Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS: BALUGÃES HOMENAGEIA AVELINO MESQUITA

A aldeia de Balugães vai homenagear o escritor baluganense Avelino Mesquita no dia 18 de março, pelas 14h30, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Balugães.

bALUGA1.PNG

A organização do evento está a cargo das várias associações da freguesia de Balugães, bem como da Junta de Freguesia: ABCD - Associação Baluganense de Cultura e Desporto, Agrupamento de Escuteiros n.º 86 – Balugães, 1.ª Companhia de Guias de Balugães, Fraternidade de Nuno Álvares (FNA) Núcleo de Balugães, Grupo de Jovens de Balugães, Grupo Vozes Outonais, Ronda da Ponte das Tábuas, Teatro de Balugas.

Avelino da Cunha Vilas Boas Mesquita nasceu em Balugães, no dia 18 de março de 1926. Estudou em Balugães, Braga e Coimbra, onde desenvolveu o gosto pelas letras e, sob os pseudónimos Avibomes e Abel Lino, assinou os primeiros textos. 

Trabalhou em Vila Real, no Porto e em Balugães, emigrando em 1952 para a Venezuela, onde permaneceu nove anos. Regressou, então, a Portugal e radicou-se em Lisboa, voltando definitivamente à sua terra natal em 1994. A sua presença foi assídua na imprensa de âmbito regional e nacional.

Ainda com muita obra inédita, com destaque para a poesia e para o teatro, o autor publicou os seguintes livros: O Dente de Ouro (Edição de autor, Balugães, 2007), Aquém do Neiva (Edição da Junta de Freguesia de Balugães, Balugães, 2004), e, em co-autoria, Balugães, a sua história, as suas gentes (Editorial Franciscana, Braga, 1997).

bALUGA2.PNG