Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VILA PRAIA DE ÂNCORA INAUGURA AMANHÃ A FEIRA DO LIVRO

A cerimónia de abertura terá lugar no sábado, dia 1, às 21h45, no Parque Dr. Ramos Pereira, em Vila Praia de Âncora

Começa no sábado, dia 1 de junho, a décima quinta edição da Feira do Livro de Vila Praia de Âncora. O evento decorre até ao dia 9, no Parque Dr. Ramos Pereira. A inauguração acontece às 21h45 com uma tertúlia com Rui Pedro Caramez, a propósito do novo livro “Como ter sucesso no Linkedin”.

Este é o regresso do certame à zona litoral da vila. “O renovado Parque Dr. Ramos Pereira é a sala de visitas e o palco que a Feira do Livro e os seus visitantes merecem”, sublinha Paulo Pereira, vereador do Município de Caminha com o pelouro da Cultura.

Durante os nove dias de venda de livros, vão acontecer momentos culturais diversos todas as noites. Os grupos e coletividades do concelho vão participar ativamente e vão contribuir para a diversidade do programa. A Feira vai estar aberta de segunda a quarta-feira das 17h às 23h; quinta-feira das 10h às 12h e das 17h às 23h; e sexta, sábado e domingo das 15h às 24h.

Vão marcar presença a Antunes Livreiros e o Alfarrabista Rafael Capela. A iniciativa é organizada pela Ancorensis Cooperativa de Ensino, pela Câmara Municipal de Caminha e pela Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora, com o apoio da Camipão.

PROGRAMA

DA 15ª FEIRA DO LIVRO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

Local: Parque Dr. Ramos Pereira

Sábado, 01 de Junho

20h45 - Bombos da Ancorensis

21h00 - Cerimónia de abertura da Feira.

- Tertúlia com Rui Pedro Caramez, a propósito da apresentação do seu livro intitulado

“ Como ter sucesso no Linkedin”.

21h45 - Momentos de Ginástica – Classe de Representação – Ginástica Ancorensis

22h00 - Saxofonista Cubano – Anésio Rente d’Armas

Domingo, 02 de Junho

21h30 – Academia Fernandes Fão com “Uma Canção, Um Amigo” – Iniciações e Grupo de Guitarras

22h00 - Associação de Danças do Distrito de Viana do Castelo.

22h20 -Jéssica, Leandro e Paulo – Trio Musical

Segunda-feira, 03 de Junho

21h00 - Tertúlia com Luís Miguel Rocha, autor de obras como “ A filha do Papa” e “A Mentira Sagrada”.

22h00 -Dança Zumba – Ivone e as suas alunas

- 22h30 -Joka, Diogo e Vitor – Banda musical

Terça-feira, 04 de Junho

21h00 – Rubrica “ Pesca sem morte” - Clube Ancorense de Caça e Pesca

22h00 - GAMA – Grupo de Animação Musical da Ancorensis

22h30 - MusicTrad – Música Tradicional Portuguesa ( a confirmar)

Quarta-feira, 05 de Junho

18h00 -Tertúlia com dra. Cristina Santiago sobre a temática “ Ser Mãe / Pai de um adolescente”

21h.30 - Grupo Na Boa Bai Ela – Escola Secundária de Monserrate

22h 00 - Grupo de Concertinas da SIRA

22h15 - Grupo de Cantares Tradicionais de Âncora da SIRA

Quinta-feira, 06 de Junho

21h00 – Tertúlia com Alberto Santos a propósito da apresentação do seu último romance

“O segredo de Compostela”

21h45 - Cavaquinhos de Viana (Paróquia de Nossa Senhora de Fátima)

22h15 - Grupo de Danças da SIRA

22h45 – Diogo e Marisa – Dueto Acústico 2por2

Sexta-feira, 07 de Junho

21h30 - Grupo Etnográfico de V. P. de Âncora

22h15 - Grupo de Danças e Cantares Regionais do Orfeão de V. P. de Âncora

Sábado, 08 de Junho

21h30 - Marcial Body

22h15 - Tuna Académica do IPVC ( a confirmar)

Domingo,09 de Junho

21h30 - Dança Urbana da Ancorensis, com Liliana Silva e suas alunas

22h00 - Karaté ( Grupo de Karaté da Ancorensis)

22h15 - Gama (Grupo de Animação Musical da Ancorensis)

ESCOLAS DE FAFE REALIZAM FEIRA MEDIEVAL

O Agrupamento de Escolas de Fafe e a Câmara Municipal de Fafe vão levar a efeito, nos dias 14, 15 e 16 de junho, no centro da cidade, a I Feira Medieval.

Mercado, música e jogos medievais, ambiente de época, animação de rua e espetáculo de fogo são alguns dos momentos deste evento que promete animar fortemente o centro urbano durante um fim-de-semana.

MUNICÍPIO DE BARCELOS ATRIBUI MAIS DE 600 MIL EUROS ÀS FREGUESIAS

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou hoje, em reunião ordinária, a atribuição de mais de 617 mil euros em subsídios a cerca de duas dezenas de freguesias do concelho.

Grande parte daquele valor destina-se a obras na rede viária das freguesias, designadamente, alargamento e pavimentação de caminhos e ruas, construção de passeios e drenagem de águas pluviais, arranjos urbanísticos, construção de muros e requalificação geral das vias públicas. Para estas obras vão mais de 306 mil euros.

O Município continua a financiar as obras de alargamento e requalificação dos cemitérios das freguesias, tendo atribuído, nesta sessão do executivo, três subsídios no valor total de 73.900,00€.

As obras em três sedes de Junta são contempladas com subsídios no valor global de mais de perto de 94 mil euros.

Foram ainda atribuídos os seguintes subsídios: para aluguer de monoblocos na EB1 de Martim (8.560,68€); para aquisição de um imóvel destinado à instalação de equipamentos de apoio às entidades sediadas na freguesia de Alvito S. Pedro e instalações da futura capela mortuária (75.000,00€); para pagamento das obras de recuperação do edifício Visconde de Azevedo Ferreira à Freguesia de Alvelos (39.299,50€); para a aquisição de imóvel destinado a sede da Junta de Aborim (20.500,00€).

Quanto a outros subsídios, destaca-se a atribuição de 25.000,00€ às Fábricas de Igreja das paróquias de Cristelo e de Roriz, com vista a pavimentação de terreno e obras restauro e recuperação da igreja, respetivamente.

Há ainda a registar a aprovação do contrato de aquisição de serviços de limpeza do leito do rio Cávado, no valor de 146 mil euros, acrescido de IVA e a aprovação da aquisição de serviços de transporte escolar para o ano letivo 2013/2013, cujos encargos se estimam em 1.458.982,47€.

Quanto a apoios sociais diretos do Município, foram provados oito processos para pagamento da renda de casa a agregados familiares carenciados e dez processos relativos a apoio à habitação social, no valor global de 56.500,00€.

Nota: Todas as propostas foram aprovadas por unanimidade, exceto as propostas números 5, 37 e 47, que foram aprovadas por maioria.

Reunião de Câmara

Sessão ordinária do executivo da Câmara Municipal de Barcelos

Sexta-feira, 31 de maio de 2013

Lista completa das deliberações

1. Atribuição de subsídio para refeição escolar, às seguintes situações:

Alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico: 1 aluno – Escalão 1 (A) – refeição gratuita.

Alunos do ensino pré-escolar: 1 aluno – Escalão 1 (A) – refeição gratuita.

2. Cedência de instalações: Associação de Pais de Rio Covo Santa Eugénia – utilização das instalações da EB1/JI de Rio Covo Santa Eugénia, para a realização de aulas de judo; Associação de Pais de Fraião – Tamel S. Veríssimo – utilização das instalações no dia 15 de junho.

3. Regulamento da 8ª Mostra do Associativismo Juvenil, que se realiza nos dias 16 a 21 de julho, em Barcelos, no âmbito da Festa da Juventude.

4. Concessão da gestão do Parque Municipal à Empresa Municipal de Educação e Cultura de Barcelos, E.E.M., no período compreendido entre 19 de julho e 22 de agosto de 2013, no âmbito da realização da XXXI Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos que decorrerá de 2 a 18 de agosto de 2013.

5. Apoio técnico ao condomínio do Bloco C – Quinta do Aparício, com vista à execução de obras de reparação e requalificação do prédio: elaboração de um levantamento das obras que será necessário executar e dos materiais a aplicar ou substituir; caderno de encargos que permita ao condomínio solicitar às empresas do ramo orçamentos para a execução das obras; isenção de taxas e fiscalização das obras.

6. Atribuição de um subsídio no valor de 7.939,40 €, à Freguesia de Várzea, para pagamento dos trabalhos de alargamento da Rua do Fraz, junto à poça de consortes.

7. Atribuição de um subsídio no valor de 9.341,25 €, à Freguesia de Várzea, para a execução dos seguintes trabalhos: construção de passeio na Rua do Pinheiro/EM 561; pavimentação da Travessa do Pinheiro Manso; pavimentação da Travessa de Bouçós.

8. Atribuição de um subsídio no valor de 10.754,62 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Várzea, para a reconstrução de pontão na Travessa do Regato.

9. Atribuição de um subsídio no valor de 8.560,68 €, à Freguesia de Martim, para pagamento do aluguer dos monoblocos na EB1 de Martim que servem de cantina para as crianças, relativamente ao ano de 2012.

10. Atribuição de um subsídio no valor de 20.782,65 €, à Freguesia de Martim, para pagamento da pavimentação de um caminho no lugar de Riquinha.

11. Atribuição de um subsídio no valor de 38.706,40 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Durrães, para o arranjo urbanístico do Largo da Igreja, respetivamente, acesso ao cemitério e electrificação.

12. Atribuição de um subsídio no valor de 28.810,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Moure, para execução da 1ª fase das obras de drenagem de águas pluviais e passeios na Rua de Soleiros.

13. Atribuição de um subsídio no valor de 35.000,00 € à Freguesia de Moure, para a execução da 2ª fase das obras de construção de muros para o alargamento do caminho do Senhor D´Agonia à Rua do Pinheiro.

14. Atribuição de um subsídio no valor de 75.000,00 €, à Freguesia de Alvito S. Pedro, para a aquisição de um imóvel destinado à instalação de equipamentos de apoio às entidades sediadas na freguesia e instalações da futura casa mortuária.

15. Atribuição de um subsídio no valor de 30.613,17 €, à Freguesia de Arcozelo, para pagamento do auto nº 2 relativo à empreitada de “Ampliação da Sede de Junta”.

16. Atribuição de um subsídio no valor global de 37.451,32 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Vila Frescaínha S. Pedro, para pagamento dos autos nºs 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 13 da empreitada de “Remodelação da Sede de Junta”.

17. Atribuição de um subsídio no valor de 30.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Milhazes, para pagamento da 1ª fase das obras de pavimentação das Ruas de Barreiros, Cruz de Pedra e Cruzes.

18. Atribuição de um subsídio no valor de 25.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Gilmonde, para pagamento da 1ª fase das obras de requalificação da rede viária.

19. Atribuição de um subsídio no valor de 39.299,50 €, à Freguesia de Alvelos, para pagamento da 2ª fase das obras de “Recuperação do Edifício Visconde de Azevedo Ferreira”.

20. Atribuição de um subsídio no valor de 10.701,60 €, à Freguesia de Roriz, para pagamento das obras de alargamento de um caminho no Lugar de Leiroinha.

21. Atribuição de um subsídio no valor de 30.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Galegos S. Martinho, para pagamento da 4ª e última fase das obras de “Alargamento e Requalificação do Cemitério”.

22. Atribuição de um subsídio no valor de 5.772,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Galegos S. Martinho, para pagamento das obras de construção de passeios e muro de vedação na Rua Cândido Durães.

23. Atribuição de um subsídio no valor de 30.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Vilar de Figos, para a 1ª fase das obras de pavimentação das Ruas da Ribeira e do Carvalhal.

24. Atribuição de um subsídio no valor de 25.455,83 €, à Freguesia de Fornelos, para pagamento da factura nº 16 (auto nº 17) relativa à empreitada de “Construção da Sede de Junta”.

25. Atribuição de um subsídio no valor de 40.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Galegos Sta Maria, para pagamento da 2ª fase das obras de “Alargamento do Cemitério”.

26. Atribuição de um subsídio no valor de 23.500,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Remelhe, para pagamento da 3ª e última fase das obras na Rua dos Cerqueiros.

27. Atribuição de um subsídio no valor de 30.000,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Cossourado, para pagamento da 1ª fase da obra de “Pavimentação dos caminhos do Lugar de Navió e ligação a Poiares”.

28. Atribuição de um subsídio no valor de 20.500,00 €, à Freguesia de Aborim, para pagamento da aquisição de um imóvel destinado a Sede de Junta.

29. Atribuição de um subsídio à Freguesia de Silva no valor correspondente ao IVA à taxa legal em vigor, dos valores deliberados nas reuniões da Câmara Municipal realizadas em 07.09.2012, 30.11.2012 e 08.03.2013, para a empreitada de “Alargamento do Cemitério”.

30. Atribuição de um subsídio no valor de 5.000,00 €, à Fábrica da Igreja Paroquial de Cristelo, como colaboração na execução da pavimentação do terreno envolvente às salas de catequese, que se encontra em terra batida.

31. Atribuição de um subsídio no valor de 20.000,00 € à Fábrica da Igreja Paroquial de Roriz, como colaboração na realização das obras de restauro e recuperação da Igreja Paroquial, nomeadamente ao nível de toda a talha em seis altares de estilo barroco nacional, do período rocaille (século XVIII), um púlpito, a recuperação do teto interior da “capela-mor”, bem como a construção de raiz de um novo altar, de forma a acolher duas “imagens de roca” abandonadas noutro local.

32. Desafetação de parcela do domínio público municipal para o domínio privado do Município, para posterior doação à Junta de Freguesia de Pousa. Por deliberação da Assembleia Municipal, foi desafectada do domínio público e passando a integrar o domínio privado municipal uma parcela de terreno com cerca de 180 metros quadrados, destinada, pelo alvará de loteamento n.º 9/2009, a equipamento de utilização colectiva. Acontece porém, que para a criação do designado lote n.º 10, e posterior execução do projecto de construção do edifício destinado a sede do Agrupamento de Escuteiros n.º 937, torna-se também necessária, a inclusão no identificado lote 10, de uma parcela, destinada no âmbito da operação de loteamento titulada por aquele alvará, “a espaços verdes de utilização colectiva”, neste caso com cerca de 225 metros quadrados, imediatamente contígua aquela parcela já desafectada (com cerca de 180 metros quadrados). Nessa medida, e no total, pretende-se a constituição de um lote com cerca de 405 metros quadrados.

33. Ratificação do protocolo entre o Município de Barcelos e a Santa Casa da Misericórdia de Barcelos para a edição da obra “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Miguel da Costa Almeida Ferraz, constante de manuscritos originais, em onze volumes, que, atualmente, são propriedade e estão na posse do terceiro outorgante, seu sobrinho-neto, e cujos direitos da publicação foram por este cedidos à Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

34. Protocolo entre a Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave (ATAHCA) e o Município de Barcelos, com vista à organização das Jornadas Ibéricas “Património e Desenvolvimento Local”.

35. Nomeação dos representantes do Município de Barcelos no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Vila Cova.

36. Nomeação dos representantes do Município de Barcelos no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria.

37. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a “Barcul – Sociedade de Comunicação e Cultura, S.A.” que estabelece os direitos e obrigações das partes na edição e publicação de fascículos em suporte de papel, integralmente a cores e em número variável de páginas, sobre cada uma das freguesias de Barcelos, com enfoque nos seus domínios político, social, económico e cultural, e, finda a publicação dos fascículos, a sua compilação e publicação em formato de livro. O Município co-edita e comparticipa financeiramente na elaboração e publicação dos primeiros 25 fascículos.

38. Regulamento das «Marchas Populares de Barcelos 2013», que se realizam no dia 22 de junho.

39. Ratificação de protocolos de colaboração para a realização de estágios, com vista a acolher jovens das seguintes instituições: Instituto Politécnico do Cávado e do Ave – Curso Turismo; Agrupamento de Escolas Braga Oeste – Curso de Jardinagem e Espaços Verdes; Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria – Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos; Agrupamento de Escolas de Barcelos - Curso Profissional Técnico de Apoio à Infância.

40. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de “aquisição de serviços de limpeza do leito do rio Cávado”, pelo valor contratual estimado de 146.000,00€, acrescido de IVA. Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro (Orçamento de Estado 2013).

41. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de “aquisição de serviços de reparação da viatura n.º 52 A, marca Volvo, matrícula 40-71-OZ”. Artigo 75.º da Lei n.º 66- B/2012, de 31 de Dezembro (Orçamento de Estado 2013).

42. Pedido de autorização prévia para assunção de compromissos plurianuais – “Fornecimento contínuo de lubrificantes e produtos afins”. – Artigo 6º da Lei nº8/12 de 21 de Fevereiro (LCPA).

43. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de “aquisição de serviços de reparação das viaturas n.ºs 19 A, 54 A e 55 A, matrículas 77-AT-54, 14-74-PM e 43-95-VO, respetivamente”. Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro (Orçamento de Estado 2013).

44. Ajuste Direto n.º 25/2013, para a “Aquisição de serviços de Transportes Escolares para o ano letivo 2013/2014”, no valor estimado de 1.458.982,47€. Aprovação do projeto de decisão e minutas dos contratos.

45. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de “aquisição de serviços de utilização de plataforma eletrónica de contratação pública.” Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro (Orçamento de Estado 2013). Pedido de autorização para assunção de compromissos plurianuais – Artigo 6º da Lei n.º 8/2012.

46. Pedido de parecer prévio para a celebração de contrato de “aquisição de serviços de viagens para as bandas participantes no Festival Milhões de Festa 2013”, pelo valor contratual estimado de 18.500,00€ - artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro (Orçamento de Estado 2013).

47. Ratificação o despacho do Presidente da Câmara Municipal, que aprovou a informação prestada pela D.O.P.M. e a prorrogação do prazo de execução da empreitada de “Recuperação, ampliação e valorização do Museu de Olaria de Barcelos -2”, até 14/06/2013.

48. Comparticipação financeira relativa à estadia das crianças e monitor no Centro Comunitário de Desenvolvimento Social de Braga – Colónia de Férias de Apúlia.

49. Apoio ao arrendamento habitacional – comparticipação no pagamento da renda a oito agregados familiares.

50. Apoio à habitação social – subsídios a dez agregados familiares.

51. Comparticipação no serviço de limpeza de fossas.

52. Ratificação dos despachos do Presidente da Câmara Municipal, que aprovaram o seguinte: cedência do Auditório da Biblioteca Municipal.

53. Ratificação do despacho do Vice-Presidente da Câmara, que aprovou o seguinte: cedência do Auditório Municipal – Associação AVC; cedência do Auditório Municipal – Associação Comercial e Industrial de Barcelos; cedência do Auditório da Biblioteca Municipal – Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria.

54. Ratificação dos despachos do Vereador do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal, que aprovaram o seguinte: cedência de material promocional - 6 galos – Grupo Folclórico S. Lourenço de Alvelos; cedência de material promocional – 150 give-aways “Encontro dos Ex- Combatentes do Ultramar”; cedência de material promocional - 300 give-aways – Congresso com laureados Nobel; cedência de arbustos – Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Macieira de Rates; cedência de 16 galos médios – Grupo Folclórico Barcelinhos – “Festival do Rio 2013”; cedência de material promocional – Nucaminho; cedência de 100 give-aways, 12 galos e fitas para crachás – Motor Clube de Barcelos.

55. Ratificação do despacho do Vereador do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: aquisição de 1.000 garrafas de água de 33 cl – Encontro Municipal de Barcelos e Encontro Regional de Braga de Gira-Volei; cedência de uma viatura de 9 lugares para apoio ao 4º passeio pedestre – Comissão Organizadora – Balugães.

56. Ratificação do despacho da Vereadora do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: cedência de publicações e material promocional – Dia de Santiago.

Barcelos, 31 de maio de 2013

O Gabinete de Comunicação

PONTE DE LIMA REALIZA OFICINAS DE VERÃO 2013 NA ÁREA PROTEGIDA

O Serviço Área Protegida do Município de Ponte de Lima promove, à semelhança de anos anteriores, as Oficinas de Verão que têm como objetivo desenvolver a consciência ecológica/ rural e ocupar de forma lúdica e educativa crianças dos 5 aos 12 anos.

resize_imagem[2]

As Oficinas de Verão 2013 irão realizar-se na Quinta dos Pentieiros e terão os seguintes temas: Oficina “Os Pinchas” (17 a 28 de junho), Oficina “Os Exploradores” (01 a 12 de julho); Oficina da “Energia” (15 a 26 de julho); Oficina “Os Aventureiros” (29 de julho a 09 de agosto) e Oficina “Os Sabichões” (26 de agosto a 06 de Setembro). A inscrição tem um custo de 45€ (almoço incluído) e está limitada a 30 participantes por Oficina.

Este ano será lançado também um novo projeto – Jovem Ativo 2013, direcionado para jovens dos 13 aos 17 anos, que tem como desafios consciencializar e incentivar os jovens para a proteção ambiental. Entre as várias ações previstas, os jovens podem investigar as espécies da Área Protegida, participar em atividades promovidas pelo Bike Park e Centro Aventura, realizar Caças ao Tesouro na Quinta de Pentieiros e observar as aves aquáticas na Ecovia do rio Lima. O Jovem Ativo 2013 terá início no dia 01 de Julho e terminará a 09 de Agosto, em três períodos de duas semanas. O prazo limite de inscrição é 14 de junho.

As inscrições para todas as Oficinas podem ser efetuadas na  receção da Quinta de Pentieiros (08h00 às 21h00). Será necessário apresentar fotocópias do cartão de identificação e número de contribuinte do encarregado de educação, assim como uma fotocópia do cartão de identificação da criança/jovem (uma fotocópia por cada período em que pretende inscrever o seu educando).

As refeições serão servidas pelo Serviço Área Protegida, no Centro Educativo das Lagoas.

Mais informação em www.lagoas.cm-pontedelima.pt.

CRIANÇAS E JOVENS DE CAMINHA FORAM PRESIDENTES DE CÂMARA POR UM DIA

Presidentes de câmara de palmo e meio apresentaram ideias e propostas para o concelho

“Se eu fosse Presidente da Câmara”, era este o desafio da II Assembleia de Crianças e Jovens, promovido no âmbito da Semana dos Direitos da Crianças. Ontem, dia 30, no auditório da Santa Casa da Misericórdia, crianças de todas as idades manifestaram as suas prioridades para o concelho de Caminha.

