Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AFINAL ONDE ESTÁ O PROMETIDO DEBATE DE IDEIAS ENTRE AS CANDIDATURAS AOS ÓRGÃO DIRECTIVOS DA FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS?

Em resposta ao artigo publicado no BLOGUE DO MINHO sob o título em epígrafe, em http://bloguedominho.blogs.sapo.pt/afinal-onde-esta-o-prometido-debate-de-6770496, publicou o Dr Ludgero Mendes na página do Facebook “Sons do Povo”, da Rádio do Folclore Português, o comentário que nos merece o maior interesse e que aqui publicamos na íntegra, no propósito de contribuir para o debate de ideias.

1976927_837602992933149_831794743_n.jpg

Caro Senhor Carlos Gomes,

Posso concordar consigo sobre o interesse de as Listas que se propõem ao acto eleitoral do próximo dia 11 deverem ter um espaço e um tempo para apresentarem mais detalhadamente os seus projectos, que são distintos um do outro, se bem analisados, apesar de consensualizarem um conjunto de ideias que, no fundo, representam o que é essencial para a "governança" da Federação.

Há, contudo, a necessidade de operar uma certa rotura com práticas do passado recente, de modo a conseguir ganhar a credibilidade por parte de agentes do poder político central, de modo a ser parceira cultural do Ministério ou da Secretaria de Estado da Cultura (depende, uma vez que alguns Governos têm um Ministério da Cultura, enquanto outros, como o actual, apenas têm uma Secretaria de Estado), e o primeiro passo que tem que ser dado no sentido de sermos respeitados é sabermos o que queremos fazer com tão importante património cultural como são o folclore e a etnografia.

Este Congresso é fundamental para podermos definir toda a estratégia exigida a uma instituição como é a Federação, pois, se for possível consensualizarmos os conceitos estaremos em condições de definir um plano de acção a médio / longo prazo.

Teremos de ser capazes de falar todos a mesma linguagem e sermos entendidos correctamente por quem ainda não encontrou o seu espaço e a sua opção em termos de abordagem ao tema folclórico.

É importante votar, claro que sim - e desta vez, sem quaisquer dramas, e mau grado algumas insinuações desnecessárias, até há duas alternativas - mas, sabermos o que queremos fazer a favor do Folclore e do movimento associativo que o defende / representa, não é menos importante.

Um abraço.

EMPRESA LOADING – MARKETING CONSULTING MARCA PRESENÇA NA MOSTRA 100% ALTO MINHO

De 2 a 4 de Dezembro de 2016, a Loading, empresa dedicada ao ramo do marketing, comunicação e publicidade irá estar presente na Mostra 100% Alto Minho, no Centro Cultural de Viana do Castelo.

altominho_1353341843_01.png

 

A Loading – Marketing Consulting é uma jovem empresa de prestação de serviços na área da Consultoria de Marketing e Comunicação Empresarial para desenvolver estratégias com os clientes de forma a criar marcas e negócios de sucesso. O projeto é da responsabilidade de três jovens que vivem no Alto Minho e que decidiram avançar com esta ideia de negócio porque “no Alto Minho existe uma lacuna muito grande face à gestão de marketing, já que, frequentemente, apenas se evidência e valoriza a sua vertente comercial restringindo todo o potencial de otimização dos negócios empresariais.”

A marca 100% Alto Minho foi criada no âmbito do projeto Alto Minho Km0 promovido pela CEVAL e que visa a melhoria da competitividade da região do Alto Minho. O objetivo geral é a identificação e valorização dos recursos endógenos do Alto Minho e o aumento da robustez da base económica regional de bens e serviços transacionáveis. Esta marca pretende identificar, marcar e agregar os recursos da região - produtos, serviços, empresas -, para aproximar a oferta e a procura, de acrescentar valor aos aderentes e de dinamizar a economia da região.

Neste sentido a Loading, pretendendo trabalhar esta região, encontra-se inserida no projeto 100% Alto Minho e estará presente com um stand dia 2, 3 e 4 de Dezembro em Viana do Castelo, onde terá para demonstrar alguns dos trabalhos realizados e disponível para responder a qualquer questão relacionada com o marketing e comunicação.

Menção Honrosa nos Prémios Carranda Redondo da Licor Beirão

Recentemente a Loading – Marketing Consulting participou na iniciativa da Licor Beirão - Prémios Carranca Redondo. Este pretendia honrar a criatividade dos que fossem capazes de fazer o mesmo que ele fez pela divulgação do Licor Beirão, a nível comercial, publicitário ou de relação com os clientes. Estes jovens empreendedores, que se encontram a preparar a abertura de uma start-up, com o apoio da ESCE-IPVC, através das suas salas de incubação, decidiram arriscar e o resultado foi receber uma menção honrosa pelo trabalho elaborado. A ideia que conquistou a menção honrosa representava um propósito de divulgar a marca Licor Beirão em todos os restaurantes do país e bares, tornando-a uma bebida que pudesse marcar presença nos mais variados pratos e bebidas de Portugal.

Agora, o passo destes jovens é levar a Loading – Marketing Consulting a tornar-se uma empresa de sucesso no Alto Minho.

ESPÍRITO DE NATAL INVADE “BARCELOS CIDADE PRESÉPIO”

Milhares de luzes acendem na próxima sexta feira, dia 2 de dezembro

Barcelos veste-se de Natal com o acender de milhares de luzes e enfeites que fazem de “Barcelos Cidade Presépio” um dos mais belos Postais de Natal do Pais. Uma decoração especial, marcada pela história e tradições do concelho, com mais luzes, mais ruas e mais edifícios iluminados prometem hipnotizar e fazer sonhar todos aqueles que visitarem nesta quadra a Capital do artesanato.

Chegou uma das quadras mais esperada do ano e como explica o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “o Natal é uma época que o Município de Barcelos prepara com o maior afinco para proporcionar aos barcelenses um programa rico e com um espírito contagiante”. Barcelos Cidade Presépio arranca esta sexta-feira com a inauguração das exposições “Presépio, uma tradição, várias interpretações” e “O Encanto do Natal” de Margarida Costa, às 17h, tendo como itinerário: Sala Gótica dos Paços do Concelho; Museu de Olaria; Posto de Turismo; e Torre Medieval. O dia encerra da melhor maneira com o acender de milhares de luzes de Natal que irão iluminar os edifícios, ruas, avenidas e entradas da cidade.

Nesta quadra natalícia, luzes, presépios e muita música invadem o centro histórico da cidade, além dos já habituais comboios de Natal e insufláveis que tanto agradam aos mais novos. Nos edifícios municipais, decorrerão várias atividades dedicadas à época festiva, nomeadamente exposições, peças de teatro, workshops infantis de modelagem de barro, concertos e espetáculos de dança. Tudo para comemorar a celebração de mais um Natal num mega-programa intitulado "Barcelos Cidade Presépio", que reúne várias iniciativas até ao final deste ano e início do próximo destinadas a animar os milhares de visitantes que passam pela cidade nesta altura do ano.

Entre 2 de dezembro e 8 de janeiro, as ruas do centro histórico de Barcelos vão acolher os presépios construídos pelos barcelenses, enquanto o Museu de Olaria expõe o trabalho de Margarida Costa, numa mostra individual intitulada “O Encanto do Natal”. Já o Posto de Turismo, a Torre Medieval e a Sala Gótica acolhem uma exposição coletiva dedicada ao artesanato, sob o mote “Presépio Uma Tradição, Várias interpretações”.

Além dos vários workshops, de presépios a fantoches, o teatro, a música e a dança garantem também um lugar de destaque nesta programação natalícia. Entre o tradicional e o litúrgico, logo no dia 3 de dezembro, o Teatro Gil Vicente recebe a Noite de Fados, realizada no âmbito do Projeto Artístico, e, no dia 20, o Templo do Senhor da Cruz apresenta o Concerto para Orquestra de Cordas e Coro Masculino do compositor barcelense Miguel Ângelo Pereira, dedicado ao Senhor da Cruz. O Concerto de Ano Novo, pelo Conservatório de Música de Barcelos, decorre no dia 7 de janeiro, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente.

Quer a festa da Passagem de Ano, “Barcelos é Mágico”, quer o Concerto de Reis, a 15 de janeiro, terão lugar no Pavilhão Municipal de Barcelos e a entrada é gratuita. Ainda na música, os The Classic atuam na Torre Medieval no dia 23 de dezembro, pelas 15h30, num concerto intitulado “Natal na Rua”, e, no dia 24 de dezembro, a Banda Musical de Oliveira apresenta o “Flash Musical de Natal”, logo pela manhã, entre as 10h e as 12h.

E se os mais novos vão poder divertir-se nas Férias de Natal promovidas pelo Município, que aliam atividades lúdicas e desportivas, os mais velhos poderão lambuzar-se em mais um fim de semana gastronómico, “Barcelos Doce”, entre 3 e 4 de dezembro, dedicado à pastelaria tradicional da época. Além disso, entre 8 e 11 de dezembro, a cerâmica e a olaria tradicionais, bem como os produtos de outros ofícios, estarão expostos numa Feira de Artesanato, sobretudo de presépios, que se realizará no centro histórico, entre as 10h00 e as 16h30.

O sedentarismo natalício só pode ser combatido com atividade física e, por isso, o Município promove também várias iniciativas no âmbito do desporto, designadamente a VII Barcelos Mini Cup Natal Petizes /VII Barcelos Mini Cup Natal Traquinas, no dia 1 de dezembro, no Pavilhão Municipal. Ainda nessa área, e nas Piscinas Municipais, no dia 10 de dezembro realiza-se a mega aula de hidroginástica.

Para uns pézinhos de dança antes do derradeiro final de ano, haverá a Festa de Natal da Arca, dia 17 de dezembro, no Pavilhão Municipal e, no mesmo dia, o Musical de Natal que decorre no auditório do Teatro Gil Vicente. 

FAMALICÃO É CIDADE EDUCADORA DESDE 2010

Mais de mil alunos de Famalicão celebraram o Dia Internacional das Cidades Educadoras

Mais de um milhar de crianças e jovens do concelho de Vila Nova de Famalicão participaram nesta quarta-feira, 30 de novembro, nas comemorações do Dia Internacional das Cidades Educadoras que foi assinalado pela primeira vez pela Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE).

AFS_9578.jpg

A educação atravessou os muros da escola e estendeu-se por toda a cidade, invadindo as ruas, os espaços públicos e instituições.

Vila Nova de Famalicão, como Cidade Educadora e membro da Associação Internacional das Cidades Educadoras, juntou-se à iniciativa lançando o repto à comunidade educativa para que explorasse e abordasse, de uma forma lúdica, o conceito de Cidade Educadora e os princípios subjacentes nos diversos contextos da escola.

Várias foram as escolas que aderiram à iniciativa, com a organização de atividades diversificadas, desde pintura de murais, peças de teatro, workshops, pintura de uma parede da paragem do autocarro junto a uma escola e leitura pública do manifesto pelo vereador da Educação, Conhecimento e Empreendedorismo, Leonel Rocha. A esta iniciativa juntaram-se escolas dos Agrupamentos de Escolas de Ribeirão e Camilo Castelo Branco.

Para além disto, foram preparadas algumas atividades na Praça e Alameda D. Maria II e junto às escolas Camilo Castelo Branco e D. Sancho I, nomeadamente a realização de uma exposição em movimento sobre os princípios das cidades educadoras, em que os alunos entregavam às pessoas que passavam na rua pequenos prospetos e explicavam o conceito de cidade educadora, previamente trabalhado nas respetivas aulas. Decorreu também uma exposição de Estátuas Vivas, retratando os diversos contextos e vivências de uma cidade. Estas atividades estiveram a cargo da ACE – Escola de Artes de Famalicão.

Ao mesmo tempo, junto às Escolas Camilo Castelo Branco e D. Sancho I, realizou-se também uma peça de teatro de rua intitulada “À procura de uma escola para o Ismael”, interpretada pela Companhia de Teatro ADN da PASEC.

AFS_9621.jpg

PONTE DE LIMA ORGANIZA FESTA E FEIRA PARA OS LIMIANOS MAIS PEQUENINOS

V Festa da Gente Miúda e Feira Infantil Ponte de Lima 2 a 4 de dezembro

Realiza-se este fim-de-semana mais uma edição da Festa da Gente Miúda e Feira Infantil em Ponte de Lima, com uma programação pensada para agradar ao público mais pequeno.

A Festa abre em exclusivo para as crianças das escolas esta quarta-feira, com algumas atividades, entre as quais, ateliês, insufláveis e muita animação. A inauguração oficial acontece na sexta-feira, 2 de dezembro às 19 horas, com a visita do Executivo Municipal à Festa.

Segue-se às 21h00 a peça de teatro “As Cores” pela Companhia Peripécia Teatro de Vila Real. A par da animação que teremos durante toda a feira, dos insufláveis que fazem as delícias dos mais pequenos, dos ateliês temáticos e pedagógicos, temos ainda pinturas faciais para todas as crianças que queiram dar asas à imaginação.

A Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos irá proporcionar ateliês pedagógicos e jogos de dinâmica de grupo, relacionados com o Ambiente e Mundo Rural. O Pinchas também estará presente para fazer as delícias da pequenada, e com direito a tirar uma fotografia com a mascote das Lagoas.

No sábado, os Pequenos Atores do Lima apresentam a peça de Teatro: O Hospital dos Brinquedos. Para os pais de crianças pequenas e futuros pais, irão realizar-se os workshops: “As células estaminais do bebé, porquê guardar?” – pelo Enfermeiro Guilherme Correia, da Future Health Portugal; “ A importância do Pilates Clínico na saúde da mulher ao puerpério” – pela Dr.ª Cátia Gigante, da Clínica Osteoterapias; “O que é a Osteopatia Pediátrica?” – por Cátia Lobo, da Clínica Osteoterapias.

A tarde será repleta de teatro: “Há Tempo Para Tudo”, pela Companhia “O Teatrão”, de Coimbra e o “ Pai Natal, Onde Estás?”, pelo Duplaface Companhia das Artes, de Ponte de Lima. Às 21h00 há Teatro Musical com Marionetas: “Pedro e o Lobo”, pela Companhia Jangada Teatro, de Lousada. Haverá ainda um desfile de Moda das lojas LEOTOM e ROSE MUUSE.

A manhã de domingo será preenchida com a peça de teatro “Há Tempo Para Tudo”, pela Companhia “O Teatrão”, de Coimbra e mais 2 workshops para as famílias: “A saúde oral na criança e na grávida” – pela Dr.ª Ivone Lima, da Clínica Médica e Dentária Dr.ª Ivone Lima da Seara; “O meu filho está doente, o que fazer?” – pelo Dr. Hugo Rodrigues, Pediatra e autor do Blogue, aplicação e Livro “Pediatria para Todos”.

Da parte da tarde, para quem comprar o bilhete, poderá assistir ao Musical: “Alice no País das Maravilhas”, com 2 sessões, pela Companhia Rituais dell Arte de Lisboa. Às 16h00 acontece o Desfile de Moda Infantil das lojas FUN MODA, MAGONXI e LETHES IN KIDS.

O Reino da Informação irá estar presente na Festa da Gente Miúda com atividades lúdicas e pedagógicas que têm o intuito de dar a conhecer aspetos da história de Ponte de Lima e de promover a salvaguarda, valorização e divulgação do património arquivístico, enquanto garante da memória coletiva. Num mundo mágico onde entram os livros, haverá um espaço rico em diversão e aprendizagem, onde podem descobrir novas histórias, jogos, pinturas faciais, modelagem de balões, ateliês de expressão artística e muitas outras atividades concebidas especialmente para os mais pequenos. Todas as crianças terão oportunidade de construir enfeites de Natal. Este ano as decorações vão ser enriquecidas com materiais reciclados mas com igual brilho e cor.

Este fim-de-semana, a Festa da Gente Miúda e Feira Infantil será o local certo para brincar, conhecer, conviver e explorar.

zplim.jpg 

BRAGA PROMOVE APROXIMAÇÃO COM A COMUNIDADE UCRANIANA

‘Semana Solidariedade Ucrânia’ decorre de 7 a 11 de Dezembro

De 7 a 11 de Dezembro, Braga assinala a ‘Semana Solidariedade Ucrânia’ com um conjunto de actividades culturais e económicas que visam aproximar a comunidade ucraniana da sociedade Bracarense. As iniciativas, que decorrem sobretudo no Museu D. Diogo de Sousa, pretende juntar e ligar vários sectores de actividade, demonstrando as grandes oportunidades existentes na relação com esta comunidade do leste da Europa.

CMB30112016SERGIOFREITAS0000003788.jpg

“Pela forma como se integraram e como partilham objectivos e desafios, a vinda da comunidade ucraniana revelou-se uma mais-valia para a sociedade Portuguesa e, particularmente, para a sociedade Bracarense”, referiu Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação da iniciativa que decorreu esta Quarta-feira, 30 de Novembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

O evento arranca a 7 de Dezembro com a inauguração de uma exposição de artistas ucranianos, pelas 10h00, no Museu D. Diogo de Sousa, seguindo-se a assinatura de um acordo de colaboração entre o Município de Braga e a cidade ucraniana de Ivano-Frankivsk, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 12h00. Este será um dos momentos mais importantes desta iniciativa e contará com as presenças do Embaixador da Ucrânia em Portugal e do presidente da Câmara de Ivano-Frankivsk.

No mesmo dia, os assuntos económicos estarão em destaque com a realização do Fórum de Negócios Luso-Ucraniano. No dia 8, terá lugar uma homenagem às vítimas da guerra na Ucrânia, junto do Monumento "Nebesna Sotnya», no Parque de S. João da Ponte, pelas 14h30. Também nesse dia, o Museu D. Diogo de Sousa acolherá uma Feira de Artesanato e, no dia 9, o destaque vai para os workshops com as Escolas de Braga sobre a Ucrânia e sua cultura. A ‘Semana Solidariedade Ucrânia’ termina a 11 de Dezembro, com um concerto Luso-Ucraniano, no Museu D. Diogo de Sousa, que juntará artistas dos dois países.

Este será “um momento marcante e importante no relacionamento entre a Cidade de Braga e a comunidade ucraniana”, referiu Firmino Marques, lembrando que esta comunidade tem “uma forte representação no Concelho” e que esta iniciativa vem “solidificar as relações bilaterais entre Portugal e Ucrânia e dar um grande impulso nas relações com a sociedade Bracarense”.

A apresentação da ‘Semana Solidariedade Ucrânia’ contou com a presença do Cônsul da Ucrânia no Porto, Koval Anatolii, Vasyl Bundzyak presidente do Centro Social e Cultural Luso-Ucraniano, e Luís Pedroso, presidente da União de Freguesias Maximinos Sé e Cividade, localidade que acolhe uma escola ucraniana onde ensinam a cultura e língua nativa.

Segundo estes responsáveis, a comunidade ucraniana está perfeitamente inserida na sociedade Bracarense e esta é mais uma forma de manter raízes com o seu país de origem, ao mesmo tempo que se aproximam e dão a conhecer à sociedade Bracarense.

CMB30112016SERGIOFREITAS0000003793.jpg

CMB30112016SERGIOFREITAS0000003795.jpg

BACALHAU DÁ FESTIVAL EM PONTE DE LIMA

VI Festival do Bacalhau: Evento Gastronómico a promover Ponte de Lima

O VI Festival do Bacalhau, que decorreu este fim-de-semana em Ponte de Lima, superou as expectativas.

Bacalhau.jpg

O Festival que captou o interesse dos amantes do fiel amigo, com especial destaque para os Espanhóis, verdadeiros apreciadores desta iguaria gastronómica, atingindo o seu ponto alto no último dia do certame, no domingo, registando grande afluência de público.

O evento convidava a degustar um prato típico, o bacalhau, confecionado de variadas formas, e que outrora era muito comum nas feiras quinzenais como iguaria, preservando-se até hoje essa rica tradição gastronómica que alimenta os que aqui vêm feirar.

Para além da aposta na restauração, o Festival do Bacalhau apresentava uma área de venda de bacalhau seco, proporcionando ao público, face à proximidade do Natal, uma maior oferta de variados tipos de bacalhau.

Desta forma, os expositores encerraram o evento com clara satisfação, tendo em conta a afluência de visitantes e o volume de vendas que conseguiram efetuar.

O público por sua vez, deliciou-se com um programa variado, quer do ponto de vista musical, quer de outros momentos atrativos, desde os Mini Chefs; Showcooking “Bacalhau – as novas tendências” com o Chef Daniel Pinheiro da EPPL; Showcooking com o Chef Hélio Loureiro, que reuniu um grupo significativo para assistir à confeção de “Lombinho de bacalhau com arroz de bacalhau feito com as  barbatanas e aromatizado com coentros e tomate seco” e ainda “Açorda de bacalhau com lombinhos crocantes”.

A animação musical foi uma constante ao longo do evento. A tradição da música popular fez-se representar através do Encontro de Tocadores de Concertina, coordenado pela Associação de Tocadores de Concertina de Ponte de Lima. De salientar a presença das rusgas musicais, Os Amigos de Arcozelo e o Grupo de Bombos de Santiago de Poiares.

Sob o tema “O mar e a Pesca” as Estátuas Vivas com figuras premiadas a nível nacional e internacional, marcaram a diferença e atraíram a atenção dos visitantes, que votaram no seu preferido, classificando-se em 1º lugar a Varina, com 94 votos - apresentada por Helena Reis, várias vezes vencedora do festival de estátuas vivas de Espinho, o mais antigo do mundo e campeã mundial de estátua viva no festival mundial de Arnhem na Holanda. O 2º lugar foi atribuído à estátua de Nossa Senhora com 70 votos, apresentada por Patrícia Sousa, premiada no festival de estátuas vivas de Tomar.

Em 3º lugar ficou a Figura Quase (im)possível - apresentado por António Santos (staticman), iniciador das estátuas vivas, como hoje as conhecemos, 5 recordes mundiais, 9 anos no guinness book of records, prestes a completar 30 anos de carreira, diretor artístico de vários festivais de estátuas vivas.

O 4º lugar foi para o Pescador com 48 votos, apresentado por Nelson Rodrigues, vencedor do festival de estátuas vivas de Tomar; ficando em 5º lugar o Vendedor de Bacalhau que arrecadou 47 votos - apresentado por Susana Bento, vencedora do festival de estátuas vivas de Espinho.

IMG_7064.JPG

IMG_7065.JPG

MONÇÃO REALIZA MERCADO DE NATAL 2016

Promovido pela Associação de Artesãos de Monção Post`Arte, certame decorre este fim-de-semana, 3 e 4 de dezembro, na Praça Deu-la-Deu Martins, com a apresentação de produtos artesanais e muita animação para miúdos e graúdos. O slogan é: “Uma prenda artesanal é a melhor prenda de Natal”.

Mercado natal.JPG

A programação de Natal do Município de Monção, promovida pela autarquia local, Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço (ACICMM) e várias coletividades do concelho, inicia-se este fim de semana, 3 e 4 de dezembro, com a realização do Mercado de Natal 2016.

Com organização da Associação de Artesãos de Monção - Post`Arte, o certame decorre no centro histórico da vila, prometendo “decorar” a sala de visitas de Monção, Praça Deu-la-Deu Martins, com a magia e fantasia do Natal através da apresentação de produtos artesanais, artigos alusivos à época e muita animação para miúdos e graúdos.

Na Praça Deu-la-Deu Martins estão disponíveis vários expositores e bancas e, para exaltar o ambiente natalício, está prevista animação musical durante os dois dias com atuações dos grupos “Sons do Gadanha”, “Os Magníficos”, “Gaitas e Cantares da Portela” e “Os Bombolásticos”.

No sábado à noite, a partir das 21h00, decorre uma aula de zumba (Ginasticart) e, no domingo, atividades natalícias com o Pai Natal a chegar de cavalo, durante a manhã, e de bicicleta, durante a tarde. O mercado abre às 14h00 e a inauguração oficial realiza-se às 15h00.

Esta feira, desenvolvida em período festivo com o slogan “Uma prenda artesanal é a melhor prenda de Natal”, tem como finalidade criar um motivo de atração junto de munícipes e visitantes, incentivar a dinâmica empresarial ligada à comercialização de produtos manufaturados e revitalizar as artes e ofícios tradicionais.

zmonçanatal.jpg

MUNICÍPIO DE CAMINHA LANÇA PROJETO “O NATAL NA MINHA VIDA” NA REDE SOCIAL FACEBOOK

Projeto decorre de 1 a 19 de dezembro

“O Natal na Minha Vida” dá o mote a mais uma das novidades da Agenda Natal 2016 no concelho de Caminha. Este projeto vai decorrer de 1 a 19 de dezembro e pretende colocar as pessoas a partilharem com o Município o que significa o espírito de Natal através da rede social Facebook. No dia 20 de dezembro, o Município vai partilhar um álbum com todos os contributos recebidos.

Aproxima-se a quadra natalícia e, com ela, ganham especial importância a solidariedade, a compaixão e a atenção ao outro, todas páginas de um mesmo livro que se chama Amor. Com o espírito de Natal também a memória recupera aqueles que já não se encontram entre nós, mas que foram, em grande medida, responsáveis por aquilo que hoje somos. Com o espírito de Natal, as ruas enchem-se de uma alegria especial e os rostos mostram uma ternura no olhar e um sorriso fraterno. Mas, o Natal é também muito marcado por sentimentos de profunda tristeza, reavivados sempre que se aproxima a quadra natalícia.

Porque o Natal é tudo isto e muito mais, a Câmara Municipal de Caminha propõe aos munícipes, empresas e associações do concelho mais um desafio: o projeto “O Natal na Minha Vida”. Este projeto pretende que as pessoas partilhem com o Município o que o Natal representa nas suas vidas. Participar é fácil. Os interessados em partilhar “O Natal na Minha Vida” devem enviar para o email cultura@cm-caminha.pt uma fotografia, acompanhada de uma frase ou pequeno texto de sua autoria ou do seu autor favorito e um link (YouTube) para a sua música de Natal preferida.

Com todos os contributos recebidos, no dia 20 de dezembro, o Município vai criar um “grande álbum de emoções” na rede social Facebook, ao dispor de todos, numa partilha única de vivências e sentimentos.

Esta iniciativa junta-se a mais 39 que estão a decorrer no concelho até ao final do ano. De facto, são muitas a iniciativas que vão animar o concelho de Caminha nos próximos dias, com destaque para a inauguração da iluminação de Natal que vai ter lugar já amanhã; a II Festa da Marioneta nos dias 3 e 4 de dezembro; Plante um Pinheiro de Natal no dia 15 de dezembro; a 3ª Caminhada do pai Natal no dia 18; os vários concertos de natal a cargo do Orfeão de Vila praia de Âncora e Academia de Música Fernandes Fão; Caminha, onde o Norte passa o ano com Marta Ren & The Groovelvets e Grupo de Covers Xornas e o Concerto de ano Novo com a Sociedade Musical Banda Lanhelense e o Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira.

