Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE PÓVOA DE LANHOSO CONGRATULA-SE COM CONTAS DE 2013

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está satisfeita com as contas da Autarquia referentes a 2013.

Desta forma, é de destacar uma execução orçamental recorde que atingiu cerca de 95 por cento dos valores previstos; e a diminuição da dívida global em cerca de 12 por cento, confirmando a tendência de redução ao longo do mandato que atinge 24 por cento de redução total em quatro anos.

“Os resultados são evidentes. A autarquia da Póvoa de Lanhoso tem as suas contas equilibradas, fez uma redução significativa da sua dívida e executou a maioria do orçamento previsto. É um bom exemplo de uma gestão rigorosa e uma segurança para os Povoenses”, considera o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

Estes valores constam do Relatório de Atividades e Prestação de Contas de 2013, ano chave no ajustamento orçamental proposto em sede de PAEL.

O Relatório de Atividades e Prestação de Contas fica ainda marcado por mais dois dados objetivos: o reforço da autonomia do município face às transferências da administração central, o que torna a autarquia menos dependente; e uma satisfatória atividade municipal nas suas várias áreas de intervenção, cumprindo a autarquia o papel que lhe cabe como motor de desenvolvimento local, apesar do esforço de contenção e equilíbrio orçamental.

“Numa postura de total coerência e responsabilidade, o executivo implementou um conjunto de medidas de gestão que possibilitaram atingir de uma forma exemplar os resultados a que nos propusemos, confirmando uma imagem de rigor e de transparência na gestão que sempre foi a marca deste executivo”, pode ler-se no documento, que foi aprovado na reunião de Câmara de 22 de abril de 2014.

Em retrospetiva, refere o documento que o ano em análise ficou marcado pela “capacidade do executivo em ajustar o seu orçamento às suas receitas efetivas, reduzindo a dívida da autarquia e cumprindo atempadamente com os seus fornecedores”; ficou marcado pelo reforço das medidas sociais, tendo sido canalizados para esta área os recursos suficientes de forma a responder às necessidades das famílias, destacando-se o NaturaLanhoso como medida inovadora; ficou ainda marcado pela conclusão de “projetos importantes que representam um contributo significativo para o nosso desenvolvimento”, como a construção do Pavilhão Gimnodesportivo de Monsul, a colocação de relvado sintético no campo de jogos do Grupo Desportivo Porto D´Ave, o alargamento da rede de água e saneamento, bem como os cerca de um milhão e 500 mil euros investidos na requalificação de acessibilidades e espaços públicos das freguesias por delegação de competências nas Juntas de Freguesia. O mesmo documento refere ainda que 2013 foi também marcado pela manutenção de uma atividade positiva dos vários serviços da autarquia. “Seja na área da educação e social, na atividade cultural, seja nos serviços administrativos, de juventude e de apoio ao desporto. Seja na manutenção dos espaços públicos, na sensibilização ambiental ou no apoio às associações locais, em todas estas áreas foi assegurada uma atividade digna que tem contribuído para o reconhecimento da população na entidade política que gere o seu concelho”, é referido. 

De lembrar os quatro pilares que estiveram na base da proposta defendida para o ano 2013: reajustamento financeiro e estrutural dos serviços municipais; reforço das medidas sociais de apoio às famílias; conclusão de obras e projetos de relevante interesse; e garantia de um funcionamento digno dos serviços municipais.

Dinamizarr