Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE JÁ TEM LOJA DA MARCA “NAMORAR PORTUGAL”

Abertura do espaço Namorar Portugal. Viragem na marca Namorar Portugal

O espaço definitivo Namorar Portugal, a primeira loja da marca, foi inaugurada ao final da tarde de hoje (31 jan), no Centro de Dinamização Artesanal, pelo executivo do Município de Vila Verde, uma ação que representa “uma viragem na dinâmica da marca”, segundo diz o presidente da autarquia, António Vilela.

IMG_0289

“Hoje é um dia de grande satisfação por significar um virar de página da ação Namorar Portugal e dos produtos da marca”, referiu António Vilela, perante uma audiência de dezenas de convidados que, direta ou indiretamente, têm alguma ligação emocional aos Lenços de Namorados e à marca Namorar Portugal. Envolvida numa atmosfera de festa, o espaço luminoso realçava os coloridos produtos estampados com motivos inspirados nos Lenços de Namorados.

“Esta é uma homenagem que fazemos aos nossos antepassados, que colocaram a sua forma de pensar e de sentir neste pano de linho e algodão”, afirmou o autarca, visivelmente satisfeito pelo culminar desta realização, sem deixar de ressalvar que “esta era uma obra com data de finalização marcada ainda antes de começar”, felicitando o responsável pela sua conclusão.

IMG_0286

Porque a tarde era de surpresas a primeira foi revelada através da apresentação de um filme promocional de Vila Verde, feito para passar nas redes sociais. “Ninguém sabia deste filme, nem mesma os meus colegas do executivo, só alguns funcionários do Município, quem pedi para fazer um filme e o resto deixei com eles”, afirmou o presidente, perante a surpresa geral. O filme, com cerca de 4 minutos, conta a história de uma amor improvável, entre o ‘Manel’ pastor e a ‘Maria’, menina da zona urbana. Recorrendo a produtos Namorar Portugal e rodado em espaços míticos de Vila Verde, o filme é um convite a vir namorar em Vila Verde e recolheu as gargalhadas e os aplausos dos convidados.

Outra das surpresas da tarde foi a apresentação da exposição inédita Amor Cruzado, um projeto da Casa dos Carvalhais, que uniu a arte de seis famosos ilustradores com outras seis bordadeiras do concelho, gerando trabalhos fascinantes. Os ilustradores e as bordadeiras, juntaram-se ao lado de cada uma das suas obras, num cruzamento de distintas linguagens artísticas, materializando mais uma forma de fusão de tradução e modernidade.

Depois do espaço Namorar Portugal, esta exposição vai seguir para Lisboa, para o espaço Vida Portuguesa, de Catarina Portas e depois volta ao norte, para ficar mais um mês na galeria Dona Aflita, no Porto para, em junho, passar o verão na Casa dos Carvalhais, uma quinta dedicada ao Turismo em espaço Rural, gerida por um casal de empresários associados às artes.

IMG_0285

A tarde de ontem contou com a abertura da Verde Tuna, composta por funcionários da Câmara Municipal de Vila verde, tendo finalizado com um Verde de Honra, providenciado pelos vinhos Namorar Portugal, brevemente apresentados – Rosé Bonina e Verde Branco Socalcos do Bouro.

O espaço Namorar Portugal vai funcionar, durante o Mês do Romance, de segunda a domingo, abrindo as portas às 9:30. Lá poderão ser visitados e adquiridos os produtos namorar Portugal já lançados e os que vão sendo lançados, para além da visita à exposição Amor Cruzado, que se vai manter até 12 de fevereiro. Durante a semana, o funcionamento é assegurado pela cooperativa Aliança Artesanal, encerrando às 18:00. Aos fins-de-semana, serão os promotores da marca Namorar Portugal que estarão no espaço, fechando às 20:00 aos sábados, e às 19:00 aos domingos.

Terminada a programação, a loja Namorar Portugal vai manter-se em funcionamento. Brevemente será também inaugurado o Centro de Dinamização Artesanal, que ficará na parte mais antiga do edifício, anteriormente sede da Aliança Artesanal.

IMG_0284

VAI PONTE DE LIMA REFERENDAR A CONSTRUÇÃO DE NOVOS PAÇOS DO CONCELHO?

O executivo municipal de Ponte de Lima quer construir um novo edifício para os Paços do Concelho que custará seis milhões e meio de euros. Os partidos da oposição – PSD, PS e CDU – manifestam-se contra e reclamam a realização de um referendo popular. O CDS encontra-se dividido em relação a esta matéria.

vila 2003 ctr 2

O projeto de construção do novo edifício foi viabilizado com a aprovação em reunião da Assembleia Municipal do Plano de Atividades e Orçamento apresentado pela Câmara Municipal de Ponte de Lima para 2015, tendo contado com o apoio da esmagadora maioria dos presidentes das juntas de freguesia que votaram favoravelmente o documento.

O PSD iniciou a recolha de assinaturas com vista à realização de um referendo local a fim de que a população possa pronunciar-se sobre este projeto. Entretanto, PSD, PS e CDU apresentaram para agendamento para a ordem de trabalhos da próxima Assembleia Municipal um ponto onde se pretende discutir e votar a realização de um referendo local à deslocalização dos Paços do Concelho de Ponte de Lima. Contudo, a avaliar pelas anteriores votações, é pouco provável que a proposta de convocação de referendo venha a ser bem-sucedida.

ESCRITOR FAFENSE DANIEL BASTOS APRESENTA NOVO LIVRO EM PARIS

No próximo dia 7 de Fevereiro (sábado), o escritor português Daniel Bastos apresenta às 16h00, no espaço cultural Lusofolie's em Paris, o seu novo livro “Terra”.

O livro com chancela da Editora Converso, uma edição bilingue (Português e Francês) com tradução do docente Paulo Teixeira, marca a estreia do autor no campo da poesia, e conta com ilustrações originais do artista plástico português Orlando Pompeu, cuja obra consta de variadas coleções particulares e oficiais em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Inglaterra, Brasil, Estados Unidos, Japão e Dubai, e prefácio do fotógrafo, poeta e pintor francês Gérald Bloncourt.

O livro integra um conjunto de poemas onde o escritor natural do concelho de Fafe, que se tem destacado nos últimos anos no campo da História, expressa simultaneamente um sentimento telúrico marcado pelo apego à terra, um conhecimento da história da humanidade, uma crença nos valores da vida em comunidade e um afeto pelo trabalho dos emigrantes na construção de pontes entre povos e culturas.

Segundo Gérald Bloncourt, Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras de França que fará a apresentação da obra no Lusofolie's, um espaço dedicado à cultura lusófona na Cidade Luz, situado no chamado “viaduto das artes”, a alvorada dos passos poéticos de Daniel Bastos perscrutam as ressonâncias das profundezas da humanidade, e os desenhos de Orlando Pompeu, concebidos a partir dos poemas, criam uma simbiose entre a linguagem artística da pintura e da poesia.

Refira-se que este é o quarto ano consecutivo, em que Daniel Bastos apresenta junto da comunidade portuguesa em França, uma obra de sua autoria, revelador do papel importante que as comunidades lusófonas espalhadas pelos quatro cantos do mundo têm desempenhado no percurso literário do escritor e historiador minhoto.

Capa do Livro - Terra

DESCENDIA ESTALINE DE JUDEUS PORTUGUESES?

Existe uma tese segundo a qual o ditador soviético Iosif Vissaniorovich Djugachvili (Estaline) teria ascendência judaica portuguesa ou seja, judeu sefardita.

Em 1496, D. Manuel I assinou o decreto de expulsão do reino de todos os hereges, categoria na qual se incluíam mouros e judeus. Contrariado na sua vontade, o rei limitava-se a cumprir o contrato de casamento com Isabel de Aragão e Castela. Procurou, no entanto, a conversão forçada dos judeus ao catolicismo, concedendo-lhes a possibilidade de permanecerem no reino sob essa condição. Contudo, a desconfiança dos cristãos-velhos em relação á sua sinceridade deu origem a perseguições violentas.

Em consequência de tais perseguições, alguns judeus de origem portuguesa ter-se-ão fixado no Estado Português da Índia.

Com o estabelecimento da Inquisição naquele território, essas famílias terão deixado aquele território e rumado para outras paragens mais a norte, acabando por se fixarem na Geórgia, terra natal de Iosif Vissaniorovich Djugachvili.

Como é sabido, em cirílico o j corresponde ao i das línguas latinas. Por conseguinte, o apelido Djugachvili significará “filho de Diu” segundo uns e, “filho de judeu” segundo outros. Quanto à sua origem judaica, parece não restarem grandes dúvidas, até porque o seu nome próprio – Iosif – é claramente de origem judaica, não sendo utilizados pela população ortodoxa. Recorde-se que Estaline era também conhecido por Kochba ou Koba em evocação do chefe judeu que comandou a terceira revolta judaica contra o Império Romano ao tempo do imperador Adriano.

Finalmente, refira-se como curiosidade que José Estaline terá na sua juventude composto um poema intitulado “Ivéria”, aludindo muito provavelmente à região da Abecasia, na Geórgia, onde existiu um reino independente com esse nome e que na geografia greco-romana era identificado como Península Ibérica, sendo os seus habitantes conhecidos por “caucasianos ibéricos”. Ou terá pretendido evocar a terra de origem dos seus ancestrais e a sua identidade sefardita?

EMBAIXADOR DOS EUA DEFENDE EM GUIMARÃES CONSUMO DE PRODUTOS PORTUGUESES

Robert Sherman integrou o painel de oradores que abordaram o impacto do “Acordo de Comércio e Investimento União Europeia-EUA”. Conferência no AvePark abordou temas dos setores têxtil, vestuário e calçado.

_15C2214_1_690_2000

O Embaixador dos Estados Unidos da América em Portugal, Robert Sherman, considerou que a celebração do “Acordo de Comércio e Investimento União Europeia-EUA” (TTIP), que permitirá eliminar taxas e barreiras comerciais entre os mercados europeus e americanos, constituirá um forte contributo para a afirmação dos produtos portugueses, que o diplomata elogiou numa conferência sobre esta temática realizada esta sexta-feira, 30 de janeiro, no AvePark - Parque de Ciência e Tecnologia, em Guimarães.

«Os americanos não conhecem o produto português, não sabem que é de excelência! E é precisamente isso que eu pretendo que os americanos conheçam o que de tão bom por cá se faz! Eu próprio não troco os meus sapatos portugueses ou os lençóis Lameirinho em que durmo cá e na América. A minha mulher experimentou o calçado português e ficou encantada com a qualidade, que na América não encontramos. E se se encontrarmos é com uma carga fiscal tal que inflaciona o artigo até a um preço incomportável», exemplificou, assumindo-se como um grande defensor deste Acordo.

«O mesmo se passa com o vestuário e os vinhos produzidos cá!», disse. «Eu sou consumidor do melhor vinho do mundo que é feito aqui no Douro e quis dá-lo a conhecer a alguns amigos e, por isso, comprei-o na América ao triplo do preço que se pratica em Portugal! Por todos estes produtos que enumerei e por outros tantos que se produzem aqui na zona Norte, é que esta é a região que mais beneficiará com a abolição das taxas previstas no TTIP», acrescentou Robert Sherman. «Se queremos ser competitivos temos de abrir mão de impostos e para Portugal sair da crise tem de ser capaz de exportar. Não há outra forma de as empresas crescerem que não seja pela expansão do seu mercado, exportando», afirmou.

Domingos Bragança, Presidente do Município de Guimarães, considerou que o tecido empresarial de Guimarães está habilitado para assumir mais um desafio. «O conjunto de empresas que temos trabalham com grande qualidade ao nível dos materiais, recursos humanos, tecnologia, com transferência de conhecimento da Universidade para as empresas, introduzindo inovação, com design e diferenciação de produtos! Seremos um exemplo para o país, porque é preciso olhar em frente e com esperança, criando valor e riqueza para que o futuro dos nossos filhos seja melhor», destacou o responsável pela Câmara Municipal de Guimarães, acompanhado na sessão pelo edil de Famalicão. «O Vale do Ave apresenta sinergias muito particulares que têm de ser capitalizadas», disse, por sua vez, Paulo Cunha.

_15C2242_1_690_2000

O evento, organizado conjuntamente com a consultora GTI - Gestão, Tecnologia e Inovação, contou também com a presença de Fortunato Frederico, Presidente da APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos), Vital Moreira, Professor da Universidade de Coimbra, ex-eurodeputado (2009-2014) e ex-relator do Parlamento Europeu para o TTIP (Transtlantic Trade and Investment Partnership), e João Costa, Presidente da ATP (Associação Têxtil e Vestuário de Portugal).

O Acordo de Comércio e Investimento entre a União Europeia e os EUA tem como objetivo a eliminação de barreiras comerciais, aduaneiras e não aduaneiras, aplicadas sobre uma vasta gama de setores da economia, facilitando a compra e venda de bens e serviços por empresas dos dois mercados, com vista à extração dos verdadeiros benefícios de um Mercado Global.

Recorde-se que, de acordo com uma estimativa de um relatório encomendado pelo Governo Português, a assinatura do TTIP proporcionaria um crescimento anual de 0,66% do PIB nacional, o que representa 1,1 mil milhões de euros anuais. Recentemente, também a Secretaria de Estado dos Assuntos Europeus sublinhou que o aumento de salários a longo prazo e a criação de mais de 40 mil postos de trabalho estariam entre os principais efeitos macro-económicos esperados em Portugal.

_15C2197_1_690_2000

PARLAMENTO APROVA ATRIBUIÇÃO DA NACIONALIDADE AOS JUDEUS SEFARDITAS DE ORIGEM PORTUGUESA

Parlamento Português acaba de aprovar a atribuição de nacionalidade portuguesa a descendentes dos judeus sefarditas expulsos de Portugal a partir do século XV.

O projeto aprovado prevê a atribuição da nacionalidade portuguesa por naturalização aos descendentes de judeus sefarditas portugueses que demonstrem “tradição de pertença a uma comunidade sefardita de origem portuguesa, com base em requisitos objetivos comprovados de ligação a Portugal, designadamente apelidos, idioma familiar, descendência direta ou colateral”.

Designam-se de judeus sefarditas os judeus descendentes das tradicionais comunidades judaicas da Península Ibérica (Sefarad).

A lei 43/2013 terá ainda um período de regulamentação antes de poder ser aplicada.

Sinagoga Portuguesa de Amesterão

A imagem mostra o local reservado ao culto na Sinagoga Portuguesa de Amesterdão. 

ESPOSENDE INVESTE NA CICLOVIA RIBEIRINHA

Município de Esposende investe 706 mil euros no prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha

Iniciam-se na próxima semana os trabalhos para o prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha de Esposende, que passará a ter uma extensão total de aproximadamente 2 700 metros. A obra representa um investimento de aproximadamente 706 mil euros e deverá estar concluída até ao final do próximo mês de julho.

DSC02665

A intervenção traduz-se na continuidade da ciclovia nos troços compreendidos entre a Avenida dos Banhos e o Farol de Esposende, a Sul, e entre as Piscinas Municipais Foz do Cávado e o Centro de Atividades Náuticas, a Norte. Esta nova fase de requalificação irá, assim, abranger a faixa de passeio público da avenida marginal da cidade que ainda não foi intervencionada, promovendo a renovação destes trajetos e uniformizando a imagem em termos arquitetónicos. Os trabalhos incluem a execução do passadiço de madeira, arranjos de passeios, das caldeiras e de outros elementos.

O prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha representa uma maior valorização da Zona Ribeirinha, espaço que, fruto das intervenções efetuadas, nomeadamente no âmbito do programa Polis Litoral Norte, é dos espaços da cidade mais procurados e apreciados, quer para a prática desportiva quer para atividades de lazer.

A realização deste tipo de intervenção acarreta transtornos e condicionalismos diversos, pelo que a Câmara Municipal agradece e apela à compreensão e colaboração de todos durante o período em que decorrerem os trabalhos, garantindo total empenho no sentido de minimizar o impacto desses efeitos.

DSC02858

DSC02877

CRIANÇAS DA ESCOLA “GAIVOTA” VISITAM DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA

A Presidente da Delegação de Esposende, Maria Amélia Penteado Neiva recebeu nas instalações a visita das crianças da Escola ASSINJEPE "Gaivota".

foto

As crianças entregaram as tampinhas angariadas e recolhidas no âmbito da Campanha Tampinhas “Um Gesto Solidário” e que vem sido desenvolvida no nosso Concelho.

Foi apresentado um pequeno filme elaborado pelos voluntários sobre esta Campanha, para mostrar a importância da reciclagem e que além de estarem a ajudar um projeto social estão a ajudar o ambiente.

Obrigada a estes pequenos voluntários e a quem os estimula a colaborar com pequenos gestos nas campanhas dos parceiros Sociais e assim ajudar a um Concelho mais Solidário.

VILA VERDE DINAMIZA “NAMORAR PORTUGAL”

Namorar Portugal seduziu Braga e apresentou Sardinhas Namoradeiras

Começou Fevereiro, Mês do Romance, a programação dinamizada pelo Município de Vila Verde ao longo dos próximos 31 dias. A estreia 2015 passou por Braga, pela Loja Interativa de Turismo, que acolheu uma mostra de produtos Namorar Portugal, uma degustação de sabores do romance, um momento musical e a apresentação dos primeiros produtos: Sardinhas Namoradeiras.

IMG_0217

Apesar da chuva no exterior, a Loja de Turismo de Braga esteve imbuída em clima de romance, não só pelos sons produzidos pela guitarra e a flauta dos alunos da Academia de Música de Vila verde, responsável pelo momento musical, nem pelos sabores irresistíveis do Pink Cake e dos chocolates Namorar Portugal da Chocolate com Pimenta, ou dos novos vinhos Namorar Portugal, o Rosé da Bonina e o Verde Branco Socalcos do Bouro. A sexta edição da programação Fevereiro, Mês do Romance começou fora das fronteiras do concelho de Vila verde, num ‘piscar de olhos’ aos turistas de Braga e Vila Verde levou a Braga o espírito do ‘Onde o Amor Acontece’...

IMG_0263

A disposição para alinhar na estratégia da defesa regional da marca foi demonstrada pelo representante do executivo municipal de Braga, do gabinete de apoio à presidência do Município de Braga, na área do Turismo. “É com enorme gosto que acolhemos esta ação na nossa cidade. Namorar Portugal já não é uma marca apenas de Vila Verde. O que ela traz de diferenciador, através da inovação aplicada a um elemento tradicional como os Lenços de Namorados, tornam-na relevante para o turismo de toda esta região do Cávado e do Minho”.

Namoradeiras registadas

Mais uma linha de Namoradeiras foi apresentada pela Pó de Arroz, depois das belas bonecas que marcaram a temporada 2014 dos produtos lançados pela Namorar Portugal. Desta feita sardinhas pintadas com motivos e quadras dos lenços de Namorados, algumas adaptadas: “meu amor ade acabar quando esta sardinha nadar”.

IMG_0200

Ana Domingues explicou que “há um registo de propriedade industrial para Namoradeiras associado à pintura de motivos de Lenços de Namorados nas bonecas e nas sardinhas”, embora tenham pensado noutros produtos que poderiam apresentar este ano, depois do sucesso das bonecas, “como Santo Antónios”.

