Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARQUIVO MUNICIPAL REVELA CÓNEGO CHOUZAL

A exposição está patente ao público em Paredes de Coura 

O Arquivo Municipal de Paredes de Coura tem patente ao público, na sala de leitura, a sua mais recente mostra documental “Cónego Chouzal: o orador e o seu tempo”. Com esta exposição, inaugurada pelo Presidente da edilidade, António Pereira Júnior, no passado dia 1 de junho, o Arquivo Municipal pretende dar a conhecer a vida e obra do ilustre courense (1873-1935), que, graças à sua veia oratória, percorreu os púlpitos de prestígio do país e ficou conhecido para as gerações vindouras como o “orador sagrado”.

A mostra, concebida a partir do espólio do arquivo privado de Bernardo José Álvares Chouzal, que já se encontra à guarda do Arquivo Municipal, inclui painéis explicativos, com textos da autoria de Maria de Fátima Silva Cabodeira e de Vitor Paulo Pereira, documentos originais nunca antes mostrados, sendo complementada por espólio emblemático.

A título de contextualização, refira-se que o Cónego Chouzal nasceu na vila de Paredes de Coura em 1873 e faleceu, em Figueiró dos Vinhos, Leiria, em 1935. Para além de uma ascensional carreira eclesiástica, de que se destaca o cargo de Cónego da Sé de Évora, dedicou-se ao jornalismo e à política.

Quem visitar a exposição, terá a oportunidade de revisitar as várias facetas de uma das personalidades mais reputadas do concelho de Paredes de Coura.

A Autarquia courense já convidou oficialmente os estabelecimentos de ensino locais para se deslocarem ao Arquivo Municipal, no sentido de visitarem a mostra documental, que estará exposta até dezembro do ano em curso.

A iniciativa insere-se no âmbito das atividades de dinamização cultural do Arquivo Municipal, direcionadas a um vasto leque de utilizadores, a que subjaz uma vertente formativa.

Situado na Rua Conselheiro Miguel Dantas, no centro da vila, o Arquivo Municipal de Paredes de Coura abriu ao público no dia 5 de Maio de 2008.