Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO REALIZA FEIRA DO LIVRO

VI Feira do Livro em Celorico de Basto

De 25 a 27 de maio, Celorico de Basto apresenta autores, escritores, ilustradores, exposições, música e teatro na VI Feira do Livro, que abre oficialmente ao público no dia 25, às 14h30, no Centro Cultural prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

cartaz da feira

“Durante esta edição da Feira do livro apresentaremos uma programação direcionada a todas as idades, valorizando o livro na sua essência. Vários autores apresentarão os seus livros, direcionados a temáticas diferentes, que irão, por certo, cativar o público presente em cada intervenção” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “A nossa Feira do livro é tradicionalmente uma atividade repleta de atividades culturais e que acontece, pela 1ª vez, num espaço dedicado à cultura, o centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa”.

Em dia de abertura, a 25 de maio, será lançada a II edição do concurso Tâmega e Sousa Empreendedor com a sessão de divulgação do Sistema de Incentivo ao Empreendedorismo – SI2E. No dia 26 a Feira do Livro apresentará, durante todo o dia, o ilustrador Sebastião Peixoto, à noite, pelas 21h00, o escritor Alberto S. Santos apresentará algumas das suas obras.

No dia 27, último dia de feira, será apresentado o livro de Avelina Silva e o livro de Silvia Oliveira e João Magalhães, “Super Reijinho” e “Reiki para crianças”. Há noite, num espaço diferente, mas integrado na Feira do Livro, será apresentado o livro “o meu coração é Celorico – Carvalhinho, o Homem do Povo e da Cidadania”.

VILA DE PRADO PRESTA TRIBUTO A ZECA AFONSO

Cantigas de Maio: Concerto tributo a Zeca Afonso

A margem direita do Cávado prepara-se para receber mais um espetáculo de música ao vivo com a chancela de qualidade da Escola de Música da Junta de Freguesia da Vila de Prado, com o concerto ‘Cantigas de Maio’ que se afigura um hino à liberdade e à democracia. Alunos e professores voltam a dividir o palco num espetáculo em que a beleza melódica dos acordes se entrelaça com a força das palavras e o simbolismo dos poemas, criando a atmosfera perfeita para um espetáculo eletrizante. O concerto vai decorrer no próximo sábado (27 de maio), pelas 21h30, no auditório da sede da Junta de Freguesia da Vila de Prado.

Para os mais, velhos, as Cantigas de Maio prometem uma viagem ao passado e uma oportunidade soberana para recordar os temas que se celebrizaram na luta contra a ditadura e para reviver momentos marcantes na história do país. Para os mais novos, será uma oportunidade de conhecerem de forma mais lúdica os pergaminhos dos lutadores pela liberdade e contactarem de perto com a música que se fazia na altura em Portugal. A todos aguarda um serão interessante e animado. A entrada é gratuita.

Capturarzecamaio

BRAGA COMEMORA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Dias 3 e 4 de Junho o evento dirige-se ao público em geral

Comemorações do Dia Mundial da Criança no Parque da Ponte

O Município de Braga assinala o Dia Mundial da Criança com a realização dos 'Dias de Festa', uma iniciativa que terá lugar no Parque da Ponte.

Dias de Festa no Parque da Ponte

Teatro, música, dança, artes visuais e circenses, animação, parque aventura, xadrez e cinema são as actividades que integram as mais de 50 horas de programação.

Em todos os espaços do Parque da Ponte, actores, músicos, personagens ambulantes e contadores de histórias proporcionam um novo mundo de magia onde a natureza está presente com toda a sua energia.

Nos dias 31 de Maio, 1 e 2 de Junho o evento dirige-se ao público escolar. Já nos dias 3 e 4, os 'Dias de Festa' destinam-se ao público em geral.

A entrada é livre. Venha celebrar connosco Família e viver a criança que há em si!

MONÇÃO FESTEJA CORPO DE DEUS E REALIZA FESTA DA COCA 2017

O povo recolhe-se nos momentos religiosos e anima-se nas iniciativas mais descontraídas. Este ano, entre 14 e 18 de junho, as festas concelhias prometem encher o centro histórico e revitalizar a atividade comercial. O momento alto será a procissão solene e o "combate" entre S. Jorge e a Coca, na quinta-feira, dia 15. Que o cavaleiro do reino esteja à altura e ganhe o “combate” para termos bom vinho Alvarinho nas adegas e nas mesas.

CORPO DE DEUS_Final

O Corpo de Deus/Festa da Coca decorre entre 14 e 18 de junho. O programa, como habitual, reserva um conjunto variado de iniciativas recreativas e solenes com acentuada componente religiosa. O objetivo, como sempre, é trazer gente ao concelho, proporcionando a dinamização dos setores ligados à restauração e hotelaria.

O programa “abre” na quarta-feira à noite, dia 14, pelas 21h30, com Noite de Fados, no Largo de Camões, conhecendo, no dia seguinte, quinta-feira, feriado nacional e municipal, dois dos momentos mais marcantes destas festividades: Eucaristia e Procissão Solene do Corpo de Deus e tradicional “combate” entre S. Jorge e a Coca.

Combate 07

O dia começa com entrada dos grupos de bombos de Pias e de Mazedo (9h30), arruada da Coca (10h00) e entrega de condecorações e títulos honoríficos a cidadãos e instituições de mérito, cerimónia que decorrerá no Cine Teatro João Verde (11h00).

Este ano, a proposta da comissão de parecer para cidadão de mérito/medalha de prata recaiu emAmílcar Vasques Dias, compositor e pianista. Com o título de serviços distintos/medalha de ouro serão distinguidos José Miguel Dantas Rodrigues, músico da Banda Musical de Monção, e Agostinho Rodrigues Roquinho, músico da Banda Musical da Casa do Povo de Tangil, ambos com 50 anos de atividade nas referidas filarmónicas.

Cortejo 16

Como instituições de mérito serão reconhecidas quatro empresas/associações: Foto Ideal, Lda (medalha de ouro), com 100 anos de atividade, e o Centro Social, Cultural e Recreativo das Freguesias de Messegães, Valadares e Sá, o Coca Hipermercados, Lda, e a Rádio Ecos da Raia (medalha de cobre), as três com 25 anos de atividade. 

A Fanfarra Deu-la-Deu de Monção “entra” pelas 16h30, seguindo-se a Eucaristia e Procissão Solene do Corpo de Deus (17h00), o espetáculo S. Jorge e a Coca (18h30) e o tradicional combate entre S. Jorge e a Coca, no anfiteatro do Souto (19h00).Que o cavaleiro do reino esteja à altura e ganhe o “combate” para termos bom vinho Alvarinho nas adegas e nas mesas.

DSCF0898 (Large)

O terceiro dia de festa, sexta-feira, está dedicado aos alunos do pré-escolar com o ateliê “A Coca vai à escola”, entre as 9h00 e as 16h00, nos estabelecimentos de ensino. À noite, pelas 22h00, o programa compreende atuação do Grupo Paralelos, na Praça Deu-la-Deu Martins.

No sábado, o dia começa pelas 11h00 com a entrega de prémios do Concurso de Escrita “Era uma vez ….o poeta João Verde”, na Biblioteca Municipal de Monção.Pelas 15h00, tem lugar o desfile pelo centro histórico das bandas participantes no Festival Internacional de Bandas Filarmónicas que decorre pelas 21h30, na Praça Deu-la-Deu Martins.

Procissão 07 (Large)

Este ano, a organização pertence à Banda Musical da Casa do Povo de Tangil. Pelas 18h30, realiza-se a III edição da Coca in Festa com concertos de grupos emergentes na cena musical. O dia termina, pelas 23h30, com espetáculo de fogo-de-artifício.

O último dia das festividades, que todos os anos encaminha milhares de pessoas à Terra de Deu-la-Deu, Alvarinho e Termas, está inteiramente dedicado ao cortejo etnográfico das freguesias, Com início às 16h00, percorre as ruas do centro histórico num verdadeiro repositório dos usos e costumes da população monçanense.

Procissãomon

APROVADA CANDIDATURA PARA MELHORAR REDE VIÁRIA FLORESTAL DE AMARES

No seguimento de uma candidatura apresentada ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, no âmbito do Aviso POSEUR – 10 – 2016 – 75, a Câmara Municipal de Amares vai melhorar os acessos rodoviários ao ponto de água do Penedo do Rebolão. A operação POSEUR-02-1810-FC-000449, designada por “RDFI – Adaptação de rede viária florestal Amares 2017”, já foi aprovada.

DSC01556

A intervenção, que comporta um montante elegível no valor de 109.336,45€, comparticipado a 85%, integra um conjunto de ações que objetivam adaptar a rede viária florestal de acesso ao ponto de água do Penedo Rebolão, o qual abrange a área de influência do Perímetro Florestal da Abadia e Baldios de Bouro Santa Marta e Bouro Santa Maria, aos critérios definidos no Regulamento das normas técnicas e funcionais relativas à classificação, cadastro, construção e manutenção da rede viária florestal, infraestruturas integrantes das redes de defesa da floresta contra incêndios, aprovado pelo Despacho n.º 5712/2014, de 16 de abril, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 83, de 30 de abril de 2014.

Dos trabalhos a realizar destacam-se: o reperfilamento dos caminhos, por forma a garantir uma largura mínima útil de 4m, incluindo a requalificação de pavimentos por forma a eliminar rodeiras causadas pela circulação na plataforma de águas pluviais; a construção de pontos de entrecruzamento e zonas de viragem, o reperfilamento /abertura de valetas e pavimentação destas em calçada à portuguesa assente sobre almofada de areia, bem como, a pavimentação, em calçada à portuguesa, dos troços de caminho com maior declive e a construção de aquedutos em tubos de betão vibrocomprimido Ø 200 mm e caixas para recolha de águas pluviais.

FÁTIMA MIRANDA EXPÕE “MAR E REFLEXO” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho

“Mar e Reflexo” é o tema da exposição que a artista plástica barcelense Fátima Miranda vai inaugurar no próximo sábado, dia 27 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos.

Nesta exposição tudo se joga na relação com a sua realidade mais próxima e na qual se recolhe - o mar. Essas realidades e a forma como revive o passado e o transporta para as suas obras, os ritmos cromáticos que dispõe a seu bel-prazer, funcionam para a artista como uma catarse.

A arte, que sempre fez parte do seu universo onírico, é por ela interpretada através da pintura, da escultura e do artesanato com utilização de materiais inusitados, reciclados, reaproveitados: alumínio, plástico, pinhas, folha de milho, palha e pasta de papel.

Tornaram-se famosos os seus galos forrados com tela e posteriormente pintados a óleo e acrílico, com cenas diversas, numa reinterpretação inédita e inspirada.

A terra que a viu nascer e o mar são as duas principais fontes inspiradas. Denota-se ainda no seu trabalho um esforço de pesquisa sobre as panorâmicas de Barcelos no período medieval, que a fascina e nos encanta.

O trabalho de Fátima Miranda  situa-se na confluência e na interação das contingências da experiência e da experimentação. Ambas se confundem dando a perceber como o trabalho é uma reação vivencial e sensível às coisas e oportunidades que vão surgindo e que a artista vai, intuitivamente, seguindo.

Para a concretização no plano real das ideias que lhe fervilham numa velocidade estonteante, contribui muito a orientação do pintor e seu professor David Bastos.

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho no seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.

NUNO SÁ HOMENAGEIA AUTARCA “QUE SOUBE ESTAR AO LADO DE TODOS”

População de Vilarinho das Cambas não esquece António Vinhas

 “O senhor António Vinhas foi um presidente de Junta que soube estar ao lado de todos.” Foi assim que Nuno Sá, candidato à presidência da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, definiu a figura de António Vinhas, “um grande presidente de Junta” eleito pelo Partido  Socialista, que foi homenageado a título póstumo por um grupo de amigos e admiradores da freguesia de Vilarinho das Cambas. Na ocasião, Nuno Sá deslocou-se à sepultura de António Vinhas, no cemitério local, onde, tendo a seu lado a viúva do autarca, depôs uma coroa de flores.

Nuno Sá depondo uma coroa de flores no túmulo de António Vinhas2

Perante mais de uma centena de pessoas, incluindo a familiares, amigos e colegas do primeiro autarca eleito da freguesia de Vilarinho das Cambas, a homenagem prosseguiu num almoço realizado no último dia 14 de maio, Nuno Sá sublinhou o contributo de “um homem notável e de um autarca exemplar”, que serviu a freguesia durante mais de duas décadas, sendo “o seu trabalho em prol da comunidade e de apoio efetivo às populações” reconhecido pela generalidade das pessoas.

Para Nuno Sá, não há dúvida que António Vinhas foi e será sempre “um exemplo de socialismo a seguir”, um presidente ativo e presente, que “soube estar ao lado de todos” e que nunca será esquecido pelas gerações mais novas, não só da freguesia de Vilarinho das Cambas, como de todo o concelho de Vila Nova de Famalicão.

Reforçando “o espírito de união e de vitória”, Nuno Sá recordou o antigo presidente, “com o orgulho de ser famalicense e de ser socialista”, deixando a promessa de lhe “dedicar uma vitória do PS” em Vilarinho e em Vila Nova de Famalicão.

Luís Moniz, presidente da concelhia do Partido Socialista de Famalicão, frisou “o orgulho do PS nesta iniciativa”, destacando que o partido vai apoiar de forma significativa todos os seus candidatos à presidência das juntas de freguesia. “Estamos felizes por esta homenagem e pelo que ela representa para todos nós. Podem contar com o empenho dos militantes do PS para que o sucesso em Vilarinho de Cambas e em todo o concelho seja uma realidade”, destacou Luís Moniz.

FAFE RECEBE TORNEIO DE ANDEBOL

Fafe recebe Final Four de Andebol no primeiro fim-de-semana de Junho

Fafe vai acolher, no fim-de-semana de 3 e 4 de Junho, a Final Four da Taça de Portugal de Andebol, competição que terá lugar, no Pavilhão Multiusos de Fafe.

Capturarfinal4

O sorteio da Final Four Feminina ditou que, a primeira meia final será disputada entre a a Madeira SAD e o Alavarium Love Tiles, às 11h00 de Sábado; o segundo jogo irá opôr o Colégio de Gaia à Assomada, a partir das 13h15.

No campeonato masculino, o primeiro jogo das meias-finais disputar-se-á entre o AA Avanca e o Sporting CP, no Sábado, às 15h45, sendo que a outra meia final será entre FC Porto e o ABC Uminho, com início marcado para as 18h00.

Os jogos das meias finais realizam-se no Sábado, apurando aqui as equipas para a final que decorrerá no Domingo.

Pompeu Martins, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Fafe, revelou “o orgulho e alegria com que Fafe recebe esta Final Four. Fafe tem já uma tradição vincada no que ao andebol diz respeito, não só porque o ACF está, neste momento, na mais alta divisão, mas também por todo o esforço e trabalho demonstrados.”

“Esperamos que nos dias 3 e 4 de Junho possamos estar todos juntos a assistir a mais uma fantástica competição de andebol e que, quem não é de cá, aproveite para conhecer esta terra maravilhosa”, rematou.

O bilhete, que dá acesso aos jogos dos dois dias, tem o custo de cinco euros e já está à venda na Loja Intercativa de Turismo, sendo que podem também ser adquiridos no Pavilhão Multiusos, antes dos jogos.

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO DISPONIBILIZA ASSISTENTE VIRTUAL ATRAVÉS DO CANAL MESSENGER

Facebook Messenger do município presta informações instantâneas e permite interação com serviços municipais

Está aberto um novo canal de comunicação entre o Município de Vila Nova de Famalicão e os cidadãos. Com a  abertura do canal Facebook Messenger do município, os famalicenses têm agora um assistente digital da Câmara Municipal que lhes responde de forma imediata a diversos pedidos de informação, como contactos úteis, agenda de eventos e farmácias de serviço, e lhes permite requerer de forma prática e simples um vasto conjunto de serviços, como pedir o agendamento de uma audiência com o Presidente da Câmara Municipal, enviar a leitura do consumo de água, solicitar a recolha de “monstros” (lixo de grandes proporções) e entrar em contacto com o Balcão Único de Atendimento, pedindo esclarecimentos, informações sobre processos e atendimento técnico. Para além disso, é possível acompanhar a par e passo a informação do município através da subscrição de notícias de acordo com as áreas de preferência do utilizador.

Câmara de Famalicão disponibiliza assistente virtual através do canal Me...

Além desta interação digital, o Município de Vila Nova de Famalicão poderá também enviar informações, notícias e convites para os seus seguidores, sendo que para o futuro estão também previstas novas funcionalidades.

O Chatbot Facebook Messenger do Município de Vila Nova de Famalicão pode ser subscrito a partir de qualquer plataforma eletrónica com ligação à internet, através da aplicação Messenger ou acedendo à mesma ferramenta através da página oficial do Facebook do Município de Vila Nova de Famalicão. O Chatbot é, assim, um colaborador da Câmara Municipal de Famalicão que está disponível no mundo inteiro, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, esta nova plataforma comunicativa do município “é mais um passo importante na aproximação dos serviços municipais aos cidadãos, simplificando-lhes o acesso a informação e a serviços autárquicos, e um passo mais em frente no desenvolvimento tecnológico municipal”.  E sintetiza: “queremos uma Câmara próxima e moderna que aproveite todas as tecnologias possíveis para bem servir os cidadãos”.

VALENÇA DÁ A PROVAR OS PALADARES DA GASTRONOMIA SERRANA

Petiscar é nos Sabores Serranos em Valença Festival Gastronómico Dedicado ao Porco

Petiscos de fazer crescer água na boca tem festival, em São Julião, Valença, no fim de semana de 27 e 28 de maio. Sabores Serranos convidam a deliciar-se com as iguarias do porco, preparadas com os segredos e os temperos dos nossos avós.

sabserrvalen

Os Sabores Serranos do Porco

Os sabores do porco, como o presunto, o chouriço, os rojões, o leitão e a orelha serão algumas das iguarias que poderá apreciar neste festival. Acompanham o tradicional bolo do tacho, os queijos e a broa de milho cozida nos antigos fornos a lenha e o caldo verde de Valença, uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal. A doçaria local e os vinhos verdes marcam, também, presença neste certame. Dois dias para petiscar, comprar, apreciar e deliciar-se com vários pratos e petiscos serranos.

Festa Minhota

As tradicionais desgarradas e cantares ao desafio, a queimada serrana, à noite e a mostra de folclore local prometem dois dias de uma autentica festa minhota.

Petiscar produtos locais, provar os vinhos da região e divertir-se numa festa animada é nos Sabores Serranos.

Os Sabores Serranos são uma iniciativa da Câmara Municipal de Valença, da Junta da União das Freguesias de São Julião e Silva e do Rancho Folclórico de São Julião.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CAMINHA ACOLHE A I FESTA DO LIVRO DE 24 A 27 DE MAIO

Iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Caminha em parceria com o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais

De 24 a 27 de maio, o livro vai estar em destaque na Biblioteca Municipal de Caminha, com a promoção da I Festa do Livro. Venda de livros, leituras dramatizadas, animação de leitura, apresentação de livros, cinema, atelier de artes plásticas, lançamento de livro e animação musical, vão dar o mote a esta primeira edição. Esta festa arranca já na quarta-feira, com um vasto programa: leitura dramatizada, animação de leitura e apresentação do livro ‘Segredos do jardim da casa grande de barras amarelas’, de Raquel Ramos.

Biblioteca Municipal de Caminha

A I Festa do Livro é organizada pela Câmara Municipal de Caminha em parceria com o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais.

Ao longo de quatro dias, o exterior da Biblioteca Municipal de Caminha vai ‘transformar-se numa livraria’, onde estarão disponíveis para venda livros das diferentes áreas literárias, com destaque para os infantojuvenis.

