Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

O TERRITÓRIO E AS SUAS GENTES INSPIRAM AS MAIS VARIADAS ARTES NO ENCONTRARTE AMARES ENTRE 27 E 30 DE JULHO

O Encontrarte Amares 2017 abre as suas portas de 27 a 30 de Julho, sob o mote “Património em trânsito”. A 5ª edição do Festival de Artes Plásticas e Cinema de Animação que, numa periodicidade bienal, tem proposto, através de uma programação pluridisciplar, o diálogo vivo entre a radicalidade do pensamento artístico contemporâneo e a herança tradicional da região do minho, particularmente do território amarense, conta com mais de 70 artistas nacionais e estrangeiros para desenvolver projetos artísticos em estreita relação com a comunidade, propondo um olhar autoral capaz de refletir a realidade atual da região.

DSC04031.jpg

Exposições de artes plásticas, cinema de animação, performance, música, dança e oficinas, residências artísticas, concursos, atividades educativa, ciclos de debates e reflexão são apenas algumas das áreas que incorporam a programação intensa que culmina em quatro dias do Festival, promovendo um ambiente de experimentação, participação, convívio, contemplação ativa e liberdade de pensamento.

“O EncontrarteAmares é um festival que se quer que seja parte integrante da cultura e da identidade amarense. O nosso propósito éque os artistas venham para cá, se relacionem com as pessoas, e co-produzam a partir daíum olhar autoral capaz de refletir aquilo que é o património amarenses e as suas gentes”, mencionou, esta manhã, Fernando Almeida, da Direção do Festival, na conferência de imprensa de apresentação do evento.

“A nossa produção precisa de espaços que digam algo às pessoaseque a população se revejanaquilo que os nossos artistas produzem. É esta a essência do nosso Festival”, sublinhou, perante os jornalistas, acompanhado porMartinho Antunes e Lázaro Silva, também da direção.

Transformação, movimento, transpiração e trânsito serão, neste contexto, palavras-chave para estudar a complexidade do território Amares ao seu nível físico e social, bem como, a sua relação com um contexto mais abrangente e plural. Neste sentido desafia as fronteiras do Património, debruçando-se sobre a sua periferia, promovendo o diálogo entre contemporaneidade e quotidiano.Transbordando gentes, usos e costumes o EA2017 será um lugar onde o conhecimento herdado se assume enquanto ação modeladora para o ato criativo.

A abertura oficial do Encontrarte Amares 2017 será no dia 28 de Julho pelas 21h30 na Casa da Botica.Aspirando a criação de um espetáculo que nos desvende um pouco da história de Amares, e simultaneamente nos conduza numa viagem exploratória por linguagens que unem o contemporâneo ao popular, surge “...o Homem do Cávado”. Um projeto de co-criação que reúne os músicos Pedro Augusto e José Cordeiro, os artistas plásticos João Alves e José Peneda, a escola de música Associação Educação, Cultura e Artes, o coro infantil da Associação de Fomento Amarense e o grupo de bombos Animares.

A 5ª edição do Encontrarte Amares lança o ARA – Amares Residências Artísticas.

Um projeto que traz a Amares entre 24 e 30 de julho, 6 artistas nacionais e 6 estrangeiros para desenvolver um projeto de criação participativo.

Criadores, residentes e visitantes são desafiados a refletir e criar de forma cooperativa.

O Encontrarte Amares 2017 é um dos projetos piloto do Creatour - um projeto de investigação e experimentação multidisciplinar que visa a constituição e monitorização de uma rede de iniciativas de turismo criativo em pequenas cidades e áreas rurais em Portugal, integrando cinco centros universitários do Norte, Centro, Alentejo e Algarve.

DSC04047.jpg

AMARES QUER SER UMA MARCA FORTE E DISTINTA A NÍVEL CULTURAL

Para o presidente da Câmara de Amares, o Encontrartetem uma “importância muito grande” no contexto de desenvolvimento cultural do concelho pela forma como tem vindo a crescer e a afirmar-se ao longo das quatro edições, despertando a atenção de variados públicos e transbordando as fronteiras do concelho.

Manuel Moreira lembrou a este propósito, a par da conferência de imprensa em que se fez acompanhar pelo vice-presidente, Isidro Araújo,o facto de o Festival ser um dos projetos piloto do Creatour, o que constitui na opinião do autarca “um motivo de orgulho” e um incentivo para apostar na Cultura como uma marca do concelho.

“Espero que Amares na próxima década seja uma marca muito forte e que possa afirmar-se como uma marca cultural. É para isso que vamos continuar a trabalhar, continuando a abraçar este género de projetos de alma e coração”, sublinhou, deixando uma palavra de apreço e reconhecimento à direção e restante equipa do Encontrarte Amares, artistas, comunidade, entidades, associações, parceiros, e voluntários pela forma carinhosa e profissional como se envolvem neste projeto.

DSC04052.jpg

DSC04062.jpg

PEQUENOS AMARENSES DISTINGUIDOS COM PRÉMIOS E DIPLOMAS DE MÉRITO, EXCELÊNCIA, HUMANO E DESPORTIVO

Centenas de alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do Agrupamento de Escolas de Amares receberam, na noite de ontem, os prémios e diplomas de mérito, excelência, humano e desportivo, relativos ao ano letivo 2016/2017, como forma de valorizar o seu desempenho ao longo letivo, numa cerimónia organizada pelo respetivo agrupamento. O Município de Amares, representado pelo presidente, Manuel Moreira, e pela vereadora da Educação, Cidália Abreu, associou-se, uma vez mais a esta iniciativa, contribuindo com a oferta de 88 prémios.

DSC03911.jpg

“Estou e estarei sempre ao lado da educação”, começou por sublinhar Manuel Moreira a par da cerimónia, endereçando uma palavra de felicitações a todos os alunos distinguidos e uma palavra de incentivo àqueles que mesmo não tendo recebido distinção têm “igual mérito”.

“Os meus parabéns a todos aqueles que veem aqui hoje o seu trabalho e empenho reconhecido e uma palavra de motivação aos restantes alunos para que continuem a trabalhar com afinco na luta pelos seus objetivos e que para o ano sejam eles distinguidos”.

O autarca enalteceu, ainda, a dedicação de professores, colaboradores que “desempenham um papel fundamental na formação destes jovens” e aproveitou a ocasião para encorajar a nova diretora do Agrupamento de Escolas de Amares, Flora Monteiro, no desempenho das suas funções.

Para Flora Monteiro, a noite de ontem foi “um momento especial de entrega de prémios aos meninos que mais de destacaram e que só foi possível graças ao empenho de várias pessoas a quem deixou um agradecimento muito especial. A diretora do Agrupamento de Escolas não esqueceu também os meninos que não foram contemplados com prémio e diploma, deixando uma palavra de incentivo a todos “para que voltem com muita vontade de trabalhar e de serem felizes no próximo ano”, mensagem também partilhada por António Cadete, presidente do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas, e por Cristóvão Gomes, presidente da Associação de pais.

A festa de encerramento de ano letivo decorreu na Escola EB 2 e 3 de Amares mediante centenas de pais, professores, colaboradores e foi abrilhantada pelo Grupo de Bombos ESCOLABOMBAR, pelas Marchas de Santo António do Centro Escolar de Ferreiros, da Escola Básica e do Centro Escolar de Bouro, bem como, pela professora Filomena e AFA. A Farmácia do Mercado foi também parceira deste momento, apadrinhando os restantes prémios oferecidos.

DSC03924.jpg

DSC03954.jpg

DSC03957.jpg

DSC03973.jpg

DSC04008.jpg

“CARTÃO MUNICIPAL SÉNIOR” CONTA COM MAIS PARCEIROS NO APOIO À POPULAÇÃO AMARENSE

Mais uma entidade do concelho acaba de se associar à Câmara Municipal de Amares integrando o projeto “Cartão Municipal Sénior, uma medida que tem como finalidade permitir às pessoas com idade igual ou superior aos 65 anos usufruir de descontos em bens e serviços de equipamentos municipais, comércio local, clínicas de saúde e bem-estar, bem como em diversas atividades lúdicas e desportivas, entre outros setores.

DSC03890.JPG

Na assinatura do protocolo de colaboração com a respetiva entidade – o Centro Médico D. Filomena, da Santa Casa de Misericórdia de Amares – o presidente da Autarquia, Manuel Moreira, congratulou-se com a adesão e o sucesso desta política social. 

“Este cartão sénior tem tido uma aceitação muito positiva, quer por parte das nossas entidades que se têm disponibilizado para estabelecer parcerias que permitem à nossa população auferir de diversos benefícios, quer por parte dos nossos idosos que percebendo as vantagens deste serviço têm aderido positivamente ao cartão”, sublinhou Manuel Moreira, lembrando que o Município de Amares vai continuar a promover e incentivar medidas de apoio social, no sentido de transformar Amares num concelho mais solidário e com iguais oportunidades de acesso a bens e serviços.

Para o provedor da Santa Casa da Misericórdia, Alberto Esteves, a adesão a esta medida constitui “uma forma de alargar área de intervenção dos serviços prestados pela Santa Casa da Misericórdia que existe para estar ao serviço das pessoas e é um complemento ao serviço público em termos de assistência médica que traz importantes vantagens a esta faixa etária mais vulnerável da sociedade”.

O Município de Amares recorda que a adesão a este projeto por parte das entidades interessadas não acarreta quaisquer encargos financeiros, além do respetivo desconto oferecido aos titulares do cartão, e incentiva os agentes locais a associaram-se a esta medida, possibilitando o alargamento do número de parcerias e, consequentemente, os benefícios para os titulares dos cartões.

Para aderir ao “Cartão Municipal Sénior”, as pessoas com idade igual ou superior aos anos 65 anos, deverão dirigir-se aos serviços municipais para preencher o respetivo requerimento, fazendo-se acompanhar da documentação necessária (cartão do cidadão, atestado de residência e duas fotografias tipo passe).

Até ao momento o “Cartão Municipal Sénior” conta com 25 entidades parceiras e com mais 300 seniores aderentes.

Parceiros:

Terapias Saúde e Equilíbrio; Modintima Naomi; Domingos Urzal – Dentista; Futebol Clube de Amares; Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Amares; Grupo Desportivo de Caldelas; Clínica Dentária Miguel Tomás; Ópticas Melo; Centro Clínico Senhora da Paz; Piscinas Municipais; Clínica Dentária Marina Macedo; Empresa das Águas Mineromedicinais de Caldelas; Best Fitness Place; Cristina Maria Brandão; Dona Terapia; Pura Harmonia; Cruz Vermelha Portuguesa; Delegação de Amares Activignition Unipessoal Lda; (Pro Energy); Agomesdent (Amardente - Clínica Dentária); Sandra Manuela Macieira Oliveira - Loja Riso; Ópticas Visão do Futuro, Lda (Multiopticas de Amares); Óticas Minho; Casa de Saúde de Amares, Lda; Santa Casa de Misericórdia de Amares - Centro Médico D. Filomena.

DSC03896.JPG

II JORNADAS INTERCONCELHIAS DE BIBLIOTECAS ALTO CÁVADO REUNIRAM MAIS DE 150 PESSOAS EM AMARES

O Auditório Conde Ferreira, em Amares, teve casa cheia nas II Jornadas Interconcelhias de Bibliotecas Alto Cávado que decorreram durante o dia de hoje. Educadores e professores de todos os níveis de ensino e também profissionais ligados a bibliotecas foram os destinatários desta iniciativa, cujo mote para reflexão foi “O prazer de ler”.

DSC03771.jpg

Na sessão de abertura, o vice-presidente do Município de Amares e vereador da Cultura, Isidro Araújo, congratulou-se com o sucesso de mais uma iniciativa de cariz cultural que trouxe ao concelho “importantes contributos” de diversos intervenientes, entre eles o de Teresa Calçada e Álvaro Laborinho Lúcio.

Isidro Araújo, que partilhou as boas vindas com a coordenadora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, Fernanda Freitas, e com António Amaro, Diretor do Centro de Formação da Associação de Escolas Alto Cávado, deixou “uma palavra muito especial a todos os participantes pela forma como decidiram passar o dia em Amares”, lembrando que “Amares é um concelho que está sempre de portas abertas para receber”. “ Sintam-se bem em Amares” sublinhou, endereçando, ainda, uma palavra de apreço àqueles que estiveram na génese destas jornadas.

O programa arrancou com a assinatura da Rede Concelhia de Bibliotecas que integra todas as bibliotecas do concelho, seguindo-se o primeiro painel do dia cuja intervenção ficou a cargo de Teresa Calçada do Plano Nacional de Leitura (PNL) e de José António Carvalho (Universidade do Minho), que abordaram o tema central das jornadas “O Prazer de ler”, moderado por Jorge Brandão.

Da parte da tarde, e após um bonito momento musical proporcionado por Luís Capela e filho Guilherme Capela, João Lobo deu ´o pontapé de saída` à intervenção de Álvaro Laborinho Lúcio. Seguiu-se um encontro com Nuno Higino, poeta, e Alberto Péssimo, ilustrador/artista plástico. O dia terminou com um passeio literário no Ribeiro do Alvito. As II Jornadas Interconcelhias de Bibliotecas Alto Cávado tratam-se de uma iniciativa promovida pelas bibliotecas escolares e municipais dos Município de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde com a colaboração das respetivas autarquias, em parceria com a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE) e o Centro de Formação do Alto Cávado.

As jornadas prosseguem amanhã (dia 13) e depois de amanhã (dia 14) nos municípios vizinhos de Vila Verde e Terras de Bouro respetivamente.

DSC03774.jpg

DSC03775.jpg

DSC03783.jpg

DSC03805.jpg

DSC03813.jpg

DSC03815.jpg

AMARES: BACALHAU FOI "REI" NA VILA TERMAL DE CALDELAS

O Festival do Bacalhau, que teve lugar de 7 a 9 de julho no Parque das Termas, em Caldelas, encerrou com “balanço muito positivo” por parte da Câmara Municipal de Amares – entidade que promoveu, numa parceria com a Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, a segunda edição deste evento gastronómico por onde passaram centenas de pessoas.

DSC03599.JPG

“Foi muito positivo não só pela realização do evento em si e pela consolidação deste segundo ano mas também pela dimensão que teve no enquadramento do concelho porque permitiu que Amares fosse destino de muita gente que escolheu esse momento para nos visitar”, sublinhou o vice-presidente do Município de Amares, Isidro Araújo, manifestando a sua satisfação pela forte adesão do público.

“Estamos muito contentes pela resposta que os restaurantes tiveram para com os visitantes, que levaram uma imagem de mais um evento gastronómico de excelência do concelho, e para além disso pela forma como este evento projetou a beleza e o património do concelho já que trouxe a Caldelas, a Amares,  muitas pessoas que aproveitaram para passar o fim de semana e conhecer aquilo que de bom temos por cá”, acrescentou Isidro Araújo.

A II edição do Festival do Bacalhau contou com a participação dos restaurantes Churrasqueira de Caldelas, Correia e Vale do Homem, que confecionaram as melhores iguarias tendo como denominador comum o bacalhau. Mar ir ao Festival do Bacalhau foi muito mais do que ir comer bacalhau… O artesanato e outros produtos locais também mereceram um lugar de destaque e como não podia deixar de ser a animação musical também deu um colorido especial à festa.

DSC03612.JPG

DSC03617.JPG

DSC03633.JPG

MUNICÍPIOS DE AMARES, TERRAS DE BOURO E VILA VERDE UNIDOS PELA VALORIZAÇÃO EMPRESARIAL DO VALE DO HOMEM

O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, destacou, na noite de ontem, a par do nascimento da Associação Empresarial do Vale do Homem – AEVH, um organismo que congrega o tecido empresarial e comercial dos concelhos de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde, a importância do trabalho em rede para o desenvolvimento económico e social do concelho.

DSC03741.jpg

O primeiro ato que marca o arranque do projeto alargado ao território do Vale do Homem decorreu com a instalação do Conselho Consultivo, presidido por José da Mota Alves, presidente da ATAHCA, um dos principais intervenientes na área do desenvolvimento rural do território em apreço. A união foi seladaentre os três municípios, numacerimóniaacolhida em Amares.

Para o presidente da Câmara de Amares a criação desta associação constitui um importante ponto de partida para a união e progresso do tecido empresarial do concelho. “Nos dias que correm temos que ter a capacidade de perceber que sozinhos não chegamos a lado nenhum. Só reunindo esforços somos capazes de contribuir para o crescimento dos nossos territórios e, neste sentido, o Município de Amares abraçou este projeto de corpo e alma desde o primeiro instante”, sublinhou Manuel Moreira.

“Sabemos que este é caminho que temos de seguir e pelo nosso lado este projeto não cai”, acrescentou, adiantando que todos os empresários do concelho vão ser convidados a integrar esta associação.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração em funções, Jorge Pereira, os contactos estabelecidos no tecido empresarial de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde coincidiram no sentido da agregação territorial num projecto “comum, igual para todos, equilibrado na representação e pujante nas dinâmicas que se querem empreender”.

“A instalação do Conselho Consultivo marca o princípio de uma nova etapa para os tecidos empresariais dos três concelhos”, assinala o responsável, acrescentando que “com esta fusão, depois de garantidas as parcerias dos municípios de Amares, Vila Verde e Terras de Bouro, bem como de outros empresários e organismos de desenvolvimento local dos três concelhos, estão dados passos consequentes para pôr em marcha a AEVH”.

