Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO INTERROMPEM TRÂNSITO EM GUIMARÃES

RUA ANTÓNIO COSTA DE GUIMARÃES

Rua de acesso a Urgezes com trânsito interrompido até 5 de março 

Interdição na rua António Costa de Guimarães começa esta quinta-feira. Acesso a moradores está assegurado.

Guimaraes_Urgezes_Rua_Antonio_Costa_Guimaraes

A rua António Costa de Guimarães, em Urgezes, vai estar interdita ao trânsito de 25 de janeiro a 5 de março, entre a rotunda localizada a sul da rua Eduardo Manuel de Almeida e a rua Francisco Santos Guimarães.

A interrupção deve-se à requalificação e beneficiação que a Autarquia está a efetuar na rede viária municipal do concelho. O acesso a moradores será assegurado, enquanto os desvios alternativos estarão devidamente sinalizados.

Os trabalhos serão delimitados de acordo com o plano de sinalização previamente aprovado pela Coordenação de Segurança da obra. A Câmara Municipal de Guimarães apela à compreensão de todos os munícipes afetados por esta interrupção temporária.

CELESTE FERREIRA EXPÕE PINTURA EM BARCELOS

Galeria Municipal expõe obra da artista gaiense Celeste Ferreira 

A Galeria Municipal de Arte apresenta, de 27 de janeiro a 18 de março, a exposição de pintura da artista plástica, Celeste Ferreira. Ao todo são 20 obras de óleo sobre tela e técnica mista sobre papel, repletas de cor, carregadas de um espírito sensível e intimista, onde a figura feminina surge como o elemento central.

As suas pinturas refletem um olhar sobre os outros e as suas histórias, com temas mitológicos, narrativas antigas e histórias novas. Com um espírito sensível e intimista, nas suas telas coloridas, a mulher surge como elemento definidor da sua obra.

Nascida em Vila Nova de Gaia, em 1953, a artista licenciou-se em ensino de Educação Visual pela Escola Superior de Educação de Lisboa e frequentou o curso de Pintura da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Cartaz_Exposição de Pintura de Celeste Ferreia

ESPOSENDE PROMOVE CAMPEONATO DE FUTEBOL DE VETERANOS

Município de Esposende promove 7.º Campeonato Concelhio de Futebol de Veteranos

Cerca de duas centenas de atletas vão disputar a sétima edição do Campeonato Concelhio de Futebol de Veteranos, promovido pelo Município de Esposende no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo.

veteranos_

A competição arranca no próximo sábado, dia 27 de janeiro, no Estádio Horácio Queirós, em Forjães, e será disputada ao longo de seis meses por treze equipas, nomeadamente DR Estrelas do Faro, Forjães SC, Gandra FC, GDCR Gemeses, CF Fão, CSJ Mar, FC Marinhas, CSJ Belinho, UD Vila Chã, SCM Esposende, AD Esposende, JF Fonte Boa/Rio Tinto e GD Apúlia.

Os jogos decorrerão quinzenalmente, ao sábado, das 17h00 às 20h00, em diversos recintos desportivos do concelho.

Direcionado para maiores de 35 anos, este campeonato de Futebol 7 visa o incremento da prática desportiva regular, sendo que, ao longo dos anos, tem vindo a afirmar-se no concelho como uma oferta complementar ao desporto federado, evidenciando um crescimento anual, ao nível de equipas e de atletas.

veteranos2018

ROTARY CLUB DE MONÇÃO PROMOVE CARNAVAL SOLIDÁRIO

Tendo como objetivo a realização de eventos de caráter cultural, desportivo e social e a missão de ajudar a criar um mundo melhor, o Rotary Club de Monção promove no dia 10 de fevereiro, sábado, no Hotel Termas de Monção, um Carnaval Solidário.

11

 

Subordinado à temática “Loucos Anos 20”, envolve uma componente solidária mas também de promoção da nossa terra. Jantar e baile tem o custo de 25,00 €. Apenas baile, com direito a uma bebida, desce para10,00 €. Parte da receita reverte e favor dos Bombeiros Voluntários de Monção.

