Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

O QUE REPRESENTA A FAMOSA GÁRGULA DA IGREJA MATRIZ DE CAMINHA?

1000imagens

A imagem mostra a famosa gárgula da Igreja Matriz de Caminha (Foto: Manuel Passos, in http://www.1000imagens.com/autor.asp?idautor=371)

Situada defronte do município galego da Guarda, da província de Pontevedra, Caminha detém junto à foz dos rios Minho e Coura onde, de uma área amuralhada, ergue-se a Igreja Matriz cuja construção foi iniciada em 1488, ainda ao tempo de D. João II, tendo as obras sido realizadas por Pêro Galego e João Tolosa, mestre pedreiros provenientes da Galiza e da Biscaia. Apesar disso, nela também participaram artistas portugueses que terão sido os autores de uma curiosa gárgula antropomórfica que, na fachada do lado nascente da Igreja, exibe as nádegas voltadas para norte ou seja, para as bandas da Galiza.

Muito usuais na arquitectura gótica, as gárgulas servem para escoar a água dos telhados, funcionando como uma espécie de gargalo, daí derivando o seu nome. Adquirindo uma função ornamental e também protectora na medida em que as representações de monstros e outras figuras assombrosas serviam como guardiães das catedrais e dos templos religiosos, existem gárgulas que representam as imagens mais variadas, desde animais e monges até figuras cómicas.

No que respeita à famosa gárgula da Igreja Matriz de Caminha, à semelhança aliás de outras existentes noutras localidades fronteiriças, insere-se muito provavelmente no contexto da guerra da Restauração e representa, de forma vernácula, a recusa portuguesa da dominação filipina.

800px-Igreja_Matriz_de_Caminha

Para além da curiosa gárgula, a Igreja Matriz de Caminha possui elevado interesse artístico pelo qual merece ser visitada. (Foto: Wikipédia)

3 comentários

Comentar post