Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

RICARDO RIO CANDIDATA-SE À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA

A Coligação Juntos Por Braga procede no próximo sábado, dia 1 de julho, às 16h30, no Theatro Circo, à apresentação à comunicação social da candidatura de Ricardo Rio à Câmara Municipal de Braga.

Nesta sessão irá intervir o Mandatário da Juventude, Carlos Videira, a Mandatária Política, Isabel Silva, bem como o Presidente da Comissão de Honra, Francisco Carvalho Guerra. A Presidente da Assembleia Municipal, Hortense Santos, e novamente candidata ao mesmo cargo, irá também intervir nesta sessão. Ricardo Rio será o último a discursar.

Durante o evento será apresentado o hino da candidatura, protagonizado por Hugo Torres, tendo também lugar um momento musical protagonizado pelo bracarense Daniel Pereira "Cristo".

BRAGA INAUGURA EXPOSIÇÃO "SETE CASTELOS - D. RODRIGO DE MOURA TELES: VIDA E OBRA"

Os Sete Castelos. D. Rodrigo de Moura Teles: Vida e Obra

O Museu Pio XII, em parceria com o Tesouro-Museu da Sé de Braga e o Instituto de História e Arte Cristãs, levam a efeito a inauguração da exposição Sete Castelos – D. Rodrigo de Moura Teles: Vida e Obra, que terá lugar a 6 de Julho, às 18 horas, no Museu Pio XII.

image001 (5).jpg

Procurando mostrar de forma particular o património móvel e bibliográfico que D. Rodrigo de Moura Teles legou à Igreja de Braga e a instituições particulares às quais esteve ligado durante a sua prelatura, a exposição Sete Castelos – D. Rodrigo de Moura Teles: Vida e Obra divide-se em dois núcleos: um núcleo expositivo no Museu Pio XII, com peças associadas ao contacto que o arcebispo D. Rodrigo de Moura manteve com as mais diversas instituições bracarenses; e outro núcleo integrado na exposição permanente do Tesouro-Museu da Sé de Braga, que reúne algumas das suas peças mais emblemáticas, como o são os sapatos litúrgicos. 

O Museu Pio XII acolherá esta exposição de 6 de Julho a 29 de Outubro. Poderá ser visitada de Terça-feira a Domingo, no período da manhã entre as 09,30 horas e as 12,30 horas, e no período da tarde das 14,30 horas e as 18,00 horas.

JOVENS BRACARENSES LEVAM ARTE URBANA ÀS FREGUESIAS

Projeto Urban Youth, do Pelouro da Juventude da Câmara Municipal de Famalicão, em Requião e Jesufrei 

A arte urbana chegou às freguesias de Requião e Jesufrei e tem a assinatura de jovens famalicenses. O Urban Youth, projeto de intervenção artística com recurso a técnicas como o grafite e a azulejaria, desenvolvido pelo Pelouro da Juventude da Câmara de Famalicão, em parceria com o centro artístico A Casa ao Lado, concluiu recentemente a sua segunda edição. O local escolhido foi o polidesportivo de Requião, depois de uma primeira experiência na cidade, no Parque de Sinçães, com a elogiada ilustração de escritores famalicenses.

Urban Youth_1.jpg

As imagens ilustradas nos muros do polidesportivo de Requião retratam uma lenda antiga da freguesia, segundo a qual dois jovens primos provenientes de famílias abastadas de Requião cresceram juntos e se apaixonaram. Certo dia, num passeio a cavalo, o jovem perdeu o rubi que lhe havia sido oferecido em criança por um velho do Oriente. E a história feliz transformou-se numa tragédia de doença, morte e saudade.

Esta segunda edição do Urban Youth envolveu doze participantes. Entretanto, está já no terreno a terceira edição, em Jesufrei e com o mesmo número de jovens, que culminará em julho. O mural a ser realizado nesta freguesia tem como base o Arcanjo S. Miguel, que é o arcanjo protetor da localidade, pelo que a intervenção artística irá ilustrá-lo a proteger a povoação.

Urban Youth_2.jpg

Urban Youth_3.jpg

ESCOLA DE EDUCAÇÃO RODOVIÁRIA DE BRAGA ENSINA CRIANÇAS A PEDALAR

Em Julho a actividade realiza-se, excepcionalmente, no segundo Sábado do mês

A Escola de Educação Rodoviária de Braga volta a abrir portas ao público para dar a possibilidade a todas as crianças de aprender a andar de bicicleta ou a melhorar a sua performance.

pedalar.jpg

Em Julho, excepcionalmente, a iniciativa 'A pedalar estamos a exercitar!' realiza-se no segundo sábado do mês, dia 8 de Julho. Nos meses seguintes voltará a realizar-se no primeiro sábado do mês.

