Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

NAVIO GIL EANNES CHEGOU A VIANA DO CASTELO HÁ QUINZE ANOS

Navio Museu Gil Eannes – 15 º Aniversário da chegada a Viana do Castelo

Assinala-se, hoje, dia 31 de Janeiro, o 15º aniversário do regresso do Navio Hospital Gil Eannes a Viana do Castelo, onde foi recebido festivamente na Foz do Lima e depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como pólo de atratividade para Viana do Castelo como memória viva do passado marítimo da cidade e do país.

1 N Gil Eannes_saidaViana do Castelo_1955

Para assinalar a data, a Fundação Gil Eannes durante o dia de hoje, disponibiliza gratuitamente visitas guiadas às escolas que o solicitam, bem como entrada gratuita a todos os que quiserem visitar o Navio Museu.

Recorde-se que a Fundação Gil Eannes considerando o navio hospital património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses.

O Navio Hospital Gil Eannes foi construído nos Estaleiros de Viana do Castelo em 1955 e apoiou, durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia. A partir desta data, embora a sua principal função fosse prestar assistência hospitalar aos pescadores e tripulantes da frota bacalhoeira, o Gil Eannes foi também navio capitania, navio correio, navio rebocador, garantindo abastecimento de mantimentos, redes isco e combustível aos navios da pesca do bacalhau.

O Gil Eannes que se encontra aberto ao público todos os dias das 9H00 às 17H30, já registou nestes 15 anos 604 654 visitantes.

A Fundação Gil Eannes

capture3

6 N Gil Eannes _entrada docas dos Estaleiros Navai

9 N Gil Eannes_atracado doca comercial de Viana do

AGENDA DAS ATIVIDADES PREVISTAS PARA FAFE EM FEVEREIRO 2013

Dia 6 | Cinema

EXIBIÇÃO DO FILME “ARISTIDES SOUSA MENDES – O CÔNSUL DE BORDEUS”, DE JOÃO CORREA, E FRANCISCO MANSO

Com Carlos Paulo, João Cabral, Laura Soveral, Leonor Seixas, São José Correia, Vítor Norte

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

País: Portugal (2011)

Duração: 90’

Preço: 2,5 €

Classificação: M/16

Dia 8 | Carnaval

DESFILE CARNAVALESCO DAS ESCOLAS PELAS RUAS DA CIDADE

Concentração às 09h30, na Praça Mártires do Fascismo

Dia 8 | Cinema

"O BILHETE"

Exibição da curta-metragem que resulta da oficina de Expressão Dramática, Corporal e Audiovisual desenvolvida, como projeto piloto, com alunos da Escola Prof. Carlos Teixeira.

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

Promoção: Cineclube de Fafe e Kairos - Produções Culturais.

Apoio: Município de Fafe e Agrupamento de Escolas Prof. Carlos Teixeira

Entrada livre.

Dia 9 | Sarau cultural

“UMA ROSA PARA TI” (DIA DOS NAMORADOS)

Poesia | Teatro | Música | Bailado

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Duração: 90’

Classificação: M/3

Entrada livre: sujeita ao levantamento de ingressos nos locais habituais

Promoção: Núcleo de Artes e Letras de Fafe

Apoio: Município de Fafe

Dia 13 | Cinema

EXIBIÇÃO DO FILME “CIRKUS COLUMBIA”, DE DANIS TANOVIĆ

Com Miki Manojlović, Mira Furlan, Boris Ler e Jelena Stupljanin

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

País: Bósnia e Herzegovina (2010)

Duração: 113’

Preço: 2,5 €

Classificação: M/12

Dia 16 | Música

ORQUESTRA PORTUGUESA DE GUITARRAS E BANDOLINS

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Academia de Música José Atalaya

Preço: 2 €

Duração: 70’

Classificação: M/4

Promoção: Academia de Música José Atalaya

16. Orquestra Portuguesa de Guitarrase   Bandolins

Dia 20 | ABERTURA DA EXPOSIÇÃO DE MÁSCARAS DE CARNAVAL

Biblioteca Municipal, às 18h00. Patente até 24 de Março.

Dia 21 | Cinema
"QUINTA DO CINEMA"

Exibição do filme "Il Postino" [O carteiro de Pablo de Neruda], de Michael Radford.

Convidado: César Miranda de Freitas [Diretor da Escola Superior de Tecnologias de Fafe | IESF]

Casa Municipal de Cultura de Fafe, às 21h30

Promoção: Cineclube de Fafe e Kairos - Produções Culturais.

Apoio: Município de Fafe

Entrada livre.

Dia 22 | CONVERSA ÍNTIMA COM A FADISTA KATIA GUERREIRO

Sala Manoel de Oliveira, às 16h00

Dia 23 | Dança

WORKSHOP PENSARTE: "DANÇAS LATINAS"

Formadores: Ricardo Abelhas e Sandra Nogueira

Inscrições até 16 fevereiro em http://kairoscultura.wix.com/kairospc ou através de kairos.cultura@gmail.com.

Casa Municipal de Cultura de Fafe, das 10h00 às 17h00

Promoção: Kairos - Produções Culturais.

Apoio: Município de Fafe

Dia 23 | Música

KATIA GUERREIRO

Concertos Íntimos

Teatro-Cinema de Fafe, às 21h30

Preço: 10 €

Duração: 90’

Classificação: M/3

Dia 24 | Cinema

EXIBIÇÃO DO FILME “BLACK HEAVEN - O OUTRO MUNDO”, DE GILLES MARCHAND

Com Grégoire Leprince-Ringuet, Louise Bourgoin, Melvil Poupaud, Pauline Etienne, Pierre Niney e Ali Marhyar

Sala Manoel de Oliveira, às 21h30

País: França (2010)

Duração: 105’

Preço: 2,5 €

Classificação: M/12

Dia 26 | Movimento

"100 DRAMAS"

Os participantes serão convidados à leitura (também ao dizer) através do exercício mimético e da procura do corpo como meio de expressão. 100 dramas estabelece-se em exercícios lúdicos, dramáticos, musicais e de movimento, promovendo uma relação entre corpo | espaço | ritmo | texto, potenciando um porto de ida à criação de múltiplos modos de diálogo expressivo, facultando a abertura a insondadas geografias do mundo literário e cimentando e reinventando a relação com outras bem nossas conhecidas.

Casa Municipal de Cultura de Fafe, às 21h30

Promoção: Kairos - Produções Culturais.

Apoio: Município de Fafe

Entrada livre.

AGENDA DO TEATRO-CINEMA – INGRESSOS DISPONÍVEIS EM 1 DE FEVEREIRO

Os ingressos para os espetáculos a realizar no mês de fevereiro no Teatro-Cinema de Fafe estarão disponíveis a partir do dia 1, no Posto de Turismo, com os seguintes preços.

Dia 9 | Sarau cultural “Uma Rosa para Ti”

Entrada livre: sujeita ao levantamento de ingressos

Dia 16 | Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins

Preço: 2 €

Dia 23 | Katia Guerreiro - Concertos Íntimos

Preço: 10 €

PÓVOA DE LANHOSO: WORKSHOP DEBATE ESTRATÉGIAS PARA O EMPREENDEDORISMO

“Empreendedorismo - Estratégia Europeia e Apoios Locais” é como se designa o workshop que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e o projeto Minhoempreende promovem no próximo dia 8 de fevereiro, a partir das 9h00, no Theatro Club.

Workshop

O Eurodeputado José Manuel Fernandes, que recentemente editou o livro “Sem Fronteiras” (com vista a informar os jovens sobre todos os programas e projetos europeus a eles dirigidos e aos quais se podem candidatar), é um dos convidados para dinamizar esta sessão.

É também objetivo deste workshop apresentar o projeto Minhoempreende, que representa um Projeto Âncora da EEC/Estratégia de Eficiência Coletiva MINHO IN, reconhecido como EEC PROVERE, em que a aposta estratégica passa pela valorização do potencial do território de baixa densidade, projetando-se num conjunto de redes empresariais, institucionais e temáticas.  

O Minhoempreende vem reforçar o trabalho que tem sido desenvolvido localmente e de forma muito próxima irá articular com o Gabinete de Apoio ao Empreendedorismo, que é uma resposta integrada no I eixo de intervenção do projeto Territórios_In –Contratos Locais de Desenvolvimento, através do qual o Município da Póvoa de Lanhoso possibilita, de forma gratuita, informação das medidas de apoio existentes para a criação do próximo emprego bem como apoio para a elaboração de projetos de empreendedorismo local. Durante este workshop será também apresentado o trabalho no âmbito do Territórios_In.

O programa prevê, para as 9h00, a receção aos participantes; para as 9h30, a abertura, com intervenções do Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, e do Presidente do SpinPark, Manuel Mota. Para as 10h00, está prevista a intervenção designada “Estratégia Europeia para o Empreendedorismo Jovem” pelo Eurodeputado José Manuel Fernandes, seguindo-se duas intervenções no âmbito das “Respostas Locais ao Empreendedorismo”: a Administradora da Sol do Ave, Mafalda Cabral, irá abordar o projeto Territórios_In e o Administrador da ADRAVE, Joaquim Lima, irá falar sobre o Minhoempreende. Depois é a vez de serem apesentadas Boas Práticas neste domínio, estando o encerramento previsto para as 11h30.

São destinatários jovens do ensino secundário e ou profissional, jovens licenciados ou estudantes do ensino superior, pessoas desempregadas e população, em geral.

PRESIDENTE DA CÃMARA MUNICIPAL DE BARCELOS ACOMPANHA AÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO DA FRUTA ESCOLAR

Ação realiza-se amanhã, sexta-feira, dia 1 de fevereiro, às 15h00, na EB1 de Alvelos

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, acompanha, amanhã, sexta-feira, dia 1 de fevereiro, às 15h00, na Escola do 1.º Ciclo de Alvelos, uma ação de distribuição de fruta escolar, no âmbito de um programa alimentar e pedagógico alargado aos cinco mil alunos das escolas do 1.º ciclo do concelho, desenvolvido pelo Município.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CELORICO DE BASTO CELEBRA PROTOCOLO COM FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL

Celorico de Basto é um concelho que apoia o desporto nas suas diversas modalidades e viu ontem, 30 de janeiro, a celebração de um protocolo, na EB 2,3/S de Celorico de Basto, que apoia a prática do andebol com incidência no projeto “Inovar para vencer – A escola e família como meta”.

protocolo de andebol (2)

A Federação de Andebol de Portugal já tinha assinado um protocolo anteriormente com a Câmara Municipal de Celorico de Basto e agora, reiterou o apoio à modalidade no concelho com o protocolo assinado com o Agrupamento de Escolas.

A autarquia mantém o apoio que sempre deu à promoção da modalidade como referiu o vereador do Desporto, Fernando Peixoto, presente na iniciativa. “ A autarquia mantém e reitera o apoio à promoção desta modalidade nos diferentes âmbitos de intervenção, ciente de que se trata de um projeto inovador e que irá fomentar um crescimento mais saudável das crianças envolvidas” referiu.

O presente protocolo permitirá tornar o clube de andebol existente, “o BECA - Bastinhos” – Escola Clube de Andebol, num clube federado na Associação de Andebol de Braga, presidida por Manuel Moreira, presente na sessão, e que representará o concelho na modalidade a nível distrital e quem sabe, nacional.

Segundo o vice presidente da Federação de Andebol de Portugal, Augusto Silva, está a ser feito um “trabalho fenomenal a nível do concelho na promoção do andebol que é um veículo difusor de práticas sociais solidárias e acarreta uma componente lúdica de caráter formativo e educativo como veículo harmonioso de crescimento físico e psíquico”, observou.  

Na mesma ordem de ideias o diretor do Agrupamento de Escolas, Marcelino Mota, afirmou que é com orgulho que aceitam os projetos que lhe são propostos, sendo um agrupamento entusiasta em todas as modalidades. Alias, referiu que “o desporto escolar potencia a evolução dos jovens não só ao nível desportivo mas também intelectual logo, o agrupamento apoiará todos os desafios impostos pela modalidade” concluiu.

O responsável pelo projeto, João Varejão, afirmou que trabalhar em Celorico de Basto é uma mais-valia porque as “ideias não ficam no papel, pelo contrário, concretizam-se”.

Com este protocolo para além de tornar o clube federado e incidir no projeto “Inovar para vencer – A escola e família como meta” estará acoplada a componente da formação voltada para os professores de todos os níveis de ensino a cargo do Centro de Formação de Basto.

protocolo de andebol (1)

PÓVOA DE LANHOSO: PARCEIROS DO Especial.Mente PROGRAMAM MAIS UM ANO DE ATIVIDADES

O Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, presidiu a uma reunião de trabalho envolvendo as entidades parceiras do projeto Especial.Mente em execução há um ano.

Reuniao Especial Mente 1

Este encontro ficou marcado pela assinatura do protocolo, que assinala a integração da ASSIS na rede de parceiros do projeto.

De entre outros aspetos, esta sessão serviu ainda para planear os próximos meses, através da recolha de contributos dos representantes dos parceiros da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso no âmbito desta resposta social, direcionada para um público muito específico, sinalizado e encaminhado pelo serviço de atendimento e acompanhamento social da autarquia. A possibilidade de serem realizadas visitas a diferentes locais e espaços, dentro e fora do concelho, de alargar o leque de atividades propostas aos utentes, de ser realizada formação específica de acordo com os interesses manifestados são algumas das medidas propostas para este novo ano, para além da continuidade de novas já em implementação.

Durante esta reunião, a coordenadora do projeto, Eliana Oliveira, ainda apresentou o resultado da aplicação de inquéritos não só aos utentes como aos representantes das entidades parceiras para avaliação do primeiro ano de implementação do Especial.Mente. Realizou também um balanço, indicando o número de participantes (cerca de 12), o número de sessões, as atividades realizadas e recordou os objetivos do projeto, que tem como filosofia “Estar e manter-se socialmente integrado e emocionalmente compensado”.

Esta reunião de trabalho permitiu ainda que os representantes das entidades parceiras expressassem a sua opinião e expectativas em relação ao projeto assim como transmitissem propostas para a sua melhoria constante. O Especial.Mente teve o seu arranque formal no dia 25 de janeiro de 2012. Utentes são pessoas com patologias do foro psíquico (com problemáticas diagnosticadas como o luto, a depressão e o isolamento social), que têm dificuldades de (re) integração, o que retarda o processo de inserção social inerente às medidas de RSI e Ação Social

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE O AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso leva a efeito a iniciativa sobre Ambiente e Sustentabilidade designada “Faça do Meio Ambiente o seu Modo de Vida”, que se realiza no próximo dia 4 de fevereiro, pelas 15h00, no Theatro Club.

A autarquia colabora com o Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso na organização deste evento, que se insere no âmbito do projeto “Assembleia Connecting Classrooms”.

Para além da Vereadora da Educação da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca, que será a moderadora, esta sessão irá contar com as intervenções de estudantes, apresentando as suas moções, e dos Deputados da Assembleia da República António Braga e Francisca Almeida e do ex-Deputado, Ricardo Gonçalves.

ADRAVE PROMOVE PROJETO EUROPEU EM PROL DA INOVAÇÃO NAS PME’s RURAIS

1º Encontro Internacional decorreu no Vale do Ave

Decorreu na Póvoa de Lanhoso, durante três dias, a 1ª Reunião Transnacional dos parceiros do projeto ITERA-AA aprovado pelo INTEREG IV B, cujo principal objetivo é facilitar o acesso à inovação para micro e pequenas empresas rurais, assim como fortalecer as diversas atividades de produção, transformação e distribuição em torno dos sectores agrícola, agroalimentar e de alimentação, numa perspetiva de organização territorial facilitando circuitos locais de venda direta (localmente).

Foto Encontro Transnacional - Parceiros Europeus

O Projeto dinamizado em Portugal, pela ADRAVE, integra uma parceria aprovada pelo INTERREG IV B, constituída por:-Pays de Figeac /ADEFPAT (Région Midi Pyrénées-Fr), Conseil Général de Corrèze (Fr), Deputation de Grenade (Es), Association Cerdna Garalur de Navarre (Es), SERGAL S.COOP de Pays Basque (Es) e ADRAVE (PT).

Este projeto cujo período de implementação decorrerá de Janeiro de 2013 a Dezembro de 2014, encontra-se organizado em torno de vários grupos de trabalho, centrados na Inovação do Produto a partir das principais fileiras de produtos agrícolas, na conceção e implementação de planos de ação para lançamento ou redefinição de novos produtos, na Inovação de Marketing, na conceção de uma marca territorial, na elaboração de um plano de comunicação integrado e de comercialização.

Destaque ainda no projeto para ações relativas à Inovação dos Recursos Humanos com ações de formação e qualificação das micro e pequenas empresas rurais, gestão previsional de ofertas de emprego e de competências numa base territorial.

No decorrer da Reunião Transnacional, os parceiros visitaram por um lado a empresa Vinhos Norte localizada em Fafe onde inteiraram-se com as várias inovações existentes na referida empresa de sucesso de Vinhos Verde, por outro lado participaram na Conferência Internacional sobre “Dinamização da Microeconomia em Contexto Rural”, que decorreu no dia 24 de janeiro, na Póvoa de Lanhoso, promovido pela ADRAVE em parceria com o Município local.

A promoção do projeto ITERA-AA bem como a partilha de medidas de apoio à microeconomia local do Município da Póvoa de Lanhoso, como o Gabinete de Apoio ao Bioagricultor ou o PROVE, foram alguns dos objetivos desta Conferência.

“A Póvoa de Lanhoso tem valorizado esta área de negócio e a autarquia está fortemente empenhada em apoiar empresários que aqui se queiram instalar. Estou plenamente convencido que este sector [primário, agricultura] nos próximos anos será determinante para revitalizar a economia local e para valorizar os recursos naturais que temos no concelho”, referiu, de entre outras considerações, o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, na abertura da sessão, já depois de ter recebido os parceiros do projeto nos Paços do Concelho.

“Temos que pôr o país a retornar às suas origens. O território rural padeceu de algumas políticas que estavam muito formatadas para a grande agricultura e esquecemos os territórios de baixa densidade quer em Portugal, quer em Espanha, quer em França, eu diria, em toda a Europa”, salientou de entre outros aspetos, o Administrador da ADRAVE, Joaquim Lima.

Na mesma oportunidade interveio o Administrador de Pays de Figeac, Fausto Araque, que apresentou a sua região e apresentou de forma muito sintética o ITERA-AA, de entre outras considerações. Depois, especialistas internacionais realizaram as suas intervenções. Na plateia, estiveram elementos das entidades parceiras do Projeto ITERA-AA assim como autarcas locais e população em geral.

A Conferência finalizou com uma visita ao Núcleo PROVE da Póvoa de Lanhoso, no Banco de Voluntariado.

Foto Conferência internacional 1

Foto Encontro Transnacional - Parceiros Europeus 2

SILÊNCIO QUE SE VAI CANTAR O FADO... EM PONTE DE LIMA!

Noite de Fado no Teatro Diogo Bernardes. Fadistas Limianos. Teatro Diogo Bernardes. Dia 1 de fevereiro, a partir das 21h30

Estão de regresso ao palco do Teatro Diogo Bernardes, os Fadistas Limianos, num espetáculo agendado para o dia 1 de fevereiro, às 21h30. Com o apoio do Município de Ponte de Lima o espectáculo é organizado pela AAPEL – Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana.

O espetáculo de fado terá como protagonistas os fadistas Margarido Mendes; José Maria Ribeiro (Canei); Duarte Cerqueira; Eugénio Martins; Teresa Pinto; António Morais; Raquel Boaventura e Cláudia Pimenta.

Os fadistas serão acompanhados na Guitarra Portuguesa por Augusto Candoso; e na Viola de Fado por José Castro Lopes e João Barros.

O espectáculo conta ainda com a intervenção do Grupo de Teatro DuplaFace, na realização de algumas encenações durante o evento.

Este concerto tem um carácter social de ajudar a AAPEL – Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana, revertendo a receita para esta instituição. Os bilhetes a 5€ estão à venda no Teatro Diogo Bernardes e no Espaço Internet.

Vamos todos ajudar a AAPEL a concluir as obras do Centro de Actividade Ocupacional. Ajudem os nossos jovens cidadãos com deficiência. São apenas cinco euros que podem fazer a diferença, junte-se a nós.

Para mais informações ou efectuar reservas contacte o Teatro Diogo Bernardes, através do telefone 258 900 414 ou pelo email: teatrodb@cm-pontedelima.pt, ou para a AAPEL – aapel.pontedelima@gmail.com| telm: 963885540 |964772510 | 925088535.

COSTUMES PORTUGUESES – O MERCADO SEMANAL DE BARCELLOS

Publicou a revista Ilustração Portugueza, na sua edição de 6 de março de 1911, um interessante artigo acerca do mercado de Barcelos, fazendo-nos um retrato social da nossa região à época. Transcrevemos o referido artigo respeitando a grafia original.

capture4

Zé povinho

Ahi por maio adeante, quando as rosas começam a desabrochar n’uma bacchanal de côres vivas e ao depois lá para o S. Miguel – após as colheitas – são os mercados de mão cheia.

O espirito sedento de emoções agradáveis deve abalar até estas paragens n’uma d’essas suas quadras.

A feira proporcionar-lhe-ha um quadro d’uma mise-en-scène grandiosa, surprehendente de motivos picturaes.

Almas enamoradas do Bello, ponho-vos ante a vossa retina meia dúzia de bem acabados instantâneos que esse artista rafiné, Augusto Soucasaux, a quando da sua estada em solo pátrio, fixou, para, no Brazil, rever, nas horas de apoquentadora nostalgia, a beleza, a graça dos muitos aspectos e costumes da sua linda terra. Leitor amigo, como seria chic, ideal, um álbum minhoto salpicado com trechos de ferias e feiras.

As romarias de S. Torquato, da Agonia, de S. João e das Cruzes, em Barcellos, dariam a nota typica, hilariante, da vida portugueza.

Os mercados com as suas tendas de comes e bebes; barracas e estabelecimentos ambulantes.

O de Vianna, exposição animada de lindas moçoilas, – d’aquellas que sabem amar, – das freguesias d’Affife, Areosa e Caroço, na sua artística decoração d’esse vestuário exuberante de alacridade; o da beira-mar, com o característico chapeu encimado por um minúsculo espelho; a de Barcellos, mignon, de seios fartos.

capture5

O tasco ambulante

Umas brancas como retalhos do luar de janeiro; outras morenas d’olhos buliçosos.

Nesgas de paisagens que se desenrolam em perspectivas encantadoras; estradas zigue-zagueantes, de curvas caprichosas e ermidas a acenarem no cumo dos montes.

Rios: - o Minho, o Lima e o Cávado a espreguiçarem-se enlanguecedoramente.

Que de seiva maravilhos se estende desde Melgaço, no alto Minho, até ao Algarve, manancial, de tradições mouriscas. E a variedade de figuras nossas: o Zé Povinho prototypo do não te rales, que a vida são dois dias, creado e vulgarizado pelo lápis assombroso de Raphael Bordallo Pinheiro.

O sr. abbade, alma sedenta de esperanças… terrestres; e o conversado, arrimado ao varapau, de cravo sanguíneo preso na parte superior do pavilhão auricular.

capture6

Comprando panno de linho

A influencia do meio citadino vae desalojando por muitas aldeias os costumes. A facilidade de comunicações veiu a integrar a corrupção no trajo hodierno.

A jaleca azul caiu em desuso e hoje raros olhos humanos terão o enlevo de a admirar.

O varapau, a arma com que os enamorados se batiam pela sua bella, tende a desaparecer.

Cede, por sua vez, o logar á bengala tosca, grosseirona.

