetas nos seguintes lugares: Lugar de Milhundos - Caminho de Fonduches 15 600,00 euros; Caminho da Lameira 6 100,00 euros; Lugar da Carvalha 15.700,00 euros, no valor total de € 37.400,00 + IVA; com a Junta de Freguesia de Cendufe foi aprovado um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar a realização de obras de melhoramento de diversos caminhos na freguesia, cujo valor total ascende a 42.034,75 euros + IVA; com a Junta de Freguesia de Oliveira, foi aprovado um protocolo no valor de 3 mil euros, considerando que já foi protocolado o valor de 27 mil euros, com para apoiar o trabalho a realizar no acesso do caminho do Largo do Outeiro, no valor de 4.988,00 euros, e, Idem, com a União de Freguesias de Álvora e Loureda, foia provado um protocolo no valor de 30 mil euros, para apoiar as obras de Alargamento e pavimentação do caminho de ligação entre S. Martinho e S. Miguel, no valor de 38.100 €; Pavimentação do caminho da Chã, no valor de 12.000€, totalizando o valor de 50.100€.

Estes protocolos juntam-se a outros já celebrados entre o Municipio e outras Juntas de Freguesia, no montante de cerca de 900 mil euros. Dinheiro destinado a financiar obras nas localidades, onde se destacam as benfei­torias nos caminhos, arranjos urbanísti­cos, requalificação de sedes da Junta de Freguesia, entre outras intervenções, bem referente ao contrato que delega competências para a limpeza de Caminhos Municipais entre o Município e 30 Juntas de Freguesias do concelho.

Através destes apoios o Municipio pretende contribuir para o bem-estar das populações e consequentemente melhorar a qualidade de vida no concelho.

ARCOS DE VALDEVEZ: SISTELO É UMA DAS MARAVILHAS DE PORTUGAÇ

Sistelo é seleccionada como candidata a Aldeia Rural das 7 Maravilhas de Portugal

Sistelo foi uma das 43 aldeias escolhidas pelo júri do concurso “7 Maravilhas de Portugal- Aldeias” para passagem à fase seguinte de selecção, que de um grupo inicial de 332 inscritos destacou somente 43.

sisteloarc.PNG

A povoação arcuense é concorrente numa das sete categorias, a de Aldeia Rural, sendo a única a representar o Norte de Portugal; as outras regiões são o Centro, Alentejo e Ribatejo, Algarve e Madeira.

Esta distinção trará ainda maior destaque e popularidade a Sistelo, algo que a povoação vem conhecendo de forma crescente sobretudo a partir do importante processo de classificação nacional como Paisagem Cultural, recentemente reconhecido pela tutela.

A partir do dia 9 de Julho a RTP inicia um conjunto de sete apresentações televisivas, correspondendo às categorias a concurso, sendo que em todos os domingos serão apuradas duas aldeias finalistas em cada categoria; a 20 de agosto são conhecidas as 14 finalistas e a 3 de Setembro as sete vencedoras. As votações são unicamente telefónicas e por maior número de votos, elegendo uma aldeia por categoria, não podendo ser escolhidas mais do que três por região.

ARCOS DE VALDEVEZ COMEMORA DIA MUNDIAL DA ATIVIDADE FISICA

Seniores Arcuenses praticam exercício físico e revelam que estão em forma

O Município tem vindo a desenvolver esforços no sentido de promover a atividade física junto da população, nomeadamente da população sénior.

dia_mundial_atividade_fisica_caminhada_ecovia (1).jpg

Exemplo disso é o “Projeto Séniores+Ativos, que iniciou em junho de 2016 e conta já com mais 100 participantes que, semanalmente, e com a ajuda de um professor de educação física, desenvolvem atividades de exercício fisco adaptadas às necessidades e capacidades de cada grupo participante.

Comemorando o Dia Mundial da Atividade Física, no passado dia 8 de abril, foi também promovida uma caminhada pela ECOVIA, que contou com cerca de 40 participantes.

Esta foi a primeira de várias caminhadas que o Município irá desenvolver mensalmente e que contam já com um grupo considerável de seguidores.

Todos sabemos que o exercício físico faz bem ao corpo e à mente, por isso, venha juntar-se a nós e mexa-se pela sua saúde.

Quem pretender obter mais informações sobre estas caminhadas, deverá contactar o serviço de ação social do Município de Arcos de Valdevez.

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 7 DE ABRIL DE 2017

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

No Período antes da Ordem do Dia, o Sr. Presidente lembrou a realização do Peneda Geres Trail adventure, organizado pela Carlos Sá Nature Events, o qual decorreu de 8 a 14 de Abril e teve passagem por Arcos de Valdevez no passado dia 9, incluindo também uma Caminhada Solidária, que permitirá aos participantes conhecer locais únicos e ao mesmo tempo contribuir solidariamente com o valor da sua inscrição para os Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez.

Também adiantou que se iria deslocar à comunidade arcuense em Paris no passado fim de semana para participar em eventos nesta região de França, nomeadamente na "Feira de Produtos Regionais Portugueses e da Ruralidade" realizada pela ARCOP em Nanterre, no encontro de arcuenses realizado no âmbito da feira, para o qual foram convidadas todas as associações da região de Paris, bem como no encontro com a Casa dos Arcos em Paris.

Relembrou a programação da Páscoa, com a celebração da Semana Santa e todos os outros eventos cultuais e desportivos associados à programação da época Pascal;

Por último informou que o Conselho Municipal de Proteção Civil iria reunir para aprovar o Plano Operacional Municipal e o Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios.

DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ANO DE 2016: foram aprovados os documentos relativos à prestação de contas do ano de 2016, elaborados nos termos do nº 2.2 do POCAL, e do Anexo à Resolução do Tribunal de Contas nº 4/2001, no uso da competência prevista na alínea i) do nº 1 do artº 33º do Anexo I à Lei nº 75/2013, de 12 de Setembro, os quais se encontram integralmente elaborados e devidamente arquivados, acompanhados do relatório e parecer e da certificação legal das contas efetuadas pelo Revisor Oficial de Contas C& R, Ribas Pacheco, nos termos do artº 77º, nº 2 da Lei nº 73/2013, de 3 de Setembro, estando disponíveis para consulta.

No ano de 2016 a Câmara Municipal apresentou uma execução orçamental de mais de 22 M€.

PROJETO DA 1ª REVISÃO AO ORÇAMENTO  E 2ª ALTERAÇÃO AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS PARA 2017: foi aprovado o projeto da 1ª Revisão ao Orçamento Municipal e a 2ª Alteração ao Plano Plurianual de Investimentos para 2017, com um valor global de € 1.325.000 euros.

            PROTOCOLOS:

Foi aprovado celebrar um protocolo no valor de 40.000,00€ com o Centro Paroquial e Social de Santa Maria de Grade, para apoiar as obras de remodelação das suas instalações para a criação de mais vagas na Estrutura Residencial para Idosos, cujo orçamento ascende a 119.212,87 euros.

Idem, um protocolo no valor de 30 mil euros, com a União de Freguesias de Grade e Carralcova, para apoiar as obras de “Alargamento e Beneficiação dos Caminhos de Vitoreira – Carralcova; Caminho do Cruzeiro, Vilela – Grade, e Beneficiação dos Cemitérios Paroquiais da União de Freguesias”, no valor de 41.010,50, acrescido de IVA.

Idem, um protocolo no valor de 30 mil euros, com a Junta de Freguesia de Prozelo para apoiar a execução das obras de "Arranjo urbanístico da área envolvente à Igreja Paroquial - 1ª Fase", cujo orçamento ascende a 41.494,82 euros + IVA.

Idem, um protocolo no valor de 30 mil euros, com a União de Freguesias de Souto e Tabaçô para apoiar o arranjo de alguns caminhos na Freguesia de Souto, colocação de touvenan, alcatrão e valetas nos seguintes lugares: Lugar de Milhundos - Caminho de Fonduches 15 600,00 euros; Caminho da Lameira 6 100,00 euros; Lugar da Carvalha 15.700,00 euros, no valor total de € 37.400,00. A este valor acresce a taxa de IVA em vigor.

Idem, um protocolo no valor de 30 mil euros, com a Junta de Freguesia de Cendufe para apoiar a realização de obras de melhoramento de diversos caminhos na freguesia, cujo valor total ascende a 42.034,75 euros + IVA.

Idem, um protocolo no valor de 3 mil euros, considerando que já foi protocolado o valor de 27 mil euros, com a Junta de Freguesia de Oliveira para apoiar o trabalho a realizar no acesso do caminho do Largo do Outeiro, no valor de 4.988,00 euros.

Idem, um protocolo no valor de 30 mil euros, com a União de Freguesias de Álvora e Loureda para apoiar as obras de Alargamento e pavimentação do caminho de ligação entre S. Martinho e S. Miguel, no valor de 38.100 €; Pavimentação do caminho da Chã, no valor de 12.000€, totalizando o valor de 50.100€.

APOIOS ASSOCIAÇÕES

Idem, a Associação Recreativa e Cultural do Vale, no valor de 10.000€, para apoiar a conclusão das obras da sua Sede Social, cujo orçamento ascende a 61.953,00 euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor.

Idem, a Época Prodígio Associação Cultural e Desportiva da Várzea, no valor de 3.870,00€.para apoiar a conclusão das obras da sua Sede Social.

Idem, o Rancho Folclórico da Associação de Vilarinho das Quartas, no valor de 1.500 €, para apoiar a renovação dos trajes do Rancho.

Idem, o Rancho Folclórico de Santa Marinha de Prozelo, no valor de 2.500€ para ajudar a custear as despesas com a realização do Almoço do Dia Internacional da Mulher na freguesia de Prozelo.

Idem, a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Pedro do Vale e a Comissão de Festas em honra de Nossa Senhora do Vale, no valor de 500,00 euros para apoiar a realização da Feira do Gado a ter lugar a 18 de abril de 2017.

Idem, a Associação Recreativa e Cultural Os Amigos de Oliveira, no valor de 10.000,00 euros, para a poiar a aquisição de equipamentos para a cozinha do seu salão, visando a festa do seu Aniversario 25 Anos da ARCAO, a realizar no dia 28 de maio do corrente ano, instalações essas que serão disponibilizadas no futuro à comunidade em geral.

Foi aprovado apoiar o Atlético dos Arcos – Associação Desportiva, no valor de 8.500,00 euros, para ajudar a fazer face às despesas com as obras de beneficiação realizadas no Estádio Municipal da Coutada que ascenderam as 10.350,00 euros.

Idem, o Rancho Folclórico de S. Paio, no valor de 6.470,00 euros, para apoiar a organização do Festival do Alto Minho, no dia 11 de junho, que se realiza todos os anos em rotatividade em dez concelhos do Alto Minho, em parceria com as câmaras municipais de cada concelho. Este ano está inserido também nas comemorações dos 70 anos daquele rancho folclórico.

Idem, a FOLIA – Associação de Festas e Animação Cultural de Arcos de Valdevez (Salvador) no valor de 180.000,00 euros, para execução do seu plano de atividades, efetuando-se o pagamento em nove prestações mensais de 20.000,00 euros/cada.      

Idem o CCD – Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez através de um apoio financeiro extraordinário a realizar em dois pagamentos: 1º - Assinatura do protocolo - 10.000,00 euros e 2º - 6 meses após - 10.500,00 euros para ajudar com o pagamento de encargos decorrentes do reforço do apoio aos associados e às atividades de âmbito social, cultural e recreativo.

Idem, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, no valor de 12.000,00€, para apoiar a realização da diversas operações/ações a desenvolver pela cooperativa, no âmbito da Expovez 2017.

Idem, a ARDAL, no valor de 16.000,00€, para apoiar a realização da diversas operações/ações a desenvolver pela ARDAL, no âmbito da Expovez 2017.

