Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA REQUALIFICA RINGUE DESPORTIVO DAS ANDORINHAS

Sintético no Ringue Desportivo das Andorinhas concretiza sonho antigo dos moradores

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, visitou hoje, 31 de Julho, a obra de requalificação do Ringue Desportivo das Andorinhas que concretiza um sonho antigo dos moradores daquele bairro.

Para Ricardo Rio, a intervenção, orçada em cerca de 15 mil euros e que consistiu na colocação de relva sintética e de duas balizas de futebol, faz toda a diferença para as centenas de crianças e jovens que diariamente utilizam aquele equipamento.

“Entendemos que os bairros serão tanto mais valorizados quanto melhores forem as condições disponibilizadas aos residentes e estes equipamentos de proximidade, como é o caso deste ringue, são um factor de valorização do próprio bairro”, afirmou o Edil na visita que contou a presença da vereadora do Desporto, Sameiro Araújo, do administrador da Bragahabit, de representantes da Junta de Freguesia de S. Vicente e do presidente da Associação de Moradores.

Ricardo Rio destacou o papel das associações de moradores na criação do bom ambiente nos bairros, na salvaguarda dos espaços públicos e no apoio aos moradores na sua relação com a Autarquia. Domínios onde o trabalho da Associação de Moradores das Andorinhas “tem sido exemplar”.

Depois da colocação do sintético no ringue desportivo das Andorinhas, o presidente da Câmara Municipal adiantou que haverá outras intervenções em zonas densamente povoadas da freguesia de S. Vicente. “É com o cuidado de responder aos verdadeiros anseios das pessoas que temos estado em trabalhar, sem pôr em causa outras prioridades do Bairro, onde há questões ligadas a intervenções nas habitações, à pintura dos edifícios e à valorização dos espaços públicos, nas quais estamos também a trabalhar”, concluiu.

GONÇALO COUTO EXPÕE PINTURA EM PONTE DE LIMA

Exposições na Torre da Cadeia Velha até dezembro

A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou a calendarização das exposições a realizar na Torre da Cadeia Velha até ao final do corrente ano.

No total, são sete exposições que irão estar patentes ao público, entre amostras de fotografia, pintura e uma exposição sobre a Vida e Obra do Artista Limiano – Zé Micamé, numa organização da CAL – Comunidade Artística Limiana, patente entre 3 de setembro e 3 de outubro.

Na 1ª quinzena de agosto, com inauguração agendada para as 18h30, do próximo dia 4, estará exposta uma mostra de pintura, da autoria de Gonçalo Couto.

“O autor, revelou desde muito cedo dotes para o desenho, mas o gosto pela pintura levou-o a dedicar-se mais a esta arte e tornou-se um pintor autodidacta muito jovem. Gonçalo Couto tem esse dom e dedica-se de uma forma bem vincada aos trabalhos que executa. A sua simplicidade, a sua timidez e os seus traços fisionómicos “escondem” uma larga faixa do seu talento.

Em cada quadro há uma expressão tão natural e uma sensibilidade tão nítida. A sua perfeição conduz-nos a observar os seus trabalhos de uma forma tão pegada, que parecem ficar encaixilhados na nossa memória.

Gonçalo Couto é uma referência colorida da pintura artística do Alto Minho.”

A não perder na Torre da Cadeia Velha, de 4 a 17 de agosto.

O calendário das exposições na Torre da Cadeia Velha apresenta as seguintes amostras:

Carmen Touza | Exposição de Pintura| 21 a 31 de agosto

Fernando Magalhães | Exposição de Pintura| 7 a 28 de outubro

Roger Green | Exposição de Pintura| 3 a 26 de novembro

José Carlos Costa | Exposição de Fotografia| 1 a 12 de dezembro

BRAGA ENCERRA “FÉRIAS EM GRANDE”

Programa ‘Férias em Grande’ com o triplo dos participantes face à última edição. Encerramento decorreu no edifício GNRation

Decorreu hoje, no edifício GNRation, o encerramento das ‘Férias em Grande’ que o Município de Braga promoveu em parceria com a Academia Synergia, a Escola Profissional de Braga e do Núcleo de Braga da associação Pais em Rede. O programa envolveu cerca de 150 crianças do Concelho, o que representou o triplo dos participantes face ao ano transacto.

CMB31072015SERGIOFREITAS0000002606

Destinado a crianças e jovens entre os 10 e os 14 anos, o programa visou a ocupação dos tempos livres dos jovens durante as férias escolares, através da visita a instalações desportivas/culturais e a participação em diversas actividades de lazer.

Sameiro Araújo, vereadora da Juventude da Câmara Municipal de Braga, sublinhou que o ´feedback´ recebido dos jovens envolvidos e dos próprios pais foi muito positivo, o que ´enche de orgulho´ o Município e as entidades que apoiam o projecto.

“As férias decorreram de forma muito agradável e divertida. Todos os participantes tiveram a oportunidade fazer imensos amigos e às actividades recreativas, lúdica e desportivas juntou-se a componente cultural, que também é importante nestas situações”, afirmou, referindo ainda que a participação de crianças com necessidades educativas especiais conferiu à iniciativa um cariz inclusivo e solidário que permitiu que todos saíssem mais ricos com essa aprendizagem.

Nesta edição, a segunda das ‘Férias em Grande’, o Município apostou em novas actividades e modalidades que suscitaram grande interesse entre os mais novos. O hipismo foi uma das modalidades que passou a integrar o programa de ocupação de tempos livres.

Para além do hipismo, o programa incluiu actividades de canoagem, escalada, dança, futebol americano, hóquei, karaté, basquetebol, karting, workshops, idas ao cinema, à piscina, ao aeródromo, visitas a museus e a outros espaços culturais do Concelho.

CMB31072015SERGIOFREITAS0000002609

BARCELOS IMPLEMENTA DEZ ESPAÇOS DO CIDADÃO

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária do executivo, realizada no dia 31 de julho, a minuta do Protocolo de Colaboração a celebrar entre o Município de Barcelos e a AMA, Agência para a Modernização Administrativa, e ainda a minuta do Protocolo de Colaboração a celebrar entre o Município de Barcelos e dez freguesias do concelho para a implementação de Espaços do Cidadão.

As freguesias de Carapeços, Cristelo, Galegos Santa Maria, Galegos São Martinho, Macieira de Rates, Martim, União de Freguesias de Alvito e Couto, União de Freguesias de Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral, União de Freguesias de Silveiros e Rio Covo Santa Eulália e União de Freguesias de Viatodos, Grimancelos, Minhotães e Monte de Fralães irão gerir e desenvolver redes de lojas para os cidadãos e empresas, em sistema de balcões multisserviços, integrados e especializados, articulando com outros canais de distribuição, e ainda promover a modernização da prestação e distribuição de serviços públicos orientados para a satisfação das necessidades dos cidadãos e das empresas.

Na reunião do executivo, foram ainda aprovados vários apoios em forma de subsídios, no valor global de cerca de 210 mil euros, a diversas associações sociais, desportivas e recreativas, de forma a desenvolver as atividades e melhorias nas estruturas. As freguesias do concelho também foram abrangidas na atribuição de subsídios, mantendo, assim, a aposta na melhoria das infraestruturas como fundamental para o desenvolvimento das localidades e bem-estar das comunidades. Na área social, foram aprovados vários projetos de regulamento para o apoio à habitação social, apoio ao arrendamento habitacional, atribuição de bolsas de estudo e ainda o apoio a projetos sociais.

ESPOSENDE: DANIELA MERCURY ATUA EM OFIR

Daniela Mercury associa-se às comemorações dos 150 anos da Cruz Vermelha Portuguesa e apresenta, na área exterior da discoteca Pacha Ofir, um espetáculo cheio de energia, cor, dança e alegria, onde não vão faltar os grandes êxitos da sua carreira, como “Nobre Vagabundo”; “O Canto da Cidade” e “Pérola Negra”, entre muitos outros.

As receitas deste evento destinam-se a suportar os encargos que a maior Instituição Humanitária do país desenvolve no apoio às populações mais vulneráveis.

Ficha Técnica

Daniela Mercury - Concerto Solidário – 150 anos Cruz Vermelha Portuguesa

Local: Pacha Ofir – Recinto Externo

Horário: 22h00

Abertura de Portas: 20h30

Classificação etária: Maiores de 6 anos

BRAGA INAUGURA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA QUE VALORIZA O PATRIMÓNIO

Concurso Municipal de Fotografia pretende aproximar Bracarenses do seu património. Inauguração da Exposição alusiva aos 10 anos da iniciativa

Foi inaugurada hoje, dia 31 de Julho, na Torre de Menagem, a Exposição alusiva aos 10 anos do Concurso Municipal de Fotografia. A exposição abrirá ao público na Segunda-feira, dia 03 de Agosto, com acesso gratuito, de Segunda-feira a Sexta-feira, das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00.

O Concurso Municipal de Fotografia tem como objectivo principal contribuir para a aproximação dos Bracarenses ao património cultural de Braga, na perspectiva de melhor o identificarem e reconhecerem, enquanto pilar da identidade cultural. Desta forma suscitava-se um olhar fotográfico atento e sensível para a sua beleza, harmonia, equilíbrio e singularidade.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, a fotografia é dos instrumentos mais poderosos para transmitir mensagens, perpetuar momentos ou promover determinados espaços ou actividades. “Este concurso está particularmente centrado na componente patrimonial, física ou imaterial, mas acima de tudo o que sobressai é que, em cada edição, foi sempre possível reunir fotografias de grande qualidade e imagens que são cartões-de-visita da nossa cidade”, afirmou, aproveitando a ocasião para felicitar todos os que, ao longos desta década, participaram no concurso e o valorizaram, estimulando a realização de novas edições da iniciativa.  

O Edil revelou que o Município está a ponderar, na próxima edição do concurso, que deverá ser lançada em Outubro, desafiar os participantes a fotografar a preto e branco. “Ao mesmo tempo, um dos grandes focos nesta matéria passa pela valorização do próprio Museu da Imagem e salvaguarda do espólio fotográfico existente”, garantiu.

As imagens obtidas no concurso têm contribuído para enriquecer o acervo do Museu da Imagem e cumprirão o seu papel enquanto testemunhos de uma época, que poderá ser revisitada por todos quantos se interessem pelas imagens fotográficas de Braga.

Este concurso possibilita também a organização de exposições públicas dos trabalhos a concurso em cada edição, segundo o princípio de se exporem, para além dos trabalhos distinguidos pelo júri, imagens da autoria de todos os concorrentes, premiando assim todos os participantes. Estas mostras têm também contribuído para animar e dinamizar diferentes espaços culturais Bracarenses, atraindo novos e diferentes públicos.

Ao longo destes 10 anos, foram mais 520 os concorrentes e mais de 13.000 as fotos reveladas, das quais resultaram 600 imagens, apresentadas publicamente nas dez exposições já realizadas.

MUNDO DANÇA EM PONTE DE LIMA

O Mundo a Dançar - Ponte de Lima. Largo de Camões/ 6 de agosto

O Largo de Camões em Ponte de Lima volta a ser o palco do Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar.

México1

O espetáculo será repleto de ritmo e de cor e é integrado no Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e das Artes Tradicionais (CIOFF). A edição 2015 conta com grupos folclóricos da China, Geórgia, México e Polónia.

Polonia2 (Medium)

A China apresenta-se neste Festival Internacional com o grupo de dança da Universidade de Tecnologia de Hebei – O Hebei University of Technology, que já formou mais de três mil dançarinos, estudantes universitários. Têm grupos de danças folclóricas nacionais, danças clássicas e danças modernas. Os seus bailarinos apresentam o traje nacional chinês colorido, traje étnico, mostram o encanto da arte chinesa da dança com elegante postura, a qual se espalhou a nível mundial.

Da Geórgia vem o Folk Dance Ensemble Shavleco, fundado em 1998 na cidade de Gori. Trazem-nos um conjunto de danças e músicas de todo o país para mostrar e preservar a sua antiga cultura e tradição. Trata-se de um povo habituado a defender a sua pátria dos ataques de países vizinhos o que os tornou um povo guerreiro mas também hospitaleiro, precisamente o que nos apresentam através das suas danças e coreografias.

Georgia3

O México representa-se através da Companhia Nacional Danza Folklórica. Fundada em 1975 com o nome de Ballet Folklórico de la Dirección General de Educación Tecnológica Industrial, em 1979 a Secretaria de Educação Pública atribuiu o nome de México Ballet Folklórico. Já conquistou vários prémios, sendo o mais importante a medalha de ouro no 43º Festival Folclórico Internacional de Dijón (1989).

O grupo Mazurian Song Dance Ensemble ELK, da Polónia completa este conjunto que participam no festival O Mundo a Dançar.

Provenientes da cidade de ELK, Mazurian Song Dance Ensemble, fundado em 2001, apresenta o folclore nacional e de várias regiões da Polónia com um espetáculo dinâmico, cheio de energia e temperamento, para dar alegria ao público. O grupo é do Nordeste da Polónia, região conhecida por terra dos mil lagos, nas proximidades da Lituânia e Bielorrússia.

Ponte de Lima tem a honra de acolher, uma vez mais, O Mundo a Dançar - Festival Internacional de Folclore que promete ser um espetáculo cheio de ritmo e com uma alegria contagiante.

China (Medium)

MONÇÃO FESTEJA EM HONRA DA VIRGEM DAS DORES

Festividade realiza-se entre 13 e 17 de agosto com vários momentos religiosos e muita animação. Este ano, a animação abre com “Emanuel”, na quinta-feira, e fecha com “Amor Electro”, na segunda-feira. A “Noite Jovem”, que promete encher a Praça Deu-la-Deu, volta a realizar-se na sexta-feira à noite.

A Festa em Honra à Virgem das Dores, uma das romarias mais castiças e genuínas do Alto Minho, decorre entre 13 e 17 de agosto, prometendo cinco dias de veneração à imagem de Nossa Senhora e diversos momentos de animação com acentuada componente tradicional, etnográfica e festiva.

Como habitualmente, os momentos mais fortes, que reúnem milhares de pessoas nas ruas e varandas do centro histórico, são a procissão solene em honra à Virgem das Dores, no domingo, pelas 18h00, e a procissão solene em honra do emigrante, segunda-feira, pelas 12h00.

Este ano, a animação abre com “Emanuel”, na quinta-feira, e fecha com “Amor Electro”, na segunda-feira. Destaque ainda para a saudação mútua e despedida das bandas, após a procissão de domingo, onde os elementos da comissão de festas são aplaudidos pela população local ao som da música filarmónicas das duas bandas locais. Um momento de grande emotividade e sensação de dever cumprido após um ano de intenso trabalho.

Referência também para a “Noite Jovem” com a animação a acontecer pela noite dentro conduzida por animadores e DJ`s conhecidos do público. Nessa noite, sexta-feira, a Praça Deu-la-Deu Martins vai tingir-se com as cores da juventude ao som da música eletrónica. E como a festa não se faz sem fogo, um dos momentos imperdíveis será o magnifico espetáculo de fogo-de-artifício marcado para a noite de sábado.

Nos restantes dias, o programa reserva atuações de grupos de bombos, zabumbas, tocadores de concertina, cantadores ao desafio, cavaquinhos, ranchos folclóricos e bandas filarmónicas. As orquestras galegas também marcam presença. No último dia, antes do concerto de “Amor Electro” sobe ao palco o grupo “Roconorte”. A animação, com milhares de pessoas nas ruas, está garantida.

A festa é suportada pelos monçanenses que, em troca de uma imagem impressa de Nossa Senhora, deixam um donativo à comissão de mordomos e mordomas que, desde o início do ano, palmilham as freguesias do concelho à procura de apoio financeiro. A autarquia apoia na organização/logística das atividades previstas, na atribuição de um subsídio e na cedência do terrado para exploração.

VERDOEJO ART ROCK FEST: VALENÇA RECEBE FESTIVAL DE ARTE E MÚSICA

A música e a arte vão subir ao palco no “VERDOEJO ART ROCK FEST”, no fim-de-semana de 14 e 15 de agosto, no Parque de Merendas de Verdoejo, nas margens do rio Minho.

Art Rock Fest avança com um novo conceito de festival de música de verão, conciliando bandas revelação, de Portugal e da Galiza, com as mais diversas formas de expressão artística.

O festival arrancará às 21h30, do dia 14 e 15 de agosto, com 5 bandas por dia, com vários estilos musicais desde o pop, passando pelo rock até ao metal.

O espaço é um local paradisíaco, nas margens do rio Minho, marcado pela emblemática ilha do Conguedo e pelas numerosas pesqueiras.

O evento tem entrada e camping gratuitos.

Este festival é organizado pela Junta de Freguesia de Verdoejo e tem o apoio da Câmara Municipal de Valença.

BRAGA APRESENTA GEOPORTAL EMPRESARIAL

Plataforma desenvolvida pela InvestBraga apresentada hoje. Geoportal Empresarial de Braga é projecto pioneiro para atracção de investimento

O Município de Braga apresentou hoje, 31 de Julho, no GNRation, o Geoportal  Empresarial de Braga, um projecto pioneiro a nível nacional que vai ajudar os investidores e empreendedores a encontrar a localização ideal para a instalação do seu negócio.

CMB31072015SERGIOFREITAS0000002601

Na apresentação da plataforma desenvolvida pela InvestBraga, em parceria com a CCDRN, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, afirmou que o Geoportal Empresarial é uma “ferramenta crucial” que faz Braga passar do “8 para o 80” em termos do apoio aos empresários.

“Qualquer investidor que queira instalar o seu negócio em Braga pode, a partir de agora, pesquisar os espaços que estão disponíveis, saber qual é o seu custo, saber as suas áreas, as suas funcionalidades, o estado de conservação dos imóveis, os serviços públicos disponíveis, ou seja, tudo o que de A a Z é necessário para que possa fazer as suas escolhas”, afirmou o Edil.

CMB31072015SERGIOFREITAS0000002605

Além da localização, os investidores têm acesso a critérios relacionados com processos de recrutamento, apoios de entidades públicas, entre outros. Segundo Ricardo Rio, “não basta conhecer, é necessário valorizar, qualificar e promover esta oferta”. “Neste âmbito destaco ainda parceria com a AIMinho no projecto de qualificação dos espaços empresariais, assim como as medidas de carácter mais administrativo e fiscal que a própria Câmara Municipal está a criar para tornar estes espaços mais atractivos”, vincou.

Outra das mais-valias do projecto prende-se com o efeito escala que o Geoportal Empresarial poderá potenciar. Ricardo Rio garantiu que tanto o Município, como a InvestBraga estão disponíveis para partilhar este ‘know-how’ em contextos territoriais mais alargados.

“A InvestBraga tem cumprido um papel único a nível nacional. Não nos demitimos de assumir o apoio aos investidores e aos projectos de investimento que se possam concretizar no nosso território, desde a mera questão da identificação da localização, até à negociação com os próprios proprietários ou a disponibilização de outras funcionalidades que possam ajudar a concretizar os investimentos”, afirmou.

Já o presidente da InvestBraga, Carlos Oliveira, explicou que o Geoportal Empresarial é mais uma acção integrada na “visão 360º para a atracção de investimento, prevista no Plano Estratégico para o Desenvolvimento Económico de Braga 2014-2026”. “Neste Geoportal damos a conhecer as infra-estruturas disponíveis para dinamizar a economia e atrair novos empresários e actividades económicas para Braga”, salientou.

Através do Geoportal, os investidores podem consultar as áreas de acolhimento empresarial, de equipamentos e entidades locais, consultar e identificar espaços disponíveis para localização de novas actividades económicas (armazéns, pavilhões industriais, lotes, escritórios, lojas), assim como cruzar variáveis, como infra-estruturas de acesso, transportes disponíveis e utilities necessárias à instalação das empresas.

A par da CCDRN, o projecto conta com a parceria de entidades como AGERE, dos Transportes Urbanos de Braga, da Protecção Civil, da Universidade do Minho, da Associação Comercial de Braga, Associação Industrial do Minho e Universidade do Minho, entidades bancárias e imobiliárias.

O Geoportal Empresarial de Braga está, a partir de hoje, disponível para consulta através do portal da InvestBraga em http://www.norteinvest.pt/braga.

CMB31072015SERGIOFREITAS0000002598

LOJA INTERATIVA DE TURISMO EM VIZELA CELEBRA HOJE PRIMEIRO ANIVERSÁRIO

A Loja Interativa de Turismo de Vizela comemora hoje o seu primeiro aniversário.

A data está a ser celebrada com a oferta de uma fatia de Bolinhol e licor típico de Frontignan La Peyrade, cidade geminada com Vizela, a todos os clientes da Loja, com o objetivo de promover o produto típico de Vizela.

Para assinalar a data, o Presidente da Câmara Municipal de Vizela, acompanhado pelo seu Chefe de Gabinete, visitaram esta manhã a Loja Interativa de Turismo.

