Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA VERDE JÁ TEM LOJA DA MARCA “NAMORAR PORTUGAL”

Abertura do espaço Namorar Portugal. Viragem na marca Namorar Portugal

O espaço definitivo Namorar Portugal, a primeira loja da marca, foi inaugurada ao final da tarde de hoje (31 jan), no Centro de Dinamização Artesanal, pelo executivo do Município de Vila Verde, uma ação que representa “uma viragem na dinâmica da marca”, segundo diz o presidente da autarquia, António Vilela.

IMG_0289

“Hoje é um dia de grande satisfação por significar um virar de página da ação Namorar Portugal e dos produtos da marca”, referiu António Vilela, perante uma audiência de dezenas de convidados que, direta ou indiretamente, têm alguma ligação emocional aos Lenços de Namorados e à marca Namorar Portugal. Envolvida numa atmosfera de festa, o espaço luminoso realçava os coloridos produtos estampados com motivos inspirados nos Lenços de Namorados.

“Esta é uma homenagem que fazemos aos nossos antepassados, que colocaram a sua forma de pensar e de sentir neste pano de linho e algodão”, afirmou o autarca, visivelmente satisfeito pelo culminar desta realização, sem deixar de ressalvar que “esta era uma obra com data de finalização marcada ainda antes de começar”, felicitando o responsável pela sua conclusão.

IMG_0286

Porque a tarde era de surpresas a primeira foi revelada através da apresentação de um filme promocional de Vila Verde, feito para passar nas redes sociais. “Ninguém sabia deste filme, nem mesma os meus colegas do executivo, só alguns funcionários do Município, quem pedi para fazer um filme e o resto deixei com eles”, afirmou o presidente, perante a surpresa geral. O filme, com cerca de 4 minutos, conta a história de uma amor improvável, entre o ‘Manel’ pastor e a ‘Maria’, menina da zona urbana. Recorrendo a produtos Namorar Portugal e rodado em espaços míticos de Vila Verde, o filme é um convite a vir namorar em Vila Verde e recolheu as gargalhadas e os aplausos dos convidados.

Outra das surpresas da tarde foi a apresentação da exposição inédita Amor Cruzado, um projeto da Casa dos Carvalhais, que uniu a arte de seis famosos ilustradores com outras seis bordadeiras do concelho, gerando trabalhos fascinantes. Os ilustradores e as bordadeiras, juntaram-se ao lado de cada uma das suas obras, num cruzamento de distintas linguagens artísticas, materializando mais uma forma de fusão de tradução e modernidade.

Depois do espaço Namorar Portugal, esta exposição vai seguir para Lisboa, para o espaço Vida Portuguesa, de Catarina Portas e depois volta ao norte, para ficar mais um mês na galeria Dona Aflita, no Porto para, em junho, passar o verão na Casa dos Carvalhais, uma quinta dedicada ao Turismo em espaço Rural, gerida por um casal de empresários associados às artes.

IMG_0285

A tarde de ontem contou com a abertura da Verde Tuna, composta por funcionários da Câmara Municipal de Vila verde, tendo finalizado com um Verde de Honra, providenciado pelos vinhos Namorar Portugal, brevemente apresentados – Rosé Bonina e Verde Branco Socalcos do Bouro.

O espaço Namorar Portugal vai funcionar, durante o Mês do Romance, de segunda a domingo, abrindo as portas às 9:30. Lá poderão ser visitados e adquiridos os produtos namorar Portugal já lançados e os que vão sendo lançados, para além da visita à exposição Amor Cruzado, que se vai manter até 12 de fevereiro. Durante a semana, o funcionamento é assegurado pela cooperativa Aliança Artesanal, encerrando às 18:00. Aos fins-de-semana, serão os promotores da marca Namorar Portugal que estarão no espaço, fechando às 20:00 aos sábados, e às 19:00 aos domingos.

