Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CERVEIRA APOIA BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS

Autarquia aprova regalias sociais a Bombeiros Voluntários

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu criar um Regulamento de Concessão de Regalias Sociais à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários. A medida, aprovada por unanimidade na reunião desta quarta-feira, visa reconhecer o meritório trabalho desempenhado pelos ‘soldados da paz’, bem como incentivar o voluntariado.

IMG_6018

O Regulamento de Concessão de Regalias Sociais aos Bombeiros do Município, que entra em vigor após aprovação pela Assembleia Municipal, consiste num instrumento de carácter social instituído como forma de reconhecer, acarinhar, valorizar, proteger e fomentar o exercício de uma atividade com especial relevância para a comunidade, em regime de voluntariado.

O presidente da Câmara Municipal considera que o novo regulamento representa a concretização de uma política social municipal de reconhecimento do estatuto do bombeiro voluntário. “Orgulhamo-nos de possuir uma corporação muito bem organizada em voluntariado e consideramos que é altura de avançar com uma medida que traga vantagens e benefícios em favor destes homens e mulheres que se colocam ao serviço das populações e na defesa do património, muitas vezes arriscando a vida, tanto em caso de incêndios como em todo o tipo de catástrofes ou calamidades bem como nos diversos tipos de acidentes”, explica Fernando Nogueira.

Os beneficiários do presente regime serão titulares de Cartão de Identificação, emitido pela Câmara Municipal, cuja emissão será requerida junto dos Serviços Municipais, passando a usufruir de:

- Isenção no pagamento de taxa das licenças de construção, beneficiação e ampliação de casa para habitação própria e permanente, incluindo anexos e garagens (exceto construção de piscinas);

- Aplicação de um desconto, de 30% na tarifa de água, saneamento e recolha de resíduos sólidos, em habitação permanente (própria ou arrendada);

- Acesso gratuito, pelo período de uma hora, três vezes por semana, à Piscina Municipal, uma medida extensiva aos filhos de Bombeiros.

- Acesso gratuito ao Pavilhão Municipal e aos espetáculos culturais;

- Prioridade, em igualdade de condições profissionais e sociais e de candidatura com outros candidatos, ao emprego na Câmara Municipal e na atribuição de habitação social promovida pela Câmara Municipal.

Igualmente relevante é o facto de a Câmara Municipal poder atribuir anualmente, três bolsas de estudo, no valor de 75 euros mensais, sendo uma para os Bombeiros, outra para os filhos de bombeiros no corpo ativo e uma terceira para os filhos de falecidos em serviço ou por facto de doença contraída no desempenho das suas funções. Não obstante, o agregado familiar dos bombeiros terá ainda direito a apoio inicial para o encaminhamento jurídico em processos motivados por factos ocorridos no exercício das suas funções, bem como apoio jurídico e administrativo gratuito ao agregado familiar dos bombeiros em processos de carácter social, decorrentes da morte do bombeiro.

Paralelamente, os bombeiros voluntários do concelho passam ainda a ter o direito de serem agraciados com distinções honoríficas por serviços relevantes e extraordinários prestados à causa Humanitária, no Concelho, nomeadamente: Medalha de Honra do Município; Medalha municipal de Coragem e Abnegação; Medalha municipal de Serviços Distintos; Medalha municipal de Dedicação à Causa Pública.

O regulamento aplica-se a todos os elementos pertencentes ao corpo de Bombeiros da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira e preencham cumulativamente, os seguintes requisitos: ter mais de 16 anos; possuir a categoria igual ou superior a cadete; constar dos quadros homologados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil; ter mais de dois anos de bons e efetivos serviços de bombeiro; estar na situação de atividade no quadro, ou de inatividade em consequência de acidente ocorrido no exercício das suas missões ou de doença contraída ou agravada em serviço.

REALIZADORA CATARINA MOURÃO VISITA ARCOS DE VALDEVEZ, TERRA NATAL DO SEU AVÔ, O ESCRITOR TOMAZ DE FIGUEIREDO

Catarina Mourão: passagem “emotiva” da realizadora por Arcos de Valdevez

A 12.ª edição do Doc’s Kingdom – Seminário Internacional sobre Cinema Documental, decorrido entre 20 e 25 de Setembro pela primeira vez em Arcos de Valdevez, foi marcada pela presença da realizadora Catarina Mourão, neta de Tomaz de Figueiredo, escritor que viveu neste município da região do Minho.

O auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez encheu na noite de 20 de Setembro para a sessão de abertura do seminário, onde foi exibido A TOCA DO LOBO (2014), filme de Catarina Mourão centrado no seu avô, o escritor Tomaz de Figueiredo, romancista, contista e poeta que teve em Arcos de Valdevez o seu poiso criativo e deu nome à Biblioteca Municipal.

O filme, que integrou a Competição Nacional do festival IndieLisboa 2014, tendo obtido o Prémio do Público para Longa-metragem Fox Movies, foi recebido pelos participantes no seminário e outros espectadores com aplausos. O evento contou com a presença do Presidente do Municipio João Manuel Esteves, do membro da direção da Apordoc – Associação pelo Documentário Pedro Fernandes Duarte, da realizadora Catarina Mourão, do director do seminário Nuno Lisboa e do director da Cinemateca Portuguesa e fundador do seminário José Manuel Costa.

Na cerimónia, a realizadora Catarina Mourão, para quem não existem fantasmas mas que acredita que o espírito do seu avô estaria a “pairar nesta sessão”, lembrou a “coincidência” do convite prévio a que mostrasse o seu filme, com passagens rodadas na vila arcuense, “quando ainda não se sabia que o seminário viria para Arcos de Valdevez”. A documentarista acrescentou ser “uma ocasião especialmente emotiva” e como o “fecho de um ciclo”.

O programa do seminário fechou com a exibição da primeira longa-metragem de Catarina Mourão, A DAMA DE CHANDOR (1999), filmada em Goa num palácio de origem colonial trinta e cinco anos depois da independência daquele país.

ATocadoLobo_still2 - Cópia

Catarina Mourão nasceu em Lisboa, estudou Música, Direito e Cinema (mestrado na Universidade de Bristol). É co-fundadora da Apordoc – Associação pelo Documentário e leciona cinema e documentário desde 2000, ano em que criou, com Catarina Alves da Costa, a produtora Laranja Azul. Nome consagrado do documentário português, realizou seis longas-metragens, entre as quais A MINHA ALDEIA JÁ NÃO MORA AQUI (2006), sobre a velha Aldeia da Luz, desaparecida com a barragem do Alqueva, e PELAS SOMBRAS (2010), centrado no universo da artista plástica Lourdes Castro e na casa que construiu com Manuel Zimbro na Madeira.

ATocadoLobo_still1

BRAMP NOMEADA “EMBAIXADA EMPRESARIAL” EM BRAGA

Reocupação dos parques industriais determinante para desenvolvimento económico do Concelho

O Parque Industrial de Sobreposta vai transformar-se num dos grandes motores de desenvolvimento e de captação de novos projectos para o Concelho. A ideia foi defendida esta Quarta-feira, 30 de Setembro, pelo presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, durante a visita realizada à ‘BRAMP’, no âmbito da iniciativa ‘Embaixador Empresarial’.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001085

Na ocasião, Ricardo Rio enalteceu o facto da ‘BRAMP’ - empresa que se dedica à produção de componentes e produtos em plástico injectado – se ter ‘deslocalizado’ para a Sobreposta no final do ano passado, reaproveitando um espaço que se encontrava desocupado.

O Edil defendeu a necessidade de se apostar na lógica de gestão partilhada, passível de criar verdadeiros “condomínios empresariais”. “Questões como os acessos ou a criação de infra-estruturas partilhadas são áreas que podemos trabalhar, nalguns casos mediante financiamento directo da Câmara Municipal, noutros, com a parceria dos próprios empresários”, sustentou.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001079

Com um impacto económico e social muito relevante, a ‘BRAMP’ é um bom exemplo de uma “empresa que está em Braga, que continua a crescer e a fazer a diferença no nosso Concelho”. Segundo Ricardo Rio, este exemplo demonstra igualmente que a estratégia não passa apenas por captar novos investimentos, mas também por “apoiar as empresas que queiram expandir a sua actividade e contribuir para o aumento da riqueza e do emprego”.

Já Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, destacou o investimento realizado pela BRAMP na reconversão de um espaço que estava desocupado, numa clara aposta na reindustrialização. “Este é um exemplo da reindustrialização do século XXI, sustentável, que se integra no meio ambiente e se mantém competitiva”, referiu Carlos Oliveira, anunciando para Novembro a realização de um fórum com a participação dos cerca de 20 Embaixadores Empresariais de Braga.

Segundo Constantino Silva, director-geral da BRAMP e o mais recente Embaixador Empresarial de Braga, a mudança para o Parque Industrial de Sobreposta representa um “salto significativo e uma nova fase de crescimento” para a empresa que, ainda este ano, avançará com a instalação de um sistema fotovoltaico.

Fundada em 1992, a BRAMP é uma empresa de referência nacional e internacional na área da produção de componentes e produtos em plástico injectado, que se dedica ao desenvolvimento de soluções para o sector automóvel, electrónico e industrial. A empresa exporta um elevado volume de produtos para a Europa, Ásia, África e América.

Actualmente com 55 trabalhadores, a empresa viu recentemente aprovada uma candidatura no âmbito do Portugal 2020 que irá permitir a duplicação da produção, do número de colaboradores e do volume de vendas.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001078

ARCOS DE VALDEVEZ ASSINALA DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO

As crianças do Centro Escolar António de Melo Machado saíram ontem à rua para assinalarem o Dia Mundial do Coração!

De t-shirt branca e com corações ao peito desenvolveram atividades ao ar livre, nomeadamente dança e ginástica, demonstrando aquilo que se deve fazer para se ter um coração saudável e espalharam mensagens aos demais de como devem tratar deste órgão tão precioso para o funcionamento do corpo humano.

dia_mundial_coracao2

O Dia Mundial do Coração é comemorado pela Federação Mundial do Coração, à qual pertence a Fundação Portuguesa de Cardiologia, contando ainda com a participação da UNESCO, da Organização Mundial de Saúde entre outras instituições.

Em 2015, o objetivo deste Dia foi garantir que as pessoas, em qualquer lugar do mundo, aproveitem a oportunidade para fazer escolhas saudáveis para o coração, onde quer que vivam, trabalhem ou se divirtam, ajudando-as a reduzir o seu risco cardiovascular e daqueles que estão à sua volta.

Esta iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal.

dia_mundial_coracao4

ESPOSENDE: GEMESES ENCERRA ÉPOCA DESPORTIVA

A Direção do G.C.D.R de Gemeses leva a efeito a Festa de encerramento da época desportiva 2015

O G.C.D.R. de Gemeses promove, no próximo dia 11 de outubro, a festa de encerramento da época desportiva 2015.

A festa terá lugar no centro náutico de Gemeses e terá o seguinte programa.

9H00 – Caminhada

11H00 – Canoagem

13H00 - Almoço (churrasco e caldo verde)

15H00 - Jogo da malha

As inscrições serão até dia 9 de outubro e terá um custo de 5 "canoas".

O evento é aberto a toda a comunidade.

CELORICO DE BASTO COMEMORA DIA DO IDOSO

Dia 1 de outubro, amanhã, celebra-se oficialmente o dia Internacional do Idoso e Celorico de Basto dá especial atenção ao dia com diversas atividades direcionadas aos idosos do concelho, a terem lugar no Parque Urbano do Freixieiro. A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Celorico de Basto através do programa Celorico a Mexer.

“Os nossos idosos merecem toda a nossa atenção por isso, neste dia, em particular, queremos acentuar todo o respeito, carinho e dignidade que merecem. Queremos que usufruam de momentos de convívio fraterno, que se divirtam, que se sintam bem integrados numa sociedade que é de todos e que se preocupa com todos. As comemorações do Dia Internacional do Idoso são apenas mais uma das muitas ações que direcionamos a esta faixa etária”, disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

A iniciativa contemplará os idosos que integram o programa Celorico a Mexer e todos os outros que se queiram associar. Será um dia intenso de atividades que procura promover o bem-estar dos idosos com diversão e convívio.

Por norma o programa Celorico a Mexer comemorava este dia nos locais de animação. Este ano resolveu juntar todos os idosos no mesmo espaço e fazer uma grande festa com os idosos como protagonistas.

Recordar que o Dia Internacional do Idoso foi instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas.

BARCELENSES LIMPAM BARCELOS

Vinte e uma toneladas de resíduos foram recolhidas por todo o concelho

“Limpar Barcelos” percorreu as freguesias do concelho, criou laços sociais de interajuda, conseguiu “formar” cidadãos conscientes para as questões sensíveis como as do ambiente e mobilizou centenas de voluntários.

Esta ação de sensibilização ambiental, que foi promovida pelo Município de Barcelos, através do pelouro do Ambiente, e que decorreu no dia 26 de setembro, recolheu vinte e uma toneladas de resíduos, no total: quatro toneladas de misturas de resíduos urbanos e equiparados; dez toneladas de “monstros”; cinco toneladas de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos; e duas toneladas de embalagens de plástico. Por várias freguesias do concelho foram muitos os voluntários que puseram “mãos à obra” e se uniram com o mesmo propósito. Tornar Barcelos ainda mais limpo, saudável e harmonioso foi o objetivo principal e foi alcançado.

Uma iniciativa que se enquadra na política global traçada pelo Município, no que se refere ao Ambiente e aos cuidados a ter, e que ultrapassou todas as expectativas. Esta iniciativa foi um verdadeiro sucesso, quer pelo número de voluntários - tivemos no terreno cerca de 450 voluntários -, quer pelo lixo recolhido - cerca de 21 toneladas, um valor bastante reduzido quando comparado com as 444 toneladas recolhidas em 2010 -, o que é indicativo que o caminho escolhido está correto e as apostas têm sido as acertadas.

As Juntas de Freguesia/Uniões de Freguesias foram incansáveis e tornaram-se num dos parceiros fundamentais, na mobilização de voluntários, população e associações locais.

O ambiente é uma das grandes preocupações deste executivo. Esta iniciativa veio demonstrar o esforço votado à preservação da Natureza e dos espaços naturais existentes no concelho.

Informação complementar:

O Movimento Limpar Portugal consistiu numa das maiores manifestações de cidadania realizadas nos últimos anos em Portugal, tendo conseguido mobilizar a sociedade numa ação de limpeza de Portugal em 20 de março de 2010, com a participação de cerca de 100.000 voluntários e a participação do Presidente da República e da Ministra do Ambiente. Barcelos foi um dos municípios a aderir, tendo sido identificadas 161 lixeiras e recolhidas 444 toneladas de lixo.

START-UPS TECNOLÓGICAS NACIONAIS PARTEM À CONQUISTA DE ESPANHA

2 de outubro, na Cidade da Cultura de Galicia (Santiago de Compostela)

Dez empresas tecnológicas da região Norte de Portugal partem à procura do seu crescimento internacional, participando em encontro de negócios de grande escala do sector TIC: a FEIRA ACEINT - A tecnologia na nova economia.

Vinte imagens a cada vinte segundos. As imagens avançam automaticamente à medida que os empreendedores apresentam uma ideia, um projeto empresarial, uma oportunidade de negócio. São 400 segundos de uma apresentação cuidada, prática e apelativa com promessa de grandes negócios. As chamadas PechaKucha 20x20, apresentações de formato simples e direto que as tecnológicas portuguesas selecionadas pelo BICMINHO vão utilizar como estratégia para atacar o mercado mundial a partir da Galiza.

Tudo isto acontecerá durante a FEIRA ACEINT - “A tecnologia na nova economia”, que terá lugar no próximo dia 2 de outubro na Cidade da Cultura da Galiza, em Santiago de Compostela. Trata-se duma iniciativa promovida pelo IGAPE - Instituto Galego de Promoción Económica da Galiza, com o apoio da Universidade de Santiago de Compostela e do BICMINHO – Centro Europeu de Empresas e Inovação.

INDUSTRIA 4.0 – A NOVA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Um encontro de negócios ambicioso que vai incluir, para além das apresentações PechaKucha 20x20, workshops, encontros bilaterais e encontros com investidores dirigido exclusivamente a start-ups tecnológicas da Eurorregião Norte de Portugal-Galicia, do sector TIC, em especial as TIC aplicadas à biotecnologia, à indústria agroalimentar, ao têxtil, ao turismo, ao automóvel, entre outras indústrias.

Será um espaço networking, para observar e para mostrar. Pequenas ações podem ter grandes efeitos e há que ter capacidade de adaptação. É a nova economia, a nova sociedade, a nova indústria. Um sistema global onde a partilha de experiências e de conhecimento entre os negócios é a chave do sucesso.

Confirmada está já a presença de dez empresas tecnológicas portuguesas que, com a ajuda do BICMINHO, terão a oportunidade de estabelecer parcerias, atrair investidores e aumentar as suas vendas internacionais. NQDA- Negro Esquisso, Slim Business Solutions, Plako, Northweb, Digital Species, Scale2Go, Ludik 380, Displr e Design by Bessa constituem a delegação portuguesa que, no seu conjunto, empregam já 50 trabalhadores e atingiram em 2014 uma faturação superior a 1 milhão e meio de Euros, dos quais cerca de 20% foram para o mercado externo.

O setor TIC está a mudar. E cada vez mais rapidamente. Por isso, para as start-ups tecnológicas, em especial as TIC aplicadas à indústria, a internacionalização é determinante para o sucesso empresarial na era da nova revolução industrial das fábricas do futuro e da Industria 4.0.’, refere Nuno Gomes, Administrador Executivo do BICMINHO.

ACE INT – EMPREENDER SEM FRONTEIRAS

Esta FEIRA ACEint - “A tecnologia na nova economia” realiza-se no âmbito do projeto ACEint – Empreender sem fronteiras(www.aceint.eu), um projeto que tem como objetivo fomentar a criação e internacionalização de empresas TIC com forte impacto positivo setores estratégicos de especialização inteligente da Eurorregião Norte de Portugal-Galiza.

Para além das aceleradoras de modelos de negócio, financiamento e internacionalização (www.aceint.eu/aceleradora-6/), o projeto ACEint lançou já um sistema de alertas sobre oportunidades de negócio internacionais para o sector TIC (http://aceint.eu/vigilancia-2/) bem como a realização de Estudos sobre o sector TIC internacional (www.aceint.eu/publicados-novos-estudos-sobre-o-sector-de-tic-internacional )e um primeiro fórum de investidores em empresas TIC (http://codigocero.com/Inaugurada-en-Compostela-a-Lonxa-de-Financiamento-ACEint).

Trata-se de um projeto de cooperação transfronteiriça com investimento total de 837.000 Euros, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no valor de 627.750 Euros, ao abrigo do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP).

Sobre o BICMINHO

BICMINHO – CENTRO EUROPEU DE EMPRESAS E INOVAÇÃO é uma instituição sem fins lucrativos, certificada pela União Europeia com o EU-BIC para a promoção do Empreendedorismo e da Inovação, através do apoio à criação de novas empresas e à modernização e internacionalização das PME.

Com 15 anos de atividade, o BICMINHO atua ao serviço do interesse público da região e do país, tendo já apoiado a criação de mais de 200 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 93%, responsáveis pela criação de mais de 2.500 novos empregos e de um volume de negócios global em 2014 superior a 30 milhões de euros. Na área da Inovação Empresarial e Internacionalização oBICMINHO apoiou mais de 500 PME, que empregam mais de 8.000 trabalhadores em termos globais representam mais de 650 milhões de euros de volume de negócios, das quais 150 foram apoiadas ao nível da internacionalização.

O conceito EU-BIC (European Union Business and Innovation Centre) são um caso de sucesso com mais de 30 anos da intervenção da União Europeia. Criados em meados da década de 80 pela DG REGIO (então DG XVI), os EU-BIC promovem a criação de novas empresas inovadoras e ajudam as PME a inovar, através do apoio à inovação, incubação e internacionalização, promovendo o desenvolvimento económico das regiões, criando novos empregos e desenvolvendo novas ou PME existentes, atuando como um importante agente de desenvolvimento regional.

Os EU-BIC são um exemplo clássico de como as atividades financiadas pela União Europeia podem e devem ter um impacto concreto no crescimento económico e no aumenta da competitividade europeia. Em termos globais, os mais de 150 EU-BIC criaram milhares de novos negócios e dezenas de milhares de novos empregos qualificados e sustentáveis.

Em 2013 os mais de 150 EU-BIC apoiaram em termos globais 12.300 empreendedores que deram origem à criação de 3.000 novas empresas, com uma taxa de sucesso de 90%, e ajudaram a captar cerca de 284 milhões de euros em investimento, incluindo financiamento público, bancário e de risco. Geraram cerca de 13.000 novos empregos em start-ups e PME, com um investimento público muito eficiente de cerca de 8.800 euros por cada emprego criado. http://ebn.eu/sharedResources/users/59/Infographics_EBN_2014.pdf.

Mais informação em www.bicminho.eu e em www.ebn.eu.

MONÇANENSES CAMINHAM PELO TRILHO DAS PESQUEIRAS

Dia 3 de outubro, sábado, com ponto de encontro na Capela de S. Bento, pelas 9h00, ou na antiga estação da CP de Monção, pelas 8h30. A participação é gratuita, sendo, no entanto, necessária a respetiva inscrição na Loja Interativa de Turismo (T. 251 649 013 | turismo@cm-moncao.pt) ou em https://docs.google.com/…/1U_g08XxpkPLJ13_FLAZoXGr…/viewform

A iniciativa "Caminha para Conhecer Monção" prossegue este sábado, 3 de outubro, com a realização do Trilho das Pesqueiras, na freguesia da Bela. O percurso, feito em âmbito paisagístico-cultural numa extensão de 6,5 quilómetros, apresenta um grau de dificuldade moderado/fácil.

O ponto de encontro é na Capela de S. Bento, pelas 9h00, ou na antiga estação da CP de Monção, pelas 8h30. A deslocação é feita em viatura própria. A participação é gratuita, sendo, no entanto, necessária a respetiva inscrição na Loja Interativa de Turismo (T. 251 649 013 | turismo@cm-moncao.pt) ou no link: https://docs.google.com/…/1U_g08XxpkPLJ13_FLAZoXGr…/viewform

A organização aconselha roupa e calçado confortável e adaptado à irregularidade do terreno, chapéu, água, protetor solar e reforço alimentar. A proposta é passar uma manhã agradável nas margens do rio Minho, freguesia da Bela, recuperando o bucolismo fluvial evidenciado pelas pesqueiras. Um património que urge preservar, defender e valorizar.

FESTIVAL DE TEATRO DE BARCELOS 2015 SOBE AO PALCO NO TEATRO GIL VICENTE

Organização da Capoeira com 13 grupos e 14 espetáculos de 2 de outubro a 29 de novembro

A 28.ª edição do Festival de Teatro de Barcelos decorre de 2 de outubro a 29 de novembro e tem como objetivo fundamental (que se mantém desde a sua criação em 1980), dinamizar a troca de experiências entre grupos, desenvolver a arte dramática e promover novos projetos teatrais e atrair novos públicos para esta arte tão enraizada no nosso concelho e país.

A edição deste ano do Festival de Teatro conta com a presença de 13 grupos, oito dos quais do concelho de Barcelos. De fora do concelho, marcam presença A Nova Comédia Bracarense, O Grupo Mérito Dramático Avintense, A Companhia Teatral da Sertã, Avai Teatro e Teatro Experimental de Mortágua.

Os espetáculos decorrem às sextas-feiras e sábados, às 21h30, e aos domingos, às 16h, dos meses de outubro e novembro no Teatro Gil Vicente e têm entrada gratuita, limitada à lotação da sala.

O espetáculo de abertura do Festival realiza-se na próxima sexta-feira, 2 de outubro, com a peça “Piolhos e Atores, da autoria de José Sanchis Sinisterra dramaturgo e diretor teatral espanhol, pela companhia organizadora, A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

O Festival tem o apoio da Câmara Municipal de Barcelos.

Programa:

Outubro

2 – Piolhos e Atores – A capoeira Companhia de teatro de Barcelos - 21:30

3 – Desencontro – Nova Comédia Bracarense – 21:30

9 – República de Mulheres – TPC Teatro Popular de Carapeços – 21:30

11 – A Floresta do Raio Vermelho – Associação Amigos do Pato – 16:00

17 – Fábrica de Malucos – Os Pioneiros da Ucha – 21:30

24 – A Birra do Morto – Grupo Mérito Dramático Avintense - 21:30

31 – Daqui Fala o Morto – A Companhia Teatral da Sertã – 21:30

Novembro

7 – Falar verdade a Mentir – Avai Teatro – 21:30

14 – Noite de Núpcias de Gargalhadas – “O Branselho” Grupo de Teatro amador da Pousa – 21:30

15 – Valentim o pinga Amor – Teatro Experimental de Feitos – 16:00

20 – Posto Médico – Associação d’ Improviso – 21:30

21 – Muito Molière – Teatro Experimental de Mortágua – 21:30

22 – Auto dos Bons Diabos – Teatro de Balugas – 16:00

29 – Chamo-me, Curiosidade – A Capoeira Companhia de Teatro de Barcelos - 16:00

CRIANÇAS ENCERRAM FESTA DE S. MIGUEL EM CABECEIRAS DE BASTO

Feira e Festas de S. Miguel encerra com ‘prata da casa’

Dezenas de crianças do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto participaram esta tarde, 30 de setembro, em diversas atividades desportivas no Parque do Mosteiro, uma iniciativa integrada no programa da Feira e Festas de S. Miguel 2015, que chega esta noite ao fim com a atuação do grupo cabeceirense Quadrângulo.