Idem com a ACIAB, no valor de 27.000,00€, para apoiar a realização da diversas operações/ações a desenvolver pela ACIAB, no âmbito da Expovez 2017.

APOIOS SOCIAS

Foi deliberado apoiar um agregado familiar do concelho residente em Reboreda – Rio de Moinhos ao abrigo do regulamento de apoio à recuperação habitacional de estratos sociais desfavorecidos, com um apoio económico no valor de 9.963€ (nove mil novecentos e sessenta e três euros), para realização de diversos trabalhos na sua habitação.

Idem, um agregado residente em Mó – Senharei, neste concelho no valor de 7564.50€ (sete mil quinhentos e sessenta e quatro euros e cinquenta cêntimos), para realização de diversos trabalhos na sua habitação.

Idem, um agregado familiar residente em Travassos – Senharei, neste concelho no valor de 3808.60 (três mil oitocentos e oito euros e sessenta cêntimos), para reparação do telhado da sua habitação.

 Idem, um agregado familiar residente em Xisto – Jolda (S. Paio), neste concelho no valor de 9717,00€ (nove mil setecentos e dezassete euros) para realização de diversos trabalhos na sua habitação.

Foi deliberado apoiar um agregado familiar do concelho no valor de 365,00€ (trezentos e sessenta e cinco euros), para pagamento de dívidas.

OBRAS MUNICIPAIS

Infraestruturação de espaços para eventos no Paço de Giela: - foi aprovada abertura de procedimento concursal para a execução da empreitada de obra «Infraestruturação de espaços para eventos no Paço de Giela», pelo valor base de 84.290,00 euros.

CONSTRUÇÃO DE PARQUE INFANTIL NO SOAJO: foi aprovada a abertura de procedimento concursal pelo valor base de 17.430,00 euros;

REORGANIZAÇÃO VIÁRIA E FUNCIONAL DE ACESSO AO LARGO DO EIRÓ: - foi aprovada a abertura de procedimento concursal para a execução da empreitada de obra «Reorganização Viária e Funcional do Acesso ao Largo do Eiró», pelo valor base de 23.825,00 euros;

MINUTA DO CONTRATO DA EMPREITADA “Ligação entre IC28 e o P.E. Mogueiras - Troço A”: foi aprovada a minuta do contrato de empreitada relativo à obra "Ligação entre IC28 e o P.E. Mogueiras - Troço A (Entrada sudoeste da sede do concelho)".

REABILITAÇÃO DE PAVIMENTOS NAS ESTRADAS MUNICIPAIS 202-2, 518, 530 E 530-2: foi aprovado homologar a conta final, no montante de 292.571,79 euros (com IVA: 310.126,10 euros).

Remodelação do Front Oficce: foi deliberado homologar a conta final da empreitada no montante de 28.600,00 Euros (com IVA: 30.316,00 Euros)

ampliação da rede de abastecimento de água – freguesia de gondoriz: foi aprovada a conta final da empreitada no montante de 50.762,11 euros

BENEFICIAÇÃO DE FACHADAS DAS LOJAS DO R/C NO MERCADO MUNICIPAL: foi aprovada a adjudicação à firma Exotikvalor, Lda., pelo valor de 11.999,00 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

Portas do Mezio - Infraestruturas de Sonorização, Infraestruturas de eletricide telecomunicações de apoio: foi aprovada a de liberação de caução.

CONSTRUÇÃO DE PARQUE INFANTIL NO JARDIM DOS CENTENÁRIOS: foi aprovada a liberação de mais 15% da caução inicial (o que totaliza 75% da caução total), por ter decorrido 3 anos completos desde a receção provisória, bem como aprovado proceder à homologação do auto.

"Beneficiação de Parque e Jardins - Greenways - Cicuito Bio Saudável" – LIBERAÇÃO DE CAUÇÃO: foi deliberado autorizar a liberação de 30% da caução inicial por ter decorrido 1 ano completo desde a receção provisória.

"estádio municipal de rugby - drenagens" – SUBSTITUIÇÃO DE GARANTIA: foi aprovada a substituição das retenções efetuadas na obra supracitada para reforço da garantia prestada no valor total de 4.194,00 euros por garantia bancária de igual valor.

AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO - ARCOS DE VALDEVEZ (S.PAIO) - TRAMO 4 E 5: foi aprovado homologar o auto de vistoria para efeitos de receção provisória da empreitada em epígrafe.

AMBIENTE

AQUISIÇÃO DE ECO-PONTOS ENTERRADOS: foi aprovada a abertura de procedimento para a aquisição de 3 (três) conjuntos de eco-pontos enterrados com nova imagem na sede do concelho pelo valor global de 37.875,66 Eur + Iva.

Aquisição de duas viaturas para a DASG

Foi deliberado abrir procedimento por ajuste direto pelo preço base de 21.708,00 euros.

REDUÇÃO DAS TAXAS MUNICIPAIS RELATIVAS A LICENCIAMENTO/AUTORIZAÇÃO DE ATIVIDADES ECONÓMICAS NO CONCELHO: foi aprovada a proposta no sentido de ser revisto o âmbito de aplicação da medida relativa à redução de Taxas Municipais, a que se refere a deliberação de camarária de 10 de novembro de 2016, passando também a considerar, como ato determinante para o beneficio da redução de taxas, o ato de licenciamento/admissão da comunicação prévia/autorização administrativa das operações urbanísticas.

REGIME JURÍDICO EXCECIONAL DE REGULARIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS E EXPLORAÇÕES EXISTENTES: a Câmara aprovou a informação dos Serviços Municipais relativamente a um conjunto de pedidos de reconhecimento de interesse público municipal na regularização de instalações  pecuárias,   no âmbito do regime jurídico excecional de regularização definido no Decreto-Lei n.º 165/2014, de 5 de novembro e na Lei n.º 21/2016, de 19 de julho.

OPERAÇÃO URBANÍSTICA DE RECONSTRUÇÃO E AMPLIAÇÃO DE EDIFICAÇÃO DESTINADA A EMPRRENDIMENTO DE TURISMO EM ESPAÇO RURAL - AGROTURISMO: foi aprovado o licenciamento d um projeto de arquitetura relativo alteração e ampliação de edificações existentes para turismo rural – agro turismo, prevendo a capacidade de três unidades de alojamento, seis quartos, e doze hóspedes, no lugar de Ribeiro, freguesia de Prozelo, deste concelho.

ESTUDO DE ENQUADRAMENTO NA ALDEIA DE SISTELO: foi aprovada a abertura de procedimento concursal de ajuste direto, pelo valor base de10.000 euros mais IVA para a realização do estudo. O trabalho tem por objetivo a recuperação, valorização e divulgação do património cultural e ambiental na área referida, com vista à sua preservação e sustentabilidade, e simultaneamente ao fomento de um tipo de turismo, o Ecoturismo, pedagógico, benéfico para o ambiente e para a “eco-nomia” da população local, baseado na observação e contemplação da natureza e no conhecimento das culturas tradicionais, preferencialmente disponibilizado por promotores pertencentes às comunidades locais ou nelas integrados e com um carácter diferenciador, pela proximidade e integração na realidade cultural, social e económica destas comunidades.

limpeza da ecovia das Terras de Valdevez:

Atendendo que o município dispõe agora de recursos humanos para efetuar as limpezas em questão, pelo que por razões de eficiência e eficácia, e atendendo ao acordo das freguesias envolvidas, foi aprovado cessar os contratos interadministrativos.

“Fête du Terroir

A Câmara tomou conhecimento e aprovou o convite recebido por parte da Mairie de Dammarie-lès-Lys, de França, para participar na “Fête du Terroir”, a ter lugar no próximo dia 21 de maio.

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA SEMANA DA LEITURA

Oitava edição da Semana Concelhia da Leitura voltou a captar as atenções para os livros

Decorreu de 27 a 31 de Março a oitava edição da Semana Concelhia da Leitura, desta vez subordinada ao tema " O Prazer de Ler". À semelhança das edições anteriores, a Semana apresentou inúmeras atividades criteriosamente programadas pelas bibliotecas da Autarquia, do Agrupamento e da Epralima, tendo sempre como objetivo principal a promoção de leitura e a aproximação da comunidade escolar ao público não escolar.

semana_leitura_2017 (1).jpg

As portas das bibliotecas abriram-se para que os alunos e os seus familiares pudessem juntos celebrar o prazer de ler e deste modo contagiar as outras pessoas. Logo na noite de 27, o  palco da Casa das Artes acolheu uma excelente sessão de abertura, toda ela preparada pelas bibliotecárias e apresentada pelos alunos, professores e alguns pais.

Inúmeros foram também os convidados que contribuíram para a festa da leitura ao longo da semana.

Na segunda-feira, 27 decorreu no Auditório da EB23/S a Palestra “Celebração dos 60 anos do tratado de Roma”- um balanço dos direitos dos cidadãos europeus, dinamizada por Sophie Perez (U. Minho) no âmbito da Escola Embaixadora do Parlamento Europeu. 

Todos os  alunos do 9º ano frequentaram ao longo de 3 dias uma Oficina de Escrita Criativa mediada pelo jornalista e poeta Alberto Serra. 

Foi dada continuidade a rubricas já consolidadas ao longo das edições anteriores e que comprovadamente são ótimas maneiras de valorizar a leitura junto dos mais novos, tais como A Poesia bate à Porta, 10 a Ler e o Concurso Concelhio de Leitura Quintos Leitores. 

Os alunos de Educação Especial prepararam um chá com livros para adoçar o encontro com Raquel Ramos, uma das escritoras convidadas. Outros autores convidados foram: a arcuense Fátima Torres que esteve à conversa com os alunos no auditório da Epralima, para apresentar os seus dois romances: Mão na mão, lado a lado" e "Diamantes de Cristal e pérolas perdidas", ambos publicados na Chiado Editora; Alexandra Vidal, autora do romance histórico "No coração do império" e Joaquim Costa que acabou de publicar a sua primeira obra ficcional "Delirium Litterarium”. Marcaram também presença dois ilustradores de livros para a infância Rui Castro e Alexandra Mendonça que explicaram aos alunos do pré-escolar e 1º ciclo os segredos dos seus desenhos. 

Ponto alto da semana foram as sessões com o decano da banda desenhada, o mestre José Ruy, destinadas aos alunos do 4º e 7º ano, que decorreram no auditório da Casa das Artes. José Ruy é o artista responsável por duas das obras de cariz histórico sobre Arcos de Valdevez em banda desenhada: A primeira, "O Juiz de Soajo" publicada em 1996 e reeditada em 2014, e a segunda, uma encomenda especial da Câmara Municipal resultou no álbum "Histórias de Valdevez" que o Município ofereceu em dezembro de 2016, durante as festas de Natal a todos os alunos do 4º ano de escolaridade. 

Com este encontro os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o autor e de contactar mais de perto com os processos criativos e de pesquisa necessários à publicação de um álbum de banda desenhada. 

Tal como em outras edições, a Semana prolongou-se em serões nas escolas e na Biblioteca Municipal. "O prazer de ler contigo" foi o evento programado pelo Centro Escolar Prof António M. Machado e pela Escola Padre Himalaya com a participação ativa de alunos e pais. Desta forma, quem não pôde estar presente na sessão de abertura, teve oportunidade de assistir às muito interessantes encenações  "Pessoa criança" e  "Língua Portuguesa: tesouro do passado, promessa do futuro!", respetivamente, numa e noutra escola. 

A Epralima voltou a realizar com muito sucesso o jantar literário e vegetariano, tendo para tal convidado várias pessoas para lerem em voz alta. A escola profissional convidou também Laura Correia e os amigos, Paula Lima (voz) e João Jardel (piano), para apresentarem o espetáculo musical “Os meus caminhos pela Poesia”. 