A coroça, espécie de liberti, foi exautorada pela corrente avassaladora da civilização. Era feita de junquilhos dos ribeiros e preservava o lavrador da chuva ou da geada.

capture3

Tecedeira comprando um pente para o tear

O guarda-sol, enorme, de panno vermelho, de barba de baleia, empunhado por mãos robustas, sumiu-se na voraz dos tempos.

Já as desenvoltas moçoilas se pavoneiam com blusas.

Vão deixando o collete de duraque de ramagens berrantes; com os seus rigões; a saia da teia, preta ou cinzenta. O avental pequeno, no geral, d’um verde riso, é avis rara…

capture2

A vendedeira de pão de broa

Nem pouparam o lencinho, pendente da cinta, a cada ponta com corações e quadras em que a rima e a orthographia levavam tratos de polé.

In illo tempore, nos dias de arraial, ou de bodas, as moçoilas mais fidalgas traziam chinelas de panno forradas a pelica branca, estando sob aberta, d’alvura inpeccavel.

Como é linda no seu costume a mulher portugueza.

A graça, genuinamente lusitana, a vida alegre, de romeiros e feirantes, reflecte-se no seu trajo, de côres garridas, luminosas.

Barcellos, novembro, 1910

Domingos Ferreira

capture1

Namoro já meio citadino - pelo que diz respeito a "elle"

MOVIMENTO “PONTE DE LIMA 2020' – PONTE DE LIMA ENCONTRA-SE EM 1º LUGAR A NÍVEL EUROPEU

Ponte de Lima 2020 é o lema escolhido para um movimento que se pretende transversal ao Concelho, visando a concretização do objetivo da redução das emissões de CO2 em 20% até 2020. O desafio resulta da adesão do Município de Ponte de Lima ao movimento europeu do Pacto de Autarcas.

CartazPL2020v3

O “Pacto de Autarcas” é um movimento europeu, de cariz voluntário, que envolve autoridades locais e regionais no combate às alterações climáticas, mediante a adoção de medidas pro-eficiência energética e/ou que promovam o aproveitamento de fontes de energia renováveis, o qual já conta com mais de 2900 signatários.

No âmbito do movimento ‘Ponte de Lima 2020’, o Município de Ponte de Lima já publicou mais de 50 posters na plataforma europeia do Cities Engage, acessível em: http://www.citiesengage.eu/european_gallery.php?city_id=56.Num universo de mais de 2500 posters publicados em toda a Europa, Ponte de Lima encontra-se representada em 1º lugar com o poster com mais visualizações.

No sentido de mobilizarmos mais aderentes para esta iniciativa de sensibilização ambiental, acaba de ser disponibilizado um vídeo promocional do movimento ‘Ponte de Lima 2020’ alusivo aos primeiros 50 postersPonte de Lima is Engaged’.

Participar neste movimento é muito simples! Basta inscreva-se no formulário de ‘Registo na iniciativa Ponte de Lima is ENGAGEd!’, acessível em: http://pl2020.cm-pontedelima.pt/quero-associar-me-ao-ponte-de-lima-2020/. Posteriormente, ser-lhe-á solicitada uma fotografia e uma frase que sintetize a sua colaboração em prol da melhoria do ambiente ou da eficiência energética.

Colabore neste movimento de sensibilização da população limiana e, paralelamente, continue a promover a defesa desta causa no dia-a-dia, pois a sustentabilidade ambiental depende de SI!

O vídeo promocional do movimento ‘Ponte de Lima 2020’ encontra-se em http://youtu.be/oZUfqI8c9HU

ARCOS DE VALDEVEZ: TERRAS DESLIZAM NO SOAJO

Deslizamento de terras na EN 304 Freguesia de Soajo, Lugar de Vilarinho das Quartas, mobilizou vários meios ao local

Devido à saturação do solo, na noite de 25 para 26 de janeiro, verificou-se um aluimento de terras para a EN304, assim como para o terreno a jusante da estrada, com a consequente arraste dos mecos de sinalização.

derrocada_soajo_3

Para o local foram mobilizadas 3 Viaturas dos BV de Arcos de Valdevez, 1 Viatura dos BV de Ponte da Barca, 1 Viatura GIPS e 1 Viatura GNR, tendo sido ainda necessário proceder ao uso de uma Retroescavadora para remover terra e pedras da EN 304

Os Bombeiros voluntários procederam à vistoria do local, de forma a verificar se havia pessoas/bens em perigo. Posteriormente os bombeiros procederam à lavagem da via.

Como prevenção de futuras ocorrências foi feita a Limpeza das valetas, colocados mecos de sinalização e proceder-se-á à estabilização dos taludes.

derrocada_soajo2

derrocada_soajo

“E TUDO O CASAMENTO LEVOU” COM ALMENO GONÇALVES E MARIA JOÃO ABREU PROPORCIONOU MOMENTOS HILARIANTES EM ARCOS DE VALDEVEZ

No passado dia 26 de Janeiro, Sábado, o Auditório da Casa das Artes concelhia recebeu a peça de teatro “E TUDO O CASAMENTO LEVOU” com Almeno Gonçalves e Maria João Abreu e, como se havia previsto, encheu com um público ávido por momentos de descontração e humor. Perspetivas que não saíram goradas pois, os dois atores que na peça formam um casal, através da representação das suas situações do dia-a-dia e discussões conjugais protagonizaram situações hilariantes e de bastante comicidade.

e_tudo_casamento_levou8

Rir a bom rir foi o mote da noite e durante duas horas este casal, marido e mulher, o cão e o gato, um homem e uma mulher que se amam, que discutem muito mas também se divertem muito, retrataram momentos que todos nós de alguma forma já vivemos e, por ser uma peça tao aproximada da realidade ainda divertiu mais.

No momento da despedida não faltaram os agradecimentos à Câmara Municipal e ao diretor da Casa das Artes pelo apoio dado na realização da peça e pela forma como toda a equipa foi recebida em terras arcuenses.

e_tudo_casamento_levou2

REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28 DE JANEIRO DE 2013

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

No período Antes da Ordem do Dia o Sr. Presidente informou que no próximo dia 31 de janeiro de 2013, pelas 09h00, se realizará na Casa das Artes o V Seminário "Alto Minho: Desafio 2020" - “Uma Região Resiliente: Como tornar a região mais resiliente, sustentável e inclusiva”;

Informou igualmente que no dia 7 reunirá com o Diretor Geral de Infraestruturas e Equipamentos do MAI para resolver questões ligadas com a requalificação do Quartel da GNR

No período Antes da Ordem do Dia a Câmara foi ainda contemplada com a visita de elementos da Associação Recreativa e Cultural dos Amigos de Oliveira que afinadamente cantaram as janeiras ao executivo.

PROTOCOLO

Foi aprovado o protocolo de cedência do imóvel onde funcionou a escola básica de Souto da Lama, na freguesia de São Jorge celebrado com a Freguesia de São Jorge e associações sociais e culturais da freguesia, em regime de comodato, e pelo prazo de um ano, renovável por iguais períodos, para efeitos de aprovação.

Foi celebrado protocolo com Ana Barros Pimentel, Unipessoal, Ldª, designada por “TKC Arcos de Valdevez – THE KIDS CLUB – ENGLISH – IS FUN”, prevendo proporcionar aos colaboradores e familiares diretos do Município, 10% de desconto sobre o valor dos cursos anuais e 10% de desconto na matrícula dos cursos anuais de línguas praticados na respetiva escola.

Foi igualmente celebrado protocolo com a Junta de Freguesia de Padreiro (Salvador) para face aos custos das obras de “Requalificação do Caminho de Varziela”, da “Requalificação do Caminho de Alvar”; “Requalificação de curva na Estrada do Lameiro” cujo valor das obras é de 56.282,50€+iva e a comparticipação do município de 42.000,00€;

Idem com a Junta de Freguesia de Grade para fazer face aos custos com a obra de “Pavimentação dos Caminhos das Forcadas e da Giesteira”, cujo valor da adjudicação é de 32.487,80€ + Iva e o valor de comparticipação do município 25.990,00€;

Foi também celebrado protocolo com a Sociedade Musical de Arcos de Valdevez para fazer face às despesas com a “Aquisição de Instrumentos Musicais”, no valor de 17.250,00€.

Foi celebrado Protocolo com os Agrupamentos Escolares relativamente aos auxílios económicos para 2012/2013, no valor de 9.517,30€;

Foi celebrado protocolo com o Exército Português visando a divulgação de prestação de serviço militar nomeadamente, em Regime de Voluntariado (RV) e em Regime Contrato (RC); prestar esclarecimentos relativos a assuntos militares no Serviço de Atendimento ao Público da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, nomeadamente aqueles que dizem respeito a: Recenseamento Militar, Dia da Defesa Nacional, Certidões Militares, 2ª Vias de Cédulas Militares, Contagem de Tempo de Serviço, Requerimentos para Complemento de Pensão e Reforma (ex-Combatentes), bem como outros requerimentos.

RELATÓRIO FINAL DE AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE TELEMETRIA PARA SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Foi aprovado o relatório final respeitante à empreitada em epígrafe e adjudicar a mesma à empresa JSJN, Ldª pelo valor de € 7 030,00.

EXECUÇÃO DE PAVIMENTOS EM CALÇADA E MUROS EM DIVERSAS FREGUESIAS

Foi deliberado adjudicar a empreitada à firma Avelino da Cunha Pereira & Filhos, Ldª, pelo valor de € 21 500,00 a que acresce o IVA à taxa legal em vigor.

LIBERAÇÃO DA CAUÇÃO

EMPREITADA DE AMPLIAÇÃO E BENEFICIAÇÃO DE REDE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – REDE DE DISTRIBUIÇÃO NO LUGAR DE ÁGUA LEVADA (RESERVATÓRIO DE MORILHÕES) EM PAÇÔ – foi autorizada a liberação de 60% da caução, bem como a homologação do auto;

EMPREITADA – BLOCO XXXIX – PAVIMENTAÇÃO DO AVELAR Á LOMBADINHA – GONDORIZ – 3ª FASE – RETIFICAÇÃO DO CAMINHO CENTRAL DA LOMBADINHA – GONDORIZ – foi autorizada a liberação de 75% da caução, bem como a homologação do auto;

EMPREITADA – BLOCO XXXVII – PAVIMENTAÇÃO DO CAMINHO DA LAVANDEIRA À SENRA – SÃO JORGE:-  foi autorizada a liberação de 75% da caução, bem como a homologação do auto;

EMPREITADA DO PARQUE EMPRESARIAL DE TABAÇÔ – PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS NOS ARRUAMENTOS A E B – 4ª FASE: foi autorizada a liberação de 75% da caução, bem como a homologação do auto

EMPREITADA PORTAS DO MEZIO – CENTRO DE INFORMAÇÃO – REFORÇO ÀS FUNDAÇÕES E DRENAGENS:- foi deliberado homologar do auto e conceder a liberação da caução.

- A Câmara deliberou,

CONTA FINAL DA EMPREITADA

Foi aprovada a conta final da EMPREITADA DE AMPLIAÇÃO E REQUALIFICAÇÃO DO PARQUE EMPRESARIAL DE MOGUEIRAS – DESVIO DE INFRA-ESTRUTURAS HIDRÁULICAS, no valor de € 63 770,96.

Idem, respeitante à obra da empreitada “CIEBTM – ARRANJOS EXTERIORES E ACESSOS – ALARGAMENTO DO RECINTO PARA A FEIRAQUINZENAL”, no valor de € 62 053,73.

EXPEDIENTE

A Câmara tomou conhecimento e aprovou o plano de atividades para 2013 apresentado pela Casa do Concelho de Arcos de Valdevez;

A Câmara tomou conhecimento e aprovou o relatório final do peditório concelhio, no valor total de € 12 911,47 apresentado pela Liga Portuguesa contra o Cancro;

ACTUALIZAÇÃO DAS RENDAS  DA HABITAÇÃO SOCIAL PARA 2013

Foram aprovadas as propostas apresentadas pelos Serviços de Ação Social relativamente às atualizações das rendas das habitações sociais para o ano de 2013, calculadas em função do rendimento mensal corrigido de cada agregado familiar.               

DESPACHOS

Foi aprovada a informação do Senhor Presidente a dar conhecimento dos seguintes despachos proferidos, na sequência da Lei nº 49/2012, de 29 de Agosto.

- Distribuição de Pelouros nos Senhores Vereadores;

- Delegação e Subdelegação de Competências;

- Delegação de Competências no Pessoal Dirigente;

ATRIBUIÇÃO DE SENHAS DE REFEIÇÃO

Foi aprovado fixar um teto no valor de € 6.8 para as senhas de refeição, deixando de haver diferenças entre as mesmas.

reuniao_28_janeiro_2013_15

reuniao_28_janeiro_2013_16

reuniao_28_janeiro_2013_17

reuniao_28_janeiro_2013_18

reuniao_28_janeiro_2013_19

CELORICO DE BASTO SENSIBILIZA OS JOVENS NO DOMÍNIO DA PROTEÇÃO CIVIL

Campanha de divulgação e sensibilização percorre Centros Escolares do concelho de Celorico de Basto

Começou ontem, 29 de janeiro, uma campanha de divulgação e sensibilização no domínio da proteção civil, junto das crianças do pré-escolar e primeiro ciclo do ensino básico, sobre o tema “Conhece os riscos e previne-te, para víveres em segurança”. As temáticas abordadas nesta campanha enquadram-se dentro dos riscos identificados na última revisão do Plano Municipal de Emergência do concelho de Celorico de Basto.

campanha de sensibilização

A Campanha teve início no Centro Escolar de Celorico de Basto durante o dia e incidiu na apresentação de um vídeo pedagógico, na apresentação de diapositivos informativos mas, foi através da exposição de dúvidas com perguntas e respostas que as crianças se mostraram convencidas dos comportamentos a adquirir. Os oradores, funcionários da autarquia, responderam a todas as questões das crianças e ensinaram-nos que a prevenção “é primordial para evitar situações de perigo e é o primeiro passo para a segurança”.

Segundo o vereador da Educação, Fernando Peixoto, “trata-se de levar aos jovens o conhecimento de que, mesmo em casa, podem estar sujeitos ao perigo, e por isso, é necessário adquirir determinados comportamentos para evitar situações de risco”, referiu.

 As crianças ficaram cientes que em caso de emergência devem ligar o 112, reportar a situação que aconteceu, para que se possa acionar a entidade de acordo com a situação, Polícia, Bombeiros, Médicos ou outros. Devem ainda, sinalizar o local da ocorrência e se existem ou não vitimas.

Esta campanha, “Conhece os riscos e previne-te, para viveres em segurança”, insere-se no plano de atividades do Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil e, tem como mascote um boneco em forma de Camélia com o nome de Lia que acarreta um papel pedagógico junto do público infantil.

Uma ação que conta com a colaboração do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Celorico de Basto, António Marinho Gomes, que esclareceu as crianças sobre os perigos a que estão sujeitos no seu dia-a-dia.

Hoje, 30 de janeiro, a campanha de sensibilização teve lugar no Centro Escolar da Mota.

campanha de sensibilização (2)

TERRAS DE BOURO PROMOVE PROGRAMA “GERÊS ROMÂNTICO 2013”

O Município de Terras de Bouro promove, de 30 de janeiro a 17 de fevereiro, o programa Gerês Romântico, para celebração da data de S. Valentim. Serão assim oferecidas entradas no Museu Etnográfico de Vilarinho da Furna, viagens na embarcação Rio Caldo, promovidos concursos de fotografia e poesia e ainda realizado um sarau musical e trilhos pedestres.

Com esta iniciativa, pretende-se que os turistas celebrem a datam no concelho, tendo assim oportunidade de o conhecer, desfrutando de uma estada participativa e inesquecível e com oportunidade de ganhar prémios. Para participarem, todos os interessados deverão consultar o programa e regulamentos que se encontram disponíveis no site do município em www.cm-terrasdebouro.pt.

“UMA ROSA PARA TI”: NÚCLEO DE ARTES E LETRAS DE FAFE COMEMORA DIA DOS NAMORADOS COM ESPETÁCULO NO TEATRO-CINEMA

Poesia, teatro, música e bailado são os ingredientes essenciais do espetáculo “Uma Rosa para Ti”, que o Núcleo de Artes e Letras de Fafe promove no próximo dia 9 de Fevereiro, sábado, no Teatro-Cinema de Fafe, a partir das 21h30.

Colabora nesta iniciativa, que visa comemorar o Dia dos Namorados e se desenrola em torno da temática do amor, o Município de Fafe.

A entrada é livre, sujeita ao levantamento de ingressos no Posto de Turismo ou no próprio Teatro-Cinema, se não tiverem esgotado.

Estamos em presença de um evento onde se associam a música, o canto, o teatro, a encenação, a dança, a poesia, as novas tecnologias, a recriação de cenas dos grandes amantes da Literatura (Romeu e Julieta, Pedro e Inês de Castro, Simão e Teresa do Amor de Perdição e Dom Quixote e Dulcineia).

 “Uma Rosa para Ti” tem direção musical de Tiago Ferreira e a participação de alunos da Escola Secundária de Fafe, da Escola de Bailado, do Coro de Pais e Amigos da Academia de Música José Atalaya, dos músicos Ana Catarina Costa (flauta), Giosuè Di Vincenti (piano), Hermenegildo Ferreira e Jorge Silva (percussão), Diana e Duarte Baptista (voz e guitarra) e Luciana Sousa (piano e voz).

Participam igualmente a atriz Maria Inês Martins e, na declamação de poemas de amor, os poetas Pompeu Miguel Martins, Artur Coimbra, Carlos Afonso, José Rui Rocha, Jorge Oliveira, Augusto Lemos e Acácio Almeida.

O espetáculo tem encenação de Carlos Afonso e coreografias de Maria José Cerdeira e Antonieta Costa.

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DE LIMA CONTESTA INTRODUÇÃO DE PORTAGENS NA A27

A Câmara Municipal de Ponte de Lima manifesta publicamente o seu descontentamento e indignação na introdução de portagens na A27, no troço da autoestrada entre Ponte de Lima e Viana do Castelo, recentemente anunciado pelo governo. A ser concretizada, a medida vem agravar, a já por si difícil situação económica dos cidadãos e empresas que resulta da aplicação da recente política de austeridade.

f.piqueiro_foto_engenhop

O Executivo Municipal de Ponte de Lima considera que esta intenção do Governo contraria todo o esforço que o Município tem vindo a encetar na promoção do desenvolvimento económico e da qualidade de vida das populações. “Consideramos que é uma medida que irá afetar decisivamente o crescimento económico, contrariando a única estratégia que poderá efetivamente levar o país a sair da atual crise.”

Por outro lado, argumenta a Câmara Municipal, esta medida não se mostra sequer positiva para as próprias contas do Estado, pois o investimento necessário para a colocação do sistema de pórticos, bem como a sua manutenção resultarão numa situação financeira insustentável, tendo em conta o atual fluxo de tráfego da A27 e a drástica diminuição prevista pela implementação de portagens.

O Executivo Municipal sustenta que num momento em que, mais do nunca, o Governo e as Estradas de Portugal deverão ser bastante criteriosos na aplicação dos parcos recursos orçamentais, esta é claramente uma opção errada não apenas porque se traduz numa má gestão dos dinheiros públicos pela insustentabilidade do investimento, como também pelo prejuízo que tal representa para a qualidade de vida das famílias, para a segurança rodoviária e para a viabilidade das empresas. Desta opção apenas sairão beneficiadas as empresas concessionárias destas infraestruturas.

Perante tudo isto, a Câmara Municipal de Ponte de Lima apela ao Governo para que repense esta intenção, pois os prejuízos que a mesma irá acarretar são por si só demasiado evidentes.

CÂMARA MUNICIPAL DE PÓVOA DE LANHOSO ENTREGA BOLSAS DE ESTUDO

Cerca de 65 pessoas recebem, no ano letivo em curso, as Bolsas de Estudo atribuídas pela Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. O investimento neste apoio, que tem vindo a aumentar, situa-se, desta vez, nos 45 mil euros.

Entrega Bolsas de Estudo 2

A entrega das Bolsas de Estudo decorreu no dia 26 de janeiro, na Casa da Botica. Beneficiam deste apoio 50 estudantes do ensino superior e 15 do ensino secundário/profissional.

O Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista, e os elementos do seu executivo entregaram os respetivos apoios.“Desejo-vos a maior sorte do mundo e a maior alegria que vocês podem dar aos vossos pais e a nós Executivo é continuar a ter sucesso escolar para que o vosso futuro seja mais sorridente”, salientou, de entre outras considerações, o Presidente da Câmara, Manuel Baptista, destacando o reforço das verbas inscritas em orçamento para Bolsas de Estudo. “Mas além do investimento nas Bolsas, este Executivo tem feito nos últimos anos um grande investimento no primeiro ciclo. Temos hoje três centros educativos construídos no concelho nestes últimos sete anos, o que representa perto de oito milhões de euros para criar condições para que os jovens das nossas aldeias tenham condições dignas para poderem estudar”, destacou ainda o autarca.

Na mesma oportunidade, uma jovem estudante, Sara, partilhou o seu testemunho, no que se refere à importância desta medida para a sua família. “Este apoio vai melhorar imenso o orçamento familiar e vai-me ajudar no alojamento, pois sou estudante deslocada. Quero agradecer aos meus pais pelo esforço que fizeram até agora para me manterem na universidade durante estes três anos, quero agradecer ao Senhor Presidente da Câmara, Manuel Baptista, à senhora Vereadora, Gabriela Fonseca, e aos restantes membros da Câmara pelo apoio que têm dado aos jovens da Póvoa e para nos ajudar a concretizar o sonho de continuarmos os nossos projetos”, referiu.

Nos últimos sete anos, o número de Bolsas de Estudo atribuídas passou de 13 para 65 Bolsas de Estudo, ou seja, de nove mil 250 euros para 45 mil euros. No ano letivo passado beneficiaram desta medida cerca de 53 pessoas.

De acordo com o regulamento e de modo a poder abranger mais famílias, é atribuída apenas uma bolsa por agregado familiar. Os valores estipulados – que variam entre os 35 e os 100 euros – são atribuídos todos os meses.

A atribuição de Bolsas de Estudo a alunos matriculados no Ensino Secundário e/ou Profissional e Ensino Superior, residentes no concelho da Póvoa de Lanhoso, é um apoio às famílias e destina-se a incentivar os jovens a prosseguir estudos e a fomentar o seu sucesso educativo. De lembrar que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está já a reforçar as principais medidas de apoio social, aumentando a dotação financeira de algumas, como as Bolsas de Estudo, os apoios à Renda de Casa ou o Viver +, por exemplo. De referir ainda que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso recebeu, em 2012, uma menção honrosa pelo facto de receber, pelo terceiro ano consecutivo, a bandeira de “Autarquia + Familiarmente Responsável”.

Entrega Bolsas de Estudo 1

NÚCLEO DE ARTES E LETRAS DE FAFE INSTITUI “PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE” - 2013

O Núcleo de Artes e Letras de Fafe, em parceria com a Editora Labirinto, acaba de instituir o “Prémio de Poesia Soledade Summavielle”, cuja primeira edição ocorre no presente ano e será atribuído bienalmente, propondo-se estimular a criação literária, bem como o aparecimento de novos autores.

O concurso destina-se a promover a escrita criativa, bem como lembrar e homenagear a poetisa fafense Soledade Summavielle (1907-2000) e a Poesia em geral.

São admitidos a concurso trabalhos inéditos de autores residentes em Portugal, com idade superior a 18 anos, inclusive e que integrem, no mínimo, 30 poemas.

O Prémio pressupõe a atribuição do montante de 500€ e a edição da obra distinguida com a chancela da Editora Labirinto.