Assembleia Crianças e Jovens 2013 (32)

Do jardim de infância ao ensino secundário, as crianças e jovens dos estabelecimentos de ensino participantes propuseram medidas a tomar, caso estivessem à frente dos comandos do Município. Em resposta aos pequenos autarcas, a atual Presidente da Câmara prometeu responder a todas as intervenções pessoalmente na sala de aula de cada um dos intervenientes. Júlia Paula Costa deu ainda os parabéns à comunidade escolar pela entrega absoluta a todos os projetos e desafios e aos jovens, em particular, pela participação ativa e cívica, a qual revela uma mudança de paradigma. A Presidente de Câmara, com base numa das propostas, lançou ainda o mote para o tema do ano que vem ao sublinhar que “para além da Presidência da Câmara, os Presidentes de Junta são também fundamentais para o poder local, pelo que seria interessante perceber o que as nossas crianças e jovens fariam caso fossem presidentes de junta de cada um das suas freguesias.”

A Assembleia de Crianças e Jovens foi composta por “presidentes” pertencentes aos Jardins de Infância de Caminha, de Moledo, de Venade, de Santo António de Caminha, também ao Centro Infantil da Santa Casa da Misericórdia de Caminha e à Creche e Jardim de Infância Patronato Nossa Senhora da Bonança. Participaram ainda os Centros Escolares de Dem e de Vilar de Mouros, as EB1 de Caminha, de Moledo, de Seixas, de Venade, a Escola EB 2,3/S Sidónio Pais e a Ancorensis Cooperativa de Ensino.

Assembleia Crianças e Jovens 2013 (14)

A mesa da Assembleia foi presidida pela 2.ª Secretária da Assembleia Municipal de Caminha, Irene Pacheco, e contou com a presença da presidente da Câmara, Júlia Paula Costa; do vereador Flamiano Martins, do vereador Paulo Pinto Pereira; e dos deputados, também com assento na CPCJ alargada, Sónia Lajoso e Alberto Magalhães.

A Semana dos Direitos da Criança é promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Caminha, com o apoio da Câmara Municipal de Caminha. No caso da Assembleia de Crianças e Jovens, há ainda a colaboração da Assembleia Municipal de Caminha e dos Estabelecimentos de Ensino.

Hoje, no âmbito da Semana dos Direitos da Criança, decorre ainda um momento musical a cargo da Academia de Música Fernandes Fão, no auditório do Centro Cultural de Vila Praia de Âncora, às 21h30. E amanhã, sábado, dia da Criança, às 14h30, tem início o IV Moledo Desportivo e a Milha de Moledo, junto ao Parque Infantil e de Lazer da Junta de Freguesia de Moledo, numa organização da AMIR - Associação Moledense de Instrução e Recreio e da AAVC - Associação de Atletismo de Viana do Castelo, com o apoio da Câmara Municipal de Caminha, da Junta de Freguesia de Moledo, da Associação de Pais do Agrupamento de Escolas Coura e Minho e do Centro Social Paroquial de Moledo.

Assembleia Crianças e Jovens 2013 (12)

Assembleia Crianças e Jovens 2013 (9)

FAFE DIVULGA ATIVIDADES CULTURAIS EM JUNHO

JUNHO 2013

Dia 1 – Comemoração

Dia Mundial da Criança

Insufláveis, jogos tradicionais, futebol, basquetebol, danças hip hop, ballet, ciências experimentais, atividades em inglês, artes plásticas, pinturas faciais, atividades cinotécnicas, bicicletas e carrinhos, rappel

Praça 25 de Abril, das 14h00 às 18h00

Dia 1 – Evento

XXII Encontro dos Antigos Professores, Funcionários e Alunos da Escola Industrial e Comercial de Fafe (AAPAEIF)

Promoção: AAPAEIF

Dia 1 – Música

XVI CONCERTO DE PRIMAVERA

Participam o Coral da Casa da Gaia, de Argoncilhe (Vila da Feira), Orfeão de São Pedro da Cova (Gondomar) e Coral Santo Condestável (Fafe)

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Preço: 2 €

Duração: 90’

Classificação: M/4

Dias 1/2 – Desporto

Rally TT Serras do Norte

Dias 7/8 – Desporto

Portugal Lés-a-lés

Dias 7/8/9 – Percursos Pedestres

Festival Monteslongos

Dia 8 – Evento

XII Edição Feira das Coisas

Arcada

Dia 8 – MúsicaI

Festival de Tunas do IESF

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Dia 10 – Evento

Feira Tradicional de Fafe

Praça 25 de Abril, ao longo do dia

Promoção: Rancho Folclórico de Fafe

Dia 10 – Desporto

Final do XXVII Torneio de Futebol Juvenil de Fafe

Pavilhão Municipal, às 10h00 (Escalão B)

Estádio Municipal, às 15h00 (Escalão C)

Entrega de prémios

Dia 12 – Cinema

Exibição do filme “TABU”, de Miguel Gomes

Com:Teresa Madruga, Laura Soveral, Ana Moreira, Carloto Cotta, Isabel Cardoso, Ivo Müller, Manuel Mesquita

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

Género: Drama

País: Portugal

Preço: 2,5 €

Classificação: M/12

Dias 14/ 15/ 16 – Evento

I Feira Medieval

Praça 25 de Abril

Promoção: Escola Secundária de Fafe

Apoio: Município de Fafe

Dias 14/15/ 16 – Música

Concertos de encerramento do ano letivo da Academia de Música José Atalaya

(14 de junho – 21h30; 15 de junho – 17h00 e 21h30; 16 de junho – 17h00)

Teatro-Cinema de Fafe

Promoção: Academia de Música José Atalaya

Dia 16 – Cinema

Exibição do filme “ZAMBÉZIA“, de Wayne Thoorley

Atores: Vozes de: Francisco Areosa, Inês Castel-Branco, José Diogo ...

Sala Manoel de Oliveira, às 11h00 e 15h30

Género: Animação

País: Portugal

Classificação: M/6

Entrada livre

Dia 18 – Cinema

Exibição do filme “José & Pilar “, de Miguel Gonçalves Mendes

Iniciativa de âmbito nacional evocativa do 3º aniversário da morte de José Saramago

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

Género: Documentário

País: Portugal

Classificação: M/12

Entrada livre

Dia 20 – Música

Outros palcos

Casa Municipal de Cultura

Promoção: Kairos

Dia 21 – Dança

PARA JOSEFINA

Auditório de ar livre da Biblioteca Municipal, às 21h30

Dia 22 – Música

Concerto de David Fonseca

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Preço: 10 €

Duração: 90’

Classificação: M/3Dia 26 – Cinema

Exibição do filme “O Capital “, de Costa-Gravas

Com: Gad Elmaleh, Gabriel Byrne, Natacha Régnier

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

Género: Drama

País: Portugal

Preço: 2,5 €

Classificação: M/12

Dias 28/29- Música

Encerramento do ano letivo da Academia de Música José Atalaya

(28 de junho – 21h30; 29 de junho – 17h00 e 21h30)

Teatro-Cinema de Fafe

Promoção: Academia de Música José Atalaya

PONTE DE LIMA ENTREGA PRÉMIOS DO CONCURSO CONCELHIO DE LEITURA 2013

Estimular e fomentar a prática da leitura entre os alunos do 2º Ciclo do Ensino Básico, é o lema do Concurso Concelhio de Leitura, que a Biblioteca Municipal de Ponte de Lima promoveu ao longo do mês de maio.

O Concurso realizou-se no âmbito de uma parceria com as Bibliotecas Escolares das escolas do 2º ciclo, e consistiu na promoção da leitura de duas obras literárias, nomeadamente, O Rio das framboesas, da autoria de Karen Wallace, Os quatro músicos - conto extraído do livro Contos e lendas de Portugal e do mundo, da autoria de João Pedro Mésseder e Isabel Ramalhete.

Participaram os Agrupamentos de Escolas do concelho de Ponte de Lima, num total de 25, dos quais Pedro Dantas da Cunha Pereira, da Escola António Feijó, obteve a melhor classificação, seguindo-se em segundo lugar Luísa Sousa Lima da Escola da Correlhã e em terceiro Melânia Vale, da Escola António Feijó.

Os vencedores receberam livros e outros materiais didácticos e pedagógicos. Todos os participantes receberem ainda um certificado de participação. A cerimónia de entrega de prémios realizou-se na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, no dia 30 de maio.

PROGRAMA NATURALANHOSO APOIA NATALIDADE E COMÉRCIO LOCAL

Encontra-se aberto o período de candidaturas ao programa NaturaLanhoso, promovido pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, que pretende constituir-se como um instrumento de incentivo à natalidade, contribuindo para promover a melhoria das condições de vida da população, especialmente das crianças nos primeiros meses de vida, e fomentar a economia do concelho, uma vez que o apoio tem que ser despendido no comércio local.

Logotiponaturalanhoso net

“Esta é uma medida inovadora, que pretende ser um incentivo à natalidade e um apoio para estabelecimentos comerciais instalados no concelho. Com esta resposta, vamos atribuir às famílias do concelho que decidam ter filhos um apoio financeiro, que varia entre os mil e os 500 euros, a ser descontado no comércio local com produtos para os bebés”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista, destacando a relevância da política social da autarquia. “Este programa decorre das prioridades que definimos para este ano, com a apresentação de novas medidas sociais e o reforço de algumas das existentes, que nos parecem mais importantes. Desta forma, queremos transmitir às famílias povoenses que estamos atentos às dificuldades que atravessam neste momento e que tentamos ajudá-las, para que tenham melhor qualidade de vida”.

As famílias beneficiárias desta medida terão acesso a um apoio nos seguintes termos: primeiro e segundo filho – 500 euros; terceiro filho – 750 euros; quarto filho e seguintes – mil euros.

São condições de atribuição que a criança se encontre registada como natural do concelho da Póvoa de Lanhoso; que o requerente ou requerentes do direito ao incentivo residam no concelho da Póvoa de Lanhoso, no mínimo, há três anos contínuos, contados na data do nascimento da criança, e estejam recenseados no concelho nos seis meses anteriores à data da candidatura; que a criança resida efetivamente com o requerente ou requerentes; e que o requerente ou requerentes do direito ao incentivo não possuam, à data da candidatura, quaisquer dívidas para com o Município.

A candidatura será instruída com os seguintes documentos, a entregar no Gabinete de Apoio ao Munícipe, da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso: formulário disponível para o efeito nos serviços municipais ou em www.mun-planhoso.pt, devidamente preenchido; fotocópia do Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão do requerente ou requerentes e restantes elementos do agregado familiar; fotocópia do N.º de Contribuinte do requerente ou requerentes; Certidão de Eleitor com a data de inscrição, a solicitar na Junta de Freguesia; Certidão comprovativa do domicílio fiscal, atestando a residência no concelho da Póvoa de Lanhoso no mínimo há três anos contínuos, a solicitar no serviço de Finanças; e fotocópia da Certidão de Nascimento ou documento comprovativo do registo da criança.

A candidatura deve dar entrada nos serviços municipais, contendo todos os documentos mencionados, até seis meses, no máximo, após o nascimento da criança.

São elegíveis as despesas realizadas em artigos de puericultura, designadamente vestuário, produtos alimentares, carrinhos de passeio, carrinhos auto, de entre outros produtos destinados ao bebé.

PONTE DE LIMA: CRIANÇAS ACAMPAM NA QUINTA DE PENTIEIROS

VII Acampamento Natureza e Mundo Rural na Quinta de Pentieiros assinala o Dia Mundial da Criança

O Serviço da Área Educativa da Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, promove este fim de semana, 1 e 2 de junho o “VII Acampamento Natureza e Mundo Rural”, assinalando e festejando o Dia Mundial da Criança.

Proporcionar aos participantes dois dias de vida ao Ar Livre, integrados em diversos ateliês pedagógicos com o tema: Ambiente e Rio Lima, bem como assinalar o encerramento das Áreas Projecto do presente ano letivo e o Dia Mundial da Criança, são os principais objetivos da iniciativa.

Este ano, à semelhança dos anos anteriores, participam 150 crianças, provenientes das seguintes Instituições de Ensino: Centro Educativo da Gandra, Centro Educativo das Lagoas, Centro Educativo da Facha, EB1 de Ponte de Lima, Centro Educativo de Refoios e Centro Educativo de Freixo. Participam ainda 14 professores das várias Instituições.

Dos ateliês programados podemos destacar: Ateliê de Palco onde os participantes vão preparar uma atuação para apresentar às suas famílias no Fogo de Campo; Ateliê da criatividade onde todos vão fazer um colar que levam de recordação da atividade; ateliê de observação de anfíbios, Ateliê do rio onde vão construir um pequeno barco; ateliê de culinária entre outros.

O momento alto do acampamento será o Fogo de Campo que se realiza no sábado, a partir  das 20h30 na Quinta de Pentieiros com a presença de dos familiares.

No domingo contamos com a colaboração do Bike Park e realizar uma caça ao tesouro na Quinta de Pentieiros.

As ações seráo coordenadas pelos monitores do Serviço Área Protegida, estagiários afetos a este serviço, alunos da Escola Secundária de Ponte de Lima do curso de animação e monitores convidados.

PÓVOA DE LANHOSO: CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DO CARVALHO DE CALVOS SENSIBILIZA PARA QUESTÕES AMBIENTAIS

No âmbito da sua missão de sensibilizar para as questões ambientais, e aproveitando a proximidade com as comemorações da Semana da Terra (de 4 a 8 de junho), o Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos irá dinamizar uma atividade que contará com a participação de cerca de 350 crianças do pré-escolar e primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso.

Centro de Interpretacao coordena iniciativa 1

A visita guiada ao Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, o trilho interpretativo “As árvores são nossas amigas”, a Caça ao Tesouro, o jogo da “Glória Ambiental”, o jogo “Vamos separar resíduos” serão iniciativas dinamizadas junto deste grupo pelo pessoal técnico ligado à Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso no âmbito do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos já a 3 de junho, durante a parte da manhã. Contudo, as crianças participantes poderão ainda contar com jogos tradicionais e com um mega piquenique à sombra do centenário Carvalho de Calvos.

Com estas atividades de cariz ambiental no recinto do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos, é objetivo do Agrupamento comemorar o Dia Mundial da Criança. A Câmara Municipal colabora ainda com esta atividade ao nível do transporte dos alunos.

O Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos é o espaço no nosso concelho que, por excelência, trabalha as questões ambientais, por exemplo, ao nível da informação dos diferentes grupos etários e da sua sensibilização.

Aquele equipamento recebe com regularidade visitas de grupos de dentro e de fora do nosso concelho, interessados em realizar atividades no Centro de Interpretação, dinamizadas pelos técnicos do município. Para além disto, os utentes dos Centros de Convívio da Póvoa de Lanhoso (que são, na sua maioria, pessoas seniores) recebem todos os meses a técnica responsável pelo Centro de Interpretação com ações de sensibilização ambiental.

Entre janeiro e setembro de 2012, o Centro de Interpretação registou a participação de cerca de 4200 pessoas participantes nas 110 atividades dinamizadas. No mesmo período, cerca de 6700 pessoas visitaram o Centro e cerca 40 atividades foram dinamizadas no âmbito da colaboração com projetos na área social.

Semana da Terra

Entretanto, entre 4 e 8 de junho, no âmbito da Semana da Terra, o Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos promove as comemorações do Dia da Terra, do Dia do Ambiente, do Dia da Biodiversidade e do Dia da Energia. O objetivo é sensibilizar através da dinamização de ações temáticas a partir das quais os munícipes e a comunidade escolar, em particular, são convidados a refletir. Na mesma oportunidade será ainda assinalado o Dia da Floresta e o Dia da Água com clubes da Floresta do concelho, comemorações que foram adiadas em abril, devido ao mau tempo.

Horário de Funcionamento:

De segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Contactos para informações e marcações de atividades:

253 632 790

centro.ambiental@mun-planhoso.pt

BARCELOS ORGANIZA ATIVIDADES PARA OS MAIS NOVOS NO DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Parque da Cidade e final do Agrupamento Cup no Estádio Cidade de Barcelos

O Parque da Cidade é o local escolhido para as atividades integradas no Dia Mundial da Criança, que decorrem amanhã, dia 1 de junho, numa ação promovida pela Câmara Municipal de Barcelos, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00.

As atividades são destinadas a crianças até aos 12 anos de idade e famílias, e incluem modalidades desportivas, como ténis, voleibol, karaté, judo, basquetebol, escalada e paintball e futebol; atividades promovidas pelo Museu de Olaria, pela Biblioteca Municipal e pelo Gabinete de Arqueologia e Património da Câmara Municipal, como a modelagem de barro, a hora do conto, origamis, pintura de murais, caça ao tesouro, etc. Haverá, também, música, dança, folclore, pinturas faciais, sombras chinesas, modelação de balões e outras atividades que animarão este Dia Mundial da Criança.

As inscrições nas atividades são gratuitas e feitas no ato de chegada.

Também amanhã, dia 1, realiza-se no Estádio Cidade de Barcelos a final do Agrupamento CUP, torneio de futebol de 5 destinado aos alunos do 1.º ciclo do concelho, entre as 14h30 e as 18h00.

Trata-se de uma iniciativa da Câmara Municipal e da Empresa Municipal de Desporto, em parceria com o Gil Vicente FC, que tem como objetivo fomentar o gosto pelo futebol e integrar nos mais novos os valores sadios do desporto.

Depois das semi-finais que realizadas no passado dia 11 de maio no Estádio Adelino Ribeiro Novo, que apurou 10 das 18 equipas de várias escolas, distribuídas por cinco grupos com cerca de 200 alunos.

Foram apuradas as seguintes equipas: Grupo A: Negreiros e Milhazes; Grupo B: Tagarelos e Galos; Grupo C: Carreira e Carapeços; Grupo D: Vila Boa e Martucha; Grupo E: Perelhal e Silveiros.

Os jogos estão marcados para as 14h45, as meias finais marcadas para as 17h00, a atribuição do 3º e 4º lugares para as 17h20 e a final para as 17h40.

"SALMOS E MELODIAS DIVINAS" É O TEMA DO CONCERTO QUE HOJE SE REALIZA NA IGREJA DA MISERICÓRDIA DE ESPOSENDE

MusiCórdia MMXIII: temporada de música em Esposende, de Janeiro a Julho, num total de nove concertos que percorrem a história da música erudita.

“Salmos e Melodias Divinas” é o tema do concerto que hoje se realiza na Igreja da Misericórdia, em Esposende. Trata-se de uma iniciativa que pretende aproximar a cultura à comunidade e dinamizar a cidade e a região.

Tendo como palco a histórica Igreja da Misericórdia, a primeira edição da MusiCórdia apresenta um ciclo de nove concertos ecléticos. A temporada culmina em Julhos com o 434.º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Esposende (SCME), entidade organizadora, em parceria com a Escola de Música de Esposende (EME). Todos os concertos vão ter entrada gratuita, pois um dos grandes objetivos da temporada é contribuir para a democratização do acesso à cultura. O público é, apenas, convidado a deixar a contribuição que achar que a performance assistida merece.

A temporada de música ambiciona impulsionar o desenvolvimento cultural de Esposende e da região envolvente. Para tal conta com colaboração de um leque variado de músicos e formações, a maior parte de reconhecido valor artístico no panorama nacional.

Outro grande objetivo do evento é aproximar a comunidade das atividades da SCME, que ao longo dos anos se tem afirmado no concelho e na região pela qualidade dos seus serviços. Através de uma maior interação com o público, a instituição visa uma maior visibilidade aos diversos projetos da instituição, de âmbito social, educativo e de saúde.

PONTE DE LIMA APOIA PROJETOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA TERRA REABILITAR, FINICIA E TERRA INCUBADORA

A Câmara Municipal de Ponte de Lima em reunião realizada no dia 13 de maio aprovou a candidatura de cinco projetos de incentivo e apoio ao desenvolvimento da atividade económica e empresarial do concelho.

vila 2003 ctr 2

Do conjunto de cinco, três dos projetos integram-se no programa Terra Incubadora e os dois restantes enquadram-se respetivamente no Terra Reabilitar e no Terra Finicia.

Considerados como agentes impulsionadores da atividade empresarial, a sua implementação visa apoiar projetos de investimento no concelho. O Terra Finicia apoia projetos de investimento desenvolvidos por pequenas empresas. Gerido pelo IAPMEI, numa óptica de parcerias público-privadas, pretende promover o alargamento da base de acesso a capital e ao crédito, proporcionando às empresas de pequena dimensão recursos essenciais ao desenvolvimento das suas atividades, através de condições de financiamento preferenciais.

O Terra Incubadora visa incentivar a criação de micro empresas. O programa destina-se a todas as empresas constituídas há menos de 1 ano ou as que venham a constituir-se com sede no concelho e que tenham como objeto o desenvolvimento de atividades ligadas ao Ambiente, Agricultura, Artesanato e Turismo numa óptica empresarial de aproveitamento económico dos recursos naturais ou construídos do concelho.

Assim, ao Terra Finicia foi aprovado um projeto que tem como principal atividade promover a arte e os artistas do Município. O espaço será um local de encontro de gerações, como forma de promover a música ao vivo, exposições, tertúlias e lançamento de obras literárias e ainda um espaço de leitura e de venda ou troca de livros.

Ao Terra Incubadora o Executivo Municipal aprovou três projetos, nomeadamente sobre a comercialização de produtos e equipamentos da área de saúde, via internet; um outro sobre Atividades de animação turística, como forma de aproveitar o crescente interesse pelas atividades ao ar livre, e o terceiro projeto consiste em apresentar e comercializar produtos alimentares de caráter biológico, dietético e naturais produzidos em regiões específicas.

No âmbito do Terra Reabilitar, que incentiva a promoção da reabilitação do centro urbano, a supressão de espaços desocupados e a consequente eliminação dos fatores de desertificação do Centro Histórico de Ponte de Lima, o Executivo aprovou uma candidatura relativa à reabilitação de um edifício localizado na rua Cândido Cruz.

De referir que o projeto prevê apoio técnico a proprietários/senhorios e ou arrendatários, na reabilitação de imóveis em mau estado de conservação sitos no Centro Histórico de Ponte de Lima e áreas classificadas.

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REÚNE NA ESCOLA BÁSICA DE ARCOS DE VALDEVEZ

Decorreu no passado dia 27 de Maio, na Escola Básica de Arcos de Valdevez, a reunião do Conselho Municipal de Educação, que contou com a presença do Presidente da Câmara municipal, Francisco de Araújo, e representantes de diversos organismos e entidades locais.

conselho_educacao_2013_2

Dos diversos pontos da ordem de trabalho, destacaram-se a apresentação e emissão de parecer sobre o Plano de Transportes Escolares para o ano letivo 2013/2014, a apresentação e aprovação dos escalões para o pré-escolar, entre outros assuntos de interesse.