Esta é uma actividade promovida em colaboração com a Associação de Cicloturismo que dá a todas as crianças a oportunidade de aprenderem a andar de bicicleta ou a melhorarem a sua performance.

A acção, dirigida a crianças a partir dos 5 anos, decorre entre as 15h00 e as 17h30.

Traz a tua bicicleta para treinares melhor! Se não tiveres, a Escola de Educação Rodoviária empresta as bicicletas até ao máximo de 25 participantes por sessão. Para tal, deves vir acompanhado por um adulto.

Ao dispor estarão monitores experientes e disponíveis para orientar e apoiar as crianças durante toda a actividade. A participação é gratuita!

Mais informações sobre a actividade podem ser obtidas em escolarodoviariabraga@gmail.com ou pelo telefone 253 624 272.

Participe!

MUNICÍPIO BRACARENSE CEDE INSTALAÇÕES AOS "BRAVOS DA BOA LUZ"

Município de Braga cede espaço para instalação da sede da associação ´Os Bravos da Boa Luz´. Prédio cedido provisoriamente localiza-se na Avenida S. Miguel-o-Anjo

O Município de Braga e a Associação Cultural e Recreativa ‘Os Bravos da Boa Luz’ assinaram um protocolo com vista à cedência provisória de um prédio na Avenida S. Miguel-o-Anjo, propriedade da Câmara Municipal, para instalação da sede da associação.

CMB28062017SERGIOFREITAS0000007979.jpg

A cedência, a título gratuito, permitirá à associação, com mais de 120 associados, manter as suas actividades culturais, recreativas e desportivas que visam manter e dar continuidade às tradições dos moradores da zona do Campo das Hortas, Largo da Boa Luz, Rua da Cruz de Pedra, Rua Visconde Pindela e área envolvente das freguesias da Sé e de Maximinos.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, o trabalho desenvolvido por esta colectividade é fundamental para reforçar o espírito de comunidade e os laços de amizade entre a população da União de Freguesias. “O Município reconhece o valor das iniciativas que organizam e cumprem um papel importante para a coesão desta população e até para a animação da Cidade, pelo que não poderíamos deixar de apoiar a associação neste momento em que necessitam de um espaço para continuar a desenvolver as suas actividades”, disse.

CMB28062017SERGIOFREITAS0000007980.jpg

Como explicou José do Egipto Silva, presidente ´Os Bravos da Boa Luz’, a associação foi obrigada a abandonar o prédio onde estava instalada a sua sede, situação que poderia pôr em causa a continuidade da actividade da colectividade. “Recorremos à Câmara Municipal e encontramos uma solução que vai perfeitamente ao encontro das nossas necessidades”, afirmou, sublinhando igualmente o apoio que a associação tem recebido da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade.

CMB28062017SERGIOFREITAS0000007983.jpg

MUNICÍPIO DE BRAGA ESCLARECE INTERVENÇÃO EM SANTA EULÁLIA DE TENÕES

COMUNICADO

Relativamente à intervenção em curso de arranjo urbanístico do adro da igreja Paroquial de Santa Eulália de Tenões e de requalificação da Capela Mortuária, da responsabilidade da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, com apoio financeiro da Câmara Municipal de Braga, vem por este meio o Município de Braga esclarecer que o projecto da mesma não preconizava qualquer impacto na vertente de salvaguarda do património em questão.

Tendo o Município de Braga e a DRCN - Direcção Regional de Cultura do Norte sido alertados para desconformidades existentes na execução da obra que não haviam merecido a aprovação destas entidades, solicitaram ao respectivo promotor a reposição da legalidade, mediante projecto a ser validado pela DRCN, o qual se encontra em vias de ser submetido.

O Município de Braga entende que deve ter-se como prioridade a Salvaguarda do imóvel classificado, pelo que se mantém em directa articulação com a DRCN e a União de Freguesias a agilizar todos os procedimentos necessários à reposição integral das intervenções verificadas no terreno, exigindo-se o cumprimento de todos os preceitos legais necessários e obrigatórios.