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, aproveitou esta ‘deixa’ e acrescentou que “provavelmente estão aqui e já a pensar no produto que vão apresentar no próximo ano”. “Isto tem sido um processo sistemático”, explicou o autarca, “não é possível conhecer todos os artesãos que trabalham sobre os motivos dos Lenços de Namorados, fora da marca Namorar Portugal, porque são muitos espalhados por todo o país”. António Vilela revela orgulho sobre a projeção sustentada dada a este ícone da cultura minhota, dando exemplos: “este verão houve um grande aumento de procura de visitas ao espaço da Aliança Artesanal; há ainda colecionadores das peças da Vista Alegre que procuram ter todos os Lenços com os motivos exibidos nas peças de porcelana”.

IMG_0215

Para o Município de Vila Verde não há dúvida que este tem sido um percurso construído com estratégia sustentada, com vista a proporcionar a projeção económica e turística da região, alicerçada nesta programação que viu na sessão de hoje, realizada em Braga, “uma espécie de abertura da programação”, como referiu o autarca vilaverdense.

Amanhã, 31 de janeiro, às 17h00, vai acontecer um dos pontos altos desta edição do Mês do Romance: a abertura do espaço físico Namorar Portugal, a primeira loja da marca e que vai perdurar para lá da programação.

Vila Verde, Onde o Amor Acontece

IMG_0230

IMG_0209

IMG_0180

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA APROVA PLANO PARA 2015

O Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Vila Nova de Cerveira aprovou, esta quinta-feira, o Plano de Ação para 2015. O documento visa dar continuidade aos projetos previstos no Plano de Desenvolvimento Social 2013-2016, nomeadamente aos Grupos Vulneráveis ao Risco, Emprego e Formação e Capacitação da Comunidade e das Instituições.

O atual Plano reflete o processo que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito da consolidação da Rede Social de Vila Nova de Cerveira. Procurando apoiar todos os grupos etários, a metodologia de trabalho delineada pelo CLAS vai intervir em áreas temáticas específicas, como é o caso dos Grupos Vulneráveis ao Risco, Emprego e Formação e Capacitação da Comunidade e das Instituições.

O documento foi elaborado tendo por base os contributos e informações provenientes de todos os parceiros do CLAS e pretende ser, à semelhança do anterior, uma linha orientadora da estratégia de intervenção social no Concelho, de forma a responder aos principais problemas identificados.

Os eixos prioritários de intervenção social e as atividades programadas vão ser desenvolvidas, quer através da autarquia como responsável direta quer através das iniciativas dos parceiros como promotores que contam com o apoio da Rede Social.

Apostando a Rede Social na melhoria da qualidade de vida dos Cerveirenses, este Plano de Ação está, uma vez mais, centrado nas pessoas.

DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA RECEBE DOAÇÕES

A Presidente da Delegação de Esposende da Cruz Vermelha Portuguesa, Maria Amélia Jorge Penteado Neiva e alguns elementos diretivos, receberam nas suas instalações os representantes da Empresa Osit Group; Paula Milhão - Administradora do Grupo OSIT com o pelouro da Responsabilidade Social, João Franqueira - Diretor de Recursos Humanos e Helder Miranda - Responsável Dep. Comunicação, que foram doar bens e brinquedos angariados na Campanha “Um brinquedo, um sorriso” levada a cabo no Jantar de Convívio de Natal pelos seus  colaboradores.

foto

 

A OSIT Group é a holding de um grupo de empresas de retalho e serviços cujo portefólio de negócios se divide em: e-commerce, nutrição desportiva, sistemas de informação e transportes. As suas principais insígnias comerciais são a Prozis, Prowder Labs, D2U, Veryfex e Macwin.

Os bens doados por esta iniciativa serão encaminhados para Loja Social e destinados as famílias carenciadas do nosso Concelho.

MARGINAL DE ESPOSENDE RECEBE PROVA DE ATLETISMO DOS JOGOS DESPORTIVOS ESCOLARES

Cerca de 350 alunos disputaram esta manhã, na Av. Eng.º Arantes e Oliveira (Av. Marginal), em Esposende, a Prova de Atletismo dos VI Jogos Desportivos Escolares, organizada pelo Município de Esposende, em colaboração com os Agrupamentos da Escolas do concelho.

JDE2

Apesar das condições meteorológicas adversas, a competição realizou-se, tal como estava previsto, com a participação dos alunos dos 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, com idades compreendidas entre os 10 e os 15 anos, previamente apurados em provas realizadas nas respetivas escolas, nomeadamente Escola Secundária Henrique Medina e Escolas Básicas de Apúlia, de Marinhas, de Forjães e António Correia de Oliveira.

Assim, em Infantis A Femininos, o 1.º lugar foi alcançado por Filipa Soares, da EB de Apúlia, seguida de Daniela Eiras e de Beatriz Silva, ambas da EB António Correia de Oliveira. No escalão Infantis A Masculinos, sagrou-se vencedor David Pereira, da EB de Apúlia, Adolfo Ferreira ficou em 2.º lugar e Bernardo Soares em 3.º, ambos alunos da EB António Correia de Oliveira.

No que se refere aos Infantis B Femininos, venceu Liliana Eiras, da EB de Apúlia, seguindo-se Beatriz Couto e Dora Lemos, da EB de Marinhas. Em Infantis B Masculinos, os três lugares do pódio pertenceram a alunos da EB de Marinhas, nomeadamente Rafael Calheiros, Rodrigo Nogueira e Rafael Lopes.

No escalão de Iniciados Femininos, a vencedora foi Cláudia Faria, da EB de Apúlia, tendo Beatriz Abreu, da EB de Marinhas conquistado o 2.º lugar, seguida de Celina Faria, da Escola Secundária Henrique Medina. Em Iniciados Masculinos, o 1.º lugar coube a Vitor Barbosa, da Escola Secundária Henrique Medina, em 2.º ficou Diogo Abreu, da EB de Forjães e em 3.º classificou-se Rodrigo Passos, igualmente da EB de Forjães.

Relativamente aos Juvenis Femininos, subiram ao pódio Mónica Lima, Mariana Barbosa e Jéssica Coutinho, alunas da Escola Secundária Henrique Medina. Em Juvenis Masculinos, venceu Luis Duarte, da Escola Secundária Henrique Medina, seguido de Artur Ribeiro, do mesmo estabelecimento de ensino, e de Alexandre Vale, da EB de Marinhas.

JDE F1

No escalão de Juniores, em Femininos, os lugares do pódio foram ocupados por Mara Ferreira, Catarina Ribeiro e Beatriz Santos, da Secundária Henrique Medina, e, em Masculinos, Alfredo Maranhão, da EB de Marinhas, ficou em 1.º lugar, Anthony Lopes, da Escola Secundária Henrique Medina, classificou-se em 2.º lugar, e Bruno Figueiredo, da mesma escola, ocupou o 3.º lugar do pódio.

Os Jogos Desportivos Escolares inserem-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e visam promover uma formação desportiva a longo prazo, através de uma proposta complementar às atividades já desenvolvidas no âmbito do desporto escolar. O programa visa também fortalecer e fomentar, através de diversas modalidades, a relação entre a prática desportiva que é proporcionada pelas escolas e a que é desenvolvida pelo associativismo desportivo. Pretende-se, igualmente, criar um envolvimento entre as várias escolas do concelho, proporcionando um intercâmbio entre os alunos dos diferentes estabelecimentos de ensino, assim como promover uma iniciativa apelativa para a comunidade educativa.

Os Jogos Desportivos Escolares abrangem as modalidades de Atletismo - Prova de Estrada, Badminton, Andebol, Basquetebol, Futsal e Voleibol e vão mobilizar, ao longo do ano lectivo 2014/2015, cerca de um milhar de crianças e jovens.

primeiros classificados

MUNICÍPIO DE CERVEIRA AJUSTA SISTEMA DE PAGAMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO

Com o objetivo de melhorar o atendimento aos utentes, a autarquia cerveirense aprovou, por unanimidade, em reunião de câmara desta quarta-feira, proceder a algumas alterações no procedimento de cobrança das faturas dos serviços municipais de água e saneamento. Deixa de existir o pagamento porta-a-porta, mantendo-se as outras opções.

A partir de março, os funcionários municipais que procedem à leitura mensal dos contadores de água deixam de fazer a cobrança porta-a-porta. O serviço continua a poder ser efetuado diretamente na Tesouraria da Câmara Municipal, ou pela via Multibanco, ou através de transferência bancária ou débito direto, e ainda, como novidade, pelos CTT.

Esta alteração visa conferir uma maior segurança quer aos cobradores extinguindo a possibilidade de assaltos, quer aos utentes de forma a evitar a ocorrência de burlas. Não obstante, permite a adaptação deste sistema à realidade atual, uma vez que esta modalidade de cobrança porta-a-porta já não tinha grande impacto.

Apesar de deixar de existir este procedimento, os funcionários municipais continuarão a fazer a leitura dos contadores de água no Concelho de Vila Nova de Cerveira com uma periodicidade mensal. Pelas razões mais diversas, esta é uma tarefa que por vezes é difícil finalizar em tempo útil, pelo que a comunicação de leituras por parte dos consumidores também é importante. Esta comunicação pode ser efetuada via telefónica ou endereço eletrónico, disponibilizados no recibo de pagamento, no máximo até ao dia 25 de cada mês.

VIANA DO CASTELO CELEBRA MISSA DE SUFRÁGIO POR ALMA DO REI D. CARLOS E DO PRÍNCIPE REAL D. LUÍS

A Real Associação de Viana do Castelo manda celebrar no próximo dia 1 de Fevereiro de 2015, às 18h00m na Sé Catedral de Viana do Castelo, uma Missa de Sufrágio por Alma de Sua Majestade El-Rei Dom Carlos e do Príncipe Real Dom Luís Filipe, bárbara e covardemente assassinados, por amor à Pátria no dia 1 de Fevereiro de 1908, no Terreiro do Paço em Lisboa.

MUNICÍPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ REABILITA ESPAÇOS URBANOS DO CONCELHO

Iniciaram-se as obras de Renovação de Pavimentos na Rua Júlio Almeida Costa, artéria muito movimentada situada no coração da vila Arcuense, paralelamente à Avenida Recontro de Valdevez.

2 P1272484 - Cópia

Pretende o Município, nesta intervenção, renovar os pavimentos da faixa de rodagem, estacionamentos e passeios; delimitar as áreas de estacionamento automóvel; melhorar a rede de drenagem de águas pluviais (um dos problemas mais visíveis da artéria), e implementar melhorias a nível da mobilidade urbana.

A obra foi consignada por mais de 45 mil euros, em conjunto com a “Rua da Urbanização de Novelhos” que terá o seu início muito brevemente.

O prazo de execução é de 120 dias, no entanto, tendo em atenção que se trata de uma rua com muito afluxo de trânsito, com acesso a vários “pontos” importantes da sede do concelho, a Câmara tudo vai fazer para minorar os efeitos inevitáveis resultantes desta intervenção.

1 P1272482 - Cópia

MIGUEL ALVES VISITA VILA PRAIA DE ÂNCORA PARA ACOMPANHAR AS INTERVENÇÕES QUE ESTÃO A MELHORAR OS ESPAÇOS PÚBLICOS DA VILA

Carlos Castro acompanhou a visita aos vários locais intervencionados

O Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves visitou esta semana, a freguesia de Vila Praia de Âncora. A visita foi acompanhada por Carlos Castro e teve como objetivo acompanhar algumas das intervenções que a Câmara Municipal realiza no dia-a-dia na freguesia, a fim de melhorar a qualidade de vida dos ancorenses.

Execução de passeios na Rua 31 de Janeiro

Segundo Miguel Alves “o que a Câmara Municipal tem feito em Vila Praia de Âncora evidencia uma nova forma de trabalhar no concelho. Desde logo, pelo total empenhamento dos trabalhadores municipais que não se furtam a esforços para qualificar a vila mais populosa do concelho. Por outro, na estreita sintonia que tem sido criada com a Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora e com o seu presidente, no sentido de identificar as necessidades mais prementes da população e concretizar obras que, em muitos casos, correspondem à vontade nunca satisfeita das pessoas” e acrescenta: “para além das obras que a Câmara tem feito e elas são evidentes, só no ano de 2014 o Município transferiu mais de 100 mil euros para a Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora cumprir parte das suas competências, por um lado, e avançar com obra, como são exemplos a requalificação do tanque da Retorta ou a ampliação e pavimentação da Rua do Outeiro Negro. Num tempo de tantas dificuldades financeiras como aquelas que o Município de Caminha tem, a capacidade que a Câmara e a Junta tiveram de se mobilizar para poder levar a cabo tantas pequenas/grandes obras em tão pouco tempo é bem demonstrativa de vontade que todos temos de cumprir com o mandato que nos foi atribuído”.

Execução de passeios na Rua Pontault-Combault

Os presidentes da Câmara Municipal de Caminha e da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora fizeram um périplo pela freguesia com o objetivo de darem a conhecer algumas das obras realizadas e alguns dos trabalhos que estão a ser executados, com destaque para as intervenções nas ruas 31 de Janeiro, Requeixo, Pontault-Combault, de Vales, Outeiro Negro, João António Baptista, da Lomba, Costa Araújo e Tanque de lavar da Retorta.

O périplo começou pela Área de Serviço de Manutenção para apoio a autocaravanas e autocarros de longo curso, inaugurada a 2 de maio de 2014. A instalação deste serviço no centro de Vila Praia de Âncora trouxe vários benefícios para a localidade: diminuiu a poluição no Rio Âncora e colocou Vila Praia de Âncora nos roteiros do auto caravanismo, como se pode constatar em http://www.campingcarportugal.com/areasServico.

A seguir os autarcas dirigiram-se para a Rua 31 de Janeiro, onde os funcionários do Município estão a executar um passeio, que vai beneficiar a circulação dos utilizadores da via. Esta rua ainda foi melhorada com a colocação de bases para a instalação de contentores e ecopontos, bem como foi alvo de trabalhos de drenagem de águas pluviais.

A Rua do Requeixo foi outro dos locais visitados. Esta intervenção, há muito reclamada pelos moradores, compreendeu o levantamento e reposição do pavimento que se encontrava em mau estado e colocava em perigo os utilizadores da via. Ainda foram executadas rampas de acesso, com vista a melhorar as condições de acessibilidade dos moradores.

Do percurso ainda fez parte uma visita à Rua Pontault-Combault e envolvente. Aqui realizaram-se alguns trabalhos que melhoraram o acesso às Piscinas Municipais, através da execução do passeio, e ao Pavilhão Municipal, com a execução de uma rampa de acesso à porta lateral, que era em terra batida. Nesta zona ainda foram realizados trabalhos de melhoramento, com destaque para a pintura dos candeeiros de iluminação pública, colocação de papeleiras na entrada do Pavilhão e ainda a execução de uma base para a instalação de ecopontos.

Poda de árvores na Rua Costa Araújo

A seguir os presidentes foram até à Rua de Vales, agora mais larga. Na verdade, aqui os trabalhos consistiram no alargamento da via do lado nascente, permitindo uma melhor circulação automóvel.

Do itinerário ainda fez parte uma visita à renovada Rua Outeiro Negro. Esta rua foi alargada e pavimentada. Trata-se de uma intervenção realizada pela Câmara Municipal de Caminha em parceria com a Junta de Freguesia.

Houve ainda tempo para uma visita à Rua João António Baptista e à Rua da Lomba onde foram colocadas novas condutas de distribuição de água e instalados dois marcos de incêndio. Na verdade, ambas as ruas culminam com uma área florestal e os marcos visam facilitar o combate em caso de incêndio e a proteção das casas lá situadas.

O renovado tanque de lavar da Retorta também foi alvo de passagem. Este tanque foi completamente requalificado. Esta foi outra das obras realizada pela Câmara Municipal em parceria com a Junta de Freguesia.

Na Rua Costa Araújo, os funcionários do Município estão a proceder à poda das árvores, de maneira a embelezarem o local. Trabalhos semelhantes são realizados com frequência no Monte Calvário e na envolvente à Igreja Paroquial.

Estas intervenções traduzem o esforço diário que o Município faz para manter um espaço público de qualidade, capaz de beneficiar quem cá mora e atrair novos públicos para o concelho.

Este périplo pela freguesia de Vila Praia de Âncora enquadra-se na série de visitas que está a percorrer as freguesias do concelho de modo a constatar o trabalho que está a ser realizado pelas autarquias. Recorda-se que, em dezembro último, o presidente visitou a freguesia de Riba de Âncora.

requalificação da Rua do Requeixo

TERRAS DE BOURO PROMOVE VISITA À EXPOSIÇÃO SOBRE CIÊNCIA PATENTE EM GUIMARÃES

Projeto Bem Envelhecer III visitou Exposição "Era uma vez... Ciência para quem gosta de histórias"

No âmbito do Projeto Bem Envelhecer III foi realizada uma visita, por várias instituições sociais do concelho de Terras de Bouro e os restantes parceiros do projeto, à exposição “Era uma vez… Ciência para quem gosta de histórias”, no Instituto de Design, Campus de Couros, Guimarães.

1

A deslocação a Guimarães, que aconteceu no dia 28 de janeiro, proporcionou uma interessante visita a esta exposição interativa de ciência e tecnologia que, a partir do imaginário mágico dos contos tradicionais, permite explorar fenómenos e conceitos das ciências naturais, como a Física, Química, Matemática, Geologia e Biologia, relacionando-os com o mundo real.

Parceiros do projeto presentes na atividade: ADCL, Fundação Bonfim, Fraterna, Delegação de Braga da CVP (SAD), SC Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, SC Misericórdia de Vieira do Minho, SCM de Barcelos, Centro Social e Paroquial de Cervães, Centro Social e Paroquial de Cibões, Centro Social e Paroquial de Chorense, Centro Social e Paroquial de Vilar, Centro Social e Paroquial de Covide, Centro Social e Paroquial de Souto, Centro Social e Paroquial de Vilar da Veiga, Cruz Vermelha Portuguesa / Delegação de Braga – Lar de Terras de Bouro, Município de Terras de Bouro e EAPN Portugal.

2

3

4

5

6

7

PÓVOA DE LANHOSO INAUGURA CENTRO DE CONVÍVIO

Centro de Convívio para o Baixo Concelho reabre no dia 1 de fevereiro

No próximo dia 1 de fevereiro, pelas 14h30, nas antigas instalações da Escola primária de S. João de Rei, o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e os Presidentes da União de Freguesias de Verim, Friande e Ajude e da Junta de Freguesia de S. João de Rei irão proceder à reabertura do Centro de Convívio, que servirá as freguesias do Baixo Concelho.

Foto geral 1

Esta reabertura trará como principal alteração em relação ao sistema anterior a centralização dos/as utentes seniores do Baixo Concelho apenas num Centro de Convívio que, por ora, intercalará mensalmente entre as anteriores instalações dos Centros de Convívio em Friande e em S. João de Rei para, desta forma, estar ao dispor dos/as utentes todos os dias úteis no horário da tarde.

Na tarde do dia 1, o programa previsto encontra-se aberto à população em geral e conta com muita animação, com o Rancho Folclórico de Verim e com a presença dos/as utentes dos Centros de Convívio de Esperança, Fontarcada e Vilela, para além dos utentes do Baixo Concelho.

Em breve, irão abrir mais dois Centros de Convívio, um em Rendufinho (no edifício da Junta de Freguesia) e outro em Galegos (nas instalações da Junta de Freguesia). As inscrições já se encontram abertas, pelo que as pessoas interessadas devem procurar informar-se nas Juntas de Freguesia correspondentes.