Relativamente ao plano de transportes escolares, foi referido que o mesmo contará com um total de 69 circuitos, dos quais 20 são circuitos de carreira pública e 49 são circuitos especiais, tendo um total de alunos a transportar de 1232.

À semelhança dos anos anteriores foram aprovados seis escalões para as crianças que frequentam a componente de apoio à família nos jardins-de-infância, sendo que a título de exemplo, uma criança que se situe no escalão mais baixo (1) e necessite de todos os serviços, irá pagar 7,92€, em contrapartida, uma criança situada no escalão mais elevado (6) e que necessite dos mesmos serviços pagará 63,14€.

Foram ainda abordadas questões relacionadas com a fusão da Escola de Távora e a sua integração no Agrupamento de Escolas de Valdevez, bem como, analisada a proposta do Ministério da Educação relativamente ao encerramento do Jardim-de-Infância de Paçô e a deslocação do Jardim-de-Infância de Soajo para a Escola Básica da mesma freguesia.

Francisco de Araújo fez saber que a Autarquia não comunga da mesma posição do Ministério, tendo já enviado àquele organismo o seu parecer.

A Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Valdevez, partilham da mesma posição da Autarquia, pois apesar de concordarem com a deslocação dos alunos do pré-escolar de Soajo para a Escola Básica, entendem que seriam necessárias grandes obras de remodelação da escola.

conselho_educacao_2013

“O LOBO IBÉRICO NO ALTO MINHO”: ASSOCIAÇÃO DE CONSERVAÇÃO DO HABITAT DO LOBO IBÉRICO REALIZA COLÓQUIO NO CMIT DE ARCOS DE VALDEVEZ

A Associação pretende realizar sessões de sensibilização em todos os concelhos onde a presença do lobo é significativa, com o objetivo de informar a população em geral sobre a situação do animal na região e esclarecer os vários aspetos relacionados com a política de conservação do lobo Ibérico em Portugal.

o_no_alto_minho3

Em Portugal há cerca de 300 lobos distribuídos por 63 alcateias. O tiro furtivo e o tiro em batida continuam a ser as principais causas da morte da espécie.

Decorreu esta quarta-feira (29 de Maio) no Centro Municipal de Informação e Turismo de Arcos de Valdevez o colóquio “O Lobo no Alto Minho”, organizado pela ACHLI -Associação de Conservação do habitat do Lobo Ibérico, com o apoio do município arcuense.

o_no_alto_minho

A região do Alto Minho representa uma das principais áreas de distribuição do lobo Ibérico em Portugal, e, porque a relação lobo/Homem é complexa e coloca vários desafios na gestão de conflitos e conciliação dos interesses das populações locais com a conservação desta espécie protegida, a ACHLI achou por bem realizar um colóquio para informar a população em geral sobre a situação do lobo na região e esclarecer os vários aspetos relacionados com a política de conservação do lobo Ibérico em Portugal.

A sessão de abertura desta sessão ficou a cargo do Dr. José Miguel Oliveira, membro da direção da ACHLI, que referiu a importância da realização destas sessões no âmbito do esclarecimento às populações afetadas pela coexistência com o Lobo, avançando também que é intenção da Associação realizar colóquios noutros concelhos onde a presença deste animal, em vias de extinção, é significativa; e de Hélder Barros, vice-presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, o qual referiu a importância de se preservar o lobo, mas também o facto de ser necessário dar a devida atenção aos prejuízos causados por ele, afirmando ser necessário promover debates e soluções para melhorar a relação entre o ser-humano e os animais selvagens, bem como arranjar formas de apaziguamento para os constantes prejuízos provocados por estes predadores de topo, nos rebanhos de gado, principal fonte de subsistência de muitas populações serranas.

Nesta sessão foram abordadas as razões do conflito Homem/Lobo, como por exemplo, os prejuízos provocados aos pastores, e a componente cultural que envolve o lobo, nomeadamente o património etnográfico; as representações da figura do lobo em monumentos, as estórias e as lendas; os ditos e adágios populares com a figura do animal; a utilização de partes do corpo do lobo na medicina tradicional, bem como os projetos que se encontram a ser desenvolvidos no âmbito da monitorização dos movimentos das alcateias e dos lobos, de toda a riqueza que envolve a espécie (o lobo é uma espécie-chave do nosso ecossistema; encontra-se no topo da cadeia alimentar; tem valor económico; contribui para a sustentabilidade da densidade biológica das diferentes espécies; tem valor cientifico, ética e riqueza cultural), os estudos que estão a ser realizados no terreno e a política de conservação do lobo em Portugal.

As comunicações estiveram a cargo de Francisco Álvares, CIBIO-Universidade do Porto, Helena Rio maior, CIBIO-Universidade do Porto; Gonçalo Brotas, ACHLI, e José Paulo Pires, ICNF, e a moderação a cargo de Jorge Miranda, ARDAL.

o_no_alto_minho2

o_no_alto_minho5

o_no_alto_minho4

BARCELOS PROMOVE JORNADAS “PATRIMÓNIO E DESENVOLVIMENTO LOCAL”

Iniciativa realiza-se nos dias 31 de maio, no Convento de Vilar de Frades, e no dia 1 de junho, no Auditório da Câmara Municipal

As jornadas ibéricas “Património e Desenvolvimento Local”, promovidas pela Câmara Municipal de Barcelos e pela ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, arrancam amanhã, dia 31 de maio, às 18h30, no Convento de Vilar de Frades, prosseguindo no sábado, durante todo o dia, no Auditório da Câmara Municipal.

O encontro, que tem como objetivos discutir as vantagens económicas e turísticas da reabilitação do património e a promoção da sustentabilidade das economias locais, vai contar com a presença do arquiteto Eduardo Souto Moura e da diretora Regional da Cultura do Norte, Paula Silva, entre muitos outros especialistas, na sessão que vai decorrer no dia 1, no Auditório Municipal.

A sessão que se realiza no Convento de Vilar de Frades, em Areias de Vilar, começa com uma comunicação de Joaquim Vinhas, historiador de arte, intitulada "A Igreja e o Convento de Vilar de Frades na rota do património peninsular”. Está prevista, também, uma visita explicativa aos espaços reabilitados do convento, pela arquiteta Isabel Sereno, representante da Direção Regional da Cultura do Norte.

Já no dia 1 de junho, as Jornadas Ibéricas prosseguem no Auditório da Câmara de Barcelos, com três painéis de discussão que juntam especialistas reconhecidos internacionalmente, nas áreas da arquitetura, turismo e cultura. O presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Jorge da Costa Gomes, e o presidente da ATAHCA, José António da Mota Alves conduzem a sessão de abertura deste segundo dia.

O primeiro painel, "Atores da Dinamização Cultural na Economia Local", conta com a presença do arquiteto João Abreu Lima, que abordará a "Reabilitação no Casco Histórico de Ponte de Lima", e Piers Gallier, representante da Quinta do Convento de Franqueira, que desenvolverá o tema do "Turismo Rural e a Economia Local".

O "Património à Escala Regional e Desenvolvimento Local" é o tema do segundo painel de debate, no qual participará Maria Covadonga Carreno Gascon, arqueóloga municipal do Concelho de Lugo e que traz a Barcelos o exemplo do país vizinho com "A valorização do património arqueológico em Lugo".

"A evolução do turismo em Guimarães-do Património Mundial aos grandes eventos" vai também estar em destaque, num estudo de caso apresentado por Vítor Marques, mestre em Turismo e Património Cultural.

No terceiro e último painel da tarde, "Intervenção no Património e Desenvolvimento", o arquiteto Eduardo Souto Moura dá a sua experiência profissional ao debate acerca da ligação entre "Arquitetura e Desenvolvimento". A diretora Regional da Cultura do Norte, Paula Silva, conduz a intervenção de encerramento das Jornadas Ibéricas.

As inscrições para as Jornadas Ibéricas do Património e Desenvolvimento Local são gratuitas, mas obrigatórias, através do email: arqueologia@cm-barcelos.pt.

CAMINHA: ESCOLA EB1 DE VENADE VENCE 2º LUGAR DE CONCURSO NACIONAL

Escolas do concelho de Caminha destacam-se em concursos e competições nacionais

A escola EB1 de Venade ganhou o segundo lugar no Concurso Brigadas Positivas da Missão UP – Unidos pelo Planeta. É mais uma vitória para somar a outras da mesma escola, que se revela um exemplo pela participação positiva e vencedora em vários concursos de âmbito nacional.

brigadas das pegadinhas 010

A Missão UP - Unidos pelo Planeta é um projeto educativo desenvolvido pela Galp Energia, de âmbito nacional, dedicado ao tema do consumo de energia. O Concurso Brigadas Positivas lança o desafio a escolas, professores e alunos para organizarem grupos de alunos – as Brigadas Positivas - com a responsabilidade de criarem missões que possam contribuir para a eficiência energética na escola e em casa. Cada Brigada Positiva deve sugerir e implementar ações com o objetivo de concretizar a sua Missão. No final do ano letivo, os trabalhos das Brigadas Positivas são avaliados por um júri, de acordo com critérios de originalidade, envolvimento e mobilização da comunidade escolar e de medição dos impactos obtidos.

A Escola EB1 de Venade arrecadou o segundo prémio, vencendo: uma Auditoria energética à Escola, a realizar pela Galp Soluções de Energia, no valor de 5 mil euros; uma Auditoria de Segurança para todos os equipamentos de gás da Escola, serviços Galp Comfort, no valor de 5 mil euros; uma visita dos membros das Brigadas Positivas vencedoras a um edifício da Galp Energia, ou de um dos seus clientes, que seja uma referência na questão de eficiência energética e aplicação de produção de energia através de fontes renováveis (inclui transporte e alimentação); uma viagem para 100 pessoas ao parque temático Kidzania, incluindo transporte, refeições e entrada; Kits de Mobilidade compostos por bicicleta, capacete e mochila no valor para os alunos participantes; um Aquecedor a gás Hotspot para os Professores Coordenadores, e detetores de monóxido de carbono domésticos para os agregados familiares dos alunos membros da Brigada Positiva.

brigadas das pegadinhas 008

 “O investimento no setor da educação tem sido grande mas tem dado frutos. A escola EB1 de Venade é um ótimo exemplo de empenho da parte da comunidade escolar, que se une para melhorar a escola e potenciar as capacidades dos alunos. Mas também as outras escolas se têm demarcado com um ensino de exímia qualidade e com bons resultados”, enaltece Flamiano Martins, você-presidente do Município de Caminha e vereador com o pelouro da Educação.

Também a Escola EB 2,3/S de Caminha venceu este ano a final do Concurso Kit do Mar, na categoria de 3º ciclo, com o projeto "Meixão na panela não!”. Participaram a nível nacional cerca de 80 mil alunos, mas o projeto da escola caminhense foi o premiado.

Também uma aluna da Escola EB 2,3/S de Caminha vai a Lisboa participar nas Olimpíadas Nacionais de Biologia. Foi a única aluna do distrito a ser selecionada para participar na final. O vencedor a nível nacional irá representar Portugal nas Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia, na Argentina.

HORTA_BIO 035

HORTA_BIO 046

VIZELA PEREGRINA A SANTIAGO DE COMPOSTELA

Português de Santiago

Vizela - Santiago de Compostela

A Câmara Municipal de Vizela e a Trilhos e Caminhos promovem uma peregrinação a Santiago de Compostela.

Datas:

15 junho - Vizela Braga

16 junho - Braga - Ponte de Lima

22 junho - Ponte de Lima - Valença

23 junho - Valença - O Porriño

29 junho  - O Porriño - Redondela

30 junho - Redondela - Pontevedra

6 julho - Pontevedra - Caldas de Reis

7 julho - Caldas de Reis - Padrón

20/21 julho - Padrón - Santiago de Compostela

Informações gerais:

- Transporte início e fim de caminhada gratuito (CM Vizela)

- Inscrições gratuitas / credencial de peregrino - €5,00

- Limite 24 unscrições

+/- 23 Km/dia

PÓVOA DE LANHOSO DIVULGA PATRIMÓNIO RELIGIOSO

No âmbito do curso breve de história local – Religiosidade na História da Póvoa de Lanhoso, que decorreu neste mês de maio, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai promover já no próximo sábado, dia 1 de junho, uma visita aos sítios patrimoniais, que foram abordados durante esta formação ministrada por José Abílio Coelho.

Igreja do Românica de Fontarcada 01

Desta forma, o Santuário de Nossa Senhora do Pilar, o Santuário de Nossa de Porto D`Ave e a Igreja Românica de Fontarcada irão receber a visita das pessoas interessadas assim como daquelas que frequentaram o referido curso.

O objetivo é contribuir para um melhor conhecimento dos principais locais de culto religioso do nosso concelho, quer pela sua história quer pela riqueza do seu património.

Quem desejar participar deverá realizar uma inscrição na Casa da Botica através do telefone 253 639 708 ou pelo e-mail casa.botica@mun-planhoso.pt.

A hora de encontro é pelas 9h30, na Casa da Botica. As inscrições (limitadas) devem ser realizadas até 31 de maio.

Do nascimento do cenóbio beneditino de Fontarcada, em 1067, até à criação da paróquia da Senhora do Amparo, em 1925, decorreram oito séculos e meio de história, durante os quais a religiosidade do povo que habitou as terras de Lanhoso levou à fundação de paróquias, capelas e igrejas, desenvolveu festas e romarias, estruturou devoções, deu forma a irmandades e confrarias, uniu toda uma comunidade municipal à volta de uma Igreja, que se fez, com a passagem dos séculos, cada vez mais presente. Desta vivência religiosa, resultou a criação de alguns centros que marcaram profundamente a história o concelho, em termos religiosos e socioculturais.

TAPETES DE FLORES ASSINALAM FESTA DO CORPO DE DEUS EM CAMINHA

No próximo domingo, dia 2 de junho, as ruas de Caminha e de Vilarelho revestem-se de flores, para assinalar o dia do Corpo de Deus. Nesse dia, milhares de pessoas acorrem ao concelho para admirarem os tapetes floridos elaborados pela população local.

tapetes 2012

A Festa do Corpo de Deus é uma das grandes trações turísticas do concelho. Nesse dia, Caminha e Vilarelho são visitadas por milhares de pessoas somente para admirarem as verdadeiras obras de arte elaboradas pela população e pelas comissões de rua.

Dita a tradição que, todos os anos, a noite que antecede o feriado é uma azáfama para os habitantes de Caminha. Este ano, a festa passa para o fim de semana, mas a tradição em nada muda. Há semanas, que as pessoas se juntam para desenhar os moldes e cortar os verdes. E no sábado à noite, passarão grande parte da noite acordados, a trabalhar afincadamente, para que de manhã as ruas estejam engalanadas para receberem e surpreenderem os visitantes.

A verdade é só uma: a festa faz-se da força de trabalho da população e da vontade de manter viva a tradição. O resultado é sublime.

Em Caminha, os tapetes floridos cobrem as ruas de S. João, do Cais, Direita, Corredoura, 16 de Setembro, Praça Conselheiro Silva Torres e o Largo Fetal Carneiro. Em Vilarelho, podem ser admirados na Rua do Corgo até à Igreja da freguesia.

Esta festividade culmina com a procissão do Santíssimo Sacramento, que tem lugar às 16h30. A Festa do Corpo de Deus é uma iniciativa do Arciprestado de Caminha, que conta com o apoio da Câmara Municipal.

É desta forma que os caminhenses celebram o "Corpus Christi - Corpo de Deus", a festa da Igreja Católica que enaltece a presença de Cristo na Eucaristia, tal como foi instituído pelo Papa João XXII em 1311.

Preparativos Corpo de Deus 2013 (3)

Preparativos envolvem população e funcionários municipais

Os trabalhos para a festa começam muito antes. A população caminhense e as comissões das diferentes ruas trabalham arduamente nos preparativos há já várias semanas.

Para além das comissões de rua, os funcionários municipais têm também um papel de relevo para que os tapetes floridos continuem a atrair milhares pessoas. São eles que cortam os arbustos e os fazem chegar às comissões de rua para depois cortarem os verdes a utilizar; e são também os funcionário municipais que recolhem as fitas e o serrim e os pintam das mais variadas cores, para que os tapetes o aspeto mais alegre possível. Para além disso, é o serralheiro do Município que com mestria e muito empenho faz os moldes em ferro utilizados na elaboração dos tapetes.

É ainda da responsabilidade da Câmara a iluminação das ruas no sábado à noite, para que os munícipes e demais participantes possam elaborar os tapetes com as melhores condições possíveis.

Os funcionários municipais têm ainda outra tarefa: engalanar a rua em frente ao Paços do Concelho. Assim, todo os anos se voluntariam um conjunto de funcionários, que em trabalho de equipa e com muito empenho, decoram a rua da praça principal da vila de Caminha. A responsabilidade é grande, mas é cumprida com satisfação.

O Município agradece a todos os funcionários municipais pelo ótimo trabalho desenvolvido, ano após ano, na manutenção da tradição.

Preparativos Corpo de Deus 2013 (4)

Preparativos Corpo de Deus 2013 (1)

HOJE É DIA DE CORPO DE DEUS!

Desde 1282, por vontade do Rei D. Dinis, Portugal celebra hoje o Dia de Corpo de Deus ou de Corpus Christi. Instituída pelo Papa Urbano IV em 11 de agosto de 1264 e cinco anos depois decretada a sua obrigatoriedade em todo o mundo cristão, a celebração do Corpo de Deus ocorre na quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade, sendo o segundo domingo após o Pentecostes.

Corpo_de_Deus_1

A celebração do Corpo de Cristo consiste numa solenidade do Corpo e Sangue de Cristo destinada a realçar a presença real de “Cristo todo” no pão, sendo os católicos chamados a participar na Santa Missa, na forma estabelecida pela conferência episcopal do respetivo país.

Pela primeira vez, após setecentos e trinta anos, as celebrações do Corpo de Deus deixam de ocorrer no nosso país no dia que lhe está consagrado em virtude da supressão do feriado imposta pelo atual governo, devendo as mesmas realizarem-se no próximo domingo.

DR. ALVES DOS SANTOS: PIONEIRO DO ESTUDO DA PSICOLOGIA EM PORTUGAL

O Dr. Alves dos Santos, um dos mais ilustres filhos de Ponte de Lima, foi o pioneiro do estudo e investigação da psicologia no nosso país, continuando a sua obra a ser estudada pelos mais notáveis académicos decorridos mais de oito décadas desde a data do seu desaparecimento. A obra que publicou em 1923, “Psicologia Experimental e Pedologia”, é considerada aliás um marco “na história da psicologia em Portugal pelo seu pioneirismo e importância histórica”.

Num dos trabalhos publicados na Revista Portuguesa de Pedagogia a propósito da criação do laboratório de psicologia experimental da Universidade de Coimbra, J. F. Gomes inclui alguns dados biográficos que transcrevemos: “Alves dos Santos nasceu em Cabração, Ponte de Lima, em 14 de Outubro de 1866 e faleceu em 17 de Janeiro de 1924, com 58 anos incompletos. Doutorou-se na Faculdade de Teologia de Braga em 1890. Com a extinção da Faculdade de Teologia, Alves dos Santos é colocado na Faculdade de Letras de Coimbra, sendo nomeado professor de pedagogia por Decreto de 9 de Dezembro de 1911. (…) De Agosto até finais de Novembro de 1912 efectua uma visita às Universidades de Genebra e Paris, tendo adquirido livros e equipamento laboratorial que lhe permitiram fundar e organizar no regresso a Coimbra o laboratório de psicologia experimental, tendo o funcionamento deste sido iniciado em meados de Fevereiro de 1913”. Este foi, pois, o primeiro laboratório de psicologia experimental instalado em Portugal.

Em 1992, Professor Dr. Amâncio da Costa Pinto, actualmente professor catedrático a exercer docência na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, publica na revista Psychologica um artigo científico sob o título “Estudos de Memória Humana na década de 1920 na Universidade de Coimbra”, no qual analisa “o modo como a memória humana foi abordada a nível teórico e a nível experimental”, fazendo incidir a sua reflexão no capítulo “Mnemometria” da obra “Psicologia Experimental e Pedologia” do Dr. Alves dos Santos e também na tese de doutoramento “ O problema da recognição: Estudo psicológico teórico-experimental”, do Dr. Sílvio de Lima, publicada em 1928. A parte do artigo dedicada ao estudo da obra do Dr. Alves dos Santos aborda os seguintes temas: A “Noção de memória”, a “Classificação das memórias”, “Mecanismos e operações de memória” e a “Descrição dos dois estudos experimentais realizados”.

Afirma o articulista que “…este capítulo e os restantes do livro, além de terem por objectivo promover as investigações do Laboratório e os trabalhos dos alunos, constituem um excelente manual de formação dos futuros investigadores em psicologia experimental. Se o livro não foi usado como tal durante as décadas seguintes, não foi por falta de mérito e valor pedagógico nele contido”. E acrescenta: “Alves dos Santos apresenta ainda uma concepção inovadora de memória humana, ao afirmar que é precisamente a memória que torna “possível e inteligível a unidade e a identidade do eu”. Só muitas décadas mais tarde, nomeadamente nos anos 70 e 80, é que o estudo da memória humana veio a ter o protagonismo por ele antecipado. Acrescente-se a finalizar a elaboração temerosa, porque esboçada em nota de rodapé, mas valiosa e consequente, de uma classificação das memórias humanas, tema que voltou a interessar os investigadores nestes últimos 20 anos”.

A título de curiosidade e sem pretender reproduzir integralmente o artigo referido, transcrevemos uma breve passagem a respeito da “Classificação das memórias” que é feita: “Alves dos Santos rejeita a noção de que a memória é uma mera faculdade para reter ideias. A memória enquanto faculdade é “um erro”, já que não há uma memória, mas “memórias ou um feixe de memórias”, e estas em regra são muito desiguais, tanto em qualidade, como em quantidade…”. A causa desta diversidade resulta “da estrutura do órgão, que as elabora, e das circunstâncias da sua produção”. Por estrutura do órgão Alves dos Santos refere-se provavelmente à complexidade e plasticidade do cérebro, enquanto que as circunstâncias de produção teriam a ver com “a riqueza das respectivas associações”.

Alves dos Santos propõe dois sistemas de classificação de memórias. O primeiro sistema de memória é desenvolvido no corpo do texto e classifica a função mnésica em inorgânica, orgânica e psíquica. É uma classificação proposta na sequência talvez dos estudos de Rbot.

A memória inorgânica seria uma expressão da energia físico-química.