 

Informação Adicional:

21 NOVEMBRO A 07 DEZEMBRO

CAMPANHA LAÇOS DE NATAL

ANGARIAÇÃO DE BRINQUEDOS

Mais informações em www.cm-caminha.pt

 

01 A 31 DEZEMBRO

ROTA DA RABANADA

Local: Restaurantes, pastelarias e cafés aderentes do Concelho de Caminha

 

QUI 01 DEZEMBRO | 19H00

INAUGURAÇÃO 

DA ILUMINAÇÃODE NATAL

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora 

 

QUI 01 DEZEMBRO | 19H30

INAUGURAÇÃO 

DA ILUMINAÇÃO DE NATAL

Local: Terreiro, Caminha

 

01 A 19 DEZEMBRO

O NATAL NA MINHA VIDA

A partilha do espirito de Natal através 

da rede social Facebook

Envio dos suportes  (fotografia original acompanhada de texto 

e música) para cultura@cm-caminha.pt

A partir de 20 de dezembro - Publicação do Álbum

Mais informações em www.cm-caminha.pt

-----------------------------

03 E 04 DEZEMBRO

II FESTA DA MARIONETA 

LUSOGALAICA - MALUGA

TEATRO DE MARIONETAS, WORKSHOPS E EXPOSIÇÃO

Local: Caminha

 

SÁB 03

 

10H00 - 12H30

OFICINAS DIVERTIDAS

“OLHAPINS E OLHARAPOS” - CONSTRUÇÃO 

DE MARIONETAS EM ESPONJA

Por Teatro e Marionetas de Mandrágora

 

16H00

TEATRO DOM ROBERTO

TEATRO TRADICIONAL PORTUGUÊS 

DE MARIONETAS

Por S.A. Marionetas - Teatro & Bonecos

 

17H00

HISTÓRIA DE UM GATO E DE UM RATO 

QUE SE TORNARAM AMIGOS

Por Teatro e Marionetas de Mandrágora

 

DOM 04

 

10H30 - 11H30

OFICINAS DIVERTIDAS

“MARIONETAS NAS MÃOS” 

- CONSTRUÇÃO DE MARIONETAS

Por Teatro Babaluva

 

16H00

TEATRO DOM ROBERTO

TEATRO TRADICIONAL PORTUGUÊS 

DE MARIONETAS

Por S.A. Marionetas - Teatro & Bonecos

 

17H00

LUME

TEATRO DE MARIONETAS

Por Teatro Babaluva

------

QUI 08 DEZEMBRO | 21H00

III CONCERTO DE ÓRGÃOS DE TUBOS

COMEMORAÇÕES DOS 500 ANOS DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE CAMINHA

Local: Igreja da Misericórdia, Caminha

 

SÁB 10 DEZEMBRO

AS ELFAS DO PAI NATAL 

VÃO DE FÉRIAS

15H00 - Valadares, Teatro Municipal - Caminha

17H00 - Centro Cultural de Vila Praia de Âncora

 

10 E 11 DEZEMBRO | 09H00 – 17H00

FEIRA DE TRADIÇÕES DE NATAL

ARTESANATO E PRODUTOS TRADICIONAIS LOCAIS

Local: Terreiro, Caminha

 

14 E 19 DEZEMBRO | 18H00

WORKSHOP DE DOÇARIA TRADICIONALDE NATAL 

- RABANADAS E SONHOS

QUA 14 

Local: Sede da Junta de Freguesia de Lanhelas

 

SEG 19 

Local: Centro Paroquial e Social de Riba de Âncora

 

QUI 15 DEZEMBRO

PLANTE UM PINHEIRO DE NATAL

Público-alvo: Comunidade Escolar do Concelho de Caminha

Local:  Riba de Âncora

 

SEX 16 DEZEMBRO | 21H30 

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja Paroquial de Moledo 

 

17 E 18 DEZEMBRO | 09H00 – 17H00

FEIRA DE TRADIÇÕES DE NATAL

ARTESANATO E PRODUTOS 

TRADICIONAIS LOCAIS

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

17 E 18 DEZEMBRO

CONTO DE NATAL, OFICINA

DE CONSTRUÇÃO DE MARIONETA 

E FOTOGRAFIA COM O PAI NATAL

 

SÁB 17 

10H00 – 12H00 - Praça Conselheiro Silva Torres, Terreiro, Caminha

15H00 – 17H00 - Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

DOM 18 

10H00 – 12H00 - Praça da República, Vila Praia de Âncora

15H00 – 17H00 - Praça Conselheiro Silva Torres , Terreiro, Caminha

 

DOM 18 DEZEMBRO | 10H00 PASSEIO DE PAI NATAL EM BICICLETA, 

CORRIDA E CAMINHADA

Concentração e partida: Praça da República em Vila Praia de Âncora e chegada ao Parque do Ferry Boat em Caminha.

 

DOM 18 DEZEMBRO | 14H30

3ª CAMINHADA DO PAI NATAL

MOLEDO > CAMINHA > MOLEDO

Local: Concentração no Centro Social Paroquial de Moledo

 

DOM 18 DEZEMBRO | 18H30

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja da Misericórdia de Caminha

 

19 A 23 E 26 A 30 DEZEMBRO | 10H00 - 12H00

OFICINA DE TEATRO 

DE NATAL PARA CRIANÇAS

Local: Edifício dos Paços do Concelho, Caminha

Público-alvo: Crianças e jovens dos 6 aos 14 anos de idade

Mais informações: krisalida.acam@gmail.com 

T 960 115 415

 

QUA 21 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL DA TUNA DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DO ROTARY 

CLUB DE CAMINHA 

Local: Igreja de Santa Clara, Caminha

 

QUI 22 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL DA AMFF

Local: Igreja Matriz de Caminha

 

SEX 23 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja Matriz de Vila Praia de Âncora

 

SÁB 24 DEZEMBRO | 10H00 - 12H00

FOTOGRAFIA COM O PAI NATAL

Local: Praça Conselheiro Silva Torres - Terreiro e Caminha e Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

SEX 30 DEZEMBRO | 20H00 - 23H00 

PRESÉPIO VIVO E AUTO DE NATAL

Pelo Grupo de Teatro da Freguesia de Lanhelas 

Local: Lanhelas

 

SÁB 31 DEZEMBRO | 23H30

CAMINHA, 

ONDE O NORTE PASSA O ANO

CONCERTO DE MARTA REN 

& THE GROOVELVETS

ATUAÇÃO DO GRUPO DE COVERS XORNAS

Local: Praça Conselheiro Silva Torres - Terreiro, Caminha

 

DOM 01 JANEIRO | 17H00

CONCERTO DE ANO NOVO

SOCIEDADE MUSICAL BANDA LANHELENSE E CORAL POLIFÓNICO 

DE VILA NOVA DE CERVEIRA

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

 

08, 15, 22 E 29 DEZEMBRO | 21H30

FITAS DE NATAL

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

 

11 E 18 DEZEMBRO | 15H00

FITAS DE NATAL INFANTIS

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

ARCOS DE VALDEVEZ PROVIDENCIA LIMPEZA DA FLORESTA PARA PREVENIR INCÊNDIOS

Começaram os trabalhos de limpeza da Rede Primária para prevenir os grandes incêndios florestais

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aprovou, recentemente, adjudicar à firma Ambiflora, Lda., pelo valor de 194.650,04 euros, a “Instalação da Rede de Defesa da Floresta contra incêndios de Arcos de Valdevez – abertura de Rede Primária e Secundária de Faixas de Gestão de Combustível (Miranda, Rio Frio, Padreiro Sta. Cristina, Proselo, Parada e Vila Fonche)”. Esta ação insere-se na candidatura ao POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, no valor de 764 645,16 €, para instalação de redes de defesa da floresta contra incêndios em Arcos de Valdevez.

rede_primaria (1).jpg

Num território onde há grandes incêndios a realização da Rede Primária é fundamental, de forma a diminuir o potencial destes incêndios, criando assim uma “barreira” à eventual progressão dos incêndios florestais, criar oportunidade de combate e consequentemente diminuir a área ardida.

Espera-se que este projeto esteja concluído em 2017.

Este projeto é financiado pelo POSEUR - Eixo Prioritário 2: Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e a gestão de riscos (Fundo de Coesão), Domínio de Intervenção: 087. Medidas de adaptação às alterações climáticas e prevenção e gestão de riscos associados ao clima, por exemplo, erosão, incêndios, inundações, tempestades e seca, incluindo ações de sensibilização, proteção civil e sistemas e infraestruturas de gestão de catástrofes e tem um investimento elegível de 764 645,16 €, bem como comparticipação Fundo de Coesão (FC) na ordem dos 649 948,39 €.

De referir ainda que no âmbito da defesa da Floresta contra incêndios, a Câmara Municipal celebra anualmente protocolos com entidades detentoras de equipas de Sapadores Florestais, nomeadamente, a Associação Florestal Atlântica, a Associação Florestal do Lima e as Assembleias de Compartes dos Baldios das Freguesias de Cabreiro Gavieira e Soajo, no valor global de 126.667,00 euros, com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, no valor de 60.000,00€, e com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, no valor de 25 mil euros, para apoiar a EIP - Equipa de Intervenção Permanente, cuja implementação e funcionamento passa pela congregação de esforços entre estas entidades.

Com estes investimentos o Município pretende dotar as populações dos melhores meios de salvaguarda de pessoas e bens, bem como proporcionar uma assistência eficaz em caso de necessidade.

rede_primaria (2).jpg

rede_primaria (3).jpg

JOVENS DO CREARTE LEVAM Á CENA EM ESPOSENDE A PEÇA "ESSÊNCIA DO CHÁ"

“Essência de chá” encerra segundo ano do CREARTE

Mais de três dezenas de crianças e jovens de Esposende que integram o grupo infanto-juvenil do CREARTE levam a cena, às 16h30 do dia 4 de dezembro, no Auditório Municipal, a peça de teatro “Essência de Chá”. Este espetáculo surge como o fecho do “segundo capítulo” do CREARTE, programa desenvolvido pela Câmara Municipal de Esposende, com o objetivo de incentivar o Crescimento da Arte Teatral em Esposende.

Neste segundo ano, o CREARTE mobilizou mais de centena e meia de participantes nas formações/ações e cerca de dois milhares de espectadores.

Desta feita, numa encenação de Hugo Dias, "Essência de chá" revela-se como espetáculo interpretativo que enaltece as características do chá através da poesia. Historiando, o espectador é convidado a recuar às origens asiáticas do chá, mergulhando a colher numa quente fusão de ervas poéticas, bebendo as antigas lendas chinesas sobre a origem do chá, a sua disseminação pelo mundo e a incorporação da bebida nas mais nobres e excelsas mesas de refeição e de conversa.

Esta representação terá ainda uma vertente de interação com o público que será convidado a degustar o sabor quente e exótico de um aromático chá de Flor de Jasmim.

Com texto original de influência na poesia portuguesa, "Essência de chá" é o apogeu da formação teatral promovida no âmbito do programa CREARTE que, neste segundo ano de implementação, na área da formação/ação, para além destes três grupos infantis e juvenil, contemplou cinco grupos de teatro amador do concelho: Forjães em Cena, GATA (Grupo Amador Teatro de Fão), GATERC (Grupo Amador Teatro de Esposende – Rio Cávado), JUM (Juventude Unida de Marinhas) e GARFO (Grupo de Artes Recreativas de Fonte Boa).

A bilheteira do Auditório Municipal de Esposende abrirá às 15h00, sendo a entrada gratuita e limitada à lotação da sala.

ESPOSENDE RECEBE RECITAL DE VIOLINO E PIANO

Entre o feriado e o fim-de-semana, o Município de Esposende reservou um recital de violino e piano, com o esposendense David Filipe e a moscovita Sofiya Kagan. A subida ao palco do Fórum Municipal Rodrigues Sampaio ocorrerá no sábado, dia 3, pelas 21h30.

recital h.jpg

Esta iniciativa cultural agendada pelo município de Esposende tem como objetivo promover jovens talentos do concelho, o que ocorre no caso vertente em que David Filipe surgirá acompanhado por Sofiya Kagan para interpretarem obras de Jean-Marie Leclair, Johann Sebastian Bach, Béla Bartók, Johannes Brahms ou Eugéne Ysaÿe e Niccolò Paganini/Váša Příhoda.

O concerto insere-se numa série de recitais que os músicos têm dado em Portugal e na Alemanha, no âmbito das provas finais do curso de pós-mestrado "Komzert Examen".

Sofiya Kagan é uma pianista russa, natural de Moscovo, cidade onde iniciou seus estudos musicais. Sofiya integrou a famosa escola „Elena Gnesina“ para jovens sobredotados. Após ter-se graduado com mérito Sofiya foi admitida no Conservatório Estatal Tchaikovsky em Moscovo na classe da Professora Ksenia Knorre.

Sofiya é pianista acompanhadora da faculdade de cordas da Universidade de Detmold, Scuola di Musica di Fiesole e professora de piano na Escola de Música Russa de Bona.

David Filipe (Esposende, 1989) iniciou os seus estudos musicais aos 6 anos de idade com Paulo Matos e posteriormente com Carlos Pinto da Costa na Escola de Musica de Esposende. Em 2001 ingressou na ARTAVE na classe do Professor António Soares, onde concluiu o curso complementar de cordas.

David é também um entusiasta da escrita musical, tendo escrito arranjos para concertos em várias ocasiões. É membro da Detmolder Kammerorchester desde 2012.

recital m.jpg

TERRAS DE BOURO EXPLICA A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA AOS MAIS JOVENS

Workshop sobre “A água como um dos constituintes dos alimentos que consumimos”

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro realizou no dia 28 de novembro, um Workshop sobre “A água como um dos constituintes dos alimentos que consumimos” para alunos do 4.º Ano do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro.

IMG_8803.jpg

Com a realização desta atividade que faz parte da área de projeto definida para o ano escolar 2016/2017, pretendeu-se demonstrar às crianças que a água não existe apenas no seu estado puro, podendo ser encontrada também, por exemplo nos alimentos que consumimos, como no caso dos legumes; demonstrar que a quantidade de água presente nos alimentos varia de alimento para alimento; fazer as crianças compreenderem a importância da água para a manutenção da vida humana; incutir nas crianças a adoção de estilos de vida saudáveis.

Na parte inicial deste workshop as crianças assistiram à confeção de uma sopa saudável. De seguida o nutricionista do centro municipal de valências explicou às crianças que a água também entra na constituição dos alimentos, variando a sua percentagem de alimento para alimento.

No final todas as crianças foram convidadas a provar a sopa que ajudaram a confecionar e foi distribuído a todos um folheto educativo relacionado com a temática abordada, bem como um certificado de participação.

Estas atividades para além da componente educativa que têm procuram também incutir nas crianças a adoção de estilos de vida saudáveis, fazendo-as compreender que comer determinados alimentos não tem que ser necessariamente uma obrigação, mas sim uma satisfação.

Workshop “Pensar como cientista –experimento…logo aprendo”

O Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro realizou dois workshops sobre a temática “Pensar como cientista – experimento…logo aprendo”, no dia 22 de novembro para os alunos do Pré-escolar do Gerês e do 1.º Ciclo de Rio Caldo e no dia 28 de novembro para os alunos do 3.º Ano do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro.

Esta atividade abordou temas que integram a componente letiva definida para os alunos do 3.º ano, tendo sido efetuadas diversas experiências de mecânica simples que envolveram rodas dentadas, molas e elásticos, alavancas, balanças, baloiços, mobiles, etc…

Para o efeito, os alunos foram organizados em grupos que trataram cada uma das matérias abordadas, separadamente, de forma a fazê-los compreender: como funcionam as rodas dentadas; como funcionam as molas; como funcionam as alavancas e para que servem; como fazer um baloiço; como conseguir o equilíbrio de uma balança, entre outras.

IMG_8806.jpg

IMG_8809.jpg

IMG_8839.jpg

IMG_8871.jpg

IMG_8898.jpg

AMARES PROMOVE EMPREENDEDORISMO

A Biblioteca Municipal de Amares, Francisco de Sá de Miranda, acolheu, ao início desta tarde, a sessão de esclarecimento “AMARES EMPREENDEDOR!” onde foram abordadas a Medida StarUP Voucher, destinada a desempregados entre os 18 e os 35 anos com uma ideia de negócio, e a Medida Vale Incubação, destinada a Empresários com empresa criada há menos de 1 ano.

DSC09912.JPG

Dinamizada por Filipe Silva do Instituto Empresarial do Minho, a sessão contou, entre outros, com a presença de 10 empresas criadas no âmbito do Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares e com a vereadora Cidália Abreu,que destacou a importância deste género de iniciativas na promoção da empregabilidade e do empreendedorismo.

A medida StarUP Voucher tem como objetivo promover o desenvolvimento de projetos empresariais através de um conjunto de tipologias de apoio específicas, articuladas entre si e disponibilizadas ao longo do desenvolvimento do projeto empresarial, que se encontre na fase da ideia.

As tipologias de apoio dividem-se em: bolsa (incentivo mensal no valor de 691.70€, no mínimo de 4 meses e no máximo de 12 meses, podendo ser atribuídas até ao máximo de duas bolsas por projeto empresarial; mentoria (acesso a uma rede de mentores capazes de orientar e assistência técnica/prémio de concretização (atribuição de um prémio à concretização do projeto e à constituição da empresa, no valor máximo de 2.000.00€.

Podem candidatar-se a esta medida os jovens que, cumulativamente, tenham idade compreendida entre os 18 e os 35 anos, sejam de nacionalidade portuguesa ou residam em Portugal e não se encontrem a beneficiar de uma bolsa para os mesmos fins. Não possuir outra fonte de rendimento e uma empresa constituída são também requisitos para admissão.

A submissão das candidaturas deve ser efetuada no site do IAPMEI, I.P. (www.iapmei.pt ) até ao dia 19 de dezembro.

Já no que diz respeito à medida Vale Incubação, destina-se a dinamizar a capacidade empreendedora e fomentar as condições para a acelaração e o sucesso de novas empresas, apoiando o desenvolvimento do negócio por via da contratação dos serviços de incubação a incubadoras previamente acreditadas.

São suscetíveis de apoio os projetos de aquisição de serviços de incubação na área do empreendedorismo, imprescindíveis ao arranque das empresas, nomeadamente, serviços de gestão, marketing, assessoria jurídica, desenvolvimento de produtos e serviços e serviços de financiamento.

As candidaturas podem ser efetuadas até 30 de dezembro de 2016 (19h00), sendo que é condição para as mesmas não ter projetos aprovados nas prioridades de investimento referentes à área de inovação produtiva PME.

A iniciativa é promovida pelo CLDS - Valor Humano 3G, da Valoriza, com o apoio de diversos parceiros, incluindo o Município de Amares.

DSC09923.JPG

CABECEIRAS DE BASTO ACOLHE 5º ENCONTRO DAS ROMARIAS DO MINHO

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, presidiu hoje, 30 de novembro, na Casa do Povo do Arco de Baúlhe, ao 5º Encontro das Romarias do Minho que juntou vereadores e técnicos da área da Cultura dos municípios do Minho e Alto Minho, bem como representantes da CIM do Alto Minho, membros das Confrarias e Comissões de Festas, como é o caso da Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, anfitriã deste encontro.

Cabeceiras de Basto acolheu hoje o 5.º Encontro das Romarias do Minho.JPG

Neste evento marcaram também presença os vereadores Dra. Isabel Coutinho e Alfredo Magalhães, bem como o secretário da União de Freguesias do Arco de Baúlhe e Vila Nune, Carlos Teixeira.

Braga, Celorico de Basto, Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Esposende, Vila Verde, Ponte de Lima e Ponte da Barca foram alguns dos municípios presentes neste encontro que acolheu também, pela primeira vez, representantes de Barcelos, cuja romaria em destaque é a Festa das Cruzes.

Durante esta iniciativa, na qual foi apresentado o trabalho desenvolvido até ao momento pela Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe, foram partilhadas experiências, bem como as dificuldades sentidas, designadamente ao nível da inventariação das romarias, sendo também apontados os caminhos a trilhar para o futuro.

As delegações presentes procuram formas de colaboração, tendo em vista a concretização da candidatura das Romarias do Minho ao Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

PÓVOA DE LANHOSO É AUTARQUIA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL

Póvoa de Lanhoso é novamente Autarquia + Familiarmente Responsável

Pelo sétimo ano consecutivo, a Póvoa de Lanhoso vai receber distinção de Autarquia + Familiarmente Responsável. A entrega da bandeira realiza-se no dia 7 de dezembro próximo, no Auditório da Fundação CEFA, em Coimbra, pelas 17h00. 

Paços do Concelho (1).jpg

A distinção é atribuída todos os anos pelo Observatório das Autarquias + Familiarmente Responsáveis, que tem como objetivos principais acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar.

“Esta distinção é o reconhecimento externo do trabalho social que todos os dias fazemos para melhorar a vida dos Povoenses. Apesar de não andarmos atrás dos títulos é bom quando destacam o nosso trabalho. Continuamos no caminho certo”, refere o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista.

Em outubro, a Póvoa de Lanhoso recebeu o prémio Viver em Igualdade, uma iniciativa bienal, promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), que visa distinguir Municípios com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, quer na sua organização ou funcionamento, quer nas atividades por si desenvolvida.

O Município da Póvoa de Lanhoso tem apostado fortemente numa forte política transversal de apoio às famílias, desde crianças, jovens e seniores.

Medidas como o Naturalanhoso; como o subsídio de apoio ao pagamento das rendas de casa; como as bolsas de estudo e os prémios de mérito escolar; o apoio social escolar; os transportes escolares; os manuais escolares gratuitos para alunos com mais necessidades; os cartões municipais; a rede de Centros de Convívio; o trabalho do Banco de Voluntariado e da Loja Social; e o Serviço para a Promoção da Igualdade de Género, que intervém junto de vítimas de violência doméstica, de entre muitas outras, integram esta política de ação social reconhecida pelo sétimo ano consecutivo.

A participação em projetos e redes internacionais também tem sido uma preocupação. O município foi escolhido pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra para realizar os seus estudos sobre as boas práticas em Igualdade de Género implementadas pelos municípios (projeto "Local Gender Equality - Mainstreaming de género nas comunidades locais"), e, neste âmbito, a partilha de boas práticas tem sido uma realidade, nomeadamente através de uma deslocação a Oslo, na Noruega, no final do ano passado. Destaque ainda para a vinda de um grupo de Kyoto, no Japão, à Póvoa de Lanhoso, no último mês de setembro, a convite da CIG.

A par disto, recorde-se que o município foi considerado pela Organização Mundial de Saúde como “Cidade Amiga dos Idosos”, integra a “Rede Internacional de Cidades Educadoras” e prepara-se para ser reconhecida como “Cidade Amiga das Crianças”, sendo que a candidatura já foi aceite pelo Comité Português para a UNICEF.

CERAMISTA JÚLIA CÔTA ENSINA OFÍCIO AOS BARCELENSES

Sábado, 3 de dezembro, das 14h às 18h, no Museu de Olaria

A famosa ceramista barcelense, Júlia Côta, estará no Museu de Olaria no próximo do sábado, dia 3 de dezembro, para ensinar aquilo que melhor sabe fazer: moldar o barro e criar figurado. Neste caso, o presépio surgirá como temática central dos trabalhos desenvolvidos, aludindo assim ao Natal e às festividades que se aproximam.

WorkshopPresépios_Júlia Côta.jpg

A oficina “Presépios em Barro” decorre no âmbito da iniciativa Barcelos Cidade Presépio que, entre outras atividades, promove um concurso com vários presépios construídos por moradores da cidade e que estarão expostos no Centro Histórico de Barcelos.

Uma oportunidade única e gratuita de aprender com umas de melhores e mais conceituadas ceramistas portuguesas.

Basta inscrever-se através do e-mail museuolaria@cm-barcelos.pt . A oficina realiza-se entre as 14h e as 18h e é destinada a maiores de 16 anos.

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES OFERECE PINHEIROS DE NATAL PARA EVITAR ABATE DE ÁRVORES JOVENS

DISPONÍVEIS NO HORTO MUNICIPAL

Objetivo é contribuir para a defesa do património florestal, além de preservar o equilíbrio dos ecossistemas do concelho. Árvores podem ser recolhidas no Horto Municipal. 

Pinheiros_Natal_Guimaraes.JPG

A Câmara Municipal de Guimarães, em colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, está a disponibilizar gratuitamente pinheiros de Natal a munícipes e instituições do concelho que pretendam optar por um modelo de ornamentação natalícia em tamanho natural.

Os vimaranenses interessados em obter uma árvore deverão dirigir-se ao Horto Municipal, entre segunda e sexta-feira, das 08 às 12 horas e das 13 às 16 horas, na zona de Monchique, na freguesia da Costa.

Estes pinheiros são resultado de desramas e desbastes efetuados nas matas controladas, como medida de gestão dos povoamentos florestais, contribuindo para evitar o abate indiscriminado e mutiladores de árvores jovens, que põem em causa o equilíbrio do ecossistema florestal, contribuindo para a preservação da natureza e biodiversidade, um dos desígnios da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia, enquadrada também na missão do Laboratório da Paisagem.

As árvores a oferecer pela Câmara Municipal de Guimarães foram cortadas de acordo com as regulamentações técnicas e resultam de várias operações de silvicultura preventivamente realizadas, com o objetivo de satisfazer as necessidades do mercado e, ao mesmo tempo, promover a utilização racional da floresta vimaranense.

FREGUESIA DE CERVEIRA ENTREGA ESPÓLIO DOCUMENTAL AO ARQUIVO MUNICIPAL

Espólio da Freguesia de Vila Nova de Cerveira depositado no Arquivo Municipal

Na sequência do desafio lançado pelo autarca cerveirense no Dia do Município do ano passado, e da adesão de algumas juntas de freguesia do concelho, o executivo da União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e de Lovelhe acaba de consumar a entrega de um vasto conjunto documental histórico e identitário da localidade de Cerveira ao Arquivo Municipal. Objetivo é preservar factos e memórias, além de disponibilizar a sua consulta a toda a população.

IMG_9834.JPG

A assinatura do auto de entrega decorreu, esta terça-feira, no edifício do Arquivo Municipal, com a presença do presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, e do executivo da Junta da União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe, nomeadamente o presidente Constantino Costa, o secretário Cândido Malheiro e a tesoureira Maria José Morais.

O espólio arquivístico com valor histórico entregue no Arquivo Municipal, a título de depósito, data desde os finais do século XIX até inícios do século XXI. Entre a diversa e rica documentação da freguesia de Vila Nova de Cerveira, o destaque vai para as atas das sessões da Junta de Paróquia e também da Junta de Freguesia, bem como alguma correspondência recebida e expedida neste período de tempo.

Agradecendo a sensibilidade para a preservação de documentos históricos e identitários de Vila Nova de Cerveira, “colocando-os num espaço único e apropriado, com a vantagem de serem consultados e divulgados, ao invés de ficarem fechados numa gaveta”, o edil cerveirense, Fernando Nogueira, reiterou o desafio lançado em tempos às Juntas de Freguesia e instituições do concelho para depositarem o seu espólio no Arquivo Municipal, continuando a ter propriedade sobre os documentos.

De realçar que o Arquivo Municipal de Vila Nova de Cerveira está recetivo a inventariar, preservar e divulgar, quer documentos públicos, quer privados, seja a título de doação ou de depósito, de forma a contribuir para o enriquecimento do património documental existente no concelho e de o tornar acessível não só a investigadores, como a todas as pessoas que pretendem visitar e consultar a informação disponibilizada.

TERRAS DE BOURO REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou Documentos Previsionais para 2017

A Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou, em reunião ordinária, realizada nos Paços do Concelho a 25 de novembro, os documentos previsionais que contemplam as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2017.

bourrro.PNG

Na sexta e última sessão de 2016 e ainda no período inicial da sessão, registaram-se intervenções sobre variados assuntos da vida do concelho, nomeadamente: a demografia, as infraestruturas municipais, o balanço positivo da Feira de S. Martinho 2106, o turismo, as provas desportivas realizadas no concelho e o seu impacto, água e saneamento, obras rodoviárias, entre outros.

