Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AMARES DÁ A PROVAR PAPAS DE SARRABULHO

O Festival de Papas de Sarrabulho está de regresso a Amares com a melhor gastronomia, acompanhada pelos vinhos verdes do concelho. Já a abraçar a 16ª edição, o certame volta a dar vida ao pavilhão gimnodesportivo da EB 2 e 3 de Amares, entre os dias 10 e 13 de fevereiro, prometendo fazer as delícias do milhares de visitantes esperados em fim de semana de Carnaval.

DSC00598

A apresentação oficial do evento à comunicação social foi feita, ontem, no Salão Nobre dos Paços do Concelho pela Câmara Municipal de Amares e pela Associação Comercial de Braga (ACB), entidades organizadoras deste certame gastronómico. O momento serviu de mote, ainda, para apresentação do Carnaval de Amares 2018 que, este ano, vai ser dedicado à palavra que marcou o ano transato, ou seja, "incêndios".

Na apresentação marcou presença o presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, e o vice-presidente, Isidro Araújo, bem como o presidente da ACB, Macedo Barbosa, e o diretor, Rui Marques. A conferência de imprensa contou, ainda, com Marco Sousa, delegado da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e Martinho Antunes, presidente do Clube Desportivo, Recreativo e Cultural Amarense, entidade que organiza o Carnaval, além de Luís Silva, representante da CAMPE, empresa responsável

DSC00599

pelo controlo alimentar do Festival de Papas de Sarrabulho. Em anexo, enviamos fotografias da conferência de imprensa de apresentação e alguma informação de suporte, agradecendo, desde já, a vossa melhor colaboração na divulgação desta iniciativa.

DSC00600

DSC00563 (1)

DSC00587

Festival de Papas Cartaz A3

AMARES MANTÉM AS TRADIÇÕES

Cantar de Reis e ao Menino mantém viva a tradição em Amares

A tradição voltou a cumprir-se em Amares naquela que foi a XVII edição do Encontro de Cantar de Reis e ao Menino. A iniciativa juntou, no passado domingo, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Amares, 10 grupos e associações que deram vida a um dos momentos culturais mais enraizados no concelho.

DSC00431

Para o presidente da Câmara Municipal de Amares esta é uma iniciativa que faz parte da identidade e das raízes das gentes de Amares. “É uma tradição que já faz parte da nossa cultura, da nossa memória e do nosso povo. O Cantar de Reis está muito entranhado na nossa cultura e esta é uma forma de olharmos pelas nossas tradições”.

Lembrando que esta é também uma oportunidade para que cada um dos participantes dêa conhecer à sociedade o seu trabalho e um pouco daquilo que é feito nas freguesias o autarca agradeceu a participação de todos os grupos e de todos aqueles que se envolveram na concretização deste encontro.

A animar a tarde estiveram o Rancho Folclórico de São Vicente do Bico, o Grupo Coral de Lago, a Rusga de Barreiros, o Rancho Folclórico “As Lavradeiras da Casa do Povo de Amares”, o Grupo Coral da Igreja do Divino Salvador de Amares, o Grupo de Cantares de Fiscal, a Banda Filarmónica de Bouro Sta. Maria, o Rancho Folclórico de Vilela, a APEA – Associação de Professores e Educadores de Amares, o Grupo Coral Aleluia e AFA- Estudos.

DSC00450

DSC00509 

DSC00533

 

"CAMPANHA DO AGASALHO” CULMINA COM ESPETÁCULO SOLIDÁRIO

Iniciativa quer proporcionar um inverno com mais conforto aos amarenses mais carenciados

O Auditório Conde de Ferreira, em Amares, acolhe no dia 13 de janeiro,  pelas 21h00, um espetáculo que vai contar com as atuações do Grupo Musical “Sons de Cister” e com a encenação do Grupo de Teatro do Luz de Presença, da Valoriza: “Velhos São os Trapos”, com a peça intitulada “Presente de Natal”. A iniciativa marca o encerramento da recente “Campanha do Agasalho” levada a cabo com o objetivo de arrecadar agasalhos, tais como casacos, cobertores e artigos similares, para distribuir pelas famílias e pessoas mais carenciadas do concelho de Amares nesta época fria do ano. Para assistir ao espetáculo o público deverá trocar um agasalho por um lugar na plateia.