A memória orgânica, de ordem biológica, seria privativa de seres dotados de sistema nervoso. As modificações neste tipo de memória seriam susceptíveis de persistência, mesmo após ter desaparecido o estímulo que as desencadeou e de reprodução activa destas através da evocação e da identificação.

Alves dos Santos não define nem esclarece o mecanismo destas operações, principalmente as respeitantes à reprodução das impressões e modificações conservadas. Acrescenta no entanto uma explicação fisiológica para o seu bom funcionamento ao referir que a conservação depende da plasticidade do cérebro proporcionada pela nutrição e que a reprodução seria dependente do estado do aparelho vascular.

(…) Para justificar esta diversidade de memórias, Alves dos Santos adverte: “Não é de admirar, pois que “memórias” cada um tem as suas; e, todas juntas, são tantas, como os cabelos da cabeça”.

Relativamente ao Laboratório de Psicologia Experimental da Universidade de Coimbra, fundado em 1912 pelo Dr. Alves dos Santos, os seus aparelhos e outros instrumentos então utilizados encontram-se actualmente à guarda do actual Laboratório de Psicologia Experimental existente na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, constituindo um núcleo museológico devidamente catalogado e descrito num volume dedicado ao laboratório e ao seu fundador. De referir ainda que, apesar do ensino da psicologia ter-se iniciado naquela Universidade em 1911, apenas no ano lectivo de 1976/1977 teve início o Curso Superior de Psicologia inserida na Faculdade de Letras para em 1980 ser finalmente criada a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação.

Não vamos enumerar aqui a sua vasta obra literária e científica como também não nos alongaremos na sua descrição biográfica porquanto já o fizemos em edições anteriores da revista Anunciador das Feiras Novas, bastando para tal os interessados seguirem as referências bibliográficas do presente artigo. Lembramos apenas, a quantos estejam porventura interessados em conhecer a sua obra, que podem consultar na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima o seu livro “Elementos de Filosofia Sciêntífica”, constituindo este o único título disponível neste local. Contudo, na Biblioteca Nacional, em Lisboa, encontram-se depositados além daquele, ainda os seguintes livros do Dr. Alves dos Santos: “Um plano de reorganização do ensino público: projecto de lei, para apresentar à Câmara dos Senhores Deputados”, “O problema da origem da família e do património em face da Bíblia e da sociologia”, “Orações fúnebres”, “Elogio fúnebre do Conselheiro de Estado, Ernesto Rodolpho Hintze Ribeiro, proferido nas exéquias… 13 de Novembro de 1907”, “Estatística geral da circumscripção escolar de Coimbra, relativa ao anno de 1903-1904” e “O ensino primário em Portugal: nas suas relações com a história geral da nação”.

A propósito do Doutor António de Pádua, outro médico ilustre que nasceu no concelho limiano, escrevia Francisco de Magalhães, no Elucidário Regionalista de Ponte de Lima, o seguinte: “Honrada e, ainda mais, envaidecida sentia-se, também, Ponte de Lima. É que sucedeu, e no decurso de uma porção de anos, três filhos seus – desta vila pequenina, sempre, porém, farta de glórias – pertencerem, simultaneamente, ao corpo docente da Universidade de Coimbra, a saber: Doutor Alfredo da Rocha Peixoto, da Faculdade de Matemática; Doutor Augusto Joaquim Alves dos Santos, da Faculdade de Teologia; e Doutor António de Pádua, da Faculdade de Medicina.

Qual a cidade de província, populosa mesmo – e intencionalmente saio dos limites duma vila – que se pudesse exprimir, naquele instante, sob este aspecto, como Ponte de Lima ?

Não obstante, como disse o cronista, Ponte de Lima ter-se sentido “honrada e, ainda mais, envaidecida”, o Dr. Alves dos Santos permaneceu no desconhecimento da generalidade dos seus conterrâneos até muito recentemente, tendo cabido à revista “Anunciador das Feiras Novas” o mérito de o ter dado a conhecer e divulgar a sua obra. Ainda assim, uma sugestão feita à Câmara Municipal de Ponte de Lima e por esta unanimemente aceite, com vista à realização de uma homenagem por ocasião da passagem dos setenta e cinco anos sobre a data do seu falecimento, acabaria por cair no esquecimento em virtude da mudança de vereação entretanto verificada. Ficámo-nos pela atribuição do seu nome a uma artéria da vila quando foi necessário escolher novos topónimos para arruamentos entretanto construídos.

Contudo, a memória do Dr. Augusto Joaquim Alves dos Santos merecia mais porquanto constituiu uma das figuras mais notáveis do concelho de Ponte de Lima. A sua brilhante carreira de pedagogo, cientista e escritor bem justificaria a sua escolha para patrono de um estabelecimento de ensino no concelho de Ponte de Lima, proposta que pode ser apresentada pela Câmara Municipal ao abrigo do Decreto-Lei nº. 314/97, de 15 de Novembro. Assim exista vontade e Ponte de Lima sentir-se-á mais “honrada e, ainda mais, envaidecida”!

Bibliografia:

-  Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. Editorial Enciclopédia. Lisboa. Rio de Janeiro.

-  MAGALHÃES, Francisco de. Médicos de Ponte de Lima. Elucidário Regionalista de Ponte de Lima. Livraria Soares Correia. Ponte de Lima. 1950

-  ABREU, M. V. Os primeiros laboratórios de psicologia em Portugal: Contexto e sentido da sua criação. Jornal de Psicologia nº. 9. 1990;

-  GOMES, J.F.. As origens do laboratório de psicologia experimental da Universidade de Coimbra. Revista Portuguesa de Pedagogia. XXIV. 1990;

-  RODRIGUES, Manuel Augusto. Memoria Professorvm Vniversitatis Conimbrigensis 1772-1937. Arquivo da Universidade de Coimbra. Coimbra. 1992;

- PINTO, Amâncio da Costa. Estudos de memória humana na década de 1920 na Universidade de Coimbra. Psychologica, 1992.

-  GOMES, Carlos. Dr. Alves dos Santos. Um limiano ilustre e desconhecido. Anunciador das Feiras Novas. Ano X. Ponte de Lima. 1993;

-  GOMES, Carlos. Dr. Alves dos Santos. Ponte de Lima vai prestar-lhe homenagem. Anunciador das Feiras Novas. Ano XI. Ponte de Lima. 1994;

-  GOMES, Carlos. Dr. Alves dos Santos. Alguns apontamentos biográficos. Anunciador das Feiras Novas. Ano XVII. Ponte de Lima. 2000;

Carlos Gomes, in Anunciador das Feiras Novas

PONTE DE LIMA REALIZA FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS

Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima. De 31 de maio a 31 de outubro

A Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, preside na próxima sexta-feira, 31 de maio, às 16h30, à abertura oficial da 9ª edição do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima, sob a temática “Jardim dos Sentidos”.

Único em Portugal e recentemente distinguido com o galardão de Festival Internacional de Jardins do ano de 2013, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima tem contribuído como uma mais-valia para o desenvolvimento do turismo Internacional ligado aos jardins. O Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima foi o segundo evento, a nível internacional, a receber o prémio como Festival Internacional do Ano, seguindo-se ao National Blossom Festival (Washington, DC, USA) que venceu em 2012.

Local de passagem obrigatória para os milhares de turistas que visitam Ponte de Lima, o ano passado o Festival recebeu mais de 100 000 visitantes. Para esta 9ª edição, subordinada ao tema Jardim dos Sentidos, foram rececionadas 48 propostas, oriundas de 13 nacionalidades: Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá, Espanha, França, Grécia, Irlanda, Itália, Polónia, Portugal, República Checa e Sérvia.

Os 11 projetos selecionados permitem-nos fazer uma viagem pelos sentidos, um trajecto sensorial único e apelativo, que obrigará a percepções diferenciadas do meio que nos rodeia, sendo os cinco sentidos aqueles que mereceram uma atenção especial dos criadores.

A 9ª edição do Festival abre na próxima sexta-feira, dia 31 de maio e prolonga-se até 31 de Outubro. Durante este período estão abertas as candidaturas para a 10ª edição do Festival sob a temática “Jardins em Festa”.

 Programa da abertura oficial da 9ª edição do Festival Internacional de Jardins:

- 16h30 – Abertura oficial do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima

 - Entrega dos Prémios do Concurso “Ponte de Lima – Jardins, Arte e Inovação”

MUNICÍPIO DE FAFE VAI CEDER JARDIM DE INFÂNCIA DE PEQUITE AO CENTRO INFANTIL DE GOLÃES

A Câmara deliberou ainda ceder ao Centro Infantil de Golães as instalações do Jardim de Infância de Pequite, naquela freguesia, quando se encontrarem desativadas.

A funcionar há vários anos em instalações pré-fabricadas, o Centro Infantil tem sido pressionado a arranjar instalações mais condignas e já conseguiu a cedência do edifício escolar de Pequite, desativado há anos.

A intenção é, oportunamente, juntar os dois edifícios num projeto comum do Centro Infantil de Golães.

O assunto segue agora para apreciação pela Assembleia Municipal.

MUNICÍPIO DE FAFE LOUVA ATLETAS E EQUIPAS DO CONCELHO

Por proposta do Vereador do Desporto, Pompeu Martins, e tendo em conta os resultados alcançados, a Câmara de Fafe aprovou a atribuição de um voto de louvor a várias equipas e atletas do concelho, de diferentes modalidades desportivas.

Concretamente, à equipa sénior do Andebol Clube de Fafe, por garantir a permanência na 1ª divisão nacional; à equipa sénior do Arões Sport Club, por se ter qualificado para disputar a final da Taça da Associação de Futebol de Braga no próximo dia 9 de Junho, “algo inédito no historial do futebol concelhio”; Diana Durães, pelo apuramento para o campeonato do mundo de juniores, em natação, o qual se realiza no Dubai em agosto próximo; Marta Noval, pela obtenção do título de vice-campeã da Taça de Portugal de Canoagem – Slalom, nas categorias de C1 e K1; atletas da Cercifaf Luis Gonçalves, Jennifer Machado e João Machado, pelo apuramento para o Campeonato da Europa para pessoas com Síndroma de Down, a realizar em Roma, de 27 a 30 de junho e, finalmente, a equipa de juvenis da Associação Desportiva de Fafe, por ter garantido a subida à 1ª Divisão Distrital.

GT ENDURACE PRO PORTUGAL REALIZA-SE EM PONTE DE LIMA

Inauguração do Bike Park de Ponte de Lima – 9 de junho

O Bike Park de Ponte de Lima, cuja inauguração oficial acontece a 9 de junho, vai ser palco, na mesma data, da GT ENDURACE PRO PORTUGAL, competição de Enduro em BTT, homologada pela UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo, que ocorre em circuitos marcados por um número variável de Provas Especiais Cronometradas (PEC).

BikeparkPTL3

Com o intuito de colocar o Bike Park de Ponte de Lima no centro das atenções e garantir a integração da prova no circuito internacional, esta ação dará a conhecer não só a modalidade, mas também o espaço com 10 pistas de grau de dificuldade variável. Conta, para isso, com a presença de vários pilotos internacionais, embora a prova esteja aberta também a atletas não federados. Entre os pilotos de renome já confirmados, podemos assistir aos desempenhos de Dan Atherthon (Campeão mundial de 4x), Toni Perez (Campeão Open de Espanha Enduro 2012), Marco Fidalgo (Melhor piloto português de Enduro) e Andrea Bruno (Piloto do Super Enduro italiano).

Situado na Serra d’Arga, entre o Alto do Ca­valinho e o lugar de Mãos nas Freguesias de Estorãos e Cabração, o Bike Park de Ponte de Lima destina-se essencialmente para atividades de lazer, sendo um espaço adequadamente preparado e equipado para a prática das modalidades de BTT e Downhill permitindo a realização de provas desportivas integradas e campeonatos nacionais, regionais ou municipais.

A GT ENDURACE PRO PORTUGAL constitui, assim, uma excelente oportunidade para assistir a uma modalidade em crescente desenvolvimento e usufruir do contato direto com uma paisagem idílica. A competição inicia às 08h30, no dia 9, e a cerimónia protocolar de inauguração coincide com a cerimónia de entrega de prémios e realiza-se, no mesmo dia, às 15 horas.

BikeparkPTL2

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VELDEVEZ EM 27 DE MAIO DE 2013

P5275334

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

  • No período antes da Ordem do Dia o Sr. Presidente da Câmara informou que na passada sexta-feira, 24 de Maio, houve uma reunião com a Associação de Pais e o Agrupamento Escolar de Távora Sta. Maria que teve como assunto discutir a verticalização do agrupamento;
  • Que teve lugar na semana passada uma reunião com a CCDR-N por causa da alteração do Plano de Pormenor de S. Paio;
  • Que na conclusão da edição do Concelho de Estado deste ano teve lugar na Fundação Mário Soares uma receção pelo Sr. Dr. Mário Soares;
  • Idem, que na semana passada foi feita a adjudicação da obra final do Arquivo Municipal (Acervo Histórico) e foi feita uma visita ao local. Espera-se que o edifício principal venha a ser inaugurado no Dia do Concelho;
  • Idem, que o município se encontra a analisar orçamentos para realizar uma escultura comemorativa dos 80 anos do Padre Himalaya;
  • Idem que se realizou no Parque Empresarial de Padreiro uma reunião com os promotores da Sonorgás, os quais vão avançar com a construção de um posto de abastecimento para camiões;
  • Por último deu conta da aprovação por parte do O.N2 do projeto de Requalificação do Quartel da GNR.

PROTOCOLOS

  • Fábrica da Igreja Paroquial de Arcos de Valdevez – foi deliberado conceder um apoio de 100.000,00€ para financiar as obras de “Recuperação e Conservação das Coberturas da igreja matriz e da Igreja de S. Bento”, cujo valor da adjudicação é de 183.030,48€, acrescido de IVA;
  • Freguesia de Mei – Foi deliberado conceder um apoio de 18.500,00€ para financiar as obras de “Abertura do Caminho de Cortinhas”, cujo valor da adjudicação é de 26.837,50€, acrescido de IVA à taxa legal em vigor;
  • Freguesia de Padreiro (Salvador) – Foi deliberado conceder um apoio de 5.000,00€ para financiar as obras de “Pavimentação do Largo da Lavadeira”, cujo valor total das mesmas ascende a 8750,00€, IVA incluído à taxa legal em vigor.

RATIFICAÇÃO

  • Foi aprovada a ratificação do senhor Presidentea informar que despachou no sentido de autorizar o pagamento da prestação do mês de Maio no valor de € 10 000,00, por conta dos empréstimos para remodelação do edifício da EPRALIMA.
  • Idem, respeitante à transferência de € 8 250,15, relativa a cinco prestações de Janeiro a Maio, por conta do acordo de comparticipação do empréstimo para aquisição do equipamento de cozinha.

liberação de caução

  • DIVISÃO DE OBRAS MUNICIPAIS – BLOCO XLIII – PAVIMENTAÇÃO DO CAMINHO DO CEMITÉRIO – PAÇÔ – Foi deliberado autorizar a liberação de 75% da caução retida, bem como autorizar a vistoria à obra em questão
  •  REABILITAÇÃO CONSERVAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE VIAS MUNICIPAIS – REABILITAÇÃO DO PAVIMENTO DA E. M. 518 ENTRE O CRUZEIRO E O CAMPO DE FUTEBOL – AGUIÃ – 2ª FASE – Foi deliberado autorizar a liberação da caução até 75% do seu montante, bem como homologar do auto
  • BLOCO XXXIX – CAMINHO DE ACESSO AO LUGAR DE VILAR – CABREIRO – 3ª FASE - foi autorizada a liberação da caução no valor de € 1059,80 bem como a homologação do auto
  • FORNECIMENTO MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA O PARQUE INFANTIL DO TRASLADÁRIO – foi autorizada a homologação do auto e a liberação da caução no valor de € 2 428,50
  • BLOCO XXXV – CAMINHO CENTRAL DE SELIM – GONDORIZ – foi autorizada a liberação da caução até 75% dos, bem como homologar o auto.
  • BLOCO XXXV – LIGAÇÃO DE VILABOA – GONDORIZ A CARRALCOVA: foi deliberado autorizar a liberação de 75% da caução, bem como homologar o auto

garantia bancária

  • Foi autorizado o cancelamento da garantia bancária da empreitada de FORNECIMENTO, MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA O PARQUE INFANTIL DO JARDIM DE INFANCIA DE TÁVORA
  • Idem da empreitada de FORNECIMENTO, MONTAGEM E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA O PARQUE INFANTIL DO JARDIM DE INFANCIA DE PAÇÔ
  • Idem do FORNECIMENTO E COLOCAÇÃO DE PISO SINTECTICO NO PARQUE INFANTIL DO JARDIM DE INFÂNCIA DE PROZELO
  • FORNECIMENTO, MONTAGEMN E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA O PARQUE INFANTIL DO MERCADO –foi aprovada a receção definitiva da obra, bem como o cancelamento da garantia.

receção provisória

Foi aprovada a receção Provisória da obra do BLOCO XXXII - CAMINHO DA CANEJA DO VALE – ROUÇAS –GAVIEIRA - CONSTRUÇÃO DE FACHADAS

conta final

  • Foi aprovada a conta final da obra de AMPLIAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DA REDE – ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO – CAMINHO DO CEMITÉRIO (PAÇÔ), E.M. 518 (AGUIÃ) E CAMINHO DA CAPELA DE VILABOA (GONDORIZ) – CONTA FINAL, no valor de € 75 748,32.
  • Idem da obra de REDIFINIÇÃO DO TRAÇADO E BENEFICIAÇÃO DO C.M. 1304 EM RIO FRIO, no valor de 163 091,43.

Adjudicação

  • CAMINHO DE ACESSO A CÔTO MOINHO (GONDORIZ) E CAMINHO DE BARBEITOS (ALVORA) – RAMAIS B, C, D e E- Foi deliberado aprovar o relatório final da obra, no qual findo o prazo concedido, 5 dias úteis, se verificou que nenhum dos concorrentes apresentou qualquer reclamação ou pedido de esclarecimento à proposta de adjudicação, bem como adjudicar a mesma à empresa Sebastião da Rocha Barbosa, Ldª, pelo valor de € 144 132,50.
  •  “ REQUALIFICAÇÃO DO CAMPO DE RUGBY – CONSTRUÇÃO DE BANCADAS”, na qual findo o prazo concedido, 5 dias úteis, nenhum dos concorrentes apresentou qualquer reclamação ou pedido de esclarecimento à proposta de adjudicação, bem como manter o teor do relatório preliminar e propor a não adjudicação da empreitada e o encerramento do processo.
  • Idem, respeitante à obra de “AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO INFORMATICO E AUDIOVISUAL PARA O CENTRO DE PROMOÇÃO DA BIODIVERSIDADE”, na qual o júri delibera manter o teor do relatório preliminar e propor a adjudicação à empresa Leal & Cunha – Sistemas Informáticos e Audiovisuais, Ldª pelo valor de € 4 725,00.
  • EXECUÇÃO DE UM MURO NO C.M. 1251 (LARGO DA CRUZ VELHA – GAVIEIRA): foi deliberado adjudicar a obra à firma António Salvador Lourenço Cerqueira, pelo valor de € 5 750,00.
  • “CENTRO DE MEIOS AÉREOS – BENEFICIAÇÃO DE HELIPISTA”, foi deliberado adjudicar a obra à firma Pedreira da Franqueira, Ldª, pelo valor de € 15 437,50.        

auto de consignação

  • Foi aprovado o auto de consignação da obra de CONSTRUÇÃO DE PARQUE INFANTIL NO JARDIM DOS CENTENÁRIOS, adjudicada à firma Bricantel – Comércio de Material Eléctrico de Bragança, Ldª, pelo valor de € 63 700,00.
  • Idem da obra de CONSTRUÇÃO DE PT NA RUA DR. GERMANO AMORIM, adjudicada à firma Manuel da Silva Pereira & Filhos, Ldª., pelo valor de € 46 382,90.
  • Idem da obra do ARQUIVO MUNICIPAL – ACERVO HISTÓRICO, adjudicada à firma Lúcio da Silva Azevedo & Filhos, SA, no valor de € 299 400,00.

DIVISÃO DA EDUCAÇÃO – SERVIÇO DE ACÇÃO SOCIAL – PEDIDO DE APOIO ECONÓMICO NO ÂMBITO DO APOIO AO ARRENDAMENTO

Foi deliberado conceder apoios económicos no âmbito da medida de apoio ao arrendamento a três famílias carenciadas do concelho, no valor de: 1- € 80,00 correspondente a 50% do valor atual da renda, 2 - € 187,50 correspondente a 75% do valor da renda e 3- de € 187,50, correspondente a 75% do valor total da renda

ESTAÇÃO ELEVATORIA DE BAIRROS SOAJO

Foi deliberado conceder uma indeminização ao proprietário do terreno no valor de € 2 800,00 para compensar as obras numa ramada, regadio e um poço inutilizados aquando da construção da referida estação elevatória.

FOLIA

A Câmara tomou conhecimento e aprovou o mapa das freguesias que participaram no Cortejo Etnográfico, integrado no programa das Festas de Nossa Senhora da Lapa que se realizou no dia 11 de Agosto de 2012 no valor total de € 5 750,00.

parecer prévio vinculativo

Foi aprovado o parecer prévio vinculativo da obra de EXECUÇÃO DO PROJECTO DE ARQUITECTURA DO CIARV – CENTRO DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL DO RIO VEZ para efeitos de se promover o lançamento do procedimento concursal com vista à aquisição do seguinte serviço:

DESIGNAÇÃO: AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS PARA EXECUÇÃO DO PROJECTO DE ARQUITETURA DO CIARV – CENTRO DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL DO RIO VEZ”.

VALOR BASE: 74.000,00€ (S/ IVA), já considerando uma redução em 10% da posição remuneratória, nos termos do Decreto-Lei nº209/2009 de 3 de Setembro, alterado pela Lei nº 3-B/2010 de 28 de Abril.

PRAZO: 60 dias.

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR – ALTERAÇÕES AO REGIME VIGENTE

A Câmara tomou conhecimento da informação enviada pela Associação de Municípios a dar conhecimento das alterações que o Governo pretende fazer relativamente à promoção das atividades de enriquecimento curricular, bem como a posição do Conselho Diretivo desta Associação, tomada na reunião do dia 20 de Maio.

cedência definitiva do autocarro

A Câmara tomou conhecimento e aprovou a comunicação enviada pela Direção do Atlético dos Arcos AD, a solicitar a cedência definitiva do autocarro, mediante a celebração de protocolo.