Como é hábito e norma, todas as questões apresentadas foram alvo de resposta e consideração por parte do Presidente da Câmara Municipal, Dr. Joaquim Cracel Viana.

De seguida e já na Ordem de Trabalhos, além da apresentação usual da atividade das divisões da autarquia por parte do Presidente da Câmara Municipal, foi aprovada, por unanimidade, a quarta revisão às Grandes Opções do Plano, Orçamento da Receita e da Despesa para o ano de 2016, no valor de nove mil e quinhentos euros e, por maioria, foi aprovado, com os votos contra do deputado municipal do Movimento Partido da Terra e dos deputados municipais da Coligação PSD/CDS “Juntos por Terras de Bouro”, o Contrato Interadminstrativo de Delegação de Competências entre a Câmara Municipal de Terras de Bouro e as Juntas de Freguesia.

Por último, foram apresentados os Documentos Previsionais para 2017, com um valor de cerca de 8,9 M€ de receita e do mesmo valor na despesa, sendo aprovados por maioria, com o voto contra do deputado municipal do Movimento Partido da Terra e a abstenção dos deputados municipais da Coligação PSD/CDS “Juntos por Terras de Bouro”.

ESPOSENDE REALIZA FEIRA DE VELHARIAS

Domingo há Feira de Velharias em Esposende

No próximo domingo, dia 4 de dezembro, a Câmara Municipal de Esposende promove mais uma edição da Feira de Velharias, que decorrerá, como habitualmente, no Largo Rodrigues Sampaio, entre as 10h00 e as 19h00.

velharias.jpg

Esta iniciativa, a realizar-se no primeiro domingo de cada mês, integra o calendário de eventos da autarquia, com o objetivo de promover a compra, venda e troca de velharias, antiguidades e colecionismo, nomeadamente de artefactos etnográficos, bibelots, quinquilharias, livros, discos, jornais, revistas, selos, postais, moedas, relógios, máquinas, mobiliário, artigos para o lar e peças de arte.

A proximidade do Natal faz com que esta edição seja dedicada à decoração e ornamentos: pratarias, tecidos e colchas. Proporciona-se o contacto com peças que podem servir a lista de presentes a oferecer nesta quadra, assim como podem contribuir para a decoração da mesa de Natal.

Bibelots, ferramentas, livros usados, pratos antigos, louças rústicas ou artesanato, CD’s e jogos vintage podem encontrar-se no certame, com o atrativo de poderem ser adquiridos a bom preço.

Como é habitual, estarão presentes inúmeros expositores, procurando a Câmara Municipal promover a comercialização de produtos, contribuindo também para proporcionar animação à cidade nesta quadra festiva.

MAGIA DO NATAL INVADE PONTE DA BARCA

Várias atividades vão decorrer ao longo de todo o mês que arrancam com a inauguração da Iluminação Natalícia pelas ruas

A magia do Natal vai invadir Ponte da Barca já a partir do dia 01, altura em que se vai inaugurar a iluminação de Natal pelas ruas. Toda a vila se vai transformar para receber esta quadra festiva e trazer momentos memoráveis de partilha e encantamento. O Mercado de Natal, vários musicais e contos de Natal, diversos ShowCookings, um dos quais com Eva Gonçalves, uma das finalistas do programa televisivo Master Chef, a Feira do Mel, a segunda edição da apresentação do maior bolo de mel de Portugal, são algumas das propostas que a Câmara Municipal, Associações concelhias, IPSS's, Pastelarias e vários outros parceiros vão promover durante o mês de dezembro, com o objetivo de dinamizar o comércio tradicional, levando o espírito da quadra à vila e atraindo mais visitantes.

'Trata-se de um leque variado de atividades com as quais procuramos dinamizar o concelho e o comércio tradicional nesta época, envolvendo vários parceiros, pois entendemos que é fruto deste trabalho de equipa que conseguimos proporcionar mais magia a esta quadra natalícia', salienta o autarca de Ponte da Barca, Vassalo Abreu.

Apesar de ser na Praça da República onde vão decorrer a maioria das atividades, a animação de Natal irá estender-se a outros espaços com propostas que farão as delícias de miúdos e graúdos, das quais se destaca as da Biblioteca Municipal com oConcurso de escrita criativa e ateliers. Vai ter lugar também a iniciativa Natal Solidário - Ofereça um sorriso às crianças que menos têmque consiste em apadrinhar uma criança de uma família carenciada do concelho, oferecendo um presente, numa iniciativa que envolve os funcionários da Câmara Municipal e da Unidade de Saúde Familiar do Centro de Saúde Local. Além do som de rua, da iluminação que vai encher de cor as principais artérias e a chegada do Pai Natal, destaque para o Mercado de Natal onde vai ser possível adquirir presentes originais executados pelas Associações concelhias e por todas as IPSS's locais e onde vai decorrer ao longo dos seis dias que vai estar patente (17 a 22) o Musical de Natal com a participação dos Grupos Corais de Entre Ambos-os-Rios e Britelo; Vila Chã S. João; Oleiros e Santa Maria de Moía, Vila Nova de Muia; os Showcookings 'Patelaria de Natal', pela Patelaria Caracas, o 'Biscoitos de Mel', e o 'Doce de Natal fora da Caixa', com Eva Gonçalves, o espetáculo Musical “Pai Natal Onde Estás?” de Miguel Fernandes, o Concerto dos Contraponto, o workshop 'O ciclo do mel explicado aos mais pequenos', os concursos de Bolo de Mel e Rabanadas de Mel, entre muitas outras atratividades.

FAMALICÃO ECONOMIZA COM NOVA TECNOLOGIA

Famalicão vai poupar 355 mil euros por ano com a instalação da iluminação pública Led

Câmara de Famalicão abriu concurso público para a substituição de cerca de cinco mil luminárias equipadas com lâmpadas convencionais por luminárias do tipo Led

Câmara substituiu recentemente a iluminação de vários parques (2).jpg

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai alcançar uma poupança anual de cerca de 355 mil euros na eletricidade, com a substituição de cerca de cinco mil luminárias equipadas com lâmpadas convencionais por luminárias do tipo Led, na iluminação pública do concelho.

A abertura do concurso público para a realização da 1.ª fase da empreitada foi aprovada durante a última reunião do executivo municipal.

Com um investimento base de cerca de 950 mil euros, a Câmara Municipal de Famalicão vai substituir, para já, cerca de 5 mil luminárias em todo o concelho, abrangendo inicialmente a zona urbana, as estradas nacionais e a VIM e ainda várias estradas e caminhos municipais.

A poupança permitirá uma amortização do investimento em três anos.

Para além da redução financeira, a medida permitirá uma taxa de poupança nos consumos energéticos na ordem dos 67 por cento e uma redução efetiva da percentagem de emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “a melhoria da eficiência energética é o objetivo do Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética reduzindo uma ameaça preocupante para o país e para os municípios do ponto de vista económico, social e ambiental”.

De resto, segundo o autarca “o valor economizado é significativo”, mas igualmente importante é a “poupança ambiental, já que estamos empenhados em tornar Vila Nova de Famalicão num concelho cada vez mais amigo do ambiente e eficiente do ponto de vista energético”.

Refira-se que ainda recentemente a autarquia terminou a instalação de lâmpadas do tipo LED em mais de uma dezena de parques e praças do concelho. A medida implicou um investimento na ordem dos 67 mil euros e permitirá uma poupança anual de 25 mil euros para os cofres municipais.

Câmara substituiu recentemente a iluminação de vários parques (1).jpg

 

ARCUENSES CAMINHAM PELO TRILHO DA ARQUEOLOGIA

O Mezio foi um local de eleição das comunidades humanas da Idade da Pedra, há pelo menos 5000 anos atrás.

Cartaz_Trilho_Arqueologia.jpg

Aqui caçavam, encenavam rituais e criavam muita mas mesmo muita arte.

No próximo dia 4 de Dezembro, venha com a Ardal-Porta do Mezio, descobrir e conhecer várias Antas (túmulos) e gravuras (um dos complexos de arte rupestre pré-histórico mais importantes do Noroeste da Península Ibérica) desvendando mistérios de um mundo perdido.

Trata-se de um percurso, ora paisagístico, ora panorâmico que permite contactar com este valores arqueológicos, históricos e naturais.

Inscreva-se nesta caminhada da iniciativa “12 Trilhos 12 Experiências” e não perca a oportunidade de vivenciar a última experiência do ano de 2016!

Após o trilho, poderá desfrutar de um excelente almoço convívio com iguarias típicas tradicionais.*

Venha daí e traga toda a família! Venha viver uma experiência diferente!

Características do Trilho:

Nome do trilho: Trilho da Arqueologia

Data da realização: 4 de Dezembro de 2016

Local de encontro: Porta do Mezio (Coordenadas GPS - 41o53'05"N | 8o18'48"W)

Hora de encontro: 8h30

Hora de saída: 9h00 – Porta do Mezio

Distância: 7 km

Âmbito do percurso: Arqueológico, Histórico e Paisagístico

Duração: 3h00

Dificuldade: Fácil

Inscrições: 258510100/258522157 ou portadomezio@ardal.pt

Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado adequado, reforço alimentar e água.

* Almoço mediante marcação prévia até às 12h00 do dia 02/12/2016.

U.DREAM APRESENTA-SE EM BRAGA COM EVENTO NO PARQUE DE EXPOSIÇÕES

´Versus III – Checkmate Gratidão´ decorre no dia 11 de Dezembro, às 16h00

No dia 11 de Dezembro, a U.DREAM (UD) Braga vai-se apresentar oficialmente à Cidade de Braga com um evento no Parque de Exposições que tem início às 16h00.

U Dream.jpg

A iniciativa, intitulada ´VERSUS III – Checkmate Gratidão´, tem como principal objectivo apresentar oficialmente a UD a Braga. É composta por teatro, música e dança, que junta num só palco muito talento da cidade.

A U.DREAM realiza sonhos de criança em estado de saúde ténue ou terminal, campanhas de intervenção urbana, parceiras e colaboração directa com grandes empresas locais, reconhecendo que é através da educação que podemos mudar o mundo… abraçando o desafio de começar a mudança em nós próprios.

Pretende-se, com a VERSUS, fazer a Cidade perceber que o mundo muda na capacidade de olharmos e cuidarmos uns dos outros e esse é o mote de todos os nossos dias.

Os bilhetes têm um valor de 5€ e revertem na totalidade para missão da UD.

Podem ser reservados no site (www.udream.pt) e pagos no dia, ou então adquiridos nos postos de venda indicados no site. Para mais informações visitem o facebook/udream.braga

VILA VERDE SEGUE NA ROTA DAS COLHEITAS

Na Rota das Colheitas: Mais de 35 iniciativas em Vila Verde para preservar a tradição e promover o território

Diz a voz do povo que ‘o que é bom acaba rápido’ e não poderíamos estar mais de acordo. As 17 semanas de promoção e divulgação da cultura minhota passaram num abrir e fechar de olhos tal foi a envolvência, a dinâmica e a alegria de mais uma edição da programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde. De agosto a novembro, foram quase 40 iniciativas que se assumiram como um autêntico hino à cultura popular e que, em simultâneo, criam uma excelente dinâmica turística e económica no território. Um programa que colocou Vila Verde nas bocas do mundo e trouxe ao concelho largas dezenas de milhares de visitantes de todo o país e do estrangeiro.

montagem rota.jpg

Vila Verde fervilhou de vida. Das fiéis recriações de práticas ancestrais aos espetáculos de música popular, do folclore ao artesanato, passando pelos produtos locais, pela gastronomia e pelos espetáculos culturais, entre muitos outros, não faltaram motivos de interesse para vir e ficar por Vila Verde, já que os espaços de alojamento também brindaram o público com várias promoções durante este período. Uma odisseia à descoberta das maravilhas do mundo rural, num concelho que se orgulha das suas raízes sem descurar os ritmos da modernidade, que celebra a tradição e nela alicerça a valorização do território e a dinamização do tecido económico local.

Festa das Colheitas foi a iniciativa rainha

Não faltaram as iniciativas emblemáticas, como a Festa do Caldo do Pote, a Festa do Sarrabulho de porco caseiro, a Desfolhada do Milho e a Espadela do Linho, entre muitas outras. Nota de destaque ainda para a estreia da Mirtifrutos - Feira Nacional de Pequenos Frutos e para a iniciativa rainha da programação, a Festa das Colheitas 2016 – XXV Feira Mostra de Produtos Regionais, com seis dias consecutivos dedicados à raiz da tradição minhota, que garantiram aos visitantes uma experiência ainda mais arrebatadora e incrementaram a visibilidade dos atores locais. O campo da feira ganhou nova vida e recebeu de braços abertos as largas dezenas de milhares de visitantes que se deslocaram a Vila Verde para sentirem o genuíno pulsar do mundo rural.

Desenvolvimento cultural e económico

Recentemente, e em jeito de balanço, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, manifestou enorme satisfação com a qualidade das iniciativas desenvolvidas durante os quatro meses de preservação da tradição e promoção do mundo rural. “Uma programação que decorreu durante 17 fins-de-semana consecutivos, em que se falou de Vila Verde pela positiva e em que se colocou em prática uma das estratégias de desenvolvimento económico para o concelho. Uma programação que mobilizou os vilaverdenses e a maioria das instituições do concelho, que faz de Vila Verde uma terra que gera atratividade e mobiliza as pessoas, valorizando as potencialidades do território em áreas muito diversificadas”, afirmou.

A população está de parabéns

Uma programação alargada e extremamente atrativa, que, como o edil lembrou, só é possível graças ao trabalho voluntário de associações, juntas de freguesia, agentes turísticos, instituições diversas e pessoas a título individual. Os vilaverdenses trabalharam de forma abnegada e altruísta, com afinco e determinação, para preservar a tradição local e valorizar as suas freguesias e o concelho de Vila Verde, promovendo os costumes da tradição minhota dentro e fora de portas. “Deixo um agradecimento sentido a todos os que se envolveram nesta programação, muitos de forma totalmente voluntária, e ajudaram a enriquecer uma iniciativa valoriza o território, ajudaram a valorizar as nossas tradições e perpetuá-las”, concluiu António Vilela. 

BRACARENSES DEBATEM DESPORTO ADAPTADO

Conferência debate Desporto Adaptado. Evento decorre a 3 de Dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Município de Braga promove no próximo Sábado, 3 de Dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, uma mesa redonda sobre Desporto Adaptado. Esta iniciativa, organizada em parceria com o Agrupamento Centros de Saúde Cávado I – Braga, insere-se no Ciclo de Conferências sobre Desporto e terá lugar, pelas 10h30, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.

CARTAZES CICLO DE CONFERÊNCIAS 1.jpg

Esta mesa redonda vai contar com a intervenção de personalidades do desporto adaptado, nomeadamente Jorge Pina, Atleta paralímpico e dirigente associativo (Associação Jorge Pina); Luís Marta, director técnico Desporto Adaptado Sporting Clube de Braga; Manuel Vieira, presidente da APD Braga e atleta de basquetebol em cadeira de rodas; um representante da CERCI Braga, do Agrupamento Centros Saúde Cávado I e do Instituto Português do Desporto e Juventude.

Face à importância deste âmbito desportivo que tão bons resultados tem alcançado, nomeadamente através de atletas e colectividades Bracarenses, esta iniciativa pretende assinalar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, assim como promover uma reflexão sobre a importância do Desporto Adaptado na sociedade actual.

Inscrições e mais informações em desporto.lazer@cm-braga.pt

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA WORKSHOP DE BISCOITOS E CHOCOLATES DE NATAL

O Natal está quase a chegar e nesta festa sabe bem preparar uma mesa bonita com chocolates e biscoitos para partilhar.

workshop biscoitos.jpg

A pensar nisso, a Ardal-Porta do Mezio vai organizar, no próximo dia 3 de Dezembro, um workshop de biscoitos e chocolates de Natal.

Este vai ser um workshop bem doce e feliz onde vai aprender a confecionar vários tipos de biscoitos, chocolates e coberturas assim como vai ficar a conhecer variadas técnicas e utensílios necessários, que o ajudarão a tornar as suas criações inesquecíveis!
Inscreva-se e quem sabe se não tiram neste workshop ideias para alguns presentes de Natal bem docinhos?!

Formadora: Susana Canossa

Local: Porta do Mezio

Horário: 14h00-16h30

Inscrições (até às 12h00 do dia 02/12/2016): 258510100/portadomezio@ardal.pt

MELGAÇO: AFLEX PREVÊ A CRIAÇÃO DE NOVOS POSTOS DE TRABALHO EM 2017

Empresa está instalada em Melgaço desde 2001 e pretende aumentar a sua capacidade produtiva

A Aflex Portugal- Indústrias de Borrachas Lda anunciou que pretende aumentar a sua capacidade produtiva na ordem dos 30% no próximo ano. Instalada desde 2001 em Melgaço, na Zona Industrial de Penso, a Aflex é uma empresa francesa que tem contribuído com os seus resultados para as dinâmicas de desenvolvimento local, tendo sido por isso distinguida em fevereiro com o estatuto de PME Excelência 2015, selo de qualidade criado pelo IAPMEI como reconhecimento pelo desempenho económico-financeiro e pelo contributo dado à economia nacional.

image002melgaç.jpg

Atualmente colaboram na empresa 53 funcionários, mas ‘se a conjuntura económica não se alterar prevemos um aumento da capacidade produtiva na ordem dos 30%, o que implica a criação de uma dezena de postos de trabalho ao longo do ano de 2017’ comunica Fernanda Carvalho, Diretora Geral da empresa. Neste momento a empresa apenas fabrica tubos de borracha mas a produção de tubos em silicone será uma aposta no futuro: ‘temos cada vez mais encomendas do produto atual e por isso optamos por temporariamente colocar o fabrico destes tubos de silicone em standby’, refere Fernanda Carvalho. Assim a empresa está já a trabalhar neste sentido tendo adquirido recentemente um novo lote de produção: ‘o que já está a ser desenvolvido é a deslocação de parte da produção para o lote adquirido (acabamentos, controlo e expedição) e colocar no imediato mais duas máquinas produtivas, estando planeado mais uma ou duas a longo prazo’.

A Câmara Municipal de Melgaço enaltece todo o trabalho desenvolvido pela empresa: ‘a aposta num novo produto será benéfico para Melgaço, abrirá a porta a novos postos de trabalho’, refere Manoel Batista, Presidente da Câmara Municipal de Melgaço.

Sobre a Aflex

A Aflex Portugal produz tubos de borracha para várias aplicações como aspiração, hidráulica, pneumático e para várias indústrias como automóvel, agrícola, hospital, náutica, obras públicas entre outras, tendo como principais clientes a Jonh Deere, Manitou, Claas; Nobel Automotive, Bobcat, Yanmar, Ligier, Hill Rom, entre muitos outros.

A empresa exporta 100% da produção, sobretudo para a Europa mas também para a América. É certificada desde 2004 pela norma ISO 9001:2008. 

MONÇÃO REALIZA NATAL SOLIDÁRIO

Promovida pelo Rotary Clube de Monção, iniciativa solidária realiza-se este sábado, pelas 21h30, no Cine Teatro João Verde. O bilhete, que pode ser adquirido na Loja Interativa de Turismo, tem o custo de 6,00 €, revertendo a receita a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

Natal-Solidário.png

 

O Cine Teatro João Verde recebe no próximo sábado, 3 de dezembro, pelas 21h30, o espetáculo “Natal Solidário”. O bilhete, que pode ser adquirido na Loja Interativa de Turismo, tem o custo de 6,00 €, revertendo a receita a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

Nesta iniciativa, promovida pelo Rotary Clube de Monção com o apoio da autarquia local, estão previstas atuações de elementos pertencentes à Banda Musical de Monção, Banda Musical da Casa do Povo de Tangil e Associação Lá-Mi-Ré, bem como dos artistas Bianca Barros, Alberto Índio e Neno, antigo futebolista que defendeu, entre outros, os emblemas do Guimarães e do Benfica.

Apresentando um cartaz de qualidade, esta iniciativa, com acentuado cariz solidário, traduz o papel social desempenhado pelo Rotary Clube de Monção e manifesta o reconhecimento público de toda a população monçanense ao trabalho desenvolvido pela Liga Portuguesa Contra o Cancro.

PONTE DA BARCA REALIZA FEIRA DO MEL

Quinta- Feira | 22 Dezembro | 09h00 | Praça da República. Tradicional Feira do Mel de Ponte da Barca. Os Concursos de Mel, Rabanadas e Bolo de Mel são algumas das propostas para este dia
A Câmara Municipal de Ponte da Barca promove na quinta-feira, dia 22 de dezembro, a partir das 09h00, na Praça da República, a tradicional Feira do Mel. O certame, que integra a iniciativa Mercado de Natal, a realizar a partir do dia 17 de dezembro com a comercialização de vários produtos tradicionais e animação variada, conta com a presença dos produtores desta região na exposição e venda de mel. Como salienta o autarca de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, com esta feira, que todos os anos atrai muitos visitantes,“procuramos apoiar os apicultores na venda do mel, produto tão utilizado na quadra natalícia, facultando-lhes um local com condições adequadas para o efeito.”
Concursos de Mel, Rabanadas e Bolo de Mel a partir das 10h30
A par da feira ocupa também lugar de destaque a partir das 10h30, com o apoio da ADERE- Peneda Gerês, Associação de Desenvolvimento das Regiões do Parque Nacional da Peneda Gerês, os concursos de mel e de doçaria confecionada com mel, nomeadamente bolo e rabanadas. Os regulamentos e respetivas fichas de inscrição estão disponíveis no site do município emwww.cmpb.pt. Os interessados devem enviar a inscrição por correio ou entregar pessoalmente na seguinte morada: Câmara Municipal de Ponte da Barca, Praça Dr. António Lacerda 4980-626 Ponte da Barca, até ao dia 21 de dezembro.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE VISITA DELEGAÇÃO MARÍTIMA

O presidente da Câmara Municipal de Esposende visitou a delegação local da Autoridade Marítima Nacional, ocasião que serviu para se inteirar dos problemas que a instituição tem identificados na sua zona de jurisdição, mas Benjamim Pereira aproveitou para vincar a importância que uma infraestrutura destas tem no apoio à comunidade piscatória e aos proprietários de embarcações de recreio.

AMN.jpg

O Comandante Raúl Risso, capitão de Fragata e responsável máximo pela capitania de Viana do Castelo, recebeu na extensão de Esposende, juntamente com o adjunto Fernandes Soares, sargento chefe e a administrativa Anabela Sousa, o presidente e o vice-presidente, Maranhão Peixoto, altura em que deu a conhecer a real importância do trabalho daquela estrutura.

“Entre embarcações de pesca e de recreio, ultrapassa as quatro mil registadas na Delegação Marítima de Esposende. São 37 os barcos de pesca que se dividem pelas comunidades marítimas de Esposende e Apúlia”, informou o comandante Raúl Risso que reconheceu a necessidade de realização de algumas obras, para defesa dos pescadores.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende deu conta dos projetos que a autarquia tem previstos, seja para melhoria das condições da comunidade piscatória (acondicionamento dos aprestos), seja para as demais embarcações (doca de recreio).

“Temos em curso a obra de reconstrução do molhe e esperamos resolver, a curto prazo, o problema da restinga. Queremos que a entrada no molhe seja segura para os proprietários das embarcações. Na doca de pesca queremos criar uma situação confortável para os pescadores e, para aqueles que usam os barcos para recreio, queremos proporcionar as melhores condições”, sublinhou Benjamim Pereira.

Os responsáveis pela Delegação Marítima de Esposende assinalaram a “fuga” de embarcações para outros pontos, essencialmente devido à falta de condições. Essa avaliação faz-se pelo número de vistorias que, face aos mais de 4 mil barcos registados em Esposende, deveria corresponder uma média de 800 vistorias/ano. “Na realidade, estão a fazer-se 300 vistorias/ano”, adiantou o sargento Fernandes Soares.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende reconheceu essa debilidade, situação que espera ultrapassar com a passagem da gestão desses espaços para a alçada da autarquia e com as obras na barra da foz do rio Cávado.

Benjamim Pereira abordou, ainda, com os responsáveis pela Delegação Marítima local a questão da vigilância nas praias, atendendo a novas dinâmicas que levam os banhistas a procurar novas praias e terminou a visita agradecendo o apoio que a Delegação Marítima tem dispensado à comunidade piscatória de Esposende.

AMN 2.jpg

BRAGA RECEBE CICLO RUM COM JAZZ  

MÁRIO SANTOS  "BLOCO A4" C/ NGUYÊN LE

7 de Dezembro às 22h00 no Museu Nogueira da Silva, em Braga

Mário Santos - saxofone tenor

Marcos Cavaleiro – bateria

António Aguiar – baixo

João Ferreira - saxofone alto

Nguyen Lê – guitarra

Mário Santos e o seu quarteto “Bloco A4” convidam o guitarrista francês Nguyên Le a interpretar temas novos do próximo álbum.

mariosantosbrag.jpg

O Quarteto Mário Santos surge em 2009 com o projecto Bloco A4, dando continuidade à interpretação de temas do bloco de notas de Mário Santos, o qual tem vindo a ser escrito desde 1996. Nesse mesmo ano, 2009, é editado o primeiro disco de Mário Santos, como resultado do Quinteto que liderou – “Encomenda”.

Do quarteto tradicional de jazz com a guitarra como instrumento harmónico, Mário Santos procura uma sonoridade própria e inovadora. O quarteto nasceu da cumplicidade sonora encontrada na regularidade dos encontros entre os 4 músicos.

O grande objectivo consiste na criação de momentos em que os músicos possuem toda a liberdade de se expressar sobre os temas que interpretam. E como resultado desta união, mais do que fazer ouvir cada um dos instrumentos, Mário Santos sonha com um som uno de total harmonia, desta feita com a inclusão do famoso guitarrista  no panorama do jazz europeu Nguyên Le.

Uma iniciativa conjunta da Rádio Universitária do MinhoConselho Cultural da Universidade do Minho e Museu Nogueira da Silva

com a Capital Ibero-Americana da Juventude

3€ (à entrada)

RESERVAS: 253 200 632 ou para o email sara.ribeiro@rum.pt

CAMINHA APRESENTA ROTA DA RABANADA EM CERCA DE QUATRO DEZENAS DE CAFÉS, PASTELARIAS E RESTAURANTES

Quarenta eventos diferentes a decorrer no concelho até ao inicio de 2017

A Rota da Rabanada é uma das novidades da programação de Natal no Município de Caminha. De 1 a 31 de dezembro, a rabanada vai ser a sobremesa em destaque em cerca das 4 dezenas de cafés, pastelarias e restaurantes aderentes do concelho. A quem se deliciar com as rabanadas disponíveis, será entregue o “Passaporte Rota da Rabanada” que, a cada 10 carimbos, dará direito a uma oferta do Município de Caminha, a levantar nos Postos de Turismo do concelho. O objetivo é promover a gastronomia do concelho e dinamizar a economia local.

3M1A4260.jpg

A rabanada é um doce com tradição secular e faz parte de muitas mesas da consoada em Portugal. “É um doce de pão de trigo em fatias que, depois de molhadas em leite, vinho (no Minho usa-se vinho verde tinto ou branco) ou calda de açúcar, são passadas por ovos e fritas. Servem-se polvilhadas com açúcar de canela ou regadas com calda de açúcar, xarope de bordo ou mel. Outrora, a palavra "rabanada" era apenas utilizada a norte do rio Mondego e ao mesmo doce atribuía-se, a partir da margem sul do referido rio, o nome de fatia-dourada, ou fatia-de-parida”.

