Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE DEBATE REQUALIFICAÇÃO URBANÍSTICA

Seminário "A Nova Regulamentação Urbanística Municipal"

O Município de Vila Verde vai realizar, no próximo dia 6 de maio, um seminário intitulado: "A Nova Regulamentação Urbanística Municipal".

O seminário vai decorrer no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Vila Verde, a partir das 9h30m, e tem por objetivo dar a conhecer o Novo Regime Jurídico de Urbanização e Edificação (RJUE), o Novo Plano Diretor Municipal (PDM) de Vila Verde e o Novo Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação (RMUE).

Assim, e dada a importância e o interesse de que esta iniciativa se reveste, convidamos todos os interessados a participar neste seminário.

FAFE DOTA PARQUE DA CIDADE COM NOVOS INVESTIMENTOS E INFRAESTRUTURAS

Câmara Municipal vai instalar Parque infantil já preparado para crianças com mobilidade reduzida. Parque bio saudável e mais iluminação pública também estão previstos

Depois de se ter avançado, como prometido, com a terraplanagem, modelação do terreno, criação de drenos para desvio das águas de nascente, criação de percursos pedonais e plantação de árvores, o Parque da Cidade entra agora numa nova fase, que prevê a demolição parcial de alguns muros de betão e remoção da “casa dos pássaros”.

parque da cidade

O Parque da Cidade de Fafe está cada vez mais apelativo e, este verão, vai já contar com um Parque Infantil, umginásio ao ar livremais iluminação e sem trânsito na via que liga atualmente o Pavilhão Multiusos ao parque de estacionamento de Sá, interligando assim, as duas áreas de lazer.

Além dos novos equipamentos e iluminação dos novos percursos entretanto criados, arrancará também a fase de sementeira de prado e de alguma relva, bem como colocação de mais rede de rega.

Parque infantil

O parque infantil, com uma área de 425 m2, será composto por diversos equipamentos destinados a crianças também com mobilidade reduzida, tratando-se de um espaço com todas as condições para que os mais novos possam usufruir de momentos de lazer e diversão.

Parque Bio Saudável

Até ao verão será ainda construído o parque Bio Saudável junto aos percursos pedonais, composto por seis equipamentos desportivos, formando um pequeno ginásio ao ar livre, que vai permitir complementar as atividades físicas no parque.

Mais iluminação, percursos pedonais

No âmbito desta intervenção, está prevista a instalação de iluminação pública de todos os percursos pedonais criados recentemente. No total, serão colocados 48 conjuntos de luminárias, com quatro metros de altura, com tecnologia led, uma obra que irá possibilitar a utilização dos referidos percursos de noite com mais conforto e segurança. Ainda no que respeita a iluminação, serão implantadas 3 colunas de 15 metros de altura para uma iluminação geral de toda a área.

Serão ainda colocados bebedouros e papeleiras na nova área.

Alterações de trânsito

No que respeita ao trânsito, nesta fase, serão efetuadas também algumas alterações, com o objetivo de consolidar e unir o jardim central e a área de lazer do Parque da Cidade. A via automóvel que liga o parque de estacionamento de Sá, ao Pavilhão Multiusos deixará de ser transitável, sendo reconvertida num percurso pedonal e ciclável, com 3 de metros de largura.

Assim, para além de possibilitar a ligação das duas áreas de lazer, vai permitir também ampliar os circuitos pedonais combinados com os já existentes, bem como melhorar os níveis de segurança para os utilizadores.

No que se refere ao trânsito automóvel na direção da Avenida Tenente Coronel Melo Antunes, este será encaminhado, junto à Escola Montelongo, para a esquerda em direção à Rua de Sá, sendo que o acesso ao Pavilhão Multiusos será exclusivamente de acesso aos dois parques de estacionamento situados nas imediações.

Com mais esta intervenção no Parque da Cidade, que deverá estar concluída em três meses, estarão criadas todas as condições para que os munícipes utilizem e usufruam de um espaço com melhores condições, quer seja, como área de lazer ou de desporto. As intervenções no parque da cidade continuarão em 2016 e 1017 (fase 3) .

Para o presidente da câmara municipal, Raul Cunha, esta é mais uma obra com objetivo de dignificar um espaço nobre da cidade.

“Este é mais um passo para andar com o parque da cidade para a frente, transformando-o num espaço melhor e para todos, o que de resto é desde a primeira hora um dos meus compromisso com os fafenses.

Por se trata de uma obra ansiada, estamos empenhados em lhe dar uma nova vida e transformá-lo num local procurado por todos”.

De resto, esta é também a opinião partilhada pelo vereador responsável pelo pelouro das obras na câmara municipal de Fafe, Vítor Moreira, que destaca a importância das mesmas.

“Estas obras vão criar todas as condições para que se possa usufruir de uma zona verde e um espaço de lazer no centro da cidade”, disse Vítor Moreira, salientando também que “com esta intervenção em termos também de supressão de via a zona de lazer aumentará, garantindo mais e melhores condições de segurança para os utilizadores do Parque.”

Refira-se que o Parque tem vindo a ser alvo de várias intervenções, no sentido de o transformar, num local mais aprazível e com melhores condições para todos os que o procurem.

Já foram plantadas árvores, introduzidos percursos pedestres e infraestruturas de drenagem e iluminação, no sentido de permitir, entre outros, a prática desportiva.

