Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES IMPLEMENTA NOVO PROJETO CULTURAL

“Sons e Tons em Guimarães” apresentado esta segunda-feira em Conferência de Imprensa

Mais de um mês de iniciativas preenche novo projeto da Autarquia, que decorrerá entre 11 de dezembro e 16 de janeiro. Apontamentos artísticos (musicais e teatrais) começam já… neste encontro com os jornalistas!

O Município de Guimarães vai proceder à apresentação oficial do projeto cultural “Sons e Tons em Guimarães”, durante a realização de uma Conferência de Imprensa agendada para esta segunda-feira, 01 de dezembro, pelas 11:30 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal, onde será dado a conhecer o programa geral desta nova aposta da Autarquia.

Comemorações do 13º aniversário da integração do Centro Histórico de Guimarães na lista do Património Cultural da Humanidade, Iluminação de Natal, Festa de Passagem de Ano, Reisadas, Arte Urbana, performances teatrais, dança contemporânea, atuações musicais nos Transportes Urbanos de Guimarães (TUG), entre outras iniciativas, fazem parte deste projeto cuja organização está a cargo da Câmara Municipal, com a parceria da ESAP – Escola Superior Artística do Porto e empresa Arriva.

COMEMORAÇÕES POPULARES DA DATA HISTÓRICA DO 1º DE DEZEMBRO, DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL, CONSTITUÍRAM UMA JORNADA PATRIÓTICA A RECLAMAR A REPOSIÇÃO DO FERIADO NACIONAL

Mais de três dezenas de bandas filarmónicas, grupos de bombos e corais alentejanos em representação das mais diversas regiões do país desfilaram hoje em Lisboa, no âmbito das comemorações do 1º de Dezembro, data que assinala a Restauração da Independência de Portugal.

Restauração 2014 115

O desfile contou com a participação de 32 agremiações, integrando 27 bandas filarmónicas, 2 grupos de Cante Alentejano e 3 grupos de percussão, os quais percorreram a avenida da Liberdade rumo à Praça dos Restauradores. A ladear o desfile, muitos populares aplaudiam as bandas musicais provenientes das suas terras de origem e acenavam com pequenas bandeirinhas que identificam os diversos períodos históricos da nossa nacionalidade.

Restauração 2014 097

As comemorações do 1º de dezembro contaram ainda com a participação da Banda Filarmónica de Odemira, Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho, Associação Filarmónica Vilarinhense de Vilarinho de Castanheira, Banda Filarmónica Retaxense, Filarmónica Idanhense e Adufeiras de Idanha-a-Nova, Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense, Associação Filarmónica União Verridense, Banda Filarmónica Simão da Veiga da Casa do Povo de Lavre, SUA - Sociedade União Alcaçovense, Sociedade Filarmónica Portimonense, Sociedade Musical Gouveense Botto Machado, Sociedade Artística e Musical Cortesense, Sociedade Filarmónica Maceirense, Sociedade Filarmónica Pedroguense, Banda da Armada, Banda Musical e Artística da Charneca, Sociedade Desportiva e Recreativa União Mucifalense, Banda da Associação de Recreio Musical 1º de Dezembro de Campo Maior, Banda Musical de Gondomar, Associação Filarmónica União Lapense, Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro, SIC - Sociedade Instrução Coruchense, Banda Filarmónica Alveguense, Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete, Banda Filarmónica de Vila Nova de Anha, Banda Musical Velha de Barroselas, Sociedade Musical Vouzelense, Grupo Coral do Centro Republicano “Os Cigarras”, Grupo Coral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira, Tocá Rufar e Grupo de Bombos de Atei, de Mondim de Basto.

Restauração 2014 093

As celebrações em Lisboa da data evocativa da Restauração da Independência Nacional em 1640 adquiriram um especial significado num momento de particular crise como a que atualmente se vive, traduzindo-se ainda numa reivindicação pelo restabelecimento do feriado nacional. Aliás, a sua supressão teve o condão de transformar estas comemorações numa verdadeira manifestação popular de cariz patriótico que contrasta com o rumo político que nas últimas décadas tem vindo a ser imposto ao país.

Restauração 2014 059

Restauração 2014 098

Restauração 2014 108

Restauração 2014 112

Restauração 2014 124

Restauração 2014 120

BANDAS FILARMÓNICAS DO MINHO DESFILAM AMANHÃ EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO 1º DE DEZEMBRO

Mais de três dezenas de bandas filarmónicas, grupos de bombos e corais alentejanos em representação das mais diversas regiões do país vão desfilar em Lisboa, no próximo dia 30 de novembro, no âmbito das comemorações do 1º de Dezembro, data que assinala a Restauração da Independência de Portugal. O desfile tem início às 14h30, na avenida da Liberdade, e seguirá rumo à Praça dos Restauradores, tendo transmissão em direto através da RTP1.

10631101_898536093494124_5009891136093796692_o

Em representação do Minho desfilarão a Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho, a Banda Filarmónica de Vila Nova de Anha e a Banda Musical Velha de Barroselas.

As celebrações em Lisboa da data evocativa da Restauração da Independência Nacional em 1640 adquiriram um especial significado num momento de particular crise como a que atualmente se vive, traduzindo-se ainda numa reivindicação pelo restabelecimento do feriado nacional. Aliás, a sua supressão teve o condão de transformar estas comemorações numa verdadeira manifestação popular de cariz patriótico que contrasta com o rumo político que nas últimas décadas tem vindo a ser imposto ao país.

531391_408781179158094_294055195_n

O elenco das bandas e grupos para o 3º DESFILE NACIONAL DE BANDAS FILARMÓNICAS “1º DE DEZEMBRO” conta com um total de 32 agremiações, integrando 27 bandas filarmónicas, 2 grupos de Cante Alentejano e 3 grupos de percussão e é o seguinte:

BANDAS (por ordem alfabética dos distritos a que pertencem):

Banda Filarmónica de Odemira

Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho

Associação Filarmónica Vilarinhense de Vilarinho de Castanheira

Banda Filarmónica Retaxense

Filarmónica Idanhense e Adufeiras de Idanha-a-Nova

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense

Associação Filarmónica União Verridense

Banda Filarmónica Simão da Veiga da Casa do Povo de Lavre

SUA - Sociedade União Alcaçovense

Sociedade Filarmónica Portimonense

Sociedade Musical Gouveense Botto Machado

Sociedade Artística e Musical Cortesense

Sociedade Filarmónica Maceirense

Sociedade Filarmónica Pedroguense

Banda da Armada

Banda Musical e Artística da Charneca

Sociedade Desportiva e Recreativa União Mucifalense

Banda da Associação de Recreio Musical 1º de Dezembro de Campo Maior

Banda Musical de Gondomar

Associação Filarmónica União Lapense

Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro

SIC - Sociedade Instrução Coruchense

Banda Filarmónica Alveguense

Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete

Banda Filarmónica de Vila Nova de Anha

Banda Musical Velha de Barroselas

Sociedade Musical Vouzelense

CANTE ALENTEJANO:

Grupo Coral do Centro Republicano “Os Cigarras”

Grupo Coral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira

GRUPOS DE PERCUSSÃO

Tocá Rufar

2 Grupos de Bombos de Mondim de Basto

1979247_802038476477220_1719351871_o

10514253_896414747039592_4013436814978335959_o

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PONTE DE LIMA PROMOVE CONCURSO “CONTO DE NATAL”

A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima dinamiza ao longo do mês de dezembro o concurso literário “Conto de Natal”.

Promover e incentivar à leitura e ao gosto pela criação literária é o principal objetivo da iniciativa, que decorrerá durante o mês de dezembro de 2014, destinado a alunos do 3.º e 4º ano de escolaridade, do Ensino básico do 1.º Ciclo.

O tema aceite neste concurso é alusivo ao Natal e a sua abordagem deverá primar pela originalidade, deixando perceber o gosto de cada aluno. O género literário elegível para efeito deste concurso é a prosa em língua portuguesa.

As escolas poderão participar com seis contos, que deverão obrigatoriamente apresentar um título. Os ficheiros digitais, dos contos previamente seleccionados, deverão conter o nome do concorrente e ser enviados, pelo Professor responsável, via correio electrónico, para a Biblioteca Municipal de Ponte de Lima – bibliotecam-pontedelima.pt.

A data limite de envio dos trabalhos é o dia 31 de dezembro de 2014.

Dos trabalhos apresentados a concurso o júri selecionará melhores contos de acordo com a sua originalidade, criatividade e correção ortográfica.

O júri será constituído pela responsável da Biblioteca Municipal e pelas Professoras Bibliotecárias de cada agrupamento.

O prémio deste concurso será constituído por um diploma de participação e livros.

A entrega dos prémios decorrerá durante o mês de janeiro de 2015, na Biblioteca Escolar do estabelecimento de ensino frequentado pelo vencedor (data a combinar com a escola). Será enviada, antecipadamente, uma listagem a todos os participantes com o vencedor do concurso.

Os prémios serão atribuídos aos 2 (dois) melhores trabalhos, correspondendo a um de cada ano (3.º e 4.º anos).

CERVEIRA LIMPA ECOPISTA DO MINHO

Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira procedeu à limpeza geral da Ecopista do rio Minho

Com o intuito de valorizar e proporcionar excelentes condições de acessibilidade aos inúmeros utilizadores, a autarquia cerveirense realizou, nestes últimos dias, uma limpeza geral da Ecopista do rio Minho, ao longo de toda a frente ribeirinha, através dos funcionários municipais.

IMG_2413

A ação resultou no corte de vegetação e na retirada de ramos de árvores já danificados entre a ecopista e a margem do rio Minho, de modo a tornar o percurso pedestre/ciclável mais atrativo, com boas condições de visibilidade e de desfrute da bela paisagem sobre aquele troço de água internacional e o outro lado da fronteira.

Simultaneamente, a União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe realizou trabalhos de ornamentação com a plantação de pequenas árvores ao longo do percurso, tornando aquele “corredor” verde lúdico e desportivo ainda mais natural e acolhedor, envolvendo os utilizadores num percurso com caraterísticas ambiental-paisagística.

O executivo cerveirense sublinha o excelente trabalho de colaboração efetuado pelos funcionários municipais e a União de Freguesias de Vila Nova de Cerveira e Lovelhe, que vem potenciar a mais-valia que a Ecopista representa para o turismo de natureza do Concelho, dada a excelente taxa de frequência de portugueses e espanhóis, ou turistas de outras nacionalidades.

Não obstante, e no âmbito da melhoria dos serviços de higiene e limpeza do Concelho, a Câmara Municipal tem apostado num reforço de equipamentos modernos e necessários para desenvolver estes trabalhos de asseio dos espaços de uso público, nomeadamente novas roçadoras profissionais, máquinas de corte de relva, sopradores e uma viatura mista de transporte de pessoal e maquinaria.

De momento, estão a decorrer a bom ritmo as obras da 2ª fase da Ecovia ‘Caminho do Rio’, Troço Rural Nascente, que vai ligar os concelhos de Vila Nova de Cerveira e Valença. A empreitada, com um investimento na ordem dos 600 mil euros, visa a construção de mais sete quilómetros de Ecovia que permitirá a ligação entre a Ecovia já executada (Gondarém, Loivo, Vila Nova de Cerveira e Lovelhe) e a Ecovia de Valença em fase de construção.

07

BARCELOS ATRIBUI BOLSAS PARA INVESTIGAÇÃO

Câmara Municipal disponível para alargar cooperação com a Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho

A Câmara Municipal de Barcelos está disponível para alargar a cooperação com a Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho, no âmbito do protocolo de colaboração estabelecido entre as duas instituições em julho de 2014, revelou o Vice Presidente da Câmara, Domingos Pereira, na abertura do II Fórum de Investigação em Neurociências do Minho, que decorre no Auditório da Câmara Municipal entre os dias 28 e 30 de novembro.

DSC_0039 - 2

O Município já apoia duas bolsas de investigação com cinco mil euros cada, mas “no futuro pode aumentar esse apoio e cooperar em novas iniciativas”, como é o caso do próprio Fórum, também ele apoiado, financeiro e logisticamente, pela segunda vez, pela autarquia.
Domingos Pereira diz que a Câmara Municipal de Barcelos tem sabido “interpretar a importância da investigação” e das parcerias com as instituições de ensino na afirmação de um novo modelo de gestão municipal, tanto mais que o Governo não tem prestado o apoio necessário a áreas tão decisivas como as da investigação.

Numa altura em que se assiste a uma “mercantilização e financeirização em todas as áreas da sociedade, incluindo na educação”, torna-se necessário “reverter esta situação”, apoiando iniciativas desta natureza.

Nuno Sousa, professor catedrático da Universidade do Minho e responsável pela criação do Fórum de Investigação agradeceu a disponibilidade do Município para acolher a iniciativa e elogiou a abertura e a visão da autarquia pela promoção da investigação científica.
Na mesma sessão, Fernanda Marques, da Universidade do Minho, falou sobre as sessões públicas que decorreram em Barcelos, com o apoio do Município e da Escola Secundária de Barcelos, acerca do envelhecimento e doenças neurodegenerativas, tendo em vista promoção das ciências da saúde junto dos mais jovens e a sua participação em atividades de investigação.

PONTE DE LIMA: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FREIXO DISTINGUIDA PELO PRÉMIO ESCOLAR MONTEPIO

O Município de Ponte de Lima congratula-se com a Distinção atribuída ao Agrupamento de Escolas de Freixo, no âmbito do Prémio Escolar Montepio 2014.

DSC_6873

Com o projeto Trilhos do Património, o Agrupamento de Escolas de Freixo candidatou-se ao Prémio Escolar Montepio, que visa distinguir projetos educativos, inovadores e orientados para a melhoria das condições de ensino e de aprendizagem.

O projeto premiado pretende oferecer à população em geral e aos turistas que visitam esta região, uma série de atividades  que valorizam o seu património a  partir do envolvimento dos alunos na utilização das novas tecnologias (desde a identificação dos trilhos à informação patrimonial), potenciando   o aparecimento e o desenvolvimento de serviços com custos de contexto muito baixos mas tecnologicamente muito avançados. Permitirá, assim,  desenvolver nos alunos  competências de grande importância para a sua futura inserção no mundo do trabalho.

Dos 10 finalistas apurados, o júri selecionou 3 estabelecimentos de ensino, e atribui 2 menções honrosas a outros 2 estabelecimentos de ensino. Por unanimidade deliberou atribuir um dos prémios pecuniários no valor de 13.749,00€ ao Agrupamento de Escolas de Freixo, como forma de distinguir a qualidade do projeto e o empenhamento da equipa docente na sua conceção e apresentação.

A cerimónia da entrega do Prémio está marcada para segunda-feira, 1 de dezembro, às 15 horas, no Porto, na “atmosfera m”, sita na Rua Júlio Dinis, nº 158/160, 4050-012 Porto.

NO ANO DE 2015, EM VILAR DE MOUROS VÃO ABRIR DOIS EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS NUM INVESTIMENTO DE 6 MILHÕES DE EUROS

Miguel Alves visitou ontem os equipamentos, dando conta do esforço que o Município tem feito para vitalizar a economia do concelho e dos resultados que começam a surgir

Em 2015, o concelho de Caminha vai contar com dois novos equipamentos turísticos na freguesia de Vilar de Mouros, um investimento na ordem dos 6 milhões de euros e que vai criar 20 postos de trabalho diretos e 30 indiretos. Miguel Alves visitou ontem os dois empreendimentos: “estamos todos a trabalhar para que possamos ter uma economia mais forte e mais viva. É com este trabalho de criação de emprego e de riqueza que nós vamos conseguir tornar o nosso concelho mais desenvolvido”.

inv2

Na tarde de ontem, Miguel Alves, presidente da Câmara de Caminha, Carlos Alves e Sónia Torres, respetivamente presidente e secretária da Junta de Freguesia de Vilar de Mouros, e ainda Pedro Giestal representante da CEVAL, visitaram os empreendimentos para fins turísticos que estão a ser construídos em Vilar de Mouros juntamente com os respetivos promotores.

A comitiva visitou a obra na azenha de Vilar de Mouros acompanhada por João Evaristo, promotor do equipamento. Esta obra no valor de um milhão de euros e estará concluída em junho de 2015. O promotor sublinhou que nesta primeira fase a azenha está a ser reconstruída com a sua configuração original e numa segunda fase a aposta é transformar o local em turismo rural com lotação para seis camas.

inv1

No antigo parque de campismo de Vilar de Mouros “nasceu” um aldeamento turístico com 4 estrelas que vai abrir portas em maio de 2015. Este equipamento que implica um investimento de 5 milhões de euros, tem capacidade para 140 camas e vai criar 15 postos de trabalho diretos e 30 indiretos. Segundo Joaquim Pinheiro, promotor do empreendimento, o objetivo é oferecer aos turistas qualidade no meio da natureza.

Miguel Alves está convencido que os equipamentos são uma mais-valia, na medida em que vão atrair muitas pessoas ao concelho: “estes equipamentos correspondem a um investimento no concelho de 6 milhões de euros. Para além de originar a criação de 20 postos de trabalho direto, este tipo de investimento valoriza outro tipo de turismo que não o balnear - o turismo de natureza.”

inv3

O autarca aproveitou ainda a visita para explicar o esforço que a Câmara de Caminha tem feito para potenciar a economia local: “temos feito um grande esforço para vitalizar a economia do concelho e os resultados começam a aparecer. Em 2014 já deram entrada na Câmara Municipal 22 processos de licenciamento para a atividade com fins turísticos e 15 já estão deferidos”. E acrescentou: “cumpre-se mais um ciclo: vamos baixando os impostos, vamos anunciar brevemente a nova taxa de IRS. Na câmara baixamos as despesas e estamos a apostar no investimento privado para juntamente com o investimento público sustentarmos a nossa economia”.

Miguel Alves realçou o facto dos investidores escolherem o concelho de Caminha para investir: “quero deixar uma palavra de apreço aos investidores que encontraram em Caminha qualidades para poderem investir, criar riqueza para si próprios e para todos nós”.

inv4

PÓVOA DE LANHOSO PREPARA FESTEJOS DE NATAL

“Póvoa de Lanhoso – A Estrela do Natal”. De 5 de dezembro a 4 de janeiro

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso apresentou a estratégia “Póvoa de Lanhoso – A Estrela do Natal”, que engloba as iniciativas “Garfe, Aldeia dos Presépios” e “Aldeia Natal”.

Apresentacao Estrela do Natal 2

Trata-se da terceira edição desta parceria, que envolve Câmara Municipal, Fábrica da Igreja de Garfe, Junta de Freguesia de Garfe, DiverLanhoso e ainda a Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso.

O objetivo é promover, de uma forma global, a oferta turística que o concelho tem para oferecer na época festiva que se aproxima. Segundo o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, este esforço conjunto dos parceiros é fundamental para “dar força e projeção” a estas dinâmicas, de modo a que se afirmem, cada vez mais, como um “cartaz turístico da Póvoa de Lanhoso” na época de Natal. “Já o é, mas é preciso continuar a haver inovação e criatividade”, considerou ainda o autarca Povoense, assegurando que o Município tudo fará para que estas propostas continuem a evoluir e a melhorar de ano para ano.

Complementando estas iniciativas, a própria Vila também estará iluminada, pois, como referiu o autarca Povoense, “é a porta de entrada” para quem visita os Presépios de Garfe e a "Aldeia Natal" da DiverLanhoso. “Garfe, pelo 13º ano, e a 'Aldeia Natal', pelo 3º ano, começam a ser uma marca na Póvoa de Lanhoso e a sede de concelho não pode passar ao lado e a Vila vai ficar bonita”, garantiu Manuel Baptista. Esta iluminação de Natal é ligada já nesta sexta-feira, dia 28 de novembro, envolvendo um investimento de sete mil euros. Trata-se ainda de um incentivo às compras no comércio local.

De resto, o Vereador para a Cultura, Armando Fernandes, também sublinhou a atenção prestada à economia local. “Nesta altura, também procuramos desenvolver algumas iniciativas, que visam a dinamização do comércio local. Isso é muito importante para nós”, referiu. Revelando que a relação de parceria que torna possível a “Estrela do Natal” se tem estreitado a cada ano, sintetizou: “Somos parceiros, promovemos em conjunto não só as atividades que cada uma das entidades promove, mas o nosso objetivo é promover este todo global que é o nosso concelho, que é a Póvoa de Lanhoso”.

De lembrar que, este ano, a Câmara Municipal vai levar cerca de 200 alunos do quarto ano de escolaridade à “Aldeia Natal” depois de, no ano passado, ter levado crianças do pré-escolar a “Garfe, Aldeia dos Presépios”, numa lógica de rotatividade.

Ainda no âmbito da temática natalícia, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso lançou o repto a escolas e IPSS’s para apresentarem os seus presépios, dando origem a uma exposição, que permanecerá a partir do dia 12 de dezembro e até ao final do ano no Theatro Club.

“Garfe, Aldeia dos Presépios” – de 14 de dezembro a 4 de janeiro

A 13ª edição conta com 15 presépios dispostos pelos distintos lugares da freguesia, mas existe também um programa de animação cultural associado a este evento. “O principal são os presépios. Temos a certeza de que vão ser tão bons ou melhores do que os dos anos anteriores. Toda a gente está motivada e está a trabalhar bem”, referiu o Padre Luís Fernandes. Como habitualmente, será celebrada uma missa junto de cada um dos exemplares. “Está tudo preparado, se o tempo ajudar, para que esta edição seja, sem dúvida, a melhor de todas”, referiu ainda, revelando que ficou decidido que cada edição passasse a ter um “padrinho”, sendo que, este ano, será Manuel Santa Cruz Domingues Basto Oliveira.

Outra das novidades é a exposição de uma coleção privada do próprio Padre Luís Fernandes, com mais de 500 presépios. Esta mostra ficará patente no Salão Paroquial, de 14 de dezembro até 4 de janeiro. No capítulo da animação cultural, destaque para a apresentação da encenação teatral “Uma prenda de Natal”, coordenada pelo Theatro Club com a participação da comunidade de Garfe, no dia 14 de dezembro, pelas 16h00. Referência ainda para as noites culturais: no dia 20, é a Noite de Talentos, no dia 27 é a Noite de Fados e a 3 de janeiro é o Encontro Musical da Aldeia dos Presépios, propostas na Igreja Paroquial com início pelas 21h00. Aos domingos, haverá ainda uma Feirinha de Natal, nas imediações da igreja. Como vem sendo habitual, a Câmara Municipal promove ainda o Passeio Pedestre da Aldeia dos Presépios, no dia 14 (ponto de encontro na Vila Povoense, pelas 14h00).

O Presidente da Junta, Paulo Ferreira, destacou que se trata de uma iniciativa que “une a comunidade”, ou seja, “as várias pessoas e os vários lugares que se agrupam e que se juntam para a construção destes presépios acabam por conviver entre si e isso é muito importante”. O autarca local sublinhou ainda a projeção que o evento confere à freguesia, com a visita de milhares de pessoas. “Isto traduz-se em três semanas de intensa atividade na freguesia de Garfe e de convívio entre a própria população”, finalizou.

“Aldeia Natal” - 5 a 28 de dezembro

Na sua terceira edição, a “Aldeia Natal”, na DiverLanhoso, vai decorrer às quintas, sextas, sábados e domingos e no dia 16 de dezembro, último dia de aulas do período letivo.

De acordo com o Diretor da DiverLanhoso, Paulo Barbosa, este ano, há algumas inovações e melhorias. “Tenho a certeza de que os conteúdos das casas temáticas deste ano são melhores, mais completos, mais profissionais do que o que foram nas outras duas edições, daí também a maturidade do evento. Agora é esperar pelas crianças e por quem nos quiser visitar e fazer com que seja um dia inesquecível para quem nos visita e que fique na memória de todos como um dia bem passado e que, para o ano, queiram voltar”, afirmou.

Assim, os visitantes poderão encontrar a Casa do Brinquedo, a Casa do Chocolate, a Casa do Pai Natal, o Mini-cinema, a Mini-discoteca, a Casa da Reciclagem e a Casa de Flocos de Neve. Uma das principais novidades é a presença de um circo durante todo o evento, período durante o qual, quem preferir pode ainda optar por algumas das atividades regulares do Parque Aventura, como o slide, a mina labirinto, a escalada, o circuito de pontes e os trampolins.

Quanto ao valor dos ingressos, o bilhete para a “Aldeia Natal” é de 6 euros, para a “Aldeia Natal” e circo é de 8 euros e só para o circo é de 4 euros. “Mais uma vez, contamos com o apoio de alguns parceiros, como patrocinadores e apoios”, salientou ainda Paulo Barbosa, que se mostrou satisfeito com a adesão até ao momento. “Felizmente, as marcações estão a correr bem, já temos bastantes reservas e esperamos nesta edição ultrapassar a barreira dos 10 mil visitantes. É esse o nosso objetivo”.

Já a Diretora do evento, Cristiana Duarte, sublinhou, sobretudo, que se pretende fazer da Aldeia Natal um “evento da região” e destacou a aposta não só na vertente da animação, mas também na vertente pedagógica das casas temáticas. De referir, por fim, que nos dias 20 e 28 de dezembro, haverá cobertura televisiva deste evento.

HISTORIADOR FAFENSE DANIEL BASTOS ESTREIA-SE NA POESIA COM “TERRA”

No próximo dia 5 de Dezembro (sexta-feira), o escritor e historiador Daniel Bastos apresenta às 21h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Fafe, o seu mais recente livro intitulado “Terra”.

Foto A (Autor)

A obra com chancela da Editora Converso, uma edição bilingue (Português e Francês) com tradução do docente Paulo Teixeira, marca a estreia do autor natural de Fafe no campo da poesia, e conta com ilustrações originais do conceituado artista plástico português Orlando Pompeu, cuja obra consta de variadas coleções particulares e oficiais em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Inglaterra, Brasil, Estados Unidos, Japão e Dubai, e prefácio do fotógrafo, poeta e pintor francês Gérald Bloncourt.

O livro integra um conjunto de poemas de linhas temáticas contíguas onde o escritor, que se tem destacado nos últimos anos no campo da investigação histórica, expressa a sua visão da vida numa linguagem telúrica de amor filial às raízes, de nostalgia do tempo que passou, de denúncia da injustiça, de sublimação do amor, de resgate da história e de afirmação da liberdade. Os desenhos de Orlando Pompeu, concebidos propositadamente a partir dos poemas de Daniel Bastos, e que criam uma simbiose entre a linguagem artística da pintura e da poesia, estarão patentes na apresentação da obra que será antecedida por um momento musical executado pelo pianista Nelson de Quinhones.

Capa do Livro - Terra

Segundo Gérald Bloncourt, Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras de França, a alvorada dos passos poéticos de Daniel Bastos perscrutam as ressonâncias das profundezas da humanidade. Para João Ricardo Lopes, poeta que integra a nova geração de escritores portugueses, e que assina o posfácio da obra, os versos do autor minhoto são um modo de regeneração e de libertação do momento e da circunstância.

Refira-se que o livro será também apresentado no dia 6 de Dezembro (sábado) às 21h30 na FNAC em Guimarães, e no dia 7 de Dezembro (domingo) no Hipermercado E.Leclerc em Fafe, superfície comercial que é um dos principais apoios da obra e cuja decoração de Natal foi inspirada nos poemas e desenhos que integram o livro.

Saliente-se ainda que estão já agendadas para o início do próximo ano várias sessões de lançamento do livro em capitais de distrito portuguesas, sendo a primeira em Braga no dia 24 de Janeiro (sábado) às 21h30 na FNAC. Assim como no estrangeiro, em particular junto das comunidades portuguesas, sendo a primeira em Paris no dia 7 de Fevereiro (sábado) às 16h00 no Lusofolie's, um novo espaço cultural de referência da comunidade lusófona em França, situado no chamado "viaduto das artes".

Foto B(Grupo)

O escritor Daniel Bastos, à direita, no ateliê do artista plástico Orlando Pompeu, ao centro na foto, acompanhado do tradutor da obra Paulo Teixeira

Foto C (Grupo)

PÓVOA DE LANHOSO DEBATE ESTÍMULO AO EMPREGO JOVEM

“Queremos orientar uma estratégia que vise, essencialmente, despertar novos empreendedores, criando uma resposta que incentive o surgimento de novos negócios. Essencialmente que ajude os jovens e os desempregados a valorizar as suas ideias, aproveitando o enorme potencial humano que existe na Póvoa de Lanhoso”. As palavras são do Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, na sessão de abertura do Seminário "Comunidade Empreendedora: a Sociedade Civil no estímulo ao Emprego Jovem", esta quinta-feira, dia 27 de novembro, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso.

Abertura do Seminario Social Angels 1

Trata-se da primeira iniciativa pública do projeto “Social Angels – Comunidade Empreendedora”, que tem a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso como principal entidade parceira e a Sol do Ave como entidade promotora com o cofinanciamento da Fundação Calouste Gulbenkian. Este Seminário visou debater de que forma se pode estimular o empreendedorismo e o emprego jovem no concelho e qual o papel da sociedade civil nesse desafio. “A Sol do Ave tem sido um parceiro ativo na concretização de projetos que se revelaram uma mais valia para o desenvolvimento deste concelho, especialmente na área social. Espero que os objetivos definidos para este novo projeto de apoio ao empreendedorismo, sejam também um contributo importante para a dinamização económica da Póvoa de Lanhoso”, referiu, por um lado, Manuel Baptista, e, por outro lado, deixou uma palavra de reconhecimento à Fundação Gulbenkian por ter acreditado nesta candidatura. “Estou certo que o financiamento atribuído será plenamente justificado”, afirmou.