Atualmente os Centros de Convívio funcionam em Esperança (na Junta de Freguesia), em Vilela (na Junta de Freguesia), em Verim, Friande, Ajude e S. João de Rei (na Antiga Escola Primária de S. João de Rei) e na Póvoa de Lanhoso (no Edifício do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso).

Permitir a ocupação socialmente útil e ativa de pessoas desocupadas, proporcionando o contacto com outras pessoas; realizar atividades que previnam o isolamento e contrariem a natural tendência para o isolamento e exclusão; desenvolver tarefas comunitárias; apoiar a concretização de ideias e de outros projetos comunitários em função das necessidades identificadas pela comunidade; e concretizar uma estratégia de descentralização das atividades culturais e de lazer nas freguesias são os principais objetivos dos Centros de Convívio.

Atividades lúdicas (teatro, folclore, dança, ginástica, hidroginástica, trabalhos manuais, jogos diversos, costura, culinária, pintura, leitura); ações de (In)formação (de modo a que os/as utentes possam complementar saberes de cuidados básicos de higiene, saúde, segurança, cidadania, ambiente, etc.); atividades culturais (passeios, visitas a museus, locais históricos, eventos sociais); organização de feiras/certames, exposições de trabalhos realizados pelos/as próprios/as utentes são algumas das atividades desenvolvidas ao nível destas respostas no nosso concelho.

TEATRO REGRESSA A PONTE DE LIMA

Não Era Uma Vez – O Cão Danado. 31 de Janeiro – 21h30 / 1 de Fevereiro – 16h00 – Teatro Diogo Bernardes

O teatro volta ao palco do Teatro Diogo Bernardes com a peça Não Era Uma Vez, em estreia nacional na noite do próximo sábado, dia 31 de Janeiro, pelas 21h30, da responsabilidade da companhia de teatro O Cão Danado, em co-parceria com o Município de Ponte de Lima / Teatro Diogo Bernardes, repetindo-se a apresentação no domingo, dia 1 de Fevereiro, pelas 16h00.

Banner_Teatro_O_Cao_Danado[1]

O espetáculo, classificado para maiores de 12 anos, no seu elenco, conta com uma actriz natural do concelho de Ponte de Lima, Sara Barbosa que contracena com a pianista Eliana Veríssimo.

“Uma atriz e uma pianista. Duas contadoras de histórias que viajam por um Portugal em estilhaços.

Através de textos de Adília Lopes, Alberto Pimenta, Ana Hatherly, Eduardo Valente da Fonseca, Fernando Pessoa, Herberto Hélder, Sophia de Mello Breyner, entre outros, estas duas performers recorrem a um universo fantástico (o tradicional “Era uma vez”), para contar sonhos, invenções, memórias...

Assaltadas por um desejo de ficção, numa divagação compulsiva e fragmentada, redescobrem o presente, voltando (ou não) à realidade.”

Ficha Artística

Encenação e Dramaturgia _ Tiago Correia / Interpretação _ Sara Barbosa e Eliana Veríssimo / Música Original _ Eliana Veríssimo / Concepção Plástica _ Paulo Capelo Cardoso e Sara Barbosa / Desenho de Luz _ Rui Monteiro / Assistência de Luz _ Pedro Correia / Vídeo e Fotografia _ Francisco Lobo / Operação de Vídeo _ Sara Augusto/ Design Gráfico _ Inês Gomes Ferreira / Produção _ Pedro Barbosa

Os bilhetes encontram-se à venda no Teatro Diogo Bernardes e todas as informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

VALENÇA PROMOVE-SE NA FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO DE MADRID

Pelo quarto ano consecutivo, Valença marca presença na F.I.T.U.R. - Feira Internacional de Turismo, aberta ao público até domingo, em Madrid, para reforçar a atração de novos turistas.

Material promocional da Fortaleza de Valença, da Ecopista do Rio Minho, dos Caminhos de Santiago, da oferta gastronómica e da Eurocidade Valença Tui está a ser distribuído na F.I.T.U.R. junto dos vários operadores turísticos mundiais presentes neste certame.

A F.I.T.U.R. é uma das maiores feiras mundiais, ponto de encontro para os profissionais do turismo. Na edição de 2014, em que Valença também marcou presença, estiveram 9.083 empresas expositoras de 165 países / regiões, 120.231 participantes profissionais, 97.549 visitantes de público não profissional e 7.368 jornalistas de 60 países.

Para Valença esta é uma grande oportunidade de contactar com os principais agentes turísticos mundiais, alguns já a trabalhar no Noroeste Peninsular e de colocar a oferta da nossa cidade nos pacotes turísticos que se vendem para a região.

A participação de Valença, no âmbito da Eurocidade, na FITUR, associa-se à presença noutros certames, em Portugal e Espanha, promovendo as principais atratividades e potencialidades da cidade.

Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes “Valença possui atrativos capazes de captar novos turistas, junto de novos mercados emissores e reforçar o seu posicionamento como um dos principais atrativos do Noroeste Peninsular”.

ESPOSENDE HOMENAGEIA CÓNEGO MANUEL RODRIGUES DE AZEVEDO NO CENTENÁRIO DO SEU NASCIMENTO

A Câmara Municipal de Esposende, em parceria com o Arciprestado de Esposende, a Paróquia de Forjães e a família do homenageado, vai homenagear, no centenário do seu nascimento (1915-1988), o Cónego Manuel Rodrigues de Azevedo, uma figura de relevo no panorama litúrgico e musical no concelho.

Natural de Forjães, o Cónego Rodrigues de Azevedo foi calendarista do rito bracarense, liturgista, mestre-de-cerimónias da Sé Catedral e compositor musical. Como forma de reconhecimento pelo seu legado no campo musical e pela vida eclesiástica dedicada à comunidade, vai ser desenvolvido um programa comemorativo, que inclui o lançamento de um livro, duas conferências, um concerto pelo Coro de Pequenos Cantores de Esposende e a celebração de uma Eucaristia.

Assim, no dia 7 de fevereiro, às 21h00, no Salão Paroquial de Forjães, terá lugar a sessão de lançamento do livro "Cónego Manuel Rodrigues Azevedo: no centenário do seu nascimento", da autoria de Gil de Azevedo Abreu. Na sessão, que contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, Elisa Lessa, docente do Departamento de Música da Universidade do Minho, falará sobre o “Cónego Manuel Rodrigues de Azevedo enquanto compositor musical”, e o Cónego António Costa Neiva focará a vertente litúrgica do homenageado. A apresentação dos conferencistas e do livro estará a cargo do historiador e investigador Ernesto Português.

O concerto pelo Coro de Pequenos Cantores de Esposende, no qual serão interpretados alguns trechos musicais da autoria do Cónego Rodrigues Azevedo, terá lugar no dia 13, às 21h30, na Igreja Matriz de Esposende.

O programa comemorativo encerra no dia 15, com uma celebração eucarística presidida pelo Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, às 10h30, na Igreja Paroquial de Forjães. O Grupo Coral de Forjães, dirigido pelo diretor artístico Basílio Silva, executará cânticos compostos pelo Cónego Manuel Rodrigues de Azevedo, com destaque para a "Missa Festiva", de 1970 e o Hino de Santa Marinha, de 1934. Neste Domingo, em cada uma das paróquias do Arciprestado de Esposende, cada Grupo Coral entoará uma melodia do Cónego Rodrigues de Azevedo.

VICE-PRESIDENTE DO LIONS INTERNACIONAL RECEBIDO NA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES

Domingos Bragança encontrou-se com Jitsuhiro Yamada

Domingos Bragança recebeu uma das maiores organizações de clubes de serviço voluntário. Jitsuhiro Yamada dedicou dia a Guimarães.

Guimaraes_Visita_Lions_Internacional

O Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, recebeu esta quinta-feira de manhã, 29 de janeiro, no Salão Nobre da Câmara Municipal, o Primeiro Vice-Presidente da Associação Internacional de Lions, Jitsuhiro Yamada, que em junho será empossado como Presidente de uma das maiores organizações de clubes de serviço voluntário do mundo, com mais de 1,3 milhões de associados, em cerca de 45 mil Lions Clubes espalhados por 200 países.

A celebrar 100 anos do Lionismo no Mundo, cujas comemorações terminam em 2017, Jitsuhiro Yamada, acompanhado por Luís Xavier e Georgy Glushik, do Lions Clube vimaranense, dedicou o dia a Guimarães onde esteve no Centro Histórico e, ao lado da Governadora do Lions do Distrito 115 Centro Norte, Anabela Caldevilla, visitou alguns dos seus principais monumentos, entre eles, o Museu de Alberto Sampaio, depois de ter participado num jantar de homenagem realizado, na noite anterior, na Pousada de Santa Marinha.

Domingos Bragança realçou a importância do voluntariado nas sociedades modernas e a necessidade de um «reforço de valores», salientando ao mesmo tempo o trabalho realizado pelo Lions Clube de Guimarães e das «imensas instituições de apoio social» que existem no concelho. «A solidariedade, em Guimarães, não é retórica; é levada às pessoas através das nossas IPSS, que fazem diariamente um trabalho meritório», enalteceu.

«Sinto-me muito honrado por visitar Guimarães. Aproveito a oportunidade para manifestar o meu apreço por todos aqueles que diariamente e de forma voluntária vivem para ajudar desconhecidos que precisam da sua ajuda. Ser Lions é isso: é estar atento às necessidades da comunidade que os rodeia e levar a esperança onde ela é precisa», disse, antes de partir para a Finlândia, Jitsuhiro Yamada, neurocirurgião de profissão, responsável por uma série de cuidados a idosos e de instalações inovadoras, onde o foco era a qualidade de vida e bem-estar na velhice.

Em reconhecimento dos serviços prestados, Yamada recebeu já inúmeras distinções, entre elas, o Prémio Parceiros Humanitários, oito Prémios do Presidente Internacional e o Prémio de Embaixador da Boa Vontade, a mais alta homenagem que a associação confere aos seus sócios. Foi condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito da República da Hungria, Medalha de Honra da Dinastia Alaouite do Reino do Marrocos e com a cidadania honorária da cidade de Pequim, China.

CENTRO DE ESTUDOS REGIONAIS PROMOVE EM VIANA DO CASTELO CONFERÊNCIA SOBRE A ÁGUA E A INSPIRAÇÃO LITERÁRIA E POÉTICA

No próximo dia 5 de Fevereiro, na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, às 17 horas, Henrique Miguel Carvalho apresenta a comunicação com o título “A música das águas: os rios e as fontes enquanto tópico de inspiração literária e poética ao longo dos tempos”, no âmbito do ciclo de estudos “Água – património, território e sociedade”, promovido pelo Centro de Estudos Regionais e sua Academia Sénior. A sessão é pública.

1495398_848406941848429_7191952636069394932_o

Henrique Miguel Carvalho é licenciado em Filosofia, doutor em Teoria da Literatura e, desde 2009, investigador do Centro de Estudos Clássicos da Universidade de Lisboa, onde desenvolve um projeto de pós-doutoramento sobre o tema da inspiração literária.

Esta é a segunda conferência do ciclo de estudos “Água – património, território e sociedade”, cujo programa prevê a intervenção de diversos especialistas, investigadores e autores, representativos de múltiplas disciplinas, que abordarão temas associados à água.

VILA VERDE INAUGURA ESPAÇO “NAMORAR PORTUGAL”

Charme em Braga. Abertura do Espaço Namorar Portugal. Glamour e Mensagens de Amor

O primeiro fim-de-semana do Mês do Romance, em Vila Verde, começa com uma ação de charme em Braga (30 jan), segue com a abertura do espaço definitivo da marca Namorar Portugal (31 jan) e um serão de glamour à mesa com um concerto de Ano Novo da Academia de Música. Termina no domingo com as Mensagens de Amor, de Vila Verde para o mundo, entre muitas outras propostas... Em Vila Verde, Onde o Amor Acontece!

unnamed (1)

A programação 2015 de ‘Fevereiro, Mês do Romance’ começa em Braga, numa ação promocional na Loja Interativa de Turismo, denominada ‘Braga a Namorar Portugal’. A sessão vai incluir a inauguração de uma exposição de Lenços de Namorados e de produtos Namorar Portugal, que ficará patente no espaço até 16 de fevereiro. A empresa Pó de Arroz vai apresentar a nova linha de produtos ‘Sardinhas Namoradeiras’, que se juntam assim às Bonecas Namoradeiras Namorar Portugal, sendo o primeiro produto apresentado na programação 2015, um momento que vai culminar com um momento musical proporcionado pelos músicos da academia de música de vila verde e um cocktail protagonizado pelos chocolates Namorar Portugal, da Chocolate com Pimenta. Este momento vai contar com a presença do executivo do Município de Vila Verde e do Município de Braga, assim como demais entidades parceiras da programação e promotores da marca Namorar Portugal.

O espaço definitivo da marca Namorar Portugal vai ser inaugurado este sábado, às 17:00, no Centro de Dinamização Artesanal, edifício da Aliança Artesanal, em Vila Verde. Esta é a primeira loja da marca Namorar Portugal e assinala o culminar de parte do projeto financiado pelo PROVERE MINHO IN. associado à promoção do ícone do artesanato português, símbolo da identidade de Vila Verde, os Lenços de Namorados. Esta sessão também marca a inauguração da exposição inédita ‘Amor Cruzado’, um projeto da Casa dos Carvalhais, cujo resultado é a fusão do trabalho de artistas ilustradores e bordadeiras.

Sábado, 31 janeiro, 20:00, Quinta da Resela

Jantar de gala e Concerto de Ano Novo da Academia de Música de Vila Verde

Este é o primeiro serão romântico da programação, um jantar especial, servido na Quinta da Resela, na freguesia vilaverdense de Cervães, finalizado por um concerto magistral da Academia de Música de vila Verde. A Orquestra Viv'Arte e o Coro da Santa Casa da Misericórdia vão atuar em conjunto, num serão que terá ainda um desfile de moda e a realização da gala "Menina do Mês". As reservas de lugar devem ser feitas na sede da Academia de Música, o Centro de Artes e Cultura (antiga Casa da Cultura).

domingo, 1 de fevereiro, 15:00

‘Mensageiros do Amor’ declaram-se ao mundo!

A tarde de domingo, no primeiro dia de fevereiro, vai ser dominada pelos ‘Mensageiros do Amor’, os alunos dos agrupamentos de escolas de Vila Verde e do Centro Escolar Monsenhor Elísio Araújo, de Pico de regalados, que se vão juntar para proporcionar uma matiné cultural, no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde.

Arranque de outras iniciativas

A 1 de fevereiro começa em força o Mês do Romance e o efeito amoroso da programação, um pouco por todo o país. Várias exposições de Lenços de Namorados e produtos deles derivados abrem ao público, nomeadamente nas Lojas Interativas de Turismo de Vila Verde e Oliveira de Azeméis, no Centro Cultural de Vila das Aves, na Quinta da Resela (Vila Verde) e na Galeria Arte na Terra, em Lisboa. Estas juntam-se às do Núcleo Museológico Municipal de Valença do Minho, da Loja Interativa de Turismo de Braga e do centro de Dinamização Artesanal, de Vila Verde, já inauguradas.

Outra iniciativa que se inicia é a Rota das Pastelarias do Pink Cake – Bolo dos Namorados, pelas pastelarias autorizadas a produzi-lo: a Pastelaria da Vila, a Pastelaria Pedro, a Pastelaria Luena e a Pastelaria do Alívio, todas de Vila Verde. O Pink Cake é um bolo exclusivamente produzido em Vila Verde, feito para ser saboreado a dois, produzido com frutos vermelhos e muito amor…

O começo do mês de fevereiro assinala ainda o arranque da campanha Faça Desporto no Mês do Romance, da LazerVilaVerde, que proporciona isenção de pagamento da inscrição para casais, no Complexo de Lazer de Vila Verde e na piscina de Prado. E ainda o movimento ‘Namorar a Tradição’ que promove uma visita aos Museus do Concelho: o Museu do linho em Marrancos e o Museu de Arte Sacra em Pico de Regalados.

PONTE DE LIMA INAUGURA ESPAÇOS “CIÊNCIA DIVERTIDA”

Ciência Divertida – Mais dois novos espaços a inaugurar no dia 3 de fevereiro no Centro Educativo da Feitosa e na EB1 de Ponte de Lima

No seguimento do sucesso alcançado pelo Espaço “Ciência Divertida”, em atividade no Centro Educativo das Lagoas, desde outubro de 2012, o Município de Ponte de Lima prevê instalar este modelo de Espaço em todos os Centros Educativos do concelho.

O projeto dinamizado pelo Serviço Educativo da Área Protegida já abriu, no início deste ano, dois novos Espaços nos Centros Educativos de Arcozelo e Ribeira, inaugurando mais dois no próximo dia 3 de fevereiro, no Centro Educativo da Feitosa e na EB1 de Ponte de Lima.

Os Espaços “Ciência Divertida” propõem-se impulsionar pedagogicamente a cultura científica e tecnológica, com especial ênfase nas camadas mais jovens da população. Por sua vez, os professores têm ao seu dispor um Caderno orientador do ensino, em função do equipamento e material que o espaço dispõe.

Cada Espaço do “Ciência Divertida” trabalhará diversos temas, tendo como base as seguintes temáticas: Água, Geologia, Corpo Humano, Sistema Solar, Biodiversidade e Espaço Divertido.

Neste contexto, convidamos o V/ órgão de comunicação a acompanhar o Executivo Municipal a inaugurar mais dois Espaços “Ciência Divertida”, na próxima terça-feira, 3 de fevereiro, às 9h30 no Centro Educativo da Feitosa e às 11h00 na EB1 de Ponte de Lima.

CERVEIRA PREPARA CORSO CARNAVALESCO

Corso carnavalesco sai às ruas de Cerveira a 13 de fevereiro

Vem aí mais uma tarde de pura fantasia e animação. Todos os anos, os vários estabelecimentos de ensino de Vila Nova de Cerveira e a Unisénior juntam-se para o já tradicional Desfile de Carnaval pelas ruas do centro histórico. Com organização da Câmara Municipal, o cortejo decorre dia 13 de fevereiro, a partir das 14h30.

Crianças e professores, auxiliares de ação educativa, pais e encarregados de educação, e algumas coletividades, trabalham, ao longo do ano letivo, com grande criatividade, os mais diversos temas. E porque é ‘Carnaval e ninguém leva a mal’, o resultado final sai à rua, num desfile com muita cor, alegria e folia, e que conta com o habitual apreço e entusiasmo das centenas de cerveirenses que assistem e intervém nas brincadeiras.

Participam todas as escolas do Agrupamento de Vila Nova de Cerveira, a Creche do Centro Social e Paroquial de Campos, o Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, o Colégio de Campos e a Unisénior, num total de mais de um milhar de mascarados.

O desfile está agendado para as 14h30, com início do Centro Coordenador de Transportes, percorrendo a Avenida Dr. José Ramos Pedreira, Praça do Município, Rua 25 de Abril, Praça 15 de Fevereiro, Rua do Forte, desce a Rua 1º de Outubro, Praça do Alto Minho, Terreiro, Rua Dr. António José Duro, Av. Dr. José Ramos Pedreira, e regresso ao Centro Coordenador de Transportes. Atendendo ao pedido dos comerciantes, o percurso deste corso canavalesco vai alternar anualmente entre a Rua 25 de Abril e a Rua Queirós Ribeiro.