Os trabalhos a concurso (um por autor) deverão ser enviados, até 31 de Dezembro de 2013, por correio, registado e com aviso de recepção, em envelope fechado com a indicação exterior “PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE”, para Terra Labirinto – Associação para a Promoção de Autores | Apartado 304|4820-909 Fafe, contando a data do respectivo registo postal.

A edição da obra premiada será apresentada no mês de Março de 2014, no âmbito das actividades evocativas do Dia Mundial da Poesia.

O júri será composto por um representante do Núcleo de Artes e Letras de Fafe, que presidirá, um representante da Editora Labirinto e uma personalidade de reconhecida competência nesta área.

O regulamento completo pode ser consultado no blogue do Núcleo de Artes e Letras de Fafe, com o endereço: http://nalf-olhares.blogspot.pt/.

REGULAMENTO DO PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE

2013

SECÇÃO I

Introdução

1.º O presente regulamento define as normas que regem o concurso “PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE”, instituído pelo Núcleo de Artes e Letras de Fafe, em parceria com a Editora Labirinto.

2.º Este concurso terá a sua primeira edição no presente ano e será atribuído bienalmente, propondo-se estimular a criação literária, bem como o aparecimento de novos autores.

SECÇÃO II

Disposições gerais

SUBSECÇÃO I

Objectivos

3.º São objectivos deste concurso:

a. Criar hábitos de escrita e valorizar a expressão literária;

b. Estimular a criação poética e, em especial, homenagear, promover e divulgar este grande género da Literatura Portuguesa, assim como 

c. Revelar e divulgar novos valores literários.

SUBSECÇÃO II

Entidades promotoras

4.º As entidades promotoras do “PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE” são o Núcleo de Artes e Letras de Fafe e a Editora Labirinto.

SUBSECÇÃO III

Objecto

5.º Este concurso destina-se a promover a escrita criativa,bem como lembrar e homenagear a poetisa fafense SOLEDADE SUMMAVIELLE e a Poesia, em geral.

SUBSECÇÃO IV

Destinatários

6.º São admitidos a concurso trabalhos inéditos de autores residentes em Portugal, com idade superior a 18 anos, inclusive.

7.º Os participantes assumem o compromisso de conhecer e cumprir este Regulamento e acatar as decisões adoptadas pelo Júri.

SUBSECÇÃO V

Prémios

8.º O Prémio pressupõe a atribuição do montante de 500€ e a edição da obra com a chancela da Editora Labirinto.

9.º Não há lugar a prémios ex aequo, reservando-se o Júri o direito de não atribuição do Prémio se considerar que nenhuma obra o justifica.

10.º Excepcionalmente, o Júri pode atribuir Menções Honrosas.

 

11.º O Núcleo de Artes e Letras de Fafe e a Editora Labirinto darão conhecimento público do autor premiado durante o mês de Fevereiro de 2014. Os resultados serão divulgados nos órgãos de Comunicação Social e disponibilizados nos Blogues das entidades promotoras do prémio.

A edição da obra será apresentada no mês de Março de 2014, no âmbito das actividades evocativas do Dia Mundial da Poesia.

SECÇÃO III

Disposições específicas

SUBSECÇÃO I

Entrega dos trabalhos

12.º Os trabalhos a concurso deverão ser enviados, até 31 de Dezembro de 2013, por correio, registado e com aviso de recepção, em envelope fechado com a indicação exterior “PRÉMIO DE POESIA SOLEDADE SUMMAVIELLE”, para Terra Labirinto – Associação para a Promoção de Autores | Apartado 304|4820-909 Fafe, contando a data do respectivo registo postal.

SUBSECÇÃO II

Recepção dos trabalhos

13.º Os trabalhos recebidos pelo correio serão encaminhados internamente para o secretariado do concurso, sendo-lhes atribuído o número de entrada correspondente.

SUBSECÇÃO III

Sobre o trabalho

14.º As obras submetidas a concurso são realizadas individualmente.

15.º Cada candidato só pode apresentar uma obra.

16.º São admitidas a concurso exclusivamente obras inéditas em língua portuguesa.

17.º As obras não têm que apresentar obediência a tema.

18.º As imposições técnicas no que toca à apresentação das obras são as seguintes:

a. Ter um mínimo de trinta poemas;

b. Serem apresentadas em texto impresso, em formato A4, paginado e processado a espaço duplo, letra tipo Areal, tamanho 12;

c. Serem as páginas devidamente agrupadas e agrafadas ou presas por qualquer outro sistema;

d. Serem firmadas por um pseudónimo não conhecido e que o concorrente use pela primeira vez;

e. Conter na capa o título da obra e o pseudónimo do seu autor;

f. Serem entregues quatro exemplares acompanhados por um envelope lacrado que contenha, no interior, os elementos de identificação do autor (nome, morada, e-mail, número de telefone, profissão, data de nascimento e um breve curriculo) e da obra e, no exterior, o respectivo pseudónimo;

g. Não constar, nas folhas da obra, qualquer indicação sobre o concorrente, sob pena de este vir a ser excluído.

SUBSECÇÃO IV

Preparação para apreciação dos trabalhos

19.º Nos dez dias úteis após o término do prazo de entrega, proceder-se-á à abertura de todos os envelopes, sendo colocado o número atribuído no acto de entrega, constante do envelope, no respectivo trabalho e cópias.

20.º Os envelopes com a identificação do concorrente serão guardados pelo secretariado do concurso.

SUBSECÇÃO V

Júri

21.º Para efeito de atribuição do Prémio, será constituído um Júri composto por um representante do Núcleo de Artes e Letras de Fafe, um representante da Editora Labirinto e uma personalidade de reconhecida competência nesta área. O representante do Núcleo de Artes e Letras presidirá ao Júri.

22.º Caberá ao Júri decidir sobre os casos omissos neste Regulamento.

23.º Das decisões do Júri não haverá recurso.

24.º Os membros do Júri serão dados a conhecer em momento oportuno.

25.º Caso os trabalhos não apresentem qualidade, o Júri reserva-se ao direito de não atribuir prémio.

26.º Os membros do Júri não terão acesso aos dados pessoais, cabendo ao secretariado do concurso zelar pela manutenção do sigilo durante todo o processo de apreciação e avaliação das obras.

SECÇÃO IV

Direitos intelectuais / direitos de autor

27.º Só poderão ser submetidos a concurso textos inéditos, pelo que qualquer indício de plágio será punível com a desqualificação da obra e, consequentemente, do concorrente.

28.º Os exemplares dos trabalhos não premiados não serão devolvidos, sendo destruídos 30 (trinta) dias após o anúncio dos resultados.

Fafe, Janeiro de 2013

APRESENTADO EM FAFE O PROJETO InOut – PROGRAMA ESCOLHAS 5ª GERAÇÃO

O Projeto InOut – Programa Escolhas 5ª Geração, aprovado recentemente, foi esta terça-feira apresentado à comunicação social, na presença dos parceiros que o constituem.

DSC_9988

Trata-se de um projeto a desenvolver entre Janeiro de 2013 e Dezembro de 2015, no Bairro da Cumieira, na cidade de Fafe, e que envolverá 60 crianças/jovens entre os 6 e os 24 anos e os familiares aí residentes em atividades diversas no âmbito da capacitação pessoal, escolar e profissional, promovendo a sua inclusão social. Para além da Sol do Ave enquanto entidade promotora, o projeto reúne em seu torno outras entidades que integram o Consórcio e cuja ação converge para o seu desenvolvimento: Município de Fafe, Agrupamento de Escolas Montelongo, Comissão de Promoção e Proteção de Crianças e Jovens de Fafe, Delegação de Fafe da Cruz Vermelha Portuguesa, Instituto Português do Desporto e da Juventude, Grupo Cultural e Desportivo Restauradores da Granja, COOPfafe - Cooperativa de Solidariedade Social de Fafe, Grupo Cultural e Recreativo Nun´Álvares e COFAFE - Cooperativa dos Produtores Agrícolas de Fafe.

O Projeto InOut – Programa Escolhas 5ª Geração tem o valor global de 152 000 euros e surge na sequência de outros projetos de colaboração entre o município e a Sol do Ave para a capacitação das pessoas do Bairro da Cumieira.

Segundo o presidente da Câmara e também da Sol do Ave, José Ribeiro, o projeto visar “dar novas ferramentas de intervenção e algum rendimento aos habitantes do bairro, aliando assim a formação ao rendimento”.

As cinco medidas fundamentais do projeto são a inclusão escolar e educação não formal, a formação profissional e empregabilidade, a inclusão digital, o empreendedorismo e capacitação e a dinamização comunitária e cidadania.

O Bairro da Cumieira, construído no início dos anos 80, tem atualmente 270 habitantes, a maioria com perfil social desfavorecido.

Artur Coimbra

DSC_9992

ARCOS DE VALDEVEZ ORGANIZA 11ª MOSTRA DE MÚSICA MODERNA PORTUGUESA

SONS DE VEZ!

11ª Mostra de Música Moderna Portuguesa de Arcos de Valdevez

Fevereiro e Março de 2013

Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez

Depois da edição comemorativa dos dez anos do evento, realizada no ano transato, o "Sons" regressa em 2013, marcando, mais uma vez, uma perspetiva diversificada, coerente, mas ousada, de encarar a sua programação; do Hip-Hop ao Jazz, da Eletrónica ao Cantautor, do Rock Social ao Novo Blues e ao "eterno" Pop, tudo evolui dentro de uma mesma identidade, dentro de um mesmo fio condutor: libertar emoções, aproximar conceitos e públicos, alternar sensibilidades e manter ativas as energias criativas da nova música moderna portuguesa, espalhando-a para além das habituais geografias "urbanas".

A Mostra é acompanhada por uma exposição fotográfica que retrata alguns dos momentos mais marcantes da edição 2012, seguindo uma filosofia similar à ensaiada, com sucesso, em anos anteriores.

FAFE ADJUDICA CONSTRUÇÃO DO DESTACAMENTO DA GNR

A Câmara deliberou igualmente adjudicar as obras de reconversão e ampliação de um edifício destinado às futuras instalações do destacamento da GNR de Fafe.

Quartel GNR

A adjudicação foi feita à firma NVE – Engenharias, S. A., pelo valor de € 1 845 945,30, sendo o prazo de execução da obra de 12 meses.

O futuro quartel da GNR vai ficar nos terrenos adjacentes às antigas instalações da Academia de Música (Rua Serpa Pinto) e foi objeto de um protocolo celebrado há mais de dois anos entre a Direção-Geral de Infraestruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna, o Município de Fafe e a Guarda Nacional Republicana.

O Município cedeu o direito de superfície de um prédio urbano durante 50 anos, prorrogável por igual período, o qual integra um edifício brasileiro com grande interesse patrimonial e arquitetónico.

Nas futuras instalações vão ficar centralizados diversos núcleos operativos, como o Posto Territorial, Destacamento, Núcleo de Investigação Criminal e Serviços de Proteção da Natureza e Ambiente, entre outros.

Artur Coimbra

Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Fafe

FAFE: JOVEM MÉDICO ORLANDO MARTINS CARDOSO VENCEU PRÉMIO MAXIMINO DE MATOS 2012

O jovem médico Orlando Martins Cardoso, natural de Fafe e residente em Vila Cova, venceu a edição de 2012 do Prémio Dr. Maximino de Matos.

Com o patrocínio da autarquia e em cumprimento do legado deixado por D. Laura Summavielle Soares de Matos, o Prémio Dr. Maximino de Matos tem como objetivo galardoar anualmente o aluno do concelho que melhor classificação obtenha no mestrado integrado de medicina.

Podem concorrer ao Prémio, no valor de 750 Euros e instituído todos os anos, os recém-mestrados de qualquer dos ramos das diversas faculdades e institutos do país que ministram Cursos Superiores de Medicina, desde que comprovem o seu nascimento ou residência há mais de um ano no concelho de Fafe.

O Prémio é entregue ao contemplado no próximo dia 25 de Abril, no âmbito das comemorações do "Dia da Liberdade".

Artur Coimbra

Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Fafe

CÂMARA MUNICIPAL DE FAFE VOLTA A CONGELAR AS RENDAS DOS FOGOS SOCIAIS DA CIDADE

Considerando a atual conjuntura económica e as graves consequências económicas e sociais para as famílias, sobretudo as de mais fracos recursos, entendeu o município implementar medidas de apoio excecionais a aplicar aos inquilinos do Conjunto Habitacional da Cumieira e da Praceta 1º de Maio, onde a autarquia detém diversas frações, tal como já tinha efeito em 2012.

Assim, por proposta do presidente José Ribeiro, o Executivo deliberou, como medida extraordinária e para vigorar durante o ano de 2013, “proceder ao congelamento dos valores das rendas dos fogos destinados a habitação social, sempre que, em resultado da variação do rendimento dos agregados familiares, o montante da renda apurado seja superior ao praticado atualmente”.

O congelamento refere-se à interdição do aumento, o que não significa que tem vier a ter quebra de rendimentos não veja a sua renda diminuída, segundo declarou o autarca.

Artur Coimbra

Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Fafe

FAFE: MUNICÍPIO PAGA PARTICIPAÇÃO NOS ENCONTROS DE REIS

O Executivo deliberou ainda proceder ao pagamento da participação das escolas do 1º ciclo, jardins-de-infância e Instituições de Solidariedade Social no XIV Encontro de cantares de reis das Escolas e que totaliza € 4150.

Do mesmo modo, deliberou aprovar o pagamento aos 15 grupos corais participantes no XXI Encontro de Coros de Música de Natal, realizado em dezembro de 2012 (€ 3750) e aos 28 grupos que participaram no XXVIII Encontro de Cantadores de Reis do Concelho, que tece lugar em 13 do corrente, incluindo os três primeiros prémios e que totaliza € 4600.

Finalmente, por proposta do vereador Pompeu Martins, a Câmara atribuiu ao Grupo Nun’Álvares um subsídio no valor de € 4000, para apoio à realização do XI Fórum permanente de Teatro que reuniu na cidade de Fafe, no fim-de-semana, mais de duas centenas de participantes de vários pontos do país.

Artur Coimbra                                                    

Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Fafe

FAFE ADJUDICA REQUALIFICAÇÃO DA FEIRA SEMANAL

A Câmara Municipal de Fafe deliberou proceder à adjudicação da obra de requalificação da Praça das Comunidades (Feira Semanal), pelo valor de € 1 012 188.

Feira Semanal4

A obra foi entregue à firma Cândido José Rodrigues, S.A., a qual tem o prazo de 180 dias para a execução dos trabalhos.

A Praça das Comunidades, mais conhecida como recinto da feira semanal, é um local central e privilegiado da cidade.

A premissa da manutenção da utilização deste espaço como feira semanal, condicionou a abordagem do projeto. Sendo esta utilização restrita a um dia por semana (quartas-feiras), esta ocupação não deveria impossibilitar que a Praça da Comunidades fosse utilizada nos restantes dias como área de lazer e de recreio.

De forma a potenciar a fruição este espaço como área de lazer, o projeto optou por dotá-lo de caraterísticas e equipamentos que tornem agradável a sua utilização.

Assim, a criação de um parque infantil para diferentes idades surgiu como ponto fundamental para fomentar a afluência de diferentes escalões etários a este espaço.

A introdução do elemento água, através da implantação de três fontes ornamentais, surge como uma atração para a convivência da população neste espaço, fora dos dias de feira.

O integral restauro do mecanismo da nora existente está previsto neste projeto, sendo este o elemento central da fonte ornamental situada no centro da praça.

Existe um tanque público, recentemente restaurado, que complementará a zona mais próxima da Avenida do Brasil. Nesta área será implantada uma fonte retangular e um jardim pontuado com árvores de frutos.

A atividade da feira semanal irá ser concentrada em quatro grandes espaços, que serão subdivididos em 200 terrados individuais com as dimensões ajustadas à permissão de que os feirantes possam colocar as suas viaturas nos terrados correspondentes. Desta forma, será potenciada a utilização das viaturas como espaço de armazenamento.

O arranjo prevê ainda o investimento em considerável arborização do local, incluindo espécies de fruto (videiras, laranjeiras, oliveiras, medronheiro) com conotação regional e espécies ornamentais (glicínias, eritrinas, albizias, gardénias, magnólias, etc.) que servirão como contraponto.

Artur Coimbra

Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Fafe

FeiraSemanal1

Feira Semanal3

Feira Semanal2

PONTE DE LIMA APRESENTA “FOLCLORE DE INVERNO”

Teatro Diogo Bernardes 10 | 17 | 24 de Fevereiro

Durante o mês de Fevereiro, e como já é tradição, o Teatro Diogo Bernardes apresenta “Folclore de Inverno” na terra BERÇO DO FOLCLORE. Numa organização da Associação de Folclore de Ponte de Lima, em parceria com o Município, esta iniciativa tem como objetivo incentivar e estimular o trabalho dos Grupos Folclóricos do Concelho.

Os sons tradicionais e típicos do Minho, as suas danças, os movimentos vivos e graciosos, onde predominam os malhões, as canas verdes e os viras, associados ao traje à minhota e à alegria dos Grupos de Folclore, prometem boas tardes de folclore no magnífico Teatro Diogo Bernardes.

O Programa do Folclore de Inverno, com início às 15 horas, conta com a participação dos seguintes grupos:

Dia 10 de Fevereiro

Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Ponte de Lima; Grupo de Espadeladeiras de Rebordões Souto; Rancho Folclórico de Calheiros; Grupo Cultural e Recreativo de Danças e Cantares de Ponte de Lima; Rancho Folclórico da Ribeira e Rancho das Lavradeiras de S. Martinho da Gandra.

Dia 17 de Fevereiro

Grupo Etnográfico Infantil da Casa do Povo de Freixo; Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Poiares; Grupo Danças e Cantares do Neiva – Sandiães; Grupo Etno-Folclórico de Refoios do Lima; Rusga Típica da Correlhã e a Escola Infantil da Rusga Típica da Correlhã.

Dia 24 de Fevereiro

Rancho Folclórico das Lavradeiras de Gondufe; Grupo Folclórico de Santa Marta de Serdedelo; Grupo Folclórico da União Desportiva e Cultural da Gemieira; ACR Danças e Cantares de Vitorino dos Piães; Rancho Folclórico da Correlhã e a Escola Infantil de Folclore da Correlhã.

Para mais informações ou reservas, contacte o Teatro Diogo Bernardes pelo telf: 258 900414 ou teatrodb@cm-pontedelima.pt

FAFE: DEBATE RELIGIOSO ENVOLVE ALUNOS DA ESCOLA BÁSICA DE SILVARES

No âmbito da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, cerca de uma centena de alunos do 9.º ano da Escola Básica de Silvares, inscritos nesta área curricular de carácter facultativo que tem como intuito essencial a educação para os valores humanos e cristãos, participaram nos dias 25 e 28 de Janeiro num conjunto de palestras que abordaram o conteúdo programático “Deus, o Grande Mistério”.

Palestra 6

Organizada pelo padre professor António Cunha, com a colaboração dos docentes Joaquim Lemos e Paulete Barbosa, a iniciativa, que teve como principais objetivos questionar sobre a existência de Deus, interpretar produções culturais sobre a problematização da existência de Deus, debater sobre o sentido da realidade e promover a reflexão e o sentido crítico dos alunos de Educação Moral e Religiosa Católica, contou com a presença de palestrantes convidados da comunidade local, nomeadamente, o historiador Daniel Bastos, os párocos de Fafe e Serafão, respetivamente, os sacerdotes Pedro Daniel e Eugénio Carlos, e a psicóloga Isabel Monteiro.

 Numa visão integrada do ser humano e através de uma abordagem multidisciplinar, os diversos palestrantes convidados encetaram com os alunos um diálogo de proximidade e esclarecedor, na esteira do contributo da Educação Moral e Religiosa Católica para o desenvolvimento e reconhecimento da componente religiosa como elemento relevante no crescimento em humanidade e liberdade.

Perante a adesão e interesse suscitado pela iniciativa na comunidade escolar da Escola Básica de Silvares, perspetiva-se a realização de novas atividades que auxiliem os alunos, matriculados na disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, a apreender a dimensão cultural do fenómeno religioso e do cristianismo, em particular, estabelecendo assim um diálogo profícuo entre a cultura e a fé.

Palestra 5

Palestra 4

Palestra 3

Palestra 2

Palestra 1

ESPOSENDE REALIZA TEMPORADA DE MÚSICA ERUDITA

MusiCórdia MMXIII: temporada de música em Esposende, de Janeiro a Julho, num total de nove concertos que percorrem a história da música erudita.

No passado domingo, 27 de Janeiro, a Igreja da Misericórdia, em Esposende, foi pequena para as mais de 150 pessoas que aderiram ao evento MusiCórdia. O concerto de lançamento da temporada de música foi um sucesso, na opinião das entidades organizadoras. Depois de expectativas superadas, cresce agora a responsabilidade de manter o bom trabalho.

IMG_0038

Tendo como palco a histórica Igreja da Misericórdia, a primeira edição da MusiCórdia apresenta um ciclo de nove concertos ecléticos. A temporada culmina em Julhos com o 434.º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Esposende (SCME), entidade organizadora, em parceria com a Escola de Música de Esposende (EME). Todos os concertos vão ter entrada gratuita, pois um dos grandes objetivos da temporada é contribuir para a democratização do acesso à cultura. O público é, apenas, convidado a deixar a contribuição que achar que a performance assistida merece.

A temporada de música ambiciona impulsionar o desenvolvimento cultural de Esposende e da região envolvente. Para tal conta com colaboração de um leque variado de músicos e formações, a maior parte de reconhecido valor artístico no panorama nacional.

Outro grande objetivo do evento é aproximar a comunidade das atividades da SCME, que ao longo dos anos se tem afirmado no concelho e na região pela qualidade dos seus serviços. Através de uma maior interação com o público, a instituição visa uma maior visibilidade aos diversos projetos da instituição, de âmbito social, educativo e de saúde.

DADORES BENÉVOLOS DE PAREDES DE COURA REALIZAM AMANHÃ COLHEITA DE SANGUE

ADASPACO – ASSOCIAÇÃO DE DADORES BENÉVOLOS DE SANGUE DE PAREDES DE COURA

Dia 30 de janeiro, das 9 h às 12h30, na Casa do Dador de Paredes de Coura

A colheita será realizada pela ULSAM – Viana do Castelo

Compareça, dar sangue é dar vida!

É muito importante a sua participação, contamos consigo para dar sangue. Venha dar sangue e traga um amigo para participar pela primeira vez!

Para mais informações ou esclarecimentos:

CASA DO DADOR – SEDE SOCIAL DA ADASPACO

Avenida Cónego Dr. Bernardo Chouzal, nº 37

4949-520 Paredes de Coura

Telefone 251 783 641

adaspaco@sapo.pt

PONTE DE LIMA: HÁ CEM ANOS, GOVERNO APROPRIOU-SE DE TERRENO DA PARÓQUIA DA CORRELHÃ PARA A CONSTRUÇÃO DO CEMITÉRIO

O decreto foi publicado no Diário do Governo nº. 24, de 29 de Janeiro de 1913, e consta do seguinte:

“Direcção Geral dos eclesiásticos

1ª Repartição

Sobre proposta do Ministro da Justiça e nos termos do artigo 104º do decreto, com força de lei, de 20 de Abril de 1911: hei por bem decretar que seja cedido à Junta de paróquia da Freguesia da Correlhã, concelho de Ponte de Lima, distrito de Viana do castelo, a título de venda e pelo preço de 150 escudos, que serão pagos à comissão central da execução da Lei da Separação, por intermédio da sua delegada naquela localidade, pelo cidadão Francisco Vieira Correia, uma pequena parcela de terreno, pertencendo ao extinto passal da referida freguesia, contíguo à igreja matriz desta, terreno que forma balcão adjacente ao adro da mesma igreja e que mede 2:000 metros quadrados de superfície, a fim de que o mencionado cidadão, conforme o seu compromisso, mande construir o respectivo cemitério público, em harmonia com o projecto aprovado pelo governador civil do distrito, em seu alvará de 10 de Novembro de 1905.