O autarca Povoense destacou ainda o papel da Autarquia na promoção da economia local, através da criação do Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Económico, com a missão de trabalhar diariamente esta área. “Somando aos incentivos fiscais para a fixação de empresas ou às muitas iniciativas de apoio ao comércio local realizadas pela Autarquia era necessário valorizar as capacidades dos mais novos e daqueles que, tendo potencial para fazer o seu caminho empresarial, não tinham ferramentas que os orientassem”, referiu, assegurando: “Hoje a autarquia está melhor preparada para este desafio e estamos a alargar as respostas de forma a centralizar numa incubadora de empresas a alavanca deste e de outros projetos. Esta ambição representa um contributo para que este concelho seja mais competitivo e menos dependente das indústrias tradicionais”.

Na plateia, estavam essencialmente jovens estudantes do concelho, bem como técnicos, investigadores e dirigentes de diversas entidades com abrangência regional. Mas é nos mais jovens que este projeto coloca a tónica. “Vejam neste projeto uma oportunidade para aproveitarem as vossas ideias e, mesmo que não seja possível passar à prática todas as vontades, ganhem o gosto por lutarem pelo vosso emprego em vez de aguardarem que ele surja do nada”, continuou Manuel Baptista, depositando um voto de confiança na juventude. “Eu acredito muito nos jovens Povoenses. Tivemos recentemente bons exemplos de jovens empreendedores que participaram no projeto INAVE e isso dá-nos uma esperança muito grande no futuro. Por isso, apostamos na formação. Investimos muito na requalificação das escolas e nas bolsas de estudo para que nada falte aos jovens nesta fase importante da sua vida”.

Manuel Baptista agradeceu a disponibilidade da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, cujos estudantes irão participar nas ações do projeto, e dos empresários que aceitaram apoiá-lo. “Só com o envolvimento de todos os agentes do território é que podemos alcançar os objetivos que definimos”. De referir que o Social Angels, que se prolonga até março de 2016, pretende iniciar o trabalho junto de uma base de 50 jovens, mas o objetivo é aumentar esse número. Pretende-se ainda que existam oito projetos de empreendedorismo, no final, três dos quais estruturantes, ou seja, que além de criarem autoemprego possam gerar outros postos de trabalho.

Mafalda Cabral, administradora da Sol do Ave, também esteve presente. “Os projetos que daqui possam resultar e que os respetivos empreendedores que possam estar qualificados para criar outras empresas poderão vir a ter a seu tempo o apoio financeiro por via dos fundos que a Sol do Ave irá gerir ”, salientou aquela responsável, de entre outras considerações, acrescentando: “Pensamos que ainda este ano é possível abrir novos concursos para começarmos a apoiar os primeiros projetos”. José Eleutério, da Fundação Calouste Gulbenkian também interveio, dando a conhecer o programa cidadania ativa enquanto instrumento financeiro de apoio à empregabilidade jovem, por intermédio do lançamento de mais uma edição do concurso deste programa, no decorrer deste ano, o qual, no mesmo domínio de atuação projeto do Social Angels, está já a apoiar cerca de 21 projetos no total superior a 2 milhões de euros.

Os trabalhos prosseguiram com as intervenções do Vice-Reitor da Universidade do Minho, José Mendes, e do Coordenador do Laboratório Social, Luís Miguel, num 1.º painel moderado pela Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca. Para iniciar o 2.º painel, um grupo de jovens da Escola Secundária, utilizando o teatro enquanto ferramenta, apresentou uma pequena reflexão sobre o emprego e o futuro profissional. Moderado pelo empresário Moisés Campos, da Plako, foi apresentado, no 2.º painel, o projeto Querença (via skype) e o projeto Social Angels – Comunidade Empreendedora. Da parte da tarde, foram debatidas as oportunidades do território com jovens, empreendedores e diversas entidades regionais, num painel moderado por António Baptista.

FAFE VAI ELABORAR PLANO ESTRATÉGICO DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO

Pompeu Martins revelou intenção durante colóquio sobre “A Mulher e o Desporto”

A Câmara Municipal de Fafe está a trabalhar para a criação de um Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo. O anúncio foi feito pelo vereador com o pelouro do desporto, na Câmara de Fafe, Pompeu Martins, durante o colóquio “A Mulher e o Desporto”, que se realizou na Biblioteca Municipal.

DCS_1530A

Segundo o autarca, a Carta Desportiva está praticamente fechada, agora há que dar passos para fazer do desporto um meio de desenvolvimento do concelho. Para a criação deste plano estratégico, Pompeu Martins explicou que vão ser envolvidos todos os agentes locais.

“Devemos olhar para o desporto como uma estratégia de desenvolvimento. A Carta Desportiva está praticamente fechada, agora temos de trabalhar para a criação de um plano estratégico do desenvolvimento desportivo. Mas será um plano que vai contar com o contributo de todos. Não será um plano elaborado dentro do gabinete. Vamos reunir com praticantes, treinadores, dirigentes desportivos e população em geral para recolhermos ideias para criarmos um bom plano”.

Pompeu Martins lembrou também que Fafe tem uma tradição considerável no desporto, em diversas modalidades, sendo obrigatório aproveitar esse espírito para impulsionar ainda mais a prática desportiva no concelho.

“Fafe é uma terra que tem, ao longo dos anos, uma oferta diversificada a nível desportivo e onde se veem cada vez mais mulheres. Por isso, temos de aproveitar isso como estratégia”, revelou.

No colóquio, esteve presente também Manuel Barros, diretor regional norte do Instituo Português do Desporto e Juventude, que destacou a importância da elaboração de um plano de ação desportiva para um território.

“É necessário repensar o investimento feito nas políticas do desporto, partindo da necessidade de saber qual a sua importância para o desenvolvimento do país. A economia do desporto é sem dúvida um caso muito sério para o desenvolvimento de um território”, disse, acreditando ainda que “o retorno das ações é muito maior do que o investimento, do que a despesa feita na realização de iniciativas”.

Perante uma plateia maioritariamente de jovens estudantes de Desporto, Manuel Barros lembrou que esta é uma área com muitas saídas.

“Há coisas que estão a mudar a nível desportivo e vocês, os que estudam Desporto, estão a saber adaptar-se e a fazer uma grande revolução. Não podemos ir nos mitos de que há licenciados a mais, todos são necessários. O retorno na aposta no desporto é visível”, frisou.

DCS_1521A

“Era um rapazinho. Não tinha sequer sapatilhas e fato de treino” – Aurora Cunha recordou o seu percurso enquanto atleta

Convencida de que o desporto pode ser um caminho para o desenvolvimento, Aurora Cunha, depois de deixar o atletismo, continuou na área, com participação em colóquios e ações que mostrem a importância do desporto a todos os níveis.

Em Fafe, a ex-atleta confessou que foi 20 anos atleta do FC Porto por opção, recordou o seu início no atletismo, as dificuldades por que passou e os momentos caricatos que viveu.

“Para terem noção de como era o desporto há 40 anos atrás, fui descoberta por um treinador que era serralheiro. EM 1976, eu vivia em Ronfe, uma freguesia de Guimarães, na altura uma aldeia, onde tudo que fosse fora do normal, não era bem visto. O facto de uma rapariga andar a correr era alvo de comentários. A minha família não encarou bem, tudo era um entrave. Mas eu, não me deixei intimidar e lutei pelo que queria”, frisou, lembrando que “naquela altura, não tínhamos nada, não sabíamos o que eram umas sapatilhas ou um fato de treino”.

Oriunda de uma família humilde de 10 irmão, Aurora Cunha falou da primeira vez que participou numa prova em lisboa, onde bateu o recorde da Rosa Mota.

“Ir a Lisboa com o treinador, um homem, foi um problema logo para sair de casa. Quando cheguei a Lisboa, não tinha botas de corrida, fui comprar umas, com dinheiro oferecido por um empresário, mas não havia o meu número. Como sou desenrascada, resolvi a situação com um bocado de jornal na frente da bota e no dia seguinte lá fui correr e bati o recorde nacional que na altura pertencia à Rosa Mota. Costumo dizer que foi por causa das botas serem grandes que ganhei”, recordou.

No seu percurso, Aurora Cunha tem vários prémios ganhos o que a enche de orgulho. Olhando para as novas gerações, a ex atleta deixou a dica de “que o esforço e o trabalho são essenciais para quem quer singrar no desporto”.

De resto, esta foi também uma opinião partilhada por Verónica Costa, ex-atleta fafense do Sporting de Braga, que reforçou que “se não nos esforçamos, ninguém o fará por nós”.“Eu para ser atleta passei por muito e tive de trabalhar muito sozinha. Não me arrependo, porque valeu a pena”.

O colóquio contou ainda com a presença de Inácio Anjos, da delegação de Braga do Instituto Português do Desporto e Juventude, e Aldina Silva, ex-atleta, treinadora e professor no Instituto Superior de Educação de Fafe.

Refira-se que ainda no âmbito deste debate, está patente na Biblioteca uma exposição intitulada “A mulher na Imprensa Desportiva”, constituída por 16 painéis, com notícias publicadas sobre a participação feminina no desporto, desde os finais do seculo XIX até à atualidade.

DSC_6695A

PONTE DE LIMA RECEBE MARCELO REBELO DE SOUSA

Ciclo de Conferências “Escola da Geração Digital: Desorientação, Criatividade e Inovação”

Realiza-se amanhã, sábado 29 de novembro o encerramento do Ciclo de Conferências sobre a “Escola da Geração Digital: Desorientação, Criatividade e Inovação” que o CENFIPE – Centro de Formação de Professores promove em parceria com o Município de Ponte de Lima.

A conferência que já está esgotada é subordinada à temática “Não Temos Wi-Fi conversem entre vocês”. Conta com um painel de oradores de renome, com destaque para o conhecido comunicador, Marcelo Rebelo de Sousa.

A decorrer no Auditório Rio Lima, apresenta o seguinte programa:

8.30h - Abertura do Secretariado

9.00h - Sessão de Abertura

10.00h – Apresentação do Livro/Projeto Pedagógico| Lúcia Barros (Coordenadora)

“A Leitura como Projeto: Percursos Literários do Pré-Escolar ao 3º Ciclo“

10.15h – Apresentação do Livro/Projeto Pedagógico| Miguel e Albertina Fernandes

“Conta a Canção I e II – momentos e potencialidades pedagógico-didáticas de um Livro/CD“

11.15h – Conferência | Eduardo Sá

“Redes Sociais e as conversas sem rede”

15.00h – Ideias No Palco Que nos Contagiam e Inspiram…| José Pedro Cobra

“Tira-se o Hífen ”

16.00h – Conferência Encerramento | Marcelo Rebelo de Sousa

"Um Pai, Avô e Professor conversa sobre educação"

FAFE INTEGRA REDE DE CASAS DO CONHECIMENTO

Pompeu Martins assina continuidade na Rede de Casas do Conhecimento. Rede é agora composta por nove municípios

O vice-presidente da Câmara Municipal de Fafe, Pompeu Martins, participou, esta semana, na assinatura do novo protocolo da Rede de Casas do Conhecimento, em Vila Verde.

IMG_8800

Trata-se de um projeto que tem como objetivo dinamizar a sociedade do conhecimento e inovação na região norte, um projeto iniciado pela câmara de Vila Verde, em parceria com a Universidade do Minho, que, neste momento, integra um total de nove autarquias.

Esta semana, os municípios de Montalegre, Ponte da Barca e Trofa entraram para a Rede Casas do Conhecimento, juntando-se a Vila Verde, Fafe, Paredes de Coura, Vieira do Minho e Boticas.

Tendo como principal parceiro a Universidade do Minho, este projeto visa, aproximar as novas tecnologias de comunicação e informação da população e, ao mesmo tempo, capacitar os mais jovens para uma nova forma de estar e de projetar o futuro, sempre numa lógica de rede.

Fafe já fazia parte do projeto e continuará a fazer. Pompeu Martins, vice-presidente da autarquia, participou na cerimónia de assinatura do protocolo de adesão dos novos municípios. Na ocasião reforçou a importância desta rede para os municípios que a integram.

“Pertencer a esta rede é para nós uma questão de coerência. Sabemos que as novas tecnologias são o futuro e, por isso, faz todo sentido pertencer a este projeto que é inovador em termos europeus. Trata-se de uma oportunidade de marketing para o concelho e para o norte do país. Se queremos uma verdadeira sociedade do conhecimento, devemos potenciar a inovação e a criatividade, criando espaços desta natureza que abertos aos agentes de desenvolvimento local poderão expandir o que de melhor Fafe tem para oferecer, seja na cultura, nos negócios ou na investigação”.

Na cerimónia de adesão dos novos municípios, o reitor da Universidade do Minho, António Cunha, falou da importância desta rede de conhecimento.

Segundo o responsável, este “é um projeto exigente mas muito importante para o Universidade do Minho, porque abre novas dimensões de concretização da universidade, mostrando que não é só o local onde se aprende, ensina e investiga, mas que está intimamente ligado ao território”.

IMG_8797

EMPRESA MUNICIPAL ESPOSENDE 2000 MANTÉM TARIFAS E LANÇA NOVAS PROPOSTAS EM 2015

Com um orçamento para 2015 muito próximo dos 900 mil euros, a empresa municipal Esposende 2000 propõe-se manter, no próximo ano, todos os serviços e programas que tem vindo a desenvolver, desde os serviços de utilização geral aos projetos sociais, e prevê reforçar a sua atuação com novas propostas como sessões de cinema para crianças e idosos. Estes objetivos constam dos Instrumentos de Gestão Previsional da empresa para 2015, que apontam para um investimento superior a 44 mil euros.

DSC03137

Consciente da ainda frágil situação financeira das famílias decorrente da crise que o país atravessa, a Esposende 2000 optou, mais uma vez, por não aumentar as tarifas de acesso aos serviços que presta, quer no Complexo Piscinas Foz do Cávado, em Esposende, quer nas Piscinas Municipais de Forjães, suportando o valor da inflação. Assegurará, por outro lado, o importante papel social que tem vindo a desempenhar, contribuindo de forma significativa para a democratização do acesso aos serviços a cidadãos com maiores fragilidades socio económicas, nas diferentes áreas de atividade em que atua, nomeadamente no plano desportivo, saúde, recreio, cultura e turismo.

A redução dos custos da fatura energética, que correspondem a 60% do valor global das despesas, mantém-se como o maior desafio da empresa, que espera reduzir ente 30% a 40% este encargo, através da implementação de equipamentos mais eficientes do ponto de vista energético, em ambas as Piscinas, e da requalificação da estrutura e cobertura da nave do Complexo Piscinas Foz do Cávado. Dado o elevado investimento em causa, perspetiva-se a apresentação de uma candidatura a fundos comunitários para a sua concretização.

Apesar das dificuldades de gestão inerentes à atual conjuntura, a Esposende 2000 está apostada em continuar a garantir um serviço de excelência, indo de encontro às necessidades dos munícipes e demais utilizadores, e em manter-se como uma referência empresarial neste setor de atividade.

DSC06276

ACIAB PROMOVE CAMPANHA DE NATAL

Comprar no Comércio Tradicional dá Prémios

A ACIAB promove, em parceria com o Município de Arcos de Valdevez, a Campanha de Natal, inserida num conjunto de ações que vão decorrer no concelho durante a época natalícia. A apresentação pública da iniciativa foi feita no dia 27 de novembro, no auditório do Centro de Turismo de Arcos de Valdevez, onde esteve presente a direção da ACIAB, António Campos, o vice-presidente executivo da ACIAB, Francisco Peixoto Araújo, o presidente da Câmara de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves e o Vereador Olegário Gonçalves.

Apresentação Campanha1

Durante o mês de dezembro, o tecido empresarial vai estar imbuído de ações alusivas ao espirito natalício como animação e espetáculos infantis, concertos musicais, sonorização, decoração de ruas e iluminação de Natal, entre muitas outras ações. De 27 de novembro de 2014 a 5 de janeiro de 2015, quem fizer compras nos estabelecimentos aderentes à iniciativa pode preencher um cupão e está automaticamente habilitado a 30 prémios, patrocinados pelo Comércio Tradicional, que serão sorteados a 6 de janeiro de 2015. A ACIAB sorteará também prémios para as empresas patrocinadoras da campanha de Natal.

A “Chegada do Pai Natal” fará as delícias dos mais pequenos, no dia 14 de dezembro, no Largo da Lapa, onde chegará pelas 15h00 e distribuirá prendas por todas as crianças presentes. Os estabelecimentos comerciais aderentes à iniciativa irão também receber, de 19 a 24 de dezembro, a visita do Pai Natal e das Mães Natal que distribuirão brindes pelos clientes com o intuito de dinamizar o comércio e animar as ruas.Com estas iniciativas pretende-se sensibilizar a população para o facto de que comprando nas nossas empresas está-se a promover a região e a contribuir para que estas tenham vitalidade e sustentabilidade. Paralelamente a todas estas ações, a ACIAB juntou um vídeo promocional que lançou nas redes sociais para que de uma forma simples e divertida a mensagem chegasse ao maior número de pessoas possível.

O Natal é uma das épocas festivas mais marcantes do nosso calendário e que é vivido muito intensamente no tecido empresarial, fazendo, por isso, todo o sentido que seja devidamente assinalada. Francisco Peixoto Araújo, vice-presidente executivo da ACIAB, afirma que “com esta iniciativa estamos mais perto dos empresários e mais perto da população criando um cenário mais propício ao espírito natalício e à promoção da economia local”

Compre no Comércio Tradicional e Ganhe Prémios!

Apresentação Campanha

TERRAS DE BOURO PROMOVE WORKSHOP SOBRE ELABORAÇÃO DE PLANOS MUNICIPAIS PARA A IGUALDADE DO GÉNERO E NÃO DISCRIMINAÇÃO

A Câmara Municipal de Terras de Bouro irá promover a 17 de Dezembro, em conjunto com a CIG – Comissão para Cidadania e Igualdade de Género, o “Workshop sobre a Elaboração de Planos Municipais para a Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação”.

Esta ação, que terá lugar no Salão Nobre do Município, entre às 10h e 17h:30 minutos, surge para promover as melhores práticas sociais nas autarquias e na vida social e destina-se a todos profissionais da área social, pessoal técnico, conselheiras e conselheiros locais para Igualdade de Género de todos os municípios e instituições locais.

As inscrições podem ser feitas, gratuitamente, através do preenchimento de uma ficha para o efeito disponível na página eletrónica do Município de Terras de Bouro e enviadas para o email: rute.martins@cm-terrasdebouro.pt ou através do telefone: 253 350 010.

HÓQUEI CLUBE DE FÃO PROMOVE “NATAL ENCANTADO”

O Pavilhão Gimnodesportivo de Fão acolhe, nos próximos dias 6, 7 e 8 de dezembro, o evento “Natal Encantado”.

Uma iniciativa do Hóquei Clube de Fão com o apoio do Município de Esposende e da Junta da União de Freguesias de Apúlia e Fão.

Dirigido à população em geral, e em especial às crianças, o evento promete muita animação, nomeadamente insufláveis, uma rampa de gelo, a figura do Pai Natal e até renas verdadeiras. Haverá também um espaço de feira e gastronomia, e muito mais.

O simulador «Champimóvel» da Fundação Champalimaud também vai marcar presença na iniciativa, onde será exibido um filme interativo 4D, apresentado pelo “Champi”, onde o público é convidado a viajar, de forma divertida, através do corpo humano.

O evento decorrerá nos dias 6 e 7, entre as 13h00 e as 23h00, e no dia 8, entre as 13h00 e as 19h00. O custo de entrada é de 2,5€.

O Hóquei Clube de Fão tem como principal objetivo promover a educação e socialização das crianças por meio da prática da patinagem artística e do hóquei em patins, pretendendo com este evento proporcionar momentos divertidos às crianças, promovendo e divulgando a prática daqueles desportos.

GUIMARÃES: LABORATÓRIO DA PAISAGEM RECEBE AÇÃO SOBRE REGRAS DE SEGURANÇA PARA CONDUTORES DE TRATORES AGRÍCOLAS

“Operação Santo António” privilegia contactos pessoais e ações em sala. Utilização de tratores, as suas consequências e a taxa de sinistralidade são algumas das temáticas a abordar.

Operacao_Santo_Antonio

O Laboratório da Paisagem, situado em Creixomil, Guimarães, acolhe esta sexta-feira, 28 de novembro, pelas 18 horas, uma ação de sensibilização dirigida a utilizadores de tratores agrícolas, com o objetivo de transmitir e aconselhar os condutores destes veículos para a necessidade do cumprimento de regras de segurança.

A Guarda Nacional Republicana, no âmbito das suas ações de policiamento de proximidade, promove a campanha nacional “Operação Santo António”, integrada num conjunto de ações cujo principal objetivo é a prevenção de acidentes com tratores agrícolas.

A sessão, que tem como objetivo reduzir o índice de sinistralidade relacionado com a condução deste meio de transporte, estará a cargo de militares dos Comandos Territoriais da GNR, com especial empenhamento das Secções de Programas Especiais. A participação é gratuita, mediante inscrição através de contacto telefónico (253 421 218) ou por intermédio de correspondência eletrónica (geral@labpaisagem.pt).

Refira-se que, nos setores agrícola e florestal, ocorrem inúmeros acidentes, sendo o capotamento a principal causa de morte dos condutores de tratores. Em comparação com automobilistas de outras viaturas, a estatística evidencia que o risco de óbito é superior nos condutores deste tipo de veículos.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA OFERECE PINHEIROS DE NATAL

Entrega começa segunda-feira

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai disponibilizar gratuitamente pinheiros naturais para a decoração de Natal. Com esta ação, o Município pretende sensibilizar a população para a necessidade de respeitar o ordenamento florestal.

As árvores de diferentes tamanhos resultam de um corte controlado pelos sapadores Florestais de Vila Nova de Cerveira, em locais selecionados para operações de natureza preventiva, sem qualquer interferência prejudicial.

A iniciativa da Câmara Municipal visa evitar o corte indiscriminado de árvores no concelho e, ao mesmo tempo, criar condições para que os munícipes de não fiquem privados de um dos mais simbólicos elementos do Natal: o pinheiro.

Os interessados podem levantar as árvores a partir da próxima segunda-feira, 01 de dezembro, junto ao edifício do Turismo.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA APROVA REDUÇÃO PONTUAL DE TAXAS PARA FEIRANTES

Atenta às preocupações manifestadas pelos feirantes com lugar de terrado na Feira Semanal de Vila Nova de Cerveira, a autarquia aprovou por unanimidade, em reunião de câmara desta quarta-feira, 26 de novembro, uma proposta de redução em cerca de 7,5% das taxas pagas pelos feirantes, apenas para o ano de 2015. Medida proposta com efeitos a 1 de janeiro de 2015 vai ser submetida à Assembleia Municipal.

feira vila nova de cerveira

Esta posição da autarquia cerveirense reflete a auscultação das dificuldades assinaladas por alguns feirantes e respetivas associações, bem como visa contribuir para uma maior potenciação da competitividade do Município, considerando que este é um evento de grande importância ao nível de transação económica e intercâmbio sociocultural.

A proposta já aprovada, com caráter pontual, estabelece uma redução dos valores taxados correspondente a 8%, ou seja, ao invés o pagamento ser efetuado em 52 semanas, passa a 12 meses, havendo uma redução em quatro feiras.

O presidente do executivo explica que, apesar de alguns efeitos da crise, a feira concelhia ainda está de boa saúde, com todas os lugares preenchidos e registando um enorme fluxo de visitantes/potenciais compradores. Contudo, e de algumas reuniões encetadas com representantes de feirantes, há setores que estão a sentir uma maior diminuição de compras, tendo solicitado este incentivo. Fernando Nogueira sublinha um esforço da autarquia para conseguir dar um outro impulso aos feirantes durante o próximo ano de 2015.

A feira de Vila Nova de Cerveira é uma das maiores e emblemáticas do Norte e atrai centenas de pessoas todos os Sábados, sobretudo das grandes cidades do Norte de Portugal e da Galiza.

RUSGA DE S. VICENTE ORGANIZA CONFERÊNCIAS EM BRAGA

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho e o Museu Dom Diogo de Sousa (DRCN), levam a efeito as "Conferências Rusgueiras - Arco Cultural/2014" (uma parceria entre a Rusga, Universidade do Minho e Universidade Católica Portuguesa), no próximo dia 29, (sábado), às 09h:30, no referido museu, sito na Rua dos Bombeiros Voluntários de Braga, desta cidade.

1ª edição das

Conferências Rusgueiras

‘Arco Cultural’

“Religiosidade Popular – crenças, cultos e promessas”

Programa / 29 de novembro

9:00 – Recepção aos participantes

9:30 – Sessão de Abertura (Organização)

Painel V – Moderação: Alexandra Esteves

09:45 – Luís Cunha (UM) - Fé, memória e património: os nós e os laços

10:05 – Cristina Braga (UM) - Como se morria em Bracara Augusta: um olhar sobre os rituais e os espaços funerários

10:25 – Jaime Garcia Bernal - Los cultos de las hermandades andaluzas en el siglo XVI a través de sus libros de Reglas

10:45 – Pausa para café

Painel VI – Moderação:

11:05 – António Francisco Barbosa (UM) - A devoção limiana a Nossa Senhora das Dores nos finais do período moderno

11:25 - Ariana Almendra (UM) - Do sagrado ao profano: a festa em honra do Mártir São Vicente de Braga. A romaria, o culto e tradições (do século XVIII à atualidade)

11:45 – Adília Fernandes (UM) - O culto do Santíssimo Sacramento em Torre de Moncorvo: análise dos estatutos da confraria (século XVIII)

12:05 – Debate

12:45 – Almoço livre

Painel VII – Moderação: José Pinto

14:30 – José Manuel Duque (UCP) - promessas – possível leitura teológica

14:50 – Norberto Tiago Ferraz (UM) - Crença nos intercessores das almas: os testamentos bracarenses do século XVIII

15:10 – Ricardo Silva (UM) - Os conventos femininos bracarenses enquanto centros propagadores de fé

15:30 – José Paulo Abreu (UCP) - A religiosidade Mariana em Portugal

15:50 – Pausa para Café

Painel VIII – Moderação: Carlos Barros

16:10 – Salvador Mota (UCP) - Observações sobre comportamentos religiosos e práticas sociais em Amarante a partir dos Livros de Visitações (1762 - 1868)

16:30 – António Magalhães (UM) – Práticas religiosas na Misericórdia de Viana do Castelo no Século XIX

16:50 – Sofia Fernandes (UM) - A Procissão das Endoenças na Misericórdia de Penafiel: congregadora da devoção popular, imagem da irmandade e geradora de conflitos

17:10 – Jean Yves Durand e Manuela Ivone Cunha (UM) - A nova vida de um santo: crentes, agnósticos e desejo de “tradição”. São Nicolau e as suas festas em Guimarães

17:30 – DEBATE

18:00 – ENCERRAMENTO

Comissão de Honra

. António Magalhães da Cunha

Reitor da Universidade do Minho

. Maria da Glória Garcia

Reitora da Universidade Católica Portuguesa

. Ricardo Rio

Presidente da Câmara Municipal de Braga

. Jorge Ortiga

Arcebispo de Braga

. António Manuel da Ponte

Director Regional de Cultura do Norte

. Fernando Ribeiro Mendes

Presidente da Fundação INATEL

Comissão Científica

Rusga de São Vicente de Braga

José Pinto

Aida Mata

Luís Fontes

Universidade Católica Portuguesa (UCP)

João Manuel Duque

Alexandra Esteves

Universidade do Minho (UM)

Maria Helena Sousa

Marta Lobo

Comissão Promotora |Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho

. José Ribeiro Pinto

Mentor / Coordenação Geral

Presidente da Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho

. Aida Mata

Coordenação científica do projecto “ALMINHAS”

. Ana Cristina Braga

Coordenação e tratamento de dados das “Conferências Rusgueiras - Arco Cultural”

Dep. Comunicação, Promoção e Imagem da Rusga de São Vicente de Braga - GEBM

. Angelina Ribeiro Pinto

Coordenação, concepção e finalidades do projecto “ALMINHAS”

. Ariana Almendra | Maria de Jesus | Manuel Diogo Pinto | Cristiana Barros

Coordenação Geral do Secretariado

. Carlos Alberto Barros

Coordenação do projecto “ALMINHAS”

Dep. Comunicação, Promoção e Imagem da Rusga de São Vicente de Braga - GEBM

. José Adriano Pinto | Bárbara Barros | Eva Vieira | Diana Filipa

Tratamento Geral de dados e Dep. Comunicação, Promoção e Imagem da Rusga de São Vicente de Braga - GEBM

. Judite Dias

Apoio no trabalho de “Campo/Recolha” à Coordenadora científica do projecto “ALMINHAS”

. Luís Fontes

Coordenação científica e apoio às ‘Conferências Rusgueiras - Arco Cultural’

. Manuela Azevedo Silva | Eduarda Pinto da Cunha | Luís Cunha

Coordenação Geral, interligação entre departamentos das “Conferências Rusgueiras - Arco Cultural’

. Maria do Sameiro Faria | Fátima Rodrigues | Pedro Mota | João Macedo

Coordenação Geral, logística das “Conferências Rusgueiras - Arco Cultural’

. Manuel Diogo Pinto | José Lages

Coordenação Geral dos ‘Momentos Artísticos’

. Pedro Dias | Corpos Gerentes da Rusga, mais todos os elementos no activo da ‘Família Rusgueira’

Coordenação Geral de Apoio

MUNICÍPIO DE GUIMARÃES APROVA POR UNANIMIDADE VOTO DE LOUVOR AO PROFESSOR ADELINO OLIVEIRA

Docente desempenhou funções no Agrupamento de Escolas de Briteiros. Município rende «justa homenagem ao cidadão ativamente comprometido com o bem dos seus semelhantes e com o progresso da sua comunidade na procura de um concelho mais justo e solidário», refere o texto apresentado em reunião de Câmara.

