Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS PROMOVE VOLUNTARIADO

Ações da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos e do Núcleo de Voluntariado do Vale do Cávado

O voluntariado está a suscitar cada vez mais interesse junto das pessoas e das instituições do concelho. Os diversos parceiros da Rede Social de Barcelos têm vindo a desenvolver um conjunto de ações públicas com a finalidade de divulgar o voluntariado nas suas diversas expressões e promover os valores que estão por trás desta atividade.

DSC_0139 - 1

Foi assim que na sexta-feira, 21 de setembro, a Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, através da Comissão de Voluntariado – Projeto Elos, realizou o II Encontro de Voluntariado, que contou com a presença da Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Barcelos, Ana Maria Silva, e diversas instituições a associações integradas na Rede Social.

O evento incluiu animação musical, atividades e jogos tradicionais e almoço-convívio com alguns utentes da Santa Casa.

À noite, o Núcleo de Voluntariado do Vale do Cávado, parceiro da CSIF Sol Nascente e da Rede Social do concelho, organizou uma tertúlia sobre voluntariado, no salão paroquial de Moure. Numa sessão que contou com muito público, Abílio Araújo, do Núcleo, apresentou os objetivos da tertúlia, incentivando a população a aderir às diversas propostas de voluntariado.

Ana Maria Silva referiu a importância desta atividade no âmbito do Plano de Desenvolvimento Social e da Saúde, num momento em que se colocam ao nosso país grandes desafios sociais. A vereadora explicou a importância da formação e da oficialização do voluntariado junto do Banco Local de Voluntariado (BLV), notando os direitos e deveres dos voluntários.

A sessão contou também com o depoimento do coordenador do grupo de voluntariado da Recoleta – Albergue de Peregrinos de Tamel S. Pedro Fins. Cláudio Brochado explicou as especificidades do grupo de voluntários a que pertence, lembrando que esta atividade pode ser exercida por qualquer pessoa e em diversas áreas. Mas para isso, alertou, é necessário que quem queira ser voluntário formalize essa vontade e se disponibilize para a necessária formação.

Intervieram também Miguel Novais, da associação Sopro, e de Umbenlina Dantas que realizou diversas atividades voluntárias no estrangeiro.

Atualmente, o Banco Local de Voluntariado de Barcelos conta com 181 voluntários e 18 empresas.