Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PAREDES DE COURA DÁ LUGAR À POESIA

REALIZAR: poesia | Paredes de Coura. De 21 a 25 de Abril de 2017. 2ª edição

Nos dias 21 a 25 de Abril, o REALIZAR:poesia regressa com a sua segunda edição, procurando estabelecer afinidades entre apoesia e as demais atitudes artísticas – literatura, música, cinema, artes performativas, e também aquelas de menos evidente convergência, política, ciência, filosofia, et cetera.  Constitui-se como uma reunião de eventos de múltiplas linguagens e origens em que as leituras, os debates, as conferências, as exposições, os lançamentos de livros, os espetáculos de artes performativas, a exibição de filmes, os concertos musicais se reencontram em Paredes de Coura na esfera da sua essencial afinidade: a poética, no seu sentido mais vasto. Com afinidades às efemérides: 10 anos do desaparecimento de Mário Cesariny e 150 anos dos nascimentos de Raúl Brandão e Camilo Pessanha.

programa_realizar_poesia.jpg

Acreditando que, para lá da materialidade da linguagem, há uma metalinguagem do imaginário, é nesse lugar exótico de liberdade, de verdadeira sugestão poética, que existe o REALIZAR:poesia - um lugar da e com a população do município.  Repetindo esta utopia, propondo os amigos à inquietação. Em Paredes de Coura, chamam "amigo" a todos os que chegam. A razão do mesmo poema que serviu de mote ao nome da festa, Agora Escrevo” de Alexandre O’Neill, donde se salienta o verso "Nos nossos sonhos entrava gente viva".

Esta edição do REALIZAR:poesia comporta uma dinâmica muito direcionada para a comunidade escolar, levando as afinidades da poesia com o teatro, a dança e a edição aos alunos do Município de Paredes de Coura. O REALIZAR:poesia irá versar em vários espaços da vila de Paredes de Coura. O Centro Cultural será o palco privilegiado de várias iniciativas, no entanto terá lugar em outros espaços como a Caixa de Brinquedos, a Biblioteca Municipal, a feira quinzenal e ruas da vila, intervenções em bares e outros estabelecimentos comerciais da vila.

Após a estreia em 2016, o REALIZAR:poesia volta a receber convidados da mais variada origem que, afinal, se reúne na poesia: Abysmo, Ana Cristina Leonardo, André da Loba, André Gago, António de Castro Caeiro, António Gonçalves, Carla Solano, Carlos Barretto, Carlos Tê, Carlos Veríssimo, Do Lado Esquerdo, Douda Correria, Fernando Echevarría, Fernando Guimarães, Frederica Vieira Campos, Fundação Cupertino de Miranda, Hernâni Lopes da Silva Maia, Inês Veiga de Macedo, Jaime Rocha, Jesús Jiménez Domínguez, João Canijo, João Gesta, João Habitualmente, João Paulo Cotrim, João Paulo Esteves da Silva, João Pedro Azul, João Rios, José Anjos, José Luís Fernandes, JP Simões, Leonor Barata, Manuel Freire, Manuel João Vieira, Manuela Ribeiro, Maria Bochicchio, María José Martin-Velasco, Maria Sousa, Mia Soave, Nazaré da Silva, Nuno Moura, Paulo Campos dos Reis, Paulo Pinto, Pedro Mexia, Raquel Gonçalves-Maia, Regina Guimarães, Rui Lage, Samuel Dias, Livraria Snob, +TAC -Teatro

Amador Courense, Vasco Gato,entre outros.

Este encontro reflete a vontade de querer estar com a poesia,num município a 833 metros de altitude e com 138 quilómetros quadrados sempre aberto a mais um desafio, com um olhar muito atento e concreto para o que há na poesia portuguesa e além-fronteiras.

De 21 a 25 de Abril, o convite é para REALIZAR:poesia em Coura, sem paredes.