Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA COMBATE ISOLAMENTO SOCIAL

Candidaturas abertas para programa ‘Avóspedagem’

Já estão abertas as candidaturas para a nova edição do programa ‘Avóspedagem’, uma iniciativa promovida pelo Fundo Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Braga em parceria com o Gabinete de Acção Social do Município.

CMB23072015SERGIOFREITAS0000002411

Incentivar o alojamento de jovens estudantes em habitações de seniores residentes na Cidade e combater o isolamento social na terceira idade são os objectivos deste programa que se apresenta, igualmente, como uma alternativa de alojamento mais económica e familiar para os estudantes.

O programa é dirigido aos idosos Bracarenses com mais de sessenta anos, com casa própria ou arrendada, que pretendam hospedar um estudante universitário em sua casa. Todo este procedimento é monitorizado pelo Fundo Social do Município de Braga, para que o idoso usufrua da amizade e companhia do jovem estudante, com toda a segurança.

As candidaturas e outras informações sobre o programa devem ser obtidas através do Fundo Social (253 220 397; 926 344 863; areasocial@fundosocial-braga.ptwww.fundosocial-braga.pt) ou do Gabinete de Acção Social do Município (253 203 150, Ext.: 1178; accao.social@cm-braga.ptwww.cm-braga.pt/).

CMB23072015SERGIOFREITAS0000002415

TEATRO DA DIDASCÁLIA APRESENTA EM FAMALICÃO CONTOS D'AVÓ

Contos d’Avó. De 28 a 30 de Setembro, a freguesia de Joane em Vila Nova de Famalicão, será palco de uma viagem sensorial pelos caminhos da sua memória coletiva

Os Contos d’ Avó promovidos pelo Teatro da Didascália, regressam a Joane, V. N. de Famalicão. O festival arranca já no dia 28 de setembro e ao longo de três dias consecutivos, público e narradores convidados percorrerão três caminhos: o caminho da sabedoria, o caminho da intuição e o caminho da celebração.

unnamed

No dia 28 – o caminho da sabedoria – o público será convocado para uma concentração no Largo 3 de Julho (Joane), de onde partirá, a pé, para a Casa da Igreja, acompanhado pelos sons da CAISA – Cooperativa de Artes, Intervenção Social e Animação, sob direção de Alberto Fernandes. A Casa da Igreja, edifício icónico em Joane, tem as suas origens nos finais do século XIV (dizem que talvez até antes) e pertenceu, durante largos anos, à Ordem de Cristo, ordem religiosa que substituiu a extinta Ordem dos Templários, expulsa da Europa no início do século XIV. Para além da sua longa história, o edifício albergou a famosa papelaria Cindinha, que encerrou as portas em 1995 mantendo, até hoje, e no mesmo estado, todo o seu recheio. É uma viagem aos anos 80 e 90, onde podemos encontrar brinquedos, material escolar, postais e outros tesouros ainda mais antigos. O público será convidado a visitar a casa, acompanhado por uma instalação sonora evocativa dos mistérios templários, onde a voz de Mauro Amaral, músico algarvio, o transportará para rituais de iniciação. No final da visita, seremos brindados com uma sessão de contos igualmente místicos, pelas vozes dos narradores Cláudia Fonseca (Lisboa), Jorge Serafim (Beja) e Luzia do Rosário (Beja).

O segundo dia de festival (29/09) – o caminho da intuição – levará o público até ao cimo do monte, onde podemos encontrar a Capela dos Santos Passos, uma capela que andou de local em local, até se fixar definitivamente na parte alta da vila de Joane. No adro da capela teremos a maravilhosa oportunidade de assistir à versão de câmara do espetáculo «Prelúdio: a mulher selvagem», dirigido por Bruno Martins, onde as delicadas, mas potentes vozes das atrizes Catarina Gomes, Cláudia Berkeley e Daniela Marques nos transportarão para o mundo interior feminino. Ao espetáculo segue-se uma sessão de narração, com Cláudia Fonseca e Jorge Serafim, que explorarão este universo feminino tão apetecível quanto belo e, por vezes, tenebroso.

O festival termina em festa, na esplêndida Quinta da Bemposta (Joane), no sábado, 30 de setembro – o caminho da celebração.As actividades começarão às 15h, com um workshop de danças tradicionais, por Ricardo Carneiro, diretor da Rusga de Joane, seguido por um workshop de percussão (às 16h), por Alberto Fernandes, coordenador da CAISA. Após os workshops, o público será convidado para um passeio pela quinta, onde encontrarão, pelo caminho, contadores de histórias que darão uma outra cor à paisagem verde. A viagem terminará num arraial, animado pelos joviais membros da Rusga de Joane, com baile e cantigas. O público é desafiado a trazer a sua merenda, para que se possa fazer um piquenique partilhado, entre cantos, contos e danças.

O festival sai, assim, da esfera exclusiva do espaço privado, como foi usual nas três primeiras edições, e entra num misto de espaço privado e espaço público. Dinamizar espaços icónicos de Joane, estimular a viagem metafórica dos sentidos e da imaginação, promover o sonho, o riso e a partilha, continuam a ser os grandes objetivos deste evento.

Uma viagem sensorial, onde a narração se alia a espaços não convencionais, na busca dessa partilha maior que se chama memória coletiva. Este ano os Contos d’ Avó prometem!

"VIZELA RACING FESTIVAL" REALIZA-SE ESTE FIM-DE-SEMANA

A Câmara Municipal de Vizela apoia mais uma edição do ‘‘Vizela Racing Festival’, uma prova promovida pelo piloto vizelense Adruzilo Lopes e terá lugar já no próximo fim de semana, nos dias 23 e 24 de setembro, no Espaço Multiusos de Vizela.

