Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

“LEMBRO-ME” DE JOÃO PEDRO MÉSSEDER ASSINALOU O INÍCIO DAS COMEMORAÇÕES DOS 40 ANOS DE ABRIL EM CAMINHA

Hoje, às 17 horas, inaugura a exposição “Imagens de Abril em Caminha”, na Galeria de Arte Caminhense

A apresentação do livro “Lembro-me”, de João Pedro Mésseder assinalou ontem o início das comemorações dos 40 Anos de Abril em Caminha. As comemorações continuam até dia 30 de abril com um programa cultural diversificado, que visa destacar os 40 anos de Democracia em Portugal: exposições que avivam a memória, concertos que ecoam os sons da liberdade com Uxía e Fernando Tordo, ateliês, cinema, documentários e peças de teatro. Hoje, às 17 horas, decorre a inauguração da exposição “Imagens de Abril em Caminha”, na Galeria de Arte Caminhense.

apresentação do livro Lembro-me (1)

“Verdes Anos”, de Carlos Paredes, com arranjo para guitarra e violino de Ricardo Barceló, interpretado por Joaquim Pedro de Oliveira Ribeiro e Rui Barrocas, ambos alunos da Academia de Música Fernandes Fão, abriu a sessão de apresentação do livro “Lembro-me”, na Biblioteca Municipal de Caminha.

João Pedro Mésseder referiu que Caminha é um concelho “que me diz muito por várias razões”. “É o lugar de uma grande figura da cultura do século XX: António Pedro. É um concelho que trago no coração por causa da sua freguesia de Vilar de Mouros”, sublinhou.

Sobre o livro, o autor referiu: “é um livro de memórias. Por um lado, é um repositório das minhas memórias e das memórias da minha geração. Por outro, escrevi-o a pensar nos meus alunos. Queria falar a esses jovens daquilo que era o meu pensamento de Portugal antes do 25 de Abril de 1974. Dar-lhes a ver as grandes alterações que o 25 de Abril trouxe ao nosso país”.

apresentação do livro Lembro-me (2)

As comemorações dos 40 Anos de Abril continuam hoje, com a inauguração da exposição “Imagens de Abril em Caminha”, na Galeria de Arte Caminhense. A mostra é composta por fotografias cedidas por caminhenses que retratam vários momentos passados em Caminha: o período Pós 25 de Abril e 1º de Maio, a primeira tomada de posse da Comissão Administrativa Pós 25 de Abril, presidida pelo arquiteto Horácio Benvindo da Silva e o primeiro aniversário do 25 de Abril, marcado pela atuação de Sérgio Godinho no Terreiro. Esta exposição estará patente até ao dia 29 de abril.

Na quinta-feira, dia 24, inaugura outra exposição intitulada “40 Artistas, 40 Obras. 40 Anos de Abril”, na Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora. Esta exposição é composta por 40 obras, de 40 artistas que aceitaram o desafio do Município de Caminha para participar nas comemorações dos 40 anos da Revolução de Abril. A cerimónia de inauguração está agendada para o dia 24, às 18 horas.

apresentação do livro Lembro-me (3)