Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

SEGUNDO ENCONTRO PARTICIPATIVO EM LANHELAS ELEGEU QUATRO PROJETOS QUE SERÃO ALVO DE ANÁLISE TÉCNICA

Lanhelas acolheu segunda sessão do OP 2017 e a terceira está já marcada para dia 20, em Azevedo

Mais quatro propostas vão ser alvo de avaliação técnica no âmbito do Orçamento Participativo de Caminha. Este foi o resultado do Encontro Participativo que decorreu ontem, na Casa do Povo de Lanhelas, em que participaram quatro dezenas de pessoas. As quatro propostas, selecionadas entre as que foram apresentadas ao plenário são: Parque infantil e equipamento de fitness (Lanhelas); Parque Infantil (Vilar de Mouros); Rede Wi-Fi (Seixas) e Recuperação do edifício das Pedras Ruivas (Seixas).

OP1.jpg

O segundo Encontro Participativo desta 3º edição, que teve lugar na Casa de Povo de Lanhelas, dizia respeito às freguesias de Lanhelas, Seixas e Vila de Mouros. Quatro dezenas de pessoas constituíram sete grupos, onde viriam a ser apresentadas 24 propostas. A concertação no seio desses grupos levou à eleição de 15 propostas, que foram apresentadas e defendidas perante o plenário.

Ouvidas as explicações dos proponentes e efetuada a votação, seriam apuradas quatro propostas, as mais votadas, que passam agora à fase seguinte, qua avaliará da sua viabilidade. Os resultados da votação foram os seguintes: Parque infantil e equipamento de fitness – Lanhelas (28 votos); Parque Infantil – Vilar de Mouros (24 votos); Rede Wi-Fi – Seixas (14 votos) e Recuperação do edifício das Pedras Ruivas – Seixas (14 votos).

O terceiro Encontro Participativo desta 3º edição, realiza-se em Azevedo, no próximo dia 20, pelas 18H00, no edifício da Junta de Freguesia, abrangendo Azevedo, Venade e Argela.

Na primeira sessão, realizada em Arga de Baixo, a maioria das pessoas escolheu a Aquisição de três Kit’s para combate a incêndios incluindo uma viatura, como projeto prioritário para o concelho. A 3ª edição do Orçamento Participativo de Caminha começou assim na Serra d’Arga e, como oportunamente referimos, ficou marcada pela grande afluência de pessoas, mais de sete dezenas, que seriam distribuídas por 10 grupos. Na altura foram apresentadas 20 propostas nos grupos e apresentadas no plenário 16. Destas 16 propostas, o plenário escolheu apenas a “Aquisição de 3 Kit’s para combate a incêndios incluindo uma viatura – Argas e Dem”(66 votos).

O Orçamento Participativo de Caminha é um processo de participação cidadã, que visa assegurar o envolvimento dos munícipes na decisão anual sobre as prioridades de investimento público autárquico, reforçando, desse modo, os mecanismos de interação com a população, de transparência na alocação dos recursos públicos e de aprofundamento da democracia a nível local. O Orçamento Participativo 2017 contempla uma verba de 195 mil euros, o que correspondente ao montante de IRS que se prevê que os munícipes do concelho paguem durante o ano de 2017.  Cada projeto não poderá ultrapassar os 65 mil euros.

OP2.jpg

OP.jpg