De lembrar que a Loja Interativa de Turismo de Vizela foi inaugurada a 31 de julho de 2014, passando a integrar uma rede regional de espaços interativos, tendo em vista a potenciação económica e social da região no seu todo, ligando o concelho 24 horas por dia à rede da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. 

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE DE CELORICO DE BASTO ALERTA POPULAÇÃO PARA COMPORTAMENTOS SAUDÁVEIS

As piscinas municipais ao ar livre de Celorico de Basto foram o local escolhido para uma campanha promovida pelos técnicos da Unidade Móvel de Saúde, nos dias 28 e 29 de julho, no sentido de induzir os banhistas a comportamentos saudáveis em período de férias.

A ação tem por missão alertar a população para a necessidade de determinados comportamentos no que respeita à alimentação e à exposição solar. “Temos uma UMS multidisciplinar que atua em diferentes campos de intervenção sempre com o intuito de alertar e ajudar a minimizar problemas de saúde futuros. Esta campanha, feita num espaço recém-inaugurado, é uma forma de fazer com que os banhistas usufruam ao máximo do espaço cientes dos perigos de uma incorreta exposição solar e uma alimentação inadequada”, disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

As técnicas da UMS esclareceram os banhistas da correta utilização do protetor solar e da necessidade de uma hidratação constante à base de água e fruta. “A exposição ao sol deve ser feita de forma consciente. É nossa função elucidar para os perigos de uma exposição solar sem qualquer proteção, uma atitude que pode ter consequências nefastas. Ao mesmo tempo, pretendemos que os banhistas deixem de lado as tradicionais “bolas de Berlim” ou outros alimentos ricos em açúcares e comecem a ter uma alimentação saudável à base de fruta e muita água para se manterem hidratados”, disse Cristina Moreira, Técnica da UMS.

A ação decorreu nas Piscinas Municipais ao ar livre, numa altura de grande afluência de banhistas e contemplou a oferta de uma garrafa de água, uma peça de fruta e um folheto informativo.

Recordar que a UMS funciona numa parceria entre a Câmara Municipal de Celorico de Basto e a UCC Mãos Amigas.

PESCADORES DE CAMINHA E VILA PRAIA DE ÂNCORA REGRESSAM À TERRA NOVA

VIAGENS À TERRA NOVA ARRANCA HOJE EM VILA PRAIA DE ÂNCORA

Fado Forte com Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns é um dos pontos altos do certame

Arranca hoje em Vila Praia de Âncora o certame Viagens à Terra Nova que visa homenagear os 700 pescadores do concelho que andaram na faina do bacalhau. O certame prolonga-se até ao dia 9 de agosto e conta várias exposições temáticas, cinema ao ar livre, música e conferências. Para além das propostas culturais, a gastronomia é a grande aposta do certame. O ponto alto é o “Fado Forte” já amanhã, com a atuação de Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns. O Viagens à Terra Nova abre às 18h00, com a conferência “Viagens à Terra Nova – Memórias do Gil Eannes”.

O Viagens à Terra Nova é uma das marcas do “Verão Azul” do concelho. Exposições temáticas “Cubo da Memória”, “Evolução da Pesca do Bacalhau em Portugal”, “Rostos das Viagens” e “Barcos das Viagens”; cinema ao ar livre com a projeção dos filmes “A Campanha do Argus”, “The perfect storm”, “Argaço” e o “O Velho e o Mar”; conferências “Viagens à Terra Nova – Memórias do Gil Eannes”, “8 séculos de língua portuguesa” e “Memórias Visuais da Grande Pesca”, projeção de vídeo “Testemunhos na primeira pessoa sobre e Fado Forte com Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns vão marcar esta segunda edição.

Para além de todos os momentos culturais de homenagem aos 700 pescadores, no Viagens à Terra Nova, o visitante vai poder apreciar as várias formas de confecionar o bacalhau nas cerca de 4 dezenas de restaurantes, que aceitaram o desafio do município de Caminha para participar no “Aposta Bacalhau”. Bacalhau com broa e alheira, bacalhau gratinado com gambas, bacalhau no pão à rio Minho, línguas de bacalhau com agridoce de tomate, são algumas das especialidades que vai encontrar num dos restaurantes aderentes.

Para além da música, do cinema e das conferências, o Viagens à Terra Nova conta com uma exposição patente ao longo de toda a Avenida dr. Ramos Pereira, onde poderão ver-se os “Rostos das viagens”, mais de 700 homens, assim como os “Barcos das Viagens” e apreciar a própria evolução da pesca do bacalhau.

Também a Praça da República será transformada num emocionante espaço de homenagem, com o Cubo da Memória, mas também acolherá o cinema e alguns momentos musicais. Outros espaços do Viagens à Terra Nova localizam-se ainda junto ao mar. São eles o Posto de Turismo e a Loja de Aprestos, no Campo do Castelo, na zona do Portinho de Vila Praia de Âncora.

O certame abre esta tarde, às 18h00, com a com a conferência “Viagens à Terra Nova – Memórias do Gil Eannes”, a cargo de Barros Pereira, médico no navio-hospital Gil Eannes e Mário Esteves, filho do comandante Mário Esteves. A conferência vai decorrer na Loja de Aprestos, Campo do Castelo. Às 21h30, na Praça da República terá lugar um Recital de guitarra e poesia música pela Academia de Música Fernandes Fão. A noite termina com cinema ao ar livre.

Amanhã, dia 1 de agosto, o Forte da Lagarteira vai servir de cenário ao Fado Forte que vai juntar os fadistas Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns. O concerto começa às 22 horas. Contudo, da parte da manhã, vai decorrer a inauguração do Passeio de A Guarda e Largo do Porto Novo.

BRAGA ESTÁ NA ROTA DA VOLTA A PORTUGAL PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO

Partida para 5.ª Etapa no dia 3 de Agosto

Depois do espectáculo da chegada, no ano passado, Braga volta a estar na rota da ‘prova rainha’ do ciclismo português. Na próxima Segunda-feira, 3 de Agosto, a Cidade será palco da partida para a 5.ª Etapa da 77.ª Volta a Portugal Liberty Seguros.

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, é com “orgulho e entusiasmo” que os Bracarenses se associam a esta partida, tal como na edição transacta o fizeram com a chegada da etapa na Avenida da Liberdade.

O Edil destaca a “forte ligação afectiva da Cidade com a esta prova”, recordando a sua primeira edição, em 1927, na qual “milhares de Bracarenses viveram de perto todas as emoções desta grande modalidade”. “Após 42 anos de ausência, interrompida em 2014, é com enorme satisfação que acolhemos novamente esta prova numa Cidade jovem, dinâmica e amante do Desporto”, afirma.

Este ano, além da Volta a Portugal, Braga acolheu os Campeonatos Nacionais de Ciclismo de Estrada e a chegada do Grande Prémio Jornal de Notícias em Ciclismo. Eventos que, segundo Ricardo Rio, provam que “a ligação da Cidade à modalidade se mantém viva”.

O Autarca espera que a passagem por Braga seja um dos pontos altos da 77.ª Volta a Portugal e que o público participe em massa no apoio aos seus ciclistas favoritos, “trazendo alegria, cor, dinamismo e jovialidade às ruas da Cidade”. “Acredito que estão reunidas todas as condições para que a 77.ª Volta a Portugal seja coroada de sucesso e seja mais uma montra privilegiada para demonstrarmos que Braga tem capacidade e competência suficientes para continuar a ser palco de grandes eventos desportivos”, refere.

“Duas” partidas e a homenagem a Peixoto Alves

Em Braga, a Volta a Portugal terá dois momentos distintos , com uma “Partida Simbólica” e a “Partida Real”.

A “Partida Simbólica” tem lugar na Praça do Município, às 12h50. Será a partir deste ponto que os ciclistas farão um percurso pelas principais artérias da Cidade até chegar à Avenida do Cávado, em Palmeira, onde será homenageado o Bracarense Peixoto Alves, glória do ciclismo português e vencedor da prova há 50 anos.

A partir da Praça do Município, os ciclistas fazem o seguinte percurso: Rua D. Frei Caetano Brandão; à dta. p/ Rua S. Paulo; à esq. p/ Rua dos Bombeiros Voluntários; à dta. p/ Avenida Imaculada Conceição, N103; Rotunda/inversão de sentido p/ Avenida Imaculada Conceição; Avenida João XXI; à esq. p/ Avenida 31 de Janeiro; à esq. p/ Avenida Central; à dta. p/ Rua dos Chãos; Praça Alexandre Herculano; Avenida General Norton de Matos; à dta. p/ Av. António Macedo; à dta. p/ Vila Verde-Ponte de Lima (Variante N101); em frente p/ Vila Verde-Ponte Lima (Variante N101); à dta. p/ Ponte do Porto, Rotunda à esq. p/ Avenida do Cávado N101 (Palmeira).

A “Partida Real” está marcada para as 13h05. O pelotão vai enfrentar 169,4 Km até terminar o dia no Monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

VOLTA A PORTUGAL CONDICIONA TRÂNSITO EM BRAGA

5.ª Etapa da 77.ª Volta a Portugal. Condicionamentos à normal circulação de trânsito

O Município de Braga informa que nos dias 2 e 3 de Agosto haverá condicionamentos de trânsito e estacionamento em diversas artérias da Cidade devido à partida da 5.ª Etapa da 77.ª Volta a Portugal.

mapa

Assim, entre as 08h00 do dia 2 de Agosto (Domingo) e as 18h00 do dia 3 (Segunda-feira), será proibido estacionar na Praça do Município, Rua D. Frei Caetano Brandão, desde a Praça Conselheiro Torres e Almeida e a Rua D. Diogo de Sousa.

No dia 3 de Agosto, Segunda-feira, o trânsito automóvel estará proibido na Praça do Município, das 07h00 às 18h00.

No mesmo dia, 3 de Agosto, a circulação automóvel estará condicionada a partir das 12h30 na Rua D. Frei Caetano Brandão, Largo Paulo Orósio, Rua dos Bombeiros Voluntários, Avenida Imaculada Conceição, Avenida João XXI, Avenida 31 de Janeiro, Avenida Central, Rua dos Chãos, Praça Alexandre Herculano e Avenida General Norton de Matos.

Pelo transtorno causado, desde já, pedimos desculpas.

GUIMARÃES FESTEJA GUALTERIANAS

«As Festas Gualterianas são uma referência por conciliarem tradição e modernidade». Domingos Bragança enaltece sentimento vimaranense

Presidente da Câmara Municipal convida portugueses a visitarem Guimarães este fim-de-semana. Bairrismo, preservação de valores, sentimento de pertença e partilha fazem parte das Gualterianas 2015.

Festas_Gualterianas_Batalha_Flores

A «tradição, os costumes e o envolvimento» das pessoas nas Festas Gualterianas são características que, na opinião do Presidente do Município de Guimarães, demonstram a vitalidade das centenárias comemorações, «genuinamente inigualáveis», realça Domingos Bragança, apreciador dos festejos que se realizam anualmente no primeiro fim-de-semana de agosto, «a expressão do melhor sentimento bairrista vimaranense».

A realização de um conjunto multifacetado de iniciativas na extensão compreendida entre o Largo da Mumadona e a Plataforma das Artes permitirá uma (melhor) fruição das Gualterianas. «O centro da cidade será um espaço público de eventos onde vimaranenses e visitantes poderão viver, sentir e fazer parte das nossas Festas, que são uma referência por conciliarem a tradição com a modernidade», destaca o responsável pela Edilidade.

Além de três concertos de música, a edição deste ano, que decorre entre esta sexta e segunda-feira, 03 de agosto, contará ainda com a tradicional Marcha Gualteriana, exposições, animação de rua, concertinas, cantares ao desafio, feira de gado e concurso pecuário, desfile de charretes, Procissão de São Gualter e, no sábado, a Batalha de Flores, número bianual das Festas. «É uma festa lindíssima, colorida e cheia de tradições!», descreve Domingos Bragança, em forma de convite endereçado a todos os portugueses.

«O cultivo de flores naturais e a conceção de arranjos de flores artificiais, em papel ou em pano, tem uma tradição em Guimarães que remonta aos tempos dos concursos promovidos pelas senhoras da nobreza e por entidades religiosas dos diferentes conventos de Guimarães. A Batalha das Flores está ligada a esta tradição vimaranense que, este fim-de-semana, irá atrair milhares de pessoas», lembra.

De acordo com a lenda, as Festas Gualterianas são celebradas em honra de S. Gualter, consagrado santo pela população de Guimarães em reconhecimento da sua simplicidade e entrega à solidariedade. Um dos momentos altos das festas é a Marcha Gualteriana, que atravessa a cidade na noite de segunda-feira. «Felicito todos pelo magnífico trabalho que estão a fazer. Dezenas de obreiros, com um espírito de missão que os caracteriza e que nos orgulha, emprestam o seu empenho e a sua arte a uma tradição secular na nossa cidade», destacou Domingos Bragança.

Inicialmente, a Marcha esteve ligada aos Empregados do Comércio e, mais tarde, ao Sindicato dos Caixeiros. Desde os finais da década 60 que o desfile é preparado pela Associação Artística da Casa da Marcha. As Festas Gualterianas foram criadas em 1906 pelo comerciante João de Melo, Presidente da então Associação Comercial, que criou as Gualterianas para atrair a visita das populações das cidades vizinhas e animar o comércio, revitalizando as tradicionais e seculares “Feiras de São Gualter”.

programa | festas gualterianas 2015: http://www.cm-guimaraes.pt/frontoffice/pages/991?news_id=2235

GUIMARÃES CONCLUI REDE DE ESPAÇOS DO CIDADÃO

Guimarães é um dos primeiros municípios em Portugal a concluir rede de Espaços do Cidadão. São dezoito os existentes no concelho de Guimarães

Secretário de Estado para a Modernização Administrativa elogiou trabalho efetuado no concelho de Guimarães. Deslocação ao norte do país contemplou visita a Moreira de Cónegos, Nespereira, Ponte e Taipas.

Balcao_Unico_CMG

O Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, Joaquim Pedro Cardoso da Costa, enalteceu Guimarães por ser um dos primeiros municípios portugueses a concluir e a implementar a primeira fase de uma rede de Espaços do Cidadão no concelho. Em quatro meses, entre 19 de março e 25 de julho, foram inaugurados dezoito Espaços do Cidadão, no âmbito de um protocolo assinado entre a Câmara Municipal de Guimarães e a Secretaria de Estado da Modernização Administrativa.

«Guimarães andou rápido e é um excelente exemplo de descentralização, onde são levados serviços públicos às pessoas, que passam a ter acesso a uma panóplia muito grande de assuntos, inclusivamente do foro municipal. Este é um projeto inclusivo, com um mediador de atendimento digital e um funcionário preparado para ajudar os cidadãos a interagirem com esses serviços», realçou Joaquim Pedro Cardoso da Costa, após ter reunido com Domingos Bragança, Presidente do Município, ao final da manhã desta quinta-feira, 30 de julho.

Seguidamente, o governante, acompanhado pelo vereador Ricardo Costa, visitou os Espaços do Cidadão de Moreira de Cónegos, Nespereira, Ponte e Taipas. «Este é o início de um processo que melhorará a relação dos cidadãos com a Administração Pública, permitindo ter acesso a um serviço sem necessidade de uma deslocação à sede do concelho», afirmou Ricardo Costa, enquanto informava que a renovação da carta de condução e a entrega de documentos respeitantes à ADSE eram alguns dos serviços mais procurados.

Além do Balcão Único na Câmara Municipal, os Espaços do Cidadão de Guimarães estão situados em Brito, Candoso São Martinho, Lordelo, Moreira de Cónegos, Nespereira, Pevidém, Polvoreira, Ponte, Ronfe, São Torcato, Selho São Cristóvão, Serzedelo, Taipas, União de Freguesias de Abação e Gémeos, Airão Santa Maria, Airão São João e Vermil, Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia e Souto Santa Maria, Souto São Salvador e Gondomar.

A criação de uma rede de Espaços do Cidadão, nos termos do Decreto-Lei nº 74/2014, de 13 de maio, enquadra-se na Estratégia de Reorganização dos Serviços de Atendimento da Administração Pública, através do Programa Aproximar, a fim de efetuar a racionalização do território, aproveitando as potencialidades da tecnologia. Neste momento estão já a funcionar 192 Espaços do Cidadão no país, dos quais 33 na rede de Lojas do Cidadão, 24 nas estações dos CTT e os restantes nos diversos municípios.

FESTIVAL “ÍNSUA DO VEZ SUMMER SESSIONS 2015” ESTÁ DE VOLTA A ARCOS DE VALDEVEZ

Ínsua do Vez Summer Sessions 2015

O Ínsua do Vez Summer Sessions trata-se de um festival em ascensão organizado em parceria pela Folia - Associação de Festa e Animação Cultural de Arcos de Valdevez e o Município de Arcos de Valdevez. As suas datas são coincidentes com as datas das festas do concelho e a organização tem a preocupação de inserir na programação projetos locais.

 

O festival minhoto está de regresso para mais um ano de atuações e animação. O Ínsua do Vez Summer Sessions está já marcado para os dias 6, 7, 8 e 9 de agosto a decorrer nas margens do Rio Vez.

Adiantados estão também os doze nomes que compõem o line-up da oitava edição do festival, denominado já como eclético e contemporâneo.

O IVSS 2015 contará com a presença de Xinobi, um dos fundadores da editora Discotexas e autor de faixas que rodam tanto pelas rádios nacionais como por pistas de dança de todo o mundo. O autor subirá ao palco na noite inaugural do festival. Ainda no dia 6 de agosto, está garantida a presença de Midnight, projeto musical de André Granada, bracarense assíduo em festas e festivais de renome.

Na noite seguinte, sexta-feira dia 7 de agosto, Nitronious participará na festa nas margens do Rio Vez. Sendo um dos representantes da companhia discográfica Monster Jinx, é natural que prima pela multidisciplinaridade e que corra atrás da novidade. No entanto, traz ao mesmo tempo todo o passado bem estudado. No comando da mesa de mistura aposta na fusão de várias linguagens. Mistura géneros, velocidades e tons musicais com arte e técnica. Desde o mais sujo left field aos hits do pop mais pop, ele vai lançar aquela  faixa no momento em que ninguém está à espera e, certamente, vai funcionar. Nesta noite, Dj Oder vai encabeçar as festividades. O trabalho do portuense é uma viagem sonora, uma mescla de Drum & Bass, Trap, Dubstep e diferentes registos da bass music, com as influencias do HipHop, Funk 70′s, Soul, Reggae, entre outros registos urbanos. Oder já venceu um poderoso reconhecimento no nosso país, mas também a nível internacional.

De forma a dar continuidade às noites de diversão da terra, o sábado convoca mais três nomes que preencherão as festividades do dia 8. São eles: Digital Milita, duo português suportado por grandes nomes internacionais da EDM como Tiesto. Esta dupla está habituada a tours internacionais que agora se prepara para se estrear por terras arcuenses com um dj set bombástico repleto das melhores faixas do house progressivo. Peers&Upright, a dupla natural do Porto que possui já uma discografia bastante sólida que conta com inúmeras produções originais. Por fim, Holmes and Hobbes vão trazer o seu deephouse até à Ínsua do Vez. Estes velhos amigos uniram-se para criar música e já atuam ao vivo há uma década.

Finalmente, a derradeira atuação do festival, no dia 9 de agosto, fica a cargo de Hugo Rizzo. Na sua década de carreira, Hugo Rizzo já passou por oito países diferentes As suas músicas são tocadas pelos mais populares dj’s do mundo como Hardwell, Avicii ou Afrojack e não bastasse este selo de qualidade, é ainda o dj oficial da Mega Hits.

Como é habitual, o Ínsua do Vez Summer Sessions tem em palete a sua “prata da casa” a quem não nega a oportunidade de brilhar no palco do festival. Os djs Rui Silva, Dj Marco Sá e Dj Marco Torres vão abrir as hostes das suas noites.

Para além do line up da edição de 2015, é importante referir que, para o público em geral, a propriedade que se denuncia como uma das características mais diferenciadoras deste evento é o acesso ao seu recinto e à sua programação completamente gratuita.

Pela edição anterior passaram mais de 5 mil pessoas diariamente. O festival foi candidato a melhor micro-festival pela Portugal Festival Awards.

Este festival é uma experiência que projecta atos dinamizadores no campo da música de forma ecléctica levada ao público através de uma programação cultural pertinente, transversal e pedagógica.

A festa recria-se num local cingido pelas limpas águas do Rio Vez onde o pano de fundo é a ilustre ponte centenária desta vila Arcuense.

Pedro de Sousa.