O Rotary Club de Monção tem todo o gosto em receber aqueles que decidirem juntar-se a esta festa temática e participar quer no jantar quer no baile de Carnaval. Faça parte desta iniciativa solidária, ajudando neste dia quem nos ajuda todos os dias.

Carnaval Solidario 2018

FAMALICÃO SENSIBILIZA PARA AS REGRAS E DEVERES DOS DONOS DE ANIMAIS EM ESPAÇO PÚBLICO

Devesa Esclarece regressa esta quinta-feira

Na primeira sessão do ano, o “Devesa Esclarece” propõe aos famalicenses uma conversa sobre as regras, os direitos e os deveres que os donos de animais devem ter no espaço público.

A iniciativa regressa esta quinta-feira, dia 25 de janeiro, numa sessão onde serão analisadas e esclarecidas questões como “quais as raças potencialmente perigosas?”, “como e onde podemos denunciar situações de mais tratos a animais?”, “quando devemos vacinar?”, “onde se faz o registo de animais?”, “que regras devem ser cumpridas no espaço público?”, “qual a legislação em vigor?”, entre outras.

A veterinária municipal, Fidélia Aboim, e o representante da Direção Geral de Veterinária, Pedro Miguel Aboim, são os oradores convidados da sessão deste mês do “Devesa Esclarece”, que decorrerá na Casa do Território, no Parque da Devesa, a partir das 21h00.  

FAMALICÃO REALIZA CONCURSO DE "ARTE VICENTINA"

“Arte Vicentina” abrilhantou mostra associativa de Sezures

Mais de uma dezena de pessoas participaram este fim-de-semana no concurso “Arte Vicentina”, promovido no âmbito da quarta mostra associativa de Sezures e que pôs à prova a criatividade da comunidade famalicense, desafiando-a a apresentar réplicas do grande arco das festas de S. Vicente.

Concurso de Arte Vicentina

Este ano, o primeiro lugar do concurso foi atribuído a dois participantes - David Moreira Novais e Manuel Ferreira. O arco do Grupo Coral de Sezures arrecadou o terceiro lugar da competição, tendo sido ainda atribuído um Prémio de Honra ao participante Avelino Cruz.

A iniciativa foi um dos pontos altos da mostra associativa da freguesia, promovida este fim-de-semana pela Câmara Municipal, através do Gabinete do Associativismo, em parceria com a União das Freguesias de Arnoso Santa Maria, Arnoso Santa Eulália e Sezures.

FAMALICENSES DEBATEM CINEMA JOVEM

Rui Pedro Tendinha regressa a Famalicão para falar sobre cinema jovem

O Ymotion caminha a passos largos para ser cada vez mais uma referência na agenda cultural do município de Vila Nova de Famalicão e, nos próximos dias, vai voltar a pôr o concelho famalicense a falar sobre o cinema jovem português.  

Rui Pedro Tendinha

O concurso e mostra promovido pela Câmara Municipal tem agendada para esta sexta-feira, dia 26, uma conversa com jovens cineastas.

A iniciativa decorrerá no auditório da Escola Profissional Oficina, pelas 10h00, com a presença do jornalista de cinema Rui Pedro Tendinha, do vencedor do Prémio Sophia Estudantes 2017, Dinis Leal Machado, de alguns galardoados da última edição do Ymotion, como Tiago Amorim, vencedor do Grande Prémio Joaquim de Almeida do concurso, e da vereadora da Juventude da autarquia, Sofia Fernandes.

Para além da exibição dos filmes premiados na terceira edição do Ymotion, haverá ainda lugar para uma discussão com os realizadores e jovens estudantes nas áreas do cinema, audiovisual e multimédia.

Recorde-se que o Ymotion é um festival dirigido aos jovens entre os 12 e os 35 anos, que procurapromover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português e fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior.

CASA DE CAMILO LANÇA LIVRO "CAMILO, O PORTO E O DOURO"

“Camilo, o Porto e o Douro” é apresentado, esta quinta-feira, na cidade invicta

Casa de Camilo lança novo livro sobre o tríptico: gente, rio e vinhos, pelas 18h00, no Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto

O Porto de Camilo Castelo Branco

 “O Porto está nas novelas camilianas como nos Lusíadas o mar, e Adão na Bíblia”. A frase de Teixeira de Pascoais bem poderia ser o mote do livro “Camilo, o Porto e o Douro”, da autoria de Gaspar Martins Pereira, que vai ser lançado esta quinta-feira, dia 25 de janeiro, pelas 18h00, no Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, na cidade invicta. Editado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da Casa de Camilo, o livro integra a coleção dos Estudos Camilianos, abordando a relação do escritor, a sua vida e a sua obra com a cidade portuense.