Caso se verifiquem condições climáticas adversas, o Desfile de Carnaval não se realizará.

EMBAIXADOR DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA VISITA GUIMARÃES

Embaixador dos EUA está amanhã em Guimarães, no Avepark, para conferência sobre os setores têxtil, vestuário e calçado

Evento irá avaliar impacto do Acordo de Comércio e Investimento UE-EUA. Vital Moreira, Fortunato Frederico e João Costa entre os oradores convidados, esta sexta-feira de manhã, no AvePark.

AvePark

O Embaixador dos Estados Unidos da América em Portugal, Robert Sherman, estará esta sexta-feira em Guimarães, no AvePark - Parque de Ciência e Tecnologia, onde vai integrar o painel de oradores que vão abordar o impacto do 'Acordo de Comércio e Investimento União Europeia-EUA' (TTIP) nos setores têxtil, do vestuário e do calçado.

O evento vai ainda contar com a presença de Fortunato Frederico, Presidente da APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos), Vital Moreira, Professor da Universidade de Coimbra, ex-eurodeputado (2009-2014) e ex-relator do Parlamento Europeu para o TTIP (Transtlantic Trade and Investment Partnership), e João Costa, Presidente da ATP (Associação Têxtil e Vestuário de Portugal).

A sessão de abertura e boas-vindas, agendada para as 09 horas, ficará a cargo do Presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, e do Presidente do Município de Famalicão, Paulo Cunha, entidades que coorganizam o evento juntamente com a consultora GTI - Gestão, Tecnologia e Inovação.

O Acordo de Comércio e Investimento entre a União Europeia e os EUA tem como objetivo a eliminação de barreiras comerciais, aduaneiras e não aduaneiras, aplicadas sobre uma vasta gama de setores da economia, facilitando a compra e venda de bens e serviços por empresas dos dois mercados, com vista à extração dos verdadeiros benefícios de um Mercado Global.

Recorde-se que, de acordo com uma estimativa de um relatório encomendado pelo Governo Português, a assinatura do TTIP proporcionaria um crescimento anual de 0,66% do PIB nacional, o que representa 1,1 mil milhões de euros anuais.

Recentemente, também a Secretaria de Estado dos Assuntos Europeus sublinhou que o aumento de salários a longo prazo e a criação de mais de 40 mil postos de trabalho estariam entre os principais efeitos macro-económicos esperados em Portugal.

EXECUTIVO CAMINHENSE QUER QUALIFICAR MARGINAL DE SEIXAS

Primeira reunião descentralizada de 2015 com recorde de participação

Seixas acolheu ontem a primeira reunião descentralizada de 2015. Os seixenses estiveram em grande número no salão da Assembleia de Freguesia para ouvir e dialogar com o executivo caminhense. “Sentimos a responsabilidade da vossa exigência. Estamos aqui para fazer cada vez melhor. Seixas sabe que pode contar com a Câmara Municipal e a Câmara Municipal espera muito de Seixas”, foi a mensagem deixada ontem aos seixenses pelo presidente da Câmara.

reuniao seixas 3

Na verdade, a reunião de ontem contou com 15 inscritos. O número de inscrições não passou despercebido a Miguel Alves que felicitou a freguesia pelas inscrições e pela participação das pessoas: “é um número recorde de inscritos. Esta participação demonstra a vontade das pessoas participarem e darem ideias ao executivo”. Esta adesão traduz a importância que estas reuniões têm para as populações”.

Rui Ramalhosa, presidente daquela Junta de Freguesia, agradeceu ao executivo o empenho e a colaboração que o Município de Caminha tem prestado à freguesia de Seixas na realização de várias intervenções.

reuniao seixas 4

A Marginal de Seixas, a pesca, as espécies invasoras, a envolvente do Mosteiro de S. Bento, a recolha de lixo e assuntos diversos sobre vários arruamentos, foram os temas mais visados na reunião descentralizada.

Sobre a requalificação da Marginal de Seixas, “uma varanda junto ao rio Minho”, Miguel Alves explicou que o objetivo do Município é valorizar toda a área. Por um lado, o executivo quer qualificar a Marginal, tornando--a ainda mais bonita, e por outro quer ajudar os pescadores, dotando-a das condições necessárias para realizarem o seu trabalho. No entanto, o presidente da Câmara esclareceu que é necessário encontrar financiamento para realizar a obra e lembrou, uma vez mais, que as linhas de financiamento comunitárias não se direcionam para o “betão”. Miguel Alves explicou que a aposta na ecovia “Seixas/Lanhelas” pode ser uma “alavanca” para agarrar outro tipo de investimento.

Ainda sobre a construção do Viveiro, o vereador Rui Teixeira disse que a obra está atrasada e explicou que esse atraso se deve ao facto do atual projeto ter sido candidatado pelo anterior executivo sem projetos de especialidade. Isso significa que foi necessário elaborar os referidos projetos e agora o orçamento já não corresponde ao estabelecido na candidatura.

reuniao seixas 2

Relativamente à questão da vespa asiática, o vereador Guilherme Lagido recordou que o Município promoveu um encontro sobre essa espécie invasora e que se concluiu que não se conhece a biologia da espécie, logo é difícil prever o que vai acontecer. O vereador explicou que a Câmara, no protocolo que celebrou com as duas corporações de bombeiros do concelho, contemplou uma alínea que respeita ao apoio na destruição de ninhos de vespa asiática. Guilherme Lagido considera que esta é uma questão preocupante e acrescentou: “a Câmara de Caminha está atenta ao problema. Iremos acompanhar o desenvolvimento da próxima época e estamos disponíveis para ajustar os meios de combate da forma que acharmos mais adequada”.

Sobre o parque infantil existente no Largo do Mosteiro de S. Bento, Miguel Alves assumiu o compromisso de alterar a sua localização, bem como ainda se comprometeu a alterar o queimador das velas.

Ainda sobre a valorização do Mosteiro, o presidente da Câmara falou da importância de associar o Caminho de Santiago ao Mosteiro de S. Bento. E assumiu equacionar a possibilidade de se promover um evento cultural no Mosteiro, de forma a potenciar e a mostrar ainda mais esta atração do concelho.

A recolha do lixo foi outra das preocupações manifestadas pelos seixenses. Sobre esta questão, Guilherme Lagido assegurou que o município irá colocar mais contentores na Rua Vale do Coura, ou seja, irá reforçar com mais pontos de recolha aquele local “para que a situação fique equilibrada”.

Quanto às questões ligadas aos arruamentos, o executivo ouviu-as atentamente e comprometeu-se a estudar cada um dos dossiês.

reuniao seixas 1

MUNICÍPIO E ESCOLA PROFISSIONAL DE ESPOSENDE FAZEM PARCERIA NO PROJETO “HERÓIS DA FRUTA”

Tendo em vista combinar a pedagogia com a prática no âmbito do Projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, a Câmara Municipal de Esposende estabeleceu um protocolo de colaboração com a Escola Profissional de Esposende (EPE).

DSC_1175

Este é um programa gratuito de educação para a saúde, dirigido a alunos de jardins-de-infância e escolas básicas do 1º ciclo de todo o país, da responsabilidade da Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, ao qual o Município de Esposende aderiu, numa missão de prevenção da obesidade infantil e das restantes doenças associadas, bem como de promoção de bons hábitos alimentares, como acontece neste caso específico, de incentivo do consumo de fruta nas várias refeições diárias.

Neste segundo ano de implementação do projeto, a Autarquia associa-se à Escola Profissional de Esposende, combinando a componente pedagógica com a prática. Deste modo, os mais de 120 alunos das 8 escolas aderentes podem aprender diferentes formas simples de consumir fruta. O ensino desta variedade de “receitas” práticas decorre nas instalações da Escola Profissional sob a orientação dos alunos do Curso de Hotelaria.

DSC_1222

O Projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável” vai muito para além da escola, na medida em que transmite às crianças as bases para um futuro mais saudável, através de lições importantes sobre saúde, ecologia, bem-estar emocional, respeito e compromisso que as ajudam a crescer saudáveis, ativas e felizes em casa e na comunidade onde se inserem.

Esta ação insere-se no projeto “Crescer Saudável”, que resulta de uma parceria entre o Município e as empresas municipais Esposende Ambiente e Esposende 2000, Centro de Saúde de Esposende, Agrupamentos de Escolas do concelho, Escola Secundária Henrique Medina e Escola Profissional de Esposende, e que visa a promoção da saúde como um bem a cuidar, preconizando uma intervenção precoce no que respeita aos estilos de vida saudáveis.

DSC_1190

VALENÇA EXIBE EM VERDOEJO DOCUMENTÁRIO SOBRE O CONTRABANDO

Valença promove cultura para todos: Documentário “Contrabando” em Verdoejo é bom exemplo

O Auditório de Verdoejo recebe a projeção do documentário “Contra_bando”, sábado, 31 de janeiro, às 21h30. Uma iniciativa no âmbito da descentralização cultural que a Câmara Municipal tem promovido nos últimos anos.

Esta é uma oportunidade para avivar muitas estórias do Contrabando e Trapiche de Valença. O documentário foi produzido a partir da peça de teatro, com o mesmo nome, da companhia “Comédias do Minho”.

O Contrabando e o Trapiche foram atividades de sobrevivência dos homens e mulheres de Valença, proporcionados pela condição de fronteira. Durante séculos foram a grande fonte de sobrevivência de muitas famílias valencianas ficando para sempre na memória coletiva desta comunidade.

A apresentação do documentário “Contra_bando” associa-se às atividades recentes promovidas, em Valença, pela Companhia Comédias do Minho como o espetáculo oficina de dança “Miocárdio”, as performances musicais “Odisseia Sonora” ou a ação de formação dos agentes culturais locais em expressão dramática.

A descentralização cultural, com iniciativas de qualidade, leva a cultura ás freguesias, ficando assim acessível a mais valencianos. Os espetáculos teatrais, os certames gastronómicos, com os seus suportes culturais, como os “Sabores da Lampreia”, Sabores Serranos”, “Sabores do Anho”, são alguns exemplos.

Para o Presidente da Câmara, Jorge Salgueiro Mendes ” Valença é um projeto coletivo feito por todos. A cultura não é exceção, tem de estar acessível a todos”.

PONTE DE LIMA ENSINA ÁS CRIANÇAS A ARTE DA GASTRONOMIA

“Mini Chefs” – Workshop Infantil nas Feiras Gastronómicas de Ponte de Lima. 7 de fevereiro / 15 horas – Expolima.

Incutir o gosto pela arte de cozinhar, desenvolver a criatividade dos mais jovens e proporcionar-lhes momentos de convívio e aprendizagem de receitas práticas que estimulem o lado lúdico da culinária, são os principais objetivos de um conjunto de três workshops “Mini Chefs” previstos para as Feiras Gastronómicas de Ponte de Lima.

banner_mini_chef_7fev

Os workshops de cozinha infantil integram o programa dos eventos gastronómicos a realizar no âmbito do projeto “Em Época Baixa Ponte de Lima em Alta”, nomeadamente na Feira do porco e as Delícias do Sarrabulho; Festival do bacalhau e Feira Gastronómica da Lampreia e da Doçaria.

Estes workshops são direcionados para crianças de 6 aos 12 anos e têm a duração aproximada de 2 horas. As crianças devem estar acompanhadas por um adulto responsável.

As inscrições são gratuitas e limitadas a 20 crianças por workshop e inclui oferta de avental e certificado de participação.

Para mais informações ou para efetuar inscrição contate através do email: terra@cm-pontedelima.pt ou pelo telef: 258900401

Traga as crianças e passe uma tarde de chef no programa Mini Chefs – Workshop Infantil:

- 7 de Fevereiro – Cupcakes – 15 horas na Expolima

- 28 de Fevereiro – Chocolate – 15 horas na Expolima

- 21 de Março – Bolachinhas e Biscoitos – 15 horas na Expolima

ALUNOS DE TERRAS DE BOURO CANTAM OS REIS NOS PAÇOS DO CONCELHO

Cumprindo a tradição os alunos do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro deslocaram-se aos Paços do Concelho, nos dias 7 e 28 de janeiro, para apresentarem várias composições alusivas à comemoração dos Reis Magos.

9

O Presidente da Câmara Municipal, Dr. Joaquim Cracel, agradeceu os votos de bom ano, simpaticamente formulados por todos e retribuiu esse desejo, não deixando de enaltecer o espírito e a dedicação de todos aqueles que ano após ano se dedicam a este importante reavivar e à celebração da tradição das Janeiras.

8

7

6

5

4

3

2

1

CRÉDITO AGRÍCOLA - CAIXA DO NOROESTE ASSINALA CENTENÁRIO COM CONCERTO EM VIANA DO CASTELO

Concerto do ciclo "Sons do Centenário" | 30 de janeiro 2015 | 22h00 | Templo-Monumento de Santa Luzia (Viana do Castelo)

Na próxima sexta, dia 30 de janeiro pelas 22H terá lugar o primeiro concerto do ciclo "Sons do Centenário", promovido pelo Crédito Agrícola - Caixa do Noroeste, em parceria com a CIM do Alto Minho, Câmara Municipal de Viana do Castelo e Diocese de Viana do Castelo.

Inspirado num conceito de sucesso - o projeto Sons da História - levado a cabo entre 1996 e 2004, trata-se de um ciclo de 12 concertos em 11 municípios (distrito de Viana + Barcelos), um por mês.

No ano em que completa o seu centenário o Crédito Agrícola - Caixa do Noroeste estabelece a ponte entre a atualidade e a abertura do primeiro balcão em 1915 em Monção.

O Crédito Agrícola - Caixa do Noroeste faz parte da história do Alto Minho e da sua identidade.

O primeiro concerto dos Sons do Centenário terá lugar no Templo-Monumento de Santa Luzia, com a presença das Cantadeiras do Vale do Neiva, que interpretarão um programa intitulado - Romeiros a Santa Luzia.

O concerto de encerramento, em Dezembro de 2015 também terá lugar em Viana do Castelo - localidade onde começa e encerra o projeto. A autoria, produção e direção artística são da Eventos David Martins.

VALENÇA INAUGURA ÉPOCA GASTRONÓMICA DA LAMPREIA

A Lampreia de Valença está à sua espera em 23 restaurantes

A Lampreia do Rio Minho, considerada a melhor do mundo, apresenta-se em destaque à mesa em 23 restaurantes de Valença, durante os fins-de-semana de fevereiro e março.

Em Valença será possível saborear as múltiplas formas de confecionar e apresentar o prato rei desta temporada, numa aposta forte de 23 unidades de restauração locais.

Valença promove os sabores genuínos da lampreia do rio Minho, considerada pelos gastrónomos e bons garfos a melhor do mundo.

Pescada artesanalmente, sobretudo nas comunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, nas redadas, é confecionada nas unidades de restauração locais que apuram segredos seculares da arte de a confecionar e apresentar.

Esta é, também, uma oportunidade, para (re)descobrir os encantos de Valença, numa época repleta de animação cultural e recreativa.

Ponto alto na animação, destes dois meses, serão os “Sabores da Lampreia”, a maior mostra gastronómica da região, que decorrerá entre 20 e 22 de março, na comunidade piscatória valenciana de São Pedro da Torre.

Os amantes da boa lampreia terão agora mais um forte motivo para visitar Valença.

Para Jorge Salgueiro Mendes “Valença é um destino gastronómico de eleição para quem gosta de comer bem e aprecia os sabores genuínos!”

GALO DE BARCELOS CANTA EM MADRID

O Galo de Barcelos marca presença simbólica no pavilhão do Turismo do Porto e Norte na Feira Internacional de Turismo (FITUR) que decorre em Madrid.

10914895_10155102241305463_2550228401566861862_o

O Vereador do Turismo da Câmara Municipal de Barcelos, Carlos Brito, entregou ao presidente da TPNP, Melchior Moreira, ao presidente da CCDRN, Emídio Gomes, e ao diretor da Cultura do Norte, António Ponte, o Galo de Barcelos, uma das figuras mais emblemáticas do turismo da nossa região e mesmo do país.

A Feira Internacional de Turismo (FITUR) é um evento que se realiza anualmente em Madrid, durante cinco dias consecutivos, sendo considerada um dos mais importantes certames do género a nível mundial.

GUIMARÃES DEBATE ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Orçamento Participativo 2015 em debate público esta sexta-feira à noite na Câmara de Guimarães. A Sessão é aberta a todos os vimaranenses

Debate realiza-se no Salão Nobre do Município. Sessão para discutir nova proposta de regulamento está aberta a todos os vimaranenses.

OP_2015

A Câmara Municipal de Guimarães já tem definida a estrutura do regulamento e das normas de participação do Orçamento Participativo para 2015 (OP2015), mecanismo que permite aos cidadãos participarem ativamente no processo de decisão da Autarquia.

A proposta de trabalho do Executivo Municipal, resultante da avaliação critica interna efetuada à edição do ano passado e que resultará na revisão do Regulamento Geral e na definição das Normas de Participação para 2015, foi objeto de análise, numa reunião conjunta, com todos os partidos políticos com representação na Assembleia Municipal, e será apreciada e discutida com todos os vimaranenses interessados numa sessão pública agendada para a próxima sexta-feira, 30 de janeiro, pelas 21 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Guimarães.

Entre o conjunto de alterações sugeridas, realce para o facto de, nesta terceira edição, apenas serem aceites propostas enquadradas nas áreas da sustentabilidade ambiental e do voluntariado, o que reforçará o envolvimento dos cidadãos nas dinâmicas de governação do concelho, no sentido de tornar Guimarães um território sustentável ao nível ambiental, energético e de referência no voluntariado, tendo em conta as candidaturas já assumidas pelo Executivo Municipal a Capital Verde Europeia e a Capital Europeia do Voluntariado.

Outra proposta de alteração está relacionada com a verba global a atribuir ao OP2015, que passará a ser de 500 mil euros para financiar os projetos mais votados pelos cidadãos. Além disso, apenas serão consideradas propostas orçamentadas num montante igual ou inferior a 50 mil euros, sendo considerado nesse valor o IVA à taxa legal em vigor. A participação no OP2015, quer ao nível da apresentação de propostas, quer ao nível da votação, implicará a realização de novos registos.

O CONVENTO DAS TRINAS DO MOCAMBO E AS REPERCUSSÕES DO CASO SARA DE MATOS EM BRAGA

0001_M-1

Manifestantes desfilam na rua do Alecrim em protesto contra as congregações religiosas

A irmã Colecta e a condenação jurídica e popular – valha-nos Deus!

O ano de 2015 está nos seus primeiros dias e não existem muitas dúvidas de que será marcado pelos contornos judiciais que atingem figuras do mundo da política e das finanças português.

Julgamentos judiciais contestados pelas populações já ocorreram noutras épocas, cujas dimensões atingiram contornos de mediatismo nacional e até internacional e, nesses tempos, não havia o poder da comunicação social tal como hoje o conhecemos. Neste contexto, irei recordar um episódio que ocorreu em Lisboa, em 1891, que atingiu Braga em todo o seu esplendor e se manteve durante vinte anos no centro das atenções dos portugueses!

A origem destas manifestações conta-se em poucas palavras:

- No dia 23 de julho de 1891, no Convento das Trinas, em Lisboa, faleceu uma menina de 14 anos, de nome Sara de Matos. Havendo dúvidas quanto à sua morte, o caso acabou por parar à barra dos tribunais.