            RECONSTRUÇÃO DE EDIFICIO NA RUA DR. CARLOS CUNHA

A Camara tomou conhecimento da informação dos serviços a dar conta que face ao estado de ruína em que se encontra o edifício localizado na Rua Dr. Carlos Cunha, torna-se necessário proceder de imediato à sua reconstrução não só para garantir a sua recuperação/reabilitação no contexto urbano em que se insere, mas também, para assegurar a sua própria estabilidade e segurança para a via pública, e aprovou a contratação de serviços de engenharia a entidade externa ao município, estimando-se o valor de € 9 500,00.

PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE UTILIDADE PUBLICA DA ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL DE PAÇÔ

Foi deliberado declarar como UTILIDADE PUBLICA a Associação Recreativa e Cultural de Paçô em sequência do parecer solicitado pela Secretaria Geral da Presidência do Conselho de Ministros, com vista a prosseguir a instrução do processo relativo ao pedido em epígrafe

            PARECER GENÉRICO VINCULATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL NA CELEBRAÇÃO DE CONTRATOS DE AQUISIÇAO DE SERVIÇOS

Foi aprovada a proposta apresentada pela Presidência para a celebração e renovação de contratos de aquisição de serviços para o ano de 2013.

PONTE DE LIMA PROMOVE CAMINHADA NO PRÓXIMO DIA 2 DE JUNHO

Caminhada “Todos a Andar com a EDP Gás”, 2 de Junho em Ponte de Lima

Ponte de Lima acolhe mais uma Caminhada “Todos a Andar com a EDP Gás”. A iniciativa realiza-se no dia 2 de Junho, com partida marcada para as 10h00, no Lago de Camões.

Ponte de Lima

As inscrições são feitas no próprio dia ou online, através do email: geral@runporto.com e têm um custo de 1€, valor que reverte inteiramente a favor da Associação “No Meio do Nada”, uma entidade sem fins lucrativos que apoia crianças e jovens desfavorecidos.

Cada participante receberá um kit de participação, com uma t-shirt, um boné e uma mochila, sendo necessário a sua recolha até 30 minutos antes da hora da partida.

O percurso é de baixo grau de dificuldade, permitindo a participação de qualquer cidadão, independentemente da sua condição física, idade ou limitação. Inicia no Largo de Camões, atravessando a Ponte Medieval e seguindo pela Ecovia até à Ponte da Guia, onde se fará o retorno junto à Av. dos Plátanos regressando assim ao Largo de Camões. Estima-se que no total sejam percorridos aproximadamente4 km, com a duração de 45 minutos de percurso. 

 À semelhança das iniciativas anteriores, esperam-se centenas de participantes que terão oportunidade de fazer atividade física e contribuir simultaneamente para uma ação de solidariedade social.

A Caminhada “Todos a Andar com a EDP Gás” é promovida pela EDP Gás, em colaboração com a Run Porto, e conta com o apoio do Município de Ponte de Lima.

MUNICÍPIO DE FAFE LOUVA EXCELÊNCIA DA CIRURGIA DO HOSPITAL LOCAL

Na sequência da notícia do semanário local “Notícias de Fafe” de que um estudo da Entidade Reguladora da Saúde colocou o Serviço de Cirurgia de Ambulatório da Unidade de Fafe do Centro Hospitalar do Alto Ave no topo dos hospitais nacionais, a Câmara Municipal de Fafe, na sua mais recente reunião, deliberou “manifestar o seu regozijo e apreço” por aquela “nota de excelência”.

O louvor do executivo da cidade foi transmitido à diretora da Unidade, Cristiana Fonseca, sendo “extensivo a todos os profissionais” daquele serviço.

Como se sabe, a Unidade de Fafe do Centro Hospitalar do Alto Ave tem estado na berlinda, pela perspetiva de vir a ser entregue à Santa Casa da Misericórdia local.

A posição da autarquia fafense já foi tomada, por unanimidade e vai no sentido de reafirmar a sua posição em defesa do Hospital dentro do Serviço Nacional de Saúde.

Mais decidiu acionar o Ministério da Saúde para obrigar ao cumprimento do protocolo existente com o município de Fafe, com o recurso aos meios legais e judiciais disponíveis, se tal se vier a tornar necessário.

Também a Assembleia Municipal de Fafe constitui um grupo de trabalho, com a participação de todos os partidos, em defesa do hospital público em Fafe, e que já reuniu e deliberou solicitar audiências ao Ministro da Saúde e à Comissão parlamentar de Saúde da Assembleia da República.

VIZELA PROMOVE “MAIOR AULA DE KARATÉ DE SEMPRE”

A Câmara Municipal de Vizela promove na próxima sexta-feira, dia 31 de maio, pelas 10.30h, no Espaço Multiusos, a atividade “A Maior Aula de Karaté de Sempre”, em parceria com o Karateca Jorge Machado.

viz

A Maior Aula de Karaté de Sempre visa a prática saudável de uma atividade que também tem cariz educativo, servindo também servirá também para reforçar uma mensagem de sensibilização às populações para a importância da prática desportiva.

A iniciativa tem por objetivo reunir crianças, jovens, adultos e seniores para promover a solidariedade, a união dos povos e a integração social.

Esta aula, destina-se a toda a população, com idades compreendidas entre os 1 e os 100 anos.

Vizela vai transformar-se no palco da maior aula de Karaté de Sempre.

A Maior Aula de Karaté de Sempre conta com o apoio oficial da Câmara Municipal de Vizela.

PAREDES DE COURA APRESENTA PRODUTOS REGIONAIS DO ALTO MINHO

XX Feira Mostra de Produtos Regionais do Alto Minho

Largo Hintze Ribeiro - Paredes de Coura

Recinto coberto

“A Feira Mostra celebra este ano o seu XX aniversário. Vinte anos de muito trabalho e de muita alegria. As adversidades espreitaram muitas vezes e estimularam o nosso desejo de fazer sempre melhor. Ao longo destas edições a Feira Mostra foi a nossa montra de saberes e vivências acumulados, de práticas e conhecimentos, repositório de tradições e manifestações culturais mas foi também o tempo da convivência e de encontro de amigos.

A realização de mais uma edição é mais um sinal de otimismo nas potencialidades que o mundo rural oferece. No entanto devemos investir naquilo que temos de único porque no futuro poderá ser fator de estímulo económico. Esperamos que a nossa Feira seja um espaço de aprendizagem, inovação, de mudança e de crença num mundo que está longe de ser convenientemente explorado, bem como espero que abra a porta a todos aqueles que gostam do mundo rural.”

Programa

Sexta-feira-07 de Junho

16:00 - Abertura da XX Feira Mostra

Arruada de Bombos com o grupo de Bombos e Zés P´reiras de Fragoso- Barcelos

22:30 - Atuação das Tunas:

·      Hinoportuna– Tuna Académica de Viana do Castelo ( IPVC)

·      Azeituna— Tuna de Ciências da Universidade do Minho

·      Tunice- Tuna Académica Feminina do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

00:00-Encerramento dos expositores

Sábado-08 de Junho

08:00-Convívio de pesca no rio coura - Praia Fluvial do Taboão

10:00-Abertura da Feira

11:00-Entrada do Grupo de Concertinas “Os Amigos de Sobreposta“- Braga

15:00 - Concurso da broa e biscoitos de milho

15:30 – Atuação dos Grupos de Música Tradicional de Paredes de Coura:

·      Grupo de Cantigas Ré Maior– Mozelos

·      Grupo de Cantigas da ACRD de Padornelo

·      Grupo de Cantares do Campo-Formariz

22:30 - Arraial Noturno com o Grupo Musical Roconorte - Monção

00:00-Encerramento dos expositores

Domingo-09 de Junho

10:00-Abertura da Feira

16:00 – Festival Nacional de Folclore

·      Rancho Juvenil da Casa do Povo de Bitarães– Paredes

·      Rancho Folclórico da Amizade de Telões– Amarante

·      Rancho Folclórico Camponês de Bico-Paredes de Coura

20:00-Encerramento da XX Feira Mostra

Organização – MOSTRACOURA – Associação para a Promoção de Produtos Regionais do Alto Minho

Apoio – Município de Paredes de Coura

Para mais informações: 251780113 | mostracoura@gmail.com

VIZELA: HARLEM SHAKE NO CONVÍVIO DO PROGRAMA “DESPORTO É VIDA… E NÃO TEM IDADE”

Os alunos do programa “Desporto é vida… E não tem idade” fizeram um “Harlem Shake”, no passado dia 23 de maio. Com um intuito de proporcionar um momento de convívio e diversão, diferente do habitual e enquadrado na atividade “Convívio Programa – Desporto é vida… E não tem idade”, os alunos do programa “Desporto é vida… E não tem idade” realizaram uma atividade inspirada no conceito inovador “Harlem Shake”.

maio mes coração vizela

Dança, ténis, ginástica de manutenção, minigolfe e caminhada, foram outros dos desportos escolhidos para alegrar e dinamizar a tarde dos cerca de 140 participantes. 

Este convívio realizou-se no âmbito da atividade “Maio, Mês do Coração”, promovida pela Câmara Municipal de Vizela, que desenvolveu várias atividades, ao longo dos fins-de-semana do mês de maio, como caminhadas e passeio de cicloturismo.

O principal objetivo desta iniciativa é promover a atividade física e o bem-estar da população, seja qual for a idade ou sexo. Consciencializar a população para a importância das atividades físicas para o coração é outro dos motes da iniciativa.

VIZELA PRIVILEGIA CONTATO COM A NATUREZA NO MÊS DO CORAÇÃO

À imagem dos anos anteriores, o município de Vizela comemorou o “Maio mês do coração”. Com o objetivo de promover a atividade física, o bem-estar e o convívio interpessoal, o Município desenvolveu algumas atividades, onde privilegiou o contacto com a natureza.

Caminhada Maio Mes Coração Vizela

Durante o mês de maio, a Autarquia organizou um passeio pedestre junto às margens do rio Vizela, que contou a presença de cerca de 80 participantes.

No fim-de-semana seguinte, foi a vez dos amantes das bicicletas, participarem num passeio pelas freguesias do Concelho.

A caminhada voltou a ser a atividade escolhida para o terceiro fim-de-semana de maio, sendo que o percurso escolhido foi o Monte de S. Bento, onde percorreram caminhos de rara beleza e desconhecidos por muitos dos participantes.

Por último, realizou-se no Parque das Termas, um leque de atividades para todos os alunos do programa “Desporto é vida … e não tem idade”.

Dança, ténis, ginástica de manutenção, minigolfe e caminhada, foram os desportos escolhidos para alegrar e dinamizar a tarde dos cerca de 140 participantes.

XVI CONCERTO DE PRIMAVERA REALIZA-SE NO PRÓXIMO SÁBADO NO TEATRO-CINEMA DE FAFE

1 Concerto da Primavera

O Coral Santo Condestável, secção do Grupo Nun’Álvares, volta à organização do Concerto da Primavera, já em 16ª edição.

O espetáculo realiza-se na noite deste sábado, 1 de junho, a partir das 21h30, no Teatro-Cinema de Fafe.

Este ano, o prestigiado coral fafense vai ter a companhia do Coral da Casa da Gaia, de Argoncilhe (Vila da Feira) e do Orfeão de São Pedro da Cova (Gondomar).

Os bilhetes estão á venda no Posto de Turismo, como habitualmente, ao preço simbólico de 2 euros.

Mais um excelente espetáculo em perspetiva, para os apreciadores da música coral

BARCELOS DEBATE SAÚDE MENTAL

Jornadas de Educação para a Saúde abrem amanhã, dia 30 de maio, no Auditório da Câmara Municipal.

Abrem amanhã, dia 30 de maio, no Auditório da Câmara Municipal, às 9h15, as Jornadas de Educação para a Saúde, uma iniciativa da Câmara Municipal de Barcelos que pretende promover o debate, o conhecimento, a partilha de ideias e projetos sobre o tema “Saúde mental ao longo do ciclo vital”, envolvendo os jovens e as suas famílias, as instituições e os profissionais das áreas da saúde e da educação.

A sessão de abertura será presidida pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Domingos Pereira, contando-se ainda com as intervenções do diretor do ACES Cávado III Barcelos/Esposende, da diretora da Casa de Saúde S. João de Deus e do diretor da Casa de Saúde S. José, instituições parceiras nestas Jornadas.

A conferência de abertura está agendada para as 9h30 e será proferida por Constantino Sakellarides.

Segue-se, durante o dia, a apresentação de três painéis: “Saúde metal ao longo do ciclo vital – Gravidez e pós-parto”, às 10h30; “Saúde mental ao longo do ciclo vital – Infância”, às 14h00; “Saúde mental ao longo do ciclo vital – Juventude”, às 16h15.

No dia 31, sexta feira, o primeiro painel terá início às 9h15 e intitula-se “Saúde mental ao longo do ciclo vital – Idade adulta”; o segundo painel começa às 14h00, tendo como tema “Saúde mental ao longo do ciclo vital – Idade sénior”.

Todos os painéis fecham com debate.

A sessão de encerramento está prevista para 17h15 e será presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

PAREDES DE COURA EXPÕE ARTE EM PEÇAS DA LEGO

“Arte em Peças® 2013 – LEGO® Fan Event”, no Centro Cultural de Paredes de Coura, de 1 a 10 de junho, com renovadas atrações

No ano em que uma das mais famosas marcas de brinquedos, a LEGO®, comemora os seus 81 anos de existência, a Comunidade 0937 organiza em colaboração com a Câmara Municipal de Paredes de Coura, de 1 a 10 de junho no Centro Cultural de Paredes de Coura, a exposição de construções com peças LEGO® “Arte em Peças®2013 - LEGO® Fan Event”. O evento realiza-se pelo quarto ano consecutivo e atrai milhares de visitantes a Paredes de Coura.

AeP13 Geral Cidade

Adultos e crianças terão a oportunidade de observar uma ampla exposição composta por milhões de peças LEGO® que dão vida a centenas de construções originais dos mais variados temas desde cidade, castelo, piratas, faroeste, espaço, robótica, assim como outras construções gigantes, criadas por membros da Comunidade 0937 e por representantes de outros grupos internacionais (Brasil, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América e Noruega)

O público terá a oportunidade de participar em passatempos diversos (concurso de construções, concurso de fotografia, busca de objectos escondidos), de participar na construção de um enorme mosaico, de criar as suas próprias construções e brincar livremente com as milhares de peças que estarão disponíveis numa área reservada, a Playzone, tudo para que possam desfrutar de grandes momentos de diversão.

O programa contempla ainda uma sessão pública, no dia 8 de junho, com o LEGO Designer português Marcos Bessa que irá apresentar alguns dos seus novos conjuntos LEGO® e a apresentação em Portugal do livro “The Lego Adventure Book”, da autoria de Megan Rothrock com sessão de autógrafos, presente no evento entre os dias 7 a 10 de junho.

AeP13 Playzone

Destaca-se que estará patente durante a exposição o mais recente conjunto de robótica da LEGO®, o LEGO MINDSTORMS EV3, assim como construções originais utilizando este modelo que se encontrará apenas à venda ao público no próximo outono.

A espetacularidade das coloridas peças de plástico e a magia associada ao ato de criar construções que só dependem da imaginação, atrairão, certamente, públicos de diferentes gerações e de proveniência nacional e estrangeira, com destaque para os vizinhos espanhóis da zona da Galiza.

Localmente, várias instituições visitarão a exposição, designadamente os estabelecimentos de ensino, as creches e os lares de idosos, sendo este um evento pelo qual aguardam com ansiedade e já se tornou uma tradição da Vila de Paredes de Coura.

A afluência por parte do público tem sido cada vez maior e por este motivo a organização da iniciativa decidiu para este ano alongar o período de abertura da exposição, cuja entrada é gratuita e inaugurar a mesma num dia especial para todos, o Dia Mundial da Criança.

REDE SOCIAL DO MUNICÍPIO DE FAFE CONTINUA A COMEMORAR 10 ANOS DE EXISTÊNCIA

No dia 23 de maio, realizou-se na Santa Casa da Misericórdia de Fafe o terceiro evento da comemoração dos dez anos da Rede Social no concelho de Fafe, que decorrerá até dezembro próximo.

20130523_151625

Assim, os idosos da valência Centro de Dia estiveram presentes numa iniciativa da Rede Social de Fafe em colaboração com o Tribunal Arbitral do Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave.

Este centro arbitral presta informações sobre o direito do consumidor e promove através da mediação, conciliação e arbitragem, a resolução de conflitos de consumo.

Os idosos foram alertados para os contratos que assinam, como devem proceder caso não queiram continuar com determinado contrato, o que devem fazer em caso de conflito com alguns serviços públicos essenciais como o fornecimento de gás, de eletricidade, telefones, internet, televisão, água, etc. Todos ficaram mais alertados para os perigos e como devem proceder.

De forma geral todos referiram que foi muito positiva esta sessão e que agora “não vamos ser enganados com tanta facilidade”.

20130523_151920

VIZELA COMEMORA DIA MUNDIAL DO AMBIENTE

Como vem sendo hábito, e no âmbito da Agenda 21 Local, o Município de Vizela em pareceria com a Confraria de S. Bento das Peras, assinala o Dia Mundial do Ambiente, a 5 junho.

Este ano, para assinalar a data, será realizado um espetáculo, dinamizado pelas escolas do Concelho, com música, exposições, dança, que terá lugar no Monte de S. Bento, no dia 5 de junho, entre as 10h e 12h.

Pretende-se dessa forma a partilha de conhecimentos entre os alunos e divulgação das atividades desenvolvidas em cada escola.

O evento está aberto a toda a comunidade.

DELEGAÇÃO DE VIANA DO CASTELO DA FUNDAÇÃO INATEL PROMOVE ATIVIDADE “AO TOQUE DO CAVAQUINHO”, COM AMADEU MAGALHÃES

A Fundação INATEL, através da sua agência de Viana do Castelo, levará a efeito, nos próximos dias 21 e 22 de Junho de 2013, a atividade “Ao Toque do Cavaquinho” com a presença de Amadeu Magalhães.

Amadeu Magalhães iniciou a sua carreira profissional em 1990 com o grupo “Realejo”, de Coimbra, sendo o seu responsável musical. Entre outros, integrou ainda os “Quadrilha” e a “Brigada Victor Jara”. Amadeu teve ainda intervenção no trabalho de diversos músicos consagrados como: Fausto, Dulce Pontes, José Cid, Roberto Leal, Paulo de Carvalho, Uxia, Luís Represas, entre outros.

Esta atividade efetivar-se-á nos espaços da Sociedade de Instrução e Recreio Darquense (SIRD), sita na Avenida Carteado Mena, 4935 – 091 Darque VCT, conforme o programa que junto se anexa.

Esta atividade é destinada a toda a comunidade, apresentando preços distintos para associados e não associados da INATEL no que diz respeito à inscrição no workshop e à aquisição de bilhete (s) para o concerto “O Cavaquinho do Amadeu”.

Na sexta-feira, com a palestra “Ao Toque do Cavaquinho”, Amadeu Magalhães abordará técnicas de execução, questões rítmicas, harmónicas e melódicas relacionadas com o cavaquinhoDebater-se-á sobre o cavaquinho e a sua aplicação / integração em diferentes géneros musicais, culturais e artísticos. Abordagem do cavaquinho enquanto instrumento de identidade cultural e musical de um país e da importância da preservação e dinamização das práticas musicais a ele associadas, no seio da cultura amadora e do movimento associativo.

Durante a manhã e tarde de sábado, através do workshop, os formandos inscritos usufruirão de formação prática e teórica de cavaquinho, iniciarão / aperfeiçoarão técnicas de execução do instrumento e experimentarão diferentes contextos musicais e sonoridades inerentes ao cavaquinho.

As inscrições para esta atividade já se encontram a decorrer, devendo ser apresentadas através da ficha de inscrição (em anexo) e respetivo pagamento.

As inscrições poderão ser feitas presencialmente nas seguintes moradas:

Fundação INATEL

“Casa Pedro Homem de Mello”

Rua de São Pedro, 10

4900 – 538 Viana do Castelo

Sociedade de Instrução e Recreio Darquense

Avenida Carteado Mena

4935 – 091 Darque VCT

As inscrições poderão ser enviadas, via CTT, para a seguinte morada:

Fundação INATEL

“Casa Pedro Homem de Mello”

Rua de São Pedro, 10

4900 – 538 Viana do Castelo

Serão também aceites inscrições recebidas via email (ag.vcastelo@inatel.pt), desde que se façam acompanhar pelo respetivo comprovativo de transferência bancária para o NIB da Fundação INATEL - 0033 0000 00180680810 77 (Millenium BCP).

Qualquer esclarecimento e/ou informação adicional poderá ser obtida através do tlf. 258 823 357 ou do email ag.vcastelo@inatel.pt.

CONCURSO DE ESPLANADAS ANIMA PONTE DE LIMA

“Esplanadas de Ponte de Lima” – Inscrições a decorrer até 1 de junho

A iniciativa municipal “Esplanadas de Ponte de Lima” que visa a promoção e valorização dos espaços públicos como pontos de confluência, de convívio, de atracção turística e cultural, tem as inscrições abertas até 1 de junho.

Estimular a conceção e construção de esplanadas de qualidade, quer a nível estético, quer a nível de equipamento e de serviço prestado, é o principal objetivo do Concurso que o Município de Ponte de Lima lançou em 2010.

Com periodicidade anual, a iniciativa, recompensa as esplanadas que apresentem um conjunto criativo, original, confortável, recorrendo a materiais e equipamentos de qualidade, bem como a adesão a outros projetos e iniciativas municipais, nomeadamente o concurso "Ponte de Lima, Jardins Arte e Inovação", o projeto "Nós pela Natureza" e o Cabaz "Prove”.

E de ano para ano, o número de concorrentes aumenta, superando as expectativas desta estratégia municipal que visa a promoção e qualificação do concelho, registando-se um crescimento gradual de candidaturas: 10 em 2010; 12 em 2011 e 21 em 2012.

De acordo com o regulamento do concurso podem concorrer todos os proprietários de estabelecimentos com esplanada circunscritos no concelho de Ponte de Lima. Os interessados podem candidatar-se mediante o envio ou a entrega do formulário de inscrição para o concurso, à qual devem anexar cinco fotografias a cores, do espaço a concurso e com a indicação do respetivo autor, bem como a localização e peças desenhadas e escritas que permitam fazer uma avaliação rigorosa com base nos critérios de seleção.

Os três primeiros classificados recebem um valor pecuniário, respetivamente, 1000,00€ para o 1º classificado; 750,00€ para o 2º e 500,00€ para o 3º classificado.

As inscrições devem ser apresentadas até 1 de junho, de segunda a sexta-feira, entre as 9h00 e as 12h30, e das 14h00 às 16h30 no GAM – Gabinete de Atendimento ao Munícipe. Consulte o regulamento em www.cm-pontedelima.pt.