Com um vasto programa, a animação nesta Festa do Livro está também garantida. A animação da leitura vai ser constante ao longo dos vários dias, com a leitura dramatizada de ‘A Chiquilina no Reino do Rei Lambão’, uma adaptação de parte da história de‘O Rei Lambão’, de José Vaz, pela Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho; com a leitura dramatizada do ‘Auto de Mofina Mendes’, de Gil Vicente (adaptação de Ana Luísa Amaral), pela turma 10ºC da EBS Sidónio Pais (orientação da Prof. Alcinda Magalhães); com a poesia dramatizada ‘O Mundo e a Poesia’, pelaturma de teatro 7ºD da EBS do Vale do Âncora, e com a poesia dramatizada ‘Poesias do Mar’, pela turma de teatro 7ºA da EBS Sidónio Pais (orientação Prof. Fernando Borlido). Pela biblioteca vão passar todos os alunos dos 1º e 2º ciclos do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais. O transporte será assegurado pelo Município de Caminha.

Os dias vão ser marcados pela apresentação ou lançamento de livros. No primeiro dia, vai ser apresentado o livro "Segredos do jardim da casa grande de barras amarelas", de Raquel Ramos.Na sexta-feira, dia 26, vai ser apresentado o livro de poesia ‘Pétalas de vida’, da poetiza Isabel Marouço. No último dia, decorrerá o lançamento do livro com CD musical ‘Basta Imaginar’, de João Lóio, com ilustrações de Maria João Castro.

O Cinema estará também presente neste programa com a exibição da curta metragem ‘Desesperadamente à procura de um filme 2017’, realizada num Workshop de Cinema, pelos alunos do Ensino Secundário do Agrupamento de Escolas Sidónio Pais, seguida da exibição do filme ‘Cartas da Guerra’ com Miguel Nunes e Margarida Vila-Nova nos principais papéis, realizado por Ivo Ferreira.

Esta I Festa do livro vai encerrar ao som do Coro da Academia de Música Fernandes Fão.

ARTESÃOS DO MINHO PARTICIPAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

A 30ª Edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA) Lisboa 2017 arranca já no próximo dia 24 de Junho, nos pavilhões da FIL, em Lisboa. O certame prolonga-se até ao dia 2 de Julho. Trata-se da maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa. A iniciativa é organizada pela Fundação AIP e conta com o apoio do IEFP.

17862667_1545018588844676_3543821657668317681_n.jpg

Ao longo da sua história, este evento tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico.

A Feira Internacional de Artesanato assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 30 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

Em destaque, estarão áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros. Contará ainda com a Semana da Gastronomia Tradicional.

FIA2016 033 (2).JPG

A edição do ano anterior contou com um vasto programa que incluiu exposições temáticas, prémios e concursos, ateliês, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA trouxe à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural.

FIA2016 037 (1).JPG

TERRAS DE BOURO ASSINALA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA E DO AMBIENTE

O Município de Terras de Bouro em parceria com o Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, a Unidade de Cuidados Continuados na Comunidade de Terras de Bouro, os Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, a GNR, o Núcleo Rio Homem e contando ainda com o apoio das empresas BRAVAL, SUMA e Águas do Fastio, assinalará o Dia Mundial da Criança (1 de Junho) e, simultaneamente, o Dia Mundial do Ambiente (5 de Junho).

dia mundial da criança-01

No recinto localizado junto à Piscina Municipal decorrerão, ao longo de todo o dia, ateliers pedagógicos e dramáticos, ações de sensibilização, destacando-se ainda os insufláveis e a “hora do conto”. No final, acontecerá uma fantástica largada de cerca de 500 balões biodegradáveis que contêm no seu interior uma semente lá colocada pelas crianças.

MADEIRA DANÇA O BAILINHO NO FOLKLOURES'17

O Grupo de Danças e Cantares da Madeira vai no próximo dia 1 de Julho participar no FolkLoures’17 – Encontro de Culturas, uma grandiosa iniciativa de cariz tradicional organizada pelo Grupo Folclórico Verde Minho em colaboração com a Câmara Municipal de Loures, a ter lugar por ocasião das festas do concelho de Loures. Trata-se de um evento que privilegia o folclore da região saloia e ainda de todo o país e das comunidades que constituem actualmente o mosaico social e cultural da região, contribuindo para a inclusão e a promoção da paz entre os povos através do encontro das suas culturas tradicionais.

15669943_kl80v (1).jpeg

Constituído há mais de três décadas por madeirenses radicados na região de Lisboa, este grupo folclórico está sediado no vizinho concelho da Amadora e é o único que no continente representa os usos e costumes tradicionais das gentes do Arquipélago da Madeira, actualmente constituída como Região Autónoma.

Além do Grupo de Danças e Cantares da Madeira, a edição deste ano do FolkLoures vai contar com a participação do Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba – Alentejo, do Grupo Folclórico O Cancioneiro de Ovar – Beira Litoral e ainda com representações da Estremadura, Brasil e Moldávia que divulgaremos oportunamente, para além do anfitrião Grupo Folclórico Verde Minho.

Cartaz2017Novo.jpg

CRAV TERMINA ÉPOCA EM ÉVORA

O CRAV deslocou-se até ao Alentejo, no passado dia 20 de maio, para disputar a meia-final do campeonato frente ao Évora. Esta foi uma despedida amarga para o CRAV que perdeu o jogo por 0-66.

equipacrav

Foi um jogo sem grande história, onde os arcuenses não conseguiram reagir a um mau começo de jogo, em que os alentejanos se colocaram, cedo, na frente do marcador devido a erros defensivos da equipa visitante. Aos 20 minutos de jogo o CRAV perdia por 19-0. Durante esse período os minhotos tiveram largos minutos no meio campo alentejano e tiveram pelo menos duas oportunidades para marcar ensaios, uma numa formação ordenada a 5 metros da linha de ensaio e outra numa jogada coletiva. Mas quem obteve pontos em todas as visitas ao meio campo adversário foi o Évora.

Num dia excecionalmente quente em Évora, que afetou mais claramente os minhotos, o CRAV não teve a força coletiva, anímica e física, para conseguir dar a volta ao jogo. Na segunda parte o CRAV não existiu e o Évora castigou, chegando a números que, apesar de não refletirem a real diferença de potencial entre as duas equipas, refletem perfeitamente o que se passou no jogo.

A equipa técnica do coletivo arcuense alega que “este jogo foi o reflexo de uma época em que o CRAV, apesar de ter andado pelos primeiros lugares e se ter apurado para as meias finais, deixou ficar sempre a sensação de que poderia e deveria ter feito algo mais, nomeadamente na obtenção de um lugar classificativo que lhe permitisse jogar em casa este jogo decisivo”.

Agora, finda a temporada de XV é altura de analisar o que foi feito, reorganizar, corrigir eventuais erros e começar a pensar na próxima época. “Muito obrigado a todos, atletas, diretores, sócios e patrocinadores pelo apoio durante estes meses”, rematam os técnicos do CRAV.

SUB-14 DO CRAV MARCARAM PRESENÇA EM MAIS UM CONVÍVIO REGIONAL

Decorreu no Campo do INATEL, no Porto, no dia 20 maio 2017, o 2º Convívio Regional de Rugby de 13 no escalão de Sub-14.

sub 14 porto 1

Estiveram presentes 5 equipas de 6 clubes da ARN: CRAV, CDUP, Sport, Braga e ER Porto/GRUFC.

Estes convívios têm sido um sucesso, com um crescente aumento de clubes e atletas participantes, bem como uma melhoria na qualidade dos jogos.

sub 14 Porto

MONÇÃO PROMOVE CONFERÊNCIA SOBRE O SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DOS MILAGRES

Conferência de Ernesto Português decorre no dia 26 de maio, sexta-feira, pelas 21h30, no Arquivo Municipal de Monção.

O Arquivo Municipal de Monção recebe no dia 26 de maio, sexta-feira, pelas 21h30, uma conferência sobre o “Santuário de Nossa Senhora dos Milagres, em Cambeses”, da autoria de Ernesto Português, licenciado em história e autor de diversas publicações sobre temas variados de Monção.

Santuário (Large)

Com estilo maneirista, o santuário foi mandado construir nos finais do século XVI em resultado do cumprimento de uma promessa de Francisco Pereira de Castro, senhor da Quinta do Sopegal. No exterior, a fachada revela uma cuidada decoração escultórica de feição clássica.

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PEDE A ATENÇÃO DO GOVERNO PARA A SAÚDE NO CONCELHO

Presente da cerimónia a vereadora da Saúde da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Sofia Fernandes,  aproveitou a presença do Secretário de Estado para chamar a atenção da Administração Central da Saúde para as carências no território ao nível da saúde.

“Nos últimos anos foram encerradas em Vila Nova de Famalicão três extensões de saúde e diminuídos os serviços médicos em outras. Mais recentemente, por decisão da Administração Regional, os serviços médicos que eram disponibilizados aos jovens na Casa de Juventude foram retirados”, realçou a vereadora, salientando que“são equipamentos e serviços muitos importantes, que fazem falta às pessoas”. E acrescentou: “Precisamos de mais médicos, e isso só se resolve com a intervenção dos serviços centrais e regionais de saúde”.

DSC_4854

Sofia Fernandes lembrou ainda que Famalicão foi “dos primeiros municípios do país a manifestar publicamente a disponibilidade para assumir competências na área da saúde, nomeadamente ao nível da gestão dos equipamentos e do pessoal administrativo.”

Neste âmbito, o secretário de estado disse que o governo está empenhado em conseguir do ponto de vista legal, meios, fundos e medidas para delegar, acompanhados dos apoios necessários, no poder local diversas competências.

“As autarquias estão mais próximas das pessoas e conseguirão em muitas áreas uma gestão mais efetiva e dar uma resposta com mais qualidade aos cidadãos”referiu.

DSC_4962

GOVERNO QUER REPLICAR NO PAÍS EXEMPLO DE RIBA DE AVE

Hospital Narciso Ferreira vai ter centro de apoio à demência pioneiro e de referência pronto em 2019

Já está no terreno a construção do novo Centro de Investigação, Diagnóstico, Formação e Acompanhamento à Demência (CIDFAD) da Santa Casa da Misericórdia de Riba de Ave,“uma estrutura de saúde com condições únicas no país, inovadora e serviços de excelência”. Isso mesmo salientou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, que presidiu, sábado, à cerimónia de lançamento da primeira pedra. Para o responsável governamental “este será seguramente um projeto de referência a nível nacional que enquadra várias vertentes não só assistencial que é importante e faltam-nos respostas nesta área no país, mas também a vertente de investigação e de formação”. O secretário de Estado foi ainda mais longe ao afirmar que  “queremos muito acompanhar este projeto, queremos tirar daqui resultados para depois poder replicar noutros pontos do país. Portanto, será uma experiência-piloto e um local de excelência para testar novos conceitos”, referiu.

DSC_4846

A estrutura que resulta de um protocolo celebrado, com o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto, testará novos pareceres de tratamento de demências e apoio a cuidadores e familiares.

Reconhecendo que faltam respostas nesta área a nível nacional, Fernando Araújo adiantou que o Governo está também a ultimar a estratégia nacional para a área das demências, que deverá ser pública em junho, seguindo-se a discussão pública. “A demência traz problemas e novas exigências, não há soluções simples, mas queremos encontrar boas soluções para dar respostas de qualidade às pessoas e familiares”, acrescentou.

O responsável avançou ainda que com o envelhecimento da população, aumenta o número de pessoas com demências em Portugal, o que tem custos elevadíssimos para o país.

Localizado num terreno com 44 mil metros quadrados, anexo às atuais instalações da instituição, a estrutura deverá ficar concluída no início de 2019, implicando um investimento superior a 8,5 milhões de euros.

Este Centro será, assim, um equipamento multipolar, com investigação e estudo, formação e diagnóstico, unidade de alojamento temporário, internamento e tratamentos paliativos, e uma unidade de dia e apoio domiciliário. “Vai aliar a investigação à formação de profissionais de saúde e cuidadores informais, com estadia para pessoas com demência, permitindo o descanso também aos cuidadores e familiares, além de acompanhamento e supervisão ajustados aos doentes” explicou o provedora da Santa Casa da Misericórdia Fernando Guedes.

De destacar ainda que com a abertura desta estrutura serão criados 120 postos de trabalho diretos, em áreas como a psicologia, a assistência social, a enfermagem, fisioterapia, entre outras.

MONÇÃO REALIZA 7ª FEIRA DO VINHO TINTO EM TANGIL

Com organização da Casa do Povo de Tangil, certame gastronómico decorre no próximo fim de semana, dias 27 e 28 de maio, com apresentação de produtos locais e animação musical. Programa engloba ainda Raid Rota da Pedra Solta, provas de vinho e entronização de novos confrades da Real Confraria do Vinho Verde Tinto.

cartazmonççça (2)

Tangil, freguesia de montanha do concelho de Monção, promove no próximo fim de semana, dias 27 e 28 de maio, a 7ª Feira do Vinho Tinto. Além de expositores dispersos pelo espaço exterior da Casa do Povo de Tangil, entidade organizadora, o certame apresenta produtos locais, como presunto, chouriça ou broa, e um programa diversificado com animação musical e provas de vinho.

No primeiro dia, sábado, após a sessão de abertura, marcada para as 15h00, decorre a atuação dos grupos de bombos “Amigos do Bombinho de Fontoura”, de Valença, e “Bombásticos de Segude”, de Monção, seguindo-se as concertinas dos “Amigos de Sá”, de Arcos de Valdevez, e “Os Magníficos”, de Monção. 

A partir das 17h00, realizam-se as provas de vinhos, demonstração de zumba, nova atuação dos grupos de concertinas, e entrada da “Charanga Salceda”, da Galiza. Com início às 23h00, verbena com o grupo “Roconorte”. Neste dia, está igualmente previsto, a partir das 08h00, a realização do Raid Rota da Pedra Solta pelos principais lugares das freguesias do Vale do Mouro.

No domingo, o certame abre às 10h30, prevendo-se, pelas 11h00, a cerimónia de entronização de novos confrades da Real Confraria do Vinho Verde Tinto e, pelas 12h00, degustação de vinhos verdes tintos. A parte de tarde abre ao som dos “Gaiteiros Rio Mouro” da Gave, Melgaço, continuando com tarde folclórica com agrupamentos de Longos Vales, Merufe e Moreira. Antes da sessão de encerramento, marcada para as 20h00, decorre a entrega de prémios aos melhores vinhos.

Com este certame, a organização procura a divulgação dos produtos locais, a criação de um fim de semana animado para os residentes e visitantes e a valorização de um espaço de montanha com património secular e paisagens naturais admiráveis e relaxantes. 

cartazmonççça (1)

FAFE ENTREGA PRÉMIOS DE CONCURSO DE POESIA

Entrega dos prémios do II Concurso Concelhio de Poesia "Poeta em Mim"

Decorreu, esta tarde, a entrega dos prémios do II Concurso Concelhio de Poesia "Poeta em Mim".

DSA_6700A

Com o intuito de promover o gosto pela poesia e a descoberta de novos talentos, a Rede Bibliotecas de Fafe (RBF), promoveu, nas escolas, o Concurso de poesia 'O Poeta em Mim.'

Pompeu Martins, Vereador da Educação, revelou que "esta iniciativa procura promover o gosto pela poesia e estimular a produção de textos originais.

É importante potenciar a criatividade e o espírito crítico, juntos dos mais novos."

A sessão de entrega de prémios contou com a atuação do Grupo Azul Diferente, da CERCIFAF. 

O Município de Fafe felicita todos os participantes.

DSA_6723A

ND5_2904A

BRAGA PROMOVE PRODUTOS REGIONAIS

‘Portugal Sou Eu’ passou por Braga para promover produtos nacionais

O tour ‘Portugal Sou Eu’ esteve em Braga esta Segunda-feira, 22 de Maio, para promover os benefícios da comercialização dos produtos com selo de qualidade nacional. Ao realizar um périplo por 16 cidades portuguesas, esta iniciativa pretende dar a conhecer os produtos de diversas empresas aderentes ao programa ‘Portugal Sou Eu’ e sensibilizar os consumidores para o enorme impacto que escolha dos produtos nacionais tem na economia portuguesa.

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007057

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esta iniciativa de valorização da oferta nacional “tem o condão de consciencializar os cidadãos para o consumo dos produtos nacionais, algo que é fundamental para o desenvolvimento do país e do tecido económico”.

Depois de Santarém, Leiria, Coimbra, Aveiro, Guarda e Castelo Branco, o tour ‘Portugal Sou Eu’ instalou-se em Braga, em plena Avenida Central, onde vários fabricantes da Região tiveram oportunidade de mostrar os seus produtos, promovendo-os junto dos consumidores.

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007060

Segundo Ricardo Rio, o Município de Braga, em articulação com a InvestBraga, “tem procurado valorizar as empresas que a nível internacional projectam a imagem da Cidade e da Região e que podem servir de cartão-de-visita para que outros potenciais empresários encontrem aqui oportunidades de negócio”.

O “espírito” do ‘Portugal Sou Eu’ foi, também, um aspecto enaltecido pelo Autarca Bracarense que vê nesta iniciativa “uma forma de potenciar os serviços e produtos de valor acrescentado com reconhecimento internacional e com isso abrir novas portas e novos mercados para que outras empresas possam seguir o caminho da internacionalização”, referiu Ricardo Rio, manifestando toda a disponibilidade do Município de Braga em colaborar de perto com as empresas da Região, sensibilizando-as para a importância da adesão ao projecto ‘Portugal Sou Eu’.

O tour ‘Portugal Sou Eu’, integrado na segunda edição da Semana da Economia de Braga, evento que decorre até à próxima Sexta-feira, 26 de Maio, na qual a InvestBraga assinala três anos de actividade, contou, ainda, com a parceria da Adere-Minho e com a presença dos produtos nacionais certificados pela associação.

Recorde-se que o selo ‘Portugal Sou Eu’ é atribuído aos produtos e serviços com base em critérios de incorporação nacional, marcas e patentes, emprego nacional e valor acrescentado nacional da empresa. O programa valoriza, através do selo, a produção nacional de produtos, serviços e artesanato.

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007050

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007053

FAMALICÃO CELEBRA A FAMÍLIA

O “Mês da Família” teve este domingo, 21 de maio, o seu ponto alto, com a realização do grande concerto comemorativo do Dia Internacional da Família.  

Famalicão celebrou a Família (1)

O momento musical lotou a Praça D. Maria II, que ontem foi o local escolhido pelas famílias famalicenses para desfrutarem de um domingo de sol e muito calor.

Das cerca de uma de dezena de músicas interpretadas pelos 300 jovens da orquestra de cordas e sopros e do grande coro da ArtEduca, destaque para o Hino da Família, entoado bem alto por todos os presentes.

Recorde-se que a iniciativa foi promovida pela Câmara Municipal em colaboração com a ArtEduca – Conservatório de Música de Famalicão e teve como objetivo principal celebrar o Dia Internacional da Família envolvendo toda a comunidade na promoção dos valores de união, amor, respeito, solidariedade e diversidade.

Famalicão celebrou a Família (2)

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE FAMALICÃO LANÇA CARTÃO FAMÍLIA

Cartão dá condições especiais no serviço de empréstimo de livros, filmes e CDs de música

As famílias famalicenses que frequentam a Bebéteca, o espaço de “leitura” para bebés da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, vão ter a oportunidade de levar para casa uma minibiblioteca durante um mês e assim diversificar as histórias que embalam os mais pequenos.

Cartão Família (1)

Tudo graças ao Cartão Família, o novo cartão de leitor municipal da biblioteca famalicense, que vem dar às famílias de leitores condições especiais no serviço de empréstimo domiciliário, como a possibilidade de aumentar de 5 para 30 o número de documentos (livros, filmes e CDs de música) que podem levar para casa e de aumentar de 15 para 30 os dias de empréstimo.  

A entrega dos primeiros cartões decorreu no passado sábado, dia 20, numa cerimónia que decorreu na Biblioteca Municipal, inserida nas comemorações do Mês da Família, com a presença da vereadora da Família da autarquia, Sofia Fernandes, e do vereador da Educação e Conhecimento, Leonel Rocha.

Dar condições às famílias para que possam planear a ocupação dos seus tempos livres em família na companhia dos livros e para que também elas sejam promotoras e dinamizadoras do gosto pela leitura são os principais objetivos desta cartão que, refira-se, tem o custo anual de 1 euro por agregado familiar.

As condições de obtenção do Cartão Família podem ser consultadas no site da Biblioteca Municipal, em www.bibliotecacamilocastelobranco.org.