Depois de cinco anos de audições e investigações, a Justiça concluiu que a morte da menina ocorreu devido a um medicamento mal administrado pela Irmã Hospitaleira Rosa de Oliveira, conhecida por “Irmã Colecta” que, inadvertidamente, lhe tinha dado sal de azedas. No entanto, a população desconfiava de que a menina teria sido violada por um jesuíta, seguindo-se o envenenamento pela freira.

No meio desta desconfiança, de imediato ocorreram dois julgamentos em simultâneo: o judicial e o popular.

O Tribunal condenou a Irmã Colecta a 21 dias de prisão, decidindo ainda que a pena teria que ser cumprida na prisão de Braga! Deste modo, a chegada da Irmã Colecta a esta cidade ocorreu no dia 3 de fevereiro de 1896, tendo de imediato seguido para a cadeia.

A entrada na prisão até passou despercebida, mas a sua saída provocou enormes manifestações! Antes de a deixar, a “Irmã” foi à varanda da cadeia e acenou à multidão presente. Ouviram-se, então, duas manifestações: uma com fortes aplausos e outra com enormes assobios!

Logo que abandonou a prisão, os sinos das igrejas de Braga tocaram, em sinal de alegria, e foram lançadas girândolas de foguetes. Formou-se de imediato uma manifestação de apoio, na qual marcaram presença “as senhoras de Braga”, sacerdotes, seminaristas, internados do Asilo de D. Pedro V, do Colégio de S. Caetano, do Colégio da Preservação, do Colégio S. Luís Gonzaga, da Oficina de S. José e ainda muitos populares. Quando o cortejo passou pela rua dos Capelistas, várias pessoas lançaram flores à religiosa e vários seminaristas levantavam “vivas” e formavam alas para que a “Irmã” pudesse passar pelas ruas de Braga.

Toda esta multidão, calculada em cerca de seis mil, acompanhou a Irmã Colecta, desde a sua saída da prisão até ao Convento do Salvador, para onde a religiosa foi encaminhada e onde iria cumprir serviço aos mendigos que nessa instituição se encontravam. Quando aí chegou, foram lançados mais foguetes e a banda musical dos Órfãos de S. Caetano e das Oficinas de S. José tocaram repetidamente o Hino da Carta Constitucional!

Por outro lado, daqueles que se opunham à sua libertação encontravam-se, principalmente, republicanos, maçónicos e socialistas, que aproveitavam esta ocasião para criticar o Clero em Portugal. Estes protagonizaram um episódio que marcou a manifestação contra a Irmã Colecta: surgiu um convite, enviado por liberais de Braga, a todos os que se quisessem juntar na Arcada, às 17.30 horas desse dia 24 de fevereiro, e daí protestarem contra a Irmã. No entanto, as autoridades de Braga apreenderam esse convite, alegando que no mesmo não se encontrava o nome da tipografia onde tinham sido impressos.

Nos anos seguintes, até 1910, esta forte divisão social manteve-se na sociedade portuguesa, tendo atingido o seu auge a 2 de agosto de 1909 numa manifestação contra o Clero, realizada em Lisboa, na qual participaram cerca de 100 mil pessoas!

A implantação da República, em 1910, trouxe novos contornos neste relacionamento Estado/Igreja, que neste momento não importa aflorar.

Depois de recordarmos o caso da Irmã Colecta e observarmos o atual relacionamento duvidoso da Justiça em episódios económicos e políticos, as espectativas relativas a este ano de 2015 deixam-nos ainda mais atentos ao que irá ocorrer. E perante este dúbio relacionamento que impera no nosso país apetece proferir o desabafo: valha-nos Deus!

Fonte: Joaquim Gomes / Correio do Minho

Fotos: Arquivo Municipl de Lisboa

Soldados da Guarda Municipal cercam o Convento das Trinas

BRAGA FESTEJA EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA LUZ

A Irmandade de São Vicente de Braga promove entre os dias 31 de Janeiro e 2 de Fevereiro a Festa em Honra de Nossa Senhora da Luz.

O programa deste ano inicia-se no dia 31 de janeiro com a Exposição do Santíssimo Sacramento entre as 18H45 e as 22H; no dia 1 de fevereiro a Igreja de São Vicente estará aberta durante todo o dia para a tradicional romagem à imagem de Nossa Senhora e, no dia 2 de fevereiro, haverá exposição do Santíssimo Sacramento às 08H30; as festividades terminam às 19H com uma Missa Solene em Honra de Nossa Senhora da Luz e com a tradicional bênção das velas.

A Festa em Honra de Nossa Senhora da Luz é uma festividade estatutária promovida há mais de dois séculos pela Irmandade de São Vicente e que anualmente atrai muitos fiéis à Igreja de São Vicente.

FAFE DEBATE REVISÃO DO PDM

Comissão de Acompanhamento para revisão do PDM de Fafe reúne dia 6 de fevereiro. 25 entidades públicas vão dar parecer sobre proposta da autarquia

A proposta de revisão do Plano Diretor Municipal de Fafe (PDM), elaborada pela Câmara Municipal, está concluída, faltando agora o aval Comissão de Acompanhamento constituída por 25 entidades públicas.

Nesse sentido, a comissão, constituída nomeadamente pela CCDR-N, Autoridade Nacional de Proteção Civil, Administração da Região Hidrográfica do Norte, Direção Regional de Economia do Norte, Autoridade Florestal Nacional, várias câmaras municipais dos municípios que circundam o concelho, entre muitas outras, vão reunir na próxima sexta-feira, dia 6, para dar parecer relativamente à proposta.

Após esta reunião de trabalho é previsível que o processo possa entrar brevemente em fase de discussão pública.

Refira-se que a revisão do PDM de Fafe aposta sobretudo em estratégias para o desenvolvimento económico do concelho, nomeadamente nas áreas do turismo, agricultura e indústria.

A questão do Plano Diretor Municipal é algo estratégico para que se possa gerir e organizar um território com a maior eficácia possível, sendo um processo cuja conclusão é esperada há muito e que agora deverá ficar terminado e em vigor pelo período de 10 anos.

Assumido pelo Presidente da Câmara, Raul Cunha,  como um objetivo estratégico para este mandato, o pelouro do Urbanismo tem desenvolvido um conjunto de ações nesse sentido, nomeadamente com a realização de vários workshops e sessões de esclarecimento, para se assegurar e acautelar o interesse público.

Para o vereador do pelouro do Urbanismo, Eugénio Marinho, a maior preocupação no trabalho de revisão do plano, foi elaborar uma definição estratégica, tendo em conta que “o PDM é um pilar para o desenvolvimento estratégico do concelho”.

“ A revisão do PDM era uma necessidade. Durante os últimos meses, foi feito um trabalho intensivo, no sentido de criar as melhores estratégias para o desenvolvimento do concelho, porque, sem dúvida, o Plano Diretor Municipal pode ser um pilar no desenvolvimento empresarial do concelho”, explica o vereador, lembrando que com esta discussão “tentou-se encontrar o melhor caminho para o concelho”.

Da mesma opinião partilha o presidente da Câmara Municipal, Raul Cunha, que fala da questão do PDM como sendo “muito importante para o desenvolvimento do concelho”.

“É preciso que Fafe tenha o PDM atualizado rapidamente. Este estabelece a estratégia de desenvolvimento do concelho e a própria política municipal de ordenamento e de urbanismo, constituindo-se como um meio imprescindível para planear o território”, explica Raul Cunha.

Recorde-se que compete ao Plano Diretor Municipal responder às necessidades dos munícipes e criar condições para um concelho desenvolvido.

A revisão do PDM vai agora ser avaliada pela Comissão de Acompanhamento que reúne no próximo dia 6 de fevereiro, a partir das 10H00. Depois do encontro, os responsáveis das várias entidades envolvidas terão um período para se pronunciar sobre o mesmo e dar uma decisão final. Depois desse parecer, o Plano Diretor Municipal entrará em discussão pública.

VILA VERDE COMEMORA MÊS DO ROMANCE

Fevereiro, Mês do Romance 2015 em Vila Verde realiza-se de 30 janeiro a 1 de Março. Produtos Namorar Portugal vão duplicar e terão espaço físico definitivo

A sexta edição da programação turístico-cultural ‘Fevereiro, Mês do Romance’, apresentada esta manhã (28 janeiro) pelo Município de Vila Verde, realça a abertura do espaço definitivo Namorar Portugal e o lançamento de 24 novos produtos e linhas de produto. Metade são estreias absolutas. A programação começa oficialmente na sexta, 30 de janeiro, terminando 31 dias depois. Em Vila Verde, fevereiro é o mês mais longo do ano.

IMG_4742

Aos 12 promotores já existentes na ‘defesa’ da marca Namorar Portugal, vão juntar-se agora outros 12, perfazendo um total de 24 apresentações de novidades Namorar Portugal agendadas para a programação 2015.

Os produtos terão uma sede definitiva, o espaço Namorar Portugal, situado no Centro de Dinamização Artesanal, uma loja física que vai ser inaugurada no próximo sábado, 31 de janeiro, às 17:00, ficando em funcionamento todos os dias da semana durante este Mês do Romance.

Para o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, “este é o culminar de parte de um projeto financiado peloPROVERE MINHO IN, do Programa Regional do Norte (ON2), que permitiu criar o espaço onde vamos poder expor as dezenas de produtos já lançados com a marca Namorar Portugal”. O autarca mostrou-se rejubilado por ver que Vila Verde “lançou uma marca capaz de dinamizar a economia do território não só ao longo do Mês do Romance, como no resto do ano”.

A vereadora da cultura do Município de Vila Verde sintetizou os destaques entre os novos produtos: “a entrada no mundo vitivinícola, com duas propostas, um Verde Branco e um Rosé; dois parceiros nas peles e cortiças; mais dois em caixas de madeira; uma segunda entrada na vertente das joias; a juntar às bonecas, mais um objeto decorativo, as ‘invertidas’, máscaras do tipo veneziana; e ainda uma entrada com as capas académicas e com os uniformes de trabalho para restauração… Serão novidades muito interessantes e que vão ampliar a grande ‘família’ Namorar Portugal”.

Para além das duas dúzias de novos produtos e linhas de produto, a programação reserva dezenas de propostas lúdicas para desfrutar, em especial aos fins-de-semana: desfiles de moda, concursos de poesia, workshops, caminhadas, desportos de natureza, saraus culturais, concertos, feiras, passeios, degustações e atividades lúdicas surpreendentes. O ponto alto é, novamente a Gala Namorar Portugal e o desfecho do XII Concurso Internacional de criadores de Moda, a 14 de fevereiro, e o desfile do Concurso de Acessórios de Moda, a 28 de fevereiro.

Ao todo 70 iniciativas proporcionadas por quase meia centena de parceiros, distribuídas por quatro semanas temáticas: a da Tradição, a do Amor, a da Saudade e, por fim, a da Aventura, convidam a passar uma temporada longa em Vila Verde. A pensar nessa intensão decorre em simultâneo a iniciativa Sabores do Romance, uma campanha que reúne 32 parceiros empresariais – 20 unidades de alojamento, 10 restaurantes, 2 bares e 4 pastelarias, incluídas na Rota das Pastelarias do Pink Cake, o Bolo dos Namorados.

Vila Verde, Onde o Amor Acontece

IMG_4718

BIBLIOTECA DE FAFE VAI TER CONSULTÓRIO DIGITAL DO CIDADÃO

Espaço pretende apoiar na pesquisa de páginas eletrónicas da Administração Pública

A Biblioteca Municipal de Fafe vai ter, a partir do próximo mês de fevereiro, um “Consultório Digital do Cidadão”.

Cada vez mais, o uso da internet é fundamental, nomeadamente em consultas de páginas da Administração Publica, e há ainda muitas pessoas com dificuldades em trabalhar com as novas tecnologias.

Dessa forma, consciente do seu papel na divulgação, facilitação de acesso e promoção de competências ao nível das tecnologias de informação e comunicação, a Biblioteca Municipal de Fafe vai colocar ao dispor dos utilizadores o “Consultório Digital do Cidadão”, um espaço onde as pessoas terão oportunidade de pesquisar e consultar páginas da Administração Pública, como do Ministério das Finanças, Saúde, Segurança Social, entre outras, de forma a resolver questões burocráticas, ou somente consultar processos, através da internet, não tendo de se deslocar aos serviços.

Para o vereador Pompeu Martins, esta é mais uma medida para apoiar os munícipes na resolução deste tipo questões.

“A nossa função é facilitar a vida das pessoas e ajudar na resolução de problemas. Muitas vezes, há questões que, através dos sites da Administração Pública, se conseguem resolver, mas o entrave de não se saber consultar e trabalhar com as novas tecnologias é muitas vezes uma barreira. No sentido de ajudar os nossos munícipes a consultar os sites, a partir do próximo mês, vamos disponibilizar este ‘consultório digital do cidadão”, explicou, lembrando que este irá funcionar nas instalações da biblioteca, onde será prestado todo o apoio a quem o solicitar.

O Consultório Digital do Cidadão vai começar a funcionar a partir de fevereiro, às quartas-feiras, entre as 10H00 e as 11H00, mediante inscrição prévia.

Os interessados deverão preencher uma ficha existente na receção da Biblioteca, ou através do telefone 253 700 410.

BIBLIOTECA DE FAFE COMEMORA DIA DA INTERNET SEGURA

Data será assinalada com iniciativas em escolas e na biblioteca

A Biblioteca Municipal de Fafe, em parceria com a Casa do Conhecimento, vão promover várias sessões de sensibilização sobre “Segurança na Internet”. A iniciativa surge no âmbito do Dia da Internet Segura, que se comemora a 10 de fevereiro, e pretende, por um lado, mostrar a importância que a internet tem nos dias de hoje, e, por outro, alertar para os problemas que a mesma pode causar.

Dessa forma, em cima da mesa vão estar temas como as vantagens e desvantagens da internet, a dependência, o cyberbulling, cyberstalking e sxting, bem como segurança na rede, medição parental e medidas a tomar em situações de risco.

A iniciativa vai realizar-se ao longo de seis dias, em várias escolas do concelho, sendo o dia da internet segura, assinalado na Biblioteca.

Sessões de sensibilização a realizar:

- 2 de fevereiro (15:10): Agrupamento de Escolas de Fafe (Arões);

- 9 de fevereiro (14:30): Agrupamento de Escolas Professor Carlos Teixeira (Silvares);

- 10 de fevereiro (14:30): Agrupamento de Escolas de Montelongo (Revelhe);

- 10 de fevereiro (18:00): Biblioteca Municipal de Fafe;

- 11 de fevereiro (14:30): Agrupamento de Escolas de Montelongo (Montelongo);

- 12 de fevereiro (15:10): Agrupamento de Escolas de Fafe (Secundária).

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE REQUALIFICA ESPAÇO EXTERIOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA

A Câmara Municipal de Esposende está a proceder à requalificação do parque de estacionamento exterior da Escola Secundária Henrique Medina, de Esposende, num investimento previsto superior a 25 000 euros. Esta intervenção vai no sentido de tornar mais fluente o trânsito nas horas de maior concentração de veículos, o que resultará em benefício quer para os alunos quer para quem os transporta.

DSC09685

Assim, a entrada e a saída de viaturas dos pais e encarregados de educação para o parque automóvel deixarão de se fazer pela Av. Dr. Henrique Barros Lima, passando a ser efetuadas a partir da Rua Pinhal da Foz, sendo que esta artéria passará a ter dois sentidos de trânsito, em parte do seu troço. A atual saída do parque de estacionamento para a Av. Dr. Henrique Barros Lima vai passar a funcionar como via de acesso de viaturas unicamente para os docentes e demais agentes educativos.

Os trabalhos incluem também a diminuição da altura do muro existente a norte para a altura equivalente à do muro contíguo à Av. Dr. Henrique Barros Lima, bem como a criação de uma passadeira sobrelevada na Rua Pinhal da Foz e de três lugares de estacionamentos para pessoas com mobilidade condicionada, junto à entrada do estabelecimento de ensino.

Refira-se que a requalificação do parque de estacionamento foi um dos assuntos abordados na visita que o Presidente do Município efetuou à Escola Secundária, no início do presente ano letivo. Na oportunidade, Benjamim Pereira anunciou que a Câmara Municipal iria requalificar aquele espaço, no sentido de garantir maior fluidez do trânsito.

DSC09681

PÓVOA DE LANHOSO ASSINALA DIA MUNDIAL DA LIBERDADE

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, através do SIGO – Serviço para a Promoção da Igualdade de Género assinalou o Dia Mundial da Liberdade, promovendo o workshop “Educação para a Cidadania – o que é isto de ser igual ou diferente?”.

Dia Mundial da Liberdade 1

Sensibilizar para o facto de a liberdade ser um direito comum a todo o ser humano que lhe confere realizar escolhas livremente, determinar o seu futuro e as suas opções de vida foi o objetivo da Autarquia.

Destinada à comunidade em geral e aos/às jovens alunos/as da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, esta ação contou com a presença de mais de 80 participantes que, de forma interessada, intervieram numa atividade que teve como convidada a OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento portuguesa voltada para o Mundo.

No decorrer deste evento, os/as participantes tiveram a oportunidade de participar ativamente e de realizarem cartazes alusivos ao tema, concretamente às desigualdades ainda sentidas na nossa Sociedade.

Em Portugal o Dia da Liberdade comemora-se a 25 de abril, mas a data internacional para celebrar a liberdade é o 23 de janeiro. A liberdade é um direito de todos os seres humanos para realizarem as suas próprias escolhas, para traçarem o seu futuro e determinarem as suas opções de vida.

Na próxima semana, o SIGO volta às escolas, mais concretamente à Escola EB2/3 Professor Gonçalo Sampaio, de 2 a 14 de fevereiro, para abordar a temática da violência nas relações de intimidade, dando especial enfoque à violência no namoro, assinalando assim o Dia dos Namorados, comemorado a 14 de fevereiro.

ESCOLAS DE ESPOSENDE REALIZAM PROVA DE ATLETISMO

Prova de Atletismo dos Jogos Desportivos Escolares decorre na Av. Marginal de Esposende no dia 30 de janeiro a partir das 9h30

Integrado nos VI Jogos Desportivos Escolares, na próxima sexta-feira, 30 de janeiro, pelas 9h30, na Av. Eng.º Arantes e Oliveira (Av. Marginal), em Esposende, disputa-se a Prova de Atletismo, com a participação de 350 alunos, da Escola Secundária Henrique Medina e das Escolas Básicas de Apúlia, de Forjães e António Correia de Oliveira.

Atletismo

Inserido no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE), os Jogos Desportivos Escolares são um programa direcionado para os estabelecimentos de ensino do concelho, designadamente para os alunos dos 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, com idades compreendidas entre os 10 e os 15 anos.

Promover uma formação desportiva a longo prazo, através de uma proposta complementar às atividades já desenvolvidas no âmbito do desporto escolar é um dos objetivos deste programa, que visa também fortalecer e fomentar, através de diversas modalidades, a relação entre a prática desportiva que é proporcionada pelas escolas e a que é desenvolvida pelo associativismo desportivo. Pretende-se, igualmente, criar um envolvimento entre as várias escolas do concelho, proporcionando um intercâmbio entre os alunos dos diferentes estabelecimentos de ensino, assim como promover uma iniciativa apelativa para a comunidade educativa.