No lançamento do livro estarão presentes o vereador da Cultura da Câmara Municipal de vila Nova de Famalicão, Leonel Rocha, o diretor da Casa de Camilo, José Manuel Oliveira e o Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, Manuel de Novaes Cabral.

“Vinte anos depois da publicação do libro “No Porto Romântico, com Camilo”, há muito esgotado, a ideia da sua reedição, sob a chancela prestigiada da Casa de Camilo, rapidamente se transformou num projeto mais alargado”. Como explica Gaspar Martins Pereira, na nota prévia do livro. Gaspar Martins Pereira é professor catedrático do Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, tendo sido co-fundador e coordenador científico do GEHVID - Grupo de Estudos de História da Viticultura Duriense e do Vinho do Porto (1994-2001).

O prefácio da obra é assinado pelo diretor da Casa de Camilo que salienta que “o prestigiado historiador da Faculdade de Letras da Universidade do Porto oferece-nos neste livro a sua perspetiva histórica sobre o tríptico ficcional – gente, rio e vinhos – de um dos mais renomeados filhos adotivos da cidade do Porto, que por força da matéria vertida nos seus textos e pela biografia enriquecida de episódios que decorreram no Minho e em Trás-os-Montes, o é também do norte português, incluindo o rio Douro e o território da sua margem esquerda, de Barca de Alva ao Cabedelo.”

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PONTE DE LIMA DINAMIZA FESTA DE CARNAVAL

A Biblioteca Municipal de Ponte de Lima vai organizar uma Festa de Carnaval, no dia 10 de fevereiro, pelas 15h30 na Sala InfantoJuvenil, com concurso de máscaras, baile de máscaras, jogos e muita diversão.

Print

Cor, movimento, alegria e música serão os ingredientes principais numa tarde muito animada. Princesas, super-heróis e personagens fantásticas, todos terão lugar num conjunto de brincadeiras divertidas que vão pôr a mexer e a sonhar crianças e crescidos. 

Estas atividades são gratuitas, mediante inscrição.
Para mais informações contacte-nos através do telefone 258 900 411 ou do e -mail biblioteca@cm-pontedelima.pt

 

"DOCE GOTINHA" LEVA VIANENSES AO TEATRO

Informamos que os bilhetes para a  DOCE GOTINHA - uma grande viagem, a realizar no Teatro Municipal Sá de Miranda, no próximo dia 26 de  janeiro de 2018 – Já se encontram disponíveis.

LOCAL DE VENDA:

Teatro Municipal Sá de Miranda:

Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/3 anos

PREÇO: 5 €

CRIANÇAS DOS 3 AOS 10 ANOS  - ENTRADA GRATUITA

Disponibilidade de lugares sujeita à lotação da sala

image001

PÓVOA DE LANHOSO PROMOVE ESCRITA CRIATIVA

O Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, sob tutela do Presidente da edilidade, Avelino Silva, vai levar a efeito, integrado no programa do Prémio Literário António Celestino 2018, um Workshop de Escrita Criativa.

Workshop de escrita criativa (arquivo 2017)

A formação, que terá como monitor o escritor e historiador José Abílio Coelho, terá lugar aos sábados, entre as 10h30 e as 11h30, nos dias 3, 10, 17 e 24 de fevereiro, nas instalações da Casa da Botica. Este ano serão abordadas as modalidades conto, romance, texto teatral e poesia, uma em cada dia de formação.

As inscrições poderão ser efetuadas na Casa da Botica, que fornecerá, também, as condições de frequência. As inscrições são gratuitas e conferem direito a certificado de participação.

No fim do Workshop, cada um dos participantes, a exemplo do que aconteceu o ano transato, serão convidados a elaborar com um pequeno trabalho de sua autoria que será publicado numa brochura e editar pelo município. A do ano passado intitulou-se “Contos de Janeiro”.