Cartão Família (2)

VIZELENSES QUEREM DESPOLUIR RIO VIZELA

Sessão pública de apresentação do Plano de Ação de Despoluição do Rio Vizela

No próximo dia 26 de maio terá lugar a sessão pública de apresentação do Plano de Ação de Despoluição do Rio Vizela, que será presidida pelo Ministro do Ambiente, Eng.º João Pedro Matos Fernandes.

A apresentação do Plano estará a cargo da Agência Portuguesa do Ambiente /ARH do Norte e terá lugar na próxima sexta-feira, dia 26 de maio, pelas 16.00h, no Auditório Luís Lopes Guimarães.

CABECEIRAS DE BASTO ENTRA NO RITMO DO WRC VODAFONE RALLY DE PORTUGAL

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto felicita o campeão e a dupla Cabeceirense

Cabeceiras de Basto entrou em grande no WRC Vodafone Rally de Portugal. Depois de muitos anos de ausência, Cabeceiras de Basto voltou a receber o maior espetáculo do desporto automóvel e os resultados são francamente positivos e gratificantes. Os Cabeceirenses entraram com o ‘pé direito’ no ritmo deste WRC Vodafone Rally de Portugal 2017 que contou com a participação do piloto Hélder Miranda e do navegador Rui Teixeira, dupla de Cabeceiras de Basto que fez furor na prova a contar para o Campeonato Nacional de Ralis. O piloto francês Sébastien Ogier foi o grande vencedor do WRC Vodafone Rally de Portugal.

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto apoia o Rally de Portugal

De salientar que a realização da prova em Cabeceiras de Basto foi possível graças às diligências que a Câmara Municipal fez junto do Automóvel Clube de Portugal (ACP) e da avaliação que os seus responsáveis fizeram em Cabeceiras de Basto das boas condições para a realização de um troço que foi sobejamente elogiado pelos pilotos nacionais mas também pelos pilotos internacionais que estiveram pela primeira vez no troço de Cabeceiras e Basto.

Ott Tanak foi o vencedor da primeira etapa da classificativa de Cabeceiras de Basto (SS 11 – Cabeceiras de Basto 1) e Sébastien Ogier o primeiro classificado da segunda etapa (SS 14 – Cabeceiras de Basto 2), este último o piloto que se viria a sagrar-se Campeão do WRC Vodafone Rally de Portugal, o que acontece pela primeira vez no norte do país mas pela quinta vez em território nacional.

O Cabeceirense Hélder Miranda chegou ao final com uma boa prestação, alcançando o 40º lugar no WRC, tendo sido considerado o melhor português em 2 rodas motrizes. A dupla Cabeceirense classificou-se em 3º lugar no WRC3 RC4, em 6º lugar no CNR e em 2º lugar no CNR RC4.

Ao volante de um Citroen C2 R2 Max, 190 cv, o piloto Hélder Miranda e o navegador Rui Teixeira fizeram, assim, a sua estreia no Rally de Portugal com duas passagens por Cabeceiras de Basto, um troço com 22,3 km considerado por muitos uma classificativa de grande “acessibilidade, espetacularidade e visibilidade”.

As potentes ‘máquinas’ e os melhores pilotos do mundo percorreram, assim, as estradas da Serra da Cabreira, entre as freguesias de Bucos e de Cabeceiras de Basto, deixando elogios ao troço e às condições que encontraram em Cabeceiras de Basto.

A Câmara Municipal congratula-se e orgulha-se por ter acolhido a maior prova do automobilismo português que trouxe muitos milhares de aficionados do desporto automóvel ao troço de Cabeceiras de Basto. A Câmara Municipal felicita o grande vencedor do Rally 2017, Sébastien Ogier, e a dupla Cabeceirense Hélder Miranda e Rui Teixeira pela sua magnífica prestação, conseguida com muito empenho, trabalho e dedicação, o que lhes permitiu alcançar resultados muito positivos, marcando o nome de Cabeceiras de Basto no trilho do Rally de Portugal.

A Câmara Municipal deixa também o seu agradecimento o todos os que estiveram envolvidos na organização deste evento maior do automobilismo português, em especial ao ACP que confiou na autarquia e na sua capacidade de cooperar com a organização na concretização desta exigente prova internacional.

Por último, a Câmara Municipal deixa um reconhecimento público e um louvor a todos os que marcaram presença ao longo da classificativa pelo enorme civismo que demonstraram no cumprimento das regras de segurança e das regras ambientais que uma prova deste tipo sempre impõe. Na verdade, as Zonas Espetáculo foram dotadas de instalações sanitárias e ecopontos que melhoraram as condições e deram mais conforto a todos os espetadores.

Emoção, espetáculo, destreza e muita adrenalina marcaram, desta forma, o regresso do Rally a Cabeceiras de Basto neste WRC Vodafone Rally de Portugal, onde se viveu um “ambiente único”, palavras do campeão Sébastien Ogier.

Hélder Miranda e Rui Teixeira - dupla Cabeceirense

VIZELENSES CAMINHAM PELO TRILHO DE S. BENTO

Caminhada “Trilho de S. Bento” encerra ‘Maio, mês do coração 2017’

A Câmara Municipal de Vizela promove no próximo domingo, dia 28 maio, a Caminhada “Trilho de S. Bento”, inserida na atividade ‘Maio, Mês do Coração’.

Beating-Heart-Graphics

A concentração terá lugar no Espaço Multiusos, a partir das 09.00h, num percurso de cerca de 13 km, de dificuldade média/alta.

A primeira atividade teve lugar no dia 14 de maio, o Passeio de Cicloturismo - Vizela - Sra. Graça, promovido pela associação Os Vizelenses.

No passado sábado, dia 20 de maio, realizou-se a atividade GIM em Festa Vizela, organizado pelo Gabinete Local do Desporto Escolar de Braga, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Infias - Vizela, e teve lugar na Praça do Município.

O principal objetivo da iniciativa ‘Mês do Coração’ é promover a atividade física e o bem-estar da população, seja qual for a idade ou sexo. Consciencializar a população para a importância das atividades físicas para o coração é outro dos motes da iniciativa.

MELGAÇO FESTEJA EM HONRA DA SENHORA DA ORADA

Melgaço honra por estes dias a Nossa Senhora da Orada, madrinha dos Bombeiros melgacenses. Até quinta-feira, 25 de maio, Feriado Municipal, é possível ouvir-se música ambiente nas ruas do Município Mais a Norte de Portugal e assistir-se a atos solenes em honra da padroeira.

FESTAS EM HONRA DA SENHORA DA ORADA

Programa

22 a 24 de maio

08h00 – Ladainhas

Música ambiente na rua – Rádio Voz do Gadanha

24 de maio

21h30 – Procissão de velas com o desfile dos B. V. de Melgaço

22h30 – Atuação musical Orquestra PARALELOS

00h00 – Queimada Galega

25 de maio

09h00 – Hastear de Bandeira com a formatura dos B. V. de Melgaço

11h00 – Missão Solene | Igreja Matriz | Cantada

Grupo coral CANTO JOVEM

Guarda de Honra dos B. V. de Melgaço

15h00 – Provas de Vinho Alvarinho no Solar do Alvarinho

17h00 – Procissão (Regresso da Santa à Capela da Nossa Senhora da Orada)

Desfile e Guarda de Honra dos B. V. de Melgaço

Encerramento das Festividades

As festividades são uma organização da Associação dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e da Câmara Municipal de Melgaço.

VIANA DO CASTELO REALIZA ENCONTROS VÍNICOS

A Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Ordem dos Engenheiros da Região Norte, nos dias 26 e 27 de maio, promovem, no âmbito dos VII Encontros Vínicos do Vinho Verde, várias iniciativas, designadamente:

  1. a)      Seminário dos VII Encontros Vínicos – 26 de Maio

Local e hora: Biblioteca Municipal de Viana do Castelo (Auditório Couto Viana), às 9h00

Inscrição gratuita, mas obrigatória.

  1. b)     Jantar de Gala - 26 de Maio

Local e hora: Hotel FeelViana , às 20h00

Limite de inscrições: 45 participantes

Valor da inscrição: 27,00 €

  1. c)      Visita guiada a quintas da região (Casa da Reina + Solar de Louredo) com degustação e almoço volante – 27 de Maio

        Ponto de encontro e hora: Tenda de Mostra de Produtores (Praça da República), entre as 10h30 e as 10h45

        Limite de inscrições: 50 participantes

        Valor da inscrição: 15,00 €

  1. d)     Curso de Iniciação à Prova de Vinhos “À descoberta do Vinho”, com Eng.º Abel Codesso – 27 de maio
    Local e hora: Piso 1 dos Antigos Paços do Concelho, início às 16h00

Limite de inscrições: 20 participantes

Inscrição gratuita, mas obrigatória.

A inscrição para as iniciativas b) e c) deverá ser efetuada, respetivamente, até aos dias 25 de maio e 26 de Maio, às 16h00, para o e-mail: sturismo@cm-viana-castelo.pt ou telefone: 258 809 350 (indicar nome, Nº Cartão de Cidadão, NIF, concelho de residência e contacto telefónico). O pagamento para o evento da alínea b) terá que ser efetuado no dia 26 de Maio, contra o levantamento de um voucher de inscrição, entre as 09h00 e 12h30, na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo e o pagamento para o evento da alínea c) deve ser feito entre as 10h30 e as 10h45 do dia 27 de Maio, na Tenda existente na Praça da República (local de Mostra de Produtores e de convite à degustação), contra o levantamento de voucher de inscrição. A inscrição nas iniciativas a) e d), deverá ser efetuada previamente através do portal http://www.oern.pt ou no local de realização.

Mais informações em: http://www.oern.pt/noticia.php?id=1392

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES RECEBE CAMPEÃS DO VITÓRIA NOS PAÇOS DO CONCELHO

ESTA QUARTA-FEIRA, 24 DE MAIO (18H30)

Campeãs do Vitória da 1ª Divisão Feminina de Basquetebol recebidas na Câmara de Guimarães

Homenagem pública realiza-se ao final da tarde desta quarta-feira, 24 de maio. Na próxima época, Guimarães estará presente com equipas masculinas e femininas nos principais escalões do basquetebol nacional.

Basquetebol_Vitoria_Feminino

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, vai receber no Salão Nobre dos Paços do Concelho, esta quarta-feira, 24 de maio, às 18:30 horas, a equipa feminina de basquetebol do Vitória, que se sagrou Campeã Nacional da 1ª Divisão da modalidade, ao derrotar o Guifões Sport Clube (54-60), na final disputada este fim de semana no Pavilhão Desportivo da Gafanha da Nazaré.

Com este triunfo, o Vitória ascende à Liga de Basquetebol Feminino, que integra as melhores equipas nacionais. Treinada por Carlos Fechas, com uma equipa formada por jovens da formação vitoriana, o Vitória disputou inicialmente a fase regular do seu campeonato com 12 equipas, tendo-se classificado em 8º lugar, última vaga para os playoffs, ficando apurada para disputar o playoff com o 1º classificado, o Algés.

O percurso da equipa vitoriana é considerado inédito, dado ter alcançado triunfos em todos os playoffs finais, vencendo equipas que se lhe tinham superiorizado na fase regular. Com esta vitória, Guimarães estará presente na próxima época no primeiro patamar do basquetebol nacional, em equipas masculinas e femininas.

JOVENS DE FAFE FREQUENTAM EM COIMBRA UNIVERSIDADE DE VERÃO

Universidade de Verão – Coimbra 2017.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, recebeu, esta tarde, os 12 alunos do 10º e 11º anos que vão poder participar na Universidade de Verão, da Universidade de Coimbra.

DSA_6711A

O Município de Fafe atribuiu Bolsas de Mérito a estes alunos que vão poder, de 16 a 21 de Julho 2017, experienciar uma série de atividades pedagógicas/cientificas em diversas áreas do saber e atividades culturais e desportivas, promovendo uma interligação com a cidade de Coimbra.

A inscrição, suportada pelo Município de Fafe, inclui todas as atividades a desenvolver, transportes durante todo o período de realização do evento na cidade de Coimbra, serviço de refeições e alojamento numa residência universitária.

O autarca aproveitou para relevar que “esta é uma excelente oportunidade para experimentar aquilo que poderão viver, quando ingressarem no Ensino Superior.

Coimbra é uma cidade com muita tradição académica e estou certo que de serão muito bem recebidos e será uma experiência inesquecível.

Esta bolsa que o Município de Fafe atribui é também uma forma de reconhecer o vosso mérito académico nos últimos anos.

Espero que desfrutem de uma boa experiência e, acima de tudo, que vos seja muito útil no futuro.”

DSA_6716A

DSA_6717A

GERÊS JÁ TEM LOGOMARCA

A associação Gerês Viver Turismo - Associação de Defesa e Promoção do Gerês, vai levar a efeito uma acção de apresentação da logomarca Gerês, no dia 25 de Maio de 2017 às 15:00. O local escolhido para o efeito foi o Porto Welcome Center, junto à estação de S. Bento, pertença da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte.

Trilhos Pedestres

A logomarca Gerês é uma representação gráfica, simbólica, da paixão pela montanha e pela natureza, criada com o objectivo de ser facilitadora na comunicação de tão conhecido destino turístico, parte constituinte do Parque Nacional da Peneda-Gerês. A logomarca Gerês destina-se ainda a identificar as actividades desenvolvidas pela associação Gerês Viver Turismo. Uma logomarca que pretende ser relevante a nível, local, regional, nacional e internacional.

VIZELENSE LUÍS LOPES É FINALISTA DE VIZELA DA 2ª EDIÇÃO DO CONCURSO INTERMUNICIPAL CHEF IN.AVE

Luís Lopes, aluno da turma 11.ºF do curso técnico de restaurante, na variante mesa/bar, será o finalista de Vizela na 2.ª edição do Concurso Intermunicipal CHEF IN.AVE, a realizar na próxima quinta-feira, dia 25 de maio, no IDEGUI – Instituto de Design de Guimarães.

Chefe In Ave 2017

De relembrar que o Concurso CHEF IN.AVE é organizado pela Comunidade Intermunicipal do Ave, pelos municípios de Vizela, Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Vieira do Minho, e respetivas escolas candidatas ao troféu cozinheiro/pasteleiro IN.AVE e ao troféu barman/restaurante IN.AVE.

A edição deste ano do concurso Chef IN. AVE tem como tema “O Minho: Memórias Revisitadas” e visa sensibilizar e motivar os jovens para as práticas empreendedoras, promovendo o espírito de iniciativa e o dinamismo nos concelhos envolvidos e o desenvolvimento de toda a Região do Ave.

É também objetivo do Chef IN. AVE avaliar e premiar o conhecimento e desempenho dos participantes, assim como promover a valorização dos cursos de formação profissional de nível IV na área de Hotelaria, no âmbito das Escolas Empreendedoras IN.AVE.

FAMALICÃO REABILITA PALÁCIO DA IGREJA VELHA

Telhabel adquiriu, reabilitou e deu vida a este património do século XIX. O novo Palácio da Igreja Velha deslumbra

No roteiro do património histórico e da arquitetura nacional, mas também do design, há mais “hotspot” para acrescentar. É o Palácio da Igreja Velha, em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, que acaba de ser totalmente intervencionado, com projeto de arquitetura já premiado e pela mestria da Telhabel, grupo de construção civil famalicense.

AFS_8400

O renascimento do Palácio da Igreja Velha começou a escrever-se em 2012 quando a Telhabel adquiriu este singular património histórico, então degradado e com futuro incerto, para o recuperar e reabilitar. Terminada a intervenção, o resultado final, apreciado esta manhã pelo Presidente da Câmara Municipal numa visita a pretexto do roteiro Famalicão Made IN, representou um investimento de 5 milhões de euros.

Aliás, o Palácio da Igreja Velha é para Paulo Cunha, “talvez, um dos melhores exemplos no concelho de investimento privado com interesse de utilidade pública”.

Esta imponente construção, edificada em 1881 ao estilo barroco, com duas torres acasteladas e uma capela de estilo neogótico, dedicada a S. Francisco de Assis, está agora salvaguardada e valorizada, vocacionando-se para a realização de eventos e para hospedar quem neles participa.

AFS_8453

Recentemente o Palácio da Igreja Velha foi motivo de notícias positivas em Portugal e no mundo. A sua extensão venceu o conceito prémio da Architizer, plataforma online de arquitetura que reúne trabalhos de mais de 40 mil empresas de arquitetura do mundo, num projeto assinado por três arquitetos, entre os quais o famalicense Nuno Poiarez, do gabinete Visioarq.

A intervenção consistiu na ampliação de um palácio com elementos barrocos e neogóticos, respeitando o protagonismo, a essência e o ADN do espaço. “O desafio era fazê-lo sem disrupção visual no conjunto histórico. E, atendendo à peça modernista que tínhamos que integrar, revelou-se um grande desafio”, explicou Nuno Poiarez, acompanhado pelo responsável da Telhabel, Fernando Gonçalves, referindo que a resposta foi encontrada na recriação dos espigueiros, construção tradicional da região do Minho.

AFS_8455

Com quatro elementos construtivos – aço, vidro, pedra e madeira –, o novo volume foi executado em dez meses, mantendo a harmonia cromática e volumétrica do espaço, e, segundo Poiarez, “é uma obra de engenharia muito complexa”. O desenho “nasceu de um olhar metálico para o espigueiro do século XXI, que parece levitar com a sua fina pele em aço [cobertura com apenas 1,5 centímetros de espessura] sobre uma base de pedra e vidro”, explicou.

Fantástica e deslumbrante. São os qualitativos que Paulo Cunha emprega para descrever a intervenção no Palácio da Igreja Velha. “Não me canso de elogiar a atitude da Telhabel, que concretizou a intervenção da melhor forma possível para proteger e valorizar este património e deixar um legado histórico ao concelho. Muitas gerações de famalicenses, estou certo, vão reconhecer o trabalho que aqui foi realizado”, disse, salientando: “A Câmara Municipal sempre foi parte interessada neste processo e fez o que tinha que fazer para que ele fosse bem-sucedido. Ficamos muito satisfeitos quando soubemos que o grupo tinha adquirido este espaço, porque essa aquisição sinalizou que ia haver uma reconversão. A qualidade, a persistência e a relação muito forte da Telhabel com o nosso concelho são talvez as razões que mais pesaram para que tivéssemos chegado a este resultado.”

AFS_8501

PONTE DA BARCA ASSINALA CENTENÁRIOS DAS APARIÇÕES NO BARRAL

Exposição 'Centenários das Aparições no Barral: Histórias e Figuras' patente no átrio dos Paços do Concelho até ao dia 5 de junho

Procedeu-se hoje à abertura da exposição 'Centenários das Aparições no Barral: Histórias e Figuras', que vai estar patente até ao dia 5 de junho, no átrio dos Paços do Concelho. A mostra, coordenada por Luís Arezes, contempla, entre outros elementos, um conjunto de trabalhos artísticos elaborados pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca.

Pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h às 12:30h / 14h às 17:30h.

1barralpb (1)

1barralpb (2)

1barralpb (3)

1barralpb (4)

1barralpb (5)

1barralpb (6)

NUNO SÁ QUER CRIAR ROTEIRO DA CULTURA POPULAR EM VILA NOVA DE FAMALICÃO

Nuno Sá, candidato à presidência da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, defende a criação de um roteiro das festas populares do concelho de Vila Nova de Famalicão, com informação sempre atualizada.

Nuno Sá com a população1

O candidato do PS falava este domingo, 21 de maio, na freguesia de Delães, durante as festas de Nossa Senhora das Candeias, tendo participado nas cerimónias religiosas e contactado com a população. “Temos de honrar as tradições da cultura popular fornecendo informação atualizada sobre as festas que se realizam nas 49 comunidades do concelho de Vila Nova de Famalicão, assim como sobre as nossas tradições mais genuínas”, preconiza Nuno Sá, adiantando que “as festas populares e as tradições são elementos identitários fortes e fundamentais da comunidade famalicense e das suas freguesias, que têm de ser preservados e valorizados”.

Nuno Sá deu o exemplo da Festa de Nossa Senhora das Candeias, que não era realizada há dois anos e que agora foi retomada. “A Câmara Municipal pode assumir um papel ativo na promoção e divulgação da nossa cultura popular”, afirma Nuno Sá, considerando fundamental a existência de um roteiro, com informação rigorosa sobre os eventos e tradições famalicenses, no quadro de uma política de comunicação cultural e turística que tenha como estratégia o enriquecimento da população famalicense e a atração de turistas.