Abrangendo as modalidades de Atletismo - Prova de Estrada, Badminton, Andebol, Basquetebol, Futsal e Voleibol, os Jogos Desportivos Escolares disputam-se inicialmente internamente em cada escola para apuramento das equipas que disputarão posteriormente a fase inter escolas.

Assim, para além da prova de atletismo a realizar no dia 30, decorrerá, no dia 16 de março, na Escola Básica António Correia de Oliveira, em Esposende, a competição de Andebol. No dia 18 de março, na Escola Secundária Henrique Medina, decorrem as eliminatórias e finais de Voleibol, no dia seguinte, na EB de Marinhas, realizam-se as finais de Basquetebol e, no dia 20 de março, na EB Apúlia, terá lugar a competição de Futsal. A edição dos VI Jogos Desportivos Escolares encerra com a modalidade de Bandminton, no dia 10 de abril, na EB António Correia de Oliveira.

LOJA SOCIAL DE ESPOSENDE RECONHECIDA COMO MODELO DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO SOCIAL

O projeto da Loja Social de Esposende foi selecionado como ES+ (Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social) no Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social (MIES) de Portugal.

DSC04119

O MIES é um projeto da responsabilidade do IES - Social Business School e do IPAV - Instituto Padre António Vieira, ao qual estão associados, entre outros, as Fundações Calouste Gulbenkian e EDP e o IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, e que visa dar a conhecer as iniciativas mais inovadoras e com alto potencial de empreendedorismo social em Portugal.

De um lote inicial de aproximadamente 4205 iniciativas candidatas das regiões do Norte, Centro e Alentejo, foram selecionadas 134, entre as quais o projeto da Loja Social de Esposende, que reuniram a unanimidade do Conselho Académico e Científico, um painel de cinco especialistas académicos com experiência internacional em Inovação e Empreendedorismo Social.

Na sequência desta distinção, a Loja Social de Esposende passou a integrar a REDE IES, obtendo o reconhecimento nacional e internacional pelo trabalho realizado, com oportunidades de divulgação e reconhecimento do mesmo, e terá acesso a um networking de pares de grande qualidade e diversidade. Ainda no âmbito desta iniciativa, encontra-se previsto o lançamento do “Livro dos ES+” no qual será descrita cada uma das iniciativas.

Este reconhecimento do MIES é fruto do forte empenho e dedicação de todos os Parceiros da Rede Social de Esposende, caraterizada pela sua dinâmica no que à Inovação e Empreendedorismo Social diz respeito. Exemplo disso é o facto de no concelho de Esposende, além deste projeto da Loja Social de Esposende, ter sido também agraciado com este reconhecimento público de ES+ o Centro Social da Paróquia de Curvos.

ESPOSENDE REALIZA CAMPEONATO DE DANÇA

Esposende Dance Competition realiza-se no dia 7 de fevereiro – Pavilhão Municipal de Fão

O Pavilhão Municipal de Fão vai acolher, no próximo dia 7 de fevereiro, pelas 21h30, um mega evento de dança, organizado pela Município de Esposende, em parceria com a Praxistudio Esposende - Urban Dance Studio e Escola de Dança.

Trata-se do EDC - Esposende Dance Competition, um campeonato de coreografias nos estilos de crews, urban dance styles, fusão e experimental. Estarão em competição vários grupos de reconhecido valor artístico, cujas coreografias serão avaliadas por júris de renome nacional e internacional, nomeadamente Nicolau Santos, Filipe Rico, Vítor Fontes e Lúcia Afonso. Para além de um apelativo prize Money, está em causa a procura de mais reconhecimento e prestígio do seu trabalho.

Este evento terá entrada livre e conta com o apoio da empresa municipal Esposende 2000 e da Junta da União de Freguesias de Apúlia e Fão e insere-se numa política de valorização da arte da dança e de promoção do território, para além de ir de encontro ao plano de ação definido para a Juventude.

CELORICO DE BASTO SENSIBILIZA PARA SEGURANÇA NA UTILIZAÇÃO DE TRATORES

Em Celorico de Basto “prevenção de acidentes com tratores” foi tema de ação de sensibilização

Decorreu, no dia 26 de janeiro, na Casa do Agricultor, em Celorico de Basto, uma ação de sensibilização subordinada ao tema “prevenção de acidentes com tratores”. A ação foi orientada por agentes da Secção de Programas Especiais da GNR do Departamento de Guimarães e organizada pelo CLDS+, Celorico+Social, um programa promovido pela Câmara Municipal de Celorico de Basto, em colaboração com a Casa do Agricultor.

_DSC5879

Foi objetivo esclarecer os condutores de tratores para os cuidados a ter quando os utilizam sobretudo, tendo em conta o declive da maioria dos terrenos da região.

Helena Martinho, Coordenadora da Ação Social e Saúde da Câmara Municipal, salientou, no término da ação, a necessidade de colocar em prática os conselhos deixados pelos agentes da autoridade na ótica de se salvaguardarem de acidentes. “A utilização destas alfaias agrícolas deve ser feita dentro das regras e com a devida segurança. Respeitar o perigo que pode advir de uma condução descuidada ou de confiança excessiva pode ser fulcral para se resguardarem face a possíveis acidentes. Esta ação será por certo uma de muitas a levar a cabo pelo CLDS+, Celorico+Social em parceria com os agentes da autoridade”, disse.

A ação contou com a sala cheia de interessados, sobretudo agricultores, em saber um pouco mais sobre a prevenção a ter para evitar acidentes de trator. Sendo Celorico de Basto um concelho onde predomina a agricultura de sustentabilidade e terrenos com declives acentuados a ação ganhou maior enfoque. César Queirós, agricultor, mostrou-se particularmente interessado, “às vezes, com a pressa vamos um pouco mais rápido e esquecemo-nos da instabilidade deste veículo sobretudo, por causa da inclinação dos terrenos que cultivamos. Os senhores agentes têm razão, é preciso ter muito cuidado quando conduzimos tratores sobretudo, para não colocarmos a nossa vida e a dos outros em risco”, disse.

“O CLDS+, Celorico+Social está a atuar no sentido de sensibilizar a população para as diferentes temáticas, com esta ação pretendemos elucidar os condutores de tratores para uma condução segura. As imagens apresentadas pelos senhores agentes são bem elucidativas e mostram o risco inerente a uma condução descuidada”, salientou Elisabete Coelho, Técnica do CLDS+, Celorico+Social.

_DSC5877

“ÀS 3 PANCADAS” ESTÁ DE VOLTA A BARCELOS

Sábado, dia 31 de janeiro, na Central de Camionagem

O Festival de música hip-hop ‘Às 3 Pancadas’ está de volta a Barcelos já este sábado, dia 31 de janeiro, na Central de Camionagem da cidade de Barcelos, com entrada gratuita.

A artista portuguesa Capicua é a cabeça de cartaz desta que é a 5.ª edição, e conta também com o DJ Slimcutz, um concurso de MC&Beatbox, desporto urbano, atividades radicais, ‘workshops’, tatuagens e graffiti.O festival, cuja entrada é grátis para todas as atividades, arranca às 14h00 com desportos radicais, designadamente skate, bikes, trial, parkour e street basquete. Uma demonstração e ‘workshop’ de graffiti com aquele que é considerado os melhor grafitter português Youth One e expositores e estúdios de tatuagens no local são outras propostas do evento. O concurso de Beatbox e batalhas de MC está agendado para as 21h00.

Capicua sobe a palco pelas 00h00 e depois da atuação, por volta da 1h00 é feita a entrega de prémios aos vencedores. A noite prolonga-se até às 6h00 com o DJ Slimcutz feat. Ace (da banda de hip-hop do Porto Mind da Gap), e com o DJ Flip.

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ REUNIU NO DIA 26 DE JANEIRO

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 26 DE JANEIRO DE 2015

ORDEM DO DIA:

APOIO AO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO:

A Câmara deliberou aprovar a celebração de um protocolo de parceria com a ADRIL - Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Lima, no âmbito do processo de implementação do instrumento de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC Rural-Vale do Lima 2020).

Câmara deliberou celebrar um protocolo com a ARDAL – Associação Regional de Desenvolvimento Local do Alto Lima, tendo em vista o apoio ao desenvolvimento das atividades correntes, nomeadamente ao nível da promoção dos produtos locais e do mundo rural, assim como, ao nível da dinamização da Porta do Mezio e Gestão do Parque de Campismo da Travanca, no valor de 50.000,00 €, assim como, o apoio a várias ações de qualificação e valorização da biodiversidade, do Parque Nacional Peneda-Gerês e da Porta do Mezio suportadas por uma candidatura do ON.2 denominada "Qualificação e Valorização da Biodiversidade do Parque Nacional da Peneda Gerês em Arcos de Valdevez", no valor de 28.116,17 €.

A Câmara deliberou apoiar a ACIAB - Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, na realização da Feira dos Saldos de Inverno, a decorrer de 14 a 17 de Fevereiro de 2015, período de carnaval, no valor se 1.350,00 €.

APOIO À EDUCAÇÃO E JUVENTUDE:

Câmara deliberou estabelecer uma parceria com a Associação Social Recreativa Juventude de Vilafonche, no âmbito do Projeto PAJ (Programa de Apoio Juvenil), tendo vista a colaboração nas atividades previstas para 2015.

A Câmara deliberou aprovar um protocolo de cooperação com o Agrupamento de Escolas de Valdevez, tendo em vista a colocação de um sistema de gestão de acesso e a cobertura da portaria da Escola EB2,3/S de Arcos de Valdevez, no valor global de 20.042,85 €, IVA incluído.

Foi apresentado à Câmara o GABINETE DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO, que tem como objetivo fortalecer o associativismo no concelho, promovendo o diálogo e o intercâmbio institucional entre a autarquia e os órgãos sociais das associações e coletividades concelhias.

OBRAS MUNICIPAIS:

BLOCO XXXII – CAMINHO DA CANEJA DO VALE ROUÇAS – GAVIEIRA: A Câmara deliberou aprovar a libertação da caução e a homologação do auto de receção provisória respeitante à obra em epígrafe, adjudicada à empresa Artur da Silva Ribeiro, Ld.ª.

AMPLIAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA AO VALE – ZONA ALTA DA FREGUESIA (ARROTEIA, PARADA, CASAL E SOUTO) – (RESERVATORIO DE GONTARIZ): A Câmara deliberou aprovar a libertação da caução e a homologação do auto de receção provisória respeitante à obra em epígrafe, adjudicada à empresa Habimonção Construções, Ldª.

AMPLIAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – REFORÇO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA À FREGUESIA DA MIRANDA – MOSTEIRO RAPOSEIRAS E CARVALHAL (R1): A Câmara deliberou aprovar a libertação da caução e a homologação do auto de receção provisória respeitante à obra em epígrafe, adjudicada à empresa Habimonção Construções, Ldª.

AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – FREGUESIA DE GONDORIZ – OUTEIRINHO E PEDREIRA: A Câmara deliberou aprovar auto de receção provisoria da obra em epígrafe, adjudicada à firma Lano Minho – Unipessoal, Ldª.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA AO SECTOR NASCENTE DO CONCELHO – REDE DE DISTRIBUIÇÃO EM DIVERSAS FREGUESIAS GRADE E CABANA MAIOR: A Câmara deliberou aprovar o auto de receção definitiva da obra em epígrafe, adjudicada à firma J. S. Gomes, Ldª.

BLOCO XLVI – CAMINHO DO REAL (LIGAÇÃO ENTRE SOUTO E SANTAR): A Câmara deliberou aprovar a conta final respeitante á obra em epígrafe, adjudicada à firma Martins & Filhos, SA, no valor de 84 513,43 €.

NOIVOS PREFEREM PONTE DE LIMA

Verde Noivos em Ponte de Lima realiza-se nos dias 31 de janeiro e1 de fevereiro

Ponte de Lima continua a ser uma das localidades mais procuradas para a realização de festas de casamento. Esta procura exponencial justifica a aposta do Município no apoio a mais uma edição da Verde Noivos, certame que proporciona a divulgação e apresentação das empresas do sector desta região.

verde_noivos2015-01[1]

A VIII Verde Noivos tem como objetivo dinamizar as potencialidades do tecido empresarial da região, nomeadamente as empresas e serviços relacionados com o matrimónio, lançando Ponte de Lima como destino de excelência para uma festa de casamento.

Mais uma vez o certame apresenta desfiles de Noivas e variadíssimas propostas relacionadas com a indústria do casamento, desde a joalharia, animação, catering, decoração, estética, brindes, roupas, quintas, hotéis, fotografia, viagens, pirotecnia, viaturas, entre muitas outras surpresas.

A Verde Noivos realiza-se na Expolima e abre portas no sábado dia 31 de janeiro, às 14h30 prolongando-se até domingo, às 20 horas.

MUNICÍPIO DE CAMINHA PROMOVE PERCURSO PEDESTRE “PELOS CAMINHOS DA MONTANHA”, NO CORAÇÃO DA SERRA D’ARGA

Comece a celebrar o Dia dos Namorados com uma caminhada pela Serra d’Arga

A Câmara Municipal de Caminha vai promover o percurso pedestre “Pelos Caminhos da Montanha”, no Dia dos Namorados, 14 de fevereiro, no coração da Serra d’Arga. O percurso é gratuito, mas a inscrição é obrigatória.

“Pelos Caminhos da Montanha” tem início às 9 horas, no Centro de Interpretação da Serra d’Arga, em Arga de Baixo. Com uma extensão aproximada de 10 km, o percurso tem uma duração de 5 horas e um grau de dificuldade moderado.

Este percurso atravessa vários caminhos antigos, onde a ruralidade da Serra d’Arga está bem vincada. Os participantes vão percorrer os Caminhos do Pontão, Chá verde e do Guindeiro, Campado das Rosas, da Gandâra, Meijão, entre outros.

Importa ainda referir que o percurso é gratuito, mas a inscrição é obrigatória. Os interessados devem realizar a respetiva inscrição através do email: cisa@cm-caminha.pt, ou dos telefones 258 721 708 / 914 476 461.

DESFILE DE CARNAVAL EM CAMINHA DECORRE NO DIA 16 DE FEVEREIRO

Esta edição apresenta novas categorias a concurso e mais de 3 mil euros em prémios

Desfile de Carnaval noturno vai voltar a marcar o Carnaval em Caminha. O Carnaval em Caminha já tem tradição e, no dia 16 de fevereiro, às 22 horas, esperam-se centenas de foliões no concurso desfile de Carnaval 2015 “A famosa cegada é o carnaval em Caminha”.

Estão em jogo mais de 3 mil euros em prémios para as várias categorias. Esta edição conta com algumas alterações que beneficiarão não só o cortejo, mas também os concorrentes, a economia local e Caminha. “O Carnaval em Caminha tem tudo para se afirmar no contexto da região norte como o grande Carnaval, através deste desfile que é à noite. Tem tudo para se afirmar na mobilização do comércio e na noite de Caminha”, declarou Miguel Alves na última reunião de câmara.

Foram aprovadas na passada terça-feira, em reunião de câmara as alterações às normas de participação no concurso desfile de Carnaval 2015. Segundo explicou o presidente da Câmara, as alterações em causa foram propostas pelos comerciantes durante uma reunião que decorreu a semana passada e devem-se à forte adesão e à procura que o evento está a causar nomeadamente no que respeita a “comparsas” vindas do outro lado da fronteira. Miguel Alves explicou: “estas alterações vêm qualificar ainda mais o Carnaval de Caminha, que tem ganho distinção no contexto regional e que pode agora ganhar mais influência na Galiza”.

Assim as principais alterações prendem-se com a introdução de mais uma categoria a concurso, o “comparsa”, ou seja, grupos com mais de 15 elementos e com a avaliação do desfile. Esta alteração nas categorias a concurso, segundo explicou o presidente, “visa proteger aqueles que têm menos meios para se organizarem”.

Assim, ao concurso de Carnaval podem concorrer três categorias: individual (um indivíduo disfarçado, ou até ao máximo de dois elementos); grupo (composto por um mínimo de três elementos e até ao máximo de catorze elementos) e “comparsa” (composto por um mínimo de quinze elementos disfarçados com a mesma temática).

Em jogo estarão mais de 3 mil euros em prémios.

A avaliação é outra das novidades. Este ano, a avaliação será feita em três momentos: fim da Rua Visconde Sousa Rego, Arcadas do Edifício Paços do Concelho e Rua de São João.

GUIMARÃES VAI TER DEZOITO ESPAÇOS DO CIDADÃO

Intervenção de Domingos Bragança reforça número de Espaços do Cidadão protocolados, com o objetivo de estender este serviço, a médio prazo, a todas as freguesias do concelho. 

Domingos_Braganca_Poaiares_Maduro_Antonio_Cunha

O Presidente do Município de Guimarães garantiu, junto da Secretaria de Estado da Modernização Administrativa, a instalação de mais seis Espaços do Cidadão no concelho, além dos doze já protocolados para o território vimaranense.

A expansão apresentada por Domingos Bragança permite elevar para 18 o número de estruturas de prestação de serviços de atendimento digital assistido a cidadãos e empresas, numa oferta de atendimento complementar aos serviços hoje existentes, sem ter por objetivo substituí-los. A Câmara Municipal já decidiu que os Espaços do Cidadão vão ficar instalados nas vilas e em freguesias que tenham disponibilidade imediata para a sua instalação.

A criação de uma rede de Espaços do Cidadão na região, nos termos do Decreto-Lei nº 74/2014, de 13 de maio, enquadra-se na Estratégia de Reorganização dos Serviços de Atendimento da Administração Pública, através do Programa Aproximar, a fim de efetuar a racionalização do território, aproveitando as potencialidades da tecnologia.

Recorde-se que, no passado dia 05 de agosto de 2014, numa cerimónia pública realizada nos Paços do Concelho de Vila Nova de Famalicão, a Câmara Municipal de Guimarães, com a presença do seu Presidente, Domingos Bragança, assinou o primeiro protocolo para a instalação de doze Espaços do Cidadão no concelho de Guimarães.

O ato oficial foi presidido pelo Ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, contando também com a presença do Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, Joaquim Pedro Cardoso da Costa, e das seis Câmaras que aderiram ao projeto na Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave: Fafe, Guimarães, Póvoa do Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela.

No dia anterior, a 04 de agosto do ano passado, o Ministro Miguel Poiares Maduro esteve em Guimarães onde presidiu, em Couros, no Centro Avançado de Formação Pós-graduada, à cerimónia de assinatura de um protocolo para a instalação de duas estruturas dedicadas à governação eletrónica em Guimarães: a Unidade Operacional da Universidade das Nações Unidas e uma Unidade Operacional da Agência para a Modernização Administrativa (AMA).

GUIMARÃES REDUZ ÍNDICES DE SINISTRALIDADE E CRIMINALIDADE

Conselho Municipal de Segurança registou menos ocorrências em Guimarães no ano de 2014

Índices de criminalidade e sinistralidade diminuíram no ano passado. Conclusões foram apresentadas aos membros do Conselho Municipal de Segurança, reunidos esta terça-feira.