Terminada a programação, a loja Namorar Portugal vai manter-se em funcionamento. Brevemente será também inaugurado o Centro de Dinamização Artesanal, que ficará na parte mais antiga do edifício, anteriormente sede da Aliança Artesanal.

IMG_0284

VAI PONTE DE LIMA REFERENDAR A CONSTRUÇÃO DE NOVOS PAÇOS DO CONCELHO?

O executivo municipal de Ponte de Lima quer construir um novo edifício para os Paços do Concelho que custará seis milhões e meio de euros. Os partidos da oposição – PSD, PS e CDU – manifestam-se contra e reclamam a realização de um referendo popular. O CDS encontra-se dividido em relação a esta matéria.

vila 2003 ctr 2

O projeto de construção do novo edifício foi viabilizado com a aprovação em reunião da Assembleia Municipal do Plano de Atividades e Orçamento apresentado pela Câmara Municipal de Ponte de Lima para 2015, tendo contado com o apoio da esmagadora maioria dos presidentes das juntas de freguesia que votaram favoravelmente o documento.

O PSD iniciou a recolha de assinaturas com vista à realização de um referendo local a fim de que a população possa pronunciar-se sobre este projeto. Entretanto, PSD, PS e CDU apresentaram para agendamento para a ordem de trabalhos da próxima Assembleia Municipal um ponto onde se pretende discutir e votar a realização de um referendo local à deslocalização dos Paços do Concelho de Ponte de Lima. Contudo, a avaliar pelas anteriores votações, é pouco provável que a proposta de convocação de referendo venha a ser bem-sucedida.

ESCRITOR FAFENSE DANIEL BASTOS APRESENTA NOVO LIVRO EM PARIS

No próximo dia 7 de Fevereiro (sábado), o escritor português Daniel Bastos apresenta às 16h00, no espaço cultural Lusofolie's em Paris, o seu novo livro “Terra”.

O livro com chancela da Editora Converso, uma edição bilingue (Português e Francês) com tradução do docente Paulo Teixeira, marca a estreia do autor no campo da poesia, e conta com ilustrações originais do artista plástico português Orlando Pompeu, cuja obra consta de variadas coleções particulares e oficiais em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Inglaterra, Brasil, Estados Unidos, Japão e Dubai, e prefácio do fotógrafo, poeta e pintor francês Gérald Bloncourt.

O livro integra um conjunto de poemas onde o escritor natural do concelho de Fafe, que se tem destacado nos últimos anos no campo da História, expressa simultaneamente um sentimento telúrico marcado pelo apego à terra, um conhecimento da história da humanidade, uma crença nos valores da vida em comunidade e um afeto pelo trabalho dos emigrantes na construção de pontes entre povos e culturas.

Segundo Gérald Bloncourt, Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras de França que fará a apresentação da obra no Lusofolie's, um espaço dedicado à cultura lusófona na Cidade Luz, situado no chamado “viaduto das artes”, a alvorada dos passos poéticos de Daniel Bastos perscrutam as ressonâncias das profundezas da humanidade, e os desenhos de Orlando Pompeu, concebidos a partir dos poemas, criam uma simbiose entre a linguagem artística da pintura e da poesia.

Refira-se que este é o quarto ano consecutivo, em que Daniel Bastos apresenta junto da comunidade portuguesa em França, uma obra de sua autoria, revelador do papel importante que as comunidades lusófonas espalhadas pelos quatro cantos do mundo têm desempenhado no percurso literário do escritor e historiador minhoto.

Capa do Livro - Terra

DESCENDIA ESTALINE DE JUDEUS PORTUGUESES?

Existe uma tese segundo a qual o ditador soviético Iosif Vissaniorovich Djugachvili (Estaline) teria ascendência judaica portuguesa ou seja, judeu sefardita.