DSC00321

A Campanha do Agasalho foi uma iniciativa do CLDS Valor Humano 3G, da Valoriza, que lançou o repto a diversos parceiros, para que fossem pontos de recolha e apoiassem esta ação voluntária, permitindo a todos um inverno com mais conforto, segurança e dignidade, e que resultou, nesse sentido, de uma ação concertada entre a Valoriza – CLDS Valor Humano 3G – Espaço do Aluno e Luz de Presença; Município de Amares; Agrupamento de Escolas de Amares; Instituto Superior de Saúde do Alto Ave (ISAVE) e Universidade Sénior de Amares – Associação Social de Figueiredo.

A distribuição dos agasalhos recolhidos vai ser feita com a parceria do Banco Local de Recursos do Município de Amares, a “Arca dos Sonhos”, que responde de uma forma continuada e permanente às necessidades da população amarense, através de bens materiais (mobiliário, eletrodomésticos, géneros alimentares, entre outros) e imateriais (serviços).

AMARES: PATRIMÓNIO E TRADIÇÃO EM REALCE NO "II TRILHO DOS PRESÉPIOS"

Mais de 150 pessoas, entre caminhantes e ciclistas, participaram, na manhã de sábado, no "II Trilho dos Presépios”, promovido pelo Grupo de Jovens ACReditar de Santa Marta de Bouro, em parceria com as Paróquias de Bouro Santa Maria, Bouro Santa Marta, Goães e Seramil e respetivas juntas de freguesia, com o apoio do Município de Amares.

DSC00234

Integrada no programa anual de caminhadas do Município “Amares a Caminhar”, esta iniciativa resultou de um repto lançado à população das respetivas freguesias/paróquias para que criassem os seus próprios presépios de rua e culminou com esta caminhada, momento em que os diferentes exemplares foram apreciados pelos participantes.

Para o presidente da Câmara Municipal de Amares, que também se juntou aos participantes, esta é uma boa forma de começar o ano a caminhar, promovendo a saúde e o bem-estar, e de mostrar que as tradições estão bem vivas no concelho.“Juntamos as duas coisas, a saúde e a tradição do presépio e ver tanta gente aqui é sinal de vitalidade e de muita união do nosso concelho”, frisou Manuel Moreira, congratulando-se com o espírito de partilha e forte envolvimento de toda a comunidade que se dedicou à concretização, quer dos presépios, quer da caminhada.

Também o pároco das freguesias, Paulo Neiva, destacou a dedicação dos seus paroquianos e a comunhão entre a promoção do património local e da fé.

“No ano pastoral passado lancei o desafio das várias comunidades fazerem presépios de rua para dinamizar estas terras, que a nível paisagístico são bonitas, e depois fizemos o Trilho dos Presépios”, referiu Paulo Neiva.

“Esta iniciativa pretendeu ainda promover a fé, com a realização dos presépios e depois o encontro e o convívio. Isto é para nos conhecermos”, acrescentou o padre.

O percurso pedestre, de 17 quilómetros, saiu de Seramil em direção a S. Bartolomeu pelo caminho do monte, percorrendo as freguesias de Bouro Santa Maria, Bouro Santa Marta e Goães, onde culminou.A edição deste ano contou com uma novidade, um percurso exclusivo para ciclistas (já que é uma zona muito procurada por quem pratica o montanhismo em bicicleta) em paralelo com a caminhada tradicional pelos presépios, que teve à volta de 30 quilómetros.

DSC00271

DSC00285

DSC00297

AMARES INCENTIVA A POUPANÇA

Município de Amares integra projeto de educação financeira promovido pela Cim Cávado

“No Poupar Está o Ganho!” Assim se chama o projeto de educação financeira implementado pela Comunidade Intermunicipal do Cávado –Cim Cávado, entre 2018 e 2020, com o intuito de preparar uma nova geração de consumidores para enfrentar cenários financeiros complexos,e do qual o Agrupamento de Escolas de Amares vai fazer parte. A iniciativa inclui os seis centros escolares do concelho de Amares e vai ser promovida junto uma turma do primeiro ciclo de cada um dos referidos estabelecimentos de ensino.