No concelho de Caminha, a rabanada é também um doce com história e tradição. O Município quis dar a conhecer mais uma das iguarias gastronómicas do concelho e lançou o repto aos cafés, pastelarias e restaurantes do concelho. O desafio foi aceite por 36 cafés, pastelarias e restaurantes do concelho.

Assim, em dezembro, no concelho de Caminha, desde Vila Praia de Âncora a Seixas, passando por Âncora, Vile, Caminha, Gondar e Vilarelho, há 36 rabanadas diferentes para degustar nos cafés, pastelarias e restaurantes aderentes do concelho, isto é, cada um dos estabelecimentos aderentes terá à venda diariamente a sua especialidade. Como referimos, existem 36 especialidades de rabanada (rabanada de mel, de nozes, recheada, de Vinho do Porto e recheio de chila, de leite, entre muitas outras especialidades). Os preços, esses são convidativos. Variam entre os 0,50€ e os 5€.  Para incentivar o consumo da rabanada, o Município de Caminha elaborou o chamado “Passaporte Rota da Rabanada” com os diversos estabelecimentos aderentes, e a cada 10 carimbos, dará direito a uma oferta do Município de Caminha, a levantar nos Postos de Turismo do concelho.

A Rota da Rabanada é um dos quarenta eventos que estão a decorrer no concelho de Caminha até ao inicio de 2017.

 

Informação Adicional:

21 NOVEMBRO A 07 DEZEMBRO

CAMPANHA LAÇOS DE NATAL

ANGARIAÇÃO DE BRINQUEDOS

Mais informações em www.cm-caminha.pt

 

QUI 01 DEZEMBRO | 16H00

CONTOS DE NATAL 

APRESENTAÇÃO DO LIVRO 

DE MARIA JOSÉ AREAL

Local: Biblioteca Municipal de Caminha

 

01 A 31 DEZEMBRO

ROTA DA RABANADA

Local: Restaurantes, pastelarias e cafés aderentes do Concelho de Caminha

 

QUI 01 DEZEMBRO | 19H00

INAUGURAÇÃO 

DA ILUMINAÇÃO DE NATAL

Local: Terreiro, Caminha

 

QUI 01 DEZEMBRO | 19H30

INAUGURAÇÃO 

DA ILUMINAÇÃODE NATAL

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora 

 

01 A 19 DEZEMBRO

O NATAL NA MINHA VIDA

A partilha do espirito de Natal através 

da rede social Facebook

Envio dos suportes  (fotografia original acompanhada de texto 

e música) para cultura@cm-caminha.pt

A partir de 20 de dezembro - Publicação do Álbum

Mais informações em www.cm-caminha.pt

 

-----------------------------

03 E 04 DEZEMBRO

II FESTA DA MARIONETA 

LUSOGALAICA - MALUGA

TEATRO DE MARIONETAS, WORKSHOPS E EXPOSIÇÃO

Local: Caminha

 

SÁB 03

 

10H00 - 12H30

OFICINAS DIVERTIDAS

“OLHAPINS E OLHARAPOS” - CONSTRUÇÃO 

DE MARIONETAS EM ESPONJA

Por Teatro e Marionetas de Mandrágora

 

16H00

TEATRO DOM ROBERTO

TEATRO TRADICIONAL PORTUGUÊS 

DE MARIONETAS

Por S.A. Marionetas - Teatro & Bonecos

 

17H00

HISTÓRIA DE UM GATO E DE UM RATO 

QUE SE TORNARAM AMIGOS

Por Teatro e Marionetas de Mandrágora

 

 

DOM 04

 

10H30 - 11H30

OFICINAS DIVERTIDAS

“MARIONETAS NAS MÃOS” 

- CONSTRUÇÃO DE MARIONETAS

Por Teatro Babaluva

 

16H00

TEATRO DOM ROBERTO

TEATRO TRADICIONAL PORTUGUÊS 

DE MARIONETAS

Por S.A. Marionetas - Teatro & Bonecos

 

17H00

LUME

TEATRO DE MARIONETAS

Por Teatro Babaluva

 

------

QUI 08 DEZEMBRO | 21H00

III CONCERTO DE ÓRGÃOS DE TUBOS

COMEMORAÇÕES DOS 500 ANOS DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE CAMINHA

Local: Igreja da Misericórdia, Caminha

 

SÁB 10 DEZEMBRO

AS ELFAS DO PAI NATAL 

VÃO DE FÉRIAS

15H00 - Valadares, Teatro Municipal - Caminha

17H00 - Centro Cultural de Vila Praia de Âncora

 

10 E 11 DEZEMBRO | 09H00 – 17H00

FEIRA DE TRADIÇÕES DE NATAL

ARTESANATO E PRODUTOS TRADICIONAIS LOCAIS

Local: Terreiro, Caminha

 

14 E 19 DEZEMBRO | 18H00

WORKSHOP DE DOÇARIA TRADICIONALDE NATAL 

- RABANADAS E SONHOS

QUA 14 

Local: Sede da Junta de Freguesia de Lanhelas

 

SEG 19 

Local: Centro Paroquial e Social de Riba de Âncora

 

QUI 15 DEZEMBRO

PLANTE UM PINHEIRO DE NATAL

Público-alvo: Comunidade Escolar do Concelho de Caminha

Local:  Riba de Âncora

 

SEX 16 DEZEMBRO | 21H30 

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja Paroquial de Moledo 

 

17 E 18 DEZEMBRO | 09H00 – 17H00

FEIRA DE TRADIÇÕES DE NATAL

ARTESANATO E PRODUTOS 

TRADICIONAIS LOCAIS

Local: Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

17 E 18 DEZEMBRO

CONTO DE NATAL, OFICINA

DE CONSTRUÇÃO DE MARIONETA 

E FOTOGRAFIA COM O PAI NATAL

 

SÁB 17 

10H00 – 12H00 - Praça Conselheiro Silva Torres, Terreiro, Caminha

15H00 – 17H00 - Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

DOM 18 

10H00 – 12H00 - Praça da República, Vila Praia de Âncora

15H00 – 17H00 - Praça Conselheiro Silva Torres , Terreiro, Caminha

 

DOM 18 DEZEMBRO | 10H00 PASSEIO DE PAI NATAL EM BICICLETA, 

CORRIDA E CAMINHADA

Concentração e partida: Praça da República em Vila Praia de Âncora e chegada ao Parque do Ferry Boat em Caminha.

 

DOM 18 DEZEMBRO | 14H30

3ª CAMINHADA DO PAI NATAL

MOLEDO > CAMINHA > MOLEDO

Local: Concentração no Centro Social Paroquial de Moledo

 

DOM 18 DEZEMBRO | 18H30

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja da Misericórdia de Caminha

 

19 A 23 E 26 A 30 DEZEMBRO | 10H00 - 12H00

OFICINA DE TEATRO 

DE NATAL PARA CRIANÇAS

Local: Edifício dos Paços do Concelho, Caminha

Público-alvo: Crianças e jovens dos 6 aos 14 anos de idade

Mais informações: krisalida.acam@gmail.com 

T 960 115 415

 

QUA 21 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL DA TUNA DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DO ROTARY 

CLUB DE CAMINHA 

Local: Igreja de Santa Clara, Caminha

 

QUI 22 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL DA AMFF

Local: Igreja Matriz de Caminha

 

SEX 23 DEZEMBRO | 21H30

CONCERTO DE NATAL 

ORFEÃO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Igreja Matriz de Vila Praia de Âncora

 

SÁB 24 DEZEMBRO | 10H00 - 12H00

FOTOGRAFIA COM O PAI NATAL

Local: Praça Conselheiro Silva Torres - Terreiro e Caminha e Praça da República, Vila Praia de Âncora

 

SEX 30 DEZEMBRO | 20H00 - 23H00 

PRESÉPIO VIVO E AUTO DE NATAL

Pelo Grupo de Teatro da Freguesia de Lanhelas 

Local: Lanhelas

 

SÁB 31 DEZEMBRO | 23H30

CAMINHA, 

ONDE O NORTE PASSA O ANO

CONCERTO DE MARTA REN 

& THE GROOVELVETS

ATUAÇÃO DO GRUPO DE COVERS XORNAS

Local: Praça Conselheiro Silva Torres - Terreiro, Caminha

 

DOM 01 JANEIRO | 17H00

CONCERTO DE ANO NOVO

SOCIEDADE MUSICAL BANDA LANHELENSE E CORAL POLIFÓNICO 

DE VILA NOVA DE CERVEIRA

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

 

08, 15, 22 E 29 DEZEMBRO | 21H30

FITAS DE NATAL

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

 

11 E 18 DEZEMBRO | 15H00

FITAS DE NATAL INFANTIS

Local: Valadares, Teatro Municipal - Caminha

rota da rabanada 2016_2.jpg

MINHO DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO 1º DE DEZEMBRO

Viana do Castelo, Amares e Famalicão representam o Minho nas comemorações do 1º de Dezembro

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios para o efeito. É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro. Agradecemos também o apoio facultado pelo Recheio e pelo Amanhecer.

Restauração 2014 097

O Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas "1º de Dezembro" foi um êxito em 2012, 2013, 2014 e 2015. Será êxito maior em 2016.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.700 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 5ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:

Tocá Rufar (Seixal)

Grupo de Bombos de Atei (Mondim de Basto)

BANDA NACIONAL:

Banda do Exército

BANDAS FILARMÓNICAS:

Banda da ACULMA (Marvila, Lisboa)

Sociedade Filarmónica União e Progresso Madalense (Madalena do Pico, Açores)

Banda Musical Santiago de Lobão (Santa Maria da Feira)

Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense "Os Amarelos" (Moura)

Banda Filarmónica de Santa Maria de Bouro (Amares)

Banda Marcial de Arnoso (Vila Nova de Famalicão)

Associação Filarmónica Recreativa e Cultural do Brinço (Macedo de Cavaleiros)

"Banda de Música 1º de Maio (Associação de Socorros Mútuos dos Artistas Mirandelenses) (Mirandela)

Associação Filarmónica Retaxense (Castelo Branco)

Filarmónica Recreativa Cortense (Covilhã)

Sociedade Filarmónica Oleirense (Oleiros)

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense (Vila Velha de Ródão)

Sociedade Musical Recreativa Instrutiva e Beneficente Santanense (Figueira da Foz)

Sociedade Filarmónica Sangianense (Oliveira do Hospital)

Banda Filarmónica da Casa do Povo de N.ª Sr.ª de Machede (Évora)

Banda Musical de Tavira

Banda Academia de Santa Cecília (de São Romão) (Seia)

Sociedade Musical Estrela da Beira (Seia)

Sociedade Filarmónica Maiorguense (Alcobaça)

Sociedade Filarmónica Pedroguense (Pedrógão-Grande)

Associação Musical de Cabanas de Torres (Alenquer)

Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro da Encarnação (Mafra)

Banda Juvenil do Município de Gavião

Sociedade Musical Euterpe de Portalegre

Banda de Música de S. Vicente de Alfena (Valongo)

Sociedade Filarmónica União Maçaense (Mação)

Sociedade Filarmónica Gualdim Pais (Tomar)

Sociedade Filarmónica Incrível Almadense (Almada)

Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha (Viana do Castelo)

Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias (Santa Comba Dão)

Banda Musical 81 de Ferreirim (Sernancelhe)

Será um total de 34 entidades, integrando 2 grupos de persussão, 1 banda nacional militar e 31 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1700 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Tenente Duarte Cardoso, da Banda do Exército.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

AFINAL ONDE ESTÁ O PROMETIDO DEBATE DE IDEIAS ENTRE AS CANDIDATURAS AOS ÓRGÃOS DIRECTIVOS DA FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS?

Apresentaram-se às próximas eleições aos órgãos diretivos da Federação do Folclore Português duas listas que prometiam debater diferentes pontos de vista programáticos com o objetivo de trabalharem para uma “Federação Renovada do Século XXI”, segundo a Lista “A” ou, um “Federação Maior e Melhor Agora”, segundo a Lista “B”.

14980628_1339465756087228_5295158015247233359_n (1).jpg

Ambas as listas apresentaram a seu tempo o respetivo programa mais ou menos objetivo e a sua lista de candidatos aos órgãos diretivos da Federação do Folclore Português. Mas, para além de alguma troca de acusações, o debate de ideias não passou disso mesmo, não sendo percetível as verdadeiras diferenças que opõem as duas listas candidatas.

Pedem aos associados o seu voto mas não se sabe a que propósito estes o vão conceder, uma vez que as ideias não foram suficientemente esclarecidas. E, quanto ao congresso, para que servirá tão magna reunião sem caráter vinculativo quando nem para a Assembleia Eleitoral os concorrentes ousaram confrontar os seus diferentes pontos de vista?

CRIANÇAS VIVEM TRADIÇÃO DO “PINHEIRO” NO CENTRO HISTÓRICO DE GUIMARÃES

FESTAS NICOLINAS 2016

Cortejo do Retábulo ligou Capela de S. Nicolau à Torre dos Almadas. Mais novos trajados a rigor associaram-se às comemorações das Festas Nicolinas.

Guimaraes_Festas_Nicolinas_Cortejo_Retabulo.jpg

Centenas de crianças participaram esta terça-feira, 29 de novembro, no Cortejo do Retábulo de São Nicolau, também conhecido por “Pinheirinho”, que antecede o início das Festas Nicolinas. Cumprindo-se a tradição, o Pinheiro dos mais novos juntou crianças de diversos jardins de infância de Guimarães, que saíram à rua trajadas a rigor e ao som do toque nicolino.

A concentração, que decorreu no Largo José Maria Gomes, em frente ao edifício da Câmara Municipal, seguiu até à Capela de S. Nicolau, onde o Juiz da Irmandade entregou o retábulo de São Nicolau à Comissão de Festas Nicolinas 2016. Dali, os participantes seguiram para a Torre dos Almadas, sede dos Velhos Nicolinos, onde o retábulo ficará exposto durante o período festivo.

«O que nós vivenciamos aqui é exatamente o espírito e a essência das Nicolinas, com a alegria e o entusiasmo das crianças partilhada pela presença dos pais e dos avós! Só quem vive as Festas Nicolinas, com a sua cultura estudantil e comunitária, é que sabe o que representa ser Nicolino!», referiu Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal.

Realizado há dezasseis anos, o Cortejo do Retábulo de São Nicolau é uma organização dos infantários da cidade de Guimarães, com a colaboração da Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães - Velhos Nicolinos, Irmandade de São Nicolau e Comissão de Festas.

Tradição com séculos

O desfile do Pinheiro na noite de 29 de novembro, com milhares de nicolinos na rua, inaugura anualmente as Festas Nicolinas, conhecidas como os festejos dos estudantes de Guimarães, cuja origem remonta à devoção religiosa dedicada a São Nicolau, oriundo da Ásia Menor que terá vivido nos séculos III e IV.

O culto terá chegado a Guimarães através dos peregrinos de vários pontos do país e do estrangeiro que aqui se deslocavam para venerarem Nossa Senhora de Guimarães (Padroeira de Portugal até ao séc. XVII) e, também, através da passagem de romeiros de/e para Santiago de Compostela, que terão deixado como marca a sua devoção a São Nicolau.

Inicialmente, as festas só eram celebradas a 06 de dezembro, dia que está reservado no calendário religioso a São Nicolau. Nesse dia de manhã, os estudantes participavam na missa com sermão e, de tarde, as celebrações assumiam um carácter profano com a realização de jogos populares.

Com o passar dos tempos, verificou-se que um dia para festejos a São Nicolau não era suficiente e incluiu-se também o dia 5, data em que era anunciado o programa do dia 6 através de um pregoeiro que percorria as ruas da cidade. Mais tarde, os festejos foram alargados a oito dias, entre 29 de novembro e 07 de dezembro. Novenas, Posses, Magusto, Roubalheiras, Pregão, Maçãzinhas, Danças São Nicolau e Baile Nicolino completam o programa, além do Cortejo do Pinheiro.

GUIMARÃES NÃO RECOLHE LIXO NOS FERIADOS

Recolha de lixo não se realiza em Guimarães nos feriados de 01 e 08 de dezembro

Resíduos urbanos não são recolhidos esta quinta-feira e no feriado da semana seguinte. Serviços municipais são retomados a partir das 23 horas de ambos os dias.

Guimaraes_Recolha_Residuos_Urbanos.jpg

A Câmara Municipal de Guimarães informa que não irá proceder à recolha de lixo nas noites de quarta-feira, 30 de novembro e 07 de dezembro, e durante os dias de quinta-feira, 01 e 08 de dezembro, devido à celebração dos feriados que assinalam a comemoração da Restauração da Independência Nacional e do dia da Imaculada Conceição.

A atividade dos serviços será retomada na quinta-feira à noite, de 01 para 02 de dezembro e na noite de 08 para 09 do mesmo mês.

O Município solicita aos seus munícipes a colaboração e compreensão para que não depositem resíduos (sacos e/ou baldes) na via pública naqueles períodos, contribuindo assim para assegurar a salubridade pública.

O Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente do Autarquia apela à sensibilidade e à consciência ambiental da comunidade, de forma a reduzir o volume das embalagens e a acondicionar o lixo doméstico, evitando a sua colocação na via pública.

FAMALICÃO REALIZA EM VILARINHO OBRAS DE SANEAMENTO

Empreitada implica um investimento municipal de 160 mil euros e vai proporcionar a ligação de 120 ramais de saneamento

Depois de Vale S. Cosme, Telhado, Portela, Arnoso Sta. Eulália, Arnoso Sta. Maria, Sezures e Requião, esta terça-feira, 29 de novembro, foi a vez do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, visitar as obras de saneamento básico na freguesia de Vilarinho das Cambas.  

AFS_9500.jpg

A empreitada, que implica um investimento municipal de cerca de 160 mil euros, vai servir 120 habitações e deverá ficar concluída no prazo de 9 meses.

No final da visita desta tarde, Paulo Cunha era um homem satisfeito com o andamento dos trabalhos.“As obras estão no terreno e aquilo que há uns tempos era uma reivindicação justa das populações, é hoje uma realidade”.

Para a presidente da Junta de Freguesia, Judite Costa, esta é uma “obra vital” para a qualidade de vida dos habitantes da freguesia. “É uma intervenção há muito desejada e apesar dos incómodos que uma obra deste género causa no dia-a-dia dos moradores, estamos todos naturalmente muito satisfeitos com a sua concretização”, disse.

Refira-se que com esta obra a taxa de saneamento em Vilarinho cresce cerca de 30 por cento, atingindo já metade da população desta freguesia, caracterizada por uma densidade populacional muito dispersa. Já no que toca à rede de água, a freguesia encontra-se com uma cobertura muito próxima dos 95 por cento.

Refira-se que esta empreitada faz parte do investimento superior a 4 milhões de euros anunciado pela autarquia no final do passado mês de outubro e que vai levar mais 30 quilómetros de rede de água e 60 quilómetros de rede de saneamento básico a dez mil habitações do concelho.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA ATRAEM OS VIMARANENSES

Mais de 600 pessoas “curtiram” a Semana da Ciência e Tecnologia

Mais de 600 pessoas, entre alunos e público em geral, contactaram com as inúmeras atividades da Semana da Ciência e Tecnologia que o Curtir Ciência dinamizou entre 22 e 27 de novembro.

6tag_261116-122309.jpg

Centenas de alunos e professores de várias escolas da região passaram pela Mostra de Robótica (dia 22), organizada em parceria com as escolas EB 2,3/S Santos Simões, Secundária Francisco de Holanda e Secundária Martins Sarmento e que visou dar a conhecer os projetos desenvolvidos por alunos e professores nesta área.

Pela Feira de Ciência (que decorreu nas tardes dos dias 23, 24 e 25, passaram várias escolas da região – Guimarães, Vizela, Braga e Vila Real), num contacto direto, através da experimentação, com as áreas da Química, Biologia, Geologia e Física.

Outras das atividades que esgotou em poucas horas o número limite de inscrições foi o “workshop” de Velas Aromáticas, no dia 26. Vários interessados vão ter que aguardar pela segunda edição, e desenvolver em breve, uma vez que o limite de 16 participantes foi atingido poucos dias depois da abertura de inscrições.

Uma das atividades mais emblemáticas foi a visita do Curtir Ciência à Casa da Criança (no dia 27). Constituiu uma verdadeira festa de Natal animada pelos monitores do Curtir Ciência que demonstraram várias experiências científicas às crianças que habitam neste projeto da Associação de Apoio à Criança.

O balanço da Semana é extremamente positivo, na análise de Sérgio Silva, Diretor Executivo do Curtir Ciência. “Cumprimos a nossa missão de envolver diferentes públicos nas ações ligadas à Ciência e a adesão registada só nos dá mais força para prepararmos novas e aliciantes atividades. Acima de tudo, a Semana da Ciência serviu para pormos em prática a nossa responsabilidade social no seio da comunidade em que nos inserimos. Procuraremos replicar noutras instituições a experiência que desenvolvemos na Casa da Criança, levando um pouco de calor científico a menores que enfrentam situações de fragilidade”, salienta Sérgio Silva.

IMG_5842 (1).JPG

IMG_7350.JPG

Nome do Documento  asca_8.JPG

Nome do Documento  asca_22.JPG

BRAGA TEM PAI NATAL VERDE

´O Pai Natal Verde´ sensibiliza crianças para adoptar comportamentos ambientalmente responsáveis

Decorreu hoje, dia 29 de Novembro, na Associação Maconde, o lançamento oficial da 2.ª edição do livro infantil “O Pai Natal Verde”, uma obra da autoria de Narciso Moreira, com o apoio da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) e da Câmara Municipal de Braga.

CMB29112016SERGIOFREITAS0000003786.jpg

O Pai Natal Verde” é um projecto pedagógico de Educação Ambiental que tem por principal objectivo sensibilizar os mais novos para adoptarem comportamentos ambientalmente responsáveis, promotores da preservação e sustentabilidade ambiental, alertando-os, mais concretamente, para as atitudes que caracterizam a época natalícia, sem nunca perder o encanto e a magia que a mesma proporciona.

A obra destina-se, essencialmente, aos alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico e engloba, para além do livro infantil, a adaptação da narrativa ao teatro, com a exibição da peça "O Pai Natal Verde".

Na ocasião, Altino Bessa, vereador do ambiente e energia do Município de Braga, sublinhou que esta época é particularmente crítica na influência para o consumismo, com impactos negativos para o ambiente, sobretudo pela quantidade de recursos utilizados, desde o papel até à energia consumida. “Mais do que uma obra reservada às crianças, a história do Pai Natal Verde é, também e indirectamente, destinada a todas as idades, uma vez são que os mais novos que incentivam e lutam para que em suas casas haja alterações de hábitos”, referiu.

De acordo com o autor, Narciso Moreira, o livro “é mais uma resposta no sentido de dotar com mais uma ferramenta todos os educadores e outros profissionais (e não são poucos), que trabalham diariamente no sentido de promover uma consciencialização ambiental efectiva e sentida.”

O Município de Braga oferecerá um livro “O Pai Natal Verde” a cada uma das 109 Escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico e exibirá, em dois dias e locais distintos, a peça de teatro para mais de 2000 alunos e alunas do distrito. A primeira exibição da peça de teatro acontecerá no dia 7 de Dezembro, no Parque de Exposições de Braga, e a segunda, no dia 15 de Dezembro, no antigo edifício da Junta de Freguesia de Aveleda.

Alti7689 (1).jpg

CMB29112016SERGIOFREITAS0000003782.jpg

CMB29112016SERGIOFREITAS0000003785.jpg

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS: LISTA "B" APELA AO VOTO!

15178114_115917245559414_2296654762289158487_n.jpg

Prezados Amigos,

Dirigimo-nos a cada um de vós, no sentido de convocar todos a trilhar um caminho comum, o valor do Folclore, da cultura tradicional popular e o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos Grupos de Folclore, um legado que nos deixou o saudoso Augusto Gomes dos Santos.

Constituímos uma equipa, jovem, dinâmica, sem vícios, que se entrega ao movimento sem esperar nada em troca, mas uma equipa motivada, inconformada e determinada a elevar o Folclore Português a nível nacional e internacional. Uma equipa que quer estar do lado dos Grupos ou Ranchos de Folclore, sentindo as suas dificuldades e preocupações, ajudando a superá-las. Não uma equipa de gabinete, mas uma equipa presente e no terreno.

Queremos estar próximos de todos os que defendem a mesma causa, cooperar com as Associações Locais e Regionais de Folclore, criar estruturas de apoio nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores e ainda nos vários países do mundo, onde o Folclore Nacional é representativo.

Foram muitos os contributos que nos foram chegando e com eles quisemos assumir uma Carta de Compromissos, não um mero texto de retórica ou poético, em que aquilo que se escreve agora, nada tem a ver com o que se pratica no terreno, mas o assumir dum compromisso com todos os Grupos ou Ranchos de Folclore federados e não federados, com os sócios auxiliares, com as autarquias, com todos aqueles que contribuem para esta tão Nobre causa que é FOLCLORE.

Estamos conscientes que é um trabalho ambicioso, mas aceitámos o compromisso de servir o Folclore e não se servir do Folclore, determinados a concretizar cada um destes compromissos que vos apresentamos e posteriormente estaremos disponíveis para ser avaliados em futuros atos eleitorais.

Contamos com contributo de cada um de Vós, numa Federação aberta, participativa e próxima do movimento Folclórico Nacional, resumidamente Uma Federação Maior e Melhor Agora!

Um Abraço Amigo e Caloroso da Lista B.

FOLKLOURES’17 JÁ MEXE!

A edição do próximo ano do FolkLoures – Encontro de Culturas, já se encontra em marcha. Com nova data e formato, este evento vai apresentar algumas novidades que o farão distinguir do já demasiado corriqueiro modelo dos festivais de folclore, apenas limitados às actuações de grupos de danças e cantares.

FolkLoures é mais do que um festival de folclore. Ano após ano, será um ponto de Encontro de Culturas com carácter inclusivo, palco das mais variadas tradições da cultura tradicional, de exposição e de debate das nossas raízes – e das tradições das comunidades que vivem ao nosso lado e com quem diariamente interagimos.

A programação da próxima edição do FolclkLoures deverá ficar encerrada ainda até ao fim do corrente ano, aguardando-se apenas a confirmação de algumas permutas.

- A Festa vai começar!

Cartaz2017Novo.jpg

VALENCIANOS PATINAM NO GELO

Pista de Gelo em Valença: Vem Patinar

Uma pista de gelo, este Natal, em Valença, vai apaixonar os entusiastas da patinagem no gelo, para as primeiras patinadelas ou desfrute desta atividade.

valengelo.jpg

Pela primeira vez, em Valença, a pista de gelo terá recinto coberto, no Jardim Municipal, abre a 1 de dezembro e prolonga-se até 8 de janeiro.

Esta é uma oportunidade para os entusiastas da patinagem, de todas as gerações, de Valença e região, praticarem uma modalidade apaixonante numa pista de gelo.

Gosta ou Quer Experimentar Patinar no Gelo?

               Vem aprender a patinar e cumprir o teu sonho de infância.

               Os pinguins vão ajudar a dar as primeiras patinadelas, a pequenos e graúdos, com a toda a segurança. À disposição dos praticantes existirão patins do número 26 ao 48.

               A pista estará aberta a praticantes com ou sem experiência, de todas as idades.

Ambiente Natalício

               A época convida a umas patinadelas, numa pista com 300 m2, animada com os sons natalícios. A pista permitirá a permanência de dezenas de patinadores em simultâneo.

A pista de gelo é uma das grandes atrações que Valença vai proporcionar nesta quadra e insere-se nas atividades da Valença Cidade Presépio que se desenrola entre 1 de dezembro e 8 de janeiro.