Em 1496, D. Manuel I assinou o decreto de expulsão do reino de todos os hereges, categoria na qual se incluíam mouros e judeus. Contrariado na sua vontade, o rei limitava-se a cumprir o contrato de casamento com Isabel de Aragão e Castela. Procurou, no entanto, a conversão forçada dos judeus ao catolicismo, concedendo-lhes a possibilidade de permanecerem no reino sob essa condição. Contudo, a desconfiança dos cristãos-velhos em relação á sua sinceridade deu origem a perseguições violentas.

Em consequência de tais perseguições, alguns judeus de origem portuguesa ter-se-ão fixado no Estado Português da Índia.

Com o estabelecimento da Inquisição naquele território, essas famílias terão deixado aquele território e rumado para outras paragens mais a norte, acabando por se fixarem na Geórgia, terra natal de Iosif Vissaniorovich Djugachvili.

Como é sabido, em cirílico o j corresponde ao i das línguas latinas. Por conseguinte, o apelido Djugachvili significará “filho de Diu” segundo uns e, “filho de judeu” segundo outros. Quanto à sua origem judaica, parece não restarem grandes dúvidas, até porque o seu nome próprio – Iosif – é claramente de origem judaica, não sendo utilizados pela população ortodoxa. Recorde-se que Estaline era também conhecido por Kochba ou Koba em evocação do chefe judeu que comandou a terceira revolta judaica contra o Império Romano ao tempo do imperador Adriano.

Finalmente, refira-se como curiosidade que José Estaline terá na sua juventude composto um poema intitulado “Ivéria”, aludindo muito provavelmente à região da Abecasia, na Geórgia, onde existiu um reino independente com esse nome e que na geografia greco-romana era identificado como Península Ibérica, sendo os seus habitantes conhecidos por “caucasianos ibéricos”. Ou terá pretendido evocar a terra de origem dos seus ancestrais e a sua identidade sefardita?

EMBAIXADOR DOS EUA DEFENDE EM GUIMARÃES CONSUMO DE PRODUTOS PORTUGUESES

Robert Sherman integrou o painel de oradores que abordaram o impacto do “Acordo de Comércio e Investimento União Europeia-EUA”. Conferência no AvePark abordou temas dos setores têxtil, vestuário e calçado.

_15C2214_1_690_2000

O Embaixador dos Estados Unidos da América em Portugal, Robert Sherman, considerou que a celebração do “Acordo de Comércio e Investimento União Europeia-EUA” (TTIP), que permitirá eliminar taxas e barreiras comerciais entre os mercados europeus e americanos, constituirá um forte contributo para a afirmação dos produtos portugueses, que o diplomata elogiou numa conferência sobre esta temática realizada esta sexta-feira, 30 de janeiro, no AvePark - Parque de Ciência e Tecnologia, em Guimarães.

«Os americanos não conhecem o produto português, não sabem que é de excelência! E é precisamente isso que eu pretendo que os americanos conheçam o que de tão bom por cá se faz! Eu próprio não troco os meus sapatos portugueses ou os lençóis Lameirinho em que durmo cá e na América. A minha mulher experimentou o calçado português e ficou encantada com a qualidade, que na América não encontramos. E se se encontrarmos é com uma carga fiscal tal que inflaciona o artigo até a um preço incomportável», exemplificou, assumindo-se como um grande defensor deste Acordo.

«O mesmo se passa com o vestuário e os vinhos produzidos cá!», disse. «Eu sou consumidor do melhor vinho do mundo que é feito aqui no Douro e quis dá-lo a conhecer a alguns amigos e, por isso, comprei-o na América ao triplo do preço que se pratica em Portugal! Por todos estes produtos que enumerei e por outros tantos que se produzem aqui na zona Norte, é que esta é a região que mais beneficiará com a abolição das taxas previstas no TTIP», acrescentou Robert Sherman. «Se queremos ser competitivos temos de abrir mão de impostos e para Portugal sair da crise tem de ser capaz de exportar. Não há outra forma de as empresas crescerem que não seja pela expansão do seu mercado, exportando», afirmou.