Para mais informações contactar: casa.botica@mun-planhoso.pt

PONTE DA BARCA RECORDA VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO

Exposição e documentário assinalam Dia Internacional em Memória das Vitimas do Holocausto em Ponte da Barca

Ponte da Barca vai assinalar o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, a 27 de janeiro, promovendo a reflexão sobre um dos acontecimentos mais marcantes do século XX: o Holocausto no contexto da Segunda Guerra Mundial, com a inauguração da Exposição Anne Frank: Uma História para hoje: “Aprender com o passado e Ensinar para o Futuro” (21h, no átrio dos Paços do Concelho) e a exibição do documentário “Que a tua lembrança seja amor” - a história de Ovadia Baruch (21h30, na Casa da Cultura).

cARTAZ hOLOCAUSTO 2

Exposição Anne Frank: Uma História para hoje: “Aprender com o passado e Ensinar para o Futuro”

O percurso e a experiência da vida sob o regime nazi são recordados na exposição “Anne Frank: Uma história para hoje” que, a partir de dia 27 de janeiro e até 16 de fevereiro, estará patente no átrio dos Paços do Concelho de Ponte da Barca. Esta exposição incorpora um enorme valor histórico, cultural e pedagógico, em que a história da família Frank serve de fio condutor ao relato dos acontecimentos mundiais durante e depois da ditadura nazi.

Naturais de Frankfurt, na Alemanha, os Frank mudaram-se para Amesterdão, em 1933, ano da ascensão ao poder do partido nazi alemão, e ali viveram, já na Holanda ocupada, a perseguição dos judeus e o horror do Holocausto.

A exposição é composta por 34 painéis onde se apresenta a história do Holocausto contada paralelamente à própria história de Anne Frank e da sua família.

Anne Frank: Uma História para hoje: “Aprender com o passado e Ensinar para o Futuro” presta testemunho e é, ao mesmo tempo, um legado de memória sobre a diversidade nas sociedades (cultural, étnica, religiosa, política) e sobre os fenómenos violadores de direitos humanos.

Documentário “Que a tua lembrança seja amor” - a história de Ovadia Baruch

Em Março de 1943, Ovadia Baruch, foi deportado juntamente com a sua família, de Salonica para Auschwitz-Birkenau. Enquanto prisioneiro, Ovadia conheceu Aliza Tzarfati, uma jovem judia da sua terra natal e apesar das condições desumanas, nasceu entre ambos uma história de amor.

Nesta extraordinária e comovente história de amor em Auschwitz, Ovadia conta-nos o antes, o durante e o depois do Holocausto, filmada nos locais onde tudo se passou.

QUEM É JOSÉ ARTUR BRITO, FUNDADOR E DIRIGENTE DO GRUPO DE FOLCLORE DAS TERRAS DA NÓBREGA?

Fundado a 19 de Abril de 2013, o Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega é o mais recente Agrupamento de Folclore e Etnografia Minhotos sediado na região de Lisboa. Formado por um punhado de conscientes e entusiastas folcloristas, o Grupo de Folclore das Terras de Nóbrega pretende ser uma referência no panorama nacional pelo seu rigor e acuidade etno-folclórica, e um lídimo representante das tradições, usos, costumes, Folclore e Etnografia das Terras da Nóbrega. As Terras da Nóbrega encontram-se na sua maioria representadas geograficamente pelo actual Concelho de Ponte da Barca no nordeste da Província do Minho.

27044970_10215237155312872_1514367378_n

Este Grupo, sediado em Carnaxide, no Concelho de Oeiras, foi formado por um punhado de conscientes e entusiastas folcloristas, a maioria já com vários anos de experiência noutros Agrupamentos de Folclore Minhoto, contando com diversos anos de estudo, pesquisa e recolha naquela região fazendo do seu espólio de danças e cantares, lendas e narrativas, usos e costumes, trajes e indumentárias, um tesouro ímpar. Desde a sua fundação, a liderança técnica e executiva do Grupo está nas mãos do Doutor José Artur Brito.

