Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES PROMOVE AÇÕES DE SOLIDARIEDADE ATRAVÉS DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO

Guimarães programa ações até sábado para assinalar Dia Internacional dos Voluntários

Primeiro evento realiza-se esta terça-feira, 01 de dezembro. Data proclamada em dezembro de 1985 pelas Nações Unidas procura incentivar e valorizar o serviço voluntário.

A Câmara Municipal de Guimarães, através do Banco Local de Voluntariado, preparou um conjunto de atividades com o objetivo de assinalar o Dia Internacional dos Voluntários, cuja data é comemorada no próximo sábado, 05 de dezembro. A programação do leque de eventos visa reforçar a qualificação dos voluntários, mas também retribuir-lhes a generosidade e a disponibilidade que evidenciam na dedicação e nos gestos que diariamente demonstram.

Esta terça-feira, dia 01 de dezembro, pelas 21 horas, no Paço dos Duques de Bragança, terá lugar a apresentação da nova coleção do estilista Stefen Correia, cujo objetivo é a angariação de fundos para o Plano de Ação do Município de Guimarães para o Acolhimento de Refugiados – “Guimarães Acolhe”. Este evento solidário está a ser organizado pela marca FreakchicNY e pela Câmara Municipal de Guimarães, com a colaboração do Banco Local de Voluntariado.

Nos dias 03 e 04 de dezembro, decorrerão duas Ações de Formação Específicas para os voluntários que integram a bolsa de apoio ao processo de acolhimento de refugiados em Guimarães. As ações de sensibilização “Asilo e Refugiados” decorrerão na sala de reuniões do Centro Cultural Vila Flor e a entidade formadora será o Conselho Português para os Refugiados, representado por Mónica Frechaut.

No sábado, o Dia Internacional do Voluntariado será dedicado à promoção e à divulgação do processo de colaboração do Banco Local de Voluntariado nos inúmeros projetos e iniciativas que integram o processo de Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia. À semelhança da Bolsa Específica de Voluntariado de apoio à Cidade Europeia do Desporto 2013, aposta-se, uma vez mais, na criação de uma Bolsa Específica de Voluntários, que possibilitará um melhor aproveitamento dos seus contributos.

Com esta iniciativa, pretende-se reunir um conjunto de voluntários, com motivações e interesses efetivos nas áreas da defesa, da preservação e da sustentabilidade ambiental, dando-lhes a conhecer o espírito e as ações desta candidatura. Para este efeito, decorrerá uma Ação de Sensibilização e de Formação Específica, na manhã do dia 05, sábado, no Laboratório da Paisagem, que contará com a presença e intervenções da Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira, da Coordenadora Executiva da Unidade de Missão da Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia, Isabel Loureiro, e do Diretor do Laboratório da Paisagem, Carlos Ribeiro.

CINECLUBE DE CAMINHA DIVULGA ATIVIDADES

Programação dezembro 2016

04 de dezembro, “Até à eternidade”, Fred Zinnemann, 1953, EUA, Sessão 222 (M/12)

11 de dezembro, “O Falso Profeta”, Richard Brooks, 1960, EUA, Sessão 223

18 de dezembro, “Ninotchka”, Ernst Lubitsch, 1939, EUA, Sessão 224 (M/6)

26 de dezembro, “Anna Karenina”, Clarence Brown, 1935, EUA, Sessão 225 (M/6)

PINTOR EDUARDO VILAÇA EXPÕE EM BARCELOS

Sábado, dia 5 de dezembro, às 16h00, na Biblioteca Municipal

Abre no próximo sábado, dia 5 de dezembro, às 16h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos, a exposição de pintura de Eduardo Vilaça.

zzz

A exposição estará patente ao público até 30 de dezembro, podendo ser visitada, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.

Pintor autodidata, Eduardo Vilaça nasceu na freguesia de Priscos do concelho de Braga, no dia 20 de setembro de 1949.

Desde muito cedo se deixa fascinar pelo mundo das artes, mais concretamente pela pintura. Começa então, enquanto estudante, por se documentar e instruir nas visitas frequentes à Biblioteca Municipal de Braga. É também neste período, que realiza os primeiros estudos de desenho e pintura.