O organismo, adianta, já possui o certificado de admissibilidade devidamente registado pela Agência para a Modernização Administrativa e deverá estar formalmente instalado “até final do verão”. Depois disso, a AEVH acredita que Amares, Vila Verde e Terras de Bouro “passarão a ter mais força” na representação empresarial, do comércio, à indústria, ao desenvolvimento rural/florestal, à economia social, ao turismo/lazer, entre outras áreas. “O apoio técnico (jurídico, fiscal, elaboração de candidaturas, etc), a formação, a captação de investimentos, a criação de emprego, o acesso a fundos e apoios nacionais e europeus, o apoio à internacionalização, a realização de eventos e projectos comuns ao território do Vale do Homem, a valorização e promoção sectorial das diferentes áreas de negócios e produtos locais, entre outros, estão na base do projeto”.

DSC03744.jpg

Vários organismos acreditam na criação de novas dinâmicas empresariais 

No primeiro ato oficial de criação da Associação Empresarial do Vale do Homem, a instalação do Conselho Consultivo, marcaram presença,para além dos representantes dos três Municípios do Vale do Homem (Manuel Moreira/Amares, Joaquim Cracel/Terras de Bouro e Manuel Lopes/Vila Verde), representantes das entidades e organismos que o integram e empresários que constituem o tecido empresarial dos três municípios.

Todos foram unanimes ao reconhecer a mais-valia da união de esforços e o impulso que o novo organismo pode dar na economia e dinâmicas sociais do território do Vale do Homem.

DSC03752.jpg

IMG_4436.jpg

IMG_4457.jpg

AMARES ACOLHE MAIS DE MEIO MILHAR EM CONVÍVIO COM FREGUESIAS COM O NOME “DORNELAS”

A Freguesia de Dornelas acolheu, no passado sábado, o IV Convívio Inter-Freguesias com o nome “Dornelas”. A iniciativa juntou mais de 500 pessoas de Amares, Boticas, Sever do Vouga, Aguiar da Beira e Pampilhosa da Serra, que partilharam saberes, tradições e costumes, num dia que ficou marcado por muitos sorrisos e animação.

DSC03472.jpg

Para o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que fez questão de compartilhar este momento de troca de experiências entre os seus munícipes e os dos concelhos visitantes “este foi um dia magnífico que ficará gravado na memória de todos os participantes pela alegria contagiante que se viveu”.

“Este convívio é mais um excelente exemplo da simpatia, humildade e hospitalidade que carateriza o povo amarense e que mais uma vez mostrou que sabe receber”, sublinhou o autarca, reconhecendo, ainda, a importância deste género de iniciativas na valorização da identidade de cada concelho/freguesia.

Já o presidente da Junta de Freguesia, António Paredes, mostrou-se “extremamente feliz” por acolher na sua localidade estas centenas de pessoas. Entre poucas mas sentidas palavras deixou um agradecimento especial a todos os dornelenses da sua freguesia, particularmente àqueles que estiveram envolvidos na concretização desta iniciativa, pela forma “dedicada” com que prepararam este convívio, “dignificando” o concelho de Amares e as suas gentes.

A confraternização abriu com a receção aos convidados, junto à igreja, com a atuação da Banda Filarmónica de Amares a fazer as honras da casa às centenas de dornelenses que trouxeram até ao concelho de Amares as suas particularidades.

O programa seguiu com uma missa e uma visita a alguns locais da freguesia de Dornelas, Amares a fechar o período da manhã.

À tarde, a boa disposição foi uma constante com a atuação dos grupos musicais “Flores da Primavera”, “Amigos da Rambóia”, e Rancho Folclórico “As Lavradeiras de Santiago de Goães”, a convidar a um pezinho de dança.

Também os jogos tradicionais e um momento dedicado à zumba fizeram parte desta grande festa, onde não faltou, ainda, caldo verde e o pão com chouriço para terminar o dia em beleza.

O convívio promete continuar para o ano, com o concelho de Pampilhosa da Serra como anfitrião, em Dornelas do Zezere.

DSC03489.jpg

DSC03509.jpg

DSC03513.jpg

DSC03539.jpg

DSC03549.jpg

DSC03564.jpg

DSC03588.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES MAIS PERTO DOS SENIORES DO CONCELHO ATRAVÉS DA PROVEDORA DO IDOSO

O Município de Amares concretiza, a partir de agora, um trabalho de ainda maior proximidade, proteção e segurança para com os seniores do concelho, através da provedora do idoso, empossada, esta tarde, no Auditório Conde de Ferreira. A enfermeira Gracinda Faustino, foi uma escolha unânime entre as várias entidades envolvidas no processo de seleção e que passará a assumir um papel determinante na defesa dos direitos das pessoas idosas e, em articulação com a Comissão de Proteção ao Idoso, promovendo iniciativas que visem responder às suas necessidades, às dos cuidados formais e informais e de todos os agentes da sociedade civil com intervenção.

DSC03641.jpg

Na sessão de apresentação da Provedora do Idoso, abrilhantada por um momento musical protagonizado pela AECA – Associação Educação Cultura e Artes, o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, sublinhou que Gracinda Faustino é uma figura que reúne todos os requisitos para assumir esta função. “A enfermeira Gracinda, na sua vida quotidiana, tem vindo já a assumir um pouco este papel pela proximidade e cuidado que tem tido com vários amarenses e por certo Amares ficará muito agradecida com esta escolha”, sublinhou o autarca, lembrando que o papel da Autarquia “é estar ao lado dos mais frágeis”.

Carlos Branco,  presidente da Comissão de Proteção ao Idoso, felicitou o Município de Amares pela aposta nesta política de proximidade para com a população sénior, frisando que “o dia de hoje é ummarco na agenda da solidariedade social no concelho de Amares”.“A defesa intransigente dos direitos dos idosos é uma causa ganha aqui em Amares”, acrescentou.

Citando Madre Teresa de Calcutá, Gracinda Faustino, ressalvou: “Trabalho não para ter êxito mas para servir””, acrescentando que espera ser capaz de desenvolver as funções que lhe são confiadas, em colaboração com todos.

Finalmente, a vereadora da Ação Social, Cidália Abreu, lembrou a forte aposta que o Município de Amares tem feito em respostas de proximidade a esta faixaetária, que fomentam uma participação mais ativa do idoso nas políticas municipais. Uma aposta que, de acordo com a vereadora, é para manter.

Destinado a todos os idosos do concelho que, pelas mais diversas razões necessitem de apoio e orientação, o provedor do idoso fará o seu atendimento ao público, às segundas-feiras da parte da manhã, no espaço da Divisão da Ação Social da Câmara de Amares. O atendimento será efetuado mediante marcação prévia, através do telefone 253993761.

Receber queixas, denúncias e reclamaçõese apoiar a sua resolução,através doseu encaminhamento para as entidades competentes, averiguar todas as situações sinalizadas pelas pessoas idosas ou pela comunidade, bem como, assegurar a representatividade da população sénior na definição das políticas da autarquia.

DSC03665.jpg

DSC03671.jpg

AMARENSES REALIZAM "CÃOMINHADA"

No dia 9 de julho (domingo), realizar-se-á uma ''cãominhada'' na Quinta Lago dos Cisnes, pelas 9 horas, promovida pela Associação Patudos D'Amares. 

cartaz_cãominhada.png

O percurso da caminhada é de, sensivelmente, 2,5 quilómetros. Este inicia-se na Quinta Lago dos Cisnes, desfrutando das margens do rio Cávado e da natureza envolvente, passando pelo Solar da Levada, e termina no ponto de partida. Findada a caminhada, decorrerá uma palestra de sensibilização na voz dos agentes convidados da Guarda Nacional Republicana e, de seguida, uma demonstração do Grupo de Intervenção Cinotécnico da GNR. 

Esta iniciativa tem como objetivo, além da vertente lúdica, promover a educação cívica para situações que envolvam animais abandonados e/ou de raças potencialmente perigosas.

A inscrição inclui t'shirt alusiva ao dia, assim como seguro, e ainda água e uma peça de fruta para reforçar as energias após a caminhada. 

Este evento foi pensado ao detalhe pelo grupo de voluntários dos Patudos D'Amares, sendo esta a segunda edição. Na primeira, esta iniciativa teve a participação de cerca de 130 pessoas e animais. 

Informações práticas: 

  1. O percurso é irregular e em piso de terra. Os participantes da cãominhada deverão levar calçado adequado (exemplo: sapatilhas/ botas de montanhismo). 
    Locais de Inscrição: 
  2. > Junta de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros
  3. > Quinta Lago dos Cisnes (no bar)
  4. > Pré-inscrição online (link: https://goo.gl/forms/wuPEuZAoFrFgioIp2)
  5. Valor da Inscrição: 4.00€
  6. > inclui T'shirt + seguro
  7. Para os animais participantes: é obrigatório o uso de trela e de açaime (no caso de raças potencialmente perigosas).

BACALHAU EM AMARES É FESTIVAL EM CALDELAS

A boa gastronomia volta a estar em destaque, de hoje até ao próximo domingo, no concelho de Amares com o II Festival do Bacalhau, uma iniciativa conjunta promovida pela Câmara Municipal de Amares em parceria com a União das Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, no Parque das Termas, em Caldelas.

À boa gastronomia junta-se também a animação musical, por isso, motivos não vão faltar para se juntar à festa.

II Festival do Bacalhau em Caldelas.jpg

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE BRAGA PROMOVE EM AMARES WORKSHOP SOBRE PLANEAMENTO COMERCIAL

A Câmara Municipal de Amares recebeu, ao final da tarde de ontem, o Workshop “Como criar um Plano Comercial”, realizado no âmbito do Ciclo de Workshops Empresariais promovido pela ACB - Associação Comercial de Braga.

DSC03454.jpg

Este ciclo, que contabiliza, este ano, a sua 2ª edição, está a ser dinamizado em parceria com as empresas Fortis Consulting e Creative Zone e as entidades BICMINHO, ASAE, IAPMEI e IEFP, com o intuito de levar a formação, a título gratuito, aos demais concelhos de abrangência ACB, que não Braga, preenchendo lacunas formativas identificadas por vários empresários.

DSC03455.jpg

AMARES CONQUISTA 3º LUGAR NO TORNEIO INTERMUNICIPAL DE FUTSAL

O Município de Amares terminou em 3º lugar o Torneio Intermunicipal de Futsal organizado pelo Município de Braga com o intuito de promover a atividade física e um salutar convívio entre funcionários das câmaras municipais do Minho.

DSC03420.JPG

A iniciativa, que contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, teve como representantes da equipa amarense os colaboradores: Rogério, Ribeiro, Vasconcelos, Chiquinho, Manuel Joaquim, Sidónio, Gonçalo, Humberto Jorge, Miguel Santos e João Abel.

Como treinador a equipa contou com o sr. José “Gel”, como diretor de equipa como o sr. Anibal e como responsável de equipa o sr. Antonino. A equipa contou, ainda, com a colaboração da atual e anterior presidente da AFMA - Associação de Funcionários do Município de Amares, Maria da Luz e Elisabete respetivamente.

Classificações:

1º Lugar – Câmara Municipal de Braga

2º Lugar – Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

3º Lugar – Câmara Municipal de Amares

4º Lugar – Câmara Municipal de Famalicão

5º Lugar – Câmara Municipal Esposende

6º Lugar – Câmara Municipal Vieira do Minho

Troféu Fair-Play - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

Melhor Marcador - Miguel Santos (CM Amares)

Melhor Defesa - Câmara Municipal de Braga

AMARES APOIA TEMPOS LIVRES DOS JOVENS

Município de Amares volta a apoiar atividades de verão para ocupação dos tempos livres dos mais novos

A Câmara Municipal de Amares, à semelhança do que tem vindo a acontecer anualmente, volta a colaborar com uma série de entidades do concelho, concedendo apoio à concretização de um conjunto de atividades lúdicas, pedagógicas e desportivas, durante as férias escolares. Proporcionar às crianças e jovens a vivência e a partilha de experiências, assegurando a ocupação dos tempos livres até ao regresso à escola, e facilitar aos pais a conciliação dos horários de trabalho com o período de férias dos filhos, são os principais objetivos deste apoio concedido pelo Município de Amares.

DSC_0614.JPG

O vereador do Desporto, Isidro Araújo, e a vereadora da Ação Social e Educação, Cidália Abreu, marcaram presença no arranque de algumas dessas atividades, desejando um bom período de férias a todos os participantes. Na ocasião, Cidália Abreu, recordou a importância de disponibilizar uma oferta alargada de atividades para as férias de verão dos pequenos amarenses.

“Temos consciência de que é importante assegurar a ocupação destes tempos livres aos mais novos para que os pais que trabalham e, muitas vezes, não têm facilidade de conciliar os horários de trabalho com o tempo livre dos filhos, sintam que dispõem de uma alternativa para o período de interrupção letiva”, sublinhou.

“Ano após ano temos vindo a manter este apoio porque consideramos muito importante promover o bem-estar dos mais novos através de momentos de lazer, sociabilidade, partilha e animação, proporcionando, ao mesmo tempo, através das diversas atividades propostas, um conjunto de saberes e aprendizagens que contribuirão para a sua formação pessoal e aquisição de competências”.

O Município de Amares, lembra a vereadora, voltou a apoiar todas as entidades que estão a promover atividades para as férias escolares no concelho de Amares e que solicitaram a colaboração da Autarquia. A cedência de transporte, o acesso às piscinas municipais, de forma totalmente gratuita (sempre que possível), assim como, o pagamento dos almoços, tudo pelo período de um mês, são os contributos prestados pelo Município de Amares a todas as crianças envolvidas nestas atividades.

DSC03440.jpg

AMARES REALIZA V CONVÍVIO INTER-FREGUESIAS COM O NOME "DORNELAS"

A Freguesia de Dornelas, em Amares, recebe, no dia 8 de julho, o IV Convívio Inter-Freguesias com o nome “Dornelas”, uma iniciativa que vai reunir os cinco concelhos do país (Amares, Boticas, Sever do Vouga, Aguiar da Beira e Pampilhosa da Serra) que partilham a mesma designação em uma das suas freguesias.

Cartaz Convivio FREGUESIAS.png

O dia, que arrancará às 10h00, com a recepção aos convidados, junto à Igreja, com a actuação da Banda Filarmónica de Amares e culminará com um lanche composto por caldo verde e pão com chouriço, promete muita animação e a partilha de usos e costumes entre as gentes das diversas freguesias.

Assim, agradecemos, desde já, a vossa colaboração na divulgação desta iniciativa, que conta com o apoio do Município de Amares.

8º TORNEIO INTER-FREGUESIAS EM AMARES REUNIU PERTO DE 180 CRIANÇAS

O Complexo Desportivo das Cachadinhas, em Caldelas, acolheu cerca de 180 crianças, que participaram na 8ª edição do Torneio Inter-Freguesias, promovido pelo Município de Amares, disputando os escalões de traquinas, benjamins e infantis. A freguesia de Lago alcançou a vitória em dois escalões: traquinas e benjamins e a União de Freguesias de Amares e Figueiredo conquistou o primeiro lugar em infantis.

DSC03167.jpg

Além da entrega de prémios para os três primeiros classificados de cada escalão foi atribuídos os prémios fair-play, melhor guarda-redes, melhor jogador e melhor marcador, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira.

O prémio de melhor guarda-redes foi atribuído a Martim Gonçalves (Lago), no escalão de traquinas, a Afonso Antunes (Bico), no escalão de benjamins, e a Francisco Soares (Amares e Figueiredo), no escalão de infantis.

No que diz respeito ao prémio de fair play o mesmo foi atribuído às freguesias do Bico (traquinas), Caires (benjamins) e União de Freguesias de Caldelas Sequeiros e Paranhos (infantis).

André Meireles pela freguesia de Lago (benjamins) recebeu o prémio de melhor jogador, juntamente com José Xavier do Bico (infantis)

Quanto ao melhor marcador, no escalão de traquinas o título foi conquistado por José Sousa (Lago), no escalão de benjamis por João Machado (Lago) e em infantis por José Xavier (Bico).

Todas as crianças receberam uma medalha de participação.

DSC03181.jpg

DSC03220.jpg

DSC03280.jpg

AMARES TEM PROVEDOR DO IDOSO

O Auditório Conde de Ferreira, em Amares, acolhe no dia 10 julho, a partir das 15h00, a apresentação pública do provedor do idoso do concelho – uma figura mediadora entre o Município de Amares e a população sénior, que resulta de um protocolo de colaboração entre o própria Autarquia e a Comissão de Proteção ao Idoso e cuja missão passará por assegurar os direitos a esta faixa etária, bem como, garantir a sua representatividade nas políticas que lhe dizem respeito.

A ocasião é aberta a toda a população.

99554b5728a443c.jpg

II FESTIVAL DO BACALHAU SERVE A MELHOR GASTRONOMIA EM AMARES DE 7 A 9 DE JULHO

A boa gastronomia volta a estar em destaque no concelho de Amares com o II Festival do Bacalhau, uma iniciativa conjunta promovida pela Câmara Municipal de Amares em parceria com a União das Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, que decorre nos dias 7, 8 e 9 julho, no Parque das Termas, em Caldelas, com o  intuito de potenciar a gastronomia da região e atrair visitantes ao concelho. À boa gastronomia junta-se também a animação musical, por isso, motivos não vão faltar para se juntar à festa.