Na sequência da plantação de árvores autóctones no parque, pretende-se agora a introdução de prado e de arbustos, concluir o coberto vegetal do parque. Será ainda introduzido um sistema de rega que vai permitir gerir de forma mais rigorosa os recurso hídricos naturais e ajudar à preservação e manutenção do seu coberto vegetal.

 

PRIMEIRA RONDA DAS REUNIÕES PÚBLICAS DESCENTRALIZADAS TERMINOU ONTEM EM CAMINHA E VILARELHO

No total intervieram 125 munícipes e as reuniões foram participadas por aproximadamente 1000 pessoas

Terminou ontem, na Junta de Freguesia de Caminha/Vilarelho, em Vilarelho, a primeira ronda das reuniões públicas descentralizadas. Durante um ano e meio aproximadamente, o executivo rumou a todas as juntas de freguesia do concelho para ouvir as preocupações e os desafios de cada um dos munícipes inscritos. No total intervieram 125 munícipes e as reuniões foram participadas por aproximadamente 1000 pessoas.

3M1A8929

Em jeito de balanço desta primeira ronda, Miguel Alves manifestou a sua satisfação pelos números e resultados alcançados: “Estas reuniões são de saudar e marcam a diferença. Estou satisfeito com o modo como têm corrido. Estas reuniões são momentos complementares a todos os outros fóruns de debate político que nós temos”.

Sobre as marcas já deixadas por este executivo Miguel Alves lembrou durante a cerimónia do 25 de abril: “abriram-se as portas aos cidadãos, facilitando o acesso direto ao núcleo de decisão municipal: no atendimento direto da Presidência agendado para cada segunda-feira, ora em Caminha, ora em Vila Praia de Âncora, foram feitas quase 500 entrevistas individuais desde o início do mandato; a Assembleia Municipal passou a ser transmitida em direto via internet, conta com milhares de visualizações e teve um efeito multiplicador na presença de pessoas em cada sessão; foram criadas as Reuniões Descentralizadas da Câmara Municipal e criou-se a figura do Provedor do Munícipe como cargo independente e intermediário entre o cidadão e a administração municipal. Mudamos para aumentar o escrutínio público”.

Recorde-se que as reuniões públicas descentralizadas são uma marca deste executivo liderado por Miguel Alves e tiveram início em janeiro de 2014, em Dem. Depois disso, o executivo esteve em Vila Praia de Âncora, Lanhelas, Gondar e Orbacém, Cristelo e Moledo, Argela, Vilar de Mouros, Riba de Âncora, Vile, Argas, Seixas, Âncora, Caminha e Vilarelho e Venade e Azevedo. No total foram 125 as pessoas que quiseram partilhar com o executivo as suas preocupações e nestes encontros entre executivo e munícipes participaram cerca de mil pessoas.

Os temas mais abordados ao longo destas 14 reuniões foram: acessibilidades, saneamento, PDM, iluminação, educação, transportes, desporto, cultura, entre muitos outros.

Miguel Alves lembrou em Vilarelho que estas reuniões públicas descentralizadas são a inovação deste mandato: “são importantes porque trazem ao executivo de forma mais direta as preocupações das populações”. De facto, as sessões públicas descentralizadas são um instrumento de participação que as pessoas têm à disposição para dialogar diretamente com os decisores políticos do concelho. Além de favorecerem a proximidade junto da população, estas reuniões permitem ao executivo ouvir, esclarecer e prestar contas da gestão municipal, contribuindo assim para a criação de elos de ligação mais fortes entre as pessoas e o executivo e para uma democracia local mais participativa.

3M1A8952

TERRABOURENSES COMEMORAM DIA DA DANÇA

Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro assinala a 4 de maio o Dia Mundial da Dança

Como forma de assinalar o Dia Mundial da Dança, o Pólo do Gerês do Centro Municipal de Valências de Terras de Bouro irá realizar uma Mega Aula de Zumba, aberta ao público e com entrada gratuita, no próximo dia 4 de maio, pelas 20h30, no Centro de Animação Turística (CAT) do Gerês.

Deste modo, o Município de Terras de Bouro convida todos os interessados a participarem nesta atividade que promete trazer muita animação à Vila do Gerês.

BARCELOS TRAVA BATALHA DAS FLORES

Milhares de pétalas enchem as ruas de Barcelos na Batalha das Flores. Dia 1 de maio na grandiosa Batalha das Flores em Barcelos

Centenas de cestos repletos de milhares de flores colhidas nos melhores campos e jardins de todo o concelho são sexta-feira, 1 de maio, o espelho vivo de uma batalha amistosa. Pelas 15 horas, as principais artérias da cidade ver-se-ão repletas de flores lançadas por diversos carros enfeitados que irão colorir a cidade. Nas ruas vão chover flores e as dezenas de milhares de pessoas que marcarem presença irão assistir a um espetáculo ímpar de cor e perfume que permanecerá na memória.

Batalha das Flores 2

 A verdadeira Batalha ocorrerá na Avenida da Liberdade, local onde se cruza o cortejo e ninguém conseguirá alhear-se de um espetáculo único, com o entrecruzar de pétalas de todas as cores, cobrindo o céu e perfumando o ar.