LEI QUE ATRIBUI MÉDICO DE FAMÍLIA A TODAS AS CRIANÇAS É DA AUTORIA DO PARTIDO “OS VERDES” E FOI ONTEM PUBLICADA EM DIÁRIO DA REPÚBLICA

Nota de imprensa sobre a Lei que atribui médico de família a todas as crianças

Foi ontem publicada a Lei 79/2015 que atribui médico de família a todas as crianças. O Governo tinha assumido o compromisso nesta legislatura de atribuir médico de família a todos os portugueses, mas não o cumpriu.

image001

Os órgãos de comunicação social divulgam hoje a publicação da referida Lei mas, injustamente, não referem que a autoria é dos Verdes, cujo Grupo Parlamentar tomou a iniciativa de apresentar, discutir e levar a votação na Assembleia da República, uma iniciativa legislativa. Apesar do compromisso assumido, nem o Governo nem a maioria PSD/CDS tiveram a iniciativa de concretizar a proposta no Parlamento.

Os Verdes avançaram com a apresentação do referido Projeto de Lei, o qual dá um passo assinalável para a garantia do acesso e de acompanhamento na área da saúde.

TROFÉU “TURISMO PORTO E NORTE” JUNTA EQUIPAS DE PORTUGAL E ESPANHA

Turismo e futebol aliam-se para promover o território Porto e Norte de Portugal

É já no próximo dia 1 de agosto que o Estádio dos Rio Ave Futebol Clube, em Vila do Conde, vai ser palco do Troféu Turismo do Porto e Norte que junta o Turismo do Porto e Norte de Portugal ao futebol das equipas principais do Rio Ave Futebol Clube, Futebol Clube Paços Ferreira e Real Clube Celta de Vigo numa iniciativa que tem por objetivo promover o território. O troféu vai ser transmitido na TV Galiza, que adquiriu os direitos de transmissão para o território espanhol, o que irá permitir, para uma audiência significativa da Galiza, a promoção do território do Porto e Norte, reforçando a sua notoriedade junto deste mercado que tem vindo a assumir uma importância crescente nas taxas de visitação da região.

Para este encontro desportivo, onde o Real Clube Celta de Vigo é a equipa convidada, são esperadas, só de Espanha, mais de 2000 pessoas.

Cimentar o Porto e Norte como região organizadora de grandes eventos desportivos, surgindo o futebol como grande alavanca, permitindo reforçar a notoriedade da Região, dos clubes, municípios e sobretudo da marca Turismo Porto e Norte, é um dos grandes objetivos inerentes a esta iniciativa. É um troféu que em termos turísticos desafia todos os amantes do futebol, nomeadamente os aficionados do Celta de Vigo, a virem passar um fim-de-semana no Porto e Norte de Portugal, a usufruírem do nosso património, cultura, gastronomia e, claro, tendo como prato forte, o 1º troféu de futebol do Turismo Porto e Norte.

Neste âmbito não seria possível levar a cabo a iniciativa sem os parceiros certos. O Rio Ave Futebol Clube e o Futebol Clube de Paços de Ferreira são duas marcas do Norte, representando a sua Região dentro e fora de Portugal.

O Rio Ave Futebol Clube, nos últimos oito anos, tem vindo a viver um crescimento sustentado e gradual, transformando autenticamente a imagem de um Clube que se batia por objetivos de permanência e ascensão ao convívio com os principais emblemas do futebol português, num projeto sólido e com ambições mais arrojadas.

A recente experiência vivida na Liga Europa é prova disso e elevou o Rio Ave Futebol Clube a outro nível.

Consequentemente, a missão e o papel de “embaixadores” da Costa de Prata no panorama nacional passou e ser mais abrangente e mais visível, levando o nome de Vila do Conde, da região norte e do país a todo o mundo aquando a exposição mediática da Liga Europa.

Cumprindo a mesma missão, o FC Paços de Ferreira, pelas suas campanhas no futebol Português e na Europa, pelo projeto, também ele exemplar, tem sido a melhor “bandeira” do Vale do Sousa, da região metropolitana do Porto, do Norte e do país.

Na mesma medida se coloca a projeção que o RC Celta de Vigo tem a nível internacional.

Sendo um dos históricos do futebol espanhol é um nome maior da região da Galiza que se une e confunde com o Norte de Portugal.

Os dois países estão unidos pelas tradições, pelas gentes, pela paixão do futebol fazendo do mapa um roteiro que une Vigo, Vila do Conde e Paços de Ferreira e que o futebol celebra neste Troféu.

Os números do turismo no Porto e Norte de Portugal têm vindo a aumentar em 2015, face ao período homólogo e o mês de maio não foi exceção. As dormidas registaram um novo crescimento na região. Assim, na região, a hotelaria registou um total de dormidas 14,9% superior ao período homólogo em 2015, cerca de três vezes mais do que o total nacional, 5,8%. No mesmo período, os proveitos totais, que em termos nacionais aumentaram 6,5%, conheceram, no Porto e Norte do País, um aumento de 17,6%.

ESTREIA NACIONAL DE “AS MENTIRAS QUE OS HOMENS CONTAM” NO CINE TEATRO JOÃO VERDE EM MONÇÃO

Comédia, a partir de um texto de Luís Fernando Veríssimo e interpretações de Almeno Gonçalves, Joaquim Nicolau, Fernando Ferrão e António Melo, é apresentada nos dias 8 e 9 de agosto. Venha sentir crescer a compaixão por estes adoráveis mentirosos, os quais, supostamente, nunca mentem!

A comédia “As mentiras que os homens contam”, a partir de um texto de Luís Fernando Veríssimo, tem estreia nacional marcada para os dias 8 e 9 de agosto, sábado e domingo, pelas 22h00, no Cine Teatro João Verde, em Monção. A entrada custa 12,00 €, podendo ser adquirida ou reservada, até cinco dias antes do espetáculo, na Loja Interativa de Turismo.

Com encenação e cenografia da Margem Narrativa, figurinos de Marta Iria, desenho de luz de Nuno Moço, e fotografia de Miguel Ângelo, a comédia “As mentiras que os homens contam” conta com interpretações de Almeno Gonçalves, Joaquim Nicolau, Fernando Ferrão e António Melo.  

Todos sabemos que o universo masculino é repleto de mentiras. O que desconhecemos é que mentir é uma questão de sobrevivência. Os homens não mentem para as mulheres mas sim pelas mulheres. Tudo pela harmonia no lar, pelo status social, por fantásticas noites com amigos, pelos jogos de futebol e tantas outras razões inerentes à virilidade.

Em “As mentiras que os homens contam” revela-se a história de Jorge e Carla, um casal que vive os problemas e alegrias de qualquer relacionamento, num meio social comum para a maioria das pessoas, com amigos sacanas, algumas amantes, e onde as personagens se colocam em situações embaraçosas por mentiras inocentes.

Um espetáculo que apresenta uma galeria de personagens capazes de qualquer engano para preservar a própria pele. Mas serão todos incorrigíveis mentirosos ou simples inventadores de histórias? Venha sentir crescer a compaixão por estes adoráveis mentirosos, os quais, supostamente, nunca mentem!

“FÉRIAS DE VERÃO” EM BRAGA TERMINARAM NAS PISCINAS DA RODOVIA

´Férias de Verão´ com mais 300 participantes face ao ano transacto

Decorreu hoje, dia 30 de Julho, nas Piscinas Municipais da Rodovia, o encerramento oficial do programa "Férias de Verão", uma actividade da Autarquia que permitiu que 3.123 crianças e jovens, jovens dos 6 aos 14 anos de idade, usufruíssem de duas semanas nas piscinas municipais.

Os participantes da edição este ano foram divididos em dois períodos, de acordo com a seguinte calendarização: 6 a 17 de Julho e 20 a 31 de Julho. A iniciativa lúdico-didáctica teve como objectivo principal, fomentar a prática desportiva, proporcionando-lhes a descoberta e o contacto com o mundo do desporto, bem como a ocupação do período das férias de forma saudável.

Sameiro Araújo, Vereadora do Município, destacou o acréscimo de cerca de 300 participantes, em relação ao ano anterior. “O balanço é extremamente positivo. Com Sol, piscinas e crianças criou-se a combinação perfeita para os participantes terem umas férias diferentes, divertidas e em segurança, sendo que se trata também de uma ajuda significativa às famílias, até porque a participação é gratuita”, afirmou, lembrando que o Município oferece também uma semana de entrada gratuita nas piscinas do Concelho aos jovens que estejam integrados em associações sem fins lucrativos.

O programa contemplou as três piscinas municipais situadas em espaço urbano – Parretas, Ponte e Rodovia – e as 11 em espaço suburbano – Arentim, Celeirós, Dume, Ferreiros, Lamas, Merelim S. Pedro, Nogueira, Nogueiró, Padim da Graça, S. Julião de Passos e Sobreposta,

Para além dos técnicos municipais, colaboraram ainda nesta edição nadadores-salvadores, vigilantes e 236 monitores, que foram recrutados pelas respectivas Juntas de Freguesia. Todos os monitores envolvidos foram portadores de um crachá e de uma t-shirt identificativa do projecto ´Férias de Verão´.

Cada turno do programa terminou com um lanche, oferecido pelo Município de Braga a cada um dos participantes, iniciativa em que se registou a colaboração do hipermercado “Pingo Doce”.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA APETRECHA BOMBEIROS COM EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

O executivo cerveirense aprovou, esta quarta-feira, em reunião de câmara, a aquisição de cerca de 15 equipamentos de proteção individual (EPI) de combate a incêndios para serem entregues aos ‘Voluntários’ do concelho. Medida visa dotar a corporação de todo o material necessário para a execução do seu trabalho em prol da defesa dos espaços naturais e das populações.

Em fevereiro passado, a Câmara Municipal procedeu à entrega de 33 novos EPI’s à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira, no âmbito de uma candidatura da CIM Alto Minho ao POVT, de modo a apetrechar os operacionais com equipamento adequado às suas necessidades.

O que o Município cerveirense pretende fazer agora, através da proposta aprovada por unanimidade na reunião do executivo municipal, é adquirir cerca de 15 unidades que faltavam para abranger a totalidade dos efetivos, num investimento a rondar os cinco mil euros.

“É fundamental que os bombeiros tenham todas as condições para salvaguardar o seu trabalho. É um investimento da autarquia em prol da segurança e capacidade de intervenção do quadro ativo e, consequentemente, com benefícios para a população do concelho”, assegura o edil Fernando Nogueira.

O equipamento a adquirir é composto por capacetes florestais, capuzes de proteção (cogulas), fatos de proteção individual (conjunto de calça e dólmen), luvas e botas.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA PROMOVE REGIÃO DO CÁVADO

CIM Cávado entregou prémios do “Aqua Cávado – O Rio que nos Une’. Concurso de fotografia contribui para valorização do território

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado procedeu hoje, 30 de Julho, no GNRation, à entrega dos prémios do Concurso de Fotografia ‘Aqua Cávado – O Rio que nos Une’. Com o objectivo de promover uma reflexão sobre a importância da água no contexto dos recursos hídricos da região, o concurso reuniu 281 imagens captadas por 30 candidatos.

1

Na cerimónia, o presidente da CIM Cávado, Ricardo Rio, salientou que o concurso é uma forma de afirmar e promover o território que tem no rio Cávado o seu principal traço identitário. “Estas fotografias são excelentes peças promocionais da região do ponto de vista paisagístico, constituindo também bons traços das tradições ligadas ao rio que queremos continuar a valorizar”, referiu.

2

No âmbito da actividade da CIM Cávado, Ricardo Rio enumerou os projectos que estão a ser desenvolvidos, com destaque para a Ecovia do Cávado que vai unir os concelhos desta comunidade, desde Terras de Bouro até à foz, em Esposende.

O concurso de fotografia ‘Aqua Cávado – O Rio que nos Une’ terá nova edição em 2016, podendo mesmo dar origem à edição de uma monografia com as melhores imagens.

O concurso enquadra-se num conjunto de actividades que a CIM Cávado e a Agência de Energia do Cávado promoveram junto dos municípios associados para assinalar o Dia Mundial da Água. Este concurso de fotografia contou com a participação de algumas entidades parceiras no projecto, nomeadamente a AGERE – Empresa de águas Efluentes e Resíduos de Braga SA, a Cooperativa Cultural Velha-a-Branca, os Media Partners Diário do Minho e TV do Minho, bem como o embaixador do projecto, o canoísta Emanuel Silva. 

O júri seleccionou três vencedores para o primeiro Prémio do Júri – o “Prémio Aqua Cávado” e os respectivos segundos e terceiros lugares, determinando as fotos que melhor contribuíram para o tema em concurso, quer pela qualidade técnica das fotografias, quer pelas imagens alusivas ao tema “O Rio que nos une”.

Assim, os vencedores do Concurso Aqua Cávado são os seguintes:

1.º Prémio – António Tedim – “Travessia do Rio Homem pelo Compasso Pascal”, em Fiscal, Amares.

2.º Prémio - Luís Carvalhido - “O silêncio”, fotografada a montante da Ponte de Barcelos, em Barcelinhos, Barcelos.

3.º Prémio – Carlos Elísio - “Moinho Abandonado”, em Palmeira.

Prémio do Público – Bruno Rodrigues – “Praia Fluvial de Adaúfe”, em Braga, com 1071 likes na fotografia publicada em www.facebook.com/cimcavado.

FAFENSES ASSISTEM CINEMA AO AR LIVRE

Município de Fafe e Cineclube oferecem Cinema ao Ar Livre

O  Município de Fafe e o Cineclube reeditam entre 6 de Agosto e 2 de Setembro um Ciclo de Cinema ao Ar Livre com projeções na Arcada,  às quintas-feiras, pelas 22 horas.

As sessões são de acesso gratuito e iniciam com a exibição do filme “Alto Bairro” (dia 6 agosto), “Vermelho Sobre a Cruz” (dia 13) - Sessão em colaboração com a Delegação de Fafe da Cruz Vermelha, no âmbito das comemorações dos 150 anos da Cruz Vermelha Portuguesa. “As Asas do Vento” (dia 27) e por último “Que mal fiz eu a Deus” (dia 2 de Setembro).

Em caso de mau tempo, os filmes serão exibidos no Teatro-Cinema de Fafe - Sala Manoel de Oliveira.

CABECEIRAS DE BASTO CELEBRA 2º ANIVERSÁRIO DA CASA DO TEMPO

Um espaço de excelência que recebeu em dois anos mais de 47 mil visitantes

A Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto celebra no próximo sábado, dia 1 de agosto, o seu 2º aniversário. Neste dia, a Casa do Tempo está a organizar um programa de animação com várias surpresas para o qual estão, desde já, convidados todos os cabeceirenses e visitantes que se queiram associar ao evento.

Exposições, jogos tradicionais, folclore, concertinas e ainda uma encenação a levar à cena pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) são as propostas da Casa do Tempo para celebrar este seu segundo ano de ‘vida’.

No final, há bolo e brinde com espumante.

Nestes dois anos de atividade, a Casa do Tempo recebeu mais de 47 mil visitantes. Um número de visitas extraordinário que só foi possível graças à qualidade deste equipamento que surpreende todos aqueles que lá entram e que ficam, assim, a conhecer melhor o concelho, a sua história, o seu território, as suas gentes, a suas tradições e muito mais.

Por ali passaram já muitos cabeceirenses, mas também muitos turistas vindos de todo o país e do estrangeiro, professores e alunos, utentes de Instituições Particulares de Solidariedade Social e muitas outras pessoas que visitaram e/ou participaram nos colóquios, nas conferências, nas tertúlias e nos encontros que a Casa do Tempo proporcionou.

De referir que este verdadeiro Centro Interpretativo de Cabeceiras de Basto é um Centro UNESCO desde o mês passado.

Programa do 2º aniversário da Casa do Tempo:

21h30 – Jogo do Pau – Associação Recreativa, Desportiva e Cultural de Abadim (ARDCA)

22h00 – Entrada na Casa do Tempo para visita à Exposição ‘A máquina daquele tempo...’

- Sala do conhecimento – Inauguração da Exposição ‘Velhas Tecnologias’

22h30 – Auditório

- Frei Diogo de Murça e a importância do Mosteiro de São Miguel de Refojos pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB)

23h00 – Atuação do Rancho Folclórico ‘As Lavradeiras de Cavez’

TELEVISÃO BRASILEIRA “GLOBO” VAI ESTAR EM VIANA DO CASTELO E VILA PRAIA DE ÂNCORA

#verãonaglobo: exposição itinerante visita Viana do Castelo e Vila Praia de Âncora

Na estrada desde dia 21 de julho, o #verãonaglobo leva alegria, entretenimento e emoção a vários pontos do país. Num camião forrado a talento, a exposição itinerante assinala os 50 anos de história da emissora brasileira e estará estacionado em Vila Praia de Âncora e Viana do Castelo, entre os dias 5 e 8 de agosto.

Como esquecer ‘Gabriela’, ‘Avenida Brasil’ ou ‘Caminho das Índias’? Como ficar indiferente a Carminha, Sinhá Moça ou a Viúva Porcina? Como não reconhecer a energia da Globo, pautada nos rostos dos personagens e nas novelas, que há 50 anos inspiram tanta gente?

No ano em que celebra o seu 50º aniversário, a Globo faz uma homenagem a estas e outras histórias, através de uma iniciativa itinerante a decorrer até dia 14 de Agosto. Num camião forrado a talento, o #verãonaglobo apresenta uma exposição de figurinos inédita, com as roupas originais de personagens que ficaram na história de Portugal e do Brasil.

Para além da exposição e de outras atividades de entretenimento, o #verãonaglobo contará com a exibição de telefilmes ao ar livre, bem como uma “Roda da Sorte”, que irá presentear os participantes com diversos brindes.

O #verãonaglobo partiu do Estoril, no dia 21 de julho, e desde então já parou em Lisboa, Setúbal, Lagos, Portimão e Faro. Estará estacionado nos dias 5 e 6 de agosto em Vila Praia de Âncora, e nos dias 7 e 8 de agosto em Viana do Castelo.

Padrinho do #verãonaglobo, o ator Ricardo Pereira esteve presente no arranque da ação no Estoril, onde gravou um vídeo promocional com as principais atividades do camião. "Tenho muito orgulho de estar aqui a fazer parte da história, num momento de 50 anos da Globo, um momento particularmente feliz, e que está a ser marcado com um verão por Portugal.", disse o ator, durante a ocasião.

Confira a agenda:

Vila Praia de Âncora – 5 e 6 de agosto

O #verãonaglobo estará junto Farol

- Das 16h00 às 20h00: Exposição de figurinos ‘História da Globo – 50 anos’

- Das 21h00 às 22h00: Exibição de telefilme ao ar livre

Viana do Castelo - 7 e 8 de agosto

O #verãonaglobo estará junto ao Centro Cultural de Viana do Castelo

- Das 16h00 às 20h00: Exposição de figurinos ‘História da Globo – 50 anos’

- Das 21h00 às 22h00: Exibição de telefilme ao ar livre

Paragens seguintes:

- Matosinhos – 9 e 10 de agosto

- Aveiro – 11 e 12 de agosto

- Figueira da Foz – 13 e 14 de Agosto

GUIMARÃES RECEBE FESTA DE ROCK

Entre os dias 5 e 9 de agosto, Barco Rock Fest no início de agosto no Parque Fluvial de Barco em Guimarães

Festival vimaranense acontece nas margens do rio Ave, entre os dias 05 e 09 de agosto. Jorge Palma, White Haus, Da Chick e Keep Razors Sharp vão passar pelo Parque Fluvial de Barco. Bilhete geral à venda por 17 euros até final de julho.

A nona edição do festival de música Barco Rock Fest, que se realiza em Guimarães, no Parque Fluvial de Barco, começa na próxima quarta-feira, 05 de agosto, e prolonga-se até domingo, dia 09, tendo como cabeça de cartaz o nome de Jorge Palma, artista com mais de 40 anos de carreira que manobra como ninguém as palavras cantadas em português.

Além do compositor, poeta, intérprete e exímio pianista Jorge Palma, que atua na noite de sábado, vão passar pelas margens do Ave os Da Chick, Keep Razors Sharp e ainda o projeto solo de João Vieira – os White Haus. O festival de música vimaranense, cujos espetáculos começam às 22 horas, mantém a sua marca “low cost”, com os bilhetes gerais, para todos os dias do festival, a valerem 17 euros, até ao final de julho.

No sábado, 08, tocam ainda André Indiana, Keep Razors Sharp e os Smartini, num concerto de regresso da banda rock das Caldas das Taipas. Na sexta, dia 07, caberão no palco as sonoridades “funky” e “soul” de Da Chick, que lançou recentemente o seu disco de estreia Chick to Chick. A fechar a noite, com um dj set, estará o produtor Xinobi, que lançou em finais de 2014 o seu primeiro álbum “1975” – um conjunto de produções épicas, onde se refletem as referências de Xinobi, que estarão também presentes no seu set. Na sexta, tocarão ainda White Haus, o projeto solo de João Vieira, conhecido pela sua carreira de dj, como DJ Kitten ou por fazer parte dos regressados X-Wife.