Leituras radiofónicas, exposições e horas do conto em francês e inglês foram ainda outras rubricas que salpicaram a semana de leituras joviais e mostraram mais uma vez que os arcuenses apreciam muito ler.

semana_leitura_2017 (2).jpg

semana_leitura_2017 (3).jpg

semana_leitura_2017 (4).jpg

SL_sessaoabertura (18) - Cópia.jpg

SL_sessaoabertura (66) - Cópia.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ PROTEGE OS IDOSOS

Município arcuense promove sessão sobre “Guia do Consumidor Idoso”

Em parceria com o CIAB - Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Consumo, a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, desenvolveu, no passado dia 5 de abril, uma sessão dirigida a técnicos da área social e presidentes das juntas de freguesia, sobre como ajudar os Munícipes, sobretudo os mais idosos, a prevenir-se das vendas desleais e gastos excessivos.

sessao_guia_consumidor_ciab (2).JPG

Nesta sessão foi apresentado o “Guia Prático do Consumidor idoso “destinado a sensibilizar as pessoas de idade maior, sobre os seus direitos cívicos, as medidas preventivas para salvaguardar direitos enquanto consumidores, as questões de segurança em ambiente doméstico e ainda, os conselhos da entidade policial para prevenir roubos e burlas.

Com esta informação os participantes ficaram habilitados para prestar aconselhamento e apoio às pessoas com quem lidam diariamente e que manifestem algum tipo de problema relativo ao consumo e sobre-endividamento.

Sendo assim, caso necessite de algum tipo de apoio nestas áreas, poderá dirigir-se ao Município de Arcos de Valdevez, Juntas de Freguesia e IPSS´s, para receber orientação e apoio, bem como, para solicitar o “Guia Prático do Consumidor idoso “, o qual, poderá revelar-se como uma excelente ajuda no que se refere aos seus conflitos de consumo.

sessao_guia_consumidor_ciab (3).JPG

ARCUENSES CAMINHAM PELA ECOVIA

Município adere ao dia Mundial da Atividade Física e convida-o a participar numa caminhada pela ECOVIA

No dia 6 de abril comemora-se o dia Mundial da Atividade Física, cujo principal objetivo é promover a prática de atividade física junto da população, assim como mostrar os benefícios do exercício físico.

caminhada_ecovia.JPG

Alicerçada no Projeto “Seniores+Ativos” que se iniciou há cerca de um ano e que conta já com mais de 100 participantes, o Município de Arcos de Valdevez decidiu comemorar o Dia Mundial da Atividade Física, no próximo dia 8 de Abril, através da realização de uma caminhada pela ECOVIA.

Com esta iniciativa é lançado o mote para um conjunto de caminhadas que, mensalmente, irão ser promovidas pelo Município.

Se estiver interessado, venha fazer esta caminhada, a qual se realiza no próximo sábado, dia 8 de abril.

O local do encontro é no Campo do Transladaria, às 14,30h, devendo terminar por volta das pelas 16,30h.

ARCUENSES DESCOBREM NOVOS CAMINHOS

Acontece in loco – Montanha do Alto Minho

A Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL), a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e a Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais vão organizar, de 4 a 6 de Maio, o Acontece in Loco – Montanha do Alto Minho, com o apoio da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, da Junta de Freguesia de Sistelo, da Associação Sócio-Cultural e Recreativa de Sistelo e da Associação Territórios com Vida (Rio Frio). 

Cartaz_acontece_in_loco.png

Há passos novos a percorrer os velhos caminhos das aldeias, na montanha do Alto Minho, e os participantes no Acontece in Loco terão experiências diretas com os seus protagonistas, acompanhando o pastor e o seu rebanho em caminhada e saboreando, com lentidão, um piquenique na serra e outras tertúlias gastronómicas, e descobrindo o património da belíssima aldeia de Sistelo (Arcos de Valdevez). Aprendizagens, reflexão e debate serão proporcionados em leituras-tertúlia, animadas por atores locais e por especialistas convidados, com intervenções centradas nos processos de inovação e dinamização rural que já estão a transformar a aldeia, mas cujo futuro encerra ainda muitas incertezas. 

O convite dirige-se aos investigadores, docentes e estudantes do ensino superior, ligados à área dos estudos rurais em sentido lato, a técnicos de desenvolvimento rural, a empreendedores em meio rural, a operadores turísticos e a outros participantes, cuja motivação principal seja aprender sobre os territórios rurais e sobre as formas de contribuir para o seu desenvolvimento.

Haverá tempo e espaço para a observação e reflexão, partilhada e in loco, sobre as problemáticas que se colocam atualmente a Sistelo e às aldeias de montanha do Alto Minho. 

Esta iniciativa inspira-se na tradição dos dias de campo da Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais, que agora se pretende retomar .

Os interessados deverão inscrever-se e adquirir informação adicional sobre o programa e condições de participação disponíveis on-line:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf0Pfr5yTojehn3jspXCWhbcc7MAIMk6jSAShg9Dz3f5o51gA/viewform?c=0&w=1

CASA DE ARCOS DE VALDEVEZ EM LISBOA CELEBRA A PASCOELA

Quebrando uma tradição de longos anos, este ano não haverá a visita Pascal no Domingo, na Sede Social da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez.

14366.JPG

A comunidade arcuense radicada na região de Lisboa celebrará a Pascoela, no dia 23 de Abril, nas suas instalações em Marvila.

A cerimónia ocorrerá às 15 horas, mantendo a tradição das nossas aldeias onde será dada a cruz a beijar e não vão faltar os doces e o vinho fino após a saída da Cruz. E, como não podia deixar de acontecer, as concertinas vão alegrar a Festa de Cristo Ressuscitado.

Foto: Notícias dos Arcos

BOIS DA PÁSCOA DESFILAM EM ARCOS DE VALDEVEZ

Milhares de pessoas no desfile dos Bois da Páscoa em Arcos de Valdevez. Tradição Pascal conta já com mais de 7 décadas.

O passado domingo foi de festa em Arcos de Valdevez com o tradicional desfile dos Bois da Páscoa, o qual deu o arranque às comemorações da época Pascal no concelho.

bois_pascoa_2017_11.jpg

Milhares de pessoas juntaram-se ao longo da Avenida Recontro de Valdevez para assistir a este cortejo, composto por 34 bois das raças minhota e barrosã, alguns também cachenos e ainda 20 vacas cachenas cangadas à moda antiga, num desfile que contou também com a participação de figurantes vestidos à época, com os trajes regionais.

Os animais que este ano desfilaram estiveram em exposição, no parque da Ponte Nova, sendo que depois foram engalanados a preceito para participarem no desfile, que também foi acompanhado por vários ranchos folclóricos do concelho, trajados a rigor, recriando um ambiente de festa.

De referir, que manda a tradição que os animais que desfilam, comprados pelos talhos do concelho, sejam abatidos antes da Páscoa para que a sua carne seja consumida durante os festejos da época Pascal.

O presidente da Câmara Municipal, João Esteves adiantou que este desfile é de grande importância na promoção do concelho. Ele repesca uma tradição antiga e cria dinâmica económica em volta da restauração, hotelaria e comércio.

Por outro lado, através deste evento “mostramos aquilo que temos no mundo rural, o qual está vivo e dinâmico, onde a agricultura tem um papel relevante nos rendimentos de muitas famílias, e mostramos às gerações mais novas que a agricultura é um setor onde poderão encontrar oportunidades”, referiu.

Com mais de sete décadas, esta tradição pascal nasceu por iniciativa dos proprietários de talhos estabelecidos na sede do concelho, para darem a conhecer os bovinos que seriam abatidos por altura da Páscoa.

A iniciativa foi organizada pela Câmara de Arcos de Valdevez, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a ARDAL e vários talhos e produtores do concelho.

bois_pascoa_2017_13.jpg

bois_pascoa_2017_30.jpg

bois_pascoa_2017_45.jpg

bois_pascoa_2017_certificado.jpg

CRAV VENCE O LOUSÃ

Sub-18 do CRAV em Mais uma Prova Superada

A equipa de sub-18 do CRAV recebeu e venceu a equipa do RC Lousã, neste domingo dia 2 de abril, numa jornada a contar para o campeonato nacional do escalão.

Sub-18 CRAV vs Lousa (2).JPG

Este encontro foi marcado pelo total domínio da equipa arcuense que, desde o inicio, assumiu o desenrolar do jogo, pressionando bastante o adversário.A equipa da casa demonstrou sempre a sua superioridade e já no intervalovencia por 28-0.

Na segunda parte, o CRAV manteve-se sempre compacto e somente na parte final cedeu um pouco, baixando o ritmo e possibilitando à equipa adversária pressionar na sua área de defesa. Este pequeno deslize não inverteu o domínio dos jovens arcuenses que saíram vitoriosos do encontro, com um resultado final bastante expressivo de 49-12.

CRAV SAGRA-SE VICE-CAMPEÃO DO TORNEIO INTER-REGIONAL DE INVERNO

Sub-14 do CRAV Vice-Campeões do Torneio Inter-Regional de Inverno

A equipa sub-14 do CRAV marcou presença na quinta e última jornada do Torneio Inter-Regional de Inverno que se disputou em Guimarães, no passado dia 2 de abril.

Sub-14 em Guimarães.jpg

A equipa das jovens promessas do CRAV teve uma presença muito meritória ao ter ganho expressivamente os cinco jogos que disputou. Isto permitiu-lhe vencer a jornada de Guimarães e garantir o segundo lugar do Torneio.

Na final, o CRAV bateu a equipa do RC Lousã, vencedora final do torneio. No total, a Lousã venceutrês jornadas da competição, contra duas vitórias do CRAV.

CRAV SEGUE FIRME NO 4º LUGAR DO CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO

Nas duas últimas jornadas do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, o CRAV visitou o Técnico e perdeu por 20-15 e recebeu e venceu o Caldas por 39-19. À 16ª jornada desta fase de apuramento que já vai longa, a equipa arcuense ocupa o 4º lugar da tabela classificativa.

CRAV-Caldas_006.jpg

Na receção ao Caldas, que teve lugar no passado dia 1 de abril, a equipa arcuense teve uma exibição que ficou aquém das expectativas na primeira parte, faltando espírito, união e garra aos jogadores da casa. Porém, o segundo tempo trouxe um novo alento ao CRAV que se apressou a demonstrar em pontos porque é um dos candidatos ao título, com movimentações coletivas de excelente nível.

A duas jornadas do fim da fase de apuramento para o Play-Off, o CRAV conta com deslocações aos campos do Benfica e do S. Miguel, nos dias 22 e 29 de abril, respetivamente.

CRAV-Caldas_013.jpg

CRAV-Caldas_018.jpg

CRAV-Caldas_034.jpg

CRIANÇAS ARCUENSES SAEM DA CASCA... E VÃO AO PAÇO DA GIELA!

"Sai da casca" e vem ao Paço

Esta Páscoa, e pela primeira vez, a “Caça ao Ovo” vai ser preparada no Paço de Giela.

Nos dias 14 e 15 de abril, a zona envolvente a este fantástico Monumento Nacional vai estar decorada a rigor para receber todos aqueles que queiram “sair da casca” e divertir-se no Paço.

sai da casca 2.jpg

Foram pensadas, especialmente para estes dias, um conjunto de atividades com fortes conteúdos históricos, dirigidas a pequenos e a graúdos. Desde pinturas faciais, esculturas de balões, caças ao ovo escondido, até aos jogos do tempo dos nossos avós, não vai faltar animação e brincadeira para todos.