Crianças em diversas atividades desportivas no Pa

Ontem à noite, dezenas de pessoas assistiram à atuação da Banda Cabeceirense e da Banda de Música de Arcos de Valdevez, um espetáculo muito apreciado pelo público.

Cabeceiras de Basto viveu, assim, intensamente 12 dias de grande animação, um programa muito diversificado preparado a pensar em todos os Cabeceirenses e forasteiros que por esta altura do ano visitam a nossa terra.

A Grandiosa Procissão em Honra de S. Miguel, a Sessão Solene do Dia do Município que se celebrou ontem, o cortejo etnográfico, o teatro, o concurso pecuário de gado bovino, a ronda das concertinas, as corridas de cavalos, as chegas de bois, a garraiada, a desfolhada, os cantares ao desafio, as bandas de música, o folclore, a Agrobasto, e muita música tradicional portuguesa, com destaque para a atuação do jovem artista Mickael Carreira, foram os destaques desta edição 2015 do cartaz que trouxe um mar de gente até Cabeceiras de Basto.

Esta feira secular, fundada pelos Beneditinos, trouxe também ao de cima aquilo que de melhor se produz na região, bem como as tradições mais genuínas, onde a tradição se cruza com a modernidade.

Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, a Feira e Festas de S. Miguel contou com a colaboração da Comissão de Festas, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, da Paróquia de Refojos, das Juntas de Freguesia, dos expositores, comerciantes, feirantes, industriais e ainda de vários patrocinadores que fizeram desta iniciativa mais um evento de sucesso.

PONTE DE LIMA PRESENTE NA FESTA DO BRINQUEDO

Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima marcou presença na Festa do Brinquedo

Como forma de contribuir para a promoção e conhecimento da história do brinquedo em Portugal, o Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima participou no passado fim-de-semana, na Festa do Brinquedo, em Alfena, no concelho de Valongo.

IMG_3162 (Small)

Os ateliês com brinquedos reciclados do Museu do Brinquedo Português captaram a atenção dos inúmeros visitantes que passaram pelo stand do Museu, sendo esta uma pequena mostra da vasta e valiosa coleção de brinquedos de fabrico português e dos seus fabricantes patente no Museu do Brinquedo Português em Ponte de Lima.

A festa do brinquedo realizou-se num dos maiores centros de produção de brinquedos do século XX, como demonstra a história que retratamos no Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima.

O Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima está aberto ao público desde 2012. Se ainda não nos visitou, convidamo-lo a vir até Ponte de Lima, de 3ª a domingo, das 10h às 12h30 e das 14h às 18h, para descobrir e brincar neste Museu.

IMG_3158 (Small)

20150925_143048 (Small)

MUNICÍPIO DE BRAGA MELHORA CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS JARDINEIROS

Ricardo Rio entregou novos equipamentos. Município melhora condições de segurança e conforto dos técnicos de jardinagem

O Município de Braga dotou os funcionários da Divisão do Ambiente e Espaços Verdes com Equipamentos de Protecção Individual (EPI’s). Com um investimento de cerca de 20 mil euros, foi entregue a cada um dos 94 colaboradores da Divisão, dois pares de calças, dois polos de manga curta, dois polos de manga comprida, um casaco impermeável, um colete e um par de botas.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001104

“Esta é uma forma de reconhecimento por parte do Município pela dedicação ao trabalho e pela forma como estes colaboradores têm ajudado a qualificar os espaços verdes da Cidade, transformando-os em verdadeiros postais de Braga”, disse Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a cerimónia de entrega dos EPI’s, que decorreu esta Quarta-feira, dia 30 de Setembro, no Horto Municipal, em Frossos.

A adopção de equipamentos de trabalho ajustados às necessidades individuais da profissão é, segundo o Autarca, uma forma de “dignificar e garantir todas as condições de conforto e segurança dos colaboradores que estão expostos aos riscos do exercício da sua actividade”.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001102

A cerimónia de entrega dos EPI’s contou também com a presença de Altino Bessa, vereador do Ambiente do Município de Braga, que salientou a importância de “dotar os colaboradores de melhores condições de trabalho”, facto que também “contribui para elevar o nível de segurança e de produtividade”.

Tal como explicou o Vereador, “a profissão de jardineiro está exposta a muitos riscos que podem colocar em causa a saúde destes profissionais”, dando como exemplo “um colaborador que esteja a desempenhar o seu serviço numa berma de estrada, terá que estar devidamente identificado de forma a reduzir o risco de acidentes”, nesse sentido, “este equipamento vem trazer mais segurança ao aumentar a sinalização e facilita a identificação dos funcionários”.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001101

MIGUEL ALVES REALÇA A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO CIAB

O auditório do Museu Municipal de Caminha acolheu ontem uma ação de formação no âmbito do projeto SMIC - Serviço Municipal de Informação ao Consumidor. Miguel Alves abriu a sessão e realçou com agrado a importância do trabalho realizado pelo CIAB (Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Consumo), sublinhando que, em 2014, o CIAB registou o maior volume processual de todas a sua história, tendo ultrapassado pela primeira vez o milhar de processos de reclamação.

Ciab (2)

Sobre a atividade realizada pelo SMIC em 2014, acrescenta-se que ao nível da Rede de Apoio ao Consumidor Endividado também se regista um incremento dos processos de acompanhamento. Os processos de reclamação aumentaram 29% face a 2013. É importante salientar que a atividade desenvolvida em cooperação direta com os municípios também cresceu de forma significativa, isto é, os processos remetidos pelos municípios representaram quase o dobro de 2013, encontrando-se o Município de Caminha na terceira posição, logo a seguir a Barcelos e a Montalegre. Os serviços públicos essenciais representam 54% do total de processos, ou seja, as comunicações eletrónicas, a energia elétrica, a água e o saneamento, o gás e os serviços postais.

Relativamente à ação de formação que decorreu ontem, realça-se que foi promovida pela Câmara Municipal de Caminha e o CIAB – Tribunal Arbitral de Consumo, contou com a cooperação da ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos e a equipa do RACE – Rede de Apoio ao Consumidor Endividado - do CIAB e com a presença de técnicos de vários Municípios da zona norte.

Em vigor desde 2013, o Projeto SMIC tem como principal função instruir e preparar os funcionários municipais para ajudar os consumidores nas suas reclamações de consumo e nos seus problemas de endividamento.

Na sessão foram debatidos os temas seguintes: a natureza, atribuições e competências da ERSE (regulação, regulamentação, supervisão/fiscalização, sancionatória, resolução de conflitos); a liberalização do mercado energético (enquadramento, prazos e procedimentos na mudança de comercializador); o relacionamento comercial com os consumidores de energia (propostas contratuais, informação pré-contratual, contrato, medição, faturação e pagamento, etc.); a qualidade de serviço comercial (indicadores gerais e individuais, padrões e compensações) e os apoios sociais (conceito de cliente economicamente vulnerável, tarifa social e ASECE).

No Município de Caminha, o SMIC é um serviço de atendimento personalizado e totalmente gratuito, que visa a resolução e prevenção de conflitos de consumo. Este serviço Municipal funciona de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 15h00.

Ciab (1)

BRACARENSES JÁ COMEÇARAM A VOTAR

Processo de votação antecipada terminou a 29 de Setembro. 150 Eleitores exerceram o direito de voto antecipado em Braga

Foram 150 os eleitores inscritos nos cadernos eleitorais das freguesias do Concelho de Braga que já exerceram o seu direito de voto antecipado nas Eleições Legislativas de 2015, por não poderem marcar presença no acto eleitoral do próximo domingo, 04 de Outubro.

O processo de votação antecipada decorreu de 21 a 29 de Setembro e é um direito consignado pela Lei a todos os eleitores que justificaram a impossibilidade de se deslocar à assembleia de voto no dia do sufrágio eleitoral.

Dos 150 eleitores que requereram o voto antecipado em Braga, 81 invocaram impedimento por razões profissionais e exerceram o seu direito de voto no edifício da Câmara Municipal de Braga. Os restantes foram 61 reclusos de diversos estabelecimentos prisionais que se encontram recenseados no Concelho, sete estudantes deslocados e um internamento hospitalar.

BRAGA ASSINALA PATRIMÓNIO BARROCO

De forma a assinalar o património histórico, cultural e religioso patente na Cidade de Braga, o Município avançou para a sinalização e identificação do património barroco em Braga.

CMB Placas

Treze edifícios receberam uma sinalização histórica, bilingue, que permite agora, a todos quantos visitam a Cidade obter um maior conhecimento sobre este património e sobre cada edifício em particular.

Para Miguel Bandeira, vereador do Património do Município de Braga, esta iniciativa insere-se numa estratégia de desenvolvimento do território, assente na valorização do legado patrimonial. "Trata-se de mais uma oportunidade de promoção turística da região, fomentando a identidade de Braga, cidade onde o Barroco é uma peça incontornável", afirmou.

Esta iniciativa tem como objectivo favorecer a visibilidade desses mesmos locais de valor excepcional, divulgando a sua história. Miguel Bandeira sublinhou que esta sinalética identificativa de algumas das principais referências de arquitectura barroca "vem na sequência do mesmo projecto iniciado com a Braga Romana e visa potenciar o nível de informação e o valor turístico internacional do barroco Bracarense".

"O objectivo é chamar a atenção para a permanente novidade que o património cultural encerra, sempre actualizado através de novo conhecimento, novos olhares e novas interpretações", garantiu Miguel Bandeira.

Recorde-se que Braga representa, essencialmente pelo seu património edificado, um dos mais importantes centros da arquitectura Barroca em Portugal.

Os locais sinalizados são:

  1. Igreja do Antigo Convento do Carmo
  2. 2. Igreja de S. Paulo
  3. Capela de S. Sebastião
  4. Sé Primaz
  5. 5. Igreja de S. Vicente
  6. 6. Igreja do Antigo Convento do Salvador (Asilo Conde de Agrolongo)
  7. 7. Igreja da Penha
  8. 8. Asilo de S. José
  9. 9. Arcada da Lapa
  10. 10. Casa dos Crivos
  11. 11. Arco da Porta Nova
  12. Igreja dos Terceiros
  13. Palácio dos Biscainhos

ORDEM DOS ENGENHEIROS COMEMORA DIA DO ENGENHEIRO EM ARCOS DE VALDEVEZ

Ordem dos Engenheiros da Região Norte assinalou Dia Regional do Engenheiro em Arcos de Valdevez

Engenheiro Gerardo José Sampaio Silva Saraiva de Menezes, natural deste concelho, foi alvo de homenagem neste dia.

Ord_Eng_263

No passado sábado, dia 26 de setembro, decorreu na Casa das Artes concelhia a celebração do Dia Regional do Engenheiro. Uma iniciativa organizada pela Ordem dos Engenheiros que pretende aproximar a Ordem dos seus membros e potenciais membros, assim como da sociedade em geral.

Neste dia houve lugar ainda para homenagear algumas das figuras mais marcantes da engenharia portuguesa, nomeadamente, Gerardo José Sampaio Silva Saraiva de Menezes, natural de Arcos de Valdevez, bem como Luís Garcia Braga da Cruz e António Carlos Andrade Figueiredo Vasconcelos.

Ord_Eng_217

Foram dadas as boas vindas aos novos membros, a outorga aos membros sénior e distinguidos os Engenheiros com 10 e 25 anos de inscrição.

Para o Presidente da Câmara Municipal esta foi uma iniciativa que deu um grande reconhecimento ao concelho e que trouxe até Arcos de Valdevez uma parte importante dos engenheiros portugueses. O autarca realçou ainda o facto do engenheiro arcuense Gerardo José Sampaio Silva Saraiva de Menezes ter sido homenageado neste Dia. Motivo de orgulho para a população do concelho.

Ord_Eng_102

BRAGA APOSTA NO DESENVOLVIMENTO DE GUALTAR

Ricardo Rio participou na apresentação da monografia de Gualtar. Câmara e Freguesia unidas em prol do desenvolvimento de Gualtar

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga marcou presença, esta Terça-feira, dia 29 de Setembro, na apresentação da monografia da freguesia de Gualtar. A obra, intitulada ‘A Gesta de Gualtar’, é da autoria do paleólogo Bento Miranda Pereira, e trata-se de um estudo de pesquisa e investigação, apresentando referências históricas desde os primórdios da freguesia até aos dias de hoje.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001068

Segundo o Presidente da Câmara de Braga, a freguesia de Gualtar tem evidenciado uma ‘grande evolução’ e acolhe diversas valências de grande relevância. “Se recuarmos no tempo, verificamos as enormes transformações que a freguesia tem sofrido. Gualtar é hoje o espaço que acolhe uma das melhores universidades da europa e até do mundo, possui um hospital de excelência a nível nacional, tem equipamentos escolares de qualidade reconhecida e diversas entidades e associações que têm desenvolvido um trabalho notável, com a ambição de serem cada vez melhor”, enalteceu Ricardo Rio.

O excelente relacionamento e coabitação institucional entre a Câmara Municipal e a Freguesia também foi um dos aspectos evidenciados pelo Edil, que, “através de um contacto quase diário”, tem permitido que “todos trabalhemos juntos por Braga e por Gualtar, na busca das melhores soluções para os problemas da população”.

Nesse sentido, Ricardo Rio lembrou que para o futuro “são muitos os projectos que unem as duas instituições com o objectivo de melhorar as condições de vida dos gualtarenses”. Desde as obras na escola, o melhoramento dos equipamentos desportivos da freguesia, passando pelas questões urbanísticas e de trânsito, até ao projecto ‘Innovation Arena’, que pretende atrair mais investimento tecnológico para a Região, tudo se conjuga “para que Gualtar continue a evoluiu cada vez mais”.

O dia para a apresentação da obra não foi escolhido ao acaso. O dia comemorativo de São Miguel, que se assinala a 29 de Setembro, foi também o primeiro dia da freguesia de São Miguel de Gualtar. Disso mesmo deu conta João Nogueira, presidente da Junta de Freguesia de Gualtar, que dedicou, “com muito orgulho e satisfação”, a obra aos habitantes da freguesia. “Esta obra é dedicada ao povo de Gualtar e hoje saudamos a memória e os grandes feitos dos nossos antepassados que contribuíram para que a freguesia atingisse o patamar que ocupa na actualidade”, referiu.

“É com momentos como este que nós continuamos a construir Gualtar e esse sempre foi um sonho e um desígnio a seguir. Com esse sonho, cimentamos a coesão e a nossa identidade social e a desenvolver a freguesia”, referiu João Nogueira, enaltecendo a “excelente relação com a Autarquia, que tem contribuído positivamente para ajudar a construir a freguesia de Gualtar”.

CMB30092015SERGIOFREITAS0000001067

“MEIAS CASAS” DOS PESCADORES DE CAMINHA SÃO TEMA DA TESE DE MESTRADO DA ARQUITETA CAMINHENSE RENATA MONTEIRO

Dada a importância do assunto, Miguel Alves anunciou que, no próximo ano, a propósito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, as “meias casas” serão um tema em destaque

“A Rua e as Meias Casas de Pescadores de Caminha” foi o tema escolhido pela jovem arquiteta Renata Sousa Monteiro para a sua tese de mestrado, recentemente apresentada aos caminhenses. Com este trabalho, a autora pretende divulgar e consciencializar para a salvaguarda deste tipo de património. Miguel Alves considerou o trabalho da jovem caminhense como um grande contributo para o conhecimento e valorização do património do concelho e anunciou que, no próximo ano, a propósito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, as “meias casas” serão um tema em evidência.

Rua Atualidade 2

Com um futuro promissor, Renata Monteiro viu o seu trabalho aprovado com 19 valores pelo júri da Escola Superior Gallaecia, onde se formou em Arquitetura e Urbanismo. Agora vai mostrar a sua investigação nas Jornadas de Património da Catalunha, em Barcelona, já no próximo mês de dezembro. Esta semana, a arquiteta apresentou o seu trabalho aos alunos de Artes Visuais, da Escola Básica e Secundária Sidónio Pais.

A Rua 1910

“A Rua e as Meias Casas de Pescadores de Caminha” sobre o património caminhense foi inicialmente apresentada, fora do meio académico, na Capela de Santa Clara, e contou com a presença de Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Gonçalves, presidente da União de Freguesias de Caminha e Vilarelho e Paulo Bento, antigo professor da autora, e de dezenas de caminhenses que quiseram ficar a conhecer um pouco mais da história e do património da sua vila.

O presidente da Câmara felicitou a jovem arquiteta pela escolha do tema da sua tese, que imortaliza um pedaço da história da comunidade piscatória da sede do concelho, patente numa arquitetura muito própria, que é ao mesmo tempo um testemunho da vivência das famílias.

Esta dissertação sobre a Rua de Pescadores da vila de Caminha baseia-se numa “investigação documental e de sete estudos de caso”. A tese é composta por sete capítulos: “fundamentação teórica (cap.2), evolução histórica e espacial da vila piscatória (cap.3), evolução histórica e análise espacial da rua de pescadores caminhense como um conjunto (cap. 4), fichas de observação e análise dos dados do estudo dos sete casos selecionados (cap.5); o cruzamento de dados entre a revisão bibliográfica e os resultados da análise permite uma sistematização dos conteúdos (cap. 6) e conclusão (cap. 7)”.

Rua Atualidade

Segundo a autora: “urge o restauro desse lado marítimo e da expressão construída que ele possui, em parte representada pelos bairros. As ruas ou bairros de pescadores são importantes exemplos de conjuntos patrimoniais que urgem ser identificados, valorizados e preservados. As casas de pescadores possuem elementos muito característicos e próprios que contribuem para a imagem do conjunto e são, individualmente, um tipo de construção vernácula ou rural com valor patrimonial, estando igualmente inseridas no tipo de património marítimo”.

Para Miguel Alves a memória dos sítios e das gentes passa também por este tipo de trabalhos de investigação, que permitem partilhar o que nos rodeia, preservando a identidade local e a ligação às comunidades, face a um mundo cada vez mais globalizado.

A Rua 1920

CELORICO DE BASTO DIVULGA PRODUTOS ESTRATÉGICOS NA AGROBASTO

A aposta no turismo por parte da Câmara Municipal de Celorico de Basto assenta também, na promoção intensiva das características únicas que demarcam Celorico de Basto dos outros concelhos. Desta vez participou na Agrobasto como habitualmente, com um stand decorado com algumas das atrações turísticas do concelho, com enfoque para a Villa de Basto e o Castelo de Arnoia.

IMG_5248

“Temos um concelho com características únicas ao nível do património e da natureza e estamos a apostar acerrimamente na sua promoção como destino turístico de eleição. As condições estão a ser criadas, passo a passo, para albergar quem nos procura. Ainda esta semana assinamos um protocolo de concessão da Pousada da Juventude que será, por certo, muito requisitada pelos jovens que nos visitam anualmente. A nossa Villa de Basto e o seu Castelo de Arnoia são candidatos a Património da Unesco, uma candidatura que muito nos enobrece. Temos espaços naturais soberbos e ideais para a prática desportiva. Na verdade, não faltam razões para conhecer este concelho, e são essas razões que nos levam a participar neste género de certames para dar a conhecer um território único e cheio de potencialidades” afirmou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Importa referir que esta divulgação é, agora, da responsabilidade da Loja Interativa de Turismo de Celorico de Basto em funcionamento desde janeiro último. Um espaço ao serviço dos turistas que pretendam informações de várias índoles sobre o concelho e da região norte com apoio de um conjunto de valência tecnológicas existentes.

_DSC0170

TEATRO DIOGO BERNARDES EM PONTE DE LIMA INICIA NOVA TEMPORADA COM DANÇA CONTEMPORÂNEA

Eros e Psiquê – Companhia de Dança Contemporânea de Évora. 3 de Outubro – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes / Ponte de Lima

Sábado, 3 de Outubro, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, reabre as suas portas para a nova temporada com o espectáculo de dança contemporânea “Eros e Psiquê”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, que promete deliciar o público com uma das mais aclamadas produções dos últimos tempos em termos de dança contemporânea, com reconhecimentos a nível nacional e internacional, pelo que se trata de uma oportunidade única para assistir ao que de melhor se faz em Portugal na área artística em causa.

Divulgação 1

"Num Universo do subconsciente, num ambiente onírico desenvolve-se a história de amor de Eros e Psiquê.

Duas personagens etéreas.

Uma história de paixão, entrega confiança, força e fidelidade.

Um caminho para o autoconhecimento e amor verdadeiro...

Uma dupla personalidade que gera opressão de sentimentos e uma essência que procura constantemente evidenciar-se.

A luta entre as duas personalidades e o abandono e o despojar de um ego, que leva ao verdadeiro encontro entre o amor e a alma.

O sonho como realidade, o pensamento suspenso e a liberdade de escolha, o poder voltar a esse momento...

Divulgação 2

Um poema...

Eros é representado na mitologia grega como o deus do amor e Psiquê representa a alma. A história tem tido recorrente atualização ao longo da História e tem sido utilizada pelos estudiosos para simbolizar o desenvolvimento da alma, um percurso para o autoconhecimento e descoberta do verdadeiro amor.

Nenhum herói se faz sem provar a sua coragem e convicção.

Eros e Psiquê é história de uma heroína que demonstra ao longo de toda a ação que através do esforço e perseverança consegue atingir os seus objetivos

Os corpos rasgam o espaço através da projeção do gesto, o toque entre os corpos geram viagens sensoriais que elevam o pensamento.

A imagem plástica e cromática é ampliada pelo desenho de luz de Paulo Graça remetem-nos para uma dimensão superior, um lugar onírico onde só as almas se tocam. Os figurinos de José António Tenente inscrevem os personagens numa atmosfera teatral, num ambiente marcado pela linguagem do contemporâneo, preenchida musicalmente pelas sonoridades de Dobrinka Tabakova, Eugene Ysaÿe e César Viana.

Os bailarinos através da sua interpretação tornam o sonho da lenda de Eros e Psiquê, numa realidade mitológica, numa realidade contemporânea.

A postura do corpo em movimento, a estrutura dramatúrgica experimenta uma linguagem cénica próxima da Tragédia Grega."

Divulgação 3

Direcção | Coreografia NÉLIA PINHEIRO / Bailarinos GONÇALO ANDRADE, FÁBIO BLANCO, NÉLIA PINHEIRO / Consultora Artística MARIA PALMEIRIM / Música e sons adicionais DOBRINkA TABAKOVA / Música Adicional EUGÈNE YSAŸE / Figurinos JOSÉ ANTÓNIO TENENTE / Desenho de Luz PAULO GRAÇA / Elementos Cenográficos INÊS TELES / Vídeo FERNANDO DIAS | CDCE / Fotografias de Cena TELMO ROCHA / Construção

elementos cenográficos JOAQUIM CAMPANIÇO / Direcção de Produção RAFAEL LEITÃO / Produção CDCE.

Bilhetes à venda (2,00€) e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

Divulgação 4

ARCOS DE VALDEVEZ INVESTE NO ENSINO

Regresso às aulas. Município investe anualmente mais de 1 milhão de euros

A Educação e o apoio às famílias são uma prioridade do Município, por isso são implementadas anualmente medidas por parte da autarquia que visam a plena inserção da criança na sociedade como ser autónomo, livre e solidário.

sabadim

O Municipio tem apoiado financeiramente a aquisição de livros e material didático, os transportes e as refeições escolares, o desenvolvimento de atividades de apoio à família e de enriquecimento curricular, a aquisição de equipamento básico e a conservação e manutenção dos vários equipamentos e edifícios escolares distribuídos pelo concelho.

No âmbito do Apoio Social Escolar a Câmara Municipal apoia os alunos das EB1 na compra de livros escolares e material escolar, e o conjunto total das crianças ao nível das refeições, mediante os escalões em que estão inseridos.

centro_escolar_sede3

As Refeições Escolares têm um valor de 248 145,05€ anuais e todos os dias são servidas cerca de 800, de forma a garantir que todos os alunos têm acesso à sua.

Ao nível dos Transportes Escolares foram adjudicados 64 circuitos no valor de 693 770,32 € para transportar diariamente 1279 alunos. Estes transportes escolares englobam carreiras públicas, circuitos especiais e jardins- de infância. De realçar que foram desenvolvidos esforços para que todos os Jardins-de-infância fossem abrangidos por esta rede de transportes.