Preço promocional até esta sexta-feira

O power trio “Plus Ultra” fechará a primeira noite de concertos no recinto do Barco Rock Fest. A banda já passou pelo festival em 2010 e regressa após um interregno anunciado ainda aquando da criação do projeto, que junta o frenético Gon com Miguel Azevedo, dos efémeros Mosh e Kinörm, para sempre conhecido como o baterista dos extintos Ornatos Violeta. O Barco Rock Fest realiza-se em Guimarães desde 2006, numa organização do Movimento Artístico das Taipas, associação cultural de Guimarães, em parceria com a Junta de Freguesia de Barco e com a Câmara Municipal de Guimarães.

Os bilhetes encontram-se à venda na plataforma digital bol.pt e aos balcões das lojas FNAC, Worten e El Corte Inglés. Em Guimarães, os ingressos poderão ser adquiridos no Centro Cultural Vila Flor, na Plataforma das Artes e da Criatividade e ainda na loja d’A Oficina, na Rua Rainha D. Maria II. Os bilhetes gerais terão o preço promocional de 17 euros até ao fim do mês de julho. Atualização permanente de informação no seguinte endereço eletrónico: www.barcorockfest.com.

FAFE RECEBE 3ª ETAPA DA 77ª VOLTA A PORTUGAL LIBERTY SEGUROS

Vencedor da prova júnior consagrado em Fafe

No próximo sábado, 1 de Agosto, recebemos em Fafe a chegada da 3ª etapa da 77ª Volta a Portugal em Bicicleta.

Por mais um ano, a nossa cidade mantém a tradição e acolhe uma prova desportiva emblemática para os amantes do ciclismo.

A partida desta 3ª etapa é feita em Boticas e, volvidos 172,2 km, o pelotão chega a Fafe, passando a meta final na Praça 25 de Abril.

Para Raul Cunha,Presidente da Câmara Municipal de Fafe, a passagem da Volta por Fafe é um contributo para o desenvolvimento económico e social da região. 

Os fafenses estão habituados, há já vários anos, a receber a volta a Portugal em bicicleta. A cidade envolve-se num ambiente de entusiasmo e boa disposição, juntando-se centenas de pessoas pelas ruas.

Com a Volta a Portugal trazemos até à nossa região uma das maiores provas desportivas do país que arrasta centenas de entusiastas do ciclismo, o que contribui, invariavelmente, para a promoção do turismo local e o desenvolvimento económico e social.”

Pompeu Martins, Vereador do Desporto do Município refere que “A Volta a Portugal tem em Fafe uma expressão de muitas décadas.

É um momento de reconhecimento do desporto numa terra onde todos nos orgulhamos da política desportiva que por cá existe e, no que toca ao ciclismo, temos dado grandes provas, não só historicamente, no resultado alcançado recentemente em downhill.”.

Recorde-se que o arranque da 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros decorreu em Viseu a 29 de Julho com a realização do prólogo.

Momentos antes da chegada do pelotão de ciclistas profissionais, Fafe será palco também da chegada da terceira e última etapa da Volta a Portugal de Júniores, consagrando-se aqui o vencedor desta prova.

A Câmara Municipal de Fafe foi recentemente distinguida pela Associação de Ciclismo do Minho com o título de sócia honorária, como reconhecimento pelos mais de 25 anos de apoio ao ciclismo de formação e também em homenagem aos fafenses pela forma hospitaleira e simpática como acolhem o ciclismo e pelo apoio, carinho e dedicação à modalidade.

Também no Sábado, Fafe vai ser, mais uma vez, palco do programa da RTP, Verão Total. Durante cerca de 6 horas de emissão em direto, Fafe vai mostrar aquilo que de melhor tem para oferecer, num programa com grandes audiências.

LANHELAS ALVO DE GRANDES INVESTIMENTOS

Câmara e Junta de Freguesia preparam-se para requalificar Avenida da Liberdade em 2016

A requalificação da Avenida da Liberdade será mais um dos investimentos que a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia vão realizar em Lanhelas em 2016. Esta foi a garantia dada ontem na reunião descentralizada, por Miguel Alves, aos lanhelenses. O grande investimento que está a ser feito na freguesia e o trabalho de parceria entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia também marcaram a reunião.

1

Josefina Covinha admitiu que a segunda reunião descentralizada a decorrer em Lanhelas “é o momento de fazer um balanço e de avaliarmos, com rigor e sem receio da crítica construtiva, o trabalho realizado, o caminho percorrido e o que falta percorrer”, acrescentando que “o trabalho realizado, ao fim destes quase dois anos, dá-nos alento para os desafios vindouros, porque nos apraz dizer o muito que foi conseguido, fruto de um trabalho empenhado, obrigando-nos a dar cumprimento às promessas feitas às gentes da nossa terra”.

Na verdade, o trabalho que está a ser realizado em Lanhelas é percetível em várias frentes, seja em obra menos visível como a remodelação das condutas de água e saneamento, seja em investimento de grande porte como no caso da primeira fase da ecovia ou do campo de futebol, onde o investimento ultrapassa o milhão de euros. Para além das grandes obras, a autarca lembrou as intervenções na Travessa do Sobreiro e no Caminho do Serradouro, e adiantou que “a todo o momento entra em obras o Caminho da Bouça Velha”. Josefina Covinha referiu ainda as pequenas intervenções, cujo resultado altera garantidamente o bem-estar e o dia-a-dia de cada Lanhelense, dando como exemplos: “a limpeza de caixas das águas pluviais, grades e gradeamentos, limpeza de regos foreiros, caminhos, arranjo de espaços públicos, do Cruzeiro e escadório, conservação do mobiliário urbano, entre outras”.

2

Miguel Alves também referiu o grande investimento que o Município está a fazer em Lanhelas com a requalificação do Campo de Futebol de Lanhelas e a construção da ecovia Caminho do Rio. A obra no campo de futebol é uma aposta no desporto e está orçada em 898.085,53 euros. Quanto à ecovia Caminho do Rio Minho está orçada em 434, 607.26 euros. Ambas as obras são cofinanciadas em 85% pelo ON.2, sendo a restante verba assegurada pelo Município de Caminha.

O presidente da Câmara realçou que o investimento em Lanhelas não fica por aqui. Em 2016, avançará mais uma obra, a requalificação da Avenida da Liberdade, uma das artérias mais movimentadas da freguesia. Até ao final do ano, os técnicos da autarquia vão estudar a melhor solução para a rua e “em 2016 avançaremos com a obra”, disse Miguel Alves. Esta obra será mais uma intervenção levada a cabo pela Junta de Freguesia e pela Câmara Municipal.

Para além do trabalho realizado em dois anos e das obras de grande envergadura que estão ainda em curso, outros temas dominaram a reunião que decorreu ontem ao final da tarde em Lanhelas. Assim, a sessão pública contou com intervenção de seis munícipes cujos assuntos se relacionaram com: intervenções no Caminho da Ramalhosa e na Avenida da Liberdade; falta de iluminação pública na Travessa do Couto; limpeza em várias artérias; atividades culturais e recreativas, assuntos sociais e a falta de segurança e infestantes que se verificam na EN13.

Sobre a matéria das insfestantes na EN13, Guilherme Lagido, vice-presidente do Município, assegurou que hoje mesmo será feito um contacto com as Estradas de Portugal no sentido de ser cortada a vegetação e no caso da intervenção não se realizar de forma célere, a Câmara Municipal assumirá a obra.

3

MONÇANENSES CORREM EM CARRINHOS DE ROLAMENTOS

Descida entre Lordelo e Parada recebe este sábado, 1 de agosto, a partir das 15h00, mais uma prova de carrinhos de rolamentos. A competição, que prima pela originalidade das “máquinas”, deverá juntar muitos aficionados desta modalidade vindos de ambos os lados da fronteira.

Rolamentos 2

Este sábado, 1 de agosto, a emoção e adrenalina regressam a Lordelo e Parada. A partir das 15h00, realiza-se a habitual prova de carrinhos de rolamentos promovida pela Associação Desportiva, Cultural e Recreativa “Estrela de Monção” com o apoio da Câmara Municipal de Monção e União de Freguesias de Sago, Lordelo e Parada.

Nesta prova, que conta ainda com a colaboração da Federação Galega de Desportos de Inércia, espera-se cerca de meia centena de participantes do norte de Portugal e da Galiza, bem como um significativo número de amantes e aficionados desta modalidade.

A prova tem início às 15h00 com as inscrições e verificações técnicas e provas de habituação ao piso de asfalto (treinos). Pelas 17h00, realiza-se a primeira descida cronometrada e, uma hora depois, a segunda. Posteriormente, decorre a entrega de prémios e convívio entre os participantes.

Além da velocidade, borracha e rolamentos, esta competição carateriza-se por premiar também os carros mais originais. Um verdadeiro apelo à imaginação dos participantes a quem é pedida a apresentação de “máquinas” movidas com o carimbo da criatividade.

Esta prova insere-se na VI Semana da Juventude promovida pela Associação Desportiva, Cultural e Recreativa “Estrela de Monção”. Entre 1 e 8 do corrente, estão previstas diversas atividades desportivas e recreativas que visam proporcionar momentos de convívio e camaradagem entre residentes, visitantes e emigrantes.

Rolamentos 1

BRAGA PROMOVE INTERCÂMBIO DE EXPERIÊNCIAS COM ESTUDANTES E PROFESSORES

Workshop ´Transcrever´ promove novas formas de olhar e representar a Veiga de Penso. Inscrições até dia 25 de Agosto

Entre os dias 7 e 12 de Setembro, a Universidade do Minho, em colaboração com a Câmara Municipal de Braga, vai desenvolver o Workshop “Transcrever”, que terá como principais objectivos fomentar o contacto da Universidade do Minho com o Concelho, assim como o intercâmbio de experiências entre a autarquia, os estudantes, professores e a comunidade.

Trabalho de campo, visitas, caminhadas, mapeamento, discussões colectivas, construção e representação são as palavras-chave que caracterizam o tipo de trabalho que será desenvolvido por 25 estudantes sobre um caso de estudo comum: a Veiga de Penso, uma área predominantemente agrícola localizada no sul do concelho de Braga.

O workshop é direccionado a estudantes de arquitectura, contudo, encontra-se igualmente aberto a estudantes de outras áreas disciplinares. Os candidatos devem fazer chegar a sua inscrição através do e-mail transcreverworkshop@gmail.com até ao dia 25 de Agosto 2015, com os seguintes elementos: nome, instituição de ensino, ano curricular, morada, pequeno texto de motivação, referências de trabalhos ou portfólio.

O workshop “Transcrever” pretende ser um espaço de convívio, participação e experimentação, onde se possa abrir uma discussão transdisciplinar entre vários agentes de forma a produzir novas narrativas e formas transversais de conhecer esses territórios.

Para Miguel Bandeira, Vereador do Pelouro do Planeamento e do Urbanismo do Município de Braga, este é mais um modo de convocar a Universidade ao encontro do território. “Trata-se de um projecto que este ano irá localizar-se fora da cidade, num dos mais importantes espaços agrícolas do concelho, e nas próximas edições irá abordar outros locais. No final deste projecto teremos certamente propostas valiosas de intervenção neste território e uma comunidade participativa resultado da troca de experiências”, afirma, sublinhando que os participantes serão incentivados a habitar activamente este espaço e a interagirem com as diferentes dinâmicas e com os agentes locais, explorando ferramentas de aproximação que resultem em representações ou acções concretas no lugar.

“Pretende-se que sejam desenvolvidas estratégias colaborativas que interpelem os modelos de análise territorial tradicionais, através da partilha directa, sendo os participantes sempre encorajados a usar a sua criatividade”, adiantou Miguel Bandeira.

O projecto implicará a disponibilização de um espaço de trabalho, uma área para acampar, balneários e uma área de restauração. Os participantes devem trazer material de desenho, computador pessoal e máquina fotográfica. Além do tempo utilizado para cada grupo de participantes realizar o seu projecto, irão decorrer paralelamente, ao longo da semana, um conjunto de actividades transversais e de apoio, tais como encontros com a comunidade, refeições comunitárias, projecção de filmes e eventos sociais.

No final, os trabalhos resultantes serão apresentados num fórum e darão lugar a uma exposição.

Para mais informação e detalhes de inscrição: http://transcreverworkshop.tumblr.com/

Siga o evento na página do Facebook em: https://www.facebook.com/transcreverworkshop

PAREDES DE COURA RECEBE FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE

Evento | Festival Internacional de Folclore – O Mundo a Dançar

Data | 02 de Agosto de 2015

Hora | 22h00

Local | Largo Visconde de Mozelos

MEXICO

Compañia Nacional Danza Folklórica

Cidade – México

Fundada em 1975 com o nome de Ballet Folklórico de la Dirección General de Educación Tecnológica Industrial, em 1979 a Secretaria de Educação Pública atribuiu o nome de México Ballet Folklórico. Nieves Paniagua fundadora e directora dirigiu a Academia de dança Mexicana e a escola nacional de dança folclórica do sistema nacional para o ensino profissional de dança do mesmo instituto. Todos estes antecedentes juntos á sua trajectória profissional, deram como resultado a criação da Compañía Nacional de Danza Folklórica. Recebeu vários prémios, sendo o mais importante a medalha de ouro no 43º Festival Folclórico Internacional de Dijón (1989). As suas actuações internacionais estendem-se por todo o mundo em países como, Itália, Suíça, Jugoslávia, Hungria, Panamá, Honduras, Colômbia, Equador, Albânia, Alemanha, Bélgica, Costa Rica, Chile, China, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Guiana Francesa, Holanda, Honduras, Martinique, Nicarágua, Peru, Portugal, Venezuela.

UCRANIA

Folk Dance Ensemble Poltava

Cidade – Regina – Canada

O Grupo Poltava chega-nos da cidade de Regina no Canadá, constituído por 50 membros descendentes da Ucrânia que inclui bailarinos, músicos e cantores. As suas raízes datam de 1922 com a formação de orquestra de cordas infantil e desde então tem crescido para incluir dançarinos, cantores, bem como músicos. Possui um elevado nível de formação técnica em dança Ucraniana mas também noutros tipos de dança como clássica e folk. O seu repertório é único sendo que para além das danças do seu país, representa a cultura de alguns países com quem fazem fronteira tais como Rússia, Moldova etc. O resultado é um espectáculo multicultural que celebra a beleza do espírito humano. Já actuou variadas vezes em canais televisivos bem como na Walt Disney World na Florida e em vários países.

CHINA

Hebei University of Technology

Cidade – Hebei

O grupo de dança da Universidade de Tecnologia de Hebei, foi reconstituído em 1988. Até hoje já formou mais de três mil excelentes dançarinos estudantes universitários. Executa danças folclóricas nacionais, danças clássicas e danças modernas. Participou em vários concursos de dança Tianjin e Hebei onde ganhou mais de sessenta prémios. Os seus bailarinos apresentam o traje nacional chinês colorido, traje étnico, mostram o encanto da arte chinesa da dança com elegante postura, a qual se espalhou a nível mundial o que representa uma enorme honra para a sua universidade e o seu país.

As actuações a nível internacional

GEÓRGIA

Folk Dance Ensemble Shavlego

Cidade – Gori

O grupo Shavlego foi fundado em 1998 na cidade de Gori na Geórgia. Trazem-nos um conjunto de danças e músicas de todo o país para mostrar e preservar a sua antiga cultura e tradição. Trata-se de um povo guerreiro habituado a defender a sua pátria dos ataques de países vizinhos o que os tornou um povo guerreiro mas por sua vez hospitaleiro o que precisamente nos é apresentado através das suas danças e coreografias. A Geórgia é um país com larga história, famoso pelas suas montanhas altas e nevadas e águas límpidas, florestas densas e belos vales com flores maravilhosas. Para além das inúmeras actuações no seu país e em particular em programas de televisão, o grupo já representou o seu país em vários festivais internacionais com destaque na Turquia, Rússia, Roménia, França, Ucrânia, Bulgária, Espanha e este ano pela primeira vez em Portugal.

MUNDO DANÇA EM PAREDES DE COURA

O Mundo a Dançar. Festas do Concelho de Paredes de Coura. 2 - 10 agosto

O Mundo a Dançar – Festival Internacional de Folclore, que reúne grupos do México, Ucrânia, China e Geórgia, abre este domingo, 2 de agosto, o programa das Festas do Concelho de Paredes de Coura, que se prolongam até 10 de agosto.

A Compañia Nacional Danza Folklórica (México), o Folk Dance Ensemble Poltava (Ucrânia), a Hebei University of Technology (China) e o Folk Dance Ensemble Shavlego (Geórgia) são os grupos que vão passar pelo Largo Visconde de Mozelos, proporcionando a todos os que passam por Paredes e Coura os tons e os sons de algum do melhor folclore do Mundo.

Com esta iniciativa, Paredes de Coura não só proporciona alguns dos mais interessantes grupos folclóricos, como também dá a conhecer as suas músicas, danças, coreografias, trajes e o encanto de culturas mais distantes.

Aliás, muita música, zés pereiras, grupos de bombos, ranchos folclóricos, bandas de música, desfiles de moda, noite de fados, cortejo etnográfico, fogo de artifício e a imponente procissão em honra de Nossa Senhora das Dores, bem como a Festa do Emigrante, trazem por estes dias um colorido ímpar a Paredes de Coura.

São nove dias com as tradicionais Festas do Concelho de Paredes de Coura, num cartaz apelativo do qual os courenses muito se orgulham e que lhes fazem reviver amigos e familiares, que por estes dias regressam à sua ‘terra amada’ para a confraternização entre as suas gentes.

LOJA INTERATIVA DE TURISMO DE VIZELA CELEBRA UM ANO DE EXISTÊNCIA

No próximo dia 31 de julho, sexta-feira, a Loja Interativa de Turismo de Vizela irá comemorar o seu primeiro aniversário.

DSC_0237

A data será assinalada com a oferta de uma fatia de Bolinhol, a todos os clientes da Loja, com o objetivo de promover o produto típico de Vizela.

De lembrar que a Loja Interativa de Turismo de Vizela foi inaugurada a 31 de julho de 2014, passando a integrar uma rede regional de espaços interativos, tendo em vista a potenciação económica e social da região no seu todo, ligando o concelho 24 horas por dia à rede da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. 

SECRETÁRIO DE ESTADO PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA VISITA GUIMARÃES

O secretário de Estado para a Modernização Administrativa visita HOJE, A PARTIR DAS 12 HORAS, quatro Espaços do Cidadão em Guimarães. Deslocação ao norte do país inclui visita a Moreira de Cónegos, Nespereira, Ponte e Taipas. Guimarães tem já dezoito Espaços do Cidadão abertos ao público.

O Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, Joaquim Pedro Cardoso da Costa, realiza esta quinta-feira, 30 de julho, pelas 12 horas, uma visita a quatro Espaços do Cidadão que já se encontram em funcionamento em Guimarães, concelho que concluiu, entre 19 de março e 25 de julho, a primeira fase de inaugurações de dezoito Espaços do Cidadão, no âmbito de um protocolo assinado entre a Câmara Municipal de Guimarães e a Secretaria de Estado da Modernização Administrativa.

Guimaraes_Espacos_Cidadao

O encontro entre Domingos Bragança e Joaquim Pedro Cardoso da Costa está marcado para o meio-dia, nos Paços do Concelho, seguindo-se uma visita aos Espaços do Cidadão de Moreira de Cónegos (12h15), Nespereira (12h45), Ponte (13h15) e Taipas (13h30). Depois de terem sido inicialmente protocolados doze Espaços do Cidadão para o concelho de Guimarães, o Presidente do Município de Guimarães garantiu, junto da Secretaria de Estado da Modernização Administrativa, a instalação de outros seis Espaços, todos já abertos ao público.

A criação de uma rede de Espaços do Cidadão, nos termos do Decreto-Lei nº 74/2014, de 13 de maio, enquadra-se na Estratégia de Reorganização dos Serviços de Atendimento da Administração Pública, através do Programa Aproximar, a fim de efetuar a racionalização do território, aproveitando as potencialidades da tecnologia. Neste momento, estão já a funcionar 192 Espaços do Cidadão no país, dos quais 33 na rede de Lojas do Cidadão, 24 nas estações dos CTT e os restantes nos diversos Municípios.

Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Direção Geral de Proteção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública (ADSE), Direção Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC), Instituto de Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), Ministério da Saúde (Serviços Partilhados), Direção Geral do Consumidor (DGC), Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Instituto da Segurança Social (ISS), Caixa Geral de Aposentações (CGA), Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), Instituto dos Registos e Notariado (IRN) e Agência para a Modernização Administrativa (AMA) são as entidades que estão representadas em todos os Espaços do Cidadão de Guimarães.