Paços do Governo da República, em 25 de janeiro de 1913 = Manuel de Arriaga = Álvaro de Castro.”

Entretanto, tendo-se detetado algum incorreções no texto do diploma, o mesmo voltou a ser publicado no Diário do Governo nº. 45, de 25 de Fevereiro do mesmo ano, com o seguinte teor:

“Direcção Geral dos eclesiásticos

1ª Repartição

Sobre proposta do Ministro da Justiça e nos termos do artigo 104º do decreto, com força de lei, de 20 de Abril de 1911: hei por bem decretar que seja cedido à Junta de paróquia da Freguesia da Correlhã, concelho de Ponte de Lima, distrito de Viana do castelo, a título de venda e pelo preço de 150$000 réis, que serão pagos à comissão central da execução da Lei da Separação, por intermédio da sua delegada naquela localidade, pelo cidadão Francisco Vieira Correia, uma pequena parcela de terreno, pertencendo ao extinto passal da referida freguesia, contíguo à igreja matriz desta, terreno que forma balcão adjacente ao adro da mesma igreja e que mede 2:000 metros quadrados de superfície, a fim de que o mencionado cidadão, conforme o seu compromisso, mande construir o respectivo cemitério público, em harmonia com o projecto aprovado pelo governador civil do distrito, em seu alvará de 11 de Novembro de 1905.

Paços do Governo da República, em 25 de janeiro de 1913 = Manuel de Arriaga = Álvaro de Castro.”

MISSA DE SUFRÁGIO POR ALMA DE SUA MAJESTADE EL-REI DOM CARLOS I E SUA ALTEZA REAL, O PRÍNCIPE REAL DOM LUÍS FILIPE

Dom Carlos Dom Filipe

No âmbito do 105º aniversário sobre o trágico assassinato que vitimou Sua Majestade, O Rei Dom Carlos I e Sua Alteza Real o Príncipe Dom Luís Filipe, no próximo dia 1 de Fevereiro de 2013, a Real Associação de Lisboa mandará celebrar em homenagem a estes augustos mártires da nossa Pátria uma missa na Igreja de São Vicente de Fora, ao que se seguirá uma romagem ao Panteão Real onde será depositada uma coroa de flores junto aos túmulos de El-Rei e do Príncipe Real por Suas Altezas Reais os Duques de Bragança, Dom Duarte e Dona Isabel.

O Reverendo Padre Gonçalo Portocarrero de Almada presidirá a esta piedosa cerimónia.

Deus Guarde Portugal e a nossa Família Real!

Com os meus melhores cumprimentos,

Nuno Pombo

Presidente da Direcção

Real Associação de Lisboa

VERDE NOIVOS 2013: NOIVAS DESFILAM EM PONTE DE LIMA

O Município de Ponte de Lima apoiou mais uma vez a organização da Verde Noivos – evento que decorreu este fim-de-semana na Expolima e cuja missão é divulgar as potencialidades do tecido empresarial da região, sobretudo as empresas, marcas e serviços relacionadas com o casamento.

De acordo com a organização, o balanço final é positivo, face à satisfação dos expositores, que receberam milhares de visitantes, do concelho e dos concelhos vizinhos. Segundo a organização esta procura de casais à Verde Noivos, é um indicativo de que Ponte de Lima continua a ser muito procurada para a realização das festas matrimoniais.

A Verde Noivos, que decorreu na Expolima, apresentou ao longo de todo o fim-de-semana, diversos momentos relacionados com a festa do matrimónio, com destaque para o desfile infantil e vários desfiles de noivas, nomeadamente o desfile de noivas de Ponte de Lima, dinamizado em parceria com a Associação Empresarial de Ponte de Lima. Esta iniciativa servirá ainda para criar a imagem da próxima edição da Verde Noivos, em 2014, através de um concurso que a Associação Empresarial de Ponte de Lima vai lançar brevemente através da página no Facebook.

PINTORA BEATRIZ LAMAS OLIVEIRA EXPÕE NA MAIA AGUARELAS E PASTEL SECO RETRATANDO O MINHO

EXPOSIÇÃO DE AGUARELAS E TRABALHOS EM PASTEL SECO: O TEMA É O MINHO!

No Maia Welcome Center.

Convido todos os meus amigos para virem ver o meu trabalho.

Aberta de 2 a 24 de Fevereiro.

Sábado dia 2 de Fevereiro abertura às 16 horas

Parque Central da Maia - 1º Piso - Loja 19

Rua Simão Bolívar

4470-214 Maia

Portugal Telef.: 22 944 47 32

Fica a 100 metros da estação do Metro FORUM da MAIA

http://www.beatrizlamasoliveira.com/

http://beatrizlamasoliveiraart.blogspot.pt/

http://pinturaapastelseco.blogspot.pt/

Catalogo da Expo Maia 12

Catalogo da Expo Maia2

PONTE DE LIMA PROMOVE ATELIÊ SOBRE AGRICULTURA BIOLÓGICA

capture2

Ciclo de Ateliês com Arte “Agricultura Biológica”. Quinta de Pentieiros / 2 Fevereiro 9 – 13 horas

O Ciclo de Ateliês com Arte, promove no próximo dia 2 de Fevereiro, mais uma sessão, desta vez sobre “Agricultura Biológica”. Divulgar o modo de produção biológico; estabelecer as principais diferenças entre a agricultura biológica e convencional; aprender algumas práticas culturais de agricultura biológica, são os objetivos da iniciativa.

Esta sessão que se destina a todos aqueles que procuram aprender como cultivar a terra, retende dar informação e colocar em contato experiências e boas práticas de agricultura biológica.

Este ateliê vai realizar-se na Quinta de Pentieiros, sábado, dia 2 de Fevereiro, entre as 09h00 e as 13h00.

Para mais informações consulte o portal municipal em www.cm-pontedelima.pt ou pelos contactos: terra@cm-pontedelima.pt /258 900401.

ARCOS DE VALDEVEZ DIVULGA ATIVIDADES CULTURAIS

FEVEREIRO

SONS DE VEZ!

11ª Mostra de Música Moderna Portuguesa de Arcos de Valdevez

Fevereiro e Março de 2013

Auditório da Casa das Artes de Arcos de Valdevez

Depois da edição comemorativa dos dez anos do evento, realizada no ano transato, o "Sons" regressa em 2013, marcando, mais uma vez, uma perspetiva diversificada, coerente, mas ousada, de encarar a sua programação; do Hip-Hop ao Jazz, da Electrónica ao Cantautor, do Rock Social ao Novo Blues e ao "eterno" Pop, tudo evolui dentro de uma mesma identidade, dentro de um mesmo fio condutor: libertar emoções, aproximar conceitos e públicos, alternar sensibilidades e manter ativas as energias criativas da nova música moderna portuguesa, espalhando-a para além das habituais geografias "urbanas".

A Mostra é acompanhada por uma exposição fotográfica que retrata alguns dos momentos mais marcantes da edição 2012, seguindo uma filosofia similar à ensaiada, com sucesso, em anos anteriores.

Música/ Pop Rock:

2 de Fevereiro

Sábado às 23h00

Auditório da Casa das Artes

AMOR ELECTRO

Inserido no SONS DE VEZ!

11º Mostra de Música Moderna Portuguesa de AVV

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 28 de Janeiro, preço único: €13,00)

Desde o lançamento do seu disco de estreia que os Amor Electro estão nos primeiros lugares do Top Nacional, tendo permanecido sete semanas em número um, sendo, inclusive, Disco de Platina. Na sua curta carreira contam já com uma série de participações em alguns dos mais importantes festivais do panorama musical português. Os músicos, Tiago Pais Dias (multi-instrumentista da banda), Ricardo Vasconcelos (teclas), Rui Rechena (baixo) e Lito Pedreira (bateria), estendem o tapete vermelho para aquela que é, segundo alguns opinion-makers, uma das mais prestigiadas e consideradas intérpretes da nova geração: Marisa Liz.

Em Amor Electro sente-se influências de algumas das mais marcantes bandas internacionais; no entanto, todas as canções são cantadas na língua de Camões, com uma sonoridade "electrizante” e ao mesmo tempo muito portuguesa. Alguns dos temas foram compostos por músicos convidados, como Yami em “Onde Tu me quiseres” ou mesmo Jorge Cruz, e outras, como em “A Máquina” ou “Amanhecer", por membros da banda (Tiago Pais Dias/Marisa Liz). Os Amor Electro não foram nem mais longe, nem mais perto que outros projectos; apenas escolheram uma série de canções que fazem parte do panorama musical português, fizeram temas originais, onde se reflectem as suas influências, e partiram para uma identidade própria,

que tem como base o Pop mas, neste caso, podemos afirmar com convicção: Pop Portuguesa.

AMOR_ELECTRO- capa agenda

Música/ Pop Rock:

9 de Fevereiro

Sábado às 23h00

Auditório da Casa das Artes

HOT PINK ABUSE + VALTER LOBO

Inserido no SONS DE VEZ!

11º Mostra de Música Moderna Portuguesa de AVV

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 4 de Fevereiro, preço único: €3,00)

Os Hot Pink Abuse são formados por Rebecca Moradalizadeh, Vítor J. Moreira, Geraldo Eanes e Ricardo Neto. Movimentam-se no universo da música eletrónica, com o qual articulam linguagens características do rock e do pop. Em 2009 editam o seu disco de estreia “Nowadays”, com distribuição internacional e gerador de uma intensa atividade de concertos. Deste primeiro trabalho destaca-se o single “Hit me and run”. Em 2011 iniciam a composição e gravação do seu segundo álbum e lançam o single “Sometimes”. Participam, no início de 2012, com o tema “Waiting” na compilação “Sons de Vez-10 anos”, alinhando com artistas como Mão Morta, Dead Combo, Linda Martini, Dealema, entre outros. O novo álbum, “Sinuosity”, é composto por doze canções e tem edição prevista para breve.

Advogado de causas perdidas; músico de sala de estar; desiludido com  tantas coisas, iludido com tantas mais. O projecto musical de Valter Lobo não poderia ser mais pessoal; são sons que se devem ouvir a sós do lado de dentro de uma janela embaciada; ou com um amor verdadeiro; são canções carregadas de emotividade. No início de 2012, com o primeiro EP "Inverno", apresentou-nos temas como "Eu não tenho quem me abrace neste inverno" e "Pensei que fosse fácil", este último integrado na colectânea "Novos Talentos Fnac 2012"; desde então tem percorrido o país de Norte a Sul, apresentando canções espirituosas, encurtando distâncias e falando de amores impossíveis. As chuvas e as noites frias de inverno não jogam contra as canções de Valter Lobo; são, aliás, motivo mais que suficiente para os mais melómanos procurarem sítios de conforto fora de casa, com média luz e à temperatura dos corações...

hot pink abuse

Música/Pop Rock:

15 de Fevereiro

Sexta às 22h00

Auditório da Casa das Artes

Valter Lobo

BILLY THE KID

(Canadá)

Tournée europeia "Long Way From Home"

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 11 de Fevereiro, preço único: €5,00)

Feita da mesma fibra apaixonada de nomes como Bob Dylan, Bruce Sprigsteen, Billy Bragg ou Elvis Costello, esta canadiana de voz dourada, refinada, redonda de talento, de canções extraordinárias e beleza aberta, esteticamente e em auréola, teve o seu início no trabalho "The Lost Cause", lançado pela Lost Records. De punk rocker a pianista, cantora folk e Editora, todas estas vivências culminaram na poderosa experiencia que é "The Lost Cause", um apelo fechado à reflexão individual, orgulho pessoal e renúncia ao abrandamento. Compelida pelas suas lutas como artista genuína, constantemente confrontada com "chacais mascarados", simultaneamente pessoais e profissionais, Billy The Kid nunca se encontrou face à falta de inspiração; a este propósito disse: "Escrevo muito sobre os tempos difíceis. Parece-me existir muita inspiração para isso nestes tempos. Há muita música por aí que é feita só para gerar dinheiro".

Considerando que o seu álbum de estreia foi produzido por Raine Maida (Our Lady Peace) e integra uma longa lista de talentos lendários, como o pianista Garth Hudson (The Band/Bob Dylan), o baterista Randy Cooke (Ringo Starr/Dave Stewart), o guitarrista Ben Peeler (Jacob Dylan/The Wallflowers) e o tocador de harmonica Stan Behrens (Ruth Brown/The Four Tops), é seguro afirmar que The Kid nunca se desviou da melhor rota musical; o seu novo álbum "Stars, Exploding", e base desta tournée europeia, é produzido por Jamie Candiloro (Ryan Adams/R.E.M./Willie Nelson), consolidando, em definitivo, as melhores expectativas iniciais, lançando a "cantautora" para novos desafios e públicos globais.

Música/ Pop Rock:

16 de Fevereiro

Sábado às 23h00

Auditório da Casa das Artes

THE LAST INTERNATIONALE

Inserido no SONS DE VEZ!

11º Mostra de Música Moderna Portuguesa de AVV

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 11 de Fevereiro, preço único: €5,00)

A sonoridade dos The Last Internationale oscila entre o Folk, o Blues, o Rock'n'Roll e até mesmo o Punk, pondo em causa os limites da composição musical tradicional; tanto apresentam melodias soturnas, como instrumentais atípicos e por vezes ruidosos, sendo que outras vezes apenas o som das botas marca o ritmo das canções; há também solos de guitarra impressionantes, gritos primordiais, letras inteligentes e interventivas; a crítica social é incisiva e está muito presente; o resultado de todas estas influências e diferentes formas de composição é um som que a banda chama de Blues and Boots. No início deste ano 2013 está disponível o ultimo registo da banda, o novo EP "New York, I Do Mind Dying"; as temáticas deste álbum tocam aspectos essenciais da condição humana, como o amor, dor, luta política, desespero, esperança e redenção.

Já foram comparados aos Dead Weather, tanto ao nível do som que apresentam, como pelas imagens que despertam na mente de quem os ouve; a voz da vocalista Delila Paz tem sido reconhecida como uma voz única que se destaca no panorama da música com origem em Nova Iorque e, para alguns críticos internacionais, os temas do álbum "Choose your Killer" são dos melhores temas disponíveis nas rádios. A digressão em Portugal será também especial para um dos membros da banda, porque representa um regresso às suas origens familiares portuguesas.

Teatro Visual/manipulação de balões:

22 de Fevereiro

Sexta às 22h00.

Auditório da Casa das Artes

RUA AIRE

Companhia "El Retrete de Dorian Gray"

(Espanha)

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 18 de Fevereiro, preço único: €3,00)

“Rua Aire”, uma co-produção entre a companhia "El Retrete de Dorian Gray" e o Centro Dramático Galego, supõe uma renovação e uma corrente de ar fresco no panorama teatral e de manipulação de marionetas.

A experimentação da companhia, iniciada com a peça “Ne Me Quites Pas”, baseada na construção de marionetas a partir de balões, culmina com esta viagem pelas entranhas de uma máquina de construção de balões, pelos recantos da fantasia, e demonstrará a todos que não é fácil ser um balão...

rua aire

Música/ Pop Rock:

23 de Fevereiro

sábado às 23h00

Auditório da Casa das Artes

SUPERNADA

Inserido no SONS DE VEZ!

11º Mostra de Música Moderna Portuguesa de AVV

(pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 18 de Fevereiro, preço único: €10,00)

Nascida em 2002, a banda portuense é composta por Manel Cruz na voz (Ornatos Violeta; Pluto; Foge Foge Bandido), Ruca Lacerda na guitarra (Pluto; Insert-Coin; musico convidado nos GNR), Francisco Fonseca na bateria (Amarguinhas), Eurico Amorim nos teclados (Insert-Coin; musico convidado nos Mesa e Pedro Abrunhosa) e Miguel Ramos no baixo (Insert-Coin; Mosh; Torto; musico convidado nos Mesa e Jorge Palma). Dos constantes ensaios na garagem do Francisco a alguns concertos experimentais foi um pequeno passo, e os Supernada estiveram alguns anos a consolidar a sua relação dentro e fora dos palcos. Foram aparecendo novas canções, e as já existentes foram-se transfigurando sem nunca se desviarem da vontade dos Supernada de as tocarem ao vivo, agora na sua máxima força. Depois de um hiato nos concertos, para fecharem o processo de gravação e edição do primeiro álbum, eis que surgem em 2012 com o disco “Nada É Possível”.

Após uma série de concertos ao ar livre, os Supernada avançam para apresentações mais intimistas, de auditório, apresentando em palco temas que, quer pela originalidade quer pela excepcional execução por parte dos músicos, aliada ao rigor da equipa técnica, prometem que cada concerto se revele um super-espectáculo, capaz de deixar rendidos os que ainda não conhecem o projecto, e satisfazer os imensos fãs que têm vindo a acompanhar o percurso da banda, aguardando as apresentações ao vivo.

supernada

Exposição temática:

1 de Fevereiro a 31 de Março

Foyer do Auditório da Casa das Artes

SONS DE VEZ 2012 EM IMAGENS

Inserida na edição 2013 do “SONS DE VEZ!”, 11ª Mostra de Música Moderna Portuguesa de AVV

Registos de palco dos concertos da edição 2012 do “Sons de Vez!”, que incluem The Gift, JP Simões, Frankie Chavez, The Underdogs, Osso Vaidoso, Godot, A Naifa, PAUS, Two White Monsters Around A Round Table, Kussondulola e B Fachada.

Fotos da autoria de Sérgio Neto e Miguel Lobo.

Atividades na Biblioteca Municipal:

9 e 23 de Fevereiro;

sábados às 16h00

Espaço Infantil da Biblioteca Municipal/Casa das Artes

CONTAS TU…OU CONTO EU?

Contos e atividades para crianças

Aos sábados, uma história nova para contar e recontar, sempre com novas abordagens e personagens...

CINEMA

3

Domingo às 15h00 e às 22h00

A ORIGEM DOS GUARDIÕES

Género: Animação, Ação – M/6

ENTRADA GRATUITA PARA CRIANÇAS

ATÉ AOS 12 ANOS (INCLUSIVE)

Realização: Peter Ramsey, William Joyce

Género: Aventura, Animação

Realização: Peter Ramsey

Vozes: Pedro Granger, José Fidalgo, Paulo Pires, Manuel Cavaco e Rita Redshoes

10

Domingo às 15h00 e às 22h00

CLOUD ATLAS

Género: Drama, Ficção Científica - M/12

Realização: Tom Tykwer, Andy Wachowski, Lana Wachowski

Intérpretes: Tom Hanks, Halle Berry, Hugh Grant, Jim Broadbent, Hugo Weaving, Jim Sturgess, Ben Whishaw, Susan Sarandon

 

17

Domingo às 15h00 e às 22h00

A VIDA DE PI

Género: Aventura, Drama – M/12

Realização: Ang Lee

Intérpretes: SurajSharma, IrrfanKhan, Adil Hussain

24

Domingo às 15h00 e às 22h00

JACK REACHER

Género: Ação, Crime, Drama – M/12

Realização: Christopher McQuarrie

Intérpretes: Tom Cruise, Richard Jenkins, RosamundPike

PÓVOA DE LANHOSO DEBATE MICROECONOMIA EM CONTEXTO RURAL

A Póvoa de Lanhoso recebeu uma Conferência Internacional sobre “Dinamização da Microeconomia em Contexto Rural”, no âmbito do 1º Encontro Transnacional do Projeto ITERA-AA-Inovação nos Territórios Rurais com as Empresas Agrícolas, Agro Alimentares e de Alimentação, que também foi apresentado.

Conferencia Internacional 1

“A Póvoa de Lanhoso tem valorizado esta área de negócio e a autarquia está fortemente empenhada em apoiar empresários que aqui se queiram instalar. Estou plenamente convencido que este sector [primário, agricultura] nos próximos anos será determinante para revitalizar a economia local e para valorizar os recursos naturais que temos no concelho”, referiu, de entre outras considerações, o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, na abertura da sessão, já depois de ter recebido os parceiros do projeto nos Paços do Concelho.

“Temos que pôr o país a retornar às suas origens. O território rural padeceu de algumas políticas que estavam muito formatadas para a grande agricultura e esquecemos os territórios de baixa densidade quer em Portugal, quer em Espanha, quer em França, eu diria, em toda a Europa”, salientou de entre outros aspetos, o Administrador da ADRAVE, Joaquim Lima.

Na mesma oportunidade interveio o Administrador de Pays de Figeac, Fausto Araque, que apresentou a sua região e apresentou de forma muito sintética o ITERA-AA, de entre outras considerações. Depois, especialistas internacionais realizaram as suas intervenções. Na plateia, estiveram elementos das entidades parceiras do Projeto ITERA-AA assim como autarcas locais e população em geral. A Conferência finalizou com uma visita ao Núcleo PROVE da Póvoa de Lanhoso, no Banco de Voluntariado. 

Medidas de apoio à microeconomia

Apresentar o projeto ITERA-AA, aprovado pelo INTEREG IV B, cujo principal objetivo é facilitar o acesso à inovação para micro e pequenas empresas rurais e fortalecer as diversas atividades de produção, transformação e distribuição em torno dos sectores agrícola, agroalimentar e de alimentação, numa perspetiva de organização territorial facilitando circuitos locais de venda direta (localmente); e partilhar as medidas de apoio à microeconomia local do Município da Póvoa de Lanhoso, como o Gabinete de Apoio ao Bioagiricultor ou o PROVE, foram alguns dos objetivos desta Conferência.

O ITERA-AA integra uma parceria aprovada pelo INTERREG IV B, constituída por Pays de Figeac /ADEFPAT (Fr), Conseil Général de Corrèze (Fr), Deputation de Grenade (Es), Association Cerdna Garalur de Navarre (Es), Sergal S. Coop de Pays Basque (Es) e ADRAVE (Pt). A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso integra a parceria a convite da ADRAVE.

Este projeto, cujo período de implementação decorrerá de janeiro de 2013 a dezembro de 2014, encontra-se organizado em torno de vários grupos de trabalho, centrados na inovação do produto a partir das principais fileiras de produtos agrícolas, na conceção e implementação de planos de ação para lançamento ou redefinição de novos produtos, na inovação de marketing, na conceção de uma marca territorial, na elaboração de um plano de comunicação integrado e de comercialização. Destaque ainda para ações relativas à inovação dos recursos humanos com ações de formação e qualificação das micro e pequenas empresas rurais, gestão previsional de ofertas de emprego e de competências numa base territorial.

PONTE DE LIMA APOIA O DESPORTO

O Batotas - Clube de Desportos Radicais de Ponte de Lima, realiza a “II Resistência Limiana” em BTT com atribuição 3.150€ em prémios

O Batotas, Clube de Desportos Radicais de Ponte de Lima, vai realizar no próximo dia 3 de Fevereiro, a “II Resistência Limiana”, que consiste numa prova de resistência em BTT, com a duração de 3 horas, em circuito fechado de7 km. A partida é no areal Junto à ponte medieval, um dos cartões-de-visita de Ponte de Lima.

Nesta prova podem inscrever-se atletas federados e não federados, em equipas: solo, duo e triplo, serão atribuídos prémios monetários aos vencedores do 1º, 2º e 3º lugar das respectivas categorias.

O Batotas, clube fundado em 1999, continua a promover o desporto e a divulgar Ponte de Lima, a vila mais antiga de Portugal.