RUSGA DE SÃO VICENTE DEBATE "ACESSIBILIDADES E MOBILIDADE EM BRAGA"

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, leva a efeito a 68ª edição dos "Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras", alusivo às “Acessibilidades e mobilidade em Braga - Testemunhos de um tetraplégico” (parte I).

A iniciativa tem lugar na sede social daquela associação, sita na Av. Artur Soares (Palhotas) nº 73 em  Braga, no dia 31 (sexta-feira) de maio de 2013, pelas 21:30h, e tem por convidados: José Barros (tetraplégico) e Prof. Baptista da Costa (especialista em acessibilidades e mobilidade), cujo tema será:

Os momentos artísticos que o alinhamento dos “Serões/Tertúlias” contemplam, serão da responsabilidade da flautista Ana Catarina Barros e da Rusga de São Vicente

VACA DAS CORDAS CORRE EM PONTE DE LIMA

Vaca das Cordas em Ponte de Lima. 31 de maio | às 18 horas

No sentido de impulsionar e dinamizar cada vez mais a atividade turística no concelho, os festejos da tradicional corrida da Vaca das Cordas prolongam-se por todo o fim-de-semana, começando na sexta feira, dia 31 de maio, a partir das 18h00, continuando nos dias 1 e 2 de junho.

Na sequência da mudança da Corrida da Vaca das Cordas, por deliberação da Câmara Municipal, a secular tradição realiza-se na sexta feira, 31 de maio, a partir das 18h00.

No sábado, dia 1 de junho, o programa festivo continua a partir das 20 horas, e numa iniciativa dos estabelecimentos aderentes e do talho de S. João, onde pode adquirir a tradicional posta, haverá à disposição grelhadores a carvão e todo o equipamento necessário para assar a carne e participar num convívio tradicional, degustando o boi à posta.

Nas ruas do Centro Histórico vive-se a azáfama da feitura dos tapetes floridos, momento sempre muito participado por limianos e visitantes.

No domingo, 2 de junho, o programa completa-se com uma caminhada pela ecovia entre Bertiandos e Ponte de Lima. Os interessados em participar deverão comparecer no Largo de Camões, às 9 horas, de onde sairá um autocarro panorâmico com destino ao ponto de partida da caminhada. Este percurso tem a duração de 45 minutos e terá repetição todos os sábados e domingos de Verão.

Vaca das Cordas

VACA DAS CORDAS - SEXTA-FEIRA 18h, 31 DE MAIO

A Vaca das Cordas que tradicionalmente era corrida na Quarta Feira, da véspera do CORPO DE DEUS, passou por deliberação de Câmara a ser corrida na Sexta Feira

…dois dias depois da tradicional Quarta Feira DA VACA.

VACA ÀS POSTAS - SÁBADO 20h, 1 DE JUNHO

VAMOS COMER A VACA!

Pela primeira vez vamos comer o boi na Praça. Para isso os estabelecimentos aderentes têm disponíveis grelhadores a carvão para assar as postas de boi que cada um quiser assar e, que a pode comprar no Talho do Berto no Largo de S. João, que para o efeito vai estar aberto toda a noite para vender o boi à posta.

Não tem que saber! Só precisa dizer ao talhante quantos são e ele recomenda-lhe o tamanho e peso da posta que vai grelhar no estabelecimento que escolher para comodamente se sentar a comer pão e a beber um bom vinho enquanto espera que a carne fique assada para posteriormente se deliciar com tão agradável paladar numa nova experiência.

Peso da Posta por pessoa – 250 a 300 gramas

VACA CALÓRICA – DOMINGO 9.00 h, 2 DE JUNHO

A partir das 9 h de domingo vai estar um autocarro descapotável a carregar na Praça de Camões para levar as pessoas a Bertiandos para a partir daí iniciarem uma caminhada pela ECOVIA até Ponte de Lima para a queima de calorias da véspera. Este percurso tem a duração de 45 minutos e será para repetir todos os sábados e domingos de verão.

MUNICÍPIO DE FAFE COMEMORA DIA MUNDIAL DA CRIANÇA COM PROGRAMA DIVERTIDO

O Dia Mundial da Criança comemora-se em 1 de junho, este ano coincidente com um sábado. A Câmara Municipal de Fafe, através do Pelouro da Educação, vai organizar um conjunto de atividades a desenvolver na tarde de sábado, entre as 14h00 e as 18h00, em pleno centro da cidade, para o que vai encerrar ao trânsito a Praça 25 de Abril.

Vão ser disponibilizados espaços lúdicos sobre educação física (jogos tradicionais, basquetebol, ténis, etc.), ciências experimentais, artes plásticas, inglês, entre outros, a que serão acrescentados insufláveis, desportos radicais e outros espaços de diversão para as crianças, como pinturas faciais, atividades cinotécnicas, bicicletas, carrinhos e rappel.

Será também contemplado um espaço para a realização de pequenas atuações de música, dança e ballet.

Colaboram na iniciativa a Escola de Bailado de Fafe, Restauradores da Granja, Leões do Ferro, Cercifaf, Associação Rangers de Fafe, Escola Fafe Ténis Clube, Fafezoo, Escola Canina de Fafe – Fafe Dog, Anita Gonçalves instrutora de Hip-Hop do Club+ e Anna Street Dance (Club+), bem como os docentes das Atividades Extracurriculares ao serviço do Município.

A autarquia está a solicitar aos estabelecimentos de ensino a melhor informação e sensibilização dos seus alunos para aparecerem na Praça 25 de Abril, no dia 1 de junho, entre as 14h00 e as 18h00, acompanhadas pelos pais ou familiares.

ESPOSENDE COMEMORA DIA DOS PESCADORES

Realiza-se nos próximos dias 31 de maio a 2 de Junho, em Esposende, o "V Encontro de Embarcações Tradicionais do Rio Cávado" e o tradicional "Dia dos Pescadores".

 

V Encontro de Embarcações Tradicionais do Rio Cávado

PROGRAMA

Dia 31 de Maio – sexta-feira

17h00 | 19h00 – Receção às embarcações e tripulações

(secretariado – Centro de Atividades Náuticas – antigo estaleiro naval)

21h00 – -Abertura da Exposição de Manuel Gardete

Palestra - “As Marcas dos Pescadores de Esposende” por José Felgueiras

Auditório do Museu Marítimo

Dia 1 de Junho - sábado

08h30 | 09h30 – Receção às embarcações e tripulações

(secretariado – Centro de Atividades Náuticas – antigo estaleiro naval)

10h00h | 13h00 - Desfile de embarcações tradicionais no estuário do Rio Cávado. Passeios a bordo das embarcações tradicionais.

Local de embarque: Cais junto à grua da lota

13h30 – Almoço

15h00 – Visita ao Museu Marítimo de Esposende

16h30 – Visita ao Museu Municipal de Esposende

18h00 – Lançamento do Livro “ Fragateiros do Tejo” de Marcolino Fernandes, pelo Dr. Joaquim

Pinto da Silva

20h00 – Jantar

21h30 – Tertúlia “embarcações tradicionais”

Prof. Dr. F. Carvalho Rodrigues – José Felgueiras – Vítor Fernandes”

(auditório do Museu Marítimo de Esposende)

Dia 2 de Junho - domingo

10.00h | 13.00h - Desfile de embarcações tradicionais no estuário do Rio Cávado. Passeios a bordo das embarcações tradicionais.

Local de embarque: Cais junto ao centro de atividades náuticas

11h00 – Aniversário da Associação de Pescadores profissionais do concelho de Esposende

- Desfile de embarcações à barra do rio Cávado para depositar coroa de flores

13h30 – Almoço

cartaz-FESTA-PESCADORES

ATLETAS DE CELORICO DE BASTO PARTICIPAM NO TORNEIO DE HOILLES, EM FRANÇA

A equipa de Futsal Feminina da Associação de Futsal de Celorico de Basto participou, de 24 a 27 de maio, num torneio de futsal no município de Houilles, arredores de Paris, França, do qual saíram vencedoras.

970480_3063388641247_1949123904_n

 Desta vez, competiu à equipa de futsal representar o concelho e da melhor forma uma vez que venceram os três jogos em que participaram e arrecadaram a taça de campeãs. A comitiva celoricense era composta por 12 jogadoras e 3 treinadores e alegrou os franceses mas e sobretudo, os emigrantes presentes.

Segundo Cristina Moreira, jogadora da equipa de Futsal de Celorico de Basto, “ fomos muito bem recebidos pelos franceses mas o que mais me marcou foi o apoio dos emigrantes portugueses que encheram as bancadas para torcer por nós. Foi uma sensação indescritível”, salientou. 

Este encontro deveu-se ao protocolo de geminação entre Houilles e Celorico de Basto que permite o intercâmbio cultural, desportivo e de tradições entre os dois municípios. As atletas puderam ainda conhecer um pouco de Paris sobretudo os locais mais emblemáticos da capital francesa. 

ARRANCOU O PRIMEIRO GRUPO DE ENTREAJUDA NA PROCURA DE EMPREGO (GEPE) DE CAMINHA

O primeiro encontro decorreu segunda-feira

Fazer frente ao desemprego em equipa – é este o espírito dos participantes no primeiro grupo GEPE do concelho de Caminha. A sigla quer dizer Grupos de Entreajuda na Procura de Emprego e a participação é gratuita e aberta a todos os munícipes desempregados ou à procura de uma nova solução profissional.

Os GEPE são grupos informais de pessoas desempregadas que se reúnem periodicamente com o objetivo de procurar ativamente emprego. Todos os membros do grupo colaboram e se entreajudam. Trata-se de um projeto experimental e inovador que pretende apoiar desempregados, em particular os que sofrem um maior impacto psicológico do desemprego, quer pela sua duração, pela situação inesperada.

Através da dinâmica de entreajuda em grupo, procura-se ultrapassar a desmotivação, o isolamento e a tendência depressiva a que o desemprego muitas vezes conduz. Com o apoio de um facilitador/animador, o grupo foca-se na procura ativa de emprego para os seus membros, tendo cada um deles a função de apoiar os restantes nessa missão. Com uma atitude positiva e um enfoque pró-ativo sobre o mercado de trabalho é uma experiência de solidariedade e de dádiva entre os próprios desempregados.

Os GEPE em Caminha são promovidos pela Câmara Municipal de Caminha, em parceria com o Instituto Padre António Vieira. Podem inscrever-se mais interessados em participar, através do site do Município em www-cm-caminha.pt ou diretamente na Câmara Municipal de Caminha.

Os encontros do primeiro grupo GEPE em Caminha decorrem quinzenalmente às segundas-feiras, das 9h30 às 11h.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ RECEBE ALUNOS UNIVERSITÁRIOS DA ROMÉNIA

Esta segunda-feira, 27 de Maio, o Presidente da Câmara Municipal, Francisco de Araújo, recebeu nos Paços do Concelho um grupo de 5 alunos Universitários oriundos da Roménia (Brasov) que vieram a Arcos de Valdevez, enquadrados num projeto de parceria entre a Epralima e a S_Concept Consulting e a ACIAB, consignado no âmbito do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida.

alunos_romenia_epralima

O autarca deu as boas-vindas ao grupo, desejando-lhes uma ótima estadia, e fez uma breve apresentação do concelho, nomeadamente em relação a aspetos históricos, turísticos e culturais.

O principal objetivo desta parceria é fomentar uma amostra sobre as principais características que retratam o tecido socioeducativo e económico da região do Vale do Lima nas áreas de conhecimento dos participantes, concretamente ciências económicas e contabilidade.

alunos_romenia_epralima2

ALBERGUE DE PEREGRINOS DE PONTE DE LIMA JÁ RECEBEU 20 MIL PEREGRINOS

O Albergue de Peregrinos de Ponte de Lima recebeu no passado Domingo, 27 de Maio, o Peregrino para pernoitar registado com o número 20 000 – um cidadão de nacionalidade suíça que não escondeu o contentamento e alegria pela agradável surpresa que o seu Caminho lhe reservou.

Aberto desde o dia 17 de Julho de 2009, esta estrutura, a funcionar todos os dias do ano para receber os Peregrinos que se dirigem a Santiago de Compostela, a Fátima ou a outros locais de Peregrinação, atinge assim as duas dezenas de milhar de Peregrinos a pernoitar, aos quais se devem juntar as muitas centenas que procuram o Albergue apenas para carimbar a Credencial do Peregrino, optando por ficarem alojados em estruturas hoteleiras e similares tradicionais em Ponte de Lima e nas redondezas.

Cada vez mais o Albergue de Peregrinos de Ponte de Lima pode ser considerado um exemplo de organização no que concerne ao apoio aos Peregrinos, disponibilizando condições com muita qualidade para que o merecido descanso dos Peregrinos seja uma realidade.

O projecto, iniciativa do Município de Ponte de Lima, é manifestamente um modelo a seguir por estruturas congéneres e existem alguns responsáveis de outros Municípios que o procuram para, com base na realidade local, iniciarem diligências para implementar novos Albergues ao longo do Caminho Português de Santiago, nomeadamente entre Lisboa e o Porto.

Reconhecido nacional e mundialmente por todos os Peregrinos que ali pernoitam, a estrutura disponibiliza camas, banhos quentes, cozinha totalmente equipada, lavandaria, espaços de lazer, sala de jantar, sala de estar, jardins, computador com internet gratuita e rede wireless.

CÓNEGO MELO VAI TER ESTÁTUA EM BRAGA

A Câmara Municipal de Braga aprovou na semana passada a autorização da colocação de uma estátua em homenagem ao cónego Eduardo de Melo Peixoto, a ser erigida na rotunda de Monte D’Arcos, junto ao cemitério municipal. A decisão contou com os votos favoráveis dos vereadores socialistas e a abstenção dos eleitos do PSD e CDS.

Esta é uma homenagem ao cidadão cónego Melo, que era um bracarense dos sete costados”, afirmou o presidente da edilidade bracarense, Mesquita Machado, garantindo: “Testemunhei isso em várias situações. Tudo o resto deve ser abstraído”.

A escultura foi desenhada pelo arquitecto Fernando Jorge e vai colocada no topo de um pedestal de pedra com o brasão da cidade. A obra não apresenta quaisquer custos para o município uma vez que os gastos serão inteiramente suportados pelos promotores da homenagem.

O cónego Eduardo de Melo Peixoto foi durante mais de três décadas Deão do Cabido da Sé de Braga e Vigário-geral da Arquidiocese de Braga. Nascido em Braga em 30 de outubro de 1927, tornou-se uma das personalidades que mais se destacou no período revolucionário que se seguiu ao 25 de abril de 1974, liderando a oposição católica aos setores políticos mais à esquerda e tendo então ficado conotado com o ELP e o MDLP.

O cónego Melo veio a falecer em 19 de abril de 2008, no Santuário de Fátima, em Ourém, com oitenta anos de idade. Nessa ocasião, a Assembleia da República cumpriu um minuto de silêncio em sua homenagem e aprovou um voto de pesar no qual se afirma que “em 1975 teve um papel decisivo na luta pela preservação das liberdades e pela instauração de uma democracia parlamentar”.

VIZELA VAI TER LOJA SOCIAL

Na próxima sexta-feira, dia 31 de maio, pelas 11 horas, a Câmara Municipal vai abrir as portas da Loja Social.

vivi

Esta iniciativa, de âmbito da Ação Social da Autarquia, surge como uma estratégia de desenvolvimento social integrado, com o intuito de promover um apoio direcionado à população mais vulnerável em termos socioeconómicos através da disponibilização de bens novos e/ou usados, mas em bom estado de conservação, doados por particulares ou empresas.

Deste modo, pretende-se disponibilizar, entre outros, roupas, calçado, brinquedos, artigos de têxtil lar, livros, material escolar e móveis, a indivíduos e/ou famílias residentes no concelho, que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Os beneficiários serão encaminhados de acordo com o diagnóstico efetuado pelos técnicos a intervir socialmente no concelho.

A Loja Social localiza-se no edifício sede da Câmara Municipal, na Praça do Município (junto à Vimágua).

Todas as informações serão efetuadas através do Serviço de Ação Social (Edifício do Turismo), ou através dos contactos telefónicos 253489640/963847846.

IRACEMA LEITÃO EXPÕE FOTOGRAFIA NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BARCELOS

Trabalhos podem ser vistos entre 31 de maio (inauguração) e 29 de junho

Iracema Leitão vai apresentar os seus últimos trabalhos de fotografia na Biblioteca Municipal de Barcelos, com inauguração no dia 31 de maio, pelas 21h30. Com o título “Naturalíssima”, a autora apresenta “naturezas mortas”, usando a técnica “macro” para revelar formas e seres difíceis de captar a “olho nu”.

A beleza que transmite é realçada pelos contrastes luz e sombra ou cores fortes e fundo escuro. Nalguns trabalhos, o uso do contra-luz serve para acentuar os pormenores e a beleza de texturas delicadas. Observamos de igual modo uma certa humanização de elementos naturais, que parecem flutuar em cenários delicados e vaporosos, o que contribui para criar ambientes misteriosos e românticos, fruto da forte sensibilidade da artista.

 “A beleza existe em toda a parte - a dificuldade é saber encontrá-la”. Seguindo esta máxima de Augusto Cabrita, um dos maiores fotógrafos portugueses, Iracema Leitão quis expor, sem pretensiosismos, um pouco da beleza que passa despercebida e se torna difícil de captar pelos olhos dos humanos, distraídos que andam por uma infinidade de elementos circundantes. Essa beleza encontra-a na natureza.

Natureza e arte caminham juntas desde sempre em todas as formas artísticas, incluindo a Fotografia, desde cedo considerada um meio de expressão dotado de enormes possibilidades estéticas e uma forma artística integrada no campo das artes visuais, também designadas por artes plásticas.

Iracema Leitão nasceu na Beira Alta no meio de uma natureza apenas tocada pela mão do homem por motivos de sobrevivência. Esta natureza original marcou-a para sempre e a arte de a registar no papel começa na infância com a reprodução de ilustrações de contos que ia lendo. O gosto pela música levou-a ainda a fazer parte do Coral das Letras da Universidade de Coimbra, Universidade onde se licenciou em Filologia Românica no ano de 1974. Depois, e já professora na actual Escola Secundária Alcaides de Faria, em Barcelos, viria a exercer por alguns anos o cargo de directora da “Avenida do Minho”, revista escolar direccionada para a escrita e artes visuais. Ao mesmo tempo buscava novos horizontes e novos conhecimentos sobre a Arte, frequentando cursos livres de desenho e pintura na Cooperativa Árvore, Porto. Estas aprendizagens e a sua sensibilidade motivaram-na para a criação e orientação de um Clube de Pintura dirigido a alunos da mesma Escola, enquanto exercia a prática da pintura, tendo mesmo participado em algumas exposições coletivas. Mais tarde, não esquecendo a pintura, enveredou pelo estudo e prática de outras formas de arte como a fotografia, sendo a natureza o elemento privilegiado sobre o qual faz incidir o seu olhar através da câmara fotográfica.

A exposição “Naturalíssima” poderá ser visitada, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e aos sábados, das 9h30 às 12h30, até ao dia 29 de junho.

FUNCIONÁRIOS DO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO VÃO FREQUENTAR AÇÃO DE FORMAÇÃO SOBRE AMBIENTE, SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO

Engenheiros, arquitetos e encarregados de obras da Câmara Municipal de Celorico de Basto em ação de formação

Cerca de 30 funcionários da autarquia de Celorico de Basto estão usufruir, até ao fim do mês de maio, de uma ação de formação com o tema “Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no trabalho – Construção Civil” no âmbito da candidatura proposta ao POPH, Programa Operacional Potencial Humano

 

A ação de formação, lecionada por técnicos devidamente credenciados, decorre primeiramente, em contexto sala passando de seguida para o terreno.

Segundo o edil celoricense, Joaquim Mota e Silva, é primordial criar condições que salvaguardem a segurança de colaboradores, funcionários e população. “É fundamental dar aos colaboradores e aos funcionários as melhores condições para que executem as suas funções da melhor forma e dentro das normas de segurança. Saber como atuar nas diferentes situações do dia-a-dia evita situações de desleixo e salvaguarda funcionários, colaboradores e população em geral,” salientou.

O objetivo desta ação centra-se em interpretar os principais diplomas legais sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, bem como normas de legislação complementar e específica, identificar as causas de acidentes de trabalho, suas consequências e custos associados, identificar os riscos inerentes à execução de obras em estaleiro, assim como as respetivas medidas para a sua eliminação ou redução, reconhecer a importância do Manual de Segurança do Estaleiro e do Plano de Sinalização, caracterizar o Plano de Segurança e Saúde (PPS) e os processos da sua implementação e identificar os principais tipos de proteção individual e de proteção coletiva e respetivos equipamentos.

CAMPO DA VINHA EM BRAGA EVOCA ACONTECIMENTOS MARCANTES DA HISTÓRIA DE PORTUGAL

Popularmente conhecida por “Campo da Vinha” por ter sido construída no local onde outrora existiu o “Vinhedo de Santa Eufémia”, a Praça Conde de Agrolongo viu há 87 anos o General Gomes da Costa reunir as forças do Regimento de Infantaria nº. 8, dando começo ao movimento militar que veio então a designar-se por Revolução Nacional, movimento que colocou termo à Primeira República e instaurou a Ditadura Militar que abriu caminho à implantação do Estado Novo.

Braga-cidade (34)

Foi o Arcebispo de Braga, D. Diogo de Sousa, quem no início do século XVI mandou abrir a praça que, já em pleno século XX veio a receber o nome de Conde de Agrolongo em homenagem ao célebre filantropo vimaranense que foi José Francisco Correia.

Dos três imponentes edifícios construídos no século XVI, chegaram até aos nossos dias o Convento do Pópulo e o Convento do Salvador, tendo o Seminário de São Pedro sido demolido nos começos do século XX.

763_001

Quando em 1834 foram extintas as ordens religiosas masculinas, o Convento do Pópulo passou a albergar um Regimento de Infantaria, razão pela qual o Campo da Vinha se tornou palco de importantes acontecimentos por ocasião da Revolução da Maria da Fonte.

Por seu turno, o Convento do Salvador veio a ser transformado no atual Lar Conde de Agrolongo, nome com que foi rebatizado o “Asilo de Mendicidade Conde de Agrolongo” criado pelo seu benemérito, após ter custeado a construção de um novo edifício. Foi neste local que, em 1602, se instalaram as freiras beneditinas transferidas do Mosteiro de Vitorino das Donas, em Ponte de Lima, após um conturbado processo.