BRAGA COMEMORA CENTENÁRIO DO THEATRO CIRCO

“Theatro Circo é um equipamento vital para a Cidade e para Região” – afirma o Presidente do Município de Braga, Dr. Ricardo Rio

Ricardo Rio no balanço dos primeiros cem dias das Comemorações do Centenário

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, afirmou hoje, 29 de Julho, que o “Theatro Circo é um equipamento vital para a Cidade e para a Região”.

CMB29072015SERGIOFREITAS0000002585

Na apresentação do balanço dos primeiros cem dias sobre o início das comemorações do Centenário do Theatro Circo e do primeiro semestre de programação, o Edil falou de um “processo de reconquista” do teatro não apenas pelos Bracarenses, como também pelo público de toda a região Norte. “Fazemos um balanço de enorme sucesso pela adesão das pessoas, dos parceiros e pela qualidade e quantidade dos eventos realizados. Assim vale a pena continuar a trabalhar pela Cultura em Braga”, referiu.

O balanço da actividade do Theatro Circo ficou ainda marcado pela assinatura do protocolo de parceria com a empresa ABB - que passa a integrar o grupo de Mecenas do Centenário - e pela apresentação do Festival Para Gente Sentada, agendado para os dias 18 e 19 de Setembro, resultando de uma parceria com a Ritmos, responsável pela organização de festivais como o de Paredes de Coura ou o Primavera Sound.

CMB29072015SERGIOFREITAS0000002581

Para o presidente da Câmara Municipal, o Festival Para Gente Sentada vem enriquecer um “calendário arrojado” tendo em conta os “constrangimentos que, ainda hoje, impendem sobre o Theatro Circo”. “É, de facto, um grande arrojo do Município e desta administração poder garantir que o Theatro Circo cumpre integralmente a função para que foi criado, o de ser um equipamento cultural vital para a vida da Cidade e da Região”, acrescentou.

Também a vereadora da Cultura, Lídia Dias, referiu que o Theatro Circo “é um motivo de orgulho para os Bracarenses”. “Nunca podemos esquecer que era nosso propósito a reconciliação dos Bracarenses com o Theatro Circo. Isto significa criar laços, nomeadamente aproximar a produção cultural, mais ou menos profissional, que se faz no nosso Município com o único espaço onde podem potenciar os seus talentos e criatividade”, salientou.

Resultados alcançados consolidam posição

A administradora do Theatro Circo, Cláudia Leite, apresentou os resultados alcançados no primeiro semestre deste ano que, segundo afirmou, consolidam a posição do Theatro na Cidade.

Cláudia Leite revelou que o Theatro Circo recebeu 199 eventos desde o início do ano, atraindo 45.500 pessoas, “um número superior ao alcançado no ano passado”. Além de já ter atingido o objectivo das cem mil pessoas no Centenário, os primeiros seis meses de 2015 ficaram marcados pelo aumento do número de visitas. “Passámos de oito visitas em 2014 para 71 desde o início do ano, o que se traduziu num aumento de 260 para 1.382 visitantes”, acrescentou.

No âmbito do Quadrilátero, em Braga foram vendidos 498 cartões, mais 80 por cento do que em igual período do ano passado. Braga concentra também 70 por cento da venda e de utilizações de cartões. “Podemos dizer que em 4.600 utilizações do Cartão do Quadrilátero, 3.170 foram aqui no Theatro Circo”, precisou.

Depois de ter sido integrado na Rota Europeia dos Teatros Históricos, o Theatro Circo foi convidado pela Secretaria de Estado dos Transportes e Comunicações a integrar uma edição filatélica especial dedicada ao Centenário do Theatro, a ser apresentada no dia 4 de Setembro. Para Setembro está também previsto o lançamento de um livro destinado ao público infantil. 

Festival Para Gente Sentada com formato inovador

O Festival Para Gente Sentada realiza em Braga a sua 11.ª edição, apresentando-se com um formato inovador. A empresa organizadora encontrou em Braga a “dinâmica cultural ideal” para dar um novo impulso ao festival que se realiza nos dias 18 e 19 de Setembro.

O cartaz inclui nomes como B Fachada, Benjamim, Box to Box, Bruno Pernadas, DJ Coco, Electric Shoes, Filho da Mãe & Ricardo Martins, Giant Sand, L´ydia Ainsworth, Mdou Moctar, Mercury Rev, Peixe, Serushio, Sun Blossoms, Time for T e Yasmine Hamdan. Os concertos terão lugar no Theatro Circo, no GNRation e no centro da Cidade.

O bilhete para os dois dias do festival pode ser adquirido por 35 euros, enquanto o bilhete diário é de 20 euros. Os bilhetes poderão ser comprados no Theatro Circo e nos locais habituais. 

CMB29072015SERGIOFREITAS0000002578

CERVEIRA RECEBE MIGUEL ARAÚJO E TERESA SALGUEIRO

Agende as noites de 08 e 15 de agosto para o ‘Cerveira Acústica’

Miguel Araújo e Teresa Salgueiro são os convidados da segunda edição do ‘Cerveira Acústica’ que regressa, já em Agosto, ao palco da ‘Vila das Artes’. Bilhetes custam 5 euros e estão disponíveis na Loja Interativa de Turismo.

O tributo à música portuguesa num registo intimista com o público volta a subir ao palco do Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira. Continuando a aposta em artistas de renome nacional e com carreira internacional construída, a edição de 2015 do ‘Cerveira Acústica’ apresenta Miguel Araújo, a 08 de agosto, e Teresa Salgueiro, a 15 de agosto.

Os concertos decorrem no Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira, pelas 22h00. Os bilhetes têm um custo de 5 euros e já podem ser adquiridos na Loja Interativa de Turismo ou no próprio dia do concerto.

08 Agosto \ Sábado - CONCERTO COM MIGUEL ARAÚJO

Miguel Araújo é um dos artistas mais completos da nova geração. É hoje considerado já um dos grandes nomes da música portuguesa, destacando-se como compositor, letrista, cantor e músico, sendo bem-sucedido em cada uma destas vertentes que compõem a sua multifacetada e eclética carreira. São já muitas as canções da sua autoria, cantadas por si e por outros que fazem parte do espólio das grandes canções populares portuguesas deste século.

15 Agosto \ Sábado - CONCERTO COM TERESA SALGUEIRO

Depois de ter integrado durante 20 anos o grupo musical “Madredeus” e de ter editado vários álbuns, nos quais reuniu a participação de vários artistas internacionais, Teresa Salgueiro foi convidada para voz solista pelo compositor polaco Zbigniew Preisner, tendo subido ao palco de várias cidades do mundo, mostrando a sua incrível versatilidade enquanto intérprete. Mais tarde, a artista edita outro álbum, intitulado “O Mistério”, que resulta na sua entrega à composição das suas músicas e dos seus temas, tendo sido apresentado em vários cantos do mundo.

“A Fortaleza” surge a partir do reportório de “O Mistério” e de novos arranjos para temas de autores portugueses que são referências no seu país. Neste espetáculo somos convidados a ir ao encontro de um horizonte onde se espelha a profundidade da experiência humana, guiados por uma voz única do panorama musical mundial.

GUIMARÃES RECEBE CONCERTOS DE "BLUES"

Sete coretos do concelho de Guimarães assistiram a sete concertos de “blues” num só dia

São Torcato recebeu, de manhã, a primeira atuação da digressão que percorreu os coretos do concelho e terminou à noite, no centro da cidade. Em pouco mais de doze horas, realizaram-se sete espetáculos.

Coreto_Briteiros_Sta_Leocadia

A vimaranense Bandstand Blues Band, projeto musical composto por uma dezena de músicos, realizou no sábado, 25 de julho, entre as 10 e as 24 horas, uma digressão por sete coretos do concelho de Guimarães onde decorreram sete espetáculos durante um só dia. O evento cultural, organizado pela Câmara Municipal de Guimarães e Associação Convívio, destacou-se pela originalidade e pela participação do público.

A “Tourné Mundial pelos Coretos”, como se denominou a iniciativa, principiou em São Torcato (10 horas) e continuou, pouco depois, na freguesia de Gondomar (11:30 horas). De tarde, o repertório de “blues” foi retomado no coreto de Pevidém (14:30 horas), seguindo-se atuações em Souto São Salvador (16 horas), Briteiros Santa Leocádia (17:30 horas) e vila das Taipas (19 horas). O périplo musical terminou à noite, no centro da cidade, no Coreto da Alameda de São Dâmaso (22 horas).

Foi justamente neste local que a Bandstand Blues Band (Banda de Blues ao Coreto) iniciou a sua atividade em agosto de 2014, no âmbito da iniciativa “Associações ao Coreto”, adotando o seu nome em homenagem ao coreto enquanto elemento de enorme importância da cultura vimaranense, sobretudo musical. A 3Bs, como se tornou igualmente conhecida, é a banda de blues da Escola de Jazz do Convívio, sendo composta por músicos de várias gerações e com intervenções musicais de origem muito diversa, que têm em comum o gosto pelo Blues e Rhythm'n Blues.

Além da saxofonista Ana Leite Faria, que atuou como convidada, a banda é constituída pelos seguintes membros: Carla Castro (voz), César Machado (harmónica de blues, baixo e voz), Cristiano Martins (acórdão e piano), Gilberto Neto (harmónica de blues e voz), Hugo Marinho (bateria), Miguel Magalhães (piano e guitarra), Quim Pastel (voz, guitarra, baixo e harmónica de blues), Rui Melo (voz), Tiago Lemos (guitarra) e Zecas (baixo e direção musical).

Vídeo: http://www.cm-guimaraes.pt/frontoffice/pages/991?news_id=2231

BRAGA ORGANIZA FÉRIAS DE VERÃO PARA AS CRIANÇAS

Programa organizado pelo Município de Braga envolveu mais de 50 crianças. ‘Mini Férias de Verão’ encerra com balanço positivo

Mais de 50 crianças participaram nas ‘Mini Férias de Verão’, um programa de actividades lúdico-pedagógicas organizado pelo Município de Braga que esta semana chega ao fim. A iniciativa teve como objectivo a ocupação dos tempos livres das crianças durantes as férias escolares, através da realização de actividades de lazer e lúdico-pedagógicas em diferentes espaços do Concelho.

CMB29072015SERGIOFREITAS0000002571 (1)

A vereadora da Educação, Lídia Dias, faz um balanço positivo das ‘Mini Férias de Verão’ que, pela primeira vez, contaram com a participação de um grupo de crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE).

A participação destas crianças resultou da parceria que o Município de Braga estabeleceu com a Coop 21 Especial, Cooperativa para o desenvolvimento Psicossocial de Crianças com Necessidades Especiais. “Esta foi uma boa aposta. O convívio que se gerou nestas cinco semanas acabou por fomentar nos participantes o respeito pela diferença e pela inclusão», referiu a vereadora Lídia Dias.

Durante cinco semanas, as crianças tiveram a oportunidade de visitar diversos espaços do Concelho, como o Bom Jesus, o Sameiro, a Quinta Pedagógica de Braga, a Escola de Educação Rodoviária, o Museu D. Diogo de Sousa e o Mosteiro de S. Martinho de Tibães. Não faltaram também as idas à praia de Apúlia e à praia fluvial de Adaúfe que, pelo segundo ano consecutivo, possui a bandeira de Praia Acessível.

O programa incluiu igualmente a realização de diversos workshops de teatro e artes plásticas. No âmbito da programação cultural da Feira do Livro de Braga, as crianças participaram num workshop orientado pelo escritor Pedro Seromenho. “Foi um programa rico, diversificado e que agradou a todos”, frisou.

A vereadora da Educação realça o apoio de todos os parceiros e técnicos que tornaram possível a realização de mais uma edição das ‘Mini Férias de Verão’, com destaque para a Coop 21 Especial e para o Pingo Doce. O Município de Braga assegurou a presença dos monitores e toda a logística relacionada com os transportes e refeições.

CMB29072015SERGIOFREITAS0000002566

GUIMARÃES PREPARA FESTAS GUALTERIANAS

Guimarães iluminada nas Festas Gualterianas 2015 por meio milhão de microlâmpadas

Flores “iluminadas” decoram uma dezena de ruas no ano em que a tradicional Batalha das Flores figura no programa das festas. Formato e disposição das luzes embelezam centro da cidade. Morfologia das peças remete-nos para a natureza.

Festas Gualterianas 2015

As iluminações de rua alusivas às Festas Gualterianas, este ano com meio milhão de microlâmpadas, constituem uma das atrações das festividades de São Gualter, padroeiro de Guimarães. O Largo República do Brasil, conhecido entre os vimaranenses por Campo da Feira, é um dos mais procurados, com um sistema de iluminação que se articula com a fachada da Igreja de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos e o jardim, preenchido em 2015 por peças centrais em forma de flores a desabrochar.

Sob a entrada principal da Igreja de Santos Passos, está colocada uma imagem de São Gualter em néon-LED, acompanhada por letras de identificação que anunciam as Festas da Cidade e Gualterianas, celebradas anualmente no primeiro fim de semana de agosto. As quatro imagens que se encontram distribuídas pela fachada da igreja foram igualmente contornadas com iluminação própria, de baixo consumo e amiga do ambiente, completando um efeito luminoso muito característico das Festas Gualterianas.

No Largo do Toural, a natureza volta a estar em destaque, com uma réplica de uma dezena de jarros colocados em igual número de vasos, sob uma bola tridimensional figurativa, de cor amarela, a fazer lembrar o sol, estrela central do sistema solar. Será aqui, no centro da cidade, que decorrerá no sábado à tarde, a partir das 17 horas, um dos momentos altos da Batalha das Flores, número tradicional das Festas Gualterianas cuja realização alterna anualmente com o desfile do Cortejo do Linho.

Efeitos de luzes e tradições vimaranenses
A Rua Paio Galvão, a Rua da Rainha e a Rua Alfredo Guimarães têm em comum... flores. Os modelos apresentados pela empresa “Iluminarte” conjugam versões antigas com materiais modernos, onde se destacam milhares de pontos de luzes, com o verde, cor da cidade e da natureza, sempre associado à iluminação festiva. Na Rua de Santo António, impera o ritmo do folclore, sugerindo ícones e símbolos típicos do Minho, enquanto a disposição das luzes na Rua de Gil Vicente, engalanada por tons dourados, evoca os colares da mulher minhota.

Na Senhora da Guia, entre a Avenida Alberto Sampaio e o Largo República do Brasil, eleva-se ainda um pórtico luminoso com dez metros de altura, situado em posição frontal para a Igreja de Santos Passos, onde estão retratadas as arestas de três monumentos emblemáticos de Guimarães: Castelo, Igreja da Oliveira e Padrão do Salado.

Sendo uma das mais movimentadas das Festas, a Rua Dr. José Sampaio, com arcos de cor azul, e as ruas Rei Pegú e Dr. Ricardo Marques, ambas na confluência com o Parque das Hortas, foram iluminadas com elementos cromáticos que transmitem alegria, numa alusão ao fogo de artifício, o mesmo acontecendo em relação à Avenida Conde Margaride, uma das principais entradas da cidade, decorada com tonalidades vivas e peças azuis e douradas que dão as boas-vindas aos participantes nas Festas Gualterianas 2015.

CERVEIRA E EDP BENEFICIAM PONTE DAS POLDRAS

EDP cumpre acordo com Câmara Municipal para beneficiação da Ponte das Poldras

Fruto do protocolo celebrado, em junho passado, entre o Município cerveirense e a EDP-Gestão para a empreitada da Ponte das Poldras, na freguesia de Covas, três representantes da EDP estiveram, esta segunda-feira, nos Paços do Concelho, para proceder à entrega da verba respeitante à execução das obras necessárias.

Acordo EDP - Ponte das Poldraas

Recorde-se que, com a construção de uma barragem de abastecimento da Central Hidroelétrica de France, em Vila Nova de Cerveira, a EDP avançou, entre os finais da década de 60 e início de 70, com a transformação de um pontão de madeira existente numa ponte de pedra, da qual ficou responsável pela sua gestão.

Contudo, com o passar dos anos, a travessia começou a dar sinais de degradação e a não corresponder às necessidades da população. Procurando uma solução viável, a autarquia cerveirense, a Junta de Freguesia e a EDP assinaram, recentemente, um protocolo em que a empresa se comprometia a entregar à Câmara Municipal a gestão da ponte, e uma verba para a execução das obras.

Neste sentido, os representantes da EDP-Gestão, Eng.º Mário Guimarães, Eng.º Cipriano Serrenho e Eng.º José Franco, estiveram reunidos, esta segunda-feira, com o presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, e o presidente da Junta de Freguesia de Covas, Rui Esteves, para entregar o cheque com o montante acordado para as obras de reparação e beneficiação da Ponte das Poldras.

Em causa está uma travessia que faz a ligação entre uma das zonas mais populosas de Covas e a EN 301, e que vai ser alvo de trabalhos de limpeza, alargamento, reforço e estabilização estrutural, com o propósito de garantir no futuro uma utilização segura.

CONDICIONAMENTOS À NORMAL CIRCULAÇÃO DE TRÂNSITO EM BRAGA

A Câmara Municipal de Braga vem por este meio informar que, para efeitos de instalação de ramal de saneamento na Praça do Município para apoio a diversos eventos, irá realizar-se uma intervenção que terá início amanhã, dia 30 de Julho, pelas 8h30, e que se prolongará por um período máximo de 2 dias.

Durante este período, verificar-se-á uma alteração do sentido do trânsito na Rua de Santo António, assim como uma opção de desvio do trânsito de quem entra na praça do Município via Rua Dom Frei Caetano Brandão, imediatamente à esquerda pela via contigua ao edifício Municipal, alterando-se também o sentido desta.

Agradecemos a melhor divulgação possível para estas informações.

Pelo transtorno causado, desde já, pedimos desculpas.

BIFE DE PRESUNTO É NOVO ÍCONE GASTRONÓMICO DE MELGAÇO

Melgaço apresenta, na próxima quinta-feira, dia 30 de Julho, o novo ícone gastronómico do concelho - o bife de presunto, numa sessão a decorrer pelas 16 horas na Fonte das Termas do Peso.

O prato, seleccionado pelos agentes do concelho no âmbito do programa PROVE Melgaço, pretende valorizar um produto local secular e detentor de Indicação Geográfica Protegida (IGP), dando-lhe nova identidade gastronómica e representatividade ao nível turístico.

A identidade do bife de presunto, confeccionado à base de produtos locais, foi definida sob coordenação do Chefe Vinagre, mas a ideia não é estandardizar… Cada um dos 12 restaurantes aderentes, e devidamente referenciados, terá liberdade de interpretar a receita à sua maneira, sem no entanto a desvirtuar.

O PROVE Melgaço, que visa a valorização e reconhecimento da gastronomia local junto dos turistas, é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo (APHORT), do Município de Melgaço e da CIM Alto Minho.

PROGRAMA

Exibição de filme promocional do Concelho

Abertura

Presidente da Câmara Municipal, Manoel Batista

Presidente da APHORT, Rodrigo Pinto Bastos

Apresentação do prato, pelo chefe Vinagre

Entrega da placa Prove Melgaço, aos restaurantes aderentes

Entrega de diplomas e certificados aos participantes do Chaves Melgaço

Degustação

MONÇÃO REQUALIFICA ANTIGO BALNEÁRIO TERMAL

Edifício, localizado no Parque das Caldas e encerrado desde finais do século passado, será intervencionado no exterior e na ponte de acesso ao piso superior. Empreitada visa consolidar a estrutura, garantindo a sua preservação futura e a memória coletiva da localidade associada à vivência termal.

Balneário antigo 3

A Câmara Municipal de Monção vai recuperar o antigo balneário termal. Os trabalhos, com o prazo de execução de 180 dias após o ato de consignação, foram adjudicados à empresa “Dinâmica Secreta, Lda” pelo valor de 73.400,62 €, acrescido do imposto legal.

A intervenção prevista abrange apenas o exterior do edifício, propondo-se a reconstrução da clarabóia, coberturas em telha, picagem, execução de novos rebocos, pinturas exteriores, lavagem de superfícies em granito, aplicação de novas caixilharias nas portas e janelas e recuperação da ponte de acesso ao piso superior.

Com este investimento, o edifício ficará de cara lavada no seu aspeto exterior, faltando a reconstrução interior que será adaptada à nova funcionalidade. A autarquia ainda não definiu qual o seu futuro visto qualquer projeto ou ideia “esbarrar” na previsível inundação, com águas do rio Minho, de parte do edifício durante o inverno.    

Para o Presidente da Câmara Municipal de Monção, Augusto de Oliveira Domingues, a presente empreitada tem como finalidade garantir a preservação futura de um edifício histórico para todos os monçanenses, assegurando, dessa forma, a memória coletiva da localidade associada à vivência termal.

O autarca monçanense lembra que já foram feitas várias tentativas para dar uma nova vida ao antigo balneário termal, no entanto, a proximidade ao rio Minho e a possibilidade de inundação tem dificultado a concretização de um projeto consistente e duradouro.