A utilização da Pista de Gelo, tem um preço, por hora, de 4 euros para as escolas, 5 euros para as crianças até 13 anos, no pack família (2 adultos + 1 criança) cada adulto pagará 6 euros e os adultos sozinhos pagarão 7,5 euros.

Horários:

1 a 17 de dezembro

segunda a sexta-feira: 15h às 21h30

sábado e domingo: 10h às 22h

18 de dezembro a 8 de janeiro

segunda a sexta-feira: 10h às 13h e 15h às 21h30

Sábado e domingo: 10h às 22h

24 de dezembro: 10h às 18h

25 de dezembro 15h às 22h

31 de dezembro 10h às 18h

1 de janeiro 15h às 22h

REIS DE ESPANHA VISITAM GUIMARÃES E FOLCLORE DO MINHO FAZ AS HONRAS AOS ILUSTRES VISITANTES

15284968_1809177385996725_1975572407931431390_n.jpg

Sob o olhar altivo e soberano de D. Afonso Henriques, o minhoto que foi o nosso primeiro Rei, os vimaranenses receberam no Berço de Portugal os actuais reis de Espanha – D. Filipe VI e D. Letícia – e, perante as mais altas individualidades do Estado, apresentaram-se condignamente com os seus trajes tradicionais, uma das marcas da nossa identidade como povo.

O BLOGUE DO MINHO deixa aqui o registo de alguns dos momentos assinalados pela presença do nosso folclore.

15192788_1809176959330101_5552755426514514040_n.jpg

15203367_1809177295996734_2580979023321769589_n.jpg

15219534_1809177179330079_6196960005769568200_n.jpg

15219602_1809176972663433_5562930896549845084_n.jpg

15253520_1809182979329499_7882423508733644928_n.jpg

15267724_1809177105996753_7096894304356340933_n.jpg

 

GUIMARÃES COMEMORA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

CERIMÓNIA JUNTO À ESTÁTUA D. AFONSO HENRIQUES

Guimarães assinala Restauração da Independência Nacional esta quarta-feira à noite

Sessão protocolar decorrerá junto à estátua D. Afonso Henriques. Desfile vai percorrer as principais ruas do Centro Histórico de Guimarães ao som do Hino da Restauração.

Guimaraes_20 Arautos.jpg

O aniversário da Restauração da Independência Nacional vai ser comemorado em Guimarães na noite desta quarta-feira, 30 de novembro, a partir das 22:30 horas, pelo Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”, em parceria com a Câmara Municipal.

Depois de hasteadas as bandeiras, o desfile, com início às 22:45 horas, na sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”, irá percorrer as principais ruas do Centro Histórico, com os participantes a entoar o Hino da Restauração, seguindo em direção à estátua do Rei D. Afonso Henriques onde será colocada uma coroa de flores.

Nessa altura, além dos discursos protocolares, o Grupo Coral de Ponte interpretará o Hino de Guimarães, o Hino da Restauração e o Hino de Portugal. No final deste momento solene, o regresso à sede dos “20 Arautos” será efetuado pelo Largo do Carmo, Rua de Santa Maria, Praça de S. Tiago e Rua Gravador Molarinho. No final, realiza-se a tradicional ceia para todos os participantes.

As comemorações da Restauração da Independência Nacional contam com a participação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, Grupo Coral de Ponte, Sociedade Musical de Guimarães, Grupo Cultural e Recreativo “Os Trovadores do Cano” e C.N.E. – Corpo Nacional de Escutas. 

O percurso ascendente do cortejo tem o seguinte itinerário: Rua Gravador Molarinho (Sede dos “20 Arautos”); Rua da Rainha D. Maria II; Rua Alfredo Guimarães; Rua Egas Moniz; Largo Condessa do Juncal; Viela da Arrochela; Largo da Misericórdia; Rua Vale de Donas; Largo dos Laranjais; Rua das Trinas; Largo do Carmo; Rua Conde D. Henrique.

[PROGRAMA]

Dia 30 de novembro (4ª feira)

22h00 – Receção aos participantes; 

22h30 – Hastear das bandeiras (sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”);

22h45 – Início do desfile pelas ruas da cidade, percorrendo as principais artérias do Centro Histórico, onde vai sendo cantado o Hino da Restauração para que o final decorra por volta das 24h00.

00h30 – Ceia na sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques” para todos os participantes.

 

Percurso do desfile:

- Rua Gravador Molarinho (Sede dos “20 Arautos”);

- Rua da Rainha D. Maria II;

- Rua Alfredo Guimarães;

- Rua Egas Moniz;

- Largo Condessa do Juncal;

- Viela da Arrochela;

- Largo João Franco;

- Rua Vale de Donas; 

- Largo dos Laranjais;

- Rua das Trinas;

- Largo do Carmo;

- Rua Conde D. Henrique (Estátua D. Afonso Henriques) 

 

Colocação de coroa de flores

 

Atuação do Grupo Coral de Ponte, com o seguinte programa:

. Hino de Guimarães

. Hino da Restauração, 

Discurso do Presidente de Câmara

. Hino de Portugal

 

Continuação do desfile: 

- Largo do Carmo;

- Rua de Santa Maria;

- Praça de S. Tiago;

- Rua Gravador Molarinho (Sede do Grupo Cultural e Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”);

 

[HINO DA RESTAURAÇÃO]

Portugueses celebremos

O Dia da Redenção

Saem do pulso as algemas

Ressurge livre a Nação

O Deus de Afonso em Ourique

Dos livres nos deu a Lei

Nossos Braços a sustentem

Pela Pátria Pela Grei

Avante! Avante!

O Ferro empunhar p’ra batalhar

A Pátria nos chama

Convida a lutar

Convida a lutar!

CENTRO DE FORMAÇÃO DO CALÇADO LABORA EM CELORICO DE BASTO

Num concelho onde existem bastantes pessoas a trabalhar na indústria do calçado e estando iminente a fixação de outras empresas do mesmo setor nas zonas industriais de Celorico de Basto, fixou-se na zona industrial de Crespos um centro de formação do Calçado que ensina os desempregados a “arte do Calçado”. São 4 meses de formação inicial intensa que dará aos formandos as qualificações necessárias para trabalhar em qualquer fábrica de calçado. Durante este período recebem uma bolsa que os ajuda nas suas despesas diárias.

_DSC3354.jpg

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, visitou, hoje, 29 de novembro, o Centro de formação, para verificar as condições do mesmo e o ensino facultado aos formandos.

“Unimos esforços para dar aos nossos desempregados a formação necessária para que possam ingressar nas fábricas do setor do calçado com a devida qualificação para puderem trabalhar em toda a linha. O nosso trabalho centra-se em criar as melhores condições para os trabalhadores e para a fixação de empresas no concelho” disse o autarca.

Este centro de formação resultou de um protocolo de cooperação entre a Câmara Municipal de Celorico de Basto, a Qualidade de Basto E.M. S.A, e o Centro de Formação Profissional da Indústria do Calçado no âmbito do Programa Operacional de Investimento Privado – POIP para formar desempregados. O objetivo centra-se em proporcionar a todos os interessados formação para que possam ingressar nas empresas de calçado fixadas em Celorico de Basto.

Fátima Mota, a tirar formação neste centro mostrou-se satisfeita e ansiosa para terminar a formação e começar a trabalhar efetivamente. “Já sei trabalhar em quase toda a linha e estou ansiosa para terminar a formação e começar a trabalhar numa fábrica. Não é difícil mas é preciso estarmos atentos e fazer o trabalho em condições desde o corte para que não falhe nada”.

 

_DSC3372.jpg

_DSC3395.jpg

GENERAL ROVISCO DUARTE VISITA CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DA HISTÓRIA MILITAR DE PONTE DE LIMA

Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima. Visita do Chefe do Estado-Maior do Exército – General Rovisco Duarte. Dia 30 de novembro – 16h00

O Chefe do Estado-Maior do Exercito Português, General Rovisco Duarte, visita amanhã, 30 de novembro, às 16h00, o Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima – CIHMPL.

IMG_2050 (Medium).JPG

Recentemente inaugurado este novo equipamento, instalado no Paço do Marquês, enquadra-se numa estratégia de promoção de uma rede de equipamentos de vocação cultural e turística, de promoção dos recursos endógenos, do património histórico e religioso local.

Recorde-se, que este novo espaço de cultura, resultou de um protocolo entre o Município de Ponte de Lima e o Exército Português, com o objetivo de criar um museu vivo, interativo, abordando a história militar no contexto da região e do país, mas com uma incidência especial sobre Ponte de Lima e o território circundante. Ao abrigo desta parceria, o Exército Português cedeu do seu vasto espólio diversas peças (armas de fogo, armas brancas e outras) que integram a exposição permanente do CIHMPL.

Desta forma, a preocupação central deste Centro de Interpretação é o conhecimento da história local, dos seus lugares, suas gentes e protagonistas, procurando perpetuar memórias de factos históricos relevantes e consciencializar as populações de hoje para a importância desses episódios, bem como a necessidade de se envolverem efetivamente num projeto que é de todos os ponte-limenses e que engloba todo o território do concelho.

O programa expositivo, reflexo de um discurso museológico simultaneamente rigoroso e atraente, com recurso também às novas tecnologias, incorpora um vasto conjunto de materiais, desde réplicas, maquetes 3D, documentos gráficos, reproduções fotográficas, bem como algumas peças originais cedidas pelo Exército Português e por particulares, procurando também dar conta da evolução da indumentária militar e dos uniformes, bem como de diversas tipologias de armas.

O Centro de Interpretação da História Militar dispõe de várias salas, cada uma referente a uma época específica: da época antiga à época moderna, sempre numa perspetiva histórica evolutiva, exibindo os pergaminhos militares de Ponte de Lima.

IMG_2072 (Medium).JPG

ARDAL VENCE “PRÉMIO EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO CRÉDITO AGRÍCOLA”

A Porta do Mezio foi a grande vencedora da 3ª edição do prémio Nacional Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola, na categoria desenvolvimento rural. Este projeto é uma iniciativa da Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL), em parceria com a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e outras entidades, que pretende divulgar e promover o Parque Nacional da Peneda Gerês, bem como potenciar negócios de operadores turísticos e dos artesãos da região, pois disponibiliza uma plataforma de promoção e comercialização dos produtos locais e serviços do turismo.

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola (1).jpg

A cerimónia que decorreu na Fundação Champalimaud, em Lisboa, no passado dia 24 de Novembro, contou com a presença do Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e do Presidente do Conselho de Administração Executivo do Crédito Agrícola, Licínio Pina, que sublinhou que “com este prémio pretendemos potenciar a inovação no sector primário e agroindustrial, um sector que conhecemos como ninguém e que sabemos que tem grande potencial.”

A ARDAL fez-se representar na cerimónia por João Manuel Esteves e Francisco Peixoto de Araújo, respetivamente Presidente e Tesoureiro da direção, bem como pelo seu Coordenador, Pedro Teixeira. Este prémio de nível nacional vem confirmar o excelente trabalho que tem sido realizado ao nível da promoção e divulgação do Parque Nacional Peneda-Gerês, da oferta de produtos locais, atividades e programas de turismo natureza e ambiente e das parcerias estabelecidas com os vários produtores operadores turísticos da região.

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola (2).jpg

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola (3).jpg

Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola (4).jpg

FAMALICÃO REFORÇA OFERTA HOTELEIRA

Em Famalicão há um novo hostel que desafia os hóspedes a apaixonarem-se pela cidade. Hi!Go Hostel & Suites reforça oferta, com quatro quartos e um dormitório

Fall in love for Famalicão (apaixone-se por Famalicão). Quem entra no novo hostel de Vila Nova de Famalicão não poderia encontrar mensagem mais apelativa para a cidade.

AFS_9211.jpg

Num prédio no número 30 da Avenida Engenheiro Pinheiro Braga, junto à Rotunda de Santo António, abriu há uma semana o Hi!Go Hostel & Suites. Este novo espaço de alojamento local é provavelmente um dos nascimentos mais rápidos da história da hotelaria: Catarina Silva, Tiago Pimenta, Sílvia Souto e Andreia Montenegro precisaram de apenas três meses para receber os primeiros hóspedes.

O Hi!Go tem quatro quartos e um dormitório com cinco camas. Todos os quartos têm casa de banho privativa. Também há uma cozinha partilhada e uma sala de estar com televisão. 

Os quatro amigos são os mesmos que em fevereiro deste ano abriram o Villa Prime Hotel, no centro da cidade, cuja capacidade de resposta já não corresponde a tanta procura. Voltaram agora a juntar-se com o objetivo de abrir um hostel, numa decisão que envolveu “muito pensamento lógico, análise de hipóteses, sensatez e pesquisa”, revela Catarina Silva. 

Que qualificativos se podem atribuir ao Hi!Go? “Central, relaxante e descontraído”, aponta, acrescentando que o novo espaço de alojamento “foi totalmente renovado para receber com conforto e higiene todos os que o visitam”

O preço das camas nos dormitórios é de 20 euros. No caso dos quartos os preços vão desde os 42 euros até aos 47 euros.

O Presidente da Câmara Municipal visitou ontem o hostel, considerando-o “uma solução muito bem-vinda para o concelho”. Realçou “a qualidade do projeto como uma mais-valia para a região”

Paulo Cunha lembrou ainda que o aparecimento, nos últimos anos, de novas unidades hoteleiras em Vila Nova de Famalicão é um sinal da crescente afirmação do concelho no plano regional e nacional, sobretudo nos domínios económico e cultural.

AFS_9226.jpg

AFS_9298.jpg

A COLEÇÃO RITUAIS COM MÁSCARA ESTÁ DE VOLTA! É TEMPO DE COLOCAR A MÁSCARA E VIAJAR ENTRE CARETOS E CARDADORES

A Progestur tem o prazer de anunciar o lançamento de mais dois livros, inseridos na coleção “Rituais com Máscara”dedicados inteiramente às máscaras dos municípios de Ílhavo e Macedo de Cavaleiros. A apresentação das duas publicações está agendada para o próximo dia 6 de Dezembro, pelas 18h30, no Museu Nacional de Arqueologia.

Amascar.jpg

A apresentação contará com a presença de personalidades de várias áreas da cultura portuguesa dando espaço para uma conversa reveladora sobre tradições, rituais das máscaras e seus simbolismos e significados nos municípios de Ílhavo e Macedo de Cavaleiros. Moderada pelo Dr. Francisco José Viegas, o lançamento dos livros contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, Fernando Caçoilo, presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, Duarte Moreno, presidente da Progestur, Hélder Ferreira e ainda a representação da Fundação Inatel.

Depois das publicações dedicadas aos rituais com máscara de Lamego, Mira, Miranda do Douro e Mogadouro, a coleção, editada em português e inglês, apresenta-se mais uma vez com uma forte componente informativa e cultural abordando ao pormenor os as máscaras e rituais dos Cardadores de Vale de Ílhavo e Caretos de Podence. 

Ao leitor é transmitido um sentimento de pertença nestas celebrações ancestrais, contadas por quem vive de perto estes rituais, evidenciando a importância das regiões e populações na garantia da perpetuidade das tradições culturais como marca da sua identidade. 

Esta coleção, composta por 11 volumes, contêm, para além da explicação das origens, significados e simbolismos destas manifestações culturais, dez páginas dedicadas à promoção da região da festa apresentada, funcionando como um roteiro turístico, possibilitando a divulgação e promoção da oferta turística dos municípios envolvidos. 

Inseridas nos “Rituais com Máscara” e resultantes de uma parceria entre a Progestur e o INATEL, foram criadas três rotas turísticas com base nas festas com rituais de máscaras - uma no centro de Portugal e duas no Nordeste Trasmontano – que estarão presentes na totalidade da coleção.

Anunciamos também que já estão a ser iniciados os trabalhos de investigação e recolha de registos fotográficos para a produção de mais livros inseridos nesta coleção, a ser publicados em 2017. Em breve revelaremos quais os municípios e máscaras que terão destaque nas próximas publicações.

RCM_Capa_Macedo.jpg

RCM_Capa_Ilhavo (1).jpg

MUNICÍPIO DE CAMINHA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DAS MONTANHAS COM PERCURSO PEDESTRE

Percurso terá lugar no dia 10 de dezembro, e vai percorrer os caminhos de Arga de Baixo e Arga de São João

A Câmara Municipal de Caminha vai assinalar o Dia Internacional das Montanhas com um percurso pedestre pela Serra d’Arga. A atividade terá lugar no dia 10 de dezembro e vai percorrer caminhos de Arga de Baixo e Arga de São João. A inscrição é gratuita, mas é obrigatória.

dia internacional das montanhas.jpg

Dia Internacional das Montanhas comemora-se a 11 de dezembro e foi instituído pelas Nações Unidas com o objetivo de sensibilizar o público para a importância das montanhas para a Vida, chamar a atenção para as oportunidades e constrangimentos existentes ao seu desenvolvimento e fomentar a criação de parcerias que permitam o desenvolvimento sustentável das montanhas e terras altas.

Com concentração marcada pelas 9h00, no Centro de Interpretação da Serra d’Arga, o percurso pedestre “Dia Internacional das Montanhas” tem uma extensão aproximada de 10 quilómetros e um grau de dificuldade moderado.

Os participantes irão percorrer caminhos antigos de Arga de Baixo e Arga de São João, como por exemplo subir o caminho do Potão, serpenteando a encosta até à Chã do Guindeiro, e subir até à Pedra Alçada, o ponto mais alto do concelho de Caminha, a 742 metros de altitude.

A inscrição é gratuita, mas obrigatória. Os interessados deverão proceder à respetiva inscrição através do email cisa@cm-caminha.pt ou dos telefones 258 721 708 ou 914 476 461.

MINISTRO DA EDUCAÇÃO INAUGURA EM PONTE DE LIMA AMPLIAÇÃO DO CENTRO NÁUTICO

Inauguração da Ampliação das Instalações do “Centro Náutico Fernando Pimenta”. Ministro da Educação – Tiago Brandão Rodrigues preside à inauguração no dia 30 de novembro – 19h30

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, vai inaugurar a ampliação das instalações do “Centro Náutico Fernando Pimenta”. As obras de ampliação justificam-se face ao crescimento exponencial que as atividades náuticas proporcionaram ao Clube Náutico de Ponte de Lima. Desta forma, com o consequente aumento de atletas, as atuais instalações de apoio às atividades náuticas tornaram--se exíguas.

Convite_ampl_cnpl-01 (Medium).jpg

Consciente do trabalho e da projeção do Clube Náutico de Ponte de Lima, o Município de Ponte de Lima deliberou avançar com a Ampliação das Instalações de Apoio às Atividades Náuticas - 2ª fase.

Esta intervenção permitiu criar novas valências através da extensão em altura do edifício contíguo, mantendo a área de implantação e alterando apenas a área de construção e cércea, com uma proposta que passa por instalar uma estrutura em perfis metálicos semelhante à adotada na anterior intervenção, de modo a criar um equipamento essencialmente direcionado para apoiar a prática de atividades náuticas.

O projeto inclui ainda a ligação entre os dois edifícios para poderem funcionar como um único espaço.

FAFENSES PLANTAM PORTUGAL

Município de Fafe adere à iniciativa 'Vamos Plantar Portugal'. Mais de 1250 árvores vão ser plantadas

No âmbito da Semana da Reflorestação Nacional, iniciativa do Movimento Plantar Portugal, que decorre entre os dias 15 e 30 de Novembro, a Câmara Municipal de Fafe promove, amanhã, uma ação de plantação de árvores em dois espaços do concelho.

Parque da Cidade.JPG

A iniciativa conta com a presença de cerca de 400 alunos de todos os agrupamentos de escolas do concelho que, no total, vão plantar mais de 1250 árvores.

Na manhã de quarta-feira, cerca de 250 alunos do 4º ano vão plantar 12 árvores no Parque da Cidade, espaço que está a ser, gradualmente, requalificado e modernizado.

À tarde, é a vez dos alunos do 2º e 3º ciclo plantarem cerca de 1250 árvores na Quinta do Confurco.

Helena Lemos, Vereadora do Ambiente, destaca a importância desta iniciativa na sensibilização e consciencialização ambiental.

“Voltamos aderir ao movimento Plantar Portugal, este ano com a Campanha de Reflorestação Nacional, porque considerarmos que faz todo sentido lembrar a importância da preservação da floresta e das espécies autóctones, especialmente este ano, em ardeu uma área tão significativa no nosso concelho.

Ao convidarmos a comunidade escolar a participar estamos a sensibilizar os mais novos para a temática da proteção do meio ambiente e, de uma forma divertida e educativa, consolidar os conceitos transmitidos na sala de aula e ao mesmo tempo aproximar as nossas crianças dos espaços verdes e florestais que dispomos no nosso concelho.

A iniciativa decorre em duas fases uma para os mais novos no Parque da Cidade, com o conceito 'Adote uma Árvore', em que cada turma fará a respetiva plantação e registo dessa ação, o que permitirá acompanhar o crescimento e desenvolvimento da espécie, ao longo dos anos, no nosso Parque, incentivando assim todos a usufruir deste espaço verde cada vez mais aprazível.

A segunda fase, com alunos do 2º e 3º ciclos, decorrerá num espaço florestal arborizado, a Quinta do Confurco, com a plantação de 1250 Carvalhos (Quercus robur) para substituição das espécies que não tiveram sucesso na primeira plantação. Assim, pretendemos sensibilizar os alunos para a importância da manutenção e proteção desta espécie autóctone, da biodiversidade do ordenamento florestal para a proteção dos recurso naturais.”

Quinta do COnfurco.JPG

FAMALICENSES RECOLHEM LIVROS ESCOLARES

Recolha de livros para o projeto “Troca por Troca” decorre até 10 de Dezembro

Termina no próximo dia 10 de dezembro, sábado, mais uma campanha de oferta de livros para o projeto municipal “Troca por Troca”, promovido pela autarquia de Famalicão, através da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, com o intuito de envolver a comunidade famalicense numa campanha de oferta e troca de livros usados. 

Feira do Livro _Troca por Troca_, decorre de 17 a 23 de dezembro.jpg

Os livros angariados nesta nova campanha do projeto estarão depois disponíveis para troca na 3.ª Feira do Livro “Troca por Troca”, que vai ter lugar de 17 a 23 de dezembro, na Biblioteca Municipal, nos polos da biblioteca de Riba de Ave, Ribeirão, Joane, Lousado e Pousada de Saramagos e em algumas lojas do comércio tradicional do concelho. 

Não existe limite mínimo, nem máximo de livros a trocar. Serão aceites livros de literatura portuguesa e estrangeira, para adultos e crianças, nomeadamente romance, poesia, policial, contos, banda desenhada, entre outros. Não serão aceites livros de carácter informativo do género técnico, didático e escolar.

Inspirado no conceito norte-americano “Bookcrossing”, refira-se que o projeto “Troca por troca: deixe um livre, leve outro” arrancou no início deste ano e consiste na cedência gratuita e desinteressada de livros usados que ficarão, posteriormente, disponíveis para troca por outros livros, não envolvendo, esta iniciativa, qualquer tipo de custos, prazos ou empréstimos.

Mais informações sobre o projeto no portal da Biblioteca Municipal, em www.bibliotecacamilocastelobranco.org

FAMALICÃO ACOLHE ENCONTRO DE SERVIÇOS DE APOIO ÀS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Famalicão acolhe 9.º Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares

A Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão, recebe nos próximos dias 9 e 10 de dezembro o IX Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, dedicado ao tema “Permanecer(Ser) Leitor”. 

Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.jpg

As inscrições para a iniciativa, organizada pela Câmara Municipal em parceria com o Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão e o Centro de Formação de Associação de Escolas de Famalicão (CFAE), são obrigatórias e decorrem até esta sexta-feira, dia 2, no portal da CFAE, em www.cfaevnf.pt

O encontro destina-se a bibliotecários municipais, professores bibliotecários, equipas das bibliotecas escolares, educadores de infância e professores do ensino básico e secundário das escolas/agrupamentos.

Demonstrar o papel que as bibliotecas escolares e municipais desempenham na formação de leitores competentes, autónomos e críticos é o principal objetivo da edição deste ano do evento. 

O encontro está acreditado pelo Conselho Científico da CFAE (15 horas - 0,6 créditos) para todos os educadores de infância e professores do ensino básico e ensino secundário.

Ao longo dos dois dias estarão em debate temas como “O (novo) perfil do professor bibliotecário”; “O Plano Nacional de Cinema e a promoção da literacia fílmica”; “Conhecer o escritor para conhecer a sua obra”; entre outros

VILA VERDE É TERRA DOCE

VI Mostra de Doces e Sabores da Nossa Terra revelou-se um festim para o palato

Os mestres pasteleiros da região foram desafiados a apresentar ou reinventar suas especialidades de doçaria para uma iniciativa que se revelou um autêntico festim para o palato. A VI Mostra de Doces e Sabores da Nossa Terra, que decorreu durante o passado fim-de-semana (25 a 27 de novembro), voltou a colocar os ingredientes locais em lugar de destaque. Produtos frescos e viçosos cultivados pelos agricultores vilaverdenses (amêndoa, castanha, chila, laranja, limão, feijão e frutos vermelhos, entre outros) que ajudaram a enriquecer as excelentes propostas com que os 14 espaços aderentes brindaram os visitantes. No domingo, 27 de novembro, todas as especialidades foram vendidas com um desconto de 15%. A iniciativa foi um sucesso e a procura foi de tal ordem que na tarde de domingo as especialidades de doçaria já escasseavam um pouco por todo o concelho.

DSC_0010 (2).JPG

No total, as pastelarias aderentes apresentaram mais de meia centena de deliciosas especialidades. O evento contou com a participação das pastelarias Bábá (Doce de Regalados; Bolo Rei de Chila; Bolo Rei de Chocolate), Luena (Pudim Abade Priscos; Pão de Ló de Lavrador; Bolo Rei Escangalhado), S. Salvador (Queijadas de Frutos Secos; Bola de Noz; Bolo Rei Frutos Secos), da Vila (Broinhas de Amor; Bolo Artesanal de Mirtilo; Rabanada de Mirtilo), Cristo Rei (Bolo Rei Escangalhado; Bolo Rei Tradicional; Pão de Ló), de Freiriz (Bolo de Cenoura; Bolo de Chila; Queque de Noz), Letícia (Natas com Nozes; Natas com Frutos Vermelhos; Bolo ‘S. Miguel’), Freidoce (Queijadinha de Castanha; Bolo de Feijão; Folhadinho de Chila) e a Chocolataria Artesanal - Chocolate com Pimenta (Pastel Antonino; Bombom Licor de Mirtilo; Cocos de Chocolate Negro com Mirtilo Desidratado e Pimenta Rosa).

DSC_0022.JPG

Vila Verde conquistou definitivamente os visitantes pelo estômago, já que a iniciativa se inseriu no programa do Fim de Semana Gastronómico ‘Vila Verde, Capital do Pica no Chão’. O Pica no Chão e o Pudim abade de Priscos voltaram a assumir-se como as estrelas maiores da vasta constelação de propostas preparadas pelos chefs vilaverdenses, num fim de semana em que os visitantes beneficiaram de condições especiais e descontos na restauração e no alojamento. O programa foi ainda enriquecido por um leque diversificado de iniciativas como o Trilho da Nóbrega, a Caminhada Ambiental ‘Zona Ribeirinha entre o Cávado e o Homem’, e as ‘Conversas da Letra’, seguidas de uma visita guiada à Cervejaria Artesanal - Letraria (com degustação de cerveja artesanal e cogumelos). O Museu do Linho, O Museu de Arte Sacra das Terras de Regalados, o Museu do Brinquedo e da Brincadeira e o Espaço Namorar Portugal estarão de portas abertas para receber os visitantes, que aproveitaram também para conhecer as encantadoras paisagens naturais e a riqueza do património edificado do concelho.