Este ano, a afamada Batalha das Flores terá também uma massiva participação: são 23 as associações que desfilarão pelas ruas de Barcelos, numa batalha “sem dor”. A Festa das Cruzes prossegue com o dia dedicado aos peregrinos, no dia 2 de maio, este ano com especial importância, dada a recente inauguração do Help Point instalado na Casa da Azenha.

Já o dia 3 de maio, o ponto alto da primeira grande romaria do Minho, é reservado à Procissão da Invenção da Santa Cruz, uma procissão única no país com a participação das 89 cruzes das 89 paróquias do concelho. A procissão sai à rua às 17h e termina no Templo do Bom Jesus da Cruz, lugar especial onde nasceu a lenda do Milagre das Cruzes, motivo pelo qual se celebra a Festa das Cruzes.

Batalha das Flores 1

VIZELA PROMOVE LITERATURA INFANTIL

Sábados na Biblioteca

‘Quando a mãe era pequena’, de Joana Cabral   

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 2 de maio, às 15.30h, a atividade ‘Quando a mãe era pequena’, de Joana Cabral.

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes apenas está aberta no primeiro sábado de cada mês, com a atividade Sábados na Biblioteca (Hora do conto + oficina), das 15h30 às 17h30, estando encerrada nos restantes sábados do mês.

Sábados na biblioteca

2 de maio, 15h30

Hora do conto + Brincadeiras de outrora

‘Quando a mãe era pequena’, de Joana Cabral   

Quando a mãe era pequena de Joana Cabral

"Por exemplo, quando a mãe era pequena, não havia telemóveis. Havia um telefone fixo na entrada da casa que servia para toda a família. Ou seja, quando as pessoas saíam para a rua, o telefone ficava em casa."

Uma história para fazer recordar e partilhar, em família. No final, vamos experimentar brincadeiras de outros tempos.

Atividade gratuita para crianças e famílias.

ARCUENSES APOIAM CRIAÇÃO DE EQUIPA DE INTERVENÇÃO ERMANENTE

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez apoia a criação de uma Equipa de Intervenção Permanente no concelho

Na última reunião de Câmara foi aprovada a celebração de um protocolo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, no valor de 25 mil euros, para apoiar a constituição da EIP - Equipa de Intervenção Permanente, cuja implementação e funcionamento passa pela congregação de esforços entre estas entidades.

As EIP visam assegurar, em permanência, o socorro às populações, designadamente nos seguintes casos:

  1. a) Combate a incêndios;
  2. b) Socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes;
  3. c) Socorro a náufragos;
  4. d) Socorro complementar, em segunda intervenção, desencarceramento ou apoio a sinistrados no âmbito da urgência pré-hospitalar, não podendo substituir -se aos acordos com a autoridade nacional de emergência médica;
  5. e) Minimização de riscos em situações de previsão ou ocorrência de acidente grave;
  6. f) Colaboração em outras atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Os elementos que constituem as EIP desempenham, ainda, outras tarefas de âmbito operacional, incluindo planeamento, formação, reconhecimento dos locais de risco e das zonas críticas, preparação física e desportos, limpeza e manutenção de equipamento, viaturas e instalações, sem prejuízo da prontidão e socorro.

Com esta iniciativa a Autarquia pretende disponibilizar mais uma equipa de apoio à população em alturas de necessidade, bem como ter mais uma ferramenta no combate aos incêndios.

ARCUENSES APOIAM CRIAÇÃO DE EQUIPA DE INTERVENÇÃO PERMANENTE

Câmara Municipal de Arcos de Valdevez apoia a criação de uma Equipa de Intervenção Permanente no concelho

Na última reunião de Câmara foi aprovada a celebração de um protocolo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, no valor de 25 mil euros, para apoiar a constituição da EIP - Equipa de Intervenção Permanente, cuja implementação e funcionamento passa pela congregação de esforços entre estas entidades.

As EIP visam assegurar, em permanência, o socorro às populações, designadamente nos seguintes casos:

  1. a) Combate a incêndios;
  2. b) Socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes;
  3. c) Socorro a náufragos;
  4. d) Socorro complementar, em segunda intervenção, desencarceramento ou apoio a sinistrados no âmbito da urgência pré-hospitalar, não podendo substituir -se aos acordos com a autoridade nacional de emergência médica;
  5. e) Minimização de riscos em situações de previsão ou ocorrência de acidente grave;
  6. f) Colaboração em outras atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Os elementos que constituem as EIP desempenham, ainda, outras tarefas de âmbito operacional, incluindo planeamento, formação, reconhecimento dos locais de risco e das zonas críticas, preparação física e desportos, limpeza e manutenção de equipamento, viaturas e instalações, sem prejuízo da prontidão e socorro.

Com esta iniciativa a Autarquia pretende disponibilizar mais uma equipa de apoio à população em alturas de necessidade, bem como ter mais uma ferramenta no combate aos incêndios.

VIZELA ADIA FESTA PARA 10 DE MAIO

O evento “Vizela em Festa” foi adiado para o próximo dia 10 de maio, tendo em consideração as condições atmosféricas previstas para este fim-de-semana.

Organizada pela Fundação Jorge Antunes, Câmara Municipal de Vizela e Liga dos Combatentes Vizela, a 3ª edição do “Vizela em Festa” realiza-se assim no próximo dia 10 de maio, no Parque das Termas, das 10h00 às 19h00, e conta com a colaboração de vários parceiros.