Para mais informações contacte:

O Batotas, Clube de Desportos Radicais

batotas@gmail.com

www.batotas.pontedelima.com

PÓVOA DE LANHOSO: CONCURSO NACIONAL DE TEATRO COMEÇA A 1 DE FEVEREIRO

No próximo dia 1 de fevereiro, sexta-feira, quando forem 21h45, sobe ao palco do Theatro Club a primeira peça que se apresenta ao Concurso Nacional de Teatro, que decorre até 2 de março na Póvoa de Lanhoso. O consagrado ator Ruy de Carvalho é esperado no encerramento para entregar o prémio com o seu nome.

Apresentacao Concurso Teatro 1

O programa foi divulgado no dia 25 de janeiro, na galeria do Theatro Club, nas presenças do Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, e do Vereador da Cultura, Armando Fernandes, bem como do representante da Federação Portuguesa de Teatro responsável pelo Concurso, Luís Guedes, e da representante da Federação Nacional de Teatro, Sandra Barradas.

Apesar das dificuldades orçamentais das autarquias e da Lei dos Compromissos, o Presidente da Câmara Municipal Povoense revelou um investimento de oito mil euros neste evento e considerou esta parceria com a Federação Nacional de Teatro “um sucesso”. A manutenção desta aposta justifica-se, em seu entender, não só por a Póvoa de Lanhoso dispor de um espaço – o Theatro Club – com as condições que são conhecidas, como pela ligação desta terra à arte de Talma. “O concurso tem sido um marco da atividade cultural e faz parte da nossa cultura, como Povoenses, a tradição do teatro. A política deste Executivo é continuar a fazer este evento, que tem melhorado de ano para ano”, salientou, Manuel Baptista, fazendo votos de que também esta edição apresente a qualidade habitual em termos de espetáculos.

Poder mostrar um pouco do teatro que as associadas fazem enche de orgulho a Federação Portuguesa de Teatro, nas palavras de Luís Guedes. Para aquele responsável, o trabalho do júri “vai ser difícil”, enquanto para o público “será uma possibilidade de poder assistir a espetáculos de altíssima qualidade”.

A representante da Federação Portuguesa de Teatro, Sandra Barradas, fez votos de que esta edição “seja do agrado da maioria e que, depois deste concurso, haja continuidade do trabalho destas companhias”. Para aquela responsável, em alturas como as que vivemos, “as parcerias podem fazer maravilhas”.

A organização deste concurso está a cargo da Câmara Municipal de Póvoa de Lanhoso, da Federação Portuguesa de Teatro e da Fundação INATEL.

Programa

O Concurso abre com a peça “Joana, a Donzela” de Manuel Ramos Costa pelo Grupo Mérito Dramático Avintense, a 1 de fevereiro. Prossegue, a 2 de fevereiro, com “Alguém terá de morrer” de Luís Francisco Rebello pela Contacto - Companhia de Teatro Água Corrente.

No segundo fim de semana de Concurso, sobe ao palco, a 8 de fevereiro, “Os Malefícios” de Anton Tchekov e Kafka pelo Tin.Bra - Associação Cultural. No dia seguinte, a 9 de fevereiro, é a vez de “Hamlet e Ofélia” de Carlos Alberto Machado pelo Teatro Passagem de Nível subirem ao palco.

A 15 de fevereiro, o Theatro Club recebe “De Beren e Lúthien” de Cristiano Sá pelo Grupo de Teatro Renascer e, a 16 de fevereiro, acolhe “Barraca Deluxe” de Nuno Loureiro pelo Teatro Nova Morada.

Ainda em fevereiro, no dia 22, sobe ao palco “Sangue Jovem” de Peter Asmussen pelo Pateo das Galinhas Teatro de Bico e, a 23, é apresentada a peça “Sobre a Mesa de Cabeceira” de Rafael Amaral Vergamota e João Ricardo Aguiar pela Companhia de Teatro Poucaterra.

Já em março, no dia 1, ainda se apresenta a concurso “A Ira dos Deuses” de Casimiro Simões pelo Teatro Olimpo.

No dia 2 de março, realiza-se a Cerimónia de Encerramento, com a apresentação da peça que recebeu o Prémio Ruy de Carvalho para Melhor Produção 2012 “Gradim à Janela da Ausência” de Manuel Ramos Costa pela Contacto - Companhia de Teatro Água Corrente, seguindo-se a entrega de prémios.

Todos os espetáculos a concurso são apresentados no Theatro Club de Póvoa de Lanhoso, pelas 21h45.

PONTE DE LIMA PROMOVE BACALHAU DE CEBOLADA

Feira do Bacalhau de Cebolada de 1 a 3 de Fevereiro. Expolima – Ponte de Lima

Ponte de Lima apresenta mais uma iguaria gastronómica característica desta região, a 2ª Feira do Bacalhau de Cebolada, que se realiza no próximo fim de semana, de 1 a 3 de fevereiro, na Expolima.

feirabacalhau2013[1] (1)

O turismo gastronómico continua a ser uma das principais atracções à Vila de Ponte de Lima. Neste sentido, e como forma de corresponder às expectativas de quem nos visita, o Município de Ponte de Lima apoia este mega evento, reavivando um prato típico da cozinha limiana.

O Bacalhau de Cebolada era um prato típico nas feiras quinzenais de Ponte de Lima e ainda subsiste nas tabernas e nos restaurantes da vila. Neste salto qualitativo da feira para os cardápios este prato típico de Ponte de Lima afirma a sua antiguidade com a presença na feira mais antiga de Portugal. O fim-de-semana do “Bacalhau de Cebolada” pretende fortalecer e manter esta iguaria gastronómica, oferecendo a todos os visitantes a oportunidade de degustar o sabor autêntico do bacalhau, saborosamente envolvido por um molho divinal que dá à cebolada um gosto inconfundível. Se a estes atributos juntarmos os magníficos loureiros da região, encontramos um casamento perfeito entre o vinho e a comida.

A par da degustação, o fiel amigo está representado na feira, através de expositores, que apresentam um conjunto de espécies variadíssimas de Bacalhau, de alta qualidade, nomeadamente o Bacalhau Salgado Seco de origem Noruega e Islândia, assim como Bacalhau Demolhado Ultracongelado e Derivados de Bacalhau.

Integrado no projeto “Em época baixa, PONTE DE LIMA EM ALTA” a Feira do Bacalhau de Cebolada realiza-se na Expolima, com a participação de três restaurantes, no recinto da feira, e dos restantes restaurantes do concelho que aderiram a esta iniciativa, artesãos, expositores.

Será também um fim-de-semana de animação com os grupos de música popular do concelho a temperarem o bacalhau com os sons alegres da tradição minhota.

Programa da Feira do Bacalhau de Cebolada:

Sexta-feira, 1 de Fevereiro

17h00 – Abertura ao Público

19h00 – Abertura Oficial – Abertura de Exposição

             Animação com o Grupo Santo André de Vitorino dos Piães

21h00 – Atuação da Ronda do Sol Poente de Freixo.

Sábado, 2 de Fevereiro

12h00 – Animação com a Rusga “Os Amigos de Arcozelo”

19h30 – Animação com a Associação de Concertinas de Ponte de Lima

21h30 – Atuação do Grupo da Portela – Correlhã, na Expolima

Domingo, 3 de Fevereiro

10h00 – Abertura

12h00 – Grupo de Música Popular da Feitosa

15h30 – Atuação do Grupo Cantares na Eira de Gandra, Expolima

 

VIANA DO CASTELO: ANHA REALIZA JOGO DE FUTSAL EM SOLIDARIEDADE COM JOVEM VIANENSE

A Associação Desportiva e Cultural de Anha leva a efeito no próximo dia 3 de fevereiro, pelas 17 horas, um jogo de Futsal com o objetivo de angariar fundos para a Lina.

Rosalina Paredinha é uma jovem vianense de apenas 23 anos de idade. Jovem, alegre e divertida, a Lina adorava cantar. Em seis meses, devido a um tumor raro no cérebro, a nossa conterrânea ficou sem voz e acamada.

A participação de todos na iniciativa da Associação Desportiva e Cultural de Anha constitui uma forma de ajudarmos a Lina nos seus tratamentos e recuperação.

BARCELOS: LIVRO E FILME “ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA” ABRE PROGRAMA CULTURAL NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

Primeira sessão realiza-se no sábado, dia 2 de fevereiro, pelas 16h00

"Livros e filmes da minha vida" é um projeto a desenvolver pelo Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, através da Biblioteca Municipal, numa parceria conjunta com a Associação Zoom, a partir do próximo mês de fevereiro, mensalmente, no primeiro e terceiro sábados, pelas 16 horas. "Ensaio sobre a Cegueira", de José Saramago, é o primeiro livro que vai estar em debate no próximo dia 2 de fevereiro, com moderação de Alberto Serra, seguindo-se no dia 16 do referido mês a exibição do filme com o mesmo título, do realizador Fernando Meireles, com moderação de Artur Durão.

"Livros e Filmes da Minha Vida" tem como objetivo abrir a Biblioteca Municipal a novos públicos e incentivar o gosto e o interesse pela leitura e a criação de hábitos culturais. Procura-se desenvolver uma cultura de proximidade, interessada em incorporar novas valências, tendo em consideração as novas realidades emergentes, num quadro de crise e de mudança de comportamentos.

“Ensaio sobre a cegueira” – o livro

"Este é um livro francamente terrível com o qual eu quero que o leitor sofra tanto como eu sofri ao escrevê-lo. Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento e é simultaneamente uma das experiências mais dolorosas da minha vida. São 300 páginas de constante aflição. Através da escrita, tentei dizer que não somos bons e que é preciso que tenhamos coragem para reconhecer isso." - José Saramago.

"Ensaio Sobre a Cegueira" conta a história de uma inédita epidemia de cegueira, inexplicável, que se abate sobre uma cidade não identificada. Tal "cegueira branca" - assim chamada, pois as pessoas infetadas passam a ver apenas uma superfície leitosa - manifesta-se primeiramente em um homem no trânsito e, lentamente, espalha-se pelo país . Aos poucos, todos acabam cegos e reduzidos a meros seres lutando pelas suas necessidades básicas e expondo os seus instintos primários. À medida que os afetados pela epidemia são colocados em quarentena e os serviços do Estado começam a falhar, a trama segue a mulher de um médico, a única pessoa que não é afetada pela doença.

Moderador: Alberto Serra

“Ensaio sobre a cegueira” – o filme

Do aclamado realizador Fernando Meirelles (Cidade de Deus, O Fiel Jardineiro), chega-nos um thriller extraordinariamente intenso e perturbador, protagonizado por um elenco repleto de estrelas, com destaque para Julianne Moore, Mark Rutfalo e Danny Glover.

Quando uma praga inexplicável de cegueira ataca e ameaça toda a humanidade, os primeiros indivíduos a serem infectados são colocados em quarentena num hospital abandonado. Uma mulher (Moore) finge ser atingida pela doença para poder acompanhar o seu marido cego e partilhar o seu destino incerto, enquanto a sociedade entra em colapso. Aqui, os piores desejos e fraquezas da raça humana vêm ao de cima, mas também a tenacidade do espírito humano.

Deixe-se levar numa viagem inesquecível que irá mudar para sempre a sua visão do mundo.

Moderador: Artur Durão.

CELORICO DE BASTO CANTA AS JANEIRAS

“Vamos cantar as Janeiras” em Celorico de Basto proporcionou uma tarde de tradições

O pavilhão gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto foi o palco da XIII edição do concurso “Vamos cantar as janeiras” que decorreu ontem, 27 de janeiro, e contou com a presença de milhares e pessoas que não quiseram perder um concurso de tradições.

_DSC4385

“Um concurso que fortalece o cartaz cultural do concelho e que veio para ficar. Trata-se da XIII edição de uma festa feita para quem vem ao palco e para quem vem assistir. E assim se faz a tradição de todos os anos nos juntarmos, nos alegrarmos e estarmos juntos no sentido de valorizar quem durante o mês de janeiro corre o concelho e mantém viva a tradição das Janeiras”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

O concurso contou com a participação de 15 grupos com letras e músicas originais. Trajados a rigor, mostraram belas melodias e dificultaram a tarefa do júri na hora de decidir a pontuação a atribuir.

De acordo com a ordem de atuação passaram pelo palco o Grupo Folclórico dos “Amigos do Castelo” com a música “Esta noite é linda”, o grupo Coral Sta. Maria de Borba da Montanha com a música “Que linda noite”, a Universidade Sénior de Celorico de Basto com a música “Nestas Noites de Natal”, a Associação Cultural e Recreativa de Borba da Montanha com a música “Divino Salvador”, a ACR Ourilhe com a música “Olha a estrela do Oriente”, a Juventude de Britelo com a música “Abraçai sem distinguir”, a Associação de Pais do Núcleo da Mota com a música “Alegria em Belém”, a ACR Carvalho com a música “Mensageiros da Paz”, Os Rouxinóis de Agilde com a música “Ó Cidade de Belém”, a Santa Casa da Misericórdia de Arnoia com a música “Cantar as Janeiras”, o grupo de Caçarilhe e Amigos com “Ó gente da minha terra”, a Junta de Freguesia de Britelo com a música “Alegres cantam os Pastores”, o Rancho Recreativo e Cultural de Sta. Maria de Canedo com a música “O menino Jesus”, os Amigos do Restaurante “A Forca” com a música “Abrir portas e janelas” e por fim os Pioneiros – S. Pedro de Britelo com a música “As Janeiras”.

Os prémios foram entregues pelo presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, pelo presidente da Assembleia Municipal, António Marinho Gomes, pelo vereador da Cultura, Fernando Peixoto e pelo chefe de Gabinete da Presidência, Paulo Mota. 

O primeiro lugar do concurso foi atribuído à Junta de Freguesia de Britelo, o segundo lugar à ACR Ourilhe e o terceiro lugar foi entregue ao Rancho Recreativo e Cultural de Sta. Maria de Canedo.

Uma festa que mostrou que a tradição está bem viva no concelho de Celorico de Basto.

_DSC4199

REGADAS RECORDA HISTÓRIA DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FAFE

Na passada sexta-feira, 25 de Janeiro, Regadas, uma freguesia situada na zona sul do concelho de Fafe, às portas do de Felgueiras, recebeu nas instalações da Junta de Freguesia a Exposição itinerante da Santa Casa da Misericórdia de Fafe evocativa dos Cortejos de Oferendas em benefício do Hospital da Misericórdia de Fafe.

Regadas 2

A iniciativa cultural, promovida pela Junta de Freguesia de Regadas, povoação que possui um dinâmico tecido associativo, contou com a presença da Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Fafe, Maria das Dores Ribeiro João, e do historiador, Daniel Bastos, autor do livro “ Santa Casa da Misericórdia deFafe– 150 Anos ao Serviço da Comunidade”.

A sessão, que contou com a presença de regadenses, iniciou-se às 21h00 com a inauguração da exposição. Composta por uma dezena de painéis enriquecidos com fotografias e documentos da época, a exposição sobre a realização dos Cortejos de Oferendas em benefício do Hospital da Misericórdia entre 1944 e 1965, despertou nos participantes lembranças de outros tempos marcados pela generosidade da população de Regadas ao longo da secular história da instituição de assistência.

No decurso da iniciativa, aberta pela presidente da Junta de Freguesia de Regadas, Laura Alves, que agradeceu presença de todos, e em particular do historiador, Daniel Bastos, e da Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Fafe, Maria das Dores Ribeiro João, o autor do livro que retrata os 150 anos desta instituição social de referência na região, proferiu uma palestra que abordou os vários contributos da freguesia de Regadas ao longo da história da Misericórdia de Fafe.

Daniel Bastos, que elencou os contributos da freguesia nos Cortejos de Oferendas de 1944, 1955 e 1965, destacou a generosidade de vários beneméritos naturais de Regadas, em particular, do emigrante brasileiro José Joaquim da Cunha, que tendo acumulado grande fortuna no Estado de Minas Gerais e chegado a oferecer em 1944 para o esforço de guerra do Brasil um avião denominado “Vila de Fafe”, ofereceu constantemente vários donativos à Misericórdia de Fafe, aos pobres da sua aldeia natal e a casas de caridade no concelho de Felgueiras.

Por seu lado, a Provedora da Misericórdia de Fafe, Maria das Dores Ribeiro João, que agradeceu o amável convite endereçado à instituição para estar presente na sessão, assegurou que os vários serviços sociais prestados pela organização continuarão a prosseguir a missão e os valores da solidariedade humana.

Refira-se que a Exposição evocativa dos Cortejos de Oferendas em benefício do Hospital da Misericórdia de Fafe estará patente à comunidade durante a próxima semana no horário de funcionamento da Junta de Freguesia de Regadas.

Regadas 1

Regadas 3

Regadas 4

PONTE DE LIMA ABRIU HOJE A VERDE NOIVOS NA EXPOLIMA

Verde Noivos 2013 em Ponte de Lima. 26 e 27 de Janeiro

Abriu hoje, dia 26 de Janeiro, às 14h00 na Expolima em Ponte de Lima a VERDE NOIVOS. De acordo com a organização do evento, Ponte de Lima continua a ser uma das localidades mais procuradas para a realização de festas de casamento. Esta procura exponencial justifica a aposta do Município no apoio a mais uma edição da VERDE NOIVOS, certame que proporciona a divulgação e apresentação das empresas do sector desta região.

viewer

Foto: Susana Matos

A Verde Noivos tem como objectivo dinamizar as potencialidades do tecido empresarial da região, nomeadamente as empresas, marcas e serviços relacionados com o matrimónio, lançando Ponte de Lima como destino de excelência para a festa do casamento.

A VERDE NOIVOS apresenta desfiles de Noivas e variadíssimas propostas relacionadas com a indústria do casamento, desde a joalharia, animação, catering, decoração, estética, brindes, roupas, quintas, hotéis, fotografia, viagens, pirotecnia, viaturas, entre muitas outras surpresas.

Com abertura agendada para amanhã sábado às 14h00, a VERDE NOIVOS 2013 conta com a presença de 65 expositores.

O primeiro dia da feira encerra às 24 horas. No domingo, dia 27, abre às 14h00 e encerra às 20 horas.

O POVO É QUEM MAIS ORDENA!

De norte a sul do país, os cidadãos vão sair de novo à rua no próximo dia 2 de março numa demonstração pacífica de descontentamento contra a atual situação política e económica do país. No Minho, encontram-se agendadas manifestações para Braga e Viana do Castelo. A iniciativa é de um grupo de cidadãos denominado “Que se lixe a Troika! Queremos as nossas vidas!”, precisamente o mesmo que organizou os grandiosos desfiles do passado dia 15 de setembro. Transcrevemos o manifesto que está na origem da atual convocatória.

Sobre

Um grupo de pessoas convoca um processo de mobilização e manifestação contra troika e austeridade para o próximo dia 2 de Março, às 16h, em Lisboa (Praça Marquês de Pombal).

Descrição

Em Setembro, Outubro e Novembro enchemos as ruas mostrando claramente que o povo está contra as medidas austeritárias e destruidoras impostas pelo governo e seus aliados do Fundo Monetário Internacional, da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu – a troika.

Derrotadas as alterações à TSU, logo apareceram novas medidas ainda mais gravosas. O OE para 2013 e as novas propostas do FMI, congeminadas com o governo, disparam certeiramente contra os direitos do trabalho, contra os serviços públicos, contra a escola pública e o Serviço Nacional de Saúde, contra a Cultura, contra tudo o que é nosso por direito, e acertam no coração de cada um e cada uma de nós. Por todo o lado, crescem o desemprego e a precariedade, a emigração, as privatizações selvagens, a venda a saldo de empresas públicas, enquanto se reduz o custo do trabalho.

Não aguentamos mais o roubo e a agressão.

Indignamo-nos com o desfalque nas reformas, com a ameaça de despedimento, com cada posto de trabalho destruído. Indignamo-nos com o encerramento das mercearias, dos restaurantes, das lojas e dos cafés dos nossos bairros. Indignamo-nos com a Junta de Freguesia que desaparece, com o centro de saúde que fecha, com a maternidade que encerra, com as escolas cada vez mais pobres e degradadas. Indignamo-nos com o aparecimento de novos impostos, disfarçados em taxas, portagens, propinas… Indignamo-nos quando os que geriram mal o que é nosso decidem privatizar bens que são de todos – águas, mares, praias, território – ou equipamentos para cuja construção contribuímos ao longo de anos – rede eléctrica, aeroportos, hospitais, correios. Indignamo-nos com a degradação diária da nossa qualidade de vida. Indignamo-nos com os aumentos do pão e do leite, da água, da electricidade e do gás, dos transportes públicos. Revolta-nos saber de mais um amigo que se vê obrigado a partir, de mais uma família que perdeu a sua casa, de mais uma criança com fome. Revolta-nos o aumento da discriminação e do racismo. Revolta-nos saber que mais um cidadão desistiu da vida.

Tudo isto é a troika: um governo não eleito que decide sobre o nosso presente condicionando o nosso futuro. A troika condena os sonhos à morte, o futuro ao medo, a vida à sobrevivência. Os seus objectivos são bem claros: aumentar a nossa dívida, empobrecer a maioria e enriquecer uma minoria, aniquilar a economia, reduzir os salários e os direitos, destruir o estado social e a soberania. O sucesso dos seus objectivos depende da nossa miséria. Se com a destruição do estado social a troika garante o financiamento da dívida e, por conseguinte, os seus lucros, com a destruição da economia garante um país continuamente dependente e endividado.

A 25 de Fevereiro os dirigentes da troika, em conluio com o governo, iniciarão um novo período de avaliação do nosso país. Para isto precisam da nossa colaboração e isso é o que não lhes daremos. Porque não acreditamos no falso argumento de que se nos “portarmos bem” os mercados serão generosos. Recusamos colaborar com a troika, com o FMI, com um governo que só serve os interesses dos que passaram a pagar menos pelo trabalho, dos bancos e dos banqueiros, da ditadura financeira dos mercados internacionais. E resistimos. Resistimos porque esta é a única forma de preservarmos a dignidade e a vida. Resistimos porque sabemos que há alternativas e porque sabemos que aquilo que nos apresentam como inevitável é na verdade inviável e por isso inaceitável. Resistimos porque acreditamos na construção de uma sociedade mais justa.

A esta onda que tudo destrói vamos opor a onda gigante da nossa indignação e no dia 2 de Março encheremos de novo as ruas. Exigimos a demissão do governo e que o povo seja chamado a decidir a sua vida.

Unidos como nunca, diremos basta.

A todos os cidadãos e cidadãs, com e sem partido, com e sem emprego, com e sem esperança, apelamos a que se juntem a nós. A todas as organizações políticas e militares, movimentos cívicos, sindicatos, partidos, colectividades, grupos informais, apelamos a que se juntem a nós. De norte a sul do país, nas ilhas, no estrangeiro, tomemos as ruas!

PONTE DE LIMA: FADISTAS LIMIANOS LEVAM O FADO AO TEATRO DIOGO BERNARDES

Noite de Fado no Teatro Diogo Bernardes. Fadistas Limianos. Teatro Diogo Bernardes. Dia 1 de fevereiro, a partir das 21h30

Estão de regresso ao palco do Teatro Diogo Bernardes, os Fadistas Limianos, num espetáculo agendado para o dia 1 de fevereiro, às 21h30. Com o apoio do Município de Ponte de Lima o espectáculo é organizado pela AAPEL – Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana.

O espetáculo de fado terá como protagonistas os fadistas Margarido Mendes; José Maria Ribeiro (Canei); Duarte Cerqueira; Eugénio Martins; Teresa Pinto; António Morais; Raquel Boaventura e Cláudia Pimenta.