DSC02754.JPG

A Loja de Turismo Interativa de Caldelas acolheu a conferência de imprensa deste evento gastronómico que apresenta os melhores petiscos, tendo como denominador comum o bacalhau, aliados ao bom vinho verde do concelho. O momento contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, do vice-presidente, Isidro Araújo, e do presidente da União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Almeida, que deram a conhecer à comunicação social todos os pormenores desta edição.

PROGRAMA

A II edição do Festival do Bacalhau mantém o figurino do ano anterior no que diz respeito à uniformização do valor da chamada refeição base, apresentando um menu económico, pelo preço de cinco euros, que inclui arroz de feijão e pataniscas, pão e bebida. Depois, cada um dos restaurantes (Churrasqueira de Caldelas, o Restaurante Correia e o Restaurante Vale do Homem) terá as suas sugestões, sempre dentro do bacalhau e dos seus derivados.

Este ano, o evento gastronómico apresenta como novidade a colocação de uma tenda no espaço, que servirá como forma de acolher e concentrar os comensais e garantir as melhores condições  à realização do evento mediante eventuais  alterações climáticas.

Nas noites de sexta-feira e de sábado haverá animação musical ao bom estilo minhoto com a atuação de grupos de música populares e desgarrada com Ângelo Veloso (“Anjinho”) e Aguiar de Barcelos.

DSC02775.JPG

DSC02778.JPG

PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS PARENTAIS PROMOVIDO EM AMARES

A Rede Local de Intervenção Social da Associação de Fomento Amarense em parceria com os Serviços de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Amares (AEA) dinamizou, entre os meses de março e junho, um programa de competências parentais. A iniciativa, dirigida exclusivamente a pais com filhos a frequentar o AEA, contou com a colaboração do Município de Amares, representado pela vereadora da Educação e Ação Social do Município de Amares, Cidália Abreu, que participou numa das sessões abordando a temática da prevenção dos comportamentos aditivos na adolescência.

DSCN7696.JPG

Intitulado “Ser Feliz em Família”, este projeto teve como objetivos a promoção da educação parental de forma a possibilitar respostas aos pais quando estes encontram dificuldades, ou até antes mesmo de com elas se confrontarem, proporcionando a discussão e a aprendizagem de formas de comunicar e de ensinar, apoiadas em conhecimentos psicológicos, pedagógicos e científicos e na motivação e voluntarização de mães e pais para adaptarem e mudarem as suas estratégias educativas num sentido mais adequado e eficaz, que lhes traga maior bem-estar emocional.

Este programa esteve organizado em 12 sessões semanais, das quais 4 abordaram temáticas selecionadas pelo grupo de pais, dadas as principais dificuldades que estes identificam na relação com os filhos.

DSCN7749.JPG

Na concretização do programa de competências parentais, a Rede Local de Intervenção Social da Associação de Fomento Amarense e os Serviços de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Amares contaram, ainda, com a colaboração do NIAVE - Núcleo de Investigação e Apoio de Vitimas Especificas - da Póvoa de Lanhoso, que abordou os perigos da internet para as crianças e adolescente, da Equipa de Saúde Escolar do Agrupamento de Escolas de Amares, que se debruçou sobre a temática da educação sexual e da Unidade de Cuidados na Comunidade do Centro de Saúde de Amares, que centrou a sua exposição na prevenção de acidentes domésticos.

DSCN7758.JPG

ANIMAÇÃO À GRANDE NO FESTIVAL DE VERÃO NA PISCINA MUNICIPAL DE AMARES

A Piscina Municipal Coberta transformou-se num verdadeiro parque de diversões naquele que foi o 3º Festival de Verão organizado pelo Município de Amares em parceria com a ADDVH – Associação de Desenvolvimento Desportivo Vale do Homem. A grande novidade, este ano, foi a presença de um insuflável gigante que fez as delícias de miúdos e graúdos.

IMG_1904.jpg

O Festival de Verão contou com a participação de 117 crianças e jovens e cerca de 50 pais a assistir. A iniciativa seguiu os meus moldes dos anos anteriores, em termos de escalonamento dos níveis de prática e de modalidades do evento, sendo que os primeiros a participar foram as crianças dos 3 aos 9, seguidos dos jovens dos 10 aos 14. No final, foi a vez dos bebés desfrutaram da piscina nesta atividade que culminou com uma mega aula de hidroginástica.

Recorde-se que a Piscina Municipal Coberta de Amares disponibiliza aos seus utilizadores um conjunto de serviços como natação para bebés, crianças e adultos, hidroterapia e hidroginástica.

IMG_1905.jpg

IMG_1907.jpg

IMG_1915.jpg

NOVA ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES - AMAR CITRUS PROMETE IMPULSIONAR A LARANJA DE AMARES

Promover e valorizar a laranja de Amares, acrescentando-lhe valor, quer através da inovação e diversificação dos canais de comercialização, quer através da melhoria e diversidade dos métodos de produção, é um dos principais objetivos da recém-criada Associação de Produtores – Amar Citrus.

20170614_191530.jpg

A primeira reunião da Assembleia Geral da respetiva associação decorreu no passado dia 14 de junho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Amares e teve como ordem de trabalho a eleição dos órgãos sociais para o triénio 2017-2020, a tomada de posse dos órgãos sociais eleitos e a delegação de poderes nos órgãos sociais até a aprovação do regulamento interno.

Assessorar/apoiar produtores e agroindustriais a nível técnico,/formativo e informativo e na comercialização dos seus produtos e reconhecer e contabilizar áreas de produção e quantidade produzida, assim como, elencar opiniões e/ou necessidades manifestadas por quem produz são os primeiros objetivos definidos pela associação que pretende, ainda, desenvolver uma política de proximidade com produtores e agentes locais num clima de confiança e união para um desenvolvimento económico sustentável do concelho.

Na concretização destes objetivos, a associação de produtos locais conta com o apoio da Câmara Municipal de Amares, da ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave e da CASES, Cooperativa António Sérgio para a Economia Social.

“A criação desta associação é fundamental para dinamizar e impulsionar a produção e a comercialização da laranja de Amares, bem como, para incentivar os nossos produtores/empresários a tirar o melhor partido das suas potencialidades que vão muito para além da produção e comercialização do citrino em si”, começa por referir o presidente da Câmara de Amares Manuel Moreira.

“ Esta associação toma corpo com gente dinâmica em quem acredito e, por isso, penso estão criadas as condições para que a laranja de Amares ganhe uma nova dimensão e se torne um fator de desenvolvido da economia do concelho, sublinha o autarca, recordando o protocolo de colaboração existente entre a Autarquia e a Universidade do Minho para estudo e caraterização físico-química do citrino e que poderá servir também de apoio aos produtores locais.

A presidente da Amar Citrus, Adelaide Mota, apontou como “muito positiva a recetividade de várias instituições e pessoas individuais que têm demostrado vontade para apoiar a laranja, referindo que em cerca de 1 mês a associação já conseguiu impulsionar a venda de mais de três toneladas e meia de laranja”.

A sede da associação fica na Galeria de Artes e Ofícios, em Ferreiros, lugar onde todos os interessados poderão efetuar a sua inscrição como sócios.

20170614_193545.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES ACOLHE SESSÃO DE ESCLARECIMENTO SOBRE AVISO AO SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO - SI2E

No âmbito da abertura de Avisos ao Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E), o Salão Nobre da Câmara Municipal de Amares recebeu, esta tarde, uma sessão de esclarecimento promovida pela CIM Cávado - Comunidade Intermunicipal do Cávado, em parceria com a Associação de Desenvolvimento Local – ATAHCA. A abertura da sessão, onde marcou presença o presidente da ATAHCA, José Mota Alves, ficou a cargo do vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo, que endereçou um agradecimento especial às duas entidades responsáveis pela promoção das sessões de esclarecimento, reconhecendo o importante contributo que podem dar, potencializando o crescimento e dinamização das empresas sediadas do concelho.

DSC02156.jpg

O SI2E visa apoiar projetos de criação, expansão ou modernização de micro e pequenas empresas com criação líquida de emprego, através do financiamento a novos postos de trabalho e a despesas de investimento, apoiando projetos no território da NUT III Cávado.

Este incentivo é gerido pelos Grupos de Ação Local (GAL), quando se tratem de intervenções com um investimento elegível até 100.000€ e pelas Comunidades Intermunicipais, sempre que o investimento elegível seja superior a 100.000€ e até ao limite de 235.000€.

Esta linha de financiamento visa apoiar o empreendedorismo e emprego nas regiões de baixa e alta densidade, destinando-se a ações de empreendedorismo e melhoria de projetos de micro e pequenas empresas com taxas de incentivo relevantes que podem ir até 60% e que contemplam a grande generalidade de setores de actividade e uma vasta gama de tipologias de despesa de investimento.

A sessão foi dinamizada por Luís Macedo, em representação da CIM Cávado, e por Paulo Cristina, da parte da ATAHCA, que procuraram esclarecer todos os pormenores deste programa de incentivos, que entrará em vigor brevemente pelo NORTE2020,.

Toda a informação encontra-se publicado no portal do Programa Regional NORTE 2020: http://www.norte2020.pt/si2e

DSC02159.jpg

AMARES: VIRA POP 2017 TROUXE ANIMAÇÃO À VILA TERMAL DE CALDELAS

Do Vira ao Pop, dos mais aos menos jovens, a edição de 2017 do Festival Vira Pop deu vida à Vila Termal de Caldelas, num fim-de-semana em que o calor humano, aliado ao tempo convidativo e a uma mescla entre música e cultura, serviram de ingredientes irresistíveis a dois dias intensos de bom ambiente e convívio entre gerações.

DSC02099.jpg

A aliança entre as tradiçõese o modernocontínua a sera forteaposta deste festival que concilia o Vira do Minho ao que de melhor se faz no espetro da nova música portuguesa.Uma aposta ganha já que pelo jardim das termas passou o mais variado tipo de público. 

Este ano, o Vira Pop manteve a aposta em artistas do panorama nacional e acrescentou, ainda, uma banda estrangeira, vinda do Brasil – a ATR (Aeromoças e Tenistas Russas), num cartaz recheado que primou pelo ecletismo e pela qualidade das bandas. Pelo palco passaram, na noite de sexta-feira,Gobi Bear, Aeromoças e Tenistas RussasToulouse, MirrorPeople, Pega Monstro e Puto Márcio. Já para abrilhantar o diade sábado e sob altas temperaturas a piscina de Caldelas acolheuGinPartySoundsystem &Friends e o moinho serviu de palco a Lourenço Crespo. Já ao final da tarde,Sallim preparava com o seu espetáculoaquilo que prometia ser uma noite em grande e que se seguiu com as atuações Nice Weather For Ducks, WhiteHaus, Luís Severo, Sensible Soccers, Ângela Polícia, Midnight. Pelo meio e ao bom género musical tipicamente minhoto Anjinho animou o público com os sons do Minhoe a desgarrada.

Também o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, e o presidente da União de Freguesias de Caldelas, Sequeiros e Paranhos, José Manuel Almeida, subiram ao palco para dar as boas vindas ao público e felicitar a organização deste que festival que se assume na opinião de ambos como “um marco” no panorama cultural de Amares, do Minho e que abarca já outras zonas do país.

O Vira Pop 2017 ganhou, nesta edição, um terceiro palco – a piscina de Caldelas – e teve como novidade o ‘vira copo’: pelo valor de cinco euros dava direito a um fino e à entrada na piscina.O recinto do festival disponibilizouuma zona de campismo para os visitantes e uma praça de restauração.

Recorde-se que a organização do evento, que mantém como uma das marcas a gratuitidade,esteve a cargo do Grupo de Jovens de Caldelas – Festão, com os apoios da Câmara Municipal de Amares e da Junta de Freguesia de Caldelas, Sequeiros e Paranhos.

DSC02102.jpg

DSC02114.jpg

DSC02137.jpg

DSC02140.jpg

DSC02145.jpg

AMARES REGISTA UMA DESCIDA DE QUASE 40% NA TAXA DE DESEMPREGO

A taxa de desemprego no concelho de Amares registou uma das maiores descidas dos últimos anos. Face ao mesmo período de 2016, o ano de 2017 apresenta uma queda de 39,7%, segundo os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (I.E.F.P.).

DSC03661 (2).JPG

Esta diminuição é o resultado, entre outros fatores conjunturais, das medidas que têm vindo a ser tomadas e consolidadas no concelho, nomeadamente através de novas dinâmicas criadas pelo Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares. Isso mesmo corrobora o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que “extremamente satisfeito com os resultados obtidos e com o impacto com estes números representam no desenvolvimento económico e social do concelho, assim como, na melhoria das condições de vida dos munícipes”, lembra a estratégia de apoio que tem vindo a ser implementada desde o início do seu mandato.

“Traçamos uma linha orientadora para o concelho no que diz respeito ao apoio e parcerias com as empresas, empresários e desempregados de Amares que está a dar os seus frutos”, sublinha o autarca. “Esta descida de quase 40% é muito significativa e revela que estamos no bom caminho e, nesse sentido, vamos manter esta política de apoio constante ao setor empresarial e desempregados do nosso concelho”, acrescentou Manuel Moreira.

Até ao momento, o Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares já impulsionou a constituição de 36 novas empresas e apoiou 31 na realização de estágio profissional, tendo como objetivo especifico a inserção efetiva no mercado de trabalho. O Gabinete de Inserção Profissional (GIP) contribuiu ativamente para a dinamização e inserção dos desempregados através do acompanhamento individual e promoção / apoio das medidas do IEFP junto ao tecido empresarial.

Dos dados apurados, o concelho regista atualmente 731 desempregados, menos 481 do que o mesmo mês de 2016, sendo que destes 425 são do sexo feminino. Relativamente à faixa etária 96 tem menos 25 anos, 148 estão entre os 25 e os 34 anos, 311 entre os 35 e os 54 anos e 176 desempregados têm mais de 56 anos. Quanto à escolaridade, o concelho regista uma maior incidência nos desempregados com 1º ciclo (4ºano) 142, 3º ciclo (9ºano) 121 e Nível Secundário 186.

DSC02130.JPG

AMARES REGISTA DESCIDA DE QUASE 40% NA TAXA DE DESEMPREGO

A taxa de desemprego no concelho de Amares registou uma das maiores descidas dos últimos anos. Face ao mesmo período de 2016, o ano de 2017 apresenta uma queda de 39,7%, segundo os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (I.E.F.P.).

Esta diminuição é o resultado, entre outros fatores conjunturais, das medidas que têm vindo a ser tomadas e consolidadas no concelho, nomeadamente através de novas dinâmicas criadas pelo Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares. Isso mesmo corrobora o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que “extremamente satisfeito com os resultados obtidos e com o impacto com estes números representam no desenvolvimento económico e social do concelho, assim como, na melhoria das condições de vida dos munícipes”, lembra a estratégia de apoio que tem vindo a ser implementada desde o início do seu mandato.

“Traçamos uma linha orientadora para o concelho no que diz respeito ao apoio e parcerias com as empresas, empresários e desempregados de Amares que está a dar os seus frutos”, sublinha o autarca. “Esta descida de quase 40% é muito significativa e revela que estamos no bom caminho e, nesse sentido, vamos manter esta política de apoio constante ao setor empresarial e desempregados do nosso concelho”, acrescentou Manuel Moreira.

Até ao momento, o Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares já impulsionou a constituição de 36 novas empresas e apoiou 31 na realização de estágio profissional, tendo como objetivo especifico a inserção efetiva no mercado de trabalho. O Gabinete de Inserção Profissional (GIP) contribuiu ativamente para a dinamização e inserção dos desempregados através do acompanhamento individual e promoção / apoio das medidas do IEFP junto ao tecido empresarial.

Dos dados apurados, o concelho regista atualmente 731 desempregados, menos 481 do que o mesmo mês de 2016, sendo que destes 425 são do sexo feminino. Relativamente à faixa etária 96 tem menos 25 anos, 148 estão entre os 25 e os 34 anos, 311 entre os 35 e os 54 anos e 176 desempregados têm mais de 56 anos. Quanto à escolaridade, o concelho regista uma maior incidência nos desempregados com 1º ciclo (4ºano) 142, 3º ciclo (9ºano) 121 e Nível Secundário 186.

AMARES INCENTIVA EMPREGO E EMPREENDEDORISMO

A Comunidade Intermunicipal do Cávado, em parceria com a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave promovem no dia 19 de junho, pelas 14h30, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Amares, uma sessão de esclarecimento sobre o SI2E – Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego.

Esta linha de financiamento visa apoiar o empreendedorismo e emprego nas regiões de baixa e alta densidade e que será gerida pelas GAL (Grupos de Acção Local) e pelas CIM (Comunidades Intermunicipais). Este sistema de incentivos destina-se a ações de empreendedorismo e melhoria de projetos de micro e pequenas empresas com taxas de incentivo relevantes que podem ir até 60% e que contemplam a grande generalidade de setores de actividade e uma vasta gama de tipologias de despesa de investimento.

Esta sessão, em que participarão os representantes destas duas entidades (CIM Cávado e ATAHCA), contará também com a presença do Vogal da CCDRN, Eng.º Jorge Nunes, e vai procurar esclarecer todos os pormenores deste programa de incentivos, que entrará em vigor durante a presente semana pelo NORTE2020, apresentando situações práticas de potenciais situações de investimento a que se seguirá um amplo debate sobre novos desafios para as indústrias tradicionais e tecnológicas.