O Município também continua a apoiar a realização das Atividades de Enriquecimento Curricular no 1º ciclo do ensino básico, mantendo as aulas de Inglês, com a oferta do respetivo manual, as aulas de música e desporto, bem como o transporte das crianças para as instalações desportivas municipais.

Centro Escolar Sabadim

A Câmara Municipal, em articulação com a comunidade educativa, também desenvolveu um Plano de Atividades dirigido aos alunos do pré-escolar, 1º,2º e 3º ciclo e secundário no âmbito de temáticas como Educação Ambiental; Promoção da leitura; Educação para as Artes; História e Património arcuense.

Para além disso estão previstas atividades no âmbito da celebração do Natal, Carnaval e dias comemorativos.

Reforço da Componente de apoio à Família ao Nível do Pré-Escolar Dando resposta a uma necessidade manifestada pelos pais e encarregados de educação, o Município de Arcos de Valdevez, numa conjugação de esforços com o Agrupamento de Escolas de Valdevez, deu início à abertura e alargamento, a todos os Jardins de Infância da rede pública (JI Sabadim, JI Távora, JI de Vilafonche, JI Giela e a JI de Paçô), da Componente de Apoio à Família, a qual decorre anualmente desde setembro.

centro escolar

A criação de melhores instalações e equipamento também é uma prioridade, como tal foram concluídas as obras no Centro Escolar Dr. Manuel Costa Brandão em Sabadim, no valor de cerca de 165 mil euros.

Estão a ser realizadas obras na EB1 de Soajo, a qual integrará o Jardim de Infância, no valor de cerca de 60 mil euros.

Irão ser realizadas obras no Pavilhão desportivo do Centro Escolar de Távora.

Por último, no que concerne às Bolsas de Estudo para o Ensino Superior, o Municipio tem um regulamento de atribuição de bolsas de estudo a jovens universitários arcuenses, em estabelecimentos públicos ou privados, com o objetivo de os estimular e motivar a estudarem, contribuir para a construção individual dos seus percursos formativos e ajudar à sua formação qualificada.

Com esta política de proximidade e através de uma oferta educativa, equitativa e de qualidade para todos os alunos do Concelho, a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez pretende contribuir para a redução do abandono e aumento do sucesso escolar.

Buffet_Centro_Escolar_Sabadim - Cópia

79 VIMARANNSES JÁ VOTARAM ANTECIPADAMENE

Impossibilitados de se deslocarem domingo à Assembleia de Voto, 79 eleitores com voto antecipado em Guimarães nas Eleições Legislativas 2015

Eleitores que não se podem deslocar à assembleia de voto no dia das eleições já votaram. Ato decorreu na Câmara Municipal de Guimarães.

Eleicoes_Legislativas_2015

Um total de 79 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais das freguesias do concelho de Guimarães já exerceu o seu direito de voto nas Eleições Legislativas 2015, por não poderem participar no ato eleitoral agendado para o próximo domingo, 04 de outubro. Trata-se de um direito consignado por lei a todos os eleitores que, entre 14 e 29 de setembro, justificaram a impossibilidade de se deslocar à assembleia de voto.

Dos 79 eleitores que requereram o voto antecipado em Guimarães, 33 são reclusos não privados de direitos políticos que se encontram recenseados no concelho e 2 são estudantes, a residirem temporariamente em Coimbra e em Faro. Do conjunto dos restantes 43 eleitores, 8 são profissionais do Vitória Sport Clube, que votaram esta terça-feira, último dia para a votação antecipada, uma vez que no domingo se encontram em Lisboa para disputar a 7ª jornada da Liga de Futebol, diante do Sporting Clube de Portugal.

Incluem-se neste grupo os jogadores de futebol, equipas técnicas e árbitros, além de militares, forças de segurança, bombeiros e elementos da Proteção Civil. A medida engloba ainda trabalhadores marítimos, aeronáuticos, ferroviários e rodoviários, que se encontrem deslocados no dia 4 de outubro.

Acompanhados do cartão, certidão ou ficha de eleitor, bem como do respetivo documento de identificação, os eleitores que requereram o voto antecipado, devido a incompatibilidades com a sua atividade profissional, por se encontrarem detidos em estabelecimentos prisionais ou a estudar em estabelecimentos de ensino fora do distrito, tiveram de apresentar um documento comprovativo do impedimento, emitido pelo superior hierárquico ou entidade patronal.

ESPOSENDENSES DESTACAM-SE NA CANOAGEM

K4 do G.C.D.R. de Gemeses em destaque no Douro e no Cávado

No fim-de-semana passado, o rio Douro e o rio Cávado encheram-se de canoas.

No sábado realizou-se a II Descida Internacional D`Ouro, que iniciou-se em Crestuma e terminou na Ribeira no Porto. Nesta competição, o G.C.D.R. de Gemeses participou com duas embarcações.

Resultados:

K4 júnior - André Azevedo/Pedro Silva/Daniel Fernando/Emanuel Silva - 2º lugar

K4 sénior - Alfredo Faria/Miguel Rodrigues/José Maciel/João Figueiredo - 3º lugar

No domingo decorreu na Barca do Lago, em Gemeses a Regata Barca do Lago em K4, prova inserida na comemoração do Dia Mundial do Turismo.

O G.C.D.R. de Gemeses participou nesta competição com quatro embarcações.

Resultados:

K4 sénior - Alfredo Faria/Miguel Rodrigues/José Maciel/João Figueiredo - 1º lugar

K4 júnior - André Azevedo/Pedro Silva/Daniel Fernando/Emanuel Silva - 1º lugar

K4 júnior Fem. - Andreia Azevedo/Filipa Santos/Alice Alves/Beatriz Santos - 2º lugar

K4 sénior - Bruno Silva/Vitor Ferreira/João Penetra/André Santos - 6º lugar

PONTE DE LIMA REALIZA JORNADAS DA SAÚDE EM MOVIMENTO

V Jornadas da Saúde em Movimento em Ponte de Lima realizam-se no dia 3 de outubro

As V Jornadas da Saúde em Movimento, iniciativa do Município de Ponte de Lima em parceria com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, realizam-se no próximo dia 3 de outubro de 2015, no Passeio 25 de Abril.

A iniciativa que conta com a colaboração de um conjunto de parceiros, desde ginásios a instituições ligadas às áreas do Desporto, Saúde e Bem-Estar, visa promover um conjunto de atividades com o objetivo de alertar a população para um estilo de vida mais saudável.

Relativamente ao dia 3 de outubro durante o período da manhã, entre as 10H00 e as 12H30 o programa inclui aulas de fitness, desde Cross trainning, Sh’bam, RPM, Combat, Karate Kids, Zumba, Bokwa, TRX, Treino Funcional, Power Jump, Body Pump e Balance. Em simultâneo, realiza-se um conjunto de ações de divulgação de informação para seniores, peso, IMC e saúde visual. No final da manhã, será realizado um coração humano em volta do chafariz do Largo de Camões.

O Município de Ponte de Lima, através do pelouro da Saúde, dinamiza esta ação no sentido de criar hábitos de vida saudáveis para uma melhor qualidade de vida, e convida toda a população a participar nesta Jornada de Saúde

CABECEIRAS DE BASTO MOSTRA DEVOÇÃO A S. MIGUEL

Grandiosa Procissão em honra de S. Miguel traz à rua 37 andores

Trinta e sete andores e centenas de figurantes percorreram esta tarde, 29 de Setembro, Dia de Feriado Municipal e Dia de S. Miguel, as principais ruas da vila de Cabeceiras de Basto, dando corpo à majestosa procissão em honra do Arcanjo, cortejo religioso que é uma referência nas Terras de Basto e no norte do país.

Bombeiros carregam andor de S. Miguel (1)

Milhares de devotos associaram-se à manifestação religiosa, ponto alto das Festas do Concelho, que decorrem desde o dia 19 de setembro e que terminam amanhã, dia 30.

A procissão foi abrilhantada pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, a abrir o cortejo, e, a fechar, pela Banda de Arcos de Valdevez e pela Banda Cabeceirense.

Bombeiros carregam andor de S. Miguel (2)

O presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, participou nesta majestosa procissão. Acompanharam-no o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, a presidente de Câmara de Neuville-Sur-Saöne, Valerie Glatard, o antigo presidente da Câmara de Sury-le-Comtal, Roger Damas, bem como os vereadores da Câmara Municipal, o presidente da União de Freguesias de Refojos, Outeiro e Painzela e o comandante do Posto da GNR de Cabeceiras de Basto.

Presidente da Câmara na procissão em honra de S.

Esta manhã, pelas 11h00, na Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, celebrou-se a Missa Solene em Honra do Padroeiro, presidida pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, que atraiu àquele templo largas centenas de fiéis.

Procissão em honra de S. Miguel  (1)

Procissão em honra de S. Miguel  (2)

Procissão em honra de S. Miguel  (3)

Procissão em honra de S. Miguel  (4)

THEATRO CIRCO ACOLHE DEBATE QUE SERÁ O “PONTO ALTO” DO MÊS DA CIÊNCIA EM BRAGA

Apresentação decorreu no Museu Nacional da História Natural e Ciência, em Lisboa

O Museu Nacional da História Natural e Ciência, em Lisboa, foi hoje, dia 29 de Setembro, palco da apresentação do ´Mês da Ciência´, iniciativa desenvolvida pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS). O evento terá o seu ponto alto em Braga, dia 19 de Novembro, com a realização do 5º Encontro Nacional da FFMS, no Theatro Circo, sob o mote ´A Ciência em Três Actos: Sociedade, Prosperidade e Política´.

CMB29092015SERGIOFREITAS0000001065

No Encontro vão participar diversos especialistas de reputação mundial na área, que irão debruçar-se sobre a sociedade do conhecimento científico. São três os painéis de debate onde serão discutidos o significado da ´literacia científica´, a relação entre investigação científica e prosperidade social e económica e a relação entre investigação e políticas públicas. Após o encerramento dos painéis de debate, o palco da centenária casa de espectáculos recebe o programa ´Governo Sombra´, pelas 19h00.

De acordo com Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, a escolha de Braga como anfitriã deste Encontro é mais um reconhecimento de que ´algo de diferente´ se está a passar na cidade que merece uma atenção especial por parte dos agentes nacionais e internacionais.

CMB29092015SERGIOFREITAS0000001063

“Braga é hoje sede de centros de investigação em áreas muito diferenciadas, com o INL a assumir-se como principal cartão-de-visita nessa matéria, e é também uma cidade onde as novas gerações podem ter consciência que não precisam de ir para fora para serem cientistas, já que encontram no território infra-estruturas, equipamentos e projectos de qualidade onde podem desenvolver o seu trabalho”, garantiu, acrescentando que, ponto de vista económico, Braga acolhe diversas empresas reconhecidas internacionalmente que assentam no conhecimento e na ciência o seu factor de competitividade.

O autarca referiu ainda a conjugação de esforços entre os diversos agentes da região como factor que tem marcado a diferença no desenvolvimento da cidade. “A ligação entre os centros de investigação, as Universidades, o tecido económico e as associações industriais e comerciais têm feito de Braga um polo de atracção cada vez maior de investimento ”, referiu, enfatizando que se está a criar um ´ecossistema´ que permite o surgimento de projectos diferenciadores.

O encontro realiza-se em plena Semana Nacional da Ciência e Tecnologia de 2015, sendo que, de acordo com Nuno Garoupa, presidente da FFMS, um dos principais motivos que levou à escolha de Braga para acolher o evento relaciona-se com a presença na cidade da Universidade do Minho, uma das instituições académicas mais dinâmicas e reputadas do país.

Segundo Nuno Garoupa esta será uma ´oportunidade rara de ouvir oradores estimulantes, reunidos pela primeira vez em torno destes temas´. “O Encontro prossegue a política de descentralização que temos posto em prática e estamos certos de que em Braga teremos uma resposta muito positiva por parte da sociedade civil, da Academia, dos estudantes e dos entusiastas da Ciência”, afirmou.

Durante todo o mês de Novembro decorrerão outras actividades no âmbito do ´Mês da Ciência´. Coimbra recebe, dia 11 de Novembro, a Conferência ´Matemática, Cultura e Criação´. Dia 23 de Novembro, em Lisboa, está previsto o lançamento do estudo ´Cultura Científica em Portugal: Ferramentas Para Perceber o Mundo e Aprender a Mudá-lo´. Por fim, dia 24 de Novembro, no Centro da Ciência Viva de Coimbra, será inaugurada a Exposição Pordata Viva.

 CMB29092015SERGIOFREITAS0000001061

PONTE DE LIMA OPÕE-SE À CRIAÇÃO DE TURMAS MISTAS NAS ESCOLAS

Criação de Turmas Mistas: Câmara Municipal de Ponte de Lima demonstra o seu descontentamento

A Câmara Municipal de Ponte de Lima vem por este meio expressar publicamente o seu descontentamento face à tutela no que respeita à criação de turmas mistas em várias escolas do concelho de Ponte de Lima.

foto_engenho_f_piqueiro

Até ao momento, a autarquia tudo tem feito no sentido de evitar esta situação, quer na solicitação conjunta com os Agrupamentos de Escolas da abertura de novas salas face às necessidades, quer na execução, ao longo do tempo, de um conjunto de políticas que se centram na criança e na sua educação, desde o ensino pré-escolar ao ensino básico do primeiro ciclo, assumindo também todas as competências presentes na legislação portuguesa. Algumas dessas políticas, fomentadas pelo Município limiano, são hoje uma referência a nível nacional, nomeadamente através da execução do plano definido da Carta Educativa - Reordenamento da Rede Educativa de Ponte de Lima. No total, foram construídos 12 Centros Educativos, representando um investimento de 27.150.516,51€ em obras, equipamento e terrenos, obtendo uma comparticipação de fundos comunitários no valor de 16.341.321,76€. Paralelamente, tem sido efetuado um grande esforço na melhoria contínua da qualidade dos Serviços Educativos e no apoio aos projetos educativos.

Face a esta grande aposta do Município na Educação, consideramos que esta decisão do Ministério da Educação é um retrocesso sem paralelo, uma vez que a constituição de turmas mistas nos vários Centros Educativos prejudica a aprendizagem da generalidade dos alunos, tanto em qualidade como em diversidade.

Neste contexto e sendo a Educação um pilar fundamental para o desenvolvimento do concelho e para a formação dos jovens limianos, a autarquia demonstra o apoio a toda a comunidade escolar, que tem protestado contra esta opção do Ministério da Educação.

Ponte de Lima, 29 de setembro de 2015

Município de Ponte de Lima

GUIMARÃES REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

AGENDA DE TRABALHOS PARA O DIA 01 DE OUTUBRO DE 2015 

Reunião descentralizada do Executivo Municipal esta quinta-feira na Igreja Românica de Serzedelo

Nova edição da “Câmara Aberta” decorrerá no interior de um Monumento Nacional. De tarde, o Presidente do Município realiza conjunto de visitas a instituições da vila.

Igreja_Serzedelo

A sétima reunião de Câmara descentralizada do Executivo Municipal de Guimarães realiza-se esta quinta-feira de manhã, 01 de outubro, pelas 10 horas, na Igreja Românica de Serzedelo. O encontro, agendado no âmbito da iniciativa “Câmara Aberta”, principiará com um momento musical protagonizado pela jovem Sandra Azevedo, seguindo-se uma intervenção do Presidente da Junta de Freguesia de Serzedelo, Raul Peixoto.

Da ordem de trabalhos, constituída por 18 pontos, destaque para a adjudicação de uma nova requalificação e beneficiação de arruamentos da rede viária municipal, no valor superior a um milhão de euros. Será também apreciada a repartição de encargos para a instalação da Cantina Económica em edifício municipal, atribuição de apoio à Junta de Freguesia de Aldão para aquisição de projetos de especialidades para o Campo de Jogos e balneários no clube, proposta de adesão à Carta Europeia para a Igualdade das Mulheres e dos Homens na Vida Local, publicitação de início de procedimento para a definição do regulamento de atribuição de Habitação Social, entre outros assuntos.

No final da reunião, o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães visitará, durante a tarde, um conjunto de instituições, coletividades e associações da vila, iniciando o seu périplo pelas 14:30 horas, com uma deslocação à Escola EB1 e Jardim de Infância da Eirinha, seguindo-se às 15:15 horas uma visita ao Grupo Desportivo de Serzedelo. Logo depois, estará no Centro Social Paroquial de Santa Cristina de Serzedelo e, pelas 16:45 horas, na Casa do Povo de Serzedelo. O périplo termina com uma visita às instalações da empresa “Crispim Abreu & Companhia, Lda”, agendada para as 17:30 horas. 

Com o objetivo de descentralizar o poder e estar cada vez mais próximo dos vimaranenses, o Presidente do Município está a dedicar, trimestralmente, um dia completo às vilas e freguesias do concelho para ouvir problemas e ideias das pessoas. As vilas de Ronfe (janeiro 2014), Caldas das Taipas (abril 2014), Pevidém (setembro 2014), São Torcato (dezembro 2014), Lordelo (março 2015) e Ponte (junho 2015) receberam as primeiras seis edições desta medida de descentralização.

A Ordem de Trabalhos completa da reunião do Executivo Municipal desta quinta-feira é a seguinte:

01 - Instalação de Cantina Económica em Edifício Municipal - S. Paio - Repartição de Encargos

02 - “Instalação da Cantina Económica em Edifício Municipal - S. Paio” - Adjudicação

03 - Aprovação da Ata da Reunião Ordinária de 17 de setembro de 2015

04 - Requalificação e beneficiação de arruamentos da rede viária municipal - Repartição de Encargos

05 - Requalificação e Beneficiação de Arruamentos da Rede Viária Municipal - Adjudicação

06 - Reperfilamento e beneficiação da rua S. Torcato e implantação de placa giratória da volta do Pedroso - Azurém - Supressão de trabalhos

07 - Freguesia de Aldão - Aquisição de Projetos de Especialidades para o Campo de Jogos e Balneários na Freguesia de Aldão – Apoio à Junta de Freguesia de Aldão

08 - Proposta de Adesão à Carta Europeia para a Igualdade das Mulheres e dos Homens na Vida Local

09 - Regulamento de Atribuição de Habitação Social - Publicitação de Início de Procedimento

10 - Comodato - EB1 de Real, freguesia de Briteiros Santo Estêvão

11 - Doação do serviço de restauro de dois documentos da Irmandade de São Pedro, nomeadamente o livro de “Estatutos Antigos da Irmandade de São Pedro da Vila de Guimarães” e o livro de “Aceitação de Irmãos da Irmandade de São Pedro”.

12 - Doação de Mobiliário à Fraterna 

13 - Doação de Mobiliário - Centro de Cultura e Desporto “O Desportivo de Ronfe”

14 - Material escolar - Ação Social Escolar do 1º CEB - Ano letivo 2015/2016

15 - Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães – atribuição de subsídio para utilização da BlackBox da Plataforma das Artes e da Criatividade

16 - Centro Hospitalar do Alto Ave, EPE – atribuição de subsídio para utilização do Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor

17 - Grupo Folclórico da Corredoura - atribuição de subsídio

18 - Aprovação da Ata em Minuta

CABECEIRAS DE BASTO HOMENAGEIA INSTITUIÇÕES E CABECEIRENSES ILUSTRES

Município homenageia seis cidadãos e duas instituições cabeceirenses

Seis cidadãos e duas instituições cabeceirenses foram esta manhã, dia 29 de setembro, homenageados durante a sessão solene do Dia do Município, uma cerimónia pública de grande simbolismo que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que teve lotação esgotada.

Medalha de Ouro - Mário Campilho

A homenagem da Câmara Municipal às individualidades/instituições que prestigiaram e continuam a prestigiar o Município de Cabeceiras de Basto traduziu-se na entrega de duas Medalhas de Ouro a Mário Campilho e Adriana Ferreira, duas Medalhas de Prata à Cruz Vermelha do Arco de Baúlhe e a José Manuel Borges e ainda quatro Votos de Louvor, Congratulação e Agradecimento a Armindo Nunes, Carlos Eugénio Leite, Paulo Mucha e Escola Básica da Ferreirinha.

À cerimónia evocativa da efeméride associaram-se o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, a presidente de Câmara de Neuville-Sur-Saöne, Valerie Glatard, o antigo presidente da Câmara de Sury-le-Comtal, Roger Damas, bem como os vereadores e presidentes das Juntas de Freguesia, o comandante do RC6, Coronel Rui Ferreira, entre outros autarcas e demais convidados, familiares e amigos dos homenageados.

A cerimónia do Hastear da Bandeira contou com a guarda de honra dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses.

Presidente da Câmara Municipal no uso da palavra

O início desta sessão solene ficou marcado pela atuação dos jovens músicos Adriana Ferreira e Carlos Eugénio Leite e pela entrega das medalhas e votos aos homenageados. Na oportunidade, todos eles preferiram palavras sentidas e emocionadas de agradecimento à Câmara Municipal.

O presidente da Câmara, na sua alocução lembrou que “comemorar o Dia do Município é antes de tudo lembrar o que somos como Concelho. Terra a quem D. Manuel I concedeu Foral há 501 anos. Comemorar o Dia do Município é lembrar os valores da nossa identidade comum de Cabeceirenses”.

E continuou: “une-nos o nosso Mosteiro, que queremos ver como Património Cultural da Humanidade. Une-nos o amor a esta terra onde vivemos e convivemos. Une-nos o Município a que nos honramos de pertencer e de servir”.

De acordo com as palavras de Francisco Alves, “comemorar o Dia do Município é também lembrar e homenagear aqueles que, de entre nós, se distinguem pelo que são e pelo que fazem e fizeram. E ser Presidente de Câmara, no Dia do Município, e poder homenagear pessoas e instituições pelo que são e pelo que fazem, é um privilégio muito motivador”, disse.

Medalha de Ouro - Adriana Ferreira

Por decisão unânime do Executivo Municipal prestou-se hoje homenagem “a pessoas e instituições de que a nossa terra muito se orgulha”, afirmou o presidente da Câmara.

E concluiu: “nas pessoas dos nossos homenageados de honra do Dia do Município prestamos também homenagem a todos os que de forma abnegada e muitas vezes anónima desenvolvem atividades de grande mérito nas áreas do associativismo, da cultura, da educação, do desporto, da saúde, das autarquias. Cabeceiras de Basto tem um grande futuro à sua frente. Cabeceiras e Basto conta com todos”.

Por sua vez, o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, disse tratar-se de “um dia no qual os Cabeceirenses se reveem já que o Município é uma entidade concreta com território, história, cultura e símbolos próprios de um povo antigo e determinado”.

E prosseguiu: “é, sem dúvida, um momento ideal para exaltar os valores da terra, nomeadamente cidadãos, instituições ou entidades que, ao longo do tempo, se vão notabilizando pelo trabalho que desenvolvem e através do qual contribuíram para a promoção do concelho aquém e além-fronteiras”.

Joaquim Barreto felicitou todos os homenageados pelo que fizeram em prol da sua terra.

Homenageados

Ainda, no seu discurso, o presidente da Câmara referiu-se, desta forma, aos homenageados: “foi Presidente de Câmara durante 14 anos. Distinguiu-se também pela sua ação em Instituições Cabeceirenses como os Bombeiros Voluntários, a Banda e a Misericórdia. Militante e dirigente do PSD defendeu os ideais democráticos deste Partido. A sua obra fala por si.

Não seria preciso dizer o seu nome porque é conhecido e reconhecido por todos. Foi, como disse, o presidente da Câmara. É hoje o Cidadão Mário Campilho.

O Executivo Municipal decidiu, por unanimidade, atribuir-lhe a Medalha de Ouro pela ação meritória, notável e exemplar ao serviço de Cabeceiras de Basto, enquanto cidadão e autarca, e pelos relevantes serviços de caráter cívico e político que prestou ao concelho.

Muito Obrigado Senhor Mário Campilho”.

“É ainda muito jovem. Pouco passa dos vinte anos. Começou aqui onde se distinguiu pela sua inteligência e apetência para a música. Mas é, sem dúvida, uma referência de destaque no panorama dos músicos portugueses, europeus e mundiais. Chegou onde nenhum português tinha chegado antes. Apenas com 17 anos foi admitida no Conservatório Superior de Dança e Música de Paris. Já atuou nos principais palcos do mundo e foi premiada em Itália, Dinamarca, Japão, França, Suíça e Portugal. É solista como flautista da Orquestra Nacional de França. Esta jovem, perdoem-me a comparação, se em vez da música estivesse no futebol estaria acima do Cristiano Ronaldo.

O seu nome é Adriana. Adriana Ferreira. Adriana José Morais Ferreira.

Em 2010 a Câmara Municipal aprovou um voto de louvor, congratulação e regozijo pelo primeiro prémio obtido na Dinamarca num famoso concurso internacional. Cinco anos depois, atribui-lhe a Medalha de Ouro do Município. No futuro teremos com certeza que criar um galardão especial para continuar a homenagear a obra e os feitos da nossa Adriana Ferreira.