Adelino_Oliveira

O Município de Guimarães aprovou, por unanimidade, em reunião do Executivo Municipal realizada esta quinta-feira, 27 de novembro, a deliberação de um Voto de Louvor a Adelino da Conceição Gomes de Oliveira, docente do Agrupamento Horizontal de Escolas de Briteiros, que cessou funções públicas ao fim de três décadas de serviço prestado em estabelecimentos de ensino do concelho de Guimarães.

Adelino Oliveira foi professor do 1º Ciclo na freguesia de Santa Leocádia de Briteiros desde 1995. Foi fundador, Presidente do Conselho Executivo e Presidente do Conselho Pedagógico do Agrupamento Horizontal de Escolas de Briteiros – o primeiro a ser criado em Portugal – de 1999 a 2004. Ainda em Briteiros, mas já no Agrupamento Vertical, foi Presidente da Assembleia de Escola e, posteriormente, do seu Conselho Geral, de 2004 a 2009, e Subdiretor, de 2009 a 2014.

Em 2004, fundou o CISIB – Centro de Integração de Serviços para a Infância de Briteiros, uma estrutura protocolada com o Município e o Ministério da Educação que viria a coordenar até 2014, vocacionada para a prevenção e intervenção educativa com o objetivo de diagnosticar os problemas da infância, da juventude e respetivas famílias promovendo, em articulação com a CPCJ, a construção de respostas adequadas no combate ao abandono escolar e à exclusão social.

Foi fundador e é, desde 2012, Presidente da Assembleia Geral da “Castreja – Cooperativa de Apoio Social e Cultural” e, desde 2002, Qualificador da Comissão Social Interfreguesias Castreja, através da qual tem mobilizado e articulado as forças vivas da região em prol do desenvolvimento económico, social e cultural daquela área do território concelhio.

«Conhecido pela forma calma e ponderada como aborda todas as matérias, pela forma como priorizou os alunos, como trabalhou em prol da comunidade, o Prof. Adelino Oliveira é um homem conciliador, de causas, acreditando que todos as crianças têm direito a uma escola de qualidade, tudo tendo feito para que tal fosse uma realidade. Pessoa íntegra e exigente, desde logo consigo mesmo, tais qualidades nunca o impediram de assumir uma atitude positiva, otimista, afável, colaborante, esperançosa e determinada na procura das melhores soluções para otimizar o desempenho da sua escola e dos seus alunos», refere o texto assinado por Domingos Bragança, Presidente do Município.

No mesmo Voto de Louvor, destaca-se a «forma denodada e comprometida como abraçou a luta contra o abandono escolar na zona de Briteiros, conseguindo resultados muito relevantes, em boa medida mercê da empatia que facilmente cria com o seu interlocutor e da convicção profunda com que defende o papel da escola enquanto motor da sociedade e principal fator de desenvolvimento humano. Cumpre igualmente destacar que todo o empenho e dedicação que sempre devotou ao seu papel de educador e gestor escolar não o impediram de assumir cargos importantes em organizações culturais associativas, através das quais fez questão de assumir uma postura de participação ativa na sua comunidade de forma como sempre empenhada, conquanto pessoalmente desinteressada».

TERRAS DE BOURO ORGANIZA I GERÊS MARATHON

No dia 30 de novembro, o Município de Terras de Bouro e a Empresa Carlos Sá Nature Events organizam a I GERÊS MARATHON. A Gerês Marathon não pretende ser uma maratona igual a outras, será única no Mundo!

O que a diferenciará são os vários aspetos associados ao local onde a mesma se desenrola - as estradas do único Parque Nacional de Portugal, um Parque Transfronteiriço que é Reserva Mundial da Biosfera.

Correr no Gerês tem sempre e em qualquer altura do ano um encanto especial, mas as tonalidades que se encontram no Parque Nacional durante o Outono criam um cenário único, que tornarão esta prova tão bela, quanto dura!

Tendo em consideração a sua dureza, e procurando criar condições para que todos os interessados possam participar, a organização traçou cinco distâncias distintas, a saber:

42 km´s; 42 km´s estafeta (equipas de 3); 21 km´s; 13,25 km´s e 9,45 km´s.

Mais informações em: http://carlossanatureevents.com/index.php/pt/gm-apresentacao

ESPOSENDE ILUMINA MUSEU MUNICIPAL CONTRA A PENA DE MORTE

No próximo domingo, dia 30 de novembro, o Museu Municipal de Esposende vai estar iluminado, traduzindo a adesão do Município à iniciativa “Cidades para a Vida – Cidades contra a Pena de Morte”.

Museu_Municipal

Esposende vai associar-se, uma vez mais, a esta ação da Comunidade de Sant’Egídio, de Itália, que tem como objetivo unir todo o mundo para acabar com a pena de morte. Ao iluminar este edifício público, Esposende pretende afirmar o valor da vida e a sua oposição à pena de morte.

O evento “Cidades para a Vida – Cidades Contra a Pena de Morte”, a que aderem outras cidades portuguesas e mundiais, surgiu pela primeira vez no ano 2002. Foi escolhida a data de 30 de novembro porque assinala a primeira abolição da pena capital: a do Grão-Ducado da Toscana, no dia 30 de Novembro de 1786. Cerca de 80 cidades participaram na primeira edição, hoje são mais de 1600, entre as quais mais de 70 capitais nos cinco continentes, que se associam a esta jornada, com iniciativas de carácter educativo, eventos que envolvem monumentos ou praças-símbolo e com intervenções orientadas para a sensibilização dos cidadãos.

PÓVOA DE LANHOSO SENSIBILIZA PARA A TEMÁTICA DA IGUALDADE

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu a IV Semana Municipal para a Igualdade, entre 19 e 25 de novembro, e cerca de 600 pessoas participaram nas diversas atividades realizadas.

Abertura Seminario 2

A IV Semana Municipal para a Igualdade cumpriu, uma vez mais, os seus objetivos: trazer a público a discussão sobre a temática da igualdade de género, demonstrando a existência de desigualdades enquanto desrespeito pelos direitos humanos; chamar à atenção para a ocorrência de violência doméstica e de género e para o dever de denúncia enquanto exercício de uma verdadeira cidadania.

“A Autarquia da Póvoa de Lanhoso foi pioneira na introdução deste tema nos planos de atividades das Câmaras Municipais. Há vários anos que criámos um serviço que tinha como prioridades incentivar a igualdade de género e uma resposta relativa à violência doméstica. Tínhamos a noção de que este serviço iria contribuir para melhorar as condições de vida de alguns Povoenses e, dessa forma, teríamos de certeza um concelho mais justo e solidário. Juntámos vários parceiros ao projeto, fomos desenvolvendo um trabalho positivo que hoje é reconhecido como um importante instrumento de apoio às políticas sociais, sendo o concelho um exemplo nesta matéria, o que muito nos orgulha”, referiu a Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca, na abertura do Seminário “A medicina de género: o género, a saúde e os impactos da violência doméstica e de género na saúde”, no dia 20 de novembro.

Recordando a distinção pela Associação de Famílias Numerosas como Autarquia Mais Familiarmente Responsável, Gabriela Fonseca considerou que “o trabalho desenvolvido nessa área da igualdade de género foi também considerado para a atribuição, pela quinta vez, desse galardão”. Este Seminário contou ainda com representantes da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, do Instituto de Apoio à Criança, do Centro Respostas Integradas Porto Oriental, da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Póvoa de Lanhoso, de diferentes Administrações Regionais de Saúde (Sul, Centro e Norte), da Guarda Nacional Republicana e da Universidade do Minho, assim como de investigadores/as da área da medicina de género e violência doméstica. Nesta ação foi ainda apresentada uma caraterização dos casos acompanhados pelo SIGO – Serviço para a Promoção da Igualdade de Género, criado pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. Participaram neste Seminário cerca de 130 pessoas, em especial estudantes do Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso. De referir ainda que o coffee break foi servido por utentes da ASSIS.

Semana para a Igualdade - dia 25

ESPOSENDE APROVA PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTEÇÃO CIVIL

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Esposende já foi aprovado pela Comissão Nacional de Proteção Civil, encerrando, assim, o processo de atualização iniciado em 2011.

Esposende

O Plano de Emergência de Proteção Civil de Esposende não era revisto desde 2006, pelo que o documento agora apresentado, para além de cumprir as orientações nacionais, denota o empenho do Município em cumprir o estipulado e manter a interligação entre os mecanismos de planeamento de emergência de Proteção Civil e os instrumentos de planeamento e ordenamento do território.  

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil identifica as situações de risco e vulnerabilidade e aponta um conjunto de soluções, a partir dos meios e recursos existentes no Município, definindo as orientações relativamente ao modo de atuação dos vários organismos, entidades, serviços, estruturas e agentes da proteção civil a envolver em operações de proteção civil.

O documento estabelece, assim, a tipificação dos riscos existentes, as medidas preventivas a adotar, a identificação dos meios e recursos disponíveis e mobilizáveis, os critérios de mobilização e os mecanismos de coordenação, a estrutura operacional que garante a unidade de comando, direção e controlo permanente da situação e a definição das responsabilidades dos intervenientes com competências no domínio da proteção civil.

Na prática, o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil exprime um conjunto de medidas, normas, procedimentos e missões, destinado a fazer face a uma situação de acidente grave ou catástrofe e a minimizar as suas consequências.

Refira-se que o Diretor do Plano é o Presidente da Câmara Municipal, que detém as competências para coordenar todas as operações de Proteção Civil na área do Município, de modo a atenuar, minimizar ou restabelecer as condições de normalidade e declarar a situação de alerta municipal.

SEMANA DA CIÊNCIA MOBILIZA ESCOLAS E BIBLIOTECAS DE BARCELOS

Iniciativa do Município decorre até sábado, 29 de novembro

A Semana da Ciência, uma iniciativa do Município de Barcelos que decorre até 29 de novembro, nas escolas, bibliotecas escolares e Biblioteca Municipal, teve um dos seus pontos altos com a conferência “O efeito do stress nas doenças degenerativas”, pelo Professor Catedrático Nuno Sousa, da Universidade do Minho, diretor do curso de Medicina da Escola de Ciências da Saúde e coordenador do Domínio de Investigação em Neurociências no Instituto de Ciências da Vida e da Saúde.

Palestra Prof. Nuno Sousa (9) - 2

A conferência, realizada no dia 26 de novembro, foi aberta pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e contou com a presença da Vereadora do Pelouro da Educação, Armandina Saleiro, e de dezenas de alunos do ensino secundário do concelho que encheram o Auditório da Câmara Municipal e seguiram atentamente a lição do Professor Nuno Sousa.

Com o título “Matemáticos, Físicos e Cientistas”, a Semana da Ciência tem como objetivo despertar o interesse dos alunos para a ciência através de dezenas de atividades destinadas aos alunos do 1.º ciclo ao ensino secundário. Compreende palestras, investigação e experiências, livros e leituras, jogos e campeonatos, exposições e cinema. Incluiu, também, visitas ao Champimóvel, estrutura de divulgação científica que estará disponível aos alunos do concelho no Largo do Município.

Até ao dia 26, estiveram presentes cerca de 500 alunos do ensino secundário nas palestras.

Centenas de alunos já visitaram no Champimóvel

Até ao dia 28 de novembro, os alunos das escolas do concelho podem tomar contacto com a ciência e com novas tecnologias através do Champimóvel, uma estrutura de divulgação científica criada pela Fundação Champalimaud, destinada aos mais novos.

No sábado, dia 29 de novembro, o Champimóvel está acessível a qualquer criança ou jovem entre os 6 e os 8 anos (nesta idade, devem ser acompanhados por um responsável) e entre os 9 e os 14 anos.

Já participaram 820 alunos das escolas EB de Fragoso, EB Rosa Ramalho, Centro Escolar de Gilmonde, Centro Escolar de Barqueiros, EB Gonçalo Nunes, Centro Escolar Antóno Fogaça, EB de Manhente, Conservatório de Música de Barcelos e Colégio Menino de Deus. Irão ainda participar as escolas EB Abel Varzim, Secundária de Barcelinhos, Agrupamento Vale D´Este, Agrupamento Vale do Tamel, Agrupamento de Vila Cova, num total de 320 alunos. No sábado, está prevista a participação de 100 pessoas.

PAREDES DE COURA TEM ESCOLA DE ROCK

A “Escola do Rock” é uma iniciativa do município de Paredes de Coura. O projeto, que foi desenhado e tem a direção artística do Space Ensemble, permitirá a um conjunto de jovens proveniente de todo o país, desenvolver competências musicais e criativas, em especial na área da música rock.

De 17 a 21 de Dezembro, em plenas férias de Natal do calendário escolar 2014-2015, decorrerão 5 dias intensivos de formação, experimentação e partilha, que culminarão com a produção e gravação de um álbum e com a apresentação de um espetáculo final.

Em paralelo, e de acesso ao público em geral, decorrerão concertos de bandas já reconhecidas no panorama nacional, como os The Glockenwise ou The Lazy Faithful, demonstrações d...e instrumentos, workshops de produção musical com Stereoboy e Soundmaker e sessões de cinema alusivas ao tema, num ciclo concebido em parceria com o Canal180.

A tutoria desta escola estará a cargo dos elementos do Space Ensemble, sendo a direcção artística de Nuno Alves e a direcção musical de Samuel Coelho (guitarra / violino), Jorge Queijo (bateria/percussão) e Sérgio Bastos (piano).

Descobre como podes participar aqui!

http://escoladorock.paredesdecoura.pt/Como-Participar

Podes também consultar o programa completo de concertos, demonstrações e cinema aqui!

http://escoladorock.paredesdecoura.pt/Programa

CELORICO DE BASTO PROMOVE AÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

CLDS+, Celorico+Social, aproveitou a Feira Anual de Santa Catarina para sensibilizar a população

Durante os dias 22,23,24 e 25 de novembro o CLDS+, Contrato Local de Desenvolvimento Social +, desenvolveu, no recinto da Santa Catarina, uma série de ações voltadas para diferentes temáticas, inseridas nos três eixos de intervenção do programa.

_DSC9878

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, destacou o certame como um evento de eleição para sensibilização e informação da população. “A nossa feira é um evento cada vez mais concorrido pelas suas características próprias, sendo um espaço ideal para a consciencialização e sensibilização para as diferentes temáticas. Hoje em dia, as pessoas estão mais recetivas e conscientes de que é necessário estar alerta para situações a evitar, com comportamentos de salvaguarda e atitudes empreendedoras”, reforçou o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

No mesmo contexto o coordenador do CLDS+, Celorico+Social, Manuel Maria Afonso, salientou ser necessário “aproveitar uma feira que arrasta milhares de pessoas a Celorico de Basto para destacar algumas temáticas que precisam de uma abordagem direta junto da população. Cada ação com as suas especificidades mas todas importantes e necessárias para responder aos reais objetivos do CLDS+, Celorico+ Social”.

_DSC9750

Ao logo dos quatro dias de feira decorreu um fórum interativo, uma oficina de pintura, inscrições para ofertas formativas e marcações de atendimento para o gabinete “Emprego Já”.

Na segunda-feira, 24 de novembro, especificamente, o destaque incidiu na apresentação vocacional sobre o tema “Revela-te”. Durante a manhã os alunos do curso Técnico de Apoio Psicossocial apresentaram um teatro de Marionetas às crianças do pré-escolar do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, da creche da Associação de Solidariedade Social de Basto bem como aos utentes do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) de Celorico de Basto.

A tarde foi reservada para uma degustação de produtos elaborados pelos alunos do curso Profissional Técnico de restauração - variante Restaurante Bar. Um curso que contempla 20 alunos e que apresenta saídas profissionais apelativas.

_DSC9598

A professora Antónia Félix, coordenadora do curso, destacou a importância dos estágios “fundamentais para aprimorar conhecimentos na área e em simultâneo colmatar algumas lacunas que a formação por si só não consegue sanar. Os alunos irão estagiar durante 7 semanas, ou seja, de 18 de Maio a 3 de Julho de 2015, ficando com carteira profissional homologada nos países de União Europeia”.

Por fim, e não menos importante, no dia 25 de novembro, decorreu uma ação de sensibilização inserida no “Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres”. A ação consistiu numa marcha pelas ruas da feira e o lançamento do Gabinete Girassol, “para ouvir, aconselhar e apoiar”.

_DSC9471

MUNICÍPIO DE FAFE INSTITUI PRÉMIO DE MEDICINA DR. MAXIMINO DE MATOS

A Câmara Municipal de Fafe deliberou aprovar o regulamento da edição de 2014 do Prémio Dr. Maximino de Matos, cujo prazo de candidaturas decorre até ao final do ano em curso.

Com o patrocínio da autarquia e em cumprimento do legado deixado por D. Laura Summavielle Soares de Matos, o Prémio Dr. Maximino de Matos tem como objetivo galardoar anualmente o aluno do concelho que melhor classificação obtenha no mestrado em medicina.

Podem concorrer ao Prémio, no valor de 750 Euros, os recém-mestrados de qualquer dos ramos das diversas Faculdades e Institutos do País que ministram Cursos Superiores de Medicina, desde que comprovem o seu nascimento ou residência há mais de um ano no concelho de Fafe.

Os concorrentes devem apresentar as respetivas candidaturas, remetendo fotocópia da carta de curso ou certidão comprovativa da conclusão do curso, com indicação da média final, arredondada às milésimas, bem como certificado de residência no concelho para a Câmara Municipal de Fafe, até 31 de dezembro do ano em curso.

O Prémio será entregue ao contemplado no dia 25 de abril do próximo ano, no âmbito das comemorações do "Dia da Liberdade".

COMÉDIAS DO MINHO CONVERSAM EM CERVEIRA

Biblioteca Municipal recebe Conversas de Porta Aberta, das Comédias do Minho

Depois de um intenso ano de trabalho, a equipa e os criadores residentes das Comédias do Minho (CdM) proporcionam, esta noite, em Vila Nova de Cerveira, um encontro informal com os cúmplices de sempre para abordar o passado, presente e futuro deste projeto.

Par além de proceder a um balanço de 2014 e perspetivar o futuro, a conversa entre responsáveis da CdM e a comunidade cerveirense vai abordar as histórias e experiências deste grupo e a sua projeção não só pelos cinco concelhos do Vale do Minho como também a nível nacional.

O objetivo é consolidar a proximidade com o público, auscultar opiniões e críticas, explicar como surgem as peças de teatro e como se programam desde a conceção da ideia até à sua dinamização em palco. E entre os vários assuntos que podem surgir para debate, há-de surgir, algures vinda do público, a eterna questão “O que é para si o teatro?”.

Esta Conversa de Porta Aberta está agendada para mais logo, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira.

CERVEIRA APRESENTA DANÇA E TEATRO

Dança e teatro sobem ao palco de Vila Nova de Cerveira em “Território”

Vila Nova de Cerveira recebe, entre esta quinta-feira e sábado, três espetáculos teatrais de "Território – Relação Vivida com a Natureza". Trata-se de mais uma iniciativa das Comédias do Minho, enquadrada na oferta cultural descentralizada pelo concelho apresentada ao longo do ano. Espetáculos decorrem pelas 21h30 em Lovelhe, Vila Nova de Cerveira e Nogueira.

De acordo com o diretor artístico da Companhia de Teatro, João Pedro Vaz, Território é uma palavra que faz parte do léxico normal de trabalho das Comédias do Minho, constituindo-se como uma das grandes palavras-chave para desbloquear a implicação do projeto implementado.

Com direção de Joana Providência e coprodução ACE Teatro do Bolhão/ Comédias do Minho/ Culturgest, este espetáculo, que tem por base a obra de Alberto Carneiro e a sua enfatização da ideia de “relação vivida com a Natureza”, representa o encerramento das comemorações dos 10 anos das Comédias do Minho com estes corpos-paisagem, criando uma bela e metafísica reflexão. Nesta peça, Território não é um mapa sem reticulação, não é uma terra desconhecida, não é um lugar de passagem é mais uma casa, um corpo, uma área de nós que fica marcada. O espaço é tratado como uma cenografia da memória, constituindo-se, pelos lugares e paisagens de uma vida, como um mapa identitário, individual e único.

“Território” vai passar entre esta quinta-feira e sábado, no território de Vila Nova de Cerveira, com início às 21h30. Esta quinta-feira na sede da Junta de Freguesia de Lovelhe, na sexta-feira no Fórum Cultural de Vila Nova de Cerveira, e no sábado na sede da Junta de Freguesia de Nogueira.

Depois da estreia no Teatro do Bolhão, passagem pelos concelhos do Vale do Minho, a peça será ainda apresentada, dias 5 e 6 de dezembro, na Culturgest – Palco do Grande Auditório, em Lisboa.

VIMARANENSES CELEBRAM DIA DA RESTAURAÇÃO

Guimarães comemora Restauração da Independência Nacional no próximo domingo à noite. Cerimónia decorre junto à estátua de D. Afonso Henriques

Desfile pelas ruas da cidade percorrerá as principais artérias do Centro Histórico. Durante o percurso, cantar-se-á o Hino da Restauração. Final decorrerá por volta das 24 horas.

Guimaraes_20 Arautos2

O aniversário da Restauração da Independência Nacional vai ser comemorado em Guimarães na noite do próximo domingo, 30 de novembro, a partir das 22:30 horas, pelo Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”, numa cerimónia que contará com a presença de Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães.

Depois de hasteadas as bandeiras, o desfile, com início às 22:45 horas, na sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”, irá percorrer as principais ruas do Centro Histórico, com os participantes a entoarem o Hino da Restauração, seguindo em direção à estátua do Rei D. Afonso Henriques.

O percurso do cortejo tem o seguinte itinerário: Rua Gravador Molarinho (Sede dos “20 Arautos”); Rua da Rainha D. Maria II; Rua Alfredo Guimarães; Rua Egas Moniz; Largo Condessa do Juncal; Viela da Arrochela; Largo da Misericórdia; Rua Vale de Donas; Largo dos Laranjais; Rua das Trinas; Largo do Carmo; Rua Conde D. Henrique.

Junto à estátua do Rei D. Afonso Henriques, além dos discursos protocolares, o Orfeão de Guimarães interpretará o Hino de Guimarães, o Hino da Restauração e o Hino de Portugal. No final deste momento solene, o regresso à sede dos “20 Arautos” será efetuado pelo Largo do Carmo, Rua de Santa Maria, Praça de S. Tiago e Rua Gravador Molarinho. No final, realiza-se a tradicional ceia para todos os participantes.

As comemorações da Restauração da Independência Nacional contam com a participação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, Orfeão de Guimarães, Grupo Cultural e Recreativo “Os Trovadores do Cano”, Sociedade Musical de Guimarães e C.N.E. – Corpo Nacional de Escutas.

PROGRAMA

Dia 30 de novembro (domingo)

22h30 – Hastear das bandeiras (sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques”);

22h45 – Início do desfile pelas ruas da cidade, percorrendo as principais artérias do Centro Histórico, onde irá sendo cantado o Hino da Restauração para que o final decorra por volta das 24 horas. O transporte e a cedência de cavalos para esta cerimónia estão a cargo de Daniel Salgado;

23h30 – Discursos solenes junto à estátua do Rei D. Afonso Henriques;

00h30 – Ceia na sede do Grupo Recreativo “Os 20 Arautos de D. Afonso Henriques” para todos os participantes.

HINO DA RESTAURAÇÃO

Portugueses celebremos

O Dia da Redenção

Saem do pulso as algemas

Ressurge livre a Nação

O Deus de Afonso em Ourique

Dos livres nos deu a Lei

Nossos Braços a sustentem

Pela Pátria Pela Grei

Avante! Avante!

O Ferro empunhar p’ra batalhar

A Pátria nos chama

Convida a lutar

Convida a lutar!

Guimaraes_20 Arautos

NATAL EM FAFE TEM MAIS MAGIA

Mercado de Natal, Árvore Gigante, Casa do Pai Natal, Animação de Rua e Carrossel animam cidade. O Natal vai ter uma cor e sabor diferentes, este ano, em Fafe.

Uma árvore de enfeites gigante, a Casa do Pai Natal, um Mercado de Natal, um carrossel e muita animação nas ruas, são apenas algumas das atividades a desenvolver este ano, numa parceria da Câmara Municipal com a Associação Empresarial de Fafe.

A partir de dia 29 de novembro até ao final do ano são muitas as iniciativas para todos os gostos e todas as idades.

A festa começa já este sábado, com a chegada do Pai Natal e a inauguração da Casa do homem de barbas brancas que faz as delícias dos mais pequenos, na Praça 25 de Abril. Também este sábado, será ligada a iluminação que vai dar cor e vida à cidade durante a época natalícia.

De entre as muitas atividades programadas para estes dias, o destaque vai para o “Mercado de Natal”, que se realiza de 19 a 21 de dezembro, na Praça 25 de Abril, onde será colocada uma tenda e onde  associações do concelho vão mostrar e vender os seus produtos. A par disso, a tenda terá muita animação, música e teatro.

A tenda onde decorrerá o “Mercado de Natal” foi também o palco escolhido para a realização do tradicional “Encontro de Coros” que, este ano, para além da mudança de local, vai ser alargado aos três dias do certame.

Mas há muito mais para quem visitar Fafe neste mês de dezembro. No dia 7, vai realizar-se uma caminhada, que começa no centro da cidade com um Falsh Mob, dinamizado pela Associação Leões do Ferro, e no dia 14, a Praça vai ser palco do DançARA, um espetáculo de dança promovido pela Associação Ara do Bugio.

Com esta programação, a organização pretende dar mais vida ao centro da cidade e também impulsionar e promover o comércio local.

“Sabemos que hoje as pessoas procuram cada vez menos o comércio local, optando pelos grandes centros comerciais. Para chamar as pessoas ao comércio de rua, ao comércio tradicional, temos de dinamizar o nosso centro, e demonstrar o que as nossas lojas têm e que vale a pena investir no comercio local”, explica Pompeu Martins, vereador da Câmara Municipal de Fafe.

PONTE DE LIMA PROMOVE NDÚSTRIA DO GRANITO

Ponte de Lima – Projeto Granito das Pedras Finas Recebe a visita do Presidente da CCRN

O Município de Ponte de Lima recebeu ontem, 25 de novembro, o Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte - CCDR-N, Prof. Dr. Emídio Gomes. A visita tinha como objetivo conhecer de perto a realidade da indústria do granito de Ponte de Lima e, em particular, aquela localizada no núcleo das Pedras Finas, em Arcozelo.

pedras finas1

O sector, estratégico para a dinamização do potencial endógeno do concelho, é objeto de um projeto abrangente que pretende corrigir e enquadrar a atividade dos industriais. Foi desta forma possível transmitir todo o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido e demonstrar a estratégia seguida com vista a dotar a indústria de condições físicas e legais para o desenvolvimento da sua atividade com benefícios óbvios para o concelho e para a região. Não obstante a forte crise económica e social que o país atravessa, o elevado crescimento das exportações e oportunidades geradas internacionalmente permite à indústria exploradora e transformadora do granito assumir um papel determinante no desenvolvimento socioeconómico, criação de riqueza e emprego no concelho.

A deslocação do Presidente da CCDR-N foi complementada com uma deslocação ao terreno nomeadamente no local do futuro Parque Industrial do Granito das Pedras Finas e a uma indústria transformadora.

O núcleo das pedreiras das Pedras Finas representa um volume de negócios superior a vinte milhões de euros e emprega cerca de quinhentos trabalhadores de forma direta.

pedras finas2

VIZELA CAMINHA CONTRA O CANCRO

Caminhada e aula de zumba angariou 1.250,00€ para a Liga Portuguesa contra o Cancro

O Município de Vizela vem por este meio, e em nome de todas as entidades parceiras do evento, agradecer a participação de todos na caminhada e aula de zumba, realizadas no passado dia 16 de novembro.

Aula Zumba LPCC

Vizela mostrou, mais uma vez, que é um concelho solidário e, com a ajuda de todos, conseguimos angariar 1.250,00€ (mil duzentos e cinquenta euros), que reverteram na sua totalidade para a Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte.

De lembrar que a Câmara Municipal e a Liga Portuguesa contra o Cancro promoveram uma caminhada e aula de zumba, no passado dia 16, no Espaço Multiusos.

A participação nesta atividade teve um custo de 3,00€, com a oferta de uma t-shirt, cujo valor reverteu totalmente para a Liga Portuguesa contra o Cancro – Núcleo do Norte.

ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE A QUARTA EDIÇÃO DO CONGRESSO “CASA NOBRE: UM PATRIMÓNIO PARA O FUTURO”, ACOLHENDO MAIS DE 250 PARTICIPANTES.

Nos próximos dias 27, 28 e 29 de Novembro a Casa das Artes de Arcos de Valdevez recebe a 4ª edição do Congresso Casa Nobre: Um Património para o Futuro, dando desta forma seguimento a um projeto consolidado de estudo da memória, arquivo, heráldica, genealogia, defesa e valorização do património construído, turismo e desenvolvimento regional.