Em 1969, conhece o pintor Jerónimo, facto que viria a marcar definitivamente a sua trajetória enquanto artista plástico. Em 1971, parte para a Guiné a fim de cumprir o serviço militar e lá permanece até 1973.

Segundo Francisco Vasconcelos, Eduardo Vilaça:

“Pinta a Vegetação, a trama exata da infância.

É alguém que lhe custa despedir-se das águas e dos melhores afluentes.

Vive o sonho poético de furtar, na pintura, as melhores árvores e os melhores frutos, à natureza.

São, por vezes, geometrizações angelicais, que traçam no número a vocação, a sabedoria dos afetos.

Balanceia entre um feroz expressionismo, um orfismo mediático e um abstracionismo singular de raízes telúricas.

Ama o ver e sinaliza-o como um projeto que o sentimento retém e muito naturalmente expande.

Está perto do mar e tudo que lhe diz, é o rio de Barcelos que o entontece e circula na água como uma declaração de amor.

Afoita ao dizer que o atormenta, sem dar-se por baixo das saias que ofuscam um coração tão belo e único no seu alcance.”

PONTE DE LIMA REQUALIFICA JARDIM DA VIA DO FORAL DE D. TERESA

Município de Ponte de Lima requalifica o Jardim da Via do Foral de D. Teresa e Rua do Sobral

Mantendo a aposta numa política de requalificação urbana e de zonas com espaços de cariz coletivo e social, o Município de Ponte de Lima aprovou e concretizou a obra de Beneficiação do Jardim da Via do Foral de D. Teresa e Rua do Sobral.

A requalificação desta área valoriza um grande espaço verde com uma excelente localização, perto de diversos equipamentos públicos e comerciais, integrado numa zona residencial próxima do centro histórico.

Os espaços verdes contribuem para a melhoria do conforto das pessoas e desempenham um papel determinante enquanto elemento de utilidade social, pelo que, a intervenção consistiu em valorizar uma parcela de terreno plana e coberta por prado verde, criando nesse espaço com mais de 0,5 ha, criando oportunidades de recreio, lazer e convívio da população local, rentabilizando os equipamentos disponíveis capazes de contribuir para benefícios ao nível da saúde física e mental.

Com uma excelente exposição solar e bastante arejado, a área intervencionada tornar-se-á ainda mais agradável, para que as pessoas possam descontraidamente usufruir e praticar atividades lúdicas e desportivas.

A par da beneficiação, que inclui a definição de percursos ciclo-pedonais e recinto para jogos em tout-venant e saibro, foi instalado um Parque Infantil e novos equipamentos geriátricos, bem como a redistribuição dos existentes, e a colocação de tabelas de basquetebol e balizas para street soccer, reforçando-se ainda a arborização e a iluminação pública.

No sentido de conferir os trabalhos efetuados, o Executivo Municipal irá efetuar uma visita ao Jardim da Via do Foral de D. Teresa e Rua do Sobral, na próxima quarta-feira, dia 2 de dezembro, às 11 horas.

FILME DOCUMENTAL SOBRE PAREDES DE COURA CENCE FESTIVAL DE CINEMA EM CABO VERDE

“Fim de um Mundo?” vence II Edição do Plateau - Festival Internacional de Cinema Cidade da Praia

“Fim de um Mundo?”, documentário sobre Paredes de Coura da autoria de Cláudia Freire e Jorge Murteira, ganhou o Prémio para o Melhor Documentário Curta no Festival Internacional de Cinema Cidade da Praia.

JMurteira Paredes de Coura 343t

Filmado e realizado por Jorge Murteira, com produção do Município de Paredes de Coura, este documentário integra a exposição "Impressão Digital em Terras de Coura" inaugurada em Agosto no Museu de Paredes de Coura e centra-se no testemunho dos que ali vivem e daqueles que partiram e que todos os anos regressam à terra.

Paredes de Coura  618

Conhecida no passado como Celeiro do Minho, Paredes de Coura situa-se no norte de Portugal, perto da fronteira com Espanha e foi marcada nas últimas décadas por mudanças na agricultura, na educação e pela emigração, permitindo a este território conhecer “uma dinâmica transformadora muito rápida”.

