Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS HOMENAGEIA ALCAIDES DE FARIA

Presidente da Câmara na inauguração de monumento aos Alcaides de Faria. Grupo Alcaides de Faria colheu apoios e construiu estátua na freguesia de Faria

Comemora-se este ano 640 anos do feito heroico do alcaide Nuno Gonçalves de Faria, cuja morte, em frente ao Castelo de Faria, inspiraria os portugueses que, cercados pelas tropas espanholas, resistiram ao invasor.

DSC_0032 - 1

É esse feito ocorrido em 1373 que o Grupo Alcaides de Faria (GAF) decidiu homenagear na freguesia de Faria, com um Memorial aos Alcaides de Faria, inaugurado pelo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, no domingo, 15 de setembro.

A construção do monumento é da responsabilidade do Grupo, mas contou com o apoio da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia e com o contributo “dos filhos de Faria e descendentes, residentes e na diáspora”. Situado no coração da freguesia, no local onde terá nascido a comunidade de Faria, o monumento reproduz o perfil da estátua aos Alcaides existente em Barcelos e pretende perpetuar “a memória do feito de honra e dever desse antepassado de Faria”, bem como “tornar-se um ex-libris, gerador de valor imaterial à freguesia”, como explicou o presidente da direcção do GAF, Manuel Lomba.

Começando por anunciar o regresso do Grupo “à vida cívica e cultural”, depois de um longo interregno, Manuel Lomba afirmou que a estátua é “um marco de cidadania ativa”, pois o exemplo dos patriotas alcaides deve permanecer como uma inspiração aos novos tempos, também eles cheios de dificuldades. Um “país que não respeita o passado não será um país feliz”, disse ainda Manuel Lomba.

Intervindo após o descerramento do monumento, o Presidente da Junta de Freguesia, José Faria, destacou o empenho de todos na construção deste monumento, afirmando que sem parcerias entre os organismos públicos e o apoio dos privados, dificilmente se conseguiria concretizar o projeto.

Dirigindo-se ao Presidente do Município, José Faria agradeceu “a colaboração e o empenho da Câmara Municipal neste últimos quatro anos de mandato” com a freguesia de Faria.

Falando para a população que se juntou na manhã de domingo para assistir à inauguração, bem como aos autarcas presentes, o Presidente da Câmara felicitou a iniciativa da sociedade civil, saudando o regresso do GAF à atividade.

“Quando, há quatro anos, chegamos à Câmara Municipal deparamos com muitos problemas a necessitar de resolução urgente. Ao longo desse tempo fomos vencendo as dificuldades e, por isso, é com muita satisfação que me associo à resolução desses problemas”, disse Miguel Costa Gomes.

O Presidente da Câmara prometeu continuar a resolver os problemas das populações, porque “estar na política só faz sentido se for em prol dos cidadãos”.

A cerimónia contou com a participação da delegação de Barcelos da Associação Portuguesa de Veteranos de Guerra, tendo o Pároco Paulo Flores benzido o monumento.