Domingos Bragança, Presidente do Município de Guimarães, considerou que o tecido empresarial de Guimarães está habilitado para assumir mais um desafio. «O conjunto de empresas que temos trabalham com grande qualidade ao nível dos materiais, recursos humanos, tecnologia, com transferência de conhecimento da Universidade para as empresas, introduzindo inovação, com design e diferenciação de produtos! Seremos um exemplo para o país, porque é preciso olhar em frente e com esperança, criando valor e riqueza para que o futuro dos nossos filhos seja melhor», destacou o responsável pela Câmara Municipal de Guimarães, acompanhado na sessão pelo edil de Famalicão. «O Vale do Ave apresenta sinergias muito particulares que têm de ser capitalizadas», disse, por sua vez, Paulo Cunha.

_15C2242_1_690_2000

O evento, organizado conjuntamente com a consultora GTI - Gestão, Tecnologia e Inovação, contou também com a presença de Fortunato Frederico, Presidente da APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos), Vital Moreira, Professor da Universidade de Coimbra, ex-eurodeputado (2009-2014) e ex-relator do Parlamento Europeu para o TTIP (Transtlantic Trade and Investment Partnership), e João Costa, Presidente da ATP (Associação Têxtil e Vestuário de Portugal).

O Acordo de Comércio e Investimento entre a União Europeia e os EUA tem como objetivo a eliminação de barreiras comerciais, aduaneiras e não aduaneiras, aplicadas sobre uma vasta gama de setores da economia, facilitando a compra e venda de bens e serviços por empresas dos dois mercados, com vista à extração dos verdadeiros benefícios de um Mercado Global.

Recorde-se que, de acordo com uma estimativa de um relatório encomendado pelo Governo Português, a assinatura do TTIP proporcionaria um crescimento anual de 0,66% do PIB nacional, o que representa 1,1 mil milhões de euros anuais. Recentemente, também a Secretaria de Estado dos Assuntos Europeus sublinhou que o aumento de salários a longo prazo e a criação de mais de 40 mil postos de trabalho estariam entre os principais efeitos macro-económicos esperados em Portugal.

_15C2197_1_690_2000

PARLAMENTO APROVA ATRIBUIÇÃO DA NACIONALIDADE AOS JUDEUS SEFARDITAS DE ORIGEM PORTUGUESA

Parlamento Português acaba de aprovar a atribuição de nacionalidade portuguesa a descendentes dos judeus sefarditas expulsos de Portugal a partir do século XV.

O projeto aprovado prevê a atribuição da nacionalidade portuguesa por naturalização aos descendentes de judeus sefarditas portugueses que demonstrem “tradição de pertença a uma comunidade sefardita de origem portuguesa, com base em requisitos objetivos comprovados de ligação a Portugal, designadamente apelidos, idioma familiar, descendência direta ou colateral”.

Designam-se de judeus sefarditas os judeus descendentes das tradicionais comunidades judaicas da Península Ibérica (Sefarad).

A lei 43/2013 terá ainda um período de regulamentação antes de poder ser aplicada.

Sinagoga Portuguesa de Amesterão

A imagem mostra o local reservado ao culto na Sinagoga Portuguesa de Amesterdão. 

ESPOSENDE INVESTE NA CICLOVIA RIBEIRINHA

Município de Esposende investe 706 mil euros no prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha

Iniciam-se na próxima semana os trabalhos para o prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha de Esposende, que passará a ter uma extensão total de aproximadamente 2 700 metros. A obra representa um investimento de aproximadamente 706 mil euros e deverá estar concluída até ao final do próximo mês de julho.

DSC02665

A intervenção traduz-se na continuidade da ciclovia nos troços compreendidos entre a Avenida dos Banhos e o Farol de Esposende, a Sul, e entre as Piscinas Municipais Foz do Cávado e o Centro de Atividades Náuticas, a Norte. Esta nova fase de requalificação irá, assim, abranger a faixa de passeio público da avenida marginal da cidade que ainda não foi intervencionada, promovendo a renovação destes trajetos e uniformizando a imagem em termos arquitetónicos. Os trabalhos incluem a execução do passadiço de madeira, arranjos de passeios, das caldeiras e de outros elementos.