DSC_0398 (1)

Concebido em 2010 pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, este projecto,vida promover a literacia financeira na comunidade estudantil e já formou, desde então, mais de 11.500 alunos do primeiro, segundo e terceiro ciclos do ensino básico e secundário.

Promovida pela Cim Cávado em várias escolas públicas da sua área abrangente, a iniciativa tem sobretudo como principais objetivos transferir conhecimento para capacitar jovens a tomar decisões financeiramente corretas, criar uma nova geração de consumidores informados e incluir a educação financeira nos projetos educativos para com isso promover a mudança de vida de todos os envolvidos (alunos, pais e professores).

A sessão de apresentação do projeto decorreu no passado dia 5 de janeiro, na Casa do Conhecimento de Vila Verde, e contou com a presença da vereadora da Educação do Município de Amares, Cidália Abreu, que destaca “a pertinência do mesmo na formação e preparação das crianças/jovens do concelho para os cenários financeiros e desafios futuros, promovendo junto delas boas práticas no que diz respeito ao uso do dinheiro”.

O projeto “No Poupar Está o Ganho!” tem como parceiros institucionais a Universidade do Porto, através da Faculdade de Economia e o Banco de Portugal e desenvolve-se ao longo de todo o ano letivo, incluindo formação para professores, de modo a que estes estejam preparados para transmitirem os principais conceitos de educação financeira aos seus alunos.

AMARES IMPLEMENTA PROJETO “SAL A MENOS, SAÚDE A MAIS” NOS CENTROS ESCOLARES DO CONCELHO

Arrancou em Amares, no mês passado, o projeto “SAL A MENOS, SAÚDE A MAIS”, promovido pela Know Food, empresa de restauração coletiva responsável pelo serviço de refeições nos centros escolares do concelho, em parceria com o Município de Amares, cujo objetivo passa por atingir os valores de referência definidos para o setor da restauração, restringindo-se o acesso a refeições com teores elevados de sal.

Sal a Menos (1)

Este projeto compreende várias fases, desde a avaliação diagnóstica, formação dos manipuladores de alimentos, intervenção gradual sobre a sopa e prato, disponibilização de ervas aromáticas, atividades com as crianças e disponibilização de material informativo, entre outras.

A iniciativa surge motivada pelos objetivos estratégicos definidos pela Direção-Geral da Saúde na “Estratégia para a redução do consumo de sal na alimentação em Portugal”, que aponta as escolas/crianças em idade escolar comouma das áreas prioritárias.Osetor da restauração tem, neste sentido, um papel fundamental no desenvolvimento de projetos que visem uma redução gradual e faseada no teor de sal nas refeições servidas.

Note-se que, o consumo excessivo de sal pela população é um dos maiores riscos de Saúde Pública em Portugal, tornando-se urgente propor medidas para a sua redução. Pequenas reduções podem trazer grandes benefícios para a saúde das populações não só ao nível das doenças cardiovasculares mas também ao nível de outras doenças crónicas prevalentes em Portugal.

A Organização Mundial da Saúde recomenda a ingestão de menos de 5 gramas de sal por pessoa por dia. Em Portugal, a quantidade de sal presente na alimentação é sensivelmente o dobro daquela que é recomendada, tornando-se, por isso, urgente começar a reduzir, de forma progressiva, a quantidade de sal na alimentação.

AMARES PROMOVE O MARKETING

A ACB, a CIM Cávado e a UP Cávado promovem, no próximo dia 10 de janeiro, pelas 16h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Amares, a sessão “Storytelling. A iniciativa vai ser dinamizada por João Miguel Lopes – docente universitário e consultor empresarial das áreas de Digital Branding, Transmedia e Storytelling, Direção Criativa, Marketing Digital e Estratégia de Conteúdos Online.