EXECUTIVO MUNICIPAL DE AMARES VISITA FILHOS DA TERRA EM LYON

No fim-de-semana em que se assinalou o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, e o vice-presidente, Isidro Araújo, estiveram de visita à cidade de Lyon, na localidade de Jassans-Riottier, onde tiveram oportunidade de contactar de perto com a comunidade em portuguesa, particularmente com os emigrantes naturais ou com ligações afetivas a Amares.

20170610_154719.jpg

Já no local, o executivo municipal de Amares foi recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Jassans-Riottier, Jean Pierre, e pelo Conselheiro das Comunidades Portuguesas em Lyon, Cardia Lima, e pelo presidente da Associação Portuguesa de Jassans-Riottier Delfim Fernandes, que estabeleceram o elo de ligação entre os autarcas amarenses e os filhos da terra na localidade.

“O convite para esta visita surgiu do presidente da Associação Portuguesa de Jassans-Riottier que é um filho da terra e honrou-nos muito porque há nesta zona muitas pessoas naturais do concelho de Amares, sobretudo da freguesia de Rendufe”, começou por referir Manuel Moreira. 

“Foi com muito gosto que visitámos a nossa comunidade e os restantes emigrantes luso descendentes. Foi gratificante perceber que a nossa visita também lhes trouxe alguma alegria e a verdade é que nos sentimos em casa no meio de tantos portugueses e tanta gente do nosso concelho”, sublinhou o autarca, deixando uma palavra de reconhecimento a todos aqueles que saem da sua terra natal em busca de melhores condições de vida.

Esta visita, que contou ainda com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Rendufe, contemplou um périplo por várias associações portuguesas com sede Jassans-Riottier, um tour  pelo centro histórico de Lyon e a ida ao Festival de Folclore Português de Lyon, entre outras iniciativas.

AMARENSES FORAM A LYON AO ENCONTRO DOS SEUS CONTERRÂNEOS

Uma comitiva do Concelho de Amares esteve em Jassans-Riottier (Lyon)

A comitiva do Concelho de Amares, liderada pelo Presidente Manuel Moreira, em frente à Mairie da cidade de Jassans-Riottier, nos arredores de Lyon

20170611_151357.jpg

No fim de semana do 10 e 11 de Junho 2017, a convite da Associação Cultural Desportiva Portuguesa (ACSP) de Jassans-Riottier, presidida pelo rendufense (Concelho de Amares), Delfim Fernandes, uma comitiva deslocou-se do Norte de Portugal para ir ao encontro dos amarenses que se encontram radicados nesta região de França. Fizeram parte desta deslocação o Presidente do Municipio Manuel Moreira, o Vice-Presidente Isidro Araujo e o Presidente da Junta de freguesia de Rendufe, Domingos Alves.

Este convite surgiu no âmbito do Festival Internacional de Fólclore que decorreu no domingo 11 de Junho na localidade francesa de Jassans-Riottier. Este evento é organizado anualmente pela associação portuguesa daquela localidade e estiveram presentes vários grupos fólcloricos de tradição portuguesa, presentes na região de Lyon e arredores.

Esta deslocação surge também na quadra das comemorações do 10 de Junho, dia des Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas. Assim o actual executivo minhoto do Município de Amares, pretendeu destacar a importância, o orgulho e coragem dos milhões de portugueses que compõem as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, para os municípios e territórios portugueses.

Participaram activamente na realização e organização desta deslocação os Conselheiros das Comunidades Portuguesas de Strasbourg, Rui Ribeiro Barata e o dinâmico Conselheiro das Comunidades Portuguesas de Lyon, Cardia Lima.

No sábado 10 de Junho a comitiva de Amares, acompanhada pelos Conselheiros das Comunidades Portuguesas de Lyon e de Strasbourg, pela Cônsul Geral de Portugal em Lyon e pelo Presidente da associação portuguesa de Jassans-Riottier, foram recebidos no edificio da Câmara pelo Maire de Jassans-Riottier.

No domingo 11 de Junho, a comitiva foi ao encontro de várias associações portuguesas da região de Lyon, onde há uma forte presença de portugueses naturais da Freguesia de Rendufe e do Concelho de Amares. Depois houve ainda tempo, ao inicio da tarde, antes de regressar a Portugal,  para participar na inauguração do Festival Internacional em Jassans-Riottier.

CÁVADO LANÇA NOVAS PONTES PARA A COMPETITIVIDADE

O projeto UP Cávado, desenvolvido pela CIM do Cávado em parceria com a InvestBraga e com a Agência de Energia do Cávado, será apresentado publicamente na próxima terça-feira, dia 13 de junho, na sala de conferências do edifício gnration, pelas 14h30, em Braga.

Resultado de três candidaturas aprovadas no âmbito do Aviso ao Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIACs), do Programa Operacional Norte2020, o UP Cávado visa a melhoria global da competitividade empresarial da NUT III Cávado.

Em conjunto, estas três operações pretendem implementar ações de dinamização empresarial, relacionadas com o “Empreendedorismo”, a “Qualificação” e a “Internacionalização”.

O orçamento previsto para a implementação destas ações compreende um montante de mais de um milhão de euros (1 000 000,00€), para o período temporal de dois anos. Este projeto agrega os seis municípios da CIM do Cávado – Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, que, em articulação com as entidades e associações comerciais e industriais que atuam no território, pretendem mobilizar novas dinâmicas empresariais e tornar mais atrativo o investimento na região, através da simplificação de processos, da facilitação de redes de networking e de um conjunto de ações de internacionalização.

Na sua essência, o UP Cávado tem como objetivos a mobilização e dinamização do espirito empreendedor; a qualificação do tecido empresarial focada no aumento da produtividade; a capacitação para a internacionalização e o aumento da visibilidade e notoriedade internacional da oferta de bens e serviços do território.

Recorde-se que este projeto está integrado numa das novidades do Portugal 2020 (SIACs) que se destina a promover o espírito empresarial através das comunidades intermunicipais (CIM).

“Toda esta nova abordagem é reflexo do entendimento que vem sendo reforçado entre os autarcas quanto à importância de explorarem proveitosamente a escala supramunicipal em benefício das suas populações e dos seus territórios”, diz Fernando Freire de Sousa, Gestor do Norte 2020 e Presidente da CCDR Norte.

AMARES ESTÁ EM FESTA

Já estão em curso as Festas d´Amares 2017. O pontapé de saída foi dado, ontem de manhã, na Galeria de Artes e Ofícios de Amares com a já tradicional exposição de andores de Santo António a marcar o arranque das festas concelhias, que prometem encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho de hoje até ao próximo dia 13 de junho (feriado de Santo António).

DSC01115.JPG

A iniciativa, promovida no âmbito do Projeto Luz de Presença, da Valoriza, que conta com o apoio do Município de Amares, expõe, até ao próximo dia 15 de junho, 20 andores elaborados por 8 IPSS´s do concelho e por 12 freguesias que se inspiraram no santo padroeiro para brindar o público com os seus trabalhos.

O momento serviu também para anunciar os vencedores do concurso associado à exposição. Goães alcançou o primeiro lugar, seguido de Bouro Santa Maria e de Fiscal, que alcançaram os dois o segundo lugar das freguesias a concurso. O Centro de Actividades Ocupais (CAO) Ser Igual foi o vencedor das instituições.

As maiores festas concelhias prometem fazer de Amares o centro das atenções até ao próximo dia 13 de junho.

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

18740442_663190893886754_1237299206818353078_n.jpg

DSC01122.JPG

DSC01150.JPG

DSC01168.JPG

DSC01170.JPG

DSC01171.JPG

AMARES COLHE "CIDADANIA EM PORTUGAL"

Acolhe dia 14 de junho roteiro "CIDADANIA EM PORTUGAL". Um Roteiro que vai desafiar as redes e as comunidades locais de todo o país a uma viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação. Uma equipa de animação e comunicação e uma carrinha, devidamente equipada com recursos lúdico-pedagógicos, vão apoiar a dinamização de atividades propostas por parcerias locais e pôr o país a pensar e a agir sobre as desigualdades, as discriminações e as violências que ainda persistem.

PARAR para dialogar e partilhar informação e conhecimento acerca da Cidadania e Igualdade.

PENSAR, conjuntamente com as comunidades e as redes locais de parceria, estratégias de territorialização de políticas públicas.

AGIR em prol da Cidadania e Igualdade, impulsionando todos/as os/as agentes de desenvolvimento social e mobilizando os recursos adequados em cada contexto.

18951220_668355393370304_8825408729616368466_n.jpg

PAN CONCORRE PELA PRIMEIRA VEZ AO MUNICÍPIO DE CASCAIS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS

  • Candidaturas próprias à Câmara e à Assembleia Municipal
  • Aposta na regeneração verde do concelho, implementação de um projeto piloto sobre o RBI, combate ao isolamento e criação de um hospital público para animais em situação de risco
  • Objetivo local é a eleição de pelo menos uma deputada municipal
  • Maiorias absolutas não beneficiam a democracia e reforçam a abstenção no concelho

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza concorre pela primeira vez, e com listas próprias, à Câmara e Assembleia Municipal de Cascais. A candidatura à Câmara será encabeçada por Francisco Guerreiro, atual assessor parlamentar do deputado André Silva. Para a Assembleia Municipal, a lista tem na sua liderança Sandra Marques, comissária política nacional do partido.

A candidatura tem como principais preocupações os impactos e a mitigação das Alterações Climáticas e o redesenhar do urbanismo, pelo que uma prioridade do PAN Cascais passa pela regeneração verde e multifuncional do espaço público. Através da reabilitação e renaturalização dos corredores verdes naturais, pretende-se interligar as comunidades locais e criar uma rede dinâmica de interações ecológicas, sociais e culturais da periferia ao centro do concelho. A reabilitação das oito ribeiras, de percursos rurais e a renaturalização de corredores ecológicos degradados melhorará a qualidade da vida socioeconómica e ecológica através de um espaço público mais coeso, sustentável, verde, seguro e aprazível para os Cascalenses.

“O desafio da transição para a sustentabilidade dá-nos a oportunidade única de pensarmos o concelho de modo integrado. Consideramos urgente reabilitá-lo e renegerá-lo tendo em conta o interior e o litoral num projeto que una todo o concelho e todos os seus habitantes”, afirma Sandra Marques, candidata à Assembleia Municipal.

A candidatura irá também propor a implementação de um projeto piloto para um Rendimento Básico Incondicional (RBI) no concelho. Este projeto piloto deverá ser preparado e avaliado por um comité científico, em coordenação com o executivo da Câmara, para que as suas características, objetivos, custos, população envolvida, duração, impacto, entre outros factores, possam ser estudados e avaliados durante e depois da conclusão do mesmo. A candidatura deseja que Cascais seja pioneira no estudo de novas soluções económicas e sociais para o flagelo da pobreza, da segregação social, do desemprego e da iniquidade económica.

“Cascais deve ser um exemplo do progresso social e económico, daí a nossa proposta para implementarmos um projeto piloto do RBI. Temos a possibilidade de, conjuntamente com a Câmara, o Estado, e outros agentes sociais, unir esforços e trabalhar num estudo que nos possibilite aferir as vantagens e desvantagens da aplicação de um RBI a nível local. Sermos pioneiros pressupõe implementarmos hoje o futuro que desejamos ver construído para o nosso concelho”, afirma Francisco Guerreiro, candidato à Câmara Municipal.

No que concerne a políticas sociais, o foco do PAN centrar-se-á no combate ao isolamento dos idosos e idosas no concelho, reforçando políticas preventivas e de proximidade. Há que fortalecer o papel da Rede Social e das políticas públicas e integrar estes cidadãos e cidadãs na regeneração social, ambiental, económica e cultural da vila.

“Durante o périplo que temos efetuado no concelho verificámos uma constante problemática no tecido social de Cascais: não só que o envelhecimento é acompanhado de um isolamento social, mas que o município não está adaptado às necessidades diárias destes cidadãos e cidadãs”, conclui Sandra Marques.

Em paralelo com várias iniciativas que visam reforçar a política pública de saúde e bem-estar animal,nomeadamente o reforço de campanhas de esterilização e de adopção para animais de companhia, tal como a implementação de pombais contraceptivos, o PAN Cascais tem como aposta a criação de um Hospital Público Veterinário para Animais em situação de risco. Este destinar-se-á a animais errantes, abandonados ou detidos por pessoas em situação de especial vulnerabilidade socioeconómica que não tenham capacidade para assegurar aos seus animais de companhia os cuidados básicos de saúde ou de os socorrer em situação de emergência. Esta proposta será um complemento à oferta privada de serviços veterinários e possibilitará um reforço dos cuidados básicos às situações mais urgentes de animais e de cidadãos necessitados.

Para a concretização destas e de outras propostas para o concelho, o partido considera fundamental eleger, pelo menos, uma deputada municipal. O PAN deseja implementar o rigor, a transparência e a transversalidade que tem demonstrado a nível nacional em Cascais, possibilitando assim aos Cascalenses a oportunidade de participar ativamente na mudança para um novo paradigma social, cultural e económico.

O PAN Cascais acredita que para o melhor exercício da democracia local não deverá haver maiorias absolutas. Este fator implica a procura de um pacto de governação entre todos os partidos que priorize e integre o máximo de visões políticas, sociais e económicas para a vila.

“A preocupante taxa de abstenção verificada nas últimas autárquicas em Cascais, de 62%, mostra que há um profundo descontentamento com as atuais políticas e partidos do sistema. O PAN deseja ser mais um contributo para a dinamização deste pacto social e para o decrescimento da abstenção no concelho. Quando apenas 38% dos Cascalenses votam, algo está profundamente errado com a política local”, reforça Francisco Guerreiro.

AMARES REABRE PISCINA MUNICIPAL DE CALDELAS

A Piscina Municipal de Caldelas reabre ao público no próximo dia 10 de junho. O espaço vai estar em funcionamento todos os dias, com exceção da segunda-feira (dia de encerramento), das 10h00 às 19h30. Ao domingo o horário prolonga-se até às 20h00.

A época balnear decorre até ao dia 10 de setembro.

AMARENSES CORREM E VENCEM OBSTÁCULOS

Um milhar de atletas aventuraram-se na UrbanFit Amares

Cerca de mil participantes coloriram a terceira edição da Amares UrbanFit, protagonizando mais um grande momento desportivo no concelho. A prova de resistência física, que combina de forma divertida corrida com obstáculos, realizou-se no passado sábado, numa distância de 13 km, desafiando os atletas a viver uma experiência única e a superar os seus limites. Ricardo Rego, da equipa Barcelos Team Militar (B.T.M), repetiu a proeza do ano passado, superando,no menor tempo, os 13 quilómetros e os 30 obstáculos (51 minutos e 59 segundos).

DSC07233

Este ano, a prova apresentou novos obstáculos e novos desafios no que diz respeito ao percurso e à abrangência da prova, nomeadamente, a sua internacionalização uma vez que é qualificativa para o OCR EuropeanChampionships.

“O balanço é muitopositivo. Aumentámos a dificuldade dos obstáculos e a exigência dos mesmos para que a prova também tenha alguma progressãoe,uma vez que contabiliza para o Campeonato da Europa, tambémsomos obrigados a aumentar o grau de exigência para que os atletas também estejam devidamente preparados”, referia Alfredo Vieira, da organização, no final do desafio, mostrando-se “muito satisfeito” com a adesão dos participantes.

“Sabemos que nem todos os obstáculos são superáveis por todosmas,porisso, é que também criámos dois escalões, o de elite e o de guerreiro, com uma vertente mais de diversão.A prova como se internacionalizou trouxe a Amares participantes espanhóis, das Astúrias, dos Açores, um casal brasileiro,e vieram, ainda, imensos atletas de Lisboa e do Porto, superando as expetativas o que nos deixa muito contentes”., salientou Alfredo Vieira.

Os mais novos tiveram também um lugar de destaque nesta edição, com a Amares Urban Fit Kids que decorreu da parte da manhã, num conceito especialmente pensado para as crianças e que deu uma dinâmica diferente à Quinta do Lago dos Cisnes. AUrbanFitKids contou com a presença de 80 crianças que fizeram um curto percurso onde tinham de ultrapassar vários obstáculos, vibrando com a prova.

Para o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, este é um evento “diferenciador que se assume já como uma referência desportiva”e que,a julgar pelas centenas de participantes que se aventuraram nesta prova, mostra a vitalidade e dinâmica presente no concelho.

“Esta prova tem crescido ano após ano, trazendo a Amares gente dos mais variados pontos do país, e até do estrangeiro, e é muito gratificante ver por aqui esta avalanche de gente bem-disposta e satisfeita com os momentos agradáveis que levam daqui”, sublinhou Manuel Moreira.

Os participantes, esses, com mais ou menos dificuldade, em mais ou menos tempo,concluíram a prova muito agradados e com um sentimento de superação pessoal. Em julho, os 10 classificados de Amares (homens e mulheres) vão representar Amares e Portugal no Campeonato Europeu, na Holanda.

Ricardo Rego repetiu 1º lugar na prova

Pelo segundo ano consecutivo, Ricardo Rego, da equipa Barcelos Team Militar, alcançou o primeiro lugar no pódio, superando,no menor tempo, os 13 quilómetros e os 30 obstáculos (51 minutos e 58 segundos).Marco Rocha, da Legião Urbana (52:54), e Rui Figueiredo, individual (54:17), completaram o escalão.Em femininos, Diana Ferreira, da B.T.M. (01:32:34), seguida de Maria José Pereira,individual(01:34:31)e Ana Santos Pascoal, da Legião Urbana (02:14:16), foram as três primeiras classificadas.