Capturarvizz

De acordo com a organização, esta prova visa proporcionar um excelente espetáculo ao público em geral e foi desenhada a pensar nas boas sensações de condução que os pilotos irão sentir ao tentar dar o seu melhor.

Programa:

Sábado, 23 de setembro

21h00 - 24h00 Super Especial Urbana Noturna

Local: Espaço Multiusos

24h00 - 04h00 Fun Zone (Animação com DJ's)

Local: Praça da República

Domingo, 23 de setembro

09h00 - 12h00 Especial em Linha

Local: Monte da Garrafinha

14h30 - 18h00 Super Especial Urbana

Local: Espaço Multiusos

18h30 Entrega de Prémios

Local: Espaço Multiusos

MINHO PARTICIPA EM ABRANTES NO DESFILE NACIONAL DO TRAJE POPULAR PORTUGUÊS

Iniciativa da Federação do Folclore Português saldou-se por um grandioso sucesso

Mais de um milhar de componentes de ranchos folclóricos de todo o país desfilaram em Abrantes, na Praça Barão da Batalha, exibindo trajes tradicionais das mais variadas regiões, numa iniciativa conjunta da Federação do Folclore Português e da Câmara Municipal de Abrantes.

21616302_1560219010688429_7270429635554907365_n

A exibição dos trajes foi feita através da representação de quadros etnográficos descrevendo vários aspectos da vida do povo, desde a primeira infância ao enterro e respectivo luto, incluindo os trajes de trabalho, a montanha, tecelagem, o rio e o mar, a feira, o casamento, ver-a-Deus, trajes domingueiros e de festa e romaria.

21557902_1560213617355635_4223700694184874410_n

Dr. Daniel Café, Presidente da Federação do Folclore Português, esteve em directo para a Rádio do Folclore Português

 

Pretende a organização “evidenciar pedagogicamente a matriz identitária do povo português através da sua riquíssima e diversificada forma de trajar na viragem do século XIX para o século XX.” Ainda, de acordo com a Federação do Folclore Português, esta representação expôs “os jeitos e os preceitos do trajar popular desde o trabalho da montanha ao trabalho do campo, no rio ou no mar, desde o domingo à feira, à romaria e ao casamento ou, ainda, outros momentos marcantes da vida quotidiana das nossas gentes.”

Quem sabe se, para o próximo ano, uma das cidades ou vilas do Minho não servirá de palco a uma tão grandiosa iniciativa como o Desfile Nacional do Traje Popular Português organizado pela Federação do Folclore Português em conjunto com uma autarquia local da nossa região.

Fotos: Manuel Santos

21557972_1560199527357044_7917940143490376401_n

21558017_1560198797357117_8248483081628135958_n

21558725_1560199270690403_3705192156904009902_n

21558841_1560214744022189_5418697664407698212_n

21558852_1560197667357230_7453087203608415768_n

21558873_1560196844023979_1288769332684301683_n

21559050_1560218440688486_5691451382311713711_n

21616106_1560198990690431_6419207599988079529_n

18485824_1560198134023850_8321245565111512839_n

21557477_1560213047355692_2852527589738127628_n

21557706_1560217897355207_8696750997276985138_n

21557856_1560199980690332_5256205749135160742_n

21616310_1560199867357010_7683977468826132595_n

21617520_1560197654023898_2070570726955817613_n

21617602_1560217567355240_5726065175145504774_n

21617682_1560218447355152_5618475394742864211_n

21617731_1560219767355020_3900278108788045876_n

21617823_1560219124021751_5627227458397022359_n

21751562_1560198264023837_2971669407297344186_n

21752042_1560197774023886_1454862068605900000_n

21752045_1560218090688521_7367284189863979817_n

21752307_1560213307355666_8928655056429791764_n

21752330_1560213860688944_151553558488330980_n

21761599_1560199530690377_8195624071098415761_n (1)

21761811_1560217284021935_1626456027010765938_n

FEIRA INTERNACIONAL DE LISBOA RECEBE LISBOA DESIGN SHOW

O Lisboa Design Show – Design Market volta à FIL de 18 a 22 de Outubro

O Lisboa Design Show (LXD) é o maior evento de design para as áreas de produto, moda e interiores – Product Design, Fashion Design e Interiors Design, actualmente realizado em Portugal.

fb_cover

Considerado a plataforma de excelência para o lançamento de novos projectos, apresentação de novos conceitos e produtos, focado nos jovens designers, marcas emergentes e startups, reúne anualmente mais de 300 designers e marcas e recebe mais de 55 000 potenciais compradores.

Além da área de exposição, durante os 5 dias de evento, apresentamos uma agenda dinâmica com Pitchs para as marcas, Talks, Conferências e inúmeros Desfiles de Moda.

Os desfiles de moda, TRENDS LXD para marcas e designers portugueses e o Africa Fashion para marcas e estilitas africanos são grandes momentos do evento, onde a criatividade dos estilistas surpreende a assistência.

Em cada edição, o Lisboa Design Show procura apresentar novos designers, novos projectos e conceitos. No que ao Africa Fashion diz respeito, as novidades são imensas.

Saiba mais sobre o LXD – Lisboa Design Show em www.lisboadesignshow.fil.pt ou através das redes sociais: www.facebook.com/Lisboa.Design.Show.FIL/Instagram.com/lisboadesignshow/

Banner LXD 2017 - 800x445px

Print

FAMALICÃO ESTÁ NA LINHA DA FRENTE DA FORMAÇÃO DESPORTIVA

Paulo Cunha inaugurou os novos pisos sintéticos e infraestruturas de apoio do Ribeirão FC e da ADJ de Mouquim

O Ribeirão Futebol Clube e a Associação Desportiva Juventude de Mouquim já podem começar a projetar o seu futuro. Este fim-de-semana, os dois clubes do concelho de Vila Nova de Famalicão inauguraram novos equipamentos desportivos que os colocam agora em melhores condições para apostarem nas suas camadas de formação. 