Nuno Sá esteve também na freguesia de Ruivães, onde participou na Feira do Associativismo, tendo terminado o domingo na Praça D. Maria II, onde assistiu a um concerto no âmbito do Dia Internacional da Família.

Nuno Sá em contactos com a população2

BARCELOS REGRESSA À IDADE MÉDIA COM TECNOLOGIA AVANÇADA

Barcelos Cidade Medieval este ano com uma aplicação para Android e IOS

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho

Barcelos regressa ao passado de 1 a 4 de junho e este ano está repleta de novidades: criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS; edição especial do programa Arqueologia à Noite; integração do Dia Mundial da Criança no evento com a participação de diversas escolas do concelho; e cerca de 1000 alunos em desfile pelas ruas da cidade vestidos a rigor. Este ano as expectativas estão mais elevadas e pretende-se bater todos os recordes a nível de visitantes.

Cidade Medieval

A IV edição de “Barcelos Cidade Medieval” está de volta ao centro histórico de Barcelos, de 1 a 4 de junho. Foi apresentado, hoje, em conferência de imprensa, o programa daquele que irá fazer parte certamente de um dos maiores eventos do ano.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “as nossas ações e parcerias que fazemos com as associações têm a ver com o objetivo de promover o Município de Barcelos, a nossa economia e, neste caso específico, a nossa zona histórica que é de uma beleza ímpar”. Miguel Costa Gomes sublinha que “Barcelos é uma cidade histórica com um casco antigo privilegiado. Várias são as cidades com iniciativas do género, mas nenhuma com um centro histórico tão rico e de beleza equiparável. Barcelos é uma cidade Medieval!”

Luís Miranda, presidente da Associação Burgo Divertido, apresentou o programa, destacando a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS.

Desde 2014 que o “Barcelos Cidade Medieval” tem crescido, quer no número de visitantes, quer no número de mercadores. Este ano, o evento contará com cerca de 100 artesãos, espalhados pelo recinto da feira, para além de figurantes e voluntários. Participam cerca de sete grupos de teatro locais e várias associações barcelenses, para além de grupos profissionais contratados.

O espaço aumenta, bem como a disposição. A praça da alimentação sai do antigo Largo dos Bombeiros e passa para o estacionamento ao fundo do Restaurante Turismo. O antigo Largo dos Bombeiros será palco da recriação histórica, bem como acampamento.

As novidades deste ano são a criação de uma aplicação móvel – Barcelos Cidade Medieval – disponível para Android e IOS, que visa dar todas as informações acerca do evento: conhecer um pouco da nossa história, aceder à programação completa bem como percorrer a galeria, de forma a estar o mais próximo possível dos visitantes; a edição especial do programa Arqueologia à Noite, uma iniciativa que pretende promover as potencialidades turísticas do concelho, na vertente cultural, paisagística e o turismo religioso que predominam no património construído e natural do concelho de Barcelos e que desta vez privilegia o centro histórico; e a integração do Dia Mundial da Criança no evento: visitas guiadas, oficinas, jogos tradicionais, hora do conto.

DESENCAMINHARTE - FESTIVAL DE ARTE PÚBLICA NO ALTO MINHO

Primeira edição decorre entre 1 e 4 de junho em dez espaços rurais e naturais da região, um em cada município, com coordenação de dez artistas distintos. Em Monção, a iniciativa decorre na Penha da Rainha, Abedim, com coordenação de Sofia Leitão, artista plástica, que propõe a instalação artística “Mnemosynite”. Nestes dias, estão ainda previstas oficinas de trabalho, percursos pedestres, animação cultural e mercado com produtos locais.

PR 01

Promovido pela CIM - Comunidade Intermunicipal de Alto Minho, o Festival de Arte Pública do Alto Minho “Desencaminharte”, que decorre em espaços rurais e naturais da região, realiza-se desde o nascer do sol do dia 1 de junho até ao pôr-do-sol do dia 4.

Nesta primeira edição, as intervenções tem lugar em dez locais, um em cada município, com coordenação de dez artistas distintos. Oobjetivo é promover a natureza e a beleza patrimonial específica de cada um dos dez municípios da região, aproximando as comunidades locais e os visitantes de um roteiro de descoberta alternativo, fora dos lugares comuns.

No caso de Monção, a iniciativa decorre na Penha da Rainha, Abedim, com coordenação de Sofia Leitão, artista plástica, que propõe a instalação artística “Mnemosynite”. Nestes dias, estão ainda previstas oficinas de trabalho, percursos pedestres, animação cultural e mercado com produtos locais.

Em Abedim, a paisagem geológica está intimamente ligada às suas lendas, existindo mesmo uma simbiose entre as duas, ou seja, pedras que assumem formas de animais e penedos que escondem tesouros. Estas lendas cristalizam-se na memória coletiva das pessoas que habitam nesta região através da tradição oral e de memórias que passam pelas gerações.

O projeto de Sofia Leitão consiste na colocação de um conjunto de peças de dimensões variáveis ao longo de um percurso similar aos elementos milenares distribuídos na paisagem. O material predominante será o espelho, o que permitirá que ao longo do dia a variação da luz do sol possibilite efeitos luminosos ao refletir nas peças que estarão colocadas em locais de difícil acesso.

Além desta instalação artística, que permanecerá no tempo, o “Desencaminharte” na Penha da Rainha, em Abedim, compreende ainda, no dia 3, atuação do Grupo de Danças e Cantares de Mazedo, interpretação teatral do Tuka -Tuka – Grupo de Teatro Amador de Mazedo e performance noturna“Animal Belo”, de  INDRI.

Programa prevê também mercado com produtos locais, nos dias 3 e 4, e duas oficinas de trabalho: dia 1, a partir das 10h00, “CadavreExquis”, com Sofia Leitão, e dia 3, a partir das 9h30, “Meta­_Penha da Rainha”, com Patricia Oliveira. Quem estiver com vontade de caminhar, tem alguns trilhos disponíveis.

Mais informações em:

www.desencaminharte.altominho.pt

www.facebook.com/Desencaminharte

PR 02

PR 03

PR 04

PR 05

PR 06

FAMALICÃO INAUGURA BALNEÁRIOS DA ADESPO

Paulo Cunha inaugurou balneários da ADESPO. Intervenção contou com um apoio municipal de 31 mil euros

Foi um fim-de-semana de festa para a direção e atletas da ADESPO - Associação Desportiva e Cultural de Portela Santa Marinha. O clube famalicense inaugurou este sábado, 20 de maio, as obras de reabilitação dos balneários do campo de jogos, numa cerimónia informal que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

Paulo Cunha inaugurou balneários da ADESPO  (2)

A intervenção, que contou com um apoio municipal de 31 mil euros, é vista pelo autarca famalicense como sendo necessária e fundamental para o futuro do clube. “Não basta termos pessoas com vontade de praticar desporto. São precisos recintos com boas condições para a prática desportiva e este espaço, que é fundamental para a qualidade de vida dos habitantes de Portela, já precisava de algumas intervenções”, disse.

Paulo Cunha enalteceu ainda o trabalho realizado pela direção da ADESPO, uma associação “que está bem viva e muito dinâmica”, considerou.

Naturalmente satisfeito estava também o presidente da direção da ADESPO, Rui Barroso, que com esta intervenção espera conseguir cativar mais atletas para o clube. “Precisávamos mesmo de melhorar as condições dos nossos balneários. Conseguimos concretizar esse objetivo e não podemos deixar de agradecer toda a ajuda que recebemos por parte dos sócios e da população da freguesia da Portela, mas também por parte da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal”.

Já o presidente da Junta de Freguesia, António Matos, referiu que esta é uma obra que satisfaz toda a comunidade da Portela.

Refira-se que a ADESPO foi fundada em 1992, com sede na União de Freguesias de Vale S. Cosme, Telhado e Portela, e tem vindo a desenvolver, ao longo da sua existência, uma intensa atividade no fomento da prática desportiva, nomeadamente, na modalidade de Futsal.

Paulo Cunha inaugurou balneários da ADESPO  (1)

BARCELOS REALIZA CONCURSO DE BANDAS

Concurso de Bandas de Vizela 2017

1000 euros em prémios para as melhores bandas!

Inscrições abertas até ao dia 20 de junho em concursobandasvizela.blogspot.pt

cartaz concurso bandas 2017

No sentido de estimular a formação e o trabalho desenvolvido pelos jovens músicos e pelas bandas amadoras, proporcionando aos jovens e à comunidade que de uma forma geral aprecia música, o contacto com novos talentos musicais, a Câmara Municipal de Vizela, em parceria com o Conselho Municipal da Juventude de Vizela (CMJV) vai realizar o Concurso de Bandas de Vizela 2017.

A edição deste ano do Concurso de Bandas de Vizela conta com a co-organização da Associação Juvenil VIA Vizela Imaginactiva e grupos informais de jovens como Occultdusk e outros.

Este evento é apoiado pela Opticália, Doors Caffe, Restaurante & Snack Bar Porta M, ASimobiliária, Callidas Clube Bar e Extrunorte.

O objetivo é estreitar relações e promover o trabalho em parceria das entidades, públicas ou privadas sem fins lucrativos, que desenvolvem ações e trabalham na área da Juventude.

Durante quatro noites, três eliminatórias e uma final, Vizela estará em festa nesta que será a quinta edição de um projeto que sempre foi bem acolhido pela população local, especialmente a juvenil e que motiva sempre a participação ativa do associativismo juvenil local.

As inscrições já se encontram abertas no site oficial concursobandasvizela.blogspot.pt . A primeira eliminatória realiza-se já no próximo dia 7 de julho.

Normas de funcionamento e participação do Concurso de Bandas de Vizela disponível emconcursobandasvizela.blogspot.pt.

BRAGA REALIZA SEMANA DA ECONOMIA

Conselho Estratégico reuniu no âmbito da Semana da Economia. InvestBraga acompanhou mais de 300 projectos de investimento

Em três anos de actividade, a InvestBraga - Agência para a Dinamização Económica acompanhou cerca de 548 milhões de euros em mais de 300 projectos de investimento. Também durante este período, Braga registou um crescimento de 1% acima do PIB da Península Ibérica, criou mais de cinco mil postos de trabalho e, só no ano passado, cresceu 19% nas exportações, o que representa um valor de cerca de 176 milhões de euros, apresentando-se como o Concelho do País que mais cresceu neste capítulo. Os números foram avançados hoje, dia 22 de Maio, pelo Conselho Estratégico da InvestBraga, que reuniu no âmbito da 2.ª edição da Semana da Economia.

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007061

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, estes são números ´francamente positivos´, seja em termos de captação de investimento e de criação de postos de trabalho, seja na criação de novas empresas e de exportações. “Braga tem estado a crescer e isso é fruto do trabalho das empresas e da colaboração entre todas estas instituições que integram este Conselho Estratégico”, referiu o Autarca.

Na ocasião, Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, adiantou ainda que o Plano Estratégico para o Desenvolvimento Económico de Braga (2014-2026) será alvo de uma revisão até ao final do presente ano.

“Cerca de 20 por cento das acções que integram o Plano Estratégico estão concluídas e 53 por cento em fase de execução, o que é para nós um bom sinal. Até ao final do ano vamos apresentar uma revisão do Plano Estratégico e ponderar a introdução de algumas novas iniciativas”, sustentou o presidente da InvestBraga neste primeiro dia da Semana da Economia ficou ainda marcado pela Cimeira dos Embaixadores Empresariais de Braga.

A Semana da Economia, que se prolonga até dia 26 de Maio, envolve o tecido empresarial e industrial de Braga, startups e várias entidades parceiras, com o objectivo de mostra do potencial económico da Cidade, assim como dos atractivos da região para a captação de investimento.

Com a maioria das actividades abertas à comunidade, a Semana da Economia apresenta um programa diversificado, integrando talks com startups e empreendedores de sucesso, vários Open Days em empresas de referência na região, com o objectivo de dar a conhecer os bons exemplos empresariais do Concelho.

Os dois pontos altos do programa são o Fórum Económico, que se realiza no Theatro Circo, no dia 24, a partir das 14h30, e o evento Software de Braga para o Mundo, no dia 25, também às 14h30, no Auditório B1, da Universidade do Minho.

Durante esta semana serão ainda lançadas as segundas edições dos programas ‘Qualifica IT’ e ‘Escola de CEO’s’.

O programa da Semana da Economia pode ser consultado em www.investbraga.com

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007062

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007063

CMB22052017SERGIOFREITAS0000007071

VIMARANENSES SEGUEM TAÇA DE PORTUGAL A PARTIR DO LARGO DO TOURAL

ECRÃ GIGANTE NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL

O Toural será o nosso Jamor!

Enchente aguardada no ‘coração’ da Cidade-Berço. Depois da Taça da Liga conquistada pelo Moreirense, Guimarães pode encerrar época futebolística 2016/17 com novo título nacional.

Guimaraes_Toural_2013

O Largo do Toural é o local onde milhares de vimaranenses, através de um ecrã gigante, vão poder assistir à final da Taça de Portugal, em futebol, no próximo domingo, 28 de maio, entre o Vitória e o Benfica. Recuperando o lema de 2013, ano em que o Vitória conquistou a primeira Taça de Portugal - “O Toural é o nosso Jamor” - esta emblemática praça no centro da cidade será transformada num autêntico estádio, numa parceria entre a Câmara Municipal de Guimarães e o Vitória Sport Clube.

A tarde de animação começará bem cedo e terá muitas surpresas a partir das 15:30 horas, com a atuação em palco dos autores de três gerações de hinos do Vitória. Os músicos Dino Freitas, José Alberto Reis e Zé Miguel estarão no Toural ao lado de milhares de vitorianos e de vimaranenses que não tiveram oportunidade de adquirir bilhete para a final da Taça de Portugal.

Em caso de triunfo, a festa vai prolongar-se pela noite, até à chegada da equipa a Guimarães, a exemplo do que sucedeu em 2013, quando o Vitória derrotou o Benfica (2-1) e conquistou o seu primeiro troféu nesta competição.

Além do Toural, será também instalado um ecrã no Parque das Hortas, onde está a decorrer a primeira edição da iniciativa “Guimarães no Ponto”, um novo certame que reúne num só espaço propostas de gastronomia, artesanato e literatura. Até ao dia 28 deste mês, este evento, com entrada livre, recebe diariamente ações culturais, gastronómicas e literárias num espaço público com cerca de 12 expositores de cada área.

MUNICÍPIO DE FAMALICÃO TRANSFERE 430 MIL EUROS PARA AS JUNTAS DE FREGUESIA

Câmara de Famalicão aposta na requalificação de quase de duas dezenas de ruas nas freguesias

Cerca de 15 freguesias do concelho de Vila Nova de Famalicão vão iniciar em breve um conjunto de obras de pavimentação e renovação de várias ruas e caminhos, importantes no acesso quer a diversas estruturas locais, quer às estradas principais do concelho.

DSC_2091

“São ruas essenciais nas deslocações diárias das pessoas, dentro da sua freguesia, mas também no acesso às estradas principais”, afirmou a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, acrescentando que na grande maioria dos casos trata-se de “ruas vicinais, sob a responsabilidade das Juntas de Freguesia, de grande importância para a qualidade de vida das pessoas”.

Neste sentido, as intervenções serão realizadas pela Juntas de Freguesia através da transferência de verbas por parte da autarquia. Ao todo, a Câmara Municipal vai investir 430 mil euros em cerca de duas dezenas de obras.

“É um investimento que consideramos fundamental para os famalicenses, mas é acima de tudo um sinal de confiança e responsabilidade que depositamos nos autarcas locais, que pela sua proximidade com as populações conseguem definir melhor as prioridades dentro das freguesias”, explicou ainda Paulo Cunha.

As propostas para a atribuição dos apoios financeiros foram aprovadas na última reunião do executivo municipal.

As obras aprovadas são as seguintes: Rua José Barbosa, em Arnoso Santa Eulália; Rua das Duas Aldeias e Rua das Casas Novas, em Bente, Rua da Pereira, em Esmeriz; Rua da Estrela e Mato Grosso, em Gondifelos; Travessa da Pacelada, em Landim; Rua das Diligências, em Lousado; Rua e Travessa de Semelhãos, em Oliveira Santa Maria; Rua Camilo Castelo Branco, em Oliveira S. Mateus; Avenida do Cruzeiro, em Pousada de Saramagos; Rua do Bairrinho, em Vilarinho das Cambas; Rua do Barreiro, em Portela; Avenida de Melhe, em Telhado e Rua de Cimo de veiga e Avenida do Quintão, em Vale S. Martinho.

DESPORTO E PATRIMÓNIO PROMOVEM LARANJA DE AMARES

O desporto, a solidariedade e o património de Amares de mãos dadas na “10ª Rota da Laranja”

Foi ontem para a estrada a 10ª edição do passeio de BTT "Rota da Laranja", iniciativa através da qual os participantes percorreram alguns dos locais mais belos e emblemáticos do concelho de Amares. O arranque para este passeio foi dado logo ao início da manhã pelo presidente Manuel Moreira que se fez acompanhar pelo vice-presidente, Isidro Araújo. A Ponte de Porto, Monumento Nacional e onde se encontra situado a poucos metros de distância o novo monumento em homenagem à laranja do concelho, serviu de ponto de partida para os cerca de 300 apaixonados pela modalidade.

Rota da Laranja (1)

A promoção do desporto, nomeadamente do BTT, e dar a conhecer o concelho de Amares, nas suas vertentes turísticas, vínicas, gastronómicas, agrícolas (laranja) e empresariais, entre outras, estiveram na base desta iniciativa”, que recebeu betetistas de Espanha, França, Luxemburgo e Venezuela, “que vieram propositadamente para participar”, conforme explicou Pabelo Marques, do Pedalares – Clube de BTT de Amares, entidade que organiza, anualmente, o passeio.

Este ano, novos trilhos apresentaram um novo desafio físico, pessoal e novas aventuras, num percurso de 40 quilómetros que contemplou, entre outras, novidades a passagem por algumas das quintas vitivinícolas do concelho (Quinta de Amares, Terras de Amares e Solar das Bouças), uma forma de promover um dos símbolos mais marcantes da economia local - o vinho verde da região.

De destacar, ainda, cariz solidário desta prova, que contou com o apoio do Município de Amares, já que 1€ do valor de cada inscrição reverterá a favor da Delegação de Amares da Cruz Vermelha Portuguesa.

Laranja de Amares tem monumento evocativo na Rotunda da Ponte do Porte

O dia da Rota da Laranja ficou, também, marcado pela edificação de um monumento em homenagem à laranja do concelho, colocado na rotunda da Ponte do Porto, uma escultura que figura um dos produtos mais emblemáticos do concelho de Amares. Com sete metros de altura e cinco de largura, esta escultura é já um símbolo marcante do concelho e acarinhado pelos amarenses.

Rota da Laranja (2)

Rota da Laranja (3)

Rota da Laranja (4)

Rota da Laranja

AMARES PROMOVE “2º ENCONTRO UCC AMARES EDUCAÇÃO, SAÚDE E CIDADANIA”

Dar visibilidade ao trabalho desenvolvido no âmbito da Saúde e Educação em contexto comunitário, mobilizando conhecimentos de diferentes disciplinas: enfermagem, educação, comunicação, ciências humanas e sociais foi o objetivo do “2º Encontro UCC Amares Educação, Saúde e Cidadania”, que decorreu nos dias 19 e 20 de maio no Auditório Conde de Ferreira, em Amares. A iniciativa juntou vários profissionais das áreas da saúde e educação e trouxe ao concelho, entre outros testemunhos distintos, o de Francisco George, Diretor Geral da Direção Geral da Saúde.

Encontro UCC (1)

Na sessão de abertura, o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, deu as boas vindas a todos os participantes envolvidos nesta iniciativa e congratulou-se com a qualidade do programa proposto para reflexão e debate ao longo desta iniciativa que considerou “um importante momento de partilha de experiências e conhecimento que enriquecerá todos os intervenientes”. O autarca elogiou também os profissionais da saúde do concelho “que trabalham de forma abnegada em prol do bem-estar da população amarense”.

