Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS EM ESPOSENDE MOSTRA AVES DO LITORAL NORTE

"Aves do Parque Natural do Litoral Norte" em Exposição de Fotografia no Centro de Informação Turística de Esposende

Na presença do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, foi inaugurada, no passado dia 2 de maio, no Centro de Informação Turística de Esposende, a Exposição de fotografia "Aves do Parque Natural do Litoral Norte", da autoria dos esposendenses Carlos Palma Rio e Fernando Lopes.

DSC_0314

Esta exposição marca o arranque de um conjunto de atividades direcionadas para o turismo de natureza, com particular enfoque para o Parque Natural do Litoral Norte (PNLN) e a Observação de Aves (birdwatching), a desenvolver ao longo do mês de maio pelo Município, em colaboração com os vários agentes turísticos do concelho. A aposta passa por potenciar esta área turística, com o intuito de atrair mais turistas e visitantes, como clarificou o Vereador do Turismo, Rui Pereira, apontando o exemplo do Algarve, onde o turismo de natureza é responsável por 20% da procura e ocupação hoteleira na região.

Sustentando esta aposta do Município, o Presidente Benjamim Pereira referiu que Esposende constitui “um território privilegiado” para o birdwatching, atendendo à existência de um conjunto de espécies únicas, e realçou os benefícios para economia local que daí poderão advir.

Saudou o trabalho que o fotógrafo de natureza Carlos Palma Rio, natural de Fão, tem vindo a desenvolver, reconhecendo a exigência que lhe está associada e o seu contributo para despertar a sensibilidade e o respeito da população pela natureza, contrariando um certo “vandalismo ambiental” que ainda existe. O Autarca expressou, por isso, o desejo de que as gerações mais novas visitem esta exposição, e, manifestando todo o apoio do Município a projetos desta natureza, desafiou Carlos Palma Rio a desenvolver um projeto relacionado com o Parque Natural do Litoral Norte orientado para as crianças e jovens do concelho, no sentido de os despertar para a riqueza natural desta área protegida.

Carlos Palma Rio agradeceu o apoio da Câmara Municipal na concretização desta exposição, para a qual convidou o fotógrafo Fernando Lopes, de Apúlia, e a aposta no turismo de natureza, concretamente no birdwatching, uma área que noutras regiões do país “é já uma indústria”, vincou.

Explicou que esta exposição de fotografia de aves do PNLN “é uma pequena mostra da riqueza da avifauna desta área protegida”, na qual que estão representadas espécies que se observam no estuário, na floresta e nas margens dos rios, cujas fotos são da sua autoria, bem como algumas espécies noturnas, fotografadas por Fernando Lopes.

Carlos Palma Rio referiu que a exposição tem como objetivo principal dar a conhecer algumas das espécies e, assim, chamar a atenção do público menos atento para a importância do PNLN e do Estuário do Cávado, em particular. A mostra pode ser visitada até ao dia 31 de maio, de segunda-feira a sábado, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Carlos Palma Rio fotografa a vida selvagem há 8 anos, como hobbie, e há 3 anos como profissional. É responsável pelo Grupo de trabalho de Fotografia da Natureza, do Ambiente e Documental da Quercus e tem percorrido Portugal e outros países em expedições fotográficas. Vencedor do Prémio Internacional de Fotografia Galiza Selvagem, conta com as suas fotografias publicadas em várias revistas e livros da especialidade em Portugal e no estrangeiro, tendo publicado dois livros sobre este tema.

Fernando Lopes dedica-se à fotografia há cerca de 3 anos, tendo sido premiado no I Concurso Nacional de Fotografia da Natureza da Quercus. Tem fotografado essencialmente no PNLN, utilizando uma técnica de aproximação às aves no estuário, com hidrohide (abrigo flutuante), com resultados excelentes, sendo pioneiro na utilização desta técnica no norte do país. No último ano dedicou-se ao estudo e fotografia de rapinas noturnas, com um trabalho notável sobre estas espécies, que continua a desenvolver.