Os fadistas serão acompanhados na Guitarra Portuguesa por Augusto Candoso; e na Viola de Fado por José Castro Lopes e João Barros.

O espectáculo conta ainda com a intervenção do Grupo de Teatro DuplaFace, na realização de algumas encenações durante o evento.

Este concerto tem um carácter social de ajudar a AAPEL – Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana, revertendo a receita para esta instituição. Os bilhetes a 5€ estão à venda no Teatro Diogo Bernardes e no Espaço Internet.

Vamos todos ajudar a AAPEL a concluir as obras do Centro de Actividade Ocupacional. Ajudem os nossos jovens cidadãos com deficiência. São apenas cinco euros que podem fazer a diferença, junte-se a nós.

Para mais informações ou efectuar reservas contacte o Teatro Diogo Bernardes, através do telefone 258 900 414 ou pelo email: teatrodb@cm-pontedelima.pt, ou para a AAPEL – aapel.pontedelima@gmail.com| telm: 963885540 |964772510 | 925088535.

VIANA DO CASTELO: CENTRO DE MONITORIZAÇÃO E INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL DIVULGA ATIVIDADES EM FEVEREIRO

image001

Ilustração científica biológica

Oficina de aprendizagem

2 e 3 de fevereiro de 2013

Para o público em geral, a partir dos 10 anos

image004

Cogumelos na medicina popular …

Conversas de fim de tarde

2 de fevereiro de 2013

Para o público em geral

image007

Utilização de cogumelos

Oficina de aprendizagem

9 de fevereiro de 2013

Para o público em geral

image018

Máscaras de carnaval

Oficina de aprendizagem

9 de fevereiro de 2013

image020

Biodiversidade das Lagoas de Bertiandos

e S. Pedro d’Arcos de Mário Leitão (Dr.)

Apresentação de livro

9 de fevereiro de 2013, 16H00

Para o público em geral

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS LANÇA A PRIMEIRA PEDRA DO CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE AREIAS DE VILAR

Domingo, dia 27 de janeiro, às 10h30 e às 15h00

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos lança a primeira pedra do Centro Social e Paroquial de Areias de Vilar e inaugura obras de restauro da Igreja Paroquial de Vilar do Monte

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, participa na cerimónia de lançamento da primeira pedra do Centro Social e Paroquial de Areias de Vilar, que se realiza no domingo, dia 27 de janeiro, às 10h30.

No mesmo dia, mas às 15h00, o Presidente da Câmara Municipal inaugura as obras de restauro e ampliação da Igreja Paroquial de Vilar de Monte.

CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS SUBSIDIA MINI-AUTOCARRO PARA TRANSPORTE DE ALUNOS DE GOIOS

Executivo municipal já investiu cerca de 250 mil euros em veículos do género

A Câmara Municipal de Barcelos vai atribuir um subsídio no valor de 39.000,00€ à Freguesia de Goios, destinado à aquisição de um mini-autocarro para transporte dos alunos do 1.º Ciclo, residentes na freguesia, mas que frequentam a EB1 de Pereira.

O executivo municipal aprovou por unanimidade, na reunião ordinária de 25 de janeiro, um protocolo de colaboração com a Freguesia de Goios para a aquisição e gestão do veículo automóvel, cabendo ao Município a atribuição daquela verba e à Freguesia os custos de manutenção, combustível, seguro e outras despesas, podendo, ainda, colocar o mini-autocarro ao serviço de outras instituições sedeadas na Freguesia, mediante protocolo.

Com a aprovação destes protocolos, a Câmara Municipal assegura o transporte escolar em veículo adequado aos alunos do 1.º Ciclo do concelho, particularmente aos que têm de se deslocar para outras freguesias, em virtude da reorganização do parque escolar. É o caso dos alunos do ensino primário de Góios que têm de se deslocar para a EB1 de Pereira.

Neste processo, a Câmara Municipal já investiu cerca de 250 mil euros, tendo atribuído subsídios de 45 mil euros às freguesias de Minhotães e Grimancelos, de 40 mil euros às freguesias de Faria (imagem) e Vilar de Figos, de 30 mil euros à freguesia de Roriz e de 10 mil euros ao Centro de Bem-Estar Social de Alheira para transporte dos alunos do 1.º Ciclo de Igreja Nova para a freguesia de Alheira.

CÃMARA MUNICIPAL DE BARCELOS ALARGA PROGRAMA DE PEQUENOS-ALMOÇOS AOS ALUNOS DO CONCELHO

Protocolos com freguesias de Barqueiros e Vila Frescainha S. Pedro

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou o alargamento do programa de reforço alimentar aos alunos do concelho, estabelecendo protocolos para a implementação de pequenos-almoços a cerca de duas dezenas de alunos do 1.º Ciclo das escolas de Barqueiros e Vila Frescainha S. Pedro.

A atual conjuntura económico-financeira tem levado ao aumento de dificuldades por parte de alguns agregados familiares que se debatem com falta de recursos para assegurar os seus compromissos, designadamente na alimentação aos seus educandos. Muitas vezes, essas dificuldades impedem a garantia diária de um pequeno-almoço às crianças e jovens, situação que influi diretamente na aprendizagem escolar.

Atenta a esta situação, a Câmara Municipal, no âmbito de uma política de combate à exclusão social e ao abandono escolar e de promoção da igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolar, decidiu avançar com um reforço alimentar ao nível dos pequenos-almoços, assegurando uma refeição equilibrada e adequada à população escolar.

Para implementar esta medida, o Município optou por estabelecer protocolos com as instituições mais próximas desta realidade social – Juntas de Freguesia e instituições sociais – mediante o levantamento feito nas cerca de 100 escolas do 1.º Ciclo, em articulação com os Agrupamentos escolares do concelho.

Os primeiros protocolos foram assinados no final de 2012 com a Junta de Freguesia de Arcozelo e com o Centro Social da Paróquia de Arcozelo, com vista ao fornecimento de pequenos-almoços a alunos das escolas da freguesia.

Os protocolos agora aprovados inserem-se, assim, no alargamento do programa dos pequenos-almoços a todo o concelho, à medida que as situações forem identificadas e se reúnam as condições para a sua implementação. Um trabalho que se desenvolve graças às parecerias com as instituições locais, como sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, na sessão pública do lançamento do programa, em dezembro último: “é necessário resolvermos juntos as situações sociais com que nos confrontamos”.

VIANA DO CASTELO: CASA DOS NICHOS ORGANIZA "DOMINGOS EM FAMÍLIA"

“Domingos em Família” na Casa dos Nichos

A Casa dos Nichos - Núcleo Museológico de Arqueologia, promove no dia 3 de Fevereiro a atividade de expressão plástica “Rostos com História”, integrada no programa “Domingos em Família”, que visa a participação de pais e filhos em atividades relacionadas com o património arqueológico do concelho.

A atividade “Rostos com História” consiste na realização de máscaras em papel, baseadas em ilustrações de rostos de diferentes épocas históricas.

Participação gratuita.

Idade sugerida: entre os 6 e os 14 anos.

Local: Casa dos Nichos - Núcleo Museológico de Arqueologia (Rua de Viana), das 14h00 às 17h00.

Organização: Câmara Municipal de Viana do Castelo – Gabinete de Arqueologia.

ADASPACO REALIZA COLHEITA DE SANGUE NA CASA COURENSE EM LISBOA

No seguimento dos planos de atividade da ADASPACO e da Casa Courense em Lisboa, vai realizar-se a 9ª colheita de sangue no próximo dia 27 de Janeiro de 2013, entre as 09.00h e o 12.30h.

"Dar Sangue é Dar Vida" é o mote que une a Casa Courense em Lisboa e a ADASPACO neste projeto de aproximação que mais se reveste de amizade entre amigos do que propriamente de um protocolo entre duas instituições Courenses. 2011 evidenciou-se como o afirmar da dádiva de sangue na Comunidade Courense em Lisboa; conseguimos alterar as datas das colheitas para fora da época de férias, passamos os 75 dadores inscritos, fizemos 3 anos de colheita de sangue, aprendemos e melhoramos, juntos.

Casa Courense

No próximo dia 27 de Janeiro fazemos mais uma "festa da vida", em que os nossos dadores inscritos e quem assim o deseje PODEM SALVAR UMA VIDA, DANDO SANGUE.

Portugal precisa diariamente de 1.100 colheitas de sangue para as suas necessidades terapêuticas e hospitalares, é muito importante a sua dádiva pois pode salvar a vida de alguém.

Paralelamente, quem dá sangue, tem direito à isenção de taxas moderadoras na rede de cuidados primários (Centros de Saúde), sendo que o custo do acesso à saúde foi exponencialmente inflacionado. De igual modo, ao dar sangue o processamento da dádiva, por razões de segurança do doente, é analisado com muitos exames, sendo que o controlo de qualquer problema pode ser detetado de uma forma muito precoce,

Porque é solidário, porque gostaria de ajudar quem precisa de sangue, porque gostaria de beneficiar da isenção de taxas moderados, porque pretende controlar/analisar o seu sangue, venha dar sangue e traga um amigo.

Dia 27 de Janeiro | Casa Courense em Lisboa – 09.00h - 12.30h

CÂMARA MUNICIPAL DE BARCELOS PAGA ÚLTIMA TRANCHE DO PROTOCOLO DE 2012 COM AS FREGUESIAS

O executivo municipal aprovou por unanimidade na reunião ordinária de 25 de janeiro o pagamento imediato da última tranche do protocolo com as freguesias, referente ao ano de 2012. O protocolo de cooperação assinado com as freguesias do concelho previa uma comparticipação financeira por parte do Município de Barcelos, no valor equivalente a 200% do montante previsto no Orçamento de Estado para as freguesias, no âmbito do Fundo de Financiamento das Freguesias, no valor global de 4.847.430,00€.

Aquando da aprovação do referido protocolo foi aprovado pagamento imediato de metade do valor, sendo a outra parte paga em duas tranches, cada uma referente a 25% do valor inicial. Com a deliberação agora tomada ficam liquidadas as transferências relativas aos quatro trimestres do ano de 2012.

Outras deliberações

Na reunião de 25 de janeiro, o executivo aprovou também os seguintes subsídios: 11.600,00€ à Freguesia de Campo (construção de passeios), 26.349,70€ à Freguesia de Vila Boa (construção de muro de suporte), 5.000,00€ aos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos (formação aos bombeiros), 1.000,00€ à Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga (desenvolvimento das suas atividades).

Foi também aprovada a concessão de apoio técnico do Município (acompanhamento e fiscalização dos trabalhos) às obras de adaptação e finalização de um edifício da Casa de Saúde S. João de Deus, e apoio técnico – ao nível dos projetos de arquitetura, acessibilidades e arranjos exteriores – das obras de restauro/remodelação do Centro Paroquial de Barqueiros.

Ver abaixo lista completas das deliberações.

Nota: Todas as propostas foram aprovadas por unanimidade, à exceção da proposta n.º 23, que foi aprovada por maioria.

Reunião de Câmara

Sessão ordinária do executivo da Câmara Municipal de Barcelos

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Lista completa das deliberações

1. Atribuição de subsídio para refeição escolar, com efeitos a partir da data da deliberação, às seguintes situações: alunos do 1.º Ciclo do ensino básico: 11 alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita, 5 alunos - escalão 2 (B) – refeição 50% (0,73€); alunos do ensino pré-escolar: 10 Alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita.

2. Renovação do protocolo de cooperação entre o Município de Barcelos e a Federação Portuguesa de MiniGolfe.

3. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Vila Frescaínha S. Pedro com vista ao reforço alimentar dos alunos cujos pais/encarregados de educação não conseguem assegurar/dar diariamente o pequeno-almoço.

4. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Barqueiros, com vista ao reforço alimentar dos alunos cujos pais/encarregados de educação não conseguem assegurar/dar diariamente o pequeno-almoço.

5. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Góios, tendo em vista a aquisição de uma viatura automóvel adequada ao transporte de alunos do 1.º ciclo do ensino básico, residentes naquela freguesia, e que frequentam a EB1 de Pereira.

6. Adenda ao protocolo de parceria entre a Ordem Hospitaleira de S. João de Deus e o Município de Barcelos (Unidade Móvel de Apoio Domiciliário Integrado), assinado em 16 de dezembro de 2011.

7. Protocolos de cooperação para a realização de estágios.

8. Protocolo de cooperação entre o Município e as Juntas de Freguesia do Concelho de Barcelos.

Foi aprovado em reunião ordinária de 04.05.2012 o “Protocolo de cooperação entre o Município e as Freguesias do concelho de Barcelos”, designadamente a transferência de uma comparticipação financeira no valor equivalente a 200% do montante previsto anualmente no Orçamento do Estado para as Freguesias no âmbito do FFF (Fundo de Financiamento das Freguesias), cujo valor global a transferir relativo a 2012 se cifra em cerca de 4.847.430,00 €.

Naquela deliberação foi atribuído o pagamento de 50% daquele valor, ficando determinado que os restantes 50% seriam pagos de acordo com as disponibilidades financeiras, salvaguardando, desse modo, a Lei nº 8/2012, de 21 de Fevereiro – Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso. Até ao momento, já foi deliberado o pagamento de 75%, pelo que se propõe o pagamento imediato o valor correspondente aos restantes 25% do valor do Protocolo, perfazendo assim a transferência de verbas relativas ao primeiro, segundo, terceiro e quarto trimestres de 2012.

9. Instituto S. João de Deus - Casa de Saúde S. João de Deus. Pedido de apoio técnico para, conjuntamente com o técnico da instituição responsável pelas obras, fazerem o acompanhamento e fiscalização de trabalhos de adaptação e finalização do edifício.

10. Fábrica da Igreja Paroquial de S. João Batista de Barqueiros. Pedido de apoio técnico para a realização de projeto de arquitectura, acessibilidades e arranjos exteriores da obra de restauro/remodelação do Centro Paroquial.

11. Atribuição de um subsídio no valor de 11.660,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Campo, para pagamento da construção de passeios para peões na Avenida do Divino S. Salvador, devido ao alargamento efetuado.

12. Atribuição de um subsídio no valor de 26.349,70 €, à Freguesia de Vila Boa, para pagamento da construção do muro do cemitério que ruiu para a via pública devido às más condições meteorológicas.

13. Atribuição de um subsídio no valor de 1.000,00 €, à Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, como colaboração no desenvolvimento das suas atividades.

14. Atribuição de um subsídio no valor de 5.000,00 €, à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, como colaboração no custo dos cursos de formação que serão ministrados aos Bombeiros.

15. Aprovação de parecer sobre a celebração ou renovação de contratos de aquisição/prestação de serviços em determinadas situações desde que não seja ultrapassado o montante anual de 5.000 € (sem IVA). Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro – Orçamento de Estado 2013. Pedido de Parecer Genérico – Artigo 4.º da Portaria n.º 16/2013, de 17 de Janeiro. (Parecer

16. Aprovação de parecer sobre a celebração ou renovação de contratos de aquisição/prestação de serviços em 2013. Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro – Orçamento de Estado 2013. Pedido de Parecer Prévio.

17. Apoio ao arrendamento habitacional – aprovação de nove processos.

18. Ratificação de emissão de parecer favorável à compropriedade de prédios rústicos – 15 processos.

19. Ratificação de emissão de certidão de destaque de parcela.

20. Ratificação de parecer prévio favorável a desafetação de terreno integrado em RAN.

21. Declaração de prescrição, a favor do Município de Barcelos, de sepulturas do Cemitério Municipal de Barcelos.

22. Retificação do Fundo de Maneio.

23. Designação dos órgãos sociais da Sociedade Barcelos Futuro, S.A.

O Município de Barcelos detém 49% do capital social da sociedade anónima Barcelos Futuro, S.A.

Ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 15.º dos Estatutos da Sociedade Barcelos Futuro, S.A. o Conselho de Administração é composto por cinco membros, eleitos quadrienalmente pela assembleia-geral, sendo um deles designado Presidente.

Acresce que, ao abrigo do Acordo de Accionistas, de Cooperação Técnica, Económica e Financeira celebrado, concretamente do disposto na cláusula 6.1, os accionistas acordam em exercer o seu direito de voto na Assembleia-Geral de forma a eleger e sempre manter, de entre os 5 membros que constituirão o Conselho de Administração,

3 Administradores propostos pelos accionistas privados e 2 Administradores pelo Município de Barcelos.

De igual modo, nos termos da cláusula 6.3., do acordo mencionado no parágrafo anterior, os accionistas obrigam-se a assegurar que os Administradores por si propostos na Assembleia-Geral designem como Presidente do Conselho de Administração um dos administradores propostos na Assembleia-Geral pelo Município de Barcelos.

Nessa medida, nos termos do disposto no artigo 64º, n.º 1, alínea i), da Lei 169/99, de 18 de Setembro, com a redacção actualizada, propõe-se:

- Revogar a deliberação tomada na reunião ordinária de 18.11.2011 que designou como Administrador da sociedade Barcelos Futuro, S.A. o Vereador da Câmara Municipal de Barcelos, José Carlos da Silva Brito, Dr., para o exercício do cargo de Presidente do Conselho de Administração;

- Designar como Administrador, para o exercício do cargo de Presidente do Conselho de Administração da sociedade Barcelos Futuro, S.A., Nelson Carlos Teixeira de Brito;

- Designar como Administrador, não executivo, o Vereador da Câmara Municipal de Barcelos, José Carlos da Silva Brito.

24. Ratificação dos despachos do Vice-Presidente da Câmara, que aprovaram o seguinte: cedência do Auditório Municipal e apoio logístico – Fundação “Ajuda à Igreja que Sofre” – Conferência D. Ximenes Belo; cedência de transporte para Lisboa – Cerca de 40 pessoas vão participar no Programa “Praça da Alegria”, da RTP em representação das diferentes tradições do Concelho (despesa importa em 750,00 € com IVA incluído); cedência de transporte para entrega da exposição de José Emídio e recolha da exposição de Hélia Aluai – EMEC Barcelos; cedência de transporte para participação na reunião com a Plataforma Nacional de Luta contra a Extinção de Freguesias, no dia 19 de Janeiro/13 – Movimento Freguesias Sim! Pela Nossa Terra; cedência do Salão Nobre para a realização de diversos concertos/sarau musical – Conservatório de Música de Barcelos; apoio logístico com isenção de taxas para a realização da Festa de Natal – Unidade de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro; cedência do Auditório da Câmara Municipal para a realização de um Seminário – Escola Superior de Gestão do IPCA.

25. Ratificação do despacho do Vereador do Pelouro dos Transportes da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: cedência de transporte no dia 23.01.2013 para deslocação a Lisboa (ANAFRE) – Movimento Freguesias Sim! Pela Nossa Terra.

26. Ratificação do despacho do Vereador do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: cedência de 13 “plinth” para exposição – Comissão de Festas de Nossa Sra. Purificação de Galegos Santa Maria.

27. Ratificação do despacho da Senhora Vereadora do Pelouro da Educação e Cultura da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: aquisição de chocolates e respectivos sacos para oferecer às crianças que vieram cantar os reis ao edifício da Câmara Municipal.

Barcelos, 25 de janeiro de 2013

O Gabinete de Comunicação

CELORICO DE BASTO PROMOVE CONCURSO DE JANEIRAS

Concurso “Vamos Cantar as Janeiras” vai decorrer este fim-de-semana em Celorico de Basto. No próximo dia 27, domingo, o pavilhão gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto será o palco da XIII edição do concurso “Vamos Cantar as Janeiras” que contará, como habitualmente, com milhares de pessoas a assistir.

antevisão das janeiras (2)

Está tudo a postos para a XIII edição de um concurso repleto de tradições. As inscrições terminaram com 14 grupos que serão os grandes anfitriões de uma festa onde serão entoadas as melhores canções das Janeiras.

 Fazem-se os últimos ensaios com cada grupo a preparar-se meticulosamente para respeitar o regulamento e poder arrecadar um lugar cimeiro no concurso. Ensaiam-se as vozes, experimentam-se os trajes de época, afinam-se os instrumentos para que tudo corra na perfeição durante a atuação.

Note-se que este concurso junta, a cada edição, milhares de pessoas que enchem a vila de Celorico de Basto para assistir a atuações brilhantes com letras e músicas originais que prenderão a plateia do primeiro ao último instante.

A organização da iniciativa é da Câmara Municipal de Celorico de Basto que procura manter viva a tradição das janeiras que são cantadas pelo concelho, por muitos grupos, ao longo de todo o mês de janeiro.

ARCOS DE VALDEVEZ: AMANHÃ HÁ TEATRO NO AUDITÓRIO DA CASA DAS ARTES

Tudo o Casamento Levou _ recorte

Teatro:

26 de Janeiro

Sábado às 22h00.

Auditório da Casa das Artes

E TUDO O CASAMENTO LEVOU

Com Almeno Gonçalves e Maria João Abreu

Eles não podem viver um sem o outro mas não podem viver um com o outro. Eles têm dias, mas também têm horas, minutos, segundos. Eles discutem muito, eles divertem-se muito. Eles são marido e mulher. Eles são o cão e o gato. Eles são um casal. Um casal normal. Eles amam-se. Primeiro começamos por acompanhar este casal em situações banais, situações por que todos já passamos. Depois achamos que eles são extremamente engraçados e rimo-nos a bom rir. Rimo-nos do dia atribulado do seu casamento, da condução dela, das saídas dele, da maneira como planeiam as suas férias, de como falam dos seus pais, dos seus amigos.

Rimo-nos a bom rir das suas pequenas discussões por tudo e das suas grandes discussões por nada. Rimo-nos por eles serem um homem e uma mulher, que vivem juntos, que se amam. E depois reconhecemos nas suas palavras, nas suas situações coisas estranhamente familiares. Coisas nossas! Nem que seja aquela frase que já dissemos tantas vezes e que agora está ali, na boca daquele casal. E ainda nos rimos mais!

Rimo-nos deles, de nós. Rimo-nos a bom rir. Porque eles amam-se. E porque nós os amamos!

BRAGA: TERÚLIAS RUSGUEIRAS DEBATEM AS FESTAS DA CIDADE

Convite_65_25Jan_v1_2013

A Rusga de São Vicente de Braga - Grupo Etnográfico do Baixo Minho, leva a efeito no próximo dia 25 de janeiro, pelas 21:30h, a 65ª edição dos "Serões no Burgo/Tertúlias Rusgueiras", a ter lugar na sua sede social, sita na Av. Artur Soares (Palhotas) nº 73 em Braga.

A iniciativa destina-se a debater o tema “Repensar as festas da cidade” e tem como convidados Vitor Sousa Vice presidente da Câmara Municipal de Braga e Presidente da Associação de Festas de São João e Daniel Mogas locutor da rádio SIM (RR).

Os momentos artísticos que o alinhamento dos “Serões/Tertúlias” contemplam serão da responsabilidade da Banda Musical de São Miguel de Cabreiros e da Rusga de São Vicente.

PÓVOA DE LANHOSO DIVULGA ATIVIDADES CULTURAIS

Dia 25 de janeiro, 9h00

- Ação de Sensibilização sobre Igualdade de Género promovidas pelo SIGO

Local: Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio (EB/JI da Póvoa de Lanhoso)

Dia 25 de janeiro, 21h30

- Jornadas de Cultura Local – “Classificação de bens culturais imóveis. O Theatro Club/Palacete Villa Beatriz – Monumentos de interesse público”

Local: Theatro Club

Dia 26 de janeiro, 11h30

- Entrega de Bolsas de Estudo

Local: Casa da Botica

Dia 26 de janeiro, 14h30

- VI Festival de Natação de Inverno

Local: Piscina Municipal Coberta

Dias 30 de janeiro e 6, 13 e 20 de fevereiro, das 14h30 às 17h00

- Iniciação à Informática

 Local: Espaço Jovem

Dias 30 e 31 janeiro e 1 de fevereiro

- Encontro com uma Escritora – Maria do Céu Nogueira

Local: Biblioteca Municipal Infantil

De forma a assinalar o dia do leitor (07 de janeiro), a Biblioteca vai proporcionar um encontro com a escritora Maria do Céu Nogueira, que vai apresentar o seu livro “A Casinha do Senhor Vento”.