Guimaraes_Conselho_Municipal_Seguranca

As instituições que fazem parte do Conselho Municipal de Segurança registaram, em 2014, uma diminuição dos índices de criminalidade e de sinistralidade na área do concelho de Guimarães. Os dados estatísticos relativos a 2014 foram apresentados no decurso de uma reunião realizada esta terça-feira, no Salão Nobre da Câmara Municipal, presidida por Domingos Bragança, que juntou responsáveis da Proteção Civil, Comandantes da PSP, GNR e Polícia Municipal, corporações de Bombeiros, Presidentes de Junta de Freguesia eleitos em Assembleia Municipal, responsáveis de organizações de âmbito social, entre outros membros com representação neste órgão consultivo.

Durante a reunião, foram analisados os níveis de criminalidade e sinistralidade na área do Município, bem como os índices de segurança e ordenamento social, os resultados da atividade municipal de Proteção Civil e o acompanhamento e apoio das ações dirigidas à prevenção da toxicodependência, incidência social do tráfico de droga. «Guimarães é um território seguro, por diversas razões. Uma delas está relacionada com o facto de as nossas entidades terem planos de ação no terreno que funcionam de força colaborativa que nos permitem atuar rapidamente e com eficiência», afirmou Domingos Bragança.

A criminalidade geral na área de intervenção da PSP diminuiu 8% em 2014, verificando-se também uma diminuição da criminalidade violenta e grave em 11%. Na área de intervenção da GNR, registou-se também uma diminuição generalizada de infrações, mais precisamente de crimes contra o Estado, contra a vida em sociedade e dos crimes contra pessoas. Apenas se registou um ligeiro aumento nos crimes contra o património, designadamente, roubos. 

«Os fenómenos negativos não colocam em causa os índices de segurança, se compararmos com o que sucede noutras centralidades geográficas», disse o Presidente do Município de Guimarães, preocupado com os recorrentes crimes ambientais. «Da linha de água do rio Ave, faz-se a distribuição de água para todo o concelho. Peço a colaboração de todos para mantermos o nosso rio bem tratado, porque o caminho é despoluir o rio Ave», reafirmou Domingos Bragança.

Ao nível da segurança rodoviária, verificou-se uma diminuição do número de acidentes em 8,22%, que se deve essencialmente ao melhoramento das vias municipais. A velocidade excessiva e a distância de segurança entre veículos continuam a ser a principal causa dos acidentes verificados.

A toxicodependência e questões relacionadas com comportamentos de risco, designadamente nos jovens, mas não só, associadas muitas vezes a comportamentos pouco cívicos, pelos quais alguns cidadãos desrespeitam o espaço público, como «cuspir para o chão e deixar na rua os dejetos de cães, comportamentos que devem ter uma forte reprovação social», foram outros assuntos abordados na reunião e cujos temas mereceram da parte das instituições um cuidado especial no sentido de combater, socialmente, esta problemática.

INATEL EXPÕE EM VIANA DO CASTELO “A MAGIA DO RECICLADO”

A Fundação INATEL acolhe, de 9 a 27 de Fevereiro de 2015, nos espaços da Delegação de Viana do Castelo, a exposição “A Magia do Reciclado” onde estarão patentes obras do artista vianense Carlos Neves.

Esta exposição, inserida nas Comemorações do 80º aniversário da Fundação INATEL, conta com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e é constituída por obras originais do artista vianense e que se baseiam numa lógica de criação artística através da reciclagem e reaproveitamento de materiais.

No mês de Março de 2015, após a exposição, o artista Carlos Neves ministrará uma ação de formação, na Delegação INATEL de Viana do Castelo, sobre “Reutilização de Materiais”.

CELORICO DE BASTO REALIZA PROVA DE CORTA MATO

Celorico de Basto apresentou oficialmente o Corta Mato Nacional Zona Norte de Clubes – Pela Terra das Camélias

Prevê-se a participação de mais de 500 atletas filiados na maior prova de Corta Mato de âmbito regional que irá decorrer em Celorico de Basto, no dia 28 de fevereiro, uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Celorico de Basto, Associação de Atletismo de Braga e pelo Clube Atlético de Codessoso – Escola de Atletismo Professor Fernando Peixoto.

_DSC5550

A sessão de apresentação da iniciativa decorreu na Loja Interativa de Turismo, no dia 24 de janeiro.

“As condições físicas para a organização do evento estão asseguradas com uma Pista de Corta Mato feita propositadamente para esse fim numa das zonas mais bonitas e atrativas do concelho, a Ribeira de Boques. Neste momento estamos a apostar em diferentes setores de atividade e a desenvolver mecanismos que atraiam pessoas ao concelho. O desporto está cada vez mais incrementado com múltiplas modalidades a terem enfoque e a promover espaços, gentes e culturas de forma cada vez mais consistente”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Segundo vereador do Desporto da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, prevê-se um evento memorável com centenas de participantes e milhares de pessoas a assistir. “Somos audazes, temos a pretensão de avançar para outros níveis, este é o primeiro evento de muitos que temos por objetivo trazer para Celorico de Basto. Ambicionamos trazer o campeonato Nacional de Corta Mato que contempla a participação de mais de 6000 atletas e futuramente quem sabe, uma prova internacional”.

Esta prova é da responsabilidade da Federação Portuguesa de Atletismo e contempla a participação de todos os clubes federados da Zona Norte, uma prova que apura os campeões do Norte.

O Corta Mato Nacional Zona Norte de Clubes – Pela Terra das Camélias contara ainda com uma prova livre com participação mediante inscrição na Loja de Turismo. Esta prova contará ainda com o apoio das entidades privadas que se queiram associar à mesma.

No dia da prova será inaugurado o Centro Municipal de Marcha e Corrida de Celorico de Basto com sede na Estação. Este espaço terá por objetivo “ dinamizar a prática de marcha e corrida de forma planificada, proporcionando atividade física coletiva e organizada. Pretende-se assim reduzir o sedentarismo e a obesidade. A ação segue o lema “Atividade física, lazer e saúde” e é direcionada a todas as faixas etárias.

PONTE DE LIMA INAUGURA ETAR DA GEMIEIRA

Inauguração da Etar da Gemieira – Ponte de Lima. 30 de janeiro, às 16 horas

O Secretário de Estado do Ambiente, Dr. Paulo Lemos vai presidir à inauguração da ETAR da Gemieira em Ponte de Lima, a realizar na próxima sexta-feira, dia 30 de janeiro, às 16 horas.

convite inauguraçao etar gemieira_final_frente

O projeto da ETAR da Gemieira foi objeto de uma candidatura aprovada no âmbito do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional; POVT – Programa Operacional Temático da Valorização do Território – Sistemas Ambientais e de Prevenção, Gestão e Monitorização de Riscos, a uma taxa de 85%, cofinanciado pela União Europeia/Fundo de Coesão.

A ETAR da Gemieira está localizada na Rua do Ribeiro, na freguesia da Gemieira, à qual afluem as águas residuais da rede da freguesia de S. Martinho da Gandra e de alguns lugares das freguesias da Gemieira e de Santa Cruz do Lima como as águas residuais produzidas no polo Industrial e Empresarial da Gemieira.

A instalação baseia-se numa ETAR de lamas ativadas de baixa carga e com a capacidade total para cerca de 3500 habitantes equivalentes.

Neste contexto, convidamos o v/ órgão de comunicação a assistir a esta cerimónia, dia 30 de janeiro, às 16 horas, na freguesia da Gemieira.

Coordenadas GPS: 41º47´17, 75” N | 8º 30´45,66”W

CASA DA JUVENTUDE DE ESPOSENDE APRESENTA PROPOSTAS PARA O MÊS DE FEVEREIRO

Os poetas portugueses do Séc. XX são o tema de uma exposição e de um sarau cultural, que acontecerão na Casa da Juventude, no próximo mês de fevereiro, numa iniciativa dos alunos do Curso Técnico de Apoio à Infância da Escola Profissional de Esposende.

DSC04913

Assim, entre os dias 2 e 16, este equipamento municipal terá patente a exposição “Poetas Portugueses do séc. XX”, que poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h30, e, ao sábado, das 9h00 às 13h00. Subordinado à mesma temática realizar-se-á, no dia 6, às 21h30, um sarau cultural, com recitação de poesia de escritores como Fernando Pessoa, Miguel Torga, António Gedeão, Sophia de Mello Breyner, Florbela Espanca, Alexandre O’Neill, Eugénio de Andrade, Manuel Alegre, entre outros.

Integrado no Ciclo de Conversas “Jovens de Valor”, no dia 27 de fevereiro, pelas 21h30, terá lugar mais uma sessão, desta vez com jovens que se afirmaram na literatura. Este conceito assenta na partilha de experiências de jovens Esposendenses que se destacaram em várias áreas, com o intuito de valorizar o seu trabalho e incentivar as novas gerações à adoção de atitudes enriquecedoras da pessoa humana.

Uma oficina dedicada ao Dia dos Namorados, denominada “Um postal feito com amor”, é a proposta dirigida a crianças e jovens com idades entre os 6 e 12 anos, a ter lugar no dia 13, às 15h00. Trata-se de uma atividade de expressão plástica, onde os participantes terão a oportunidade de personalizar um postal em consonância com o tema deste dia: o amor e a paixão. A participação é gratuita e limitada a 16 participantes.

Enquanto membro da Rede de Espaços Internet (REI), a Casa da Juventude associa-se, uma vez mais, às comemorações do Dia Europeu da Internet Segura, que se assinala no dia 10 de fevereiro. No sentido de promover a sensibilização e a consciencialização para uma utilização mais segura da Internet, no Espaço Internet da Casa da Juventude, no dia 11, serão desenvolvidas diversas atividades direcionadas para crianças e jovens, nomeadamente jogos e vídeos de sensibilização/informação.

O Torneio FIFA 2015, a decorrer na Casa da Juventude, com o intuito de dinamizar os tempos livres dos jovens do concelho, tem sessões agendadas para os dias 12, 19 e 26, a partir das 14h30. A participação é gratuita e limitada a 20 participantes, devendo as inscrições serem efetuadas até ao dia 11.

Em fevereiro, manter-se-ão o Study Day e o Games Day. Num ambiente mais descontraído e informal, às quartas-feiras os jovens poderão dedicar-se ao estudo, e, às sextas-feiras, usufruir das novas tecnologias e entretimento, através de jogos de PlayStation, ténis de mesa, jogos de mesa, bem como jogos em rede. A participação e inscrição nas atividades são gratuitas.

Para mais informações, os interessados deverão contactar a Casa da Juventude, através do telefone 253 960 162 ou do e-mail casa.juventude@cm-esposende.pt.

CJ

MUNICÍPIO DE PÓVOA DE LANHOSO ESCLARECE PROCESSO DE FINANCIAMENTO DO CENTRO EDUCATIVO DE MONSUL

COMUNICADO

Na sequência das notícias vindas a público relativas ao Processo de financiamento do Centro Educativo de Monsul, a Câmara Municipal, no sentido de esclarecer e de contribuir para o interesse público que deve imperar sempre nestes processos, informa o seguinte:

- Ao longo dos mandatos deste executivo municipal, foram muitas as candidaturas que a autarquia apresentou aos vários eixos e avisos de abertura dos vários programas operacionais geridos pela CCDRN. Em todos os processos, a autarquia seguiu a mesma metodologia de trabalho, adaptando-se aos requisitos dos exigentes termos de abertura dos concursos. Trabalho este que é essencialmente técnico e por isso centrado na Divisão Jurídica e Administrativa;

- Na sequência de uma informação solicitada às autarquias pelo Tribunal de Contas e prontamente respondida, foi verificado que um dos vistos que referíamos possuir nessa mesma informação não cruzava para a informação do Tribunal de Contas. De imediato e com total colaboração da autarquia, foi detetado que o visto junto à candidatura do Centro Educativo de Monsul não era verdadeiro;

- Por ordem do Sr. Presidente da Câmara foi aberto um inquérito interno e apurado que o mesmo havia indevidamente sido falsificado pela Chefe da Divisão Jurídica e Administrativa à data. Esta mesma técnica já não desempenhava funções aquando da deteção desta irregularidade pois havia sido demitida na sequência de um processo disciplinar por falsificação de documentos e apropriação indevida de dinheiros públicos, degenerando num processo judicial onde a envolvida foi condenada a 1 ano e 11 meses de pena de prisão, suspensa na sua execução por igual período, pela prática dos crimes de peculato e falsificação de documento, ambos na forma continuada;

- Fica evidente para o executivo a inexistência de qualquer responsabilidade nesta desconformidade formal pois a mesma resultou apenas e só de um ato criminoso de uma técnica da autarquia que conforme se percebe atravessava uma fase muito conturbada do ponto de vista pessoal;

- Importa salientar que este ato formal não tinha qualquer dificuldade em ser cumprido e que a autarquia por várias vezes o requereu com sucesso para outras candidaturas, anteriores e posteriores a este episódio. Registe-se ainda que todo o processo de candidatura e respetiva empreitada foi fiscalizada e acompanhada pelas entidades competentes, nunca tendo sido objeto de qualquer referência negativa. O contrato adjudicado foi na íntegra executado, tendo faltado um ato formal para o qual não vemos qualquer justificação objetiva que impedisse os serviços de o ter solicitado, a não ser a desorientação pessoal e profissional da técnica responsável pela sua instrução;

- Fica também evidente que não resultaria qualquer benefício da falsificação de um visto que podia ser solicitado com toda a naturalidade e à semelhança de outros processos anteriores.

Desde a primeira hora, o executivo geriu este processo com total responsabilidade e descrição na total salvaguarda dos interesses do concelho, reiterando o Presidente da Câmara que “deseja que a justiça seja célere e séria porque estou de consciência tranquila em todo este processo”.

O Executivo Municipal

INICIATIVA PROPÕE-SE A ESCLARECER EMPRESAS DA REGIÃO DO MINHO SOBRE CONTRIBUTO DO OE 2015 PARA O CRESCIMENTO ECONÓMICO E CRIAÇÃO DE EMPREGO

Iniciativa propõe-se a esclarecer empresas do Minho sobre contributo do OE 2015 para o crescimento económico e criação de emprego

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, vai marcar presença num seminário a realizar na quinta-feira, dia 29 (15h00), na Universidade Católica de Braga, para debater as principais reformas fiscais propostas no Orçamento de Estado 2015.

A iniciativa, uma organização conjunta da Universidade Católica de Braga e da consultora GTI, tem como destinatários os empresários da região do Minho e vai abordar, entre outras temáticas, a redução da taxa do IRC e as alterações no IRS.

"Pretendemos proporcionar ao tecido empresarial do Minho um momento de reflexão sobre o impacto que as medidas propostas no Orçamento de Estado 2015 poderão produzir na atividade das empresas da região, sobretudo no que respeita às oportunidades de crescimento económico e criação de emprego", refere António Oliveira, CEO da GTI - Gestão, Tecnologia e Inovação.

O painel de oradores contará ainda com o contributo de Anacoreta Correia, docente da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa, de Caldeira Cabral, docente da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, e de João Duque, presidente do Centro Regional de Braga da Universidade Católica.

FAFE LÊ “POESIA EM BRAILLE NA CASA DA CULTURA

Iniciativa assinalou mês do nascimento de Louis Braille

Poemas de Fernando Pessoa, José Régio, Osvaldo Alcântara ou Zeca Afonso foram recitados na Casa da Cultura de Fafe, no âmbito da tertúlia “Poesia em Braille” e da exposição patente no Museu da Imprensa “Janeiro, mês de Loius Braille”.

DSC_9537A

Com a exposição e a tertúlia pretendeu-se destacar e homenagear Louis Braille, como autor do sistema que lhe dá o nome, o potencial sociocultural da escrita e leitura para cegos e assinalar a Imprensa Braille em Portugal, com referência para a primeira impressão em Braille, em 1898, de um número especial do Jornal dos Cegos, comemorativo do 4º centenário do descobrimento do caminho marítimo para a Índia.

Assim, durante mais de uma hora, foram lidos vários poemas escritos em braille, por deficientes visuais que apresentaram a poesia como um “dos instrumentos mais fascinantes para a divulgação do Braille”.

DSC_9525A

Isto mesmo explicou Filipe Azevedo, membro da direção da delegação de Braga da ACAPO. O responsável, com deficiência visual, explicou a importância deste tipo de iniciativas.

“A divulgação do braille, através da arte, é muito importante.

A leitura em braille é a única forma que os cegos têm para declamar poesia, para ter contacto com a leitura e com a escrita. Por isso, este tipo de iniciativas é muito importante”.

DSC_9560A

Na tertúlia esteve também presente Renato Pavão, formador de braille, que revelou haver cada vez mais pessoas interessadas em aprender a ler e a escrever.

“Neste momento há cada vez mais pessoas a quererem aprender. É sempre bom que gostem e que queiram aprender braille, pois este é o único método de leitura para cegos”, disse o formador.

Na iniciativa, a primeira de um conjunto de atividades previstas no âmbito do protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Fafe e a ACAPO (Associação de Cegos e Ambliopes de Portugal), foram lidos poemas de vários autores portugueses e estrangeiros.

DSC_9566A

Recorde-se que, ao longo de todo ano, todos os meses haverá atividades no âmbito deste protocolo, que foi renovado este mês até ao final do mandato.

No âmbito deste protocolo, das atividades programadas para este ano, destaque para vários passeios e visitas a realizar em Março e Julho, para ações de sensibilização no concelho e reuniões de trabalho.

PRESIDENTE DO MUNICIPIO ARCUENSE VISITA OBRAS EM CURSO

A proximidade é um vetor de ação política privilegiada pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez nomeadamente, no desenvolvimento de políticas nas áreas da Educação e Saúde, do Desporto e Turismo, entre outras que visem a promoção do desenvolvimento sustentado no Concelho.

Foto_1

O Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, acompanhado de alguns técnicos municipais visitou um conjunto de obras em execução no Concelho.

A visita teve início no Centro Escolar de Sabadim, onde João Manuel Esteves, acompanhado do presidente do agrupamento de escolas e da direção do centro escolar visitaram as obras de manutenção no edifício escolar e no pavilhão gimnodesportivo da escola básica. Para João Manuel Esteves é essencial criar as condições necessárias ao desenvolvimento da aprendizagem e segurança nas escolas do concelho.

Foto_2

A política desportiva da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez vai ao encontro da promoção da prática da atividade desportiva e lazer, atuando ao nível das infraestruturas desportivas, em parceria com as estruturas associativas. Neste âmbito, seguiu-se a visita à obra de “Requalificação do Campo de Rugby”. De referenciar o avanço dos trabalhos, encontrando-se a intervenção nas bancadas já na fase final e a execução dos balneários a decorrer a bom ritmo. Com a conclusão destas obras, o CRAV terá as melhores instalações para a prática do Rugby a nível Nacional. Aproveitou ainda para visitar as obras recentemente executadas nas instalações das piscinas municipais, assim como, proceder ao levantamento de obras para reabilitar aquele edifício. O equipamento desportivo que visitaram a seguir foi a obra de “Requalificação do Campo de Futebol de Guilhadeses”, que já se encontra em fase final de execução, aguardando a colocação do relvado sintético para o términus da obra.

As vantagens naturais de um concelho integrado no Parque Nacional da Peneda-Gerês, Reserva Mundial da Biosfera, fazem de Arcos de Valdevez um destino turístico, que oferece uma riqueza ambiental, paisagística e a biodiversidade de um território de excelência no contexto nacional e internacional. Neste sentido, o Presidente deslocou-se à Porta do Mezio para visitar as obras do “Centro de Promoção e Valorização de Produtos Locais”. Este investimento levado a cabo pelo Município em parceria com a ARDAL, visa promover e valorizar os produtos locais da região através da criação de um espaço para exposição e venda, bem como de um local para degustação destas iguarias de produção local.