BRAGA ACOLHE TORNEIO DE ENCERRAMENTO DE BOCCIA SÉNIOR

Torneio de encerramento Boccia Sénior assinala o término de mais uma época desportiva

As actividades programadas pelo Programa Boccia Sénior Braga para a época 2016/2017 terminam amanhã, Quinta-feira, dia 29 de Junho, com a realização do Torneio de Encerramento de Boccia Sénior.

Torneio Encerramento.jpg

O evento decorrerá, durante todo o dia, no Pavilhão Desportivo da Escola Secundária Carlos Amarante, contando com a participação de cerca de 360 participantes, provenientes de várias entidades com adesão formal ao Programa - Instituições de apoio à 3ª Idade e Juntas / Uniões de Freguesia.

À semelhança de eventos desportivos realizados anteriormente, o Torneio permitirá reunir uma série de entusiastas da modalidade que, após mais um ano de treinos e consequente aperfeiçoamento, se encontrarão para jogar, competir e confraternizar.

Estes momentos são extremamente motivadores e desafiantes para os participantes. Os atletas do Programa Boccia Sénior aproveitam este tipo de iniciativas para se por à prova, exibir competências adquiridas, superar dificuldades, comemorar conquistas e, acima de tudo, tirar o máximo prazer do jogo e da competição.

O Torneio cumprirá também o caracter social do Programa Boccia Sénior, uma vez que dará espaço para participantes provenientes de diferentes entidades conviverem e socializarem, unidos pelo gosto pela modalidade. O evento é aberto ao público em geral.

FEIRA DO LIVRO DE BRAGA APOSTA EM PROGRAMA CULTURAL DE EXCELÊNCIA

De 30 de Junho a 16 de Julho, na Avenida Central

Álvaro Laborinho Lúcio, Carlos Fiolhais, Dulce Maria Cardoso, Francisco José Viegas e Mário Cláudio são alguns dos autores que vão passar pela 26.ª edição da Feira do Livro de Braga, que terá lugar de 30 de Junho a 16 de Julho em plena Avenida Central. A inauguração vai contar com a presença do Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007969.jpg

Com uma programação eclética, pensada para públicos de várias idades e gostos, a Feira do Livro é organizada pela Câmara Municipal de Braga e pela InvestBraga, com produção executiva a cargo da ‘Booktailors’, com o apoio do grupo dst e da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL).

Este ano, a Feira do Livro tem como linha orientadora o Futuro, que se reflecte na exposição de ilustrações criadas por Pedro Vieira exclusivamente para este certame, mas também nas citações de pensadores e autores nacionais e estrangeiros que foram inscritas nas passadeiras para peões da Cidade.

Serão 17 dias de Cultura, com uma programação de mais de 150 horas, onde se destacam as apresentações de livros, as tertúlias, as exposições e os concertos. “Esta Feira do Livro não é um evento para Braga, é um evento para toda a Região, que se diferencia não apenas pela qualidade dos autores, mas também pelo programa que proporcionará momentos únicos para o público de todas as idades e gostos”, referiu Humberto Carlos, administrador da InvestBraga, durante a apresentação do certame, realizada hoje, 27 de Junho, na Casa dos Crivos.

Para Lídia Dias, vereadora da Cultura, a Feira do Livro de Braga “procura criar na Cidade um movimento de contínua fruição cultural de excelência que permita ao público conhecer autores de relevância no panorama nacional, de estar em contacto com as livrarias locais e de assistir a um vasto conjunto de concertos e exposições que, de outra forma, não teria acesso”.

A vereadora da Cultura destacou igualmente a aposta na programação infanto-juvenil com a qual se pretende captar cada vez mais público. Sessões de cinema, oficinas, horas do conto, teatro e um acampamento no Museu dos Biscainhos são algumas das propostas que a Feira do Livro possui para os mais novos.

50 pavilhões na Avenida Central

Apesar dos expositores se concentrarem na Avenida Central, num total de 50 pavilhões, os eventos que fazem parte do programa decorrem um pouco por toda a Cidade e incluem, para além da literatura, música, exposições de ilustrações, debates, actividades para os mais novos e muito mais.

Os livros ‘Hoje Estarás Comigo no Paraíso’, de Bruno Vieira Amaral, ‘Demasiado mar para Tantas Dúvidas’, de Miguel Miranda, e ‘O Deslumbre de Cecília Fluss’, de João Tordo, serão apresentados nesta Feira do Livro, que integra também entrevistas de vida aos autores Fernando Dacosta, João de Melo e Mário Cláudio, e masterclasses dirigidas por Afonso Cruz, Carlos Fiolhais e Miguel Real.