Trata-se de um evento único nas suas características e assumidamente considerado como o único fóruns de reflexão, estudo e debate sobre estas temáticas ao nível nacional e internacional, atraindo e divulgando a investigação de qualidade em torno destes temas e problemáticas, numa iniciativa que consegue ser, também, um exemplo de cooperação entre uma Autarquia, o Município dos Arcos de Valdevez, e as Universidades, nacionais e estrangeiras, representadas através de vários docentes e investigadores.

Nos três dias do evento passam por Arcos de Valdevez 4 palestrantes de referência, dois deles internacionais (Espanha e Inglaterra), e mais de uma centena de comunicantes, repartidos por geografias nacionais, mas também oriundos do pais vizinho e do Brasil, para além de diverso público assistente, num total de participantes que superará as duas centenas e meia.

Serão debatidas e apresentadas reflexões diversas sobres as quatro áreas nucleares do Congresso, passando por temas diversos como a história, a arquitetura, a heráldica, mas não descorando os desafios no âmbito do turismo, da viabilização económica e da gestão deste vasto património arquitetónico e histórico que representam as casas de cariz nobilitário, que assenta as suas raízes na idade média, mas que conhece um florescimento assinalável nos séculos XVII a XIX, com exemplos similares registados também fora das fronteiras portuguesas.

O evento é ainda alargado à comunidade docente e discente dos vários níveis de ensino, incluindo a presença de turmas do Agrupamento de Escolas de Valdevez e de professores das áreas da História e Geografia, uma vez que o evento está acreditado pelo Centro de Formação e Inovação dos Profissionais de Educação.

O Congresso contará ainda com a realização de uma mesa redonda, um ponto de venda de publicações nacionais e internacionais sobre a temática, bem como com duas exposições temáticas, “GRAVURAS ANTIGAS DE PORTUGAL (SÉCULO XVI-XIX): GEOGRAFIA, HISTÓRIA E ARTE”, de José Silva Ferreira, e “OLHARES SOBRE A TERRA-MÃE” de Luís Aguiar Branco, ambas patentes até Fevereiro de 2015.

FAFE ASSINALA DIA DA ELIMINAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Câmara de Fafe assinalou dia da Eliminação da Violência contra a Mulher com ações na Escola Secundária e Feira Semanal

Distribuição de informação sobre a problemática da violência contra a mulher, ações de sensibilização junto dos mais jovens da Escola Secundária e um workshop de sensibilização sobre a violência nas relações íntimas, no gabinete de atendimento e acompanhamento social/protocolo RSI do Núcleo de Fafe da Cruz Vermelha foram algumas das ações promovidas pela Gabinete de Atendimento às Vítimas de Violência da Câmara de Fafe.

DSC_6455A

Na Escola Secundária, a equipa da autarquia contou com o apoio do GAAF, Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família, do Agrupamento de escolas de Fafe, e, durante toda a manhã de ontem, foi distribuída informação sobre o tema. Os alunos da escola foram também convidados a deixar uma mensagem sobre a temática da violência no namoro ou namoro saudável, em pequenas fitas brancas, que foram colocadas em lugar de destaque na escola. A ideia surge na sequência da campanha do Laço Branco, uma campanha que tem como objetivo de sensibilizar, envolver e mobilizar para o fim da violência contra a mulher.

Esta quarta-feira de manhã, as técnicas do Gabinete da Câmara andaram pela feira a alertar para a problemática da violência contra as mulheres e aproveitaram a ocasião para darem a conhecer o Gabinete de Atendimento às Vítimas de Violência da Câmara Municipal, para todas aquelas que necessitem de ajuda.

DSC_6474a

As comemorações do dia terminaram com uma ação de sensibilização, prevenção e aconselhamento no Gabinete de Atendimento e Acompanhamento Social/Protocolo do R.S.I., do Núcleo de Fafe da Cruz Vermelha.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, a promoção deste tipo de iniciativas é cada vez mais importante, tendo em conta que, muitas vezes, as mulheres são vítimas de violência e “por vergonha ou medo não denunciam”.

“Com estas iniciativas, queremos alertar para uma problemática que afeta muitas mulheres, mas que continua ainda muito escondia, talvez porque as vítimas sintam vergonha ou medo de enfrentar a sociedade. Por isso, com estas ações, queremos, acima de tudo, alertar para este problema e mostrar que há caminhos e que, por mais medo e vergonha que a mulher tenha, deve denunciar por e também por todas as outras vítimas de violência”.

Refira-se que em 1999, as Nações Unidas (ONU) designaram oficialmente o dia 25 de novembro como Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

A data está relacionada com a homenagem a Tereza, Mirabal-Patrícia e Minerva, presas, torturadas e assassinadas em 1960, a mando do ditador da República Dominicana Rafael Trujillo.

ESPOSENDE ORGANIZA ENCONTRO SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

No Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinalou ontem, 25 de novembro, o Município de Esposende organizou o I Encontro sobre Violência Doméstica, subordinado à temática “Quando o amor ocupa um lugar estranho”.

DSC04972

A iniciativa pretendeu promover a reflexão sobre os paradigmas e práticas de intervenção atuais no âmbito da Violência Doméstica do concelho e decorreu na Sala dos Azulejos do Museu Municipal de Esposende, tendo contado com cerca de uma centena de participantes.

Intervindo na sessão de abertura, o Presidente da Câmara Municipal notou que, ao longo dos últimos anos, se operaram mudanças muito significativas na sociedade, concretamente no que diz respeito aos direitos das mulheres, apontando vários exemplos dessa evolução e dizendo que “muita coisa mudou para melhor”. A propósito da temática do Encontro, Benjamim Pereira referiu que o Município está atento a este flagelo social, que procura combater através da ação do Espaço Bem me Querem.

A Vereadora da Coesão Social, Raquel Vale, referiu que este Espaço foi criado em março de 2011, com o intuito de proporcionar uma resposta local para apoio às vítimas de violência e, simultaneamente, de trabalhar a prevenção. Explicou que o Espaço Bem me Querem trabalha em articulação com os vários parceiros da Rede Social do concelho, concertando esforços no sentido de atenuar o flagelo da violência doméstica, e destacou o “trabalho notável” que tem vindo a ser desenvolvido por esses parceiros. Notou também que tem sido determinante a colaboração da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com quem o Município mantém um protocolo de cooperação desde outubro de 2010.

A responsável pela área social do Município referiu que o I Encontro sobre Violência Doméstica pretendeu traçar o panorama do concelho relativamente esta problemática e dar a conhecer de que forma é feita a intervenção, salientando, contudo, que os números que são conhecidos “são apenas a expressão daquelas vítimas que ousaram ou tiveram coragem de pedir auxílio”. Raquel Vale assinalou que a prevenção é fundamental e que a sociedade deverá estar atenta e denunciar os casos de violência doméstica, não só com o intuito de ajudar a vítimas, mas também o agressor. Fez votos, por isso, de que o Encontro concorra para cidadãos mais esclarecidos.

Convidado a falar sobre a “Violência exercida contra as Mulheres”, o Delegado Regional da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Manuel Albano, referiu que a violência doméstica é apenas uma das várias formas de violência, mas é “a mais dramática”, acrescentando que este flagelo exige uma intervenção abrangente e coerente, onde a parceria é essencial. Considerando que os agentes locais é que sabem a melhor forma de intervir em casos de violência, Manuel Albano afirmou que “as autarquias estão a fazer um papel de excelência” a este nível.

Este responsável considerou que a prevenção é fundamental para atenuar a violência e defendeu uma “educação para a cidadania” quer em contexto escolar quer familiar. Para reflexão deixou algumas questões e apresentou números da violência doméstica em termos nacionais: 27 318 participações em 2013 (5.º crime mais participado) e 37 mulheres mortas em 2014.

A terminar a sua intervenção, o Delegado Regional da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género afirmou que “a responsabilidade da mudança é nossa, é individual e colectiva”.

Por sua vez, o Comandante da GNR de Esposende, José Barreto, apresentou uma “Breve análise sobre violência doméstica no concelho de Esposende entre 2012 e 2014”, dando nota do número de ocorrências registados em cada ano, sendo que em 2012 houve 86 casos, número que tem vindo a baixar. As freguesias onde se registam mais situações de violência doméstica e os meses em que há mais incidência deste crime foram também revelados pelo Comandante da GNR de Esposende, que adiantou também que, maioritariamente, o agressor é do sexo masculino, não obstante haver também registo de homens vítimas de violência doméstica. Na sua apresentação, entre outros aspectos, o militar deu ainda conta do número de participação de casos, neste período, à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), sendo que, este ano, já foram sinalizadas 26 situações.

Neste I Encontro, foi feita, pela técnica Isabel Abreu, a apresentação da atividade desenvolvida no Espaço Bem me Querem, cuja atuação se centra em dois eixos, o da prevenção e o da intervenção. Ao nível da prevenção, há a registar 103 ações de sensibilização nas escolas no âmbito da violência doméstica e da violência no namoro, abrangendo 1426 alunos, e 5 ações direcionadas para professores e assistentes operacionais, que abrangeram 131 destes profissionais. Este serviço municipal promoveu também 66 ações de sensibilização junto da comunidade escolar sobre o bullying, que envolveram mais de 1700 alunos, realizou um workshop sobre “Boas práticas no âmbito da violência doméstica” e organizou uma exposição sobre o “Tráfico Humano”. No plano da intervenção, desde a sua criação, o Espaço Bem me Querem atendeu 66 vítimas, encontrando-se 19 processos em curso.

No final, decorreu um espaço de debate, com vários participantes a colocarem questões aos oradores. O I Encontro sobre Violência Doméstica culminou com a abertura da exposição “Vivências” da autoria de Sabina Figueiredo, que estará patente na Sala de Azulejos do Museu Municipal até ao próximo dia 7 de dezembro.

DSC04986

FAFE RECEBE SEMINÁRIO SOBRE INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS

Autarquias devem apostar na promoção dos recursos locais

As Câmara Municipais devem apostar nos seus melhores recursos e promovê-los. Esse é o segredo para o progresso de um concelho que se queira afirmar. A ideia foi deixada no seminário sobre Internacionalização de Empresas que se realizou, esta terça-feira, no auditório da Câmara Municipal de Fafe.

DCS_1495A

Na sessão de abertura, o vice-presidente da câmara de Fafe, Pompeu Martins, falou da necessidade de se debaterem temas como a internacionalização de empresas, salientando que hoje é primordial a aposta no mercado externo.

“Este tema é da maior importância porque, muitas vezes, as empresas não dão o passo da internacionalização por desconhecimento ou receio do que poderá acontecer. Numa altura particularmente difícil para enfrentar os desafios dos mercados, é também um desafio estarmos atentos para agarrar aquilo que de bom está ao nosso lado”, disse, lembrando que autarquia tem estado atenta a estas questões do empreendedorismo.

“A Câmara de Fafe tem tido um olhar especial nas questões do empreendedorismo. Este é apenas um do conjunto de pequenos passos em termos empresariais. Consideramos que para além do Gabinete de Apoio ao Empresário é necessário chamar os empresários para criar um território de desenvolvimento”, frisou.

A ideia de que o tema internacionalização é importante foi deixada também por Joaquim Lima, Administrador-delegado da Adrave, que se referiu ao Ave como “uma das zonas mais empreendedoras do país” e que por essa razão devem ser aproveitadas todas as suas potencialidades para desenvolver o território, dentro e fora de portas. Segundo o responsável, neste ponto as autarquias têm um papel fundamental.

DSC_6592A

“As câmaras municipais devem olhar o seu território e ver os melhores recursos que têm para depois promove-los e vende-los. Não é preciso inventar. O segredo é apostar no que de melhor há no seu território e desenvolve-lo”, explicou, lembrando que “as câmaras são os motores do desenvolvimento”.

O seminário contou também com Manuel Caldeira Cabral, da Escola de Economia da Universidade do Minho, e de Pedro Vieira, consultor especialista em internacionalização, que explicaram as vantagens da internacionalização e a forma como deve ser feita.

O seminário terminou com dois exemplos de empresas fafenses de sucesso no mercado da internacionalização.

Graciete Lima, da empresa Vinhos Norte, falou do trabalho da empresa familiar, criada em 1971. Segundo a empresária para se exportar é preciso em primeiro lugar definir muito bem os mercados e ter alguns conceitos do como poderá ser visto o produto nesses países.

“Não é fácil entrar no mercado internacional, no entanto temos de definir muito bem aquilo que queremos e apostar. Fecharmo-nos no nosso meio não é a solução”, explicou a responsável pela empresa que conta com 34 colaboradores e que exporta para países da América do Norte, Brasil, França e Alemanha.

Com menos experiência no campo empresarial, mas já com produtos no mercado internacional, Paulo Cunha, da Interactive Touch, explicou que a sua empresa está ainda a dar os primeiros passos, no entanto é intenção alargar horizontes e ir mais longe.

“A minha empresa é ainda muito jovem, e apesar de termos poucos conhecimentos ao nível da internacionalização, arriscámos e neste momento já exportamos os nossos produtos para a Ucrânia e no próximo ano devemos entrar no mercado do Dubai e Argélia”, revelou o empresário.

Refira-se que o seminário “Internacionalização de Empresas: estratégias e Mercados” marcou o início de um ciclo de Workshops na área da Internacionalização de Empresas, que vão decorrer em Fafe, no dia 2 de dezembro, sobre a “Internacionalizar para o Mercado Reino Unido” e no dia 4 de dezembro, subordinado ao tema “Internacionalizar para o Mercado Francês”.

DSC_6594A

FEIRA ANUAL DE SANTA CATARINA MANTÉM TRADIÇÃO EM CELORICO DE BASTO

Celorico de Basto recebeu a Feira Anual de Santa Catarina de 22 a 25 de novembro na qual teve especial destaque o concurso pecuário de raças de aptidão carne no dia oficial da efeméride, a 25 de novembro.

_DSC0102

“A Feira Anual da Santa Catarina mostra-se como uma iniciativa cada vez mais procurada pelos comerciantes e pela população em geral que aproveita para se apetrechar com alguns utensílios típicos do inverno, como cobertores e casacos, e utensílios agrícolas como alfaias e árvores de fruto”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

O autarca reforçou a importância das atividades paralelas para atrair cada vez mais visitantes mas deu especial destaque aos concursos pecuários como ex-libris da Santa Catarina. “Este ano tivemos dois concursos pecuários, no dia 23, o da raça leiteira, Holstein Frísia, e no dia 25 o grande concurso de raça de aptidão carne, raças autóctones, que envolveram muitos produtores e curiosos aficionados deste género de concursos. Tendo em conta a atratividade deste concurso, um dos mais participativos da região, estou certo que, mais cedo ou mais tarde, teremos condições para atrair outras raças e quem sabe tornar um concurso regional de âmbito nacional”, reforçou.

_DSC1182

As ruas de Celorico de Basto encheram para receber as centenas de feirantes que aproveitaram para escoar os produtos. “Apesar das dificuldades económicas, nesta feira faço sempre muito negócio, não vendo os produtos todos mas vale bem a pena marcar presença” referiu um dos feirantes.

Recordar que no concurso pecuário das raças aptidão carne estiveram a participar as raças Minhota, Barrosã, Maronesa e a Frísia, no Mercado Municipal. Os concursos foram organizados em parceria com a Câmara Municipal, a Casa do agricultor, OPP, e a Escola Profissional de Fermil de Celorico de Basto. Um espaço que contou ainda com demonstrações equestres com batismo a cavalo, um ponto de atração para miúdos e graúdos. O tradicional corta mato do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto envolveu os alunos, como habitualmente, na tradicional Feira Anual de Santa Catarina.

_DSC1498

A feira caracteriza-se pela exposição para venda de alfaias agrícolas, casacos, cobertores, edredons, meias, etc. Comem-se as últimas sardinhas, as castanhas assadas e aproveita-se esta festividade para comprar as árvores de fruto.

Tal como no ano transato a Feira Anual de Santa Catarina foi abrilhantada com o programa da Sic “Portugal em Festa”, que salientou algumas das particularidades do concelho.

_DSC8824

_DSC9441

ANTÓNIO ZAMBUJO ENCERRA CICLO DE “CONCERTOS ÍNTIMOS” EM FAFE

Cantor apresenta ao vivo novo disco. Fafe foi palco de grandes nomes e espetáculos em 2014

Camané, Rita Redshoes, Miguel Araújo e agora António Zambujo. Fafe tem sido com o ciclo de concertos íntimos palco de espetáculos e concertos memoráveis.

No próximo dia 6 de Dezembro, sábado, António Zambujo pisa o palco do Teatro-Cinema para um espetáculo que promete ser único ao apresentar em FAfe o seu novo trabalho, “Rua da Emenda”, gravado em novembro.

Zambujo fecha o ciclo de Concertos Íntimos de Fafe, 2014, com a apresentação de um trabalho diferente que, segundo a produtora, “é apresentada através de um reencontro, entre Zambujo e um dos seus parceiros mais antigos, Miguel Araújo. Os dois juntos encarregam-se de desenhar nas nossas memórias – não fosse o cenário o carro elétrico onde tantos afetos se cruzam na simples passagem de um bilhete ou de uma senha de mão para mão. Dir-se-ia que esses carris deixam os sulcos marcados para sentirmos como as únicas balizas – que não limites – no calcorrear de uma Rua que, como se percebe pelas diferentes pulsações, pelas distintas cadências, pelos humores complementares, ultrapassa os condicionamentos de trânsito. Guiados pelo sinaleiro que canta, todos têm o seu lugar”.

Refira-se que a aposta da autarquia nos “Concertos Íntimos” tem-se revelado muito positiva. Todos os espetáculos com casa cheia, sendo que os artistas que por cá passam, saem de Fafe com uma excelente opinião do espaço e da cidade.

“Este ano, com o António Zambujo, encerramos um conjunto de quatro ‘Concertos Íntimos’ e o balanço é muito positivo. No contacto que vamos tendo com os cantores que por cá passam, eles falam do bom acolhimento que têm na cidade e todos eles destacam a beleza do nosso teatro, dizendo que é um privilégio tocar numa sala de uma beleza única. Não temos dúvidas que esta é uma aposta ganha e que devemos continuar a apostar num projeto que traz muitas pessoas ao concelho”, explica Pompeu Martins, vereador da Cultura, na Câmara Municipal de Fafe.

De resto, o vereador lembra que com estes concertos, o objetivo é colocar a cidade na melhor programação do país, com espetáculos únicos e de qualidade.

“O nosso objetivo é trazer a cultura a Fafe e colocar o concelho na linha da frente da programação musical do país. Daí termos um especial cuidado na escolha de quem trazemos para estes concertos. Este ano, foram quatro nomes grandes da música portuguesa e todos eles saíram de Fafe satisfeitos de Fafe”.

Portanto, para o vereador esta é uma aposta ganha que deve continuar e se possível melhorada quer no conceito quer na forma para o futuro.

“Fafe tem uma agenda cultural contínua e os ‘Concertos Íntimos’ são, sem dúvida, uma aposta ganha. Trata-se de um modelo que tem cativado os artistas pelo conhecimento e interação com o público e com os agentes do território fafense”.

O concerto está marcado para dia 6 de dezembro, às 21H30, no Teatro Cinema de Fafe.

Na sexta-feira, tal como vem sendo hábito, o cantor já estará em Fafe para uma conversa com um grupo de alunos na Escola Secundária de Fafe, pelas 16h30, e aproveitará ainda para conhecer os Museus da Imprensa e das Migrações.

Os bilhetes são ao preço de 15 € (plateia) e 10 € (camarotes), como habitualmente, podendo adquirir-se no Posto de Turismo, sedeado provisoriamente na Biblioteca Municipal.

MUNICÍPIO DE PÓVOA DE LANHOSO E SOL DO AVE APRESENTAM PROJETO SOCIAL ANGELS – COMUNIDADE EMPREENDEDORA

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Sol do Ave – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale do Ave apresentaram o projeto Social Angels – Comunidade Empreendedora.

Apresentacao Social Angels 2

“Acredito que temos massa crítica aqui na Póvoa de Lanhoso para que este projeto seja um projeto de sucesso”, considerou o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, admitindo que o emprego é uma preocupação diária. “Somos parceiros [da Sol do Ave] e estamos sempre abertos a outras parcerias que venham desenvolver a economia local e orientar os jovens para o futuro e não tenham que emigrar”, referiu.

Manuel Baptista sublinhou que a Câmara Municipal acarinha os empreendedores e reconheceu a relevância do empreendedorismo e dos empreendedores no processo de desenvolvimento do concelho, ao nível da consolidação de uma comunidade mais coesa e sustentável. É de destacar que o Município da Póvoa de Lanhoso se apresenta como uma das portas de entrada para o empreendedorismo, acompanhando e dinamizando o processo localmente, através do Gabinete de Promoção do Desenvolvimento Económico, em constante articulação com os atores dos diversos setores.

O Social Angels, projeto, que se prolongará até março de 2016, pretende iniciar o trabalho junto de uma base de 50 jovens, mas o objetivo é alargar esse número. Pretende-se ainda que, no final, existam oito projetos de empreendedorismo, três dos quais estruturantes, que além de autoemprego possam gerar outros postos de trabalho. “Penso que não pusemos a fasquia muito alta, é realista. Estou convencido de que os números deste projeto vão ser ultrapassados, acredito nos jovens Povoenses, nos técnicos e nos parceiros”, transmitiu o autarca, salientando que é importante que “os jovens comecem a pensar que o futuro deles também passa pela sua criatividade, pela sua imaginação e pela sua entrega a um projeto”.

O Social Angels – Comunidade Empreendedora é cofinanciado pelo Programa Cidadania Ativa - EEA Grants - Fundação Calouste Gulbenkian. Representando a Sol do Ave, Marta Coutada, fez um enquadramento do projeto, que “ficou em terceiro lugar entre variadíssimos projetos que foram submetidos a financiamento a este mecanismo financeiro, o que nos deixou - tanto à Sol do Ave como ao Município da Póvoa de Lanhoso - muito orgulhosos do resultado que obtivemos”. O Social Angels “surgiu da necessidade de responder ao problema do desemprego juvenil e de mobilizar toda a comunidade – organizações públicas e privadas, empresários, jovens, para que, de uma forma criativa e participada, identifiquem e desenvolvam ideias suscetíveis de dar origem a projetos facilitadores da empregabilidade juvenil”, referiu. Surgiu no seguimento de todo um trabalho de base, que foi desenvolvido no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) do Ave, que foi o projeto Territórios_In, que também decorreu na Póvoa de Lanhoso e que terminou em 2013. “E que semeou as sementes que deram origem depois a este projeto, explicou aquela responsável. “Este projeto é possível também graças a toda a abertura e a toda a disponibilidade e empenho do Município da Póvoa de Lanhoso nesta temática, porque o projeto CLDS envolveu outros municípios, mas o que é certo é que as sementes que foram lançadas na Póvoa de Lanhoso deram fruto”.

A coordenadora da Área de Desenvolvimento Social da Sol do Ave, Maria José Afonso, apresentou as atividades previstas no Social Angels, “que é uma comunidade empreendedora que visa responder ao problema do desemprego de jovens e mobilizar para o efeito um conjunto de agentes do território, desde empresas, IPSS’s, organizações de desenvolvimento local, outras entidades públicas e privadas, e os próprios jovens no processo de procura criativa de soluções para o desemprego”. Em seu entender, “vai lançar para o terreno um conjunto de sementes que germinarão, sendo que será responsabilidade do projeto, após esse lançamento das sementes, cuidar delas, cuidar da emergência dos produtos que daí possam resultar, regá-las, fertilizá-las, pulverizá-las e apoiar todo o seu processo de crescimento. Isto será feito pelos Social Angels, que são todos os agentes da comunidade, que através das suas missões e competências convergirão para a emergência e consolidação desses mesmos projetos”.

Esta apresentação decorreu no dia 24 de novembro. Na mesma oportunidade, foi apresentada uma primeira iniciativa, que dará a conhecer com mais pormenor o projeto, o Seminário “Comunidade Empreendedora: a sociedade civil no estímulo ao emprego jovem”, agendada para o próximo dia 27 de novembro, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso.

MUNICÍPIO DE FAFE PROMOVE WORKSHOP SOBRE MAUS TRATOS E DEFICIÊNCIA INTELETUAL

“Roteiro para prevenção e Intervenção em contexto institucional: Maus tratos e deficiência intelectual” em discussão em Fafe

O auditório municipal da câmara de Fafe recebe, na próxima sexta-feira, um workshop para discutir as metodologias e instrumentos de registo e acompanhamento de pessoas com deficiência.

Subordinado ao tema “Roteiro para a prevenção e Intervenção em contexto institucional: maus tratos e deficiência intelectual”, a iniciativa, organizada pelo Grupo de Trabalho Concelhio para as deficiências e Incapacidades, GTCDI, em colaboração com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, CPCJ, tem como objetivos para além de conhecer o roteiro para a prevenção e Intervenção em contexto institucional em situações de maus-tratos a pessoas com deficiência ou outros públicos desfavorecidos, sensibilizar os profissionais, famílias e outros agentes da comunidade para a problemática dos maus tratos, contribuir para a formação e sensibilização das organizações e dos seus profissionais para a prevenção de situações de violência e conhecer metodologias e instrumentos de registo e acompanhamento de situações de maus tratos em contexto institucional e social.

Os trabalhos serão orientados por Sara Neto, da Federação de Cooperativas de Solidariedade e co-autora do Roteiro.

Segundo o presidente da Câmara de Fafe, Raul Cunha, este tipo de trabalhos é preponderante, porque proporciona uma troca de experiencias entre todos aqueles que lidam diariamente com estas pessoas.

“Cada vez mais, temos de estar atentos a todos os sinais, a todas as situações e, neste contexto, considero que este tipo de iniciativa é muito importante porque junta pessoas de várias áreas, promovendo-se uma troca de experiências e formas de trabalho, na tentativa de defesa destas pessoas com deficiência”.

Refira-se que o Grupo de Trabalho Concelhio para as Deficiências e Incapacidades (GTCDI) de Fafe, foi criado em 2002 e é constituído por representantes do Serviço Social da Câmara Municipal de Fafe, Cooperativa de Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Fafe (CERCIFAF) e Santa Casa da Misericórdia de Fafe.

O trabalho deste grupo consiste em promover, organizar, sinalizar, informar e apoiar atividades que envolvam docentes e outro pessoal de escolas, técnicos de organismos públicos e privados, forças de segurança, famílias interessadas nas problemáticas das pessoas com deficiência, bem como sinalizar, informar e acompanhar situações relativas às condições de acessibilidade e mobilidade de cidadãos no concelho.

Assim, inserido neste trabalho, o workshop marcado para dia 28 de novembro, é dirigido a educadores de infância, professores, psicólogos e técnicos da área social, famílias e agentes de ordem pública e outros profissionais interessados nesta temática.

Para fazer a inscrição, os interessados deverão fazê-la através do Serviço Social da Câmara Municipal de Fafe, nas instalações do município, através do telefone 253 700 400, ou através do endereço de email ssocial.educa@cm-fafe.pt

Programa do workshop “Roteiro para prevenção e Intervenção em contexto institucional: Maus tratos e deficiência intelectual”

10h15 - Receção

10h30 - Abertura pelo Presidente do Município de Fafe, Dr. Raúl Cunha

12h30 - Almoço livre

14h00 - Reinício da Sessão

16h45 - Encerramento

ÍRIS INCLUSIVA LEVA EXPERIMEMTAÇÃO DE GOALBALL AO PAVILHÃO DA MEADELA

É já no próximo sábado, dia 29 de Novembro, que a Íris Inclusiva promove, com o apoio do Centro Social e Cultural da Meadela, uma experimentação de Goalball, uma modalidade desportiva ainda muito pouco conhecida entre o público e que, embora originalmente desenvolvida para pessoas com deficiência visual, pode ser totalmente inclusiva.

O terreno de jogo tem as mesmas dimensões do de voleibol, sendo cada equipa constituída por três jogadores titulares e três suplentes. O Goaball é um desporto baseado nas percepções táctil e auditiva (a bola tem um dispositivo sonoro interno que em contacto com o solo permite aos jogadores detectar a sua trajectória), devendo os jogadores usar tampões oculares e viseiras opacas para garantir que todos os participantes competem em igualdade de circunstâncias.

A iniciativa tem início às 14h30, no Pavilhão da Meadela, não sendo necessária inscrição prévia para participar. Não deixe de aparecer, seja apenas para saciar a sua curiosidade, seja para experimentar! Neste último caso, deverá trazer equipamento desportivo adequado.

CONSELHO CONSULTIVO PARA O INVESTIMENTO E EMPREGO DE GUIMARÃES REÚNE NO AVEPARK

Dia 27 de novembro, às 17 horas

Reunião trimestral promovida pelo Presidente do Município inclui visita às instalações do Instituto 3Bs e do SpinPark. Encontro principia às 17 horas.

A segunda reunião do Conselho Consultivo para o Investimento e Emprego, uma das propostas definidas por Domingos Bragança durante o último ato eleitoral, vai realizar-se esta quinta-feira, 27 de novembro, pelas 17 horas, numa visita-guiada que será efetuada ao Parque de Ciência e Tecnologia, em Guimarães.

O ponto de encontro está marcado para o Foyer do edifício do núcleo central do AvePark, seguindo-se a apresentação do Instituto 3Bs e do SpinPark, numa reunião onde marcará igualmente presença o Reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha.