As atividades inseridas no Fim-de-semana Gastronómico ‘Vila Verde, Capital do Pica no Chão’ permitiram fechar com chave de ouro a programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que de agosto a novembro se desdobrou em quase 40 iniciativas de divulgação e promoção tradição minhota e do genuíno pulsar do mundo rural.

DSC_0023.JPG

DSC_0126.JPG

DSC_0214.JPG

DSC_0276.JPG

II FESTA DA MARIONETA LUSOGALAICA ANIMA CAMINHA NO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA

Workshops de construção de marionetas e espetáculos e animação de rua por companhias portuguesas e galegas são as propostas desta edição

As marionetas são o destaque da Agenda Natal 2016 no próximo fim-de-semana. Nos dias 3 e 4 de dezembro, Caminha recebe a II Festa da Marioneta Lusogalaica – Maluga. Workshops de construção de marionetas e espetáculos e animação derua por companhias portuguesas e galegas são as atividades que vão marcar esta segunda edição.

marionetas (1).jpg

A Festa da Marioneta Lusogalaica visa dar a conhecer a arte da marioneta e o trabalho realizado nesta área em Portugal e na Galiza. Com atividades orientadas para todas as gerações, esta segunda edição conta com um programa aliciante. Durante as manhãs vão decorrer os workshops de construção de marionetas e as tardes serão preenchidas com animação de rua e espetáculos no Valadares, Teatro Municipal.

No sábado, dia 3, das 10h00 às 12h30, terão lugar as Oficinas Divertidas “Olhapins e Olharapos” – Construção de Marionetas em Esponja, a cargo do Teatro e Marionetas de Mandrágora. Esta atividade vai decorrer no Edifício Paços do Concelho e dirige-se a crianças maiores de 6 anos. Pelas 16h00, na Praça Conselheiro Silva Torres, terá lugar o Teatro Dom Roberto, Teatro Tradicional Português de Marionetas, a cargo de S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos. O dia encerra no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, com o espetáculo “História de um gato e de um rato que se tornaram amigos”, pelo Teatro de Marionetas de Mandrágora.

No dia 4, das 10h00 às 11h30, terão lugar as Oficinas Divertidas “Marionetas nas Mãos” – Construção de Marionetas, pelo Teatro Babaluva. Esta atividade vai decorrer no Edifício Paços do Concelho e dirige-se a crianças dos 5 aos 12 anos de idade. Pelas 16h00, na Praça Conselheiro Silva Torres, terá lugar o Teatro Dom Roberto, Teatro Tradicional Português de Marionetas, a cargo de S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos. Esta II Festa da Marioneta vai encerrar com o espetáculo “Lume – Teatro de Marionetas”, pelo Teatro Babaluva.

Ambas as oficinas divertidas tem um preço de 3€ e os interessados devem proceder à respetiva inscrição até ao dia 1 dezembro, através do email krisalida.acam@gmail.com ou do telefone 351 960 115 415.

A Festa da Marioneta Lusogalaica é organizada pela Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho e conta com o apoio do Município de Caminha.

A Festa da Marioneta Lusogalaica é um dos quarenta eventos que vão marcar a quadra natalícia no concelho de Caminha. No dia 1, ao final da tarde, as ruas de Caminha e Vila Praia de Âncora vão ser iluminadas para bem receberem os caminhenses e visitantes, convidando-os a andar pelas ruas nesta época que se quer mágica. O concelho vai iluminar-se a partir das 19h00.

Nesse dia, arranca uma das novidades desta programação de Natal, a Rota da Rabanada. Durante o mês de dezembro, mais de três dezenas de cafés, pastelarias e restaurantes aderentes do concelho vão ter para “oferecer”, entre os 0,25€ e os 5€, aos seus clientes a sua especialidade de rabanada. De leite, vinho, doce de ovos, frutos secos….são muitas as especialidades disponíveis. E, ainda pode ganhar presentes oferecidos pelo Município. Este foi um dos desafios lançados pelo Município de Caminha aos cafés, pastelarias e restaurantes do concelho, com os objetivos de dinamizar o concelho e dar a conhecer as diversas formas de confecionar a rabanada.

O dia 1 de dezembro, ainda vai ser marcado pela apresentação do livro “Contos de Natal”, de Maria José Areal, uma atividade da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha, que conta com o apoio da Câmara Municipal. A apresentação terá lugar pelas 16h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Caminha.

Um dos costumes no concelho de Caminha é a Feira de Tradições de Natal.  Com uma procura cada vez maior, estes mercados de Natal onde vai encontrar tudo o que necessita para adoçar e decorar este Natal pretendem dinamizar o concelho, tornando-o atrativo. Caminha acolhe a Feira de Tradições de Natal nos dias 10 e 11 de dezembro e Vila Praia de Âncora nos dias 17 e 18.

O Fitas de Natal volta a preencher as noites de quinta-feira. Esta edição apresenta grandes clássicos cinematográficos: “Maria, Mãe do Filho de Deus”, de MoacyrGóes, 2003, Brasil, (M/12), duração 107 minutos; “Bad Santa”, TerryZwigoff, 2003, EUA (M/12), duração 98 minutos; “WhiteCristmas”, de Michael Curtiz, 1954, EUA, (M/16), 120 minutos e “New Year’sEve”, de Garry Marshall, 2011, EUA, (M/16) 113 minutos.

As crianças dão cor e magia à quadra natalícia. Por isso, a Câmara Municipal vai também promover um conjunto de atividades para os mais novos. No dia 10, vai decorrer a animação teatral “As Elfas do Pai Natal vão de Férias”, uma produção da Krisálida – Associação Cultural do Alto Minho. Esta animação terá lugar no Valadares, Teatro Municipal de Caminha e no Centro Cultural de Vila Praia de Âncora. As tardes de 11 e 18 de dezembro, são tardes de Fitas de Natal infantis com a exibição dos filmes “Arthur Christmas, de Sarah Smith e “Feliz Natal com Mickey, Donald e Amigos”, Disney, 2004. Nos dias 17 e 18, nas praças das duas vilas, as crianças vão poder assistir ao conto de Natal, participar na oficina de construção de marioneta e ainda aproveitar para tirarem uma fotografia com o Pai Natal. Esta ação é também uma produção da Krisálida. No dia 24, de forma a tornar o Natal no concelho ainda mais mágico, o Pai Natal estará disponível nas praças das duas vilas para mais uma sessão de fotografias.

Os Concertos de Natal vão aquecer os fins de tarde e as noites frias de dezembro. Juntando a sua voz a todos aqueles que, ao redor do mundo, cantam ao nascimento do Deus Menino, o Orfeão de Vila Praia de Âncora, o Coro e Orquestra da Academia de Música Fernandes Fão e a Tuna da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha vão-nos presentear com canções tradicionais de vários países mostrando, assim, a beleza de cânticos que a época de Natal inspira os povos. No dia 16, a Igreja Paroquial de Moledo acolhe o concerto de Natal pelo Orfeão de Vila Praia de Âncora. No dia 17, a Igreja de Santa Clara, em Caminha, seve de palco ao concerto da Tuna da Universidade Sénior do Rotary Clube de Caminha. No dia 18, o Orfeão de Vila Praia de Âncora volta aos palcos, desta feita, na Igreja da Misericórdia de Caminha para mais um concerto.  No dia 22, na Igreja Matriz de Caminha vai decorrer o Concerto de Natal da AMFF. Os concertos de Natal encerram no dia 23 de dezembro, na Igreja Matriz de Vila Praia de Âncora com a atuação do Orfeão de Vila Praia de Âncora.

No dia 18 de dezembro, o dia começa bem cedo com o Passeio de Pai Natal em Bicicleta, corrida e caminhada. É uma organização da Associação de Triatlo de Caminha e Desnível Positivo, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Caminha, Freguesias de Vila Praia de Âncora, Caminha e Vilarelho e Moledo e Cristelo.

A noite de 31 de dezembro é a noite mais esperada do ano. Em Caminha, a noite é de festa e de glamour, afinal de contas, em “Caminha é onde o Norte passa o ano”. Marta Ren&TheGroovelvets estarão connosco neste Réveillon. Depois de Marta Ren&TheGroovelvets, a noite continua com o Grupo de Covers Xornas.

O Concerto de Ano Novo encerra as atividades da quadra Natalícia em Caminha. Tal como acontece nas grandes capitais europeias, em Caminha também se começa o ano com um grande concerto de música clássica. O Valadares, Teatro Municipal de Caminha vai acolher um concerto, que vai juntar a Sociedade Musical Banda Lanhelense e o Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira.

marionetas Valadares (1).jpg

PONTE DA BARCA COMEMORA CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES DA NOSSA SENHORA DA PAZ DO BARRAL

Centenário das aparições da Nossa Senhora da Paz do Barral, em Ponte da Barca, com programa diversificado para 2017

Dar a conhecer ao mundo esta manifestação religiosa e conferir ao local a projeção merecida é o objetivo da comemoração

P1560004.JPG

O programa de comemoração do Centenário das Aparições da Nossa Senhora da Paz do Barral, na freguesia de Vila Chã S. João, que se assinala em Maio de 2017, foi hoje apresentado em conferência de imprensa, nos Paços do Concelho de Ponte da Barca, pelo Presidente da Câmara, Vassalo Abreu, e pelo Arcipreste do concelho e Pároco da freguesia de Vila Chã São João, Moisés Correia. Presentes estiveram, ainda, o Presidente da Junta, Paulo Sousa, e um representante da Confraria da Nossa Senhora da Paz, José Manuel Sousa. Do programa desta manifestação religiosa que refere que Nossa Senhora aqui terá feito duas aparições a um pastorinho, a 10 e 11 de maio de 1917, que vai decorrer entre Março e Maio de 2017, constam caminhadas, Eucaristias, apresentação do Livro 'Centenário das Aparições de Nossa Senhora da Paz no Barral', de Luís Arezes, concerto/encontro Mariano de Coros, entre outros.

Na ocasião, quer o Padre Moisés Correia, quer o autarca barquense, Vassalo Abreu, explicaram que com este programa se pretende, essencialmente, 'dar a conhecer ao país e ao mundo este lugar e esta manifestação que, apesar das várias tentativas ao longo dos anos, nunca teve a merecida atenção'.

O Pároco Moisés Correia salientou que a Confraria, a Paróquia, a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal, em comunhão de esforços e em colaboração também com a Diocese de Viana do Castelo, pretendem dar 'a projeção que o Barral merece e celebrar as aparições de uma forma digna, naquele que é um local idílico do concelho de Ponte da Barca'. Moisés Correia lembrou ainda que foi enviado um convite ao Papa Francisco para estar presente no dia que marca esta aparição ou, na sua impossibilidade, que conceda a Bênção Apostólica aos peregrinos que por este Santuário passam.

Vassalo Abreu não deixou de referir que 'a par da parte religiosa, é também intenção promover todo o património construido junto ao local das aparições', nomeadamente, a Capela, a Cripta - cujo altar é composto por um bloco maciço de quartzo de três toneladas - a Igreja, a Biblioteca, com grande parte do espólio do Cónego Avelino Jesus da Costa, natural daquela freguesia e impulsionador de todo este património, e o Museu do Quartzo. 'O museu do quartzo tem já um projeto elaborado que vai ser objeto de uma candidatura a fundos comunitários, no sentido de ser melhorado para criar condições de visitação permanente e tornar todos estes espaços num centro religioso e turístico com movimento', salientou, ainda, Vassalo Abreu.

Recorde-se que, no mesmo local, anos mais tarde, no cinquentenário das aparições, em 1967, a Confraria de Santa Ana decidiu construir uma capela a Nossa Senhora da Paz. O templo foi inaugurado, a 15 de setembro de 1969. Seguiu-se a construção de uma cripta, cujo altar é formado por um grande bloco de quartzo cristalizado, o maior existente na Península Ibérica, com cerca de três toneladas. São também erigidos monumentos ao Sagrado Coração de Jesus, ao Anjo da Guarda de Portugal e à Paz, todos constituídos por um pedestal de quartzo cristalizado.

O Cónego Professor Doutor Avelino de Jesus da Costa, também nascido no Barral e contemporâneo do pastorinho, foi o grande mentor de todo este projeto que integra ainda o Santuário de Nossa Senhora da Paz, edifício mais recente. Em 1982, foram inaugurados a Biblioteca e o Museu do Quartzo que apresenta uma rica coleção de belos cristais de quartzo, todos extraídos na própria freguesia. Hoje, este é um centro religioso e turístico já com muito movimento, tal a beleza do cenário que se pode contemplar.

P1560011.JPG

P1560014.JPG

P1560016.JPG

 

VIZELA REQUALIFICA RUA JOAQUIM DA COSTA CHICÓRIA

A Câmara Municipal vai proceder à requalificação e alargamento da rua Joaquim da Costa Chicória, dotando-a de uma maior comodidade e segurança dos automobilistas e peões, promovendo-se, da mesma forma, uma melhor fluidez do tráfego.

R. Joaquim da Costa Chicória (2).jpg

A intervenção proposta visa a redefinição do traçado da rua, do estacionamento e a conservação dos passeios, dotando a via com um perfil mais adequado à paralela à EN 106 e à rua Nova do Fórum.

Sendo a sinistralidade rodoviária em meios urbanos uma grande problemática dos nossos tempos, esta via será dotada de passeios, estacionamento, sinalização e meios de redução de velocidade, garantindo-se assim uma solução integrada para uma melhor mobilidade e segurança.

Paralelamente, vai ser alterada a entrada da Sociedade Filarmónica Vizelense, separando a entrada de viaturas da entrada dos alunos da Academia de Música o que conferirá maior segurança àquela instituição. 

A requalificação da rua Joaquim da Costa Chicória contribui assim, para uma redução da dependência energética, eliminando o tempo de espera, tornando assim o tráfego mais fluido, com menor consumo de combustível, e diminuição da poluição sonora e atmosférica.

SENIORES DE BARCELOS BRILHAM NO TEATRO GIL VICENTE

Os seniores são as estrelas do Teatro Gil Vicente em dezembro

O Município de Barcelos decidiu criar mais uma iniciativa em prol dos seniores do concelho, trazendo-os ao Teatro. Durante o mês de dezembro, o Teatro Gil Vicente vai receber o “Programa Sénior”, um ciclo cultural feito especialmente para os idosos do concelho, e que leva ao palco do espaço cénico magia, teatro, música e cinema.

Programa  Sénior.jpg

Logo no dia 7, a Zoom – Associação Cultural promove, em conjunto com o Município, uma projeção do filme “Nebraska” (2013), de Alexander Payne, pelas 15h. Os truques e o encantamento chegam ao Teatro no dia 13, às 15h, pelas mãos do Mago Marco num espetáculo que promete ser único. De 14 a 28 de dezembro, o Gil Vicente será invadido por várias companhias de teatro regionais. A primeira é a Companhia de Teatro de Braga que levará a cena a peça “Os Músicos de Bremen” dos clássicos Irmãos Grimm, já no dia 16 será a vez do Instituto Autodidata de Estudos Superiores do Minho que apresentará o espetáculo “O Natal de Hoje e Sempre”. Os seniores continuam a brilhar, desta feita com o “Retábulo das Maravilhas”, numa peça produzida pela Oficina de Teatro da Universidade Sénior de Barcelos. Depois do Natal, há ainda tempo para A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos subir a palco para apresentar o “Diário de um Palhaço”.

Todos os espetáculos são gratuitos, sujeitos a reserva através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou pelo telefone 253809694 e têm início às 15h.

FAFE COMEMORA DIA INTERNACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Fafe assinala Dia Internacional das Pessoas com Deficiência com um Blind Concert

No próximo sábado, 3 de Dezembro, o Grupo de Trabalho Concelhio para as Deficiências e Incapacidades (GTCDI), do qual faz parte a Câmara Municipal de Fafe, a Santa Casa da Misericórdia e a CERCIFAF, vai assinalar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência com a iniciativa “Sem Barreiras”.

Inserida no Festival Rock With Benefits, esta iniciativa vai incluir, para além da apresentação de uma peça de teatro do Grupo de Expressão Dramático-Corporal da CERCIFAF, um blind concert.

Um espetáculo musical de uma pianista com deficiência visual que frequente a Academia de Música José Atalaya, em Fafe, no qual todo o público será convidado a vendar os olhos e experimentar a sensação de ouvir o concerto sem poder ver.

Seguir-se-á um um debate com o público sobre o momento vivido e do qual farão parte membros do GTDCI, da ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal) e o Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha. que destaca a importância desta iniciativa.

“'Sem Barreiras' é uma forma diferente de assinalar o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, por contar, especialmente, com este blind concert.

Este espetáculo é mais uma forma de promovermos o debate e a consciencialização para a necessidade de inclusão das pessoas portadoras de deficiência na nossa sociedade.

É preocupação do Município não deixar ninguém de fora, nem excluir ninguém, e contribuir para uma sociedade mais justa e menos discriminatória.”

A sessão, de entrada livre, tem início marcado para as 15h00, na Sala Manoel Oliveira.

CELORICO DE BASTO REALIZA WORKSHOP DE LICORES NATURAIS

Workshop de licores artesanais na Quinta de Santa Cristina

No próximo dia 3 de dezembro, pelas 15h00, decorrerá na Quinta de Santa Cristina, um workshop de licores artesanais, dedicado a todos aqueles que tenham curiosidade em saber como produzir estes licores em casa. 

Workshop licores artesanais.png

Os licores podem ser obtidos a partir de uma bebida espirituosa (aguardente vínica ou outro), aromatizantes e açucares, ervas, frutos, raízes, sementes, especiarias e flores. Podem ser adicionados de natas, ovo, leite ou café.

Neste Workshop, orientado por Arminda Costa, da empresa de produção artesanal Quelha Branca, terá a possibilidade de aprender a produzir 3 tipos de licores (licor de laranja, licor de amora e Licor de Creme de Whisky) e de esclarecer todas as suas questões sobre este tema, incluindo a legislação necessária para a produção artesanal.

No final do Workshop, além de ter a possibilidade de provar outros licores, será servido um pequeno lanche com compotas da Quinta de Santa Cristina, tostas, bolachas, chá e sumo de laranja.

Cada participante receberá ainda, como oferta, um licor de 50 ml, à escolha entre os que foram produzidos e um certificado de participação. 

O preço por pessoa é 10 euros (IVA incluído) e a inscrição é obrigatória até 1 de dezembro através dos contactos: enoturismo@garantiadasquintas.com ou +351 912 527 396. O Workshop só se realizará com um mínimo de 10 participantes. 

Contacto para informações e reservas (obrigatórias): 

E-mail: enoturismo@garantiadasquintas.com

Tlf: +351 912 527 396

CERVEIRENSES DEBATEM ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Sessão pública para análise do OP acontece sexta-feira

Concluído o processo do Orçamento Participativo (OP) 2016, o Município de Vila Nova de Cerveira convida a população para uma sessão pública de avaliação do mecanismo e de análise de possíveis melhorias no seu funcionamento com vista à edição de 2017. Reunião decorreesta sexta-feira, 2 de dezembro, às 18h30, no Auditório da Biblioteca Municipal.

Introduzido em 2015 sobum formato maisinterativo, através da elaboração de um Regulamento específico e da criação de uma plataforma online, o Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira tem despertado o interesse dos cerveirenses, confirmado pela participação recorde alcançada na segunda edição. Todos reconhecem neste mecanismo de participação democrática um enorme potencial na aproximação Município/Munícipe, bem como na definição das prioridades para o concelho.

E é sob este preceito que a autarquia pretende auscultar a população sobre o que considera que está bem e o que pode ser melhorado no processo, de forma a sero mais apelativo e transparente possível.Apontando para a continuidade em 2017, o executivo cerveirense agendou, para esta sexta-feira, 02 de dezembro, uma sessão pública para a recolha de sugestões dos proponentes e dos cerveirenses em geral, procurando fazer um balanço e projetar novas formas de participação dos cidadãos.

“Estamos muito satisfeitos com o OP deste ano, houve projetos muito interessantes e ficam boas ideias para o futuro. Efetivamente com dois anos de experiência é necessário fazer uma revisão, e nada melhor do que ser a própria população a levantar as dificuldades sentidas e sugestões de melhoria, já que o OP é das e para os cerveirenses”, assegura o autarca, considerando no entanto que “o principal objetivo associado ao OP está a ser alcançado, o de impulsionar a vitalidade cívica dos cerveirenses, aproximando-os e integrando-os nas decisões e prioridades para o concelho”.

Desta forma, a Câmara Municipal convida a população a participar na sessão pública do OP agendada para a próxima sexta-feira, às 18h30, no Auditório da Biblioteca Municipal.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE CERVEIRA RENOVA PRESENÇA NO MUNDO DIGITAL

É com uma imagem renovada e uma maior funcionalidade que a Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira se apresenta a partir de hoje na Internet, através de uma página web adaptada a todas as plataformas (computador, tablets, smartphones), com visualização otimizada para cada uma delas. Objetivo é oferecer um serviço adequado às necessidades dos utilizadores.

biblioteca site.png

A aposta do Município cerveirense numa nova página online da Biblioteca vai ao encontro da estratégia de comunicação encetada no início do mandato de rejuvenescimento da imagem institucional e na produção de conteúdos que contribuam para melhor servir a população, bem como divulgar e promover Vila Nova de Cerveira dentro e fora de portas.A reformulação da componente web institucional iniciou com um novo Portal Municipal, seguindo-se uma uniformização de outros serviços nomeadamente do Aquamuseu do Rio Minho, e agora da Biblioteca Municipal.

Procurando comunicar, difundir e dinamizar ainda mais o mundo do livro e da leitura através dos meios digitais, uma das novidades desta nova página (biblioteca.cm-vncerveira.pt) éo seu caráter responsivo a qualquer dispositivo eletrónico (PC, tablet, smartphones), proporcionando uma visualização otimizada para cada um e, consequentemente, um acesso mais funcional, intuitivo e eficaz, para além de ser mais apelativo.

Além dos conteúdos normais que se podem encontrar numa web de uma biblioteca como a informação sobre espaços, serviços, atividades, acesso ao catálogo on-line ou formulários de contacto, a Biblioteca Municipal cerveirense apresenta esta plataforma como um campo base para estabelecer novas relações com os utilizadores que podem, entre outras possibilidades, interagir com os conteúdos apresentados através de ligação direta às redes sociais, consultar o blog com as novidades/eventos ou uma explicação detalhada das diferentes atividades desenvolvidas. Também é possível informar-se sobre o Guia do Utilizador, e muito brevemente aceder ao catálogo digital.

O lançamento da nova página web coincide com a data de inauguração da renovação das atuais instalações da Biblioteca Municipal, instalada no edifício Solar dos Castros, a 29 de novembro de 2003.

E assim fica a sugestão de boas leituras no papel e… no digital.

BIBLIOTECA DE VIZELA PREPARA FÉRIAS PARA AS CRIANÇAS

‘Férias em cheio 2016’ na Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes

A Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove um programa para as férias de Natal, dedicado ao público infantil.

cartaz férias em cheio natal 2016.jpg

As atividades são gratuitas e a inscrição deve ser feita até dois dias antes da realização da atividade.

Férias em Cheio

19 a 30 de dezembro, 10.00h / 14.30h

Ocupação criativa das férias escolares para crianças dos 6 aos 12 anos.

Jogos de natal

Desenho e mímica

Jogos de grupo

Grandes pintores

Histórias de Natal

Brincadeiras de recreio e muita diversão…

Atividades gratuitas.

Inscrição prévia obrigatória em:

https://www.facebook.com/fundacaojorgeantunes

253 585 386

ARCOS DE VALDEVEZ APOIA ASSOCIATIVISMO

A Câmara Municipal celebra frequentemente protocolos de apoio à realização de diversas atividades em várias áreas.

assinatura_protocolo_banda_fardas.JPG

Ao nível do Associativismo foram celebrados recentemente protocolos com a Sociedade Musical de Arcos de Valdevez, no valor de 8.000,00 €, para a ajudar com a aquisição de 65 novas fardas para os seus elementos e com a Casa do Povo da Vila de Soajo, no valor de 2.150,00€ para comparticipar nos encargos com a aquisição de uma concertina e de vestuário para a Rusga.

É de referir também a entrega, no passado domingo, dia 20, de uma carrinha de 9 lugares ao Agrupamento de Escutas 214 no valor de 23.400,00€.

Dada a intensa atividade do grupo e à existência do seu Centro Escutista em Rio Frio, este veículo reveste-se de grande importância para o Agrupamento e vai facilitar o dia-a-dia da Associação ao nível do transporte dos seus elementos e realização de atividades.

Estes investimentos por parte da Câmara Municipal são realizados sempre a pensar nos jovens, na melhoria das condições de vida da população e no incremento do Associativismo.

entrega_carrinha_escuteiros (1).JPG

entrega_carrinha_escuteiros (2).JPG

protocolo-soajo-concertina.JPG

BRAGA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA

Efeméride comemora-se, pela primeira vez, a 30 de Novembro

Braga celebra esta Quarta-feira, 30 de Novembro, o Dia Internacional da Cidade Educadora.

Cidade Educadora.jpg

Neste dia, Braga junta-se a cidades de todo o mundo que assumem a Educação como eixo transversal das políticas municipais, desde a Saúde, ao Ambiente, passando pelo Urbanismo, Mobilidade, Desporto e Cultura.

Profundamente comprometida com os princípios contidos na Carta das Cidades Educadoras, Braga celebra este dia com a distribuição de uma brochura ilustrada com os princípios da Carta da Cidade Educadora e, ainda, com o lançamento de um vídeo institucional ‘Juntos no Desafio…na Construção de uma Cidade Educadora’, onde 20 actores da Cidade elencam os 20 princípios da Carta. 

Para o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, Braga tem assegurado e promovido um encontro entre ideias e aspirações que envolvem os cidadãos nos processos de tomada de decisão, estimulando as práticas de cidadania democrática, como a participação, a equidade, a tolerância, o interesse pela causa pública e o respeito pela natureza.

“Queremos uma Cidade que educa para a Cidadania, comprometida com a democracia participativa, para que cada um dos seus espaços seja fonte de educação, e para que qualquer pessoa possa viver, disfrutar e autonomizar-se, aproveitando ao máximo as oportunidades que a Cidade oferece para alcançar as suas expectativas”, sustenta o Edil.

Uma Cidade Educadora “nas grandes ou pequenas obras”

Já para a vereadora da Educação, Lídia Dias, uma ‘Cidade Educadora’ sente-se “nas grandes ou pequenas obras”, dando como exemplo a “criação do Serviço Educativo Integrado, que possibilita através das diferentes artes descobrir talentos, valorizar tradições, conhecer o património; o projecto dos alunos da Escola Calouste Gulbenkian que, através do Orçamento Participativo Escolar do Município, conseguiram transformar a sua escola num espaço acessível e sem barreiras, ou ainda o serviço que a Junta de Freguesia de S. Victor desenvolveu para que os seus fregueses, através de uma aplicação no telemóvel, reportem problemas ou dêem sugestões para o seu bairro”.

A estes, acrescenta a Lídia Dias, juntam-se outras iniciativas como a responsabilização de associações, empresas, grupos de amigos pela adopção e responsabilização de um troço do Rio Este, ou ainda a criação de grupos de trabalho com vários parceiros para ajudar à revitalização de bairros mais degradados, ajudando à integração dos seus habitantes.