O documentário “Fim de um Mundo?”, de Cláudia Freire e Jorge Murteira, confronta memórias de um mundo passado com os desafios do presente e do futuro, e acaba por vencer o Prémio para o Melhor Documentário Curta na II Edição do Plateau - Festival Internacional de Cinema Cidade da Praia, que terminou na capital de Cabo Verde neste último fim-de-semana.

“Fim de um Mundo?”

Suporte: HDV 16:9

Duração: 26’ 10’’

Ano: 2015

Veja a promoção do documentário em: https://www.youtube.com/watch?v=fddXUJihrA0

docfoto

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA SIMULACRO DE INCÊNDIO

Heliporto em Tabaçô recebeu exercício de simulação de incêndio da EDP

A ocorrência de incêndios de grande escala, principalmente na altura do verão, pode colocar em risco os trabalhadores das empresas de eletricidade que terão necessidade de operar nas redes de distribuição. Nessa perspetiva, a Painhas, SA e a EDP - Direção de Rede Clientes Norte sentiram que os meios e conhecimentos das suas equipas são insuficientes, caso surja esta situação de emergência numa frente de trabalho.

simulacro_heliporto_tabaçô (2)

Numa parceria com o GIPS - Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro da GNR, foi possível adquirir conhecimentos para enfrentar este risco, testando situações de fogo real, preparando os colaboradores para uma eventual situação de incêndio de grande dimensão.

Neste sentido teve lugar no Heliporto situado na freguesia de Tabaçô, Arcos de Valdevez, um exercício de simulação de incendio

No final do simulacro foi feita uma breve análise e consequente sensibilização das questões mais significativas sujeitas a melhoria de modo a serem tomadas em consideração em futuros simulacros ou em emergências reais.

simulacro_heliporto_tabaçô (3)

Este exercício visou fundamentalmente adquirir novos conhecimentos de combate e fuga em caso de incêndio; avaliar a prestação do elemento da equipa com a função de vigia, bem como testar a capacidade do mesmo em avaliar a situação e efetuar uma comunicação eficiente com os serviços externos de socorro; exercitar os procedimentos e meios das equipas; avaliar a dificuldade do combate a incêndio e fuga; testar capacidades dos diferentes sistemas de comunicação; treinar os elementos da equipa com procedimentos de segurança; divulgar e aprofundar uma cultura de proteção e segurança junto dos colaboradores; desenvolver procedimentos de planeamento, de coordenação e de conduta de operações que ajudem a melhorar as condições de atuação em situações de emergência grave.

simulacro_heliporto_tabaçô (4)

VIZELA PROMOVE LITERATURA INFANTIL

Sábados na biblioteca: Natal nas asas do arco-íris, de Sandra Serra

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 5 de dezembro, às 15.30h, a atividade ‘Natal nas asas do arco-íris’, de Sandra Serra.

De lembrar que, desde outubro, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes está aberta todos os sábados, sendo que no primeiro sábado de cada mês realiza-se a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h30.

Sábados na biblioteca

Hora do conto + Caça ao tesouro de natal

Natal nas asas do arco-íris, de Sandra Serra

5 de dezembro, 15h30

Ariela, uma pequena fada de asas transparentes, ficou muito curiosa quando soube da existência de uma cidade cinzenta. Porque teria perdido a cor? Como seriam os seus habitantes? As crianças seriam felizes? 

Descobre o que Ariela e as suas amiguinhas vão fazer para tornar especial o Natal nesta cidade cinzenta... 

Atividade gratuita para famílias

FESTAS NICOLINAS DECORREM ATÉ À PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA EM GUIMARÃES

Doze imagens das ruas de Guimarães mostram desfile do Pinheiro 2015

Seguem-se as Novenas, Posses, Magusto, Pregão, Maçãzinhas, Danças São Nicolau e Baile Nicolino. As Roubalheiras, em dia incógnito, completam o calendário das Festas Nicolinas.