Já na categoria de Guerreiro – masculinos, o destaque foi para João Duarte (57:02), seguido de Nuno Dantas (57:07) e André Loureiro (57:11) todospela B.T.M..Inês Capitão, pela HolmesPlace Braga (01:13:42), Ana Melo, pela B.T.M. (01:14:48) e Helena Fernandes, pela N14 Crossfit (01:17:06) alcançaram o pódio em femininos.

Na categoria coletiva, venceu a B.T.M., seguida da equipa Best Fitness e da N14 Crossfit.

DSC07253

DSC07257

DSC07261

DSC07294

DSC07300

AMARES URBAN FIT É UM FESTIVAL DE EMOÇÕES

Vai realizar-se em Amares mais uma edição da Amares Urban Fit. A prova, que combina de forma divertida corrida com obstáculos, numa distância de 12 km, realiza-se amanhã, a partir das 15h00, com saída na Praça do Comércio, e desafia os atletas a viver uma experiência única e a superar os seus limites.

Este ano, a prova apresenta novos obstáculos (30 no total) e novos desafios no que diz respeito ao percurso e à abrangência da prova, nomeadamente, a sua internacionalização uma vez que é qualificativa para o OCR European Championships. Os mais novos terão também um lugar de destaque nesta edição, com a Amares Urban Fit Kids que decorrerá da parte da manhã, num conceito especialmente pensado para eles.

image004ammma

AMARES PREPARA-SE PARA A FESTA

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

18700110_664380237101153_2937971411627023768_n

O cartaz já foi oficialmente apresentado à comunicação social, numa conferência de imprensa que contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, do vice-presidente, Isidro Araújo, do presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição, e do presidente da União de Freguesias de Ferreiros Prozelo e Besteiros, Paulo Gomes.

Com um grande envolvimento dos amarenses (jovens, seniores, escolas e bandas de música, associações, IPSS´s, ranchos folclóricos, juntas de freguesia e particulares) e com um cartaz de excelência ao bom rigor antonino as Festas d´Amares “são já uma referência no panorama de festividades minhotas”, sublinhou na ocasião o presidente Manuel Moreira.

As festas de Amares prometem assim encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho e "fazer com que todos os amarenses se orgulhem desta grande festa", acrescentou o autarca.

18765885_664380827101094_3971411867579313440_n

A chave do sucesso para este ano mantém-se na aposta de um cartaz diversificado que repete as boas ações dos anos anteriores e acrescenta algumas novidades, explicou o presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição. Uma das inovações prende-se com um maior investimento de marketing, através da colocação de painéis de led no recinto onde decorrem as festas (Praça do Comércio) para transmissão em direto dos espetáculos musicais e dos momentos vividos ao longo das festividades e outra está relacionada com a atribuição de nomes aos dois palcos de animação, sendo o palco principal, o palco 1, denominado de Palco Intermaché e o palco 2 de Palco Planeta D.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

Na organização deste cartaz de excelência, a AFAA conta com o apoio da Câmara Municipal de Amares, da Junta de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros e de várias entidades/empresas, associações e particulares, que reúnem esforços para brindar a população com o melhor programa.

cartaz PROGRAMA FINAL-01-01

MUNICÍPIO DE AMARES DISTRIBUI EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS NOS JARDINS DE INFÂNCIA DO CONCELHO

A Câmara Municipal de Amares acaba de reforçar o material informático disponível para utilizaçãode alunos e professores nos jardins de infância, distribuindo um total de 16 equipamentos pelos centros escolares do concelho.O presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, e a vereadora da Educação, Cidália Abreu, já procederam à distribuição do respetivo material que consideram “uma aposta na melhoria da capacidade de acesso às novas tecnologias e à informação”.

20170530_145852 (1)

Este investimento, integrado num conjunto de medidas desenvolvidas pela Autarquia como forma de potenciar o processo de ensino e as condições de aprendizagem, surge depois de ter sido constatado o estado obsoleto de alguns equipamentos que provocavam alguns problemas no desenvolvimento de determinadas ações pedagógicas, necessitando de substituição.

A comunidade escolar vê assim assegurado o normal funcionamento das aulas e uma profícua aprendizagem por parte dos alunos com recurso a materiais didático-pedagógicos.

AMARES REALIZA FESTIVAL DE TEATRO

image001teea

A Câmara Municipal de Amares promove a quinta iniciativa do Festival de Teatro Sá de Miranda, com o intuito de divulgar o teatro amador e fomentar hábitos culturais entre os amarenses.

No próximo dia 17 de junho, pelas 21h00, no Auditório do Centro Social de Lago, em Amares, assista à próxima peça apresentada pelo Grupo de Teatro de Bouro.

O Festival de Teatro Sá de Miranda conta com o apoio das juntas de freguesia e associações locais.

Morada do Auditório do Centro Social de Lago:

Largo da Igreja, 4720-522 Lago, Amares

Entrada livre!

AMARES CONTA COM NOVA PLATAFORMA PARA PROMOÇÃO TURÍSTICA DO CONCELHO

Já se encontra disponível a nova plataforma “Amares Go.Tourism”, um instrumento de planeamento, gestão e promoção turística do concelho que permite, de forma gratuita, aos agentes locais com atividade no setor turístico (casas de turismo rural, hotéis, restauração, entre outros) a divulgação do património material e imaterial do concelho.

Capturaramarrres

Na plataforma, lançada pelo Município de Amares, passam a estar localizados os pontos de interesse turístico do concelho, com informação, fotos e contactos, divididos por categorias, o que permitirá ao turista organizar o seu percurso de visita, de acordo com os pontos de interesses e as suas preferências.

A plataforma foi apresentada ontem, ao final da tarde, pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo, e pela empresa responsável pela sua conceção, aos agentes representativos do setor turístico.

Pode aceder à plataforma através do link: http://municipioamares.pt/tourism/web.

O Município de Amares dará o apoio necessário para criação de acesso à plataforma.

Este instrumento de promoção turística foi financiado ao abrigo da Operação nº 033105 Cávado Digital Mais - Operação de Modernização Administrativa e Tecnológica, no âmbito do Programa Operacional Factores de Competitividade.

AMARES RECEBE UM DOS MAIORES ESPECIALISTAS DO MUNDO EM DEFESA PESSOAL

Martin Luna, um dos maiores especialistas do mundo em Krav Maga, defesa pessoal, vai estar no próximo dia 10 de junho em Amares, num seminário de Krav Maga Kapap - TML, organizado por Jorge Silva, José Costa, Fernando Suissas, do Clube de Karaté do Wado-Ferreiros.

A iniciativa, que conta com o apoio do Município de Amares, vai ter lugar no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Amares, entre as 9h00 e as 15h00, e está aberta a todas as pessoas interessadas em aprender defesa pessoal.

image1amaresdefes

FESTAS D´AMARES CELEBRAM EM GRANDE O SANTO ANTÓNIO DE 7 A 13 DE JUNHO

HMB (dia 9), Aurora (dia 9), Aurea (dia 10), Fernando Daniel (dia 10) e Rosinha (dia 12) são os principais artistas musicais que vão animar as Festas d´Amares 2017. Mantendo a aposta num programa arrojado, dirigido a todos os gostos e idades, e que prima pela simbiose entre a tradição e a inovação, as maiores festas concelhias, em honra de Santo António, prometem fazer de Amares o centro das atenções entre os dias 7 a 13 de junho.

20170529_111005

O cartaz foi oficialmente apresentado, esta manhã, à comunicação social, numa conferência de imprensa que contou com a participação do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, do vice-presidente, Isidro Araújo, do presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição, e do presidente da União de Freguesias de Ferreiros Prozelo e Besteiros, Paulo Gomes.

Com um grande envolvimento dos amarenses (jovens, seniores, escolas e bandas de música, associações, IPSS´s, ranchos folclóricos, juntas de freguesia e particulares) e com um cartaz de excelência ao bom rigor antonino as Festas d´Amares “são já uma referência no panorama de festividades minhotas”, sublinhou na ocasião o presidente Manuel Moreira.

As festas de Amares prometem assim encher de cor, brilho, dinamismo e alegria as ruas do concelho e "fazer com que todos os amarenses se orgulhem desta grande festa", acrescentou o autarca.

A chave do sucesso para este ano mantém-se na aposta de um cartaz diversificado que repete as boas ações dos anos anteriores e acrescenta algumas novidades, explicou o presidente da AFAA – Associação de Festas Antoninas de Amares, Marco Conceição. Uma das inovações prende-se com um maior investimento de marketing, através da colocação de painéis de led no recinto onde decorrem as festas (Praça do Comércio) para transmissão em direto dos espetáculos musicais e dos momentos vividos ao longo das festividades e outra está relacionada com a atribuição de nomes aos dois palcos de animação, sendo o palco principal, o palco 1, denominado de Palco Intermaché e o palco 2 de Palco Planeta D.

Para além das atrações musicais já referidas as Festas d´Amares 2017 vão contar com a participação especial de vários escolas de música/bandas do concelho (AFA Estudos Musicais, Orquestra AECA, Centro de Estudos Luís Capela e Banda Filarmónica de Amares), aos quais de juntam o humor do stand up comedy por Fernando Rocha, João Seabra e Miguel 7 Estacas.

Destaque, ainda, para as marchas populares e infantis, bem como, para a majestosa procissão assumidamente uns dos pontos altos do programa, onde o desporto será também presença marcante com o 61º Circuito de Ciclismo e o Concurso de Pesca de Sto. António.

As raízes e tradição assumem , ainda, protagonismo através do Cortejo Etnográfico e do Festival de Folclore, neste cartaz que reserva muitos outros motivos de atração para amarenses e visitantes.

Na organização deste cartaz de excelência, a AFAA conta com o apoio da Câmara Municipal de Amares, da Junta de Freguesia de Ferreiros, Prozelo e Besteiros e de várias entidades/empresas, associações e particulares, que reúnem esforços para brindar a população com o melhor programa.

20170529_111827

AMARES, TERRAS DE BOURO E VILA VERDE VÃO CRIAR A ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DO VALE DO HOMEM

AEVIVER vai formalizar alargamento a todo o Vale do Homem

Já estão feitos os primeiros contactos oficiais tendentes ao alargamento do âmbito de acção da AEViVer aos restantes Municípios do Vale do Homem, Amares e Terras de Bouro. O Conselho de Administração da Associação Empresarial de Vila Verde acaba de concluir a ronda de contactos com as duas autarquias, agora aliadas de Vila Verde neste processo, e junto do tecido empresarial dos dois concelhos.

20170523_095004

Estão lançados os “alicerces” para a “fundação” da futura Associação Empresarial do Vale do Homem, devendo a formalização oficial acontecer a 10 de Julho, por altura da revisão estatutária e dos procedimentos legais que permitirão dar consequência à decisão da estrutura liderada pelo arquitecto Jorge Pereira.

Esta formalização acontece depois de reuniões com os Municípios de Amares e de Terras de Bouro, assim como com o tecido empresarial de ambos os concelhos. A associação empresarial vai, por isso, avançar com a alteração dos Estatutos já na próxima Assembleia Geral, que decorrerá no dia 10 de Julho.

CONSELHO CONSULTIVO

Nessa altura, reunirá pela primeira vez o novel Conselho Consultivo da futura Associação Empresarial do Vale do Homem, que será presidido pelo presidente da ATAHCA, Prof. José da Mota Alves. O órgão de consulta do Conselho de Administração deverá integrar as Misericórdias de Vila Verde e Amares, uma IPSS de cada concelho, os três arciprestes e dez empresas representativas do território do Vale do Homem, entre outros organismos e instituições com papel de relevo no território.

«UNIR E TORNAR MAIS FORTE O VALE DO HOMEM»

Nos contactos mantidos, o presidente do Conselho de Administração da AEViVer, Jorge Pereira, tem assinalado que este alargamento da esfera de acção da associação empresarial visa «unir e tornar mais forte o Vale do Homem, dando um impulso às dinâmicas empresariais desta região».

Vinca que «o objectivo é contribuir para a atracção de investimento e melhoria das condições das zonas industriais, áreas de comércio e serviços, quer no domínio da agricultura e florestas, mesmo da designada economia social, uma área emergente e com grande relevância neste território».

Jorge Pereira pretende ainda que a associação «seja um importante apoio aos seus associados», disponibilizando serviços de assessoria jurídica e fiscal e apoio à instalação de empresas e ao aproveitamento de fundos destinados ao desenvolvimento e inovação nas áreas da indústria, comércio, agricultura, desenvolvimento rural, economia social, entre outras».

Em simultâneo, vinca «alguns compromissos e sugestões já assumidos junto dos interlocutores dos últimos dias, como o apoio à realização de eventos comuns ao Vale do Homem associados às áreas da indústria, comércio, serviços, agricultura e florestas e economia social, entre outros».

O responsável da associação mostra-se satisfeito pela «abertura demonstrada pelos dois Municípios», no sentido de permitir uma «promoção externa comum do Vale do Homem».

SONY DSC

MUNICÍPIO DE AMARES PASSA A SER ABRAÇADO PELA AEVIVER

O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, esteve reunido, ontem, com a AEVIVER – Associação Empresarial de Vila Verde, dirigida por Jorge Pereira, que alargará a sua área de intervenção a todo o Vale do Homem, nomeadamente ao concelho de Amares, passando a adotar a designação de Associação Empresarial do Vale do Homem.

DSC06715

Para o presidente da Câmara Municipal de Amares, o alargamento da área de ação da associação empresarial é uma atitude que corrobora uma ideia desde sempre por si defendida e que se prende com o facto de “desenvolver sinergias entre os municípios e as diversas entidades que atuam no terreno para criar dinâmicas de crescimento e desenvolvimento do tecido empresarial e da economia local”.

O autarca acredita, por isso, que “esta será mais uma força impulsionadora das dinâmicas empresariais existentes no concelho e um incentivo ao investimento económico de novas ideias e novos negócios”.

A mesma ideia é comungada pelo presidente da AEVIVER, Jorge Pereira, que considera que este alargamento da esfera de acção da associação empresarial visa “unir e tornar mais forte o Vale do Homem, dando um impulso às dinâmicas empresariais desta região”.

“O objetivo é contribuir para atracção de investimento e melhoria das condições das zonas industriais, áreas de comércio e serviços, agricultura-florestas, alargando a acção à economia social”, frisa.

Jorge Pereira pretende ainda que a associação colabore com os associados no sentido da assessoria jurídica e fiscal e no apoio à instalação de empresas e ao aproveitamento de apoios à indústria e comércio.

Projeta a realização de eventos comuns ao Vale do Homem associados às áreas da indústria, comércio, serviços, agricultura e florestas e economia social, entre outras.

O alargamento vai ser formalizado no próximo dia 10 de julho e abrange, ainda, o Município vizinho de Terras de Bouro.  Esta formalização acontece depois de reuniões com os Municípios de Amares e de Terras de Bouro, assim como com o tecido empresarial de ambos os concelhos.

A associação empresarial vai, por isso, avançar com a alteração dos Estatutos já na próxima Assembleia Geral, que decorrerá no dia 10 de Julho, em Amares.

Nessa ocasião, reunirá pela primeira vez o Conselho Consultivo, que será presidido pelo líder da ATAHCA, José Mota Alves, e integrará as Misericórdias de Vila Verde e Amares, uma IPSS de cada concelho, os três arciprestes e dez empresas representativas do território do Vale do Homem, entre outros organismos representativos dos concelhos.

DSC06719

DSC06723

APROVADA CANDIDATURA PARA MELHORAR REDE VIÁRIA FLORESTAL DE AMARES

No seguimento de uma candidatura apresentada ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, no âmbito do Aviso POSEUR – 10 – 2016 – 75, a Câmara Municipal de Amares vai melhorar os acessos rodoviários ao ponto de água do Penedo do Rebolão. A operação POSEUR-02-1810-FC-000449, designada por “RDFI – Adaptação de rede viária florestal Amares 2017”, já foi aprovada.

DSC01556

A intervenção, que comporta um montante elegível no valor de 109.336,45€, comparticipado a 85%, integra um conjunto de ações que objetivam adaptar a rede viária florestal de acesso ao ponto de água do Penedo Rebolão, o qual abrange a área de influência do Perímetro Florestal da Abadia e Baldios de Bouro Santa Marta e Bouro Santa Maria, aos critérios definidos no Regulamento das normas técnicas e funcionais relativas à classificação, cadastro, construção e manutenção da rede viária florestal, infraestruturas integrantes das redes de defesa da floresta contra incêndios, aprovado pelo Despacho n.º 5712/2014, de 16 de abril, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 83, de 30 de abril de 2014.

Dos trabalhos a realizar destacam-se: o reperfilamento dos caminhos, por forma a garantir uma largura mínima útil de 4m, incluindo a requalificação de pavimentos por forma a eliminar rodeiras causadas pela circulação na plataforma de águas pluviais; a construção de pontos de entrecruzamento e zonas de viragem, o reperfilamento /abertura de valetas e pavimentação destas em calçada à portuguesa assente sobre almofada de areia, bem como, a pavimentação, em calçada à portuguesa, dos troços de caminho com maior declive e a construção de aquedutos em tubos de betão vibrocomprimido Ø 200 mm e caixas para recolha de águas pluviais.

