Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BOSH DÁ EMPREGO AOS BRACARENSES

Investimento de 38 milhões da Bosch em Braga prevê criação de 1000 postos de trabalho

Foi aprovado hoje, dia 3 de Abril, em sede de Reunião do Executivo Municipalum pedido de incentivo apresentado pela Bosch Car Multimédia Portugal SA, bem como a respectiva proposta de decisão desenvolvida pela InvestBraga.

BoschCMB11122014SERGIOFREITAS00000697.jpg

Dado que a Bosch pretende realizar no Concelho, nos próximos 20 meses, um investimento no valor de 38 milhões de euros, prevendo-se a criação de 1000 postos de trabalho, e considerando que se trata de uma empresa que tem a sua situação regularizada e cumpre com todas as obrigações legais, decidiu o Conselho de Administração da InvestBraga propor, em face do projecto de investimento apresentado pela Bosch, a aprovação da declaração de interesse económico deste projecto e da minuta de contrato de investimento que elaborou.

De acordo com Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, este projecto vem ´promover o desenvolvimento económico e estimular a empregabilidade no Concelho´. “A Bosch tem um plano de crescimento quase exponencial até 2020 e tem registado um crescimento considerável nos empregos criados e no volume de exportações. Só entre 2013 e 2016 registamos a criação de aproximadamente 1000 postos de trabalho”, afirmou, sublinhando que este tipo de apoios são importantes para que as empresas se sintam motivadas a avançar com projectos estratégicos no território. “O projecto que a Bosch apresenta é motivo de enorme satisfação para Braga e permitirá a criação de postos de trabalho com qualidade”, disse.

Assim, foi aprovada a concessão de incentivos de redução de 87,5%, sobre o valor bruto do IMI, pelo período de 5 anos, e sobre o valor bruto do IMT, bem como de incentivos sobre o valor das taxas municipais a pagar, nos termos do Regulamento Municipal de Taxas e Licenças, com uma redução no mesmo valor – 87,5%. Estes incentivos constituem contrapartida do cumprimento pela Bosch dos objectivos e obrigações fixados nos termos e condições constante do contrato de investimento apresentado.

Devido à crescente necessidade de produção e à elevada complexidade dos novos produtos, a Bosch tem aumentado a área de desenvolvimento e a área produtiva, tendo para isso adquirido um novo edifício. Até 2023, a empresa espera que a sua área total atinga os 200 00m2. Este crescimento irá permitir aumentar as quantidades produzidas. 

Assim, para promover a sua competitividade, a Bosch irá investir em Braga na aquisição de terrenos, na construção de um novo edifício para infra-estrutura produtiva e para escritórios, uma nova cantina e um novo parque de estacionamento, reforçando os recursos humanos com a criação de 1000 postos de trabalho em regime de full-time, perfazendo este investimento o referido valor de 38 milhões de euros.

Posolis cria 15 postos de trabalho e mantém 162

No mesmo âmbito, foi aprovado também na Reunião do Executivo um pedido de incentivo apresentado pela Posolis – Indústria de Malhas SA, bem como a respectiva proposta de decisão desenvolvida pela InvestBraga. Neste caso, aprovou-se a concessão de incentivos de redução de 64,5%, sobre o valor bruto do IMI, pelo período de 4 anos, bem como de incentivos sobre o valor das taxas municipais a pagar, nos termos do Regulamento Municipal de Taxas e Licenças, com uma redução no mesmo valor – 64,5%.

A empresa pretende realizar no Concelho um investimento de 1 milhão e 100 mil euros, no período de 10 meses, prevendo a criação de 15 postos de trabalho e a manutenção de 162. Trata-se de uma empresa 100% exportadora.

O investimento preconizado consiste num projecto de construção de um pavilhão industrial, situado no Parque Industrial de Padim da Graça, o que permitirá aumentar a capacidade de confecção em cerca de 50%.

CMB03042017SERGIOFREITAS0000006087.jpg