ADJ Mouquim (1)

A inauguração das obras de requalificação do Centro de Formação do clube de Ribeirão decorreu no passado sábado, dia 16 de setembro. A intervenção contou com um apoio municipal de 210 mil euros e implicou a colocação de um relvado sintético, a construção de um bar e de uma sala de apoio à direção do clube, o melhoramento dos balneários e da iluminação exterior.

Também a Associação Desportiva Juventude de Mouquim inaugurou este domingo, dia 17, o seu novo relvado sintético, numa intervenção que contou um apoio municipal de 190 mil euros.

O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, fez questão de marcar presença em ambos os momentos.

Com estes novos investimentos na área desportiva, o edil famalicense acredita que estão a ser criadas condições para que se reforce a aposta na formação, salientando que “as infraestruturas são essenciais para que os projetos desportivos possam ser bem-sucedidos”.

Paulo Cunha referiu ainda que estes dois novos equipamentos são também “uma boa resposta para as famílias de Ribeirão e Mouquim, que vêm agora reunidas todas as condições para que o desporto seja uma prática entre os mais jovens”.

O presidente do Ribeirão Futebol Clube, Paulo Figueiredo, referiu-se ao novo equipamento como“o mais importante para a concretização do principal objetivo do clube” – a formação. Mário Rui Costa, dirigente da ADJ de Mouquim, disse que “o clube pode agora orgulhar-se de ter um bom campo para receber os seus atletas”. Para além da aposta na formação, estes novos investimentos vêm também dar condições para que os dois clubes avancem com os respetivos projetos de futebol feminino.

Refira-se que a colocação de relvados sintéticos tem sido uma das apostas da autarquia famalicense que tem vindo a desenvolver um Plano Municipal de Apoio ao Arrelvamento de Campos de Futebol, abrangendo já mais de duas dezenas de clubes famalicenses, num investimento superior a três milhões de euros.

ADJ Mouquim (2)

Ribeirão FC  (1)

Ribeirão FC  (2)

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM FAMALICÃO: CANDIDATO NUNO SÁ QUER ROTUNDAS NA VIM PARA DAR SEGURANÇA E MOBILIDADE

Xavier Silva (PS) apresentado em Pedome

Nuno Sá, apresentou Xavier Silva como candidato do PS à presidência da Junta de Freguesia de Pedome. Aconteceu no dia 10 de setembro, no salão paroquial de Pedome, que estava cheio para receber os candidatos socialistas. É uma recandidatura, cuja mobilização em torno do candidato sinaliza uma forte possibilidade de vitória socialista, que escapou nas eleições de 2013.

Nuno Sá - Xavier Silva - e a multidão em Pedome

Xavier Silva trabalha numa tinturaria como colorista e o seu contacto com as cores também marca a sua maneira de ser: é alegre, sincero, divertido, amigo do próximo e solidário perante as diversas iniciativas paroquiais e associativas da freguesia. Foi presidente da Associação de Pais e Amigos de Pedome (APAEP) e vice-presidente da Associação Desportiva de Pedome (ADEPE).

Pedome é uma das freguesias mais afastadas da cidade de Vila Nova de Famalicão, fazendo fronteira com o vizinho município de Guimarães, e está a sofrer as consequência da sua distância em relação aos centros de decisão municipal. Foi nesse contexto que a freguesia de Pedome acabou de perder para Guimarães a Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, pela qual o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão não mostrou qualquer interesse em manter no concelho. Ao contrário do vizinho autarca de Guimarães, que ofereceu à escola, na cidade vimaranense, as condições que a Câmara de Famalicão não quis oferecer.

“FAMALICÃO PERDE OPORTUNIDADES”

Nuno Sá, candidato do PS à presidência da Câmara Municipal, ao falar à multidão que encheu o salão paroquial de Pedome ilustrou “a incapacidade e a falta de visão estratégica da maioria de direita que há 16 anos manda na Câmara Municipal de Famalicão” com a perda da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e com o abandono a que a VIM (via intermunicipal) está votada no território do concelho de Famalicão. “Basta entrar no território de Guimarães para ver a diferença de tratamento da VIM. Parece que entramos noutro país”, obervou Nuno Sá.

“Famalicão está a perder oportunidades e Pedome está a ficar para trás. A VIM foi abandonada pela Câmara, pois só se preocupam com a cosmética e com a fotografia. Pedome perdeu o seu jardim de infãncia, como lembrou o nosso candidato à Junta, Xavier Silva. Mas por inércia da coligação de direita também perdemos a Escola Profissional Bento de Jesus Caraça”, enfatizou Nuno Sá, dando exemplos que ilustram bem uma ideia que o candidato do PS não se cansa de difundir por onde passa: “O concelho de Famalicão está a marcar passo e a perder oportunidades porque a maioria de direita está instalada, cansada e sem ideias novas.”

Para contrariar as “obras de cosmética” previstas para a VIM, Nuno Sá defende uma “intervenção a sério”, contemplando rotundas nos acessos a Pedome, Riba de Ave e Mogege. “Será um investimento na mobilidade e na segurança das pessoas”, explicou o candidato do PS, que lembrou ter sido o Governo da coligação PSD-CDS “a castigar os famalicenses com impostos e cortes nos direitos dos trabalhadores”, ante “o silêncio cúmplice” do presidente da Câmara de Famalicão.