DESPORTO E PATRIMÓNIO PROMOVEM LARANJA DE AMARES

O desporto, a solidariedade e o património de Amares de mãos dadas na “10ª Rota da Laranja”

Foi ontem para a estrada a 10ª edição do passeio de BTT "Rota da Laranja", iniciativa através da qual os participantes percorreram alguns dos locais mais belos e emblemáticos do concelho de Amares. O arranque para este passeio foi dado logo ao início da manhã pelo presidente Manuel Moreira que se fez acompanhar pelo vice-presidente, Isidro Araújo. A Ponte de Porto, Monumento Nacional e onde se encontra situado a poucos metros de distância o novo monumento em homenagem à laranja do concelho, serviu de ponto de partida para os cerca de 300 apaixonados pela modalidade.

Rota da Laranja (1)

A promoção do desporto, nomeadamente do BTT, e dar a conhecer o concelho de Amares, nas suas vertentes turísticas, vínicas, gastronómicas, agrícolas (laranja) e empresariais, entre outras, estiveram na base desta iniciativa”, que recebeu betetistas de Espanha, França, Luxemburgo e Venezuela, “que vieram propositadamente para participar”, conforme explicou Pabelo Marques, do Pedalares – Clube de BTT de Amares, entidade que organiza, anualmente, o passeio.

Este ano, novos trilhos apresentaram um novo desafio físico, pessoal e novas aventuras, num percurso de 40 quilómetros que contemplou, entre outras, novidades a passagem por algumas das quintas vitivinícolas do concelho (Quinta de Amares, Terras de Amares e Solar das Bouças), uma forma de promover um dos símbolos mais marcantes da economia local - o vinho verde da região.

De destacar, ainda, cariz solidário desta prova, que contou com o apoio do Município de Amares, já que 1€ do valor de cada inscrição reverterá a favor da Delegação de Amares da Cruz Vermelha Portuguesa.

Laranja de Amares tem monumento evocativo na Rotunda da Ponte do Porte

O dia da Rota da Laranja ficou, também, marcado pela edificação de um monumento em homenagem à laranja do concelho, colocado na rotunda da Ponte do Porto, uma escultura que figura um dos produtos mais emblemáticos do concelho de Amares. Com sete metros de altura e cinco de largura, esta escultura é já um símbolo marcante do concelho e acarinhado pelos amarenses.

Rota da Laranja (2)

Rota da Laranja (3)

Rota da Laranja (4)

Rota da Laranja

AMARES PROMOVE “2º ENCONTRO UCC AMARES EDUCAÇÃO, SAÚDE E CIDADANIA”

Dar visibilidade ao trabalho desenvolvido no âmbito da Saúde e Educação em contexto comunitário, mobilizando conhecimentos de diferentes disciplinas: enfermagem, educação, comunicação, ciências humanas e sociais foi o objetivo do “2º Encontro UCC Amares Educação, Saúde e Cidadania”, que decorreu nos dias 19 e 20 de maio no Auditório Conde de Ferreira, em Amares. A iniciativa juntou vários profissionais das áreas da saúde e educação e trouxe ao concelho, entre outros testemunhos distintos, o de Francisco George, Diretor Geral da Direção Geral da Saúde.

Encontro UCC (1)

Na sessão de abertura, o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, deu as boas vindas a todos os participantes envolvidos nesta iniciativa e congratulou-se com a qualidade do programa proposto para reflexão e debate ao longo desta iniciativa que considerou “um importante momento de partilha de experiências e conhecimento que enriquecerá todos os intervenientes”. O autarca elogiou também os profissionais da saúde do concelho “que trabalham de forma abnegada em prol do bem-estar da população amarense”.

A iniciativa organizada pela Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Amares do ACeS Gerês/ Cabreira, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Amares, o Município de Amares e a Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, pelo segundo ano consecutivo, pretendeu contribuir para o desenvolvimento da enfermagem em Cuidados de Saúde Primários, promover a partilha de experiências em contexto comunitário e a reflexão sobre os Cuidados de Saúde de Proximidade face a novas exigências do Cidadão.

Os primeiros painéis a marcar o arranque deste encontro foram: “As UCC na Reforma dos Cuidados de Saúde Primários” e “Pensar… e Aplicar as Políticas de Saúde. ONDE… QUANDO… E COMO?”. Este painel contou com a intervenção da Vereadora da Ação Social do Município, Cidália Abreu, que abordou as medidas implementadas pela Autarquia tendo em conta a promoção da saúde, dividindo o momento com Francisco George, Diretor Geral da Direção Geral da Saúde, com Pimenta Marinho, Presidente do Conselho Diretivo da ARS e Laurinda Ladeiras, da Direção Geral da Educação.

O encontro prosseguiu com as intervenções dedicadas aos temas: “AE Amares…uma escola atenta à diferença”; “Boas práticas na Escola”;“A Minha Casa enquanto Unidade de Cuidados” e, finalmente, “O Domicilio enquanto Unidade de Cuidados Paliativos”.

Encontro UCC (2)

Encontro UCC (3)

Encontro UCC (4)

AMARES PROMOVE-SE NO PORTO WELCOME CENTER

Porto Welcome Center serviu de montra ao concelho de Amares

O Município de Amares deu a conhecer o que de melhor o seu território tem para oferecer num ação promocional realizada pela CIM Cávado, entre os dias 12 e 14 de maio, no Porto Welcome Center, a convite da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal .

IMG_9527 (1).JPG

Nesta ação promocional, os visitantes deste espaço privilegiado de divulgação do potencial turístico natural, patrimonial, cultural e gastronómico, puderam apreciar algumas das riquezas e produtos emblemáticos do concelho de Amares, como a laranja e seus derivados, o vinho verde e o artesanato.

Esta iniciativa contou com a presença de produtores dos seis municípios do Cávado que tiveram oportunidade de expor e comercializar os seus produtos. Para alavancar esta presença a CIM Cávado ofereceu um programa de animação muito completo, que contemplou a realização de workshops temáticos, provas de vinho e gastronomia, apresentação dos vídeos promocionais do território da NUT III Cávado e momentos musicais que incluíram, no caso de Amares, a participação de um músico da AECA – Associação Educação Cultura e Artes.

Note-se que o Porto Welcome Center trata-se da maior loja interativa de turismo do país, localizada na baixa, junto à Estação de S. Bento e pertença da Região de Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

IMG_9527 (3).JPG

IMG_9529 (3).JPG

IMG_9530 (3).JPG

IMG_9532 (2).JPG

IMG_9536 (2).JPG

IMG_9543 (2).JPG

ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE VILA VERDE ALARGA INTERVENÇÃO AOS MUNICÍPIOS DO VALE DO HOMEM

Instalação do Conselho Consultivo deve acontecer a 10 de Julho

Conselho de Administração da AEViVer delibera avançar com alargamento territorial ao Vale do Homem (Amares, Vila Verde e Terras de Bouro)

AEViVer - CA (1ª reunião).jpg

O Conselho de Administração da AEViVer- Associação Empresarial de Vila Verde acaba de deliberar sobre o alargamento do âmbito de acção/intervenção aos restantes municípios do Vale do Homem, Amares e Terras de Bouro. 

«Os primeiros contactos preliminares, junto dos responsáveis municipais, já foram feitos e há uma ideia comum: Amares e Terras de Bouro precisam de uma dinâmica comercial e empresarial mais forte», avança o recém-empossado presidente da instituição, Jorge Pereira. «Vamos formalizar as propostas e pôr o processo em andamento», revela.

O processo de alargamento ao Vale do Homem inicia-se de imediato e deve ficar formalizado «até ao próximo mês de Julho», decidiu o Conselho de Administração, na primeira reunião ordinária do órgão, realizada esta quarta-feira (03 de Maio).

«Vamos unir os diferentes intervenientes locais de Amares e Terras de Bouro, juntá-los e dar mais força à intervenção conjunta em prol do desenvolvimento e afirmação económica dos dois concelhos», refere Jorge Pereira. «Unidos seremos mais fortes», assinala.

CONSELHO CONSULTIVO

A primeira reunião do órgão executivo da AEViVer serviu ainda para deliberar no sentido da instituição e instalação do Conselho Consultivo, um órgão de consulta e apoio ao CA.

O novo órgão deverá ser igualmente instalado até ao próximo dia 10 de Julho, altura em que será realizada uma Assembleia-Geral Extraordinária da AEViVer, que deliberará sobre a revisão dos Estatutos (que privilegiará já o alargamento ao Vale do Homem) e outras decisões internas.

O Conselho Consultivo deve reunir algumas das forças vivas dos três municípios do Vale do Homem (Amares, Vila Verde e Terras de Bouro) e uma representação alargada do tecido comercial e empresarial da área de abrangência, assim como os presidentes dos órgãos nos dois mandatos anteriores.

CANDIDATURA PARA FORMAÇÃO

A candidatura para formação de desempregados de longa duração, recentemente aprovada, a rondar os 400 mil euros, já mereceu uma avaliação técnica do Conselho de Administração. «Vamos abrir o processo a entidades parceiras e avançar com o mesmo nos mais curto espaço de tempo, de acordo com a determinação imposta», assinala Jorge Pereira.

A ordenação da listagem de associados, bem como a distribuição de pelouros ocupou ainda parte da primeira reunião do CA da AEViVer.

AMARENSES VIAJAM AO SANTURÁRIO DE FÁTIMA

Alegria e emoção marcaram passeio convívio a Fátima para cerca de 2000 amarenses

No ano em que se comemora o Centenário das Aparições de Fátima, aquele que é um dos santuários mais emblemáticos de Portugal – o Santuário de Nossa Senhora de Fátima – foi o local eleito pelo Município de Amares para a realização do passeio convívio concelhio anual, realizado com a colaboração das juntas de freguesias locais. A iniciativa reuniu cerca de 2000 pessoas num belo dia de partilha, alegria, encontros e reencontros.

DSC05689.jpg

“Foi uma grande jornada de convívio entre os amarenses que reflete o carinho do Município para com a população sénior”, sublinhou o presidente da Autarquia, Manuel Moreira.

“Para muitos esta é uma oportunidade única de passearem, conviverem e de se encontrarem com amigos e, por isso, é com muita satisfação que proporcionamos mais um momento único de confraternização. O nosso objetivo era fazer estas pessoas felizes e quem vê esta alegria, esta satisfação, percebe que essa missão foi alcançada”, acrescentou o autarca, traçando um balanço muito positivo desta iniciativa.

E de facto, a alegria e a emoção era visível entre os seniores que deixavam transparecer, entre o ambiente de fraterno convívio que se viveu durante o almoço e o bailarico, um profundo sentimento religioso pela visita ao Santuário de Fátima que havia sido antecedida com uma celebração eucarística na Basílica da Santíssima Trindade.

“ A escolha deste local não foi feita ao acaso. Sabemos que o Santuário de Nossa Senhora de Fátima é um local muito acarinhado pela população sénior e que este ano teria uma simbologia ainda maior para muitas pessoas e, por esse motivo, entendemos que seria uma boa forma de mostrar o afeto e a atenção para com a nossa população sénior”, referiu a vereadora da Ação Social, Cidália Abreu.

“Estamos muito felizes pela adesão em massa da população sénior neste que foi o passeio com o maior número de participantes de sempre”, salientou, Cidália Abreu.

Reconhecendo o apoio “incondicional” de todos os que colaboraram nesta iniciativa, fazendo deste “um dia muito especial”, Cidália Abreu não quis deixar de endereçar alguns agradecimentos, nomeadamente às juntas de freguesias locais, aos colaboradores do Município de Amares, à Delegação de Amares da Cruz Vermelha Portuguesa, aos Bombeiros Voluntários e aos párocos do concelho que também estiveram presentes na celebração da eucaristia.

DSC05697.jpg

DSC05743.jpg

DSC05748.jpg

DSC05836.jpg

DSC05844.jpg

DSC05859.jpg

DSC05869.jpg

DSC05893.jpg

AMARES: CENTENAS DE PARTICIPANTES AVENTURARAM-SE NA X EDIÇÃO DO ULTRA TRAIL DA GEIRA

O Ultra Trail Geira / Via Nova Romana – uma corrida de trail em ambiente de montanha – continua a captar, anualmente, a atenção de centenas de participantes, nacionais e estrangeiros. A 10 ª edição da prova realizou-se este fim de semana numa numa distância de 50 km pelos trilhos da antiga Via Romana, que fazia a ligação entre Bracara Augusta (Braga) e a Asturica Augusta (Astorga), e contou com a presença de cerca de 400 participantes.

DSC06033.JPG

A partida para esta mítica prova teve início no Museu da Geira, no Campo do Gerês, e terminou na Vila Termal de Caldelas, permitindo aos participantes apreciar as belas paisagens envolventes que atravessam parte dos concelhos de Amares e Terras de Bouro.

Na cerimónia de atribuição de prémios desta edição a vereadora Cidália Abreu, em representação do Município de Amares, felicitou todos os participantes “pela coragem e determinação com que agarraram o desafio não se deixando intimidar pelo grau de dificuldade nem pelas adversas condições climatéricas que se fizeram sentir”. Cidália Abreu destacou, ainda, o contributo deste género de iniciativas para a promoção do património turístico, paisagístico e cultural do concelho.

Simultaneamente, decorreu a Corrida da Geira, numa distância de 20km, com a partida em S. Sebastião da Geira e chegada também em Caldelas. Da parte da manhã realizou-se, ainda, um trilho, numa distância de 10km.

A Ultra Trail da Geira/ Via Romana foi organizada numa parceria entre o Clube Orientação do Minho e a Confraria Trota Montes, com os principais apoios dos municípios de Amares e Terras de Bouro.

Note-se que a Via Nova Romana constitui um património histórico, cultural e turístico único. As ruínas, as pedreiras ou os muitos marcos miliários da região – quantidade incomparável a outras áreas do Império Romano – são apenas alguns dos atrativos da Via Nova Romana.

Resultados da prova:

https://lap2go.com/pt/event/ultra-geira-romana-2017/timetable.

DSC06045.JPG

DSC06081.JPG

DSC06114.JPG

AMARES E O PATRIMÓNIO SOBRE RODAS NA 10ª ROTA DA LARANJA

A Ponte de Porto, Monumento Nacional, vai servir de local de partida à Rota da Laranja que comemora, este ano, uma década. O passeio de BTT, de cariz não competitivo, corre-se no dia 21 de maio, a partir de 9h00,  e vai contar com a participação de 300 participantes apaixonados pela modalidade, num percurso de 40 kms de dificuldade média /alta por alguns dos locais mais belos e emblemáticos do concelho.

DSC05664.JPG

Na conferência de imprensa de apresentação do evento à comunicação social, o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, sublinhou que esta “é uma prova de referência do concelho” e que se reveste de “grande importância pela forma como promove o concelho além fronteiras através do desporto aventura”.

O autarca congratulou-se com o número de participantes vindos de dentro e de fora do concelho/país e felicitou, ainda, a organização pela continuidade e sucesso da Rota da Laranja que, nesta edição, tem não só a laranja mas também os vinhos – dois dos produtos âncora de Amares – associados a esta iniciativa.

DSC05670.JPG

“A promoção da prática do BTT, desporto e dar a conhecer o Concelho de Amares, nas suas vertentes turísticas, vínicas, gastronómicas, agrícolas (laranja), empresariais, entre outras, são objetivos desta iniciativa”, com lotação do número de participantes já esgotada a cerca de seis semanas da prova, conforme explicou Pabelo Marques, do Pedalares – Clube de BTT de Amares, entidade que organiza o passeio.

Este ano, novos trilhos apresentam um novo desafio físico, pessoal e novas aventuras, num percurso que contempla, entre outras, novidades a passagem por algumas das quintas vitivinícolas do concelho (Quinta de Amares, Terras de Amares e Solar das Bouças), uma forma de “chamar a atenção” para um dos símbolos mais marcantes da economia local - o vinho verde da região.

Todos os participantes vão receber um Jersey e uma medalha comemorativos da 10ª Rota da Laranja e haverá, também, um almoço convívio, com porco no espeto, lembrou Pabelo Marques, destacando, ainda, o cariz solidário desta prova já que 1€ do valor de cada inscrição reverterá a favor da Delegação de Amares da Cruz Vermelha Portuguesa.

“Por motivos de organização do passeio as inscrições estão fechadas. Apenas podemos receber 300 participantes. Temos muitos que vieram de França, Luxemburgo e Espanha de propósito para estarem connosco, referiu Pabelo Marques.

Laranja de Amares homenageada pelo Município com monumento evocativo

O dia da Rota da laranja vai ficar marcado pela inauguração de um monumento em homenagem à laranja do concelho, colocado na rotunda da Ponte do Porto.

“Esta era uma ideia que o presidente da Câmara tinha já há muitos anos e que será agora concretizada. Achámos que este seria o dia ideal para a sua inauguração. Trata-se de um monumento simbólico à laranja de Amares que deixará certamente a sua marca para o concelho e para quem nos visita”, adiantou o vice-presidente da Autarquia, Isidro Araújo, que revelou que a escultura, com sete metros de altura e cinco de largura, está a ser construída por vários escultores de renome nacional.

Referindo-se à Rota da Laranja, o vice-presidente não tem dúvidas de que tudo foi pensado e organizado para que a 10ª edição deixe “marcas e uma memória sobre o concelho de Amares”, em todos os betetistas.

DSC05676.JPG

AMARENSES PASSAM O MINHO A CAMINHAR

Dia 6 de Maio – Caminhada Nocturna, organizada pela Associação de Festas de Amares. (Caminhada Solidária)

Inscrições: Até ao dia 2 de Maio na sede da União de Freguesias Ferreiros, Proselo e Besteiros.