Do programa fazem ainda parte mesas de debate: o lugar da memória na literatura, a escrita para o grande público, a saúde na não-ficção e a ligação da escrita com a televisão são os temas que serão debatidos por João Gobern, Karla Suárez, Maria João Lopo de Carvalho, Mário Augusto e Tiago Rebelo, entre outros.

A Feira do Livro inclui ainda na programação concertos de jazz e uma série de conversas/concerto intituladas «Conta-me Histórias», com músicos como Carlos Alberto Moniz, Carlos Tê, Lúcia Moniz e Luís Represas.

No dia 30 de Junho, pelas 18h00, a inauguração e a visita oficial vão contar com a presença de Luís Filipe Castro Mendes, ministro da Cultura. Ainda no mesmo dia, será entregue, no Theatro Circo, o XXII Grande Prémio de Literatura dst. ‘Astronomia’, romance de Mário Cláudio, foi a obra escolhida, por unanimidade, pelo júri, composto pelo investigador Vítor Aguiar e Silva, pelo presidente da Associação Portuguesa de Escritores, José Manuel Mendes, e por Carlos Mendes de Sousa, professor da Universidade do Minho. O romance relata, em registo autobiográfico, as diferentes fases da vida do autor - infância, maturidade e velhice.

A par da entrega do prémio, a gala terá momentos de bailado proporcionados pelo Estúdio Helena Mendonça, a leitura de excertos da obra vencedora pela Companhia de Theatro de Braga e um concerto com Linda Martini.

Mimarte traz nove peças à Cidade

Os primeiros dias da Feira do Livro vão coincidir com mais uma edição do Mimarte – Festival de Teatro de Braga. Segundo Lídia Lidas, o Mimarte vai proporcionar nove peças de companhias de teatro conceituadas, como são a Art’Imagem, o Teatro das Beiras, o Circolando ou o Teatro de Montemuro.

Sete dos espectáculos terão como palco o Rossio da Sé e duas no Theatro Circo.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007970.jpg

TORNEIO INTERNACIONAL DE FUTEBOL FOREST REALIZA-SE EM ESPOSENDE

SC Braga bate Nottingham Forest e vence Esposende Cup 2017

Decorreu de 22 a 25 junho, em Esposende, o Torneio Internacional de Futebol Esposende Cup. Esta iniciativa, da responsabilidade da Câmara Municipal de Esposende, em parceria com a CA Events, mobilizou 100 equipas representando 50 clubes/academias, oriundas de seis países e foi disputada por mais de 2000 atletas.

_DSC1582-001.JPG

A competição foi disputada nos escalões de Traquinas, Benjamins, Infantis e Iniciados e decorreu em cinco estádios do concelho, designadamente Centro Desportivo do CF Fão, Estádio Padre Avelino Peres Filipe, Marinhas, Estádio Padre Sá Pereira, em Esposende, Estádio Horácio Queirós, em Forjães, e Estádio de Vila Chã.

Em termos classificativos, no Escalão de Iniciados, o SC Braga venceu a equipa Inglesa do Nottingham Forest por 2-1, tendo a equipa GD Pescadores Costa da Caparica ficado em terceiro lugar.

IMG_1633.jpg

Já no Escalão de Infantis, a final foi disputada entre as equipas do CC Taipas e Brighton Hove Albion FC, tendo a equipa das Taipas vencido a equipa Inglesa por 3-2. Neste escalão a equipa do FC Marinhas, classificou-se em terceiro lugar.

No escalão de Benjamins, a equipa do FC Porto venceu o Rio Ave por 3-2, através da marcação de grandes penalidades e após um empate a duas bolas, durante o tempo regulamentar. Em terceiro lugar classificou-se a equipa do Fiães SC.

No escalão de Traquinas, o vencedor foi a equipa do Vitória SC, após ter derrotado na final o Fiães Sc por 7-0, sendo que, a Academia Sporting Póvoa de Varzim ficou em terceiro lugar.

A final da competição contou com a presença, entre outras individualidades, do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, do Presidente da Associação de Futebol de Braga, Manuel Machado, do Diretor da Federação Portuguesa de Futebol, Carlos Coutada, do Diretor Regional do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vítor Dias, de Pedro Neto, padrinho do evento e jogador do SC Braga, e do Campeão Olímpico de Canoagem João Ribeiro.