Efeméride é assinalada pela primeira vez

Criada em 2005, a Rede Portuguesa das Cidades Educadoras (RTPCE) materializa um conjunto de relações e troca de experiências entre os municípios membros da Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE). Iniciada com 17 membros, a Rede conta actualmente com 61 municípios, constituindo uma estrutura fundamental na dinamização da construção de cidades mais educadoras para um mundo melhor. 

A Carta das Cidades Educadoras é um elemento unificador na definição das políticas dos municípios membros, sendo que as cidades educadoras trabalham para que a educação seja o eixo transversal de todas as políticas locais.

Decorridos mais de 25 anos, a Assembleia-Geral da Associação Internacional das Cidades Educadoras acordou fixar o dia 30 de Novembro, como Dia Internacional da Cidade Educadora, para criar consciência, à escala mundial, da importância da educação como motor de mudança e juntar novos aliados a favor deste modelo de cidade.

Assim, no ano 2016 celebra-se a primeira edição do Dia Internacional da Cidade Educadora.

TERRAS DE BOURO REALIZA FINS-DE-SEMANA GASTRONÓMICA

Fins de Semana Gastronómicos” em Terras de Bouro a 24, 25 e 26 de março

Os “Fins de Semana Gastronómicos’, iniciativa conjunta do Turismo do Porto e Norte de Portugal e dos municípios que promovem a região através da gastronomia, terão, mais uma vez, a participação de Terras de Bouro.

Aletria.JPG

A edição deste ano irá acontecer em Terras de Bouro nos dias 24, 25 e 26 de março do próximo ano e vem, novamente, realçar a importância deste acontecimento na promoção do concelho de Terras de Bouro e das suas potencialidades gastronómicas.

As características naturais, patrimoniais e culturais do nosso concelho, que são um fator decisivo para a forte procura turística que o concelho tem vindo a registar, representam, a par da rica oferta gastronómica, elementos fundamentais na afirmação do concelho enquanto destino de excelência na oferta do turismo de natureza, muito bem complementada com a diversidade e confeção das iguarias gastronómicas locais, nomeadamente, o excelente cozido à Terras de Bouro e a deliciosa aletria.

Cozido à Terras de Bouro.jpg

BUFFET DIA DA MÃE NO ARCOS HOTEL EM ARCOS DE VALDEVEZ

No dia 8 de Dezembro

Para os muitos que continuam a celebrar o dia 8 de Dezembro como Dia da Mãe, o Arcos Hotel vai apresentar, nessa data, um buffet especial e variado, dedicado a mães e filhos. 

Arcos Hotel.JPG

Em dia feriado, a permitir um almoço mais tardio ou prolongado, vai ser possível desfrutar do Buffet Dia da Mãe entre as 12.30h e as 16.00h, no Restaurante do hotel, o Foral de Valdevez, decorado para a ocasião. 

Pretende-se, deste modo, fomentar particularmente o convívio entre mães e filhos, de todas as idades, num ambiente agradável e com excelentes opções gastronómicas, ao gosto de miúdos e graúdos.

O preço é de 30€/ pessoa. As crianças até aos 3 anos não pagam, e entre os 4 e os 11 anos pagam apenas 50%.

Para os que quiserem oferecer uma ‘prenda’ ainda mais completa às mães, o Arcos Hotel Nature & Spa tem disponíveis pacotes para alojamento, criando, sem dúvida, dias inesquecíveis!

Informações e reservas: geral@arcoshotelnature.com ou tel. 258 093 600.

Arcos Hotel-Cartaz Dia da Mãe.jpg

Rest. Foral de Valdevez.jpg

BRACARENSES SOLIDARIZAM-SE COM UCRÂNIA

Apresentação da ‘Semana Solidariedade Ucrânia’

Amanhã, Quarta-feira, dia 30 de Novembro, pelas 11h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, Braga

O Município de Braga apresenta a ‘Semana Solidariedade Ucrânia’ em sessão que terá lugar amanhã, Quarta-feira, dia 30 de Novembro, pelas 11h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Braga.

A iniciativa contará com a presença de Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga.

De 7 a 11 de Dezembro, Braga assinala a ‘Semana Solidariedade Ucrânia’ com um conjunto de actividades relacionadas com a cultura ucraniana.

FAMALICÃO ASSOCIA-SE À LUTA PELOS DIREITOS HUMANOS

O Município de Vila Nova de Famalicão volta a associar-se esta quarta-feira, 30 de novembro, ao movimento mundial “Cidades pela Vida – Cidades Contra a Pena de Morte”, em torno da abolição da pena de morte.

Desde 2006 que o Município de Famalicão se associa ao movimento mundial.jpg

A autarquia famalicense e o Núcleo de Crianças de Famalicão da Amnistia Internacional juntam-se mais uma vez a esta iniciativa, desta feita com a organização do evento “Hino à Vida”, um momento recheado de música e arte que vai ter lugar no Largo dos Eixidos (Rua Direita), entre as 10h00 e as 12h00.

Os músicos Gil Cadeias e Pedro Maceiras são alguns do nomes já confirmados para a ação desta quarta-feira.

Recorde-se que o evento “Cidades pela Vida – Cidades Contra a Pena de Morte” celebra-se todos os anos no dia 30 de novembro, data da primeira abolição da pena capital no Grão-Ducado da Toscana, em 1786.

Neste dia, milhares de cidades do planeta iluminam um monumento ou um local simbólico, de forma a sensibilizar os cidadãos para a união do mundo em torno da abolição da pena de morte.

FAMALICÃO: JOANE DEBATE IGUALDADE DE GÉNERO

O Joannem Auditorium, em Joane, Vila Nova de Famalicão, acolhe esta quarta-feira, dia 30 de novembro, uma palestra sobre a igualdade de género.

A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal, através do pelouro da Família, em parceria com a Nova Acrópole de Famalicão e a Junta de Freguesia de Joane, decorre a partir das 21h00 e tem entrava livre.

Sensibilizar os participantes para as questões da igualdade entre homens e mulheres, realçando as especificidades de cada género e a sua participação paritária na sociedade, é o grande objetivo desta ação dirigida ao público em geral.

CHEGA DE BOIS FOI GRANDE ATRACÇÃO NA FEIRA DE SANTA CATARINA EM CELORICO DE BASTO

Feira anual da Sta. Catarina uma feira de tradições em Celorico de Basto. “Chega de bois foi a novidade numa feira de tradições”

Celorico de Basto recebeu a feira anual da Sta. Catarina de 25 a 27 de novembro, uma feira colocada pela avenida central da vila de Celorico que destacou, como habitualmente, o Concurso pecuário das raças autóctones, com a presença dos melhores exemplares de gado do concelho e da região e o concurso Pecuário Inter escolas Agrícolas da Raça Frísia. Este ano, particularmente, o município de Celorico de Basto, entidade organizadora, promoveu uma chega de Bois que arrastou, no dia 27, milhares de pessoas a Celorico de Basto.

_DSC2783.jpg

“A feira anual da Sta. Catarina é de facto, uma feira de tradições, que procura valorizar da melhor forma o que nos identifica enquanto região, sobretudo, no que respeita ao setor primário. Tivemos um concurso pecuário das raças autóctones muito participativo, com os nossos produtores locais a mostrar que a raça de carne continua a ser muito produzida no concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. Presente em todas as ações promovidas durante a feira anual da Sta. Catarina, o autarca ressalvou a necessidade de inovar para atrair ainda mais visitantes a esta feira. “Este ano promovemos uma chega de bois, uma iniciativa que correu muito bem, com milhares de pessoas a assistir”. Durante os dois primeiros dias de feira as condições meteorológicas assustaram a organização do evento. “A organização de algumas atividades carece também de condições meteorológicas que felizmente estiveram a nosso favor. No domingo, dia de maior atividade, tivemos bom tempo e todas as ações promovidas decorreram com êxito. É de salientar a participação de várias escolas do país no concurso pecuário da Raça Frísia e os milhares de pessoas que se deslocaram para fazer boas compras pela tradicional feira” disse o edil celoricense.

A Feira Anual da Sta. Catarina teve um vasto programa e este ano teve a transmissão em direto do programa “Somos Portugal” da TVI.

A feira decorreu de 25 a 27 pela avenida principal da vila de Celorico de Basto, durante estes dias os visitantes puderam comprar roupas de inverno como cobertores, casacos e meias, árvores de fruto e alfaias agrícolas. No dia 27 decorreu, acopladas às atividades da Sta. Catarina, o Trail dos Moinhos, na zona de Fervença. Foi destaque o concurso pecuário das raças autóctones com a presença da Raça Maronesa, Minhota e Barrosa, o concurso pecuário da Raça Frísia e as chegas de bois na vila de Celorico de Basto. Este ano algumas associações locais estiveram na feira a promover as suas atividades, destaque para a I mostra Educativa e Profissional que juntou, no Mercado Municipal, algumas entidades de cariz educativo e profissional. 

A organização da Feira Anual da Sta. Catarina é da responsabilidade da Câmara Municipal de Celorico de Basto e contou com a parceria da Cooperbasto, CRL, e a Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto.

_DSC2165.jpg

_DSC2461.jpg

_DSC2602 (1).jpg

_DSC2652.jpg

 

_DSC2852.jpg

_DSC3085 (2).jpg

_DSC3225.jpg

AMARES ACOLHE AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO DE CANCRO ORAL

Mais de 100 pessoas efetuaram, no passado sábado, rastreios do cancro da cavidade oral, numa iniciativa promovida pelo projeto “Um Dia Pela Vida”, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Núcleo Regional do Norte, com o objetivo de sensibilizar a população para a importância de realizar um diagnóstico precoce para a prevenção e combate à doença.

DSC09717.JPG

Esta ação decorreu, durante todo o dia, no Centro de Saúde de Amares (ACES Cávado II Gerês / Cabreira) e foi da responsabilidade da Unidade Móvel de Estomatologia e Medicina Dentária da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Associação Portuguesa de Medicina Dentária Hospitalar, com o apoio do Município de Amares.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE VIZELA PROMOVE SESSÕES PARA AS CRIANÇAS

Sábados na biblioteca

“Feliz Natal lobo mau” de Clara Cunha

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 3 de dezembro, às 15.30h, a atividade  “Feliz Natal lobo mau” de Clara Cunha.

Neste dia também irá realizar-se uma Oficina de Cupcake design de Natal, com duas sessões: uma às 16h00 e outra às 16h30.

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes está aberta todos os sábados, sendo que no primeiro sábado de cada mês realiza-se a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h00.

Cupcake design.jpg

Sábados na biblioteca:

História + oficina de pop-up

“Feliz Natal lobo mau”, de Clara Cunha.

3 dezembro, 15h30

Esta é a história do Lobo Mau que na noite de Natal andava à procura d o Capuchinho Vermelho, mas não o encontrou. Queres vir dar uma ajuda? Esperamos por ti na biblioteca. No final da história vamos construir um pop-up de Natal.

Atividade gratuita para famílias.

Oficina de Cupcake design de Natal

3 dezembro, 2 sessões: 16h00 e 16h30.

Limite de 10 crianças por sessão.

Inscrições limitadas e obrigatórias.

Preço 2,5€ - Inscrição com pagamento

Público: crianças 6 aos 12 e pais.

Galeria Sábados na biblioteca:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.337648579591398.79509.256857874337136&type=3

sabados dezembro.jpg

INVESTIMENTOS NO CONCELHO DE CAMINHA NO QUADRO DA POLIS DEVERÃO TOTALIZAR 3,7 MILHÕES DE EUROS

Decorreu esta manhã uma visita à obra de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e o Forte do Cão

Até ao final do presente mandato, o investimento no concelho de Caminha, no âmbito da Polis Litoral Norte, atingirá quase os quatro os milhões de euros. Hoje de manhã, durante uma visita à obra de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e o Forte do Cão, fez-se um balanço das obras já realizadas – todas preparadas e executadas durante o presente mandato – e anunciaram-se outras novas. Assim, vão ser executados mais dois troços de ecovia, de ligação de Moledo à Mata da Gelfa; vai-se proceder ao desenvolvimento de infraestruturas verdes no rio Âncora; vai ser reforçado o apoio dunar em Moledo (retirando areias do Estuário do Minho), e ainda há fortes expectativas de que seja aprovada a candidatura, submetida ao programa Mar 2020, para a reabilitação do Cais de Rua em Caminha.

visita obra Polis 28.11 (1).jpg

O investimento já executado, assegurado e previsto atingirá os 3,7 milhões de euros em pouco mais de três anos. São boas notícias para o concelho de Caminha e as informações mais recentes foram avançadas esta manhã por Pimenta Machado, durante a visita à empreitada que decorre entre a Foz do Rio Âncora e o Forte do Cão, orçada em cerca de 160 mil euros. “São estas as iniciativas que esperamos ter até ao final do ano, umas adjudicadas e outras concursadas”, disse o presidente da Polis Litoral Norte.

Na visita à empreitada de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e Forte do Cão participaram Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha; Pimenta Machado, presidente do Conselho de Administração da Polis Litoral Norte; Guilherme Lagido Domingos, vice-presidente da Câmara de Caminha e António Brás, presidente da Junta de Freguesia de Âncora.

Sobre a obra em curso, o presidente da Câmara sublinhou a sua importância: “é uma obra estruturante do ponto de vista da proteção dunar”, lembrando ainda que “esta é uma obra que se insere na estratégia global no âmbito da erosão costeira e que vem na sequência do trabalho que temos vindo a fazer ao longo deste tempo”.

Esta obra consiste na execução de recarga de areias na praia localizada entre a Duna dos Caldeirões e o Forte do Cão, através da ripagem da zona entre-marés, com o objetivo de reforçar o cordão dunar enquanto elemento natural de proteção costeira. A intervenção inclui também a erradicação de espécies exóticas infestantes (acácia longifólia) numa faixa de 40 metros de largura, para promover a recuperação da vegetação autóctone que irá impulsionar a fixação e robustez daquele sistema dunar.

Miguel Alves fez um balanço do trabalho realizado nos últimos três anos no âmbito da Polis Litoral Norte e lembrou: “quando tomei posse, no concelho de Caminha havia zero obras da Polis e zero euros investidos no concelho de Caminha. Perdemos demasiado tempo por incompetência ou por desleixo. Desde o primeiro momento, tentamos recuperar esse tempo perdido. Neste momento temos bem mais do que zero obras e temos possibilidade de investir até ao final deste mandato cerca de 3,7 milhões de euros no concelho de Caminha, quando antes tínhamos zero cêntimos investidos na nossa terra. É esta a diferença de quem trabalha com as juntas de Freguesia, com as instituições e com as associações. Mais obra, melhor futuro para as nossas gentes”.

De facto, nestes três anos realizaram-se já quatro empreitadas: Empreitada de reforço e proteção dos sistemas dunares e renaturalização de áreas naturais degradadas: Foz do Rio Âncora – Caminha; Empreitada para execução das infraestruturas associadas à utilização da praia da Gelfa – Caminha; Recuperação, proteção de sistemas dunares degradados e renaturalização dos rochedos de Santo Isidoro e ainda o Reforço do sistema dunar e reforço estrutural do muro de proteção costeira na praia de Moledo.

Sobre a obra em curso, Miguel Alves realçou: “temos agora aqui uma quinta obra, a Empreitada de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e Forte do Cão”, acrescentando que também têm financiamento assegurado as empreitadas: Infraestruturas para valorização e visitação de áreas classificadas no concelho de Caminha e Desenvolvimento de infraestruturas verdes no rio Âncora.

O presidente da Câmara realçou ainda a obra que vai permitir fazer o desassoreamento do Rio Minho (proteção, reabilitação e reforço do cordão dunar ente o Camarido e Moledo) e, por último, referiu uma candidatura ainda em fase de apreciação e que se prende com a criação de infraestruturas para valorização e visitação da Mata Nacional da Gelfa. Acresce a estas a candidatura submetida ao programa 2020 para o Cais da Rua em Caminha.

visita obra Polis 28.11 (2).jpg

Intervenções Polis Litoral Norte no Concelho de Caminha

Obras concluídas:

  1. Empreitada de Reforço e Proteção dos Sistemas Dunares e Renaturalização de Áreas Naturais Degradadas: Foz do Rio Âncora - Caminha

Com um investimento global de 430 mil euros, esta empreitada permitiu a Implementação de medidas corretivas de erosão superficial e de reordenamento de áreas construídas em zonas de risco e consequente reposição das condições de ambiente natural.

Numa primeira fase, procedeu-se à reposição das condições de ambiente natural que asseguram a estabilidade biofísica da foz e do sapal através do fortalecimento do cordão dunar em forte risco de desaparecimento, bem como da restituição do curso final do rio Âncora pelo seu anterior leito.

Na segunda fase da intervenção, foram vários os trabalhos realizados, nomeadamente: de reabertura do leito secundário do rio, reforço do cordão dunar, em especial na zona do anterior rompimento da Duna dos Caldeirões,  consolidação e fixação das margens do rio com recurso a técnicas de bioengenharia, reconstrução de passadiços sobrelevados de acesso à praia e de um observatório da natureza no passadiço da Duna dos Caldeirões, limpeza de espécies exóticas infestantes, renaturalização do acesso rodoviário na parte terminal da Rua de Águas Férreas e colocação de painéis informativos sobre os valores naturais existentes.

A empreitada teve o financiamento do Programa Operacional Temático de Valorização do Território em 85% e Estado Português em 15%.

  1. Empreitada para execução das infraestruturas associadas à utilização da praia da Gelfa - Caminha

Com um investimento global de 303 mil euros, esta intervenção, que visou a promoção, a conservação e valorização do património natural e o usufruto dos seus espaços através de atividades compatíveis, corrigindo e eliminando utilizações abusivas, como forma de proteção e de consolidação dos valores naturais existente, integrou ações de regulação do acesso viário à Mata Nacional da Gelfa, à praia que lhe está adjacente e ao equipamento desportivo, incluindo a criação de um novo parque de estacionamento automóvel.

A empreitada teve o financiamento do Programa Operacional Regional do Norte participou com 85% e do Município de Caminha em 15% nos trabalhos considerados elegíveis e de 100% do Município de Caminha nos trabalhos não elegíveis.

  1. Recuperação, proteção de sistemas dunares degradados e renaturalização dos Rochedos de Sto. Isidoro

Teve como objetivo principal a manutenção e reposição das condições naturais do ecossistema costeiro, para assegurar a estabilidade biofísica por via da renaturalização de áreas degradadas. Contemplou a criação de uma barreira física que permite a proteção dos ecossistemas costeiros existentes, bem como a recuperação das suas características naturais através do corte de espécies exóticas infestantes e colocação de delimitadores de circulação motorizada. Incluiu ainda um percurso pedonal e ciclável e leitores de paisagem em pontos de observação dos valores biofísicos e culturais, junto aos rochedos emersos e à Capela de Santo Isidoro.

Com um investimento global de 305 mil euros, a empreitada teve o financiamento do Programa Operacional Temático de Valorização do Território em 85% e Estado Português em 15%.

  1. Reforço do sistema dunar e reforço estrutural do muro de proteção costeira na praia de Moledo

A praia de Moledo foi particularmente fustigada pelos fortes temporais no início do ano de 2014, tendo a agitação marítima alcançado o muro de defesa costeira, provocando-lhe estragos consideráveis, destruindo alguns dos acessos à praia e o desaparecimento quase total do areal.

Com um investimento global de 80 mil euros, a Polis Litoral Norte executou uma intervenção que passou pela recarga de areias na praia através do processo de ripagem; reforço estrutural do coroamento do muro de proteção; e reforço estrutural do acesso norte à praia.

A empreitada teve o financiamento do Programa Operacional Temático de Valorização do Território em 85% e Estado Português em 15%.

Obras em curso:

  1. Empreitada de proteção e reabilitação do sistema costeiro entre a Foz do Rio Âncora e o Forte do Cão

A intervenção proposta consiste na execução de recarga de areias na praia localizada entre a duna dos caldeirões e o Forte do Cão através da ripagem da zona entre-marés, tratando-se assim meramente de cedência sedimentar (da mesma categoria de material) de zonas com excesso para outras com défice, com o objetivo de reforçar o cordão dunar enquanto elemento natural de proteção costeira.

Em complemento, e na primeira linha desta praia, inclui também a erradicação de espécies exóticas infestantes (Acácia longifólia) numa faixa de 40 metros de largura, para promover a recuperação da vegetação autóctone que irá impulsionar a fixação e robustez daquele sistema dunar.

  • Valor global de investimento - 162m€.
  • Prazo de execução – 3 meses;
  • Financiamento - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos em 85% e Estado Português em 15%.

visita obra Polis 28.11 (3).jpg

ARCOS DE VALDEVEZ É "MUNICÍPIO PARCEIRO ECO ESCOLAS 2016"

Município de Arcos de Valdevez novamente reconhecido pela Associação Bandeira Azul da Europa

O Município como parceiro da Associação Bandeira Azul da Europa, secção portuguesa da Foundation for Environmental Education (ABAE/FEE P), apoia o trabalho desenvolvido no programa Eco Escolas, tendo sido reconhecido por esta associação como “Município parceiro Eco Escolas 2016” através da certificação atribuída e colaboração na implementação deste programa nas escolas do concelho.

certificado_eco_escolas.jpg

O Município pretende o desenvolvimento de uma política ambiental, que possa motivar e envolver toda a comunidade educativa e assim, com a implementação deste programa, uma consciencialização e sensibilização dos problemas ambientais e o contributo que todos podemos ter no sentido de os ajudar a resolver.

No ano letivo 2015/2016, foi atribuída a Bandeira Verde Eco Escolas à EPRALIMA e ao Agrupamento de Escolas de Valdevez, a quem o Município reconhece o trabalho efetuado e deixa um voto de incentivo à sua continuidade.

A Câmara Municipal entende que a participação das escolas do concelho trará, a curto e médio prazo, efeitos positivos nas práticas de desenvolvimento sustentável nas comunidades escolares envolvidas e também na população em geral.

NATAL CHEGA A FAFE

Fafe inaugura época natalícia esta semana

Na próxima quarta-feira, 30 de Novembro, a época natalícia chega oficialmente a Fafe. O Executivo Municipal, presidido por Raul Cunha, vai inaugurar, a partir das 17h, a iluminação de Natal na cidade.

2015 árvore de natal .jpg

Uma árvore com cerca de 20 metros, complementada com diversas decorações alusivas à época, vai trazer à cidade uma cor especial e um ambiente mágico.

Vão ser iluminadas mais de 10 ruas do centro da cidade, decoradas cinco rotundas e vários edifícios. A Praça 25 de Abril, coração da cidade, concentrará a maior parte das iluminações.

Este momento dá início às celebrações da quadra festiva em Fafe, com um programa diversificado, para todas as idades, com actividades imperdíveis.

TERRA SÃ MARCA COMPASSO BIO NA CIDADE DE LISBOA

Saiba o que vai acontecer!

A Terra Sã Lisboa 2016 - Feira Nacional de Agricultura está prestes a começar!

Nos dias 3 e 4 de Dezembro, no Pátio da Galé, vão acontecer múltiplas atividades, um conjunto vasto de oportunidades de aprendizagem. A feira, que acontece desde 1988, tem vindo a crescer desde então, ganhando novas formas em novos espaços.

CARTAZ-TERRASÃ_IMAGEM-WEB-01.jpg

O Tema da feira será a Alimentação saudável e sustentável e contará com a presença das maiores marcas de agricultura, alimentação e cosmética biológica do mercado, com as diferentes quintas biológicas do país assim como as principais organizações ambientais de Portugal.

SÁBADO

Na inauguração espera-se a presença do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Duarte Cordeiro e Jaime Ferreira, presidente da direção da Agrobio. Logo depois os visitantes poderão participar em duas oficinas de alimentação saudável com Isabel Costa e com a associação Com Medida. Maria João Parreira estará responsável pelas atividades com as crianças e à hora do almoço a Vitis Tuna, Tuna Académica da Escola Superior Agrária de Coimbra, vai atuar, trazendo calor ao início de tarde de dezembro. Depois do almoço as plantas tomam conta da saúde com a participação de Fernanda Botelho e Miguel Boieiro. Pela tarde, as oficinas continuam passando pelas Hortas com o livro “Uma Horta em Casa” de Isabel Mourão.

O painel principal de Sábado acontecerá a partir das 16h30 com o tema “Alimentação Biológica e Segurança Alimentar”. Neste painel participarão Jorge Ferreira, com o tema do Glifosato e dos Organismos geneticamente modificados. Convidado está também o bastonário da Ordem dos Médicos para falar sobre os pesticidas e o impacto na saúde pública. Confirmada está já a presença de Daniela Seabra que irá dar o contributo para a compreensão da importância da alimentação biológica na saúde humana. Finalmente, o Presidente da Direção da Agrobio, Jaime Ferreira falará sobre o tema da sustentabilidade alimentar. Porque dançar faz bem ao corpo e à mente, André Cid Lauret animará o final do dia de sábado com um Baile de Danças Europeias.

Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a comissão responsável pela utilização que dela possa ser feita. DOMINGO Domingo de manhã, a feira abrirá as portas com uma oficina de meditação com mantra, dada pela escola Ananda Marga. Logo depois decorrerá a apresentação da Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica. Neste painel será também abordado o tema da conversão para a agricultura biológica e será apresentada a plataforma “Agro Smart Coop” pela Uninorte. Um projeto em que cooperativas espanholas, francesas e portuguesas se unem, com objetivos comuns. Imperdíveis serão as passagens pelas oficinas Farmácia Bio e pelas palestras sobre os novos regimes alimentares com Beatriz Batista, sobre o Veganismo, e Iara Rodrigues, com as Intolerâncias Alimentares.

Numa parceria com o espaço A Sociedade, no final da feira, vai acontecer o painel sobre a importância do solo. Neste painel será apresentada a campanha europeia “People 4 Soil” pela Quercus, Cláudia Villax falará sobre o solo como um organismo vivo, Miguel Andrade abordará o tema do desperdício alimentar e da influência no solo e Nelson Silva fechará o painel com o tema da importância do solo.

programa_TS2016-25.jpg

TOYOTA PLANTA 5 MIL ÁRVORES EM ARCOS DE VALDEVEZ

Projeto “Um Toyota, uma Árvore” oferece 5000 árvores a Arcos de Valdevez

A Toyota, no âmbito do projeto “Um Toyota, uma Árvore”, veio a Arcos de Valdevez para realizar a plantação de 5.000 árvores autóctones, entre as quais 2.500 Carvalhos, 1.500 Bétulas e 1.000 Aceres (Plátanos).

plantacao_toyota4.jpg

Numa iniciativa conjunta com várias entidades, nomeadamente a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez (Gabinete Técnico Florestal e Serviço Municipal de Proteção Civil), a Assembleia de Compartes dos Baldios da Freguesia de Soajo, a Assembleia de Compartes dos Baldios da Freguesia do Vale, a Associação Florestal Atlântica, a escola Básica da Eira do Penedo, de soajo, a Guarda Nacional Republicana – Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) e Núcleo de Proteção Ambiental, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, o Rotary Clube de Arcos de Valdevez, a Toyota Caetano Portugal S.A., a AbraMud e a empresa fornecedora das árvores certificadas, Sentido Verde, Lda., procedeu-se à reflorestação de áreas ardidas no perímetro florestal das Serras do Soajo e Peneda, no âmbito do projeto “Um Toyota, uma Árvore”.

Nesta ação foram plantadas 5000 árvores nos baldios de Soajo e do Vale, contribuindo assim para o aumento da área verde local, após esta ter sido fustigada pelos incêndios florestais deste Verão.