27294265_10215237209714232_976256276_n

Nascido a 18 de Dezembro de 1977 em Alvalade (Concelho e Distrito de Lisboa), o Doutor José Artur Brito desde muito cedo começou a prestar atenção ao Folclore, à Etnografia e à Cultura Tradicional Portuguesa. Sendo oriundo de uma família minhota com raízes no Vale do Rio Coura e na Encosta da Serra d’Arga, o Folclore surgiu-lhe como algo natural devido às vivências que teve em contexto familiar e regional de serões de família, malhadas, cegadas, vindimas, matanças de porco e bailes. Contudo, só mais tarde, em 1995, aquando do seu ingresso no Rancho Folclórico da Casa do Minho em Lisboa, percebeu que aquilo que ele chegara a viver e a experienciar tinha um nome, se estudava, se documentava e se tentava representar em palco para outros apreciarem: chamava-se Folclore.

Fruto do seu interesse e dedicação, rapidamente ascendeu a Ensaiador-Adjunto do referido Rancho Folclórico e desde essa altura começou a recolher, registar e salvaguardar um espólio de danças, cantares, peças de indumentária, lendas, adivinhas, lenga-lengas e outros aspectos da cultura tradicional tendo dado particular cuidado à Serra d’Arga e Vale do Coura, mas também às Terras da Nóbrega (influência e interesse que lhe surgiu pelo casamento com a Dona Liliana Viana de Brito, natural da freguesia de Oleiros no Concelho de Ponte da Barca).

27152644_10215237241075016_887051340_n

Tendo ingressado na Universidade em 1996, o Doutor José Artur Brito licenciou-se em Engenharia Biotecnológica pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tencologias em 2001. Em 1998 foi Presidente da Associação Académica daquela Insitutição de Ensino Superior tendo pouco tempo depois interrompido a sua ligação à Casa do Minho em Lisboa e assumido a Direcção Técnica do Grupo de Danças e Cantares Besclore (Grupo de Folclore de representatividade etno-folclórica minhota inserido no Grupo Cultural e Desportivo dos Trabalhadores do Banco Espírito Santo). Ao longo de 13 anos (entre 2000 e 2013), altura em que foi Ensaiador do Besclore, com uma pequena interrupção no início de 2006, o Doutor José Artur Brito reformou completamente este Grupo de Folclore, elevando-o a um dos mais representativos Grupos nacionais de Folclore minhoto e presença assídua nalguns dos melhores Festivais de Folclore do país. Foi pela mão do Doutor José Artur Brito e do Besclore que eventos como “O Minho em Lisboa” e “Encontro de Reisadas e Cantares ao Menino” (o primeiro encontro do género na região de Lisboa que muitos Grupos vieram a organizar posteriormente), tiveram lugar.

27394489_10215237177833435_1698896698_n

Mesmo com uma dedicação total, por todos reconhecida, ao Grupo Besclore, o Doutor José Artur Brito colaborou também ao longo desses anos com outros Agrupamentos de Folclore, nomeadamente com o Rancho Folclórico e Cultural de São Julião de Valença, Rancho Folclórico de São Pedro de Souto de Arcos de Valdevez, Grupo Folclórico da Universidade do Minho de Braga, Rancho Folclórico das Lavradeiras de Oleiros de Ponte da Barca, tendo sido também Ensaiador do Grupo Folclórico do Clube de Campismo de Lisboa. Além destas colaborações, o Doutor José Artur Brito manteve ta,bém uma intensa actividade Associativa Regional tendo sido Secretário da Mesa da Assembleia Geral da Casa do Concelho de Valença e Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Casa do Minho em Lisboa.

Além do Folclore e da Etnografia minhotos, o Doutor José Artur Brito mantém também uma carreira muito profícua na Ciência sendo Investigador no Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa em Oeiras. Doutorado em Bioquímica Estrutural pela mesma Universidade, é em Cristalografia de Proteínas que exerce a sua actividade científica sendo um dos poucos Cristalógrafos da Comunidade Científica Portuguesa. Trabalhando em metabolismo de enxofre e cadeias respiratórias, é responsável por mais de 20 publicações científicas internacionais, seis Mestrados e diversos estágios de Licenciatura. Entre 2012 e 2016 foi Representante dos Investigadores Pós-Doutorados na Divisão de Química Biológica daquela Instituição tendo acumulado, entre 2014 e 2016, com a Presidência do Comité Executivo da Associação de Pós-Doutorados. É também responsável por diversas conferências temáticas em Agrupamentos de Escolas da região comunicando Ciência e cativando alunos, do Ensino Primário ao Secundário, para os temas da Investigação em Ciência, Cristalografia Macromolecular e Prémios Nobel.