De 1 de fevereiro a 2 de março - 21h45

- Concurso Nacional de Teatro

Local: Theatro Club

Dia 2 de fevereiro, das 9h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00

- Curso de Hidroginástica

Local: Piscina Municipal

Ação que resulta da parceria entre a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Promofitness.

Dia 2 de fevereiro, 15h00

- Workshop de Osteopatia

Local: Espaço Jovem

Dia 7 de fevereiro, 14h30

- Dia Internacional da Internet Segura

- Workshop “Riscos e Prevenção na Utilização da Internet”

Local: Espaço Jovem

Dia 8 de fevereiro, 9h30

- Workshop “Empreendedorismo - Estratégia Europeia e Apoios Locais”

Local: Theatro Club

O eurodeputado José Manuel Fernandes apresenta a estratégia europeia no nível do empreendedorismo jovem e serão apresentados projetos locais que trabalham a criação do próprio emprego.

Em janeiro:

Histórias e Lendas da Póvoa de Lanhoso

- “Amor e destino – cenas finais”

Resultado do concurso literário lançado em Junho 2012

Local: Biblioteca Municipal

Hora do Conto

“A Maior Flor do Mundo” de José Saramago

Local: Biblioteca Municipal Infantil

Exposição de Trabalhos em Croché

Local: Posto de Turismo

Trabalhos elaborados por Teresa Freitas, artesã do lugar de Quintela (Taíde).

Das 10h00 às 18h00

Exposição de Fotografia “Outono” de Ricardo Cunha

Local: Espaço Jovem

Em fevereiro:

Histórias e Lendas da Póvoa de Lanhoso

-“Socorro…Um grito de pavor”(ao amigo Carvalhosa). Maria da Fonte, 24-07-1927

Local: Biblioteca Municipal

Dia de São Valentim

Local: Biblioteca Municipal Infantil

Carnaval na Biblioteca

- Atelier de construção de máscaras.

Local: Biblioteca Municipal Infantil

Pacote de Leite Reutilizável

- Atividade lúdica de reutilização, utilizando um pacote de leite vazio para o transformar numa caixa divertida.

Local: Biblioteca Municipal Infantil

Exposição de Artigos em Tecelagem

- A Casa de trabalho de Fontarcada é uma IPSS que acolhe pessoas deficientes profundas e que, na sua valência de Centro de Atividades Ocupacionais, inclui a produção e comercialização de mantas e tapetes a partir de desperdícios têxteis.

Local: Posto de Turismo

Horário de funcionamento:

De Terça a Sábado: 10h00/13h00 e 14h30/18h00

Domingos: 10h00/13h00

VIANA DO CASTELO: VILA FRANCA PREPARA CONCURSO DE ARTE FLORAL

Sexta-feira, dia 25 Janeiro 2013, 21h, no salão da Junta de Vila Franca, Viana do Castelo

Participe na Sessão de esclarecimento, pelo Técnico Municipal do Horto, Eng. Artur Sá, sobre Construção e Tratamento de Jardins em Vila Franca.

A entrada é livre!

Preparação ao Concurso Anual de Arte Floral 2013

Embelezamento de caminhos, jardins e varandas, com prémios aos melhores.

Participe!

PAREDES DE COURA REALIZA COLHEITA BENÉVOLA DE SANGUE

ADASPACO – ASSOCIAÇÃO DE DADORES BENÉVOLOS DE SANGUE DE PAREDES DE COURA

Dia 30 de janeiro, das 9 h às 12h30, na Casa do Dador de Paredes de Coura

A colheita será realizada pela ULSAM – Viana do Castelo

Compareça, dar sangue é dar vida!

É muito importante a sua participação, contamos consigo para dar sangue. Venha dar sangue e traga um amigo para participar pela primeira vez!

Para mais informações ou esclarecimentos:

CASA DO DADOR – SEDE SOCIAL DA ADASPACO

Avenida Cónego Dr. Bernardo Chouzal, nº 37

4949-520 Paredes de Coura

Telefone 251 783 641

adaspaco@sapo.pt

FAFE ESTABELECE LAÇOS DE COOPERAÇÃO E PARCERIA NA BULGÁRIA

No âmbito do Programa Europeu Comenius Regio, um grupo de trabalho da cidade de Fafe visitou entre os dias 15 e 18 de Janeiro, as cidades búlgaras de Lovech e Troyan.

Reunião 4

Composto por representantes do Município de Fafe, designadamente o autarca José Ribeiro e o historiador Daniel Bastos, do Jardim de Infância de Antime, pelos membros da direção José Nogueira e Simão Teixeira, da Associação ATRIUMEMORIA, representada pelo escritor Carlos Afonso, e da Escola Secundária de Fafe, entidade responsável pelo projeto, e que foi representada pela diretora, Natália Correia, e as docentes Ana Carvalho e Helena Alves, o grupo de trabalho participou num vasto programa de iniciativas com entidades responsáveis no processo educativo e municipal búlgaro.

No âmbito deste projeto, financiado integralmente pela União Europeia, que tem como principais objetivos a aproximação entre países, e a partilha em rede de boas práticas entre responsáveis escolares, valorizando as suas experiências no campo da administração pedagógica e metodologia pré-escolar, o grupo de trabalho da cidade de Fafe, que teve oportunidade de reunir com os autarcas, diretores e especialistas da Inspeção Regional de Educação das cidades búlgaras parceiras do programa, visitaram e observaram in loco as atividades do projeto “Co - Creators of Change” no infantário "Parvi yuni" em Lovech, e na creche de dia "Sinchts" em Troyan.

Com uma duração de dois anos, está já agendada em Abril, no âmbito da mesma parceria, uma visita de intercâmbio dos parceiros búlgaros envolvidos no projeto europeu ao Município de Fafe, para assim dar continuidade à programação dos trabalhos previstos no projeto que visam melhorar as parcerias entre instituições escolares dos Estados-Membros, especialmente em termos qualitativos e quantitativos.

Reunião 2

Reunião 1

Reunião 5

Reunião 3

Lovech 4

Lovech 2

Lovech 3

Lovech 1

D. XIMENES BELO FALOU EM BARCELOS SOBRE OS CRISTÃOS PERSEGUIDOS

Satisfação e orgulho do Município na receção ao Nobel da Paz

Barcelos acolheu de braços abertos o Bispo Emérito de Timor e Nobel da Paz, D. Ximenes Belo, enchendo por completo o Auditório da Câmara Municipal para assistir à conferência “Cristãos Perseguidos no Mundo”, proferida pelo antigo Administrador Apostólico da diocese de Dili.

DSC_0028 - 1

A conferência foi promovida pela Fundação Ajuda a Igreja que Sofre (AIS) e a Militia Sanctae Mariae (MSM) de Braga, contando com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, do Arciprestado de Barcelos e da Tertúlia Barcelense. O público associou-se a esta iniciativa, acompanhando do princípio ao fim a sessão que incluiu a presença do vigário-geral da diocese de Braga, cónego José Paulo Abreu, de Carlos Gomes da MSM e de Catarina Martins da Fundação AIS.

A sessão incluiu também dois momentos musicais por elementos da Escola de Música Masof e declamação de poesia por Armindo Cerqueira. Nos corredores do Auditório estavam expostos alguns dos 20 painéis da exposição organizada pela Fundação AIS sobre os cristãos perseguidos, e que agora pode ser vista na Biblioteca Municipal de Barcelos até meados de Fevereiro.

Antes da conferência, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, deu as boas vindas a D. Ximenes Belo, recebendo-o nos Paços do Concelho.

A abrir a conferência, o Presidente da Câmara Municipal manifestou a satisfação e o orgulho do Município por acolher tão importante personalidade da Igreja e do Mundo e por poder contribuir para a reflexão em torno dos problemas das perseguições religiosas e de todas as formas de perseguição. Miguel Costa Gomes felicitou os organizadores da conferência e reafirmou a disponibilidade do Município para receber e apoiar estas iniciativas.

“A perseguição fortalece a fé”

Na sua intervenção D. Ximenes começou por evocar a Declaração Universal dos Direitos do Homem, referindo-se ao alcance do artigo 18.º: “Toda a pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de mudar de religião ou de convicção, assim como a liberdade de manifestar a religião ou convicção, sozinho ou em comum, tanto em público como em privado, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pelos ritos”.

Estava dado o mote para focar a conferência na perseguição aos cristãos, com particular incidência na antiga Insulíndia, área geográfica que inclui as atuais ilhas da Indonésia e de Timor, onde a missionação portuguesa começou há 450. Referindo vários exemplos de perseguição e de sofrimento aos cristãos ao longo da História, D. Ximenes referiu que a consolidação da igreja timorense é também resultado desse sofrimento. E sublinhou: “O sofrimento, a perseguição, o martírio fazem parte da vida cristã. Onde não há perseguição nunca haverá cristãos verdadeiros”. Por isso, “a perseguição fortalece a fé”.

No final, D. Ximenes respondeu ainda a algumas questões colocadas pelo público.

ARCOS DE VALDEVEZ: MUNICÍPIO CEDE INSTALAÇÕES DA ESCOLA PRIMÁRIA DE S. JORGE À JUNTA DE FREGUESIA

Decorreu ontem na sede da Junta de Freguesia de S. Jorge a assinatura do protocolo de cedência das instalações da Escola Primária da localidade à Junta de Freguesia e associações da localidade.

assinatura_protocolo_cedencia_escola_s_jorge5

Com a assinatura deste protocolo as entidades envolvidas (Junta de Freguesia, Centro Social e Paroquial de S. Jorge, Assembleia de Compartes dos Baldios, Associação De Bombos Dragões de S. Jorge, Associação Danças e Cantares de S. Jorge e Associação Recreativa e Cultural de S. Jorge) pretendem dar uma nova vida ao espaço, que se encontra encerrado há já algum tempo, tornando-o numa mais-valia para a Freguesia e sua população.

O Presidente da Câmara Municipal, Francisco de Araújo, fez questão de assinar este protocolo em S. Jorge e reunir com todas as partes interessadas para, em conjunto, poderem delinear estratégias de funcionamento do local.

Aproveitando a ocasião frisou a disponibilidade do município para apoiar sempre, dentro das suas possibilidades, as suas atividades.

assinatura_protocolo_cedencia_escola_s_jorge2

BARCELOS REÚNE AMANHÃ A CÂMARA MUNICIPAL

A Câmara Municipal de Barcelos reúne amanhã, sexta-feira, dia 25 de janeiro, às 10h00, na sala de reuniões, para debater as seguintes questões:

Reunião de Câmara

Sessão ordinária do Executivo da Câmara Municipal de Barcelos

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Ordem de trabalhos:

1. Atribuição de subsídio para refeição escolar, com efeitos a partir da data da deliberação, às seguintes situações: alunos do 1.º Ciclo do ensino básico: 11 alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita, 5 alunos - escalão 2 (B) – refeição 50% (0,73€); alunos do ensino pré-escolar: 10 Alunos – Escalão 1 (A) – refeição gratuita.

2. Renovação do protocolo de cooperação entre o Município de Barcelos e a Federação Portuguesa de MiniGolfe.

3. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Vila Frescaínha S. Pedro com vista ao reforço alimentar dos alunos cujos pais/encarregados de educação não conseguem assegurar/dar diariamente o pequeno-almoço.

4. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Barqueiros, com vista ao reforço alimentar dos alunos cujos pais/encarregados de educação não conseguem assegurar/dar diariamente o pequeno-almoço.

5. Protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Freguesia de Góios, tendo em vista a aquisição de uma viatura automóvel adequada ao transporte de alunos do 1.º ciclo do ensino básico, residentes naquela freguesia, e que frequentam a EB1 de Pereira.

6. Adenda ao protocolo de parceria entre a Ordem Hospitaleira de S. João de Deus e o Município de Barcelos (Unidade Móvel de Apoio Domiciliário Integrado), assinado em 16 de dezembro de 2011.

7. Protocolos de cooperação para a realização de estágios.

8. Protocolo de cooperação entre o Município e as Juntas de Freguesia do Concelho de Barcelos.

Foi aprovado em reunião ordinária de 04.05.2012 o “Protocolo de cooperação entre o Município e as Freguesias do concelho de Barcelos”, designadamente a transferência de uma comparticipação financeira no valor equivalente a 200% do montante previsto anualmente no Orçamento do Estado para as Freguesias no âmbito do FFF (Fundo de Financiamento das Freguesias), cujo valor global a transferir relativo a 2012 se cifra em cerca de 4.847.430,00 €.

Naquela deliberação foi atribuído o pagamento de 50% daquele valor, ficando determinado que os restantes 50% seriam pagos de acordo com as disponibilidades financeiras, salvaguardando, desse modo, a Lei nº 8/2012, de 21 de Fevereiro – Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso. Até ao momento, já foi deliberado o pagamento de 75%, pelo que se propõe o pagamento imediato o valor correspondente aos restantes 25% do valor do Protocolo, perfazendo assim a transferência de verbas relativas ao primeiro, segundo, terceiro e quarto trimestres de 2012.

9. Instituto S. João de Deus - Casa de Saúde S. João de Deus. Pedido de apoio técnico para, conjuntamente com o técnico da instituição responsável pelas obras, fazerem o acompanhamento e fiscalização de trabalhos de adaptação e finalização do edifício.

10. Fábrica da Igreja Paroquial de S. João Batista de Barqueiros. Pedido de apoio técnico para a realização de projeto de arquitectura, acessibilidades e arranjos exteriores da obra de restauro/remodelação do Centro Paroquial.

11. Atribuição de um subsídio no valor de 11.660,00 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, à Freguesia de Campo, para pagamento da construção de passeios para peões na Avenida do Divino S. Salvador, devido ao alargamento efetuado.

12. Atribuição de um subsídio no valor de 26.349,70 €, à Freguesia de Vila Boa, para pagamento da construção do muro do cemitério que ruiu para a via pública devido às más condições meteorológicas.

13. Atribuição de um subsídio no valor de 1.000,00 €, à Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, como colaboração no desenvolvimento das suas atividades.

14. Atribuição de um subsídio no valor de 5.000,00 €, à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, como colaboração no custo dos cursos de formação que serão ministrados aos Bombeiros.

15. Aprovação de parecer sobre a celebração ou renovação de contratos de aquisição/prestação de serviços em determinadas situações desde que não seja ultrapassado o montante anual de 5.000 € (sem IVA). Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro – Orçamento de Estado 2013. Pedido de Parecer Genérico – Artigo 4.º da Portaria n.º 16/2013, de 17 de Janeiro. (Parecer

16. Aprovação de parecer sobre a celebração ou renovação de contratos de aquisição/prestação de serviços em 2013. Artigo 75.º da Lei n.º 66-B/2012, de 31 de Dezembro – Orçamento de Estado 2013. Pedido de Parecer Prévio.

17. Apoio ao arrendamento habitacional – aprovação de nove processos.

18. Ratificação de emissão de parecer favorável à compropriedade de prédios rústicos – 15 processos.

19. Ratificação de emissão de certidão de destaque de parcela.

20. Ratificação de parecer prévio favorável a desafetação de terreno integrado em RAN.

21. Declaração de prescrição, a favor do Município de Barcelos, de sepulturas do Cemitério Municipal de Barcelos.

22. Retificação do Fundo de Maneio.

23. Designação dos órgãos sociais da Sociedade Barcelos Futuro, S.A.

O Município de Barcelos detém 49% do capital social da sociedade anónima Barcelos Futuro, S.A.

Ao abrigo do disposto no n.º 1 do artigo 15.º dos Estatutos da Sociedade Barcelos Futuro, S.A. o Conselho de Administração é composto por cinco membros, eleitos quadrienalmente pela assembleia-geral, sendo um deles designado Presidente.

Acresce que, ao abrigo do Acordo de Accionistas, de Cooperação Técnica, Económica e Financeira celebrado, concretamente do disposto na cláusula 6.1, os accionistas acordam em exercer o seu direito de voto na Assembleia-Geral de forma a eleger e sempre manter, de entre os 5 membros que constituirão o Conselho de Administração, 3 Administradores propostos pelos accionistas privados e 2 Administradores pelo Município de Barcelos.

De igual modo, nos termos da cláusula 6.3., do acordo mencionado no parágrafo anterior, os accionistas obrigam-se a assegurar que os Administradores por si propostos na Assembleia-Geral designem como Presidente do Conselho de Administração um dos administradores propostos na Assembleia-Geral pelo Município de Barcelos.

Nessa medida, nos termos do disposto no artigo 64º, n.º 1, alínea i), da Lei 169/99, de 18 de Setembro, com a redacção actualizada, propõe-se:

- Revogar a deliberação tomada na reunião ordinária de 18.11.2011 que designou como Administrador da sociedade Barcelos Futuro, S.A. o Vereador da Câmara Municipal de Barcelos, José Carlos da Silva Brito, para o exercício do cargo de Presidente do Conselho de Administração;

- Designar como Administrador, para o exercício do cargo de Presidente do Conselho de Administração da sociedade Barcelos Futuro, S.A., Nelson Carlos Teixeira de Brito;

- Designar como Administrador, não executivo, o Vereador da Câmara Municipal de Barcelos, José Carlos da Silva Brito.

24. Ratificação dos despachos do Vice-Presidente da Câmara, que aprovaram o seguinte: cedência do Auditório Municipal e apoio logístico – Fundação “Ajuda à Igreja que Sofre” – Conferência D. Ximenes Belo; cedência de transporte para Lisboa – Cerca de 40 pessoas vão participar no Programa “Praça da Alegria”, da RTP em representação das diferentes tradições do Concelho (despesa importa em 750,00 € com IVA incluído); cedência de transporte para entrega da exposição de José Emídio e recolha da exposição de Hélia Aluai – EMEC Barcelos; cedência de transporte para participação na reunião com a Plataforma Nacional de Luta contra a Extinção de Freguesias, no dia 19 de Janeiro/13 – Movimento Freguesias Sim! Pela Nossa Terra; cedência do Salão Nobre para a realização de diversos concertos/sarau musical – Conservatório de Música de Barcelos; apoio logístico com isenção de taxas para a realização da Festa de Natal – Unidade de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro; cedência do Auditório da Câmara Municipal para a realização de um Seminário – Escola Superior de Gestão do IPCA.

25. Ratificação do despacho do Vereador do Pelouro dos Transportes da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: cedência de transporte no dia 23.01.2013 para deslocação a Lisboa (ANAFRE) – Movimento Freguesias Sim! Pela Nossa Terra.

26. Ratificação do despacho do Vereador do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: cedência de 13 “plinth” para exposição – Comissão de Festas de Nossa Sra. Purificação de Galegos Santa Maria.

27. Ratificação do despacho da Senhora Vereadora do Pelouro da Educação e Cultura da Câmara Municipal, que aprovou o seguinte: aquisição de chocolates e respectivos sacos para oferecer às crianças que vieram cantar os reis ao edifício da Câmara Municipal.

Barcelos, 24 de janeiro de 2013

O Gabinete de Comunicação

PONTE DE LIMA APOSTA NA INTERNACIONALIZAÇÃO DAS SUAS EMPRESAS

Considerando que a exportação de bens e serviços é um importante motor do crescimento e geração de riqueza que alavancam a criação de emprego, o Município de Ponte de Lima convidou os empresários do concelho para uma sessão informativa, com o objetivo de divulgar as novas oportunidades de negócios e capacitação das empresas do concelho, nomeadamente na perspetiva de internacionalização das suas atividades.

Esta ação decorreu ao abrigo de uma parceria estabelecida com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) entidade pública de natureza empresarial vocacionada para o desenvolvimento de um ambiente de negócios competitivo que contribua para a globalização da economia portuguesa.

Marcaram presença cerca de 40 empresários interessados em conhecer as ferramentas institucionais disponíveis para iniciar um processo de internacionalização/exportação dos seus bens ou serviços.

Como entrar no circuito empresarial internacional e uma primeira abordagem à internacionalização foram alguns dos temas abordados durante a sessão. A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, está disponível para esclarecer e enquadrar os serviços que disponibiliza junto dos empresários realçando que a maioria destes serviços não tem custos associados.

Esta sessão integra-se num conjunto de ações que o Município pretende dinamizar com o objetivo de aumentar a competitividade e notoriedade do nosso concelho, através da dinamização de investimento estruturante e da internacionalização das empresas com especial destaque para as pequenas e médias empresas.

PÓVOA DE LANHOSO REALIZA TERCEIRA EDIÇÃO DO “CONCURSO LITERÁRIO ANTÓNIO CELESTINO”

Criar e consolidar hábitos de leitura, fortalecer hábitos de escrita criativa e valorizar a expressão literária são os objetivos do “Concurso Literário António Celestino”, que o Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE) da Biblioteca Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Rede Concelhia das Bibliotecas Escolares já estão a promover.

Para esta terceira edição, os trabalhos devem ser entregues até 15 de fevereiro de 2013, junto da Biblioteca Municipal/Casa da Botica, da Biblioteca do Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio ou da Biblioteca do Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso.

António Celestino, escritor que nasceu na Póvoa de Lanhoso, em 1917, é autor de obras como “Gente da Terra”, prefaciada por Jorge Amado, “Antigamente era san johan de rei” e “Uma Vida em Si Menor”, de entre outras.

O “Concurso Literário António Celestino” tem um Regulamento próprio que estabelece, de entre outros requisitos, que as pessoas concorrentes deverão produzir um texto narrativo original e inédito, em Língua Portuguesa, com um mínimo de uma página e um máximo de dez páginas de tamanho A4. O tema é livre e vai-se processar em quatro escalões etários: 1º escalão (até aos 12 anos); 2º escalão (dos 12 aos 16 anos) 3º escalão (dos 16 aos 20 anos) e o 4º escalão (a partir dos 20 anos).

Os/as alunos/as podem participar sob a orientação de um/a professor/a ou Coordenador/a, mas os trabalhos devem ser individuais.

Os textos serão apreciados e seriados por um júri constituído por elementos de cada Agrupamento/Escola e da Biblioteca Municipal. Os trabalhos serão seriados mediante a criatividade e originalidade; a qualidade literária; a organização; e a coerência e coesão do texto. Os vencedores serão anunciados entre os dias 11 e 15 de março de 2013, durante a Semana da Leitura.

LIMPA-NEVES ASSEGURA SEGURANÇA DE AUTOMOBILISTAS EM CELORICO DE BASTO

A autarquia de Celorico de Basto dispõe, a partir de janeiro corrente, de um equipamento, uma lâmina limpa-neves, usado pela proteção civil no concelho de Celorico de Basto sempre que necessário. Simultaneamente, o concelho dispõe, agora, de espalhadores de sal que serão de muito uso, sobretudo, nas terras altas do concelho.

2

Estes equipamentos tornaram-se necessários uma vez que Celorico de Basto tem sido fustigado por temperaturas relativamente baixas com queda de neve e gelo que tornam as estradas intransitáveis podendo mesmo isolar as populações.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, “trata-se de salvaguardar a proteção da nossa população, com equipamentos necessários e que evitam riscos desnecessários com a devida utilização destes importantes recursos”, referiu.

Assim, como forma de evitar situações de isolamento e perigo a Câmara Municipal elaborou uma candidatura no âmbito do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional e ao abrigo do Eixo Prioritário III – Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial para aquisição de Equipamento Operacional de Proteção Civil para o Concelho de Celorico de Basto.