Este órgão reúne trimestralmente e será responsável pelo aconselhamento e apoio para a implementação de projetos com financiamento comunitário, bem como pelo desenvolvimento de programas de incentivos à economia local que favoreçam uma maior ligação entre universidade, investidores e empreendedores.

O Conselho Consultivo para o Investimento e o Emprego em Guimarães é um órgão de consulta, apoio e participação na definição das linhas gerais de atuação do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e na identificação de áreas estratégicas para o desenvolvimento da economia do concelho que visem a dinamização da atividade económica e a criação de emprego.

O Conselho Consultivo é constituído por membros designados por inerência de cargo das instituições representadas, que têm natureza efetiva, e membros convidados, que têm natureza transitória e rotativa. O órgão é composto, no máximo, por 60 membros e tem uma Comissão Executiva constituída por 11 membros.

ALUNOS DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DO ROTARY CLUB DE FAFE VISITAM CASA TÍPICA DE “BRASILEIRO DE TORNA-VIAGEM”

No âmbito da disciplina de História Local, lecionada ao longo dos últimos anos em regime de voluntariado pelo historiador Daniel Bastos na Universidade Sénior do Rotary Club de Fafe, alunos desta instituição vocacionada para a ocupação dos tempos livres numa aprendizagem constante de matérias diversificadas, visitaram na passada terça-feira (25 de Novembro) uma das casas típicas de “brasileiro de torna-viagem” situadas no centro da cidade de Fafe.

A1

A visita a uma das mais típicas casas de “brasileiro de torna-viagem”, propriedade da Dra. Eduarda Leite Castro, e que se assume como um genuíno repositório histórico da moradia que representa a afirmação pessoal do proprietário “brasileiro” no início do séc. XX, permitiu constatar in loco a grandiosidade, a multiplicidade de materiais e cores, e as inovações arquitetónicas e decorativas adotadas na construção da arquitetura elegante de traça “brasileira”.

Refira-se, que esta vista escolar da Universidade Sénior do Rotary Club de Fafe, integra-se no conjunto de aulas práticas e teóricas delineadas no âmbito da disciplina de História Local, essencialmente dedicadas no ano letivo 2014/2015 à temática da influência dos “brasileiros de torna-viagem” no concelho de Fafe.

ESPOSENDE AVANÇA COM PLANO DE MARKETING TERRITORIAL DO CONCELHO

A Câmara Municipal de Esposende vai avançar com a elaboração de um Plano de Marketing Territorial do Concelho. O anúncio foi feito, ontem, pelo Presidente da Câmara Municipal, em sessão realizada no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, na qual estiveram presentes diversos agentes locais, entre os quais Presidentes de Junta, comerciantes, empresários e dirigentes associativos.

DSC04892

Benjamim Pereira explicou que sendo Esposende um concelho com forte vocação turística, o objetivo do Município passa por identificar as suas potencialidades e definir uma estratégia global de promoção e comunicação, de forma a promover o território, adiantando que o Plano deverá estar concluído no final do primeiro trimestre de 2015.

A título de exemplo, o Autarca referiu que o Município promove um conjunto de eventos com alguma dimensão, como é o caso do Encontro Luso-galaico de BTT, o Galaicofolia e o Festival Sons de Verão, dos quais poderá tirar maior partido através de uma comunicação mais eficaz. Benjamim Pereira apontou também o caso do Parque Natural do Litoral Norte como uma mais valia a potenciar, acrescentando que a estratégica de marketing pretende valorizar o território como um todo, desde a gastronomia aos equipamentos.

A elaboração do Plano de Marketing Territorial estará a cargo da empresa Wire Image/ Smart Value Consulting que desenvolveu o Plano de Marketing da cidade no âmbito do Programa de Ação URBI Esposende, sendo profissionais que já têm conhecimento do território, fator que constitui uma mais valia.

Em representação da empresa, estiveram presentes na sessão Paulo Alves e Ângela Crisóstomo, que explicaram os objetivos do Plano e a metodologia de trabalho que será desenvolvida e que passa, numa primeira fase, por ouvir dos vários agentes locais, desde Presidentes de Junta, comerciantes, empresários, dirigentes associativos, até à comunidade, turistas e visitantes, no sentido de perceber quais os fatores de afirmação de Esposende para depois definir a forma de potenciar o concelho, ou seja, valorizar o que já existe. Paulo Alves frisou que é essencial a participação de todos, assim como o seu envolvimento para que Esposende se afirme e seja um território mais pró-ativo. Ângela Crisóstomo clarificou que o plano de comunicação passa por fazer o levantamento do trabalho feito pelo Município neste domínio, para apurar o que resultou bem e menos bem, definindo a partir daí um plano de comunicação integrado, ou seja “perceber as boas práticas para tornar ainda mais coerente e eficaz a comunicação”.

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

No período antes da Ordem do Dia foram abordadas diversos assuntos, tais como a visita à Comunidade arcuense à Suiça, a participação na cerimónia da Embaixada e consulado da Venezuela no Porto e a participação na reunião da Casa dos Arcos de Valdevez em Lisboa, que decorreu nas instalações de ARC de Aguiã. Foram ainda abordadas questões relativa ao horário dos trabalhadores das Autarquias e da assinatura de protocolos com a Igreja. Foi apresentado o programa do 4º Congresso Internacional da Casa Nobre que irá decorrer de 27 a 29 de Novembro na Casa das Artes e foi apresentado o convite para a abertura das instalações do FabLab na In.cubo, na próxima 4ª feira pelas 14h30.

ORDEM DO DIA

PROPOSTA DE FIXAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO VARIÁVEL DO IRS PARA 2015. A Presidência apresentou uma proposta que refere:

”Considerando o plano de apoio social e económico em curso, o seu impacto junto da população, nomeadamente a mais desfavorecida, e o facto das receitas provenientes do IRS estarem a financiar esse plano;

Considerando que estão em curso alterações legislativas em termos nacionais nas receitas do Município, nomeadamente no IMI, IMT, IRS, IRC, tarifas, fiscalidade verde, FAM e outras, cujo impacto no Orçamento Municipal ainda está por avaliar;

Considerando que se têm de evitar situações de desequilíbrios financeiros e evitar recorrer a financiamento bancários para colmatar estas questões;

Considerando que à Autarquia, dentro das suas possibilidades e constrangimentos financeiros, também compete estar ao lado dos arcuenses nestes momentos de dificuldades;

Considerando que a redução dos montantes das transferências do IRS para o Município, estimada em cerca de 44.250 euros, será colmatada por uma gestão mais eficiente das receitas municipais.

A Presidência propõe que a Câmara Municipal, ao abrigo do disposto nos artigos 25º nº 1, alínea c) e 26º nº 1, da Lei nº 73/2013, de 3 de setembro, entregue aos arcuenses 10% da participação no IRS da Câmara, ou seja, baixe para 4,5% a percentagem da participação variável que pretende receber dos sujeitos passivos de IRS com domicílio fiscal no Município de Arcos de Valdevez, relativamente aos rendimentos do ano de 2015, calculada sobre a respectiva colecta liquida das deduções previstas no nº 1 do artigo 78º do Código do IRS.”

A Câmara deliberou, aprovar a proposta apresentada pela Presidência de baixar 10% da participação no IRS da Câmara, ficando em 4,5% a participação variável que pretende receber os sujeitos passivos. Mais deliberou remeter a proposta para apreciação da Assembleia Municipal, nos termos e para efeitos do disposto na alínea c) do nº 1 do artigo 25º da Lei nº 75/2013, de 12 de Setembro, e do nº 2 do artigo 26º da Lei nº 73/2013, de 3 de setembro.

PROPOSTA DE NÃO ATUALIZAÇÃO DAS TAXAS MUNICIPAIS PARA 2015: Pela Presidência foi apresentada uma proposta no sentido de que a Câmara mantenha, para vigorar a partir de 1 de Janeiro de 2015, os valores das taxas previstas na Tabela Geral de Taxas do Município, sem qualquer alteração, relativamente ao ano corrente.

A Câmara deliberou, aprovar a proposta de não alteração da Tabela Geral de Taxas do Município. Mais deliberou remeter a presente proposta para apreciação da Assembleia Municipal.

PROPOSTA TAXA MUNICIPAL DOS DIREITOS DE PASSAGEM PARA 2015 Pelo Presidente foi apresentada a seguinte proposta: “A Lei nº 5/2004, de 10 de Fevereiro (Lei das Comunicações electrónicas) criou uma taxa municipal de direitos de passagem (TMDP) que é determinada com base na aplicação de um percentual sobre a facturação mensal emitida pelas empresas que oferecem redes e serviços de comunicações electrónicas acessíveis ao público, em local fixo, para os clientes finais da área de cada município. Nos termos definidos no nº 2 alínea b) do art.º 106º dessa Lei o percentual é aprovado anualmente até ao fim do mês de Dezembro do ano anterior a que se destina a sua vigência e não pode ultrapassar os 0,25%. Proponho que a taxa a aplicar no ano de 2015 seja de 0%, ou seja não será cobrado esta taxa aos arcuenses”.

A Câmara deliberou, aprovar a taxa proposta a aplicar no ano de 2015, ou seja de 0%, e que a presente proposta seja remetida à assembleia municipal para aprovação daquele órgão (cf. art.º 106º nº 2 da Lei nº 5/2004, e art.º 25º, nº 1, alínea b), do Anexo I à Lei nº 75/2013, de 12 de Setembro.

DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO SOCIOCULTURAL – EDIÇÃO DE BROCHURA PROMOCIONAL DA PORTA DO MEZIO E BROCHURA. A Câmara deliberou, emitir parecer prévio vinculativo referente ao procedimento concursal relativo à “Edição de Brochura Promocional da Porta do Mezio e Brochura Promocional ao Território do Parque Nacional Peneda-Gerês”, e autorizou a abertura de um procedimento administrativo de ajuste directo, nos termos do artº 20º, nº 1, alínea a9 do Código da Contratação Pública, aprovado pelo D.L nº 18/2008, de 29 de Janeiro, com consulta a 3 fornecedores, considerando o preço base no valor de € 16 700,00, acrescido de IVA à taxa em vigor.

SERVIÇO DE ACÇÃO SOCIAL – HABITAÇÃO SOCIAL. A Câmara deliberou, aprovar o realojamento numa casa de habitação social, usufruindo dessa forma, não só de uma renda apoiada, como também de condições de habitabilidade adequadas e condignas, pelo que colocam à consideração a habitação vaga na Unidade Habitacional de Vilafonche, entrada 15, 1º dtº, com a renda a pagar calculada em função do rendimento mensal corrigido do agregado familiar de € 5,05.

ACORDO DE PAGAMENTO – HABITAÇÃO SOCIAL CASA 2 VALE. A Câmara deliberou, aprovar o pedido de revisão do acordo para pagamento da dívida das rendas atrasadas em prestações mensais e a revisão do valor da renda, tendo em conta a situação do agregado familiar.

Associação Olhar Encantador – Associação Recreativa e Cultural de Padreiro (Santa Cristina), a solicitar um apoio financeiro para as obras de melhoramento no seu espaço interior e exterior, designadamente uma cobertura de um anexo. A Câmara deliberou aprovar um apoio de 5.000€.

Associação Recreativa e Cultural de São João de Rio Frio, a solicitar um apoio financeiro para as obras de “Reabilitação do Campo de Futebol da Freguesia” para a realização de diversas provas desportivas, pelo valor de € 2 400,00. A Câmara deliberou, aprovar um apoio de 1 500 €.

ACIAB-Associação Comercial de Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a solicitar autorização para o alargamento dos horários dos estabelecimentos comerciais até às 20 horas e não encerramento no período do almoço durante o mês de Dezembro, incluindo sábados domingos e feriados). A Câmara deliberou, aprovar o solicitado.

Cortejo Etnográfico nas Festas de Nª Srª da Lapa. Os Serviços a informar relativamente aos custos relativos ao Cortejo Etnográfico integrado nas Festas de Nª Sª da Lapa – Edição 2014, sendo o custo total a pagar às Juntas de freguesia participantes no evento de € 5 500. A Câmara deliberou, aprovar o apoio.

Junta de Freguesia de Rio Frio, a solicitar a cedência da escola da Grova, actualmente desactivada. A Câmara deliberou, aprovar a cedência da escola para espaço interpretativo do mundo rural.

Junta de Freguesia de Soajo, a solicitar o pagamento da quantia de € 971,00 de despesas, aquando da realização das Feiras de Artes e Ofícios em Soajo. A Câmara deliberou, aprovar o apoio solicitado.

AQUISIÇÃO DE PRÉDIO RÚSTICO EM TRÁS DO OUTEIRO – SOAJO. Pela Presidência foi apresentada a seguinte proposta: “Para viabilização do projecto de urbanização dos terrenos pertencentes ao Município junto á casa do Povo de Soajo, torna-se necessário adquirir uma propriedade rústica, sita no lugar de Lage – Trás do Outeiro, freguesia de Soajo, pertencente ao senhor Joaquim Domingues do Couto e mulher, Elisa Barreira Couto, residentes na Estrada dos Espigueiros, na vila de Soajo.

A Câmara, nos termos do disposto na alínea g) do nº 1 do artigo 33º do Anexo I à Lei nº 75/2013, de 12 de Setembro, deliberou autorizar a aquisição do prédio rústico, pelo preço de 4.000€ e conferiu poderes à Presidência para outorgar a respectiva escritura de compra e venda.

ABERTURA DE PROCEDIMENTO – EMPREITADA – BLOCO XLVII – CAMINHO DA VEIGA – LIGAÇÃO DE EIRÓS A COUCIEIRO – PROZELO:-

A Câmara deliberou, aprovar o projeto de execução e as peças do procedimento concursal para a execução da empreitada de obra «BLOCO XLVII - CAMINHO DA VEIGA (LIGAÇÃO DE EIRÓS A COUCIEIRO) - PROZELO», que a obra pública em causa seja executada por empreitada, com o preço base fixado em 140.977,00 Euros e que seja adotado como procedimento prévio à contratação o concurso público, sem publicação no JOUE.

DIVISÃO DE AMBIENTE E SERVIÇOS DE GESTÃO – REABILITAÇÃO ENERGÉTICA DA PISCINA MUNICIPAL. Os Serviços a apresentar o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à firma Termotermica – Instalações Especiais, Ldª, pelo valor de € 53 826,08. A Câmara deliberou, aprovar.

CONSTRUÇÃO DE POLIDESPORTIVO AO AR LIVRE DO TOURAL. Os Serviços a apresentar o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à firma Espaço Genial Promoção Imobiliária, SA”, no valor de € 84 000,00. A Câmara deliberou, aprovar.

REVITALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO DE ESPAÇOS URBANOS – RENOVAÇÃO DE PAVIMENTOS – RUA JÚLIO ALMEIDA E COSTA E RUA DA URBANIZAÇÃO DE NOVELHOS. Os Serviços a apresentar o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à firma SRB – Construções, Ldª, pelo valor de € 45 832,00. A Câmara deliberou, aprovar.

BENEFICIAÇÃO DE PARQUES E JARDINS – GREENWAYS – CIRCUITO BIO SAUDÁVEL. Os Serviços a apresentar o auto de consignação da obra em epígrafe, adjudicado à empresa Bricantel – Comércio de Material Eléctrico de Bragança, Ldª, pelo valor de € 54 965,00. A Câmara deliberou, aprovar.

PROJECTO DE EXECUÇÃO SOLAR – PISCINAS MUNICIPAIS -PROPOSTA DE ALTERAÇÃO. A Câmara deliberou, aprovar os trabalhos a menos no valor de 18.056,77. Euros e os trabalhos de espécie não prevista no contrato no valor de 18.056,77. Euros.

PROJECTO DE EXECUÇÃO SOLAR - PISCINAS MUNICIPAIS – PRORROGAÇÃO DE PRAZO . A Câmara deliberou a provação da prorrogação do prazo a título gracioso por 33 dias, isto é, até 23 de Dezembro de 2014, sem direito a revisão de preços durante este período.

DIVISÃO DE OBRAS MUNICIPAIS - ROTUNDA NA RUA DR. JOAQUIM CARLOS DA CUNHA CERQUEIRA – PRORROGAÇÃO DE PRAZO. A Câmara deliberou aprovar a prorrogação de prazo solicitada, seja atendida a título gracioso até 20 de Dezembro de 2014, sem direito a revisão de preços durante este período.

TRABALHOS DE RECONSTRUÇÃO DE MURO E PAVIMENTOS – LUGAR DE MONTINHO – TABAÇÔ. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

SINALIZAÇÃO TURISTICA PARA O TERRITÓRIO DA VALIMAR – FORNECIMENTO E COLOCAÇÃO DE SUPORTES PARA FIXAÇÃO DE CONJUNTO DE 141 SINAIS. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

REABILITAÇÃO CONSERVAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS – PAVIMENTAÇÃO DE SÃO BENTO DO CANDO – GAVIEIRA. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

PARQUE EMPRESARIAL DE TABAÇÕ – 5ª FASE – TRABALHOS DE REGULARIZAÇÃO E OUTROS. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

REABILITAÇÃO, CONSERVAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS – REPOSIÇÃO E PAVIMENTAÇÃO. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

AMPLIAÇÃO DA REDE DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS DA ROTUNDA DE GIELA ATÉ AO ENTRONCAMENTO NA E. N.202-2. A Câmara deliberou homologar do auto de receção definitiva, bem como autorizar a restituição ao empreiteiro dos depósitos de garantia e quantias retidas como garantia da obra e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias.

DIVISÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA - AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES 2014. A Câmara deliberou de acordo com a informação dos Serviços aprovou a Lista de Fornecedores da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, para o ano 2015 e ainda autorizou para a abertura do procedimento de consulta ao mercado no sentido de elaborar o Preçário 20015.

LIMPEZA DE EDIFICIOS MUNICIPAIS – ANO DE 2015. A Câmara deliberou, emitir parecer prévio vinculativo tendo em vista a realização de um contrato administrativo de aquisição de serviços de limpeza e desinfecção em vários edifícios municipais, e autorizou a abertura de um procedimento por ajuste directo para a realização de um contrato cujo objecto seja a limpeza dos vários edifícios municipais tendo como duração o período entre 1 de Janeiro d 2015 e 31 de Dezembro desse mesmo ano.

CIM Alto Minho a informar que no seguimento de deliberação do Conselho Intermunicipal da CIM do Alto Minho, em 02/10/2014, relativamente ao lançamento de procedimento concursal para o fornecimento de energia elétrica (instalações em Média Tensão, Baixa tensão Especial, Baixa Tensão Normal e Iluminação Pública) e Gás Natural, na qual a AREA Alto Minho colabora com a CIM do Alto Minho, solicitam a aprovação da constituição de um AGRUPAMENTO DE ENTIDADES ADJUDICANTES para os efeitos do artigo 39.º do Código dos Contratos Públicos, que se regerá pelas cláusulas e condições constantes da minuta de protocolo em anexo. A Câmara deliberou, aprovar o Programa de Concurso e do Caderno de Encargos anexos à presente proposta, elaborados nos termos dos artigos 132.º e 42.º  do CCP e aprovar a constituição de júri.

MAPA DO PESSOAL DO MUNICÍPIO PARA 2015: - Pela Presidência foi apresentada uma proposta do “Mapa de Pessoal” para o ano de 2015, elaborada de acordo com o disposto nos artigos 28º e 29º da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei nº 35/2014, de 20 de junho, e da alínea a) do nº 2 do artigo 3º do Decreto-Lei nº 209/2009, de 3 de Setembro.

A presente proposta de “Mapa de Pessoal” tem subjacentes as atividades de natureza permanente ou temporária a desenvolver pelos Serviços, e que contempla:

  1. a) Os lugares correspondentes ao pessoal dirigente em comissão de serviço (5) e em situação de mobilidade interna (2);
  2. b) Os lugares que se encontram preenchidos em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado (310);
  3. c) Os postos de trabalho que se encontram vagos (5);
  4. d) Os postos de trabalho a recrutar que, previsivelmente, serão preenchidos durante o ano 2015, para satisfazer as necessidades do serviço no âmbito das atividades planeadas são 2.

A Câmara deliberou, aprovar a proposta de mapa de pessoal e remeter para a Assembleia Municipal para aprovação.

Constituição da sociedade Go2Nature, Unipessoal Lda, pela ADERE Peneda Gerês. AADERE- Peneda Gerês, a remeter a deliberação da assembleia geral da Adere-PG, em foi proposta a deliberação de constituição de uma Sociedade Unipessoal, sendo a ADERE Peneda Gerês a única sócia, sendo o nome da sociedade Go2Nature,Unipessoal Lda. A Câmara deliberou, autorizar a ADERE-PG a constituir a referida sociedade unipessoal por quotas.

CENTRO PASTORAL DE GUIMARÃES RECEBE “CICLOS DE ITINERÂNCIA”

Orquestra do Norte atua pela primeira vez em Moreira de Cónegos na próxima sexta-feira (21h30)

Município descentraliza atividade cultural pelo concelho. Concerto realiza-se esta sexta-feira à noite no Centro Pastoral da vila. Entrada gratuita.

Orquestra_Norte

A Câmara Municipal de Guimarães promove esta sexta-feira, 28 de novembro, pelas 21:30 horas, no Centro Pastoral de Moreira de Cónegos, um concerto com a Orquestra do Norte no âmbito de um conjunto de espetáculos integrados no programa “Ciclos de Itinerância”. As peças “Coriolano, abertura, Op.62”, de Ludwig van Beethoven, “Tannhäuser”, de Richard Wagner (abertura) e “4 Danças Eslavas”, de Antonin Dvorak, fazem parte da programação cuja direção estará a cargo do maestro José Ferreira Lobo.

A Orquestra do Norte foi iniciadora de um trabalho pioneiro e inédito, tendo-se afirmado no panorama da música erudita, sendo hoje uma instituição reconhecida nacional e internacionalmente. Os objetivos pelos quais se pauta a atividade da Orquestra do Norte passam pela criação de novos públicos, pelo apoio à música e aos músicos portugueses e pela constante renovação do repertório.

Agente de transformações na gestão cultural do país e criadora de um novo paradigma musical, desenvolve uma intensa atividade com temporadas regulares de norte a sul do país, realizando mais de 3.000 espetáculos em mais de uma centena de diferentes lugares, apresentando-se também em Espanha, França e Alemanha.

Os espetáculos da Orquestra do Norte incluem concertos sinfónicos, didático-pedagógicos, ópera, música de bailado e de câmara. Além da música erudita, tem abarcado outros géneros musicais, como é o caso do Jazz e música ligeira. A sua programação abriu-se a um repertório mais amplo e variado no qual, juntamente com as partituras básicas do repertório sinfónico ocidental, abundam primeiras audições, tanto de música de recente criação, como partituras recuperadas do passado histórico-musical.

A assistência da Orquestra do Norte ronda os 50 mil espetadores/ano, o que revela a sua capacidade de resposta aos diferentes tipos de público e o especial cuidado com a formação dos jovens, através de concertos pedagógicos. Até ao momento, foram coproduzidas 13 edições discográficas.

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O XXII ENCONTRO DE COROS DE MÚSICA DE NATAL

A Câmara Municipal de Fafe, através do Pelouro da Cultura, retoma em Dezembro o tradicional Encontro de Coros de Música de Natal, este ano em vigésima segunda edição e em moldes diferentes, quer quanto ao local onde tradicionalmente se realizava (Pavilhão Multiusos), quer no dia em que se concentrava o evento.

CORAL DE ANTIME 01

Tudo porque a edição deste ano se enquadra na Feira de Natal que se realiza entre os dias 19 e 21 de dezembro, numa promoção conjunta do Município e da Associação Empresarial, dentro de uma tenda gigante, que terá um palco para animação musical.

É nesse âmbito que se vai realizar o Encontro de Coros, que se estenderá pelas noites de 19 e 20 e tarde de 21, em função do número de inscrições.

Para que haja um critério de distribuição dos coros pelos dias referidos, está previsto um sorteio prévio para determinar a calendarização das atuações.

Os grupos corais do concelho podem inscrever-se na Casa Municipal de Cultura até ao dia 12 de dezembro, indicando o nome dos cânticos a interpretar, no máximo de dois, e referindo o nome dos autores da letra e da música, ou dos autores dos arranjos musicais, bem como o nome do diretor artístico do coral participante.

GUIMARÃES INTERVENCIONA NA PONTE DE CAMPELOS

Trânsito interrompido durante reabilitação da Ponte de Campelos e construção de passagem pedonal

Ponte de Campelos sem circulação de automóveis enquanto decorrer intervenção. Construção de um novo tabuleiro, reforço estrutural dos arcos existentes e execução de uma passagem pedonal entre alguns dos procedimentos a realizar.

Ponte_Campelos_Obras

O início de uma nova fase das obras de reabilitação estrutural e de construção da passagem pedonal da ponte de Campelos, situada na vila de Ponte, determinou a proibição do tráfego rodoviário naquela passagem, medida que entrou em vigor esta segunda-feira, 24 de novembro, e que se prolongará enquanto decorrerem as obras, cujo prazo estimado é de 90 dias.

Durante este período, a ligação entre Campelos e Sande Vila Nova poderá ser efetuada por dois percursos alternativos, utilizando os eixos viários EM583 (Ponte), EN101 (Caldelas) e EN310 (Sande Vila Nova) ou EM583 (Silvares), EN206 (Brito) e EN310 (Sande Vila Nova).

A ponte de Campelos sobre o Rio Ave é construída em alvenaria de pedra granítica, aparelhada à mão, com quatro arcos e o seu tabuleiro, com uma extensão longitudinal de aproximadamente 35 metros, encontra-se apoiado em três pilares situados no leito do rio.

A largura da plataforma de circulação, variável entre 3.40m e 3.60m, corresponde unicamente a uma via rodoviária. O trânsito sobre a ponte realiza-se de forma alternada com recurso a sinalização semafórica, colocada nas margens da estrutura – o que não sucederá enquanto decorrer a intervenção.

A obra foi adjudicada pelo preço de 227.903,39 euros, valor ao qual acresce a taxa de IVA em vigor. A maior parte da verba alocada para a execução deste projeto é destinada para a realização de uma solução estrutural, relacionada com o reforço estrutural dos arcos da ponte e com a colocação de tirantes a unir os muros tímpano.

O projeto contempla ainda a consolidação estrutural da ponte com recurso à execução de micro-estacas em betão e execução de um tabuleiro em laje maciça de betão armado. Sustentada numa estrutura metálica, será também efetuada a construção de uma travessia pedonal, na sequência do compromisso assumido por Domingos Bragança, antes da realização do último ato eleitoral autárquico, a 29 de setembro de 2013.

TERRAS DE BOURO REALIZA CASTING PARA DESFILE DE MODA

Terras de Bouro vai receber, no dia 29 de novembro, o casting para modelos para um dos eventos mais badalados da região, “O Moda em Movimento – Inverno 2014 /2015”. O casting realiza-se no edifício da Câmara Municipal de Terras de Bouro, a partir das 14.30h.

O projeto de animação/promoção do comércio tradicional “Moda em Movimento Inverno 2014/2015”, que se realizará dia 6 de dezembro, será dinamizado pela Nobodymodels, em parceria com a Associação Comercial de Braga (ACB) e com o apoio do Município de Terras de Bouro e a Junta de Freguesia de Moimenta.

Inscrição para o casting do MODA EM MOVIMENTO

Vila de Terras de Bouro

29 de novembro

Câmara Municipal de Terras de Bouro

14.30h

PONTE DE LIMA VAI TER BANCO DE MANUAIS ESCOLARES

Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou o Banco de Manuais Escolares do Município de Ponte de Lima

A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou na reunião realizada a 10 de novembro uma proposta apresentada pelo Vereador da Educação, que consiste na criação de um Banco de Manuais Escolares do Município de Ponte de Lima.

Este projeto destinado aos alunos que frequentam o 1º, 2º e 3º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, visa fomentar a partilha de manuais escolares, mediante o envolvimento e a sensibilização de toda a comunidade escolar, desde alunos, encarregados de educação e docentes dos vários agrupamentos de escolas.

Pretende-se desta forma, reutilizar os manuais escolares usados, contribuindo ativamente para a formação e consolidação da responsabilidade cívica de cada um.

O Banco de Manuais Escolares irá funcionar na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima e nas Bibliotecas Escolares do concelho, sendo a Biblioteca Municipal responsável pela disponibilização de toda a logística necessária ao funcionamento do mesmo, em articulação com os Bancos de Manuais Escolares existentes nos Agrupamentos de Escolas do concelho de Ponte de Lima.

Para mais informações consulte www.biblioteca.cm-pontedelima.pt, ou através do email: biblioteca@cm-pontedelima.pt

BARCELOS ASSOCIA-SE A MOVIMENTO CONTRA A PENA DE MORTE

Iluminação da Torre Medieval e ação do grupo Haja Ânimo, no sábado, 30 de novembro, às 18h00

Barcelos, como Cidade Educadora, associa-se ao movimento “Cidades pela Vida-Cidades – Cidades Contra a Pena de Morte” que decorre, anualmente, em 30 de novembro, iluminando, nesse dia, a Torre Medieval, no Largo da Porta Nova. Realizar-se-á, pelas 18h00, uma ação de sensibilização junto àquele monumento, dinamizado por elementos do grupo “Haja Ânimo” e por um representante da Amnistia Internacional Portugal.