Guimaraes_Pinheiro2015

Milhares de nicolinos, com as suas caixas e bombos, saíram à rua este domingo à noite, 29 de novembro, para participar no desfile do Pinheiro 2015, tradição vimaranense que inaugura anualmente as Festas Nicolinas, conhecidas como os festejos dos estudantes de Guimarães, cuja origem remonta à devoção religiosa dedicada a São Nicolau, oriundo da Ásia Menor que terá vivido nos séculos III e IV.

O culto terá chegado a Guimarães através dos peregrinos de vários pontos do país e do estrangeiro que aqui se deslocavam para venerarem Nossa Senhora de Guimarães (Padroeira de Portugal até ao séc. XVII) e, também, através da passagem de romeiros de/e para Santiago de Compostela, que terão deixado como marca a sua devoção a São Nicolau. Reza a lenda que três crianças em idade escolar foram esquartejadas por um estalajadeiro e, quando São Nicolau se aproximou delas, devolveu-lhes a vida. Talvez, por isso, a sua imagem seja muitas vezes representada com três crianças aos pés.

Inicialmente, as celebrações em honra de São Nicolau eram de cariz exclusivamente religioso. No entanto, com o passar do tempo, foram sendo incluídas manifestações de carácter profano, dado que representavam uma forma de quebrar com o quotidiano. Este culto, desenvolvido entre o povo, foi mais tarde apropriado pelos estudantes que construíram uma capela em honra de São Nicolau, entre 1661 e 1663, na Igreja Nossa Senhora da Oliveira.

Uma semana de Nicolinas

Inicialmente, as festas só eram celebradas a 06 de dezembro, dia que está reservado no calendário religioso a São Nicolau. Nesse dia de manhã, os estudantes participavam na missa com sermão e, de tarde, as celebrações assumiam um carácter profano com a realização de jogos populares. Com o passar dos tempos, verificou-se que um dia para festejos a São Nicolau não era suficiente e incluiu-se também o dia 5, data em que era anunciado o programa do dia 6 através de um pregoeiro que percorria as ruas da cidade. Mais tarde, os festejos foram alargados a oito dias, entre 29 de novembro e 07 de dezembro.

O espírito das festas começa um mês antes com a realização dos ensaios e das tradicionais Moinas nas ruas de Guimarães. Na sexta-feira, 04 de dezembro, realizam-se as Posses e o Magusto, enquanto este ano o Pregão será lido a um sábado. No domingo, dia 06, decorrerá a eucaristia em honra de São Nicolau, as Maçãzinhas e as Danças de São Nicolau. Na segunda-feira, o programa encerra com o Baile Nicolino e o último dia de Novenas, que principiam esta terça-feira. Durante esta semana, em dia incógnito, decorrerão as Roubalheiras.

NATAL EM VALENÇA É UMA DOÇURA!

Natal é em Valença! 40 Dias com Chocolate, Duendelândia e Compras Com Prémios

Fortaleza de Chocolate, Duendelândia, Compras com Prémios, Comboio de Natal e Festa dos Reis marcam a oferta natalícia e de reis de Valença que arranca em 1 de dezembro e prolonga-se até 9 de janeiro. Valença veste-se de tons, sons e sabores natalícios durante 40 dias, proporcionando uma oferta cheia de atrativos.

Compras de Natal com Prémios

A campanha de Natal de Valença arranca a 1 de dezembro com as Compras de Natal, a Valença Cidade Presépio e as iluminações artísticas e prolonga-se até 9 de janeiro.

A maior exposição de presépios do país, nos espaços públicos, serviços e montras encanta pela originalidade e diversidade das instalações, por toda a cidade.

As Compras de Natal com Prémios são um convite a conhecer a oferta do comércio tradicional de Valença, habilitando a cheques compra nos comércios aderentes.

Fortaleza de Chocolate Adoça o Natal

A Fortaleza de Chocolate adoçará o Natal entre 4 e 8 de dezembro. Uma oportunidade para deliciar-se, em Valença, com os os licores, as pizzas, os crepes, os gelados artesanais, as espetadas de fruta, os waffles, os cupcakes e cakepops, o vinho e muito mais, tudo com chocolate.

