Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM FAMALICÃO: DELFIM ABREU CONCORRE PARA OLIVEIRA SANTA MARIA

Candidato da coligação “Mais Ação. Mais Famalicão” apresentado na freguesia com forte mobilização de apoiantes

Delfim Abreu quer ser reconduzido para um terceiro mandato à frente da Junta de Freguesia de Oliveira Santa Maria. O candidato da coligação Mais Ação, Mais Famalicão, apoiada pelo PSD e CDS-PP apresentou ontem, 16 de julho, a sua recandidatura numa sessão marca pela forte mobilização de apoiantes, que quiseram expressar o seu apoio a Delfim Abreu e conhecer as propostas do candidato para os próximos quatro anos.

DSC_8645.jpg

O programa de ação ainda está a ser elaborado, mas antecipa já o propósito de ser completo ao incluir medidas para áreas fundamentais como a ação social, a educação, o desporto e a cultura. “Três grandes pilares norteiam a minha recandidatura à Junta de Freguesia de Oliveira Santa Maria: um grande amor a esta nossa terra, o grande espírito de missão que sempre orientou a minha conduta cívica e, por último, a disponibilidade e vontade de tudo fazer pela melhoria das condições de vida dos Oliveirenses, gente honesta e trabalhadora, que me viu nascer e crescer”, assegurou.

Delfim Abreu, 58 anos, enalteceu depois as “qualidades pessoais e profissionais” do candidato da coligação à presidência da Câmara Municipal.

Paulo Cunha elogiou também o “trabalho notável” realizado pelo executivo liderado por Delfim Abreu, “autarca muito comprometido com a comunidade e muito empenhado em continuar a servir a freguesia”, sublinhou. E depois recordou os presentes do recente compromisso assumido pela Câmara Municipal de avançar com nova intervenção de reforço das condições de segurança na Via Intermunicipal Famalicão – Vizela, que serve as populações daquela área geográfica do concelho e, em particular, as de Oliveira Santa Maria. “É uma obra que tem a segurança como preocupação central e que a Câmara assume para ajudar a resolver o problema e porque tem condições financeiras para o fazer”, explicou.

A empreitada foi já adjudicada e corresponderá a um investimento de 300 mil euros. Terá início entre os meses de agosto e setembro do presente ano, com um prazo de execução de 12 meses. Nós não falamos só do que vamos fazer; nós estamos já a fazer, e este é um aspeto que nos distingue”, atirou Paulo Cunha. 

DSC_8677.jpg