Vizela em festa é um evento para toda a família, promovido durante um dia, o primeiro domingo de maio, no Parque das Termas.

Nasceu em 2013, com o envolvimento de 17 associações e 4900 pessoas participaram.

Em 2014, os números duplicaram, tendo sido 30 as associações e grupos informais que participaram no Vizela em Festa e cerca de 10000 pessoas marcaram presença.

Em 2015, voltamos a fazer a festa, a 3 de Maio, no Parque das Termas, uma celebração do melhor que Vizela e as associações vizelenses têm para mostrar. Das 10h às 19h vamos festejar com todos quantos nos visitarem. Contamos consigo!

A 3ª edição do Vizela em festa terá música, dança, teatro, oficinas para crianças e famílias, comes e bebes, artesanato, exposições, desportos radicais, zumba, insufláveis, feira de brinquedos usados, jogos tradicionais e muito mais. 

Organização:

Fundação Jorge Antunes, Câmara Municipal de Vizela, Liga dos Combatentes de Vizela

Parceiros:

Agrupamento de Escolas de Infias – Vizela

Agrupamento de Escolas de Vizela 

Agrupamento de escuteiros 1043 São João – Vizela

Airev – Associação para a Integração e reabilitação de Crianças e Jovens

Amas – associação de mergulho

Associação de Artesãos de Vizela

Associação de pais EB de Vizela

Associação de pais Centro Escolar São Miguel

Associação de pais Jardim de Infância São João

Associação de pais EB Joaquim Pinto

Avicella – Associação Cultural

Casa do Povo Vizela

Centro Social Paroquial Santa Eulália

Centro Social Paroquial São Miguel

Cittaslow Kids Vizela

Confraria de São Bento das Pêras

Comissão de Proteção Crianças e Jovens 

Coração Azul

Desportivo Jorge Antunes

Fanfarra de Majoretes de Vizela

Futebol Clube Vizela 

Liga dos amigos das Termas

Luís Piloto

Musicanima

Rádio Vizela

Rancho Folclórico de Santa Eulália 

Resinorte

Rotary Kids Vizela 

Santa Casa da Misericórdia de Vizela

Secção de Programas Especiais da GNR – Vizela

Sedarf

Sociedade Filarmónica de Vizela 

Usquê

Via – Vizela Imaginativa 

Vizela Fitness Clube

CERVEIRENSES CAMINHAM PELO TRILHO DAS GÂNDARAS

Domingo percorra a história e cultura do Trilho das Gândaras

O Município de Vila Nova de Cerveira e o Clube Celtas do Minho dinamizam, este domingo, 03 de maio, o Trilho das Gândaras pelas freguesias de Gondar e Mentrestido. Trata-se da segunda iniciativa integrada no ‘Caminhar em Cerveira 2015’, num ciclo de percursos pedestres que se prolonga até Novembro. Participação gratuita.

O Trilho das Gândaras é um percurso com 9 km’s, de grau de dificuldade fácil e caraterísticas histórico-culturais. O ponto de encontro está marcado para a Igreja Paroquial de Gondar, às 09h00 e o início para as 09h30, numa duração estimada de 03h30. A caminhada será orientada por monitores que proporcionarão uma interpretação detalhada dos vários pontos de interesse.

Para além de dinamizar a Rede Municipal de Percursos Pedestres de Vila Nova de Cerveira, o ‘Caminhar em Cerveira’ veio reforçar o surgimento de um novo conceito turístico baseado em critérios de sustentabilidade, integração e preservação do meio, promovendo pontos de interesse de Montanha junto da comunidade local e turística.

Na sua primeira edição, em 2014, cerca de duas centenas de pessoas oriundas não só de Cerveira, mas também de Coimbra, Porto, Oliveira de Azeméis e, principalmente, Galiza, participaram na iniciativa, revelando vontade de repetir. Desta forma, a autarquia cerveirense apresentou um programa de caminhadas para este ano de 2015, e que prossegue com a seguinte calendarização: 03 de maio, Trilho das Gândaras; dia 04 de julho, o percurso será noturno pelo Alto da Pena; 06 de setembro é proposto o Trilho Monte das Minas; a 04 de outubro, o Trilho Vale das Donas e, para finalizar, a 01 de novembro, o Trilho do Cervo.

O público em geral pode participar gratuitamente, sendo necessário efetuar a respetiva inscrição através do Clube Celtas do Minho via online, ou por email e/ou telefone: celtasdominho@gmail.com ou 934 440 770/916 531 313. Podem ainda consultar o Portal do Município de Vila Nova de Cerveira, bem como o Facebook em ‘Caminhar em Cerveira’.

VALENÇA RECEBE BIG RIDE–OPEN DE ESPANHA DE ENDURO BTT

A Eurocidade Valença Tui marca o início do Open de Espanha de Enduro BTT, no próximo fim de semana, de 2 e 3 de Maio, com provas entre o Monte do Faro (Valença) e o Monte Aloia (Tui). Este será o primeiro enduro, a nível mundial, com caráter internacional, realizado em dois países.

A prova contará com a participação de 225 atletas profissionais de Portugal, Espanha e Inglaterra, femininos e masculinos. Os melhores atletas portuguesas e espanhóis da modalidade vão lutar pelo podium numa prova que contará com sete circuitos cronometrados.