A animação da cerimónia de encerramento esteve a cargo da Academia de Dança Praxis e do músico Esposendense Nuno Casais.

IMG_1633-001.jpg

BRAGA PROMOVE INCLUSÃO DA COMUNIDADE CIGANA

‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’ promove a integração das comunidades de etnia cigana

Projecto de inclusão social traz ‘nova vida’ aos bairros sociais do Concelho

‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’ é um projecto que vai trazer uma nova vida aos Bairros de Santa Tecla, Picoto e Enguardas, através de um conjunto de iniciativas e programas inovadores que visam a inclusão social das comunidades de etnia cigana. O projecto, com uma calendarização de três anos, apresenta-se como um complemento às obras de reabilitação física de todo o edificado já anunciadas pelo Município de Braga, assumindo um papel crucial na inclusão de toda a comunidade residente e potenciando a sua ligação à Cidade.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007956.jpg

“Este projecto vai contar uma história diferente daquela que tem sido transmitida pelos bairros sociais à comunidade Bracarense. Foram bairros que se foram degradando não apenas no plano físico, mas também do ponto de vista das condições sociais e humanas. Nesse sentido, este projecto vem conferir mais dignidade a quem ali reside, trazendo todas as condições que, infelizmente, não tiveram ao longo dos últimos anos”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação do projecto que decorreu esta Terça-feira, 27 de Junho, no edifício gnration.

A diversidade, o multiculturalismo e a integração, são elementos fundamentais que estão na base deste projecto desenvolvido em colaboração com diversas entidades e que complementa a visão que o Município tem para os bairros sociais do Concelho.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007957.jpg

“Este projecto vem trazer uma dimensão crucial para consolidar todas as intervenções que forem efectuadas. A juntar à componente da reabilitação física, temos agora a dimensão de integração dos próprios bairros na comunidade, a valorização das populações residentes e a sua consciencialização para zelar pelo espaço", explicou o Autarca, sublinhando a integração social, a componente de expressão artística e animação territorial, assim como a vertente pedagógica e de apoio ao empreendedorismo que este projecto apresenta.

Na implementação deste projecto, liderado pelo Município de Braga, está um conjunto de parceiros como a Bragahabit, a Associação Famílias, a Cruz Vermelha Portuguesa e a Fundação Bomfim que, em conjunto, vão trabalhar na execução das diversas actividades.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007959.jpg

Ao longo de três anos, ‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’ vai desenvolver oito propostas integradoras para uma inclusão activa, como:

‘Transcrever’ – um conjunto de seis iniciativas artísticas que darão lugar a uma exposição colectiva, a um fórum de debates e à publicação de um livro; ‘Quem tem Medo?’ – a primeira parte desta acção assenta numa peça de teatro que terá lugar já amanhã, dia 28 de Junho, pelas 21h30 no Theatro Circo. Ao longo do próximo triénio serão desenvolvidas três oficinas contemplando a dança, a música e o teatro, elementos absolutamente estruturantes e identitários desta cultura; ‘Oficina Comunitária - irá criar um espaço para animação cultural, geradoras de dinâmicas sociais, nas Enguardas; ‘Coro e Ensemble Instrumental’ – composto por cerca de 30 elementos da população infantil e juvenil residente no bairro de Santa Tecla; ‘Capacitação de Lideranças Locais’ – visa dotar as comunidades de mediadores locais capacitar mediadores e líderes locais ao nível da dinamização de processos de inclusão inteligente; ‘Contos do Bairro’ – elaboração e ilustração de um livro infantil para ser distribuído pelas escolas do ensino básico do Concelho; ‘(+)Próximo: Percursos para a Empregabilidade’ – uma iniciativa que potencia a empregabilidade e a integração socioprofissional através da criação de um serviço de proximidade (posto de atendimento móvel) que sirva os três bairros sociais; ‘Grupo Activo de Jovens’ – irá levar à constituição de um grupo de jovens entre os 16 e os 30 anos de idade, de etnia cigana, que irão interagir com outros jovens de etnia cigana com experiência em projectos de intervenção e outras iniciativas semelhantes de outras cidades.

Segundo Cristina Palhares, responsável pelo projecto, “este é um trabalho que vai ao encontro das grandes preocupações sociais quando se fala de regeneração, nomeadamente, no edificado social, uma vez que propicia uma efectiva inclusão das comunidades residentes, através de acções que promovem o sentido de identidade e de pertença e permitem uma reconstrução com os residentes e não apenas para os residentes”, explicou.