Duendelândia, o Encanto da Pequenada

A Duendelândia estará em Valença entre 5 e 13 de dezembro. Uma oportunidade para os mais pequenos desfrutarem do mundo mágico da Duendelândia, com a Casa do Pai Natal, o percurso Duendaventura com arborismo suspenso, o Bosque Encantado, as pinturas faciais, a modelagem de balões, os atelier's de manualidades, a carta ao Pai Natal e a oferta de rebuçados.

Comboio de Natal

O comboio turístico percorrerá os centros históricos de Valença e Tui entre 4 de dezembro e 5 de janeiro dando a conhecer os principais encantos patrimoniais da Eurocidade e toda animação programa para esta quadra.

Festa dos Reis

A programação de Natal / Reis ficará marcada pela Festa dos Reis, com transmissão do programa “Somos Portugal” da TVI, em 3 de janeiro. Cavalgata de Reis, Presépio Vivo, Mostra de Reis, com produtos locais, artistas de renome nacional levam a Festa dos Reis de Valença aos quatro cantos do mundo.

Em 5 de janeiro decorrerá a tradicional Cavalgata Internacional de Reis da Eurocidade Valença Tui, com saída dos Bombeiros de Valença, às 16h00.

GENTE MIÚDA TEM FESTA EM PONTE DE LIMA

IV Festa da Gente Miúda e do Livro Infantil realiza-se de 4 a 6 de dezembro

Ateliês, insufláveis e muita animação, são os principais ingredientes da IV edição da Festa da Gente Miúda e do Livro Infantil, que o Município de Ponte de Lima prepara para o fim-de-semana de 4 a 6 de dezembro, na Expolima.

Dirigida a um público infanto-juvenil, o certame apresenta um mundo de magia, aventura e diversos momentos de animação, recreativos e musicais, que prometem dar largas ao sonho e à criatividade.

Por entre apresentações de livros e representações, a Festa vai ter momentos inolvidáveis com destaque para os espetáculos A Bela Adormecida e Era Uma Vez no Reino do Algodão: Mamã Natal e a Bruxa Valquíria.

Os Ateliês complementam o programa, com as atividades dos diversos equipamentos do Município de Ponte de Lima:

Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos

A Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos marcará presença na IV Festa da Gente Miúda, com ateliês pedagógicos e jogos de dinâmica de grupo, relacionados com o Ambiente e Mundo Rural.

O Pinchas também estará presente para fazer as delícias da pequenada! E para mais tarde recordar, poderão tirar uma fotografia com a mascote das Lagoas…

Diversão e aprendizagem dão as mãos neste evento!

Arquivo Municipal – No Reino da Informação

O Reino da Informação (Arquivo Municipal de Ponte de Lima) estará mais uma vez presente na Festa da Gente Miúda, com atividades lúdicas e pedagógicas que têm o intuito de dar a conhecer aspetos da história de Ponte de Lima e de promover a salvaguarda, valorização e divulgação do património arquivístico, enquanto garante da memória coletiva.

Biblioteca Municipal

O ateliê da Biblioteca Municipal convida as crianças a entrarem no mundo mágico da fantasia através de livros e de brincadeiras.

Com um espaço rico em diversão e aprendizagem podem descobrir novas histórias, jogos, pinturas faciais, modelagem de balões, ateliês de expressão artística e muitas outras atividades concebidas especialmente para os mais pequenos.

O local certo para brincar, conhecer, conviver e explorar! Apareçam!

Museus de Ponte de Lima

O Museu dos Terceiros e o Museu do Brinquedo Português, através dos seus serviços educativos, irão disponibilizar a todas as crianças a oportunidade de construir enfeites de Natal. Este ano as decorações vão ser enriquecidas com materiais reciclados mas com igual brilho e cor.

Os Museus de Ponte de Lima durante a Festa da Gente Miúda terão o ateliê aberto a todos para que possam divertir-se e aprender brincando. Visite-nos!