Nesta iniciativa os participantes vão aprender as melhores técnicas para criar histórias relevantes que captem a atenção dos seus clientes e potenciais consumidores.

A entrada é livre mas sujeita a inscrição: https://goo.gl/gd5R8C.

Storytelling Amares

AMARES CANTA AO MENINO JESUS

No dia 14 de janeiro as tradições sobem ao palco no XVII Encontro de Cantar de Reis e ao Menino. A iniciativa decorre, a partir das 15h00, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Amares e vai juntar vários grupos e associações para dar vida a um dos eventos culturais mais enraizado no concelho de Amares.

Cartaz REIS (1)

AMARES DIVULGA GASTRONOMIA

A exemplo de anos anteriores, o Município de Amares vai participar em mais uma edição dos Fins de Semana, iniciativa levada a cabo pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal em parceria com os municípios da região, que promove o turismo através da gastronomia e dos vinhos.

cartazA3_FDSG'17'18_-1

A abrir o apetite para a XVI edição do Festival de Papas de Sarrabulho de Amares, que decorre de 10 a 13 de fevereiro, o Fim de Semana Gastronómico de Amares está marcado para os dias 2, 3 e 4 de fevereiro e vai dar a saborear as pataniscas de bacalhau, como entrada, e as papas de sarrabulho, como prato principal. Para a sobremesa fica reservado o pudim de laranja.

À semelhança das anteriores edições, a promoção gastronómica em Amares vai ser feita nos restaurantes aderentes, que vão brindar os visitantes com a oferta de um copo de vinho de boas vindas. O alojamento local vai oferecer um desconto de 20% nas noites de sexta e sábado.

FDSGA

ISAVE SÃO SILVESTRE DE AMARES 2017 VAI PARA A ESTRADA A 30 DE DEZEMBRO

A V edição da ISAVE São Silvestre de Amares realiza-se amanhã, dia 30 de dezembro, contemplando uma corrida de 10 Km e uma caminhada com cerca de 5 Km. A partida está marcada para as 18h00, com saída da Praça do Comércio, em Ferreiros.

A prova volta a ter cariz solidário já que parte da receita da prova vai reverter a favor da Cruz Vermelha de Amares e dos Bombeiros Voluntários de Amares.

Capturaramares

AMARES VIVEU NATAL EM MODO SUSTENTÁVEL

Urjalândia – Aldeia de Natal Sustentável foi um sucesso e é para repetir

A Urjalândia, Aldeia de Natal Sustentável, foi a grande novidade do programa de Natal que o Município de Amares está a promover, até ao dia 14 de janeiro, com um conjunto de atividades direcionadas aos mais variados públicos. A iniciativa atraiu, no passado sábado, centenas de visitantes até à aldeia do Urjal, situada na União de Freguesias de Vilela, Seramil e Paredes Secas, para apreciar a decoração natalícia toda produzida à base de produtos recicláveis e para desfrutar de uma tarde com muita animação e onde não faltaram as raízes e a tradição.

DSC00052

“Com um valor paisagístico, turístico e ecológico incomparável, a aldeia do Urjal foi o local perfeito para acolher esta aldeia de Natal sustentável, proporcionando aos visitantes um contacto privilegiado com a natureza, num ambiente marcado pela magia desta quadra natalícia e caraterizado pelas nossas tradições e identidade”, sublinhava o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, na reta final da iniciativa.

A animação desta atividade, que pretendeu fazer deste Natal um momento encantado de aprendizagem ambiental, dividiu-se entre dois espaços: o primeiro, centralizado na própria aldeia, decorada em modo sustentável, e onde foi possível visitar o mercado dos produtos locais, as adegas e participar na festa da fogueira natalícia, animada ao som de músicas natalícias e tradicionais; e o segundo, no chamado bosque dos duendes, um espaço mais dedicado a estimular o imaginário das crianças e onde foi possível visitar a casa do Pai Natal, andar a cavalo e participar nos jogos tradicionais inspirados pela mãe natureza. Pelo caminho foi possível contemplar o carvalho-mor, observar o vale do Cávado e o bosque do inferno.