A iniciativa organizada pela Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Amares do ACeS Gerês/ Cabreira, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Amares, o Município de Amares e a Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, pelo segundo ano consecutivo, pretendeu contribuir para o desenvolvimento da enfermagem em Cuidados de Saúde Primários, promover a partilha de experiências em contexto comunitário e a reflexão sobre os Cuidados de Saúde de Proximidade face a novas exigências do Cidadão.

Os primeiros painéis a marcar o arranque deste encontro foram: “As UCC na Reforma dos Cuidados de Saúde Primários” e “Pensar… e Aplicar as Políticas de Saúde. ONDE… QUANDO… E COMO?”. Este painel contou com a intervenção da Vereadora da Ação Social do Município, Cidália Abreu, que abordou as medidas implementadas pela Autarquia tendo em conta a promoção da saúde, dividindo o momento com Francisco George, Diretor Geral da Direção Geral da Saúde, com Pimenta Marinho, Presidente do Conselho Diretivo da ARS e Laurinda Ladeiras, da Direção Geral da Educação.

O encontro prosseguiu com as intervenções dedicadas aos temas: “AE Amares…uma escola atenta à diferença”; “Boas práticas na Escola”;“A Minha Casa enquanto Unidade de Cuidados” e, finalmente, “O Domicilio enquanto Unidade de Cuidados Paliativos”.

Encontro UCC (2)

Encontro UCC (3)

Encontro UCC (4)

BRACARENSES DE S. VICTOR DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

A Junta de Freguesia de S. Victor realiza, amanhã, dia 23/05, às 15h15, na Junta de Freguesia de S. Victor, a apresentação do Orçamento Participativo da Freguesia de S. Victor, bem a apresentação do Executivo Júnior, pertencente à EB1 de S. Victor que amanhã estará em funções. A autarquia tem vindo a privilegiar o contacto de proximidade com as pessoas, enfatizando a ligação às escolas da freguesia.

image004svitorbrag (1)

O Orçamento Participativo é um instrumento que a Junta de Freguesia de S. Victor coloca à disposição das pessoas para participarem ativamente na vida da Freguesia e o Executivo Júnior é um programa de sensibilização política, permitindo que 7 alunos se tornem membro de um executivo de freguesia e, durante o dia, conheçam os problemas da escola e das ruas, ouçam as pessoas, tomem decisões e possam, ainda, decidir que equipamento, até ao valor de 200€, irão adquirir para colmatar uma necessidade da escola. A manhã do Executivo Júnior é passada na Escola e a tarde é dedicada à Junta de Freguesia e às ruas circundantes. O Executivo Júnior estará presente na apresentação do Orçamento Participativo.

image004svitorbrag (2)

CÂMARA MUNICIPAL E PRODUTORES DE MELGAÇO DENUNCIAM QUEBRA DO ACORDO QUE REGULA O ALARGAMENTO DA ZONA DE PRODUÇÃO DE ALVARINHO E CONVOCAM CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Manoel Batista, Presidente da Câmara Municipal de Melgaço

NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA, DIA 24 DE MAIO, ÀS 11H00, NO SALÃO NOBRE

O Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Baptista, e os produtores de Alvarinho organizam na próxima quarta-feira, dia 24 de maio, pelas 11h00, uma conferência de imprensa, durante a qual denunciarão a quebra do acordo que regula o alargamento da zona de produção de alvarinho. A conferência decorrerá no Salão Nobre da Câmara Municipal.

“PROJETO BORRELHO-DE-COLEIRA-INTERROMPIDA” EM DEBATE EM CAMINHA

Esta atividade insere-se nas comemorações do Dia Internacional da Biodiversidade que o Município de Caminha está a promover

O “Projeto Borrelho-de-coleira-interrompida” vai estar em destaque em Caminha, no dia 27 de maio. O dia vai ser preenchido com uma palestra e uma visita de campo, a cargo de Manuel Ángel Pombal Diego. Trata-se de mais uma iniciativa no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Biodiversidade.

borrelho de coleira interrompida

Caminha está a assinalar o Dia Internacional da Biodiversidade com várias atividades: exposição de fotografia “As flores que a natureza nos oferece”, de Carlos Venade, patente ao público até final de julho no Centro de Interpretação da Serra d’Arga, em Arga de Baixo; workshop “Plantas Silvestres”, orientado também por Carlos Venade, que decorreu no passado dia 20 e, agora, com uma palestra e visita de campo designado “Projeto Borrelho-de-coleira-interrompida” que terá lugar no dia 27.

O “Projeto Borrelho-de-coleira-interrompida” vai decorrer durante o dia. Da parte da manhã, terá lugar pelas 10H30, uma palestra, a cargo de Manuel Ángel Pombal Diego, vice-presidente de ANABAM, no Auditório do Museu Municipal de Caminha e, da parte da tarde, pelas 14H30, decorrerá a vista de campo na Foz do Minho.

Esta atividade visa sensibilizar as pessoas para a necessidade de proteger o borrelho-de-coleira-interrompida (charadirusalexandrinus), uma pequena ave que, anualmente, nidifica nas praias de Caminha entre os meses de abril e junho. Pretende ainda divulgar o projeto que a Asociación Naturalista “Baixo Miño” (ANABAM) tem promovido na defesa desta espécie no território do concelho de Caminha, ao longo dos últimos anos. No âmbito da visita de campo será possível apreender a identificar e proteger os ninhos e, eventualmente, observar as aves no seu habitat natural.

O “Projeto Borrelho-de-coleira-interrompida” é organizado pela Câmara Municipal de Caminha em parceria com a Asociación Naturalista “Baixo Miño” (ANABAM).

A exposição de fotografia “As flores que a natureza nos oferece”, da autoria de Carlos Venade, conta com várias fotografias de flores silvestres existentes no concelho de Caminha, com destaque para algumas espécies: neotíneamaculatam, nome comum neotínea-malhada; asterolinonlinum-stellatum, nome comum linho – estrelado e, ainda, romuleacolumnae.

UNIVERSIDADE DO MINHO ACOLHE SESSÃO DO PROJECTO BEM ENVELHECER

O Projeto Bem Envelhecer IV proporcionou a várias instituições de Terras de Bouro a participação em Braga numa sessão organizada pelas instituições: Casa do Areal, Centro Social da Paróquia de S. Victor e Fundação Bomfim.

CAPAtttbbbooo

Como é hábito, o Município de Terras de Bouro é também uma das instituições participantes e ativas do projeto, a par dos restantes parceiros do programa, sendo que, desta vez, a jornada, que se realizou a 18 de maio, contou com cerca de 67 participantes e a presença do senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga, Dr. Firmino Marques. As instalações da Universidade do Minho foram o cenário eleito e logo após a receção, todos tiveram oportunidade de efetuar uma visita guiada ao Instituto de Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Escola de Medicina da Universidade do Minho (Domínio das Neurociências). Depois do almoço, gentilmente proporcionado na cantina da Universidade do Minho, seguiu-se uma divertida e interessante atividade musical sob o tema: “Ser Tuno…. por breves momentos”,  momento levado a cabo pela Tuna de Medicina da Universidade do Minho.

É de salientar ainda que a realização destas iniciativas visa promover e apoiar o contacto entre as diferentes gerações; possibilitar o conhecimento da investigação desenvolvida ao nível da ciência da vida e da saúde; possibilitar o contacto com diferentes estilos de músicas e vivenciar novas experiências de vida.

Instituições participantes na atividade: Casa do Areal, Centro Social e Paroquial de S. Victor, Fundação Bomfim, Centro Social e Paroquial de Cervães, Centro Social e Paroquial de Cibões, Centro de Solidariedade Social de Chorense, Centro Social de Vilar, Centro Social e Paroquial de Souto, Centro Social de Moimenta, Centro Social de Vilar da Veiga, Centro Social e Paroquial de Covide, Município de Terras de Bouro, Casa do Povo de Vale do Cávado e EAPN Portugal

IMG_0041

IMG_0067

IMG_0078

IMG_0083

IMG_0091

IMG_0093

TERRAS DE BOURO PROMOVE SESSÃO DE ESCLARECIMENTO SOBRE CONSUMO DE ENERGIA

Terras de Bouro acolhe Seminário sobre “O que é importante os consumidores saberem sobre o fornecimento de energia

A Câmara Municipal de Terras de Bouro, em colaboração com a ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) e o CIAB-Tribunal Arbitral de Consumo, vão levar a efeito, no próximo dia 24 de maio, um seminário sobre “O que é importante os consumidores saberem sobre o fornecimento de energia”.

CAPA CIABtttbbbb

Embora o programa seja aberto a todos quantos quiserem assistir, reveste-se de particular importância para técnicos da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia, IPSS, técnicos de contas, advogados e solicitadores e empresários.

Programa

Local: Salão Nobre da Camara Municipal de Terras de Bouro

Hora de início: 11h00

Entidade formadora: ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos

Programa:

11h00 As principais atribuições e competências da ERSE

12h30  Intervalo para almoço

14h30 

A qualidade do serviço comercial no fornecimento de eletricidade e gás natural

O relacionamento comercial com os consumidores

A liberalização do mercado energético

Apoios sociais ao consumidor de energia (Tarifa social)

16h30/17h00   Encerramento

Está ainda prevista a participação do Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Dr. Joaquim Cracel, que fará a introdução dos trabalhos e a sessão de boas vindas.

MINHOTOS DANÇAM EM LISBOA NO PARQUE DAS NAÇÕES

O Grupo de Danças e Cantares Besclore realizou ontem em Lisboa mais um festival de folclore que juntou agrupamentos que se deslocaram propositadamente do Minho para se exibirem na capital do país. Tratou-se de mais uma edição de “O Minho em Lisboa”, um evento que reúne agrupamentos representativos exclusivamente da região d’Entre-o-Douro-e-Minho.

18557164_1437007389676259_7824711790813444446_n

Sob um sol abrador, o festival teve o seu início com um desfile a partir do Rossio dos Olivais em direcção ao Parque das Nações onde se realizou o espectáculo propriamente dito que fez o gáudio do numeroso público que assistiu.

O Grupo de Bombos “Bombrando” – Amadora marcou o ritmo do desfile e o festival de folclore contou com a participação do Grupo Folclórico da Casa do Povo de Marim – Barcelos, Rancho Folclórico de Bravães – Ponte da Barca, Rancho Etnográfico Santa Maria de Touguinha – Vila do Conde, Grupo Etnográfico Danças e Cantares do Minho – Lisboa, além naturalmente do anfitrião Grupo de Danças e Cantares Besclore.

Fotos: Manuel Santos

18556412_1437065093003822_2401588463746759141_n

18556085_1437075919669406_141649128385487745_n

18556070_1437079423002389_8301530560436723268_n

18556308_1437076783002653_1809992652006942444_n

18557150_1437080076335657_6815321704506694477_n

18557312_1437042523006079_3904032509291124861_n

18581646_1437077416335923_5854383749423500971_n

18581849_1437065819670416_4920567028528211586_n

18582525_1437076643002667_8891012728982391601_n

18620061_1437076686335996_6268209524221587728_n

18622234_1437075969669401_3129255565236235995_n

 

MINHOTOS PARTICIPAM NA FESTA DAS CASAS REGIONAIS

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa que se realiza na Alameda D. Afonso Henriques está prestes a terminar, encontrando-se neste momento prestes a subir ao palco o Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez. O Minho fez-se representar através da actuação de grupos folclóricos e ainda de stands das casas regionais de Arcos de Valdevez, Valença e Vila Nova de Cerveira.

DSCF3192

A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa, única entidade do género que congrega dezenas de associações de carácter regionalista sem distinção da área geográfica de abrangência: concelhia, comarcã e provincial.

DSCF3197

DSCF3193

DSCF3182

DSCF3183

DSCF3198

DSCF3199

DSCF3200

DSCF3201

ANTÓNIO VILELA, CANDIDATO DO PSD DO MUNICÍPIO DE VILA VERDE, APOSTA NO DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO CONCELHO

Vilela garante especial atenção ao desenvolvimento industrial do Concelho, captação de investimento e criação de emprego

«Atingimos um nível de instalação de empresas e de captação de investimento muito acima da média nacional e pretendemos agora dar mais um passo, no sentido da qualificação dos parques e zonas industriais»

A qualificação dos Parques e Zonas Industriais do Concelho de Vila Verde, com equipamentos e infra-estruturas de topo, estão no topo das prioridades do (re)candidato do PSD à Câmara Municipal de Vila Verde. «Atingimos um nível de instalação de empresas e de captação de investimentos muito acima da média nacional e pretendemos agora dar mais um passo, no sentido da qualificação dos parques e zonas industriais, quer em termos de infra-estruturas e equipamentos de topo, quer na valorização da rede viária, quer na criação de oportunidades para os residentes locais», afirma António Vilela.

oleiros 1

A garantia foi dada este sábado, em Oleiros, Vila Verde, pelo candidato do PSD à Câmara Municipal, durante a visita de auscultação pública e de apresentação da lista local social-democrata candidata à Junta, liderada por Carla Leitão.

A aposta no desenvolvimento dos Parques Industriais do Concelho e de outras zonas empresariais é apontada por António Vilela «como estratégica para captação de investimento, criação de emprego, geração de riqueza e fixação da população em Vila Verde». Estão associadas a consolidação de infra-estruturas básicas e a requalificação/valorização da rede viária, com especial incidência sobre a construção das Variantes Prado-Oleiros e a Vila Verde.

«Esta é uma zona que tem um potencial enorme do ponto de vista industrial e estamos cá para continuar a valorizar, em muito, esta área», disse o candidato, na sua passagem por Oleiros. Acabou por assinalar que «a estratégia seguida nos últimos anos tem dado frutos. Com isenções fiscais e de taxas de licenciamento implementadas nos anos anteriores, temos vindo a assistir à instalação de novas unidades industriais».

oleiros 2

CENTENAS DE POSTOS DE TRABALHO «A CAMINHO»

E deu como exemplos a instalação de centenas de empresas no concelho, nos últimos anos.

De resto, Vilela fez questão de vincar que se tem assistido «a uma procura muito intensa dos nossos parques e zonas industriais, através de captação de investimento e criação de condições confortáveis para que isso seja efectivo».

Só nos últimos dois anos, instalaram-se no concelho «centenas de novas industrias», que geraram «muitas centenas de postos de trabalho directos», quer nos Parques Industriais de Oleiros, quer Gême, ou noutras zonas do concelho.

FIBRA ÓPTICA

Neste contexto, referiu que «não são só as condições de isenções fiscais e de taxas de licenciamento e outras que cativam as empresas. Os parques estão servidos com redes de saneamento, gás natural e energia com potência suficiente. Mas queremos ainda consolidar a rede de saneamento, sobretudo em Oleiros e Gême, embora a rede funcione de forma ajustada, mas – mais importante e urgente – é avançar com a rede de fibra óptica».

Neste domínio, lembrou que «existem contactos com operadoras que já estão a instalar rede de fibra óptica em todo o concelho. Devemos atingir uma cobertura total do território em 2018. No entanto, estamos a estudar micro-coberturas nos parques industriais, no sentido de eliminar esses constrangimentos».

REDE VIÁRIA… VARIANTES

Associado a estes investimentos, Vilela revelou que «avançarão as requalificações das estradas de ligação a estes parques. Aguardamos que o Governo volte a colocar a construção das Variantes Prado/Oleiros e a Vila Verde (Parque de Gême) no topo das prioridades. São projectos que já estiveram na linha de investimentos da Estradas de Portugal e acabaram retirados, em 2016».

Contudo, deixou uma garantia: «já estamos a negociar os terrenos com privados para a construção da Variante Prado/Oleiros (cerca de 1,4 kms). Inclusive, estão a avançar os procedimentos para elaboração do projecto de execução, pelo que estamos – mais uma vez – a substituir-nos ao Governo para que a obra seja realizada».

Foi claro: «é uma prioridade absoluta avançar com a Variante a Oleiros, que permitirá uma ligação rápida e de excelência a Prado e Braga, bem como à grande rede viária distrital».

De resto, António Vilela anunciou que avançará a pavimentação da estrada interior de ligação a Oleiros, pelos Carvalhinhos. E vai avançar a pintura e sinalização da rede viária concelhia».

SANEAMENTO 

E a rede de saneamento interna, prioridade das populações locais, «está já no plano municipal de saneamento, com investimentos de 7 milhões até 2018, para tingirmos uma cobertura próxima dos 75%. Depois, avançaremos com mais 3 a 4 milhões, para chegarmos a uma cobertura concelhia a rondar os 95%».

OLEIROS COM CARLA LEITÃO

As posições do candidato foram assumidas este sábado, durante a apresentação da lista de candidatos do PSD à Junta de Oleiros, equipa que será liderada por Carla Leitão.

«Não olhamos às cores e aos credos, mas à qualidade das pessoas», referiu António Vilela, que se mostrou convicto de que «Oleiros e Vila Verde têm duas boas equipas, para continuar na senda do desenvolvimento».

No âmbito das questões abertas ao público, Vilela teve oportunidade de garantir que «o nosso partido é o nosso concelho, as nossas terras e o seu desenvolvimento. Quero ouvir e deixar uma garantia: tratarei de igual forma todos os vilaverdenses, independentemente das cores partidárias!».

oleiros 3

CONSELHO TÉCNICO DA InvestBraga REÚNE-SE AMANHÃ NO PALÁCIO DOS BISCAÍNHOS

Reunião do Conselho Estratégico da InvestBraga e Cimeira dos Embaixadores Empresariais de Braga

Data: 22 de maio

Horário: 12:45

Local: Palácio dos Biscainhos (Rua dos Biscainhos, 31. 4700-415 Braga)

Realizam-se amanhã (dia 22 de maio), no Palácio dos Biscainhos, a Reunião do Conselho Estratégico da InvestBraga e a Cimeira dos Embaixadores de Braga

BRAGA ASSINALA SEMANA DA ECONOMIA

Semana da Economia: InvestBraga mostra o potencial económico de Braga. Evento assinala três anos de atividade da InvestBraga

A InvestBraga organiza, de 22 a 26 de maio, a segunda edição da Semana da Economia, para assinalar três anos de atividade. O evento, que vai envolver o tecido empresarial e industrial de Braga, startups e várias entidades parceiras, será uma mostra do potencial económico de Braga, assim como dos atrativos da região para a captação de investimento, e contará com as presenças do ministro da Ciência, Manuel Heitor, do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, do Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, e do ex-ministro da Economia, Carlos Tavares da Silva.

A Semana da Economia de Braga tem ainda como objetivos apresentar o trabalho realizado pela InvestBraga nas diversas áreas de atuação – Dinamização Económica, Startup Braga e Parque de Exposições de Braga – e debater temas relevantes da área económica.

Com a maioria das atividades abertas à comunidade, a Semana da Economia apresenta um programa diversificado, integrando talks com startups e empreendedores de sucesso, vários Open Days em empresas de referência na região, com o objetivo de dar a conhecer os bons exemplos empresariais do concelho, mas também a reunião do Conselho Estratégico de Braga e a Cimeira dos Embaixadores Empresariais de Braga.

Os dois pontos altos do programa são o Fórum Económico, que se realiza no Theatro Circo, no dia 24, a partir das 14:30, e o evento Software de Braga para o Mundo, no dia 25, também às 14:30, no Auditório B1, da Universidade do Minho.

No Fórum Económico, além de um balanço de toda a atividade da InvestBraga, serão debatidos os temas A Banca e o Financiamento, num painel que contará com a presença dos presidentes do Novo Banco, Millennium BCP e Santander Totta, e a Dinâmica Empresarial, com as participações de Carlos Tavares da Silva, ex-ministro da Economia, Nelson de Souza, secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, e Fernando Alexandre, Pró-Reitor para a Valorização do Conhecimento da UMinho. João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria, irá abordar as Medidas Económicas do Programa Nacional de Reformas.