Apostando também no lema que caracteriza o nosso concelho, “ARCOS DE VALDEVEZ ONDE PORTUGAL SE FEZ”, teremos um painel de azulejos para recriar este episódio histórico ocorrido em 1141, decisivo na fundação da nacionalidade.

Venha festejar a Páscoa no Paço de Giela!

PAÇO DA GIELA É ATRACÇÃO TURÍSTICA DO ALTO MINHO

Paço de Giela recebe mais de 1000 visitantes no mês de Março

O mês de Março ainda não terminou e, no Paço de Giela já são mais de 1000 os visitantes no interior do monumento. Para estes números contribuíram turistas de nacionalidades diversas, desde portugueses, holandeses, espanhóis a americanos, brasileiros e franceses, assim como visitas coletivas de grupos organizados de várias regiões do país e associações concelhias.

MAISDE1000 (1).jpg

O Paço de Giela, monumento nacional com características únicas, atravessando o tempo desde o século XI, é atualmente um verdadeiro espaço de cultura, história, homenagem à memória coletiva e aos alvores da nacionalidade, que se vem consolidando como ex-libris concelhio, sendo cada vez mais solicitado para visitas.

Neste espaço realizam-se periodicamente espetáculos musicais, programas de férias para crianças, workshops, oficinas temáticas para famílias, a Recriação do Recontro de Valdevez, a comemoração do Haloween e bailes de Carnaval, visitas guiadas, apresentações de livros, entre outras.

Venha ao Paço de Giela!

Venha a Arcos de Valdevez Onde Portugal se fez!

Próximas atividades  - ABRIL E MAIO

ABRIL

5 e 6. ABR.  / 14H00 - 17H30 AVENTURAS DE PÁSCOA

9.ABR. DOM. / TRAIL CARLOS SÁ (passagem pela zona envolvente do Paço)

12 e 13. ABR.  / 14H00 - 17H30 AVENTURAS DE PÁSCOA

14 e 15. ABR.  / 10H30 – 12H30 / 14H30 - 17H30  “SAI DA CASCA” E VEM AO PAÇO

Pinturas faciais e esculturas com balões para crianças

Caça ao Ovo

Jogos de ontem para hoje

jogo do arco

jogo da malha

corrida do saco

pintura de azulejos (recriação do painel do recontro de valdevez)

22 e 23. ABR. SÁB. E DOM.  / TODO O DIA DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS

TEMA: "Desporto, Património Comum"

Visitas guiadas com entrada gratuita

  1. ABR. SÁB. / 16H00 APRESENTAÇÃO DE LIVRO

“Ameaça de um Anjo” de Patrícia Ferreira

VISITAS ESCOLARES: DE 20 DE ABRIL A 2 DE MAIO (Agrupamento de escolas de Valdevez e escolas de outros concelhos)

MAIO

  1. MAI. SÁB. / 15H00 PAÇO EM FAMÍLIA

OFICINA TEMÁTICA: HISTÓRIAS DO PAÇO

“O foto-livro: histórias do Paço de Giela”

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE SOLICITA MAIS PROXIMIDADE AO GOVERNO

O Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, aproveitou a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, em Arcos de Valdevez para referir que a Câmara Municipal tem investido na promoção do desenvolvimento económico do concelho, no aumento do emprego, na criação de rendimento, fixação de população e melhoria da qualidade de vida dos arcuenses.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio4 (1).jpg

Para o autarca urge criarem-se condições para tornar o concelho ainda mais atrativo e competitivo, passando esta situação pela equidade no acesso a serviços públicos de proximidade, políticas ativas de emprego, dinamização de políticas focadas nas famílias e pelo apoio à instalação ou ao regresso das pessoas, bem como pelo incentivo à natalidade.

De igual modo solicitou o apoio do Governo para promover a Competitividade da Economia e do Território, tendo apelado ao apoio às empresas e para melhorar ligações ao concelho como é exemplo a ligação do IC 28 à fronteira da Madalena, a qual considera uma via determinante para o território.

Já o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, corroborou a opinião de João Esteves, afirmando ser necessário que exista uma administração menos central e mais municipal, e cada vez mais próxima das pessoas, delegando também poderes nas Juntas de Freguesia. Por outro lado, afirma que o País precisa das pessoas por isso “é necessário criar emprego e riqueza, pois se houver emprego as pessoas ficam”.

ARCOS DE VALDEVEZ VAI TER EM RIO FRIO MUSEUS DOS OFÍCIOS E ARTE POPULAR

Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, esteve esta quarta-feira em Arcos de Valdevez para celebrar o protocolo que vai permitir realizar um investimento de 70 mil euros na freguesia de Rio Frio.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio2.jpg

O Salão Nobre da Câmara Municipal encheu de populares e autarcas locais, esta quarta-feira, para assistirem à cerimónia de assinatura do protocolo de colaboração entre o Estado e a Junta de Freguesia de Rio Frio, relativamente à comparticipação em 50 por cento do futuro Museu dos Ofícios e Arte Popular de Rio Frio.

As obras do Museu estão orçadas em 70 mil euros, e este será um investimento de grande importância para o concelho em geral, porque irá permitir criar dinâmica na localidade, dar uma nova vida à antiga Escola Primária da freguesia, um espaço de grande simbolismo para quem por lá passou no seu percurso de aprendizagem.

O museu de ofícios e arte popular pretende implementar uma estratégia de etnoconservação local que promova o saber fazer tradicional; as condições básicas da coexistência homem/meio; o resgate da arte popular como elemento identitário do território e das suas gentes; a conservação e valorização dos habitats e da biodiversidade e recolha de conhecimentos, crenças, adágios, mitos, dogmas e rituais.

Por outro lado pretende ajudar a compreender a complexidade das interações entre a dimensão cultural, biológica, social e mesmo edafoclimática.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio.jpg

A partir da realidade local, apostará no incremento de ações concretas para a conservação de um espólio ímpar que contém elementos tão raros como um fulão ou uma cartilha de rifões amalandrados e outros ditos populares.

Nesta cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves aproveitou para realçar o impacto do projeto, que “serve para mostrar as nossas raízes, promover o turismo e o mundo rural”.

Os trabalhos do Museu são apoiados pela Câmara Municipal e comparticipados pelo Governo através da Direcção Geral das Autarquias Locais e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, tendo o protoloco de colaboração sido assinado pelo Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, o Presidente da Junta de Rio Frio, António Amorim, o vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte), Ricardo Magalhães, e a diretora-geral das Autarquias Locais, Sónia Ramalheiro.

assinatura_protocolo_museu_rio_frio4.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio6.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio7.jpg

assinatura_protocolo_museu_rio_frio12.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ MOSTRA PORCELANAS DA PRÉ-HISTÓRIA À ÉPOCA MODERNA

Oficina Temática de Cerâmica "Potes, pratos e louça fina (da Pré-história à Época Moderna)” levou muitas famílias ao Paço de Giela

Decorreu na tarde de sábado, dia 25 de março,  a Oficina Temática de Cerâmica "Potes, pratos e louça fina (da Pré-história à Época Moderna).

oficina_ceramica (1).JPG

Nesta oficina, pensada especialmente para as famílias, fomos até ao tempo em que apenas as mãos do oleiro trabalhavam o barro e davam forma à identidade dos povos que habitaram ou chegaram a estas paragens.

Desde a Pré-história, passando pela Época Romana, até à Época Moderna, os participantes percorreram quase dois mil anos de História para conhecerem as diferentes formas e decorações das peças em barro que o Homem criou para uso doméstico.

Com as próprias mãos, alguns instrumentos e técnicas, pequenos e graúdos, recriaram e decoraram pratos romanos e tigelas em faiança dignas da mesa de um rei, inspirados nos vestígios de outros tempos do concelho de Arcos de Valdevez!

oficina_ceramica (2).JPG

oficina_ceramica (3).JPG

oficina_ceramica (4).JPG

PAIS E PROFESSORES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS

(porque o melhor do mundo – nem sempre - são as crianças…)

Parentalidade – Sucesso Educativo  – Inquietações…e  SOLUÇÕES !

O CENFIPE – Centro de Formação e Inovação dos Profissionais de Educação das escolas do Alto Lima e Paredes de Coura, mobilizando vários parceiros - organiza em 2017 mais um evento marcante no campo da Educação. Trata-se de um Ciclo de Conferências que numa primeira fase (2017) será realizado nos Concelhos de Ponte de Lima (25 de Março) e de Arcos de Valdevez (27 de Maio) e já em 2018 em Paredes de Coura e Ponte da Barca.

nerv.jpg

No presente Ciclo foram convidados especialistas de diferentes áreas para discutir questões centrais inerentes à parentalidade positiva, bem como,  ao sucesso educativo e ao papel da escola : Álvaro Laborinho Lúcio, Paulo Flor (PSP), Alexandre Quintanilha, Renato Paiva, Cristina Valente, Alexandre Castro Caldas, Jorge Pina, Vítor Paulo Pereira, Jorge Costa (Secretário de Estado), Jorge Rio Cardoso, Adelino Calado, Helena Canhão, Carlos Neto, Rute Sousa Vasco, Adriano Moreira e os Jornalistas Carlos Daniel (RTP) ,  João Fernando Ramos (RTP), Júlio Magalhães (Porto Canal) e Ana Guedes (Porto Canal)

Os medos e anseios dos Pais e o tipo de pessoas/cidadãos que a escola está produzir será  alvo de reflexão. Existem muitas vozes atualmente que alertam para o facto de as crianças terem  super agendas que não permitem o desenvolvimento do informal, do  lazer, e da brincadeira, base importante da criatividade .Por outro lado, outras questões emergem,  que se prendem com o educar com o sim e com o não, com a hiperatividade, o sedentarismo, as ausências que preenchem as crianças e jovens, a tecnologia que aproxima quem está longe e afasta quem está perto, a dificuldade em lidar com o fracasso e a obsessão do sucesso.

Como educar para a felicidade e otimismo ?. Será que estamos a educar as nossas crianças com muita pressa, sem autonomia,  quando o erro é o ponto de partida da criação?;

O que é preciso para sermos bons pais, embora não superpais ?

Será que temos filhos perfeitos, mas crianças tristes face à pressão e exigência de que  são  alvo ?

Educar será exercer a autoridade, mas com bom senso, será usar o afeto como antídoto e a comunicação como estratégia ?

 Existe hoje uma grande preocupação com a educação dos jovens o que deixa Pais, Professores e as próprias Crianças e jovens sob um estado de pressão/preocupação que importa discutir. 

Palavras como Hiperatividade, Ritalina, Normalidade, ,Ranking, Exames, Resultados, Avaliação/Fracasso, Sucesso Impor limites, Valores, Bons alunos/Maus alunos, Amor, Afeto, Tempo-livre, Gritar, Insucesso/Sucesso, Educar Emoções, Assertividade, Explicações, Obesidade/exercício físico, Novas Tecnologias, fazem parte de um léxico que emoldura a escola pública e deixa por vezes, como refere Jorge Rio Cardoso, um dos convidados do CENFIPE,  Pais e Educadores à “Beira de um Ataque de Nervos” e num diálogo de surdos que importa clarificar. O Stress docente e as suas implicações na saúde e na organização escolar ganham igualmente atualidade e merecem discussão ao longo dos dois momentos formativos..

Como a intuição não chega e eles não nascem com livros de instruções o CENFIPE propõe um Ciclo de Conferências para partilhar ideias e conselhos de quem sabe (investigadores, neurocientistas, médicos, psicólogos, docentes…) e responder a dúvidas de pais e encarregados de educação

É este grande debate que o Centro de Formação e Inovação dos Profissionais de Educação/Escolas do Alto Lima e Paredes de Coura propõe a Docentes, Pais e Encarregados de Educação mas também Autarcas, Empresários, psicólogos, médicos, investigadores...  