Foto_3

O Presidente também aproveitou a ocasião para juntamente com o promotor da Casa do Mezio Aromatic & Natural Spa Hotel visitar as instalações deste empreendimento turístico, que se prevê que abra ao público já no próximo mês de fevereiro e deverá criar perto de 20 postos de trabalho, diretos e indiretos, disponibilizando 21 quartos duplos e quatro suítes. Este investimento promovido pelo setor privado não só irá promover o desenvolvimento económico do concelho, como potenciará a utilização da Porta do Mezio. Já no final do dia, o Presidente visitou o andamento das obras da envolvente ao Centro de Saúde.

Como se pode constatar, a Câmara Municipal está atenta às necessidades da população do Concelho, estando a implementar respostas, com o apoio dos vários parceiros. O Município de Arcos de Valdevez pretende tornar o território mais coeso e contribuir para a promoção e dinamização da oferta comercial, turística e cultural de Arcos de Valdevez.

Foto_4

NÚMERO DE DESEMPREGADOS NO CONCELHO DE CAMINHA BAIXA 20,1% NO ESPAÇO DE UM ANO

Valores estão muito acima da média nacional e os sinais são de consolidação da tendência

O número de desempregados no concelho de Caminha baixou em 20,1% no espaço de apenas um ano. Os números oficiais divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) mostram uma evolução muito positiva e muito acima do que é a tendência a nível nacional.

De acordo com os números apresentados no início desta semana pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, foram registadas 804 pessoas inscritas como desempregados no concelho de Caminha em dezembro de 2014, o que corresponde a uma descida de 20,1% relativamente ao final do ano de 2013.

Em dezembro de 2013, o concelho de Caminha registava 1007 desempregados tendo atingido um pico, em fevereiro de 2014, com 1057 desempregados. Os números do final do ano de 2014 apontam, no entanto, para a consolidação de uma tendência de descida do número de desempregados inscritos, que se vem verificando desde que aquele pico de desemprego foi atingido.

A descida do número de desempregados em Caminha é muito superior à média nacional. O Governo anunciou um decréscimo de 13% durante o ano, o concelho de Caminha regista uma descida de 20,1%. Já na análise comparativa entre os meses de dezembro e novembro de 2014, mostra que, ao mesmo tempo que no país aumentou o número de desempregados, em Caminha o número baixou em 2,7%.

Para o Presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, esta é uma “boa notícia que não nos deixa, no entanto, descansados. Falar de 804 desempregados é falar de 804 pessoas que não trabalham, que não conseguem contribuir para o sustento das suas famílias nem para reforço da economia. Falar de 804 desempregados no concelho é falar de 804 desafios por superar”.

No entanto, o autarca não deixa de explicar que “a descida de impostos generalizada que temos vindo a implementar no concelho, a abertura de novas empresas ligadas à alimentação, à restauração ou a unidades hoteleiras, os investimentos que se vão multiplicando em pequenas obras pelas freguesias ou em grandes empreendimentos como a nova biblioteca de Caminha, a ecovia do rio Minho ou o Mosteiro de São João d’Arga, são um contributo importante para esta baixa do desemprego, tão superior à média nacional”.

“Estamos no bom caminho mas ainda só no princípio”, diz Miguel Alves: “Temos ainda muito trabalho pela frente, temos muito que fazer para sermos mais amigos das empresas e mais próximos das famílias. Mas agora, com estes números, temos ainda mais força”.

Desde outubro de 2011 que o concelho de Caminha não apresentava um número tão baixo de desempregados. A anunciada abertura de novas unidades hoteleiras em maio deste ano, o contínuo aparecimento de pequenas unidades de fabrico para se instalarem no concelho e a dinâmica do turismo prevista para 2015 apontam para a sustentabilidade da diminuição do desemprego.

ESPOSENDE PROMOVE TRAIL

Já abriram as inscrições

A Câmara Municipal de Esposende, em colaboração com a empresa municipal Esposende 2000, vai realizar o I Trail de Esposende, no próximo dia 1 de março.

A iniciativa insere-se no Plano Estratégico do Desenvolvimento Desportivo do concelho de Esposende, no que respeita à oferta para a população adulta no âmbito do desporto de lazer em contato com a natureza, alicerçada no grande crescimento que a modalidade tem tido nos últimos anos, resultado da aposta nas Corridas d’Aventura, que agora dão lugar à realização deste I Trail de Esposende.

A prova será constituída por dois percursos, um de 17 Km e o outro de 27 Km, sendo que ambos se iniciam às 9h30 na Capela da Senhora da Guia, em Belinho, terminando junto às Piscinas Foz do Cávado, em Esposende. A concentração dos participantes está marcada para as 8h00, junto às Piscinas Foz do Cávado, sendo posteriormente transportados em autocarro para o local da partida.

O I Trail de Esposende permitirá aos participantes usufruir de incríveis paisagens ao longo dos trilhos de montanha, estradões, matas e pinhais das freguesias de Belinho, Antas, Forjães, Vila Chã, Palmeira de Faro, Marinhas e Esposende. Para além de outros locais de beleza natural e patrimonial, o Trail passará pelos miradouros da Senhora da Guia, Picotinho, Senhora da Paz e S. Lourenço, desenvolvendo-se ainda pelas margens do Rio Neiva, por trilhos que se confundem com o próprio rio.

Mais informações sobre a prova estão disponíveis em www.cm-esposende.pt/ecoemotions, onde poderão ser efetuadas as inscrições até ao dia 24 de fevereiro, com limite de 500 participantes.

MUNICÍPIO DE FAFE É PIONEIRA NA AJUDA ÀS FAMÍLIAS SOBREENDIVIDADAS

Gabinete de Apoio à Família a partir de 2 de fevereiro

Preocupada com os problemas de sobreendividamento dos cidadãos, a Câmara Municipal de Fafe vai ter, a partir de 2 de fevereiro, um Gabinete de Apoio à Família, no âmbito de um protocolo com a DECO.

DSC_9582A

Com este novo espaço, Fafe torna-se uma das primeiras autarquias com este serviço, mostrando a sua preocupação com questões que afetam cada vez mais os portugueses.

No sentido de alertar para questões relacionadas com endividamento familiar, a Biblioteca Municipal foi, ontem, palco de uma ação de sensibilização.

Na sessão, o vereador Pompeu Martins destacou a importância da parceria feita com a DECO, reforçando que todos os que precisem devem procurar este serviço.

“A Câmara Municipal estabeleceu este protocolo com a DECO, no sentido de proporcionar apoio às famílias que, por um qualquer motivo, se endividaram e precisam de soluções para resolver o seu problema. Sabemos que é uma questão que afeta muitas pessoas e, enquanto autarcas, não nos podemos alhear dela”, disse, explicando ainda que se trata “de um serviço sigiloso e gratuito ao qual todos podem recorrer”.

Neste Gabinete de Apoio à Família, os munícipes terão oportunidade de, junto de juristas da DECO, tentar encontrar soluções para cumprir os seus compromissos.

O jurista Bruno Barreira, da DECO, explicou que a Câmara Municipal de Fafe é das primeiras a apostar num gabinete desta natureza, mostrando, dessa forma, a preocupação com os cidadãos.

DSC_9580A

“A Câmara de Fafe é uma privilegiada porque, neste momento, tem um protocolo com a DECO, no sentido de proporcionar aos munícipes ajuda em questões de endividamento. Há poucas autarquias com este serviço. Este protocolo mostra a preocupação deste município com os cidadãos”.

O responsável explicou que o Gabinete servirá para apoiar as pessoas a encontrar soluções e ajudar a tomar decisões.

“O nosso gabinete vai ser de apoio à família, vamos ajudar as pessoas a todos os níveis. Não queremos ser só um SOS, queremos ser um polo dinamizador de informação para ajudar a tomar decisões”, frisou, lembrando que “o mais importante, numa altura de crise como a que estamos a atravessar. é poupar”.

A partir de 2 de fevereiro, na primeira segunda-feira de cada mês, dois juristas da DECO estarão no Gabinete de Apoio à Família, que irá funcionar na Casa da Cultura, para prestar todo o apoio a quem a ele recorrer.

DSC_9572A

GENTES DE CELORICO DE BASTO CANTAM AS JANEIRAS

Grupos do Celorico a Mexer levam as janeiras às instituições do concelho

O programa Celorico a Mexer do departamento de Ação Social da Câmara Municipal de Celorico de Basto está a promover, durante o mês de janeiro, os cantares das janeiras, junto das instituições do concelho.

_DSC5139

No dia 22 de janeiro, o presidente da Autarquia, Joaquim Mota e Silva, e o chefe de gabinete da presidência, Paulo Mota, receberam, nos Paços do Concelho, o grupo de Britelo que interpretou a música das janeiras “o Violão Afinado”.

“É muito salutar ver estas pessoas tão integradas num projeto feito propositadamente para as valorizar e manter ativas. Vê-los a percorrer o concelho para cantar as janeiras é sinal de que se sentem capazes e que ainda têm muito que oferecer à comunidade onde estão inseridos. Nós estamos aqui para os valorizar com projetos que promovem a integração e o sentido de pertença”, salientou o edil celoricense.

Os cantares das Janeiras pelas freguesias fazem parte do plano de atividades dos 24 grupos do Celorico a Mexer previamente ensaiados nos locais de animação pelos animadores e os professores de música em ambiente de descontração e alegria.

“Mais do que ensinar eu estou a aprender, estas pessoas têm uma experiência de vida única e valorizam muito a sentido de pertença a um projeto, são muito dedicadas e desempenham as atividades com todo o empenho e brio. Participar neste projeto é muito gratificante” referiu Filipe Barros, docente de Educação Musical no programa.

_DSC5120

PÓVOA DE LANHOSO QUER IDENTIFICAR OPORTUNIDADES DE EMPREGO

Workshop "JANELAS DE OPORTUNIDADES: Mobilização de jovens para a identificação e exploração de oportunidades de emprego

"O projeto Social Angels promove, no próximo dia 29 de janeiro, pelas 9h30, na Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, um workshop no âmbito da identificação e exploração de oportunidades de emprego no território, constituindo o primeiro momento de trabalho em torno de um novo olhar do território baseado na valorização dos seus recursos endógenos e numa criatividade constante na procura de soluções sustentáveis.

Foto de arquivo 2014 - Social Angels

Os jovens do concelho são o público-alvo desta iniciativa, sejam estudantes ou tenham já concluído o seu percurso escolar, estando todos convidados a participar nesta ação que será, para todos os envolvidos, o início de um grande desafio, abrindo janelas de oportunidades.

O Social Angels – Comunidade Empreendedora tem como principal objetivo captar o espírito empreendedor e inovador do território através da criação de uma comunidade empreendedora com a participação de múltiplos agentes na construção de projetos facilitadores da empregabilidade jovem.

De relembrar que este é um projeto cofinanciado pelo Programa Cidadania Ativa - EEA Grants - Fundação Calouste Gulbenkian, que será desenvolvido, no decorrer deste ano até março de 2016, pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, enquanto entidade parceira, e pela Sol do Ave – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Ave, enquanto entidade promotora.

CRAV VENCE ACADÉMICA DE COIMBRA

No dia 24 de janeiro, o Estádio Municipal de Arcos de Valdevez foi palco de um estrondoso embate entre CRAV e Académica de Coimbra, que teve um desfecho favorável para os jogadores da casa que venceram por 30-23. O CRAV conquistou a sua terceira vitória esta época, ascendendo assim ao 8º lugar da tabela classificativa à frente do Belenenses e Montemor.

crav vs academica(2)

Relativamente ao jogo, foi a Académica de Coimbra que abriu o marcador logo nos minutos iniciais, após a transformação de uma penalidade. A estes três pontos, os estudantes de Coimbra viriam a acrescentar mais cinco pontos após a marcação de um ensaio. Esta ligeira vantagem dos visitantes não arrefeceu o jogo e não desviou os jogadores da casa do seu foco. Pelo contrário, foi a partir daqui que o CRAV começou a pôr as suas garras de fora. Os atletas do CRAV igualaram o marcador também beneficiando de uma penalidade e um ensaio não convertido. Desta forma, o domínio de jogo foi-se mantendo equilibrado, até o CRAV se desmarcar e elevar a sua exibição a um outro nível. Os jogadores arcuenses marcaram um ensaio convertido antes do intervalo, fixando o marcador em 18-11.

crav vs academica(1)

Na segunda parte, o CRAV manteve-se imparável durante mais alguns minutos e voltou a marcar mais dois ensaios, conseguindo dilatar a sua vantagem para 30-11. Depois de levar a bancada ao rubro, a equipa arcuense começou a mostrar algum desgaste físico, o que permitiu aos visitantes marcar mais alguns pontos e reduzir a desvantagem para 30-23.

Pelo CRAV marcaram Joel Gomes (5), Juan Joya (5+5), Francisco Rapazote (5+2+3+3) e Luís Salvado (2).

No próximo sábado, dia 31 de janeiro, o CRAV desloca-se à capital para enfrentar o Belenenses.

crav vs academica(3)

crav vs academica(4)

JOGADORES MAIS JOVENS DO CRAV MARCAM PRESENÇA NO CONVÍVIO INTER-REGIONAL DE BRAGA

No dia 25 de janeiro, o campo da Caseta, em Braga, acolheu mais um convívio inter-regional sub-8/10/12. O CRAV marcou presença neste convívio com uma equipa de sub-8 e uma equipa de sub-12.

sub-12 e sub-8

Os atletas de palmo e meio do CRAV, no escalão sub-8, fizeram um brilharete dentro das quatro linhas, vencendo os quatro jogos disputados. Os sub-12 enfrentaram maiores desafios, tendo vencido apenas um jogo num total de três jogos disputados.

Resultados à parte, o que mais interessou foi o convívio entre atletas, treinadores e familiares. De salientar ainda a paciência mostrada pelos técnicos, Martinho Cunha, Susy Fernandes e Luís Carlos Brito.

Pelos sub-8 alinharam os seguintes atletas: Laura Simões, Diogo Brito, Leonardo Rodrigues, David Taborda, Rodrigo Brito, Francisca Brito, Iago Moreira e Hélder Machado.

Na equipa de sub-12, deram a sua comparticipação, os seguintes atletas: Eduardo Pinto, Diogo Rodrigues, Duarte Simões, João Pedro Fernandes, Vasco Sobrinho, Tiago Abreu e ainda os atletas do Viana Rugby, Duarte Pereira e Rafael Parente.

equipa sub-12

equipa sub-8

GENTES DE CELORICO DE BASTO CANTAM AS JANEIRAS

Uma tarde de tradições em Celorico de Basto com o XV Concurso de Cantares “Vamos Cantar as Janeiras”

Decorreu ontem, 25 de janeiras, o XV Concurso de Cantares “Vamos Cantar as Janeiras” uma iniciativa que se mantém nos moldes dos anos transatos e como habitualmente arrastou a população local ao pavilhão gimnodesportivo da EB2,3/S de Celorico de Basto.

_DSC5838

“A tradição das janeiras mantém-se inalterada em Celorico de Basto graças ao empenho das pessoas, das instituições e entidades que valorizam e procuram aprimorar cada vez mais a sua participação nestas iniciativas. Valorizar as tradições, usos e costumes é enaltecer o património imaterial que nos identifica. E assim mantemos a tradição de todos os anos, de nos alegrarmos e estarmos juntos no sentido de valorizar quem durante o mês de janeiro corre o concelho e mantém viva a tradição das Janeiras,” referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, presente na atividade.

A primeira iniciativa cultural de destaque da autarquia de Celorico de Basto no ano de 2015 contou com a participação de 13 grupos que, com belas melodias e trajados à época, dificultaram a tarefa do júri na atribuição dos prémios.

Pelo palco passaram, de acordo com a ordem de atuação, o Clube de Artes da Escola Básica da Gandarela com a música “Vamos Cantar as Janeiras”, os Amigos de Arnoia com “Recordar os Tempos e Viver as Janeiras”, os Amigos do Improviso com a letra “o Violão Afinado”, o Grupo de Cavaquinhos da Escola Profissional de Fermil com a letra “Cantai ó Pastores”, A ACR de Ourilhe que cantaram “Mandai-nos abrir a porta”, os Catavento ACR de Gémeos com a letra “Anda lá, venha daí os reis”, o Grupo de Cavaquinhos de Arnoia que interpretaram a música “Vamos Cantar as Janeiras”, o grupo Diabo S. Bartolomeu do Rego com a letra “É de porta em Porta”, Os amigos de Caçarilhe que cantaram a música “ Ó gente da minha terra”, a Freguesia de Carvalho e Basto Sta. Tecla com a letra “Cantamos a Virgem Maria”, os Amigos da Tradição que cantaram a música “Abri Portas e Janelas”, o Centro Cultural Folclórico de Gandarela de Basto com a música “Os três Reis Magos” e por fim o Grupo Cultural Recreativo Núcleo Infantil de Gandarela com a música “Salvé Jesus”. Durante o intervalo, o XV Concurso de Cantares “Vamos Cantar as Janeiras” contou com uma animação teatral a cargo do Grupo de Teatro Celoricense que encenou “os Reis dos 5 Continentes”.

Terminada a contagem dos pontos, os prémios foram entregues pelo presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, pelo presidente da Assembleia Municipal, António Marinho Gomes e pelo vereador da Cultura, Fernando Peixoto. Destaque para a Associação Cultural e Recreativa de Ourilhe que venceu o concurso com a música “Mandai-nos abrir a porta”.

Todos os grupos procuraram arrecadar o primeiro lugar mas fica sempre salientado que o mais importante neste concurso é participar na ótica de manter a tradição inalterável.

_DSC5619

CERVEIRA RECEBE CAMPEONATO DE SLALOM

Águas Bravas Clube vence VI Taça Ibérica de Slalom

O rio Coura, em Vila Nova de Cerveira recebeu, este domingo, mais uma prova desportiva de caráter internacional, a Taça Ibérica de Slalom. Águas Bravas Clube subiu ao primeiro lugar do pódio desta 6ª edição.

Slalom 02

Nas margens do rio Coura, centenas de pessoas assistiram à destreza dos participantes ao longo de aproximadamente 300m, confirmando o grande prestígio que, ano após ano, este evento desportivo vai adquirindo. O desporto de competição associado a uma beleza natural ímpar torna a Taça Ibérica de Slalom de Cerveira uma das mais importantes provas do calendário anual de canoagem.

No final do dia, e depois de duas mangas eliminatórias e uma de final, a nível coletivo, o pódio foi composto pelo Águas Bravas Clube, com um total de 304 pontos, seguido na segunda posição pelos Teixugos de Espanha, com 206 pontos, e pelo TEA, em terceiro, com 200 pontos.

Numa organização conjunta da Federação Portuguesa de Canoagem, Federação galega de Piraguismo, do Club Deportivo Miño – Teixugos e da Associação Kaiak Darque Clube, com colaboração da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Junta de Freguesia de Covas e IPDJ, a edição 2015 da Taça Ibérica de Slalom contou com a presença de cerca de 120 atletas em representação de 15 clubes nacionais e espanhóis.

Todos os resultados da competição encontram-se disponíveis em www.fpcanoagem.pt.

Slalom 01

Pág. 1/5