Por seu turno, Vitor Esperança, administrador da BragaHabit, referiu que este projecto “vai ao encontro das pretensões da empresa municipal e complementa as intervenções já delineadas, juntando a vertente social à reabilitação física do edificado”.

CMB27062017SERGIOFREITAS0000007960.jpg

FEIRA DO LIVRO REGRESSA A BRAGA

De 30 de junho a 16 de julho

Álvaro Laborinho Lúcio, Carlos Fiolhais, Dulce Maria Cardoso, Francisco José Viegas e Mário Cláudio são alguns dos autores que vão passar pela 26.ª edição da Feira do Livro de Braga, que se realiza de 30 de junho a 16 de julho. A inauguração e a visita oficial vão contar com a presença do ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes.

Feira do Livro.jpg

Com uma programação diversificada e eclética, pensada para públicos de várias idades e gostos, a Feira do Livro é organizada pela Câmara Municipal de Braga e pela InvestBraga, com produção executiva a cargo da Booktailors e com o apoio do grupo dst.

Apesar dos expositores se concentrarem na avenida Central de Braga, num total de 50 pavilhões, os eventos que fazem parte do programa decorrem um pouco por toda a cidade e incluem, para além da literatura, música, exposições de ilustrações, debates, atividades para os mais novos e muito mais.

Este ano, a Feira do Livro de Braga tem como linha orientadora o Futuro, que se reflete na exposição de ilustrações criadas por Pedro Vieira exclusivamente para este certame, mas também nas citações de pensadores e autores nacionais e estrangeiros que foram inscritas nas passadeiras para peões da cidade.

Os livros Hoje Estarás Comigo no Paraíso, de Bruno Vieira Amaral, Demasiado mar para Tantas Dúvidas, de Miguel Miranda, e O Deslumbre de Cecília Fluss, de João Tordo, serão apresentados nesta edição do evento, que integra também entrevistas de vida aos autores Fernando Dacosta, João de Melo e Mário Cláudio, e masterclasses dirigidas por Afonso Cruz, Carlos Fiolhais e Miguel Real.

Do programa fazem ainda parte mesas de debate: o lugar da memória na literatura, a escrita para o grande público, a saúde na não-ficção e a ligação da escrita com a televisão são os temas que serão debatidos por João Gobern, Karla Suárez, Maria João Lopo de Carvalho, Mário Augusto e Tiago Rebelo, entre outros.

No dia 30 de junho, pelas 18:00, a inauguração e a visita oficial vão contar com a presença de Luís Filipe Castro Mendes, ministro da Cultura. Ainda no mesmo dia, será entregue, no Theatro Circo, o XXII Grande Prémio de Literatura dst. Astronomia, romance de Mário Cláudio, foi a obra escolhida, por unanimidade, pelo júri, composto pelo investigador Vítor Aguiar e Silva, pelo presidente da Associação Portuguesa de Escritores, José Manuel Mendes, e por Carlos Mendes de Sousa, professor da Universidade do Minho. O romance relata, em registo autobiográfico, as diferentes fases da vida do autor - infância, maturidade e velhice.

A Feira do Livro inclui ainda na programação concertos de jazz e uma série de conversas/concerto intituladas «Conta-me Histórias», com músicos como Carlos Alberto Moniz, Carlos Tê, Lúcia Moniz e Luís Represas.

BRAGA PROMOVE PROJECTO DE INCLUSÃO DAS COMUNIDADES CIGANAS

Apresentação do Projecto ‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’, amanhã, Terça-feira, dia 27 de Junho, pelas 10h30, no gnration, Braga

O Município de Braga apresenta o projecto ‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’, amanhã, Terça-feira, dia 27 de Junho, pelas 10h30, no edifício gnration, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Desenvolvido pelo Município, o projecto tem uma calendarização de três anos e visa a consolidação de um conjunto de acções, com diversos parceiros, nos Bairros de Santa Tecla, Picoto e Enguardas. Trata-se de um projecto de inclusão das comunidades de etnia cigana com o intuito de valorizar a sua identidade e modos de vida.

O projecto ‘(Re)Escrever o Nosso Bairro’ pretende dar uma nova vida aos Bairros sociais, através de actividades com os residentes e de programas inovadores de experimentação social e animação territorial, pedagógica e artística, que incitem o empreendedorismo, emprego e integração dessas comunidades.