As Inscrições para o primeiro momento (25 de Março/Ponte de Lima) encontram-se abertas até ao dia 21 de Março, em www.cenfipe.edu.pt

Oradores de referência, ideias inspiradoras…histórias impactantes ….uma ajuda preciosa e obrigatório para quem lida com crianças e adolescentes  em idade escolar.

BOIS DA PÁSCOA DESFILAM EM ARCOS DE VALDEVEZ

Arcos de Valdevez. Desfile dos Bois da Páscoa – 2 de Abril às 15h00

O desfile dos Bois da Páscoa sai à rua no próximo dia 2 de Abril. Neste cortejo, 20 vacas cachenas cangadas à moda antiga irão juntar-se a 34 bois das raças minhota e barrosã e alguns também cachenos, num desfile que atravessará a principal artéria da Vila numa tradição pascal com mais de sete décadas.

Flyer A5.jpg

O desfile conta ainda com a participação de figurantes, vestidos à moda antiga, com os trajes regionais.

Com mais de sete décadas, a tradição nasceu por iniciativa dos proprietários de talhos estabelecidos na sede do concelho, para darem a conhecer os bovinos que seriam abatidos por altura da Páscoa.

Os animais que este ano vão desfilar vão estar em exposição, a partir das 10h30, no parque da Ponte Nova, sendo que depois são engalanados a preceito para participar no desfile dos bois da Páscoa que começa às 15h00 e que será acompanhado por vários ranchos folclóricos do concelho, trajados a rigor, recriando um ambiente de festa.

Todos os anos milhares de pessoas distribuem-se pela avenida principal da vila para assistir ao desfile, e, manda a tradição que os animais que desfilam, comprados pelos talhos do concelho, sejam abatidos antes da Páscoa para que a sua carne seja consumida durante os festejos da época Pascal.

A animação também faz parte do programa e irá ser garantida com a atuação de rusgas, a tradicional roda da concertina e no fim, há boi de raça cachena, assado no espeto, para todos quantos se queiram deliciar com esta carne.

Esta é mais uma forma de divulgar o património cultural e de dinamizar a economia local, desde os produtores, ao comércio, à restauração e hotelaria.

A iniciativa é organizada pela Câmara de Arcos de Valdevez, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a ARDAL e vários talhos e produtores do concelho.

Estamos perto! A uma hora do Porto e Vigo e meia hora de Braga.

Venha a Arcos de Valdevez conhecer as nossas tradições, a nossa gastronomia e apreciar as belas paisagens de um concelho situado em pleno Parque Nacional da Peneda Gerês, Reserva Mundial da Biosfera, declarada pela UNESCO.

ARCUENSE CAMINHAM PELO TRILHO DA ÁGUIA-REAL

Lordelo, aldeia localizada no interior do Parque Nacional da Peneda-Gerês, caraterizada pelos muitos locais onde podemos contemplar os pequenos grandes recantos e encantos que possui, é o cenário para a próxima iniciativa “12 Trilhos 12 Experiências” da Ardal-Porta do Mezio.

Cartaz_trilho_aguia_real.jpg

No próximo dia 2 de Abril venha connosco visitar e conhecer de muito perto o imponente vale do Ramiscal, considerado o último refúgio da águia-real.

Venha ver o local onde a imponente águia-real fazia os seus ninhos, venha ver o local onde a imponente águia-real sobrevoava os céus!

Com início nas alminhas da Chã do Couço, seguiremos por caminhos florestais, ribeiros e bosques, envolvidos por uma pitoresca paisagem serrana. A flora destas paragens é exuberante nos seus diversos tons de verde e é acompanhada pelo som tranquilizante e sempre presente das águas cristalinas e puras que atravessam a montanha.

Venha com a Ardal-Porta do Mezio desfrutar deste emocionante e extraordinário trilho onde no final haverá um excelente almoço convívio!

Inscreva-se e venha desfrutar deste excelente programa!

Características do Trilho:

Data da realização: 2 de Abril de 2017

Local de encontro: 8h30 - Nature4 (Coordenadas GPS - 41°50`43.94``N; 8°25`02.76``O)

Hora de saída: 9h00 – Nature 4

Localização do Trilho: Lordelo (Freguesia de Cabreiro)

Distância aproximada: 7 km

Altitude acumulada positiva aprox.: 346 metros

Âmbito do percurso: Paisagístico e Natural

Duração: 3h30

Dificuldade: Fácil a moderado

Almoço (inscrições até às 13h00 do dia 31 de Março):

Ementa: entradas frias, caldo verde, petiscos quentes (picadinho, moelas, asinhas de frango, etc), vinho verde tinto e branco, águas, sumos, sobremesa e café.

Inscrições: 258510100 / portadomezio@ardal.pt

Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado adequado, reforço alimentar e água.

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

No Período antes da Ordem do Dia, o Sr. Presidente informou que na semana passada a Câmara Municipal participou numa reunião com o Sr. Ministro do Ambiente, em Ponte da Barca, sobre o Plano Piloto para o PNPG. Neste encontro foi apresentado um estudo relativamente à cobertura da rede móvel no PNPG.

De igual modo informou que na próxima 4ª feira, pelas 16h, decorrerá a assinatura de um protocolo na Câmara Municipal entre o Ministério da Administração Local e a Junta de Freguesia de Rio Frio para formalizar o apoio atribuído a esta Junta no âmbito dos equipamentos urbanos, mais precisamente, relativamente ao projeto do Museu do Mundo Rural a implementar no edifício da escola primária da freguesia, cedida pela Câmara Municipal.

O Sr. Presidente também informou que no passado fim de semana esteve em Bordéus para participar no 9º aniversário da Casa dos Arcos e em Décines Charpieu, um Município da zona de Lyon. O autarca adiantou que visita teve como propósito conhecer melhor o Município francês, os diferentes serviços da Camara Municipal, ver possíveis áreas de cooperação entre os municípios e as associações, aprofundar relações e realizar uma aproximação entre os dois concelhos, já que naquela região vivem muitos portugueses. Também adiantou que se irá deslocar à comunidade arcuense em Paris para participar em eventos nesta região de França, nomeadamente na “Feira de Produtos Regionais Portugueses e da Ruralidade” realizada pela ARCOP em Nanterre.

Por último informou que teve início a semana da Leitura, sob o lema “Prazer de Ler” e que ao longo da semana decorrerão varias atividades, entre as quais a apresentação livro em banda desenhada “Histórias de Valdevez”, da autoria de José Ruy.

EDUCAÇÃO/AÇÃO SOCIAL

protocolo de fornecimento de refeições escolares a Crianças da Educação Pré-Escolar do 1º Ciclo relativo ao ano letivo de 2016/2017: foi aprovado assinar um protocolo com a DGESTE – Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, no qual o Município se compromete efetuar o pagamento das refeições respeitantes aos alunos do escalão A e B;

ANEXO AO ACORDO DE COOPERAÇÃO 2016/2017: A Câmara aprovou o aditamento ao Acordo de Cooperação celebrado entre a Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, o Instituto de Segurança Social, I. P. - Centro Distrital de Viana do Castelo e a Câmara Municipal Arcos de Valdevez, para o ano escolar de 2016/2017.

É através deste acordo de cooperação, assinado no âmbito do Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré-escolar, que o Município recebe as verbas relativas ao serviço de refeições e atividades de animação e apoio à família (decreto-lei nº55/2009 conjugado com despacho a publicar anualmente).

Proposta de regulamento MUNICIPAL da Comissão de Apoio à População Idosa de Arcos de Valdevez: foi aprovado o projeto de Regulamento em epígrafe, bem como aprovado submete-lo à apreciação da Assembleia Municipal e posterior publicação em Diário da República.

PROTOCOLOS

Foi deliberado aprovar um protocolo no valor de 30 mil euros para apoiar a Junta de Freguesia de Ázere, na execução das obras de "Alargamento e Pavimentação do Caminho de Mozelos à Costa do Mouro - 2ª Fase" e "Alargamento do Caminho da Chouza", cujo valor total dos orçamentos ascende a 48.927,50 euros.

Idem com a União de Freguesias de Guilhadeses e Santar, no valor de 30 mil euros, para apoiar a realização de obras de beneficiação em caminhos no valor total de 44.534,39€.

Idem com a União de Freguesias de Padreiro (Salvador e Santa Cristina), no valor de 30 mil euros, para apoiar a realização de obras de beneficiação naquela união de freguesias, a realizar em 2017.

ACORDO DE MUTAÇÂO DOMINIAL

A Câmara aprovou de mutação dominial com as Infraestruturas de Portugal que tem por objeto a integração do troço de estrada da EN202 entre o Km 42+000 e o km 42+700 na extensão total de 700 metros, na rede viária do Municipio.

contratos programa das associações desportivas 2016: A Câmara tomou conhecimento que foram solicitados os planos anuais de atividades e respetivos relatórios de contas do ano transato a todas as Associações Culturais, Recreativas e Desportivas que celebraram Protocolo de Apoio à Atividade com o Município.

Mais foi aprovado atribui um apoio no valor de 6,000€ à Associação Recreativa e Cultural Amigos de Sá para apoio atividades desportiva.

OBRAS MUNICIPAIS

PEDIDO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO - EMPREITADA: Alargamento e beneficiação do CM 1318-3 (troço da EM 530-1 ao Campo de Futebol): foi deliberado proceder à abertura de procedimento concursal pelo valor base de 80.000,00 Euros;

SEGURANÇA RODOVIÁRIA – SINALIZAÇÃO EM VIAS MUNICIPAIS 2017: foi aprovado abrir procedimento concursal pelo valor base de 50.000,00 euros;

SEGURANÇA RODOVIÁRIA - GUARDAS DE SEGURANÇA METÁLICAS 2017: - foi aprovado abrir procedimento concursal pelo valor base de 30.000,00 Euros;

Reabilitação de espaços urbanos - Centro histórico - 1.ª Fase - Rua Dr. António José Pimenta Ribeiro: foi deliberado aprovar o acolhimento dos erros e omissões e a ratificação do valor indicado pelos serviços, no montante de 194.435,13 euros.

Beneficiação do pavimento da EN 101 entre o km 45.700 e o km 50.450: foi deliberado aprovar a minuta do contrato de empreitada relativo à obra "Beneficiação do pavimento da EN 101 entre o km 45.700 e o km 50.450".

MINUTA DO CONTRATO DA EMPREITADA “CENTRO INTERPRETATIVO DO BARROCO – IGREJA DO ESPÍRITO SANTO – OBRAS DE REABILITAÇÃO, CONSERVAÇÃO E RESTAURO”: foi aprovada a minuta do contrato de empreitada relativo à obra "Centro interpretativo do Barroco - Igreja do Espirito Santo - Obras de Reabilitação, Conservação e Restauro".

ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA – 1ª ALTERAÇÃO

Foi aprovada a proposta de alteração da delimitação da ARU  acima referida,  de acordo com o n.º 6 do art.º 13.º do  Decreto-Lei n.º 307/2009, de 23 de outubro e suas alterações.

APOIOS

Foi deliberado aprovar o apoio anual, no montante de 90.000.00€, por parte do Municipio, previsto no Plano de Atividades e Orçamento da ACIBTM/In.cubo para o presente ano, aprovado em Assembleia Geral, visando dar cumprimento à intervenção da Instituição no apoio ao tecido empresarial, aos empreendedores e à incubação de empresas.

Foi deliberado aprovar o apoio da Câmara Municipal à ACIBTM/In.cubo, relativamente ao compromisso financeiro com o pagamento das prestações bancárias semestrais relativas à construção das instalações do Centro de Incubação. Os valores a saldar vencem-se agora em Março e Setembro, sendo as prestações de 19.929.94€ e 19.927.63€ respetivamente.