O objetivo centra-se em contribuir para melhorar a gestão preventiva dos riscos naturais e assim permitir que quem circula nas estradas o faça dentro das normas de segurança.

BANDA DE MÚSICA DE MOREIRA DO LIMA ENCERRA A EDIÇÃO DESTE ANO DOS CONCERTOS DE INVERNO EM PONTE DE LIMA

A Banda de Música da Casa do Povo de Moreira do Lima, vai encerrar a edição 2013 dos Concertos de Inverno, no Teatro Diogo Bernardes, domingo, dia 27 de Janeiro, às 15 horas. Uma das Bandas mais antigas do concelho, a Banda de Música da Casa do Povo de Moreira foi fundada em 1824.

De acordo com documentos históricos, em tempos existiam duas bandas de música na Freguesia de Moreira. As duas bandas rivais, alimentavam aceso despique entre os músicos e contribuíam para a força musical da terra. Cansados com tanta discórdia, as autoridades locais decidiram actuar. Assim, em 1938, o administrador do Concelho, decidiu executar a apreensão instrumental, uma vez que os instrumentos eram a causa mais próxima das disputas e desordens.

Com a formação da Casa do Povo de Moreira do Lima, a banda renasce com o novo nome: Banda de Música da Casa do Povo de Moreira do Lima. A partir da década de quarenta, a Banda passou a tocar em muitos lados, percorreu muitas terras. No entanto, durante o ano de1975, abanda começa a dar sinais de declínio, que se agravam com a morte do Maestro.

O regresso da banda ocorre nos anos 80 com o apoio da Junta de Freguesia e da Direcção da Casa do Povo e de toda a população. Actualmente a Banda conta com 65 músicos, amadores e profissionais de Moreira do Lima e de várias localidades vizinhas, efectuando cerca de30 a42 actuações durante o ano por vários pontos do País.

Desde Novembro de 2009, Artur António Duarte Cardoso, assumiu a direcção artística, renovando a dinâmica da banda e todos os elementos.

Para mais informações ou efectuar reservas contacte através do telefone: 258 900414 ou pelo email:teatrodb@cm-pontedelima.pt.

PONTE DE LIMA: BANDA DE MÚSICA DE S. MARTINHO DA GANDRA ATUA NO TEATRO DIOGO BERNARDES

Concertos de Inverno no Teatro Diogo Bernardes. Banda de Música de S. Martinho da Gandra. 26 de Janeiro / 15H30

A Banda de Música de S. Martinho da Gandra vai atuar no próximo sábado, dia 26 de janeiro no Teatro Diogo Bernardes, integrando o programa dos Concertos de Inverno dinamizado pelo Município de Ponte de Lima.

Estes concertos têm como principal objetivo divulgar e apoiar o trabalho desenvolvido pelas Bandas Filarmónicas do concelho de Ponte de Lima.

Com data de fundação de 1836, a Banda Musical de S. Martinho da Gandra é reconhecida a nível Nacional e Internacional. O seu primeiro maestro e fundador foi o Padre Manuel Antunes de Oliveira.

Atualmente está integrada no Centro Social Paroquial de S. Martinho da Gandra e é membro da Federação Regional de Bandas Filarmónicas do Minho. A Direção é presidida pelo Pároco da Freguesia de S. Martinho da Gandra, Dr. José António Araújo de Freitas e tem como regente o Maestro Hélder Magalhães.

A Banda Musical de S. Martinho da Gandra é composta por cerca de 70 elementos, na sua maioria jovens, naturais da Ribeira Lima, que animam as festas e romarias de Portugal e além-fronteiras.

No próximo sábado dia 26 de Janeiro às 15h30, a Banda de S. Martinho vai apresentar um espetáculo inovador, contando com a participação especial dos solistas Agostinho Abreu, Vítor Vieira e Daniel Bernardino.

A não perder.

Para mais informações ou reservas, contacte o Teatro pelo telef: 258 900414 ou teatrodb@cm-pontedelima.pt.

CÂMARA MUNICIPAL DE PÓVOA DE LANHOSO ENTREGA BOLSAS DE ESTUDO

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai, no próximo dia 26 de janeiro, proceder à entrega de 65 bolsas de estudo, o que representa um aumento em relação ao ano letivo anterior.

PACOS CONCELHO DA POVOA DE LANHOSO 1

Estas Bolsas referem-se a 2012-2013. Esta entrega começa pelas 11h30, no auditório da Casa da Botica.

A atribuição de Bolsas de Estudo a alunos matriculados no Ensino Secundário e/ou Profissional e Ensino Superior, residentes no concelho da Póvoa de Lanhoso é um apoio às famílias povoenses e destina-se a incentivar os jovens a prosseguir estudos e a fomentar o seu sucesso educativo.

De lembrar que, atenta às dificuldades das famílias, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está já a reforçar as principais medidas de apoio social, aumentando a dotação financeira de algumas, como as Bolsas de Estudo, os apoios à Renda de Casa ou o Viver +, por exemplo. “Decidimos reforçar a área da intervenção social. As respostas que proporcionamos procuram adequar-se às necessidades das famílias e têm um impacto direto importante na vida e na organização do quotidiano dos povoenses”, salienta o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

PONTE DE LIMA ESTÁ EM ALTA!

O Município de Ponte de Lima em parceria com a Associação Empresarial, Turismo Porto e Norte e a Ancoreventos, apresentaram ontem, dia 22 o projeto “Em época baixa PONTE DE LIMA EM ALTA”. Trata-se de um projeto que dinamiza cinco eventos, de 26 de janeiro a 3 de março, no sentido de criar uma maior atratividade e visibilidade para o concelho e para a região.

Ponte de Lima - f_piqueiro_foto_engenho

Foto: F. Piqueiro

Dirigido aos agentes locais e aos empresários do setor turístico hoteleiro e da restauração o PONTE DE LIMA EM ALTA potencia os recursos endógenos como forma de tornar este território num espaço ideal para o turismo interno e externo em época baixa, criando novas oportunidades para a economia local, apostando numa estratégia de captação de novos públicos.

“Em época baixa PONTE DE LIMA EM ALTA” tem ainda como missão consolidar dois pratos típicos da gastronomia limiana o Bacalhau de Cebolada e o Arroz de Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima., muito bem acompanhados pelo loureiro branco e vinhão tinto.

Durante a cerimónia de apresentação do “PONTE DE LIMA EM ALTA”, no uso da palavra o Vereador da Cultura Franclim Sousa salientou “as parcerias estabelecidas para a realização do projeto facto que, assinala, demonstra a forma inequívoca como os agentes económicos e outras entidades continuam motivados para fazer face às dificuldades e manter-se, como o projeto diz, em alta”.

O Vice-Presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Júlio Meirinhos, referiu que “os produtos estratégicos da região norte fazem vida e movida todo o ano”, considerando que em Ponte de Lima, “o Município tem construído ao longo dos anos uma imagem de marca”.

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Victor Mendes, salientou o envolvimento de todos os agentes locais neste projeto. “É este envolvimento que dá força e dinâmica para podermos ter sucesso nestas iniciativas.” Quanto ao investimento, o autarca revelou que “conseguimos fazer um conjunto de iniciativas ao longo do ano, de enorme qualidade, com poucos recursos financeiros”.

O projeto “PONTE DE LIMA EM ALTA” entre outros aspetos, disponibiliza condições especiais de estadia e na área da restauração. Durante os fins-de-semana em que se realizam os eventos, haverá um desconto de 15% em alojamento nas unidades hoteleiras aderentes, para as noites de sexta-feira e sábado, da mesma forma que a restauração aderente oferece 1 leite creme, por dose, nas refeições de sábado e domingo, promovendo uma iguaria típica da cozinha tradicional limiana. A conjugação de esforços e interesses coloca Ponte de Lima na mira dos visitantes e turistas, que encontram aqui uma oferta ALTA em época baixa. As atividades decorrem em toda a vila sendo que a maioria realiza-se na tenda da Expolima, com espaço de restauração.

“PONTE DE LIMA EM ALTA 2013” apresenta as seguintes feiras temáticas:

Verde Noivos | 26 e 27 de Janeiro

Verde Noivos é uma exposição destinada sobretudo a desafiar quem está em vésperas de casamento e a todos aqueles que possam estar interessados em conhecer as empresas e marcas, que, em Ponte de Lima, se dedicam à festa matrimonial.

Este evento, com a duração de um fim-de-semana, visa sobretudo mostrar todo o tipo de propostas e serviços para casamentos, aliado a momentos de animação, com desfiles de vestuário para noivos e noivas, danças de salão e um espaço de lazer.

A concretização de todas estas atividades apresenta-se como uma forma de valorizar as empresas que se dedicam ao matrimónio, suscitando, ao mesmo tempo, o interesse de potenciais casais que procuram ideias inovadoras para o seu casamento. Uma proposta que pode abrir horizontes para o caminho da felicidade.

Feira do Bacalhau de Cebolada | 1 a 3 de Fevereiro

O “Bacalhau de Cebolada” é um prato típico da cozinha limiana e a sua história perde-se no tempo. Segundo as “Atas de Vereação” de 1687, a população limiana era abastecida com bacalhau ao preço de 46 réis, sendo um dos seus alimentos preferidos e dos mais presentes na sua alimentação. Na feira quinzenal, quase todas as tendas o vendiam como iguaria, preservando-se até hoje essa rica tradição gastronómica que alimenta os que aqui vêm feirar. Como petisco ou refeição, o “Bacalhau de Cebolada” é um prato reinante dos cardápios das tabernas e restaurantes de Ponte de Lima.

Neste fim-de-semana, celebra-se esta iguaria gastronómica enaltecendo o sabor autêntico do bacalhau, envolvido por um molho divinal que dá à cebolada um gosto inconfundível. Se a estes atributos juntarmos os magníficos loureiros da região, encontramos um casamento perfeito entre o vinho e a comida. Será também um fim-de-semana de animação com os grupos de música popular do concelho a temperarem o bacalhau com os sons alegres da tradição minhota.

Feira do Ambiente e Energia | 15 a 17 de Fevereiro

A preservação do ambiente é uma preocupação contínua na vila de Ponte de Lima. Desta forma, a organização de uma feira que apresente produtos, equipamentos e serviços que potenciem uma maior eficiência energética e um maior aproveitamento dos recursos energéticos renováveis endógenos é fundamental. Este evento visa igualmente alertar o público para a importância das questões energético - ambientais.

Nesta feira estão presentes ateliês e demonstrações de equipamentos e serviços “amigos do ambiente”, promovidos em parceria com entidades nacionais e locais ligadas ao setor energético e ambiental.

Esta feira pretende reunir num mesmo espaço nas empresas que apresentam as soluções energeticamente mais eficientes em campos como: a mobilidade, iluminação, climatização, a produção descentralizada de energia, a gestão da energia e a construção civil, expondo soluções que se direcionem não apenas para a nova construção, como também, para as intervenções ou operações urbanísticas de recuperação e regeneração urbana.

Festa da Gente Miúda | 22 a 24 de Fevereiro

A Festa da Gente Miúda é a primeira realização do género no concelho de Ponte de Lima, porventura em todo o Alto-Minho. Desde ateliês educativos, de diversão e de sensibilização para algumas temáticas importantes, a Festa será um espaço onde a magia e a imaginação infantil vão dar largas ao sonho e à criatividade. Por entre espetáculos de dança, filmes e representações, a Festa vai ter momentos inolvidáveis com destaque para O NABO GIGANTE, interpretação do grupo de teatro infantil Partículas Elementares, proporcionando um tarde de sábado de verdadeiro encanto para os mais novos. No domingo à tarde a Festa vai ter a visita da XANA TOC TOC, num espetáculo fascinante que fará da tenda da Expolima um espaço de êxtase e de fantasia para todas as crianças que tiverem a oportunidade de conviver de perto com a artista de sua eleição. Com atividades para todos os gostos, crianças e adultos irão divertir-se sem preconceitos, num lugar ideal pensado para se potenciar os bons momentos em família.

Feira do Porco e as Delícias do Sarrabulho | 1 a 3 de Março

Ponte de Lima é conhecida com um dos maiores polos do turismo gastronómico. Com o objetivo de corresponder às expectativas e presentear os visitantes, é habitual a organização de pequenas feiras que se dedicam à mostra das iguarias gastronómicas do concelho.

A “Feira do Porco e as Delícias do Sarrabulho” procura promover o Arroz de Sarrabulho à moda de Ponte de Lima, prato típico limiano, mostrando também algumas iguarias como a beloura, a farinhota, a chouriça de verde, o buxo, e outras delícias de comer e chorar por mais. A sobremesa tradicional é o leite-creme e o companheiro ideal é o vinhão, tinto especial da nossa região. Além da gastronomia a animação será uma constante, na manhã de domingo os bombos vão percorrer as ruas da vila anunciando a festa e à tarde o folclore ocupará todos os largos da vila, onde, após um desfile da tradição, os grupos folclóricos do concelho vão pôr toda a vila a dançar o vira. Neste evento, os visitantes poderão encontrar propostas irresistíveis dos vários restaurantes do concelho, assim como, expositores de produtos regionais e artesanato.

FAFE: O FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO

O Fórum Permanente de Teatro é a actividade maior da FPTA e enquadra-se dentro dos princípios, estatutários expressos no Artigo 2º. E cumpre os objectivos do Regulamento Geral Interno, nomeadamente:

  • Criação e organização de espaços e meios para formação, informação e análise;
  • Promoção de intercâmbios e de troca de experiências;
  • Promoção e divulgação de produtos culturais, circulação de espectáculos.
  • Contribuição para a definição de políticas culturais e de estabelecimento de parcerias;

Para isso, a Direcção da FPTA no Fórum, promove a formação teatral, modera a organização de festivais e mostras de teatro das associadas e congéneres, promove o debate de ideias, o levantamento e actualização permanente da realidade do movimento teatral e realiza, em simultâneo, as Assembleias-Gerais.

É nos Fóruns que se vive o movimento da Federação Portuguesa de Teatro, que se estabelecem e estreitam laços entre várias congéneres e onde a Direcção sente o pulsar do movimento associativo, motivando-se para redimensionar os projectos delineados em benefício de todos.

Os Fóruns são temáticos, para cada, selecciona-se um tema e ou um dramaturgo português de reconhecido mérito.

  1. O Fórum de formação.

Doze horas de formação para cada Painel.

Os painéis dividem-se em cinco grandes áreas:

  1. Formação de Actores

Preparação/interpretação; Técnicas de Respiração e Voz; Expressão corporal; Pantomima; Contadores de histórias, Esgrima Artística.

  1. Estética Teatral

Encenação; Dramaturgia; Escrita Criativa; História do Teatro

  1. Técnicas de Palco

Iluminação de Cena; Sonoplastia e desenho do som; Multimédia e video; Construção de Adereços; Cenografia; Figurinos; Contra-Regra; Caracterização; Produção

  1. Animação

Malabarismo; Equilíbrio; Domínio do Fogo; Escultura de Balões

  1. Organização

Associativismo; Marketing Cultural; Promoção e Divulgação; Administração e Contabilidade; Produção

  1. O Fórum de discussão.
  1. As Assembleias-gerais estatutárias, realizam-se com a respectiva discussão de planos e estratégias directivas.
  2. Em mesas redondas, e ou debates, cujos temas abordam realidade teatral e associativa.
  3. Apresentação de agendas de Festivais, Mostras, Encontros de Teatro e articula-se e incentiva-se, entre associadas, a participação e o intercâmbio.
  4. Apresentam-se estabelecem-se parcerias com congéneres internacionais.
  5. Apresentam-se parcerias, com entidades públicas e assina-se protocolos.
  6. Apresentam-se parcerias comerciais, com empresas e assina-se protocolos.
  1. O Fórum de parcerias.
  1. O Fórum dos espectáculos

Quatro momentos de espectáculo de Teatro.

  1. Espectáculo de Sexta – da Filiada anfitriã para recepção aos participantes
  2. Espectáculo de Sábado – no fórum de Janeiro, a convite, ou de intercâmbio com a congenere espanhola – “Escenamateur”. No fórum de Setembro o prémio Ruy de Carvalho do Concurso Nacional de Teatro – Póvoa de Lanhoso
  3. Espectáculo de Sábado – pela noite dentro – com carácter de variedades, apresentado pelos participantes no fórum.
  4. Espectáculo de Domingo – apresentação dos exercícios dos vários painéis do fórum.
  1. O Fórum de convívio.

Convívio entre membros dos Grupos, Companhias e Associações de Teatro que, pelos corredores, salas de refeição, dormitórios e… tantos outros sítios, com a natural troca de experiencias conhecimentos e realidades.

BREVE HISTORIAL DO FÓRUM PERMENTE DE TEATRO

Em finais de 2007, surge o projecto do “FORUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES”, no seio da ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores.

I FORUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Esmoriz, 26 e 27 de Janeiro 2008.

Co organização ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Grupo de Teatro Renascer, com apoio Junta de Freguesia de Esmoriz e Muncipio de Ovar

II FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Vila Nova de Foz Côa, 12, 13 e 14 de Setembro 2008.

Co organição, ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Teatro Em Movimento, com apoio do Muncipio de Vila Nova de Foz Côa.

III FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Lagos, 30 e 31 de Janeiro e 1 de Fevereiro 2009.

Co organização, ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Teatro Experimental de Lagos, com apoio do Muncipio de Lagos.

IV FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Stª Maria da Feira, 25, 26 e 27 de Setembro 2009.

Co organização, ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Juv-Setas, grupo de teatro da Juventude de Sanguedo, com apoio do Muncipio de Stª Maria da Feira.

V FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Póvoa de Lanhoso, 22, 23 e 24 de Janeiro de 2010.

Co organização, ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Câmara Municipal de Póvoa de Lanhoso.

VI FORUM PERMANENTE DE TEATRO DE AMADORES – Ansião, 1, 2 e 3 de Outubro 2010.

Co organização, ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores e Teatro Olimpo, com o apoio do Municipio de Ansião.

UM FÓRUM DE TRANSIÇÃO:

Da ANTA – Associação Nacional de Teatro de Amadores para a FPTA – Federação Portuguesa de Teatro.

UM FÓRUM TEMÁTICO E DE HOMENAGEM:

A um dos maiores dramaturgos portugueses do Século XX – Bernardo Santareno.

VII FORUM PERMANENTE DE TEATRO – Tondela, 14, 15 e 16 de Janeiro 2011.

Co organização FPTA – Federação Portuguesa de Teatro e ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Alvarim, com a sua secção, TEIA – Teatro Experimental Intervenção de Alvarim, com apoio de, ACERT – Associação Cultural e Recreativa de Tondela e o Município de Tondela.

FÓRUM na antiguidade clássica, para os Gregos – Ágora; e para os Romanos - praça principal da cidade, o centro político, religioso, económico e social, para nós é o Espaço principal de encontro das gentes do teatro.

PERMANENTE de constante, contínuo, duradouro, fixo, incessante, marcado, perpétuo, no tempo e nos objectivos.

TEATRO - deriva do grego theaomai (θεάοµαι) - olhar com atenção, perceber, contemplar. Theaomai não significa ver no sentido comum, mas sim ter uma experiência intensa, envolvente, meditativa, inquiridora, a fim de descobrir o significado mais profundo; uma cuidadosa e deliberada visão que interpreta seu objecto.

UM FÓRUM DE HOMENAGEM

A Luiz Francisco Rebello. Dramaturgo, Advogado, Crítico Teatral, Historiador de Teatro e Ensaísta; personalidade incontornável da cultura portuguesa do Século XX e inicio do XXI.

UM FÓRUM DE PARCERIAS:

Com a EscenAmateur – Associação Nacional - Espanha, no intercâmbio de espectáculos. O intercâmbio com a congenere Espanhola, com a vinda de um grupo filiado na FETAM – Federação de Teatro Amador da Comunidade de Madrid.

VIII FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO, Avis, 9, 10 e 11 de Setembro 2011.

Co organição FPTA – Federação Portuguesa de Teatro e Grupo de Teatro “A Fantasia”; Opsis em Metamorphose – Centro de Divulgação Artística, com o apoio do Muncipio de Avis.

UM FÓRUM DE HOMENAGEM

A Luisa Costa Gomes, Contista, romancista, dramaturga, dramaturgista, guionista, tradutora e cronista.

IX FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO – FÓRUM EUROPEU DE TEATRO,  Guimarães, 13, 14 e 15 de Janeiro 2012.

Co organização FPTA – Federação Portuguesa de Teatro e CAR – Circulo de Arte e Recreio, com a a sua secção TERB – Teatro Ensaio Raul Brandão, com o apoio de Municipio de Guimarães e Fundação Cidade de Guimarães Capital Europeia da Cultura.

UM FÓRUM DE HOMENAGEM

A Gil Vicente poeta, dramaturgo e actor português.

UM FÓRUM DE PARCERIAS:

Com a EscenAmateur – Associação Nacional - Espanha, no intercâmbio de espectáculos. O intercâmbio com a congenere Espanhola, com a vinda de um grupo filiado na FATEX - Federacion de Asociaciones de Teatro de Extremadura

X FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO,  Setubal, 5, 6 e 7 de Outubro 2012.

Co organização FPTA – Federação Portuguesa de Teatro e Grupo de Animação e Teatro espelho Mágico, com o apoio de Municipio de Setubal

UM FÓRUM DE HOMENAGEM

A Norberto Ávila, Dramaturgo, romancista, contista e poeta português.

XI FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO, Fafe, 25, 26 e 27 de Janeiro 2013.

Co organização FPTA – Federação Portuguesa de Teatro e Teatro Vitrine – Grupo Nun’Álvares, com o apoio de Municipio de Fafe

UM FÓRUM DE HOMENAGEM

A Camilo Castelo Branco .

UM FÓRUM DE PARCERIAS:

Com a EscenAmateur – Associação Nacional - Espanha, no intercâmbio de espectáculos. O intercâmbio com a congenere Espanhola, com a vinda de um grupo filiado na FATEX - Federacion de Asociaciones de Teatro de Extremadura.

XI FÓRUM PERMANENTE DE TEATRO – FAFE 2013

PROGRAMA

Sexta-Feira, 25 de Janeiro 2013

21:30 – TEATRO CINEMA DE FAFE

Teatro Vitrine, apresenta:

“BollingBrook”

Adaptação do texto de Martins Pena

Sábado, 26 de Janeiro 2013

08:30 – SEDE GRUPO NUN’ ALVARES

Abertura do Secretariado

09:00 - Cerimónia Oficial de Abertura do Fórum

09:30 - Sessão de Abertura do Fórum

Homenagem ao Dramaturgo Camilo Castelo Branco

10:00 - Início dos Painéis de Formação

13:00 - Encerramento dos Painéis de Formação

Almoço

14:30 - Reinício do Painéis de Formação

19:30 - Encerramento dos Painéis de Formação

Jantar

21:30 – TEATRO CINEMA DE FAFE

Jachas Teatro - Torrejoncillo (Cáceres), apresenta:

“LA SEÑORITA GUARDESA”

Intercâmbio com Escenamateur - Espanha

Domingo, 27 de Janeiro 2013

09:00 – SEDE GRUPO NUN’ ALVARES

Reinício dos Painéis de Formação

Assembleia-Geral da FPTA

13:00 - Encerramento dos Painéis de Formação

Almoço

14:30 - TEATRO CINEMA DE FAFE

Encerramento do Fórum

Foto de Família

15:30 - Espectáculo de Encerramento dos Painéis

a partir de: “O MORGADO DE FAFE AMOROSO” de Camilo Castelo Branco

17:30 - Regresso a casa dos Participantes

Pág. 1/3