ALMIR CHIARATTI ATUA EM BRAGA

Depois de meses a explorar a obra e a antecipar a visita a Portugal, é por fim chegada a altura de recebermos Almir Chiaratti de braços abertos! O autor de “É o Fim” dará início à sua digressão lusitana a 7 de Julho com um showcase na FNAC Alfragide e um segundo no dia seguinte na FNAC Vasco da Gama. A 12 de Julho apresenta-se ao vivo no B.leza, seguindo depois rumo a Braga para um concerto no Espaço TOCA.

Almir_Flyer Tour Portugal (1) (2).png

Na bagagem o músico do Rio de Janeiro trará as canções de “Bastidores do Sorriso”, mas também do seu sucessor ainda sem título, do qual já foi extraído o intrigante “Triz”. Mais datas serão anunciadas brevemente.

Almir Chiaratti é um cantor, compositor e multi-instrumentista radicado no Rio de Janeiro nascido no distinto ano de 1988 no Rio Grande do Sul. Desde que se conhece que a música faz parte da sua vida, tendo crescido ao som dos clássicos do rock da década de 70 e do movimento cultural brasileiro que ficou para sempre conhecido como Tropicália.

A sua estreia no exigente mundo da música deu-se em 2015, quando editou o álbum “Bastidores do Sorriso”. Com influências da Música Popular Brasileira (MPB), mas também do rock psicadélico tão característico dos Mutantes, este trabalho registou a sua entrada no mundo adulto e os desafios, dúvidas, problemas e escolhas inerentes a esta fase tão importante da nossa existência.

Em parceria com o cineasta Pedro Freitas concebeu, realizou e filmou o videoclip do primeiro single do disco, “Teu Caminho”. Posteriormente participou em inúmeros festivais e competições, brasileiras e internacionais, tendo inclusivamente vencido o prémio de Melhor Videoclip Internacional no Urban Media Makers Film Festival, em Atlanta (EUA) e sendo escolhido como Melhor Videoclip pelo site DailyMotion no festival Rio Web Fest. Nota ainda para a presença do disco na lista Melhores Discos Brasileiros de 2015, do reputado site brasileiro Tenho Mais Discos Que Amigos.

Almir define este seu primeiro registo discográfico, onde as referências e influências musicais pululam de tema em tema, de forma simples: “As canções transitam por esses sentimentos, por trás do sorriso que envergamos para tocar a vida todos os dias. Acho que isso fica claro no título do disco: o que se passa nos bastidores do sorriso, nos bastidores da dor? Há músicas mais intimistas com temas existencialistas. Mas também há temas sobre amor, seja ele correspondido ou não. Tudo isto se encontra embebido em poesia, ironia e algumas gotas de sarcasmo.”

Almir Chiaratti pode ter a profundidade dos grandes músicos de outrora mas tem na alma a modernidade do presente. Conhecedor da capacidade agregadora da internet, e das comunidades online, recorreu a uma campanha de financiamento colectivo. O objectivo foi alcançado e assim aconteceu o concerto de lançamento do álbum. Seis meses depois Almir surpreende tudo e todos e graças a uma parceria com Luiz Felipe Netto e Luiz Tornaghi é lançado digitalmente o EP “Bastidores ao Vivo”. Este registo sonoro do concerto de apresentação foi mixado por Netto e masterizado por Tornaghi, dando origem a um produto final arrebatador. Este álbum conheceria ainda um segundo single, “Navegantes de Noé”, também ele com direito a videoclip, neste caso realizado pelo próprio em parceria com a Jaé Filmes

Mas o percurso artístico de Almir não se fica por aqui! Aventurou-se na função de produtor ao acompanhar todo o processo do EP de estreia do cantor, e compositor, Diego Marques, com

 quem já havia trabalhado anteriormente. E passou também pelos palcos, ao assinar a produção do musical do espectáculo de dança “Cheiro de Manga”, em parceria com a bailarina Laura de Castro, composto por Eduardo Rezende.

A recta final de 2016, e a conturbada realidade política do Brasil, motivou e influenciou Almir, surgindo assim o tema “Terceiro Turno” (com a participação de Felipe Pacheco da banda Baleia, no violino, e do regente Vitor Damiani). A produção daquele que será o seu segundo trabalho de originais está a cargo de Eugenio Dale (reputado profissional que trabalhou anteriormente com Ney Matogrosso e Sergio Mendes).