FAMALICÃO INAUGURA PARQUE DE LAZER NO LOURO

Paulo Cunha inaugurou Parque de Lazer da Formiga no Louro. Espaço verde com 2500 metros quadrados beneficia a freguesia

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, inaugurou, este domingo, o Parque de Lazer da Formiga, um espaço verde com cerca de 2500 metros quadrados, localizado na freguesia de Louro.

DSC_0675

Contagiado por um ambiente de festa e de grande alegria, Paulo Cunha mostrou-se muito satisfeito com a conclusão das obras e salientou que o parque acrescenta qualidade de vida e bem-estar à população.

De resto, foram muitas as pessoas que atestaram a qualidade do parque e aproveitaram para usufruir do espaço, utilizando a churrasqueira, as mesas de merenda e o circuito pedonal para fazer uma caminhada, embelezada pelo lago e pelo moinho recuperado. Para além, destas valências o parque oferece ainda uma área desportiva constituída por um campo de voleibol, equipamentos de fitness e um espaço para a prática de slide.

A construção do Parque da Formiga resultou de um protocolo estabelecido entre a Junta de Freguesia e a autarquia.

DSC_0667

BRAGA INVESTE EM EQUIPAMENTOS ESCOLARES

Município intensificou investimentos em equipamentos escolares de todo o Concelho. Braga tem rede ´muito qualificada´ de equipamentos escolares

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e Lídia Dias, vereadora da Educação, visitaram hoje, dia 18 de Setembro, a Escola Básica de S. Victor, que recentemente sofreu obras de requalificação.

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009037

A intervenção, que teve um custo global de 150 mil euros, incluiu a reabilitação do recreio e a criação de um coberto nesse espaço ao ar livre, a pintura do edifício, a substituição de caixilharias, a reabilitação da torre e a criação de uma sala nessa zona, intervenção nas casas- de-banho e acertos nos espaços comuns.

Como afirmou Ricardo Rio, ao longo deste último ano o Município intensificou os investimentos em vários equipamentos escolares de todo o Concelho. “Temos vindo a realizar várias intervenções desta natureza, que conferem aos alunos melhores condições de conforto e segurança e contribuem decisivamente para a qualidade de vida das crianças e de quem aqui trabalha”, referiu, lembrando que a estas obras de dimensão mais reduzida se juntam as intervenções de fundo nas Escolas de Merelim S: Pedro, Gualtar, Esporões e S. Lázaro, bem como a aposta na remoção das placas de fibrocimento que tem sido suportada pelo Município.

Segundo o Edil, Braga está a criar uma ´rede muito qualificada´ de equipamentos escolares do ponto de vista das infra-estruturas físicas, o que permitirá, no próximo mandato autárquico, investir na dimensão da qualificação do projecto educativo.

“Queremos colocar ao dispor da comunidade escolar as ferramentas que necessitam para se modernizar, nomeadamente ao nível da dotação de meios informativos, uma área cujo investimento ainda é deficitário no concelho”, concluiu.

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009040

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009042

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009045

FAMALICÃO RECEBE CENTRO PORTUGUÊS DE SURREALISMO

Famalicão dá passo decisivo para a instalação no concelho do Centro Português do Surrealismo. Assembleia Municipal ratificou proposta da autarquia para apoio municipal de 300 mil euros

Está mais perto da realidade o futuro Centro Português de Surrealismo que vai nascer em Vila Nova de Famalicão por iniciativa da Fundação Cupertino de Miranda e da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. Naquela que foi a sua última reunião do atual ciclo autárquico, realizada na passada sexta-feira, 15 de setembro, a Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou por unanimidade uma proposta do Executivo Municipal liderado por Paulo Cunha para a concessão de um apoio financeiro no valor de 300 mil euros, repartidos por quatro anos, para custear as despesas com as iniciativas que envolvem a implementação e desenvolvimento do projeto.

AFS_4939

Está assim assegurado um passo decisivo para a valorização do Centro Português de Surrealismo cujo objetivo é colocar Famalicão na rede internacional de surrealismo.  O projeto irá nascer na Fundação Cupertino de Miranda que tem atualmente mais de três mil obras ligadas ao surrealismo, nomeadamente de artistas conceituados como Mário Cesariny, Artur Cruzeiro Seixas mas também Paula Rêgo e Vieira da Silva, num total de 130 artistas.

O investimento previsto de 2,5 milhões de euros inclui custos com a obra de reorganização do espaço da Fundação Cupertino de Miranda localizada no centro da cidade, programação e gastos de funcionamento.

A principal transformação face ao desenho atual da fundação é a passagem do espaço museológico, bem como da oferta formativa, para os primeiros andares do edifício - atualmente localiza-se na torre que compõe o espaço - colocando-o na "linha da frente"de forma a "promover o contacto com a comunidade".

Estima-se que venham a ser realizadas entre três a quatro exposições por ano, somando-se projetos de itinerância com outras instituições, visitas guiadas, oficinas e a instalação de uma livraria especializada em surrealismo.

"O projeto de Famalicão Centro Português de Surrealismo pretende envolver os famalicenses numa ação em que todos podem contribuir para que o concelho seja o centro do surrealismo. Acreditamos que haverá impacto a médio e longo prazo nas visitas com muitos benefícios para o concelho e para o país", disse na altura da apresentação do projeto o presidente da Fundação Cupertino de Miranda, Pedro Álvares Ribeiro.

O Presidente da Câmara Municipal descreveu o centro como um "projeto âncora". Paulo Cunha acredita que o Centro Portugûes do Surrealismo em Vila Nova de Famalicão vai criar uma "marca muito forte para concelho" que, acredita, gerará "muitos benefícios"como o desenvolvimento da atividade turística ou o estabelecimento de parcerias com empresas e instituições.