EMPRESAS DE BRAGA APOIAM PROJETOS SOCIAIS

Bosch e EDP Gás possibilitaram reabilitação do centro da APPACDM em Lomar. Tecido empresarial Bracarense determinante no apoio aos projectos sociais

Decorreu hoje, dia 30 de Novembro, a cerimónia pública de inauguração das reabilitadas instalações da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Braga em Lomar.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002076

O centro - que tem 21 anos de existência e conta com vinte utentes em regime de Lar e trinta na valência de Centro de Actividades Ocupacionais - foi recentemente alvo de obras com o apoio da Bosch Car Multimedia e da EDP Gás, empresas que doaram 25 mil euros a esta instituição. A quantia, angariada na ocasião da II edição da Corrida de S. João de Braga, realizada em Junho, permitiu restaurar o edifício e ainda adquirir algum equipamento de apoio necessário à Associação.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002070

De acordo com Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, deve ser reconhecido o mérito da Bosch e da EDP Gás neste projecto, sendo que foi a actuação destas empresas que tornou possível a sua realização. “Para além das suas actividades empresariais de sucesso e consequente relevância económica, são duas entidades que têm consciência de que é crucial dar algo mais à comunidade onde estão inseridas”, referiu, sublinhando que este é um exemplo que deve ser replicado pelo tecido económico da região: “Cabe também a estes agentes assumir a responsabilidade de apoiar projectos solidários que sirvam as franjas da população que carecem de especial atenção”.

O Edil referiu ainda que é fundamental ter no território instituições como a APPACDM, que desenvolve um ´trabalho de excelência em prol da comunidade e dos que mais precisam´. “Da nossa parte, temos procurado responder às diversas necessidades das instituições locais e colaborar com as mesmas, na medida das nossas possibilidades, em termos materiais e técnicos, criando condições para que possam ser sustentáveis”, afirmou.

Na cerimónia de inauguração do espaço requalificado estiveram também presentes figuras institucionais como o representante da Bosch em Portugal, Carlos Ribas, o administrador comercial da Bosch em Braga, Lutz Welling, o director de Marketing da EDP Gás, José Seyder, e responsáveis, funcionários e utentes da APPACDM.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002066

CERVEIRA SENSIBILIZA PARA A POLUIÇÃO MARINHA

“Lixo … do Rio para o Mar” patente no Aquamuseu

O Aquamuseu do Rio Minho e a Associação Portuguesa de Lixo Marinho (APLM) apresentam, até 30 de Dezembro, em Vila Nova de Cerveira, a exposição “Lixo … do Rio para o Mar”. O objetivo é sensibilizar a comunidade sobre as consequências do lixo sobre os ecossistemas aquáticos.

Esta mostra pretende informar a sociedade sobre a verdadeira dimensão do problema do lixo, em particular do plástico, no rio e no mar. O que é o lixo marinho, de onde vem, como afeta o meio-ambiente e o Homem e quais as ações que podemos tomar para combater este problema.

Alterações simples dos hábitos pessoais, como redução do uso de sacos de plástico, escolha correta da pasta de dentes e cremes de cosmética, podem contribuir para uma relação mais saudável com o Ambiente.

De sublinhar que mais de 70% da superfície do nosso planeta está coberta por oceanos que suportam uma grande variedade de habitats e uma grande biodiversidade. Infelizmente, o meio marinho é utilizado extensivamente como um local de despejo de lixo doméstico e industrial, diretamente ou através dos rios, conduzindo a potenciais impactes negativos nos ecossistemas e economia.

Lixo marinho é qualquer material duradouro, fabricado ou processado que é descartado, eliminado ou abandonado na costa ou no mar. Cerca de 70% de todo o lixo marinho é constituído por plásticos e os restantes 30% correspondem a outros materiais como vidro, papel, metal, têxteis entre outros.

“Lixo … do Rio para o Mar” está patente, até dia 30 de dezembro, no Aquamuseu do rio Minho.

CENTRO DE TEATRO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CABECEIRAS DE BASTO LEVA À CENA “UM MINUTO PARA DIZER QUE TE AMO”

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado pela vereadora da Cultura, Dra. Isabel Coutinho, assistiu no passado sábado, dia 28 de novembro, à apresentação da peça ‘Um minuto para dizer que te amo’ levada à cena pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB). O presidente da União de Freguesias de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, também marcou presença.

Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceira

Centenas de pessoas lotaram o auditório da Casa da Juventude para ver um espetáculo que, de uma maneira poética, revelou um pouco da atmosfera que envolve as pessoas com Alzheimer. A apresentação da peça contou, ainda, com uma representação da Delegação Norte da Alzheimer Portugal e com a responsável pelo Gabinete de Cabeceiras de Basto da Alzheimer Portugal, Dra. Rita Teixeira.

Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceira

A abordagem desta forte realidade encontra a poesia do teatro neste texto do premiado autor brasileiro Luiz de Lima Navarro que, inspirado na sua própria história de vida, criou obras que revelam a força e a incessante dedicação no estímulo das memórias das pessoas que enfrentam todos os dias o esquecimento. Um minuto para dizer que te amo conta a história de Lúcio e do seu pai, portador de Alzheimer. Os dois embarcam numa aventura lúdica à procura das melhores lembranças e deparam-se com conflitos e a certeza de que só um amor incondicional é capaz de transformar todas as adversidades.

Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceira

A vontade de construir uma peça à volta deste tema surgiu a partir de uma ideia em conjunto com o Gabinete de Alzheimer de Cabeceiras de Basto e pretende desmistificar este mal que atinge um grande número de pessoas em todo o mundo. O CTCMCB, enquanto projeto cultural e social, abraçou o desafio e viu nele a oportunidade de aproximar a comunidade de um conteúdo tão importante na atualidade, sobretudo pelo considerável envelhecimento da população portuguesa nos últimos anos.

Uma encenação verdadeiramente emocionante!

FICHA ARTÍSTICA

TEXTO: Luiz de Lima Navarro

ENCENAÇÃO: Neto Portela

ELENCO: Roberto Moreira e Tiago Teixeira

DESENHO DE LUZ E SOM: Neto Portela

DIREÇÃO TÉCNICA, CENOGRAFIA E FIGURINOS: Joana Veloso

PRODUÇÃO: CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto APOIO: Gabinete de Alzheimer de Cabeceiras de Basto, Alzheimer Portugal e CMPPICB - Comissão Municipal de Proteção de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto.

REALIZAÇÃO: Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceira

BRAGA ILUMINA-SE CONTRA A PENA DE MORTE

O edifício dos Paços do Concelho, em Braga, encheu-se de luz para assinalar o Dia Internacional ‘Cidades Pela Vida – Cidades Contra a Pena de Morte’. Este acto simbólico, que decorreu esta Segunda-feira, 30 de Novembro, foi uma forma de manifestação contra a pena capital com o intuito de despertar consciências e envolver instituições na procura de um sistema judicial que não incite à morte e respeite a vida.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002087

O momento foi acompanhado pela actuação dos alunos da Companhia da Música da Fundação Bomfim e pela récita poética do professor José Miguel Braga.

O Município aderiu à rede ‘Cidades pela Vida’, dinamizada pela Amnistia Internacional Portugal e pela Comunidade de Sant’Egídio, dando o seu contributo para a valorização do papel dos municípios no processo abolicionista, promovendo iniciativas educativas e culturais que mantenham viva a atenção sobre a banalização da violência.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002083

O Dia Internacional ‘Cidades Pela Vida – Cidades Contra a Pena de Morte’ comemora-se no aniversário da primeira abolição da pena de morte no mundo, que ocorreu no Grão-Ducado da Toscana (Itália), a 30 de Novembro de 1786. Neste dia, Cidades de todo o mundo iluminam um monumento ou um local simbólico, de forma a sensibilizar os cidadãos para a abolição da pena de morte.

Desde 2002, data da primeira comemoração, mais de 2.000 cidades de vários pontos do mundo já se declararam “Cidades pela Vida”. Em Braga as luzes acendera-se nos Paços do Concelho, na Praça Municipal.

CMB30112015SERGIOFREITAS0000002079

VIZELA ASSINALA SEMANA EUROPEIA DE PREVENÇÃO DE RESÍDUOS

O município de Vizela e a Resinorte, assinalaram na passada sexta-feira, dia 27 de novembro, a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, com duas peças de teatro, para cerca de 260 alunos, em duas escolas do Concelho.

semana europeia prevenção resíduos 2015

A peça “Arlequim recicla assim” adapta histórias bem conhecidas do público infantil, como a da Branca de Neve, dos Três Porquinhos e da Cigarra e a Formiga, às questões do ambiente e da reciclagem, pretendendo sensibilizar a população mais jovem para a importância da reciclagem, demonstrando como é possível do “velho fazer-se novo”.