Parabéns Adriana”.

“O Executivo Municipal decidiu atribuir a Medalha de Mérito Público – Grau Prata à Cruz Vermelha de Arco de Baúlhe, pelo trabalho desenvolvido ao longo de 25 anos na promoção de socorro às populações e de bem-estar e qualidade de vida dos utentes que serviu e serve.

Muito Obrigado à Cruz Vermelha do Arco de Baúlhe e a todos os que lá trabalham sejam os seus diretores ou os seus funcionários. Continuem a contribuir para a projeção do nome e da imagem de Cabeceiras de Basto”.

“O Professor José Manuel Borges Machado leva mais de trinta anos de dirigente associativo empenhado e dedicado como poucos.

É justo reconhecer a sua dedicação a Cavez, em particular, e ao concelho, em geral, não só como dirigente mas também enquanto responsável pelo Boletim Informativo de Cavez que transporta bem longe as notícias da nossa terra.

A Câmara Municipal em sinal de reconhecimento pelo importante contributo que tem dado, de uma forma voluntária, para a projeção do concelho deliberou atribuir-lhe a Medalha de Mérito Público – Grau Prata.

Bem-haja Prof. José Borges”.

“E voltamos à música. É ainda mais jovem que a Adriana. Tem apenas 21 anos. Distingue-se no trompete, instrumento com o qual já obteve vários prémios. A sua internacionalização iniciou-se em Barcelona e Berlim. Tem um futuro promissor.

O seu nome é Carlos Eugénio Leite.

O Executivo Municipal aprovou por unanimidade um Voto de Congratulação pelo já marcante percurso musical do Carlos Eugénio Aguiar Leite. Acredito que em breve a Câmara Municipal estará de novo a homenagear este jovem músico Cabeceirense.

Força caro amigo. Continua assim. Irás longe. Parabéns”.

“Homenageamos hoje também aquele que poderá ter sido o primeiro responsável pela brilhante carreira destes extraordinários músicos. Dirigiu a Banda Cabeceirense e a sua Escola de Música que tão bons resultados tem conseguido atraindo tantos e tantos jovens para esta arte.

Estamos-lhe gratos Sr. Armindo Nunes pela dedicação e empenho que sempre colocou no seu trabalho e que contribuiu para o aumento do prestígio e para a promoção de Cabeceiras de Basto.

A Banda Cabeceirense, Cabeceiras de Basto e os Cabeceirenses orgulham-se do seu trabalho.

Muito Obrigado”.

“Uma Aventura no Mosteiro de Refojos é o título de um trabalho literário coletivo elaborado pelos alunos da Turma C 2 dos 3º e 4º anos da Escola Básica da Ferreirinha, em Cavez. Entre dez mil trabalhos no concurso nacional da Editora Caminho o júri classificou em primeiro lugar o texto original Uma Aventura no Mosteiro de Refojos.

O Executivo Municipal decidiu por unanimidade aprovar um Voto de Congratulação por este feito à Escola Básica da Ferreirinha extensivo à professora responsável e aos seus alunos.

Parabéns a todos”.

“O Campeão Europeu de Tiro ao Voo é Cabeceirense. Já conquistou diversos prémios. Agora é o título máximo à escala da Europa.

O Executivo Municipal decidiu por unanimidade aprovar um Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo ao Paulo Mucha pelos seus inúmeros êxitos e particularmente pelo título de Campeão da Europa de Tiro ao Voo.

Parabéns. Muito provavelmente iremos falar deste campeão mais vezes”.

Hastear da Bandeira

CELORICO DE BASTO HOMENAGEIA PADRE ANTÓNIO GONÇALVES

Câmara Municipal de Celorico de Basto homenageia pároco com medalha de Mérito Grau Prata

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, entregou ao Padre António Gonçalves, em dia de comemorações do seu jubileu de Prata, a medalha de mérito Grau Prata pelo reconhecimento e a dedicação tida, durante 25 anos, à comunidade local. A cerimónia decorreu no dia 27 de setembro, na paróquia de Molares.

DSC_9926

“Este Homem ficará na história do concelho de Celorico de Basto e toda a comunidade celoricense reconhece todo o trabalho desenvolvido ao longo destes anos. Este é um ato simbólico, oferecemos uma medalha de prata mas o sentimento é de ouro, e que daqui a 25 anos estejamos a celebrar a bodas de ouro com melhores condições para continuar a desenvolver o seu trabalho com o brio que fez até hoje. Não é só o padre António, é um bom homem, um amigo que persiste, insiste e alcança”, disse o edil Celoricense.

_DSC0107

As celebrações dos 25 anos de sacerdócio do padre Antonio Gonçalves contaram com a presença de toda a comunidade paroquial que preside e outros convidados que não quiseram faltar a um momento tão marcante na vida de um sacerdote.

Em jeito de agradecimento às palavras do presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto o Padre António Gonçalves realçou “nunca fiz nada mais que a minha obrigação. Eu sou, não um escravo, mas um servo que está ao serviço de Deus, da Igreja e do bem público”.

_DSC0031

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28 DE SETEMBRO DE 2015

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

- No período antes da Ordem do Dia a Câmara congratulou-se com a decisão por parte da Secretaria de Estado do Ambiente em reprovar a construção da mini hídrica em Sistelo e felicitou todas as entidades que garantiram esta decisão, bem como realçou o trabalho da Câmara Municipal neste processo que fez questão de chamar a população arcuense a debater e a acompanha-lo;

- Também foi referida a iniciativa levada a cabo em Arcos de Valdevez pela Ordem dos Engenheiros, por ocasião do Dia Regional dos Engenheiros. Uma iniciativa que deu um grande reconhecimento ao concelho e trouxe no passado sábado até Arcos de Valdevez uma parte importante dos engenheiros de portugueses e homenageou os engenheiros da Região Norte Gerardo José Sampaio Silva Saraiva de Menezes, natural deste concelho, bem como Luís Garcia Braga da Cruz e António Carlos Andrade Figueiredo Vasconcelos.

- Também informou que a Câmara Municipal se encontra a visitar as freguesias do concelho para preparar o Plano de Atividades para o ano 2016, o qual deverá ser apresentado em reunião de Câmara em meados de outubro para depois ser submetido à Assembleia Municipal para aprovação.

- O Sr. Presidente informou de igual modo que houve uma reunião com as Águas do Norte no sentido de se programarem as obras que se deverão levar a cabo.

- Por último informou que irá decorrer esta terça-feira, dia 29 de setembro, nos Paços do Concelho, pelas 18h30, a assinatura dos Protocolos com as Associações.

PROTOCOLOS DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO 2015

Foi aprovado celebrar protocolo de apoio à atividade com associação recreativa e cultural de Aguiã no valor de € 2000,00, igual ao apoio do ano transato.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO

AMPLIAÇÃO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO – ARCOS DE VALDEVEZ (SAO PAIO) – TRAMO 4 E 5: Foi aprovado o PROJETO para a execução da empreitada de “Ampliação da Rede de Saneamento Básico - Arcos de Valdevez (S. Paio) - Tramo 4 e 5”, com o intuito de se dar início ao procedimento concursal tendente à sua adjudicação, pelo valor base de 382.000,00 Euros e prazo contratual de 180 dias;          

AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – FREGUESIA DE CABREIRO – IGREJA: Foi aprovado o PROJETO para a execução da empreitada “AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Freguesia de Cabreiro (Igreja)”, com o intuito de se dar início ao procedimento concursal tendente à sua adjudicação, pelo valor base de 84.000,00 Euros e prazo contratual de 120 dias;

AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Freguesia de Gondoriz (Seixal/Vila Boa): foia provado o PROJETO para a execução da empreitada “AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - Freguesia de Gondoriz (Seixal/Vila Boa)”, com o intuito de se dar início ao procedimento concursal tendente à sua adjudicação, pelo valor base de 60.000,00 Euros e prazo contratual de 120 dias.

Com o projeto de execução em referência, pretende-se a ampliação da rede de distribuição de água aos lugares de Seixal e Vila Boa, em Gondoriz. Parte dos lugares

ainda não se encontra servido de rede e existem inúmeros pedidos dos habitantes para ligação à rede, dada a dificuldade de obter água por furos artesianos nesta zona.

A intervenção proposta permitirá aumentar a cobertura local, prevendo-se a instalação de condutas de distribuição numa extensão de cerca de 1,8 km, com instalação

de 22 ramais domiciliários, uma redutora de pressão e hidrantes.

“PROJETO DE EXECUÇÃO PARA ABASTECIMENTO DE ÁGUA À FREGUESIA DA MIRANDA: foi deliberado autorizar a abertura de procedimento concursal para elaboração de “projeto de execução para abastecimento de água à freguesia da Miranda”, pelo valor de € 8700,00, mais IVA e o prazo de execução de 30 dias.

DESENVOLVIMENTO

Associação do Desenvolvimento das Regiões do Parque Nacional Peneda-Gerês – ADERE: foi deliberado proceder ao pagamento dos valores em dívida referentes às comparticipações em projetos e às quotas de 2014 e 2015 no valor de e 27 980,96.

PATRIMÓNIO GEOLÓGICO E GEOMORFOLÓGICO: foi aprovada a proposta de trabalhos e orçamento no valor de 4955€+IVA para inventariação e caraterização de património geológico e geomorfológico deste concelho.

CULTURA

PROCEDIMENTO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO INFORMATICO PARA ARQUIVO DIGITAL DA MEMÓRIA ARCUENSE: foi deliberado conceder, no âmbito da Operação 0607_ARPAD_1_E - ARPAD, financiada pelo POCTEP, no que concerne à sua acção do Arquivo Digital da Memória Arcuense, a emissão de pedido de parecer prévio vinculativo por parte do Executivo nos termos dos nos 5, 6, e 12, do art.º 75º, da Lei nº 82-B/2014, de 31 de Dezembro e art.º. 3, da Portaria nº 149/2015, de 2 de Maio.

De igual modo foi autorizada a abertura de um procedimento administrativo de Ajuste Direto, com a designação “Aquisição de equipamento informático para Arquivo Digital da Memória Arcuense", nos termos do art. 20, nº 1, al. a), do Código de Contratação Pública, aprovado pelo Decreto-Lei nº 18/2008, de 29 de janeiro, com consulta a 3 fornecedores, considerando o preço base no valor de 34.269,00 euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor.

CORTEJO ETNOGRAFICO – FESTAS DE Nª Sª DA LAPA – EDIÇÃO 2015foram aprovados os custos respeitantes ao Cortejo Etnográfico, integrado nas Festas de Nª Sª da Lapa, sendo o custo total no valor de € 6 000,00.

OBRAS MUNICIPAIS

EMPREITADA DE REABILITAÇÃO, CONSERVAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS – LIGAÇÃO DA COSTA DO MOURO – GRADE – ÁZERE”: foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

“BLOCO XXXII – CAMINHO DA LAMEIRA – BOUÇAS DONAS – CABANA MAIOR: foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

“REABILITAÇÃO CONSERVAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS – CAMINHO DE LIGAÇÃO DO LUGAR DA CHA DA CABANA AO C. M. 1323 - VALE”: foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

“CONSTRUÇÃO DO CENTRO ESCOLAR DA EB1/j1 DA SEDE DO CONCELHO DE ARCOS DE VALDEVEZ” : foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

BLOCO XLIV – CAMINHO DE ACESSO Á VARZEA A PARTIR DA BARRAGEM SOAJO”: foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

BLOCO “ XLIV-CAMINHO DE LIGAÇÃO DE CASARES Á FREITA – VALE”: foi deliberado proceder à homologação do auto, bem como autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

AMPLIAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DE PAÇÕ – CONTA FINAL

Foi deliberado aprovar a conta final respeitante à obra em epígrafe, no valor de € 142 133,48.

CONSTRUÇÃO DE INSTALAÇÕES SANITÁRIAS PÚBLICAS DE APOIO AO CAMPO DA FEIRA E CEMITÉRIO NA FREGUESIA DE SOAJO: foi aprovado o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à firma Inovlima – Engª e Construção, Ldª, de Ponte de Lima.

“PARQUE EMPRESARIAL DAS MOGUEIRAS – SANEAMENTO DE SOLOS”, foi aprovado o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à firma Boaventura & Boaventura, Ldª, de Barroselas.

EMPREITADA DE CAMINHO DE ACESSO A COTO MOINHO (GONDORIZ) E CAMINHO DE BARBEITOS (ÁLVORA) RAMAIS, B, C ,D E”: foi aprovado o auto de receção provisória respeitante à obra em epígrafe, adjudicado à firma Sebastião da Rocha Barbosa, Ldª, de Ponte da Barca.  

ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Foram aprovadas duas propostas de prestação de serviços, apresentadas pela Área Alto Minho para a “gestão de iluminação pública e dos consumos de energia elétrica em equipamentos municipais”

GESTÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA – foi deliberado adjudicar o serviço " Monitorização de Consumos de Iluminação Pública", por 1 ano e pelo valor mensal de 120,00 euros, acrescido de iva.

GESTÃO DOS CONSUMOS DE ENERGIA ELÉTRICA EM EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS: foi deliberado adjudicar pelo período de 1 ano, o serviço de "Monitorização de Consumos de Equipamentos Municipais", incluindo relatórios sínteses semestrais e relatórios anuais pormenorizados, com a identificação das cargas de cada uma das instalações elétricas e a respetiva distribuição dos consumos, pelo valor mensal de 100,00 euros, acrescido de iva.

ACADEMIA DE MÚSICA FERNANDES FÃO REALIZA CONCERTO NO VALADARES, TEATRO MUNICIPAL DE CAMINHA

O concerto Dia da Música terá lugar sábado, dia 3 de outubro, pelas 22 horas

A Academia de Música Fernandes Fão vai assinalar o Dia Mundial da Música que se comemora amanhã, com o concerto “Dia da Música” no Valadares, Teatro Municipal de Caminha, que terá lugar no próximo sábado, dia 3, pelas 22 horas. A entrada é livre.

A música tem levado o nome de Caminha além-fronteiras. São muitos os músicos do concelho com carreiras reconhecidas no panorama musical português e até mesmo internacional.

O concerto Dia da Música está a cargo da Academia de Música Fernandes Fão, que se associou ao Município de Caminha, para juntos celebrarem a música.

Recorde-se que o Valadares, Teatro Municipal de Caminha tem sido palco de grandes concertos e de grandes espetáculos. Este ano, foram muitos os artistas que por lá passaram: Lula Pena, Tó Trips, Sociedade Musical Banda Lanhelense, The Wheatherman, Norberto Lobo, B Fachada, Academia de Musica Fernandes Fão, JP Simões, Samuel Úria, Radio

BRAGA CECE CONVENTO DE S. FRANCISCO À UNIVERSIDADE DO MINHO

Proposta de cedência à UMinho aprovada por unanimidade. Convento de S. Francisco será atracção patrimonial da Cidade

Foi ontem aprovada, por unanimidade, a proposta de cedência do edifício do Convento de S. Francisco, em Real, à Universidade do Minho (UMinho). Em sede de reunião descentralizada do Executivo Municipal que, desta feita, teve como palco a Junta de Freguesia de Navarra, foi assim dado um “importante passo” para a requalificação do edifício, onde será instalada a Unidade de Arqueologia da UMinho, actualmente sediada no centro da Cidade.

CMB28092015SERGIOFREITAS000000363

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, este é o destino certo para um edifício classificado como ‘um dos grandes testemunhos do património colectivo’. “Depois de uma opção que sempre consideramos errada de instalação da Pousada da Juventude no Convento de S. Francisco, finalmente foi encontrada uma solução que agrada a todas as partes envolvidas”, referiu.

O imóvel, que actualmente se encontra em estado de degradação e sem utilização há vários anos, vai ser alvo de um projecto de requalificação que o tornará num “importante polo de atracção patrimonial da Cidade”. A UMinho ficará responsável pela execução e concretização do projecto de reabilitação, assim como pela criação de um espaço museológico com circuitos de visita abertos ao público no Convento de S. Francisco.

CMB28092015SERGIOFREITAS000000362

Segundo o Autarca, este acordo vai permitir que a Unidade de Arqueologia da UMinho “tenha finalmente um espaço para desenvolver o seu trabalho em condições condignas e a freguesia de Real vê um activo a ser valorizado como uma fonte de atracção turística pois o Convento de S. Francisco irá complementar a oferta do Mosteiro de S. Martinho de Tibães e do Núcleo Museológico de Dume”. Já para o Município de Braga, Ricardo Rio lembrou que “é positivo que uma entidade assuma o ónus de desenvolver este investimento e que tenha condições materiais para o fazer, visto que o Município não teria disponibilidade financeira para o fazer num futuro próximo”.

Uma das pretensões da União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe, prende-se com a inclusão de uma escola de artes e ofícios. Sobre esta matéria, Ricardo Rio adiantou que “haverá agora um diálogo entre a União de Freguesias e a Universidade do Minho, de forma a estudarem as possibilidades de inclusão dessa escola no projecto”.

CMB28092015SERGIOFREITAS000000364

VIZELA COMEMORA DIA DO ANIMAL

Sábados na Biblioteca: Comemoração do Dia Mundial do Animal

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 3 de outubro, às 15.30h, a atividade hora do conto, com a comemoração do Dia Mundial do Animal em parceria com Associação Coração Azul.

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes está aberta todos os sábados, a partir do mês de outubro: No primeiro sábado de cada mês realiza-se a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h30.

Sábados na biblioteca

Comemoração do Dia Mundial do Animal

em parceria com a Coração Azul

Sábado, 3 outubro, 15h30

Hora do conto + atelier expressão plástica + surpresa Coração Azul

Atividade gratuita para crianças e famílias.

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE MONÇÃO APROVA VALOR MINIMO DO IMI PARA PRÉDIOS URBANOS

A aplicação da taxa, variável entre 0,3% e 0,5%, é uma escolha dos municípios. Monção optou pela taxa mínima, autorizando ainda a sua redução, numa percentagem entre 10 e 20%, mediante o número de dependentes. Exemplificando: para um imóvel avaliado em 80 mil euros, o imposto é de 240,00 €, descendo para 216,00 € (1 filho), 204,00 € (2 filhos) e 192,00 € (3 ou mais filhos).

A Assembleia Municipal de Monção, reunida na passada sexta-feira, no Cine Teatro João Verde, aprovou, por unanimidade, as taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para o próximo ano, optando pelo valor mínimo de 0,3 por cento para os prédios urbanos acrescido da autorização de redução da mesma taxa mediante o número de dependentes a cargo.

Desta forma, quem tiver um filho beneficia de uma redução de 10% sobre a taxa aprovada (0,3%), quem tiver dois filhos beneficia de uma redução de 15% e quem tiver três ou mais filhos a redução sobe para 20%. Exemplificando: para um imóvel avaliado em 80 mil euros, o imposto é de 240,00 €, descendo para 216,00 € (1 filho), 204,00 € (2 filhos) e 192,00 € (3 ou mais filhos).

Aquela deliberação, aprovada no executivo municipal em reunião extraordinária do dia 21 de setembro, estabelece ainda que, nos termos do nº 8 do artº 112 do CIMI, a taxa fixada seja majorada em 30% para os prédios urbanos degradados, visando, com isto, promover a requalificação de imóveis em adiantado estado de deterioração.    

A taxa mínima aprovada e as reduções para os agregados familiares com dependentes colocam Monção no mapa dos concelhos portugueses com o IMI mais barato, revelando, segundo o autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, a preocupação e sensibilidade social do Município face à atual conjuntura económica.

Acrescentou: “Apesar da acentuada queda na receita dos municípios e do agravamento dos encargos a nível da educação e da ação social, esta decisão teve em consideração as grandes dificuldades que atravessam muitas famílias monçanenses, diminuindo os seus encargos financeiros com a habitação”.

Esta decisão surge no seguimento de outras medidas que fazem de Monção um concelho bom para viver e investir. A derrama, imposto municipal sobre o lucro tributável das empresas, continua fora das opções fiscais do município, protegendo as empresas instaladas, incentivando a empregabilidade, criando maior dinamismo empresarial e captando novos investidores.

No apoio às famílias, a autarquia tem taxas, tarifas e licenças em valores reduzidos, apresenta tarifários especiais para famílias numerosas na cobrança de água ao domicílio, comparticipa a compra de medicamentos a idosos carenciados, oferece serviços de arqueologia nos centros históricos, devolve aos munícipes 0,5 % da participação do município no IRS e isenta de taxas a reconstrução de imóveis degradados.  

‘AVÓSPEDAGEM’ PROMOVE EM BRAGA DIÁLOGO SOLIDÁRIO DE GERAÇÕES

Realizou-se hoje, dia 29 de Setembro, a apresentação do vídeo oficial de promoção do projecto ‘Avóspedagem’, numa cerimónia que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Braga. O programa, promovido pelo Fundo Social em parceria com o Gabinete de Acção Social do Município de Braga, permite aos estudantes de fora do Concelho ficar alojados em casas de idosos.

1

Através do diálogo solidário intergeracional, a iniciativa visa combater o isolamento da população sénior e auxiliar os jovens com dificuldades socioeconómicas e com dificuldades de alojamento durante o seu percurso académico.

Para Firmino Marques, vice-presidente do Município de Braga, “impunha-se o relançamento deste programa perante as suas virtualidades para a sociedade Bracarense”, referiu, salientando o facto de esta apresentação decorrer precisamente no Dia Mundial do Coração.

2

“Este programa tem muito de ‘coração’ pela forma como permite alargar o conceito de família que, mesmo não assente em laços de sangue, emerge dos laços afectivos que são criados”, afirmou Firmino Marques.

O programa é dirigido aos idosos Bracarenses com mais de sessenta anos, com casa própria ou arrendada, que pretenda hospedar um estudante universitário em sua casa. Todo este procedimento é monitorizado pelo Fundo Social do Município de Braga, para que o idoso usufrua da amizade e companhia do jovem estudante, com toda a segurança.

O papel fundamental da Universidade do Minho (UMinho), e da Universidade Católica também foi destacado, “pelo modo como têm divulgado, acarinhado e, sobretudo, estimulado” o projecto, concluiu Firmino Marques.

4

Estas instituições de ensino superior reconhecem que este é um projecto com enfoque no bem-estar das pessoas, ao mesmo tempo que apela à responsabilidade civil das organizações. Segundo de Isabel Rêgo, da Universidade do Minho “trata-se de uma excelente iniciativa que tem tudo para dar certo e que precisa de uma aposta forte na sua divulgação”. Nesse sentido, continuou, “o Serviço de Acção Social da UMinho faz questão de esclarecer e divulgar o projecto junto da comunidade académica de forma a obtermos o maior número de candidaturas possível”.

Neste ano lectivo já se candidataram 20 estudantes que pretendem participar no projecto, sendo que as candidaturas estão a ser avaliadas por uma equipa multidisciplinar composta por psicólogos, sociólogos e assistentes sociais. Os jovens pagam uma renda simbólica de 20 euros mensais para ajuda nas despesas.

7

MONÇÃO REALIZA FESTIVAL DO CORDEIRO

Certame gastronómico dedicado aquele prato típico de Monção realiza-se nos dias 9, 10 e 11 de outubro com a participação de 23 restaurantes do concelho e uma programação complementar dirigida a vários públicos. No espaço multiusos, localizado na Praça-Deu-la-Deu, está prevista animação de rua, workshops de tradições, noite de fado, baile, visitas ao centro histórico de Monção, demonstrações culinárias e tertúlias gastronómicas.

A Câmara Municipal de Monção promove o 2º Festival do Cordeiro à Moda de Monção nos dias 9, 10 e 11 de outubro com a participação de 23 restaurantes do concelho e um programa complementar que prevê animação de rua, workshops de tradições, noite de fado, baile, visitas ao centro histórico de Monção, demonstrações culinárias e tertúlias gastronómicas.

Nesta iniciativa gastronómica, apoiada pela Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço e a EPRAMI, os restaurantes participantes, devidamente licenciados na categoria de restauração, prometem confecionar aquele prato tradicional com qualidade, requinte e genuinidade, apresentando-o em pequenos alguidares de barro com uma inscrição alusiva ao certame.

No primeiro dia, sexta-feira, pelas 20h00, decorrerá animação de rua com o Grupo de Gaitas e Cantares da Portela e o Grupo de Bombos “Os amigos de S. Pedro de Merufe”, seguindo-se, pelas 21h30, no Museu do Alvarinho, a apresentação da nova linha de merchandising do Município de Monção. Pelas 22h00, noite de fado com Ana Pinhal.

No dia seguinte, sábado, a manhã do Espaço Multiusos, com início às 10h00, engloba um workshop de tradições para público infantil, a demonstração culinária do Cordeiro à Moda de Monção com o chefe Rui Ribeiro, a professora Maria do Carmo e a presença do conhecido chefe Hélio Loureiro. No período matinal, estão igualmente previstas visitas orientadas ao centro histórico de Monção.