Desde 2013, é Presidente e Ensaiador do Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega funcionando ainda como consultor de diversos Agrupamentos de Representatividade Etno-Folclórica Minhota não só em Portugal mas também em França e no Brasil. O Doutor José Artur Brito é casado com a Dona Liliana Viana de Brito tendo dois filhos em conjunto, o José Miguel (de 11 anos), e a Maria Leonor (de 8), arranjando ainda tempo para ser Representante dos Pais e Encarregados de Educação e Presidente da Direcção da Associação de Pais da EB1/JI de São Bento (Valejas – Barcarena – Oeiras), durante três mandatos.

27157861_10215237253355323_868050961_n

MUNICÍPIO DE BRAGA DESAFIA JOVENS A PARTICIPAR NO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO

‘Nós Propomos’ desafia alunos Bracarenses a pensar o território. Projecto apresentado hoje envolve 150 estudantes

Pelo quinto ano consecutivo, o Município de Braga desafia os alunos a contribuir para o futuro da Cidade. À luz do projecto ‘Nós Propomos’, cerca de 150 estudantes do 11.º ano da Escola Secundária Sá de Miranda, vão desenvolver projectos que visam promover uma cidadania participativa, através de metodologias inovadoras no âmbito do ordenamento de território.

CMB23012018SERGIOFREITAS00000010791

Para Miguel Bandeira, vereador do Urbanismo do Município de Braga, este projecto contribui para estimular a interacção entre os decisores políticos, os técnicos e os cidadãos mais jovens. “Queremos um futuro cada vez mais participado através da manifestação da opinião dos jovens sobre as opções mais importantes para o nosso território”, referiu Miguel Bandeira, durante a apresentação do projecto, que decorreu hoje, 23 de Janeiro, na Escola Sá de Miranda.

CMB23012018SERGIOFREITAS00000010792

Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica, são o ponto de partida para que, em grupo, os alunos identifiquem problemas que lhes são frequentes na sua vida quotidiana. Em seguida, alunos e professores reúnem-se com técnicos do Município que lhes transmitem as principais orientações e preocupações do Plano Director Municipal, também abordado no 11.º ano, ajudando-os a enquadrar o problema que estão a estudar.

Desde 2013, este projecto já envolveu cerca de 630 jovens Bracarenses. Um dado realçado por Lídia Dias, vereadora da Educação do Município de Braga, que destacou a capacidade desta iniciativa em envolver alunos e instituições em prol do desenvolvimento do território. “Este é um projecto desafiante que consegue implementar diferentes dinâmicas na comunidade escolar para construir uma Cidade cada vez melhor”, referiu, salientando a tradição que a Sá de Miranda possui em termos de intervenção pública.

Recorde-se que o projecto ‘Nós Propomos! Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica’ é promovido pelo Instituto de Geografia e Ordenamento de Território da Universidade de Lisboa/IGOT e pela ESRI Portugal, com o apoio da Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica/Ciência Viva.

CMB23012018SERGIOFREITAS00000010793

CMB23012018SERGIOFREITAS00000010795

SANEAMENTO BÁSICO AVANÇA EM ESPOSENDE

Esposende Ambiente instala rede de saneamento na Rua de Vilar em Curvos

Aproveitando a oportunidade criada pela execução de trabalhos por parte da Águas do Norte, SA, a Esposende Ambiente vai instalar rede de drenagem de águas residuais em baixa na Rua de Vilar, em Curvos.

Rua de Vilar _Curvos

A empreitada, que terá início a muito curto prazo, constitui um investimento de 67 000 euros, que será integralmente suportado pela empresa municipal. Para além de aumentar a disponibilidade de rede e de ir ao encontro das expetativas dos moradores, esta intervenção resolve, a curto prazo, algumas carências em termos de saneamento básico, estimando-se que as novas infraestruturas beneficiem mais de meia centena de habitantes.