Preço: 4 euros com oferta de t-shirt e seguro

Saída: 20h30m

 

Caminhada Nocturna 6 maio.jpg

Dia 7 de Maio – Caminhada Entre Mosteiros, organizada pela Associação Amigos do Mosteiro de Rendufe.

Inscrições: Até dia 3 de Maio

Preço: 3,5 euros com transporte e seguro

Distancia: 16Km

Grau Dificuldade: Médio/Alto

Link Inscrições: https://goo.gl/forms/tpcFK1FWgy5wML2P2

Caminhada Entre Mosteiros 7 maio (1).jpg

Dia 14 de Maio – Caminhada Trilho Dom Gualdim Pais, organizada pelo CAO SER IGUAL.(Caminhada Solidária)

Inscrições: Até ao dia 14 de Maio

Preço: 3 euros

Distancia: 10km

Grau Dificuldade: Médio

Link Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/1NhWd-gM3jhcL2tdERmCMUY3I-hMPxyGWAq2Nn8esSWw/edit

trilho amares.jpg

MINHOTOS CAMINHAM PELA GEIRA ROMANA

Ultra Trail da Geira  Romana a 30 de abril

Com o apoio dos Municipios de Terras de Bouro e Amares, a Confraria Trotamontes e o Clube Orientação do Minho vão realizar no dia 30 de abril, pelas 8 horas, a 10ª Ultra Trail Geira Romana.

O evento será composto por duas provas competitivas que integram o Campeonato Nacional de Ultra Trail, Serie 150 com a distância de 50 km / 1540m D+ e outra na distância de 18 km / 700m D+ que integra o Campeonato Nacional de Trail, Serie 100. Haverá também uma caminhada com 10 km de extensão.

A prova principal Ultra Geira Romana 50km terá partida no Museu da Geira, no concelho de Terras de Bouro e meta em Caldelas, no concelho de Amares. O percurso de 50 km decorrerá na via romana que ligava Bracara Augusta e a Astúrica Augusta. O Trail da Geira Romana 18 km terá partida em S. Sebastião da Geira e chegada em Caldelas. A caminhada terá princípio e fim em Caldelas junto ao Posto de Turismo.

Ultra Geira Romana - 30 de abril.jpg

AMARES: ESPETÁCULO ASSOCIATIVO MUSICAL "SABOREAR AMARES" MARCOU EM GRANDE ARRANQUE DA II SEMANA DO ASSOCIATIVISMO

“Saborear Amares”, foi esta a proposta do Município para a noite do passado sábado, que brindou a população com o "Espetáculo Associativo Musical" a marcar em grande o início da II Semana do Associativismo de Amares, que decorre até ao dia 1 de maio.

DSC05294.jpg

“Este é um sinal de que o associativismo em Amares está em grande, tem muita vitalidade e muita dinâmica. Somos um concelho com grande força e dinamismo”, destacou o presidente da Câmara, Manuel Moreira, na abertura do espetáculo.

A iniciativa, que teve lugar no Mosteiro de Rendufe, contou com a colaboração da Paróquia de Rendufe e envolveu mais de 200 participantes de diversas associações concelhias, num momento único pensado para reviver e reavivar as memórias da cultura do povo amarense, da cultura do vinho, um dos símbolos mais marcantes do concelho, as suas raízes e identidade, através da apresentação de diversas vertentes artísticas dinamizadas por terras de António Variações, Dom Gualdim Pais e Sá de Miranda.

DSC05305.jpg

Associações participantes: Associações participantes:Grupo de Teatro de Bouro; Animares-CRDC Amarense; Associação de Fomento Amarense; ARCCairense ; Escuteiros de Lago; Escuteiros de Rendufe; AECA; Grupo Folclórico “AS Lavradeiras da casa do Povo de Amares”; Grupo Coral APEA,Grupo Teatro Fantoches Humanos Torre e Amigos do Mosteiro de Rendufe

Motivos não vão faltar para se deixar seduzir por Amares e pelas dinâmicas associativas do concelho, sendo que a programação prossegue no dia 24 de abril com o já tradicional teatro alusivo ao 25 Abril (CDRCAmarense), a decorrer às 21h30, em Amares. No mesmo dia, terá lugar a "Noite Arte e Cultura": ON BECK, na Sede da Banda de Amares, em Ferreiros (22h).

DSC05332.jpg

O dia da Revolução dos Cravos, 25 de abril, fica reservado às comemorações oficiais da efeméride que terão lugar a partir das 10h00, no Largo do Município. À noite há "Jantar Convívio Associativo", organizado pela Associação Movimenta Besteiros.

Já de 29 abril a 1 de maio a cor e a alegria vão invadir a freguesia de Lago, com o evento “Lago em Flor”, organizado pela ALAREC, com o apoio da Junta de Freguesia de Lago. Na mesma altura o Centro Interpretativo da Geira – Lago recebe a exposição “Raízes e tradições: O traje e o folclore”, numa iniciativa promovida pelo CDDS Valor Humano 3G.

O dia 30 de abril e 1 de maio ficam reservados ao desporto com UltraTrail da Geira – Caldelas que, este ano, compete para o campeonato nacional de modalidade e para o Raid 4x4 – Amares.

Recorde-se que a  II Semana do Associativismo de Amares é organizada pela  Câmara Municipal de Amares em parceria com diversas associações do concelho.

DSC05383.jpg

DSC05392.jpg

EXPOSIÇÃO "AMARES NA 1ª GUERRA" PATENTE NA GALERIA DE ARTES E OFÍCIOS DE AMARES

O vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo, e o autor do livro “Amarenses na 1.ª Grande Guerra (1914-1918)", publicado pelo Município de Amares no âmbito das Comemorações do Centenário da Primeira Guerra Mundial, Manuel Penteado Neiva, inauguraram, no passado sábado, a exposição "AMARES NA 1.ª GRANDE GUERRA". A data de abertura (22 de abril) coincidiu, simbolicamente, com o dia de embarque dos combatentes de Amares rumo a Flandres, frente europeia, na época. 

DSC05168.JPG

Patente até ao dia 8 de maio na Galeria de Artes e Ofícios de Amares, na Praça do Comércio, em Ferreiros, a exposição retrata, através de 14 painéis, a história desses amarenses que combateram defendendo as cores da bandeira portuguesa e do concelho,o ambiente social, económico e político à época, individualizando alguns filhos da terra que tiveram mais destaque. 

Materiais de uso corrente, como máscaras e cantis, correspondência particular e condecorações são alguns dos elementos que podem ser vistos também nesta exposição e que pode ser visitada no horário de funcionamento da Galeria de Artes e Ofícios: às segundas, entre as 14h00 e as 18h00; às terças, quartas, quintas e sextas, entre as 9h00 e as 12h00, da parte da manhã, e as 14h00 e as 18h00, da parte da tarde e aos sábados entre as 10h00 e as 13h00.

DSC05193.JPG

DSC05204.JPG

AMARES COMEMORA 25 DE ABRIL

No âmbito da II Semana do Associativismo de Amares, a Banda Filarmónica de Amares apresenta: "BFA - ARTE E CULTURA". Dias 22 e 24 de abril, com varias exposições de artesanato regional, fotografia, arquitetura e artes plásticas. As portas abrem as 21.00H e durante a noite haverá dj's locais que irão proporcionar um bom ambiente musica !

24 abril.jpg

“SOU LÍDER” ENSINA CONCEITOS DE EMPREENDEDORISMO AOS PEQUENOS AMARENSES

Os alunos do 1.º ciclo dos centros escolares de Amares assistiram, recentemente, a uma peça de teatro alusiva ao livro infantil “Sou Líder!”, uma obra da autoria de Narciso Moreira, ilustrada por Ana Sofia e que aborda de forma simples e apelativa conceitos associados ao empreendedorismo.

Sem título5.bmp

A iniciativa resulta de uma série de ações implementadas pelo Gabinete de Empreendedorismo da Câmara Municipal de Amares, em parceria com a Betweien Challenge and Success, com o objetivo de incutir, desde tenra idade, uma atitude empreendedora.

Em “Sou Líder!” a narrativa recai sobre a competência empreendedora “Liderança”, com o intuito de explicar aos/às jovens leitores/as o que é e porque é tão importante ser um/a bom/boa líder. Com recurso a exemplos simples e práticos, facilmente identificáveis pelos/as alunos/as e que abrangem quer o contexto pessoal quer o contexto profissional, o enredo da história explora eventos de vida em que esta competência é essencial.

“Sou Líder!” integra a coleção “Histórias de Empreender” da Betweien, Lda. e é uma ferramenta pedagógica de Educação para o Empreendedorismo com um enorme potencial, o que propiciou o apoio do Secretário de Estado da Indústria, através do prefácio que redigiu e que apresenta o tema e a obra.

Sem título2.bmp

Sem título4.bmp

AMARES DIVULGA TEATRO AMADOR

A Câmara Municipal de Amares promove a terceira iniciativa do Festival de Teatro Sá de Miranda, com o intuito de divulgar o teatro amador e fomentar hábitos culturais entre os amarenses.

No próximo dia 5 de maio, pelas 21h00, no Auditório da Junta de Freguesia da Torre, em Amares, assista à próxima peça apresentada pelo Grupo de Teatro de Bouro.

O Festival de Teatro Sá de Miranda conta com o apoio das juntas de freguesia e associações locais.

festival de teatro_v6.jpg

AMARES FESTEJA O ASSOCIATIVISMO

Espetáculo Associativo Musical: "Saborear Amares" marca arranque da II semana do Associativismo de Amares

“Saborear Amares”, é esta a proposta do Município para o dia 22 de abril, que reserva uma noite em grande com o Espetáculo Associativo Musical a marcar o início da II Semana do Associativismo de Amares, que decorre até ao dia 1 de maio. A iniciativa, que terá lugar no Mosteiro de Rendufe, às 21h30, conta com a colaboração da Paróquia de Rendufe e vai envolver cerca de 200 participantes de diversas associações concelhias, num momento único pensado para reviver e reavivar as memórias da cultura do povo amarense, da cultura do vinho, um dos simbolos mais marcantes do concelho, as suas raizes e identidade, através da apresentação de diversas vertentes artísticas dinamizadas por terras de António Variações, Dom Gualdim Pais e Sá de Miranda.

CARTAZ ESPETACULO-03amaresss (1).JPG

Motivos não vão faltar para se deixar seduzir por Amares e pelas dinâmicas associativas do concelho, sendo que a programação prossegue no dia 24 de abril com o já tradicional teatro alusivo ao 25 Abril (CDRCAmarense), a decorrer às 21h30, em Amares. No mesmo dia, terá lugar a "Noite Arte e Cultura": ON BECK, na Sede da Banda de Amares, em Ferreiros (22h).

O dia da Revolução dos Cravos, 25 de abril, fica reservado às comemorações oficiais da efeméride que terão lugar a partir das 10h00, no Largo do Município. À noite há "Jantar Convívio Associativo", organizado pela Associação Movimenta Besteiros.

Já de 29 abril a 1 de maio a cor e a alegria vão invadir a freguesia de Lago, com o evento “Lago em Flor”, organizado pela ALAREC, com o apoio da Junta de Freguesia de Lago. Na mesma altura o Centro Interpretativo da Geira – Lago recebe a exposição “Raízes e tradições: O traje e o folclore”, numa iniciativa promovida pelo CDDS Valor Humano 3G.

O dia 30 de abril e 1 de maio ficam reservados ao desporto com UltraTrail da Geira – Caldelas que, este ano, compete para o campeonato nacional de modalidade e para o Raid 4x4 – Amares.

Recorde-se que a  II Semana do Associativismo de Amares é organizada pela  Câmara Municipal de Amares em parceria com diversas associações do concelho.

CARTAZ ESPETACULO-03amaresss (2).jpg

ORQUESTRA AECARTES E CORO AECA BRILHARAM EM CONCERTO DE PÁSCOA

A Orquestra AECARTES e Coro AECA protagonizaram, ontem, um bonito espetáculo musical, inserido nas celebrações pascais. O evento, que teve casa cheia, contou com a participação especial de três solistas: José Silveira (guitarra), Alfredo Macedo (trompa) e Telmo Sousa (voz).

DSC05042.JPG

"Espírito Olímpico", "Con te Partiró", "Hallelujah" e “Estou Além”, em jeito de homenagem ao ilustre filho da terra, António Variações, foram alguns dos temas interpretados e que mereceram os calorosos aplausos do público.

Numa noite em que a cultura foi evocada através da música, o jovem maestro João Ferreira Júnior, sublinhou que “uma sociedade sem cultura é uma sociedade sem identidade”, endereçando, nesse sentido, uma palavra de apreço aos pais que apostam na formação musical/cultural dos filhos, contribuindo para o progresso do concelho.

O vereador da Cultura e vice-presidente da Câmara Municipal de Amares, Isidro Araújo, subscreveu as palavras de João Ferreira Júnior, destacando a importância de “construiruma sociedade culturalmente instruída” e incentivando os amarenses a “consumirem” iniciativas de cariz cultural.

Promovido pela AECA - Associação Educação Cultura e Artes, o concerto contou com o apoio do Município de Amares, da Junta de Freguesia de Ferreiros Prozelo e Besteiros, dos Bombeiros Voluntários de Amares e do Agrupamento de Escolas de Amares.

DSC05050.JPG

DSC05051.JPG

DSC05062.JPG

DSC05097.JPG

DSC05105.JPG

AMARES HOMENAGEIA FILHOS DA TERRA NO DIA DO MUNICÍPIO

No dia em que se assinalaram os 503 anos do foral de Amares, o Município homenageou 184 amarenses que estiveram a defender as cores da bandeira portuguesa na 1ª Grande Guerra, dignificando o concelho, numa cerimónia em que foi apresentado o livro "Amarenses na 1ª Grande Guerra (1914-1918): Os seus combatentes", da autoria de Manuel Penteado Neiva, uma obra que resgatou do esquecimento os heróisfilhos da terra.

DSC04949.JPG

“É um gesto bonito e uma justa homenagem recordar todos aqueles amarenses que serviram o país em defesa da nossa honra”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira”.

“O nosso concelho constrói-se a partir de uma passado e de pessoas que construíram a história e, nesse sentido, quero destacar o importante papel de cada cidadão que contribuiu para o progresso desta terra”, acrescentou o autarca, dizendo que “o Município de Amares tudo fará para honrar esse legado”.

O vice-presidente da Autarquia, Isidro Araújo, manifestou o seu profundo contentamento pela data evocativa a estes amarenses. “Estava por fazer esta homenagem a estes 184 amarenses que com oseu esforço enorme representaram Amares na 1ªGrande Guerra”, frisou.“A Câmara estará sempre disponível para fazer jus à sua memória e mostrar gratidão aos seus antepassados”, acrescentou Isidro Araújo.

Referindo-se à própria obra, o autor, Manuel Penteado Neiva, mencionou que o livro tem como missão “cumprir o dever de cidadão e, neste caso, é a paga de um tributo dos amarenses aos seus heróis”.

Manuel Penteado Neiva sublinhou a necessidade de recordar esses homens. “É importante trazê-los à nossa memória e nada melhor do que expor peças que pertenceram a esses combatentes e fixar em livro abiografia de mais de uma centena e meia de combatentes que partiram das terras de Amares, para Flandres, para Angola e Moçambique”.

Apresentada pelo coronel Luís Coutinho de Almeida, a obra destaca três homens de Amares na história da Grande Guerra: o ex-ministro das Colónias, Augusto Soares, que liderou o processo de entrada de Portugal na 1ª Grande guerra e, no fim da guerra, integrou a comissão de paz que culminou com assinatura da declaração de paz;o general Barbosa que foi comandante do esquadrão do Minho e, finalmente, Porfírio Paiva que se destacou pela criação do comité de apoio aos prisioneiros de guerra portugueses.

Para além da apresentação da obra, a cerimónia evocativa a estes heróis amarenses e comemoração dos 503 anos do foral contemplou, ainda, uma mostra bibliográfica e documental sobre a Grande Guerra e culminou com um concerto sublime pelos VoxAngelis, no Santuário de Nossa Senhora da Abadia. O momento musical em tributo ao centenário das aparições de Fátimafoi protagonizado pelos cantores Pedro Miguel Nunes e Liliana Bolyakova, pelos violinistas Serguey Arutiunian e Larissa Shomina, pela violoncelista Katerina Mikusova e pelo guitarrista Artur Caldeira.

DSC04960.JPG

DSC04971.JPG

DSC04995.JPG

ASSOCIATIVISMO EM GRANDE DE 22 DE ABRIL A 1 DE MAIO EM AMARES

O movimento associativo do concelho volta a estar em destaque na II semana do Associativismo de Amares, iniciativa que vai decorrer entre 22 de abril e 1 de maio, apelando ao espírito interventivo e participativo das associações concelhias que vão unir-se à Câmara Municipal de Amares para levar até à população uma programação especial.

DSC04896.jpg

“Esta será uma semana abrangente e aberta, preenchida por várias iniciativas distintas e que tem por objetivo dinamizar o tecido associativo, promover as associações concelhias e a participação juvenil, envolvendo, simultaneamente, toda a população”, explicou, esta manhã, em conferência de imprensa o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que acredita que “um concelho é muito mais rico quanto mais capacidade tiver de incentivar as associações a criar vitalidade e dinamismo”.

