Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MINHOTOS REALIZAM EM LOURES ENCONTRO DE CULTURAS

O Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares “Verde Minho” vai realizar na cidade de Loures um autêntico arraial, tendo como cenário a réplica das ruínas de São Paulo e que constituiu a fachada do Pavilhão de Macau na Expo’98, atualmente exposto no Parque da Cidade. Trata-se do XXI Encontro de cultura Ibérico e terá lugar no próximo dia 31 de Maio, com início às 16 horas, com a abertura dos pavilhões onde o artesanato e a gastronomia minhota marcarão a sua presença, animado pelo toque de várias escolas e grupos de concertina e cantares ao desafio, bem ao jeito das romarias Alto Minhotas culminando o arraial com uma imponente sessão de fogo-de-artifício.

Fotos do Verde Minho 023-2

O Festival de Folclore conta com a participação do Grupo de Bombos Os Zés Pereiras Amarantinos, Escola de Concertina “Filipe Oliveira” e a Concertina de “Daniel Sousa”, o Rancho Etnográfico de São Miguel de Entre Ambos-os-Rios, Grupo Etnofolclórico Renascer de Areosa, Grupo de Folclore Terras da Nóbrega, além do organizador, Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares “VERDE MINHO”. E, como novidade, participará também o Grupo de Danças e Cantares de Aldava, proveniente de Cáceres, na Comunidade Autónoma da Extremadura de Espanha.

Às 20 horas, realizar-se-á o desfile dos grupos folclóricos a partir dos Paços do Concelho com direção ao Parque da Cidade. Pelas 21 horas, terá início a atuação dos grupos folclóricos, com apresentação a cargo do Eng. José Brito, distinto apresentador das nossas tradições.

O Grupo Folclórico e Etnográfico “Verde Minho” encontra-se sediado na localidade de A-das-Lebres, no concelho de Loures, e é uma associação cultural constituída por minhotos e amigos que vivem na região de Lisboa que procuram manter as suas raízes culturais e as tradições da sua região de origem. Loures, terra de tradições saloias, vai pelo segundo ano viver a alegria e a exuberância de um arraial à moda do Minho, montado pelas gentes minhotas que ali vivem e trabalham.