A hora do almoço, entre as 12h30 e as 14h00, faz-se ao som do Grupo de Concertinas “Os Magníficos” e o Grupo de Cavaquinhos “Flores da Terra”. Pelas 15h00, tem lugar mais um workshop de tradições, desta vez destinado ao público em geral, seguindo-se, pelas 16h00, o ateliê culinário infantil “Mini Hambúrguer de Cordeiro”, com o chefe Rui Ribeiro e a professora Maria do Carmo.

Pelas 17h30, realiza-se uma tertúlia moderada por Tito Couto com as presenças de José Cordeiro (gastronomia), Sara Covas (alimentação/saúde), Agostinho Peixoto (turismo) e Diego Dias (pastorícia). Entre as 20h00 e as 21h30, regressa a animação popular com o Grupo de Bombos de Pias e a Rusga “Amigos de Merufe”. O dia termina com um baile abrilhantado pelo “One Grupo Trio”.

No domingo, o dia abre pelas 10h00 com workshop de tradições para o público infantil, continuando, pelas 10h30, com visitas orientadas ao centro histórico de Monção e, pelas 11h00, com a demonstração culinária “Barrigas de Freira”, pelo chefe Rui Ribeiro e a professora Maria do Carmo.

O programa de animação completa-se com atuações de rua a cargo do Grupo de Bombos de Abedim e do Grupo “Os Cantares do Alvarinho”, entre as 12h30 e as 14h00, e workshop de tradições para o público em geral, entre as 15h00 e as 17h00.

Assumindo a promoção dos recursos endógenos e diferenciadores do concelho como uma das estratégias do executivo monçanense, este certame gastronómico tem como finalidade a manutenção da qualidade e a garantia da genuinidade deste prato com história e tradição no concelho de Monção.

Inicialmente associado ao consumo familiar em dias festivos, o Cordeiro à Moda de Monção, de arroz pingado e com nome ousado “Foda à Monção”, tornou-se, desde há vários anos, uma referência na gastronomia monçanense. O processo de certificação, em fase final, garantirá a qualidade e autenticidade deste prato obrigatório no roteiro gastronómico local.

“Ó Maria, já meteste a foda?”

A confeção deste prato em alguidar levado ao forno de lenha não só recupera o saber dos nossos antepassados como lhe adiciona um pouco de arte, carinho e profissionalismo das atuais cozinheiras. O nome artístico, digamos assim, reflete bem o caráter afável e bem-disposto dos monçanenses. Reza a história que:

“Os habitantes do burgo, que não possuíam rebanhos, dirigiam-se às feiras para comprar o animal. E, como em todas as feiras, havia de tudo, bons e maus. A verdade é que os produtores de gado, quando os levavam para a feira queriam vendê-los pelo melhor preço e, para que parecessem gordos, punham-lhes sal na forragem, o que os obrigava a beber muita água.

Na feira, apareciam com uma barriga cheia de água e pesados, parecendo realmente gordos. Os incautos que não sabiam da manha compravam aqueles autênticos “sacos de água” e, quando se apercebiam do logro, exclamavam à boa maneira do Minho: “que grande foda!”

O termo tanto se vulgarizou que o prato passou a designar-se, localmente, por Foda à Moda de Monção. De tal modo que é frequente, pelas alturas festivas (Páscoa, Corpo de Deus, Senhora das Dores e Natal ou Fim de Ano) ouvir as mulheres: “Ó Maria, já meteste a foda?”

MINHOTOS CANTAM AO DESAFIO AO TOQUE DA CONCERTINA

Casa do Minho em Lisboa organiza Encontro de tocadores de concertina e cantares ao desafio

Os minhotos que vivem na região de Lisboa vão no próximo dia 18 de outubro rumar ao Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro, em Telheiras, para participarem num grandioso encontro de tocadores de concertina e cantadores ao desafio.

Desde que, em pleno século XX, a concertina chegou ao Minho, este instrumento tornou-se inseparável do minhoto que a leva consigo para todo o lado e, sobretudo, para a festa e romaria, abrilhantando-a com as mais alegres rapsódias do nosso folclore. E, tal como outrora sucedeu com o cavaquinho, levou-a para as paragens mais distantes para onde foi forçado a emigrar, afagando os seus momentos de tristeza e abatimento, procurando sempre ao ritmo do vira, da chula e da cana-verde recuperar com saudade os dias felizes passados nas ridentes veigas da sua aldeia.

Tal como atualmente a conhecemos, a concertina é um instrumento popular que teve a sua origem na Europa por volta de 1830 e faz parte dos membrafones ou seja, dos instrumentos musicais que produzem o seu som graças à actuação de uma membrana. Porém, ela só se populariza entre nós em pleno século passado, tendo encontrado no Minho o ambiente musical propício para ser adotado como um dos imprescindíveis instrumentos do folclore local.

E, ao som da concertina, os minhotos cantam ao desafio, preservando uma tradição que remonta aos alvores da nacionalidade e lírica galaico-minhota, expressa nas cantigas de escárnio e maldizer que tem na nossa tradição do cantar ao desafio e ainda nas regueifas galegas a sua forma mais recente.

Origem e tradição das regueifas e cantares ao desafio na Galiza e em Portugal

Remontam muito provavelmente à Idade Média os tradicionais cantares ao desafio tão caraterísticos do Minho, filiando-se porventura nos cantares trovadorescos e principalmente nas cantigas de escárnio e maldizer da época, a um tempo em que o falar do povo não se distinguia ainda nas duas margens do rio Minho – Galiza e Portugal – e a Língua portuguesa florescia graças a um extraordinário movimento cultural a que certamente não era alheio as peregrinações a Santiago de Compostela e a tradição da poesia trovadoresca provençal que os peregrinos transportavam consigo pelo caminho que atravessava os Pirenéus. Estava então Portugal a dar os primeiros passos na sua formação como nação independente, fazendo tentativas várias para que também a Galiza o acompanhasse nesse projeto.

Aos cantares ao desafio, também conhecidos entre nós como desgarradas, chamam os galegos de regueifas, fato a que não é alheio o velho costume de, em ocasião de romaria, se consumir um pão doce em forma de rosca, com farinha de boa qualidade, também utilizado em ocasiões de boda. As migrações internas e sobretudo as vias de comunicação levaram esta especialidade gastronómica a outras regiões do país, adquirindo novas formas e denominações como fogaça e bolo-de-arco, sendo nalguns sítios se popularizado como “pão espanhol” numa clara alusão às suas origens minhotas e galegas.

À semelhança dos cantares ao desafio, a regueifa galega constitui uma cantiga improvisada na qual duas ou mais pessoas seguem um cantar ao despique sobre um tema determinado ou simplesmente tratando de saber qual deles logra obter o maior aplauso do público. A relação com o pão que na realidade dá o nome a esta forma de expressão musical reside na competição havida entre regueifeiros durante uma boda, cujo vencedor era distinguido pela noiva que lhe entregava a regueifa e dava a honra de reparti-la entre rapazes e raparigas solteiras presentes na festa. Com o decorrer do tempo, o costume vulgarizou-se e a designação de regueifa passou a denominar o cantar ao desafio mesmo fora da ocasião de uma boda, com ou sem o pão.

Tal como a regueifa feita de açúcar, ovos, manteiga e canela é apreciada noutras regiões do país e passou a marcar presença em ocasiões festivas, também o costume dos cantares ao desafio se propagaram por outras paragens, naturalmente adaptados às idiossincrasias de cada povo, como sucede com os repentistas no Brasil e na Colômbia e os desafios entre payadores na Argentina e no Uruguai. Em Portugal, a forma de cantar ao desafio adaptou-se ao fado sob a forma de desgarrada e encontramo-lo nos cantos das décima do Alentejo e nos poetas repentistas algarvios.

Em consequência do abandono do mundo rural e das suas tradições em face do crescimento urbano e da perda do uso da língua galega, o género musical da regueifa tem vindo a cair em desuso na Galiza á semelhança de outras manifestações da cultura tradicional galega. Porém, os cantares ao desafio têm vindo a adquirir crescente notoriedade no nosso país graças sobretudo a exímios cantadores e tocadores de concertina, constituindo uma das principais atrações de muitas festas e romarias que competem entre si a sua preferência e dela fazendo uma das tradições mais apreciadas das nossas gentes.

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com/

PÓVOA DE LANHOSO EVOCA MARIA DA FONTE

Milhares acorreram à Feira Maria da Fonte no culminar das comemorações do Dia do Concelho da Póvoa de Lanhoso

Terminaram da melhor forma as comemorações do Dia do Concelho da Póvoa de Lanhoso, sendo de considerar que foi um sucesso a realização da primeira Feira Tradicional Maria da Fonte. Fica a promessa de novas edições.

Homenagem a Maria da Fonte 6

Milhares de pessoas acorreram, durante o dia de ontem, 27 de setembro, à Praça Eng. Armando Rodrigues, na Vila, palco central para um conjunto de propostas que envolveu desde recriações históricas à mostra de artes e ofícios “da época”.

Esta I Feira Tradicional teve o mérito de envolver Juntas de Freguesia, coletividades e população, que trabalharam em conjunto com os colaboradores da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso para dar a conhecer e valorizar a nossa história, em particular, a que se refere à revolta da Maria da Fonte.

Homenagem a Maria da Fonte 4

“Está aqui muita gente, porque as pessoas se identificam com a Maria da Fonte, a Maria da Fonte é nossa, só nós temos a Maria da Fonte”, referia Fernando Ferreira, um dos muitos povoenses que se deslocou à Praça na tarde de ontem para assistir à recriação da revolta e da prisão de Josefa Caetana assim como à homenagem final à heroína Povoense, já no Jardim António Lopes. Aí foi com emoção que muitas das pessoas presentes acompanharam o conhecido Hino da Maria da Fonte, interpretado por Cristiana Costa Fernandes, de 19 anos, e por Henrique Gonçalves, 16 anos, ao violino, ambos de Sobradelo da Goma.

Homenagem a Maria da Fonte 2

O bom tempo ajudou. A Feira começou com um desfile etnográfico que percorreu as principais artérias da vila. Esta foi uma oportunidade para as pessoas procurarem em seus pertences objetos como foices e sacholas, ferros a carvão, balanças e pesos, potes, brinquedos, etc. e para os colocarem em exposição para os transeuntes reverem ou conhecerem. Durante o dia, houve ainda uma desfolhada, uma malhada e uma vindima, sendo que os visitantes puderam passar pelas tabernas e participar em jogos tradicionais como a malha, o lencinho, a macaca, e outros, tudo acompanhado pelas atuações que foram acontecendo dos ranchos folclóricos locais. Perto de 20 ofícios, como os de taberneiro, ferreiro, barbeiro, sapateiro, pedreiro, alfaiate, ourives, cesteiro, pintor, tecedeira, doceira e escrivão assim como atividades relacionadas com a matança do porco e o ciclo do linho, para dar alguns exemplos, estiveram representados.

Homenagem a Maria da Fonte 1

As recriações históricas, a cargo da União de Freguesias de Fontarcada e Oliveira e da Junta de Freguesia de Galegos contaram com cerca de 60 participantes; os jogos tradicionais foram dinamizados pelo núcleo de escuteiros da Póvoa de Lanhoso e pela Junta de Freguesia de Covelas; os ofícios tradicionais foram apresentados por Centros de Convívio do Concelho, Juntas de Freguesia (Lanhoso, Travassos, Garfe, Ferreiros, Rendufinho, Taíde, Serzedelo, Geraz do Minho, Santo Emilião); União de Freguesias de Fontarcada e Oliveira e União de Freguesias de Calvos e Frades; Real Confraria de Nossa Senhora de Porto D’Ave; Centro Teresiano de Verim; e Associação de Artesãos da Região do Minho. A praça de restauração esteve a cargo de Centro Social e Paroquial de Calvos, da União de Freguesias de Águas Santas e Moure; do Agrupamento de Escuteiros de São João de Rei; da Junta de Freguesia de Sobradelo da Goma; e do Sport Club Maria da Fonte.

Feira Maria da Fonte 1

TEATRO DIOGO BERNARDES EM PONTE DE LIMA TEM NOVA TEMPORADA

A nova temporada de espectáculos, eventos e actividades programados pelo Teatro Diogo Bernardes para o período compreendido entre Outubro de 2015 e Junho de 2016, mês que se dará início aos grandes eventos de Verão incluídos na programação de Ponte de Lima ConVida, arranca no próximo sábado, 3 de Outubro, com o espectáculo “Eros e Psiquê”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, com Direcção e Coreografia de Nélia Pinheiro, Figurinos de José António Tenente e Interpretação pelos Bailarinos Gonçalo Andrade, Fábio Blanco e Nélia Pinheiro.

Os fins-de-semana seguintes trarão ao Teatro Diogo Bernardes espectáculos musicais. A 10 de Outubro apresentam-se os peixe : avião, banda que está a preparar o quarto álbum de originais e que se destacou pelos concertos realizados em dois grandes festivais de Verão no presente ano: Bons Sons e Festival de Paredes de Coura, em que tocaram no palco principal.

A 17 de Outubro será a vez de Sandy Kilpatrick, cantautor escocês radicado em Portugal, apresentar o seu álbum de originais “The Shaman’s Call”, acompanhado pelos músicos André Silvestre, Edgar Ferreira, Pedro André, Zé Barroso e, nas projecções de vídeo, Diogo Machado. As transformações musicais estão bem patentes neste álbum devido a processos de criação e gravação muito mais naturais e instintivos que possibilitam a liberdade de apresentação das canções ao vivo de uma forma diferente.

Isaura \ Francis Dale, duas promessas da nova música portuguesa, acompanhados ao vivo por Fred Ferreira (Orelha Negra, Banda do Mar, 5:30) e Ben Monteiro (D’Alva, Ana Cláudia) actuarão a 24 de Outubro, depois da estreia nacional marcada para o dia 15 em Lisboa, apresentam-se do seguinte modo: “Há histórias que se escrevem lado-a-lado; sem se ver, sem se tocar. Isaura \ Francis Dale nasce para contar uma dessas histórias. Não são complementares, não são antagónicos, não são compensatórios, não são invertíveis, não são comparáveis, não são imiscíveis, não são fundíveis. Isaura \ Francis Dale são duas verdades singulares, duas perspectivas do mesmo espaço e do mesmo lugar. É o estar bem e o estar mal, é o gostar mas não compreender, é o querer mas não aceitar, é o precisar mas não consentir. Protagonizam uma história para nos lembrar de quantas vezes falamos sem nos conseguirmos verdadeiramente explicar; de quantas amizades se perdem na falta de harmonia e de quantos amores se apagam depois de lutar simplesmente porque se chegou ao fim. Francis Dale tem sol, Isaura tem sombra; Francis Dale canta a força de ficar, Isaura o desalento de partir. Estão lado-a-lado sem se ver e sem se tocar; guardam as cores que trocaram.”

O teatro marca o seu regresso ao Diogo Bernardes com a peça “Lar Doce Lar”, com Maria Rueff e Joaquim Monchique, numa encenação de António Pires, espectáculo visto por mais de 120 mil espectadores, por todo o país. Com um desempenho notável, os dois actores são os fantásticos protagonistas deste grande êxito que nos convida a mergulhar no mundo de uma residência para seniores de uma forma hilariante e, ao mesmo tempo, ternurenta.

Para Novembro estão já marcados espectáculos musicais com os Nobody's Bizness, Best Youth, Norberto Lobo & João Lobo Sexteto e com a Orquestra da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, que nos trará Arte Sinfónica. Os apreciadores de teatro, também em Novembro, terão a oportunidade de assistir a dois grandes espectáculos: “Começar a Acabar”, com João Lagarto e “Uma Menina Bem Guardada”, pela Companhia Baal 17, de Serpa.

BRACARENSES PROTEGEM RIO ESTE

Programa sensibiliza comunidade para importância de proteger o rio Este. Acção com utentes do Instituto Novais e Sousa enquadrou-se no ´Projecto Rios´

Realizou-se hoje, dia 28 de Setembro, mais uma acção de limpeza do rio Este enquadrada no ‘Projecto Rios’. A iniciativa contou com a participação de utentes do Instituto Novais e Sousa, uma das instituições Bracarenses que adoptou um troço do rio Este.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001051

Como explicou Altino Bessa, vereador do Ambiente do Município de Braga, durante o fim-de-semana cerca de 18 grupos já efectuaram acções de limpeza no rio, num total de 26 que aderiram no programa. Os restantes grupos irão para o terreno durante os próximos 15 dias. “Foram já retirados neste período de tempo algumas centenas de quilos de lixo, entre plásticos, vidros, embalagens e outros tipos de resíduos que, infelizmente, se continuam a encontrar no rio Este”, afirmou.

O vereador sublinhou que o objectivo fundamental deste programa passa por sensibilizar a população e, sobretudo, a comunidade escolar, para a possibilidade de despoluir ou, pelo menos, reduzir a quantidade de resíduos que vão para o rio. “É nessa vertente pedagógica que este programa aposta. A missão de sermos mais cuidados com o rio Este compete a todos enquanto comunidade”, disse, lembrando que o Município tem a decorrer um projecto de requalificação da qualidade da água no rio, com monitorização em 10 pontos diferentes: “É nossa ambição para o futuro devolver uma parte do rio, na sua plenitude, à população, para que dele possam usufruir como antigamente”, garantiu.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001056

Altino Bessa apelou ainda aos cidadãos para serem vigilantes no que se refere às descargas poluentes. “Se identificarem focos de poluição é fundamental que reportarem imediatamente a situação para que as entidades competentes procedam à responsabilização dos infractores”, afirmou.

Os grupos que aderiram ao ´Projecto Rios´ irão continuar a ter responsabilidade sobre o troço de rio adoptado, estando prevista para a Primavera outra acção semelhante de limpeza e monotorização da água.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001060

GUIMARÃES PROMOVE ENCONTRO COM DIRIGENTES E TÉCNICOS DESPORTIVOS VIMARANENSES

Estudos científicos dominaram reflexão nas “Jornadas Municipais de Desporto”

Câmara de Guimarães promoveu encontro entre dirigentes, técnicos de clubes desportivos vimaranenses, profissionais e estudantes. Portal “Guimarães Desporto” disponibiliza informação pertinente e sustentada numa base de dados atualizada.

Guimaraes_Jornadas_Municipais_Desporto

A apresentação pública de três estudos científicos, elaborados no âmbito da Guimarães Cidade Europeia do Desporto 2013, dominou a primeira edição das Jornadas Municipais de Desporto, promovidas pela Câmara Municipal de Guimarães e destinadas a dirigentes e técnicos dos clubes desportivos vimaranenses e aos profissionais e estudantes do setor.

Ana Sofia Freitas abordou o tema da “Obesidade Infantil nas Escolas do 1º Ciclo de Guimarães”, enquanto Manuel Magalhães apresentou as conclusões de um trabalho intitulado “Asma em crianças vimaranenses do 1º Ciclo”. “A Oferta e Procura Desportiva em Guimarães” foi o assunto da dissertação efetuada por Mauro Viana, que encerrou a primeira parte da sessão.

Amadeu Portilha, Vice-Presidente do Município de Guimarães, com competências delegadas na área do Desporto, focou o objetivo de «envolver todos os agentes» na promoção do desporto e da atividade física em Guimarães, valorizando a componente formativa. «Incentivar a prática desportiva é também formar melhores homens e mulheres e melhores cidadãos», afirmou na abertura do encontro, que se realizou no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor.

Atlas digital disponibiliza informação dos clubes

Durante as Jornadas Municipais de Desporto, houve ainda lugar a uma sessão técnica sobre o Regulamento Municipal de Apoio às Associações Desportivas. Antes do debate entre os intervenientes nas jornadas, decorreu também a apresentação das novas funcionalidades do site “Guimarães Desporto”, que constitui uma ferramenta de apoio aos clubes e associações desportivas vimaranenses.

Este é um projeto inovador cujo objetivo é criar uma interface dinâmica para a agregação de dados referentes ao universo da prática desportiva no concelho de Guimarães. Através deste atlas digital, fica-se a conhecer, com uma nova perspetiva, a oferta existente no território municipal em termos de instalações desportivas e modalidades ao alcance dos cidadãos, em regime de desporto federado, amador ou informal.

Guimarães é um concelho marcado por elevados padrões de atividade no contexto do associativismo desportivo e das suas instituições, um fator que contribui para alargar o âmbito da prática desportiva a uma maior franja da população, atrair cada vez mais atletas para as diferentes modalidades e competições e sensibilizar um número crescente de pessoas para hábitos saudáveis de vida.

SÃO MIGUEL ATRAI MILHARES DE PESSOAS A CABECEIRAS DE BASTO

Realizou-se esta manhã, dia 28 de setembro, o Concurso Pecuário de gado bovino para os distritos de Braga, Porto, Vila Real e Viana do Castelo organizado pela Mútua de Basto/Norte, uma iniciativa que decorreu no Parque do Mosteiro de Cabeceiras de Basto.

Concurso Pecuário - desfile

Belos exemplares, oriundos de vários pontos da região, apresentaram-se ao concurso, atraindo a atenção de numeroso público.

Concluída a avaliação pelo júri do concurso às cerca de 120 cabeças de gado e após o desfile das raças autóctones – barrosã, maronesa e minhota – foram entregues os prémios aos produtores, uma cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, do presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, bem como dos vereadores e presidentes das Juntas de Freguesia, técnicos da Mútua de Basto/Norte, autarcas de outros concelhos, entre outros convidados.

Concurso Pecuário - entrega prémios

O programa das Festas do Concelho de Cabeceiras de Basto prossegue esta tarde com as tradicionais chegas de bois e à noite há arraial minhoto com a ronda das concertinas. Este grande dia da Festa de S. Miguel encerra com a atuação de Fernando Correia Marques, Axel, Maxi, Rosinha, Tita e Orquestra Flash Show e com um grande espetáculo de pirotecnia.

Ontem, dia 27 de setembro, integrado no programa das Festas de S. Miguel, o Cortejo Etnográfico percorreu as principais ruas e praças da Vila de Cabeceiras de Basto, terminando no fantástico Parque do Mosteiro em frente à tribuna, local onde as entidades oficiais puderam assistir às coreografias preparadas pelas Juntas de Freguesia e pelas associações locais. Onze das doze freguesias marcaram presença com temas relacionados com as vivências e tradições destas terras de Basto.

Cortejo Etnográfico (1)

À semelhança dos anos anteriores, milhares de pessoas espalharam-se ao longo do percurso para verem esta manifestação cultural que deu um colorido extraordinário à vila.

Na noite do passado sábado, dia 26 de setembro, um mar de gente assistiu ao espetáculo do artista Mickael Carreira no palco do Parque do Mosteiro, um concerto magnífico. O público que lotou o Parque do Mosteiro esteve ao rubro.

Amanhã, Dia de Feriado Municipal, destaca-se, pelas 10h00, a cerimónia evocativa, momento durante o qual serão homenageadas algumas individualidades e instituições, designadamente Mário Campilho, antigo presidente de Câmara, Adriana Ferreira, jovem flautista cabeceirense que integra a Orquestra Nacional de França, José Borges Machado, dirigente associativo, Cruz Vermelha do Arco de Baúlhe pela passagem do 25º aniversário, entre outros.

Segue-se a Missa de S. Miguel pelas 11h00 e a majestosa procissão às 17h00.

Concerto Mickael Carreira (1)

Concerto Mickael Carreira (2)

Cortejo Etnográfico (2)

Cortejo Etnográfico (3)

Cortejo Etnográfico(4)

GUIMARÃES REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Assembleia Municipal de Guimarães reúne esta segunda-feira à noite no Auditório da UMinho, com possível continuação no dia seguinte

Sessão principia esta segunda-feira e deverá continuar amanhã à noite. Agenda de trabalhos constituída por 18 pontos.

Os deputados da Assembleia Municipal de Guimarães, nos termos do nº 1 do artigo 27º da Lei nº 75/2013, de 12 de setembro, vão reunir em sessão ordinária esta segunda-feira, 28 de setembro de 2015, pelas 21 horas, com possível continuação na terça-feira, dia 29, no Auditório da Universidade do Minho.

Composta por 18 pontos, a Ordem de Trabalhos, além da análise da atividade da Câmara Municipal, inclui deliberações sobre a taxa de IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis), Derrama sobre a Coleta de 2015 (a cobrar em 2016) e Participação Variável no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) para o ano de 2016.

Entre outros pontos, será ainda deliberada uma proposta para a celebração de um contrato-programa com a cooperativa “A Oficina”, ratificação para a instalação no AvePark do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e aprovação de contratos interadministrativos de delegação de competências em freguesias do concelho.

A sessão ordinária da Assembleia Municipal de Guimarães, a principiar nesta última segunda-feira de setembro, tem a seguinte Ordem de Trabalhos:

DIVERSOS

1 – Aprovação da Ata da Sessão da Assembleia Municipal.