O edifício data de 1801, conforme placa comemorativa do primeiro centenário, localizada no alçado nascente, funcionou sempre como balneário termal até finais do século passado, tendo sido substituído em 2001 com a abertura da nova unidade termal, inaugurada pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio.

Balneário antigo 1

MINHO HOMENAGEIA JUDITE CARDOSO

Viana do Castelo veio a Braga surpreender Judite Cardoso - Presidente da Comissão de Honra das Festas d'Agonia

Representantes do movimento folclórico vianense desceram até Braga para surpreenderam Judite Cardoso, com música etno-folclórica, canto, trajes e, algumas confidências e testemunhos emocionados de gratidão.

Na qualidade de Presidente da Comissão de Honra das Festas d'Agonia 2015, Judite Afonso Carvalhido Pinto Cardoso, foi a convidada da última edição dos "Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras", que teve por tema "Vidas cruzadas, experiências partilhadas - 50 anos da Rusga". A vida e respetiva obra de Judite Cardoso, cruzou-se com a vida da Rusga, em finais da década de 80 do século passado. Dava o Grupo Teatral de Danças e Cantares de Perre de Viana do Castelo, os seus primeiros passos. Foram muitos os encontros e cruzar de vidas, entre Festivais Folclóricos permutados, Encontros de Grupos de Reis, exposições, reflexões e debates, enfim..., uma partilha intensa de saberes, emoções, e, sobretudo, uma sã convivialidade que perdura até aos dias de hoje.

Judite Cardoso, iniciou a sua intervenção, começando por dizer que: - 'Sempre me assumi como uma mulher do povo, e disso muito me orgulho'. Por tal facto, continuou - 'não esperem os presentes de mim, grandes discursos. Sempre gostei de falar, seja com muita ou pouca gente, guiadapelos sentimentos, pelo amor e paixão que tenho e dedico a tudo o que faço e que me rodeia', assim rematou a convidada a sua prévia apresentação.

Quando regressou de Angola, o seu sonho era fazer algo pela sua freguesia, fundamentalmente, recuperar/trabalhar as muitas 'tradições' da sua aldeia de Perre. Começou por um pequeno Grupo de Teatro, e, 'migalha a migalha', foi congregando em torno de si, um grupo de pessoas muito heterogéneo, mas, muito empenhado nas artes do palco. Do teatro para a musica e dança folclórica, foi só, um pequeno (grande) passo. Passando o grupo a designar-se 'Grupo de Teatro e Danças e Cantares de Perre', Viana do Castelo. Segundo Judite Cardoso, já se justificava à muito, um Grupo Folclórico na freguesia, onde os demais grupos do concelho de Viana,  vinham 'beber' e levar, muitas das nossas tradições, desde o canto dança e mesmo na área  trajar. Esta constatação, funcionou como que uma alavanca, para prosseguir com o projeto iniciado. Só em 1994, é que se constitui legalmente como associação cultural, passados mais de nove anos da primeira apresentação do Grupo.

Durante muitos anos, a casa da ex-diretora, funcionou como sede provisória do Grupo. Aí se ensaiava - na cozinha e não só -, se guardavam os trajes e funcionava a secretaria do Grupo. Daí, Judite Cardoso pensar e sonhar com a construção de raiz, de uma sede para o Grupo, agora, simplesmente designado de, Grupo de Danças e Cantares de Perre. Do sonho para a realidade, não se passou muito tempo, mas, tiveram de ser vencidos muitíssimos obstáculos. Para o efeito, contou uma vez mais com o empenho e envolvimento de todos os elementos, sobressaindo contudo, um 'rapaz' na altura, pela sua tenacidade e capacidade empreendedora, de seu nome Manuel Arieira.

Manuel Arieira, o atual Presidente do Grupo

Judite Cardoso, fez questão, de tornar público que, se não fosse o atual presidente, a quem trata carinhosamente por 'Manel', o projeto por si iniciado já teria morrido. Daí, fazer questão que ele estivesse consigo na mesa, para poder partilhar com o público presente, como gere atualmente, a pesada herança. - 'Não me canso de dizer que, se não fosse o Manel, já não existiria o Grupo e eu, provavelmente não estaria aqui convosco'. Rematou a sua intervenção, com um - 'Muito obrigado Manel, eu te agradeço do fundo do coração'. O que fez arrancar do público presente, uma forte ovação.

Manuel Arieira, agradeceu as deferências por parte da fundadora do Grupo, e, em jeito de brincadeira, foi dizendo que se soubesse a parte da herança que lhe estaria destinada, nunca teria entrado no Grupo. Pragmático e sintético como é seu timbre, enumerou algumas das iniciativas mais emblemáticas do grupo como; o Cantar Janeiras e respetivo Encontro de Grupo de Reis, as exposições anuais por ocasião das Festas da freguesia, os espetáculos temáticos, nomeadamente a desfolhada à moda de Perre, a Mostra de Arroz Doce, - 'enfim ..., só trabalhos e preocupações', desabafou. Referiu-se ainda, à criação da 1ª Escola de Concertinas, sob a orientação do conhecido Augusto Canário, e da participação do Grupo enquanto membro organizador do Festival Internacional de Folclore de Viana do Castelo. Tal como no passado, a sua grande preocupação é garantir a unidade e estabilidade no seio do grupo, porque se assim não for, não é possível manter o grupo com a qualidade que nos é reconhecida, concluiu.

Representante do movimento folclórico vianense, agradece e enaltece o trabalho de Judite Cardoso

Laurinda Figueiras, presidente da Ronda Típica da Meadela, ousou falar em nome do movimento folclórico vianense, começando por se referir à opção da Câmara de Viana, em escolher para Presidente da Comissão de Honra das Festas d'Agonia 2015, uma mulher da terra, uma vianense, de alma e coração. Anónima em termos de visibilidade nacional, mas muito respeitada pelo legado que nos deixa, em termos da defesa e promoção da cultura e tradições populares das gentes de Viana. Por consequência, é um reconhecimento por parte da autarquia, do papel fundamental que o movimento folclórico assume, no enriquecimento e promoção das Festas d'Agonia. Seja através do colorido e beleza do trajar, da música, canto e dança regionais, ou então as prestações sempre ansiosamente aguardas no Cortejo da Mordomia ou no Cortejo Etnográfico.

Para Laurinda Figueiras, o nome de Judite Cardoso, merece-lhe enorme respeito e admiração. Uma Senhora de uma grandeza ímpar. Sempre disponível para ajudar. Quem lhe bate à porta, a pedir ajuda ou apoio, seja na cedência de peças (trajes, alfaias agrícolasou outro tipo de artesanato) ou, uma simples opinião, é sempre bem correspondido. Rematou 

Os momentos artísticos da seranzada foram da responsabilidade da Rusga de São Vicente de Braga, contando ainda com as surpresas vindas de Viana. Jovens tocadores de concertina e lindas moças envergando vistosos fatos das lavradeiras vianenses.

BRAGA: DOCENTES DAS AEC NÃO TERÃO DE DEVOLVER VERBAS À SEGURANÇA SOCIAL

Solução encontrada ao abrigo da lei

No seguimento do processo relativo à emissão das declarações de remunerações, emitidas pelos serviços técnicos da Câmara Municipal de Braga, entre 2011 e 2013, que afecta professores das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) do 1.º Ciclo do Ensino Básico, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, reuniu hoje, nos Paços do Concelho, com Rui Barreira, Director Distrital de Braga da Segurança Social.

O encontro teve como objectivo a análise das diligências entretanto efectuadas pelos serviços de ambas as instituições e da tutela nacional desta área, conducentes a uma solução apresentada, que evita o reembolso retroactivo das verbas referidas por parte dos profissionais afectados com este caso.

Como explicou Rui Barreira, a solução deriva da entrada em vigor do novo código de procedimento administrativo, que determina que não pode ser exigido o reembolso das prestações indevidamente atribuídas que ultrapassam o prazo de um ano. Nesse sentido, não será devida a reposição dos benefícios dos docentes à Segurança Social. “Não se trata de um perdão ou redução da restituição dos benefícios recebidos, mas sim de um procedimento inscrito na lei”, referiu o Director Distrital de Braga da Segurança Social.

Segundo Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga, este é um desfecho que, dentro das balizas legais, vai ao encontro das pretensões do Município e dos próprios profissionais afectados pela situação. “Este desfecho deriva do empenho de todas as entidades para resolvermos uma solução manifestamente delicada e que poderia implicar graves consequências socias e económicas para muitas famílias”, afirmou.

O autarca esclareceu que o actual Executivo Municipal, assim que foi notificado dos erros nas declarações de remunerações, em Novembro de 2013, alterou os procedimentos seguidos e iniciou um processo de verificação das situações retroactivas, referentes ao período compreendido entre 2011 e 2013.

Ricardo Rio explicou que os procedimentos erróneos que deram origem a este processo contaram com a ´conivência´ dos responsáveis políticos do anterior Executivo Socialista: “Lamentamos profundamente que, quem tem responsabilidades próprias no assunto, venha agora, de forma irresponsável, procurar retirar dividendos políticos de uma situação que poderia tornar-se dramática para os docentes envolvidos”.

Amanhã, pelas 16h30, no Auditório da AGERE, o presidente da Câmara Municipal de Braga irá reunir-se com os professores afectados pela situação, num encontro onde lhes dará a conhecer a solução hoje apresentada, e que resulta de uma série de diligências efectuadas ao longo da presente semana, junto de instâncias governativas, como a Secretaria de Estado e Ministério da Solidariedade, bem como do Centro Distrital de Segurança Social.

BRAGA: AZULEJOS DO CONVENTO DO PÓPULO ABERTOS A VISITAS DO PÚBLICO

Após um período de encerramento devido à regularização do serviço municipal ´Balcão Único´, os Azulejos do Convento do Pópulo estão novamente abertos a visitas do público, de Segunda-feira a Sexta-feira, entre as 8h30 e as 18h00.

As visitas guiadas aos painéis azulejares mantêm-se nos mesmos parâmetros anteriores, isto é, somente para grupos (+ de 4 pessoas), sendo que a participação está sujeita a marcação prévia, através dos seguintes contactos: gab.arqueologia@cm-braga.pt e 253203150.

Mais se informa que o acesso aos painéis azulejares é gratuito. Os turistas individuais devem dirigir-se à entrada do edifício do Convento do Pópulo (Balcão Único), onde recebem uma identificação de "Visitante dos Azulejos do Convento do Pópulo".

ATLETAS DE ESPOSENDE CORREM NO TRILHO DAS AZENHAS

Meio milhar de atletas em Antas - Esposende, na 1ª edição do Trail das Azenhas.

Foi com enorme sucesso que se realizou no dia 26 de julho, em Antas – Esposende, o I Trail das Azenhas. Mais de meio milhar de atletas (532) rumaram à Igreja Paroquial da Freguesia para participar no trail curto dos 17 km, no trail longo dos 27 km ou na caminhada de 10km. Estiveram representadas 3 nacionalidades, nomeadamente os Emirados Árabes Unidos, a França e a Espanha. O evento desportivo foi organizado pela Junta de Freguesia de Antas em parceria com o grupo "Correr Antas à Noite" e o apoio da Câmara Municipal de Esposende.

Uma das personalidades que participou na corrida, Maria da Conceição a primeira mulher portuguesa a escalar o Everest, recebeu um donativo do Trail das Azenhas para a organização Maria Cristina Foundation, com sede no Dubai, criada para combater a pobreza em Bangladesh, através do ensino. A prova foi ainda apadrinhada pelos desportistas Rui Laranjeira e Fernanda Verde, esta última da equipa Desnível Positivo, que alcançaram os primeiros lugares no pódio, na respectiva categoria, do percurso mais longo. Na classificação geral dos 27 km Fernanda Verde e João Rodrigues arrecadaram o 1º prémio. Manuel Pita e Flora Leite foram os desportistas que alcançaram o primeiro lugar no circuito mais curto.

Das impressões recolhidas no local, os atletas destacaram a boa organização da prova e as paisagens deslumbrantes. Dos trilhos técnicos do monte da Guia, com vista para o mar, às azenhas nas verdejantes margens do rio Neiva, o Trail das Azenhas permitiu, viver emoções tão diversas quanto o enquadramento paisagístico. Durante o percurso os atletas tiveram que ultrapassar obstáculos naturais como rios, pontes centenárias, encostas íngremes e rochas, vincando uma vertente cultural e técnica invulgar e que caracteriza a singularidade desta região e do próprio evento.

Testemunho da organização:

Foram 532 os participantes do Trail das Azenhas. As solicitações para inscrição ultrapassaram todas as expectativas e por questões de logística e de segurança tivemos que cumprir o limite de inscrições estipulado no regulamento. Este projecto foi criado para evoluir nas suas diversas edições. Prevemos que durante uma década seja viável a sua realização nos moldes em que se realizou este ano, depois disso terá que ser estruturalmente reavaliado.

Para a 2ª edição pretendemos manter o padrão de qualidade e de segurança e apresentar algumas novidades no percurso. Estamos focados na divulgação das condições de excelência que a freguesia de Antas, localizada no limite norte do concelho de Esposende, proporciona aos praticantes da modalidade de Trail. Salientamos ainda que o sucesso de um evento com esta dimensão só é possível graças à colaboração de todos os patrocinadores e amigos que acreditaram na viabilidade do projecto.

Agradecemos também a postura de todos os atletas, incluindo os padrinhos e convidados deste evento, que evidenciaram o verdadeiro espírito do trail com apontamentos de grande carácter, um espírito de entreajuda e de camaradagem dignas de registo. Obrigado a todos e até ao próximo ano, contamos convosco para uma 2ª edição igualmente marcante.

ARTISTAS VIANENSES EXPÕEM PINTURA E ESCULTURA NA MISERICÓRDIA DE VIANA DO CASTELO

Inaugura hoje, quarta-feira 29 de Julho, pelas 18h, com um momento de música ao vivo de Gustavo Lima (peças de reportório clássico para guitarra) a exposição “ETC.” de Irene Costa, Victor Silva Barros e Arnaldo (escultura, desenho, pintura e objectos). Esta mostra tem a particularidade de se desenvolver em três tempos diferentes: no primeiro período serão presentes obras dos dois primeiros autores, no segundo estarão trabalhos dos três, e finalmente fechará com trabalhos do Arnaldo.

Poderá ser visitada diariamente entre as 10h e as 12h, as 14h30e as 19h30, e à noite entre as 21h30 e as 23h, exceptuando domingos em que estará encerrada durante a manhã.

Irene Costa

Expôs pela primeira vez em 1981 em Caminha nas instalações do então futuro Museu Municipal - antiga cadeia - esculturas em madeira.
Desde aí experimentou variadas técnicas de expressão, da cerâmica à tapeçaria, passando tanto pelo artesanato urbano contemporâneo como pela instalação e a criação de objectos.

Nos trabalhos muitos dos trabalhos mais recentes utilizou materiais reciclados incluindo ou não tanto objectos encontrados casualmente como peças originais integradas, elaboradas numa muita ampla gama matérica e formas de execução.

Integrou o colectivo « Projecto 1990 d.c. , que, composto por autores franceses, portugueses e galegos, desenvolveu uma interessante actividade, nomeadamente de divulgação internacional e na complementação de artistas dos três países.

Expôs em Portugal, Espanha e França, países que contam com trabalhos seus em diversas colecções particulares.

Victor Silva Barros

Expõe regularmente desde l968, em Portugal e no estrangeiro, estando representado em colecções particulares e oficiais em Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Brasil, Holanda,
Suíça, Guiné, Alemanha, Bélgica, Estados Unidos eRússia.

Em 1991, o Museu dos Biscaínhos de Braga dedicou-lhe uma mostra retrospectiva.

Sobre a sua obra escreveram João Duarte, Padre Mário de Oliveira, Sérgio Mourão, Carmen Osório, Manuel Álvrez Prieto, Teresa Almeida d`Eça, Mário Emílio, José Rosa de
Araújo e Manuel Bontempo.

Entre 1968 e 1977 colaborou em vários jornais nacionais com contos, poesia, textos teóricos
e de crítica de arte: ”República“, “Página Um”, ”Diário de Coimbra”. Integrou os Colectivos “Androx” (autores galegos) e “ 1990 d.c (artistas franco/galaico/portugueses), tendo sido igualmente co-fundador e director técnico das Galerias “Picasso” e “1990 d.c. “, Viana do Castelo e integrado o júri internacional da “Trienal Latina “ (Viana do Castelo 1992 e Puy- -en-Velay 1993) .

Em 1988 publicou “On Road”, colecção de textos de sua autoria inseridos em catálogos entre 1969 e 1988.

Arnaldo

Curso Superior de Desenho - Escola Superior Artística do Porto; licenciado em Design Industrial - Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos;  Suficiência Investigadora em Desenho (estudos de doutoramento), Faculdade de Pontevedra, Universidade de Vigo.

Aluno de Sá Nogueira, Calvet de Magalhães, Manuel Rocha, Salvador Vieira, Helena CabralMendanha…

Exposições individuais em Viana do Castelo, Caminha  e Guimarães. Participou na Trienal Latina 92 e 93 em Viana do Castelo (Portugal) e Puy en Velay (França), respectivamente, participa na exposição inaugural do Centro Cultural Frei Agostinho da Cruz  e Diogo Bernardes, Ponte da Barca , na "Inter-Artes 94", Vila Nova de Famalicão e na Exposição Colectiva dos Sócios da Árvore 1995 e 1996, Porto, em 1996 participa na “III Xuntanza Obradoiro das Artes Visuais” Piloño Galiza, a convite de Paco Lareo . Participação na d’art-VEZ 2005 , 2007 e 2009 (neste ano, com Iolanda Parente, António Peres, Linda Rodrigues, Carlos Filipe Ribeiro e Gustavo Reis, executou na rua, dois fornos de papel  para cozedura cerâmica. Em 2009 criou o troféu em bronze, para ser entregue aos homenageados no âmbito do 30º Aniversário do Centro Cultural do Alto Minho.

Expôs com Victor Silva Barros e Armindo Salgueiro em Aveiro na Galeria Municipal. Colaborou com o Grupo de Teatro Amador de Viana do Castelo "GRUTA", fazendo a cenografia e o cartaz para a peça " As Criadas "  de Jean Genet. Ilustrou os livros "Menino Nome André " de Luisa Quintela - edição Etnia, e as capas de : “O Alto Minho na Obra Etnográfica de Abel Viana” de Abel Viana – edição de João Soeiro de Carvalho e Academia de Música de Viana do Castelo; “Governância Municipal - cidadania e governação nas câmaras municipais portuguesas” de Arnaldo Ribeiro - edição do Centro de Estudos Regionais; “Campoamor- uma história de encornados, encornadores e pássaros avisadores” de Hugo Santos – edição Campo das Letras. Com Fernando Canedo coordenou o livro “Viana a Várias Vozes”- autores não vianenses escrevem sobre o município – edição da Câmara Municipal de Viana do Castelo (comemoração dos 750 anos da outorga do Foral Afonsino), livro onde também ilustrou textos de vários autores (o JL - Jornal de Letras Artes e Ideias nº 1018 pág.31 faz referência e destaca-as).

1º Prémio  Desenho - Trienal Latina 92 em Viana do Castelo (Júri internacional presidido por Joaquim Matos Chaves).

PARTIDO “PAN” FELICITA DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE PELA PUBLICAÇÃO DE “LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA UMA ALIMENTAÇÃO VEGETARIANA SAUDÁVEL”

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza felicita a Direcção-Geral de Saúde (DGS) pela publicação de um manual sobre a alimentação vegetariana, pois considera que este tipo de guias é um passo importante para que Portugal seja um país mais saudável, sustentável e ético.

“Linhas de orientação para uma alimentação vegetariana saudável” está disponível no site do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável e da própria DGS, e surgiu para responder ao número cada vez maior de pessoas que querem seguir uma alimentação isenta de produtos animais, mas também para valorizar e dar a conhecer um padrão alimentar saudável junto da população e criar condições para que os profissionais de saúde possam aceder a informação que lhes permita ganhar competências para aconselhamento nesta matéria.

O manual salienta a importância de aliar este tipo de alimentação a um estilo de vida mais saudável e promove a utilização de produtos vegetais de origem nacional, sazonais e enquadrados na nossa tradição culinária, sugerindo assim que é possível e desejável juntar sabor, tradição e saúde.

