Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA HOMENAGEOU AS CORTES GERAES E EXTRAORDINÁRIAS DA NAÇÃO PORTUGUEZA

Em 11 de abril de 1821, a Câmara Municipal de Ponte de Lima endereçou às Cortes Geraes e Extraordinárias da Nação Portugueza uma carta de felicitação a prestar homenagem àquele órgão recém-criado, a qual a seguir se transcreve.

Senhor. - A Camara de Ponte de Lima, em seu nome, e no de todos os Povos da Villa, e Termo, tem a honra de hir á Augusta Presença de V. Magestade ratificar os seus votos de adhesão ao novo systema Administrativo, e da mais fiel, e cega obediencia às Leys, e Ordens que demanarem do Soberano Congresso das Cortes da Nação: congratulando-se de verem já firmada a sua futura felicidade pelas furadas Bases da sabia Constituição que se lhes prepara; e que todo o Reyno deseja, e anciosamente espera ver em breve promulgada.

A Camara, e os habitantes de Ponte de Lima mostrárão claramente o espirito que os anima, na madrugada do dia 26 de Agosto passado, apresentando-se voluntariamente na Praça em frente da Tropa, aplaudindo a Proclamação Militar, executada por ordem do Brigadeiro Antonio Lobo Teixeira de Barros, dirigida ao interino Commandante do Batalhão de Caçadores N.° 13, Manoel Joaquim de Menezes. O mesmo espirito mostrárão nos dias seguintes na occasião do juramento, que foi celebrado com publicas demonstrações de alegria: e até hoje a sua conducta não tem sido desmentida; o que prova com evidencia que a demora em terem patenteado a V. Magestade os seus Patrioticos sentimentos só tem procedido de hum respeitoso acanhamento de que forão despertados por outras Camaras do mesmo Reyno.

Os Representantes confião de V. Magestade que lhes fará a graça de acredita-los, e de acolher benignamente seus humildes votos.

Deos guarde a V. Magestade por dilatados annos como Portugal ha mister. Ponte de Lima em Vereação de 4 de Abril de 1821 - O Juiz de Fora Presidente Francisco José de Sousa Miranda - O Vereador João de Barros Barbosa Abreu e Lima. - O Vereador Joaquim de Brito Rocha = O Vereador Antonio de Sá Sotto-maior - O Procurador José Custodio da Silva Guimarães - O Escrivão da Camara Bernardo Antonio Corrêa.