Torre Menagem de 05-12-2013 002

Desde 2012 que a cidade de Barcelos é uma das cidades portuguesas que integra o movimento que defende a abolição mundial da pena de morte. Este evento surgiu pela primeira vez no ano 2002, por iniciativa da Comunidade de Sant’Egidio italiana, que quis assim assinalar o aniversário da abolição da pena de morte no primeiro estado europeu, o Grão-Ducado da Toscânia, a Norte de Itália, no dia 30 de novembro de 1786. Atualmente a celebração é dinamizada em todo o mundo pela Coligação Mundial Contra a Pena de Morte, da qual a Amnistia Internacional faz parte. No ano anterior, verificou-se a participação de 1625 cidades de 89 países, entre os quais Portugal, com 80 cidades e vilas a participar nos últimos oito anos.

Integrando ainda esta temática, de 9 a 12 de dezembro, está programada a Semana Concelhia dos Direitos Humanos, sendo desenvolvidas palestras, sessões de contos, ateliês, exposições, além de estabelecidas parcerias em projetos das instituições Oikos e a Amnistia Internacional Portugal.

FÓRUM INTERNACIONAL DE TURISMO: GUIMARÃES PROMOVE-SE EM PROVÍNCIA CHINESA COM MAIS DE 100 MILHÕES DE HABITANTES

Fórum internacional permitiu divulgar património e potencial turístico vimaranense em mercados do Oriente. Participação decorreu no âmbito de convite endereçado às cidades que aderiram ao convénio Caminho Cultural Atlântico, de que Guimarães faz parte.

la_foto_2_1_690_2000

O Município de Guimarães, através do Caminho Cultural Atlântico, integra o acordo para a promoção turística da região, cujo convénio foi assinado com a província chinesa de Henan, com mais de 100 milhões de habitantes, onde se realizou a 4ª edição do Fórum Internacional de Turismo.

O documento tem como objetivo estabelecer as bases para a cooperação entre os dois destinos, tendo em vista o desenvolvimento de ações que permitam promover a imagem de ambos os territórios, além de definir canais que beneficiem o trabalho conjunto de colaboração que permitam promover o turismo e difundir o Caminho Cultural Atlântico na República Popular da China.

No encontro, que contou com a participação de uma delegação de Guimarães nesta edição do Fórum, cujo convite europeu apenas foi endereçado a cidades do Arco Atlântico e a Madrid, discutiu-se o turismo enquanto motor de desenvolvimento das cidades, do ponto de vista cultural e económico. A representação vimaranense foi ainda convidada a visitar a província de Hubei, conhecida pelo seu turismo de natureza. Wuhan, a capital, tem 10 milhões de habitantes.

No Fórum Internacional, cujo convite europeu apenas foi endereçado a cidades do Arco Atlântico e a Madrid, discutiu-se o turismo enquanto motor de desenvolvimento das cidades, do ponto de vista cultural e económico. A representação vimaranense foi ainda convidada a visitar a província de Hubei, conhecida pelo seu turismo de natureza. Wuhan, a capital, tem 10 milhões de habitantes.

«Os responsáveis chineses manifestaram muito interesse em cooperar com as 15 cidades do Caminho Cultural Atlântico, quer na promoção turística, quer ao nível dos investimentos económicos. De referir que a China conhece grande crescimento nas saídas turísticas», afirmou José Bastos, Vereador da Cultura, que representou o Município de Guimarães neste fórum. Zhengzhou é uma cidade com cerca de 9 milhões de habitantes, numa província que conta com mais de 100 milhões de pessoas. Henan é considerada o centro da cultura chinesa e possui lugares turísticos importantes como Shaolin, Kaifeng ou Louyang.

la_foto_1_1_690_2000

PRESIDÊNCIA E FESTIVAL DO ARCO ATLÂNTICO

A propósito do convénio designado por Caminho Cultural Atlântico, aprovado em reunião de Câmara no dia 10 de julho, o Município de Guimarães, como resultado do trabalho em rede, foi também convidado pela cidade de Gijón a participar, em finais de julho de 2015, no Festival Arco Atlântico, evento para o qual apenas foram convidadas quatro cidades estrangeiras.

No segundo semestre do próximo ano, Guimarães vai presidir à Comissão Permanente do Caminho Cultural do Atlântico, instituição que reúne 15 cidades de Portugal, Espanha e França, cuja principal finalidade é a construção de parcerias na área cultural e turística, promovendo o património do Arco Atlântico, que integra as cidades de Bilbao, Biarritz, Baiona, Bordéus, San Sebastian, Santander, Oviedo, Gijón, Avilés, Corunha, Santiago de Compostela, Vigo, Porto, Braga e Guimarães.

Forum_China_Nov2014_1_690_2000

BRACARENSES ORNAMENTAM ALTAR DA CAPELA DE SÃO GERALDO, NA SÉ DE BRAGA, COM FRUTA FRESCA

Já imaginou um retábulo de talha dourada do séc. XVIII decorado com Fruta Fresca?

Não consegue imaginar?

Na Sé de Braga há a tradição de, no dia 5 de dezembro, ornamentar o altar da belíssima Capela de S. Geraldo com fruta fresca. Este gesto remete para o chamado milagre da fruta, associado a S. Geraldo. Milagre da Fruta“Numa das suas visitas pastorais a Bornes, Vila Pouca de Aguiar, S. Geraldo adoeceu. Nos ardores da febre, pediu ao sacerdote que o acompanhava fruta fresca.

O sacerdote respondeu-lhe que naquele lugar e com aquele tempo de inverno rigoroso seria impossível realizar o seu desejo.

  1. Geraldo respondeu:

- Vai e procura!

O Sacerdote aproximou-se da janela, e, para seu espanto, as árvores estavam cheias de fruta.”

(Adaptado)

Conscientes da importância e da riqueza do património material e imaterial da cidade de Braga as autoras Catarina Saavedra (Texto) e Sílvia Abreu (Ilustração) decidiram reescrever a história do Milagre da Fruta, dando a conhecer esta bonita tradição bracarense.

Inspirado na vida de S. Geraldo, este livro pretende sensibilizar crianças e adultos para um importante período da história de Portugal.

  1. Geraldo, padroeiro da cidade de Braga, nasceu em Cahors (França). Foi monge beneditino no Mosteiro de Moissac e chantre da Catedral de Toledo. Em 1099 foi eleito Bispo de Braga.

Temos o prazer de convidar toda a comunicação social para o lançamento do livro que se realizará no próximo dia 29 de Novembro, pelas 16h30, na Capela de S. Geraldo – Sé de Braga.

Agradecemos desde de já a vossa atenção e colaboração, estamos certas que com a vossa ajuda, estas tradições, muitas vezes esquecidas, serão divulgadas e revitalizadas pelas gerações futuras.

Ficha Técnica:

Texto: Catarina Saavedra

Ilustração: Sílvia Abreu

Coordenação Cientifica: Doutor José Marques

Revisão do Texto: Doutora Isabel Fernandes

Edição: Centro Atlântico

IN.CUBO INAUGURA FAB.LAB ALTO MINHO E APRESENTA A PLATAFORMA I9MINHO

A In.Cubo – Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras leva a efeito a cerimónia de inauguração do Fab.Lab Alto Minho e apresentação da plataforma i9minho, que decorrerá no próximo dia 26 de Novembro pelas 14h15, nas suas instalações.

CONVITE

Estas duas ferramentas tecnológicas desenvolvidas pela In.Cubo, no âmbito do Projeto Minho Empreende, destinam-se ao tecido empresarial da região Minho, centros de I&D, investigadores e instituições em geral.

Com esta iniciativa, a In.Cubo pretende apoiar as empresas nos seus processos tecnológicos, tornando-as mais competitivas em mercados cada vez mais exigentes e globais.

O grande desafio desta iniciativa é promover a aproximação dos centros de I&D às empresas com resultados espectáveis ao nível da competitividade destas.

SUB-18 DO CRAV REALIZA JOGO DE TREINO EM PONTEVEDRA

Com base na preparação e evolução da equipa de sub-18, o CRAV realizou, no dia 23 novembro, um jogo treino com o RC Pontevedra, clube de Espanha.

crav-pontevedra(4) (1)

Com a ausência de vários jogadores e com alguns casos de lesões, o CRAV apresentou-se reduzido e bastante fragilizado, evidenciando uma fraca prestação ao longo do jogo.

Ao intervalo perdia por 0-19 e, sem recursos, o marcador dilatou-se na segunda parte, acabando o CRAV por marcar um único ensaio, por Samuel Rego, fixando o resultado final em 5-55.

No próximo fim-de-semana os sub-18 deslocam-se à Agrária de Coimbra, prevendo-se um jogo complicado perante um adversário difícil.

crav-pontevedra(3) (1)

crav-pontevedra(2) (1)

crav-pontevedra(1) (1)

MUNICÍPIO DE CERVEIRA MANTÉM TAXAS DE IRS E DERRAMA PARA 2015

A Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou por unanimidade, na sessão da passada sexta-feira, 21 de novembro, a fixação da taxa de derrama e de IRS para 2015, aplicando os mesmos valores praticados no corrente ano.

IMG_6202

Para 2015, a proposta de manutenção da redução do nível dos impostos que incidem sobre as famílias e as empresas sediadas no Concelho reflete a constante preocupação deste elenco camarário para que, em tempos de crise, as dificuldades possam ser algo minimizadas no que respeita à carga fiscal que depende do Município.

A Assembleia Municipal aprovou a taxa de 1,5% para a participação variável no IRS relativa ao ano de 2015, num valor máximo de 5%. O presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, explicou aos deputados municipais que, atendendo às dificuldades financeiras dos agregados familiares, “não há condições para se proceder a ajustes e aumentos, sob pena de prejudicar a qualidade de vida da população”.

A proposta da taxa de derrama para o próximo ano é exatamente igual à apresentada no ano passado. A Assembleia Municipal aprovou a isenção de pagamento de derrama às empresas com volume de negócios até 75 mil euros; para volume de negócios até 150 mil euros a taxa a pagar é ainda reduzida, tendo sido fixada em 0,8%, e as restantes empresas que apresentarem um lucro tributável acima dos 150 mil euros ficam sujeitas à taxa de 1,5%.  

Fernando Nogueira explicou que não há margem para alterar estas percentagens sob prejuízo de comprometer a boa saúde das empresas instaladas nos dois polos industriais do Concelho, destacando a clara discriminação positiva em relação às empresas com menor volume de negócios.

Orçamento para 2015 aprovado por maioria

Nesta sessão de novembro, a Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira aprovou ainda as Grandes Opções do Plano Orçamental (GOP) para 2015 no valor de 13,4 milhões de euros, prevendo-se um crescimento de 3,5% relativamente ao adotado em 2014. A proposta foi aprovada por maioria, com as abstenções da Bancada do Partido Socialista.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, estas GOP 2015 “expressam a vontade de valorizar a nossa terra, com empenho, dedicação e entusiasmo, fazendo frente às dificuldades que poderão surgir no próximo ano. Ao mesmo tempo, em consonância com os autarcas, funcionários e população, pretendemos aproveitar os novos desafios que se avizinham em prol do desenvolvimento do nosso Concelho”.

O apoio dado às Juntas de Freguesia é sinónimo de que a política de proximidade é uma prioridade, pelo que mantém-se o mesmo nível de apoio praticado em 2014, com uma fatia de 250 mil euros para transferências diretas e mais 500 mil euros disponíveis para um conjunto de intervenção previamente identificadas pelos autarcas.

CELORICO DE BASTO PROMOVE GASTRONOMIA

Fim-de-semana gastronómico em Celorico de Basto deleitou apreciadores de boa gastronomia

O Fim-de-Semana Gastronómico promovido pela entidade Turismo Porto e Norte de Portugal em colaboração com o município de Celorico de Basto decorreu este fim-de-semana, de 21 a 23 de novembro, em Celorico de Basto nos restaurantes aderentes.

fins de semana gastronómicos (3)

O prato de eleição foi cabrito assado no forno, uma especialidade que se torna, cada vez mais, o prato de eleição para quem visita o concelho. “Este prato é muito requisitado por quem visita o nosso restaurante e, apesar de ser um prato exigente e que precisa de uma preparação especial para que a carne fique devidamente suculenta, é, uma excelente forma de mostrar o nosso concelho”, salientou António Sousa, proprietário e cozinheiro de um restaurante aderente.

fins de semana gastronómicos (2)

A iniciativa conta com a participação da Câmara Municipal no que respeita à divulgação e ao convite feito aos restaurantes. O prato mantem-se e tem por objetivo ser o prato típico de Celorico de Basto. “Muitos dos nossos visitantes regressam a Celorico de Basto pela excelente gastronomia que temos para oferecer por isso, continuaremos a trabalhar na promoção do que melhor se faz ao nível da enogastronomia”, salientou o vereador do Turismo, Fernando Peixoto.

Importa recordar que a sobremesa de eleição foi o pão-de-ló com doce de camélia tudo isto acompanhado pelo vinho verde que caracteriza a região, um néctar amplamente demarcado. O prato selecionado foi apresentado no programa “Grandes Manhas” do Porto Canal e no programa da SIC “Portugal em Festa”.

fins de semana gastronómicos (1)

GENTES DE CELORICO REALIZARAM MAGUSTOS

Celorico a Mexer promoveu “magustos” em Celorico de Basto

Todos os grupos pertencentes ao Celorico a Mexer, programa Social da Câmara Municipal de Celorico de Basto, desenvolveram, durante o mês de novembro, atividades direcionadas ao S. martinho com destaque especial para os magustos. Hoje, 24 de novembro, o magusto teve lugar na freguesia de Fervença com a tradicional fogueira com caruma e as castanhas a assar.

magusto

“Trata-se de um momento que é sempre recordado pelos nossos animadores, professores e utentes do programa Celorico a Mexer. Esta é a altura certa para degustar as castanhas, sem exageros, num convívio salutar onde predomina a boa disposição, música e a degustação de outros petiscos tradicionais”, referiu a coordenadora da Ação Social e Saúde, Helena Martinho.

A ação contou com a colaboração da animadora Patricia Meireles, do professor de Música, Fernando Mendes e do motorista, Carlos Silva, que, conjuntamente com os idosos criaram um momento de verdadeira diversão.

O Celorico a Mexer tem outras ações planeadas como os coros de Natal, uma iniciativa que envolve os grupos de todas as freguesias do concelho que interpretarão músicas tipicamente natalícias.

GUIMARÃES: PONTE QUE LIGA SANTA EUFÉMIA DE PRAZINS E BARCO FOI HOJE REABERTA AO TRÂNSITO

Pedra fraturada foi substituída por outra com iguais características. Tráfego rodoviário foi retomado esta segunda-feira à tarde.

Ponte_Barco_Reaberta

A circulação de automóveis no tabuleiro da ponte que liga as freguesias de Santa Eufémia de Prazins e Barco foi reposta esta segunda-feira à tarde, 24 de novembro, depois de ter sido reparada uma das pedras do lajeado da ponte, que partiu na última sexta-feira à tarde e que motivou uma temporária interdição de trânsito.

No imediato, a Câmara Municipal de Guimarães começou a tratar do processo de reposição da normalidade rodoviária, com o objetivo de substituir a pedra por outra de iguais dimensões, o que sucedeu durante o dia desta segunda-feira.

O Departamento de Obras Municipais esteve na sexta-feira à tarde no local a fazer uma avaliação do sucedido, depois do Serviço Municipal de Proteção Civil, através da Polícia Municipal e da Divisão de Trânsito, terem procedido ao provisório encerramento da ponte.

O Município de Guimarães, que diligenciou todos os esforços no sentido de abreviar os respetivos trabalhos de reparação, agradece a compreensão demonstrada pelos vimaranenses que habitualmente circulam nesta passagem.

VIANA DO CASTELO VAI TER A PRIMEIRA UNIDADE DE EXERCÍCIO CLÍNICO FORA DO AMBIENTE HOSPITALAR

Não é uma sessão de fisioterapia, mas também não é uma aula rotineira de ginásio. O exercício clínico é um projecto pioneiro em Portugal que alia a prática médica ao exercício físico . Foi pensado para pessoas que sofrem de diferentes patologias, algumas delas bastante agressivas, como o cancro.

O Axis Wellness, ciente dos benefícios do exercício percebeu o impacto positivo que o exercício físico tem na saúde e sob orientação/ formação do Prof. Dr. José Soares, decidiu adaptá-lo a pessoas que sofrem de patologias que, habitualmente, as impediam da prática de exercício tradicional: doenças oncológicas; diabetes; osteoporose; patologia cardiovascular; patologia inflamatória e traumática e patologias da coluna vertebral.

Com o exercício clínico diminuem ou atenuam alguns sinais e sintomas, acelerando a recuperação e favorecendo uma melhor qualidade de vida dos pacientes. O exercício é recomendado pelo médico assistente e prescrito pela equipa de professores e fisioterapeutas Axis Wellness, adequando a cada caso, a cada patologia. Os resultados e os seus benefícios estão comprovados: o doente melhora a sua capacidade funcional e performance física.

O Serviço Exercício Clínico AW é composto por médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais do exercício com formação técnica e pós-graduada nas áreas da medicina desportiva e exercício clínico.

O novo serviço vai ser apresentado em Viana do Castelo, nas instalações do Axis Wellness, no dia 6 de Dezembro pelas 17 horas. A apresentação inclui com uma palestra proferida pelo Prof. Dr. José Soares, “Exercício Clínico, uma área emergente”.

Contacto para mais informações:

Directora executiva do Axis Wellness

Célia Ventura: 962 433 151

www.axiswellness.pt

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE EDITA LIVRO “SOLDADOS COM ROSTO”

Programa evocativo do Centenário da 1.ª Grande Guerra

Integrada no programa evocativo do Centenário da 1.ª Grande Guerra, que o Município de Esposende está a realizar, decorreu, no passado dia 22 de novembro, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, a sessão de apresentação do livro “Soldados com Rosto – A 1.ª Grande Guerra e os seus reflexos em Esposende”, da autoria de Manuel Albino Penteado Neiva.

DSC04353

Num espaço que se tornou pequeno para todos quantos quiseram marcar presença na iniciativa, o Coronel Luís Coutinho de Almeida deu a conhecer a obra, na qual o autor faz o enquadramento histórico do conflito, explica o posicionamento de Esposende na Guerra, aborda as homenagens dedicadas aos que tombaram em combate e apresenta os combatentes do concelho. Luís Coutinho felicitou Penteado Neiva pela “ambiciosa, mas plenamente conseguida obra” e saudou o Município pela realização do programa evocativo do centenário da 1.ª Grande Guerra, que decorrerá até 2018, assinalando que é um ato de justiça e de gratidão para com “os filhos de Esposende que, de forma desprendida, deram a vida pela Pátria”. O militar agradeceu, assim, “por terem resgatado estes nossos heróis do esquecimento e por não os terem deixado para trás”.

“Este é o nosso dia da memória”, afirmou Manuel Albino Penteado Neiva, sustentando que “é o dia em que trazemos à luz do dia tudo o que os nossos combatentes sofreram”, das angústias às privações, do desânimo à revolta. Assinalando que “em História não há obras acabadas”, o autor referiu que o livro é o resultado da investigação que conseguiu realizar, desculpando-se por qualquer eventual omissão. Na hora dos agradecimentos, Albino Penteado Neiva lembrou as pessoas e instituições que contribuíram para esta edição, particularmente à Câmara Municipal de Esposende, na pessoa do Presidente Benjamim Pereira. Terminou, recitando o poema “O menino de sua mãe”, de Fernando Pessoa, que faz alusão ao soldado que pereceu na guerra.

DSC04331

Uma “obra excecional”, foi como o Presidente da Câmara Municipal classificou o livro “Soldados com Rosto”, que materializa mais uma acção do vasto programa evocativo preparado pelo Município para lembrar e homenagear todos os esposendenses que estiveram envolvidos na 1.ª Grande Guerra. Benjamim Pereira disse mesmo que não evocar o centenário deste acontecimento da História, no qual participaram dezenas de esposendenses, alguns dos quais perderam a vida em combate, “seria uma omissão muito grave”.

O Autarca recordou as iniciativas já realizadas e anunciou as ações que irão decorrer, destacando a intenção do Município de erigir um Monumento aos Mortos da 1.ª Grande Guerra, como forma de “não deixar cair no esquecimento essas pessoas”.

Tal como já havia feito no arranque do programa evocativo, o Presidente da Câmara Municipal reiterou o desafio para a realização de uma vigília pela paz, que envolva toda a comunidade, particularmente os jovens.

Noutro plano, saudando a elevada participação na sessão, Benjamim Pereira desafiou os presentes a que participem nas sessões da Assembleia Municipal, que ocorrem justamente no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, que apelidou de “a casa da democracia”, apelando assim a uma maior participação cívica dos esposendenses. A terminar a sua intervenção, deixou um conjunto de agradecimentos a todos quantos tornaram possível a edição do livro, particularmente ao autor Manuel Albino Penteado Neiva, Consultor da Comissão Executiva da Evocação da 1.ª Grande Guerra em Esposende.

BARCELOS PROMOVE AÇÃO DE REFLORESTAÇÃO EM ALDREU

Iniciativa que assinalou o Dia da Floresta Autóctone juntou cerca de centena e meia de participantes

O Município de Barcelos, através do Pelouro do Ambiente, promoveu no dia 22 de novembro uma ação de reflorestação de espécies autóctones no Monte de Cresto, na Freguesia de Aldreu, uma iniciativa que pretendeu comemorar o Dia da Floresta Autóctone e sensibilizar a população para a importância da manutenção dos ecossistemas ambientais.

Fotos 091

A ação contou com a participação de diversas instituições, como a Associação Amigos da Montanha, Amigos da Natureza (Creixomil), Lamaceiros TT e a Associação Florestal do Cávado. Participaram também alunos da Escola Gonçalo Nunes e da Profitecla e outras pessoas que se quiseram associar a esta iniciativa, num total de cerca de centena e meia de participantes, que plantaram cerca de 400 exemplares da floresta autóctone.

Para o vereador do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos, Alexandre Maciel, esta atividade reveste-se de grande importância ambiental, desde logo porque se refloresta uma zona do concelho “muito fustigada pelos fogos ao longo dos últimos anos”. A recuperação paisagística e ambiental só é possível com a colaboração de todos, como bem exemplifica esta ação desenvolvida no Monte do Cresto.

Por outro lado, diz ainda Alexandre Maciel, “associamos à reflorestação uma ação de sensibilização dos mais novos para a importância das árvores na preservação dos ecossistemas”.

Esta é a segunda ação de género promovida pela Câmara Municipal no Monte do Cresto, em Aldreu. A primeira realizou-se em finais de novembro de 2013, comemorando também o Dia da Floresta Autóctone, tendo sido plantadas cerca de duas centenas de carvalhos e pinheiros.

DISTINGUIDOS NA 5ª GALA DE DISTINÇÃO DE MÉRITO DESPORTIVO DO MUNICÍPIO DE ESPOSENDE

DESPORTO ADAPTADO

Hugo Alexandre da Cunha Morgado

Campeão Nacional de Andebol em Cadeira de Rodas

Ricardo Garrido Mendes

Campeão Nacional de Andebol em Cadeira de Rodas

ATLETISMO

Ricardo Dias do Sporting Clube de Portugal

1º Class.- Campeonato Nacional de Corta-mato do Exército - (Porto)

1º Class.- 10km corrida Caldas das Taipas

1º Class. -19 º Grande prémio de atletismo Póvoa do Lanhoso

1º Class.- Prova do Triangulo 2014 12km - (Braga)

KARATÉ

Jonas Passos Vilar da Associação de Karaté de Apúlia

Campeão do XI Encontro Nacional de Karaté – 8º Open de Barcelos

Campeão do I Open de NEKP – Núcleo de Esolas de Karaté Portugal

Campeão do V Torneio de Karaté – Fão Kumité Open

Categoria de Técnico

Jonas Lopes Vilar da Associação de Karaté de Apúlia

Campeão do XI Encontro Nacional de Karaté – 8º Open de Barcelos

Campeão do I Open de NEKP – Núcleo de Esolas de Karaté Portugal

Campeão do V Torneio de Karaté – Fão Kumité Open

TAEKWONDO

Julio da Silva Eiras Novo, atleta do taekwondo Clube de Esposende, no escalão Infantil

1.º Lugar XVI Open Internacional de Pontevedra – Espanha

1.º Lugar VI Open Poomsae Esposende

1.º Lugar Trio 1 VI Open Poomsae Esposende

1.º Lugar III Open Taekwondo Cidade de Gaia

1.º Lugar 12.º Open Internacional de Canedo

Carolina Peixoto Lemos atleta do taekwondo Clube de Esposende, no escalão Júnior

Vice Campeã Nacional Poomsae

1.º Lugar Par 1 VI Open Poomsae Esposende

Ricardo Carvalho Fitas, atleta do taekwondo Clube de Esposende

Medalha de Bronze Campeonato Nacional Poomsae

1.º Lugar Trio 1 VI Open Poomsae Esposende

Categoria de Técnico

Fernando Miguel Branco Neto

Vencedor do XVI Open Internacional de Pontevedra – Espanha

Vencedor do 12.º Open Internacional de Canedo

Vice-campeão Nacional Poomsae

MMA (MIXED MARTIAL ARTS)

Nuno Filipe Rolo Viana

Campeão Nacional de MMA (Mixed Martial Arts)

CROSSFIT

Fabrício Lages

1º lugar Promofit Games (3ª edição (cat. Masters +40)

1º lugar Italian Throwdown 2013 (Pádua): (cat. Master +40)

1º lugar Kings of WOD 2014 (Lisboa): (Cat. Master +40)

CULTURISMO

Fernando Alberto Ramalho de Almeida Piedade

Campeão Nacional Masters 40

URBAN DANCE

PRAXISTUDIO – URBAN DANCE STUDIO

1º Lugar – Campeonato “Urban Expression” – Algarve/2014

1º Lugar – Campeonato “EDC” Esposende Dance Competition/2014

1º Lugar – Convenção “New Generation” Famalicão/2014

1º Lugar – Campeonato “HHSP” – Porto/2014

EQUITAÇÃO

Na categoria de atletas chamo

Catarina Ventura Magalhães

Campeã Nacional Pré-Juvenis 2014

João Miguel de Brito Salgueiro

Atleta Internacional

2º Lugar Taça Portugal Pré-Juniores em Cascais

Mafalda Ribeiro da Costa Marques

1º Lugar Taça Portugal Pré-Juniores em Lisboa

Categoria de TÉCNICO

João Miguel Cardoso Barros

Campeão Nacional Pré-Juvenis 2014

Bruno Miguel Cardoso Barros

1º Lugar nos Jogos Olímpicos da Juventude – China 2014

BTT

Fábio Alexandre Gomes Abreu – JUM Marinhas

Campeão Regional do Minho de Juniores XCO

João Emílio Santos Araújo – JUM Marinhas

Campeão Regional do Minho XCO Masters 50

Categoria de TÉCNICO

Mário de Abreu Cruz – JUM Marinhas

Campeão Regional do Minho XCO

VELA

João Gonçalo Peixoto

Atleta do Clube Naval Povoense foi Campeão Regional Norte Team Racing da Classe Optimist

CANOAGEM

ESCALÃO DE MENORES

Adolfo Pedro Lemos Ferreira do Clube Náutico de Fão

Campeão Nacional de Esperanças – K1 Menor

Carolina Batista de Magalhães do Clube Náutico de Fão

Campeã Regional Norte de Esperanças – K1 Menor

Joana Flores Lemos Ferreira do Clube Náutico de Fão

Campeã Nacional de Esperanças – K1 Menor

Sara Lousada Ferreira do Clube Náutico de Fão

Campeã Regional Norte de Esperanças – K2 Iniciado

Sofia Lousada Ferreira do Clube Náutico de Fão

Campeã Regional Norte de Esperanças – K2 Iniciado

Vitória Mourim Ferreira do Clube Náutico de Fão

Campeã Regional Norte de Esperanças – K1 Iniciado

Daniel Filipe Oliveira de Brito do Clube Náutico de Fão

Campeão Nacional de Regatas em Linha – K1 1.000m Júnior

Vencedor da I Taça de Portugal de Regatas em Linha – K1 1.000m Júnior

Campeão Regional Norte de Regatas em Linha – K1 1.000m Júnior

Campeão Regional Norte de Fundo – K1 5.000m Júnior

José Miguel Sousa Soares Pedras do Clube Náutico de Fão

Campeão Regional Norte de Regatas em Linha – K1 1.000m Veteranos A

Andreia Filipa Meira Azevedo do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Vice-Campeã Nacional de Esperanças em K1 Infantil

Campeã Regional de Esperanças em K1 Infantil

Marta Miranda Maçães Viana do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Campeã Regional de Maratona em K2 Júnior

Marina Miranda da Silva do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Campeã Regional de Maratona em K2 Júnior

Pedro Morgado da Silva do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Vencedor da Regata Internacional D‘Ouro em K4 Júnior

Campeão Nacional de Pista em K2 Cadete 1000mts.

Campeão Nacional de Esperanças em K2 Cadete

Vice-Campeão Nacional de Pista em K4 Cadete 1000mts.

Vice-Campeão Nacional de Maratona em K2 Júnior

Vencedor da Taça de Portugal de Pista (Tripulações) em K2 Cadete 1000mts.

Campeão Regional de Maratona em K2 Júnior

Campeão Regional de Esperanças em K2 Cadete

Ruben Manuel Sá Vilas Boas do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Medalha de Ouro no Olympic Hopes (Esperanças Olímpicas) em K1 Sub/15, 500mts. - Eslováquia

Vencedor da Regata Internacional D‘Ouro em K4 Júnior

Campeão Nacional de Pista em K2 Cadete 1000mts.