CÂMARA

2 – Análise da Atividade da Câmara Municipal de Guimarães.

IMPOSTOS

3 – IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) – 2015

4 – Derrama sobre a Coleta de 2015 (a cobrar em 2016).

5 – Participação Variável no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) – Ano de 2016.

PROTOCOLOS/CONTRATOS-PROGRAMA

6 – Contrato – programa a celebrar com a cooperativa “A OFICINA”, CIPRL.

REGULAMENTOS

7 – Regulamento Municipal de Taxas e Encargos nas Operações Urbanísticas - Correspondência de Classes de Solo.

ATIVIDADES ECONÓMICAS

8 – Reconhecimento de Interesse Público no âmbito do Regime Excecional estabelecido pelo DL 165/2014.

RECURSOS HUMANOS

9 – Assistentes Operacionais - Renovação de Autorização de Recrutamento ao Exterior.

DESAFETAÇÃO

10 – Desafetação do Domínio Público de Parcela de Terreno.

PATRIMÓNIO

11 – Instalação do IPCA - Contratos de Arrendamento e de Cedência – Ratificação.

FREGUESIAS

12 – Revogação do Contrato de Atribuição de Subsídio e aprovação do Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências – União das Freguesias de Briteiros Santo Estevão e Donim.

13 – Revogação do Contrato de Atribuição de Subsídio e aprovação do Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências - União das Freguesias de Candoso Santiago e Mascotelos.

14 – Denúncia por mútuo acordo do Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências na Freguesia de Polvoreira para desenvolvimento das AAAF (Atividades de Animação e Apoio à Família) no âmbito da educação Pré-escolar e alimentação e gestão em refeitórios escolares.

15 – Resolução de Contratos Interadministrativos de Delegação de Competências com a União das Freguesias de Candoso S. Tiago e Mascotelos e a Freguesia de Infantas - Ano de 2015.

16 – Alteração ao Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências - Freguesia de S. Torcato - Ano de 2015 - Primeiro Aditamento

TRÂNSITO

17 – Alteração de trânsito na freguesia de Aldão.

APROVAÇÃO DA ATA EM MINUTA

18 – Aprovação da Ata em Minuta da sessão.

LIMIANOS ABRAÇAM O RIO LIMA

VI Abraço ao Rio Lima: Dia Nacional da Água e o Dia Internacional do Idoso

O Serviço da Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, em colaboração com a comunidade educativa do concelho está a preparar mais uma edição do Abraço ao Rio Lima.

A iniciativa que vai já na VI edição, realiza-se a 1 de outubro – Dia Nacional da Água, e consiste em reunir o maior número possível de participantes à volta do Rio Lima.

A ação concentra-se junto ao rio Lima e para além da comunidade escolar conta com a presença dos utentes de instituições de solidariedade social do concelho, que se associam a esta ação, assinalando também o Dia Internacional do Idoso.

Como vem sendo habitual nos últimos anos, a iniciativa conta com a presença de uma delegação vinda de Xinzo de Limia. São cerca de 100 alunos, no âmbito do protocolo de geminação existente há mais de 30 anos entre Ponte de Lima e Xinzo de Limia.

O programa do VI Abraço ao Rio Lima inclui ainda a receção dos participantes, na Expolima, a partir das 9h30 da manhã, onde a festa começa com as seguintes atuações:

- Escola de Musica de Ponte de Lima

- Atuação das turmas da E.B.1 de Ponte de Lima (Hino)

- Encenação da peça de teatro “Lenda do rio Lima” pelo Centro Educativo das Lagoas.

Às 11 horas realiza-se nas margens do Rio Lima o VI Abraço ao Rio Lima.

TERRABOURENSES CONVIVEM NO SANTUÁRIO DO SAMEIRO

XVII Convívio Sénior de Terras de Bouro : No passado dia 25 de setembro decorreu o XVII Convívio Sénior do concelho de Terras de Bouro.

O acontecimento, que juntou cerca de 500 terrabourenses no Santuário do Sameiro, teve o seu ponto alto, logo pela manhã, com a celebração da eucaristia presidida pelo Arcipreste de Terras de Bouro, Padre Almerindo Costa e Sr. Vice - Arcipreste, Padre Fernando Bento da Costa e Sousa.

1

Do convívio anual, que prosseguiu à tarde no Centro de Exposições dos Arcos de Valdevez, destacou-se uma ação de sensibilização promovida pela GNR junto dos participantes, alusiva à temática “Alerta sobre assaltos e burlas”.

O encontro, como é hábito, procurou também proporcionar momentos de convívio, de partilha e de boa disposição para todos com a realização de um almoço convívio e animação musical.

2

3

4

10

6

19

BRAGA INOVA COM PROGRAMAS DE REQUALIFICAÇÃO

Requalificar RH para responder às necessidades do mercado

Cem licenciados de diferentes áreas de formação dão hoje início à I Edição do Programa Qualifica IT para que, através da requalificação na área das tecnologias de informação e comunicação (TIC), possam ingressar no mercado de trabalho. Também as empresas da região terão acesso a Recursos Humanos especializados nesta área em franca expansão.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001049

Numa iniciativa da InvestBraga, em parceria com a Universidade do Minho e o IEFP, este Programa consiste na Formação em Tecnologias para Reconversão de Licenciados e incluí 600 horas de formação teórica, onde os formandos irão adquirir as competências adequadas às necessidades das empresas da área de desenvolvimento de software e, numa segunda fase, a aplicação dos conhecimentos em ambiente laboral, enquadrado num estágio de três meses, nas empresas que já estabeleceram Protocolo para esse fim.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001048

23 empresas assinam o Programa

Bosch, Primavera, IBM, Siemens, Accenture, F3M, We Do Technologies, são algumas das empresas que desde o primeiro minuto colaboram na organização desta iniciativa, por forma a adequar os conteúdos da formação às exigências do mercado de trabalho.

"A flexibilidade que a formação apresenta perante as exigências do mercado laboral, permite-nos expectar, não só uma maior previsibilidade de retorno de investimento realizado, mas também, e fundamentalmente, uma integração mais célere destes licenciados no mercado de trabalho, concretizando as suas expectativas, a nível profissional", explicou Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, durante a sessão de lançamento da I Edição do Programa Qualifica IT, que decorreu esta segunda-feira, na Universidade do Minho, em Braga.

Enquadrado na estratégia global da InvestBraga, para a captação de investimento para Braga, o Qualifica IT permitirá não só suprir as atuais necessidades do mercado de mão-de-obra qualificada nesta área, promovendo o crescimento das empresas já instaladas na Região, como também captar novas empresas de cariz inovador e tecnológico.

CMB28092015SERGIOFREITAS0000001044

BRAGA VIRA CAPITAL DO BARROCO

Braga Barroca 2015 proporcionou momentos ´únicos e inesquecíveis´. Evento decorreu de 23 a 27 de Setembro

“Uma viagem no tempo com momentos únicos e inesquecíveis”. Foi desta forma que Lídia Dias, vereadora da Cultura do Município de Braga, descreveu, em jeito de balanço, a segunda edição da Braga Barroca 2015, que decorreu entre os dias 23 e 27 de Setembro.

Segundo Lídia Dias, a programação do evento foi pensada para que todos pudessem participar activamente, desde o ´público escolar ao turista que passa na rua´, sempre numa vertente lúdica e pedagógica. “Esta edição permitiu dar a conhecer o período barroco de diferentes formas e através de diferentes artes. Da música ao teatro, da literatura à dança. A adesão foi mais que surpreendente, sobretudo nas visitas guiadas e encenações”, referiu.

Os pontos altos do evento foram o cortejo Barroco, que atravessou as principais artérias da cidade, o concerto Barroco, que encheu por completo a Sé Primaz, e o Sarau Barroco, que levou à Praça Municipal uma encenação de uma recepção ao Rei D. João V em Braga.

A Vereadora fez questão de agradecer a todas as instituições que se envolveram na realização do evento e que permitiram alcançar este ´enorme sucesso´. “Mesmo dando os seus primeiros passos, creio que o conhecimento e a vontade de todos aqueles que ajudaram a Autarquia nesta edição estão com certeza felizes com os resultados alcançados. Estou certa que as próximas edições serão ainda mais qualificadas”, afirmou.

ABRIRAM HOJE EM CAMINHA AS CANDIDATURAS PARA ATRIBUIÇÃO DE INCENTIVOS A ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

Prazo termina a 16 de outubro

Abriram hoje as candidaturas para atribuição de incentivos a estudantes do ensino superior para o ano letivo 2015/2016. Para além de beneficiários de anos anteriores, no presente ano letivo, a Câmara Municipal vai apoiar até cinco estudantes do concelho. Os prazos de candidatura terminam a 16 de outubro.

A educação e o apoio financeiro às famílias caminhenses é uma prioridade para o executivo caminhense. Assim, os incentivos ao ensino superior são uma forma de ajudar as famílias e de incentivar os estudantes do concelho à frequência de ensino superior e à melhoria de qualificação profissional. “É importante que os jovens tenham todas as oportunidades para poderem estudar, para poderem voltar mais crescidos, mais desenvolvidos. São pessoas em quem vale apena apostar”, disse o presidente da Câmara, Miguel Alves, na cerimónia de entrega destes incentivos aos alunos que ingressaram o ano passado na faculdade.

Estes incentivos dirigem-se a candidatos que reúnam os requisitos seguintes: residam no concelho de Caminha, há pelo menos 2 anos; ingressem ou frequentem um curso superior; façam prova do pedido de bolsa de estudo aos serviços sociais da respetiva universidade/ instituto ou comprovativo do benefício da mesma; não sejam titulares de curso superior; e que o agregado familiar não ultrapasse um rendimento "per capita" superior a 40 % do Salário Mínimo Nacional. Estes requisitos também se aplicam aos beneficiários de anos anteriores.

O valor a atribuir a cada estudante será igual a três vezes o salário mínimo nacional fixado para o primeiro dos anos civis que constituem o ano letivo respetivo e a sua duração será igual à do tempo mínimo estabelecido para a obtenção do grau de licenciatura com aproveitamento escolar.

É de realçar que a apresentação das candidaturas realiza-se mediante o preenchimento do formulário disponibilizado pelos serviços do Município de Caminha ou na respetiva página da internet em http://www.cm-caminha.pt/ver.php?cod=0T0I . A inscrição deverá ser efetuada até 16 de outubro na Câmara Municipal de Caminha, no Setor da Saúde e Ação Social ou no Gabinete de Apoio no Munícipe em Vila Praia de Âncora.

SECRETÁRIO DE ESTADO DA ALIMENTAÇÃO VISITA PONTE DE LIMA

Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar visita Empresas do Sector Agroalimentar de Ponte de Lima na próxima quarta-feira, dia 30 de setembro, às 10h30

O Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Dr. Nuno Brito efetua, na próxima quarta-feira, 30 de setembro uma visita de trabalho a empresas do Sector Agroalimentar instaladas no concelho de Ponte de Lima.

foto_engenho_f_piqueiro

O Secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar será acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal e restantes membros do Executivo Municipal.

A visita inicia-se no Pólo Industrial e Empresarial da Gemieira, às 10h30, para a inauguração oficial da unidade de fabrico de bolachas tipo “belga” a OfficeTotal – Comércio e Serviços Lda, que desde finais de 2014 se instalou neste Pólo Industrial e Empresarial, para a produção deste tipo de bolachas mundialmente conhecido.

A OfficeTotal - Comércio e Serviços Lda é a única fábrica na Península Ibérica a produzir este tipo de bolachas. Para tal, realizou um investimento direto de 1,1 milhões de euros, perspetivando-se a criações de 17 postos de trabalho até 2017, apenas na parte produtiva.

O périplo inclui ainda a visita a três empresas de Enchidos e Fumados do concelho, cuja produção baseia-se na transformação de carnes em produtos de charcutaria, como enchidos e fumados confecionados de forma artesanal.

Assim, às 12 horas regista-se a visita à Minho Fumeiro, com sede na freguesia da Correlhã e que lançou a sua 1ª unidade fabril em 1993.

Segue-se às 15h30, a deslocação à Salsicharia Limiana, fundada em 1981, com sede na freguesia de Navió e Vitorino dos Piães.

A última visita está agendada para as 16h30, à Quinta dos Fumeiros, em Poiares. Trata-se de uma empresa familiar fundada em 1999.

Neste contexto convidamos o V/ órgão de comunicação acompanhar esta jornada de trabalho, a partir das 10h30, na inauguração oficial da unidade de fabrico da OfficeTotal – Comércio e Serviços, no Pólo Industrial e Empresarial da Gemieira.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO VIMARANENSE INAUGURA CENTROD E CONVÍVIO DE INFANTAS

Centro de Convívio de Infantas abre ao público no próximo dia 05 de outubro.

Escola primária de Infantas transformada em Centro de Convívio. Projeto social promovido pela Câmara Municipal e Junta de Freguesia foi inaugurado este domingo.

Infantas_Centro_Convivio_Inauguracao

A abertura ao público do Centro de Convívio de Infantas, equipamento social instalado no readaptado edifício da antiga escola primária, está marcada para o dia 05 de outubro. O anúncio foi feito este domingo, 27 de setembro, durante a cerimónia de inauguração presidida por Domingos Bragança, Presidente do Município de Guimarães, que enalteceu o novo projeto dinamizado pela Junta de Freguesia, num espaço adaptado para ter uma capacidade de 20 utentes.

«É bom estar em casa, mas também faz-nos falta estar em comunidade e conviver com os nossos amigos, partilhando os valores da amizade, generosidade e fraternidade. Quanto mais damos, mais ricos ficamos interiormente! Envelhecer é viver com dignidade e respeito, com uma mente saudável, alegre e jovem, independentemente da idade», realçou o Presidente do Município, que destacou o surgimento de um «polo cultural de apoio à saúde e ao desporto».

Inicialmente, o Centro de Convívio de Infantas irá funcionar de segunda a quinta-feira, das 14 às 17 horas, período durante o qual serão realizadas aulas de ginástica, música, atividades de animação sociocultural e estimulação cognitiva. As sessões serão lecionadas por professores da área e as atividades efetuadas por uma técnica licenciada em gerontologia, em regime de voluntariado.

Um centro para «jovens mais maduros»

O novo espaço social de Infantas, que disponibiliza também uma sala de enfermagem e diferentes gabinetes técnicos, destina-se a pessoas com mais de 60 anos, embora sejam aceites utentes com idade inferior, a fim de combater situações de isolamento por desemprego, bem como prevenir episódios de depressão ou retardar doenças degenerativas como Alzheimer ou Parkinson.

«Torna-se cada vez mais necessário criar estratégias e respostas em prol do envelhecimento ativo, no sentido de proporcionar mais qualidade aos anos vividos aos nossos jovens mais maduros. Sabe-se que, ao longo do desenvolvimento humano, existem perdas e ganhos, mas é nosso objetivo, com este espaço, manter estas conquistas pelo maior tempo possível, promovendo a integração do idoso na sociedade», afirmou Patrícia Lemos, Presidente de Junta de Freguesia de Infantas.

A ideia do Centro de Convívio surgiu devido ao facto da população sénior necessitar de um local de encontro e de lazer. Há dois anos, a Junta de Freguesia de Infantas deu início ao projeto de ginástica sénior e, no final do primeiro ano de atividade, 26 alunos, com idades compreendidas entre os 56 e os 82 anos, estavam já a frequentar o programa de âmbito social.

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CAMINHA RETOMA OS TRABALHOS QUINTA-FEIRA

A Assembleia Municipal de Caminha vai retomar os trabalhos na próxima quinta-feira, dia 1 de outubro, pelas 21 horas, no Valadares, Teatro Municipal. A sessão de sexta-feira última foi interrompida pelas 2h30 da madrugada de sábado, cumprindo uma formalidade legal.

Com uma ordem de trabalhos bastante longa, as cinco horas de reunião previstas na lei não foram suficientes para debater todos os pontos. Assim, Luís Mourão, presidente da Assembleia Municipal de Caminha, decidiu suspender os trabalhos já na madrugada de 26 de setembro. Depois de ouvir os representantes das diferentes forças políticas, o presidente anunciou que os trabalhos seriam retomados esta semana, no ponto “d”, isto é, os deputados municipais vão começar a nova reunião pronunciando-se sobre a fixação das taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Seguir-se-á na ordem de trabalhos o acordo de pagamento celebrado com as Águas do Norte, Grupo Águas de Portugal. A Assembleia vai votar também o regulamento do Orçamento Participativo. Recorde-se que esta é uma solução inédita de Orçamento Participativo, envolvendo ao máximo a comunidade, que passa a ter poder de decisão na aplicação dos dinheiros públicos, ao mesmo tempo que pode seguir e ver diretamente onde é aplicado o seu dinheiro.

Integram ainda a ordem de trabalhos a apreciação e votação do Plano Municipal de Ação no âmbito do Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos (PERSU) 2020; o contrato interadministrativo entre a Câmara Municipal de Caminha e a Junta de Freguesia de Âncora – gestão de combustíveis; a rede de saneamento de Vilar de Mouros – projeto de execução, caderno de encargos, cláusulas técnicas, plano de segurança em projeto, plano de gestão de resíduos de construção e respetiva abertura de procedimento; rede de distribuição e saneamento da freguesia de Argela - projeto de execução, caderno de encargos, cláusulas técnicas, plano de segurança em projeto, plano de gestão de resíduos de construção e respetiva abertura de procedimento; e inclusão da zona da igreja no projeto de saneamento de Aspra, Viso e Currais – 2ª fase .- Freguesia de Âncora.

VALENÇA APOIA JOVENS E FAMÍLIAS NO ENSINO

Ano Escolar Arranca em Valença com Mais Apoios aos Jovens e às Famílias

Valença arranca o ano escolar com um reforço das medidas de apoio aos jovens alunos e às famílias, destacando-se o número e valor das bolsas de estudo no ensino superior, bem como a ampliação do alcance dos passes escolares aos alunos do Secundário.

Bolsas de estudo, manuais, passes, transportes, cantinas, prolongamento de horários, extra-curriculares e natação são algumas das medidas de apoio que a Câmara Municipal de Valença tomou para este ano letivo, o ano que contará com mais apoios autárquicos.

O ano letivo 2015/16 contará com as Atividades de Enriquecimento Curricular, a cargo da Câmara Municipal, nomeadamente as disciplinas de inglês, atividade física e desportiva e música. As atividades de inglês destinam-se aos alunos do 1º, 2º e 4º ano, as atividades musicais aos alunos do 3º ano e a atividade física abrange o 1º, 2º, 3º e 4º ano. Estas atividades são gratuitas e arrancam a 28 de setembro.

A autarquia valenciana irá proporcionar, ainda, prolongamentos de horário nos Jardins-de-Infância, entre as 15h30 e as 17h30, a cargo das animadoras sócio-culturais. Uma medida de apoio complementar que pretende enriquecer os alunos mais jovens bem como facilitar os horários aos encarregados de educação. O pré-escolar contará, também, com aulas de natação, para todos alunos dos estabelecimentos públicos e da Santa Casa da Misericórdia.

Os serviços de refeições e transportes escolares serão assegurados, também, pela Câmara Municipal. Este ano Valença foi mais longe do que a lei e oferece passes escolares aos alunos do Secundário com aproveitamento escolar que pertençam aos escalões A ou B.

Medidas complementadas, ainda, com a oferta ou comparticipação dos manuais escolares, aos alunos do primeiro e segundo ciclo, desafogando a pressão financeira sobre as famílias. Na Biblioteca Municipal decorre, ainda, o programa Dar de Volta de troca de manuais escolares usados, numa estreita parceria com o Agrupamento de Escolas.

As Bolsas de Estudo passaram em 2015 de 38 para para 69 e para o ano letivo 2015 / 2016 a autarquia contemplou um reforço financeiro desta área de apoio.

O ano escolar de 2015 / 2016 contará nas escolas valencianas, de ensino público oficial, com 458 alunos no 1º ciclo e 296 no pré-escolar.

TRABALHOS DE REPAVIMENTAÇÃO OBRIGAM A CONDICIONAMENTOS À NORMAL CIRCULAÇÃO DE TRÂNSITO EM BRAGA

O Município de Braga informa que nos dias 30 de Setembro e 2 de Outubro haverá condicionamentos à normal circulação do trânsito automóvel, devido à realização de trabalhos de repavimentação. Os condicionamentos consistirão no corte de uma das faixas de rodagem conforme o exposto:

  •        Quarta-feira, dia 30 de Setembro, das 8h30 às 12h00, na EN101, na travessia dos semáforos, na freguesia de Esporões;
  •        Quinta-feira, dia 1 de Outubro, das 8h30 às 12h00, no início da Rua da Ponte Nova com a EN319, freguesia de Lomar.

Também no dia 01 de Outubro, o Município de Braga irá realizar trabalhos de preparação para a repavimentação na entrada da Rua de S. Martinho para a Avenida António Macedo. Para a execução destes trabalhos será necessário o corte ao trânsito no sentido Avenida António Macedo/Rua de S. Martinho, nos seguintes horários:

  •        Quinta-feira, dia 1 de Outubro, das 20h00 às 23h00;
  •        Sexta-feira, dia 2 de Outubro, das 09h30 às 16h00.

2

1

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO BRACARENSE PRESENTE NA TOMADA DE POSSE DOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DAS PARRETAS

Associações de Moradores são importantes veículos das ambições das comunidades – afirma o Presidente da edilidade bracarense, Dr. Rui Rio

Decorreu hoje, dia 27 de Setembro, na Alameda da Fonte, a cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos sociais da Associação de Moradores das Parretas, que volta assim a entrar em funcionamento após um período de interregno. A iniciativa contou com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000356

Na ocasião, o Edil sublinhou que as associações de moradores são importantes interlocutores das pretensões dos cidadãos. “É importante que estas associações se disseminem um pouco por todo e território, sobretudo nas áreas mais densamente povoadas, e façam ouvir as suas vozes junto de instituições como as Juntas de Freguesias ou a Câmara Municipal, ecoando as ambições, reivindicações e necessidades de cada zona”, afirmou.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000355

Para o autarca, as associações de moradores são ainda um veículo privilegiado para animar a vida das zonas habitacionais em termos lúdicos e educacionais, assim como para estimular o espírito de cooperação entre os membros das comunidades. “É essencial que as pessoas sintam apego relativamente ao bairro onde vivem e que aí encontrem condições para conviver com os vizinhos em clima de cooperação e solidariedade”, referiu.

Pedro Pereira, recém-empossado Presidente da Associação de Moradores das Parretas, garantiu que irá, juntamente com a sua equipa, lutar para melhorar o bem-estar dos habitantes do Bairro. “Temos como prioridade a área de intervenção social e vamos juntos trabalhar para obter o sucesso a que nos propomos neste mandato que agora se inicia”, afirmou.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000358

CMB27092015SERGIOFREITAS000000360

BRACARENSES PEDALAM PELOS TRILHOS DE SANTA MARTA EM ESPORÕES

Município pretende estimular o BTT e receber grandes eventos nacionais da modalidade. Ricardo Rio deu tiro de partida a passeio aos trilhos de Santa Marta em Esporões

280 participantes deram hoje, dia 27 de Setembro, um ´brilho especial´ aos Trilhos de Santa Marta em Esporões, um passeio de BTT que se realiza há quatro edições e que tem verificado um constante aumento no número de inscritos. 

2

O tiro de partida para a prova foi dado por Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga. Na ocasião, o Edil sublinhou que o objectivo do Município passa por investir cada vez mais nesta modalidade desportiva. “Queremos atrair mais iniciativas, apoiar a constituição de mais colectividade e disseminar a modalidade para que Braga possa ser palco de grandes eventos nacionais de BTT”, afirmou.

O autarca elogiou ainda a prova e o seu percurso, que, garantiu, é um ´autêntico cartão-de-visita´ dos atractivos que Braga tem para oferecer nestes circuitos para bicicletas.

1

Este ano, por iniciativa da organização, 1€ de cada inscrição foi doado a uma causa social. O percurso foi escolhido tendo em conta dois factores, a natureza e a diversão, tendo atravessado as freguesias de Esporões, Trandeiras, Morreira, Balasar, S. Martinho Leitões, Escudeiros, Guizande, Figueiredo e Lamas, com passagem por lugares com história como é o caso da Santa Marta das Cortiças, Senhora da Saúde e da Senhora de Fátima. Durante o percurso os participantes puderam ainda usufruir de paisagens de grande beleza, sendo algumas delas desconhecidas de uma boa parte da população.

Para o futuro, a organização pretende criar melhores condições, ainda melhores percursos e introduzir tempos cronometrados, assim como dar corpo a um projecto para sinalização e manutenção de trilhos na zona de Santa Marta em Esporões, para que toda a gente possa desfrutar de percursos de bicicleta ou mesmo a pé.