AFS_5862

BARCELOS REALIZA FESTIVAL DE JAZZ

Jazz ao Largo termina com sessões de free jazz

O Festival Jazz ao Largo chegou ontem ao fim. Ao longo de quatro noites, nas ruas de Barcelos, o som mais ouvido foi o jazz. Ao contrário do ano passado, em que o jazz esteve presente nas sextas-feiras do mês de setembro, este ano foram cinco dias dedicados em exclusivo a um género musical que deleita um grande número de seguidores com um cartaz de luxo que contou com grupos nacionais de renome, reunindo as tendências atuais do jazz nacional.

La La La Ressonance

De 13 a 17 de setembro houve lugar para workshops, sessões de free jazz, cinema ao ar livre com o Filme Bird de Clint Eastwood (parceria com a Zoom), concertos de Tim Tim por Tim Tum, Coreto Porta Jazz, Susana Santos Silva + Jorge Queijo, Gabriel Ferrandini + Pedro Sousa e ainda um concerto especial dos barcelenses La La La Ressonance, inspirado na obra do gigante Charles Mingus a convite do festival.

Com diferentes sons e animação à mistura, ao longo de três noites, o Largo Dr. Martins Lima reuniu um grande número de apreciadores deste género musical que fizeram questão de reservar o seu lugar.

O Jazz ao Largo é um festival que dispensa apresentações. Realizado pelo segundo ano consecutivo, tem vindo a conquistar e cativar o público barcelense.

BRAGA INAUGURA PARQUE DE LAZER E ESPAÇO DO CIDADÃO EM SOBREPOSTA

Ricardo Rio inaugurou Parque de Lazer e Espaço do Cidadão. Sobreposta dotada de ‘espaço de excelência’ e de serviços de proximidade

A freguesia de Sobreposta, em Braga, apresenta-se agora dotada de mais dois equipamentos que visam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e facilitar o seu acesso aos serviços da Administração Central e Local. Com a inauguração do Parque de Lazer e do Espaço do Cidadão de Sobreposta, a Autarquia Bracarense dá seguimento à sua estratégia de descentralização e aproximação à população, encetada desde o início do actual mandato, sendo já cinco os Espaços do Cidadão ao serviço dos Bracarenses em várias freguesias do Concelho.

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009060

Com um investimento de 350 mil euros, o Parque de Lazer de Sobreposta apresenta-se como uma ‘enormíssima mais-valia’, sendo um espaço de referência para todo o Concelho. “Este é um espaço de excelência que vem aumentar a qualidade de vida e o bem-estar não apenas da população de Sobreposta nem das freguesias vizinhas, mas também, de todos os Bracarenses que passam a contar com mais um local de grande qualidade e com uma envolvência única”, referiu Ricardo Rio, durante a inauguração do espaço que decorreu esta Segunda-feira, 18 de Setembro.

Localizado junto ao Parque Industrial de Sobreposta, o Parque de lazer conta com 40 mesas de apoio e os utilizadores podem usufruir de uma ampla extensão que proporciona o contacto com a natureza. “Para lá da beleza do espaço e do seu enquadramento com a natureza, este equipamento concretiza algo que parecia impossível, uma vez que num espaço com uma evolvente industrial, consegue ser um local de encontro com a natureza e de promoção da qualidade de vida”, sublinhou Ricardo Rio.

Como explicou o Autarca, este equipamento vem no seguimento da política de proximidade e de promoção da qualidade de vida dos Bracarenses encetada pelo actual Executivo ao durante o mandato. “Ao longo dos últimos anos temos procurado reforçar todo o Concelho com estes espaços de proximidade que criam condições para que as pessoas possam conviver e desfrutar da natureza na companhia dos seus familiares e amigos”, referiu, mostrando-se convicto que o Parque de Lazer de Sobreposta será “muito procurado, não só pelos Bracarenses, mas também por pessoas de toda a Região”.

Ainda em Sobreposta, Ricardo Rio inaugurou o quinto Espaço do Cidadão em Braga, que funcionará na Sede da Junta de Freguesia. “Desde a primeira hora que assumimos o desígnio de que a Autarquia tinha que se estender para todo o Concelho, por forma a facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços da Administração Local e Central, evitando que os habitantes de zonas mais periféricas tenham de se deslocar ao centro da Cidade para usufruir de serviços do Estado ou do Município”, referiu Ricardo Rio.

O Espaço do Cidadão de Sobreposta estará em funcionamento às Terças e Quintas e, caso a afluência assim o justifique, o serviço poderá funcionar diariamente. Para Alexandre Vieira, presidente da Junta de Sobreposta, a concretização destes dois equipamentos é “a realização de um sonho” para a Junta e para os habitantes da Freguesia. “Este era um anseio há muito esperado. Com a criação do Parque de Lazer, a Freguesia passa a contar com um espaço digno e com todas as condições para acolher grandes grupos. Quanto ao Espaço do Cidadão, é uma forma de facilitar a vida aos habitantes de Sobreposta e das freguesias vizinhas, evitando deslocações ao Centro da Cidade para tratar de assuntos burocráticos”, concluiu Alexandre Vieira.

O Espaço Cidadão disponibiliza mais de 170 serviços da administração central entre os quais se encontram a renovação da carta de condução, a marcação de consultas médicas, o pedido de certidões ou o tratamento de assuntos relacionados com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), com a ADSE, com a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) ou com a Caixa Geral de Aposentações (CGA).

Para além dos serviços da administração central, o Espaço está igualmente preparado para receber solicitações relativas às competências da Câmara Municipal de Braga, evitando deslocações ao Balcão Único.