Foi deliberado aprovar em 50% dos custos totais o Rancho Folclórico Estrela do Norte de Gondoriz com o transporte dos elementos do Rancho à Feira de Cenon, em França, nos dias 19, 20 e 21 de maio 2017.

De igual modo um protocolo de colaboração com a ARDAL – Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima, no valor de 5.800 euros (IVA incluído), para ajudar a fazer face aos custos associados à organização do evento Bois da Páscoa, nomeadamente, com o desfile tradicional dos carros da cachena e de pessoas à moda antiga (lavrada e outras representações).

Também aprovou o pagamento à ADERE – Peneda Gerês da comparticipação de sócio no projeto “Peneda Gerês CompetiTUR - Competitividade das PMEs do Turismo na Peneda Gerês”, no valor de 6 610.60€ que corresponde 4 642,92€ ao ano de 2017 e 1 967,68€ ao não de 2018; o pagamento no âmbito da aprovação do projeto “Caminhar Conhecendo - Valorização e Promoção da Rede de Trilhos no PNPG”, a desenvolver pela ADERE-Peneda Gerês, no valor de 8.800,84€ que corresponde 5.311,94€ ao ano de 2017 e 3.488,90€ ao ano de 201, bem como o pagamento da comparticipação do Município de Arcos de Valdevez, na participação da associação na Bolsa de Turismo de Lisboa que decorreu de 15 a 19 de Março de 2017, no valor de 845.55€.

PROMOÇÃO TURÍSTICA

feira de produtos Portugueses de Cenon

A Câmara tomou conhecimento e aprovou o convite enviado pelo Rancho Alegria Portuguesa de Gironde, para a feira de Cenon, que vai ter lugar nos dias 19, 20 e 21 de maio de 2017, onde disponibilizam um stand, como nos anos anteriores, como vila parceira do evento e da vila de Cenon.

PARQUE DA VILA REQUALIFICAÇAO DE PARQUE INFANTIL -  Remoção do Equipamento Lúdico – Barco: foi deliberado aprovar o custo para a realização da desmontagem do barco existente no recreio infantil da empreitada supracitada, no valor de €1.850,00 (S/IVA) por considerar que o mesmo não se encontra incluído na empreitada.

Parque da Vila - Requalificação de Parque Infantil: foi deliberado aprovar e ratificar o plano de trabalhos ajustado à data da consignação.

Risco Geomorfológico na Serra da Peneda: foi aprovada a proposta da Geosite/Universidade do Minho para realização do estudo do risco de movimentos de vertente é no valor total de 12.054,00 €.

Ampliação da rede de abastecimento de água a Vilar Suente – Soajo: foi aprovado adjudicar a obra à firma Alexandre Araújo Pinto Unipessoal, Lda., pelo valor de 22.350,00 €, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

Caminho de Acesso à Branda de Gorbelas - Trabalhos de Manutenção: foi homologada a conta final da empreitada, no montante de 34.999,96 euros (com IVA: 37.099,96 euros)

Centro Escolar de Sabadim - Reparações de deficiência no edifício e no pavilhão desportivo: foi aprovada a homologação do auto e autorizada a liberação de 30% da caução total, por ter decorrido 1 ano completo desde a receção provisória.

Requalificação da EN 202 entre a Rotunda do Ponte Nova e Guilhadeses: foi aprovada a homologação do auto e autorizada a liberação de 100% da caução total, por terem decorrido 5 anos completos desde a receção provisória.

Construção de muro de vedação no Caminhos dos Portais-Souto:

Foi aprovada a homologação do auto e autorizada a liberação de 30% da caução total, por ter decorrido 1 ano completo desde a recção provisória.

Reabilitação de pavimentos em vias municipais - Bloco 2: foi deliberado homologar o auto de vistoria.

Empreitada de Reabilitação de Pavimentos em Vias Municipais - Bloco 1 (PO124/2015) - Aprovação de trabalhos: a Câmara tomou conhecimento e aprovou o mapa de variação de custos da empreitada, para efeitos de aprovação de trabalhos a menos e de trabalhos complementares.

ampliação da rede de saneamento básico a Tabaçô - núcleo central: foi aprovada nova prorrogação do prazo por 90 dias, a fim de o empreiteiro conseguir concluir a execução dos trabalhos.

LICENCIAMENTOS

L60-LICENC. OBRAS EDIFICAÇÃO: foi deliberado proceder à aprovação do projeto de arquitetura da operação urbanística de alteração de um edifício, destinado a apoio social, sito no lugar de Chã, união de freguesias de Álvora e Loureda apresentado pela Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Arcos de Valdevez, a solicitar a aprovação

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

3.ª Alteração ao 2.º Loteamento do Parque Empresarial das Mogueiras: foi aprovada a 3.ª Alteração do 2.º Loteamento do Parque Empresarial das Mogueiras, nos termos do disposto no art.º 7.º do Decreto-Lei n.º555/99 de 16 de Dezembro, na sua atual redação, fixando o prazo de 15 dias para o período de discussão pública, e de 8 dias para o período de anúncio.

Esta alteração torna-se necessária na sequência das perspetivas de crescimento de unidades industriais instaladas neste loteamento.

AQUISIÇÃO PELA VIA DE DIREITO PRIVADO – ARTIGO 711: a Câmara aprovou a aquisição pela via de direito privado de uma parcela, pertencente à herança de Manuel Rodrigues, situada na Rua de S. Bento, na união de freguesias de Arcos de Valdevez (Salvador), Vila Fonche e Parada, neste concelho, no valor de cerca de 30 mil euros..

PEDIDO DE PAGAMENTO DE DÍVIDA DE ÁGUA EM PRESTAÇÕES: foi aprovado o pagamento de uma dívida da água em 5 prestações mensais por parte de um agregado familiar do concelho.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO ARCUENSE VISITA CÉCINES CHARPIEU EM LYON

Na sequência da visita recebida, em novembro do ano transato, por parte da Presidente do município francês de Décines Charpieu, Laurence Fautra, e sua comitiva, a Arcos de Valdevez, o Presidente da Câmara Municipal João Esteves retribuiu a visita e esteve esta semana neste Município francês da região de Lyon.

Esta ida a Décines Charpieu teve como propósito conhecer melhor o Município francês, os diferentes serviços da Camara Municipal, ver possíveis áreas de cooperação entre os municípios e as associações, aprofundar relações e realizar uma aproximação entre os dois concelhos, já que naquela região vivem muitos portugueses.

Anexo sem nome 13475 (4).jpg

Anexo sem nome 13478 (4).jpg

Anexo sem nome 13481 (4).jpg

decines (4).jpg

decines2 (4).jpg

decines5 (4).jpg

BOIS DA PÁSCOA DESFILAM EM ARCOS DE VALDEVEZ

O Município de Arcos de Valdevez vai realizar em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, Ardal e Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, o “Desfile de Bois da Páscoa” - Edição 2017, a decorrer no próximo dia 02 de Abril, Domingo, entre o Parque de Estacionamento da Ponte Nova e o Campo do Trasladário.

Flyer A5.jpg

GRUPO DE TEATRO DO VEZ LEVA A BARCELOS A PEÇA "UM REGRESSO INESPERADO"

PALCO DE TERRA’17 [Ciclo de Teatro] Balugães ∙ Minho

O auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe, no dia 1 de abril, às 21h30, a peça de teatro “Um regresso Inesperado”, de Nurmi Rocha.

Cartaz_Palco de Terra_17_GTV.png

A comédia do Grupo de Teatro do Vez (Arcos de Valdevez) abre a edição deste ano do Palco de Terra, ciclo de teatro organizado pelo Teatro Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães.

A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de Teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e dinamização dos projetos teatrais na freguesia.

A entrada é livre e o ciclo continua durante o ano com mais grupos convidados, encerrando em dezembro com o grupo de teatro mais antigo da Galiza, o Teatro de Airiños.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala/ https://goo.gl/2FfFGp

CASA DOS ARCOS EM BORDÉUS COMEMORA 6 ANOS DE EXISTÊNCIA

Câmara Municipal no 9º Aniversário da Casa dos Arcos em Bordéus

No passado fim de semana o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves e a vereadora Belmira Reis, marcaram presença na comemoração do 9º aniversário da Casa dos Arcos em Bordéus.

aniversario_casa_arcos_bordeus (4).jpg

Os autarcas fizeram questão de estarem presentes neste evento comemorativo para demonstrar o forte apreço que sentem pela comunidade arcuense espalhada pelo estrangeiro, destacando o trabalho que esta Casa dos Arcos realiza ao nível da aproximação e apoio dado aos conterrâneos em Bordéus.

Durante a estadia foram promovidos contactos com a comunidade emigrante, fez-se a promoção da nossa cultura e o orgulho na nossa terra e na nossa gente.

Estas visitas à comunidade arcuense a residir no estrangeiro revestem-se de grande importância para o concelho pois também contribuem para que se faça a promoção dos nossos produtos e empresas. Através deles também se estabelecem contactos com as autoridades locais, onde são apresentadas as potencialidades de Arcos de Valdevez e os apoios concedidos pela Câmara Municipal para a instalação de empresas ou a realização de investimentos no turismo e na reabilitação urbana.

A proximidade à Diáspora está bem patente na participação da Câmara Municipal nas muitas iniciativas promovidas pelas nossas comunidades de emigrantes.

aniversario_casa_arcos_bordeus (1).jpg

aniversario_casa_arcos_bordeus (2).jpg

aniversario_casa_arcos_bordeus (3).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA MELHORAMENTOS EM GONDORIZ E RIO DE MOINHOS

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez consignou obras nas freguesias de Gondoriz e de Rio de Moinhos

Em Gondoriz deu o aval à obra de “Requalificação da EM 202-2 (Entre a ponte e o CM 1295) – Gondoriz”, com a qual se pretende executar os trabalhos de requalificação e correção do traçado da Estrada Municipal junto à Igreja e cemitério na freguesia de Gondoriz com uma extensão total de cerca de 280 metros. A intervenção foi desenvolvida e projetada de modo a adaptar-se da melhor maneira à rede viária já existente, bem como ao terreno a ser implantada, de modo a procurar causar o mínimo de impacto possível quer a nível ambiental como económico.

consignacao_gondoriz.jpg

Para além dos trabalhos necessários à correção do traçado, pretende-se ainda instalar novas infraestruturas da rede de drenagem de águas pluviais e a substituição das redes de abastecimento de água devido à sua idade avançada, materiais constituintes, em virtude da reabilitação e alteração de traçado projetado nesta intervenção.

Esta obra, adjudicada à empresa J. S. Gomes, Lda, conta com um valor de 224.741,80 € (s/IVA) e prazo de execução de 90 dias.

Em Rio de Moinhos procedeu à consignação da obra de Beneficiação do CM 1301 (da E.N. 101 a Nogueiras). Uma empreitada adjudicada à empresa Martins & Filhos, por 168.630,88 € (s/IVA), com a qual se pretende realizar a beneficiação do pavimento do CM 1301 desde o entroncamento com a E.N. 101 até ao lugar de Nogueiras numa extensão de cerca de 2250 metros, tendo em conta a uniformização das suas principais caraterísticas (geométricas, pavimento, drenagem, sinalização e segurança).

Com esta intervenção, que conta com um prazo de execução de 90 dias, será adotado um perfil constituído por uma faixa de rodagem com 4 metros, valetas com 0,50 metros e bermas de largura variável.

Estas beneficiações vão melhorar significativamente as condições de circulação, melhorar a acessibilidade e a mobilidade pedonal.