Os montes de Valença e Tui são considerados pelos aficionados ao btt autênticos paraísos do “overmountain”, pelas características dos traçados que proporcionam e os enquadramentos paisagísticos únicos.

Na sexta-feira realizam-se os treinos e o reconhecimento dos percursos, no sábado os percursos decorrerão no Monte do Faro, em Valença e no domingo no Monte Aloia, em Tui. A quilometragem e a morfologia dos percursos serão semelhantes nos dois dias. O início das provas está marcado para sábado, 2 de maio, no Monte do Faro, às 8h (PT), desenvolvendo-se até às 13h (PT) numa extensão de 31.5 Kms. Domingo o protagonista será o Monte Aloia, com o início das provas às 7h30 (PT), desenvolvendo-se até às 13h15 (PT) por uma extensão de 33 Km's.

O paddock, estrutura de apoio à prova, estará instalado na zona conhecida como La Macoca, no início da subida do Monte Aloia. O secretariado de prova, para facilitar a recolha do chip e dorsal, assim como os diferentes serviços de apoio técnico das marcas que acompanham esta edição e os stands de apresentação das mais recentes novidades na área do btt estarão instalados em La Macoca.

Para o Presidentea Câmara de Valença, Jorge Salgueiro Mendes “A Eurocidade é hoje um destino referência para os praticantes do BTT, provado com o número e a qualidade das provas que temos acolhido e pelos muitos praticantes que de toda a Península vem à nossa região descobrir os percursos fantásticos, sobretudo, dos montes do Faro e Aloia. Esta é uma aposta clara no turismo dos desportos de aventura”.

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TERRAS DE BOURO APROVA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE 2014

No passado dia 24 de abril, a Assembleia Municipal de Terras de Bouro assinalou o 41º Aniversário da “Revolução dos Cravos” e realizou a sua segunda sessão ordinária de 2015.

Prestação de Contas de 2014 - apresentação

No período inicial da sessão, além do Presidente da Assembleia Municipal, Guilherme Alves, todos os grupos partidários usaram da palavra para aludir à importância do “25 de abril”, das suas repercussões na vida nacional e de como esse momento marcou definitiva e significativamente a existência dos portugueses em geral e dos terrabourenses em particular nas últimas quatro décadas.

Seguidamente e ainda antes do período da ordem do dia registaram-se intervenções sobre variados assuntos da atualidade terrabourense, nomeadamente: a Saúde em Terras de Bouro com o facto de estarem agora mais médicos destacados para o concelho, o ponto da situação da intervenção na Piscina Municipal com reabertura prevista para muito em breve, o PDM em fase final de discussão pública e que tem a sua aprovação agendada para a próxima sessão da assembleia municipal , os Centros Interpretativos do Garrano e dos Moinhos, obras rodoviárias e de saneamento, as preocupações manifestadas com a redução das áreas de pastoreio e ainda a potencialização dos recursos naturais, entre outros. Como é usual, todos os temas mereceram também esclarecimentos por parte do Presidente da Câmara Municipal, Dr. Joaquim Cracel Viana, que aproveitou igualmente a ocasião para enaltecer o espírito e os objetivos alcançados com a “Revolução dos Cravos”.

De seguida e já na Ordem de Trabalhos, além da apresentação usual da atividade do Município, foi aprovada, por maioria, uma segunda revisão ao orçamento, resultante de um reforço financeiro decorrente de impostos diretos e receitas do FEDER e, por maioria, com cinco abstenções, (dos deputados eleitos pela Coligação PSD/PP) e o voto contra do deputado do MPT, os Documentos de Prestação de Contas relativos a 2014. De salientar que a conta de gerência de 2014 apresenta uma taxa de execução de 84% e que já havia sido aprovada em reunião de executivo por maioria, sublinhando-se o aumento da receita em 114.000,00 euros e a redução da dívida a médio e longo prazo em cerca de 10%.

PRAIAS DE CAMINHA, MOLEDO, VILA PRAIA DE ÂNCORA E FORTE DO CÃO GALARDOADAS COM A BANDEIRA AZUL DA EUROPA

É a primeira vez que as quatro praias vão ter a Bandeira Azul em simultâneo

A Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) anunciou hoje as praias contempladas com o galardão Bandeira Azul da Europa em 2015. Os esforços do município foram reconhecidos e, pela primeira vez na história do concelho, as quatro praias vão hastear, na próxima época balnear, a distinção de qualidade: Caminha, Moledo, Vila Praia de Âncora e Forte do Cão.

VPA

O galardão é atribuído desde 1989 e, pela primeira vez, o município de Caminha recebe, como referimos, as quatro bandeiras azuis. Tal nunca tinha acontecido e, no caso de Vila Praia de Âncora, a última vez que a praia foi galardoada aconteceu em 2011.

moledo

Para o município, este desfecho era esperado, quer em relação a Caminha, Moledo e Forte do Cão quer mesmo a Vila Praia de Âncora. Neste caso, conforme explica o vice - presidente da Câmara, Guilherme Lagido, foi feito um grande esforço e a ABAE compreendeu que existia uma mudança real de condições e procedimentos, aplicando uma exceção, prevista nos regulamentos.

De outra forma, teriam de se verificar, em três anos sucessivos, resultados excelentes em termos de qualidade da água. A cumprirem-se esses critérios, sem a intervenção específica do município, Vila Praia de Âncora ficaria mais um ano sem Bandeira Azul.