O vice-presidente e vereador do Associativismo, Isidro Araújo, lembrou que esta iniciativa surge, pelo segundo ano consecutivo, "como forma de criar um espaço de interação abrangente e participado por todas as associações, para que se envolvam e mostrem também um pouco daquilo que é o seu trabalho em prol do concelho”. Nas palavras de Isidro Araújo, “este será um momento de vida e pujança para o nosso concelho”, que arrancará da melhor forma com o espetáculo em jeito de musical “Saborear Amares”, uma iniciativa que vai juntar cerca de 200 participantes de várias associações concelhias.

Motivos não vão faltar então para que a população se sinta atraída a sair de casa e juntar-se às diversas iniciativas espalhadas pelos mais variados espaços do concelho de Amares, a começar pelo momento de abertura: o Espetáculo Associativo Musical: “Saborear Amares”, que terá lugar no Mosteiro de Rendufe, às 21h30, do dia 22. A iniciativa, que conta com a colaboração da Paróquia de Rendufe, vai envolver as seguintes associações: Grupo de Teatro de Bouro; Animares-CRDC Amarense; Associação de Fomento Amarense; Escuteiros de Lago; Escuteiros de Rendufe; AECA; Grupo Folclórico “AS Lavradeiras da casa do Povo de Amares”; Grupo Coral APEA e Grupo Teatro Fantoches Humanos Torre.

A programação prossegue no dia 24 de abril com o já tradicional teatro alusivo ao 25 Abril (CDRCAmarense), a decorrer às 21h30, em Amares. No mesmo dia, terá lugar a "Noite Arte e Cultura": ON BECK, na Sede da Banda de Amares, em Ferreiros (22h).

O dia da Revolução dos Cravos, 25 de abril, fica reservado às comemorações oficiais da efeméride que terão lugar a partir das 10h00, no Largo do Município. À noite há "Jantar Convívio Associativo", organizado pela Associação Movimenta Besteiros.

Já de 29 abril a 1 de maio a cor e a alegria vão invadir a freguesia de Lago, com o evento “Lago em Flor”, organizado pela ALAREC, com o apoio da Junta de Freguesia de Lago. Na mesma altura o Centro Interpretativo da Geira – Lago recebe a exposição “Raízes e tradições: O traje e o folclore”, numa iniciativa promovida pelo CDDS Valor Humano 3G.

O dia 30 de abril e 1 de maio ficam reservados ao desporto com UltraTrail da Geira – Caldelas que, este ano, compete para o campeonato nacional de modalidade e para o Raid 4x4 – Amares.

DSC04899.jpg

JOVENS DE AMARES "PINTAM O CÉU"

“Pintar o Céu II” reúne talento para escrita e desenho dos pequenos amarenses

“Esta compilação espelha a qualidade do ensino que se pratica em Amares”. É desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, se refere à publicação “Pintar o Céu II”, uma coletânea que reúne uma diversidade de poemas elaborados pelos alunos do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas de Amares (AEA).

DSC04444.JPG

A par da visita a todos os Centros Escolares do concelho para oferta dos livros a todos os meninos que fizeram parte deste projeto, o autarca e a vereadora da Educação, Cidália Abreu, que se fizeram acompanhar por Sérgio Silva adjunto do diretor do AEA, congratularam-se com o resultado final “brilhante” deste trabalho, cuja publicação foi apadrinhada pela Autarquia, deixando uma palavra de agradecimento e apreço “a todos os alunos pelo empenho na criação dos trabalhos e aos docentes que os orientaram na conceção do mesmo com toda a dedicação e carinho”.

A obra “Pintar o Céu II” surgiu no âmbito do Plano Anual de Atividades do Departamento do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Amares para o ano letivo 2016/2017. Através desta iniciativa todas as turmas foram desafiadas a escrever poemas com autoria individual ou coletiva, dispondo de toda a liberdade criativa. A seleção dos poemas foi fruto das escolhas de cada turma, respeitando integralmente a forma e o conteúdo definido pelos autores. As representações gráficas, criadas pelos alunos, serviram como ilustração dos temas abordados.

A edição deste livro teve na sua génese, mais uma vez, a motivação para o desenvolvimento da escrita criativa e a valorização dos saberes dos alunos deste nível de ensino, bem como, a melhoria das competências de escrita.

DSC04453.JPG

DSC04457.JPG

DSC04578.JPG

AMARENSES RECOLHEM ALIMENTOS

Amarenses contribuíram para a “Arca dos Sonhos”

O banco de recursos da divisão de Ação Social da Câmara Municipal de Amares, a “Arca dos Sonhos”, promoveu, este fim-de-semana, mais uma campanha de recolha alimentar, em duas superfícies comerciais do concelho (Intermarché e Mini Preço).

IMG_20170402_151932.jpg

Os amarenses juntaram-se a esta nobre causa, contribuindo com diversos bens alimentares que vão permitir dar resposta às emergências de carência alimentar das famílias do concelho sinalizadas pelos técnicos da Rede Social do concelho.

Nesta iniciativa, a Autarquia contou com a colaboração do grupo de voluntariado da Escola Secundária de Amares, ao qual endereça o seu agradecimento pelo apoio prestado.

AMARES REALIZA FEIRA DO LIVRO

Feira do Livro de Amares promoveu encontro entre a cultura e os amarenses

Um espaço de divulgação, promoção e partilha de cultura assim foi a edição de 2017 de Feira do Livro de Amares/IX Mostra Pedagógica que encerrou portas, no passado sábado. Ao longo de uma semana a Galeria de Artes e Ofícios foi o ponto de encontro de várias gerações neste que é já um evento cultural com tradição no concelho, organizado pela Câmara Municipal em parceria com o Agrupamento de Escolas de Amares.

DSC04253.JPG

Em jeito de balanço, o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, lembra que o grande objetivo deste evento era promover a leitura e fomentar os hábitos culturais, considerando que esse objetivo “foi alcançado”.

“Segundo sei, através da equipa que esteve responsável pela organização, passou por lá muita gente e a venda de livros também correu bem, pelo que essa aproximação que pretendíamos fazer entre o público e a cultura foi bem sucedido”.

DSC04622.JPG

Momentos musicais, teatro, leitura de contos, apresentações de livros e encontros com escritores, entre outras iniciativas, constantes de um programa abrangente, marcaram a iniciativa e fizeram com que a mesma perpassasse diversos públicos e gerações.

“Ao longo de uma semana foram realizadas várias atividades que envolveram toda a comunidade, cada uma delas com o seu brilho e a devida importância, mas quero realçar a apresentação do livro Poder Pintar o Céu II – uma obra de poesia publicada no âmbito da Mostra Pedagógica do 1.º Ciclo/Pré-Escolar, com o apoio do Município de Amares, referiu Manuel Moreira.”Trata-se de uma compilação extraordinária que reúne os trabalhos dos meninos do nosso Agrupamento de Escolas e que espelha a qualidade do nosso ensino”, sublinhou o edil.

DSC04590.JPG

Pedro Chagas Freitas também se encontrou com os amarenses

Muito não falharam ao encontro com Pedro Chagas Freitas. A Galeria de Artes e Ofícios encheu para ouvir o escritor revisitar aquele que tem sido um dos livros mais conhecidos e mais procurado pelos leitores, “Prometo Falhar”.

Numa noite em que Pedro Chagas Freitas se definiu como um “gajo que escreve cenas variadas” e para quem “o amor é a coisa mais importante da vida”, o escritor levou o público a “viajar” por outras das suas obras, entre elas, “Eu sou Deus”, “Prometo Perder”, “Queres casar comigo todos os dias, Bárbara”, ou “Envelhenescer”, entre outras. As palavras simples, afáveis, desafiantes e, em ocasiões, até ousadas do autor contagiaram os presentes que não resistiram em comprar um dos exemplares das suas publicações para ser autografado.

A iniciativa integrada na Feira do livro de Amares contemplou, ainda, ainda um momento musical protagonizado pelo projeto 5ª Corda.

DSC04247 (1).JPG

 

MUNICÍPIO DE AMARES APOIA PERCURSO ACADÉMICO ATRAVÉS DA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO

A Câmara Municipal de Amares procedeu à atribuição de bolsas de estudos a 20 estudantes universitários do concelho. O apoio concedido totaliza um investimento num montante global de cerca de 20 mil euros e representa a aposta na formação académica e qualificação profissional dos jovens amarenses.

DSC04436.JPG

Integrada no âmbito das políticas de educação e ação social e do Município de Amares, esta medida pretende promover a igualdade de oportunidades de acesso ao ensino superior a todos os alunos do concelho, representando, simultaneamente, um investimento no desenvolvimento, crescimento e no futuro de Amares.

Nas palavras do presidente Manuel Moreira, “esta foi a forma que este executivo encontrou de apoiar os jovens amarenses, incentivando a frequência de cursos superiores, fomentando, desta forma, a melhoria da qualificação profissional e até pessoal dos candidatos, dotando-os de competências técnicas e suporte humano fundamental para o desenvolvimento socioeconómico do concelho”.

“Aliás esta era uma medida que já vinha do anterior executivo e que entendemos por bem manter dada a importância que a concessão destas bolsas representa no apoio social concedido aos agregados familiares e aos jovens, permitindo a continuidade do seu percurso formativo, tendo em consideração que, algumas famílias, dada a sua situação económica, não teriam possibilidade de assegurar, sublinhou o autarca.

AMARES ESTÁ ENTRE OS 20 PROJETOS NACIONAIS ESCOLHIDOS PELO CREATOUR

Após ter-se candidatado ao projeto CREATOUR “Desenvolver Destinos de Turismo Criativo em Cidades de Pequena Dimensão e Áreas Rurais”, com as residências artísticas do ENCONTRARTE AMARES, o Município de Amares, ficou entre os 20 projetos selecionados a nível nacional para desenvolver iniciativas-piloto na área do turismo criativo, nos próximos três anos.

_MG_1160.JPG

A chamada foi dirigida a diversas organizações, da cultura e do turismo, localizadas nas regiões Norte, Centro, Alentejo, e Algarve, que pretendessem desenvolver e concretizar projetos na área do turismo criativo e foram escolhidos 5 projetos de cada região, num total de 20, entre 138 candidaturas.

As experiências de Turismo Criativo dizem respeito a oportunidades de co-criação e desenvolvimento pessoal nos destinos turísticos, e costumam estar associadas à identidade e cultura do destino visitado. Amares quer assim ser pioneira no Turismo Criativo e terá oportunidade de trabalhar com 5 universidades do país e desenvolver as Residências do ENCONTRARTE como um atrator de turismo e promoção do território.

16321_creatour_.jpg

Este projeto procura promover o desenvolvimento deste tipo de propostas de qualificação do turismo fora dos grandes centros urbanos e assim contribuir para o florescimento de novas ofertas em turismo. Estas iniciativas poderão trazer em simultâneo um valor para o tecido empresarial regional e para a revitalização de atividades relacionadas com a identidade local e regional.

O projeto é coordenado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e tem como parceiros o Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora, o Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações da Universidade do Algarve, o DINÂMIA'CET-IUL, Centro de Estudos Sobre a Mudança Socioeconómica e o Território do ISCTE-IUL e o Laboratório de Paisagens, Património e Território da Universidade do Minho. Das 138 candidaturas recebidas foram selecionadas as 5 que mais se destacaram em cada região.

O CREATOUR é financiado pelo PACPrograma de Atividades Conjuntas do Portugal 2020, através dos Programas Operacionais COMPETE 2020, POR Lisboa, CRESCAlgarve 2020 e da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

454425287e543ea6a3c5c46ebb65fe85.JPG

DSC_5857.JPG

RAR2015015D23075788.jpg

RAR2015015D24076359.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES MANTÉM CONTAS EQUILIBRADAS

Relatório de Contas de 2016 reflete equilíbrio financeiro do Município de Amares
A Câmara Municipal de Amares aprovou o Relatório de Prestação de Contas referente ao ano de 2016, um documento que demonstra, segundo o presidente Manuel Moreira, que “a atuação do executivo municipal foi de encontro aos grandes eixos estratégicos definidos: a Coesão Social, a Economia e o Emprego, a Educação, a Cultura e o Turismo, com uma política de planeamento e rigor na gestão municipal”.

amaresss.PNG

As medidas de incentivo à criação e fixação de novas empresas, através do Gabinete do Empreendedorismo e dos apoios constantes nos regulamentos próprios, representaram um investimento de cerca de 200 mil euros (18% do valor total das transferências correntes). 

Em termos sociais e ao nível da saúde, o investimento representou 11% do valor das transferências correntes. Já os gastos ao nível da aquisição de bens na área da Educação ascenderam a 900 mil euros (67% dos custos totais).
Manuel Moreira destaca, também, a aposta “na construção de um concelho que respeita e zela pelo património ambiental e pela promoção de políticas de desenvolvimento sustentável”, reforçando “o investimento realizado no tratamento das águas residuais e na preparação da candidatura para alargamento da rede de saneamento (já aprovada em 2017), que se refletiu no aumento no fornecimento de serviços externos”.
O Município apresenta taxas de execução da receita e da despesa perto dos 100% (de 98% e 94% respetivamente). A divida total a terceiros diminuiu em 800 mil euros, cerca 10% comparativamente com 2015. Ao nível das despesas com pessoal houve uma redução de 0,4%.
No ano 2016, o Município de Amares registou um resultado líquido negativo na ordem de 1,3 milhões de euros relacionado com a diferença resultante entre o valor patrimonial das ETARS e o valor da sua venda, com a constituição de provisões e com o aumento do fornecimento de serviços externos.
O Município transitou para 2017 sem dívidas a fornecedores (excluindo os décimos de garantias de empreitadas) e com um saldo de gerência a rondar os 847 mil euros.
Em todos os meses do ano registaram-se fundos disponíveis positivos. Para além disso, o Município transita com uma margem de endividamento para utilizar na ordem dos 2,5 milhões.
O documento foi analisado e votado na reunião do órgão executivo do dia 27 de março com 3 votos a favor e duas abstenções.

AMARES DÁ A CONHECER A MELHOR LARANJA DO MINHO

A laranja de Amares e seus derivados, o vinho verde, o azeite e o artesanato, produtos emblemáticos do concelho, vão estar em exposição na AGRO - Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação, que decorre de 23 a 26 de março de 2017, no Parque de Exposições de Braga.

DSC00563.JPG

Uma excelente oportunidade para divulgar aquilo que de melhor o nosso concelho tem para oferecer naquela que é a principal feira agrícola do país e que tem na sua longevidade uma das garantias da sua relevância enquanto montra da agricultura portuguesa.

Visite o stand de Amares!

CASA DO MINHO DE LOURENÇO MARQUES REÚNE-SE EM AMARES E PÓVOA DE LANHOSO

O Encontro dos minhotos que viveram em Moçambique vai este ano ter lugar em Amaresn e na Póvoa de Lanhoso, no próximo dia 30 de Abril.

Todos os anos, os minhotos que viveram naquela antiga província ultramarina, promovem um encontro de confraternização por ocasião do aniversário da sua associação regionalista – a Casa do Minho em Moçambique – entretanto extinta por ocasião da independência política daquele país e o regresso da à metrópole comunidade portuguesa. Este ano, Amares é o concelho eleito para se reencontrarem.

16700704_10212033803350737_9169834254383365237_o.jpg

Durante duas décadas consecutivas, a Casa do Minho foi na capital do Índico o elo de ligação das nossas gentes em terras moçambicanas. Ali se construíram novas amizades e mantinham as suas tradições. A constituição de um Rancho Folclórico no seio da Casa do Minho constituiu um dos melhores exemplos do seu apego às origens.

Os antigos territórios ultramarinos portugueses foram o destino de muitos minhotos que decidiram ali construir as suas vidas. Rumando diretamente a partir da metrópole ou fixando-se após o cumprimento do serviço militar naquelas paragens, Angola e Moçambique vieram a tornar-se a segunda terra para muitos dos nossos conterrâneos que assim trocavam a estreita courela pela desafogada machamba ou simplesmente empregavam-se na atividade comercial das progressivas cidades de Luanda e Lourenço Marques, atual Maputo.

484396_10200262053808057_30167815_n

Porém, a recordação do Minho distante não os abandonou e permaneceu sempre nos seus corações. E, a provar esse amor filial, criaram as suas próprias associações regionalistas a fim de manterem mais viva a sua portugalidade e as raízes minhotas. E, em Lourenço Marques, fundaram a Casa do Minho em 1955, já lá vão 62 anos!

Muitos foram os minhotos e outros portugueses que em Moçambique construíram as suas vidas. Contudo, o seu curso tranquilo e próspero veio a ser abruptamente interrompido em consequência do processo de descolonização do território e a guerra civil que se seguiu, determinando o seu regresso à metrópole e consequente extinção da Casa do Minho.

Não obstante, muitos dos minhotos e amigos da Casa do Minho, que dela fizeram parte ou de alguma forma por lá passaram, não esquecem esses tempos saudosos e continuam a reunir-se todos os anos em alegre e amistosa confraternização, partilhando recordações e revivendo a terra que continuam a amar – Moçambique!

Fotos: Rui Aguilar Cerqueira / Ex-Casa do Minho em Lourenço Marques - Moçambique

185877_1423411604007_1794247948_799532_5195073_n

1947359_10200671839557977_1646839287_n

72988_423897237640394_1534119699_n

576619_423897494307035_1762840828_n

10991171_10202563334284163_1027646422323654939_n

564261_423897964306988_35367262_n

574452_423897624307022_548572634_n

406045_3673232088987_1838913705_n

199253_1423410883989_1794247948_799529_2194903_n

394941_3673229928933_1438602030_n

189169_1423410603982_1794247948_799528_3909355_n