O prolongamento da Ciclovia da Zona Ribeirinha representa uma maior valorização da Zona Ribeirinha, espaço que, fruto das intervenções efetuadas, nomeadamente no âmbito do programa Polis Litoral Norte, é dos espaços da cidade mais procurados e apreciados, quer para a prática desportiva quer para atividades de lazer.

A realização deste tipo de intervenção acarreta transtornos e condicionalismos diversos, pelo que a Câmara Municipal agradece e apela à compreensão e colaboração de todos durante o período em que decorrerem os trabalhos, garantindo total empenho no sentido de minimizar o impacto desses efeitos.

DSC02858

DSC02877

CRIANÇAS DA ESCOLA “GAIVOTA” VISITAM DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA

A Presidente da Delegação de Esposende, Maria Amélia Penteado Neiva recebeu nas instalações a visita das crianças da Escola ASSINJEPE "Gaivota".

foto

As crianças entregaram as tampinhas angariadas e recolhidas no âmbito da Campanha Tampinhas “Um Gesto Solidário” e que vem sido desenvolvida no nosso Concelho.

Foi apresentado um pequeno filme elaborado pelos voluntários sobre esta Campanha, para mostrar a importância da reciclagem e que além de estarem a ajudar um projeto social estão a ajudar o ambiente.

Obrigada a estes pequenos voluntários e a quem os estimula a colaborar com pequenos gestos nas campanhas dos parceiros Sociais e assim ajudar a um Concelho mais Solidário.

VILA VERDE DINAMIZA “NAMORAR PORTUGAL”

Namorar Portugal seduziu Braga e apresentou Sardinhas Namoradeiras

Começou Fevereiro, Mês do Romance, a programação dinamizada pelo Município de Vila Verde ao longo dos próximos 31 dias. A estreia 2015 passou por Braga, pela Loja Interativa de Turismo, que acolheu uma mostra de produtos Namorar Portugal, uma degustação de sabores do romance, um momento musical e a apresentação dos primeiros produtos: Sardinhas Namoradeiras.

IMG_0217

Apesar da chuva no exterior, a Loja de Turismo de Braga esteve imbuída em clima de romance, não só pelos sons produzidos pela guitarra e a flauta dos alunos da Academia de Música de Vila verde, responsável pelo momento musical, nem pelos sabores irresistíveis do Pink Cake e dos chocolates Namorar Portugal da Chocolate com Pimenta, ou dos novos vinhos Namorar Portugal, o Rosé da Bonina e o Verde Branco Socalcos do Bouro. A sexta edição da programação Fevereiro, Mês do Romance começou fora das fronteiras do concelho de Vila verde, num ‘piscar de olhos’ aos turistas de Braga e Vila Verde levou a Braga o espírito do ‘Onde o Amor Acontece’...

IMG_0263

A disposição para alinhar na estratégia da defesa regional da marca foi demonstrada pelo representante do executivo municipal de Braga, do gabinete de apoio à presidência do Município de Braga, na área do Turismo. “É com enorme gosto que acolhemos esta ação na nossa cidade. Namorar Portugal já não é uma marca apenas de Vila Verde. O que ela traz de diferenciador, através da inovação aplicada a um elemento tradicional como os Lenços de Namorados, tornam-na relevante para o turismo de toda esta região do Cávado e do Minho”.

Namoradeiras registadas

Mais uma linha de Namoradeiras foi apresentada pela Pó de Arroz, depois das belas bonecas que marcaram a temporada 2014 dos produtos lançados pela Namorar Portugal. Desta feita sardinhas pintadas com motivos e quadras dos lenços de Namorados, algumas adaptadas: “meu amor ade acabar quando esta sardinha nadar”.