O evento Software de Braga para o Mundo, organizado em parceria com as empresas do setor das Tecnologias de Informação e com a UMinho, tem como objetivo a troca de experiências e boas práticas entre os participantes das empresas e startups convidadas. Durante a sessão, serão abordados temas como Estratégia e Gestão em IT, Marketing e Vendas para o Mundo, Talento e Formação, com a participação de membros da gestão, tecnologia, marketing e vendas e recursos humanos, entre outros, das empresas Accenture, WeDo Technologies, Primavera BSS e Outsystems, e com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

BRACARENSES INAUGURAM TRILHO PEDESTRE EM PASSOS S. JULIÃO

Duas centenas de participantes na inauguração do percurso pedestre em Passos S. Julião. Primeiro trilho inaugurado da Rede de Percursos Pedestres de Braga

Decorreu hoje, dia 21 de Maio, a inauguração do percurso PR1-BRG que integra a Rede de Percursos Pedestres de Braga, intitulado ´Na senda do Castelo de Penafiel de Bastuço´.

bragtrilhosjuliao (6)

Cerca de duas centenas de pessoas percorreram os mais de 10 Km deste percurso, que teve partida e chegada no Largo Padre Mário César Marques, junto à sede da Junta de Freguesia de Passos S. Julião.

A implementação deste percurso teve um custo de 12 mil euros, sendo que a Autarquia atribuiu um apoio financeiro superior a 6 mil euros, o que representa 50% do investimento. O Município atribuiu já apoios financeiros a mais quatro percursos, localizados na União de Freguesia de Este S. Pedro e S. Mamede (Evocando a Via XVII: Trilho da nascente do Este); Espinho, Pedralva e Sobreposta (Calcorreando a Serra dos Picos) e Arentim e Cunha, Ruilhe e Tebosa (À volta do Rio Este). No global, pare estes quatro trilhos, o apoio destinado é no valor de 34 mil euros

Segundo Ricardo Rio, esta iniciativa vem permitir que as pessoas possam praticar desporto e, ao mesmo tempo, estar em contacto directo com a natureza, a historia e o património, passando por espaços menos explorados do território. “Braga possui a maior rede de percursos pedestres a nível nacional e que funciona também como polo de atracção turística do Concelho. É fundamental o empenho demonstrado pelas Juntas de Freguesia neste trabalho de sinalização, promoção e qualificação destes trilhos”, referiu.

De acordo com o Edil, a implementação desta rede de percursos terá impactos importantes a nível ambiental, turístico, do desenvolvimento local, da divulgação e preservação do património e na qualidade de vida dos cidadãos.

O projecto da Rede de Percursos Pedestres de Braga irá abranger as 37 Freguesias do Concelho, prevendo a criação de 20 novos percursos, a recuperação/adaptação dos quatro percursos já existentes e a manutenção dos dois percursos em execução, num total de cerca de 280 km sinalizados e que se pretende que sejam homologados pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. O percurso inclui passagem por 194 pontos de interesse patrimonial, 174 pontos de interesse ambiental e 27 Parques Verdes e de Merendas.

Está ainda em fase de conclusão o Guia de Percursos Pedestres do Concelho, documento que identifica todos os percursos dados informativos, pontos de interesse, grau de dificuldade, distâncias e uma descrição abreviada de cada percurso, remetendo mais informação para a aplicação móvel que contempla toda a informação do guia e faz a descrição completa de cada ponto de interesse, incluído a localização GPS de cada percurso.

bragtrilhosjuliao (1)

bragtrilhosjuliao (2)

bragtrilhosjuliao (3)

bragtrilhosjuliao (4)

bragtrilhosjuliao (5)

MINHOTOS PARTICIPAM EM ANDORRA NA SEMANA DA DIVERSIDADE CULTURAL

Teve ontem lugar a sétima edição da Semana da Diversidade Cultural em Andorra, uma organização do Departamento de Participação Cidadã do Comú de Andorra la Vella.

DDF8DCF91CCF4B74A989E914FC7BA2B0

A celebração deste ano centrou-se na temática da gastronomia onde as entidades participantes elaboraram iguarias típicas de mais de 10 países dos quais Portugal marcou presença a cargo do Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’.

Às 11h30 realizou-se o desfile das entidades pelas ruas da capital do Principado e, a partir das 13 horas, os visitantes poderam degustar entre 50 cêntimos e 5 euros, a gastronomia de Andorra, Equador, Filipinas, México, Perú, Rússia, Deserto do Saara, Venezuela, Chile e naturalmente, Portugal.

Os membros do Grupo apresentaram nesta mostra gastronómica entradas à base de bolinhos de bacalhau e brôa de milho, como prato principal uma feijoada à portuguesa e de sobremesa, os famosos pasteis de belém, tudo bem “regado” com vinho verde branco.

Durante a tarde tiveram lugar diversas atuações folclóricas e musicais e às 17h45, foi a vez do Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ apresentar as danças tradicionais minhotas no recinto da Plaça Guillemó da capital andorrana.

O Dia Mundial da Diversidade Cultural celebrado a 21 de Maio foi instaurado pela Assembleia das Nações Unidas.

8DA9B25152634352B81818169BC4E3DD

B2EE3E975907496D8100A479EC7AAA4F

BRASIL LEVA A CAPOEIRA AO FOLKLOURES'17

A Associação Tira-me da Rua (ATR) vai no próximo dia 1 de Julho participar no FolkLoures’17 – Encontro de Culturas, uma grandiosa iniciativa de cariz tradicional organizada pelo Grupo Folclórico Verde Minho em colaboração com a Câmara Municipal de Loures, a ter lugar por ocasião das festas do concelho de Loures. Trata-se de um evento que privilegia o folclore da região saloia e ainda de todo o país e das comunidades que constituem actualmente o mosaico social e cultural da região, contribuindo para a inclusão e a promoção da paz entre os povos através do encontro das suas culturas tradicionais.

14264885_1155472347866155_2807760375958106450_n (1).jpg

Constituído por brasileiros radicados em Portugal, a Associação Tira-me da Rua (ATR) é quiçá o mais representativo grupo musical a preservar e divulgar uma das mais apreciadas manifestações da cultura tradicional do povo brasileiro – a capoeira!

A capoeira constitui um misto de dança, arte marcial, desporto, música e cultura popular. As suas origens são remotas, calculando-se que tal tradição tenha origem em rituais iniciáticos dos povos do sul de Angola. Em resultado da colonização portuguesa, a capoeira terá a partir do século XVII sido levada para o Brasil onde foi desenvolvida por descendentes de escravos africanos.

20160416_145547 (1).jpg

Ao som rítmico dos berimbaus, a Associação Tira-me da Rua (ATR) vai mostrar como se canta, dança e luta a capoeira, oferecendo m espectáculo que certamente vai agradar ao público que vai afluir ao FolkLoures’17, incluindo a numerosa comunidade brasileira radicada na região de Lisboa.

Logo ATR Capoeira Brasil.png

Além da Associação Tira-me da Rua (ATR), a edição deste ano do FolkLoures vai contar com a participação do grupo de folclore da Associatia Miorita Portugalia em representação da comunidade moldava radicada no nosso país, Grupo de Danças e Cantares da Madeira, Grupo Coral Os Ceifeiros de Cuba – Alentejo, do Grupo Folclórico O Cancioneiro de Ovar – Beira Litoral e ainda com representações da Estremadura que divulgaremos oportunamente, para além do anfitrião Grupo Folclórico Verde Minho.

Mais do que qualquer outra manifestação de índole cultural e desportiva, é o Folclore a forma de expressão cultural que melhor contribui para a paz entre os povos, no respeito das suas diferenças e identidade.

Cartaz2017Novo.jpg

BRAGA ELIMINA BARREIRAS NA VIA PÚBLICA

Município bracarense investe mais de 4 milhões na eliminação de barreiras e implementação da Rede Pedonal e Ciclável. Projectos analisados na próxima Reunião do Executivo

O Município de Braga vai submeter à próxima reunião descentralizada do Executivo, a realizar Segunda-feira, dia 22 de Maio, os projectos de eliminação de barreiras urbanísticas e arquitectónicas em Montélios, na envolvente da Torre Europa, em S. Victor, na envolvente da ‘Makro’, em Lamaçães, e na Quinta da Fonte, em S. Vicente.

CMB18052017SERGIOFREITAS0000007021

Estas obras, que representam um investimento superior a dois milhões de euros, têm como objectivos estratégicos a humanização do espaço público, a promoção dos modos sustentáveis, a melhoria da acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e a gestão do estacionamento e circulação viária.

Nas quatro zonas a intervir foram identificadas diversas barreiras urbanísticas e arquitectónicas, nomeadamente: ausência de passeios (associado a entradas de garagens); passeios degradados e irregulares; ausência de passadeiras em pontos fundamentais de atravessamento; ausência de rebaixamentos do passeio no acesso às passadeiras; degraus, escadas ou rampas que interrompem o percurso pedonal.

Segundo Miguel Bandeira, vereador da Regeneração Urbana e da Mobilidade, estes são projectos-piloto para as zonas definidas recentemente como Áreas de Reabilitação Urbana, onde se alia uma grande desqualificação do espaço público com uma elevada concentração populacional. “Trata-se de uma aposta na garantia da mobilidade para todos, na recuperação da vivência do espaço público em segurança reforçada pela introdução de medidas de acalmia de tráfego”, sustenta o vereador.

Os projectos reflectem os conceitos de Mobilidade Sustentável defendidos no Plano de Acção para a Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) de Braga 2020. A estratégia subjacente nesse documento tem como principal objectivo a “defesa de políticas urbanas de baixo teor de carbono e a redução das emissões de gases com efeito de estufa, em cumprimento com as obrigações internacionais, estipuladas no Acordo de Paris”.

Rede Pedonal e Ciclável no Centro Urbano de Braga

O Executivo Municipal irá ainda apreciar o projecto da primeira fase de implementação da Rede Pedonal e Ciclável e Inserção Urbana de Transporte Público, desenvolvido no âmbito do PAMUS.

A intervenção que se pretende executar na Variante da Encosta será um primeiro passo para a criação de uma rede de acessibilidade ciclável no centro urbano de Braga, ligando grande parte dos equipamentos públicos, assim como as principais escolas secundárias, o campus da Universidade do Minho, os monumentos e as zonas comerciais do centro, permitindo que uma grande parte da população possa usufruir deste modo de transporte nas suas deslocações diárias, de trabalho ou lazer.

Segundo o vereador Miguel Bandeira, “esta é uma intervenção significativa num eixo ciclável já implementado, mas que apresenta problemas estruturais”. Este é o primeiro eixo ciclável que avança no sentido de criar condições para a alteração dos modos de circulação privilegiando os modos suaves. “Além da continuidade da ciclovia até à Universidade, a intervenção irá aumentar a segurança e o conforto na circulação pedonal e na área dos transportes públicos”, acrescenta Miguel Bandeira.

O projecto, no valor de 2,1 milhões de euros, contempla a implantação da ciclovia à cota da via rodoviária, a colocação de passadeiras; a melhoria da acessibilidade pedonal; a intervenção nas zonas de transportes públicos; a redefinição das rotundas de modo a cumprir a legislação aplicável, a aumentar a segurança rodoviária e a diminuir a velocidade do automóvel aumentando a segurança do peão e do ciclista.

CMB18052017SERGIOFREITAS0000007029

CASAS REGIONAIS EM LISBOA ESTÃO EM FESTA

As casas regionais sediadas na capital lisboeta assentaram arraiais na Alameda Afonso Henriques. A iniciativa é da Associação das Casas Regionais de Lisboa (ACRL) e conta com a participação de dezenas de associações regionalistas, ranchos folclóricos, grupos de música tradicional e colectividades de cultura e recreio.

DSCF3160

Sob um sol abrasador, os grupos musicais desfilam pelo grandioso palco ali propositadamente montado para o evento, tendo como cenário o imponente conjunto escultórico que constitui a majestosa fonte luminosa concebida segundo o projeto dos irmãos Carlos Rebello de Andrade e Guilherme Rebello de Andrade, destinada a assinalar o 22º aniversário da Revolução Nacional. A Fonte Monumental é decorada com esculturas são da autoria de Maximiano Alves e de Diogo de Macedo e os baixos-relevos (painéis laterais) de Jorge Barradas e, sobre a porta da entrada, possui uma placa que descreve o seguinte: “No dia 28 de maio de 1948, vigésimo segundo aniversário da Revolução Nacional, aberta a primeira exposição de obras públicas, foi inaugurada esta fonte monumental e entregue à Câmara Municipal de Lisboa”. Não obstante, a cerimónia deverá ter ocorrido dois dias após aquela data, visando celebrar o abastecimento regular de água à zona oriental da cidade.

A III Festa das Colectividades e Casas Regionais em Lisboa prossegue amanhã e inclui a realização de jogos tradicionais, divulgação da gastronomia e doçaria tradicional entre outros produtos regionais e, como não podia deixar de suceder, uma excelente oportunidade de confraternização entre gentes oriundas das mais diversas regiões do país.

DSCF3161

DSCF3162

DSCF3165

DSCF3166

DSCF3168

 

BRAGA É PALCO PRIVILEGIADO DE EVENTOS DE NÍVEL MUNDIAL

Super Especial do Rally de Portugal trouxe a Braga mais de 180 mil pessoas. ‘Street Stage’ afirmou Braga como palco privilegiado de eventos de nível mundial

A ‘Braga Street Stage’, que teve lugar esta Sexta-feira, 19 de Maio, nas ruas do Centro Histórico de Braga foi um marco na vida da Cidade. Mais de 180 mil pessoas tiveram a oportunidade de ver ao vivo um evento desportivo de nível mundial e de comprovar a capacidade de organização da Cidade que, assim, reforçou a sua imagem como boa anfitriã.

rallybraga (6)

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o sucesso da ‘Braga Street Stage’ foi plenamente alcançado graças ao exigente plano de segurança implementado, às soluções de mobilidade e estacionamento proporcionadas ao público. Ricardo Rio sublinhou ainda o imprescindível contributo de uma “enorme equipa de colaboradores da Câmara Municipal, Empresas Municipais, forças de segurança e muitas entidades parceiras que tornaram este evento possível”.

“Além das milhares de pessoas que se deslocaram a Braga, mostrámos ao mundo o nosso Património, através das transmissões televisivas que chegaram a 70 milhões de espectadores”, realçou o Edil, vincando ainda a enorme repercussão que o evento teve na Economia da Cidade.

A capacidade de organização ficou também demonstrada na rapidez com que a Cidade voltou à sua normalidade. Logo após o final da prova, o Município de Braga pôs em marcha uma grande operação de limpeza do circuito, recolocação dos sinais de trânsito e desmontagem das principais estruturas que foram necessárias para a realização da ‘Braga Street Stage’.

Durante a madrugada procedeu-se à retirada das passagens superiores para peões, dos gradeamentos e das estruturas de betão e de plástico (jerseys) que, para além de delimitarem o circuito onde decorreu a prova, serviram para garantir a máxima segurança do público, uma das grandes prioridades do Município na organização deste evento.

A AGERE – Empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga colocou no terreno mais de 60 colaboradores que procederam à limpeza das ruas, lavagem dos pisos e retirada dos cerca de 40 contentores de lixo. Para esta grande operação, a AGERE alocou igualmente viaturas de lavagem de pavimento, lavadora/aspiradora, camião de recolha, aspiradores eléctricos e sopradores.

rallybraga (1)

rallybraga (2)

rallybraga (3)

rallybraga (4)

rallybraga (5)

VICTOR HUGO SALGADO CANDIDATA-SE COMO INDEPENDENTE A PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE VIZELA

Vizela Sempre – Victor Hugo Salgado 2017 | Jantar de apresentação com 1400 pessoas no Eskada

O Movimento Vizela Sempre – Victor Hugo Salgado 2017, na senda do trabalho desenvolvido ao longo dos últimos meses, e tendo em vista a construção de uma Vizela mais democrática e independente, apresentou, ontem, dia 19 de Maio, no Eskada Vizela, Victor Hugo Salgado como candidato Independente a Presidente da Câmara Municipal de Vizela, contando com a presença de mais de 1400 vizelenses.

JANTAR VHS 2.

No decorrer do jantar foi apresentado o hino de campanha, cantado por Francisca Mendes, denominado “Vizela Sempre” e subiram, ainda, ao palco os candidatos às presidências de junta das freguesias de Vizela e toda a estrutura de campanha eleitoral:

Candidatos a Presidentes de Junta

  • José Mário Oliveira (atual presidente de Junta)  

União de Freguesias de Vizela – S. Miguel e S. João

  • Manuel Vieira

Freguesia de Infias

  • António Ferreira (atual presidente de Junta)  

União de Freguesias Tagilde/S. Paio

  • Augusto Costa

Freguesia de Stº Adrião

  • Manuel Pedrosa (atual presidente de Junta)  

Freguesia de Stª Eulália

 

Estrutura da campanha

  1. Mandatário da Candidatura - Dr. Francisco Ferreira (Ex-presidente da C. M. Vizela)
  2. Mandatária para a juventude - Dr.ª Filipa Antónia Sousa
  3. Mandatária da área financeira - Dr.ª Márcia Costa
  4. Diretor da campanha - Sr. Joaquim Meireles (Ex-presidente da Junta de Sta. Eulália)
  5. Coordenadora da informação – Dr.ª Agostinha Freitas
  6. Coordenador e relator do Programa Eleitoral – Dr. Armindo Faria
  7. O Presidente da Comissão de Honra – Dr. João Cocharra (Ex-presidente da Assembleia Municipal de Vizela)
  8. Candidato a Presidente da Assembleia Municipal – Dr. Fernando Carvalho - (Atual Presidente da Assembleia Municipal de Vizela)

Estes jantar faz história e marca a viragem no cenário político autárquico vizelense, tendo em consideração que foi o maior jantar político de sempre em Vizela. Nunca nenhum partido conseguiu fazer em Vizela o que o movimento Vizela Sempre fez enquanto estrutura independente.

A participação de mais de 1400 pessoas neste jantar provou que este movimento conta com o apoio massivo dos Vizelenses, o descontentamento para com Partido Socialista de Vizela e que a coligação de direita PSD-CDS/PP não representa alternativa para os Vizelenses.

O movimento Vizela Sempre está a lutar por um novo ciclo, que se sabe árduo, mas também motivante, exigente e desafiante e, por isso mesmo, necessariamente reformista, arrojado e realista.

No decorrer da noite de ontem, foram reafirmadas as principais propostas de orientação estratégica, que estão a merecer reflexão do grupo de trabalho constituído para a construção do programa eleitoral, e que vão ser apresentadas aos vizelenses, divididas por  6 grandes áreas intervenção, desde logo: Desporto e Juventude, Turismo e Ambiente, Investimento e Crescimento Económico, Reorganização dos Serviços Municipais, Proteção Social e Educação, nos seguintes termos:

  • Investimento nas infra estruturas desportivas – Construção de sintéticos nas Freguesias e a criação da Cidade do Desporto;
  • Nova fórmula de financiamento às associações desportivas;
  • Resolução do problema do Rio Vizela – despoluição;
  • Reabrir as termas de Vizela;
  • Requalificação da malha Urbana, em particular a Praça da República e as principais entradas de Vizela;
  • Criação de um museu da história da mota portuguesa em Vizela;
  • Concretizar um Parque Industrial;
  • Reorganizar a rede viária, com a construção do acesso à autoestrada e a construção de uma ponte de raíz sobre o Rio Vizela;
  • Resolução dos “pontos negros da burocracia”, criando um “Simplex autárquico”;
  • Reforçar as competências e o financiamento das Juntas de Freguesia;
  • Baixar os impostos e taxas Municipais;
  • Correção das assimetrias da rede social;
  • Definição dos conteúdos programáticos com identidade histórica;
  • Criação de canais privilegiados com as Associações de Pais e Professores.

JANTAR VHS 3.

JANTAR VHS 4. (1)

JANTAR VHS 4.

JANTAR VHS 5.

MINHOTOS DAS TERRAS DA NÓBREGA REALIZAM EM CARNAXIDE MOSTRA DE FOLCLORE

O Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega leva a efeito a III Mostra de Folclore. A referida Mostra realizar-se-á no próximo dia 28 de Maio, pelas 15h30 horas, no recinto do Santuário de Nossa Senhora da Rocha em Linda-a-Pastora e está integrada no programa oficial das "Festas da Rocha 2017".

Mostra_final

É pretensão e firme propósito da entidade organizadora que este evento exalte o Folclore e a Etnografia do Minho ao Algarve que ali será trazido por lídimos representantes destas mesmas regiões.