Campeão Nacional de Esperanças em K2 Cadete

Vencedor da Taça de Portugal de Pista (Tripulações) em K2 Cadete 1000mts.

Campeão Regional de Esperanças em K1 Cadete

Tiago David Miquelino da Cruz do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Campeão Regional de Maratona em K2 Júnior

Campeão Regional de Esperanças em K2 Cadete

André Filipe Meira Azevedo do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Vencedor da Regata Internacional D‘Ouro em K4 Júnior

Campeão Nacional de Maratona em K1 Júnior

Vencedor da Taça de Portugal de Tripulações de Fundo em K2 Júnior

Vencedor da Taça de Portugal de Pista (Tripulações) em K2 Júnior 1000mts.

Campeão Regional de Maratona em K1 Júnior

Bruno Emanuel da Cruz Eiras do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Vencedor da Regata Internacional D‘Ouro em K4 Júnior

Vencedor da Taça de Portugal de Tripulações de Fundo em K2 Júnior

Vencedor da Taça de Portugal de Pista (Tripulações) em K2 Júnior 1000mts.

Alfredo Miguel Nogueira Faria

Vencedor da Taça de Portugal de Maratona em K1 Sénior

Vencedor da Taça de Portugal de Maratona em K2 Sénior

Campeão Regional de Maratona em K2 Sénior

José Manuel da Silva Maciel do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Campeão Regional de Maratona em K1 Sénior

Miguel Ângelo Lomba Rodrigues do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Campeão Regional de Maratona em K2 Sénior

Vice-campeão Nacional de pista em K2 sénior 1000 m

João Luis Peixoto Ribeiro do Sport Lisboa e Benfica

Medalha de bronze em k4 1000m campeonato da Europa

Campeão da Europa de k2 500m 

Vice-campeão do mundo em k4 1000m 

Teresa Afonso Portela do Sport Lisboa e Benfica

1 Lugar em k1 500mts e k1 200mts 

Taça do mundo - 3 Lugar em k1 500mts 

Campeonato da Europa: 3 Lugar em k1 500mts e k1 200mts

Campeonato do Mundo - 5 Lugar em k1 500mts

7 Lugar em k1 200mts

Categoria de TÉCNICO

André Carreira do Clube Náutico de Fão

Campeão Regional e Nacional de Canoagem

Carlos Magalhães do Clube Náutico de Fão

Campeão Nacional de Canoagem

José Manuel de Sousa Martins Faria do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses

Vice-Campeão Nacional de Maratona

Vice-Campeão Regional de Maratona

Participações Internacionais

3 Atletas Campeonato da Europa de Maratona – Piestany - Eslováquia

2 Atletas Campeonato do Mundo de Maratona – Oklahoma – U.S.A.

2 Atletas Olympic Hopes (Esperanças Olímpicas) – Piestany - Eslováquia

2 Atletas XVI Regata Internacional de Vallodlid em K4

2 Atletas 52ª Regata Internacional de Sanabria em K4

1 Atleta 33ª Maratona Internacional de Crestuma

DESPORTOS MOTORIZADOS

Miguel Moura

Campeão Nacional de Karting Troféu Rotax na categoria DD2 Master

Jorge Areia

Campeão Nacional de Velocidade - Clássicos

Paulo Gonçalves

Vice-campeão do mundo de ralis cross-country

ANDEBOL

EQUIPAS

Equipa de Infantis do Centro Social da Juventude de Mar

Campeã Distrital de Braga

Campeã do Torneio de Abertura da Associação de Andebol de Braga

Equipa de Juvenis do Centro Social da Juventude de Mar

Campeã do Torneio de Encerramento da Associação de Andebol de Braga

Categoria de TÉCNICOS

Raquel Silva do Centro Social da Juventude de Mar

Campeã Distrital de Infantis na Associação de Andebol de Braga

Vencedora do Torneio de Abertura da Associação de Andebol de Braga

Rui Cepeda dos Santos do Centro Social da Juventude de Mar

Vencedor do Torneio de Encerramento da Associação de Andebol de Braga

Sandra Martins Fernandes

Seleccionadora Nacional da Seleção - A Feminina

Futebol

António José Pinheiro de Carvalho - Atleta do Futebol Clube do Porto, atualmente ao Serviço do Estoril Praia

Atleta Internacional sub - 20 e sub-21

Arsénio Martins Lafuente Nunes - Atleta do Moreirense Futebol Clube

Campeão Nacional da Segunda Liga tendo subido à primeira Divisão Nacional

Bruno Martins Pereira - Atleta do Futebol Clube do Porto

Atleta Internacional sub-16 e sub-17

Dinis Lima Almeida - Atualmente é Atleta ao Serviço do Clube de Futebol Réus – Espanha e representou na época passada o GD Joane

Atleta Internacional Sub 19

Christian Neiva Afonso, mais conhecido por Kiki – Jogador do Atlético Clube de Portugal

Atleta Internacional Sub 20

Rui Manuel Lagoela Nibra - Atleta do Benfica de Macau

Campeão da Liga Elite Macau

Vencedor da Taça Macau

Categoria de Técnico

Luis Miguel Lima da Cruz - do Clube Recreativo de Libolo

Campeão Nacional Angolano

José Gonçalo Lopes Moreira – do Futebol Clube de Marinhas

Vencedor da Taça da Associação de Futebol de Braga no escalão de Juniores.

Bruno Miguel Reis da Associação Desportiva de Esposende

Vice-campeão Regional de Iniciados tendo a equipa alcançado a subida de divisão

Pedro Simões do Gil Vicente Futebol Clube

Campeão Regional de Benjamins ao serviço do Gil Vicente.

Duarte Oliveira do Sporting Clube de Braga

Elemento da Equipa Técnica que foi Campeão Nacional Juniores A

Pedro Figueiredo – do Moreirense Futebol Clube

Elemento da Equipa Técnica, Fisioterapeuta que se sagrou Campeão Nacional da Segunda Liga tendo subido à primeira Divisão Nacional.

EQUIPAS

Equipa de Juniores do Futebol Clube de Marinhas foi Vencedora da Taça da Associação de Futebol de Braga no escalão

Equipa de Iniciados da Associação Desportiva de Esposende

Vice Campeã Distrital da 2ª Divisão da Associação de Futebol de Braga e assim alcançou a subida de divisão

ATLETA

Diogo Figueiredo Lopes - Atleta do Clube Desportivo da Póvoa

Campeão Nacional da 2ª Divisão Norte

Nuno Gabriel Ribeiro Silva - Atleta do Hóquei Clube de Braga

Campeão Regional do Minho no escalão de Juniores

Vice-campeão Nacional de Juniores

Rodolfo Sacramento Sobral - Atleta do Hóquei Clube de Braga

Campeão Regional

Atleta Internacional sub 20 e sub 23

Vencedor Taça Latina pela seleção nacional sub-23

RUGBY

Barbara Filipa Moreira Lajoso

Campeã Nacional Universitária

3º Lugar no Campeonato Europeu Universitário

DESPORTO ESCOLAR

VOLEIBOL – GIRAVOLEI

A dupla Ivo Vale e Leandro Carvalho – da Escola EB 2,3 de Apúlia

Campeões Regionais de Gira Volei. Escalão 11 – 12 anos.

A dupla Filipe Caramalho e Marco Gomes – da Escola EB 2,3 de Apúlia

Campeões Regionais. Escalão 13 – 15 anos

A dupla Mariana Pedrosa e Vitória Pereira – da Escola EB 2,3 de Apúlia

Campeãs Regionais. Escalão 13 – 15 anos

A Mariana Pedrosa foi ainda Vice-Campeã Regional no escalão 16-18 anos.

ORIENTAÇÃO

Margarida Miranda – da Escola EB 2,3 de Apúlia

Vice - campeã Regional individual - Iniciados Femininos

Verónica Sofia Marcos Fradique – da Escola EB 2,3 de Apúlia

2014- Campeã Regional, Individual e por Equipas; Vice-campeã Nacional por Equipa e individualmente classificou-se em 4º lugar nacional;

Em 2013 foi Vice-Campeã Regional Individual e Campeã Regional por Equipas, no escalão Juvenil. No ISF- Campeonato do Mundo Escolar, representou a Equipa de Seleção Nacional Juvenil; Vice-campeã Nacional por Equipa e individualmente classificou-se em 7º lugar Nacional.

Helena Lima da Escola Básica do Baixo Neiva - Forjães

Campeã Regional

3º Lugar no Campeonato Nacional

Tomás Lima da Escola Básica do Baixo Neiva - Forjães

Campeão Regional

EQUIPAS

Equipa de Infantis B Feminino – da Escola EB 2,3 de Apúlia, composta por

Ana Pereira, Ana Viana, Carina Rita, Filipa Mano, Flávia Santos.

2013-CAMPEÃS REGIONAIS DO DESPORTO ESCOLAR

2014 -CAMPEÃS REGIONAIS DO DESPORTO ESCOLAR

Equipa de Iniciados Femininos – da Escola EB 2,3 de Apúlia, composta por Margarida Miranda, Bruna Miranda, Gabriela Cruz, Jéssica Costa, Alexandra Machado

Vice-Campeãs Regionais e Nacionais.

Equipa de Juvenis Femininos – da Escola EB 2,3 de Apúlia, da qual fazem parte

Verónica Fradique, Cláudia Marcos, Silvana Catarino, Marta Viana e Catarina Eirado

Campeãs Regionais e Vice-Campeãs Nacionais por equipas

Equipa de Infantil A Femininos da Escola Básica do Baixo Neiva – Forjães, composta por

Matilde Brito, Mafalda Costa, Luciana Quintas, Helena Silva, Beatriz Ribeiro, Beatriz Moura

Campeã Regional após a disputa de 6 provas regionais.

Equipa de iniciados Masculinos da Escola Básica do Baixo Neiva – Forjães, da qual fazem parte

Nuno Pereira, Diogo Abreu, Guilherme Ribeiro, Roberto Torres, Ricardo Moreira.

2º lugar no Campeonato Regional, e 3º no campeonato nacional.

Equipa de iniciados Femininos da Escola Básica do Baixo Neiva – Forjães, composta por

Helena Lima, Andreia Rolo, Patrícia Correia, Daniela Meira, Catarina Sinaré

Campeã Regional e 4º lugar no Campeonato Nacional

Na categoria de técnico

Anabela Cristina Oliveira Freitas – Clube de Orientação Escola Básica do Baixo Neiva - Forjães – Agrupamento de Escolas de Marinhas

Campeã Regional de Orientação

Maria de Belém Vieira de Magalhães – Escola EB 2,3 de Apúlia – Agrupamento de Escolas António Correia de Oliveira

Campeã Regional de Orientação

DESPORTO ESCOLAR

Equipa de Badminton da Escola Básica António Correia de Oliveira

Escola Inclusiva, projeto de Boccia do Agrupamento de Escolas de Marinhas (EB Baixo Neiva em Forjães e EB 2,3 de Marinhas)

PRÉMIO CARREIRA

Paulo Reis Martins

Foi atleta do Esposende Andebol Clube e do Desportivo da Póvoa;

Foi Dirigente do Esposende Andebol Clube, da Associação Desportiva de Esposende e do Centro Social da Juventude de Mar;

Tem formação específica da Associação de Treinadores de Portugal e é Treinador Nivel EHF Pro Coach e a concluir a formação Master Coach;

Foi campeão nacional em diversas épocas e escalões ao serviço do Centro Social da Juventude de Mar;

Foi ainda Selecionador Regional da Associação de Andebol de Braga e da Associação de Andebol de Portugal;

É atualmente o Técnico Principal da equipa de séniores femininos do Centro Social da Juventude de Mar, que milita na 1ª Divisão Nacional e o grande responsável pela manutenção ao longo dos últimos anos.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE DISTINGUE ATLETAS, TÉCNICOS, EQUIPAS E PROJETOS ESCOLARES

5.ª Gala de Mérito Desportivo

Na 5.ª Gala de Mérito Desportivo, que decorreu ontem, no Auditório Municipal de Esposende, a Câmara Municipal de Esposende distinguiu 60 atletas, 20 técnicos e 14 equipas, que, ao longo da época desportiva 2013/2014, se destacaram em diferentes modalidades, reconhecendo ainda o mérito e a excelência do projeto Desporto Escolar na modalidade de Badminton da Escola Básica António Correia de Oliveira e o projeto de inclusão do Agrupamento de Escolas das Marinhas. O Prémio Carreira foi entregue a Paulo Martins, técnico principal da equipa de seniores femininos do Centro Social da Juventude de Mar, pela sua dedicação ao Andebol e Desporto concelhio ao longo de muitos anos.

DSC04543

Na cerimónia, que lotou completamente a sala, foram assinados os Contratos-Programa de Desenvolvimento Desportivo entre o Município e a Federação Portuguesa de Canoagem, Associação de Futebol de Braga, Associação de Basquetebol de Braga, Associação de Patinagem do Minho e Associação de Andebol de Braga. Dada a impossibilidade dos seus dirigentes estarem presentes nesta cerimónia, serão, posteriormente, assinados os protocolos com a Federação Portuguesa de Surf, a Federação Nacional de Karaté de Portugal e a Federação Portuguesa de Taekwondo.

Através destes Contratos-Programa, a Autarquia suportará, na época 2014/2015, o pagamento das taxas de filiação, inscrição, cartões e seguros dos atletas dos escalões de formação nas associações ou federações das respetivas modalidades. Este modelo de apoio às associações e clubes desportivos do concelho tem contribuído para incentivar a prática desportiva junto dos mais novos, promovendo as diversas modalidades com prática federada. Assim, na modalidade de Andebol é abrangido o Centro Social da Juventude de Mar; no Basquetebol a Associação Desportiva de Esposende – Secção de Basquetebol e no Futebol são apoiadas a Associação Desportiva de Esposende, o Centro Social Juventude de Belinho, o Clube de Futebol de Fão, o Desportivo Recreativo Estrelas de Faro, o Forjães Sport Clube, o Futebol Clube de Marinhas, o Gandra Futebol Clube, a Associação Juvenil “Fintas” e a União Desportiva de Vila Chã. Na modalidade de Hóquei em Patins e Patinagem, o Município apoia o Hóquei Clube de Fão, na Canoagem a Associação Rio Neiva, o Clube Náutico de Fão e o Grupo Cultural, Desportivo e Recreativo de Gemeses, sendo que no Karaté é contemplada a Associação de Karaté de Apúlia, no Taekwondo é apoiado o Taekwondo Clube de Esposende, e no Surf é abrangido o CICS – Esposende Surf Team.

DSC04478

O Presidente da Associação de Andebol de Braga, Manuel Moreira, saudou a Autarquia pelo fomento da modalidade no concelho, nomeadamente através do apoio ao Centro Social da Juventude de Mar, clube que “engrandece o concelho de Esposende, terra que muito tem feito em prol do desporto e do andebol feminino, em particular”, assinalou.

O Vice-Presidente da Associação de Basquetebol de Braga, Carlos Azevedo, fez votos para que a cooperação iniciada na presente época desportiva seja profícua e contribua para fomentar a modalidade no concelho, através dos estabelecimentos de ensino e clube local.

O Presidente da Associação de Futebol de Braga, Manuel Machado, expressou palavras de apoio e reconhecimento à Câmara Municipal pelo apoio “determinante” que tem vindo a prestar às associações e clubes do concelho, contribuindo para fomentar e promover a atividade física. Realçou ainda o facto de o concelho ter recebido, nos dois últimos anos, etapas do Campeonato Nacional de Futebol de Praia.

Em representação da Associação de Patinagem do Minho, o Presidente Adjunto Nuno Azevedo expressou uma palavra de apreço à Câmara Municipal pela política desportiva que tem vindo a desenvolver, destacando que, para além da promoção do desporto, está a contribuir também para a formação cívica dos atletas, incutindo valores como a solidariedade e a tolerância.

Do mesmo modo, o Presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Vítor Félix, saudou a Autarquia pelo “papel ativo” no plano da promoção do desporto, seja no apoio aos clubes do concelho, seja pela parceria com o organismo que dirige, por via da qual, Esposende acolheu importantes eventos de canoagem de mar, notou.

“Um momento de festa, de homenagem e de confraternização da comunidade desportiva do concelho”, foi como o Presidente da Câmara Municipal classificou a Gala de Mérito Desportivo, deixando agradecimentos a todos quantos contribuíram para a realização do evento.

Benjamim Pereira assinalou que a política desportiva do Município assenta em três pilares, um dos quais é o apoio às instituições, seja por via destes contratos-programa, seja através dos serviços do Centro Municipal de Medicina Desportiva ou mesmo na ajuda à aquisição de viaturas. O investimento em infraestruturas desportivas, traduzido na construção e na requalificação de equipamentos, é outro dos vetores, referiu o Autarca, dando nota das mais recentes intervenções efectuadas, que totalizaram um investimento de 1,4 milhões de euros, totalmente suportado pela Câmara Municipal. Outra das apostas do Município passa pela realização dos mais variados eventos desportivos, seja de âmbito local e regional, como de dimensão nacional e até internacional, procurando, a par da promoção do desporto, catapultar o Município em termos turísticos. Benjamim Pereira salientou, contudo, que todo este trabalho é fruto de uma gestão financeira rigorosa, assente na definição de prioridades.

Nesta gala que premiou o mérito desportivo, o Presidente da Câmara Municipal fez questão de destacar o trabalho, a dedicação e o empenho dos dirigentes desportivos, considerando que o sucesso dos atletas e das equipas também é obra deles. Assinalando a diversidade da prática desportiva existente no concelho, felicitou todos os distinguidos, notando o tão elevado número de campeões num concelho da dimensão de Esposende. “Vocês são, claramente, a imagem de Esposende”, afirmou Benjamim Pereira, acrescentando que “é um enorme orgulho ter gente com a vossa fibra neste Município”. A terminar, deixou ficar o apelo a todos os atletas, treinadores e dirigentes para que continuem a trabalhar com a mesma determinação, para alcançarem novas conquistas.

A Gala de Mérito Desportivo foi abrilhantada por momentos de dança, pautados por muito ritmo, cor e alegria, protagonizados pelas Academias de Bailado de Esposende, PraxiStudio e Ás do Saber, e contou com o apoio da Escola Profissional de Esposende e da empresa municipal Esposende 2000.

gala_desporto

PONTE DE LIMA DEBATE ESCOLA DA GERAÇÃO DIGITAL

Ciclo de Conferências “Escola da Geração Digital: Desorientação, Criatividade e Inovação” com oradores de renome. 29 de novembro – Auditório Rio lima

O Município de Ponte de Lima apoia o CENFIPE – Centro de Formação de Professores na realização da conferência que encerra o ciclo iniciado em abril e que debateu a Escola da Geração Digital.

Sob o lema “Não Temos Wi-Fi conversem entre vocês” encerra-se o momento formativo do Ciclo de conferências que desde abril, percorreu quatro concelhos, nomeadamente, Arcos de Valdevez, Ponte de Barca e Paredes de Coura e analisou temas pertinentes sob a temática “Escola da Geração Digital: Desorientação, Criatividade e Inovação”.

Participaram nesta formação cerca de 300 docentes, não docentes, investigadores universitários, inspetores da educação e autarcas, que ajudaram e participaram no debate sobre a Escola Pública, os seus problemas mas também fatores de inovação, criatividade, otimismo, de resiliência e de futuro.

Esta última conferência, agendada para o próximo sábado, dia 29 de novembro, no Auditório Rio Lima, pretende debater o perigo inerente às dependências tecnológicas. São convidados do CENFIPE o Psicólogo Eduardo Sá, José Pedro Cobra, Lúcia Barros e o conhecido comunicador Marcelo Rebelo de Sousa. Com um estilo muito próprio o Professor aceitou o desafio do CENFIPE para proferir a última conferência, sobre a Escola da Geração Digital.

Mais informações sobre o evento podem ser consultadas em www.cenfipe.edu.pt ou através do e-mail: cenfipesecretariado@gmail.com, ou ainda pelo telef: 258 743029.

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE RECOLHA DE SANGUE

Para assinalar Dia Internacional do Voluntariado

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, através do Banco de Voluntariado, vai assinalar o Dia Internacional do Voluntariado (5 de dezembro) com uma ação de recolha de sangue, numa iniciativa conjunta com o Instituto Português de Sangue e da Transplantação (IPST).

Esta recolha vai realizar-se no dia 5 de dezembro, uma sexta-feira, entre as 9h00 e as 13h00, nas instalações do Banco de Voluntariado da Póvoa de Lanhoso (na avenida 25 de Abril, junto ao pavilhão municipal).

No sentido de preparar e informar sobre esta ação de recolha, uma equipa técnica do Instituto Português de Sangue e da Transplantação dinamizará previamente, no dia 1 de dezembro, pelas 15h30, no auditório da Casa da Botica, uma sessão de informação sobre a importância de ser dador de sangue, constituindo ao mesmo tempo uma oportunidade para que quem pretenda ser dador, possam ver esclarecidas todas as suas eventuais dúvidas.

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso apela à participação da população nesta sessão informativa, de modo a poder estar convenientemente esclarecida sobre a importância de ser dador/a de sangue e a participar ativamente na campanha de recolha do dia 5 de dezembro.

A participação na sessão será certificada pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação e os interessados deverão fazer a sua inscrição até ao próximo dia 27 de novembro (quinta-feira) para: joao.fernandes@mun-planhoso.pt e banco.voluntariado@mun-planhoso.pt

CERVEIRA ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO

Aberto período de candidaturas para Bolsas de Estudo ao Ensino Superior

Está a decorrer, até 17 de dezembro, o período de apresentação das candidaturas à concessão de dez bolsas de estudo para alunos do Ensino Superior do concelho de Vila Nova de Cerveira, para o ano letivo 2014/2015. O Regulamento Municipal pode ser consultado na Secção de Atendimento ao Utente ou no Portal do Município.

Os interessados devem entregar o requerimento previamente preenchido na Secção de Atendimento ao Utente até às 16h00 do dia 17 de dezembro. O Regulamento a aplicar será o que se encontra em discussão pública, de acordo com o que foi deliberado na reunião de câmara de 29 de setembro, que pode ser consultado via internet no Portal da Câmara Municipal ou dirigindo-se à Secção de Atendimento ao Utente.

Atendendo à conjuntura socioeconómica e consciente do seu papel social, o executivo cerveirense decidiu, este ano, reforçar este apoio social escolar, passando de oito para 10 o número de bolsas de estudo atribuídas aos alunos mais carenciados do concelho inscritos no ensino superior. A concessão deste incentivo visa dar continuidade à formação dos mais jovens que possam contribuir, no futuro, com o seu trabalho e dedicação, para o desenvolvimento social, económico e cultural do concelho.

A abertura do concurso transitou do mês de outubro para novembro, de forma a também apoiar os estudantes que entrem na segunda fase do Ensino Superior. Os jovens selecionados para atribuição deste incentivo devem disponibilizar-se para a realização de 70 horas de trabalho comunitário em atividades/serviços da Câmara Municipal, na área de formação frequentada ou outras de interesse.

MUNICÍPIO DE FAFE QUER DEVOLVER PARQUE DA CIDADE AOS FAFENSES

Plantação de árvores marca arranque de mais um passo para transformar espaço nobre da cidade

DSC_6160A

“Devolver o Parque da Cidade aos fafenses”. Foi desta forma que o presidente da câmara de Fafe, Raul Cunha, caraterizou a ação desta manhã, que representa mais um passo para transformar um espaço nobre da cidade, num local mais aprazível, com melhores condições para todos aqueles que o procurem.

Raul Cunha, participou, este sábado, juntamente com o restante executivo, no arranque da plantação de 200 árvores que vão dar mais vida e mais cor ao Parque da Cidade.

A data para iniciar a plantação de mais um pulmão no concelho foi escolhida aproveitando a iniciativa “Florestar Portugal”, organizada pela AMO Portugal, à qual o município se associou.

DSC_6155A

Segundo Raul Cunha com esta intervenção, que prevê também a de introdução de percursos pedestres e infraestruturas de drenagem e iluminação, pretende-se criar vários espaços de lazer, uns mais recatados, outros mais amplos para permitir, entre outros, a prática desportiva.

“Este é mais um passo para andar com o parque da cidade para a frente, de o transformar num espaço melhor. Como sabemos, os fafenses dão muita importância ao parque e ele estava um pouco abandonado. Por se trata de um espaço nobre da cidade, estamos empenhados em lhe dar uma nova vida e transformá-lo num local procurado por todos”, disse o autarca, lembrando, no entanto, que “este é apenas o primeiro passo, já que há ainda um longo percurso a percorrer”.

DSC_6153A

Raul Cunha deixou ainda clara que não é intenção da autarquia transformar o parque da cidade num parque urbano, mas sim criar um espaço para proporcionar momentos de lazer a quem por ali passar.

“Gostaria muito que no próximo verão, os fafenses já utilizassem este espaço com melhores condições. Mas é nossa intenção investir sempre que possamos neste espaço”.

Recorde-se que este sábado foram plantadas cerca de 60 árvores, das 200 que serão plantadas nos próximos meses.

Com esta intervenção, estarão criadas todas as condições para que, no próximo ano, se possa proceder à sementeira de um coberto vegetal à instalação de rega e rede de iluminação pública, para que o Parque da Cidade comece a ganhar vida e possa ser um espaço de lazer, onde as pessoas possam disfrutar de uma área para passear, praticar desporto ou simplesmente descansar.

DSC_6151A

DCS_1344A

DCS_1332A

QUEBRA NO PAVIMENTO DE PONTE INTERROMPE TRÂNSITO EM GUIMARÃES

Trânsito temporariamente encerrado na ponte que liga Santa Eufémia de Prazins e Barco

Quebra de uma das pedras do lajeado na origem da provisória proibição. Câmara Municipal vai proceder à reparação adquirindo outra com iguais características.

Guimaraes_Ponte_Barco

A circulação de automóveis no tabuleiro da ponte que liga as freguesias de Santa Eufémia de Prazins e Barco foi interditada esta sexta-feira, 21 de novembro, devido ao facto de uma pedra do lajeado da ponte ter quebrado, o que provocou uma abertura no piso.

Até ser efetuada a respetiva reparação, a alternativa ao atravessamento do rio Ave deverá processar-se pela Estrada Nacional 101, entre a vila das Taipas e Ponte, ou pela Estrada Nacional 309, entre Briteiros Santo Estêvão e Souto São Salvador.

Alertada pelo sucedido pelo Presidente de Junta de Freguesia de Barco, a Câmara Municipal de Guimarães começou a tratar do processo de reposição da normalidade, com o objetivo de substituir a pedra por outra de iguais dimensões.

O Departamento de Obras Municipais esteve esta sexta-feira à tarde no local a fazer uma avaliação do sucedido, depois do Serviço Municipal de Proteção Civil, através da Polícia Municipal e da Divisão de Trânsito, terem procedido ao seu encerramento.

Dada a temporária interdição, o Município de Guimarães agradece a compreensão dos vimaranenses que habitualmente circulam nesta passagem, prometendo solucionar rapidamente esta situação. A Autarquia está a diligenciar todos os esforços no sentido de abreviar os respetivos trabalhos de reparação.

COOPERAÇÃO TRANSFRONTEIRIÇA CERVEIRA-TOMIÑO RECEBE PRIMEIRO FINANCIAMENTO COMUNITÁRIO

A Amizade Cerveira-Tomiño acaba de ver aprovado o projeto “Ponte da Amizade = Europa sem Fronteiras”, no âmbito do programa comunitário “Europe for citizens”, tendo sido contemplado com um financiamento para apoiar a realização das atividades previstas entre as duas comunidades em setembro de 2015. A nível europeu, foi a única candidatura selecionada nesta segunda convocatória de 2014.

Esta primeira aprovação reveste-se de um grande simbolismo, não pelo montante atribuído, mas por revelar o impacto que este protocolo, celebrado a 11 de junho passado, está a ter junto das populações e das entidades europeias representativas da cooperação transfronteiriça.

As atividades já realizadas e o vasto historial de cooperação comum, com o apoio técnico do Agrupamento Europeu de Cooperação Transfronteiriça Galiza-Norte de Portugal, contribuíram para o desfecho positivo desta primeira candidatura, e abrindo oportunidades para a apresentação de outros projetos a implementar.

De momento, os dois Concelhos estão a promover o debate da Agenda Estratégica para a Cooperação Transfronteiriça Cerveira-Tomiño 2014-2020, através da implementação de quatro Focus Group, reunindo população e agentes locais e ainda algumas entidades regionais do Norte de Portugal e da Galiza, para preparação de diagnósticos que terá como resultado a apresentação de um plano de ação, com a identificação de projetos e respetiva calendarização, que poderão sustentar a submissão de candidaturas comuns aos fundos comunitários, com especial enfoque no Programa de Cooperação Interreg V – A Espanha-Portugal (POCTEP), 2014-2020.

VIZELA INTRODUZ ALTERAÇÕES PROVISÓRIAS AO TRÂNSITO

Proibição de circulação entre a rotunda das Teixugueiras e a rotunda da farmácia Túnel da cor fechado ao trânsito de 24 a 28 de novembro

A Câmara Municipal de Vizela informa que, entre os dias 24 e 28 de novembro, será encerrada ao trânsito a ligação entre a rotunda das Teixugueiras e a rotunda da farmácia, ou seja, o Túnel da Cor estará encerrado ao trânsito, entre as 08.00h e as 17.30h.