IMG_0200

Ana Domingues explicou que “há um registo de propriedade industrial para Namoradeiras associado à pintura de motivos de Lenços de Namorados nas bonecas e nas sardinhas”, embora tenham pensado noutros produtos que poderiam apresentar este ano, depois do sucesso das bonecas, “como Santo Antónios”.

O presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, aproveitou esta ‘deixa’ e acrescentou que “provavelmente estão aqui e já a pensar no produto que vão apresentar no próximo ano”. “Isto tem sido um processo sistemático”, explicou o autarca, “não é possível conhecer todos os artesãos que trabalham sobre os motivos dos Lenços de Namorados, fora da marca Namorar Portugal, porque são muitos espalhados por todo o país”. António Vilela revela orgulho sobre a projeção sustentada dada a este ícone da cultura minhota, dando exemplos: “este verão houve um grande aumento de procura de visitas ao espaço da Aliança Artesanal; há ainda colecionadores das peças da Vista Alegre que procuram ter todos os Lenços com os motivos exibidos nas peças de porcelana”.

IMG_0215

Para o Município de Vila Verde não há dúvida que este tem sido um percurso construído com estratégia sustentada, com vista a proporcionar a projeção económica e turística da região, alicerçada nesta programação que viu na sessão de hoje, realizada em Braga, “uma espécie de abertura da programação”, como referiu o autarca vilaverdense.

Amanhã, 31 de janeiro, às 17h00, vai acontecer um dos pontos altos desta edição do Mês do Romance: a abertura do espaço físico Namorar Portugal, a primeira loja da marca e que vai perdurar para lá da programação.

Vila Verde, Onde o Amor Acontece

IMG_0230

IMG_0209

IMG_0180

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA APROVA PLANO PARA 2015

O Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Vila Nova de Cerveira aprovou, esta quinta-feira, o Plano de Ação para 2015. O documento visa dar continuidade aos projetos previstos no Plano de Desenvolvimento Social 2013-2016, nomeadamente aos Grupos Vulneráveis ao Risco, Emprego e Formação e Capacitação da Comunidade e das Instituições.

O atual Plano reflete o processo que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito da consolidação da Rede Social de Vila Nova de Cerveira. Procurando apoiar todos os grupos etários, a metodologia de trabalho delineada pelo CLAS vai intervir em áreas temáticas específicas, como é o caso dos Grupos Vulneráveis ao Risco, Emprego e Formação e Capacitação da Comunidade e das Instituições.

O documento foi elaborado tendo por base os contributos e informações provenientes de todos os parceiros do CLAS e pretende ser, à semelhança do anterior, uma linha orientadora da estratégia de intervenção social no Concelho, de forma a responder aos principais problemas identificados.

Os eixos prioritários de intervenção social e as atividades programadas vão ser desenvolvidas, quer através da autarquia como responsável direta quer através das iniciativas dos parceiros como promotores que contam com o apoio da Rede Social.

Apostando a Rede Social na melhoria da qualidade de vida dos Cerveirenses, este Plano de Ação está, uma vez mais, centrado nas pessoas.

DELEGAÇÃO DE ESPOSENDE DA CRUZ VERMELHA PORTUGUESA RECEBE DOAÇÕES

A Presidente da Delegação de Esposende da Cruz Vermelha Portuguesa, Maria Amélia Jorge Penteado Neiva e alguns elementos diretivos, receberam nas suas instalações os representantes da Empresa Osit Group; Paula Milhão - Administradora do Grupo OSIT com o pelouro da Responsabilidade Social, João Franqueira - Diretor de Recursos Humanos e Helder Miranda - Responsável Dep. Comunicação, que foram doar bens e brinquedos angariados na Campanha “Um brinquedo, um sorriso” levada a cabo no Jantar de Convívio de Natal pelos seus  colaboradores.

foto

 

A OSIT Group é a holding de um grupo de empresas de retalho e serviços cujo portefólio de negócios se divide em: e-commerce, nutrição desportiva, sistemas de informação e transportes. As suas principais insígnias comerciais são a Prozis, Prowder Labs, D2U, Veryfex e Macwin.