3

MINHOTOS CANTAM E DANÇAM EM FESTA DE CASAMENTO REALIZADA EM SANTA COMBA DÃO

Os noivos são componentes do Rancho Folclórico da Casa do Minho e levara a festa minhota até terras da Beira Alta

Ontem houve um casamento em Santa Comba Dão de dois elementos dançarinos do Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lisboa. Os noivos são Raquel Loureiro e João Pedro, a cerimónia decorreu na Igreja de Couto do Mosteiro e a refeição na Quinta da Ribeira, em Tondela.

A determinada altura, o Rancho Folclórico da Casa do Minho de que os noivos fazem parte, irrompeu na igreja, devidamente trajado e entoaram os cânticos religiosos, fazendo daquele instante um momento particularmente emotivo e feliz que envolveu todos os presentes na cerimónia religiosa. E, uma vez terminada a celebração da eucaristia e do próprio casamento, os noivos juntamente com os componentes do rancho folclórico, foram dançar para o adro da igreja, fazendo da sua própria festa um autêntico arraial minhoto em terras beirãs.

O jantar iniciou-se com a entrada do rancho no recinto, dando a volta as mesas e saudando todos os convivas, homenagearam os noivos e demais convidados. E, a festa prolongou-se pela noite dentro, ao som da concertina e do cavaquinho, com os noivos a dançar o vira e a cana-verde, juntamente com os seus colegas do Rancho Folclórico da Casa do Minho que desta forma lhes testemunharam a sua amizade e fizeram votos de muitas felicidades.

Texto e fotos: Manuel Santos

POSTO DE TURISMO DE BRAGA OFERECE VINHO VERDE E DOÇARIA TRADICIONAL

O Posto de Turismo de Braga oferece hoje, dia 27 de Setembro, aos visitantes a possibilidade de degustaram doçaria tradicional e vinho verde da Cavagri.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000349

Aos visitantes são também oferecidas viagens para o Bom Jesus nos autocarros dos Transportes Urbanos de Braga e no Elevador. A iniciativa insere-se nas comemorações do Dia Mundial do Turismo, que se celebra hoje.

Segundo António Barroso, membro do Gabinete de Apoio à Presidência do Município, esta é uma forma de ´acarinhar´ os turistas que chegam à cidade e se preparam para conhecer Braga. “Pegando no mote da Organização Mundial de Turismo, ´Mil milhões de turistas, mil milhões de oportunidade´, o que pretendemos é criar mais oportunidade para saber acolher bem quem nos visita”, afirmou, sublinhando que, terminado o período de Verão, a Autarquia e todos os agentes do território têm trabalhado no sentido de combater a sazonalidade turística.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000350

“Pelo feedback que temos recolhido, estamos a conseguir que exista uma permanência de turistas em Braga durante todo o ano”, disse António Barroso, garantindo que, no futuro, o objectivo passa por continuar a reforçar a promoção nacional e internacional como modo de afirmar a atractividade da região.

No Posto de Turismo está ainda em exibição a exposição de Amélia Oliveira intitulada ‘Da Ruralidade ao Urbanismo’. A mostra faz uma abordagem às memórias ainda recentes de Braga rural, sensibilizando para a existência de algum património material e imaterial que importa conhecer e valorizar.

Amanhã, pelas 14h30, será exibido um vídeo sobre a Cidade para deficientes auditivos. Esta iniciativa conta com a parceria da Escola Secundária Carlos Amarante.

CMB27092015SERGIOFREITAS000000351

GUIMARÃES COMEMORA DIA MUNDIAL DO TURISMO

Descontos e viagens gratuitas este domingo em Guimarães no Dia Mundial do Turismo e oferta de postais a visitantes

Comemorações do Dia Mundial do Turismo, com oferta de postais aos turistas. Loja Interativa na Praça de S. Tiago estará aberta na tarde deste domingo.

A Câmara Municipal de Guimarães vai celebrar o Dia Mundial do Turismo este domingo, 27 de setembro, com a realização de um conjunto de iniciativas em torno de monumentos e equipamentos turísticos vimaranenses. Durante a tarde, estará aberta a Loja Interativa de Turismo, onde serão oferecidos postais de Guimarães aos seus visitantes, bem como o respetivo envio aos destinos pretendidos.

Ao mesmo tempo, serão concedidos bilhetes para a entrada e visitas a entidades culturais e de lazer, nomeadamente, na Sociedade Martins Sarmento, Centro Internacional das Artes José de Guimarães (Plataforma das Artes e da Criatividade), Paço dos Duques de Bragança e Museu de Alberto Sampaio (50% desconto em todos bilhetes), viagens de teleférico e circuito turístico Yellow Bus. Por cada duas pessoas, é oferecido um bilhete no Teleférico de Guimarães este domingo, 27 de setembro, entre as 10 e as 19 horas.

O Dia Mundial de Turismo constitui mais uma oportunidade para apresentar Guimarães, no seu enquadramento histórico, com a sua envolvência social, cultural e ambiental, como um palco intenso de tradição, hospitalidade e contemporaneidade aberto ao mundo e às suas gentes. Em Guimarães, o visitante pode fruir uma atmosfera medieval dos primórdios da nacionalidade, respirar cultura e saborear tradições.

BRAGA INAUGURA CENTRO DE ATIVIDADES OCUPACIONAIS

Mobilização das instituições e da sociedade civil viabiliza concretização de ´sonho antigo´

Um momento de ´enorme emoção e felicidade e um sinal de que o esforço efectuado tem valido a pena´. As palavras são de Ana Paula Leite, presidente da Associação para a Inclusão e Apoio ao Autista (AIA), durante a inauguração do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO), um ´sonho antigo´ da instituição que tomou forma na antiga Escola Primária do Assento, em Palmeira. A valência tem capacidade para apoiar quinze crianças e jovens autistas.

CMB26092015SERGIOFREITAS000000347

Na ocasião, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, revelou que a Autarquia apoia o projecto, orçamentado em 210 mil euros, com um financiamento directo de 40 mil euros. “É algo que queremos replicar no futuro com outras valências e projectos que visem dotar o Concelho de valências que respondam a desafios sociais que ainda estão por suprir, e na área da deficiência são evidentes as lacunas no nosso território”, afirmou, garantindo que o CAO agora inaugurado é uma ´excelente prova´ de que é possível fazer mais e melhor pelos que precisam de ´especial atenção´.

CMB26092015SERGIOFREITAS000000345

O autarca elogiou ainda o ´dinamismo e a capacidade de mobilização´ da AIA, que conseguiu cativar o carinho de toda a comunidade. “Cada instituição e a própria sociedade civil, nas medidas das suas possibilidades, deram um contributo para que este projecto fosse um sucesso e, certamente, continuarão a estar ao lado da AIA neste percurso”, referiu.

De acordo com Ana Paula Leite, o CAO vem preencher uma lacuna na região. “No distrito não existe nenhuma associação especificamente direccionada para a problemática do autismo e mesmo as associações vocacionadas

CMB26092015SERGIOFREITAS000000341

para a multideficiência não dispõem de vagas”, alertou, explicando que o CAO funcionará como uma essencial ´retaguarda de apoio´ aos pais. 

Por seu turno, Rui Barreira, Director do Centro Distrital de Braga da Segurança Social, reconheceu o ´excepcional trabalho´ que a associação tem vindo a desenvolver. “Podem continuar a contar com o apoio da Segurança Social nas vossas acções. Hoje começa um caminho ainda maior que permitirá dar uma resposta mais preparada e melhorar a qualidade dos jovens autistas”, disse.

CMB26092015SERGIOFREITAS000000339

NAVIO GIL EANNES COMEMORA DIA MUNDIAL DO TURISMO

Navio Gil Eannes integra as “Jornadas Europeias do Património” e comemora o “Dia Mundial do Turismo”

A Fundação Gil Eannes associa-se às comemorações das Jornadas Europeias do Património 2015, que decorrem até domingo, dia 27 de setembro.

GilEannes_saida ENVC

O programa que a Fundação Gil Eannes apresenta consiste na habitual visita aos espaços do navio museu das 9h30 às 19h00, a visualização do documentário “Gil Eannes”, que relata a história e testemunhos daqueles que trabalharam no navio como, comandantes, médicos e tripulantes.

Com sessões marcadas às 11h00 e às 16h00 (exceto sábado de manhã). Amanhã dia 26, pelas 11h00, na sala José Hermano Saraiva (sala de reuniões do navio) decorrerá uma Tertúlia subordinada ao tema “Património Industrial e Técnico”, onde profissionais da construção naval e da navegação vão trocar conhecimentos e experiências com todos aqueles que queiram participar e deixar o seu testemunho.

Apenas no domingo dia 27 setembro, e no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, as entradas ao navio museu terão um desconto de 50%.

ARCOS DE VALDEVEZ ACOLHE ENCONTRO DO SECTOR METALÚRGICO DA GALIZA E NORTE DE PORTUGAL

Transmetal Meetings 2015 em Arcos de Valdevez em 14 e 15 de Outubro

O Centro de Exposições em Arcos de Valdevez vai receber nos próximos dias 14 e 15 de Outubro, o evento Transmetal Meetings 2015. Uma iniciativa organizada pelo AECT - Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal, em parceria com a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, a IN.CUBO - Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras, a FELUGA - Federación Luso-Galaica de Industriales Metalúrgicos, a AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos Metalomecânicos e Afins de Portugal e a ASIME - Asociación de Industriales Metalúrgicos de Galicia.

Este evento tem como objetivo apoiar as empresas do setor metalúrgico e metalomecânico, situadas na euro-região compreendida entre a Galiza e o Norte de Portugal, com vista a um maior aprofundamento na relação entre estes dois mercados fronteiriços, o desenvolvimento e análise de oportunidades de negócio, e de colaboração conjunta com empresas, associações ou potenciais clientes de ambos os lados da fronteira.

Ao longo deste iniciativa decorrerão Encontros B2B & Networking, Exposição de Inovação e Demonstração das Novas Tecnologias de Additive Manufacturing, Robótica e Automatismos, conferências de alto nível e atividades diversas que favorecem a aproximação entre as empresas do setor metalúrgico e metalomecânico destas duas regiões estratégicas e áreas de atividade com requisitos e oportunidades específicas.

Mais uma iniciativa de promoção do desenvolvimento económico que envolve as empresas, bem como os Parques Empresariais disponibilizados na região e o conjunto de benefícios que as empresas podem usufruir se se instalarem ou expandirem na região.

Com esta política, a Câmara Municipal e os parceiros pretendem dinamizar a atração do investimento, criar emprego e gerar rendimento.

Para participar nesta iniciativa deverá efetuar a inscrição aqui.

PONTE DE LIMA AJUDA IDOSOS DE CEPÕES

Município de Ponte de Lima Celebra Protocolo de Cooperação com a ALTI CEPÕES – Associação Lazer e Terceira Idade

Está agendado para o dia 29 de setembro, às 15 horas, a assinatura de um Protocolo de Cooperação entre o Município de Ponte de Lima e a ALTI CEPÕES – Associação de Lazer e Terceira Idade.

Esta parceria entre as duas instituições visa contribuir para suprir as necessidades existentes no serviço de apoio domiciliário através da comparticipação na aquisição de uma carrinha.

Neste contexto, a Câmara Municipal compromete-se a atribuir uma verba no valor de 5.000,00€, destinada à aquisição da viatura, de acordo com o deliberado pela Câmara Municipal a 31 de agosto de 2015.

O Centro de Dia da ALTI CEPÕES promove várias a atividades para os seus utentes, desde ginástica, estética, pintura, desenho e canto, entre outras ações, respondendo assim às necessidades da freguesia de Cepões e das freguesias circunvizinhas desde dezembro de 2014.

Convidamos o V/ órgão de Comunicação a assistir à assinatura do Protocolo de Cooperação, na próxima terça-feira, 29 de setembro, às 15 horas, nas instalações da ALTI CEPÕES.

MARATONISTA FILOMENA COSTA E CANOÍSTA EMANUEL SILVA CORREM EM BRAGA POR SÃO VICENTE

A última edição de "Braga a Correr", contou com a participação especial da maratonista Filomena Costa e do canoísta Emanuel Silva. Estes dois atletas bracarenses - com os seus nomes bem gravados no desporto mundial -, vestiram a camisola 'Abrigar São Vicente', correndo conjuntamente com mais de duas centenas de atletas, garantindo assim, uma maior visibilidade e impacto  ao projeto em causa.  

O tema desta 19ª edição  de "Braga a Correr, por São Vicente", visava um duplo propósito. Por um lado, promover junto de 'novos públicos', os objetivos inerentes ao projeto/campanha "Abrigar São Vicente", e por outro, possibilitar 'in loco', um melhor conhecimento do património em questão, a igreja paroquial de São Vicente.

Desta vez, os organizadores do passeio semanal noturno por Braga, em passo de corrida, dos 8 aos 88, delinearam um trajeto que privilegiou o casco urbano vicentino.

Após concentração, no local e hora do costume (Praça da República, às 21h:00), a organização aproveitou a circunstância para homenagear - com uma coroa de louro -, Filomena Costa, pelo excelente resultado obtido na maratona feminina, nos últimos  mundiais de atletismo em Pequim. 

Depois desta singela, mas sentida homenagem, e das habituais voltas de aquecimento em torno do chafariz, os atletas subiram em direção à rua de São Vicente, por forma a que todos pudessem desfrutar de uma primeira vista, sobre o rico alçado da igreja de São Vicente. O trajeto seguiu pela rua de Espanha, rua das Oliveiras, Campo Novo, rua de Guadalupe e Regueira, descendo a rua de Camões em direção à rua de São Domingos. Daqui, subiu-se ao Largo Monte de Arcos e rua Areal de Baixo. O percurso ao inverso fez-se, por entre algumas das ruas, vielas, largos e jardins das principais urbanizações do território vicentino, nomeadamente: urbanização do Pachancho, Quinta das Fontes, Amoreiras e Bairro da Misericórdia, Central de camionagem, rua Gabriel Pereira de Castro (Escoura), vindo a terminar no adro da igreja de São Vicente. 

Aqui,os atletas foram convidados a entrar no templo. Nesta breve pausa, tiveram a oportunidade de contemplar o interior de um dos mais belos exemplares, aos níveis da arquitetura e talha, do período barroco e rococó da cidade de Braga, e, constatarem a necessidade de uma intervenção urgente, no sentido de não se deixar avançar mais o seu estado de degradação, nomeadamente ao nível dos tetos e respetivos telhados.

Depois dos agradecimentos aos atletas convidados Filomena Costa e Emanuel Silva, à organização do "Braga a Correr" e demais atletas presentes, já no exterior, procedeu-se à  respetiva 'foto de família', tendo por cenário, o rico alçado granítico da igreja. Após esta breve pausa, que serviu para recuperar forças, os atletas desceram ao ponto de partida (chafariz da Praça da República), onde terminou, como habitualmente acontece, mais uma edição de "Braga a Correr". Este 'percurso vicentino', rondou aproximadamente os 6,5 Km. De referir ainda que, esta edição contou com a participação de dois atletas, um feminino e outro masculino, com mais de 70 anos, e que ambos fizeram o percurso na sua totalidade.

SALÃO AUTO EM BRAGA É “APOSTA GANHA” PARA O FUTURO

Abertura da segunda edição do certame

Decorreu hoje, dia 25 de Setembro, a sessão de abertura da segunda edição do Salão Auto de Braga, um evento com organização da InvestBraga que, até Domingo, leva ao Parque de Exposições as principais marcas do sector automóvel e do motociclismo. As expectativas para este ano passam por receber dez mil visitantes no certame, que no ano transacto registou um total de sete mil visitas.

CMB25092015SERGIOFREITAS000000335

Com 60 marcas em exposição, incluindo cerca de 90 por cento das marcas de todo o sector automóvel, o certame conta ainda com diversos stands de peças e acessórios que prometem fazer as delícias dos aficionados do sector, num espaço com dez mil metros de exposição. Desde viaturas novas, seminovas e motociclos, o Salão Auto de Braga vai apresentar algumas novidades da área, entre as quais a apresentação oficial do novo modelo da Jaguar, que traz a Braga o mais recente XE.

CMB25092015SERGIOFREITAS000000334

Na ocasião, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, sublinhou que o certame é demonstrativo da atenção que a InvestBraga presta a cada sector de actividade, elogiando os ajustamentos efectuados que fazem com que esta edição tenha crescido em termos de número de expositores e área de exposição. “É um evento atractivo para os que queiram adquirir uma viatura e para quem pretenda usufruir do potencial lúdico que uma iniciativa destas propicia”, afirmou

Também Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga, referiu que este é um evento que está alinhado com a retoma que se verifica em termos económicos, garantindo que o certame tem condições de atractividade que lhe permitem atrair cada vez mais pessoas da região e até do Norte de Espanha. “É notória a evolução deste certame face à edição anterior, isto porque o próprio sector tinha dificuldade em estar presente neste tipo de eventos. Neste novo ciclo, em que a economia está a despertar, o Salão Auto é uma aposta clara para o futuro”, disse.

CMB25092015SERGIOFREITAS000000332

Do programa constam igualmente momentos de “muita adrenalina” para brindar os entusiastas de carros e motos, como os espectáculos de Freestyle de motos, com a presença dos conceituados Nh Pina e Jacques Stunt, e os shows de Drift com o piloto André Silva. Os espectáculos terão lugar na parte exterior do Parque de Exposições.

O evento abriu ao público hoje, pelas 18h00, e estará de portas abertas até às 24h00. No Sábado, o horário será das 14h00 às 24h00 e no Domingo, último dia do evento, a abertura está marcada para as 10h00 com o encerramento previsto para as 20h00.

CMB25092015SERGIOFREITAS000000330

CABECEIRAS DE BASTO INAUGURA AGROBASTO

Festas do Concelho: Agrobasto é aposta ganha

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado pelo presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, e pelos presidentes das Câmaras Municipais de Mondim de Basto e de Ribeira de Pena, Eng. Humberto Cerqueira e Arq. Rui Alves, inaugurou esta tarde a 39ª edição da Agrobasto –Exposição/Feira das Atividades Económicas de Cabeceiras de Basto, certame que decorre até ao dia 29 de setembro na Praça Arcipreste Francisco Xavier de Almeida Barreto e na cave da Casa da Juventude de Cabeceiras de Basto (Mercado Municipal).

Exposição pecuária

À comitiva juntaram-se os vereadores da Câmara Municipal, bem como os presidentes das Juntas de Freguesia.

Na oportunidade, o presidente da Câmara salientou que “a Agrobasto é a afirmação do potencial económico e turístico do nosso concelho e da nossa região”, onde estão representados os quatro concelhos das Terras de Basto – Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto, Celorico de Basto e Ribeira de Pena.

Exposição - tratores e alfaias agrícolas

Para Francisco Alves, a 39ª edição da Agrobasto “é uma aposta ganha”, não só pelo número de produtores/expositores participantes neste certame, como também pela excelência dos produtos e do numeroso público que atrai anualmente.

“A Agrobasto engrandece as Festas do nosso Concelho e nós estamos muito satisfeitos. E, por isso, temos de continuar a apostar nestas atividades que são uma mais-valia para o concelho e para toda esta região”, realçou o presidente da Câmara Municipal.

De acordo com as palavras do autarca, “esta organização representa um investimento” na economia local.

Por fim, Francisco Alves deixou um convite a todos para que visitem as Festas do Concelho de Cabeceiras de Basto e para que degustem a nossa “gastronomia de excelência”.

Stand do Município de Cabeceiras de Basto na Agro

Organizada pela Câmara Municipal, a Agrobasto para além de se assumir como uma grande montra de equipamentos, produtos e serviços, visa também a promoção socioeconómica das Terras de Basto. No total, mais de 100 expositores marcam presença nesta edição 2015 do certame.

Tratores e alfaias agrícolas, máquinas para a construção civil, viaturas automóveis, artesanato urbano, produtos do lar, tasquinhas, produtos agroalimentares, artesanato local, instituições, criadores de gado bovino (Barrosã, Maronesa e Minhota), caprino (Bravia), ovino (Bordaleira D’entre Douro e Minho), cavalar (Garrano) e suíno (Porco Bizaro) estão em destaque nesta 39ª exposição. O fumeiro tradicional, os vinhos, a doçaria tradicional, o mel, as compotas, os licores, o artesanato de lã, linhos e tanoaria também estão representados. O recinto compreende ainda espaços destinados à exposição pecuária, à fauna e flora.

De salientar que a promoção gastronómica acontece nas várias tasquinhas, num espaço montado para o efeito no recinto da feira, onde serão servidos os pratos tradicionais da região acompanhados pelos vinhos verdes de Basto.

Esta noite, a partir das 21h30, o grupo de música tradicional portuguesa ‘Sons do Minho’ atua no palco da Agrobasto, estando agendado para amanhã, nesse mesmo palco, o Encontro de Folclore com o Rancho Folclórico S. João Baptista de Cavez, Rancho Folclórico ‘Os Camponeses de Arosa’, Rancho Folclórico De S. Nicolau de Basto e o Grupo Folclórico ‘As Lavradeiras da Vila de Cavez’. Na noite de domingo, o palco será entregue aos cantadores ao desafio Sara Cristina de Gaia, Lopes de Travassô e Carvalho de Cucana, e no domingo e na segunda-feira às concertinas.

Do programa das Festas de S. Miguel destaca-se amanhã à noite, dia 26 de setembro, a atuação do popular artista português Mickael Carreira, jovem cantor do momento que arrasta consigo multidões e que levará ao rubro o Parque do Mosteiro. O espetáculo acontece a partir das 22h30 e a entrada é gratuita.

BRAGA QUER REABILITAR CONVENTO DE S. FRANCISCO

Parceria entre Município de Braga e UM permite reabilitação do Convento de S. Francisco. Proposta será analisada na próxima reunião do Executivo

O Executivo Municipal irá analisar, em sede de Reunião descentralizada que se realiza na próxima Segunda-feira, dia 28 de Setembro, pelas 18h30, em Navarra, uma proposta de cedência do edifício do Convento de S. Francisco, em Real, à Universidade do Minho (UMinho), que irá instalar no local a sua Unidade de Arqueologia, actualmente sediada no centro da Cidade.

Desta forma, o Município de Braga, proprietário do imóvel, irá colocar o edifício ao serviço da investigação científica. O contracto de comodato a celebrar com a UMinho permite, assim, encontrar uma solução para a reabilitação do Convento de S. Francisco, imóvel que actualmente se encontra em estado de degradação e sem utilização há vários anos.

A UMinho ficará responsável pela execução e concretização do projecto de reabilitação do imóvel, assim como pela criação de um espaço museológico com circuitos de visita abertos ao público no reabilitado Convento de S. Francisco.

Para Miguel Bandeira, vereador do Urbanismo e Património, este processo é ´extremamente vantajoso´ para o Concelho porque vai permitir a reabilitação de uma “referência incontornável do património de Braga”. “A UMinho é a instituição que está melhor preparada para executar este processo de reabilitação, nomeadamente por estar habilitada a aceder a fundos comunitários. No actual quadro económico, esta é a melhor solução para avançar com o projecto”, adiantou.

O vereador sublinhou que a celebração deste contracto de comodato vai ao encontro da política de conjugação de esforços e aproximação do Município às Universidades que tem vindo a ser seguido pelo actual Executivo, com vantagens para ambas as partes e para toda a comunidade. “Esta parceria vem na esteira de outros projectos conjuntos entre entidades, de que é também exemplo a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva”, afirmou.

O antigo Convento de S. Francisco fica situado paredes-meias com a Igreja de S. Francisco e Capela de S. Frutuoso, edifícios que “cruzam as grandes épocas históricas” de Braga.

“Estamos convictos que o Convento de S. Francisco vai transformar-se, no futuro, num importante ponto de atracção patrimonial do Concelho, incluindo-se num roteiro que se complementa com o Mosteiro de S. Martinho de Tibães e o Núcleo Museológico de Dume, que está neste momento a ser alvo de uma intervenção”, referiu Miguel Bandeira.

Além da reabilitação integral do edifício, Miguel Bandeira sustenta que o Convento de S. Francisco ficará dotado de “condições de funcionalidade verdadeiramente excepcionais”.

BRAGA MELHORA REDE VIÁRIA

Ricardo Rio em visita à União de Freguesias de Lomar e Arcos. Prioridade passa por intervir na rede viária e aliviar ´pressão do trânsito´

A concretização de investimentos na rede viária que permitam aliviar a ´pressão do trânsito´ foi identificada como a principal prioridade para a União de Freguesias de Lomar e Arcos durante uma visita que Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, realizou hoje, dia 25 de Setembro, a esta zona do Concelho.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001034

“Por via do crescimento demográfico registado ao longo dos últimos anos nesta União de Freguesias, que resultou na maior utilização de viaturas particulares, e do desenvolvimento empresarial, do qual a Bosch é o melhor exemplo, é necessário conciliar a estrutura viária existente, que não estava preparara para comportar todo o afluxo de trânsito que se verifica actualmente”, afirmou o autarca, garantindo que o Município está disponível para, em articulação com a União de Freguesias, dialogar com proprietários de terrenos e identificar soluções que permitam efectuar alargamentos em alguns dos pontos mais críticos.