Realizada no Dia da Floresta Autóctone, esta iniciativa contou com a colaboração de uma centena de pessoas na plantação das árvores autóctones, entre as quais 2.500 Carvalhos, 1.500 Bétulas e 1.000 Aceres (Plátanos).

O vereador da Proteção Civil, Olegário Gonçalves aproveitou o momento para enaltecer o gesto e agradecer à Toyota a escolha do concelho para esta ação, a qual se reveste de total importância devido à grande área ardida existente, resultante dos incêndios deflagrados no período de Verão.

Este projeto chamado “Um Toyota, uma Árvore”, iniciou em 2005 e tem como objetivo a plantação de uma árvore por cada viatura nova Toyota vendida, tendo contribuindo até ao momento, com mais de 120.000 árvores plantadas, em áreas fustigadas pelos fogos florestais, de norte a sul do país, ajudando assim na preservação do ambiente e da biodiversidade.

plantacao_toyota5.jpg

plantacao_toyota7.jpg

plantacao_toyota9.jpg

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai, juntamente com outros municípios, assinalar o Dia da Internacional da Cidade Educadora a 30 de novembro próximo.

Vista panoramica da Vila da PVL (Arquivo 2016) (1).JPG

“A Carta das Cidades Educadoras é constituída por 20 princípios que serão colocados em prática. A Póvoa de Lanhoso desenvolverá o terceiro princípio – Construir uma cidade que encoraja o diálogo e a ação entre gerações. As atividades envolvem várias entidades parceiras, desde a CPCJ, os Agrupamentos de Escolas, os Centros Sociais e os Centros de Convívio”, explica a Vereadora da Educação da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca. 

O programa compreende a realização de atividades com crianças e jovens do pré-escolar ao 3º ciclo e engloba ainda atividades com IPSS e Centros de Convívio, que reúne jovens do ensino secundário e seniores. “São atividades que se desenvolvem regularmente, mas, neste dia, pretendemos dar outra dimensão e visibilidade, assinalando o Dia Internacional da Cidade Educadora e sensibilizando para os direitos das crianças e da igualdade. Para tal, serão distribuídos pelas crianças, na Praça Eng. Armando Rodrigues, flyers com informação sobre o que é uma Cidade Educadora e os direitos das crianças”, refere ainda. 

Assim, entre as 10h00 e as 11h30, crianças da educação Pré-Escolar e alunos dos 2º e 3º Ciclos participarão na formação de um cordão humano por forma a sensibilizar a população para o Dia Internacional das Cidades Educadoras. Será ainda construído um mural com mensagens elaboradas pelas crianças e jovens alusivas aos direitos das crianças e ao direito à igualdade e haverá outra animação proporcionada pelas entidades envolvidas. Estas atividades estão marcadas para o Centro da Vila da Póvoa de Lanhoso. 

Igualmente entre as 10h00 e as 11h30, mas nos Centros Escolares das freguesias, as crianças da educação Pré-Escolar irão receber a visita de seniores ou vão aos Centros Sociais e Centros de Convívio, com todos e todas, serão desenvolvidas atividades entre gerações.

De tarde, entre as 14h30 e as 17h00, será a vez de seniores do Centro Social de Calvos receberem a visita de alunos e alunas da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, estando prevista a realização de atividades desportivas e recreativas, envolvendo estas pessoas jovens e menos jovens e encorajando o diálogo entre gerações e a exploração das capacidades e valores de cada idade. De lembrar que a Póvoa de Lanhoso recebeu o certificado de adesão à rede territorial portuguesa de Cidades Educadoras, durante o XIV Congresso Internacional das Cidades Educadoras, subordinado ao tema “Cidades – Territórios de Convivência”, que decorreu entre 1 e 4 de junho deste ano na Argentina. A adesão do nosso município data já de janeiro deste ano, fazendo parte das cerca de 60 cidades que integram a rede territorial portuguesa de Cidades Educadoras.

BANDA DA SOCIEDADE MUSICAL ARCUENSE VENCE III CONCURSO DE BANDAS FILARMÓNICAS DE BRAGA

A Banda da Sociedade Musical Arcuense foi a grande vencedora do III Concurso de Bandas Filarmónicas de Braga que decorreu este fim-de-semana, no Grande Auditório do Parque de Exposições, e, no qual durante dois dias, 15 bandas de várias regiões do País e também de Espanha mostraram o trabalho que realizam.

banda.jpg

Além de prémios monetários para o 1.º, 2.º e 3.º classificados, as seis primeiras bandas classificadas garantiram presença na próxima edição das Festas de S. João de Braga, sendo o Concurso a única forma de acesso das Bandas Filarmónicas a estas comemorações.

A Banda centenária, dirigida pelo maestro Gil Magalhães, integra músicos de grande qualidade, maioritariamente do concelho.

É uma banda de madeiras, metais e percussão, e interpreta temas de todas as épocas, nomeadamente bandas sonoras de filmes, música erudita e clássicos.

A Direção também tem um papel relevante no desempenho do grupo já que prima por exercer um trabalho dedicado em prol da sua união, promoção e qualidade.

É com grande orgulho que o Municipio endereça os parabéns à Banda da Sociedade Musical arcuense e assiste a esta vitória, a qual atesta a qualidade elevada desta associação concelhia.

De referir que o Municipio tem apoiado a Banda de forma assídua, aumentando este mesmo apoio ao nível financeiro, e chamando a Banda a participar em diversas iniciativas municipais, com contrapartida financeira. Ainda recentemente apoiou também na aquisição de instrumentos e de fardas novas que sobressaíram positivamente no concurso realizado no passado fim de semana.

CASA DAS ARTES DE FAMALICÃO RECEBE MAGIA DO NATAL

Espectáculos “A Bela Adormecida” e “Pinóquio: Um Musical para Sonhar” vão animar a quadra natalícia dos mais pequenos

O Natal é uma época especial. E que o digam as crianças, que vivem intensamente a quadra natalícia. A pensar nelas, a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão reservou para o próximo mês de dezembro dois grandes espetáculos repletos de fantasia para toda a família: o bailado “A Bela Adormecida” e “Pinóquio: Um Musical para Sonhar”. 

A Bela Adormecida.jpg

O primeiro é já no dia 9, sexta-feira, com “A Bela Adormecida”. Uma deslumbrante obra-prima do bailado clássico, interpretado pela prestigiada companhia do Russian Classical Ballet, de Moscovo. Baseado no conto de Charles Perrault, é considerado um dos bailados que maior interesse desperta no grande público. Uma produção clássica com uma cenografia de uma beleza e um realismo incríveis, figurinos manufaturados com detalhes sumptuosos e um elenco de solistas e corpo de baile irrepreensíveis liderados por dois grandes nomes da dança internacional – Evgeniya Bespalova e Denis Karakashev.  

O espetáculo sobe ao palco do grande auditório pelas 21h30. O bilhete tem o custo de 18 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural. 

Já nos dias 15 e 16, quinta e sexta-feira, é a vez do musical “Pinóquio: Um Musical para Sonhar” subir ao grande auditório. Uma aventura musical, sobre a mais conhecida marioneta de madeira do mundo, com todos os ingredientes para assegurar um serão em família bem divertido. Produzido pela Plateia de Emoções, o espetáculo conta com a participação de 6 atores que se desdobram em várias personagens utilizando mais de 25 figurinos. 

O espetáculo vai estar em cena na quinta-feira, às 10h30 e 14h30, e na sexta, pelas 14h30 e 21h30. O bilhete tem o custo de 4 euros, reduzindo para metade para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural. 

Ainda a pensar nos mais pequenos, a Casa das Artes de Famalicão reservou para dezembro uma sessão de cinema infantil, com a nova princesa da Disney – Vaiana. A exibição do filme está marcada para o dia 17, às 15h00, 18h00 e 21h30.

Mais informações no site oficial da Casa das Artes de Famalicão, em www.casadasartes.org.

Pinóquio.jpg

 

PONTE DE LIMA INCENTIVA ARRENDAMENTO URBANO NO CENTRO HISTÓRICO

Centro Com Vida - Incentivo ao Arrendamento no Centro Histórico – em Ponte de Lima

O Município de Ponte de Lima mantém a aposta na política de incentivo ao arrendamento no Centro Histórico. A 3ª fase do período de candidaturas, referente ao corrente ano, decorreu durante a primeira quinzena de outubro, tendo sido submetidas e aprovadas cinco candidaturas.

vila 2003 ctr 2 (2).jpg

Considera o Município de Ponte de Lima ao facultar este incentivo, que se trata de um auxílio importante para a conservação e manutenção do parque habitacional privado, numa perspetiva de médio e longo prazo, contribuindo para a melhoria do desempenho ao nível das respetivas funções habitacionais, económicas, sociais e culturais.

Do total de candidaturas, desde a implementação do projeto, no ano de 2013, até ao momento, regista-se a aprovação de trinta e três candidaturas.

Podem candidatar-se ao projeto Centro Com Vida cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 40 anos; casais não separados judicialmente de pessoas e bens ou em união de facto, com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 40 anos, podendo um dos elementos do casal ter idade até 42 anos; e ainda cidadãos em coabitação, com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 40 anos, partilhando uma habitação para residência permanente dos mesmos.

Para mais informações contate através do seguinte endereço eletrónico: centrocomvida@cm-pontedelima.pt.

HERÓIS DE GUIMARÃES DÃO A CARA PELOS BOMBEIROS

Um grupo de heróis de Guimarães vai dar a cara por uma campanha de angariação de sócios para os Bombeiros Voluntários de Guimarães. Muitos outros vão vestir esta camisola de apoio e solidariedade.

A apresentação daquela grande campanha será feita à Imprensa no próximo dia 5 de dezembro, pelas 11 horas, no Salão Nobre do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Guimarães. A sessão contará, entre outras, com as presenças do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, do Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, Gualter Costa e Silva, e do Presidente da Arriva Portugal, Manuel Oliveira.

GASTRONOMIA E DOÇARIA TRADICIONAL ATRAEM MILHARES DE VISITANTES A VILA VERDE

A excelência da gastronomia minhota deu o mote para um fim-de-semana recheado de atividades

A excelência da gastronomia minhota voltou a atrair milhares de visitantes ao concelho de Vila Verde, que abraçaram a oportunidade de deliciarem alguns dos mais famosos e apreciados pratos da cozinha regional. O Pica no Chão e o Pudim abade de Priscos voltaram a assumir-se como as estrelas maiores da vasta constelação de propostas preparadas pelos chefs vilaverdenses para o Fim-de-semana Gastronómico ‘Vila Verde Capital do Pica no Chão’, que decorreu de 25 a 27 de novembro. As deliciosas iguarias da gastronomia regional, as especialidades de doçaria e pastelaria, os espaços de cultura abertos em horário alargado, os descontos nos espaços de alojamento, as belas paisagens verdejantes e as gentes hospitaleiras, num fim-de-semana em que não faltaram motivos para vir e ficar por Vila Verde.

DSC_0074.JPG

O Fim-de-semana Gastronómico ‘Vila Verde Capital do Pica no Chão’ voltou a ser um sucesso, contribuindo de forma categórica para a dinamização da economia local, a valorização da gastronomia regional e a divulgação do território. A garantia é dada pelos responsáveis pelos estabelecimentos aderentes, que deixaram rasgados elogios à iniciativa. “As iguarias regionais têm saído muito bem. É um evento ótimo para dinamizar o comércio e seria bom termos outros do mesmo género durante o ano”, afirmou José Pereira, do Restaurante Martinho. Opinião que é corroborada por José Paulo, do Restaurante Varandas do Lima 2. “Notou-se um aumento de afluência, mais significativo na noite de sábado, o que é muito bom, principalmente nesta época. A iniciativa correu muito bem e tivemos cá várias pessoas de propósito por causa do Pica no Chão”, referiu. Do Restaurante Palácio chega outro testemunho semelhante. “O Pica no Chão saiu muito bem, tivemos muitas encomendas. É uma ideia muito boa e uma iniciativa para manter, as pessoas aderem bastante. O Pica no Chão está-se a tornar uma das imagens de marca do nosso concelho”, frisou José Malheiro.

DSC_0111.JPG

Natureza, doçaria e cultura para enriquecer o programa

Às irresistíveis propostas da gastronomia regional juntou-se um leque diversificado de iniciativas que ajudou a enriquecer o programa. Destaque para os descontos na restauração e alojamento, a VI Mostra Doces e Sabores da Nossa Terra e as ‘Conversas da Letra’, seguidas de uma visita guiada à Cervejaria Artesanal - Letraria (com degustação de cerveja artesanal e cogumelos). O Museu do Linho, o Museu de Arte Sacra das Terras de Regalados, o Museu do Brinquedo e da Brincadeira e o Espaço Namorar Portugal estiveram de portas abertas para receber os visitantes, que puderam ainda aproveitar para conhecer a riqueza do património edificado e as encantadoras paisagens naturais do concelho, com destaque para o Trilho da Nóbrega e a Caminhada Ambiental ‘Zona Ribeirinha entre o Homem e o Cávado’. 

DSC_0135.JPG

Preservar a tradição, dinamizar a economia e promover o território

Inúmeros motivos de interesse que ajudaram a fechar com chave de ouro a programação turístico cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que de agosto a novembro se desdobrou em quase 40 iniciativas de promoção e divulgação da genuína tradição do Minho. Recentemente, e em jeito de balanço, o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, manifestou enorme satisfação com a qualidade das iniciativas desenvolvidas durante os quatro meses de promoção do genuíno pulsar do mundo rural. “O Fim-de-semana Gastronómico encerrou um ciclo de grande sucesso durante a programação Na Rota das Colheitas. Uma programação que decorreu durante 17 fins-de-semana consecutivos, em que se falou de Vila Verde pela positiva e em que se colocou em prática uma das estratégias de desenvolvimento económico para o concelho. Uma programação que mobilizou os vilaverdenses e a maioria das instituições do concelho, que faz de Vila Verde uma terra que gera atratividade e mobiliza as pessoas, valorizando as potencialidades do território em áreas muito diversificadas”, afirmou.

Vilaverdenses unidos em trono da Rota das Colheitas

O edil concluiu com um agradecimento sentido “a todos os que se envolveram nesta programação, muitos de forma totalmente voluntária, e ajudaram a enriquecer uma iniciativa valoriza o território, a valorizar as nossas tradições e perpetuá-las”. Da recriação de práticas agrícolas ancestrais às festas e romarias, passando pela gastronomia, pelo artesanato e pela música popular, foram quase 40 iniciativas (inseridas Na Rota das Colheitas) dedicadas à divulgação e promoção da tradição minhota na sua forma mais genuína. Vila Verde assume-se como um concelho que alia modernidade e tradição de forma harmoniosa, que se orgulha das suas raízes e nelas constrói os alicerces de dinamização e promoção do território. Os resultados não enganam e o concelho voltou a receber largos milhares de visitantes que se renderam aos encantos do mundo rural a pulsar em toda a sua plenitude.

DSC_0140.JPG

AMARES TRAIL 2016 TEVE A PARTICIPAÇÃO DE MAIS DE 400 ATLETAS

Um verdadeiro "mar de gente" participou, durante a manhã de ontem, na primeira edição do Amares Trail, dividido em duas distâncias: trail longo (23km) e trail curto (13 km). Ricardo Silva e Fernanda Verde da equipa Viana Trail foram os grandes vencedores da categoria longa e o atleta Rui Pinho da equipa Akuafit venceu o trail curto, em masculinos, e Ana Gomes do Vila Verde a Correr, em femininos. O Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, e o vice-presidente e vereador do Desporto, Isidro Araújo, também correram a distância de 13 km.

DSC_0835.jpg

“Foi uma prova muito dura mas muito agradável que passou pelas nossas belezas naturais que são fantásticas”, referia o presidente da Câmara de Amares no final da corrida, mostrando-se muito satisfeito com os resultados desta iniciativa. “Temos aqui mais um excelente cartaz e cartão-de-visita para o concelho de Amares, com centenas de participantes vindos de várias zonas, o que comprova que esta é mais uma aposta ganha e com futuro”, sublinhou Manuel Moreira.

Da parte da organização, o balanço também não poderia ser mais positivo. “Conseguimos atingir o limite máximo de inscritos (400) e tivemos inclusive de abrir uma pequena exceção permitindo mais 40 inscrições para além daquilo que era o limite máximo inicialmente previsto o que para uma primeira edição é fantástico”, destacou Alfredo Vieira.

“O percurso era um bocado duro mas de forma geral correu muito bem e os atletas estão contentes. Ainda estamos a lançar-nos nesta modalidade mas queremos que esta seja uma prova de referência e o facto da maioria dos participantes, cerca de 80 a 90%, ser de fora do concelho é um bom presságio”, concluiu.

O Amares Trail 2016 teve como ponto de partida a Sra. da Paz e de chegada a Praça do Comércio, passando pelas lindas paisagens do Monte de São Pedro Fins, abrangendo várias Freguesias do Concelho de Amares.

CLASSIFICAÇÕES AMARES TRAIL 2016

Trail Longo (23km)

Seniores (Masculinos)

1.º Ricardo Silva do Viana Trail (1.46)

2.º Francisco Fernandes do Á. Alvelos (1.58)

3.º Paulo Vaz da XI&s Trail (2.02)

Sub 23

1.º Paulo Mesquita do Vila Verde a Correr (2.12)

2.º Bruno Narciso da XI&s Trail (2.16)

3.ºJosé Oliveira dos Aventureiros (2.22)´

M 40

1.º Gabriel Meira do Viana Trail (1.55)

2.º Luís Magalhães di Xi&s Trail (2.04)

3.º José Alcobia do Viana Trail (2.17)´

M50

1.º Manuel Cardoso Queirós Time (2.27)

2.º José Ferreira (2.47)

3.º Manuel Pinto (3.27)

Feminino

1.ª Fernandes Verde Viana Trail (2.24)

2.ª Carla Sousa Viana Trail (2.25)

3.ª Celina Landeira (2.44)

M40

1.ª Elsa Rodrigues (3.11)

2.ª Anabela Silva (3.20

3.ª Carla Antunes (3.21)

Vencedor da Super Especial

Ricardo Silva da Viana Trail

Trail Curto (13km)

Seniores

1.ºRui Pinho Akuafit (1.16)

2.º José Silva Sousa Sport (1.18)

3.º Cláudio Costeira (1.24)

Sub 23

1.º Fábio Silva (1.17)

2.º Diogo Alves do Centro Treino (1.27)

3.º Diogo Torres Euphoric (1.32)

M40

1.º José Costa do Palmeiras Runners (1.26)

2.º Domingos Peixoto do Palmeira Runners (1.27)

3.º João Jaques Vianense Trail (1.31)

M50

1.º Manuel Sousa Trubulentos (1.33.20)

2.º António Fernandes da Addc (1.33.35)

3.º António Silva Palmeira Runners (1.39)

Equipa vencedora: Palmeiras Runners

Feminino

Seniores

1.ª Ana Gomes do Vila Verde a Correr (1.32)

2.ª Ana Araújo Minho Aventura (1.39)

3.ª Elisabete Domingues Lebres Minhotas (1.42)

Sub23

1.ª Ana Cerqueira Palmeiras Runners (1.42)

2.ª Tânia Machado (2.02)

3.ª Filipa Oliveira (2.06)

M40

1.ª Helena Fernandes Crossfit (1.36)

2.ª Célia Meira Viana Trail (1.44)

3.ª Isabel Ferreira Barcelos Runners (1.45)

DSC_0888.jpg

DSC_1178.jpg

DSC09739.JPG

PONTE DE LIMA SENSIBILIZA PARA A CIDADANIA

Roteiro “Cidadania em Portugal” Município de Ponte de Lima promoveu ação de Sensibilização sobre Cidadania

DSC02769 (Medium).JPG

Desafiar as redes e as comunidades locais de todo o país numa viagem de descoberta, reflexão e ação sobre cidadania e participação cívica, é o mote do Roteiro “Cidadania em Portugal”, iniciativa do Governo, em parceria com a ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local.

O Município de Ponte de Lima aderiu a esta ação, e no âmbito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinalou a 25 de novembro, promoveu em conjunto com o Serviço Social do Município de Ponte de Lima, uma ação de sensibilização com a máxima: Parar, Pensar e Agir.

A equipa do projeto apresentou-se devidamente equipada com recursos lúdico-pedagógicos, para apoiar a dinamização de atividades propostas por redes locais. É objetivo do Roteiro convidar as comunidades a conhecer bons exemplos de cidadania, ao mesmo tempo que estimula a reflexão sobre o combate às desigualdades ou discriminações.

A ação de sensibilização esteve presente no Centro Social e Paroquial da Correlhã, no Mercado Municipal e na ALTI Cepões, com o intuito de alertar e prevenir a expansão deste fenómeno.

IMG_0485 (Medium).JPG

IMG_0486 (Medium).JPG

PAN VAI APROVAR ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2017

  • Foi possível aprovar medidas emblemáticasnas áreas sociais, económicas, ecológicas e dos direitos dos animais
  • Negociações permitiram um avanço nas causas para as quais o partido foi eleito
  • Voto de confiança que reconhece o caminho de diálogo aberto com o Governo

Após intensas negociações com o Governo o PAN - Pessoas-Animais-Natureza, viu aprovadas várias medidas propostas para o Orçamento do Estado de 2017. O governo mostrou-se disponível para uma escuta mais ativa das preocupações dos cidadãos que, até Outubro de 2016, não estavam representados na Assembleia da República.

O PAN valoriza e reconhece este esforço por parte do Governo para acolher propostas do partido que permitiram passos consideráveis, com parcos recursos, apenas um Deputado e fortes restrições regimentais, por um novo paradigma ecológico, ético e social.

Foi possível aprovar medidas emblemáticas que representam prioridades há muito exigidas pelos cidadãos como a proposta que prevê apoios aos municípios na construção de Centros de Recolha Oficial de Animais – CROAs, também denominados por canis e que vai possibilitar uma verificação das condições da atual rede de Centros de Recolha Oficial de Animais, que deve ocorrer no primeiro semestre de 2017, para que, posteriormente e consoante a prioridade, se dê início à construção dos centros de recolha em falta de forma faseada, iniciando-se este processo com um investimento de um milhão de euros.

A redução da taxa de IVA para muitos utensílios, aparelhos ou objetos utilizados por pessoas com deficiência, uma medida que pretende contribuir para uma maior inclusão social e para a diminuição das desigualdades existentes, numa matéria que tem tanto ainda por evoluir, principalmente no reconhecimento do valor e do contributo social destes cidadãos independentemente das suas limitações.

A proposta para um incentivo à mobilidade elétrica através da renovação das frotas de veículos do Estado num total de 1200 veículos elétricos no Parque de Veículos do Estado até 2019 foi uma conquista muito significativa no combate às alterações climáticas e na diminuição da nossa dependência dos combustíveis fósseis. Destes, 150 veículos elétricos serão integrados nos organismos da Administração Pública já em 2017, com o reforço de, pelo menos, 250 novos pontos de carregamento.

Também a Agricultura Biológica sai beneficiada com a aprovação da formação em agricultura biológica de, pelo menos, dois técnicos do quadro de cada uma das Direções Regionais de Agricultura e Pescas, numa fase inicial, e com a obtenção de um benefício fiscal com as despesas em Certificação.

“Grandes causas nas áreas sociais, económicas, ecológicas e dos direitos dos animais, que veem reforçar o compromisso que assumimos diariamente com os portugueses, convictos de que temos um forte contributo para uma nova forma de se fazer política em Portugal.” Explica André Silva, Deputado do PAN.

“Queremos continuar e expandir esta trajetória de aprendizagem para a qual têm contribuído todas as forças partidárias à direita e à esquerda. E encontrar espaço para a consolidação da forma como escolhemos estar na política e na qual muitos cidadãos se reveem. Promovendo e aplicando a não-violência, trabalhando em causas transversais, mostrando que é possível romper com a dicotomia esquerda/direita e sendo um exemplo de mais e melhor cidadania participativa.” Reforça, André Silva.

Não fazendo parte da maioria de esquerda que suporta o governo, o PAN olha para este OE com confiança. Por permitir um avanço nas causas para as quais o partido foi eleito e por haver um caminho de diálogo aberto para o resto desta sessão legislativa, o PAN votará a favor amanhã na votação final global do Orçamento do Estado para 2017.

VIANA DO CASTELO: ASSOCIAÇÃO SEISHIN KYOKUSHIN KARATE PORTUGAL APRESENTA RESULTADOS

Damos a conhecer os resultados competitivos da nossa Associação Seishin Kyokushin Karate Portugal - Karate Full Contact:

1) International Open of Martial Arts 2016 of Espinho no dia 19 de Novembro (Torneio de Kata) com mais de 200 participantes do Viet Vo Dao, Kung Fu, Taekwondo, Kempo e Karate:

Pedro Rocha - Ouro - Campeão, Lourenço Carvalho - Prata, Tomás Brito - Prata, Jorge Castro - Bronze, Rita Rodrigues - Bronze, José Marinho - participação honrosa, Duarte Ribeiro - participação honrosa, Tiago Correia - participação honrosa

2) IV Copa Seishin Kyokushin em Barcelona no dia 26 de Novembro (Torneio de Kumite de Karate Full  Contact) com mais de 150 participantes de várias provincias espanholas e de Portugal (Viana do Castelo):

Pedro Rocha - campeão 16/17 anos,Jorge Castro 2 lug. 14/15, Zé José Marinho 3 lug 14/15, Rita Rodrigues 2 lug 16/17, Duarte Ribeiro 3 lug 12/13, Fábio Silva - participação honrosa. 

International Open of Martial Arts 2016 of Espinho.jpg

IV Copa Seishin Kyokushin em Barcelona.jpg

SILÊNCIO QUE SE CANTOU O FADO, NA TORINO, EM VILA NOVA DE CERVEIRA

Foi no passado dia 25 de Novembro que a Torino recebeu a segunda Noite de Fados, em Vila Nova de Cerveira.

Fado2 (1).png

Para os apreciadores de boa música e gastronomia esta foi mais uma oportunidade para poder escutar a brilhante fadista Paula Canossa que interpretou vários temas, desde o fado mais tradicional até outros mais corridos.

Após estas duas sessões a Torino voltará a receber Noites de Fado a partir de Janeiro para poder desfrutar, em boa companhia, de uma dupla sensação – música e comida, duas artes que se conjugam na perfeição na Torino, com os cozinhados tradicionais da D. Fernanda e a inconfundível voz de Paula Canossa.

Fado3 (1).png

Dezembro é mês de trabalho na Torino

O mês de Dezembro começa, para a Torino com a presença na Mostra 100% Alto Minho de 2 a 4 de Dezembro. A marca 100% Alto Minho foi criada no âmbito do projeto Alto Minho Km0 promovido pela CEVAL e visa a melhoria da competitividade da região Norte - Alto Minho. O objetivo geral é a identificação e valorização dos recursos endógenos do Alto Minho e o aumento da robustez da base económica regional de bens e serviços transacionáveis.

Dezembro é também mês de festa e confraternização. Nesse sentido a Torino apresenta três menus diferentes para jantares de amigos, família ou empresas. Venha conhecer estas opções e descobrir os sabores da gastronomia tradicional da D. Fernanda.

A Torino - Casa de Chás está localizada em pleno centro histórico de Vila Nova de Cerveira e aberta ao público há cerca de um ano. Venha conhecer-nos e traga um amigo!

Visite-nos, todos os dias, e venha conhecer a tradição do Alto Minho, na Torino. Siga-nos também em facebook.com/torino.casadecha. Estamos aqui para o servir.

Menu Natal-01.jpg

Pág. 1/8