Os bens doados por esta iniciativa serão encaminhados para Loja Social e destinados as famílias carenciadas do nosso Concelho.

MARGINAL DE ESPOSENDE RECEBE PROVA DE ATLETISMO DOS JOGOS DESPORTIVOS ESCOLARES

Cerca de 350 alunos disputaram esta manhã, na Av. Eng.º Arantes e Oliveira (Av. Marginal), em Esposende, a Prova de Atletismo dos VI Jogos Desportivos Escolares, organizada pelo Município de Esposende, em colaboração com os Agrupamentos da Escolas do concelho.

JDE2

Apesar das condições meteorológicas adversas, a competição realizou-se, tal como estava previsto, com a participação dos alunos dos 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, com idades compreendidas entre os 10 e os 15 anos, previamente apurados em provas realizadas nas respetivas escolas, nomeadamente Escola Secundária Henrique Medina e Escolas Básicas de Apúlia, de Marinhas, de Forjães e António Correia de Oliveira.

Assim, em Infantis A Femininos, o 1.º lugar foi alcançado por Filipa Soares, da EB de Apúlia, seguida de Daniela Eiras e de Beatriz Silva, ambas da EB António Correia de Oliveira. No escalão Infantis A Masculinos, sagrou-se vencedor David Pereira, da EB de Apúlia, Adolfo Ferreira ficou em 2.º lugar e Bernardo Soares em 3.º, ambos alunos da EB António Correia de Oliveira.

No que se refere aos Infantis B Femininos, venceu Liliana Eiras, da EB de Apúlia, seguindo-se Beatriz Couto e Dora Lemos, da EB de Marinhas. Em Infantis B Masculinos, os três lugares do pódio pertenceram a alunos da EB de Marinhas, nomeadamente Rafael Calheiros, Rodrigo Nogueira e Rafael Lopes.

No escalão de Iniciados Femininos, a vencedora foi Cláudia Faria, da EB de Apúlia, tendo Beatriz Abreu, da EB de Marinhas conquistado o 2.º lugar, seguida de Celina Faria, da Escola Secundária Henrique Medina. Em Iniciados Masculinos, o 1.º lugar coube a Vitor Barbosa, da Escola Secundária Henrique Medina, em 2.º ficou Diogo Abreu, da EB de Forjães e em 3.º classificou-se Rodrigo Passos, igualmente da EB de Forjães.

Relativamente aos Juvenis Femininos, subiram ao pódio Mónica Lima, Mariana Barbosa e Jéssica Coutinho, alunas da Escola Secundária Henrique Medina. Em Juvenis Masculinos, venceu Luis Duarte, da Escola Secundária Henrique Medina, seguido de Artur Ribeiro, do mesmo estabelecimento de ensino, e de Alexandre Vale, da EB de Marinhas.

JDE F1

No escalão de Juniores, em Femininos, os lugares do pódio foram ocupados por Mara Ferreira, Catarina Ribeiro e Beatriz Santos, da Secundária Henrique Medina, e, em Masculinos, Alfredo Maranhão, da EB de Marinhas, ficou em 1.º lugar, Anthony Lopes, da Escola Secundária Henrique Medina, classificou-se em 2.º lugar, e Bruno Figueiredo, da mesma escola, ocupou o 3.º lugar do pódio.

Os Jogos Desportivos Escolares inserem-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE) e visam promover uma formação desportiva a longo prazo, através de uma proposta complementar às atividades já desenvolvidas no âmbito do desporto escolar. O programa visa também fortalecer e fomentar, através de diversas modalidades, a relação entre a prática desportiva que é proporcionada pelas escolas e a que é desenvolvida pelo associativismo desportivo. Pretende-se, igualmente, criar um envolvimento entre as várias escolas do concelho, proporcionando um intercâmbio entre os alunos dos diferentes estabelecimentos de ensino, assim como promover uma iniciativa apelativa para a comunidade educativa.