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009047

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009048

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009051

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009053

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009057

CABECEIRAS DE BASTO REMODELA MOSTEIRO DE S. MIGUEL DE REFOJOS

Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto visitou obras de remodelação do piso térreo do Mosteiro de S. Miguel de Refojos

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado do arquiteto Miguel Gomes, dirigente do município, visitou esta tarde, dia 18 de setembro, as obras de ‘Remodelação do Piso Térreo da Ala Poente dos Paços do Concelho de Cabeceiras de Basto’, um projeto que foi objeto de uma candidatura designada ‘Município Mais’, apresentada ao Aviso nº NORTE-50-2016-12 - Promoção das TIC na Administração e Serviços Públicos.

Presidente da Câmara Municipal visitou obras de remodelação do piso térreo do Mosteiro de S. Miguel de Refojos (1)

A empreitada, com um montante de investimento de 262 mil euros, arrancou no dia 12 de junho e implicou a transferência do Serviço de Atendimento Único, do Posto de Atendimento ao Cidadão e da Tesouraria para o Posto de Turismo, onde é atualmente e provisoriamente feito o atendimento aos munícipes, enquanto decorrem as obras de beneficiação do rés-do-chão do edifício dos Paços do Concelho, onde, no futuro, ficará a funcionar o Espaço do Cidadão. A Polícia Municipal foi transferida para a Central de Camionagem de Refojos.

Dada a complexidade e a especificidade dos trabalhos e os cuidados que os mesmos exigem por se tratar de um monumento de elevado interesse público como é o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, as intervenções que contam com o acompanhamento da Direção Regional da Cultura foi necessário prorrogar o prazo por mais 30 dias, prevendo-se, por isso, a sua conclusão na segunda quinzena de outubro.

Presidente da Câmara Municipal visitou obras de remodelação do piso térreo do Mosteiro de S. Miguel de Refojos (2)

BARCELOS: TAMEL INAUGURA CENTRO PAROQUIAL E CAPELA MORTUÁRIA

Tamel Sta. Leocádia com Centro Pastoral e Paroquial e Capela Mortuária ao serviço da população

A freguesia de Tamel Sta. Leocádia recebeu, ontem, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, a Vice-Presidente, Armandina Saleiro, e o Bispo Auxiliar de Braga, Dom Francisco Senra, para inaugurar o Centro Pastoral e Paroquial e a Capela Mortuária que a partir de agora já se encontram ao serviço da população.

Inauguração Capela Mortuária

Para o Presidente da Junta, David Vilas Boas, esta é “uma obra digna, há muito tempo desejada e que tanta falta fazia à nossa freguesia”. E acrescentou que “só foi possível concretizar este projeto -a Capela Mortuária- com o apoio da Ex.ma Câmara Municipal, na pessoa do sr. Presidente, que hoje se encontra aqui no nosso meio”.

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, na sua intervenção, salientou que “foi com muito orgulho que a Câmara Municipal participou com apoio financeiro e técnico na prossecução desta obra”. E concluiu dizendo que o dever de um autarca é “ver o dia a dia, os problemas e dificuldades dos cidadãos e tentar encontrar soluções.”

Por último, Dom Francisco Senra, Bispo Auxiliar de Braga, rematou agradecendo “ este esforço conjunto entre as autarquias, mais precisamente à Câmara Municipal na pessoa do Sr. Presidente, Miguel Costa Gomes, e da Dra. Armandina, à paróquia e à Junta de Freguesia por todo o trabalho realizado”. 

MERCADO ABASTECEDOR DE BRAGA RECOMENDA INÍCIO DE ANO LETIVO COM MÁXIMA ENERGIA

Um apelo ao consumo diário de frutas e legumes

“Começa a escola com a máxima energia”. É este o mote do Mercado Abastecedor da Região de Braga para se associar ao presente início do ano letivo, momento de particular importância para os pais e encarregados de educação, também no que respeita a uma alimentação equilibrada que induza um crescimento saudável das crianças e jovens.

anuncio_fruta_energia

Com relevância no objeto do Mercado Abastecedor da Região de Braga, as hortofrutícolas são, desde logo, a base de uma dieta saudável, o que justifica que a própria SIMAB – que gere a rede de mercados abastecedores, entre eles o MARB –, também pela sua responsabilidade social, dedique especial atenção à sensibilização para o consumo deste tipo de alimentos.

Sendo assumido que a ingestão de quantidades adequadas de hortofrutícolas (cerca de 400 gr/dia) diminui o risco de desenvolvimento de diversas doenças crónicas não transmissíveis, por exemplo a obesidade, não poderia ser outra a atitude do MARB e da SIMAB que não a de sensibilizar para este facto logo no início de um ciclo especialmente sensível no quotidiano de milhares de crianças e jovens da região.

Não podemos esquecer que as hortícolas, precisamente o segundo maior grupo da “roda dos alimentos”, fornece tanto como 23% da energia diária total, o que corresponde à ingestão de 3 a 5 porções por dia, sendo que uma porção corresponde a duas chávenas almoçadeiras de hortícolas crus (180 g) ou uma chávena de cozinhados (140 gr).

Já a fruta, como todos sabemos, é uma ótima fonte de hidratos de carbono, a frutose, e contribui com cerca de 20% da energia de que precisamos, pelo que se recomenda a ingestão de 3 a 5 porções diárias, sendo que uma porção pode corresponder a uma peça de fruta de média dimensão.

 

O MAIS IMPORTANTE SETOR DO “MARB”

O enfoque particular que o Mercado Abastecedor de Braga dá ao setor das frutas e legumes tem também em conta a sua importância no contexto da atividade desta plataforma, concentrando cerca de 70% do total dos operadores/empresas aqui presentes, que ocupam uma parte muito significativa da área comercial construída. O que se traduz numa grande predominância das quantidades transacionadas.