Para 2017 aguardam-no novos desafios e um caminho nunca antes percorrido: uma digressão em Portugal e a edição do sucessor de “Bastidores do Sorriso”.

SÃO JOÃO PÕE OS BRACARENSES A CORRER

4.ª Corrida de S. João. Domingo, dia 25 de Junho, pelas 10h00, na Avenida João Paulo II, em Braga

O Município de Braga promove a acompanhar a 4.ª Corrida de São João de Braga, que terá lugar no próximo Domingo, dia 25 de Junho, com início às 10h00, na Avenida João Paulo II, em Braga.

aaaaaajalberto.EDP-12.jpg

A iniciativa contará com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e da Vereadora do Desporto, Sameiro Araújo.

Com partida e chegada na Avenida João Paulo II, o percurso de 12 quilómetros possibilita aos atletas conhecer a Cidade e o seu Centro Histórico. À semelhança das edições anteriores, irá decorrer uma caminhada com um trajecto de seis quilómetros.

Esta é uma prova que assume um cariz solidário ‘sem precedentes’ a nível nacional, uma vez que apenas em quatro edições a Corrida de São João de Braga já angariou 75 mil euros para ajudar as missões de diversas instituições de solidariedade social do Concelho.

BRAGA REALIZA PARADA FOLCLÓRICA

Domingo, 25 de Junho, pelas 15h00, entre o Largo da Devesa e a Avenida Central

O Município de Braga promove uma Parada Folclórica, que terá lugar no Domingo, 25 de Junho, a partir das 15h00, em Braga.

10509614_299584816868153_3766490965224105986_n

A Parada Folclórica, integra nas festividades de S. João, tem início no Largo da Devesa, passando pelo Largo de S. João da Ponte, Avenida da Liberdade, rua do Raio, Largo Carlos Amarante, rua de S. Marcos e Avenida Central.

A iniciativa vai reunir mais de duas dezenas de grupos folclóricos e etnográficos de Braga. O objectivo passa pela promoção e divulgação da etnografia local, particularmente dos trajes e costumes associados ao S. João.

MUNICÍPIO DE BRAGA PEDE PARA EVITAR LANÇAMENTO DE BALÕES DE S. JOÃO

Festas de S. João - Recomendação à População

Na sequência da publicação da Portaria nº 195/2017, de 22 de Junho, que estabelece a entrada em vigor do Período Critico de Incêndios Florestais, do dia 22 de Junho a 30 de Setembro (este período pode ser alterado devido a condições meteorológicas excepcionais), o Município de Braga, através da sua Divisão de Protecção Civil, vem por este meio informar que, além de outras medidas especiais de prevenção contra incêndios florestais, está interdito o lançamento de foguetes (foguetes com cana) e de Balões de mecha acesa (tradicionais de Balões de S. João).

A Divisão Municipal de Protecção Civil continuará a acompanhar permanentemente a situação, encontrando-se disponível para qualquer esclarecimento adicional através do número 253 264 077.

O Município reforça o apelo ao bom senso e compreensão de todos, uma vez que “A prevenção começa em cada um de nós!”

BRAGA PROMOVE TURISMO NA GALIZA E TRÁS-OS-MONTES

Braga promove activos turísticos em Ourense e Vila Real

Com o objectivo de reforçar a atractividade e a promoção da Cidade junto de mercados turísticos de proximidade, o Município de Braga participou nas Comemorações do Dia de Portugal, realizadas na cidade galega de Ourense, e na ExpoCidades do Eixo Atlântico, que decorreu em Vila Real.

oureeens (1).jpg

Considerando a atracção económica e turística que a Galiza e o Nordeste Transmontano focados, sobretudo, na captação de turismo de proximidade, Braga apostou na promoção de diversas iniciativas, desde logo das grandiosas Festas de S. João, do Mimarte, da Noite Branca ou da Braga Barroca, da intensa programação do Theatro Circo e do gnration. A gastronomia, o património, o comércio e o alojamento foram outros dos focos destas acções promocionais.

“O turismo de proximidade é um mercado que importa cuidar e incrementar para combater a sazonalidade e potenciar principalmente as estadias de fim-de-semana. Promover os nossos activos turísticos nestes mercados é uma das acções que temos vindo a desenvolver através de parcerias com agentes públicos e privados com o foco em aumentar a notoriedade e importância do destino Braga”, sustenta António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência do Município.

oureeens (2).jpg