Este condicionamento deve-se à reparação das infiltrações no túnel de Vizela na Estrada Nacional 106, obra da responsabilidade da REFER, referente à “Linha de Guimarães – Empreitada Reconversão em Via Larga e Eletrificação do Troço Lordelo – Guimarães”.

Mais se informa que o túnel estará aberto ao trânsito durante a noite, ou seja. Entre as 17.30h e as 08.00h.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE PROMOVE PALESTRA SOBRE RESÍDUOS URBANOS BIODEGRADÁVEIS

No âmbito da adesão da empresa municipal Esposende Ambiente à Semana Europeia de Prevenção dos Resíduos, o Município de Esposende vai promover uma palestra sobre a temática dos Resíduos Urbanos Biodegradáveis, na próxima segunda-feira, dia 24, pelas 16h00, no Auditório do Centro de Educação Ambiental, em Marinhas. A participação na palestra é gratuita e não carece de inscrição prévia.

Pretende-se sensibilizar os empresários da restauração, comerciantes, industriais e população em geral para as questões relacionadas com a gestão dos resíduos no concelho de Esposende, em particular os resíduos urbanos biodegradáveis, bem como dar uma resposta a algumas das preocupações destes setores económicos no âmbito da temática dos resíduos.

Para abordar esta temática vão estar presentes nesta sessão Susana Lopes, representante da LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, que irá abordar a Valorização Orgânica de Resíduos Urbanos Biodegradáveis ao longos dos últimos 10 anos, e Pedro Capitão, da Esposende Ambiente, que irá elucidar os presentes sobre a gestão integrada de resíduos no Município de Esposende, nomeadamente sobre a evolução do projeto de recolha seletiva dos Resíduos Urbanos Biodegradáveis no concelho.

Esta iniciativa integra um programa diversificado de atividades desenvolvido pelo Centro de Educação Ambiental, que visa a sensibilização da comunidade em geral para a importância da aplicação de medidas de redução da produção de resíduos urbanos, com o objetivo de assinalar a Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, cujo tema para o ano de 2014 é “Desperdício Alimentar”. Para além da palestra, o programa inclui a realização de ações simbólicas de limpeza do estuário do Cávado, visitas à Resulima, oficinas de transformação de resíduos e uma oficina dedicada à reutilização de paletes.

MUNICÍPIO DE BARCELOS APROVA ATRIBUIÇÃO DE MAIS DE 400 MIL EUROS ÀS FREGUESIAS

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária do executivo, realizada no dia 21 de novembro, mais de 402 mil euros de subsídios às Freguesias, mantendo, assim, a aposta na melhoria das infraestruturas como fundamental para o desenvolvimento das localidades e bem-estar das comunidades.

Daquele conjunto de subsídios, uma parte – 125 mil euros – destina-se a obras de alargamento e construção de muros de suporte de cemitérios em quatro freguesias, bem como a obras noutros equipamentos públicos.

Os restantes 277 mil euros destinam-se a obras na rede viária das freguesias, arranjos urbanísticos, construção de muros de vedação, etc.

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou um conjunto de apoios financeiros a instituições culturais, desportivas, sociais e religiosas, sob a forma de protocolo e de subsídios, num montante global de mais de 78 mil euros, tendo em vista a realização de obras necessárias ao desenvolvimento das suas atividades e apoio à prossecução dos seus objetivos. Foram também deliberados positivamente os pedidos de apoio técnico por parte de três instituições das áreas social, desportiva e religiosa, tendo em vista a realização de obras em diversos equipamentos.

Quanto às restantes deliberações, destacam-se ainda as que aprovaram apoios à renda, com um total de 26 agregados familiares a usufruírem deste benefício social e a atribuição de um subsídio no valor de 2.500,00€ a um agregado familiar como apoio à habitação social.

Destaque também para a aprovação do acordo de parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa 2014-2015, que visa implementar o programa Eco-Escolas, da Fundação Europeia de Educação Ambiental, nos estabelecimentos de ensino do concelho que adiram e cujo objetivo consiste no envolvimento da comunidade educativa e das autarquias em projetos de educação ambiental.

Na área da educação e da ação social, o executivo aprovou, entre outros, apoios nas refeições escolares a mais 30 alunos dos jardins de infância e de escolas do 1.º ciclo do concelho.

No âmbito social, registam-se apoios a casos individuais de pessoas em situação de carência sócio-económica, com a atribuição de subsídios para transporte em ambulância, frequência das Piscinas Municipais, entre outras.

Nota: À exceção da proposta número 21 que foi aprovada por maioria, todas as propostas foram aprovadas por unanimidade.

Câmara Municipal de Barcelos

Reunião ordinária do executivo

21 de novembro de 2014

Lista completa das deliberações

  1. Atribuição de subsídio para refeição escolar aos alunos do 1.º CEB e do ensino preescolar:

Alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico: 11 Alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita;

12 Alunos – Escalão 2 (B) – refeição 50%

Alunos do ensino pré-escolar: 7 Alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita.

  1. Parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa 2014-2015.
  2. Transporte em ambulância de munícipe entre a sua residência e Hospital de S. João, duas vezes por semana, para aí realizar tratamentos. Apoio prestado ao abrigo do protocolo com as corporações dos bombeiros do concelho, que estabelece as condições de transporte de cidadãos carenciados e portadores de doenças graves, que necessitam de se deslocar para efetuar tratamentos/consultas.
  3. Isenção do pagamento de mensalidade da frequência das Piscinas Municipais a pessoa com necessidade de tratamentos de hidroterapia.
  4. Ratificação de atribuição de passe escolar a aluna que frequenta a Escola Secundária Alcaides de Faria, por razões económicas.
  5. Apoio ao Arrendamento Habitacional. Novos processos para comparticipação: 7; Processos reavaliados – continuidade do valor do apoio: 2; Processos reavaliados – aumento do valor do apoio: 17; Processos reavaliados – diminuição do valor do apoio: 17.
  6. Apoio à habitação social – atribuição de subsídio no valor de 2.500,00€.
  7. Cedência de instalações de instalações: à Junta de Freguesia de Alvelos, as instalações da EB1/JI de Alvelos (Pavilhão Multiusos, recinto e casas de banho), nos dias 6 e 13 de dezembro para realizarem actividades para a comunidade da freguesia; à Junta de Freguesia de Lijó, as instalações da antiga EB1/JI de Lijó no dia 21 de dezembro, para realizar um almoço de Natal para os idosos da freguesia.
  8. Cedência temporária de Galo de Barcelos ao programa Agora Nós, da RTP1, no âmbito da rubrica “Museu do Galo”.
  9. Regulamentos gerais do “III Barcelos Mini Cup Natal Petizes” e do “III Mini Cup Natal Traquinas” a realizar no Pavilhão Municipal de Barcelos, nos dias 29 e 30 de novembro de 2014, das 14h00 às 19h00.
  10. Protocolo de colaboração entre Município de Barcelos e Maiêutica, Cooperativa de Ensino Superior, C.R.L., entidade instituidora do ISMAI – Instituto Universitário da Maia, tendo em vista a realização de atividades conjuntas no contexto do desenvolvimento turístico da região e no contributo para a qualidade dos recursos humanos afetos à indústria turística.
  11. Acordo de colaboração na área da música e da dança, a celebrar entre o Município de Barcelos e a ARCA- Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo.
  12. Pedido de parecer prévio para a aquisição da prestação de serviços de 1 (um) Verde de Honra para o 5º Encontro de Tipografia do IPCA, pelo valor contratual estimado de 180,00€, ao qual acresce IVA. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro, com a redacção actualizada (Orçamento de Estado 2014).
  13. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de aquisição de serviços de dinamização das atividades "Histórias Cantadas" e "Despertar para a Música", pelo valor contratual estimado de 7.875,00€, isento de IVA, para vigorar no prazo de 28 semanas. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro, com a redacção actualizada (Orçamento de Estado 2014).
  14. Pedido de autorização para assunção de compromissos plurianuais – Fornecimento contínuo de lubrificantes e produtos afins para o período de um ano, pelo valor total estimado de 28.900,00€, ao qual acresce o IVA à taxa legal em vigor. Artigo 6.º da Lei n.º 8/2012, de 21 de fevereiro - Lei dos compromissos e pagamentos em atraso (LCPA).
  15. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de aquisição de serviços de mão-de-obra especializada para reparação de circuito de refrigeração, travões e circuito de ar comprimido, das viaturas da frota automóvel do Município, pelo valor contratual de 2.000,00€, ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro (Orçamento de Estado 2014).
  16. Aprovação de relatório final de avaliação das propostas do procedimento efetuado por Ajuste Direto nº 104/2014 - Fornecimento Contínuo de Combustíveis Rodoviários 2015/2016.
  17. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de aquisição de serviços de mão-de-obra especializada para reparação de circuitos e componentes elétricos e circuitos de ar condicionado, das viaturas da frota automóvel do Município, pelo valor contratual de 500,00€, ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro (Orçamento de Estado 2014).
  18. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de aquisição da prestação de serviços de seguro para transporte de obras de arte para a exposição de Jean Marie Boomputte, a realizar na Galeria Municipal de Arte, pelo valor contratual estimado de 231,30€, isento de IVA. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro, com a redacção actualizada (Orçamento de Estado 2014).
  19. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de aquisição de serviços de transporte em ambulância para jovem portadora de deficiência, desde a sua residência em Moure até à instituição APPACDM em Esposende, e regresso, pelo valor contratual estimado de 15,120,00€, valor ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor, se aplicável, para vigorar de janeiro a dezembro de 2015. Artigo 73.º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro, com a redacção actualizada (Orçamento de Estado 2014). Pedido de autorização prévia para assunção de Compromissos Plurianuais. Artigo 6.º da Lei n.º 8/2012, de 21 de fevereiro (LCPA). Atribuição de subsídio aos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos para custear as despesas de deslocação da jovem portadora de deficiência.
  20. Pedido de parecer prévio para a celebração do contrato de aquisição de prestação de serviços de assessoria jurídica e representação judicial do Município de Barcelos pelo período de quatro anos, pelo valor contratual estimado de 256.500,00€, ao qual é acrescido IVA à taxa de 23%, encontrando-se reunidos todos os requisitos previstos no n.º 5 do artigo 73º da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de dezembro.
  21. Ratificação do despacho do Presidente da Câmara Municipal que autorizou a cedência de colaboração técnica, nomeadamente mão-de-obra à associação “CorUnum” dos Apóstolos do Coração Imaculado de Maria - Casa de Nazaré, de Carapeços, para a execução da electrificação do salão e instalações de apoio, no edifício da Associação.
  22. Ratificação do despacho do Presidente da Câmara Municipal que autorizou a cedência de apoio técnico do Município solicitado pela MARCA – Movimento Associativo de Recreio, Cultura e Arte de Vila Cova, para a elaboração do projeto de remodelação da zona de balneários e arrecadação, bem como a legalização de todo o recinto desportivo.
  23. Atribuição de um subsídio no valor de 1.000,00€ à Associação Amigos da Montanha, no âmbito da atividade “Campeonato Nacional de Ori-BTT 2014”, realizado em outubro de 2014.
  24. Atribuição de um subsídio no valor de 27.000,00€, à Freguesia de Alvelos, relativo à 2ª e última fase das obras de alargamento e construção de passagem hidráulica na Rua da Copeira.
  25. Atribuição de um subsídio no valor de 35.000,00€, à Freguesia de Pousa, correspondente à 2ª e última fase da obra de requalificação do cemitério.
  26. Atribuição de um subsídio no valor de 25.000,00€, à Freguesia de Roriz, correspondente à 2ª fase das obras de pavimentação de duas ruas que ligam à freguesia de Galegos Sta Maria.
  27. Atribuição de um subsídio no valor de 23.500,00€, à Freguesia de Tamel S. Veríssimo, correspondente à última fase da obra de arranjo urbanístico na casa mortuária e zona envolvente.
  28. Atribuição de um subsídio no valor de 31.751,52€, à Freguesia de Ucha, correspondente à última fase da empreitada de “Arranjo e Pavimentação da Avenida da Igreja, da Avenida D. Ernesto Costa e do Carreiro da Igreja”.
  29. Atribuição de um subsídio no valor de 9.381,00€, à Freguesia de Cambeses, para a realização da empreitada “Alargamento e Pavimentação da Rua de Gatão”.
  30. Atribuição de um subsídio no valor de 30.000,00€, à freguesia de Cossourado, correspondente à 1ª fase das obras de vedação no terreno adquirido para alargamento do cemitério
  31. Atribuição de um subsídio no valor de 25.000,00€, à freguesia de Ucha, tendo em vista a conclusão da última fase da obra de ampliação do cemitério.
  32. Atribuição de um subsídio no valor de 22.156,12€, à freguesia de Várzea, para proceder à realização da empreitada de “Requalificação da Rua de S. Bento”.
  33. Atribuição de um subsídio no valor de 30.881,33€, à freguesia de Vila Seca, correspondente à última fase da empreitada de “Pavimentação da Rua do Caminho da Pereira”.
  34. Atribuição de um subsídio no valor de 25.000,00 €, à União de Freguesias de Alheira e Igreja Nova para a realização da empreitada de “Recuperação do Carreiro da Igreja, em Igreja Nova”.
  35. Atribuição de um subsídio no valor de 20.000,00 €, à União de Freguesias de Areias de Vilar e Encourados, correspondente à 1ª fase das obras no cemitério.
  36. Atribuição de um subsídio no valor de 17.574,04€, à Junta de Freguesia de Rio Covo Sta Eugénia, para as obras de “Infra-estruturas no Lugar da Lobagueira”.
  37. Atribuição de um subsídio no valor de 40.694,46€, à União de Freguesias de Creixomil e Mariz, para a requalificação de algumas ruas, nomeadamente muros de suporte e drenagem de águas pluviais na Rua dos Moinhos/Outeirinho e Travessa de Outeirinho.
  38. Atribuição de um subsídio no valor de 9.500,00€, à União de Freguesias de Creixomil e Mariz, correspondente a cerca de 50% do custo da obra de requalificação da Rua da Ventosa/Olheiro/Rego.
  39. Atribuição de um subsídio no valor de 15.000,00€, à União de Freguesias de Tamel Santa Leocádia Vilar do Monte, com vista à aquisição de uma parcela de terreno localizado na Rua de Varziela, em Tamel Sta Leocádia, destinada à instalação da construção de uma arrecadação para guardar as máquinas da junta, nomeadamente, tratores, carrinhas e outros utensílios.
  40. Atribuição de um subsídio no valor de 15.000,00€, à Freguesia de Galegos S. Martinho, correspondente à última fase da obra de construção de muro de vedação e casas de banho públicas na parcela de terreno contígua ao cemitério.
  41. Atribuição de um subsídio no valor de 25.076,00€ à ACRA - Associação Social, Cultural e Recreativa de Alheira, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, tendo em vista a aquisição de equipamentos desportivos para o novo ringue.
  42. Atribuição de um subsídio no valor de 20.000,00€, ao Centro Social da Paróquia de Arcozelo, como comparticipação na construção do novo centro de dia para idosos.
  43. Atribuição de um subsídio no valor de 10.000,00€, à Fábrica da Igreja da Paróquia de Grimancelos, para as obras de reparação e conservação na igreja paroquial, nomeadamente substituição do telhado, rufos e pintura exterior.
  44. Atribuição de um subsídio no valor de 15.000,00€, à Associação Perelhal Solidário, para apoio ao serviço social que esta instituição presta a idosos.
  45. Atribuição de um subsídio no valor de 301,28€ à artesã “Conceição Sapateiro”, no âmbito da sua presença na Feira de Gastronomia de Santarém de 2014.
  46. Realização de evento alusivo à quadra natalícia para os funcionários do Município.
  47. Protocolos de colaboração para a realização de estágios.
  48. Centro de Solidariedade Social de S. Veríssimo. Pedido de apoio técnico para a construção de um edifício composto por 20 residências de tipologia T1, a executar em duas fases de 10 residências em cada fase, complementadas por uma área comum de apoio, zona de estacionamento e uma horta comunitária.
  49. Presente para ratificação os despachos proferidos pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal, que aprovaram o seguinte: autorização para aquisição de lona no âmbito do 5º Encontro de Tipografia do IPCA; cedência de 5 galos médios e uma actuação da “Banda do Galo” – participação do Município no programa “Agora Nós”, da RTP; empréstimo de 50 cadeiras para o evento “Barcelos Noivos”; disponibilização de peças de artesanato ao Hospital de Barcelos – “2ª reunião da UCF da Criança”; oferta de 2 livros à Escola Básica e Secundária do Vale do Tamel, em Lijó; autorização para realização da despesa de deslocação de um autocarro de 30 lugares a Lisboa, para participação no Programa “O Preço Certo” e disponibilização de 2 galos médios para promoção turística – António Araújo Lomba; autorização para a realização da despesa com almoços a 3 técnicos no âmbito da auditoria do Regime de Fruta Escolar; isenção de taxas pela ocupação do Auditório da Biblioteca Municipal – Sociedade Columbófila do Souto.
  50. Ratificação dos despachos proferidos pelo Vereador Dr. Alexandre Maciel, que aprovaram o seguinte: cedência de plantas – Escola de Airó. Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho (Barcelinhos); cedência de pontos de água e luz à ACIB para a realização da “Feira da Saúde”; empréstimo de vasos para o espaço exterior do edifício dos Cuidados Continuados (inauguração) – Santa Casa da Misericórdia de Barcelos; cedência de uma viatura para transporte dos participantes de Barcelos nas galas do Concurso “Factor X”.
  51. Ratificação dos despachos proferidos pela vereadora Armandina Saleiro, que aprovaram o seguinte: oferta de 40 give-aways e 4 galos médios, aos alunos e professores estrangeiros que foram recebidos no Edifício dos Paços do Concelho no dia 7 de novembro de 2014 (registos 69610/14); oferta de 30 give-aways e 8 galos médios, aos representantes dos países europeus participantes na 4.ª reunião Internacional – projeto Voluntering Validation Higwayser, foram recebidos no Edifício dos Paços do Concelho no dia 12 de novembro de 2014 (registos 71290/14).
  52. Ratificação dos despachos proferidos pela vereadora Maria Elisa Braga, que aprovaram a cedência de grupos culturais, no âmbito do Protocolo de Colaboração celebrado com os mesmos, às instituições que os solicitaram para as actividades que pretendem desenvolver: União de Freguesias de Areias de Vilar e Encourados – Rancho da Casa do Povo de Martim; Junta de Freguesia de Roriz – Amigos da Concertina; Santa Casa da Misericórdia de Barcelos – Banda Plástica de Barcelos; Centro Social, Cultural e Recreativo Abel Varzim de Cristelo – Grupo de Teatro “Vamos a Isso”, da Lama; Presidente da Associação Cultural e Recreativa de Roriz – Rancho Folclórico e Etnográfico “A Telheira de Barqueiros”; ACIB – Banda Plástica de Barcelos.

Barcelos, 21 de novembro de 2014

O Gabinete de Comunicação

20º ANIVERSÁRIO DA APCG TEM FIM-DE-SEMANA ANIMADO EM GUIMARÃES

Estreia de uma peça de dança, campanha de solidariedade, propostas musicais e um certame que promete produtos de qualidade a baixo custo são algumas das propostas para o fim-de-semana vimaranense. Que é de festa para a Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães.

Enquanto não chega a noite mais longa do ano, ecoam nas ruas de Guimarães os ensaios nicolinos e ouvem-se, também, outros sons da época – como o Concerto de outono, promovido esta sexta-feira pela Orquestra Juvenil de Pevidém. No CCVF, as músicas do brasileiro Filipe Catto, com o seu ar juvenil e sedutor, cantaram o amor sem regra, seu tema de eleição, servindo-se de influências como o tango, o samba-canção e o blues. No São Mamede, a festa “Rock’n Rolla” recordou os melhores e velhos hits do rock. Até de madrugada – como o bravo som dos tambores.

“Bravo” é o que se vai ouvir na noite deste sábado no 20º aniversário da APCG – Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães. O jantar, subordinado ao tema “20 anos a semear sorrisos”, visa também recolher fundos para a instituição. Ainda no âmbito social, em diferentes superfícies comerciais vimaranenses, decorre este fim de semana uma campanha de recolha de alimentos para o Banco Social da Fraterna. No Multiusos de Guimarães, até este domingo, realiza-se mais uma edição da Feira de Stocks, aberta até às 23 horas deste sábado e, no domingo, até às 20 horas – com abertura de portas às 10:30 horas.

O penúltimo sábado de novembro fica também marcado pela estreia absoluta da peça de dança “Under”, a mais recente criação do Útero Associação Cultural. Para ver, a partir das 22 horas, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor. Após o espetáculo, “Há conversa com...” o diretor da Útero, Miguel Moreira. Mais cedo, ali bem perto, às 20 horas, no Hotel de Guimarães, tem início a 5ª Rugby Annual Union, uma iniciativa organizada pelo GRUFC, clube de rugby de Guimarães, que inclui jantar de gala e entrega de prémios.

De tarde, pelas 16 horas, no auditório da Universidade do Minho, em Azurém, o Núcleo de Guimarães da Associação Portuguesa de Reiki promove um sarau intitulado “Dar de Coração”. À mesma hora, na Rua Santa Maria, o Centro de Artes e Ofícios “Casa da Senhora Aninhas” inaugura a exposição de joalharia, pintura e desenho “Osmose Inversa”, da artista Teresa Dantas.

Na vila de Ponte, a partir das 21 horas, na EB 2,3 Arqueólogo Mário Cardoso, a Academia de Música Valentim Moreira de Sá organiza um concerto no âmbito do ciclo “Jovens Músicos de Guimarães”. Mais música para ouvir no Salão Paroquial de Sande São Clemente, também às 9 da noite, com sexteto de vozes «Effatha». No centro da cidade, a Casa Amarela, no Largo da Oliveira, recebe o concerto do grupo “Papillon”. A partir das 23 horas.

DESPORTO, MÚSICA E CINEMA

A tarde de domingo será preenchida pela realização de imensos magustos um pouco por todo o concelho e, ao final do dia, haverá “Vira Minhoto” dentro do… retângulo. O Vitória recebe o Sp. Braga (19h15) em jogo da 4ª eliminatória da Taça de Portugal, em futebol. Antes disso, o Pequeno Auditório do CCVF acolhe a primeira sessão (16h) do espetáculo de teatro e ciência “Fábulas Elementares”, direcionado para um público dos 9 aos 12 anos. A peça estará também em palco na segunda-feira (10h30 e 15h00) e na terça-feira (10h30).

O dia de eventos deste domingo começa em Airão São João (09h30), com a realização do 5º Crosse de Airão. Duas horas depois, a Fnac de Guimarães tem duas propostas diferentes. De manhã, pelas 11h30, o aniversariante CAR promove um recital de violino pelos alunos da sua escola de música. Às 17 horas, atua o grupo sueco “The Bongo Club”, com temas do álbum “Be Careful Not To Stare”, um trabalho que será lançado em janeiro de 2015. O domingo termina com as luzes apagadas. O Cineclube de Guimarães exibe o filme “Ciúme”, a partir das 21:45 horas, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor. Bom fim de semana… em Guimarães.

MUNICÍPIOS DE CAMINHA, DO ROSAL E DE A GUARDA ASSINARAM ATA DE VISTORIA DE FRONTEIRA

O documento foi assinado ontem, dia 21 de novembro, em Caminha

Os Municípios de Caminha, do Rosal e de A Guarda assinaram ontem, dia 20 de novembro, no “Estuário do Rio Minho”, a ata de vistoria de fronteira, no âmbito do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, datado de 29 de setembro de 1864.

Assinatura da ata de vistoria 2014.jpg

Numa cerimónia simples, a ata foi assinada por Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha, Anabela Monteiro, secretária do Gabinete de Atas da Câmara Municipal de Caminha, Maria del Carmen Alonso Alonso, vice-presidente da Câmara Municipal do Rosal, José Manuel Domínguez Freitas, presidente da Câmara Municipal de A Guarda e José Carlos Martinez Crespo, secretário do Gabinete de Atas da Câmara Municipal de A Guarda.

O Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, de 29 de setembro de 1864, reconhece a linha fluvial do Rio Minho, que serve de fronteira entre os dois países. A ata de vistoria de fronteira é assinada anualmente e atesta que não se verifica qualquer alteração no curso do Rio Minho.

A FREGUESIA DE ARGELA VAI RECEBER O EXECUTIVO CAMINHENSE NA PRÓXIMA QUARTA - FEIRA

A reunião descentralizada vai decorrer na sede da Junta de Freguesia de Argela, no dia 26 de novembro, às 18h30

A freguesia de Argela acolhe a próxima reunião de Câmara descentralizada. Quarta-feira, dia 26, a partir das 18h30, o presidente da Câmara e restante executivo estarão na sede da Junta de Freguesia de Argela para ouvirem as preocupações e desafios da população de Argela.

Além de favorecerem a proximidade junto da população, as sessões públicas descentralizadas são um instrumento de participação que as pessoas têm à disposição para comunicar diretamente com os decisores políticos do concelho. Estas reuniões permitem ao executivo ouvir, esclarecer e prestar contas da gestão municipal, o que contribui para uma democracia local mais participativa.

Recorda-se que estas reuniões públicas apresentam como único ponto da ordem de trabalhos a audição dos munícipes. Assim, os argelenses que queiram intervir deverão proceder à sua inscrição, com uma antecedência mínima de 48 horas na Câmara Municipal, através do telefone 258 710 300 ou do email geral@cm-caminha.pt. Ainda o podem fazer na junta de Freguesia de Argela. É de realçar que, no momento da inscrição, deverão indicar o contacto telefónico e o assunto a tratar. Será dada prioridade aos assuntos relacionados com as freguesias em questão e de interesse coletivo e/ou público.

PÓVOA DE LANHOSO RENOVOU BANDEIRA DE AUTARQUIA MAIS FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL

Pelo quinto ano consecutivo, a Póvoa de Lanhoso recebeu a distinção de Autarquia Mais Familiarmente Responsável, atribuída pelo Observatório das Famílias Numerosas.

Entrega bandeira PVL.jpg

A entrega da respetiva bandeira realizou-se nesta quarta-feira, dia 19 de novembro, no Auditório da sede da Associação Nacional de Municípios em Coimbra. "Foi com orgulho que recebi, em nome da autarquia, este reconhecimento. Temos ao longo destes mandatos intensificado o trabalho na área social e na educação, porque definimos que as pessoas estão em primeiro lugar. Sabemos que as respostas criadas são muito importantes para as famílias e, por isso, não poupamos esforços na sua implementação. Este reconhecimento é também a confirmação de que estamos no caminho certo", refere o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

Medidas como o Naturalanhoso, o subsídio de apoio às rendas, as bolsas de estudo e os prémios de mérito escolar, o apoio social escolar, os transportes escolares, os manuais escolares gratuitos, os cartões municipais, os centros de convívio, o Banco de Voluntariado e a Loja Social, o serviço para a promoção da igualdade de género, de entre muitas outras, constituem algumas das respostas sociais existentes no município Povoense.

A construção dos Centros Escolares e de equipamentos desportivos, como o Pavilhão do Centro Educativo do Cávado, a renovação da bandeira de Praia Acessível e outras medidas também contribuem para a renovação desta distinção, que é o reconhecimento desta política transversal de apoio às famílias Povoenses.

A cerimónia contou com as presenças do Secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro, do Secretário-geral da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, Rui Solheiro, do Presidente da Associação Portuguesa das Famílias Numerosas, Luís Cabral, e de uma representante do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, Margarida Neto.

PONTE DE LIMA EXPÕE SOBRE "A EDUCAÇÃO DO ESTADO NOVO"

A Escola do Estado Novo.Exposição no Espaço Internet em Ponte de Lima. 28 de novembro a 12 de dezembro

O Município de Ponte de Lima em parceria com o Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta em Ponte de Lima (CLA da UAB) apresenta entre 24 de novembro e 12 de dezembro, no Edifício da Escola da Avenida (Espaço Internet), a exposição “A Escola do Estado Novo”. 

estado_novo_.jpg

A mostra apresenta uma réplica de uma sala de aula do antigo regime, juntamente com os materiais e recursos pedagógicos utilizados na época, tendo como finalidade a reflexão sobre os 40 anos da democracia, trazendo à memória do público mais velho e informando o público mais jovem sobre as referências ideológicas que orientavam o sistema de ensino e em que condições a educação era aplicada.

A par desta exposição, irá decorrer a conferência “A Educação do Estado Novo”, no dia 28 de novembro, pelas 15h00, no local da exposição, que tem como objetivo analisar o estado do sistema educativo no Estado Novo, ao nível da educação de adultos, jovens e crianças. A conferência irá contar com a presença dos Professores Luís Mota e António Moreira, investigadores do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra e, ainda, o fotógrafo limiano, Amândio de Sousa Vieira, que contribuirá com a sua experiência de aluno no Estado Novo.

Em ambas as ações, a entrada é gratuita, sendo possível efetuar a inscrição para a conferência através da seguinte hiperligação:

https://docs.google.com/forms/d/1RTWmmU6AIuM9md2vBCqk_YHz0wCDb_rNmiaClTGFlJA/viewform?c=0&w=1&usp=mail_form_link

Para mais informações contate a CLA – Universidade Aberta, através do seguinte e-mail: cla_ponl@uab.pt, ou pelo telef: 258753493 /9 156762349.

Pág. 1/4