Mas a exceção está prevista e basta, para isso, que se comprove que os excelentes resultados conseguidos (embora não respeitantes aos tais três anos) são fruto de mudanças estruturais e consolidadas. Foi esse o caso. O executivo tomou como prioridade a recuperação da Bandeira Azul e fez um esforço acrescido, implementando um conjunto de medidas que denotam a mudança, nomeadamente ao nível do sistema de comportas e do rigoroso controlo no estuário do rio Âncora. A ABAE compreendeu os argumentos do município e aplicou o estatuto de exceção.

caminha

As quatro bandeiras azuis do concelho integram, na Região do Norte, um conjunto de 65 praias galardoadas. Recorde-se que o Programa Bandeira Azul apresenta três vertentes: praias, portos de recreio e embarcações de recreio, tendo como instrumento o galardão Bandeira Azul da Europa.

O galardão é atribuído anualmente às praias e portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental.

Forte do cão

ALUNOS DE CABECEIRAS DE BASTO VENCEM CONCURSO LITERÁRIO

Escola Básica da Ferreirinha vence Concurso ‘Uma Aventura… Literária 2015’

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto congratula-se com a atribuição do 1º Prémio Nacional do Concurso ‘Uma Aventura… Literária 2015’ aos alunos do 3º e 4º ano – Turma C 2 – da Escola Básica da Ferreirinha, da freguesia e vila de Cavez.

O texto original intitulado ‘Uma Aventura no Mosteiro de S. Miguel de Refojos’ destacou-se de entre os mais de 10 mil trabalhos individuais e de grupo, num total de centenas de escolas do ensino básico e secundário espalhadas por todo o país.

De destacar que em nove anos, a EB1 da Ferreirinha conquistou dois primeiros prémios e um segundo prémio no concurso patrocinado pela Editorial Caminho.

O trabalho dos alunos orientados pela professora Maria da Glória Sousa mereceu rasgados elogios do júri do concurso que enalteceu não só a “qualidade do trabalho”, como reconheceu “a dedicação e empenho” de todos os professores envolvidos neste concurso.

Como prémio, as crianças de Cavez verão a sua história/aventura publicada num dos livros da coleção ‘Uma Aventura’ escrito pelas autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.

A cerimónia pública de entrega dos prémios está agendada para o dia 2 de junho na Feira do Livro em Lisboa (Parque Eduardo VII).

Esta é a terceira vez que a EB1 da Ferreirinha alcança um lugar de destaque no concurso ‘Uma Aventura... Literária’. Em 2012, os alunos do 2º e 4º anos classificaram-se em segundo lugar a nível nacional e, em 2006, a EB1 de Cavez viu o seu texto intitulado ‘Uma Aventura Mágica’ ser merecedor do primeiro prémio do concurso, cuja história foi publicada no livro ‘Uma Aventura no Labirinto Misterioso’.

Esta é mais uma distinção que engrandece a Escola de Cavez e o Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, que continuarão a fomentar a criatividade nos seus alunos.

O texto ‘Uma Aventura no Mosteiro de S. Miguel de Refojos’ foi criado com base numa visita guiada ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos, candidato a Património Cultural da Humanidade da UNESCO.

De acordo com a professora Glória, o objetivo principal é fomentar a criatividade dos alunos, levando-os a escolher personagens e espaços e a criar uma história que cative o leitor.

“Este prémio é um estímulo” para os alunos continuarem a inovar, considerou a professora.

Estão pois de parabéns todos os alunos, a professora e a escola que alcançaram, com êxito, os seus objetivos e ajudaram a promover o concelho de Cabeceiras de Basto além-fronteiras.

VINHO VERDE TEM FESTA EM PONTE DE LIMA

Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais 2015 em Ponte de Lima de 12 a 14 de junho

Sendo Ponte de Lima um concelho afamado pela produção do Vinho Verde, uma herança que herdou dos seus antepassados, com o cultivo de diversas castas de vinho, com destaque para o Loureiro e o Vinhão, e um microclima propício a esta atividade vinícola, justifica-se a aposta neste sector e na realização anual da Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais.

cartaz_VV_2015_final_2-2

Numa parceria conjunta entre o Município de Ponte de Lima, a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima e a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima do Instituto Politécnico de Viana Castelo, há 25 anos que em Ponte de Lima se celebra a Festa do Vinho Verde.

A XXV Festa do Vinho Verde e dos Produtos Regionais, mantém a aposta que a tem diferenciado ao longo destes anos, ao promover e divulgar o afamado vinho verde e os melhores sabores que compõem a cozinha regional.

O evento promove a mostra de Produtos Regionais, organizando em simultâneo o Concurso de Vinhos Verdes de Ponte de Lima, dirigido a produtores, garrafeiras, engarrafadores e distribuidores, ação que permite aos produtores obter condições especiais para apresentar os seus vinhos a segmentos de mercado estratégicos, traduzindo-se seguramente numa boa oportunidade de negócio.

A Festa do Vinho Verde promove em paralelo outros produtos endógenos, típicos do concelho, como os Enchidos e Fumados, que aliados à confeção tradicional, contribui para promoção dos sabores tradicionais.