“A alimentação vegetariana é, na maior parte das vezes, uma alternativa para quem procura um estilo de vida mais saudável, justo para com os animais (humanos e nãohumanos) e ecológico. Além disso, nos últimos anos, este tipo de nutrição tem sido largamente estudada ao nível da prevenção de doenças muito prevalentes na nossa sociedade, nomeadamente as doenças crónicas como a doença cardiovascular, a oncológica, a diabetes ou a obesidade”, recorda André-Silva, porta-voz do PAN e candidato por Lisboa às eleições legislativas de 04 de Outubro, sublinhando que “esta tomada de consciência tem tido como consequência o aumento gradual e sustentado do número de vegetarianos em Portugal e no mundo e que este manual, como instrumento de apoio e esclarecimento, é um incentivo para todos aqueles que pretendem adoptar este tipo de padrão alimentar, quer por razões de saúde ou de filosofia de vida.”

Prevenir para não delapidar o erário público e o Serviço Nacional de Saúde

No entender do PAN, este tipo de ferramentas são também uma peça crucial para a mudança diária de hábitos que irá beneficiar não só a saúde pública como os recursos administrados pelo Serviço Nacional de Saúde, uma vez que impactam diretamente as causas dos problemas e não assentam em soluções paliativas, cujo custo para o erário público é muito superior às alternativas preventivas.

Aliás, no programa eleitoral com o qual o PAN-Pessoas-Animais-Natureza se vai apresentar às legislativas deste ano, a “Promoção de uma Alimentação Saudável” é uma das principais medidas defendidas pelo Partido nos eixos de “Sustentabilidade” e “Saúde” para que se “desenvolvam padrões alimentares mais justos, saudáveis, ambientalmente sustentáveis e geradores de maior potencial de desenvolvimento.”

De acordo com os dados disponíveis, conclui-se que um estilo de vida sem produtos de origem animal, em termos de emissões de gases, equivale a uma poupança anual semelhante a uma viagem de automóvel de cerca de 7.000 kms, enquanto ao nível do consumo de água, equivale a uma poupança anual de cerca de 8.000 duches.

Por outro lado, o impacte diário da indústria da agro-pecuária e das pescas e sobre o meio ambiente é desastroso e é já considerada a principal causa de mudanças climáticas. Os 70 biliões de animais terrestres e 90 biliões seres marítimos que são abatidos a cada ano para consumo humano colocam uma tensão crescente sobre o meio ambiente no que respeita ao uso da terra, água doce, mas também ao nível da poluição e da produção de gases com efeito de estufa.

Perante os números, o partido defende a necessidade de “fomentar a consciência ecológica e sensibilizar a população para uma alimentação saudável, com base em alimentos produzidos sem prejudicar o ambiente, de modo a ser possível promover um futuro mais sustentável, do ponto de vista ambiental, económico e social”.

O PAN considera ainda, numa abordagem mais abrangente, que “a saúde dos ecossistemas, animais e plantas é indissociável da saúde do ser humano” e que “o respeito pela qualidade de vida de todos os intervenientes, partindo dos agricultores e mão-de-obra agrícola, até ao consumidor final, e uma atitude respeitadora para com os outros seres vivos e os recursos naturais, são os princípios que a seguir”.

Para fazer face a esta situação, o PAN advoga, entre outras medidas, a necessidade de “sensibilizar e informar o consumidor para a importância de uma dieta baseada em produtos frescos de origem vegetal, integral, com alimentos pouco processados, sazonais, de produção local e biológica, isenta de Organismos Geneticamente Modificados, fomentando, por exemplo, a consciência ecológica e sensibilização das crianças em idade escolar para uma alimentação saudável com ações de dinamização de hortas escolares”.

A “proibição total do cultivo de transgénicos; a cessação dos apoios à agricultura sintética e pecuária intensiva; e a discriminação positiva dos modos de produção biológicos” são outras das iniciativas que o partido pretende introduzir na agenda política através do seu programa e campanha eleitoral.

Um dos primeiros passos nesse sentido foi dado no âmbito do 1.º Congresso Internacional ‘Paredes de Coura Vegetariana’, que em dois dias viu passar cerca de 500 pessoas pelo Centro Cultural de Paredes de Coura. Organizado pela Associação Quinta das Águias, com a colaboração do município de Paredes de Coura, este espaço de reflexão e debate, no qual o secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar marcou presença, contou também com a participação do PAN, pela cabeça-de-lista pelo distrito do Porto às Legislativas de 04 de Outubro Bebiana Cunha, que se juntou aos demais para debater o impacte das escolhas alimentares sobre o meio ambiente, na saúde pública e as suas consequências éticas.

Sobre o Partido Pessoas-Animais-Natureza – PAN

O PAN - Pessoas-Animais-Natureza é um partido político português, inscrito junto do Tribunal Constitucional (TC) desde 13 de Janeiro de 2011. A sua missão é criar uma sociedade onde todos os seres sencientes, humanos e não humanos, possam viver em paz e felicidade, numa harmonia tão ampla quanto possível, em ecossistemas saudáveis e sustentáveis. Nas eleições legislativas de 2011, o PAN obteve um total de 57.995 votos (1,04%). Desde então, tem participado em todos os atos eleitorais realizados em Portugal e já elegeu 1 deputado regional na Madeira, 6 deputados municipais e 3 deputados de freguesia. Em Outubro de 2014, o PAN elegeu uma nova direção que promoveu alterações à forma de organização e funcionamento do partido. O símbolo do PAN representa a unidade e interdependência das três causas que defende como uma só (pessoas, animais, natureza), com a mão humana aberta, generosa, interventiva e solidária que se ergue da Terra para o Céu, as patas animais e as folhas, componentes inseparáveis de uma Árvore da Vida que se expande e cresce para abraçar o mundo. A causa de todos http://www.pan.com.pt

GUIMARÃES RECEBE ENCONTRO DE VOLUNTARIADO COM JOVENS DE TODA A REGIÃO DO MEDITERRÂNEO

“Atlantis Youth Camp” no início de agosto

Promoção do voluntariado europeu e transfronteiriço é objetivo estratégico do Município de Guimarães. “Atlantis Youth Camp” privilegia intercâmbio entre jovens de diferentes culturas. Evento principia na próxima segunda-feira.

Apresentacao_Atlantis_Youth_Camp2015

Cerca de 80 jovens voluntários, líderes juvenis provenientes de toda a zona do Mediterrâneo, selecionados entre aqueles que estão ativamente envolvidos no desenvolvimento de programas no Sul da Europa, Médio Oriente e Norte de África, vão participar em Guimarães na 11ª edição do “Atlantis Youth Camp”, prestigiado evento internacional que decorrerá entre 03 e 10 de agosto de 2015, numa organização do Centro para a Cooperação no Mediterrâneo (CCM) da Cruz Vermelha Espanhola, em conjunto com a Cruz Vermelha Portuguesa.

A edição vimaranense irá focar-se nas oportunidades que o Voluntariado Jovem oferece, especialmente em tempos de crise, em termos das competências adquiridas, durante o exercício de voluntariado e, também, no impacto positivo que gera nas comunidades. O “Atlantis Youth Camp” reunirá jovens da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho do Mediterrâneo, entre os 18 e os 28 anos, em torno do tema “Voluntariado Juvenil: Desafios e Oportunidades para Fazer a Diferença”.

«Espero que os jovens de Guimarães e a comunidade escolar possam participar neste encontro, pois estamos muito interessados em desenvolver e promover o voluntariado transfronteiriço. Esta é uma oportunidade de verificarmos como se faz e como se organiza um projeto de voluntariado em ambientes difíceis, onde se apela à resiliência, coragem e à vivência de causas humanitárias. Os vimaranenses têm um forte sentimento e consciência coletiva, acolhem bem quem nos visita e orgulham-se de dar a conhecer ao mundo o que existe em Guimarães», afirmou Domingos Bragança, Presidente do Município, acompanhado na apresentação do evento pela Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira.

A cerimónia de abertura do “Atlantis Youth Camp”, plataforma de referência entre os jovens da região do Mediterrâneo, está marcada para a próxima segunda-feira, 03 de agosto, pelas 18 horas, no Auditório da Fraterna, em Couros, onde estará também o Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Luís Barbosa, além de ser exibida uma mensagem de vídeo do Presidente da Cruz Vermelha Internacional. Ao longo de uma semana, decorrerão um conjunto de formações que vão proporcionar aos jovens participantes conhecimentos específicos em workshops com temas tão diversos como “Juventude e Empreendedorismo Social”, “Pensamento Estratégico e Planeamento”, “Gestão de Voluntariado e Juventude”, “Sustentabilidade do Voluntariado e Gestão de Recursos”, “Jovens como Agentes de Mudança Positiva”, “Competências de Liderança” e “Voluntariado Jovem como meio para a promoção da Paz”.

Representantes de 26 países em Guimarães

Os participantes vão trabalhar na aquisição de conhecimento relacionado com o desenvolvimento de competências necessárias, não apenas para enfrentar a atual crise económica e promover programas de empregabilidade, mas também para criar novas oportunidades de emprego e serem jovens empreendedores de novos postos de trabalho sustentáveis, introduzindo igualmente elementos novos e inexplorados na procura de ideias e soluções inovadoras. Em paralelo, decorrerão sessões com o objetivo de salvaguardar a mobilização e a sustentabilidade do trabalho voluntário.

João Gomes, Coordenador Nacional de Voluntariado da Cruz Vermelha, considera que este é «um evento de capacitação da maior organização humanitária do mundo», que reúne jovens com «perfil de liderança» e que contará com a colaboração do Banco Local de Voluntariado de Guimarães, cujos elementos vão participar nas sessões e apoio à organização. «Estamos a ser excecionalmente bem recebidos», sublinhou o dirigente nacional, enquanto Manuel Barbosa, Presidente da Delegação de Guimarães, lembrou que a realização do evento em Portugal permitirá «comemorar de uma forma ativa os 150 da Cruz Vermelha Portuguesa».

Desde a sua primeira edição em 2005, o “Atlantis” reuniu, até ao momento, centenas de jovens de toda a região do Mediterrâneo e destaca-se como uma oportunidade de referência para intercâmbios interculturais entre jovens voluntários. Em Guimarães, estarão representantes de 26 países, nomeadamente, Albânia, Argélia, Andorra, Bósnia e Herzegovina, Croácia, Chipre, Egito, França, Grécia, Itália, Israel, Líbano, Líbia, Malta, Mónaco, Montenegro, Marrocos, Palestina, Portugal, San Marino, Sérvia, Eslovénia, Espanha, Síria, Tunísia e Turquia.

ESTUDANTES VIMARANENSES FAZEM ABORDAGEM À CIÊNCIA

Começou em Guimarães semana da UMinho que ajudará estudantes a escolher futuro profissional. Sessão de abertura teve lugar no Polo de Azurém

“Verão no Campus 2015” leva 400 jovens à Universidade do Minho, distribuídos por 21 atividades diferentes. Futuros universitários iniciaram, no Polo de Azurém, semana de abordagem ao conhecimento e à ciência.

UM_Verao_Campus_Guimaraes

Quatro centenas de jovens iniciaram em Guimarães, esta segunda-feira, 27 de julho, uma semana de atividades na Universidade do Minho que permitirão ajudar a definir a escolha de uma área de estudo e de trabalho a estudantes que pretendem ingressar no ensino superior. O programa “Verão no Campus”, que tem em 2015 a sua 8ª edição, foi desenvolvido com o objetivo de promover a cultura, a ciência e a arte junto dos mais jovens.

A iniciativa, que decorre em Guimarães e Braga, pretende ser um espaço de aprendizagem para jovens alunos do ensino secundário, mas também fomentar o espírito de trabalho em equipa, laços de amizade e confiança mútua, através da realização de diversas atividades pedagógicas, lúdicas e culturais levadas a cabo em ambiente universitário. «A Câmara Municipal de Guimarães associou-se a esta atividade atribuindo 40 bolsas a alunos das escolas secundárias vimaranenses», referiu Adelina Paula Pinto, Vereadora do Município, presente na cerimónia de abertura.

Além de uma semana de abordagem ao conhecimento e à ciência, os estudantes terão ainda a possibilidade de passar umas férias diferentes, junto dos alunos e dos professores da Universidade do Minho, nas instalações da instituição, de conviverem com colegas de diferentes regiões geográficas e de aprenderem enquanto se divertem a experimentar ações científicas, culturais e desportivas, descobrindo a área científica que mais se enquadra nas suas preferências e aptidões.

Com um programa que abrange diferentes áreas científicas, serão promovidas atividades de ensino não formal nas áreas de arquitetura, matemática, química, arqueologia, sociologia, direito, educação, engenharia e letras. Em todas as tarefas os participantes serão acompanhados por professores, investigadores e alunos da Universidade - os “padrinhos UMinho”.

FEIRA DO LIVRO DE PONTE DE LIMA TEVE BALANÇO POSITIVO

A XX Feira do Livro de Ponte de Lima, que se realizou de 23 a 26 de julho, encerrou com um balanço muito positivo.

Mais de 5000 visitantes passaram pelo evento e a aquisição de livros aumentou significativamente, em comparação com a edição do ano passado.

11745634_705831329523464_1567757717134907724_n (Me

Contribuíram para este fato as novidades editorais que o evento apresentou e as promoções, com 20% de desconto sobre o preço de capa nas publicações.

O livro "Confissões de uma mulher madura" de autoria de Maria Elisa Domingues liderou o top de vendas, seguido de “Parentalidade Positiva” de Pedro Strecht e “D. Teresa” de Isabel Stilwell.

11760106_705830242856906_2059882699415385517_n (Me

Este evento contou com dias recheados de muitas leituras, animação infantil e musical, ateliers, oficinas criativas, apresentações de livros, workshops, palestras, destacando-se, também, a realização do I Encontro de Escritores Limianos

Terminado o certame registou-se, com agrado, o grande entusiasmo e interesse demonstrado pela população em geral nos quatro dias em que a feira decorreu, tendo sido notória a agitação em volta dos livros em exposição.

Estes dados comprovam bem o sucesso da Feira do Livro, razão pela qual o Município de Ponte de Lima continuará a apostar neste evento.

20150725_103146 (Medium)

20150725_224838 (Medium)

VIZELA LEVA A INFORMÁTICA À POPULAÇÃO SÉNIOR

Inform@tica 60 + reinicia em setembro

A Câmara Municipal de Vizela volta promover a atividade Inform@tica 60 +, destinada à população com 60 e mais anos, promovendo o acesso às novas tecnologias de informação e comunicação, como uma forma alternativa e inovadora de ocupação dos tempos livres.

Esta iniciativa dirige-se à população com 60 e mais anos e irá decorrer no Espaço Internet, estando o início previsto para finais do mês de setembro.

A atividade será dinamizada pelos monitores daquele espaço, que procurarão tornar acessível a utilização dos computadores e a navegação na Internet.

A participação é gratuita e os interessados em frequentar esta atividade, devem efetuar uma inscrição prévia, na Câmara Municipal, serviço de Ação Social ou no Espaço Internet.

MUNICÍPIO DE BRAGA ESCLARECE SOBRE A SITUAÇÃO DOS PROFESSORES PERANTE A SEGURANÇA SOCIAL

COMUNICADO

A propósito do problema detectado na emissão das declarações de remunerações, emitidas pelos serviços técnicos da Câmara Municipal de Braga, entre 2011 e 2013, que afecta professores das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) do 1.º Ciclo do Ensino Básico, a Câmara Municipal de Braga vem por este meio esclarecer o seguinte:

1-    Recentemente a Autarquia viu-se confrontada com casos de docentes das AEC que foram notificados pela Segurança Social para a devolução de verbas respeitantes a subsídios recebidos indevidamente, processo este não apenas relativo à Câmara Municipal de Braga, como também a outras autarquias a nível nacional.

2-    O Município de Braga vem por este meio lamentar profundamente os erros dos serviços técnicos praticados aquando da gestão do anterior Executivo Municipal, liderado pelo Partido Socialista, que tantos profissionais afectaram, dando origem a todo este processo, que o actual Executivo está empenhado em solucionar.

3-    Perante a complexidade do caso em apreço, a Câmara Municipal de Braga garante que será um parceiro activo na resolução deste problema, estando, de forma inabalável, ao lado dos docentes, mas na margem estrita das possibilidades que a Lei lhe confere. 

4-    Assim, o Município de Braga vai reunir, no mais curto espaço de tempo, com todos os docentes afectados, disponibilizando os seus serviços, no sentido de lhes prestar todo o apoio necessário na interlocução com os Serviços da Segurança Social.

5-    A Autarquia informa, ainda, que começou já a encetar contactos com o Instituto da Segurança Social e com o Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social no sentido de verificar das possibilidades de avançar para o perdão das dívidas em causa, ou para a redução significativa das mesmas.

6-    Em 2011, e com base nos pareceres emitidos pela Associação Nacional dos Municípios Portugueses e pelas Comissões de Coordenação, os docentes das AEC foram classificados como técnicos, tendo-lhes sido indexado o horário de 35 horas semanais. A esmagadora maioria dos contratos então celebrados correspondia, porém, a valores substancialmente inferiores.

7-    À semelhança do sucedido noutras autarquias, os serviços técnicos da Câmara Municipal de Braga não procederam, tal como deveriam, à equivalência das declarações para a Segurança Social, nomeadamente no que respeita ao número de horas, em função do decreto regulamentar publicado a 3 de Janeiro de 2011. Foi com base nestas declarações que os docentes em causa receberam, indevidamente, subsídios após a conclusão dos seus contratos.  

8-    Em Novembro de 2013, quando o actual Executivo Municipal assumiu funções, a Câmara Municipal de Braga foi notificada pela Segurança Social para proceder à correcção das declarações relativas às condições de horário dos docentes. A partir de Janeiro de 2014, a Câmara Municipal de Braga procedeu à transmissão correcta de informação aos Serviços da Segurança Social.

Município de Braga, 28 de Julho de 2015

MILHÕES DE FESTA 2015 PÕE BARCELOS AO RUBRO

Chegou ao fim mais uma edição do Milhões de Festa

O festival contou com cerca de duas mil pessoas por dia, atingindo as expectativas, no entanto a organização ainda não apresentou o número oficial de presenças dos quatro dias do certame.

O Milhões de Festa terminou este domingo, 26 de julho, e despediu-se da cidade em grande com concertos dos The Bug, Meridian Brothers, Medeiros/Lucas, The Paradise Bangkok Molam International, entre outros.   Destaque para Michael Rother, uma estreia em Portugal, que brilhou naquele que foi um concerto histórico na penúltima noite do festival.

Os Deerhoof tiveram a maior enchente da segunda noite do Milhões.

O palco das piscinas municipais foi sempre dos mais concorridos durante os 4 dias, onde os festivaleiros arrojados e bem-dispostos assistiam aos concertos com trajes e biquínis exuberantes, e mergulhavam nas piscinas cobertas de boias coloridas a flutuar. Os corpos tatuados, os óculos de diferentes feitios e os cabelos de todas as cores mostravam a diversidade que coabita em perfeita harmonia no Milhões.

O Milhões de Festa, que já pôs Barcelos no mapa dos festivais de verão – e que é o único festival que alia piscina, sol e música, o que o torna especial, – conquistou o público e promete voltar.

pCFe1z6GHhZkKeD0Bppb

CAMINHA HOMENAGEIA PESCADORES QUE ANDARAM NA PESCA DO BACALHAU

MUNICÍPIO DE CAMINHA HOMENAGEIA MAIS DE 700 PESCADORES NUMA GIGANTESCA EXPOSIÇÃO JUNTO À PRAIA DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

A partir de 31 de julho e até 9 de agosto. “Viagens à Terra Nova” começa sexta-feira e inclui exposições, cinema, música, conferências, animação e gastronomia centrada no bacalhau

A Avenida dr. Ramos Pereira e a Praça da República, em Vila Praia de Âncora, vão transformar-se, durante 10 dias, num grande espaço de homenagem a mais de sete centenas de pescadores do concelho, que andaram na pesca do bacalhau, nos mares da Terra Nova.

Os rostos dos homens do mar, as imagens das embarcações, livros, aprestos e outros elementos ligados à faina estarão em exposição nos dois espaços. Mas as “Viagens à Terra Nova”, evento que decorrerá entre 31 de julho e 9 de agosto, incluem conferências, cinema ao ar livre, música e gastronomia, com o bacalhau como prato principal, confecionado de múltiplas maneiras, em dezenas de restaurantes do concelho, que aceitaram o desafio do município de Caminha para participar no “Aposta Bacalhau”.    

Durante os últimos meses, o município de Caminha ouviu e enquadrou, em formato vídeo, testemunhos na primeira pessoa sobre os rostos dos protagonistas das viagens à Terra Nova. Antigos pescadores e/ou familiares recordaram connosco tempos de trabalho árduo nos bancos gelados da Terra Nova e da Gronelândia, na “grande pesca”.

O objetivo da Câmara de Caminha foi registar e guardar para memória presente e futura os testemunhos deste valoroso património marítimo imaterial, que constituiu a pesca do bacalhau para a nossa comunidade. Os relatos surgem agora emocionados, revivendo tempos difíceis e incertos.