Decorrida que está a primeira edição desta iniciativa, o vereador do Ambiente do Município de Amares, Vítor Patrício Ribeiro, traça um balanço muito positivo, sublinhando que a iniciativa “irá continuar no próximo ano, durante um período mais alargado e com um reforço das atividades, mas com a promessa de não alterar o caráter genuíno do evento”.

“O envolvimento da comunidade local foi preponderante na decoração da aldeia, em modo sustentável, tendo manifestado vontade e motivação para aumentar o seu envolvimento na edição de 2018. Deste modo, o comprometimento em transformar Amares num município mais verde e sustentável tem nesta iniciativa um carácter pioneiro na região por aliar os objetivos municipais com o envolvimento da comunidade numa questão tão premente como é o da sensibilização e valorização ambiental”, frisou Vítor Patrício.

Recorde-se que a Urjalândia – Aldeia de Natal Sustentável foi uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Amares em parceria com a União de Freguesias de Vilela, Seramil e Paredes Secas, com a colaboração da Amarcitrus, Quinta de Lamoso, AE de Lago e Rendufe, Rancho Folclórico de Vilela, Valoriza, Grupo de Teatro de Bouro (Fernando Fernandes), Junta de Freguesia de Barreiros e crianças do teatro infantil da freguesia, AFA – Associação de Fomento Amarense (estudantes da AFA), Marta Faria, Bombeiros Voluntários de Amares e toda a comunidade de voluntários que contribuíram para a concretização deste projeto.

DSC00059

DSC09905

DSC09917

DSC09943

DSC09946

DSC09980

DSC09992

AMARES AJUDA FAMÍLIAS CARENCIADAS

Município de Amares entrega mais de 300 cabazes a famílias carenciadas

À semelhança do que tem vindo a acontecer, anualmente, por esta época do ano, o Município de Amares procedeu à distribuição de cabazes de Natal pelas famílias mais carenciadas do concelho.  Esta ação solidária contempla mais de 300 famílias em situação de maior carência económica e social, previamente sinalizadas pela Rede Social do concelho.

IMG_4139

As tradicionais iguarias da noite de consoada – bacalhau, azeite e aletria – são alguns dos bens alimentares que compõem este cabaz e que pretende levar, nesta quadra natalícia, “um pouco de alegria e conforto”, até à casa destes amarenses.

Refira-se que a sinalização das famílias carenciadas é feita pela Rede Local de Intervenção Social (RLIS), pelas Juntas de Freguesia, pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Amares e pelo Gabinete de Ação Social do Município de Amares e a Segurança Social.

O Município de Amares aproveita para desejar a todos os amarenses um santo e feliz Natal e um ano novo pleno de realizações pessoais e profissionais.

"II CAMINHADA DOS PRESÉPIOS" EM AMARES REALIZA-SE DIA 6 DE JANEIRO

Integrada no programa anual de caminhadas do Município “Amares a Caminhar”, o Grupo de Jovens ACReditar de Santa Marta de Bouro, em parceria com as Paróquias e Juntas de Freguesia de Seramil, Goães, Bouro Santa Marta e Bouro Santa Maria, organiza a "II Caminhada dos Presépios”.

caminhada dos      presépios

A iniciativa decorre no dia 6 de janeiro, com saída marcada para as 9h00, na Igreja de São Paio, em Seramil.

Este ano, e tendo em conta que o percurso é relativamente grande, a iniciativa surge com uma nova modalidade: há um percurso exclusivo para ciclistas, em paralelo com a caminhada tradicional pelos presépios, para quem quiser ver todos os presépios. Os restantes, os que farão o percurso a pé, visitarão apenas alguns dos presépios.

As inscrições têm um custo associado de 3 euros, e dão direito a um kit de participação (t-shirt, seguro e reforço alimentar) e podem ser efetuadas através do seguinte endereço eletrónico: https://goo.gl/forms/39fb1QPmGAtx1iR22.

Recorde-se que, esta iniciativa é fruto de um repto lançado à população das respetivas freguesias/paróquias para que criem os seus próprios presépios de rua e que culminará com esta caminhada, momento em que os diferentes exemplares poderão ser apreciados.