Os Jogos Desportivos Escolares abrangem as modalidades de Atletismo - Prova de Estrada, Badminton, Andebol, Basquetebol, Futsal e Voleibol e vão mobilizar, ao longo do ano lectivo 2014/2015, cerca de um milhar de crianças e jovens.

primeiros classificados

MUNICÍPIO DE CERVEIRA AJUSTA SISTEMA DE PAGAMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO

Com o objetivo de melhorar o atendimento aos utentes, a autarquia cerveirense aprovou, por unanimidade, em reunião de câmara desta quarta-feira, proceder a algumas alterações no procedimento de cobrança das faturas dos serviços municipais de água e saneamento. Deixa de existir o pagamento porta-a-porta, mantendo-se as outras opções.

A partir de março, os funcionários municipais que procedem à leitura mensal dos contadores de água deixam de fazer a cobrança porta-a-porta. O serviço continua a poder ser efetuado diretamente na Tesouraria da Câmara Municipal, ou pela via Multibanco, ou através de transferência bancária ou débito direto, e ainda, como novidade, pelos CTT.

Esta alteração visa conferir uma maior segurança quer aos cobradores extinguindo a possibilidade de assaltos, quer aos utentes de forma a evitar a ocorrência de burlas. Não obstante, permite a adaptação deste sistema à realidade atual, uma vez que esta modalidade de cobrança porta-a-porta já não tinha grande impacto.

Apesar de deixar de existir este procedimento, os funcionários municipais continuarão a fazer a leitura dos contadores de água no Concelho de Vila Nova de Cerveira com uma periodicidade mensal. Pelas razões mais diversas, esta é uma tarefa que por vezes é difícil finalizar em tempo útil, pelo que a comunicação de leituras por parte dos consumidores também é importante. Esta comunicação pode ser efetuada via telefónica ou endereço eletrónico, disponibilizados no recibo de pagamento, no máximo até ao dia 25 de cada mês.

VIANA DO CASTELO CELEBRA MISSA DE SUFRÁGIO POR ALMA DO REI D. CARLOS E DO PRÍNCIPE REAL D. LUÍS

A Real Associação de Viana do Castelo manda celebrar no próximo dia 1 de Fevereiro de 2015, às 18h00m na Sé Catedral de Viana do Castelo, uma Missa de Sufrágio por Alma de Sua Majestade El-Rei Dom Carlos e do Príncipe Real Dom Luís Filipe, bárbara e covardemente assassinados, por amor à Pátria no dia 1 de Fevereiro de 1908, no Terreiro do Paço em Lisboa.

MUNICÍPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ REABILITA ESPAÇOS URBANOS DO CONCELHO

Iniciaram-se as obras de Renovação de Pavimentos na Rua Júlio Almeida Costa, artéria muito movimentada situada no coração da vila Arcuense, paralelamente à Avenida Recontro de Valdevez.

2 P1272484 - Cópia

Pretende o Município, nesta intervenção, renovar os pavimentos da faixa de rodagem, estacionamentos e passeios; delimitar as áreas de estacionamento automóvel; melhorar a rede de drenagem de águas pluviais (um dos problemas mais visíveis da artéria), e implementar melhorias a nível da mobilidade urbana.

A obra foi consignada por mais de 45 mil euros, em conjunto com a “Rua da Urbanização de Novelhos” que terá o seu início muito brevemente.

O prazo de execução é de 120 dias, no entanto, tendo em atenção que se trata de uma rua com muito afluxo de trânsito, com acesso a vários “pontos” importantes da sede do concelho, a Câmara tudo vai fazer para minorar os efeitos inevitáveis resultantes desta intervenção.

1 P1272482 - Cópia

Pág. 1/21