Este trabalho vai ser divulgado durante o evento, mas haverá também cinema ao ar livre, com a exibição de filmes sobre a temática. Destaque para a exposição que estará patente ao longo de toda a Avenida dr. Ramos Pereira, junto ao mar e à praia de Vila Praia de Âncora. Aqui poderão ver-se os “Rostos das viagens”, mais de 700 homens, assim como os “Barcos das Viagens” e apreciar a própria evolução da pesca do bacalhau.

A Praça da República será transformada num emocionante espaço de homenagem, com o Cubo da Memória, mas também acolherá o cinema e alguns momentos musicais. Outros espaços do Viagens à Terra Nova localizam-se ainda junto ao mar. São eles o Posto de Turismo e a Loja de Aprestos, no Campo do Castelo, na zona do Portinho de Vila Praia de âncora.

Destaque ainda para o Fado Forte, uma noite de fados muito especial, já no próximo sábado, dia 1 de agosto, que terá como cenário o Forte da Lagarteira, junto ao mar. O velho Forte acolherá os fadistas Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns.

Esta é a segunda edição do evento “Viagens à Terra Nova”, num novo formato, mais rico, que se multiplica por diversos espaços. A organização é da Câmara Municipal de Caminha.

31 JULHO A 09 AGOSTO

VIAGENS À TERRA NOVA

Exposições, viagens, património, tradição, cinema, conferências, animação, fado forte, gastronomia, bacalhau

Local

Vila Praia de Âncora

Organização

Câmara Municipal de Caminha

EXPOSIÇÕES

31 julho a 09 agosto

“CUBO DA MEMÓRIA”

Local: Praça da República

Vila Praia de Âncora presta tributo aos pescadores da pesca do bacalhau com uma exposição temporária, intitulada “Cubo da Memória” através de fotografia dos rostos dos pescadores e projeção multimédia de documentários, entrevistas e dados estatísticos.

“EVOLUÇÃO DA PESCA DO BACALHAU EM PORTUGAL”

Local: Posto de Turismo de Vila Praia de Âncora

Horário: 09H30 às 13H00 / 14H00 às 17H30

Exposição de fotografia e mostra/venda de publicações sobre a pesca do bacalhau

“ROSTOS DAS VIAGENS”

Local: Avenida Ramos Pereira

Exibição de mais de 700 fotografias dos pescadores e marinheiros do concelho de Caminha, que fizeram da “grande pesca” o seu modo de vida. Esta mostra é um tributo aos valorosos homens de Vila Praia de Âncora e de outras freguesias do concelho de Caminha, de forma a inscrever na memória coletiva os nomes e imagens dos protagonistas desta “Faina Maior” nas “Viagens à Terra Nova”.

“BARCOS DAS VIAGENS”

Local: Avenida Ramos Pereira

Exposição de imagens das embarcações onde navegaram os pescadores e marinheiros do concelho de Caminha na pesca do bacalhau, nos mares da Terra Nova.

GASTRONOMIA

SEX 31 julho a 09 agosto

Restaurantes aderentes do concelho de Caminha

“Aposta Bacalhau”

Venha conhecer e saborear as nossas especialidades de bacalhau.

PROGRAMA DETALHADO

SEX 31 | 18H00

“Viagens à Terra Nova – Memórias do Gil Eannes”

Conferência

Dr. Barros Pereira, médico no navio-hospital Gil Eannes

Mário Esteves, filho do comandante Mário Esteves

Local: Loja de Aprestos, Campo do Castelo

SEX 31 | 21H30

Recital de guitarra e poesia música

Academia de Música Fernandes Fão

Local: Praça da República

SEX 31 | 22H00

Cinema ao ar livre

A campanha do Argus, de Alan Villiers

Produção: município de Ílhavo / Museu Marítimo de Ílhavo

Local: Praça da República

Documentário sobre a pesca do bacalhau por homens e navios portugueses na campanha de 1950, realizado por Alan Villiers.

A Campanha do Argus permite entender os múltiplos significados deste património singular e desvendar a relação interessada do Estado Novo com o drama épico da pesca do bacalhau.

SÁB 01 | 12H00

Inauguração do Passeio de A Guarda e do Largo do Porto Novo

local: zona do Portinho

SÁB 01 | 18h00

“8 séculos de Língua Portuguesa”

Conferência

Ana Laíns, embaixadora das comemorações dos 8 séculos de Língua Portuguesa

Local: Loja de Aprestos, Campo do Castelo

SÁB 01 | 22H00

FADO FORTE

Elsa Gomes, Miguel Xavier e Ana Laíns

Local: Forte da Lagarteira

No concelho de Caminha, o mês de agosto começa com Fado. Num ambiente místico, com o Forte da Lagarteira e o oceano Atlântico como pano de fundo, Ana Laíns, Miguel Xavier e Elsa Gomes vão encantar no concerto Fado Forte.

DOM 02 AGOSTO | 22H00

Cinema ao ar livre

The perfect storm – tempestade Wolfgang Petersom, 2000, EUA, m/12

Local: Praça da República

SEG 03 AGOSTO | 22H00

Testemunhos na primeira pessoa sobre as viagens à Terra Nova - I

Projeção de vídeo

Local: Praça da República

Entrevistas aos pescadores do concelho de Caminha que fizeram as Viagens à Terra Nova. A bravura destes grandes homens que venceram os bancos gelados da Terra Nova e da Gronelândia, na “grande pesca”, transparece-lhes na voz e no sentimento, como registo deste valoroso património marítimo imaterial.

TER 04 | 22H00

Testemunhos na primeira pessoa sobre as viagens à Terra Nova - II

Projeção de vídeo

Local: Praça da República

QUA 05 | 22H00

Cinema ao ar livre

Um peixe fora de água - Wes Anderson, 2000, EUA, m/12

Local: Praça da República

QUI 06 | 22H00

Testemunhos na primeira pessoa sobre as viagens à Terra Nova - III

Projeção de vídeo

Local: Praça da República

SEX 07 | 22H00

Cinema ao ar livre

Moby Dick - John Huston, 1956, EUA, m/12

Local: Praça da República

SÁB 08 | 18H00

“MEMÓRIAS VISUAIS DA GRANDE PESCA”

Conferência

Abel Coentrão, jornalista do jornal Público e presidente da Associação Cultural “Bind’ó Peixe”

Pedro Magano, produtor e realizador de cinema

Local: Loja de Aprestos, Campo do Castelo

SÁB 08 | 22H00

Cinema ao ar livre

Argaço - Carlos Eduardo Viana, 2012, Portugal

Local: Praça da República

A partir de depoimentos de sargaceiros, de agricultores, de investigadores e de empresários, de imagens de arquivo e da atividade que ainda subsiste, o filme mostra a importância económica que teve a apanha do sargaço no litoral norte, entre Carreço e Apúlia.

DOM 09 | 21H30

Recital de encerramento com guitarra e poesia

Academia de Música Fernandes Fão

Local: Praça da República

DOM 09 | 22H00

Cinema ao ar livre

O velho e o mar - John Struges, 1958, EUA

Local: Praça da República

EMPRESA DE CELORICO DE BASTO RECEBE PRÉMIO TÂMEGA E SOUSA EMPREENDEDOR

A empresa Tempero do Planalto de Celorico de Basto foi a grande vencedora do prémio Tâmega e Sousa Empreendedor - onde as ideias se concretizam na vertente “novas empresas inovadores”. O prémio foi entregue ontem, 23 de julho, após decisão do júri.

“Este prémio é sinal de que a aposta no empreendedorismo é o caminho certo para conseguirmos dinamizar de forma consistente o tecido empresarial. Os nossos empresários têm consciência da importância de ser inovador para fazer face a esta apatia económica que se tem feito sentir neste país. Procurar novos nichos de mercado e novas oportunidades de negócio é o caminho a seguir,” salientou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, presente na cerimónia de entrega dos prémios.

A empresa Tempero do Planalto foi criada há menos de três anos estando agora a produzir todos os ingredientes com os quais confeciona polpa de frutos silvestres. Produtos produzidos de forma inovadores que terá por certo, o seu lugar no mercado.

Este prémio resulta na aposta feita pela comunidade intermunicipal do Tâmega e Sousa para “dinamizar o tecido empresarial da região e na cultura empreendedora dos seus habitantes”.

ESPOSENDE REALIZA FESTIVAL DA JUVENTUDE

Ao longo de seis dias de 7 a 12 de Agosto, serão levados a cabo em Esposende diversos eventos, desde:

- Proriver Sounds of Nature, evento com um programa diversificado, que reúne Natureza, Desporto e Música

- Water Party – Diversão na avenida, que conta com um slide street, uma festa espuma, uma mega aula de Zumba e uma Fun Zone

- Esposende In Summer, uma festa de Dj´s que conta com o cabeça cartaz DJ/MC DEMO & DINO (Soulsinger)

- Concerto com a cantora – Mia Rose

- Silent Party – Silêncio na Praça.

CERVEIRA COMBATE VESPA ASIÁTICA

Município apela colaboração da comunidade na denúncia de ninhos de vespa asiática

Com um total de 21 ninhos de vespa velutina destruídos desde o início do ano até à data, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira relembra o papel fundamental de todos os munícipes na referenciação de ninhos desta espécie invasora. O apelo surge numa fase em que, até outubro, se irão registar mais avistamentos.

Á semelhança do que aconteceu em 2014, a autarquia cerveirense tem dinamizado diversas ações de controlo desta espécie invasora, nomeadamente workshops de demonstração de fabrico de armadilhas para captura de vespas fundadoras de colónias.

Entre abril e julho deste ano, foram destruídos no concelho um total de 21 ninhos, em localizações tão distintas como ramos de árvore, telhados e paredes de cimento. A todas as denúncias reportadas, o Município agiu dotado dos meios necessários para uma extinção imediata.

Estando a viver até outubro, a fase onde se irão registar mais avistamentos de ninhos, a Câmara Municipal apela a intervenção de todos os munícipes na denúncia e referenciação dos ninhos de Vespa velutina avistados, podendo fazê-lo através do telefone ou e-mail do Município – 251708020 ou geral@cm-vncerveira.pt, ou ainda diretamente na plataforma www.sosvespa.pt, onde qualquer utilizador se pode registar e incluir informação válida.

Ao abrigo do Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa velutina em Portugal, desenvolvido em conjunto pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Município de Vila Nova de Cerveira encarou a competência de destruição dos ninhos de Vespa velutina com o sentido de responsabilidade que o assunto merece.

Embora não se conheça ainda o verdadeiro impacto que a invasão do nosso habitat por esta espécie invasora possa representar na apicultura, na fruticultura ou na viticultura, sabe-se que é uma espécie que se adaptou tremendamente bem ao nosso clima e geografia e que neste momento, a sua multiplicação e propagação tem sido exponencial, ultrapassando mesmo as piores previsões.

PONTE DE LIMA É CAPITAL DO BOM PETISCO

IX Feira dos Petiscos em Ponte de Lima realiza-se de 14 a 16 de agosto

Em pleno mês de férias, Ponte de Lima aposta num evento de cariz gastronómico, que reaviva os petiscos de outros tempos.

Trata-se da IX Feira dos Petiscos, que se realiza na Expolima, de 14 a 16 de agosto, numa iniciativa que conta com a participação de diversos Grupos Folclóricos do concelho, sob a coordenação da Associação de Folclore e do Município de Ponte de Lima.

A confeção dos petiscos é da responsabilidade de cada Grupo Folclórico, tendo como principio reviver o melhor da gastronomia local, reencontrar os sabores tradicionais, os petiscos típicos, tais como o bacalhau frito; pataniscas; bolinhos de bacalhau; sardinhas escabeche; rojões; pernil de porco; chouriço assado em aguardente; feijoada e caldo verde.

O folclore e o som das concertinas complementam o programa de animação da Feira dos Petiscos.

Em simultâneo acontece o Torneio Ibérico de Horseball de Verão. Evento desportivo que conta com quatro das melhores equipas portuguesas e espanholas, prevendo-se um fim-de-semana repleto de aficionados da arte equestre.

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS DO ALTO MINHO APRESENTA LIVRO “RETÁBULOS DA DIOCESE DE VIANA DO CASTELO”

O Centro de Estudos Regionais e a Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo promovem, no próximo dia 6 de agosto, o lançamento do livro “Retábulos na Diocese de Viana do Castelo”, de Francisco Lameira e Paulo Ladeira. A sessão terá lugar na Igreja da Santa Casa de Misericórdia de Viana do Castelo, às 21.30 horas, estando a apresentação a cargo da doutora Paula Cardona.

Uma publicação inédita

O livro, composto por cerca de 150 páginas e profusamente ilustrado, é uma edição do Centro de Estudos Regionais e integra a coleção Promontoria Monográfica História da Arte, que tem sido publicada sob a égide do Departamento de Artes e Humanidades da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, da Universidade do Algarve. A edição apresenta um conjunto diversificado de retábulos da Diocese de Viana do Castelo, analisando-os quanto à encomenda, usos e funções, iconografia, técnicas e materiais, modelos compositivos, oficinas e artistas. Os cinquenta exemplares escolhidos pelos autores são apresentados num catálogo ilustrado com fotografias a cores, acompanhados de uma nota crítica e referências bibliográficas.

Os autores

Francisco Lameira é licenciado em História, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mestre em História da Arte, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, e Doutorado em História da Arte, pela Universidade do Algarve. Foi membro consultor da Delegação Regional do Algarve da Secretaria do Estado da Cultura, no domínio das Artes Decorativas do Património Religioso Algarvio; membro do Secretariado de Liturgia, Música e Arte Sacra da Diocese do Algarve e membro do GTL – Gabinete Técnico Local da autarquia de Faro. Publicou uma vasta obra e participou em diversos encontros científicos.

Paulo Ladeira é licenciado em Artes Plásticas - Pintura, pelo ISAD/Universidade da Madeira, e Mestre em História e Cultura das Regiões, variante de História da Arte, com a tese intitulada “A Talha e a Pintura Rococó na Madeira”. Desenvolve atividade de formação em Artes Visuais e Fotografia. Artista Plástico, com obra na área da pintura, escultura, desenho e fotografia, realizou diversas exposições individuais e participou em dezenas de exposições coletivas. Tem diversos artigos e livros publicados.

Apresentação por especialista em arte e património

O livro será apresentado por Paula Cristina Machado Cardona, doutora em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Pós doutorada em Arte e Património Cultural (Fundação de Ciência e Tecnologia/Universidade do Porto). Paula Cardona desenvolveu atividade como investigadora no Centro de Estudos da População Economia e Sociedade, estando atualmente associada ao CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Técnica superior da Câmara Municipal do Porto, foi Coordenadora Adjunta do Grupo de Investigação Arte e Património do Norte de Portugal do Centro de Estudos da População Economia e Sociedade da Universidade do Porto, entre 2009 e 2013. Publicou vários livros e artigos, que constam em atas de encontros científicos. Apresentou diversas comunicações em seminários, congressos e conferências nacionais e internacionais.

PONTE DE LIMA RECEBE TORNEIO DE HORSEBALL

Horseball - Torneio Ibérico de Verão | Ponte de Lima. 14-16 agosto | Expolima

Ponte de Lima é mais uma vez palco de um torneio de Horseball – disciplina equestre que atrai multidões.

O Município de Ponte de Lima promove de 14 a 16 de agosto, o Torneio Ibérico de Horseball de Verão.

Este torneio de Verão, conta com quatro das melhores equipas nacionais e espanholas, prevendo-se que Ponte de Lima receba durante o fim-de-semana milhares de aficionados da arte equestre, portugueses e espanhóis.

Este evento desportivo, surge no enquadramento da aposta equestre, com raízes bem vincadas na região e cada vez com mais adeptos. Em simultâneo a promoção de eventos deste género tem contribuído de forma significativa na promoção turística do concelho e da região, elevando o nome de Ponte de Lima para um lugar de referência no mundo equestre internacional.

Baseado em passes, ataques e defesas, os jogos de Horseball, caracterizam-se por serem muito intensos e emotivos. Neste torneio, os jogos realizam-se no picadeiro principal da Expolima, na sexta-feira e sábado, às 22h30.

ORDEM DE SÃO DOMINGOS EM GUIMARÃES COMEMORA TRÊS SÉCULOS EM 2020

Presidente do Município de Guimarães reuniu com Ordem de São Domingos

Instituição social vimaranense completa aniversário simbólico dentro de cinco anos. Presidente da Câmara Municipal visitou instalações, a convite da Mesa Administrativa.

Ordem_Sao_Domingos

O Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, reuniu-se com os responsáveis da Venerável Ordem Terceira de São Domingos, instituição situada no centro da cidade, na Rua D. João I, cujo âmbito social está relacionado com a implementação de práticas de solidariedade e de apoio a idosos com capacidade para 86 pessoas e que, em 2020, comemora três séculos de existência.

O responsável da Câmara Municipal, acompanhado pela vereadora Paula Oliveira, com competências delegadas na área social, visitou as instalações da Ordem de São Domingos onde teve oportunidade de se inteirar dos projetos futuros da Mesa Administrativa que gere a instituição, além de retomar conversas com os utentes que fazem parte da instituição vimaranense e que participam, com regularidade, nas iniciativas organizadas pelo Município.

Fundada em 1720 e edificada a sua capela em 1743, a primeira pedra para a fundação do atual edifício foi lançada em 26 de outubro de 1836. Prioritariamente, a sua missão é a de atender e acolher idosos, social e economicamente mais desfavorecidos, promovendo a sua satisfação e bem-estar psicológico, físico e social, proporcionando qualidade nos serviços de alojamento permanente, alimentação, higiene e conforto, atividades sócio-culturais, serviços médicos e de enfermagem, apoio psicológico e social, entre outros.

Ovídio Macedo lidera a Mesa Administrativa, da qual fazem também parte Fernando Monteiro, Francisco Azevedo, Francisco Dias Pereira, João Prisca, Clotilde Leite e José Casimiro Dantas. O Lar de São Domingos tem cerca de 50 colaboradores e assegura a prestação de alojamento permanente ou temporário, tratamentos de fisioterapia, musicoterapia, laboratório de análises clínicas, cuidados de higiene e conforto diferenciados e personalizados, serviço de cabeleireiro, além de parcerias com instituições e empresas que têm implementado sistemas de gestão da qualidade.

FAFE RECEBE EMIGRANTES EM FESTA

Parque da Cidade recebe comemorações de boas vindas

Como já vem sendo hábito, o Município de Fafe dá as boas vindas aos emigrantes com uma grande festa. A comemoração, marcada para dia 7 de Agosto, às 19h30, terá o Parque da Cidade como palco principal.

baner-site-gdr-04

A tradicional vitela assada à moda de Fafe marca a receção aos emigrantes, sendo servida no jantar como prato principal, acompanhado do também típico vinho verde e concluída com os doces regionais.

A festa terá animação musical e baile noite fora.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, este é uma comemoração especial.

“Esta festa do Emigrante é uma tradição aqui em Fafe há vários anos e é muito especial, uma vez que dá as boas vindas aos nossos emigrantes.

Depois de tantos meses longe da terra e da família queremos que a receção seja acolhedora e que se sintam em casa. Nada melhor que os receber com uma boa festa, que alia a animação, com música e baile, ao tradicional jantar com a nossa vitela assada.”

Recorde-se que as inscrições podem ser feitas na Loja Interativa de Turismo, na Praça 25 de Abril, até dia 4 de Agosto. Adultos e crianças com mais de 10 anos pagam 10 euros, sendo que para menores de 10 anos, o bilhete é gratuito.

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES TEM REGULARIZADAS DECLARAÇÕES DE PROFESSORES

Situação laboral dos docentes das AEC, com contratos de trabalho a tempo parcial, encontra-se regularizada de acordo com a lei. Declarações de remunerações estão em conformidade com o estabelecido no Código dos Regimes Contributivos.

O Município de Guimarães regularizou, em maio de 2013, as declarações de tempos de trabalho dos técnicos contratados para Atividades Extracurriculares (AEC), pelo que a contagem do tempo de serviço das AEC para a Segurança Social encontra-se normalizada.

A edição do Jornal de Notícias desta terça-feira, 28 de julho, refere que um erro das câmaras municipais estava a forçar centenas de docentes a devolver subsídios de desemprego que foram indevidamente pagos a professores que lecionaram atividades extracurriculares. Contudo, esta situação não se aplica à Câmara Municipal de Guimarães, como já confirmou, também em comunicado, a Segurança Social.

Em maio de 2013, com efeitos retroativos a 01 de janeiro de 2011, altura em que entrou em vigor o novo decreto regulamentar que dá execução ao Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial da Segurança Social, o Município de Guimarães normalizou a situação de todos os beneficiários com contrato a tempo parcial – no caso, os técnicos das AEC – para o número de dias correto e de acordo com a legislação em vigor, que determina que, nesses casos, deve ser declarado um dia de trabalho por cada conjunto de seis horas.

Pág. 1/6