Atualmente, o concelho de Esposende apresenta uma taxa de cobertura de 85% ao nível da rede de drenagem de águas residuais, o que contribui em grande medida para a efetiva qualidade de vida dos munícipes e para a proteção ambiental, qualidades que engrandecem o concelho.

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19 DE JANEIRO DE 2018

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

  • O Sr. Presidente da Câmara informou que na próxima quarta-feira irá reunir em Lisboa com a Secretária de Estado do Turismo e os Municípios da aldeias 7 Maravilhas de Portugal Aldeias;
  • Também informou que no fim de semana de 27e 28 de Janeiro irá decorrer a iniciativa Arcos à Mesa, desta vez dedicada ao Cozido à Moda dos Arcos;
  • Por último deu conta da visita da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade à Epralima para uma conferência dedicada à Igualdade do Género.

PROJETO DE REGULAMENTO DO PROGRAMA MUNICIPAL DE ARRENDAMENTO JOVEM: foi apreciado o projeto de Regulamento do Programa Municipal de Arrendamento Jovem, para efeitos de abertura de um período de audiência dos interessados, nos termos do artigo 100º e seguintes do Código do Procedimento Administrativo.

EXPEDIENTE:

  • Foi aprovado apoiar em 450,00€ a Associação Nacional de Caçadores de Galinholas (ANCG), para ajudar na realização de um Field Trial sobre galinholas sem abate em Arcos de Valdevez, no dia 20 de janeiro.
  • Foi aprovado autorizar e apoiar em 2.500€ a realização da 5ª edição da prova de Bicicleta Todo Terreno “Vila do Conde – Peneda-Gerês Extreme”, com etapas que ligam Vila do Conde a Arcos de Valdevez, nos dias 3, 4 e 5 de agosto de 2018.

DESPACHO DE TRANSFERÊNCIA: foi ratificado o despacho da Presidência de alteração da calendarização de transferências no âmbito do contrato de programa de desenvolvimento desportivo, celebrado em 23 de agosto de 2017 para o Atlético dos Arcos – Associação Desportiva

EDUCAÇÃO

transferência de comparticipação para a epralima: foi aprovada a transferência da verba correspondente à comparticipação do Município ao investimento para aquisição das infraestruturas da Sede em Arcos de Valdevez, em doze prestações mensais de 11.650,03 euros.

LImpeZa de saneamento - Procedimento administrativo 2018: foi autorizada a abertura de procedimento concursal por ajuste direto com convite à empresa SAMBIENTAL pelo valor base de 13500 euros mais IVA.

AQUISIÇÃO DE CONTADORES – PROCEDIMENTO DE 2018: foi autorizada a abertura de procedimento concursal para a aquisição de 1 400 "contadores de água volumétricos, água fria, e 20 contadores de água volumétricos, água fria, sendo o valor estimado desta aquisição de 21700 euros mais IVA.

DÍVIDA DE RENDAS DE HABITAÇÃO SOCIAL:  foi aprovado acionar os meios legais para que se proceda à cobrança dos valores em dívida por parte de dois agregados do concelho, após as diversas diligencias efetuadas pelos serviços de Ação Social.

ORÇAMENTAÇÃO E GESTÃO DAS DESPESAS COM PESSOAL PARA 2018 – PROPOSTA: foi aprovada a proposta de orçamentação e gestão das despesas com o pessoal para 2018, nos termos do disposto no nº 1 do artigo 31º do Anexo à Lei Geral de Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei nº 35/2014, de 20 de junho.

OBRAS MUNICIPAIS

Centro de Empresas de Arcos de Valdevez: foi autorizada a liberação de 100% da caução total, por terem decorrido 5 anos completos desde a receção provisória.

ROBERTA VELOSO EXPÕE NA PÓVOA DE LANHOSO

Exposição “15 Anos de Arte – Retrospetiva 2003/2018” na galeria do Theatro Club a partir de sábado

Abre no próximo sábado, dia 27 de janeiro, na Galeria do Theatro Club, a exposição de pintura designada “15 Anos de Arte – Retrospetiva 2003/2018” da autoria da pintora Povoense, Roberta Veloso. A abertura está marcada para as 21h00.