Em colaboração com a Irmandade de Nossa Senhora da Conceição da Rocha e a Junta de Freguesias da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, o GFTN dá assim o seu parco contributo para a revitalização das "Festas da Rocha", festas seculares e de enorme tradição na Comunidade Local: estas Festas eram, aliás, ponto de encontro para os Minhotos e Galegos da região de Lisboa, havendo mesmo um dia denominado como "o dia dos galegos". Estes vinham até à Rocha com as suas gaita-de-foles e pandeiretas e, conjuntamente com muitos minhotos, recriavam um terreiro com gotas, viras e canaverdes pela noite fora.

BLOGUE DO MINHO AGRADECE...

O BLOGUE DO MINHO informa que já ultrapassou as dificuldades técnicas relacionadas com a obtenção de espaço de memória para o alojamento de imagens, indispensável à sua publicação no blogue, e agradece a todos quantos ao aceitarem o convite sem encargos que lhes foi dirigido, se disponibilizaram para contribuir para a resolução do problema. Naturalmente, terá no futuro tal em consideração!

A Administração

DENTISTAS PÕEM BRAGA A SORRIR

´Braga a Sorrir´ vai aumentar número de consultas e colocação de próteses dentárias. Programa tem registado elevado procura

O Município de Braga vai atribuir um apoio financeiro de 110 mil euros ao projecto “Braga a Sorrir”, desenvolvido pela ´O Mundo a Sorrir — Associação de Médicos Dentistas Solidários Portugueses´. A proposta será submetida na próxima Reunião doExecutivo Municipal, que terá lugar Segunda-feira, dia 22 de Maio.

CASCMB22062015SERGIOFREITAS0000001920

Esta verba é inferior em 57 mil euros face ao apoio concedido no ano transacto. A redução da comparticipação municipal deve-se ao facto de ter sido aprovada uma candidatura apresentada ao Programa “Parcerias para o Impacto”, do Portugal Inovação Social, que representa um apoio de 70% das despesas do projecto para 2 anos.

Tendo em consideração que o ´Braga a Sorrir´ tem registado uma procurado elevada e apresenta actualmente uma considerável lista de espera, e aproveitando o financiamento aprovado, foi decidido aumentar o impacto do projecto, especialmente ao nível do número de consultas e da colocação de próteses dentárias, passando das actuais 20 mensais para 80 próteses dentária por mês.

O projecto “Braga a Sorrir” é desenvolvido em parceria com o Município de Braga e tem como principal objectivo disponibilizar e reforçar o acesso aos cuidados básicos de saúde oral dos munícipes de Braga em situação de vulnerabilidade socioeconómica. Em cerca de dois anos de actividade, o programa, através do seu C.A.S.O., já realizou mais de 11 500 consultas e 261 reabilitações orais.

No corrente ano, este Centro reforçou a sua resposta junto da população através da aquisição de uma terceira cadeira médico-dentária para consultas de prótese dentária.

O projecto é assente em três vertentes: assistência médico-dentária e acompanhamento psicossocial das pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconómica, no âmbito do C.A.S.O. (Centro de Apoio à saúde Oral); prevenção, educação e promoção da saúde oral das crianças, nas escolas do 1º Ciclo e intervenção médico dentário junto das pessoas idosas inseridas em diferentes respostas sociais (lares, centros de dia, SAD), no âmbito do Projecto Aprender a Ser Saudável e profissionais de apoio geriátrico e no âmbito do Projecto Sorrisos de Porta a Porta.

PSD DE FAMALICÃO DEFENDE CONSTRUÇÃO DE VARIANTE À ESTRADA NACIONAL 14

Primeiro-Ministro tem que provar que não anda a brincar com a alternativa à EN14

Logo_PSD_cor

O anúncio feito pelo primeiro-ministro do inicio da construção da variante alternativa à Estrada Nacional 14, que liga os concelhos da Maia, Trofa e Vila Nova de Famalicão, suscita-nos a nossa maior desconfiança.

Como é sabido o anterior Governo, atentas as gravosas condições económicas que o país enfrentava, desenvolveu uma solução infraestrutural concertada com os autarcas, menos custosa para o erário público, mas igualmente eficiente. Fruto da solução técnica e financeira que lhe estava associada a obra foi projetada para ser executada em 4 fases.

O anterior Governo cabimentou e abriu o concurso para a primeira fase desta variante, ligando o Nó do Jumbo e o Interface Rodoferroviário da Trofa, aquela que o primeiro-ministro anunciou, ontem, na cidade da Maia.

Ora, desde junho de 2016, que esta empreitada está em condições de ser adjudicada. Assim não aconteceu porque o Governo alegou que a obra só podia ser feita de forma integral.

Já em fevereiro do corrente ano, o Governo apresentou o “Programa de valorização das áreas Empresariais”, nele fazendo constar “a melhoria das acessibilidades às áreas de localização empresarial de Famalicão Sul/Ribeirão e Lousado”, uma intervenção que corresponde à fase final do projeto elaborado pelo anterior Governo.  Agora, “candidamente”, vem o primeiro-ministro dizer que tudo volta à “primeira forma”.

Nada disto é aceitável. Não é aceitável que o primeiro-ministro anuncie simplesmente que está tudo pronto para avançar, quando já o podia ter feito há um ano atrás. Não é aceitável que o Governo dê como boa a execução faseada da obra, depois reclame a imperiosidade da sua execução integral, para à frente voltar a dizer que faseadamente é que está bem. Não é aceitável que diga que uma obra começa a sul, depois a norte, para mais tarde retomar o seu começo a Sul.

Recorde-se que, se o “Governo da União das Esquerdas”, por sua opção politica, não tivesse impedido a “Infraestruturas de Portugal” de seguir com a execução do projeto, a alternativa à EN14 era uma realidade no próximo ano. O que sabemos não irá acontecer.

Ao fim de 18 meses, não bastam explicações adicionais do primeiro-ministro, que se esqueceu de as prestar. Também já não será suficiente um pedido de desculpas, que ademais continua obrigado a formular. Não bastam palavras. O primeiro-ministro tem de dar provas da seriedade das suas declarações.

Está na hora da Administração Central começar a concertar com os autarcas os seus propósitos e não os surpreender em público com sucessivas mudanças de posição. Os anúncios públicos não têm qualquer efeito por si só.

Neste contexto, o Partido Social Democrata desafia o primeiro-ministro a adjudicar imediatamente, não apenas a empreitada da primeira fase da obra, com inicio na Maia, dada a inexistência de qualquer impedimento técnico, mas também a empreitada da fase final do projeto, já no município de Vila Nova de Famalicão, que há dois meses o governo prometeu começar neste ano.

O primeiro-ministro tem uma derradeira oportunidade para provar que não está a brincar com as populações, com os autarcas e com os empresários desta região.

Jorge Paulo Oliveira (919125999)

Deputado à Assembleia da República

Vice-Presidente da Comissão Política do PSD de Vila Nova de Famalicão

CASA DA CULTURA DE MELGAÇO RECEBE FITAVALE

As Comédias do Minho trazem no próximo domingo o 7º FITAVALE, Festival Itinerante de Teatro de Amadores do Vale do Minho, à Casa da Cultura, em Melgaço. A ação decorrerá pelas 16h00, com a peça ‘Paraíso Funesto’, encenado pelo grupo Outra Cena.

FITAVALE 1

Sinopse

«Um dos efeitos do medo é perturbar os sentidos e fazer com que as coisas não pareçam o que são. O que assusta a pequena órfã Irene durante a noite? O ranger áspero da porta distante. Os passos quebradiços que estalam morosamente pelo longo corredor, imperáveis e cada vez mais perto…o cheiro pungente a peixe. Recorrendo a um plano derradeiro, os tios adotivos de Irene acolhem Gabriela, perceptora e licenciada em Psicologia, para descobrir a razão deste horror. E Francisco Riocorvo, também seu tio, porque lhe atormenta a presença de Gabriela? Fotonovela tornada mistério de palco, balão de pensamento e fala encenada para desvendar ‘Paraíso Funesto’.»

ENCENAÇÃO Tânia Almeida

AUTOR Desconhecido

INTERPRETAÇÃO Cândido Malheiro, Irene Costa, Mafalda Ferreira, Margot Silva, Maria Amorim, Sara Carpinteira, Sónia Almeida

O FITAVALE é organizado pela Comédias do Minho e integra cinco grupos de teatro de amadores do Vale do Minho, nomeadamente: Os Simples de Melgaço, a Associação Filarmónica Milagrense de Monção, + TAC de Paredes de Coura, Verdevejo de Valença e Outra Cena de Vila Nova de Cerveira. O Festival tem início hoje em Monção, percorrendo, até domingo, os restantes municípios do Vale do Minho:

Hoje, 19 de maio

MONÇÃO, Cineteatro João Verde

21h00 Abertura 7º FITAVALE

21h30 PONTE, VerdeVejo

20 MAIO

PAREDES DE COURA, Centro Cultural

16h00 JOÃO VERDE, 150 – VIDA E OBRA, Associação Filarmónica Milagrense e Comunidade de Monção

VALENÇA, Auditório de Verdoejo

21h30 MACBETH, + TAC

21 de MAIO

MELGAÇO, Casa da Cultura

16h00 PARAÍSO FUNESTO, Outra Cena

VILA NOVA DE CERVEIRA, Cineteatro

21h30 MARATONA, Os Simples

Programa aqui!

FITAVALE

GRUPO DE TEATRO OS SIMPLES APRESENTAM NOVA PEÇA, 27 de maio na Casa da Cultura

MARATONA é o nome da mais recente peça do grupo amador de teatro melgacense ‘Os Simples’. O espetáculo estará em cena na Casa da Cultura, no próximo dia 27 de maio, pelas 21h30. A encenação é de Joana Magalhães e trata-se de uma epopeia trágico-cómica de uma família a salto para França. ‘Com passadoras de homens, carabineiros, e outros aventureiros. Histórias de fronteira e de um passado recente, que continua a ter presente.’, considera o grupo que levará a palco a peça já este domingo, no Cineteatro de Vila Nova de Cerveira, pelas 21h30, no âmbito do FITAVALE.

ENCENAÇÃO E DRAMATURGIA Joana Magalhães
TEXTO Vários Autores
INTERPRETAÇÃO Ana Freitas, Artur Caldas, Cristina Vilas, Gabriel Lourenço, Humberto Sousa, Igor Gonçalves, Inês Ribeiro, Jorge Filipe Dias, Juliana Pires, Lídia Sousa, Maria Clara Araújo, Maria José Rocha, Maria José Silva, Maria Olívia Lima, Tânia Domingues
CENOGRAFIA Raul Cardoso
DESENHO DE LUZ Vasco Ferreira
VOZ OFF Tânia Almeida
AGRADECIMENTOS Sport Clube Melgacense e Município de Melgaço

A saber que a Comédias do Minho é um projeto cultural que começou em 2003, com a colaboração dos municípios de Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença e Vila Nova da Cerveira, destinado a criar uma companhia de teatro profissional.

A sua missão é dotar o vale do Minho de um projeto cultural próprio, adaptado à sua realidade socioeconómica e, portanto, com um enfoque especial no envolvimento das populações, a partir da construção de propostas de efetivo valor participativo e simbólico, para as comunidades a que se dirigem.

Maratona_A3_1EURO

MINISTRO DA ECONOMIA VISITA ESPOSENDE

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral visitou as instalações da Prozis, suplementos e alimentação funcional, em Esposende, onde tentou perceber o segredo desta empresa  líder europeia de vendas de alimentação funcional.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende disse que a Prozis "é uma empresa de referência no concelho de esposende", distinguindo-se, ainda pelo facto de "fugir" à vocação industrial que carateriza o tecido industrial local.

"Esposende não tem uma tradição industrial muito vincada, mas começamos a ter emprego qualificado e empresas de base tecnológica. Em termos de empregabilidade, à escala municipal, a Prozis é muito importante", considera Benjamim Pereira.

O presidente da Câmara de Esposende destacou, ainda, o facto desta empresa ter regenerado as instalações de uma antiga unidade têxtil, vendo com agrado a visita do ministro da Economia. "É o reconhecimento da dinâmica económica do concelho, personalizado nesta grande empresa que é a Prozis. Esposende tem vindo a afirmar-se com muitas unidades de grande visibilidade internacional", apontou Benjamim Pereira, lembrando que a componente ambiental continua a ser uma questão de princípio na autorização da instalação de empresas no concelho.

Na unidade de Esposende, a Prozis emprega 300 pessoas e possui outra unidade na Póvoa de Lanhoso. O  mentor e principal acionista e da Prozis, Miguel Milhão, disse ter recusado "inúmeras propostas de venda da empresa, porque o valor está na plataforma tecnológica que construímos. A maneira mais eficiente de chegar ao consumidor final", disse Milhão.

A crescer a um ritmo de 55 por cento este ano, a Prozis tem na Europa o seu principal mercado e prepara-se para alargar a aposta, com a construção de novas unidades.

BARCELOS EXPÕE "METROS DE COR"

Galeria Municipal de Arte expõe “Metros da Cor” de Ralf Glasz

A Galeria Municipal de Arte tem patente a exposição “Metros de Color - ou Metros da Cor” de Ralf Glasz.
Até 4 de junho, quem visitar a Galeria poderá apreciar 41 trabalhos com referências à natureza, retratos, figurativo e paisagem.

Ralf Glasz exposição

Os aspetos da vida rural, folclore, arte local, festivais populares, cheios de vida e de cor são o espelho do gosto do artista Ralf Glasz que pinta num estilo realista, usando tamanhos de telas que sejam fáceis de pendurar numa sala normal.

Desde muito novo que Ralf reparte a sua dedicação entre a música e a pintura; as suas grandes companheiras ao longo da vida. Estudou piano e canto, não só no prestigiado Instituto Robert Schumann em Dusseldorf, na Alemanha, como também teve aulas privadas com vários artistas de renome internacional. O seu caminho nem sempre foi fácil, mas, em 1983 recebeu uma bolsa de um dos editoriais do presidente do município de Londres que o ajudou, ao longo dos 17 anos que lá residiu, a lançar a sua carreira musical. Ao trabalhar como cantor de ópera e como pianista em concertos de música clássica, que são sem dúvida a sua grande paixão e parte da sua vida até ao momento, teve a oportunidade de viajar muito e passou por muitos cantos da terra atuando em teatros, casas de ópera e salas de espetáculos. Durante as pausas entre os ensaios e os espetáculos, em que a maioria dos artistas parecem viver uma vida cheia de glamour, Ralf passava muitas horas sozinho a estudar ou a recuperar energias para as atuações que tinha pela frente. Era nesta altura que continuava a rabiscar, a esboçar e a pintar. Ralf também trabalhou como ator em palcos e em filmes, foi professor de piano e de canto, produzindo alguns novos talentos importantes, enquanto paralelamente ensinava línguas em escolas públicas e privadas.

PONTE DE LIMA MOSTRA NATUREZA MÁGICA

Natureza Mágica: Mar, Mata e Magia. Exposição de Pintura na Torre da Cadeia Velha – Ponte de Lima- 1 de Junho

O Município de Ponte de Lima inaugura, no próximo dia 01 de junho, na Torre da Cadeia Velha, em Ponte de Lima, uma exposição de pintura intitulada “Mar, Mata e Magia“, da artista brasileira Edith Rizzo. A par desta exposição, também é lançado o livro de contos “O Mundo Mágico das Fadas Elementais”, da autoria da escritora limiana Elisabete Araújo. A obra está traduzida para inglês e francês e as suas ilustrações são da autoria de Edith Rizzo.

natureza_magica_cartaz

Edith Rizzo nasceu a 03 de março de 1966, em Santa Adélia, no estado de São Paulo, no Brasil. Começou o seu percurso como pintora aos seis anos de idade, com pequenos esboços e aos dez anos de idade já pintava pequenos retratos. Em 2015, a artista recebe o título de Chevalier Academicienne, pela Mundial Art Acadamie (MAA), em França; em 2016 é condecorada com os títulos de Delegada Cultural e Embaixadora da Paz, pela CONBLA – Confederação Brasileira de Letras e Artes – e em 2011 e 2012 é galardoada pela Rede Globo na Galeria TV Rio Sul. Atualmente vive na cidade brasileira de Paraty, onde leciona matemática, sem nunca abandonar o seu percurso artístico, na pintura, com características muito próprias como se podem apreciar em Mar, Mata e Magia.

Elisabete Araújo, nasceu em Luanda, Angola, a 01 de setembro de 1969. Regressou a Portugal, com os pais, mais concretamente a Ponte de Lima, quando tinha apenas seis anos de idade. Impulsionada por uma terra de lendas e poesia, como é Ponte de Lima, cedo descobriu a paixão pela escrita e, aos 16 anos, já os seus textos eram publicados em publicações regionais. Em 2011, publica o seu primeiro livro, intitulado “Mêda – Entre a Serra e o Douro”, onde contou com a colaboração do seu filho António Jorge, na fotografia. Viveu durante 25 anos em Vila Nova de Gaia, exercendo funções de Gestora de Recursos Humanos, numa multinacional e, em 2012, regressa a Ponte de Lima, onde é gerente e formadora numa empresa de formação. A escrita continua a ser a sua grande paixão.

O gosto pela natureza e pelas figuras que preenchem o imaginário comum, uniu as duas artistas e, muito embora estejam separadas por milhares de quilómetros, decidiram concretizar este projeto juntas, direcionado, em particular, aos mais pequenos.

Após a inauguração da exposição e da apresentação do livro, haverá lugar a uma degustação de produtos Luso-Brasileiros para todos os que quiserem participar, e haverá uma pequena peça de teatro alusiva à obra apresentada, representada pelo grupo de teatro Pequenos Atores do Lima.

A inauguração da exposição “Mar, Mata e Magia”, de Edith Rizzo, e a apresentação do livro “O Mundo Mágico das Fadas Elementais” de Elisabete Araújo, terão lugar pelas 19 horas, na Torre da Cadeia Velha, sendo que a exposição estará patente na Torre da Cadeia Velha, até ao dia 25 de junho.

ALTO MINHO DESENCAMINHA VISITANTES DA NATUREZA

Alto Minho desencaminha visitantes para descobrir arte e natureza, de 1 a 4 de Junho

Desencaminharte é o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural com escala intermunicipal

desencaminharte

10 municípios, 10 lugares únicos, 10 intervenções de arte pública e mais de meia centena de experiências e tentações prometem desencaminhar, já este mês de Junho, visitantes e turistas para redescobrir valores e paisagens do Alto Minho natural e rural.

Do nascer-do-sol de 1 de junho ao pôr-do-sol do dia 4, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) organiza o primeiro festival de arte pública do país em espaço natural e rural, entre serras, rios e mar.

Fazendo justiça à região mais verde de Portugal, morada do único parque nacional do país, o Desencaminharte propõe experiências artísticas, culturais, turísticas e lúdicas de mãos dadas com a natureza e tradições seculares, em lugares de características únicas dos concelhos do Alto Minho.

Sistelo (Arcos de Valdevez), Lugar dos Poços (Caminha), Lamas de Mouro(Melgaço), Penha da Rainha (Monção), Praia de Taboão (Paredes de Coura),Espigueiros do Lindoso (Ponte da Barca), Quinta de Pentieiros (Ponte de Lima), Mosteiro de Sanfins (Valença), Monte de Santo António (Viana do Castelo) e a Casa do Artista Jaime Isidoro (Vila Nova de Cerveira) são os locais do festival, nesta primeira edição, para onde se desencaminharam, respetivamente, os artistas ou coletivos Pascal FerreiraCarlos Pinheiro, Dário CannatáSofia LeitãoJoão Pais FilipeMariana BarroteMeroficina, Oficina AraraIva Viana Ana Torrie.

Sobre as intervenções e os artistas, toda a informação está disponível aqui.

Situados fora das sedes dos concelhos e de áreas urbanas, estes lugares propõem um roteiro alternativo aos lugares comuns da região, contribuindo para a diversificação dos tópicos de interesse num destino que vê crescer os seus indicadores turísticos acima da média nacional, mas também para a educação para o património ambiental e cultural.

No Desencaminharte, que elege a serpente por signo e o serpentear por prática, haverá muito mais para fazer nos locais de intervenção do que acompanhar e visitar as criações artísticas.

