Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO AMPLIA BIBLIOTECA MUNICIPAL PROF. DOUTOR MARCELO REBELO DE SOUSA

Um investimento necessário para o concelho de Celorico de Basto

“Trata-se de um investimento muito importante para o concelho que criará as condições que permitirão uma maior interação da população, de acordo com as novas valências que serão desenvolvidas, quer ao nível de acesso aos documentos escritos quer a espaços de lazer. Uma biblioteca com um vasto leque de documentos precisa efetivamente, de criar as melhores condições para os acondicionar e de proporcionar à população o acesso à cultura” salientou o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva

Decorreu no dia 19 de abril, em Celorico de Basto, a cerimónia de “Lançamento da 1ª pedra” das obras de ampliação da Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

lançamento da 1ª pedra

Durante a cerimónia o patrono da Biblioteca Municipal, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou a necessidade de criar um espaço amplo e capaz de armazenar e colocar à disposição da população o elevado número de livros existentes. “Celorico de Basto mostra-se capaz de responder às necessidades da população. Investe na cultura e na educação de forma exemplar. Já enviei para esta biblioteca mais de 110 mil livros mas há mais gente a oferecer livros para a biblioteca tornando os depósitos demasiado pequenos, o que parecia eterno ficou desatualizado ao fim de alguns anos. Esta obra, com visão e coração, é fruto do empenho e da dedicação daqueles que se debatem pelo acesso à leitura, à cultura e saber” disse.

Na cerimónia marcou ainda presença o vogal executivo da Comissão Diretiva do ON2, Carlos Duarte que salientou esta obra como “uma ferramenta de afirmação do concelho de Celorico de Basto.

Esta obra resulta da evidente necessidade de rever a capacidade da Biblioteca Municipal no que concerne ao armazenamento de documentação, seja ela Municipal ou relativa ao Fundo Documental. A obra levará à criação de mais salas de depósito, um espaço expositivo com caráter de permanência, a fim de aí poder colocar os documentos mais importantes, que fazem parte da história pessoal e familiar do Professor Marcelo Rebelo de Sousa.

Nesse mesmo espaço será construído um auditório com uma capacidade aproximada entre 140 e 160 pessoas, de modo a poder acolher eventos relacionados com este espaço cultural, salas preparadas para exposições e de apoio ao desenvolvimento de atividades artísticas.

A ampliação agora proposta para o Centro Cultural Marcelo Rebelo de Sousa não pretende concorrer volumetricamente com o atual Centro Bibliográfico e Documental, devendo este continuar a ser o marco que assinala a presença deste equipamento cultural naquele local.

A obra agora iniciada será um edifício com identidade própria, separado formalmente do existente e que conseguirá manter com a envolvente mais próxima uma relação direta e funcional adequada, bem como com os espaços exteriores, aproveitando as potencialidades que estes indiciam. Será composto por um só piso, com ligação direta ao piso inferior do centro bibliográfico e documental de modo a manter com este uma relação funcional próxima, designadamente no que respeita aos depósitos e arquivos.
A área construída do novo edifício é de 1120,00m2, conta com o apoio financeiro do QREN, Quadro de referência Estratégica Nacional, pelo programa ON2,Programa Operacional Regional do Norte, e o valor da empreitada ronda 1.320.000,00€.

lançamento da 1ª pedra (2)