Foi também na Praça Conde de Agrolongo que tiveram lugar imponentes comemorações do 10º aniversário da Revolução Nacional. Mas, antes ainda, era o local onde se realizava a feira semanal onde se vendiam os mais variados géneros de produtos e se juntavam toda a sorte de comerciantes e artesãos, para além de ter sido ali pela primeira vez praticado o futebol na cidade de Braga e terem lugar outras realizações desportivas.

Estátua do General Gomes da Costa na Praça Conde de Agrolongo, em Braga

Braga-cidade (33)

O Lar Conde de Agrolongo situa-se no antigo Convento do Salvador

Igreja do Pópulo

Braga-cidade (32)

Neste local formaram as forças militares que em 28 de maio de 1926 marcharam em direção a Lisboa para colocar termo à Primeira República

COLÓQUIO SOBRE LOBO IBÉRICO REALIZA-SE AMANHÃ EM ARCOS DE VALDEVEZ

A ACHLI – Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico, é uma associação sem fins lucrativos, que tem como objeto a preservação da paisagem natural e cultural de áreas sensíveis, com presença de lobo, em território nacional. A Associação tem vindo a implementar um conjunto de projetos de conservação do habitat do lobo, que se configuram como medidas compensatórias no âmbito dos processos de licenciamento de parques eólicos.

Considerando as notícias que têm vindo recentemente a público sobre os prejuízos causados pelo lobo na pecuária, a ACHLI achou que seria oportuno organizar um colóquio em Arcos de Valdevez sobre a situação da população lupina no Alto Minho.

Deste modo, irá decorrer no próximo dia 29 de maio no Auditório do Centro Municipal de Informação e Turismo de Arcos de Valdevez, pelas 14h00, o colóquio “O lobo no Alto Minho”. Esta iniciativa tem como objetivo congregar representantes de várias entidades públicas e privadas que atuam na área de distribuição do lobo, de forma a promover a divulgação e discussão sobre vários aspetos relacionados com a conservação do lobo no Alto Minho.

O colóquio é aberto a todos os interessados no tema.

HÁ 87 ANOS, TEVE INÍCIO EM BRAGA A REVOLUÇÃO NACIONAL QUE DERRUBOU A PRIMEIRA REPÚBLICA

Em 28 de Maio de 1926 ocorre um levantamento militar no norte de Portugal, com o objectivo de tentar repor a ordem no país, que durante os últimos dois anos (desde 1924) está continuamente à beira da guerra civil.

800px-Desfile_de_tropas_28_de_Maio_1926

Com um movimento sindicalista completamente controlado por sectores da esquerda anarquista, que provoca incidentes violentos, criam-se condições para a instalação de um regime de terror, em que os assassinatos e os atentados terroristas se sucedem todas as semanas.

A instabilidade política atinge uma situação de pré guerra-civil com confrontos entre unidades militares e com a sublevação de unidades do exército, nomeadamente da aviação do exército (na altura não havia Força Aérea).

A instabilidade generalizada atinge um ponto de ruptura e leva alguns dos principais comandos militares a uma revolta.

A revolução propriamente dita tem origem em Braga, a capital da província do Minho, uma das regiões mais povoadas de Portugal. O comando das operações é assumido pelo General Gomes da Costa, que chega à cidade na noite do dia 27.

A 28 de Maio, uma Sexta-feira é proclamado o movimento militar e inicia-se a movimentação de forças desde Braga para Lisboa. Ao longo do dia seguinte, Sábado, 29 de Maio, unidades militares de todo o país declaram o seu apoio aos militares golpistas, enquanto que em Lisboa a chefia da polícia também adere ao golpe.

Gomes da Costa comanda em Braga as forças do Regimento de Infantaria nº 8.

No entanto, opõem-se-lhe as forças comandadas desde o Porto pelo comandante da III Divisão do exército, Gen. Adalberto Sousa Dias, que manda as suas tropas avançar em direcção a Braga e assumir posições defensivas em Famalicão, a meio caminho entre o Porto e a cidade revoltosa.

Mas no dia seguinte, 29 de Maio, são anunciadas adesões ao golpe por parte de divisões militares com base em Vila Real, Viseu, Coimbra, Tomar e Évora (4ª Divisão), isolando as forças do Porto.

No Domingo, 30 de Maio o comandante da III Divisão anuncia que as suas forças também aderem ao golpe, deixando assim o caminho livre para as tropas de Gomes da Costa que marcham pelo Porto sem oposição.

O governo em Lisboa, verificando não ter qualquer capacidade para controlar a situação, apresenta a demissão ao Presidente da República Bernardino Machado.

Na Segunda-feira dia 31, o poder está formalmente nas mãos de Mendes Cabeçadas, com a resignação oficial de Bernardino Machado, embora nesse mesmo dia ainda ocorra a última sessão da Câmara dos Deputados e do Senado. O palácio de S. Bento, será encerrado na tarde dessa Segunda-feira pela GNR, e só voltará a receber deputados eleitos, 49 anos depois, em 1975.

Na Terça-feira, dia 1 de Junho, quatro dias depois de a coluna de tropas revoltosas ter saído de Braga, encontra-se em Coimbra, onde o líder da revolta militar declara a formação de um triunvirato governativo ao qual presidirá e que será também constituído por Mendes Cabeçadas e Armando Ochoa.

O movimento militar, transforma-se então numa autêntica revolução com a adesão de inúmeros sectores da sociedade portuguesa, desejosos de acabar com o clima de terror e violência que se tinha instalado no país.

No dia 3 de Junho, Quinta-feira, as tropas de Gomes da Costa chegam a Sacavém, e a situação aparece confusa, pois não há exactamente a certeza de quem deverá formar parte do novo governo. Entre as novas figuras, surge a do crucial Ministro das Finanças, um professor de Coimbra, que mais tarde assumirá a chefia do Governo, Oliveira Salazar.

No dia seguinte, Sexta-feira, 4 de Junho, o comando é transferido para a Amadora, onde chegam também forças da 4ª Divisão vindas de Évora.

No dia 7 de Junho de 1926, as várias colunas militares que entretanto se formaram efectuam uma parada militar em Lisboa que serve também como afirmação de força, na qual participam 15.000 homens.

A revolução implantou um regime militar que duraria formalmente até 1933, sendo seguido pela aprovação de uma nova Constituição e pela institucionalização do «Estado Novo», um regime autocrático em parte inspirado no movimento fascista italiano que tinha acabado de despontar em Itália, mas controlado pelos sectores católicos conservadores portugueses.

O regime implantado com a revolução de 28 de Maio, conseguiu recuperar da situação económica absolutamente caótica a que a chamada «República Laica» o tinha feito chegar após o golpe de 5 de Outubro de 1910.

No entanto, embora tivesse recuperado a economia do país, o regime implantado em 28 de Maio de 1926, entrou por sua vez (após o final da II Guerra) num lento processo de apodrecimento que acabaria por conduzir a um outro movimento de contornos idênticos, também dirigido pelos militares em 25 de Abril de 1974, que como o movimento de 28 de Maio, triunfaria por causa do enorme apoio que teve nas ruas.

Fonte: http://www.areamilitar.net/

GASPAR MOREIRA: UM ARCUENSE EM TERRAS DE OURÉM

Conta a lenda que “No dia 4 de Agosto de 1578, ficou prisioneiro dos mouros, Gaspar Moreira, Moço de Câmara de El-Rei Dom Sebastião, Filho de Pedro Alves Bandeira, 4º Neto do Grande Gonçalo Pires Bandeira, era natural de Arcos de Valdevez, Nossa Senhora da Natividade, que se venera nesta Igreja, livrou-o da prisão e cativeiro”. Esta descrição consta num painel de azulejos existente na escadaria que dá acesso à Igreja Paroquial de Rio de Couros, no Concelho de Ourém, reproduzindo uma antiga gravura que outrora existiu na sacristia da antiga igreja que entretanto foi demolida, dela atualmente não restando mais do que a torre sineira.

A imagem mostra a igreja de Rio de Couros, em 1961, pouco tempo antes de ser demolida. Foto restaurada em Foto Vítor, de Caxarias, a partir de original cedido por Joaquim Gaspar, de Sandoeira, a quem agradeço a sua amabilidade.

QUEM ERA GASPAR MOREIRA?

Gaspar Moreira, o herói da Lenda de Rio de Couros, era 4º neto de Gonçalo Pires Juzarte (Bandeira). Narra a História que, durante a Batalha de Toro, Gonçalo Pires Juzarte e outros portugueses, ao avistarem na escuridão da noite um grupo de cavaleiros castelhanos que, capitaneados por Pedro Velasco e Pedro Cabeza de Vaca, levavam o pendão de D. Afonso V como troféu de batalha, acometeram contra eles logrando recuperar a bandeira. Uma vez na sua posse, Gonçalo Pires levou o estandarte ao príncipe D. João que ainda se encontrava no campo de batalha com a sua ala.

BrsBANDEIRA.JPG

A bandeira em questão tratava-se da que os castelhanos haviam arrancado ao nosso porta-estandarte, o alferes D. Duarte de Almeida que haveria de ficar conhecido pelo “decepado” em virtude de a ter segurado com os dentes após lhe terem decepado os braços.

Como é sabido, o Príncipe veio a suceder a seu pai, o rei D. Afonso V, passando a reinar com o nome de D. João II. Então, como recompensa pelo feito de bravura, atribuiu a Gonçalo Pires Juzarte a tença de cinco mil reais e, tal como nos descreve o cronista Damião de Góis na sua “Crónica do Príncipe D. João”, foi ainda “satisfeito de armas de brasão, misturadas com fidalguia, que lhe o mesmo rei D. João concedeu, com alcunha e sobrenome de Bandeira”. Com efeito, o rei D. João II ordenou que Gonçalo Pires Juzarte e os seus descendentes passassem a usar o apelido de Bandeira e concedeu-lhe armas novas, datadas de 1483, as quais são as seguintes:

De vermelho, bandeira quadrada de ouro, hasteada do mesmo, perfilada de prata e carregada de um leão azul, armado e linguado de vermelho”. O timbre é constituído pelos móveis do escudo.

Gonçalo Pires Juzarte era natural de S. Martinho de Mouros que fica no concelho de Resende e tornou-se escudeiro honrado da casa do rei D. João II.

A LENDA DE RIO DE COUROS

A secção “Lendas de Portugal” que o Jornal “O Século” publicou em 25 de dezembro de 1970 narra-nos o seguinte:

“Porque, antigamente, abundavam, abundavam ali os curtumes, a terra passou a denominar-se Rio de Couros. Ao que se afirma, lá deve ter existido uma cidade ou grande povoação cujo nome se ignora, sendo também, de anotar que houve, nessa terra, uma capela consagrada a Nossa Senhora de Rio de Couros, ou Radecouros, como noutros tempos se dizia, e que, por fim, mudou para o título de Nossa Senhora da Piedade. Em escavações várias, feitas nas próximidades da igreja, foram encontrados não somente ossos de homens de grande estatura, crânios ainda com dentes, cipós, ou seja colunas próprias para a afixação de instruções de interesse público ou decisões do Senado romano, alicerces, pedaços de telha, tudo denotando grande antiguidade.

A fama do santuário da bonita e pitoresca localidade chegava longe, muita gente admirando o fervor religioso da população, de velhos e novos.

Em Rio de Couros passou a viver um dia, um homem, natural de Arcos de Valdevez, chamado Gaspar Moreira, que foi moço de câmara do rei D. Sebastião. Estava na corte de Lisboa quando o “Desejado” se encaminhou para África e travou com os mouros a célebre batalha de Alcácer Quibir, infausto combate ocorrido em 4 de Agosto de 1578, e no qual, entre outros portugueses e bons cristãos, intervieram, não só aquele monarca, como Gaspar Moreira, que ali ficou prisioneiro. A sua presença irritava constantemente os agarenos, que alimentavam o desejo de lhe dar morte violenta. Poucos cativos, como é da história, foram resgatados, e outros ali morreram em consequência de ferimentos que tiveram no duro combate, e, depois, cheios de fome ou maltratados. Os carcereiros mouros revelavam com as atitudes tomadas contra eles o seu rancor à Pátria lusitana.

Gaspar Moreira era tratado de maneira diferente pois estava preso à parte e às ordens de um oficial da moirama. Beneficiava de certo conforto na masmorra e de boa alimentação.

Numa noite luarenta, quando meditava sobre a sua vida, viu o tal oficial andar passeando perto dos muros da prisão. Na mão direita levava uma espada, e, com a esquerda, segurava uma forte corrente de ferro, a que prendia um grande e domado leão.

O lusitano, continuando junto das grades, ouviu, estupefacto e atemorizado, ele falar com a fera, dizendo que não tardaria muito que não lhe proporcionasse um farto banquete, pois o cristão estava engordando e ía atirar com ele para a sua boca para que o devorasse. Queria vingar-se dos portugueses, que tendo expulso os mouros das Espanhas, ali em Marrocos, os tinham, depois, atacado, mas sido vencidos por graça de Alá. Ante tal facto, atemorizado pela ideia de que o leão o mataria, recordou-se das suas romagens ao Santuário de Nossa Senhora de Rio de Couros, lembrando-se também da Batalha de Alcácer Quibir, dos seus companheiros de armas e de D. Sebastião, que ali tinha perdido a vida. No dia seguinte, viu entrar na prisão o oficial mouro que levava um pensamento: verificar se, com efeito, ele estava em condições de satisfazer o seu inclemente intento. Então, o agareno perguntou-lhe se desejava ficar liberto, ao que logo respondeu, afirmativamente. Nova atitude do oficial o deixou perturbadíssimo, pelo que fez uma prece a Nossa Senhora da Natividade para que, milagrosamente, o livrasse do cativeiro e o conduzisse para Portugal.

De repente, uma luz raiou na prisão, aparecendo-lhe a Virgem Maria com o Menino Jesus nos braços, fazendo-lhe sinal para que a seguisse. Então, as portas do cárcere abriram-se e ele acompanhou a sua libertadora, que, momentos após, desapareceu. De joelhos, tendo reconquistado a liberdade, agradeceu-a ao Céu e à Senhora da Natividade. Logrou, depois, regressar a Portugal, nessa altura já sob dominação castelhana, logo se dirigindo à ermida de Nossa Senhora de Rio de Couros para se lhe mostrar grato pelo seu milagre. Mais algum tempo passou e, quando sentiu a morte aproximar-se, rogou que o seu corpo – e assim se fez – fosse metido num caixão de pedra e sepultado junto da capela. Isso fortificou, justificadamente, a fé que já se tinha na miraculosa Senhora”.

19 julho 2008 069.JPG

Da antiga igreja matriz resta apenas a torre sineira.

ONDE SE SITUA RIO DE COUROS?

A Freguesia de Rio de Couros situa-se a norte do Concelho de Ourém, a poucos quilómetros de Fátima e da estação ferroviária de Caxarias.

Todos os anos, por ocasião do dia 15 de agosto, realizam-se naquela localidade os tradicionais festejos em honra de Nossa Senhora da Natividade, sendo uma das mais concorridas que ocorrem na região.

A atual igreja, de traça bastante moderna, foi construída em 1964 em substituição da antiga igreja matriz que foi demolida por se encontrar em adiantado estado de degradação, não se verificando à época sensibilidade suficiente para preservar o património edificado.

A anterior igreja era de uma só nave, com dois altares laterais, tendo na sua construção sido empregues fragmentos de cipos e outras pedras romanas, algumas das quais com inscrições. Do monumento desaparecido apenas resta a torre sineira, de construção setecentista. Na atual igreja de Rio de Couros guarda-se uma imagem em pedra, de Nossa Senhora da Natividade, com o menino ao colo, remontando muito provavelmente á época em que Gaspar Moreira ali viveu.

428808_4136585105471_1953667406_n

As gentes de Ourém festejam a Nossa Senhora da Natividade de Rio de de Couros

388088_4136587025519_2060852748_n

A procissão passa invariavelmente no local da antiga igreja matriz.

420071_4148401320869_215787642_n

Os festejos de Rio de Couros são um dos mais concorridos do Concelho de Ourém.

296980_4136561784888_1646605515_n

O bolo-de-arco é uma das especialidades da doçaria tradicional que marca presença nestas ocasiões de festa.

DIA DE PORTUGAL EM SANTOS (BRASIL) COMEMORADO COM FESTIVAL DE FOLCLORE

600500_465639106857339_1186141075_n

A programação do Dia de Portugal, marcado para o dia 9 de junho, na Praça Mauá, no Centro de Santos, já está pronta:

09:00 09:50 Orfeão do Centro Cultural Português

10:00 10:20 Solenidade de abertura

10:30 10:50 Rancho Folclórico Vasco da Gama

11:00 11:20 Grupo Folclórico Cruz de Malta

11:30 11:50 Grupo Filhos da Tradição

12:00 12:20 Rancho Folclórico da A. A. Portuguesa

12:30 12:50 Rancho Veteranos Apaixonados pelo Folclore

13:00 13:50 Rancho Folclórico Verde Gaio

14:00 14:20 Poetas Vivos

14:30 14:50 Rancho Folclórico Típico Madeirense

15:00 15:20 Vira Livre

15:30 15:50 Rancho Folclórico Tricanas de Coimbra

16:00 16:20 Grupo Fado por Acaso

16:30 16:50 Rancho Folclórico da Casa de Portugal de Praia Grande

17:00 17:50 Grupo Folclórico da Eira (de Newark - USA)

18:00 19:00 Marly Gonçalves, Ricardo Araújo e Renato Araújo

BIBLIOTECA MUNICIPAL DA PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE ENCONTRO COM ESCRITOR RICHARD TOWERS

É já no próximo dia 4 de junho que a Biblioteca Municipal da Póvoa de Lanhoso (na Casa da Botica) recebe a presença do escritor Richard Towers, que irá propor uma incursão pelo seu inovador mundo literário, através das obras “Tempo”, “Reflexos” e “O Desafio”, os seus mais recentes lançamentos.

tempo-Richard-Towers-3-450

Esta oportunidade dirige-se, em particular, ao público escolar, mas encontra-se aberta à participação de todas as pessoas interessadas, em geral.

Nesta abordagem, será possível penetrar no íntimo processo criativo do autor, ficando-se a conhecer os segredos por detrás da conceção do livro-relógio, do livro-espelho e do livro-xadrez, que têm a particularidade de permitir aliar a leitura a um elemento de decoração ou de utilidade.

Richard Towers, pseudónimo de Martinho Fernando Alves Torres, é candidato a vários prémios de inovação e promete edificar uma carreira ímpar através da sua visão única e original da literatura e do livro.

imagem-o-desafio-caixa-livro-e-peças

As marcações podem ser realizadas através do email sofia.freitas@mun-planhoso.pt Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou do número de telefone 253 693 708. Os horários serão definidos conforme a disponibilidade dos grupos.

Trata-se de mais uma iniciativa da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, que visa aproximar leitores/as e autores/as, incentivando à leitura, à escrita e estimulando a criatividade das pessoas participantes.

Reflexos-Richard-Towers-450

CRIANÇAS DA PÓVOA DE LANHOSO APRENDEM COM “UM CHÁ NÃO TOMA UM XÁ…”

Mais de 400 crianças de jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo assistiram, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, à apresentação encenada de “Um Chá Não Toma Um Xá…” de Sérgio Guimarães de Sousa. Este trabalho teve como objetivo ensinar os mais jovens a evitar usos incorretos da Língua Portuguesa.

Leitura encenada 4

No total, foram promovidas três sessões (às 10h00, às 11h00 e às 11h45), no passado dia 23 de maio. Assistiram a esta apresentação encenada crianças dos jardins de infância de Simães, Taíde, Sobradelo da Goma, São Gonçalo (da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso) e Donim (Guimarães) bem como das EB1 de Oliveira, de Taíde, de Arrifana e do Centro Educativo António Lopes.

“Um Chá Não Toma Um Xá...” fala de Bahabur, um simpático Xá, que vive num palácio com uma cozinheira mandona, Isolda, um criado meio medroso, Malaquias, e dois divertidos esquilos. Bahabur confronta-se com um problema sério: perdeu um belíssimo e precioso botão de punho em forma de caravela, que um amigo árabe,  Xeque Ben Aicha, lhe oferecera. À medida que procura o botão de punho, sucedem-se jogos de linguagem entre palavras homófonas e homógrafas. Neste sentido, a leitura deste engraçado livro ajuda as crianças a diferenciarem o sentido de vocábulos semelhantes do ponto de vista gráfico e/ou fónico.

Leitura encenada 3

VIZELA ASSINALA DIA INTERNACIONAL DO BRINCAR/JOGAR COM ATIVIDADE NA FEIRA DO LIVRO

“A brincar e a jogar, ao Dia da Criança eu vou chegar”

A Câmara Municipal de Vizela assinala o Dia Internacional do Brincar/Jogar, que se comemora no dia 28 de maio, com uma atividade na Feira do Livro. Trata-se de uma iniciativa que serve também para assinalar o Dia Mundial da Criança.

Partindo de um desafio lançado a nível nacional, pelo Instituto de Apoio à Criança (IAC), o concelho de Vizela participa na ação que tem por principal objetivo sensibilizar a população em geral para a importância do direito de brincar como fundamental para o desenvolvimento da criança e o seu modo de viver e de crescer. O lema da ação deste ano é “A Brincar e a Jogar ao Dia da Criança eu vou Chegar”.

Assim, no dia 28 de maio a partir das 14.30 esperam-lhe muitas surpresas! Participe no “filme” que preparamos para si!

O artigo 31º da Convenção sobre os Direitos da Criança das Nações Unidas afirma que Brincar é um direito. Deste modo, “o Dia Internacional do Brincar/Jogar é um dia para celebrar o Brincar, para lembrar que o Brincar é uma fonte inesgotável de prazer, alegria e aprendizagem, uma atividade fundamental para o desenvolvimento do ser humano, essencial para a saúde física e mental, e para construir uma sociedade melhor.” (IAC).

A ideia de assinalar o Dia Internacional do Brincar/Jogar (World Play Day) foi lançado na 8ª Conferência Internacional de Ludotecas em Tóquio, no ano de 1999, pela International Toy Library Association (ITLA), sendo que em 2001, numa reunião do Board da ITLA, em Florença, definiu-se a data 28 de Maio.

O Dia Internacional do Brincar/Jogar é comemorado em 25 países, entre os quais Portugal, tendo como princípio que brincar não tem idade, hora ou local. Assim, e na senda do que tem vindo a promover para desenvolvimento da qualidade de vida da população, a Câmara Municipal de Vizela associa-se ao movimento A brincar e a jogar, ao Dia da Criança eu vou chegar”.