O programa da Feira inclui ainda a promoção de Shows Cookings, Workshops, 13º Concurso de Vinhos Verdes, VII Concurso de Leite-Creme, VII Concurso Regional da Raça Frísia do Alto Minho e uma Jornada do Campeonato Regional de Ensino.

As inscrições estão abertas até ao dia 5 de junho. Consulte o regulamento em www.festadovinhoverde.pt.

CERVEIRA CELEBRA TRADIÇÃO DAS MAIAS

Roteiro das ‘maias’ naturais e em crochet

Vila Nova de Cerveira dá as boas-vindas ao mês de maio com um ambiente colorido e floral. Duas ‘maias’ em crochet ornamentam a varanda do Município e a fachada da Loja Interativa de Turismo. Os restantes edifícios públicos expõem ‘maias’ de flores naturais e criativas. Sugestões complementares para uma visita em família ao concelho.

IMG_1143

Em cada efeméride, a ‘Vila das Artes’ tem-se afirmado pela elaboração de um programa de atividades familiar, acompanhado de trabalhos artesanais em matéria de ornamentação que convidam o residente ou turista a partir à descoberta de um concelho que conjuga uma beleza natural ímpar com a forte componente artístico-cultural.

Maio é por excelência o mês das flores, e o Município cerveirense presta-lhe uma merecida receção: com empenho, dedicação e muita imaginação, um grupo de colaboradoras municipais criou duas ‘maias’ em grandes dimensões, com requisitos comuns dos tons amarelos e verdes e de ser ornamentada em crochet. Á varanda da Câmara Municipal pode apreciar-se uma ‘maia’ constituída por 30 tradicionais jarros todos minuciosamente trabalhados em crochet, acompanhados pela também tradicional giesta. Na fachada da Loja Interativa de Turismo, cerca de 50 pampulhos dos campos e urze do monte em crochet criam mais um atrativo turístico.

Um pouco por todo o centro histórico da vila, vários edifícios públicos e particulares ganham outra vida com a colocação de arranjos florais, fruto do envolvimento de escolas, IPSS’s e comerciantes, promovendo um roteiro das ‘maias’.

Valorizar as tradições, fomentar a recriação e costumes de hábitos populares e estimular a participação e criatividade artística e cultural são os objetivos subjacentes a esta iniciativa amplamente alcançados pelo envolvimento de toda a comunidade, a quem a autarquia cerveirense deixa um agradecimento público.

IMG_1116

PONTE DE LIMA RECEBE CONGRESSOS INTERNACIONAIS DE PARQUES E JARDINAGEM

World Urban Parks em Ponte de Lima de 26 a 30 de maio

Ponte de Lima recebe o Congresso Mundial da World Urban Parks e o 9º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos de 26 a 30 de maio, evento internacional que acontece durante a semana de inauguração do 11º Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima.

O Congresso Mundial da World Urban Parks resulta de uma parceria entre a IFPRA – International Federation of Parks and Recreation Administration, uma organização mundial e a Associação Espanhola de Parques e Jardins Públicos - AEPJP que realiza o seu 9º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos, realizando-se assim um único Congresso.

Este evento marca o nascimento da World Urban Parks, momento este que se traduz na transição da IFPRA para uma organização mundial de espaços verdes urbanos, que manterá como missão o contributo para um desenvolvimento mais harmonioso do território.

De destacar as temáticas do programa sobre a Conceção Inteligente; a Manutenção Inteligente e a Promoção Inteligente, a apresentar por congressistas considerados especialistas na área dos Parques, Espaços Verdes e Planeamento Urbano, oriundos de diversas nacionalidades, como Espanha, Colômbia, Moçambique, Estados Unidos da América, Austrália, Marrocos e Portugal.

Deste conjunto de oradores, referência para o Diretor Executivo da World Urban Parks, Dr. Digby Whyte, Drª Gloria Aponte Garcia, Dr. Peter Dalkeith Scott, Dr. Stephen A. Wolter, Dr. Saïd Zarrou, Dr. António Simão Jr., Drª. Tariana Torre, Dr. José Arrieta León e o Dr. Paulo Farinha-Marques.

O congresso contará ainda, com as apresentações orais e exposições de posters por participantes de vários países. China, Austrália, Turquia, Brasil e Suécia são alguns dos vários exemplos de culturas que vão marcar presença em Ponte de Lima nos últimos dias do mês de maio.

O número de inscrições no Congresso é limitado, no entanto o Município de Ponte de Lima deliberou aprovar descontos extraordinários a aplicar aos parceiros e participantes das autarquias locais portuguesas.

Com o alto patrocínio do Presidente da República Portuguesa, o Congresso tem confirmada a presença do 1º Ministro da Guiné Bissau, na cerimónia de abertura, no dia 26 de maio. Após este momento, está agendada a assinatura do protocolo de geminação da Região de Cachéu com a CIM - Comunidade Internacional do Alto Minho.

Em paralelo ao Congresso Mundial, realiza-se a 1ª Feira de Espaços Verdes que vai decorrer na área de exposição da Expolima, sendo de realçar ainda a abertura da 11ª edição do Festival Internacional de Jardins, na sexta-feira, 29 de maio, este ano subordinado à temática a “Água no Jardim”.

A Vila Mais Antiga de Portugal apresenta-se como um destino privilegiado de milhares de amantes dos jardins e da arte a estes associada, fazendo deste evento palco distinto de comunicação para questões globais, nomeadamente, do ambiente da sociedade.