18446569_1701149829914394_2938607967936388568_n

Nas suas obras, Roberta Veloso utiliza maioritariamente a técnica de óleo sobre tela, não conseguindo, até ao momento, escolher apenas um estilo, pois, na sua opinião, a arte varia com o estado de espírito e acredita que, através da pintura, é possível demonstrar as nossas emoções.

Esta exposição ficará patente até 25 de fevereiro de 2018 e pode ser apreciada de terça a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Havendo espetáculos, pode ainda ser apreciada das 20h30 às 24h00.

Roberta Veloso nasceu na vila da Póvoa de Lanhoso a 5 de junho de 1985, no seio de uma família humilde. Desde cedo, mostrou gosto pelo desenho e pela pintura. Frequentou o ensino básico na Póvoa de Lanhoso, inicialmente na antiga Escola António Lopes e posteriormente na EB 2,3 Prof. Gonçalo Sampaio. Mas o bichinho da arte falou mais alto e viu-se obrigada a seguir o seu percurso escolar fora desta vila, optando pela Escola Secundária D. Maria II, em Braga, para concluir o ensino secundário. Aí, adquiriu alguns conhecimentos sobre a área. Infelizmente, não teve a oportunidade de obter uma formação universitária.

No ano em que concluiu o ensino secundário, altura em que também atingiu a maioridade, teve conhecimento da Exposição Aberta de Artes Plásticas, que se realiza anualmente na sua terra natal. Resolveu então participar neste certame, pela primeira vez, em agosto de 2003. Participação que repete todos os anos.

Para além da participação anual na Exposição Aberta de Artes Plásticas da Póvoa de Lanhoso, tem participado em diversas exposições individuais e coletivas, principalmente no concelho Povoense. De salientar a exposição retrospetiva da história do Castelo de Lanhoso, tendo cedido a imagem de uma das suas obras para o livro “O Castelo de Lanhoso” da autoria de Paulo A. Freitas. Participou também na exposição inaugurativa das instalações da Rádio nove3cinco, estando atualmente representada no seu acervo.

Está ainda representada em algumas coleções particulares na cidade de Almada, Ponte de Lima, na Póvoa de Lanhoso e arredores.

Roberta Veloso Interlúdio Orquestral (óleo) 1

CELORICENSES CANTAM AS JANEIRAS

Celorico de Basto prepara-se para receber o Encontro “Vamos Cantar as Janeiras”

A tradição mantém-se inalterada em Celorico de Basto com o XVII Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” que acontece em Celorico de Basto, no Gimnodesportivo da EB 2,3/S no dia 25 de janeiro, a partir das 15h00.

_DSC2186

Até ao momento já estão inscritos 17 grupos num festival que prima pela salvaguarda das tradições, dos usos e costumes locais, da identidade de um povo. “Este encontro é a certeza de que as nossas tradições culturais se mantêm inalteradas e continuam a ser valorizadas pelas nossas gentes. Vamos na XVII edição de um encontro sempre muito participativo que arrasta centenas de pessoas para assistir aos cantares típicos das janeiras” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Felizmente, e apesar da evolução dos tempos, continuamos a ver jovens a cantar os reis e as janeiras pelas freguesias, a visitar as pessoas, a divertirem-se com as tradições, criando verdadeiros momentos de convívio fraterno. Esta tradição é muito mais do que cantar e receber dinheiro, é uma forma de convívio e de valorização de tradições ancestrais que nos identificam como povo” realçou o autarca.

_DSC2206

As inscrições no Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” terminam hoje e já contam com 17 grupos inscritos. São grupos do concelho de Celorico de Basto e representativos, por norma, de todas as freguesias. Durante aproximadamente duas horas os grupos, vestidos a rigor com trajes típicos da agricultura e pastorícia, irão interpretar músicas como “Quereis vir Connosco”, “Nesta linda freguesia, já se cantam as janeiras”, “Santos Reis, Santas Coroadas”, “ As Reisadas”, “As janeiras para crianças”, “Estrelas brilham, pastores cantam”, “Janeiras Viva Moreira” e muitas outras.

cartaz