Constituída por oficinasconcertos performancesatividades de ar livre, desporto e turismo ativo, concursosmercados jogos tradicionais, parte substancial da programação está já acessível em www.desencaminharte.altominho.pt .

A iniciativa lança ainda um concurso dirigido aos artesãos do Alto Minho que os desafia a criarem propostas de uma mascote do Desencaminharte, entre cobras e lagartos, com recurso a ofícios de cerâmica, madeira, têxtil, couro, estuque ou cestaria, entre outros.

A 1 de junho, Dia Mundial da Criança, o festival promove ainda oficinas educativas, em diversas expressões artísticas, que porão alunos de escolas da região em contacto com os artistas convidados e as suas intervenções.

O Desencaminharte aposta ainda na organização de uma exposição coletiva dos 10 artistas convidados, na Casa do Artista Jaime Isidoro, em Vila Nova de Cerveira, dedicada aos “ovos de serpente”. A exposição dará origem a uma experiência de geocaching, sendo as peças criadas escondidas em cada um dos 10 locais de intervenção.

O contacto com a natureza e as tradições ganha destaque nas propostas de desencaminhar. Estão disponíveis caminhadas por trilhos diversos que desencaminham ao encontro dos artistas, passeios de bicicleta e de barco, uma oficina de pão castrejo ou o espreitar da tradição do estuque em Afife.

O Alto Minho é a única sub-região de Portugal integralmente certificada com a Carta Europeia de Turismo Sustentável, marca que pretende consolidar através deste festival.

Todas as iniciativas integradas na programação, com as respetivas condições de realização e subscrição, serão publicadas no site www.desencaminharte.altominho.pt.

O Desencaminharte está também presente no Facebook e no Instagram.

A iniciativa conta com o cofinanciamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, ao abrigo do NORTE 2020/Portugal 2020.

CHEFE DA REPRESENTAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA EM PORTUGAL VISITA ESPOSENDE

A Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, inteirou-se de dois exemplos de projetos cofinanciados por Fundos Comunitários: a Ciclovia do Litoral e o Observatório Marinho de Esposende (OMARE). Esta visita insere-se no périplo que Sofia Colares Alves está a fazer a todo o país, privilegiando os debates com cidadãos e conhecer, no terreno, os projetos financiados.

cee4

Em Esposende, a Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal inteirou-se do projeto de ciclovias que o Município tem em curso e que permitirá percorrer toda a costa, financiado pela Polis, assim como também já iniciou a construção da via paralela ao rio Cávado, desenvolvida no âmbito da Comunidade Inter Municipal.

Ao ser recebida por Benjamim Pereira, Sofia Colares Alves referiu ser "um prazer estar em Esposende, um concelho dinâmico e claramente virado para o futuro, para a sustentabilidade e para o conhecimento".

Por seu turno, Benjamim Pereira, lembrou que “basta fazer um exercício de memória, para constatarmos que a integração na União Europeia permitiu alcançar níveis de desenvolvimento e qualidade de vida”. Sobre os projetos visitados, o autarca justificou: “Quisemos mostrar um investimento materializado (ciclovias) e outro imaterial, o OMARE, uma exposição que mostra alguns trabalhos de investigação na área da biodiversidade marinha de Esposende que permitirá uma motorização ao longo de três anos, no âmbito de um projeto da Câmara Municipal e da Universidade do Minho, avaliado em 1,1 milhões de euros.

O projeto do OMARE foi aprovado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, que o financiará em 85 por cento. O OMARE integra 18 ações, 16 das quais estarão a cargo do Município de Esposende, “que terá o papel de líder e será o beneficiário principal”, ficando a Universidade do Minho responsável pelas duas restantes.

Na visita ao "Esposende Empreendedor", José Marques da Silva da ACICE agradeceu a presença e disponibilidade da Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal.

"É extraordinário que num tão curto espaço de tempo após convite – lançar bases ecossistema empreendedor de base local – pela Comissão Europeia, falar diretamente com os empresários no terreno."

FAMALICÃO: TELHABEL RESGATA, RESTAURA E REABILITA RELEVANTE PATRIMÓNIO HISTÓRICO

Visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, ao Palácio da Igreja Velha, em Vermoim, segunda-feira, 22 de maio, pelas 10h30

AFS_6137

Na primeira década do séc. XXI, o Palácio da Igreja Velha, em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, viveu o período mais sombrio dos seus 136 anos de história, mas após a aquisição, em 2012, por parte do grupo Telhabel, este importante património histórico famalicense, edificado em 1881 ao estilo barroco com duas torres acasteladas e uma capela anexa, a Capela S. Francisco de Assis de estilo neogótico, está salvaguardado, valorizado e já é motivo de notícias positivas em Portugal e no mundo. A última foi motivada pela edificação de um novo espaço de restauração junto ao palácio, cujo projeto de arquitetura deu ao gabinete Visioarq o prémio do público na edição 2017 do conceituado concurso de Arquitetura Architizer.

Hoje o mercado da reabilitação representa uma fatia importante no conjunto de obras da Telhabel e o nível de profissionalismo da empresa vai poder ser apreciado numa visita ao Palácio da Igreja Velha do Presidente da Câmara Municipal no âmbito do roteiro Famalicão Made IN,  segunda-feira, 22 de maio, pelas 10h30, em Vermoim.

A Telhabel é uma empresa de construção civil fundada em 1973, em Vila Nova de Famalicão, por Manuel Sampaio Couto. Ao longo dos mais de 40 anos de história, a empresa soube sempre antecipar-se ao mercado e posicionar-se de forma segura no universo da construção civil. A atuar nos mercados nacional e internacional tem demonstrado uma grande capacidade em acompanhar e liderar os avanços do mercado da construção civil e obras públicas, sendo há muito tempo uma empresa de referência do setor.  

GRANDE PRÉMIO DE CICLISMO PEDALA EM BARCELOS

Barcelos recebe a 2ª etapa do 27º Grande Prémio de Ciclismo JN. Dia 26 de maio, contrarrelógio individual, às 17h, no Largo do Município

Barcelos recebe o 27º Grande Prémio de Ciclismo JN, no dia 26 de maio, e conta com a realização de um contrarrelógio individual, que terá a saída do Largo do Município e termina no Monte Franqueira. O Grande Prémio JN, que conta com a participação 134 atletas nacionais e internacionais, constitui a segunda prova mais importante do calendário da Federação Portuguesa de Ciclismo.

outbcl

Este evento desportivo marca o 129º aniversário do "Jornal de Notícias", e Barcelos ficará na memória como um dos concelhos escolhidos para receber esta grande iniciativa desportiva. O 27º Grande Prémio de Ciclismo JN passa pelos concelhos de Valongo, Maia, Ovar, Barcelos, Viseu e Viana do Castelo, entre 24 e 28 de maio.

Para o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “é grande o entusiasmo com que Barcelos recebe a 27ª edição do Grande Prémio do Jornal de Notícias, num concelho onde a atividade desportiva possui um grande dinamismo, fruto de um forte investimento da Câmara Municipal e das inúmeras associações”, acrescentando que “a importância do desporto na vida em comunidade deve ser valorizada nas mais diversas dimensões, nomeadamente na cívica, na humana e na da saúde, pois funciona também como veículo de transmissão dos valores da disciplina, da responsabilidade e da cooperação entre todos aqueles que o praticam, juntando inclusive diferentes gerações e fomentando dessa forma uma maior coesão social. “

FAMALICÃO AVANÇA COM UNIDADE DE SAÚDE MENTAL E DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS DE RIBA DE AVE

Presidente da Câmara Municipal de Famalicão e Secretário de Estado Adjunto e da Saúde lançam primeira pedra
O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, participa amanhã, sábado, dia 20 de maio, pelas 15h30, no lançamento da primeira pedra da Unidade de Saúde Mental e Doenças Neurodegenerativas da Santa Casa da Misericórdia de Riba de Ave. A cerimónia conta com as presenças do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, do presidente da União das Misericórdias, Manuel Lemos, e de vários responsáveis do Hospital da Misericórdia de Riba de Ave, entre outros.
Refira-se que esta nova estrutura de Saúde, com condições únicas no país, resulta de umprotocolo celebrado, com o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto, em dezembro de 2015. Na altura, o administrador delegado da Santa Casa de Misericórdia de Riba de Ave, Salazar Coimbra, anunciava que “se trata de um centro único no país, com acompanhamento na comunidade, ensino e investigação, que assiste os utentes e apoia as famílias”. De acordo com o responsável “a aposta deve-se ao facto de doenças como Alzheimer, Parkinson e demências em geral, serem cada vez mais comuns". Trata-se de um fenómeno explicável pelo aumento da esperança média de vida, mas os especialistas e instituições admitem que existe uma lacuna de investigação e formação nesta área.

CARLOS CALHEIROS EXPÕE PINTURA EM PONTE DE LIMA

Município de Ponte de Lima inaugura exposição de pintura de Carlos Calheiros

O Município de Ponte de Lima inaugura no próximo dia 3 de junho, pelas 18h00, uma exposição de pintura de Carlos Calheiros, intitulada “A terra que me viu crescer”. A mostra, que estará patente ao público na varanda interior da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, integra trabalhos de pintura a óleo e a aguarela sobre a histórica vila alto minhota e os elétricos do Porto.

expo_pai (Medium)

A cerimónia de abertura da exposição individual de pintura incluirá momentos de declamação de poesia e apontamentos musicais.

“A terra que me viu crescer” poderá ser visitada até ao dia 17 de junho.

Sobre o artista:

Natural de Refoios do Lima, concelho de Ponte de Lima, Carlos Calheiros exerce funções de Técnico Superior na ULSAM – Unidade Local de Saúde do Alto Minho. Profundamente ligado ao mundo do desporto, Carlos Calheiros ocupa o cargo de vice-presidente da AFVC – Associação de Futebol de Viana do Castelo –, tendo passado pela A. D. “Os Limianos” e pelo “Viana Taurino Clube” na qualidade de atleta.

Desenvolve há cerca de um ano trabalhos de pintura, estando atualmente inscrito na escola SOARTE de Viana do Castelo.

BRAGA PARQUE ANTECIPA BRAGA ROMANA

O Braga Parque antecipa a XIV edição da Braga Romana, um dos maiores eventos anuais da cidade minhota. Com dois espetáculos inéditos, a icónica escadaria do centro comercial vai receber inebriantes momentos de teatro e dança nos dias 20 e 21 de maio, numa clara homenagem à herança romana da cidade.

Braga Romana 2017 - Braga Parque

IMPÉRIO ROMANO INVADE O BRAGA PARQUE COM ESPETÁCULOS INÉDITOS

Bracara Augusta foi uma cidade fundada há mais de dois mil anos por César Augusto, tendo sido a capital da província romana da Gallaecia. E se de repente a história e o património da antiga cidade do império romano fossem recriadas em dois espetáculos únicos no Braga Parque? Nos dias 20 e 21 de maio, o reconhecido centro comercial da cidade minhota dá início a uma das festas mais originais do Norte.

De 24 a 28 de maio, Braga recebe a XIV edição da reconhecida Braga Romana, que integra a reconstituição do quotidiano da época através do famoso mercado romano. O centro histórico e outras áreas da cidade recebem um menu variado de atividades e animações de rua, com cortejos, espetáculos, representações teatrais e artistas ambulantes.

O Braga Parque antecipa as celebrações da herança romana da cidade com dois momentos que prometem uma verdadeira viagem no tempo, desde a escadaria central do shopping até à remota Bracara Augusta.

O dia 20 de maio será dedicado ao teatro. Às 17h, o Grupo de Teatro Planalto apresenta a peça “Ancillae”, que relata a história comovente de uma família romana que, num momento de grande pesar e tristeza, desvenda a verdadeira natureza do ser humano, através de episódios de doença, vingança, sofrimento, amizade e compaixão. O grupo de teatro amador da Associação Social e Cultural de Sobreposta foi criado em 2013 e, desde então, tem vindo a formar jovens dos nove aos 99 anos, sob a dedicada coordenação de Luísa Ribeiro e Patrícia Araújo.

No domingo, dia 21 de maio, também às 17h, será a dança a brilhar na icónica escadaria. Da autoria da Escola de Dança e Artes Performativas Backstage, “O Julgamento das Deusas” é uma peça de Ballet Contemporâneo que enaltece o poder do amor, representado pela deusa romana Vénus, face ao poder e sabedoria de Juno e Minerva, tendo como juízes de uma competição de proporções divinas Júpiter, o mais importante deus, e Páris, o humilde príncipe. Com sede em Braga, a Backstage surgiu em 2009 para colmatar a ausência de um espaço de ensino e prática da Dança e das Artes Performativas, até então inexistente na cidade. Atualmente, com uma vasta oferta de modalidades, dinamizadas por professores credenciados, está aberta a toda a população, tendo alunos de todas as faixas etárias.

“Este é um evento que mobiliza a cidade, desde os seus habitantes e forças vivas, até aos que nos visitam por esta altura do ano. É um grande cartão-de-visita de Braga, que tem vindo a realizar eventos culturais de grande qualidade e que valorizam as nossas entidades. É para nós uma grande honra fazer parte desta festa mais uma vez consolidando a parceria que temos com a Câmara Municipal de Braga. Deste modo, O Braga Parque será anfitrião de dois momentos de expressão artística de elevada qualidade, interpretados por instituições e pessoas do nosso distrito”, afirma Ana Rodrigues, responsável de Marketing do Braga Parque.

Mas o Braga Romana vai também marcar presença na festa da cidade através da oferta de um símbolo do tempo Romano a muitos dos milhares de visitantes do evento, bem como vai apoiar o III Concurso “De Familia Mea” que desafia pais e filhos a recriarem uma família romana, vestindo-se a rigor e desfilando orgulhosamente pelas ruas da antiga Bracara Augusta. Aqueles que melhor obedecerem às tradições da época serão galardoados com prémios patrocinados pelo Braga Parque.

Com início já no próximo fim-de-semana, a cidade de Braga e o Braga Parque convidam para uma imersão na cultura romana.

ANTÓNIO VILELA: AGRICULTURA CONTINUARÁ A SER UM SECTOR ESTRATÉGICO PARA VILA VERDE

Candidato anuncia criação do Mercado de Produtos Locais e propõe novas associações de produtores ligadas as outras fileiras de produtos

Tendo o concelho de Vila Verde um «forte pendor agrícola» e registado «um incremento do sector nos últimos anos», o candidato do PSD à Câmara de Vila Verde anuncia que «este continuará a ser um sector estratégico para Vila Verde». 

CARREIRAS 1

Nas mais recentes visitas às freguesias para auscultação dos anseios locais, António Vilela tem referido a importância que terá o projecto da futura Adega Cultural, «onde será instalado um Mercado de Produtos Locais», para venda directa dos pequenos produtores ao consumidor(es) final. 

E fala na necessidade de «apoiar a criação de associações de produtores locais, no sentido de promover e permitir um escoamento de produtos agrícolas para consumo interno, particulares e sectores como a restauração, e para fora das portas do concelho».

Nos últimos anos, Vila Verde tem registado um forte desenvolvimento de projectos agrícolas, sobretudo por jovens agricultores, e tem assistido à modernização/profissionalização das actividades tradicionais, dos pequenos produtores locais.

As isenções de taxas e licenças municipais para unidades de produção ligadas à agro-indústria e agro-pecuária, «constituem um importante incentivo à atracção e instalação de novas unidades agrícolas».   

«Estas são medidas municipais que têm permitido aos nossos jovens e restantes produtores terem um impulso decisivo para avançar e para modernizar espaços agrícolas, com muito sucesso», vinca o candidato.

Medidas que estão associadas ao aproveitamento estratégico de fundos comunitários, que têm permitido o ressurgimento de grandes áreas de exploração agrícola, muitas delas ligadas à produção de pequenos frutos e à agro-pecuária.

«Aliás, o concelho de Vila Verde é aquele que viu mais projectos aprovados a nível nacional», vinca António Vilela.

EVENTOS LIGADOS AO SECTOR

Eventos como a Feira Nacional do Mirtilo e Pequenos Frutos, a marca Namorar Portugal (com mais de 60 produtos associados), a Festa das Colheitas, o extenso programa da Rota das Colheitas, o apoio a pequenos certames locais (Festa do Vinho do Vade, Feira dos Vinte de Prado, Feiras Agrícolas, etc) e «acções financiadas de combate às pragas das culturas», entre outras, «têm vindo a dar visibilidade e a permitir o aparecimento de pequenas e micro-empresas no sector». Para António Vilela, «nunca Vila Verde teve uma estratégica coordenada e tão concentrada com vista à valorização e projecção do sector».

CARREIRAS 2

MERCADO E ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES

O aparecimento de unidades industriais de transformação de produtos, queijo e carne, deram um novo impulso ao sector, mas António Vilela assinala o futuro Mercado de Produtos Locais, a instalar no âmbito da requalificação da antiga Adega de Vila Verde (Adega Cultural), como «mais um importante passo para ajudar ao escoamento da produção agrícola feita pelos pequenos produtores e lavradores do concelho».

E tem deixado uma ideia: «o município apoiará sempre a criação de associação de produtores ligados a determinada fileira de produtos, do mel, feijão, castanha, aves, hortícolas, frutícolas, entre outros. Já temos algumas associações/cooperativas de agricultores, ligados, sobretudo, aos pequenos frutos, mas podemos e devemos alargar a outras fileiras».

REGADIO DE SOUTELO-PRADO-CABANELAS

Na zona sul do concelho, o candidato assinala «a importância estratégica» que terão as obras de requalificação do regadio Soutelo-Prado-Cabanelas, que abrange uma área agrícola de cerca de 327 hectares. A candidatura está aprovada e comporta um investimento na ordem dos 7 milhões de euros, projecto que será explorado pela Junta de Regantes.

«São investimentos que se traduzirão numa grande eficiência, nomeadamente os relativos ao valor das perdas de água, a exponenciação das culturas potenciais, área beneficiada e o número de agricultores abrangidos», realça António Vilela.

De resto, vinca que «o novo quadro comunitário abre janelas de oportunidade para a economia rural, com apoios financeiros destinados ao desenvolvimento da actividade agro-pecuária, ao turismo, às pequenas empresas e apoio ao emprego que é necessário aproveitar ao máximo».

Estas foram algumas das ideias transmitidas pelo candidatos, nas visitas que têm vindo a realizar a todas as freguesias do concelho, na conversa que têm mantido com as listas de candidaturas locais e com a população, em geral, que têm registado uma participação massiva e activa.

CARREIRAS 3

BRAGA REFORÇA APOIOS AOS ALUNOS DO 1º CICLO

O Município de Braga, tendo como objectivos fomentar a inclusão e a coesão social, a igualdade de oportunidades e o desenvolvimento sustentável, atribuirá, pela quarta vez consecutiva, os cadernos de fichas (Língua Portuguesa, Matemática, Estudo do Meio e Inglês para o 3º e 4º ano) e os materiais escolares obrigatórios aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico posicionados no escalão A e B para o ano lectivo 2017/2018. Estes auxílios económicos traduzem-se num investimento global na ordem de 140 mil euros.

SF1_4667

O montante destinado pela Autarquia aos auxílios económicos sofreu um aumento considerável desde o ano lectivo 2013/2014, altura em que o valor se cifrou nos 78 mil euros. Em 2014/2015 o valor foi de 142 mil euros, em 2015/2016 de 144 mil euros e em 2016/2017 de 137 mil euros.

Com vista também à redução dos encargos das famílias no sector da educação, o Município de Braga pretende concretizar os apoios na aquisição dos manuais escolares a alunos do 1° Ciclo, mediante a atribuição de uma comparticipação a cada um no valor máximo correspondente ao custo de capa dos manuais. O valor do investimento é na ordem dos 125 mil euros.

O Município de Braga compromete-se a pagar o referido subsídio ao Encarregado de Educação do aluno, no prazo de um mês, a contar da data de apresentação dos documentos no balcão único deste Município, devendo a mesma ocorrer em data ainda a definir.

Relembre-se que já desde o ano lectivo 2014/2015 que o Município garante a distribuição gratuita dos manuais escolares aos alunos do 1º ciclo sendo que esta iniciativa, desde o ano lectivo anterior, apenas abarca os alunos que não beneficiam do apoio atribuído pelo Governo.

Pág. 1/6