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS INAUGURA MONUMENTO AO POETA ANTÓNIO FOGAÇA

Poeta António Fogaça inspira Dia da Freguesia em Vila Frescainha S. Martinho

No dia 11 de maio de 1863 nascia, em Vila Frescainha S. Martinho, o poeta António Fogaça. Para comemorar os 150 anos do seu nascimento, a Junta de Freguesia decidiu erguer um monumento ao poeta onde assinala o dia 11 de maio como Dia da Freguesia. A data foi escolhida pela população que, assim, homenageia António Fogaça, falecido com apenas 25 anos.

DSC_0143 - 1

Coube ao Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e ao Presidente da Junta, Américo Carvalho, inaugurar o monumento – localizado junto à rotunda – e simbolizar para sempre o Dia da Freguesia.

Na cerimónia foi evocada a vida e a obra de António Fogaça e declamados alguns poemas da sua autoria.

A inauguração decorreu no sábado, 25 de maio, dia em que a Junta de Freguesia realizou o seu convívio anual com os idosos e os amigos da freguesia, animado pela Banda do Galo.

O programa incluiu, também, a inauguração da remodelação da sede da Junta e oficialização da legalização do edifício, em cerimónia presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos.

A autarquia homenageou, ainda, o antigo Presidente da Junta, António Cardoso Gomes, com lápide na sede da Junta e com uma romagem ao cemitério.

PAREDES DE COURA REALIZA COLHEITA DE SANGUE

ADASPACO

ADASPACO – Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Paredes de Coura

Dia 29 de Maio | Quarta-feira 

09:00 às 12:30 | Casa do Dador de Paredes de Coura

A colheita será realizada pela ULSAM-Viana do Castelo

Compareça, dar sangue é dar vida!

É muito importante a sua participação, contamos consigo para dar sangue. Venha dar sangue e traga um amigo para participar pela primeira vez

Para mais informações/esclarecimentos:

CASA DO DADOR - SEDE SOCIAL DA ADASPACO

Avenida Cónego Dr. Bernardo Chouzal, n.º 37

4940-520 Paredes de Coura

Telefone 251783641

adaspaco@sapo.pt

CÂMARA MUNICIPAL PARTICIPA NA PRIMEIRA EDIÇÃO DA MAIOR OBRA SOBRE BARCELOS

Santa Casa da Misericórdia traz à luz do dia “Apontamentos para a História de Barcelos”, escritos há 97 anos

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, António Pedras, assinaram com António Luís Calheiros de Noronha Almeida Ferraz, um protocolo com vista à publicação dos “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Miguel da Costa Almeida Ferraz (1855-1916), uma das mais importantes obras sobre Barcelos, escrita há 97 anos e publicada agora em primeira edição.

DSC_0067 - 1

O protocolo foi assinado na sexta feira, 23 de maio, no Auditório da Câmara Municipal, dia em que foi apresentado o primeiro volume, no âmbito das comemorações do 513.º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos. O documento fixa as condições de cedência dos direitos de publicação por parte de António Luís Calheiros N. A. Ferraz, sobrinho-neto do autor da obra, sendo esta composta por 11 volumes que serão publicados à razão de um por ano. Os custos da edição são suportados em partes iguais pelo Município e pela Santa Casa.

Na sessão de assinatura do protocolo, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, congratulou-se pela iniciativa da Santa Casa em trazer à luz do dia uma obra que há muito se pretendia divulgada. O Presidente da Câmara referiu a importância da obra para o conhecimento de Barcelos, salientando o facto do autor ter sido administrador do concelho, vereador e vice-presidente da Câmara no tempo de José Júlio Vieira Ramos. Por isso, a publicação dos “Apontamentos para a História de Barcelos”, disse ainda Miguel Costa Gomes é, também, o reconhecimento do Município pelo trabalho que o autor desenvolveu durante vários anos na Câmara Municipal de Barcelos.

Por sua vez, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, António Pedras, referiu a conjugação de vontades para a publicação da obra, destacando o acordo com o proprietário dos manuscritos, a disponibilidade do historiador Pe. António Júlio Limpo Trigueiros para organizar e dirigir a publicação dos “Apontamentos” e o apoio imediato do Município de Barcelos. Graças a esta conjugação foi possível materializar um antigo propósito da Santa Casa e levar aos barcelenses uma obra que passa a ser uma referência na historiografia da cidade e do concelho.

O Provedor referiu-se, ainda, ao percurso público e vida de António Miguel da Costa Almeida Ferraz, sublinhando o trabalho importante que desenvolveu na Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, da qual foi Provedor.

O autor nasceu em 1855 na Casa do Tanque, em Barcelinhos. Descendente de uma antiga família legitimista, era o segundo de cinco irmãos. Formou-se em Medicina pela Escola Médico-Cirúrgica do Porto e foi médico-cirurgião em Barcelos.

Iniciou em 1894 a obra “Apontamentos para a História de Barcelos”, até à sua morte, em 1916. Durante 22 anos, o médico reuniu, em 11 volumes, importante informação que deu origem ao “maior trabalho que alguma vez se escreveu sobre Barcelos e que se encontrava desconhecido do grande público”, como refere António Júlio Trigueiros

ESTÁDIO MUNICIPAL MORBER ACOLHE 2ª EDIÇÃO DO TORNEIO INTER-FREGUESIAS DE CAMINHA

O vencedor do torneio vai ser conhecido no dia 22 de junho

Já é conhecido o calendário de jogos para a 2ª edição do Torneio de Futebol de 7 Inter-Freguesias Concelho de Caminha. Na sexta-feira, dia 24, decorreu o sorteio das equipas e foi elaborado o mapa de jogos. A primeira jornada começa no dia 1 de junho.

Sorteio equipas Inter-freguesias 2013 (2)

 “Esta é uma prova para promover o convívio e para estimular a prática de um estilo de vida saudável”, revelou Flamiano Martins. “Gostávamos que fosse um torneio salutar, com competitividade, mas sem rivalidades”, acrescentou o vice-presidente e vereador com o pelouro do Desporto.

Presente no sorteio de equipas esteve também Costa Valente, o presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Viana do Castelo, uma vez que o torneio vai contar com a colaboração de árbitros federados.

As equipas em competição são: Âncora, Caminha, Gondar, Moledo, Orbacém, Seixas, Vila Praia de Âncora, Vilar de Mouros e Vile.

Todos os jogos vão decorrer no Estádio Municipal Morber. A final decorre no dia 22 de junho.

Sorteio equipas Inter-freguesias 2013 (1)

MOITA FLORES ABRE DÉCIMA EDIÇÃO DA FEIRA DO LIVRO DE VIZELA

Francisco Moita Flores esteve em Vizela, na passada sexta-feira, para a abertura oficial da décima edição da Feira do Livro de Vizela.

Abertura 10.ª Feira Livro Vizela

O escritor apresentou o seu mais recente livro “As aventuras de maresia do mar”, perante uma atenta plateia de alunos da Escola Básica e Secundária Vizela, Infias.

Moita Flores falou da importância do livro, da sua paixão pela escrita, incentivando os mais jovens a lerem muito.

O Edil Dinis Costa agradeceu a presença do escritor Francisco Moita Flores e lembrou mais uma vez que, apesar dos constrangimentos financeiros, a Câmara vai continuar a sua aposta na Cultura e, consequentemente, na Feira do Livro.

A Feira do Livro de Vizela está patente na no Museu dos Bombeiros Voluntários até ao próximo dia 2 de junho.O programa do evento é composto por várias atividades diárias, como exposições, dança, música, teatro e apresentação de livros, tendo como principal interveniente a comunidade educativa e as demais instituições locais.

10.ª Feira do Livro de Vizela

Museu dos Bombeiros Voluntários de Vizela

24 de maio a 2 de junho

Horário:  Semana: 10.00h – 13.00h / 14.00h – 22.00h

Sábado e domingo - 14h30 às 19h30

FEIRA DO LIVRO ENCHE CELORICO DE BASTO DE CULTURA

A V Feira do Livro de Celorico de Basto foi um autêntico sucesso. O certame decorreu de 21 a 25 de maio e permitiu à população assistir a um vasto programa com escritores, exposições, música e teatro, num espaço repleto de livros para todos os gostos.

_DSC5101

O dia de abertura é aquele que mais desperta a atenção e este ano não foi exceção. De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, foi um dia marcante. “Todos os dias de feira foram importantes e muito ricos culturalmente mas o dia de abertura foi o mais marcante sobretudo pela carga emocional implícita”. O autarca salientou a importância do evento para aqueles que abraçam a cultura. “A Feira do Livro é um evento cultural por excelência neste concelho que arrasta milhares de pessoas a cada edição e que permite a apresentação de escritores consagrados mas e, sobretudo, que os nossos escritores tenham voz e possam dar-se a conhecer à população”.

Em dia de abertura a V edição da Feira do Livro contou com a presença da autora Fernanda Serrano com o livro “Também há finais felizes” apresentada pelo patrono da Biblioteca Municipal, Marcelo Rebelo de sousa, uma sessão que encheu o auditório dos Bombeiros Voluntários Celoricenses. Destacou-se no dia 24 a presença do Jornalista e Escritor Júlio Magalhães e o ex-futebolista Paulo Futre que apresentaram os “Jogos Solidários” e, em dia de encerramento o destaque incidiu na presença das escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada que apresentaram mais um livro de aventuras e a presença do jornalista João Fernando Ramos com o livro “D. João I”. Como habitualmente as apresentações estiveram a cargo do Professor Marcelo Rebelo de Sousa. Antes das cerimónias protocolares toda a comitiva foi convidada a participar na atividade “Educação Ambiental” que consistiu na plantação de árvores pela Ecopista do Tâmega.

_DSC4931

O certame contou ainda com a apresentação do livro do Celoricense David Gomes “Em Linguagem Poética – Viver, Lutar e Vencer”, do médico e professor Catedrático Jubilado de Medicina, Levi Guerra, com o livro “Rim Artificial – Uma história de afetos”. A escritora Inês Vinagre apresentou o livro “O Homem da nuvem escura”, a escritora Rosa Duarte com o livro “Bichos com Riso, Rimas com Siso”, o escritor Afonso Valente Baptista apresentou a obra “A indiferença é morrer com a solidão aos pés da cama”, a escritora celoricense Aida Araújo Duarte com o livro “Filha da Montanha e do vento”, e o escritor mondinense Luís Jales de Oliveira com o livro “Camélias de Basto”.

Foi ainda destaque a apresentação do livro “No Fundo do Mar” da autoria das crianças do Ensino Especial do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, o vídeo “Geração Inter geracional”.  

O momento era de cultura por isso, foi entregue o prémio nacional de leitura aos alunos premiados e o Guia Juvenil da Rota do Românico aos Professores do 1º ciclo de ensino.  

Outras atividades marcaram a V edição da Feira do Livro este ano sobre o tema “Cidadania”. Como habitualmente o certame contou com a participação ativa do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto com ênfase para o “Parlamento Jovem” que permitiu a discussão e recolha de ideias em benefício do concelho e da população. Contou também com a intervenção dos alunos da Escola Profissional de Fermil que interpretaram, no comércio local, alguns poemas de Fernando Pessoa e Heterónimos.

_DSC5357

_DSC6069

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PONTE DE LIMA PROMOVE CONCURSO CONCELHIO DE LEITURA

A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima realiza no próximo dia 30 de maio, às 10h30, a entrega dos prémios do Concurso Concelhio de Leitura. A iniciativa que decorreu ao logo do mês de maio contou com a participação dos alunos dos Agrupamentos de Escolas do concelho de Ponte de Lima.

A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima organizou durante o mês de Maio uma série de iniciativas culturais e pedagógicas, cujo objectivo passa por incentivar a leitura aos mais novos.

No âmbito das diversas actividades programadas, o destaque vai para o Concurso Concelhio de Leitura que incide particularmente sobre os alunos do 2º ciclo do ensino básico. Em parceria com as Bibliotecas Escolares das escolas do 2º ciclo, o concurso consistiu na promoção da leitura de duas obras literárias, nomeadamente, O Rio das framboesas, da autoria de Karen Wallace, Os quatro músicos - conto extraído do livro Contos e lendas de Portugal e do mundo, da autoria de João Pedro Mésseder e Isabel Ramalhete.

O trabalho colaborativo pretendeu promover a leitura e avaliou a aquisição de conhecimentos através de exercícios que foram desenvolvidos no âmbito escolar.

Os vencedores serão premiados com livros e outros materiais didácticos e pedagógicos. Todos os participantes recebem ainda um certificado de participação.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE VIZELA APRESENTA “UM BOCADINHO MAIS” DE YANITZIA CANETTI

Sábados na Biblioteca

“Um bocadinho mais” de  Yanitzia Canetti

No âmbito da atividade Sábados na Biblioteca, a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes promove, no próximo dia 1 de junho, às 15.30h, a atividade “Um bocadinho mais” de  Yanitzia Canetti.

De lembrar que a Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes apenas está aberta no primeiro sábado de cada mês, com a atividade Sábados na Biblioteca, das 15h30 às 17h30, estando encerrada nos restantes sábados do mês.

Sábados na biblioteca

1 de junho, 15h30

“Um bocadinho mais” de  Yanitzia CanettiSe um elefante se balança numa teia de aranha, porque é que eu não posso balançar-me no ramo de uma árvore. Assim começa a história de um elefante espampanante que, depois de se meter em apuros, pede ajuda à zebra, ao macaco, ao camelo e até ao animalzinho mais insignificante da floresta. Quem será?

Atividade gratuita.

CORPO NACIONAL DE ESCUTAS FOI CRIADO EM BRAGA HÁ NOVENTA ANOS

Passam hoje precisamente 90 anos sobre a data da constituição em Portugal de Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português (CNE). Foram seus fundadores o então Arcebispo Primaz de Braga, D. Manuel Vieira de Matos e o Dr. Avelino Gonçalves, depois de no ano anterior terem assistido em Roma ao desfile de vinte mil escuteiros no âmbito do Congresso Eucarístico Internacional que ali se realizou.

As principais celebrações da comemoração da efeméride têm lugar na cidade de Braga, tendo-se iniciado com a realização, no passado dia 25 de maio, do Conselho Nacional Plenário no Seminário de Nossa Senhora da Conceição e ainda, no Campo Escola de Fraião, de um Fogo de Conselho que contou com a presença de todos os conselheiros. Ontem foi celebrada missa de ação de graças, presidida pelo Arcebispo de Braga, na Sé, seguida de romagem ao túmulo de D. Manuel Vieira de Matos.

Hoje, em Lisboa, terá lugar na Sede Nacional do Corpo Nacional de Escutas o lançamento do livro “O Sonho Comandou a Vida” que relata a história do escutismo português, cerimónia que contará com a presença do Cardeal D. José Policarpo, Patriarca Emérito de Lisboa, do autor Vasco Reis e do Chefe Nacional do CNE, Carlos Alberto Pereira.

Numa mensagem dirigida ao CNE e difundida através do site oficial na internet da Arquidiocese de Braga, D. Jorge Ortiga pede “fidelidade” aos objetivos originais do movimento lembrando que “urge ir sempre às raízes: aí encontramos o caminho para o presente com garantias de continuidade no futuro”.

O escutismo foi criado em 1907 por Lor Robert Baden-Powell como um movimento educacional, voluntário, à escala mundial e sem fins lucrativos, preconizando o desenvolvimento da juventude através de um mode de vida saudável em contato com atividades ao ar livre, em trabalho de equipa, um sistema de valores que privilegia a honra, fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e a disciplina.

Com sede em Genebra, na Suíça, calcula-se que existam atualmente cerca de 30 milhões de escuteiros espalhados por todo o mundo. Em Portugal, o CNE é a maior organização juvenil, contando com cerca de 65 mil escuteiros, encontrando-se o Distrito de Braga como o mais representado com mais de 15 mil escuteiros recenseados.

nos-ligacoes

ARCEBISPO DE BRAGA, D. JORGE ORTIGA, APELA À “FIDELIDADE AO MOVIMENTO” NAS COMEMORAÇÕES DOS 90 ANOS DO CORPO NACIONAL DE ESCUTAS (CNE)

D_ Jorge Ortiga

Fidelidade ao Movimento

O pensamento hodierno está dominado por uma certa tendência de relativismo, numa vontade de se adaptar ao mais conveniente ou ao que poderá proporcionar maior satisfação pessoal. Daí que algumas palavras estejam a ser “retiradas” dos comportamentos quotidianos das pessoas e das instituições.

Situo neste contexto a “fidelidade” por aquilo que ela significa e, particularmente, por aquilo que ela supõe e exige. Só que, importa reconhecê-lo, não é a sua maior ou menor aceitação que permite o aquilatar da sua importância para a sociedade e para a Igreja. Talvez o prestar-lhe pouca atenção explique a situação de muitos setores da vida humana.

Daí que, ao celebrar os 90 anos do C.N.E., me atreva a solicitar um acolhimento efetivo duma fidelidade ao Movimento, para que ele seja aquilo que motivou a sua fundação. Urge ir sempre às raízes: aí encontramos o caminho para o presente com garantias de continuidade no futuro.

Reconheço ser necessário um conhecimento do contexto social e eclesial que possa justificar um enquadramento marcado pela inovação pedagógica. Fundamental é que, na linha do Fundador, a dimensão religiosa não seja esquecida, de modo a que o “Escuta se orgulhe da sua fé”, conscientes de que, no C.N.E., é a fé católica como a Igreja a propõe.

A coincidência deste aniversário com a celebração do Ano da Fé não pode ser desconsiderada. Para mim, indica um sentido a percorrer, aceitando como inquestionável o serviço à Fé que poderá dar um sentido à juventude e fazer com que esta cresça na liberdade de se sentir Igreja Católica, com as implicações teóricas e práticas que isto possa trazer. A hora atual não se pode contentar com as ambiguidades. Deve aceitar a autenticidade e não percorrer caminhos que desvirtuem um itinerário percorrido por milhares de escuteiros.

É neste sentido que, neste aniversário, louvo a Deus por quantos se disponibilizam por servir a juventude em nome e como Igreja. Peço, ao mesmo tempo, que ousemos não fugir da rota ainda que possa ser exigente.

Fazendo isto, estaremos a homenagear D. Manuel Vieira de Matos e a dizer-lhe que a sua obra está a produzir os frutos da semente que ele colocou em Portugal. Esta é a verdadeira homenagem!

Cantemos hinos de ação de graças pelo trabalho incansável de tantos que nos antecederam. Saibamos ser dignos continuadores. Estejamos “alerta” de modo que nos “orgulhemos” de ser, verdadeiramente, Corpo Nacional de Escutas. Como sucessor de D. Manuel Vieira de Matos, presto a minha homenagem a esta peleia de homens-novos marcados pelo ideal Escutista. A todos um bem-baja e que o entusiasmo nunca esmoreça!

Uma canhota escutista,

† Jorge Ortiga, A.P

PONTE DE LIMA REALIZA FEIRA PARA TROCA DE BRINQUEDOS ANTIGOS

Feira de Trocas de Brinquedos Antigos. 8 e 9 de Junho / Largo da Alegria – Arcozelo

O Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima, situado na Casa do Arnado no Largo da Alegria, em Arcozelo, promove, nos dias 8 e 9 de junho, uma Feira de Trocas de Brinquedos Antigos.

A mostra conta com a participação de vários colecionadores nacionais e da Galiza, que aproveitam para expor ou efetuar trocas de brinquedos antigos. Podem ser encontrados, entre outros, bonecos, soldados, jogos, carrinhos, materiais escolares, que, sendo intemporais, continuam a povoar o imaginário dos mais graúdos e a surpreender, pela sua simplicidade, os mais pequenos.

O Museu do Brinquedo Português constitui, desde a sua abertura em junho de 2012, uma alternativa de grande interesse turístico e cultural e leva-nos a fazer uma viagem ao passado através das peças expostas. Devidamente datados e enquadrados nas épocas em que se inserem, os brinquedos do Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima acompanham e assinalam, de forma visível, as mudanças sociopolíticas que aconteceram a nível mundial e condicionaram o fabrico dos brinquedos. Mais do que meros objetos lúdicos, podemos encontrar, no Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima, peças educativas com alma e com história.

A Feira de Trocas pode ser visitada no dia 8, das 10h às 19h e no dia 9 de junho, das 10h às 17h00.

CASA DE PORTUGAL DE CAMPINAS (SÃO PAULO – BRASIL) ORGANIZA SEMANA CULTURAL PORTUGUESA

frente

verso

A Casa de Portugal de Campinas, no Estado de São Paulo, Brasil, leva a efeito de 3 a 10 de junho a XVIII Semana Cultural Portuguesa destinada a divulgar  a cultura, tradições e gastronomia portuguesa na cidade e região de Campinas.

A Semana Cultural Portuguesa em Campinas inclui a celebração de cerimónias religiosas e realização de cortejos etnográficos, cursos de culinária portuguesa, espetáculos musicais e atividades recreativas entre outras iniciativas.

Este ano, a Casa de Portugal recebe o Rancho Folclórico “A Eira”, de Newark, deslocando-se propositadamente do Estado de New Jersey, nos Estados Unidos da América, para participar naquele grandioso evento que visa simultaneamente comemorar o Dia de Portugal junto da comunidade portuguesa ali radicada.

A Casa de Portugal de Campinas divulga informação mais detalhada no seu site oficial em www.casadeportugalcamp.com.br

RUSGA DE S. VICENTE DEBATE ACESSIBILIDADES E MOBILIDADE EM BRAGA

Convite_68_31maio

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, leva a efeito a 68ª edição dos “Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras”, a ter lugar na sede social desta associação, sita na Av. Artur Soares (Palhotas) nº 73 em Braga, no dia 31 (sexta-feira) de maio de 2013, pelas 21:30h, que terá por convidados José Barros (tetraplégico) e Prof. Baptista da Costa (especialista em acessibilidades e mobilidade), cujo tema será: “Acessibilidades e mobilidade em Braga - Testemunhos de um tetraplégico” (parte I)

Os momentos artísticos que o alinhamento dos “Serões/Tertúlias” contemplam, serão da responsabilidade da flautista Ana Catarina Barros e da Rusga de São Vicente

TAÇA DE PORTUGAL: MINHOTOS TORCEM PELO VITÓRIA DE GUIMARÃES

taça-de-portugal

Os vimaranenses enchem por completo o Largo do Toural para aplaudir o Vitória Sport Clube. Milhares de minhotos afluíram ao Estádio Nacional para apoiar a equipa minhota. Apesar das simpatias que muitos minhotos nutrem pela equipa do Sport Lisboa e Benfica, o Minho torce pelo Vitória Sport Clube, esperando que a Taça de Portugal venha para Guimarães!

Fotos: https://www.facebook.com/vitoriasportclube

576650_10151487879778167_1229965786_n

375025_10151487937653167_12386064_n

Pág. 1/5