No ato das consignações estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, o vereador Olegário Gonçalves, os elementos das Juntas de Freguesia, os representantes das firmas adjudicatárias, bem como técnicos da autarquia.

consignacao_gondoriz3.jpg

consignacao_rio_moinhos.jpg

consignacao_rio_moinhos2.jpg

ARCUENSES CAMINHAM PELO TRILHO “EM BUSCA DAS INVERNEIRAS”

Nas terras de Soajo existe um tipo de povoamento muito típico: as Brandas e as Inverneiras.

A Inverneira, como o nome indica, é a aldeia onde a família passa o Inverno. Localizam-se em vales, ou seja, em altitudes baixas.

trilho_em_busca_das_inverneiras.jpg

No princípio do Outono, as pessoas descem para a Inverneira permanecendo aí até Março. Nessa altura, sobem para a Branda, onde se fazem as sementeiras e onde se passa a maior parte do ano.

Contam os mais velhos que estas mudanças eram feitas com grande festa juntando-se várias famílias que partilhavam o mesmo destino.

Com aproximadamente 7 km, neste percurso de dificuldade fácil, iremos explorar os costumes, descobrir os pequenos aglomerados rurais, os ribeiros, a vegetação autóctone e as manadas de bovinos e ovinos que pastam nos campos verdejantes.

O ponto de encontro para esta aventura é no próximo dia 26 de março na Porta do Mezio, às 09:30 da manhã. Será um trilho por caminhos ancestrais onde se pode observar o quotidiano da população nas inverneiras.

Os interessados devem inscrever-se em www.portadomezio.pt ou através do telefone n.º 258510100 ou ainda através do correio eletrónico: portadomezio@ardal.pt

Mais um excelente trilho…mais uma oportunidade de desfrutar e vivenciar um dia numa terra recheada de beleza e tradições.

CARNE DA CACHENA FOI RAINHA NO FIM-DE-SEMANA GASTRONÓMICO EM ARCOS DE VALDEVEZ

No passado fim-de-semana, dias 18 e 19 de março, decorreu o fim-de-semana gastronómico em Arcos de Valdevez, tendo a carne cachena atraído milhares de visitantes ao concelho. Ela foi a rainha das mesas dos restaurantes arcuenses, os quais apresentaram, nas suas salas repletas de comensais, mais um prato tradicional da nossa gastronomia a “Carne da Cachena com Arroz de Feijão Tarrestre”. A tenra carne Cachena proveniente de animais de raça de gado Cachena, criados em zona de montanha, acompanhada pelo feijão Tarrestre, característico das Serras da Peneda e do Soajo, fazem deste prato um sabor distinto do mundo rural e as delícias de quem o prova.

fim_semana_gastronomico_2017.jpg

Atestando a qualidade deste produto autóctone, o Municipio arcuense procedeu à assinatura de um protocolo com várias entidades para dar início ao processo de constituição da Confraria Gastronómica da Carne Cachena. Uma carne de grande qualidade que foi recentemente medalhada com a medalha de ouro na edição deste ano do Concurso Nacional de Carnes Tradicionais com Nomes Qualificados.

Para além deste manjar, Arcos de Valdevez ofereceu outros sabores próprios da região, nomeadamente a broa de milho, a laranja de Ermelo, o bolo de discos, os charutos de ovos e os excelentes vinhos verdes.

Da programação desta iniciativa fizeram parte variados momentos de entretenimento, entre os quais a “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”, onde estiveram expostas várias peças de artesanato entre outros produtos característicos da região, mostras de raças autóctones, na Porta do Mezio, e visitas guiadas à Porta e ao Paço de Giela, a Rota dos Vinhos de Arcos de Valdevez, com visita a quintas e provas de vinhos, Workshops, demonstrações da gastronomia arcuense, através da realização de showcookings, a iniciativa “Na mesa de D. Afonso Henriques”, na qual os visitantes do Paço de Giela puderam fazer uma foto na mesa de D. Afonso Henriques (quadro desenhado) e ainda degustar o fumeiro do Vez e ainda atuações musicais.

O Fim de semana gastronómico é mais uma iniciativa realizada pela Câmara Municipal que permite atrair visitantes ao nosso concelho e consequentemente dinamizar a economia local.

fim_semana_gastronomico_2017_2.jpg

fim_semana_gastronomico_2017_4.jpg

fim_semana_gastronomico_2017_5.jpg

fim_semana_gastronomico_2017_6.jpg

fim_semana_gastronomico_2017_8.jpg

fim_semana_gastronomico_2017_9.jpg

MINHOTOS ENCERRAM EM APOTEOSE BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

O Grupo Folclórico Verde Minho e o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez cantaram e dançaram no últmo dia da edição deste ano da Bolsa de Turismo de Lisboa, conferindo ao certame um colorido e uma alegria que são bem características das gentes e do folclore minhoto.

17457542_1377003129010019_3467803661891304244_n.jpg

Aos primeiros acordes das concertinas, eis que numeroso público se aproximou dos grupos folclóricos para os ver actuar. E, ao ritmo do vira e da chula, da rosinha e da cana-verde, aquela grandiosa feira de turismo terminou em ambiente de festa. E, para o ano, haverá mais!

Fotos: Manuel Santos

17264601_1375821652461500_4534845203047503179_n (1).jpg

17309159_1377003229010009_5653192904844353878_n.jpg

17361749_1375822185794780_327236506320546969_n.jpg

17362433_1375821569128175_7012395087315141591_n.jpg

17362829_1377003132343352_3273263211566710771_n.jpg

17425145_1377003222343343_4621400759799123660_n.jpg

17425155_1375820689128263_3223835701468118377_n.jpg

ARCUENSE MUTES EXPÕE NA SUÉCIA

The Merging of feelings and colours

Mutes e Gudrun Regel, são dois amigos que se conheceram decorria o ano de 2013 ou 2014, onde Gudrun iniciava os seus primeiros passos na pintura. A convite de Mutes, visitou Arcos de Valdevez, onde rapidamente se apaixonou pelo clima e pela nossa Serra. Após alguns dias no atelier a experimentar técnicas, chegaram propostas para exposições. Braga, mais tarde Ponte da Barca e Arcos de Valdevez foram os 3 locais por onde Gudrun já expos entre 2014 e 2016.  Desta feita o convite estendeu-se para Mutes, onde a sua Arte de Des-Cubismo Contornismo, vai conhecer novos Países, desta feita no museu da cidade de Ulricehamn, na Suécia, com inauguração a dia 28 de Abril até ao dia 15 de Maio.

expo suécia.jpg

- Expor na Suécia ou em outro Pais é sempre um desafio para mim, a oportunidade de levar minha arte a outros pontos deste Globo é algo que nos satisfaz imenso, para isso é que trabalho todos os dias na arte, independentemente de ter um trabalho de 7 horas diárias. Nos últimos 3 anos este é já o sétimo Pais onde exponho internacionalmente, nunca deixando de fazer exposições em território nacional, numa média de 15 anuais. Tudo isso dá-me imensa força e vontade para pintar ainda mais, conhecer novas culturas novos locais e levar a minha arte a novos rumos onde ela é pedida, apreciada e comprada.

Mutes,  nasce em França, Margny Les Compiegne em 1976, regressa a Portugal em 1986, reside atualmente em Arcos de Valdevez. È pintor autodidata, expõe com regularidade desde 2004. Está representado em diversas coleções  nos vários Continentes, ultrapassando mais de uma centena de exposições nacionais e internacionais. Através da sua arte somos transportados para um mundo de histórias contadas através da tela, onde é possível ver uma certa crítica social, religiosa e política em alguns dos trabalhos. São figuras mutantes com predominância de fortes e atrativos campos pictóricos, que nos fazem viajar num mundo imaginário, danças de uma mão que desenha de forma despreocupada, usando o (DES) Cubismo como forma de se afirmar. Organiza e projeta várias exposições, foi fundador e curador dos coletivos de pintura, M4K1, Um Coletivo no Individual, H.e.x.a e M.O.C.A. Frequentou alguns ateliês onde aprendeu técnicas do contornismo, acabando por fundir com a sua forma de fazer Cubismo.

GudRun Regel, nasceu na Alemanha e vive atualmente na Suécia desde 2008. É pintora Autodidacta.  A pintura entrou na sua vida relativamente cedo, começou a pintar depois de um verão de inspiração na Sicília em 2011. Já fez cerca de 2 dezenas de exposições, 4 delas em Portugal, Alemanha e outras no seu País de residência, a Suécia. Além da arte, trabalha diariamente na area da saúde, com pessoas física e mentalmente debelitadas, essencialmente pessoas autistas.  Toda esta experiencia, enriquece-a. O lado sentimental é por vezes um peso para si, pois não é facil digerir aquilo com que se depara no seu dia-a-dia, quase que sendo obrigada a fazer-se de inflexível e muda. Todas essa emoções refletem-se no seu trabalho artistico, mexendo com a pintora  interiormente. Quando pinta encontra-se num outro mundo, elevando a sua carga emocional.

- Os meus sentimentos influenciam as minhas pinturas, libertando-me. Aquilo que não consigo exprimir sentimentalmente na profissão, tento faze-lo  através da minha Arte. Nas minhas criações não utiliza pinceis, pinto essencialemnte com os dedos, esta é uma forma tenho de  sentir ainda mais a arte, a forma como pinto transmite em mim um bem estar, agrada-me que a pintura comunique comigo.

BOIS DA PÁSCOA DESFILAM EM ARCOS DE VALDEVEZ

Desfile dos bois da Páscoa sai à rua a 2 de Abril

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, em parceria com a ARDAL, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca e a ACIAB, irá realizar no dia 2 de abril, domingo, pelas 15h00, o Desfile dos Bois da Páscoa.

Novo-Cartaz-bois-da-pscoa_2017.jpg

Este evento trata-se de uma tradição secular com o intuito de dar a conhecer e promover os usos e costumes enraizados no concelho de Arcos de Valdevez há longos anos.

Durante a tarde, dezenas de exemplares bovinos desfilarão, enfeitados, pela avenida principal de Arcos de Valdevez onde serão apresentados os melhores exemplares da raça, propriedade dos talhos aderentes.

O Desfile dos Bois da Páscoa é uma velha tradição à qual o Município de Arcos de Valdevez e os parceiros dão continuidade. Esta iniciativa vem no seguimento da política adotada para dinamizar o movimento associativo do concelho, assim como o tecido empresarial e a economia local, recuperando antigos costumes.

A concentração inicia-se pelas 10h30, onde será possível apreciar estes belos exemplares bovinos, e o desfile realizar-se-á, pelas principais artérias da vila de Arcos de Valdevez, às 15h00.

Com esta iniciativa, pretende-se atrair visitantes a Arcos de Valdevez, dando-lhes a conhecer um vasto e característico património cultural e permitir também a dinamização do tecido empresarial local ao nível do alojamento, restauração e comércio.

PINTORES MUTES DE ARCOS DE VALDEVEZ E MIGUEL MOREIRA E SILVA DE BRAGANÇA EXPÕEM EM LISBOA

Exposição de Pintura (Contrastes) de Mutes  & Miguel Moreira e Silva, na Vernissage, de 19 de Abril a 31 de Maio

Contraste é a base da comunicação visual, permitindo a distinção dos elementos em relação ao espaço circundante existente, na diferenciação dos seus tons de luz. Nesta Exposição de Pintura de nome CONTRASTES apresentada por Mutes & Miguel Moreira e Silva no dia 19/04/2017 com vernissage pelas 18.30, na Galeria Europa América, situada na Avenida Marquês de Tomar, 1B 1050-152, em LISBOA é bem visível a diferença nas propriedades visuais de cada um, contrastando - se na obra de ambos.