Consulte o programa do Congresso em:

HTTP://CONGRESSO2015.CM-PONTEDELIMA.PT/?PAGE_ID=839.

Para mais informações ou outros esclarecimentos sobre o Congresso contacte: urbanparks@cm-pontedelima.pt ou consulte o site: http://congresso2015.cm-pontedelima.pt/

CERVEIRA PROMOVE MÚSICA CLÁSSICA

Concerto de música clássica num ambiente de riqueza histórica

A Igreja da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira foi o espaço escolhido para acolher, este sábado à noite, um concerto emblemático, centrado no período barroco. Com entrada livre, o espetáculo “Alto Minho Ensemble” carateriza-se pela simbiose perfeita entre música e património.

“Alto Minho Ensemble” é uma iniciativa promovida pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), que consiste na realização de dez concertos entre março e maio de 2015, em espaços históricos ou classificados dos concelhos do Alto Minho, criando um festival de música e vivência do património. O conceito deste ciclo de concertos pretende demarcar-se em absoluto de outras manifestações de caráter musical, na medida em que, pela primeira vez, reúne diferentes gerações de artistas (intérpretes, solistas e diretores musicais).

O repertório do “Alto Minho Ensemble” centra-se no período barroco, época da qual datam uma grande parte dos espaços monumentais. Com produção e coordenação artística a cargo de David Martins e direção artística de Sergey Arutyunyam, trata-se de um dia de “património aberto” em cada concelho, tendo em vista a valorização do património arquitetónico identitário.

O “Alto Minho Ensemble” corresponde a uma das ações do projeto CRIARTE - Promoção da Criatividade Territorial do Alto Minho, que está a ser desenvolvido pela CIM, sendo cofinanciado pelo Programa Operacional da Região Norte – ON.2.

O concerto em Vila Nova de Cerveira têm início às 22h00, na Igreja da Misericórdia, e é de entrada livre.

CERVEIRA ENSINA A FAZER FLORES EM CROCHET

Porque o crochet tornou-se um caso de sucesso em Vila Nova de Cerveira, e porque este é o fim-de-semana dedicado ao Primaveraemcerveira.come, a Loja Interativa de Turismo dinamiza um Workshop de Flores em Crochet. De participação gratuita, a atividade decorre este sábado, entre as 10h00 e as 17h30, com a artesã Maria Miká.

Trata-se de mais uma iniciativa que visa a preservação da arte secular de fazer crochet, desmistificando que este seja apenas um hobbie para pessoas mais velhas. A mensagem a transmitir é a de que o crochet pode ser adaptado aos tempos modernos, bem como ser encarado como uma atividade profissional rentável.

O Workshop de Flores em Crochet é de participação gratuita e vai ser ministrado pela artesã Maria Miká, que já é uma marca inteiramente portuguesa, com todas as peças feitas à mão, baseada nas tradições portuguesas, como o crochet e os bordados regionais. As técnicas básicas do crochet e como elaborar uma bela e colorida flor são os passos que constituem esta iniciativa.

Participe, aprenda e faça uma flor… em crochet! Quem sabe, uma sugestão criativa e única para oferecer no Dia da Mãe, que se assinala este domingo, 3 de maio.

PORTAL DO ASSOCIATIVISMO DE ARCOS DE VALDEVEZ É EXEMPLO DE BOAS PRÁTICAS

Portal do Associativismo reconhecido pela Agência para a Modernização Administrativa como um exemplo de Boas Práticas Nacionais

A Câmara Municipal releva o trabalho realizado pelas Associações e toda a atividade desenvolvida, pois são um parceiro fundamental na dinamização social, cultural e desportiva no concelho.

portal_associativismo

Neste sentido, e de forma a ajudá-las em várias questões do dia-a-dia foi criado pelo município o Gabinete de Apoio ao Associativismo, situado nas piscinas municipais. Neste local têm acesso à disponibilização de informações, articulação de agendas e apoio ao nível das candidaturas a programas de apoio.

Ligado à criação deste Gabinete de Apoio está a criação do Portal do Associativismo, o qual foi recentemente reconhecido pela Agência para a Modernização Administrativa como um exemplo de Boas Práticas Nacionais. Nesta plataforma eletrónica está acessível toda a informação necessária para as associações. Foi-lhes disponibilizado espaço para alojamento para os seus sites e duas contas de correio eletrónico.

Este reconhecimento deixa a Autarquia bastante satisfeita e orgulhosa, pois revela que está no caminho certo naquilo que é o apoio dado ao Movimento Associativo do concelho.

Em suma, este portal tem como principais objetivos fortalecer a intervenção social, cultural, recreativa e desportiva do associativismo arcuense, incentivar um maior envolvimento das populações na vivência comunitária, promover o intercâmbio entre a autarquia e as associações do concelho e da diáspora, estimular, desenvolver e divulgar os valores do associativismo e valorizar o empenho e a dedicação dos dirigentes associativos que, a título voluntário, dedicam parte das suas vidas e do seu tempo livre às atividades públicas e ao bem comum.

De realçar que, para além deste tipo de apoios, a autarquia celebra anualmente protocolos com estas entidades. Em 2014 foram entregues ao movimento associativo mais de 760 mil euros.

Pág. 1/21