A produção nacional tem enorme expressão no mercado bracarense, sendo a proveniência da maioria dos hortofrutícolas aqui vendidos.

No caso dos hortícolas, o peso da produção nacional ronda os 80%, sendo que uma parte importante desses produtos é proveniente do eixo Esposende – Póvoa de Varzim - Vila do Conde.

No caso das frutas, não obstante serem transacionados alguns produtos importados, principalmente oriundos de Espanha, constata-se, ainda assim, uma preponderância dos provenientes das principais zonas produtoras nacionais.

Considerando os últimos cinco anos, podemos dizer que o número de operadores/vendedores de frutas e hortícolas tem-se mantido relativamente estável no MARB, existindo atualmente 49 operadores/empresas.

A atenção que o MARB vota à promoção do consumo de fruta e legumes como imperativo para uma alimentação saudável deve muito ao trabalho da “Associação 5 ao Dia”, que, cada vez mais universalizado, dá frutos junto dos mais novos e assim consuma a responsabilidade social de todo o Grupo SIMAB.

fruta_energia_02

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA FORMALIZA PROTOCOLO COM COOPERATIVA AGRÍCOLA LIMIANA, CRL

O Município de Ponte de Lima, no âmbito de um Protocolo de Cooperação acordado com a Cooperativa Agrícola Limiana, CRL., procedeu à entrega das chaves, na passada sexta-feira, dia 15 de setembro, ao responsável pela Administração da Cooperativa, José Bernardo Madeira.

IMG_0247

A cerimónia ocorreu nas Antigas Instalações da Cooperativa Agrícola do Vale do Rio Estorãos, onde irá laborar a cooperativa. O protocolo agora formalizado, foi celebrado no âmbito do Programa Terra Incubadora de Empresas, e irá permitir a instalação de uma queijaria tradicional nas antigas instalações da Cooperativa Agrícola do Vale do Rio Estorãos, que foram recuperadas e totalmente equipadas pelo Município de Ponte de Lima, no âmbito da candidatura “A Agro-Silvo-Pastorícia na Viabilidade dos Espaços Classificados”. Esta candidatura teve como objetivo estimular e reforçar os laços entre a comunidade local e a Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e São Pedro D’Arcos, promovendo os produtos típicos da região e apoiando a instalação de empresas ligadas ao setor primário.

Nestas instalações está já sediada a empresa Araújo & Monte, igualmente apoiada pelo programa Terra Incubadora de Empresas e que é, atualmente um caso indiscutível de sucesso na produção de sidra, na ordem dos 100%.

“Esta é uma empresa apoiada no âmbito do Programa Terra Incubadora, através do qual já apoiamos 36 empresas. Este espaço visa acolher empresas que promovam os produtos endógenos de Ponte de Lima”.

O responsável pela Cooperativa Agrícola Limiana, CRL., José Bernardo Madeira, salientou o facto de esta queijaria tradicional primar pela utilização de matéria- prima típica da região e disse esperar que, por altura do Natal, possa apresentar já a primeira produção. Além disso, José Bernardo Madeira pretende que esta queijaria tenha “uma identidade com imagem tradicional e regional”.

IMG_0254 (Medium)

IMG_0260 (Medium)

IMG_0270 (Medium)

BRAGA É CIDADE BARROCA

Braga Barroca contribui para valorizar Património e reforçar identidade Bracarense. Evento decorre de 20 a 24 de Setembro

Concertos, visitas guiadas, workshops, teatro, um concurso nacional de cravo e recriações históricas integram o programa da Braga Barroca 2017, um evento que o Município de Braga realiza entre os dias 20 e 24 de Setembro e que celebra um dos períodos áureos da história da Cidade.

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009031

Na apresentação da quarta edição do evento, que decorreu hoje, dia 18 de Setembro, no Palácio do Raio, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, salientou o facto de estar a surgir em Braga uma “verdadeira indústria cultural com a realização de iniciativas e eventos que têm um impacto muito positivo em termos económicos, contribuindo ainda para o reforço da nossa identidade e da salvaguarda do património”.

O Autarca lembrou que a Braga Barroca não surge por acaso, integrando uma estratégia de valorização patrimonial. “Ano após ano temos tido um programa que cresce em ambição e diversidade, demonstrando que esta foi uma aposta ganha por parte deste Executivo Municipal, desde logo pelo envolvimento das entidades parceiras, mas sobretudo pela receptividade que os Bracarenses tiveram desde a primeira edição”, salientou Ricardo Rio.

A Braga Barroca 2017 – que assinala também as Jornadas Europeias do Património - pretende fornecer uma experiência abrangente, através de acções de âmbito artístico que procuram recriar hábitos e tipologias de vida, e envolver progressivamente a Cidade e os seus agentes.

Já para a vereadora da Cultura, Lídia Dias, o evento “cresceu de forma sustentada e com a parceria das instituições e associações do Concelho”. “A Braga Barroca conta com as parcerias da Santa Casa da Misericórdia de Braga, a Biblioteca Pública, a BLCS, o Cabido Metropolitano da Sé, Conselho Cultural da UMinho, do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, da Irmandade de Santa Cruz, do Seminário de S. Pedro e S. Paulo e ainda do movimento associativo do Concelho que fazem da Braga Barroca um evento único e muito apelativo”, referiu Lídia Dias.

Este ano não faltarão ensejos para a descoberta da Braga Barroca. Sons, sabores, visitas guiadas, encenações, entre outros momentos de aprendizagem serão proporcionados a todos os públicos. Este ano o programa conta com uma exposição dedicada a um dos vultos da pintura barroca em Portugal. No Palácio do Raio estarão reunidas obras referência de Josefa de Óbidos, provenientes de diversas localidades, e que podem ser vista até 20 de Outubro.