17308944_10212175363202066_8691960637568137303_n.jpg

Mutes nasce em França, Margny Les Compiegne em 1976, regressa a Portugal em 1986, reside atualmenteem Arcos de Valdevez. È pintor autodidata, expõe com regularidade desde 2004. Está representado em diversas coleções nos vários Continentes, ultrapassando mais de uma centena de exposições nacionais e internacionais. Através da sua arte somos transportados para um mundo de histórias contadas através da tela, onde é possível ver uma certa crítica social, religiosa e política m alguns dos trabalhos. São figuras mutantes com predominância de fortes e atrativos campos pictóricos, que nos fazem viajar num mundo imaginário, danças de uma mão que desenha de forma despreocupada, usando o (DES) Cubismo como forma de se afirmar. Organiza e projecta várias exposições, foi fundador e curador dos colectivos de pintura, M4K1, Um Coletivo no Individual, H.e.x.a e M.O.C.A. Frequentou alguns ateliês onde aprendeu técnicas do contornismo, acabando por fundir com a sua forma de fazer Cubismo.

- Rompendo com os padrões estéticos que primam pela perfeição das formas na busca da imagem realista, nesta minha coleção designada (Des) Cubismo Contornismo, busco a desestruturação da obra em todos os seus elementos. Decompondo a obra em partes, através de figuras mutantes imaginárias, contornando-a nas suas dimensões, numa superfície plana, sob estranhas e variadas formas com o predomínio de linhas curvas e retas, numa estruturação das figuras e dos objetos desajustados, movimentando-os em torno de si próprios através da sua fragmentação, dando abertura e apresentando todos os seus lados num plano frontal em relação ao espectador.

Miguel Moreira e Silva nasceu em 1967, vive e desenvolve o seu trabalho em Bragança. Licenciado em Animação e Produção Artística desenvolve regularmente os seus trabalhos artísticos desde 1992, expõe de forma permanente em Bragança na galeria História e Arte e no Museu Ibérico da Máscara e do Traje, desde 2007.

Sobre as obras: Os seus trabalhos deambulam entre múltiplas técnicas das quais se destaca a pintura, assemblage e a escultura. Nas telas, o autor explora o contraste das cores cheias que se aplicam sobre figuras humanas. As figuras, tratadas como personagens tipo refletem distintas tipologias de propaganda e aparato, denunciando os diferentes atributos e técnicas que em diferentes tempos e espaços provocaram o mesmo efeito de “fa stupire”. A assemblage constitui uma técnica recorrente na experimentação artística de Miguel Silva que lhe permite explorar o ecletismo dos elementos que as incorporam traduzindo uma atitude livre de categorizações, espaço confortável para a prática do autor. Todos os detalhes estabelecem uma forte carga emocional entre eles e entre o todo que supõe o seu conjunto. São narrativas, episódios pessoais, memórias, diários visuais onde a plasticidade dos objetos e a carga simbólica das formas assumem o valor lexical do registo. O autor mistura elementos que sugerem o ritual, a catarse como processo de exorcismo. Confronta-nos o pesadelo e a agressividade na angulosidade e dureza de materiais. A uniformização das composições é sugerida na envolvência sanguínea que cobre a superfície dos objetos reunidos."

mmmm.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ APRESENTA 30 EMPRESAS NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA

A BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa teve início ontem à tarde e foram 30 as empresas a aceitar o desafio lançado pela autarquia de Arcos de Valdevez para dar a conhecer o melhor da região neste grande certame dedicado ao turismo.

BTL2017.jpg

 A apresentação faz-se com base em três pilares de promoção do território: turismo de natureza e turismo cultural, gastronomia e enoturismo,. Acreditamos que estes três segmentos dão aos operadores presentes na BTL uma ideia bastante completa da nossa localização e oferta integrada que Arcos de Valdevez possui.

Durante o certame, irão ser promovidos dois packs promocionais: um para a Festa da Montanha, que se realiza nos dias 10 e 11 de Junho  e um outro para “o Recontro de Valdevez”, um evento histórico e cultural, com data marcada para o fim de semana de 7,8 e 9 de Julho.

Serão realizadas diversas ações de promoção do concelho como por exemplo provas de vinhos, promoção de fumeiro, do alojamento e hotelaria locais, do Festivinhão, da Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval, a exibição de filmes promocionais, as atuações do grupo de Cavaquinhos e do Rancho Folclorico da Casa dos Arcos de Lisboa, entre outras.

A Autarquia apoiou as empresas que quiseram participar nesta feira de turismo, facilitando a logística e organização de modo a se apresentarem perante os potenciais investidores e operadores turísticos nacionais e internacionais.

Esta é mais uma excelente oportunidade de aliciar compradores, conhecer a concorrência e analisar as tendências de mercado.

Esta é mais uma iniciativa de promoção do turismo realizada pela Câmara Municipal e os diversos parceiros de Arcos de Valdevez.

BTL2017_3.jpg

Programa Arcos Valdevez BTL

Dia 15 de Março (Quarta-feira)

10h00 às 19h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

10:00 prova de vinho espumante com produtos locais – AVVEZ

10:00h EXIBIÇÃO VIDEO PROMOCIONAL DA Associação Vinhos de Valdevez

10:00h -19:00h  Promoção FestiVinhão

18:00h prova de vinho espumante com produtos locais – AVVEZ

18h00» 18h15 | Promoção da Recriação Histórica do Recontro do Vez

Município de Arcos de Valdevez

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

Presença no stand associação do vinho

Dia 16 de Março (Quinta-feira)

10h00 às 19h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

Atividades Ardal – Porta do Mezio

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

Presença no stand quinta da lamosa, sobrenatura e nature 4

Dia 17 de Março (Sexta-feira)

10:00h – 1900h Promoção fumeiro Arcos de Valdevez

10:00h – 2300 Exibição de filme tipologias de Alojamento Arcos de Valdevez

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

Dia 18 de Março (Sábado)

12h00 às 23h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

12h00 às 23h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

21h00 | Promoção da Recriação Histórica do Recontro do Vez

Município de Arcos de Valdevez

21h30 | Grupo de Cavaquinhos da Casa dos Arcos de Lisboa

Município de Arcos de Valdevez

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

19h00 | Sorteio de Experiências

Uma noite no ArcosHotel | Um trilho no Parque Nacional da Peneda Gerês | Um Almoço ou Jantar (bebidas não incluídas)

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez | TPNP)

Dia 19 de Março (Domingo)

12h00 às 20h00 | Promoção da Festa da Montanha – 10 e 11 de junho |Parque Nacional da Peneda Gerês

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

12h00 às 23h00 | Reconstituição do Recontro de Valdevez e Mercado Medieval

(Espaço do Município de Arcos de Valdevez)

16:00 Exibição de filmes promocionais do município

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional Recontro do vez – Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

10h00 às 19h00 Promoção do PACK promocional festa da Montanha– Alojamento+ animação natureza + ALMOÇO OU JANTAR

PROMOÇÃO SOTEIO EXPERIENCIA A REALIZAR DIA 19

16h30 | Rancho Folclórico da Casa dos Arcos de Lisboa

Município de Arcos de Valdevez

19:00h Sorteio experiencias

(espaço Municipio)

BTL2017_5.jpg

BTL2017_7.jpg

BTL2017_10.jpg

BTL2017_11.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ INICIA PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO DA CONFRARIA GASTRONÓMICA DA CARNE CACHENA

A gastronomia desempenha um papel fundamental na atração de pessoas para o concelho, pois os visitantes provam novos produtos e sabores e vivenciam hábitos e costumes locais, tornando as experiências mais autênticas, ajudando a construir uma imagem de destino distintiva e mas valiosa; ela é uma mais-valia na dinamização económica do concelho, nomeadamente para o turismo, restauração, a agricultura e o comércio, e, a preservação e promoção da gastronomia tradicional norteia a atuação das confrarias gastronómicas.

confraria_gastronomica_carne_cachena10.jpg

Arcos de Valdevez possui um produto local de qualidade e referência, nomeadamente a Carne Cachena, com identidade própria, denominação de origem protegida e reconhecida pela União Europeia;

Foi neste sentido que o Município de Arcos de Valdevez, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, CRL, a Associação dos criadores da Raça Cachena, a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e o PEC Nordeste, celebraram esta quinta-feira, dia 16 de março, pelas 12h00, no Centro Municipal de Informação e Turismo, um protocolo de parceria com vista à constituição da Confraria Gastronómica da Carne Cachena.

Esta confraria, sem fins lucrativos e de duração ilimitada, terá por objeto a valorização, divulgação e promoção da gastronomia tradicional da “Carne Cachena”, produto emblemático,  com uma forte ligação cultural, social e económica ao território e às populações.

Esta entidade vai ser um forte dinamizador da gastronomia para valorizar e promover a Carne Cachena, através da preservação da autenticidade da gastronomia local; estimulação da aposta na diferenciação, através da capacitação, qualificação e inovação dos produtores, restauração e agentes económicos; incentivo à revitalização da cadeia produtiva, desde a produção à comercialização dos produtos locais, contribuindo para a dinamização da economia local; da promoção de mostras, encontros e concursos de gastronomia da carne Cachena; e promover a participação e realização de mostras, convívios, ciclos de gastronomia, provas de degustação, concursos, qualificação e outras iniciativas de caráter social, formativo, promocional e cultural da gastronomia tradicional, dos produtos locais e da carne cachena.

Esta é mais uma ação do Municipio e parceiros com o objetivo de criar dinâmica económica no concelho, bem como de preservar os seus produtos, as suas raízes e os seus sabores.

“A raça Cachena é aquela que encontramos na alta montanha, em cotas elevadas, acima dos 800 metros e que, pela sua dimensão e resistência às condições mais adversas, define o seu próprio solar.

Vacas aleitantes por vocação, apresentam-se de muito pequeno porte, com altura ao garrote que não chega a ultrapassar os 1,15 metros.

Pastoreando livremente em grupo, em áreas amplas e comuns, vive ao ar livre durante praticamente todo o ano.

Raça explorada em regime extensivo, por vezes quase semisselvagem, tem persistido ao longo dos tempos e é atualmente, parte integrante do património genético do nosso país”. In: www.cachena.pt

confraria_gastronomica_carne_cachena2.jpg

confraria_gastronomica_carne_cachena4.jpg

confraria_gastronomica_carne_cachena5.jpg

confraria_gastronomica_carne_cachena7.jpg

confraria_gastronomica_carne_cachena8.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE XIII EDIÇÃO DA MEDICINA NA PERIFERIA

A Câmara Municipal apoiou mais uma edição da medicina na periferia, uma atividade que a Associação de estudantes do ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar - Universidade do Porto organiza há já 13 anos. Esta é uma atividade muito acarinhada pelos estudantes, contando, este ano, com cerca de 120 estudantes espalhados por 14 municípios do norte do país que fizeram rastreios à população ao longo do fim de semana de 10 a 12 de Março.

XIII Medicina na Periferia (1).JPG

Arcos de Valdevez foi uma das localidades contempladas pelo projeto, tendo acolhido um grupo de 7 alunas que realizaram, no passado fim de semana, rastreios à população em geral.

Esta atividade voltou a revelar-se um sucesso, não só devido à recetividade da pessoas, que gostaram de participar nos rastreios e de contactar com estudantes de medicina, mas também porque foi uma forma das alunas terem contacto mais direto com a população, bem como usufruírem de uma componente prática diferente daquela que têm no seu dia a dia, enquanto estudantes de medicina no hospital.

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, na pessoa da Vereadora da Saúde, Belmira Reis, tal como o que já tem vindo a ser usual relativamente a iniciativas similares realizadas anteriormente, mostrou-se sempre disponível e colaborou com o grupo desde o princípio para a realização deste projeto, ajudando a que o mesmo decorresse da melhor forma possível. 

Esta foi mais uma iniciativa de promoção da saúde e bem-estar junto da população arcuense.

XIII Medicina na Periferia (2).JPG