Nesta peça, foram igualmente desvendados alguns dos mitos sobre reciclagem ao mesmo tempo que se ensina a separar corretamente.

CABECEIRAS DE BASTO CANDIDATA-SE AO PROGRAMA "ESCOLHAS"

Conselho Local de Ação Social de Cabeceiras de Basto aprovou candidatura ao Programa Escolhas

Realizou-se na passada sexta-feira, dia 27 de novembro, no Auditório da Casa do Tempo, a reunião do Conselho Local de Ação Social, onde foi aprovada a candidatura à 6ª Geração do Programa Escolhas e apreciados outros assuntos de interesse.

Conselho Local de Ação Social de Cabeceiras de B

A reunião foi dirigida pela vereadora da Ação Social da Câmara Municipal, Dra. Isabel Coutinho, que informou os presentes de que a Câmara Municipal irá submeter uma candidatura à 6.ª Geração do Programa Escolhas, apresentando-se enquanto entidade promotora do Projeto Vira-a-Vida.

Depois de uma breve apresentação da candidatura – na qual evidenciou a adequabilidade da proposta de intervenção face ao diagnóstico previamente efetuado e explanado nos documentos estratégicos municipais de intervenção social e educacional – e após abordagem dos vários aspetos da candidatura, o documento foi analisado pelos presentes, tendo obtido parecer favorável por parte de todas as entidades.

Refira-se que o Programa Escolhas tem como objetivo “empoderar as crianças e jovens de Cabeceiras de Basto, com idades compreendidas entre os 6 e os 30 anos, provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, para agir no sentido de alcançar mudanças positivas implicando-os numa ação participada”.

Assim sendo, Cabeceiras de Basto tem como objetivos específicos promover, até dezembro de 2018, a inclusão escolar e a educação não formal, bem como a formação e a qualificação profissional das suas crianças e jovens, através de atividades pedagógicas, lúdicas, culturais, terapêuticas, entre outras, com o recurso a metodologias holísticas; dotar as crianças e jovens do concelho de conhecimentos/competências digitais através do desenvolvimento de atividades teórico/práticas na área das TIC; e apoiar a capacitação e a adoção de comportamentos empreendedores dos jovens de Cabeceiras de Basto.

O consórcio deste projeto é constituído pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto - entidade promotora, pela ADIB – Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto - entidade gestora, e pelos parceiros Basto Vida, CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Externato de S. Miguel de Refojos, Associação ‘No Encalço de Ideias’, Synergia, e IPDJ – Instituto Português de Desporto e Juventude. A pedra angular do funcionamento do consórcio está baseada na conjugação de esforços no sentido de melhor responder às várias necessidades diagnosticadas.

O Programa Escolhas foi criado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 4/2001, de 9 de janeiro, tendo sido sucessivamente renovado desde essa data. Este Programa tem vindo a ser coordenado e tutelado no âmbito do Alto Comissariado para as Migrações, que sucedeu ao Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural.

Pensado com a função de promover a inclusão social de crianças e jovens provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, particularmente dos descendentes de imigrantes e minorias étnicas, tem em vista, entre outros objetivos, a inclusão escolar, a educação, a formação profissional, o reforço da empregabilidade, dinamização comunitária e cidadania.

O Programa estrutura-se em cinco medidas, sendo que Cabeceiras de Basto apenas pode integrar três, designadamente, contribuir para a inclusão escolar e para a educação não formal, bem como para a formação e qualificação profissional; apoiar a inclusão digital; e apoiar o empreendedorismo e a capacitação dos jovens.

Cumprindo o estipulado pelo Programa, definiram-se como alvos de intervenção prioritários as crianças e jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 30 anos de idade, provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, que se encontrem numa ou mais das seguintes situações: em absentismo escolar, com insucesso escolar, em abandono escolar precoce, em desocupação, em situação de desemprego, com comportamentos desviantes, sujeitos a medidas tutelares educativas, sujeitos a medidas de promoção e proteção e emigrantes em situação de vulnerabilidade.

Pág. 1/29