Concertos com a Orquestra Barroca da Casa da Música, com a Sinfonieta de Braga, com o ensemble Harawi e com a Capella Musical da Fundação Cupertino de Miranda, o Sarau Barroco, as visitas encenadas fazem parte do programa deste ano que inclui, igualmente, animação de ria, uma mostra de sabores setecentistas e a demonstração de artes e ofícios da época.

O programa completo do evento pode ser consultado em https://goo.gl/nZYQ71

CMB18092017SERGIOFREITAS0000009027

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM FAMALICÃO: SECRETÁRIO DE ESTADO DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES, PEDRO NUNO SANTOS, FAZ CAMPANHA EM JOANE E GARANTE QUE “NUNO SÁ É MUITO QUALIFICADO E COMPETENTE”

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, conhecido como homem que faz funcionar a “geringonça” que governa Portugal, esteve no auditório da Associação Teatro Construção (ATC), em Joane, onde viu o PS de Famalicão “unido e mobilizado” e deu o seu “apoio incondicional” ao candidato Nuno Sá, o “homem certo no lugar certo para mudar Famalicão e para devolver aos famalicenses a esperança e um futuro, com menos problemas e dificuldades e melhor qualidade de vida”.

Nuno Sá, Pedro Nuno Santos e António José Oliveira numa selfie no Centro Cultural de Joane

Com o auditório do Centro Cultural de Joane completamente cheio, Pedro Nuno Santos, apontado como um dos novos quadros de topo dos socialistas portugueses, não poupou nos elogios para dizer que Nuno Sá, vai derrotar a direita e devolver a Câmara de Vila Nova de Famalicão aos socialistas. “Nuno Sá é um candidato muito qualificado, competente, com grande capacidade de trabalho e de liderança. Tem muita experiência política, não só a nível autárquico como em termos nacionais. É um grande famalicense, que adora a sua terra, e que também é imensamente respeitado a nível nacional”, realçou Pedro Nuno Santos.

O dirigente nacional do PS, que representa mais um apoio de peso à candidatura de Nuno Sá, depois do antigo presidente da Câmara de Lisboa e ex-ministro da Cultura, João Soares, e do líder do PS e do Governo, António Costa, terem estado em Vila Nova de Famalicão no apoio ao candidato socialista.

Pedro Nuno Santos foi ainda mais longe: “Nas suas intervenções e na sua luta diária na Assembleia da República, Nuno Sá nunca se esqueceu de defender Famalicão e os famalicenses. É mesmo de um candidato com as qualidades e com o carácter de Nuno Sá que Famalicão precisa para sair do marasmo votado pela coligação de direita”, realçou o destacado dirigente nacional do PS.

“O desenho do concelho de Famalicão é obra do PS, é obra de Agostinho Fernandes. Já estamos a marcar passo há muito tempo, porque este executivo camarário e esta coligação de direita já não têm capacidade para fazer, não têm nada para dar. Famalicão está a perder a oportunidade de relançar a sua economia e de se tornar num motor da recuperação financeira de toda uma região”, sublinhou Pedro Nuno Santos, fortemente aplaudido por uma sala cheia de entusiasmo. E o secretário de Estado dos Asuntos Parlamentares acrescentou: “Já temos um bom Governo no país, agora temos o direito de ter um bom governo em Famalicão, para que as pessoas possam voltar a ter orgulho em ser famalicenses.”

“AS PESSOAS ESTÃO FARTAS DE ALDRABÕES”

Nuno Sá, depois de devolver os elogios ao convidado especial – “um dos melhores políticos da minha geração, em quem Portugal deposita as maiores esperanças” –, destacou o propósito da candidatura socialista: “Esta apresentação é mais uma etapa do nosso trabalho de ouvir as pessoas e de apresentarmos as melhores propostas e os melhores candidatos para Famalicão. Somos cada vez mais e a vitória nas próximas eleições está ao nosso alcance.”

Criticando a “política de propaganda e de fotografia” do atual executivo camarário, Nuno Sá fez questão de destacar: “Queremos fazer em Famalicão o que António Costa, Pedro Nuno e o Governo do PS estão a fazer em Portugal”. Ou seja: “Vamos melhorar a vida das pessoas, com igualdade de oportunidades para todos serem felizes, garantindo a boa saúde financeira do município.”

Nuno Sá foi ainda mais afirmativo no seu discurso otimista e de crítica ao poder local de direita  instituído há 16 anos:“As pessoas estão fartas de políticos aldrabões, que prometem e não cumprem. Os famalicenses estão fartos de quem discursa muito bem, mas faz muito pouco.”

Ainda Nuno Sá: “Comigo na presidência, teremos uma Câmara que fará Famalicão mais forte em todos os domínios e para todas as gerações Famalicenses, com um programa de trabalho para quatro anos, com 10 áreas estratégicas e 100 medidas concretas destinadas a melhorar a vida de todos.”

PS UNIDO E MOBILIZADO

Dirigindo-se a António José Oliveira, que se recandidata à presidência da Junta de Joane, Nuno Sá enfatizou: “O PS está unido, forte, dinâmico e mobilizado, como voltamos a ver hoje, para servir Famalicão com uma grande vitória, aqui em Joane e em todo o concelho. Com a força dos votos e com a força do povo famalicense vamos derrotar a coligação de direita que tanto mal fez aos famalicenses quando esteve no Governo.”

O encontro de Joane, que serviu para apresentar publicamente os candidatos do PS à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal, além do candidato à presidência da Junta de Joane, demonstrou que a onda socialista está em crescendo, evidenciando cada vez mais “união e confiança” em torno de um só objetivo, como não acontecia há muitos anos: ganhar as eleições de 1 de outubro e eleger Nuno Sá como presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.