Sobre os equipamentos escolares na União de Freguesias, o Edil sublinhou que, à semelhança do que sucede noutros pontos do Concelho, estes carecem de ajustes que propiciem maior conforto para as crianças, docentes e funcionários. “A degradação que o tempo vai causando faz com que sejam prementes intervenções nas infra-estruturas. Estamos a fazer esse levantamento e a priorizar os problemas para, o mais brevemente possível, encontrar as melhores soluções”, referiu. Segundo o Edil, as situações mais críticas relacionam-se com os aquecimentos nas salas de aula, a componente de condições para usufruto do recreio e a qualificação do parque informático escolar.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001032

Por fim, Ricardo Rio enfatizou ainda a importância das visitas ao território e do contacto directo que, nestas ocasiões, é estabelecido com as comunidades. “No terreno conseguimos ter uma percepção clara sobre os reais problemas das populações. Estes contactos têm-nos permitido, em conjugação de esforço com as Juntas de Freguesia, resolver muitos problemas nas mais diversas zonas de Braga, aumentando a qualidade de vida dos cidadãos”, garantiu.

Por seu turno, Manuel Dias, presidente da União de Freguesias, mostrou-se confiante de que o problema dos acessos, que é ´particularmente incómodo para os moradores´, pode ser mitigado no futuro próximo. “Na medida das possibilidades e do contexto económico actual, vamos tentar, em diálogo com a Autarquia, criar condições para efectuar alguns alargamentos e permitir que, de modo geral, o trânsito circule de forma mais fluída”, afirmou.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001029

...

Noite Europeia dos Investigadores mostra que “é possível ser cientista em Braga”. Iniciativa decorreu no Museu D. Diogo de Sousa

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, participou hoje, 25 de Setembro, na abertura da Noite Europeia dos Investigadores que decorreu no Museu D. Diogo de Sousa, em Braga.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001038

Nesta iniciativa organizada pela Escola de Ciências da Universidade do Minho (UMinho), participaram alunos de 19 escolas dos concelhos de Braga, Guimarães, Barcelos e Famalicão que realizaram uma mostra dos trabalhos científicos em que estão envolvidos no âmbito do projecto ‘A Minha Escola de Ciências’.

Na ocasião, Ricardo Rio sublinhou o “trabalho notável” que a Escola de Ciências da UMinho tem realizado na promoção da Ciência, nomeadamente junto do público escolar. “Existe da parte dos alunos uma grande receptividade para aprofundar o conhecimento na Ciência e há também muito talento, a avaliar pelos projectos aqui representado”, referiu.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001037

Defendendo que “é possível ser cientista em Braga”, o Edil salientou que o Concelho possui actualmente algumas das referências mundiais da investigação científica em áreas de vanguarda. “Estes jovens poderão dar continuidade a este percurso que Braga e a Escola de Ciências têm vindo a fazer e contribuir para o desenvolvimento sustentável da região”, acrescentou, dando conta da disponibilidade do Município para apoiar todas as iniciativas relacionadas com esta área do conhecimento.

A Noite Europeia dos Investigadores é uma iniciativa promovida pela Comissão Europeia à qual se associou, pelo quarto ano consecutivo, a Escola de Ciências da Universidade do Minho. O programa incluiu dezenas de actividades diversificadas pensadas para o público infantil, juvenil, adulto, para famílias e para grupos escolares.

Acções ‘hands-on’, demonstrações, palestras, workshops, encontros com cientistas e outras iniciativas relacionadas com a Biologia, a Física, Ciências da Terra, Matemática e Química fizeram parte do programa.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001041

EMPRESA VIANENSE DISTINGUIDA COM PRÉMIO INTERMARCHÉ PRODUÇÃO NACIONAL - 2ª EDIÇÃO

A Empresa AROMÁTICAS VIVAS, com sede em Viana do Castelo, acaba de vencer o PRÉMIO INTERMARCHÉ PRODUÇÃO NACIONAL na categoria de Produção Biológica. Este Prémio avaliado por um júri nacional independente, como a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, a Confederação dos Agricultores de Portugal, ou o Instituto Superior de Agronomia.

Trata-se de um momento particularmente importante para a Empresa e todos os seus 37 trabalhadores que diariamente produzem cerca de 16 variedades de plantas aromáticas para o mercado Ibérico, sendo que mais de 30% são exportadas para Espanha.

A Empresa AROMÁTICAS VIVAS é em Portugal a maior produtora de ervas aromáticas vivas em vaso, produzindo, embalando e vendendo também plantas cortadas para os mais diversos clientes espalhados pelos dois países. A sua unidade, localizada em Carreço, está equipada com a mais alta tecnologia de produção, amiga do ambiente e da mais elevada qualidade, tendo capacidade para produzir cerca de 5 milhões de plantas ao longo de todo o ano e dá emprego direto a 37 trabalhadores, sendo que mais de 20% dos quais possuem formação superior nas mais diversas áreas das ciências agrárias, biologia, engenharia do ambiente, gestão e marketing.

A Empresa pauta a sua atuação na busca permanente de inovação tecnológica e qualidade ajustada ao gosto dos consumidores, investigando novas espécies e variedades. Possui ainda uma unidade de produção de insetos auxiliares no controlo natural de pragas e doenças, vendendo no mercado nacional e exportando para parceiros europeus.

GUIMARÃES É O MELHOR MUNICÍPIO DIGITAL

Câmara Municipal de Guimarães vence prémio “Melhor Município Digital”

Design, personalização, interatividade, inovação, usabilidade e resultados foram alguns dos critérios de avaliação que distinguiram Guimarães. “Prémio Carreira” foi entregue este ano a Francisco Pinto Balsemão.

Premio_Melhor_Municipio_Digital

A Câmara de Guimarães conquistou o prémio de “Melhor Município Digital”, durante a realização de uma cerimónia anual que decorreu esta quinta-feira à noite, 24 de setembro, no Teatro Thalia, em Lisboa, onde foram atribuídos os “Prémios Navegantes XXI”, uma iniciativa da ACEPI - Associação da Economia Digital, que distingue projetos eletrónicos que mais tenham contribuído para transformar a Administração Pública Local portuguesa.

A página de internet do Município, os seus serviços digitais, entre os quais o “Balcão Virtual” e o “Esclareça Online”, o portal do Executivo e da Assembleia, a Plataforma para a Educação SIGA, a aplicação para dispositivos móveis Mobitur ou a plataforma ePaper do Urbanismo foram projetos que integraram a candidatura de Guimarães, apreciada pela associação de empresas que lidera a revolução da Economia Digital em Portugal, nomeadamente, lojas online, sites financeiros, portais, sites de media, empresas de telecomunicações, serviços de comércio eletrónico e de marketing digital.

Fomentar canais de diálogo e de comunicação entre os vimaranenses e o Executivo Municipal, com serviços pioneiros e interativos, constitui um objetivo do Presidente da Câmara de Guimarães, numa sociedade do conhecimento e das tecnologias de informação. «O munícipe, através das funcionalidades da internet, pode ser esclarecido, poupa deslocações, resolve os seus processos com agilidade, o que reduz, também, o tempo de espera no atendimento físico da Câmara, deixando os serviços para questões que careçam de maior acompanhamento», considera Domingos Bragança, representado pelo vereador Ricardo Costa na cerimónia de entrega dos prémios.

Boas práticas públicas

Há pouco mais de um ano, em junho de 2014, a Agência para a Modernização Administrativa (AMA) reconheceu o novo portal da Câmara Municipal de Guimarães como uma referência nas boas práticas em “Open Source” (“Código Aberto”) na Administração Pública. A distinção incentivava a partilha e promoção de conhecimento e experiências dedicadas às boas práticas de modernização, inovação e simplificação administrativas, com vista a melhorar a qualidade de vida dos cidadãos através das tecnologias de informação.

Apostando num design moderno, com ferramentas intuitivas e privilegiando sempre a simplificação, interatividade e a disponibilização online dos serviços municipais, o novo portal da Câmara Municipal de Guimarães, construído com base num conceito orgânico e dinâmico, reforça o apoio ao cidadão na sua relação com a autarquia, facilitando a comunicação entre os internautas e os serviços disponibilizados, onde o visitante pode encontrar, com poucos cliques, todas as informações desejadas.

MUNICÍPIO DE BARCELOS REFORÇA APOIOS SOCIAIS

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária do executivo, realizada no dia 25 de setembro, um vasto conjunto de apoios em forma de subsídios a nível social.

O Município de Barcelos assume os custos com a contratação suplementar de outro pessoal auxiliar, “tarefeiras”, para suprir a falta de efetivos ou para assegurar o acompanhamento e apoio aos alunos em períodos mais críticos do quotidiano escolar, como o do almoço, em todos os  estabelecimentos de ensino pré-escolar e do primeiro ciclo sob tutela municipal. Como o valor pago a estas “tarefeiras” é relativamente baixo, tem sido prática fornecer o almoço a este pessoal nos termos em que é fornecido aos alunos.

Ainda do foro social, foram também aprovados apoios para refeições a trinta e dois alunos do 1º ciclo e ensino pré-escolar; atribuições de passe escolar com comparticipação a 100% a quatro alunos; apoios à habitação social no montante de 5.100,00 euros; e apoios ao arrendamento habitacional com cinco novos processos para comparticipação, e sete em curso para serem reavaliados.

Na reunião de executivo, foram ainda aprovados vários apoios em forma de subsídios a diversas associações e freguesias do concelho, no valor global de 90.000,00 euros, de forma a apoiar obras e iniciativas.

BRAGA ESTÁ NA ROTA DOS GRANDES EVENTOS CIENTÍFICOS

Participantes do Congresso da Associação Portuguesa de Urologia recebidos no Salão Nobre

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, recebeu ao final do dia de ontem, 24 de Setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, os participantes do Congresso da Associação Portuguesa de Urologia, que decorre em Braga até ao próximo Domingo, 27 de Setembro.

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001008

Ricardo Rio congratulou-se pela escolha de Braga para a realização deste "evento de alto nível científico" que, este ano, é organizado pelo Serviço de Urologia do Hospital de Braga. "Associamo-nos desde a primeira hora a este evento, dando todos os contributos para que Braga fosse o local escolhido", referiu, notando que esta é também uma forma de "reconhecer o trabalho de excelência do Hospital de Braga".

O Autarca destacou ainda o potencial que a Cidade possui para a realização de eventos desta índole, não apenas em termos de acessibilidades, como também pelo vasto conjunto de infra-estruturas preparadas para acolher este tipo de iniciativas.

Aliada a estas características, Ricardo Rio deu também conta da riqueza histórica, patrimonial e cultural da Cidade que possibilita "experiências únicas" a todos os visitantes. "O vosso congresso coincide com a 'Braga Barroca', um evento centrado na vivência do período barroco com o objectivo de fomentar o conhecimento e a divulgação da história local", explicou, convidando-os desfrutar da Cidade.

Por seu turno, Estevão Lima, director do Serviço de Urologia do Hospital de Braga, sublinhou "o apoio decisivo do Município de Braga para trazer para Braga a realização deste congresso, que se realiza de dois em dois anos e que é sempre muito disputado".

CMB25092015SERGIOFREITAS0000001006

BRAGA LANÇA PROGRAMA DE RECONVERSÃO

Sessão de lançamento do programa de reconversão Qualifica IT

image001

Data:28 de setembro (segunda-feira)

Horário: 11h00

Local: Auditório A1 da Universidade do Minho (Gualtar)

A Câmara Municipal de Braga leva a efeito, na próxima segunda-feira, dia 28 de setembro, no Auditório 1 (do Complexo Pedagógico 1) da Universidade do Minho, em Gualtar, pelas 11h00, a sessão de lançamento do programa de reconversão Qualifica IT.

A sessão de lançamento será realizada para os 100 primeiros formandos do Qualifica IT, estando presentes os representantes da InvestBraga, Universidade do Minho e IEFP, promotores da iniciativa, assim como os das empresas parceiras no programa.

VÃO AS ESCOLAS DE MONÇÃO FECHAR AS SUAS PORTAS?

COMUNICADO

As escolas em Monção estão num caos, organizado o inicio deste ano escolar pela nova CAP (constituída por 3 elementos externos da anterior CAP e 2 elementos novos  , professores do agrupamento alegadamente afectos a facção que apoia os opositores á homologação da eleição do professor Sérgio Gonçalves como director do Agrupamento). Alguns dos erros cometidos neste inicio deste ano escolar foram:

- Professores com horas a mais atribuídas, outros com horas menos, outros ainda sem horário;

- Professores "caixeiros-viajantes" que percorrem 4 escolas do Agrupamento, no mesmo dia, distanciadas entre si por vários km;

- Directores de turma e professores que entretanto foram mudados, desde o início do ano; 

- Professores a leccionarem vários níveis, havendo pelo menos um, que sendo professor do 2. e 3. ciclo foi mudado para o Secundário sem ter habilitações para tal e outras trapalhadas

Esta comissão administrativa provisória adiou para 5 de Outubro ( coincidência para depois das eleições) a atribuição dos horários definitivos aos professores, o inicio dos apoios educativos e o inicio do inglês para o 1. ciclo apesar dos professores estarem colocados.

Ontem em reunião de Câmara foi aprovada com o voto favorável dos 3 vereadores PS e 3 do PSD , e voto contra do vereador do CDS Abel Baptista (Presidente da Comissão de educação na AR, candidato pelo CDS nas listas da PAF no circulo de Viana), a denúncia unilateral do contrato com o MEC que segue em anexo, bem como a retirada dos funcionários camarários colocados nas escolas,e a exigência na nomeação do professor Sérgio do Nascimento Gonçalves como presidente da CAP. Esta proposta terá que ser aprovada pela assembleia municipal na reunião da próxima sexta-feira.

Apesar de todos considerarmos que a homologação da eleição deveria ter sido feita pela DGAE com base no interesse público(3 anos de instabilidade no agrupamento), os erros referidos anteriormente são mais que justificação para esta cedência mas que se torna uma exigência de nomeação do Professor Sérgio como Presidente da CAP, para que haja uma mudança que defenda os interesses da nossa escola, dos nossos filhos, professores e funcionários que fazem parte de uma comunidade educativa de uma escola que ocupa neste momento o ultimo lugar no ranking distrital.

Se a proposta aprovada ontem em reunião de câmara for aprovada na Assembleia Municipal  e na próxima segunda -feira a escola não abrir portas, atribuímos a responsabilidade UNICAMENTE AO MINISTÉRIO PORQUE ESTA PROPOSTA JÁ ERA DO CONHECIMENTO DO MINISTÉRIO DESDE A REUNIÃO DE CÂMARA REALIZADA A 31 DE AGOSTO, E POR TAL MOTIVO TEVE MAIS QUE TEMPO SUFICIENTE PARA SE PRECAVER QUANTO A ESTA SITUAÇÃO.

Esperemos que mais cartas não apareçam na comunicação social em que os responsáveis políticos continuem a tomar decisões com base em argumentos partidários tal como foi a escolha da primeira das 5 CAP s.

Ana Maria Oliveira

Movimento em Defesa da Escola Pública de Monção

BRAGA MEXE-SE ESTE FIM-DE-SEMANA

Actividades 'Mexe-te Braga deste fim-de-semana

O futebol americano e o andebol em cadeira de rodas são as modalidades em destaque este fim-de-semana no âmbito do programa 'Mexe-te Braga'.

Amanhã, Sábado, 26 de Setembro, na Avenida Central, entre as 16h00 e as 18h00, haverá futebol americano, com os 'Braga Warriors', e andebol em cadeira de rodas, com a APD Braga.

No Domingo, 27 de Setembro, o Complexo Desportivo da Rodovia acolhe, entre as 10h00 e as 12h00, uma actividade organizada pelo Solinca.

Criado pelo Município de Braga em parceria com associações desportivas, clubes, ginásios e health clubs, o 'Mexe-te Braga' tem como objectivo incentivar os Bracarenses a praticar desportivo e a adoptar hábitos de vida saudável. Todos os eventos têm entrada gratuita.

Mais informações podem ser obtidas através do endereço desporto.lazer@cm-braga.ptmailto:desporto.lazer@cm-braga.pt.

MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS SÃO POSITIVOS SE FOREM BEM GERIDOS

- Afirma Marta Bronzin, Chefe de Missão em Portugal da OIM - Organização Internacional das Migrações, em artigo de opinião gentilmente cedido ao BLOGUE DO MINHO.

Este artigo enquadra-se na temática de Setembro do Ano Europeu para o Desenvolvimento (AED), Migrações e Demografia. O AED é uma iniciativa que vai decorrer durante o ano de 2015 em todos os países da União Europeia, com o mote “O nosso mundo, a nossa dignidade, o nosso futuro”.

Assistimos nestes dias a manifestações que juntam espontaneamente dezenas de milhares de pessoas na Europa em apoio ao acolhimento de refugiados, numa demonstração que é ao mesmo tempo de solidariedade para com estas pessoas e de frustação pela incapacidade dos seus Governos darem uma resposta à altura das circunstâncias.

A crise migratória no Mediterrâneo não é uma situação isolada. Acresce que o número de migrantes atingiu máximos históricos – uma em cada sete pessoas no mundo é um migrante hoje em dia. 60 milhões de pessoas estão a ser deslocadas e procuram refugio em várias partes do mundo devido a múltiplas crises humanitárias, a  instabilidade política e situações de perseguição. Estes factores obrigam-nas a sairem das suas casas em busca de segurança e melhores condições de vida, gerando forte pressão migratória sobre os países de trânsito e de acolhimento. O desespero e a falta de canais legais alimentam a migração irregular, agravando os riscos ao longo das rotas migratórias e favorecendo o mercado dos traficantes.

Também confrontada com esta realidade, a União Europeia não tem conseguido encontrar um consenso político para receber e gerir os fluxos de pessoas que chegam às suas portas. Estas são consideradas como um peso ou até como uma ameaça. Há muito tempo que se assiste a uma instrumentalização política do tema das migrações. Ao mesmo tempo opta-se por soluções securitárias e de contenção que dificilmente serão eficazes e sustentáveis.

A Europa enfrenta também outra realidade com a qual tem que lidar. Está a envelhecer, e a população em idade activa está destinada a perder 7.5 milhões pessoas até 2020, de acordo com os dados da OCDE, com um consequente desencontro entre necessidades laborais e competências e qualificações disponíveis. Estas projeções pioram se excluirmos os migrantes deste cenário.

Então o que está a faltar ou a falhar neste momento? Falta olhar para além da dimensão humanitária e das respostas de curto prazo. Falta reconhecer que a mobilidade humana nas suas várias formas e causas sempre existiu e continuará a existir. Falta uma visão objectiva e uma reflexão honesta sobre as nossas necessidades e o contributo que as migrações, se bem geridas, podem dar às sociedades e às economias dos países de acolhimento.

Apesar dos imigrantes não poderem por si só resolver os problemas demográficos e as assimetrias do mercado de trabalho, deverão fazer parte da solução. Em determinados países da Europa, inteiros sectores da económica como a saúde, as tecnologias, o trabalho doméstico, dependem de mão de obra estrangeira mais ou menos qualificada para o seu funcionamento. Quem procura os nossos países pode dar um contributo importante para a economia e o sistema de protecção social. Mas isso não acontecerá se não houver políticas transparentes e realistas que conduzam à criação de canais legais e seguros de migração, ao respeito dos direitos humanos básicos dos migrantes, num espírito de responsabilidade partilhada entre países de origem, trânsito e destino.

Na nova Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, adoptada pelas Nações Unidas no fim deste setembro, as migrações finalmente ocupam o lugar que merecem enquanto fator incontornável para um desenvolvimento global inclusivo. Fica só reconhecer que as migrações são relevantes para a prosperidade e o crescimento de todos os países, tanto do Sul como do Norte do mundo. 

Marta Bronzin

Chefe de missão em Portugal da OIM - Organização Internacional das Migrações

GUIMARÃES RECEBE COMUNIDADE ESCOLAR

Presidente do Município envia mensagem ambiental à comunidade escolar de Guimarães

Carta de Domingos Bragança destaca importância da educação ambiental na abertura do ano letivo 2015-2016. Câmara distribui marcador de livros “Pai, conto contigo” a todos os alunos do 1º e 2º Ciclo.

Guimaraes_Ano_Letivo_2015_16

«A Educação Ambiental é crucial para a mudança de atitudes e de hábitos, por isso um dos nossos maiores campos de intervenção será a Escola», escreveu Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, na carta que dirigiu aos Diretores das escolas do concelho, no início do ano letivo, reforçando o «importante contributo» da comunidade escolar para a formação de cidadãos conscientes da preservação do ambiente.

A mensagem do responsável pela Autarquia vimaranense, inserida no âmbito da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020, tem por objetivo a adoção generalizada de comportamentos e ações amigas do ambiente. «Conto consigo, com a sua ajuda essencial, neste enorme desafio que o nosso Município abraçou e que acreditamos fará com que deixemos um território melhor para os nossos filhos, as crianças e jovens que estão hoje na escola», refere Domingos Bragança no conteúdo da missiva enviada às direções dos Agrupamentos de Escolas.

A abertura do ano letivo, enquadrada na Semana da Mobilidade de Guimarães, compreendeu também a distribuição de um marcador de livros aos alunos do 1º Ciclo de escolaridade, com os vereadores Amadeu Portilha, Adelina Paula Pinto, José Bastos, Ricardo Costa e Paula Oliveira a participarem na abertura simbólica do ano letivo, visitando estabelecimentos de ensino do 1º Ciclo de cada um dos 14 agrupamentos de escola, tendo contactado com um universo de mais de dois mil alunos.

Guimarães mais verde

Além de desejarem um «bom ano letivo a todos os alunos», as intervenções incidiram sobre o significado da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia, as suas razões e a abordagem de diretrizes acerca da importância das crianças e dos jovens colaborarem no aperfeiçoamento de comportamentos, atitudes e rotinas diárias na preservação do ambiente. Durante as visitas realizadas, além de serem reforçadas mensagens de apelo à sensibilidade e consciência ambiental da comunidade, foram também realçadas as mais-valias que serão operadas no concelho, enquanto decorre o processo de implementação de medidas no âmbito da sustentabilidade ambiental.

«A Câmara Municipal de Guimarães não pode deixar de estar ao lado, de forma comprometida, de todas as escolas, ajudando a proporcionar as melhores condições de aprendizagem a todos os alunos (…), garantindo uma escola de qualidade, uma escola que responda aos desafios do século XXI, uma escola que prepare cidadãos interventivos, ativos, observadores e com capacidade de intervenção no mundo que os rodeia», afirmou Domingos Bragança, enaltecendo o projeto educativo “Pegadas”, programa de educação ambiental que tem como principal objetivo educar e sensibilizar a comunidade educativa para a defesa do ambiente e para as políticas de desenvolvimento eco-sustentável, reduzindo a pegada ecológica provocada pela emissão de carbono para a atmosfera.

AGROBASTO TEM MAIS DE UMA CENTENA DE EXPOSITORES

Mais de 100 expositores na edição 2015 da Agrobasto

Mais de 100 expositores estarão presentes na edição 2015 da Agrobasto –Exposição/Feira das Atividades Económicas de Cabeceiras de Basto, certame cuja abertura ao público está marcada para amanhã, dia 25 de setembro, a partir das 17 horas.

Tratores e alfaias agrícolas, máquinas para a construção civil, viaturas automóveis, artesanato urbano, produtos do lar, tasquinhas, produtos agroalimentares, artesanato local, instituições, criadores de gado bovino (Barrosã, Maronesa e Minhota), caprino (Bravia), ovino (Bordaleira D’entre Douro e Minho), cavalar (Garrano) e suíno (Porco Bizaro) estarão em exposição na Praça Arcipreste Francisco Xavier de Almeida Barreto e na cave da Casa da Juventude de Cabeceiras de Basto (Mercado Municipal).

O fumeiro tradicional, os vinhos, a doçaria tradicional, o mel, as compotas, os licores, o artesanato de lã, linhos e tanoaria também vão estar representados neste certame.

De salientar que a promoção gastronómica estará a cargo da ‘Casa do Coucieiro, Enchidos Regionais’, no restaurante na Cave do Mercado, que servirá os pratos tradicionais da região acompanhados pelos vinhos verdes de Basto.

O recinto compreenderá ainda espaços destinados à exposição pecuária à fauna e flora.

No que se refere à animação, pelo palco da Agrobasto vão passar o grupo de música tradicional portuguesa ‘Sons do Minho’, os cantadores ao desafio Sara Cristina de Gaia, Lopes de Travassô e Carvalho de Cucana, a Ronda das Concertinas, folclore, entre outros.

Organizada pela Câmara Municipal, a Agrobasto para além de se assumir como uma grande montra de equipamentos, produtos e serviços, visa também a promoção socioeconómica, cultural e turística das Terras de Basto.

Pág. 1/5